WorldWideScience

Sample records for Pulverizao Planta daninha Eficincia de controle

  1. CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS E SELETIVIDADE DE HERBICIDAS EM ALHO

    Danton Camacho Garcia

    1994-12-01

    Full Text Available Foi conduzido um experimento de campo no município de Rio Grande, RS, na safra agrícola 1987/88, com objetivo de avaliar a eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura do alho, cultivar Quitéria. O delineamento experimental utilizado foi blocos ao acaso, com quatro repetições e os tratamentos constituídos pela aplicação de herbicidas em pré e pós-emergência, das plantas daninhas. Destas, as espécies predominantes na área experimental foram: Digitaria sanguinalis (L. Scop., Eleusine indica (L Gaertne Spergula arvensis L. Os resultados observados indicaram que os tratamentos mais eficientes no controle das plantas daninhas foram: Linuron (PRÉ + Fluazifop-P-butil (PÓS, Linuron (PRÉ + Sethoxydim (PÓS e Oxifluorfen (PRÉ + Alloxydim-sodium (PÓS, que proporcionaram os maiores rendimentos de bulbos curados e toaletados. Houve efeito fitotóxico significativo de Bentazon, aplicado em pós-emergência, reduzindo significativamente o rendimento de bulbos.

  2. Controle de plantas daninhas na cultura de soja resistente ao glyphosate

    Núbia Maria Correia

    2010-01-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi avaliar o controle de plantas daninhas em área cultivada com soja resistente ao herbicida glyphosate, sem a utilização de práticas complementares de manejo de plantas daninhas. Foram desenvolvidos experimentos, em condições de campo, nos anos agrícolas 2005/2006 e 2006/2007 em Jaboticabal (SP. Foram avaliadas duas cultivares de soja resistentes ao glyphosate (CD 214 RR e M-SOY 8008 RR, oito tratamentos de herbicidas (glyphosate, em aplicação única, nas doses de 0,48; 0,72; 0,96 e 1,20 kg ha-1 de equivalente ácido, associadas ou não a aplicação sequencial na dose de 0,48 kg ha-1, além de duas testemunhas, uma capinada e outra mantida infestada. As cultivares de soja influenciaram na infestação das espécies de plantas daninhas na área. Sem a aplicação de glyphosate, houve o predomínio de X. strumarium na área, desfavorecendo a ocorrência de outras espécies. Quando utilizado glyphosate, independentemente da dose, a infestação contabilizada aos 35 e 40 dias após a primeira aplicação, no primeiro e segundo ano, respectivamente, foi baixa. O controle de plantas daninhas na cultura da soja transgênica é diretamente influenciado pela dose de glyphosate, havendo controle satisfatório com a aplicação única de 0,96 kg ha-1 ou a sequencial de 0,48 + 0,48 kg ha-1 de glyphosate. Em situação de menor infestação (2006/2007, a aplicação única de 0,48 kg ha-1 de glyphosate é suficiente para o controle das plantas daninhas. As cultivares de soja transgênica CD 214 RR e M-SOY 8008 RR influenciam diferencialmente a dinâmica das espécies de plantas daninhas, sendo o controle químico mais efetivo na situação de cultivo de M-SOY 8008 RR, em que houve menor diversidade e desenvolvimento das plantas daninhas.

  3. Volumes de calda e adjuvante no controle de plantas daninhas com glyphosate

    Bueno,M.R.; Alves,G.S.; Paula,A.D.M.; Cunha,J.P.A.R.

    2013-01-01

    O sucesso de uma aplicação de herbicida está diretamente relacionado a uma boa deposição da calda no alvo, com o mínimo de perdas para o ambiente. Assim, o presente trabalho objetivou avaliar a deposição e o controle de plantas daninhas promovido pela aplicação de glyphosate em diferentes volumes de calda e com a adição do adjuvante nonil fenol etoxilado. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos casualizados com quatro repetições, em esquema fatorial 3x2, sendo três volumes de ca...

  4. Coberturas mortas de inverno e controle químico sobre plantas daninhas na cultura do milho

    Dagoberto Martins

    2016-12-01

    Full Text Available RESUMO A escolha correta das culturas para cobertura do solo melhora a sustentabilidade do sistema de cultivo, pois pode potencializar o uso dos herbicidas, reduzir a infestação de plantas daninhas e melhorar o desempenho das culturas. Com o objetivo de estudar o efeito de coberturas mortas de inverno e do uso de herbicidas sobre comunidade de plantas daninhas na cultura do milho, foi realizado um estudo no delineamento inteiramente casualizado com os tratamentos dispostos em parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas, em número de seis, foram compostas pelas seguintes culturas de inverno: Lupinus albus, Lathyrus sativos, Triticum aestivum, Avena strigosa, Raphanus sativus, mais uma testemunha mantida em pousio. As subparcelas em número de três, foram compostas por: 1 - pulverização apenas de herbicida de manejo antes da semeadura do milho; 2 - herbicida de manejo após a semeadura do milho + herbicida residual, e 3 - testemunha sem aplicação de herbicidas. As coberturas mortas de aveia-preta e nabo-forrageiro proporcionam as menores densidades de plantas daninhas e acúmulos de massa seca da comunidade infestante, independente da aplicação ou não de herbicidas. Houve uma maior germinação de B. pilosa nas parcelas mantidas com a cobertura de tremoço, com exceção das subparcelas onde se aplicou herbicida em pré-emergência, o que evidencia um efeito estimulante da cobertura morta. O emprego de algumas espécies na formação da cobertura morta para o plantio direto pode dispensar ou reduzir a quantidade de herbicidas necessária para o controle das plantas daninhas.

  5. CONTROLE EM PÓS-EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS POR HERBICIDAS UTILIZADOS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR

    SILVA, PAULO VINICIUS DA; MONQUERO, PATRÍCIA ANDREA; MUNHOZ, WILLIAM SANCHES

    2015-01-01

    RESUMO: A implantação do sistema de colheita mecanizada de cana-de-açúcar resultou em alterações no sistema produtivo, dentre elas a modificação da flora infestante, haja vista a promoção do surgimento de espécies de plantas daninhas que antes não eram recorrentes nos canaviais. Diante do exposto, o presente trabalho teve como objetivo determinar curvas de dose resposta dos herbicidas amicarbazone, saflufenacil, mesotrione e sulfentrazone em pós-emergência no controle das plantas daninhas Mer...

  6. Controle pós-emergente de plantas daninhas em cenoura Post-emergence weed control in carrot crop

    Jeferson Zagonel

    1999-03-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido em Piraí do Sul-PR no ano de 1995 em solo de textura argilo arenosa, tendo como objetivo avaliar a eficiência e a seletividade do herbicida propaquizafop no controle pós-emergente de plantas daninhas na cultura da cenoura. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com seis tratamentos e quatro repetições, quais sejam: propaquizafop (100, 125 e 150 g i.a./ha; fluazifop-p-butil (188 g i.a./ha; testemunha capinada e testemunha sem capina. A cultivar de cenoura utilizada foi Nantes Tim Tom semeada em 15 de junho, com espaçamento de 0,25 x 0,05 m, em parcelas com área útil de 5,00 x 1,00 m. As plantas daninhas predominantes foram Brachiaria plantaginea (capim-papuã, Digitaria horizontalis (capim-milhã e Eleusine indica (capim pé-de-galinha. As avaliações foram efetuadas aos 15, 30 e 45 dias após a aplicação dos tratamentos. Observou-se que o herbicida propaquizafop, nas doses de 100, 125 e 150 g i.a./ha foi eficiente no controle sobre capim-papuã, capim-milhã e capim pé-de-galinha. O controle de plantas daninhas realizado através de herbicidas proporcionou a mesma produção obtida com o controle manual. A perda na produção ocasionada pela presença de plantas daninhas foi da ordem de 76,4%. Não foram observados efeitos fitotóxicos nas plantas de cenoura que pudessem ser atribuídos aos produtos utilizados.The presented field trial was conducted in 1995 in Piraí do Sul, Paraná State, Brazil, on a sand-clay texture soil, to evaluate the efficiency and selectivity of propaquizafop on carrot crop weed control. The experiment was laid out in a randomized block design with six treatments and four replications, and 5.00 x 1.00 m plots. The treatmens were: propaquizafop (100, 125 and 150 g a.i/ha; fluazifop-p-butil (188 g a.i/ha; control with weeding and control without weeding. The carrot cultivar Nantes Tim Tom was sown on June 15 with plants spaced 0.25 x 0.05 m. The prevalent weeds

  7. Efeito de diferentes períodos de controle das plantas daninhas na produtividade da cultura da cebola Effect of different weed control periods on onion crop yield

    D.J. Soares

    2004-12-01

    Full Text Available Foi realizado um experimento em Monte Alto-SP, visando estudar os efeitos de diferentes períodos de controle das plantas daninhas sobre a produção de bulbos da cultura da cebola (Allium cepa, cultivar 'Mercedes', no sistema de transplantio. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Parte dos tratamentos experimentais foi disposta num esquema fatorial 4 x 6, em que constituíram variáveis quatro períodos em que se fez o controle (0-0, 0-7, 0-14 e 0-21 DAT e seis períodos em que se reiniciou o controle das plantas daninhas prolongando até a colheita: 28, 42, 56, 70, 84 e 98 DAT. Duas testemunhas foram adotadas: uma com controle e outra sem controle das plantas daninhas durante todo o ciclo da cultura. Lycopersicon esculentum, Portulaca oleracea, Eragrostis pilosa e Galinsoga parviflora foram as plantas daninhas mais importantes na área. Não houve interação entre os diferentes períodos de controle das plantas daninhas. O controle inicial destas plantas deve se prolongar até 14 DAT e ser reiniciado aos 28 DAT, a fim de prevenir reduções significativas na produtividade em relação à testemunha no limpo A convivência com as plantas daninhas durante todo o ciclo da cebola reduziu a produtividade em 94,5%.An experiment was carried out in Monte Alto, SP to study the effects of different of weed control periods on the yield of onion (Allium cepa bulb, 'Mercedes' cultivar, under the transplanting system. The experiment was arranged in a completely randomized block design, with four replications. The treatments were arranged in 4 x 6 factorial design with four initial weed removal periods (after transplanting until 0, 7, 14 and 21 days and six final weed removal periods (from 28, 42, 56, 70, 84 or 98 days after transplanting until harvest. Two controls were adapted with and without weed control throughout the onion cycle. Lycopersicon esculentum, Portulaca oleracea, Eragrostis pilosa and

  8. Aumento da população de plantas e uso de herbicidas no controle de plantas daninhas em milho Increase of plant population and use of herbicides to control weeds in corn

    Aldo Merotto Junior

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar a capacidade de controle de plantas daninhas efetuada pelo aumento da população de plantas de milho em associação com diferentes métodos de controle de plantas daninhas. O experimento foi conduzido em Lages (SC sob o delineamento de blocos ao acaso em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais foram alocados os métodos de controle de plantas daninhas: 1 sem controle; 2 atrazine + metolachlor (1,4 + 2,1 kg/h a em pré emergência; 3 nicosulfuron (60 g/ ha em pós - emergência; 4 atrazine + metolachlor em pré emergência e nicosulfuron em pós-emergência; e 5 capina até o florescimento. Nas sub parcelas foram alocadas as populações de plantas: 35.000, 50.000, 68.000 e 80.000 plantas ha-1. O aumento da população de plantas foi mais efetivo na diminuição da matéria seca de plantas daninhas nos tratamentos sem controle e com herbicida em pré emergência. As plantas daninhas promoveram maiores decréscimos no rendimento de grão s de milho na população de 80000 plantas ha-1, onde a competição com plantas daninhas somou-se à competição intraespecífica que também é maior do que nas menores populações . O uso de altas populações de plantas diminui a competição com plantas daninhas , mas deve ser complementado com outros métodos de controle no início do desenvolvimento da cultura.The objective of this experiment was to evaluate the effectiveness of increasing corn plant population in association with differe nt methods to control weeds. The trial was conduted in Lages, SC, using a randomized complete block desing in a split plot arragement. Fiv e methods of weed control were located at the main plots: 1 check without control, 2 atrazine + metolachlor (1,4 + 2,1 kg/ha in pre-emergency, 3 nicosulfuron (60 g/ha in post emergency, 4 atrazine + metolachlor in pre-emergency and nicosulfuron in post emergency, and 5 hoeing up to flowerin g. Four plant population were tested at split

  9. MANEJO DA ÁGUA E UTILIZAÇÃO DE OXYFLUORFEN NO CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DO ARROZ IRRIGADO NO SISTEMA PRÉ-GERMINADO

    FURLANI JUNIOR ENES

    1997-01-01

    Full Text Available Realizou-se uma pesquisa no ano agrícola 1993/94, na Estação Experimental de Pindamonhangaba (SP, e cujos objetivos foram verificar a necessidade da troca da água no sistema de cultivo pré-germinado para arroz (Oryza sativa L. irrigado por inundação e o efeito de doses do herbicida Oxyfluorfen (240 g de ingrediente ativo por litro do produto comercial e momento de inundação da área, sobre o comportamento da cultura do arroz e reflexos sobre a comunidade de plantas daninhas presentes nas áreas experimentais. Utilizaram-se os tratamentos TI10 - testemunha inundada 10 dias após o preparo do solo, e TIPS - testemunha com solo inundado logo após o preparo do solo, comparadas com duas doses de Oxyfluorfen (1 e 2 L/ha do produto comercial e ao manejo com e sem troca da água tratada com herbicida. O uso da inundação logo após o preparo do solo e do herbicida ocasiona os melhores níveis de controle das plantas daninhas. A inundação logo após o preparo do solo propicia os melhores níveis de controle das plantas daninhas, quando comparado à inundação realizada 10 dias após. O Oxyfluorfen mostrou-se eficiente no controle das plantas daninhas, principalmente o capim-arroz (Echinochloa sp., no sistema com sementes pré-germinadas em arroz irrigado por inundação. Respeitando-se o período de carência para posterior semeadura e não ocorrendo baixa luminosidade durante esse tempo, não há necessidade de efetuar a troca da água onde foi aplicado o herbicida Oxyfluorfen.

  10. Controle das plantas daninhas na cultura de alface transplantada com o herbicida oxadiazom Weed control in transplanted lettuce by oxadiazon

    Edison Martins Paulo

    1990-01-01

    Full Text Available Efetuou-se um experimento com o herbicida oxadiazom, objetivando estudar o efeito do seu uso no controle das plantas daninhas e na, produção da cultura da alface transplantada. Os tratamentos, em número de sete, consistiram em três doses de oxadiazom formulado em grânulos, 1,0,1,5 e 2,0kg/ha, aplicadas após o transplante da alface, dois fratamentos de 1,0kg/ha do herbicida formulado em concentrado emulsionável, um pulverizado antes e, outro, após o transplante, em área total, e duas testemunhas, uma capinada e outra mantida com o mato até a colheita. As principais plantas daninhas que infestaram o experimento foram: beldroega (Portulacca oleracea L., picão-branco (Galinsoga parvifiora Cav., caruru (Amaranthus hibridus L., capim-colchão (Digitaria sanguinalis (L. Scop. e capim-pé-de-galinha (Eleusine indica (L. Gaertn.. Constatou-se o controle dessas espécies pelo oxadiazom, 51 dias após a aplicação, até que se mostrou seletivo à cultura, exceto na sua formulação concentrado emulsionável pulverizada após o transplante, quando reduziu o número e o peso das alfaces colhidas.A trial was carried out in order to study the performance of oxadiazon on yield of transplanted lettuce. The treatments were: oxadiazon granular formulation at rates of 1.0,1.5 and 2.0 kg/ha applied after transplanting and pre emergence of weeds; oxadiazom emulsifiable concentrate at 1.0 kg/ha applied before and after transplanting both as preemergence of weeds. Two controls were used: one without any control of weeds and another free from weeds 33 days after transplanting. Oxadiazon gave good control of Portulacca oleracea L, Galinsoga parviflora Cav., Amaranthus hibridus L, Digitaria sanguinalis (L. Scop, and Eleusine indica (L. Gaertn. up to 51 days after application. Except for oxadiazon emulsifiable formulation, when applied after transplanting, no phototoxicity to lettuce was observed with the herbicide whether applied at preemergence or before

  11. CONTROLE QUÍMICO E CULTURAL DAS PLANTAS DANINHAS NA VIDEIRA 'NIAGARA ROSADA'

    PAULO EDISON MARTINS

    1997-01-01

    Full Text Available Estudou-se o controle das plantas daninhas e a seletividade dos herbicidas diclobenil, diuron e simazine à cultura da videira `Niagara Rosada', procurando-se separar os efeitos da cobertura morta sobre os fatores de produção e o teor de sólidos solúveis do suco da uva. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com quatro repetições. Verificou-se que os herbicidas diuron (2,0 kg/ha, simazine (2,4 kg/ha e diclobenil (3,04; 4,05 e 5,06 kg/ha foram seletivos à cultura da videira e eficientes no controle das plantas daninhas capim-colchão (Digitaria horizontalis Willd., caruru (Amaranthus hibridus L., guanxuma (Sida spp. e picão-preto (Bidens pilosa L.. A cobertura vegetal de capim-gordura (Melinis minutiflora L. foi eficiente no controle das plantas daninhas.

  12. Eficácia do herbicida oxyfluorfen com a cobertura de palha no controle de plantas daninhas Efficacy of oxyfluorfen with straw cover in controlling weeds

    E. Negrisoli

    2009-03-01

    Full Text Available A palha pode alterar a dinâmica do herbicida oxyfluorfen no sistema de cana-crua; assim, este trabalho teve por objetivo avaliar a eficácia do oxyfluorfen em condições de casa de vegetação, com a cobertura de palha, no controle das plantas daninhas que ocorrem em cana-crua. Foram avaliadas as espécies de Brachiaria decumbens, Ipomoea grandifolia, Ipomoea quamoclit e Merremia cissoides. A dose utilizada do oxyfluorfen foi de 3 L ha-1 (720 g i.a. ha-1. Os tratamentos constaram de diferentes posicionamentos do herbicida e condições antes e após a aplicação. A porcentagem de controle das plantas daninhas foi avaliada aos 12, 20, 26, 33 e 38 DAA. Os maiores índices de controle aos 38 DAA, independentemente da planta daninha estudada, foram alcançados quando se aplicou oxyfluorfen em tratamentos com a presença de palha em cobertura, com ou sem umidade. No entanto, os resultados obtidos nos demais tratamentos mostraram-se eficientes no controle das diferentes espécies de plantas daninhas estudadas.Straw can change the dynamics of the herbicide oxyfluorfen in the raw sugarcane system. Thus, this study aimed to assess the effectiveness of oxyfluorfen with straw cover in controlling weeds in raw sugarcane under greenhouse conditions. The species Brachiaria decumbens, Ipomoea grandifolia, Ipomoea quamoclit and Merremia cissoids were evaluated and the dose used was oxyfluorfen 3 L ha-1 (720 g .i.a. ha-1. Treatments consisted of different herbicide positions and conditions before and after application. Weed control percentage was evaluated at 12, 20, 26, 33 and 38 DAA. The highest control rates at 38 DAA, regardless of the weed studied, were reached when oxyfluorfen was applied in treatments with the cover straw, with or without humidity. However, the results obtained in the other treatments were effective in controlling the different weed species studied.

  13. Azafenidin: novo herbicida para o controle de plantas daninhas em Eucalyptus camaldulensis Azafenidin: a new herbicide for weed control in Eucalyptus camaldulensis

    J. Constantin

    2000-01-01

    Full Text Available Um experimento de campo foi conduzido em Presidente Castelo Branco-PR, com o objetivo de avaliar a seletividade do herbicida azafenidin para a cultura de Eucalyptus camaldulensis, assim como sua eficácia no controle de algumas plantas daninhas infestantes nessa cultura. Azafenidin foi aplicado nas doses de 300, 400, 500 600 e 800 g i.a. ha-1, em pré-emergencia das plantas daninhas. Tratamentos adicionais, incluindo oxyfluorfen (720 g i.a. ha-1, uma testemunha capinada e outra testemunha sem capina, foram também incluídos. Tanto azafenidin quanto oxyfluorfen provocaram sintomas de toxicidade na cultura; no primeiro, as injúrias foram mais intensas em doses ³ 600 g i.a. ha-1. Em relação ao controle de plantas daninhas, doses de azafenidin a partir de 500 g i.a. ha-1 foram efetivas no controle de Brachiaria decumbens, Commelina benghalensis, Richardia brasiliensis e Sida santaremnensis, mesmo 180 dias após a aplicação. Doses menores de azafenidin resultaram em controle suficiente da maioria das plantas daninhas, mas com menor efeito residual.A field experiment was conducted at Presidente Castelo Branco, PR, Brazil, to evaluate the selectivity of the herbicide azafenidin to the crop Eucalyptus camaldulensis, as well as its efficacy to control some infesting weeds in this crop. Azafenidin was applied under pre-emergence conditions, at rates of 300, 400, 500, 600 and 800 g a.i. ha-1. Additional treatments, including oxyfluorfen (720 g a.i. ha-1, a weed free and a weeded check plots were also included. Both azafenidin and oxyflluorfen caused crop symptoms of phytotoxicity, with injuries being more intense for azafenidin at rates ³ 600 g a.i. ha-1. For weed control, rates of azafenidin at 500 g a.i. ha-1 or higher were effective in controlling Brachiaria decumbens, Commelina benghalensis, Richardia brasiliensis and Sida santaremnensis, even at 180 days after application. Lower rates of azafenidin provided enough control of most weeds, but

  14. Avaliação de herbicidas no controle de plantas daninhas em mandioquinha-salsa Herbicide efficiency in controlling weeds in peruvian carrot

    Maria Aparecida Nogueira Sediyama

    2008-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficiência de herbicidas aplicados em pré e pós-emergência no controle de plantas daninhas e na produção de mandioquinha-salsa na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Oratórios (MG, de maio a dezembro de 2002. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados com quatro repetições e 15 tratamentos incluindo duas testemunhas, com e sem capina. Em cada tratamento, foi usado um herbicida em pré e outro em pós-emergência das plantas, aplicados aos três e aos 45 dias após o plantio (DAP respectivamente. A eficiência de controle e a toxidez dos herbicidas foram avaliadas aos 60 DAP e a produção de matéria seca de plantas daninhas aos 60 e 130 DAP. Na colheita, avaliou-se produção de raízes, coroa e parte aérea. A emergência de plantas foi máxima aos 45 DAP e, posteriormente, houve redução no estande, quando se utilizaram os herbicidas atrazine + óleo mineral e oxadiazon, em pós-emergência. Esses herbicidas, apesar de eficientes no controle de plantas daninhas, causaram toxidez à cultura. Na produção de raízes, destacaram-se os tratamentos: atrazine +fluazifop-p-butil; diuron + fluazifop-p-butil; diuron + Oxadiazon; linuron + fluazifop-p-butil; metolachlor + metribuzin + linuron e oxadiazon + diuron, com bom controle de plantas daninhas e rendimentos de raízes comerciais semelhantes ao da testemunha mantida no limpo (8,62 t ha-1.The efficiency of herbicides applied in pre- and post-emergence for weed control in Peruvian carrot production was evaluated at the EPAMIG Experimental Farm, Oratórios, Minas Gerais State, from May to December, 2002. The experiment was arranged in a randomized block design, with four replications and 15 treatments, including two controls (with and without weeding. Pre- and post-emergence herbicides were used in each treatment applied at 3 and 45 days after planting (DAP, respectively. Efficiency and toxicity were evaluated at 60 DAP and weed dry matter yield at 60 and 130 DAP. At

  15. WEED CONTROL IN GENETICALLY MODIFIED GLYPHOSATE-TOLERANT SOYBEAN MANEJO DE PLANTAS DANINHAS EM SOJA GENETICAMENTE MODIFICADA TOLERANTE AO GLYPHOSATE

    Júlio Cezar Durigan

    2011-04-01

    convencionais, exigem, além do controle químico, a adoção de outras estratégias de manejo de plantas daninhas. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o controle químico de plantas daninhas, em soja geneticamente modificada (transgênica tolerante ao herbicida glyphosate associado a coberturas vegetais, na entressafra. O experimento foi instalado em área experimental da FCAV/Unesp, Jaboticabal (SP. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas, foram avaliadas as coberturas vegetais de Brachiaria brizantha (braquiarão cv. Marandu, Pennisetum americanum (milheto forrageiro cv. BN2 e vegetação espontânea, e, nas subparcelas, os herbicidas glyphosate, chlorimuron - ethyl + lactofen em mistura e fluazifop-p-butyl em aplicação sequencial, além de duas testemunhas sem aplicação. A cobertura com braquiarão contribuiu para o controle químico, exercendo supressão das plantas daninhas. A aplicação única de 720 g e.a. ha-1 de glyphosate, independentemente da cobertura vegetal utilizada na entressafra, foi suficiente para o controle adequado de Acanthospermum hispidum, Alternanthera tenella, Amaranthus sp., Bidens pilosa, Xanthium strumarium, Cenchrus echinatus, Digitaria sp. e Eleusine indica, com resultados similares ao tratamento (chlorimuron-ethyl + lactofen + fluazifop-p-buthyl. Comparados à testemunha capinada, os herbicidas testados não afetaram a altura das plantas, massa seca da parte aérea, massa de 100 grãos e a produtividade de grãos. As plantas de soja crescidas sobre os resíduos vegetais de braquiarão e milheto forrageiro apresentaram maior altura, porém, nenhuma outra característica avaliada na cultura foi influenciada pelas coberturas.

    PALAVRAS-CHAVE: Brachiaria brizantha; Pennisetum americanum; plantio direto

  16. Cover crop management in the weed control and productive performance in cornManejo de plantas de cobertura no controle de plantas daninhas e desempenho produtivo da cultura do milho

    Pedro Valério Dutra de Moraes

    2013-05-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar espécies vegetais com potencial alelopático, associados às práticas de manejo e ao uso de herbicida nicosulfuron, no controle de plantas daninhas e nos componentes de produtividade da cultura do milho. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. O experimento foi composto por três fatores: espécies de cobertura, manejo das coberturas e aplicação ou não de herbicida nicosulfuron em pós-emergência. As variáveis avaliadas foram: número de plantas daninhas, número de fileiras de grãos, número de grãos por fileira, número de grãos por espiga e produtividade de grãos de milho. A cobertura de azevém, em geral, reduz o número de plantas daninhas emergidas e favorece o desempenho produtivo do milho. O manejo das plantas de cobertura com roçada e retirada da palha reduz a produtividade do milho. A maior produtividade do milho, foi observada com a aplicação de nicosulfuron em pós-emergência, independente da cultura de cobertura ou do manejo adotado. The objective of the study was evaluate the allelopathy of cover species, associated to management practices and use of nicosulfuron herbicide on the productive performance of corn. The experimental design consisted of complete randomized block with four replications. The treatments were: cover species, cover management and application or not of post-emergence herbicide. The variables evaluated were: number of weeds, number of rows kernels, number of kernels rows, number of kernels ear and grain yield of corn. Lolium multiflorum, reduced the number of emerged weeds and provides the best results in productive performance. The management simulated grazing, does not favor the yield of corn. The application of nicosulfuron in post-emergence, along with the allelopathic activity increases the productive performance of corn, regardless of cover crop or soil management.

  17. Controle de plantas daninhas em milho em função de quantidades de palha de nabo forrageiro Weed control in corn as a function of amount of turnip crop residue

    M.A. Rizzardi

    2006-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este experimento avaliar a influência da quantidade de palha de nabo forrageiro (Raphanus sativus var. oleiferus no controle de plantas daninhas em milho. O delineamento experimental foi o de parcelas subdivididas, em blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos constaram das quantidades de 0, 6 e 9 t ha-1 de palha de nabo forrageiro, além do pousio, dispostas na parcela principal e, ainda, de seis momentos de controle de plantas daninhas (milho com 1, 2, 4, 5, 6 e 7 folhas, mais duas testemunhas (sem a presença de plantas daninhas e sem o controle destas, dispostos nas subparcelas. Houve interação de quantidades de palha e momentos de controle em relação ao grau de controle de plantas daninhas; o melhor momento ocorreu entre os estádios de duas a quatro folhas do milho. Na ausência de controle químico, o rendimento de grãos de milho foi superior no tratamento com 9 t ha-1 de palha de nabo forrageiro. O controle químico não proporcionou aumento significativo no rendimento de grãos do milho quando a quantidade de palha de nabo forrageiro foi de 9 t ha-1.The objective of this study was to evaluate the effect of the amount of turnip (Raphanus sativus var. oleiferus crop residue on weed control in corn. The experimental design was a split-plot, in randomized blocks, with four replications. The treatments tested were 0, 6, and 9 t ha-1 of turnip crop residues, fallow period (the amount of residues was equivalent to the amount of natural vegetation residues, arranged as main plots, and six weed control periods (corn plants with 1, 2, 4, 5, 6, and 7 developed leaves, besides two controls (one without weeds and another without weed control, arranged as subplots. Interactions occurred between residue amounts and control periods in relation to the degree of weed control. The best control period was achieved when the corn plants presented from 2 to 4 developed leaves. Corn grain yield was higher in the control

  18. Efeito de períodos de controle de plantas daninhas sobre o desenvolvimento inicial de plantas de eucalipto Effects of weed control periods on initial growth and development of eucalypt

    R.E.B. Toledo

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos dos períodos de convivência e de controle de Brachiaria decumbens sobre o desenvolvimento inicial de clones de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla. Para isso, um ensaio foi conduzido, no município de Três Lagoas-MS, no período de janeiro a dezembro de 1997. Os tratamentos experimentais consistiram de diferentes épocas e períodos de convivência das plantas daninhas na cultura do eucalipto. As épocas foram divididas em dois grupos. No primeiro, a convivência se iniciava no transplante das mudas e era estendida até 28, 56, 84, 112, 140, 168, 224, 252 e 364 dias após. No segundo grupo, a convivência se iniciava aos 0, 28, 56, 84, 112, 140, 168, 224 e 252 dias após o transplante e era estendida até o final de um ano. As principais plantas daninhas que ocorreram na área experimental foram Brachiaria decumbens e Spermacocea latifola. As plantas jovens de eucalipto foram bastante suscetíveis à interferência das plantas daninhas, apresentando um período anterior à interferência inferior a 14-28 dias. Para assegurar o desenvolvimento da cultura, o período total de prevenção à interferência foi de 140 dias, e o período crítico de prevenção à interferência, de 14-28 a 140 dias após o transplante, considerando o índice de 5% de redução em diâmetro.A field trial was carried out in Três Lagoas-MS, Brazil, from January to December of 1997, to study the effects of control and coexistence period of Brachiaria decumbens on the growth of Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla clones. The experimental design was a complete randomized block design, with four replications. The treatments consisted of different periods of weed-eucalypt association. The periods were divided in two groups. In the first one, the weed-eucalypt coexistence initiated during the eucalypt transplanting, continuing up to 28, 56, 112, 140, 168, 224, 252 and 364 days after it. In the second group, the

  19. Interferência de plantas daninhas na cultura da cenoura (Daucus carota Weed interference on carrot crop (Daucus carota

    M Coelho

    2009-12-01

    Full Text Available A cenoura é uma importante hortaliça no Brasil, cuja produtividade pode ser muito reduzida devido à interferência de plantas daninhas. O objetivo desta pesquisa foi avaliar efeitos de períodos de convivência das plantas daninhas na produtividade da cenoura cultivar "Brasília" e na comunidade de plantas daninhas. Os tratamentos foram constituídos de períodos crescentes de convivência ou controle das plantas daninhas. A comunidade de plantas daninhas foi avaliada quanto a número de indivíduos, matéria seca acumulada e frequência de ocorrência das espécies, e a cultura, quanto à produtividade comercial. As principais plantas daninhas foram Ageratum conyzoides, Digitaria nuda, Eleusine indica e Lepidium virginicum. A presença da comunidade de plantas daninhas durante todo o ciclo da cultura pode acarretar perdas de 94% na produtividade, evidenciando alta suscetibilidade da cenoura à interferência das plantas daninhas. Contudo, não houve período crítico de prevenção à interferência, e um único controle das plantas daninhas, entre 22 e 31 dias após a semeadura, foi suficiente para garantir a produção da cultura.Carrot is an important horticultural crop in Brazil, and its productivity may be highly reduced due to weed interference. This study evaluated the effects of weed coexistence periods on carrot cultivar 'Brasilia' yield and on the weed community. The treatments were constituted of increasing weed coexistence periods or weed-free periods. The weed community was evaluated based on number of individuals, dry matter accumulation, and frequency of occurrence; while the crop was evaluated based on marketable productivity. The main weeds were Ageratum conyzoides, Digitaria nuda, Eleusine indica, and Lepidium virginicum. The presence of the weed community throughout the crop season can cause yield losses of 94%, showing high susceptibility of the carrot crop to weed interference. However, there was no critical period for

  20. Controle de plantas daninhas na produção de mudas de plantas ornamentais Weed control in ornamental plant seedling production

    F.C.L. Freitas

    2007-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia do oxyfluorfen no controle da brilhantina (Pilea microphylla na produção de mudas de plantas ornamentais. Foram conduzidos dois experimentos, no delineamento de blocos ao acaso, no esquema fatorial 3 x 7, com três repetições. Um dos experimentos foi constituído por mudas de três espécies de plantas ornamentais - copo-de-leite (Zantedeschia aethiopica, estrelítzia (Strelitzia reginae e palmeira-australiana (Archontophoenix cunninghamiana - e sete doses de oxyfluorfen (0, 24, 72, 144, 216, 288 e 360 g ha-1 pulverizadas em área total, e o outro, pelas mesmas espécies e sete concentrações de oxyfluorfen (0,00000 0,00036, 0,00072, 0,00144, 0,00288, 0,00576, e 0,01152% do i.a., aplicadas em pulverização dirigida à brilhantina, sem atingir as folhas das mudas de plantas ornamentais. Cada unidade experimental foi constituída de um vaso com uma muda de planta ornamental, infestado com brilhantina. Aos 15, 30 e 60 dias após aplicação do herbicida (DAA, foram realizadas avaliações visuais de toxidez nas plantas ornamentais e controle de brilhantina. Para aplicação em área total, os vasos com plantas de palmeira-real-australiana demandaram doses mais elevadas do herbicida, devido à maior área foliar desta espécie por ocasião da aplicação, promovendo o "efeito-guarda-chuva". Ainda nessa modalidade de aplicação, verificaram-se sintomas de intoxicação, considerados leves, nas mudas de plantas ornamentais, porém mais evidentes nas plantas de palmeira-australiana. Em aplicação dirigida, não houve interação entre fatores, espécie e concentração do herbicida, nem diferença no comportamento do herbicida entre as espécies para as características avaliadas. Não se observou intoxicação nas plantas ornamentais em nenhum dos tratamentos avaliados, na aplicação dirigida. Verificou-se controle eficiente de brilhantina, acima de 90%, a partir das doses de 300, 320 e 340

  1. Controle de plantas daninhas na cultura do milho (Zea mays L. por meio de herbicidas Weed control in maize (Zea mays L. with herbicides

    C. A. L. dos Santos

    1979-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de se verificar a ação do butylate, aplicado isoladamente e em mistura com atrazine, no controle de plantas daninhas da cultura do milho, foi instalado um experimento de campo em solo fino areno-argiloso. Foram utilizados os seguintes tratamentos: butylate a 2,80; 3,60 e 4,32 kg/ha (p.p.i.; butylate + atrazine a 3,24 + 0,80; 3,24 + 1,20 e 3,60 + 0,96 kg/ha (p.p.i.; atrazine a 3,00 kg/ha e atrazine + metolachlor a 1,40 + 2,10 kg/ha, ambos aplicados em pré-emergência e empregados como herbicidas padrão para a cultura. As plantas daninhas encontradas foram: tiririca - Cyperus rotundus L., carurú comum - .:maranthus viridis L., capim de colchão - Digitaria sanguinalis (L. Scop. e capim pé-de-galinha Eleusine indica (L. Gaertn. Butylate nas três doses apresentou-se bem contra C. rotundus e E. indica; nas doses de 3,60 e 4,32 kg foram obtidos bons resultados sobre D. sanguinalis. Butylate + atrazine controlou, nas três doses, todas as espécies incidentes, o mesmo ocorrendo com a mistura atrazine + metolachlor. Atrazine foi mais eficiente para A. viridis e E. indica. Nas condições em que foi conduzido o experimento nenhum dos herbicidas foi prejudicial para a cultura.Butylate at 2.80; 3.60 and 4.32 kg/ha and butylate + atrazine at. 3.24 + 0.80; 3.24 + 1.20 and 3.60 + 0.96 kg, were applied in preplant incorporated; atrazine at 3.00 kg and atrazine + metolachlor at 1.40 + 2.10 kg were applied in preemergence on corn. The weeds were represented by Cyperus rotundus L., Amaranthus viridis L., Digitaria sanguinalis (L. Scop. and Eleusine indica (L. Gaertn. Butylate + atrazine, in all rates, atrazine + metolachlor and atrazine gave good control of the weeds in general. Butylate, in the three rates, controlled C. rotundus and E. indica; at 3.60 and 4.32 kg/ha controlled well D. sanguinalis. The herbicides did not cause injuries to the crop.

  2. Leguminosa no controle integrado de plantas daninhas para aumentar a produtividade da laranja-'Pêra' Legume plants in the integrated weeds control to improve orange 'Pera' yield

    JOSÉ EDUARDO B. DE CARVALHO

    2002-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a produtividade da laranja-'Pêra', em dois ecossistemas, considerando dois diferentes manejos de solo para o controle integrado de plantas daninhas. O experimento foi instalado nos municípios de Rio Real e Conceição do Almeida, Bahia, no período de 1994 a 1999, em área total de 6000 m², em cada local. O manejo utilizado pelo produtor constou de três capinas manuais nas linhas de plantio e três gradagens nas entrelinhas, enquanto o manejo proposto utilizou como cobertura vegetal o feijão-de-porco (Canavalia ensiformes L., nas entrelinhas do pomar, associado a uma subsolagem. O controle químico das plantas daninhas nas linhas do pomar foi realizado duas vezes ao ano com glifosate. O manejo proposto apresentou melhores resultados em relação ao manejo do produtor nos dois municípios para todos os parâmetros analisados: peso do fruto, número de frutos por planta e produtividade. Em Conceição do Almeida, o sistema proposto foi 56,8% mais produtivo que o do produtor e, em Rio Real, 64,9%.Aimed to evaluate the productivity of sweet orange "Pera" grown considering two different ecosystems and under two soil management systems to control weeds. This work was carried out at the cities of Rio Real and Conceição de Almeida, Bahia State, during the period from 1994 to 1999. The soil management used by the farmer comprised three hoeings within planting lines and three harrowings between the planting lines. The new soil management proposed used a green cover of pig beans (Canavalia ensiformes, L. between the planting lines along with subsoiling, associated with a chemical control of the weeds by Gliphosate, on the planting lines, twice a year. The soil management proposed yielded better results than the farmer soil management at both ecosystems for fruit weight of fruit, number, and plant productivity. At Conceição do Almeida and Rio Real the proposed soil management was 56,8% and 64,9%, respectively, superior than the

  3. Plantas de cobertura no controle de plantas daninhas na cultura do tomate em plantio direto Cover crops used to control weeds under the no-tillage tomato production system

    A.C. Silva Hirata

    2009-01-01

    Full Text Available O plantio direto do tomateiro é um sistema que busca maior sustentabilidade, porém são escassas as informações sobre o manejo de plantas daninhas nessa nova modalidade de cultivo. O objetivo deste trabalho foi avaliar cinco tipos de cobertura do solo (Brachiaria decumbens, B. ruziziensis, Pennisetum glaucum, comunidade infestante e tratamento sem cobertura vegetal para plantio direto do tomateiro rasteiro, conduzido no sistema meia estaca, em complementação ao controle químico com herbicidas. P. glaucum foi a espécie que proporcionou maior cobertura do solo até a colheita do tomate; todavia, a taxa de decomposição da palha foi maior que a das demais coberturas. As coberturas de solo compostas pelas gramíneas forrageiras B. decumbens, B. ruziziensis e Pennisetum glaucum reduziram a densidade e a massa seca das plantas daninhas. O uso da comunidade infestante para obtenção de palha promoveu reduzida cobertura do solo e elevada emergência de plantas daninhas, semelhantes às do solo sem cobertura. B. decumbens apresentou rebrota durante o ciclo do tomateiro, o que não ocorreu com B. ruziziensis.Tomato no tillage system is a more sustainable system. However, information about weed management in this new cultivation modality is scarce. The objective of this work was to evaluate five vegetation covers (Brachiaria decumbens, B. ruziziensis, Pennisetum glaucum, community weed and the treatment without vegetable covering for no tillage system of the staked processing tomato crop combined with weed chemical control. P. glaucum provided the most soil cover to the tomato crop, although straw decomposition rate was higher than those of the other covers. The soil cover by the forage grasses B. decumbens, B. ruziziensis and Pennisetum glaucum reduced the density and dry mass of the weeds. The use of the community weeds for straw obtaining promoted reduced covering of the soil and larger emergency of weeds, similar to the treatment without

  4. Controle de plantas daninhas na cultura da soja através do herbicida acetochlor em sistemas de semeadura direta e preparo convencional Weed control in soybean crop using the herbicide acetochlor under direct seeding and conventional system

    M.V.W. Ferri

    2002-08-01

    Full Text Available O manejo do solo altera a bioatividade dos herbicidas residuais e influi na persistência, na eficácia de controle das plantas daninhas e na fitotoxicidade para as culturas. Um experimento foi conduzido na Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com objetivo de avaliar a eficácia de controle das plantas daninhas pelo herbicida acetochlor aplicado em solo Argissolo Vermelho sob semeadura direta e preparo convencional. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com quatro repetições em parcelas subsubdivididas. O acetochlor foi utilizado nas doses de 0, 1.680, 2.520, 3.360 e 4.200 g ha¹. Foi avaliado o controle das plantas daninhas aos 15, 30 e 45 dias após aplicação do acetochlor (DAT. Foram avaliados também a injúria na cultura da soja aos 14, 21 e 28 DAT e a matéria seca das plantas daninhas aos 40 e 60 DAT. O herbicida acetochlor foi mais eficiente no controle das plantas daninhas no solo sob preparo convencional que sob semeadura direta. A produção de matéria seca dessas plantas foi menor no preparo convencional comparado à semeadura direta. Não ocorreu injúria à cultura da soja.Soil management affects herbicide bioactivity and changes persistence, weed control and crop selectivity. An experiment was carried out at the Federal University of Rio Grande do Sul - Brazil, to evaluate the efficacy of the herbicide acetochlor in controling weeds in a Paleudult soil under direct seeding and conventional system. The following treatments were tested: acetochlor at 0, 1,680, 2,520, 3,360 and 4,200 g ha-1, applied under tillage and no-till systems. Assessments included crop injury at 14, 21 and 28 days after acetochlor aplication, weed dry matter at 40 and 60 days after herbicide aplication and weed control at 15, 30 and 45 days after acetochlor aplication. Acetochlor was more efficient under conventional than direct seeding system. Weed dry biomass was lower under conventional than direct

  5. Manejo de plantas daninhas na cultura da mandioca Weed management in cassava

    D.V. Silva

    2012-12-01

    Full Text Available A mandioca (Manihot esculenta é cultivada em vários países, sendo de grande importância como fonte de energia para alimentação humana e animal e na geração de empregos e renda. No Brasil, apesar de essa cultura apresentar alto potencial produtivo - em alguns estudos alcançando valores superiores a 100 t ha-1 de raízes - , a produtividade nacional é baixa, atribuída em grande parte ao manejo inadequado das plantas daninhas. A interferência dessas plantas resulta em competição pelos recursos essenciais, como nutrientes, água e luz. Além disso, o controle realizado de maneira incorreta das plantas daninhas nos mandiocais dificulta outros tratos culturais e aumenta os custos de produção. Nesta revisão são abordados os aspectos relativos ao manejo das plantas daninhas na cultura, descrevendo, de forma detalhada, os principais componentes de interferência. Discute-se, em várias situações, o período crítico de competição. Por fim, são apresentados os principais métodos de controle visando à utilização do manejo integrado como forma sustentável do controle de plantas daninhas nessa cultura.Cassava (Manihot esculenta is grown in many countries, being of great importance as an energy source for food, generating jobs and income. Although this crop has been proved to have high yield potential in some studies, reaching values above 100 t ha-1 roots, its national productivity in Brazil is low, being largely attributed to inadequate weed management. The interference of weeds results in competition for essential resources, such as nutrients, water, and light. In addition, incorrectly performed control of weeds in cassava can complicate management and increase production costs. In this review, aspects related to weed management in the culture are described, detailing the main components of interference. The critical period of competition, in many situations, is also discussed. Finally, the main methods of control aimed at the

  6. Eficácia de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da cebola em semeadura direta Efficacy of herbicides on weed control in onion direct sowing

    Lino R. Ferreira

    1999-04-01

    Full Text Available As plantas de cebola provenientes da semeadura direta no campo são mais danificadas pelo cultivo mecânico e são mais sensíveis aos herbicidas, principalmente os latifolicidas, do que quando transplantadas. Com o objetivo de avaliar a eficácia dos herbicidas oxyfluorfen, ioxynil-octanoato e fluazifop-p-butil, aplicados em pós-emergência, isoladamente ou em mistura no tanque, com ou sem aplicação de paraquat, antes da emergência das plantas de cebola, conduziu-se este trabalho no município de Monte Alto, SP. Nenhum dos herbicidas aplicados isoladamente foi eficiente no controle de todas as espécies daninhas presentes na área experimental. As misturas no tanque de fluazifop-p-butil com oxyfluorfen ou ioxynil-octanoato, independente da aplicação ou não de paraquat aos cinco dias após a semeadura, controlaram eficientemente Portulaca oleracea, Amaranthus lividus, Echinochloa crusgalli, Eragrostis pilosa, Digitaria horizontalis, Eleusine indica e Brachiaria plantaginea, com produção de bulbos semelhante à da testemunha capinada.Onion plants, from direct sowing to the field, are more damaged by mechanical cultivation and more sensitive to herbicides, especially to broadleaf herbicides, than transplanted onions. With the purpose of evaluating the efficacy of the herbicides oxyfluorfen, ioxynyl-octanoato and fluazifop-p-butyl, applied in post-emergence, alone or tank mix, with or without paraquat application, before onion plants emergence, this investigation was carried out at Monte Alto County, São Paulo State, Brazil. None of the herbicides sprayed alone were efficient in the control of all the weeds present in the experimental area. The tank mix of fluazifop-p-butyl plus oxyfluorfen or ioxynyl-octanoato, regardless of paraquat application, at five days after sowing, controlled efficiently Portulaca oleracea, Amaranthus lividus, Echinoclhoa crusgalli, Eragrostis pilosa, Digitaria horizontalis, Eleusine indica and Brachiaria

  7. Controle de plantas daninhas em soja com doses reduzidas de herbicidas Soybean weed control with reduced rates of herbicides

    Nilson G. Fleck

    1995-01-01

    Full Text Available doses reduzidas dos herbicidas haloxyfop-methyl e sethoxydim para controlar papuã [Brachiaria plantaginea (Link Hitchc.] na cultura da soja [Glycine max (L. Merrill. Haloxyfop-methyl foi testado nas doses de 120, 90, 60 e 30+30 g/ha; já sethoxydim o foi nas doses de 220, 165, 110 e 55+55 g/ha. A pulverização dos herbicidas ocorreu 15 dias após a semeadura da soja; nesta ocasião, a maioria das plantas de papuã encontravam-se no estádio de três a quatro folhas. Os tratamentos herbicidas com doses reduzidas em aplicações seqüenciais, tiveram a segunda pulverização realizada 11 dias após a primeira aplicação. Foi obtido controle ao redor de 95% para todos os tratamentos, com pequenas variações não significativas. O rendimento de grãos de soja foi equivalente entre a testemunha capinada e os tratamentos haloxyfop-methyl a 90 e 60 g/ha, sethoxydim a 220, 110 e 55+55 g/ha. Os demais tratamentos foram semelhantes entre si, superando a testemunha infestada, a qual apresentou o menor rendimento de grãos. Os resultados evidenciam a viabilidade da utilização de doses reduzidas, as quais podem alcançar patamares de produtividade tão elevados quanto aqueles obtidos com doses plenas.During the 1993/94 growing season, it was carried out a field experiment at the Agronomic Experimental Station of Federal University of Rio Grande do Sul, in Eldorado do Sul, RS, Brazil, in order to evaluate the possibility of using reduced rates of the herbicides haloxyfop-methyl and sethoxydim for Alexandergrass [Brachiaria plafitaginea (Link Hitchc.] control in soybeans. Haloxyfop-methyl was tested at 120, 90, 60, and 30+30 g/ha, where as sethoxydim was at rates, of 220, 165, 110, and 55+55 g/ha. Herbicide spraying occurred 15 days after soybean sowing; at this time Alexandergrass plants ranged from one leaf to one tiller. Herbicide treatments using reduced rates in sequential applications had the second spraying accomplished 11 days after the first one

  8. Resistência de plantas daninhas aos herbicidas Weed resistance to herbicides

    Pedro J. Christoffoleti

    1994-01-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas ocorre em função de um processo evolutivo. O desenvolvimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é imposto pela agricultura moderna, através da pressão de seleção causada pelo uso intensivo dos herbicidas. O conhecimento dos mecanismos e fatores que favorecem o aparecimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é fundamental para que técnicas de manejo sejam utilizadas no sentido de evitar ou retardar o aparecimento de plantas resistentes em uma área. São poucos os relatos ou citações de literatura no Brasil. Sendo assim, este trabalho de revisão procura relatar os principais avanços e descobertas na área de plantas daninhas resistentes aos herbicidas.Weed herbicide resistance has evolved from weed evolution. The modern agriculture is responsible for this evolution because of the intensive use of herbicides. The knowledge of mechanisms and factors that influence the weed herbicide resistance play an important role in the weed manegement techniques used to avoid or delay herbicide resistance appearence. There are not many report or scientific papers about herbi cide resistance in Brasil. Therefore, this literature review aims to provide information about the main advances and discoveries in the field of weed herbicide resistance.

  9. Pendimethalin aplicado à casca de arroz e serragem para o controle de plantas daninhas em Ixora chinensis Lam. Pendimethalin applied on rice husks and sawdust for weed control on Ixora chinensis Lam

    André Luis Seixas

    2011-08-01

    Full Text Available A aplicação de herbicidas residuais à coberturas mortas pode aumentar a eficiência desses materiais no manejo da comunidade infestante. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a possibilidade de aplicação do pendimethalin à casca de arroz e à serragem para o controle de plantas daninhas em Ixora chinensis. Dois experimentos foram conduzidos aplicando-se o pendimethalin às coberturas mortas através de embebição e pulverização do herbicida, variando-se também a quantidade de cobertura utilizada. As espécies de plantas daninhas que ocorreram com maior frequência foram Alternanthera tenella, Blainvillea rhomboidea, Cenchrus echinatus e Commelina benghalensis. Há possibilidade de aplicação do herbicida pendimethalin à palha de arroz ou à serragem para controle de plantas daninhas em I. chinensis, principalmente quando ocorrem chuvas regulares e bem distribuídas. Há evidências de que a embebição da cobertura morta no herbicida seja um pouco mais eficiente no controle das plantas daninhas que a sua pulverização sobre a cobertura. Possivelmente, a quantidade de cobertura morta utilizada influencia na eficiência de controle, apesar deste fato não ter ficado claro neste trabalho.Applying herbicides at mulches may increase the efficiency of these materials for weed management. The objective of this research was to evaluate the possibility of pendimethalin applied on rice husks and sawdust for weed control on Ixora chinensis. In two field trials, pendimethalin was applied to the mulches through imbibition and spraying herbicide, also varying the amount of mulches. Higher frequent weeds were Alternanthera tenella, Blainvillea rhomboidea, Cenchrus echinatus and Commelina benghalensis. There are possibility of pendimethalin application on rice husks or sawdust for controlling weeds in I. chinensis mainly when regular and well-distributed rainfalls occur. There are evidences that the imbibition of these mulches to the herbicide

  10. Interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo Weed interference in okra crop

    J.B. Santos

    2010-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do quiabo (Abelmoschus esculentus na região do Médio Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. O experimento foi conduzido em campo, entre maio e outubro de 2007. Utilizaram-se sementes do quiabo Santa Cruz-47, semeadas no espaçamento de 0,25 x 1 m. Foram estabelecidos diferentes períodos de controle das plantas daninhas na cultura, variando entre zero e 120 dias após a emergência (DAE. Foram avaliados 12 tratamentos, correspondendo a diferentes períodos de controle das plantas daninhas na cultura: capina após a emergência a partir dos 20, 40, 60, 80 e 100 dias; capina após a emergência até os 20, 40, 60, 80 e 100 dias; além de duas testemunhas com capina, ou não capinadas, ambas por 120 dias. Determinou-se o número de frutos por planta e o rendimento (produtividade, bem como os valores em dias para período anterior à interferência (PAI, período crítico de prevenção da interferência (PCPI e período total de prevenção da interferência (PTPI, considerando 5% de perdas. A partir das espécies encontradas na área experimental, avaliou-se também, em vasos, isoladamente ou em competição com o quiabeiro, a capacidade competitiva das principais plantas daninhas. Com base nos resultados, verificou-se que o PAI estimado foi de 25 DAE, indicando a época de início das capinas. Para o PCPI, o período observado foi de 75 dias, indicando PTPI de 100 DAE. Entre as plantas daninhas presentes, Eleusine indica apresentou maior capacidade competitiva sobre a cultura.An experiment was carried out under field conditions in Médio Vale do Rio Doce-MG, from May to October, 2007, to establish periods of weed interference in Abelmoschus esculentus crop. 'Santa Cruz-47' seeds were sown in a 0.25 x 1.0 m spacing, and weed control times varied from 0 to 120 days after emergence (DAE. Number of fruit per plant and yield as well as values in days

  11. Controle de plantas daninhas com herbicidas na cultura do feijão (Phaseolus vulgaris L. Weed control in beans (Phaseolus vulgaris L. with herbicides

    L.S.P. Cruz

    1981-12-01

    Full Text Available Foi realizada uma pesquisa em 1970, para se conhecer os efeitos de três herbicidas aplicados em pré-plantio incorporado (EPTC a 3,60 kg/ha, nitralin e trifluralin a 0,76 kg/ha e de um em pré-emergência (fluorodifen a 3,00 kg/ha na cultura de feijão comparados com uma testemunha sem herbicida. As duas gramíneas presentes no ensaio, Eleusine indica (L. Gaertn. e Digitaria sanguinalis (L. Scop. foram eficientemente controladas por todos os herbicidas, com indices de controle superiores a 87,00%, em contagem de plantas daninhas realizada 29 dias após a aplicação dos herbicidas. Dentre as dicotiledóneas presentes, Amaranthus viridis L. também foi eficientemente controlado por todos os herbicidas, com indices de controle superiores a 92,00%. Ageratum conyzoides L. foi eficientemente controlado por fluorodifen (91,60% e regularmente por EPTC (78,99% e por nitralin (79,83%. Trifluralin não foi eficiente contra A. conyzoides L. Nenhum dos herbicidas testados controlou Ipomoea sp e Chenopodium ambrosioides L., também presentes no experimento. EPTC e nitralin apresentaram as menores porcentagens de infestação geral de plantas daninhas, tendo, aos 51 dias da aplicação dos produtos, quando suas parcelas foram capinadas mecanicamente, 8,00 e 17,00% de infestação, respectivamente. Trifluralin e fluorodifen precisaram de limpeza aos 42 dias da aplicação, e a testemunha já aos 29 dias, pois apresentavam parcelas com 25,00%, ou mais, de infestação, naquelas épocas. Os herbicidas experimentados não foram prejudiciais à germinação e ao desenvolvimento vegetativo dos feijoeiros, assim como à sua produção de grãos.The weed control with herbicides in beans crop was studied during 1970 year, in Campinas-SP, on a sandy-loam soil. The treatments employed were EPTC at 3.60 kg/ha, nitralin and trifluralin at 0.76 kg/ha, all applied in preplant i •porated; fluorodifen in preemergence at 3.00 kg/ha and a hoed check. Among the weeds

  12. Adensamento da beterraba no manejo de plantas daninhas Increased beet density in weed management

    L.B. Carvalho

    2008-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do adensamento da semeadura na capacidade de supressão da cultura da beterraba sobre a comunidade infestante. Os tratamentos constituíram-se de 12 períodos semanais crescentes de convivência e controle das plantas daninhas, a partir da segunda semana após a semeadura, submetidos a duas densidades populacionais da cultura (40 e 50 plantas m-2. Avaliou-se o acúmulo de massa seca pelas plantas daninhas em cada período e a estimativa da época e extensão dos períodos críticos de interferência das plantas daninhas em função da produtividade comercial da cultura. Observou-se menor acúmulo de massa seca pelas plantas daninhas quando a cultura foi adensada, sendo a diferença média no acúmulo de 17 e 30% para períodos de convivência e controle, respectivamente. O período crítico de prevenção à interferência foi menor na cultura adensada (11 dias em relação à não-adensada (22 dias. O adensamento de semeadura da cultura da beterraba proporcionou aumento na capacidade de supressão da cultura sobre a comunidade infestante, afetando o crescimento e a época e extensão dos períodos críticos de interferência das plantas daninhas, podendo ser usado como ferramenta eficaz no manejo da flora invasora.The aim of this research was to evaluate the effect of increased beet density on the capacity of beet plants to suppress weeds. The treatments were twelve weedy and weed-free increased periods submitted to two beet plant densities (40 and 50 plants m-2. Extension of weed interference was one week and time evaluation started in the second week after sowing. Weed dry mass accumulation for each period and estimate of time and extension of weed interference critical periods based on beet marketable yield were evaluated. Less weed dry mass accumulation was observed for increased beet density. The average percent difference of weed dry mass accumulation between densities was 17 and 30% under

  13. Cultivos intercalares e controle de plantas daninhas em plantios de maracujá-amarelo Intercropping and weed control in yellow passion fruit orchard

    Adelise de Almeida Lima

    2002-12-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar cultivos intercalares e métodos integrados de controle de plantas daninhas em maracujá-amarelo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg. como fatores que viabilizem a sua produção e rentabilidade. O experimento foi instalado em maio de 1999, conduzido em espaldeira vertical com um fio de arame a 2,0m do solo, no espaçamento de 2,5m x 5,0m, em blocos casualizados, com seis tratamentos e quatro repetições, sendo T1: milho (Zea mays L. - BR 106 como cultura intercalar; T2: feijão (Phaseolus vulgaris L. - cultivar Pérola como cultura intercalar; T3: feijão-de-porco nas entrelinhas e capina com enxada nas linhas; T4: feijão-de-porco nas entrelinhas e controle químico nas linhas (glifosate a 1,5 kg/ha; T5: planta daninha controlada quimicamente (em toda a parcela com alachlor a 2,8 kg/ha + diuron a 1,2 kg/ha em pré-emergência e glifosate a 1,5 kg/ha em pós-emergência; e T6: testemunha (capina com enxada em área total. Os dados analisados, no período de produção (maio de 1999 a abril de 2000, mostraram que não houve diferenças estatísticas entre os tratamentos para produtividade (indústria, peso médio, comprimento e diâmetro dos frutos, sólidos solúveis totais e acidez. Contudo, houve significância para produtividade total e in natura, com destaque para a utilização do feijão como cultura intercalar, com produtividade do maracujazeiro de 12,82 t/ha. Tanto o milho como o feijão podem ser recomendados como culturas intercalares no primeiro ano de cultivo do maracujá-amarelo. Os herbicidas aplicados em pré e pós-emergência foram economicamente viáveis e não mostraram efeito tóxico sobre as plantas de maracujá-amarelo.This work aimed identifying crops for intercropping and integrated methods for weed control in yellow passion fruit (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg. orchard, that will favor its production and profitability. The experiment was set up in May 1999, with the plants

  14. Seletividade do Clomazone no Manejo Químico de Plantas Daninhas da Cultura do Algodão LL(r)

    Arantes, J.G.Z.; Constantin, J.; Oliveira Jr., R.S.; Braz, G.B.P.; Takano, H.K.; Gemelli, A.; Oliveira Neto, A.M.; Brugnera, P.

    2015-01-01

    O amonio-glufosinate é um herbicida de amplo espectro de controle de plantas daninhas, porém não apresenta controle residual no solo, o que limita sua utilidade quando usado isoladamente na cultura do algodão, havendo a necessidade de combinar diferentes herbicidas em mais de uma modalidade de aplicação. O objetivo deste trabalho foi avaliar a seletividade de diferentes sistemas de controle químico de plantas daninhas contendo clomazone na cultura do algodão LL(r). As misturas triplas em pré-...

  15. Uso contínuo de herbicidas em citrus (Citrus sinensis (L Osbeck, I - efeitos no controle de plantas daninhas Continous use of herbicides in citros (Citrus sinensis (L. Osbeck. I - effects on weed control

    Ricardo Victoria Filho

    1991-01-01

    Full Text Available A presente pesquisa foi conduzida no município de Conchal - SP, Brasil, em um Latossolo Vermelho Amarelo com 1,75% de matéria orgânica, com o objetivo de verificar o efeito do uso continuo dos principais herbicidas, no controle de plantas daninhas em um pomar de laranja 'Pera' (Citrus sinensis (L. Osbeck, enxertada sobre limão cravo (Citrus limonia Osbeck. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com 12 parâmetros e 4 repetições. Os tratamentos utiliza dos com as respectiva s dose s do i.a. em kg/ha foram: terbacil a 3,2; simazine a 4,0; ametryne + secbumetone a 4,5; dichlobenil a 5,0; diuron a 3,2; bromacil a 3,2; bromacil + diuron a 3,2; paraqua t a 0,6; glyphosate a 1,61 e MSMA a 1,77, além de uma testemunha que recebia uma capina anualmente e outra que era capinada sempre que a cobertura pelas plantas daninhas atingia 25% da área da parcela. O pomar foi plantado em maio/75 e a 14 aplicação foi realizada em outubro de 1977. As parcelas continham 4 plantas em uma área de 3,0 x 18,0 m (54 m2. A última foi realizada em 1986. O efeito dos tratamentos no controle das plantas daninhas foi avaliado pela contagem por espécie botânica, assim como por avaliações visuais. Todos os herbicidas utilizados apresentaram controle de aceitável a excelente, dependendo da composição específica das plantas daninhas, e aqueles cue apresentaram os melhores índices de controle das plantas daninhas, assim como efeitos residuais mais prolongados, foram bromacil + diuron, diuron, bromacil, ametryne + secbumetone e terbacil. herbicidas aplicados em pósemergência os melhores índices de controle foram obtidos com glyphosate e paraquat.The research reported in this paper was conducted at the Conchal county in Sao Paulo State, Brazil, in a Red Yellow Latosol with 1.75% of organic matter, with the objective of studyin g the effect of continuous use of selected herbicides on the weed control on a 'Pena' Citrus sinensis (L. Osbeck

  16. Seletividade e controle de plantas daninhas com oxyfluorfen e sulfentrazone na implantação de lavoura de café Weed selectivity and control with oxyfluorfen and sulfentrazone in young arabica coffee plantations

    C.E.O. Magalhães

    2012-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a seletividade do oxyfluorfen e do sulfentrazone e o controle de plantas daninhas em diferentes épocas após o transplantio das mudas de café no campo. Foram realizados três ensaios no delineamento experimental de blocos casualizados com dez tratamentos e quatro repetições. No ensaio 1, aos 30 dias após o transplantio (DAT e, no ensaio 2, aos 90 DAT, testaram-se duas doses de oxyfluorfen (0,36 e 0,72 kg i.a. ha-1 e de sulfentrazone (0,4 e 0,6 kg i.a. ha-1, em jato dirigido ao solo (com proteção das mudas e em área total. No ensaio 3, os mesmos herbicidas e doses foram aplicados, porém aos 300 DAT e apenas em aplicação dirigida, testando-se duas pontas de pulverização de diferentes potenciais de deriva. Em todos os ensaios, acrescentaram-se as testemunhas capinada e sem capina. A entrelinha foi manejada com roçada. Foram identificadas as espécies de plantas daninhas e suas densidades. A eficácia dos herbicidas e suas seletividades também foram avaliadas. A principal planta daninha que ocorreu na área experimental foi Brachiaria decumbens. Sintomas visuais de toxicidade foram observados apenas quando os herbicidas foram aplicados em área total (ensaios 1 e 2, independentemente da dose e época de aplicação. No ensaio 3, independentemente do herbicida, da dose e da ponta utilizada, não houve sintomas visuais de toxicidade, nem redução no crescimento das plantas, em função da aplicação dirigida. Em todas as épocas o controle de plantas daninhas foi eficiente, porém a seletividade só foi alcançada na aplicação dirigida, para ambos os herbicidas.This study aimed to evaluate oxyfluorfen and sulfentrazone selectivity and weed control in young coffee plantations (Coffea arabica cv. Red Catuaí. Three trials were conducted in a randomized complete block design, with 10 treatments and four replicates. In the first and second trials, at 30 and 90 days after transplanting (DAT

  17. Avaliação de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da soja Evaluation of herbicides in the control of weeds in the soybean crop

    A.C. De Barros

    1992-01-01

    Full Text Available Foi conduzido em Serranópolis, GO, um ensaio objetivando avaliar a eficiência e a seletividade de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da soja (Glycine max (L. Merril, utilizando-se os seguintes tratamentos: A 100 g/ha de imazethapyr (ácido 2-[4,5-dihidro-4-metil-4(1-metiletil-5-oxo-1H-imidazol-2-ilo]-5-etil-3-piridinacarboxilico + surfactante, a 0,25% v/v; B tratamento A e 15 dias após, 230 g/ha de sethoxydim (2-1-etoximino-butil-5-2(etiltio-propil-3-hidroxi-2-ciclohexeno-1-ona + óleo mineral, a 0,25% v/v; C 230 g/ha de sethoxydim + óleo mineral, a 0,25% v/v; D 480 + 200 + 230 g/ha de bentazon (3-isopropil-2,1,3-benzotiadiazinona-(4-2,2-dióxido + fomesafen (5-2-cloro-4-(trifluorometil-fenoxiN-metilsulfonil-2-nitrobenzamida + sethoxydim + óleo mineral, 0,25% v/v; E 150 g/ha de imazaquim (2-[4,5-dihidro-4-metil-4-(1-metiletil-5-oxo-1H-imidazol-2-ilo]-3-quinolinacarboxílico pré-e e 230 g/ha de sethoxydim + óleo mineral, 0,25% v/v; F 250 g/ha de fomesafen + 187 g/ha de fluazipop-p-butil (butil-(R-2-(4-(5-trifluorometil-2-piridiloxi-fenoxi-propionato + surfactante a 0,2% v/v; G 120 g/ha de imazethapyr + surfactante a 0,2% v/v; H testemunha capinada; I testemunha não capinada. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições. O capim-custódio (Pennisetum setosum (Swartz L. Rich foi eficientemente controlado por todos os tratamentos químicos, enquanto a falsa-serralha (Emilia sonchifolia DC. foi somente pelo tratamento D. O capim-carrapicho (Cenchrus echinatus L. por C, D, E e F. O joá-de-capote (Nicandra physaloides (L. Pers. por D.F. e G. Ocorreram injúrias iniciais às plantas de soja, nos tratamentos D, E. e F. As alturas de plantas e de inserção da primeira vagem, além do rendimento de grãos, não foram influenciados significativamente pelos herbicidas.An experiment was carried out in Serranópolis, State of Goiás, Brazil, aiming to evaluate herbicides efficiency in weeds control

  18. Controle de plantas daninhas na cultura do alho (Allium sativum L. através da combinação de herbicidas residuais com glyphosate

    M.H.T. Mascarenhas

    1980-12-01

    Full Text Available Em solo aluvião eutrófico de textura argilosa com 3,14% de matéria orgânica foram estudados os efeitos de herbicidas aplicadas em pré -emergência, quatro dias após o plantio, combinados com glyphosate aplicado em pós-emergência, 10 dias antes do preparo do solo. As plantas daninhas predominantes foram: Cyperus rotundus L.; Ageratum conysoides L.; Bidens pilosa L.; Cynodon dactylon (Li Pers., Emilia sagitata D.C. e Sonchus oleraceus L. Os herbicidas e as doses utilizadas foram: prometryne 2,00 e 0,96 kg do ingrediente ativo (i.a./ha; diuron 2,00 e 0,80 kg i.a./ha; nitralin 1,00 kg i.a./ha, fluorodifen 3,00 kg i.a./ha; linuron 2,00 kg i.a./ha; chloroxuron 4,00 kg i.a./ha; glyphosate 2,00 kg i.a./ha e bifenox 1,68 kg i.a./ha e as combinações destes herbicidas, nas mesmas doses, com o glyphosate (2,00 kg i.a./ha, mais uma testemunha capinada e outra sem capina. Prometryne, diuron, fluorodifen, chloroxuron, linuron e bifenox combinados com o glyphosate, nas doses empregadas foram eficientes no controle das plantas daninhas, não sendo fitotóxicos ao alho.The effects of pre-emergence herbicides applied four days after planting date, associated with glyphosate, which was applied post-emergence 10 days before plowing, were studied on a clay eutrophic alluvial soil with 3,14% organic matter. The predomina nt weeds were: Cyperus rotundus L.; Ageratum conysoides L.; Bidens pilosa L.; Cynodon dactylon (L. Pers., Emilia sagitata D.C. and Sonchus oleraceus L. The following herbicides and doses were used: prometryne 2,00 and 0,96 kg active ingredient (a.i./ha; diuron 2,00 and 0,80 kg a.i./ha; nitralin 1.00 kg a.i./ha; fluorodifen 3,00 kg a.i./ha; linuron 2,00 kg a.i./ha; chloroxuron 4,00 kg a.i./ha; glyphosate 2.00 kg a.i./ha; bifenox 1,68 kg a.i./ha, and all combinations between these herbicides with the same dose of glyphosate (2,00 kg a.i./ha. Two more treatments were added: an uncultivated and a manualy cultivated one. Prometryne, diuron

  19. Interferência de plantas daninhas no cultivo da melancia Weeds interference periods in watermelon crop

    Cleber Daniel de G Maciel

    2008-03-01

    Full Text Available A cultura da melancia é uma atividade explorada regionalmente, sendo uma das mais importantes fontes de renda familiar de pequenos municípios do médio Paranapanema, onde mudanças significativas no processo produtivo são atualmente constatadas, passando de mão-de-obra intensiva para uso de tecnologias promissoras, como é o caso do manejo de plantas daninhas. Um experimento foi conduzido no município de Oscar Bressani (SP, em área de produção comercial, com objetivo de estudar a interferência de plantas daninhas, no cultivo da melancia, na safra 2002/2003. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com dez tratamentos e quatro repetições, representadas por parcelas com área útil de 18 m², contendo quatro plantas de melancia e infestação prevalecente das espécies Sidaspp, Brachiaria humidicola, Commelina benghalensise Portulaca oleracea. A infestação das plantas daninhas foi estimada através de amostragens aleatórias das parcelas utilizando-se quadro vazado de ferro com 0,5 m de lado. Os tratamentos constaram de testemunhas capinadas e sem capina e diferentes épocas de controle da infestação, de forma que a cultura foi mantida na presença ou ausência das plantas daninhas até 7; 14; 28; 56 e 63 dias após a sua emergência (DAE. A ocorrência do período inicial de convivência possível maior que o período final estabeleceu o Período Crítico de Prevenção da Interferência do 9º ao 13º dias (PCPI= 9-13 DAE. A redução média da produtividade em função da interferência das plantas daninhas durante todo o ciclo da melancia foi de 41,4%. As características diâmetro e espessura da casca dos frutos também foram influenciadas pela convivência com a infestação durante todo o ciclo com decréscimos, de 7,9% e 23,3%, respectivamente, em média, ao contrário do comprimento e diâmetro de ramas e do ºBrix da polpa dos frutos, onde não foram constatadas diferenças significativas.Water melon

  20. Avaliação da eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas em alfafa Decreasing of weed plants using herbicides and herbicides mix in alfalfa crop

    Wilson da Silva

    2004-08-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar a seletividade e a eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da alfafa. Foram desenvolvidos dois experimentos em Anápolis, GO. No primeiro, avaliaram-se oito herbicidas (imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl, imazamox aplicados em pós-emergência da alfafa, e no segundo, seis misturas de herbicidas [(diuron + MSMA, (diuron + MSMA, (diuron + paraquat, (diuron + paraquat] aplicados um dia após o corte da alfafa. Em ambos os experimentos, foram incluídas duas testemunhas (capinada e sem capina, sendo os tratamentos distribuídos em blocos ao acaso com quatro repetições. Os herbicidas como imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl e imazamox foram seletivos à cultura da alfafa e eficientes no controle de plantas daninhas. As misturas dos herbicidas (diuron + MSMA e (diuron + paraquat aplicados logo após o corte da alfafa causaram danos às folhas e aos caules remanescentes. As brotações, todavia, surgiram isentas de toxicidade, apresentando crescimento e desenvolvimento normais. Essas misturas promoveram eficiente controle de plantas daninhas, e não afetaram o acúmulo de biomassa seca e altura de plantas em relação à testemunha capinada. O não-controle das plantas daninhas reduziu a produção de biomassa seca e a altura das plantas de alfafa em 74,5% e 42,8%, respectivamente.The objectives of this study were to evaluate the efficiency and selectivity of herbicides on the weed plants control at the alfalfa crop. Two experiments were carried out at the Experimental Station of Agenciarural, located in Anápolis, GO. In the first experiment it was evaluated eight herbicides (imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl and imazamox post emergency and in the second experiment six different mixed of herbicides [(diuron + MSMA, (diuron + MSMA, (diuron + paraquat, (diuron + paraquat] applied one day after the alfalfa harvesting

  1. Interferência de plantas daninhas na cultura do feijão-caupi Weed interference in cowpea

    F.C.L. Freitas

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho determinar os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do feijão-caupi (Vigna unguiculata. A semeadura do feijão-caupi cultivar BR 16 foi realizada em julho de 2007, no sistema de plantio convencional. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com os tratamentos constituídos de períodos de controle ou convivência das plantas daninhas com a cultura. No primeiro grupo, a cultura permaneceu livre da interferência das plantas daninhas, por meio de capinas, nos períodos de: 0-09, 0-18, 0-27, 0-36, 0-45 e 0-60 (colheita. No segundo grupo, a cultura permaneceu sob a interferência desde a emergência até os mesmos períodos descritos anteriormente. O período crítico de prevenção à interferência (PCPI foi de 11 a 35 dias após a emergência da cultura. A interferência das plantas daninhas reduziu o estande final, o número de vagens por planta e o rendimento de grãos do feijão-caupi em até 90%.This work aimed to determine the periods of weed interference in cowpea (Vigna unguiculata, sown under the conventional system in July 2007. The experiment was arranged in randomized blocks, with the treatments consisting of periods of control or intercropping of the weeds with the crop. In the first group, the bean crop remained free of weed interference in the periods 0-09, 0-18, 0-27, 0-36, 0-45 and 0-60 (harvest. .In the second group, the bean crop remained under interference from the time of emergence up to the same periods previously described. The critical period of weed interference prevention (CPIP was from 11 to 35 days after crop emergence. Weed interference reduced the final stand, number of pods per plant, and grain yield up to 90%.

  2. Effect of Serjania lethalis ethanolic extract on weed control Efeito do extrato etanólico de Serjania lethalis no controle de plantas daninhas

    P.U. Grisi

    2013-06-01

    ção. Verificou-se que a redução do crescimento radicular das plântulas de amendoim-bravo pode estar relacionada com a diminuição no alongamento das células do metaxilema. A fitotoxicidade dos extratos variou de acordo com a espécie receptora, sendo que para algumas variáveis o efeito inibitório foi similar e até mesmo superior ao do herbicida comercial. Desta maneira, pode-se dizer que os extratos de S. lethalis podem ser uma alternativa promissora para o manejo sustentável de plantas daninhas.

  3. Solarização do solo para o controle de Pythium e plantas daninhas em cultura de crisântemo Soil solarization for Pithium and weed control in chrysanthemum crop

    W. Bettiol

    1994-12-01

    Full Text Available A solarização, durante dois meses, de um solo naturalmente infestado com Pythium, promoveu o controle do patógeno, de modo semelhante à aplicação de metalaxyl + mancozeb, na cultura de crisântemo. A incidência média de plantas mortas foi de 2,3% nas parcelas solarizadas; 1,0% no solo solarizado que recebeu metade da dose dos fungicidas; 9,0% com a aplicação da dose completa dos fungicidas (1 g de metalaxyl + 4,8 g de mancozeb/m² e 38,9%, na testemunha não tratada. A solarização também promoveu o controle de plantas daninhas, avaliado através do peso da matéria seca das plantas emergentes aos 21 dias após o transplante das mudas, semelhantemente ao herbicida oxidiazon.Two months solarization of a soil naturally infested with Pythium sp. promoted a level of control similar to what was obtained with the application of methalaxyl + mancozeb for the chrysanthemum crop. The average rate of dead plants was 9.0% with the application of fungicides (1 g of methalaxyl + 4.8 g of mancozeb/ m²; 2.3% in solarized plots; 1.0% in solarized plots which received half the dosages of the fungicides and 38.9% in control plots. Similar control of weeds was obtained in solarized plots and plots treated with the herbicide oxidiazon.

  4. Weed control in young coffee plantations through post emergence herbicide application onto total area Controle de plantas daninhas em cafezais recém-implantados, com herbicidas aplicados em pós-emergência em área total

    C.P. Ronchi

    2004-12-01

    at doses recommended for bean crop, these herbicides may be applied to control weeds in coffee and bean intercropping systems by spraying the entire area.Este trabalho foi realizado com o objetivo de investigar, em campo, a eficiência de vários herbicidas aplicados em pós-emergência em área total no controle de plantas daninhas, em cafezais recém-implantados e no consórcio de café e feijão, assim como seus efeitos sobre essas culturas. Mudas de Coffea arabica, cultivar Catuaí Vermelho, com quatro a seis pares de folhas foram transplantadas para o campo e cultivadas segundo práticas agronômicas usuais. O consórcio de café e feijão foi obtido por meio do plantio de três linhas de feijão nas entrelinhas do cafezal. Quando os herbicidas foram aplicados sobre as culturas, as plantas de café estavam com seis a dez pares de folhas, as de feijão com três folíolos e as plantas daninhas no estádio inicial de desenvolvimento. Fluazifop-p-butil e clethodim foram seletivos às plantas de café e controlaram eficientemente Brachiaria plantaginea e Digitaria horizontalis. Plantas daninhas dicotiledôneas (Amaranthus retroflexus, Bidens pilosa, Coronopus didymus, Emilia sonchifolia, Galinsoga parviflora, Ipomoea grandifolia, Lepidium virginicum e Raphanus raphanistrum foram controladas eficientemente por aplicações isoladas de fomesafen, flazasulfuron e oxyfluorfen, com exceção de B. pilosa, C. didymus e R. raphanistrum para o oxyfluorfen. Aplicações seqüenciais com intervalos de sete dias de fomesafen + fluazifop-p-butil ou clethodim, e as duas misturas comerciais de fomesafen + fluazifop-p-butil controlaram simultaneamente ambos os tipos de plantas daninhas. Cyperus rotundus foi controlada apenas por flazasulfuron. Com exceção de fluazifop-p-butil e clethodim todos os demais tratamentos herbicidas provocaram apenas leves injúrias às folhas mais novas das plantas de café. Contudo, o crescimento das plantas não foi prejudicado, de forma que tanto a

  5. Métodos de controle de plantas daninhas e seus impactos na qualidade microbiana de solo sob cafeeiro Methods of weed control and their impacts on microbial quality of soil under coffee

    Rogério Melloni

    2013-02-01

    Full Text Available Minas Gerais destaca-se como o Estado que mais produz café no Brasil. Essa cultura é extremamente suscetível à presença de plantas daninhas, que podem ser manejadas por meio de métodos manuais, mecanizados e, ou, químicos, com impacto nos custos da produção e qualidade do solo. Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito exercido por diferentes métodos de controle de plantas daninhas na linha e entrelinha de cafeeiro, sobre a microbiota do solo e seus processos, que destacadamente têm sido utilizados em virtude de sua extrema sensibilidade e baixo custo. Para isto, amostras de solo foram retiradas em abril de 2010, em Latossolo Roxo distrófico da fazenda experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG, em São Sebastião do Paraíso, MG, na profundidade de 0-10 cm, no centro da rua (entrelinha do café, e a 20 cm do caule da planta do café (linha, para determinar os atributos: densidade de bactérias e fungos totais, solubilizadores de fosfato, celulolíticos, amonificantes, bactérias diazotróficas não simbióticas, carbono da biomassa e atividade microbianas, quociente metabólico (qCO2 e atividade enzimática pela hidrólise de diacetato de fluoresceína. O cafeeiro foi submetido a sete métodos de controle de plantas daninhas: roçadora, grade, enxada rotativa, herbicida pós-emergência, herbicida pré-emergência, capina manual e sem capina. Os resultados evidenciaram a complexidade dos efeitos desses diferentes métodos na microbiota do solo e seus processos, com menores impactos para capina manual e enxada rotativa. Os impactos dos métodos roçadora, grade, sem capina e aplicação de herbicidas de pré-emergência foram considerados intermediários, enquanto a aplicação de herbicidas de pós-emergência, na entrelinha do cafeeiro, promoveu os maiores impactos negativos nos atributos avaliados. Esses impactos devem ser considerados quando houver avaliação e escolha do método a ser

  6. Biologia e manejo de plantas daninhas em áreas de plantio direto Weed biology and management in no-tillage areas

    F.G. Gomes JR.

    2008-01-01

    Full Text Available Procurou-se relacionar alguns aspectos importantes da biologia e do manejo das plantas daninhas infestantes em áreas cultivadas sob sistema de plantio direto, com o objetivo de mostrar que a viabilidade deste plantio depende do controle eficiente das plantas daninhas. Nesse sistema de cultivo ocorrem algumas espécies de plantas daninhas comumente não observadas no sistema convencional, sendo essas constatações relacionadas ao não-revolvimento do solo, favorecendo o desenvolvimento de espécies de plantas daninhas perenes, e às alterações nas condições de temperatura e incidência de luz no interior do solo, influenciando os mecanismos de dormência das sementes de algumas espécies. A estratégia adequada para o controle das plantas daninhas em plantio direto exige conhecimento da dinâmica populacional do banco de sementes do solo e deve reunir métodos integrados de controle para reduzir o uso de herbicidas. A liberação de substâncias alelopáticas de algumas culturas de cobertura e o efeito supressor da camada de palha são medidas importantes para integrar ao controle químico das plantas daninhas. Entretanto, deve-se atentar para os efeitos negativos sobre algumas espécies de plantas cultivadas. As pesquisas na área de biologia das plantas daninhas e alelopatia das culturas de cobertura, associadas com a tecnologia de aplicação de herbicidas e a agricultura de precisão, poderão contribuir para a otimização do controle das plantas daninhas em áreas de plantio direto.Some important aspects of weed biology and control under no tillage are described to show that the viability of this system depends on weed control efficiently performed. Some of the weeds infesting this cropping system are present in much greater density under the conventional system, this being probably due to the little soil disturbance under no tillage systems, where the occurrence of perennial weeds is more feasible, and changes in the temperature and

  7. EFFECT OF DIFFERENT MULCHES ON THE CONTROL OF UNWISHED PLANTS IN MAIZE CROP (Zea mays EFEITO DE DIVERSAS ESPÉCIES DE COBERTURA MORTA SOBRE O CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS DA CULTURA DO MILHO

    Rogério de Araújo Almeida

    2007-09-01

    ;">KEY-WORDS: Mulches; uwished plants; maize crop.

    Pesquisas em diversos países sul-americanos apontam o plantio direto para pequenos produtores como responsável por melhor conservação do solo e água, menores custos de produção e maiores rendimentos, melhorando o nível de vida dos produtores e propiciando sua permanência no meio rural. Os tratamentos normalmente incluem a aplicação de herbicidas e considera-se um desafio à pesquisa encontrar sistemas que viabilizem o plantio direto sem uso, ou com uso reduzido, de herbicidas. Objetivando avaliar os efeitos de diferentes coberturas mortas sobre o controle de plantas indesejáveis na cultura do milho (Zea mays, conduziu-se o presente trabalho, cujos tratamentos foram constituídos pelo cultivo de áreas de cem metros quadrados com as seguintes plantas: crotalária (Crotalaria juncea, milheto (Pennisetum americanum e girassol (Helianthus annus L., cultivares Stanzuela e V 2000. A semeadura foi efetuada na segunda quinzena do mês de abril e, decorridos sessenta dias, foi feito o plantio direto do milho, com matraca. Imediatamente após, as plantas constantes nas parcelas foram cortadas manualmente, constituindo-se em cobertura morta. Fez-se adubação de acordo com a análise do solo e a população adotada foi de 60.000 plantas por hectare. Não houve controle de plantas daninhas. Por ocasião do florescimento do milho, coletaram-se as plantas daninhas presentes nas parcelas, mediante amostragens de 1 m² (duas repetições. O material foi seco até peso constante. A análise estat

  8. Variação da competição interespecífica em milho em função do controle de plantas daninhas em faixas Variation of interspecific weed competition in corn as a function of banded weed control

    A. Merotto Jr.

    2001-08-01

    Full Text Available O controle de plantas daninhas em faixas é mais uma estratégia que pode ser utilizada no manejo integrado de plantas daninhas (MIPD para aumentar a racionalização do uso do ambiente no cultivo de plantas. Os objetivos deste trabalho foram determinar o efeito do controle de plantas daninhas em faixas na linha ou na entrelinha e avaliar suas conseqüências sobre a competição interespecífica na cultura do milho. Os tratamentos constaram do estabelecimento de um gradiente de infestação de Brachiaria plantaginea, obtido com a variação da intensidade do controle em pré-emergência, e do controle de plantas daninhas em pós-emergência realizado em faixas na linha, na entrelinha ou em área total. O controle de plantas daninhas em pós-emergência em faixas não foi suficiente para reduzir os efeitos da competição interespecífica sobre o rendimento de grãos de milho, mesmo em baixas densidades de plantas daninhas. Os prejuízos causados pela presença de plantas daninhas na linha da cultura são duas a três vezes maiores em comparação com a presença destas plantas na entrelinha ou em área total da cultura. O controle de plantas daninhas na linha da cultura necessita de complementação com práticas culturais ou outros métodos de controle destas plantas na entrelinha.Banded weed control is one of the methods used for integrated weed management (IWM to increase the rationalization of environmental use in crop activities management. The aim of this work was to determine the effect of in-and between-row weed control and the effects of weed competition on corn. The treatments consisted in the establishment of a range of Brachiaria plantaginea densities by varying the intensity of weed control in pre-emergence, complemented with post-emergence weed control in-row, between row and broadcast. Banded weed control was not efficient in decreasing weed competition and reducing corn grain yield, even at low weed infestation. In-row weed

  9. Use of low volume in oil and air assistance in weed controlUso de baixo volume oleoso e assistência de ar no controle de plantas daninhas

    Emerson da Silva Teixeira

    2010-02-01

    Full Text Available Weeds control is an important action to keep the crop production potential. The objective of this study was to evaluate the efficiency of weed control in ground spraying with and without air assistance, using conventional flow rate in herbicide application compared to low volume in oil (LVO. The experimental design was randomized with 48 m2 per plot, and five replications of five different treatments. The applications occurred in post-emergency of Digitaria insularis (L. Fedde and Commelina benghalensis L. The treatments were of conventional and LVO system, with and without air assistance, and one control. LVO applications showed similar control levels as conventional applications. The use of air assistance increased the efficiency of conventional application and reduced the efficiency of LVO applications.O controle das plantas daninhas é uma ação de grande importância para a preservação do potencial produtivo das culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência do controle de plantas invasoras nas aplicações terrestres de herbicidas com e sem assistência de ar, utilizando volumes convencionais de pulverização comparados com baixo volume oleoso (BVO. O delineamento experimental empregado foi inteiramente ao acaso, com parcelas de 48 m2, com 5 tratamentos e cinco repetições. A aplicação ocorreu em pós-emergência de Digitaria insularis (L. Fedde e Commelina benghalensis L. Os tratamentos consistiram de pulverização convencional e com sistema BVO, ambos com e sem assistência de ar, mais uma testemunha. As aplicações com sistema BVO sem assistência de ar mostraram níveis de controle semelhantes às aplicações convencionais. O uso da assistência de ar elevou a eficiência das aplicações convencionais e reduziu a eficiência das aplicações em BVO.

  10. Uso do novo sistema Clearfield® na cultura do girassol para o controle de plantas daninhas dicotiledóneas Use of the new Clearfield® system in sunflower culture to control dicotyledonous weeds

    G. Santos

    2012-06-01

    Full Text Available A ocorrência de plantas daninhas dicotiledóneas tem limitado o aumento da área de cultivo de girassol no Brasil, devido ao seu impacto sobre a produtividade. Isso se deve à escassez de produtos registrados para a cultura com amplo espectro de ação. Em razão disso, desenvolveram-se dois experimentos com o objetivo de avaliar a eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas dicotiledôneas na cultura do girassol Clearfield®. Os experimentos foram instalados no campo, em Iguatemi, distrito de Maringá-PR. Os tratamentos constituíram-se de duas testemunhas sem aplicação de herbicida, sendo uma sem capina e outra capinada, sulfentrazone (200,00 g ha-1 aplicado em pré-emergência e imazapic+imazapyr aplicados em pós-emergência nas doses de [36,75+12,25], [52,5+17,5], [12,25+36,75] e [17,5+52,5] g ha-1. Foram feitas avaliações de controle para Euphorbia heterophylla, Conyza bonariensis, Raphanus raphanistrum, Bidens pilosa, Ipomoea grandifolia e Portulaca oleracea. Também foram realizadas avaliações de intoxicação do girassol Clearfield®, estande e produtividade em kg ha-1. De acordo com os resultados, verificou-se que o uso do sistema Clearfield® mostrou-se uma ótima opção para áreas com infestação de plantas daninhas dicotiledôneas, pois possibilita a aplicação de herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS; os controles obtidos variaram de medianos a excelentes, além de ele não provocar injúrias à cultura e manter o estande inicial e a produtividade.The occurrence of dicotyledonous weeds has limited the increase of the area of sunflower cultivation in Brazil, due to their impact on crop yield. This is a result of a shortage of products registered for the crop with broad-spectrum control. Thus, two experiments were installed to evaluate the efficacy and selectivity of the imidazolinone herbicides applied on post

  11. Efeito do eptc + r 25788 em combinação com o diuron no controle de plantas daninhas e seletividade para a cultura da batata-doce Weed control in sweet potato

    Maurílio F. de Oliveira

    1997-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o efeito das doses de EPTC + R 25788 combinadas com doses de diuron no controle de plantas daninhas na cultura de batata-doce, realizou-se um ensaio sob condições de campo num Podzólico Vermelho Amarelo, fase terraço, argiloso, com 3,5 % de matéria orgânica. Foram avaliadas quatro doses de EP TC + R 25 78 8 aplicado em pré-plantio incorporado: 0,0; 1,6; 3,2 e 4,8 kg/ha por quatro doses dediuron : 0,0 ; 0,8 ; 1,2 e 1,6 kg/ha, em quatro repetições. O EPTC + R25788 apresentou bom controle das plantas de tiririca quando aplicado nas maiores doses, principalmente na ausência do diuron. As maiores doses de EPTC + R 25788 aplicadas isoladamente, apresentaram significativos aumentos na população de plantas de folhas largas. As maiores doses de diuron promoveram melhor controle das plantas de folhas largas, na presença das maiores doses de EPTC + R 25788. A combinação das maiores doses dos herbicidas não refletiram em maiores produções. A maior produção de batata-doce ocorreu quando se aplicou 6 L/ha de Eradicane e 1,32 kg/ha de Karmex 800.Four levels of EPTC + R 25788 (0.0; 1.6; 3.2 e 4.8 kg/ha and diuron (0.0; 0.8; 1.2 and 1.6 kg/ha with four replications were evaluated in a fatorial field experiment in a Utisol containg 3.5 % organic matter. Better control of nutsedge was obtained with the highest dosage of EPTC + R 25788, mainly in the absence of diuron. However, when the highest eradicane levels were applied as single treatments there was a marked increase in the broadleaf weed population. The best control of broadleaf weed population was achieved when the highest diuron levels were combined with the highest EPTC + R 25788 levels although this condition have not resulted in highest productions. The greatest sweet potato production was obtained with the combination of 6 1/ha of Eradicane plus 1.32 kg/ha of Karmex 800.

  12. Métodos de controle de plantas daninhas no cafeeiro afetam os atributos químicos do solo Effects of weed control methods on coffee crop on soil chemical attributes

    Elifas Nunes de Alcântara

    2009-06-01

    Full Text Available Nos ecossistemas agrícolas sob cafeeiro, nos quais o manejo do solo se resume, basicamente, à aplicação de corretivos, fertilizantes e controle de plantas daninhas, faz com que alternativas de manejo que preservam ou aumentam os teores de matéria orgânica no solo, a exemplo de alguns métodos de controle de plantas daninhas, sejam consideradas, quando se busca a sustentabilidade da cultura. Neste estudo o objetivo foi avaliar o efeito de alguns métodos comumente utilizadas na cultura do cafeeiro sobre os atributos químicos de um Latossolo Vermelho distroférrico sob cafeeiro, durante 15 anos. Os tratamentos avaliados consistiram de sete métodos de controle, envolvendo o uso de roçadora (RC, grade (GR, enxada rotativa (ER, herbicida de pré-emergência (HPRE, herbicida de pós-emergência (HPOS, capina manual (CM e uma testemunha sem capina (TEST. Foram determinados, nas profundidades de 0-0,15m e 0,15-0,30m, os teores de P, K+, Ca2+ + Mg2+, soma de bases (SB, saturação por bases (V, CTC efetiva (t e potencial (T. Os resultados mostraram que o tratamento sem capina (TEST influenciou, positivamente, os teores de P, K+, Ca2+ + Mg2+, valores de CTC efetiva, potencial e V, enquanto o HPRE exerceu um efeito contrário, ou seja, de redução nos valores das variáveis analisadas. Demais métodos RC, GR, ER, HPOS e CM apresentam um comportamento intermediário entre os métodos TEST e HPRE sobre as condições de fertilidade do solo.In agricultural ecosystems under coffee cultivation, soil management is based on liming, fertilizers and weed control. Alternatives that preserve or increase soil organic matter content are considered when the sustainability is the goal. This study was conducted to evaluate the chemical attributes of a dystroferric Red Latosol (Oxisols under coffee cultivation submitted to 15 years of weed control methods. Seven interrows coffee plant weed control methods were used; a mower (RC, tanden disk harrow (GR, rotative

  13. Manejo de plantas daninhas em beterraba com metamitron e sua persistência em Argissolo Weed control in table beet with metamitron and its persistence in Ultisol-Kandiucults

    Robert Deuber

    2004-01-01

    Full Text Available O experimento foi realizado no Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócio de Frutas (IAC, localizado no município de Jundiaí (SP, em condições usuais de cultivo da beterraba (Beta vulgaris L. cultivar Tall Top Wonder, em Argissolo Vermelho-Amarelo, distrófico. Os objetivos do experimento foram avaliar a eficácia de metamitron, aplicado em pré-emergência, no controle de plantas daninhas; verificar sua seletividade à cultura, e determinar seu período residual. O experimento foi disposto em blocos ao acaso, com quatro repetições; as parcelas foram divididas em duas partes, sendo uma para a beterraba e outra para o estudo do efeito residual. Foram avaliados os efeitos de doses de metamitron (2,8, 3,5 e 4,2 kg.ha-1 de i.a, mantendo-se duas testemunhas: uma sempre capinada e outra mantida com plantas daninhas até o fim do ciclo. As avaliações do controle das plantas daninhas e da seletividade à cultura foram realizadas aos 28 e 70 dias após a aplicação (DAA do herbicida. A persistência foi avaliada aos 0, 21, 40 e 70 DAA, em biotestes, com alface (Lactuca sativa L. cultivar Elisa Crespa como planta-teste. As principais plantas daninhas na área experimental foram: Eleusine indica (L. Gaertn. (capim-pé-de-galinha, Galinsoga parviflora Cav (picão-branco e Coronopus didymus (L. Sm. (mentruz. As doses de metamitron aplicadas não causaram sintomas visíveis de intoxicação à parte aérea das plantas de beterraba. O picão branco e o mentruz foram eficientemente controlados com quaisquer das doses de metamitron. Aos 28 DAA, o capim-pé-de-galinha foi totalmente controlado pelas doses de metamitron aplicadas. Entretanto, aos 70 DAA, somente com as doses de 3,5 e 4,2 kg.ha-1 obteve-se controle eficiente dessa espécie. A atividade residual de metamitron, para as doses de 2,8 e 3,5 kg.ha-1, foi igual a 70 dias e para 4,2 kg.ha-1 foi superior a esse período. O controle de plantas daninhas resultou na obtenção de ra

  14. Allelopathic potential of Sapindus saponaria L. leaves in the control of weeds=Potencial alelopático de folhas de Sapindus saponaria L. no controle de plantas daninhas

    Denise Garcia Santana

    2012-01-01

    resultados obtidos pelo extrato de folhas jovens foram mais similares ao efeito do herbicida, mostrando que o estágio de maturação da folha de S. saponaria interfere nos seus efeitos inibitórios e que esta espécie é eficiente no controle das plantas daninhas.

  15. Misturas de herbicidas para o controle de plantas daninhas anuais na cultura de citrus (Citrus sinensis (L. Osbeck Herbicides mixtures for the control of annual weeds in citrus crop (Citrus sinensis (L, Osbeck

    A.J.B. Galli

    1985-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de se avaliar a eficiência das misturas de glyphosate com diuron ou simazine para o controle de plantas daninhas anuais na cultura de citrus, foram conduzidos dois experimentos durante o ano agrícola 83/84, sendo um em Jaguariúna e outro em Catanduva, ambos no estado de São Paulo. Os resultados obtidos mostraram que, embora todos os tratamentos tenham sido altamente eficientes, o controle de Digitaria horizontalis, Brachiaria plantaginea e portulaca oleracea aos 10 DAT foi um pouco inferior quando se aplicou as misturas de tanque (glyphosate + diuron ou simazine, em relação à aplicação seqüencial desses mesmos produtos. A adição do sulfato de amônio nas misturas de tanque minimizou esse problema, o qual não foi observado na avaliação realizada aos 30 DAT. Ainda com relação às misturas, o controle das gramíneas foi superior quando se utilizou diuron em relação à simazine. As misturas de herbicidas residuais com glyphosate proporcionaram melhor controle aos 60 DAT quando comparados às aplicações de glyphosate isoladamente.With the aim of evaluating the efficiency of glyphosate mixtures with diuron and simazine, in the control of annual weeds in citrus, two experiments were conducted in Catanduva and Jaguariúna, SP, during the 83/84 season. The results showed high efficiency of all treatments, but the control of Digitaria horizontalis, Brachiaria plantaginea and Portulaca oleracea at 10 DAT, has been slightly inferior when tank mistures were applied, in contrast with the sequencial application of these products. The addition of ammonium sulphate to the tank mixtures minimized the problem which was not observed at 30 DAT. Concerning mixtures, grass control was better with diuron than simazine. The use of glyphosate in mixtures with residuals offered better control at 60 DAT when compared to Glyphosate alone.

  16. Herbicidas de aplicação em pós-emergência em amendoim: I: controle de plantas daninhas e persistência no solo Post emergence herbicides in peanuts: I: weed control and persistence in the soil

    Luciano Souza Paes Cruz

    1991-01-01

    Full Text Available No ano agrícola 1987/88, foi realizado um experimento de campo na Estação Experimental de Ribeirão Preto, do Instituto Agronômico, em latossolo roxo, textura argilosa, com a finalidade de pesquisar a ação dos herbicidas aplicados em pós-emergência no controle de plantas daninhas e sua persistência em solo, na cultura de amendoim (Arachis hypogaea L. O experimento foi em parcelas subdivididas com as parcelas distribuídas em blocos ao acaso com quatro repetições. Nas parcelas, estudaram-se os tratamentos referentes à presença e à ausência de inoculação, sendo o inoculante preparado com a mistura de estirpes de Bradyrhizobium sp. (SMS-319, SMS-400 e SMS-561; nas subparcelas, os herbicidas fomesafen (250g/ha, lactofen (192g/ha, fluazifop-p-butil (187g/ha, haioxifop-metil (240g/ha e a mistura de fomesafen com fluazifop-p-butil (250 + 187g/ha, além de uma testemunha sem herbicida. Nas entrelinhas das subparcelas, tomaram-se ao acaso cinco pontos paraformar uma amostrado solo composta para análise de persistência dos produtos. As principais plantas daninhas presentes no experimento foram as gramíneas Cenchrus echinatus L. e Eleusine indica (L. Gaerth, e as dicotiledôneas Alternanthera fícoidea(L. R. Br. e Sidaspp. Aos 20 dias da aplicação dos herbicidas, as gramíneas foram 100% controladas pelos graminicidas fluazifop-p-butil e haioxifop-metil. Fomesafen e lactofen controlaram eficientemente A. fícoidea e, regularmente, Sida spp. A mistura de fomesafen com fluazifop-p-butil não apresentou vantagens em relação aos herbicidas isolados. Os resultados obtidos mostraram que não houve influenciada inoculação no controle de plantas daninhas e que os herbicidas não foram tóxicos às plantas de amendoim. Os herbicidas fluazifop-p-butil e haioxifop-metil, aos 28 dias, não mais causavam fitotoxicidade na planta-teste, mostrando uma persistência no solo inferior a esse período. Aos 28 dias, no tratamento não inoculado

  17. Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo Periods of weed interference in okra crop

    L.P.S Bachega

    2013-03-01

    Full Text Available Poucas pesquisas têm sido realizadas sobre interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo. Objetivou-se com este trabalho estimar os períodos de interferência da comunidade infestante no quiabeiro. Um experimento de campo foi conduzido sob dois grupos de tratamentos, mantendo períodos crescentes de 0 (testemunha, 7, 21, 28, 35, 42, 49, 63, 77, 91 e 105 dias após a emergência da cultura (DAE, com e sem controle das plantas daninhas. As plantas daninhas com maior importância relativa foram Portulaca oleracea, Nicandra physaloides e Eleusine indica. A convivência do quiabeiro com as plantas daninhas por todo o ciclo de cultivo reduziu a produtividade da cultura em 95%. O período anterior à interferência foi de 57 DAE, enquanto o período total de prevenção à interferência foi de 14 DAE. Não houve período crítico de prevenção à interferência, sendo um único controle das plantas daninhas entre 14 e 57 DAE suficiente para prevenir a interferência na cultura do quiabo.Few research works have been carried out on weed interference in okra crop. The aim of this study was to estimate the periods of weed interference in okra crop. Thus, a field trial was carried out under two groups of treatments, using increased periods of 0 (check, 7, 21, 28, 35, 42, 49, 63, 77, 91, and 105 days after crop emergence (DAE with weed control and without weed control. Weeds with highest relative importance were Portulaca oleracea, Nicandra physaloides, and Eleusine indica. Coexistence of okra crop and weeds throughout the season reduced crop yield by 95%. The period before interference was 57 DAE, while total period of interference prevention was 14 DAE. There was no critical period of interference prevention, with a single weed control between 14 and 57 DAE being sufficient for interference prevention in okra crop.

  18. Competição entre quatro herbicidas indicados para o controle de plantas daninhas em cana-de-açucar (Saccharum sp Competition on four herbicides for controling weeds in sugarcane (Saccharum sp

    L.S.P. Cruz

    1978-09-01

    Full Text Available Com a finalidade de estudar a ação dos herbicidas oxadiazon, napropamide, methazole e A-3587 na cultura de cana -de-açúcar (Saccharum sp, foram conduzidos em 1971/72 dois ensaios de campo nos municípios paulistas de Capivari e Leme. Os herbicidas acima citados foram comparados, em trés doses, com 2,4-D anina e atrazine, aplicados em pré -emergência. Oxadiazon a 2,0 kg/ha e A-3587 a 3,0 kg e 4,0 kg/ha foram eficientes no controle das principais plantas daninhas que apareceram nos experimentos: capim-marmelada, Brachiaria plantaginea (Link Hitch; capim-de-colchão, Digitaria sanguinalis (L. Scop; capim-pé-degalinha, Eleusine indica (L. Gaertn.; beldroega, Portulacca oleracea L e guanxumas, Sida spp. Napropamide a 3,0 kg/ha e methazole a 3,5 kg e 4,0 kg/ha só não con trolaram as guanxumas. Nas doses empregadas, nenhum dos herbicidas mostrou-se prejudicial às plantas e à produção de cana-de-açúcar.This paper reports on two field trials carried out during 1971/72, in Capivari and Leme, with the herbicides oxadiazon, napropamide, methazole and A-3587, in sugar-cane crops. In these experiments the four herbicides, in three doses, were compared, in preemergence, with 2,4-D amine and atrazine. Oxadiazon at 2.0 kg/ha and A-3587 at 3.0 kg and 4,0 kg/ha gave good control against Brachiaria plantaginea, Digitaria sanguinalis, Eleusine indica, Portulacca oleracea and Sida spp, wich were found in the trials. Napropamide at 3.0 kg/ha and methazole at 3.5 kg and 4.0 kg/ha gave good control against those weeds but except Sida spp. None of the herbicides caused injuries to the crop or reduced yield.

  19. Augmented reality systems for weed economic thresholds applications Tecnologia de realidade ampliada para utilização com os níveis de dano econômico de plantas daninhas

    N.R. Vidal

    2010-06-01

    Full Text Available The augmented reality (AR technology has applications in many fields as diverse as aeronautics, tourism, medicine, and education. In this review are summarized the current status of AR and it is proposed a new application of it in weed science. The basic algorithmic elements for AR implementation are already available to develop applications in the area of weed economic thresholds. These include algorithms for image recognition to identify and quantify weeds by species and software for herbicide selection based on weed density. Likewise, all hardware necessary for AR implementation in weed science are available at an affordable price for the user. Thus, the authors propose weed science can take a leading role integrating AR systems into weed economic thresholds software, thus, providing better opportunities for science and computer-based weed control decisions.A tecnologia de realidade aumentada (AR tem aplicações em vários e diversos campos, como aeronáutica, turismo, medicina e educação. Nesta revisão, é resumido o estado atual da AR e propõe-se uma nova aplicação dela na ciência das plantas daninhas. Os elementos básicos para a implementação de algoritmos de AR já estão disponíveis para desenvolvimento de aplicações na área de níveis de dano econômico de plantas daninhas. Estes incluem algoritmos de reconhecimento de imagem, para identificar e quantificar as infestantes por espécie; e software, para a seleção de herbicidas com base na densidade de plantas daninhas. Da mesma forma, todo o hardware necessário para aplicação da AR nessa área da ciência das plantas daninhas está disponível a um preço acessível ao usuário. Assim, sugere-se que a ciência das plantas daninhas possa assumir um papel preponderante na integração dos sistemas de AR aos softwares de níveis de dano econômico de plantas daninhas nas culturas. Com isso, seria possível proporcionar melhor utilização da informática para apoio nas

  20. Manejo de plantas daninhas em maracujazeiro amarelo cultivado com adubação química e orgânica

    Ogliari,J.; Freitas,S.P.; Carvalho,A.J.C.; Ferreira,L.R.; Marinho,C.S.; Thiebaut,J.T.L.

    2007-01-01

    Objetivou-se, neste trabalho, avaliar diferentes formas de manejo de plantas daninhas na cultura do maracujazeiro, cultivado com adubação química e orgânica. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com 15 tratamentos, arranjados em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições e 10 plantas úteis por parcela. Os tratamentos foram constituídos por três tipos de adubações na parcela (orgânica, química e química + orgânica) e cinco manejos de plantas daninhas na subparce...

  1. Glyphosate em mistura com herbicidas alternativos para o manejo de plantas daninhas Glyphosate combined with alternative herbicides for vegetation management

    P.A. Monquero

    2001-12-01

    Full Text Available O uso intensivo de glyphosate como herbicida não-seletivo tem selecionado espécies de plantas daninhas tolerantes. Dessa forma, é importante que sejam estudadas misturas de tanque com herbicidas de mecanismos de ação alternativos e que apresentem efeitos sinergísticos ou aditivos. Por essa razão, foi instalado um experimento inteiramente casualizado, composto por 13 tratamentos e 4 repetições, em casa de vegetação da Universidade de São Paulo - ESALQ/USP, Piracicaba-SP, com as plantas daninhas Richardia brasiliensis, Commelina benghalensis, Amaranthus hybridus, Galinsoga parviflora e Ipomoea grandifolia em misturas de tanque dos herbicidas chlorimuron-ethyl, sulfentrazone, carfentrazone, bentazon ou flumioxazin com glyphosate. As interações foram aditivas para as plantas daninhas I. grandifolia e C. benghalensis, e os herbicidas flumioxazin, sulfentrazone e carfentrazone aplicados isoladamente e em mistura com glyphosate foram os que proporcionaram os melhores níveis de controle. A interação de glyphosate com sulfentrazone foi antagônica em R. brasiliensis; a mistura de glyphosate com os demais herbicidas estudados foi aditiva, sendo os tratamentos com mistura de glyphosate e chlorimuron-ethyl ou flumioxazin os mais eficazes. Em A. hybridus, os tratamentos que apresentaram melhores níveis de controle foram o glyphosate e carfentrazone, aplicados isoladamente, e a mistura de glyphosate com flumioxazin, sulfentrazone, chlorimuron-ethyl e bentazon, sendo estes interações aditivas. No caso de G. parviflora, os tratamentos com flumioxazin e sulfentrazone apresentaram controle total, o mesmo acontecendo com as misturas de glyphosate com carfentrazone, flumioxazin, sulfentrazone, chlorimuron-ethyl ou bentazon.The intensive use of glyphosate as a non-selective herbicide for weed vegetation management has selected some tolerant weed species. Thus, it is important to study the synergistic or antagonic or additive effects of tank

  2. Cadastramento fitossociológico de plantas daninhas na cultura de girassol Phytosociological census of weeds in the sunflower crop

    Alexandre Magno Brighenti

    2003-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento das plantas daninhas infestantes na précolheita da cultura de girassol em lavouras dos municípios do sudoeste goiano (Chapadão do Céu, Jataí e Montividiu e em Chapadão do Sul, MS. Foram amostradas, no período de maio a junho de 2002, 51 propriedades dos quatro municípios, totalizando uma área de 583 m². As espécies daninhas foram identificadas e contadas mediante a aplicação de um quadrado de 1,0x1,0 m, colocado ao acaso dentro da área ocupada pelas lavouras. Foram obtidos os valores de freqüência, densidade, abundância e índice de importância relativa. Plantas voluntárias de soja e de milho fazem parte da flora daninha infestante de lavouras de girassol dessa região. As famílias Poaceae, Asteraceae e Euphorbiaceae são as que apresentam maior número de espécies. As principais plantas daninhas infestantes na região são, em ordem decrescente, Ageratum conyzoides, Chamaesyce hirta, Cenchrus echinatus, Bidens sp., Euphorbia heterophylla e Commelina benghalensis.The objective of this work was to survey the weeds in the preharvest of the sunflower crop in growers field of the southwest regions of Goiás State (Chapadão do Céu, Jataí and Montividiu and Chapadão do Sul, Mato Grosso do Sul State, Brazil. Fifty one farms were evaluated, during the period of May to June, 2002, in a total of 583 m² of area. The weeds were identified and counted inside a square (1.0x1.0 m, applied in each area, in order to determine the frequency, density, abundance and relative importance. Volunteer soybean (Glycine max and corn (Zea mays are part of the weed species in sunflower crop in the area. The botanical families Poaceae, Asteraceae and Euphorbiaceae present larger number of species. The main weeds found in the area are, in decreasing order, Ageratum conyzoides, Chamaesyce hirta, Cenchrus echinatus, Bidens sp., Euphorbia heterophylla and Commelina benghalensis.

  3. Efeito do metribuzin no controle das plantas daninhas e na produção de grãos em Glycine max (L merrill Effect of metribuzin in weed control and yield of Glycine max (L. merrill

    J. P. Silva Neto

    1991-01-01

    Full Text Available No ano agrícola 1985/ 86, em Viçosa-MG, foi instalado um ensaio de campo em solo Pdzólico Vermelho-Amarelo argiloso e com 2,9% de matéria orgânica, objetivando estudar o efeito das doses de metribuzin (0,0; 0,35; 0,70 e 1,05 kg i.a.ha-1 no controle de plantas daninhas e na produtividade da soja (Geycine max (L. Merri ll, cv. 'Uber aba'. A maioria das monocotiledôneas que ocorreram na area experimental foi represent ada por Cyperus rotundus L., Brachiaria plantaginea (Link Hitch. e Cynodon dactylon (L. Pers., tendo-se verificado somente redução em Brachiaria planta taginea em virtude do aumento das doses de metribuzin, ocorrendo o mesmo com relação às dicotiledôneas que se fizerem presentes no experimento, com exceção de Oxalis Oxyptera Prop., que não foi controlada nas doses utilizadas. A densidade total médias das invasoras, menos Cyperus rotundus , Oxalis oxyptera e Cynodon dactylon, foi de 141; 124; 62 e 59 plantas . m-2, respectivamente, para as doses de 0,0; 0,35 ; 0,70 e 1,05 kg i.a.ha-1 de metribuzin. A dose de 0,35 kg i.a. de metribuzin.ha-1 foi suficiente para promover a redução da matéria seca da parte aérea das plantas daninhas com a mesma eficiência de controle da dose de 1,05 kg i.a .ha-1 Entretanto, a densidade total médil das invasoras foi reduzida sig nificativamente nas doses de 0,70 e 1,05 kg i.a. de metribuzin.ha-l. O efeito do metribuzin na soja foi evidenciado somente na dose de 1,05 kg i.a.ha-1, com injúria foliar (clorose leve ocorrida até 25 dias, aproximadamente, apôs a emergência das plântulas. Após esse período, houve total recuperação de todas as plantas de soja submetidas a essa dose. A produção de grão se o índice de colheita não foram influencia dos significativamente pelas doses de metribuzin.In order to test doses of metribu zin (0,0; 0,35; 0,70 and 1,05 kg a.i.ha ¹ in weed control and yield of soybe an (Glycine max (L. Merri ll, Uberaba, an experiment was conducted under

  4. EFEITO DE CYNAZINE E LINURON NO CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS E NA PRODUTIVIDADE DA CEBOLA (Allium cepa L.d EFFECT OF CYANAZINE AND LINURON ON WEEDS AND PRODUCTIVITY IN ONION CROP (Allium cepa L.

    Natan Fontoura da Silva

    2007-09-01

    Full Text Available

    Foi realizado um experimento com cebola (Allium cepa L. cv . Texas Early Grano - 502, transplantada em Goiânia, Goiás, no período de junho a novembro de 1988, visando ao controle de plantas daninhas com cyanazine e linuron aplicados após o transplante da cultura. Nas condições em que o ensaio foi realizado, concluiu-se que cyanazine e linuron provocaram fitotoxicidade na cultura da cebola, causando redução na produção em relação à testemunha. Cyanazine controlou Portulaca oleracea e Amaranthus spp. até 45 dias e Commelina virginica, Eleusine indica e Brachiaria plantaginea até 30 dias após a aplicação. Linuron controlou P. oleracea, Amaranthus spp. e B. plantaginea até 45 dias após a aplicação, mas não controlou eficientemente C. virginica, E. indica e Digitaria horizontalis.

    This work presents the results of a field experiment carried out in Goiânia, State of Goiás, Brazil, to estimate the efficiency of herbicides in controlling weeds in onion crop of Texas Early Grano 502. Cyanazine controlled Portulaca oleracea, Amaranthus spp. till 45 days, and Commelina virginica. Eleusine indica and Brachiaria plantaginea till 30 days after application. Linuron controlled P. oleracea, Amaranthus spp. and B. plantaginea during 45 days. Both herbicides showed phytotoxicity decreasing the onion productivity.

  5. Misturas de herbicidas para o controle de plantas daninhas do gênero Commelina Herbicide mixtures to control weeds of the genus Commelina

    C.P. Ronchi

    2002-08-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de misturas de herbicidas no controle de duas espécies de trapoeraba, Commelina diffusa e Commelina benghalensis. Para isso, segmentos de caule dessas espécies foram transplantados em vasos contendo 12 L de substrato. Após 120 dias, foram aplicados os seguintes tratamentos: carfentrazone-ethyl (30 g ha¹ em mistura com glyphosate (720 g ha-1 e/ou glyphosate potássico (720 g ha-1; glyphosate (720 g ha-1 em mistura com flumioxazin (60 g ha-1 e/ou 2,4-D (670 g ha-1 e/ou metsulfuron methyl (4 g ha-1; oxyfluorfen em mistura com sulfentrazone (480 + 375 g ha¹; aplicações seqüenciais, com intervalo de 21 dias, de [(paraquat + diuron / (carfentrazone-ethyl + glyphosate] [(200+400/(30+720] e de [(paraquat + diuron / (paraquat + diuron] [(200+400/(200+400]; e testemunha sem aplicação de herbicida. Cada espécie constituiu um experimento, sendo ambos conduzidos no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Foram feitas avaliações de controle das trapoerabas e da biomassa fresca da parte aérea. Os tratamentos mais eficientes no controle das trapoerabas foram as aplicações seqüenciais, com intervalo de 21 dias, de (paraquat + diuron / (carfentrazone-ethyl + glyphosate e de (paraquat + diuron / (paraquat + diuron, seguidas das misturas em tanque de 2,4-D + glyphosate e de carfentrazone-ethyl + glyphosate e/ou glyphosate potássico.This research was conducted to evaluate the efficiency of herbicide mixtures in the control of two dayflower species, Commelina diffusa and Commelina benghalensis. These species were grown from stem segments in 12 L pots during 120 days. Subsequently, a randomized complete block design with four replicates was performed for each species. The treatments were carfentrazone-ethyl combined to either glyphosate or glyphosate-potassium salt (30 + 720 g ha-1; glyphosate (720 g ha-1 combined to flumioxazin (60 g ha-1, or 2.4-D (670 g ha-1 or

  6. Banco de sementes e flora emergente de plantas daninhas Seed bank and abovegroud weed

    R.A. Isaac

    2008-01-01

    Full Text Available Com o objetivo estudar a relação existente entre o banco de sementes e o posterior estabelecimento da flora emergente de plantas daninhas, sob sistema de semeadura direta e convencional, realizou-se uma pesquisa no município de Pedra Preta-MT. O banco de sementes e a flora emergente foram avaliados, em cada sistema de cultivo, em 50 células contíguas de 1 m². O banco de sementes foi determinado a partir de amostras de 2,4% da área de cada célula na profundidade de 0-5 cm, em setembro de 2003, por meio da técnica de flotação. A flora emergente foi avaliada por meio de seis levantamentos sucessivos, até novembro de 2004, realizados na área total de cada célula, com retirada dos indivíduos após cada avaliação. Esses dados foram utilizados para calcular os parâmetros fitossociológicos e também a correlação entre o banco de sementes e a flora emergente. A similaridade entre o banco de sementes e a flora emergente foi baixa tanto no sistema de semeadura direta quanto no convencional. Houve correlação significativa apenas para Amaranthus deflexus e Eleusine indica entre o banco de sementes e a flora emergente. Para A. deflexus a correlação foi significativa nos dois sistemas de semeadura e, para E. indica, somente para semeadura direta.A study was carried out in Pedra Petra-MT aiming to study the relation between seed bank and posterior aboveground weed in annual crop fields under no-till and tillage systems. The seed bank and weed flora were assessed in fifty contiguous 1 m² cells, under both cultivation systems. The seed bank was determined from soil samples from 4% of the area of each cell at 0-5 cm depth using the flotation technique. The aboveground weed vegetation was evaluated by six successive surveys until November 2004, carried out in the total area of each cell, with removal of the individuals from the area after each evaluation. These data were used to calculate the phyto-sociological parameters and the

  7. Efeitos de dessecantes no controle de plantas daninhas na cultura da soja Effects of burndown herbicides in weed control in soybean crop

    S.O. Procópio

    2006-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência do glyphosate e da mistura comercial paraquat + diuron, bem como o efeito do intervalo entre as aplicações desses herbicidas e a semeadura da soja, sobre o controle e a rebrota de Digitaria insularis, Synedrellopsis grisebachii e Leptochloa filiformis. O experimento foi conduzido em área de soja em sistema de plantio direto, utilizando-se o delineamento de blocos casualizados com nove tratamentos e quatro repetições. Foram avaliados os seguintes tratamentos: glyphosate no dia da semeadura e um, dois e cinco dias antes desta; paraquat + diuron 20 dias antes e no dia da semeadura; glyphosate 10 dias antes da semeadura e paraquat + diuron no dia da semeadura; glyphosate 15 dias antes da semeadura e paraquat + diuron no dia da semeadura; glyphosate 20 dias antes da semeadura e paraquat + diuron no dia da semeadura; e testemunha infestada. Verificou-se controle satisfatório e impedimento de rebrota de D. insularis e L. filiformis quando o glyphosate foi aplicado cinco dias antes da semeadura da soja ou quando foi realizada aplicação seqüencial de glyphosate e paraquat + diuron. Aplicações seqüenciais da mistura comercial de paraquat + diuron não foram eficientes no controle e no impedimento da rebrota de D. insularis e L. filiformis. S. grisebachii mostrou-se tolerante ao glyphosate.The objectives of this work were to evaluate the efficiency of glyphosate and preformulated mixture paraquat + diuron as well as the effect of the interval between herbicide applications and soybean sowing on the control and re-growth impairment of the following weeds: Digitaria insularis, Synedrellopsis grisebach and Leptochloa filiformis. The experiment was carried out in a soybean area under no-till system and was arranged in a randomized block design, with 9 treatments and four replications. The following treatments were evaluated: glyphosate applied on sowing day; one day before sowing day; two days

  8. Programas de manejo químico de plantas daninhas em plantio de cana-de-açúcar fundamentados em duas aplicações de herbicidas

    Marcelo Nicolai

    2010-12-01

    -metolachlor + (diuron + hexazinone [1.920 + (198 + 702]; S-metolachlor (2.400; tebuthiuron + ametrina (1.000 + 1.500; ametrina (2.000; ametrina + diuron (2.000 + 1.500; clomazone + ametrina (1.500 + 1.000 e testemunha sem aplicação. Conclui-se que os programas de manejo com duas aplicações de herbicidas controlaram as plantas daninhas até os 90 dias após a segunda aplicação. Aplicações de S-metolachlor, tebuthiuron e clomazone + ametrina, complementadas por metribuzin + (diuron + hexazinone, controlaram as plantas daninhas em mais de 90%, em todas as avaliações.

  9. Avaliação de tratamentos químicos e mecânicos no controle de plantas daninhas na cultura do algodão Mechanical and chemical treatments in the weed controls in the cotton crop

    Luiz L. Foloni

    1999-04-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de diferentes combinações de tratamentos herbicidas integrado, aplicados em PPI, pré, pós, cultivo mecânico e jato dirigido em cultura de algodão (Gossypium hirsutum L.. O experimento foi conduzido em campo, sendo a área experimental instalada na cultura de algodão cultivar IAC-20. Foram testados tratamentos com os seguintes produtos: trifluralina na dose de 1,068 kg i.a./ha; alachlor na dose de 1,584 kg i.a./ha; M.S.M.A. nas doses de 1,44 e 1,68 kg i.a./ha; nicosulfuron nas doses de 0,0201; 0,030 e 0,040 kg i.a./ha; diuron nas doses de 1,0 e 1,5 kg i.a./ha; lactofen na dose de 0,18 kg i.a./ha; cyanazine nas doses de 1,0 e 1,5 kg i.a./ha e diuron nas doses de 1,0 e 1,5 kg i.a./ha.Os tratamentos herbicidas foram efetuados em pré-plantio incorporado (PPI, pré-emergência (PRE, pós-emergência (POS, cultivo mecânico (CM e jato dirigido (JD. Os resultados obtidos levaram a concluir que o sistema de trifluralina (PPI, alachlor (PRE, CM, M.S.M.A. + lactofen apresentaram a maior produtividade. Os sistemas herbicidas compostos por aplicação de trifluralina (PPI, alachlor (PRE, M.S.M.A. (POS, CM ao redor dos 50 a 60 D.A.P. (dias após o plantio e a aplicação de jato dirigido de diuron, lactofen + cyanazine, lactofen + diuron, M.S.M.A. + cyanazine, M.S.M.A. + lactofen e M.S.M.A. + diuron, propiciaram de forma geral controle das principais plantas daninhas.The objective of this work was to evaluate the efficacy of different combinations of integrated herbicide treatments, applied at PPI, pre, post, mechanical cultivation and direct spray on cotton crop (Gossypium hirsutum. The trial was conducted in the field, being cotton crop cultivar IAC-20 the experiment area. The treatments were tested with the following products: trifluralina at the dose of 1.068 kg a.i./ha; alachlor at the dose of 1.584 kg a.i/ha; M.S.M.A. at the doses of 1.44 and 1.68 kg a.i./ha; nicosulfuron at the doses

  10. Ocorrência de plantas daninhas no cultivo de bromélias Weed ocurrence on bromeliaceae cultivation

    I.M.C. Rodrigues

    2007-12-01

    Full Text Available A família Bromeliaceae, dentre a grande variedade de plantas tropicais nativas do Brasil, tem merecido destaque devido à sua importância econômica como plantas ornamentais, sendo atualmente muito cultivadas e utilizadas na decoração de interiores e em projetos paisagísticos. Alguns gêneros são endêmicos da Floresta Atlântica e, em função dessa procura, a retirada de seus ambientes naturais constitui ameaça a algumas espécies. A Unidade de Pesquisa e Conservação de Bromeliaceae (UPCB, localizada na Universidade Federal de Viçosa (UFV, MG, tem como finalidade promover a pesquisa em favor da conservação da família Bromeliaceae. Um problema constante na manutenção desse acervo é a infestação por plantas daninhas. Objetivou-se neste trabalho definir as espécies de plantas daninhas críticas no cultivo de bromélias. Foram realizadas visitas semanais, no período de 17 de novembro de 2006 a 17 de janeiro de 2007, para caracterização do comportamento das espécies de plantas daninhas no cultivo de bromélias na UPCB. Após esse período, realizou-se capina manual dos vasos e triagem das espécies daninhas, que foram identificadas e quantificadas. As espécies críticas foram descritas e seus indivíduos férteis depositados no Herbário VIC, do Departamento de Biologia Vegetal, como material testemunha. Realizou-se, também, documentação fotográfica das espécies durante o período de infestação. Foram identificadas duas espécies críticas: brilhantina (Pilea microphylla, com média de seis indivíduos por vaso, e agriãozinho (Cardamine bonariensis, com média de 13 indivíduos por vaso; sete espécies consideradas potencialmente críticas, com destaque para barba-de-falcão (Crepis japonica; e 12 espécies oportunistas.The Bromeliaceae family stands out among the great variety of Brazilian native tropical plants because of the economic importance of its ornamental plants, currently widely cultivated and used for

  11. Sistemas de produção de grãos e incidência de plantas daninhas Weed incidence in grain production systems

    G.S.A Castro

    2011-01-01

    Full Text Available O sistema de semeadura direta e os diferentes sistemas de produção nele adotados podem contribuir para a supressão de plantas infestantes. Em razão disso, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o controle de plantas daninhas em função de diferentes sistemas de produção de grãos. Os tratamentos utilizados foram: I. Sistema "safra-pousio" - soja/ pousio/milho/pousio/arroz/pousio/soja; II. Sistema "safra-adubo verde" - soja/milheto/ milho/guandu/arroz/crotalária/soja; III. Sistema "safra-safrinha" - soja/aveia-branca/milho/ feijão-da-seca/arroz/mamona/soja; IV. Sistema "safra - forrageira"- soja + braquiária/milho + braquiária/arroz + braquiária/soja. Em novembro de 2009 (após três safras agrícolas, foi realizado o levantamento de plantas daninhas infestantes. Para isso, foi utilizado um quadro (0,3 x 0,3 m, lançado aleatoriamente quatro vezes dentro de cada parcela. As plantas foram identificadas, bem como feita a determinação do número total das espécies invasoras, da massa seca e da porcentagem de controle das espécies de acordo com o sistema de produção. Foi realizada ainda a análise fitossociológica da comunidade de plantas daninhas infestantes. Os sistemas safra-adubo verde, safra-safrinha e safra-forrageira apresentaram bom controle de plantas infestantes quando comparados ao sistema safra-pousio. Portanto, a presença de algum tipo de cobertura é importante para manter as características do solo favorável e um bom controle de plantas invasoras.Tillage and other agricultural production systems can contribute to weed suppression. Thus, the objective of this study was to evaluate weed control using different grain production systems. The treatments were: I. "Harvest-fallow" System- soybean/fallow/corn/fallow/rice/ fallow/soybean; II. "Harvest-green manure" System-soybean/millet/maize/pigeon pea/rice/ Crotalaria/soybean; III. "Harvest-out of season" System-soy/white oats/corn/dry bean/rice/castor oil

  12. Dinâmica populacional de plantas daninhas em cultivares de alface produzidas no verão em Seropédica - RJ

    Antônio de Amorim Brandão

    2015-07-01

    Full Text Available Diferenças na arquitetura em espécies de alface cultivadas podem levar a alterações nas populações de plantas daninhas no período de cultivo. Dessa forma, objetivou-se neste trabalho avaliar efeitos de cultivares de alface na supressão de plantas daninhas. Foram avaliadas 12 cultivares de alface dispostas no delineamento em blocos ao acaso, com três repetições. As parcelas constituíram-se de 12 plantas distribuídas em quatro linhas espaçadas em 0,30 m. As cultivares avaliadas foram: do grupo lisa (Regina 2.000, Regina 500, Regina 3.500, Maravilha de Inverno, Boston Branca, Rainha de Maio; do grupo crespa (Grand Rapids, Hanson, Camila, Banchu Red Fire e do grupo americana (Grandes Lagos, Delícia. A população de plantas daninhas foi avaliada aos 15 e 29 dias após o transplantio das cultivares. As plantas daninhas foram coletadas em um quadrado de 0,25 m de lado, lançadas ao acaso nas parcelas. Todas as plantas do interior do quadrado foram coletadas e identificadas, e o número de espécies e de indivíduos por espécie foi quantificado. Em seguida, esse material foi seco em estufa de circulação forçada a 65ºC por 72 horas, até atingir massa constante. Determinou-se a frequência (F; densidade (D; dominância (DO; frequência relativa (FR; densidade relativa (DR; dominância relativa (DOR e índice de valor de importância (IVI. As três principais plantas daninhas, com relação ao (IVI, identificadas nas duas coletas, foram a Cyperus esculentus L., Commelina benghalensis L. e Panicum maximum Jacq. As cultivares do grupo lisa Regina 500, Regina 2.000, Regina 3.500 e Rainha de Maio provocaram maior supressão de todas as espécies de plantas daninhas na segunda avaliação.

  13. VARIABILIDADE ESPACIAL DE PLANTAS DANINHAS NUM LATOSSOLO VERME- LHO SOB SISTEMA PLANTIO DIRETO. / SPATIAL VARIABILITY OF WEEDS OF AN RED LATOSOL (OXISOL UNDER NO- TILLAGE SYSTEM.

    JOSILENE P. DE OLIVEIRA

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a variabilidade espacial de plantas daninhas num Latossolo Vermelho sob sistema plantio direto. As medições foram realizadas em uma área de 0,5 ha, em 50 pontos de amostragem com espaçamento de 5 m x 10 m. Os dados foram analisados por meio da estatística clássica e da geoestatística, e os mapas de variabilidade espacial construídos por meio da técnica de interpolação por krigagem. Todas as espécies de plantas daninhas presentes na área de estudo apresentaram variabilidade espacial, com exceção da corda-de-viola (Ipomoea triloba L. e crista-de-galo  (Heliotropium  indicum L., que apresentaram efeito pepita puro. Os valores de alcance (a demonstram que o espaçamento entre amostras pode ser ampliado para todas as espécies de plantas daninhas. Não foi possível determinar zonas específicas de manejo na área de estudo uma vez que as distintas espécies de plantas daninhas infestaram diferentes zonas da área de estudo.

  14. Photosynthetic activity of cassava plants under weed competition Atividade fotossintética de plantas de mandioca submetidas a competição com plantas daninhas

    I. Aspiazú

    2010-01-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate characteristics associated with the photosynthetic activity of cassava plants under weed competition. The trial was carried out under field conditions, and experimental units consisted of 150 dm³ fiberglass boxes containing red yellow Latosol, previously corrected and fertilized. Treatments consisted in the cultivation of cassava plants which were free of weed competition and associated with three weed species: Bidens pilosa, Commelina benghalensis or Brachiaria plantaginea. After manioc sprouting started, 15 days after being planted, weeds that had been sown when manioc was planted were thinned, there were then eight plants left per experimental unit in accordance with specified treatments: cassava free of competition, cassava competing with B. pilosa, cassava competing with C. benghalensis and cassava competing with B. plantaginea. Sixty days after crop emergence leaf internal CO2 concentration (Ci, leaf temperature at the time of evaluation (Tleaf and photosynthetic rate (A were evaluated, also the CO2 consumption rate (ΔC of cassava plants was calculated. A correlation matrix between variables was also obtained. All characteristics associated with photosynthesis in cassava plants were influenced by weed species. Cassava was more affected by B. pilosa and B. plantaginea in which concerns its exposition to solar radiation and water, while C. benghalensis seems to mostly affect the composition of incident light on the culture, allowing cassava to anticipate imposition when competing, even before it reaches harmful levels.Objetivou-se com este trabalho avaliar características associadas à atividade fotossintética de plantas de mandioca sob competição ou não com plantas daninhas. O experimento foi realizado em condições de ambiente aberto, sendo as unidades experimentais compostas por vasos de fibra de vidro de 150 dm³ preenchidos com Latossolo Vermelho Amarelo, previamente adubado. Os

  15. Influência da cobertura morta na umidade, incidência de plantas daninhas e de broca-do-rizoma (Cosmopolites sordidus em um pomar de bananeiras (Musa spp.

    Oliveira Camilo Augusto Pinto de

    2003-01-01

    Full Text Available O fato do Brasil possuir a maior área plantada do mundo com banana e ocupar apenas a segunda colocação no ranking mundial dos maiores produtores, revela a necessidade da adoção de técnicas de manejo que tenha por objetivo incrementar a produção. Os objetivos do presente trabalho foram avaliar os efeitos da cobertura morta sobre a umidade, incidência de plantas daninhas e da broca-do-rizoma em um pomar de bananeiras manejado com e sem cobertura morta. Os resultados obtidos revelaram que a cobertura morta proporcionou benefícios quanto à manutenção da umidade no solo e controle de plantas daninhas, porém, na incidência da broca, não houve diferença em relação à área conduzida sem cobertura morta.

  16. Cobertura morta e adubação orgânica na produção de alface e supressão de plantas daninhas

    Izabel Cristina Pereira Vaz Ferreira

    2013-08-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, avaliar os efeitos da cobertura do solo e da adubação orgânica sobre a temperatura e a umidade do solo, a incidência de plantas daninhas e a produtividade da alface. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, em esquema fatorial (3 x 3, em que o primeiro fator corresponde aos tipos de cobertura morta (capim tifton, capim napier e ausência de cobertura e, o segundo, aos adubos (esterco bovino, esterco de galinhas e ausência de adubação. Analisaram-se as variáveis temperatura e umidade do solo, o número de folhas produzidas pela alface, as massas de matéria fresca e seca da parte aérea, das plantas de alface e daninhas, e o levantamento fitossociológico das plantas infestantes. As plantas adubadas com esterco de galinhas apresentaram massas de matéria fresca e seca superiores às das plantas não adubadas. A cobertura morta com capim tifton proporcionou aumento da massa de matéria seca das plantas de alface, o que pode estar relacionado com a menor temperatura dos canteiros que receberam esse material como cobertura. Commelina benghalensis foi a planta infestante mais importante no cultivo orgânico de alface. A aplicação de adubos orgânicos e a cobertura morta com capins não foram capazes de suprimir plantas daninhas e manter a umidade do solo, em áreas de cultivo de alface.

  17. Levantamento fitossociológico de plantas daninhas em pastagens degradadas do Médio Vale do Rio Doce, Minas Gerais

    Evander Alves Ferreira

    2014-08-01

    Full Text Available O levantamento fitossociológico é uma ferramenta importante, na análise do impacto que os sistemas de manejo e as práticas agrícolas exercem sobre a dinâmica de crescimento e ocupação das plantas daninhas no agroecossistema. Por essa razão, esta pesquisa teve como objetivo realizar a caracterização fitossociológica de plantas daninhas, em oito áreas de pastagens degradadas, de cinco municípios do Médio Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. No total foram identificadas 68 espécies, pertencentes a 18 famílias, sendo que o gênero Sida ocorreu em todas as áreas avaliadas. De maneira geral, a Uroclhoa decumbens, a Sida glaziovii e a Sida carpinifolia foram as espécies encontradas com maior frequência. Todavia, constatou-se grande diversidade de plantas daninhas nas áreas avaliadas, sendo a maior riqueza observada no município de Galiléia e, a menor, em Governador Valadares. As áreas estudadas apresentaram baixa similaridade entre si, sendo, portanto, indicado que o manejo de plantas daninhas seja específico para cada situação.

  18. Dinâmica do banco de sementes de plantas daninhas sob diferentes sistemas de manejo de solo Weed seedbank dynamics under different soil management systems

    E. Voll

    2001-08-01

    Full Text Available Um experimento foi conduzido em campo no período de 1982 a 1998, em Londrina-PR, com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes sistemas de manejo de solo nas reduções anuais de um banco de sementes de plantas daninhas e seus períodos de sobrevivência, sendo as plantas daninhas manejadas através de herbicidas, e a seqüência anual de cultivo soja após trigo. Os tratamentos de manejo de solos foram: 1 semeadura direta; 2 arado de discos e grade niveladora; 3 grade aradora e grade niveladora; 4 escarificação e grade niveladora. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. A identificação e contagem das sementes presentes no solo foram feitas em 1990, 1995 e 1998. As estimativas de sobrevivência (a 1% da população inicial das gramíneas capim-marmelada (Brachiaria plantaginea e capim-colchão (Digitaria horizontalis , nos quatro sistemas de manejo, foram de 5 a 10 anos e 5 a 7 anos, respectivamente; as das espécies de folhas largas, como caruru (Amaranthus spp., de 5 a 9 anos, carrapicho-de-carneiro (Acanthospermum hispidum , de 7 a 9 anos, de 10 a 20 anos, e picão-preto (Bidens pilosa, de 3 a 4 anos, e a comelinácea trapoeraba (Commelina benghalensis de 10 a 20 anos. As sementes de espécies de plantas daninhas apresentaram características distintas de sobrevivência, em função do manejo do solo, do controle ao longo dos anos e das características morfológicas e fisiológicas das sementes.A field experiment was conducted from 1982 to 1998, in Londrina-PR, Brazil, to evaluate the effects of different soil management systems on the survival of a weed seedbank, with the weeds managed by herbicides, and the annual sequence of crops consisting of soybean - wheat. The soil management treatments were: 1 no-till; 2 mouldboard; 3 heavy disc, and 4 chisel. The experimental design was a randomized complete block, with four replications. Seed identification and counting were performed in 1990, 1995

  19. Nitrogen doses and weed control via intercropping with gliricidia for corn production Doses de nitrogênio e controle de plantas daninhas, através da consorciação com gliricídia, para produção de milho

    P.S.L. Silva

    2010-01-01

    de nitrogênio sobre os rendimentos de grãos e de milho verde. Devido ao crescente interesse sobre a degradação ambiental, muitas práticas agrícolas adotadas no passado estão sendo reexaminadas. No que se refere ao controle de plantas daninhas, estratégias que empregam controle mecânico, incluindo consorciação, estão sendo objeto de renovado interesse. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da aplicação de doses de nitrogênio (0, 40, 80, and 120 kg N ha-1; como sulfato de amônio e do controle de plantas daninhas sobre o crescimento e os rendimentos de espigas verdes e de grãos da cultivar de milho AG 1051. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos completos casualizados com parcelas subdivididas e nove repetições. Além das doses de nitrogênio, a cultivar AG 1051 foi submetida aos seguintes tratamentos, aplicados às subparcelas: sem capina, duas capinas (aos 20 e 40 dias após a semeadura, e consorciação com gliricídia (Gliricidia sepium. A gliricídia foi semeada por ocasião da semeadura do milho, entre as fileiras da gramínea, usando-se duas sementes por cova, em covas distanciadas por 0,30 m. A gliricídia não controlou as plantas daninhas e propiciou crescimento e rendimentos de espigas verdes e grãos similares aos obtidos com a ausência de capinas. Todavia, o número de espigas maduras obtido com a consorciação com a gliricídia não diferiu do obtido com a realização de duas capinas. O controle de plantas daninhas não teve efeito sobre a altura da planta e sobre o número de espigas verdes empalhadas comercializáveis, com a aplicação de 120 kg N ha-1; indicando que o nitrogênio melhorou a capacidade competitiva do milho. A realização de duas capinas proporcionou as maiores médias para o peso total de espigas verdes, número de espigas verdes despalhadas comercializáveis, pesos de espigas verdes empalhadas e despalhadas, comercializáveis, rendimento de grãos e seus componentes, que os demais tratamentos

  20. Plantas daninhas hospedeiras alternativas de Colletotrichum guaranicola em cultivos de guaraná no Estado do Amazonas Alternative host weeds of Colletotrichum guaranicola in guarana crops in the State Amazonas

    L.J. Miléo

    2007-12-01

    Full Text Available As plantas daninhas reduzem a produção de sementes de guaraná e podem hospedar microrganismos patogênicos, tornando-se potenciais fontes de inóculo. Este trabalho identificou espécies de plantas daninhas colonizadas pelo fungo Colletotrichum guaranicola em cultivos de guaranazeiro em quatro municípios do Estado do Amazonas. As plantas daninhas foram identificadas e a presença do fungo foi verificada por meio de isolamentos feitos a partir de fragmentos de folhas lesionadas. As espécies colonizadas por C. guaranicola foram Bidens bipinnata, Chloris sp., Clidemia capitellata, Cyperus flavus, Elephantopus scaber, Euphorbia brasiliensis, Hemidiodia sp., Hyptis lantanifolia, Paspalum conjugatum, Physalis angulata e Synedrella nodiflora, as quais podem representar uma fonte de inóculo do patógeno, além das plantas de guaraná. A diversidade de plantas daninhas, em cultivos de guaranazeiro, reforça a importância de estabelecer práticas de manejo dessas plantas, principalmente em Maués, onde ocorreu maior colonização das espécies de plantas daninhas pelo fungo.Weed infestation may reduce grain guarana crops yield and host plant pathogens becoming potential inoculum sources. This research identified weed species colonized by the fungus Colletotrichum guaranicola in the guarana crop in four counties in the state of Amazon. The weeds were identified fungi presence was observed by isolation from leaf fragments of leaves injured by the fungi. The weed species colonized by Colletotrichum guaranicola were Bidens bipinnata, Chloris sp., Clidemia capitellata, Cyperus flavus, Elephantopus scaber, Euphorbia brasiliensis, Hemidiodia sp., Hyptis lantanifolia, Paspalum conjugatum, Physalis angulata and Synedrella nodiflora,that may represent a strong potential of plant pathogen inoculum, along with the guarana plants. Weed diversity in guarana crop shows the importance of establishing management practices to control these weeds, mainly in the Maues

  1. Sistemas de manejo de plantas daninhas no desenvolvimento e na produtividade da soja Burndown systems on growth and grain yield in soybeans in Paraná State, Brazil

    Jamil Constantin

    2009-01-01

    Full Text Available A escolha do momento adequado para a dessecação da cobertura vegetal antecedente à semeadura é fundamental para o êxito da cultura da soja cultivada no sistema de plantio direto. Neste contexto, o objetivo do trabalho foi o de avaliar dois sistemas de manejo de plantas daninhas: imediatamente antes da semeadura (sistema "Aplique-Plante" - AP e o manejo antecipado (MA, composto por duas aplicações. No MA, a primeira aplicação de glyphosate (1240 g ha-1 foi entre 30 e 35 dias antes da semeadura da cultura, e a segunda às vésperas da semeadura. Para o AP, as aplicações com 1.080 a 1.260 g ha-1 de glyphosate foram realizadas 48 horas antes da semeadura. Os trabalhos foram desenvolvidos na safra 2003/2004, em seis localidades no Estado do Paraná: Sertãozinho, Campo Mourão, Iretama, Pitanga, Boa Esperança e Mamborê, em áreas com grande densidade de infestação de plantas daninhas antes da semeadura direta da soja. Foram realizadas avaliações referentes ao controle das plantas daninhas e desenvolvimento e produtividade da cultura. Com a utilização do MA foi proporcionado maior controle das plantas daninhas após a emergência da cultura. As plantas de soja nas áreas AP estavam com menor altura, em comparação às no MA, evidenciando-se atraso no crescimento. Verificou-se redução de produtividade em todas as localidades onde se adotou o manejo AP, com reduções entre 15% e 50%.The choice of the adequate moment for the desiccation of the green cover that precedes the sowing is fundamental for the success of no-till soybeans. This context, the work was aimed to study two burndown systems: desiccation immediately before sowing (AP and anticipated desiccation (MA, composed by two burndown herbicide applications. For MA, the first application of glyphosate (1240 g ha-1 occurred between 30 and 35 days before the sowing of the crop, and the second was done just before sowing. For AP, the applications (1080 to 1260 g ha-1 of

  2. Efeito do manejo de plantas daninhas sobre Neoseiulus californicus (Acari:Phytoseiidae em pomar de macieira Effect of weed management on Neoseiulus californicus (Acari:Phytoseiidae in apple orchard

    Lino Bittencourt Monteiro

    2002-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a influência do manejo de plantas daninhas sobre o deslocamento de ácaros tetraniquídeos (Panonychus ulmi e Tetranychus urticae e do ácaro predador Neoseiulus californicus em um pomar de macieira 'Gala', onde foi implantado o controle biológico do ácaro vermelho, P. ulmi, por meio de liberações massais de N. californicus. As parcelas tiveram as plantas daninhas manejadas de três formas: sem manejo, com roçadas manuais e com herbicidas. As populações de ácaros foram avaliadas sobre as plantas daninhas, Plantago tormentosa e Erigeron sp, e sobre as folhas de macieira. As maiores populações de N. californicus foram observadas nas parcelas onde os manejos proporcionaram desenvolvimento de plantas daninhas na linha de plantio. Na parcela manejada com herbicida, houve maior população de ácaros tetraniquídeos sobre as macieiras, provavelmente, devido ao reduzido número de N. californicus. P. tormentosa foi o hospedeiro preferencial do ácaro predador. Concluiu-se que o manejo de plantas daninhas, na linha de plantio das macieiras, assume um importante papel no equilíbrio entre as populações de ácaros.The influence of weed management on tetranychid mites (Panonychus ulmi and Tetranychus urticae and phytoseids movement was evaluated. Neoseiulus californicus populations were released in an apple orchard for biological control of tetranychid mites. Three kinds of weed management were used: no weed control at all, manual control and control with herbicide. The mites were evaluated in Plantago tormentosa, Erigeron sp, and apple tree leaves. The highest population of N. californicus was observed where weed was not controlled. Tetranychid mites populations were abundant on apple trees when herbicide was used, probably due to the low population of N. californicus. P. tormentosa was the preferred host of phytoseids. The conclusion was that weed management plays an important role in the regulation of mite species in apple

  3. Eficiência de nova formulação do herbicida oxyfluorfen no controle de plantas daninhas em área de Pinus caribea Morelet var. hondurensis Barr. et Golf Efficiency of new oxyfluorfen formulation to control weeds in area of Pinus caribea Morelet var. hondurensis Barr. et Golf

    Eduardo Antonio Drolhe da Costa

    2002-11-01

    Full Text Available Foi realizado um experimento para avaliar a seletividade e a eficiência do herbicida oxyfluorfen5 formulado a 480 e 240 g/l, em área com mudas de Pinus caribea Morelet var. hondurensis Barr. et Golf. recém-transplantadas (aplicação em pré-emergência das plantas daninhas e com 12 dias após o transplante (aplicação em pós-emergência inicial das plantas daninhas. O ensaio foi instalado no município de Paulínia, Estado de São Paulo, em um Latossolo Vermelho-Escuro, eutrófico, no ano agrícola 1999/2000. Foi adotado o delineamento em parcelas subsubdivididas no tempo, tendo como tratamento principal, disposto em blocos ao acaso com quatro repetições, o herbicida oxyfluorfen formulado a 480 g/l de ingrediente ativo (i.a., nas doses de 1,0, 1,5 e 2,0 l/ha, e a 240 g/l (i.a., nas doses de 2,0, 3,0 e 4,0 l/ha. Como tratamento secundário (subparcelas considerou-se o modo de aplicação do produto (pré ou pós-emergência das plantas daninhas e como sub-subparcelas, as diferentes épocas de avaliação da eficácia de controle. As mudas foram plantadas no espaçamento de 0,5 x 0,5 m e os tratamentos foram aplicados por meio de um pulverizador costal pressurizado a CO2, a uma pressão de 2,45 kg/cm², utilizando-se um volume de calda igual a 200 l/ha. Os resultados mostraram que o herbicida oxyfluorfen formulado a 480 g/l e 240 g/l mostrou-se eficiente no controle de Brachiaria decumbens, Panicum maximum, Ipomoea grandifolia e Sida rhombifolia em diferentes épocas de avaliação, tanto quando foi aplicado em pré como em pós-emergência, sem ocasionar danos às plantas de Pinus caribea var. hondurensis.A trial was carried out to evaluate Pinus caribea Morelet var. hondurensis Barr. et Golf. selectivity and weed control with oxyfluorfen formulated at 480 (SC and 240 g/l (EC of active ingredient (a.i.. Treatments were sprayed on seedlings at the moment of transplanting and 12 days after. Results showed that oxyfluorfen 480 (SC g/l was

  4. Sistemas de cultivo no cerrado e dinâmica de populações de plantas daninhas Tillage systems in the cerrado and dinamics of weed populations

    F.A.R. Pereira

    2003-12-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de sistemas de plantio direto, utilizando diferentes programas de rotação de culturas, de preparo convencional e de cultivo mínimo sobre a dinâmica de populações de plantas daninhas nas condições edafoclimáticas do cerrado. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições e cinco tratamentos, sendo dois de plantio direto que constaram de programas de rotação constituídos por culturas de verão e de outono/inverno e dois em monocultivo, nos sistemas de preparo convencional e cultivo mínimo respectivamente. Avaliou-se a dinâmica das populações de plantas daninhas. A maior eficiência de controle cultural da comunidade infestante foi obtida com o sistema de plantio direto, por meio dos seguintes programas de rotação: (sorgo/soja - crotalária/milho - milheto/soja - milho safrinha/soja; (milho safrinha/soja - girassol/milho - sorgo/soja - girassol/milho e (guandu/soja - milheto/soja - milho safrinha/milho - girassol/soja.This research aimed to evaluate the effects of no-tillage systems using crop rotation variations, conventional tillage, and minimum tillage on the dynamics of weed populations in the cerrado region in Brazil. The experiment was arranged in a randomized block design, four replications and five treatments, (two no tillage treatments consisting of summer and fall/winter crop rotations and two single crop treatments under conventional tillage and minimum tillage. Weed population dynamics was evaluated. The results showed that the no-tillage system was the most efficient for weed control with the following programs: soybean/sorghum - Crotalaria/corn - millet/soybean, winter corn/soybean; (winter corn/soybean - sunflower/corn - sorghum/soybean - sunflower/corn and (Pigeon/pea/soybean - millet/soybean - winter corn/corn - sunflower/soybean .

  5. Weed interference in sweet pepper in no-tillage and conventional planting systems = Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do pimentão nos sistemas de plantio direto e convencional

    Jorge Luiz Xavier Lins Cunha

    2015-06-01

    Full Text Available The subject of this work is evaluate the periods of weeds interference on yield of sweet pepper (Capsicum annum L., cultivated in no-tillage and conventional systems. Therefore, an experiment was conducted in randomized blocks of a distributed split plots with four replications design. The no-tillage and conventional systems were evaluated in plots and subplots, during the seven periods of control and coexistence among sweet peppers and weeds: 0; 0–14; 0–28; 0–49; 0–70; 0–91 and 0–112 days after transplanting (DAT. Before weeding and harvest time, they were evaluated species, density and dry mass of weeds. In the sweet peppers crops, diameter, length, number, average fruit weight and yield were evaluated. It was observed less weeds in no-tillage than conventional system. Without competitors, these weet peppers productivity was 69.57% less in conventional than no-tillage system. The critical period of weeds interference was from 19 to 95 DAT in no-tillage system and from 11 to 100 DAT in convention tillage = Objetivou-se com este trabalho avaliar os períodos de interferências das plantas daninhas no pimentão (Capsicum annum L., cultivado nos sistemas de plantio direto (SPD e convencional (SPC. Para isso, foi realizado um experimento em esquema de parcelas subdivididas, distribuídas no delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. O SPD e o SPC foram avaliados nas parcelas, e nas subparcelas, os sete períodos de controle e convivência entre as plantas daninhas e o pimentão: 0; 0–14; 0–28; 0–49; 0–70; 0–91 e 0–112 dias após transplantio (DAT. Antes de cada capina e na ocasião da colheita, foram avaliadas as espécies, a densidade e a matéria seca das plantas daninhas. Na cultura do pimentão foram avaliados diâmetro, comprimento, número, peso médio dos frutos e produtividade. Verificou-se menor incidência de plantas daninhas no SPD em relação ao SPC. Quando mantida livre da competição com as

  6. Interação entre sistemas de manejo e de controle de plantas daninhas em pós-emergência afetando o desenvolvimento e a produtividade da soja Interaction between burndown systems and post-emergence weed control affecting soybean development and yield

    R.S. Oliveira Jr.

    2006-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a interação entre sistemas de manejo e de controle de plantas daninhas em pós-emergência na cultura da soja, cv. BRS 154, em plantio direto em áreas com expressiva cobertura vegetal. Foram avaliados 13 tratamentos, compostos por um esquema fatorial (3x4+1. Os fatores eram constituídos por três sistemas de manejo (dessecação imediatamente antes da semeadura, dessecação 10 dias antes da semeadura e dessecação antecipada, sendo esta composta por duas aplicações de manejo, a primeira 24 dias antes da semeadura e a segunda na data da semeadura, quatro formas de controle das plantas daninhas após a emergência da cultura (nenhum controle, capina manual das parcelas, aplicação única e aplicação seqüencial de herbicidas e um tratamento adicional, constituído por uma testemunha absoluta (sem manejo e sem controle em pós-emergência. Embora a dessecação nos diferentes sistemas de manejo tenha sido eficiente, a antecipação da dessecação no manejo antecipado favoreceu a emergência e o desenvolvimento inicial da soja, proporcionando maiores ganhos de produtividade, nas condições de infestação apresentadas. O sistema de manejo afetou também o fluxo de emergência das plantas daninhas após a emergência da soja, com menos reinfestações no sistema de manejo antecipado, em função do controle dos fluxos iniciais proporcionado pela segunda aplicação deste sistema de manejo. O manejo realizado na data da semeadura e dez dias antes prejudicou o desenvolvimento da soja, resultando em menor produtividade. O manejo antecipado, quando comparado aos demais sistemas, proporcionou maior produtividade da soja.This work aimed to evaluate the interaction between burndown methods and systems of post-emergence weed control in soybeans, cv. BRS 154, under no-tillage, in areas with expressive soil green cover. Thirteen treatments in a factorial scheme (3x4 +1, were evaluated. Main factors were

  7. CONTROLE EM PÓS-EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS POR HERBICIDAS UTILIZADOS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR

    PAULO VINICIUS DA SILVA

    2015-01-01

    Full Text Available The implantation of the mechanized harvesting system of sugarcane led to changes in the pro- duction system, in the production system was the modification of the weed flora, promoting the emergence of weed species that weren`t present in the conventional production system where the sugar cane was burnt. The present work had the objective of determining dose response curves of the herbicides amicarbazone, saflufenacil, mesotrione and sulfentrazone in post - emergence, over the weed species Merremia aegyptia ; Ipo- moea purpurea ; Luffa aegyptiaca ; Mucuna aterrima e Ricinus communis. The experiment was conducted in a greenhouse, with delineation entirely randomized, with four repetitions. The treatments constituted of the spraying of different doses of the herbicides amicarbazone, saflufenacil, mesotrione and sulfentrazone over the weed plants M. aegyptia ; I. purpurea ; L. aegyptiaca ; M. aterrima e R. communis when the plants had two pairs of true leaves. . The method used was the dose response curves, being sprayed doses equivalent to 1,5; 1,0; 0,5; 0,25 and 0,0 times the commercial dose of each product ( amicarbazone, saflufenacil, mesotrione, and sulfentrazone. The herbicides were sprayed individually over each weed species,. By 7, 14 and 21 days after the applications of the treatments (DAT, the symptoms of phytotoxicity were visually evaluated, and by 21 DAT, the dry mass of the shoots was determined. The herbicides saflufenacil and mesotrione weren`t effective in controlling Luffa aegyptiaca e Ricinus communis, respectively. The application of the herbicides sulfentrazone and amicarbazone resulted in control supe- rior to 80% for all weed species times the commercial dose studied. Therefore, different levels of susceptibility of the weed plants to post - emergent herbicides were observed. The herbicides amicarbazone and sulfentrazone were the most effective.

  8. Interferência entre espécies de planta daninha e duas cultivares de feijoeiro em duas épocas de semeadura Interference between weed species and two bean cultivars in two times of sowing

    Arthur Arrobas Martins Barroso

    2010-01-01

    Full Text Available O Brasil é o maior produtor mundial de feijão, mas a interferência das plantas daninhas pode causar reduções de produtividade entre 15% e 80%, devido a fatores como cultivar de feijoeiro e espécies de plantas daninhas presentes na área. Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos de seis espécies de plantas daninhas sobre o crescimento e a produtividade de duas cultivares de feijoeiro, em duas safras. Observou-se que as plantas eudicotiledôneas causam maior interferência na cultura, principalmente Amaranthus viridis e Raphanus raphanistrum. Todas causam perdas na produção do feijoeiro, exceto Eleusine indica, a menos competitiva. A cultivar ´Rubi´ é mais produtiva e mais competitiva que a ´Carioca´, e a maior produtividade é atingida na safra da seca. A escolha da cultivar e da data correta para a semeadura podem ser estratégias de manejo no controle de invasoras.Brazil is the world's largest producer of bean, but weed interference can cause yield losses between 15 to 80% due several factors such as bean cultivar and weed species in the area. The objective of this study was to evaluate the effects of six weed species on growth and productivity of two bean cultivars, in two sowing seasons. It was observed that the dicot plants cause more interference in the crop, especially Amaranthus viridis and Raphanus raphanistrum. All cause losses in bean yield except Eleusine indica that was less competitive. The ´Rubi´ bean cultivar is more productive and competitive than ´Carioca´, and the higher production is achieved during the drought sowing season. The choice of cultivar and correct season for sowing may be management strategy as in weeds control.

  9. Ocorrência de Frankliniella schultzei (trybom (thysanoptera: thripidae em plantas daninhas Ocurrence of Frankliniella schultzei (Trybom (Thysanoptera:Thripidae at weed species

    Maria G. A. Lima

    2000-08-01

    Full Text Available Realizaram-se levantamentos de plantas daninhas, no Campus da UNESP em Jaboticabal/SP, com o objetivo de identificar espécies de plantas daninhas hospedeiras do tripes Frankliniella schultzei (Trybom. As plantas foram coletadas semanalmente utilizando-se o método de ensacamento. A separação dos tripes foi feita mediante emprego do funil de Berlese. Entre as 43 espécies de plantas daninhas encontradas nas áreas amostradas, 19 são hospedeiras do tripes. Rabanete (Raphanus sativus L., nabiça (R. raphanistrum L. e mostarda (Sinapsis arvensis L. foram as que apresentaram as maiores porcentagens de F. schultzei, 45, 27 e 17% do total de fêmeas coletadas respectivamente.A monitoring of weeds was carried out on the UNESP Campus in Jaboticabal, SP, with the objective of indentifying host weed species of Frankliniella schultzei (Trybom. The plants were collected weekly and transported to the laboratory inside paper bags. The Berlese funnel method was used to separate the insects from the plants. Thrips were found in 19 of the 43 weed species studied: Raphanus sativus L., R. raphanistrum L., and Sinapsis arvensis L. presented the highest percentage of thrips, consisting of 45, 27, and 17% respectively of the total females that were collected.

  10. Levantamento fitossociológico de plantas daninhas na cultura do girassol Phytosociological survey of weeds in sunflower crop

    F.S Adegas

    2010-12-01

    Full Text Available O levantamento fitossociológico da comunidade de plantas daninhas na cultura do girassol foi realizado em duas épocas distintas: no desenvolvimento inicial da cultura (entre 20 e 40 dias após a semeadura e na pré-colheita do girassol. As espécies de plantas daninhas foram identificadas e quantificadas pelo método do quadrado inventário (1,0 x 1,0 m, com amostragem de 12 m² por área. Os levantamentos foram realizados em 54 propriedades de seis municípios da região do cerrado e em 38 propriedades de oito municípios da região dos pampas, que são as duas principais regiões produtoras brasileiras. Foram registrados a frequência, a frequência relativa, a densidade, a densidade relativa, a abundância, a abundância relativa, o índice de importância relativa e o índice de similaridade. No total, foram identificadas 60 espécies de plantas daninhas, sendo 17 presentes em ambas as regiões. Asteraceae e Poaceae foram as duas principais famílias, entre as 16 encontradas. As principais espécies presentes no cerrado foram Euphorbia heterophylla, Chamaesyce hirta, Ageratum conyzoides, Commelina benghalensis, Zea mays e Bidens sp. As principais espécies presentes no Rio Grande do Sul foram Bidens sp., Raphanus raphanistrum, Lolium multiflorum, Gnaphalium spicatum, Sonchus oleraceus, Euphorbia heterophylla, Sida rhombifolia, Digitaria sp. e Ipomea sp. A densidade das plantas daninhas foi maior na fase de pré-colheita do que no desenvolvimento inicial da cultura, em ambas as regiões, sendo de 30,84 plantas m-2 e 23,58 plantas m-2, respectivamente, para o cerrado, e de 23,19 plantas m-2e 21,41 plantas m-2, para o Rio Grande do Sul. O índice de similaridade dentro das regiões foi de 0,91 para os levantamentos do cerrado e de 0,79 para os do Rio Grande do Sul. Entretanto, entre as regiões, os índices ficaram abaixo de 0,5, mostrando similaridade mediana entre a flora daninha do cerrado e a do Rio Grande do Sul, na cultura do girassol

  11. LEVANTAMENTO DA FLORA EMERGENTE DE PLANTAS DANINHAS EM SISTEMAS DE COBERTURA DO SOLO SURVEY OF THE WEED EMERGING FLORA IN SOIL COVER SYSTEMS

    Nicolas Bernon

    2007-09-01

    Full Text Available

    O objetivo deste trabalho foi determinar a flora emergente de plântulas e plantas daninhas em vários sistemas de cobertura do solo e manejo com: a culturas de cobertura em plantio direto (feijão-de-porco; braquiária; milheto; mucuna cinza; aveia; mucuna rajada; trigo sarraceno; crotalária e b sistemas de cultivo (cultivo mínimo; retirada da cobertura; plantio direto no mato; plantio convencional. A avaliação da flora emergente demonstrou que, dentre as culturas de cobertura, os tratamentos com milheto e braquiária apresentaram baixa incidência de monocotiledôneas (0,66 pl/m², diferenciando-se, entretanto, apenas do plantio convencional (50,33 pl/m². A ocorrência de dicotiledôneas foi inibida quando em presença de crotalária, trigo sarraceno e milheto (1,00; 1,00; 1,33 pl/m², respectivamente, que se diferenciaram dentre as culturas de cobertura, apenas da aveia (18,66 pl/m². Houve uma elevada população de plantas residuais de milheto (130,66 pl/m², estatisticamente superior ao residual das culturas de braquiária, mucuna cinza, mucuna rajada (1,00; 0,00; 0,33 pl/m², respectivamente. Concluiu-se que a cobertura total do solo foi a proporcionada pela braquiária, com eficiente controle de plantas daninhas. O milheto e a crotalária controlaram muito bem as espécies mono e dicotiledôneas, estabelecendo uma boa cobertura do solo. Contudo, a emergência de plântulas de milheto, após o cultivo desta cultura, pode dificultar o manejo para implantação da cultura subseqüente.

    PALAVRAS-CHAVE: Sistemas; plantas daninhas; manejo; flora.

    The emerging flora of seedlings and weeds in several soil cover systems was studied through: a cover crops under no-tillage (pigpeas; brachiaria; pearl millet; gray mucuna; oats; striped mucuna; saracen wheat; crotalaria and

  12. Competição de plantas daninhas com a cultura do algodoeiro Effect of weed competition on cotton

    Edivaldo Cia

    1978-01-01

    Full Text Available Foram instalados no Centro Experimental de Campinas e na Estação Experimental de Tietê, nos anos agrícolas de 1970/71 a 1972/73, ensaios para avaliar o efeito da competição de plantas daninhas com o algodoeiro. Em 1970/71 foram estudados oito trata-mentos com seis. repetições: competição durante 10, 20, 30, 60, 90 e 120 dias após a emergência do algodoeiro e dois tratamentos testemunhas, sendo um sempre no limpo e outro sempre com mato. Os tratamentos foram mantidos no limpo após a respectiva primeira capina. Baseado nos resultados obtidos, foram estudados, nos anos agrícolas de 1971/72 e 1972/73, nove tratamentos, com cinco repetições: sempre. no limpo, capinas aos 10, 20, 30 e 40 dias após a emergência do algodoeiro. Após as capinas o algodoeiro foi mantido livre de competição. Os tratamentos restantes foram: capinas até os 10, 20, 30 ou 40 dias. As parcelas apresentavam quatro linhas lie cinco metros de comprimento. Em cada tratamento determinaram-se o número e o peso de matéria fresca e seca das plantas daninhas, ao final do respectivo período de competição, bem como a produção do algodão e as características econômicas de porcentagem de fibra, peso de um capulho, peso de 100 sementes, comprimento de fibra, uniformidade de comprimento, índice Micronaire, índice Pressley e maturidade. Os resultados mostraram que houve menor produção de algodão quando, após o período de 20 dias sem mato, mantiveram-se em competição o algodoeiro e plantas dani-nhas. Não houve efeito estatístico significativo na produção quando se manteve o algodoeiro até 40 dias sem a competição de plantas daninhas, embora esse tratamento tenha provocado uma queda de 30% de produção. Houve efeito negativo das plantas daninhas, pelo menos em um dos locais estudados, ou em um dos anos estudados, nas seguintes características: porcentagem de fibra, peso de um capulho, peso de 100 sementes, índice Micronaire, uniformidade de

  13. Levantamento fitossociológico de plantas daninhas na cultura da cenoura em monocultivo e consorciada com rabanete

    A. P. M. S. Rodrigues

    2016-01-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido na horta da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA, no período de setembro a dezembro de 2009, com o objetivo de realizar o levantamento fitossociológico nos seguintes tratamentos: sistema de monocultivo da cenoura (Daucus carota e sistema de cultivo da cenoura consorciada com rabanete (Raphanus sativus. Para cada sistema de plantio foram realizadas 24 amostragens em quadrados vazados de 0,50 m de lado, onde as plantas daninhas foram coletadas e separadas por espécie, para determinação das seguintes características: número total de indivíduos por espécie, número total de parcelas que contém a espécie, freqüência, freqüência relativa, densidade, densidade relativa, abundância, abundância relativa, massa seca, massa seca relativa, índice de valor de importância (IVI, e o índice de valor de importância incluindo a massa seca (IVI-MS. Foram identificadas 19 espécies, distribuídas em 12 famílias botânicas. A família mais representativa foi a Poaceae, seguida por Portulacaceae, Cyperaceae, Tumeraceae, Euphorbiaceae, Malvaceae, Amaranthaceae, Rubiaceae, Fabaceae, Molluginaceae, Convolvulaceae e Asteraceae. As áreas conduzidas no sistema de consórcio apresentaram redução de 13,2% na massa seca pelas plantas daninhas, embora a densidade não tenha sido alterada. A espécie de planta daninha Portulaca oleracea se destacou em relação às demais por ter acumulado 40,21 e 47,31% da massa seca produzidas infestantes em monocultivo e consórcio, respectivamente.Phyto-sociological survey of weed in carrot’s cultivation in monocrop and intercropped with radishAbstract: Was conducted the experiment in didact garden at the Rural Federal University of Semi-Arid, from September to December 2009, in order to carry out the phytosociological survey in the treatments: monocrop system of carrot (Daucus carota and intercropping system of carrot with radish (Raphanus sativus. For each planting system

  14. Períodos de interferência das plantas daninhas em algodoeiro de fibra colorida 'BRS Safira' Weeds interference periods in naturally colored cotton 'BRS Safira'

    Gleibson Dionízio Cardoso

    2010-09-01

    Full Text Available Objetivou-se com esse trabalho, identificar os períodos de interferência das plantas daninhas no algodoeiro de fibra colorida (BRS Safira, bem como avaliar a comunidade infestante nesta cultura. O experimento foi realizado no município de Missão Velha, CE, região do Cariri, na safra 2007/2008. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema fatorial 2 x 5, sendo os fatores: modalidades de competição (com e sem competição de plantas daninhas e período de interferência das plantas daninhas. A comunidade infestante foi avaliada por meio de dois índices fitossociológicos (Dominância relativa e Importância relativa. Os períodos iniciais de controle ou de convivência após a emergência da cultura foram 0-20; 0-40; 0-60; 0-80 dias após a emergência (DAE e 0-colheita. Os períodos de interferência foram determinados considerando-se perdas na produtividade de 2; 5 e 10%; realizando-se análise de regressão pelo modelo sigmoidal de Boltzman, utilizando-se os dados de produtividade para cada modalidade de competição. Dentre as 21 espécies observadas na comunidade infestante, destacaram-se: Richardia grandiflora, Amaranthus deflexus, Eleusine indica, Merremia aegyptia, Eragrotis pilosa, Cenchrus echinatus e Waltheria indica. Os períodos críticos anteriores à interferência foram, respectivamente, 8; 14 e 20 DAE, para perdas na produtividade de 2; 5 e 10%; e os períodos críticos de prevenção a interferências, foram, respectivamente, 100; 82 e 60 dias.This study aimed to determine the late-season presence of weeds in reddish brown cotton (cultivar BRS Safira and the critical times for removing weeds. The experiment was carried out in the area of Embrapa in Missão Velha-CE, Brazil, located at 7º42'07" S latitude and 39º24'18" WGr. longitude, during the 2007/2008 season. The treatments consisted of two control groups: weed-free crop during the initial period after crop emergency

  15. Aplicação de misturas de diuron com MSMA, e com paraquat, no controle de plantas daninhas de folhas largas em cultura de algodão (Gossypium hirsutum L. Mixture of diuron whit MSMA and with paraquat for broadleaved weeds control in cotton

    L. S. P. Cruz

    1978-01-01

    Full Text Available Em ensaio de campo conduzido em 1975/76 procurou-se avaliar a ação de misturas de MSMA com diuron e de paraquat com diuron, aplicadas em pós-emergência, em jato dirigido, em duas épocas diferentes, no controle de algumas plantas daninhas de folhas largas em algodão: carrapicho- do-campo (Acanthospermum australe (Loef O. Kuntze , falsa-poaia (Borreria ala ta (Aubl DC, poaia-branca (Richardia brasiliensis Gomez e guanxuma (Sida spp . A vegetação natural da área do ensaio era formada ainda pela gramínea capim-de-colchão (Digitaria sanguinalis (L. Scop . Os resultados mostraram que as misturas de 2,00 kg e 2,70 kg/ha de MSMA com, respectivamente 0,30 kg e 0,40 kg/ha de diuron, e a mistura de 0.60 kg/ha de paraquat com 0,60 kg/ ha de diuron, foram eficientes no co ntro le daquelas dicotiledôneas, e também no da gramínea. Todos os tratamentos provocaram leves sintomas de fitotoxicidade nos algodoeiros, mas desapareceram depois e não prejudicaram o desenvolvimento vegetativo das plantas, assim como a produção de algodão em caroço.In a field trial carried out in 1975/76, a diuron mixtu re with MSMA and another with paraquat was tested on broadleaved weeds in cotton crops. The applications were done in postemergence, directed-spray, in two different periods. The broadleaved weeds observed in the trial were Acanthospermum australe , Borreria alata, Richardia brasiliensis, and Sida spp, also the grass Digitaria sanguinalis. Best results were obtained with the mixture of 0,60 kg/ha of paraquat with 0,60 kg/ha of diuron, and 2,70 kg/ha of MSMA with 0,40 kg/ ha of diuron, or 2,00 kg/ha of MSMA with 0,30 kg/ha of diuron. All the treatments caused sl ight symptons of toxic ity in cotton, which disappeared later and did not damage the production.

  16. BIOENSAIO PARA DETERMINAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS AOS HERBICIDAS INIBIDORES DA ENZIMA ALS

    CHRISTOFFOLETI PEDRO JACOB

    2001-01-01

    Full Text Available Com o uso intensivo de herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS em áreas cultivadas com soja, no município de São Gabriel d'Oeste (MS, Brasil, selecionou-se um biótipo resistente da planta daninha Bidens pilosa. A confirmação bioquímica desta resistência, no entanto, é muito difícil de ser feita em campo. Assim, realizou-se um bioensaio com o objetivo de testar a sensibilidade da ALS desse biótipo aos herbicidas inibidores dessa enzima, por meio da aplicação simultânea de herbicidas inibidores da ALS e da KARI (cetoácido reductoisomerase. Para a inibição desta última enzima, utilizou-se o teste CPCA (ácido 1,1-ciclopropanodicarboxílico. Por ele, confirmou-se que a resistência do biótipo de Bidens pilosa é decorrente da insensibilidade da ALS aos herbicidas, que visam inibi-la; pois, quanto maior a quantidade de acetoína, maior é a atividade da enzima e mais intensa a coloração desenvolvida, proporcionando maiores valores nas leituras de absorbância.

  17. Períodos de interferência das plantas daninhas na cultura de cebola (Allium cepa transplantada Periods of weed interference with transplanted onion crop (Allium cepa

    D.J. Soares

    2003-12-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado com o objetivo de estudar os efeitos de períodos de convivência (0, 14, 28, 42, 56, 70, 84 e 98 dias após o transplantio de uma comunidade de plantas daninhas sobre a produtividade de quatro cultivares de cebola (Mercedes, Granex 33, Superex e Serrana, em sistema de transplantio de mudas. O experimento foi instalado em Jaboticabal-SP, de abril a outubro de 2000, utilizando delineamento experimental de blocos ao acaso, quatro repetições, em esquema fatorial 4 x 8. As principais populações de plantas daninhas no final dos períodos de convivência foram de Coronopus didymus, Amaranthus hybridus e Cyperus rotundus. Os cultivares Mercedes (2,90 kgm-2 e Granex 33 (2,64 kgm-2 foram os mais produtivos, independentemente da interferência das plantas daninhas. A convivência com as plantas daninhas durante os primeiros 98 dias reduziu a produtividade da cebola em 95% e o peso médio de bulbos em 91%. O período anterior à interferência (PAI foi de 42 dias, não havendo diferença entre os cultivares de cebola.This research was carried out to evaluate the effects of weed coexistence periods (0, 14, 28, 42, 56, 70, 84 and 98 days after transplanting on the productivity of four onion cultivars (Mercedez, Granex 33, Superex and Serrana. The experiment was installed in Jaboticabal - SP - Brazil, from April to October 2000, arranged in a randomized complete block design, with four replications, in a factorial design 4 x 8. The main weed populations at the end of the coexistence periods were Coronopus didymus, Amaranthus hybridus and Cyperus rotundus. The cultivars Mercedez (2.90 kg m-2 and Granex-33 (2.64 kg m-2 were the most productive, under the conditions of weed interference.Weed interference during the first 98 days reduced production weight around 95% and the average weight of bulbs was reduced by 91%. For all the cultivars, weed coexistence the during the first 42 days after transplanting did not reduce the total

  18. Plantas daninhas de uma pastagem cultivada de baixa produtividade no Nordeste Paraense Weeds of pasture low yielded areas of northeastern in the Pará State

    Raimundo E. B. Mascarenhas

    1999-12-01

    Full Text Available Atualmente existem 23 milhões de hectares de pastagens cultivadas em área originalmente sob floresta na Amazônia. Desse total, em torno de cinco milhões de hectares encontram-se com baixa produtividade ou em vias de degradação, infestados de plantas daninhas. Com o objetivo de identificar as plantas daninhas que ocorrem em área de pastagem de baixa produtividade em Terra Alta, PA ( 0º 58” S e 47º 52” W. Gr. , foram efetuados levantamentos botânicos qualitativos, pelo método visual e coleta de todas as espécies presentes na área. Foram registradas 34 famílias, representadas por 118 espécies, destacando-se as famílias Leguminosae, Gramineae, Malvaceae, Myrtaceae, Cyperaceae e Asteraceae com 21, 16, 8, 7, 6 e 6 espécies, respectivamente. As plantas daninhas consideradas mais importantes foram: Borreira verticillata, Rolandra argentea, Desmodium canum, Davilla rugosa, Vismia guianensis e Imperata brasiliensis.Presently there are 23 million hectares of cultivated pasture in forest ecosystem of the Amazon Region. From that area, 5 million hectares are low yield or in some stage of degradation and invaded by weeds. Aiming to identify the weed species that occur in degraded pastures of Terra Alta, state of Pará (0º 58” S e 47º 52” W. Gr. , a botanical survey was carried out, colleting samples of all weed species presents in the area. Thirty-four families were recorded represented by 118 species, being Leguminosae, Gramineae, Malvaceae, Myrtaceae, Cyperaceae and Asteraceae the most important families with 21, 16, 8, 7, 6 and 6 species respectively. The most important weed species were: Borreira verticillata, Rolandra argentea, Desmodium canum, Davilla rugosa, Vismia guianensis e Imperata brasiliensis.

  19. Weed control, biomass and microbial metabolism of soil depending on the application of glyphosate and imazethapyr on crop soybeansControle de plantas daninhas, biomassa e metabolismo microbiano do solo em função da aplicação de glifosato ou imazetapir na cultura da soja

    Dirceu Agostinetto

    2011-08-01

    Full Text Available Studied the weed control and the changes of biomass and microbial soil properties at crop cultivated both genetically modified and non altered soybeans because of glyphosate or imazethapyr herbicide applications. Soybean cultivations were tested (BRS 244RR, genetically modified and BRS 154, non modified and herbicides (glyphosate and imazethapyr, and control treatment with weed. Variables were evaluated for phytotoxicity to the crop, control of Raphanus raphanistrum (wild radish, Digitaria sp. (crabgrass and Brachiaria plantaginea (alexsandregrass, total organic carbon (TOC, microbial biomass carbon (MBC, basal respiration (BR and metabolic quocient (QCO2. The herbicide glyphosate, applied as a single dose or sequentially, effectively controls the weeds wild radish, crabgrass and alexsandregrass and increases microbial activity, basal respiration and metabolic quocient. The microbial metabolism was not affected by the fact that the genotype or not genetically modified, but the use of the herbicide glyphosate.Estudou-se o controle de plantas daninhas, as variações da biomassa e do metabolismo microbiano do solo em áreas cultivadas com soja geneticamente modificada e não modificada, em função da aplicação dos herbicidas glifosato ou imazetapir. Testaram-se cultivares de soja (BRS 244RR, geneticamente modificada e BRS 154, não modificada e herbicidas (glifosato e imazetapir, e tratamento controle com capina. Como variáveis foram avaliadas a fitotoxicidade à cultura, controle de Raphanus raphanistrum (nabo, Digitaria sp. (milhã e Brachiaria plantaginea (papuã, teores de carbono orgânico total (COT, carbono da biomassa microbiana (CBM, respiração basal (RB e quociente metabólico (QCO2. O herbicida glifosato, aplicado em dose única ou seqüencial, controla eficientemente as plantas daninhas nabo, milhã e papuã, e aumenta a atividade microbiana, a taxa de respiração basal e o quociente metabólico. O metabolismo microbiano do solo

  20. Efeitos de períodos de permanência de clomazone + hexazinona no solo e na palha de cana-de-açúcar antes da ocorrência de chuvas na eficácia de controle de plantas daninhas Effects of different periods of clomazone + hexazinona permanence in soil and sugarcane mulch before the occurrence of rain on weed control efficacy

    C.A. Carbonari

    2010-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficácia da mistura formulada de clomazone e hexazinona aplicada sobre o solo e em associação com a palha de cana-de-açúcar, após diferentes períodos de permanência sem a ocorrência de chuvas. O experimento foi conduzido em vasos em casa de vegetação, no município de Botucatu-SP. Os vasos foram preenchidos com solo, e as sementes de plantas daninhas (Brachiaria decumbens, Ipomoea grandifolia, Ipomoea hederifolia e Euphorbia heterophylla foram semeadas superficialmente e, em seguida, cobertas ou não com palha de cana-de-açúcar, dependendo do tratamento utilizado. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos foram dispostos em um esquema fatorial 3 x 6, sendo os fatores seis períodos sem ocorrência de chuvas (0, 3, 7, 15, 30 e 60 dias e três posicionamentos do produto (sobre o solo sem palha, sobre e sob a palha de cana. Foram realizadas avaliações de controle aos 10, 21, 35 e 42 dias após a ocorrência da chuva. A mistura de clomazone + hexazinona promoveu excelentes resultados de controle para todas as espécies estudadas quando aplicada sobre, sob ou na ausência de palha de cana-de-açúcar. No entanto, observou-se tendência de redução nos níveis de controle para períodos superiores a 60 dias sem ocorrência de chuva.The objective of this work was to evaluate the efficacy of the formulated mixture clomazone and hexazinone applied in soil or combined with sugarcane mulch, after different periods of permanence without the occurrence of rain. The experiment was carried out in vases under greenhouse conditions in Botucatu, São Paulo, Brazil. The weeds Brachiaria decumbens, Ipomoea grandifolia, Ipomoea hederifolia and Euphorbia heterophylla were sown and covered or not with sugarcane mulch. The experiment was arranged in a complete randomized design with four repetitions. The treatments were displaced in a 3x6

  1. Avaliação da sensibilidade de diversas espécies de plantas daninhas aquáticas ao carfentrazone-ethyl, em ambiente controlado Assessment of sensitivity of several aquatic weeds to carfentrazone-ethyl under controlled environment

    L.L. Foloni

    2005-06-01

    Full Text Available Plantas aquáticas, especialmente macrófitas, tornam-se sério problema em hidrelétricas, afetando a múltipla utilização dos corpos d'água, incluindo produção de peixes e atividades de pesca, perdas d'água por evapotranspiração, esportes aquáticos, canoagem, irrigação e produção de energia nas usinas hidrelétricas. Com o objetivo de analisar o potencial de uso do carfentrazone-ethyl no controle das principais plantas daninhas aquáticas no Brasil, foi instalado um experimento em vasos com água. Utilizaram-se os seguintes tratamentos herbicidas (g i.a. ha-1: carfentrazone-ethyl a 15, 30 e 60; glyphosate a 4.536; 2,4-D a 4.690; imazapyr a 1.250; e uma testemunha sem herbicida. Esses tratamentos foram testados nas seguintes espécies: Eichhornia crassipes, Salvinia auriculata, Pistia stratiotes, Myriophyllum aquaticum, Brachiaria arrecta, Hydrocotyle umbellata, Typha sp. e Echinochloa polystachya. As avaliações foram efetuadas aos 7, 14, 21 e 28 dias após os tratamentos. Os resultados mostraram que o carfentrazone-ethyl foi eficiente no controle de E. crassipes (maior dose e P. stratiotes (duas maiores doses, com efeito supressivo sobre S. auriculata. Foi observado que nas outras plantas daninhas estudadas não houve eficiência de controle.Aquatic weeds, especially macrophytes, are a serious problem in hydroelectric plant systems, affecting the multiple use of water, such as fish production and fishing activities, water losses by evapotranspiration, aquatic sports, boating, irrigation and hydroelectric power production. An experiment using boxes filled with water was carried out to analyze the potential use of carfentrazone-ethyl in the control of the main aquatic weeds in Brazil. The following herbicide treatments (g i.a. ha-1 were used: carfentrazone-ethyl at 15, 30 and 60; glyphosate at 4,536; 2,4D at 4,690; imazapyr at 1,250, and no herbicide. These treatments were tested on the species: Eichhornia crassipes, Salvinia

  2. ANÁLISE DO CRESCIMENTO DE RABANETE EM FUNÇÃO DE PERÍODOS DE CONVIVÊNCIA COM PLANTAS DANINHAS

    Valdere Martins dos Santos

    2015-07-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se avaliar a influência de períodos de convivência com plantas daninhas nas respostas morfofisiológicas de plantas de rabanete cultivado no sul do Estado do Tocantins. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, sendo seis tratamentos e quatro repetições. Foram avaliados 6 períodos de convivência com plantas daninhas em cinco épocas de avaliação (5, 10, 15, 21 e 30 dias após a emergência. Foram determinadas a taxa de crescimento da cultura (TCC, taxa de crescimento relativo (TCR, taxa de assimilação líquida (TAL, taxa de crescimento absoluto (TCA, razão de área foliar (RAF e área foliar específica (AFE. As TCC e TCR apresentaram uma fase inicial com rápido acúmulo de massa, até seu ponto máximo no 2o intervalo de crescimento, posteriormente, declínio devido ao período de senescência da cultura. A TAL atingiu seu crescimento máximo no 3o intervalo, verificando-se a seguir redução, com exceção dos tratamentos (sem competição e sem competição a partir do 5o dia que apresentaram aumento durante todo o ciclo da cultura. Resposta semelhante foi observada também para TCA. Para RAF e AFE verifica-se que nos tratamentos com algum período de competição ocorreu incremento até os 17 DAE dias, seguida por redução mais acentuada até os 30 DAE. As características morfofisiológicas são influenciadas pela competição com plantas daninhas.

  3. Efeito do espaçamento entre fileiras de amendoim rasteiro na interferência de plantas daninhas na cultura Effect of peanut crop row spacing on weed interference in the culture

    T.C.S. Dias

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da redução do espaçamento entre fileiras nos períodos de interferência e na produtividade do amendoim rasteiro (Arachis hypogaea. O experimento foi instalado no município de Jaboticabal-SP. Os tratamentos constaram de dois espaçamentos entre fileiras (80 e 90 cm, divididos em dois grupos. No primeiro, as plantas daninhas foram controladas desde a emergência até 0 (interferência constante, 30, 45, 60, 82, 97 e 112 dias depois. No segundo, as plantas daninhas conviveram com a cultura pelos mesmos períodos do grupo anterior. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, em arranjo de parcelas subdivididas, com quatro repetições. As principais plantas daninhas presentes na área foram Digitaria sp., Xanthium strumarium, Acanthospermum hispidum e Cenchrus echinatus. Para uma perda tolerável de 5% de produtividade, o período crítico de prevenção à interferência foi dos 27 aos 76 e dos 35 aos 96 dias após a emergência para os espaçamentos de 80 e 90 cm, respectivamente; a queda de produtividade das parcelas mantidas com interferência de plantas daninhas em relação àquelas no limpo foi superior a 80%, independentemente do espaçamento.The aim of this research was to evaluate the effect of reducing the spacing between rows in periods of weed interference and peanut (Arachis hypogaea yield. The experiment was carried out in Jaboticabal, Brazil. Treatments consisted of two row spacings (80 to 90 cm, divided into two groups. In the first group, the weeds were controlled since emergence up to 0 (constant interference, 30, 45, 60, 82, 97 and 112 days. In the second group, the weeds were allowed to grow with the peanut culture during the same periods. The experiment was arranged in a randomized block design with treatments in split-plots, with four repetitions. The main weeds in the area were Digitaria sp., Xanthium strumarium, Acanthospermum hispidum and Cenchrus

  4. Fitossociologia de comunidades de plantas daninhas em agroecossistema cana-crua Phytosociology of weed community in no-burn sugar cane agroecosystems

    M.A. Kuva

    2007-09-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho estudar a fitossociologia de comunidades de plantas daninhas de canaviais colhidos no sistema mecanizado, sem queima prévia da palha, e a similaridade entre talhões quanto à composição de espécies. Os levantamentos foram realizados em 28 talhões comerciais na região de Ribeirão Preto-SP. Em cada talhão foram demarcadas áreas de coleta e avaliação, na proporção de duas por hectare, mantidas sem controle, e que serviram de local para as amostragens de plantas daninhas. As amostragens foram feitas com quadrados vazados (0,5 x 0,5 m, lançados aleatoriamente duas vezes em cada uma das áreas. Essas amostragens foram realizadas determinando-se a densidade e a biomassa específica aos 120 dias após o corte da cana. Cyperus rotundus foi a principal espécie, destacando-se quanto aos valores de importância relativa (IR. As plantas dicotiledôneas anuais de propagação por sementes também se destacaram, dentre as quais diversas espécies das famílias Euphorbiaceae e Convolvulaceae. Em contrapartida, as gramíneas tradicionais de áreas de cana colhida queimada tiveram pouco destaque. O índice de Shannon (H de diversidade de espécies das comunidades variou de 0 a 1,61, e o índice de similaridade entre os talhões (S foi muito variável. A maioria das espécies ou grupo de espécies apresentou padrão agregado (V/m > 1,00, com valores relativamente altos de índice de agregação (V/m. Entretanto, na maioria dos casos, Cyperus rotundus e as Convolvulaceas apresentaram os maiores índices.A study was carried out in northeastern São Paulo, Brazil to evaluate the similarity between species composition and phytosociological index in weed communities of no-burn sugar cane crop harvest at different times and number of cut-cycles. Assessments were carried out in twenty-eight sugar cane plots in the Ribeirao Preto-SP region. In each plot, collection and evaluation areas were established, two per hectare, kept

  5. Supressão de plantas daninhas e produção de milho-verde orgânico em sistema de plantio direto Weed suppression and organic green corn production in no tillage system

    L.R. Queiroz

    2010-06-01

    Full Text Available O sombreamento do solo com cobertura morta proporciona redução na germinação das sementes e diminuição da população de plantas daninhas, possibilitando às plantas da cultura de interesse se desenvolverem sob efeito de menor competição inicial. Dessa forma, objetivou-se neste trabalho investigar o efeito do cultivo de leguminosas na evolução da comunidade de plantas daninhas na cultura do milho-verde cultivado em sucessão, num sistema orgânico. O ensaio foi realizado em delineamento em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas e quatro repetições. Inicialmente, houve o plantio das leguminosas: feijão-de-porco (Canavalia ensiformes, guandu (Cajanus cajan, mucuna-preta (Mucuna aterrinum, mucuna-anã (Mucuna deeringiana e crotalária (Crotalaria juncea; foi mantida uma testemunha sem cultivo em pousio. Anteriormente ao cultivo do milho, foi avaliada a produção de matéria seca de cada espécie de leguminosa. Em seguida, após a roçada das leguminosas foi semeado sobre a palhada o milho, cultivar HTMV 02. A amostragem das plantas daninhas foi realizada aos 15 e 30 dias após a emergência do milho, lançando-se de forma aleatória sobre cada parcela um quadro de 50 x 50 cm. As plantas daninhas dentro do quadro foram identificadas, pesadas e contadas por espécie, sendo posteriormente colocadas em estufa a 65ºC, por 72 horas, para determinação da matéria seca. As palhadas da mucuna-preta e da crotalária proporcionaram maior redução de matéria seca e população das plantas daninhas. A maior produtividade de espigas comerciais de milho-verde foi obtida na área de palhada de mucuna-preta e crotalária.Soil shading using mulch reduces weed seed germination and, consequently, weed population, allowing the plant of interest to develop free of the initial competition. Thus, the aim of this paper was to evaluate the effect of leguminous plant cultivation on the evolution of a weed community on green corn cultivated in

  6. Potencial alelopático de plantas de acapu (Vouacapoua americana: efeitos sobre plantas daninhas de pastagens Allelopathic potential of "acapu" (Vouacapoua americana plants: effects on pasture weed

    A.P.S. Souza Filho

    2000-01-01

    Full Text Available Extratos aquosos de folhas e cascas de plantas de acapu (Vouacapoua americana foram preparados nas concentrações de 0, 1, 2, 3 e 5% (v/v, visando identificar e caracterizar a atividade potencialmente alelopática dessa espécie. Analisaram-se os efeitos dos extratos sobre a germinação de sementes e o alongamento da raiz primária das plantas daninhas malícia (Mimosa pudica e malva (Urena lobata. Os bioensaios de germinação foram desenvolvidos em condições de 25 ºC e fotoperíodo de 12 horas. Para os bioensaios de alongamento da raiz primária, as condições estabelecidas foram de 25 ºC e fotoperíodo de 24 horas. Os resultados obtidos indicaram variações de respostas em função da fonte do extrato aquoso, do parâmetro analisado e da concentração do extrato. As reduções observadas tanto na germinação como no alongamento da raiz primária foram crescentes com o aumento da concentração do extrato, sendo os efeitos mais intensos observados na concentração de 5%. Independentemente da espécie receptora e do parâmetro analisado, o extrato preparado a partir das cascas do acapu evidenciou maior atividade alelopática inibitória. O alongamento da raiz primária foi o parâmetro mais sensível aos efeitos potencialmente alelopáticos do que a germinação das sementes. Comparativamente, cascas e folhas apresentaram diferenças em relação às classes de substâncias químicas. Nas cascas foram encontradas cumarinas que não estavam presentes nas folhas, as quais, por sua vez, apresentaram esteróides e triterpenóides, que não foram identificados nas cascas do acapu.Aqueous extracts from leaves and bark of "Acapu" plants were prepared in concentration levels of 0, 1, 2, 3 and 5% to identify and characterize potential allelopathic activity of such plants. The extract effects on seed germination and primary root elongation of pasture weeds, such as Mimosa pudica and Urena lobata, were analyzed. The germination bioassays were

  7. Períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do arroz de terras altas. II - cultivar Caiapó Interference periods of weeds in the upland rice - Caiapó variety

    Maria Rosangela Malheiros Silva

    2009-01-01

    Full Text Available Os experimentos foram desenvolvidos nos anos agrícolas 2003/2004 e 2004/2005, em área experimental da Universidade Estadual Paulista, Campus de Jaboticabal (SP, com o objetivo de se determinarem os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do arroz de terras altas, cultivar Caiapó. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições e 16 tratamentos. Os tratamentos foram constituídos por períodos crescentes de controle ou de convivência das plantas daninhas após a emergência da cultura: 0-10, 0-20, 0-30, 0-40, 0-50, 0-60, 0-70 dias e 0-colheita. Nos dois anos, as famílias predominantes eram Poaceae, Asteraceae, Amaranthaceae e Malvaceae e as principais plantas daninhas presentes foram: Cyperus rotundus L., Cenchrus echinatus L., Digitaria spp Heist., Echinochloa crus-galli (L. P. Beauv., Brachiaria decumbens Stapf., Eleusine indica Gaertn e Alternanthera tenella Colla. A cultivar de arroz de terras altas Caiapó deve ser mantida sem plantas daninhas nos 30 dias após a emergência.The experiments were carried out in two growing seasons (2003/04 and 2004/05 in an experimental area at São Paulo State University - UNESP, Jaboticabal Campus, to evaluate the weed interference periods on the upland Caiapó rice variety. The experimental design was randomized blocks with 4 replicates and 16 treatments. The treatments consisted of increasing periods of control or coexistence after emergence of the culture: 0-10; 0-20; 0-30; 0-40; 0-50; 0-60; 0-70 days; 0-harvest. The predominant families were Poaceae, Asteraceae, Amaranthaceae and Malvaceae, and the main weeds present were Cyperus rotundus L., Cenchrus echinatus L., Digitaria spp Heist., Echinochloa crus-galli (L. P. Beauv., Brachiaria decumbens Stapf., Eleusine indica Gaertn e Alternanthera tenella Colla for both years. The upland rice cultivar Caiapó is to be kept free of weeds for 30 days after emergence.

  8. Comportamento do algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum latifolium Hutch. e controle de plantas daninhas com o uso dos herbicidas diuron e sethoxydim The behavior of upland-type cotton (G. hirsutum latifolium Hutch. and the control of weeds after the use of diuron and sethoxydim herbicides

    N.E. de M. Beltrão

    1983-06-01

    Full Text Available Com a finalidade de verificar o comportamento do algodoeiro herbáceo, cultivar IAC-17, bem como o controle de plantas daninhas e aspectos competitivos do complexo floristico infestante sobre a cultura, na presença dos herbicidas diuron e sethoxydim, foi realizado um ensaio no município de Viçosa, Minas Gerais. O solo do local experimental, Podzólico Vermelho-Amarelo, apresenta textura argilosa, com 1,38% de carbono orgânico e de baixa fertilidade natural. O diuron foi aplicado em pré-emergência nas doses de 0,0; 0,8; 1,6 e 2,4 kg/ha e o sethoxydim, em pós-emergência, nas doses de 0, 150, 300, 450 e 600 g/ha. O ensaio foi instalado em blocos ao acaso, com 21 tratamentos em esquema fatorial (4 x 5 + 1, sendo 20 deles envolvendo o controle químico, resultantes de todas as combinações das doses desses herbicidas e uma testemunha relativa onde o controle foi realizado com o uso da enxada. Avaliaram-se várias características do crescimento e desen vol vimento da cul tura, tai s como área fol iar, índice de área folia r, ren dimento de algodão em rama, altura da plant a, diâmetro do caule etc.; e, por meio de mét odos sin ecológico s, a densidade populac ional e peso da fitomassa hidratada epí gea das esp éci es daninhas dominant es, e o total de todas as espécies. O diuron exerceu um elevado contro le de lat ifo liadas, como botão-de -ouro (Galin soga parvif lora Cav. e picão-preto (Biden spilosa L., nas doses de 1,6 e 2,4 kg/ ha. O sethoxydim mesmo na menor dose testada (150 g/h a controlou totalmente o capim-marmelada (Brachiaria planta ginea (Link. Hitch . Nenhum dos herbicidas controlou a falsa -serralha (Emilia sonc hi folia DC., porém referida planta daninha não reduziu o crescimento da cultura, mostrando- se de baixa força de competição. As plantas daninhas que apresentaram maiores forças de competição foram o botão-de-ouro, por apresentar maior densidade populacional, e o capim-marmelada, por ser de maior

  9. Plantas daninhas como hospedeiras alternativas para Pratylenchus brachyurus

    Guilherme Braga Pereira Braz

    Full Text Available RESUMO Uma das ações indiretas exercidas pelas plantas daninhas na interferência sob espécies cultivadas é o potencial de hospedar agentes causadores de enfermidades. O nematoide das lesões radiculares (Pratylenchus brachyurus vem causando uma série de danos em diversas culturas no Brasil. Para o manejo deste fitoparasita, o cultivo de diferentes espécies de crotalárias tem sido empregado. O objetivo deste trabalho foi avaliar a hospedabilidade de plantas daninhas para P. brachyurus, bem como o efeito de supressão de diferentes espécies de crotalária. Para isso, foi instalado um experimento em casa de vegetação no delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial (2x17, com seis repetições. O primeiro fator consistiu na presença ou ausência da inoculação do nematoide. O segundo correspondeu a dezessete espécies vegetais, sendo onze plantas daninhas, quatro crotalárias (C. breviflora, C. juncea, C. ochroleuca e C spectabilis e duas variedades de soja, as quais serviram como testemunha sendo hospedeiras de P. brachyurus. A inoculação do nematoide das lesões radiculares não influenciou a altura de plantas e massa seca de parte aérea das diferentes espécies avaliadas. Portulaca oleracea, Amaranthus viridis e Sida rhombifolia foram as espécies com maior número de nematoides por sistema radicular, e apenas a S. rhombifolia apresentou comportamento semelhante a testemunha (variedade de soja BMX Potência RR®. Com relação ao número de nematoides por grama de raiz, os maiores valores foram observados para A. viridis, seguido por P. oleracea. Excluindo-se a C. juncea, todas as demais espécies de crotalária apresentaram-se como boas opções para o manejo em áreas infestadas com P. brachyurus.

  10. Modeling of weeds interference periods in bean Determinação de períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do feijão

    M.C. Parreira

    2012-12-01

    Full Text Available The research objective was to determine the effects of spacing and seeding density of common bean to the period prior to weed interference (PPI and weed period prior to economic loss (WEEPPEL. The treatments consisted of periods of coexistence between culture and the weeds, with 0 to 10, 0 to 20, 0 to 30, 0 to 40, 0 to 50, 0 to 60, 0 to 70, and 0 to 80 days and a control maintained without weeds. In addition to the periods of coexistence, there were still studies with an inter-row of 0.45 and 0.60 m, 10 and 15 plants m-1. The experimental delineation used was randomized blocks with four repetitions per treatment. The grain productivity of the culture had a reduction of 63, 50, 42 and 57% when the coexistence with the weed plants was during the entire cycle of the culture for a row spacing of 0.45 m and a seeding density of 10 and 15 plants per meter; and a row spacing of 0.60m and a seeding density of 10 and 15 plants per meter, respectively. The PPI occurred in 23, 27, 13, and 19 days after crop emergence and WEEPPEL in 10, 9, 8, and 8 days, respectively.Objetivou-se com este trabalho determinar o período de convivência anterior à interferência das plantas daninhas (PAI e o período anterior ao dano no rendimento econômico (PADRE na cultura do feijão, em diferentes espaçamentos (0,45 e 0,60 m e densidade de plantas (10 e 15 plantas m-1. Os tratamentos foram constituídos de períodos de convivência entre a cultura e as plantas daninhas (0 a 10, 0 a 20, 0 a 30, 0 a 40, 0 a 50, 0 a 60, 0 a 70 e 0 a 80 dias, mais uma testemunha sem convívio com as plantas daninhas. Adotou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. Os períodos anteriores à interferência (PAI da cultura foram de 23, 27, 13 e 19 dias após emergência, e os períodos anteriores ao dano no rendimento econômico (PADRE, de 10, 9, 8 e 8 dias, para os tratamentos com espaçamento de 0,45 m e densidades de semeadura de 10 e 15 plantas m-1 e

  11. Aplicação simultânea de dessecantes e boro no manejo de plantas daninhas e na nutrição mineral das culturas de soja e girassol Simultaneous application of desiccants and boron for weed control and mineral nutrition of soybean and sunflower

    A.M. Brighenti

    2006-12-01

    Full Text Available Dois experimentos foram conduzidos com o objetivo de avaliar o controle de plantas daninhas em pré-semeadura da soja (Glycine max e do girassol (Helianthus annuus, por meio de aplicações de herbicidas dessecantes, isolados ou em combinação com boro, bem como a resposta dessas culturas à aplicação desse micronutriente. Nas parcelas de soja, foram aplicados os tratamentos glyphosate (1,44 kg e.a. ha-1, glyphosate potássico (2,48 kg i.a. ha-1, diuron (0,2 kg i.a. ha-1 + paraquat (0,4 kg i.a. ha-1, e paraquat (0,400 kg i.a. ha-1. Nas parcelas de girassol, foram aplicados os tratamentos glyphosate (0,54 kg e.a. ha-1, glyphosate (0,72 kg e.a. ha-1, glyphosate potássico (1,24 kg i.a. ha-1, paraquat (0,4 kg i.a. ha-1, glyphosate (0,72 kg e.a. ha-1 + flumioxazin (0,025 kg i.a. ha-1 e glyphosate (0,72 kg e.a. ha-1 + carfentrazone (0,02 kg i.a. ha-1. Ambos os experimentos continham as testemunhas capinada e sem capina. As subparcelas dos dois experimentos foram constituídas pela ausência ou presença de B, junto à calda de pulverização, na fonte ácido bórico [H3BO3 - 17% B]. A adição de ácido bórico à calda de pulverização não prejudicou o controle das plantas daninhas pelos tratamentos dessecantes, exceto para a mistura formulada de paraquat + diuron. Houve aumento dos teores de boro no solo e nas folhas da cultura da soja e do girassol quando foram associados os tratamentos com herbicidas dessecantes e o ácido bórico. É viável a aplicação de herbicidas dessecantes e ácido bórico, controlando as plantas daninhas em présemeadura e aumentando o teor de B no solo e nas plantas de soja e de girassol.Two experiments were carried out to evaluate weed control in soybean (Glycine max and sunflower (Helianthus annuus pre-sowing by desiccant application alone or in combination with boron (B, as well as to evaluate the response of these crops to that micronutrient. The plots consisted of the desiccants glyphosate (1.44 kg a.e. ha-1

  12. Controle de plantas daninhas em cana-de-açúcar (Saccharum officinarum com hexazinone e suas misturas com diuron, em pré-emergência Weed control in sugar cane with hexazinone and its mixtures with diuron in pre-emergence

    A.A. Clement

    1979-12-01

    Full Text Available Foi realizado no ano agrícola 1976/77 um experimento em solo arenoso na Usina Utinga/LeãoAL, no qual foram testados em pré-emergência os tratamentos: hexazinone em 4 doses; hexazinone + diuron em 3 doses; diurom + 2,4 D amina e ametrina + 2,4 D amina. Aos 47, 78 e 111 dias, efetuaram-se as avaliações de fitotoxicidade à cana-de-açúcar e controle à Digitaria sanguinalis , Colopogonio sp, Paspalum distichum e Wedellia paludosa. A interpretação dos dados obtidos mostrou que os tratamentos com hexazinone (954 g/ha e hexazinone (719 g/ha + diuron (2048 g/ha apresentaram diferença estatística em relação à produção quando comparadas à testemunha, além de serem eficientes no controle às plantas daninhas presentes no experimento. Nenhum tratamento prejudicou as qualidades tecnológicas da cana-de-açúcar.In the Agricultural year 1976/77, a field trial was performed on a sandy soil in "Usina Utinga Leão-Alagoas", where the following treatments were applied: hexazinone at 4 rates; hexazinone + diuron at 3 rates; diuron + 2,4 D (amine 720 and ametrine + 2,4 (amine 720, all in pre-emergence. Phytotoxity evaluation for sugar cane and control of Digitaria sanguinalis, Colopogonio sp, Paspalum distichum and Wedellia paludosa, were made 47, 78 and 111 days after the applications. The results obtained showed that the treatments with hexazinone (945 g/ha and hexazinone (719 g/ha + diuron (2048 g/ha presented statistic differences relating to yield, when compared to check, besides being effective in the weeds control. No treatment caused any alterations on tecnologic qualities of the sugar cane.

  13. Controle de plantas daninhas com cyanazine aplicado em mistura com outros herbicidas, na cultura do algodão (Gossypium hirsutum L. Weed control in cotton (Gossypium hirsutum L. with cyanazine and other herbicides

    Julio Pedro Laca-Buendia

    1985-12-01

    Full Text Available Com a finalidade de estudar a mistura de tanque mais eficiente com cyanazine em aplicação de pré-emergência na cultura algodoeira (Gossypium hirsutum L. , foram estudados os seguintes tratamentos: cyanazine + diuron nas doses de 0,8 + 0,8 kg i.a/ha e 1,0 + 1,0 kg i.a/ha; cyanazine+ oryzalin , nas do sés de 1,2 + 0,8 kg i.a/ha e 1,6 + 1,2 kg i.a/h a; cyanazyne + metol a chlor, nas doses de 1,4 + 2,0 kg i.a/ha e 1,75 + 2,52 kg i.a/ ha;cianazine na dose de 1,75 kg i.a /ha; oryzalin na dose de 1,12 kg i.a/ha; metol achlor na dose de 2,52 kg i.a /ha e diuron na dose de 1,6 kg i.a /ha. Para efeito de comparação, utilizou-se uma testemunha sem capina e outra com capina manual. Nenhum tratamento apresentou injúria para as plantas de algodão e não houve diferenças significativas para o "stand" inicial. Já no "stand" final, a testemunha sem capina apresentou o menor número de plantas, sendo que não houve diferenças significativas dos outros tratamentos com a testemunha capinada. Para o rendimento, a mistura cyanazine + metolachior em ambas as doses estudadas, não apresentaram diferenças significativas da testemunha capinada. Quanto à altura da planta, peso de 100 sementes, porcentagem e índice de fibras não houve diferenças significativas entre os tratamentos estudados, somente o peso do capulho foi afetado pelo oryzalin. Pela avaliação visual (EWRC 1 a 9*, os herbicidas apres entaram um controle satisfatório somente até os 30 dias após aplicação, sendo que a mistura cyanazine + metolachlor foi efici ente quanto a testemunha capinada. No controle da Portulaca oleracea , a mistura cyanazine + oryzalin na maior dose e oryzalin apresentaram 71,4% de controle ate os 30 dias e 79,4% e 82,4%, respectivamente, até 45 dias da aplicação. Para Amaranthus sp., à exceção da cyanazine e cyanazine + diuron nas doses menores, não apresentaram nenhum controle, sendo que os outros herbicidas controlaram com eficiência superior a 70

  14. Atividade microbiana e produção de milho (Zea mays e de Brachiaria brizantha sob diferentes métodos de controle de plantas daninhas Microbial activity and production of corn (Zea mays and Brachiaria brizantha under different methods of weed control

    A. Jakelaitis

    2007-03-01

    Full Text Available Avaliaram-se nesta pesquisa os efeitos dos herbicidas atrazine + nicosulfuron aplicados no consórcio entre milho a Brachiaria brizantha sobre a atividade microbiana do solo e a produtividade de ambas as espécies consorciadas. Os tratamentos constituíram-se do consórcio entre o milho e a forrageira B. brizantha, tratado com os herbicidas atrazine (1.500 g ha-1 ou a mistura deste com nicosulfuron (0, 4 e 32 g ha-1, e de duas testemunhas, representadas pelo consórcio capinado e sem capina. Os herbicidas foram aplicados 30 dias após a emergência (DAE do milho. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. Foram avaliados a respiração, a biomassa microbiana (BM e o quociente metabólico (qCO2 de amostras de solo coletadas aos sete dias após a aplicação dos herbicidas (DAA, no florescimento e em pré-colheita do milho. Amostras de solo não tratadas foram coletadas a campo e tratadas com herbicidas atrazine (1.500 g ha-1 + nicosulfuron (0, 2, 4, 8, 16 e 32 g ha-1 em laboratório, onde se determinaram também a respiração, a BM e o qCO2. Em pré-colheita do milho, avaliaram-se as massas secas das plantas daninhas e da forrageira e o rendimento de grãos de milho. Observou-se que os métodos de controle não influenciaram a respiração, a BM e o qCO2 no solo nas três épocas avaliadas em campo e nas amostras de solo tratadas em laboratório. Todavia, em campo, verificou-se maior BM por ocasião do florescimento e maior qCO2 após a aplicação dos herbicidas, aos 7 DAA. Maior produção de massa seca de plantas daninhas foi observada nas parcelas não-capinadas e naquelas tratadas somente com atrazine. O rendimento forrageiro de B. brizantha foi superior no consórcio capinado, enquanto o rendimento de grãos de milho foi superior tanto no consórcio capinado quanto nas parcelas tratadas com nicosulfuron.This study aimed to evaluate the effects of atrazine + nicosulfuron on soil microbial activity and

  15. Manejo de plantas daninhas na cultura do algodoeiro em sistema de plantio direto Weed management of cotton under no-tillage

    R.S. Freitas

    2006-06-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com objetivo de avaliar a eficiência dos herbicidas smetolachlor, em pré-emergência, e trifloxysulfuron-sodium, aplicado aos 18 dias após a emergência do algodão (DAE, em sistema de plantio direto. Foi utilizado o arranjo fatorial (4 x 4 + 1, sob delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. O primeiro fator constituiu-se de quatro doses de S-metolachlor (0, 384, 768 e 1.152 g ha-1 e o segundo de quatro doses de trifloxysulfuron-sodium (0,0; 2,625; 5,250; e 7,875 g ha-1, mais uma testemunha mantida no limpo por todo o ciclo do algodoeiro. As plantas daninhas foram avaliadas aos 25, 45 e 60 DAE. Na área, foi verificada a presença das seguintes espécies daninhas: Alternanthera tenella (apaga-fogo, representando mais de 80% do total, Tridax procumbens (erva-de-touro, Bidens sp. (picão-preto, Acanthospermum hispidum (carrapicho-de-carneiro, Cenchrus echinatus (capim-carrapicho, Digitaria horizontalis (capimcolchão, Eleusine indica (capim-pé-de-galinha e Commelina benghalensis (trapoeraba. O S-metolachlor apresentou baixa eficiência de controle destas espécies, no entanto o trifloxysulfuron-sodium teve seu desempenho melhorado quando foi aplicado S-metolachlor. O melhor controle foi obtido com a combinação de S-metolachlor a 1.152 g ha-1 com trifloxysulfuron-sodium a 7,875 g ha-1, que apresentou controle superior a 90% de A. tenella e do total de plantas daninhas até 60 DAE. Todavia, esse controle não foi suficiente para permitir a colheita do algodão no limpo. As combinações de S-metolachlor a 384 e 768 g ha-1 com trifloxysulfuron-sodium a 7,875 g ha-1 e de S-metolachlor a 1.152 g ha-1 com trifloxysulfuron-sodium nas doses de 5,250 e 7,875 g ha-1 proporcionaram rendimentos semelhantes aos da testemunha capinada.The objective of this study was to evaluate the efficiency of the herbicides Smetolachlor in pre-emergence and trifloxysulfuron-sodium applied 18 days after crop emergence (DAE

  16. Potencial de espécies utilizadas como adubo verde no manejo integrado de plantas daninhas Potential of species used as green manure in the integrated weed management

    E.A.L. Erasmo

    2004-09-01

    Full Text Available O presente trabalho foi conduzido na Estação Experimental da Universidade Federal do Tocantins, Gurupi-TO, Brasil. O experimento foi instalado com o objetivo de avaliar durante 60 dias, em campo, a interferência de oito espécies utilizadas freqüentemente como adubos verdes (Mucuna aterrima, Mucuna pruriens, Crotalaria ochroleuca, Crotalaria spectabilis, Canavalia ensiformis, Cajanus cajan, Pennisetum americanum e Sorghum bicolor, híbrido BR304 sobre a comunidade infestante. As espécies de plantas daninhas mais freqüentes na área do experimento foram: Digitaria horizontalis, Hyptis lophanta e Amaranthus spinosus. Foram realizadas amostragens aos 15, 30, 45 e 60 dias após a formação da cobertura, utilizando um quadrado de amostragem equivalente a 0,25 m². As plantas daninhas foram devidamente identificadas, coletadas, secas e pesadas. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado e constou de nove tratamentos, com quatro repetições cada. Verificou-se que as espécies C. spectabilis, S. bicolor, C. ochroleuca, M. aterrima e M. pruriens reduziram significativamente o número e o peso da matéria seca da população das plantas daninhas avaliadas (D. horizontalis, H. lophanta e A. Spinosus, principalmente as duas últimas, enquanto P. americanum mostrou-se a menos eficiente nesse aspecto.This work was carried out at the Experimental Station of the University of Tocantins, Gurupi-TO, Brazil, to evaluate the interference of eight species frequently used as green manure (Mucuna aterrima, Mucuna pruriens, Crotalaria ochroleuca, Crotalaria spectabilis, Canavalia ensiformis, Cajanus cajan, Pennisetum americanum and Sorghum bicolor, hybrid BR304 in the weed community, for sixty days under field conditions. The most frequent weed species in the experimental area were Digitaria horizontalis, Hyptis lophanta and Amaranthus spinosus. Samplings were made at 15, 30, 45 and 60 days after formation of green manure covering, using

  17. Transmissão de begomovírus de plantas daninhas para tomateiros pela mosca-branca Begomovirus transmission from weeds to tomato by the whitefly

    A.K.F. Silva

    2010-01-01

    Full Text Available Dentre numerosas enfermidades do tomateiro (Lycopersicon esculentum, destacam-se as viroses causadas por begomovírus, os quais são transmitidos pelo vetor Bemisia tabaci biótipo B. Na Chapada da Ibiapaba-CE, os begomovírus têm sido encontrados em várias áreas onde o tomateiro é cultivado, causando sérios danos à produção. Este trabalho teve por objetivos investigar a transmissão de begomovírus a partir de tomateiros infectados para plantas daninhas e verificar seu retorno das plantas daninhas para o tomateiro. Mudas sadias de tomateiro 'Santa Clara' e das plantas daninhas bredo-de-espinho (Amaranthus spinosus, caruru-de-mancha (Amaranthus viridis, mentrasto (Ageratum conyzoides e picão-preto (Bidens pilosa foram submetidas à inoculação por dois métodos: com o inseto vetor e por enxertia. Após 15 dias, realizou-se a extração do DNA de amostras foliares dos tomateiros e das espécies daninhas inoculadas. A PCR realizada com oligonucleotídeos degenerados e específicos para begomovírus revelou que na transmissão com o vetor as quatro espécies de plantas daninhas foram infectadas com o begomovírus do tomateiro, enquanto que, por enxertia, apenas o picão-preto foi infectado. O retorno do vírus das plantas daninhas para o tomateiro foi também observado nos dois casos. Percentuais de 70, 50, 20 e 12,5% de transmissão para os tomateiros ocorreram quando o vetor adquiriu o vírus em mentrasto, bredo-de-espinho, picão-preto e caruru-de-mancha, respectivamente. Na enxertia, a transmissão viral para os tomateiros ocorreu apenas quando se empregaram seções de bredo-de-espinho e de picão-preto infectados. As espécies daninhas investigadas demonstraram ser hospedeiras alternativas do begomovírus de tomate da região e, em condiçõs de campo e na presença do vetor, podem constituir importantes fontes do begomovírus para a hortaliça.The viruses caused by begomovirus are considered the most important virus diseases

  18. Interferência de plantas daninhas sobre o crescimento inicial de Coffea arabica Weed effect on the initial growth of Coffea arabica

    C.M.T. Fialho

    2011-03-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos da interferência de plantas daninhas, em diferentes densidades de infestação, sobre o crescimento de plantas jovens de café arábica. Mudas de café, cultivar Mundo Novo, foram transplantadas, no estádio de quatro a cinco pares de folhas completamente expandidas, para vasos com capacidade de 25 dm³. O experimento foi conduzido em casa de vegetação em blocos casualizados, em esquema fatorial (4 x 4; o primeiro fator foi composto por espécies de plantas daninhas (Digitaria horizontalis, Brachiaria decumbens, Brachiaria plantaginea e Mucuna aterrima, e o segundo, por densidades dessas espécies (zero, dois, quatro e seis plantas por vaso, com quatro repetições. O plantio das espécies daninhas foi realizado 60 dias após o transplantio do café (0 DAT. Nesta data e no dia do encerramento do experimento, aos 90 DAT, determinaram-se a altura, a área foliar e o diâmetro do caule da planta de café, para cálculo do incremento dessas variáveis. Aos 90 DAT, determinou-se a matéria seca da parte aérea e radicular do café e das plantas daninhas e a densidade radicular do café. Utilizando esses resultados, estimou-se a razão de massa foliar, razão de massa caulinar, razão de massa radicular, razão de área foliar e a razão sistema radicular/parte aérea das plantas de café. A espécie M. aterrima foi a que mais reduziu a taxa de crescimento, a área foliar, a matéria seca do caule e das folhas e o diâmetro do caule do café. Entre as gramíneas, B. plantaginea foi a que mais reduziu a taxa de crescimento, área foliar, diâmetro do caule e densidade radicular do café. Ocorreu relação negativa entre a densidade de plantas daninhas e as variáveis de crescimento e com a razão de massa radicular e razão sistema radicular/parte aérea.The goal of this work was to evaluate the effects of weeds on the growth of young Arabica coffee plants, at different densities of infestation

  19. Seletividade e eficácia de controle de plantas daninhas pela associação entre óleo fúsel e herbicidas em cana-de-açúcar Selectivity and weed control efficacy of fusel oil and herbicide association in sugarcane

    I.V. Pizzo

    2010-06-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou estudar a seletividade da associação de óleo fúsel e herbicidas sobre cana-de-açúcar, cultivar IAC93-3046, e a eficácia de controle sobre as espécies Panicum maximum, Amaranthus deflexus, Ipomoea quamoclit, Brachiaria decumbens e Euphorbia heterophylla. O experimento foi instalado no Centro de Cana do Instituto Agronômico, localizado em Ribeirão Preto-SP, em delineamento de blocos casualizados, com 10 tratamentos e quatro repetições. As parcelas foram constituídas de seis linhas de cana-de-açúcar com 4 m de comprimento, espaçadas de 1,50 m (36 m², sendo metade semeada com plantas daninhas, para avaliação de controle, e a outra metade mantida no limpo, para avaliação da seletividade. Os tratamentos foram constituídos por herbicidas e sua associação com o óleo fúsel, sendo diuron+hexazinone (1.170+330 g ha-1; diuron+hexazinone (1.170+330 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; diuron+hexazinone (819+231 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; metribuzin (1.920 g ha-1; metribuzin (1.920 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; metribuzin (1.344 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; amicarbazone (1.400 g ha-1; amicarbazone (1.400 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1; amicarbazone (980 g ha-1 + óleo fúsel (25,0 L ha-1 e ausência de herbicidas. A aplicação dos tratamentos foi realizada com equipamento costal pressurizado e volume de calda correspondente a 250 L ha-1, em pós-emergência da cultura (30 cm e plantas daninhas (até 20 cm. Os herbicidas diuron+hexazinone, metribuzin e amicarbazone isolados foram eficazes no controle de todas as espécies, mas, em dose completa e 70% da dose associados com óleo fúsel, não apresentaram controle satisfatório apenas às espécies I. quamoclit e E. heterophylla. Esses mesmos tratamentos foram seletivos ao cultivar IACSP 93-3046, ao comparar com a testemunha as variáveis altura, estande, diâmetro e produção de colmos, assim como aos atributos qualitativos

  20. Misturas de herbicidas no manejo de plantas daninhas na cultura do feijão Herbicide mixtures in weed management in bean culture

    A.F.L. Machado

    2006-01-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficácia da combinação dos herbicidas fomesafen, fluazifop-p-butil e bentazon no manejo integrado de plantas daninhas do feijoeiro (plantio direto e convencional, cultivados em áreas anteriormente com milho para grão e silagem. Foi avaliado também o resíduo do fomesafen no solo aos 125 dias após a aplicação (DAA. No plantio convencional, Cyperus rotundus foi a espécie dominante, enquanto no plantio direto a infestação dessa espécie foi muito baixa. Nenhuma das combinações de herbicidas foi eficiente no controle de C. rotundus. Com exceção de fluazifop-p-butil + bentazon (125 + 480 g ha-1, todas as combinações foram eficientes no controle das espécies daninhas dicotiledôneas. Não houve efeito dos tratamentos de herbicidas na produtividade do feijoeiro. O fomesafen, aplicado no plantio direto, causou toxicidade no feijão a partir da dose de 100 g ha-1, sobretudo no milho para silagem. No plantio convencional, sintomas mais leves somente foram observados na dose de 200 g ha-1. Houve resíduo de fomesafen no solo apenas na área de plantio direto onde não havia palhada sobre a superfície do solo, ou seja, na área anteriormente cultivada com milho para silagem. É possível reduzir doses do fomesafen quando misturado ao bentazon sem afetar a produtividade do feijoeiro. Em áreas de feijão cultivado após colheita do milho para silagem é importante o uso de doses pequenas do fomesafen, para evitar toxicidade a culturas sensíveis subseqüentes.This work aimed to evaluate the efficacy of combining the herbicides fomesafen, fluazifop-p-butyl and bentazon for integrated weed management in bean culture (no-tillage and conventional tillage, in areas previously cultivated with maize for grain and silage. Fomesafen residue in the soil was also evaluated at 125 days after application (DAA. In the conventional tillage, Cyperus rotundus was the dominant species, while under no-tillage, infestation of this species was

  1. Weed emergence in autumn under temperate conditions Emergência de plantas daninhas no outono em condições temperadas

    J.M.G. Calado

    2011-06-01

    Full Text Available The emergence of weed plants depends on environmental conditions, especially temperature and soil moisture. The latter is extremely important in Mediterranean environments which are characterized by irregular amount and distribution of rain throughout the year, which influences the beginning of the growth cycle of the annual species (seed germination. This paper studies the influence of rainfall, in particular accumulated rainfall in autumn, on the emergence of weed plants. The experiment was carried out on Luvisols, and the appearance of flora under field conditions was observed. Through analysis of the results, it can be concluded that a high percentage of weed plants (> 85% related to the highest registered value was obtained with more than 90 mm of accumulated rainfall from the beginning of September. Thus, in those years in which this amount of rainfall (90 mm is registered until the end of October, the appearance of potential weed plants can be ensured, under Mediterranean conditions, in a period before sowing the autumn-winter crops.A emergência de plantas daninhas depende das condições ambientais, sobretudo da temperatura e da umidade. Esta é de extrema importância em ambientes mediterrânicos, caracterizados pela irregularidade da quantidade de precipitação e da sua distribuição durante o ano, que influencia o início do ciclo vegetativo das espécies anuais (germinação de sementes. Neste trabalho, estudouse a influência da precipitação, particularmente a quantidade acumulada no outono, na emergência de plantas daninhas. O experimento foi realizado em Luvisols, tendo sido registrado o aparecimento da flora em condições de campo. De acordo com a análise dos resultados, conclui-se que elevadas densidades populacionais de plantas daninhas (> 85% relativamente ao valor máximo verificado foram obtidas com uma precipitação acumulada desde o início de setembro superior a 90 mm. Assim, nos anos em que se registra essa

  2. Predação de sementes de plantas daninhas em áreas cultivadas Weed seeds predation in cultivaded fields

    Alvadi Antonio Balbinot Jr.

    2002-08-01

    Full Text Available Na investigação das relações ecológicas entre as espécies, observou-se que certos animais, principalmente insetos, alimentavam-se de sementes de plantas daninhas antes e depois da sua deiscência, reduzindo a entrada de sementes no banco de sementes do solo e, portanto, a quantidade total de propágulos disponíveis à germinação. Em situações favoráveis à atividade dos predadores, o consumo de sementes pode ser significativo, chegando a 90% do total de sementes produzidas. Esse processo depende, basicamente, das condições de ambiente e das práticas de manejo adotadas, como: método de preparo do solo, espécie cultivada, densidade e espaçamento da cultura e também do tamanho da lavoura. Deste modo, a predação de sementes pode ser uma ferramenta natural importante para o manejo integrado de plantas daninhas. Todavia são necessários estudos com maior consistência dos fatores envolvidos na regulação do processo de consumo de sementes para elucidação e orientação de práticas culturais que maximizem a intensidade de ocorrência desta forma biológica de manejo de infestantes.In investigating ecological relations among species, it has been observed that various animals, mainly insects, feed on weed seeds before and after their dehiscence, reducing seed replenishment in the soil and total amount of propagules available for future germination. Under favorable conditions for predation activity, consumption of seeds can be quite high, reaching as much as 90% of total seeds produced. This process depends, basically, on environmental conditions and on management practices adopted, as soil preparation method, crop species, crop density and spacing, and on the size of cultivated area. Therefore, seed predation is an important natural tool to be used in integrated weed management. Nevertheless, seed predation requires additional studies in order to elucidate more consintently the factors involved in the regulation of seed

  3. Avaliação da eficiência de controle de plantas daninhas gramíneas do herbicida clethodim em algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum var. latifolium Hutch. Evaluation of the efficiency on the control of gramineous weeds by the herbicide clethodim in a herbaceous cotton crop (Gossypium hirsutum var. latifolium Hutch.

    J.P. Laca-Buendia

    1992-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de conhecer a eficiência do herbicida clethodim no controle de plantas daninhas gramíneas e seu comportamento seletivo na cultura do algodão, cv. IAC-20, foi instalado um experimento em solo aluvial de textura arenosa. Foram estudados os seguintes tratamentos: clethodim + óleo mineral nas doses de 0,84 0,96 e 0,108 kg/ha + 0,5 % v/v, sethoxydim + óleo mineral a 0,23 kg/ha + 0,5% v/v em pós-emergência, alachlor a 2,4 kg/ha em pós-emergência, trifluralin a 0,89 kg/ha em pós-plantio incorporado, uma testemunha capinada e outra sem capina. As espécies de plantas daninhas mais freqüentes foram: Cenchrus echinatus L. (capim-carrapicho, Eleusine indica (L. Gaertn. (capim-pé-de-galinha e Brachiaria plantaginea (Link. Hitch. (capim-marmelada. Nenhum dos herbicidas testados apresento injúria à cultura. Quanto à produção, esses herbicidas apresentaram diferenças significativas em relação à testemunha capinada (828 kg/ha, sendo que o tratamento com clethodim + óleo mineral a 0,108 kg/ha + 0,5% v/v (528 kg/ha foi o único que apresentou diferenças significativas com a testemunha sem capina (330 kg/ha. Na altura da planta, a testemunha capinada somente apresentou diferenças significativas em relação ao tratamento com trifluralin e a testemunha sem capina. O carrapicho-de-burro e o capim-pé-de-galinha foram eficientemente controlados pelo clethodim + óleo mineral, em todas as doses estudadas, e sethoxydim + óleo mineral, com controle acima de 80% aos 45 dias da aplicação. O capim-marmelada foi eficientemente controlado pelo clethodim + óleo mineral a 0,096 e 0,108 kg/ha + 0,5% v/v, com 86% e 94%, respectivamente, seguido de sethoxydim + óleo mineral com 83%, e trifluralin com 71% de controle, até 45 dias após aplicação. O total de gramíneas foi eficientemente controlado pelo clethodim + óleo mineral 0,108 kg/ha + 0,5% v/v com 94,2% seguido de clethodim + óleo mineral 0,096 kg/ha + 0,5% v/v, com 85% e

  4. Comportamento do herbicida metribuzin, aplicado isolado e em mistura com outros herbicidas, no controle de plantas daninhas em cafeeiros novos por dois anos consecutivos Effect of metribuzin, sprayed alone or in mixture with another herbicides, for weed control on young coffee trees, during two years

    L.S.P. Cruz

    1985-12-01

    Full Text Available Para se conhecer o comportamento do herbicida metribuzin, aplicado isolaso ou em mistura com outros herbicidas residuais (napropamide, pendimethalin, alchlor, oryzalin e diuron no controle de plantas daninhas que comumente infestam cafeeiros em formação, foi conduzido um experimento de campo onde esse herbicida a 0,28; 0,42; 0,56 e 0,70 kg/ha em mistura com napropamide a 4,00 kg/ha pendimethalin a 1,00 kg/ha, alachlor a 2,40kg/ha, oryzalin a 1,50 kg/ha ou com diuron a 1,20 kg/ha, comparado com duas testemunhas , onde, em uma, o mato foi mantido a níveis não competitivos com a cultura, por meios mecânicos, e outra onde o mato foi deixado desenvolver-se naturalmente, sem nenhuma interferência. Foi incluído também um tratamento com diuron a 1,20 kg/ha. A infestação natural de plantas daninhas da área do experimento era formada pelas gramínas, capim-de-colçhão (Digitaria sanguinalis (L. Scop, capim - marmelada (Brachiaria plantaginea (Link. Hitch capim-pé-de-galinha (Elcusine indica (L. Gaertn., Capim-favorito (Rhynchelitrum roseum (Nees Stapf eet Hubb, e pelas dicotiledôneas beldroega (Portulaca oleracea L., picão-branco (Galinsoga parviflora Cav., caruru-de-mancha (Amarantus virides L., amendoim bravo (Euphorbia heterophylla L., picão-preto (Bidens pilosa L., mentruz (Lepidium virginicum L., quebra-pedra (Phyllantus cordovadensis, Muell Arg. e falsa-serralha (Emilia sachifolia DC. Os resultados dos dois anos foram semelhantes para cada tratamento. Metribuzin a 0,28 kg/ha em mistura com napropamide a 4,00 kg/ha, apresentam períodos de ação maior, seguidos da mistura de metribuzin, naquela mesma dose, com oryzalin a 1,50 kg/ha. Não foi contatado a presença de qualquer sintoma de intoxicação nos cafeeiros, em todos os tratamentos, até a última observação, realizada 210 dias após a segunda aplicação dos herbicidas.This paper reports on two years field trials carried out in Araras, SP, Brazil, on coffee tress with twenty

  5. Crescimento, desenvolvimento e produção de sementes da planta daninha capim-branco (Chloris polydactyla Growth, development and seed production of Chloris polydactyla

    S.J.P. Carvalho

    2005-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo caracterizar o crescimento, o desenvolvimento e a produção de sementes da planta daninha capim-branco (Chloris polydactyla. Para isso, foram realizadas 16 avaliações periódicas de crescimento, quantificando-se fenologia, área foliar e massa seca (total, parte aérea e raízes das plantas. Foram, também, calculadas as taxas de crescimento absoluto (G e relativo (R. Quantificaram-se o número de racemos florais de 28 plantas, o comprimento de 100 racemos aleatórios e o número de sementes presentes em 100 unidades de 10 mm de racemo, após o florescimento. Observou-se que o capim-branco é uma espécie com desenvolvimento e crescimento iniciais lentos, uma vez que iniciou o florescimento e a posterior produção de sementes apenas aos 112 dias após a semeadura. Trata-se de uma espécie com grande potencial final de crescimento e produção de sementes, uma vez que um único perfilho e toda a planta foram capazes de produzir mais de 3.000 e 30.000 sementes, respectivamente. O crescimento inicial lento dessa planta daninha pode desfavorecer a competição interespecífica no interior dos campos agrícolas, em especial na cultura da cana-de-açúcar, onde é encontrada com maior freqüência, colonizando carreadores e bordas de talhão. No entanto, sua alta produção de sementes sugere ser uma planta daninha que poderá aumentar em importância na cultura.This experiment aimed to characterize growth, development and seed production of the weed Chloris polydactyla. Sixteen periodic growth evaluations were carried out to quantify phenology, leaf area and dry weight (total, shoot and roots of the plants. Absolute (G and relative (R growth rates were also calculated. The number of floral racemes of 28 plants, the length of 100 random racemes and the number of seeds present in 100 units of 10 mm of raceme were quantified after flowering. It was observed that C. polydactyla has slow initial development and

  6. Dessecação de plantas daninhas com glyphosate em mistura com ureia ou sulfato de amônio Weed desiccation with glyphosate mixed with urea or ammonium sulfate

    S.J.P. Carvalho

    2009-06-01

    Full Text Available O glyphosate é um herbicida não-seletivo, sistêmico, usado para controle de plantas daninhas anuais e perenes em todo o mundo. A absorção da molécula do glyphosate ocorre pelos tecidos fotossinteticamente ativos das plantas, porém alguns fatores podem reduzir sua eficácia, como a morfologia e diversidade de espécies, chuva após aplicação, qualidade da água e misturas em tanque com outros defensivos, entre outros. Objetivou-se com este trabalho avaliar a influência da adição de sulfato de amônio ou ureia em calda na eficácia do herbicida glyphosate para dessecação de plantas daninhas. Dois experimentos foram desenvolvidos em Piracicaba - SP, com aplicações de glyphosate (720 e 1.440 g ha-1 isolado ou combinado com duas doses de sulfato de amônio (7,5 e 15,0 g L-1 ou ureia (2,5 e 5,0 g L-1 sobre as plantas daninhas: apaga-fogo (Alternanthera tenella e capim-massambará (Sorghum halepense. Para a espécie menos suscetível ao herbicida (capim-massambará, a adição de fontes nitrogenadas à menor dose de glyphosate acelerou a morte das plantas, elevando os níveis de controle em até 7,3% na avaliação de 21 dias após aplicação (DAA dos tratamentos. Contudo, os efeitos não foram observados nas avaliações de controle, massa fresca e seca, conduzidas aos 28 DAA. A dose recomendada de glyphosate para cada espécie proporcionou controle satisfatório, sem a necessidade de adição de sulfato de amônio ou ureia.Glyphosate is a non-selective systemic herbicide used to control annual and perennial weeds worldwide. Molecule absorption occurs through the plant's photosynthetically-active tissues; however, some factors might reduce its efficacy, such as morphology and specific diversity, rain after application, water quality and tank mixtures with other chemicals. Thus, this work aimed to evaluate the influence of ammonium sulfate or urea addiction to spray tank on glyphosate efficacy for weed desiccation. Two trials were

  7. Efeitos na taxa de transporte de elétrons de plantas daninhas após aplicação de amicarbazone Effects on the electron transport rate of weeds after amicarbazone application

    R Araldi

    2011-09-01

    Full Text Available Entre os herbicidas registrados para cana-de-açúcar, o amicarbazone é um dos mais importantes para o controle das plantas daninhas, sendo preciso que o herbicida seja absorvido, translocado e que ele alcance os cloroplastos das células das folhas para atuar em seu sítio de ligação no fotossistema II. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação do amicarbazone na taxa de transporte de elétrons (ETR de Ipomoea grandifolia, Brachiaria decumbens e Digitaria horizontalis. Foi verificada a resposta dessas plantas daninhas, em relação à ETR, quando submetidas ao amicarbazone em solução e na sequência à solução sem herbicida, por meio de leituras da ETR, realizadas em folhas novas e adultas com o uso de um fluorômetro portátil. Verificou-se também o consumo de água das plantas daninhas pela pesagem diária dos recipientes contendo a solução e as plantas. Assim, verificou-se por meio do experimento que a redução dos valores da ETR pode ser utilizada para indicar o nível de intoxicação nas plantas daninhas em estudo. As plantas daninhas I. grandifolia, B. decumbens e D. horizontalis apresentaram respostas diferenciadas quando submetidas a solução sem herbicida após solução com amicarbazone. I. grandifolia apresentou-se mais sensível ao amicarbazone devido à maior dificuldade em recuperar os níveis iniciais de ETR, além de apresentar alterações nas folhas novas após o termino de fornecimento do herbicida. O consumo de água pode explicar esse comportamento em I. grandifolia, visto tratar-se da espécie que mais consumiu água e, consequentemente, mais absorveu o amicarbazone. Já para B. decumbens e D. horizontalis ocorreram menores níveis de absorção de água e, por conseguinte, as folhas velhas tiveram melhor recuperação do transporte de elétrons e não houve intoxicação em folhas novas.Amicarbazone is one of the most important herbicides registered for weed control in sugarcane. It must

  8. The effects of the coexistence of weed communities on table beet yield during early crop development = Efeitos de convivência da comunidade de plantas daninhas na produção de beterraba durante o desenvolvimento inicial da cultura

    Leonardo Bianco Carvalho

    2010-10-01

    Full Text Available The objective was to evaluate the effects of initial weedy periods on the weed community and on the productivity of direct seeded and transplanted table beet cropping systems. A field trial was conducted at São Paulo State University, Brazil, in a randomized complete block design using a 2 x 13 factorial scheme. Direct seeding and seedling transplanting methods were evaluated within thirteen increasing weekly weedy periods. Weed relative importance was calculated and weed density and weed dry matter accumulation data were analyzed by nonlinear regression as well as beet yield and stand, which were submitted to analysis of variance. Amaranthus viridis, Coronopus didymus, Cyperus rotundus, Digitaria nuda, Galinsoga parviflora and Nicandra physaloides were the most important weeds found, with special reference to C. didymus. Weed dry matter accumulation was greater in the direct seeded crop, although weed density was higher in the transplanted crop. Transplanted beet yield was greater than of direct seeded beet in the weed-free treatment during the whole crop cycle. Crop-weed coexistence could remain for four and seven weeks after seeding/transplanting in direct seeded and in transplanted beet, respectively, before reducing yield economically. Thus, direct seeded crop was more susceptible to weed interference than the transplanted one.Objetivando avaliar efeitos de períodos de infestação inicial na comunidade infestante e na produtividade da beterraba em sistema de semeadura direta e transplantio, conduziu-se um experimento em delineamento de blocos casualizados, esquema fatorial 2 x 13. Métodos de semeadura direta e transplante de mudas foram avaliados dentro de 13 períodos semanais crescentes de infestação. Importância relativa, densidade e matéria seca acumulada pelas plantas daninhas foram analisadas por regressão não-linear, assim como produtividade e estande da cultura de beterraba, que foram submetidos à análise de vari

  9. Plantas daninhas em ilhas de vegetação em processo de regeneração natural Weeds on vegetation islands under natural regeneration

    P.F Souza

    2011-12-01

    Full Text Available Neste trabalho é apresentada a composição florística e estrutural de ilhas de vegetação de um inselberg do Vale do Moxuara, localizado no município de Cariacica-Espírito Santo, onde avaliou-se a riqueza das ilhas de vegetação está relacionada com seu tamanho e com a profundidade do solo. Foram avaliadas 45 ilhas de vegetação para estimativa dos parâmetros fitossociológicos necessários às análises. Foram encontradas 53 espécies de plantas vasculares, pertencentes a 24 famílias e 48 gêneros. As famílias com maior representatividade foram Poaceae, com sete espécies, seguida de Asteraceae, Malvaceae e Fabaceae, com seis espécies cada. Plantas daninhas representaram 39,6% da flora inventariada e 25,5% da cobertura vegetal das ilhas. As espécies com maior frequência e cobertura relativa foram Selaginella convoluta e Anemia tomentosa. A regressão múltipla não se mostrou significativa, o que foi discutido considerando o papel inibidor de espécies daninhas.This study presents the floristic and structural composition of vegetation islands of an inselberg in Vale do Moxuara, in Cariacica-ES, to evaluate whether the islands' richness is related to their size and soil depth. A total of 45 vegetation islands were evaluated by estimating the phytosociological parameters needed for the analysis. Fifty-three vascular plant species of twenty-four families and forty-eight genders were found. The most outstanding families were Poaceae, with seven species, followed by Malvaceae and Fabaceae, with six species each. Weeds represented 39.6% of all flora listed and 25.5% of the islands' vegetation cover. Selaginella convoluta and Anemia tomentosa had the most frequency and relative cover. Multiple regression was not significant, considering the inhibiting role played by the weed species.

  10. Manejo de plantas daninhas na cultura do algodoeiro com S-metolachlor e trifloxysulfuron-sodium em sistema de plantio convencional Weed Management with S-metolachlor and trifloxysulfuron-sodium in cotton field

    R.S. Freitas

    2006-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho desenvolver tecnologia para manejo de plantas daninhas na cultura do algodoeiro, em sistema de plantio convencional, combinando os herbicidas S-metolachlor em pré-emergência com trifloxysulfuron-sodium em pós-emergência. Foram avaliados 14 tratamentos, em arranjo fatorial 3 x 4 (três doses de S-metolachlor: 384, 768 e 1.152 g ha-1 e quatro doses de trifloxysulfuron-sodium: 0,0; 2,625; 5,250; e 7,875 g ha-1, mais duas testemunhas (com e sem convivência com as plantas daninhas por todo o ciclo do algodoeiro, em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Na área, foi verificada a presença das seguintes espécies daninhas: Alternanthera tenella, representando mais de 80% do total, Bidens spp., Acanthospermum hispidum, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Eleusine indica e Commelina benghalensis. S-metolachlor apresentou alta eficiência no controle de A. tenella, C. echinatus, D. horizontalis, E. indica e C. benghalensis. Trifloxysulfuron-sodium controlou as espécies dicotiledôneas eficientemente. Os tratamentos que proporcionaram melhor produtividade de algodão em caroço foram Smetolachlor (768 g ha-1 mais trifloxysulfuron-sodium (7,875 g ha-1 e S-metolachlor (1.152 g ha-1 mais trifloxysulfuron-sodium (5,250 e 7,875 g ha-1. O melhor controle de plantas daninhas na colheita do algodão foi obtido com 1.152 g ha-1 de S-metolachlor mais 7,875 g ha-1 de trifloxysulfuron-sodium.This work aimed to develop a strategy for weed management in conventionally tilled cotton by combining the herbicides S-metolachlor in pre-emergence and trifloxysulfuron-sodium in post-emergence. Fourteen treatments were evaluated arranged in a factorial scheme 3 (three doses of S-metolachlor 384; 768 and 1,152 g ha-1 x 4 (four doses of trifloxysulfuron-sodium 0.0; 2.625; 5.250 and 7.875 g ha-1, plus two controls (with and without weeds throughout the cotton planting cycle. The following weed species were

  11. Ocorrência de plantas daninhas no cultivo de beterraba com cobertura morta e adubação orgânica Weed occurrence in sugar beet crop under mulching and organic fertilization

    M.A.N Sediyama

    2010-12-01

    Full Text Available A cobertura do solo é prática importante na produção de hortaliças que também auxilia no controle de plantas daninhas. Praticamente, não existem pesquisas para o controle alternativo de plantas daninhas em beterraba, e são poucos os herbicidas indicados para a cultura. Neste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito da cobertura do solo com palha de café ou bagaço de cana-de-açúcar e de doses de lodo de lagoa de decantação de águas residuárias de suinocultura na incidência de plantas daninhas e na produtividade de beterraba, cultivar Early Wonder. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Oratórios-MG. Utilizou-se o esquema de parcelas subdivididas no delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. Nas parcelas foram dispostos três tipos de cobertura do solo: bagaço de cana-de-açúcar, palha de café e ausência de cobertura, e nas subparcelas utilizaram-se cinco doses de lodo de lagoa de decantação de águas residuárias de suinocultura (0, 10, 20, 40 e 60 t ha-1. Aos 45 dias após o transplantio (DAT das mudas foi avaliada a população de plantas daninhas, e aos 70 DAT realizou-se a colheita. A palha de café e o bagaço de cana-de-açúcar foram eficazes na redução da massa fresca total das plantas daninhas, devido ao efeito supressor da cobertura morta sobre as dicotiledôneas. Todavia, a massa seca de tiririca aumentou com o uso de palha de café, enquanto a massa seca das outras monocotiledôneas não apresentou diferença entre os três tratamentos. O aumento das doses de lodo promoveu redução linear da massa seca de monocotiledôneas, exceto de tiririca. A cobertura com palha de café proporcionou maior massa unitária de raiz e maior produtividade de raízes comerciais, independentemente das doses de lodo.Soil covering is an important practice in vegetable production, also helping in weed control. There is almost no research involving alternative weed control

  12. Períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do girassol em Rondônia Periods of weed interference in sunflower crop in Rondônia

    Gibran da S. Alves

    2013-03-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, determinar os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do girassol e seus efeitos sobre o diâmetro do capítulo, teor de óleo, rendimento de óleo e produtividade. Adotou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso com três repetições. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial 2 x 2 x 5, sendo os fatores: cultivares (Embrapa 122 e Hélio 358, modalidade de competição (na presença e na ausência de plantas daninhas e períodos de convivência ou controle das plantas daninhas da emergência aos 15, 30, 45, 60 e 110 dias. As variáveis mensuradas foram diâmetro de capítulo, teor de óleo, rendimento de óleo e produtividade. As plantas daninhas interferem negativamente no diâmetro do capítulo, produtividade e rendimento de óleo, mas o convívio com as mesmas aumentou o teor de óleo das sementes, além de reduzir em 76,83 e 92,68% a produtividade dos cultivares Embrapa 122 e Hélio 358, respectivamente. Admitindo-se uma perda de 10% na produtividade, o período anterior à interferência (PAI, o período total de prevenção a interferência (PTPI e o período crítico de prevenção e interferência (PCPI para a cultivar Embrapa 122 foram de 16; 37 e 21 dias, respectivamente. Para o híbrido Hélio 358 o PAI, o PTPI e o PCPI foram de 24; 43 e 19 dias, respectivamente.The objective of this study was to determine the periods of weed interference in sunflower cultivation, and its effects on the head diameter, oil content, oil yield and its productivity. The experimental design was in the randomized blocks with three replications. The treatments were arranged in a factorial 2 x 2 x 5, with the following factors: cultivar (Embrapa 122 and Hélio 358, modality of competition (in the presence and absence of weeds and periods of coexistence and control of weed from the emergence until the 15, 30, 45, 60 and 110 days. The measured variables were head diameter, oil content, oil

  13. Período de interferência de plantas daninhas em mandioca (Manihot esculenta no noroeste do Paraná Period of weed interference in cassava (Manihot esculenta in northwestern Parana

    D.F. Biffe

    2010-01-01

    Full Text Available A mandioca é uma exploração agrícola importante no Estado do Paraná. No entanto, há limitadas informações relacionadas à interferência das plantas daninhas nessa cultura. Objetivou-se com este trabalho estimar o período crítico de prevenção à interferência (PCPI na cultura da mandioca (variedade Fécula Branca, nas condições edafoclimáticas do noroeste do Paraná. O experimento foi dividido em dois grupos de tratamentos: com períodos crescentes na presença de plantas daninhas (PAI; e com períodos crescentes na ausência de plantas daninhas (PTPI. Foram identificadas as espécies de plantas daninhas e densidades de infestação na área e calculada a importância relativa (IR, avaliando-se também o estande da cultura e a produtividade de raízes comerciais. As principais plantas daninhas presentes na área e que apresentaram os maiores valores de IR foram Cenchrus echinatus e Brachiaria decumbens. Aceitando-se uma tolerância de redução de produtividade de 5%, o PAI ajustado foi de 18 dias após o plantio da cultura, e o PTPI, de 100 dias. Concluiu-se que o PCPI da cultura para as condições edafoclimáticas do noroeste do Paraná situa-se entre 18 e 100 dias após o plantio.Although cassava is a major agribusiness crop in Paraná, technical information related to weed interference in this crop is limited. This work aimed to evaluate the critical period of weed interference (PCPI in cassava (var. Fécula Branca, for local climate and soil under northwestern Paraná conditions. The experiment was constituted of two groups: the first with increasing periods of weed interference (PAI and the second with increasing periods without weed interference (PTPI. Main weed species in the area were identified and accounted for densities and relative importance (RI during the cycle; crop stand and commercial root yield were also evaluated. The highest RI values were found for Cenchrus echinatus and Brachiaria decumbens. Considering a

  14. Weeds occurrence and importance under distinct intercropping systems Ocorrência e importância de plantas daninhas sob sistemas de consorciação de cultivos

    G Concenço

    2011-12-01

    Full Text Available Intercropping systems involving corn are often subjected to stress caused by weeds, which usually result in 30-70 per cent yield loss when no control practice is applied. This study aimed to assess the composition of weed communities due to soil coverage, at neighboring areas submitted to distinct soil managements. The soil was collected at field and the study was conducted under a greenhouse in three steps: (1 weeds composition and importance within each treatment; (2 comparison between treatments (distinct crop and intercropping managements; (3 infestation in the area as a whole. The weed composition in the short term is influenced by the management of the area, but this shift requires some more years to be reflected at the soil seed bank. Some weed species occur in high densities and even this way they may not be the most serious weed species present in a given field. Just a few species are adapted to a given system of management in a level enough to be a troublesome weed. Areas differed in relation to weed infestation as a function of management adopted and number of years the new management was applied.Sistemas de consórcios de cultivos envolvendo o cultivo do milho podem ser afetados pela infestação de plantas daninhas, que podem causar entre 30 e 70% de redução na produtividade caso práticas de controle destas espécies não sejam adotadas. Objetivou-se com este estudo avaliar a composição florística em função da cobertura do solo, em áreas adjacentes submetidas a manejos distintos. Amostras de solo em cada área foram coletadas e levadas a casa de vegetação, onde o ensaio foi instalado e avaliado em três etapas: (1 composição florística e importância de cada espécie em cada tratamento; (2 comparação entre tratamentos (distintos manejos de consórcios; (3 infestação da área como um todo. A composição florística de curto prazo é influenciada pelo manejo da área, mas esta alteração necessita de alguns anos

  15. Aplicação de óleo fúsel isolado e em mistura com glifosato na pós-emergência tardia de plantas daninhas Fusel oil as herbicide at late weed postemergence

    A.A.P.M. Azania

    2008-03-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado no Centro de Cana IAC, Ribeirão Preto, com o objetivo de avaliar a eficácia do óleo fúsel isolado e em mistura com glifosato, aplicado na pós-emergência tardia de plantas daninhas de uma comunidade natural. O delineamento experimental foi em blocos casualizados (DBC, com 13 tratamentos em quatro repetições, sendo 52 parcelas de 3 x 3 m cada. A aplicação dos tratamentos foi realizada em 22/3/2006, com equipamento costal pressurizado munido de barra com quatro pontas de pulverização Teejet 110.02 TT, regulado para volume de calda de 212 L ha-1. Avaliaram-se a porcentagem de controle aos 14, 21, 28, 35 e 42 dias após a aplicação do tratamento (DAA e a massa seca, aos 42 DAA. Para a maioria dos tratamentos somente não houve 100% de controle devido à presença de plantas daninhas dos gêneros Commelina e Cyperus spp., que, mesmo com partes amareladas, foram mais tolerantes à aplicação dos produtos. O controle obtido com óleo fúsel aplicado isoladamente não ultrapassou 20%, aos 42 DAA.This work was carried out at the Sugarcane Center (Centro de Cana IAC, Ribeirão Preto-SP, to evaluate the effectiveness of fusel oil alone and mixed with glyphosate applied at late weed post-emergence of a natural community. The experimental design was randomized blocks, with 13 treatments and 4 repetitions, totaling 52 plots 3x3m each. Application of the treatments was accomplished on 03/22/2006, with pressurized back sprayer. The control percentages were evaluated at 14, 21, 28, 35 and 42 days after treatment (DAA and weed dry matter was obtained by using a square 0.5 x 0.5 m sorted two times on the plots at 42 DAA. The less satisfactory results under the control at the end of the experiment were when fusel oil was applied alone. The lack of 100% control in the main treatments evaluated was due to the presence of the weeds Commelina and Cyperus spp., which were more tolerant to herbicide application. The control

  16. Sistema de classificação fuzzy para o risco de infestação por plantas daninhas considerando a sua variabilidade espacial Fuzzy classification system for risk of weed infestation considering spatial variability

    G.M. Bressan

    2006-06-01

    Full Text Available Este artigo trata do problema de classificação do risco de infestação por plantas daninhas usando técnicas geoestatísticas, análise de imagens e modelos de classificação fuzzy. Os principais atributos utilizados para descrever a infestação incluem a densidade de sementes, bem como a sua extensão, a cobertura foliar e a agressividade das plantas daninhas em cada região. A densidade de sementes reflete a produção de sementes por unidade de área, e a sua extensão, a influência das sementes vizinhas; a cobertura foliar indica a extensão dos agrupamentos das plantas daninhas emergentes; e a agressividade descreve a porcentagem de ocupação de espécies com alta capacidade de produção de sementes. Os dados da densidade de sementes, da cobertura foliar e da agressividade para as diferentes regiões são obtidos a partir de simulação com modelos matemáticos de populações. Neste artigo propõe-se um sistema de classificação fuzzy utilizando os atributos descritos para inferir os riscos de infestação de regiões da cultura por plantas daninhas. Resultados de simulação são apresentados para ilustrar o uso desse sistema na aplicação localizada de herbicida.This paper deals with the problem of classifying the risk of infestation by weeds in a field using geoestatistics techniques, image analysis and fuzzy classification models. The main attributes used to describe the infestation include seed density, seed density patch, weed cover and aggressivity to produce seeds in each region. Seed density reflects seed production per area unit; seed density patch reflects the influence of the neighbouring seeds in a clustering; weed cover indicates the extension of the emergent weed plant clusterings; and, finally, aggressivity describes the percentage of occupation of species with high weed seed production capacity. Data for seed density, weed cover and aggressivity for the different regions are obtained from mathematical models. In

  17. Revisão de modelos matemáticos da dinâmica do banco de sementes de plantas daninhas em agrossistemas Review of mathematical models of weed seed bank dynamics

    L.S. Vismara

    2007-03-01

    Full Text Available O crescimento das plantas obedece a certos princípios fisiológicos, que podem ser descritos em termos quantitativos, até certo ponto, por equações matemáticas. No ambiente agrícola, a dinâmica do banco de sementes está fortemente relacionada ao estabelecimento de espécies daninhas e pode ser descrita por um sistema de equações que relaciona a densidade de plântulas com a densidade de sementes produzidas em áreas de cultivo. O objetivo deste artigo foi descrever, através de modelos matemáticos citados na literatura, as características do comportamento dinâmico do banco de sementes de populações de plantas daninhas em sistemas agrícolas.Plant growth follows certain physiological principles that can be quantitatively described, up to a certain extent, by mathematical equations. In agrosystems, seed bank dynamics is strongly related to the establishment of weed species and can be described as a system of equations that relates seedling density with the density of seeds produced in cultivation areas. The objective of this work is to describe, using mathematical models cited in the literature, the characteristics of the dynamic behavior of weed seed bank populations in agrosystems.

  18. Efeito do condicionamento osmótico de sementes de soja sobre a habilidade competitiva da cultura com as plantas daninhas Soybean seed osmoconditioning effect on the crop competitive ability against weeds

    U.R. Nunes

    2003-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do condicionamento osmótico de sementes de soja sobre o desempenho da cultura e sua habilidade competitiva com as plantas daninhas. As sementes de soja, da variedade UFV 16, colhidas nos estádios fenológicos R8 e R8 + 15 dias, foram submetidas ao condicionamento osmótico em solução de polietileno glicol (PEG 6000, a -0,8 MPa e 20ºC, por 96 horas. Como testemunha foram utilizadas sementes sem tratamento de pré-embebição, colhidas nos mesmos estádios fenológicos. Em laboratório, a germinação e o vigor das sementes foram avaliados pelo teste-padrão de germinação, utilizando-se o delineamento inteiramente casualizado, no esquema fatorial 2x2, com quatro repetições. A campo foram realizados dois experimentos, utilizando sementes com e sem condicionamento osmótico, colhidas também nos estádios fenológicos R8 e R8+15, respectivamente. Em ambos os experimentos, utilizando o delineamento de blocos casualizados com quatro repetições, foram avaliados os efeitos de diferentes períodos (0, 15, 30, 45, 60 e 125 dias após a emergência da soja de convivência da soja com as plantas daninhas. Os maiores valores de germinação e vigor, de estande inicial e final e de rendimento de grãos foram observados nos tratamentos com as sementes condicionadas e colhidas no estádio fenológico R8. As demais características agronômicas avaliadas (altura de plantas, número de nós, número de vagens por planta, número de sementes por planta, número de sementes por vagem e peso de 100 sementes não foram alteradas pelo condicionamento. O efeito competitivo cultura-planta daninha foi verificado pelos menores valores de biomassa seca de plantas daninhas, nos tratamentos em que foram utilizadas as sementes colhidas no estádio R8 e condicionadas osmoticamente.This work aimed to evaluate the effects of the osmotic conditioning of soybean seeds on its performance and competitive ability against

  19. Weeds occurrence in areas submitted to distinct winter crops Ocorrência de plantas daninhas em áreas submetidas a manejos de inverno

    G. Concenço

    2012-12-01

    íodo de inverno. Para essas áreas, o plantio de culturas oleaginosas de inverno visando à produção de biodiesel é uma das melhores alternativas; essa prática também auxiliará na redução da infestação por plantas daninhas no cultivo subsequente. Este estudo teve como foco a avaliação da comunidade infestante em áreas com distintas culturas de inverno, em termos de composição de espécies, nível de infestação e severidade de ocorrência. Os seguintes tratamentos foram avaliados: agricultura sob plantio direto com pousio no inverno; culturas oleaginosas de inverno (crambe, nabo, canola pós-soja estabelecida em plantio direto no verão; e agricultura sob preparo convencional do solo com pousio no inverno. As análises fitossociológicas de todos os tratamentos foram conduzidas 75 dias após emergência (DAE das culturas de inverno, e os índices de diversidade de espécies de Margalef, Menhinick, Simpsom e Shannon-Weiner foram calculados. As áreas também foram estratificadas por análise de agrupamento, pelo método UPGMA com base na matriz de similaridade de Jaccard. Dos tratamentos com cobertura de inverno, o nabo foi o mais eficiente em suprimir a ocorrência de plantas daninhas. A agricultura com preparo convencional do solo e pousio no inverno proporcionou a maior ocorrência de espécies daninhas problemáticas. Por outro lado, a agricultura em plantio direto com pousio no inverno apresentou o maior nível absoluto de infestação. Em termos gerais, culturas oleaginosas de inverno contribuem para reduzir a proliferação de espécies infestantes na entressafra.

  20. Efeitos da aplicação de vinhaça sobre a população e controle químico de plantas daninhas na cultura da cana-de-açucar (Saccharum SPP. Effects of vinasse application on the population and chemical control of weeds in the sugarcane (Saccharum spp.

    P.J. Christoffoleti

    1985-12-01

    Full Text Available Para avaliar o controle químico e a influência na população de plantas daninhas incidentes na cultura da cana-de-açucar (cana-soca, 3o corte, variedade NA56-79, em função da aplicação de diferentes doses de vinhaça, foi instalado um ensaio em solo pertencente a Usina Santa Lúcia de Açúcar e Álcool, do município de Araras-SP. O solo foi um Latassol Vermelho Amarelo distrófico, textura média, Haplorthox. O experimento foi instalado no dia 10/08/83, com o solo seco no momento da aplicação da vinhaça, não ocorrendo qualquer precipitação nos dez dias seguintes à aplicação. A aplicação da vinhaça foi feita através de veículos tanque, e a aplicação regulada para uma vazão de 50m3/ha , de tal forma que nas dosagens de 100 e 150m3 /ha foram feitas 2 e 3 passadas, respectivamente. Os herbicidas foram aplicados através de pulverizador costal à pressão constante, com um consumo de calda de 370 1/ha. O delineamento experimental foi de blocos casualizados com parcelas subdivididas e 3 repetições e os tratamentos foram vinhaça a 0,50, 100 e 150 m3 /ha e adubação mineral. Por outro lado os subtratamentos foram os herbicidas das alachlor (2-cloro-2-6-dietil-metoximetil-acetanilida a 2,40 kg i.a/ha, diuron (3-(3,4-dicloro-fenil-1, 1-dimetil-uréia a 1,6 kg i.a/há, ametrin (2-(etilamino-4-(isopropilano-6-(metiltio-S-triazina a 2,40 kg i.a/ha e tebuthiuron (N-(5-(1,1-dimetiletil-1, 3,4-tiadiazol-2-il-1,3-N, N-dimetil-uréia a 0,96 kg i.a/ha. A infestação do capim-colchão (Digitaria horizontalis Willd foi maior na área que recebeu apenas adubação mineral, com doses crescentes da vinhaça a população dessa espécie foi se elevando. O controle mais eficiente foi proporcionado por tebuthiuron. Com alachlor houve melhora pronunciada de controle, quando aplicado com 100 m3 /ha de vinhaça. Este fato também ocorreu com o diuron e menos acentuadamente com o ametrin. A tiririca (Cyperus rotundus L. infestou menos

  1. Control de calidad de planta forestal

    Ortega, Unai; Kindelman, Angelo; Hevia, Andrea; Álvarez, Eloy; Majada, J.P. (Juan)

    2009-01-01

    La calidad de la planta forestal (Materiales Forestales de Reproducción) que se utiliza en los programas de repoblación tiene un efecto crítico en el establecimiento y posterior supervivencia de los árboles en el monte.El objetivo de esta línea de trabajo del Programa de Investigación Forestal del Servicio Regional de Investigación y Desarrollo Agroalimentario (SERIDA), es desarrollar herramientas que faciliten la planificación y gestión de la producción, la comercialización y transporte de l...

  2. OCORRÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DO MILHO (Zea mays L. EM SUCESSÃO A CULTURAS DE SAFRINHA NO SISTEMA PLANTIO DIRETO WEEDS IN THE DOUBLE CROPPING WITH CORN (Zea mays L. UNDER NO-TILLAGE

    Antônio Pasqualetto

    2007-09-01

    Full Text Available

    Objetivou-se avaliar a ocorrência de espécies daninhas na cultura do milho após diversas culturas de safrinha, no sistema plantio direto. As culturas de safrinha foram milho, soja, milheto, girassol, sorgo, aveia e guandu. As plantas daninhas foram avaliadas aos 30 dias após a semeadura, por meio de amostragens ao acaso na parcela, utilizando um quadro de 0,45 m2 (1,5 m x 0,3 m, colocado perpendicularmente às linhas de semeadura e recolhendo-se todo o material verde de plantas daninhas existentes na amostra, classificando-o por espécie vegetal, agrupando as principais monocotiledôneas, principais dicotiledôneas e outras plantas daninhas. Os resultados demonstraram maior ocorrência das espécies Digitaria horizontalis e Commelina benghalensis na cultura do milho, independentemente da sucessão estabelecida. C. benghalensis predominou na sucessão milho-milho, e D. horizontalis na sucessão soja-milho. A menor infestação de plantas daninhas foi observada na área em que a cultura do girassol antecede a cultura do milho. Utilizando-se o milheto como cultura de safrinha, há maior ocorrência de espécies dicotiledôneas na cultura do milho, especialmente a Euphorbia heterophylla.

    PALAVRAS-CHAVE: Sucessões de culturas; milho; plantas daninhas.

    It was observed to evaluate the occurrence of the weeds, after 3 years of cultivation with successions of double cropping cultures with the culture of the corn. The double cropping cultures were: corn, soybean, pearl millet, sunflower, sorghum, oat and pigeon pea. The weeds were appraised to the 30 days after the sowing, by means of sampling to the maybe in the portion, using a icture of 0.45 m2 (1.5 m x 0.3 m, placed in a perpendicular way to the plantation lines

  3. PRINCIPAIS PLANTAS DANINHAS QUE INFESTAM AS CULTURAS DE ALGODÃO, ARROZ, CAFÉ, MILHO, SOJA E PASTAGENS NO ESTADO DE GOIÁS MAIN WEEDS THAT INFEST COTTON, RICE, COFFEE, MAIZE, SOYBEAN, AND PASTURES IN THE GOIÁS STATE

    Márcia Regina Albertoni

    2007-09-01

    Full Text Available

    No presente trabalho foi realizado o levantamento das plantas daninhas nas culturas de algodão, arroz, café, milho, soja e nas pastagens de Brachiaria decumbens, Hyparrhenia rufa, Panicum maximum e Brachiaria humidicola em 65 municípios de 12 microrregiões do Estado de Goiás, entre janeiro de 1980 e julho de 1981, num total de 275 observações para 59 espécies de plantas daninhas identificadas.

    A survey was made of weeds found in cotton, rice, corn and soybean fields and coffee plantations, and also in pastures composed of the following grasses: Brachiaria decumbens, Hyparrhenia rufa, Panicum maximum and Brachiaria humidicola. The study was carried out between January 1980 and July 1981, in a total of sixty-five counties within twelve micro-regions in the State of Goiás. Fifty-nine of known species of weeds were identified in a total of two-hundred and seventy-nine observations.

  4. Competição entre feijoeiros e plantas daninhas em função do tipo de crescimento dos cultivares Competition between the common bean and weed in function of cultivar growth type

    I.R. Teixeira

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a capacidade competitiva de genótipos de feijão de diferentes tipos de crescimento sob presença e ausência de comunidade infestante de plantas daninhas, em duas safras de cultivo ("águas'' de 2006/07 e "seca'' de 2007. Foi utilizado o delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 2, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos de três cultivares de feijão com diferentes tipos de crescimento (Pérola: tipo III/II; Aporé: tipo III; e BRS Radiante: tipo I, em combinação com dois tipos de manejo de plantas daninhas: área capinada manualmente e área não capinada. Conclui-se que no cerrado brasileiro, na safra das "águas'', os problemas da cultura do feijão com as plantas daninhas foram agravados, especialmente com Brachiaria ssp., Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis e Eleusine indica. Os cultivares de feijão com hábitos de crescimento semiereto (Pérola e prostrado (Aporé foram mais competitivos com a comunidade infestante de plantas daninhas.This work aimed to evaluate the competitive capacity of common bean cultivars of different growth types under the presence and absence of weed species communities during two crop seasons(rainy 2006/2007 and dry 2007. The experiment was arranged in a randomized block design, in a factorial scheme with four replications. The treatments consisted of three bean cultivars with different types of growth ("Pérola'': type III/II, "Aporé'': type III and "BRS Radiante'': type I in combination with two types of management of weed species: cultivated with and without weed. It was concluded that in the "cerrado'' during the rainy season, the problems of the common bean with the weed species aggravated, especially in relation to Brachiaria ssp., Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis and Eleusine indica. The common bean genotypes with semi-erect ("Pérola'' and prostrated ("Aporé' growth habits were more competitive against

  5. Manejo de plantas daninhas em maracujazeiro amarelo cultivado com adubação química e orgânica Weed management in yellow passion fruit cultivated with chemical and organic fertilization

    J. Ogliari

    2007-12-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, avaliar diferentes formas de manejo de plantas daninhas na cultura do maracujazeiro, cultivado com adubação química e orgânica. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com 15 tratamentos, arranjados em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições e 10 plantas úteis por parcela. Os tratamentos foram constituídos por três tipos de adubações na parcela (orgânica, química e química + orgânica e cinco manejos de plantas daninhas na subparcela (com capina, sem capina, diuron (pré + glyphosate (pós, diuron (pré + MSMA (pós e diuron (pré + (diuron + paraquat (pós. O diuron foi aplicado aos cinco dias antes do plantio das mudas, em todos os tratamentos com herbicida, variando apenas os herbicidas em pós-emergência; para cada um dos herbicidas das misturas avaliadas, foram feitas três aplicações, aos 45, 96 e 159 dias. O diuron em pré-emergência provocou sintomas de clorose nas folhas entre 20 e 26 dias após o plantio (DAP, sendo mais evidente no maracujazeiro cultivado com adubação química. Os tratamentos com diuron (pré e glyphosate (pós apresentaram melhor controle das plantas daninhas. Os tratamentos com adubação química + orgânica associados aos manejos com capina, diuron (pré + glyphosate (pós e diuron (pré + (diuron + paraquat (pós foram os que proporcionaram maior produtividade de frutos. No cultivo com adubação orgânica, o tratamento capinado foi o que proporcionou maior produtividade. No cultivo com adubação química, a produtividade foi maior no tratamento com diuron (pré + glyphosate (pós.The objective of this work was to evaluate different types of weed management in passion fruit culture under chemical and organic fertilization. The experimental design was in randomized blocks with 15 treatments, arranged in a splip-splot design, with four repetitions containing 10 plants each. The treatments consisted of three types of fertilization

  6. Competição de plantas daninhas com a cultura do café em duas épocas de infestação Competition of weeds with coffee plants, in two times of infestation

    C.M.T. Fialho

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a interferência de plantas daninhas instaladas aos 60 e aos 180 dias após o transplantio de plantas de café em vasos contendo 25 dm³ de substrato. O experimento foi instalado no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial (2 x 4 x 2, com duas espécies de plantas daninhas (Brachiaria decumbens e Brachiaria plantaginea, cultivadas por 90 dias, em quatro densidades (zero, dois, quatro e seis plantas por vaso, juntamente com mudas de café de diferentes idades: 60 e 180 dias após transplantio. Na colheita do experimento foram avaliados o incremento na altura, na área foliar e no diâmetro do coleto do café, a matéria seca de plantas daninhas e do café e a densidade radicular do café. Estimaram-se, ainda, a razão de massa foliar, a razão de massa caulinar, a razão de massa radicular, a razão de área foliar e a razão sistema radicular/parte aérea das plantas de café. As plantas daninhas proporcionaram interferência negativa nas características avaliadas. Verificou-se menor incremento em altura, área foliar e matéria seca total das plantas de café com o aumento da densidade das plantas daninhas. O efeito da interferência das plantas daninhas foi maior quando a interferência se instalou aos 60 dias após o transplantio. Nesse caso, houve menor acúmulo das variáveis de crescimento, porém as duas gramíneas comportaram-se de forma similar, não diferindo para a maioria das variáveis. As plantas de café foram mais sensíveis à competição com B. plantaginea em relação a B. decumbens quando a competição se instalou aos 180 dias após o transplantio. O aumento da densidade de plantas daninhas promoveu maior alocação de fotoassimilados para a parte aérea em detrimento do sistema radicular do café.The aimed of this work was to evaluate the weed interference installed at 60 and 180 days after coffee seedlings transplanted in pots contend 25 dm

  7. Influência da adubação nitrogenada sobre a interferência de plantas daninhas em feijoeiro Period of weed interference in bean with nitrogen fertilizer

    Fernanda Nunes Bressanin

    2013-02-01

    Full Text Available A competição entre plantas daninhas e o feijoeiro, principalmente por nutrientes do meio, é de extrema importância, por seu efeito na perda de produtividade da cultura. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da adubação nitrogenada sobre a extensão do período anterior à interferência (PAI, período total de prevenção à interferência (PTPI e período crítico de prevenção à interferência (PCPI das plantas daninhas na cultura do feijoeiro cultivar 'Rubi'. A semeadura foi realizada no sistema convencional e o ensaio foi instalado em duas áreas simultâneas, tendo, em apenas uma, sido realizada adubação nitrogenada de cobertura. Dentro de cada área foram aplicados 14 tratamentos, que constaram de dois grupos; primeiro: a cultura permaneceu livre de interferência das plantas daninhas, da emergência até 10, 20, 30, 40, 50, 60 e 70 dias; segundo: a cultura permaneceu sob interferência, da semeadura até os mesmos períodos descritos anteriormente. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, com quatro repetições. Raphanus raphanistrum apresentou maior importância relativa, nas duas áreas, principalmente pelo acúmulo de matéria seca, seguido de Amaranthus deflexus. Não houve comportamento diferenciado, em relação à diversidade e à equitatividade das populações de plantas daninhas, em resposta à adubação. Na área sem uso de N em cobertura, o PAI ocorreu aos 18 dias após a emergência (DAE da cultura e o PTPI ocorreu até os 24 DAE, resultando em PCPI dos 18 aos 24 DAE; nessa área, houve redução de 58% da produção da cultura. Na área onde foi realizada a adubação nitrogenada de cobertura, o PAI ocorreu aos 38 DAE da cultura e o PTPI ocorreu aos19 DAE; nessa área, houve redução de 56% da produção da cultura. Portanto, a adubação nitrogenada de cobertura aumentou a produtividade da cultura e a favoreceu competitivamente em relação às plantas daninhas

  8. Eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas monocotiledôneas na cultura do girassol CL Efficacy and selectivity of herbicides from the imidazolinone group applied in post-emergence of monocotyledon weeds on CL sunflower culture

    A.C. Francischini

    2012-12-01

    Full Text Available O controle das plantas daninhas, em geral, é realizado pelo uso de herbicidas, porém essa prática é limitada na cultura do girassol, por haver apenas dois produtos registrados para essa cultura (alachlor e trifluralin. Entretanto, o uso de novas tecnologias pode facilitar o controle das plantas daninhas com herbicidas que possuem amplo espectro de controle. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas monocotiledôneas na cultura do girassol Clearfield (CL. Para isso, foram instalados dois experimentos em campo. Os tratamentos e as respectivas doses em g ha-1 foram: trifluralin (1.800 aplicado em pré-emergência, fluazifop-p-butil (187 e imazapic+imazapyr nas doses de [36,75+12,25], [52,5+17,5], [12,25+36,75] e [17,5+52,5], aplicados em pós-emergência, além de duas testemunhas sem aplicação de herbicida, sendo uma sem capina e outra com capina. Foram realizadas avaliações de controle para Eleusine indica, Brachiaria plantaginea, Lolium multiflorum, Digitaria insularis, Cenchrus echinatus e Digitaria horizontalis, fitointoxicação do girassol Clearfield, estande e produtividade em kg ha-1. De acordo com os resultados, verificou-se que o uso do sistema CLmostrou-se uma ótima opção para áreas com infestação de plantas daninhas monocotiledôneas, pois possibilita a aplicação de herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS, obtendo excelente controle das plantas daninhas, além de não provocar injúrias visuais, mantendo o estande inicial, sem alterar a produtividade da cultura.Weed control is generally accomplished by the use of herbicides. However, this practice is limited in sunflower cultivation,since only two products are registered for the culture (alachlor and trifluralin.The use of new technologies can facilitate weed control with herbicides with broad spectrum control. Therefore, the

  9. Weeds under the canopies of tree species submitted to different planting densities and intercropping Plantas daninhas sob copas de espécies arbóreas submetidas a consórcios e densidades de plantio diferentes

    A.D Souza

    2013-03-01

    Full Text Available Assessing the growth and floristic composition of species that grow under the canopy of trees is important for weed control (WC. The objective of this study was to assess two experiments (E1 and E2, when the trees were two years and one year of age, respectively. In E1, sabiá (S and gliricidia (G were submitted to planting densities from 400 to 1.200 plants ha-1. In E2, growing systems consisting of S, G, and neem (N combinations were compared: SSS, GGG, NNN, GSG, NSN, SGS, NGN, SNS, and GNG (each letter represents a row of plants. A random block design was adopted, with three (E1 and four (E2 replicates. In E1, treatments were arranged as split-plots (species in plots. In E2, the degrees of freedom for treatments (8 were partitioned into growing systems (treatments that involved the same species and between growing system groups (2. Twenty-one weed species were found in E1. Gliricidia attained greater plant height than sabiá, but these species did not differ in canopy diameter, number of weed species per plot, and weed green and dry biomass of the shoot. Higher planting densities resulted in the reduction of all those traits. Twenty-six weed species were found in E2. Growing systems that included gliricidia showed canopies with greater diameters than growing systems that included neem. There were no differences between growing systems for number of weed species per plot and for weed green and dry biomass of the shoot.Avaliações do crescimento e da composição florística de espécies que vegetam sob a copa das árvores são importantes no controle de plantas daninhas (PD. O objetivo deste trabalho foi realizar essas avaliações em dois experimentos (E1 e E2, quando as árvores tinham idades de dois anos e um ano, respectivamente. Em E1, sabiá (S e gliricídia (G foram submetidas a densidades de plantio de 400 a 1.200 plantas ha-1. Em E2, foram comparados sistemas de cultivo de S, G e nim (N: SSS, GGG, NNN, GSG, NSN, SGS, NGN, SNS e GNG

  10. The effects of soil fumigation on the growth and mineral nutrition of weeds and crops=Efeito da fumigação do solo no crescimento e nutrição mineral de plantas daninhas e culturas

    Marliane de Cássia Soares da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available Weeds and soil microorganisms interact with each other in the soil/root interface, promoting the development and establishment of both. The objective of this study was to evaluate the growth and nutrient accumulation in eight species of weeds (Ageratum conyzoides L., Bidens pilosa L., Cenchrus echinatus L., Conyza bonariensis L., Echinochloa crus-galli L., Eleusine indica L. Ipomoea grandifolia L. and Lolium multiflorum L. and in bean and corn crops grown for 50 days in a substrate fumigated with methyl bromide. Assessments relating to the height, leaf area, leaf number, dry weight of shoots and roots and relative content of nutrients were carried out 50 days after seedling emergence. A positive effect of soil fumigation was observed on the growth, leaf number, leaf area, plant height and accumulation of nutrients in monocot weeds in relation to dicots. Conyza bonariensis was the most affected by soil fumigation, with levels of dry matter, leaf number, leaf area, height and accumulation of nutrients approximately 50% lower than plants grown in normal soil. Fumigation also influenced the growth cycle of the plants, which was lower for B. pilosa, E. indica and C. echinatus. We also observed a 20 and 30% lower phosphorus accumulation in Bidens pilosa and Conyza bonariensis, respectively, when grown in the sterilized soil. Overall, the bean and corn crops were less affected by soil fumigation than the weeds.Plantas daninhas e microrganismos do solo se interagem na interface solo/raiz promovendo vantagens para o desenvolvimento e estabelecimento de ambos. Objetivou-se com este trabalho avaliar o crescimento e o acúmulo de nutrientes em oito espécies de plantas daninhas (Ageratum conyzoides L., Bidens pilosa L., Cenchrus echinatus L., Conyza bonariensis L., Echinochloa crus-galli L., Eleusine indica L., Ipomoea grandifolia L. e Lolium multiflorum L. e nas culturas de feijão e milho, cultivadas, por 50 dias, em substrato fumigado com brometo de

  11. INTERFERÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS NO CRESCIMENTO DO PIMENTÃO NOS SISTEMAS DE PLANTIO DIRETO E CONVENCIONAL

    MARIA ELIANI HOLANDA COELHO

    2013-01-01

    Full Text Available Aiming at assessing the growth of sweet peppers (Ca psicum annum L., submitted to different controlling strategies of weeds in the no-trillage and conventional planting systems, an experiment wa s carried out in UFERSA’s experimental orchard in Mossoró-RN. The split-plot scheme was used, which was distribu ted within the experimental design, in randomized block s with four replications. The planting systems (no- trillage and conventional were assessed in the plots, and t hree weed handling strategies (soil covering with p olyethyl- ene film, with hoeing, and without hoeing were ass essed in the subplots. Within each subplot, assessm ents were made on 0, 21, 42, 63, 84, 105, 126, and 147 d ays after transplanting (DAT for the purpose of de termin- ing the following features of the sweet pepper: lea f area, leaf area index, dry mass of leaves, of ste m, of fruits, and the total dry mass per plant, leaf area ratio, leaf weight ratio as well as the rates of absolute and relative growth and of net assimilation. On the 30th and 90t h DAT, the weeds’ density was assessed in the treat ments without hoeing. It was found that the no-trillage s ystem displayed a decrease in the incidence of weed s as com- pared to the conventional planting system. The no-t rillage system decreased the incidence of weeds com pared to the conventional planting systems. The weed inte rference in treatments without hoeing reduced the g rowth of pepper in both systems and the no-trillage with hoeing system showed higher indices than the other manage- ment strategies of plants in both planting systems.

  12. Efeito de coberturas de inverno e sua época de manejo sobre a infestação de plantas daninhas na cultura de milho Effect of winter cover crops and their management timing on weed infestation in maize crop

    A.A. Balbinot Jr.

    2007-09-01

    Full Text Available No sistema de plantio direto, a presença de palha sobre o solo proporciona significativa supressão de plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de coberturas de inverno e sua época de manejo em reduzir a infestação de plantas daninhas na cultura de milho quando semeada em sucessão. Dois experimentos foram realizados em Canoinhas, SC, nas safras 2003/04 e 2004/05. No primeiro experimento, avaliaram-se seis coberturas de solo no inverno: nabo forrageiro, aveia-preta, centeio, azevém, consórcio entre aveia-preta e ervilhaca e o consórcio entre nabo forrageiro, aveia-preta, centeio, azevém e ervilhaca. Essas coberturas foram roçadas em três épocas antes da semeadura do milho: 1, 10 e 25 dias. Já no segundo experimento, foram avaliados os efeitos de supressão de plantas daninhas pela palha das seis coberturas citadas anteriormente, mais a ervilhaca. As palhas de azevém e do consórcio das cinco espécies utilizadas no experimento apresentaram alta capacidade em suprimir a emergência e o acúmulo de massa seca das plantas daninhas, enquanto a palha de nabo forrageiro apresentou baixo potencial de supressão. O manejo das coberturas próximo à semeadura da cultura de milho reduziu a infestação de plantas daninhas.Straw on the soil significantly reduces weed infestation under the no-tillage system. The aim of this research was to evaluate the potential of winter cover crops and their management timing in reducing weed infestation in maize crop. Two experiments were carried out in Canoinhas, SC, Brazil, in 2003/2004 and 2004/2005. In the first experiment, six winter cover crops were investigated: oilseed radish, black oat, rye, rye grass, intercropped among black oat and common vetch and among oilseed radish, black oat, rye, ryegrass and common vetch. These cover crops were slashed down at three different times before maize seeding (1, 10 and 25 days. In the second experiment, the potential to reduce weed

  13. Further molecular characterization of weed-associated begomoviruses in Brazil with an emphasis on Sida spp Caracterização molecular adicional de begomovírus associados a plantas daninhas no Brasil, com ênfase em Sida spp

    S.S. Tavares

    2012-06-01

    Full Text Available Begomoviruses are whitefly-transmitted, single-stranded DNA viruses that are often associated with weed plants. The aim of this study was to further characterize the diversity of begomoviruses infecting weeds (mostly Sida spp. in Brazil. Total DNA was extracted from weed samples collected in Viçosa (Minas Gerais state and in some municipalities of Alagoas state in 2009 and 2010. Viral genomes were amplified by RCA, cloned and sequenced. A total of 26 DNA-A clones were obtained. Sequence analysis indicated the presence of 10 begomoviruses. All viral isolates from Blainvillea rhomboidea belonged to the same species, Blainvillea yellow spot virus (BlYSV , thereby suggesting that BlYSV may be the only begomovirus present in this weed species. Four isolates represent new species, for which the following names are proposed: Sida yellow blotch virus (SiYBV, Sida yellow net virus (SiYNV, Sida mottle Alagoas virus (SiMoAV and Sida yellow mosaic Alagoas virus (SiYMAV. Recombination events were detected among the SiYBV isolates and in the SiYNV isolate. These results constitute further evidence of the high species diversity of begomoviruses in Sida spp. However, the role of this weed species as a source of begomoviruses infecting crop plants remains to be determined.Begomovírus são vírus de DNA circular fita simples transmitidos por mosca branca, os quais são frequentemente associados com plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a diversidade de begomovírus infectando plantas daninhas (principalmente Sida spp. no Brasil. DNA total foi extraído a partir de plantas daninhas coletadas em Viçosa (Minas Gerais e em alguns municípios do estado de Alagoas em 2009 e 2010. Os genomas virais foram amplificados por RCA, clonados e sequenciados. Um total de 26 clones de DNA-A foram obtidos. A análise das sequências indicou a presença de dez diferentes begomovírus. Todos os isolados originários de Blainvillea rhomboidea pertencem a uma

  14. Manejo químico de plantas daninhas na cultura do milho em função de características morfofisiológicas e redução de espaçamento da cultura Chemical management of weeds in corn in function of the morphophysiological characteristics and reduced spacing

    M.M. Trezzi

    2008-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da integração de redução de espaçamento entre linhas sobre características morfofisiológicas de híbridos e estratégias de manejo químico de plantas daninhas em milho. O experimento foi realizado a campo, em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições, em um fatorial 2 x 2 x 5, em que o primeiro fator representou os híbridos de milho (Sprint, ciclo superprecoce e folhas mais eretas, e Penta, ciclo precoce e folhas mais planas; o segundo, espaçamentos entre linhas de milho (0,45 e 0,90 m; e o terceiro, tratamentos para controle de plantas daninhas: 1. atrazine + simazine (1.500 + 1.500 g i.a. ha-1 em pós-precoce; 2. atrazine + simazine (1.500 + 1.500 g i.a. ha-1, em pós-precoce, complementada por nicosulfuron + atrazine (20 + 750 g i.a. ha-1 , em pós-tardia; 3. atrazine + simazine (750 + 750 g i.a. ha-1 , em pós-precoce; 4. testemunha capinada; e 5. apenas nicosulfuron+atrazine (20 + 750 g i.a. ha-1 , em pós -ardia. O espaçamento de 45 cm favoreceu a infestação de plantas daninhas na linha do milho, enquanto no espaçamento de 90 cm as maiores infestações foram observadas nas entrelinhas da cultura. As aplicações complementares de atrazine+nicosulfuron em pós-tardia foram importantes para controlar plantas daninhas no híbrido Sprint em espaçamento convencional, mas não necessárias para o híbrido Penta, nos espaçamentos utilizados. Observou-se no híbrido Penta que a redução do espaçamento afetou o rendimento de grãos, enquanto para Sprint não foi verificada redução de produtividade.This work was carried out to evaluate the effect of integrating morphophysiological characteristics of hybrids, row spacing reduction and chemical weed management in corn. The experiment was carried out under field conditions, in a randomized complete block design, in a 2 x 2 x 5 factorial scheme, with four replications, with the first factor consisting of corn hybrids

  15. Interferência de uma comunidade de plantas daninhas com predominância de Ipomoea hederifolia na cana-soca Interference of a weed community with predominance of Ipomoea hederifolia on sugar cane ratton

    I.A.B. Silva

    2009-06-01

    Full Text Available Levantamentos recentes da flora de plantas daninhas associada à cultura da cana-de-açúcar apontaram Ipomoea hederifolia como uma das espécies mais importantes. Em virtude disso, objetivou-se determinar o potencial de redução da produtividade da cana-de-açúcar e da qualidade do caldo em resposta à interferência de uma comunidade de plantas daninhas com predomínio de I. hederifolia, bem como o período anterior à interferência (PAI. Foi instalado um experimento em Pitangueiras, SP, em que constituíram tratamentos nove períodos crescentes de convivência das plantas daninhas com a cultura (0, 16, 30, 44, 69, 97, 135, 160, 188 e 229 dias após o cultivo e adubação e início da brotação - DAB. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com cada tratamento em quatro repetições. Concluiu-se que o potencial de redução do número final de colmos e de produtividade foi de 34% e 46%, respectivamente. O PAI foi do início da brotação e se estendeu por 33 dias. Com o aumento do período de convivência com a comunidade infestante, houve antecipação do processo de maturação dos colmos, cujo caldo tendeu a apresentar maior valor de açúcar total recuperável (ATR. Com a redução de produtividade devido à interferência, o valor de ATR ha-1 tendeu a ser negativamente afetado.Recent surveys on weed community associated with sugar cane have pointed Ipomoea hederifolia as one of the most important species. Thus, this work aimed to determine the potential for reducing the productivity and quality of sugar cane in response to weed community interference with a predominance of I. hederifolia, and the period prior to interference (PPI. An assay was installed in Pitangueiras , Brazil, with the treatments consisting of nine periods of coexistence of the weeds with the culture (0, 16, 30, 44, 69,97, 135, 160,188 and 229 days after cultivation and fertilization and days after sprouting. The experiments were arranged in a

  16. Weed community and growth under the canopy of trees adapted to the brazilian semi-arid region Comunidade e crescimento de plantas daninhas sob a copa de árvores adaptadas ao semi-árido brasileiro

    P.S.L. Silva

    2010-01-01

    Full Text Available The objectives of this work were to evaluate the floristic composition and dry biomass of weeds under the canopy of seven perennial species adapted to the Semi-Arid region of Brazil, and correlate these characteristics with growth traits of the perennial species. The following perennial species were evaluated in two experiments (E1 and E2: mesquite (Prosopis juliflora, jucá (Caesalpinia ferrea, white popinac (Leucaena leucocephala, mofumbo (Combretum leprosum, neem (Azadirachata indica, sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia and tamarind (Tamarindus indica. In E1, the seven species were evaluated in a random block design with four replicates and nine plants per plot. In E2, evaluation comprised four species (mesquite, jucá, white popinac, and tamarind in a random block design with eight replicates and nine plants per plot. A circle with an area of 1.77 m² was established around the trunk of each plant, two years after they were transplanted to the permanent location. The weeds collected within this circle were cut even with the ground, classified and weighed. At this time, plant height, and crown and stem diameters were evaluated in all trees of each plot. In E1 there were no differences between tree species as to weed frequency under their canopies; however, weed growth was smaller under the canopy of sabiá trees. Mesquite and sabiá had the greatest plant height and crown diameter means, but only sabiá had the greatest stem diameter. In E2, the perennial species were not different with regard to weed frequency and growth under their canopies, but mesquite had the greatest growth, as measured by plant height (with significant results for jucá as well and crown and stem diameter.Os objetivos deste trabalho foram avaliar a composição florística e a biomassa de plantas daninhas sob a copa de sete espécies perenes adaptadas à região semi-árida do Brasil, e correlacionar essas características com características do crescimento das esp

  17. Estrategias integradas para el control de enfermedades de las plantas.

    Achicanoy López Héctor

    2001-09-01

    Full Text Available En el manejo del patosistema de cultivos, se debe tener en cuenta el control del patógeno y el manejo del hospedante. La importancia económica de las enfermedades de las plantas, debe medirse no sólo por el verdadero daño que ocasionan, sino también por los costos en las medidas de prevención y control. Cuando se intenta planear y aplicar nuevos métodos de control de las enfermedades de las plantas, el objetivo debe ser un control racional, eficaz y seguro a un costo mínimo. En el control de las enfermedades de las plantas, las estrategias aplicadas se utilizan en términos generales, para proteger a las poblaciones más que a unas plantas individuales, aunque ciertos hospederos enfermos se controlan individualmente. Casi la totalidad de las estrategias de control, se utilizan antes de que las plantas enfermen, es decir, los métodos son preventivos y no curativos. El Manejo Integrado de Plagas (MIP, utiliza todas las técnicas y métodos más apropiados para mantener en lo posible, las poblaciones de plagas a niveles por debajo 1 M.Sc. Profesor Asociado. Universidad Nacional de Colombia-Sede Medellín, Departamento de Agronomía, Apartado 1027, Medellín-Colombia. de aquellos que ocasionan daño económico. Sin embargo, en el caso de las plantas, el MIP debe ser cuidadosamente revisado y permanentemente ajustado debido a la variabilidad de los fitopatógenos en la naturaleza, particularmente los hongos. El control de la enfermedad, se puede lograr mediante un sólo procedimiento, pero en la mayoría de los casos exige la utilización de medidas múltiples e implica un programa integrado de manipulación del ambiente y de las estrategias reglamentarias, culturales, biológicas, físicas y químicas.

  18. Banco de sementes de plantas daninhas em solo cultivado com pastagens de Brachiaria brizantha e Brachiaria humidicola de diferentes idades Weed seed bank in soil cultivated with pasture of Brachiaria brizantha and Brachiaria humidicola of different ages

    D.S.M. Silva

    2001-08-01

    Full Text Available Estudou-se o banco de sementes do solo de uma pastagem de Brachiaria brizantha com 4 anos de idade e de pastagens de Brachiaria humidicola com 4, 15 e 20 anos de idade, localizadas no nordeste do Estado do Pará. Objetivou-se avaliar a influência da espécie forrageira e da idade da pastagem no tamanho e na composição do banco de sementes de plantas daninhas do solo. Cada pastagem foi dividida em cinco áreas de aproximadamente 500 m², sendo retiradas, de cada área, 10 subamostras de solo na profundidade de 0-10 cm. Cada amostra composta das 10 subamostras de solo foi homogeneizada, identificada, distribuída em bandeja de plástico e levada para germinar em casa de vegetação durante um período de 15 meses. O banco de sementes do solo da pastagem de B. brizantha foi em torno de 10 vezes menor que o da pastagem de B. humidicola de mesma idade. Com relação ao efeito da idade da pastagem, entre as pastagens de B. humidicola, o banco de sementes foi menor naquela de 20 anos de idade (1.247 sementes m-2, não tendo sido detectada diferença significativa entre as pastagens de 15 (11.602 sementes m-2 e 4 (9.486 sementes m-2 anos de idade. As famílias botânicas Cyperaceae, Rubiaceae e Labiateae foram as de maior predominância entre as plantas daninhas infestantes da área, em todos os tratamentos estudados.The objective of this work was to study the soil seed bank of a four-year-old Brachiaria brizantha pasture soil, and in pasture soils of four, 15 and 20 year-old Brachiaria humidicola, in northeastern Pará, Brazil, to evaluate the influence of the forage species and pasture age on weed seed bank size and composition. Each pasture area was divided into five plots of about 500 m², from which 10 soil sub-samples were collected at a depth of 0-10 cm. The soil from each plot was mixed, identified, placed in plastic trays, and put to germinate in a greenhouse during a 15-month period. The seed bank of the four-year-old B. brizantha pasture

  19. Período anterior ao dano no rendimento econômico (PADRE: nova abordagem sobre os períodos de interferência entre plantas daninhas e cultivadas Weedy period prior to economic loss (WEEPPEL: a new approach to weedy and weed-free periods

    R.A. Vidal

    2005-09-01

    Full Text Available Admite-se a hipótese de que aspectos econômicos como o custo de controle e o valor monetário dos grãos devem ser utilizados como critério para determinar o período aceitável de interferência das plantas daninhas antes de se decidir pelo seu controle. O período inicial assim obtido foi denominado Período Anterior ao Dano no Rendimento Econômico (PADRE. Desenvolveu-se um modelo matemático utilizando-se os aspectos econômicos citados, parametrizou-se o modelo com base em resultados da literatura e foram feitas diversas simulações. Os resultados permitiram confirmar a hipótese de que o custo do controle das plantas daninhas e o preço dos grãos da cultura podem ser utilizados como bons indicadores dos períodos de interferência. O PADRE diminui com o incremento do preço da cultura, ou com a redução do custo de controle, ou com o aumento do potencial produtivo da cultura, indicando que, nessas condições, o controle precoce das plantas daninhas é economicamente justificável. O trabalho aponta algumas limitações encontradas na literatura científica e soluções para se obter o PADRE e os demais períodos de interferência.This work hypothesizes economic aspects, such as weed control cost and grain price, should be used as criteria to determine weed interference periods in the crops to support weed control decisions. The weedy period based on such parameters was termed weedy period prior to economic loss (WEEPPEL. A mathematical model was developed based on the abovementioned economic aspects, model parameters were searched in the literature, and simulations performed. The simulation results allowed confirming the hypothesis that weed control cost and grain price are good criteria to determine weed interference periods. WEEPPEL decreases with increasing crop grain prices, or decreasing weed control costs, or increasing crop potential yield, suggesting that under these conditions very early weed control is economically

  20. Potential for seed bank formation of two weed species from Brazilian Amazonia Potencial para a formação de banco de sementes de duas espécies de plantas daninhas da Amazônia brasileira

    Moacyr B. Dias-Filho

    1999-08-01

    Full Text Available The potential for seed bank formation of two perennial weed species, Ipomoea asarifolia (Desr. Roem. & Schult. (Convolvulaceae and Stachytarpheta cayennensis (Rich. M. Vahl (Verbenaceae, both common in Amazonia , was evaluated in a degraded pasture area in eastern Brazilian Amazonia . Seeds were enclosed in nylon mesh packets and placed at the soil surface or buried at 5 or 10 cm deep. The number of viable seeds was recorded at 6, 10, 14 and 18 months after burial. Results showed that S. cayennensis has the ability to form persistent soil seed bank, while I. asarifolia seeds do not build up in the soil seed bank. For S. cayennensis and, to some extent, for I. asarifolia, seed survival was highest at greater burial depths.O potencial para a formação de banco de sementes de duas espécies perenes de plantas daninhas, Ipomoea asarifolia (Desr. Roem. & Schult. (Convolvulaceae e Stachytarpheta cayennensis (Rich. M. Vahl (Verbenaceae, ambas comuns na Amazônia, foi avaliado em uma área de pastagem degradada na Amazônia oriental brasileira. As sementes foram inseridas em envelopes de tela de nylon e colocadas na superfície do solo ou enterradas a cinco ou 10 cm de profundidade. O número de sementes viáveis foi avaliado aos 6, 12, 14 e 18 meses após o início do ensaio. Os resultados mostraram que S. cayennensis tem o potencial para formar banco de sementes persistente, enquanto que as sementes de I. asarifolia não apresentam esse potencial. Em S. cayennensis e, de certo modo, em I. asarifolia, a sobrevivência de sementes foi maior nas maiores profundidades.

  1. Levantamento da infestação de plantas daninhas associada a uma pastagem cultivada de baixa produtividade no Nordeste Paraense Survey of weeds associated to cultivated low yield pastures in the northern region of Pará, Brazil

    M.S. Modesto Júnior

    2001-04-01

    Full Text Available A região do trópico úmido amazônico ocupa 350 milhões de hectares, constituindo a maior área de fronteira agrícola do planeta. A pecuária como exploração do uso da terra é a principal forma de ocupação e de desmatamento na região, apesar da baixa produtividade e das conseqüências ambientais. O declínio da produtividade da pastagem está associado, entre outras, ao manejo inadequado e à elevada infestação de plantas daninhas herbáceas e arbustivas, anuais ou perenes, geralmente denominadas "juquira" na região. Se essas plantas não forem controladas adequadamente, podem levar à degradação da pastagem, resultando na completa perda de produtividade e no posterior abandono da área. Com o objetivo de identificar as plantas daninhas mais importantes que ocorrem em área de pastagem de baixa produtividade no município de Terra Alta, PA (0º 58" S e 47º 52" W. Gr., foi efetuado um levantamento florístico em 0,33 ha de área cultivada com capim-quicuio-da-amazônia (Brachiaria humidicola. Foram registrados 4.700 indivíduos, distribuídos em 17 famílias botânicas, representadas por 36 espécies vegetais. Destacaram-se as famílias Poaceae, Rubiaceae, Fabaceae, Asteraceae e Solanaceae, sendo encontrado em cada uma delas cinco, cinco, quatro, três e três espécies, respectivamente. As plantas daninhas consideradas de maior importância na comunidade vegetal foram: Borreria verticillata, Hyptis atrorubens, Rolandra argentea, Desmodium canum, Panicum pilosum, Davilla rugosa, Imperata brasiliensis, Paspalum maritimum, Vernonia scorpioides e Vismia guianensis.Pasture for raising cattle has been the major land use in the Amazon region of Brazil. This agricultural practice has caused environmental disturbances associated with deforestation and burning. After five or six years of intensive pasture, the land undergoes degradation due to poor management and high weed infestation. A survey was carried out to identify the main weeds

  2. Allelopathic effect of black mustard tissues and root exudates on some crops and weeds Efeito alelopático de tecidos de mostarda-preta e exsudatos da raiz de algumas culturas e plantas daninhas

    E Al-Sherif

    2013-03-01

    Full Text Available Laboratory and greenhouse experiments were conducted to evaluate the phytotoxic effect of black mustard extracts and root exudates on two crops: Trifolium alexandrinum and Triticum aestivum, and two weeds: Phalaris paradoxa and Sisymbrium irio. The seeds were treated with aqueous and ethanolic extracts and chloroform for eight days, or subjected to root exudates of just harvested mustard in a greenhouse for five weeks. High-performance liquid chromatography (HPLC was used to quantify phytotoxins from plant tissues. Seed germination of P. paradoxa was reduced with the lowest concentration of the different extracts. However, the aqueous extract at 4% completely curtailed the germination of all the target species. In general, plant extracts had a concentration-dependent reduction of seedling growth of the target species. However, the ethanolic extract, at the lowest concentration, has stimulated the shoot length of both T. alexandrinum and T. aestivum, and the root length of the former. Mustard root exudates inhibited emergence and growth of the target species throughout the experiment. Ferulic and syringic acids were the dominant allelochemicals found when HPLC was used.Experimentos de laboratório e estufa foram realizados para avaliar o efeito fitotóxico dos extratos de mostarda-preta e exsudatos de raiz de duas culturas: Trifolium alexandrinum e Triticum aestivum, bem como de duas plantas daninhas: Phalaris paradoxa e Sisymbrium irio. As sementes foram tratadas com extratos aquosos, etanólicos e clorofórmio por oito dias, ou submetidas a exsudatos de raiz de mostarda recém-colhidaem estufa durante cinco semanas. A cromatografia líquida de alto desempenho (HPLC foi usada para a quantificação de fitotoxinas a partir de tecidos de plantas. Sementes de P. paradoxa apresentam germinação reduzida com a menor concentração dos diferentes extratos. No entanto, o extrato aquoso a 4% restringiu completamente a germinação de todas as esp

  3. Efeito da prevenção de produção de sementes pelas plantas daninhas e da aplicação de herbicida em jato dirigido na densidade de infestação na cultura do milho em anos sucessivos Effect of weed seed production prevention and 10-year herbicide direct spray on weed density in corn during sucessive years

    F. Skóra Neto

    2001-04-01

    Full Text Available Um experimento com dez anos de duração foi realizado em Ponta Grossa-PR para avaliar o efeito da prevenção de produção de sementes pelas plantas daninhas e da aplicação de herbicida em jato dirigido na densidade de infestação em plantios direto e convencional. As plantas daninhas predominantes na área foram capim-marmelada (Brachiaria plantaginea, capim-colchão (Digitaria ciliaris, amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla, poaia-branca (Richardia brasiliensis e guanxuma (Sida rhombifolia. O controle da frutificação das plantas daninhas durante dez anos reduziu a densidade das espécies presentes em mais de 99%. A redução foi variável entre as espécies, mas em todas elas foi mais intensa nos primeiros anos. A densidade populacional em anos subseqüentes, quando se permitia a reinfestação da área após o controle inicial das plantas daninhas (testemunha, variou conforme as condições climáticas e culturais. A aplicação de herbicida em jato-dirigido foi uma prática eficiente no controle da frutificação das plantas daninhas suscetíveis aos herbicidas, mas selecionou o capim-colchão quando o controle desta espécie foi insatisfatório. A equação que descreve o comportamento dos tratamentos sem ressemeadura e com jato dirigido foi do tipo exponencial negativa. Os resultados obtidos por meio da densidade de plantas emergidas são confirmados pela avaliação do banco de sementes em cada tratamento.A ten-year corn field experiment was conducted at Ponta Grossa (Parana, Brazil to evaluate the effect of weed seed production prevention and herbicide direct spray on weed density in successive years, under two different tillage treatments (conventional and no-till. The main weeds in the area were Alexandergrass (Brachiaria plantaginea, crabgrass (Digitaria ciliaris, wild poinsettia (Euphorbia heterophylla, pusley (Richardia brasiliensis and arrowleaf sida (Sida rhombifolia. The prevention of weed seed production during ten years

  4. Influência do tipo e da quantidade de resíduos vegetais na emergência de plantas daninhas Influence of type and amount of crop residues on weed emergence

    N.M. Correia

    2006-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar os efeitos da semeadura no outono/inverno de diferentes espécies: sorgo de cobertura (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense 'híbrido Cober Exp', milheto forrageiro (Pennisetum americanum 'var. BN2', capim-pé-de-galinha (Eleusine coracana e braquiária (Brachiaria brizantha para formação de palha (nas quantidades de 3,0 e 5,5 t ha¹, na emergência de plantas daninhas, foi conduzido experimento no ano agrícola 2003/04, na fazenda Três Marcos, em Uberlândia, MG. Foi mantida uma testemunha como tratamento adicional, sem cobertura com restos vegetais. A composição específica e as densidades populacionais das comunidades infestantes foram influenciadas pelos sistemas de produção de cobertura morta. A emergência das plantas daninhas foi menor nas coberturas de sorgo e braquiária e nos maiores níveis de palha. O número de plântulas emergidas de Bidens pilosa, Amaranthus spp., Commelina benghalensis, Leucas martinicensis e gramíneas foi inibido pelas coberturas, enquanto para Chamaesyce spp. os resíduos contribuíram para incremento na sua emergência.To evaluate the effects on weed emergence of autumn/winter sowing of different species [sorghum (Sorghum bicolor x Sorghum sudanense 'Cober Exp hybrid', forage millet (Pennisetum americanum 'var. BN2', finger millet (Eleusine coracana and St Lucia grass (Brachiaria brizantha, for mulch formation (at rates of 3.0 and 5.5 t ha-1, an experiment was carried out in the agricultural year 2003/2004, in Uberlândia, Minas Gerais, Brazil. The specific composition and population densities of the infesting community were influenced by the mulch production systems. Weed emergence was minor under sorghum and Sta Lucia grass cover and in greater amounts of straw. Straw cover inhibited the emergence of seedlings of Bidens pilosa, Amaranthus spp., Commelina benghalensis, Leucas martinicensis and grasses and stimulated the emergence of Chamaesyce spp.

  5. Variations in weed population densities, rate of change and community diversity in RR-soybeans and RR-maize strip crops under two herbicide strategies Ação de herbicidas sobre as plantas daninhas na soja e milho RR em plantio consorciado

    E.S. Leguizamón

    2012-12-01

    longo de seu crescimento e desenvolvimento. Durante as safras, a densidade de plantas daninhas aumentou em ambos os sistemas de plantio para milho, em comparação com a soja; o menor aumento ocorreu no plantio consorciado da soja. As diferenças foram semelhantes devido à ação dos herbicidas, os quais alcançaram 73% de eficácia durante os períodos críticos nas duas culturas. A taxa de mudança da população de monocotiledôneas anuais aumentou, o que deslocou a composição da comunidade de plantas daninhas. Os sistemas de plantio não alteraram a diversidade de espécies, porém a aplicação de ambos os herbicidas, particularmente em pós-emergência, na soja em monocultura ou no milho em consórcio melhorou a diversidade. A colheita aumentou no sistema de milho em consórcio com controle em pós (ano 1 ou em pré (anos 2 e 3, aumentando assim a razão de área equivalente para valor acima de 1. Os tratamentos com herbicidas - quanto a impactos ambientais - são classificados como muito baixo ou baixo, em relação à utilização em campo.

  6. Germinação de sementes de plantas daninhas de pastagens cultivadas: Mimosa pudica e Ipomoea asarifolia Seed germination of weeds from cultivated pasture areas: Mimosa pudica and Ipomoea asarifolia

    A.P.S. Souza Filho

    2001-04-01

    Full Text Available Malícia (Mimosa pudica e salsa (Ipomoea asarifolia são importantes plantas daninhas que infestam áreas de pastagens cultivadas da região amazônica brasileira. Neste trabalho foram analisados os efeitos de fatores relacionados ao solo e clima na variação da germinação (percentual e índice de velocidade de germinação - IVG de sementes dessas espécies. A germinação foi monitorada em um período de 15 dias, com contagens diárias e eliminação das sementes germinadas. Os resultados mostraram que os fatores de solo alumínio, pH, cálcio e magnésio não influenciam a germinação das duas espécies de plantas daninhas. A germinação das sementes de malícia e salsa pode ocorrer tanto na presença como na ausência de luz. A temperatura ótima de germinação (percentual e IVG para ambas as espécies foi de 30 ºC contínua e 25-35 ºC alternada, embora as sementes de malícia tenham germinado satisfatoriamente em temperaturas contínuas superiores e inferiores a 30 ºC e em todas as combinações de temperaturas alternadas. Comparativamente, o índice de velocidade de germinação (IVG foi mais sensível aos efeitos da temperatura do que o percentual de germinação. Ambas as espécies responderam negativamente ao aumento da salinidade, sendo a espécie malícia mais tolerante ao sal do que a salsa.Mimosa pudica and Ipomoea asarifolia are important weeds of cultivated pasture in the Brazilian Amazon Region. This research analyzes the effects of the change in soil and climate factors on the germination (percentage and germination speed index of these species. Germination was monitored for a 15-day period, with daily counting and elimination of the germinated seeds. The results showed that soil factors such as aluminum, pH, calcium, and magnesium did not influence the germination of the two weed species. The germination of both M. pudica and I. asarifolia is independent of light exposure. Optimum germination (percentage and

  7. Ocorrência de plantas daninhas após cultivo de milho na savana amazônica Occurrence of weeds after corn cultivation in the Amazonian savannah

    J.A.A. Albuquerque

    2012-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar as comunidades de plantas daninhas que ocorreram após o cultivo de milho em plantio direto na savana amazônica, foi realizado um levantamento fitossociológico em um experimento de manejo do solo. As coletas de identificação e quantificação das plantas daninhas foram realizadas quatro meses após a colheita do milho, durante os meses de junho e julho de 2010. As plantas foram avaliadas quanto a: classe botânica, família, espécie, número de indivíduos, frequência, densidade, abundância, frequência relativa, densidade relativa, abundância relativa, índice de valor de importância, método de propagação e ciclo de vida. A vegetação emergente na área de estudo foi de 419 espécies, das quais nove foram identificadas como da classe botânica das dicotiledôneas e seis das monocotiledôneas. As espécies da família Ciperaceae foram as mais abundantes, enquanto as famílias Poaceae, Ciperaceae, Asteraceae, Malvaceae e Fabaceae foram as que registraram os maiores números de indivíduos e frequências de espécies nas parcelas. Foi encontrada apenas a espécie Cordia curassavica com hábito de crescimento arbustivo. A espécie Cyperus rotundus apresentou os maiores valores em todos os parâmetros fitossociológicos avaliados, destacando-se o índice de valor de importância, que foi 1,5 vez maior que o de Brachiaria humidicola, o qual foi o segundo maior valor (40,49.The aim of this work was to identify the occurrence of weeds after five years of no-tillage corn cultivation in the Amazonian savannah. A phytosociological survey was conducted involving collection, identification, and quantification of the weeds, after corn harvest during June and July, 2010. The investigated properties included botanical classes, families, species, number of individuals, frequency, density, abundance, relative frequency, relative density, relative abundance, importance value index, propagation method, and life cycle. The

  8. Efeito do bentazon e bentazon + dichlorprop na cultura do arroz irrigado e sobre as plantas daninhas Effect of bentazon and bentazon + dichlorprop on irrigated rice and weeds

    C.A.L. dos Santos

    1979-06-01

    Full Text Available Foi instalado um experimento de campo, em solo barrento, com a finalidade de se verificar o efeito do bentazon e da mistura de bentazon + dichlorprop sobre o desenvolvimento do arroz em cultura irrigada e sobre o controle das plantas daninhas. Os tratamentos utilizados foram os seguintes: bentazon á 0,75-1,00 e1,50 kg/ha; bentazon + dichlorprop a 0,80 + 1,00 e 1,00 + 1,40 kg/ha; propanil a 4,20 kg/ha (tratamento padrão; testemunha capinada e testemunha sem capina. Todas as pulverizações foram realizadas em pósemergência. As plantas daninhas encontradas no experimento foram: capituva - Echinochloa colonum (L Link, tiririca amarela - Cyperus esculentus L., beldroega - Portulaca oleracea L. e carurú comum - Amaranthus viridis L. Bentazon a 1,00 e 1,50 kg/ha e bentazon + dichlorprop a 1,00 + 1,40 kg/ha foram eficientes no controle de P. oleracea, A. viridis e C. esculentus; já a dose menor de bentazon apresentou bons resultados contra P. oleracea e A. viridis, enquanto que a dose menor de bentazon + dichlorprop controlou apenas P. oleracea. Propanil, de uma maneira geral, proporcionou eficiente ação sobre as plantas daninhas. Nas condições em que foi realizado o experimento nenhum dos herbicidas, nas suas respectivas doses, apresentou fitotoxicidade para as plantas de arroz da variedade IAC-435 ou prejudicou a produção da cultura.Bentazon at 0.75 - 1.00 and 1.50 kg/ha a.i ., bentazon + dichlorprop at 0.80 + 1.00 and 1.00 + 1.40 kg and propanil at 4.20 kg were applied in post-emergence on irrigated rice, against the following weeds: Echinochloa colonum (L. Link, Cy-perus esc-ulentus L., Portulaca oleracea L. and Amaranthus viridis L. Bentazon at 1.00 - 1.50 kg and bentazon + dichlorprop at 1.00 + 1.40 kg gave good control of P. oleracea, A. viridis and C. esculentus; bentazon at 0.75 kg controlled P. oleracea and A. viridis; bentazon + dichlorprop at 0.80 + 1.00 kg only showed effeciency for P. oleracea; propanil, in general, gave good

  9. Curvas dose-resposta em espécies de plantas daninhas com o uso do herbicida glyphosate(1 Dose-response curves in weed species with the use of herbicide glyphosate

    André Luiz de Souza Lacerda

    2004-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar a resposta de diferentes espécies de plantas daninhas ao herbicida glyphosate, foi desenvolvido em câmara de crescimento um experimento inteiramente casualizado, com cinco repetições no Departamento de Produção Vegetal da ESALQ/USP. Para isso, foram estudadas seis espécies de plantas daninhas: Bidens pilosa L., Tridax procumbens L., Digitaria insularis (L. Fedde, Spermacoce latifolia Aubl., Ipomoea grandifolia L. e Commelina benghalensis L. Utilizou-se o herbicida glyphosate, inibidor da enzima EPSPs, com doses em escalas de 0,0; 11,3; 22,5; 45; 90; 180; 360; 720 e 1.440 g.ha-1 i.a. A elaboração das curvas dose-resposta foi feita pelo ajuste da equação dos dados coletados de biomassa verde utilizando o modelo log-logístico: Y = C+D-C / 1 + Exp{b[log(x-log(RC50]}, calculado por modelo estatístico não linear dos dados pelo programa estatístico SAS. Após a determinação das curvas dose-resposta nas espécies acima citadas concluiu-se que Bidens pilosa foi considerada a planta daninha mais suscetível ao herbicida glyphosate, pois apresentou menor RC50 (31,86 g.ha-1 i.a.. As espécies Tridax procumbens, Digitaria insularis, Spermacoce latifolia, Ipomoea grandifolia, Commelina benghalensis obtiveram RC50 de 58,40; 128,50; 250,44; 615,49 e >1.440 g.ha-1 i.a. respectivamente. Portanto, a quantidade necessária de herbicida para reduzir em 50% a biomassa verde foi de 1,83; 4,03; 7,86; 32 e >359,56 vezes maior em relação à Bidens pilosa respectivamente.With the objective of veryfing the response of different doses in species of weeds by herbicide glyphosate, an experiment was conducted in growth chamber in a completetly randomized design with three repetitions, in the Department of Vegetable Production at ESALQ/USP. For that, were chosen six species of weeds: Bidens pilosa L., Tridax procumbens L., Digitaria insularis (L. Feed, Spermacoce latifolia Aubl., Ipomoea grandifolia L. and Commelina benghalensis L

  10. Interferência das plantas daninhas na cultura do amendoim das águas: efeitos de espaçamentos, variedades e períodos de convivência Weed interference in peanut: effects of row spacing, cultivars and weeding period

    Dagoberto Martins

    1994-01-01

    Full Text Available O presente experimento, conduzido em Jaboticabal, SP, em Latossolo Vermelho Escuro, textura média, teve por objetivo verificar a interferência de plantas daninhas sobre aspectos da produção do amendoim. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, com três repetições, dispostos em esquema fatorial 2x2x8. Constituíram variáveis duas variedades (Tatu e Tatui, dois espaçamentos entre sulcos de semeadura (0,4 e 0,6 m e oito períodos de controle manual da comunidade infestante (sem controle e com controle até os 10, 20, 30, 40, 50, 60 dias e até o final do ciclo da cultura, a partir da emergência do amendoim. A principal planta daninha presente na área experimental foi Pennisetum setosum e, nos espaçamentos de 0,4 e 0,6 m foram necessários 10 e 30 dias de controle, respectivamente, para reduzir significativamente a sua biomassa seca. O número de vagens por planta foi o principal parâmetro produtivo afetado pela interferência da comunidade infestante. Os espaçamentos utilizados não afetaram singnificativemente o período total de prevenção da interferência das plantas daninhas na produtividade do amendoim. Verificou-se que tal período foi de 10 e 20 dias para a variedade Tatuí e Tatu, respectivamente.This study tested the effect of spacing between rows, cultivars and weeding periods on peanut yield. The trial was carried out in the Jaboticabal rcgion, São Paulo, Brazil, on Latossolo Vermelho Escuro soil, medium texture. The experimental was in a completely randomized block design with three replications. The treatments consisted of two peanut cultivars (Tatu and Tatuí, combined with two row spacing (0.4 and 0.6 m and eight weeding periods (no weeding, weeding until 10, 20,30, 40, 50, and 60 days after emergence and hand weeding throughout the crop cycle. The number of seeds per meter of row was equal within both spacings and cultivars; the rate of fertilizer applied was calculated per unit area

  11. Plantas consideradas daninhas para culturas como fontes de néctar e pólen Plant species considered weeds as source of nectar and pollen

    Mitzi Brandão

    1984-01-01

    Full Text Available São relacionadas 164 espécies de plantas consideradas danin has às culturas, no Estado de Minas Gerais, e que são produtoras de néctar e pólen. Essas plantas poderiam ser exploradas economicamente, visando o fornecimento de matéria prima a apicultura, e como fonte de alimento para os insetos polinizadores.There are related 164 species of weed plants of cultures in the state of Minas Gerais as source of nec tar and nectar and pollen. These plants could be used economically for the purpose of supply of raw material to the apiculture and as source of food for the pollination insects.

  12. Control de ph para planta de tratamiento de aguas residuales

    Wilson Fabián Amaya

    2004-01-01

    Full Text Available En este trabajo se presenta el problema de controlar el pH en una planta de tratamiento de aguas residuales (PTAR, la cual recibe soluciones ácidas provenientes de la producción de jugos (pH 2-5 que se dosifica con la sustancia usada para aseo (soda cáustica 0.04% con valores oscilatorios de pH 9-11. Se desarrolló e implementó un controlador clásico PI en un PLC comercial y se automatiza la PTAR mostrando el resultado obtenido en simulación en MatLAB.

  13. Control de ph para planta de tratamiento de aguas residuales

    Wilson Fabián Amaya; Óscar Alberto Cañón; Óscar F. Avilés

    2004-01-01

    En este trabajo se presenta el problema de controlar el pH en una planta de tratamiento de aguas residuales (PTAR), la cual recibe soluciones ácidas provenientes de la producción de jugos (pH 2-5) que se dosifica con la sustancia usada para aseo (soda cáustica 0.04%) con valores oscilatorios de pH 9-11. Se desarrolló e implementó un controlador clásico PI en un PLC comercial y se automatiza la PTAR mostrando el resultado obtenido en simulación en MatLAB.

  14. Estrutura do capim-braquiária em relação à planta daninha = Structure of signalgrass in relation to weeds

    Manoel Eduardo Rozalino Santos

    2011-07-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar as características estruturais da Brachiaria decumbens cv. Basilisk em relação à planta daninha Solanum sisymbrifolium no pasto. Os tratamentos foram dois locais no mesmo pasto, quais sejam, próximo e distante da planta daninha. O delineamento foi em blocos ao acaso com três repetições. O pasto foi manejado sob lotação contínua, com bovinos e com altura média de aproximadamente 25 cm. Foram quantificadas as densidades populacionais das categorias de tamanho dos perfilhos, a altura, a interceptação de luz, as massas e as densidades volumétricas dos componentes morfológicos do pasto. No local distante da planta daninha houve maior ocorrência de perfilhos com tamanho inferior a 20 cm. Já no local próximo da planta daninha, predominaram perfilhos com tamanho superior a 40 cm. A presença da planta daninha ocasionou aumento na altura do pasto e incremento na interceptação de luz pelo dossel. As massas e as densidades volumétricas de lâmina foliar viva, colmo vivo e material morto foram inferiores no local próximo da planta daninha em relação ao local distante. A ocorrência da planta S. sisymbrifolium provoca variabilidade espacial da vegetação no pasto de B. decumbens manejado sob lotação contínua com bovinos.The objective of this study was to evaluate the structural characteristics of Brachiaria decumbens cv. Basilisk in relation toSolanum sisymbrifolium in pasture. The treatments were two sites in the same pasture, near and far from the weeds. A randomized block design with three replications was used. The pasture was managed under continuous stocking and grass height was kept at about 25cm.Densities were quantified for categories tiller size, height, light interception, masses and volumetric densities of morphological components of the pasture. In the site far from the weeds there is a higher occurrence of tillers with size smaller than 20 cm. In site near the weeds, tillers larger than 40 cm

  15. Eficiência fotossintética de cultivares de cana-de-açúcar e de diferentes espécies de plantas daninhas após a aplicação do diuron Photosynthetic efficiency of sugarcane cultivars and weed species after diuron application

    M. Girotto

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência fotossintética, através da taxa de transporte de elétrons, de seis espécies de plantas daninhas e três cultivares de cana-de-açúcar após aplicação do herbicida diuron em pós-emergência inicial. Os cultivares utilizados (PO8862, SP80-3280 e RB83-5486 foram cortados em gemas e plantados em vasos com capacidade de 12 litros. A semeadura das seis espécies de plantas daninhas - Brachiaria decumbens, Digitaria horizontalis, Panicum maximum, Ipomoea grandifolia, Ipomoea hederifolia e Merremia cissoides - foi realizada para obter 25 plantas por vaso. A aplicação do herbicida diuron em pós-emergência inicial das plantas daninhas e dos cultivares de cana-de-açúcar foi realizada na dose de 3,0 kg ha-1, com adição de 0,2% de surfatante. As avaliações da taxa de transporte de elétrons no fotossistema (ETR das plantas após a aplicação foram realizadas com auxílio de um fluorômetro portátil. Para as espécies de plantas daninhas, a ETR foi avaliada após intervalos de 2, 4, 24, 48, 72, 96 e 144 horas após a aplicação. Quanto aos cultivares de cana-de-açúcar, os intervalos avaliados foram de 2, 24, 48, 72, 120, 168 e 240 horas após a aplicação. De maneira geral, as reduções dos valores da ETR indicaram o nível de sensibilidade dos diferentes cultivares de cana-de-açúcar e das diferentes plantas daninhas ao diuron, e a intoxicação foi detectada antes ou mesmo sem a presença dos sintomas. A classificação da sensibilidade dos cultivares de cana-de-açúcar foi em ordem decrescente: PO-8862, SP80-3280 e RB83-5486; para as plantas daninhas, as espécies mais sensíveis foram M. cissoides, I. grandifolia e I. hederifolia, seguidas das gramíneas D. horizontalis, P. maximum e B. decumbens.The aim of this study was to assess the photosynthetic efficiency through electron transport rate (ETR of six weed species and three sugarcane cultivars after application of the

  16. Aplicação das inferências clássica e bayesiana na estimação dos parâmetros do modelo de densidade populacional de plantas daninhas Application of classic and bayesian inferences on the estimation of weed population density model parameters

    L.S. Vismara

    2007-12-01

    Full Text Available A dinâmica da população de plantas daninhas pode ser representada por um sistema de equações que relaciona as densidades de sementes produzidas e de plântulas em áreas de cultivo. Os valores dos parâmetros dos modelos podem ser inferidos diretamente de experimentação e análise estatística ou extraídos da literatura. O presente trabalho teve por objetivo estimar os parâmetros do modelo de densidade populacional de plantas daninhas, a partir de um experimento conduzido na área experimental da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, via os procedimentos de inferências clássica e Bayesiana.Dynamics of weed populations can be described as a system of equations relating the produced seed and seedling densities in crop areas. The model parameter values can be either directly inferred from experimentation and statistical analysis or obtained from the literature. The objective of this work was to estimate the weed population density model parameters based on experimental field data at Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, using classic and Bayesian inferences.

  17. Composição florística das plantas daninhas na cultura de guaraná (Paullinia cupana, no estado do Amazonas Floristic composition of weeds in guarana (Paullinia cupana crop in Amazonas, Brazil

    S.M.F. Albertino

    2004-09-01

    Full Text Available O estudo da composição da flora de plantas daninhas de uma área ou de uma região agrícola é importante, por identificar a diversidade de espécies e contribuir para recomendação de estratégias de manejo a serem empregadas nos sistemas agrícolas. Este trabalho teve o objetivo de identificar a composição florística de plantas daninhas em plantios de guaraná em cinco municípios (Coari, Iranduba, Maués, Presidente Figueiredo e Urucará do Estado do Amazonas. As plantas daninhas foram amostradas em áreas de produtores desses municípios e identificadas por classe, família e espécie. Foram coletados 14.707 indivíduos, distribuídos em 40 famílias e 87 espécies, das quais 70 eram Dicotiledôneas, 13 Monocotiledôneas e quatro Pteridófitas. As Dicotiledôneas apresentaram maior número de família e as Monocotiledôneas de indivíduos. As Pteridófitas ocorreram de forma inexpressiva em todos os municípios. As famílias Poaceae e Asteraceae apresentaram maior número de espécies. Panicum pilosum foi a espécie com maior número de indivíduos, freqüência, densidade e índice de valor de importância. Panicum laxum sobressaiu em Urucará e Iranduba; Scleria malaleuca, em Coari; e Chamaesyce hirta, em Maués. Homolepis aturensis, Paspalum conjugatum e Spermacoce capitata ocorreram nos cinco municípios. Em Maués foi encontrada a maior diversidade de espécies, e em Coari, o maior número de indivíduos. O maior índice de similaridade foi entre Iranduba e Presidente Figueiredo (45%, e o menor, entre Iranduba e Coari (21,43%.The study of the floristic composition of weeds of an area or agricultural region is important since it identifies the diversity of species and provides management strategies to be used under various agricultural system conditions. The objective of this work was to identify the floristic composition of weeds occurring in guaraná crops in five counties (Coari, Iranduba, Maués, Presidente Figueiredo and

  18. Floristic composition and growth of weeds under custard apple (Annona squamosa progenies Composição florística e crescimento de plantas daninhas sob a copa de progênies de fruta-do-conde (Annona squamosa

    P.S.L. Silva

    2004-12-01

    Full Text Available Weeds have a negative influence on several fruit tree characteristics, such as yield, making it difficult to management practices in orchards. Alternative weed management methods, aiming to reduce the use of herbicides, have become attractive since herbicides are costly and cause environmental degradation. The use of cultivars with greater competitive ability against weeds has attracted international attention. The objective of this work was to evaluate the floristic composition and growth of weeds under the canopies of irrigated custard apple tree progenies. Twenty halfsibling progenies around three years of age were evaluated in a random block design with five replicates and four plants per plot. A circle with a 0.5 m² area was established around the trunk of each plant. Floristic composition, fresh matter, and dry matter mass of the above-ground part of the weeds, were evaluated in this area. Root collar and canopy diameters, as well as leaf area of the progenies were also evaluated. Fifty-eight weed species were recorded. The five weed families with the most species were Leguminosae, Convolvulaceae, Euphorbiaceae, Malvaceae and Sterculiaceae, in decreasing order. The number of weed species per plot ranged from 6 to 18, but there was no difference between the mean percentages of different weeds under the canopies of the progenies. The lowest weed fresh and dry matter masses occurred in progenies JG1 and SM8, respectively. There were no differences between progenies with regard to root collar diameter and leaf area; however, one of the lowest weed dry matter yields was observed under the canopy of progeny FE4, which showed the largest canopy diameter.As plantas daninhas (PD afetam várias características das fruteiras, inclusive o rendimento, e podem dificultar a execução de tratos culturais nos pomares. Existe interesse em métodos alternativos de manejo das PD, visando reduzir o uso de herbicidas, que são caros e causam degrada

  19. CRITICAL COMPETITION PERIOD BETWEEN COTTON AND (Gossypium hirsutum L. HARMFUL WEED COMMUNITIES IN THE GOIÁS STATE PERÍODO CRÍTICO DE COMPETIÇÃO ENTRE COMUNIDADES DE PLANTAS DANINHAS E O ALGODOEIRO (Gossypium hirsutum L. NO ESTADO DE GOIÁS

    Armando M. Macêdo

    2007-09-01

    Full Text Available

    In order to study the critical time that weeds compete with the cotton plant, five trial experiments were conducted from 1978-1981. Two of the trials were carried out in a dark red latosoil with 4.70% organic matter and 10.73% clay, at the Rio Verde Agricultural School in the state of Goiás, during the 1978—79 and 1979—80 planting seasons. The other three were carried out in dark red latosoil, with a loam clay texture, moderate acidity and a low proportion of organic matter, at the Experimental station in Goiânia, Goiás during the 1978—79, 1979—80 and 1980—81 planting seasons. The treatments designed were: weeding up to 2, 4, 6, 8 first weeks, and weeding during the whole cycle ,and weeding after the 2, 4, 6, 8 first weeks and no weeding at all during the cycle. The results showed that weed competition , when not controlled, determined a yield loss of 88.75% in Goiânia and 90.65% in Rio Verde. Regarding the group control, which was maintained without weed competition, the best yield was obtained when the cotton was maintained without competition during eight weeks after the emergence in Rio Verde and during 4, 6, 8 weeks in Goiânia. The critical competition period occurred between the fourth and sixth weeks after the emergence in Rio Verde and in the fourth week after the emergence in Goiânia.

    Com a finalidade de estudar as épocas críticas de competição de plantas daninhas com o algodoeiro (Gossipium hirsutum L. , foram instalados cinco ensaios em área do Colégio Agrícola de Rio Verde — Goiás, no período de 1978 a 1981, sendo dois ensaios nos anos agrícolas de 1978/79 e 1979/80 em latossolo vermelho—escuro com 4,71% de matéria orgânica e 10,73% de argila. Os outros três ensaios foram instalados nos anos agrícolas 1978/79, 1979/80 e 1980/81, em área da Estação Experimental de

  20. Phytosociological surveys: tools for weed science? Levantamentos fitossociológicos: ferramentas para a ciência das plantas daninhas?

    G. Concenço

    2013-06-01

    Full Text Available In simple terms, a phytosociological survey is a group of ecological evaluation methods whose aim is to provide a comprehensive overview of both the composition and distribution of plant species in a given plant community. To understand the applicability of phytosociological surveys for weed science, as well as their validity, their ecological basis should be understood and the most suitable ones need to be chosen, because cultivated fields present a relatively distinct group of selecting factors when compared to natural plant communities. For weed science, the following sequence of steps is proposed as the most suitable: (1 overall infestation; (2 phytosociological tables/graphs; (3 intra-characterization by diversity; (4 inter-characterization and grouping by cluster analysis. A summary of methods is established in order to assist Weed Science researchers through their steps into the realm of phytosociology.Levantamento fitossociológico, em termos simples, é um grupo de métodos de avaliação ecológica com o objetivo de fornecer uma visão compreensiva tanto da composição como da distribuição de espécies vegetais em uma certa comunidade. Para compreender a aplicabilidade desses levantamentos para a ciência das plantas daninhas, bem como sua validade, devem-se escolher os métodos mais adequados e com base ecológica, uma vez que áreas cultivadas apresentam um grupo relativamente distinto de fatores de seleção, em comparação com os ambientes naturais. Para estudos fitossociológicos de plantas daninhas, a seguinte sequência de passos é proposta como a mais adequada: (1 infestação geral; (2 tabelas ou gráficos fitossociológicos; (3 intracaracterização por diversidade; e (4 intercaracterização e agrupamento por similaridade. Um apanhado dos métodos é apresentado, visando apoiar pesquisadores e estudantes da área de Plantas Daninhas em seus passos no reino da fitossociologia.

  1. Implementação em hardware de um sistema inteligente para detecção de plantas daninhas em plantações de soja utilizando máquinas de vetores de suporte e redes neurais artificiais

    Caldas Júnior, Carlos Roberto Dutra [UNESP

    2012-01-01

    A presença de sistemas automatizados é cada vez mais comum para as pessoas. Seus exemplos vão desde máquinas de lavar, que executam praticamente todo o processo de lavagem e secagem de roupas, até linhas de produção em fábricas dos mais diversos produtos. Esses são exemplos de aplicações que exigem pouca interferência humana no processo, já que as etapas realizadas pelos sistemas são bem definidas e iterativas. Porém, outros tipos de processos podem exigir capacidade de discernimento daquele ...

  2. Dinâmica de populações e fitossociologia de plantas daninhas no cultivo do feijão-caupi e mandioca no sistema corte e queima com o uso de arado Phytosociology of weeds in cowpea and cassava crops under the slash-and-burn with plow

    L.J.P Marques

    2011-01-01

    Full Text Available Este estudo investigou a composição florística das plantas daninhas em área queimada durante três anos agrícolas. A pesquisa foi conduzida no município de Zé Doca, Maranhão. O preparo da área no primeiro ano agrícola (2006/2007 foi realizado com corte e queima da vegetação para o cultivo de milho seguido do feijão-caupi. No segundo e no terceiro ano agrícola, o preparo da área consistiu de aração para o cultivo do milho seguido de mandioca (2007/2008 e depois para o feijão-caupi em sucessão à cultura de mandioca (2008/2009. A coleta das plantas daninhas ocorreu nas culturas de feijão-caupi e mandioca aos 30 e 60 dias após a semeadura (DAS, no primeiro e no segundo ano agrícola, respectivamente, e no feijão-caupi aos 30 DAS do terceiro ano agrícola, com retângulo (0,5 x 0,3 m lançado 10 vezes ao acaso na área cultivada. A cada lançamento, as plantas daninhas foram colhidas, para contagem, identificação, secagem e, assim, obter os índices fitossociológicos. O fogo reduziu a diversidade e o número das plantas daninhas. As espécies com maior valor de IVI foram Imperata brasiliensis, Sida glomerata e Corchorus argutus, após o fogo na cultura do feijãocaupi; e Juncus sp., Spermacoce verticillata, Aeschynomene americana e Cyperus sp., após preparo da área com aração nas culturas de mandioca e feijão-caupi. As plantas de capoeira ocorreram depois da queima, porém sua importância foi reduzida com o passar do tempo.This study investigated the floristic composition of weeds in a burnt area in Zé Doca, Maranhão, during three agricultural years. The preparation of the area at the first crop year (2006/ 2007 was by slash-and-burn for maize cultivation, followed by cowpea. In the second and third crop years, the preparation of the area consisted of plowing for maize cultivation, followed by cassava (2007/2008 and later, by cowpea in rotation with cassava (2008/2009. Weed collection in the cowpea and cassava crops

  3. Características fisiológicas das culturas de soja e feijão e de três espécies de plantas daninhas Physiological caracteristics of soybean and common bean crops and three weed species

    S.O. Procópio

    2004-06-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar os características fisiológicas taxa de fotossíntese líquida (A, taxa de transpiração (E, condutância estomática (gs e eficiência do uso da água (WUE e os índices de crescimento biomassa seca total (Wt e índice de área foliar (L para as culturas de soja (Glycine max e feijão (Phaseolus vulgaris e para as das plantas daninhas Bidens pilosa, Desmodium tortuosum e dois biótipos de Euphorbia heterophylla (um suscetível e outro resistente aos herbicidas inibidores da ALS, em duas épocas de avaliação: 39 e 67 dias após a semeadura (DAS. O experimento foi conduzido a campo em um Argissolo Vermelho-Amarelo, fase terraço, utilizando-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, sendo o fator da parcela principal as espécies vegetais e o da subparcela as épocas de avaliação, com quatro repetições por tratamento. Foi observado maior Wt da soja em relação às plantas daninhas. As culturas de soja e feijão apresentaram maior L do que as plantas daninhas. Os biótipos de E. heterophylla apresentaram a maior A, bem como a maior gs. Com exceção de D. tortuosum, as plantas daninhas apresentaram maior WUE em relação às culturas nos estádios iniciais de desenvolvimento. Não foram observadas diferenças em relação a qualquer parâmetro fisiológico avaliado entre os biótipos de E. heterophylla.This work aimed to evaluate the physiological caracteristics net photosynthesis (A, transpiration rate (E, stomatal conductance (gs and water use efficiency (WUE and growth indexes of total dry matter (Wt and leaf area index (L for soybean (Glycine max, common bean (Phaseolus vulgaris and weeds Bidens pilosa, Desmodium tortuosum and two biotypes of Euphorbia heterophylla (one susceptible and other resistant to ALS inhibitor herbicides during two periods of evaluation, 39 and 67 days after sowing (DAS. The experiment was conducted under field conditions in a Red

  4. Rice seedling and plant development as affected by increasing rates of penoxsulam under controlled environments Desenvolvimento de plântulas e plantas adultas de arroz em função de doses crescentes de penoxsulam em ambiente controlado

    G. Concenço

    2006-01-01

    Full Text Available Rice is a major staple in many countries. Weed control is one of the factors limiting higher rice yield. ALS (acetolactate synthase-inhibiting herbicides are desirable weed control herbicides because of their high efficacy, low toxicity to mammalians, and low rates used. An important herbicide characteristic is high selectivity to the crop, since it facilitates fast crop establishment and greater crop advantage over the weeds. The objectives of this work were to study the effects of increasing rates of the ALS-inhibiting herbicide penoxsulam on seed integrity and germination, and seedling and plant development of rice cv. BRS Pelota under controlled laboratory and greenhouse conditions. The results showed that penoxsulam affected rice germination and seedling and plant growth at rates above 54 g a.i. ha-1, and that penoxsulam is safe for rice seedling development at the currently recommended rates.O arroz é componente importante da dieta humana em vários países. Entre os fatores que limitam o aumento na sua produtividade está o controle de plantas daninhas. Os herbicidas inibidores da ALS (acetolactato sintase são preferidos em razão da alta eficiência no controle de plantas daninhas, da baixa toxicidade aos mamíferos e das baixas doses utilizadas. Uma característica importante que um herbicida deve possuir é a alta seletividade à cultura, pois ela implica estabelecimento mais rápido, com vantagem competitiva sobre as plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos do herbicida inibidor da ALS penoxsulam em doses crescentes sobre a integridade e germinação das sementes, bem como sobre o desenvolvimento inicial das plântulas e da planta adulta do cultivar BRS Pelota, sob condições de ambiente controlado (laboratório e casa de vegetação. Os resultados mostraram que o penoxsulam afetou a germinação e o crescimento de plântulas e plantas adultas nas doses acima de 54 g i.a. ha-1 e que ele é seguro para o

  5. Agregação de um latossolo vermelho-amarelo submetido a métodos de controle de plantas invasoras na cultura do café

    Raphael Henrique da Silva Siqueira

    2014-08-01

    Full Text Available O controle de plantas daninhas em cultivos de cafeeiros tem expressivo efeito na qualidade física do solo, influenciando, entre outros atributos, na sua estabilidade estrutural. Neste trabalho, objetivou-se avaliar o estado de agregação das partículas primárias de um Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA cultivado com cafeeiros, quando submetido a diversos métodos de controle de plantas invasoras. Os métodos de controle de plantas invasoras avaliados foram: manutenção da entrelinha coberta com amendoim-forrageiro (Arachis pintoi L. e capim-braquiária (Brachiaria decumbens; controle mecânico com grade, roçadora, trincha e capina manual; controle químico com herbicidas de pós e pré-emergência; e ausência de controle, mantendo a entrelinha sem capina. O delineamento experimental foi em blocos casualizados em um fatorial 9 × 2 em parcelas subdivididas, sendo nove métodos de controle e duas profundidades do solo (0-15 e 15-30 cm, com três repetições. Determinaram-se a estabilidade dos agregados em água, expressa pelo diâmetro médio geométrico, o potencial dispersivo da fração argila, estimado pelos teores de argila dispersa em água e do índice de floculação, além dos teores de matéria orgânica do solo. Os atributos avaliados foram influenciados pelos diferentes métodos de controle, contudo essa influência não foi dependente da camada de solo amostrada. A utilização contínua de grade e herbicida de pré-emergência no controle de invasoras na cultura do café diminuiu a agregação das partículas do solo, confirmado pelos menores valores de diâmetro médio geométrico. Os métodos biológicos de controle das invasoras mantiveram melhor estado de agregação das partículas do solo. O estado de agregação das partículas não mostrou-se associado à dispersibilidade da fração argila do solo.

  6. Sistema de comunicaciones para el control de una planta de biocombustible

    SIGNES PALOP, JOSEP FELIP; Sempere Paya, Víctor Miguel; COLL LOZANO, CATERINA

    2012-01-01

    Tras el análisis exhaustivo de los protocolos más importantes, y con el objetivo de escalar la tecnología presente en la planta Perseo Bioethanol de Imecal, en la que se transforma la fracción orgánica de los residuos sólidos urbanos en un biocombustible líquido de segunda generación, para el diseño de un nuevo sistema de comunicaciones se escogió la tecnología Profinet. Signes Palop, JF.; Sempere Paya, VM.; Coll Lozano, C. (2012). Sistema de comunicaciones para el control d...

  7. Controle de dez espécies daninhas em cana-de-açúcar com o herbicida mesotrione em mistura com ametryn e metribuzin Control of ten weed species in sugarcane using mesotrione mixed with ametryn and metribuzin

    F.T. Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available Existem muitas opções de herbicidas para aplicações em pré-emergência em cana-de-açúcar, mas o grande desafio atual para a cultura é o controle pós-emergente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do herbicida mesotrione em mistura com ametryn e metribuzin no controle em pós-emergência de 10 espécies daninhas semeadas em cana-de-açúcar, variedade RB 86-7515. As espécies daninhas selecionadas para o experimento foram: Brachiaria decumbens, Brachiaria plantaginea, Cenchrus echinatus, Digitaria horizontalis, Panicum maximum, Amaranthus deflexus, Bidens pilosa, Euphorbia heterophylla, Ipomoea nil e Sida glaziovii, semeadas nas entrelinhas após a emergência da cultura. Os herbicidas foram aplicados aos 45 dias após o plantio da cana-de-açúcar, com as plantas daninhas monocotiledôneas na fase de terceiro perfilho e as dicotiledôneas com três a quatro pares de folhas, e constaram dos seguintes tratamentos: mesotrione (120 g ha-1; ametryn (2.000 g ha-1; metribuzin (1.920 g ha-1; mesotrione + ametryn (120 g + 2.000 g ha-1; mesotrione + metribuzin (120 g + 1920 g ha-1 e testemunhas no mato e no limpo. Concluiu-se que os herbicidas isolados ou em mistura foram seletivos à cana-de-açúcar. Com relação à eficácia, observou-se que o herbicida mesotrione foi eficiente no controle de A. deflexus; ametryn, no controle de A. deflexus, B. pilosa e I. nil; metribuzin, no controle de A. deflexus, B. pilosa e S. glaziovii; mesotrione + ametryn, no controle de B. decumbens, B. plantaginea, D. horizontalis, P. maximum, A. deflexus, B. pilosa, I. nil e S. glaziovii; e mesotrione + metribuzin, no controle de B. plantaginea, D. horizontalis, P. maximum, A. deflexus, B. pilosa e S. glaziovii. Foi constatado elevado efeito sinergístico do mesotrione com os herbicidas testados, sendo o efeito mais pronunciado na mistura com o ametryn.There are many herbicide application options for sugarcane pre-emergence but, currently, post

  8. Estudos anatômicos de folhas de espécies de plantas daninhas de grande ocorrência no Brasil: IV - Amaranthus deflexus, Amaranthus spinosus, Alternanthera tenella e Euphorbia heterophylla Leaf anatomical studies in weed species widely common in Brazil: IV - Amaranthus deflexus, Amaranthus spinosus, Alternanthera tenella and Euphorbia heterophylla

    E.A. Ferreira

    2003-08-01

    Full Text Available Neste trabalho é apresentado um estudo da anatomia das folhas de espécies de plantas daninhas de grande ocorrência no Brasil: Amaranthus deflexus, Amaranthus spinosus, Alternanthera tenella e Euphorbia heterophylla, visando melhor compreensão das barreiras que cada espécie impõe à penetração dos herbicidas e outros compostos utilizados em aplicações foliares. As folhas completamente expandidas do terceiro ao quinto nó foram coletadas de plantas de ocorrência espontânea no campo. Das folhas de cada espécie foram obtidas três amostras da região mediana, com aproximadamente 1 cm², as quais foram utilizadas em estudos da estrutura, clarificação e em observações em microscópio eletrônico de varredura. Todas as espécies avaliadas são anfiestomáticas. As principais barreiras foliares potenciais à penetração de herbicidas observadas nas plantas daninhas A. deflexus e A. spinosus foram, respectivamente, grande espessura da cutícula da face adaxial e da cutícula das duas faces. Já em relação a A. tenella, grande espessura da cutícula das duas faces, elevado teor de cera epicuticular e alta densidade tricomática foram os principais obstáculos potenciais detectados. E. heterophylla apresentou como possíveis principais barreiras foliares à penetração de agroquímicos o alto teor de cera epicuticular, a elevada densidade de laticíferos e a grande espessura da cutícula da face adaxial.This research aimed to study the leaf anatomy of the weed species Amaranthus deflexus, Amaranthus spinosus, Alternanthera tenella and Euphorbia heterophylla, widely known in Brazil, to acquire a better understanding of the barriers each species imposes to herbicide penetration, and to other substances used for leaf spraying. Completely expanded leaves from the third to the fifth nodes were collected from spontaneous plants in the field. Three samples approximately 1cm², were removed from the medium portion of the leaves, from each

  9. Estudos anatômicos de folhas de espécies de plantas daninhas de grande ocorrência no Brasil: III - Galinsoga parviflora, Crotalaria incana, Conyza bonariensis e Ipomoea cairica Leaf anatomical studies in weed species widely common in Brazil: III - Galinsoga parviflora, Crotalaria incana, Conyza bonariensis and Ipomoea cairica

    S.O. Procópio

    2003-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar a anatomia das folhas das espécies de plantas daninhas de grande ocorrência no Brasil: Galinsoga parviflora, Crotalaria incana, Conyza bonariensis e Ipomoea cairica, visando melhor entendimento sobre as barreiras que cada espécie impõe à penetração dos herbicidas e, assim, fornecer subsídios à busca de estratégias para superar esses obstáculos. As folhas completamente expandidas do terceiro ao quinto nó foram coletadas de plantas de ocorrência espontânea no campo. Das folhas de cada espécie foram obtidas três amostras da região central, com aproximadamente 1 cm², as quais foram utilizadas em estudos da estrutura e clarificação e em observações em microscópio eletrônico de varredura (MEV. Todas as espécies avaliadas são anfiestomáticas. A principal barreira foliar potencial à penetração de herbicidas observada na planta daninha G. parviflora foi a baixa densidade estomática na face adaxial. C. incana apresentou como possível principal obstáculo foliar à penetração de herbicidas o alto teor de cera epicuticular. Já em relação a C. bonariensis, alta densidade tricomática, grande espessura da cutícula da face adaxial e baixa densidade estomática na face adaxial foram as principais barreiras detectadas. Grande espessura da cutícula da face adaxial e baixa densidade estomática na face adaxial foram os possíveis obstáculos constatados nas folhas de I. cairica.This research aimed to study the leaf anatomy of the weed species Galinsoga parviflora, Crotalaria incana, Conyza bonariensis and Ipomoea cairica, , widely known in Brazil, to acquire a better understanding of the barriers each species imposes upon herbicide penetration, and to find strategies to overcome these obstacles. The completely expanded leaves from the third to the fifth nodes were collected from spontaneous plants in the field. Three samples with approximately 1 cm² were taken from the leaves of each

  10. Manejo da Planta Daninha Brachiaria plantaginea Resistente aos herbicidas Inibidores da ACCase Management of the Weed Brachiaria plantaginea Resistant to ACCase Inhibitor Herbicides

    P.J. Christoffoleti

    2001-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar o manejo de uma população da planta daninha capim-marmelada (Brachiaria plantaginea resistente aos herbicidas inibidores da ACCase (ariloxifenoxipropionatos e ciclohexanodionas, utilizados na cultura da soja no sistema de plantio direto. Para isso, foram realizados dois experimentos: um utilizando herbicidas de manejo, com mecanismos de ação alternativos, comparando a eficácia destes com os inibidores da ACCase; e outro apenas com herbicidas inibidores da ACCase e aditivos misturados à calda. As sementes resistentes foram produzidas a partir de plantas comprovadamente resistentes; para comparação de resultados, foi utilizada uma população de capim-marmelada que nunca tinha sido pulverizada com inibidores da ACCase, portanto uma população suscetível. O experimento com os herbicidas de manejo foi realizado em condições de campo, porém as plantas ficaram em caixas com capacidade de 50 L, evitando-se a disseminação destas para áreas adjacentes. Concluiu-se que as plantas resistentes não apresentam resistência múltipla com herbicidas de manejo com mecanismos de ação alternativos, podendo os herbicidas glyphosate, paraquat, sulfosate, paraquat + diuron, MSMA e glufosinate ser utilizados no período entressafra das áreas com sistema de plantio direto, para manejo de populações resistentes de capim-marmelada aos herbicidas inibidores da ACCase. O experimento com aditivos foi realizado em casa de vegetação, com plantas em vasos individuais, utilizando sementes das populações suscetíveis e resistentes. Os herbicidas utilizados foram inibidores da ACCase, em cuja calda foram adicionados aditivos nitrogenados, do tipo uréia e sulfato de amônio, além de um tratamento sem aditivos. Concluiu-se que os aditivos não alteraram a eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase nas plantas provenientes tanto da população suscetível quanto da resistente.The objective of this research was to

  11. Adubação e o período anterior à interferência das plantas daninhas na cultura do amendoim Effect of fertilization on weeds and on the period before weed interference in the peanut culture

    M.S. Yamauti

    2010-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo determinar o efeito da adubação sobre a comunidade infestante e sobre o período anterior à interferência (PAI das plantas daninhas na cultura do amendoim, cv. IAC Runner 886, em sistema convencional. Os períodos de convivência estudados foram: 0, 7, 15, 20, 30, 45, 55 e 126 dias após a emergência (DAE, totalizando oito tratamentos, dispostos em blocos casualizados, com quatro repetições, em dois níveis de adubação: 0 e 150 kg ha-1 da formulação 00-20-20 (N-P-K. A adubação não alterou a composição da comunidade infestante, destacando-se Cyperus rotundus, Eleusine indica, Indigofera hirsuta, Portulaca oleraceae e Sida rhombifolia como as espécies de maior importância relativa. Contudo, a densidade de plantas daninhas foi maior na área não adubada, mas sem afetar de modo diferenciado a massa seca acumulada por elas. O cultivar de amendoim IAC Runner 886 pode conviver com essa comunidade com e sem adubação por até 15 e 17 DAE (PAI, respectivamente, sem sofrer perdas significativas na produção. A interferência das plantas daninhas reduziu entre 31 e 34% a produtividade do amendoim para as áreas sem adubação e com adubação, respectivamente.This experiment was carried out to study the effect of fertilization on weed community and on the period before weed interference (PBI in peanut culture, IAC Runner 886, under a conventional till system. The weed control periods studied were: 0, 7, 15, 20, 30, 45, 55, and 126 days after emergence (DAE, totaling eight treatments, arranged in a randomized block design, with four replications and two levels of fertilization (0 and 150 kg ha-1 of formulation 00-20-20 (N-P-K. Fertilization did not affect the weed community, with the species Cyperus rotundus, Eleusine indica, Indigofera hirsuta, Portulaca oleracea and Sida rhombifolia being the most prominent at all levels of fertilization. However, weed density was higher in the non- fertilized

  12. Estudos anatômicos de folhas de espécies de plantas daninhas: II - Bidens pilosa, Emilia sonchifolia, Ageratum conyzoides e Sonchus asper Leaf anatomical studies in weed species: II - Bidens pilosa, Emilia sonchifolia, Ageratum conyzoides and Sonchus asper

    E.A. Ferreira

    2002-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi de estudar a anatomia das folhas das espécies de plantas daninhas de grande ocorrência no Brasil: Bidens pilosa, Emilia sonchifolia, Ageratum conyzoides e Sonchus asper, visando aprofundar o conhecimento sobre as barreiras que cada espécie impõe à penetração dos herbicidas e, assim, fornecer subsídios para a busca de estratégias para superar esses obstáculos. As folhas completamente expandidas do terceiro ao quinto nó foram coletadas de plantas de ocorrência espontânea no campo. Das folhas de cada espécie foram obtidas três amostras da região central mediana, com aproximadamente 1 cm². Foram realizados estudos de estrutura e clarificação e observações em microscópio eletrônico de varredura (MEV. Todas as espécies avaliadas são anfiestomáticas. As principais barreiras potenciais foliares à penetração de herbicidas constatadas na planta daninha B. pilosa foram a alta densidade tricomática, a baixa densidade estomática na face adaxial e o alto teor de cera epicuticular, principalmente na face adaxial. Alto teor de cera epicuticular, grande espessura da cutícula da face adaxial e baixa densidade estomática nas duas faces foram os obstáculos constatados nas folhas de E. sonchifolia. Já em relação a A. conizoides, a baixa densidade estomática na face adaxial foi o principal obstáculo detectado. S. asper apresentou como principais barreiras foliares à penetração de herbicidas a baixa densidade estomática na face adaxial e a grande espessura da epiderme da face adaxial.This research aimed to study leaf anatomy in the widely common Brazilian weed species Bidens pilosa, Emilia sonchifolia, Ageratum conyzoides and Sonchus asper, to acquire a better understanding of the barriers each species imposes upon herbicide penetration, and provide information on how to overcome these obstacles. The completely expanded leaves from the third to the fifth nodes were collected from plants

  13. Avaliação de diferentes coberturas na supressão de plantas daninhas no cerrado Evaluation of weed suppression using different crop covers under Brazilian cerrado soil conditions

    D.K. Meschede

    2007-09-01

    Full Text Available A definição de espécies com elevada produtividade de fitomassa para cobertura do solo é um dos fatores de sucesso do sistema plantio direto. O cultivo de solos tropicais e subtropicais, baseado em práticas de preparo com intenso revolvimento, normalmente resulta na maior incidência de plantas invasoras. Objetivou-se neste trabalho comparar diferentes tipos de cobertura vegetal quanto ao potencial de supressão das plantas invasoras em áreas do cerrado. Foram avaliados sete tipos de cobertura (milheto ADR500, milheto ADR 300, sorgo, milho, crotalária, mamona e vegetação espontânea mais a testemunha mantida no limpo (capinada. O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro repetições. O sorgo apresentou maior peso de cobertura seca (11.890 kg ha-1 e, juntamente com o milheto e a crotalária, demonstrou maior capacidade de supressão das plantas invasoras, pela maior capacidade de cobertura do solo. A vegetação espontânea apresentou os menores valores de biomassa. O milho e a mamona são culturas com menor potencial de cobertura do solo. O acúmulo de biomassa pelas coberturas foi inversamente proporcional ao da biomassa das plantas invasoras.The definition of plant species with higher production for soil mulching is one of the main factors for a successful no-tillage system. The practice of soil tillage in tropical and subtropical regions based on intensive soil revolving results in decreased organic matter and increased weed incidence. Thus, the aim of this work was to compare the potential of different soil mulching to suppress weeds under no-tillage system in Brazilian cerrado areas. Thus, seven treatments were evaluated consisting of the following soil crop covers: Millet ADR 500 (Penisetum americanum L., Millet ADR300, Sorghum (Sorghum bicolor L., Maize (Zea mays L., Crotalaria (Crotalaria juncea L., Castorbean plant (Ricinus communis L. and spontaneous vegetation. A randomized block experimental design with 4

  14. Segurança das condições de aplicação de herbicidas com aerobarco em plantas daninhas aquáticas no lago da Hidrelétrica de Jupiá Safety of aquatic herbicide application using an airboat

    J.G. Machado Neto

    2006-06-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram quantificar as exposições dérmicas (EDs e respiratórias (ERs proporcionadas ao piloto e ao seu ajudante nas aplicações de herbicidas para o controle de plantas daninhas aquáticas com aerobarco; classificar essas condições de trabalho em seguras ou inseguras; e calcular a necessidade de controle das exposições (NCE e o tempo de trabalho seguro (TTS. O aerobarco utilizado tinha casco de alumínio (4,85 x 2,42 m e acionamento por hélice acoplada a motor a gasolina de 350 HP. O equipamento de pulverização era composto por bomba de diafragma com fluxo máximo de 49,69 L min-1, pressão máxima de 25 kg cm-2, acionada por motor a gasolina de 4 HP, e tanque de calda de 189 L. A barra de pulverização de alumínio era composta de duas seções laterais de 3 m, posicionadas na linha entre o encosto do banco do piloto e o início da estrutura protetora da hélice. Cada seção da barra tinha seis bicos com pontas de jato plano com indução de ar AI 100 03, espaçados de 0,5 m, e uma ponta OC 20 fixada em cada extremidade. O conjunto de pontas pulverizava faixas de 6 m de largura e aplicava o volume de calda de 200 L ha-1. O sistema tinha gerenciador de fluxo, controlado por central eletrônica acoplada a DGPS (com precisão submétrica, para corrigir automaticamente a vazão em função de alterações na velocidade real da embarcação. As EDs e ERs aos herbicidas foram calculadas com os dados substitutos das exposições às caldas, avaliadas com os traçadores cobre e manganês adicionados às caldas. As exposições foram extrapoladas para uma jornada de trabalho de seis horas. A segurança das condições de trabalho foi determinada com o cálculo da margem de segurança (MS, utilizando-se a fórmula MS = (NOEL x 70/(QAE x 10, em que QAE = quantidade absorvível da exposição. As condições de trabalho foram classificadas em seguras, se MS>1, ou inseguras, se MSThe objectives of the present study

  15. Espécies vegetais para cobertura do solo: influência sobre plantas daninhas e a produtividade do algodoeiro em sistema plantio direto

    Alexandre Cunha de Barcellos Ferreira

    2010-12-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar a produção, a persistência e os efeitos de coberturas vegetais sobre as plantas daninhas e a produtividade do algodoeiro em sistema plantio direto. Os tratamentos consistiram das espécies de cobertura: milheto (Pennisetum glaucum (L. R. Brown, Brachiaria ruziziensis Germain & Evrard, sorgo forrageiro (Sorghum bicolor L. Moench, capim-pé-de-galinha (Eleusine coracana L. Gaerth, Crotalaria juncea L., Crotalaria spectabilis Roth, aveia-preta (Avena strigosa Schreb., nabo forrageiro (Raphanus sativus L., P. glaucum + C. juncea, P. glaucum + C. spectabilis, B. ruziziensis + C. juncea, B. ruziziensis + C. spectabilis, S. bicolor + C. juncea, S. bicolor + C. spectabilis, E. coracana + C. juncea, E. coracana + C. spectabilis, A. strigosa + R. sativus, P. glaucum + R. sativus e pousio. As espécies foram semeadas no final do verão, após a colheita de soja, e o algodoeiro BRS 269-Buriti, nove meses após. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. As espécies B. ruziziensis, B. ruziziensis + C. juncea, B. ruziziensis + C. spectabilis e P. glaucum + R. sativus produziram mais de 6,8 t ha-1 de biomassa seca. A palhada produzida pela B. ruziziensis garantiu boa cobertura do solo durante o ciclo do algodoeiro. A biomassa seca de B. ruziziensis, B. ruziziensis + C. juncea e B. ruziziensis + C. spectabilis reduziu a infestação de plantas daninhas até a época de semeadura do algodão e durante os estádios iniciais de seu desenvolvimento. Palhas de R. sativus e A. strigosa, solteiras e consorciadas, interferiram negativamente na produtividade do algodoeiro.

  16. Control Predictivo Mín-Máx de una planta piloto

    D.R. Ramírez

    2008-07-01

    Full Text Available Resumen: Este trabajo muestra la aplicación de una estrategia de control predictivo llÚn-máx basado en modelos (Min-Max Model Predictive Control, MMMPC a una planta piloto en la que se controla la temperatura de un reactor. Para calcular la acción de control se utiliza una aproximación del peor caso, que permite calcular una solución muy cercana a la del problema mín-máx con un coste computacional mucho menor. Por tanto, es un algoritmo cuya complejidad hace factible una implementación en tiempo real para valores típicos de los horizontes de predicción y control. El comportamiento del proceso y del controlador se ilustran mediante resultados experimentales. Palabras clave: control predictivo llÚn-máx, incertidumbres aditivas, planta piloto

  17. Levantamento de plantas daninhas aquáticas no reservatório de Alagados, Ponta Grossa-PR Assessment of aquatic plants from Alagados dam, Ponta Grossa-PR

    D.C Rocha

    2011-06-01

    Full Text Available O monitoramento de macrófitas da represa Alagados um reservatório artificial de água que abastece parcialmente a população do município de Ponta Grossa-PR se faz necessário, uma vez que resíduos urbanos, bem como dejetos de áreas rurais, são descartados direta ou indiretamente nesse ambiente. Os objetivos deste trabalho foram realizar o inventário de plantas aquáticas coletadas entre agosto de 2007 e julho de 2008 no entorno do lago, como medida de monitoramento da área; indicar a frequência das espécies e apresentar um diagnóstico sobre o crescimento populacional destas; e identificar áreas onde a colonização por macrófitas é intensa, podendo tornar-se problema ambiental. Para realizar esse inventário, foram efetuadas 10 coletas em 48 pontos de amostragem ao longo das margens do lago da represa. Exsicatas foram depositadas no Herbário da Universidade Estadual de Ponta Grossa (HUPG. Foram amostradas 54 espécies, distribuídas em 16 famílias de angiospermas, 8 monocotiledôneas e 8 dicotiledôneas, e outras duas famílias de pteridófitas.A check-list of the macrophytes in the Alagados artificial dam, which supplies part of the population of Ponta Grossa-PR, is necessary, since urban and rural waste is dropped directly or indirectly into this environment. The objectives of this work were to make an inventory of the aquatic plants collected between August 2007 and July 2008 in the lake surroundings to monitor the area; to indicate species frequency, to present a diagnosis on species population growth; and to identify areas where colonization by macrophytes is intense and could become an environmental problem. To carry out this inventory, 10 collections were conducted in 48 sampling points along the margins of the dam's lake. Exsiccates were deposited in the Herbarium of the Universidade Estadual de Ponta Grossa (HUPG. A total of 54 species were sampled, distributed in 16 families of flowering plants, 8 monocotyledons and 8

  18. MISTURAS DE HERBICIDAS: EFEITOS DE ADJUVANTES NO CONTROLE DE PLANTAS INFESTANTES NA CULTURA DA SOJA

    VALDEMIR ANTONIO PERESSIN

    1997-01-01

    Full Text Available Estudaram-se efeitos de misturas de graminicidas com latifolicidas, aplicados em pós-emergência, acrescidos ou não de seus respectivos adjuvantes, no controle de plantas infestantes na cultura da soja (Glycine max (L. Merrill cv. IAC-8, em condições de campo. Os tratamentos consistiram em quatro graminicidas (haloxifop-metil, HM; sethoxydim, S; quizalofop-etil, QE e fluazifop-p-butil, FpB e quatro latifolicidas (chlorimuron-etil, CE; fomesafen, Fom; fluoroglycofen, Flu e lactofen, Lac, aplicados isoladamente e em misturas, além das testemunhas com e sem convivência da cultura com a comunidade infestante. Os resultados mostraram que os adjuvantes, de maneira geral, intensificaram a injúria dos herbicidas. Os graminicidas mais eficazes, aplicados isoladamente ou em misturas, no controle de Eleusine indica e de monocotiledôneas, foram HM, QE e FpB. Não houve diferenças significativas no controle de Digitaria horizontalis entre os quatro graminicidas isolados; porém, as melhores misturas foram as que utilizaram os graminicidas QE ou HM. Para controle de Mollugo verticillata, os melhores tratamentos foram obtidos com Lac aplicado isoladamente e com as misturas de QE, S ou HM com Fom e seus respectivos adjuvantes. As misturas de tanque apresentaram efeitos predominantemente antagonísticos no controle de E. indica, D. horizontalis e monocotiledôneas. Efeitos estatis-ticamente antagonísticos e sinergísticos no controle de M. verticillata foram obtidos, respec-tivamente, nas misturas de tanque com Lac e com Fom. Uma possível interação entre os adjuvantes e as misturas de herbicidas ocorreu nas avaliações de controle para E. indica, quando as misturas de S ou de HM foram usadas com ou sem adjuvantes. Os tratamentos com herbicidas não influíram na produção do cultivar de soja IAC-8.Mixtures of narrowleaf and broadleaf herbicides, with or without their respective surfactants, were evaluated as to postemergence selectivity for weed

  19. Transmissibilidade do vírus da leprose de cercas-vivas, quebra-ventos e plantas daninhas para laranjeiras através de Brevipalpus phoenicis (Geijskes Transmission of leprosis virus from hedge rows, windbreaks and weeds to orange trees via Brevipalpus phoenicis (Geijskes

    Ozana Maria de Andrade Maia

    2005-01-01

    Full Text Available O ácaro Brevipalpus phoenicis (Geijskes é transmissor do vírus da leprose dos citros, doença responsável por significativa redução da produtividade. Objetivou-se avaliar neste trabalho a possibilidade de algumas plantas utilizadas como cercas-vivas e quebra-ventos, além de plantas daninhas de pomares cítricos serem hospedeiras do vírus da leprose. O experimento foi realizado em laboratório e casa-de-vegetação na FCAV/UNESP, Jaboticabal-SP-Brasil. De uma criação-estoque de ácaros, criados sobre frutos de citros (Citrus sinensis contendo lesões de leprose, foram transferidos 100 ácaros para uma unidade experimental das seguintes espécies: Hibiscus sp., Malvaviscus mollis, Grevillea robusta, Mimosa caesalpiniaefolia, Bixa orellana, Commelina benghalensis, Sida cordifolia, Ageratum conyzoides e Citrus sinensis, e mantidas em casa de vegetação por um período de 90 dias. Depois desse período, 160 ácaros foram recuperados dessas espécies vegetais e transferidos para quatro mudas das variedades cítricas 'Natal' e 'Valência' (20 ácaros/planta, e foram mantidas por 60 dias em casa de vegetação. Decorrido esse período, quantificou-se o número de lesões de leprose presentes nas folhas, ramos e caules das mudas cítricas. Em mudas cítricas da variedade 'Natal', foram observados sintomas da leprose decorrentes da transferência de ácaros provenientes de C. sinensis, A. conyzoides, C. benghalensis e B. orellana. Na variedade 'Valência', sintomas de leprose ocorreram em mudas infestadas com ácaros criados sobre C. sinensis, S. cordifolia benghalensis, B. orellana e A. conyzoides. Mudas cítricas das variedades 'Natal' e 'Valência' não manifestaram sintomas de leprose com ácaros procedentes de M. mollis, Hibiscus sp., G. robusta e M. caesalpiniaefolia.The mite Brevipalpus phoenicis (Geijskes is a vector of the citrus leprosies virus, a disease that significantly reduces orange production. We examined whether some plant

  20. PHYTOSOCIOLOGY OF SOWN PASTURE WEEDS UNDER TWO LEVELS OF DEGRADATION IN BRAZILIAN SAVANNA AREAS, MATO GROSSO DO SUL STATE, BRAZIL FITOSSOCIOLOGIA DE PLANTAS DANINHAS DE PASTAGENS CULTIVADAS SOB DOIS NÍVEIS DE DEGRADAÇÃO EM CERRADO, NO MATO GROSSO DO SUL

    Adriana Guglieri-Caporal

    2010-08-01

    distance, is 0.7468, indicating just a few species in common (44%. In the dry season, the number of species in AI decreased 10% while in AII it increased 4%.

    KEY-WORDS: Agroecosystem; Brachiaria; flora; plant ecology; Urochloa.

    Pastagens cultivadas, de maneira geral, entram em processo de declínio, associado à infestação de plantas daninhas, cujo manejo exitoso começa com o levantamento das espécies infestantes e sua biologia. Este trabalho teve como objetivo o estudo fitossociológico, nas estações chuvosa e seca, em duas pastagens cultivadas de Brachiaria (Urochloa spp., com gado (AI e sem gado (AII, em áreas de Cerrado do Mato Grosso do Sul. Foi constatada a ocorrência de 104 espécies de plantas daninhas herbáceas e subarbustivas de Fanerógamas. As famílias de maior destaque, em número de espécies, foram Fabaceae (23 espécies, Poaceae (16 e Asteraceae (15. As hemicriptófitas predominam com 41% das espécies. As espécies com maiores valores de importância e cobertura relativa são B. decumbens e Sida rhombifolia, em AI, e B. brizantha e Desmodium incanum, em AII, além de Paspalum notatum, em ambas as pastagens. Os valores de diversidade de Shannon foram 4,19 e 4,43 nats, para AI e AII, respectivamente, indicando considerável riqueza de espécies. O índice de dissimilaridade florística entre AI e AII, obtido a partir da Distância Euclidiana, é 0,7468, o que indica poucas espécies em comum (44%. Na estação seca, o número de espécies em AI

  1. Desarrollo de un horno solar para el secado de plantas y vegetales usando control difuso

    Oscar G. Ibarra Manzano

    2012-05-01

    Full Text Available Recientemente, el aprovechamiento de la energía solar en el deshidratado de productos agrícolas se ha vuelto cada día más común debido a los altos rendimientos en los productos post-cosecha. La inversión en tecnologías propias para contribuir con los productores del sector agroalimentario es un factor importante para el desarrollo de las cadenas produc­tivas de nuestro país. En este trabajo se presenta el desarrollo de un horno solar para el secado de plantas y vegetales utilizando control difuso. Este es un sistema térmicamente controlado que permite disminuir el tiempo de secado de varios días a unas horas. Se reali­zaron pruebas de secado usando flor de jamaica, en las cuales se pudo disminuir el tiempo de secado de cuatro días a aproximadamente 5 h. Se presentan tanto la parte de diseño conceptual, como resultados experimentales del mismo. Los resultados obtenidos permiten ver la viabilidad del diseño propuesto.Recently, the use of solar energy in the dehydration of agricultural products is becomingmore common as high yields in the post-harvest products. Investment in technologies forcontributing to the producers of food products is an important factor for the development ofthe productive chains of our country. This paper presents the development of a solar oven fordrying plants and vegetables using fuzzy control. This is a heat-controlled system that allowsdecreasing the drying time from several days to hours. Drying tests were conducted usingjamaica flower, which could decrease the drying time from four days to about 5 h. We presentboth the conceptual design of the experimental results. The results obtained allow us to seethe feasibility of the proposed design.

  2. Seletividade e eficácia da aplicação sequencial de oxyfluorfen e de ioxynil-octanoato, em semeadura direta de cebola

    Ferreira,Lino R.; Durigan,Julio C.; Churata-Masca,Manuel G. C.; Ferreira,Francisco A.; Silva,Antônio A.

    2000-01-01

    Visando avaliar os efeitos do parcelamento da dose de oxyfluorfen e ioxyniloctanoato sobre a tolerância de plantas de cebola 'Granex 33' e a eficiência no controle das plantas daninhas na cultura, instalada por semeadura direta, foram conduzidos dois experimentos, sendo um na presença de plantas daninhas e o outro na ausência das mesmas. Ioxynil-octanoato, quando aplicado em doses acima de 0,125 kg/ha, aos 19 DAS, foi menos seletivo para o cultivar Granex 33 do que o oxyfluorfen. O parcelamen...

  3. Estrutura do capim-braquiária em relação à planta daninha - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i3.10439 Structure of signalgrass in relation to weeds - doi: 10.4025/actascianimsci.v33i3.10439

    Guilherme Portes Silva

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar as características estruturais da Brachiaria decumbens cv. Basilisk em relação à planta daninha Solanum sisymbrifolium no pasto. Os tratamentos foram dois locais no mesmo pasto, quais sejam, próximo e distante da planta daninha. O delineamento foi em blocos ao acaso com três repetições. O pasto foi manejado sob lotação contínua, com bovinos e com altura média de aproximadamente 25 cm. Foram quantificadas as densidades populacionais das categorias de tamanho dos perfilhos, a altura, a interceptação de luz, as massas e as densidades volumétricas dos componentes morfológicos do pasto. No local distante da planta daninha houve maior ocorrência de perfilhos com tamanho inferior a 20 cm. Já no local próximo da planta daninha, predominaram perfilhos com tamanho superior a 40 cm. A presença da planta daninha ocasionou aumento na altura do pasto e incremento na interceptação de luz pelo dossel. As massas e as densidades volumétricas de lâmina foliar viva, colmo vivo e material morto foram inferiores no local próximo da planta daninha em relação ao local distante. A ocorrência da planta S. sisymbrifolium provoca variabilidade espacial da vegetação no pasto de B. decumbens manejado sob lotação contínua com bovinos.The objective of this study was to evaluate the structural characteristics of Brachiaria decumbens cv. Basilisk in relation to Solanum sisymbrifolium in pasture. The treatments were two sites in the same pasture, near and far from the weeds. A randomized block design with three replications was used. The pasture was managed under continuous stocking and grass height was kept at about 25cm. Densities were quantified for categories tiller size, height, light interception, masses and volumetric densities of morphological components of the pasture. In the site far from the weeds there is a higher occurrence of tillers with size smaller than 20 cm. In site near the weeds, tillers larger than 40

  4. Efeitos potencialmente alelopáticos dos óleos essenciais de Piper hispidinervium C. DC. e Pogostemon heyneanus Benth sobre plantas daninhas Potentially allelopathic effects of the essential oils of Piper hispidinervium C. DC. and Pogostemon heyneanus (Benth on weeds

    Antônio Pedro da Silva Souza Filho

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo caracterizar a atividade potencialmente alelopática de óleos essenciais de pimenta longa (Piper hispidinervium C. DC. e oriza (Pogostemon heyneanus Benth e analisar, comparativamente, seus efeitos alelopáticos. Óleos essenciais obtidos foram preparados em concentrações de 0,25, 0,5 e 1,0%, tendo como eluente o éter metílico, e testados sobre a germinação de sementes, desenvolvimento da radícula e do hipocótilo das plantas daninhas de área de pastagens cultivadas, malícia (Mimosa pudica e mata-pasto (Senna obtusifolia. Os óleos das duas espécies evidenciaram atividade alelopática em intensidades que variaram em função da concentração do óleo, da espécie doadora, da planta receptora e do fator da planta analisado. A germinação das sementes foi o fator mais intensamente inibido pelos óleos. As intensidades das inibições estiveram positivamente associadas à concentração, com inibições máximas verificadas a 1,0%. Malícia foi à espécie receptora mais sensível aos efeitos do óleo. Comparativamente, o óleo essencial da pimenta longa revelou maior potencial para inibir a germinação e o desenvolvimento das duas plantas receptoras, notadamente em relação à germinação de sementes, quando as diferenças foram mais marcantes. Os resultados foram atribuídos à composição química dos óleos, especialmente em relação à presença de monoterpenos, monoterpenos oxigenados e sesquiterpenos.This study aimed to characterize the potential allelopathic activity of essential oils of pimenta longa (Piper hispidinervium C. DC. and oriza (Pogostemon heyneanus Benth, and to examine, comparatively, their allelopathic effects. Essential oils obtained were prepared at concentrations of 0.25%, 0.5% and 1.0%, with ether methanol as eluent, and tested upon the germination of seeds and the development of the radicle and the hypocotyl of the weeds of cultivated grassland areas, malícia (Mimosa

  5. Composição florística de plantas daninhas em um lago do Rio Solimões, Amazonas Floristic composition of weeds in a lake of Solimoes River, Amazonas, Brazil

    S.M.F. Albertino

    2009-03-01

    Full Text Available As áreas inundáveis localizadas na bacia dos rios Amazonas e Solimões são denominadas várzeas. A inundação é um evento natural que promove mudanças na estrutura e composição florística dessas comunidades. O conhecimento da diversidade de espécies é de fundamental importância para o entendimento da dinâmica da regeneração natural de espécies nos ecossistemas amazônicos. Este trabalho teve como objetivo levantar a composição florística do solo do fundo do lago do Manaquiri-AM, em um período de seca excepcional, ocorrida em 2005, na Amazônia. Foram realizadas coletas de material botânico em duas áreas do lago, em novembro de 2005; para a amostragem, utilizou-se um quadrado de madeira de 0,36 m², atirado aleatoriamente por 20 vezes em cada local de estudo. A vegetação emergente foi de 5.958 indivíduos, distribuídos em sete famílias e nove espécies. As famílias mais representativas em número de espécies foram Poaceae e Cyperaceae. Cyperus esculentus e Luziola spruceana foram as mais frequentes, e Mimosa pudica e Alternanthera sessilis, as de maior abundância. C. esculentus e M. pudica apresentaram maior número de indivíduos, de densidade e de valor de importância. As espécies de plantas encontradas neste estudo mantiveram sua capacidade de crescer e se desenvolver mesmo após longo período submersas.The swamps located at the basins of the Amazonas and Solimões rivers are denominated "várzeas". In these areas, flooding is a natural event that changes the structure and composition of the local plants. Thus, knowing the species diversity in these Amazon region areas is extremely important to understand the dynamics of the natural regeneration of the Amazon ecosystem species. Accordingly, the goal of this study was to survey the soil floristic composition at the bottom of the Manaquiri Lake, Amazon, during an exceptional dry period in 2005. Plants were collected in two areas of the lake in November 2005. Flora

  6. PEROXIDASA DE PLANTAS TROPICALES

    Ivan Yu Sakharov

    2010-08-01

    Full Text Available Se determinó la actividad de la peroxidasa (EC 1.11.1.7 en 7 frutos, 13 raíces y 31 hojas de plantas tropicales que crecen en Colombia. Se encontró que la actividad de la peroxidasa varía ampliamente de una especie a otra. Para el fruto de balazos (Monstera deliciosa se encontró que la actividad de la peroxidasa depende del grado de madurez. Por el contrario, la actividad de peroxidasa de las hojas de la palma de botella (Roystonea regia se mantiene constante todo el año. Algunas especies presentaron alta actividad de peroxidasa como la raíz de batata (Ipomoea batatas, las hojas de pasto guinea (Panicum máximum, las de dormidera (Mimosa pigra, las de higuerilla (Riciims communis L. y las de las siguientes palmas: mararai (Aiphanes caríotifolia, de botella (Roystonea regia, dactilera (Phoenix dactylifera y africana (Elaeis guineensis. Además, mediante isoelectroenfoque se hallaron peroxidasas aniónicas (pl 3.4 - 5.6 tanto en la raíz de batata como en las palmas analizadas.

  7. Las plantas medicinales en el control de nemátodos gastrointestinales en cabras: potencial de las plantas que crecen en la región de Coquimbo, Chile

    M.A. MOYA

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO O objetivo deste estudo foi determinar o potencial de plantas que crecem na região de Coquimbo, no controle de nematódeos gastrintestinais em caprinos. Nós usamos uma abordagem não-experimental para validar a eficácia potencial das plantas medicinais como anti-helmínticos. Esta validação foi realizada com base em uma revisão da extensa literatura consultada a respeito de plantas medicinais. Determinou-se o um potencial de eficácia das plantas, da consistência das informações sobre o uso tradicional, os compostos presentes e farmacologia. Analisamos também os dados dos potenciais efeitos adversos que impedem seu uso em animais. Antecedentes apoiam a um alto potencial da eficácia como anti-helmíntico para se três espécies de plantas que crescem na região de Coquimbo: Allium sativum L., Artemisia absinthium L. e Chenopodium ambrosioides L. Os possíveis efeitos secundários do consumo de plantas medicinais ou seus derivados devem ser avaliadas em testes de campo antes de serem utilizados nas em escala produtiva.

  8. Digital viscosity controller for fossil power plants; Controlador digital de viscosidad para plantas termoelectricas

    Bautista B, Amberto; Ocampo P, Carlos; Gutierrez A, Ruben; Madinaveitia V, Miguel [Instituto de Investigaciones Electricas, Cuernavaca (Mexico)

    1990-12-31

    Upon the need of increasing the efficiency of the existing fossil power plants in Mexico, the Instrumentation and Control Department of the Instituto de Investigaciones Electricas (IIE) designed and built a viscosity controller to enhance the fuel oil heating process. The system strategy, that allows the control either by temperature or viscosity considers, as an important element, the changing characteristics of the supplied fuels. The equipment that is utilized forms apart of the line Acquisition and Control System (ACS) developed at the same Institute, that has been successfully applied in other systems. [Espanol] Ante la necesidad de aumentar la eficiencia de las plantas termoelectricas existentes en Mexico, el Departamento de Instrumentacion y Control, del Instituto de Investigaciones Electricas (IIE), diseno y construyo un controlador de viscosidad para mejorar el proceso de calentamiento del aceite combustible. La estrategia del sistema, que permite controlar ya sea por viscosidad o por temperatura, considera como elemento importante las caracteristicas cambiantes de los combustibles suministrados. El equipo que se utiliza forma parte de la linea SAC (sistema de adquisicion y control), desarrollada en el mismo Instituto, que se ha aplicado satisfactoriamente en otros sistemas.

  9. Digital viscosity controller for fossil power plants; Controlador digital de viscosidad para plantas termoelectricas

    Bautista B, Amberto; Ocampo P, Carlos; Gutierrez A, Ruben; Madinaveitia V, Miguel [Instituto de Investigaciones Electricas, Cuernavaca (Mexico)

    1989-12-31

    Upon the need of increasing the efficiency of the existing fossil power plants in Mexico, the Instrumentation and Control Department of the Instituto de Investigaciones Electricas (IIE) designed and built a viscosity controller to enhance the fuel oil heating process. The system strategy, that allows the control either by temperature or viscosity considers, as an important element, the changing characteristics of the supplied fuels. The equipment that is utilized forms apart of the line Acquisition and Control System (ACS) developed at the same Institute, that has been successfully applied in other systems. [Espanol] Ante la necesidad de aumentar la eficiencia de las plantas termoelectricas existentes en Mexico, el Departamento de Instrumentacion y Control, del Instituto de Investigaciones Electricas (IIE), diseno y construyo un controlador de viscosidad para mejorar el proceso de calentamiento del aceite combustible. La estrategia del sistema, que permite controlar ya sea por viscosidad o por temperatura, considera como elemento importante las caracteristicas cambiantes de los combustibles suministrados. El equipo que se utiliza forma parte de la linea SAC (sistema de adquisicion y control), desarrollada en el mismo Instituto, que se ha aplicado satisfactoriamente en otros sistemas.

  10. Métodos mecânicos e químico no controle de ervas daninhas em cafezal Mechanical and chemical methods of weed control in coffe crop

    Gastão Moraes da Silveira

    1985-01-01

    Full Text Available O controle de ervas daninhas em cafezal cultivado em latossolo roxo, por meio de métodos mecânicos (grade de discos, enxada rotativa, roçadeira e químico (herbicida, é comparado com a capina manual. Cada implemento foi sistematicamente usado durante o período das águas. Quanto à produção, após dez anos, não houve diferença estatística entre os tratamentos, a não ser no biênio 1976/77, quando a grade e a enxada rotativa tiveram melhor comportamento, não diferindo do herbicida. Observaram-se sinais de erosão superficial provocada por grade de discos, enxada rotativa e herbicida.Mechanical (disc harrow, rotary cultivator, off-set rotary shredder, chemical (herbicide and hand hoe weeding are compared in a coffee crop grown on a latosol. After ten years there was no significant yield difference among the treatments. There was however, visible signs of erosion due to the use of disc-harrow, rotary cultivator, and herbicide.

  11. Efeito do espaçamento e do uso de leguminosas de cobertura no manejo de plantas invasoras em reflorestamento de Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke (paricá

    Fabrízia de Oliveira Alvino-Rayol

    2011-06-01

    Full Text Available A infestação crescente de plantas invasoras em áreas de cultivos é um dos fatores que mais afetam os reflorestamentos na Amazônia, causando decréscimos na produtividade devido à competição direta pelos fatores de produção. Tendo isso em vista, este trabalho objetivou avaliar o efeito de espaçamentos (4x2 m, 4x4 m e 4x6 m e do uso de leguminosas de cobertura (Cajanus cajan e Canavalia ensiformis no controle da matocompetição em plantio de Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke (paricá. As coletas das plantas invasoras foram feitas aos 30 e 90 dias após a semeadura das leguminosas de cobertura. Posteriormente foram levadas para herbários para identificação. Foram identificadas 24 espécies distribuídas em 13 famílias botânicas. No que se refere à infestação, diversidade e riqueza de plantas daninhas, os melhores resultados foram encontrados nos tratamentos com C. ensiformis. Esta leguminosa influenciou a composição florística e a estrutura das comunidades de plantas invasoras. O espaçamento 4m x 2m contribuiu para menor diversidade e riqueza dessa plantas. As espécies de ervas daninhas mais frequentes em todos os tratamentos foram Spermacoce capitata e Brachiaria brizantha.

  12. Efeito do período de exposição a concentrações de diquat no controle de plantas de Egeria densa, Egeria najas e Ceratophyllum demersum Effect of the period of exposure to diquat concentrations on the control of Egeria densa, Egeria najas and Ceratophyllum demersum

    D. Martins

    2008-01-01

    Full Text Available O período de permanência do herbicida na água pode ser influenciado pelo fluxo da água nos reservatórios e pela adsorção a partículas de argilas em suspensão, bem como pela degradação luminosa e por microrganismos. Objetivou-se com este trabalho avaliar diferentes períodos de exposição a concentrações do herbicida diquat no controle de Egeria densa, Egeria najas e Ceratophyllum demersum. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições, em esquema fatorial 6 x 5, mais uma testemunha. Foram testados seis períodos de exposição das plantas (30, 60, 120, 240, 480 e 960 minutos a cinco concentrações do herbicida diquat (0,075; 0,15; 0,3; 0,6; e 1,2 ppm produto comercial Reward 240 g L ¹. As avaliações de controle das plantas daninhas imersas foram visuais e, no final do experimento, foi avaliada a massa seca das plantas, para determinar a porcentagem de redução da biomassa. Observou-se que apenas 30 minutos de exposição das espécies imersas E. densa e C. demersum à concentração de 0,075 ppm foi suficiente para proporcionar redução da massa seca em ambas as espécies. Para controle de E. najas aos 7 DAA houve necessidade de um período maior que 120 minutos de exposição, considerando a mesma concentração do herbicida. Esses resultados evidenciam o potencial de uso do diquat no controle de plantas daninhas aquáticas imersas em locais que apresentam rápida renovação de água.The period of herbicide permanence in water can be influenced by the water flow in the reservoirs and the adsorption of clay particles in suspension, as well as by luminous degradation and microorganisms. Thus, the objective of this work was to evaluate the effect of different exposure periods to diquat concentrations on the control of Egeria densa, Egeria najas and Ceratophyllum demersum. The experimental design used was completely randomized, with four replicates, in a factorial scheme 6 x 5

  13. Club de amigos de las Plantas Medicinales

    de las Plantas Medicinales, Club de los Amigos

    2017-01-01

    El Club de Amigos de las Plantas Medicinales se instituye el 10 de noviembre de 1992.Es una institución sin fines de lucro, su finalidad es DIFUNDIR el conocimiento científico de las plantas medicinales.Sus orígenes se remontan al año 1981 cuando en el mes de setiembre se realizó el Primer Congreso de Plantas Medicinales, evento en el cual se tomó como uno de sus acuerdos -crear una organización que difundiera el conocimiento científico de las plantas medicinales.

  14. Estrategias para la prevención y el control de intoxicaciones naturales por plantas fotosensibilizantes en bovinos

    J. M Aparicio

    Full Text Available El estudio se realizó en la Empresa Pecuaria Bacuranao, del municipio Habana del Este (provincia La Habana, Cuba, con el objetivo de establecer una estrategia para la prevención y el control de intoxicaciones naturales por plantas fotosensibilizantes en bovinos. Para esto se realizó un diagnóstico presuntivo sobre fotosensibilización, mediante el inventario florístico de las plantas presentes en el pastoreo y con el uso del método clínico. Se identificaron diversas plantas productoras de fotosensibilización hepatógena en los animales, con destaque para Ageratum houstonianum Mill., Lantana camara L., Crotalaria retusa L. Crotalaria incana L. y Crotalaria spectabilis Roth. A través del Sistema de Vigilancia Epidemiológica (SIVE, mediante cuadrantes y cuadrículas, se determinó la densidad de bovinos por cuadrante, las áreas con mayor incidencia de ese tipo de plantas y los animales con dermatitis. En la evaluación del riesgo relativo (RR con y sin la presencia del sol y en relación con el consumo de forraje verde, se encontró que los animales expuestos al sol y los que consumieron forraje tuvieron 1,85 y 3,17 veces más incidencia respectivamente de signos clínicos relacionados con la dermatitis fotodinámica hepatógena, con mayores niveles para los que ingirieron la planta tóxica A. houstonianum Mill junto con el forraje. A partir de estos resultados se elaboró un plan de medidas generales y específicas para el control de la toxicosis en las áreas contaminadas con estas plantas. Se concluye que el empleo del SIVE, el censo botánico, los tratamientos de sostén a animales con síntomas severos y las medidas de manejo y alimentación pueden mejorar la eficacia en el control de la toxicosis y, a su vez, la protección de los animales en riesgo.

  15. Growth analysis of three species weeds Euphorbia genus = Análise de crescimento de espécies daninhas do gênero Euphorbia

    Débora Teresa Ferreira

    2017-06-01

    Full Text Available In sugarcane plantations, species of the genus Euphorbia are reported as weeds able to reduce productivity by up to 85%. Planning the correct strategies for controlling these plants requires knowledge of their biology and growth. The aim of this work therefore, was to evaluate the growth of three weed species of the genus Euphorbia occurring in sugarcane plantations. The study was carried out in a greenhouse, using a completely randomised experimental design in a scheme of lots subdivided over time, with five replications. The factors were three species of Euphorbia (E. heterophylla, E. hyssopifolia and E. hirta and 13 periods of evaluation 14, 21, 28, 35, 42, 49, 56, 63, 70, 77, 84, 91 and 98 days after sowing (DAS. Each evaluation measured plant height (PH, leaf area (LA, number of leaves (NL and total dry matter (TDM. From the mean values for shoot dry matter (SDM, TDM and LA, the absolute growth rate (AGR and relative growth rate (RGR, leaf area ratio (LAR, and leaf weight ratio (LWR were calculated. Data were submitted to analysis of variance and non-linear regression. E. heterophylla displayed greater PH up to 63 DAS, from this point E. hyssopifolia obtained greater height among the species under study. E. heterophylla was noteworthy for having a greater accumulation of LA, TDM and AGR among the studied species, followed by E. hyssopifolia and E. hirta. Maximum growth in the species under evaluation was at 77 DAS. Among the species, E. heterophylla displays greater growth and development. = Nos canaviais, espécies do gênero Euphorbia são relatadas como plantas daninhas capazes de reduzir a produtividade em até 85%. Para traçar estratégias corretas de controle dessas plantas é necessário o conhecimento tanto da sua biologia quanto do seu crescimento. Assim, objetivou-se com este trabalho avaliar o crescimento de três espécies daninhas do gênero Euphorbia ocorrentes nos canaviais. O estudo foi realizado em casa de vegeta

  16. Estudio del comportamiento de un Control MPC [Control Predictivo Basado en el Modelo] comparado con un Control PID en una Planta de Temperatura

    Emil Hernández-Arroyo

    2014-07-01

    Full Text Available Presenta un estudio comparativo entre el Control Predictivo basado en el Modelo [MPC] y el control PID, en una planta piloto de temperatura. Se encontró que el control MPC presenta mejor comportamiento, con un tiempo de asentamiento de 1000 segundos y una sobre-elongación de 5 °C, y que el PID presenta un tiempo de asentamiento de 2000 segundos y una sobre-elongación de 40 °C. Simultáneamente, se presenta una forma alternativa para controlar y monitorear en tiempo real la variable temperatura; para ello se dispone de un computador de escritorio que utiliza el software MATLAB 7.1 y la herramienta Real-Time Windows Target.

  17. Nota científica: métodos para estimativa da area foliar de plantas daninhas: 2: Wissadula subpeltata (Kuntze Fries Methods for estimation of leaf area of weeds: 2: Wissadula subpeltata (Kuntze Fries

    S. Bianco

    1983-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de obter uma equação que, através de parâmetros lineares dimensionais das folhas, permitisse estimar a área foliar de Wissadula subpeltata (Kuntze Fries, estudaram- se correlações entre a área foliar real e o comprimento da folha ao longo da nervura principal (C , largura máxi ma da folha (L , comprimento do espaço entre o ponto de inserção do pecíolo na folha até a primeira ramificação da nervura principal (CE, L + C, L x C e L x CE. Todas as equações, geométricas ou lineares simples, permitiram boas estimativas da área foliar . Do pont o de vista prático, sugere- se optar pela equação linear simples envolvendo o produto C x L, considerando o coeficiente linear igual a zero. Deste modo, a estimativa da área foliar de W. subpeltata pode ser feita pel a fórmula Y = 0, 85 49 (C x L, ou seja 85 ,49% do produto entre o comprimento da nervura principal e a largura máxima da folha.In order to final an equation that make poss ible to estimate the leaf area of Wissadula usbpeltata (Kuntze Fries , were studied correlations between truelea far ea (Y and the lea flenght in the mid rib direct ion (C, maximum leaf width (L , lenght of the segment between the petiole insert ion point in the leaf and the first rami fication of leaf mid rib (CE, L + C, L x C and L x CE. Al l equations, geometric and simple linear, permited good lea fare a estimatives. It is suggested to decid e for simple linear equations envolving the C x L, considering zero the linear coefficient. Thus , the leaf area of W. subpeltata can be estimated by the equation Y = 0.8549 (C x L, or else 85,49% of the multiplication between the leaf lenght in the mid rib direction and the maximum leaf width.

  18. Método para incrementar la fertilidad de las plantas

    Abbas, Mohamad; Alabadí, David; Blázquez, Miguel Ángel

    2015-01-01

    [ES] Método para incrementar la fertilidad de las plantas. La presente invención se relaciona con un método para incrementar la fertilidad de una planta que comprende inhibir, disminuir o bloquear la expresión del gen que codifica la proteína IAMT1 con respecto a un control o la actividad de la proteína IAMT1, y la planta derivada de la aplicación de dicho método, así como el uso de gen que codifica la proteína IAMT1 para incrementar de fertilidad de la planta.

  19. Espectro de gotas de pulverização e controle da ferrugem-asiática-da-soja em cultivares com diferentes arquiteturas de planta

    Mônica Paula Debortoli

    2012-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar o espectro de gotas de pulverização ideal para o controle da ferrugem-asiática-da-soja (Phakopsora pachyrhizi, em cultivares com diferentes arquiteturas de planta. O experimento foi conduzido na safra de 2009/2010. A aplicação de fungicida (piraclostrobina + epoxiconazol, com óleo mineral foi avaliada com quatro espectros de gotas de pulverização - muito fino, <119 μm; fino, 119 a 216 μm; médio, 217 a 352 μm; e grosso, 353 a 464 μm -, em quatro cultivares de soja (BMX Apollo RR, NA 7636 RR, Fcep 53 RR e TMG 4001 RR contrastantes quanto a índice de área foliar, estatura de plantas e número de ramos por planta. Foram quantificadas as variáveis: número de gotas por cm², diâmetro mediano volumétrico das gotas, área abaixo da curva de progresso da ferrugem-asiática e produtividade da soja. A definição do espectro de gotas a ser utilizado deve considerar a cultivar e as condições ambientais em que a pulverização será realizada. A magnitude da proteção exercida pelo fungicida varia de acordo com a cobertura de plantas e a penetração de gotas no dossel, proporcionada pelos diferentes espectros de gota. O espectro de gotas fino proporciona boa deposição de gotas, controle da doença e produtividade, independentemente da cultivar avaliada.

  20. Diferenças entre Chenopodium quinoa e a planta daninha Chenopodium album Differences between Chenopodium quinoa and the weed Chenopodium album

    C.R. Spehar

    2003-12-01

    Full Text Available A experimentação pioneira com Chenopodium quinoa Willd tem demonstrado sua adaptabilidade à produção de grãos no cerrado. Seus frutos, do tipo aquênio, são cilíndricos, achatados e germinam rapidamente na presença de umidade, após a maturação fisiológica. Na fase inicial do seu desenvolvimento, a quinoa pode ser confundida com a planta daninha Chenopodium album, conhecida no Brasil como ançarinha-branca. As diferenças básicas entre as duas espécies se tornam mais visíveis após o florescimento: ramificação profusa, com rácemos axilares e terminais em C. album, em contraste com C. quinoa, na qual as panículas são terminais, à semelhança do sorgo; o pericarpo é claro e contrasta com o preto em C. album. A quinoa BRS Piabiru, primeiro cultivar para o Brasil, apresenta plantas com 190 cm, nas quais a panícula ocupa 45 cm; maturação fisiológica aos 145 dias; resistência ao acamamento; peso de grãos de 2,42 g 1.000-1; rendimento de 2,8 t ha-1; e biomassa total de 6,6 t ha-1. As sementes de C. album são muito pequenas (0,52 g 1.000-1, germinam gradativamente e permanecem no solo por muitos anos, infestando os cultivos. As diferenças no número de cromossomos, impedindo a polinização cruzada entre as duas espécies e as morfológicas, detectadas na experimentação, mostram que estas são distinguíveis e asseguram que a quinoa apresenta características de adaptação ao cultivo comercial, contrapondo-se às características de invasora em C. album.Pioneer experimentation with Chenopodium quinoa Willd has shown its adaptability to grain production in the Brazilian savannah. Its fruits (achene type are cylindrical, flat and germinate quickly in the presence of moisture, after reaching physiological maturity. At its early phase of development, quinoa can be confounded with the weed Chenopodium album, known in Brazil as 'ançarinha- branca'. Their basic differences become more visible after flowering: profuse branching

  1. Actualización del sistema SCADA y de control para los reactores MQ5 y MQ6 de la planta de Pinturas Condor, Sherwin Williams Ecuador

    Jonathan Reinoso

    2013-12-01

    Full Text Available El presente documento describe la actualización del sistema SCADA para los reactores MQ5 y MQ6 de la planta de Pinturas Condor mediante el software Intouch y la actualización del sistema de control del reactor MQ5 implementado en un controlador lógico programable (PLC de marca SCHNEIDER, además de la arquitectura de control realizada en el proyecto. El sistema SCADA y de control de los reactores permiten la visualización y control de los datos y variables más relevantes durante las diferentes fases de producción de resinas en los reactores MQ5 y MQ6.

  2. Productos biocidas y su uso para el control de fitopatógenos y organismos plaga que afectan a plantas

    González-Coloma, Azucena; Díaz, Carmen E.; Andrés, Mª Fé; Fraga, Braulio M.; Bolaños González, Patricia; Cabrera, Raimundo; Giménez Mariño, Cristina

    2014-01-01

    Productos biocidas y su uso para el control de fitopatógenos y organismos plaga que afectan a plantas. Las enfermedades y plagas constituyen un importante problema en el campo de la agricultura. La presente invención propone un nuevo compuesto de fórmula (I) con actividad biocida, aislado a partir del producto de fermentación de hongos endófitos del género Guignardia sp. La invención también se refiere al método de obtención del compuesto de fórmula (I), a un producto de fermentación que lo c...

  3. Productos biocidas y su uso para el control de fitopatógenos y organismos plaga que afectan a plantas

    González-Coloma, Azucena; Díaz, Carmen E.; Andrés, Mª Fé; Fraga, Braulio M.; Bolaños González, Patricia; Cabrera, Raimundo; Giménez Mariño, Cristina

    2015-01-01

    [ES] Productos biocidas y su uso para el control de fitopatógenos y organismos plaga que afectan a plantas. Las enfermedades y plagas constituyen un importante problema en el campo de la agricultura. La presente invención propone un nuevo compuesto de fórmula (I) con actividad biocida, aislado a partir del producto de fermentación de hongos endófitos del género Guignardia sp. La invención también se refiere al método de obtención del compuesto de fórmula (I), a un producto de fermentación que...

  4. Odour control in composting plants; Control de olores en plantas de compostaje

    Santa Coloma, O.; Hoyo, M. del; Blanco, A.M.; Garcia, J. C.

    2000-07-01

    When planning a composting facility, it is important to predict potential sources of odors along with their emission rates, detectability, and intensity. This article explains the compounds thought to be responsible for odors at composting facilities and the existing technologies for composting odour control. It is described the bio filters whose use in the composting industry is expanding as engineering design criteria for this technology have become increasingly available. (Author)

  5. Floral biology and breeding system of three Ipomoea weeds Biologia floral e sistema reprodutivo de três espécies daninhas de Ipomoea

    R.C.S. Maimoni-Rodella

    2007-03-01

    Full Text Available The floral biology of three weeds, Ipomoea cairica, I. grandifolia and I. nil (Convolvulaceae, was studied in Botucatu and Jaboticabal, São Paulo, in southeastern Brazil. The three species are melittophilous, with a varied set of floral visitors, but with some overlapping. Cluster analysis using Jacquard similarity index indicated a greater similarity among different plant species in the same locality than among the populations at different places, in relation to floral visitor sets. The promiscuous and opportunistic features of the flowers were shown, with such type of adaptation to pollination being advantageous to weeds since pollinator availability is unpredictable at ruderal environments.A biologia floral de Ipomoea cairica, I. grandifolia e I. nil - plantas daninhas da família Convolvulaceae - foi estudada em Botucatu e Jaboticabal, Estado de São Paulo, Brasil. As três espécies são melitófilas, apresentando conjuntos de visitantes florais bastante diversificados, embora haja alguma sobreposição entre eles. Com relação aos visitantes florais, a análise de agrupamento, empregando-se o índice de similaridade de Jaccard, indicou maior similaridade entre diferentes espécies de Ipomoea ocorrentes no mesmo local do que entre populações da mesma espécie em diferentes localidades. O caráter promíscuo e oportunista da adaptação à polinização, presente nessas espécies, foi demonstrado, sendo essa adaptação vantajosa para plantas daninhas, uma vez que em ambientes ruderais a disponibilidade de polinizadores é imprevisível.

  6. Efficiency of a reduced herbicide rate for Brachiaria brizantha control in sugarcane Eficiência de subdoses de herbicidas no controle de Brachiaria brizantha em cana-de-açúcar

    S.P. Tironi

    2012-12-01

    Full Text Available At different growth stages, weeds present different sensitivities to herbicides. Thus, the registered herbicide rate may be reduced under specific conditions, while maintaining satisfactory weed control. This study evaluated the efficiency of reduced rates of the formulated herbicide mixture Velpar K WG® (hexazinone + diuron + Volcane® (MSMA for Brachiaria brizantha control at different growth stages. Optimum weed control efficiency was obtained when applying 50% of the recommended rate in younger plants (plants with one to four leaves. In late applications, it is necessary to increase the herbicide rates and, under these conditions, 90% of the recommended rate for (diuron + hexazinone + MSMA was estimated to be the most economical one.Em estádios diferentes de crescimento, as plantas daninhas apresentam sensibilidade diferenciada aos herbicidas. Desse modo, as doses registradas dos herbicidas podem ser reduzidas em condições específicas, mantendo-se o controle satisfatório das plantas daninhas. Neste trabalho, avaliou-se a eficiência de subdoses da mistura dos herbicidas formulados Velpar K WG® (hexazinone + diuron + Volcane® (MSMA no controle de Brachiaria brizantha em diferentes estádios de crescimento. Ótima eficiência de controle da espécie daninha foi obtida com aplicação de 50% da dose recomendada, quando os herbicidas foram aplicados em plantas mais jovens (plantas com uma a quatro folhas. Em aplicações tardias, comprovou-se a necessidade de aumentar a dose para obter controle eficiente; nessas condições, a dose econômica ótima estimada foi de 90% da dose recomendada da mistura dos herbicidas (diuron + hexazinone + MSMA.

  7. Effect of long-term agricultural management systems on occurrence and composition of weed species Efeito do manejo de longo prazo em sistemas agrícolas sobre a ocorrência e composição de espécies daninhas

    G Concenço

    2011-09-01

    Full Text Available This study aims to assess the composition of weed communities as a function of distinct selection factors, at neighboring areas submitted to distinct soil management and diverse use for sixteen years. Four areas submitted to distinct managements (conventional tillage system; no-till system; integration crop/livestock and continuous livestock were sampled in relation to the occurrence and severity of weed species by the beginning of the planting season, being estimated the relative abundance, relative frequency and relative dominance of each weed species under each area, as well as the Importance Value Index for each species. Areas were also compared by the Sørensen's similarity coefficient. Areas where pasture and grazing were never present, exhibited a number of seedlings of weed species 250% higher than areas periodically or continuously under grazing, while the area of soil covered by weeds was 87% superior at the conventional tillage system in relation to the average of the other treatments. Grass weeds were the most important at the conventional tillage area while broadleaved weeds where more important at the no-till area, probably due also to herbicide selection factors. Under crop/livestock integration there may be the need to care about controlling seedlings of the forage species inside grain crops in succession.Objetivou-se com este estudo avaliar a composição de comunidades infestantes em função de distintos fatores de seleção, em áreas vizinhas submetidas a distintos manejos de solo e usos por 16 anos. Quatro áreas submetidas a manejos distintos (sistema de cultivo convencional, sistema plantio direto, integração lavoura/pecuária e pecuária contínua foram amostradas em relação a ocorrência e severidade de espécies de plantas daninhas no início da estação de cultivo, sendo estimadas a abundância relativa, frequência relativa e dominância relativa de cada espécie daninha em cada área, bem como o Índice de

  8. Efeito de extratos de plantas com atividade inseticida no controle de Microtheca ochroloma Stal (Col.: Chrysomelidae, em laboratório

    Sônia Thereza Bastos Dequech

    2008-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2008v21n1p41 Extratos de plantas com atividade inseticida foram testados no controle de  Microtheca ochroloma (Col.: Chrysomelidae, uma importante praga de brassicáceas nas fases larval e adulta. Duas larvas com três dias de idade, mantidas sob condições de laboratório (T:25ºC, U.R:70% e 14 horas de fotofase, foram colocadas em tubos de vidro contendo folha de  couve-chinesa (Brassica chinensis previamente tratada com extratos aquosos (10% p/v de folha de cinamomo (Melia azedarach, de ramo de  cinamomo e de pó-de-fumo (Nicotiana tabacum. O mesmo procedimento foi repetido em dois ensaios com insetos adultos. No primeiro, foram utilizados todos os extratos anteriormente citados mais o extrato de Dal- Neem (produto comercial à base de Azadirachta indica. No segundo, os insetos foram expostos a extratos de frutos de pimenta malagueta (Capsicum frutescens e de folhas de pitangueira (Eugenia uniflora, de jambolão (Syzygium cuminii e de eucalipto (Eucalyptus sp.. Todos os testes constaram de 10 insetos por tratamento, com cinco repetições no primeiro ensaio com insetos adultos e com seis repetições nos demais. As  observações foram realizadas diariamente até o quinto dia, objetivando avaliar a mortalidade dos insetos. Todos os extratos testados  resultaram num controle efetivo de larvas de M.ochroloma.Em  relação aos insetos adultos, apenas os extratos de pó-de-fumo e de Dal- Neem apresentaram efi ciência de controle.

  9. Diseño mecánico y construcción de una planta didáctica de control de procesos continuos industriales en la Universidad Politécnica Salesiana Sede Cuenca

    Molina Nacipucha, Franklin Patricio

    2013-01-01

    Se presenta el diseño, construcción e implementación de una planta didáctica de control de procesos continuos industriales enfatizando la importancia de los diagramas de procesos y P&ID. Se realiza un procedimiento el cual describe el dimensionamiento de las redes de tubería, la selección de bombas y su integración a la planta, así como el diseño de recipientes a presión, atmosféricos cilíndricos y rectangulares. This document present the design, construction and decimation of a didacti...

  10. AUTOMATIZACIÓN EN NIVEL DE CONTROL DE PLANTA MEDIANTE EL USO DE HERRAMIENTAS LIBRES Y COMPUTACIÓN EN LA NUBE

    Leonardo Emiro Contreras Bravo

    2015-09-01

    Full Text Available El control del proceso de fabricación ofrece muchas herramientas para la optimización productiva de una empresa. Existen aplicaciones especializadas para integrar la información a nivel de planta con el de control de empresa, estos software están basados generalmente en sistemas altamente automatizados en los niveles de campo. La industria de muebles para oficina en Colombia está conformada por pequeñas y medianas empresas, con máquinas con un alto contenido de operación humana y baja automatización. El control de producción mediante informes en papel impide que se pueda tener una fotografía en tiempo real del proceso y la gestión puede ser lenta frente a las necesidades de la empresa. En este documento se presenta una alternativa de diseño de un sistema MES basado en herramientas libres y de computación en la nube, además se hace el planteamiento de implementación para la industria de muebles para oficina al ser integrada integrándola con un sistema CAD especializado llamado OffiCAD.

  11. Plantas de cobertura de solo como hospedeiras alternativas de Colletotrichum guaranicola Cover crops as intermediate hosts to Colletotrichum guaranicola

    L.J. Mileo

    2006-12-01

    Full Text Available As plantas de cobertura de solo usadas para suprimir o crescimento de plantas daninhas podem hospedar fungos fitopatogênicos. Para testar essa hipótese, elaborou-se este trabalho com o objetivo de avaliar o comportamento de nove espécies de plantas como possíveis hospedeiras do fungo Colletotrichum guaranicola. O experimento foi conduzido em casa de vegetação sob delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Cada vaso com três plantas da mesma espécie representou uma unidade experimental. As espécies que constituíram os tratamentos foram: Arachis pintoi, Calopogonium mucunoides, Chamaecrista rotundifolia, Crotalaria striata, Desmodium ovalifolium, Flemingia congesta, Mucuna aterrima, Pueraria phaseoloides e Tephrosia candida. Quarenta dias após a semeadura, as plantas foram inoculadas com suspensão de esporos de C. guaranicola na concentração de 10(5 conídios mL¹, enquanto as plantas testemunhas receberam somente água. As plantas foram mantidas em câmara úmida por 48 horas. Diariamente, foram feitas observações por 15 dias após a inoculação, para visualizar sintomas da doença. As espécies que não apresentaram sintomas de C. guaranicola foram Arachis pintoi, Chamaecrista rotundifolia, Desmodium ovalifolium, Flemingia congesta e Tephrosia candida, e as que manifestaram sintomas após a inoculação foram Calopogonium mucunoides, Crotalaria striata, Mucuna aterrima e Pueraria phaseoloides, que podem ser fontes de inóculo do patógeno da antracnose para o guaranazeiro.Cover crops used to suppress weed growth can be intermediate hosts to phytopathogenic fungi. To test this hypothesis, nine species of cover crops were evaluated as hosts to Colletotrichum guaranicola. The experiment was arranged in a randomized design, with four replicates, and conducted under greenhouse conditions. Each vase with three plants of one species constituted one plot. The species treated were: Arachis pintoi, Calopogonium

  12. Implementación del Control en Planta de un Centro de Distribución Automatizado mediante Agentes Físicos y RFID

    Javier de las Morenas

    2015-01-01

    Full Text Available Resumen: En la última década, la aplicación de la tecnología de sistemas multiagente para el control en planta ha generado gran expectación por parte de profesionales e investigadores. El uso de esta tecnología, por la propia definición de los agentes como: sistemas reactivos (capaces de responder ante cambios en el entorno, proactivos (generando iniciativas dirigidas a alcanzar sus objetivos, autónomos y con capacidades sociales (la toma de decisiones está consensuada, ha propiciado la aparición de gran cantidad de iniciativas. Lamentablemente, la mayoría de estas iniciativas se reducen únicamente a definiciones de agentes, declaración de intenciones o simulaciones, o bien constituyen propuestas demasiado ambiciosas, lo que ha impedido que la industria adopte este tipo de soluciones. Este artículo presenta una aproximación para la implementación de los agentes encargados del control en planta, conocidos como agentes físicos u holones, sobre una plataforma experimental que representa las instalaciones de un centro de distribución automatizado. Se ha tomado como punto de partida el concepto de holón, pero se ha adaptado de manera que la toma de decisiones tenga lugar en el controlador industrial. El trabajo se ha centrado en alcanzar una toma de decisiones en planta inteligente. Se definen dos tipos de agentes y se ha modelado, mediante redes de Petri, la forma en la que interaccionan estos agentes en la toma de decisiones que surgen en el funcionamiento de una planta inteligente. Finalmente los modelos se han implementado sobre autómatas programables. Abstract: The application of the multi-agent systems technology for shop-floor control has generated great expectations among professionals and researchers in the last decade. The use of this technology conveys, by the definition of the agents, reactive systems (able to respond to changes, proactive systems (their behavior is oriented towards the achievement of predefined

  13. Estudo exploratório do uso de plantas medicinais para o controle de fatores de risco cardiometabólico em mulheres pós-menopausa

    Gabriela Tassotti Gelatti

    2016-08-01

    Full Text Available Este estudo buscou identificar o uso de plantas medicinais para o controle de fatores de risco cardiometabólico, em mulheres pós-menopausa. Trata-se de um estudo transversal, analítico e exploratório e subprojeto de uma pesquisa institucional “Estudo multidimensional de mulheres pós-menopausa do município de Catuípe/RS”. As informações relativas ao uso de plantas foram obtidas em entrevista estruturada e os dados relativos ao índice de massa corporal, circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico e glicêmico do banco de dados da referida pesquisa. Foram selecionadas 51 mulheres, 37,2% relataram usar plantas para problemas cardiometabólicos e apresentavam elevado risco cardiovascular. Foram citadas 18 espécies de plantas, três usadas para diabetes mellitus, sendo a Sphagneticola trilobata a mais citada, uma para hipertrigliceridemia, cinco para hipercolesterolemia, entre as quais a Myristica fragrans foi a mais mencionada, uma para hipertensão e três para redução de peso, destacando- se a Camellia sinensis. Para seis das espécies estudadas foi atribuída ação diurética e uma delas tem indicação para problemas cardíacos. Dentre as citadas, seis encontram- se na RDC 10/2010 e três no Formulário de Fitoterápicos da Farmacopéia Brasileira, contudo, apenas a indicação de uma planta confere com o relato das entrevistadas, por outro lado foram encontrados estudos que relacionaram estas plantas com efeitos cardioprotetores. Considerando a importância do manejo adequado destas doenças, torna- se necessário averiguar se as plantas estão sendo utilizadas para a indicação correta. Sugere-se também a implantação de ações educativas visando qualificar o uso de plantas para diminuir o risco cardiometabólico, utilizando as Políticas do SUS como instrumento de trabalho.Palavras-chave: Risco cardiovascular. Climatério. Terapias complementares. Plantas medicinais. ABSTRACTExploratory study of the

  14. Produtos Alternativos para Controle de Thaumastocoris peregrinus e Indução de Resistência em Plantas

    Grasielle Adriane Toscan Lorencetti

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar o efeito inseticida de produtos alternativos sobre Thaumastocoris peregrinus, bem como o potencial em atuar no processo de indução de resistência em plantas. Folhas de Eucalyptus camaldulensis foram imersas na solução dos produtos Orobor®, Topneem®, Rotenat®, Rotenat CE®, Baicao®, Compostonat®, Pironat®, Assist®, Extrato de Alho e Calda Bordalesa. Posteriormente, foram transferidas para tubos contendo 10 adultos de T. peregrinus, avaliando-se diariamente o número de insetos mortos. Os produtos que apresentaram efeito inseticida foram testados quanto ao seu potencial como indutores de resistência, avaliando-se em cotilédones de soja a síntese da fitoalexina gliceolina (pterocarpanoide e a ativação da rota dos fenilpropanoides pela atividade da enzima fenilalanina amônia-liase. Água foi utilizada como testemunha e quitosana (1% como indutor de referência. Rotenat®, Compostonat®, Rotenat CE® e Topneem® apresentaram efeito inseticida; destes Rotenat CE® e Topneem® apresentaram potencial como indutores de resistência, expressando valores significativos de fitoalexinas e atividade da FAL (fenilalanina-amônialiase.

  15. Especificación de Perfil Zigbee para Monitoreo y Control de Plantas Industriales

    Sergio Serna

    2009-12-01

    Full Text Available The use of ZigBee wireless technology in many applications is currently increasing due its short-range, low power consumption, low data transmision and high security. ZigBee profiles allow use this technology for specific systems, in order to develop of distributed applications to be easily implemented in any domain of interest. This paper presents the formal specification of a ZigBee profile for monitoring and control of industrial plants, which is implemented by use of cutting-edge tools for 8-bits microcontrollers. The network is deployed in a controlled environment using the specified profile, achieving the development of personal applications and higher confiability in the data transmission.

  16. Onion seedling production in styrofoam trays under controlled environment, as summer-planted onions Plantas de cebola produzidas em bandejas sob cultivo protegido, no verão

    Maria Cristina Veiga De Vincenzo

    2003-02-01

    Full Text Available Summer-planted onion (Allium cepa L. can increase grower profits, but the production of seedlings for transplant is difficult. This experiment was carried out in Piracicaba, SP, Brazil, with the objective of studying the behavior of the short-day onion hybrid Mercedes, in its initial stage, under controlled greenhouse environment, as summer-planted onions. Four formulated substrates, two different numbers of plants per cell were tested, and 288-cell styrofoam trays used. Trials were set up in split-plot design (n=3. Substrate and number of plants per cell represented main plots, and N application (2 and 3 times a week the subplots. The number of three plants per cell decrease the earlier onset of bulbing and increase plant height; substrates did not show differences; and the N application 3 times a week increased plant height and leaf dry weight, but did not result in earlier onset of bulbing.Uma das dificuldades do cultivo do verão da cebola (Allium cepa L., que permite maior lucro pois esta é a época de entressafra, é a produção de plantas para o transplante. Com o objetivo de verificar o comportamento na fase de muda do híbrido Mercedes, sob cultivo protegido como cultura de verão, o experimento foi instalado em estufa, em Piracicaba, SP com bandejas de isopor de 288 células. Foram testados quatro substratos. e dois números de plantas por células (3 e 4 plantas/célula, sendo sub-plot a suplementação mineral com nitrogênio 2 e 3 vezes por semana com nitrato de cálcio + nitrato de potássio. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com fatorial 4 x 2 em parcelas subdivididas, e três repetições. A densidade de três plantas por célula apresentou menor taxa de bulbificação precoce e maior altura da planta; não houve diferença quanto aos substratos e que a aplicação de nitrogênio três vezes por semana apresentou os maiores valores de altura da planta e peso da matéria seca da parte aérea, n

  17. Soil organisms associated to the weed suppressant Crotalaria juncea (fabaceae and its importance as a refuge for natural enemies Organismos de solo associados à supressora de plantas daninhas Crotalaria juncea (fabaceae e sua importância como refúgio para inimigos naturais

    W.S Tavares

    2011-09-01

    : Lagriidae, Melanotus sp. (Coleoptera: Elateridae, Meloidogyne incognita (Tylenchida: Heteroderidae, Nephila clavipes (Araneae: Nephilidae, Orius insidiosus (Hemiptera: Anthocoridae, Pheidole sp. (Hymenoptera: Myrmicidae, Phyllophaga sp. (Coleoptera: Scarabeidae, Procornitermes sp. (Isoptera: Termitidae, Solenopsis sp. (Hymenoptera: Formicidae e Utetheisa ornatrix (Lepidoptera: Arctiidae foram identificados em C. juncea. Os organismos que foram encontrados durante um período de três meses em 144 trincheiras em C. juncea foram as espécies de pragas (84,47% e inimigos naturais (15,53%. Inimigos naturais tiveram uma média de 11,89 indivíduos por 1,08 m³ de solo cultivado com C. juncea. A abundância de organismos na fase de vagem (5,49% de C. juncea foi menor do que nas fases vegetativa (83,50% e floração (11,01%. Plantas de C. juncea podem ser usadas como parte de um sistema de cultivo para o Manejo Integrado de Pragas.

  18. Control biológico de la agalla de corona en plantas de crisantemo con la cepa k-84 de a Grobacterium Radiobacter var radiobacter (Beijerinck & Van delden Conn

    Garzón Gerardo

    1986-12-01

    Full Text Available A partir de plantas de crisantemo de las variedades Surf, Yellow Garland y Clrcus afectadas por la agalla de corona en la Sabana de Bogotá, se obtuvieron 3 aislamientos bacterlales de A. radlobacter varo tumefaclens Smith &.. Townsend, los cuales se caracterizaron e identificaron mediante observaciones macroscópicas y microscópicas y la realización de pruebas fisiológicas y bioqurmicas en el laboratorio; para probar la patogenecidad de dichos aislamientos se inocularon en plantas de tomate, en discos de zanahoria y de remolacha.
    Se realizaron 2 ensayos para determinar el efecto de la cepa K-84 de A. radlobacter varo radlobacter sobre la enfermedad ocasionada por 2 aislamientos patógenos de A. radlobacter
    var. tumefaclens en plantas de crisantemo o de las variedades Clrcus, Yellow Garland y Surf. El primer ensayo se desarrollo en bancos de enraizamiento con esquejes sin enraizar y el segundo ensayo se hizo con esquejes enraizados y colocados en materas. Los 3 aislamientos patógenos presentaron un alto porcentaje de Infección en las variedades Circus y Yellow Garland, mientras que la variedad Surf fue la menos afectada. La cepa K-84 fue más efectiva en el ensayo de materas que en el ensayo en bancos de
    enraizamiento por la fácil lixiviación de la bacteria con el agua de riego. Se encontró un mejor control de la cepa K-84 para los aislamientos patógenos pertenecientes al blotlpo 2. La inmersión en preslembra de los esquejes en una solución de cloro y el uso continuo de este elemento en el agua de riego fueron el mejor tratamiento para .el control de la agalla de corona en bancos de enraizamiento yen materas.

  19. Atividade residual de diuron, oxyfluorfen e prometryne no controle de Euphorbia heterophylla Residual activity of diuron, oxyfluorfen, and prometryne for Euphorbia heterophylla control

    R.S. Oliveira Jr.; J.C. Carneiro; J. Constantin; G. Santos; A.C. Francischini; A.M. Oliveira Neto

    2012-01-01

    As aplicações de herbicidas em pré-emergência têm por finalidade a obtenção da atividade residual no início do ciclo das culturas. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade residual dos herbicidas diuron, oxyfluorfen e prometryne, aplicados isoladamente ou em misturas, no controle de Euphorbia heterophylla. Oito experimentos foram conduzidos em casa de vegetação, aplicando-se doses dos herbicidas ou das misturas aos 30, 20, 10 e 0 dias antes da semeadura da planta daninha (DAS)...

  20. CONTROLE EM PÓS-EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS POR HERBICIDAS UTILIZADOS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR

    PAULO VINICIUS DA SILVA; PATRÍCIA ANDREA MONQUERO; WILLIAM SANCHES MUNHOZ

    2015-01-01

    The implantation of the mechanized harvesting system of sugarcane led to changes in the pro- duction system, in the production system was the modification of the weed flora, promoting the emergence of weed species that weren`t present in the conventional production system where the sugar cane was burnt. The present work had the objective of determining dose response curves of the herbicides amicarbazone, saflufenacil, mesotrione and sulfentrazone in post - emergence, over the ...

  1. Planta de producció de paracetamol

    Analgedol (Grup de recerca); Lafuente Sancho, Francisco Javier; Universitat Autònoma de Barcelona. Escola d'Enginyeria

    2009-01-01

    L'objectiu d'aquest projecte es basa en el disseny d'una planta química en la qual es durà a terme la producció del paracetamol a partir de la nitració del fenol. Per a realitzar aquest projecte s'haurà de tenir en compte que la planta compleixi les normatives i legislacions vigents. Aquest projecte inclou els càlculs realitzats per a obtenir el disseny dels equips necessaris per a dur a terme el procés, els diagrames corresponents al procés com ara plànols d'enginyeria, implantació, etc., la...

  2. Ação de herbicidas sobre mecanismos de defesa das plantas aos patógenos

    Rizzardi Mauro Antônio

    2003-01-01

    Full Text Available As plantas necessitam defender-se continuamente do ataque de agentes biológicos e de estresses do ambiente. A imobilidade e a falta de sistema imunológico, como ocorre em animais, fizeram com que as plantas desenvolvessem mecanismos de defesa, em que cada célula possui tanto capacidade de defesa induzida quanto pré-formada. No entanto, esses mecanismos podem ser influenciados pelo uso de herbicidas. A presente revisão objetivou apresentar os efeitos de herbicidas em mecanismos de defesa das plantas contra patógenos, bem como analisar as possíveis conseqüências desse conhecimento no manejo de plantas daninhas e de culturas. Alguns herbicidas influenciam a severidade de doenças, induzindo ou inibindo a síntese de fitoalexinas. Herbicidas do grupo químico difeniléteres geram espécies reativas de oxigênio, as quais mediam a ativação de genes de defesa responsáveis pela síntese de fitoalexinas e também por reação de hipersensibilidade. O uso de subdoses de glyphosate ocasiona efeito contrário, diminuindo a produção de fitoalexinas e aumentando a severidade de doenças. A constatação desses efeitos requer a adoção de estratégias de manejo que minimizem seus impactos negativos ou que se beneficiem desses efeitos, como pode ocorrer quando do uso de bioherbicidas.

  3. Efeito de extratos de plantas medicinais no controle de Colletotrichum acutatum, agente causal da flor preta do morangueiro Effect of plant extract on control of Colletotrichum acutatum the causal agent of the black spot of strawberry

    Taís Ferreira Almeida

    2009-09-01

    Full Text Available A flor preta do morangueiro, causada por Colletotrichum acutatum, acarreta sérios problemas à cultura. Com o objetivo de verificar a utilização de extratos vegetais no controle da doença, testes "in vitro" foram realizados com 11 extratos vegetais hidroalcoólicos produzidos de plantas utilizadas na medicina popular. Os extratos foram preparados a partir de diferentes partes da planta, de acordo com a espécie, utilizando água e álcool no processo de extração por maceração. Foi verificada a influência dos extratos no crescimento micelial, esporulação e germinaç��o de esporos de C. acutatum, e também no controle do patógeno em folhas e frutos destacados. De acordo com a metodologia utilizada, os extratos vegetais que apresentaram maior eficiência foram os de folha e ramos de Ruta graveolens, Artemisia absinthium e bulbos de Allium sativum, indicando ter essas plantas potencial fungitóxico para o controle de C. acutatum.The black spot of strawberry plants caused by Colletotrichum acutatum, causes serious problems to the culture. To control the disease and minimize the use of fungicides, in vitro assays were accomplished with 11 different plant hydroalcoholic extract from plants species used in the popular medicine. The extracts were produced from plant parts (according to the species using water and alcohol in the extraction process for infusion. The influence of the extracts was verified in the micelial growth, esporulation and germination of the pathogen, besides a test with leaves and outstanding fruits. In agreement with the methodology used in this study, the extracts that showed the highest efficiency were the ones from Ruta graveolens, Artemisia absinthium and Allium sativum, which indicate such plants as potential fungitoxics for the control of C. acutatum.

  4. Controle de Acacia farnesiana e de Mimosa pteridofita em pastagem Control of Acacia farnesiana and of Mimosa pteridofita in pastures

    Ricardo Carmona

    2001-10-01

    Full Text Available Conduziu-se um experimento com o objetivo de estudar a eficácia agronômica e econômica de herbicidas para o controle de duas sérias plantas daninhas de pastagens: Acacia farnesiana e Mimosa pteridofita. Os produtos utilizados, por meio de pincelamento no toco, foram o óleo diesel, óleo lubrificante usado de trator, solução aquosa de 2,4-D + picloram e solução oleosa de 2,4-D + picloram. À exceção do óleo lubrificante, os herbicidas foram testados em dois tamanhos de planta daninha e duas alturas de corte. Avaliaram-se a porcentagem de controle e o vigor de brotação das plantas não-controladas. Concluiu-se que o corte das plantas só é eficiente no controle das duas espécies, quando realizado no nível do solo e seguido da aplicação de herbicida específico, como o 2,4-D + picloram. O óleo diesel também controla totalmente ambas as espécies, e com menores custos que o 2,4-D + picloram, porém apenas quando aplicado nas plantas mais jovens. Há incompatibilidade entre o óleo diesel e o 2,4-D + picloram no controle das duas espécies. O óleo lubrificante usado não apresenta nenhum efeito herbicida em plantas adultas destas espécies.An experiment was carried out to study the efficacy of herbicide treatments in controlling two serious pasture weeds: Acacia farnesiana and Mimosa pteridofita. The following herbicides were applied to the stump, after cutting: diesel oil, used engine lubricant oil, 2,4-D + picloram diluted in water or diesel oil and a control treatment without herbicide. All herbicide treatments were tested on two sizes of the plants and two heights of cutting, except the lubricant oil. The shrub control and sprouting vigor were evaluated in all treatments. The results showed that cutting of plants is effective only when it is carried out at the soil surface level and followed by a specific herbicide treatment, such as 2,4-D + picloram. Diesel oil controlled 100% of the younger plants of both species, at lower

  5. Perspectives for the use of plant extracts to control the cattle tick Rhipicephalus (Boophilus microplus Perspectivas para o uso de extratos de plantas para o controle do carrapato de bovinos Rhipicephalus (Boophilus microplus

    Lígia Miranda Ferreira Borges

    2011-06-01

    Full Text Available The evolution of resistance of Rhipicephalus (Boophilus microplus to synthetic acaricides has given rise to the need for new scientific investigations on alternative ways to control this tick. In this regard, various studies on plants have been developed in an attempt to find extracts with acaricidal properties. Evaluations on plant extracts for controlling R. (B. microplus have grown intensely over the last decade. There are many advantages from using plant extracts: for example, they can be used in organic cattle farming or even replace synthetic acaricides and they are associated with lower environmental and food contamination, slower development of resistance and lower toxicity to animals and humans. In vitro studies on plant extracts have shown promising results, but most of these extracts have not been tested on animals to validate their use. Difficulties in preparing proper formulations, differences in the chemical composition of plants of the same species due to extrinsic and intrinsic factors and sparse information on active acaricide compounds are hindrances that need to be addressed in order to enable progress within this scientific field.A evolução da resistência do Rhipicephalus (Boophilus microplus aos acaricidas sintéticos tem impulsionado novas investigações científicas sobre métodos alternativos para controlar este carrapato. Considerando isso, vários estudos com plantas têm sido desenvolvidos numa tentativa de encontrar extratos com propriedades acaricidas. Avalições de extratos de plantas para o controle de R. (B. microplus tem sido intensificadas nesta última década. Existem muitas vantagens com o uso de extratos de plantas no controle deste carrapato, como: eles podem ser utilizados na produção orgânica de bovinos, ou mesmo substituir os acaricidas sintéticos, além do mais, estão associados com baixa contaminação ambiental e dos alimentos, desenvolvimento mais lento de resistência e baixa toxicidade

  6. Plantas invasoras da cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. no Estado de Minas Gerais

    Julio Pedro Laca-Buendia

    1989-01-01

    Full Text Available Nas áreas de cultura do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L., no Estado de Minas Gerais, foram coletadas e identificadas 222 espécies de plantas invasoras (= plantas daninhas, pertencentes a 35 famílias botânias, representando 118 gêneros, sendo que as famílias Compositae, Leguminosae, Gramineae, Malvaceae, Convolvulaceae, Rubiaceae, Euphorbiaceae, Amaranthaceae, Cyperaceae e Solanaceae, são as mais importantes em relação à cultura. As plantas coletadas, devidamente etiquetadas e identificadas, foram anexadas no PAMG (Herbário da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, Belo Horizonte - (MG..A survey in the cultivation area of bean in the state of Minas Gerais, Brazil, resulted in the determination of 222 weeds species, of 118 genera belonging to 35 families presenting a greater number of species areas: Compositae, Leguminosae, Gramineae, Malvaceae, Convolvulaceae, Rubiaceae, Euphorbiaceae, Amaranthaceae, Cyperaceae and Solanaceae, with 33, 30, 25, 21, 12, 10. 10, 10, 9. 8 species respectively.

  7. Plan de marketing para un vivero de planta ornamental

    MARCH CUBERTORET, PAULA

    2017-01-01

    [ES] Se ha realizado un plan de marketing de un vivero de planta ornamental interior en Petrés (Valencia), así como un estudio de mercado para analizar las necesidades del consumidor y proponer mejorar el posicionamiento de la empresa para finalmente aumentar las ventas de sus productos. March Cubertoret, P. (2017). Plan de marketing para un vivero de planta ornamental. http://hdl.handle.net/10251/92819 TFGM

  8. Genetic variability among Commelina weed species from the states of Paraná and São Paulo, Brazil Variabilidade genética entre espécies de plantas daninhas do gênero Commelina provenientes dos estados do Paraná e São Paulo, Brasil

    D.C. Rocha

    2009-01-01

    . Os resultados mostraram que há variabilidade genética inter e intraespecífica nas plantas do gênero Commelina. A análise da diversidade genética entre as espécies indicou quatro agrupamentos monoespecíficos, e isso sugere manter C. villosa como uma espécie. Considerando a variabilidade genética intraespecífica somente de C. benghalensis, apesar das 13 populações provenientes de dois Estados geográficos, três grupos foram identificados. Entretanto, esses agrupamentos não correspondem às características morfológicas distintas observadas.

  9. Desarrollo del cuadro de mando integral para la unidad de mantenimiento de plantas de tratamiento de la EMAAP-Q

    Ramírez, Jaime

    2010-01-01

    Este trabajo de investigación, formula y proporciona las pautas para la implementación del Cuadro de Mando Integral (CMI) en la Unidad de mantenimiento de Plantas. El CMI le servirá a la EMAAP-Q, como una herramienta de control estratégico que permitirá mejorar los niveles de calidad y productividad en la prestación del servicio de mantenimiento de Plantas de tratamiento. 1. NATURALEZA Y FUNDAMENTOS DEL CUADRO DE MANDO INTEGRAL 2. LA EMPRESA METROPOLITANA DE ALCANTARILLADO ...

  10. Plantas infestantes em lavouras de milho safrinha, sob diferentes manejos, no Médio Paranapanema Weed in second corn crops submitted to different systems in the Médio Paranapanema Region

    A.P. Duarte

    2007-01-01

    Full Text Available Um levantamento de plantas daninhas foi realizado em 20 lavouras de milho safrinha em 1997 e 40 em 1998 e 1999, depois da soja, na região do Médio Paranapanema-SP. O levantamento abrangeu os municípios de Assis, Campos Novos, Cândido Mota, Cruzália, Florínea, Maracaí, Palmital, Pedrinhas Paulista e Platina. No estádio de enchimento de grãos, as lavouras foram percorridas em ziguezague, a partir de quatro pontos de entrada, de maneira a representar a área total. As lavouras foram subdivididas de acordo com as condições de manejo das culturas: semeadura direta, semeadura convencional em solo preparado com grade e semeadura de milho safrinha na palha de soja cultivada no sistema convencional. Em cada lavoura foram cadastrados o nível de infestação e as espécies daninhas. Foram coletadas informações quanto ao manejo das plantas daninhas adotado nas lavouras, assim como sobre os herbicidas empregados. As espécies de plantas daninhas mais importantes foram Cenchrus echinatus, Bidens pilosa, Euphorbia heterophylla, Raphanus sativus, Digitaria horizontalis, Commelina benghalensis, Amaranthus sp., Achyrocline satureioides, Sinapis arvensis, Sida sp., Glycine max, Avena strigosa, Eleusina indica e Sorghum halepense. Houve acentuado aumento na infestação da espécie C. echinatus nas lavouras, a qual passou a constituir-se na principal espécie infestante. R. sativus também se tornou importante e apresentou grande incremento de 1997 a 1999. Na semeadura convencional houve predomínio de alta infestação, evidenciando desempenho inferior desse sistema em relação aos demais no controle de plantas daninhas. O controle químico mais utilizado foi a mistura atrazine + óleo vegetal + 2,4-D, seguido por atrazine + óleo e atrazine isolado. De modo geral, não se efetuou o controle das plantas daninhas em 22% das lavouras, as quais apresentaram as maiores porcentagens de infestação. O nível de infestação em função do tipo de

  11. Medicinal plant extracts on the control of Diabrotica speciosa (Coleoptera: Chrysomelidae Extratos de plantas medicinais no controle de Diabrotica speciosa (Coleoptera: Chrysomelidae

    F.S. Barbosa

    2013-01-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the insecticidal effect of aqueous, alcoholic, and oil extracts from leaves of eight medicinal plants against Diabrotica speciosa prepared at five concentrations. The extracts that used commercial soybean oil as solvent showed the highest D. speciosa mortality due to the solvent itself, regardless of the used plants and their concentrations. Thus, commercial soybean oil was discarded as solvent since at these volumes it would cause serious phytotoxicity problems. After 24 hours of exposure of the pest to the extracts, the highest D. speciosa mortality values were observed for Copaifera langsdorfii and Chenopodium ambrosioides extracts, both in 5% alcohol, and Artemisia verlotorum, in 10% water. However, in the last mortality assessment (48 h, C. langsdorfii extract in 5% alcohol showed higher mortality of this pest, followed by C. ambrosioides extract in 5% alcohol, compared to the remaining plants.O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito inseticida de extratos aquosos, alcoólicos e oleosos de folhas de oito plantas medicinais contra Diabrotica speciosa preparadas em cinco concentrações. Os extratos que utilizaram óleo de soja comercial como solvente apresentaram as maiores mortalidades de D. speciosa em função do próprio óleo, independentemente das plantas utilizadas em suas concentrações. Sendo assim, o óleo de soja comercial foi descartado como solvente, pois nestes volumes acarretaria sérios problemas de fitotoxidade. Após 24 horas de exposição da praga aos extratos, os maiores valores de mortalidade de D. speciosa foram observados nos extratos de Copaifera Langsdorfii e de Chenopodium ambrosioides, ambos em álcool 5%, e de Artemisia verlotorum, em água 10%. Entretanto, na última avaliação de mortalidade (48 h, o extrato de C. langsdorfii em álcool a 5% apresentou maior mortalidade dessa praga, seguida pelo extrato alcoólico a 5% de C. ambrosioides comparada às demais plantas.

  12. Control del crecimiento y desarrollo de las plantas por la luz: Funciones fotoperceptivas y mecanismos de acción del fitocromo A

    Yanovsky, Marcelo Javier

    1999-01-01

    La luz es un factor ambiental crítico para el crecimiento y desarrollo de las plantas. Provee no solo la energía lumínica necesaria para el proceso fotosíntético, sino también señales informativas que las plantas utilizan para coordinar su crecimiento y desarrollo con el ambiente circundante. La percepción de las señales lumínicas esta mediada por fotorreceptores específicos como los fitocromos. Estos son una pequeña familia de proteínas codificada por cinco genes en Arabidopsis thaliana, FIT...

  13. Diseño de un Sistema de Detección y Diagnóstico de Fallas basado en Modelo para una Planta Desalinizadora de Agua de Mar

    Soto Angles, Mario Eduardo

    2016-01-01

    Los sistemas de diagnóstico de fallas cumplen un papel importante en los sistemas de control en la actualidad, ya que los distintos elementos que componen la planta son susceptibles a fallas. Las fallas que ocurren en una planta desalinizadora por ósmosis inversa pueden traer como consecuencia una mala calidad de agua desalinizada, reducir considerablemente la eficiencia de producción de la planta, poner en peligro la integridad de los operadores de la planta o provocar problem...

  14. Control biológico de hongos fitopatógenos causantes de pudrición basal en plantas de Gypsophila paniculata y Limonium sinuatum, mediante aplicación de Trichoderma sp.

    Adriana Ruíz Villegas

    2006-01-01

    químico fue el más eficiente en las semanas críticas de infección (cuando se da la mayor pérdida de plantas, con una ventaja del 3,36% sobre el tratamiento biológico en Limonium sinuatum y del 2,09% en Gypsophila paniculata (Million_star. Los tratamientos biológicos más efectivos fueron FITODERMA y T-22 ROOT SHIELD, presentando diferencias del 1 y 2% ante los productos BIOPAK-F Y TRICHO-D. Por costos el producto más indicado fue BIOPAK-F, teniendo en cuenta su dosis y eficiencia. En las muestras de suelo y monitoreo de plantas afectadas, se encontraron los hongos Fusarium oxysporum, Fusarium solani y Fusarium roseum, junto a bacterias de los géneros Erwinia spp. y Pseudomonas spp., causantes de daño en tallos y raíces. No se reportó la presencia de Rhizocthonia spp. y Pythium spp. Se determinó que el control con Trichoderma spp. permite mantener poblaciones estables de patógenos entre 12 y 24 semanas, posibles de controlar mientras que el manejo químico reduce eficientemente dichas poblaciones en 12 semanas, pero en 24 semanas se alcanzan nuevamente niveles poblacionales elevados. La rotación del cultivo favoreció el mantenimiento de las plantas de Gypsophila paniculata (Perfecta, y la pérdida fue debido al ataque de organismos plaga como sinfílidos y babosas.

  15. Métodos de controle de plantas invasoras na cultura do cafeeiro (Coffea arabica L. e componentes da acidez do solo Weed control methods and soil acidity components in coffee plantation (Coffea arabica L.

    Elifas Nunes Alcântara

    2007-12-01

    Full Text Available Em lavouras perenes, como na cultura do cafeeiro, o controle de plantas invasoras tem sido feito por meio de métodos manuais, mecanizados, químicos e associações destes. De modo geral, têm-se avaliado os diferentes métodos sob o ponto de vista de eficiência e de custo no controle das plantas invasoras; no entanto, a influência deles sobre as condições químicas do solo, praticamente, não tem sido estudada, principalmente a longo prazo. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de diferentes métodos de controle de plantas invasoras na cultura do cafeeiro sobre os componentes da acidez de um Latossolo Vermelho distroférrico da região de São Sebastião do Paraíso, MG. Sete tratamentos de controle de plantas invasoras foram avaliados: roçadora (RÇ, grade (GR, enxada rotativa (RT, herbicida de pós-emergência (HC, herbicida de pré-emergência (HR, capina manual (CM e testemunha sem capina (SC, dispostos em blocos casualizados com três repetições. Amostras de solo, em cada tratamento, foram coletadas a cada dois anos, a partir de 1980, nas camadas de 0-0,15 e 0,15-0,30 m, para avaliação de pH, Al3+, acidez potencial (H + Al e saturação por Al3+ (m. O sistema HR aumentou o teor e a saturação por Al3+ e a acidez potencial e diminuiu o pH, quando comparado com os demais métodos de controle de plantas invasoras, principalmente com a testemunha (SC. O tratamento SC mostrou efeito contrário ao do HR, aumentando os valores de pH e diminuindo o teor de Al3+ e a saturação por Al3+, em ambas as camadas de solo. O RÇ foi o tratamento que mais se aproximou do SC, e os demais tratamentos, no geral, não apresentaram comportamento diferenciado.In perennial agriculture, such as coffee plantation, weeds are controlled by hand, mechanized, and chemical weeding and their combinations. Methods that differ in terms of efficiency and costs have been evaluated; however, the influence of these methods on the soil chemical conditions has

  16. La Planta de Equivalencias. Mat-rooming.

    Silvia Colmenares

    2017-10-01

    Full Text Available La atención a los mecanismos por los que determinadas configuraciones arquitectónicas son capaces de adaptarse al cambio define un campo de interés que no ha hecho más que crecer desde mediados del siglo XX, tras la superación de la disyuntiva excluyente entre forma y función. Sin embargo, el peso de las estrategias basadas en el principio de planta libre es todavía mucho mayor que el de otras propuestas que no se sustentan en la independencia entre estructura portante y organización distributiva. El objetivo de este trabajo es la definición de una genealogía para la noción de planta de equivalencias que se propone como modelo de indiferencia funcional alternativo, estableciendo una conexión entre las lógicas de la arquitectura doméstica pre-burguesa y los más recientes ejemplos de experimentación programática en materia de vivienda. La reinterpretación de algunas técnicas de iteración de elementos desarrolladas en los años 60 por la generación más crítica con la modernidad canónica, junto con el análisis de su vocabulario operativo asociado, permitirán enunciar una aproximación a los patrones del habitar basada en la proliferación sistemática de la habitación como pieza genérica.

  17. Transferências de plantas em uma perspectiva histórica: o estado da discussão*

    William Beinart

    Full Text Available Este artigo explora algumas rotas dentro da história da transferência de plantas, especialmente durante o período do imperialismo europeu. Tenta extrair conhecimento de diferentes campos de pesquisa, que geralmente não estão justapostos, tecendo em conjunto perspectivas advindas de disciplinas contrastantes. Não pretende oferecer uma história completa, pois tal seria uma tarefa muito mais complexa. Tentamos incluir deliberadamente plantas cultivadas para a agricultura, plantas de jardim, ervas daninhas e plantas invasoras na mesma estrutura de análise, pois é difícil definir algumas espécies apenas dentro de uma dessas categorias culturalmente construídas. O artigo desenvolve três pontos principais. Primeiramente, ele levanta questões sobre o padrão assimétrico de transferência de plantas durante o período imperialista, consequentemente desafiando algumas das proposições presentes no livro Ecological imperialism, de Alfred Crosby. Em segundo lugar, avaliamos a literatura recente com relação à história da botânica e das instituições botânicas e sugerimos que uma área mais ampla de atuação humana necessita ser considerada, assim como as transferências acidentais, se quisermos mapear e compreender os movimentos globais das espécies de plantas. Em terceiro lugar, argumentamos que, na busca de generalizações sobre os padrões de transferência, os cientistas têm se concentrado em demasia nas propriedades das plantas e os historiadores, no entendimento das instituições políticas e econômicas. A construção de uma história global, assim como de histórias de plantas específicas, requer uma combinação de percepções e pesquisas advindas das ciências exatas, sociais e humanas.

  18. Uso de plantas medicinais por pessoas com hipertensão

    Marília Gabrielle Santos Nunes

    2015-01-01

    Full Text Available Objetivo: describir el uso de plantas medicinales en el tratamiento de la hipertensión arterial por personas con hipertensión inscritas en el Programa de Salud Familiar en una ciudad del interior de Pernambuco. Métodos: estudio descriptivo, cuyos datos se obtuvieron a través de guía de entrevistas semiestructuradas aplicada a 172 pacientes. Resultados: el uso de plantas medicinales para el control de la hipertensión fue informado por 39,5%, de los cuales 57,4% utiliza sólo una planta medicinal. Entre las especies citadas predominó el uso de chayote [Sechium edule (Jacq. Sw.-34.8%]. Conclusión: plantas medicinales constituyen terapia coadyuvante en el tratamiento de hipertensión, sin embargo requiere monitoreo del manejo y de las especies seleccionadas.

  19. Desempenho horticultural de plantas propagadas in vitro de Sacha inchi

    Paulo Hercílio Viegas Rodrigues

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi avaliar, em condições de campo, características horticulturais de mudas propagadas in vitro de Sacha inchi (Plukenetia volubilis L, quanto à época de florescimento e colheita, características morfológicas relacionadas à coloração e forma de folhas, caule e frutos, bem como a produtividade do material propagado in vitro. As mudas de cultura de tecidos foram propagadas por seis semanas em meio de cultivo com sais e vitaminas de MS, acrescido de 30g L-1 de sacarose e 1,0mg L-1 de BAP, a partir do ponteiro de plântula germinada in vitro. Foram selecionadas, ao acaso, quatro plantas propagadas in vitro, quatro plantas por via seminal e mais vinte e duas plantas, também por via seminal, compondo a bordadura, totalizando trinta plantas. As análises foram semanais até completar quatorze meses do plantio, que ocorreu antes da primeira poda. Os resultados obtidos indicam a não ocorrência de variabilidade genética nas plantas produzidas in vitro, bem como precocidade na produção e maior produtividade, quando comparado com o material convencional obtido via seminal.

  20. Eficiência do herbicida oxyfluorfen, quando veiculado ao papel, no controle de algumas espécies daninhas Effect of the herbicide oxyfluorfen using paper as a vehicle on the weed control

    Alexandre J. Bezutte

    1995-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de encontrar um método alternativo de aplicação de herbicidas, estudou-se a eficiência do oxyfluorfen aplicado em três doses (0, 480 e 960g/ha sob duas formas (pulverizado e veiculado em folha de papel no controle em pré-emergência de Bidens pilosa, Desmodium tortuosum, Eleusine indica, Sida rhombifolia Amaranthus retroflexus, Acanthospermum hispidum e Digitaria horizontalis. A pulverização do oxyfluorfen foi realizada com o auxílio de um pulverizador, e sua veiculação foi feita através da determinação prévia da capacidade de embebição do papel. Obteve-se a concentração necessária da calda quando o papel atingiu completa embebição e então, escorrido o excesso, foi posto a secar na sombra. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com cinco repetições. Foram realizadas avaliações aos 30, 45 e 60 dias após a aplicação (DAA, e os resultados indicaram que os métodos de aplicação utilizados, assim como as doses, apresentaram excelente controle de B. pilosa, D. tortuosum, E. indica S. rhombifolia, D. horizontalis e A. retroflexus até 60 DAA, reduzindo tanto a densidade como o acúmulo de matéria seca. Quanto ao A. hispidum, ambos os métodos e doses não proporcionaram bom controle. Foi observado também que o papel utilizado como veículo do oxyfluorfen proporcionou redução na densidade de B. pilosa, E. indica, D. horizontalis e A. retroflexus e promoveu a germinação de S. rhombifolia e A. hispidum quando da avaliação aos DAA. Estes resultados demonstram a viabilidade de utilização de papel como veículo de aplicação do oxyfluorfen.A greenhouse assay was conducted to evaluate na alternative method for applying oxyfluorfen to control annual weeds. The experiment was in 3 x 2 factorial, in a completely randomized design, with three replications. The factors were: three doses of oxyfluorfen (0, 480 and 960g/ha and two methods to apply the herbicide to the soil surface

  1. Identificación y Control Multivariable de una Planta Piloto de Desalinización por Osmosis Inversa

    Mendoza Montalvo, Jimmy

    2016-01-01

    El presente trabajo de tesis tiene por intención establecer los principios de la tecnología de desalinización de agua de mar, la cual constituye una solución prometedora a la escasez de agua en el mundo. Teniendo en cuenta la actual situación de nuestro país, en el que a pesar de ser uno de los primeros países con mayor disponibilidad de recursos hídricos, se hace evidente la necesidad de mejorar los sistemas de distribución de agua y más aún poner en marcha las nuevas tecnologías que se ofre...

  2. Control biológico de la agalla de corona en plantas de crisantemo con la cepa k-84 de a grobacterium radiobacter var radiobacter (beijerinck & van delden) conn

    Garzón, Gerardo; Arbeláez, Germán

    2011-01-01

    A partir de plantas de crisantemo de las variedades Surf, Yellow Garland y Clrcus afectadas por la agalla de corona en la Sabana de Bogotá, se obtuvieron 3 aislamientos bacterlales de A. radlobacter varo tumefaclens Smith &.. Townsend, los cuales se caracterizaron e identificaron mediante observaciones macroscópicas y microscópicas y la realización de pruebas fisiológicas y bioqurmicas en el laboratorio; para probar la patogenecidad de dichos aislamientos se inocularon en plantas de tomat...

  3. La biosintesis de fenilalanina durante el desarrollo de las plantas

    El-Azaz, Jorge; Ávila, Concepción; Canovas-Ramos, Francisco Miguel; De La Torre, Fernando

    2016-01-01

    En las plantas, la biosintesis del aminoacido fenilalanina (Phe) tiene lugar en los cloroplastos a través de una ruta conocida como ruta del prefenato, la cual se inicia a partir del producto final de la ruta del siquimato. La Phe desempeña en las plantas terrestres una función esencial como componente de las proteinas y precursor de la sintesis de fenilpropanoides, una amplia familia de metabolitos que cumplen funciones muy diversas y cuya aparición y diversificación está interrrelacionada c...

  4. Aplicações seqüenciais de flumicloracpentil para o controle de Euphorbia heterophylla na cultura da soja = Sequential application of flumicloracpentil for Euphorbia heterophylla control in soybeans

    Rubem Silvério de Oliveira Jr

    2006-01-01

    Full Text Available Euphorbia heterophylla destacase como a principal planta daninha na cultura da soja no Estado do Paraná, não só pela sua disseminação, mas também pela natural dificuldade de controle e pela ocorrência de biótipos que apresentam resistência. Em face de tais problemas, buscou se avaliar a eficácia de aplicações seqüenciais em pós emergência de flumicloracpentil no controle dessa planta daninha. As aplicações seqüenciais de flumicloracpentil foram superiores, em termos de eficácia, às doses recomendadas em aplicação única, promovendo no mínimo 86% de controle aos 24 dias após a aplicação dasegunda etapa das seqüenciais. Todas as combinações de doses de flumicloracpentil avaliadas promoveram controle adequado de E. heterophylla, desde que aplicadas no estádio de duas folhas verdadeiras. Comparando se os resultados obtidos em casadevegetaçãoe em estufa, observou se que, em condições de campo, o sombreamento imposto pela soja auxilia no nível de controle final da planta daninha.Wild poinsettia (Euphorbia heterophylla is one the most importantweeds in soybean fields in the state of Paraná, not only for its dissemination, but also due to its natural difficulty of controlling features by herbicides and to occurrence of resistant biotypes. Facing those problems, an evaluation of the field and greenhouse trials was carried out in order to check the efficacy of postemergencesequential application of flumicloracpentil to control this weed. Sequential applications of flumicloracpentil were more efficientthan a single application, promoting, at least, 86% of weed control on the 24th day after the second application of the sequential treatments. All the evaluated combinations of flumiclorac rates once sprayed at two true leaves stage, promoted adequate control of E. heterophylla. Comparing the greenhouse and the field results, it was concluded that, under field conditions, the canopy provided by the crop helps to improve the

  5. Morfofisiologia de plantas de milho em competição com picão-preto e trapoeraba submetidas a roçada Morphophysiology of corn plants in competition with picão-preto and trapoeraba submitted to clearings

    J.P. Lemos

    2012-09-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficiência do uso de roçadas no controle de picão-preto (Bidens pilosa e trapoeraba (Commelina benghalensis por meio de características morfológicas e fisiológicas do milho. O experimento foi realizado em condições controladas no ano agrícola 2009/2010. As características fisiológicas foram obtidas em parcela subdividida, sendo realizadas quatro avaliações no decorrer do ciclo do milho: 1ª - antes da primeira roçada (V3; 2ª - após a primeira roçada (V6; 3ª - após a segunda roçada (V9; e 4ª - plantas de milho no estádio de florescimento, por meio de um analisador de gases no infravermelho. Duas roçadas reduziram a interferência das plantas daninhas B. pilosa e C. benghalensisnas características morfológicas do milho. A roçada não influenciou os aspectos fisiológicos nas plantas de milho em competição com as plantas daninhas. C. benghalensis causou maior interferência nas características fisiológicas do milho, reduzindo a fotossíntese e a transpiração. A espécie B. pilosa, quando não roçada, apresentou maior capacidade de interferência na morfologia do milho.The efficiency of using clearings to control Picão-preto (Bidens pilosa and Trapoeraba (Commelina benghalensis was evaluated based on the morphological and physiological characteristics of corn. An experiment under greenhouse conditions was conducted in 2009/2010. The physiological characteristics were obtained in a subdivided parcel, with four evaluations being performed throughout the corn cycle (1- before the first clearing (V3; 2- after the first clearing (V6;3- after the second clearing (V9; and 4- corn plants at the fluorescence stage, by means of Infra Red Gas Analyzer. Two clearings reduced the influence of B. pilosa and C. benghalensis weeds on the morphological characteristics of corn. The clearing did not influence the physiological aspects of the corn plants in competition with weeds. C. benghalensis caused a greater

  6. Interferência de picão-preto e guanxuma com a soja: efeitos da densidade de plantas e época relativa de emergência Interference of hair beggarticks and arrowleaf sida with soybeans: effects of plant density and relative emergence time

    Nilson Gilberto Fleck

    2004-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as influências de densidades de picão-preto (Bidens pilosa L. e guanxuma (Sida rhombifolia L. e de épocas de sua emergência em relação à da soja, no grau de interferência que ocasionam à cultura. Foram realizados experimentos em duas condições em Porto Alegre - RS, em 1998/99 e 1999/00. Os fatores testados foram espécies e densidade de plantas daninhas e épocas de emergência. A convivência das plantas daninhas com a soja deu-se durante a fase vegetativa da cultura. Em experimentos em vasos, avaliaram-se cinco épocas de emergência das plantas daninhas (11, 7, 2 dias antes e 4 e 8 dias após a emergência da soja. Em microparcelas, avaliaram-se três épocas de emergência das plantas daninhas em relação à soja (4 dias antes, no mesmo dia e 4 dias após e seis densidades de plantas daninhas (0, 4, 8, 16, 32 e 64 plantas m-2. Verificou-se que a época de emergência das plantas daninhas em relação à soja modifica as relações de competição entre essas espécies e que picão-preto exerce maior efeito de competição à soja e é menos afetado pela presença da cultura do que guanxuma. O atraso na emergência da soja em relação às plantas daninhas aumenta os efeitos negativos dessas sobre a cultura, os quais são potencializados pelo incremento da densidade, principalmente no caso de picão-preto.The objective of this research was to evaluate the effects of hairy beggarticks (Bidens pilosa L. and arrowleaf sida (Sida rhombifolia L. densities and relative emergence time, on the degree of interference they may cause on soybeans. There were studies carried out under two conditions in Porto Alegre, RS, Brazil, in 1998/99 and 1999/00. The factors tested were weed species, emergence times, and weed densities. Weed-soybean associations occurred during the vegetative period of the crop. In pot assays, five weed emergence times were evaluated (11, 7, and 2 days before, and 4 and 8 days after

  7. Nível de dano econômico como critério para controle de picão-preto em soja Threshold level as a criterion for beggartick control in soybeans

    M.A. Rizzardi

    2003-08-01

    Full Text Available A adoção do conceito de nível de dano econômico (NDE no manejo de plantas daninhas avalia suas populações de modo que medidas de controle sejam implementadas somente quando as infestações superarem os NDEs. O objetivo deste trabalho foi definir o NDE para infestações mistas das espécies Bidens pilosa e Bidens subalternans na cultura da soja. Foram conduzidos experimentos em campo em dois locais: Passo Fundo e Eldorado do Sul, RS. Os tratamentos constaram de densidades mistas das espécies de picão-preto e semeadura da soja aos 3, 7 e 11 dias após dessecação da cobertura vegetal. Obtiveram-se valores para NDE variáveis de 0,4 a 33 plantas m-2. Foram verificadas respostas diferentes nas relações de interferência cultura-plantas daninhas entre os locais estudados. O atraso na semeadura da soja em relação à dessecação da cobertura vegetal incrementa o grau de interferência de picão-preto na cultura. Detectou-se que aumentos na perda de rendimento por unidade de planta daninha, no potencial de rendimento da cultura, no valor do produto colhido e na eficiência do herbicida diminuem os valores de NDE, tornando potencialmente mais econômico o controle; já aumento no custo do controle das plantas daninhas faz elevar os NDEs. Constatou-se que as sementes produzidas por plantas não-controladas, ocorrendo em densidades abaixo do NDE, comprometem a adoção da tomada de decisão de controle com base neste critério.Adoption of the threshold level (TL concept for weed management evaluates weed populations to implement control measures only when infestations overcome the TL. The objective of this research was to define TL for mixed infestations of Bidens pilosa and Bidens subalternans in the soybean crop. Field experiments were conducted in Passo Fundo and Eldorado do Sul, RS, Brazil. Treatments consisted of mixed densities of the beggartick species and soybean seeding at 3, 7, and 11 days after cover crop desiccation. TL variable

  8. Diferenças morfológicas entre Amaranthus cruentus, cv. BRS Alegria, e as plantas daninhas A. hybridus, A. retroflexus, A. viridis e A. spinosus Morphological differences between Amaranthus cruentus, cv. BRS Alegria, and the weed species A. hybridus, A. retroflexus, A. viridis and A. spinosus

    C.R. Spehar

    2003-12-01

    Full Text Available O pseudocereal amaranto, com as espécies Amaranthus caudatus, A. cruentus e A. hypochondriacus, domesticado pelas populações indígenas antes que a América fosse descoberta, tem se adaptado aos sistemas produtivos dos cerrados. A planta apresenta panículas apicais, divididas em pequenos ramos com frutos do tipo pixídio, com uma semente cada. Estas germinam rapidamente em presença de umidade, após atingirem a maturação fisiológica. No início da fase vegetativa, o amaranto cultivado pode confundir-se com espécies de plantas daninhas do mesmo gênero (A. hybridus, A. retroflexus, A. viridis e A. spinosus, as quais estão associadas à expansão agrícola. As diferenças morfológicas tornam-se mais visíveis após o florescimento: ramificações com flores axilares e terminais, em contraste com o amaranto, no qual a inflorescência (panícula é apical; as sementes claras das espécies cultivadas contrastam com as das invasoras, que são escuras. BRS Alegria (A. cruentus, cultivar pioneiro no Brasil, apresenta plantas com 180 cm, das quais a panícula ocupa 48 cm; maturação fisiológica aos 90 dias; resistência ao acamamento; e 0,68 g por 1.000 sementes, com produção de 2,3 t ha¹ (sementes e 5,6 t ha-1 (biomassa total. As sementes nas plantas daninhas são menores, germinam gradativamente e podem permanecer no solo por muitos anos, infestando as áreas. As diferenças morfológicas detectadas na experimentação demonstram que as espécies são distinguíveis; elas contribuem para orientar a produção de sementes e o cultivo comercial de amaranto, enfatizando as características de adaptação, em contraste com as das invasoras do mesmo gênero botânico.The pseudocereal grain amaranth, with the species Amaranthus caudatus, A. ruentus e A. hypochondriacus, domesticated by indigenous populations before America was discovered, has shown adaptability to production systems in the Brazilian savannah. The plants present apical

  9. Arranjo de plantas em milho: análise do estado-da-arte Maize plant arrangement: analysis of the state of the art

    Gilber Argenta

    2001-12-01

    Full Text Available A interceptação da radiação fotossinteticamente ativa pelas plantas exerce grande influência sobre a sua performance quando outros fatores ambientais são favoráveis. A eficiência de utilização da radiação solar a campo é muito baixa. A escolha adequada do arranjo de plantas pode aumentar a interceptação da radiação, a eficiência de seu uso e o rendimento de grãos das culturas, por influenciar o índice de área foliar, ângulo da folha e a distribuição de folhas no dossel. Esta revisão tem por objetivos analisar os principais fatores que afetam a escolha do arranjo de plantas em milho, a evolução da sua recomendação e as modificações introduzidas nas características de planta que a determinaram. A escolha do arranjo de plantas é influenciada pela cultivar, forma de uso do milho pelo produtor, nível tecnológico, época de semeadura e comprimento da estação de crescimento. As principais alterações no arranjo de plantas ocorreram após a introdução dos híbridos simples, que foi acompanhada pelo aumento do uso de fertilizantes e controle mais eficiente de plantas daninhas e de pragas. O aprimoramento do manejo da cultura, associado ao uso de híbridos de alto potencial produtivo, contribuiu para o aumento da densidade de plantas e a redução do espaçamento entre linhas. Tais mudanças também foram viabilizadas por algumas modificações verificadas nas plantas, como os decréscimos no tamanho de pendão, número de plantas estéreis sob altas densidades, taxa de senescência foliar durante o enchimento de grãos, maior sincronia entre pendoamento e espigamento sob condições de estresse, menor estatura, número de folhas e acamamento de colmos e raízes e redução no ângulo de inserção das folhas no colmo. Estas modificações aumentaram a tolerância da cultura ao estresse devido ao uso de altas densidades e possibilitaram alterações no arranjo de plantas. O aumento no potencial de grãos de milho

  10. Efficacy of oxyfluorfen with straw cover in controlling weeds

    Negrisoli, E. [UNESP; Correa, M. R. [UNESP; Rossi, C. V. S. [UNESP; Carbonari, Caio Antonio [UNESP; Velini, Edivaldo Domingues [UNESP; Perim, L. [UNESP

    2009-01-01

    A palha pode alterar a dinâmica do herbicida oxyfluorfen no sistema de cana-crua; assim, este trabalho teve por objetivo avaliar a eficácia do oxyfluorfen em condições de casa de vegetação, com a cobertura de palha, no controle das plantas daninhas que ocorrem em cana-crua. Foram avaliadas as espécies de Brachiaria decumbens, Ipomoea grandifolia, Ipomoea quamoclit e Merremia cissoides. A dose utilizada do oxyfluorfen foi de 3 L ha-1 (720 g i.a. ha-1). Os tratamentos constaram de diferentes po...

  11. Misturas em tanque com glyphosate para o controle de trapoeraba, erva-de-touro e capim-carrapicho em soja RR®

    Cleber Daniel de Goes Maciel

    2011-02-01

    Full Text Available O uso de misturas de glyphosate, em tanque, para manejo de espécies de plantas daninhas de difícil controle tem sido prática comum entre os agricultores brasileiros. Desta forma, este trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia e seletividade de misturas, em tanque, de herbicidas com glyphosate para o controle de trapoeraba (Commelina benghalensis L., erva-de-touro (Tridax procumbens L. e capim-carrapicho (Cenchrus echinatus L. na cultura da soja RR®. O experimento foi conduzido em Maracaí, São Paulo, no período de novembro de 2006 a março de 2007, utilizando-se o cultivar CD-214RR® e delineamento experimental de blocos ao acaso, com 21 tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos da aplicação de: glyphosate (180; 360; 540 e 720 g ha-1; glyphosate em sequencial (180/360; 360/360 e 540/360 g ha-1; glyphosate + chlorimuron-ethyl 360+10; 540+10; 360+5/ 360+5 g ha-1; glyphosate + lactofen (360+120; 540+120; 360+60/ 360+60 g ha-1; glyphosate + cloransulam-methyl (360+30; 540+30; 360+16,9/ 360+12,9 g ha-1; glyphosate + carfentrazone (360+4 g ha-1; glyphosate + imazethapyr (360+50 g ha-1; glyphosate + imazethapyr (177,8+30 g ha-1 e testemunhas capinada e sem capina. Apesar da similaridade de produtividade de grãos entre os tratamentos com glyphosate isolado e sequencial, nas doses 540, 720 e 540/ 360 g ha-1, as misturas em tanque com chlorimuron-ethyl, cloransulam-methyl, lactofen e imazethapyr favoreceram o controle de espécies de plantas daninhas tolerantes ao glyphosate como C. benghalensis e T. procumbens.

  12. Carfentrazone-ethyl aplicado em pós-emergência para o controle de Ipomea spp. e Commelina benghalensis na cultura da cana-de-açúcar Carfentrazone-ethyl applied in post-emergence to control Ipomoea spp. and Commelina benghalensis in sugarcane crop

    P.J. Christoffoleti

    2006-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos determinar a eficácia e seletividade do carfentrazone-ethyl no controle de plantas daninhas na cultura da cana-de-açúcar e avaliar curvas de dose-resposta desse herbicida em Ipomoea spp. e Commelina benghalensis. Desenvolveu-se um ensaio de campo, em pós-emergência das plantas daninhas e da cultura (cv. RB72-454. O delineamento experimental utilizado foi do tipo blocos ao acaso, com os seguintes tratamentos: carfentrazone a 5, 10, 20, 30 e 50 g ha-1 e metribuzin a 2.400 g ha-1. As plantas daninhas que infestavam a área eram Ipomoea nil, I. grandifolia, I. quamoclit, Momordica charantia e C. benghalensis. As avaliações de controle visual e fitotoxicidade foram realizadas aos 15, 30 e 45 dias após a aplicação dos herbicidas. Para elaboração das curvas de dose-resposta, um experimento foi instalado em casa de vegetação, com as plantas daninhas I. nil, I. hederifolia, I. grandifolia, I. quamoclit e C. benghalensis. As doses do herbicida carfentrazone foram: 10D, 4D, 2D, D, 0,5D, 0,25D, 0,125D, 0,1D e 0,01D, em que D = 20 g ha¹. Os dados foram analisados a partir de curvas de dose-resposta de controle visual e massa fresca. No experimento de campo, observou-se excelente controle das plantas daninhas, sendo a dose de 50 g ha-1 de carfentrazone a mais eficiente. Nenhum tratamento causou danos à cana-de-açúcar. O experimento de casa de vegetação permitiu concluir que a ordem decrescente de sensibilidade das espécies de corda-de-viola ao carfentrazone-ethyl é: I. hederifolia > I. quamoclit > I. nil > I. grandifolia; e que C. benghalensis é controlada pelo carfentrazone a partir da dose de 5 g ha-1.This work aimed to evaluate the efficacy and selectivity of the herbicide carfentrazone-ethyl applied in post-emergence to control weeds in sugarcane crop and to evaluate dose-response curves of this herbicide in four species of Ipomoea spp. and Commelina benghalensis. Field experiment was carried out in

  13. Operación de la planta de tratamiento de agua de La Atarjea

    Salazar Gavelan, Luis Alberto; Salazar Gavelan, Luis Alberto; Salazar Gavelan, Luis Alberto

    1994-01-01

    El presente trabajo corresponde a un informe de las actividades que realiza el Ingeniero encargado de la operación de las unidades y procesos que se realizan para la potabilización del agua en las Plantas de Tratamiento de la Atarjea. Lima. El presente informe no es un manual de operación de las plantas de tratamiento, motivo por el cual solo se realiza una descripción de las unidades que conforman la planta de tratamiento, así como de las operaciones y procesos que se ejecutan para llevar...

  14. Uso de bioestimulantes no crescimento de plantas de soja

    Valdere Martins dos Santos

    2017-07-01

    Full Text Available Na agricultura atual, o uso de produtos bioestimulantes, tornou-se uma opção viável e econômica, para a obtenção de altos rendimentos e melhorias na qualidade do produto. Embora, poucos estudos tenham abordado, o efeito dos bioestimulantes sobre os aspectos biométricos. Portanto, objetivou-se avaliar o uso de bioestimulantes, isolados e combinados, no desempenho agronômico de plantas de Glycine max (L.. O experimento foi conduzido em casa de vegetação na Universidade Federal do Tocantins, Gurupi-TO. Os tratamentos foram constituídos por três bioestimulantes (BU-RG, BU-EC e BU-VG utilizados em aplicações de três maneiras (via semente, via foliar e combinados. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Foram avaliadas as seguintes características; altura das plântulas, diâmetro do caule, massa seca de folhas, massa seca de caule, massa seca de raízes e volume do sistema radicular. O bioestimulante BU-EC aplicado via semente apresentou a maior taxa de crescimento em altura de plântulas. A combinação dos bioestimulantes BU-RG via semente + BU-VG via foliar, promoveu a maior taxa de acúmulo de massa seca da folha. Na variável massa seca da raiz o tratamento BU-RG via semente + BU-EC via foliar promoveram o maior aumento. Os tratamentos BU-VG2 e BU-RG1+BU-VG2 proporcionam incremento na altura de planta, maior produção de massa seca de raiz e aumento do volume do sistema radicular tanto em aplicação via semente quanto via foliar.

  15. Octadecanoides como reguladores de la defensa de las plantas

    G. Camarena Gutiérrez

    2002-01-01

    Full Text Available En años recientes muchas moléculas lipoides muy potentes han sido identificadas, comprenden compuestos lipofílicos no derivados de lípidos como los brasinoesteroides triterpenoides, otros que parcialmente son de origen lipídico como los lipo-oligosacáridos, factores de nodulación de especies de Rhizobium que pueden tener parientes endógenos en las plantas, y un tercer grupo, los octadecanoides, cuyas estructuras son derivadas de ácidos grasos vegetales. Las señales mediadas por lípidos son un aspecto importante de la vida de las plantas y un área de investigación en rápido crecimiento.

  16. Estudo do potencial do pacu (Piaractus mesopotamicus como agente de controle biológico de Egeria densa, E. najas e Ceratophyllum demersum Evaluation of the biocontrol potential of pacu (Piaractus mesopotamicus for Egeria densa, E. najas and Ceratophyllum demersum

    D.M.Y. Miyazaki

    2003-01-01

    Full Text Available Visando fornecer subsídios para elaboração de sistema de manejo integrado das grandes massas de plantas daninhas aquáticas submersas em lagos e represas, o presente trabalho teve como objetivo verificar a eficiência do pacu (Piaractus mesopotamicus como agente de controle biológico de Egeria densa, E. najas e Ceratophyllum demersum. As espécies de plantas daninhas foram oferecidas individualmente, duas a duas e as três espécies juntas. Verificou-se que este peixe tem uma eficiência média de controle dessas plantas daninhas variando entre 28 e 100%, podendo eliminar uma massa verde dessas plantas, com a mesma quantidade de seu peso, em sete dias. A eficiência de controle diária aumentou com o tempo de predação. O pacu é mais seletivo para E. densa ou E. najas quando na presença de C. demersum. Não ocorreu alteração na eficiência de controle do pacu sobre E. densa ou E. najas em todos os tratamentos e nos três períodos estudados (três, cinco e sete dias.In order to provide basic information for the establishment of integrated management systems for submersed aquatic weeds in lakes and reservoirs, this research evaluated the efficiency of pacu (Piaractus mesopotamicus as a biocontrol agent of Egeria densa, E. najas and Ceratophyllum demersum. One, two and the three plant species together were offered to the fish. The average efficacy of this fish to control these plants ranged between 28 and 100%. The fish could eliminate a fresh mass of these plants, equivalent to its body weight, in seven days of predation period. Control efficiency increased with increasing duration of the trials. Pacu is more selective in controlling E. densa or E. najas when in the presence of C. demersum. No decreased efficacy was observed in the control of E. densa or E. najas in any of the treatments nor in any of three time periods studied (3, 5, and 7 days.

  17. Soil organic carbon stocks in coffee plantations under different weed control systemsEstoques de carbono orgânico do solo em cafezais sob diferentes sistemas de controle de plantas invasoras

    Franciane Diniz Cogo

    2013-06-01

    Full Text Available Soil organic carbon (COS is an important indicator of soil quality, as its levels and stocks can change by soil preparation. This study aimed to evaluate COS stocks on a clayey Oxisol cultivated with coffee and subject to different weed control systems in southern Minas Gerais, Brazil. The experimental design was in randomized blocks, and weed control systems were: no weeding, manual weeding, pre-emergence herbicide, post-emergence herbicide, rotary tiller, rotary mowers and disk harrow. Undisturbed soil samples were collected at two positions in the coffee plantation (tire tracks and planting line, at depths of 0-3, 10-13, and 25-28 cm. A nearby native forest was sampled as a reference. A higher bulk density of soils under coffee plantations occurred compared to soil under the forest. There was little difference between COS concentrations in the plating line in relation to the native forest, but for the tire track position, the amount of COS was generally lower. After correction for soil compaction, it was estimated a loss of ca. 20% in SOC stock for te 0-30 cm depth for herbicide post-emergence, rotary tiller, manual weeding and disk barrow, and a 35% loss when using herbicide pre-emergence. SOC stocks under no weeding and rotary mowers did not differ from native forest (37 M-1g ha COS, indicating that the rotary mower, which allows temporary growth of weeds and does not disrupt soil structure, is the most appropriate weed control for the preservation of COS in coffee plantations.O carbono orgânico no solo (COS é um importante indicador da qualidade do solo, pois seus teores e estoques podem ser alterados conforme o sistema de preparo do solo. Objetivou-se neste trabalho avaliar os estoques de COS em um Latossolo Vermelho distroférrico argiloso cultivado com cafeeiros (Coffea arabica L e submetido a diferentes manejos de plantas invasoras no sul de Minas Gerais. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, sendo os tratamentos os

  18. Threshold level as a criteria for arrowleaf sida control decision in soybeans

    Fleck, Nilson Gilberto; Rizzardi, Mauro Antonio; Agostinetto, Dirceu

    2002-01-01

    O nível de dano econômico (NDE) é um conceito simples que integra fatores biológicos e econômicos que se destina a tornar os resultados de uma tomada de decisão lucrativos para o controle das plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi determinar o NDE para infestações de guanxuma (Sida rhombifolia), calculado na base de um único ano, que justifiquem aplicação econômica de medidas para seu controle na cultura da soja. Foram conduzidos experimentos em campo em Passo Fundo e Eldorado do Sul...

  19. Planta integral de reciclaje de R.S.U

    Repiso Nieto, Jairo

    2015-01-01

    RESUMEN: El presente proyecto tiene por finalidad describir una sencilla solución para una Nave industrial, en la localidad de Revilla de Camargo, de dimensiones: 140 m de longitud 77 m de anchura 15,6 m de altura Dicha nave será diseñada con perfiles HEB 400, IPE 300 e IPE 500, todos ellos Construidos de acero SK275KJR. La nave será construida para instalar en su interior una planta de reciclaje de Residuos sólidos urbanos. La instalación comenzará su constru...

  20. Acúmulo de massa seca e macronutrientes por plantas de Glycine max e Richardia brasiliensis Accumulation of biomass and macronutrients by Glycine max and Richardia brasiliensis

    A.F.F. Pedrinho Júnior

    2004-03-01

    Full Text Available Foram realizados dois experimentos, em condições de casa de vegetação, no Departamento de Biologia Aplicada à Agropecuária da FCAV-UNESP de Jaboticabal, objetivando-se determinar o acúmulo de massa seca, assim como a distribuição e o acúmulo de macronutrientes durante os ciclos de vida de plantas de soja cultivar BR16, no período de outubro de 2000 a fevereiro de 2001, e de Richardia brasiliensis (poaia-branca, uma planta daninha de elevada importância para esta cultura no Brasil, especialmente em áreas de plantio direto, no período de outubro de 1998 a fevereiro de 1999. Os estudos foram realizados em delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Quatro plantas cresceram em vasos com capacidade de sete litros, preenchidos com areia de rio lavada, peneirada e irrigada diariamente com solução nutritiva. Os tratamentos foram representados pelas épocas de amostragem, realizadas a intervalos de 14 dias, a saber: 22, 36, 50, 64, 78, 92, 106, 120, 134, 148, 162 e 176 dias após a emergência (DAE das plantas de R. brasiliensis; e 21, 35, 49, 63, 77, 91, 105 e 119 DAE das plantas de soja cv. BR-16 (precoce. Em ambas as plantas, as folhas tiveram a maior partição de biomassa durante sete semanas. Para este dado, a partição foi maior para as estruturas reprodutivas em soja e nos caules para a poaia-branca. O ponto de máximo acúmulo teórico de massa seca deu-se aos 104 DAE para a soja (36,6 g por planta e aos 146 DAE para a poaia-branca (16,4 g por planta. Da emergência até aos 50 DAE as folhas apresentaram maior participação no acúmulo de massa seca, nas duas espécies. Após 50 DAE notou-se, em ambas as espécies, uma inversão na representatividade das folhas por caules, para a espécie daninha, e por caules e posteriormente por estruturas reprodutivas, para a cultura. A taxa de absorção diária dos macronutrientes atingiu maiores valores entre 69 e 87 DAE para a soja e entre 106 a 111 DAE

  1. Controle de Meloidogyne javanica em mudas de bananeira 'prata-anã' por compostos orgânicos

    Bruna Hanielle Carneiro dos Santos

    2013-06-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de compostos orgânicos no controle de Meloidogyne javanica, e no desenvolvimento de mudas de bananeiras 'Prata-Anã. O experimento foi conduzido em DIC, com dez repetições, e os tratamentos consistiram em quatro compostos constituídos de diferentes matérias-primas (restos da cultura da banana, cana-de-açúcar, esterco bovino, cascas de banana, plantas daninhas, capim andropogon, o esterco bovino, a torta de mamona e testemunhas (adubação mineral, carbofuran e testemunha absoluta (sem adição de composto orgânico. Em cada vaso, foram colocados 3 kg de solo autoclavado, incorporado com cada um dos tratamentos avaliados e inoculado com suspensão contendo 4.000 ovos de M. javanica. Após quatro dias, transplantou-se uma muda de bananeira 'Prata-Anã' micropropagada, e aos 60 dias, avaliaram-se: altura das plantas, diâmetro, número de folhas e peso de matéria seca da parte aérea, e número de galhas, massas de ovos, número de ovos e o número de juvenis de segundo estádio (J2, por 100 cm³ de solo. Testou-se in vitro o efeito das frações húmicas dos quatro compostos (que não causaram fitotoxidez e esterco bovino sobre a mortalidade e motilidade de J2 de M. javanica. O ensaio foi montado em placas de ELISA em DIC, com cinco repetições. Os compostos orgânicos e o esterco bovino aumentaram o desenvolvimento das mudas. A torta de mamona provocou efeito fitotóxico às mudas. Menor número de variáveis nematológicas foi proporcionado pela torta de mamona e pelo carbofuran. O número de J2 também foi menor nas parcelas tratadas com carbofuran e também pelo Composto 3, constituído por plantas daninhas+restos de cana-de-açúcar+ esterco bovino e pelo adubo mineral. Para o teste in vitro, as substâncias húmicas conferiram efeito nematicida e nematostático. Dentre os compostos, o C3 mostrou-se promissor por reduzir o desenvolvimento do nematoides e não apresentar efeito fitotóxico.

  2. Hierarchic control of the production of energy by means of plants of distributed solar collectors; Control jerarquico de la produccion de energia mediante plantas de colectores solares distribuidos

    Martinez Cirre, C. R.

    2008-07-01

    This work presents several different approaches to hierarchical control algorithms designed for a parabolic-trough solar collector field to demonstrate the possibility of maximizing hypothetical profit possible from this type of plant by improving and increasing plant automation. This study was developed in the current world power supply scenario, posing the possibility of using renewable energies (among which is solar thermal power), which the author is interested in contributing to advancing through research on improved plant operation control. The design was made for the ACUREX distributed solar collector field at the Plataforma Solar de Almeria. The control structures implemented to improve production in the solar collector field are based on a simple two-layered hierarchical control. One regulation layer (Layer 1) in which two proposals have been implemented: a control scheme developed using the feedback linearization technique and another proposal consisting on parallel deed forward control with an I-PD (Integral-Proportional Derivative) control. three proposals were implemented in the top layer (Layer 2) for generating the setpoint, the first one based on a physical model, the second one based on a fuzzy model, and the last uses the physical model and an optimization function for finding the optimum setpoint. (Author)

  3. Interferência de plantas concorrentes em arroz irrigado modificada por métodos culturais Interference of concurrent plants in flooded rice modified by cultural methods

    N.G. Fleck

    2004-03-01

    Full Text Available A otimização de um programa de controle de plantas daninhas depende da previsão precoce e confiável do impacto destas sobre o rendimento da cultura. Este trabalho teve por objetivos avaliar os efeitos de cultivares e de arranjos de plantas na perda de rendimento de grãos em arroz irrigado e identificar a variável explicativa que proporcione melhor ajuste ao modelo testado. Foram conduzidos dois experimentos em campo, na estação estival de crescimento 2000/01. Os tratamentos constaram de três cultivares de arroz (BRS-38 Ligeirinho, IRGA 417 e BR-IRGA 409, dois espaçamentos entre linhas (15 e 25 cm e populações (dez e seis níveis para o primeiro e segundo experimentos, respectivamente do cultivar de arroz EEA 406, simulando infestação de arroz-vermelho. Os dados foram analisados utilizando-se o modelo de regressão não-linear da hipérbole retangular, ajustado de modo independente para os três fatores estudados. Os resultados do primeiro experimento foram utilizados para avaliar o ajuste dos dados ao modelo e os do segundo para validar o modelo obtido no primeiro experimento. O cultivar IRGA 417 apresentou maior habilidade competitiva com o cultivar simulador de arroz-vermelho do que os outros dois. A redução no espaçamento entre linhas aumentou a habilidade competitiva dos cultivares de arroz em relação ao cultivar concorrente. O modelo da hipérbole retangular foi apropriado para estimar perdas de rendimento de grãos de arroz irrigado por interferência de plantas concorrentes. A variável explicativa área foliar do cultivar EEA 406, em geral, apresentou equivalência à população de plantas como variável independente no modelo matemático testado.The optimization of a weed control program depends on early and reliable prediction of the impact of weeds on crop yield. This research aimed to evaluate the effects of rice cultivars and plant arrangements on flooded rice grain yield loss and to identify the explicative

  4. Absorção e utilização do fósforo pelas culturas da soja e do feijão e por plantas daninhas Absorption and use of phosphorus by soybean and common bean crops and by weeds

    Sergio de Oliveira Procópio

    2005-12-01

    Full Text Available A aplicação de fertilizantes pode, em determinadas situações, beneficiar mais as plantas daninhas do que as próprias culturas. O manejo de fertilizantes em sistemas agrícolas pode ser um importante componente em programas de manejo integrado das culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência na absorção e utilização do P pelas culturas da soja e do feijão e por espécies de plantas daninhas. O experimento foi realizado em casa de vegetação, no período de agosto a novembro de 2002. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com três repetições; os tratamentos originaram-se de esquema fatorial 6 x 4, sendo seis espécies vegetais: soja (Glycine max, feijão (Phaseolus vulgaris, dois biótipos de Euphorbia heterophylla (suscetível e resistente aos herbicidas inibidores de ALS, Bidens pilosa e Desmodium tortuosum; e quatro doses de P (0,00 12,00; 24,00 e 48,00 mg dm-3, aplicadas na semeadura sob a forma de superfosfato simples. A soja foi a espécie que revelou maior aumento na sua massa seca de raízes com o incremento do fornecimento de P. D. tortuosum, soja e B. pilosa apresentaram maior resposta à adição de doses crescentes de P em relação ao acúmulo de massa seca. O maior teor de P foi constatado para o feijão, independente da dose de P aplicada, contudo D. tortuosum foi a única espécie a ter seu teor de P aumentado em quase três vezes, quando cultivado com o dobro da dose aplicada (48,00 mg dm-3, com base nas necessidades da cultura do feijão. Até a avaliação realizada no início do florescimento, as plantas de soja e D. tortuosum foram as espécies que acumularam a maior quantidade de P em seus tecidos, porém, durante a fase reprodutiva foi D. tortuosum a qual, juntamente com feijão, apresentaram variações quanto à eficiência de suas raízes em absorver P, de acordo com a dose desse nutriente, enquanto as demais espécies mantiveram a mesma eficiência radicular

  5. Octadecanoides como reguladores de la defensa de las plantas

    G. Camarena Gutiérrez

    2002-01-01

    En años recientes muchas moléculas lipoides muy potentes han sido identificadas, comprenden compuestos lipofílicos no derivados de lípidos como los brasinoesteroides triterpenoides, otros que parcialmente son de origen lipídico como los lipo-oligosacáridos, factores de nodulación de especies de Rhizobium que pueden tener parientes endógenos en las plantas, y un tercer grupo, los octadecanoides, cuyas estructuras son derivadas de ácidos grasos vegetales. Las señales mediadas por lípid...

  6. Produtividade e composição de uva e de vinho de videiras consorciadas com plantas de cobertura

    Jovani Zalamena

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de plantas de cobertura verde sobre a produtividade das videiras e sobre a composição da uva e do vinho. Durante duas safras, foram feitas avaliações de três tipos de consórcio, dois manejos das coberturas e de um tratamento controle, com plantas espontâneas controladas por herbicidas e roçagem. Utilizou-se vinhedo de uvas 'Cabernet Sauvignon', localizado a 1.130 m de altitude, em um Cambissolo Húmico distrófico, em São Joaquim, SC. Os consórcios foram realizados com a sucessão de cultivos anuais de moha (Setaria italica com azevém (Lolium multiflorum e de trigo mourisco (Fagopyrum esculentum com aveia‑branca (Avena sativa, bem como com a planta perene festuca (Fetusca sp.. Os manejos consistiram da transferência ou não do resíduo cultural da linha para a entrelinha. As videiras apresentaram maior produtividade de uva no consórcio com as plantas anuais, em comparação ao tratamento controle, ou com a planta perene festuca. O manejo da cobertura verde não teve influência sobre as variáveis avaliadas. Os consórcios não influenciaram de forma consistente os teores de N da uva nem a composição do mosto, embora, na última safra, o teor de sólidos solúveis totais do mosto tenha sido maior nos tratamentos com consórcio, em comparação ao controle. Além disso, as videiras consorciadas com festuca podem proporcionar vinho com maior teor de antocianinas e polifenóis totais.

  7. Desempenho de populações híbridas F2 de arroz-vermelho (Oryza sativa) com arroz transgênico (O. sativa) resistente ao herbicida amonio-glufosinate

    Noldin, J.A.; Yokoyama, S.; Stuker, H.; Rampelotti, F.T.; Gonçalves, M.I.F.; Eberhardt, D.S.; Abreu, A.; Antunes, P.; Vieira, J.

    2004-01-01

    O arroz-vermelho e o arroz-preto constituem-se nas principais plantas daninhas infestantes da cultura de arroz irrigado, devido à dificuldade de controle seletivo desta espécie em lavouras comerciais. A utilização de cultivares geneticamente modificados resistentes a herbicidas não-seletivos constitui uma alternativa de controle do arroz-vermelho e arroz-preto em arroz irrigado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de populações híbridas F2 originárias do cruzamento entre o a...

  8. Atividade relativa da catalase de losna-branca (Parthenium hysterophorus comparada à de outras espécies daninhas Catalase relative activity of ragweed (Parthenium hysterophorus compared to that of other weed species

    S.J.P. Carvalho

    2012-06-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a atividade relativa da catalase em extrato aquoso de losna-branca (Parthenium hysterophorus, bem como comparála à atividade da catalase de outras espécies daninhas. O trabalho constou de três fases, que envolveram a padronização do método, comparação da atividade relativa da catalase de plantas da família Asteraceae e comparação com outras 11 espécies daninhas, sendo estas: Euphorbia heterophylla, Alternanthera tenella, Cenchrus echinatus, Panicum maximum, Amaranthus viridis, Ipomoea hederifolia, Galinsoga parviflora, Bidens pilosa, Sonchus oleraceus, Cyperus rotundus e Commelina benghalensis. Observou-se resposta linear crescente da reação entre extrato aquoso de losna-branca e peróxido de hidrogênio, em razão da concentração do extrato vegetal. Em todas as fases, a atividade relativa da catalase de extrato de losna-branca foi superior à atividade da catalase das demais espécies daninhas. Com os dados obtidos nas três fases, conclui-se que a maior atividade relativa observada para a catalase da losnabranca contribui significativamente para a tolerância dessa espécie ao herbicida paraquat. Essa maior atividade pode ser consequência da maior concentração enzimática nas células ou devido à maior atividade intrínseca da enzima (afinidade enzima-substrato, havendo necessidade de estudos mais precisos para essa conclusão.This work was carried out to evaluate catalase relative activity of ragweed (Parthenium hysterophorus aqueous extract, as well as to compare it with catalase activity of other weed species. It consisted of three phases, involving method standardization, comparison of the catalase relative activity in Asteraceae family plants and that of ragweed catalase activity with the following 11 weed species: Euphorbia heterophylla, Alternanthera tenella, Cenchrus echinatus, Panicum maximum, Amaranthus viridis, Ipomoea hederifolia, Galinsoga parviflora

  9. Nível de dano econômico como critério para tomada de decisão no controle de guanxuma em soja Threshold level as a criteria for arrowleaf sida control decision in soybeans

    N.G. Fleck

    2002-12-01

    Full Text Available O nível de dano econômico (NDE é um conceito simples que integra fatores biológicos e econômicos que se destina a tornar os resultados de uma tomada de decisão lucrativos para o controle das plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi determinar o NDE para infestações de guanxuma (Sida rhombifolia, calculado na base de um único ano, que justifiquem aplicação econômica de medidas para seu controle na cultura da soja. Foram conduzidos experimentos em campo em Passo Fundo e Eldorado do Sul-RS. Os tratamentos constaram de densidades de guanxuma e de épocas de semeadura da soja em relação à dessecação da cobertura vegetal (3, 7 e 11; e 20, 24 e 28 dias após. Os valores de NDE variaram de 2 a 50 plantas m-2, e os de NDE ótimo, de 1 a 6 plantas m-2. Verificaram-se respostas diferentes nas relações de interferência cultura-plantas daninhas entre os ambientes estudados. O atraso na semeadura da soja em relação à dessecação da cobertura vegetal incrementa o grau de interferência de guanxuma na cultura. Constatou-se que as sementes produzidas pelas plantas daninhas não-controladas, ocorrendo em densidades abaixo do NDE, comprometem a adoção da tomada de decisão de controle com base neste critério.Threshold level (TL is a simple concept that integrates biological and economical factors, which it is intended to make profitable the results of a decision process for weed control. The objective of this study was to determine TL for arrowleaf sida (Sida rhombifolia infestations, calculated on the basis of a single year, that could justify economic application of control measure in soybeans. Field experiments were carried out in Passo Fundo and Eldorado do Sul, RS - Brazil. Treatments consisted of arrowleaf sida densities and soybean seeding times in relation to vegetation cover desiccation (3, 7, and 11; and 20, 24, and 28 days after. TL values varied from 2 to 50 plants m-2, whereas optimum TL ranged from 1 to 6 plants m-2

  10. Control del minador de la hoja de los cítricos Phyllocnistis citrella Stainton en plantas de limonero en vivero con insecticidas sistémicos Control of citrus leafminer Phyllocnistis citrella Stainton in nursery lemon plants with systemic insecticides

    Hernán Salas

    2006-12-01

    Full Text Available El minador de la hoja de los citrus Phyllocnistis citrella Stainton es una plaga que daña las hojas de los cítricos por las galerías que realizan las larvas. Las plantas cítricas de vivero y las plantaciones jóvenes de hasta dos años de edad son las más afectadas, ya que presentan continuas brotaciones durante la primavera y el verano. El ataque del minador retrasa el crecimiento de las plantas y altera su estructura. Para el control efectivo de esta plaga se realizan cada 10 a 15 días, aplicaciones foliares con insecticidas durante el período de noviembre a marzo en plantas en vivero. En el presente trabajo se informa el control del minador obtenido con los insecticidas sistémicos imidacloprid y tiametoxan, aplicados en "drench" a plantas de limonero en macetas en vivero. Se evaluaron las siguientes dosis de los insecticidas en una sola aplicación por maceta de 5 l de capacidad: 0,035; 0,105 y 0,175 g de i.a. de imidacloprid y 0,025; 0,075 y 0,125 g i.a. de tiametoxan. Entre los tratamientos se incluyó un testigo sin aplicar. Las dosis intermedias y máximas de ambos productos controlaron eficazmente la plaga entre los meses de noviembre y marzo (120 días, mientras que en dos ensayos las dosis menores ejercieron control durante 25 y 45 días, y en un tercero no controlaron la plaga. A partir de los resultados obtenidos, se podría considerar más apropiado el uso de imidacloprid 35% SC en la dosis de 0,105 g i.a. por planta y tiametoxan 25% WG en la dosis de 0,075 g i.a. por planta, en un esquema de control del minador de la hoja de los cítricos en plantas de limonero en vivero.Citrus leafminer (CLM Phyllocnistis citrella Stainton damages citrus leaves by producing galleries during larval stage. Nursery citrus trees and one and two-year-old citrus trees, which flush constantly during spring and summer, are the most affected by CLM. Plant growth is delayed and tree structure changes. To control this insect in citrus nurseries

  11. Diseño de una planta de procesamiento de carne de pollo

    Vera Pilco, Gabriel Ernesto

    2008-01-01

    El presente trabajo desarrolla el Diseño de una Planta Procesadora de Carne de Pollos para la producción de pollos enteros y bandejas de presas seleccionas empacados al vació tal y como todas las personas compran estos producto en supermercados, tiendas y demás lugares de distribución. Se elaboro de la forma más detallada y cuidadosa ajustar el diseño de la planta a las condiciones locales (Ecuador), teniendo como finalidad abastecer el mercado de consumidores con un producto de excelente cal...

  12. Desempenho de populações híbridas F2 de arroz-vermelho (Oryza sativa) com arroz transgênico (O. sativa) resistente ao herbicida amonio-glufosinate Performance of F2 hybrid populations of red rice (Oryza sativa) with ammonium-glufosinate-resistant transgenic rice (O. sativa)

    J.A. Noldin; S. Yokoyama; H. Stuker; F.T. Rampelotti; M.I.F. Gonçalves; D.S. Eberhardt; A. Abreu; P. Antunes; J. Vieira

    2004-01-01

    O arroz-vermelho e o arroz-preto constituem-se nas principais plantas daninhas infestantes da cultura de arroz irrigado, devido à dificuldade de controle seletivo desta espécie em lavouras comerciais. A utilização de cultivares geneticamente modificados resistentes a herbicidas não-seletivos constitui uma alternativa de controle do arroz-vermelho e arroz-preto em arroz irrigado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de populações híbridas F2 originárias do cruzamento entre o a...

  13. Diseño e implementación de un sistema de control y monitoreo para los clarificadores de la planta de Puengasí. Quito

    Vizuete Arévalo, Mauricio R.

    2006-01-01

    Las Estaciones de Tratamiento de Agua Potable son instalaciones que convierten el agua natural o bruta en agua potable. Están localizadas entre las instalaciones de captación de agua (embalses y pozos) y los depósitos y canalizaciones que la distribuirán por los hogares. Tienen como misión la eliminación de tres tipos principales de sustancias indeseables en el agua destinada al consumo humano. Esta necesidad de tratamiento de las aguas se conoce desde hace mucho tiempo, al relacionarse la...

  14. Automatización de una planta industrial

    Lorenzo, Gonzalo

    2007-01-01

    Memoria de investigación realizada dentro del Programa de Doctorado Interuniversitario en Automática y Robótica. El objetivo de esta memoria de investigación es el análisis de las diversas lineas de trabajo en el ámbito de la automatización y profundizar su aplicación práctica en una planta industrial.

  15. Efeitos da cultura da cevada e de períodos de controle sobre o crescimento e produção de sementes de Raphanus sativus L. Effects of the culture of the Barley and of periods of control on the seed production and growth of Raphanus sativus L.

    José Roberto Pinto de Souza

    1997-01-01

    Full Text Available Este experimento teve por objetivo avaliar os efeitos da cultura da cevada e de períodos de controle das plantas daninhas sobre o crescimento e produção de sementes de Raphanus sativus. Foram considerados dois tratamentos testemunha sem controle das plantas daninhas, com e sem a cultura. Nos oito demais tratamentos, a cultura esteve sempre presente, controlando-se as plantas daninhas até 10, 20, 30, 40, 50, 60, 80 e 100 dias após a emergência da cevada. A comunidade infestante da área era composta quase exclusivamente por R. .sativus. Avaliou-se o número de plantas, acúmulos de matéria seca, número médio de frutos e sementes de nabiça por planta e por unidade de área ; foram ainda avaliados o número médio de sementes por fruto, peso médio de 1.000 sementes e a contribuição das sementes na composição da matéria se catota. A análise dos resultados evidenciou que a espécie Raphanus sativus apresenta elevado potencial reprodutivo, sendo possível concluir pela ineficiência de programas de controle de curta duração, em termos de redução do banco de sementes. A presença da cultura da cevada reduziu tanto o crescimento quanto o número de sementes produzidas pela nabiça (R. sativus. Na ausência da cultura e de práticas de controle foram produzidas 5.074 sementes/m, a partir de 125 plantas/m ainda presentes na colheita da cultura.The objective of this research was to evaluate the effects of barley and weed control periods on the seed production and growth of Raphanus sativus, the major weed in the experimental area. The experiment was carried out in Botucatu, SP, Brazil. Two checks, with and without the crop, were kept weedy from seeding to harvest. In other eight treatments the crop was kept weed free up to 10, 20, 30, 40, 50, 60, 80 and 100 days after emergence. It were evaluated the number of plants, the dry matter accumulation and the number of fruits and seeds per plant and per m2, the weight of 1.000 seeds and the

  16. Problemas de Clasificación en las Plantas Cultivadas

    Aaberg Ewert

    1949-06-01

    Full Text Available Durante los últimos años, se han recolectado numerosos tipos de plantas cultivadas en varias regiones del mundo. Entre éstos, hay colecciones de granos pequeños, de lino, de fríjoles y guisantes y de otras muchas plantas. En muchos países, las especies y variedades principales de estas colecciones se cultivan para investigaciones en grandes viveros. Los investigadores que se encargan de cultivar estas colecciones confrontan problemas de clasificación y descripción de las colecciones. Han encontrado una continua variación, tanto dentro como entre las especies y, por consecuencia, han hallado inadecuados muchos de 105 sistemas de clasificación. La continua variación en el material ha causado una nueva ola de discusión relativa al concepto de especie y a su definición.

  17. Eficiência de fluridone no controle de plantas aquáticas submersas no reservatório de Jupiá Fluridone efficacy for control of submersed aquatic weeds in the Jupiá reservoir

    D.A.S. Marcondes

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência do herbicida fluridone no controle de plantas aquáticas submersas (Egeria densa, Egeria najas e Ceratophyllum demersum que ocorrem no reservatório da Usina Hidrelétrica Eng. Souza Dias (Jupiá, região noroeste do Estado de São Paulo. A pesquisa, que consistiu de aplicações de fluridone, foi conduzida em lagoas marginais do rio Tietê, denominadas Flórida e Barrenta. As lagoas foram divididas em faixas, cada uma delas representando um tratamento. As faixas das lagoas receberam uma aplicação inicial de fluridone, procurando-se atingir a concentração de 20 ppb. As aplicações subseqüentes foram dimensionadas para recompor e/ou manter esta concentração, sendo realizadas sempre com o auxílio de uma barra de aplicação munida de três mangueiras, com pontas injetoras submersas na água, em três profundidades (0,2, 0,6 e 1,2 m. O volume de aplicação foi mantido próximo a 54 l ha-1 de calda. Foram feitas avaliações visuais dos sintomas de fitointoxicação nas três espécies estudadas, assim como avaliação da biomassa. Nas condições da pesquisa, o fluridone controlou as macrófitas submersas Egeria najas e Egeria densa; quando cessou o efeito do fluridone, aconteceu a reinfestação de Egeria densa e Egeria najas; e não houve controle de Ceratophyllum demersum nem das espécies não-alvo, como Salvinia auriculata, Ipomoea spp., Merremia sp., Typha latifolia e Cyperus spp.The objective of this study was to evaluate the efficacy of the herbicide fluridone on the control of submersed aquatic weeds (Egeria densa Planch., Egeria najas Planch. and Ceratophyllum demersum, the major aquatic weeds in the reservoir of Engº Souza Dias (Jupiá Hydroelecric Power Plant, Itapura, São Paulo. The experiment, consisted of fluridone applications and was carried out in bays of the Tietê River, called Flórida and Barrenta. The lakes were divided into zones, each considered a treatment. All

  18. Arroz tolerante a imidazolinonas: controle do arroz-vermelho, fluxo gênico e efeito residual do herbicida em culturas sucessoras não-tolerantes

    Villa,S.C.C.; Marchezan,E.; Avila,L.A.; Massoni,P.F.S.; Telo,G.M.; Machado,S.L.O.; Camargo,E.R.

    2006-01-01

    Após várias décadas de busca de alternativas para controle do arroz-vermelho, desenvolveram-se genótipos de arroz tolerantes a herbicida do grupo químico das imidazolinonas, o qual controla eficientemente esta planta daninha no Sistema Clearfield. O experimento teve como objetivo avaliar: a eficiência do controle de arroz-vermelho com a mistura formulada dos herbicidas imazethapyr (75 g L-1) + imazapic (25 g L-1) (produto comercial Only®); o residual do herbicida no solo através dos danos cau...

  19. Actividad antiparasitaria de extractos de plantas colombianas de la familia Euphorbiaceae

    Laura Fernanda Neira; Elena Stashenko; Patricia Escobar

    2014-01-01

    Introducción: La familia Euphorbiaceae es un grupo heterogéneo de plantas distribuidas en el territorio colombiano utilizadas algunas de ellas, como plantas medicinales. Objetivo: Determinar la actividad tóxica de aceites esenciales (AE) y extractos de plantas obtenidos de la familia Euphorbiaceae contra tripanosomátidos. Materiales y métodos: Los AE de Croton pedicellatus Kunth (AE1) y C.leptostachyus Kunth (AE2) y el extracto de Phyllanthus acuminatus Vahl fueron obtenidos por hidrodestilac...

  20. Avaliação de herbicidas de pós-emergência na cultura da batata Evaluation of herbicides on post emergent weed control in potato crops

    Jeferson Zagonel

    1999-03-01

    Full Text Available O experimento foi instalado na Fazenda Escola da UEPG, Ponta Grossa-PR, em solo Latossolo Vermelho Escuro de textura média argilosa, tendo como objetivo avaliar a eficiência e a seletividade do herbicida propaquizafop no controle pós-emergente de plantas daninhas na cultura da batata. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com seis tratamentos: propaquizafop (100, 125 e 150 g i.a./ha; fluazifop-p-butil (188 g i.a./ha; testemunha capinada e testemunha sem capina, em quatro repetições. O plantio foi realizado em 26 de outubro com a cultivar Elvira, usando-se o espaçamento de 0,70 x 0,35 m. As plantas daninhas presentes foram: Brachiaria plantaginea (capim-papuã, Digitaria horizontalis (capim-milhã e Eleusine indica (capim pé-de-galinha. As avaliações foram efetuadas aos 15, 30 e 45 dias após a aplicação dos tratamento. Observou-se que a aplicação de herbicidas pós-emergentes após a amontoa, permite controle adequado de plantas daninhas desde a emergência até a colheita; o herbicida propaquizafop mostrou-se eficiente no controle sobre capim-papuã e capim pé-de-galinha nas doses de 100, 125 e 150 g i.a./ha e sobre capim-milhã nas doses de 125 e 150 g i.a./ha. As perdas na produção causadas pela competição com plantas daninha foram da ordem de 57,4 %. Não foram observados efeitos fitotóxicos nas plantas de batata que pudessem ser atribuídos aos tratamentos aplicados.The presented field experiment was conducted at the Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná State, Brazil, on Dark Red Latossoil, to evaluate the efficiency and selectivity of herbicides on post emergence weed control in potato crops. The experiment was laid out in a randomized block design with six treatments and four replications: propaquizafop (100, 125 and 150 g a.i/ha; fluazifop-p-butil (188 g a.i/ha, weed free and weedy. Planting was conducted on October 26, using the cultivar Elvira. Potato plants were spaced 0.70 x 0.35 m. The

  1. Bioprospecção de macroalgas marinhas e plantas aquáticas para o controle da antracnose do feijoeiro Bioprospecting of marine seaweeds and aquatic plants for controlling the bean anthracnose

    Guilherme Fernandes de Abreu

    2008-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi testar o efeito local, residual e sistêmico, de extratos de 17 espécies de macroalgas marinhas e de duas plantas aquáticas, sobre a antracnose do feijoeiro. Para tanto, os espécimes foram coletados, identificados, secos em estufa (50ºC/ 48 h, moídos e seus compostos extraídos com etanol. Plantas de feijoeiro (Phaseolus vulgaris cv. Uirapuru foram cultivadas em vasos, em casa-de-vegetação. Os 19 extratos foram subdivididos e testados em duas etapas de seleção e comparação independentes, utilizando-se o delineamento inteiramente ao acaso, com cinco repetições (vasos com três plantas. As plantas foram pulverizadas com extratos na concentração de 50 mg de peso seco/mL quando apresentavam o primeiro trifólio expandido. Para verificar o efeito local, as plantas foram inoculadas com uma suspensão de 1,2 x 10(6 conídios/mL 4 horas após o tratamento, enquanto que para o estudo do efeito residual e sistêmico, as plantas foram inoculadas 7 dias após o tratamento. A severidade da antracnose foi avaliada 7 dias após a inoculação (dai na planta inteira e no trifólio não tratado (efeito sistêmico, utilizando-se uma escala de 1 a 9. As algas e plantas que reduziram significativamente a severidade da doença foram comparadas em experimento avaliado aos 7 e aos 12 dai. O extrato de Bryothamnion seaforthii apresentou efeito local, reduzindo em 35% a severidade da antracnose, enquanto o extrato de Ulva fasciata demonstrou efeito residual com redução de 22% na doença aos 12 dai. Somente os extratos de Lemna sp. e U. fasciata reduziram sistemicamente a severidade de doença aos 7 dai na ordem de 55 e 44%, respectivamente, em relação à testemunha. O possível modo de ação desses extratos é discutido.The goal of this work was to test the local, residual as well as systemic effect of extracts from 17 marine seaweeds and two aquatic plant species against the bean anthracnose. For that, specimens were

  2. Diseño e implantación de un sistema SCADA para una planta de producción y envasado de líquidos

    Redondo Sol, Manuel

    2008-01-01

    Este proyecto consiste en la implantación de un sistema SCADA en una planta piloto de fabricación y envasado de líquidos. En este documento se muestra toda la información que ha sido necesaria para realizar el sistema de automatización en los tres niveles propios de un SCADA: nivel de campo, nivel de control y nivel de supervisión. El trabajo de campo ha sido, típicamente de revisión, puesto que el Departament de Telecomunicació i d'Enginyeria de Sistemes ya poseía la planta totalmente equipa...

  3. Estudio para la viabilidad de una planta de incineración de residuos

    Martínez Lizarte, Sergio

    2016-01-01

    La confección del presente estudio responde al encargo por parte de La Planta S.A. para la determinación del precio de venta del vapor generado en su planta. Esta planta, que actualmente genera energía eléctrica para la venta al mercado eléctrico y vapor , que suministra a la empresa Terceros S.A., se plantea la necesidad de estudiar diversos escenarios de producción para evaluar distintas situaciones potenciales futuras que contemplan el aumento de la demanda de energía térmic...

  4. Sistemas primários de transporte de prótons integram os mecanismos de desintoxicação do mesotrione em plantas de milho Proton transport primary systems used as mechanisms of mesotrione detoxification in corn plants

    J. Ogliari

    2009-01-01

    Full Text Available O mesotrione é um dos mais efetivos herbicidas desenvolvidos para o controle de uma ampla gama de plantas daninhas que infestam campos de milho (Zea mays. Todavia, as bases bioquímicas e moleculares da tolerância das plantas de milho a esse herbicida ainda não foram estabelecidas. Para compreender os mecanismos de desintoxicação do mesotrione em plantas de milho, foram analisadas as atividades dos principais sistemas primários de transporte de prótons (íons H+ das membranas plasmática e vacuolar (H+-ATPases do tipo P e V e H+-PPases de células de diferentes tecidos de plantas tratadas após aplicação do herbicida em pós-emergência. Para isso, foram realizados procedimentos de fracionamento celular, de tecidos radiculares, foliares e do caule, por centrifugação diferencial e purificação de vesículas membranares em gradiente de densidade de sacarose. Os ensaios enzimáticos das atividades hidrolíticas das três bombas de H+ foram realizados aplicando-se um método colorimétrico para medir o fosfato liberado das hidrólises dos substratos: adenosina-5'-trifosfato (ATP e pirofosfato (PPi. Parâmetros fotossintéticos foram analisados como marcadores fisiológicos dos diferentes estádios da desintoxicação das plantas. Essa análise demonstrou que o tratamento com mesotrione promoveu uma redução na taxa fotossintética e na relação Fv/Fm no terceiro dia após aplicação (DAA, mas não afetou significativamente a fotossíntese a partir do quinto DAA. Nos três tecidos analisados, raiz, folha e caule, aos 3 DAA, foi observado forte estímulo da atividade da H+-PPase vacuolar, a qual variou de cerca de 100 a 600%. Essa forte ativação foi reduzida significativamente aos 7 DAA, mas permaneceu pelo menos duas vezes maior com relação ao controle. Por sua vez, as H+-ATPases das membranas plasmática e vacuolar foram bem menos moduladas pelo tratamento com o herbicida, apresentando estimulações e inibições que n

  5. Bioclimatic conditioning places for propagation the plants; Acondicionamiento Bioclimatico de locales para programacion de plantas

    Iriarte, Adolfo [Catamarca, (Argentina); Lesino, Gabriela [Buenos Aires, (Argentina); Matias, Cesar [Catamarca, (Argentina)

    2000-07-01

    A special tax reduction to promote agricultural investments in the Province of Catamarca in Argentina has created a strong demand of high quality plants of olive (Olea europea L.), walnut (Junglans regia L.) and fig (Ficus carica L.) trees. The method used for plant propagation consists of three stages: rooting of stem cuttings (two months), growth under controlled conditions in a greenhouse (four to five months) and rustication and acclimatization to outdoor conditions in a half-shadow protected area (three to four months). The plant is ready to be transferred to the field in nine to ten months. The rooting stage cannot take place outdoors in hot, arid and windy climates. This paper refers to the design, construction and monitoring of a building where the ambient temperature, humidity and illumination levels are controlled to promote the growth of roots, maintain the stem hydrated and allow restrained photosynthetic activity. Excellent thermal and agronomic results were obtained with rooting efficiencies of 43 to 75 % in summer and 30 to 60 % in winter for olive stems. [Spanish] La necesidad de produccion de olivo (Olea europea L.), nogal (Junglans regia L.) e higueras (Ficus carica L.) de alta calidad para satisfacer la demanda de los establecimientos agropecuarios, ha obligado a utilizar para la produccion de plantas la tecnica de enraizamiento de estacas semilenosas, lo que permite obtener plantas identicas a la planta madre. En regiones de climas calidos y ventosos los factores climaticos externos dificultan el control y mantenimiento de las condiciones ambientales dentro de los recintos destinados a la produccion de plantas mediante estacas. Esto exige disponer de una camara que permita controlar la temperatura y la humedad simultaneamente obtener niveles de iluminacion natural compatible con las necesidades fotosinteticas de las estacas. En el presente trabajo se describen los aspectos constructivos de una casa de vegetacion, analizandose el balance de calor

  6. Interferência e nível de dano econômico de capim-arroz sobre o arroz em função do arranjo de plantas da cultura Interference and economic weed threshold (Ewt of barnyardgrass on rice as a function of crop plant arrangement

    D. Agostinetto

    2010-01-01

    Full Text Available Na cultura do arroz irrigado ocorrem elevadas perdas de produtividade de grãos devido à interferência de plantas daninhas, pois estas também estão adaptadas ao ambiente inundado de cultivo do cereal. Objetivou-se avaliar a interferência e determinar o nível de dano econômico de populações de capim-arroz em arroz irrigado em função do arranjo de plantas da cultura. Foi realizado um experimento em campo, com cultivo de arroz em sistema convencional. Os tratamentos foram constituídos por três arranjos de plantas de arroz, cultivar BRS Pelota (17 e 32 cm e semeadura a lanço, e nove populações de capim-arroz em cada método de semeadura. O modelo de regressão não linear da hipérbole retangular estima adequadamente as perdas de produtividade do arroz irrigado na presença de plantas de capim-arroz. A cultura do arroz semeada a lanço apresenta maior habilidade competitiva com o capim-arroz em relação à semeadura em linha nos espaçamentos de 17 e 32 cm. A variável área foliar apresenta melhor ajuste ao modelo da hipérbole retangular, comparativamente às variáveis população de plantas, massa seca da parte aérea e cobertura do solo. A utilização de semeadura a lanço aumenta o nível de dano econômico, justificando a adoção de medidas de controle do capim-arroz em níveis mais elevados de população. Acréscimo na produtividade de grãos, no preço do arroz e na eficiência do herbicida e redução no custo de controle diminuem os valores do nível de dano econômico, justificando a adoção de medidas de controle em baixas populações de capim-arroz.High yield losses in irrigated rice occur due to weed interference, as weeds are also adapted to the flooded environment where the crop is cultivated. The objective of this study was to evaluate the degree of interference and determine the economic weed threshold of populations of barnyardgrass in irrigated rice, according to crop arrangement. Thus, an experiment was

  7. El crecimiento de cuatro plantas ornamentales anuales en diferentes sustratos.

    Adalberto Di Benedetto

    2003-06-01

    Full Text Available Usando un sustrato base compuesto por turba de Sphagnum, perlita y vermiculita (Sustrato Van Leeuwen®, se evaluaron las siguientes mezclas de cultivo: (1 Sustrato Van Leeuwen® (100%; (2 Suelo (100%; (3 Suelo (50%; (4 Resaca de río (100% y (5 Resaca de río (50%. Se encontró una disminución de la porosidad total durante las primeras semanas de cultivo y un aumento, que no llegó a compensar la caída inicial, durante las fases finales de crecimiento para las cuatro plantas utilizadas en todas las mezclas evaluadas. De las cuatro plantas estudiadas: Begonia x semperflorens (“flor de azúcar”, Gerbera x jamensonii, Impatiens x walleriana (“alegría del hogar” y Viola x wittrockiana (“pensamiento”, todas presentaron una curva de crecimiento típica en función del tiempo con variaciones significativas entre las cinco mezclas de crecimiento utilizadas. Nuestros resultados indican que la resaca de río podría ser una alternativa potencial para la sustitución parcial o total de la turba de Sphagnum aunque la proporción exacta se halla asociada con los requerimientos de cada planta en particular.

  8. Seletividade de sálvia (Salvia splendens ao herbicida oxyfluorfen veiculado à palha de arroz Selectivity of Salvia splendens to oxyfluorfen applied to rice straw

    K.F.L. Pivetta

    2008-01-01

    Full Text Available O manejo de plantas daninhas em canteiros de floríferas é um dos principais aspectos que interferem na manutenção dos jardins. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo estudar a possibilidade de veiculação do oxyfluorfen à palha de arroz e a seletividade da sálvia (Salvia splendens, uma das principais floríferas produzidas e comercializadas no Brasil, ao herbicida. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, no esquema fatorial 4 x 3, com quatro repetições. Os tratamentos foram quatro quantidades de palha de arroz (0, 4, 6 e 8 t ha-1 combinadas com três doses do herbicida oxyfluorfen (0, 1 e 2 L ha-1. Observou-se que os tratamentos que levaram à veiculação do herbicida (nas duas doses testadas e nas três quantidades de palha apresentaram controle de plantas daninhas sem que efeitos fitotóxicos severos fossem observados nas plantas de sálvia. A pulverização direta do herbicida sobre o solo e as plantas de sálvia não se mostrou viável. O tratamento que proporcionou controle satisfatório de plantas daninhas sem causar danos às plantas de sálvia e que, por isso, pode ser recomendado foi o que recebeu o herbicida na dose de 2 L ha-1, veiculado a 4 t ha-1 de palha de arroz.Weed control is one of the main constrains to flower garden maintenance. This work aimed to study the possibility of translocating oxyfluorfen to rice straw and of selectivity of Salvia splendens, one of the main ornamental species produced and commercialized in Brazil, to the herbicide. A randomized block design was used in the factorial scheme 4 x 3, with four repetitions. The treatments consisted of four amounts of rice straw (0, 4, 6 and 8 t ha-1 combined with three doses of oxyfluorfen (0, 1 and 2 L ha-1. The results showed that the treatments that led to translocation of the herbicide to rice straw showed great weed control, without any high phytotoxicty damage to the salvia plants. The treatment receiving g 4 L ha-1 of herbicide in 2

  9. EVALUACIÓN DE LA PLANTA Lemna minor COMO BIORREMEDIADORA DE AGUAS CONTAMINADAS CON MERCURIO

    Adolfo D. Arenas

    2011-01-01

    Full Text Available Se evaluó la capacidad biorremediadora de Lemna minor en función del tiempo en aguas contaminadas con mercurio mediante un diseño experimental de 3 bloques al azar con cinco réplicas: un grupo experimental con 100 g de Lemna, 7,5 L de agua contaminada con Hg (0,13 mgL-1 y solución nutritiva; un grupo Testigo con 100 g de Lemna, 7,5 L de agua y solución nutritiva y un grupo control con mercurio al nivel de 0,13 mgL-1 en agua destilada sin plantas. La eficiencia de remoción de mercurio de la Lemna minor, en 22 días, fue de 30%. Las variables peso fresco, peso seco, y nitrógeno y fósforo foliares no presentaron diferencias significativas entre los dos tratamientos. La absorción de potasio, fue afectada por los niveles de mercurio. La planta Lemna minor representa una alternativa para la remoción de mercurio en aguas contaminadas hasta un nivel de 0,13 mg/L.

  10. Evaluación de la actividad antimalárica de algunas plantas utilizadas en la medicina tradicional cubana

    M. RODRíGUEZ-PéREZ; J. M. MARTíNEZ; L. R. RIVERO; H. M.H. ÁLVAREZ; A. F.C. VALDEZ; D. A. RODRíGUEZ; R. S. LIZAMA; J. A. PAYROL

    2009-01-01

    La búsqueda de nuevas alternativas terapéuticas es una alta prioridad en la lucha por el control de la malaria. El objetivo del presente estudio fue evaluar extractos preparados a partir de plantas seleccionadas en base a información etnobotánica obtenida de la Medicina Tradicional Cubana. Extractos de seis plantas (Bambusa vulgaris, Parth...

  11. Estratégias de manejo de inverno e verão visando ao controle de Conyza bonariensis e Bidens pilosa Winter and summer management strategies for Conyza bonariensis and Bidens pilosa control

    A.M. Oliveira Neto

    2010-01-01

    Full Text Available Conyza bonariensis é uma das principais plantas daninhas da região Sul do País; com a seleção de biótipos tolerantes e resistentes ao herbicida glyphosate, demandas são crescentes por alternativas de manejo para essa espécie. Com esse intuito, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência de diferentes estratégias de manejo de inverno e de verão sobre o controle de Conyza bonariensis, utilizando a mistura em tanque de glyphosate+2,4-D associada ou não com herbicidas residuais. As combinações de manejo foram realizadas após a colheita do milho safrinha (manejo de inverno, associadas a manejos antecedendo a semeadura da soja (manejo de verão, totalizando 15 tratamentos. Os manejos de inverno avaliados foram eficientes na dessecação das plantas daninhas e mantiveram excelentes níveis de controle residual até a pré-semeadura da cultura da soja. A semeadura da aveia após o manejo de inverno com posterior manejo de verão com glyphosate+2,4-D+diclosulam mostrou-se eficiente no controle de Bidens pilosa. Em todos os manejos em que o herbicida 2,4-D foi associado ao glyphosate houve controle total de Conyza bonariensis.Conyza bonariensis is one of the most important weeds in southern Brazil. The selection of biotypes tolerant and resistant to the herbicide glyphosate has led to increasing demand for alternatives of management strategy to control this species. This work aimed to evaluate the efficiency of different winter and summer management strategy for the control of Conyza bonariensis, by using glyphosate + 2,4-D tank mixtures combined or not with residual herbicides. The different burndown alternatives were applied after corn harvest (winter burndown, associated to applications before soybean sowing (summer burndown with a total of 15 treatments. Winter burndown options evaluated in this research were efficient in weed desiccation and provided excellent levels of residual weed control up to the next summer soybean

  12. IDENTIFICACIÓN MOLECULAR DE MICROORGANISMOS ASOCIADOS A LA RIZOSFERA DE PLANTAS DE VAINILLA EN COLOMBIA

    CLAUDIA L. ÁLVAREZ LÓPEZ; NELSON W. OSORIO VEGA; MAURICIO MARÍN MONTOYA

    2013-01-01

    El cultivo de vainilla es altamente promisorio en Colombia, pero se requiere mayor conocimiento de su manejo agronómico y de los microorganismos que crecen asociados a su rizosfera, de los cuales depende esta planta para su nutrición y crecimiento. En este trabajo se realizaron aislamientos de microorganismos de la rizosfera de plantas de vainilla en un cultivo piloto ubicado en el municipio de Sopetrán (Antioquia, Colombia). Los microorganismos se aislaron en medios selectivos de crecimiento...

  13. LA RIQUEZA DE LAS PLANTAS CON FLORES DE COLOMBIA

    J. ORLANDO RANGEL-CH.

    2015-01-01

    Full Text Available Con base en los inventarios florísticos a nivel regional que se adelantan desde 1991 se documentaron los patrones de riqueza (distribución, concentración a nivel de familia de las plantas con flores en Colombia y en sus regiones naturales extra-andinas. En Colombia están representadas 238 de las 414 familias de plantas con flores reconocidas a nivel global, lo cual significa el 57.7% de esta riqueza. De las regiones naturales incluidas en este estudio, la Amazonia es la más rica en número de especies y la de mayor superficie y en el Caribe se alcanzó el mayor número de familias (201. El índice de riqueza a nivel de familia fue mayor en el Caribe (15.6 x 10-4 y el de especies fue mayor en el Chocó (3.4x10-2 y menor en la Orinoquia (1.7x 10-2.. En la Orinoquia están ausentes 65 familias, en la Amazonia 49, en el Chocó 59 y en el Caribe 35 respectivamente. En cuanto a distintividad taxonómica a nivel de familias, en el Caribe se encuentran 19 familias con distribución restringida, en Amazonia cinco, en el Chocó y en la Orinoquia una en cada caso. No se comprobó una relación directa entre superficie del área de la región natural y las expresiones de la riqueza y de la distintividad taxonómica. Se confirma el patrón alto de riqueza en un número reducido de familias, en las 50 familias más ricas en todas las regiones naturales se concentran los valores de riqueza específica por encima del 82%. Entre las familias con mayor concentración de especies en Colombia, en comparación con la situación a nivel del mundo cabe destacar a Metteniusaceae, grupo que presenta siete de las nueve especies registradas en el mundo e igualmente a Brunelliaceae, Siparunaceae, Cyclanthaceae, Heliconiaceae, Myristicaceae, Marcgraviaceae, Gunneraceae, Humiriaceae, Rapateaceae y Tropaeolaceae. Una comparación de los patrones de riqueza a nivel de familia en los países megadiversos de Suramérica, muestra que en Brasil 41 familias tienen mayor n

  14. EVALUACIÓN DE LA PLANTA Lemna minor COMO BIORREMEDIADORA DE AGUAS CONTAMINADAS CON MERCURIO

    Adolfo D. Arenas; Lué-Merú Marcó; Gosmyr Torres

    2011-01-01

    Se evaluó la capacidad biorremediadora de Lemna minor en función del tiempo en aguas contaminadas con mercurio mediante un diseño experimental de 3 bloques al azar con cinco réplicas: un grupo experimental con 100 g de Lemna, 7,5 L de agua contaminada con Hg (0,13 mgL-1) y solución nutritiva; un grupo Testigo con 100 g de Lemna, 7,5 L de agua y solución nutritiva y un grupo control con mercurio al nivel de 0,13 mgL-1 en agua destilada sin plantas. La eficiencia de remoción de mercurio de la L...

  15. El crecimiento de cuatro plantas ornamentales anuales en diferentes sustratos.

    Adalberto Di Benedetto; Carlos Boschi; Rolando Klasman y Jorge Molinari

    2003-01-01

    Usando un sustrato base compuesto por turba de Sphagnum, perlita y vermiculita (Sustrato Van Leeuwen®), se evaluaron las siguientes mezclas de cultivo: (1) Sustrato Van Leeuwen® (100%); (2) Suelo (100%); (3) Suelo (50%); (4) Resaca de río (100%) y (5) Resaca de río (50%). Se encontró una disminución de la porosidad total durante las primeras semanas de cultivo y un aumento, que no llegó a compensar la caída inicial, durante las fases finales de crecimiento para las cuatro plantas utilizadas e...

  16. Plantas desaladoras: problemas de régimen variable

    Laguna Peñuelas, Francisco; Sánchez Calvo, Raúl; Juana Sirgado, Luis; Rodríguez Sinobas, Leonor; Castañon Lion, Guillermo; Gil Rodríguez, María; Losada Villasante, Alberto

    2009-01-01

    Las plantas desaladoras cuentan con un circuito hidráulico con varios bombeos y en el que las maniobras de apertura y cierre de llaves para limpieza de filtros son frecuentes. En ocasiones, el régimen variable producido por maniobras de llaves o por parada de bombas ha causado daños estructurales en los filtros. Mediante modelación matemática se ha analizado el régimen variable para diferentes hipótesis. Se concluye que los propios filtros atenúan los efectos de golpe de ariete y que, a...

  17. Eficiência de fluridone no controle de plantas aquáticas submersas e efeitos sobre algumas características ambientais Fluridone efficacy in controling submersed aquatic weeds and its effects on some environmental characteristics

    D.A.S. Marcondes

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência do herbicida fluridone no controle de plantas aquáticas submersas (Egeria densa, Egeria najas e Ceratophyllum demersum, assim como seus efeitos sobre algumas características ambientais. A pesquisa foi conduzida no reservatório da Usina Hidrelétrica Eng. Souza Dias (Jupiá, região noroeste do Estado de São Paulo, em uma reentrância denominada lagoa Vírgula. A lagoa foi dividida em nove faixas e seis delas receberam uma aplicação inicial de fluridone para se obter uma concentração de 20 ppb. As aplicações subseqüentes foram dimensionadas para recompor esta concentração. Para o estudo do carreamento do herbicida pelo fluxo de água, foi efetuado o monitoramento das suas concentrações nas nove faixas da lagoa (com e sem aplicação e em áreas a jusante e a montante. Foram analisados os efeitos do fluridone sobre características ambientais como: turbidez, temperatura da água, condutividade elétrica, concentração de oxigênio, pH e resíduos de fluridone. A eficácia do controle foi avaliada visualmente (pelos sintomas de fitointoxicação nas três espécies estudadas e pela amostragem de biomassa. Observou-se que o fluridone controlou de forma satisfatória E. najas e E. densa. Quando cessou o efeito do fluridone, aconteceu a reinfestação de E. densa e E. najas. Não houve controle de C. demersum. O fluridone não produziu efeitos adversos sobre as características de qualidade ambiental estudadas.This study aimed to evaluate the efficacy of the herbicide fluridone to control submersed aquatic weeds (Egeria densa, Egeria najas and Ceratophyllum demersum, as well as its effects on some environmental characteristics. The research was carried out in the reservoir of Eng. Souza Dias (Jupiá Hydro-elecric plant power, Station in northwestern São Paulo, Brazil, in Lagoa Vírgula bay. The bay was divided in nine zones and six of them received an initial application of fluridone

  18. Plantas insectívoras, ii: droseraceas de colombia

    Fernández Pérez, Alvaro

    2012-01-01

    Las plantas insectívoras colombianas, en el grupo de las Fanerógamas, están representadas solamente por las familias Lentibulariaceae y Droseraceae. La primera fue considerada en el numero 41 (1964) de esta revista. En ese estudio se incluyeron también las especies del Perú como adición al conocimiento de la Flora del vecino país.

  19. Plantas usadas por aves en paisajes cafeteros de Nariño, Colombia

    Yulieth Viviana Castillo R.; Jhon Jairo Calderón L.

    2017-01-01

    Las plantas son un importante recurso alimenticio para las aves presentes en los paisajes cafeteros, por lo que la heterogeneidad en las diferentes unidades de estos paisajes, garantizan la disponibilidad de alimento. Conocer este tipo de interacciones entre plantas y aves es importante para la conservación de la biodiversidad en paisajes cafeteros. En esta investigación, se presenta la lista inicial de especies de plantas usadas por las aves de paisajes cafeteros en zonas rurales de los muni...

  20. Efeito do pré-plantio com plantas medicinais e aromáticas no controle de Plasmodiophora brassicae The effect of pre-plantation with medicinal plants in the Plasmodiophora brassicae control

    Ionete Hasse

    2007-03-01

    Full Text Available A "hérnia das crucíferas" é a principal doença na produção de brássicas na Região Metropolitana de Curitiba-PR. Fatores ambientais favoráveis, ausência de cultivares resistentes e de controle químico eficiente, aliados ao plantio sucessivo de espécies da mesma família, têm colaborado para sua disseminação. Com o objetivo de controlar a doença com menor impacto ambiental, o presente estudo verificou o efeito do pré-plantio de plantas medicinais e aromáticas na redução de inóculo de Plasmodiophora brassicae. Dois experimentos foram conduzidos em casa de vegetação no Setor de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Paraná, nos períodos de junho a novembro de 2003 e julho a dezembro de 2004. O delineamento foi inteiramente casualizado com nove tratamentos e seis repetições. As plantas utilizadas nos tratamentos foram: menta (Mentha piperita L.; alfavaca (Ocimum basilicum L.; bardana (Arctium minus Hill; calêndula (Calendula officinalis L.; cebolinha (Allium fistulosum L.; salsa (Petroselinum hortense Hoffm e sálvia (Salvia officinalis L., e como testemunhas foram utilizados solos sem patógeno e solo infestado, ambos em pousio. Utilizaram-se vasos contendo 3 Kg de solo esterilizado via vapor e como inóculo de P. brassicae foram utilizados 2,5 g de galhas por vaso. A rúcula (Eruca sativa Mill foi o hospedeiro suscetível utilizado. Após 45 dias do plantio da rúcula foram determinadas a massa aérea fresca, incidência de galhas galhas e o índice de severidade. A maior massa aérea fresca e as menores severidades foram obtidas no experimento de 2003, nos tratamentos com o pré-plantio das medicinais bardana, salsa, menta, alfavaca e cebolinha.Clubroot of crucifers is main disease in the brassica production in the Metropolitan Region of Curitiba, Paraná State. Favorable environmental factors, lack of resistant varieties and efficient chemical control along with successive plantation of the same family species

  1. EFECTOS DEL ENRIQUECIMIENTO CON SELENIO EN SPAD, CALIDAD DE LA FRUTA Y PARÁMETROS DE CRECIMIENTO DE PLANTAS DE FRESA EN UN SISTEMA DE CULTIVO SIN SUELO

    PEDRO PALENCIA

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMEN El selenio (Se es un elemento traza esencial no solo para animales, plantas y microorganismos, sino también para la salud de las personas. Por ello, parece que aumentar las cantidades de selenio en plantas puede tener implicaciones positivas. El objetivo de este trabajo fue determinar en un sistema de cultivo sin suelo con fibra de coco el efecto del selenito (Se IV y selenato (Se VI en el peso, calidad de las frutas de fresa, así como en variables de crecimiento y contenido de clorofilas de las hojas jóvenes y adultas de la planta de fresa de la variedad ‘Splendor’. Los tratamientos fueron: T1 Se(IVF (foliar, T2 Se(IVS (sustrato, T3 Se(VIF, T4 Se(VIS y T5 control (sin aporte de Se. Se aplicaron semanalmente las mismas concentraciones de Se(IV y Se(VI. Los resultados del análisis mostraron que el efecto de los tratamientos sobre firmeza, sólidos solubles totales y acidez titratable en frutas fue significativo. Los valores más altos de firmeza y sólidos solubles fueron mostrados por el tratamiento T4. Los mayores valores para el pH se producen en los tratamientos con T2 y T4. Los resultados indican que el Se tiene un efecto positivo sobre los valores de SPAD en hoja vieja. Las plantas con tratamiento de selenio presentaron un mayor número de hojas en relación a las plantas control.

  2. Nuevos registros de plantas micoheterótrofas aclorofiladas para la provincia de Corrientes, Argentina

    Ernesto R. Krauczuk

    2013-07-01

    Full Text Available Se presentan nuevos registros de plantas micoheterótrofas aclorofiladas para la provincia de Corrientes, Argentina. Sobre la base de especímenes de herbario recolectados en el territorio de la provincia de Corrientes, Argentina, se documenta por primera vez la presencia de tres especies de plantas micoheterótrofas sin clorofila. Las especies son ilustradas mediante fotografías y se brinda información ecológica sobre los sitios donde las plantas fueron halladas.

  3. Uso tradicional de plantas medicinales en mercados de Bogot?, D.C

    Giraldo Quintero, Sara Emilia; Bernal Lizaraz?, Mar?a Consuelo; Morales Robayo, Adriana; Pardo Lobo, Alesdy Zuled; Gamba Molano, Leopoldo

    2015-01-01

    Objetivo.Describir el uso tradicional de 26 plantas, identificando la droga vegetal, su preparaci?n y administraci?n, los fines medicinales para los que se recomiendan y posibles pr?cticas de uso inadecuado. Materiales y m?todos. Se aplicaron 16 entrevistas semiestructuradas a vendedores de plantas medicinales en 8 plazas de mercado de la ciudad de Bogot?, D.C. Adicionalmente se realiz? la identificaci?n taxon?mica de las plantas con mayor reporte por parte de los vendedores y su uso tradicio...

  4. Compactação causada pelo manejo de plantas invasoras em latossolo vermelho-amarelo cultivado com cafeeiros

    Paula Sant'Anna Moreira Pais

    2011-12-01

    Full Text Available O manejo de plantas invasoras é considerado uma das principais atividades que promovem degradação da estrutura do solo em lavouras cafeeiras, devido à compactação do solo causada pelas operações de controle de plantas invasoras. O objetivo deste estudo foi determinar o modelo de capacidade de suporte de carga para o manejo de plantas invasoras sem capina, bem como, utilizando esse modelo, qual manejo de plantas invasoras causa menor ou maior compactação do solo. Este estudo foi realizado em um Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA cultivado com cafeeiros da cutivar Topázio MG 1190 desde 2006, localizado na Fazenda Experimental da EPAMIG, na comunidade Farias, em Lavras-MG. Os manejos de plantas invasoras avaliados foram: na linha de tráfego da entrelinha - grade de discos, herbicida de pós-emergência, herbicida de pré-emergência, roçadora e trincha; e no centro da entrelinha, onde não houve tráfego - amendoim forrageiro (Arachis pintoi, braquiária (Brachiaria decumbens, capina manual, crotalária (Crotalaria juncea e soja (Glicine max L. A amostragem consistiu de duas etapas: uma para determinar o modelo de capacidade de suporte de carga para o manejo de plantas invasoras sem capina; e outra para avaliar a compactação promovida pelos outros manejos de plantas invasoras. A fim de determinar o modelo de capacidade de suporte de carga para o manejo sem capina, foram coletadas no centro da entrelinha 20 amostras com estrutura indeformada nas profundidades de 0-3, 10-13 e 25-28 cm, totalizando 60 amostras. Essas amostras foram submetidas ao ensaio de compressão uniaxial para obter as pressões de pré-consolidação e as umidades volumétricas, que foram usadas para determinar o modelo de capacidade de suporte de carga. Para determinar a compactação causada pelos manejos de plantas invasoras, realizados por meio do controle mecânico, foram coletadas em janeiro de 2010, nas linhas de tráfego das entrelinhas, 180 amostras com

  5. Tolerância de mamona a zinco avaliada por fluorescência de clorofila e nutrição das plantas

    Marise Conceição Marques

    2014-06-01

    Full Text Available A medida da fluorescência de clorofila pode ser uma ferramenta útil para detectar alterações no aparato fotossintético das plantas. Considerando que a detecção precoce da contaminação de zinco em plantas é essencial para o monitoramento ambiental, este trabalho objetivou avaliar o estresse causado por esse nutriente em plantas de mamona (Ricinus communis, utilizando a técnica da fluorescência de clorofila. As alterações provocadas pelo Zn nos pigmentos fotossintéticos e na composição mineral das plantas foram também estudadas. Plantas de mamona foram cultivadas durante 28 dias em solução nutritiva com cinco doses de Zn (100, 200, 300, 400 e 600 µmol L-1, além de um controle contendo 0,380 µmol L-1 do elemento. A fluorescência de clorofila detectou alterações temporais promovidas pelo acúmulo de Zn nas plantas e evidenciou-se útil na detecção precoce da toxicidade do elemento em plantas de mamona. Apesar do declínio no seu estado nutricional, a mamona apresentou relativa tolerância à toxicidade a doses elevadas de Zn, indicando ser essa espécie uma alternativa atraente para revegetação ou remediação de áreas contaminadas.

  6. Patogenecidad de agrobacterium tumefaciens en algunas especies de plantas de flóres de exportación

    Ovalle Germán; Benincore Germán; Arbeláez Germán

    1984-01-01

    Tres aislamientos de tumefaelens Agrobaeterlum de rosa de las plantas afectadas con agalla de la corona en la Sabana de Bogotá se han caracterizado e identificado por pruebas de laboratorio y mediante la inoculación en plantas de tomate, zanahoria y remolacha. Patogenicidad fue probado en el campo de rosas, claveles, limonium, chrysanthermum y plantas gipsophila que son especies importantes en el país para la producción de flores de exportación. Su patogenia se ha probado también en las plant...

  7. Planta de incineración de residuos - Basilea (Suiza

    Suter & Suter, Arquitectos

    1971-10-01

    Full Text Available A new and extremely efficient incinerating plant has become necessary, to complement the older one, to cater for the rapidly increasing size of Basle, and deal with the large amounts of waste materials, many of them resulting from modern packing systems and heating installations. Recently the first stage in the construction of the new plant has been completed, and the second stage will be finished in 1980. Beyond that date the old plant will be demolished and a final stage will be ready for use in 1985. When completed, the plant will burn about 200,000 tons of waste materials per year.El crecimiento considerable experimentado por la ciudad, el actual sistema de venta, en general, las nuevas instalaciones de calefacción y la prohibición a las fábricas de verter sus residuos en vertederos públicos ha creado la imperiosa necesidad de construir una nueva planta de incineración, con extraordinarias instalaciones y perfecto funcionamiento, que, progresivamente, ha de sustituir a la antigua, sin que ésta deje de funcionar, a fin de no crear nuevos problemas. Recientemente ha sido terminada la primera etapa; la segunda se acabará hacia 1980; después de la cual se demolerá la vieja fábrica y se acometerá la última fase, que será finalizada hacia 1985. En estas fechas, el complejo total quemará más de 200.000 t de desechos por año.

  8. Efeitos de misturas de napropamide e simazine no controle de mono e dicotiledoneas em cafeeiros novos Effects of napropamide and simazine mixtures on the control of mono and dicotyledon on new coffee trees

    L.S.P. Cruz

    1980-12-01

    Full Text Available Com a finalidade de se conhecer a ação de misturas de napropamide e simazine no controle de plantas daninhas mono e dicotiledôneas em cafee iros com dois anos de idade, foi conduzido um experimento de campo em Araras, SP, em 1979/80. 0 delineamento foi o de blocos ao acaso com nove tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram os seguintes: napropamide a 2,00 kg e 3,00 kg/ha; simazine a 0,50 kg e 0,75 kg/ha; e, misturas de 2,00 kg/ha de napropamide com 0,50 kg e 0,75 kg/ha de simazine, e de 3,00 kg/ha de napropamide também com 0,50 kg e 0,75 kg/ha de simaz ine . Constou do experimento ainda, uma testemunha sem herbicida. Aos 45 dias após a aplicação dos herbicidas foi feita uma contagem das plantas daninhas, e a cada 15 dias, até aos 90 dias da aplicação, foram realizadas observações visuais de porcentagem de infestação do mato. Nestas mesmas épocas também foram realizadas observações sobre sintomas de fi totoxicidade causados pelos herbicidas aos cafeeiros. As plantas daninhas presentes em maior número no ensaio foram as monocotiledôneas capim - de-colchão - Digitaria horizontalis Willd e capimpé -de-galinha Eleusine indica (L.1 Gaertn, e as dicotiledôneas carurú-de-mancha - Amaranthus viridis L. e picão-preto - Bidens pilosa L. Como era esperado, as misturas foram superiores aos tratamentos com herbicidas isolados. sendo bastante eficientes no controle das mono e dicotiledõneas que incidiram no experimento. Todos os tratamentos com 0.75 k ' ha de simazine apresentaram leves sintomas de fitotoxicidade, limitados a algumas folhas dos cafeeiros. até a última observação realizada.A field experiment was conducted in Araras in 1979/80 with the purpose to study the effects of mixture of napropamide and simazine on the control of mono and dicotyledons weeds in two years old coffee trees. The experiment was in randomised blocks with nine treatments and four repplications. The treatments were the following

  9. Soil amendment with chopped or ground dry leaves of six species of plants for the control of Meloidogyne javanica in tomato under greenhouse conditions Incorporação ao solo de folhas secas picadas ou moídas de seis espécies de plantas para o controle de Meloidogyne javanica em tomateiro em casa de vegetação

    Everaldo Antônio Lopes

    2011-06-01

    de ovos foram avaliados 60 dias após o transplantio. As folhas picadas de nenhuma planta reduziram o número de galhas e de ovos. Entretanto, as folhas de todas as plantas estudadas reduziram o número de galhas quando foram incorporadas ao solo na forma de pó e a máxima supressão foi obtida com as folhas de nim (61%. A adição ao solo de folhas trituradas de mamona, nim, eucalipto e capim-cidreira reduziu o número de ovos, com redução máxima após aplicação de folhas de mamona (69%, indicando que esses materiais orgânicos podem ser uma alternativa de controle de M. javanica em tomateiro. Novos estudos devem ser realizados em condições de campo para confirmar o potencial desses materiais orgânicos no controle de M. javanica.

  10. Aplicador de herbicidas com pavios de corda: primeiros resultados de controle Rope wick applicator for herbicides: 1. fistweed control results

    R.M. Prudente

    1985-12-01

    Full Text Available Os aplicadores de herbicidas baseados em pavios de corda foram introducidos e largamente aceitos nos EUA a partir de 1978, devido a sua grande simplicidade, baixo custo operacional e economia do herbicida. Um protótipo fabricado com material inteiramente nacional, montado sobre duas rodas de bicicleta, tracionado pelo homem, tendo uma barra de 2 metros de comprimento, foi desenvolvido pelo departamento de defesa fitossanitária da Faculdade de Ciência Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal - UNESP e submetido a um ensaio preliminar. A área estava uniformemente coberta com vegetação natural, com altura média de 55 cm e a maioria das plantas daninhas em estádio de maturação das sementes. O aplicador foi deslocado à velocidade de 2,7 km/h, com consumo médio de 9,3 litros de calda por hectare, tendo aplicado diluições de glyphosate em água, nas proporções de 1:2, 1:4 e 1:6 (produto comercial: água e comparado à pulverização convencional tratorizada, efetuada com velocidade de 4,2 km/h e consumo de 4 litros de produto comercial com 310 litros de água por hectare. As avaliações do controle foram efetuadas através da determinação da biomassa epígea por ocasião de aplicação aos 15 e 33 dias após , além da atribuição de notas aos 33 dias da aplicação. Os resultados mostraram-se promissores para o protótipo, que pode desde já ser considerado um precioso instrumento para o manejo de plantas daninhas.Rope wick applicators were introduced and widely accepted in the U.S.A. since 1978 due to its simplicity, low operational cost and reduced amount of herbicide used. A first working built with material available in local market was assembled by the Department of Crop Protection of Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Jaboticabal, Brazil, and preliminary results are reported in this paper. This model is mounted on two ordinary biclycle wheels , hand pulled, having 2 m wide boom with rope wicks. The

  11. Potencial da otencial planta medicinal Ocimum gratissimum no controle de Bipolaris sorokiniana em sementes de trigo = Potential of Ocimum gratissimum medicinal plant on Bipolaris sorokiniana control in the wheat seeds

    Érica dos Anjos Rodrigues

    2006-04-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito, in vitro, do extrato bruto (EB, autoclavado e esterilizado por filtração, da planta medicinal Ocimum gratissimum e do fungicida iprodione+thiram no crescimento micelial e na esporulação de Bipolaris sorokiniana. Além disso, sementes de trigo naturalmente infectadas com B. sorokiniana foram submetidas aos seguintes tratamentos: 1 fumigação com óleo essencial, 2 imersão em EB autoclavado e 3 não-autoclavado em diferentes concentrações (1%,5%, 10%, 15%, 20%, 25% e 50% m/v, 4 polvilhamento com folhas secas e com fungicida iprodione+thiram. O EB autoclavado proporcionou maior inibição, ainda que parcial, do crescimento micelial em todas as concentrações testadas (1%, 5%, 10%, 15%, 20% e 50% m/v, quando comparado ao EB esterilizado por filtração. Em casa-de-vegetação, as sementes fumigadas por 7 dias apresentaram velocidade de emergência (VE estatisticamente igual à da testemunha (água. Com relação ao tratamento por imersão, não houve diferença estatística entre os parâmetros analisados (VE, porcentagem de emergência, altura, massa fresca e seca e taxa de transmissão (Tt e a testemunha. Sementes tratadas com pó de folhas secas não diferiram estatisticamente do controle químico, em relação aos parâmetros anteriores, mas apresentaram maior Tt do patógeno. Em laboratório, as sementes submetidas à fumigação apresentaram maior número de sementes sadias doque a testemunha, enquanto os tratamentos com imersão em EB e polvilhamento não diferiram em relação ao mesmo parâmetro.The in vitro effect of Ocimum gratissimum medicinal plant CE(autoclaved and sterilized by filtration as well as the iprodione+thiram fungicide on the mycelial growth and sporulation of B. sorokiniana was evaluated. Besides, wheat seeds naturally infected with B. sorokiniana were submitted to the following treatments: 1 fumigation with essential oil; 2 immersion with autoclaved CE and; 3 non autoclaved CE at different

  12. COMPOSICIÓN ELEMENTAL DE ALGUNAS ESPECIES DE PLANTAS SILVESTRES MEXICANAS

    J. C. Raya Pérez

    2009-01-01

    Full Text Available El conocer la composición elemental de las plantas puede ser útil desde varios puntos de vista, como el saber sus necesidades nutricionales y tener una idea del tipo de mantillo que se podría formar en un momento dado. En el caso específico del silicio, las plantas que lo acumulan pueden formar fitolitos, muy útiles en paleoecología y arqueología. Se recolectaron especies de plantas de varias partes del centro-occidente de México y se determinó su composición elemental mediante sonda dispersiva de rayos X acoplada a un microscopio electrónico de barrido. Las plantas semiparásitas (plantas que fotosintetizan pero que toman sus nutrientes de la planta que parasitan acumulan cantidades considerables de iones como potasio y cloro para usarlos como osmolitos. Tillandsia recurvata, a pesar de ser epífita, acumula una buena cantidad de silicio, lo mismo que Cyperus sp., registrada como acumuladora de este elemento. Otras especies como Tagetes micrantha, de uso en la cocina mexicana, podrían contribuir en alguna medida al aporte de micronutrientes como potasio y magnesio.

  13. Plan de manejo ambiental planta distribuidora de combustibles líquidos derivados de los hidrocarburos

    Gómez De La Torre Kusianovich, Raúl Tomás; Gómez De La Torre Kusianovich, Raúl Tomás

    2014-01-01

    Bachiller en Ingeniería Industrial graduado en la Universidad Nacional de Ingeniería, especializado en el área Producción Industrial en la fábrica de cubiertos, herramientas y autopartes INOXA SA con dos plantas industriales. Importante experiencia en Plantas de Ventas y Operaciones Comerciales en compañías del rubro de Hidrocarburos como Emcopesac, Petróleos del Perú, Mobil Oil del Perú, Multicamps y otras. Importante experiencia en Marketing y Ventas de combustibles y lubricantes. Amplia...

  14. Defesas químicas de plantas: fitoalexinas Chemical defense of plants: phytoalexins

    Márcia Regina Braga

    1987-01-01

    Full Text Available A resistência de plantas ao ataque de microorganismos causadores de doenças relaciona-se à presença de barreiras físicas e (juímicas de defesa. Dentre as barreiras químicas destacam-se as fitoalexinas, substâncias fungitoxicas sintetizadas de novo pelas plantas principalmente após a invasão ou o contato de seus tecidos com microorganismos, Essas substâncias englobam vários grupos compostos naturais tais como terpenos, isoflavonóides e poliacetilenos e seu acúmulo pode ser induzido por organismos vivos, seus produtos (elíciadores ou ainda agentes químicos, como sais de metais pesados, ou físicos (congelamento, luz U.U.. Alguns aspectos abordados nesta revisão são: a ocorrência de fitoalexinas em angiospermas, a relação entre sua natureza química e o grupo taxonômico das plantas que as produzem, a sua ação sobre organismos pró e eucarióticos. São descritas também os fatores que interferem nas respostas das plantas aos agentes indutores e as técnicas usuais para a indução e detecção de fitoalexinas. O papel dos eliciadores na indução da sâitese de fitoalexinas e o mecanismo pelo qual exercem sua função indutora são discutidos. Nesse contexto está incluída a teoria das oligossacarinas, fragmentos de parede celular que parecem controlar não só a resposta de defesa em plantas mas também outros fenômenos fisiológicos em plantas.Chemical defense of plants: phytoalexins - This review describes the concept of phytoalexins as a chemical defense of plants against microorganisms as well as a response of plants to chemical or physical agents. The current information on phytoalexins is presented, regarding the following aspects: occurrence in angiosperms; relation-snips between chemical composition and taxonomy; toxicity; factors affecting plant response; techniques for induction and detection of phytoalexins; role of elicitors and mechanisms of action. The latter includes the oligosaccharins-fragments of cell

  15. Efeito de doses de metribuzin no crescimento e na conversão da energia solar em plantas de soja (Glycine max (L . merrill Effect of metribuzin doses on the growth and solar energy conversion in soybean (Glycine max (L. merrill plants

    P. J. Silva Neto

    1991-01-01

    Full Text Available O crescimento e a eficiência na conversão da energia solar foram estudados em soja (Glycine max (L. Merri ll, cv. 'Uberaba', cultivada em condições de campo, sob quatro doses de metribuzin (0, 0,35; 0,70 e 1,05 kg i.a.ha-1. O valor máximo da conversão da energia solar foi de 0,75%, para as plantas cultiva das na maior dose do herbicida. Os valores da conversão da energia solar média durante o ciclo da cultura foram 0,32 ; 0,31 ; 0,32 e 0,33%. em ordem crescente de dose do metribuzin. De modo geral, na fase vegetativa as plantas controle apresentaram valores inferiores em todos os valores de crescimento determinados, superando as tratadas com metribuzin somente na fase reprodutiva, mostrando que no período crítico de competição o dano causado pelas plantas daninhas é maior que a possível fitotoxicida de causada pelo metribuzin.Growth analysis and evaluation of solar energy conversion in soybean (Glycine max (L. Merrill, Uberaba unver field conditions and four doses of metribuzin (0,0;0,35; 0,70 and 1,05 kg i.a.ha-1 were performed in this study. Maximum solar energy conversion was 0,75% for pla nts tre ate d wit h 1,05 kg i.a.ha -1 metribuzin. The aver age of solar energy conversion throughout the entire crop cycle were 0,32, 0,31 , 0,32 and 0,33% for the increasing metribuzin doses. In general, the control showed lower figures for all growth values studied than the treated during the vegetative phase. During the reproductive phase, however, they surpassed those tre ated with metribuzin, showing that in the critical period of competition weeds were more harmful than the phytotoxicity produced by metribuzin.

  16. Reorganización logística de planta y ubicaciones de stock

    Rodríguez Fontanals, Ferran

    2012-01-01

    Este proyecto se ha desarrollado en la empresa Visteon Corporation ubicada en Igualada, pero que forma parte de una gran cadena de plantas a nivel internacional. La empresa fabrica piezas de plástico en inyección para el mundo de la automoción, sobretodo para Nissan, pero también para muchos más fabricantes de coches. El proyecto consta de un estudio completo de la logística de planta en cuanto a ubicaciones de stock y tiempos para una posterior mejora de estos, basándose en la...

  17. EL NÍQUEL EN SUELOS Y PLANTAS DE CUBA

    Olegario Muñiz Ugarte; Mirelys Rodríguez Alfaro; Alfredo Montero Álvarez; Juan Estévez Álvarez; Adriana M. de Aguiar Accioly; Clístenes W. Araujo Do Nascimento

    2015-01-01

    El contenido de Níquel (Ni) en el suelo es muydependiente del material parental que le dio origen. Por otraparte, el Ni existente en su superficie, puede ser tambiénun reflejo de su contaminación. La literatura internacionalseñala valores de Ni total en los suelos del mundo entre0,2 y 450 mg kg-1. Se conoce en la actualidad, que aunqueel Ni es esencial para las plantas superiores, su exceso enforma disponible puede ser tóxico, por lo que se consideraun Metal Pesado. En Cuba las encuestas real...

  18. Estudio termoeconómico de diferentes configuraciones de ciclo combinado integrado con una planta solar

    María Dolores Durán García

    2014-01-01

    Full Text Available Se presenta el análisis termoeconómico de una planta de ciclo combinado integrada con una planta solar de canal parabólico, considerada como una sección de la caldera de recuperación de calor, con el objetivo de conseguir un diseño óptimo al determinar los parámetros de diseño optimizados para ambos sistemas. Se aplica una metodología empleada en trabajos previos para la optimización de ciclos combinados, pero ahora con una planta solar. Como resultado, a partir de un análisis de sensibilidad, se obtiene el desempeño de varias configuraciones bajo diferentes condiciones de radiación solar.

  19. Plantas indicadoras de clomazone na fase vapor

    Fábio Schreiber

    2013-10-01

    Full Text Available A volatilização representa um processo importante no deslocamento de agrotóxicos para o ambiente. As características físico-químicas da molécula do clomazone indicam que este possui potencial de volatilização. Em vista do exposto, para a realização deste estudo, foram conduzidos dois experimentos com o objetivo de avaliar a suscetibilidade das espécies: pepino, melão, milho, sorgo e arroz a diferentes formulações do herbicida clomazone na fase vapor. Para isso, foram utilizadas caixas de vidro hermeticamente fechadas, com a presença de diferentes formulações de clomazone e as espécies vegetais. As formulações utilizadas foram Gamit 360 CS®, Gamit 500 EC® e Gamit Star®. Com os resultados obtidos, foi possível concluir que, dentre as espécies avaliadas, independente da formulação utilizada, a de menor tolerância ao herbicida clomazone na fase vapor foi o sorgo, seguido do milho e do arroz.

  20. Primera cita del desarrollo de Aleyrodes proletella (Linnaeus, 1758) en plantas de tomate bajo condiciones controladas

    Alonso, D.; Gómez, Azahara A.; Nombela, Gloria; Muñiz, Mariano

    2007-01-01

    La mosca blanca de la col, Aleyrodes proletella, causa graves daños en cultivos de brassicas pero no existen referencias hasta la fecha sobre su desarrollo eficaz y continuado en tomate. Tras la observación de la presencia accidental de adultos de esta especie en plantas de tomate (cv Moneymaker), se realizaron dos experimentos en condiciones controladas de laboratorio para analizar su desarrollo en estas plantas. En uno de ellos se introdujeron hembras fértiles de A. proletella en "cajas-pin...

  1. Acúmulo de massa seca e de macronutrientes por plantas de Glycine max e Solanum americanum Accumulation of dry mass and macronutrients by Glycine max and Solanum americanum plants

    S. Bianco

    2012-03-01

    Full Text Available A soja é uma das principais culturas agrícolas do Brasil, sendo a sua produtividade muito influenciada pela competição exercida pelas plantas daninhas. Foram realizados dois experimentos em casa de vegetação, em Jaboticabal, SP, objetivando determinar o acúmulo de massa seca, assim como a distribuição e o acúmulo de macronutrientes em plantas de soja, no período de outubro de 2000 a fevereiro de 2001, e de Solanum americanum, no período de janeiro a maio de 1995. As plantas cresceram em vasos com capacidade de 7 litros, preenchidos com areia de rio lavada e peneirada; elas foram irrigadas diariamente com solução nutritiva. Os tratamentos foram representados pelas épocas de amostragem, realizada a intervalos de 14 dias, iniciando-se 21 dias após a emergência (DAE, até 161 DAE para S. americanum e 119 DAE para soja cv. BR-16 (precoce. O ponto de máximo acúmulo teórico de massa seca deu-se aos 104 DAE para a soja (35,0 g por planta e 143 DAE para S. americanum (179,62 g por planta. Da emergência até 49 e 63 DAE, as folhas apresentaram maior participação no acúmulo de massa seca para soja e S. americanum, respectivamente. Após esses períodos, verificou-se, em ambas as espécies, inversão na representatividade das folhas por caules para a espécie daninha e por caules e, posteriormente, por estruturas reprodutivas, para a cultura. A taxa de absorção diária dos macronutrientes atingiu maiores valores entre 69 e 87 DAE para a soja e entre 105 e 119 DAE para a planta daninha. Considerando a média dos valores de pontos de inflexão observados para a cultura da soja, tem-se que aos 75 DAE uma planta de soja acumula teoricamente 23,9 g de massa seca, 564,4 mg de N, 7,1 mg de P, 490,8 mg de K, 487,0 mg de Ca, 156,6 mg de Mg e 36,0 mg de S. Para o mesmo período, uma planta de S. americanum acumula teoricamente 33,75 g de massa seca, 875,96 mg de N, 88,46 mg de P, 983,54 mg de K, 647,60 mg de Ca, 100,93 mg de Mg e 42,15 mg de

  2. Application of current automation systems to projected control systems for wastes water treatment plant. Aplicacion de los sistemas actuales de automatizacion a la poyeccion de sistemas de control de las plantas de depuracion de aguas residuales

    Aplicaciones Electriques, S.A.

    1994-01-01

    This article provides a general description of the features to be taken into consideration in designing the control system for a waste water treatment plant. In fact, such a description could be apphed to all industrial systems of a similar size. Planning the relevant key features is extremely important as the plant's eventual optimum operation depends on how the systems has been conceived from the outset. This planning must take into account the user's en requirements as well as the inclusion of further optimisation systems in the future. (Author)

  3. Controlador automático On Line en la Planta de separación de Ni y Co en clonación artificial

    Moner Antonio Muñoz

    2007-10-01

    Full Text Available El trabajo muestra los resultados de la investigación sobre el desarrollo de sistemas de medición y control avanzados para la Planta de Separación de Ni y Co, basado en la clonación artificial de un sensor de composición química on line y el control inteligente de los parámetros asociados al transductor-analizador.

  4. Actividad antifungica de extractos de plantas usadas en medicina popular en Argentina

    Roberto Davicino

    2013-04-01

    Full Text Available Los hongos pueden causar enfermedades en humanos, especialmente en pacientes inmunosuprimidos. En este estudio, extractos de 10 plantas utilizadas en medicina popular en Argentina fueron ensayadas para estudiar la actividad antifúngica in vitro contra 4 cepas de hongos. De todas las plantas testeadas, solo 4 mostraron actividad antifúngica: Larrea divaricata Cav, Gnaphalium gaudichaudianum D.C, Baccharis trimera Less y Schinus terebenthifolius.

  5. Etnobotanica y usos de las plantas de la comunidad rural de Sogamoso, Boyacá, Colombia

    Manuel Galvis Rueda

    2017-09-01

    Full Text Available Se investigó el uso de plantas medicinales entre los habitantes de Sogamoso, población agraria en el departamento de Boyacá, Colombia,  donde campesinos en sus huertos y paisajes de zona andina y páramo preservan y usan una alta diversidad de plantas, manteniendo una cultura de saberes tradicionales,  para el  tratamiento de enfermedades humanas o de uso etno-veterinario; aprovechando así los beneficios que conlleva la conservación, para preservar y utilizar especies registradas. La metodología desarrollada fue una investigación de acción participativa, donde se realizaron  encuestas de tipo específico a 100 personas, quienes expresaron tener un uso de las plantas medicinales. Se incluyó la caracterización ecológica de la zona elegida, comprendiendo las  microcuencas de río Monquirá  y río Cusiana, donde los recursos in-situ fueron inventariados con la comunidad, recopilándose fotografías,  usos de las plantas nativas, exóticas  o cultivadas en huertos. Como resultado se obtuvo la descripción a nivel botánico, ecológico, climático, así como las prácticas para la conservación o siembra, inventariándose  más de 178 especies, en 55 familias con sus respectivos usos medicinales y formas de preparación, incluyendo la categorización de plantas frías, calientes, de aplicaciones externas o de elaboración de productos. Se  recopilo el saber popular y se rescató el uso tradicional de plantas medicinales nativas que poseen los mayores o abuelos y que es transmitido de generación en generación.

  6. Uso da técnica da radiohormese para aumento no desenvolvimento de plantas de alho

    Lúcia Cristina Aparecida Santos Silva

    2014-05-01

    Full Text Available O alho tem se destacado não só como uma das principais fontes de temperos dentro da gastronomia, como também um importante vetor de estudo agronômico tanto pela sua peculiar característica de cultivo como pela aplicação das propriedades na quebra de dormência em cultivares como maçã e pera. Este trabalho teve como objetivo aplicar a técnica da radiohormese em bulbos de alho para avaliação do potencial desenvolvimento de suas mudas. Foi desenvolvido no laboratório de Radiobiologia e Ambiente – CENA/USP, utilizando bulbos de alho obtidos no comércio local que, após prévia seleção, foram submetidos aos tratamentos pela radiação gama, nas doses 0 (controle 15, 50, 75 e 100kGy numa taxa de dose de 0,456Gy/h. De acordo com os resultados obtidos pode-se observar que as doses utilizadas influenciaram negativamente a germinação das plantas de alho, devendo portanto que sejam realizados novos testes afim de que se obtenha a dose adequada para este fim.

  7. Produccion de plantas grandes usando minicontenedores

    R. Kasten Dumroese; Thomas D. Landis

    2012-01-01

    En América del Norte hay cada vez más interés por la producción híbrida o mixta. La misma consiste en cultivar plantines en contenedores de pequeño volumen y luego trasplantarlos; el trasplante se puede realizar a canteros en el suelo como en la producción a raíz desnuda o bien a contenedores más grandes. Originalmente se llamaban plantines "plug+", "...

  8. Influencia de la diversidad de especies de plantas en la incidencia de plagas dentro de cultivos en sistemas agroforestales

    Arguello Arias Heliodoro

    1987-12-01

    Full Text Available La diversidad de especies ha sido un tema de gran controversia en relación a la estabilidad de los ecosistemas. En esta revisión de literatura se hace énfasis en sus efectos sobre sistemas agroforestales. Cabe anotarse que, aunque se ha discutido acerca de los posibles efectos de la diversidad
    de especies, son muy pocos los ejemplos que la práctica experimental ha podido mostrar con alguna claridad. Se presentan las evidencias de los cambios al aumentar la diversidad y las hipótesis relevantes acerca del mecanismo responsable de las diferencias observadas en la abundancia
    de herb ívoros en sistemas diversificados comparados con los menos diversos. Tarnbién se presentan evidencias de los cambios al reducir la diversidad como una forma de
    relacionar el impacto de los disturbios. Finalmente, se relacionan el hábitat y el control biológico, tomando ejemplos que confrontan la importancia de los enemigos naturales que controlan insectos herbívoros en hábitats poco disturbados en comparación con hábitats más disturbados. y se concluye
    que, en los sistemas agroforestales (que poseen por lo menos un componente perenne, tiende a existir más poblaciones de herbívoros que en los sistemas de cultivos mixtos de plantas anuales y que, en el control biológico, es más importante la disponibilidad del alimento para las plagas que sus enemigos naturales. Sin embargo, los niveles de infestación tienden a ser más bajos que en sistemas no diversificados.

  9. Registro de Cyclocephala flavipennis Arrow, 1914 (Coleoptera: Melolonthidae danificando plantas de mirtileiro no Brasil

    Gabriela Inés Diez-Rodríguez

    2015-02-01

    Full Text Available Larvas de Cyclocephala flavipennis Arrow, 1914, são comumente encontradas em cereais de inverno (trigo, cevada, aveia e triticale, milho e soja, no Rio Grande do Sul. Em março de 2012, larvas desta espécie foram detectadas em plantas de mirtileiro (Vaccinium ashei Reade, cultivar 'O´Neal', no município de Pelotas, RS. Os insetos alimentaram-se de raízes em áreas restritas do pomar. Este é o primeiro relato da ocorrência do coró-pequeno, C. flavipennis, em plantas de mirtileiro

  10. RESISTENCIA A ANTIBIOTICOS DE BACTERIAS AISLADAS DE BIOPELÍCULAS EN UNA PLANTA DE ALIMENTOS

    María Vanegas L

    2009-08-01

    Full Text Available Objetivo. Evaluar la resistencia a antibióticos y la capacidad de formación de biopelículas de bacterias aisladas en una planta de producción de alimentos. Materiales y métodos. Se tomaron muestras de 3 zonas diferentes, en una planta procesadora de alimentos; en la lavadora de canastas, la mesa de producción y en la banda empacadora. Se aislaron e identificaron las bacterias presentes en cada una de las tres zonas y se determinó la capacidad formadora de biopelículas por medio de cuantificación celular. Asimismo se evaluó la resistencia de cada una de las bacterias aisladas frente a ocho diferentes antibióticos. Resultados. Se recuperaron 29 cepas, correspondientes a 13 géneros diferentes, los cuales fueron todos formadores de biopelículas. Se encontró que cerca del 50% de las bacterias aisladas fueron resistentes a antibióticos como la penicilina G y vancomicina. Adicionalmente se evidenció un alto grado de multirresistencia a los diferentes antibióticos. Conclusiones. La alta multirresistencia encontrada a antibióticos entre las bacterias analizadas podría ser un problema para salud pública ya que pueden ser transmitidas por alimentos. De igual manera es de gran importancia la capacidad de producción de biopelículas de la microbiota analizada así como la alta concentración de bacterias entéricas y ambientales, lo que sugiere deficiencia del programa de limpieza y desinfección de la planta.

  11. OPTIMIZACIÓN DE LA LOGÍSTICA DE OPERACIONES DE UNA PLANTA DE MOLIENDA DE SAL

    Oscar Araya Pasten

    2001-09-01

    Full Text Available

    El presente trabajo tuvo como objetivo desarrollar un modelo de simulación mediante el uso del software Awesim para optimizar el sistema de producción y transporte de sal de una empresa minera del norte de Chile, con la finalidad de incrementar la productividad mediante la reducción de los tiempos de detención de la planta de producción, compatibilizando los ciclos de llenado de las tolvas de almacenamiento con los ciclos de transporte de los camiones.

  12. Viabilidade econômica de sistemas de preparo do solo e métodos de controle de Tiririca em algodoeiro Economic viability of soil preparation systems and methods of Cyperus rotundus control in cotton

    Francineuma P. de Arruda

    2005-12-01

    Full Text Available As plantas infestadas são responsáveis por perdas significativas na produção do algodão a nível mundial, cujo controle é difícil e oneroso. Com o objetivo de se estimar custos de produção e analisar economicamente a eficiência da plasticultura e de métodos de controle de ervas daninhas na cultura do algodoeiro herbáceo irrigado e em sequeiro, utilizaram-se dados obtidos de ensaios conduzidos nos municípios de Barbalha e Missão Velha, no Cariri Cearense, determinando-se o custo de produção, a receita líquida, o índice de lucratividade e os indicadores de viabilidade econômica: Valor Presente Líquido (VPL, Taxa Interna de Retorno (TIR e Relação Benefício-Custo (B/C. Verificou-se que tanto no cultivo irrigado como no cultivo de sequeiro, o método de controle de ervas daninhas mais eficiente e bem menos oneroso, foi o mecânico com preparo do solo convencional, e mais lucrativo no cultivo de sequeiro, apresentando maior VPL e TIR que os demais. O maior custo de produção por hectare foi obtido no cultivo irrigado, utilizando-se o método e controle integrado em sistema de preparo do solo com aiveca. O uso da plasticultura como método de controle de ervas daninhas, é economicamente viável apenas para o cultivo do algodoeiro de sequeiro.Weeds are responsible for significant losses in cotton production in the world and, its control is difficult and expensive. This work has the main objective to estimate production costs and analyse economically the efficiency of plasticulture and different methods of weeds control in irrigated and dry land herbaceous cotton, using data obtained in Barbalha and Missão Velha areas, in the state of Ceará, Brazil, evaluating production costs, net revenues, profitability index and economic viability indicators: Liquid Present Value (LPV, Ratio of Internal Return (RIT and Benefit-Cost Ratio (B/C. It was verified that in irrigated as well as in rainfed crop, the more efficient and economically

  13. Plantio direto de alface americana sobre plantas de cobertura dessecadas ou roçadas

    Andréia Cristina Silva Hirata

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o plantio direto de alface americana no verão sobre plantas de cobertura dessecadas ou roçadas em cultivos sucessivos. O trabalho foi desenvolvido no município de Álvares Machado, São Paulo, Brasil. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, dispostos em parcelas subdivididas, com quatro repetições. O fator da parcela principal foram dois manejos das plantas de cobertura (dessecadas com herbicida ou roçadas e as subparcelas, seis espécies de plantas de cobertura (Cajanus cajan cv. IAPAR 43, Crotalaria spectabilis, Crotalaria juncea, Mucuna pruriens, Pennisetum glaucum e vegetação natural, além da testemunha sem plantas de cobertura. O manejo roçado apresentou desempenho inferior no primeiro cultivo da alface, todavia não diferiu do manejo químico no segundo cultivo. A cobertura do solo com mucuna apresentou maior produtividade da alface no primeiro cultivo devido ao excesso de palha das demais coberturas, o qual prejudicou o estabelecimento da alface. No segundo cultivo não houve diferenças entre as coberturas. A roçagem de plantas de cobertura é uma opção viável para plantio direto de alface sem herbicidas.