Sample records for tunneling
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 2 shown.



1

Tratamento cirúrgico das rupturas ureterais por ureterocoloanastomose/ Ureterocolonic anastomosis as a surgical treatment for ureter ruptures

Jäger, Flavia; Iamaguti, Paulo; Inoe, Ana Paula; Sequeira, Júlio Lopes; Kohayagawa, Aguemi
1998-12-01

Resumo em português A implantação do ureter no cólon descendente advém da impossibilidade de reimplantá-lo na vesícula urinária, devido a perdas substanciais do tecido ureteral. O presente trabalho avaliou as alterações macroscópicas, microscópicas e laboratoriais em cães submetidos à ureterocoloanastomose esquerda. Foram utilizados 8 cães adultos, hígidos, de ambos os sexos. A técnica operatória consistiu na ligadura do coto distal do ureter próximo à bexiga e na implanta (mais) ção de um curto seg- mento do coto proximal, através de um túnel submucoso, na face antimesentérica do cólon. Realizou-se dosagens séricas de uréia, creatinina, sódio e potássio no pré-operatório, 2, 7, 15 e 30 dias após a cirurgia. Um total de 6 animais foram observados por 30 dias, e outros dois foram observados durante 7 e 180 dias, res- pectivamente. Todos apresentaram fezes moles durante o decorrer do experimento. Ao exame macroscópico, todos os animais apresentaram dilatação ureteral e pielonefrites. Azotemia transitória e hidronefrose foram observadas no animal mantido por 7 dias, e em mais quatro animais, mantidos por 30 dias, também se observou hidronefrose. O animal mantido por 180 dias demonstrou hidronefrose ao exame ultrasono gráfico aos 30 dias de evolução, mas a mesma não foi observada quando se realizou a necropsia. Em um animal, mantido por 30 dias , houve um aumento nos níveis de creatinina nos dias 7, 15 e 30, entretanto estes permaneceram dentro dos limites fisiológicos. Nenhuma alteração foi observada no exame histológico da mucosa intestinal exposta à drenagem de urina. As poucas alterações encontradas nas análises laboratoriais não comprometeram a saúde dos animais, e, considerando que não foram encontradas lesões na mucosa intestinal analisada, é possível concluir que a ureterocoloanastomose é um procedimento viável para ser usada por um curto período de tempo. Resumo em inglês Ureters implantation into the colon is na alternative procedure when great losses of ureteral tissue occur becaming impossible to reimplant them into the urinary bladder. The main purpose of this paper was to evaluate gross and histological lesions together with clinical pathology findings in dogs in wich experimental ureterocolonic anastomosis were performed. The surgery was done in 8 healthy adult males and females dogs using the following procedure: ligature of the lef (mais) t ureter distal stumps dose to the urinary bladder and submucous implantation of a proximal ureter short segment (tunneling technique) in the colon antimesenteric region. Serum urea, creatinine, sodium, potassium were measured just before and 2, 7, 15, and 30 days after the surgical procedure. Six animais were clinically observed during 30 days and the other two were observed during 7, and 180 days respectively. After the surgery, it was observed that ali animais had soft stool since the first day. Enlargement of the implanted ureter and pyelonephritis in the left kidney were observed in all animals. Transient azotemia and hydronephrosis were observed in the animal keptfor 7 days and infour animais keptfor 30 days. Hydronephrosis was detected by ultrasono g raphy at day 30 in the animal keptfor 180 days but it was not observed when necropsy was performed. In one animal keptfor 30 days there was increase in the creatinine leveis at day 7, 15 and 30. No alteration was observed in the histological examination of cólon mucous mem- brane of ali animais in the área flushed with urine. The few alterations found in the serum chemistry did not compromise the health of the animals and considering that there was no lesion on the colon mucous membrane it is possible to conclude that the ureterocolonic anastomosis is a viable procedure to be used for a short period of time.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Anastomose cavo-pulmonar total sem uso de material protético

PINTO Jr., Valdester C.; CARVALHO Jr., Waldemiro; BARROSO, Haroldo B.; MEJIA, Juan Alberto C.; MESQUITA, Fernando Antonio de; SARDENBERG, Claudia R. C.; CIRINO, Célia M. F.; ROCHA, Marilena G.; SARDENBERG, Ricardo F.; RODRIGUES, Edna S.; ARAÚJO, José Augusto R.; MAGALHÃES, Antonio Olavo S.; TORRES, João Martins de S.
1998-07-01

Resumo em português Objetivo: Demonstrar a viabilidade na feitura de túnel cava inferior-cava superior com retalho da parede atrial direita, evitando o emprego de material protético. Casuística e Métodos: Foram operados 2 pacientes nos quais se empregou a técnica de anastomose cavo-pulmonar total, sem uso de material protético. O primeiro caso, A.L.M., masc, 4 anos, 15 kg, era portador de atresia tricúspide (EP), com comunicação interventricular (CIV) restritiva. O segundo caso, M. (mais) E.N.O., fem, 15 anos, 47 kg, tinha doença de Ebstein. O controle pós-operatório dos pacientes foi feito com ecocardiograma e cateterismo cardíaco. As operações foram realizadas com o emprego de circulação extracorpórea (CEC), e cardioplegia sangüínea como método de proteção miocárdica. A canulação das cavas foi o mais distal possível. A tunelização foi realizada com retalho de tecido atrial direito, suturado ao septo interatrial, deixando-se o seio coronariano e a comunicação interatrial (CIA) para a esquerda. Resultados: Ambos os pacientes evoluíram, sem complicações, na UTI. O primeiro apresentou derrame pleural discreto à direita, e o segundo mantém-se em estimulação artificial (VVI,R). Conclusões: A tunelização intra-atrial para anastomose cavo-pulmonar total pode ser realizada sem o uso de material protético, evitando-se os riscos advindos do seu emprego (calcificação, retração, embolização). Resumo em inglês The authors describe two cases (one tricuspid atresia without TGA or pulmonary stenosis, but with a restrictive IVC: the second of an Ebstein disease) of total cavo-pulmonary anastomosis using only the tissue of the atrial wall, avoiding any prosthetic material. Both cases were done under cardiopulmonary bypass and cold blood cardioplegia. A flap of the right atrial wall was used to re-direct the blood flow. Pleural effusion in one patient and complete AV block in the oth (mais) er were the complications found. They conclude that right intra-atrial tunneling for total cavo-pulmonary anastomosis, avoiding the use of any foreign material is feasible, thus diminishing the possible late risks (calcification, embolization, retraction) of prosthetic materials.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)