WorldWideScience

Sample records for pesos ao nascer

  1. Estado nutricional materno, ganho de peso gestacional e peso ao nascer Maternal nutritional status, gestational weight gain and birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Suely de Oliveira Melo

    2007-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Tanto o estado nutricional materno como o ganho de peso gestacional vem sendo estudado em relação ao papel determinante que desempenham sobre o crescimento fetal e o peso ao nascer. O peso inadequado ao nascer é uma das grandes preocupações da saúde pública devido ao aumento da morbimortalidade no primeiro ano de vida e ao maior risco de desenvolver doenças na vida adulta, tais como a síndrome metabólica, nos casos de baixo peso, e diabetes e obesidade, nos casos de macrossomia. O objetivo deste trabalho foi descrever uma coorte de gestantes, classificando-as de acordo com o estado nutricional inicial, o ganho ponderal gestacional, a resistência nas artérias uterinas e o peso dos recém-nascidos. MÉTODOS: foi acompanhada, a cada quatro semanas gestacionais, uma coorte de 115 gestantes atendidas pelo Programa de Saúde da Família do município de Campina Grande, PB. O estado nutricional inicial foi determinado através do índice de massa corporal (kg/m² para a idade gestacional, e as gestantes classificadas de acordo com os critérios de Atalah. Na 20ª semana, foi estudada a resistência das artérias uterinas, através da dopplervelocimetria. RESULTADOS: o estado nutricional inicial mostrou uma alta prevalência de sobrepeso e obesidade (27%, e uma prevalência significante de desnutrição (23%. Um alto percentual de gestantes ganhou peso excessivo tanto no segundo (44% como no terceiro trimestre (45%. A distribuição do peso ao nascer, indicou uma incidência de 10% de baixo peso e de 9% de macrossomia. Observou-se ainda, uma alta prevalência de incisuras nas artérias uterinas.INTRODUCTION: Maternal nutritional status and gestational weight gain have been addressed because of their importance to fetal growth and birth weight. Inadequate birth weight is a major concern to public health given it has been associated with increasing morbidity-mortality during the first year of life and with increased risks of

  2. Grau de escolaridade materna e baixo peso ao nascer: uma meta-análise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Silvestrin

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre grau de escolaridade materna e peso de nascimento, considerando-se a hipótese de que a utilização em excesso das tecnologias na área da saúde, assim como a escassez de recursos, pode produzir desfechos similares. MÉTODOS: Realizou-se uma meta-análise com estudos transversais e de coorte, selecionados por revisão sistemática na base de dados bibliográficos MEDLINE com os descritores: socioeconomic factors; infant, low birth weight; cohort studies; cross-sectional studies. As medidas de sumário de efeito foram obtidas pelo modelo de efeito aleatório, e os seus resultados apresentados por intermédio dos gráficos Forest Plot. O viés de publicação foi analisado pelo Teste de Egger, e a avaliação da qualidade dos estudos utilizou a Escala de Newcastle-Ottawa. RESULTADOS: A busca inicial encontrou 729 artigos. Destes, foram excluídos 594, após a leitura do título e do resumo; 21, após reuniões de consenso entre os três revisores; 102, após leitura do texto completo; e três, por não possuírem o desfecho adequado. Dos nove artigos finais, 88,8% apresentavam uma qualidade igual ou superior a seis estrelas (Escala de Newcastle-Ottawa, configurando boa qualidade aos estudos. A heterogeneidade dos artigos foi considerada moderada. A escolaridade materna elevada mostrou um efeito protetor de 33% sobre o baixo peso ao nascer, enquanto que o grau médio não apresentou proteção significativa, quando comparados à escolaridade materna baixa. CONCLUSÕES: A hipótese de similaridade entre os graus extremos da distribuição social, traduzidas pelo nível de escolaridade materna, em relação à proporção de baixo peso ao nascer, não foi confirmada.

  3. Baixo peso ao nascer e obesidade: associação causal ou casual?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Monteiro Ribeiro

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Apresentar as bases conceituais que explicam como eventos na vida intrauterina podem influenciar o desenvolvimento corporal e enfatizar a interrelação entre baixo peso ao nascer e risco de obesidade ao longo da vida.Fontes de dados:Google Scholar, Scientific Electronic Libraty Online (SciELO, EBSCO, Scopus e PubMed foram as bases de dados. “Catch-up growth”, “lifecourse health”, “disease”, “child”, “development”, “early life”, “perinatal programming”, “epigenetics”, “breastfeeding”, “small baby syndrome”, “phenotype”, “micronutrients”, “maternal nutrition”, “obesity” e “adolescence” foram descritores isolados ou associados para localizar revisões, estudos epidemiológicos, de intervenção ou experimentais publicados entre 1934 e 2014, com textos integrais, em português e inglês. Excluíram-se duplicidades, editoriais, resenhas e abordagens de doença diferente da obesidade.Síntese dos dados:Nos 47 artigos selecionados dentre 538 elegíveis, identificaram-se as hipóteses do fenótipo poupador, dos mecanismos epigenéticos e da plasticidade do desenvolvimento como fundamentais para explicar mecanismos envolvidos na saúde e nas doenças durante a vida. Elas admitem a possibilidade de eventos cardiometabólicos e obesidade terem origem em deficiência intraútero de nutrientes que, associados a suprimento alimentar excessivo às necessidades metabólicas nas fases precoces da vida, provoca alterações endócrinas. Todavia pode haver reprogramação fenotípica que supere ambiente restritivo intrauterino para nascidos com baixo peso a partir de oferta nutricional adequada. Assim, o catch-up growth indicaria recuperação da restrição intrauterina e se associaria a benefícios em curto prazo ou prejuízos no adulto.Conclusões:Na dependência de adequação nutricional nos primeiros anos de vida, a plasticidade do desenvolvimento pode levar à reprogramação fenot

  4. Doença periodontal materna como fator associado ao baixo peso ao nascer Maternal periodontal disease as a factor associated with low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Seixas da Cruz

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudos recentes têm apresentado evidências de que a doença periodontal em gestantes pode ser um dos determinantes do baixo peso ao nascer. Realizou-se estudo para verificar a existência de associação entre doença periodontal materna e baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo do tipo caso-controle com 302 mulheres, sendo 102 mães de nascidos vivos de baixo peso (grupo caso e 200 mães de nascidos vivos com peso normal (grupo controle. A existência de associação entre doença periodontal e baixo peso ao nascer foi avaliada mediante modelo multivariado de regressão logística, considerando outros fatores de risco para o baixo peso. RESULTADOS: Ambos os grupos de mães eram comparáveis no que se refere a idade, altura, peso pré-gestacional, tabagismo, alcoolismo, doenças prévias, estado civil, situação socioeconômica, número de escovações e uso de fio dental, número de refeições diárias, e visitas ao dentista. A doença periodontal foi diagnosticada em 57,8% das mães do grupo caso e 39,0% do grupo controle. A análise de regressão logística indicou associação positiva entre doença periodontal e baixo peso ao nascer (ORbruto=2,15; IC 95%: 1,32-3,48, especialmente entre as mães com escolaridade menor ou igual a quatro anos (ORajustada=3,98; IC 95%: 1,58-10,10. CONCLUSÕES: A doença periodontal é um possível fator de risco para o baixo peso ao nascer.OBJECTIVE: Recent studies have presented evidence that periodontal disease in pregnant women may be a determining factor for low birth weight. The present investigation was carried out to verify whether or not there is an association between maternal periodontal disease and low birth weight. METHODS: This was a case-control study on 302 women, of whom 102 were the mothers of live newborns of low weight (case group and 200 were the mothers of live newborns of normal birth weight (control group. The existence of an association between periodontal disease and low

  5. Baixo peso ao nascer em município da região sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Queiroz de Souza Mendes

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar a prevalência de baixo peso ao nascer no município de São Paulo. Método: estudo epidemiológico do tipo transversal, a partir de dados do Sistema de Informações sobre Nascidos, referentes aos nascimentos ocorridos no município de São Paulo, nos anos entre 2007 - 2013. As variáveis maternas, gestacionais, do parto e neonatais foram analisadas descritivamente e por associação. Resultados: do total de nascidos vivos (1.342.655, 9,65% apresentaram baixo peso (média de 3234,55 gramas no grupo a termo e 2312,17 no grupo pré-termo e média de idade materna de 27,53 anos. Os fatores de riscos identificados incluem idade materna, ausência de companheiro, baixo nível de escolaridade materno, raça não branca; gestação pré-termo, gemelaridade, baixo número de consultas no pré-natal e parto cesáreo. Conclusão: o conhecimento destas evidências favorece o planejamento da assistência com a definição de estratégias para sua redução e consequentemente melhoria na atenção à saúde materno infantil.

  6. Dificuldade de aprendizagem em escolares de muito baixo peso ao nascer Learning difficulties in schoolchildren born with very low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C. C. de Rodrigues

    2006-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Investigar a associação entre muito baixo peso ao nascer e dificuldade de aprendizagem à idade escolar, através de revisão sistemática da literatura, identificando quais os padrões de dificuldade de aprendizagem nesses escolares, possíveis correlações cognitivas, singularidades nos extratos ponderais de muito baixo peso ao nascer e interferência de fatores socioeconômicos e clínicos nos resultados. FONTES DOS DADOS:Busca bibliográfica (MEDLINE, LILACS, Excerpta Medica, listas de referências de artigos originais, periódicos ligados ao tema, informações de experts da área e bancos de teses e dissertações, utilizando as palavras-chave: prematuridade/muito baixo peso ao nascer, dificuldade de aprendizagem/realização acadêmica/performance escolar, seguimento/resultados/coorte. SÍNTESE DOS DADOS: Com a busca, 114 artigos foram captados, e os 18 com adequação metodológica foram selecionados, abordando dificuldade de aprendizagem em escolares de muito baixo peso ao nascer. Observou-se pior desempenho acadêmico destes, quando toda a população de estudo era comparada aos nascidos a termo. A área mais acometida foi a matemática. O risco de evoluir com dificuldades de aprendizagem mostrou-se maior conforme diminuiu o peso ao nascer. Constatou-se associação entre muito baixo peso ao nascer e comprometimentos cognitivos. CONCLUSÕES:A abordagem sistemática corroborou os resultados obtidos de estudos da literatura: os escolares de muito baixo peso ao nascer apresentaram maior risco de dificuldades de aprendizagem quando comparados aos a termo. Predominou o acometimento de múltiplos domínios acadêmicos, sendo a matemática a área mais acometida. Observou-se um gradiente crescente de risco à medida que o peso ao nascer diminuía. Houve associação entre muito baixo peso ao nascer e comprometimento cognitivo.OBJECTIVES: To investigate the relationship between very low birth weight and learning difficulties at

  7. Which factors could explain the low birth weight paradox? Quais fatores podem explicar o paradoxo do baixo peso ao nascer?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Augusto Moura da Silva

    2006-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Low birth weight children are unusual among well-off families. However, in Brazil, low birth weight rate was higher in a more developed city than in a less developed one. The study objective was to find out the reasons to explain this paradox. METHODS: A study was carried out in two municipalities, Ribeirão Preto (Southeastern Brazil and São Luís (Northeastern Brazil, which low birth weight rates were 10.7% and 7.6% respectively. Data from two birth cohorts were analyzed: 2,839 newborns in Ribeirão Preto in 1994 and 2,439 births in São Luís in 1997-1998. Multiple logistic regression analysis was performed, adjusted for confounders. RESULTS: Low birth weight risk factors in São Luís were primiparity, maternal smoking and maternal age less than 18 years. In Ribeirão Preto, the associated variables were family income between one and three minimum wages, maternal age less than 18 and equal to or more than 35 years, maternal smoking and cesarean section. In a combined model including both cohorts, Ribeirão Preto presented a 45% higher risk of low birth weight than São Luís. When adjusted for maternal smoking habit, the excess risk for low birth weight in Ribeirão Preto compared to São Luís was reduced by 49%, but the confidence interval was marginally significant. Differences in cesarean section rates between both cities contributed to partially explain the paradox. CONCLUSIONS: Maternal smoking was the most important risk factor for explaining the difference in low birth weight between both cities. The other factors contributed little to explain the difference in low birth weight rates.OBJETIVO: O baixo peso ao nascer é incomum em recém-nascidos de maior nível socioeconômico. Contudo, no Brasil, a taxa de baixo peso ao nascer foi maior em cidade mais desenvolvida do que em município menos desenvolvido. O objetivo do estudo foi buscar razões para explicar este paradoxo. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Ribeir

  8. Meta-análise para estimativas de correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos

    OpenAIRE

    Giannotti,Juliana Di Giorgio; Packer,Irineu Umberto; Mercadante,Maria Eugênia Zerlotti

    2002-01-01

    O problema de combinar informações de estudos independentes atinge quase todos os campos da ciência, devido, principalmente, ao grande número de artigos científicos publicados nos últimos anos, assim sumarizar informações se tornou uma necessidade. Uma meta-análise foi conduzida com o objetivo de resumir as estimativas da correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos de corte de origem zebuína. Foi usado um conjunto de estimativas obtidas em 39 artigos publicados no período d...

  9. Baixo peso ao nascer e proficiência motora em crianças: uma revisão sistemática

    OpenAIRE

    Siqueira, Aline Kety Maria de; Leandro, Carol Góis

    2012-01-01

    O objetivo deste trabalho foi analisar estudos que associam o baixo peso ao nascer e a proficiência motora em crianças com idade entre um e dez anos. A revisão sistemática da literatura foi realizada em base de dados eletrônica e lista de referência dos artigos publicados. Foram utilizados os seguintes descritores na língua inglesa: "infant low birth weight", "infant very low birth weight", "infant extremely low birth weight", "motor skills", "psychomotor performance", "child development", "h...

  10. Baixo peso ao nascer e proficiência motora em crianças: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Kety Maria de Siqueira

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar estudos que associam o baixo peso ao nascer e a proficiência motora em crianças com idade entre um e dez anos. A revisão sistemática da literatura foi realizada em base de dados eletrônica e lista de referência dos artigos publicados. Foram utilizados os seguintes descritores na língua inglesa: "infant low birth weight", "infant very low birth weight", "infant extremely low birth weight", "motor skills", "psychomotor performance", "child development", "human development", "growth & development", "growth" e "fetal development". A análise dos estudos envolveu leitura de títulos, resumos e textos completos. No total, 18 artigos foram lidos na íntegra; apenas dois estudos tiveram delineamento longitudinal; e os demais estudos eram transversais. As crianças avaliadas tinham idade entre 9 meses e 9 anos. Na avaliação do desenvolvimento motor, há ampla utilização de instrumentos já padronizados, que avaliam habilidades motoras grossas e finas de maneira quantitativa.Os resultados dos estudos apontam que crianças nascidas com peso abaixo de 2.500g apresentam algum tipo de deficit motor. As habilidades mais afetadas foram as habilidades motoras finas e o equilíbrio. O peso ao nascer é uma variável que deve ser considerada nos estudos sobre o desenvolvimento de habilidades motoras básicas das crianças.

  11. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.

  12. Correlação entre Índice de massa Corporal (IMC pré-natal e peso ao nascer – um estudo longitudinal - doi: 10.5020/18061230.2012.p356

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saurabh Rambiharilal Shrivastava

    2012-11-01

    Full Text Available Objetivos: Estudar a correlação entre Índice de Massa Corporal (IMC no período pré-natal e o peso de nascimento da criança, bem como, os determinantes sócio-demográficos de peso ao nascer. Métodos: Um estudo longitudinal de um ano de duração, de junho 2010 a maio de 2011, foi realizado em uma favela urbana de Mumbai, Índia. O método de amostragem universal foi aplicado, incluindo como sujeitos todas as mulheres grávidas que realizaram pré-natal com, no mínimo, duas visitas, incluindo pelo menos uma no terceiro trimestre, registradas no centro urbano de saúde, de junho a agosto de 2010. Mulheres com qualquer estado mórbido pré-existente ou com histórico de gestações com nascimento de gêmeos ou de criança com qualquer má-formação congênita, ou inda, com ocorrência de natimorto ou parto em casa, foram excluídas do estudo. Estas mulheres foram acompanhadas durante os próximos meses até o parto. O peso materno foi medido em cada visita e calculado o IMC, ou o IMC médio, no caso de mais de uma visita em qualquer trimestre. O peso ao nascer foi registrado a partir de dados do hospital ou maternidade. Resultados: A prevalência de Baixo Peso ao Nascer (BPN foi de 26,7%. Correlação entre o IMCmaterno do terceiro trimestre e o peso ao nascer foi moderadamente positiva. 60,8% da variabilidade no peso ao nascer podem ser preditos pelo IMC materno no terceiro trimestre. Conclusão: O IMC materno no terceiro trimestre pode ser usado como um preditor de peso ao nascimento neonatal. Informação, Educação e Aconselhamento (IEC sobre a utilização do pré-natal podem ajudar na redução da incidência de Baixo Peso ao Nascer (BPN.

  13. Housing conditions as a social determinant of low birthweight and preterm low birthweight Condiciones de vivienda como determinante social de bajo peso al nacer y de prematuro de bajo peso al nacer Condições de moradia como determinante social de baixo peso ao nascer e prematuro de baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Vianna Vettore

    2010-12-01

    , historia obstétrica y cuidados prenatales. RESULTADOS: Condiciones de vivienda inadecuadas fueron independientemente asociadas con bajo peso al nacer (Inadecuadas - OR= 2,3 (1,1;4,6 y muy inadecuadas - OR=7,6 (2,1;27,6 y con prematuridad asociada al bajo peso al nacer (inadecuadas - OR=2,2 (1,1;4,3 y muy inadecuadas - OR=7,6 (2,4;23,9. Factores asociados con los resultados incluyeron cuidados prenatales inadecuados y prematuridad previa. Baja renta y bajo índice de masa corporal materno fueron asociados con bajo peso al nacer. CONCLUSIONES: Condiciones de vivienda inadecuadas fueron asociadas con bajo peso al nacer y prematuridad asociada al bajo peso al nacer.OBJETIVO: Avaliar a relação entre condições de moradia e baixo peso ao nascer e prematuridade associada ao baixo peso ao nascer nos filhos de mulheres de baixa renda. MÉTODOS: Foi realizado estudo caso-controle com mulheres no pós-parto residentes no município do Rio de Janeiro, RJ, em 2003-2005. Dois grupos de casos foram comparados com controles a termo e com peso normal (n = 393: baixo peso ao nascer (n = 96 e prematuridade associada ao baixo peso ao nascer (n = 68. As condições de moradia foram consideradas nos níveis: adequadas, inadequadas e muito inadequadas. As covariáveis investigadas foram características sociodemográficas, antropométricas, hábitos de risco, violência, ansiedade, satisfação com a gravidez, história obstétrica e cuidados pré-natais. RESULTADOS: Condições de moradia inadequadas foram independentemente associadas com baixo peso ao nascer (Inadequadas - OR = 2,3 (1,1;4,6 e muito inadequadas - OR = 7,6 (2,1;27,6 e com prematuridade associada ao baixo peso ao nascer (inadequadas - OR = 2,2 (1,1;4,3 e muito inadequadas - OR = 7,6 (2,4;23,9. Fatores associados com os desfechos incluíram cuidados pré-natais inadequados e prematuridade prévia. Baixa renda e baixo índice de massa corporal materno foram associados com baixo peso ao nascer. CONCLUSÕES: Condições de

  14. Época de nascimento, genótipo e sexo de terneiros cruzas taurinos e zebuínos sobre o peso ao nascer, à desmama e eficiência individual de primíparas Hereford

    OpenAIRE

    Mendonça,Gilson de; Pimentel,Marcelo Alves; Cardellino,Ricardo Alberto; Osório,José Carlos da Silveira

    2003-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da época de nascimento, genótipo e sexo do terneiro sobre a eficiência individual das vacas à desmama (relação percentual entre o peso do terneiro à desmama e o peso da vaca), peso ao nascer e peso à desmama dos terneiros. Foram utilizadas 48 vacas da raça Hereford (Bos taurus), com idade de três anos, manejadas sobre campo natural, 16 inseminadas com um touro da raça Red Angus (Bos taurus) e 32 com Nelore (Bos indicus). Os fatores estudados fora...

  15. Peso ao nascer e obesidade em crianças e adolescentes: uma revisão sistemática Birth weight and obesity in children and adolescents: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Elizandra Rossi

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o nível de evidência científica e epidemiológica da hipótese de associação entre peso ao nascer e sobrepeso/obesidade na infância e na adolescência, a partir de revisão sistemática da literatura. MÉTODO: Foi realizada revisão sistemática nas bases MedLine/Pubmed, Scielo-Brasil e Lilacs. Adaptou-se a escala de Downs & Black para avaliar a qualidade metodológica dos catorze artigos selecionados. Os artigos foram classificados em duas categorias de análise, de acordo com o índice de desenvolvimento humano do país onde o estudo foi realizado: a peso ao nascer e sobrepeso/obesidade em países com desenvolvimento humano elevado; e b peso ao nascer e sobrepeso/obesidade em países com desenvolvimento humano elevado, mas ainda ascendente, e com desenvolvimento humano médio. RESULTADOS: Em ambas as categorias predominou a associação entre elevado peso ao nascer e sobrepeso/obesidade. Além disso, na primeira categoria, um dos sete artigos mostrou que o baixo peso ao nascer foi preditor de maior percentual de gordura corporal e abdominal. Na segunda categoria, três artigos mostraram associação do catch-up growth com sobrepeso/obesidade, e um mostrou o baixo peso ao nascer como fator protetor do sobrepeso (incluindo obesidade. Foram capturados quatro artigos brasileiros, dentre os quais dois não identificaram associação estatisticamente significativa entre peso ao nascer e sobrepeso/obesidade. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O elevado peso ao nascer apareceu associado ao sobrepeso/obesidade na maioria dos artigos. Há necessidade de se continuar investigando sobre a associação entre o baixo peso ao nascer e sobrepeso/obesidade.AIM: To verify scientific and epidemiologic evidences of the hypothesis of association between birth weight and overweight/obesity in childhood and adolescence based on a systematic review of the literature. METHOD: A systematic review was performed in the MedLine/Pubmed, Scielo-Brasil and

  16. Postura materna durante a gestação e sua influência sobre o peso ao nascer Maternal posture and its influence on birthweight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monica Yuri Takito

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a relação entre postura/atividade física materna e o peso inadequado ao nascer. MÉTODOS: Coorte prospectiva com 152 gestantes de serviço de assistência pré-natal de baixo risco de um hospital especializado, localizado no Município de São Paulo. Para cada gestante foram realizadas três entrevistas ao longo da gestação, quando foi avaliada a freqüência de atividades físicas diárias. O peso ao nascer (inadequado 3.000 g foi a variável dependente e as variáveis de freqüência de atividades físicas foram as variáveis independentes. Foi realizada análise estatística de regressão logística univariada e múltipla, tendo como variáveis de controle a escolaridade, tabagismo, morar com o companheiro e estado nutricional inicial. RESULTADOS: Foi identificado como fator de proteção para o peso inadequado ao nascer a realização de caminhada no primeiro período da gestação por menos de 50 min (OR ajustado =0,44; IC 95%: 0,20-0,98. A permanência em pé parada por mais de 2,5 horas mostrou acentuado risco no segundo trimestre (OR ajustado =3,23; IC 95%: 1,30-7,99. Dentre as atividades que requerem a postura ereta, identificou-se relação do tipo dose-resposta para lavar roupa e cozinhar (p de tendência linear OBJETIVE: To analyze the relationship between maternal posture/physical activity and inadequate birthweight. METHODS: Prospective cohort study involving 152 pregnant women from a public low-risk antenatal care facility. Three interviews evaluating the frequency of physical activity were administered to each pregnant woman during gestation. Birthweight (inadequate when 3,000 g was the dependent variable and the frequency of physical activity the independent variable. Statistical analysis was performed using logistic univariate analysis and multiple regression controlling for schooling, smoking, living with spouse, and baseline nutritional status. RESULTS: The practice of walking for at least 50 minutes

  17. Desenvolvimento de prematuros com baixo peso ao nascer nos primeiros dois anos de vida Development of low birth weight preterm infants during the first two years of life

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Alves da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar e descrever o desenvolvimento neuropsicomotor de prematuros com baixo peso ao nascer nos dois primeiros anos de vida. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com prematuros entre quatro e 24 meses, no Ambulatório de Alto Risco Neonatal do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, avaliados em três momentos: 8, 11 e 14 meses de idade cronológica. A amostra, composta inicialmente por 69 indivíduos, teve caráter intencional, segundo os critérios de inclusão e exclusão estabelecidos. A Escala de Brunet e Lèzine foi usada para avaliar o desenvolvimento nas seguintes áreas: coordenação óculo-motriz, linguagem, postura e sociabilidade. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial. RESULTADOS: A idade gestacional média foi de 31 semanas e o peso ao nascer foi de 1236g. O quociente de desenvolvimento global apresentou melhora da primeira para a última avaliação, alcançando 85% de escores dentro da normalidade na terceira avaliação. As áreas específicas da coordenação óculo-motriz e da linguagem tiveram os piores resultados iniciais, contrapondo-se à postural, que apresentou os melhores escores. Foi encontrada correlação entre o peso ao nascer e as áreas da postura, linguagem e sociabilidade na primeira avaliação e sociabilidade e coordenação óculo-motriz na terceira avaliação. CONCLUSÕES: O desenvolvimento neuropsicomotor desta população apresentou déficits mais evidentes nos primeiros meses de vida. Embora o seguimento não tenha mostrado diferenças estatísticas entre a primeira e a última avaliação, houve melhora em todas as áreas do desenvolvimento.OBJECTIVE: To analyze and describe the neuropsychomotor development of low birth weight preterm infants in the first two years of life. METHODS: This cross-sectional study enrolled preterm infants between 4 and 24 months old at the follow up clinic of Universidade Federal de Santa Catarina

  18. Meta-análise para estimativas de correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giannotti Juliana Di Giorgio

    2002-01-01

    Full Text Available O problema de combinar informações de estudos independentes atinge quase todos os campos da ciência, devido, principalmente, ao grande número de artigos científicos publicados nos últimos anos, assim sumarizar informações se tornou uma necessidade. Uma meta-análise foi conduzida com o objetivo de resumir as estimativas da correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos de corte de origem zebuína. Foi usado um conjunto de estimativas obtidas em 39 artigos publicados no período de 1968 a 2000. Os dados foram analisados de acordo com modelos fixo e aleatório, este último sob a técnica da máxima verossimilhança restrita. O modelo fixo não foi apropriado em virtude da falta de homogeneidade das estimativas de correlação, sendo portanto recomendável o modelo aleatório. A análise de subgrupo, estratificado por década de publicação, também apresentou heterogeneidade. A meta-análise constitui técnica que deve ser implementada para esta e outras finalidades

  19. Relação entre baixo peso ao nascer e a poluição do ar no Município de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Medeiros

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: A poluição do ar tem sido investigada como possível determinante do baixo peso ao nascer. O objetivo do estudo foi verificar o efeito da poluição do ar sobre o peso ao nascer. MÉTODOS: Foram analisados todos os partos de mães residentes no Município de São Paulo, nos anos de 1998 a 2000. Estimaram-se as prevalências de baixo peso ao nascer conforme características do recém-nascido, da mãe e do parto. Apenas os distritos mais centrais de São Paulo foram incluídos, totalizando uma amostra de 311.735 nascimentos. Para avaliação do efeito da poluição do ar foram excluídos os prematuros, gemelares e analisados somente os nascimentos das áreas mais centrais da cidade. Os elementos poluentes analisados foram ozônio (O3, dióxido de enxofre (SO2, dióxido de nitrogênio (NO2, partículas em suspensão (PM10 e monóxido de carbono (CO. O efeito da exposição materna à poluição do ar no peso ao nascer foi avaliado por meio de regressão linear e logística. RESULTADOS: Do total analisado, 4,6% dos recém-nascidos apresentaram menos de 2.500 g ao nascer. A exposição materna ao CO, PM10 e NO2 durante o primeiro trimestre de gestação mostrou associação estatisticamente significante com a diminuição no peso do recém-nascido. CONCLUSÕES: Os resultados reforçam que a exposição materna à poluição do ar no primeiro trimestre de gestação pode contribuir para o menor ganho de peso do feto.

  20. O peso ao nascer influencia o estado nutricional ao final do primeiro ano de vida? Does birth weight affect nutritional status at the end of first year of life?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Eugênia Farias Almeida Motta

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre o baixo peso ao nascer e o estado nutricional ao final do primeiro ano de vida. MÉTODOS: Foi realizado estudo caso-controle aninhado a uma coorte em quatro municípios da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. Os recém-nascidos foram recrutados para a coorte nas primeiras 24 horas de vida, sendo o peso aferido ao nascimento e ao final do primeiro ano de vida. Durante o primeiro ano de vida, foram realizadas duas visitas domiciliares semanais para confirmar aleitamento materno predominante e ocorrência de episódios diarréicos. Considerou-se caso (risco nutricional a criança com índice peso/idade abaixo do percentil 10 (n = 117; e controle aquela com percentil igual ou maior que 10 (n = 411. Realizou-se análise de regressão logística hierarquizada para detectar os fatores determinantes do estado nutricional no primeiro ano de vida. RESULTADOS: Os fatores que explicaram o risco nutricional ao final do primeiro ano de vida foram peso ao nascer e ausência de sanitário no domicílio. As crianças que nasceram com peso entre 1.500 g e 2.499 g tiveram uma chance 29 vezes maior (IC 95% = 9,77-87,49 de apresentar risco nutricional aos 12 meses de idade em relação àquelas com peso de nascimento maior que 3.500 g. Nas que residiam em domicílio sem sanitário, a chance foi três vezes maior (IC 95% = 1,54-6,22 em relação àquelas com sanitário com descarga no domicílio. CONCLUSÃO: O baixo peso ao nascer é um dos principais fatores responsáveis pelo risco nutricional ao final do primeiro ano de vida, sendo imprescindível adotar estratégias para sua redução e prevenção.OBJECTIVE: To evaluate the association between low birth weight and nutritional status at the end of the first year of life. METHODS: This was a nested case-control study within a cohort. The study was carried out at maternity hospitals in four cities in the Zona da Mata Meridional in Pernambuco state, Brazil. Newborn infants

  1. Baixo peso ao nascer e condições maternas no pré-natal Bajo peso al nacer y condiciones maternas en el período prenatal Low birth weight and maternal conditions in pre-natal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Áurea Tamami Minagawa

    2006-12-01

    Full Text Available Para verificar como o peso ao nascer se relaciona às condições maternas de trabalho, pré-natal, nutricionais (altura, peso inicial, final e ganho na gestação e sócio-econômico-demográficas (idade, situação conjugal, escolaridade, renda familiar, o presente estudo foi realizado na área de abrangência do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo e a amostra foi constituída por 101 crianças. A ocorrência de baixo peso ao nascer (BPN foi de 5,1% e não se associou com o trabalho materno, nem com o pré-natal, porém mostrou associação significativa com as seguintes variáveis maternas: ganho de peso na gestação inferior a 7 kg, idade menor que 20 anos e não ter companheiro. Apesar da baixa ocorrência de BPN, os resultados evidenciaram a importância do pré-natal para reduzir a ocorrência de BPN, especialmente por meio do controle do ganho de peso na gestação, controle da gestação na adolescência e também priorizando a atenção das mulheres sem companheiro.El presente estudio realizado en la jurisdicción del Hospital Universitario de la Universidad de Sao Paulo tuvo como objetivo verificar cómo el peso al nacer se relaciona a las condiciones maternas de trabajo, el período prenatal, nutricionales (altura, peso inicial, final y ganancia en la gestación y socio-económico-demográficas (edad, situación conyugal, escolaridad, ingreso familiar. La muestra estuvo constituida por 101 niños. La ocurrencia de bajo peso al nacer (BPN fue del 5,1% y no se asoció con el trabajo materno, ni con el prenatal, sin embargo mostró asociación significativa con las siguientes variables maternas: ganancia de peso en la gestación inferior a 7 kg, edad menor a 20 años y no tener compañero. A pesar de la baja ocurrencia de BPN, los resultados evidenciaron la importancia del control prenatal para reducir la ocurrencia de BPN, especialmente por medio del control de ganancia de peso en la gestación, control de la gestaci

  2. Peso ao nascer e mortalidade hospitalar entre nascidos vivos, 1975-1996 Birth weight and hospital mortality among the newborns in maternity, 1975-1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gladys GB Mariotoni

    2000-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer a evolução do peso ao nascer e a mortalidade hospitalar de nascidos vivos em maternidade de Campinas, SP. MÉTODOS: Foram estudados 215.435 nascimentos ocorridos em maternidade do Município de Campinas, SP, de 1975 a 1996. As informações foram coletadas de livros de registro e relatórios de assistência médica. Foram analisados os óbitos ocorridos antes da alta hospitalar, independentemente da idade. Para a análise dos dados, utilizou-se o programa Epi Info 6.01. RESULTADOS: O baixo peso se manteve próximo a 9% desde os anos 70, concentrando82% dos óbitos hospitalares em 1996. O peso insuficiente foi observado em 24% dos nascidos vivos. Em 1975, 13,3% dos nascidos com peso entre 1.000 g e 1.499 g sobreviveram e 73,8% dos nascidos com peso entre 1.500 g e 1.999 g. Em 1996, a sobrevida foi 69,1% e 87,7%, respectivamente. Houve grande diminuição do número de óbitos especialmente na faixa de 1.000 g a 1.499 g (de 867 para 309 por mil nascidos vivos, redução de 64,5% e de 1.500 g a 1.999 g (de 264 para 123 por mil nascidos vivos, redução de 53,4%. A mortalidade hospitalar entre aqueles de peso abaixo de 1.000 g permaneceu entre 78,9% e 100,0%, mesmo nos anos 90. Observou-se queda da mortalidade hospitalar de 17 para 11 por mil nascidos vivos. CONCLUSÕES: Não houve modificação na distribuição do peso ao nascer, a despeito deavanços apresentados por Campinas. Contudo, observou-se queda da mortalidade hospitalar. Outros estudos são necessários para compreender esse perfil.OBJECTIVE: To assess the trend of birth weight and hospital mortality rate of newborns, in a maternity hospital of Campinas, SP. METHODS: A total of 215,435 births of a maternity hospital in Campinas, S. Paulo State, Brazil, was studied between 1976 and 1996. Information was collected from registration files and annual reports of medical care. All the newborns from that period were included. The causes of death that occurred before the

  3. Baixo peso ao nascer em coorte de recém-nascidos em Goiânia-Brasil no ano de 2000 Low birth weight in a cohort of newborns in Goiânia-Brazil in 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margareth Rocha Peixoto Giglio

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar o peso ao nascer da coorte de recém-nascidos do ano 2000, em Goiânia, pela determinação do coeficiente de mortalidade e probabilidade de sobrevivência neonatal, estratificados por categorias de peso ao nascer e, ainda, pela identificação dos fatores associados ao baixo peso ao nascer (BPN. MÉTODOS: estudo de coorte retrospectivo, constituído por linkage dos arquivos do SIM (Sistema de Informações de Mortalidade e do SINASC (Sistema de Informações de Nascimentos. Foram calculados coeficientes de mortalidade neonatal para as categorias de peso ao nascer e construído um gráfico de probabilidades de sobrevivência neonatal por meio de análise de regressão linear. Foram identificados fatores de risco para o BPN mediante análise univariada (RR e regressão logística, considerando-se nível de significância de 5%. RESULTADOS: a incidência de BPN foi de 6,9%, sendo que 140 (66,8% óbitos neonatais ocorreram nesse grupo. Trinta por cento dos óbitos se deram na categoria de peso entre 1.500-2.500 g. Os fatores identificados como de risco para o BPN foram: prematuridade, presença de malformações congênitas, mães com idade em extremos reprodutivos, residência na região noroeste do município, baixo número de consultas no pré-natal, parto em hospital público e sexo feminino. CONCLUSÃO: a incidência de BPN foi semelhante aos países desenvolvidos e os coeficientes de mortalidade neonatal, por categoria de peso, aquém dos encontrados naqueles países. Os resultados encontrados orientam atenção para: prematuridade, hospitais públicos e região noroeste de Goiânia.PURPOSE: to analyze birth weight in a cohort of newborns for the year 2000, in Goiânia, by determining the coefficient of mortality and neonatal survival probability, stratified by categories of birth weight, and also, through the identification of factors associated with low birth weight (LBW. METHODS: a retrospective cohort study, made

  4. Cuidados maternos a crianças de baixo peso ao nascer Cuidados maternos a niños con bajo peso al nacer Mothers' care to the low birth weight infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Falleiros de Mello

    2002-09-01

    Full Text Available Este estudo é descritivo exploratório e teve por objetivo caracterizar os relatos maternos sobre o cuidado à saúde de crianças de baixo peso ao nascer no primeiro e segundo ano de vida, através de entrevistas domiciliares com um grupo de onze mães de crianças procedentes de Ribeirão Preto - SR De modo geral, as mães apontam dificuldades no cuidado de amamentar o bebê, alimentação e uso de medicação, referem preocupações com as intercorrências, reinternações e desenvolvimento psicomotor, implicando na necessidade de suporte profissional para avaliar e acompanhar o processo de crescimento e desenvolvimento infantil no cotidiano das famílias.Este estudio es descriptivo exploratório y tuvo por objetivo caracterizar los relatos maternos sobre el cuidado a la salud de niños con bajo peso al nacer en el primero y segundo ano de vida, a través de entrevistas domiciliares con un grupo de once madres de niños procedentes de Ribeirão Preto - SR De modo general, las madres apuntan dificultades en el cuidado relacionados a la lactancia del bebé, alimentación y uso de medicación. Refieren preocupaciones con las intercurrencias, reinternaciones y desarrollo psicomotor, implicando en la necesidad de soporte profesional para evaluar y acompañar el proceso de crecimiento y desarrollo infantil en el cotidiano de las familias.This is an exploratory and descriptive study which aimed at characterizing mothers' accounts on the care given to the health of children with low weight at birth during their first and second years of life by means of home interviews with a group of eleven mothers of children from Ribeirão Preto - SR The mothers pointed to difficulties with breastfeeding, the babies' diet and medication use. They also referred to concerns about intercurrences, re-hospitalizations and psychomotor development, which results in the need for professional support in order to evaluate and follow the growth and development process of

  5. Retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e prematuridade em recém-nascidos de grávidas com malária, na Colômbia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Tobón-Castaño

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: É frequente a associação da malária com complicações como prematuridade, retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e mortalidade infantil, efeitos pouco estudados em áreas hipoendêmicas para malaria. O objetivo deste estudo foi analisar a relação da malária gestacional com estes efeitos em recém-nascidosnuma região endêmica para malária na Colômbia, entre 1993 e 2007. MÉTODOS: Foram estudadas as características em 1.716 recém-nascidos num estudo de coorte. Fez-se seguimento em 394 gestantes com malária (27% por Plasmodium falciparum e 73% por P. vivax e 1.322 sem malária. RESULTADOS: Foi encontrada uma relação entre a exposição à malária na gestação e o risco maior de baixo peso ao nascer (RR = 1,37; 1,03-1,83, assim como estatura baixa (RR = 1,52; 1,25-1,85, retardo no crescimento intrauterino (RR = 1,29; 1,0-1,66 e prematuridade (RR = 1,68; 1,3-2,17. A frequência de nascimentos prematuros foi maior nas mães com malária por P. falciparum (77% que aquelas com P. vivax (RR = 1,77; IC 95%: 1,2-2,6. CONCLUSÕES: O baixo peso ao nascer e o retardo no crescimento foi associado com malária na gestação na Colômbia. A infecção por P. vivax foi relacionada com efeitos adversos sobre o recém-nascido, de modo semelhante em relação ao P. falciparum.

  6. Mid-upper arm circumference in pregnant women and its relation to birth weight Perímetro braquial da gestante e sua relação com o peso ao nascer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anamaría E. Ricalde

    1998-04-01

    ém-nascidos foram obtidas as seguintes variáveis: peso ao nascer, estatura, perímetro cefálico e idade gestacional pelo método de Dubowitz. RESULTADOS: Foram observadas associações significativas entre a idade gestacional do recém-nascido e suas variáveis antropométricas. Adicionalmente, o perímetro braquial materno e o peso pré-gestacional estavam significativamente correlacionados com o peso ao nascer (r = 0,399; r = 0,378 respectivamente. A regressão linear multivariada mostrou que a idade gestacional, o perímetro braquial materno e o peso pré-gestacional continuaram sendo preditores significativos do peso ao nascer. Somente a idade gestacional e a idade materna estiveram associadas com a estatura do recém-nascido, similarmente o perímetro braquial esteve associado com a estatura (r = 0,306; P = 0,0030. CONCLUSÃO: O perímetro braquial materno é um potencial indicador do estado nutricional materno. Poderia ser utilizado como indicador alternativo em substituição da estatura e peso pré-gestacional para avaliar mulheres em risco de ter um resultado da gravidez desfavorável.

  7. Secular trends in the rate of low birth weight in Brazilian State Capitals in the period 1996 to 2010 Tendencia secular de la tasa de bajo peso al nacer en las capitales brasileñas de 1996 a 2010 Tendência secular da taxa de baixo peso ao nascer nas capitais brasileiras de 1996 a 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helma Jane Ferreira Veloso

    2013-01-01

    Full Text Available Secular trends in rates of low birth weight in Brazilian state capital cities were evaluated for the period 1996 to 2010 using joinpoint regression models. The rates were calculated using data from the Live Births Information System. Newborns weighing less than 500g were excluded. Only data for capital cities was included since under-registration of births in these cities is lower and new trends can be detected earlier. There was a significant increase in the rate of low birth weight in the Brazilian capitals of the North Region, Northeast Region, South Region and Southeast Region up to 2003/2004, stabilizing thereafter. In the capitals of the Center-west Region the rate increased throughout the whole study period. The rate of low birth weight was higher in the capitals of the more developed regions. The rate of multiple births increased significantly in all Brazilian capitals, while the stillbirth rate decreased and showed a negative correlation with the rate of low birth weight. The increase in the rate of low birth weight may be partially explained by the increase in multiple births, an increase in the birth of infants weighing 500 to 999g and by the reduction in the stillbirth rate.La tendencia secular de la tasa de bajo peso al nacer de 1996 a 2010 en las capitales brasileñas se evaluó utilizando modelos de regresión joinpoint. Las tasas se calcularon a partir del Sistema de Información sobre Nacidos Vivos, excluyéndose recién nacidos con un peso A tendência secular da taxa de baixo peso ao nascer de 1996 a 2010 nas capitais brasileiras foi avaliada utilizando-se modelos de regressão joinpoint. As taxas foram calculadas a partir do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, excluindo-se recém-nascido com peso < 500g. Foram incluídos apenas dados das capitais, onde o sub-registro é menor e novas tendências podem ser detectadas mais precocemente. A taxa de baixo peso ao nascer aumentou significantemente nas capitais

  8. Ansiedade na gestação, prematuridade e baixo peso ao nascer: uma revisão sistemática da literatura Anxiety during pregnancy, prematurity, and low birth weight: a systematic literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Marano Rocha Araújo

    2007-04-01

    Full Text Available O objetivo desta revisão �� examinar publicações que investigaram o efeito da ansiedade no maior risco de prematuridade e/ou baixo peso ao nascer. Os bancos de dados MEDLINE versão PubMed, BVS, CINAHL e HEALTHSTAR, referentes aos anos de 1966 a 2006, foram rastreados usando-se a combinação dos seguintes descritores: anxiety, pregnancy, low birth weight e prematurity. Foram localizados 13 estudos: 11 coortes, 1 transversal e 1 caso-controle. A maioria (7/13 dos estudos foi realizado nos Estados Unidos. Quatro estudos foram considerados de excelente qualidade, pois excluíram adolescentes e/ou mulheres acima de 34 anos, aferiram a ansiedade a partir do primeiro e/ou segundo trimestre de gestação, utilizaram escalas validadas para medir ansiedade, apresentaram perdas de seguimento inferiores a 30% e controlaram os mais importantes fatores de confusão. A ansiedade na gestação foi associada à prematuridade e/ou ao baixo peso ao nascer em oito estudos. Os valores de razão de chance e risco relativo variaram de 1,08 a 2,31. São necessários estudos cuidadosamente desenhados para esclarecer a relação entre ansiedade na gestação, prematuridade e baixo peso ao nascer, já que as evidências observadas ainda são contraditórias.The purpose of this systematic literature review was to examine publications that had investigated the effect of anxiety on prematurity and/or low birth weight. The PubMed, BVS, CINAHL, and HEALTHSTAR databases, published from 1966 to 2006, were tracked using the following key words: "anxiety", "pregnancy", "low birth weight", and "prematurity". Thirteen studies were found: 11 cohorts, 1 cross-sectional, and 1 case-control. Most studies (7/13 were conducted in the United States. The most reliable results came from four studies, whose strengths were: exclusion of adolescents and/or women older than 34 years, studies that analyzed anxiety during the second and/or third trimester of pregnancy, used validated

  9. Avaliação do neurodesenvolvimento de prematuros de muito baixo peso ao nascer entre 18 e 24 meses de idade corrigida pelas escalas Bayley III

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Volpiano Fernandes

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência de atraso e fatores associados aos escores de desenvolvimento em crianças nascidas prematuras. MÉTODOS: Estudo transversal para avaliar o desenvolvimento por escalas Bayley III, incluindo-se prematuros de muito baixo peso de 18 a 24 meses de idade corrigida, acompanhados no Ambulatório de Prematuros da instituição. Excluíram-se: malformação congênita, síndrome genética, infecção congênita sintomática ao nascimento, surdez e cegueira. As variáveis numéricas foram comparadas por teste t de Student ou Mann-Whitney, e as categóricas, por qui-quadrado ou teste exato de Fisher. Para análise dos fatores associados aos escores de desenvolvimento, utilizou-se a regressão linear, considerando-se significante p < 0,05. RESULTADOS: Das 58 crianças avaliadas, quatro (6,9% apresentaram alteração cognitiva; quatro (6,9%, motora; 17 (29,3%, de linguagem; 16 (27,6%, socioemocional; e 22 (37,9%, de comportamento adaptativo. À regressão linear múltipla, os fatores classe socioeconômica CDE (-13,27; IC95% -21,23 a -5,31 e dependência de oxigênio com 36 semanas de idade corrigida (-8,75; IC95% -17,10 a -0,39 diminuíram o escore cognitivo. A leucomalácia periventricular diminuiu o escore cognitivo (-15,21; IC95% -27,61 a -2,81, motor (-10,67; IC95% -19,74 a -1,59 e de comportamento adaptativo (-21,52; IC95% -35,60 a -7,44. O sexo feminino se associou ao maior escore motor (10,67; IC95% 2,77-12,97, de linguagem (15,74; IC95% 7,39-24,09 e socioemocional (10,27; IC95% 1,08-19,46. CONCLUSÕES: Prematuros de muito baixo peso apresentaram com maior frequência alterações na linguagem, comportamento adaptativo e socioemocional. As variáveis classe socioeconômica CDE, leucomalácia periventricular, displasia broncopulmonar e sexo masculino contribuíram para reduzir os escores de desenvolvimento.

  10. Estudo sobre nascidos vivos em maternidades: 1. Peso ao nascer, sexo, tipo de nascimento e filiação previdenciária das mães A study of life births in maternity hospitals: 1. Birth weight, sex, litter size and mothers' health security

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes R. de Souza

    1988-12-01

    Full Text Available O peso ao nascer do recém-nascido é o resultado de diversos fatores (orgânicos, psíquicos e sociais sobre o potencial genético do feto. É natural que sua distribuição seja diferente conforme as características da população. Desta maneira, pretendeu-se estudar o peso ao nascer dos recém-nascidos vivos, de 1978 e 1979, de duas grandes maternidades de Florianópolis, SC (Brasil, nas quais ocorrem 90% dos partos da região, segundo sexo, tipo de nascimento e filiação previdenciária das mães. Observou-se que a média de peso ao nascer dos 18.491 recém-nascidos vivos estudados foi de 3.347,6g. Nessa população ocorreu 5,3% de baixo peso ao nascer e 11,1% de crianças com 4.000g ou mais. As crianças do sexo masculino pesaram ao nascer mais que as do sexo feminino, sendo esta diferença estatisticamente significativa. O mesmo fato ocorreu com as crianças de nascimentos únicos e múltiplos, tendo os primeiros peso ao nascer maior que os segundos, sendo também esta diferença estatisticamente significativa. O estudo da relação entre a filiação previdenciária das mães e o peso ao nascer das crianças mostrou que as mulheres da classe "indigente/serv. social" tiveram número significativamente maior de recém-nascidos de baixo peso do que os de outras categorias sociais. Esses dados mostram que a população estudada apresentou uma baixa incidência de baixo peso ao nascer, com uma distribuição de peso ao nascer semelhante a de países adiantados.Birthweight is the result of many factors (organic, psychological, social acting on the genetic potential of the fetus. Consequently, its distribution is different according to the characteristics of the population. In this paper the authors studied the weight at birth of live newborns (from 1978 to 1979 in the two big maternity hospitals, in Florianópolis, responsible for 90% of all births in the area, by sex, litter size and mother's health security. The authors verified that the

  11. Comparação de ibuprofeno via oral e indometacina intravenosa no tratamento da persistência do canal arterial em neonatos com extremo baixo peso ao nascer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eun Mi Yang

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Existem poucos relatórios publicados com relação à eficácia do ibuprofeno via oral no tratamento da persistência do canal arterial (PCA em neonatos com extremo baixo peso ao nascer (EBPN. Comparamos o ibuprofeno via oral à indometacina intravenosa no que diz respeito à eficácia e segurança no tratamento de PCA em neonatos com peso inferior a 1.000 g ao nascer. MÉTODO: Este foi um estudo retrospectivo em um único centro. Coletamos dados de neonatos com EBPN que tiveram PCA ecocardiograficamente confirmada. Os neonatos foram tratados tanto com indometacina intravenosa quanto com ibuprofeno via oral. A taxa de fechamento do canal, a necessidade de tratamentos adicionais, os efeitos colaterais ou as complicações relacionadas ao medicamento e a mortalidade foram comparados entre os dois grupos de tratamento. RESULTADO: Examinamos 26 neonatos que receberam indometacina e 22 que receberam ibuprofeno. A taxa geral de fechamento do canal foi semelhante nos dois tratamentos: o fechamento do canal ocorreu em 23 dos 26 neonatos (88,5% no grupo indometacina, e em 18 dos 22 neonatos (81,8% no grupo ibuprofeno (p = 0,40. A taxa de ligadura cirúrgica (11,5% em comparação a 18,2%; p = 0,40 não diferiu de forma significativa entre os dois grupos de tratamento. Após o tratamento, não foi encontrada nenhuma diferença significativa nas concentrações de creatinina sérica entre os dois grupos. Não houve diferenças significativas com relação a efeitos colaterais ou complicações adicionais. CONCLUSÃO: Em neonatos com EBPN, o ibuprofeno via oral é tão eficaz quanto a indometacina intravenosa no tratamento da PCA. Não há diferenças entre os medicamentos no que diz respeito à segurança. O ibuprofeno via oral poderia ser usado como um agente alternativo no tratamento da PCA em neonatos com EBPN.

  12. Anemia e desnutrição maternas e sua relação com o peso ao nascer Maternal anemia and undernowrishment and their relation to birth - weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odalis T. Sinisterra Rodriguez

    1991-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a influência da anemia e desnutrição materna sobre o peso ao nascer, estudou-se uma amostra de 691 gestantes atendidas em maternidade exclusivamente assistencial do Município de São Paulo, SP (Brasil. Encontrou-se, no final da gestação, 29,2% de gestantes anêmicas e 17,2% de desnutridas, não tendo sido verificada associação entre essas duas deficiências nutricionais. O papel favorável do serviço de assistência pré-natal no controle do estado nutricional da mulher não foi verificado, tendo sido observado que a anemia e desnutrição não estão associadas à assistência pré-natal. A incidência de baixo peso ao nascer (BPN entre filhos de parturientes desnutridas foi 23,6%, valor significativamente diferente (pWith a view to evaluating the effect of anemia and maternal undernourishment on birth weight, a sample of 691 pregnant women, from an assistential maternity hospital, in S.Paulo, Brazil, were studied at delivery. Anemia was found in 29.1 % and undernourishment in 17.2% of the women, though no association was detected between these nutritional deficiences. Neither was any association detected between institutional ante-natal care and anemia or undernourishment. Among single newborns the incidence of low birth weight (LBW was of 12.9%. LBW was observed in 23.6% of children born to women who came to the end of their pregnancy with a low weight for height ratios while among adequate weight for height women the percentage was 10.8. Children of women who remained undernourished throughout their pregnancy had a relative risk of being born with LBW 2.8 times grater than the children of those who recovered normal weight by the end of their pregnancy. Our results emphasize the need for implementation of nutritional status control activities in programs of ante-natal care.

  13. The epidemiologic paradox of low birth weight in Brazil La paradoja epidemiológica del bajo peso al nacer en Brasil O paradoxo epidemiológico do baixo peso ao nascer no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Augusto Moura da Silva

    2010-10-01

    subregistro. La tasa de escolaridad fue obtenida de datos de censos. Las tendencias de la tasa de bajo peso al nacer fueron evaluadas utilizándose modelos de regresión joinpoint. Las asociaciones entre la tasa de bajo peso al nacer con otros indicadores fueron evaluadas por regresión lowess y correlación de Spearman. RESULTADOS: En Brasil, las tendencias en la tasa de BPN fueron no lineares y no significativas: la tasa disminuyó de 7,9% en 1995 a 7,7% en 2000, aumentando a 8,2% en 2003, y permaneciendo estable en 8,2% en 2007. Mientras, las tendencias variaron en las regiones brasileras: hubo aumentos significativos en el Norte (2,7% por año, de 1999 a 2003, y en el Sur (1,0% por año y Centro-Oeste (0,6% por año, de 1995 a 2007. Las tasas de BPN fueron más altas y las tasas de mortalidad infantil más bajas en las regiones más desarrolladas en comparación con las menos desarrolladas. En 2005, cuanto más elevada la tasa de mortalidad infantil, menor fue la tasa de BPN (p=0,009; cuanto más alta la tasa de baja escolaridad, menor la tasa de BPN (p=0,007; cuanto mayor el número de lechos de terapia intensiva neonatal por 1000 nacidos vivos, más elevada la tasa de BPN (p=0,036. CONCLUSIONES: La paradoja del BPN fue detectado en Brasil. La tasa de BPN está aumentando en algunas regiones brasileras. Diferencias regionales en la tasa de BPN parecen estar más relacionadas con la disponibilidad de asistencia perinatal que con las condiciones sociales.OBJETIVO: Identificar a presença do paradoxo do baixo peso ao nascer (BPN no Brasil. MÉTODOS: As taxas de BPN e de cesárea, de 1995 a 2007, foram estimadas a partir do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos. As taxas de mortalidade infantil, foram calculadas por métodos indiretos, com correção para sub-registro. A taxa de escolaridade foi obtida de dados censitários. As tendências da taxa de BPN foram avaliadas utilizando-se modelos de regressão joinpoint. As associações entre a taxa de BPN com outros

  14. Tendência secular do peso ao nascer na cidade de São Paulo (1976-1998 Secular trends in birth weight in S. Paulo city, Brazil (1976-1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Monteiro

    2000-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Resgatar a tendência secular da distribuição do peso ao nascer na cidade de São Paulo, SP, bem como examinar suas possíveis causas, com base em dados coletados por dois inquéritos domiciliares sobre condições de saúde na infância realizados em 1984/85 e em 1995/96, complementados por informações procedentes de levantamento de prontuários de maternidades e por informações do Sistema Estadual de Declarações de Nascidos Vivos. MÉTODOS: Os inquéritos domiciliares estudaram amostras probabilísticas da população infantil de São Paulo com idade inferior a cinco anos (n=1.016 em 1984/85; n=1.280 em 1995/96. O levantamento de prontuários estudou uma amostra probabilística dos partos ocorridos nas maternidades da cidade no ano de 1976 (n=5.734. As declarações de nascidos vivos referem-se às coortes de crianças nascidas na cidade entre 1993 e 1998 (cerca de 200 mil crianças por ano. O estudo da distribuição social do peso ao nascer levou em conta a renda familiar per capita e a escolaridade materna. A estratégia analítica para estudar os determinantes da tendência secular do peso ao nascer empregou modelos hierárquicos de causalidade, análises multivariadas de regressão e procedimentos análogos aos utilizados para calcular riscos atribuíveis populacionais. RESULTADOS/CONCLUSÕES: A distribuição do peso ao nascer na cidade de São Paulo (média de 3.160 g com 8,9% de pesos OBJECTIVE: Data from two household surveys on infant and child health status undertaken in the mid-80s and mid-90s, complemented with previous data collected from maternity hospitals records and more recent data provided by the state system on birth registries, allowed to characterize and analyse secular trends in birth weight in the city of S. Paulo, Brazil. METHODS: The household surveys included random samples of children under 5 years old (n=1,016 children in 1984-85 and n=1,280 children in 1995-96. A random sample of births that

  15. Impacto do estado nutricional no peso ao nascer de recém-nascidos de gestantes adolescentes Nutritional status impact on the birth weight of newborns pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Fontes Ferreira da Silva Guerra

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o impacto do estado nutricional de gestantes adolescentes no peso do recém-nascido. MÉTODOS: EM Estudo de coorte histórica foram avaliadas 97 gestantes adolescentes atendidas no período de maio a junho de 2004 e seus recém-nascidos. Foram incluídas gestantes entre 10 e 19 anos, internadas em trabalho de parto, e excluídas aquelas com gravidez múltipla, complicações gestacionais, idade gestacional menor do que 37 semanas e dados incompletos no prontuário. A avaliação do estado nutricional materno incluiu altura, índice de massa corporal (IMC pré-gestacional, ganho de peso gestacional (GPG e consumo calórico e protéico, obtidos por relatórios de consumo alimentar habitual no final do terceiro trimestre gestacional. A associação entre as variáveis maternas (altura, IMC pré-gestacional, GPG e consumo e o peso do recém-nascido foi analisada pelo teste de correlação de Spearman. O nível de significância de erro alfa foi de 5% (pPURPOSE: to evaluate the impact of the nutritional status of pregnant adolescents on the birth weight. METHODS: a cohort study including 97 adolescents and their respective newborns, evaluated from May to June, 2004. Pregnant women from 10 to 19 years old in labor were included in the study, and those with multiple pregnancies, complications, less than 37 weeks gestation, and incomplete data records were excluded. Maternal nutritional status evaluation included height, body mass index (BMI before pregnancy, gestational weight gain (GWG and caloric-proteic intake, obtained by habitual food intake recordatory by the end of the third gestational trimester. The association between maternal variables (height, pre-gestational BMI, GWG and intake and the newborn weight was analyzed by Spearman's correlation test. Statistical significance was assumed when p<0.05. RESULTS: the mean age was 17.8±1.12 years old. Most adolescents (66% started pregnancy with adequate weight, 29% had low weight

  16. Peso ao nascer de crianças brasileiras menores de dois anos Peso al nacer de niños brasileños menores de dos años Birth weight in Brazilian children under two years of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly de Jesus Viana

    2013-02-01

    Full Text Available O baixo peso ao nascer tem grande relação com risco de morrer no primeiro ano de vida. Estudos mostram sua associação com problemas de desenvolvimento na infância e doenças na vida adulta. Dada a importância desse indicador, o objetivo deste estudo foi investigar os fatores sociais, demográficos, biológicos e ambientais envolvidos na sua determinação. Analisaram-se dados da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher (PNDS-2006, incluindo apenas crianças menores de 24 meses de vida. A prevalência de baixo peso ao nascer no Brasil foi de 6,1%. Os fatores de risco identificados foram sexo feminino, residir nas macrorregiões Sul e Sudeste e ser filho de mães com baixa escolaridade ou tabagistas. Houve mudanças no perfil do baixo peso ao nascer, com maior prevalência em regiões mais desenvolvidas economicamente, refletindo a transição epidemiológica perinatal, caracterizada por mudanças nos padrões de assistência ao parto e incorporação dos avanços tecnológicos na assistência perinatal, além de fatores de risco biológicos conhecidos associados à pobreza e à desinformação.El bajo peso al nacer tiene una gran relación con el riesgo de morir en el primer año de vida. Estudios muestran su asociación con problemas de desarrollo en la infancia y enfermedades en la vida adulta. Dada la importancia de este indicador, el objetivo de este estudio fue investigar los factores sociales, demográficos, biológicos y ambientales involucrados en su determinación. Se analizaron los datos de la Investigación Nacional de Demografía y Salud del Niño y de la Mujer (PNDS-2006, incluyendo solamente niños menores de 24 meses de vida. La prevalencia de bajo peso al nacer en Brasil fue de un 6,1%. Los factores de riesgo identificados fueron sexo femenino, residir en las macrorregiones Sur y Sudeste y ser hijo de madres con baja escolaridad o tabaquistas. Hubo cambios en el perfil de bajo peso al nacer, con mayor

  17. Efeito da restrição alimentar durante o final da gestação sobre o peso ao nascer de cordeiros Santa Inês Effects of maternal undernutrition during final pregnancy on weight birth of Santa Ines lambs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Castro Geraseev

    2006-04-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido no setor de Ovinocultura da Universidade Federal de Lavras, com o objetivo de avaliar o peso ao nascer de cordeiros da raça Santa Inês, machos e fêmeas, nascidos de ovelhas submetidas ou não a uma restrição alimentar durante o terço final da gestação. Para tanto, foram utilizadas 44 ovelhas Santa Inês gestando gêmeos, as quais com 100 dias de gestação, foram confinadas e divididas em dois grupos: um grupo recebeu alimentação à vontade para satisfazer suas necessidades energéticas, e o segundo grupo recebeu alimentação restrita para satisfazer 60% das suas necessidades energéticas. O cálculo das necessidades energéticas foi baseado nas recomendações do ARC (1980, levando-se em consideração o peso da ovelha, o tempo de gestação e o número de fetos que cada ovelha estava gestando. Com relação as ovelhas, foram avaliados o peso corporal no início do experimento e logo após a parição, a duração da gestação e a massa biológica produzida. Com relação aos cordeiros, foram avaliados o peso ao nascer dos mesmos, sendo que para tanto estes animais foram divididos de acordo com o sexo (machos e fêmeas. O peso ao nascer dos cordeiros machos e fêmeas foi afetado pela restrição pré-natal, sendo que a média do peso ao nascer dos cordeiros machos sem restrição foi 4,162 kg e com restrição 2,893 kg; e o peso ao nascer das cordeiras fêmeas sem restrição foi 3,474 kg e com restrição 2,855 kg. A grande redução observada neste trabalho no peso ao nascer dos cordeiros machos (30,5% e fêmeas (17,8% revela a importância da adoção de um nível nutricional adequado para as ovelhas gestantes, principalmente durante o terço final da gestação.An experiment was conducted in the Sheep Production Sector of the Animal Science Department at the Federal University of Lavras, Lavras MG to evaluate weight birth of Santa Ines lambs, males and females from ewes submitted or not to feed

  18. Associação entre abuso de álcool durante a gestação e o peso ao nascer Asociación entre abuso de alcohol durante la gestación y el peso al nacer Association between alcohol abuse during pregnancy and birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivelissa da Silva

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre abuso de álcool durante a gestação e baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional aninhado a uma coorte de 957 gestantes que realizaram acompanhamento pré-natal no Sistema Único de Saúde da cidade de Pelotas, RS, e deram à luz entre setembro de 2007 e setembro de 2008. As mães foram entrevistadas em dois momentos distintos: no período de pré-parto e após o parto. Para verificar o abuso do álcool foi utilizada a escala Cut down, Annoyed by criticism, Guilty and Eye-opener. Foram realizadas análises bivariadas e regressão logística múltipla, ajustada pelas variáveis prematuridade e abuso de álcool. O nível de significância adotado foi de 95%. RESULTADOS: Das mulheres que participaram do estudo, 2,1% abusaram de álcool na gestação e, entre essas, 26,3% tiveram filhos com baixo peso. Houve associação entre o abuso de álcool e baixo peso ao nascer (p OBJETIVO: Verificar la asociación entre abuso de alcohol durante la gestación y bajo peso al nacer. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional anidado a una cohorte de 957 gestantes que realizaron acompañamiento prenatal en el Sistema Único de Salud de la ciudad de Pelotas, Sur de Brasil, y dieron a luz entre septiembre de 2007 y septiembre de 2008. Las madres fueron entrevistadas en dos momentos distintos: en el período de preparto y posterior al parto. Para verificar el abuso de alcohol fue utilizada la escala Cut down, Annoyed by criticism, Guilty y Eye-opener. Se realizaron análisis bivariados y regresión logística múltiple, ajustado por las variables prematuridad y abuso de alcohol. El nivel de significancia adoptado fue de 95%. RESULTADOS: De las mujeres que participaron del estudio, 2,1% abusaron de alcohol en la gestación y, entre ellas, 26,3% tuvieron bebés con bajo peso. Hubo asociación entre el abuso de alcohol y bajo peso al nacer (pOBJECTIVE: To assess the association between

  19. Pode o peso ao nascer influenciar o estado nutricional, os níveis de atividade física e a aptidão física relacionada à saúde de crianças e jovens?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Wellington Oliveira Barros

    2011-10-01

    Full Text Available A aptidão física relacionada à saúde é definida como um conjunto de atributos fisiológicos que o indivíduo apresenta para o desempenho de atividades físicas diárias sem fadiga excessiva. Sabe-se que fatores como atividade física e estado nutricional influenciam diretamente os níveis de aptidão física. Entretanto, o aporte adequado de nutrientes nos períodos iniciais da vida é determinante para o crescimento e o desenvolvimento de órgãos e de sistemas. O peso ao nascer está relacionado ao desenvolvimento intrauterino bem como à prevalência de doenças cardiovasculares e metabólicas. Recentemente o peso ao nascer tem sido associado aos níveis de aptidão física relacionada à saúde. O mecanismo subjacente pode estar relacionado aos efeitos decorrentes de insultos ocorridos no período crítico do desenvolvimento, com alterações no padrão de eventos celulares. As consequências estão na aquisição de padrões fisiológicos maduros do organismo e na ocorrência de eventos metabólicos, com prejuízo na aptidão física. O presente estudo propõe uma análise sobre a aptidão física relacionada à saúde e sua relação com a atividade física, o estado nutricional e com o peso ao nascer do indivíduo. Os termos de indexação utilizados foram: physical fitness, programming, physical activity, nutritional status e low birth weight. Concluiu-se que indivíduos nascidos com baixo peso apresentam alterações no estado nutricional com consequências negativas para a atividade física e aptidão física relacionada à saúde.

  20. Relação entre índice ponderal ao nascer e excesso de peso corporal em jovens The correlation between birth weight index and excess weight in young individuals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Maria Bismarck-Nasr

    2007-09-01

    Full Text Available A identificação de fatores de risco modificáveis para obesidade mostra-se fundamental para sua prevenção, como o inadequado crescimento intra-uterino. O presente estudo verificou a relação entre nutrição ao nascer e sobrepeso em jovens. Avaliaram-se 287 indivíduos com média (desvio-padrão de 15,2 (1,4 anos. Para diagnóstico nutricional ao nascer, utilizou-se o índice ponderal e, para o atual, índice de massa corporal (IMC, circunferência da cintura e composição corporal. Verificou-se, para os meninos, associação positiva entre índice ponderal e sobrepeso (p = 0,05 e excesso de gordura abdominal (p = 0,04. Para as meninas, houve associação negativa entre índice ponderal e comprimento ao nascer (p = 0,00 e quantidade de massa muscular (p = 0,01. Meninas de menor índice ponderal apresentaram maior quantidade de gordura corporal total e abdominal, enquanto as de maior índice ponderal apresentaram valores inferiores de estatura final (p = 0,09. Pode-se sugerir que indivíduos pertencentes aos extremos de índice ponderal enquadram-se em categoria de risco para obesidade futura, relação que se mostrou mais evidente para o extremo superior, no sexo masculino, e inferior, no feminino.Identification of modifiable risk factors for obesity has proven crucial for its prevention, for example inadequate intrauterine growth. The current study verified the relationship between nutritional status at birth and overweight in youth. A total of 287 individuals were evaluated, with a mean age of 15.2 years (SD 1.4. Nutritional status at birth was based on the birth weight index, and current status was based on BMI, waist circumference, and body composition. In boys there was a positive association between weight index and overweight (p = 0.05 and excess abdominal fat (p = 0.04. For girls, there was a negative association between weight index and length at birth (p = 0.00 and amount of muscle mass (p = 0.01. Girls with lower weight index

  1. Estimativa dos coeficientes específicos de mortalidade infantil segundo peso ao nascer no município de São Paulo (Brasil An estimate of the specific infant mortality rates by birth-weight in the city of S. Paulo (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Monteiro

    1981-12-01

    Full Text Available Foi estimada a distribuição do peso ao nascer da coorte dos recém-nascidos que deu origem aos óbitos infantis estudados pela Investigação Interamericana de Mortalidade na Infância no projeto de São Paulo (1968-70 e determinados os riscos de óbito associados a cada intervalo de peso de nascimento. Assim, foram apurados coeficientes de mortalidade infantil de 305,5, 50,2 e 34,4 para recém-nascidos de baixo peso, peso deficiente e peso superior a 3.000 g. A comparação destes coeficientes com os registrados na área americana incluída na investigação citada (Califórnia, revelou excesso de mortalidade, particularmente notável não para os recém-nascidos de baixo peso, mas para os recém-nascidos de peso superior a 3.000 g. O ajuste da mortalidade de São Paulo (Brasil à distribuição do peso ao nascer observada na Califórnia foi capaz de explicar 15% do excesso da mortalidade infantil e 21% do excesso da mortalidade neonatal de São Paulo.By means of the birth-rate distribution found to exist during the Inter-American Investigation of Mortality in Childhood in S. Paulo (1968-70 the infant death rate association with each birth-weight interval was estimated. The infant mortality rates were 305.5, 50.2 and 34.4 respectively for low birth-weight, deficient weight and weight above 3,000 grams. Compared with the rates found in California, USA, by the same Investigation, the infant mortality rates in S. Paulo are higher, particularly for mortality associated with birth-weight of above 3,000 grams. The adjustment of infant mortality rates in S. Paulo according to the birth-weight distribution found in California led to the conclusion that, at that period, only 15% of the excess of the infant mortality of S. Paulo could be attributed exclusively to birth-weight. In the case of neonatal mortality, 21% of the mortality excess in S. Paulo could be attributed to birth-weight.

  2. Gravidez na adolescência como fator de risco para baixo peso ao nascer no Município do Rio de Janeiro, 1996 a 1998 The pregnancy during adolescence as a risk factor for low birth weight, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Granado Nogueira da Gama

    2001-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Observar a evolução das taxas de fecundidade e identificar o papel da gravidez na adolescência como fator de risco para o baixo peso ao nascer (BPN. MÉTODOS: Em uma amostra de nascimentos provenientes do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC/RJ, entre 1996 e 1998, os fatores determinantes do BPN foram analisados em dois grupos de mães, de 15 a 19 anos e de 20 a 24 anos. Foram estimadas as associações entre as variáveis pela razão dos produtos cruzados -- Odds Ratio (OR e respectivos intervalos de confiança. Utilizaram-se também procedimentos de regressão logística. RESULTADOS: O BPN foi significativamente maior entre o grupo de mães adolescentes do que no grupo de 20-24 anos. O pré-natal não foi realizado em 13% das adolescentes, enquanto 10% do outro grupo não tiveram atendimento. Quando realizado o pré-natal, as adolescentes tiveram menos consultas. No grupo de adolescentes, o percentual de prematuros foi significativamente maior que no outro grupo. Foram observadas diferenças por tipo de maternidade (públicas/privadas, com predomínio de uso das públicas pelas adolescentes. A análise de regressão logística mostrou que existe um efeito da idade materna na explicação do BPN, mesmo quando controlado por outras variáveis CONCLUSÕES: Os achados sugerem que investigações sobre os mecanismos explicativos da associação entre o BPN e a gravidez na adolescência devem ser realizadas, abrangendo fatores socioculturais como pobreza e marginalidade social, assim como os de natureza biológica e de alimentação na gravidez.OBJECTIVE: To identify the role of pregnancy during adolescence as a risk factor to low birth weight (LBW. METHODS: A stratified sample of live births from the Information System of Live Births in the municipality of Rio de Janeiro, in the period 1996-98, was selected. The risk factors of LBW were analyzed for the two strata composed by the mother age, 15-19 and 20-24 years old

  3. Suplementação enteral e parenteral com glutamina em neonatos pré-termo e com baixo peso ao nascer Enteral and parenteral supplementation with glutamine in preterm and low-birth-weight neonates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carolina Borges

    2008-03-01

    Full Text Available A glutamina é o aminoácido livre mais abundante no sangue e no músculo esquelético, bem como é o principal substrato energético para células de elevado turnover, como enterócitos e leucócitos. Adicionalmente, a glutamina representa o principal aminoácido transferido para o feto pela placenta e, juntamente com o glutamato, constituem os aminoácidos mais abundantes no leite materno. Todavia, bebês nascidos prematuramente sofrem interrupção abrupta do fornecimento placentário de glutamina, o que acarreta em dependência exclusiva da síntese endógena ou do fornecimento exógeno deste aminoácido. Aliado a isso, neonatos pré-termo (PT e com baixo peso ao nascer (BPN, freqüentemente, recebem apenas nutrição parenteral total nas primeiras semanas de vida, a qual não contém glutamina. Cabe ainda destacar que esses bebês possuem pouca massa muscular e, portanto, seus estoques de glutamina são limitados. Uma vez que neonatos PT e com BPN estão sujeitos a intenso crescimento e a inúmeros estresses fisiológicos, é possível que a glutamina seja um nutriente condicionalmente essencial nessa fase da vida, fato que estimulou a realização de estudos com a finalidade de avaliar os possíveis benefícios clínicos da suplementação enteral e parenteral com glutamina em neonatos PT e com BPN.Glutamine is the most abundant amino acid found in the blood and skeletal muscle, and is the principal energetic substrate for cells with a high turnover, such as enterocytes and leucocytes. Furthermore, glutamine is the most important amino acid that is passed to the foetus via the placenta, and together with glutamate, is the most abundant amino acid in maternal milk. Preterm infants suffer an abrupt interruption in the supply of glutamine via the placenta, which leads to an exclusive dependence on the endogenous synthesis or the exogenous supply of this amino acid. Preterm neonates (PT as well as low-birth-weight neonates (LBW frequently

  4. Estado nutricional e anemia ferropriva em gestantes: relação com o peso da criança ao nascer Nutritional status and iron-deficiency anemia in pregnant women: relationship with the weight of the child at birth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela da Silva Rocha

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a prevalência de anemia durante a gestação e correlacioná-los com o peso do recém-nascido. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com gestantes que realizaram o pré-natal no único serviço público de saúde do município de Viçosa, MG, no período de dezembro de 2002 a maio de 2003. Foi aplicado questionário com informações maternas e realizada dosagem de hemoglobina através do Hemocue, além da obtenção de dados de peso e estatura da gestante. As informações referentes aos recém-nascidos foram obtidas no programa Sistema de Informação de Nascidos Vivos/MS. RESULTADOS: Foram avaliadas 168 gestantes de baixo nível socioeconômico e baixa escolaridade. Encontraram-se 41,3% de gestantes com estado nutricional pré-gestacional inadequado, sendo 25,7% com baixo peso e 17,4% com sobrepeso ou obesidade. A maioria das gestantes apresentou ganho de peso inadequado durante a gestação. A prevalência total de anemia ferropriva foi de 21,4%, sendo que essa aumentou com a idade gestacional. A freqüência de baixo peso e peso insuficiente ao nascer foi de 8,9% e 28,6%, respectivamente. As variáveis antropométricas (peso pré-gestacional, estatura, índice de massa corporal pré-gestacional e ganho de peso total apresentaram associação estatisticamente significante com o peso ao nascer. CONCLUSÃO: As variáveis antropométricas maternas apresentaram correlação com o peso ao nascer. Neste estudo não houve relação entre o estado nutricional de ferro das gestantes e o peso de nascimento.OBJECTIVE: The purpose of the study was to evaluate the nutritional status and prevalence to anemia during pregnancy, and to correlate these factors with the weight at birth. METHODS: A transversal study was carried out with pregnant women who underwent prenatal care at the only public health service in the municipality of Viçosa, MG, Brazil, from December 2002 to May 2003. A questionnaire was applied

  5. Gravidez na adolescência e baixo peso ao nascer: existe associação? Embarazo en la adolescencia y bajo peso al nacer: ¿existe asociación? Pregnancy in teenagers and low birthweight infant: is there an association?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almir de Castro Neves Filho

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre gravidez na adolescência (dez a 19 anos e baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em maternidade terciária entre junho de 2000 a junho de 2001. Por sorteio aleatório simples, foram selecionadas mães adolescentes e não adolescentes entrevistadas no primeiro dia após o parto. Aplicou-se a análise multivariada por meio de regressão logística das variáveis implicadas com o baixo peso ao nascer. RESULTADOS: Foram selecionadas 539 duplas (mães e seus respectivos recém-nascidos, sendo 331 (61,4% mulheres com 20 anos ou mais e 208 (38,5% abaixo de 20 anos. Entre as adolescentes, 50 bebês (24% tiveram idade gestacional OBJETIVO: Verificar la asociación entre embarazo en la adolescencia (10 a 19 años y bajo peso al nacer. MÉTODOS: Estudio transversal realizado en maternidad terciaria entre junio de 2000 a junio de 2001. Por sorteo aleatorio simple, se seleccionaron madres adolescentes y no adolescentes entrevistadas en el primer día después del parto. Se aplicó el análisis multivariado mediante regresión logística de las variables implicadas con el bajo peso al nacer. RESULTADOS: Se seleccionaron 539 parejas (madres y sus respectivos recién-nacidos, siendo 331 (61,4% mujeres con 20 años o más y 208 (38,5% abajo de los 20 años. Entre las adolescentes, 50 bebés (24% tuvieron edad gestacional OBJECTIVE: To study the association between teenage pregnancy (ten to 19 years old and low birthweight. METHODS: Cross-sectional study carried out at a tertiary center from June 2000 to June 2001. A simple random drawing selected teenagers and adult mothers who were interviewed during the first day after birth. Multivariate analysis using logistic regression of variables related to low birthweight was applied. RESULTS: 539 pairs (mothers and their newborns were studied - 331 (61.4% women with 20 years old or more and 208 (38.5% <20 years old. Among the adolescents, 50 (24% infants

  6. Fatores de risco para mortalidade neonatal em crianças com baixo peso ao nascer Factores de riesgo para mortalidad neonatal en niños con bajo peso al nacer Risk factors for neonatal mortality among children with low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Monteiro Ribeiro

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores de risco associados aos óbitos neonatais em crianças com baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Realizou-se um estudo de coorte, composto pelos nascidos vivos com peso entre 500 g e 2.499 g, residentes no Recife (PE, entre 2001 e 2003, produtos de gestação única e sem anencefalia. Os dados sobre os 5.687 nascidos vivos e 499 óbitos neonatais, provenientes do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e do Sistema de Informações sobre Mortalidade, foram integrados pela técnica de linkage. Em modelo hierarquizado, as variáveis dos níveis distal (fatores socioeconômicos, intermediário (fatores de atenção à saúde e proximal (fatores biológicos foram submetidas à análise univariada e regressão logística multivariada. RESULTADOS: Com o ajuste das variáveis na regressão logística multivariada, as variáveis do nível distal que permaneceram significantemente associadas com o óbito neonatal foram: a coabitação dos pais, número de filhos vivos e tipo de hospital de nascimento; no nível intermediário: número de consultas no pré-natal, complexidade do hospital de nascimento e tipo de parto; e no nível proximal: sexo, idade gestacional, peso ao nascer, índice de Apgar e presença de malformação congênita. CONCLUSÕES: Os principais fatores associados à mortalidade neonatal nos nascidos vivos com baixo peso estão relacionados com a atenção à gestante e ao recém-nascido, redutíveis pela atuação do setor saúde.OBJETIVO: Analizar los factores de riesgo asociados a los óbitos neonatales en niños con bajo peso al nacer. MÉTODOS: Se realizó un estudio de cohorte, compuesto por los nacidos vivos con peso entre 500 g y 2.499 g, residentes en Recife (Noreste de Brasil, entre 2001 y 2003, productos de gestación única y sin anencefalia. Los datos sobre los 5.687 nacidos vivos y 499 óbitos neonatales, provenientes del Sistema de Informaciones sobre Nacidos Vivos y del Sistema de

  7. Tamanho ao nascer e problemas de saúde mental aos 11 anos em uma coorte brasileira de nascimentos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erika Alejandra Giraldo Gallo

    2011-08-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar a associação entre tamanho ao nascer e problemas de saúde mental aos 11 anos na Coorte de Nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, de 1993. Foram pesados e medidos ao nascer 4.358 recém-nascidos. Avaliou-se problemas de saúde mental com o questionário de capacidades e dificuldades (Strengths and Difficulties Questionnaire - SDQ. A prevalência de problemas de saúde mental foi de 32% (IC95%: 31-33. Na análise ajustada, os 291 (6,7% recém-nascidos com escorez de peso/idade e os 268 (6,2% com índice de massa corporal (IMC/idade +2 DP tiveram, respectivamente, 34% (IC95%: 6-71 e 19% (IC95%: 1-40 maior risco de apresentar esses problemas se comparados com aqueles com escore normal. Os resultados sugerem que fatores ocorridos na gestação e refletidos nas medidas de tamanho ao nascer podem ocasionar problemas de saúde mental em etapas tardias.

  8. Retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e prematuridade em recém-nascidos de grávidas com malária, na Colômbia Intrauterine growth retardation, low birth weight and prematurity in neonates of pregnant women with malaria in Colombia

    OpenAIRE

    Alberto Tobón-Castaño; Martha Arismendi Solano; Luis Gonzalo Álvarez Sánchez; Silvia Blair Trujillo

    2011-01-01

    INTRODUÇÃO: É frequente a associação da malária com complicações como prematuridade, retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e mortalidade infantil, efeitos pouco estudados em áreas hipoendêmicas para malaria. O objetivo deste estudo foi analisar a relação da malária gestacional com estes efeitos em recém-nascidosnuma região endêmica para malária na Colômbia, entre 1993 e 2007. MÉTODOS: Foram estudadas as características em 1.716 recém-nascidos num estudo de coorte. Fez-se s...

  9. Maternal smoking in successive pregnancies and recurrence of low birthweight: the 2004 Pelotas birth cohort study, Brazil Tabaquismo materno en sucesivas gestaciones y recurrencia de bajo peso al nacer: cohorte de nacimientos de Pelotas, Río Grande do Sul, Brasil, 2004 Tabagismo materno em sucessivas gestações e recorrência de baixo peso ao nascer: coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iândora Krolow Timm Sclowitz

    2013-01-01

    ,5 veces mayor de recurrencia de bajo peso al nacer en 2004, en comparación con las que nunca fumaron (RP = 2,5; IC95%: 1,32-4,80. La persistencia del tabaquismo es un factor importante para la recurrencia del bajo peso al nacer en sucesivas gestaciones.Este estudo foi realizado em uma subamostra de mães da coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, de 2004, para avaliar a frequência e associação do tabagismo em sucessivas gestações com repetição de baixo peso ao nascer. Foram incluídas somente mulheres com história pregressa de recém-nascido com baixo peso ao nascer. Mulheres com ≥ 2 partos anteriores eram elegíveis somente se, pelo menos, um dos dois partos imediatamente anteriores ao de 2004 tivesse sido de baixo peso ao nascer. Dos 4.458 nascimentos, 565 foram incluídos. A frequência de tabagismo foi de 32,4%; e, levando em conta as gestações anteriores, 67,1% nunca fumaram; 21,4% sempre fumaram; 6,5% eram ex-fumantes; e 5% fumaram somente na gestação atual. Na análise multivariável, as mães que fumaram em todas as gestações tiveram uma probabilidade 2,5 vezes maior de recorrência de baixo peso ao nascer em 2004, em comparação às que nunca fumaram (RP = 2,5; IC95%: 1,32-4,80. A persistência do tabagismo é um importante fator para a recorrência do baixo peso ao nascer em sucessivas gestações.

  10. Aumento na sobrevida de crianças de grupos de peso baixo ao nascer em Santa Catarina Aumento en la sobrevida de niños de grupos de peso bajo al nacer en Santa Catarina, Sur de Brasil Increased survival among lower-birthweight children in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Andrade Pinheiro

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores associados à sobrevida no primeiro ano de vida. MÉTODOS: Estudo de coorte histórica foi realizado com dados dos sistemas de informação de nascimento e mortalidade sobre 90.153 registros de nascidos vivos e 1.053 registros de óbitos de menores de um ano em hospitais de Florianópolis e São José, SC, entre 1999 e 2006. Foram estimadas curvas de sobrevida (Kaplan-Meier para grupos de peso ao nascer, período (quadriênios e tipo de maternidade. Foram calculadas razões de riscos proporcionais para óbitos utilizando regressão de Cox. RESULTADOS: A sobrevida (98,8% não se modificou entre os grupos de peso, mas aumentou nos grupos de menos de 2.000 g (77,7% para 81,2%, p = 0,029 entre os quadriênios de 1999 a 2002 e 2003 a 2006. Houve aumento de menores de 2.000 g no segundo quadriênio estudado. O tipo de hospital foi associado significativamente à probabilidade de sobrevida. CONCLUSÕES: Há maior probabilidade de sobrevida entre nascidos em hospitais privados e no hospital de ensino para todos os grupos de peso e para o grupo de menos de 2000 g. A sobrevida dos grupos de peso abaixo de 2000 g aumentou no quadriênio mais recente. Entretanto, o coeficiente de mortalidade infantil não diminuiu nesse período, pois a prevalência dos nascidos em grupos de menor peso também aumentou.OBJETIVO: Analizar factores asociados con la sobrevida en el primer año de vida. MÉTODOS: Estudio de cohorte histórica realizado con datos de los sistemas de información de nacimiento y mortalidad sobre 90.153 registros de nacidos vivos y 1.053 registros de óbitos de menores de un año en hospitales de Florianópolis y Sao José, Sur de Brasil, entre 1999 y 2006. Fueron estimadas curvas de sobrevida (Kaplan-Meier para grupos de peso al nacer, período (cuatrienios y tipo de maternidad. Se calcularon tasas de riesgos proporcionales para óbitos utilizando regresión de Cox. RESULTADOS: La sobrevida (98,8% no se modificó entre

  11. Estudo transversal sobre fatores associados ao baixo peso ao nascer a partir de informações obtidas em sala de vacinação Cross-sectional study of factors associated to low birthweight according to records obtained in vaccination service

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando Costa Nascimento

    2003-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: estimar alguns fatores de risco para baixo peso ao nascer, em Guaratinguetá, cidade do Sudeste do Brasil, com dados primários obtidos junto a mães que procuraram o setor de vacinação do Sistema Único de Saúde em 1998. MÉTODOS: estudo transversal com amostra de conveniência e correspondente a 598 mães entrevistadas - 28,9% dos partos ocorridos no ano de 1998. As variáveis independentes foram ganho de peso materno, número de consultas realizadas no pré-natal, paridade, infecção no trato gênito-urinário, hipertensão arterial, outros filhos com baixo peso, tabagismo, idade materna e situações conjugal e trabalhista. Utilizou-se regressão logística e foram estimados os riscos relativos e o risco atribuível populacional; o nível de significância foi p OBJECTIVES: to estimate some of the risk factors for low birthweight in Guaratinguetá, a city located in Southeast Brazil, based on records from mothers seeking the vaccination service of the Universal Health Systemin 1998. METHODS: cross-sectional studies with convenience sampling corresponding to 598 mothers interviewed - 28, 9% of the deliveries in the year of 1998. Independent variables were maternal weight gain, number of medical visits, parity, infection of the genital and urinary tract, arterial hypertension, smoking, mother's age and marriage and job status. Logistic regression was used and relative and population attributable risk estimated; significance level was established at p < 0,05. RESULTS: variables with statistical significance present in the final model were maternal age under 20 years old (OR = 2,08 other underweight children (OR = 3,94, weight gain equal or under 10kg (OR = 1,69, arterial hypertension (OR = 2,16 and smoking (OR = 2,43. CONCLUSIONS: the control of these last three factors, that may occur during prenatal care, to the contrary of the other two, may reduce in almost 50% the prevalence of low birthweight.

  12. Alterações orais em crianças prematuras e de baixo peso ao nascer: a importância da relação entre pediatras e odontopediatras Oral abnormalities in preterm and low birth weight infants: the importance of the relationship between pediatricians and pediatric dentists

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Baffi Diniz

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar uma revisão de literatura sobre as alterações orais em crianças prematuras e de baixo peso ao nascer. FONTES DE DADOS: Foram selecionados artigos em inglês e português, desde 1976 até 2009, pesquisados no PubMed, Lilacs e na Bibliografia Brasileira de Odontologia (BBO, além de livros e consensos nacionais e internacionais. As palavras-chave utilizadas foram: "prematuro", "recém-nascido de baixo peso", "cárie dentária", "hipoplasia do esmalte dentário", "manifestações bucais e "dentição primária". Selecionaram-se artigos avaliando incidência, prevalência e etiologia das alterações orais, além de revisões de literatura e relatos de casos clínicos. SÍNTESE DOS DADOS: As alterações orais mais comuns em crianças prematuras e de baixo peso ao nascer são os defeitos no esmalte dentário (hipoplasias e hipocalcificações, a predisposição ao desenvolvimento de lesões de cárie dentária, as alterações na cronologia de erupção dentária e as alterações no palato com consequente aparecimento de maloclusão. Outras alterações também são relatadas, como diferenças nas dimensões das coroas dentárias e na espessura e porosidade do esmalte dentário. A interação entre pediatras e odontopediatras é fundamental no manejo dessas crianças. CONCLUSÕES: O conhecimento das alterações orais em crianças pré-termo e de baixo peso ao nascer por parte dos pediatras e odontopediatras favorece a atuação multidisciplinar com o objetivo de educar, prevenir e atenuar as possíveis mudanças físicas e dentárias nessas crianças.OBJECTIVE: To review the literature review concerning oral abnormalities in preterm and low birth-weight infants. DATA SOURCES: Articles published in English and Portuguese on this subject were selected from 1976 to 2009, browsed on PubMed, Lilacs and Brazilian Dentistry Bibliography, besides books and national and international consensus. The search used the following key

  13. Factors associated with low birth weight in a historical series of deliveries in Campinas, Brazil Fatores associados a baixo peso ao nascer em uma série histórica de partos em Campinas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Ribeiro Coutinho

    2009-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To identify the risk factors associated with low birth weight (37 months, maternal history of hypertension, cardiopathy and premature delivery, few (OBJETIVO: Identificar os fatores de risco associados com baixo peso (37 meses, história materna de hipertensão, cardiopatia e parto prematuro, <5 consultas de pré-natal e seu início tardiamente na gestação (após o terceiro mês, rotura prematura de membranas, aumento da pressão arterial, doenças infecciosas e hemorragias durante a atual gestação. Obesidade materna e primiparidade foram fatores de proteção. CONCLUSÃO: Estes resultados confirmam os achados de estudos prévios. A detecção e manejo ante-parto de fatores modificáveis, aconselhamento, intervenção pré-concepcional, pré-natal adequado e a implementação de prevenção primária e secundária de morbidade materna devem constituir uma preocupação para todo obstetra como potencial fonte de redução da incidência de baixo peso ao nascimento.

  14. Parâmetros genéticos para diferentes relações de peso ao nascer e à desmama em vacas da raça Nelore Genetic parameters for different birth and weaning weight ratios in Nelore cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arione Augusti Boligon

    2013-04-01

    Full Text Available O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de estimar herdabilidade e repetibilidade para diferentes medidas de eficiência produtiva de vacas e determinar a melhor maneira de calcular as relações de peso, visando a sua utilização como critério de seleção em rebanhos da raça Nelore. Os dados analisados são de animais da raça Nelore, pertencentes ao Projeto de Seleção das Raças Zebuínas e Caracu do Centro APTA Bovinos de Corte, do Instituto de Zootecnia de Sertãozinho. Os animais são selecionados para maior peso ao sobreano (rebanhos NeS e NeT, analisados como um único rebanho e para peso ao sobreano próximo da média (NeC do grupo de contemporâneos, desde 1980. As características utilizadas no estudo foram: 1 RPN = relação de peso ao nascer do bezerro / peso da vaca ao parto; 2 RPN2 = relação do peso ao nascer do bezerro / peso metabólico da vaca ao parto; 3 RPD = relação de peso à desmama do bezerro / peso da vaca à desmama; e 4 RPD2 = relação do peso à desmama do bezerro / peso metabólico da vaca à desmama. Os parâmetros genéticos foram estimados considerando dois arquivos: vacas com bezerros (CB e vacas com e sem bezerros (SB. A RPN e a RPN2 foram calculadas somente no arquivo CB, enquanto que RPD e RPD2 foram calculadas em ambos os arquivos (CB e SB. Os parâmetros genéticos foram estimados pelo método da máxima verossimilhança restrita. As estimativas de herdabilidade para as características RPN; RPN2; RPD_CB; RPD2_CB; RPD_SB e RPD2_SB foram: 0,17±0,02; 0,16±0,02; 0,22±0,04; 0,19±0,03; 0,20±0,01 e 0,16±0,01, respectivamente. As repetibilidades estimadas variaram de 0,22 a 0,68. A utilização das relações de peso como critério de seleção deve promover, a longo prazo, melhorias na eficiência produtiva das vacas. As relações de peso têm sido consideradas apenas como informações para o descarte de vacas em alguns programas de seleção, mas poderiam ser incluídas em índices de

  15. Retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e prematuridade em recém-nascidos de grávidas com malária, na Colômbia Intrauterine growth retardation, low birth weight and prematurity in neonates of pregnant women with malaria in Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Tobón-Castaño

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: É frequente a associação da malária com complicações como prematuridade, retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e mortalidade infantil, efeitos pouco estudados em áreas hipoendêmicas para malaria. O objetivo deste estudo foi analisar a relação da malária gestacional com estes efeitos em recém-nascidosnuma região endêmica para malária na Colômbia, entre 1993 e 2007. MÉTODOS: Foram estudadas as características em 1.716 recém-nascidos num estudo de coorte. Fez-se seguimento em 394 gestantes com malária (27% por Plasmodium falciparum e 73% por P. vivax e 1.322 sem malária. RESULTADOS: Foi encontrada uma relação entre a exposição à malária na gestação e o risco maior de baixo peso ao nascer (RR = 1,37; 1,03-1,83, assim como estatura baixa (RR = 1,52; 1,25-1,85, retardo no crescimento intrauterino (RR = 1,29; 1,0-1,66 e prematuridade (RR = 1,68; 1,3-2,17. A frequência de nascimentos prematuros foi maior nas mães com malária por P. falciparum (77% que aquelas com P. vivax (RR = 1,77; IC 95%: 1,2-2,6. CONCLUSÕES: O baixo peso ao nascer e o retardo no crescimento foi associado com malária na gestação na Colômbia. A infecção por P. vivax foi relacionada com efeitos adversos sobre o recém-nascido, de modo semelhante em relação ao P. falciparum.INTRODUCTION: Association between malaria and pregnancy complications, such as prematurity, intrauterine growth restriction, low birthweight and infant mortality has been reported. These effects have been studied widely in areas hyperendemic for malaria, but studies in low-endemic areas are scarce. The study investigated the relation between gestational malaria and low birthweight and intrauterine growth retardation in neonates of a malarial endemic region in Colombia, between 1993 and 2007. METHODS: The pattern of development in 1,716 neonates of women with and without malaria infection during pregnancy was evaluated in a cohort study. A

  16. Associação entre o padrão de atividade física materna, ganho ponderal gestacional e peso ao nascer em uma coorte de 118 gestantes no município de Campina Grande, Nordeste do Brasil Association between maternal physical activity, gestational weight gain and birth weight in a cohort of 118 pregnant women in Campina Grande, Northeast of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jousilene de Sales Tavares

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Esta pesquisa estudou o efeito da atividade física sobre o ganho ponderal e peso ao nascer em gestantes do Programa Saúde da Família no município de Campina Grande, (PB. MÉTODOS: Realizou-se um estudo de coorte abrangendo 118 gestantes, entre 2005 e 2006. A avaliação do estado nutricional inicial seguiu os critérios de Atalah e o ganho ponderal materno foi avaliado de acordo com o Institute of Medicine. Analisou-se o padrão de atividade física de acordo com o medidor de estimativa de gasto calórico total (METs e sua associação com o ganho ponderal e o peso ao nascer. RESULTADOS: o padrão de atividade física predominante na 16ª semana foi o leve, alcançando 85,6% das gestantes. Observou-se uma redução importante do nível de atividade física com a evolução da gestação, com 98,3% das gestantes sendo consideradas sedentárias na 24ª semana e 100% na 32ª semana. No momento da captação, cerca de 50% das gestantes eram eutróficas, 23% com baixo peso e as demais com sobrepeso/obesidade. No segundo e no terceiro trimestres, aproximadamente 45% das gestantes ganharam peso excessivo. A distribuição do peso ao nascer mostrou um predomínio do peso adequado (85,6%, e uma alta prevalência de macrossomia (8,5%. Dentre os desfechos avaliados, foi observada associação apenas entre os valores de METs da 24ª.semana e o ganho ponderal materno no segundo trimestre gestacional (p=0,045. CONCLUSÃO: Todas as gestantes estavam sedentárias no terceiro trimestre; observou-se uma associação entre o padrão de atividade física e o ganho ponderal materno no segundo trimestre, mas não houve associação deste padrão com o peso ao nascer.OBJECTIVE: This survey evaluated the effects of physical activity on gestational weight gain and birth weight of pregnant women attended by the Family Health Program in Campina Grande, Northeast of Brazil. METHODS: A cohort study enrolling 118 pregnant women was conducted between 2005 and

  17. Relação entre peso ao nascer, sexo do recém-nascido e tipo de parto The relationship among infant birth weight and sex, and type of delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1981-06-01

    Full Text Available Foram estudadas duas maternidades que atendem a população de níveis sócio-econômicos heterogêneos para avaliar a influência do peso do recém-nascido no tipo de parto. Foram analisados 16.095 nascimento. Verificou-se aumento da incidência de cesareanas com o aumento do peso do recém-nascido, nas duas maternidades, mas na maternidade particular a incidência foi mais elevada em relação à maternidade assistencial. Chamou a atenção o fato da não associação entre o tipo de parto e o peso do recém-nascido nas mulheres que tiveram atendimento particular. A predominância do sexo feminino no grupo de peso de 2.500 g e menos foi estatisticamente significante e do mesmo modo a maior proporção do sexo masculino nos recém-nascidos com mais de 4.000 g.In order to assess the influence of birth weight on the type of birth two maternity hospitals whose patients were of different socio-economic levels were studied. 16,095 births were analysed. It was discovered that the incidence of cesarian sections increased with the increase in birth weight in both hospitals, but that in the private hospital the incidence was four times higher than in the hospital for the poor. No relation was found, in those women who received private treatment, between type of brith and birth weight. Among those babies who weighed 2500g or less at birth, there was found to be a significant predominance of girls and for those who weighed more than 4000g there was, equally, a larger proportion of boys.

  18. Consumo de cafeína entre gestantes e a prevalência do baixo peso ao nascer e da prematuridade: uma revisão sistemática Caffeine consumption during pregnancy and prevalence of low birth weight and prematurity: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Helena de Resende Nóra Pacheco

    2007-12-01

    Full Text Available Realizou-se revisão sistemática sobre o consumo de cafeína em gestantes na ocorrência de baixo peso ao nascer e prematuridade, enfocando métodos para quantificação deste consumo e confundimentos controlados na análise. A revisão consistiu na busca de artigos publicados de 1996 a 2006 nas bases MEDLINE, LILACS e PubMed, utilizando-se as palavras-chave: "caffeine", "coffee", "low birth weight", "birth weight", "preterm", "premature" e "prematurity". Dez artigos foram selecionados. Os métodos utilizados para quantificar o consumo de cafeína foram: questionário de freqüência alimentar semiquantitativo - da dieta ou apenas de produtos cafeinados, sendo um do tipo auto-aplicado; recordatório alimentar; perguntas sobre tipo e modo de preparo; análise de amostras; e dosagens urinária e plasmática. Em três estudos revisados, o consumo elevado de cafeína associou-se com baixo peso ao nascer e/ou prematuridade. Contradições nos achados devem-se a dificuldades na mensuração do consumo de cafeína; às fontes abordadas; a variações no preparo e na quantidade consumida; e ao tamanho amostral. Não foi demonstrada associação entre ingestão moderada de cafeína e crescimento fetal, sendo necessária uma avaliação mais precisa do consumo dessa substância.This article reports on a systematic review of studies on caffeine intake during pregnancy and prevalence of low birth weight and prematurity, focusing on methods to quantify intake and control for confounding. The review consisted of an article search from 1996 to 2006 in MEDLINE, LILACS, and PubMed, using the key words: "caffeine", "coffee", "low birth weight", "birth weight", "preterm", "premature", and "prematurity". Ten articles were selected. Methods used to quantify caffeine consumption were: semi-quantitative food frequency questionnaires for diet or only caffeinated products, including one self-applied questionnaire; food recall; questions on type and method of

  19. Comparação de ibuprofeno via oral e indometacina intravenosa no tratamento da persistência do canal arterial em neonatos com extremo baixo peso ao nascer Comparison of oral ibuprofen and intravenous indomethacin for the treatment of patent ductus arteriosus in extremely low birth weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eun Mi Yang

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Existem poucos relatórios publicados com relação à eficácia do ibuprofeno via oral no tratamento da persistência do canal arterial (PCA em neonatos com extremo baixo peso ao nascer (EBPN. Comparamos o ibuprofeno via oral à indometacina intravenosa no que diz respeito à eficácia e segurança no tratamento de PCA em neonatos com peso inferior a 1.000 g ao nascer. MÉTODO: Este foi um estudo retrospectivo em um único centro. Coletamos dados de neonatos com EBPN que tiveram PCA ecocardiograficamente confirmada. Os neonatos foram tratados tanto com indometacina intravenosa quanto com ibuprofeno via oral. A taxa de fechamento do canal, a necessidade de tratamentos adicionais, os efeitos colaterais ou as complicações relacionadas ao medicamento e a mortalidade foram comparados entre os dois grupos de tratamento. RESULTADO: Examinamos 26 neonatos que receberam indometacina e 22 que receberam ibuprofeno. A taxa geral de fechamento do canal foi semelhante nos dois tratamentos: o fechamento do canal ocorreu em 23 dos 26 neonatos (88,5% no grupo indometacina, e em 18 dos 22 neonatos (81,8% no grupo ibuprofeno (p = 0,40. A taxa de ligadura cirúrgica (11,5% em comparação a 18,2%; p = 0,40 não diferiu de forma significativa entre os dois grupos de tratamento. Após o tratamento, não foi encontrada nenhuma diferença significativa nas concentrações de creatinina sérica entre os dois grupos. Não houve diferenças significativas com relação a efeitos colaterais ou complicações adicionais. CONCLUSÃO: Em neonatos com EBPN, o ibuprofeno via oral é tão eficaz quanto a indometacina intravenosa no tratamento da PCA. Não há diferenças entre os medicamentos no que diz respeito à segurança. O ibuprofeno via oral poderia ser usado como um agente alternativo no tratamento da PCA em neonatos com EBPN.OBJECTIVE: There are few published reports concerning the efficacy of oral ibuprofen for the treatment of patent ductus arteriosus

  20. O impacto do baixo peso ao nascer relacionado à depressão gestacional para o financiamento federal da saúde pública: uma análise do Município de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil The impact of low birth weight related to gestational depression on Federal funding of public health: a study in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Oliveira de Menezes

    2012-10-01

    Full Text Available O baixo peso ao nascer está relacionado com morbimortalidade e sequelas no desenvolvimento infantil, impactando nos custos dos sistemas de saúde, por isso é importante avaliar fatores que o influenciam, estimando seu impacto no Sistema Único de Saúde (SUS. Este é um estudo prospectivo aninhado a uma coorte de gestantes que realizaram pré-natal e parto exclusivamente pelo SUS nos hospitais com UTI da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Entre os resultados, concluiu-se que mães com episódios de depressão gestacional apresentam quase quatro vezes mais chances de ter um filho com baixo peso ao nascer (RP = 3,94; IC: 1,49-10,36. Valendo-se do cálculo da fração atribuível na população, estima-se que, na população geral, 36,17% dos bebês com baixo peso ao nascer são filhos de mães que tiveram episódio depressivo, estimando-se um custo que pode chegar a mais de R$ 76 milhões no Brasil. Sugere-se que se ampliem as ações preventivas e curativas para as gestantes na área da saúde mental, possibilitando melhor desfecho de saúde dos recém-nascidos, e que se utilizem adequadamente os recursos do SUS.Low birth weight is related to morbidity and mortality and sequelae during infant development, thereby impacting health system costs. It is thus important to evaluate factors that influence low birth weight and to estimate their impact on the Brazilian Unified National Health System (SUS. This was a nested prospective study in a cohort of pregnant women who received prenatal care and gave birth in the National Health System in hospitals with ICUs in the city of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. Gestational depression was associated with a fourfold risk of low birth weight (PR = 3.94; CI: 1.49-10.36. Based on the population-attributable fraction, in the overall population an estimated 36.17% of low birth weight infants are born to mothers with an episode of depression during pregnancy, with an estimated cost of more

  1. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network Center variability in risk of adjusted length of stay for very low birth weight infants in the Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.OBJECTIVES: To develop a prediction model for hospital length of stay (LOS in very low birth weight (VLBW infants and to compare this outcome among 20 centers within a neonatal network. METHODS: Data from 7,599 infants with birth weights of 500-1,500 g born between the years 2001-2008 were prospectively collected. The Cox regression model was employed to develop two prediction models: an early model based upon variables present at birth, and a late one that adds relevant

  2. Mortalidade neonatal no Município de São Paulo: influência do peso ao nascer e de fatores sócio-demográficos e assistenciais Neonatal mortality: socio-economic, health services risk factors and birth weight in the City of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Furquim de Almeida

    2002-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A mortalidade neonatal no Município de São Paulo, apesar da sua tendência decrescente, constitui em um importante problema para a saúde pública. Os principais fatores de risco podem ser agrupados em quatro categorias básicas de variáveis: características do recém-nascido, características maternas, condições socioeconômicas e características dos serviços de saúde. O peso ao nascer e a prematuridade constituem fatores dominantes, compondo complexas redes de articulação com os demais. METODOLOGIA: Este é um estudo caso-controle, com base em dados vinculados do SIM e SINASC no Município de São Paulo, no primeiro semestre de 1995. Foi utilizada análise hierárquica, considerando quatro blocos de variáveis (características socioeconômicas, do recém-nascido, maternas e serviços de saúde para o conjunto de recém-nascidos e para três grupos de peso ao nascer: BACKGROUND: Although neonatal mortality has been declining in the City of São Paulo, it still is an important public health problem. Four basic categories constitute risk factors: newborn characteristics, maternal characteristics, socio-economic conditions and quality of health care. Low birth weight and prematurity are the dominant factors and constitute a complex network with other factors. METHODS: A case-control study was carried out based on linked birth and death certificates of the City of São Paulo for the first semester of 1995. The study performed a hierarchical analysis, considering four blocks of variables (characteristics of the new-born; mothers, health care and socio-economic status for all birth-weight groups together and separately for three birth-weight groups: 2,500g. RESULTS: The final model for all newborns together showed statistical significant association for mothers under 20 years of age, being born in a SUS hospital, birth weight <2,500g and prematurity. The three birth weight groups showed distinctive patterns of risk factors

  3. Risk factors for the increasing trend in low birth weight among live births born by vaginal delivery, Brazil Fatores de risco para a tendência ascendente do baixo peso ao nascer em nascidos vivos de parto vaginal no Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco A Barbieri

    2000-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To identify risk factors for low birth weight (LBW among live births by vaginal delivery and to determine if the disappearance of the association between LBW and socioeconomic factors was due to confounding by cesarean section. METHODS: Data were obtained from two population-based cohorts of singleton live births in Ribeirão Preto, Southeastern Brazil. The first one comprised 4,698 newborns from June 1978 to May 1979 and the second included 1,399 infants born from May to August 1994. The risks for LBW were tested in a logistic model, including the interaction of the year of survey and all independent variables under analysis. RESULTS: The incidence of LBW among vaginal deliveries increased from 7.8% in 1978--79 to 10% in 1994. The risk was higher for: female or preterm infants; newborns of non-cohabiting mothers; newborns whose mothers had fewer prenatal visits or few years of education; first-born infants; and those who had smoking mothers. The interaction of the year of survey with gestational age indicated that the risk of LBW among preterm infants fell from 17.75 to 8.71 in 15 years. The mean birth weight decreased more significantly among newborns from qualified families, who also had the highest increase in preterm birth and non-cohabitation. CONCLUSIONS: LBW among vaginal deliveries increased mainly due to a rise in the proportion of preterm births and non-cohabiting mothers. The association between cesarean section and LBW tended to cover up socioeconomic differences in the likelihood of LBW. When vaginal deliveries were analyzed independently, these socioeconomic differences come up again.OBJETIVO: Identificar fatores de risco para o baixo peso ao nascer (BPN entre nascidos vivos de parto vaginal e verificar se o desaparecimento da associação entre BPN e fatores socioeconômicos foi devido ao confundimento pela cesariana. MÉTODOS: Foram estudadas duas coortes de base populacional de recém-nascidos únicos de parto

  4. Fatores associados ao excesso de peso entre mulheres

    OpenAIRE

    Lopes,Aline Cristine Souza; Reyes,Alessandra Nunes Lima; Menezes,Mariana Carvalho de; Santos,Luana Caroline dos; César,Cibele Comini

    2012-01-01

    Objetivou-se caracterizar as usuárias e identificar os fatores associados ao excesso de peso em serviço público de Promoção à Saúde (SPS). Estudo transversal com todas as mulheres de SPS, denominado Academia da Cidade. Utilizaram-se variáveis antropométricas, consumo e hábitos alimentares, e relato de morbidades. Realizou-se análise descritiva e regressão linear múltipla (p

  5. Fatores associados ao reganho de peso após 24 meses de gastroplastia redutora em Y-de-Roux

    OpenAIRE

    Silva, Fernanda Bassan Lopes da

    2012-01-01

    Introdução: A cirurgia bariátrica tem como resultados esperados a perda de peso massiva e a remissão de comorbidades. No entanto, o reganho de peso é uma realidade no pós-operatório, podendo comprometer os benefícios alcançados com a cirurgia. O presente estudo teve como objetivo investigar os fatores associados ao reganho de peso após a gastroplastia redutora em Y-de-Roux (GRYR). Métodos: Estudo transversal, que avaliou 80 indivíduos com mais de 24 meses de GRYR em ...

  6. Estimativa do Peso Fetal: Comparação Entre um Método Clínico e a Ultra-Sonografia

    OpenAIRE

    Cury,Alexandre Faisal; Garcia,Sidney A. L.

    1998-01-01

    Objetivo: avaliar a validade da estimativa do peso fetal por método baseado na altura uterina - regra de Johnson. Métodos: foram estudadas 101 gestantes e seus recém-nascidos (RN), estimando-se o peso fetal pela utilização da regra de Johnson adaptada, que consiste em aplicação clínica de modelo matemático para cálculo do peso fetal baseado na altura uterina e na altura da apresentação fetal. O peso estimado foi obtido no dia do parto e foi comparado com o peso observado ao nascer, que consti...

  7. Fatores maternos associados ao peso fetal estimado pela ultra-sonografia

    OpenAIRE

    Melo,Adriana Suely de Oliveira; Amorim,Melania Maria Ramos de; Assunção,Paula Lisiane; Melo,Fabiana de Oliveira; Gondim,Sheila Sherezaide Rocha; Carvalho,Danielle Franklin de; Cardoso,Maria Aparecida Alves

    2008-01-01

    OBJETIVO: avaliar o efeito de variáveis maternas, socioeconômicas e obstétricas, assim como a presença de incisuras na 20ª e na 24ª semana, sobre o peso fetal estimado no final da gravidez (36ª semana) em gestantes atendidas pelo Programa Saúde da Família em uma cidade do interior do Nordeste do Brasil. MÉTODOS: estudo longitudinal incluindo 137 gestantes. As gestantes foram acompanhadas a cada quatro semanas para aferição das condições clínicas, socioeconômicas e obstétricas, incluindo o pes...

  8. Fatores maternos associados ao peso fetal estimado pela ultra-sonografia Maternal factors associated with fetal weight estimated by ultrasonography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Suely de Oliveira Melo

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o efeito de variáveis maternas, socioeconômicas e obstétricas, assim como a presença de incisuras na 20ª e na 24ª semana, sobre o peso fetal estimado no final da gravidez (36ª semana em gestantes atendidas pelo Programa Saúde da Família em uma cidade do interior do Nordeste do Brasil. MÉTODOS: estudo longitudinal incluindo 137 gestantes. As gestantes foram acompanhadas a cada quatro semanas para aferição das condições clínicas, socioeconômicas e obstétricas, incluindo o peso materno. As artérias uterinas foram avaliadas pelo Doppler na 20ª e 24ª semana, o peso fetal e o índice de líquido amniótico (ILA foram determinados na 36ª semana. O estado nutricional materno inicial foi determinado pelo índice de massa corpórea (IMC, classificando-se as gestantes como com baixo peso, eutróficas, com sobrepeso e obesas. O ganho ponderal durante a gestação foi avaliado de acordo com o estado nutricional inicial, sendo ao final do segundo e terceiro trimestre classificado em ganho ponderal insuficiente, adequado e excessivo. Foi realizada análise de variância para avaliar a associação do peso fetal estimado na 36ª semana com as variáveis preditoras, ajustada por regressão linear múltipla. RESULTADOS: observou-se associação entre peso fetal estimado na 36ª semana e idade da mãe (p=0,02, trabalho materno (p=0,02, estado nutricional inicial (p=0,04, ganho ponderal no segundo trimestre (p=0,01, presença de incisuras nas artérias uterinas (p=0,02 e ILA (p=0,007. Os principais fatores associados ao peso fetal estimado na 36ª semana, após a análise de regressão múltipla, foram: IMC no início da gravidez, ganho ponderal no segundo trimestre, ILA e tabagismo. CONCLUSÕES: o peso fetal no presente estudo associou-se positivamente ao estado nutricional materno inicial, ao ganho ponderal no segundo trimestre, ao volume do líquido amniótico e negativamente ao hábito de tabagismo.PURPOSE: to evaluate the

  9. Nutritional status and weight gain in pregnant women Estado nutricional y aumento de peso en la mujer embarazada Estado nutricional e ganho de peso de gestantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Sayuri Sato

    2012-06-01

    Full Text Available This study described the nutritional status of 228 pregnant women and the influence of this on birth weight. This is a retrospective study, developed in a health center in the municipality of São Paulo, with data obtained from medical records. Linear regression analysis was carried out. An association was verified between the initial and final nutritional status (pEstado nutricional de 228 embarazadas y su influencia en el peso al nacer fue caracterizado. Estudio desarrollado en centro de salud de São Paulo con datos obtenidos de registros médicos. Análisis de regresión lineal fue realizado. Se verificó asociación entre estado nutricional inicial y final (pCaracterizou-se estado nutricional de 228 gestantes e sua influência no peso ao nascer. Trata-se de estudo retrospectivo desenvolvido num centro de saúde do município de São Paulo, com dados obtidos de prontuários. Realizou-se análise de regressão linear. Verificou-se associação entre estado nutricional inicial e final (p<0,001. A média de ganho total de peso diminuiu das gestantes que iniciaram a gravidez com baixo peso para aquelas que iniciaram com sobrepeso/obesidade (p=0,005, sendo insuficiente para 43,4 e 36,4% das gestantes com peso inicial adequado e para o total das gestantes estudadas, respectivamente. Entretanto, 37,1% daquelas que iniciaram a gravidez com sobrepeso/obesidade finalizaram com ganho excessivo, condição que, no final, afetou quase um quarto das gestantes. Anemia e baixo peso ao nascer foram pouco frequentes, porém, na análise de regressão linear, peso ao nascer associou-se com ganho de peso (p<0,05. Evidencia-se a importância do cuidado nutricional antes e durante a gravidez, para promoção da saúde materno-infantil.

  10. Desempenho e características da carcaça de cordeiros submetidos aos modelos de produção orgânico e convencional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.M.B.L Zeola

    2011-02-01

    Full Text Available Avaliou-se o desempenho de 48 cordeiros Ile de France submetidos aos modelos de produção orgânico e convencional desde o nascimento até o abate, aos 32kg de peso corporal. Foi observado que peso ao nascer, peso ao desmame, peso corporal, peso corporal ao abate, idade do nascimento ao desmame, ingestão de matéria seca e ganhos de peso corporal do nascimento ao desmame e do desmame ao abate não foram influenciados (P>0,05 pelos modelos de produção estudados. Idade do desmame ao abate e idade do nascimento ao abate foram influenciados (P0,05 pelos modelos de produção estudados. Cordeiros submetidos ao modelo de produção convencional atingiram peso de abate em menor tempo, fato que, dos pontos de vista zootécnico e econômico, é mais propício e vantajoso ao produtor.

  11. Perfil cognitivo aos sete anos de idade de crianças nascidas prematuras e com peso inferior a 1.500 gramas

    OpenAIRE

    Alexandre Ferreira Campos

    2009-01-01

    Objetivo: Conhecer o desempenho cognitivo, aos sete anos de idade, de crianças nascidas prematuras no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC/UFMG), com idade gestacional até 34 semanas e peso ao nascimento inferior a 1500 gramas, adequado à idade gestacional. Essas crianças tiveram seguimento longitudinal interdisciplinar no Ambulatório da Criança de Risco (ACRIAR), e apresentavam inteligência e exame neurológico normais aos sete anos. Métodos: Participaram do estud...

  12. Relationship between very low birth weight, environmental factors, and motor and cognitive development of children of 5 and 6 years old Relação entre muito baixo peso ao nascimento, fatores ambientais e o desenvolvimento motor e o cognitivo de crianças aos 5 e 6 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele E. Oliveira

    2011-04-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To examine the relationships between birth weight, preterm birth, environmental factors and the motor and cognitive development of 5 to 6 year-old children. METHODS: A case control study in which the motor and cognitive performance, as well as the home environment of children aged 5-6 years, born pre-term and weighing OBJETIVO: Examinar as relações entre baixo peso ao nascimento, prematuridade, fatores ambientais e os desenvolvimentos motor e cognitivo de crianças aos 5 e 6 anos de idade. MÉTODOS: Estudo caso-controle no qual os desempenhos motor e cognitivo e o ambiente domiciliar de crianças com idade de 5-6 anos, nascidas pré-termo e com peso < 1.500 gramas, foram comparados com os de pares nascidos a termo e com peso adequado (PA. Foram utilizados os testes Movement Assessment Battery for Children (MABC, Developmental Coordination Disorder Questionnaire (DCDQ, as provas de vocabulário e de cubos do Weschsler Intelligence Test for Children-III (WISC, o Swanson, Nolan and Pelham IV Scale (SNAP IV e o Observation for Measurement of the Environment (HOME. RESULTADOS: 50,54% das crianças nascidas com muito baixo peso (MBP foram a óbito, e 15,2% deste grupo desenvolveram sequelas severas. Os escores para os grupos de MBP e de PA foram: HOME 33,83±7,81(MBP, 39,61±8,75(PA; MABC 8,17±7,10(MBP, 3,06±3,80(PA; DCDQ 54,0±11,3(MBP, 63,0±7,5(PA; WISC Cubos 8,35±2,15(MBP, 10,57±2,25(PA; WISC Vocabulário 9,61±2,62(MBP, 13,48±2,45(PA; SNAP IV 4,04±4,95(MBP, 1,57±3,27(PA. Foram encontradas diferenças significativas entre os grupos, com melhor desempenho em todos os testes no grupo de PA. Os resultados dos testes motores e cognitivos tiveram correlação com o peso ao nascer (p<0,01 e com o HOME (p<0,05. CONCLUSÕES: Os resultados reforçaram as evidências de que crianças nascidas prematuras e de MBP são mais propensas a apresentar dificuldades motoras e cognitivas que seus pares nascidos a termo e de PA. Fatores ambientais

  13. Percepção de mães sobre o cuidado domiciliar prestado ao bebê nascido com baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elieth Lessa Fonseca

    2011-02-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar as dificuldades percebidas pelas mães no cuidado aos bebês de baixo peso e conhecer os recursos utilizados diante das intercorrências na saúde. Estudo de natureza qualitativa, desenvolvido junto a seis mães residentes em Maringá, PR, Brasil. Os dados foram coletados no período de fevereiro a setembro de 2008, em quatro visitas domiciliares, por meio de entrevista semi-estruturada. As mães vivenciaram dificuldades relacionadas aos profissionais e serviços de saúde, características do bebê, condições financeiras, alterações na rotina familiar e retorno ao trabalho. No enfrentamento das intercorrências, utilizaram recursos próprios ou atendimento médico. Concluiu-se que a mãe e a família necessitam de acompanhamento e apoio profissional para melhor cuidar do bebê de baixo peso no domicílio

  14. Expectativa de vida ao nascer e mortalidade no Brasil em 1999: análise exploratória dos diferenciais regionais Life expectancy at birth and mortality in Brazil, 1999: exploratory analysis of regional differences

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth Carmen Duarte

    2002-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as desigualdades quanto ú distribuição de indicadores de saúde nas regiões e estados brasileiros, segundo indicadores de nível socioeconômico e demográfico no ano de 1999. MÉTODO: Realizou-se um estudo transversal ecológico, com enfoque exploratório, tendo como unidade de análise os estados (n = 27 e regiões (n = 5 brasileiras. Calcularam-se medidas descritivas de desigualdade. A correlação de Pearson e a análise de regressão linear foram utilizadas para identificar associações entre indicadores de saúde e indicadores de nível socioeconômico e demográficos selecionados. Os indicadores de saúde analisados foram a expectativa de vida ao nascer; a taxa de mortalidade infantil; mortalidade da criança (OBJECTIVE: To analyze the inequalities found using health indicators in the states and regions of Brazil, according to 1999 socioeconomic and demographic indicators. METHODS: An exploratory ecological cross-sectional study was carried out. The units of analysis were Brazilian states (n = 27 and regions (n = 5. Descriptive measures of inequality were calculated. PearsonÆs correlation and also linear regression analysis were used to identify associations between health indicators and selected socioeconomic and demographic indicators. The health indicators analyzed were: life expectancy at birth, infant mortality rate, mortality rate for children < 5 years due to acute diarrheal diseases and to acute respiratory infections, and deaths due to homicides and traffic accidents. RESULTS: Important gains were seen in life expectancy at birth over the 1991-1999 period, especially for males. There was a trend towards larger gains in states that had had lower life expectancy at birth in 1991, which produced greater homogeneity across Brazil in this indicator in recent years. The infant mortality rate decreased by 28% between 1991 and 1999. However, this indicator still varies widely among the regions-from 52.5 per 1 000

  15. Estimação pelo método Bayesiano de parâmetros genéticos de peso vivo e características de carcaça em avestruzes Estimation by the Bayesian method of genetic parameters of live weight and carcass traits of ostrich

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Rosa

    2011-08-01

    Full Text Available Com o objetivo de estimar parâmetros genéticos de características de desempenho e carcaça de avestruzes criados comercialmente, foi utilizado o método Bayesiano, por meio do algoritmo amostrador de Gibbs, disponível no programa MTGSAM (Multiple Trait Gibbs Sampling for Animal Models. Foram estimadas as herdabilidades e correlações genéticas para: peso vivo ao nascer (PN; peso vivo corrigido aos 190 dias (P190 e aos 360 dias (P360 de idade; peso vivo pré-abate (PVO; perda de peso durante o transporte e jejum (PTA; peso de carcaça (PCA; e rendimento de carcaça (RCA. As herdabilidades respectivas foram 0,11; 0,12; 0,33; 0,05; 0,04; 0,20; 0,05. Para as correlações, foram encontrados os valores de -0,11 entre rendimento de carcaça e peso ao nascer; 0,84 e 0,68 para peso de carcaça com peso aos 190 dias e peso de carcaça com peso aos 360 dias; 0,61 e 0,33 para rendimento de carcaça com peso aos 190 dias e rendimento de carcaça com peso aos 360 dias. Não é viável selecionar para peso ao nascer ou para rendimento de carcaça como é para peso aos 360 dias de idade e peso de carcaça. A seleção para peso aos 360 dias de idade pode melhorar o peso da carcaça, ao passo que a seleção para peso aos 190 dias pode aumentar o rendimento de carcaça.With the objective of estimating genetic parameters of performance and carcass characteristics of commercially reared ostriches in Ourinhos, SP, it was used the Bayesian method, by using Gibbs sampling algorithm, available in the program MTGSAM (Multiple Trait Gibbs Sampling in Animal Models. It was estimated the heritabilities and genetic correlations for: birth live weight (BW, corrected live weight at 190 days (W190 and at 360 days (W360 of age; pre-slaughter live weight (PSW, weight loss during transport and fasting (WLT, carcass weight (CW and carcass dressing (CD. The respective heritabilities were 0.11, 0.12, 0.33, 0.05, 0.04, 0.20, 0.05. For the correlations, it was found values of

  16. Associação entre peso de nascimento e fatores de risco cardiovascular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amenaide Carvalho Alves de Sousa

    2013-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Peso ao nascer (PN é um determinante de risco a médio e longo prazo de fatores de risco cardiovascular. OBJETIVO: Estudar a associação entre peso ao nascer e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de Salvador. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com grupos de comparação por PN. Amostra composta de 250 adolescentes, classificados segundo IMC: normal alto (>p50 e p85 ep95. As variáveis de risco para comparação foram: circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico, glicemia, insulina sérica, HOMA-RI e síndrome metabólica. Peso de nascimento foi informado pelos pais e classificado como baixo peso (PN 4.000g. RESULTADOS: Cento e cinquenta e três (61,2% meninas, idade 13,74 ± 2,03 anos, PN normal 80,8%, baixo PN 8,0% e alto PN 11,2%. Observou-se maior frequência de obesidade (42,9%, p=0,005, PAS e PAD elevadas (42,9%, p=0,000 e 35,7%, p=0,007, respectivamente e síndrome metabólica (46,4%,p =0,002 no grupo com PN alto em relação ao PN normal. Indivíduos de alto PN apresentaram RP para PAS elevada 3,3(I.C. 95%, 1,7-6,4 e para obesidade 2,6 (I.C. 95%, 1,3-5,2 em relação aos com PN normal. A CA foi 83,3 ± 10,1 [p=0,038] nos adolescentes com alto PN. O perfil lipídico não mostrou diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que obesidade, PAS e PAD elevadas e síndrome metabólica na adolescência têm chance significativa de associar-se a alto peso no nascimento.

  17. Estimativa do Peso Fetal: Comparação Entre um Método Clínico e a Ultra-Sonografia Estimation of Fetal Weight: Comparison Between a Clinical Method and Ultrasonography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Faisal Cury

    1998-12-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a validade da estimativa do peso fetal por método baseado na altura uterina - regra de Johnson. Métodos: foram estudadas 101 gestantes e seus recém-nascidos (RN, estimando-se o peso fetal pela utilização da regra de Johnson adaptada, que consiste em aplicação clínica de modelo matemático para cálculo do peso fetal baseado na altura uterina e na altura da apresentação fetal. O peso estimado foi obtido no dia do parto e foi comparado com o peso observado ao nascer, que constituiu o controle da análise da validade do método empregado. Na mesma data foi realizada ultra-sonografia obstétrica (US detalhada, que inclui cálculo do peso fetal pela aplicação das tabelas de Sheppard, e este peso, estimado pela US, foi comparado ao peso observado ao nascer. Resultados: os resultados destas comparações mostraram que a estimativa clínica empregada nesta casuística tem valor semelhante à US para avaliação do peso ao nascer: a margem de acerto do método clínico com variações de 5%, 10% e 15% entre peso estimado e peso observado foi de 55,3%, 73% e 86,7% respectivamente, e, para o US, de 60,7%, 75,4% e 91,1%, respectivamente. Conclusões:quando comparados, estes valores não se mostraram diferentes do ponto de vista estatístico, permitindo concluir-se que a avaliação clínica mostra acurácia semelhante à da US para o cálculo do peso ao nascer.Purpose: to assess the validity of fetal weight estimation by a method based on uterine height -- Johnson's rule. Methods: one hundred and one pregnant women and their newborn children were studied. The fetal weight was estimated using an adaptation of Johnson's rule, which consists of the clinical application of a mathematical model to calculate the fetal weight based on the uterine height and the height of fetal presentation. The estimated weight was obtained on the day of delivery and was compared to the weight observed after birth. This, in turn, was the control of

  18. INFLUÊNCIA DOS FATORES AMBIENTAIS SOBRE O TAMANHO DA LEITEGADA AO NASCER E TAXA DE MORTALIDADE À DESMAMA DE LEITÕES NO BREJO PARAIBANO INFLUENCE OF ENVIRONMENTAL FACTORS ON THE LITTER SIZE AT BIRTH AND OF MORTALITY RATE AT WEANING OF PIGS IN PARAÍBA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luci Sayori Murata

    2007-04-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva avaliar a influência dos fatores ambientais sobre o tamanho da leitegada ao nascer e a taxa de mortalidade à desmama de leitões no Brejo Paraibano. Para isso, utilizaram-se dados provenientes de fichas zootécnicas do rebanho da Granja SUPASA no município de Guarabira, Estado da Paraíba, e procedeu-se à análise das fichas zootécnicas do plantel de suínos puros das raças Landrace e Large White e dos animais mestiços (Landrace x Large White, nascidos no período de 1995 a 1996. Foram estudadas as seguintes características: o número de leitões nascidos por leitegada (tamanho da leitegada ao nascer e a taxa de mortalidade dos leitões pré-desmame, em relação à raça da mãe, mês e ano de parição e sexo dos leitões. Após o estudo dos dados coletados, verificaram-se diferenças significativas entre raças para o tamanho da leitegada, a saber: a raça Landrace e os mestiços apresentaram um maior número de leitões nascidos por leitegada do que a Large White; o ano e o mês de parição exerceram efeito significativo sobre o tamanho da leitegada ao nascer, assim como a taxa de mortalidade à desmama. PALAVRAS-CHAVE: Eficiência produtiva, mortalidade, raças, reprodução, suínos This experiment was carried out to evaluate the influence of the environmental and genetic factors on the litter size and mortality rate at birth and weaning f pigs in Paraíba, Brazil. The Zootechnical data was collected from farm SUPASA, in the district of Guarabira, state of Paraíba, Brasil. They were analyzed the data of pure swine Landrace and Large White and crossed animals (Landrace x Large White, born in the period from 1995 to 1996. The following characteristics were evaluated number of born pigs per litter (piglets born alive and the rate of mortality of the pigs at weaning, in relation to the mother’s race, month and year of parturition, and sex of the pigs. After the studies of the collected data significant

  19. INTERDISCIPLINARIDADE NA ATENÇÃO HUMANIZADA AO RECÉM-NASCIDO DE BAIXO-PESO NUM CENTRO DE REFERÊNCIA NACIONAL DO MÉTODO CANGURU

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Borck

    2015-07-01

    Full Text Available Relato de experiência vivenciado pela equipe interdisciplinar da unidade neonatal de um hospital universitário do sul do país, na implementação da Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso – Método Canguru. Atualmente, um dos cinco Centros de Referência Nacional do Ministério da Saúde. A proposta baseada no Método Canguru começou a ser introduzida em 1996, incorporando os serviços de enfermagem, medicina, psicologia, serviço social, nutrição, fonoaudiologia e fisioterapia. Neste estudo apresentamos e discutimos as ações desenvolvidas, organizadas em sete tópicos: 1 Atendimento às Gestantes de Alto Risco; 2 Grupo de Mães e Pais de Recém Nascidos internados; 3 Grupo Interdisciplinar da Neonatologia; 4 Gestão em Saúde; 5 O ensino no processo da humanização; 6 Cursos de Capacitação; 7 Produção do conhecimento. A interdisciplinaridade fortaleceu o conhecimento, a experiência profissional e pessoal, interagindo no universo das vivências, recriando a educação em saúde, resultando em um cuidado acolhedor, e fortalecendo a tecnologia diferenciada.

  20. Estimativa de peso ao nascimento utilizando a ultrassonografia bidimensional e tridimensional Estimate of birth weight using two- and three-dimensional ultrasonography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Marcondes Machado Nardozza

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a acurácia de uma fórmula utilizando o volume do braço (VolBra, da coxa (VolCox e parâmetros bidimensionais [circunferência abdominal (CA e comprimento do fêmur (CF] fetais na predição de peso ao nascimento. MÉTODOS: Realizou-se um estudo do tipo corte transversal envolvendo 78 gestações únicas de fetos vivos, euploides e sem malformações estruturais, dentro de 48 horas antes do nascimento. O VolBra e o VolCox foram aferidos por meio da ultrassonografia tridimensional utilizando-se o modo multiplanar a intervalos de 5 mm. A CA e o CF foram aferidos por meio da ultrassonografia bidimensional. Foram realizadas análises de regressão linear e polinomial para determinação da melhor fórmula para predizer o peso fetal com base no VolBra, VolCox, CA e CF. Os erros obtidos com essas fórmulas foram comparados com os obtidos com as fórmulas de Shepard e Hadlock por meio de ANOVA. RESULTADOS: A melhor fórmula que estimou o peso ao nascimento foi uma linear simples (Peso= -1486,1 + 60,5CA + 140,57CF + 16,6VolBra + 4,8VolCox, com R2= 0,932. O erro (E, erro absoluto (EA, erro percentual (EP e erro percentual absoluto (EPA da fórmula que utiliza os parâmetros bi e tridimensionais foram 0 g, 0,2%, 112,2 g e 3,7%, respectivamente. Em relação às fórmulas bidimensionais, a nova equação apresentou menores E, EA, EP e EPA que a fórmula de Shepard, e menores EA e EPA em relação à fórmula de Hadlock. CONCLUSÃO: A fórmula de predição de peso utilizando o VolBra, VolCox, CF e CA se mostrou superior às fórmulas que utilizam apenas parâmetros bidimensionais.OBJECTIVE: Assess and compare accuracy of birth weight prediction using a combination of two-dimensional (abdominal circumference - AC and femur length - FL and three-dimensional parameters (fetal arm -VolArm and thigh -VolTh volumes. METHODS: A cross sectional study was carried out involving 78 singleton, live, euploid fetuses without structural malformations

  1. Interação genótipo x ambiente para peso aos 365 dias em bubalinos da raça Mediterrâneo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Barreto Rodrigues

    2015-07-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste trabalho foi verificar a presença da interação genótipos x ambientes (GxA para peso aos 365 dias de idade, em bubalinos da raça Mediterrâneo, com o uso de modelos de normas de reação via regressão aleatória. O modelo animal padrão e os modelos de normas de reação foram testados, tendo-se avaliado o modelo hierárquico norma de reação (MNR com um e com dois passos. O modelo hierárquico homocedástico de norma de reação com um passo (MHNRHO1P apresentou o melhor ajuste, com base em três critérios de comparação. As estimativas de herdabilidade direta para esse modelo variaram de 0,19 a 0,78, conforme a melhoria do ambiente. Além disso, houve mudança dos valores genéticos diretos (efeito escala de alguns reprodutores, o que indica a existência de interação GxA. As correlações de Spearman foram altas, tanto na comparação do modelo animal padrão com os MNR, como na comparação entre os níveis de baixa, média e alta qualidade no MHNRHO1p. Portanto, embora haja interação GxA, a classificação dos reprodutores não é significativamente afetada pelos modelos. A maioria dos bubalinos é formada por animais de genótipo robusto, que são menos sensíveis a mudanças ambientais.

  2. Tempo de fornecimento da dieta pré-inicial para frangos de corte com diferentes pesos ao alojamento Period of feeding a pre-starter diet for broiler chickens with different body weights at housing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilson Alexandre Gomes

    2008-10-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos do fornecimento da dieta pré-inicial (DPI e do peso ao alojamento sobre o desempenho e as características de carcaça de frangos de corte. Utilizaram-se 960 frangos machos, linhagem comercial Cobb-500, alojados em 32 boxes, em um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 4, composto de dois pesos ao alojamento (42 e 46 g e quatro períodos de fornecimento da dieta pré-inicial (0, 1 a 7, 1 a 10 e 1 a 14 dias de idade, durante 49 dias. Os programas alimentares compreenderam três ou quatro fases (pré-inicial e/ou inicial; engorda; final e as dietas fornecidas eram à base de milho e farelo de soja. De modo geral, aves mais pesadas ao alojamento apresentaram, ao longo de todo o período experimental, maior consumo de ração (CR e ganho de peso (GP. Não foram observadas diferenças significativas na conversão alimentar (CA dos animais. Considerando todo o período experimental, as aves alimentadas com a dieta pré-inicial durante sete dias apresentaram maior consumo de ração e ganho de peso, porém, menor rendimento de carcaça. O peso ao alojamento determina o desempenho e o oferecimento da dieta pré-inicial durante sete dias beneficia o desempenho das aves.The effects of feeding a pre-starter diet (PSD and weight at housing on performance and carcass characteristics broilers were evaluated. A total of 960 day-old male chickens, commercial line Cobb-500, was housed in 32 floor pens as a completely randomized design in a 2 x 4 factorial arrangement [weight at housing (42 and 46 g and periods of feeding pre- starter diet (0, 1 to 7, 1 to 10 and 1 to 14 days old for 49 days. The feeding regimes contained three or four phases (pre-starter and/or starter; grower; finisher diets and diets were based on corn and soybean meal. Overall, birds with heavier weights at housing showed, throughout the trial period, greater feed consumption and weight gain. No differences were observed for feed conversion of

  3. Avaliação do comportamento auditivo e neuropsicomotor em lactentes de baixo peso ao nascimento Assessment of auditory behaviour and neuropsychomotor development of low weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I. Lichtig

    2001-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS E MÉTODOS: Este estudo teve como objetivos detectar a presença de deficiência auditiva (DA de moderada a profunda em 60 lactentes de baixo peso ao nascimento, e na ausência desta, acompanhar o desenvolvimento da função auditiva (localização da fonte sonora, e acompanhar o desenvolvimento neuropsicomotor destas crianças durante os dois primeiros anos de vida, através da avaliação comportamental da audição (Hear Kit, Downs - 1984, avaliação clínica do desenvolvimento neuropsicomotor e ultra-sonografia de crânio. RESULTADOS: Os resultados obtidos mostraram que dos 60 lactentes, em um caso foi levantada a hipótese de DA e em nove crianças foi verificado atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. Na análise transversal dos dados obtidos da avaliação auditiva, verificou-se que o comportamento auditivo dos lactentes apresentou respostas diferentes do que aquelas citadas na literatura americana. CONCLUSÃO: Concluiu-se que 5% dos lactentes apresentaram atraso na localização auditiva da fonte sonora e que os atendimentos médico e fonoaudiológico precoces, no berçário e ambulatório, nos dois primeiros anos de vida destas crianças de alto - risco são necessários.PURPOSES AND METHODS: The aims of this study were: to detect moderate to profound hearing loss in high risk infants for deafness, to follow up their auditory development (localization of the sound source- Hear Kit - Downs, 1984; and their neuropsychomotor development during the two first years of life. All subjects were submitted to cerebral ultra sound assessment. RESULTS: An infant with a suspected hearing loss was identified and nine infants presented neuropsychomotor development delay. In a transversal analysis of the hearing assessment data it was verified that infants in this study presented different response than the referred in the American literature. CONCLUSIONS: It was concluded that 5% of the infants were delayed in localizing the sound source

  4. Prevalência e fatores associados ao ganho de peso gestacional excessivo em unidades de saúde do sudoeste da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elma Izze da Silva Magalhães

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Determinar a prevalência do ganho de peso semanal excessivo em gestantes e verificar a associação com fatores demográficos, socioeconômicos, obstétricos, antropométricos e comportamentais. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal realizado com 328 gestantes assistidas em todas as unidades de saúde da zona urbana de Vitória da Conquista, Bahia. Os dados foram coletados no período de maio de 2010 a junho de 2011. O ganho de peso semanal foi avaliado de acordo com as recomendações atuais do Institute of Medicine (IOM. A associação entre os fatores em estudo e o ganho de peso semanal excessivo foi verificada nas gestantes, no segundo e terceiro trimestres, por meio da análise de regressão de Poisson com variância robusta. Resultados: A prevalência de ganho de peso semanal excessivo nas gestantes do segundo e terceiro trimestres foi de 42,5%. Os fatores determinantes do ganho ponderal semanal excessivo foram: renda familiar < 1 salário mínimo (RP: 2,65; IC95% 1,18 - 4,83 e estado nutricional pré-gestacional sobrepeso/obesidade (RP: 1,33; IC95% 1,01 - 1,75. Conclusão: Os resultados do estudo reforçam a importância do monitoramento do ganho de peso durante a gestação. A avaliação do ganho de peso semanal possibilita a realização de intervenções precoces visando a prevenção do ganho de peso total excessivo e suas consequências para a mãe e para a criança.

  5. Herdabilidades para ganho de peso da desmama ao sobreano e perímetro escrotal ao sobreano e tendências genética e fenotípica para ganho de peso da desmama ao sobreano em bovinos Nelore-Angus Heritabilities for post-weaning daily gain and scrotal circumference at yearling age and genetic and phenotypic trends for post-weaning daily gain in Nellore-Angus crossbreds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arione Augusti Boligon

    2006-08-01

    Full Text Available Com o objetivo de estimar herdabilidades para ganho de peso médio diário da desmama ao sobreano (GMDDS e para perímetro escrotal ao sobreano (PES e tendências genética e fenotípica para GMDDS, foram utilizados 47.668 registros de peso e de ganho de peso de uma população multirracial Nelore-Angus, coletados entre 1991 e 2001 em diversas regiões do Brasil. Os dados foram analisados pelo método REML e as estimativas das (covariâncias foram obtidas por meio de um modelo animal, no qual foram considerados fixos os efeitos da composição racial do animal (obtida pela concatenação do percentual da raça Nelore do próprio animal, de seu pai e de sua mãe e do grupo de contemporâneos pós-desmama (animais nascidos no mesmo rebanho, ano, época e pertencentes ao mesmo sexo e grupo de manejo e, como aleatórios, os efeitos genético aditivo direto e residual. A herdabilidade para PES foi estimada utlizando-se o mesmo modelo, acrescido dos efeitos fixos do peso e da idade do animal ao sobreano (covariáveis. As médias para idade nas pesagens foram 215 e 528 dias para a desmama e o sobreano, respectivamente. A herdabilidade estimada para GMDDS foi 0,44 ± 0,02 e para PES, 0,22 ± 0,08. A tendência genética anual predita para GMDDS foi decrescente até 1996 e crescente a partir desse período. A tendência fenotípica anual foi de 9,4 g/dia/ano.Data consisting of 47.668 records of a Nellore-Angus crossbred population, raised in several regions of Brazil, from 1991 to 2001, were used to estimate heritability for post-weaning daily gain (ADG and for scrotal circumference at yearling age (SCY using REML. Genetic and phenotypic trends for ADG were also estimated. The model used to estimate heritability and breeding values (BVs for ADG included the fixed effects of breed composition (defined by the percentage of contribution of the Nellore breed of the animal and his parents and the contemporary group after weaning (herd, year/season of birth

  6. Assistência humanizada ao neonato prematuro e/ou de baixo peso: implantação do Método Mãe Canguru em Hospital Universitário

    OpenAIRE

    Neves,Fabrícia Adriana Mazzo; Orlandi,Márcia Helena Freire; Sekine,Cristina Yurie; Skalinski,Lacita Menezes

    2006-01-01

    Relato de experiência de enfermeiros e equipe multiprofissional no processo de implantação do Método Mãe Canguru no Hospital Universitário, da Universidade Estadual de Maringá, Paraná, em 2002, com os objetivos de: humanizar o cuidado ao recém-nascido prematuro e/ou de baixo peso, aprimorando o suporte familiar; promoção de maior nível de satisfação da equipe assistencial. O bebê fica em contato pele a pele com o peito da mãe, pai ou familiar significativo, com benefícios para seu peso, tempe...

  7. Prevalência e fatores associados à obesidade abdominal e ao excesso de peso em adultos maranhenses Prevalence and factors associated with abdominal obesity and excess weight among adults from Maranhão, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helma Jane Ferreira Veloso

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência de excesso de peso e obesidade abdominal e analisar associações com fatores socioeconômicos, demográficos e comportamentais em adultos maranhenses. MÉTODOS: Amostra probabilística por conglomerados em múltiplos estágios, investigada por meio de inquérito domiciliar com 1.005 adultos de 20 a 59 anos (393 homens e 612 mulheres. Foram aferidos peso, estatura e circunferência da cintura (CC. A obesidade abdominal foi considerada quando CC > 80 para mulheres e > 94 para homens. Índice de massa corporal (IMC, peso em quilogramas dividido pelo quadrado da altura em metros, >25 kg/m² foi considerado excesso de peso. A variável dependente foi dividida em quatro categorias: IMC e CC normais, excesso de peso sem obesidade abdominal (EP, obesidade abdominal sem excesso de peso (OA e obesidade abdominal com excesso de peso (OAEP. Foi utilizada a análise de regressão logística multinomial e as estimativas levaram em consideração o delineamento complexo de amostragem. RESULTADOS: Nos homens, a prevalência de OA isolada foi 1,3%, EP 20,3% e OAEP 27,5%. Nas mulheres, 15,5% tinham OA, 1,3% EP e 42,0% apresentavam OAEP (p-valor 9 anos e estar unido foram fatores associados à maior prevalência de EP. Idade > 35 anos, renda familiar > 2 salários mínimos e viver com companheira se associaram à maior prevalência de OAEP. Nas mulheres, idade > 35 anos e viver com companheiro se associaram à maior prevalência de OA. Idade > 35 anos, viver com companheiro e escolaridade Objective: To determine the prevalence of excess body weight and abdominal obesity and assess the association with socioeconomic, demographic and behavioral factors among adults of Maranhão, Brazil. METHODS: Multistage cluster sample investigated through a household survey on 1,005 adults aged 20 to 59 years (393 men and 612 women. Anthropometric measures: weight, height and waist circumference (WC were assessed. Abdominal obesity was

  8. Associação genética da prenhez aos 16 meses com o peso à desmama e o ganho de peso em animais da raça Nelore Genetic associations of heifer pregnancy at 16 months with weaning weight and average daily gain from weaning to yearling in Nellore cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Shiotsuki

    2009-07-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar a possibilidade de utilização da prenhez de novilhas aos 16 meses (Pr16 como critério de seleção e as possíveis associações genéticas entre prenhez em novilhas aos 16 meses e o peso à desmama (PD e o ganho de peso médio da desmama ao sobreano (GP. Foram realizadas análises uni e bicaracterísticas para estimação dos componentes de co-variância, empregando-se um modelo animal linear para peso à desmama e ganho de peso da desmama ao sobreano e não-linear para Pr16. A estimação dos componentes de variância e da predição dos valores genéticos dos animais foi realizada por Inferência Bayesiana. Distribuições "flat" foram utilizadas para todos os componentes de co-variância. As estimativas de herdabilidade direta para Pr16, PD e GP foram 0,50; 0,24 e 0,15, respectivamente, e a estimativa de herdabilidade materna para o PD, de 0,07. As correlações genéticas foram -0,25 e 0,09 entre Pr16, PD e GP, respectivamente, e a correlação genética entre Pr16 e o efeito genético materno do PD, de 0,29. A herdabilidade da prenhez aos 16 meses indica que essa característica pode ser utilizada como critério de seleção. As correlações genéticas estimadas indicam que a seleção por animais mais pesados à desmama, a longo prazo, pode diminuir a ocorrência de prenhez aos 16 meses de idade. Além disso, a seleção para maior habilidade materna favorece a seleção de animais mais precoces. No entanto, a seleção para ganho de peso da desmama ao sobreano não leva a mudanças genéticas na precocidade sexual em fêmeas.The objective of the present study was to determine the possible use of heifer pregnancy at 16 months (HP16 as a selection criterion and its possible genetic associations with weaning weight (WW and average daily gain from weaning to yearling (ADGWY. Covariance components were estimated by uni and bivariate animal models assuming a linear model for weaning weight and average daily gain from

  9. Efeito do peso do suíno em terminação ao início da restrição alimentar sobre o desempenho e a qualidade da carcaça

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bertol Teresinha Marisa

    2001-01-01

    Full Text Available Foi desenvolvido um estudo para determinar em que peso vivo deve se iniciar a restrição alimentar (RA, visando à melhoria do desempenho e da qualidade da carcaça em suínos machos castrados e fêmeas em terminação, alimentados com ração farelada, no período de inverno. Foram comparados quatro tratamentos: T1 - alimentação à vontade (AV até o abate; T2 - AV até os 90 kg PV e após restrição alimentar (RA de 10%; T3 - AV até os 75 kg peso e após RA de 10%; T4 - AV até os 60 kg PV e após RA de 10%. O experimento iniciou-se com peso vivo inicial dos animais de 52,58 ± 2,34 kg PV e encerrou-se com o peso de 119,27 ± 1,99 kg PV, quando os animais foram abatidos. A restrição alimentar iniciada em qualquer idade reduziu o ganho de peso diário (GPD, mas não melhorou a conversão alimentar (CA nem as características de carcaça dos machos castrados. Nas fêmeas, o GPD só foi reduzido naquelas que iniciaram a RA aos 60 kg peso, não havendo melhora da CA e nem da qualidade da carcaça com a RA iniciada em qualquer idade. Portanto, suínos com alto potencial para deposição de carne magra e baixo consumo voluntário de alimento, alimentados com dietas fareladas e contendo níveis adequados de aminoácidos, não respondem à restrição de energia com início entre os 60 e 90 kg PV para melhorar o desempenho e a qualidade da carcaça.

  10. Excesso de peso em crianças de pré-escolas: prevalência e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilaine Schuch

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a prevalência e os fatores associados ao excesso de peso em crianças matriculadas em escolas públicas dos estados do Rio Grande do Sul (RS e Santa Catarina (SC. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com crianças de idade entre quatro e seis anos. O desfecho estudado foi o excesso de peso, definido através do escore Z > 2DP para o Índice de Massa Corporal (IMC/idade, em comparação com a população de referência da OMS 2006/2007. As medidas antropométricas de massa corporal e altura foram aferidas em duplicata, utilizando-se técnicas padronizadas conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS. Os dados foram duplamente digitados utilizando o software EPI-INFO, versão 6.04. Foram calculadas frequências absolutas e relativas e médias (DP. Associações entre excesso de peso e demais variáveis foram avaliadas em modelo de Poisson de variância robusta. Foi utilizado o programa STATA versão 12.0 (p < 0,05. RESULTADOS: Foram avaliadas 4.914 crianças (RS 2.578 e SC 2.336. No RS, o excesso de peso foi de 14,4% (IC 95% = 13,1-15,8% e, em SC, de 7,5% (IC 95% = 6,5-8,7%. As variáveis que apresentaram associação com o excesso de peso foram: número de moradores no domicílio; escolaridade materna; situação conjugal; número de filhos; idade materna ao nascimento do primeiro filho; idade gestacional; e o peso ao nascer. CONCLUSÃO: As crianças matriculadas nas pré-escolas públicas do RS apresentaram uma prevalência de excesso de peso duas vezes maior do que a identificada em SC, demonstrando uma diferença significativa na magnitude da obesidade infantil em dois estados brasileiros situados em uma mesma região.

  11. Alguns fatores associados a excesso de peso, baixa estatura e déficit de peso em menores de 5 anos Some risk factors associated with overweight, stunting and wasting among children under 5 years old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia R. Vitolo

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Examinar fatores socioeconômicos e outras condições de vida familiar associadas a excesso de peso, baixa estatura e baixo peso para a estatura em menores de 5 anos. MÉTODOS: Estudo transversal avaliou 3.957 crianças entre 1 mês e 5 anos de idade durante campanha nacional de imunização no município de São Leopoldo (RS em 2002. As condições socioeconômicas e de saneamento das áreas de abrangência das unidades de saúde foram agrupadas por análise de cluster dos setores do censo populacional de 2001. RESULTADOS: Déficit de peso para estatura ocorreu em 2,6% das crianças, baixa estatura em 9,1% e excesso de peso em 9,8%. A regressão logística multivariada sugere que os fatores associados à chance de excesso de peso foram: área de condições socioeconômicas alta (RC = 1,47; IC95% 1,09-1,96, filhos únicos (RC = 1,44; IC95% 1,00-2,07 e peso ao nascer ≥ 2.500 g (RC = 2,21; IC95%1,27-3,83. A chance de déficit de peso associou-se ao baixo peso ao nascer (RC = 3,46; IC95% 2,06-5,80 e idade da mãe OBJECTIVE: To explore whether socioeconomic and sanitary conditions, maternal and child factors are associated with overweight, stunting, and wasting in children under five year old in the city of São Leopoldo, southern Brazil. METHODS: Cross-sectional study of 3,957 children aged 1 month to 5 years conducted in all primary care services of the city during the National Children's Vaccination Day in 2002. Maternal and child factors were assessed by a questionnaire. Children's height and weight were measured. Cluster analysis was used to group the areas served by the primary care services according to socioeconomic and sanitary conditions of the census tracts assessed by the 2001 National Census. RESULTS: Wasting was observed in 2.6% of children, stunting in 9.1% and overweight in 9.8%. The multivariable logistic regression model suggests that overweight was associated with higher socioeconomic status and better sanitation of

  12. Predictive factors for neuromotor abnormalities at the corrected age of 12 months in very low birth weight premature infants Fatores preditivos para anormalidades neuromotoras aos 12 meses de idade corrigida em prematuros de muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane Reis de Mello

    2009-06-01

    Full Text Available BACKGROUND: The increase in survival of premature newborns has sparked growing interest in the prediction of their long-term neurodevelopment. OBJECTIVE: To estimate the incidence of neuromotor abnormalities at the corrected age of 12 months and to identify the predictive factors associated with altered neuromotor development in very low birth weight premature infants. METHOD: Cohort study. The sample included 100 premature infants. The outcome was neuromotor development at 12 months classified by Bayley Scale (PDI and neurological assessment (tonus, reflexes, posture. A multivariate logistic regression model was constructed. Neonatal variables and neuromotor abnormalities up to 6 months of corrected age were selected by bivariate analysis. RESULTS: Mean birth weight was 1126g (SD: 240. Abnormal neuromotor development was presented in 60 children at 12 months corrected age. CONCLUSION: According to the model, patients with a diagnosis including bronchopulmonary dysplasia, hypertonia of lower extremities, truncal hypotonia showed a 94.0% probability of neuromotor involvement at 12 months.INTRODUÇÃO: O aumento na sobrevida de recém-nascidos prematuros tem suscitado interesse crescente na predição do seu neurodesenvolvimento a longo prazo. OBJETIVO: Estimar a incidência de anormalidades neuromotoras aos 12 meses de idade corrigida e identificar os fatores associados ao desenvolvimento neuromotor alterado em prematuros de muito baixo peso. MÉTODO: Estudo de coorte. A amostra incluiu 100 crianças prematuras.O desfecho foi o desenvolvimento neuromotor aos 12 meses. Modelo de regressão logística multivariado foi construído. Variáveis neonatais e anormalidades neuromotoras até os 6 meses de idade corrigida foram selecionadas por análise bivariada. RESULTADOS: O peso de nascimento médio foi 1126g (DP:240. Aos 12 meses 60% das crianças apresentaram desenvolvimento neuromotor alterado. CONCLUSÃO: De acordo com o modelo, pacientes com diagn

  13. Desigualdades sociodemográficas e suas conseqüências sobre o peso do recém-nascido Consequences of sociodemographic inequalities on birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Leal

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as desigualdades sociodemográficas, na assistência pré-natal e ao parto e suas conseqüências sobre o peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo realizado em amostra de 10.072 puérperas atendidas em maternidades públicas, conveniadas com o Sistema Único de Saúde, e particulares do Município do Rio de Janeiro, no período de 1999-2001. Para verificar a associação entre peso ao nascer e características maternas, sociodemográficas, biológicas e da assistência pré-natal (índice de Kotelchuck modificado, realizaram-se regressões lineares múltiplas, estratificando as puérperas segundo nível de instrução. Foi utilizada a técnica de bootstrap com intervalos de confiança acurados para as estimativas dos efeitos. RESULTADOS: Na análise bivariada, para quase todas as variáveis estudadas, as médias de peso ao nascer foram menores entre as mães de escolaridade mais baixa. Na análise da regressão múltipla para o grupo de baixa escolaridade, o peso ao nascer associou-se diretamente com o índice de Kotelchuck modificado e a idade gestacional, e inversamente com as variáveis cor da pele preta, hábito de fumar e a experiência de filhos prematuros anteriores. Idade materna e paridade tiveram comportamentos distintos nos extremos e na faixa central dos dados. No grupo de maior escolaridade somente a paridade, a idade gestacional e o índice de Kotelchuck modificado foram significativos e se associaram diretamente com o peso ao nascer. Verificou-se o papel protetor da assistência pré-natal, assim como o efeito negativo do hábito de fumar independente do nível de escolaridade das mães. CONCLUSÕES: As variáveis que explicaram o peso ao nascer dos neonatos de mães com elevada escolaridade foram de natureza biológica, em contraste com os determinantes sociais encontrados no grupo de baixa escolaridade.OBJECTIVE: To analyze sociodemographic inequalities in prenatal and childbirth care and their consequences on birth

  14. Características de carcaça de bovinos Nelore e Caracu selecionados para peso aos 378 dias de idade recebendo alimentação restrita ou à vontade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gesualdi Júnior Antonio

    2006-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se as características de carcaça de bovinos machos não-castrados de três grupos genéticos submetidos a dois planos de alimentação, em confinamento. Utilizaram-se 56 bovinos com idade média de 18 meses. Doze animais foram abatidos no início do experimento e os demais (16 Nelore selecionados, 12 Nelore não-selecionados e 16 Caracu selecionados, com peso vivo médio inicial de 404, 345 e 434 kg, respectivamente, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3, composto por dois níveis de alimentação (restrição alimentar: fornecimento de 65 g de MS/kgPV0,75 por dia e ad libitum: oferta do alimento duas vezes ao dia e três grupos genéticos. A dieta foi formulada com silagem de milho como volumoso e apresentou relação volumoso:concentrado 50:50. O abate foi realizado quando os animais atingiram 4 mm de gordura subcutânea, medida por ultra-som. Observou-se efeito da interação nível de alimentação x grupo genético somente sobre a porcentagem de tecido ósseo. O peso e a profundidade da carcaça e os pesos dos cortes dianteiro e traseiro não diferiram entre os grupos selecionados e foram superiores aos dos animais Nelore não-selecionados. O plano ad libitum proporcionou maior rendimento do traseiro. O rendimento de carcaça não sofreu influência da alimentação e, juntamente com a porcentagem do traseiro, foram maiores para os zebuínos. A espessura de gordura subcutânea real e a porcentagem de tecido adiposo foram maiores para os Nelore não-selecionados, enquanto a área de olho-de-lombo e a porcentagem de tecido muscular foram maiores nos bovinos Caracu.

  15. Percepção de mães sobre o cuidado domiciliar prestado ao bebê nascido com baixo peso Percepciones de madres acerca del cuidado domiciliar prestado al bebé nascido con bajo peso Mothers' perception about homecare delivered to her low weight infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elieth Lessa Fonseca

    2011-02-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar as dificuldades percebidas pelas mães no cuidado aos bebês de baixo peso e conhecer os recursos utilizados diante das intercorrências na saúde. Estudo de natureza qualitativa, desenvolvido junto a seis mães residentes em Maringá, PR, Brasil. Os dados foram coletados no período de fevereiro a setembro de 2008, em quatro visitas domiciliares, por meio de entrevista semi-estruturada. As mães vivenciaram dificuldades relacionadas aos profissionais e serviços de saúde, características do bebê, condições financeiras, alterações na rotina familiar e retorno ao trabalho. No enfrentamento das intercorrências, utilizaram recursos próprios ou atendimento médico. Concluiu-se que a mãe e a família necessitam de acompanhamento e apoio profissional para melhor cuidar do bebê de baixo peso no domicílioEl objectivo de este estudio fue identificar las dificultades percibidas por las madres en el cuidado de los bebés de bajo peso y conocer los recursos utilizados frente a las ocurrencias en la salud. Estudio de carácter cualitativo, desarrollado junto a seis madres que vivem en Maringá, PR, Brasil. Los datos fueron recogidos en el periodo de febrero hasta septiembre de 2008, en cuatro visitas domiciliares, por medio de entrevistas semi-estructuradas y observación no sistematizada. Las madres vivenciaron dificultades relacionadas a los profesionales, servicios de salud, características del bebé, condiciones financieras, alteraciones en la rutina familiar y vuelta al trabajo. En el enfrentamiento de las ocurrencias utilizaron medios propios o la atención médica. Se concluy que la madre y la familia necesitan de acompañamiento y apoyo profesional para mejor cuidar del bebé con bajo peso en el domicilioThe purpose of the study was to identify problems perceived by mothers in caring of low birth weight babies and to understand the resources used while facing health complications. The qualitative

  16. Perímetro cefálico de crianças das populações remanescentes dos quilombos do estado de Alagoas, segundo adequação estatural, peso ao nascer e exposição ao aleitamento materno.

    OpenAIRE

    Xavier Júnior, Antonio Fernando Silva

    2009-01-01

    Objective: The aim of this study was to investigate if the head circumference of stunted quilombolas children differs from that other children with adequate linear growth and if the insufficient birth weight and exclusive breastfeeding in the first month of life intervene with this relation. Methods: The work followed a transversal studying involving all the children of 12 to 60 months (n=725) pertaining to the quilombolas community of Alagoas (n=39). Variables demograph...

  17. How many low birthweight babies in low- and middle-income countries are preterm? Cuantos de los recién nacidos de bajo peso de países emergentes son pre-término? Quantos dos recém-nascidos de baixo peso de países emergentes são pré-termo?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando C Barros

    2011-06-01

    é-termo entre os recém-nascidos de baixo peso ao nascer de países de renda média ou baixa. MÉTODOS: Em consulta a bases de dados (PubMed, LILACS, Google Scholar foram procurados estudos sobre a prevalência de recém-nascidos a termo e pré-termo entre aqueles de baixo peso ao nascer conduzidos após 1990 em países emergentes. Modelos de regressão foram usados para avaliar a proporção de acordo com as prevalências de baixo peso. RESULTADOS: Com base em 47 estudos de 27 países emergentes, aproximadamente metade de todos os recém-nascidos com baixo peso seriam prematuros, em vez de um a cada três, como estimado em estudos anteriores à década de 1990. CONCLUSÕES: A estimativa de números substancialmente mais altos de prematuros com baixo peso tem importantes reflexos no planejamento em saúde, uma vez que esses recém-nascidos demandam cuidados especiais. Todavia, os achados são limitados pela falta de estudos populacionais.

  18. Desenvolvimento mental e motor aos 24 meses de crianças nascidas a termo com baixo peso Mental and motor development at 24 months of full-term low birthweight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophie Helena Eickmann

    2002-09-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo comparar o desenvolvimento aos 24 meses de 152 crianças nascidas a termo, com baixo peso (The objective of this study was to compare the development at 24 months of 152 full-term infants, born with low (<2500g and appropriate birth weight (3000 to 3499g, paired in a proportion of 1:1 by sex and age. Mental and motor development were assessed through the Bayley scale. A variety of sociodemographic and environmental stimulation conditions were also assessed. The infants born with low weight had on average significantly lower mental and motor indexes than those born with appropriate weight (p<0.001, with a difference of 9.1 and 10.2 points, respectively. The multiple linear regression analysis showed that socioeconomic conditions and environmental stimulation explained 11% and 12% of the variation of mental index, and 12% and 9% of motor development, respectively. All together, they explained 23% and 21% of the variation of these indexes. Low birth weight influenced only 3% of the variation of mental index and 5% of motor index.

  19. GENERAL ASPECTS OF BODY MEASURES, WEIGHT AND SCORE CONDITION FEMALE NELORE BREED (Bos taurus indicus ON THE PERIOD OF 12 MONTHS ESTUDIO DE MEDIDAS CORPORALES, PESO VIVO Y CONDICIÓN CORPORAL DE BOVINOS HEMBRAS DE LA RAZA NELORE (Bos taurus indicus POR 12 MESES ESTUDO DE MEDIDAS CORPORAIS, PESO VIVO E CONDIÇÃO CORPORAL DE FÊMEAS DA RAÇA NELORE (Bos taurus indicus AO LONGO DE 12 MESES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arcádio de Los Reys Borjas

    2008-04-01

    las medidas corporales (p<0,05 entre colectas. Para las vacas el perímetro toráxico presentó diferencia significativa (p<0,05. La relación entre peso vivo condición corporal con el tiempo mostró ecuación cuadrática y fueron parecidas y paralelas para a condición corporal. En el peso vivo, la parte cóncava de la curva para las vacas fue mas abierta comparada a las de vaquillonas. Los coeficientes de correlación entre medidas corporales lineares con las medidas de la anca fueron elevadas (p<0,001, excepto para el perímetro toráxico con largura de la anca. Las correlaciones del peso vivo y condición corporal con medidas corporales fueron significativas (p<0,001, excepto para la condición corporal con la largura de la anca en las categorías; condición corporal versus altura de la anca y peso vivo con largura de la anca para las vacas. Como conclusiones de este trabajo: hubo una variación creciente de las medidas corporales en las vaquillonas en el período de las colecta. El peso vivo, la condición corporal y perímetro toráxico estuvieron relacionados con diferentes períodos del ano que fue realizada el experimento. En vacas las variações a lo largo de año fueron de 14,79%, 31,53% e 6,74%, respectivamente. Las medidas externas ísquio-iliacas, como altura e largura, estuvieron correlacionadas con medidas de tamaño y peso. Vaquillonas en fase de crecimiento tuvieron un comportamiento de forma análoga a las vacas con respecto al peso vivo y condición corporal. Mas investigaciones serian necesarias de las relaciones de las medidas corporales, peso vivo y condición corporal con los aspectos productivos e reproductivos. RESUMO – Objetivou-se verificar alterações e correlações entre medidas corporais em rebanho bovino de novilhas e vacas da raça Nelore. Avaliaram-se 487 fêmeas, quanto ao peso vivo, condição corporal, perímetro torácico, comprimento corporal, altura de cernelha e medidas da garupa. Foram realizadas oito coletas ao longo

  20. Estudo comparativo de sete diferentes modelos estatísticos para a característica ganho de peso em bovinos de corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes Henrique Dorneles

    2000-01-01

    Full Text Available Foram analisadas uni e bivariadamente as características ganho de peso do nascer à desmama e ganho de peso pós-desmama de 4883 animais, filhos de 328 touros da raça Charolês, com o objetivo de comparar diferentes modelos ao considerado mais completo, porém de mais difícil aplicabilidade. Os modelos estudados foram o MA1, modelo animal que inclui os efeitos genético direto do animal e genético materno; MA2, modelo animal que inclui o efeito aditivo direto do animal e o efeito de ambiente permanente; MA3, que inclui os três efeitos já citados (considerado o "melhor"; MA4, modelo animal que inclui apenas o efeito aditivo direto; MTV, modelo touro-vaca que inclui o efeito genético direto do pai, além dos efeitos genéticos materno e de ambiente permanente; MT1, modelo touro com efeito genético aditivo direto do pai e efeito de ambiente permanente; e MT2, modelo touro com apenas efeito direto do pai. Com base nos resultados, observou-se diferença estatística somente entre os modelos MA4 e MT2, em relação ao MA3, para o ganho de peso do nascer à desmama. Concluiu-se que, para a característica pré-desmama, a inclusão de pelo menos um dos efeitos (genético materno ou ambiental foi indicada, enquanto para a pós-desmama até mesmo modelos mais simples como o MA4 e o MT2 podem ser utilizados para substituir o modelo mais complexo (MA3. As análises bivariadas são indicadas, principalmente por apresentarem as correlações genéticas entre as características.

  1. Heterozigose individual e materna sobre o ganho de peso do nascimento ao desmame de terneiros Pampiano-Braford Individual and maternal heterozigosis on preweaning weight gain of Pampiano-Braford calves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Guidoux Leal Wolf

    1999-09-01

    Full Text Available Foram analisados dados de ganho de peso do nascimento ao desmame (GNDa de animais Pampiano-Braford (cruzamento de Nelore X Hereford criados no Rio Grande do Sul com a finalidade de verificar a influência da heterose individual (HI e materna (HM sobre o GNDa e quantificá-la. Os dados foram pré-ajustados para idade da vaca (IV, data juliana de nascimento (DJN e idade do terneiro ao desmame (IT. Entretanto, análises exploratórias sugeriram que as pré-correções para IV, DJN e IT não estão ajustando corretamente os dados (PData on preweanning gain (GNDa of Pampiano-Braford animals raised in Rio Grande do sul were analyzed to verify the influence of individual (HI and maternal (HM heterosis in GNDa, and to quantify it. Data were adjusted for dam age (IV, julian birth date (DJNand calf age at weaning,(IT. However, exploratory analysis have suggested that the adjustment factors for IV, DJN, and IT are not doing this adjustment correctly (P<0.01. Because of the structure and connectedness of the major data set, the analysis was done in two different ways. In the first phase, HI and HM were estimated simultaneously, in file 2, compose of 4186 animals, and the values obtained were 31.91 and 33.53kg, respectively. In the second phase, HI was estimated in a subset of file 2 (subset 1 compose of 1507 animals with maternal heterozigosis 0.0000; HM was estimated in subset 2 of file 2 with 2777 animals with individual heterozigozis 0.5000. The values found were 13.79 and 34.08kg, respectively. All the values found for heterosis on GNDa were significant (P <0.01, and the relation between heterosis and heterozigosis for this characteristic was linear (P< 0.01. It was show that the Hereford animals, in this study, had greater genetic additive values than crossbreeds, but this difference was not sufficient to supress the effects of heterosis on GNDa. In comparison with the values used in GenSys Method, the HI and HM values, obtained in this study produced

  2. Desempenho de cordeiros inteiros ou submetidos a diferentes métodos de castração abatidos aos 30 kg de peso vivo Performance of intact or submitted to different methods of castration lambs slaughtered at 30 kg of live weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Luis de Azambuja Ribeiro

    2003-06-01

    Full Text Available Foram utilizados neste experimento 31 cordeiros cruzados Hampshire Down, Ile de France e Suffolk, distribuídos em quatro tratamentos: inteiros ou castrados com burdizzo, borracha ou faca. A castração ocorreu aos 58 dias de idade. Após o desmame, aos 84 dias, os animais foram confinados até atingirem o peso vivo de 30 a 32 kg, quando abatidos. Não houve diferença significativa entre os tratamentos e entre os grupos genéticos para os pesos ao nascimento, desmame e abate, para o ganho de peso médio diário do nascimento ao abate e para a idade ao abate. As médias para os ganhos de peso foram 0,179; 0,177; 0,170 e 0,147 kg e para a idade ao abate de 152,0; 156,0; 161,5 e 188,9 dias para os cordeiros inteiros, castrados com burdizzo, com borracha e com faca, respectivamente. Os cordeiros Hampshire Down, Ile de France e Suffolk ganharam, respectivamente, 0,176; 0,163 e 0,166 kg diariamente. Os animais inteiros apresentaram menores rendimentos verdadeiros de carcaça quente ou fria; não havendo outras diferenças importantes entre os tratamentos para as demais características de carcaça estudadas. Os cordeiros Hampshire Down apresentaram maiores rendimentos de carcaça fria, enquanto os Suffolk tiveram menores rendimentos verdadeiros de carcaça e menor percentagem de pescoço, e os Ile de France apresentaram as carcaças mais curtas. O peso ao nascimento teve efeito significativo sobre o ganho de peso e a idade ao abate dos cordeiros. Os resultados mostraram não haver diferenças no desempenho de cordeiros inteiros ou castrados por diferentes métodos abatidos entre 30 e 32 kg de peso vivo, e que pode ocorrer diferenças entre animais de diferentes grupos genéticos quando abatidos com peso semelhante.Thirty-one Hampshire Down, Ile de France and Suffolk crossbred lambs divided into four treatments: intact, castrated with burdizzo, with rubber bands and with knife, were used in this experiment. Castration occurred at 58 days of age. After

  3. Prevalência e fatores associados ao excesso de peso em adultos: inquérito populacional em Rio Branco, Acre, Brasil, 2007-2008 Prevalence of overweight and associated factors in adults: a population survey in Rio Branco, Acre State, Brazil, 2007-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Zago Ramos Lino

    2011-04-01

    Full Text Available Estudos populacionais no Brasil apontam aumento da prevalência de excesso de peso e obesidade na população adulta, em todas as regiões. O objetivo deste estudo foi estimar a prevalência e identificar os principais fatores associados ao excesso de peso em adultos, em Rio Branco, Acre, Brasil, por meio de um estudo transversal de base populacional com amostra composta de 1.469 adultos. A análise multivariada foi realizada através de regressão de Poisson, adotando-se, como variável dependente, excesso de peso (IMC > 25kg/m². A prevalência de excesso de peso foi observada em 46,9% da amostra, sendo mais elevada entre as mulheres. Observou-se tendência de aumento do excesso de peso com o aumento da idade em ambos os gêneros. Observaram-se associações entre o excesso de peso e variáveis socioeconômicas, demográficas e morbidades como hipertensão arterial e dislipidemias. A alta prevalência de excesso de peso em adultos de ambos os sexos sugere um problema de saúde pública. Tornam-se necessárias medidas de controle e prevenção dos riscos à saúde associados ao excesso de peso.Population studies in Brazil have shown an increased prevalence of overweight and obesity in adult populations in all regions of the country. The objective was to estimate prevalence and identify risk factors associated with overweight among adults in Rio Branco, Acre State, Brazil. The study included a cross-sectional population-based sample of 1,469 adults. Multivariate analysis was performed using Poisson regression, taking overweight (BMI > 25kg/m² as the dependent variable. Prevalence of overweight was 46.9%, higher among women. Overweight tended to increase with age in both men and women. Overweight was associated with socioeconomic, demographic, and morbidity variables such as hypertension and dyslipidemia. The high prevalence of overweight in adults of both sexes suggests a public health problem. Control measures and prevention of health risks

  4. Aplicação de uma curva de ganho de peso para gestantes Application of a weight gain curve for pregnant women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1977-06-01

    Full Text Available Com a finalidade de estudar a influência do estado nutricional materno sobre o peso do recém-nascido, foi aplicado em 460 gestantes inscritas no Centro de Saúde Geraldo de Paula Souza o método antropométrico para o diagnóstico do estado nutricional de uma população de gestantes, pois este método é de fácil aplicação e não exige pessoal especializado. Parece existir uma relação positiva entre o peso pré-gestacional, o ganho de peso da gestante durante a gravidez, e o peso ao nascer do concepto, bem como a idade gestacior.al. Observou-se ainda que houve uma diferença de 296,7 gramas a mais no peso dos recém-nascidos de gestante com peso pré-gestacional adequado, que no grupo de gestante com peso pré-gestacional insuficiente. Em trabalhos anteriores descreveu-se a necessidade de se utilizar curvas ponderais para o diagnóstico do estado nutricional materno: a curva que ora se apresenta é mais simples que outras já descritas anteriormente. No momento está sendo testada para se avaliar a sua eficácia.The authors studied the influence of maternal nutrition on birth weight using anthropometric techniques because these methods are of low cost, and do not need specialized manpower for their application. In the 460 pregnant women attended at a prenatal care service, there was a positive relationship between pre-gestational weight gain during pregnancy, birth weight and gestational age. Babies born from mothers with adequate pre-gestational weight were 296.7 grammes heavier than those of women with insufficient weight. Anthropometric curves for the measurement of maternal weight have been simplified and now this new curve is being tested.

  5. Lesao nasal precoce pelo uso da pronga nasal em recem-nascidos prematuros de muito baixo peso: estudo piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nathalie Tiemi Ota

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar, em recém-nascidos de muito baixo peso e com indicação de ventilação não invasiva via pronga nasal, a incidência do aparecimento precoce de lesão nasal. MÉTODOS: Série de casos prospectiva de nascidos com idade gestacional <37 semanas, peso <1.500g e idade pós-natal <29 dias. Os pacientes foram avaliados desde a instalação da pronga nasal até o 3o dia de uso, três vezes ao dia. Foram analisadas as condições clínicas dos pacientes, características do dispositivo e de sua aplicação. A análise inicial foi descritiva, verificando-se a prevalência de lesão nasal bem como os fatores a ela associados. Os dados categóricos foram analisados por qui-quadrado ou exato de Fisher e os dados numéricos, por teste t ou Mann-Whitney. RESULTADOS: Dezoito recém-nascidos foram incluídos, dos quais 12 (idade gestacional de 29,8±3,1 semanas, peso ao nascer de 1.070±194g e Score for Neonatal Acute Phisiology - Perinatal Extension (SNAPPE de 15,4±17,5 evoluíram com lesão nasal (Grupo Lesão e 6 (idade gestacional de 28,0±1,9 semanas, peso de 1.003±317g e SNAPPE de 26,2±7,5 não apresentaram lesão nasal (Grupo Sem Lesão. No Grupo Lesão, houve maior frequência do gênero masculino (75% versus 17%, a lesão apareceu em média após 18 horas e predominantemente no período notur no (75%. CONCLUSÃO: A incidência de lesão nasal em prematuros submetidos à ventilação não invasiva via pronga nasal foi elevada, sendo possível planejar estudo dos fatores associados, com base neste piloto.

  6. Ganho de peso antes e após os sete meses no desenvolvimento e características quantitativas da carcaça de novilhos Nelore abatidos aos dois anos Pre and post seven months weight gain on development and quantitative carcass characteristics of Nellore steers slaughtered at two years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Nunes Vaz

    2004-08-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estudar o desenvolvimento e as características de carcaça de novilhos Nelore abatidos aos dois anos de idade, classificados em quatro grupos conforme o ganho de peso médio diário (GMD antes e após os sete meses de idade: alto-alto = novilhos com GMD > 0,44 kg desde o nascimento até o abate, baixo-baixo = novilhos com GMD 0,44 kg dos sete meses ao abate. Aos sete meses, os animais que tiveram menor ganho de peso (baixo-alto e baixo-baixo apresentaram, na média, 109 kg contra 154 kg dos alto-baixo e alto-alto. Os animais alto-alto e alto-baixo apresentaram maior peso aos 18 meses em relação aos demais grupos, mas ao abate os novilhos alto-alto (396 kg e alto-baixo (382 kg foram superiores somente aos baixo-baixo (335 kg; o mesmo foi verificado com o peso de carcaça, que foi de 221, 207 e 182 kg, citados na mesma ordem. A porcentagem de costilhar foi maior nos novilhos alto-alto (13,8% em relação aos baixo-alto (12,7% e baixo-baixo (12,1%, mas a porcentagem de serrote foi menor nos alto-alto (48,4% do que nos baixo-baixo (50,2%. As análises de contraste comparando o GMD antes e após os sete meses de idade mostraram que somente o GMD antes dos sete meses foi importante para características como peso aos 12 e 18 meses de idade, espessura de gordura subcutânea, porcentagem de costilhar, comprimento de carcaça e comprimento de perna. Ambos os efeitos, GMD antes e após os sete meses, influenciaram os pesos de abate e de carcaça, a porcentagem de serrote e o comprimento de braço.The objective of the experiment was to study the development and carcass characteristics of Nellore steers, slaughtered at two years of age classified in four groups according to the average daily weight gain (ADG pre and post seven months: high-high = steers with ADG ³ .44 kg from birth to slaughter, low-low = steers with ADG .44 kg before seven months, and ADG < .44 kg from seven months to slaughter, and low-high = animals with

  7. Fatores associados ao estado nutricional de crianças pré-escolares brasileiras assistidas em creches públicas: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dixis FIGUEROA PEDRAZA

    2015-08-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo realizar uma revisão sistemática da produção do conhecimento sobre fatores associados ao estado nutricional de crianças brasileiras assistidas em creches públicas. Foi feita busca bibliográfica nas bases MedLine, Lilacs e SciELO, e revisão dos estudos publicados até 2013. Foi utilizada a seguinte estratégia de busca: ("estado nutricional" OR "antropometria" OR "desnutrição" OR "sobrepeso" AND "creches". No caso da busca no MedLine, o descritor Brazil também foi usado. Foram selecionados 24 manuscritos. Os fatores associados à desnutrição crônica mais citados pelos autores foram a idade da criança, o peso ao nascer, o número de irmãos, a renda familiar, a escolaridade da mãe e o tempo de frequência à creche. Apresentaram-se evidências positivas sobre a relação entre frequência à creche e melhoria do estado nutricional. Apesar do número reduzido de estudos sobre o estado nutricional de crianças que frequentam creches e sua concentração geográfica, os trabalhos apresentados mostram a importância de variáveis de índole biológica (relação inversa - como idade e peso ao nascer da criança -, e socioeconômica (relação inversa, bem como da frequência à creche (relação positiva.

  8. Associação entre ganho de peso no primeiro ano de vida com excesso de peso e adiposidade abdominal na idade pré-escolar Asociación entre ganancia de peso en el primer año de vida con exceso de peso y de adiposidad abdominal en la edad pre-escolar Association between weight gain in the first year of life with excess weight and abdominal adiposity at preschool age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariane Leite Bertotto

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar se a mudança no escore Z do índice de massa corpórea por idade >0,67 no primeiro ano de vida se associou ao excesso de peso na idade pré-escolar. MÉTODOS: Estudo de coorte aninhado a ensaio de campo randomizado realizado na cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Foram coletados dados de peso e estatura das crianças ao nascimento, dos seis aos oito meses e dos 12 aos 16 meses. Aos três e aos quatro anos, além destes dados aferiu-se a circunferência da cintura. Calculou-se o ganho de peso pela diferença no escore Z do índice de massa corpórea/idade dos 12 até os 16 meses em relação ao índice de massa corpórea/idade ao nascimento, adotando-se ponto de corte >0,67 para ganho de peso excessivo. A relação cintura/estatura foi realizada, considerando-se excesso de adiposidade central se valores >0,5. Utilizou-se a análise multivariada para o teste da associação entre os desfechos e as variáveis independentes. RESULTADOS: A prevalência do ganho de peso excessivo no primeiro ano de vida foi de 29,5% de um total de 338 crianças. Após ajuste para as variáveis sexo, grupo, peso ao nascer, tempo de aleitamento materno exclusivo e índice de massa corpórea da mãe, a mudança no escore Z >0,67 do nascimento até os 12 a 16 meses apresentou-se como fator de risco para o excesso de peso (RR 2,81; IC95% 1,53-5,16 e elevada relação cintura/altura na idade pré-escolar (RR 2,10; IC95% 1,19-3,72. CONCLUSÕES: O ganho de peso excessivo no primeiro ano de vida está associado ao excesso de peso e à elevada adiposidade abdominal na idade pré-escolar.OBJETIVO: Evaluar si el cambio en el escore Z del Índice de Masa Corporal (IMC por edad >0,67 en el primer año de vida se asoció al exceso de peso en la edad pre-escolar. MÉTODOS: Estudio de cohorte aunado a ensayo de campo aleatorio realizado en la ciudad de São Leopoldo (Rio Grande do Sul. Se recogieron datos de peso y estatura de los niños al nacer, 6 a 8 y

  9. Índice gonadossomático e correlações entre dimensões e peso testiculares na codorna japonesa (Coturnix coturnix japonica aos 60 dias de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.L. Lanna

    2013-08-01

    Full Text Available As dimensões e o peso testicular foram avaliados em 25 machos adultos de codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica e correlacionados entre si, a fim de se buscar obter informações que possibilitem a criação de um parâmetro preditivo da capacidade de produção espermática. As aves foram abatidas e os testículos removidos para mensuração e pesagem. As dimensões e o peso entre os testículos esquerdo e direito foram comparados. Os parâmetros testiculares foram correlacionados entre si por meio da determinação do coeficiente de correlação linear. O índice gonadossomático também foi determinado, indicando alocação de 3,68% do peso corporal em testículos nos machos avaliados, resultado maior do que os descritos na literatura. Apesar da diferença de formato entre os testículos esquerdo e direito, o peso foi semelhante, sugerindo que não há diferença na capacidade de produção espermática entre eles. Diferença estatística entre os valores biométricos indica que o testículo esquerdo é mais curto e mais arredondado, enquanto o direito é mais longo e estreito. O peso corporal apresentou baixa correlação com o peso testicular, 0,14 e 0,12 para os testículos esquerdo e direito, respectivamente. Os parâmetros que melhor se correlacionaram com o peso testicular foram a largura e a espessura. Considerando-se a identificação de um parâmetro único para comparação entre machos, a espessura do testículo esquerdo apresentou coeficiente de correlação linear de 0,89 com o somatório do peso dos dois testículos. Com base nessa informação, métodos não invasivos, como a ultrassonografia, poderiam ser utilizados para estimar o potencial reprodutivo e auxiliar na comparação de machos de codornas japonesas em núcleos de seleção de aves elite, contribuindo para melhoramento genético da espécie.

  10. Comparação da mortalidade neonatal em recém-nascidos de muito baixo peso ao nascimento, em maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil Comparison of neonatal mortality in very low birth weight newborns at maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luiz Muniz Bandeira Duarte

    2005-10-01

    Full Text Available Foi realizada a comparação das taxas de mortalidade neonatal em quatro maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil. A população estudada foi de recém-nascidos com peso inferior a 1.500g. O instrumento utilizado foi um questionário com dados informados pela mãe e o prontuário médico. Foram calculados, para cada instituição, as Razões Padronizadas de Mortalidade (RPM com o método direto e indireto, tendo como padrão a distribuição por peso do National Institute of Child Health and Human Development Neonatal Research. A amostra final apresentou 487 recém-nascidos. As padronizações pelo método direto e indireto mostraram elevadas taxas de mortalidade em todas as instituições; as que apresentaram a maior quantidade de recém-nascidos nas faixas com os menores pesos, foram aquelas que mostraram os menores valores de RPM. A menor razão de mortalidade por faixa de peso foi encontrada na faixa de peso entre 500 e 749g. Os resultados da RPM estão inversamente associados ao quantitativo populacional de recém-nascidos nas faixas com os menores pesos. Os coeficientes de mortalidade mostraram taxas altas, principalmente nas faixas de peso mais elevados. Os resultados apontam para uma qualidade deficiente na atenção perinatal.This study was a comparison of neonatal mortality rates in four maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro, Brazil. The study population consisted of newborns with birth weight below 1,500g. The research instrument was a questionnaire with data reported by the mother and collected from the patient record. For each maternity hospital the standardized mortality ratio (SMR was calculated using the direct and indirect method, using the weight distribution of the National Institute of Child Health and Human Development Neonatal Research as the standard. The final sample consisted of 487 newborns. Standardizations by the direct and indirect method showed high mortality rates in all four institutions

  11. Composição corporal e exigências líquidas de macroelementos inorgânicos (Ca, P, Mg e K para ganho de peso de bezerros machos de origem leiteira do nascimento aos 110 dias de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho Paulo Afonso

    2003-01-01

    Full Text Available O presente estudo foi conduzido para avaliar as mudanças na composição corporal e estudar as exigências líquidas de matéria mineral total (MM, cálcio (Ca, fósforo (P, magnésio (Mg e potássio (K para ganho de peso de corpo vazio (GPCVZ e ganho de peso vivo (GPV de bezerros do nascimento até os 110 dias de idade. Foram usados 18 bezerros da raça Holandês, machos, não castrados, pesando entre 30 e 100 kg. Seis animais foram abatidos ao nascimento, seis aos 50 dias e seis aos 110 dias de idade. Foram ajustadas equações de regressão do logaritmo da quantidade de MM, Ca, P, Mg e K retidos no corpo, em função do logaritmo do peso de corpo vazio (PCVZ. As exigências líquidas dos macroelementos para ganho de peso foram obtidas por derivação das equações de predição da composição corporal. Ocorreu acréscimo na concentração de todos macroelementos no PCVZ e no GPCVZ do nascimento aos 110 dias de vida, entretanto, as exigências destes elementos para GPV decresceram neste mesmo período. As exigências líquidas para 1 kg de GPCVZ, para o intervalo de PCVZ de 27,57 a 74,27 kg, variaram de 69,76 a 74,33 g para MM; 24,24 a 24,67 g para o Ca; 14,64 a 16,06 g para o P; 0,48 a 0,53 g para o Mg e de 3,18 a 3,61 g para o K. As exigências líquidas para 1 kg de GPV, para o intervalo de PV de 30 a 100 kg, variaram de 63,37 a 55,20 g para MM; 22,02 a 18,32 g para o Ca; 13,30 a 11,93 g para o P; 0,44 a 0,39 g para o Mg e de 2,89 a 2,68 g para o K.

  12. Atenção humanizada ao recém-nascido de baixo-peso. Método Canguru e cuidado centrado na família: correspondências e especificidades Humanized care for low birth weight newborns. The Kangaroo care Method and family-centered care: correspondence and specificities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia de Abreu e Silva Hennig

    2010-01-01

    Full Text Available Este artigo apresenta a Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo-Peso - Método Canguru - como uma diretriz clínica na assistência neonatal, e busca traçar um paralelo com outro importante componente do cuidado infantil descrito na literatura internacional: o cuidado centrado na família. O artigo propõe que a Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo-Peso - Método Canguru seja vista como uma boa prática e seja considerada também no campo das tecnologias em saúde.The main purpose of this paper is to introduce the Human Attention of Low Birth Weight-Kangaroo Care as clinical guidelines in neonatal intensive care. It will also try to link this clinical guideline and another component of neonatal infant care: the Family-Centered Care. Based on this relationship, this paper proposes that Human Attention of Low Birth Weight-Kangaroo Care should be catalogued as a Potentially Better Practices and also, considered as a Health Care Technology.

  13. Desempenho e peso de frações corporais, na suplementação crescente de lisina, dos 19 aos 40 dias de idade em frangos de corte Performance and weight of body components of broilers supplemented with increasing lysine levels from 19 to 40 days of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Herr Viola

    2009-04-01

    Full Text Available Este estudo foi conduzido para avaliar o desempenho e o peso das frações corporais de frangos de corte, recebendo dietas com níveis crescentes de lisina digestível (Lis dig (0,70; 0,80; 0,90; 1,00; 1,055; 1,11; 1,165 e 1,22%. Foram utilizados 320 frangos machos da linhagem CobbXCobb500, dos 19 aos 40 dias de idade. Foram utilizadas duas dietas basais, com 19,0 e 20,5% de proteína bruta; a primeira para os quatro níveis mais baixos de Lis dig e a segunda, para os quatro restantes. As dietas foram formuladas de forma a manter constante a relação de aminoácidos digestíveis Met, Arg e Tre com a Lis dig. Foram avaliados o peso médio, o ganho de peso, o consumo de ração, o consumo de lisina e a conversão alimentar aos 26, 33 e 40 dias de idade. Também nessas idades, o peso das frações corporais, carcaça, peito, coxa, perna, dorso+asa+pescoço+cabeça+patas +gordura abdominal (D+A, vísceras+sangue (V+S e penas foi determinado. O ganho de peso e a conversão alimentar apresentaram respostas lineares positivas em função dos níveis de Lis dig. Já o consumo de ração não foi influenciado pelos tratamentos. As respostas das frações corporais foram lineares crescentes para peso do peito e da carcaça, em todos os períodos avaliados (26, 33 e 40 dias, com níveis ótimos de Lis dig ≥1,22%. A mesma resposta se deu para peso da coxa aos 26 e 40 dias, para D+A, aos 33 e 40 dias e para peso de perna, aos 26 e 33 dias, enquanto, para peso de perna, aos 40 dias, a resposta foi quadrática, ainda que com nível ótimo de Lis dig. ≥1,22%. Sugere-se que níveis mais elevados de lisina digestível, nas dietas de frangos machos da linhagem Cobb500, sejam estudados.This study was conducted to evaluate broiler growth performance and body fraction weights , in response to increasing levels of dietary digestible lysine (dig Lys (0.70, 0.80, 0.90, 1.00, 1.055, 1.11, 1.165 and 1.22%. Three hundred and twenty male broilers CobbXCobb500 were used

  14. Fatores de risco associados ao excesso de peso entre adolescentes da Região Oeste Paulista Factores de riesgo asociados al exceso de peso entre adolescentes de la Región Oeste Paulista Risk factors associated with overweight among adolescents from Western São Paulo state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Aráujo Fernandes

    2009-12-01

    Full Text Available Analisar a associação entre excesso de peso e diferentes fatores de risco familiares em adolescentes da região oeste do estado de São Paulo. Estudo transversal com 1779 adolescentes de ambos os sexos, e idade compreendida entre 11 e 17 anos. Calculou-se o índice de massa corporal e os fatores de risco familiares foram analisados por meio de questionário. O excesso de peso foi associado com o sexo masculino (RC=1,55 [1,22-1,97], estudar em escola particular (RC=2,14 [1,56-2,94] e maior escolaridade materna (RC=0,52 [0,33-0,83]. Iniciativas de combate à obesidade devem ser instauradas em meio escolar e atingir toda a estrutura familiar, bem como levar em consideração particularidades decorrentes do sexo.Analizar la asociación entre exceso de peso y diferentes factores de riesgo familiares en adolescentes de la región oeste del estado de São Paulo. Estudio transversal con 1779 adolescentes de ambos sexos, y edad comprendida entre 11 y 17 años. Se calculó el índice de masa corporal; los factores de riesgo familiares fueron analizados por medio de cuestionario. El exceso de peso fue asociado con: sexo masculino (RC=1,55 [1,22-1,97], estudiar en escuela particular (RC=2,14 [1,56-2,94], y mayor escolaridad materna (RC=0,52 [0,33-0,83]. Iniciativas de combate a la obesidad deben ser instauradas en el medio escolar y alcanzar a toda la estructura familiar, así como llevar en consideración particularidades provenientes del sexo.The objective of this study was to analyze the association between being overweight and family risk factors in adolescents from Western Sao Paulo state. This cross-sectional study involved 1779 adolescents of both genders and with ages ranging between 11 and 17 years. The participants' body mass index was calculated, and the family risk factors were analyzed through a questionnaire. Excessive weight was associated with the male gender (CR=1.55 [1.22-1.97], studying in a private school (CR=2.14 [1.56-2.94] and

  15. Desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva em um par de gêmeos dizigóticos: influência da síndrome de Down e da prematuridade associada ao muito baixo peso Expressive language and cognitive development in a dizygotic twin pair: influence of Down syndrome and prematurity combined with very low birth-weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Custódio Flabiano

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi descrever o desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva de uma criança com síndrome de Down (SD e seu gemelar, ambos nascidos pré-termo muito baixo peso (PTMBP, observando a influência da SD e da prematuridade associada ao muito baixo peso no processo de desenvolvimento durante o período sensório-motor. Participaram deste estudo um par de gêmeos dizigóticos, ambos do sexo masculino, nascidos PTMBP, sendo que apenas um apresentava SD. A idade inicial dos sujeitos foi de sete meses e quatro dias de idade cronológica e quatro meses e 21 dias de idade corrigida, considerando que nasceram com 29 semanas de gestação, pesando menos de 1500g. Os sujeitos foram acompanhados durante 12 meses em sessões quinzenais de 45 minutos e os dados foram registrados mensalmente em vídeo. O Protocolo para Observação do Desenvolvimento Cognitivo e de Linguagem Expressiva (PODCLE foi utilizado para coleta e análise dos dados. Foram observadas diferenças significativas entre os gêmeos com relação ao desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva. Apesar de apresentar melhor desempenho, o gemelar que não apresentava SD demonstrou um atraso importante, considerando-se as referências em relação ao desenvolvimento típico, evidenciando a influência da prematuridade associada ao muito baixo peso no desenvolvimento de linguagem e cognição. Os resultados obtidos para o outro gemelar sugerem que a SD levou ao aumento significativo deste atraso. A SD e a prematuridade associada ao muito baixo peso são condições que interferiram de forma negativa no desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva apresentado pelo par de gêmeos estudado.The aim of this study was to describe expressive language and cognitive development in a child with Down syndrome (DS and his twin brother, both born preterm very low birth-weight (VLBW, observing the influence of Down syndrome and prematurity combined with very low birth

  16. Assistência humanizada ao neonato prematuro e/ou de baixo peso: implantação do Método Mãe Canguru em Hospital Universitário Asistencia humanizada al recién nacido prematuro y/o de bajo peso: implantación del Método Madre Canguro en el Hospital Universitario Humanized assistence to premature and/or low weigh newborn: implantation of Kangaroo-Mother Method at a University Hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrícia Adriana Mazzo Neves

    2006-09-01

    Full Text Available Relato de experiência de enfermeiros e equipe multiprofissional no processo de implantação do Método Mãe Canguru no Hospital Universitário, da Universidade Estadual de Maringá, Paraná, em 2002, com os objetivos de: humanizar o cuidado ao recém-nascido prematuro e/ou de baixo peso, aprimorando o suporte familiar; promoção de maior nível de satisfação da equipe assistencial. O bebê fica em contato pele a pele com o peito da mãe, pai ou familiar significativo, com benefícios para seu peso, temperatura, afetividade, aleitamento materno, além da provável redução no tempo de internação e risco de infecção. Capacitada pelo Ministério da Saúde, uma equipe passou à implantação e multiplicação do Método; elaborado um Projeto de Extensão institucional, multiprofissional, como organizador e integrador do ensino à assistência. Dificuldades encontradas foram em relação à associação entre tecnologia, relacionamento interpessoal e entre as diversas áreas, cuidado humano e participação familiar.Se trata del relato de experiencia de enfermeros y grupo multiprofesional en el proceso de implantación del Método Madre Canguro en el Hospital Universitario, de la Universidad Estatal de Maringá, Paraná, en el 2002, con los objetivos de: humanizar el cuidado al recién nacido prematuro o bajo peso, mejorando el soporte familiar, promoción de mayor nivel de satisfacción del grupo asistencial. El bebé permanece en contacto piel a piel con el pecho de la madre, padre o familiar significativo, con beneficios para el peso, temperatura, afecto, amamantamiento, además de la probable reducción en el tiempo de internamiento y riesgos de infección. Capacitado por el Ministerio de Salud, un grupo pasó a la implantación y multiplicación del Método; elaborado un Proyecto de Extensión institucional multiprofesional como organizador e integrador de la enseñanza y asistencia. Fueron encontradas dificultades en relación a la

  17. Avaliação dos fatores associados ao estado nutricional na idade corrigida de termo em recém-nascidos de muito baixo peso Evaluation of the nutritional status at 40 weeks corrected gestational age in a cohort of very low birth weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicole M. Gianini

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a adequação do peso ao termo em uma coorte de recém-nascidos com peso de nascimento menor que 1.500 g e correlacioná-la a variáveis clínicas e nutricionais. MÉTODOS: Estudo longitudinal onde recém-nascidos de muito baixo peso de oito hospitais (divididos em duas categorias: tipo I - aporte nutricional agressivo; tipo II - outras práticas foram acompanhados prospectivamente de novembro de 1999 a abril de 2000. O estado nutricional foi avaliado pelo escore z, sendo considerado como desnutrição o escore z menor ou igual a -2, segundo a curva do Canadian Perinatal Surveillance System. Os dados foram analisados por meio de regressão linear múltipla e regressão logística. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. RESULTADOS: 63% da população estudada (126/200 foi classificada como desnutrida ao termo. O peso ao termo apresentou correlação negativa com o tempo de internação, com a idade gestacional ao nascimento, com o tempo para a recuperação do peso de nascimento e com o clinical risk index for babies (p OBJECTIVE: To evaluate the nutritional status at term of a cohort of newborn babies with birth weights of less than 1,500 g and to correlate this with nutritional practices and clinical variables. METHODS: Very low birth weight infants admitted to eight neonatal intensive care units from November 1999 to April 2000 were studied prospectively. The units were defined as Type I if they employed aggressive nutritional support techniques and Type II if other nutritional practices were used. Babies' were defined as malnourished if their z-score for weight was less than or equal to -2 on the Canadian Perinatal Surveillance System growth curves. Data was analyzed using multivariate linear regression and logistic regression. The study was approved by the Committee for Ethics in Research. RESULTS: Sixty-three percent (126/200 of the study population were classed as being malnourished at term. Weight

  18. Velações e partidas: o trauma em Antes de nascer o mundo, de Mia Couto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Ciambra Rahe

    2016-01-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objetivo a análise do trauma na obra Antes de nascer o mundo, do moçambicano Mia Couto. Partindo das reflexões freudianas, pretendemos examinar os efeitos negativos e positivos do trauma, confrontando os posicionamentos dos personagens Silvestre Vitalício e Marta diante da experiência traumática vivenciada por cada um deles. Valendo-nos como referencial teórico, principalmente, das reflexões de Sigmund Freud, Márcio Seligmann-Silva e Stuart Hall, examinaremos como a narrativa da catástrofe possibilita aos personagens do romance a (reinvenção das identidades abaladas pelo trauma.

  19. Displasia broncopulmonar: incidência, fatores de risco e utilização de recursos em uma população sul-americana de recém-nascidos de muito baixo peso Bronchopulmonary dysplasia: incidence, risk factors and resource utilization in a population of South-American very low birth weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose L. Tapia

    2006-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a incidência de displasia broncopulmonar, os fatores de risco e a utilização de recursos em uma ampla população sul-americana de recém-nascidos de muito baixo peso ao nascer MÉTODOS: Dados prospectivamente registrados de crianças com peso ao nascer entre 500 a 1.500 g, nascidas em 16 centros neonatais pertencendo à rede NEOCOSUR entre 10/2000 a 12/2003. A análise multivariada de Poisson com variância robusta foi utilizada para determinar os fatores de risco relativo e intervalo de confiança de 95% que afetam o risco de apresentação de displasia broncopulmonar RESULTADOS: Foram analisados 1.825 recém-nascidos de muito baixo peso ao nascer. As médias de peso ao nascer e a idade gestacional foram de 1.085±279g e 29±3 semanas, respectivamente. A incidência de displasia broncopulmonar foi de 24,4%, e a sobrevida sem displasia broncopulmonar aumentou quanto maior foi a idade gestacional. Maior peso ao nascer, maior idade gestacional e sexo feminino estiveram associados a um menor risco de displasia broncopulmonar. Aumentaram o risco de displasia broncopulmonar: ventilação mecânica, necessidade de surfactante, escape aéreo, persistência do canal arterial, sepse tardia e enterocolite necrotizante. As crianças com displasia broncopulmonar requerem um maior tempo hospitalização (91±27 versus 51±19, de ventilação mecânica (19±20 versus 4±7 e de oxigenioterapia (72±30 versus 8±14. CONCLUSÕES: A incidência de displasia broncopulmonar foi de 24,4% em uma ampla população sul-americana e se relaciona com uma maior utilização de recursos. Os fatores de risco associados à displasia broncopulmonar encontrados nesse estudo foram: ventilação mecânica, necessidade de surfactante, escape aéreo, persistência do canal arterial, sepse tardia e enterocolite necrotizante. As informações contidas neste estudo podem ser úteis para o delineamento de estratégias perinatais de prevenção da morbidade

  20. Influência do sexo e faixas de peso ao abate nas características físico-químicas da carne de capivara Effect of the factors sex and different slaughter weight in the physico-chemical characteristics of capybara meat (Hydrochaeris hydrochaeris

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria C. Bressan

    2004-09-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar o efeito dos fatores sexo e faixas de peso ao abate (30-40, 40-50, 50-60kg sobre o declínio de pH, pH final, cor, capacidade de retenção de água (CRA, perda de peso por cozimento (PPC e força de cisalhamento (FC da carne de capivara (Hydrochaeris hydrochaeris. As amostras do músculo longissimus dorsi (LD foram obtidas de 28 capivaras (16 machos e 12 fêmeas, provenientes de um zoocriadouro. Não houve influência dos fatores sexo e faixas de peso ao abate sobre o pH as 2h (6,29, 5h (6,29, 8h (6,25 e 24h (6,01 post mortem; na cor (Sistema CIE LAB para luminosidade (34,28, teor de vermelho (10,74 e teor de amarelo (1,74; CRA (0,47, PPC (32,27% e FC (5,20kgf/g. Comparando com espécies domésticas, a carne de capivara apresentou pH final elevado; índice de luminosidade baixo e teor de vermelho elevado, assemelhando-se à carnes de bovinos e ovinos (carnes vermelhas; CRA e PPC dentro dos limites considerados normais; e, textura (FC considerada macia.The aim of this work was to evaluate the effects of the factors sex and different slaughter weight groups (30-40, 40-50, 50-60kg in the pH decline, ultimate pH, colour, water holding capacity (WHC, cooking loss (CL and shear force (SF of capybara (Hydrochaeris hydrochaeris meat. Samples were constituted of longissimus dorsi (LD muscle of 28 capybaras (16 males and 12 females from the same farm. There were no effect of the factors sex and slaughter weight groups on the pH values at 2h (6.29, 5h (6.29, 8h (6.25 and 24h (6.01 post mortem; on colour values (CIE LAB System for brightness (34.28, redness (10.74 and yellowness (1.74; WHC (0.47, CL (32.27% and SF (5.20kgf/g. Comparing to livestock species, capybara meat had a high ultimate pH value, low values of brightness and high values of redness, looking like bovine and ovine meats (red meats; WHC and CL inside limits considered normal; and SF considered soft.

  1. Efeito do peso ao abate de cordeiros Santa Inês e Bergamácia sobre o perfil de ácidos graxos, colesterol e propriedades químicas Effects of different lamb breeds and their slaughter weights on cholersterol, fatty acids and proximate composition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Ramon Olalgaquiaga Perez

    2002-01-01

    Full Text Available Foram utilizados 36 cordeiros machos inteiros, 24 da raça Santa Inês (SI e 12 da raça Bergamácia (BE, distribuídos aleatoriamente nos grupos de peso ao abate de 15, 25, 35 e 45kg. O objetivo do trabalho foi avaliar a composição centesimal, composição em ácidos graxos por cromatografia gasosa e colesterol por cromatografia líquida de alta eficiência no músculo longissimus dorsi (LD. Os parâmetros estudados foram submetidos à análise de regressão. O teor de umidade diminuiu, enquanto que a fração de lipídeos aumentou linearmente com o aumento do peso de abate, e o conteúdo de cinza permaneceu constante. A raça BE apresentou maior umidade e menor teor de lipídeos no músculo LD do que a SI. O conteúdo de colesterol foi similar em ambas as raças, mas diminuiu linearmente com o aumento do peso de abate. Foram identificados 12 ácidos graxos e os resultados indicaram que o C16:0 aumentou linearmente com o aumento do peso. O C18:0 diminuiu linearmente nos cordeiros SI e ajustou-se através de equação quadrática nos BE, com ponto máximo no peso do animal de 35kg. A porcentagem total de ácidos graxos saturados foi semelhante para todos os pesos ao abate e raças, com média de 43,6±2,5%. O C18:1ômega9 e o total de ácidos graxos monoinsaturados foram maiores na raça SI e em ambas as raças aumentaram linearmente com o aumento do peso. O total de ácidos graxos poliinsaturados das duas raças teve sua quantidade decrescida com o aumento do peso ao abate, sendo que os dados da raça SI ajustaram-se através de equação exponencial e da raça BE, por equação linear.In the experiment, thirty-six entire male lambs were used, 24 of Santa Inês breed (SI and 12 of Bergamácia breed (BE. At random six SI and three BE, which weighed 15kg at the beginning of the experiment, were slaughtered and the rest when they reached the slaughtering weights of 25, 35 and 45kgs. The objective of the study was to evaluate the basic chemical

  2. EFEITO DO PESO AO ABATE DE CORDEIROS SANTA INÊS E BERGAMÁCIA SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DA CARNE EFFECT OF THE SLAUGHTER WEIGHT ON THE PHYSICAL-CHEMICAL CHARACTERISTIC OF BERGAMÁCIA AND SANTA INÊS LAMBS MEAT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina BRESSAN

    2001-12-01

    Full Text Available Foram utilizados 36 cordeiros machos inteiros, sendo 24 da raça Santa Inês e 12 da raça Bergamácia, os quais entraram no experimento com 15kg e foram distribuídos aleatoriamente nos grupos de peso ao abate (GPA de 15, 25, 35 e 45kg. O objetivo do trabalho foi avaliar o declínio do pH post-mortem, cor (CIE L*a*b*, perda de peso por cozimento (PPC e força de cisalhamento (FC nos músculos longissimus dorsi (LD e semimembranosus (SM. Os parâmetros estudados foram submetidos à análise de regressão. O valor de pH para ambos os músculos foi expresso através de equações de regressão do tipo exponencial, apresentando uma rápida queda nas primeiras horas, seguido de estabilização. No músculo LD foi encontrado que a glicólise desenvolveu-se mais rapidamente com o aumento do peso. A análise dos componentes da cor para ambos os músculos estudados apresentaram o mesmo comportamento. A raça Bergamácia apresentou maior índice de luminosidade (L*, ou seja, maior brilho. O valor de L* diminuiu, o teor de vermelho (a* aumentou e o teor de amarelo (b* diminuiu linearmente em relação ao aumento do peso. A análise geral dos componentes da cor indicou que a carne de cordeiro é mais escura com o aumento do peso. Os resultados das análise de PPC e FC foram similares entre as raças e GPA, os valores obtidos para PPC foram de 28,0±2,5% (LD e 30,5±4,1% (SM, para FC foram de 2,6±0,6kg (LD e 2,8±0,7kg (SM.Thirty-six whole male lambs were used, being twenty-four of Santa Inês breed and twelve of Bergamácia breed, which weighed 15kg at the very beginning of the experiment, and were randomized allocated into slaughtering weight groups (SWG of 15, 25, 35 and 45kg. The objective of this work was to evaluate the pH post-mortem decline, color (CIEL* a* b*, cooking weight loss (CWL and shearing force (SF in the longissimus dorsi (LD and semimembranosus (SM muscles. The examined parameters were submitted to a regression analysis. The value of p

  3. Características de carcaça de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus em quatro classes de peso ao abate - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2069 Evaluation of characteristics of carcass of Nile tilapias (“Oreochromis niloticus” in four classes of abate weight - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2069

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro João Lacerda de Almeida

    2003-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar características de carcaça de tilápias do Nilo. Foram utilizados 199 exemplares em um delineamento experimental inteiramente casualizado. As variáveis estudadas foram: pesos dos peixes ao abate e eviscerado, comprimento e altura dos peixes; peso e tamanho da cabeça; peso dos filés; índice de seleção fenotípico (Índice de Perfil = comprimento dividido pela altura; Índice de Cabeça = comprimento dividido pelo comprimento da cabeça, e os rendimentos de carcaça e filé. Os pesos dos peixes ao abate, nas classes estudadas, influíram (p 0,05 pelo peso dos peixes ao abate. O peso do filé tem correlação (p The purpose of this study was to evaluate the characteristics of carcass of Nile tilapia. 199 Nile tilapias were used in an completely randomized design. The studied variables were: weights of the fish and weights headless visceral, length and height of the fish; the weigh and size of the head; the weigh of the fillets; phenotype index of selection (Index of Profile = length divided by the height; Index of Head = length divided by the head's length, the carcass and fillet yielding. The weights of the fish in slaughter, in the studied classes, influenced (P 0.05 influenced by the weight of fish in slaughter. The weight of the fillet has correlation (P < 0.01 with all the studied variables. When increasing the weight of the fillet there is a decrease of the profile index. The correlation between height of the fish and weight of the fillet is lightly larger than the correlation with the length. The carcass and fillet yielding don't depend on the weight with that Nile tilapias are slaughter. Only the amount of fillet in the carcass is related with these weights. The fillet yielding is more related with the height than with the length.

  4. Por mil devaluados pesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annie Rodríguez Collázos

    2013-03-01

    Full Text Available El estudio de lo popular y lo urbano hasta ahora se ha centrado en el comportamiento y en algunas relaciones de los habitantes con su entorno. “Por mil devaluados pesos. Publicidad popular y urbana”, pretende explorar las formas de publicidad, dispersas en diferentes espacios populares y urbanos en Bogotá, identificando esquemas y formas características de sus propios códigos comunicativos; se centran en un objeto de estudio consistente en las estrategias publicitarias y los códigos comunicativos en los mensajes publicitarios populares en las subculturas de San Victorino, 7 de Agosto y Sanandresito de San José.

  5. and the Mexican Peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thomas M. Fullerton Jr.

    2005-01-01

    Full Text Available Menu prices from 13 international restaurant franchises that operate in both El Paso and Ciudad Juárez are utilized to examine the behavior over time of the peso/dollar exchange rate. Parametric and nonparametric tests indicate that the price ratio alone provides a biased estimator for the exchange rate. In addition to the multiproduct price ratio, the empirical analysis also incorporates interest rate parity and balance of payments variables. The combination of unique microeconomic sample data with national macroeconomic variables illustrates one manner in which border economies provide information regarding the interplay of financial markets between Mexico and the United States.

  6. Desempenho produtivo e eficiência bioeconômica de bovinos Nelore e Caracu selecionados para peso aos 378 dias de idade recebendo alimentação à vontade ou restrita Production and bioeconomic efficiency of Nellore and Caracu bulls selected to weight gain and fed ad libitum or restricted

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Gesualdi Júnior

    2006-04-01

    Full Text Available Avaliou-se o desempenho de 56 bovinos machos não-castrados de três grupos genéticos, com idade média de 18 meses, submetidos à alimentação à vontade ou restrita, em confinamento. Doze animais foram abatidos no início do experimento e os demais (16 Nelore selecionados, 12 Nelore não-selecionados e 16 Caracu selecionados com peso vivo médio inicial de 404, 345 e 434 kg, respectivamente foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3, composto por dois níveis de alimentação (restrito = consumo de 65 g de MS/kgPV0,75 por dia e ad libitum = fornecimento do alimento duas vezes ao dia e três grupos genéticos. O volumoso utilizado foi a silagem de milho e o concentrado foi constituído de milho moído, farelo de algodão, uréia, monensina e mistura mineral, com relação volumoso:concentrado 50:50. O abate foi realizado quando cada animal atingiu 4 mm gordura subcutânea à altura da 12ª costela, avaliada por ultra-som. Os grupos genéticos apresentaram ganhos médios diários de peso vivo e pesos de corpo vazio e de carcaça semelhantes, não havendo interação grupo genético × nível de alimentação. Os ganhos de peso vivo e os pesos de corpo vazio e de carcaça foram maiores nos animais alimentados ad libitum. Somente os consumos de matéria seca em kg/dia sofreram influência tanto do nível de alimentação quanto do grupo genético. Os animais Caracu apresentaram os maiores consumos, seguidos pelos Nelore selecionados. Os Nelores não-selecionados apresentaram melhor eficiência bionutricional e menor custo de produção da arroba que os demais grupos genéticos.Production of 56 feedlot bulls from three different genetic groups averaging 18 months of age and fed ad libitum or restricted was evaluated in this trial. Twelve animals were slaughtered at the beginning of the study and were used as references. The remaining 16 genetically selected Nellore, 12 ordinary Nellore, and 16

  7. Efeitos da taxa de ganho de peso pré-desmama de bezerras de corte e do nível nutricional pós-parto, quando vacas, sobre a produção e composição do leite e o desempenho de bezerros Preweaning gain rate of beef heifers and postpartum nutritional level, as cows, on milk production and composition and performance of their calves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Restle

    2005-02-01

    Full Text Available Foi estudada a taxa de ganho de peso de bezerras de corte na fase de aleitamento, do nascimento aos sete meses, e seu reflexo sobre o desempenho posterior, enquanto vacas. As taxas de ganho de peso avaliadas quando bezerras, durante o período pré-desmame, foram: baixa (menor que 350 g/dia e moderada (maior que 350 g/dia. Quando vacas e após o parto, foram mantidas com seus bezerros até o desmame, em pastagem nativa (PN ou pastagem cultivada (PC. As vacas, quando bezerras, foram pesadas ao nascer e aos sete meses de idade (desmame e, quando vacas, foram pesadas, com seus bezerros nas primeiras 24 horas pós-parto; aos 14, 42, 70, 98, 126, 154, 182 dias; e ao desmame, que ocorreu com idade média dos bezerros de 228 dias. As avaliações da produção de leite e a coleta de amostras para avaliação da composição do leite foram realizadas nas mesmas datas das pesagens, com exceção do nascimento. Taxas de ganho de peso inferiores a 350 g/dia até os sete meses de idade não foram prejudiciais ao futuro peso das bezerras, em razão da compensação no peso que apresentaram na fase pós-desmama. Bezerras com taxas de ganho de peso menores que 350 g/dia até os sete meses de idade, enquanto vacas produziram maiores quantidades de leite (4,83 vs 3,71 L/dia, total de gordura (47,4 vs 35,9 kg, lactose (52,6 vs 39,7 kg, extrato seco total (140,4 vs 107,2 kg e extrato seco desengordurado (94,8 vs 71,2 kg, e bezerros com maiores ganhos de peso (717 vs 617 g/dia e mais pesados ao desmame (189,0 vs 166,1 kg que as vacas que, quando bezerras, apresentaram taxas de ganho de peso acima de 350 g/dia.The preweaning weight gain rate of beef heifers and its effects on their subsequent performance as cows, was studied. The weight gain rates evaluated as heifer calves before weaning were low (below 350 g/day and moderate (above 350 g/day. As cows and after calving, they were kept together with their calves until weaning on native (NP or cultivated pasture (CP

  8. The influence of gestational age and birth weight in the clinical assesment of the muscle tone of healthy term and preterm newborns A influência da idade gestacional e do peso ao nascimento na avaliação clínica do tono muscular de recém nascidos a termo e prematuros hígidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edla S. da Silva

    2005-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To evaluate the influence of gestational age (GA and birth weight (BW in the clinical assessment of the muscle tone of healthy term and preterm newborns. METHOD: Cross sectional study. The muscle tone of healthy 42 preterm and 47 term newborns was quantified and measured with a goniometer (an instrument for measuring angles respectively between 7th-14th day of life and 24-48 hours of life. Newborns were grouped according to GA and BW and evaluated at fixed time intervals by one examiner. Preterm newborns were matched to term at 40 weeks postconceptional age (PCA. RESULTS: The evolution of muscle tone in the preterm occurred gradually, following PCA, independent of birth weight. Preterm newborns had lower scores in all muscle tone indicators when compared to term at the first assessment. Differences were observed among preterm small for GA and adequate to GA for the indicator heel to ear (pOBJETIVO: Verificar a influência da idade gestacional (IG e do peso ao nascimento (PN na avaliação do tono muscular de recém nascidos (RN a termo e prematuros hígidos. MÉTODO: Estudo transversal. O tono muscular de 42 RN prematuros e 47 termo foi quantificado e mensurado com goniômetro (instrumento para medir ângulos, respectivamente entre 7-14 dias de vida e 24-48 horas de vida. Os RN foram agrupados de acordo com IG e PN, sendo avaliados em intervalos fixos. RN prematuros foram comparados aos a termo na 40ª semana de idade concepcional (IC. RESULTADOS: A evolução do tono muscular nos RN prematuros ocorreu de forma gradual de acordo com IC e independente do PN. RN prematuros, na primeira avaliação apresentaram escores de tono muscular inferiores aos de RN a termo em todos os indicadores. Foram observadas diferenças entre RN prematuros pequenos e adequados para a IG em relação ao indicador calcanhar-orelha (p<0,001. O pareamento dos grupos na 40ª semana de IC mostra, exceto pela postura, diferença significativa entre os grupos (p< 0

  9. Prevalência do aleitamento materno em recém-nascidos de baixo peso Prevalence of breast feeding of low birthweight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César C. Xavier

    1991-10-01

    Full Text Available Estudou-se de forma longitudinal e prospectiva a duração do aleitamento materno no primeira ano de vida de 222 crianças nascidas com peso menor ou igual a 2.500 gramas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (Brasil, no período de outubro de 1985 a setembro de 1986. A incidência do aleitamento materno foi de 86,5%. A prevalência encontrada para as crianças que foram amamentadas foi de 62,5% aos 3 meses, 38,5% aos 6 meses, 28,7% aos 9 meses e 25,0% aos 12 meses de vida. A mediana da duração do aleitamento materno foi de 4 meses. O peso ao nascer mostrou associação positiva com a incidência e duração do aleitamento materno, O nível de escolaridade materno associou-se positivamente com sua duração. A idade materna, situação conjugal e o número de consultas pré-natais não apresentaram associação com o aleitamento materno. Estes dados mostram índices menores em relação aos de populações de países desenvolvidos, em especial os pré-termos finlandeses nascidos com peso menor do que 1.500 gramas. Programas de ações envolvendo a comunidade e/ou instituições devem resultar em melhoria de nossos índices, se bem implementados.The present situation regarding the breast feeding of children born with a weight of 2,500 grammes or less (LWB at the Hospital das Clínicas of the Medical School of the Universidade de S. Paulo in Ribeirão Preto (Brazil was studied. The study was descriptive and the data were obtained through a longitudinal follow-up carried over the period from October 1985 to September 1986 inclusive. Of the 222 children included in the study, 30 (13.5% infants were not breastfed. Thus the incidence of breast feeding among this population was of 86.5%. At 3 months 62.5% of these infants were still being breastfed. At 6 months this figure fell to 38.5% and only 25.0% were still being breast-fed at the end of 12 months. The average duration of breast feeding for the 192 children that

  10. Reproductive outcomes in an area adjacent to a petrochemical plant in southern Brazil Riscos reprodutivos em região próxima ao pólo petroquímico de Triunfo no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lenice Minussi Oliveira

    2002-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To evaluate possible adverse reproductive outcomes in an area adjacent to a petrochemical plant in southern Brazil. METHODS: A review of 17,113 birth records of the main hospital of the municipality of Montenegro, southern Brazil, from 1983 to 1998 was carried out. Three groups of cases were selected: (1 newborns with major congenital malformations; (2 newborns with low birth weight (500 g. A control was assigned to each case. Controls were the first newborns weighing > or = 2,500 g without malformations and of case-matching sex. Mother's residence during pregnancy was used as an exposure parameter. Statistical analyses were performed using Chi-square test or Fisher test, odds ratio, 0.05 significance level, and 95% confidence interval. RESULTS: For unadjusted analysis, it was found a correlation between low birth weight and geographical proximity of mother's residence to the petrochemical plant (OR = 1.66; 95% CI = 1.01--2.72 or residence on the way of preferential wind direction (OR = 1.62; 95% CI = 1.03--2.56. When other covariates were added in the conditional logistic regression (maternal smoking habits, chronic disease and age, there was no association. CONCLUSIONS: Despite final results were negative, low birth weight could be a good parameter of environmental contamination and should be closely monitored in the studied area.OBJETIVO: Avaliar os possíveis riscos reprodutivos em uma região próxima a pólo petroquímico situado no Rio Grande do Sul. MÉTODOS: Foram analisados 17.113 registros de nascimentos ocorridos no principal hospital da região, localizado no município de Montenegro, RS, desde 1983 até 1998. Foram selecionados três diferentes grupos de casos: (1 recém-nascidos portadores de malformações congênitas maiores; (2 recém-nascidos com baixo peso ao nascer (500 g. Para cada caso, foi atribuído um controle específico, que foi a primeira criança nascida viva, pesando 2.500 g ou mais, com ausência de

  11. muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Cristina de Arruda

    2007-01-01

    Full Text Available El presente artículo es un estudio descriptivo de naturaleza cualitativa que utilizó los principios de la etnografía y del análisis de contenido para develar cómo ha sido para la familia en expansión, convivir con Interocurrencias durante la gestación y el parto del bebé nacido prematuro y con bajo peso. Los informantes del estudio han sido ocho madres de niños y que han pasado por hospitalización en Unidad de Terapia Intensiva Neonatal del Hospital Universitario de Maringa, de 1998 a 2000. Los datos fueron recolectados en el periodo de diciembre del 2005 hasta junio del 2006, a través de entrevistas parcialmente elaboradas, grabadas y realizadas en el domicilio de las familias. Los resultados obtenidos han revelado que tanto los embarazos como sus complicaciones surgieron de manera inusitada, cambiando la estructura y la dinámica familiar. Las vivencias relatadas han permitido la identificación de tres categorías: el embarazo cambiando la vida de la mujer/familia; siendo sorprendidos por las complicaciones del embarazo; las complicaciones desencadenando el trabajo de parto prematuro.

  12. Velocidade de ganho de peso nos primeiros anos de vida e excesso de peso entre 5-11 anos de idade, Salvador, Bahia, Brasil Weight gain rate in early childhood and overweight in children 5-11 years old in Salvador, Bahia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Maria Alvim de Matos

    2011-04-01

    Full Text Available Crianças com sobrepeso estão mais propensas a se tornarem adultos com sobrepeso ou obesos, sendo a prevenção mais eficaz a intervenção em fases precoces da vida. Analisou-se a associação entre ganho de peso nos primeiros anos de vida e sobrepeso/obesidade em 1.056 crianças menores de 11 anos de idade. Foram coletadas informações relacionadas ao estilo de vida, saneamento, condições socioeconômicas, peso ao nascer e aleitamento materno. O ganho de peso do nascimento até diferentes intervalos (até 12 meses, > 12 a 18, > 18 a 24, e > 24 a 60 meses foi considerado de forma contínua em escores-z. Foi considerado excesso de peso o índice de massa corporal (IMC maior ou igual a +1 escore-z, usando referências da Organização Mundial da Saúde (OMS de 2006 e 2007. Adotou-se a regressão linear e Poisson multivariada. A velocidade do ganho ponderal mostrou-se associada ao IMC, observando-se duas vezes mais sobrepeso/obesidade a cada incremento de uma unidade no desvio-padrão da velocidade do ganho ponderal para o intervalo de 24 e 60 meses (RR = 2,08; IC95%: 1,87-2,32. Encontrou-se associação entre o rápido ganho de peso em todos os intervalos de idade e a ocorrência de sobrepeso/obesidade anos mais tarde.Overweight children are more prone to become overweight or obese adults. The most effective prevention is intervention in early childhood. We analyzed the association between early weight gain and overweight/obesity in 1,056 children under 11 years of age. Data were collected on lifestyle, sanitation, socioeconomic status, birth weight, and breastfeeding. Weight gain from birth until different age brackets ( 12 to 18, > 18 to 24, and > 24 to 60 months was considered a continuous variable in z-scores. Overweight was defined as body mass index (BMI > +1 z-score, based on 2006 and 2007 World Health Organization (WHO guidelines. Poisson regression and linear regression were used in the multivariate statistical analysis. Weight gain

  13. Efeitos do grupo genético, sexo e peso ao abate sobre as propriedades físico-químicas da carne de cordeiros em crescimento Effects of breed group, gender and slaughter weight group on the physical-chemical parameter of the growing lambs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xisto Rodrigues Souza

    2004-12-01

    Full Text Available O objetivo desse trabalho foi avaliar a evolução do pH post mortem, cor, perda de peso por cozimento e força de cisalhamento dos músculos Longissimus dorsi (LD e Semimembranosus (SM de 49 cordeiros provenientes de cruzamentos entre as raças Bergamácia com Santa Inês (BgxSI e Ile de France com Santa Inês (IFxSI, machos inteiros e fêmeas, distribuídos nos grupos pesos ao abate de 15, 25, 35 e 45kg. Os grupos genéticos apresentaram diferenças (PThe objective of this work was to evaluate the post mortem pH evolution, color, cooking losses and shear force of longissimus dorsi (LD and semimembranosus (SM muscles of forty nine sheep from two breed group, Bergamácia x Santa Inês (BgxSI and Ile de France x Santa Inês (IFxSI, males and females of four slaughter weight groups of 15, 25, 35 and 45kg. The breed group presented differences of pH in the LD and SM muscles (P<0,05. The breed group BgxSI showed higher pH than breed group IFxSI. The color, the gender factor presented no significant effect differences for color, however breed group had effect: L* (P<0.001 of 35.25 and 32.89 for breed group IFxSI and BgxSI, respectively; and value a* (P<0.001 of 16.09 and 14.64 for breed group BgxSI and IFxSI, respectively. In the cooking losses LD and SM muscles showed no significant effect of the breed group, sex and slaughter weight group. The factors studied shear force had no effect on SM muscle. However, the slaughter weight group had effect on the shear force (P<0.005 of the LD muscle, with slaughter weight groups of 15 and 25kg showing higher shear force (13.57 and 10.98kgf, respectively than slaughter weight groups of 35 and 45kg (8.56 and 7.97kgf, respectively.

  14. Composição corporal e exigências nutricionais de macrominerais de bovinos Caracu selecionados e Nelore selecionados ou não para peso ao sobreano Body composition and nutritional requirements of macrominerals of genetically selected Caracu and Nellore and ordinary Nellore young bulls

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloísio Nunes Miranda

    2006-06-01

    Full Text Available Avaliaram-se a composição corporal e as exigências líquidas e dietéticas de macrominerais (Ca, P, Mg, Na e K de bovinos Caracu selecionados (CaS e Nelore selecionados (NeS ou não (NeC para peso ao sobreano (378 dias de idade. Foram utilizados 56 tourinhos com média de 18 meses de idade. Doze animais foram abatidos após o período de adaptação para servirem como referência e os 44 restantes (16 NeS, 16 CaS e 12 NeC, com peso vivo inicial de 392±15,7; 421±14,4 e 337±18,5 kg, respectivamente foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 2: grupo genético (NeS, CaS e NeC x sistema de alimentação (restrito e ad libitum. A dieta, com relação volumoso:concentrado de 50:50, continha silagem de milho como volumoso. Os conteúdos dos macrominerais retidos no corpo dos animais foram estimados por meio de equações de regressão do logaritmo do conteúdo corporal de Ca, P, Mg, Na e K, em função do logaritmo do peso de corpo vazio (PCVZ. As exigências líquidas para ganho de 1 kg de PCVZ foram obtidas pela derivação das equações de predição dos conteúdos corporais dos macrominerais, em função do logaritmo do PCVZ. Houve efeito do grupo genético sobre o conteúdo corporal dos macroelementos. As concentrações corporais e as exigências de todos os macrominerais aumentaram conforme a elevação no PCVZ dos animais.Body composition and net and dietary requirements of macrominerals (Ca, P, Mg, Na and K of genetically selected Caracu (CaS and Nellore (NeS for yearling weight (378 days of age as well as of ordinary Nellore (control; NeC were investigated in this trial. Fifty-six young bulls averaging 18 months of age were used. Twelve animals were slaughtered after an adaptation period and were used as reference. The 44 remaining animals, 16 NeS, 16 CaS and 12 NeC, with initial average body weight (BW of 392, 421 and 337 kg, respectively, were distributed to a completely randomized design in

  15. Efeito do sexo e do peso ao abate sobre a produção de carne de cordeiro. I. Velocidade de crescimento, caracteres quantitativos da carcaça, pH da carne e resultado econômico Effects of sex and slaughter weight on meat production of lambs. I. Growth rate, carcass quantitative traits, meat pH and economic results

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Ramos de Siqueira

    2001-06-01

    Full Text Available Realizou-se o presente estudo com o objetivo de avaliar o efeito de sexo (machos inteiros x fêmeas e de quatro pesos ao abate (28, 32, 36 e 40 kg sobre o desempenho, os caracteres da carcaça e resultados econômicos de cordeiros mestiços ½ Ile de France x ½ Corriedale, terminados em sistema de confinamento. Quarenta animais (20 machos e 20 fêmeas foram desmamados aos 60 dias e alimentados à vontade com uma ração contendo 16,46% de PB e 67,63% de NDT. Foram divididos em quatro grupos de machos (G1M, G2M, G3M e G4M e quatro grupos de fêmeas (G1F, G2F, G3F, e G4F, sacrificados, respectivamente, com os pesos supra citados. Determinaram-se o ganho médio de peso diário (GMPD, o peso do corpo vazio (PCV, os pesos de carcaça quente (PCQ e fria (PCF, as perdas ao resfriamento (PR, os rendimentos comercial (RC e verdadeiro (RV e o pH da carne em três momentos. Observou-se efeito de sexo para GMPD, com superioridade dos machos. Houve efeito de peso ao abate sobre PCQ e PCF e também de sexo, tendo as fêmeas superado os machos em G3 e G4, para PCQ, e em G2, G3 E G4, para PCF. Constataram-se maiores valores de RC e RV para as fêmeas, em G3 e G4. Todos os grupos apresentaram-se similares em relação ao pH da carne, o qual descreveu uma curva dentro dos padrões esperados. O estudo econômico destacou G1M como tendo apresentado melhor conversão alimentar e maior renda líquida/animal. Entre as fêmeas, G1F foi o melhor, destacando-se as rendas líquidas negativas constatadas em G3F e G4F. Concluiu-se que o melhor peso ao abate foi 28 kg, tanto para os machos, como para as fêmeas. No caso dos machos, tolerar-se-ia o peso de 32 kg, apesar de ter propiciado renda líquida 12,8% inferior a G1M.This experiment was carried out to evaluate the effects of sex(males x females and four slaughter weights (28, 32, 36 and 40 kg on the perfomance, carcass traits and economic results from crossbred lambs, finished in feedlot. Fourty ½ Ile de France x

  16. Fatores adicionais de risco cardiovascular associados ao excesso de peso em crianças e adolescentes: o estudo do coração de Belo Horizonte Additional cardiovascular risk factors associated with excess weigth in children and adolescents: the Belo Horizonte heart study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robespierre Q. C. Ribeiro

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Examinar a associação de sobrepeso e obesidade com perfis de atividade física, pressão arterial (PA e lípides séricos. MÉTODOS: Inquérito epidemiológico com 1.450 estudantes - seis a dezoito anos, em Belo Horizonte-MG. Dados: peso, altura, PA, espessura de pregas cutâneas, circunferência das cinturas, atividade física, colesterol total (CT, LDL-c, HDL-c, e hábitos alimentares. RESULTADOS:Prevalências de sobrepeso e obesidade foram 8,4% e 3,1%. Em relação aos estudantes situados no quartil inferior (Q1 da distribuição da prega subescapular, os estudantes do quartil superior (Q4 apresentaram um risco (odds ratio 3,7 vezes maior de ter um CT aumentado. Os estudantes com sobrepeso e obesos tiveram 3,6 vezes mais risco de apresentar PA sistólica aumentada, e 2,7 vezes para PA diastólica aumentada, em relação aos estudantes com peso normal. Os estudantes menos ativos, no Q1 da distribuição de MET, apresentaram 3,8 vezes mais riscos de terem CT aumentado comparados com os mais ativos (Q4. CONCLUSÃO: Estudantes com sobrepeso ou obesos ou nos quartis superiores para outras variáveis de adiposidade, assim como os estudantes com baixos níveis de atividade física ou sedentários apresentaram níveis mais elevados de PA e perfil lipídico de risco aumentado para o desenvolvimento de aterosclerose.OBJECTIVE: To examine the association of overweight and obesity with physical activity, blood pressure (BP and serum lipid profiles. METHODS: Epidemiologic investigation of 1,450 students, between the ages of 6 and 18, in the city of Belo Horizonte, MG. Data: weight, height, BP, skinfold thickness, waist circumference, physical activity, total cholesterol (TC, LDL-c, HDL-c, and dietary habits. RESULTS: The prevalence rates for overweight and obesity were 8.4% and 3.1%, respectively. In relation to the students in the lower quartile (Q1 of the distribution of subscapular skinfold, the students in the upper quartile (Q4 presented

  17. Modeling the effect of age at calving × breed group of dam's interaction on weaning weight of Charolais-Zebu crossbred calves Modelagem da interação idade ao parto × composição genética da vaca e seus efeitos sobre o peso à desmama de bezerros mestiços Charolês-Zebu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Luiz Buranelo Toral

    2010-05-01

    alternativas para modelar a interação entre idade ao parto e grupo genético da vaca (GGV sobre o peso à desmama de bezerros mestiços Charolês-Zebu. Dados de peso à desmama de 56.965 bezerros Charolês-Zebu foram analisados utilizando o método de quadrados mínimos. Foram estimados coeficientes de regressão para idade da vaca ao parto (IVP dentro de cada grupo genético da vaca (modelo CLA; para IVP × fração esperada de alelos de origem da raça Charolesa na vaca (IVP × FCh e IVP × fração esperada dos loci da vaca com um alelo proveniente da raça Charolesa e outro proveniente de raças zebuínas (IVP × FH (modelo FChFH; para IVP × FCh (modelo FCh; para IVP × FH (modelo FH; ou apenas para IVP (modelo SINT. A forma geral do efeito da IVP sobre o peso à desmama foi modelada por polinômios segmentados com efeitos linear e quadrático gerais e quadráticos específicos, a partir de cada nó (6,33 e 10,66 anos. Os coeficientes de regressão foram estimados dentro de cada sexo do bezerro em todas as situações. De acordo com o teste F para redução da soma de quadrados do resíduo, a inclusão da interação IVP × FH não melhorou significativamente os ajustes e o modelo CLA foi o que melhor se ajustou aos dados. Contudo, para classes de GGV × sexo do bezerro com reduzido número de observações, o modelo CLA proporcionou estimativas inconsistentes para o efeito da interação IVP × GGV e o modelo FCh mostrou-se adequado. Para as classes de GGV × sexo do bezerro com grande número de observações, as diferenças entre as estimativas do efeito da interação IVP × GGV obtidas pelos modelos CLA e FCh foram de pequena magnitude.

  18. Conhecimentos e práticas dos profissionais de saúde sobre a "atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso - método canguru" Health professional's knowledge and practices about "human attention of low birth weight- kangaroo care"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia de Abreu e Silva Hennig

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar os conhecimentos e as práticas sobre a Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso - Método Canguru (AHRNBP-MC de profissionais médicos e de enfermagem em maternidades públicas da cidade do Rio de Janeiro. MÉTODO: estudo descritivo transversal realizado através de questionário. Participaram das entrevistas 148 médicos e enfermeiros atuantes nestas unidades. Destes, os 116 profissionais que atuam exclusivamente na unidade intensiva responderam sobre quesitos específicos das práticas assistenciais sobre a perspectiva da AHRNBP-MC. RESULTADOS: em relação às estratégias apontadas para minimizar ruído e luminosidade, 39% dos profissionais referiram atender rapidamente aos alarmes/cuidados no uso dos equipamentos e 88% apontaram a diminuição da luminosidade em pelo menos 1 período em 24h. Como estratégias para dor/desconforto, 34% referiram usar a sucção não-nutritiva e 9% citaram utilizar glicose. Oitenta e três porcento relataram serem as informações do quadro clínico as principais informações aos pais na 1ª visita. O exame físico é o procedimento em que é permitida a presença da mãe para 73% dos entrevistados. Cinquenta e nove porcento usavam a estabilidade clínica como critério para a ida do bebê ao colo materno pela primeira vez. CONCLUSÃO: apesar do conhecimento teórico sobre a Atenção Humanizada, os profissionais ainda não o utilizam plenamente em sua prática clínica, sugerindo que ainda não está completamente assimilada a abrangência dessa forma de cuidado neonatal.OBJECTIVE: to identify knowledge and practices related to Low Weight Newborn Humane Care - the Kangaroo Method by the medical and nursing staff in public maternity hospitals located in the city of Rio de Janeiro. METHOD: a cross cutting descriptive method performed by questionnaire application aiming at the management of eleven public maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro, selected for the

  19. Status cognitivo-comportamental de prematuros de baixo peso ao nascimento em idade pré-escolar que vivem em país em desenvolvimento Cognitive and behavioral status of low birth weight preterm children raised in a developing country at preschool age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia L. do Espírito Santo

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o desenvolvimento cognitivo e comportamental em idade pré-escolar de crianças prematuras com baixo peso ao nascimento que vivem em um país em desenvolvimento. MÉTODOS: Estudo transversal prospectivo de 80 recém-nascidos de um hospital universitário no sul do Brasil. A avaliação neuropsicológica aos 4-5 anos de idade incluiu a Escala de Inteligência de Wechsler para a Idade Pré-Escolar e Primária (WPPSI, a Escala de Conners para Pais Revisada (CPRS-R, o teste de Denver e exames neurológicos. As informações de desenvolvimento neuropsicomotor inicial e perinatal foram coletadas a partir do banco de dados durante o acompanhamento. Os resultados foram relacionados com o peso ao nascimento, o sexo e a idade gestacional. RESULTADOS: Os escores da WPPSI foram: quociente de inteligência (QI total 88,00±16,96, QI verbal 89,72±16,72 e QI executivo 88,12±15,71 para o grupo com menos de 1.500 gramas; e QI total 91,11±14,73, QI verbal 93,36±12,65 e QI executivo 90,20±16,06 para o grupo entre 1.500 e 2.500 gramas. Os melhores escores foram obtidos em testes que avaliaram a capacidade de abstração e simbolização, completar figuras e percepção comum, nos quais apenas 5 e 6,3% das crianças apresentaram resultados anormais, respectivamente. Os menores escores foram obtidos em testes que avaliam a coordenação visual-motora e a flexibilidade-velocidade de raciocínio, nos quais 27,5 e 16,3% das crianças tiveram resultados anormais, respectivamente. No total, 32,5% das crianças tiveram resultados anormais em testes aritméticos. Comportamentos relacionados com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH foram observados em 48% da amostra. Os baixos resultados na Escala Mental de Bayley e o resultado anormal no teste de Denver apresentaram correlação significativa com o TDAH (p = 0,017 e p = 0,004. Os resultados anormais na Escala Mental de Bayley (p OBJECTIVE: To assess cognitive and behavioral

  20. Avaliação neurológica de recém-nascidos pré-termo de muito baixo peso com displasia broncopulmonar Neurological assessment of very low birth weight infants with bronchopulmonary dysplasia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tathiana Ghisi de Souza

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever e comparar a avaliação neurológica e comportamental de recém-nascidos pré-termos com e sem displasia broncopulmonar (DBP. MÉTODOS: Recém-nascidos prematuros com peso ao nascer inferior a 1500g e idade gestacional menor de 32 semanas foram avaliados com 40 semanas de idade gestacional corrigida, no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas. Utilizou-se a Avaliação Neurológica de Dubowitz, com 29 itens divididos em seis categorias: tônus, padrões de tônus, reflexos, movimentos, sinais anormais e comportamento. O estado de consciência do recém-nascido foi graduado segundo Brazelton (1973. Utilizaram-se os testes do qui-quadrado e exato de Fischer para variáveis qualitativas e o de Mann-Whitney para as numéricas não-paramétricas, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: No período de janeiro de 2005 a setembro de 2007, 24 recém-nascidos, 12 com DBP e 12 controles, com idade gestacional ao nascer de 28±1 semana e peso de 884±202g no grupo com DBP e 31±1 semana e 1156±216g no Grupo Controle foram avaliados. Dos 29 itens avaliados, 18 foram homogêneos entre os grupos e a pontuação geral dos dois grupos não apresentou diferença (p=0,30. Observou-se maior anormalidade neurológica no grupo com DBP em oito itens e, no Grupo Controle, em três itens. CONCLUSÕES: A comparação da avaliação neurológica de Dubowitz de recém-nascidos pré-termos com e sem DBP não apresentou diferença significante com 40 semanas de idade gestacional corrigida. Nas categorias reflexos e postura/tônus, observou-se tendência a anormalidade no grupo DBP.OBJECTIVE: To compare the neurological assessment of preterm newborn infants with and without bronchopulmonary dysplasia (BPD. METHODS: Preterm newborn infants with birth weight less than 1,500g and gestational age less than 32 weeks were evaluated by Dubowitz Method at 40 weeks of corrected gestational age. All infants

  1. Fatores associados ao atraso no desenvolvimento em crianças, Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil Factores asociados con retraso en el desarrollo de los niños, Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil Factors associated with delay in development in children, Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Alves Veleda

    2011-03-01

    Full Text Available Estudo analítico com o objetivo de avaliar os fatores associados ao atraso no desenvolvimento em crianças entre 8 a 12 meses de idade indicadas como de risco ao nascer no município do Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil. Foram utilizados como instrumentos o Teste de Triagem de Desenvolvimento de Denver II (TTDD II, a avaliação antropométrica e questionários estruturados. Participaram 220 crianças consideradas de risco ou não ao nascer. Foi encontrada uma prevalência de 20,5% de suspeita de atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. As crianças que apresentaram risco de um TTDD II suspeito faziam parte de famílias de mais baixa renda; eram filhos de mães que haviam realizado menos de seis consultas de pré-natal e apresentavam índice peso-idade inadequado. Os dados sugerem a necessidade de um replanejamento das políticas de saúde infantil, visto que outros critérios poderiam ser incluídos nas condições de risco para a criança ao nascer.Estudio analítico con el objetivo de evaluar los factores asociados al atraso en el desarrollo en niños de 8 a 12 meses de edad indicados como riesgo al nacer en el municipio de Rio Grande, RS, Brasil. Fueron utilizadas como herramientas la Prueba de Tamizaje del Desarrollo de Denver II, la evaluación antropométrica y cuestionarios estructurados. Participaron 220 niños considerados de riesgo o no al nacer. Fue encontrada una prevalencia del 20,5% de sospecha de atraso en el desarrollo neuropsicomotor. Los niños que presentaron riesgo de un DDST II sospechoso formaban parte de familias de más baja renta; eran hijos de madres que habían realizado menos de seis consultas de prenatal y presentaban índice peso-edad inadecuado. Los datos sugieren la necesidad de un replanteamiento de las políticas de salud infantil, así como otros criterios podrían ser inclusos en las condiciones de riesgo para el niño al nacer.This analytical study aims to evaluate the factors associated to

  2. Estimativas de tendências e parâmetros genéticos do peso padronizado aos 378 dias de idade, medidas corporais e perímetro escrotal de machos Nelore de Sertãozinho, SP Estimates of genetic parameters and trends for body weight at 378 days, body measurements and scrotal circumference of Sertãozinho Nellore males

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joslaine Noely dos Santos Gonçalves Cyrillo

    2001-02-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram estimar as tendências e os parâmetros genéticos e fenotípicos do peso padronizado aos 378 dias de idade (P378, medidas corporais e perímetro escrotal de machos Nelore, pertencentes às populações selecionadas e controle da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho. As herdabilidades, estimadas considerando-se modelo de touro e modelo animal, foram, respectivamente, 0,53±0,12 e 0,36 para P378; 0,38±0,11 e 0,58 para altura na garupa; 0,31±0,10 e 0,10 para perímetro torácico; 0,40± 0,11 e 0,13 para comprimento do corpo; 0,39±0,11 e 0,30 para comprimento do dorso; 0,33±0,10 e 0,12 para comprimento da garupa; 0,08± 0,07 e 0,14 para distância de ísquios; 0,23±0,09 e 0,08 para distância de íleos e 0,57±0,13 e 0,44 para perímetro escrotal. A correlação genética mais alta entre P378 e medidas corporais foi encontrada para perímetro torácico (0,86 ± 0,08; as demais variaram de 0,46 a 0,72. Os resultados deste estudo mostraram que, em função dos valores médios a altos das herdabilidades estimadas para P378 e da maioria das características de medidas do corpo dos animais, houve considerável variação genética aditiva nesses atributos. Além disso, devido às altas correlações genéticas de P378 com a maioria das características, pode-se concluir ser bastante provável que grande parte dos genes que controlam o peso pós-desmame também seja responsável pelo desenvolvimento das diferentes regiões do corpo de machos Nelore. A magnitude desses parâmetros justifica a tendência genética positiva nas características de seleção direta e nas secundárias.The objectives of this study were to estimate the genetic trends and also the genetic and phenotypic parameters for body weight at 378 days (W378, body measurements and scrotal circumferences of Nellore males from selected and control populations of the Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho (SP, Brazil. The

  3. Fatores socioeconômicos, demográficos, ambientais e comportamentais associados ao excesso de peso em adolescentes: uma revisão sistemática da literatura Socioeconomic, demographic, environmental and behavioral factors associated with overweight in adolescents: a systematic literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia de Oliveira Cardoso

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores socioeconômicos, ambientais e comportamentais associados ao excesso de peso (EP em adolescentes por meio de uma revisão sistemática da literatura. MÉTODOS: Foram consultadas seis bases de dados (Lilacs, Adolec, SciELO, Medline via Pubmed, ISI Web of Knowlwdge e Cochrane Library entre os dias 3 e 13 de janeiro de 2008. Os descritores e respectivos termos MeSH utilizados foram: "sobrepeso", "obesidade", "adolescência", "adolescentes", "fatores de risco", "fatores associados". Foram avaliados artigos em inglês, espanhol e português publicados entre 1997 e 2007, e incluídos estudos observacionais que estudaram adolescentes com idades entre 10 e 19 anos, cujo desfecho era o EP diagnosticado por critérios internacionalmente utilizados. Foram excluídos estudos com base em amostras de conveniência ou que não investigavam fatores sociais, ambientais e psicocomportamentais entre as variáveis independentes. RESULTADOS: Da leitura dos títulos e resumos, e da aplicação inicial dos critérios de elegibilidade, resultaram 202 artigos. A revisão das publicações completas permitiu a inclusão e análise de 56 artigos. Observou-se que o nível socioeconômico associou-se inversamente com o EP em países desenvolvidos e de forma direta em países em desenvolvimento. Dieta para emagrecer, número de horas alocadas em TV/vídeo por dia, mãe e/ou pais obesos e ocorrência de EP na infância associaram-se diretamente com o EP. Foram identificados como fatores protetores o hábito de consumir desjejum e a prática de atividade física. CONCLUSÃO: Variáveis socioeconômicas, comportamentais, familiares e do início da vida associaram-se com EP e estas devem ser consideradas nas intervenções dirigidas para este agravo entre adolescentes.OBJECTIVE: To identify socioeconomic, environmental and behavioral factors associated with overweight (OW in adolescents through a systematic literature review. METHODS: Six databases

  4. Razão peso/comprimento: um bom indicador do estado nutricional em recém-nascidos a termo? Weight/length ratio: is it a good index to assess the nutritional status of full-term newborns?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taciana D. de A. Braga

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: uma avaliação acurada do estado nutricional da criança ao nascer tem importância na identificação precoce de eventos mórbidos relacionados com a aceleração ou desaceleração do crescimento intra-útero. Os índices antropométricos resultantes das razões entre o peso e o comprimento e aqueles que resultam da razão entre o perímetro braquial e o perímetro cefálico podem ser uma alternativa, dentro da antropometria, para esse fim. O objetivo principal deste estudo foi verificar o grau de correlação entre a prega cutânea triciptal e os índices antropométricos - índice ponderal de Rohrer, índice de massa corpórea, razão peso/comprimento, razão perímetro braquial/perímetro cefálico - utilizados como critério de avaliação do estado nutricional de recém-nascidos. Métodos: realizou-se um estudo de corte transversal em 390 recém-nascidos a termo na maternidade do Centro de Atenção à Saúde da Mulher do Instituto Materno-Infantil de Pernambuco, no período de maio a julho de 1999. Os recém-nascidos foram avaliados quanto ao peso, comprimento, perímetros cefálico e braquial e prega cutânea triciptal. Resultados: os resultados mostraram que os índices antropométricos apresentaram correlação significante com a prega cutânea triciptal, tendo sido a razão simples entre o peso e o comprimento aquele que se correlacionou mais fortemente (r = 0,63; p Objective: An accurate assessment of the nutritional status of an infant at birth is very important, since it provides information on early identification of pathological events related to intrauterine growth acceleration or retardation. Anthropometric ratios such as weight/length and mid-arm circumference/head circumference may be used as alternative tools for this purpose. The main objective of this study was to verify the correlation between triceps skinfold thickness with Rohrer Index, Body Mass Index, weight/length ratio, and mid-arm circumference

  5. Composição corporal e exigências nutricionais em cálcio e fósforo para ganho e mantença de cordeiros Santa Inês dos 15 kg aos 25 kg de peso vivo Body composition and requirements for calcium and phosphorus for gain and maintenance of Santa Ines lambs from 15 to 25 kg of body weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Castro Geraseev

    2000-02-01

    Full Text Available RESUMO - Este trabalho foi conduzido para determinar a composição corporal e estimar as exigências de cálcio e fósforo de cordeiros da raça Santa Inês. Foram utilizados 18 cordeiros machos inteiros, com peso médio inicial de 15 kg, divididos em três grupos: seis animais abatidos no início do experimento, para avaliar o conteúdo de cálcio e fósforo corporal, servindo como animais referência para o método do abate comparativo; seis animais alimentados ad libitum; e seis com alimentação restrita (em nível de mantença + 20%. Os cordeiros que receberam dietas ad libitum e restritas entraram no experimento aos pares e foram abatidos concomitantemente, quando o primeiro atingiu 25 kg de peso vivo. A composição corporal foi estimada a partir de equações de regressão do logaritmo da quantidade de cálcio e fósforo presentes no corpo vazio, em função do logaritmo do peso corporal vazio. As exigências líquidas de mantença e o coeficiente de absorção destes minerais foram determinados a partir da correlação entre a quantidade de mineral ingerida e a quantidade retida no corpo, enquanto as exigências líquidas para o ganho em peso foram estimadas a partir da derivação de equações de predição da composição corporal. As exigências líquidas de mantença, para animais entre 15 e 25 kg de peso vivo, foram 305 mg de Ca/dia e 325 mg de P/dia e as exigências líquidas por kg de ganho de peso vivo, para animais com 15 e 25 kg de peso vivo, 11,41 e 10,33 g Ca e 5,72 e 4,94 g P, respectivamente. Os coeficientes de absorção encontrados neste trabalho foram 0,44 e 0,55 para Ca e P, respectivamente.ABSTRACT - The research was carried out to determine body composition and calcium and phosphorus requirements of Santa Ines lambs. Eighteen entire male lambs with average initial live weight of 15 kg were used. The animals were allotted to three groups: six animals were slaughtered at the beginning of the experiment, to access the

  6. Ganho de peso de novilhas mestiças submetidas ou não à esterilização pela introdução intrauterina de esferas inoxidáveis e ao uso ou não de modificador orgânico Weight gain of crossbred heifers submitted or not to sterilization by intrauterine stainless globes introduction and submitted or not to organic modifier use

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.G. Abba

    2010-04-01

    Full Text Available Avaliou-se o ganho de peso de novilhas mestiças, 1/4 Simental e 3/4 Nelore, empregando-se o método experimental de esterilização, que consiste na introdução intrauterina de esferas inoxidáveis. Foram utilizadas 100 novilhas nulíparas, destinadas ao abate, com idades entre 12 e 24 meses e com média de peso de 275kg. Todos os animais receberam o mesmo manejo alimentar, em sistema de pastejo em Brachiaria brizantha, com água e sal mineral ad libitum, e pesagens a intervalos de 28 dias, obedecido o jejum prévio de 16 horas. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos (G experimentais: G1 - composto por 25 novilhas testemunhas; G2 - por 25 novilhas esterilizadas e aplicação de um modificador orgânico; G3 - por 25 novilhas esterilizadas; e G4 - por 25 novilhas não esterilizadas e aplicação de um modificador orgânico. Foram introduzidas 12 esferas de aço inoxidável, previamente esterilizadas, no útero de cada novilha. Houve maior ganho de peso total e diário entre os animais do G2, 140,50kg e 0,578g/dia vs 108,58kg e 0,447g/dia (G1, 103,73kg e 0,427g/dia (G3, 102,68kg e 0,423g/dia (G4, respectivamente. Esta técnica pode ser recomendada aos criadores.The weight gain in 1/4 Simental and 3/4 Nelore crossbred heifers was evaluated using an experimental method of castration, which consisted of stainless globes intra-uterine introduction. A total of 100 nulliparous heifers, destined to slaughter, aging from 12 to 24-months old and averaging 275kg were used. The animals were randomly distributed in four experimental groups: G1: control; G2: sterilized heifers plus application of organic modifier; G3: sterilized heifers; and G4: non sterilized heifers plus application of organic modifier. It was concluded that G2 showed higher weight gain - 140,50kg and 0,578g/day vs 108,58kg and 0,447g/day (G1, 103,73kg and 0,427g/day (G3, 102,68kg and 0,423g/day (G4. The sterilized heifers plus application of organic modifier is a

  7. Perfil clínico de neonatos de muito baixo peso internados em uma Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alana Piccoli

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o perfil de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso (RNMBP internados em uma UTIN. Metodologia: Caracteriza-se como um estudo retrospectivo documental com coleta de dados nos prontuários de RNMBP. Resultados: A amostra foi composta por 153 RNMBP, os quais apresentaram peso ao nascimento (PN de 1082,92 ± 275,73 e tempo de ventilação pulmonar mecânica (VPM de 13,34 ± 17,23 dias. A incidência de displasia broncopulmonar esteve associada ao tempo de VPM, à presença de enterocolite necrosante e à persistência do canal arterial. O tempo de permanência em VPM esteve associado ao tempo de internação e ao peso de nascimento. A incidência de hemorragia intracraniana esteve associada ao tempo de VPM, à IG e ao PN. Conclusão: O baixo peso ao nascimento, isolado ou associado a outros fatores, contribui para o aparecimento de comorbidades que poderão influenciar na qualidade de vida desses bebês bem como aumentar a mortalidade.

  8. con bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Mora Antó

    2005-01-01

    Full Text Available Esta investigación dio cuenta de la relación entre el estilo de funcionamiento familiar, los patrones de crianza y las edades de desarrollo evolutivo en niños, nacidos con bajo peso. El estudio descriptivo correlacional se realizó con 41 niños y sus madres, aplicándose cuestionarios sobre funcionamiento familiar, prácticas de crianza y desarrollo infantil. Los resultados señalaron la existencia de un funcionamiento familiar caracterizado por una cohesión amalgamada y una adaptabilidad caótica, una disciplina complaciente, falta de control y de límites claros en la díada madre-hijo. Se trataba de familias monoparentales, donde la temprana edad de concepción, el madresolterismo y el apoyo de la familia extensa eran constantes. Las edades evolutivas registradas indicaron un desarrollo inferior a la edad cronológica, en la mayor parte de los casos; sin embargo, éstas tendieron a ser superiores al compararlas con la edades reales de los infantes. No se encontró una correlación estadísticamente significativa entre la edad de desarrollo y los diferentes factores del funcionamiento familiar para algunos de los rangos de edad considerados; sin embargo, no se lo descartó por completo, especialmente en lo referente al optimismo familiar

  9. Estado nutricional materno y peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marianela de la C Prendes Labrada

    2001-02-01

    Full Text Available Se realizó un estudio analítico de cohorte en el Policlínico "Raúl Gómez" entre enero de 1996 y septiembre de 1997 con el objetivo de relacionar el estado nutricional materno con el peso al nacer. Concluyeron el estudio 305 gestantes en las que se determinó edad, hábito de fumar, peso, talla, valoración ponderal inicial, incremento transgestacional y peso al nacer. Se aplicó Chi cuadrado y se determinó el riesgo relativo. El peso adecuado, el incremento transgestacional de 8 kg o más y la talla > o = 150 cm se asociaron con el peso al nacer > o = 3 000 g. La talla menor de 150 cm, peso bajo III y IV y las fumadoras aportaron con mayor frecuencia recién nacidos con peso entre 2 500 y 2 999 g. El riesgo de bajo peso al nacer fue mayor entre las gestantes con peso bajo I-II-III-IV, con incremento transgestacional menor de 8 kg y en las fumadorasAn analytic cohort study was conducted in "Raúl Gómez" Polyclinic between January, 1996, and September, 1997, aimed at relating the maternal nutritional status with birth weight. Age, smoking habit, weight, height, initial ponderal assessment, transgestational weight gain and birth weight were determined among the 305 pregnant women that concluded the study. The adequate weight, the transgestational weight gain of 8 kg or more and the height > or = 150 cm were associated with a birth weight > or = 3000 g. Women with the lowest height of 150 cm, low weight III and IV and the smokers had more frequently newborn infants between 2 500 and 2 999 g. The low birth weight risk was higher among the expectants with low weight I-II-II-IV, with a transgestational weight gain under 8 kg and among smokers

  10. Uso do índice de Kotelchuck modificado na avaliação da assistência pré-natal e sua relação com as características maternas e o peso do recém-nascido no Município do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leal Maria do Carmo

    2004-01-01

    Full Text Available O índice de Kotelchuck (IK foi modificado e utilizado para avaliar a assistência pré-natal prestada no Município do Rio de Janeiro - Brasil, em uma amostra de 9920 puérperas de parto único. Regressões multivariadas logística ordinal (RMLO e linear (RML foram utilizadas para estimar a importância de fatores demográficos, psicossociais e obstétricos no IK modificado e seus efeitos no peso ao nascer (PN, respectivamente. Apenas 38,5% das parturientes do Município do Rio de Janeiro foram classificadas como de cuidado pré-natal adequado ou intensivo. Após ajustamento por outros preditores, mantiveram-se como variáveis explicativas do IK: o nível de instrução, viver com o pai do RN, tentar abortar, diabetes, satisfação com a gravidez, cor da pele, paridade, idade e local de residência. O PN associou-se com o IK modificado, mesmo após o controle de variáveis sociodemográficas, comportamentais e biológicas. A utilização adequada da assistência pré-natal no Município do Rio de Janeiro contribuiu na prevenção do PN e as mães que menos utilizaram os serviços pré-natais têm piores condições socioeducacionais, de apoio familiar e de risco obstétrico.

  11. Fatores determinantes dos níveis de hemoglobina em crianças aos 12 meses de vida na Zona da Mata Meridional de Pernambuco Determinant factors of haemoglobin levels in 12 months old infants in the South of the Zona da Mata of Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia V. M. de S. Lima

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os fatores determinantes dos níveis de hemoglobina de crianças aos 12 meses de vida, em quatro municípios da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. MÉTODOS: estudo transversal, realizado em uma sub-amostra de 245 lactentes, pertencentes a uma coorte de 652 crianças. A coleta de dados foi realizada no período de janeiro a agosto de 1999. RESULTADOS: a prevalência de anemia foi de 73,2%, sendo a média de hemoglobina de 9,8 g/dL (DP = 1,6 g/dL. A análise de variância apresentou uma associação estatisticamente significante entre níveis de hemoglobina e escolaridade materna, posse de televisão no domicílio, peso ao nascer, duração do aleitamento materno exclusivo, ocorrência de diarréia e estado nutricional segundo os índices peso/idade e comprimento/idade. A análise de regressão linear múltipla mostrou que as condições socioeconômicas, o peso ao nascer, a duração do aleitamento materno exclusivo e a ocorrência de diarréia tiveram um impacto significante na variação dos níveis de hemoglobina. CONCLUSÕES: os resultados confirmam ser a anemia um relevante problema de saúde pública, especialmente em lactentes, tendo múltiplos fatores que contribuem para o seu surgimento, sendo necessário, portanto, identificar os mais importantes para serem levados em consideração nos programas de saúde da criança.OBJECTIVES: to evaluate factors determining hemoglobin levels in 12 months old infants living in four small towns located in the South of Pernambuco. METHODS: a cross-sectional study conducted in a sub-sample of 245 infants belonging to a cohort of 652 children. Data collection was performed from January to August 1999. RESULTS: the prevalence of anemia was 73.2% and mean hemoglobin level 9.8 g/dL (SD = 1.6 g/dL. Variance analysis indicated a significant association between hemoglobin levels and maternal education, absence of a television set at home, birth weight, duration of exclusive breast

  12. Incidência do near miss materno no parto e pós-parto hospitalar: dados da pesquisa Nascer no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Augusto Bastos Dias

    2014-08-01

    Full Text Available Este estudo avaliou os dados sobre a incidência do near miss materno, identificados segundo os critérios da Organização Mundial da Saúde, na pesquisa Nascer no Brasil. O estudo foi realizado entre fevereiro/2011 e outubro/2012 e os resultados apresentados são estimativas para a população estudada (2.337.476 partos, baseados na amostra de 23.894 puérperas entrevistadas. Os resultados mostraram uma incidência de near miss materno de 10,21 por mil nascidos vivos e uma razão de mortalidade do near miss materno de 30,8 casos para cada morte materna. Os critérios clínicos para identificação do near miss materno foram os mais prevalentes e tiveram incidência de 5,2 por mil nascidos vivos. O near miss materno esteve associado com a idade materna de 35 anos ou mais (RR = 1,6; IC95%: 1,1-2,5, com história de cesariana anterior (RR = 1,9; IC95%: 1,1-3,4 e gestação de risco (RR = 4,5; IC95%: 2,8-7,0. Os hospitais localizados nas capitais (RR = 2,2; IC95%: 1,3-3,8 e os pertencentes ao SUS (RR = 3,2; IC95%: 1,6-6,6 também apresentaram maior incidência de casos de near miss materno. A qualificação dos serviços de assistência ao parto pode ajudar a reduzir a mortalidade materna no Brasil.

  13. Curva dos valores normais de peso fetal estimado por ultra-sonografia segundo a idade gestacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a evolução do peso fetal estimado em gestações normais de 20 a 42 semanas. Quanto ao desenho e métodos empregados na pesquisa, realizou-se estudo descritivo de um universo constituído por 2.874 gestantes normais da cidade de Campinas, efetuando-se exame ultra-sonográfico obstétrico de rotina com medida da biometria fetal e utilizando-se, para o cálculo do peso fetal, a fórmula de Hadlock et al. (1991. Calcularam-se os valores dos percentis 10, 50 e 90 do peso fetal, por idade gestacional, com construção de curva posteriormente alisada mediante ajuste polinomial de 2º grau. Como resultado, obteve-se que o valor do percentil 50 foi de 368 gramas na 20ª semana, 1.512 gramas na 30ª semana, atingindo 3.417 gramas na 42ª semana. Constatou-se ter havido ganho médio de 200 gramas de peso por semana, de 27 a 38 semanas, a partir de quando o incremento diminuiu. Concluiu-se que a disponibilidade de curva brasileira do peso fetal estimado normal permitirá o diagnóstico pré-natal de seus desvios pela ultra-sonografia.

  14. X-ray photoelectron spectroscopy on 1-peso and 2-pesos of the Argentine Republic

    Science.gov (United States)

    Gard, Faramarz S.; Duffo, Gustavo; Bergamasco, Pablo; Forlerer, Elena

    2018-04-01

    Relative concentrations of nickel and copper at the surface of the ring and centre parts of 1-peso and 2-pesos Argentine coins have been studied by means of X-ray photoemission spectroscopy (XPS). It has been observed Ni-enrichment at the surface of the ring (silvery) part of a 1-peso, minted in 1994, whereas the XPS data reveals lack of nickel at the surface of the centre (silvery) part of a 2-pesos, minted in 2016. This discrepancy is explained by analyzing the XPS peaks of oxygen and carbon, and is suggested to be related to the contamination layer on the surface of the coins. The XPS analysis of the golden parts of the coins, namely the centre part of the 1-peso and the ring part of the 2-pesos coins were inconclusive, due to the small amount of the Ni (nominally %2) used in those parts. The possible oxidations states of the metals at the surface of the untreated and treated coins with the artificial human sweat were also identified.

  15. Mobile health e excesso de peso: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavio Sarno

    2014-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o impacto da utilização das tecnologias de mobile health (mHealth - prática da medicina ou saúde pública através de dispositivos móveis, como telefones celulares - na prevenção do ganho de peso ou tratamento do excesso de peso ou da obesidade. MÉTODOS: Foi realizada uma revisão sistemática de literatura utilizando-se a base de dados PubMed e as recomendações do protocolo PRISMA para revisões sistemáticas. Foram incluídos estudos de intervenção que avaliaram o impacto das tecnologias mHealth nas seguintes variáveis antropométricas: peso, índice de massa corporal (IMC ou circunferência abdominal em adultos. RESULTADOS: Dos 98 artigos localizados, 14 atenderam aos critérios de inclusão e foram analisados no estudo de revisão. Dos artigos analisados, apenas dois avaliaram a prevenção do ganho de peso ao invés do tratamento do excesso de peso ou da obesidade. O uso de tecnologia mHealth teve efeitos positivos sobre os desfechos antropométricos em 13 artigos. Apenas um artigo não encontrou efeito no grupo que utilizou essas tecnologias. Oito artigos observaram impacto no IMC e sete na circunferência abdominal. O telefone celular foi a tecnologia mais utilizada, principalmente por meio do envio de mensagens de texto. CONCLUSÕES: As tecnologias mHealth apresentam potencial para serem utilizadas como ferramentas de prevenção e tratamento de excesso de peso e obesidade, principalmente com o uso de tecnologias como telefone celular e mensagens de texto, que já estão incorporadas ao cotidiano de grande parte da população.

  16. Perfil do desenvolvimento motor em escolares com excesso de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayara Moura Alves da Cruz

    2017-12-01

    Full Text Available Introdução: Diferenças relacionadas ao peso e as habilidades motoras em crianças em idade escolar ainda apresentam controversias. Objetivo: Analisar a relação entre desenvolvimento motor e nível de atividade física com o índice de massa corporal (IMC de escolares com excesso de peso. Métodos: Foram avaliados 85 escolares de ambos os sexos, de 6 a 10 anos, de Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. Os instrumentos utilizados foram a classificação do IMC/idade, a Escala de Desenvolvimento Motor e o Questionário do Nível de Atividade Física Modificado e Adaptado. A amostra foi dividida em dois grupos: grupo com excesso de peso (GEP, com 50 escolares com diagnostico nutricional de sobrepeso e obesidade; e grupo com normopeso (GNP, com 35 escolares eutroficos. Para analise dos dados obtidos foram utilizados: Shapiro Wilk (normalidade, teste t de Student não pareado ou Mann Whitney (amostras independentes, teste de Spearman (correlação e teste do χ2 (proporção, com nível de significância p<0,05. Resultados: O GEP apresentou resultados inferiores significantes no desenvolvimento motor geral (91,32±10,68 versus 97,14±9,06; p=0,010, nas áreas de motricidade fina – QM1 (93,21±21,59 versus 103,1±13,12; p=0,0138 e motricidade global – QM2 (90,31±23,54 versus 112,6±16,07; p<0,0001. Observou-se correlação positiva significativa entre o nível de atividade física e o desenvolvimento motor no GEP, nas áreas de equilibrio – QM3 (0,35080; p=0,0125 e organização espacial – QM5 (0,41820; p=0,0025. Conclusão: O GEP, quando comparado com o GNP, demonstrou resultados inferiores no quociente motor geral (QMG, QM1 e QM2.

  17. Distribuição da força plantar e oscilação do centro de pressão em relação ao peso e posicionamento do material escolar Plantar force distribution and pressure center oscillation in relation to the weight and positioning of school supplies and books in student's backpack

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S Rodrigues

    2008-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigou-se a influência da carga e posicionamento do material escolar sobre a distribuição da força plantar (DFP e trajetória do centro de pressão (COP em estudantes. MÉTODOS: Participaram 30 voluntários (10,7 ± 1,35 anos, ambos os gêneros, sem alteração postural. Dados baropodométricos foram coletados em sistema de baropodometria computadorizada (Matscan Research, Teckscanâ, 5.72: sem carga (controle; com carga (mochila de 5, 10 e 15% da massa corporal, posicionada nas regiões anterior e posterior do tronco, ombro direito e esquerdo. RESULTADOS: Sem carga, a DFP foi maior no calcâneo esquerdo comparado ao direito (pOBJECTIVE: The influence of the weight and positioning of school supplies and books in backpacks, on plantar force distribution (PFD and pressure center location, was investigated among students. METHODS: Thirty volunteers of both genders participated in the study. Their mean age was 10.76 (± 1.35 years and none of them had postural abnormalities. Baropodometric data were collected using a computerized baropodometric system (Matscan Research, Tekscanâ, 5.72: without load (control and with loads of 5, 10 and 15% of body weight in a backpack, positioned on the back, on the chest and on the right and left shoulders. RESULTS: The PFD without load was greater on the left heel than on the right heel (p< 0.05. With a load of 10% on the left shoulder, the PFD was greater on the right and smaller on the left foot, in comparison with the control (p< 0.05. With a load of 5% on the back, the PFD was smaller on the right midfoot (RMF and left forefoot (lff; with 10%, it was smaller on the RMF and left midfoot (LMF and greater on the right toes (RT; with 15%, it was smaller on the RMF and greater on the RT (p< 0.05. The plantar force was greater on the RT with loads of 10% and 15% than it was with loads of 5% (p< 0.05. With loads of 15% on the back and on the chest, the pressure center displacement was greater than

  18. Suplementos alimentares e redução de peso : monografia : Dietary supplements and weight reduction

    OpenAIRE

    Teixeira, Débora Cristina Monteiro

    2009-01-01

    Resumo da tese:A prevalência da obesidade tem vindo a aumentar nos últimos anos. Estima-se que actualmente existam 1600 milhões de pessoas com excesso de peso no mundo, sendo que dessas, 400 milhões são obesas. As dificuldades na adop-ção de hábitos alimentares mais saudáveis e o estilo de vida predominante-mente sedentário, aliadas às expectativas de perda de peso por vezes irrealis-tas, levam ao desejo por uma fórmula mágica que traga resultados rápidos, com o mínimo de esforço. Os suplemen...

  19. Curva dos valores normais de peso fetal estimado por ultra-sonografia segundo a idade gestacional

    OpenAIRE

    Cecatti,José Guilherme; Machado,Maria Regina Marrocos; Santos,Fernanda Fioravanti Azank dos; Marussi,Emílio Francisco

    2000-01-01

    Este trabalho teve por objetivo avaliar a evolução do peso fetal estimado em gestações normais de 20 a 42 semanas. Quanto ao desenho e métodos empregados na pesquisa, realizou-se estudo descritivo de um universo constituído por 2.874 gestantes normais da cidade de Campinas, efetuando-se exame ultra-sonográfico obstétrico de rotina com medida da biometria fetal e utilizando-se, para o cálculo do peso fetal, a fórmula de Hadlock et al. (1991). Calcularam-se os valores dos percentis 10, 50 e 90 ...

  20. Fatores perinatais associados ao óbito precoce em prematuros nascidos nos centros da Rede Brasileira de Pesquisas Neonatais Perinatal factors associated with early deaths of preterm infants born in Brazilian Network on Neonatal Research centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Branco de Almeida

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os fatores perinatais associados ao óbito neonatal precoce em prematuros com peso ao nascer entre 400 e 1.500 g. MÉTODOS: Coorte prospectiva e multicêntrica dos nascidos vivos com idade gestacional de 23 a 33 semanas e peso de 400-1.500 g, sem malformações em oito maternidades públicas terciárias universitárias entre junho de 2004 e maio de 2005. As características maternas e neonatais e a morbidade nas primeiras 72 horas de vida foram comparadas entre os prematuros que morreram ou sobreviveram até o sexto dia de vida. As variáveis perinatais associadas ao óbito neonatal precoce foram determinadas por regressão logística. RESULTADOS: No período, 579 recém-nascidos preencheram os critérios de inclusão. O óbito precoce ocorreu em 92 (16% neonatos, variando entre as unidades de 5 a 31%, e tal diferença persistiu controlando-se por um escore de gravidade clínica (SNAPPE-II. A análise multivariada para o desfecho óbito neonatal intra-hospitalar precoce mostrou associação com: idade gestacional de 23-27 semanas (odds ratio - OR = 5,0; IC95% 2,7-9,4, ausência de hipertensão materna (OR = 1,9; IC95% 1,0-3,7, Apgar 0-6 no 5º minuto (OR = 2,8; IC95% 1,4-5,4, presença de síndrome do desconforto respiratório (OR = 3,1; IC95% 1,4-6,6 e centro em que o paciente nasceu. CONCLUSÃO: Importantes fatores associados ao óbito neonatal precoce em prematuros de muito baixo peso são passíveis de intervenção, como a melhora da vitalidade fetal ao nascer e a diminuição da incidência e gravidade da síndrome do desconforto respiratório. As diferenças de mortalidade encontradas entre os centros apontam para a necessidade de identificar as melhores práticas e adotá-las de maneira uniforme em nosso meio.OBJECTIVE:To evaluate perinatal factors associated with early neonatal death in preterm infants with birth weights (BW of 400-1,500 g. METHODS: A multicenter prospective cohort study of all infants with BW of 400

  1. Factores asociados al bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Georgina J Peraza Roque

    2001-10-01

    Full Text Available El bajo peso al nacer (BPN ha constituido un enigma en la ciencia a través de los tiempos. Múltiples son las investigaciones realizadas acerca de las causas que lo producen y las consecuencias que provoca. Su importancia no solo radica en lo que significa en la morbilidad y la mortalidad infantil, sino que estos niños tienen habitualmente múltiples problemas posteriores. El Programa para la Reducción del BPN señala que los niños nacidos con un peso inferior a los 2 500 g presentan riesgo de mortalidad 14 veces mayor durante el primer año de vida, en comparación con los niños que nacen con un peso normal a término. Dentro de los factores de riesgo del BPN se han encontrado con mayor frecuencia en estudios realizados por diferentes autores, los siguientes: el embarazo en la adolescencia, la desnutrición en la madre, el hábito de fumar, la hipertensión arterial durante el embarazo, la sepsis cervicovaginal, la anemia y los embarazos gemelares, entre otros. Es innegable la influencia que el BPN tiene sobre las futuras generaciones, por lo que debe constituir la diana de los esfuerzos que el médico y la enfermera deben desarrollar en su prevención, sobre todo en la comunidadLow birth weight has been an enigma for Science through times. A lot of research works have been carried out about its causes and consequences. The importance of LBW not only lies in its meaning for infant mortality and morbidity but also in the many problems that low birth weight children regularly face in the future. The program for the reduction of LBW points out that newborns weighing under 2500g have during his/her first year of life a mortality risk 14 times higher than newborns with a normal weight at term. Among the low birth weight risk factors, a number of studies by various authors have frequently found the following; pregnancy at adolescence; undernourishment in mothers, smoking, blood hypertension during pregnancy, cervix-vaginal sepsis; anemia, twin

  2. Peso medido, peso percebido e fatores associados em adolescentes Measured weight, self-perceived weight, and associated factors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cora L. Araújo

    2010-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a autopercepção corporal e o estado nutricional objetivamente medido por meio de peso, altura e pregas cutâneas em adolescentes e avaliar os fatores associados à discordância entre essas duas medidas. MÉTODOS: A amostra incluiu os membros da coorte de nascimentos de 1993 na Cidade de Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, que foram visitados em seus domicílios em 2004 e 2005. O desfecho em estudo resultou da comparação entre o estado nutricional e a percepção que os adolescentes tinham de seu peso corporal, sendo dividido em três categorias: subestimação, concordância e superestimação. As variáveis explanatórias foram sexo, cor da pele, índice de bens, sedentarismo, dieta inadequada, discriminação, regime para emagrecimento e sentimento de bem-estar e opinião do adolescente sobre como os pais percebiam o corpo desse adolescente. Para as análises estatísticas, empregou-se regressão logística multinomial. RESULTADOS: Foram entrevistados 4 452 indivíduos (87,5% da coorte original. A média de idade foi de 11 anos. De acordo com o estado nutricional, 7,1% foram classificados como magros, 69,8% como eutróficos, 11,6% com sobrepeso e 11,6% com obesidade. Com relação ao peso percebido, 19% dos jovens se achavam magros ou muito magros, 56% se sentiam normais quanto ao peso e 25% se consideravam gordos ou muito gordos. A concordância global entre a autopercepção corporal do adolescente e seu estado nutricional foi de 65% (kappa = 0,36. A subestimação foi de 24,9% entre meninos vs. 20,3% entre meninas. A superestimação foi de 15,8 % entre meninas vs. 8,5% entre meninos. CONCLUSÃO: Houve tendência de as meninas superestimarem o seu peso corporal e de os meninos subestimarem o mesmo. Detectou-se também forte associação entre a opinião que os adolescentes acreditam que os pais têm de si e a autopercepção de estado nutricional dos adolescentes.OBJECTIVE: To compare weight self

  3. Ao leitor sem medo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Eisenberg

    2000-05-01

    Full Text Available O texto resenha Ao leitor sem medo, de Renato Janine Ribeiro (Belo Horizonte, UFMG, 1999.This text is a review of Ao leitor sem medo by Renato Janine Ribeiro (Belo Horizonte, UFMG, 1999

  4. Uso do método INSURE versus CPAP nasal isolado em recém-nascidos de muito baixo peso com 30 ou menos semanas de gestação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Saianda

    2010-09-01

    Full Text Available Resumo: Introdução: Pretende-se determinar se a utilização do método INSURE em recém-nascidos de muito baixo peso, com idade gestacional (IG≤30 semanas se associa a menor morbilidade e mortalidade quando comparado com uso de nCPAP isolado. Métodos: Estudo de coorte retrospectiva dos RNMBP nascidos num hospital de apoio perinatal diferenciado entre Janeiro/2002-Agosto/2008. Incluíram-se as crianças registadas na Vermont-Oxford Network com IG ≤30semanas e com uso de nCPAP logo após o nascimento (N=96.Estabeleceu-se Grupo nCPAP – uso de nCPAP isolado (N=40 e Grupo INSURE (N=56. Consideraram-se outcomes precoces: síndroma de dificuldade respiratória (SDR, necessidade de administrar surfactante com intuito terapêutico ou recurso a ventilação invasiva. Compararam-se igualmente outcomes tardios: doença pulmonar crónica da prematuridade (DPC, mortalidade e o outcome composto DPC-mortalidade. Resultados: No grupo INSURE verificou-se menor IG, não se registando diferenças relativamente ao peso ao nascer e indução da maturação pulmonar. Verificou-se SDR em 21/40 (53% casos do grupo nCPAP e em 17/56 (30% casos do grupo INSURE (OR ajustado [IC 95%] – 0,2 [0,1-0,6]. No grupo nCPAP todos estes casos realizaram surfactante com intuito terapêutico, não tendo sido efectuada nenhuma dose adicional de surfactante no grupo INSURE. Verificou-se maior número de casos com necessidade de VI no grupo nCPAP do que no grupo INSURE (11/40, 28% vs 9/56, 12%. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas relativamente aos outcomes tardios. Conclusão: Em RNMBP com IG ≤30sem, o uso isolado de nCPAP poderá traduzir-se numa ligeira desvantagem em outcomes precoces, sem evidentes repercussões em termos de DPC ou mortalidade.Rev Port Pneumol 2010; XVI (5: 779-795 Abstract: Background: Evidence suggests the INSURE strategy (INtubate

  5. O comportamento alimentar de escolares do ensino básico e sua associação com excesso de peso e consumo da alimentação escolar

    OpenAIRE

    Juliana Melo Teruel Biagi Camargo

    2015-01-01

    Resumo: A mudança no padrão de consumo de alimentos e o sedentarismo têm levado ao aumento do excesso de peso da população em todo mundo. Nos países em desenvolvimento, a prevalência do excesso de peso tem aumentado rapidamente, principalmente entre as crianças. No Brasil, as analises das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) tem evidenciado a tendência do aumento do excesso de peso na infância e da diminuição da desnutrição. A obesidade é acompanhada de comorbidades consideradas problemas...

  6. Comportamento do peso do coração e do corpo em chagásicos crônicos com e sem "megas"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hipólito de Oliveira Almeida

    1980-12-01

    Full Text Available O peso do coração é menor nos chagásicos com "megas" do que nos falecidos subitamente ou em I.C.C., sendo, porém, maior que nos controles. Já o peso corporal ésemelhante nos chagásicos falecidos subitamente e nos controles, havendo redução moderada no grupo com I.C.C., e rtiais acentuada nos chagásicos com "megas" (redução de 20% em relação aos controles. A relação percentual peso cardíaco/peso corporal é de 1,1% no grupo com I.C.C.; 0,71% no grupo de morte súbita; 0,77% no grupo com "megas"; 0,49% no grupo controle e 0,60% ne grupo de doenças caquetizantes. Com base nas médias dos pesos cardíacos e corporal dos grupos controle, de doenças caquetizantes e de megas, calculou-se que o emagrecimento ocorrido nos megas reduziria o peso cardíaco médio de apenas 6,8%.

  7. Uso do índice de Kotelchuck modificado na avaliação da assistência pré-natal e sua relação com as características maternas e o peso do recém-nascido no Município do Rio de Janeiro Use of the modified Kotelchuck index in the evaluation of prenatal care and its relationship to maternal characteristics and birth weight in Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Leal

    2004-01-01

    Full Text Available O índice de Kotelchuck (IK foi modificado e utilizado para avaliar a assistência pré-natal prestada no Município do Rio de Janeiro - Brasil, em uma amostra de 9920 puérperas de parto único. Regressões multivariadas logística ordinal (RMLO e linear (RML foram utilizadas para estimar a importância de fatores demográficos, psicossociais e obstétricos no IK modificado e seus efeitos no peso ao nascer (PN, respectivamente. Apenas 38,5% das parturientes do Município do Rio de Janeiro foram classificadas como de cuidado pré-natal adequado ou intensivo. Após ajustamento por outros preditores, mantiveram-se como variáveis explicativas do IK: o nível de instrução, viver com o pai do RN, tentar abortar, diabetes, satisfação com a gravidez, cor da pele, paridade, idade e local de residência. O PN associou-se com o IK modificado, mesmo após o controle de variáveis sociodemográficas, comportamentais e biológicas. A utilização adequada da assistência pré-natal no Município do Rio de Janeiro contribuiu na prevenção do PN e as mães que menos utilizaram os serviços pré-natais têm piores condições socioeducacionais, de apoio familiar e de risco obstétrico.The Kotelchuck index (KI was modified and used to evaluate prenatal care provided in the City of Rio de Janeiro, Brazil, in a sample of 9,920 post-partum women following singleton deliveries. Ordinal logistic regression (OLR and multivariate linear regression (LMR were used to estimate the importance of demographic, psychosocial, and obstetric factors for modified KI and the effects on birth weight (BW, respectively. Only 38.5% of the sample was classified as having received adequate or intensive prenatal care. After adjusting for other predictors, the explanatory variables for KI were: mother's schooling, living with the newborn's father, attempted abortion, diabetes mellitus, satisfaction with pregnancy, skin color, parity, age, and place of residence. BW was associated

  8. Gravidez na adolescência: análise de fatores de risco para baixo peso, prematuridade e cesariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilma Lázara de Almeida Cruz Santos

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi analisar possíveis associações entre a faixa etária materna até 16 anos, com o peso e a idade gestacional do recém-nascido, assim como a ocorrência de cesaria na. Estudo transversal com dados das Declarações de Nascidos Vivos/DN obtidos através do Sistema Nacional de Nascidos Vivos/SINASC, de Feira de Santana, Bahia, Brasil, no período 2006 a 2012. Nas análises, utilizou-se regressão logística, em razão de odds (OR e intervalo de confiança de 95 %, medindo a força de associação entre variáveis, ajustadas aos fatores de confundimento. Os Recém Nascidos de baixo peso e de peso insuficiente mostraram associação significante com a faixa etária materna (< 16 anos; e interação estatística do pré-natal inadequado e cesariana; em gestantes adolescentes com idade abaixo de 16 anos, a cesariana mostrou associação significante com estado civil solteira (OR 1,24, pré-natal inadequado (OR 1,58 e Recém Nascidos de baixo peso (OR 1,34. Os dados sugerem que múltiplos fatores podem interferir no tipo de parto e resultado gestacional de adolescentes em idade muito precoce, apontando a importância de investimentos em políticas e ações direcionadas a esse grupo, considerado de alta vulnerabilidade aos agravos gestacionais e perinatais.

  9. Os efeitos de diferentes pesos de mochila no alinhamento postural de crianças em idade escolar.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian Gerdi Kittel Ries

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar o efeito imediato de diferentes pesos de mochila na postura corporal e avaliar a confiabilidade dessas medidas. Foram avaliados 50 escolares com idades entre oito e 14 anos. Os escolares foram fotografados no plano coronal anterior e sagital, com diferentes cargas relativas ao peso: sem mochila, com o peso habitualmente utilizado, com 10% do peso corporal (PC, 15 % do PC e 20% do PC. Para comparar os ângulos de assimetria da cabeça, de ombros, pélvica, do trocanter, dos joelhos, maleolar, corporal, sagital da cabeça, sagital dos ombros e sagital corporal foi utilizada a Análise de Variância para Medidas Repetidas e o Teste de Friedman. A confiabilidade foi analisada por meio do Coeficiente de Correlação Intraclasse (ICC. Foram observadas diferenças estatisticamente significativas no ângulo sagital cervical (p < .00, no ângulo sagital corporal (p < .00 e no ângulo sagital dos ombros (p < .01 com o aumento da carga. Também obteve-se alta confiabilidade inter-avaliador (ICC entre .83 a .99 para todos os ângulos avaliados nas diferentes posturas (p < .05. Este estudo não sustenta a recomendação de que o peso da mochila não deve exceder 10% do PC, já que cargas inferiores também ocasionaram anteriorização da cabeça e do corpo.

  10. Frequência de excesso de peso em pré-escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Cordeiro de Souza

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a frequência de excesso de peso em pré-escolares. Método: a amostra foi constituída por 151 pré-escolares, sendo 71 do sexo masculino, com idade média de 5±0,1 anos. Para avaliação do estado nutricional, foi avaliado o peso corporal e a estatura, para obtenção do índice de massa corporal (IMC. Na classificação do IMC, utilizou-se como referência as curvas de percentis, recomendado pelo Center for Disease Control and Prevention. Para análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva: média, desvio padrão, frequência percentual e para verificar as diferenças entre os sexos foi utilizado o teste t de Student para amostras independentes. Recorreu-se ao teste qui-quadrado para verificar as diferenças entre as frequências percentuais. Foi adotado um nível de significância estimado em p

  11. Excesso de peso: determinantes sociodemográficos e comportamentais em adultos, Brasil, 2008 Overweight: socio-demographic and behavioral determinants in Brazilian adults, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naíza Nayla Bandeira de Sá

    2011-07-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva conhecer os determinantes sociodemográficos e comportamentais do excesso de peso entre adultos brasileiros, residentes nas capitais de estados e no Distrito Federal, com base em dados do sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico de 2008. A variável dependente foi excesso de peso e as independentes foram as sociodemográficas, as comportamentais e o estado nutricional aos 20 anos. Verificaram-se 44,4% de excesso de peso. Os fatores sociodemográficos associados ao excesso de peso em ambos os sexos foram: maior idade, união conjugal estável, maior escolaridade entre homens e menor entre mulheres. À exceção do excesso de peso aos 20 anos, os fatores comportamentais se associaram com o excesso de peso de modo diferente entre os sexos: no sexo masculino, não ser ativo no tempo livre; no feminino, padrão alimentar ruim e hábito de assistir à televisão. Os determinantes comportamentais do excesso de peso são diferentes para homens e mulheres, demonstrando a necessidade de estratégias diferenciadas.This article aims to identify socio-demographic and behavioral determinants of overweight among Brazilian adults living in State capitals and the Federal District, using data collected by a telephone survey for surveillance of risk and protective factors in 2008. The outcome variable was overweight, and the independent variables were socio-demographics, behavioral factors, and nutritional status at 20 years of age. The overweight rate was 44.4%. Socio-demographic factors associated with overweight were age and marital status (married in both genders, higher schooling in men, and lower schooling in women. With the exception of overweight at 20 years of age, behavioral factors were associated differently with overweight according to gender (leisure-time physical inactivity in males and dietary patterns and watching television among females. The behavioral

  12. Redução do dispêndio energético e excesso de peso corporal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frutuoso Maria Fernanda Petroli

    2003-01-01

    Full Text Available A contemporânea redução no dispêndio energético apresenta-se como fator determinante da atual epidemia de obesidade observada em centros urbanos. Em adolescentes esta modificação intensifica-se quando associada a atividades passivas de lazer, como assistir televisão, brincar com jogos eletrônicos e usar a Internet. Este trabalho procurou analisar a inatividade física e a influência da televisão na prática alimentar de adolescentes, aspectos preditivos ao excesso de peso. Participaram deste estudo 155 indivíduos com média de 11,5 ± 1,43 anos de idade. Os diagnósticos de sobrepeso e obesidade basearam-se no índice de massa corporal para adolescentes. Foram detectadas associações estatisticamente significativas entre apresentar sobrepeso e obesidade e praticar atividades passivas e consumir alimentos em frente à televisão para ambos os sexos. Estes achados mostraram que a inatividade física, associada ao aumento no consumo de alimentos energéticos enquanto assistem televisão ou em decorrência da influência de comerciais de produtos alimentícios por ela veiculados, representa um dos fatores determinantes para o desenvolvimento de peso corporal excessivo durante a adolescência.

  13. O uso de implantes orbitários de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular no reparo de cavidades anoftálmicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Edward Soranz Filho

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Alterações oculares, em especial a perda de volume nas cavidades evisceradas, promovem uma série de modificações ao paciente tanto funcional do órgão quanto psicológica e estética. Para tanto a procura de um material de baixo custo e com biocompatibilidade tem sido uma constante na literatura. Portanto, esse trabalho teve como objetivo testar experimentalmente implante de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular, material de baixo custo, em órbitas de coelhos submetidos à evisceração cirúrgica em vários tempos experimentais, onde foram avaliados aspectos macroscópicos e microscópicose de toxicidade sistêmica do material. MÉTODOS: Para esse estudo foram utilizados coelhos Oryctolaguscuniculus submetidos à evisceração do globo ocular direito e posteriormente implantados com esfera de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular e analisados por 15, 30, 90 e 180 dias pós-implante, com parâmetros macro, microscópios e bioquímicos. Os animais controles foram submetidos ao mesmo procedimento sem, entretanto a colocação do implante. RESULTADOS: Os resultados desse trabalho mostram que o material utilizado no implante de cavidade não apresenta alteração significativa nos parâmetros de peso e bioquímicos quando comparados ao grupo controle. O material implantado apresentou uma grande interação com o tecido do hospedeiro. CONCLUSÃO: Os resultados indicam que implante de polietileno granulado de alto peso molecular desenvolvido por uma indústria nacional tem alto potencial para se realizar testes em humanos.

  14. Efeito da suplementação protéica a pasto sobre consumo de forragens, ganho de peso e condição corporal, em vacas Nelore

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruas José Reinaldo Mendes

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi verificar o efeito da utilização de concentrado protéico, durante a época de verão, sobre consumo de forragem e variação no ganho de peso e no escore da condição corporal após o parto. Foram utilizadas 51 vacas paridas da raça Nelore, distribuídas ao acaso nos seguintes tratamentos: T0 = sem suplementação; T1 = suplementação com 1 kg; e T2 = suplementação com 2 kg de concentrado contendo 40,8% de PB, durante 105 dias. Neste período, foram determinados o escore corporal e o peso. Para determinar o consumo, utilizaram-se o marcador externo óxido de cromo, em dose única diária de 20 g, e o marcador interno FDA indigestível das extrusas, coletadas por meio de fístulas esofágicas. A suplementação não influenciou o consumo de MS de pasto, que ficou em torno de 9,87 kg MS/dia, correspondente a 2,13% do peso vivo, mas o consumo total de MS foi superior nos tratamentos T1 e T2. Escore da condição corporal, ganho de peso diário e peso final das vacas mostraram-se superiores nos animais suplementados em relação aos não-suplementados. Não foi observada diferença entre os pesos das crias ao final do período experimental.

  15. Obesidade na criança e no adolescente: quantas calorias a mais são responsáveis pelo excedente de peso?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helen Rose C. Pereira

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar os principais artigos referentes ao tema desequilíbrio energético e obesidade, a fim de quantificar o excedente energético diário associado ao ganho de peso em crianças e adolescentes. FONTES DE DADOS: Artigos publicados nos últimos dez anos, indexados nas bases de dados eletrônicas Medline (Pubmed e SciELO-Br. Na base de dados Medline, utilizou-se o descritor "energy gap", termo que descreve os valores energéticos associados às modificações no peso corporal em indivíduos ou populações. Na base de dados SciELO-Br, utilizaram-se os descritores "obesidade", "metabolismo energético", "balanço energético" e "desequilíbrio energético", devido ao fato de não terem sido encontrados artigos nacionais que discutissem o assunto "energy gap". SÍNTESE DOS DADOS: Na população infantil, quatro estudos foram realizados e indicam que crianças e adolescentes estão gradualmente ganhando peso devido a um pequeno, mas persistente, balanço energético positivo diário, 70 a 160kcal acima do total calórico adequado para o crescimento. Os valores encontrados sugerem que pequenas modificações nos hábitos diários de alimentação e de atividade física seriam suficientes para evitar futuros ganhos de peso nessa população. CONCLUSÕES: O ganho gradual de peso pode ser explicado por pequena média diária de balanço energético positivo, de 70 a 160kcal acima do total calórico adequado para o crescimento. O incentivo às pequenas modificações nos hábitos alimentares e de atividades físicas que promovam a redução de 160kcal diárias pode ser uma prática acessível, a fim de barrar o ganho de peso nessa população.

  16. Microbial contamination in 20-peso banknotes in Monterrey, Mexico.

    Science.gov (United States)

    Rocha-Gámez, Judith; Tejeda-Villarreal, Paula Nelly; Macías-Cárdenas, Patricia; Canizales-Oviedo, Jorge; Garza-González, Elvira; Ramírez-Villarreal, Elsa Guadalupe

    2012-09-01

    The authors' aim was to isolate and identify bacteria or yeast that may be present on the surface of 20-peso banknotes from the metropolitan area of Monterrey, Mexico. They randomly studied a total of 70 20-peso banknotes for the presence of bacteria and species of Candida by conventional methods. Out of the 70 banknotes, 48 (69%) were found to be contaminated. The most prevalent species observed was Candida kruseii (19 bills, 27%) followed by Burkholderia cepacia (9 bills, 13%); 22 (31%) bills showed no growth. Of the 48 contaminated bills, four (5.7%) yielded bacteria considered pathogenic and the other 44 bills (63%) yielded bacteria considered potentially pathogenic. Eleven bills showed more than one microbial species. The results of the authors' study show that contamination occurs on paper currency in the metropolitan area of Monterrey. The authors' findings provide evidence that currency banknotes may represent a threat to human health.

  17. Validação da curva normal de peso fetal estimado pela ultra-sonografia para o diagnóstico do peso neonatal Validity of the normal fetal weight curve estimated by ultrasound for diagnosis of neonatal weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a concordância entre o peso fetal estimado (PFE por ultra-sonografia e o neonatal, o desempenho da curva normal de PFE por idade gestacional no diagnóstico de desvios do peso fetal/neonatal e fatores associados. MÉTODOS: participaram do estudo 186 grávidas atendidas de novembro de 1998 a janeiro de 2000, com avaliação ultra-sonográfica até 3 dias antes do parto, determinação do PFE e do índice de líquido amniótico e parto na instituição. O PFE foi calculado e classificado de acordo com a curva de valores normais de PFE em: pequeno para a idade gestacional (PIG, adequado para a idade gestacional (AIG e grande para a idade gestacional (GIG. A mesma classificação foi feita para o peso neonatal. A variabilidade das medidas e o grau de correlação linear entre o PFE e o peso neonatal foram calculados, bem como a sensibilidade, especificidade e valores preditivos para o uso da curva de valores normais de PFE para o diagnóstico dos desvios do peso neonatal. RESULTADOS: diferença entre o PFE e o peso neonatal variou entre -540 e +594 g, com média de +47,1 g, e as duas medidas apresentaram um coeficiente de correlação linear de 0,94. A curva normal de PFE teve sensibilidade de 100% e especificidade de 90,5% em detectar PIG ao nascimento, e de 94,4 e 92,8%, respectivamente, em detectar GIG, porém os valores preditivos positivos foram baixos para ambos. CONCLUSÕES: a estimativa ultra-sonográfica do peso fetal foi concordante com o peso neonatal, superestimando-o em apenas cerca de 47 g e a curva do PFE teve bom desempenho no rastreamento diagnóstico de recém-nascidos PIG e GIG.PURPOSE: tocompare the ultrasound estimation of fetal weight (EFW with neonatal weight and to evaluate the performance of the normal EFW curve according to gestational age for the diagnosis of fetal/neonatal weight deviation and associated factors. METHODS: one hundred and eighty-six pregnant women who delivered at the institution from

  18. Factores de riesgo en el bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Díaz Alonso

    Full Text Available Se realizó un estudio retrospectivo de tipo caso control en el área del Policlínico Docente "Luis A. Turcios Lima" del municipio 10 de Octubre durante el período de 1990 a 1993, con el objetivo de identificar el comportamiento del bajo peso al nacer, establecer la existencia y la intensidad de esta entidad con los factores de riesgo seleccionados, e identificar el grado de influencia individual de dichos factores. La muestra quedó conformada por 92 recién nacidos de bajo peso y 468 con normopeso. Las variables estudiadas fueron la edad materna, la valoración ponderal, las complicaciones obstétricas, las enfermedades asociadas con la gestación, el hábito de fumar y el período intergenésico. Se aplicó el test chi-cuadrado, el odds- -ratio y el de riesgo atribuible en los nacimientos expuestos y en la población total. Todas las variables estuvieron asociadas significativamente con el bajo peso al nacer, y fueron identificadas como factores de riesgo con influencia marcada: la edad materna de 35 años o más, la amenaza de parto prematuro, la rotura prematura de membranas, la toxemia y la diabetes mellitus; con efecto moderado, el bajo peso materno, un período intergenésico menor de 1 año, la hipertensión arterial, el asma bronquial, el hábito de fumar, la sepsis urinaria, y con influencia ligera, la edad materna inferior a los 20 años.

  19. Análise comparativa do peso específico dos tratores agrícolas fabricados no Brasil e seus efeitos sobre a seleção e uso

    OpenAIRE

    Schlosser José Fernando; Debiasi Henrique; Willes Jorge Alex; Machado Otávio Dias da C.

    2005-01-01

    O peso do trator influi diretamente na recomendação e no seu desempenho a campo. Esta variável é, muitas vezes, característica do fabricante, induzindo a necessidade de informações comparativas entre os modelos. O objetivo deste trabalho foi estudar os tratores agrícolas brasileiros no que se refere ao peso, visando obter dados que auxiliem na seleção e no seu uso adequado. O levantamento englobou 103 modelos de tratores comerciais das marcas Massey Ferguson, Agrale, New Holland, John Deere, ...

  20. Estudo do peso do recém-nascido, faixa etária da mãe e tipo de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Ferreira dos Santos

    2001-09-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo estudar o peso do recém-nascido, a faixa etária da mãe e o tipo de parto ocorrido em Maternidades de Rio Branco - Acre - Brasil, no período de 1994 a 1996. Como resultado 73,8% nasceram de parto normal e 25,5% por cesariana. Por outro lado 5,4% dos partos foram por adolescentes na faixa etária de 10-14 anos Com relação ao peso, 84,6% estavam dentro do normal, 7,4% abaixo e 6,6% acima. Vale ressaltar o registro de peso, idade e sexo como sendo ignorados, o que demonstram falhas nos registros. Concluindo destacamos a importância da assistência no período pré-natal, proporcionando atenção ao binômio mãe-filho, além de maior empenho por parte da Direção das Maternidades e das Chefias de Enfermagem na produção e análise dos dados.

  1. Excesso de peso e gordura abdominal para a síndrome metabólica em nipo-brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lerario Daniel D G

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: A obesidade, especialmente de distribuição abdominal, associa-se a fatores de risco cardiovasculares como a dislipidemia, a hipertensão arterial (HA e o diabetes mellitus (DM. A importância desses fatores em nipo-brasileiros foi previamente demonstrada, apesar de a obesidade não ser característica marcante dos migrantes japoneses. Realizou-se estudo com o objetivo de avaliar a prevalência de excesso de peso e a adiposidade central (AC em nipo-brasileiros e suas relações com distúrbios metabólicos. MÉTODOS: A amostra incluiu 530 nipo-brasileiros (40-79 anos de primeira e segunda gerações, submetidos a medidas antropométricas de pressão arterial, perfil lipídico e teste oral de tolerância à glicose. A prevalência (por ponto e intervalo de confiança de excesso de peso foi calculada pelo valor de corte >26,4 kg/m². O diagnóstico de AC foi baseado na razão entre as circunferências da cintura e do quadril (RCQ, sendo que valores > ou = 0,85 e > ou = 0,95, para mulheres e homens, respectivamente, firmavam esse diagnóstico. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 22,4% (IC95%-- 20,6-28,1, e a de AC, de 67,0% (IC95% -- 63,1-70,9. Além de maiores prevalências de DM, HA e dislipidemia, estratificando-se pelo índice de massa corporal (IMC e RCQ, indivíduos com excesso de peso e adiposidade central apresentaram pior perfil metabólico: a pressão arterial foi significantemente maior naqueles com excesso de peso, sem e com AC; indivíduos com AC apresentaram maiores índices de glicemia, triglicerídeos, colesterol total e LDL e menor HDL quando comparados aos sem excesso de peso e sem AC; a insulinemia de jejum foi significantemente maior em indivíduos com excesso de peso (sem e com AC do que naqueles sem excesso de peso e sem AC. CONCLUSÃO: A comparação de subgrupos com e sem adiposidade central foi compatível com a hipótese de que a deposição abdominal de gordura representa fator de risco para

  2. Excesso de peso e gordura abdominal para a síndrome metabólica em nipo-brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel D G Lerario

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: A obesidade, especialmente de distribuição abdominal, associa-se a fatores de risco cardiovasculares como a dislipidemia, a hipertensão arterial (HA e o diabetes mellitus (DM. A importância desses fatores em nipo-brasileiros foi previamente demonstrada, apesar de a obesidade não ser característica marcante dos migrantes japoneses. Realizou-se estudo com o objetivo de avaliar a prevalência de excesso de peso e a adiposidade central (AC em nipo-brasileiros e suas relações com distúrbios metabólicos. MÉTODOS: A amostra incluiu 530 nipo-brasileiros (40-79 anos de primeira e segunda gerações, submetidos a medidas antropométricas de pressão arterial, perfil lipídico e teste oral de tolerância à glicose. A prevalência (por ponto e intervalo de confiança de excesso de peso foi calculada pelo valor de corte >26,4 kg/m². O diagnóstico de AC foi baseado na razão entre as circunferências da cintura e do quadril (RCQ, sendo que valores > ou = 0,85 e > ou = 0,95, para mulheres e homens, respectivamente, firmavam esse diagnóstico. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 22,4% (IC95%-- 20,6-28,1, e a de AC, de 67,0% (IC95% -- 63,1-70,9. Além de maiores prevalências de DM, HA e dislipidemia, estratificando-se pelo índice de massa corporal (IMC e RCQ, indivíduos com excesso de peso e adiposidade central apresentaram pior perfil metabólico: a pressão arterial foi significantemente maior naqueles com excesso de peso, sem e com AC; indivíduos com AC apresentaram maiores índices de glicemia, triglicerídeos, colesterol total e LDL e menor HDL quando comparados aos sem excesso de peso e sem AC; a insulinemia de jejum foi significantemente maior em indivíduos com excesso de peso (sem e com AC do que naqueles sem excesso de peso e sem AC. CONCLUSÃO: A comparação de subgrupos com e sem adiposidade central foi compatível com a hipótese de que a deposição abdominal de gordura representa fator de risco para

  3. Atividade física de gestantes e desfechos ao recém-nascido: revisão sistemática Actividad física de embarazadas y efectos en el recién-nacido: revisión sistemática Physical activity by pregnant women and outcomes for newborns: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monica Yuri Takito

    2009-12-01

    Full Text Available Revisão sistemática com o objetivo de analisar a atividade física cotidiana durante a gestação e os desfechos de peso ao nascer, prematuridade e restrição de crescimento intra-uterino. De 52 artigos indexados no Medline, foram incluídos 22 que apresentaram melhor qualidade metodológica. Entre os 22 artigos analisados, apenas dois não detectaram associação significativa da atividade física com os desfechos estudados. Houve grande variabilidade quanto aos indicadores da atividade física materna, envolvendo atividades ocupacionais, domésticas, no lazer e para locomoção de maneira global ou parcial. Entre dez que mensuraram a atividade física cotidiana global, apenas um artigo não encontrou associação. Os resultados apóiam a hipótese de que tanto o excesso quanto o déficit de atividade física exercem influência negativa sobre os desfechos da gestação.Revisión sistemática con el objetivo de analizar la actividad física cotidiana durante la gestación y los efectos en el peso al nacer, prematurez y restricción de crecimiento intrauterino. De 52 artículos indexados en Medline, fueron incluidos 22 que presentaron mejor calidad metodológica. Entre los 22 artículos analizados, sólo dos no detectaron asociación significativa de la actividad física con los efectos estudiados. Hubo gran variabilidad con relación a los indicadores de la actividad física materna, envolviendo actividades ocupacionales, domésticas, en el ocio y para locomoción de manera global o parcial. Entre diez que midieron la actividad física cotidiana global, sólo un artículo no encontró asociación. Los resultados apoyan la hipótesis de que tanto el exceso como el déficit de actividad física ejercen influencia negativa sobre los resultados de la gestación.A systematic review was carried out aiming at analyzing daily physical activity during pregnancy and the outcomes of birth weight, prematurity, and intrauterine growth restriction. Of 52

  4. Peso y talla en niños con retinoblastoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Ridaura-Sanz

    2015-03-01

    Full Text Available Introducción: la talla baja se ha descrito como característica clínica de niños con retinoblastoma. Esta particularidad puede estar relacionada directamente con la enfermedad de base o con factores externos.  Objetivo: el propósito de esta investigación fue conocer la frecuencia de talla y peso bajos en niños mexicanos con retinoblastoma y correlacionar los valores antropométricos con variables de la enfermedad y ambientales. Materiales y métodos: se analizaron expedientes clínicos de 346 pacientes con retinoblastoma. Se obtuvieron los datos de peso y talla referidos al ingreso; antes del tratamiento. Se comparó el valor de Z con las referencias de la distribución normal de la población mexicana. La asociación de las medidas antropométricas con las variables clínicas, sociales y genéticas se estableció con la prueba de c2. Resultados: la talla y el peso promedio de los niños con retinoblastoma fueron significativamente más bajos que los de la población general (p < 0.001 y p = 0.013, respectivamente. La talla y peso bajos fueron más frecuentes en niños con enfermedad avanzada, provenientes de medio rural y de bajo nivel socioeconómico. Conclusiones: los déficits en peso y talla en niños con retinoblastoma se deben a factores relacionados con enfermedad avanzada al momento del diagnóstico, lo cual a su vez es consecuencia de la situación de marginación de la población rural mexicana. Dado que la mayoría de las variables sociales y ambientales están muy relacionadas y que no podemos descartar posibles factores genéticos, las conclusiones de este estudio deben verificarse analizando las medidas de los padres y hermanos y establecer grupos comparativos para controlar las variables confusas.

  5. NÃveis de isoleucina digestÃvel para suÃnos machos castrados dos 15 aos 30 kg

    OpenAIRE

    Doglas Batista Lazzeri

    2011-01-01

    Com o objetivo de determinar a exigÃncia de isoleucina digestÃvel para suÃnos machos castrados dos 15 aos 30 kg de peso vivo, foram realizados dois experimentos, um de digestibilidade e outro de desempenho. Para determinar o coeficiente de digestibilidade ileal dos aminoÃcidos da raÃÃo basal, foram utilizados 10 suÃnos, machos castrados, mestiÃos, com peso mÃdio inicial de 15,00Â0,27 kg, alojados individualmente em gaiolas de metabolismo, em um delineamento inteiramente ao acaso, com dois tra...

  6. Desempenho de Novilhos Red Angus Superprecoces, Confinados e Abatidos com Diferentes Pesos Feedlot Performance of Young Red Angus Steers Slaughtered at Different Body Weights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Castro da Costa

    2002-02-01

    Full Text Available Foi avaliado o desempenho em confinamento de machos Red Angus confinados a partir dos oito meses de idade, quando apresentavam peso vivo médio de 189 kg, até atingirem os seguintes pesos pré-determinados (PA: 340, 370, 400 e 430 kg. O número de dias necessários para atingir os respectivos pesos foram de 114, 144, 168 e 209 dias, com 12, 13, 14 e 15 meses de idade. Os animais foram alimentados com uma dieta contendo 13,13% de proteína bruta e relação volumoso (silagem de milho:concentrado de 56:44. O ganho de peso médio diário foi de 1,32; 1,27; 1,23; e 1,15 kg respectivamente. O consumo médio diário de matéria seca (CMS, expresso em kg/dia/animal e por peso metabólico, não apresentou relação significativa com o peso de abate. Quando o CMS foi expresso por 100 kg de peso vivo, houve queda linear (CMS/100 kg PV= 3,599 - 0,003152PA em relação ao aumento do peso de abate. O estado corporal melhorou linearmente com o aumento do peso de abate (ECF= 0,159 + 0,0103PA, enquanto a conversão alimentar piorou (CAMS= 1,585 + 0,01019PA, porém a mesma pode ser considerada muito boa, sendo, respectivamente, de 5,09; 5,35; 5,55; e 6,04 kg de MS/kg de ganho de peso. Foi estimado, por intermédio da equação de regressão, que, para atender o peso de carcaça e a gordura de cobertura mínimos exigidos, o peso de abate deveria ser de 337 e 327 kg, respectivamente.The feedlot performance of Red Angus steers, with initial age of eight months and 189 kg of initial live weight, fed to reach the slaughter weight (SW of 340, 370, 400 or 430 kg, was evaluated. The number of days to reach the respective weight was 114, 144, 168 and 209 days, with 12, 13, 14 and 15 months of age. The animals were fed with a 13.13% crude protein diet, and roughage:concentrate ratio of 56:44. The average daily gain was 1.32, 1.27, 1.23 and 1.15 kg, respectively. Dry matter intake (DMI expressed in kg/day/animal and metabolic weight, did not show significant relation with

  7. Morfologia e Crescimento dos 6 aos 10 anos de idade em Viana do Castelo, Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Paulo Rodrigues

    2008-09-01

    Full Text Available Ao longo de quatro anos, o Estudo Morfofuncional da Criança Vianense observou 1911 crianças entre os 6e os 10 anos de idade, resultando em 4064 observações individuais(2054 de raparigas, 2006 de rapazes.Os resultados encontrados nos indicadores morfológicos simples(altura, peso, pregas adiposas, diâmetros ósseos e perímetros muscularese no somatótipo, são descritos normativamente (valores percentílicose comparados com outros estudos nacionais e internacionais. As crianças vianenses demonstraram possuir uma estatura média ligeiramente superior às reportadas nos estudos portugueses e um ritmo de crescimento diferente das norte-americanas; peso semelhante ao das congéneres nacionais mas inferior ao das EUA; valores de pregas adiposas geralmente inferiores aos encontrados em Portugal e EUA; perímetros musculares e diâmetros ósseos semelhantes aos seus pares portugueses; e uma tendência para o aumento, com a idade, do ectomorfismo nos rapazes e do endomorfismo em ambos os sexos. Este panorama parece indicar que as crianças vianenses apresentam características de aptidão morfologia que estão longe de espelhar as preocupações internacionais nesta matéria.

  8. El peso corporal y su influencia en la infertilidad femenina

    OpenAIRE

    Alonso Pérez, Andrea

    2017-01-01

    Las técnicas de reproducción asistida humana son cada vez más frecuentes debido al crecimiento de la tasa de infertilidad en nuestra sociedad. Una de las causas de este aumento en los problemas de fertilidad se debe a la adopción de malos hábitos de vida, incrementando así el número de personas con malnutrición, ya sea por exceso en el caso de la obesidad o por defecto en el caso de la anorexia. Tanto el sobrepeso o la obesidad como un peso por debajo de lo debido, tiene repercusiones en e...

  9. Immigration and Wage Dynamics: Evidence from the Mexican Peso Crisis

    OpenAIRE

    Monras , Joan

    2015-01-01

    How does the US labor market absorb low-skilled immigration? I address this question using the 1995 Mexican Peso Crisis, an exogenous push factor that raised Mexican migration to the US. In the short run, high-immigration states see their low-skilled labor force increase and native low-skilled wages decrease, with an implied local labor demand elasticity of -.7. Internal relocation dissipates this shock spatially. In the long run, the only lasting consequences are for low-skilled natives who ...

  10. Perfil e processo da assistência prestada ao recém-nascido de risco no Sul do Brasil Profile and process of the care provided to high-risk newborns in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Augusto de Melo

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar os recém-nascidos (RN de risco e verificar o processo de assistência dispensado pelo Programa de Vigilância ao Recém-nascido de Risco do município de Maringá, PR. METODOLOGIA: Os dados foram coletados dos prontuários e das Fichas de Acompanhamento de uma amostragem estratificada composta por 505 RN de risco nascidos em 2007. As variáveis maternas, neonatais e assistenciais foram analisadas descritivamente utilizando o software Statistica 7.1. RESULTADOS: O Programa considerou somente os riscos biológicos como critério de inclusão, podendo os mesmos estar isolados (63,2% ou associados entre si (36,8%. Sobre as mães, 71,5% eram adultas, 78,2% com escolaridade > 8 anos de estudo, 57,2% sem companheiro, 55,3% com ocupação não remunerada, 69,5% com > 6 consultas pré-natal, 87,3% de gravidez única e 65,4% realizaram parto cesáreo. Sobre os RN de risco, 51% eram masculinos, 50,3% com baixo peso ao nascer, 51,5% a termo, 95,8% sem anomalias congênitas e 90,3% com Apgar > 7 no 5º minuto. Sobre a assistência prestada às crianças de risco 69,5% foram acompanhadas pelo Programa, 71% dos prontuários foram localizados, 82,6% com nenhuma visita domiciliar, 8,9% receberam > 12 consultas médicas, 33,1% não receberam nenhuma orientação, 5,8% foram hospitalizados, 18,7% apresentaram > 12 pesagens, e 19,8% apresentaram registro de imunização completa. CONCLUSÃO: Faz-se necessário reorganizar a atenção básica que assegure a integralidade da assistência e à continuidade do acompanhamento do desenvolvimento e crescimento biopsicossocial da criança de risco.OBJECTIVE: To describe newborns at risk and check the process of care provided by the High Risk Newborn Surveillance Program in Maringá-PR. METHODS: Data were collected from medical records and monitoring sheets of a stratified sample consisting of 505 newborns at risk, born in 2007. Maternal and neonatal care were analyzed descriptively using Statistica

  11. MÉTODOS DE ESTIMATIVA DE PESO E ALTURA NA AVALIAÇÃO DE DESNUTRIÇÃO DE PACIENTES COM CÂNCER

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Alvares Duarte Bonini CAMPOS

    2012-12-01

    Full Text Available Calcular as medidas reais e estimadas de peso e altura em pacientes oncológicos, avaliar a correlação e a concordância destas medidas e identificar os pacientes desnutridos. Participaram 62 pacientes oncológicos, atendidos no Hospital Amaral Carvalho (Jaú-SP. Para classificação do estado nutricional, utilizou-se a Avaliação Subjetiva Global – Produzida Pelo Paciente, o Índice de Massa Corporal e as relações com peso habitual. Para o peso estimado, utilizou-se o algoritmo proposto por Chumlea et al.8 e para altura estimada, as equações proposta por Chumlea et al.7 e por Kwok & Whitelaw.24 Calculou-se o Coeficiente de Correlação de Pearson e Coeficiente de Correlação Intraclasse e realizou-se regressão linear simples. Para comparar a presença de desnutrição detectada pelos diferentes métodos, utilizou-se o teste Q de Cochran. Observou-se correlação forte e significativa entre o peso real e o estimado (r=0,95, IC95%=0,92-0,97, p<0,001 e concordância excelente (ρ=0,95. Para as medidas de altura, observouse correlação significativa entre a medida real e estimada pelo método Chumlea et al.7 (r=0,78, IC95%=0,66-0,86, p<0,001 e Kwok & Whitelaw24 (r=0,85, IC95%: 0,75-0,90, p<0,001. A concordância foi “Boa” (ρ=0,72 e “Moderada” (ρ=0,67 entre a altura real e estimada por Chumlea et al.7 e Kwok & Whitelaw,24 respectivamente. Houve forte correlação entre as medidas reais e estimadas de peso e altura. A reprodutibilidade da equação proposta por Chumlea et al.7 para o cálculo da altura foi melhor. Quanto ao estado nutricional, os pacientes classificados como desnutridos foi maior ao se utilizar a Avaliação Subjetiva Global – Produzida Pelo Paciente e as relações com peso habitual.

  12. Uso do método INSURE versus CPAP nasal isolado em recém-nascidos de muito baixo peso com 30 ou menos semanas de gestação Early nasal continuous positive airway pressure versus INSURE in VLBW neonates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Saianda

    2010-09-01

    Full Text Available Introdução: Pretende-se determinar se a utilização do método INSURE em recém-nascidos de muito baixo peso, com idade gestacional (IG ≤ 30 semanas se associa a menor morbilidade e mortalidade quando comparado com uso de nCPAP isolado. Métodos: Estudo de coorte retrospectiva dos RNMBP nascidos num hospital de apoio perinatal diferenciado entre Janeiro/2002-Agosto/2008. Incluíram-se as crianças registadas na Vermont-Oxford Network com IG ≤30semanas e com uso de nCPAP logo após o nascimento (N=96. Estabeleceu-se Grupo nCPAP - uso de nCPAP isolado (N=40 e Grupo INSURE (N=56. Consideraram-se outcomes precoces: síndroma de dificuldade respiratória (SDR, necessidade de administrar surfactante com intuito terapêutico ou recurso a ventilação invasiva. Compararam-se igualmente outcomes tardios: doença pulmonar crónica da prematuridade (DPC, mortalidade e o outcome composto DPC-mortalidade. Resultados: No grupo INSURE verificou-se menor IG, não se registando diferenças relativamente ao peso ao nascer e indução da maturação pulmonar. Verificou-se SDR em 21/40 (53% casos do grupo nCPAP e em 17/56 (30% casos do grupo INSURE (OR ajustado [IC 95%] - 0,2 [0,1 -0,6]. No grupo nCPAP todos estes casos realizaram surfactante com intuito terapêutico, não tendo sido efectuada nenhuma dose adicional de surfactante no grupo INSURE. Verificou-se maior número de casos com necessidade de VI no grupo nCPAP do que no grupo INSURE (11/40, 28% vs 9/56, 12%. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas relativamente aos outcomes tardios. Conclusão: Em RNMBP com IG ≤30sem, o uso isolado de nCPAP poderá traduzir-se numa ligeira desvantagem em outcomes precoces, sem evidentes repercussões em termos de DPC ou mortalidade.Background: Evidence suggests the INSURE strategy (INtubate-SURfactant administration and Extubate to nasal continuous positive airway pressure [nCPAP] is superior to mechanical ventilation (MV with rescue

  13. Heterosis para el peso y la ganancia de peso desde el nacimiento hasta los 18 meses en el cruce de bovinos aberdeen angus por cebú.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arango Ulloa Astrid Johanna

    2000-06-01

    Full Text Available En la presente investigación se tuvieron en cuenta 2032 observaciones para el análisis de peso al nacimiento, ganancia predestete y peso al destete y 603 para ganancia de peso posdestete y peso a los 18 meses, de machos y hembras nacidas entre 1994 y 1996 en la "Hacienda Cuba", localizada en el municipio de Montelíbano, departamento de Córboba. Para determinar la influencia de los diferentes factores genéticos y no genéticos sobre las variables estudiadas, se utilizó el programa de mínimos cuadrados de Harvey (1988. En los modelos para el peso al nacimiento, ganancia diaria predestete, peso al destete, ganancia diaria posdestete y peso a los 18 meses fueron considerados los siguientes factores: año de nacimiento, época de nacimiento, grupo genético de la cría, (Aberdeen Angus x Cebú y Cebú Comercial,sexo de la cría, mes de destete, época de destete, año de destete, mes de pesaje a los 18 meses. Según el modelo estudiado se tuvieron en cuenta como variables al destete, el peso al nacimiento y el peso ajustado al destete. La mayor parte de los factores no genéticos tuvieron efecto significativo (P<0,05, no siendo significativa la época de destete para el modelo de peso a los 18 meses.

  14. Factores de riesgo del bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernesto Rosell Juarte

    1996-06-01

    Full Text Available Se realizó una investigación de casos y controles en las mujeres que parieron niños con bajo peso, de los consultorios urbanos de médicos de la familia pertenecientes al Policlínico Comunitario Docente "Carlos J. Finlay" de Camagüey, durante el año 1994, con el objetivo de identificar los factores de riesgo biológico y socioeconómicos que con más frecuencia se asociaron; se estudiaron 32 "casos" y 53 "controles" de un universo de 521 nacidos vivos. Se demostró que la edad materna hasta 19 años y de 35 y más, la ganancia insuficiente de peso durante la gestación, el antecedente familiar de prematuridad, la amenaza de parto pretérmino y la ruptura prematura de las membranas, resultaron ser factores de riesgo, y esto no coincide con lo reportado por algunos autores en la evaluación de otros factores asociados.

  15. Efeitos do consumo de amendoim com diferentes teores de ácido graxo oléico na permeabilidade intestinal e endotoxemia em homens com excesso de peso

    OpenAIRE

    Moreira, Ana Paula Boroni

    2013-01-01

    O consumo de amendoim tem sido relacionado a inúmeros benefícios à saúde. A frequência de consumo de amendoim tem se associado inversamente ao índice de massa corporal (IMC) e risco de obesidade. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do consumo de uma dieta hipocalórica contendo ou não amendoim na permeabilidade intestinal e na concentração de lipopolissacarídeo (LPS) plasmático. Homens com excesso de peso (IMC entre 26-35 kg/m2) e idade entre 18-50 anos foram aleatoriamente alocados...

  16. Factores de riesgo de bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Bortman

    1998-05-01

    Full Text Available El bajo peso al nacer (BPN es el principal factor determinante conocido de la mortalidad infantil. Pese a la notable reducción de las tasas de mortalidad infantil y al aumento de las tasas de supervivencia de niños con BPN, en Neuquén, Argentina, no se han observado descensos notables de las tasas de BPN. El propósito de este estudio fue conocer los factores de riesgo de BPN, su frecuencia en la población y el papel de la atención prenatal en su prevención, y desarrollar una escala de riesgo que permita identificar a las mujeres en mayor riesgo de dar a luz un niño de bajo peso. Con tal propósito se realizó un estudio transversal en el cual se utilizó 50% de los datos del Sistema Informático Perinatal correspondientes al período 1988­1995 y procedentes de los 29 hospitales de la provincia de Neuquén (46 171 nacimientos. Se analizaron la distribución del peso y la frecuencia de los posibles factores de riesgo de BPN. La asociación entre estos factores y el BPN se analizó mediante un modelo de regresión logística. Con los resultados obtenidos se desarrolló una escala aditiva, que fue validada con el 50% restante de los registros de nacimientos. La razón de posibilidades (RP más elevada correspondió a la falta de atención prenatal (RP = 8,78; IC95%: 6,7 a 11,4. Las RP asociadas con una atención prenatal inadecuada, una primera consulta prenatal tardía, preeclampsia o eclampsia, hemorragia o anomalías de la placenta o sus membranas e historia de un hijo previo con BPN fueron mayores de 2,0. El riesgo de tener hijos con BPN también fue más alto en las mujeres mayores de 40 años, las menores de 20, las solteras, las fumadoras, aquellas cuyo intervalo intergenésico fue menor de 18 meses y las que tenían un índice de masa corporal menor de 20. Por último, se encontró una relación lineal directa entre el puntaje en la escala y el riesgo de tener un hijo con BPN.

  17. Consumo de micronutrientes e excesso de peso: existe relação?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luisa Marcucci Leão

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O incremento da obesidade nas últimas décadas se associa às mudanças nos modos de vida da população, incluindo amplas alterações dietéticas, sobretudo na ingestão de micronutrientes. OBJETIVO: Descrever o consumo de micronutrientes e revisar sua implicação no estado nutricional. MÉTODOS: Realizou-se levantamento bibliográfico contemplando artigos nacionais e internacionais, publicados nos últimos 11 anos, nas bases de dados SciELO, LILACS, Medline e sites de organizações governamentais, usando como descritores: "micronutrientes", "consumo alimentar", "excesso de peso" , "saúde" e "estado nutricional" e suas traduções em inglês. RESULTADOS: A deficiência no consumo de micronutrientes é um problema de saúde global, atingindo cerca de 2 bilhões de pessoas, e parece se associar com maior risco de doenças e agravos não transmissíveis, incluindo a obesidade. A insuficiente ingestão de vitamina A favorece o excesso de peso por alteração no metabolismo da tireóide, enquanto a vitamina C se relaciona à síntese de carnitina e oxidação da gordura; e a vitamina D favorece o controle da saciedade e do gasto energético. Quanto aos minerais, o cálcio auxilia a regulação da termogênese e lipogênese/lipólise; e o zinco está envolvido na regulação de insulina e leptina. CONCLUSÃO: A promoção de hábitos alimentares saudáveis por meio de práticas educativas se faz necessária para maior conscientização da população acerca das implicações do consumo de micronutrientes no estado nutricional, devendo compor as estratégias de Saúde Pública de controle da obesidade e suas complicações.

  18. Carta ao Leitor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Editorial Editorial

    2014-02-01

    Full Text Available ApresentaçãoO Centro de Educação a Distância – CEAD/Unimontes foi inaugurado em 2011 em histórico de ricas experiências vivenciadas pela Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes ao longo de 15 anos.Uma jornada de esforços conjuntos e uma estima apaixonada pela educação e pelo conheci-mento científico carecia, em seu núcleo, de uma plataforma que reunisse todas as perspectivas constitutivas de sua história e finalidade. Um anseio crescente da instituição que se desdobra e desdobrará em produtos e iniciativas de fomento em pesquisa. Em 2012, como fruto gerado di-retamente do âmago dessas necessidades unidas ao cenário nacional de valorização crescente da pesquisa científica, surge a Revista Multitexto.A Revista Multitexto nasce como um periódico em movimento. São contribuições de aborda-gens múltiplas num ensejo genuíno e único de progressão científica em pesquisa. Um marco para os estudos na área de ensino a distância numa oferta interdisciplinar. Unidade na diversidade: a grande proposta da revista. Espaço aberto para pesquisadores e entusiastas. Multipliquem-se os multitextos em contribuições múltiplas.Sobre a Revista MultitextoPublicação semestral do Centro de Educação a Distância da Universidade Estadual de Montes Claros – CEAD/Unimontes, que contribui na área de conhecimento produzida pelas fenomenologias e áreas correlatas em Educação a Distância, com foco interdisciplinar. Aberta em 2012, a Revista Multitexto recebe colaborações de pesquisadores em ensino a dis-tância e demais áreas. É meta referencial da revista abordar questões conceituais e metodológicas, bem como, os desenvolvimentos da pesquisa, aplicada ou teórica, na área de educação à distância (EAD; difundir a produção científica de pesquisadores da área de educação à distância (EAD, inseridos em Institutos de pesquisa e de educação superior no Brasil; propiciar um espaço para o

  19. Factores de riesgo en el bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Díaz Alonso

    1995-06-01

    Full Text Available Se realizó un estudio retrospectivo de tipo caso control en el área del Policlínico Docente "Luis A. Turcios Lima" del municipio 10 de Octubre durante el período de 1990 a 1993, con el objetivo de identificar el comportamiento del bajo peso al nacer, establecer la existencia y la intensidad de esta entidad con los factores de riesgo seleccionados, e identificar el grado de influencia individual de dichos factores. La muestra quedó conformada por 92 recién nacidos de bajo peso y 468 con normopeso. Las variables estudiadas fueron la edad materna, la valoración ponderal, las complicaciones obstétricas, las enfermedades asociadas con la gestación, el hábito de fumar y el período intergenésico. Se aplicó el test chi-cuadrado, el odds- -ratio y el de riesgo atribuible en los nacimientos expuestos y en la población total. Todas las variables estuvieron asociadas significativamente con el bajo peso al nacer, y fueron identificadas como factores de riesgo con influencia marcada: la edad materna de 35 años o más, la amenaza de parto prematuro, la rotura prematura de membranas, la toxemia y la diabetes mellitus; con efecto moderado, el bajo peso materno, un período intergenésico menor de 1 año, la hipertensión arterial, el asma bronquial, el hábito de fumar, la sepsis urinaria, y con influencia ligera, la edad materna inferior a los 20 años.A case-control retrospective study was carried out at "Luis A. Turcios Lima" Teaching Polyclinics form 10 de Octubre municipality during the period of 1990-1993, with the aim of identifying the behaviour of low birth weight, establishing the occurrence and intensity of this entity with selected risk factors, and identifying the degree of individual influence of such factors. The sample consisted of 92 low birth weight infants and 468 with normal weight. Variables studied were: maternal age, weight appraisal, and obstetric complications, diseases associated with pregnancy, smoking habit, and the

  20. agradecimento aos consultores ad hoc

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    REA Editor

    2012-02-01

    Full Text Available Agradecemos aos professores Nildo Viana (UFG e Flavio Sofiati (UFG, organizadores do DOSSIÊ JUVENTUDE & SOCIEDADE, e aos Consultores Ad hoc pela leitura e apreciação crítica dos artigos submetidos e publicados nesta edição.

  1. Satisfação com o peso corporal e fatores associados em estudantes do ensino médio Satisfacción con el peso corporal y factores asociados en estudiantes de secundaria Body satisfaction and associated factors among high school students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduila Maria C. Santos

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a satisfação corporal em estudantes e possíveis associações ao estado nutricional, fatores sociodemográficos, estilo de vida e percepção de saúde. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com estudantes de 15 a 20 anos de idade de escolas públicas do município de Caruaru (PE. Foram avaliadas variáveis antropométricas, sociodemográficas, de estilo de vida e percepção de saúde, sono, estresse e imagem corporal. Utilizou-se o índice de massa corporal por gênero e idade para diagnosticar baixo peso, eutrofia e excesso de peso, segundo o critério o Conde e Monteiro (2006. Na análise multivariada, recorreu-se à regressão logística binária, adotando-se a ocorrência de "insatisfação pela magreza" e de "insatisfação pelo excesso" como desfechos. RESULTADOs: Amostra composta por 594 estudantes (62% moças, com idade média de 17,5±1,6 anos. Uma proporção de 38,7% (IC95% 34,8-42,7 afirmou estar satisfeito com o peso corporal, enquanto 31,3% (IC95% 27,6-35,2 gosta-riam de aumentar e 30,0% (IC95% 26,3-33,8 de reduzir o peso. Estudantes satisfeitos com o peso corporal consumiam pelo menos cinco porções de vegetais/dia, possuíam percepção positiva de sono e realizavam três ou mais refeições/ dia. Rapazes e indivíduos com baixo peso apresentaram o desejo de aumentar o peso, enquanto moças, estudantes que realizavam menos de três refeições/dia, com maior renda e excesso de peso gostariam de reduzi-lo. Entre os rapazes que gostariam de aumentar o peso, 13,5% apresentavam excesso de peso e 18,8% das moças que queriam reduzir o peso estavam com baixo peso. CONCLUSÕES: Há necessidade de realizar medidas pre-ventivas que visem esclarecer sobre a cultura do corpo e o risco de danos à saúde, conduzidas de forma independente para cada sexo.OBJETIVO: Investigar la satisfacción corporal en estudiantes y posibles asociaciones con el estado nutricional, factores socio demográficos, estilo de vida y

  2. Ganho de peso na recria e desempenho reprodutivo de novilhas acasaladas com sobreano Live weight gain in the rearing and reproductive performance of yearling beef heifers mated

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yuri Regis Montanholi

    2004-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da intensidade do ganho de peso no período de recria, dos 13 aos 18 meses de idade, sobre a taxa de prenhez de novilhas de corte acasaladas com o sobreano durante o outono. Os tratamentos foram constituídos de 30 novilhas com peso médio de 208 kg, submetidas a ganho médio de 0,595 kg dia-1 (G600, 41 novilhas com peso médio de 197 kg submetidas a ganho médio de 0,656 kg dia-1 (G700 e 58 novilhas com peso médio de 181 kg submetidas a ganho médio de 0,723 kg dia-1 (G800. Foram avaliados os efeitos dos tratamentos sobre peso, escore de trato reprodutivo e taxa de prenhez. As taxas de prenhez foram 30,0% 47,8% e 50,0% para os grupos G600, G700 e G800, respectivamente, não existindo diferença significativa entre os grupos. Os grupos G700 e G800, submetidos à maior taxa de ganho de peso, apresentaram maiores valores de escore de trato reprodutivo em relação ao G600 no início da estação de monta. Novilhas com escores mais elevados apresentaram tendência a maior taxa de prenhez. A taxa de prenhez esteve associada à intensidade de ganho de peso na recria independentemente das variações de peso no acasalamento.The objective of this work was to evaluate the effects of growth rate during rearing period, from 13 to 18 months, on pregnancy rate of beef heifers mated at yearling during autumn. Treatments consisted of 30 heifers weighing on average 208 kg submitted to average growth rate of 0.595 kg day-1 (G600, 41 heifers averaging 197 kg with average growth rate of 0.656 kg day-1 (G700 and 58 heifers with 181 kg with average growth rate of 0.723 kg day-1 (G800. Treatment effects were determined on body weight, reproductive tract score and pregnancy rate. Pregnancy rate was 30.0% 47.8% and 50.0%, respectively, for G600, G700 and G800, without significant differences among groups. Treatments G700 and G800, with large growth rates, showed higher values of reproductive tract score than G600 at

  3. Desempenho de vacas Charolês e Nelore desterneiradas aos três ou sete meses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Restle João

    2001-01-01

    Full Text Available Foi avaliado o desempenho de vacas Charolês (C e Nelore (N, agrupadas em três classes de idade, jovens (3 e 4 anos, adultas (5 a 7 anos e velhas (8 ou mais anos, desmamadas aos três (precoce ou sete meses no outono (tradicional. O peso no outono das vacas desterneiradas aos três meses (T3 foi 45 kg superior ao das vacas com remoção do bezerro aos sete meses (T7. O estado corporal aos sete meses também foi melhor nas vacas do T3 (3,3 contra 2,1 pontos. Vacas do T3 apresentaram maior ganho de peso do parto ao final do período reprodutivo e apresentaram maiores porcentagem de cio (81 contra 51% e prenhez (67,2 contra 37,3% e menor intervalo do parto ao primeiro cio pós-parto (102 contra 114 dias que vacas do T7. Vacas adultas apresentaram melhor estado corporal aos sete meses e tiveram melhor desempenho reprodutivo do que vacas velhas e jovens. A diferença na porcentagem de prenhez entre o T3 e T7 foi mais evidente nas vacas jovens (42,11 contra 12,5% e velhas (51,72 contra 35,71% que nas adultas (62,50 contra 53,33%. Vacas C foram mais pesadas que as N, ao parto, aos três e sete meses pós-parto e apresentaram melhor estado corporal aos sete meses. O efeito do desmame precoce no desempenho reprodutivo foi mais evidente nas vacas C. A porcentagem de fêmeas prenhes nas C foi de 80,60% para o T3 e 41,90% para o T7, já nas N as porcentagens foram de 45,50 e 30,00%, respectivamente, para o T3 e T7. Nas vacas C, a produção de leite e a amamentação apresentaram efeito inibidor, sobre a reprodução, mais marcante que nas vacas N.

  4. Comportamento do peso do coração e do corpo em chagásicos crônicos com e sem "megas"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hipólito de Oliveira Almeida

    1980-12-01

    Full Text Available O peso do coração é menor nos chagásicos com "megas" do que nos falecidos subitamente ou em I.C.C., sendo, porém, maior que nos controles. Já o peso corporal ésemelhante nos chagásicos falecidos subitamente e nos controles, havendo redução moderada no grupo com I.C.C., e rtiais acentuada nos chagásicos com "megas" (redução de 20% em relação aos controles. A relação percentual peso cardíaco/peso corporal é de 1,1% no grupo com I.C.C.; 0,71% no grupo de morte súbita; 0,77% no grupo com "megas"; 0,49% no grupo controle e 0,60% ne grupo de doenças caquetizantes. Com base nas médias dos pesos cardíacos e corporal dos grupos controle, de doenças caquetizantes e de megas, calculou-se que o emagrecimento ocorrido nos megas reduziria o peso cardíaco médio de apenas 6,8%.Heart weight is less in chagasic patients with "mega" syndromes than in those which have died suddenly or with congestive heart failure, it is, however, greater than in the Controls. Body weight is similar in chagasic patients who have died suddenly and in the Controls, there is a moderate body weight reduction in the group with congestive heart failure, and a more accentuated reduction in chagasic patients with "mega" syndromes (a reduction of 20% in comparíson with the Controls. The relationship between heart - weight and body - weight, expressed as a percentage is 1,1% in the group with congestive heart failure; 0,71% in the group which died suddenly; 0.77% in the group with "mega" syndromes, 0.49% in the Controls group and 0.60% in the group with cachexia producing diseases. On the basis of mean heart - weights and body - weights of the control group, group with cachexia producing diseases and group with "mega" syndromes it was calculated that the emaciation which occurred in those with "mega"syndromes could reduce mean heart - weight by at least 6.8%.

  5. Produção do Superprecoce a Partir de Bezerros Desmamados aos 72 ou 210 Dias de Idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Restle João

    2002-01-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho em confinamento, dos 210 aos 408 dias de idade, de bezerros previamente desmamados aos 72 (T72 ou 210 (T210 dias. Foram utilizados 36 machos não castrados da raça Braford (5/8 Hereford 3/8 Nelore. O peso médio no início do experimento foi de 209 kg (T72 e 192 kg (T210. O confinamento compreendeu 30 dias de adaptação dos animais e 168 dias de avaliação, sendo dividido em quatro períodos de 42 dias. A relação volumoso:concentrado foi de 60:40 para o 1º e 2º períodos, 50:50 para o 3º período e 45:55 para o 4º período. Não houve interação entre idade de desmame e período de avaliação em confinamento para os parâmetros relativos aos consumos médios por animal de matéria seca (CMS e de energia digestível (CED, expressos em kg/dia e Mcal/dia (CMSD e CEDD, por 100 kg de peso vivo (CMSP e CEDP e por unidade de tamanho metabólico (CMSM e CEDM, ao ganho de peso médio diário (GMD, à conversão alimentar (CA e eficiência energética (EE. Animais desmamados aos 210 dias apresentaram maiores CMSP (2,25 contra 2,07% PV e CEDP (7,05 contra 6,48% PV em relação aos animais desmamados ao 72 dias de idade. Não houve diferença no CMSD (6,75 contra 6,98 kg/dia, no GMD (1,066 contra 1,074 kg/dia, na eficiência de conversão da matéria seca (6,42 contra 6,72 kg de MS/kg ganho de PV e da energia digestível consumida (20,18 contra 21,13 Mcal/kg ganho de PV em ganho de peso vivo para os animais desmamados aos 72 ou 210 dias de idade, respectivamente. Os pesos de abate e de carcaça quente foram similares entre as duas idades, sendo, respectivamente, de 424 e 232 kg para os animais do T72 e de 406 e 221 kg para dos T210. Os resultados mostram que animais desmamados aos 72 dias de idade apresentaram desempenho durante a terminação, pesos de abate e de carcaça similares aos desmamados aos 210 dias.

  6. Prevalência de excesso de peso e fatores associados em adolescentes de escolas privadas de região urbana na Amazônia Prevalencia de exceso de peso y factores asociados en adolescentes de escuelas privadas de región urbana en Amazonia Prevalence of excess weight and associated factors in adolescents of private schools of an Amazonic urban area, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laércio M. Silva Júnior

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prevalência e fatores associados ao excesso de peso corporal em adolescentes do ensino médio. MÉTODOS: Estudo transversal com 741 adolescentes de escolas privadas de Rio Branco, Acre. O peso e a altura foram aferidos de forma prospectiva e o índice de massa corporal calculado, definindo-se excesso de peso de acordo com a curva de referência da Organização Mundial da Saúde de 2007. Coletaram-se informações quanto a sexo, idade, classe socioeconômica, escolaridade dos pais, número de moradores no domicílio, número de irmãos, atividade física, tempo gasto assistindo à televisão e tempo de uso de computador. Os fatores associados ao excesso de peso foram identificados mediante regressão múltipla de Poisson e utilizando-se o procedimento de eliminação retrógrada para a seleção das variáveis do modelo múltiplo. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 29,5%. O sexo masculino mostrou maior prevalência (33,2% em comparação ao feminino (26,4%. Quanto à idade, a prevalência foi maior aos 14 anos (40% em ambos os sexos. Na análise múltipla, ajustada pela idade e sexo, o uso de computador acima de duas horas diárias e o sedentarismo associaram-se ao excesso de peso. CONCLUSÕES: O excesso de peso apresenta-se como um sério problema de saúde pública em escolares do ensino médio de instituições particulares de Rio Branco, Acre. Sugere-se a promoção da atividade física e a redução no tempo de uso de computador para o declínio do excesso de peso.OBJETIVO: Analizar la prevalencia y los factores asociados al exceso de peso corporal en adolescentes de la secundaria. MÉTODOS: Estudio transversal con 741 adolescentes de escuelas privadas de Rio Branco, Acre (Brasil. El peso y la altura fueron medidos de modo prospectivo y el índice de masa corporal calculado, definiéndose exceso de peso conforme a la curva de referencia de la Organización Mundial de la Salud de 2007. Se recogieron

  7. Plantas transgénicas con alto rendimiento en peso seco y almidón cuyos órganos de reserva presentan elevada textura, elevado contenido en almidón y elevado rendimiento en peso seco

    OpenAIRE

    Pozueta Romero, Javier; Alonso Casajús, Nora; Muñoz Pérez, Francisco José; Baroja-Fernández, Edurne

    2007-01-01

    Plantas transgénicas con alto rendimiento en peso seco y almidón cuyos órganos de reserva presentan elevada textura, elevado contenido en almidón y elevado rendimiento en peso seco. La presente invención proporciona plantas transgénicas con alto rendimiento en peso seco y almidón cuyos órganos de reserva presentan elevada textura, elevado contenido en almidón y elevado rendimiento en peso seco.

  8. Efeito do consumo de erva-mate (Ilex paraguariensis sobre o ganho de peso e a glicemia de jejum em ratos alimentados com uma dieta hiperlipídica = Effect of yerba mate (Ilex paraguariensis consumption on weight gain and fasting glucose in rats fed with a high-fat diet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Machado, Alisson Diego

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o efeito do consumo de erva-mate sobre o ganho de peso e a glicemia de jejum em ratos alimentados com uma dieta hiperlipídica. Materiais e Métodos: Foram utilizados 14 ratos divididos em três grupos. O primeiro grupo (n=4 foi alimentado com ração comercial para ratos, o segundo (n=5 recebeu dieta hiperlipídica e o terceiro (n=5 foi alimentado com dieta hiperlipídica acrescida de infusão de erva-mate, durante 24 dias. Durante o estudo foram monitorados o peso e o índice de Lee e ao final a glicemia de jejum. Resultados: Os ratos alimentados com dieta hiperlipídica contendo infusão de erva-mate apresentaram menor ganho de peso em relação aos que consumiram apenas a ração hiperlipídica, nos três períodos experimentais analisados (p=0,048, p=0,016 e p=0,048, respectivamente. Não houve diferença significativa em relação ao índice de Lee entre os grupos. O consumo da erva-mate promoveu tendência a menores níveis de glicemia de jejum em relação ao grupo alimentado com dieta comercial (p=0,056 e ao grupo que recebeu dieta hiperlipídica (p=0,075. Conclusão: O consumo de erva-mate proporcionou menor ganho de peso em relação aos ratos que foram alimentados apenas com ração hiperlipídica e tendência a menores níveis de glicemia de jejum

  9. Excesso de peso e qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes de Florianópolis, SC Exceso de peso y calidad de vida relacionada con la salud en adolescentes de Florianópolis, Sur de Brasil Overweight and health-related quality of life in adolescents of Florianópolis, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Kunkel

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes e sua associação com o excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal com 467 adolescentes de 15 a 18 anos de idade de uma escola pública de Florianópolis, SC, e de seus respectivos pais, realizado em 2007. Sobrepeso e obesidade foram definidos pelo índice de massa corporal. A combinação de sobrepeso e obesidade foi considerada como excesso de peso. A qualidade de vida relacionada à saúde foi avaliada por meio do questionário sobre qualidade de vida pediátrica PedsQL 4.0, versões adolescente e pais. Análises dos dados incluíram estatística descritiva e regressão logística com estimação de razões de chances brutas e ajustadas. RESULTADOS: A taxa de resposta entre adolescentes foi de 99,4% e entre os pais 53,4%. As prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 12,2% e 3,6%, respectivamente. O grupo com excesso de peso obteve menores escores de qualidade de vida que o grupo sem excesso de peso, exceto para o domínio emocional nos adolescentes e na saúde psicossocial para os pais. Após o ajuste, a chance de um adolescente com excesso de peso ter baixa qualidade de vida foi 3,54 vezes (IC 95% 1,94;6,47 maior que um adolescente sem excesso de peso. Adolescentes do sexo feminino apresentaram escores mais baixos de qualidade de vida. CONCLUSÕES: A qualidade de vida relacionada à saúde foi significativamente mais baixa em adolescentes com excesso de peso. Medidas dirigidas ao controle de peso na população adolescente e instrumentos de avaliação de qualidade de vida constituem-se importantes aliados para um melhor e mais completo entendimento deste importante problema de saúde pública.OBJETIVO: Evaluar la calidad de vida relacionada con la salud de adolescentes y su asociación con exceso de peso. MÉTODOS: Estudio transversal con 467 adolescentes de 15 a 18 años de edad de una escuela pública de Florianópolis, Sur de Brasil, y de sus

  10. Evolução do peso durante o primeiro ano de transplante renal e a ocorrência de Diabetes Mellitus após 5 anos de seguimento = Weight evolution during the first year of renal transplantation and the occurrence of Diabetes Mellitus after 5 years of follow-up

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lienert, Rafaela Siviero Caron

    2014-01-01

    Full Text Available Introdução: O período pós-transplante tardio é marcado por uma série de alterações nutricionais, os quais podem reduzir a sobrevida do órgão transplantado e do paciente. Objetivo: Avaliar a evolução do peso durante o primeiro ano de transplante renal (TR e o desenvolvimento de Diabetes Mellitus pós-transplante (DMPT após cinco anos de seguimento. Materiais e Métodos: Estudo de coorte retrospectiva, onde foram coletados dados de peso e outros parâmetros clínicos em prontuário do Setor de Nefrologia do Hospital São Lucas da PUCRS em Porto Alegre. Resultados: Dos 35 pacientes estudados, ao final do primeiro ano, descrito como T12, observamos ganho de peso médio de 8,2%, sendo que 29 deles (82,9% ganharam peso. O aumento torna-se significativo a partir do sexto mês após TR (T6 nas mulheres e após nove meses (T9 nos homens. O ganho de peso promove impacto sobre o IMC, apresentando diferença estatística entre dados iniciais (T0 (23,2±4,3kg/ m2 e em T12 (24,9±4,4 kg/m2 (p <0,001. Ao final do quinto ano, observa - se 6 óbitos (17,1% e 2 (5,7% perdas de enxerto. Dos 27 pacientes, observa - se incidência de 18,5% de DM PT, os quais apresentaram ganho de peso superior, apesar de não serem dados estatisticamente diferentes, e aumento acentuado durante o primeiro ano de TR (13,6% do peso usual em comparação com o grupo que não desenvolveu esta patologia (4,7% do peso usual. Conclusão: Observa-se aumento de peso após um ano de TR e, os pacientes que desenvolveram DMPT após 5 anos de seguimento apresentaram perfil de ganho de peso diferente do grupo que não desenvolveu a doença, apesar de serem dados sem diferença estatística

  11. Crescimento de regiões da carcaça de cordeiros abatidos com diferentes pesos Growth of carcass parts in slaughter lambs with different weights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lisiane Furtado da Silva

    2000-06-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado no Setor de Ovinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria, objetivando determinar o crescimento das principais partes da carcaça e suas proporções em relação ao peso de corpo vazio e peso de carcaça fria de cordeiros abatidos com diferentes pesos. Foram utilizados 22 cordeiros machos inteiros, filhos de carneiros Texel e ovelhas cruzas (Texel x Ideal. Destes, quatro foram abatidos no início do experimento (24 horas após o nascimento, seis ao desmame (45 dias de idade e os remanescentes aos 28 (6 animais ou 33 kg (6 animais. Os cordeiros foram confinados em baias individuais, com suas respectivas mães, até o desmame. A determinação do crescimento dos cortes da carcaça foi realizada através de equações alométricas, utilizando-se o logaritmo do peso de cada região da carcaça, em função do logaritmo do PCF ou PCV. As proporções de quarto, paleta e pescoço, em relação ao PCV, foram semelhantes (P>0,05 nos pesos de abates estudados, no entanto, houve diferença (PThis work was performed at the Ovine Section of Animal Science Department, at Federal University of Santa Maria, Brazil. The purpose of this experiment was to determine the growth of the carcass cuts and percentages in relation to the empty body weight and cold carcass weight of lambs slaughtered at different weights. Twenty-two intact male lambs, sired by Texel males, from crossbreed Texel-Ideal dams were used. Four lambs were slaughtered at the beginning of the experiment (24 hours after birth and three groups of six lambs were slaughtered at weaning and when reaching the weight of 28 and 33kg. The lambs were confined in individual stall together, with their respective mothers until weaning (45 days of age. To study the growth of the different cuts of the carcass, regression equation of the log. of the weight of each part, as a function of the log. of the empty body weight or cold carcass weight were

  12. Período de descanso dos suínos no frigorífico e seu impacto na perda de peso corporal e em características do estômago

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalla Costa Osmar Antonio

    2006-01-01

    Full Text Available O manejo pré-abate dos suínos, quando realizado de maneira inadequada, pode proporcionar perdas qualitativas e quantitativas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do período de descanso dos suínos no frigorífico (PDF (3, 5, 7 e 9 horas e da posição do box na carroceria do caminhão (PBO sobre a perda de peso corporal (PPC, o peso do estômago cheio (PEC e vazio (PEV, o peso do conteúdo estomacal (PCE e o escore de lesão na mucosa esofágica-gástrica (ELG. Foram utilizadas 192 fêmeas, com peso vivo médio de 130,0?9,9kg. Para a análise estatística, considerou-se no modelo os efeitos de bloco (BL, relativo à estação do ano e à granja avaliada o PDF, PBO e a interação entre PDF x BL. Não houve efeito significativo do PDF nas variáveis estudadas. Verificou-se efeito significativo da PBO somente sobre a perda de peso corporal dos suínos, sendo que animais transportados na parte da frente perderam mais peso em relação aos transportados nos boxes do meio e de trás. Observou-se que somente 11% dos suínos apresentaram ELG característico de úlcera gástrica e que uma elevada porcentagem de suínos (41,9% apresentou ELG grau 1, caracterizando paraqueratose. Conclui-se que suínos transportados em boxes localizados na parte frontal da carroceria do caminhão apresentam maior perda de peso corporal do que os demais e que a variação de 3 a 9 horas no período de descanso no frigorífico não afeta a perda de peso corporal nem as características do estômago dos animais.

  13. RESPOSTA AGUDA DO LACTATO SANGUÍNEO A DIFERENTES PROTOCOLOS DE TREINAMENTO COM PESOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Oliveira da Cruz Siqueira

    Full Text Available RESUMO Introdução: O treinamento em circuito é um modelo de treinamento resistido que permite uma variada combinação de sobrecarga e, por isso, requer mais informações para que se compreenda a demanda glicolítica anaeróbia durante sua execução. Objetivo: O objetivo foi comparar dois protocolos de treinamento com pesos, com (Tconv e sem (Tcirc pausa entre as execuções, quanto à resposta do lactato sanguíneo ([la]. Métodos: Onze homens (21,0 ± 2,3 anos; 76,7 ± 5,4 kg, 179,5 ± 7,0 cm foram submetidos ao teste de repetição máxima. O Tcirc e o Tconv foram prescritos a 60%1RM, 12 repetições, sendo três passagens com pausa de 300 s para Tcirc e três séries de cada exercício com 180 s de pausa para o Tconv. Os exercícios que compuseram ambos os protocolos de treinamento foram: supino reto, cadeira extensora unilateral, peck-deck, mesa flexora, pulley alto, leg press 45º, remada horizontal e panturrilha no hack. O teste de ANOVA (Bonferroni post hoc comparou o [la] no 1º, 3º e 5º minuto após as passagens no Tcirc e após cada série no Tconv. O teste t independente comparou as médias do pico de lactato entre Tcirc e Tconv. Em todas as análises adotou-se p ≤ 0,05. Resultados: Foram observadas diferenças para o [la] entre a 1ª (10,6 ± 1,0 mmol/l e a 2ª passagem (13,5 ± 1,8 mmol/l, P = 0,01 e entre a 1ª e a 3ª passagem (15,0 ± 2,5 mmol/l, P < 0,01 no Tcirc. Durante Tconv, os maiores valores médios de [la] foram observadas nos exercícios pulley alto (11,2 ± 2,2 mmol/l e leg press 45º (11,9 ± 2,6 mmol/l. Houve diferença (P < 0,01 ao comparar o pico de [la] após Tconv (12,8 ± 2,2 mmol/l e Tcirc (15,9 ± 2,0 mmol/l. Conclusão: O Tcirc demanda maior resposta glicolítica, enfatizando sua efetividade no aumento da capacidade anaeróbia muscular. Além disso, a execução não intermitente do Tcirc pode explicar sua maior demanda glicolítica, uma vez que Tconv e Tcirc foram proporcionalmente delineados

  14. Trigo de duplo propósito submetido ao pastejo de bovinos nos Campos Gerais do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tarcísio Nicolau Bartmeyer

    2011-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade de grãos da cultivar de trigo de duplo propósito BRS 176 e o ganho de peso de bovinos, em função de períodos de pastejo, tendo-se considerado a intensidade de pastejo. O experimento foi realizado em Castro, PR, em Cambissolo Háplico, de maio a novembro de 2004. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso, com três repetições. Os tratamentos foram constituídos de quatro períodos de pastejo: T-0, zero dia; T-15, 15 dias; T-30, 30 dias; e T-45, 45 dias. Foram utilizados novilhos com 260 kg de peso vivo, em pastoreio contínuo, com lotação variável e oferta diária de forragem de 8% do peso vivo animal. A produtividade de grãos foi de 3.999, 4.154, 3.210 e 1.588 kg ha-1 para T-0, T-15, T-30 e T-45, respectivamente, e o ganho em peso vivo de 0, 181, 351 e 459 kg ha-1. A cultivar BRS 176 apresenta alto potencial de produção de grãos sob pastejo e suporta bem a desfolha. O pastejo da cultivar BRS 176 proporciona elevado ganho de peso vivo médio diário de bovinos, e o ganho de peso por hectare aumenta linearmente com o aumento no período de pastejo.

  15. Obesity and underweight among Brazilian elderly: the Bambuí Health and Aging Study Obesidade e baixo peso entre idosos brasileiros: Projeto Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandhi M. Barreto

    2003-04-01

    Full Text Available The coexistence of obesity (body mass index, BMI > or = 30kg/m² and underweight (BMI or = 2 hospitalizations in the previous 12 months. Both obesity and underweight were associated with increased morbidity. The association of underweight with T. cruzi infection, increased hospitalization, and low family income may reflect illness-related weight loss and social deprivation of elderly in this community. Aging in poverty may lead to an increase in nutritional deficiencies and health-related problems among the elderly.A coexistência de obesidade (Índice de Massa Corpórea: IMC > ou = 30kg/m² e de baixo peso (IMC <=20kg/m² e seus fatores relacionados foram investigados em 1.451 idosos, 85,5% da população com 60+ anos residente em Bambuí, Minas Gerais, utilizando-se a análise logística multinomial. O IMC (média = 25,0; DP = 4,9kg/m² foi maior nas mulheres e diminuiu com a idade. A obesidade ocorreu em 12,5% dos idosos; foi associada positivamente ao sexo feminino, à maior renda familiar e presença de hipertensão e diabete, e inversamente à atividade física. O baixo peso ocorreu em 14,8% dos idosos, aumentou com a idade, foi maior nos homens e nas famílias com menor renda, esteve inversamente associado à presença de hipertensão e de hiperglicemia e diretamente associado à infecção por Tripanossoma cruzi e duas ou mais internações no último ano. A obesidade e o baixo peso foram ambos associados a uma maior morbidade. A associação do baixo peso com a infecção por T. cruzi, maior hospitalização e menor renda pode estar refletindo a perda de peso secundária a doenças ou à privação social do idoso nesta comunidade. Envelhecer na pobreza pode aumentar as deficiências nutricionais e os problemas de saúde entre idosos.

  16. Riscos para o excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas Risk of overweight in adolescents from different socioeconomic levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Araújo Fernandes

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre fatores de risco e a presença do excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas. MÉTODOS: Análise transversal, da qual participaram 888 jovens de ambos os sexos e com idade variando entre 11 e 17 anos. O índice de massa corporal foi calculado por meio dos valores de massa corporal e estatura, e utilizado como indicador do excesso de peso. A atividade física, a ingestão alimentar e a classe socioeconômica (alta e baixa foram analisadas mediante a aplicação de questionários. Os dados foram analisados estatiscamente por meio dos testes Qui quadrado e regressão logística binária. RESULTADOS: Para os adolescentes de classe socioeconômica baixa, uma inadequada ingestão alimentar (Razão de chance [RC]= 4,59 e o sobrepeso dos pais (RC= 5,33 foram associados à presença do excesso de peso. Entre os adolescentes de classe socioeconômica alta, a escolaridade materna (RC= 0,57, estudar em escola privada (RC= 3,04 e o sobrepeso dos pais (RC= 3,47 foram associados à presença do excesso de peso. CONCLUSÃO: Em ambas as classes socioeconômicas, o sobrepeso dos pais foi um importante fator de risco associado ao excesso de peso. Os outros fatores de risco diferiram entre as classes socioeconômicas.BACKGROUND: To analyze the association between risk factors and presence of overweight in adolescents from different socioeconomic levels. METHODS: A cross-section analysis with 888 youths recruited from both genders with ages ranging from 11 to 17 years was carried out. The body mass index was calculated through body mass and height values, and was used as the overweight indicator. Physical activity, food intake, and socioeconomic levels (high and low were obtained by questionnaires. Data were analyzed by chi-square test and binary logistic regression. RESULTS: For adolescents in the lower socioeconomic level, both inadequate food intake (Odds Ratio [OR]= 4.59 and parent overweight

  17. Nascer no Brasil: the presence of a companion favors the use of best practices in delivery care in the South region of Brazil.

    Science.gov (United States)

    Monguilhott, Juliana Jacques da Costa; Brüggemann, Odaléa Maria; Freitas, Paulo Fontoura; d'Orsi, Eleonora

    2018-01-01

    OBJECTIVE To analyze if the presence of a companion favors the use of best practices in the delivery care in the South region of Brazil. METHODS This is a cross-sectional analysis of the longitudinal study Nascer no Brasil. We analyzed data from 2,070 women from the South region of Brazil who went into labor. The data were collected between February and August 2011, by interviews and medical records. We performed a bivariate and multivariate analysis, calculating the crude and adjusted prevalence ratios using Poisson regression with robust variance estimation. The level of significance adopted was 5%. RESULTS Most women had a companion during labor (51.7%), but few remained during delivery (39.4%) or cesarean section (34.8%). Less than half of the women had access to several recommended practices, while non-recommended practices continue to be performed. In the model adjusted for age, education level, source of payment for the delivery, parity, and score of the Brazilian Association of Market Research Institutes, the presence of a companion was statistically associated with a greater supply of liquids and food (aPR = 1.34), dietary prescription (aPR = 1.34), use of non-pharmacological methods for pain relief (aPR = 1.37), amniotomy (aPR = 1.10), epidural or spinal analgesia (aPR = 1.84), adoption of non-lithotomy position in the delivery (aPR = 1.77), stay in the same room during labor, delivery, and postpartum (aPR = 1.62), skin-to-skin contact in the delivery (aPR = 1.81) and cesarean section (PR = 2.43), as well as reduced use of the Kristeller maneuver (aPR = 0.67), trichotomy (aPR = 0.59), and enema (aPR = 0.49). CONCLUSIONS In the South region of Brazil, most women do not have access to the best practices in addition to undergoing several unnecessary interventions. The presence of a companion is associated with several beneficial practices and the reduction in some interventions, although other interventions are not impacted.

  18. Nível de proteína bruta para bezerros de corte desmamados aos 66 dias de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pascoal Leonir Luiz

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o consumo médio diário de matéria seca (CMS, CMS por 100 kg de peso vivo (CMSP, CMS por unidade de peso metabólico (CMSM, a conversão alimentar (CA e o ganho de peso médio diário (GMD de bezerros de corte, alimentados com diferentes níveis de proteína bruta (PB na dieta. Foram utilizados 47 bezerros inteiros, da raça Braford, desmamados aos 66 dias de idade com peso médio de 76,4 kg. Os animais foram alimentados à vontade com silagem de aveia e concentrado (50/50, com níveis de 13, 15, 17 e 19% de PB na dieta total. O período de adaptação ao alimento e manejo foi de 21 dias. Os animais foram pesados com jejum de sólidos de 14 horas, a intervalos regulares de 21 dias durante o período experimental de 84 dias. Verificou-se, por meio da análise de regressão linear e múltipla, que não ocorreram efeitos significativos relacionando o CMS, CMSP, CMSM, CA e GMD e o nível de PB na dieta. Observou-se que CMS, CMSP e CMSM aumentaram linearmente com o avanço do período experimental, demonstrando o aumento da capacidade de ingestão com o aumento do peso vivo. Os valores de GMD obtidos foram de 644; 701; 693 e 730 g/dia para os níveis de 13; 15; 17 e 19% de PB na dieta, respectivamente. Os ganhos de peso foram superiores àqueles normalmente atingidos ao pé da vaca em condições de campo nativo ou desmamados precocemente e mantidos em pastagem cultivada.

  19. Treino locomotor com suporte parcial de peso corporal na reabilitação da lesão medular: revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Maria Rocha Dutra

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treino locomotor com suporte de peso corporal (TLSP é utilizado há aproximadamente 20 anos no campo da reabilitação em pacientes que sofrem de patologias neurológicas. O TLSP favorece melhoras osteomusculares, cardiovasculares e psicológicas, pois desenvolve ao máximo o potencial residual do organismo, proporcionando a reintegração na convivência familiar, profissional e social. OBJETIVO: Identificar as principais modalidades de TLSP e seus parâmetros de avaliação com a finalidade de contribuir com o estabelecimento de evidências confiáveis para as práticas reabilitativas de pessoas com lesão medular. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram analisados artigos originais, publicados entre 2000 e 2011, que envolvessem treino de marcha após a lesão medular, com ou sem suporte parcial de peso corporal, e tecnologias na assistência do treino, como biofeedback e estimulação elétrica funcional, entre outras. RESULTADOS: A maioria dos participantes dos estudos era do sexo masculino; os níveis de lesão variavam de C3 a L3; ASIA teve pontuações de A a D; os tempos de lesão variaram entre 0,3 meses a 33 anos. Também se verificou que não há consenso em relação ao protocolo de TLSP. CONCLUSÃO: O treino locomotor com suporte de peso corporal mostra-se viável na reabilitação de pacientes que sofrem de uma patologia neurológica como a lesão medular. Independentemente do protocolo de treino utilizado, os benefícios referentes ao aumento da força muscular, manutenção ou aumento da densidade óssea, diminuição da frequência cardíaca e aumento do condicionamento físico estão presentes

  20. Peso corporal e estado hídrico de triatletas no Ironman Brasil: Um fator de correção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Lemos

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O triatlo Ironman é uma prova de longa duração em que comumente se observam alterações hidroeletrolíticas. A desidratação e hiponatremia são prevalentes e o diagnóstico diferencial entre elas deve levar em conta a variação de peso corporal do atleta. Contudo, deve-se considerar também que as variações são um somatório de fontes hídricas e não hídricas, sendo necessário aplicar um fator de correção para avaliação do real estado hídrico do atleta. Objetivo: Avaliar o estado hídrico do atleta baseado nas variações de peso corporal sem e com aplicação de fator de correção.MÉTODO: Vinte e seis atletas foram pesados em três momentos distintos (dois dias antes da prova, imediatamente antes e após a realização. O estado hídrico foi classificado com base no cálculo da variação percentual de peso corporal isolado e com aplicação do fator de correção de 1 kg proporcional ao atleta de 70 kg. Além disso, foram registrados os principais sinais clínicos e sintomas referidos.RESULTADOS: Nas 48 horas que antecederam a largada houve um ganho médio de peso de 1,2 kg. Após a prova, vinte e três (88,4% atletas foram classificados como desidratados inicialmente, porém após a aplicação do fator de correção à variação do peso, esse número caiu para 12 (46,1%. Dos classificados como desidratação severa houve redução de 7 (26,2% para nenhum atleta. Dez atletas (3,8% apresentaram sinais e sintomas de desidratação.CONCLUSÃO: A classificação do estado de hidratação baseado nas perdas hídricas durante a prova foi significativamente modificado pela aplicação do fator de correção, sendo sua utilização justificada pelas evidências de que o ganho de peso nas 48 horas anteriores à prova está possivelmente relacionado ao acúmulo muscular de glicogênio e água (fontes não hídricas intravasculares.

  1. Excesso de peso e fatores associados em adolescentes de uma capital brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Souza Carneiro

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Avaliar a prevalência de excesso de peso (EP e fatores associados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal realizado em escolas públicas e privadas de Goiânia (GO. Foram analisados adolescentes de 12 a 18 anos (n = 1.169 por meio de questionário padronizado. A prevalência de EP foi avaliada pelas curvas de crescimento da Organização Mundial da Saúde (OMS de Índice de Massa Corporal (IMC por idade. As associações entre as variáveis sociodemográficas, de antecedentes familiares de obesidade, de estilo de vida e de pressão arterial com o EP foram analisadas por intermédio da razão de prevalência bruta e ajustada por meio da regressão múltipla de Poisson. Resultados: A prevalência de EP foi de 21,2%, sendo 14,1% de sobrepeso e 7,1% de obesidade, com diferenças significativas entre gêneros (26,3% dos rapazes versus 16,8% das moças. Na análise de Poisson, a obesidade materna (RP = 1,86; p = 0,004 foi associada com a maior prevalência de EP no sexo masculino, e aqueles com idade entre 15 e 18 anos tiveram menor prevalência de EP quando comparados àqueles com idade entre 12 e 14 anos (RP = 0,70; p = 0,021. No sexo feminino, a presença de pais obesos (RP = 2,42; p < 0,001 associou-se a maior prevalência de EP, e as moças pertencentes à classe C tiveram menor prevalência de EP (RP = 0,67; p = 0,035. Conclusões: O EP em adolescentes esteve associado ao gênero, à obesidade familiar, e a melhor classificação socioeconômica - fatores que devem ser o foco do planejamento de intervenções específicas na promoção da saúde.

  2. Fatores intervenientes no seguimento do tratamento nutricional para redução de peso em mulheres atendidas em uma unidade básica de saúde do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irene da Silva Araújo Gonçalves

    2015-05-01

    Full Text Available Introdução: A prevalência de excesso de peso cresceu consideravelmente nos últimos 30 anos representando um desafio para a Saúde Pública. Além disso, o padrão estético magro tem contribuído para a procura por atendimento nutricional, entretanto, a não adesão ao tratamento para perda de peso é elevada. Objetivo: Identificar os principais fatores intervenientes no seguimento ao tratamento nutricional para redução de peso em mulheres. Materiais e Métodos: Estudo transversal e descritivo contendo dados socioeconômicos, comportamentais e percepção do tratamento nutricional foi realizado em mulheres com idade maior ou igual a 18 anos em uma Unidade Básica de Saúde entre 2008-2010. Posteriormente, foram anotados dados antropométricos e número de consultas dos prontuários. Resultados: Aproximadamente 8% das mulheres melhoraram o estado nutricional e 3% atingiu os níveis de eutrofia. O diagnóstico de obesidade grau III se manteve na mesma proporção. Apenas 69,71% foram ao segundo retorno, 31,43% não perderam/ganharam peso, 58,29% perderam peso, sendo que 34,86% perderam até 3Kg. Os fatores intervenientes mais frequentes para não adesão ao tratamento foram: sensação de fome (38,31%, fracionamento da dieta (44,81%, controlar apetite/ansiedade/nervosismo (44,16% e comer em menor quantidade (22,08%. Aproximadamente 40% considerou fácil a inclusão diária de frutas/hortaliças, preferência por preparações com menor teor de gordura/alimentos integrais, redução de açúcar/doces/refrigerantes/lanches. Discussão e Conclusões: Foram observadas baixa frequência de comparecimento às consultas e de perda de peso.  Os fatores intervenientes mais frequentes foram relacionados ao controle emocional e fisiológico da fome. São necessárias estratégias motivacionais e focadas no indivíduo na tentativa de potencializar resultados do tratamento utricional.Cómo citar este artículo: Goncalves I, Ferreira N, Reis P, Pena G

  3. Relationship between maternal periodontal disease and birth of preterm low weight babies Associação entre doença periodontal materna e nascimento de bebês prematuros e de baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Tolêdo Alves

    2006-12-01

    Full Text Available It has been recently suggested that periodontal disease is an associated factor for prematurity and low birth weight. The aim of this work was to assess the periodontal status of puerperae and determine its possible relationship with preterm low birth weight (PLBW delivery. The sample included 59 women seen at two maternity hospitals in Juiz de Fora, MG, Brazil. Nineteen mothers had premature and low birth weight babies (gestational age below 37 weeks and birth weight below 2,500 g - group I, and 40 had mature, normal weight babies (gestational age over 37 weeks and birth weight over 2,500 g - group II. The mothers' data were obtained from medical files, interview, and periodontal clinical examination carried out up to 48 hours after delivery. The Periodontal Screening and Recording (PSR was used for periodontal assessment. The association between periodontal disease and PLBW was expressed as odds ratio (OR. There was a higher rate of periodontal disease in group I (84.21% - 16/19 as compared with group II (37.5% - 15/40. The data also showed a significant association between periodontal disease and PLBW (OR = 8.9 - 95% CI: 2.22-35.65 - p = 0.001. It was concluded that maternal periodontal disease was an associated factor for prematurity and low birth weight in this sample.Estudos recentes sugerem que a doença periodontal é um fator associado para prematuridade e baixo peso ao nascimento. O objetivo deste trabalho foi avaliar a condição periodontal de puérperas e determinar sua possível associação com nascimentos prematuros e de baixo peso (NPBP. A amostra incluiu 59 mães atendidas em duas maternidades de Juiz de Fora, MG. Dentre essas, 19 tiveram bebês prematuros e de baixo peso (idade gestacional menor que 37 semanas e peso ao nascimento menor que 2.500 g - grupo I e 40 tiveram bebês a termo e de peso normal (idade gestacional maior que 37 semanas e peso ao nascimento maior que 2.500 g - grupo II. Os dados das mães foram obtidos

  4. Componentes Reprodutivos e Produtivos no Rebanho de Corte da Embrapa Cerrados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    McManus Concepta

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar os diversos fatores que influenciam o intervalo de partos (IEP, a fertilidade real (FR, razão do peso do bezerro ao nascer (RPN ou desmame (RPD em relação ao peso da vaca ao parto, no rebanho de gado mestiço da Embrapa Cerrados. Foram analisados dados de 4469 parições, coletados no período entre 1976 e 1999, usando os procedimentos GLM, CORR e PRINCOMP do SAS. As características incluíram as relações peso ao nascimento do bezerro/peso da vaca no parto (RPN, peso ao desmame do bezerro/ peso da vaca no parto (RPD e a fertilidade real (FR, bem como a condição corporal (CC e os pesos dos animais. A CC da vaca no parto (CCVP não afetou a mortalidade, o peso ao nascer dos bezerros, ou o IEP. A FR elevou-se com o aumento da CCVP, seguindo a tendência oposta que o IEP. Verificaram-se menor IEP e maior FR com maiores valores de CC da vaca ao desmame (CCVD. O grupo genético do pai não influenciou nenhuma das características analisadas, enquanto o grupo da mãe foi significativo para todas as características estudadas. Somente o ano do nascimento influenciou a mortalidade dos bezerros. O ambiente (mês, ano e número do parto da mãe e a genética (sexo influenciaram significativamente os pesos ao nascer e ao desmame. As correlações entre as características estudadas foram, em geral, baixas e, às vezes, negativas para RPN e RPD, enquanto com FR foram mais altas. Os dois primeiros componentes explicam 56% da variação total entre as características examinadas.

  5. Aderência às recomendações dietéticas do Institute of Medicine (Estados Unidos e o seu efeito no peso durante a gestação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila da Silva Castro

    2013-07-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estimar o efeito que a aderência às recomendações do Institute of Medicine (IOM dos Estados Unidos acerca da ingestão de energia e/ou da composição dos macronutrientes da dieta exercem no peso durante a gestação. Trata-se de estudo prospectivo com três pontos de observação que incluiu 255 gestantes. A variável dependente foi o peso aferido ao longo da gestação e a independente a adequação dietética segundo as recomendações do IOM para ingestão de energia e macronutrientes, categorizada em ingestão adequada ou excessiva. As análises estatísticas foram realizadas com modelos de efeitos mistos para medidas repetidas. As gestantes com ingestão excessiva eram 3,59kg (EP = 0,92kg mais leves na linha de base (p < 0,01. Em média, o peso das gestantes variou 1,83kg (EP = 0,40kg por trimestre, mas as gestantes com ingestão excessiva apresentaram um aumento de peso superior de 1,70kg (EP = 0,43kg, no mesmo período quando comparadas às com ingestão adequada (p < 0,01. Mulheres que aderiram às recomendações de ingestão dietética segundo o IOM aumentaram menos de peso durante a gestação.

  6. Estado nutricional y ganancia de peso en gestantes peruanas, 2009-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Tarqui-Mamani

    2014-04-01

    Full Text Available Introducción: El estado nutricional materno pregestacional y la ganancia de peso durante el embarazo influyen en las condiciones maternas y perinatales e incrementan el riesgo de peso bajo al nacer, parto prematuro y la mortalidad materna perinatal. Objetivos: Describir el estado nutricional y la ganancia de peso de las gestantes que residen en los hogares peruanos. Diseño: Estudio observacional y transversal. Lugar: Instituto Nacional de Salud, Lima, Perú. Participantes: Gestantes que residen en los hogares peruanos. Intervenciones: La muestra fue probabilística, estratificada, multietápica e independiente en cada departamento del Perú, durante los años 2009 y 2010. De la muestra de 22 640 viviendas se incluyó 552 gestantes que aceptaron participar y se excluyó a las gestantes con discapacidad física que impidiera realizar la antropometría. Las mediciones antropométricas se hicieron según metodología internacional, el estado nutricional se obtuvo mediante el IMC pregestacional y la ganancia de peso se calculó según el Instituto de Medicina de los EE UU. Principales medidas de resultados: Estado nutricional y ganancia de peso de la gestante. Resultados: Se encontró que 1,4% de las gestantes iniciaron el embarazo con peso bajo, 34,9% con peso normal, 47% con sobrepeso y 16,8% con obesidad. Durante el embarazo, 59,1% de las gestantes tuvieron ganancia de peso insuficiente, 20% adecuada y 20,9% excesiva; independiente al IMC pregestacional. La mayoría de las gestantes con sobrepeso y obesidad vivían en la zona urbana y no fueron pobres. Conclusiones: Más de la mitad de las gestantes que residen en los hogares peruanos iniciaron el embarazo con exceso de peso (sobrepeso u obesidad y la mayoría de las gestantes tuvo insuficiente ganancia de peso durante el embarazo.

  7. DO DIREITO À CIDADE AO FAZER-CIDADE. O ANTROPÓLOGO, A MARGEM E O CENTRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michel Agier

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Neste artigo, proponho definir a antropologia da cidade como a exploração etnográfica e a compreensão reflexiva das situações, dos lugares e dos movimentos que "fazem cidade". Fazer-cidade é o meio para a instauração do "direito à cidade", aqui e agora. De acordo com esta concepção, algumas práticas polêmicas ou eventualmente minoritárias (invasões, ocupações ganham um sentido radical de um ponto de vista teórico, pois fazem nascer - a partir das margens, das fronteiras, do precário, do vazio e da desordem - um desejo e um apelo em direção a um horizonte de cidade sonhada, virtual ou ideal. O movimento do fazer-cidade é incitado por uma ausência (ao se afirmar que "a cidade está morta" e impulsionado por uma imagem, um mito perdido, um horizonte ainda que inatingíveis. Neste contexto e segundo um princípio geral de relatividade, a antropologia da cidade não produz nem se refere a nenhuma definição normativa da cidade em si, mas a concebe como o movimento contínuo de sua construção e desconstrução.

  8. Influência do peso inicial de pintos de corte sobre o desempenho e o rendimento de carcaça de frangos e a viabilidade econômica da produção Effect of broiler chicken initial weight on performance, carcass yield and economic viability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadja Susana Mogyca Leandro

    2006-12-01

    Full Text Available Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito do peso corporal ao primeiro dia de idade sobre o desempenho, o rendimento de carcaça e dos cortes e a viabilidade econômica da produção de frangos de corte. Foram utilizados 1.984 pintos AgRoss 308, machos e fêmeas, com diferentes pesos iniciais (32, 35, 40 e 49 g, distribuídos em um delineamento em blocos casualizados, em esquema fatorial com oito tratamentos (dois sexos x quatro pesos iniciais, quatro repetições e 62 aves por parcela. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste Tukey a 5% para os diferentes pesos iniciais. Não houve interação significativa sexo ´ peso inicial do pinto. Os frangos machos apresentaram melhor desempenho em todos os tratamentos e períodos estudados. O peso inicial do pinto influenciou o peso vivo, o ganho de peso e o consumo de ração nos diferentes períodos de crescimento, além do índice de eficiência produtiva (pintos mais pesados apresentaram, aos 47 dias de idade, melhores resultados de desempenho, mas não alterou o rendimento de carcaça ou de partes. Quanto aos aspectos econômicos, pintos mais pesados proporcionaram maior rendimento econômico.The objective of this study was to evaluate the effect of body weight (BW of 1-d chicks on performance, yields of carcass and prime cuts and economic viability. One thousand, nine hundred and eight-four AGRoss 308 chicks (males and females with different initial BW (32, 35, 40 and 49 g were allotted to a randomized block design with a 2 x 4 (two sexes and four initial BW factorial arrangement with eight treatments, four replicates and 62 birds per experimental per plot. Data were submitted to variance analyses and the means, compared by Tukey test (5%. No significant sex ´ chick initial BW interaction was observed. Males showed better performance than females in all treatments and periods. Treatment effect on body weight, weight gain and

  9. Efeitos Genéticos e Fenotípicos sobre Características de Produção e Reprodução de Ovinos Deslanados no Distrito Federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Quesada Maurício

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estimar efeitos genéticos e fenotípicos na criação de ovinos deslanados e mestiços em um criatório no Distrito Federal. Foram analisados os efeitos de sexo, tipo de parto, mês e ano de nascimento sobre peso ao nascer, aos 30, 120 e 210 dias de idade, intervalo de partos (IDP e idade ao primeiro parto (IPP de 2337 nascimentos / parições em um rebanho comercial para produção de carne, das raças Morada Nova (MN, Santa Inês (SI e mestiços Texel x Morada Nova (T x MN, controlado durante 14 anos (1986 a 1999. Os dados da raça MN foram analisados usando um Modelo Animal Univariado no programa MTDFREML para determinar herdabilidade e repetibilidade bem como correlações genéticas e fenotípicas entre as características. O número médio de crias por ovelha foi de 1,25 cordeiros. Os nascimentos ocorreram durante todo o ano, porém com maior índice de cordeiros nascidos (77%, entre os meses de março a setembro, indicando possível influência da extensão do dia ou disponibilidade de alimentação sobre a eficiência reprodutiva. As herdabilidades diretas para peso ao nascer, pesos com 30, 120 e 210 dias foram de 0,15; 0,11; 0,07; e 0,21, respectivamente, para a raça Morada Nova. As correlações genéticas entre os pesos variaram de 0,19 a 0,64. A herdabilidade para intervalo de partos foi de 0,17 e de 0,93 para número de crias. Os efeitos da raça e do peso ao nascer foram altamente significativos, para todos os pesos estudados. O tipo de parto influenciou o peso ao nascer e aos 30 e 210 dias. Os efeitos do número de partos e do mês de nascimento mostraram influências significativas sobre as características avaliadas.

  10. Aditivos alternativos ao uso de antimicrobianos na alimentação de frangos de corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Santos Dalólio

    2015-07-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de diferentes aditivos alternativos aos antimicrobianos promotores de crescimento sobre o desempenho, o rendimento de carcaça e cortes e a qualidade da carne de frangos de corte no período de 1 a 42 dias de idade. Foram utilizadas 480 pintainhas de corte da linhagem Cobb 500, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e quatro repetições de 20 aves cada. Foi avaliado na fase total de criação, 1 a 42 dias, o ganho de peso (GP, a conversão alimentar (CA, o consumo de ração (CR, a viabilidade criatória (VB e o índice de eficiência produtivo (IEP. O rendimento de carcaça e a qualidade da carne foi avaliado aos 42 dias de idade. Avaliou-se as características de perda de peso por cocção (PPC, a maciez objetiva (MO, a capacidade de retenção de água (CRA e o pH. Os parâmetros de desempenho, de rendimento de carcaça e cortes e de qualidade da carne não foram afetados pela suplementação dos diferentes tipos de aditivos alternativos aos antimicrobianos promotores de crescimento (P>0,05. Conclui-se que, os aditivos promotores de crescimento podem ser utilizados na alimentação de frangos de corte, em substituição ao antibiótico, sem comprometer o desempenho e características de carcaça, no período de 1 a 42 dias de idade.

  11. Estimativas da composição anatômica da carcaça de frangos de corte com base no nível de proteína da ração e peso da carcaça

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva José Humberto Vilar da

    2003-01-01

    Full Text Available Um experimento foi desenvolvido com o objetivo de estimar as proporções dos cortes nobres da carcaça de frangos de corte pelo modelo linear. Foram utilizados 842 frangos machos da linhagem Avian Farms, de 22 a 42 dias de idade, distribuídos num delineamento inteiramente ao acaso em esquema fatorial 3x4. Foram fornecidas rações formuladas à base de milho e farelo de soja para conter 2.900 kcal de EM e 15,43; 17,26; 19,60; e 22,60% de PB; 3.100 kcal de EM e 16,49; 18,45; 20,95; e 24,22% de PB; e 3300 kcal de EM e 17,55; 19,64; 22,30; e 25,78% de PB, totalizando doze tratamentos. Cada tratamento foi constituído por quatro repetições de 18 aves. Fortes correlações foram observadas entre o peso vivo aos 42 dias e o peso da carcaça (r = 0,958, o peso da carcaça e o peso de pernas (r = 0,991, peso de peito+osso+pele (r = 0,965 e peso de peito desossado (r = 0,950. A porcentagem de lipídio foi negativamente correlacionada com a porcentagem de umidade da carcaça (r = -0,880. A equação linear é recomendada para a predição dos componentes anatômicos da carcaça de frangos de corte.

  12. PESO DE HOJAS COMO HERRAMIENTA PARA ESTIMAR EL ÁREA FOLIAR EN SOYA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Rafael Garcés Fiallos

    2011-07-01

    Full Text Available Cuantificaciones del área foliar en plantas son importantes en estudios de daños ocasionados por enfermedades, por lo tanto su determinación requiere el uso de equipamientos que no siempre se encuentran disponibles para todos. La utilización de determinaciones indirectas, como el peso de materia fresca o seca podría ayudar en este proceso. En este trabajo, se evaluó la relación entre el peso de hojas y área foliar, a partir de plantas recolectadas en el estadío R7.1, en 64 parcelas de campo con el cultivar de soja Nidera 5909 RG. El peso fresco fue medido luego de la colecta, el peso seco después de 48 horas de incubación a 65° C y el área foliar a través de un integralizador digital Licor. Fueron obtenidas ecuaciones significativas (p < 0.0001 e R2 de 0.74 a 0.97 para cada estrato y para la planta entera. Para la media de la planta, la relación de área foliar fue de y = 45.53 x + 19.03 para peso fresco e y = 176.17 x – 75.30 para peso seco. Esta herramienta se presenta potencialmente viable para estimar el área foliar de la planta. La utilización del peso seco es mas trabajosa, más no requiere pesaje de las hojas inmediatamente después de su colecta. La utilización futura de esta herramienta requiere estudios adicionales con otros cultivares a fin de verificarse si el comportamiento es similar.

  13. Condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CERÓN-MIRELES PRUDENCIA

    1997-01-01

    Full Text Available Objetivo. Estudiar la asociación entre condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México. Material y métodos. Se encuestaron 2 623 trabajadoras que atendieron sus partos en tres grandes hospitales de la Ciudad de México en 1992. Se obtuvo información sobre los principales factores biológicos y sociales que se asocian al bajo peso al nacer; asimismo, se determinó el estrés ocupacional utilizando el instrumento desarrollado por Karasek. Se utilizaron modelos de regresión logística para evaluar la relación de las condiciones de trabajo con el bajo peso al nacer, controlando por variables confusoras. Resultados. El bajo peso al nacer fue más alto en trabajadoras con jornadas mayores a 50 horas semanales (RM= 1.6; IC= 1.17, 2.28 y con conflictos laborales (RM= 1.5; IC= 1.0, 2.25. La falta de apoyo social tangible fue identificado como un factor de riesgo de bajo peso al nacer (RM= 1.7; IC= 1.20, 2.33. Las medidas preventivas laborales como el cambio de tareas, disminución de la jornada y las salidas por enfermedad no mostraron un efecto benéfico en el peso al nacer, a excepción de la licencia de maternidad; las madres que no la tuvieron mostraron una probabilidad 2.2 veces mayor para bajo peso al nacer (IC= 1.66, 2.93. Conclusiones. Estos hallazgos resaltan la importancia de identificar los factores de riesgo ocupacional en el embarazo..

  14. Factores de riesgo de bajo peso al nacer en un hospital cubano, 1997-2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Escobar José Andrés Cabrales

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo. Identificar qué factores de riesgo materno durante el embarazo se asocian a la incidencia de bajo peso al nacer (menos de 2 500 g. Métodos. Se diseñó un estudio de casos y testigos con 764 casos de nacimiento simple con un peso al nacer de menos de 2 500 g, y 1 437 testigos del Hospital Gineco-Obstétrico Provincial de Sancti Spíritus, Cuba, durante el cuatrienio de 1997-2000. Los datos se obtuvieron de historias clínicas, registros de partos y entrevistas personales con las madres. Se realizó un análisis con dos variables y se controlaron los posibles factores de confusión mediante regresión logística dicotómica con el programa SPSS. Se usó un modelo final de múltiples variables para identificar los factores de riesgo maternos asociados con el bajo peso al nacer. Resultados. El análisis con múltiples variables mostró una asociación significativa del bajo peso al nacer con la presencia de anemia en la madre cuando se detectó el embarazo, la sepsis urinaria durante el embarazo, el asma bronquial, un aumento de peso materno menor de 8 kg durante todo el embarazo, el hábito de fumar durante el mismo, antecedentes de bajo peso al nacer en partos anteriores, la presencia de hipertensión arterial desde antes de la gestación y la consulta prenatal extemporánea. Conclusiones. A partir de estos resultados se concluyó que, independientemente de la medida de impacto utilizada, es importante tratar de disminuir los factores de riesgo identificados a fin de reducir la incidencia del bajo peso al nacer en la provincia de Sancti Spíritus.

  15. Factores de riesgo de bajo peso al nacer en un hospital cubano, 1997-2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Andrés Cabrales Escobar

    2002-09-01

    Full Text Available Objetivo. Identificar qué factores de riesgo materno durante el embarazo se asocian a la incidencia de bajo peso al nacer (menos de 2 500 g. Métodos. Se diseñó un estudio de casos y testigos con 764 casos de nacimiento simple con un peso al nacer de menos de 2 500 g, y 1 437 testigos del Hospital Gineco-Obstétrico Provincial de Sancti Spíritus, Cuba, durante el cuatrienio de 1997-2000. Los datos se obtuvieron de historias clínicas, registros de partos y entrevistas personales con las madres. Se realizó un análisis con dos variables y se controlaron los posibles factores de confusión mediante regresión logística dicotómica con el programa SPSS. Se usó un modelo final de múltiples variables para identificar los factores de riesgo maternos asociados con el bajo peso al nacer. Resultados. El análisis con múltiples variables mostró una asociación significativa del bajo peso al nacer con la presencia de anemia en la madre cuando se detectó el embarazo, la sepsis urinaria durante el embarazo, el asma bronquial, un aumento de peso materno menor de 8 kg durante todo el embarazo, el hábito de fumar durante el mismo, antecedentes de bajo peso al nacer en partos anteriores, la presencia de hipertensión arterial desde antes de la gestación y la consulta prenatal extemporánea. Conclusiones. A partir de estos resultados se concluyó que, independientemente de la medida de impacto utilizada, es importante tratar de disminuir los factores de riesgo identificados a fin de reducir la incidencia del bajo peso al nacer en la provincia de Sancti Spíritus.

  16. Descartes de origem animal e o crescimento e ganho de peso do jacaré-de-papo-amarelo, Caiman latirostris (Daudin, 1802, em cativeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarkis-Gonçalves Fabianna

    2002-01-01

    Full Text Available O custo da alimentação é o principal fator limitante para a criação de jacarés em cativeiro. O uso de descartes e subprodutos como fontes de alimento em fazendas de criação de jacarés poderá auxiliar a resolver este problema. No presente estudo, quatro diferentes tipos de descartes provenientes da produção animal foram avaliados como alimento para o jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris durante o primeiro ano de vida. Um total de 120 filhotes provenientes de seis ninhadas foram mantidos em quatro diferentes tanques dentro de uma estufa plástica. As seguintes dietas foram usadas: peixe, suino, frango e mista (peixe + suino + frango em iguais proporções. O delineamento experimental foi de ANOVA por blocos. Ganho de peso e taxas de crescimento do comprimento rostro-anal e da cintura comercial foram medidos e modelos de crescimento foram estabelecidos. A dieta mista resultou em melhores taxas de crescimento e ganho de peso, mas não foram detectadas diferenças consistentes entre as dietas usadas quanto aos modelos de crescimento.

  17. Insatisfação com o peso corporal e fatores associados em adolescentes Body weight dissatisfaction and associated factors among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovâni Firpo Del Duca

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a ocorrência de insatisfação com peso corporal e os fatores associados em adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal, representativo dos escolares de 15 a 19 anos de escolas públicas de Santa Catarina, no ano de 2002. O desfecho do estudo foi a satisfação com o peso corporal, avaliada pela pergunta: "Você está satisfeito(a com seu peso corporal?". As variáveis avaliadas foram: sexo, idade, renda familiar, local de residência, estado nutricional, tempo semanal assistindo televisão, tabagismo e autopercepção de saúde. Investigaram-se também os seguintes comportamentos alimentares: tomar remédios para emagrecer, provocar vômitos após as refeições e realizar, no mínimo, três refeições/dia. Empregou-se regressão multinomial nas análises bruta e ajustada. RESULTADOS: Dentre os adolescentes avaliados (n=5.028, 16,7% (IC95%: 15,7-17,7 estavam insatisfeitos com seu peso e gostariam de aumentá-lo, e 36,2% (IC95%: 34,9-37,5 gostariam de diminui-lo. Tomar remédios para emagrecer, provocar vômitos após as refeições e não realizar, no mínimo, três refeições/dia foram mais frequentes entre aqueles que gostariam de reduzir o peso. Após análise ajustada, os fatores associados ao desejo de aumentar o peso foram: sexo masculino, idade >17 anos, residir na zona urbana, não ter excesso de peso e autopercepção de saúde negativa. Já os fatores associados ao desejo de diminuir o peso foram: sexo feminino, residir na zona urbana, ter excesso de peso e uma percepção negativa de saúde. CONCLUSÕES: Encontrou-se alta prevalência de insatisfação com o peso, sendo as variáveis sexo, estado nutricional e autopercepção de saúde os fatores mais fortemente associados a tal comportamento.OBJECTIVE: To assess the prevalence of body weight dissatisfaction among adolescents and the associated factors. METHODS: Population-based cross-sectional study covering a sample of students with ages from 15 to 19 years

  18. Desempenho de bezerros da raça holandesa com desaleitamento aos 28 ou 56 dias de idade, com ou sem aditivo à base de oligossacarídeo de manana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandi Décio

    2001-01-01

    Full Text Available Vinte e quatro bezerros da raça Holandesa foram utilizados num experimento com delineamento completamente casualizado, em arranjo fatorial 2x2 (desaleitamento aos 28 ou 56 dias, com ou sem a adição de oligossacarídio de manana à dieta, e seis repetições por tratamento. Não houve interação entre os fatores período de aleitamento e uso ou não de aditivo. O desaleitamento aos 28 dias, em comparação com 56 dias, resultou, aos 56 dias de idade, em menor peso final, menor ganho médio diário de peso, maior consumo de concentrado, menor consumo total de matéria seca e pior conversão alimentar. Não houve diferenças em relação às medidas corporais iniciais e finais de altura de cernelha, perímetro torácico e abdominal, embora o desaleitamento aos 28 dias tenha diminuído o ganho médio diário de perímetro torácico. Em um levantamento dos custos de alimentação, medicamentos e mão-de-obra veterinária, os animais desaleitados aos 28 dias apresentaram menor custo total individual e menor custo por kg de ganho de peso. O emprego do aditivo não afetou as dimensões corporais, porém resultou em maior ganho de peso, final e diário, e melhor conversão alimentar, reduzindo o custo médio por kg de ganho de peso.

  19. Selección masal por peso y coloración en tilapia roja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Alejandra Ruiz Peña

    2009-04-01

    Full Text Available Para evaluar la efectividad de la selección masal por color y peso se analizaron dos generaciones (G1 y G2 de alevinos de tilapia roja Oreochromis sp. De 40.000 larvas a la sexta semana se eliminaron los alevinos manchados y blancos y a las 14 semanas se separaron por sexos. Se midió el peso (g, la longitud total (cm, la altura (cm y el ancho (cm de 150 individuos a las 6, 14 y 24 semanas de edad. En la semana 24 se escogieron 150 machos y 450 hembras con las coloraciones deseables y mayor peso. La selección resultó efectiva para coloración en G2, puesto que la proporción de individuos rojos se incrementó en 15% con respecto a los testigos. Entre generaciones (G1 y G2 el efecto de la selección fue positivo, debido a que la proporción de rojos se incrementó de 64% a 84% y se redujo la de manchados de 31% a 13%. En ambas generaciones los machos fueron significativamente más pesados que las hembras. Se encontraron notables diferencias entre generaciones para peso y talla, puesto que los selectos superaron al control en 27% y 8% (G1 y en 22% y 11% (G2 para el peso y la talla, respectivamente.

  20. El crecimiento y desarrollo ante la prematuridad y el bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christine Baccarat de Godoy Martins

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivo: Realizar una revisión bibliográfica sobre el crecimiento y desarrollo de prematuros y/o de bajo peso al nacer. Metodología: Se utilizaron las bases de datos lilacs, medline y scielo. Se encontraron 64 trabajos: 10 publicados en 2005, 10 en 2006, 12 en 2007, 16 en 2008, 8 en 2009 y 8 en 2010. Las publicaciones halladas pertenecían a las áreas de medicina (59,4%, nutrición (7,8%, enfermería (7,8%, salud pública (7,8%, psicología (6,2%, epidemiología (4,7%, fisiología (3,1% y fonoaudiología (3,1%. Resultados:Los textos encontrados permitieron la organización del conocimiento producido según las siguientes categorías de análisis: Factores asociados al bajo peso en el nacimiento/prematuridad; Repercusiones del bajo peso en el nacimiento/prematuridad para el crecimiento y desarrollo y medidas de prevención; y Supervivencia de los recién nacidos prematuros o de bajo peso. Conclusión: Los niños nacidos prematuramente y de bajo peso generalmente presentan déficit de desarrollo. Un acompañamiento postnatal centrado en el crecimiento y desarrollo es fundamental.

  1. AoS28D, a proline-Xaa carboxypeptidase secreted by Aspergillus oryzae.

    Science.gov (United States)

    Salamin, Karine; Eugster, Philippe J; Jousson, Olivier; Waridel, Patrice; Grouzmann, Eric; Monod, Michel

    2017-05-01

    Prolyl peptidases of the MEROPS S28 family are of particular interest because they are key enzymes in the digestion of proline-rich peptides. A BLAST analysis of the Aspergillus oryzae genome revealed sequences coding for four proteases of the S28 family. Three of these proteases, AoS28A, AoS28B, and AoS28C, were previously characterized as acidic prolyl endopeptidases. The fourth protease, AoS28D, showed high sequence divergence with other S28 proteases and belongs to a phylogenetically distinct cluster together with orthologous proteases from other Aspergillus species. The objective of the present paper was to characterize AoS28D protease in terms of substrate specificity and activity. AoS28D produced by gene overexpression in A. oryzae and in Pichia pastoris was a 70-kDa glycoprotein with a 10-kDa sugar moiety. In contrast with other S28 proteases, AoS28D did not hydrolyze internal Pro-Xaa bonds of several tested peptides. Similarly, to human lysosomal Pro-Xaa carboxypeptidase, AoS28D demonstrated selectivity for cleaving C-terminal Pro-Xaa bonds which are resistant to carboxypeptidases of the S10 family concomitantly secreted by A. oryzae. Therefore, AoS28D could act in synergy with these enzymes during sequential degradation of a peptide from its C-terminus.

  2. Combate ao niilismo e ao totalitarismo em Camus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuel Ricardo Germano

    2013-05-01

    Full Text Available A partir de uma leitura da peça Calígula, elaborada entre 1941 e 1943, procurar-se-á contribuir na restituição das preocupações éticas, políticas e filosóficas em cena no teatro de Albert Camus, analisando o sentido de sua expressão teatral no contexto de dois combates,ao niilismo filosófico e ao totalitarismo político de seu tempo. Observaremos em Calígula um importante registro do amadurecimento das leituras de duas heranças filosóficas relevantes na formação intelectual de Camus, Nietzsche e Heráclito, à luz da experiência do totalitarismo, observando e ressaltando com isso a amplitude de seu intertexto filosófico e a importância do aporte ético e político de Camus como pensador multifacetado, engajado nos enfrentamentos históricos e solicitações críticas de seu tempo.

  3. An??lisis del ayuno intermitente y su efecto en la salud, en la p??rdida de peso y en el rendimiento deportivo = Analysis of intermittent fasting and its effect on health, in weight loss and in sport performance

    OpenAIRE

    Arroyo Campo, Andr??s

    2017-01-01

    Hoy en d??a son muchas las personas que buscan reducir su peso corporal debido al aumento de la obesidad y el sobrepeso que se ha producido en las ??ltimas d??cadas en los pa??ses desarrollados. ??ste es el principal motivo por el cual, en los ??ltimos a??os, se ha puesto de moda una estrategia diet??tica denominada ayuno intermitente que consiste principalmente en intercalar per??odos de ingesta de alimentos con per??odos de ayuno. A pesar de la popularidad actual de este tipo de dieta para ...

  4. Validação da curva normal de peso fetal estimado pela ultra-sonografia para o diagnóstico do peso neonatal

    OpenAIRE

    Cecatti José Guilherme; Machado Maria Regina Marrocos; Krupa Fabiana da Graça; Figueiredo Priscila Garcia; Pires Helaine Maria Besteti

    2003-01-01

    OBJETIVO: avaliar a concordância entre o peso fetal estimado (PFE) por ultra-sonografia e o neonatal, o desempenho da curva normal de PFE por idade gestacional no diagnóstico de desvios do peso fetal/neonatal e fatores associados. MÉTODOS: participaram do estudo 186 grávidas atendidas de novembro de 1998 a janeiro de 2000, com avaliação ultra-sonográfica até 3 dias antes do parto, determinação do PFE e do índice de líquido amniótico e parto na instituição. O PFE foi calculado e classificado d...

  5. Estágios motivacionais para mudança de comportamento em indivíduos que iniciam tratamento para perda de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Medeiros Leão

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo Embora existam programas efetivos para tratamento da obesidade, são grandes as taxas de abandono. O objetivo deste trabalho foi investigar o estágio motivacional em que se encontravam pacientes com sobrepeso ou obesidade I e II atendidos em ambulatório de Nutrição e seus fatores associados. Métodos Trata-se de um estudo transversal, com amostragem por conveniência, em que foram coletadas informações da história clínica, antropometria, compulsão alimentar (BES – Binge Eating Scale e motivação para o tratamento (URICA – University of Rhode Island Change Assessment Scale. Resultados Dos 48 avaliados, 29,2% encontravam-se em pré-contemplação, 41,7%, em contemplação e 29,2%, em ação. Quem procurou tratamento para controle de alguma comorbidade além da perda de peso teve maior escore de prontidão (p = 0,024. Motivação não foi relacionada ao estado nutricional nem à tentativa anterior de perda de peso, mas relacionou-se à orientação profissional anterior (p = 0,005. Dos 26,8% que apresentavam sintomatologia moderada ou grave para compulsão alimentar, 90,9% estavam em contemplação, com diferença significativa quanto à pré-contemplação (p = 0,001 e à ação (p = 0,02. Conclusão Esses resultados sugerem que parte dos indivíduos que procuram tratamento para perda de peso não o faz com a motivação necessária e que, se o aconselhamento profissional quanto à importância da perda de peso ocorresse antes que patologias associadas à obesidade se instalassem, indivíduos mais motivados poderiam procurar tratamento e evitar tais complicações.

  6. Habilidades pre-escolares de los niños nacidos prematuramente y con bajo peso

    OpenAIRE

    Sasha A. Martínez-Espiet; Irene Sumaza Laborde; Leila Crespo Fernández; Maribel Campos Rivera; Frances Boulon Díaz

    2016-01-01

    RESUMEN: El objetivo de este estudio fue conocer el nivel de desarrollo en la etapa pre-escolar de un grupo de niños nacidos prematuramente y con bajo peso. Se evaluó un grupo 20 niños de cuatro años nacidos prematuramente y con bajo peso y un grupo de 20 niños nacidos luego de gestación completada y peso deseado utilizando la prueba de integración visual-motora Beery-Buktenica. Además, se administró el cuestionario del desarrollo Ages and Stages (ASQ-3) a las 40 madres. El análisis estadísti...

  7. Factores nutricionales maternos y el bajo peso al nacer en un área de salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arley Rey Vilchez

    2013-01-01

    Full Text Available Fundamento: el bajo peso al nacer es multifactorial y se atribuye a causas maternas, fetales y ambientales. Los hábitos alimentarios inadecuados unidos a otros factores nutricionales maternos son determinantes. Objetivo: identificar los factores nutricionales maternos relacionados con el bajo peso al nacer en pacientes del Área I del municipio Cienfuegos. Métodos: se realizó un estudio analítico, retrospectivo, de casos y controles entre enero 2006 y diciembre 2008. Se estudiaron 50 madres de recién nacidos bajo peso (casos y 100 madres de niños normopesos (controles a razón de 2 por cada caso, seleccionadas del registro de nacimientos del área. Se revisaron las historias clínicas obstétricas y se entrevistó a cada paciente para evaluar sus hábitos alimentarios según frecuencia de comidas y grupos de alimentos consumidos. El procesamiento de la información se realizó utilizando el programa estadístico SPSS versión 15,0. Los resultados se presentaron en tablas con frecuencias absolutas, porcentajes y resultados de las técnicas estadísticas empleadas. Resultados: se comportaron como factores de riesgo: la edad materna, el estado nutricional al inicio del embarazo, la ganancia de peso durante la gestación y la hemoglobina del tercer trimestre. Las mujeres con hábitos alimentarios inestables e insuficientes tuvieron 33 veces más probabilidades de tener neonatos bajo peso y las que refirieron dietas no saludables según grupos de alimentos consumidos tuvieron 9 veces más riesgo. Conclusiones: los factores nutricionales maternos influyeron en la incidencia del bajo peso al nacer, fundamentalmente los hábitos alimentarios inadecuados.

  8. El estado del peso corporal en sujetos con retraso mental en un centro de día

    OpenAIRE

    García, Edi Guillermo

    2010-01-01

    La investigación del peso corporal en sujetos con retraso mental (RM) ha sido emparentada con la obesidad y, en menor medida, con el bajo peso. Con el motivo de determinar el estado del peso corporal y establecer si existen desviaciones respecto al peso normal, es que se realizó un estudio con diseño descriptivo transversal teniendo en cuenta las diferentes de evaluación el Índice de Masa Corporal y el IMC para la edad, recolectándose los datos en concurrentes a un Centro de Día. Según ...

  9. Obesidad, cambio de peso y desarrollo de enfermedad por reflujo gastroesofágico

    OpenAIRE

    Barceló López, Marta

    2012-01-01

    El marcado incremento de la prevalencia de la enfermedad por reflujo gastroesofágico (ERGE), y obesidad en los últimos 40 años en países industrializados ha sugerido la existencia de una correlación entre estos dos trastornos. La hipótesis de este trabajo es que el desarrollo de ERGE es más probable cuando existe un incremento de peso corporal, y que la asociación entre obesidad y ERGE es probablemente sólo consecuencia de esta ganancia de peso, que es lo que conduce a ambas condiciones. Los ...

  10. Análisis del bajo peso en la atención primaria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Lugones Botell

    1995-08-01

    Full Text Available Se realiza un estudio retrospectivo de algunos aspectos relacionados con la atención prenatal de las gestantes y su análisis correspondiente, que tuvieron recién nacidos de bajo peso en el período comprendido entre 1988 y 1991, ambos inclusive. Se concluye que los principales factores relacionados con éste fueron: nuliparidad, madre trabajadora, poca ganancia de peso en el embarazo y entre las afecciones asociadas con la gestación encontramos la amenaza de aborto, la anemia y la enfermedad hipertensiva del embarazo, entre las más frecuentes.

  11. Exceso de peso y discapacidad en las personas mayores de la Argentina

    OpenAIRE

    Malena Monteverde

    2015-01-01

    El objetivo del presente trabajo es analizar la relación entre el exceso de peso y la condición de discapacidad en las personas mayores de la Argentina y evaluar en qué medida podría estar operando algún factor protector que reduzca o atenúe el efecto del exceso de peso sobre la pérdida de capacidades funcionales en las personas mayores de 64 años. Para ello se utilizan los microdatos de la Encuesta Nacional de Factores de Riesgo 2009. Con el objeto de medir la asociación entre sobrepeso, obe...

  12. Tempo de jejum dos suínos no manejo pré-abate sobre a perda de peso corporal, o peso do conteúdo estomacal e a incidência de úlcera esofágica-gástrica Relation of fasting time during pre-slaughter management to weight loss, weight of stomach contents and incidence of gastric ulcer in pigs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osmar Antonio Dalla Costa

    2008-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do tempo de jejum (9, 12, 15 e 18 horas dos animais na granja (TJG e da posição na carroceria do caminhão (PBO durante o transporte da granja ao frigorífico sobre: a perda de peso corporal (PPC, o peso do estômago cheio (PEC e vazio (PEV, o peso do conteúdo estomacal (PCE e o escore de lesão na mucosa esofágica-gástrica (ELG. Foram utilizadas 192 fêmeas, com peso vivo médio de 134,51±11,80kg. No modelo, foram considerados os efeitos de bloco (estação do ano, BL, TJG, PBO e da interação entre BL x TJG. Verificou-se efeito significativo do TJG apenas sobre o peso do conteúdo estomacal. Não se observou efeito significativo da PBO sobre qualquer das variáveis avaliadas. Dos suínos avaliados, 90,3% apresentaram PEC menor que 500 gramas e 8,56% com PEC entre 500 e 800 gramas. A prevalência de suíno com ELG foi baixa (14,97%, sendo que, dos animais com ELG, 13,90% apresentaram lesão de grau 1 e 1,09% eram grau dois. Conclui-se que animais submetidos a jejum na granja de 15 horas apresentam menor peso do conteúdo estomacal ao abate.The objective of this study was to evaluate the effect of fasting time period (9, 12, 15 and 18 hours at the farm (TJG and the pig’s position in the lorry’s livestock compartment (PBO during the transport from the farm to the processing plant on: body weight loss (PPC, weight of stomach (full= PEC and empty= PEV, weight of stomach contents (PCE, and incidence of gastric ulcer (ELG. A total of 192 females with average 34.51±11.80kg of body weigh were used. The statistical model considered the effects of: block (season, BL, TJG, PBO and the interaction between BL and TJG. There was a significant effect of TJG only on stomach content. There was no effect of PBO on any of the evaluated variables. A PEC inferior to 500g was observed in 90.3% of the animals, while 8.56% of the pigs presented PEC between 500 and 800g. Incidence of ELG was low (14.97%, and

  13. Como responder ao momento presente?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Filomena Molder

    2013-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1984-784X.2013v13n19p13 Foi com esta pergunta — já um efeito de um primeiro encontro entre Irene Pimentel e eu própria — que decidimos desafiar colegas, estudantes e funci­onários da nossa Faculdade, FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Huma­nas, de outras Faculdades da Universidade Nova de Lisboa, de outras Uni­versidades e todos os interessados em con­siderar e discutir em comum aquilo que se passava em Portugal e que no anúncio da Jornada de 6 de De­zembro de 2012 se descrevia como um “processo de desmantela­mento social, económico e cultural sem precedentes — pese embora tantas compara­ções, baseadas na premissa da ‘eterna repetição’ — e cujas consequências não param de exceder as previsões dos responsáveis por esse desmantelamento”. Acedendo com todo o empenho e gratidão ao convite que me foi dirigido por Humberto Brito para fazer uma resenha da Jornada a publicar no primeiro número de Forma de Vida (saúdo a revista e o título, decidi-me, no entanto, a pôr de lado a resenha, que sob a forma de “Editorial” será em breve publi­cada no blogue Responder ao Momento Presente, entre­tanto criado, conjuntamente com os textos escritos pelos nossos convidados, com as parti­cipações de pessoas que corresponderam ao nosso apelo e ainda com contri­bui­ções que se alargaram para lá da Jornada; a que se juntará uma gravação em video, também disponível no Youtube.   Texto publicado originalmente em Forma de Vida, Lisboa, n.1, fev. 2013. Agrade­cemos à autora por permitir a republicação neste número do Boletim. [N.E.

  14. Aerosol Observing System (AOS) Handbook

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Jefferson, A

    2011-01-17

    The Aerosol Observing System (AOS) is a suite of in situ surface measurements of aerosol optical and cloud-forming properties. The instruments measure aerosol properties that influence the earth’s radiative balance. The primary optical measurements are those of the aerosol scattering and absorption coefficients as a function of particle size and radiation wavelength and cloud condensation nuclei (CCN) measurements as a function of percent supersaturation. Additional measurements include those of the particle number concentration and scattering hygroscopic growth. Aerosol optical measurements are useful for calculating parameters used in radiative forcing calculations such as the aerosol single-scattering albedo, asymmetry parameter, mass scattering efficiency, and hygroscopic growth. CCN measurements are important in cloud microphysical models to predict droplet formation.

  15. Heterosis para pesos a los 18 meses y sacrificio en un hato cebú-cruzado.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Llano Arango Juan David

    2003-12-01

    Full Text Available El objetivo de la presente investigación fue evaluar comparativamente los pesos o los 18 meses y al sacrificio de machos cruzados ¼ , bos taurus (aberdeen angus. holstein, simmental americano, simmental alemán por cebú y animales brahman puros cebú comercial y mestizos.

  16. Resenha de: Le "Peso Politico de Todo el Mundo" d'Anthony Sherley ou Un

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eurípedes Simões de Paula

    1963-09-01

    Full Text Available FLORES (Xavier A.. — Le "Peso Politico de Todo el Mundo" d'An-thony Sherley ou Un Aventurier au Service de I'Espagne. École Pratique des Hautes Études. VIe section. Centre de Recherches Historiques. Paris. S.E.V.P.E.N. Collection "Bi-bliothèque générale". 1963.

  17. Exceso de peso y discapacidad en las personas mayores de la Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malena Monteverde

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo del presente trabajo es analizar la relación entre el exceso de peso y la condición de discapacidad en las personas mayores de la Argentina y evaluar en qué medida podría estar operando algún factor protector que reduzca o atenúe el efecto del exceso de peso sobre la pérdida de capacidades funcionales en las personas mayores de 64 años. Para ello se utilizan los microdatos de la Encuesta Nacional de Factores de Riesgo 2009. Con el objeto de medir la asociación entre sobrepeso, obesidad y la condición de discapacidad, así como la interacción de la condición de peso y la edad, se estiman modelos de regresión logística. Los resultados indican que, si bien el sobrepeso y la obesidad tendrían un efecto neto positivo sobre la presencia de discapacidades, este sería menor entre las personas de 64 años y más. Los resultados sugieren que entre las personas mayores existe algún factor protector, que si bien no revierte la relación directa entre exceso de peso y discapacidad, parece atenuarla.

  18. Avaliação do peso e do modo de transporte do material escolar em alunos do ensino fundamental Evaluación del peso y del modo de transporte del material escolar en escolares de la enseñanza fundamental Assessment of weight and mode of transport of school material in highschool students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Tarragô Candotti

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar e comparar o modo de transporte e o peso do material escolar utilizado por escolares entre o 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental. MÉTODOS: Dentre as escolas do município Dois Irmãos (RS, uma escola foi sorteada e 58 escolares foram pesquisados por meio de questionário, que avaliou o acessório utilizado para transportar o material escolar e a forma de transporte. As variáveis antropométricas e o peso do material escolar foram mensurados ao longo de cinco dias. A análise do questionário envolveu tabelas de frequência e teste do qui-quadrado. O peso médio do material, relativo ao peso corporal e registrado ao longo da semana, foi analisado por ANOVA one-way e ao teste post hoc de Bonferroni. RESULTADOS: Escolares do 2º, 5º e 9º anos transportam seu material nas costas, em mochila com duas alças (60, 77,3 e 85,5%, respectivamente, pOBJETIVOS: Identificar y comparar el modo de transporte y el peso del material escolar utilizado por escolares entre el 2º, 5º y 9º años de la enseñanza fundamental. MÉTODOS: Entre las escuelas del municipio de Dois Irmãos (RS, Brasil, una escuela fue sorteada y 58 escolares fueron investigados mediante cuestionario, que evaluó el accesorio utilizado para transportar el material escolar y la forma de transporte, las variables antropométricas y el peso del material escolar fueron medidos a lo largo de cinco días. El análisis del cuestionario envolvió tablas de frecuencia y test del chi-cuadrado. El peso mediano del material, relativo al peso corporal, registrado a lo largo de la semana, fue sometido por ANOVA one-way y por el test post hoc de Bonferroni (α=0,05. RESULTADOS: Escolares del 2º, 5º y 9º años transportaron su material a la espalda, en mochila con dos asas (60, 77,3 y 85,5%, respectivamente, pObjectives: To identify the way school material is carried and the weight of the material carried, and to compare these findings for 2nd, 5th and 9th graders

  19. Autoeficacia y locus de control: variables predictoras de la autorregulación del peso en personas obesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zoraide Lugli Rivero

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivo. La presente investigación tuvo por objetivo determinar la capacidad predictiva de la autoeficacia percibida y el locus del control en la autorregulación del peso, en personas obesas que asisten a tratamiento médico en diferentes centros de salud privados de la ciudad de Maracay, Venezuela. Método. Concretamente, se realizó una investigación no experimental, bajo un diseño correlacional, de corte transversal, en una muestra de 243 personas obesas. Se administraron, de forma individual y en formato papel y lápiz, el Inventario de autorregulación del peso, Inventario de autoeficacia percibida en la regulación del peso e Inventario de locus de control del peso. Resultados. Los resultados del estudio demuestran que las personas obesas que se sienten capaces de controlar su peso, y a la vez tienen creencias débiles de que su peso depende de sus acciones, son aquellas que reportan mayor autorregulación del peso. Conclusión. Estos resultados sugieren aspectos a considerar en los tratamientos cognitivo-conductuales dirigidos al control de la obesidad. Específicamente,las intervenciones deben dirigirse a entrenar a personas en tratamiento de la obesidad en habilidades de autorregulación y cambio de creencias relacionadas con su peso.

  20. Selección masal por peso y coloración en tilapia roja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruíz Peña María Alejandra

    2009-06-01

    Full Text Available Para evaluar la efectividad de la selección masal por color y peso se analizaron dos generaciones (G1 y G2 de alevinos de tilapia roja Oreochromis sp. De 40.000 larvas a la sexta semana se eliminaron los alevinos manchados y blancos y a las 14 semanas se separaron por sexos. Se midió el peso (g, la longitud total (cm, la altura (cm y el ancho (cm de 150 individuos a las 6, 14 y 24 semanas de edad. En la semana 24 se escogieron 150 machos y 450 hembras con las coloraciones deseables y mayor peso. La selección resultó efectiva para coloración en G2, puesto que la proporción de individuos rojos se incrementó en 15% con respecto a los testigos. Entre generaciones (G1 y G2 el efecto de la selección fue positivo, debido a que la proporción de rojos se incrementó de 64% a 84% y se redujo la de manchados de 31% a 13%. En ambas generaciones los machos fueron significativamente más pesados que las hembras. Se encontraron notables diferencias entre generaciones para peso y talla, puesto que los selectos superaron al control en 27% y 8% (G1 y en 22% y 11% (G2 para el peso y la talla, respectivamente.

  1. Comparação entre heparina de baixo peso molecular e heparina não fraccionada intravenosa no tratamento da embolia pulmonar — Uma meta-análise de estudos controlados randomizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Quinlan

    2004-11-01

    Full Text Available RESUMO: O tratamento da embolia pulmonar aguda (EPA com heparina de baixo peso molecular não é consensual. Muitos clínicos continuam a utilizar a heparina não fraccionada por considerarem que o EPA apresenta maior risco do que a trombose venosa profunda (TVP e por admitirem insuficientes as provas de eficácia e segurança relativas à heparina de baixo peso molecular.É indiscutível a maior facilidade de utilização das heparinas de baixo peso molecular. O propósito desta meta-análise é comparar a eficácia e segurança de uma dose fixa subcutânea de heparina de baixo peso molecular com uma dose variável intravenosa de heparina não fraccionada. Foram incluídos ensaios clínicos com casos de EPA sintomático ou de EPA assintomático com TVP sintomática. A variável principal foi a recorrência de tromboembolismo venoso sintomático (incluindo EPA e TVP no final do tratamento (entre 5 e 14 dias; as variáveis secundárias foram a recorrência de tromboembolismo aos 3 meses, a mortalidade e a hemorragia major ou minor. No estudo comparativo com a heparina não fraccionada foram utilizadas 6 diferentes heparinas de baixo peso molecular, e a análise total envolveu mais de 1900 doentes repartidos por 12 estudos. Os resultados mostraram: • Redução do número de casos de recorrência de tromboembolismo venoso sintomático com a heparina de baixo peso molecular comparativamente à heparina não fraccionada - 14/1023 vs 22/928. • Redução do número de casos de recorrência de tromboembolismo venoso ao final de 3 meses, nos doentes tratados com heparina de baixo peso molecular - 30/988 vs 39/895. • Mortalidade semelhante nos 2 grupos terapêuticos, quer no final do tratamento quer ao terceiro mês - 14/1023 vs 11/928 e 46/988 vs 55/895, respectivamente. • A hemorragia major foi mais frequente no grupo tratado com heparina n

  2. Paratireoidectomia na doença renal crônica: efeitos no ganho de peso e na melhora da qualidade de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henyse Gomes Valente-Da-Silva

    Full Text Available RESUMO Objetivo: avaliar o benefício de paratireoidectomia em pacientes submetidos à hemodiálise, em relação ao estado nutricional e bioquímico, composição corporal e a qualidade de vida. Métodos: estudo longitudinal envolvendo 28 adultos em programa de hemodiálise, com hiperparatireoidismo secundário grave, avaliados antes e um ano após a cirurgia. Critérios de inclusão: níveis de paratormônio dez vezes superior ao valor de referencia e doença renal crônica em programa de hemodiálise. O índice de massa corporal foi utilizado para classificação do estado nutricional. A bioimpedância elétrica para avaliação da composição corporal. A análise bioquímica incluiu dosagem de lipídios e marcadores do metabolismo ósseo. A qualidade de vida foi avaliada pelo questionário SF36 (Short Form Health Survey. Todos os pacientes foram submetidos à paratireoidectomia total com implante em antebraço. Resultados: houve ganho significativo de peso corporal (61,7 vs 66,0 kg; p<0,001, da massa celular corporal (22,0 vs 24,5 kg/m2; p=0,05 e da qualidade de vida (p=0,001 após a cirurgia. Com relação ao metabolismo ósseo, PTH intacto, cálcio, fósforo e fosfatase alcalina, se estabilizaram e houve melhora em parâmetros bioquímicos, tais como albumina e hemoglobina. Conclusão: a paratireoidectomia melhora a sobrevida em pacientes de hemodiálise e está associada a aumento de peso, ganho de massa óssea e melhoria na qualidade de vida.

  3. Pedra do Peixe: redes sociais na circulação do pescado do Ver-o-Peso para a cidade de Belém do Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz de Jesus Dias da Silva

    Full Text Available Resumo Este artigo tem por objetivo apresentar uma etnografia sobre a rede social envolvida no processo de circulação do pescado que chega diariamente ao mercado do Ver-o-Peso, principal entreposto pesqueiro da região amazônica, e é distribuído por toda a cidade de Belém do Pará. Diariamente, o pescado in natura, capturado e trazido em embarcações pesqueiras, entra na área urbana pela Pedra do Peixe, marco espacial e simbólico do mercado do Ver-o-Peso,no qual é vendido e distribuído na cidade e para outras praças do estado e do país, para chegar aos consumidores finais, que o encontram nas feiras, mercados, supermercados e outros pontos de venda, assim como nos restaurantes diversificados, em forma de pratos regionais preparados para os muitos apreciadores do produto. Essa extensa rede de comercialização do pescado apresenta aspectos econômicos, sociais, culturais, regras, informalidades e conflitos, que fazem com que a circulação do pescado em Belém permaneça, até a atualidade, com muito vigor, tendo a Pedra do Ver-o-Peso como centralidade do seu fluxo cotidiano, através das redes de relações e das práticas socioculturais incorporadas por trabalhadores e fregueses que circulam diariamente por esse espaço central da cidade.

  4. SRAO: the first southern robotic AO system

    Science.gov (United States)

    Law, Nicholas M.; Ziegler, Carl; Tokovinin, Andrei

    2016-08-01

    We present plans for SRAO, the first Southern Robotic AO system. SRAO will use AO-assisted speckle imaging and Robo-AO-heritage high efficiency observing to confirm and characterize thousands of planet candidates produced by major new transit surveys like TESS, and is the first AO system to be capable of building a comprehensive several-thousand-target multiplicity survey at sub-AU scales across the main sequence. We will also describe results from Robo-AO, the first robotic LGS-AO system. Robo-AO has observed tens of thousands of Northern targets, often using a similar speckle or Lucky-Imaging assisted mode. SRAO will be a moderate-order natural-guide-star adaptive optics system which uses an innovative photoncounting wavefront sensor and EMCCD speckle-imaging camera to guide on faint stars with the 4.1m SOAR telescope. The system will produce diffraction-limited imaging in the NIR on targets as faint as mν = 16. In AO-assisted speckle imaging mode the system will attain the 30-mas visible diffraction limit on targets at least as faint as mν = 17. The system will be the first Southern hemisphere robotic adaptive optics system, with overheads an order of magnitude smaller than comparable systems. Using Robo-AO's proven robotic AO software, SRAO will be capable of observing overheads on sub-minute scales, allowing the observation of at least 200 targets per night. SRAO will attain three times the angular resolution of the Palomar Robo-AO system in the visible.

  5. Estratificación del bajo peso al nacer desde un enfoque de determinantes sociales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda María Delgado Acosta

    2013-03-01

    Full Text Available Fundamento: el área materno-infantil requiere de un enfoque en sus determinantes para aumentar el alcance estratégico de sus programas. Objetivo: estratificar el bajo peso al nacer en el municipio de Cienfuegos y caracterizar el bajo peso de acuerdo a determinantes sociales seleccionadas. Métodos: se realizó un estudio epidemiológico, descriptivo, correlacional sobre la estratificación del bajo peso al nacer en los consejos populares del municipio Cienfuegos, en el período comprendido entre los años 2003 y 2007. Los estratos se definieron según el valor de la media del índice de bajo peso al nacer en este periodo. Para realizar el análisis de las variables cualitativas en muestras independientes se utilizó la prueba de independencia u homogeneidad utilizada en el caso de dos muestras con resultado dicotómico o más. El procesamiento estadístico se realizó en el programa SPSS versión 15,0 y se utilizaron como medidas matemáticas para las variables cualitativas el porcentaje, y para las variables cuantitativas la media aritmética. La técnica estadística para relacionar las variables fue la prueba Chi-cuadrado. Resultados: se mostraron diferencias estadísticamente significativas entre los estratos de bajo, mediano y alto riesgo, en el nivel de escolaridad, estado civil, ocupación, evaluación nutricional, hábito de fumar, antecedentes de bajo peso al nacer, período ínter genésico. La única enfermedad asociada que mostró diferencias entre ellos fue la hipertensión gestacional. Conclusiones: el bajo peso al nacer continúa siendo un serio problema de salud en el municipio Cienfuegos, cuestión esta que debe ser abordada desde sus determinantes para realizar intervenciones futuras y el logro de mejores resultados.

  6. Parâmetros genéticos do peso no início da estação de monta, considerado indicativo do peso adulto de matrizes Nelore Genetic parameters for weight at the beginning of breeding season, considered indicative of mature weight of Nelore cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Eugênia Zerlotti Mercadante

    2004-10-01

    Full Text Available Parâmetros genéticos foram estimados para peso na entrada da monta (PEM, considerado como indicativo do peso adulto de vacas Nelore. O arquivo de dados continha 7.902 registros de 1.556 vacas pertencentes a um experimento de seleção conduzido na Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho, SP, Brasil. O PEM foi analisado como o último peso disponível para cada vaca no arquivo (PEM_U ou como registros repetidos, incluindo todos os pesos (PEM_R. As análises foram feitas também em dois outros arquivos excluindo os registros das vacas descartadas antes de chegar aos 4 anos de idade, para o último peso registrado (PEM_U2 e para os registros repetidos (PEM_R2. Os componentes de variância foram estimados por máxima verossimilhança restrita, ajustando modelo animal uni e multivariado. O modelo multivariado incluiu pesos à seleção ajustados para 378 (somente machos e 550 (somente fêmeas dias de idade. As estimativas de herdabilidade obtidas nas análises univariadas foram 0,30±0,05; 0,37±0,06; 0,35±0,04; e 0,42±0,05, para PEM_U, PEM_U2, PEM_R e PEM_R2, respectivamente. Os valores correspondentes para as análises multivariadas foram 0,34; 0,42; 0,56; e 0,57. As estimativas de repetibilidade de PEM_R e PEM_R2 foram 0,58±0,01 e 0,69±0,01 nas análises univariadas e 0,61 e 0,72 nas análises multivariadas. As estimativas da mudança genética em PEM foram positivas e significativas, iguais a 0,40±0,08 e 0,35±0,07 por cento da média ao ano, para os dois rebanhos selecionados do experimento. Há evidências de que o emprego de modelos multivariados incluindo registros repetidos e os pesos à seleção de machos e fêmeas seja mais apropriado que a utilização de apenas o último PEM como indicativo do peso adulto. O PEM poderia ser incluído em um programa de seleção visando mudanças (aumento ou diminuição ou monitoração, para manter o peso adulto desejável.Genetic parameters were estimated for weight at the beginning

  7. Influência da temperatura ambiente sobre o desempenho e os parâmetros fisiológicos de suínos machos castrados dos 30 aos 60 kg

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tavares Sandra Lúcia da Silva

    2000-01-01

    Full Text Available RESUMO - O presente trabalho foi realizado para avaliar a influência de ambientes térmicos constantes (termoneutro e calor sobre o desempenho e as variáveis fisiológicas de suínos machos castrados dos 30 aos 60 kg PV. Cem animais foram distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos (3100, 3250, 3400, 3550 e 3700 kcal de ED/kg de ração, cinco repetições e dois animais por unidade experimental. Ganho de peso, consumo de ração, proteína e energia, conversão alimentar e eficiência de utilização da proteína e da energia foram reduzidos no ambiente de calor. A relação peso jejum/peso vivo foi maior no ambiente de calor e a relação peso carcaça/peso jejum não foi influenciada pela temperatura ambiente. A taxa de deposição de proteína elevou e a de gordura decresceu com o aumento da temperatura no ambiente. A temperatura ambiente reduziu o peso dos órgãos internos e aumentou a freqüência respiratória, nos animais mantidos no ambiente de calor. Embora a conversão alimentar tenha piorado no ambiente de calor, os animais mantidos neste ambiente apresentaram maior taxa de deposição de proteína na carcaça.

  8. Bajo Peso al Nacer. Factores de riesgo y calidad de la atención Prenatal. Buenaventura. 2008-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Enrique Gallardo-Ibarra

    2012-01-01

    Full Text Available Se realizó estudio descriptivo sobre Bajo Peso al Nacer, Área de Salud Buenaventura, bienio 2008-2009, sobre factores de riesgo y calidad de la atención médica recibida por las gestantes que aportaron recién nacidos bajo peso. Los datos estadísticos se obtuvieron mediante revisión de historias clínicas familiares, obstétricas y hospitalarias. Se emplearon métodos estadísticos histórico lógico, análisis y síntesis e inducción-deducción. Se obtuvo predominio del CIUR como variedad de Bajo Peso al Nacer, mostraron asociación con el bajo peso al nacer la valoración nutricional Bajo Peso materna al inicio de la gestación, insuficiente ganancia de peso, ingreso percápita bajo, malas condiciones de vivienda, antecedentes de dos o más abortos, multigestación, período intergenésico corto, HTA y sepsis cervicovaginal. La Atención Prenatal fue deficiente. No existió relación entre grupos de edades menores de 20 o mayor de 35 años y hábitos tóxicos con la aparición del bajo peso al nacer.

  9. Influência do peso vivo, da idade e do sexo sobre características de carcaças de equinos Influence of body weight, age and sex on characteristics of carcasses of equines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Furtado

    2010-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar as características quantitativas de carcaças de equinos, classificaram-se 72 equinos sem raça definida segundo o peso vivo, a idade e o sexo. Foram determinados o peso de carcaça fria, a quebra ao resfriamento, o rendimento de carcaça, os pesos de dianteiro e traseiro e a relação músculo/ossos. O modelo estatístico foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3 x 3, com dois sexos, três faixas etárias e três faixas de peso vivo. A maior faixa de peso correspondeu a maior peso de carcaça, com média de 201,71 kg; e a maior relação músculo/osso, com 77,69%. A menor quebra ao resfriamento foi observada na menor faixa de peso, com 2,03%. A média para rendimento de carcaça foi de 51,20%, para dianteiro 54,86% e para traseiro 45,06%. Houve interação entre sexo e idade dos animais para a variável rendimento de carcaça, que foi maior nos machos jovens (até 8 anos que nos mais velhos e nas fêmeas. Portanto, no abate de equinos, é recomendável priorizar animais jovens e mais pesados, por apresentarem maior quantidade de carne tipo exportação.With the objective of evaluating the quantitative characteristics of carcasses of equines, 72 undefined breed equines were classified by body weight, age and sex. It was determined cold carcass weight, cooling loss, carcass yield, front and back weight and muscle/bone ratio. The statistical model used was a completely randomized design in a 2 x 3 x 3 factorial scheme, with the two sexes, three age ranges and three ranges of body weights. The highest weight range corresponded to the highest carcass weight with average of 201.71 kg, and the highest muscle/bone ratio with 77.69%. The lowest cooling loss was observed in the lowest weight range, with 2.03%. The average for carcass yield was of 51.20%, for front and back, 54.86% and 45.06%, respectively. There was an interaction between sex and age of the animals for carcass yield variable, which was higher in

  10. Imagem corporal e sua relação com peso e índice de massa corporal em bailarinos profissionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joseani Paulini Neves Simas

    2014-12-01

    Full Text Available Introdução: A imagem corporal é fenômeno multidimensional, dinâmico e vinculado ao corpo em movimento. Uma vez que o corpo é o instrumento de expressão na dança, dependendo da técnica de dança adotada pelo bailarino, demanda por um padrão estético, podendo estar relacionado à satisfação com a imagem corporal. Objetivo: Investigar a satisfação com a imagem corporal e sua relação com a percepção do peso e o índice de massa corporal em bailarinos profissionais brasileiros. Métodos: Foram estudados 181 bailarinos (105 clássicos e 76 contemporâneos de companhias de dança da elite brasileira. As variáveis sociodemográficas, da prática e antropométricas foram obtidas por meio de informações autoreferidas. Utilizou-se a Escala de Silhuetas de Stunkard para avaliação da satisfação da imagem corporal. Os dados foram analisados utilizando-se a estatística descritiva (frequência, média e desvio padrão e inferencial não paramétrica (testes do Qui-quadrado, Spearman e U de Mann-Whitney. Em todas as análises adotou-se p ≤ 0,05. Resultados: Os bailarinos de ambas as técnicas de dança estão com IMC dentro da faixa da normalidade; houve diferenças estatísticas do IMC, percepção do peso e satisfação com a imagem corporal entre as técnicas de dança investigadas, estando os clássicos insatisfeitos por excesso de peso, desejando pesar menos, enquanto que os contemporâneos parecem estar satisfeitos e desejam pesar mais; os valores das correlações entre a satisfação da imagem corporal com IMC e com PPC foram baixos, somente havendo correlação negativa da SIC com IMC na dança contemporânea. Conclusão: Destaca-se que a técnica de dança adotada pelos bailarinos profissionais e padrões antropométricos pode estar relacionada a satisfação com a imagem corporal.

  11. Excesso de peso, pressão arterial e atividade física no deslocamento à escola Excess weight, arterial pressure and physical activity in commuting to school: correlations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly S. Silva

    2008-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A prevalência de obesidade e pressão arterial (PA tem aumentado em crianças e adolescentes, enquanto os domínios da atividade física declinaram. OBJETIVO: Identificar e associar o excesso de peso, de gordura corporal e de PA elevada entre os estudantes ativos e passivos no deslocamento à escola. MÉTODOS: Participaram do estudo 1.570 escolares de 7 a 12 anos de idade, de João Pessoa, PB. Os estudantes responderam a um questionário sobre a forma de deslocamento à escola (ativo = caminhada/bicicleta ou passivo = carro/moto/ônibus e o tempo despendido. O excesso de peso foi determinado no IMC > 25 kg/m², a gordura no percentil > 85 da dobra tricipital e a PA elevada no percentil > 90. Na análise, utilizaram-se o teste qui-quadrado e a regressão de Poisson. RESULTADOS: O deslocamento ativo associou-se à menor prevalência de excesso de peso e de gordura, em relação ao passivo (p 0,05 CONCLUSÃO: O deslocamento passivo à escola associou-se ao excesso de peso e gordura, e dissociou-se da PA elevada. O excesso de peso associou-se ao excesso de gordura e à PA elevada. É preciso prevenir o excesso de peso, como meio de evitar o acúmulo de gordura e o aumento da PA.BACKGROUND: The prevalence of obesity and elevated arterial pressure (AP has increased in children and adolescents, whereas physical activity has decreased. OBJECTIVE: To identify and correlate excess weight, body fat and elevated AP among active and passive students with the way they commute to school. METHODS: One thousand five hundred and seventy students aged 7 to 12 years participated in the study conducted in João Pessoa, state of Paraíba. Students completed a questionnaire about the way they commuted to school (active = walking/biking or passive = by car/motorcycle/bus and the time spent traveling to school. Excess weight was determined by BMI > 25 kg/m², excess body fat as > 85th percentile for tricipital fold measurement, and high AP as >90th

  12. Efeitos do peso vivo sobre a comercialização de bezerros de corte em leilões Effects of the live weight on the commercialization of beef calves in auction barn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.F. Christofari

    2010-04-01

    Full Text Available Analisaram-se os efeitos da média de peso vivo de 1.880 lotes de bezerros comercializados em 13 leilões, no Rio Grande do Sul, sobre o valor de venda final por unidade de peso, e caracterizou-se a frequência dos lotes conforme a classe de peso durante as estações de outono e primavera, no período de 2004 a 2006. Os dados foram corrigidos pelo índice geral de preços - disponibilidade interna e analisados por meio de histogramas de frequência e análises de regressão e correlação. O peso vivo influenciou o preço dos bezerros, e a magnitude do efeito foi maior nos anos de grande demanda. Observou-se correlação negativa entre preço e peso dos bezerros na primavera, reflexo da oferta de animais mais pesados, devido aos efeitos de estação do ano ou à maior idade dos bezerros, comparados aos ofertados no outono. Não se observou maior liquidez dos bezerros comercializados no outono em relação aos da primavera. A conjuntura da cadeia da carne bovina e os preços de outras categorias têm grande relação com os preços pagos. A aquisição de animais de menor ou maior peso na ocasião da transação comercial pode auxiliar na redução dos custos que a reposição representa na produção.The effects of the live weight of 1,880 lots of calves marketed in 13 auctions in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, on the value of final sale per unit of weight were evaluated, as well as the frequency of the lots according to the weight class during the autumn and spring seasons, in the period from 2004 to 2006, was characterized. The data were analyzed by frequency histograms, regression, and correlation analyses. The live weight is one of the characteristics that influenced the price of the calves; however, the magnitude of the effect was higher in years of great demand. A negative correlation was observed between price and weight of the calves in spring, which were results of the offer of heavier animals, due to the season effects or the

  13. Peso corporal y depresión en adultos mayores de comunidad urbano marginal en México - Tamaulipas.

    OpenAIRE

    Duran-Badillo, Tirso; Martínez Aguilar, Ma. de la Luz; Gutiérrez Sánchez, Gustavo; Rosa Ma., Rosa Ma.; Guevara-Valtie, Milton Carlos

    2016-01-01

    El peso corporal inadecuado y la depresión son factores que alteran la calidad de vida del adulto mayor. Objetivos: identificar asociación existente entre peso corporal y depresión en el adulto mayor. Material y Metodos: estudio descriptivo y correlacional, se realizó en una población urbano-marginal de Tamaulipas, México. Participaron 252 adultos mayores de 60 años y que tuvieran la capacidad física para mantenerse de pié al momento de medir el peso corporal y talla. El muestreo fue no proba...

  14. Algunas variables bioquímicas en adolescentes obesos con antecedente de bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María del Carmen Valdés Alonso

    Full Text Available Introducción: la malnutrición intraútero ha sido postulada con vinculación a afecciones del desarrollo embrionario que determinan el desarrollo ulterior de obesidad, diabetes mellitus tipo 2, dislipidemias, disfunción mitocondrial y aterosclerosis. Objetivo: determinar las complicaciones metabólicas en adolescentes obesos con antecedentes de bajo peso al nacer. Métodos: estudio descriptivo y de corte transversal. Se incluyeron 50 pacientes obesos, con antecedentes de bajo peso al nacer y embarazo a término, de ambos sexos, en las edades comprendidas entre 9 y 17 años de edad, que asistieron a la consulta externa del servicio de Endocrinología del Hospital Pediátrico Docente "Juan Manuel Márquez", en el período comprendido de enero de 2011 a enero de 2012. Se realizaron determinaciones de colesterol, triglicéridos, aminotransferasas hepáticas, glucemia, e insulinemia en ayunas y posprandial de dos horas. Resultados: las variables bioquímicas estudiadas no mostraron diferencias entre los puntos de corte utilizados para clasificar el peso al nacer. La transaminasa glutámico pirúvica mostró valores más altos en los adolescentes entre 15 y 17 años de edad. Conclusiones: la hipertrigliceridemia fue más elevada en el sexo femenino, mientras que la hiperglucemia y la hiperinsulinemia lo fueron en el masculino.

  15. Sobrepeso e obesidade e fatores associados ao climatério

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Teixeira Teles Gonçalves

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo é verificar a associação entre sobrepeso e obesidade e fatores sociodemográficos, comportamentais e clínicos em mulheres climatéricas. Estudo transversal, com amostra de 253 mulheres climatéricas, que responderam questões sobre fatores socioeconômicos e demográficos, saúde geral, hábitos alimentares e comportamentais. Para a avaliação do estado nutricional, foi utilizado índice de massa corpórea (IMC. Para avaliação da qualidade de vida foi utilizado a Menopause Rating Scale (MRS. Empregou-se o Quociente Sexual (QS-F-Versão Feminina para a avaliação do desempenho sexual. Utilizou-se análise bivariada e regressão múltipla hierarquizada para identificar fatores associados ao sobrepeso e à obesidade no climatério. Pela análise do IMC, 30,8% apresentaram sobrepeso e 35,2%, obesidade, totalizando 66% de excesso de peso. Na análise múltipla, não possuir casa própria, gravidade de sintomas pela avaliação do MRS, uso de medicamento de forma contínua e ter feito algum tipo de dieta apresentaram associação com sobrepeso e obesidade. Intervenção nutricional, visando ao controle de peso e mudanças de hábitos de vida, poderá resultar em benefícios consideráveis relativos à saúde e qualidade de vida das mulheres climatéricas.

  16. Obesidade da genética ao ambiente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odete Amaral

    2016-02-01

    Full Text Available A obesidade é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS como um importante problema de saúde pública, afectando crianças, adolescentes e adultos (WHO, 1998. Os dados do International Obesity Task Force (2000 mostraram que, nos últimos anos, a prevalência de obesidade tem aumentado significativamente em várias regiões do mundo, sendo responsável, em grande parte, pelo aumento da mortalidade e morbilidade com implicações significativas no indivíduo, na família e na comunidade (Dietz et al, 1999; Cole et al, 2000. O impacto no indivíduo pode ser quantificado pela influência na qualidade de vida, no recurso aos serviços de saúde, no absentismo escolar, na limitação nas actividades de vida diária, nomeadamente na prática de desporto e alterações nas relações interpessoais, marginalização, depressão e isolamento. Ao nível da família, as repercussões podem traduzir-se no absentismo profissional, nas alterações dos estilos de vida e na necessidade de acompanhamento dos familiares.  O aumento da prevalência de obesidade e consequente aumento do risco de desenvolvimento de doenças crónicas na idade adulta, que lhe está associado, deve ser rigorosamente monitorizado (Cole et al, 2000; WHO, 1995. Essa monitorização DEVE permitir avaliar a evolução do problema, proceder a comparações entre várias regiões e ou países e determinar a eficácia das intervenções introduzidas para minimizar o problema. Para que tal aconteça, torna-se necessário uniformizar os conceitos de excesso de peso e obesidade para que possam ser amplamente utilizados.

  17. Arranjos para efeitos fixos e estruturas de (covariâncias residuais para análises de medidas repetidas do peso de bovinos da raça Canchim Fixed effects arrays and residual covariance structures to analyze sequential weights of Canchim beef cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Luiz Buranelo Toral

    2006-10-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de selecionar o arranjo para efeitos fixos e a estrutura de (covariância residual que melhor representam a variabilidade dos pesos dentro do rebanho e dentro dos indivíduos, considerando-se dados de pesos de bovinos analisados como medidas repetidas. Foram utilizados dados de peso de 3.690 bovinos Canchim, obtidos ao nascimento, à desmama, aos 12 e aos 18 meses de idade. Analisaram-se diferentes arranjos para os efeitos fixos (grupos de contemporâneos e/ou efeitos principais de ano, mês ou época de nascimento e sexo do bezerro e diferentes estruturas de (covariâncias para os resíduos, considerando-se ou não alteração da variância residual ao longo da vida do animal e alteração da correlação entre as medidas tomadas em intervalos diferentes. Os resultados indicaram que o arranjo mais adequado dos efeitos fixos para representar a variabilidade dos pesos dos animais dentro do rebanho foi o grupo de contemporâneos formado por ano, mês e sexo do bezerro e que as melhores estruturas de (covariâncias residuais foram a Fator Analítico de Primeira Ordem e a Não Estruturada, que consideram o aumento das variâncias com o aumento da idade do indivíduo e as correlações diferentes para cada par de medidas de peso.The aim of this work was to evaluate arrays of fixed effects and residual covariance structures that best fit the herd and the animal variability to weights at birth, weaning, twelve and eighteen months of 3,690 Canchim animals. Different arrays of fixed effects (contemporary groups and, or the main effects of year, month or season of birth and sex and different residual covariance structures (considering or not change of variance and of correlation between weights at different ages were studied. The results indicated that the most adequate array of fixed effects to fit herd variability was the contemporary group of year, month and sex. The best residual covariance structures were

  18. Não Nascer: algumas reflexões fenomenológico-existenciais sobre a história do aborto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melina Séfora Souza Rebouças

    2011-09-01

    Full Text Available O presente artigo, de caráter teórico, realiza um breve histórico do aborto no mundo, expondo os sentidos e significados dessa temática ao longo do tempo nas diversas sociedades e culturas, e mostra de forma mais específica como essa prática se desenvolveu e tem sido vista atualmente no Brasil. O estudo também se propõe a abordar a estatística do aborto no mundo, no Brasil e, especificamente, no Rio Grande do Norte. Por último, tece algumas reflexões à luz da perspectiva fenomenológico-existencial no sentido de abrir caminhos para uma compreensão do aborto enquanto fenômeno presente na vida e no cotidiano de algumas mulheres e uma possibilidade entre as várias que permeiam a existência da mulher.

  19. A mathematical model for growth in weight of silver catfish (Rhamdia quelen (Heptapteridae, Siluriformes, Teleostei Modelo matemático para crescimento em peso de jundiá (Rhamdia quelen (Heptapteridae, Siluriformes, Teleostei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula da Silva Benaduce

    2006-10-01

    Full Text Available The use of a mathematical model applied to biological science helps to predict the specific data. Based on biological data (weight and age of silver catfish, Rhamdia quelen, a mathematical model was elaborated based on a nonlinear difference equation to demonstrate the relationship between age and growth in weight. Silver catfish growth was described following the Beverton-Holt model Pt+1 = (r Pt / (1+ a Pt , where r > 0 is the maximum growth rate and a > 0 is a constant of growth inhibition. The solution of this equation is Pt= 1 /{[1/P0 - a / (r-1] 1/r t + a/ (r-1}, were P0 is the initial weight of the fish. Through this model it was observed that the female reaches the theoretical maximum weight approximately at the age of 18 years and the male at the age of 12 years in a natural environment.A formulação de modelos matemáticos aplicado às ciências biológicas auxilia na previsão de dados específicos. Fundamentado em dados biológicos (peso e idade de jundiá, Rhamdia quelen, elaborou-se um modelo matemático com base em equações a diferenças não lineares para demonstrar a relação entre idade e crescimento em peso. O crescimento do jundiá foi descrito segundo o modelo de Beverton-Holt Pt+1 = (r Pt / (1+ a Pt, onde r > 0 é a taxa de crescimento máxima e a > 0 é uma constante de inibição do crescimento. A solução dessa equação é Pt= 1 / {[1/P0 - a / (r-1] 1/r t + a/ (r-1}, onde P0 é o peso inicial do peixe. Por esse modelo foi observado que fêmeas alcançam o peso máximo aproximadamente aos 18 anos e os machos aos 12 anos, em ambiente natural.

  20. Importancia de los antecedentes maternos en el recién nacido bajo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gil Vicente Sarmiento Brooks

    2000-10-01

    Full Text Available Se realizó un estudio observacional, analítico, con un modelo de diseño del tipo casos y controles en 117 mujeres del Policlínico Docente "La Rampa" perteneciente al municipio Plaza de la Revolución de las cuales 17 tuvieron un recién nacido con un peso inferior a los 2 500 g. Las restantes 100 mujeres lograron niños con un peso igual al anteriormente señalado o superior. Analizamos la influencia de algunos antecedentes como el orden de nacimientos y de embarazos, el número de abortos y las gestaciones de bajo peso anteriores y determinados antecedentes patológicos de la madre. Se concluyó que los factores que influyen en el nacimiento de un niño con bajo peso son, entre otros: que sea el primer nacimiento (RR = 2; el primer embarazo (RR = 1,8; el haber tenido 2 o más abortos previos (RR = 4,9, el antecedente de haber tenido uno o más recién nacido de bajo peso (RNBP (RR = 6,9 y ciertas enfermedades maternas como la urosepsis (RR = 3,7, la hipertensión crónica (RR = 3,21, la anemia (RR = 2,7 y el asma (RR = 1,9. Se hacen algunas recomendacionesAn observational and analytical case-control study was conducted among 117 women attended at "La Rampa" Teaching Polyclinic, in the municipality of Plaza de la Revolución. 17 of these women had a newborn infant with a birth weight under 2 500 g. The rest of them had children with the same weight or higher. The influence of some history as the order of births and pregnancies, the number of abortions and the previous low weight gestations and certain pathological history of the mother were analyzed. It was concluded that the factors that influenced on the birth of a low birth weight infant are, among others: the first birth (RR=2, the first pregnancy (RR=1,8; having had 2 or more previous abortions (RR=4,9, having had one or more low birth weight infants (RR=6,9, and some maternal diseases as urosepsis (RR=3,7, chronic hypertension (RR=3,21, anemia (RR=2,7 and asthma (RR=1,9

  1. Evaluacion de Mediciones Fisicas y de Ultrasonido para Estimaciones del Peso de la Pechuga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melo JE

    2001-01-01

    Full Text Available El objetivo del presente trabajo fue evaluar la utilización de distintas mediciones como predictores del peso de la pechuga. En la experiencia 1 se utilizaron 32 pollos Anak y 32 pollos Ross, muestreados al azar de dos lotes de 400 animales de cada genotipo. A los 53 dias de edad se realizó la faena y una disección de cortes comerciales. Se tomaron los siguientes pesos: peso vivo (PV, de la canal (PC y de la pechuga (Pch. Se calculó para el análisis la proporción de cada uno sobre el peso vivo (%PC y %Pch. También se midieron el largo y el ancho de la pechuga con calibre. Se observaron diferencias entre genotipos para PV, PC, %PC, Pch y %Pch (p <0,05. Los animales de la línea Ross resultaron más pesados que los Anak, así coma su carcasa, pechuga y proporciones resultaron mayores. La Pch se correlacionó alta y positivamente con el PV. Ninguna de las mediciones con calibre in vivo significó un aumento de consideración en la precisión de la predicción de Pch. En la experiencia 2 se utilizaron 60 pollos INTA-Camperos, muestreados al azar de un lote de 100 animales. A los 69 días de edad se realizaron mediciones in vivo del largo y ancho de la pechuga con calibre, y de la profundidad por ultrasonido previo a la faena, midiéndose los mismos parámetros que en la anterior experiencia. La correlación entre PV y la Pch fue alta y positiva, pero media a baja con las mediciones con calibre. Se obtuvo una buena predicción de Pch (R²=0,75 a partir del peso vivo, del largo y de la profundidad de pechuga. La eliminación de la medición ecográfica no redujo el ajuste del modelo de manera significativa (R²=0,725.

  2. Estado nutricional pregestacional y ganancia de peso materno durante la gestación y su relación con el peso del recién nacido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flor de María Grados Valderrama

    2003-07-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar la relación existente entre la ganancia de peso materno durante la gestación con el peso del recién nacido para los diferentes estados nutricionales pregestacionales maternos según el IMC. Material y métodos: Se diseñó un estudio retrospectivo longitudinal descriptivo. Se seleccionaron 1016 mujeres cuyos partos fueron atendidos en el Hospital Nacional Cayetano Heredia entre Enero 1995 a Septiembre 2000 según los criterios de inclusión y exclusión. La población se estratificó en cuatro categorías de acuerdo al IMC pregestacional (Adelgazada: 29. Se realizó un análisis de regresión múltiple que incluyó IMC pregestacional, ganancia ponderal materna, edad materna, número controles prenatales y paridad como variables independientes y peso al nacer como dependiente. Luego, se realizó un análisis de regresión múltiple para cada grupo de IMC pregestacional. Resultados: Se encontró que el IMC pregestacional y la ganancia de peso durante la gestación influyen significantemente en el peso del recién nacido. Para las mujeres adelgazadas, IMC ideal y con sobrepeso; por cada Kg de ganancia ponderal materna durante la gestación el peso del recién nacido se incrementa en 42.15, 34.17 y 21.47 g respectivamente. En el grupo de obesas no se encuentra esta relación. Conclusión: Existe una relación lineal directa entre las variables IMC pregestacional y ganancia de peso materno durante el embarazo con el peso del recién ya sea en forma individual o asociada, para las mujeres adelgazadas, con IMC ideal y con sobrepeso. ( Rev Med Hered 2003; 14:128-133 .

  3. Correlação entre peso fetal estimado por ultrassonografia e peso neonatal Correlation between estimated fetal weight by ultrasound and neonatal weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Djacyr Magna Cabral Freire

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a correlação entre o peso fetal estimado (PFE por ultrassonografia e o peso neonatal (PN, bem como a capacidade do PFE predizer as alterações do PN entre gestantes de João Pessoa (PB. MÉTODOS: estudo de validação diagnóstica incluindo 122 gestantes que tiveram o PFE calculado por ultrassonografia até sete dias antes do parto e o PN determinado imediatamente após o nascimento, com balança específica para recém-nascidos. A correlação entre o PFE e o PN foi avaliada pelo coeficiente de correlação de Pearson entre as duas medidas e pela média das diferenças entre elas. O PFE e o PN foram classificados em: pequeno para idade gestacional (PIG, adequado para a idade gestacional (AIG e grande para a idade gestacional (GIG, de acordo com os percentis 10 e 90 das respectivas curvas de referência. O diagnóstico de desvios do PFE foi validado utilizando a curva de valores de referência de peso neonatal de Alexander como padrão-ouro, estimando-se a sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo. RESULTADOS: houve uma elevada correlação linear entre o PFE e o PN (R=0,96 e a diferença entre eles variou entre -474 g e +480 g, com média de +3 g. A maioria das máximas variações percentuais da estimativa de peso esteve entre 10 e 15%. O PFE teve sensibilidade de 85,7% e especificidade de 100% para detecção de PIG, e de 100 e 77,2%, respectivamente, para GIG. CONCLUSÕES: o PFE é capaz de predizer adequadamente o PN, e a curva de PFE de referência testada teve bom desempenho no rastreamento dos desvios do crescimento fetal, quando utilizada nessa população.PURPOSE: to evaluate the correlation between the estimated fetal weight (EFW by ultrasonography and the neonatal weight (NW, as well as the EFW's capacity to predict changes in NW among pregnant women in João Pessoa, Paraíba, Brazil. METHODS: a diagnostic validation study, including 122 pregnant women who have had the EFW calculated

  4. INFLUÊNCIA DA PERIODIZAÇÃO DO TREINAMENTO COM PESOS NA MASSA CORPORAL MAGRA EM JOVENS ADULTOS DO SEXO MASCULINO: UM ESTUDO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Peraro Ramalho

    2008-05-01

    Full Text Available A preocupação do treinador em organizar o treinamento de modo à proporcionar ao atleta uma ótima resposta adaptativa, levando em consideração os objetivos definidos, tem sido um alvo almejado desde a década de 1960. Considerando a importância do planejamento do treinamento, o presente estudo teve como objetivo analisar a influência dos modelos de mesociclo linear e não-linear aplicados ao treinamento com pesos, no aumento da massa corporal magra. O estudo caracterizou-se como pesquisa quase-experimental. A amostra foi constituída de oito homens que se encontravam num nível intermediário de treinamento, divididos em dois grupos experimentais. O grupo 1 realizou o treinamento com base no modelo linear ou estável (sem variação da sobrecarga de semana para semana, e o grupo 2 realizou o treinamento baseado no modelo não-linear ou ondulante (com variação da sobrecarga de semana para semana, ambos num período de oito semanas. Na coleta de dados utilizou-se uma fita métrica para as medidas antropométricas de circunferência, uma balança da marca Filizola para a aferição do peso e um adipômetro da marca Cescorf para a medida da espessura das dobras cutâneas utilizadas na estimativa da composição corporal. As médias obtidas no pré e no pós-teste dos grupos foram comparadas pelo teste “t” de student a um nível de significância de 5% (p < ou =0,05. Analisando os resultados obtidos na comparação do pós-teste entre o grupo 1 e o grupo 2, pode-se concluir que não houve diferenças estatisticamente significativas, porém, o grupo 2, com base no modelo de treinamento não-linear de musculação, obteve um aumento estatisticamente significativo na massa corporal magra, na comparação entre o seu pré e pós-teste, levando a crer que a estruturação dos mesociclos utilizando esse modelo seja uma forma eficaz e segura para a sua aplicação no treinamento de força visando a hipertrofia muscular.

  5. Condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PRUDENCIA CERÓN-MIRELES

    1997-01-01

    Full Text Available Objetivo. Estudiar la asociación entre condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México. Material y métodos. Se encuestaron 2 623 trabajadoras que atendieron sus partos en tres grandes hospitales de la Ciudad de México en 1992. Se obtuvo información sobre los principales factores biológicos y sociales que se asocian al bajo peso al nacer; asimismo, se determinó el estrés ocupacional utilizando el instrumento desarrollado por Karasek. Se utilizaron modelos de regresión logística para evaluar la relación de las condiciones de trabajo con el bajo peso al nacer, controlando por variables confusoras. Resultados. El bajo peso al nacer fue más alto en trabajadoras con jornadas mayores a 50 horas semanales (RM= 1.6; IC= 1.17, 2.28 y con conflictos laborales (RM= 1.5; IC= 1.0, 2.25. La falta de apoyo social tangible fue identificado como un factor de riesgo de bajo peso al nacer (RM= 1.7; IC= 1.20, 2.33. Las medidas preventivas laborales como el cambio de tareas, disminución de la jornada y las salidas por enfermedad no mostraron un efecto benéfico en el peso al nacer, a excepción de la licencia de maternidad; las madres que no la tuvieron mostraron una probabilidad 2.2 veces mayor para bajo peso al nacer (IC= 1.66, 2.93. Conclusiones. Estos hallazgos resaltan la importancia de identificar los factores de riesgo ocupacional en el embarazo..Objective. To study the association between maternal working conditions and low birth-weight in Mexico City. Material and methods. Interviews of 2 623 workers who gave birth in Mexico City hospitals during 1992 were analyzed. Information on the main biologic and social factors associated to low birth-weight was registered. Occupational stress was determined with the instrument designed by Karasek. Logistic regression models to evaluate the relationship between working conditions and low birth-weight were used, controlling by confounding variables. Results. Low birth-weight was

  6. EFECTOS DEL MEDIO Y LA HERENCIA SOBRE EL PESO AL DESTETE DE TERNEROS DE LA RAZA ROMOSINUANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Ossa S

    2005-12-01

    Full Text Available Fueron analizados 1877 datos del peso al destete de terneros de la raza Romosinuano, relativos al período1980 a 2001. El peso medio al destete fue de 182,88 ± 0,67 kg, con una desviación estándar de 29,35kg y un coeficiente de variación del 16,02%. Los efectos del año, mes de nacimiento, el número del partoy el sexo del ternero, influyeron significativamente en el peso al destete. La heredabilidad estimada parael peso al destete según el efecto directo fue de 0,14 ± 0,05 y para el efecto materno fue de 0,12 ± 0,03.

  7. The effect of non-genetic factors on the early body weights of Tunisian local goats Efeito de fatores não-genéticos sobre o peso corporal inicial de caprinos na Tunísia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ouni Mabrouk

    2010-05-01

    Full Text Available It was evaluated in this study the environmental effects on body weights of goat kids from birth to 150 days of age of Tunisian local goat population, on the basis of 1,656 records obtained from the Arid Areas Institute of Médenine, Tunisia, during 2001-2005. Except for birth weight, individual records were adjusted for standard ages (30, 60, 90, 120 and 150 days using either extrapolation or interpolation on field data. Data were analyzed by GLM procedure and SNK (α = 0.05 means comparison test. The kidding year (2001-2005, kidding month (December, January, February, and March, birth type (single and twins, sex (male and female, coat colour of kid and age of dam (2-10 years were definied as non-genetic factors. Results showed that mean values and standard deviation (SD of body weight at birth (0, 30, 60, 90, 120 and 150 days of age were 2.57 ± 0.52 kg, 4.06 ± 1.16 kg, 6.99 ± 1.87 kg, 8.90 ± 2.46 kg, 11.48 ± 3.35 kg and 13.53 ± 4.80 kg for male and 2.29 ± 0.44 kg, 4.76 ± 1.13 kg, 3.09 ± 1.33 kg, 8.08 ± 2.02 kg, 10.24 ± 2.36 kg and 12.15 ± 6.54 kg for female. The kidding year, birth type and sex had effect on body weights of Tunisian local kids at all ages. The single and male was always heavier than the twins and the females. The birth month had effect on all body weights except for weight at 30 days of age. The age of dam had effect on body weights from 60 to 150 days of age. However, the coat color had no significant effect on all body weights. Environmental effects estimated in this study are important and need to be taken into account for Tunisian local goat management and breeding improvement under harsh conditions.Neste estudo, foram avaliados os efeitos ambientais sobre o peso corporal do nascimento aos 150 dias de idade de caprinos na Tunísia com base em 1.656 registros obtidos em caprinos localizados em zonas áridas do Instituto de Medenine-Tunísia, durante 2001-2005. Exceto para peso ao nascimento, registros

  8. Características da Carcaça de Novilhos Red Angus Superprecoces Abatidos com Diferentes Pesos Carcass Traits of Young Red Angus Steers Slaughtered with Different Weights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Castro da Costa

    2002-02-01

    Full Text Available Foram avaliadas as características quantitativas da carcaça de novilhos Red Angus com idade média inicial de 8 meses e 189 kg, confinados durante 114, 144, 173 e 213 dias até os respectivos pesos de abate (PA de 340, 370, 400 ou 430 kg, com idade de 12, 13, 14 e 15 meses. A dieta alimentar continha uma relação volumoso:concentrado de 56:44, contendo 13,13% de proteína bruta e 2,7 Mcal de energia digestível/kg MS. O corte serrote, embora tenha aumentado linearmente em peso (91,73; 103,26; 106,20 e 116,66 kg frente ao aumento do peso de abate, decresceu linearmente quando expresso em relação ao peso de carcaça fria (50,55; 50,79; 50,16; e 48,86%. A porcentagem do corte costilhar foi a que sofreu maior incremento (23,36; 25,40; 28,50; e 35% com o aumento do peso de abate, acompanhando o aumento na deposição de gordura de cobertura (3,91; 6,16; 6,16; e 9,58 mm. A área do músculo Longissimus dorsi (ALD aumentou linearmente frente ao aumento do peso de abate (ALD = 27,48 + 0,083PA, enquanto a ALD/100 kg de carcaça fria decresceu linearmente (ALD/100 kg carcaça = 45,14 - 0,0425PA. Foi estimado, por intermédio da equação de regressão, que a espessura de gordura mínima exigida pelos frigoríficos (3 mm teria sido alcançada com 327 kg de peso. Considerando o peso de carcaça mínimo de 180 kg, este seria atingido com um peso de abate de 337 kg. Utilizando novilhos da raça Red Angus para produção do superprecoce, o peso de abate não deve ser superior a 400 kg, para não exceder os 6 mm de gordura de cobertura, evitando o recorte do excesso.The carcass quantitative characteristics of feedlot finished Red Angus steers, with initial age of eight months and 189 kg, slaughtered with 340, 370, 400 or 430 kg (SW, were evaluated. The number of days to reach the respective weight was 114, 144, 173 and 213 days. The diet contained 13.13% crude protein, 2.7 Mcal digestible energy/kg DM and a roughage:concentrate ratio of 56:44. Carcass

  9. Customer satisfaction and response to AOS

    Science.gov (United States)

    1999-01-01

    Passenger surveys were conducted in each of three successive springs in order to track passenger perception of changes in service quality during AOS implementation. In general, no improvement in passenger perceptions was observed relative to a high b...

  10. Electric paralyzation and reduction of weight loss in the processing of round-cooked spiny lobsters Paralisação elétrica da lagosta e redução da perda de peso no processamento de lagosta inteira-cozida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Masayoshi Ogawa

    2007-03-01

    Full Text Available This study proposes alternatives to the current methods of processing round-cooked lobster. The paralyzation of lobsters with direct electric shock consumes 10.526 x 10-3 kWh, which is significantly less than the 11 kWh required by the traditional thermal-shock method (based on 60 kg of lobsters. A better weight gain was obtained by immersion of paralyzed lobsters in brine before cooking. Systematic trials combining 3, 6, or 9% brine concentrations with immersion periods of 15, 30, or 45 minutes were performed in order to determine the best combinations. A mathematical model was designed to predict the weight gain of lobsters of different sizes in any combination of treatments. For small lobsters, a 45 minutes immersion in 6% brine gave the best response in terms of weight gain (4.7% and cooking produced a weight loss of only 1.34% in relation to fresh lobster weight. For medium-sized lobsters, a 45 minutes immersion in 9% brine produced a weight gain of 2.64%, and cooking a weight gain of 1.08%. For large lobsters, a 45 minutes immersion in 6% brine produced a weight gain of 3.87%, and cooking a weight gain of 1.62%.O presente estudo propõe alternativas aos métodos convencionais de processamento da lagosta inteira-cozida. Para a paralisação de 60 kg de lagosta com aplicação de choque elétrico, foram consumidos 10,526 x 10-3 kWh, valor significativamente inferior aos 11 kWh requeridos pelo método tradicional de choque térmico. Um maior ganho de peso foi obtido pela imersão de lagostas paralisadas em salmoura antes do cozimento. Experimentos combinando as concentrações de salmoura a 3, 6 e 9% com os tempos de imersão de 15, 30 ou 45 minutos foram realizados. Um modelo matemático foi ajustado para predizer o rendimento de peso de lagostas de diferentes tamanhos para as combinações de tratamentos testadas. Para lagostas pequenas, um tempo de imersão de 45 minutos em salmoura a 6% apresentou a melhor resposta em termos de ganho de

  11. Obtenção de plantas de feijão-caupi resistentes ao Cowpea severe mosaic virus e ao Cowpea aphid-borne mosaic virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislanne Brito Barros

    2013-06-01

    Full Text Available Dentre os vírus que infectam o feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp. destacam-se, respectivamente, pela severidade e ampla ocorrência o Cowpea severe mosaic virus (CPSMV e o Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV. Portanto, objetivaram-se, no presente trabalho, obter e avaliar plantas de feijão-caupi com resistência ao CPSMV e ao CABMV, visando ao desenvolvimento de cultivares essencialmente derivadas e novas cultivares. Realizaram-se oito cruzamentos seguidos de retrocruzamentos, utilizando a linhagem TE 97-309G-9 e a cultivar Patativa como genitores resistentes, e as cultivares BR3-Tracuateua, BRS-Urubuquara, BRS-Novaera, BRS-Guariba e Pretinho como genitores suscetíveis. As gerações F2 e F2RC1 foram desafiadas quanto à resistência por meio de inoculação mecânica com isolados do CPSMV e do CABMV. Nas gerações F2RC1, além da resistência foram avaliados os caracteres: número de dias para o início da floração, comprimento das vagens, número de grãos. vagem-1, peso de cem grãos e produção de grãos.planta-1. Todos os indivíduos F2 e F2RC1 foram analisados pelo teste χ² e se ajustaram à frequência esperada de 15 plantas suscetíveis 1 planta resistente a ambos os vírus. As médias das plantas F2RC1 resistentes, de cada retrocruzamento, foram comparadas com a média do seu respectivo genitor recorrente pelo teste 't' e as médias dos retrocruzamentos foram comparadas pelo teste de Scott-Knott. Foi detectada variabilidade genética entre os retrocruzamentos para todos os caracteres. Todos os retrocruzamentos foram considerados promissores para produção de cultivares essencialmente derivadas resistentes ao CPSMV e ao CABMV e as plantas selecionadas possuem características que possibilitam a seleção de linhagens com grãos de bom padrão comercial e altamente produtivas.

  12. Bionutritional efficiency of crossbred beef cattle finished on feedlot andslaughtered at different body weights Eficiência bionutricional de bovinos mestiços terminados em confinamento e abatidos com pesos distintos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renius Mello

    2010-03-01

    comparação aos tourinhos ½ RA ½ N. Os tourinhos abatidos com maior peso apresentaram maior área de olho-de-lombo (cm², espessura de gordura subcutânea, gordura de cobertura na garupa, GRPI (kg e % PV, consumo de matéria seca (CMS, kg/d, consumo de energia líquida (MJ/d e proteína metabolizável (g/dia, e INMB em relação aos abatidos mais leves. Além disso, os tourinhos ½ BA ½ N abatidos com 480 kg tiveram a menor conversão alimentar. Por outro lado, o ganho médio diário de peso (kg/dia, o consumo de matéria seca (% PV e g/UTM, a eficiência alimentar e a relação de Kleiber não diferiram entre os grupos genéticos, os pesos de abate e a interação grupo genético versus peso de abate. Tourinhos F1 Blonde D'Aquitaine × Nelore e os animais abatidos mais leves são bionutricionalmente mais eficientes na fase de terminação em confinamento.

  13. Crescimento de crianças até seis meses de idade, segundo categorias de aleitamento Growth of children up to six months of age and breast feeding practices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giana Zarbato Longo

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: investigar a relação das velocidades de incremento diário de peso e de comprimento e de índices antropométricos com categorias de aleitamento em crianças até seis meses de idade. MÉTODOS: estudo transversal realizado em Centros de Saúde de 12 cidades, nas cinco regiões do Brasil, com 3172 crianças. As variáveis estudadas foram: índices antropométricos (peso/idade, comprimento/idade, peso/comprimento, peso ao nascer, peso atual, comprimento ao nascer, comprimento atual, velocidade média de incremento diário de peso e de comprimento; categorias de aleitamento exclusivo, predominante, materno e sem aleitamento. RESULTADOS: verificou-se uma associação positiva na velocidade do ganho de peso e de comprimento e de índices antropométricos nas categorias de aleitamento materno exclusivo e predominante nos primeiros meses de vida, ajustados com os fatores idade, peso e comprimento ao nascer, sexo e escolaridade da mãe. CONCLUSÕES: o tipo de amamentação, principalmente nos primeiros meses, influencia positivamente para um crescimento adequado, juntamente com os fatores nível de escolaridade da mãe no estrato maior que cinco anos e peso de nascimento.OBJECTIVES: to determine daily weight and lenght gain plus anthropometric rates increment with breast feeding regime in children up to six months of age. METHODS: cross-cutting study conducted in the Healthcare Clinics of 12 cities in the five regions of Brazil using a sample of 3172 children. Variables were: anthropometric rates (weight for age, weight for height, height for age, birth weight, birth length, current length, velocity of average daily increment of weight and length; regimes of exclusive and predominant breast feeding and the use of formulas. RESULTS: it was found a positive association of velocity in weight and height gains and of anthropometric rates in children fed in an exclusive and predominant breastfeeding regime in the first months of life, adjusted

  14. Peso e rendimento dos componentes do peso vivo de cordeiros terminados em confinamento com dietas contendo proporções crescentes de resíduo úmido de cervejaria Weight and yield of liveweight components of feedlot finish lambs fed diets with increasing proportions of wet brewery residue

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Brochier

    2008-10-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de dietas contendo proporções crescentes de resíduo úmido de cervejaria sobre o peso e proporção dos componentes do peso vivo de cordeiros terminados em confinamento. Foram utilizados 25 cordeiros, machos, não-castrados, da raça Texel, distribuídos aleatoriamente em cinco tratamentos compostos por proporções de 0%, 25%, 50%, 75% e 100% de substituição do alimento concentrado por resíduo úmido de cervejaria. Utilizou-se dieta composta de feno de Tifton-85 e mistura concentrada em uma relação volumoso:concentrado de 40:60, na matéria seca. O alimento concentrado foi constituído por milho desintegrado, farelo de soja, mistura mineral e resíduo úmido de cervejaria, sendo que suas proporções variaram de acordo com os tratamentos. Houve redução linear dos pesos de sangue, patas, cabeça, fígado, pulmão e baço, e da proporção de fígado, à medida que se elevou a proporção do resíduo úmido de cervejaria nas dietas. A proporção, em relação ao peso vivo, de rúmen/retículo e do trato gastrintestinal, com conteúdo, e do conteúdo gastrintestinal aumentou linearmente, enquanto os pesos de rúmen/retículo, abomaso, intestino delgado e do trato gastrintestinal, sem conteúdo, diminuíram linearmente com o aumento da proporção do resíduo nas dietas. A proporção de rúmen/retículo, sem conteúdo, foi influenciada de forma quadrática.The effect of diets with increasing proportions of wet brewery residue on the weight and proportion of live weight components of feedlot finished lambs was evaluated. Twenty-five non-castrated Texel male lambs were randomly allotted into five groups, consisting in the replacement of the concentrate by wet brewery residue; at the proportions of 0%, 25%, 50%, 75%, and 100%. Diet composition was Tifton-85 hay and concentrate mixture, in a relation roughage:concentrate of 40:60, based on dry matter (DM. The concentrate was composed of ground corn, soybean meal, mineral

  15. Bajo peso al nacer, crecimiento y desarrollo en el primer año de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elia Rosa Lemus Lago

    1997-04-01

    Full Text Available Se efectuó un estudio descriptivo, longitudinal y retrospectivo en el área de salud del Policlínico Docente "19 de Abril" con los niños nacidos con peso inferior a los 2 500 g, en el año 1994, y se siguió su evolución clínica durante el primer año de vida, que correspondió a una muestra de 23 infantes. Los datos fueron recogidos de las historias clínicas individuales de los niños y de la embarazada. Se analizaron los parámetros peso, talla, circunsferencia cefálica, valoración nutricional y desarrollo psicomotor. Predominó el bajo peso para la edad gestacional con un 65,2 y el 34,7 % correspondió a los nacidos antes del término de la gestación. El 100 % de los pretérmino al año de vida tuvieron una valoración nutricional normal. No se comportaron de igual forma los de bajo peso para la edad gestacional en los que el 20 % quedaron por debajo del 3er. percentil.A descriptive, longitudinal and retrospective study was conducted at the health area of the "19 de Abril" Teaching Polyclinic. 23 infants who were born in 1994 with a birth weight < 2 500 g were included in the sample. Their clinical evolution was followed during the first year of life. The data were obtained from the individual medical histories of the children and of the pregnant women. The following parameters were analyzed: weight, size, cephalic perimeter, nutritional assessment and psychomotor development. Low weight prevailed for the gestational age with 65.2 %, whereas 34.7 % corresponded to preterm deliveries. 100 % of the preterm infants had a normal nutritional assessment after the first year of life. However, 20 % of those with low weight at the gestational age remained under the third percentile.

  16. Efectos del bajo peso materno preconcepcional sobre el embarazo y el parto

    OpenAIRE

    López Montero, Maribel; Trufero Cánovas, Norma

    2006-01-01

    Se realizó un estudio de cohorte no concurrente pareado 1:1 para investigar los efectos del bajo peso materno preconcepcional (malnutrición materna por defecto) sobre el embarazo, el parto y el recién nacido en el Policlínico Finlay del municipio Camagüey desde octubre de 2002 hasta abril de 2004. Fueron estudiadas 51 gestantes malnutridas por defecto y 51 embarazadas sin riesgo. Los datos fueron tomados a partir de los registros oficiales de la atención perinatal complementados con una encue...

  17. Las grasas en la dieta materna, edad gestacional y peso al nacer

    OpenAIRE

    Rodríguez Enríquez, Yanik; Pita Rodríguez, Gisela; González, Isabel Martín; Ferret Martínez, Ana; Puentes Márquez, Ileana

    2004-01-01

    Las grasas en la dieta materna tienen funciones determinantes en el desarrollo de un embarazo normal, en la estructuración de un adecuado flujo útero-placentario, la formación de membranas celulares, el crecimiento intrauterino del feto y el desarrollo del sistema nervioso central. El objetivo de este trabajo fue medir la relación entre la composición de ácidos grasos en la dieta materna atendiendo a la edad gestacional y el peso al nacer de los recién nacidos. Se realizó un estudio transvers...

  18. Consumo de bocadillos y exceso de peso en niños colombianos

    OpenAIRE

    Herrán F, Oscar Fernando; DelCastillo M, Sara; Fonseca C, Zulma Yanira

    2015-01-01

    Cuatrocientos noventa y cinco niños entre 0 y 17 años aportaron información sobre su consumo dietario en 966 formatos de recordatorios de las últimas 24 horas. En todos se estableció su estado de nutrición con base en antropometría utilizando los patrones de crecimiento de la OMS. Se determinó el consumo de energía y macronutrientes en 27 categorías del consumo dietario de bocadillos con base en evidencia científica. El objetivo fue establecer la relación entre el exceso de peso, el consumo d...

  19. Situação de saúde da criança em área da região sul do Brasil, 1980-1992: tendências temporais e distribuição espacial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cesar G. Victora

    1994-12-01

    Full Text Available Embora as estatísticas vitais sejam de fundamental importância para o planejamento e avaliação das ações de saúde, são poucos os Estados brasileiros que dispõem de sistema de registro com cobertura e agilidade suficiente para atingir estas metas. Objetivou, portanto, analisar os dados gerados no Rio Grande do Sul, Brasil, para descrever tendências temporais e distribuição espacial de indicadores de saúde infantil, incluindo os coeficientes de mortalidade infantil e de mortalidade proporcional de menores de um ano, prevalência de baixo peso ao nascer, e cobertura vacinal. Entre 1980 e 1992, observaram-se reduções marcantes na mortalidade infantil (de 39,0 para 19,3 por mil e na mortalidade proporcional de menores de um ano (de 13,9% para 5,9%. A prevalência de baixo peso ao nascer mostrou-se estável entre 8 e 10%, tendo mesmo sido observado discreto aumento até 1991. A cobertura de vacina tríplice oscilou marcadamente de ano a ano, entre 79% e 99%. Houve forte correlação, ao nível de Delegacias Regionais de Saúde, entre mortalidade infantil e baixo peso ao nascer. Os 4 indicadores estudados foram combinados de forma a construir um escore para identificar as Delegacias de Saúde com maiores necessidades de intervenções sanitárias. A região sul do Estado, caracterizada pela presença de grandes latifúndios, mostrou os piores índices de saúde infantil.

  20. Estado nutricional de lactentes em áreas periféricas de Fortaleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOARES Nadia Tavares

    2000-01-01

    Full Text Available O presente estudo foi realizado com a finalidade de caracterizar a prevalência da má nutrição entre crianças menores de um ano vinculadas ao Fundo Cristão para Crianças em dois bairros periféricos de Fortaleza: Presidente Kennedy e Álvaro Weine. Desnutrição protéico-energética, obesidade e anemia ferropriva foram diagnosticadas através dos seguintes indicadores: peso ao nascer +2 desvios-padrão da mediana de referência do National Center for Health Statistics, hemoglobina < 11 g/dl, hematócrito < 32%, volume corpuscular médio <72 fl e hemoglobina corpuscular média < 24 pg. O peso ao nascer foi obtido através da entrevista domiciliar, enquanto que as demais medidas antropométricas e as amostras de sangue foram colhidas em uma das unidades do Fundo Cristão para Crianças, seguindo os procedimentos técnicos recomendados. Das 110 crianças catalogadas, 96 foram pesadas e medidas e 75 fizeram o exame de sangue. A análise dos dados revelou 7% de baixo peso ao nascer, 10% de desnutrição crônica, 8% de obesidade e 60% de anemia. Possivelmente, a dieta que as crianças receberam contribuiu para o comprometimento nutricional encontrado. Parece essencial a realização de mais estudos sobre prática alimentar nestas comunidades.

  1. Estado nutricional de lactentes em áreas periféricas de Fortaleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadia Tavares SOARES

    2000-08-01

    Full Text Available O presente estudo foi realizado com a finalidade de caracterizar a prevalência da má nutrição entre crianças menores de um ano vinculadas ao Fundo Cristão para Crianças em dois bairros periféricos de Fortaleza: Presidente Kennedy e Álvaro Weine. Desnutrição protéico-energética, obesidade e anemia ferropriva foram diagnosticadas através dos seguintes indicadores: peso ao nascer +2 desvios-padrão da mediana de referência do National Center for Health Statistics, hemoglobina < 11 g/dl, hematócrito < 32%, volume corpuscular médio <72 fl e hemoglobina corpuscular média < 24 pg. O peso ao nascer foi obtido através da entrevista domiciliar, enquanto que as demais medidas antropométricas e as amostras de sangue foram colhidas em uma das unidades do Fundo Cristão para Crianças, seguindo os procedimentos técnicos recomendados. Das 110 crianças catalogadas, 96 foram pesadas e medidas e 75 fizeram o exame de sangue. A análise dos dados revelou 7% de baixo peso ao nascer, 10% de desnutrição crônica, 8% de obesidade e 60% de anemia. Possivelmente, a dieta que as crianças receberam contribuiu para o comprometimento nutricional encontrado. Parece essencial a realização de mais estudos sobre prática alimentar nestas comunidades.

  2. Desempenho de crianças pré-termo com muito baixo peso e extremo baixo peso segundo o teste Denver-II The performance of pre-term children with very and extreme low weight according to the Denver-II test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia de Castro Magalhães

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: analisar o desempenho de crianças da região metropolitana Belo Horizonte/MG nascidas pré-termo com muito e extremo baixo peso nos itens do teste Denver II. MÉTODOS: as crianças foram selecionadas em um programa de acompanhamento do desenvolvimento de crianças de risco. A amostra incluiu 177 crianças, nas quais o Teste de Denver II foi aplicado nas idades corrigidas de 4, 8, 12, 18 e 24 meses. As respostas foram comparadas (χ2 aos dados da amostra normativa do instrumento. RESULTADOS: crianças pré-termo de muito e extremo baixo peso apresentaram desempenho superior no primeiro ano de vida com desvantagem a partir dos 12 meses em relação à amostra normativa do Denver II. O grupo de extremo baixo peso foi o que apresentou pior desempenho. CONCLUSÕES: houve diferenças no padrão de respostas das crianças examinadas em relação à amostra normativa do Denver II, sendo importante fazer mais estudos acerca da validade do teste para a população brasileira.OBJECTIVES: to evaluate the performance on the Denver II test of preterm children with very and extreme low weight from the Belo Horizonte/MG metropolitan region. METHODS: the children were selected as part of a program to monitor the development of children at risk. The sample included 177 children, to whom the Denver II Test was applied at corrected ages of 4, 8, 12, 18 and 24 months. The responses were compared (χ2 to data from a normative sample. RESULTS: preterm children with very or extremely low weight showed improved performance in the first year of life, although disadvantages began to emerge after twelve months in relation to the normative Denver II sample. The extremely low weight group performed the worst. CONCLUSIONS: there were differences in the pattern of children's responses compared to those of the normative Denver II sample, and it is important to carry out further studies of the validity of this test for the Brazilian population.

  3. Fatores associados com a retenção e o ganho de peso pós-parto: uma revisão sistemática Risk factors associated with postpartum weight gain and retention: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Maria de Aquino Lacerda

    2004-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A retenção de peso após o parto é um dos determinantes da obesidade em mulheres. Seu desenvolvimento está relacionado com o ganho de peso gestacional, paridade, idade, situação marital, consumo energético, atividade física e lactação, mas as associações encontradas têm se mostrado inconclusivas e contraditórias. Objetivos: Avaliar estudos que identificaram fatores preditores da retenção e ganho de peso após o parto. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizada uma revisão de literatura na Base de Dados LILACS e MEDLINE, referente aos anos de 1993 a 2003. RESULTADOS: Vinte e oito artigos foram identificados, sendo 23 estudos de coorte, quatro estudos transversais e um estudo caso-controle. A maioria dos estudos foi realizada nos EUA e o tempo de acompanhamento após o parto ocorreu principalmente entre seis semanas e 24 meses. Cerca de 25% dos estudos apresentaram perdas superiores a 30%, 61% incluíram adolescentes na amostra e 75% não aferiram o peso pré-gestacional. Sete estudos foram considerados de melhor qualidade, pois utilizaram o peso pré-gestacional medido, incluíram grupo de comparação, excluíram adolescentes, apresentaram perdas de seguimento inferiores a 30% e controlaram para variáveis de confundimento. CONCLUSÃO: Ganho de peso gestacional, raça negra e paridade estão associados positivamente com a retenção de peso pós-parto. As evidências são contraditórias para a variável lactação e insuficientes para as variáveis consumo alimentar e atividade física. São necessários estudos cuidadosamente desenhados para esclarecer estas questões.BACKGROUND: Postpartum weight retention is a trigger for developing obesity in women. It is often associated with weight gain during pregnancy, parity, age, marital status, food intake, physical activity and lactation. However, the associations found have proven to be inconclusive or contradictory. OBJECTIVES: The purpose of this review was to study risk

  4. Apreciação econômica da terminação em confinamento de novilhos Red Angus superjovens abatidos com diferentes pesos Economic evaluation of feedlot finished Red Angus young steers slaughtered with different weights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Restle

    2007-08-01

    Full Text Available Objetivou-se com este estudo avaliar economicamente a terminação em confinamento de novilhos Red Angus superjovens alimentados até atingirem os pesos de abate pretendidos de 340, 370, 400 e 430 kg (pesos reais obtidos: 340, 373, 401 e 434 kg. O número de dias necessários para atingir os respectivos pesos foi de 114, 144, 168 e 209 dias aos 12, 13, 14 e 15 meses de idade. Os animais foram alimentados com dieta contendo 13,26% de PB e relação volumoso (silagem de milho:concentrado de 56,21:43,79 na MS. Na formação e condução da lavoura para produção de volumoso, as operações mais representativas do custo total/ha foram, em ordem decrescente, adubação de plantio (21,21%, adubação de cobertura (12,86%, sementes (11,40% e controle de plantas daninhas (5,78% e de pragas (4,52%. A alimentação (volumoso mais concentrado foi o componente de custo mais representativo (média de 77,2% se desconsiderado o custo de compra do animal. Da alimentação, o concentrado foi o componente mais oneroso (58,3%. O custo/kg de ganho de peso incrementou linearmente com o aumento no peso de abate, sendo de 1,94; 2,06; 2,15 e 2,34 R$/kg, respectivamente, para os pesos de abate de 340, 373, 401 e 434 kg. O incremento no peso de abate de 340 para 434 kg reduziu a lucratividade da terminação em confinamento de novilhos Red Angus superjovens.The objective of this experiment was to conduct an economic evaluation of feedlot finished Red Angus young steers fed to reach slaughter weights (SW of 340, 370, 400 and 430 kg (actual SW of: 340, 373, 401 and 434 kg. Animals spent 114, 144, 168 and 209 days to reach the target SW at 12, 13, 14 and 15 months of age, respectively. Animals were fed a diet containing 13.26% crude protein and a forage (corn silage to concentrate ratio of 56:44 (dry matter basis. The most representative operational costs (total costs/ha for crop establishment and management were: crop fertilization (21.21%, top spreading fertilization (12

  5. Ganho de peso e comportamento de oviposição de Podisus nigrispinus utilizando lagartas de Spodoptera frugiperda e larvas de Tenebrio molitor como presas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveira Harley Nonato de

    2004-01-01

    Full Text Available Esse trabalho avaliou o efeito de diferentes presas e da combinação destas sobre percevejo Podisus nigrispinus. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três tratamentos e 60 repetições. No tratamento um (T1, os percevejos receberam como alimento, lagartas de Spodoptera frugiperda, de 4o estádio, durante todo o seu ciclo de vida, no tratamento dois (T2, larvas de Tenebrio molitor, também durante o todo ciclo, enquanto que, no tratamento três (T3, foram oferecidas lagartas de S. frugiperda do 2masculine ao 4masculine estádios, e larvas de T. molitor do 4masculine estádio até o final do ciclo de vida. O ganho de peso em todas as fases ninfais e em adultos de até terceiro dia mostrou valores semelhantes de incremento, para todas as dietas utilizadas. No entanto, para os percevejos alimentados, com S. frugiperda (T1, observaram-se uma maior produção de ovos num menor período, com 80% dos ovos até 31masculine dia, enquanto que, no tratamento com larvas de T. molitor (T2, os mesmos 80% foram conseguidos somente no 45masculine dia, e no tratamento com a combinação de presas (T3, no 48masculine dia.

  6. Prevalencia de lesao do septo nasal em prematuros no uso de prongas nasais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nayara Francisca Cabral de Sousa

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi investigar a prevalência e os fatores associados à lesão do septo nasal em prematuros sob uso de ventilação não invasiva. Estudo transversal, cujos dados foram coletados entre março e julho de 2012 por meio de busca em prontuários, entrevistas às mães e avaliação nasal de 47 prematuros, na Unidade Neonatal de um Hospital Universitário da cidade do Recife, Pernambuco, região nordeste do Brasil. Realizou-se análise estatística descritiva e bivariada por meio do teste qui-quadrado ou Exato de Fisher, utilizando o software SPSS. A prevalência de lesão nasal foi de 68,1%, associada ao baixo peso ao nascer e à duração do tratamento. A prevalência de lesão nasal na população estudada é elevada e associa-se ao baixo peso ao nascer e ao tempo de permanência em ventilação não invasiva. Infere-se a necessidade de ações preventivas, como cuidados de Enfermagem contínuos, adequação dos dispositivos e educação permanente em serviço.

  7. Perfil antropométrico de dependentes de crack ao internar em hospital para desintoxicação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Dido Balbinot

    2011-10-01

    Full Text Available Introdução: O objetivo desse artigo foi avaliar o perfil antropométrico dos dependentes de cocaína/crack quando do seu ingresso em atendimento de internação hospitalar para desintoxicação. Método: O seu delineamento foi transversal, sendo pesquisados 30 dependentes de crack, do sexo masculino, internados para desintoxicação, que tinham em média 26,40 anos. Foram avaliadas variáveis sociodemográficas e referentes ao perfil de consumo de substâncias psicoativas através de um questionário elaborado para tal. Foram analisadas as variáveis antropométricas: peso, estatura, Índice e Massa Corporal (IMC, Relação Cintura-Quadril (RCQ, perímetros, dobras cutâneas e diâmetro ósseo através, respectivamente, de balança, estadiômetro, fita métrica, plicômetro e paquímetro. Estas medidas eram tomadas nas primeiras 24 horas da internação. Resultados: Verificou-se um peso total de 68,70 kg com estatura de 1,69 m, gerando um IMC igual 23,79 kg/m². A RCQ foi de 0,86 e o percentual de gordura médio igual a 10,72%, tendo um valor mínimo igual 2,43%. Encontrou-se correlações negativas de intensidade moderada e alta respectivamente entre o peso total e a quantidade de tabaco e cocaína inalada consumidas. Foram encontradas correlações negativas de intensidade moderada e alta entre o peso de massa magra do participante e: a quantidade de tabaco fumada e a quantidade de cocaína inalada. Conclusão: Conclui-se que pacientes dependentes de crack, internados em unidade de desintoxicação apresentam relação peso/estatura e IMC considerados normais, porém seu percentual de gordura fica abaixo do preconizado na literatura.

  8. Relação entre a patogenicidade do Schistosoma mansoni em camundongos e a susceptibilidade do molusco vetor: III. Mortalidade, pesos corporal e das vísceras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zanotti-Magalhães Eliana Maria

    1995-01-01

    Full Text Available Estudou-se a relação entre o desenvolvimento da hepatomegalia, da esplenomegalia, peso corporal e taxa de mortalidade em camundongos experimentalmente infectados por Schistosoma mansoni com o grau de susceptibilidade de Biomphalaria glahrata e B. tenagophila nas quais se desenvolveram as cercárias infectantes respectivamente, das linhagens BH e SJ. Foram utilizados como hospedeiro definitivo camundongos Swiss, SPF e como hospedeiros intermediários populações de moluscos selecionados geneticamente para o caráter susceptibilidade. Foram observados menores pesos corporais e das visceras em camundongos infectados com cercárias provenientes de moluscos que apresentaram elevado grau de susceptibilidade. A maior susceptibilidade dos moluscos à infecção pelo S. mansoni correspondeu a uma menor sobrevivência dos camundongos infectados. Os resultados fazem crer que a maior adaptação do parasita ao hospedeiro intermediário, traduzidos pelas taxas mais elevadas de susceptibilidade, pode levar a um comportamento diferente deste parasita no hospedeiro definitivo.

  9. Dias ao Parto de Fêmeas Nelore de um Experimento de Seleção para Crescimento: I - Modelo de Repetibilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mercadante Maria Eugênia Zerlotti

    2002-01-01

    Full Text Available Registros de datas de entrada na monta e respectiva data do parto, referentes a 1.247 fêmeas Nelore dos rebanhos experimentais da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho (IZ - SP, selecionadas para altos (seleção e tradicional e para médios (controle pesos ao sobreano foram usados para obter a variável dias ao parto, a fim de estudar o efeito da seleção para crescimento sobre o desempenho reprodutivo. Arquivos de novilhas e de vacas e novilhas foram analisados incluindo e não incluindo as não paridas. Nenhuma diferença significativa foi detectada entre os registros provenientes das vacas dos rebanhos selecionados e do controle, apesar das vacas do rebanho seleção apresentarem as maiores médias de dias ao parto na maioria dos arquivos estudados. Concordando com os resultados obtidos para o efeito de rebanho, o peso à seleção foi significativo somente para as vacas e novilhas, considerando as não paridas, com tendência das mais pesadas à seleção apresentarem menores valores para dias ao parto. Modelos nos quais não foi considerado o peso à seleção forneceram os mesmos resultados para o efeito de rebanho. As herdabilidades variaram de 0,02 a 0,16, sendo as mais altas obtidas em arquivos nos quais foram incluídos os registros das não paridas, indicando que a observação de caracteres de reprodução somente das fêmeas férteis contribui para mascarar as diferenças genéticas entre os animais, e quando esta variabilidade é re-introduzida, designando-se penalidades às fêmeas que não pariram, as diferenças genéticas entre os animais aparecem. Existem evidências que a seleção para peso não comprometeu o desempenho reprodutivo das fêmeas, mesmo sendo criadas em condições ambientais similares.

  10. Evolución del peso en pacientes durante el primer año del trasplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pilar López Garrigós

    Full Text Available Durante el primer año de trasplante renal es frecuente una ganancia de peso, debido, entre otros a la dieta, sedentarismo, e inmunosupresores, pudiendo aumentar los factores de riesgo del síndrome metabólico. Objetivos: Conocer la evolución del peso de nuestros pacientes durante el primer año del trasplante, y analizar la influencia con las distintas variables asociadas al paciente, sexo, edad, IMC, tratamiento inmunosupresor entre otras. Determinar la asociación entre la ganancia de peso y la aparición de factores de riesgo, como hipertensión arterial, diabetes y dislipidemia. Material y Método: Estudio retrospectivo y analítico. Se estudiaron 100 pacientes con un año de evolución en el trasplante, del Hospital Virgen de la Salud de Toledo. Sé analizaron datos antropométricos, demográficos y clínicos. La ganancia de peso se distribuyo según a las variables del estudio. Resultados: La ganancia de peso al año del trasplante afecto a 93 pacientes, con una media de 7,21 kg ±5,87. El 44,1% aumento su peso por encima de la media, y el 23,7% gano > 10 kg. La prevalencia de sobrepeso y obesidad antes del trasplante fue 57% y 76% después del trasplante. Los hombres ganaron ligeramente más peso que las mujeres. Los más jóvenes < 49 años ganaron más peso, media 9,3 kg. Mayor incidencia de diabetes, hipertensión y dislipemias en los pacientes con sobrepeso y obesidad. Conclusiones: La mayoría de los pacientes aumentaron significativamente de peso al año del trasplante, asociándose con varios de los factores del síndrome metabólico. - Importante la educación, por parte de la enfermería, del paciente para fomentar hábitos de vida saludable.

  11. Correlação entre a suplementação de proteína e carboidrato e variáveis antropométricas e de força em indivíduos submetidos a um programa de treinamento com pesos Correlación entre la suplementación de proteínas e hidratos de carbono con las variables antropométricas y de fuerza en individuos sometidos a un programa de entrenamiento con pesos Correlation between the protein and carbohydrate supplement and anthropometric and strength variables in individuals submitted to a resistance training program

    OpenAIRE

    Patrícia Veiga de Oliveira; Luciana Baptista; Fernando Moreira; Antônio Herbert Lancha Junior

    2006-01-01

    A grande maioria dos indivíduos que aderem a programas regulares de exercícios com pesos têm grande preocupação estética que se resume ao aumento da força e massa musculares à custa do treinamento associado à suplementação. O objetivo deste trabalho foi verificar se a ingestão de uma dieta hiperprotéica (4g.kg¹.d¹), aliada ao treinamento, provoca maior aumento da massa muscular e força quando comparado com o padrão dietético normoprotéico. METODOLOGIA: Dezesseis voluntários foram divididos em...

  12. Níveis de Treonina em Rações para Leitões dos 6 aos 15 kg

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigues Nair Elizabeth Barreto

    2001-01-01

    Full Text Available Foram utilizados 75 suínos com peso inicial médio de 5,8 ± 0,4 kg, com o objetivo de avaliar níveis de treonina em rações para leitões com alto potencial genético para deposição de carne magra dos 6 aos 15 kg. Foi usado o delineamento experimental de blocos ao acaso com cinco tratamentos (níveis de treonina, cinco repetições e três animais por unidade experimental. Os tratamentos corresponderam a uma ração basal com 18% PB e 1,108% lisina total, suplementada com cinco níveis de L-treonina, resultando em dietas com níveis de 0,682; 0,732; 0,782; 0,832; e 0,883% de treonina total. Observou-se variação quadrática para ganho de peso diário (GDP, que aumentou até o nível de 0,77%, e para consumo de ração (CR, que aumentou até o nível estimado de 0,73%. Os níveis de treonina também influenciaram de forma quadrática a conversão alimentar (CA, que melhorou até o nível de 0,82%. A relação da lisina digestível verdadeira:treonina digestível verdadeira, no nível que proporcionou os melhores resultados de CA, correspondeu a 100:73. Concluiu-se que leitões com alto potencial genético para carne magra dos 6 aos 15 kg exigem 0,77% de treonina total na ração para máximo ganho de peso e 0,82% para melhor conversão alimentar.

  13. African Journals Online: Curaçao

    African Journals Online (AJOL)

    ... Cambodia, Cameroon, Canada, Cayman Islands, Central African Republic, Chad, Chile, China, Colombia, Comoros, Congo, Democratic Republic, Congo, Republic, Costa Rica, Côte d'Ivoire, Croatia, Cuba, Curaçao, Cyprus, Czech Republic, Denmark, Djibouti, Dominica, Dominican Republic, Ecuador, Egypt, Arab Rep.

  14. Nemerteans from Curaçao

    NARCIS (Netherlands)

    Corrêa, Diva Diniz

    1963-01-01

    All species treated in this paper were collected by me between January and June 1962, during my stay at the “Caraïbisch Marien-Biologisch Instituut” (Caribbean Marine Biological Institute), Curaçao. I am deeply indebted to the Government of the Netherlands, which awarded me a grant enabling me to

  15. SIG aplicado ao Ensino de Geografia

    OpenAIRE

    Dornelles, Liane Maria Azevedo; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ

    2009-01-01

    Este trabalho descreve as atividades desenvolvidas junto à disciplina eletiva SIG aplicado ao ensino de Geografia. Foram elaboradas aplicações ambientais para os Ensinos Fundamental e Médio, com auxílio dos programas VistaSAGA/UFRJ, SISPLAMTE 5as com GIS, SPRING/INPE e MapServer.

  16. Turbellaria from Curaçao

    NARCIS (Netherlands)

    Marcus, Ernst

    1960-01-01

    A study of the several fresh and brackish-water springs on Curaçao, carried out by Dr. P. WAGENAAR HUMMELINCK, revealed (a) the common occurrence on that island of Dugesia festai (Borelli 1898), a species which until then had only been known from the South American mainland (nearest find: Ecuador!),

  17. Estados Unidos: do Iraque ao Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgílio Caixeta Arraes

    2010-12-01

    Full Text Available O presente artigo busca analisar os recentes temas recorrentes na política externa norte-americana, caracterizada pela “guerra contra o terror”, e seus impactos para a agenda a ser discutida na vindoura visita do presidente dos Estados Unidos, Geoge W. Bush, ao Brasil.

  18. Fatores prognósticos para o desenvolvimento cognitivo de prematuros de muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Dalva Barbosa Baker Méio

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Crianças prematuras, de muito baixo peso, podem apresentar alterações em seu desenvolvimento cognitivo. No Brasil, pouco se conhece sobre a evolução dessas crianças na idade pré-escolar. O objetivo do estudo foi descrever o desenvolvimento cognitivo de uma população de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso e verificar possíveis fatores prognósticos para desenvolvimento cognitivo anormal. MÉTODOS: Um estudo de coorte foi realizado com uma população de crianças pré-escolares, nascidas prematuras, de muito baixo peso, entre janeiro de 1991 e setembro de 1993. O desenvolvimento cognitivo foi avaliado por meio do teste WPPSI-R (Wechsler Preschool and Primary Intelligence Scales aplicado por psicólogas, utilizando dois pontos de corte para definição de anormalidade: escores abaixo de 1 e 2, desvios padrões da média (DP. RESULTADOS: Foram avaliadas 79 crianças de quatro a cinco anos de idade. A média do escore total do teste WIPPSI-R foi de 75,6 (±11,9. A incidência de escore total anormal foi de 77,2% e de 32,9% (1DP e 2 DP, respectivamente. Após o ajuste por "tipo de parto", ser pequeno para a idade gestacional (OR=6,19; IC95% 1,60-23,86, ultra-som transfontanela anormal (OR=5,90; IC95% 1,04-9,83 e ser do sexo masculino (OR=3,20; IC 95% 1,32-26,35 foram os fatores que predisseram escore total <70 (2 DP. CONCLUSÃO: Houve maior comprometimento do desenvolvimento cognitivo nas crianças estudadas do que o descrito na literatura. Ser pequeno para idade gestacional, ultra-som transfontanela anormal e sexo masculino foram fatores prognósticos de pior evolução.

  19. Peso bajo, sobrepeso, obesidad y crecimiento en adolescentes en el Perú 2009-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime Pajuelo R

    2015-04-01

    Full Text Available Introducción: El grupo de adolescentes representan, de alguna manera, la quinta parte de la población y no se encuentran al margen de los problemas nutricionales. Objetivos: Conocer la situación nutricional, el crecimiento y algunos factores determinantes, en adolescentes en el Perú. Diseño: Estudio descriptivo, observacional, transversal. Participantes: Adolescentes. Intervenciones: En 14 753 adolescentes de 10 a 19 años se obtuvo el peso, talla, índice de masa corporal (IMC. Se utilizó la referencia percentilar de Must y los puntajes Z de OMS. Principales medidas de resultados: Promedios y DE. Prevalencias IC 95%. OR IC 95%. Chi-cuadrado y regresión múltiple. Resultados: Se encontró prevalencias de 2,6; 5,9; 79; 9,3 y 3,2 (Must; 0,2; 1,1; 82,6; 12,5; 3,5% (OMS de déficit, peso bajo, normal, sobrepeso y obesidad, respectivamente. Predominó el sobrepeso-obesidad en áreas urbanas, en los no pobres, en la costa, selva y Lima Metropolitana, en los que vivían por debajo de 3 000 msnm. Los factores de riesgo para el déficit-bajo peso fueron: género masculino, pobres extremos, pobres no extremos, vivir en la costa norte y sierra centro, y como factor protector los que estaban por debajo de los 1 000 msnm. Los factores de riesgo del sobrepeso-obesidad fueron el vivir en áreas urbanas, costa sur y por debajo de los 1 000 msnm, los que vivían entre los 1 000 y 2 999 msnm; y los factores de protección fueron el ser pobre extremo, el pobre no extremo, vivir en costa norte, sierra norte, sierra centro y sierra sur y selva. El 28,5% presentó retardo de crecimiento (adolescentes de 10 a 17 años. Los factores de riesgo del retardo de crecimiento fueron: vivir en áreas rurales, en la mayoría de los dominios geográficos excepto la costa sur, los niveles de pobreza (extrema y no extrema, los niveles de altitud (1 000 a 2 999 y más de 3 000 msnm. Conclusiones: El sobrepeso-obesidad es el problema de mayor magnitud en los adolescentes

  20. Características das carcaças e componentes do peso vivo de cordeiros terminados em pastagem ou confinamento = Carcass characteristics and live weight components in lambs finished on pasture or feedlot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angela Machado Fernandes

    2008-01-01

    Full Text Available O trabalho objetivou avaliar as características da carcaça e os não-componentes da carcaça de cordeiros em quatro sistemas: cordeiros desmamados aos 60 dias mantidos em pastagem; cordeiros + ovelhas em pastagem; cordeiros + ovelhas em pastagem + concentrado em creep feeding (1% PV; cordeiros desmamados aos 60 dias e confinados. Os cordeiros foram abatidos quando a média de peso vivo do tratamento alcançou entre 32-34 kg. Após o abate, foram coletados e pesados os não-componentes da carcaça. Obtiveram-se pesos, rendimentos emedidas objetivas das carcaças e por cálculos a compacidade de perna e carcaça. A metodologia para determinar o momento de abate promoveu grande variação (7 a 14 kg no peso vivo final entre os animais do mesmo tratamento. Houve correlação significativa (p This experiment had the objective to evaluate the carcass characteristics and the non-carcass components of lambs on four systems: lambs weaned at 60 days of age kept on pasture; lambs + ewes kept on pasture; lambs + ewe + concentrate in creep feeding; lambs weaned at 60 days and kept on feedlot. Lambs were slaughteredwhen mean live weight from the tratament reached 32-34 kg. After slaughter, the noncarcass components were collected and weighed. The weight, yield and carcass measures were obtained, while leg and carcass compacity was calculated. The elected methodology fordetermining slaughter time resulted in large variation (7 to 14 kg in the slaughter weight of lambs from the same treatments. There was a significant (p < 0.05 positive correlation between hot (r = 0.83 and cold (r = 0.85 carcass weights, and slaughtered weight. Lambsweaned and finished on pasture showed lower (p < 0.05 hot carcass dressing (42.3%, cold carcass dressing (40.2%, carcass biological dressing (51.8% and thorax width (22.99 cm and higher (p < 0.05 gastrointestinal content (5.6 kg. The presence of dams had aninfluence in systems were there was no weaning, in regard to carcass

  1. Peso de abate de machos não-castrados para produção do bovino jovem. 2. Peso, idade e características da carcaça Slaughter weights for the production of young bull cattle. 2. Weight, age and carcass characteristics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Maria da Cruz

    2004-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de obter o peso e idade de abate e as características de carcaça de bovinos machos não-castrados, o confinamento foi desenvolvido na Embrapa Pecuária do Sudeste. Um total de 215 animais, da Embrapa e de produtores particulares, sendo 53 Blonde d'Aquitaine x Nelore (BN, 36 Canchim x Nelore (CN, 36 Limousin x Nelore (LN, 36 Piemontês x Nelore (PN, 18 Canchim (CA e 36 Nelore (NE, foram utilizados. Foram avaliados os pesos de abate (TRAT de 400 (I, 440 (II e 480 kg (III, exceto para os bovinos NE, que foram de 380, 410 e 440 kg. Os animais receberam uma dieta, ad libitum, à base de 50% de silagem de milho e 50% de concentrado, na base seca. O peso vivo dos animais foi obtido, após jejum de água e alimentos de 16 horas. Os animais foram abatidos em frigorífico comercial. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias, comparadas pelo teste SNK. Os animais cruzados e Canchim foram abatidos com 231, 252 e 273 kg de carcaça quente aos 15,4; 16,1 e 16,8 meses de idade para os TRAT I, II e III, respectivamente, enquanto as carcaças dos animais NE pesaram 211,5; 219 e 228 kg aos 16,4; 17,2 e 17,5 meses, respectivamente. As médias estimadas de período experimental, rendimento de carcaça, área de olho de lombo e espessura de gordura externa foram: 70,9; 95,1 e 114,7 dias; 57,2; 57,7 e 58,3%; 31,4; 30,9 e 30,2 cm²/100 kg de carcaça; 2,5; 3,1 e 3,6 mm, para os TRAT I, II e III, respectivamente. A percentagem de carne comestível do traseiro especial não foi alterada pelos pesos de abate, ocorrendo redução na percentagem de ossos e aumento na percentagem de aparas de gordura, à medida que aumentou o peso de abate. Ocorreram interações entre TRAT e grupos genéticos para pesos estimados de abate, percentagens de cortes traseiro total, traseiro especial e dianteiro da carcaça resfriada e área de olho de lombo.To obtain slaughter weight and age and the carcass characteristics of young bulls, a feedlot study

  2. Alimentação saudável, escolaridade e excesso de peso entre mulheres de baixa renda Healthy eating, schooling and being overweight among low-income women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Machado Lins

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores associados à prevalência do excesso de peso e obesidade em uma população de mulheres adultas de baixa renda, moradoras de uma região metropolitana; e sua associação com variáveis socioeconômicas, demográficas, reprodutivas e comportamentais, destacando a alimentação saudável. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal de base populacional com uma amostra probabilística de 758 mulheres de 20 anos ou mais moradoras de Campos Elíseos - Duque de Caxias. Utilizou-se análise bivariada e regressão multivariada hierarquizada para identificar fatores associados ao excesso de peso e obesidade. RESULTADOS: Encontrou-se uma prevalência de obesidade de 23% e prevalências de 56,0%, quando somados o excesso de peso e a obesidade. Encontrou-se associação inversa entre anos de estudo, excesso de peso e obesidade. A maioria das mulheres referiu alimentação saudável (73,6%, que aumentou positivamente com a renda, escolaridade e idade. Não consumir semanalmente verduras esteve associado ao excesso de peso e não realizar alimentação saudável esteve associado à obesidade. CONCLUSÕES: Os resultados demonstraram que mesmo em uma população com renda baixa, um maior nível de escolaridade tem impacto na prevenção deste agravo e nas escolhas alimentares.The scope of this study was to analyze the factors associated with the prevalence of being overweight and obesity in a population of low-income adult women living in a metropolitan region and its association with socioeconomic, demographic, reproductive and lifestyle variables, highlighting the importance of healthy eating. A population-based, cross-sectional study was conducted with a random sample of 758 women aged 20 or older living in Campos Elíseos - Duque de Caxias - State of Rio de Janeiro. Bivariate and multivariate hierarchical regression was used to identify factors associated with overweight and obesity. A prevalence of 23% of obesity was found

  3. Estimativas de parâmetros de cruzamentos para peso de fêmeas Holandês/Gir

    OpenAIRE

    Martins,Gabrimar Araújo; Madalena,Fernando Enrique; Bruschi,José Henrique; Costa,José Ladeira da; Teodoro,Roberto Luiz; Monteiro,João Bosco Neves

    2004-01-01

    Objetivou-se, com este trabalho, o desenvolvimento de modelo para a descrição do peso de vacas, novilhas e bezerras Holandês/Gir. Foram utilizados 18.089 pesos mensais de 412 fêmeas, em fazenda demonstrativa na Zona da Mata de Minas Gerais. Os dados foram analisados pelo Proc Mixed do pacote SAS, separadamente, para as seguintes categorias: a) vacas, b) novilhas maiores de 12 meses de idade, c) novilhas de 70 dias a 12 meses e d) bezerras de até 70 dias. Para cada uma destas categorias, as eq...

  4. Selguimiento del peso corporal en pacientes tratados con antipsicóticos: revisión bibliográfica

    OpenAIRE

    Martín Izquierdo, Marta Estefanía

    2015-01-01

    El tratamiento con antipsicóticos es uno de los principales factores de riesgo que más contribuye a la ganancia de peso en personas con enfermedades mentales graves. Los efectos negativos derivados del sobrepeso y la obesidad, sumados a los propios de la enfermedad, tienen como consecuencia una menor calidad y esperanza de vida en estos pacientes. El objetivo principal de este estudio es realizar una revisión bibliográfica del seguimiento de peso en pacientes tratados con antipsicóticos. ...

  5. Validade concorrente do peso e estatura auto-referidos no diagnóstico do estado nutricional em mulheres idosas

    OpenAIRE

    Virtuoso-Júnior, Jair Sindra; Oliveira-Guerra, Ricardo

    2012-01-01

    Objetivo Analisar a validade concorrente de medidas auto-referidas de peso e estatura para o diagnóstico do estado nutricional em mulheres idosas de baixa renda. Métodos A amostra foi composta de 181 mulheres, com média de idade de 70±7,2 anos, pertencente a grupos de atividades para idosos na comunidade no município de Jequié, Bahia. As medidas referidas de peso e estatura corporal foram coletadas através de entrevista individual que antecederam as aferições. Na análise dos dados foram utili...

  6. Anatomía y densidad o peso específico de la madera

    OpenAIRE

    León Hernández, Williams J.

    2010-01-01

    El presente trabajo trata sobre la relación que existe entre las características anatómicas de la madera y su densidad o peso específico. Tomando en consideración la importancia de esta propiedad física y su relación con otras propiedades físico-mecánicas de la madera, es necesario conocer cuáles son los elementos celulares que influyen sobre la misma. En el caso de maderas de coníferas, las características de las traqueidas definen el valor promedio y el patrón de variac...

  7. Bajo peso al nacer y su implicación en el desarrollo psicomotor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Doris Amparo Parada-Rico

    2015-12-01

    Full Text Available Los niños que al nacer presentan peso bajo, pueden desarrollar graves problemas de salud, así mismo, el riesgo de sufrir problemas e incapacidades en su desarrollo psicomotor a largo plazo es mayor. En la revisión en bases de datos científicas, se identifica como un problema de salud a escala mundial, puesto que estos recién nacidos pueden tener serias limitaciones en su supervivencia y posteriormente en su calidad de vida; por ende, se debe evaluar minuciosamente su desarrollo psicomotor, de manera que se asegure la detección temprana de factores de riesgo susceptibles a intervenciones de cuidado.

  8. Más kilos de peso menos años por vivir

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria del Rosario Álvarez

    2006-12-01

    Full Text Available El ser humano tiene mayor riesgo de volverse obeso cuando la población dispone de gran variedad de alimentos, incluyendo los de proceso industrial, y la vida se hace más fácil, mecanizada y ociosa. Estos cambios en los estilos de vida propician el sedentarismo y, a su vez, el desequilibrio entre la energía que se ingiere y el gasto calórico necesario para satisfacer las necesidades metabólicas, termogénicas y de actividad física. Un desequilibrio calórico excesivo y sostenido ocasiona incremento exagerado de peso y depósito de grasa y como consecuencia la obesidad, que es uno de los factores más importantes de riesgo para la salud, tanto en la población de países industrializados como en el mundo en desarrollo.

  9. Habilidades pre-escolares de los niños nacidos prematuramente y con bajo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sasha A. Martínez-Espiet

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMEN: El objetivo de este estudio fue conocer el nivel de desarrollo en la etapa pre-escolar de un grupo de niños nacidos prematuramente y con bajo peso. Se evaluó un grupo 20 niños de cuatro años nacidos prematuramente y con bajo peso y un grupo de 20 niños nacidos luego de gestación completada y peso deseado utilizando la prueba de integración visual-motora Beery-Buktenica. Además, se administró el cuestionario del desarrollo Ages and Stages (ASQ-3 a las 40 madres. El análisis estadístico se llevó a cabo mediante una prueba t de studentpara grupos independientes. El grupo de niños nacidos prematuramente obtuvo puntuaciones significativamente inferiores en las pruebas que medían las habilidades de percepción visual (µ1 83.65 ; µ2 93.7 (p=0.0001, integración visual-motora (µ1 93.6 ; µ2 104.8 (p=0.001 y motor fina (µ1 36.00 ; µ2 44.25 (p=0.033 al ser comparados con el grupo de niños nacidos luego de una gestacióncompletada.El estudio sugiere que los niños nacidos prematuramente y con bajo peso presentan menor ejecución en el desarrollo sensorio-motor durante la etapa pre-escolar. Estas desventajas pasan desapercibidas y pueden representar rezago en las tareas escolares futuras que requieren de dichas habilidades. Es importante fomentar la evaluación y estimulación ambiental temprana en esta población aún en ausencia de indicadores de riesgo. ABSTRACT: The purpose of this study was to evaluate the development among a group of pre-school children born premature and with low weight. We evaluated a group of four years old children; 20 children born prematurely and 20 children born after a full gestation and desired weight, using the Beery-Buktenica visual-motor integration test. We also administered the Ages and Stages Questionnaire (ASQ-3 development test to all 40 mothers. Statistical analysis was performed using student t test for independent groups. The group of children born prematurely scored significantly lower

  10. A restrição do crescimento fetal influencia a composição corporal na idade escolar?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia C. Lima

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a influência do baixo peso de crianças nascidas a termo sobre a composição corporal na idade escolar. MÉTODO: Este estudo consistiu de um corte transversal aninhado em uma coorte de 375 crianças recrutadas ao nascimento em 1993-1994 no estado de Pernambuco. Aos 8 anos de idade, 213 crianças tiveram a composição corporal avaliada através da mensuração da espessura das pregas cutâneas tricipital e subescapular e da circunferência do braço. A regressão linear multivariada foi utilizada para identificar a influência do baixo peso ao nascer, das condições socioeconômicas, do estado nutricional materno e morbidade da criança na prega cutânea tricipital. RESULTADOS: As médias das pregas cutâneas tricipital e subescapular, da circunferência do braço e das áreas muscular e de gordura do braço foram menores nas crianças nascidas com baixo peso em relação às nascidas com peso adequado; no entanto, essas diferenças não foram estatisticamente significantes. Na análise de regressão linear multivariada, as variáveis socioeconômicas explicaram o maior percentual da variação da prega cutânea tricipital (12,3%, especialmente a renda familiar per capita (9,1%, seguida da ocorrência de anemia e da hospitalização anterior, que juntas explicaram 5,6%, e do índice de massa corporal materna, que contribuiu com 2,4% dessa variação. O baixo peso ao nascer não influenciou no depósito de gordura subcutânea tricipital nessa faixa etária. CONCLUSÃO: Os fatores socioeconômicos e a morbidade anterior da criança apresentaram uma maior influência na composição corporal de escolares nascidos a termo em detrimento do baixo peso ao nascer.

  11. Desempenho reprodutivo de ovelhas mestiças da raça Santa Inês em Brachiaria humidícula e efeito do sexo no ganho de peso de cordeiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Oliveira

    2014-02-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o desempenho reprodutivo de ovelhas deslanadas em função do manejo alimentar das crias e idade de desmame, além de mensurar o efeito do sexo no ganho de peso de cordeiros. Sessenta e quatro ovelhas mestiças da raça Santa Inês foram distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 4 x 2 x 2 - quatro idades de desmame (56, 70, 84 e 98 dias, sexo e manejo alimentar das crias, cada tratamento com quatro repetições. As ovelhas foram manejadas com a cria ao pé, em 14 piquetes de 1,5 ou 2,0 hectares, formados com pastagem de Brachiaria humidícola. As crias nascidas de partos simples, filhos de reprodutores Santa Inês puros de origem (PO. Após o desmame de todos os grupos, sessenta e quatro cordeiros (32 machos e 32 fêmeas foram distribuídos ao acaso em baias individuais e confinados por 30 dias. A comparação dos parâmetros foi realizada pelo ajuste do modelo de regressão linear simples. Verificou-se vício de tempo longo do manejo alimentar das crias de + 3,7% (P<0,05 para o intervalo entre partos e de + 1,4% (P<0,05 para o período de serviço. Houve efeito linear crescente (P<0,05 da idade de desmame sobre o intervalo entre partos e período de serviço. Verificou-se vício de tempo longo do sexo das crias de + 2,0% (P<0,05 para o intervalo entre partos e de + 0,8% (P<0,05 para o período de serviço das ovelhas. Constatou-se vício de tempo longo do sexo de + 35,2% e + 36,9% (P<0,05, respectivamente, para o ganho de peso diário de cordeiros do nascimento ao desmame e pós desmame em confinamento. A suplementação das crias em alimentador privativo e a antecipação da idade de desmame reduzem o intervalo entre partos e período de serviço de ovelhas deslanadas em pastagem de Brachiaria humidícula. O sexo da cria é fonte de variação na análise da eficiência reprodutiva de matrizes ovinas e no ganho de peso de cordeiros mestiços da raça Santa Inês do nascimento ao desmame e ap

  12. A desnutrição infantil representada por mães de crianças com baixo peso La desnutrición infantil representada por madres de niños de bajo peso Infantile malnutrition represented by mothers of low weight children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Hein

    2009-12-01

    Full Text Available A partir do trabalho com mães de crianças de baixo peso (BP numa unidade de saúde do Rio de Janeiro, tentamos apreender as representações sociais (RS das mães das crianças desnutridas e suas práticas de saúde, objetivando promover maior captação e observância terapêutica. Um estudo exploratório baseado na teoria de Moscovici incluiu relatos do grupo de mães e 20 entrevistas em profundidade, divididas em dois grupos: 10 mães cujos filhos obtiveram alta clínica da desnutrição infantil (DI e 10 com filhos em atendimento médico. Fizemos uma análise de conteúdo categorial temática. As RS da DI estão ligadas à idéia da morte, à terminalidade da vida dos filhos. Elas preferem a terminologia Baixo Peso, que seria um atraso do desenvolvimento, recuperável com cuidado materno e acompanhamento médico. O trabalho indica quanto o reconhecimento do saber consensual, popular, serve ao bom relacionamento com os serviços de saúde, à observância terapêutica e captação.En el trabajo con madres de niños con bajo peso (BP en una unidad de salud de Rio de Janeiro, tratamos de aprehender representaciones sociales (RS y prácticas de salud de dichas madres, objetivando aumentar la captación y la observación terapéutica. Un estudio exploratorio basado en la teoría de Moscovici que ha comprendido relatos del grupo de madres y de 20 entrevistas en profundidad, divididas en: 10 madres cuyos hijos habían obtenido alta clínico de la desnutrición infantil (DI y 10 con hijos en atención médica. Hicimos un análisis de contenido temático. Las RS de la DI se vinculan a la idea de muerte, de terminalidad de la vida de los hijos. Ellas prefieren el término Bajo Peso, que sería un retardo del desarrollo, recuperable con cuidados maternos y atención médica. El trabajo indica cuánto el reconocimiento del saber consensual, popular, sirve al buen relacionamiento con los servicios de salud, a la observación terapéutica y a la captaci

  13. NÃveis de isoleucina digestÃvel sobre o desempenho de fÃmeas suÃnas dos 15 aos 30 kg

    OpenAIRE

    Leandro Dalcin Castilha

    2011-01-01

    Com o objetivo de determinar a exigÃncia de isoleucina digestÃvel para fÃmeas suÃnas dos 15 aos 30 kg, foram realizados dois experimentos, um ensaio de desempenho e um balanÃo do nitrogÃnio. No primeiro experimento, foram utilizadas 40 fÃmeas suÃnas, mestiÃas, de alto potencial genÃtico e desempenho mÃdio, com peso vivo inicial de 15,00 Â 0,52kg, distribuÃdas em um delineamento experimental de blocos ao acaso, constituÃdo de cinco tratamentos (0,45; 0,52; 0,59; 0,66; 0,73% de isoleucina diges...

  14. Comportamento da flexibilidade após 10 semanas de treinamento com pesos Comportamiento de la flexibilidad después de 10 semanas de entrenamiento con pesos Flexibility behavior after 10 weeks of resistance training

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Serpeloni Cyrino

    2004-08-01

    Full Text Available O propósito deste estudo foi analisar o comportamento da flexibilidade de diferentes articulações após 10 semanas de treinamento com pesos (TP. Para tanto, 16 homens (23,0 ± 2,1 anos; 68,0 ± 7,0kg; 178,8 ± 8,7cm sedentários, mas aparentemente saudáveis, foram aleatoriamente divididos em grupo treinamento (GT, n = 8 e grupo controle (GC, n = 8. O GT foi submetido a 10 semanas consecutivas de TP (três sessões semanais, em dias alternados, ao passo que o GC não se envolveu com a prática de nenhum programa sistematizado de atividades físicas nesse período. Os 11 exercícios que compuseram o programa de TP foram executados em três séries de 8-12 RM. Os movimentos de flexão e extensão do ombro; flexão, extensão e flexão lateral do tronco; flexão e extensão do quadril; flexão e extensão do cotovelo; e flexão do joelho foram utilizados para a análise do comportamento da flexibilidade. ANOVA e ANCOVA para medidas repetidas, seguidas pelo teste post hoc de Tukey, quando P El propósito de este estudio fué analizar el comportamiento de la flexibilidad de diferentes articulaciones después de 10 semanas de entrenamiento con pesos (TP. Para ello, 16 hombres (23,0 ± 2,1 años; 68,0 ± 7,0 Kg.; 178,8 ± 8,7 cm sedentarios, aparentemente saludables, fueron aleatoriamente divididos en grupos de entrenamiento (GT, n = 8 y en grupo control (GC, n = 8. El GT fué sometido a 10 semanas consecutivas de TP (tres sesiones semanales, en días alternados, al tiempo que el GC no se incluyó en la práctica de ningún programa sistematizado de actividades físicas en ese período. Los 11 ejercicios que compusieron el programa de TP fueron ejecutados en tres series de 8-12 RM. Los movimientos de flexión y extensión del hombro; flexión, extensión y flexión lateral del tronco; flexión y extensión de los glúteos; flexión e extensión del codo; y flexión de la rodilla fueron utilizados para el análisis del comportamiento de la

  15. Crescimento de cordeiros abatidos com diferentes pesos: osso, músculo e gordura da carcaça e de seus cortes Growth of lambs slaughtered at different weights: bone, muscle and fat of the carcass and its cuts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lisiane Furtado da Silva

    2000-08-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado no Setor de Ovinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria, objetivando determinar as quantidades de osso, músculo e gordura da carcaça e o crescimento de osso e músculo da carcaça e dos diferentes cortes da mesma. Foram utilizados 22 cordeiros machos inteiros, filhos de carneiros Texel e ovelhas cruza (Texel x Ideal. Desses, quatro/oram abatidos no início do experimento (24 horas após o nascimento, e os restantes, ao desmame (45 dias de idade e aos 28 e 33kg. Os cordeiros foram confinados em baias individuais, com suas respectivas mães, até o desmame (45 dias de idade. A determinação do crescimento dos tecidos da carcaça e de seus cortes (quarto, paleta, costela, espinhaço e pescoço foi realizada através de equações alométricas, utilizando-se o logaritmo do peso de osso ou músculo, em função do logaritmo do peso de corpo vazio (PCV ou peso de carcaça fria (PCF. As quantidades de osso e músculo aumentaram (P0,05 com a elevação do peso de carcaça fria. A proporção de gordura aumentou do nascimento ao desmame (PThis experiment was developed at the Ovine Section of Animal Science Department, at Federal University of Santa Maria, Brazil- The purpose of this experiment was to determine the quantity of bone, muscle and fat of the carcass, and the growth ofbone and muscle of the carcass, and of the carcass cuts. Twenty-two intact mate lambs, sired by Texel males, from crossbreed Texel -Ideal dams were used. Four lambs were siaughtered at the beginning of the experiment (24 hours after birth and groups of six lambs were siaughtered at weaning and when reaching 28 and 33kg. The lambs were kept in individual stalls together with their respective mothers until weaning (45 days of age. To study the growth of the carcass tissues and carcass cuts (hindquarter, shoulder, rib, backbone, neck, regression equations of the log of weight of each tissue, as a function of the log of

  16. Hipertensão Arterial Experimental e Prenhez em Ratas: Repercussões sobre o Peso, Comprimento e Órgãos dos Recém-nascidos Experimental Arterial Hypertension and Pregnancy in Rats: Repercussion Regarding Body Weight Gain, Body Length and Organs of Offspring

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Dias

    2000-10-01

    Full Text Available Objetivo: estudar as repercussões da hipertensão arterial sobre o peso e comprimento corpóreo e sobre o peso do fígado e do cérebro de recém-nascidos (RN. Métodos: foram utilizadas 82 ratas virgens da raça Wistar em idade de reprodução. Após a indução da hipertensão arterial experimental (modelo Goldblatt I: 1 rim - 1 clipe as ratas foram sorteadas para compor os quatro grandes grupos experimentais (controle (C, manipulação (M, nefrectomia (N e hipertensão (H. A seguir, as ratas foram distribuídas por sorteio em 8 subgrupos, sendo quatro grupos prenhes e quatro grupos não-prenhes. Após acasalamento dos quatro grupos prenhes, obtivemos com o nascimento dos recém-nascidos os seguintes grupos: RN-C, RN-M, RN-N e RN-H, respectivamente controle, manipulação, nefrectomia e hipertensão. Resultados: quanto ao peso e comprimento corpóreo dos recém-nascidos observamos que os grupos RN-N e RN-H apresentaram os menores pesos ( = 3,64 ± 0,50 e ou = 3,37 ± 0,44, respectivamente e comprimentos ( = 3,89 ± 0,36 e ou = 3,68 ± 0,32, respectivamente em relação ao seus controles ( = 5,40 ± 0,51 e ou = 4,95 ± 0,23, respectivamente. Quanto ao peso do fígado os RN-H apresentaram os menores pesos ( = 0,22 ± 0,03 em relação a todos os demais grupos em estudo, e quanto ao peso do encéfalo os RN-N e RN-H apresentaram os menores pesos ( = 0,16 ± 0,01 e ou = 0,16 ± 0,05, respectivamente em relação aos seus controles ( = 0,22 ± 0,04. Conclusão: a hipertensão arterial determinou redução no peso corpóreo, no comprimento, no peso do fígado e no peso do encéfalo dos recém-nascidos.Purpose: to study the repercussion of arterial hypertension regarding body weight gain and body length, as well as liver and brain weight of offspring. Methods: a total of 82 animals in reproductive age were used. They were randomly assigned to 4 different groups (control, handled, nephrectomized and hypertensive. Renal hypertension was produced by a

  17. Excesso de peso em crianças de pré-escolas: prevalência e fatores associados Excess weight in preschoolers: prevalence and associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilaine Schuch

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a prevalência e os fatores associados ao excesso de peso em crianças matriculadas em escolas públicas dos estados do Rio Grande do Sul (RS e Santa Catarina (SC. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com crianças de idade entre quatro e seis anos. O desfecho estudado foi o excesso de peso, definido através do escore Z > 2DP para o Índice de Massa Corporal (IMC/idade, em comparação com a população de referência da OMS 2006/2007. As medidas antropométricas de massa corporal e altura foram aferidas em duplicata, utilizando-se técnicas padronizadas conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS. Os dados foram duplamente digitados utilizando o software EPI-INFO, versão 6.04. Foram calculadas frequências absolutas e relativas e médias (DP. Associações entre excesso de peso e demais variáveis foram avaliadas em modelo de Poisson de variância robusta. Foi utilizado o programa STATA versão 12.0 (p OBJECTIVE: To study the prevalence and factors associated with excess weight in children enrolled in public schools in the states of Rio Grande do Sul (RS and Santa Catarina (SC. METHODS: This was a cross-sectional study, carried out with children aged 4 to 6 years. The studied outcome was excess weight, defined by z-score > two standard deviations for body mass index (BMI/age, compared with the World Health Organization (WHO reference population of 2006/2007. Anthropometric measurements of body mass and height were measured in duplicate using standard techniques, in accordance with the WHO. Data were double entered using EPI-INFO software, release 6.04. Absolute and relative frequencies were calculated, as well as mean values and standard deviations. Associations between excess weight and other variables were assessed by using Poisson model with robust variance. STATA software release 12.0 was used (p < 0.05. RESULTS: A total of 4,914 children were evaluated (2,578 in RS and 2,336 in SC. In RS, the incidence of excess

  18. Práticas alimentares inadequadas na infância e possíveis repercussões

    OpenAIRE

    Pretto, Alessandra Doumid Borges

    2015-01-01

    Introdução: O desmame precoce e a introdução de alimentos complementares antes dos seis meses podem acarretar diversos problemas de saúde. Além disto, o baixo peso ao nascer; a alimentação inadequada na infância, rica em carboidratos de fácil absorção, alto teor lipídico e pobre em fibras; juntamente com o sedentarismo propiciam o surgimento de sobrepeso/obesidade, aumento da pressão arterial, diabetes mellitus e o aumento da probabilidade de desenvolver síndrome metabólica. Pr...

  19. Periodontal disease treatment and risk of preterm birth: a systematic review and meta-analysis Tratamento de doença periodontal e risco de parto prematuro: revisão sistemática e metanálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês da Rosa

    2012-10-01

    Full Text Available The events leading to preterm birth are still not completely understood. A quantitative systematic review was performed to estimate the effects of periodontal care during pregnancy on preventing preterm birth and low birth weight. The meta-analysis included randomized trials with pregnant women with a diagnosis of periodontal disease before 20 weeks of gestation. Relative risk (RR with 95% confidence intervals (95%CI was calculated. We evaluated the reduction in preterm and low birth weight. Thirteen trials were included, comparing 3,576 women in intervention groups with 3,412 women receiving usual care. The meta-analysis of the effects of periodontal disease treatment during pregnancy indicated a non-significant reduction in preterm births (RR = 0.90; 95%CI: 0.68-1.19 and low birth weights (RR = 0.92; 95%CI: 0.71-1.20. The creation and examination of a funnel plot revealed clear evidence of publication bias. In summary, primary periodontal care during pregnancy cannot be considered an efficient way of reducing the incidence of preterm birth.Os eventos que levam à prematuridade ainda não são completamente compreendidos. Foi realizada uma revisão sistemática quantitativa para avaliar os efeitos do tratamento de doença periodontal durante a gravidez para prevenir o nascimento prematuro e baixo peso ao nascer. A metanálise incluiu estudos randomizados de grávidas com diagnóstico de doença periodontal antes de 20 semanas de gestação. O risco relativo (RR com intervalos de 95% de confiança (IC95% foi calculado. Avaliou-se os desfechos prematuridade e baixo peso ao nascer. Foram incluídos 13 estudos, comparando 3.576 mulheres em grupos de intervenção com 3.412 mulheres que receberam tratamento habitual. A metanálise mostrou uma redução não significativa nos partos prematuros (RR = 0,90; IC95%: 0,68-1,19 e baixo peso ao nascer (RR = 0,92; IC95%: 0,71-1,20. O gráfico de funil revelou clara evidência de viés de publicação. Em

  20. CARACTERÍSTICAS PERINATAIS DE CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Foresti Fezer

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Analisar características perinatais de crianças com transtorno do espectro autista (TEA. Métodos: Revisão retrospectiva dos prontuários medicos de 75 crianças com TEA, entre janeiro de 2008 e janeiro de 2015. Os critérios de inclusão foram o diagnóstico de TEA baseado no DSM-5 e o termo de consentimento assinado pelo responsável legal. O critério de exclusão foi ausência de todos os dados no prontuário médico. As variáveis analisadas foram: idade materna, prematuridade (idade gestacional menor que 37 semanas, baixo peso ao nascer (<2.500 g e asfixia perinatal (Apgar menor que 7 no quinto minuto. Os dados foram avaliados por meio do teste de diferença entre as proporções (nível de significância de p<0,05. Resultados: Setenta e cinco pacientes foram incluídos no estudo. A idade materna variou de 21,4 a 38,6 anos (29,8±4,1 anos. O parto prematuro ocorreu em 14 (18,7% pacientes, asfixia perinatal em 6 (8,0% e baixo peso ao nascer em 32 (42,6%. As prevalências de prematuridade, asfixia perinatal e baixo peso ao nascer entre as crianças com TEA neste estudo foram maiores do que as prevalências gerais dessas condições entre todos os nascidos vivos em nosso país, região e estado, as quais são, respectivamente, 11,5, 2,3 e 8,5% no Brasil, 11,0; 2,2 e 8,5% na região Sul e 10,5, 2,0 e 8,4% no estado do Paraná. Conclusões: Nossos achados mostraram maior prevalência de prematuridade, baixo peso ao nascer e asfixia perinatal em crianças com TEA. Algumas limitações são o desenho retrospectivo do estudo e a amostra de pequeno tamanho. Grandes estudos prospectivos são necessários para esclarecer a possível associação entre intercorrências perinatais e TEA.

  1. Ratos púberes de ambos os sexos e ratos envelhecidos apresentam distintas alterações comportamentais e em proteínas sinápticas pelo tratamento crônico com cafeína

    OpenAIRE

    Cassia Sallaberry de Souza

    2016-01-01

    A cafeína é o psicoestimulante mais consumido em todo o mundo, cujos efeitos benéficos nas funções cognitivas têm sido observados em diferentes condições e modelos animais. O consumo de cafeína é difundido entre adultos, idosos, gestantes e mais recentemente, entre crianças e adolescentes. Alguns estudos clínicos e pré-clínicos sugerem que a exposição pré-natal à cafeína apresenta efeitos prejudiciais, como prematuridade, malformações congênitas, baixo peso ao nascer e mesmo teratogenicidade,...

  2. ENSAIO: HOMENAGEM AO PROFESSOR REINIER ROZESTRATEN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio C. R. Tupinambá

    2014-02-01

    Full Text Available Trata-se de uma homenagem póstuma ao Professor Doutor Reinier Rozestraten. O texto apresenta, suscintamente, o percurso acadêmico do nomeado professor, em especial a sua passagem pela Psicologia do Trânsito. Paralelamente discorre sobre sua principal obra na área, que, de certo modo introduz o discurso psicológico sobre o comportamento de trânsito em perspectiva nacional, juntamente com sua preocupação em imprimir um caráter científico ao tema e introduzi-lo no contexto da academia e na sociedade em perspectivas teórica e prática. A obra escolhida é considerada um marco para o estabelecimento teórico da disciplina da psicologia do trânsito no Brasil. A homenagem foi originalmente escrita por ocasião dos cinco anos de falecimento do professor Reinier.

  3. Qualidade da carne ovina submetida ao processo de salga Meat quality of lamb submitted to salting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Américo Garcia da Silva Sobrinho

    2004-09-01

    Full Text Available Foi estudada a qualidade da carne ovina submetida a diferentes teores de sal no processo de salga, utilizando-se 18 pernas desossadas provenientes de cordeiros ½ Ile de France ½ Ideal, machos inteiros, com peso vivo médio de 30kg. Os tratamentos constituíram-se em: T1 - controle; T2 - salga a 15% e T3 - salga a 20%. As mantas de carne foram lavadas rapidamente em água corrente para remoção do excesso de sal e secadas à sombra. As análises foram realizadas antes da salga e 67 horas após o início da mesma. As perdas de peso ao cozimento, maciez, cor, umidade (2, 4, 16, 28, 40 e 67 horas após o início da salga e número de TBARS, substâncias reativas ao ácido 2-tiobarbitúrico, foram realizadas no músculo Semimembranosus. Os diferentes teores de sal não influenciaram (P>0,05 na luminosidade da carne, entretanto os teores de vermelho e amarelo, que foram influenciados (PThe effects was studied of different salt quantities during salting process in qualitative parameters of sheep meat. Were used 18 boned legs from ram lambs ½ Ile de France ½ Ideal, slaughtered with 30kg of body weight. The treatments were: T1 - control; T2 - salting at 15%; T3 - salting at 20%. Meat slices were washed with water to remove salt excess and dried in shadow. Analysis were done before salting and 67 hours after salting. Cooking losses, tenderness, colour, humidity (2, 4, 16, 28, 40 and 67 hours after the beginning of the process and number of TBARS (2-tiobarbituric acid reactive substances were done on Semimembranosus muscle. Different quantities of salt had no effect on meat lightness (P>0.05, although redness and yellowness were affected (P<0.05. Cooking losses and humidity were lower (P<0.05 for salted meat. The tenderness was higher (P<0.05 for meats submitted to control treatment and 15% of salting, compared to meats salted with 20%. Meats submitted to 20% of salting showed higher number of TBARS, not differing 15% of salting. The utilization of 15

  4. Perfil dos idosos usuários das academias ao ar livre para a terceira idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wesley Lessa Pinheiro

    2017-03-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o perfil dos idosos usuários das academias ao ar livre para a terceira idade de Fortaleza,Ceará. Métodos: Estudo transversal, envolvendo uma amostra de 374 idosos com idade maior ou igual a 60 anos, realizado entre os meses de outubro de 2015 e abril de 2016, nas academias ao ar livre para a terceira idade em Fortaleza, Ceará. Aplicou-se um questionário contendo questões sobre dados sociodemográficos, condições de saúde e hábitos de vida autorrelatados, e sobre a utilização dos equipamentos. Mensurou-se o peso e a altura para a obtenção do índice de massa corporal (IMC. Resultados: A maioria dos entrevistados era mulher (56,7%, n=212 e com faixa etária entre 60 e 69 anos (66,8%, n=250. As principais condições de saúde autorrelatadas foram hipertensão (40,9%, n=153, colesterol alto (32,4%, n=121 e osteoartrite (26,2%, n=98. Entre os hábitos de vida, o consumo de bebida alcoólica (31,6%, n=118 foi o mais relatado. Verificou-se que 42,8% (n=160 encontrava-se com excesso de peso. A maioria utilizava os equipamentos há mais de um ano (68,2%, n=255, até 30 minutos por dia (49,5%, n=185, cinco ou mais dias durante a semana (51%, n=191, tendo em grande parte percebido melhora na saúde (93,6%, n=350. Conclusão: Os idosos apresentaram um perfil jovem e ativo, cujas condições de saúde de maior prevalência podem ser facilmente manejadas com a prática de atividade física, e apresentam características semelhantes independentemente da situação econômica em que se encontram inseridos.

  5. Sensibilidade da rosa 'Osiana' ao etileno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delaine Cristina Cordeiro

    2011-01-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram determinar a sensibilidade e as respostas da rosa cultivar Osiana (Rosa × hybrida à presença de etileno ao longo da vida pós-colheita. Para determinar a sensibilidade da flor ao etileno, hastes foram cortadas e colocadas em câmaras herméticas e em seguida tratadas por 24 horas com diferentes concentrações de etileno variando de 0,0; 0,1; 1,0; 10; 100 e 1000 µL L-1do ar no interior da câmara. A rosa teve a vida pós-colheita reduzida pelo etileno, quando exposta a concentração igual ou superior a 10 µL L-1 de etileno. As flores tratadas com no mínimo de 10 µL L-1de etileno desenvolveram necrose, murcha e abscisão prematura das pétalas ainda túrgidas. As concentrações de 0,1 e 1,0 µL L-1de etileno estimularam a abertura do botão floral durante o período de 24 horas de exposição ao etileno, sem no entanto, reduzir a vida pós-colheita. A rosa 'Osiana' pode ser classificada como uma cultivar sensível ao etileno e a concentração influência os processos estimulados.

  6. Correlação entre a suplementação de proteína e carboidrato e variáveis antropométricas e de força em indivíduos submetidos a um programa de treinamento com pesos

    OpenAIRE

    Oliveira, Patrícia Veiga de; Baptista, Luciana; Moreira, Fernando; Lancha Junior, Antônio Herbert

    2006-01-01

    A grande maioria dos indivíduos que aderem a programas regulares de exercícios com pesos têm grande preocupação estética que se resume ao aumento da força e massa musculares à custa do treinamento associado à suplementação. O objetivo deste trabalho foi verificar se a ingestão de uma dieta hiperprotéica (4g.kg¹.d¹), aliada ao treinamento, provoca maior aumento da massa muscular e força quando comparado com o padrão dietético normoprotéico. METODOLOGIA: Dezesseis voluntários foram divididos em...

  7. Robo-AO M Dwarf Multiplicity Survey

    Science.gov (United States)

    Lamman, Claire; Baranec, Christoph; Berta-Thompson, Zachory K.; Law, Nicholas M.; Ziegler, Carl; Schonhut-Stasik, Jessica

    2018-06-01

    We analyzed close to 7,000 observations from Robo-AO’s field M dwarf survey taken on the 2.1m Kitt Peak telescope. Results will help determine the total multiplicity fraction and multiplicity functions of M dwarfs, which are crucial steps towards understanding their evolution and formation mechanics. Through its robotic, laser-guided, and automated system, the Robo-AO instrument has yielded the largest adaptive-optics M dwarf survey to date. I developed a graphical user interface to quickly analyze this data. Initial data analysis included assessing data quality, checking the result from Robo-AO’s automatic reduction pipeline, and determining existence as well as the relative position of companions through a visual inspection. This program can be applied to other datasets and was successfully tested by re-analyzing observations from a separate Robo-AO survey. After a conservative initial cut for quality, over 350 companions were found within 4” of a primary star out of 2,746 high quality Robo-AO M dwarf observations, including four triple systems. Further observations were done with the Keck II telescope by using its NIRC2 imager to follow up on ten select targets for the existence and physical association of companions. Future research will yield insights into low-mass stellar formation and provide a database of nearby M dwarf multiples that will potentially assist ongoing and future surveys for planets around these stars, such as the NASA TESS mission.

  8. Relación entre peso al nacer y madurez neuropsicológica en preescolares de Tunja (Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier Humberto Parra Pulido

    2015-01-01

    Full Text Available Objetivo. El presente estudio buscó establecer la relación entre el peso al nacer y la madurez neuropsicológica en preescolares de un colegio público y uno privado de la ciudad de Tunja (Colombia, al igual que las diferencias según el tipo de institución y el sexo de los participantes. Método. Por medio de un estudio descriptivo-correlacional, de corte transversal, se evaluó un grupo de 72 niños de 36 a 78 meses ( M = 54.19, DE = 9.88 con el cuestionario de Madurez Neuropsicológica CUMANIN. El peso de los niños fue ofrecido por los padres y verificado con el carné infantil de nacimiento. Resultados. Se encontraron diferencias significativas únicamente entre el peso al nacer y la subescala de psicomotricidad ( p = 0.265, IC = 95%. Las niñas presentaron mejor desempeño que los niños. La escala verbal con mejor rendimiento se presentó en los participantes del colegio privado. Discusión. El peso al nacer puede tener relación con el desarrollo psicomotor; los resultados confirman los hallazgos realizados previamente en relación con el sexo y el tipo de institución al que asisten los niños.

  9. Prevalência de excesso de peso e seus fatores associados em adolescentes da rede de ensino público de Piracicaba, São Paulo Prevalencia de exceso de peso y sus factores asociados en adolescentes de la red de enseñanza pública de Piracicaba, São Paulo (Brasil Prevalence of overweight and associated factors in adolescents from public schools of Piracicaba city, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stela Verzinhasse Peres

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de excesso de peso e os fatores associados à sua ocorrência em adolescentes da rede de ensino público da cidade de Piracicaba, São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal de 269 adolescentes de ambos os sexos, com idades entre dez a 14 anos. Foram aplicados questionários para obtenção do consumo alimentar, maturação sexual, nível de atividade física e características demográficas. Para a análise estatística utilizou-se a regressão logística univariada e múltipla. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 35,7% entre os meninos e 26,2%, entre as meninas. Os fatores associados foram observados somente entre as meninas, mostrando-se protetor ao excesso de peso o 2º tercil de consumo de carboidrato (OR ajustada 0,28 e a fase de aceleração/pico do crescimento (OR ajustada 0,37. CONCLUSÕES: A prevalência de excesso de peso nos adolescentes é preocupante. A fase de aceleração/pico do crescimento e o alto consumo de carboidrato foram relacionados como fatores protetores para o excesso de peso entre as meninas. Sugere-se ainda que este último fator seja analisado com cautela, dado que tal associação não foi observada em outros estudos.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de exceso de peso y los factores asociados a su ocurrencia en adolescentes de la red de enseñanza pública de la ciudad de Piracicaba, São Paulo (Brasil. MÉTODOS: Estudio transversal de 269 adolescentes de ambos sexos, con edades entre 10 y 14 años. Se aplicaron cuestionarios para obtención del consumo alimentar, maturación sexual, nivel de actividad física y características demográficas. Para el análisis estadístico, se utilizó la regresión logística univariada y múltiple. RESULTADOS: La prevalencia de exceso de peso fue de 35,7% entre los muchachos y de 26,2% entre las muchachas. Los factores asociados fueron observados solamente entre las muchachas, mostrándose protector al exceso de peso el 2º tercil

  10. Propuesta de un nuevo puntaje para optimizar estimados ecográficos de peso fetal: estudio piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rojas Camayo

    2009-06-01

    Full Text Available Introducción: La estimación del peso fetal es importante para las decisiones obstétricas; la precisión de los estimados ecográficos no ha sido estudiada. Objetivos: Determinar la precisión del estimado ecográfico del peso fetal mediante un puntaje basado en parámetros clínicos, ecográficos y maternos. Diseño: Estudio de tipo transversal. Lugar: Hospital Nacional Guillermo Almenara Irigoyen, Lima, Perú. Participantes: 130 gestantes y sus fetos. Intervenciones: Se consignó datos clínicos, ecográficos y maternos. Se procedió a dicotomizar los aciertos entre menor o igual a ±10% (acertadas y mayor a ±10% (erradas del peso real. Se analizó las variables clínicas, ecográficas y maternas mediante el uso de las curvas ROC, para identificar aquellas que tuvieron más influencia en la precisión ecográfica. Con las variables identificadas, se procedió al desarrollo de un modelo de regresión logística, para establecer un puntaje que estimara la probabilidad de variación, teniendo como punto de corte ±10% del peso real. Principales medidas de resultados: Precisión de un puntaje que relaciona la edad gestacional con la circunferencia abdominal y el diámetro biparietal del feto, el ponderado clínico y el peso materno. Resultados: El nuevo puntaje tuvo un buena capacidad de discriminación de las ecografías, según su variación a ±10% del peso real (área bajo la curva ROC: 0,76 p<0,001. Según los puntajes obtenidos, se obtuvo tres grupos: rendimiento alto 20%, rendimiento convencional 44,4% y rendimiento bajo 71,2%. Conclusiones: El nuevo puntaje propuesto tiene la capacidad de estimar la probabilidad de variación de los estimados ecográficos mayores al ±10% del peso real, conformando tres grupos de rendimiento: alto, convencional y bajo.

  11. Validade das tabelas de peso fetal clássicas para a população Portuguesa Validity of classical fetal weight charts in the Portuguese population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Filipe Sousa Santos

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a validade de várias tabelas de peso fetal, habitualmente usadas em Portugal, para classificar a sua população. MÉTODOS: estudo observacional retrospectivo. Foram analisados os registos de nascimentos no período de dois anos (Maio de 2008 a Abril de 2010, decorrentes de gestações unifetais com datação precisa por ecografia entre as 8ª e 14ª semanas de gestação, na mesma instituição. Após validação dos registos, foram analisados os percentis de peso gerados para cada semana de gestação completa, suavizados por uma função polinomial de dois graus, comparando-os com as tabelas mais usadas na instituição e no país, através do uso de Z-scores, valores de percentis, sensibilidade para detecção do percentil 10 (P10 da amostra e comparação de médias de peso. RESULTADOS: um total de 5.378 recém-nascidos (RN foi registado no período; 2.195 (42% RN corresponderam aos critérios de inclusão, com idade gestacional (IG entre as 24ª e 42ª semanas, permitindo uma análise estatística entre as 34ª e as 41ª semanas. Foram detectadas diferenças no peso médio por IG entre tabelas e em relação à amostra, bem como diferenças entre os sexos. O P10 de outros trabalhos mostrou diferenças entre -288g na 37ªs (-11% nos dados de Lubchenco et al. e +133g na 34ªs (+7,6% nos dados de Carrascosa et al. em relação ao obtido na amostra. A sensibilidade para detecção de um RN abaixo do P10 na amostra variou, às 39ªs, entre 14,1e 100%, dependendo da tabela usada. DISCUSSÃO: as limitações deste tipo de valores de referência devem ser tidas em consideração, tentando minimizá-las, nomeadamente pela criação de valores locais/regionais ou nacionais, com a contemplação de outras variáveis, sobretudo o sexo do RN, em gravidezes rigorosamente datadas e pela validação in loco dos valores utilizados.PURPOSE: to assess the validity of several fetal weight charts, commonly used in Portugal, to classify its

  12. Potencial reprodutivo de Supputius cincticeps (Stal (Heteroptera: Pentatomidae influenciado pelo peso do corpo da fêmea - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v25i1.2081 Reproductive potential of the predator Supputius cincticeps (Heteroptera: Pentatomidae affected by female body weight - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v25i1.2081

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose Eduardo Serrão

    2003-04-01

    Full Text Available O potencial reprodutivo de fêmeas de Supputius cincticeps (Stal (Heteroptera: Pentatomidae de duas classes de peso foi avaliado. Machos e fêmeas desse predador foram obtidos de ninfas alimentadas com pupas de Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae. Foram analisadas fêmeas com peso inferior a 45 mg (fêmeas leves e superior a 60 mg (fêmeas pesadas. A longevidade e os períodos de pré-oviposição, oviposição e pós-oviposição foram semelhantes entre fêmeas das duas classes de peso, enquanto aquelas mais pesadas apresentaram maior número de posturas, ovos, ovos/postura e ninfas. Períodos entre posturas e de incubação dos ovos foram menores para fêmeas com peso superior a 60mg. Esses resultados são discutidos em relação ao uso de fêmeas mais pesadas de S. cincticeps para aumentar a produção em criação massal desse predadorThe reproductive potential of Supputius cincticeps (Stal (Heteroptera: Pentatomidae females of two weight classes was evaluated with males and females of this predator obtained from nymphs fed on Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae pupae. Females of S. cincticeps weighing less than 45 mg (light females and more than 60 mg (heavy females constituted the treatments. Pre-oviposition, oviposition and post-oviposition periods besides adult longevity were similar between treatments while number of egg masses, eggs, eggs/egg mass and number of nymphs hatched were higher for heavier females. Periods between egg mass laying and egg incubation were shorter for insects of the last treatment. These results are discussed in relation to the use of heavier females of S. cincticeps to improve mass rearing of this predator in laboratory

  13. Psychobiology of childhood maltreatment: effects of allostatic load? Psicobiologia dos maus-tratos na infância: efeitos de peso alostático?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Grassi-Oliveira

    2008-03-01

    resposta alostática é excessiva ou ineficiente, o organismo desenvolve um peso alostático. A cascata de efeitos moleculares e neurobiológicos associados ao abuso e negligência na infância poderia ser um exemplo de respostas alostáticas e, dessa forma, poderia precipitar peso alostático em um organismo ainda vulnerável no seu desenvolvimento. Este artigo revisa as conseqüências psicobiológicas relacionadas com os maus-tratos na infância. MÉTODO: Uma revisão seletiva com base sistemática foi realizada na base de dados MedLine, procurando artigos em inglês que investigassem uma associação direta e explícita entre maus-tratos na infância e conseqüências psicobiológicas em humanos durante o período de 1990-2007. RESULTADOS: De 115 artigos, foram selecionados 55 estudos do MedLine e 30 de suas listas de referências, num total de 85 artigos (JCR IF: 1-31,4; mediana: 5,88. Especificamente apenas 29 estudos investigaram uma associação direta e explícita entre eles. CONCLUSÃO: Em resumo, as conseqüências estruturais dos maus-tratos na infância incluem anormalidades no desenvolvimento do corpo caloso, neocórtex esquerdo, hipocampo e amígdala; as conseqüências funcionais incluem um aumento da irritabilidade nas áreas límbicas, disfunções do lobo frontal e redução da atividade funcional do vermis cerebelar; e as conseqüências neuro-humorais englobam a reprogramação do eixo HPA e subsequentemente à resposta ao estresse.

  14. Caffeine intake and pregnancy outcomes: a meta-analytic review Consumo de cafeína na gravidez e desfechos perinatais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iná S. Santos

    1998-07-01

    Full Text Available Epidemiological publications on the relationship of caffeine to birth weight and duration of human pregnancy, from 1966 to 1995, were searched through Medline. Each study was treated as the stratification variable, and its weight in the weighted average was proportional to the inverse of its variance. Twenty-six studies were located. Among the twenty-two studies on birth weight, eleven were on mean birth weight, nine on low birth weight (LBW, and four on intrauterine growth retardation (IUGR. Combined analysis of mean birth weigh study results showed a significant decrease in birth weight of nearly 43g among newborns of the heaviest caffeine-consuming mothers. LBW, IUGR, and preterm delivery displayed significant homogeneity in the test results, indicating that a pooled estimate should not be taken as an adequate measure. The high heterogeneity of the available literature on the effects of caffeine on LBW, IUGR, and preterm delivery prevents estimation of reliable pooled estimates through meta-analysis. Further assessment of caffeine intake during pregnancy is needed in future research.Foram rastreadas as publicações epidemiológicas de 1966 a 1995 sobre a associação entre cafeína e peso ao nascer e duração da gestação humana através de pesquisa em Medline. Cada estudo foi tratado como uma categoria de uma variável e seu peso foi proporcional ao inverso de sua variância. Foram localizados vinte e seis estudos. Entre os vinte e dois estudos sobre peso ao nascer, onze foram sobre peso médio ao nascer, nove sobre baixo peso ao nascer (BPN e quatro sobre retardo do crescimento intra-uterino (RCIU. O efeito agregado sobre o peso médio ao nascer mostrou uma redução estatisticamente significativa de 43 gramas entre os recém-nascidos de mães que consumiam maiores quantidades de cafeína. A análise agregada do efeito sobre BPN, RCIU e nascimentos pré-termos apresentou teste de homegeneidade estatisticamente significativo, indicando

  15. O PESO DA MEMÓRIA: LITERATURA E HISTÓRIA NA ACÁDIA.

    OpenAIRE

    Finney, James de

    2012-01-01

    A história está no centro da literatura e da identidade dos acadianos, uma história extremamente rica, de consonâncias míticas e bíblicas: um povo inocente é forçado a dispersar-se pelo continente americano e pela Europa, de 1755 a 1762, condenado ao exílio e à errância, antes de poder reconquistar penosamente seu direito à existência. Entretanto, a força emotiva e a coerência dessa narrativa constituem, para os acadianos, uma faca de dois gumes: numerosos autores, ao difundi-la, confinaram a...

  16. ROBO-AO M DWARF MULTIPLICITY SURVEY

    Science.gov (United States)

    Lamman, Claire; Berta-Thompson, Zachory; Baranec, Christoph; Law, Nicholas; Schonhut, Jessica

    2018-01-01

    We analyzed over 7,000 observations from Robo-AO’s field M dwarf survey taken on the 2.1m Kitt Peak telescope. Results will help determine the multiplicity fraction of M dwarfs as a function of primary mass, which is a crucial step towards understanding their evolution and formation mechanics. Through its robotic, laser-guided, and automated system, the Robo-AO instrument has yielded the largest adaptive-optics M dwarf survey to date. I developed a graphical user interface to quickly analyze this data. Initial data analysis included assessing data quality, checking the result from Robo-AO’s automatic reduction pipeline, and determining existence as well as the relative position of companions through a visual inspection. This program can be applied to other datasets and was successfully tested by re-analyzing observations from a separate Robo-AO survey. Following the preliminary results from this data analysis tool, further observations were done with the Keck II telescope by using its NIRC2 imager to follow up on ten select targets for the existence and physical association of companions. After a conservative initial cut for quality, 356 companions were found within 4” of a primary star out of 2,746 high quality Robo-AO M dwarf observations, including four triple systems. We will present a preliminary estimate for the multiplicity rate of wide M dwarf companions after accounting for observation limitations and the completeness of our search. Future research will yield insights into low-mass stellar formation and provide a database of nearby M dwarf multiples that will potentially assist ongoing and future surveys for planets around these stars, such as the NASA TESS mission.

  17. Crescimento alométrico de osso, músculo e gordura em cortes da carcaça de cordeiros Texel segundo os métodos de alimentação e peso de abate Muscle, fat and bone allometric growth in Texel lambs carcasses cuts in relation to the feeding methods and slaughter weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Teixeira da Rosa

    2005-08-01

    Full Text Available O experimento teve como objetivo estudar o crescimento alométrico dos diferentes tecidos do pescoço, costela, paleta e perna em relação ao peso do corte de cordeiros e cordeiras. Foram utilizados 22 machos inteiros e 23 fêmeas da raça Texel. Desses, sete foram abatidos no início do experimento e os demais, aos pesos de 25 ou 33kg. As ovelhas mais cordeiros foram distribuídos em três métodos de alimentação: M1 -Silagem de milho e concentrado, apenas aos cordeiros até o desmame, aos 60 dias; M2 - Silagem de milho e concentrado, apenas aos cordeiros até o desmame, aos 45 dias e M3 - Silagem de milho e concentrado para ovelha mais cordeiro até o desmame com 60 dias. Após o desmame, os cordeiros receberam silagem mais concentrado. Foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial 3 x 2 x 2 (3 métodos, 2 sexos e 2 pesos de abate. A determinação do crescimento foi obtida através da equação log y = log.a + b log.x, utilizando-se o logaritmo do peso de osso, músculo e gordura em função do logaritmo do peso do corte. Observou-se que o osso do pescoço e da costela foram precoce (b1 independente de sexo e método de alimentação com coeficientes de alometria variando de 1,78 a 2,15 (pescoço e 1,51 a 1,65 (costela. Na paleta, o osso foi precoce em ambos os sexos, com coeficientes de alometria variando de 0,76 a 0,79 e 0,54 a 0,58 respectivamente para machos e fêmeas. O músculo apresentou crescimento isométrico (b=1, independente de sexo e peso de abate. A gordura foi tardia (b>1 independente de peso de abate e sexo, com coeficientes de alometria variando de 1,80 a 2,12. Na perna o osso apresentou crescimento precoce nas fêmeas e isométricas nos machos, com coeficientes de alometria variando de 0,57 a 0,63 e 0,78 a 0,80 respectivamente para ambos os sexos O músculo apresentou crescimento isométrico (b=1, independente de sexo e peso de abate. A gordura foi tardia (b>1 independente de peso de abate e

  18. Hepatotoxicidade associada ao uso de esteroides anabolizantes

    OpenAIRE

    Mónica Brinquinho; Ana Andresa Sousa; Janine Resende; João Valente

    2017-01-01

    O consumo de esteroides androgénicos anabolizantes tem vindo a aumentar no meio desportivo amador, sendo de fácil acesso apesar de se tratarem de substâncias proibidas. Estão descritos múltiplos efeitos laterais, sendo a hepatotoxicidade uma das mais reportadas. Apresentam-se dois casos clínicos representativos da lesão hepática associada ao consumo de esteroides anabolizantes. Ambos evidenciaram morbilidade significativa, embora nenhum deles tenha evoluído para falência hepática. Os autores ...

  19. Suplementação de aminoácidos para redução da proteína bruta em dietas para leitões desmamados aos 21 dias de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.J. Girôtto Júnior

    2013-08-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito da suplementação de aminoácidos industriais para redução de proteína bruta (PB em dietas para leitões desmamados aos 21 dias de idade sobre o desempenho e sobre as variáveis morfofisiológicas, utilizando-se 126 leitões com peso inicial de 6,05±0,35kg. Os animais foram distribuídos em delineamento experimental de blocos ao acaso, com seis tratamentos (24,0; 23,0; 22,0; 21,0; 20,0; 19,0% de PB, sete repetições e três animais por unidade experimental. Não houve efeito significativo da redução de proteína bruta da dieta sobre o ganho de peso médio diário, o consumo de ração diário e a conversão alimentar, e o pH do estômago também não sofreu influência, mas houve diminuição do pH do duodeno. Os pesos relativos do baço e do fígado, a altura de vilosidades e a profundidade de criptas no duodeno, jejuno e íleo não foram influenciados, enquanto o peso do pâncreas diminuiu com a redução da proteína bruta da dieta.

  20. Longitud y peso al nacer: el papel de la nutrición materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GONZÁLEZ-COSSÍO TERESA

    1998-01-01

    Full Text Available Objetivo. Identificar los factores determinantes del peso (PN y la longitud al nacer (LN. Material y métodos. Se estudiaron 481 mujeres con sus neonatos, y se ajustaron modelos de regresión múltiple para PN y LN de acuerdo con un modelo biológico predeterminado. Resultados. El PN del grupo por debajo de la mediana de circunferencia de pantorrilla (CP, talla o circunferencia cefálica fue 133, 92 y 96 g menor (± 35 error estándar -EE-, p de la mediana, ajustando por antecedentes obstétricos, socioeconómicos, el género y la edad gestacional del neonato. Estar por debajo de la mediana de CP o de talla se asoció con una LN 5.8 y 6.2 mm menor (± 1.9 mm EE p< 0.01, respectivamente, ajustando por antecedentes obstétricos, edad gestacional y género del bebé. Conclusiones. Los resultados sugieren que la antropometría materna es el predictor más importante del tamaño al nacer, y que los predictores del PN y de la LN no son los mismos.

  1. DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM ADOLESCENTES COM EXCESSO DE PESO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphaela Santos do Nascimento Rodrigues

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue identificar los diagnósticos de enfermería en adolescentes de escuelas públicas con exceso de peso, de acuerdo con la Clasificación Internacional de la Práctica de Enfermería. Estudio transversal de población, investigó socio-demográficos, conductuales y psicológicos de adolescentes de 10 a 14 años. Se establecieron 11 diagnósticos de enfermería: "Riesgo para la Obesidad", "Riesgos de desarrollo adolescente comprometida", "Riesgo de inseguridad en el rendimiento papel de los padres”, "Riesgo para la capacidad de la familia para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de capacidad para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de Déficit de conocimientos sobre la dieta", "Riesgo de ingesta excesiva de alimentos", "Imagen negativa de sí", "Riesgo para la autoestima", "Riesgo Bienestar comprometida", "Estándar ejercicio comprometido". Reflejo de la naturaleza multifactorial de la obesidad, destacando la necesidad de interdisciplinaria e intersectorial de prevención y control de sobrepeso.

  2. Efeito da Idade Materna sobre os Resultados Perinatais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Azevedo George Dantas de

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: analisar a relação entre a idade materna e a ocorrência de resultados perinatais adversos na população do Rio Grande do Norte. Métodos: foram analisados os registros oficiais de 57.088 nascidos vivos no Estado do Rio Grande do Norte no ano de 1997. Os dados foram obtidos do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos do Ministério da Saúde. A população estudada foi dividida em Grupos I, II e III, segundo a faixa etária materna: 10 a 19, 20 a 34 e 35 anos ou mais, respectivamente. As variáveis analisadas foram: duração da gestação, peso ao nascer e tipo de parto. A análise estatística foi realizada utilizando-se o teste chi². Resultados: observamos uma maior incidência de parto pré-termo no Grupo I (4,3 %, em comparação ao Grupo II (3,7% (p = 0,0028. A taxa de cesariana foi menor nos Grupos I e III, em comparação ao Grupo II (p<0,0001. Evidenciamos freqüência significativamente maior de recém-nascidos de baixo peso nos Grupos I (8,4% e III (8,3%, quando comparados ao Grupo II (6,5% (p<0,0001. Conclusões: a gravidez nos extremos da vida reprodutiva esteve associada com maior freqüência de parto pré-termo e baixo peso ao nascer, entretanto, com relação ao tipo de parto, foi observada maior freqüência de parto normal do que no grupo de gestantes com idade entre 20 e 34 anos.

  3. Correlación y concordancia entre el peso fetal estimado por ecografía y el peso real obtenido por báscula de los recién nacidos a término en el Hospital Vicente Corral Moscoso durante el 2012

    OpenAIRE

    Becerra Pino, Iván Oliver

    2013-01-01

    Antecedentes: El ultrasonido prenatal permite el cálculo directo del tamaño del fetal y la predicción de su peso con un intervalo de confianza del 95%. Es importante conocer con anticipación el peso fetal, porque permite incrementar las probabilidades de sobrevivir que tiene un RN.- Objetivos: determinar la correlación y la concordancia entre el peso fetal estimado por ecografía y el peso real obtenido al nacer.- Materiales y métodos: Se realizó un diseño descriptivo observacional y trans...

  4. Secuelas del neurodesarrollo de recién nacidos prematuros de extremadamente bajo peso y de muy bajo peso a los dos años de edad, egresados de la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales del Hospital Nacional Edgardo Rebagliati Martins 2009-2014

    OpenAIRE

    Fernández Sierra, Carmen; Matzumura Kasano, Juan; Gutiérrez Crespo, Hugo; Zamudio Eslava, Luisa; Melgarejo García, Giannina

    2017-01-01

    Objetivo: Describir las secuelas del neurodesarrollo de los recién nacidos prematuros de extremadamente bajo peso y de muy bajo peso a los dos años de edad, egresados de la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales del Hospital Nacional Edgardo Rebagliati Martins. Materiales y métodos: Estudio descriptivo, retrospectivo, transversal en una población de 190 prematuros de extremadamente bajo peso y de muy bajo peso que nacieron durante enero 2009 a junio del 2014, egresados de la Unidad de Cuida...

  5. Aumento de peso después de soporte nutricional en una unidad de cuidado intensivo neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Velasco Benítez

    2014-09-01

    Full Text Available Introducción: El ayuno provoca en el recién nacido (RN, deterioro de su estado nutricional y crecimiento a corto y largo plazo. Objetivo: Determinar la ganancia de peso en RN críticamente enfermos (CE luego de nutrición parenteral (NP. Materiales  y  métodos: Estudio descriptivo observacional de tipo transversal, en 110 RNCE de ambos sexos, a término (RNAT y pretérmino (RNPreT, del Seguro Social de Bucaramanga, Colombia, que recibieron NP central o periférica. Se obtuvieron datos como sexo, edad gestacional, peso, gramos/kg/día de carbohidratos, proteínas y grasas, kcal/kg/día basales y finales, días de NP y patología subyacente. El análisis estadístico incluyó medidas de tendencia central y de posición, frecuencias, análisis uni y bivariado, pruebas de comparación de promedios y medianas, Chi cuadrado y Fisher, siendo el nivel de significancia de 0,05.Resultados: Fueron incluidos 63 RNPreT y 47 RNAT, con principal diagnóstico enterocolitis necrosante en 40 (36,4%. El promedio al final de la NP de proteínas y grasas fue 1,3 g/kg/día y 2,5 g/kg/día, respectivamente. Hubo incremento del peso basal y final de 14,2 g/día y diferencias significativas en cuanto a la progresión del peso basal y final, en los RNAT (p=0.015 y RNPreT (p=0.000, incluso con peso Conclusiones: Todos los RNCE que recibieron NP desde el primer día de vida, a dosis más bajas que las actualmente recomendadas, presentaron mejoría nutricional medible con la variación de peso diario

  6. Influencia del bajo peso al nacer en el estado de salud durante el primer año

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orlando Ortiz Silva

    1997-08-01

    Full Text Available Se realizó un trabajo descriptivo-retrospectivo sobre la influencia del bajo peso al nacer en el estado de salud al año de edad en el municipio Jaruco, desde el 1ro. de enero de 1994 hasta el 31 de diciembre de 1995. Se estudiaron 2 grupos de niños: grupo 1: formado por 55 niños con peso menor de 2 500 g en el período estudiado y grupo 2: escogidos del resto de nacidos con peso superior a los 2 500 g, numéricamente similar. Se concluye que los niños con bajo peso al nacer no muestran diferencias en el desarrollo físico al año de edad, pero sí aumento en los índices de morbilidad ambulatoria y hospitalaria por infecciones respiratorias agudas, enfermedades diarreicas agudas, sepsis urinaria y anemia, así como un peso importante en la mortalidad infantil. Se recomiendan actividades de promoción y prevención para disminuir el bajo peso al nacer.A descriptive and retrospective study about the influence of low birth weight on the health status during the first year of life was conducted in the municipality of Jaruco from January 1, 1994, to december, 1995. Two gruops of children were analyzed: the first group was composed of 55 infants with less than 2 500 g in the studied period, and in the second group there was a similar amount of infants selected from the rest of those who were born with more than 2 500 g. It is concluded that infants with low birth weight show no differences in their physical development, but that there is an increase in the indexes of ambulatory and hospital morbidity resulting from respiratory tract infections, acute diarrheal diseases, urinary sepsis and anemia. It is also demonstrated the importance of promotion and prevention to reduce low birth weight.

  7. Perturbação de ingestão compulsiva, alimentação emocional e síndrome do comer noturno: um estudo comparativo entre sujeitos com peso normal, excesso de peso e obesidade

    OpenAIRE

    Marques, Sara Isabel Pires

    2013-01-01

    A obesidade e o excesso de peso têm sido associados a determinadas perturbações psiquiátricas, especialmente, em pacientes que procuram tratamento. É sabido que a obesidade não constitui por si mesma uma perturbação psiquiátrica, porém, há que salientar que uma parte significativa da população clínica apresenta algum tipo de perturbação do comportamento alimentar, sendo que entre aquelas que mais aparecem relacionadas com o excesso de peso e obesidade estão a Perturbação de Ingestão Compulsiv...

  8. Escala de valores relativos ao trabalho : EVT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Porto Juliana Barreiros

    2003-01-01

    Full Text Available Na literatura internacional são encontradas várias escalas para medir valores relativos ao trabalho, porém a maioria apresenta problemas com relação à definição do conceito ou a falta de integração com os modelos teóricos sobre valores pessoais. No Brasil foram encontrados dois instrumentos, um não foi validado para a população brasileira e o outro foi validado para uma população de baixa escolaridade. Foi objetivo do presente estudo desenvolver e validar uma Escala de Valores relativos ao Trabalho. Para o desenvolvimento da EVT foi realizado um levantamento de instrumentos anteriores e foram entrevistados trabalhadores. Após a análise de juízes e validação semântica, o instrumento foi respondido por 394 pessoas. A análise fatorial apontou para quatro fatores: Realização no trabalho, Relações sociais, Prestígio e Estabilidade. O instrumento após validação é composto por 45 itens. Os resultados corroboraram o modelo teórico previsto e conclui-se que a escala foi devidamente estabelecida e pode ser utilizada para pesquisa e diagnóstico.

  9. Nefrocalcinose associada ao uso de esteroide anabolizante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Weverton Machado Luchi

    2015-03-01

    Full Text Available Os esteroides anabolizantes têm sido usados como arma terapêutica em diversas condições clínicas. Entretanto, o uso abusivo e indiscriminado, associado a outros suplementos nutricionais, tem gerado efeitos adversos graves. Relato do caso: Sexo masculino, 21 anos, admitido com náuseas, astenia, hiporexia, cefaleia e hipertensão arterial. Exames no sangue evidenciaram Cr: 3,9 mg/dl U:100 mg/dl e Cálcio total 14 mg/dl. Ultrassonografia e biópsia renal compatíveis com nefrocalcinose. Houve melhora gradativa da função renal e da calcemia após hidratação vigorosa e furosemida. Entretanto, após 1 ano, persistiram depósitos renais de cálcio e relação córticomedular reduzida ao ultrassom e creatinina estável em 1,4 mg/dl. Casos anteriores evidenciaram necrose tubular aguda e nefrite intersticial com poucos depósitos de cálcio no interstício renal. Nesse caso, encontramos nefrocalcinose acentuada associada à nefroesclerose. O objetivo deste estudo é relatar a ocorrência de injúria renal aguda com nefrocalcinose associada ao uso de esteroide anabolizante e oferecer uma revisão do assunto.

  10. Rendimento do processamento de linhagens de tilápias (Oreochromis niloticus em função do peso corporal Process yield of tilapias (Oreochromis niloticus strains in function of body weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vander Bruno dos Santos

    2007-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar os rendimentos do processamento de linhagens de tilápias em função dos pesos de abate, um experimento foi conduzido no setor de piscicultura da Universidade Federal de Lavras, M.G. - Brasil. Foram utilizados 93 peixes da linhagem Chitralada e 78 da Supreme, pesando entre 150 e 790 g. Os peixes foram cultivados em dois tanques de alvenaria de 40 m², sendo alimentados com ração comercial fornecida de acordo com a biomassa e a temperatura da água. A temperatura e o oxigênio da água foram tomados diariamente, no início do dia e no final da tarde, e o pH aferido semanalmente. Com o crescimento dos animais, amostras aleatórias foram tomadas. Nas amostragens, os peixes foram abatidos após terem passado por um jejum de 24 horas e insensibilização por choque térmico. Em seguida, foram pesados e dissecados. A análise de regressão indicou que em pesos mais elevados, a linhagem Chitralada apresenta maior porcentagem de cabeça e rendimento de pele. A linhagem Supreme apresentou maior peso de carcaça, filé e resíduos, sendo mais expressivos em pesos superiores a 500 g e menor valor à maturidade para a % de vísceras. Conclui-se que as duas linhagens possuem crescimento das partes componentes proporcional ao aumento do peso corporal, e este aumento não altera o rendimento desses constituintes. A linhagem Supreme apresentou maiores rendimentos de carcaça e filé do que a Chitralada, sendo a mais indicada para a produção e comercialização de filés mais pesados.With the objective of evaluating the yield processing of tilapia strains in function of body weight, an experiment was carried out at the Fish Culture of the Animal Sciences Department, Federal University of Lavras, M.G. - Brazil. A total 93 fish of the Chitralada strain and 78 of the Supreme strain, weighting between 150 and 790 g were used. The fish were cultivated in two tanks of 40 m², fed with commercial ration supplied according to the biomass

  11. Composição corporal e exigências de macrominerais para ganho de peso de caprinos em pastejo = Body composition and macroelements requirements for weight gain of ½ boer ½ mixed-breed kid goats on pasture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanna Henriques da Nóbrega

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo estimar a composição corporal e exigências nutricionais em macrominerais para ganho de peso de cabritos ½ Boer ½ SRD, na fase de crescimento, em pastejo na região semiárida. O experimento foi desenvolvido na fazenda ‘Nupeárido’, no município de Patos, Estado da Paraíba. Foram utilizados 24 cabritos com peso corporal médio inicial de 15 kg, em pastejo, distribuídos em quatro tratamentos com níveis crescentes de suplementação concentrada (0; 0,5; 1,0 e 1,5% do peso corporal. Os animais, mantidos em sistema de semiconfinamento, receberam suplementação alimentar,em baias individuais, ao serem recolhidos diariamente. Quando um dos animais de cada grupo atingia 30 kg de peso corporal, todos os demais animais do grupo eram abatidos após jejum de 16 h. A composição corporal estimada variou de 15,36 a 17,17 g de Ca; 8,16 a 8,24 g de P; 1,00 a 1,42 g de Na e foi de 1,23 g de K por kg de corpo vazio. As exigências líquidas em Ca, P e Na variam, respectivamente, de 13,96 a 15,61 mg, 6,55 a 6,62 mg e 1,16 a 1,65 mg, e é de 0,98 mg de K por g de ganho, para animais de 15 a 30 kg de peso corporal. An experiment was conducted to estimate the body composition and nutritional requirements of macrominerals for the weight gain of ½ Boer and ½ mixedbreed kid goats, in the phase of growth on pasture in the semi-arid region. The experiment was developed at ‘Nupeárido’ farm, in Patos, Paraíba State. Twenty-four kids were used, with average initial body weight of 15 kg, distributed into four treatments with increasing levels of concentrate supplementation (0, 0.5, 1.0 and 1.5% of body weight. The animals, maintained under semi-confinement system, received feeding supplementation in individual stalls when they were gathered daily. When one of the animals of each group reached 30kg of body weight, all other animals in the group were slaughtered after a 16-hour fast. Bodycomposition varied from 15.36 to 17

  12. Número e peso de perfilhos no pasto de capim-braquiária sob lotação contínua = Number and weight of tillers in signalgrass pasture under continuous stocking

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Eduardo Rozalino Santos

    2011-04-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar a relação entre o número e o peso de categorias de perfilhos em pasto de Brachiaria decumbens cv. Basilisk sob lotação contínua com bovinos. O pasto foi manejado com altura média de aproximadamente 25 cm. Foram avaliadas quatro alturas de plantas no mesmo pasto (10, 20, 30 e 40 cm, em delineamento de blocos ao acaso, com duas repetições. Os números de perfilhos vegetativos, vivos e totais reduziram linearmente com a altura da planta. O número de perfilho reprodutivo aumentou de forma linear com a altura da planta (de 8 para 84 perfilhos m-2 quando se comparam plantas de 10 a 40 cm. Os pesos dos perfilhos vegetativos e reprodutivos incrementaram linearmente com a altura da planta. O peso do perfilho vegetativo (0,316 g, em média foi menor do que o peso do perfilho reprodutivo (0,401 g, em média. A relação entre o número e o peso do perfilho vegetativo foi linear e negativa, enquanto que essa relação, para o perfilho reprodutivo, foi linear e positiva. Em locais com plantas altas há menor número de perfilhos vegetativos, bem como maior número de perfilhos reprodutivos e mortos. Nos locais mais altos do pasto de B. decumbens os perfilhos são mais pesados.The experiment was conducted to study the relationship between the number and weight of tiller categories in Brachiaria decumbens cv. Basilisk pasture managed under continuous stocking with cattle. The pasture was managed with an average height of about 25 cm. Plants offour different heights (10, 20, 30 and 40 cm were evaluated by means of the randomized block design with two replications. The number of vegetative tillers, both live and total, reduced linearly according to the plant height. The number of reproductive tillers increased linearly according to pasture plant height (from 8 to 84 tillers m-2 when comparing plants 10 to 40 cm high. Vegetative and reproductive tiller weight increased linearly according to pasture plant height. Vegetative tiller

  13. Diagnóstico precoce da restrição do crescimento fetal pela estimativa ultra-sonográfica do peso fetal Early diagnosis of intra-uterine growth restriction by ultrasonographic estimation of fetal weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Marta Martins

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Com a finalidade da atuação pré-natal oportuna e diminuição da morbiletalidade perinatal e tardia, este estudo se propôs a avaliar a evolução do peso fetal determinado pela ecografia entre a 25ª e 27ª semanas de gestação, estabelecer valores de corte de peso fetal úteis no diagnóstico do pequeno para esta época da gestação e propor modelo matemático para reconhecer a probabilidade de ocorrência de recém-nascido pequeno para a idade gestacional (PIG. MÉTODOS: Avaliaram-se 85 recém-nascidos, 35 pequenos e 50 adequados para a idade gestacional (AIG. As mães haviam feito o pré-natal no serviço, eram hígidas ou apresentavam hipertensão arterial crônica como única doença, sem história de vícios, fetos gemelares ou malformados. Todas realizaram exames ultra-sonográficos na 25ª e 27ª semanas para cálculo do peso fetal. RESULTADOS: O ganho de peso ecográfico fetal entre a 25ª e a 27ª semanas de gestação foi menor no grupo PIG havendo desaceleração do crescimento em relação ao grupo AIG. Os valores de corte de pesos ecográficos fetais foram de 775 gramas e 1015 gramas para a 25ª e 27ª semanas, respectivamente Obteve-se modelo matemático útil para quantificar a probabilidade de crescimento intra-uterino inadequado.OBJECTIVE: Aiming to reduce the perinatal and late morbidity and lethality through opportune prenatal intervention, this study proposed to sequentially evaluate the echographic fetal weight at the 25th and 27th weeks of gestation, establishing cut-off values for echographic fetal weight useful in the diagnosis of small-for-gestational-age at this gestation time, and developing a mathematical model able to recognize the probability of a newborn small-for- gestational-age. METHODS: Eighty-five newborns were evaluated, 35 small and 50 adequate for gestational age. The mothers who underwent prenatal care at our Instituition were healthy or presented chronic arterial hypertension as the only

  14. Efeito da ingestão de fumonisina B1 no peso corporal e na histopatologia de codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica Effect of fumonisin B1 on body weight and histopathology of Japanese quail (Coturnix coturnix japonica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Fernandes Oliveira

    2007-02-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi estudar o efeito da fumonisina B1 (FB1 sobre o peso corpóreo e as vísceras (fígado, rim e coração de codorna poedeira japonesa (Coturnix coturnix japonica, devido ao escasso dado toxicológico nesta espécie. Quatro grupos, sendo cada um constituído de 32 codornas de linhagem comercial, receberam ração contendo FB1 nas concentrações de 0 (controle, 10, 50 e 250mg kg-1, durante 28 dias. Observou-se uma redução (P0,05, porém as aves do grupo 50 e 250mg kg-1 apresentaram aumento no peso relativo de fígado (PThis research was aimed at evaluating the effect of fumonisin B1 (FB1 on body weight and viscera (liver, kidney and heart of laying Japanese quail (Coturnix coturnix japonica, due to the little toxicological data on this species. Four experimental groups of 32 commercial quails were designed and exposed to ingestion test with feed containing 0 (controls, 10, 50 or 250mg FB1 kg-1 feed, during 28 days. Birds of group 250mg FB1 kg-1 showed lower body weight (P0.05 among treatments. However, the relative weight of liver increased (P<0.05 in quail of groups received 50 and 250mg FB1/kg. Histological changes were observed only in the liver of groups receiving 50 and 250mgFB1 kg-1, which caused moderate biliary duct hyperplasia and multiple foci of hepatic necrosis. The data indicated that AFB1 at levels above 50mg kg-1 in laying Japanese quail.

  15. El peso de la Contabilidad en el Grado de Administración y Dirección de Empresas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Antonio Cavero-Rubio

    2013-01-01

    Los resultados obtenidos determinan cómo se ha visto modificada la formación general y en Contabilidad de los estudiantes, tanto en el ámbito nacional como individual por universidades, consecuencia de las diferentes reformas de los planes de estudio. En el diagnóstico de las causas o factores que pueden haber influido en el peso de la Contabilidad en el nuevo grado, se ha procedido a efectuar un análisis empírico a través de un modelo ANCOVA. Los resultados obtenidos ponen de manifiesto que las variables Departamento de Contabilidad y Licenciatura en Empresariales tienen una influencia estadística significativa en el peso de la Contabilidad en el Grado en Administración y Dirección de Empresas.

  16. Características morfométricas, rendimentos de carcaça, filé, vísceras e resíduos em tilápias-do-nilo em diferentes faixas de peso Morphometric characteristics, carcass, filet, viscera and residues in different weight categories of the Nile tilapia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fredson Vieira e Silva

    2009-08-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito do peso sobre as relações das medidas de comprimento padrão de tilápias-do-nilo (Oreochromis niloticus. Avaliaram-se as medidas: comprimento da cabeça; altura do corpo, medida à frente do 1° raio das nadadeiras peitoral, dorsal, anal e caudal; largura do corpo, medida à frente da inserção do 1º raio das nadadeiras peitoral, dorsal e anal; perímetro, medido à frente da inserção do 1° raio das nadadeiras peitoral, dorsal e anal; e menor circunferência do pedúnculo; e os rendimentos de carcaça, filé, cabeça, nadadeira, pele, vísceras e resíduos. Foram utilizados 80 tilápias, em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos (faixas de peso 250 a 300 g; 350 a 400 g; 450 a 500 g, 550 a 600 g e 20 repetições, considerando o peixe a unidade experimental. As menores variações nas características morfométricas foram observadas na faixa de peso de 450 a 600 g em comparação à faixa de 250 a 400 g. Nas faixas de peso 250 a 300 g, 350 a 400 g, 450 a 500 g e 550 a 600 g, não houve diferenças nos rendimentos de carcaça e filé e nas porcentagens de cabeça, nadadeira, pele e resíduos. A porcentagem de vísceras na faixa de peso 550 a 600 g (10,98% foi significativamente inferior à obtida nas faixas de 250 a 300 g (12,77%, 350 a 400 g (13,26% e 450 a 500 g (12,69%. O peso do filé na faixa de peso 350 a 400 g (260,50 g foi superior ao da faixa de 250 a 300 g (239,95 g. Não houve diferença no peso do filé entre as faixas de peso 450 a 500 g (284,20 g e 550 a 600 g (292,80 g. As faixas de peso de 450 a 500 g e 550 a 600 g apresentaram valores superiores de peso do filé em comparação às de 250 a 300 g e 350 a 400 g. Considerando o peso do filé, o peso ideal de abate da tilápia é de 450 a 500 g no intervalo de peso de 250 a 600 g.The objective of this study was to evaluate the effect of weight categories on the relation of the measures of standard length

  17. Alimentação fora de casa e excesso de peso: uma análise dos mecanismos explicativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilana Nogueira Bezerra

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: Discutir os possíveis mecanismos da relação entre consumo de alimentos fora do domicílio e ganho excessivo de peso. Métodos: Realizou-se um levantamento bibliográfico de artigos científicos que descrevessem as características dos alimentos consumidos fora do domicílio e de artigos que investigassem a relação entre essas características e o ganho excessivo de peso, publicados nas bases de dados: MEDLINE, Biblioteca Latino-Americana e do Caribe (LILACS e Scientific Eletronic Library Online (SciELO. Resultados: Constatouse que diversas características da alimentação fora do domicílio como a elevada densidade energética, o elevado teor de gorduras e açúcares, baixo conteúdo de fibras e cálcio, grandes porções de alimentos altamente palatáveis e ofertados em grande variedade e o consumo elevado de refrigerantes e doces contribuem para o ganho excessivo de peso. Conclusão: Constatada a importância da influência da alimentação fora do domicílio no ganho de peso, várias propostas são sugeridas para melhorar a oferta de alimentos saudáveis nas refeições realizadas fora de casa, no entanto, mais estudos são necessários para compreender quais mudanças no setor de alimentação fora de casa são efetivas para reduzir os impactos negativos na saúde da população.

  18. Relación entre el peso al nacer y la mortalidad por atresia esofágica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Reyes Rodríguez

    Full Text Available Introducción: la historia del tratamiento quirúrgico de la atresia esofágica con fístula traqueoesofágica es extraordinaria, y cubre 270 años desde la primera descripción hasta el primer sobreviviente. Existen varias clasificaciones que ayudan a determinar el pronóstico de estos niños, entre las que se encuentra la de Waterston, la de Montreal y la de Spitz. La mejoría en la supervivencia no solo se debe al tratamiento quirúrgico, sino a los avances en los cuidados intensivos neonatales, particularmente el apoyo ventilatorio y nutricional que requieren estos pacientes. Los niños con mayor riesgo de muerte son aquellos con peso al nacimiento menor de 1 500 g, con malformaciones cardiacas o anomalías cromosómicas. Objetivo: determinar la influencia del peso al nacer en la mortalidad de estos pacientes. Métodos: se realizó un estudio observacional, descriptivo transversal de todos los casos diagnosticados de atresia esofágica con o sin fístula traqueoesofágica, en el periodo comprendido desde enero de 2000 hasta diciembre de 2011, en el Hospital Pediátrico Docente Provincial "José Luis Miranda", de Santa Clara, Cuba. Resultados: de los 32 pacientes estudiados, el 46,9 % pesó menos de 2 500 g. Los pacientes con un peso inferior a 2 500 g, tienen 2,2 veces más probabilidades de morir, que los que pesan más de 2 500 g. Conclusiones: el bajo peso al nacer continúa siendo significativo como predictor de mortalidad en los recién nacidos cubanos con atresia esofágica.

  19. Excesso de peso em adolescentes e estado nutricional dos pais: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Niedja Maria da Silva Lima

    Full Text Available Resumo O objetivo do presente estudo é verificar a associação entre o excesso de peso em adolescentes e o estado nutricional dos pais e identificar possíveis fatores determinantes. A pesquisa foi realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Scielo e Biblioteca Virtual de Saúde (BVS, considerando-se o período de 2004 a 2014. Os descritores usados foram: “Adolescente”, “Fatores de risco”, “Obesidade”, “Pais” e “Sobrepeso”. Dos 366 artigos encontrados, apenas 07 atenderam a todos os critérios de elegibilidade. Notou-se nos adolescentes prevalência de sobrepeso mais elevada nos estudos realizados no Brasile na Grécia, enquanto a prevalência de obesidade foi maior nos estudos conduzidos nos Estados Unidos. Foram verificadas maiores prevalências de excesso de peso em adolescentes do sexo masculino. Todos os trabalhos mostraram que a presença de sobrepeso ou obesidade no pai ou na mãe aumenta o risco dos adolescentes desenvolverem excesso de peso, e esse risco é ainda maior quando ambos os pais são obesos. A grande associação entre excesso de peso nos adolescentes e estado nutricional dos pais está relacionada com inúmeros fatores, dessa forma, a presença de um fator de risco, como, por exemplo, a predisposição genética, pode ser amenizada por um fator de proteção, como hábitos alimentares saudáveis.

  20. Expected population weight and diabetes impact of the 1-peso-per-litre tax to sugar sweetened beverages in Mexico

    Science.gov (United States)

    Zepeda-Tello, Rodrigo; Rodrigues, Eliane R.; Colchero-Aragonés, Arantxa; Rojas-Martínez, Rosalba; Lazcano-Ponce, Eduardo; Hernández-Ávila, Mauricio; Rivera-Dommarco, Juan; Meza, Rafael

    2017-01-01

    Study question What effect on body mass index, obesity and diabetes can we expect from the 1-peso-per-litre tax to sugar sweetened beverages in Mexico? Methods Using recently published estimates of the reductions in beverage purchases due to the tax, we modelled its expected long-term impacts on body mass index (BMI), obesity and diabetes. Microsimulations based on a nationally representative dataset were used to estimate the impact of the tax on BMI and obesity. A Markov population model, built upon an age-period-cohort model of diabetes incidence, was used to estimate the impact on diagnosed diabetes in Mexico. To analyse the potential of tax increases we also modelled a 2-peso-per-litre tax scenario. Study answer and limitations Ten years after the implementation of the tax, we expect an average reduction of 0.15 kg/m2 per person, which translates into a 2.54% reduction in obesity prevalence. People in the lowest level of socioeconomic status and those between 20 and 35 years of age showed the largest reductions in BMI and overweight and obesity prevalence. Simulations show that by 2030, under the current implementation of 1-peso-per-litre, the tax would prevent 86 to 134 thousand cases of diabetes. Overall, the 2-peso-per-litre scenario is expected to produce twice as much of a reduction. These estimates assume the tax effect on consumption remains stable over time. Sensitivity analyses were conducted to assess the robustness of findings; similar results were obtained with various parameter assumptions and alternative modelling approaches. What this study adds The sugar-sweetened beverages tax in Mexico is expected to produce sizable and sustained reductions in obesity and diabetes. Increasing the tax could produce larger benefits. While encouraging, estimates will need to be updated once data on direct changes in consumption becomes available. PMID:28520716

  1. Análisis de la salud circadiana como factor predictivo de éxito en la pérdida de peso

    OpenAIRE

    Bandín Saura, María Cristina

    2015-01-01

    OBJETIVOS: Objetivo 1: Investigar la relación entre la pérdida de peso y la ritmicidad circadiana, utilizando la temperatura de la muñeca y mediciones de actimetría, en mujeres sometidas a un programa de pérdida de peso, con el fin de evaluar si la ritmicidad circadiana pudiera ser un marcador de la eficacia de los tratamientos de pérdida de peso. Objetivo 2: Investigar los efectos de los cambios en el horario de las comidas sobre el gasto de energía, la tolerancia a la glucosa y variables ci...

  2. Análisis de la salud circadiana como factor predictivo de éxito en la pérdida de peso

    OpenAIRE

    Bandín Saura, María Cristina

    2015-01-01

    OBJETIVOS: Objetivo 1: Investigar la relación entre la pérdida de peso y la ritmicidad circadiana, utilizando la temperatura de la muñeca y mediciones de actimetría, en mujeres sometidas a un programa de pérdida de peso, con el fin de evaluar si la ritmicidad circadiana pudiera ser un marcador de la eficacia de los tratamientos de pérdida de peso. Objetivo 2: Investigar los efectos de los cambios en el horario de las comidas sobre el gasto de energía, la tolerancia a la glucosa y variab...

  3. Efectos del cumplimiento del Ramadán durante el embarazo sobre el peso al nacer con datos de África

    OpenAIRE

    Cantet, María Natalia

    2014-01-01

    El peso al nacer es una de las medidas más utilizada como proxy de la salud y bienestar infantil en la literatura económica. Aquellos niños con bajo peso al nacer (LBW), convencionalmente definido como menos de 2500 gramos, suelen experimentar efectos severos sobre la salud, la mortalidad, la morbilidad y la discapacidad. Por otro lado, el bajo peso al nacer también se traduce en costos sustanciales en el sector de la salud e impone una carga significativa sobre la sociedad en su conjunto. El...

  4. Condiciones de trabajo, fatiga laboral y bajo peso al nacer en vendedoras ambulantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernández-Peña Patricia

    1999-01-01

    Full Text Available Objetivo. Este trabajo tipifica las condiciones demográficas, socioeconómicas, laborales, de fatiga laboral y daño reproductivo en una población femenina en edad fértil que trabaja en la venta ambulante en las calles de la Ciudad de México. Material y métodos. Se entrevistaron 426 vendedoras ambulantes. Se describió a la población entrevistada y se exploró la asociación de los componentes de la fatiga laboral con el bajo peso al nacer (BPN mediante regresión logística, en un subgrupo de mujeres que laboraron en la venta ambulante durante su última gestación. Resultados. De las mujeres entrevistadas, 56% realiza jornadas de trabajo superiores a las 48 horas semanales, 87% carece de seguridad social y 68% tiene estudios no mayores de primaria. El riesgo de presentar BPN se eleva cuando se carece de control sobre la cantidad de mercancía a vender (RM 6.5, IC95% 1.3-31, se venden artículos de ocasión como refacciones y ornamentos (RM 6.3, IC95% 1.5-26, se exhibe la mercancía sobre el piso o se carga para su venta (RM 7.7, IC95% 1.8-32, y cuando los recursos para instalar el puesto por primera vez no proceden de la red social de apoyo de la vendedora (RM 7.4, IC95% 1.2-44. Conclusiones. Estos resultados contribuyen a identificar a las vendedoras con mayor riesgo de presentar un hijo con BPN, y sugerir medidas preventivas.

  5. Factores de riesgo de bajo peso al nacer Risk factors for low birthweight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Bortman

    1998-05-01

    Full Text Available El bajo peso al nacer (BPN es el principal factor determinante conocido de la mortalidad infantil. Pese a la notable reducción de las tasas de mortalidad infantil y al aumento de las tasas de supervivencia de niños con BPN, en Neuquén, Argentina, no se han observado descensos notables de las tasas de BPN. El propósito de este estudio fue conocer los factores de riesgo de BPN, su frecuencia en la población y el papel de la atención prenatal en su prevención, y desarrollar una escala de riesgo que permita identificar a las mujeres en mayor riesgo de dar a luz un niño de bajo peso. Con tal propósito se realizó un estudio transversal en el cual se utilizó 50% de los datos del Sistema Informático Perinatal correspondientes al período 1988­1995 y procedentes de los 29 hospitales de la provincia de Neuquén (46 171 nacimientos. Se analizaron la distribución del peso y la frecuencia de los posibles factores de riesgo de BPN. La asociación entre estos factores y el BPN se analizó mediante un modelo de regresión logística. Con los resultados obtenidos se desarrolló una escala aditiva, que fue validada con el 50% restante de los registros de nacimientos. La razón de posibilidades (RP más elevada correspondió a la falta de atención prenatal (RP = 8,78; IC95%: 6,7 a 11,4. Las RP asociadas con una atención prenatal inadecuada, una primera consulta prenatal tardía, preeclampsia o eclampsia, hemorragia o anomalías de la placenta o sus membranas e historia de un hijo previo con BPN fueron mayores de 2,0. El riesgo de tener hijos con BPN también fue más alto en las mujeres mayores de 40 años, las menores de 20, las solteras, las fumadoras, aquellas cuyo intervalo intergenésico fue menor de 18 meses y las que tenían un índice de masa corporal menor de 20. Por último, se encontró una relación lineal directa entre el puntaje en la escala y el riesgo de tener un hijo con BPN.Low birthweight (LBW is the main known determinant of

  6. A cor da dor: iniquidades raciais na atenção pré-natal e ao parto no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Leal

    Full Text Available Poucas pesquisas com foco nas influências da raça/cor no tocante à experiência de gestação e parto foram conduzidas no Brasil, sendo inédita a análise de abrangência nacional. Este estudo teve como objetivo avaliar as iniquidades na atenção pré-natal e parto de acordo com a raça/cor utilizando o método de pareamento baseado nos escores de propensão. Os dados são oriundos da pesquisa Nascer no Brasil: Pesquisa Nacional sobre Parto e Nascimento, um estudo de base populacional de abrangência nacional com entrevista e avaliação de prontuários de 23.894 mulheres em 2011/2012. Regressões logísticas simples foram utilizadas para estimar as razões de chance (OR e respectivos intervalos de 95% de confiança (IC95% da raça/cor associada aos desfechos analisados. Em comparação às brancas, puérperas de cor preta possuíram maior risco de terem um pré-natal inadequado (OR = 1,6; IC95%: 1,4-1,9, falta de vinculação à maternidade (OR = 1,2; IC95%: 1,1-1,4, ausência de acompanhante (OR = 1,7; IC95%: 1,4-2,0, peregrinação para o parto (OR = 1,3; IC95%: 1,2-1,5 e menos anestesia local para episiotomia (OR = 1,5 (IC95%: 1,1-2,1. Puérperas de cor parda também tiveram maior risco de terem um pré-natal inadequado (OR = 1,2; IC95%: 1,1-1,4 e ausência de acompanhante (OR = 1,4; IC95%: 1,3-1,6 quando comparadas às brancas. Foram identificadas disparidades raciais no processo de atenção à gestação e ao parto evidenciando um gradiente de pior para melhor cuidado entre mulheres pretas, pardas e brancas.

  7. Hepatotoxicidade associada ao uso de esteroides anabolizantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica Brinquinho

    2017-06-01

    Full Text Available O consumo de esteroides androgénicos anabolizantes tem vindo a aumentar no meio desportivo amador, sendo de fácil acesso apesar de se tratarem de substâncias proibidas. Estão descritos múltiplos efeitos laterais, sendo a hepatotoxicidade uma das mais reportadas. Apresentam-se dois casos clínicos representativos da lesão hepática associada ao consumo de esteroides anabolizantes. Ambos evidenciaram morbilidade significativa, embora nenhum deles tenha evoluído para falência hepática. Os autores pretendem chamar a atenção para o consumo destes fármacos, particularmente frequente em indivíduos jovens, praticantes de desporto amador.

  8. Excesso de peso e gordura abdominal para a síndrome metabólica em nipo-brasileiros Weight excess and abdominal fat in the metabolic syndrome among Japanese-Brazilians

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel D G Lerario

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: A obesidade, especialmente de distribuição abdominal, associa-se a fatores de risco cardiovasculares como a dislipidemia, a hipertensão arterial (HA e o diabetes mellitus (DM. A importância desses fatores em nipo-brasileiros foi previamente demonstrada, apesar de a obesidade não ser característica marcante dos migrantes japoneses. Realizou-se estudo com o objetivo de avaliar a prevalência de excesso de peso e a adiposidade central (AC em nipo-brasileiros e suas relações com distúrbios metabólicos. MÉTODOS: A amostra incluiu 530 nipo-brasileiros (40-79 anos de primeira e segunda gerações, submetidos a medidas antropométricas de pressão arterial, perfil lipídico e teste oral de tolerância à glicose. A prevalência (por ponto e intervalo de confiança de excesso de peso foi calculada pelo valor de corte >26,4 kg/m². O diagnóstico de AC foi baseado na razão entre as circunferências da cintura e do quadril (RCQ, sendo que valores > ou = 0,85 e > ou = 0,95, para mulheres e homens, respectivamente, firmavam esse diagnóstico. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 22,4% (IC95%-- 20,6-28,1, e a de AC, de 67,0% (IC95% -- 63,1-70,9. Além de maiores prevalências de DM, HA e dislipidemia, estratificando-se pelo índice de massa corporal (IMC e RCQ, indivíduos com excesso de peso e adiposidade central apresentaram pior perfil metabólico: a pressão arterial foi significantemente maior naqueles com excesso de peso, sem e com AC; indivíduos com AC apresentaram maiores índices de glicemia, triglicerídeos, colesterol total e LDL e menor HDL quando comparados aos sem excesso de peso e sem AC; a insulinemia de jejum foi significantemente maior em indivíduos com excesso de peso (sem e com AC do que naqueles sem excesso de peso e sem AC. CONCLUSÃO: A comparação de subgrupos com e sem adiposidade central foi compatível com a hipótese de que a deposição abdominal de gordura representa fator de risco para

  9. Avaliação do consumo e ganho de peso de novilhos em pastejo rotacionado de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum. cv. Napier, na estação chuvosa Evaluation of intake and weight gain of steers in rotacional grazing of elephantgrass (Pennisetum purpureum, Schum. cv. Napier, during the rainy season

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eleonora D'Avila Erbesdobler

    2002-09-01

    Full Text Available A pesquisa foi conduzida na Fazenda Experimental da EPAMIG-Leopoldina, MG, onde foram avaliados o consumo de capim-elefante, a efetividade da limitação do tempo de pastejo a quatro horas diárias, para manter o consumo próximo à mantença e o ganho de peso de 36 novilhos ¾ Gir-Holandês, em cinco períodos sucessivos de 36 dias, na estação chuvosa. Os tratamentos foram: livre acesso ao pasto (pastejo irrestrito e pastejo restrito. A disponibilidade de matéria verde seca do capim-elefante nos cinco períodos variou de 4,0 a 7,8 kg/100 kg PV. Os animais com livre acesso ao pasto consumiram o equivalente a 1,61 vezes o dos animais de pastejo restrito e tiveram ganho de peso de corpo vazio médio diário de 516,4 g, com um ganho estimado de 432,5 kg por hectare, estando dentro da faixa de ganho de peso verificada para capim-elefante no Brasil. O consumo de energia metabolizável por unidade de tamanho metabólico manteve-se estável nos três primeiros períodos, elevando-se nos dois últimos períodos, em que ocorreram os maiores ganhos de peso dos animais. Quatro horas diárias de pastejo garantiram consumo próximo à mantença.The research was conducted in the experimental farm of the EPAMIG-Leopoldina, MG, to evaluate intake of elephantgrass, the effectiveness of limiting grazing time to four daily hours for keeping intake close to maintenance level, and the weight gain of thirty-six steers during five successive periods of thirty-six days, during the rainy season. The treatments were: free access to pasture (unlimited grazing and restricted grazing. The availability of green dry matter varied from 4.0 to 7.8 kg/100kg LW. The average daily weight gain of animals with free access to pasture was 516.5 g and their dry matter intake corresponded to 1.61 times that from the restricted grazing ones. The estimated gain per hectare was 423.5 kg, which is within the range reported for elephantgrass in Brasil. Metabolizable energy intake, per

  10. Excesso de peso e insatisfação corporal em adolescentes Obesity and body dissatisfaction amongst adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Conti

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre excesso de peso e insatisfação corporal de adolescentes de uma instituição da rede particular de ensino fundamental de Santo André, SP. MÉTODOS: Para avaliação do excesso de peso, utilizou-se o índice de massa corporal por idade e sexo, e para a avaliação da insatisfação corporal, aplicou-se a escala de satisfação das áreas corporais. RESULTADOS: Participaram do estudo 147 adolescentes, sendo 35,40% do sexo masculino e 64,60% do sexo feminino. Verificou-se que 44,23% dos meninos e 18,93% das meninas apresentaram excesso de peso; 1,92% dos meninos e 3,16% das meninas, magreza, e os demais (53,85% dos meninos e 58,98% das meninas apresentaram estado nutricional normal. Constatou-se associação estatisticamente significante entre excesso de peso e insatisfação para as áreas do estômago, cintura e peso corporal nos meninos e para as áreas do cabelo, nádegas, quadril, coxas, pernas, estômago, ombros/costas, tônus muscular, peso e aparência geral para as meninas. CONCLUSÃO: Meninas com excesso de peso apresentaram-se mais insatisfeitas com diversas áreas corporais, mas isso não ocorre com os meninos. É recomendável que instituições de ensino médio e fundamental desenvolvam atividades profiláticas voltadas para a conscientização da percepção pessoal e social do adolescente, assim como das pressões a que ele está compelido.OBJECTIVE: This study aimed at evaluating the relationship between overweight/obesity and body dissatisfaction among adolescents in a private school in Santo André, São Paulo, Brazil. METHODS: For the assessment of overweight/obesity, the body mass index for age and gender was used and for the body dissatisfaction evaluation, the body parts satisfaction scale was applied. RESULTS: One hundred and forty-seven adolescents were studied (35.40% males and 64.60% females. It was shown that 44.23% of the males and 18.93% of the females were overweight

  11. Weight and height prediction of immobilized patients Estimativa de peso e altura de pacientes hospitalizados e imobilizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estela Iraci Rabito

    2006-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To confirm the adequacy of the formula suggested in the literature and/or to develop appropriate equations for the Brazilian population of immobilized patients based on simple anthropometric measurements. METHODS: Hospitalized patients were submitted to anthropometry and methods to estimate weight and height of bedridden patients were developed by multiple linear regression. RESULTS: Three hundred sixty eight persons were evaluated at two hospital centers and five weight-predicting and two height-predicting equations were developed from the measurements obtained. Among the new equations developed, the simplest one for weight estimate was: Weight (kg = 0.5759 x (arm circumference, cm + 0.5263 x (abdominal circumference, cm + 1.2452 x (calf circumference, cm -4.8689 x (Sex, male = 1 and female = 2 -32.9241 (r = 0.94; and the one for height estimate was: Height (cm = 58.6940 - 2.9740 x (Sex -0.0736 x (age, years + 0.4958 x (arm length, cm + 1.1320 x (half- span, cm (r = 0.88. The estimates thus calculated did not differ significantly from actual measurements, with p = 0.94 and 0.89 and a mean error of 6.0 and 2.1% for weight and height, respectively. CONCLUSION: We suggest that these equations can be used to estimate the weight and height of bedridden patients when necessary or when these parameters cannot be measured with a scale and a stadiometer.OBJETIVO: Verificar a adequação das fórmulas sugeridas na literatura, e desenvolver equações preditivas de peso e altura para a população hospitalizada brasileira, a partir de medidas antropométricas usuais. MÉTODOS: Realizou-se antropometria e bioimpedância de pacientes hospitalizados. Por meio de regressão linear múltipla, desenvolveram-se fórmulas com o objetivo de prever o peso e a altura. Os resultados foram comparados com os obtidos de fórmulas da literatura e com as medidas reais. RESULTADOS: Foram avaliadas 368 pacientes e desenvolvidas equações preditivas do peso e da

  12. Consumo de micronutrientes e excesso de peso: existe relação? Micronutrient consumption and overweight: Is there a relationship?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luisa Marcucci Leão

    2012-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O incremento da obesidade nas últimas décadas se associa às mudanças nos modos de vida da população, incluindo amplas alterações dietéticas, sobretudo na ingestão de micronutrientes. OBJETIVO: Descrever o consumo de micronutrientes e revisar sua implicação no estado nutricional. MÉTODOS: Realizou-se levantamento bibliográfico contemplando artigos nacionais e internacionais, publicados nos últimos 11 anos, nas bases de dados SciELO, LILACS, Medline e sites de organizações governamentais, usando como descritores: "micronutrientes", "consumo alimentar", "excesso de peso" , "saúde" e "estado nutricional" e suas traduções em inglês. RESULTADOS: A deficiência no consumo de micronutrientes é um problema de saúde global, atingindo cerca de 2 bilhões de pessoas, e parece se associar com maior risco de doenças e agravos não transmissíveis, incluindo a obesidade. A insuficiente ingestão de vitamina A favorece o excesso de peso por alteração no metabolismo da tireóide, enquanto a vitamina C se relaciona à síntese de carnitina e oxidação da gordura; e a vitamina D favorece o controle da saciedade e do gasto energético. Quanto aos minerais, o cálcio auxilia a regulação da termogênese e lipogênese/lipólise; e o zinco está envolvido na regulação de insulina e leptina. CONCLUSÃO: A promoção de hábitos alimentares saudáveis por meio de práticas educativas se faz necessária para maior conscientização da população acerca das implicações do consumo de micronutrientes no estado nutricional, devendo compor as estratégias de Saúde Pública de controle da obesidade e suas complicações.INTRODUCTION: In past decades, the growth in obesity has been associated with changes in the lifestyle of the population, including comprehensive dietary changes, especially in the intake of micronutrients. OBJECTIVE: To describe micronutrient intake and review its consequences on nutritional status. METHODS: A

  13. Tolerância de porta-enxertos de videira ao alumínio do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Fráguas

    1999-07-01

    Full Text Available Onze porta-enxertos e duas cultivares americanas de videira (Vitis spp foram avaliadas mediante níveis de saturação por Al no solo (Cambissolo Húmico álico, objetivando alcançar a tolerância diferenciada ao Al. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, com seis tratamentos completamente casualizados e quatro repetições, na Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Uva e Vinho, em Bento Gonçalves, RS, no período de 1987 a 1990. As características avaliadas foram: altura das plantas, comprimento das raízes, peso da matéria seca da parte aérea e das raízes e teores de P, K, Ca e Mg em folhas e raízes. Diante dos acréscimos ou aumentos verificados em cada característica (variação % e por cultivar, foi possível estabelecer a tolerância diferenciada das cultivares. O teor de K na parte aérea não foi afetado pelos níveis de saturação por Al, enquanto os teores de Ca e Mg foram os mais afetados. O teor de P teve um comportamento estável entre os níveis de saturação por Al. As cultivares Isabel e Cunningham apresentaram diferença na tolerância ao Al do solo; a Cunningham teve melhor comportamento. Os porta-enxertos R99, Rupestris du Lot e Kober 5BB, juntamente com Isabel, foram os mais sensíveis ao Al, e P1103, 101-14 e 196-17Cl foram os mais tolerantes.

  14. Ganho de peso e características de carcaça de bovinos Nelore castrados ou não-castrados terminados em confinamento Weight gain and characteristics of carcass of castrated or non-castrated Nellore cattle finished in confinement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fredson Vieira e Silva

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o ganho de peso e as características de carcaça de bovinos Nelore, castrados ou não-castrados, terminados em confinamento. Utilizaram-se 36 animais com 24 meses de idade e peso vivo médio inicial de 445,30 (não-castrados ou 449,57 kg (castrados aos 400 kg de peso corporal. Os animais foram abatidos aos 50 dias de confinamento, quando atingiram peso vivo médio de 516,30 (não-castrados e 506,86 kg (castrados. Os animais não-castrados não tiveram aumento no peso vivo final, mas apresentaram maior ganho de peso (1,42 e 1,15 kg. Os pesos de carcaça quente (272,77 e 261,89 kg e carcaça fria (266,13 e 258,24 kg não diferiram entre animais não-castrados e castrados. Animais não-castrados apresentaram maior rendimento de carcaça quente (52,88 vs 51,65% para os não-castrados, todavia, o rendimento de carcaça fria foi similar entre os grupos (51,55 e 52,39%, em virtude da menor quebra ao resfriamento nos animais castrados (2,43 e 1,40%. Os pesos absolutos de traseiro especial (133,07 e 131,55 kg, dianteiro (105,65 e 100,09 kg e ponta-de-agulha (27,41 e 26,60 kg não diferiram entre animais não-castrados e castrados, mas os pesos relativos de traseiro dos animais castrados foram maiores que dos não-castrados (50,93 vs 50,00%. O contrafilé dos animais não-castrados foi mais pesado que o dos castrados (8,41 vs 7,90 kg. A espessura de gordura (2,05 vs 2,21 mm e a área de olho-de-lombo (66,98 vs 67,48 cm² não diferiram entre animais não-castrados e castrados. O pH na carcaça fria em tempos predeterminados até o estabelecimento do rigor mortis também é semelhante entre animais não-castrados e castrados. Animais não-castrados e castrados têm peso de carcaça satisfatório, porém não apresentam acabamento mínimo de 3 mm de gordura, quando confinados por 50 dias com dieta à base de cana-de-açúcar e concentrado. Para adequação do acabamento, a dieta dos animais deve ser balanceada com maior nível energ

  15. TESTE DE CAMINHADA DE SEIS MINUTOS: DESEMPENHO DE CRIANÇAS COM EXCESSO DE PESO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Unbehaun Cibinello

    Full Text Available RESUMO Introdução: O teste de caminhada de seis minutos (TC6' tem sido utilizado para avaliar a capacidade funcional do exercício em crianças. Objetivo: Comparar o desempenho no teste de caminhada de seis minutos em escolares na faixa etária entre 8 a 10 anos, conforme a classificação nutricional, com base em dois diferentes critérios. Métodos: A amostra de 226 crianças entre 8 a 10 anos foi dividida em três grupos (eutrófico, sobrepeso e obeso, de acordo com os critérios de classificação nutricional propostos pela Organização Mundial da Saúde (OMS e pela International Obesity Task Force (IOTF e avaliada por meio do teste de caminhada de seis minutos. Resultados: A prevalência de sobrepeso e obesidade na amostra foi de 42,48% de acordo com o critério da OMS e 38,94% pelo critério da IOTF. Não ocorreram diferenças estatisticamente significantes entre os grupos eutrófico, sobrepeso e obeso, quando os resultados do TC6' foram comparados, tanto na distância percorrida quanto no percentual do predito para a criança, de acordo com os valores de referência, e também de acordo com os dois critérios de classificação nutricional. A frequência cardíaca final do teste foi estatisticamente maior nos grupos sobrepeso e obeso, tanto pelo critério OMS (p = 0,0015, quanto pelo critério IOTF (p = 0,0160 . Conclusões: Na amostra estudada não houve diferença no desempenho do TC6' entre crianças eutróficas, com sobrepeso e obesas. Porém, a frequência cardíaca final do teste foi significantemente maior entre as crianças com excesso de peso. Os resultados ressaltam que medidas de prevenção, acompanhamento e tratamento são necessárias, promovendo hábitos saudáveis.

  16. Mecanismo de acción de las fosfatasas ácidas de bajo peso molecular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilio Guija

    2007-12-01

    Full Text Available Las fosfatasas ácidas son enzimas ampliamente distribuidas en la naturaleza y tienen la propiedad de hidrolizar fosfomonoésteres a pH 5,0, liberando como productos de la reacción un alcohol y fosfato inorgánico. Cuando se compara los valores de kcat/Km de las fosfatasas de hígado, de bovino, alpaca y porcino, nos permite sugerir que estas enzimas tienen elevada afinidad por el sustrato p-nitrofenil fosfato. Los productos que se liberan durante la catálisis por fosfatasa ácida, muestran que el fenol o el p-nitrofenol se comportan como inhibidores de tipo no competitivo, mientras que el fosfato inorgánico muestra una inhibición de tipo competitiva. Para evidenciar la probable formación de un complejo covalente en la secuencia catalítica, se utilizó diversos nucleófilos más eficientes que el agua, tales como metanol, etanol y glicerol. Las modificaciones que produjeron en los valores Km, Vmax y los productos liberados en la reacción sugieren la formación de un complejo enzima-fosfato. El pH afecta los valores de Km y Vmax de las fosfatasas ácidas, un análisis del comportamiento de estas enzimas en un rango de pH comprendido entre 3,8 y 6,8 sugieren que en el sitio activo existe un residuo de aminoácido con un valor pKa de 6,0. El uso del dietilpirocarbonato, un compuesto que selectivamente reacciona con el residuo histidina en las proteínas, inhibe completamente a estas fosfatasas. Así mismo, un experimento de cinética de inhibición múltiple realizado en presencia de fosfato inorgánico y dietilpirocarbonato permite calcular un valor Ki que es igual al obtenido en otras condiciones experimentales. En tal sentido, las fosfatasas ácidas de bajo peso molecular catalizarían las reacciones a través de un modelo de tipo uni biordenado, con la formación de un complejo covalente intermedio, y que el residuo histidina participaría directamente en la catálisis.

  17. Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kac Gilberto

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada.

  18. Influência da ingestão de biomassas de spirulina (Arthrospira sp. sobre o peso corporal e consumo de ração em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Kátia Gomes de Lima

    2003-01-01

    Full Text Available Neste trabalho verificou-se a influência do consumo de biomassas provenientes de três diferentes origens sobre o peso corporal e consumo de ração em ratos Wistar, machos e adultos. Grupos que consumiram 5% ou 10% (p/p da biomassa foram comparados com um controle. A biomassa I não promoveu diferença significativa no consumo de ração ou peso corporal dos três grupos. A biomassa II não causou diferença significativa no peso corporal, mas sim no consumo de ração. A biomassa III não causou diferença significativa no consumo de ração, nem no peso corporal, mas houve tendência de maior ganho de peso para o grupo que consumiu a ração contendo 10% de spirulina. Os resultados obtidos indicam que diferentes biomassas podem apresentar diferentes propriedades, mas não confirmam a alegação de que a spirulina pode levar a diminuição de peso ou de consumo de alimento.

  19. Resistência à insulina em adolescentes com e sem excesso de peso de município da Grande Florianópolis-SC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabia Rosa Sigwalt

    Full Text Available O aumento na prevalência de excesso de peso está relacionado a mais casos de Diabetes Mellitus tipo 2 e resistência à insulina (RI entre jovens. Este estudo objetivou comparar a prevalência de RI entre adolescentes com peso corporal normal e com excesso de peso. A amostra foi composta por 96 indivíduos (35,4% rapazes, 50% excesso de peso com idade entre 14 e 19 anos (16,6±0,98. Os valores de IMC e perímetro de cintura (PC foram dicotomizados de acordo com a literatura. Para RI utilizou-se o índice HOMA-IR com o ponto de corte de 4,39. O teste Qui quadrado avaliou a diferença de prevalências entre categorias de peso ou de PC (p<0,05. Não houve diferenças significativas entre categorias e a prevalência de RI encontrada foi de 2,1%. No entanto, os adolescentes com excesso de peso tenderam a apresentar valores mais altos de HOMA-IR. Segundo critérios de glicemia, não foi encontrada RI na amostra.

  20. Resistência à insulina em adolescentes com e sem excesso de peso de município da Grande Florianópolis-SC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabia Rosa Sigwalt

    2014-01-01

    Full Text Available O aumento na prevalência de excesso de peso está relacionado a mais casos de Diabetes Mellitus tipo 2 e resistência à insulina (RI entre jovens. Este estudo objetivou comparar a prevalência de RI entre adolescentes com peso corporal normal e com excesso de peso. A amostra foi composta por 96 indivíduos (35,4% rapazes, 50% excesso de peso com idade entre 14 e 19 anos (16,6±0,98. Os valores de IMC e perímetro de cintura (PC foram dicotomizados de acordo com a literatura. Para RI utilizou-se o índice HOMA-IR com o ponto de corte de 4,39. O teste Qui quadrado avaliou a diferença de prevalências entre categorias de peso ou de PC (p<0,05. Não houve diferenças significativas entre categorias e a prevalência de RI encontrada foi de 2,1%. No entanto, os adolescentes com excesso de peso tenderam a apresentar valores mais altos de HOMA-IR. Segundo critérios de glicemia, não foi encontrada RI na amostra.

  1. Nível sócio-econômico como uma variável geradora de erro em estudos de etnia Socioeconomic level as an error generating variable in racial studies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. D. Passos

    1978-06-01

    Full Text Available Foi estudada a influência do nível sócio-econômico (NSE em variáveis biológicas que apresentam importância em estudos de etnia (peso ao nascer, idade gestacional e número de gestações em 734 crianças normais nascidas em 5 maternidades brasileiras. Os recém-nascidos foram classificados em grupos étnicos de acordo com seus antecedentes raciais. Concluiu-se que o NSE está associado com as variáveis peso ao nascer e número de gestações, funcionando, portanto, como variável geradora de erro em estudos de etnia.The influence of the socio-economic level on biologic variables such as birth-weight, gestational age and birth order was studied in 734 single live-born deliveries at five Brazilian maternities. Live-borns were classified into ethnic groups according to the races of their ancestors. Socio-economic level was found to be associated with birthweight and birth order, acting therefore as an error - generating variable in racial studies.

  2. Increase of gastric area and weight gain in rats submitted to the ingestion of gasified water Aumento de área gástrica e ganho de peso em ratos submetidos à ingestão de água gaseificada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roberto Ferreira Santiago

    2004-06-01

    Full Text Available PURPOSE: Due to the progressive increasing in the use of gasified drinks and weight gain in the Brazilian population, in addition to the fact that carbonic gas is present in all soft drinks, an experimental study was conducted using rats as the subject to investigate the effects of gasified water in the hydric ingestion and food intake, weight gain, gastric area, blood sugar, hematocrit, and hemoglobin. METHODS: Four groups of 12 rats were studied for 36 days while receiving the following daily diet, four times per day: Group 1 - 35g/day of rat food "ad libitum" and 20ml of non-gasified water; Group 2 - 35g/day of rat food "ad libitum" and 20 ml of gasified water; Group 3 - 10g/day of rat food "ad libitum" and 20ml of non-gasified water; and Group 4 - 10g/day of rat food "ad libitum" and 20ml of gasified water. RESULTS: The results showed that the animals submitted to the treatment with gasified water (Groups 2 and 4, presented a larger volume of hydric ingestion and significant increase of the gastric area (pOBJETIVO: Em virtude do aumento progressivo da utilização de bebidas gaseificadas e do ganho de peso na população brasileira, e sabendo-se que os refrigerantes têm no gás carbônico um fator em comum, planejou-se um estudo experimental em ratos para investigar os efeitos da água gaseificada na ingestão hídrica e alimentar, ganho de peso, área gástrica, glicemia, hematócrito e hemoglobina. MÉTODOS: Foram constituídos 4 grupos de 12 ratos acompanhados por 36 dias. Ao Grupo-1 foi oferecido 35 g/dia de ração "ad libitum" e 20 ml de água não gaseificada em 4 períodos diários, ao Grupo-2 foi oferecido 35 g/dia de ração "ad libitum" e 20 ml de água gaseificada em 4 períodos diários, ao Grupo-3 foi oferecido 10 g/dia de ração "ad libitum" e 20 ml de água não gaseificada em 4 períodos diários e ao Grupo-4 foi oferecido 10 g/dia de ração "ad libitum" e 20 ml de água gaseificada em 4 períodos diários. RESULTADOS: Os

  3. Photon counting arrays for AO wavefront sensors

    CERN Document Server

    Vallerga, J; McPhate, J; Mikulec, Bettina; Clark, Allan G; Siegmund, O; CERN. Geneva

    2005-01-01

    Future wavefront sensors for AO on large telescopes will require a large number of pixels and must operate at high frame rates. Unfortunately for CCDs, there is a readout noise penalty for operating faster, and this noise can add up rather quickly when considering the number of pixels required for the extended shape of a sodium laser guide star observed with a large telescope. Imaging photon counting detectors have zero readout noise and many pixels, but have suffered in the past with low QE at the longer wavelengths (>500 nm). Recent developments in GaAs photocathode technology, CMOS ASIC readouts and FPGA processing electronics have resulted in noiseless WFS detector designs that are competitive with silicon array detectors, though at ~40% the QE of CCDs. We review noiseless array detectors and compare their centroiding performance with CCDs using the best available characteristics of each. We show that for sub-aperture binning of 6x6 and greater that noiseless detectors have a smaller centroid error at flu...

  4. Adesao ao guia alimentar para populacao brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliseu Verly Junior

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a adesão ao Guia Alimentar para População Brasileira. MÉTODOS : Amostra composta por participantes do Inquérito de Saúde de São Paulo (n = 1.661 que preencheram dois recordatórios de 24 horas. Foi utilizado modelo bivariado de efeito misto para a razão entre o consumo de energia do grupo de alimentos e o consumo calórico total. A razão estimada foi utilizada para calcular o percentual de indivíduos com consumo abaixo ou acima da recomendação. RESULTADOS : Pelo menos 80,0% da população consome abaixo do recomendado para: leite e derivados; frutas e sucos de frutas; e cereais, tubérculos e raízes; aproximadamente 60,0% para legumes e verduras; 30,0% para feijões; e 8,0% para carnes e ovos. Adolescentes apresentaram a maior inadequação para legumes e verduras (90,0%, e o estrato de maior renda foi associado à menor inadequação para óleos, gorduras e sementes oleaginosas (57,0%. CONCLUSÕES : Foi observado consumo inadequado dos grupos de alimentos relacionados com aumento do risco de doenças crônicas.

  5. Toxicologia do tolueno: aspectos relacionados ao abuso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Forster Letícia M.K.

    1994-01-01

    Full Text Available O tolueno está presente em muitos produtos de uso doméstico e industrial e é o principal solvente envolvido no abuso de substâncias e na exposição ocupacional. O problema mais grave no estudo de patologias relacionadas ao tolueno é que este está geralmente associado, em suas preparações comerciais, a outras substâncias. O potencial tóxico do tolueno foi abordado nos seguintes aspectos: parâmetros farmacológicos; características físico-químicas; exposição; estudos clínicos; diagnóstico; pesquisa experimental; tolerância e dependência; efeitos agudos e crônicos; neurotoxicidade; teratogenicidade; doenças psiquiátricas; carcinogenicidade e tratamento. Conclui-se ser de grande importância e urgência que se realizem estudos clínicos com amostras maiores para definição mais precisa das conseqüências do uso crônico

  6. Toxicologia do tolueno: aspectos relacionados ao abuso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia M.K. Forster

    1994-04-01

    Full Text Available O tolueno está presente em muitos produtos de uso doméstico e industrial e é o principal solvente envolvido no abuso de substâncias e na exposição ocupacional. O problema mais grave no estudo de patologias relacionadas ao tolueno é que este está geralmente associado, em suas preparações comerciais, a outras substâncias. O potencial tóxico do tolueno foi abordado nos seguintes aspectos: parâmetros farmacológicos; características físico-químicas; exposição; estudos clínicos; diagnóstico; pesquisa experimental; tolerância e dependência; efeitos agudos e crônicos; neurotoxicidade; teratogenicidade; doenças psiquiátricas; carcinogenicidade e tratamento. Conclui-se ser de grande importância e urgência que se realizem estudos clínicos com amostras maiores para definição mais precisa das conseqüências do uso crônico

  7. Processing yield of Nile tilapia (Oreochromis niloticus: head cut types and two weight classes Rendimento do processamento da tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus: tipos de corte da cabeça em duas categorias de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Rodrigues de Souza

    2000-05-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the best type of head cut of Nile tilapia (Oreochromis niloticus resulting in better fillet processing yields. The experiment was carried out at the Pisciculture Station of UEM/Codapar, Maringá, Paraná, Brazil. One hundred and twenty specimens were slaughtered, head cut, eviscerated, and had their fin, skin and fillet removed. The fillet processing was undertaken by a single person. Plotting was completely randomized by a 2x3 factorial scheme. Treatments consisted of two weight categories ( W1=250-400g and W2=401-550g and three types of head cut (C1=oblique, OB; C2=Contour, CO, and C3=strainght, ST, with 20 replicates. Each fish was considered an experimental unit. Mean values of yield were expressed in relation to fish body weight. There was an influence of head cut types and weight categories on the dressed out and fillet yield. The yields in W2 (OB=50.42%, 35.27%; CO=50.70%, 35.18% and ST=48.50%, 33.82% were higher (p O objetivo do presente estudo foi avaliar o melhor tipo de corte de cabeça para decapitação da tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus, que resulte em melhores rendimentos de filetagem. O experimento foi conduzido na Estação de Piscicultura da UEM/Codapar, Maringá, PR. Foram abatidos 120 exemplares cortadas as cabeças, eviscerados, removidas as nadadeiras, pele e filés. O processo de filetagem foi realizado por uma única pessoa. O delineamento foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x3. Os tratamentos foram: duas categorias de peso (P1= 250-400 g e P2= 401-550 g e três tipos de corte de cabeça (C1=oblíquo, OB; C2=contornado, CO e C3=reto, RE, com 20 repetições. Cada peixe foi considerado a unidade experimental. Os valores médios de rendimento foram expressos em relação ao peso corporal do peixe. Houve influência do tipo de corte e categoria de peso sobre o rendimento do tronco limpo e filé. Os rendimentos em P2 (OB=50,42%, 35,27%; CO=50,70%, 35,18% e RE=48

  8. Respostas fisiológicas da Posição Mãe-Canguru em bebês pré-termos, de baixo peso e ventilando espontaneamente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miltersteiner Aline R

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as respostas fisiológicas - freqüência cardíaca, saturação periférica de oxigênio, temperatura axilar e freqüência respiratória - em bebês pré-termos estáveis e em ventilação espontânea, submetidos à observação na incubadora e à Posição Mãe-Canguru. MÉTODOS: foram estudados 23 pré-termos estáveis hemodinamicamente, em ventilação espontânea, sem doença pulmonar diagnosticada, provenientes do Centro de Neonatologia do Hospital Conceição, Porto Alegre. Os pacientes foram distribuídos em Grupo I (incubadora e Grupo II (Posição Mãe-Canguru para um estudo de intervenção, de amostras pareadas, sendo cada paciente controle de si mesmo. Os dados foram registrados no primeiro minuto (T01, aos 30 (T30 e aos 60 minutos (T60. Utilizou-se o teste t de Student para comparação entre os grupos. RESULTADOS: os pacientes apresentaram uma média de idade gestacional de 34 semanas, média de peso pós-natal de 1780 g e mediana de 264 horas de vida. Observou-se um aumento estatisticamente significante na freqüência cardíaca em T30, na saturação de oxigênio em T30 e T60 e na temperatura axilar em T60, comparando o grupo da Posição Mãe-Canguru ao grupo controle. CONCLUSÕES: a Posição Mãe-Canguru promoveu aumento nos valores das respostas fisiológicas estudadas em pré-termos, quando instituída por uma hora, em comparação ao mesmo período na incubadora, sendo possível sua utilização durante atendimento fisioterapêutico.

  9. Aptidão física relacionada à saúde de mulheres ao iniciar um programa de treinamento aquático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Medeiros Daniele

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: verificar possível relação entre a aptidão cardiorrespiratória e a composição corporal de voluntárias que iniciaram programas de exercícios aquáticos. Método: trata-se de um estudo descritivo desenvolvido em uma amostra de 24 mulheres sedentárias, com média de idade de 25,2 ± 5,9 anos, na cidade de Fortaleza, Ceará. A aptidão cardiorrespiratória foi avaliada através do VO2 máximo. A composição corporal foi avaliada através do índice de massa corporal (IMC, circunferência abdominal, relação cintura/quadril, densidade corporal, peso ósseo, peso muscular, peso residual e massa magra. Resultados e considerações finais: o percentual de gordura corporal foi independentemente associado com a densidade corporal, VO2 máximo (p < 0,005 e circunferência abdominal (p = 0,003. Mulheres com IMC e percentual de gordura elevados apresentam médias significativamente inferiores de VO2 máximo, em comparação às mulheres com níveis desejados destes parâmetros. Além disso, o IMC foi inversamente correlacionado aos valores de VO2 máximo.

  10. Enfermedad periodontal: ¿es factor de riesgo para parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Castaldi

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Evaluar si la enfermedad periodontal (EP constituye un factor de riesgo de parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia y si hay alguna relación entre