Sample records for tumor cells
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Ascite neoplásica: efeito da solução aquosa de fenol, ácido acético e glicerina sobre o tumor ascítico de Ehrlich/ Neoplasic ascite: effects of phenol, glycerin and acetic in Ehrlich ascite tumor

Saad-Hossne, Rogério; Saad-Hossne, Willian; Prado, Renê Gamberini
2003-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar o efeito da solução composta por fenol, ácido acético e glicerina sobre o tumor ascítico de Ehrlich. MÉTODOS: Utilizou-se 283 camundongos divididos em 2 protocolos (animais portadores e não portadores de tumor) procedendo-se a injeção de 0,25 ml, 0,10 ml e 0,05 ml da solução teste e 0,25 ml de solução salina, o sacrifício foi realizado após 3 e 6 dias do tratamento, analisando, a seguir, a contagem diferencial de células presentes no l� (mais) �quido ascítico. RESULTADOS: Observou-se que nos animais portadores de tumor houve uma redução significante do número de células tumorais e aumento do número de células inflamatórias, nos animais sem tumor observou-se influxo de células inflamatórias para a cavidade peritoneal. CONCLUSÃO: A solução proposta causa, in vivo, a diminuição do número de células tumorais e aumento do número de células inflamatórias no líquido ascítico. Resumo em inglês PURPOSE: To analyze the effects of phenol, glycerin and aceter acid in Ehrlich ascite tumor. METHODS: For this 283 mouse were used and divided into 2 protocols (with and whithout tumor) wich were treated with 0,25 ml, 0,10 ml, 0,05 ml of the test solution and with 0,25 ml of saline solution. The sacrifice occurred after 3 and 6 days of treatment; the effects of these solutions were analysed through diferential cell scoring in the ascite liquid. RESULTS: It was observed th (mais) at in the animals with tumor, the number of tumoral cells dicresead and the number of inflamatory cells increased, while in the animals without tumor the solution cause an increase in the number of inflamatory cells. CONCLUSION: This solution cause an increase of inflammatory cells and decrease os tumoral cells in ascite fluid.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Célula tronco tumoral: novo conceito em carcinogênese colorretal/ Câncer stem cells: a new concept in colorectal carcinogenesis

Pinho, Mauro de Souza Leite
2009-03-01

Resumo em português Apesar dos grandes avanços obtidos pelos estudos utilizando técnicas de biologia molecular diversas controvérsias persistem a respeito do mecanismo de carcinogênese colorretal. Ao longo do último ano, entretanto, observamos na literatura o surgimento de um novo conceito referente à existência de um conjunto de células situadas nas bases das criptas intestinais, as quais apresentam características bastante distintas do restante das células epiteliais. Estas célu (mais) las, denominadas como células tronco intestinais, apresentam-se de forma indiferenciada e com um ciclo de vida com duração superior a um ano. Desta forma, justifica-se assim nestas células a possibilidade da ocorrência de um acúmulo de mutações, etapa considerada essencial para o desenvolvimento do processo neoplásico, e que seria improvável de ocorrer em um colonócito normal, cujo ciclo de vida dura em média cinco dias. Outra importante evidência da participação destas células tronco no mecanismo de carcinogênese foi demonstrada por estudos capazes de reproduzir a formação de tecidos neoplásicos com a mesma característica do tumor original, a partir do implante de um reduzido número destas células em modelos experimentais, o que não se obtém através do implante de um grande número de células tumorais normais. Sabendo-se que a presença de uma mutação do gene APC é uma etapa precoce no processo de carcinogênese colorretal, acredita-se que esta exerça este papel contribuindo para a ocorrência de uma superpopulação de células tronco intestinais, levando a um desequilíbrio proliferativo na mucosa intestinal. Resumo em inglês Despite the great number of studies using molecular biology tools several questions remain about the mechanisms of colorectal carcinogenesis. A recent concept has emerged from the literature regarding the existence of a specific group of indiferentiated cells situated at the bottom of intestinal crypts with a long life cycle that may last more than one year, described as intestinal stem cells. This particular property may explain the expected occurrence of a sequence of m (mais) utations necessary to the development of a carcinoma, which cannot be observed in a normal colonocyte with a mean cycle life of five days. Another important evidence to this concept is the induction in rodents of a tumor with similar characteristics to the original human carcinoma by injection of a small number of these stem cells, which is not achieved by using large number of normal cancer cells. It is suggested that mutation of APC gene, present as an early step in most colorectal carcinomas, may contribute to a superpopulation of intestinal stem cells with consequent disturbance of proliferative epithelial balance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Ação dos linfócitos T regulatórios em transplantes/ T regulatory lymphocytes action in transplants

Faria, Bruno A.; Silva, Simone M.; Abreu, Maria Theresa C. L.; Napimoga, Marcelo H.
2008-08-01

Resumo em português O sistema imunológico humano possui um significado comum de proteção contra antígenos estranhos com potencialidade patogênica ou não, ativando uma ação coletiva e coordenada entre células e moléculas. Embora sendo um sistema benéfico, deve ser controlado para evitar que auto-antígenos sejam alvejados. Recentemente, por meio de novas técnicas, tem-se observado uma corrente de estudo para as células T CD4+CD25+ Foxp3 como células reguladoras que controlam ati (mais) vamente a função de outras células imunes impedindo sua atividade e, conseqüentemente, o desenvolvimento de doenças auto-imunes, rejeição de enxerto e combate a células tumorais. Em pacientes submetidos ao transplante alogênico, os mecanismos que levam a hiporresponsividade, assim como os mecanismos que permitem uma maior sobrevida do enxerto ainda são pouco conhecidos. Este artigo aborda uma revisão da literatura sobre as células T regulatórias, vislumbrando uma nova possibilidade de terapia imunomoduladora para pacientes transplantados. Resumo em inglês The human immune system mounts specific responses against a vast array of foreign antigens, pathogenic or otherwise, activating a coordinated action between cells and molecules. Although this is beneficial, it must be carefully controlled to ensure that normal self antigens are not targeted. Recently, with the development of new techniques, it has been observed that T CD4+CD25+Foxp3 act as regulatory cells which actively control the properties of other immune cells by sup (mais) pressing their functional activity to prevent autoimmunity and transplant rejection as well as to trigger the immune system against tumor cells. In patients submitted to allogeneic transplantation, specific unresponsive mechanisms and mechanisms that induce and maintain graft tolerance are little understood. This article reviews what is currently known about these so-called regulatory T cells and discusses the potential use of these cells in transplantation immunolog.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Tumor desmoplásico de pequenas células redondas abdominal da infância: relato de caso/ Abdominal desmoplastic small round cell tumor of childhood: case report

Torres, Ulysses dos Santos; Ribeiro, Mariana Cezar de Andrade; Souza, Antonio Soares; Borim, Leila Neves Bastos
2010-02-01

Resumo em português O tumor desmoplásico de pequenas células redondas (TDPCR) é uma neoplasia rara e altamente agressiva, que afeta predominantemente jovens do sexo masculino. Relata-se um caso de TDPCR em um paciente do sexo masculino, de 11 anos, com acometimento intra-abdominal marcado por volumosa massa retroperitoneal em hipocôndrio esquerdo. O estudo histológico da massa revelou presença de blocos de pequenas células tumorais redondas e azuis, envoltas por estroma desmoplásico; (mais) a análise imuno-histoquímica evidenciou positividade para desmina, WT-1 e citoceratinas. Após o diagnóstico, o paciente foi submetido a tratamento quimiorradioterápico, tendo evoluído a óbito durante o 24º mês de acompanhamento. Resumo em inglês Desmoplastic small round cell tumor (DSRCT) is a rare and highly aggressive neoplasm, which predominantly affects young males. We report a case of DSRCT affecting an 11-year-old male patient, with intra-abdominal involvement characterized by a large retroperitoneal mass in left hypochondrium. Histological examination of the mass showed the presence of clusters of small blue round tumor cells surrounded by a dense desmoplastic stroma. Immunohistochemical analysis disclosed (mais) a positive reaction to desmin, WT-1 and cytokeratins. After diagnosis, the patient underwent chemo radiotherapy treatment, but died at the 24th month of follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Efeito da solução aquosa de fenol, ácido acético e glicerina sobre o tumor ascítico de Ehrlich: estudo experimental in vitro/ Effects of watery solution of phenol, acetic acid and glycerin in Ehrlich mouse ascites tumor: experimental study in vitro

Saad-Hossne, Rogério; Saad-Hossne, Willian; Prado, Renê Gamberini
2004-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar o efeito da solução composta por fenol, ácido acético e glicerina sobre o tumor ascítico de Ehrlich. MÉTODOS: Após a coleta do líquido ascítico de três camundongos procedeu-se a incubação, a 37° C, do mesmo com diferentes doses da solução teste (0,50, 0,25, 0,10 e 0,05 ml) e com solução salina (0,50 ml como controle; estudou-se a viabilidade celular pela técnica de exclusão do azul tripan). RESULTADOS: Observou-se que ao final de 15 (mais) minutos todas as células tumorais encontravam-se inviáveis com as diferentes doses da solução teste. CONCLUSÃO: A solução proposta, causa, in vitro, a morte das células tumorais ao foral de 15 minutos. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the effects of phenol, acetic and glycerin solution in Ehrlich ascites tumor. METHODS: After the ascites liquid of three mice was collected, the incubation of these cells took place at 37 degrees Celsius with saline solution (0,50mL) and different solution dosages (0,25mL, 0,10mL e 0,05mL). RESULTS: After 15 minutes all tumors cells were dead regardless of the dosage. Whereas in the control group the tumor cells were alive. CONCLUSION: This solution destroys the tumor cells in vitro after 15 minutes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Expressão dos filamentos intermediários no diagnóstico dos tumores mamários de cadelas/ Expression of intermediate filaments in canine mammary tumors diagnosis

Zuccari, D.A.P.C.; Santana, A.E.; Rocha, N.S.
2002-12-01

Resumo em português Foram utilizados anticorpos monoclonais para marcação imunoistoquímica dos tecidos tumorais e obtenção de informações sobre a histogênese dos tumores mamários utilizando-se anti-citoqueratinas para marcação de células epiteliais, e anti-actina e anti-vimentina para células mioepiteliais. O procedimento imunoistoquímico mostrou-se esclarecedor com relação à histogênese dos tumores mamários, confirmando a marcação de células epiteliais com as citoquera (mais) tinas que perdem sua expressão na transformação celular maligna. A alfa-actina e a vimentina mostraram-se eficientes na marcação de células mioepiteliais. A alfa-actina diminuiu a marcação na metaplasia óssea ou cartilaginosa contrariamente à vimentina cuja marcação foi aumentada. Os resultados permitem melhor entendimento da classificação dos tumores mamários de cadelas com a utilização de anticorpos monoclonais como marcadores do citoesqueleto, que se mostraram eficientes nessa caracterização. Resumo em inglês Immunohistochemical evaluation was performed to study the histogenesis of canine mammary tumors and to contribute to a better understanding of their classification. Monoclonal antibodies specific for different types of intermediate filaments (cytokeratins, vimentin, alpha-actin) were used. Epithelial cells stained positively for cytokeratins and their expression was lost as the malignant transformation occurs. Myoepithelial cells stained positively for vimentin and alpha- (mais) actin. In contrast to vimentin, alpha-actin lost the expression as the cartilaginous or osseous metaplasia occurs. Immunohistochemical evaluation with monoclonal antibodies proved to be efficient for identification of tumor histogenesis. alpha-actin) were used. Epithelial cells stained positively for cytokeratins and their expression was lost as the malignant transformation occurs. Myoepithelial cells stained positively for vimentin and alpha-actin. In contrast to vimentin, alpha-actin lost the expression as the cartilaginous or osseous metaplasia occurs. Immunohistochemical evaluation with monoclonal antibodies proved to be efficient for identification of tumor histogenesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Efeito do miriadenolídeo isolado de Alomia myriadenia (Asteraceae) sobre o tumor de Erlich ascítico no camundongo/ Effect of myriadenolide isolated from Alomia myriadenia (Asteraceae) on Ehrlich tumor in its ascitic form

Verçosa Júnior, D.; Souza-Fagundes, E.M.; Cassali, G.D.; Ribeiro, E.L.; Zani, C.L.; Melo, M.M.
2006-10-01

Resumo em português Estudou-se atividade antineoplásica de um produto natural isolado de Alomia myriadenia (miriadenolídeo) no modelo do tumor de Ehrlich em camundongos. Dezoito fêmeas de camundongo Swiss foram inoculadas com 2x10(7) células viáveis de tumor de Ehrlich via intraperitoneal (0,3ml) e posteriormente distribuídas aleatoriamente em três grupos que receberam: grupo I (controle) - 0,3ml de solução de Hanks; grupo II - 31µg/kg de miriadenolídeo; e grupo III - 139&mic (mais) ro;g/kg de miriadenolídeo. No oitavo dia de experimento, foram realizados exames hematológicos e perfil protéico sérico eletroforético. Coletou-se todo o líquido ascítico para avaliação do volume, aparência, pH, contagem de células viáveis e inviáveis, realização de esfregaços para contagem de células claras e escuras, leucócitos e avaliação das regiões organizadoras de nucléolos argentafins (AgNORs). Foram realizados exames macro e microscópicos do baço, fígado e rins e aspirado o conteúdo da medula óssea dos fêmures direito e esquerdo de cada animal para avaliação da relação mielóide:eritróide. Não houve diferença significativa no volume, pH, contagem de células viáveis e inviáveis entre os três grupos estudados, observando-se valores de 17,6 x 10(4) células tumorais viáveis no grupo III, 27,7 x 10(4) no grupo II e 21,1 x 10(4) no grupo I. As AgNORs apresentaram-se pequenas, com distribuição difusa e incontáveis no grupo I, e em menor quantidade no grupo III. Os animais do grupo III apresentaram a menor concentração protéica total sérica (4,7g/dl) (P Resumo em inglês Antitumoral activity of a natural product of Alomia myriadenia (myriadenolide) in Ehrlich tumor in mice was studied. Eighteen Swiss female mice were intra-peritoneal inoculated 2x10(7) viable cells of Ehrlich Tumor (0.3ml) and randomly distributed in three groups receiving via intra-peritoneal on the 3rd and 5th day post-inoculation the following treatments: group I (control) - 0.3ml Hanks solution; group II: 31µg/kg myriadenolide; and group III: 139µg/kg myri (mais) adenolide. On the eighth day of the experiment blood profile and protein serum electrophoresis were performed. All ascitic liquid was collected to evaluate the volume and pH; to observe the aspect; to count viable and no viable cells, dark and clear cells, leukocytes and nucleolar organizer regions (NORs). Macro and microscopic exams were performed and bone marrow was aspirated from right and left femurs of each animal to evaluate myeloid:erythroid ratio. It was not observed difference in volume, pH, counts viable and no viable cells in the groups, although group III showed smaller number of viable tumoral cells (17.6 x 10(4)) when compared to the group II (27.7 x 10(4)) and group I (21.1 x 10(4)). The investigation of NORs to evaluate the proliferative capacity of tumoral cells after myriadenolide treatment showed that cells were smaller, uncountable and with diffuse distribution in group I. They were in lower quantity in group III. These results suggest that myriadenolide in dose 139µg/kg (group III) delay the tumoral growing and, probably, cell proliferation. The animals of group III showed lower value of total protein (4.7g/dl) (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Um novo modelo de isolamento do tumor de Walker utilizando o gradiente de Ficoll-Hypaque/ A novel model for isolation of Walker's tumoral cells using the Ficoll-Hypaque gradient

Silva, Sônia Leite; Silva, Silvia Fernandes Ribeiro; Farias, Italo Nascimento; Mota, Rosa Salani; Moraes, Maria Elisabete; Campos, Henry de Holanda; Ferreira, Francisco Valdeci; Moraes Filho, Manoel Odorico
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar uma nova técnica de isolamento das células do tumor de Walker, utilizando o gradiente de ficoll-hypaque. MÉTODOS: Vinte ratos Wistar machos foram divididos em 2 grupos (G1, G2). O tumor do animal doador foi dissecado, triturado em solução de ringer lactato e filtrado. A suspensão celular obtida foi dividida em duas alíquotas (A1 e A2) e a alíquota A2 foi centrifugada em gradiente de ficoll-hypaque. As duas alíquotas foram ajustadas para uma con (mais) centração de 1X10(6) células/ml. Um ml da suspensão A1 ou A2 foi injetado por via subcutânea na axila direita dos ratos dos seus respectivos grupos. Os diâmetros tumorais, peso tumoral e análise histológica foram avaliados. RESULTADOS: Não houve diferença no volume tumoral (G1=17,9±3,8cm³; G2=17,2±4,4cm³; p=0,190) e no peso tumoral (G1=7,0±1,8g; G2=7,3±2,8g; p=0,569). A análise histológica evidenciou padrões semelhantes de infiltração de células pequenas indiferenciadas e de necrose nos dois grupos. Entretanto, exsudato granulocítico leve a moderado foi mais acentuado no G2 do que no grupo G1 e hemorragia leve a moderada foi observada somente no grupo com ficoll. CONCLUSÃO: O gradiente de ficoll-hypaque é uma técnica adequada de isolamento das células do tumor de Walker e fornece uma suspensão celular menos contaminada com outros tipos celulares. Resumo em inglês PURPOSE: The purpose was to evaluate a novel technique for isolation of Walker's tumoral cells using a Ficoll-Hypaque gradient and its further influence on tumor development. METHODS: Twenty male Wistar rats have been divided in 2 groups: G1= without ficoll, G2= with ficoll. Tumor was excised, homogenized and suspended in lactate ringer. A sample of the cell suspension was adjusted at a concentration of 1X10(6) cells/ml (G1). A second sample was centrifuged on a Ficoll-Hy (mais) paque gradient and the cell concentration was then adjusted (G2). Tumor was implanted by subcutaneous injection of 1.0 ml in the right armpit of rats. Tumor volume (TV) and tumor weight (TW) were compared in two groups. RESULTS: There were no differences between the two groups in TV (G1=17.9±3.8cm³ vs. G2=17.2±4.4cm³; p=0.190) and TW (G1=7.0±1.8g vs. G2=7.3±2.8g; p=0.569). The histological analysis showed similar patterns of infiltration by small-undifferentiated cells and necrosis in both groups. However, a mild to moderate granulocytic exsudate was more frequent in the animals whose tumors derived from Ficoll-isolated cells. Hemorrhage from slight to moderate was only observed in this group. CONCLUSION: A Ficoll-Hypaque gradient can provide more adequate isolation of Walker's tumor and the cell suspension obtained by this technique has lower contamination by other cell types.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Ressecção de schwannoma mediastinal por cirurgia torácica videoassistida/ Resection of a mediastinal schwannoma using video-assisted thoracoscopy

Ortigara, Leonardo; Rosemberg, Nelson; Siqueira, Rafael; Neto, Francisco
2006-04-01

Resumo em português Os schwannomas são tumores em sua maioria benignos, derivados das células de Schwann (células da glia pertencentes ao sistema nervoso periférico que ajudam a separar e isolar neurônios de estruturas adjacentes), normalmente localizados em nervos intracranianos, principalmente no VIII par (neuroma acústico). Quando extradurais, sua apresentação mais comum é através de massas tumorais que podem comprimir estruturas adjacentes, tornando-se sintomático, como é o c (mais) aso dos schwannomas intratorácicos (presentes mais comumente no mediastino posterior). Este trabalho apresenta o relato de caso de um schwannoma tratado por videotoracoscopia e uma revisão literária sobre o assunto. Resumo em inglês Schwannomas are tumors that are typically benign. They are derived from Schwann cells (glial cells of the peripheral nervous system that serve to separate and isolate nerve cells from adjacent structures). The most common type of schwannoma is a benign tumor of cranial nerve VIII and is referred to as an acoustic neuroma. When extradural, such tumors usually present as masses that can invade adjacent structures, thereby becoming symptomatic, as in the case of intrathoraci (mais) c schwannomas (typically found in the posterior mediastinum). Herein, we present a case of a schwannoma treated through video-assisted thoracoscopy, and we review the literature on the subject.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Modelo experimental de tumor de Walker/ Walker’s tumoral experimental model

Moraes, Sandra Pedroso de; Cunha, Aguinelo; Reis Neto, José Alfredo dos; Barbosa, Humberto; Roncolatto, Cláudio Aurélio P.; Duarte, Renato Frediani
2000-12-01

Resumo em português Com o objetivo de padronizar normas técnicas para obtenção de modelo animal com tumor de Walker 256 e de estabelecer o número de células tumorais necessárias para que esse tumor tenha grande porcentagem de pega e longevidade, possibilitando o desenvolvimento de pesquisas em várias áreas da saúde, foi realizado trabalho em duas etapas. Na primeira foram utilizados 120 ratos para treinamento e definição da técnica. Na segunda etapa foram utilizados 84 ratos, sen (mais) do estes separados em 7 grupos (G) de 12 animais cada. O tumor, na forma ascítica, foi inoculado no tecido celular subcutâneo do dorso dos ratos com os seguintes números de células: GI, 1 x 10(7); GII, 5 x 10(6); GIII, 2,5 x 10(6); GIV, 1 x 10(6); GV, 5 x 10(5); GVI, 3 x 10(5) e GVII, 2 x 10(5). Foram avaliadas a porcentagem de pega e a longevidade nos grupos. Os animais dos GI, GII, GIII e GIV obtiveram 100% de desenvolvimento tumoral, porém baixa longevidade. Os dos GV e GVI obtiveram desenvolvimento tumoral em frequência maior que 90% e longevidade satisfatória. Os do GVII não apresentaram desenvolvimento tumoral. Concluiu-se que todos os procedimentos devem ser exaustivamente treinados e que o número de células tumorais viáveis para inoculação, em tecido celular subcutâneo de ratos, deve estar na faixa entre 5 x 10(5) e 3 x 10(5). Resumo em inglês The aim of this work was standardize technical norms to obtain a model of Walker 256 tumor in animals and get the tumorous cells number needed to increase the tumorous join percentage and longevity, it makes possible the research development in several health areas. The work was realized in two stages. In first were used 120 rats to crew’s training and technicals definitions. In second stage were used 84 rats, these separated in 7 groups (G) with 12 animals each one. The (mais) tumor, in ascitic form was inoculated on subcutaneous cellular tissue on dorsal of rats with the follow number of cells : GI, 1 x 10(7); GII, 5 x 10(6); GIII, 2,5 x 10(6); GIV, 1 x 10(6); GV, 5 x 10(5); GVI, 3 x 10(5) e GVII, 2 x 10(5). Were evaluate the join percentage and longevity in groups. The animals of GI, GII, GIII e GIV obtained 100% of tumorous development, however low longevity. The two GV and GVI had tumorous development often high that 90% and satisfactory longevity. The GVII didn’t show tumorous development . The conclusion was made all procedures must be exhaustivelly trained and the number of tumorous cells passable to inoculation, in subcutaneous cellular tissue of rats, must be in the range of 5x10(5) and 3x10(5) .

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Neoplasias astrocitárias e correlação com as proteínas p53 mutada e Ki-67/ Astrocytic neoplasms and correlation with mutate p53 and Ki-67 proteins

Isolan, Gustavo Rassier; Ribas Filho, Jurandir Marcondes; Isolan, Paola Maria B.S.; Giovanini, Allan; Malafaia, Osvaldo; Dini, L.I.; Kummer Jr., Arthur; Negrão, Alexandre W.
2005-12-01

Resumo em português As neoplasias astrocitárias correspondem a 60% dos tumores do sistema nervoso central, sendo o estudo da biologia molecular um importante passo para a compreensão da gênese e comportamento biológico destas doenças. As proteínas Ki-67, que é um marcador de proliferação celular, e p53, que é o produto do gene supressor de tumor de mesmo nome, são importantes marcadores tumorais. O objetivo deste estudo foi identificar e quantificar as proteínas Ki-67 e produto d (mais) o gene supressor de tumor TP53 em diferentes graus de malignidade das neoplasias astrocitárias, bem como analisar suas relações com idade e sexo. Foram estudadas por imuno-histoquímica as proteínas Ki-67 e p53 em 47 pacientes com neoplasias astrocitárias ressecadas cirurgicamente, classificadas previamente e revisadas quanto ao grau de malignidade, de acordo com o proposto pela Organização Mundial da Saúde. Os núcleos celulares imunomarcados foram quantificados no programa Imagelab-softium pela razão paramétrica absoluta entre os núcleos de células positivas e o número total de células tumorais, sendo contadas 1000 células. O delineamento utilizado foi transversal não controlado. Para análise estatística as variáveis foram divididas em grupos, que para a Ki-67 foram ausente, 5% e para a p53 foram ausente (0), Resumo em inglês The astrocytic neoplasms respond by 60% of the central nervous system tumors, being the study of the molecular biology an important step for the understanding of the genesis and biological behavior of these diseases. The Ki-67 proteins, which are markers of the cellular proliferation, and p53, which is the product of the tumor suppressor gene TP53, are both important tumoral markers. This study intends to identify and quantify the Ki-67 and p53 proteins in astrocytic tumo (mais) rs of different grades of malignancy, as well as to analyze their relations with age and gender. Ki-67 and p53 proteins in 47 patients with surgically resected astrocytic neoplasms were studied through immunohistochemistry. They have been previously classified and reviewed concerning their histological grade, as suggested by the World Health Organization. The immunomarked cellular nuclei were quantified by the program Imagelab-softium for the absolute parametric reason between the nuclei of the positive cells and the total amount of tumoral cells, being counted 1000 cells. The lineation used has been transversal not controlled. For the statistical analysis the variables were divided into groups. For the Ki-67 they were absent, 5% and for p53 they were absent (0),

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Expressão de p53, p16 E COX-2 em carcinoma escamoso de esôfago e associação histopatológica/ p53, p16 E COX-2 expression in esophageal squamous cell carcinoma and histopathological association

Felin, Izabella Paz Danezi; Grivicich, Ivana; Felin, Carlos Roberto; Regner, Andrea; Rocha, Adriana Brondani da
2008-12-01

Resumo em português RACIONAL: O câncer de esôfago representa cerca de 2% dos tumores malignos e a terceira causa mais comum de câncer do trato gastrointestinal. A associação do prognóstico do câncer de esôfago com alguns marcadores imunoistoquímicos, como as proteínas p53, p16 e a ciclooxigenase 2 (COX-2) tem sido relatada. A detecção de marcadores moleculares através de imunoistoquímica pode ser utilizada para avaliação prognóstica. OBJETIVOS: Investigar a associação entr (mais) e a expressão das proteínas p53, p16 e a COX-2 com o estádio do carcinoma escamoso de esôfago. MÉTODOS: Foram analisadas 31 amostras de ressecção cirúrgica por esofagectomia diagnosticadas como carcinoma de células escamosas de esôfago e 31 amostras não-tumorais referentes a cada caso. Realizou-se a revisão histopatológica e o estádio pTNM. Amostras tumorais e não-tumorais adjacentes foram submetidas a análise imunoistoquímica para avaliar o conteúdo das proteínas p53, p16 e COX-2. Foi considerada positiva a expressão nuclear para p53 em quantidade igual ou superior a 10,00% das células e presença da expressão citoplasmática de acordo com três escores (1, 2, 3) de intensidade (leve, moderada, acentuada) de imunocoloração para COX-2. RESULTADOS: Em área tumoral, as análises revelaram 48,38% de positividade para p53, 16,12% de positividade para p16, e 100,00% de positividade escores 1+, 2+ ou 3+ para COX-2. No entanto, quando se avaliou possível relação da expressão destes marcadores com o estádio, apenas a COX-2, escore 3+ intensidade acentuada mostraram associação significativa. CONCLUSÃO: O presente estudo demonstrou que existe relação positiva entre a expressão de COX-2, escore 3+ e estádio mais avançado no carcinoma de esôfago. Resumo em inglês BACKGROUND: The esophageal carcinoma represents about 2% of malignant tumors and is the third most common cause of gastrointestinal cancer. The correlation between immunohistochemistry markers, such as p53, p16 and COX-2 proteins and cancer esophageal prognosis has been suggested. AIMS: To Investigate whether the expression of p53, p16 and COX-2 proteins are associated to tumor staging. METHODS: For this purpose we proceeded immunohistochemistry assays and TMN in 31 esoph (mais) ageal tumor and normal tissue samples. The p53 nuclear expression was considered positive when it appears in 10.00% or more cells. COX-2 expression was scored according to intensity in three scores (1+, 2+, 3+). RESULTS: On the tumor samples the results presented 48.38% positivity for p53, 16.12% for p16 and 100% with 1+, 2+ or 3+ scores for COX-2. However, when we investigated whether the expression of p53, p16 and COX-2 proteins are related to tumor staging, only COX-2 expression, score 3+, had shown statistical significant association. CONCLUSION: Therefore, in the present study we could see positive correlation between COX-2 protein and high grade tumor as well as advanced tumor staging in esophageal carcinoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Modelo experimental de tumor na cavidade oral de ratos com carcinossarcoma de Walker 256/ Experimental model of Walker 256 carcinosarcoma developed in the oral cavity of rats

Alves, Ana Paula Negreiros Nunes; Guedes, Rafael Cardoso; Costa-Lotufo, Letícia Veras; Moraes, Maria Elisabete Amaral de; Pessoa, Cláudia do Ó; Ferreira, Francisco Valdeci Almeida; Moraes, Manoel Odorico de
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Estabelecer um modelo experimental de desenvolvimento tumoral na cavidade oral de ratos, permitindo, assim, o estudo da osteólise induzida pelo tumor nos ossos do complexo maxilomandibular como também nas estruturas dentais, através da caracterização histomorfológica da reabsorção óssea e dentária. MÉTODOS: Uma suspensão de células tumorais (0,1mL) do Carcinossarcoma de Walker 256, na concentração de 10(6) células/mL foi implantado na cavidade al (mais) veolar de ratos previamente aberta por exodontia. Os animais foram observados durante 12 (doze) dias consecutivos para determinação da curva de peso corpóreo, sendo posteriormente sacrificados e as mandíbulas removidas para exames radiográfico e histológico. RESULTADOS: No exame radiográfico foi verificada área lítica, sem evidência de reparo, na região dos alvéolos. No exame microscópico foi identificada infiltração óssea, periférica e central, de pequenas células hipercromáticas e pleomórficas, com leve infiltrado inflamatório mononuclear associado e áreas de necrose. O índice de pega foi de 100%. CONCLUSÃO: O modelo animal de invasão óssea, do tumor de Walker na cavidade oral, possibilita a avaliação in vivo de drogas antitumorais e esquemas terapêuticos no tratamento do câncer bucal. Resumo em inglês PURPOSE: To estabilish an experimental model of tumor development in the oral cavity of rats, that would enable to study the tumor-induced autolysis in the maxillomandibular bone complex as well as of the dental structures, through histomorphological characterization of bone and dental resorption. METHODS: Walker 256 carcinossarcoma cell suspension (0,1 mL containing 10(6) cell/mL) was implanted in the alveoli of first and second molars. The animals were observed during t (mais) welve consecutive days and the body weigth were determined. Later, the animals were sacrificed and their mandibles removed to radiographic and hystologic analysis. RESULTS: The radiographic image demonstrated radioluscencies with poorly defined borders. Microscopic examination revealed the tumor infiltration into the peripheral and central regions of bone.The tumor was composed predominantly of small cells with hyperchromatic nuclei which were occasionally pleomorphic. Areas of necrosis were commonly seen and chronic inflammatory cell infiltration was variable. The index of tumor incidence was 100%. CONCLUSION: The animal model of bone invasion of Walker 256 tumor permits the evaluation in vivo of new chemotherapic drugs in the treatment of oral cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Carcinoma apócrino na glândula parótida e na região submandibular/ Apocrine carcinoma in the parotid gland and in the submandibular region

Francisco, Jairo S.; Alfaro, Silvia E. N.; Oliveira, Daniela C. C. M.; Tonon, Sebastião; Dias, Eliane P.
2005-04-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho consistem na apresentação de um caso de carcinoma apócrino e na discussão de aspectos relacionados ao seu diagnóstico, tratamento e prognóstico. Os carcinomas com diferenciação apócrina que não correspondem aos casos de doença extramamária de Paget, de carcinoma ductal de mama, de adenocarcinoma das glândulas de Moll e de carcinoma ceruminal são tumores muito raros. Relatamos o caso de uma paciente do sexo feminino, negra, com 51 (mais) anos, na qual duas lesões de carcinoma apócrino acometeram a parótida esquerda (processo inicial e recidiva) e uma lesão envolveu a pele da região submandibular do mesmo lado. O exame histopatológico destas lesões mostrou a presença de neoplasia epitelial glandular infiltrativa com pleomorfismo celular e nuclear moderados; apresentando células poligonais ou arredondadas, com núcleos grandes e citoplasma eosinofílico e granular. Destacou-se a presença de secreção por decapitação apical na maior parte das células tumorais voltadas para a luz das estruturas císticas neoplásicas. Adicionalmente, foi encontrada a presença de focos de comedo-necrose e de material corado pelo PAS com e sem diastase. Apesar de não podermos definir com certeza qual a sede do tumor primário, com base nos aspectos histopatológicos compatíveis com o carcinoma apócrino cutâneo, consideramos que tenha sido, provavelmente, a lesão retirada da pele da região submandibular. A paciente foi submetida a tratamentos cirúrgicos e não apresentou alterações após um ano de acompanhamento, depois da retirada do tumor recidivante na parótida. Resumo em inglês The objectives of this paper are to report a case of apocrine carcinoma and the discussion of aspects related to its diagnosis, treatment, and prognosis. Carcinomas with apocrine differentiation not related to extramammary Paget's disease, ductal breast carcinoma, Moll's glands adenocarcinoma and ceruminous glands carcinoma are very uncommon tumors. We report a case of a 51-year-old black woman who developed apocrine carcinoma lesions in the head and neck region. Two lesi (mais) ons involved her left parotid gland (first tumor and local recurrence), and other involved her submandibular skin. The microscopic aspects were as follows: infiltrative glandular epithelial neoplasm with moderate cellular and nuclear pleomorphism; neoplasic cells with polygonal or circular shape, large nuclei and eosinophilic and granular cytoplasm. The apical decapitation secretion was viewed in a large number of intra-cystic tumor cells. Moreover, we found areas with comedo-necrosis or PAS positive staining (with or without diastase). Based on cutaneous apocrine carcinoma compatibility of the microscopic aspects, we concluded that the tumor in the submandibular skin was probably the primary neoplasm. The patient was treated by surgical excisions, and no evidence of recurrent or metastatic disease has been seen after a follow-up period of 12 months.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Desdiferenciação do câncer da próstata após terapia antiandrogênica/ Prostate cancer dedifferentiation following antiandrogen therapy: a morphological finding or an increased tumor aggressiveness?

Moritz, Rogério; Srougi, Miguel; Ortiz, Valdemar; Leite, Kátia Ramos Moreira; Nesrallah, Luciano; Dall'Oglio, Marcos; Sant'Anna, Alexandre Crippa
2005-04-01

Resumo em português OBJETIVO: O bloqueio androgênico neo-adjuvante em câncer da próstata produz involução do volume tumoral sem melhorar a evolução desses pacientes. Uma das explicações para esse fenômeno é a aquisição de comportamento mais agressivo pelas células tumorais remanescentes que, morfologicamente, apresentam aspecto mais indiferenciado após o bloqueio androgênico. Os objetivos do presente estudo foram avaliar a freqüência de desdiferenciação celular após trat (mais) amento antiandrogênico e definir se a neoplasia remanescente apresenta sinais de maior agressividade biológica. MÉTODOS: Trinta pacientes portadores de câncer da próstata localmente avançado foram submetidos a tratamento antiandrogênico neo-adjuvante por quatro meses, seguido de prostatectomia radical. Foram comparados os escores de Gleason da biópsia e do espécime cirúrgico. Ademais, mediu-se o índice de proliferação celular, determinado por imunohistoquímica para o PCNA, sendo considerados positivos os testes com reação nuclear intensa. A porcentagem de núcleos positivos, determinada em 500 células, foi confrontada com as diversas categorias do escore de Gleason do espécime cirúrgico. RESULTADOS: Em 11 espécimes cirúrgicos (37%) o escore de Gleason foi igual ou menor que o encontrado na biópsia, enquanto em 19 (63%) o escore cirúrgico foi maior que o da biópsia (p 0,05). A mediana dos índices de proliferação celular foi de 9% para tumores confinados à glândula ou ao espécime e de 17% para os extraprostáticos (p Resumo em inglês BACKGROUND: Neoadjuvant androgen deprivation in prostate cancer induces tumor volume regression but does not improve outcome of the patient. A possible explanation for this phenomenon could be an increase of the residual tumor aggressiveness brought about by antiandrogen therapy. The purpose of the present study was to evaluate the frequency of tumor dedifferentiation following androgen blockade in prostate cancer and to determine if the remaining tumor shows signs of inc (mais) reased aggressiveness. METHODS: Thirty patients bearing locally advanced prostate cancer (stages T2c - T3) were submitted to neoadjuvant anti-androgenic therapy during four months followed by radical prostatectomy. Gleason scores from biopsy and surgical specimens were compared. Furthermore, the cell proliferation index was evaluated by immunohistochemistry assay for PCNA, tests with strong nuclear staining were considered positive. The percentage of positive nuclei, counted in 500 cells, was determined in several categories of the Gleason score from surgical specimens. RESULTS: In 11(37%) surgical specimens the Gleason score was equal or lower than that found in the biopsy and in 19 (63%) the total score was higher in the surgical specimens (p0.05). The median of cell proliferation indexes was 9% for glandular or specimen confined tumors and was 17% for extraprostatic tumors (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Vias dopaminérgicas e somatostatinérgicas diminuem o TSH sérico em ratos portadores de carcinoma mamário walker-256/ Dopaminergic and somatostatinergic pathways decrease serum thyrotropin in rats bearing the 256-walker mammary carcinoma

Monte, Osmar; Zyngier, Szulin; Kimura, Edna T.; Bianco, Antonio C.
2005-04-01

Resumo em português A função do eixo hipotálamo-hipófise-tireóide em animais portadores da "síndrome do T3 baixo", foi estudada em ratos implantados com o tumor de Walker-256. Ratos machos adultos foram injetados com 1 x 106 células tumorais viáveis, por via SC, e sacrificados após 10 dias. A intensidade da síndrome guardou relação positiva com o tamanho do tumor desenvolvido. Houve diminuição da atividade tireoideana documentada pela diminuição da área nuclear das células (mais) foliculares, das concentrações plasmáticas do T4, da rTg e da captação do 131I. Mesmo o implante SC de um pellet de TSH de liberação lenta causou menor estimulação tireoideana, avaliada após 2 e 24h nos ratos com tumor. A secreção do rTSH avaliada através da administração IV de TRH mostrou-se significativamente diminuída nestas condições, indicando aumento do tônus inibidor hipotalâmico sobre a secreção deste hormônio. A participação de outros neuro-mediadores hipotalâmicos foi verificada através da administração prévia de metoclopramida e/ou fisostigmina, com ou sem estímulo subseqüente pelo TRH. Nos animais tratados com metoclopramida, os valores do rTSH aumentaram significativamente, assim como a resposta ao estímulo de secreção pelo TRH. A fisostigmina mostrou-se mais eficiente na mediação da resposta de secreção do rTSH, bem como na resposta ao estímulo de secreção pelo TRH. A administração concomitante dos dois fármacos, seguida do estímulo pelo TRH, normalizou a secreção do rTSH. Conclui-se que, além das alterações conhecidas do metabolismo das iodotironinas, a secreção de TSH encontra-se diminuída nos animais portadores de tumor de Walker-256, sugerindo diminuição global do tônus tireoideano. Resumo em inglês The hypothalamus-pituitary-thyroid axis was studied in rats with the "low T3 syndrome" caused by the implantation of the Walker-256 mammary carcinoma. Male adult rats were injected s.c. with 1 x 106 viable tumoral cells and killed 10 days later. The tumor development was associated with decreased thyroid activity characterized by a ~15% reduction in the nuclear area of the thyrocytes and 131I-thyroid uptake (down by ~50%), as well as about 70% lower serum levels of T4 and (mais) rTg. The functional thyroidal response to exogenous TSH was decreased in the tumor-bearing rats, as well as the rTSH secretion in response to TRH (50ug/kg). To investigate the role of other hypothalamic neuromediators in this process, tumor-bearing rats received an i.v. injection of metoclopramide (5mg/kg) and/or physostigmine (12.5ug/kg), with or without concomitant stimulus with TRH. Each drug improved the rTSH response to TRH, which in the case of physostigmine, almost normalized. When both drugs were injected simultaneously the rTSH response to TRH returned to normal. Thus, in addition to the well known alterations in the extrathyroidal metabolism of thyroid hormones, TSH secretion is decreased in rats with the Walker-256 tumor, indicating a generalized reduction in the thyroid function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Estudo clínico-patológico, da proliferação celular e da apoptose no adenocarcinoma gástrico da cárdia/ Analysis of clinicopathological, tumor cell proliferation and apoptosis parameters in adenocarcinoma of the gastric cardia

Mader, Ana Maria Amaral Antonio; Patrício, Francy Reis da Silva; Rigueiro, Moacyr Pezati; Lourenço, Laercio Gomes
2006-09-01

Resumo em português RACIONAL/OBJETIVO: Em vista do aumento na incidência do carcinoma da cárdia nos últimos anos, este trabalho visa estudar os aspectos clínico-patológicos, da proliferação celular e da apoptose tumorais, suas correlações e eventuais influências no seu prognóstico. MATERIAL E MÉTODO: Estudaram-se 40 doentes submetidos a gastrectomia total por carcinoma da cárdia, no período de 1988 a 2001, com seguimento clínico de no mínimo 3 anos. Excluíram-se aqueles com (mais) tratamento químio ou radioterápico prévio, neoplasia precoce, óbito no intra-operatório ou por outras causas não relacionadas ao câncer. Analisou-se sexo, idade, tipo histológico de Laurén, padrão de crescimento tumoral de Ming, estádio e presença ou ausência de metaplasia intestinal e/ou Helicobacter pylori na mucosa adjacente. O índice apoptótico foi avaliado por cortes histológicos corados pela hematoxilina-eosina. O índice de proliferação celular foi avaliado por meio da imunoexpressão ao PCNA, sendo a técnica imunoistoquímica utilizada a da estreptoavidina-biotina-peroxidase. Para análise da sobrevida, excluíram-se os casos com metástase à distância ao diagnóstico. Foram utilizados testes t de Student, de Mann-Whitney, curvas de Kaplan-Meier e modelo de regressão de Cox. O nível de significância adotado foi menor de 0,05. RESULTADOS: A idade média foi de 61 anos (mediana: 63); houve predomínio do sexo masculino (72,5%), tipo histológico difuso (55%) e infiltrativo (72,5%) e de estádios mais avançados (III e IV: 67,5%). Não houve associação com metaplasia intestinal e/ou H. pylori. O índice apoptótico médio foi de 7,05 em 10 campos consecutivos de grande aumento e de 11,40 em 500 células (2,28%). A positividade média ao PCNA foi de 275,05 células em 10 campos consecutivos de grande aumento e de 409,33 em 500 células (81,9%). Houve correlação positiva do tipo histológico intestinal com PCNA e com a apoptose em 10 campos consecutivos de grande aumento. Houve correlação positiva entre a apoptose e PCNA tumorais. A sobrevida média foi de 28,41 meses. A idade (acima de 63) e o índice apoptótico (acima de 7,05), em análise multivariada, mostraram correlação negativa com a sobrevida. CONCLUSÕES: O adenocarcinoma da cárdia ocorreu mais nos indivíduos do sexo masculino, com idade média de 61 anos, com predomínio do tipo difuso e estádios mais avançados. A sobrevivência ainda é baixa. Houve correlação positiva entre a apoptose e proliferação celular tumoral. Tanto a idade como a apoptose foram fatores prognósticos independentes no câncer da cárdia. Resumo em inglês BACKGROUND/AIMS: In view of the increased incidence of carcinoma of the cardia over recent years, this work had the aim of studying the clinicopathological aspects, cell proliferative and tumor apoptotic indices of this neoplasm, their interrelations and possible influences on the prognosis. MATERIAL AND METHODS: Forty cases of adenocarcinoma of the cardia were studied between 1988 and 2001, with a minimum clinical follow-up of 3 years. Patients were excluded if they had (mais) previous chemotherapy or radiotherapy treatment, presented early neoplasia, or died during the operations or for other reasons unrelated to cancer. Gender; age, Laurén and Ming histological type, staging, and the presence or absence of intestinal metaplasia, epithelial dysplasia and Helicobacter pylori in the adjacent mucosa were analyzed. The apoptotic index was evaluated via hematoxylin-eosin in the primary tumor. To analyze the cell proliferation tumor, PCNA was utilized. The immunohistochemical technique utilized was streptavidin-biotin-peroxidase. For the survival analysis, cases with distant metastasis upon diagnosis were excluded. For the statistical analysis, the Student t and Mann-Whitney tests, Kaplan-Meier curves and Cox regression model were utilized. RESULTS: The mean age was 61 years (median: 63). There was predominance of the male gender (72.5%), diffuse histological type (55%) and infiltrative histological type (72.5%), and the more advanced stages (III and IV: 67.5%). There was no association with intestinal metaplasia and/or H. pylori. No epithelial dysplasia was detected in adjacent mucosa in any of the cases. The mean apoptotic index was 7.05 in 10 high power fields and 11.40 in 500 cells (2.28%). The mean positivity to PCNA was 275.05 cells in ten high power fields and 409.33 in 500 cells (81.9%). There was a positive correlation between the cell proliferative and apoptotic indices. There was a positive correlation for intestinal histological type with PCNA and apoptotic indices, in 10 high power fields. The mean survival was 28.41 months. Age over 63 and apoptotic index over 7.05 showed a negative correlation with survival, in multivariate analysis. CONCLUSIONS: Adenocarcinoma of the cardia predominated in male adults of mean age 61 years, and the predominant type was diffuse in more advanced stages. There was a correlation between apoptosis and tumoral cell proliferation. Survival in cases of adenocarcinoma of the cardia is still low. Both age and apoptosis were independent prognostic factors in cancer of the cardia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Prevalência do herpes-vírus humano tipo 1 em neoplasias cutâneas epiteliais malignas/ Prevalence of human herpes virus type 1 in epithelial skin cancer

Ypiranga, Sylvia; Moraes, Aparecida Machado de
2009-04-01

Resumo em português FUNDAMENTOS - O DNA viral pode atuar como oncogene, favorecendo o desenvolvimento de neoplasias, como as linfoides e da pele. Entre esses vírus, encontram-se alguns herpes-vírus humanos. OBJETIVO - Identificar a presença de DNA do herpes-vírus humano tipo 1 em neoplasias epiteliais pré-malignas,malignas e pele normal de indivíduos controle, avaliando seu papel na carcinogênese. MÉTODOS - Identificação, por reação em cadeia da polimerase, do DNA viral do tumor (mais) e pele sã de 41 pacientes e comparação com grupo controle, sem neoplasia. Análise estatística: Testes de Fisher e de McNemar. RESULTADOS - O vírus foi identificado em 20 indivíduos sem e em 21 com neoplasia. Destes últimos, 11 o expessaram apenas nas células tumorais. A diferença, entretanto, não foi estatisticamente significante. CONCLUSÕES - Parece não haver relação direta entre o encontro do DNA viral na pele sã e na pele tumoral. Sua presença pode facilitar o desenvolvimento da neoplasia ou apenas coincidir de se localizar onde esta já ocorreu. Resumo em inglês BACKGROUND - Viral DNA may act as an oncogene, especially in skin and lymphoid organs. This group includes some human herpes virus. OBJECTIVE - To identify human herpes virus type 1 DNA in pre-malignant and malignant skin samples of epithelial tumors comparing to normal skin to determine its role in carcinogenesis. METHODS - Forty-one patients with epithelial tumors were submitted to biopsies from tumor and normal skin. The control group comprised 41 biopsies from patient (mais) s with other dermatoses than cancer. After DNA extraction, polymerase chain reaction was performed to identify 199-bp band. The results were statistically evaluated by Fisher and McNemar tests. RESULTS - The virus was identified in 20 subjects without cancer and in 21 with skin cancer. From these, 11 expressed it only in tumor cells. This difference was not significant. CONCLUSION - There seem to be no direct relation between viral findings in normal skin and skin cancer cells. It may act as a promoter or just coexist at the same site where a neoplastic transformation has already occurred.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Modelo de tumor experimental em rim de ratos/ Experimental tumor model in rats kidney

Silva, Lúcio Flávio Gonzaga; Soares, Felipe dos Santos Dias; Anselmo, José Nilson Nunes; Fé, Daniel Mota Moura; Cavalcante, João Luiz Barbosa Gurgel; Moraes, Manoel Odorico de; Vasconcelos, Paulo Roberto Leitão de
2002-02-01

Resumo em português O carcinossarcoma 256 de Walker tem despertado o interesse de muitos pesquisadores como modelo experimental para estudo da biologia tumoral. OBJETIVO: estabelecer um modelo de tumor renal que possa ser usado para estudar in vivo e in vitro, as alterações impostas pelas neoplasias. MÉTODOS: utilizados vinte ratos Wistar, machos, adultos, pesando entre 250-300 g, oriundos do Laboratório de Cirurgia Experimental da Universidade Federal do Ceará. Sob anestesia inalatóri (mais) a procedia-se uma pequena incisão supraumbilical, e com manobra delicada fazia-se a exposição do rim direito. Neste órgão eram inoculadas 3x10(5) células tumorais viáveis. Os animais então eram mantidos em gaiolas individuais com as mesmas condições ambientais e com água e dieta ad libitum. RESULTADOS: o Carcinossarcoma 256 de Walker, implantado no parênquima do rim direito de ratos Wistar apresentou índice de pega de 100%, e crescimento rápido, invadiu por contiguidade as estruturas vizinhas, porém sem apresentar metástases, no entanto, levando os animais a óbito no curso médio de 14 dias. CONCLUSÃO: o modelo de implante de tumor de Walker no parênquima do rim direito de ratos Wistar é eficiente, tem reprodutibilidade, apresentando um índice de pega de 100%, e permitindo seu uso em linhas de pesquisa. Resumo em inglês Walker carcinossarcoma 256 has a great interest as experimental model for studies on tumoral biology. OBJECTIVE: develop a kidney tumor model to be used in the evaluation of the biological behavior of neoplasms in vitro and in vivo environments. METHODS: twenty adult male Wistar rats weighting between 250-300 g were obtained from the Federal University of the Ceará Experimental Surgery Laboratory. Upon ether anesthesia, the right kidney of each animal was accessed throug (mais) h a supraumbelical incision and inoculated with a solution containing 3 x 10(5) tumor cells (Walker 256 carcinossarcoma tumor cells). Following anesthetic recovery the rats were returned to their cages, housed individually and allowed to eat and drink ad libitum. RESULTS: the post-operative average survival was 14 days. Tumor growth was encountered in all animals. The rats exhibited destruction of the kidney, invasion of the adjacent structures, but absence of metastasis. CONCLUSION: the kidney Walker tumor model proved to be an excellent tool for experimental studies on tumor behavior, due to its rapid growth and its easy reproduction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Quimioembolização transarterial hepática: modelo experimental de tumor em ratos/ Transarterial hepatic chemoembolization: an experimental model in rats

Zarur, Jamil M.; Barreto, Marjorie S. Façanha; Diogenes, Clarissa Alencar; Nascimento, Germana Lopes do; Moraes, Manoel Odorico
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estabelecer um modelo de tumor no fígado de ratos para estudo do comportamento tumoral e avaliar o uso da quimiembolização transarterial. MÉTODOS: Utilizou-se oitenta e oito ratos Wistar, fêmeas, adultos, pesando entre 175- 284 g . Realizado incisão abdominal de 3 cm e implantou-se o carcinossarcoma de Walker 256 no lóbulo esquerdo do fígado. Dividiu-se em três grupos que receberam respectivamente 100x 10³ , 200x 10³ e 300x 10³ células tumorais, ava (mais) liado a pega do tumor e a sobrevida. Em outro grupo de experimento com 39 animais inoculados com tumor de Walker foi avaliado a sobrevida dos animais após infusão do 5-Flourouracil (5-FU) por via intra-peritoneal e intra-arterial. RESULTADOS: O implante do carcinossarcoma de Walker no fígado de ratos apresentou desenvolvimento de 100 %, teve um crescimento rápido e desenvolvimento de metástases tardiamente, levando os animais ao óbito entre o sétimo e décimo quinto dia. A quimiembolização transarterial é possível de ser realizada experimentalmente. O uso do 5-FU aumentou a sobrevida em comparação ao grupo controle. CONCLUSÃO: O modelo de implante do tumor de Walker no fígado de ratos é eficiente, de fácil reprodutibilidade, e sobrevida média de 9,96±0.3 dias. A quimioterapia transarterial hepática pode ser realizada experimentalmente para avaliar diversas drogas. Resumo em inglês PURPOSE: An animal model to study the behaviour of liver tumor in rat and its response after use of transarterial chemoembolization. METHODS: We use 88 Wistar rats, all of them were females, adult, weight 175-284 g. Abdominal incison of three cm and implanted the Walker carcinossarcoma 256 at left lobule of the liver. The animals were divided into three grups, that received 100x10³ , 200x10³, and 300x10³ cells. Followed up the animas to avaliate life standing and tumor (mais) al development. In another experiment was used 39 animals which already had Walker 256 tumor and we study the survival of the animals after treatment with 5-FU IP or 5-FU IA. RESULTS: The orevall tumor development rate were 100%. Tumor growth was fast, and devolopment metastases on old fase. The animals dead between 7º and 15º day. Its possible to do chemoembolization experimentaly, after the use of 5-FU the rate survival increased. CONCLUSION: The model with Walker 256 tumor developed here is easy to repoduce, efficient, with high tumor development rate observed, the life standing is about 9,96 ± 0,3 days. The chemoembolization experiment allows to assess several drugs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Fatores clínico-patológicos de predição do acometimento axilar em pacientes com metástases de câncer de mama no linfonodo sentinela/ Clinicopathological predictor factors of axillary involvement in patients with metastatic breast cancer in the sentinel lymph node

Barbosa, Edison Mantovani; Francisco, Alice Aparecida Rodrigues Ferreira; Araujo Neto, Joaquim Teodoro de; Alves, Eloá Muniz de Freitas; Tavares, Márcia Garrido Modesto; Góes, João Carlos Sampaio
2010-03-01

Resumo em português OBJETIVOS: avaliar os fatores clínicos, patológicos e imunoistoquímicos podem ser indicativos de comprometimento metastático de outros linfonodos em pacientes com carcinoma de mama submetidas à biópsia do linfonodo sentinela (BLNS). MÉTODOS: estudo retrospectivo de 1.000 pacientes sucessivas com biópsia do LS, de 1998 a 2008. Foram avaliados: idade, tamanho do tumor, grau histológico, invasão angiolinfática, o status de receptores hormonais e HER-2, o tamanho d (mais) a metástase e número de LS positivos. As associações entre as características dos tumores e os tipos de metástases foram avaliadas com testes de razão de verossimilhança corrigida com χ2 para amostras insuficientes. RESULTADOS: a idade média foi 57,6 anos, e o tamanho médio do tumor foi de 1,85 cm. Um total de 72,2% LS foram negativos e 27,8% foram positivos, mas em 61,9% dos casos, o LS foi o único positivo; com 78,4% de macrometástases, 17,3% de micrometástases e 4,3% de células tumorais isoladas (CTI). O tamanho do tumor foi fator preditivo de metástases em linfonodos não-sentinela. Após 54 meses de acompanhamento, não houve recidivas em pacientes com CTI, no grupo de micrometástases houve uma recorrência local e duas sistêmicas, e no grupo de macrometástases ocorreram quatro locais e 30 a distância. CONCLUSÕES: dos parâmetros clínicos estudados, apenas o tamanho do tumor foi correlacionado com comprometimento metastático de linfonodos axilares. O tamanho das metástases e do número de LS positivos também aumenta diretamente a possibilidade de recidiva sistêmica. As diferentes taxas de recidiva indicam que o significado biológico desses tipos de metástases é diferente e que os pacientes com metástases nos LS também podem ter diferentes riscos de comprometimento metastático de outros linfonodos axilares. Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate which clinical, pathological or immunohistochemical factors may be predictive of metastatic involvement of other lymph nodes in patients with breast carcinoma undergoing sentinel lymph node biopsy (SLNB). METHODS: a retrospective study carried out with 1,000 successive patients with SLNB from 1998 to 2008. Age, tumor size, histological grade, lymphovascular invasion, hormone receptor status and HER-2, size of metastasis and number of positive SLN were (mais) evaluated. The associations between the characteristics of the tumors and the types of metastases were evaluated through χ2 corrected likelihood ratio tests for insufficient samples. RESULTS: mean age was 57.6 years and mean tumor size was 1.85 cm. A total of 72.2% SLN were negative and 27.8% were positive, but in 61.9% of the cases, the SLN was the only positive one, with 78.4% having macrometastases, 17.3% micrometastases and 4.3% isolated tumor cells (CTI). Tumor size was predictive of metastases in non-sentinel lymph nodes. After 54 months of follow-up, there were no recurrences in patients with CTI, but one local recurrence and two systemic recurrences were observed in the micrometastasis group, as well as four local and 30 distant metastases in the macrometastasis group. CONCLUSIONS: among the clinical parameters studied, only tumor size was correlated with metastatic involvement in axillary lymph nodes. The size of the metastases and the number of positive SLN also directly increased the possibility of systemic recurrence. The different rates of recurrence indicate that the biological significance of these types of metastases is different and that patients with SLN metastases may also have different risks of metastatic involvement of other axillary lymph nodes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Tumores testiculares na infância/ Testicular tumors in childhood

Teixeira, Roni Leonardo; Rossini, Aírton; Paim, Neiva Pereira
2009-02-01

Resumo em inglês Testicular and paratesticular prepuberal tumors are rare. They represent around 1% of the total of tumors of infancy. They subdivide in 2 groups: germ cells tumors and non germ cells tumors, being able to occur in all the ages, and about 75% are malignant, and about 19% of these they present metastasis. The tumors of germ cells tumors represent 60 75% of the tumors testiculars in infancy, having as main example the yolk sac tumor (65% of the neoplasms), followed for terat (mais) omas (14%); although some works to exist where teratoma, if presents as most common .The non germ cells tumors include the Leydig cell tumor and Sertoli cell tumor. The Leydig cell tumor, are most frequent between the non germ cells tumors testicular. This review article on epidemiology, diagnosis and treatment of to testicular and to paratesticular tumors in child.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Tumores experimentais do sistema nervoso central: padronização de modelo em roedores utilizando a linhagem 9L/ Experimental tumors of the central nervous system: standardisation of a model in rats using the 9L glioma cells

Michailowsky, Custódio; Niura, Flavio Key; Valle, Ângela C. do; Sonohara, Shigueko; Meneguin, Thales D'Alessandro; Tsanaclis, Ana Maria C.
2003-06-01

Resumo em português Grande variedade de modelos experimentais foram estabelecidos em neuro-oncologia durante as últimas décadas, a fim de estudar a biologia tumoral e a eficiciência de novas drogas e novos tratamentos em gliomas malignos humanos. Embora estes modelos estejam bem caracterizados e sejam facilmente reproduzíveis e aplicáveis, há limitações quanto ao seu uso e à resposta obtida, principalmente quando utilizados para monitorização de tratamentos. A proposta deste estud (mais) o é padronizar modelo de tumor cerebral glial experimental e detectar variáveis que possam influenciar o seu desenvolvimento. Células 9L foram inoculadas na substância branca do cérebro em 48 ratos machos Sprague-Dawley; destes, 25 animais receberam eletrodos corticais para realização de eletroencefalografia. Os animais eram avaliados diariamente por observação neurológica. Vinte e quatro ratos desenvolveram tumor - 10 animais morreram ou no pós-operatório imediato ou durante a evolução; 14 animais não desenvolveram tumor. Macroscopicamente, o tumor parecia bem delimitado; características de malignidade e extensa infiltração foram observadas à microscopia de luz; o diagnóstico foi o de astrocitoma maligno. A utilização de técnica estereotáxica e a infusão de pequeno volume de suspensão celular por um tempo longo de infusão foram considerados importantes para o bom desenvolvimento do tumor. Procedimentos que merecem atenção são: contagem precisa das células na câmara de Neubauer, agitação constante da suspensão de células a serem inoculadas e fixação precisa da profundidade de inoculação. O modelo experimental desenvolvido no presente trabalho mostrou ser de execução relativamente fácil, com custo razoável e reprodutível. Resumo em inglês A number of experimental models have been established during the last decades in order to study tumor biology and the effects of treatment or manipulation of the microenvironment of malignant glial tumors. Even though those models have been well characterised and are, to a certain extent, easily reproducible, there are limitations as to their use and to the interpretation of the results. The aim of this study is to standardize a model of a malignant glial tumor and detect (mais) possible events able to modify its development. 9L cells were inoculated intracerebrally in 48 Sprague-Dawley rats; from these, 25 animals were also implanted with a device containing electrodes for the registration of the electroencephalogramm. Animals were daily evaluated by neurologic examination. Twenty four animals developed tumor - 10 animals died either in the immediate pos-operatory period or during evolution; 14 animals did not develop tumor. Macroscopically the tumor was well demarcated from the adjacent brain; by light microscopy the tumor exhibited malignant characteristics as well as extensive infiltration of the brain parenchyma. Diagnosis was that of a malignant astrocytoma. The use of the stereotaxic frame and care to infuse a small volume of liquid containing cells during a period of 120 seconds were the most important procedures to obtain sucess in the model. Additional care should be taken in counting cells in the Neubauer camera and in maintaining cells in constant agitation before injecting the tumor-containing solution. The model here developed was efficient besides being of low cost and of relatively easy execution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Tumor residual pós-quimioterapia neoadjuvante para câncer de mama: impacto sobre o tratamento cirúrgico conservador/ Residual tumor after neoadjuvant chemotherapy for breast cancer: impact on conservative surgical treatment

Barbosa, Edison Mantovani; Donoso, Nídia Fabrega; Osório, Cynthia Aparecida Bueno T.; Alves, Eloá Muniz F.; Waldvogel, Fátima Cristina; Oliveira, Célia Tosello; Góes, João Carlos Sampaio
1999-05-01

Resumo em português Objetivo: analisar as alterações histopatológicas provocadas pela ação da quimioterapia neoadjuvante (fluoracil, epirrubicina e ciclofosfamida; FEC -- 4 ciclos) na área tumoral, no tecido mamário adjacente e nos linfonodos homolaterais, em peças cirúrgicas obtidas de pacientes portadoras de carcinomas primários da mama. Método: estudo histológico detalhado de 30 peças cirúrgicas obtidas por mastectomia radical (Patey) de pacientes portadoras de carcinomas pr (mais) imários da mama, previamente submetidas a esse tipo de terapêutica sistêmica. Resultados: observamos regressão tumoral, de grau variável, em todas as peças analisadas. Esta regressão ocorreu de forma irregular, restando inúmeros focos refratários na área ocupada pelo tumor primário. Observamos focos celulares resistentes independentes do tumor primário no tecido mamário. Detalhamos outros achados histopatológicos decorrentes da ação quimioterápica nos tecidos tumoral e mamário, como calcificações e fibrose, e nos linfonodos axilares homolaterais. Conclusão: concluímos que a ação da quimioterapia neoadjuvante não é uniforme, restando focos tumorais refratários, tanto na área do tumor inicial, quanto à distância. A regressão do tumor independe da resposta de regressão dos linfonodos axilares metastáticos. A utilização da cirurgia conservadora pós-quimioterapia neoadjuvante (FEC) deve ser evitada. Resumo em inglês Purpose: analysis of histopathologic alterations caused by neoadjuvant chemotherapy (fluorouracil, epirubicine, cyclophosphamide; FEC - 4 cycles) at the tumor site, adjacent mammary tissue and homolateral lymph nodes, as observed in sections of patients with primary breast carcinomas. Method: histological studies performed on 30 surgical sections obtained from radical mastectomy (Patey) of patients with primary breast carcinomas, who underwent prior neoadjuvant systemic t (mais) herapy. Results: all sections showed tumor regression with variable intensity. This regression occurred irregularly, several refractory tumor cells remaining at the primary tumor site. Resistant tumor cells, independent of the primary tumor, were found in mammary tissue. Other histopathological findings, resulting from chemotherapy in tumoral and mammary tissues, such as calcifications and fibrosis, and in axillary homolateral lymph nodes were obtained. Conclusion: the effect of neoadjuvant chemotherapy is not uniform, refratory tumor cells remaining not only at primary tumor site, but also in distant regions. Furthermore, we found no correlation between the regression of the tumor and the axillary metastatic lymph nodes. Thus, a conservative surgery after neoadjuvant chemotherapy (FEC) should be avoided.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Tumor neuroectodérmico primitivo supratentorial: estudo de quatro casos/ Primitive neuroectodermal tumor of the central nervous system: report of four cases

Cianciarullo, Thais S.; Neves, Beatrice Maria J.; Stávale, João N.
1994-09-01

Resumo em português As alterações clinicopatológicas e imuno-histoquímicas de quatro casos de tumores neuroectodérmicos primitivos do sistema nervoso central foram investigadas. Três pacientes morreram. Todos os casos mostraram células vimentina positivas com morfologia de células neoplásicas e um caso mostrou células neoplásicas com imunoexpressão para proteína glial fibrilar acídica, enolase neuro-específica e neurofilamento. O presente estudo indica que este grupo de tumore (mais) s tem mau prognóstico e pode mostrar alterações imuno-histoquímicas que indicam diferenciação glial e/ou neuronal. Resumo em inglês The clinicopathological and immunohistochemical features of four cases of primitive neuroectodermal tumors of the central nervous system were investigated. Three patients died. All cases showed vimentin-positive cells with the morphology of neoplastic cells and one case showed glial fibrillary acidic protein, neuron-specific enolase and neurofilament protein-positive cell. The present study indicates that this group of tumors have bad prognostics and may show immunocytochemical features indicating glial and/or neuronal differentiation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Tumor metastático espinocelular de cérvix uterino para coração: diagnóstico ante mortem/ Metastatic tumor of squamous cell carcinoma from uterine cervix to heart: ante-mortem diagnosis

Ferraz, João Gustavo Gongora; Martins, André Luiz Mylonas; Souza, João Francisco de; Matos, Aline; Canto, Ana Paula Fraga Santini; Martins, Alfredo Mylona
2006-10-01

Resumo em português Mulher de 63 anos com história pregressa de câncer de útero e queixa de fadiga e dispnéia aos pequenos esforços. Ao exame, apresentava-se hipertensa e com estertores de bases pulmonares. O ecocardiograma transtorácico mostrou massa de pouca mobilidade em ventrículo direito. A paciente foi levada para cirurgia, ocasião em que se encontrou uma massa envolvendo a parede anterior da artéria pulmonar, valva tricúspide, átrio direito e parede posterior do ventrículo (mais) direito. A artéria pulmonar e o ventrículo direito foram reconstruídos com patch de pericárdio bovino e a valva tricúspide foi substituída por prótese biológica número 31. O exame anatomopatológico demonstrou metástase de células escamosas com áreas bem diferenciadas e infiltrativas. A paciente recebeu alta hospitalar um mês após a cirurgia. Quatro meses após, entretanto, foi readmitida em estado terminal, confirmando o prognóstico reservado da doença neste estágio. Resumo em inglês Sixty-three-year-old woman with a past medical history of uterine cancer and complaint of fatigue and dyspnea on mild exertion. Physical examination revealed hypertension and rales at lung bases. A transthoracic echocardiogram showed a mass with reduced mobility in the right ventricle. The patient was taken to surgery during which a mass involving the anterior wall of the pulmonary artery, tricuspid valve, right atrium, and posterior wall of the right ventricle was found. (mais) The pulmonary artery and the right ventricle were reconstructed with a bovine pericardium patch and the tricuspid valve was replaced by a number-31 biological prosthesis. The pathological examination revealed metastasis of squamous cells with well-differentiated infiltrative areas. The patient was discharged one month after surgery. Four months later, however, she was readmitted to hospital in terminal stage, confirming the guarded prognosis of the disease at this stage

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Tumor glômico subungueal: estudo epidemiológico e retrospectivo, no período de 1991 a 2003/ Subungual glomus tumor: epidemiological and retrospective study, from 1991 to 2003

Vanti, Adriana Amorim; Cucé, Luiz Carlos; Di Chiacchio, Nilton
2007-10-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: O tumor glômico subungueal é neoplasia benigna de células glômicas. É mais freqüentemente observado como lesão solitária na falange distal dos quirodáctilos, representando de um a 4,5% das neoplasias das mãos. OBJETIVO: Avaliar os aspectos epidemiológicos e clínicos, os exames complementares, bem como prognóstico e tratamento com base em exames histopatológicos e métodos de imagem. MÉTODO: Foram estudados 20 casos de tumor glômico subungueal (mais) ocorridos no período de 1991 a 2003, nos ambulatórios de Dermatologia do Hospital das Clínicas e do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo. RESULTADOS: Os achados epidemiológicos deste estudo não diferiram significativamente do levantamento bibliográfico pesquisado. Confirmaram-se, na casuística analisada, preferência pelos quirodáctilos e maior acometimento em pacientes do sexo feminino. Histologicamente, os dados obtidos foram similares aos existentes na literatura. CONCLUSÕES: Os métodos de imagem não foram utilizados de maneira sistemática como auxiliares diagnósticos do tumor glômico, embora sejam de grande importância na confirmação e delimitação do tumor, especialmente a ressonância magnética de alta definição. As recidivas, consideradas raras, ocorreram em 15% dos casos, enfatizando a necessidade de acompanhamento pós-cirúrgico prolongado. Resumo em inglês BACKGROUND: The subungual glomus tumor is a benign neoplasm of glomus cells, most frequently observed as a unique lesion on distal phalanx of fingers, and represents from 1 to 4.5% of hand neoplasms. OBJECTIVE: To evaluate the epidemiological and clinical aspects and diagnostic exams, such as histopathology and imaging methods. METHOD: Twenty cases of glomus tumor seen at the Dermatology Outpatient´s Clinics of Hospital das Clínicas and Hospital do Servidor Públic (mais) o Municipal of São Paulo, from 1991 to 2003, were studied. RESULTS: The epidemiological findings of this study did not significantly differ from the bibliographic search carried out. The preference for fingers and greater prevalence in women were confirmed in the patients observed. The histological data were similar to those in the literature. CONCLUSIONS: The imaging methods were not used in a systematic manner in diagnosis of glomus tumor, but they are very helpful to confirm and circumscribe the tumor, especially high definition magnetic resonance imaging. Although rare, relapses occurred in 15% of cases; thus there is no need for a prolonged surgical follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Tumor glómico do pulmão: Apresentação de um caso pouco frequente/ Glomic tumor: Presentation of an infrequent case

Sousa, Vítor; Carvalho, Lina
2006-05-01

Resumo em português Os tumores glómicos são tumores perivasculares cujas células se assemelham a células musculares lisas modificadas do corpo glómico. São mais frequentes na região subungueal e raros no pulmão. Os autores apresentam um caso de uma doente de 62 anos, com toracalgia esquerda e dispneia para grandes esforços. Apresentava nódulo solitário localizado ao segmento basal-externo do LIE, com 1,9 cm de diâmetro, de limites bem definidos, consistência firme e superfície (mais) de secção nodular e branco-rosada. Os tumores glómicos são geralmente benignos. Podem ter origem em células glómicas ectópicas ou diferenciarem-se a partir de células não glómicas. Devem ser classificados em tumor glómico, glomangioma ou glomangiomioma de acordo com a abundância relativa de células glómicas, do componente vascular e muscular. Estão descritas metástases pulmonares de tumores glómicos malignos, sendo necessário excluir origem primária extra-pulmonar nesses casos. O diagnóstico diferencial dos tumores glómicos do pulmão inclui o carcinóide, hemangiopericitoma, tumores musculares lisos (leiomioma epitelióide) e o paraganglioma. Resumo em inglês Glomic tumours are perivascular tumours whose cells resemble modified smooth muscular cells of the glomic body. They are more frequent in the subungueal region and rare in the lung. The authors present a case of a 62 year old women with left thoracic pain and great enforces dyspnoea. She presented a solitary nodule in the external basal segment of the LLL, 1.9 cm diameter, circumscribed, firm and with nodular whitish rose cut surface. Glomic tumours are generally benign. (mais) They may origin in ectopic glomic cells or be differentiated from non glomic cells. They should be classified as glomic tumor, glomangioma and glomangiomioma according to the relative abundance of glomic cells and of the vascular and muscular components. Pulmonary metastasis of malignant glomic tumours have been described. In these cases an extra pulmonary primary origin must be excluded. The differential diagnosis of glomic tumours of the lung includes the carcinoid, hemangioperycitoma, smooth muscle tumours (epi-thelioid leyomioma) and the paraganglioma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Tumor de Brenner Benigno e Maligno na mesma Paciente: Relato de Caso/ Brenner´s Benign and Malignant Tumor: A Case Report

Chambô Filho, Antônio; Chambô, Danielle; Borges, Fabio Leal Laignier; Cintra, Luiz Calice; Scardini, Rolney
2002-10-01

Resumo em português Na grande maioria das vezes, o tumor de Brenner é pequeno, unilateral e benigno. Seu diagnóstico só pode ser confirmado após o exame anatomopatológico, que microscopicamente apresenta ninhos ou colunas de células epiteliais de transição numa matriz fibromatosa. As células epiteliais apresentam sulco longitudinal característico de "grão de café" e podem apresentar transformação carcinomatosa. É descrito o caso de paciente menopausada com sangramento vaginal, (mais) com massa abdominal palpável, submetida a tratamento cirúrgico, com diagnóstico histopatológico de tumor de Brenner bilateral, sendo maligno de um lado e benigno do outro. Atualmente está com 3 anos de sobrevida, sem sinais de recorrência da doença após tratamento cirúrgico exclusivo. Resumo em inglês Brenner's tumor is small, unilateral and benign. Its diagnosis can only be confirmed by the anatomomicopathological examination, that on microscopy presents nests or columns of transition epithelial cells in a fibromatous matrix. The epithelial cells present a characteristic longitudinal "coffee bean" furrow and can undergo carcinomatous transformation. We present a case of a menopausal patient with vaginal bleeding, and a palpable abdominal mass. She was submitted to sur (mais) gical treatment (total hysterectomy, bilateral oophorectomy and omentectomy) with the histopathological diagnosis of Brenner's bilateral tumor, being malignant on one side and benign on the other. After surgical treatment she is now alive for three years and free of disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Tumor de células granulares da laringe na infância: relato de caso/ Granular cell tumor of the larynx in children: a case report

Scala, Wanessa Alessandra Ruiz; Fernandes, Alessandro Murano Ferre; Duprat, André de C.; Costa, Henrique O. Olival
2008-10-01

Resumo em português O tumor de células granulares (TCG) é uma neoplasia incomum, de evolução lenta, na maioria dos casos de caráter benigno e que pode acometer qualquer órgão do corpo. Entre as hipóteses que tentam explicar sua origem, a teoria da gênese neural apresenta embasamento sólido e é a mais aceita atualmente. O TCG é mais comum na raça negra, entre a 4ª e 5ª décadas de vida, acometendo com maior freqüência a região da cabeça e pescoço. A localização laríngea (mais) é rara, e quando ocorre é mais comum na porção posterior. É muito raro em crianças em geral acomete a porção anterior da subglote, podendo estender-se para a glote. O sintoma predominante é a rouquidão, podendo ocorrer disfagia, dor, tosse, hemoptise, e estridor. Macroscopicamente o TCG se manifesta como nódulo de pequeno tamanho, firme, séssil ou pediculado, não-ulcerado, de coloração clara, e usualmente bem circunscrito, porém sem cápsula. À microscopia, as granulações citoplasmáticas são características, apresentando positividade para a imunoperoxidase S100 e para a enolase neurônio-específica. O tratamento do TCG laríngeo consiste na exérese cirúrgica. Neste trabalho descrevemos um caso pediátrico de TCG laríngeo e sua evolução clínica após a remoção cirúrgica, alertando para o diagnóstico do TCG na população pediátrica. Foi realizada revisão de literatura abrangendo as características clínicas e histopatológicas do TCG, assim como as formas atuais de tratamento. Resumo em inglês The granular cell tumor (GCT) is an uncommon neoplasm, with slow progression, usually benign, that can be found in any organ. The most common region for GCT involvement is in the head and neck. Laryngeal involvement is uncommon and accounts for 6 to 10% of all cases reported. Among the major theories of origin and based on the strongest evidence, the most accepted one is that the tumor stems from neuronal tissue. The GCT has a higher incidence in African-descendent patien (mais) ts, and most commonly in their 4th and 6th decades of life. The posterior larynx is the most common laryngeal site. Pediatric laryngeal GCT is rare, anterior subglottis involvement has been described and extensive glottic involvement may occur. Affected patients typically present with hoarseness, dysphagia, cough, haemoptysis, stridor and pain. The GCT presents as a small, firm nodule, sessile or polypoid, with intact mucosa, well outlined but not encapsulated. Cytoplasm granules are typically seen under light microscopy, and the cells are positive for S100 immunoperoxidase and neuron-specific enolase. Treatment of laryngeal GCT is based on surgical excision. This paper describes a pediatric patient with GCT and its clinical course before and after surgical treatment, stressing the importance of GCT diagnosis in the pediatric population. We review clinical course, pathology characteristics and treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Tumor de células gigantes de bainha de tendão no LCA/ Tendon sheath giant cells tumor in ACL

Pedrinelli, André; Camargo, Olavo Pires de; Barreto, Ronald Bispo; Moldenhauer, Denis; Pedrinelli, Ricardo
2007-01-01

Resumo em português Trata-se de um relato de caso de tumor de células gigantes de bainha do ligamento cruzado anterior, uma localização extremamente rara para esse tipo de lesão. O paciente do sexo feminino apresentava dor no joelho, sem relato de trauma anterior. Foi submetido ao exame clínico, ao estudo radiográfico e de ressonância magnética da região. Feita a hipótese diagnóstica de TGC de Bainha, o paciente foi então tratado com ressecção artroscópica do tumor. O diagnós (mais) tico foi confirmado com exame anátomo-patológico. O paciente evoluiu bem, com melhora dos sintomas referidos no pré-operatório. Resumo em inglês The author presents a case report of Tumor Giant Cells (TGC) localized on the anterior cruciate ligament sheath, an extremely rare site for this kind of lesion. A 37 y-o female patient presented with knee pain, with no history of previous trauma. She underwent clinical examination, X-ray study and magnetic resonance of the region. The diagnostic hypothesis of Sheath TGC was provided, and the patient was treated with tumor arthroscopy resection. Diagnosis was confirmed by (mais) anatomicopathological examination. By the end point assessment, none of the pre-operative symptoms were reported.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Tumor carcinóide de pele envolvendo o esterno: ressecção e reconstrução/ Carcinoid tumor of the skin involving the sternum: resection and reconstruction

Cordeiro, Samuel Zuínglio de Biasi; Leal, Paulo; Zamboni, Mauro; Torquato, Emanuel; Cordeiro, Paulo de Biasi
2004-10-01

Resumo em português Tumor carcinóide de pele é uma ocorrência rara, é uma neoplasia maligna originária do sistema neuroendócrino e tem nas células de Merkel seu substrato anátomo-patológico. Sua localização mais frequente é a área de pele do pescoço e da cabeça e é mais comum em idosos. Este trabalho relata o caso de uma mulher de 35 anos que apresentava tumoração visível e palpável no terço superior do esterno. Dois episódios de sangramento importante e invasão óssea (mais) assinalaram a indicação de ressecção. A inclusão de espessura total da parede torácica ao nível do manúbrio requereu a substituição por prótese rígida. O diagnóstico definitivo do tipo histopatológico só se revelou após exame da peça operatória. A reconstrução do defeito utilizando placa de cimento cirúrgico e interposição de retalho miocutâneo confirma que este é um recurso útil quando o sítio de ressecção ocorre em área que interfere na dinâmica respiratória. uma situação que tipicamente requer a prótese ventilatória por mais de 6 dias. A estabilidade da parede e a viabilidade do retalho associados à recuperação das funções respiratórias permitiram a alta hospitalar aos 18 dias. Resumo em inglês Carcinoid tumor of the skin, which is a malignant neoplasm originating in the neuroendocrine system and having its pathological substrate in the Merkel cells, is a rare occurrence. It is most frequently seen on the skin around the neck and head and is more common in the elderly. This study relates the case of a 35-year-old woman presenting with a visible and palpable tumor covering the upper third of the sternum. Resection of the tumor was indicated because the patient ha (mais) d experienced two significant episodes of bleeding and osseous invasion had occurred. Penetration of the full thickness of the chest wall at the sternum notch necessitated the implantation of a rigid prosthesis. The definitive histopathological diagnosis was made only through postoperative analysis of the excised section. Reconstruction using a surgical cement plate and interposition of a myocutaneous flap proved its usefulness as an alternative when resection is performed in an area important to the postoperative respiratory dynamic, a situation that typically requires a ventilatory prosthesis for up to 6 days. The stability of the chest wall, together with viability of the flap and the recuperation of pulmonary function, allowed the patient to be discharged after 18 days.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Tratamento cirúrgico videolaparoscópico de insulinomas utilizando ultra-sonografia intra-operatória/ Laparoscopic surgical treatment of insulinomas with the use of intraoperative ultrasonography

Valente, Tárik Olívar de Nunes; Bertevello, Pedro Luiz; Waitzberg, Dan L.; Gama-Rodrigues, Joaquim
2007-03-01

Resumo em português RACIONAL: O insulinoma é o tumor pancreático mais freqüente (50% a 60%), com incidência de 4/1 milhão de pessoas, mais comum em mulheres (2:1) e comportamento benigno quando seu diâmetro for inferior a 2 cm. O diagnóstico é clínico-laboratorial e a cirurgia é o único tratamento com potencial curativo. OBJETIVOS: Relatar a aplicabilidade da videolaparoscopia com ultra-sonografia intra-operatória em cinco casos diagnosticados e tratados cirurgicamente. MÉTODOS: (mais) Foram estudados três homens e duas mulheres, idade variando de 20 e 53 anos, com quadro clínico compatível com insulinoma, sendo proposta, após comprovação de imagem, enucleação da lesão por videolaparoscopia, com ultra-sonografia intra-operatória. RESULTADOS: Apresentaram boa evolução pós-operatória e remissão completa da hipoglicemia relacionada ao tumor, com um caso evoluindo com fístula pancreática e outro com pseudocisto pancreático. CONCLUSÃO: O tratamento cirúrgico dos insulinomas é factível e exeqüível por videolaparoscopia com ultra-sonografia intra-operatória e completa ressecção das lesões. Resumo em inglês BACKGROUND: Insulinoma are insulin productive tumors originated from the pancreatic beta cells with an incidence of 4/1 million persons. It is more prevalent between the 5th and 6th decade, in women (2:1) and from the endocrine pancreatic tumor is the more frequent (50% to 60%). Insulinoma behave as a benign tumor when the diameter is inferior to 2 cm. The diagnosis is mainly clinical and laboratorial. Surgery is the unique treatment with potential cure. AIM: The present (mais) observation reports the use of simultaneous laparoscopic resection associated to intraoperative ultrasonography. METHODS: Five patients were studied (3 man and 2 women) with age from 20 to 53 years old, clinically diagnosed with insulinoma. After image work out it was proposed nuclear resection of the insulinoma by laparoscopic technique associated to intraoperative ultrasonography. RESULTS: The patients had a complete remission of tumor related hypoglycemia and one patient developed a pancreatic fistula and other a pancreatic pseudocist with good postoperative resolution. CONCLUSIONS: The videolaparoscopic approach for the surgical treatment of insulinoma is feasible. The intraoperative ultrasonography helps to identify the lesions and check their complete resection with low complication rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Telefones celulares: influência nos sistemas auditivo e vestibular/ Mobile phones: influence on auditory and vestibular systems

Balbani, Aracy Pereira Silveira; Montovani, Jair Cortez
2008-02-01

Resumo em português Os sistemas de telecomunicações emitem radiofreqüência, uma radiação eletromagnética invisível. Telefones celulares transmitem microondas (450900 MHz no sistema analógico e 1,82,2 GHz no sistema digital), muito próximo à orelha do usuário. Esta energia é absorvida pela pele, orelha interna, nervo vestibulococlear e superfície do lobo temporal. OBJETIVO: Revisar a literatura sobre influência dos telefones celulares na audição e equilíbrio. FORMA DE ESTUDO (mais) : Revisão sistemática. METODOLOGIA: Foram pesquisados artigos nas bases Lilacs e Medline sobre a influência dos telefones celulares nos sistemas auditivo e vestibular, publicados de 2000 a 2005, e também materiais veiculados na Internet. RESULTADOS: Os estudos sobre radiação do telefone celular e risco de neurinoma do acústico apresentam resultados contraditórios. Alguns autores não encontram maior probabilidade de aparecimento do tumor nos usuários de celulares, enquanto outros relatam que a utilização de telefones analógicos por 10 anos ou mais aumenta o risco para o tumor. A exposição aguda às microondas emitidas pelo celular não influencia a atividade das células ciliadas externas da cóclea, in vivo e in vitro, a condução elétrica no nervo coclear, nem a fisiologia do sistema vestibular em humanos. As próteses auditivas analógicas são mais suscetíveis à interferência eletromagnética dos telefones celulares digitais. CONCLUSÃO: Não há comprovação de lesão cocleovestibular pelos telefones celulares. Resumo em inglês Telecommunications systems emit radiofrequency, which is an invisible electromagnetic radiation. Mobile phones operate with microwaves (450900 MHz in the analog service, and 1,82,2 GHz in the digital service) very close to the user’s ear. The skin, inner ear, cochlear nerve and the temporal lobe surface absorb the radiofrequency energy. AIM: literature review on the influence of cellular phones on hearing and balance. STUDY DESIGN: systematic review. METHODS: We reviewed (mais) papers on the influence of mobile phones on auditory and vestibular systems from Lilacs and Medline databases, published from 2000 to 2005, and also materials available in the Internet. RESULTS: Studies concerning mobile phone radiation and risk of developing an acoustic neuroma have controversial results. Some authors did not see evidences of a higher risk of tumor development in mobile phone users, while others report that usage of analog cellular phones for ten or more years increase the risk of developing the tumor. Acute exposure to mobile phone microwaves do not influence the cochlear outer hair cells function in vivo and in vitro, the cochlear nerve electrical properties nor the vestibular system physiology in humans. Analog hearing aids are more susceptible to the electromagnetic interference caused by digital mobile phones. CONCLUSION: there is no evidence of cochleo-vestibular lesion caused by cellular phones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Síndrome de lise tumoral: uma revisão abrangente da literatura/ Acute tumor lysis syndrome: a comprehensive review

Darmon, Michael; Malak, Sandra; Guichard, Isabelle; Schlemmer, Benoit
2008-09-01

Resumo em português A síndrome de lise tumoral é caracterizada pela destruição maciça de células malignas e conseqüente liberação do seu conteúdo no espaço extracelular. Embora possa ocorrer de modo espontâneo, a síndrome de lise tumoral aparece em geral, logo após o início do tratamento com agentes quimioterápicos citotóxicos. Uma vez liberados, estes metabólitos podem subjugar os mecanismos homeostáticos resultando em hiperuricemia, hipercalemia, hiperfosfatemia, e hipoc (mais) alcemia. Estas alterações biológicas podem levar à ocorrência de diversas manifestações clínicas, incluindo lesão renal aguda, convulsões e morte súbita, que podem requerer cuidados intensivos. Como a síndrome de lise tumoral está associada a um prognóstico reservado, prevenção de sua ocorrência per se e também de suas conseqüências é obrigatória. O objetivo desta revisão foi descrever os mecanismos fisiopatológicos, e as manifestações clínicas e biológicas da síndrome de lise tumoral aguda, e fornecer recomendações atualizadas para sua prevenção. Foram selecionados artigos sobre síndrome de lise tumoral publicados nos últimos 20 anos no PubMed www.pubmed.gov. Estudos referenciados nos artigos selecionados na busca, também foram utilizados. Resultados: A síndrome de lise tumoral é uma complicação grave e freqüente em pacientes com neoplasias de diagnóstico recente. Estratégias de prevenção incluem hidratação vigorosa, agentes uricolíticos, identificação dos fatores que predispõem à lesão renal aguda e, nos pacientes críticos, a indicação profilática de métodos de substituição da função renal necessários para prevenir ou limitar suas conseqüências. Entretanto, o momento adequado assim como as modalidades de prevenção a serem oferecidas ainda são desconhecidos e podem ser inclusive modificadas por alterações no espectro de pacientes em risco de desenvolvê-la. O desenvolvimento e a validação de estratégias baseadas no risco dos pacientes são necessários para limitar a alta morbidade e mortalidade desta complicação. Resumo em inglês Tumor lysis syndrome is characterized by the massive destruction of malignant cells and the release in the extra-cellular space of their content. While Tumor lysis syndrome may occur spontaneously before treatment, it usually develops shortly after the initiation of cytotoxic chemotherapy. These metabolites can overwhelm the homeostatic mechanisms with development of hyperuricaemia, hyperkalaemia, hyperphosphataemia, and hypocalcaemia. These biological manifestations may (mais) lead to clinical manifestations including, acute kidney injury, seizure, or sudden death that require intensive care. Since clinical tumor lysis syndrome is associated with a poor prognosis both prevention of tumor lysis syndrome and prevention of clinical consequences of tumor lysis syndrome are mandatory. The objective of this review is to describe pathophysiological mechanisms, biological and clinical manifestations of tumor Lysis syndrome, and to provide upto-date guidelines to ensure prevention of tumor lysis syndrome. Review of selected studies on tumor lysis syndrome published at the PubMed database www.pubmed.gov during the last 20 years. Additional references were retrieved from the studies initially selected. Tumor lysis syndrome is a frequent and life-threatening complication of the newly diagnosed malignancies. Preventive measures, including hydration, uricolytic agents, eviction of factors predisposing to acute kidney injury and, in the more severe patients, on prophylactic renal replacement therapy, are required to prevent or limit clinical consequences of Tumor lysis syndrome. However optimal timing and modalities of prevention remains unknown and may be modified by the changing spectrum of patients at risk of tumor lysis syndrome. Development and validation of risk based strategies is required to limit the high morbidity and mortality of this complication.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Significado clínico-patológico das expressões citofotométricas do Ki-67 e Caspase-3 no carcinoma de células escamosas do esôfago/ Clinicopathologic significance of the Ki-67 and Caspase-3 cytophotometric expressions in the esophageal squamous cell carcinomal

Silva, Gilmar Pereira; Malafaia, Osvaldo; Cuenca, Ronaldo Máfia; Ribas-Filho, Jurandir Marcondes; Nassif, Paulo Afonso Nunes; Ribas, Carmen Australia Paredes Marcondes; Zeve, Jorge Luiz de Matos
2008-06-01

Resumo em português RACIONAL: A escolha da forma de tratamento do carcinoma de células escamosa de esôfago ainda hoje é orientada pelo estadiamento tumoral, onde as características histopatológicas do tumor são o maior determinante. Parale-lamente, desenvolvem-se estudos para entender o comportamento da biologia tumoral por método imunoistoquímico de quantificação manual, avaliando a ati-vidade proliferativa ou apoptótica do tecido em análise. As desvantagens conti-das no modo ma (mais) nual fizeram surgir e desenvolver método computadorizado de análise de imagem. OBJETIVOS: Verificar as expressões dos marcadores KI-67 e Caspase-3 e correlacioná-las com as características clínico-patológicas do tumor. MÉTODOS: Foram estudados 29 blocos parafinados provenientes de pa-cientes portadores de carcinoma de células escamosas de esôfago submetidos à esofagectomia e pertencentes a acervos de laboratórios de patologia. Proce-deu-se preparo das lâminas por técnica imunoistoquímica convencional. A quantificação da imunorreatividade às proteínas Ki-67 e Caspase-3 foi realizada pelo software de análise de imagem computadorizada SAMBA (Systeme d'Analyse Microphotometrique a Balayage Automatique) através do índice de marcagem encontrado. RESULTADOS: Predominaram na amostra o sexo mascu-lino (82,7%); maiores de 50 anos; tumores moderadamente diferenciados (68,98%); estágio III (72,42%); lesões >3cm e localizadas no ⅓ inferior do ór-gão. Os índices médios de marcagem identificados foram de 62,05% para o Ki-67 e 86,06% para a Caspase-3, e não mostraram correlação com as caracterís-ticas clínico-patológicas como sexo, idade, estadiamento tumoral, grau de pro-fundidade da lesão e comprometimento linfonodal. Houve significante diferença de expressão do Ki-67 entre os graus histológicos (P=0,047) e correlação entre os índices dos marcadores estudados (r=0,41 e P =0,032). CONCLUSÃO: Na presente investigação as atividades das proteínas estudadas se mostraram in-tensas sendo que a da Caspase-3 foi superior ao Ki-67 mas sem correlação com as características clínico-patológicas. Resumo em inglês BACKGROUND: The esophageal squamous cell carcinoma treatment strategy is still based on the tumor staging, where tumor histopathologic charac-teristics are the major determinants. In parallel, studies have been developed in order to better understand the tumor biology using immunohistochemical meth-ods with manual quantification evaluating the proliferative and apoptotic activi-ties of the cells. The disadvantages related to the manual method rose the de-velopment of comp (mais) uterized ways to do the image analysis. OBJETIVES: To verify the expressions of the markers Ki-67 (proliferative) and Caspase-3 (apoptotic) and to correlate them with the clinic and pathologic characteristics of the tumor. METHODS: Twenty-nine paraffin embedded blocks were studied, each one con-taining tissue samples from patients with esophageal squamous cell carcinoma submitted to esophagectomies. The clinic and pathological data were obtained from histopathologic informations and from medical records. The slides were prepared following the routine immunohistochemical method until the point to utilize the specific antibodies (MIB-1 and CPP32). Positive quantification of the immunoreactivity to the proteins Ki-67 and Caspase-3 was performed by the software for computerized image analysis SAMBA (Systeme d' Analyse Micro-photometrique a Balayage Automatique). Statistical analysis was done having P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Seguimento dos doentes soropositivos e soronegativos para o HIV com carcinoma espinocelular do canal anal/ Follow-up for HIV negative and HIV-positive patients with anal squamous cells carcinoma

Nadal, Sidney Roberto; Cruz, Sylvia Heloisa Arantes
2009-09-01

Resumo em português A incidência do carcinoma espinocelular (CEC) anal e das neoplasias intra-epiteliais anais (NIA) é maior nos pacientes infectados pelo papilomavírus humano (HPV), e está relacionada à imunidade e à infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). A associação com viroses de transmissão sexual indica que seja tumor sexualmente transmitido. A infecção pelo HIV mudou o perfil dos portadores do CEC anal. A doença que anteriormente acometia mulheres na 6ª (mais) década de vida, hoje atinge preferencialmente homens na 3ª e 4ª décadas. Nos Estados Unidos, a expectativa de diagnóstico desse tumor aumentou de 19/100.000, na época pré-HAART (1992-1995), para 48,3/100.000 no período pós-HAART imediato (1996-1999) e para 78,2/100.000 pessoas por ano, nos anos mais recentes (2000-2003). O tratamento do CEC anal, descrito por Nigro em 1974, combina radio e quimioterapia. Operações de resgate estão indicadas caso haja persistência ou recidiva da doença. Estudos comparando, respectivamente, doentes imunodeprimidos e imunocompetentes vêm mostrado envolvimento linfonodal em 60% e 17%, recidivas em 75% e 6%, boa resposta à radio e quimioterapia em 62% e 85%, toxicidade a esse tratamento em 80% e 30%, e sobrevivência global de 1,4 e 5,3 anos. A contagem sérica baixa de linfócitos T CD4 prediz mau prognóstico. Quando acima de 200/mm³, os resultados são comparáveis aos observados entre os imunocompetentes. Resumo em inglês Anal squamous cell carcinoma (ASCC) and anal intra-epithelial neoplasia (AIN) incidences are bigger among human papillomavirus (HPV) infections, and are associated to immunity and to HIV infection. These viruses with sexual transmission in association suggested ASCC is a sexually transmitted tumor. HIV infection changed ASCC patient profile. This kind of tumor committed women in theirs sixties, but nowadays, affects mainly men in the third and forth decades of life. In th (mais) e United States of America, ASCC was diagnosed in 19/100.000, in the pre-HAART (highly active anti-retroviral therapy) era (1992-1995), came to 48,3/100.000 in the immediate post-HAART period (1996-1999) and increased to 78,2/100.000 people per year from 2000 to 2003. ASCC treatment, described by Nigro, in 1974, includes radio and chemotherapy. Rescue operations are indicated when neoplasia persists or recurs. Studies comparing immunossupressed and immunocompetent patients have showed, respectively, nodal involvement in 60% and 17%, recurrences in 75% and 6%, good responses to chemoradiation in 62% and 85%, toxicity in 80% and 30% and mean survival of 1,4 and 5,3 years. Low counts of T CD4 lymphocytes predict bad prognosis and evolution. When the result are superior to 200/mm³, they are comparable to those obtained among HIV-negative patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Schwanoma de laringe: relato de caso/ Schwannoma of the larynx: case report

Melo, Erich Christiano M.; Tiago, Romualdo Suzano L.; Brasil, Osíris de Oliveira C.; El Hassan, Soraia; Brito, Lupércio Luz; Sá, Paula Magalhães de
2004-04-01

Resumo em português Schwanomas são tumores benignos, de crescimento lento, encapsulados, que surgem da bainha das células de Schwann de nervos motores, sensitivos ou cranianos, não contendo elementos nervosos. A localização na laringe é extremamente rara, existindo relatos esporádicos na literatura mundial. O objetivo deste trabalho é relatar um caso de schwanoma laríngeo atendido em nosso meio. O paciente de 82 anos de idade, sexo feminino, procurou nosso serviço com queixa de dis (mais) fagia para sólidos de longa data e sensação de globus faríngeo. A laringoscopia com telescópio rígido de 70º evidenciou um tumor submucoso, arredondado, na região interaritenóidea. A tomografia computadorizada de pescoço mostrou tratar-se de lesão aparentemente sólida, sem necrose central e sem extensão para planos profundos, medindo aproximadamente 2,5 cm no maior diâmetro. A paciente foi submetida a microcirurgia de laringe, com ressecção completa da lesão. O exame histopatológico revelou tratar-se de um schwanoma laríngeo. A paciente evoluiu bem, sem sinais de tumor residual ou recidiva em dois anos de seguimento clínico. Resumo em inglês Schwannomas are benign, slow-growing, encapsulated tumors, which appear on the sheath of sensitive or cranial motor nerves Schwann cells, and having no nervous elements. They rarely appear on the larynx, and there are sporadic reports in the literature. This work has as purpose to report a case of laryngeal schwannoma. A 82 years-old woman, born and residing in the city of Sao Paulo, SP, went to the Hospital, suffering from slowly progressive, long-term dysphagia for soli (mais) ds and globus sensation. The indirect laryngoscopy with a 70º rigid telescope revealed a submucous tumor, rounded, at the interarytenoid region. A neck computed tomography was made, revealing an apparently solid lesion, with no central necrosis and no extension to deeper levels, the greatest diameter of which was of 2.5 cm. The patient underwent a larynx microsurgery with tumor full removal. The histological analysis revealed a laryngeal schwannoma. The patient recovered well with no no signs of recurrence or residual tumor until now.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Sarcoma sinovial primário da orofaringe: relato de caso/ Primary synovial sarcoma of the oropharinx: a case report

Meister, Hugo; Miranda, Thaís C.; Nóbrega, Manuel G. G.
2003-06-01

Resumo em português O sarcoma sinovial primário da cabeça e pescoço é um tumor raro. Em torno de 90 casos foram descritos na literatura. Relatamos um caso adicional ocorrido em um paciente jovem do sexo masculino comprometendo a orofaringe. O tumor apresentou típico crescimento bifásico, fibrossarcomatoso e epitelial, com estruturas pseudo-glandulares. O diagnóstico final foi obtido pelo exame da peça cirúrgica com preparações histológicas de rotina e análise imunohistoquímica. Resumo em inglês Primary synovial sarcoma of the head and neck is a rare tumor. Fewer than 90 cases having been reported in the literature. This report presents an addicional case of synovial sarcoma involving the oropharinx in a young man. Microscopically the tumor showed a biphasic pattern of pseudo-ephitelial cells and a spindle cell element with fibrosarcomatous and epithelial appearance. A proper diagnosis was done after routine pathological and immunohistochemical studies of the ressected tumors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Sarcoma granulocítico multicêntrico como recidiva de leucemia mieloide aguda/ Multicentric granulocytic sarcoma as relapse of acute myelogenous leukemia

Aguiar, Taciana G. S.; Oliveira, Ivana F. L.; Guimarães, Camilla V. N.; Adad, Sheila J.; Moraes- Souza, Helio
2009-01-01

Resumo em português Sarcoma granulocítico (SG) é um tumor sólido extramedular, constituído por células precursoras de granulócitos. É geralmente associado a leucemia mieloide aguda ou raramente a outras desordens mieloproliferativas. O tumor geralmente ocorre precedendo uma leucemia mieloide aguda, durante o seu curso ou após a remissão ter sido alcançada. O prognóstico é pobre e tem como principais modalidades terapêuticas a quimioterapia e a radioterapia. Relata- se um caso de (mais) SG multicêntrico, de evolução rápida, com acometimento difuso de pele, mamas, gânglios linfáticos, tecido celular subcutâneo e líquor, em mulher de 45 anos, fora de tratamento para leucemia mieloide aguda e em remissão hematológica há 18 meses. A paciente apresentava dor intensa em membro inferior direito há uma semana e estava em anticoagulação oral há seis meses por trombose venosa profunda neste membro. Diagnosticado o SG, a paciente foi tratada com radioterapia e quimioterapia com boa resposta. Após três meses de seguimento, em vigência do tratamento quimioterápico, evoluiu com recidiva do SG neste membro, associado ao acometimento das mamas e posteriormente do sistema nervoso central, evoluindo para óbito em aplasia e sepses. Resumo em inglês Granulocytic sarcoma is an extramedullary solid tumor consisting of immature granulocytic cells. It is often associated with acute myelogenous leukemia and more rarely with other myeloproliferative disorders. The tumor generally occurs before acute myeloid leukemia, during its course or after disease remission. It has a poor prognosis with the main therapeutic options being chemotherapy and radiotherapy. A multicentric accelerated case of granulocytic sarcoma of a 45- yea (mais) r- old woman with diffuse skin, breast, lymphatic ganglia and subcutaneous tissue presentations no longer undergoing treatment for acute myeloid leukemia and in hematologic remission for 18 months is reported. The patient presented with severe pain of right lower limb for a week and was undergoing oral anticoagulation for 6 months due to deep venous thrombosis. After diagnosis of granulocytic sarcoma she received radiotherapy and chemotherapy with good response. After a 3- month follow- up, under chemotherapy, she presented relapse of granulocytic sarcoma in the limb followed by breast and central nervous system presentations leading to death in aplasia and sepsis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Sarcoma granulocítico em órbita: relato de caso/ Orbital granulocytic sarcoma: case report

Fonseca Junior, Nilson Lopes da; Paves, Luis; Nakanami, Deise Mitsuko; Seixas, Maria Teresa; Manso, Paulo Góis
2005-08-01

Resumo em português O sarcoma granulocítico é tumor que freqüentemente aparece em pacientes portadores de leucemia mielóide aguda, podendo aparecer em diferentes regiões do corpo, incluindo a órbita. Nesta última localização, é mais freqüente em crianças e adultos jovens, com discreta predominância em pacientes do sexo masculino. Este é um caso de sarcoma granulocítico orbitário de evolução rápida, sem manifestação sistêmica associada em uma paciente de 33 anos de idade (mais) , o que o torna incomum. O surgimento do sarcoma granulocítico orbitário sem acometimento leucêmico pode ocorrer em cerca de 88% dos pacientes com acometimento orbitário. A maioria dos pacientes apresenta evidências hematológicas de comprometimento sistêmico em 2 meses após a manifestação orbitária. Neste relato de caso, a paciente não apresenta acometimento sistêmico, apesar da manifestação orbitária estar presente há 30 meses. Os principais diagnósticos diferenciais do sarcoma granulocítico orbitário são o linfoma, o rabdomiossarcoma e o neuroblastoma. O diagnóstico pode ser dificultado, principalmente nos casos sem acometimento sistêmico, nos quais os exames de imagem e as manifestações clínicas pouco diferem de outras doenças. Para o diagnóstico deve-se realizar uma biópsia da lesão orbitária para análise anatomopatológica e imuno-histoquímica. O tratamento nos casos de sarcoma granulocítico orbitário sem acometimento sistêmico não é padronizado. A hipótese diagnóstica de sarcoma granulocítico orbitário deve ser aventada em casos de pacientes com tumoração orbitária mesmo que não apresentem sinais ou sintomas sistêmicos e independentes da faixa etária. Resumo em inglês Orbital granulocytic sarcoma is a localized tumor consisting of malignant cells of myeloid origin. This tumor may present in association with acute myelogenous leukemia. Granulocytic sarcoma may be found in a variety of locations throughout the body including the orbit and typically affects children and young adults. There is a slight male predominance in these cases. This is an uncommon case report of a 33-year-old Latin-American woman who was admitted to the Hospital fo (mais) r rapidly progressive orbital proptosis. There was no systemic manifestation of leukemia. The occurrence of orbital granulocytic sarcoma before the development of systemic leukemia in children and young adults is not uncommon and these cases frequently develop hematological evidence within 2 months after initial orbital disease. In this case report, there was no systemic manifestation of leukemia in the last 30 months, even in the presence of orbital tumors. Granulocytic sarcoma is most frequently confused with malignant lymphoma, rhabdomyosarcoma and neuroblastoma. The differential diagnosis of these cases can be challenging, particularly when there is no evidence of systemic leukemia, when imaging features are not sufficiently specific to distinguish granulocytic neoplasms from other tumors. To establish the diagnosis often a biopsy is required. The treatment in such cases (orbital granulocytic sarcoma) is not standardized. Orbital granulocytic sarcoma may be suspected in cases of orbital tumors even in the absence of systemic manifestations of leukemia at any age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Sarcoma granulocítico de sistema nervoso central pós transplante de medula óssea: relato de caso/ Central nervous system granulocytic sarcoma after bone marrow transplant: case report

Tatsui, Cláudio Esteves; Koerbel, Andrei; Prevedello, Daniel Monte-Serrat; Araújo, João Candido; Ditzel, Léo Fernando da Silva; Bleggi-Torres, Luis Fernando
2002-09-01

Resumo em português Sarcoma granulocítico é tumor sólido, constituído por células precursoras de granulócitos, localizado em sítio extra medular. Geralmente surge precedendo uma leucemia mielóide aguda ou concomitantemente a ela, sendo considerado fator de mau prognóstico. Tem como principais modalidades terapêuticas a radioterapia e a quimioterapia. Um caso de sarcoma granulocítico intracraniano ocorrido seis meses após transplante de medula óssea por leucemia mielóide aguda � (mais) � relatado. A paciente apresentava cefaléia e hemiplegia esquerda, causada por extensa lesão fronto-parietal direita. Após a ressecção completa do tumor, houve total recuperação do déficit neurológico. A paciente completou o tratamento radio e quimioterápico, estando livre de doença após três meses de acompanhamento. O manejo cirúrgico do sarcoma granulocítico é modalidade adjuvante, indicada quando o efeito compressivo tumoral determina déficit neurológico. É o meio mais rápido de descompressão do tecido nervoso, possibilitando a chance de recuperação funcional, melhorando a qualidade de vida do paciente. Resumo em inglês Granulocytic sarcoma is a solid tumor, composed by granulocytic precursor cells at various levels of differentiation, located at an extra-medullary site. It is associated with acute myeloid leukemia, and its presence reveals a bad prognostic factor. The treatment usually consists of radiotherapy and chemotherapy. A case of an intracranial granulocytic sarcoma occurring six months after a bone marrow transplant in a patient with acute myeloid leukemia is reported. The pati (mais) ent presented with headache and left hemiplegia caused by a large fronto-parietal lesion with significant mass effect. After a complete surgical resection there was a full recovery of the deficit. The patient completed radiotherapy and chemotherapy with no evidence of disease after three months of follow-up. Surgery is indicated in the presence of progressive neurological deficit. Surgical decompression may provide rapid improvement and therefore, affect quality of survival.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Sarcoma de Kaposi clássico fatal/ Fatal outcome in classic Kaposi's sarcoma

Ohe, Eugênia Maria Damásio N.; Padilha, Maria Helena V. de Q.; Enokihara, Mílvia M. S. S.; Almeida, Fernando Augusto de; Porro, Adriana Maria
2010-06-01

Resumo em português Descrito em 1872, o sarcoma de Kaposi é neoplasia multicêntrica rara originária de células endoteliais com manifestação cutânea e extracutânea. A forma clássica é muito mais frequente em homens idosos, com evolução prolongada e boa resposta a quimioterapia e radioterapia. Apresentaremos um caso de sarcoma de Kaposi clássico com comprometimento cutâneo e visceral em paciente do sexo feminino com rápida evolução fatal. Resumo em inglês First described in 1872, Kaposi's sarcoma is defined as a rare multifocal tumor that originates in the endothelial cells and presents with cutaneous and extracutaneous manifestations. The classic form is most common in elderly men and progression is slow. This tumor responds well to chemotherapy and radiotherapy. This report describes a classic case of Kaposi's sarcoma in a woman with skin and visceral manifestations in whom the disease rapidly progressed to a fatal outcome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Sarcoma de células dendríticas foliculares extranodal/ Extranodal follicular dendritic cell sarcoma

Santos, Lina Gomes dos; Borges, José Alexandre Leal; Ribeiro, Thiago de Brito
2005-04-01

Resumo em português O sarcoma de células dendríticas foliculares (SCDF) é uma neoplasia maligna rara que envolve linfonodos e sítios extranodais. Pode exibir variado aspecto histológico e comportamento clínico, mas usualmente apresenta um curso agressivo. Relatamos um caso de sarcoma de células dendríticas foliculares em um paciente de 37 anos de idade, do sexo masculino, em topografia de tonsila palatina esquerda, que se apresentava como abaulamento e edema em trígono retromolar es (mais) querdo. O exame clínico evidenciou lesão tumoral ulcerada e o estudo tomográfico mostrou lesão bem delimitada em região parafaríngea à esquerda. Foi submetido a duas biópsias incisionais que foram inconclusivas, sendo então realizada ressecção cirúrgica da lesão com ampliação para a tonsila palatina esquerda adjacente. O estudo histopatológico do espécime revelou neoplasia maligna constituída por proliferação de células fusiformes, e o estudo imuno-histoquímico confirmou o diagnóstico. O SCFD deve ser considerado no diagnóstico diferencial de qualquer neoplasia de células fusiformes com infiltrado inflamatório crônico de permeio surgindo em região de cabeça e pescoço. Esta lesão exibe padrões histológicos peculiares que permitem um diagnóstico presuntivo, sendo que o diagnóstico final requer confirmação através de métodos especiais. Resumo em inglês Follicular dendritic cell sarcoma (FDCS) are uncommon malignant neoplasms that can involve lymph nodes or extranodal sites. They can exhibit a broad spectrum of histologic appearences and behavior, but usually pursue an aggressive course. A case of follicular dendritic cell sarcoma arised in the tonsil region is reported in a 37-year-old man. He had a swelling in the left retromolar trigone. Clinical examination disclosed an ulcerated mass. CT scans showed a low density l (mais) esion in the left medial parapharyngeal area. The biopsy specimen was insatisfatory and the patient underwent successful surgical excision of the tumor which was extended to palatine tonsil adjacent and right palatine tonsil. The specimen revealed a low grade malignant tumor and immunohistochemical has confirmed the diagnosis. FDCS should be considered in the differential diagnosis of any spindled cell tumor with interspersed chronic inflammatory cells occurring in head and neck regions . This tumor exhibits distinctive histologic features that permit its presumptive diagnosis, but a final diagnosis requires confirmation with special studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Patogênese molecular do feocromocitoma

Dahia, Patricia L.M.
2001-12-01

Resumo em português Feocromocitoma é um tumor raro originário de células neuroectodérmicas. Em aproximadamente 10% dos casos, estes tumores são herdados. Existem múltiplas formas familiares de feocromocitomas, entre as quais a neoplasia endócrina do tipo 2, a síndrome de von Hippel Lindau, a neurofibromatose tipo 1, formas familiares isoladas de feocromocitoma e possivelmente outros subtipos menos bem caracterizados. Ao mesmo tempo em que se tem observado nos últimos anos um importa (mais) nte avanço quanto à definição do defeito genético responsável pela maior parte das síndromes hereditárias associadas ao feocromocitoma, houve pouco progresso na caracterização da patogênese molecular das variantes esporádicas destes tumores, assim como em grande parte das formas familiares isoladas. Esta revisão apresenta um resumo dos aspectos moleculares das diversas formas de feocromocitomas familiares e esporádicos e finaliza com a proposição de estudos futuros que possam contribuir para elucidar alguns dos muitos aspectos da gênese deste tumor que ainda permanecem obscuros. Resumo em inglês Pheochromocytomas are rare tumors arising from neuroectodermal cells. In 10% of the cases, these tumors can be inherited as part of multiple endocrine neoplasia type 2, von-Hippel Lindau syndrome, neurofibromatosis type 1, isolated forms of familial pheochromocytoma and other, less well characterized variants. While vast progress has been made in recent years towards the identification of the primary genetic defect leading to the major familial pheochromocytoma syndromes, (mais) characterization of the molecular events involved in determining the sporadic phenotype has lagged far behind. This review attempts to show a summary of the current molecular knowledge of the familial forms of pheochromocytoma as well as sporadic tumors. We conclude by proposing novel strategies aimed at shedding light into some aspects of pheochromocytoma pathogenesis that are yet to be elucidated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Paragangliomas timpânicos: relato de casos/ Tympanic paragangliomas: case reports

V. Neto, Maria Eugênia L. R. B de; Vuono, Isabela M. de; Souza, Luiz R. O.; Testa, José R. G.; Pizarro, Gilberto U.; Barros, Fernando
2005-02-01

Resumo em português Os tumores glômicos, também chamados de paragangliomas, são formados por células não cromafins. O tumor é tipicamente vascular formado por vasos capilares e pré-capilares, interposto por células epiteliais. Para a sua abordagem inicial, deve-se ressaltar que os sintomas mais comumentes encontrados são o zumbido pulsátil e hipoacusia. A investigação através de imagem (tomografia computadorizada e ressonância magnética) se faz necessária. Apresentaremos nest (mais) e trabalho 5 pacientes portadores de paragangliomas timpânicos atendidos no Hospital (de 1995 a 2001). O sexo predominante foi o feminino, a idade variou de 48 a 60 anos, com média de 50 anos. A queixa predominante foi o zumbido pulsátil e a hipoacusia. A conduta foi cirúrgica em todos os casos. Resumo em inglês Glomus tumors, also called paragangliomas, originate from nonchromaffin cells. The tumor is typically vascular and grows from capillary and pre-capillary vessels in-between epithelial cells. It is worth mentioning that the most common symptoms are pulsating tinnitus and hearing loss. Imaging studies (CT and MRI) are necessary for diagnosis. This paper shows five patients seen at the Hospital between 1995 and 2001 presenting glomus tympanicum. Women were most commonly affe (mais) cted, and the age ranged from 48 to 60 years (mean age of 50 years). The most common complaints were pulsating tinnitus and hearing loss. All patients were treated surgically.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Osteossarcoma de mandíbula inicialmente mimetizando lesão do periápice dental: relato de caso/ Osteosarcoma of mandible initially resembling lesion of dental periapex: a case report

Soares, Rosilene C.; Soares, Andréa F.; Souza, Lélia B.; Santos, Aldo L. V. dos; Pinto, Leão P.
2005-04-01

Resumo em português O osteossarcoma é um tumor mesenquimal maligno, no qual as células cancerosas produzem matriz óssea. É o tumor maligno primário mais comum do osso, responsável por aproximadamente 20% dos sarcomas, sendo que 5% destes ocorrem nos maxilares. Possuem variados aspectos não só clínicos e histopatológicos como também no curso e prognóstico. Este artigo apresenta um relato de caso de paciente do sexo feminino, com 20 anos de idade, que nos foi encaminhada apresentan (mais) do aumento de volume na região de pré-molar inferior esquerdo. Após diagnóstico clínico de lesão do periápice dental, a paciente foi submetida previamente a tratamento endodôntico do dente envolvido, a partir do qual, em um período de 11 dias, pode-se observar um considerável aumento da lesão provocando visível assimetria facial. A radiografia oclusal mostrava imagem compatível com área de destruição óssea e formação de osso anormal na região, com cortical externa exibindo evidente radiopacidade semelhante a raios de sol, sugerindo o diagnóstico de osteossarcoma. A lesão foi biopsiada e obteve-se o diagnóstico histopatológico de osteossarcoma. A paciente foi então submetida à mandibulectomia parcial e uma reconstrução da área, usando osso de costela e enxerto de pele da nádega, para o revestimento da mucosa oral envolvida. Aos 8 meses após a cirurgia houve recorrência local da lesão e a paciente foi a óbito aproximadamente 1 ano depois da recidiva. Resumo em inglês Osteosarcoma is a malignant mesenchymal tumor whose cancerous cells produce osteoid matrix. It is the most common primary malignant bone tumor, accounting for approximately 20% of the sarcomas, but only 5% of the osteosarcomas occur in the jaws. They present various clinical and histological aspects, as well as variable disease progression and outcome. This article shows a case report of a 20-year-old woman who presented swelling near the mandibular left premolar. After c (mais) linical diagnosis of lesion of the dental periapex, the patient initially underwent endodontic treatment of the tooth involved. Thereafter, in a period of eleven days, a significant increase of the lesion could be observed, resulting in visible facial asymmetry. The occlusal radiographic view showed an area of bone destruction and abnormal bone formation in the region. The external cortical portion showed clear radiopacity resembling sunrays, suggesting the diagnosis of osteosarcoma. The treatment comprised partial mandibulectomy and reconstruction of the area, using bone of the rib and skin graft from the buttock for the oral mucosa involved. Eight months after surgery, there was local recurrence of the lesion and the patient died approximately one year after relapse.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

O papel das proteínas da matriz extracelular e das metaloproteinases em carcinomas de cabeça e pescoço: uma atualização bibliográfica/ The role of matrix extracellular proteins and metalloproteinases in head and neck carcinomas: an updated review

Pereira, Antonio L.A.; Veras, Simone S.L.; Silveira, Éricka J.D.; Seabra, Flávio R.G.; Pinto, Leão Pereira; Souza, Lélia B.; Freitas, Roseana A
2005-02-01

Resumo em português Interações entre células neoplásicas e constituintes da matriz extracelular (MEC) interferem fortemente no desenvolvimento tumoral, incluindo os localizados em cabeça e pescoço, pois influenciam a proliferação e sobrevivência celular, bem como a sua capacidade de migrar do sítio primário para outros tecidos e formar metástases. Essa migração celular é facilitada pela destruição parcial da MEC, a qual é realizada pelas metaloproteinases (MMPs), que repres (mais) entam uma família de mais de vinte endopeptidases, com atividade controlada pela expressão de inibidores específicos (TIMPs). Diversos estudos utilizando-se de marcadores para constituintes da MEC bem como pelas MMPs têm fornecido informações adicionais sobre o diagnóstico e prognóstico em carcinomas de cabeça e pescoço. Nesta revisão consideraremos o papel da MEC e das MMPs na progressão desses tumores, enfatizando que não somente a degradação proteolítica está envolvida neste processo, como também interações entre vários constituintes da MEC fornecem substrato para regulação e crescimento destes tumores. Resumo em inglês Interactions involving tumor cells and the extracellular matrix (ECM) strongly influence tumor development, including head and neck tumors, affecting cell proliferation and survival as well as the ability to migrate beyond the original location into other tissues to form metastases. These cell migration is often facilitated by partial destruction of the surrounding ECM, which is catalyzed by matrix metalloproteinases (MMPs), a family of more than 20 endopeptidases that is (mais) controlled by regulated expression of specific inhibitors (TIMPs). Several studies of ECM and MMPs markers have provided additional diagnostic and prognostic information in head and neck carcinomas. In this review, we are considering the role of ECM and MMPs in tumor progression, emphasizing its proteolytic contributors to this process, and interactions between several members of ECM providing substrate to regulation of this process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Nódulos fibro-histiocíticos no baço de uma cadela: relato de caso/ Splenic fibroistiocytic nodules in a bitch: case report

Garmatz, B.C.; Viott, A.M.; Silva, C.F.; Mazzanti, A.; Santarosa, I.M.; Ramos, A.T.; Maiorka, P.C.; Graça, D.L.
2007-06-01

Resumo em português Descreve-se a ocorrência de múltiplos nódulos fibro-histiocíticos no baço de uma cadela Rottweiler, de sete anos. O diagnóstico foi feito por histopatologia e confirmado por imunoistoquímica positiva para ED1, CD18, vimentina e lisozima. O animal foi sacrificado três meses após o diagnóstico, por severo agravamento dos sinais clínicos. Resumo em inglês Multiple fibrohistiocytic nodules in the spleen of a 7-year-old female Rottweiler were reported. The diagnosis was made by histology and immunohistochemistry; cells were positive for ED1, CD18, vimentin and lysozyme. The dog was euthanatized three months after the tumor was diagnosed, due to severe clinical signs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Nefroma mesoblástico congênito subtipo celular: relato de caso/ Cellular congenital mesoblastic nephroma: case report

Santos, Lina Gomes dos; Carvalho, Juliana de Sousa Ribeiro de; Reis, Marcela Aguiar; Sales, Rayli Lauro Jennyfer Brandão
2011-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Nefroma Mesoblástico Con-gênito é uma rara neoplasia renal pediátrica. Apresenta dois subtipos histológicos, clássico e celular, sendo o último de pior prognóstico e responsável por aproximadamente dois terços dos casos. Esse tumor ainda é um desafio diagnóstico aos patologistas devido à similaridade com outras neoplasias pediátricas renais mais frequentes. RELATO DO CASO: Criança do gênero feminino, 2 anos e 9 meses de idade, foi encaminhada (mais) a serviço médico com referência em oncologia apresentando massa renal à esquerda. Após nefrectomia, o estudo do espécime mostrou, macroscopicamente, extensa área tumoral granular, brancoacinzentada, ocupando aproximadamente todo o rim, invadindo seio renal, cápsula e gordura perirrenal, com áreas de hemorragia e necrose. Histologicamente, caracterizava-se pela presença de células fusiformes e mitoses, sem atipias celulares. O diagnóstico foi de Nefroma Mesoblástico Congênito subtipo celular e a paciente foi submetida a quimioterapia. Durante o primeiro ano de tratamento, houve recidiva do tumor, apresentando-se irressecável e sem resposta a nova quimioterapia. A paciente foi a óbito aos 4 anos de idade. DISCUSSÃO: O subtipo celular do nefroma mesoblástico tende a ser mais agressivo, apresentando uma taxa de sobrevivência de 85%, comparada com 100% para a variante clássica. Geralmente, a recorrência ocorre no primeiro ano de tratamento, principalmente quando o subtipo é o celular. Resumo em inglês INTRODUCTION: Congenital Mesoblastic Nephroma (CMN) is a rare pediatric renal tumor. It comprises two histological subtypes, namely classic and cellular, with the second accounting for two thirds of all cases and being more often associated with poor prognosis. It remains a diagnostic challenge for pathologists due to its similarity with other more frequent pediatric kidney neoplasms. CASE REPORT: We describe the case of a 2-year- old girl who presented with a left renal (mais) mass. After nephrectomy, the specimen analysis showed, on gross examination, an extensive, granular and whitish tumor lesion occupying almost the entire kidney, invading the renal sinus, capsule and perirenal fat, with areas of hemorrhage and necrosis. Histologically, it was characterized by ovoid spindle cells, mitoses and no cell atypia, which led to a diagnosis of cellular mesoblastic nephroma. Adjuvant chemotherapy was carried out, but tumor recurrence occurred in the first year, presenting as an unresectable tumor that did not respond to adjuvant chemotherapy and the patient died at 4 years of age. DISCUSSION: The cellular variant tends to be more aggressive, with a survival rate of 85% versus 100% for the classic variant. Recurrence generally occurs in the first year, particularly with the cellular variant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Modelo experimental de cultura primária de melanoma metastático por punção aspirativa de agulha fina/ Experimental model of primary cultured metastatic melanoma by fine needle aspiration

Oliveira, Andrea Fernandes de; Gragnani, Alfredo; Oliveira Filho, Renato Santos; Santos, Ivan Dunshee de Abranches Oliveira; França, Silvana Gaiba de; Enokihara, Mílvia Maria Simões e Silva; Ferreira, Lydia Masako
2005-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estabelecer um modelo experimental de cultura primária de melanoma metastático por punção aspirativa por agulha fina (PAAF). MÉTODOS: Duas culturas primárias de células de melanoma metastático através de PAAF foram desenvolvidas a partir de pacientes submetidos à excisão de lesões metastáticas e identificadas por imunohistoquímica utilizando os marcadores S-100 e MB-45, específicos para melanoma. RESULTADOS: O diagnóstico da cultura foi confirmad (mais) o através da imunohistoquímica. A técnica oferece vantagens como pequena morbidade e invasibilidade, além do mais, a mesma lesão pode ser puncionada seqüencialmente durante o tratamento do doente. CONCLUSÃO: O estabelecimento de cultura primária de melanoma metastático a partir de punção aspirativa por agulha fina mostrou-se uma técnica viável. Resumo em inglês PURPOSE: Establish an experimental model of metastatic melanoma primary culture cells from fine-needle aspiration biopsies (FNAB). METHODS: Two metastatic melanoma primary culture cells from (FNAB) have been developed from patients who had been submitted to excision of metastatic lesions and they were identified by immunohistochemical analyses using S-100 and MB-45 melanoma markers. RESULTS: The culture diagnostic was confirmed by immunohistochemical. The technique of FNA (mais) B offers the advantage of providing a sequential analysis of the same tumor nodules throughout treatment, and is a minimally invasive procedure with almost no associated morbidity. CONCLUSION: The establishment of metastatic melanoma primary culture from FNAB samples showed a viable technique.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Modelo de tumor de pulmão em rato com o carcinossarcoma de Walker/ Lung tumor model in rats with Walker’s carcinosarcoma

Gomes Neto, Antero; Pessoa, Breno Bezerra Gomes de Pinho; Aguiar, Silvana Araújo de; Furtado, Bruno Machado; Moraes, Manoel Odorico; Ribeiro, Ronaldo de Albuquerque
2002-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver um modelo de tumor pulmonar em ratos com o carcinossarcoma de Walker e verificar in vivo a presença de tumor por meio de tomografia computadorizada (TC). MÉTODOS: Ratos Wistar fêmeas (n=47) foram anestesiados com pentobarbital, intubados por traqueostomia e submetidos a toracotomia para injeção no parênquima pulmonar de células do tumor de Walker ou do veículo das mesmas. O estudo consistiu de duas etapas: na primeira desenvolveu-se a técnic (mais) a de implante do tumor e estabeleceu-se o número de células necessário para um bom índice de pega tumoral. Na segunda etapa, determinou-se o volume do tumor em cm³ (Dxd²/2) através de TC e necropsia (6° dia do implante), e analizou-se a sobrevida dos animais. RESULTADOS: O índice de pega do tumor foi 93,3%, sendo 81,8% na primeira etapa e 100% na segunda. A mortalidade cirúrgica foi 17,0%. As medidas dos tumores foram semelhantes (0,099 vs. 0,111 cm³) na tomografia e na necropsia, respectivamente (r=0,993; p Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop a lung tumor model in rats using Walker’s carcinosarcoma and to verify the presence in vivo of tumors using computerized tomography (CT). METHODS: Female Wistar rats (n=47) were anesthetized with pentobarbital, intubated through tracheostomy and submitted to thoracotomy; subsequently a 50-70 mu L volume containing Walker’s tumor cells, or the suspension of these same cells, was injected into the lung parenchyma. The study consisted of two phases: i (mais) n the first a tumor implantation technique was developed and the number of cells required to attain a satisfactory tumor development rate was established. In the second phase, the tumor volume in cm³ (Dxd²/2) was determined through CT scan and necropsis, and the survival rates were analyzed. RESULTS: The overall tumor development rate was 93.3%, or rather, 81.1% in the first phase and 100% in the second. The surgical mortality rate was 17.0%. The average tumor volume was similar (0.099 vs. 0.111 cm³) at CT scan and at necropsis, respectively (r=0.993; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Mixoma Cardíaco: Patologia e Correlação Clínica em Material de Ressecção Cirúrgica/ Cardiac Myxomas

Ferreira, Maria Cristina Furian; Pott Jr., Henrique
2009-01-01

Resumo em português Introdução: O mixoma cardíaco (MC) é um tumor primário do coração, raro, de etiologia desconhecida, prevalente em adultos na terceira e sexta décadas de vida. Caracteriza-se por proliferação celular anormal das células mesenquimais multipotenciais subendocárdicas comprometendo a via de entrada de um ou de ambos os ventrículos. Apesar de sua etiopatogenia ser pouco conhecida, sabe-se que suas manifestações clínicas podem ser variadas de acordo com a topogra (mais) fia e o acometimento cardíaco. Neste estudo pretende-se descrever os aspectos morfológicos do MC e associá-los aos dados clínicos dos pacientes, e discutir a patogenia do MC. Métodos: Neste estudo retrospectivo do tipo série de casos, foram utilizadas amostras de ressecção cirúrgica fixadas em formalina 10% e provenientes de pacientes com diagnóstico ecocardiográfico de MC, operados no período de 2007 a 2008. Resultados: Foram descritas as características anatomo-clínicas de seis mixomas cardíacos de átrio esquerdo em pacientes com idade entre 19 e 69 anos. Macroscopicamente identificaram-se dois tipos anatômicos. O quadro clínico produzido pelo tumor cardíaco incluiu manifestações não específicas e manifestações relacionadas à obstrução ao enchimento ventricular esquerdo ou à embolização para vasos cerebrais. Pode-se ainda estabelecer que a apresentação clínica correlacionou-se com o aspeto tumoral. Conclusões: Embora os MC sejam histologicamente benignos, eles podem ser letais devido à sua posição estratégica. Sua morbimortalidade e crescente incidência faz necessário incluir esta entidade nosológica no diagnóstico diferencial de doenças que apresentem-se como as síndromes de tromboembolia cerebral e insuficiência cardíaca. Os sintomas apresentados pelos pacientes correlacionam-se com o aspecto, tamanho, mobilidade e localização do tumor. Resumo em inglês Introduction: The cardiac myxoma (CM) is a primary tumor of the heart, often of unknown etiology prevalent in adults in the third and sixth decades of life. It is characterized by abnormal cell proliferation of multipotencial mesenchymal subendocardial cells jeopardizing the route of entry of one or both ventricles. Although its pathogenesis is poorly understood, it is known that their clinical manifestations may be varied according to topography and cardiac involvement. (mais) In this study, we intend to describe the morphologic aspects of CM and associate them to the patient’s clinical data, and to discuss the pathogenesis of MC. Methods: This retrospective study, type case series used samples of surgical resection fixed in formalin 10% from patients with echocardiographic diagnosis of MC, operated from 2007 to 2008. Results: We describe the anatomo-clinical characteristics of six cardiac myxomas of the left atrium in patients aged between 19 and 69 years. Macroscopically it were identified two anatomic types. The clinical presentation produced by the cardiac tumor included non-specific events and manifestations related to left ventricular filling obstruction or embolization to the brain vessels. It was also established that the clinical presentation correlates with the tumor aspect. Conclusions: Although the MC are histologically benign, they can be lethal due to its strategic position. its increasing incidence and morbidity is necessary to include this nosological entity in the differential diagnosis of diseases that presents as cerebral thromboembolism and heart failure syndromes. The symptoms presented by patients correlates with the appearance, size, mobility and location of the tumor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Mioepitelioma de glândula salivar menor: uma análise imunohistoquímica de quatro casos/ Myoepithelioma of minor salivary gland: an immunohistochemical analysis of four cases

Silveira, Éricka Janine Dantas da; Pereira, Antonio Luiz Amaral; Fontora, Maria Carmen; Souza, Lélia Batista de; Freitas, Roseana de Almeida
2006-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO E METODOLOGIA: Realizou-se um estudo imunohistoquímico em 4 casos de mioepiteliomas, visando traçar seu perfil quanto ao grau de diferenciação das células através dos anticorpos alfa-SMA, CK 14 e vimentina, bem como investigar o índice de proliferação celular pelo anti-PCNA, além de comparamos a imunorreatividade com o tecido glandular normal adjacente ao tumor. RESULTADOS: No tecido glandular normal as células mioepiteliais exibiram marcação par (mais) a alfa-SMA e CK 14, enquanto que nas células ductais somente a presença da CK 14 foi verificada. Em todos os casos foi verificada positividade para CK 14 e vimentina, porém a CK 14 esteve presente somente em células epitelióides e fusiformes, enquanto que a vimentina mostrou-se positiva também nas células plasmocitóides. A alfa-SMA não foi detectada nas células neoplásicas. Imunopositividade para o PCNA foi observada em mais de 75% do componente celular dos tumores analisados, independente do tipo. CONCLUSÕES: Concluiu-se que não houve diferença na atividade proliferativa entre os tipos celulares presentes nos mioepiteliomas e, ainda, que os resultados deste estudo sugerem que as células constituintes desta neoplasia realmente representam células da linhagem mioepitelial, mas em diferentes estágios de diferenciação. Resumo em inglês INTRODUCTION AND METHODS: We performed an immunohistochemical study in four cases of myopitheliomas with objective to realize a profile in respect of differentiation grade by the monoclonal antibodies CK14, vimentin and alph-SMA, besides to investigate the cell proliferation by anti-PCNA, besides, we compare the immunoreactive with glandular normal tissue. RESULTS: In the glandular normal tissue the myoepithelials cells had shown expression for alpha-SMA and CK 14, while (mais) that in the ductals cells, only the presence of CK 14 was verified. All the cases was verified positivy for CK 14 and vimentin, however, CK 14 had been present only in epithelioid and fusiform cells, while that the vimentin revealed positive also in the cytoplasm of the plasmocytoid cells. alpha-SMA was not detected in the neoplasic cells. Immunopositivity for the PCNA was observed in more than 75% of the cellular component of the analyzed tumors, independent of the cellular type. CONCLUSIONS: We concluded that it did not have difference in the proliferative activity among the cellular types presents in the myoepitheliomas and, still, the results of this study suggest that the constituent cells of this neoplasia one really represent cells of the mioepitelial ancestry, but in different stages of differentiation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Meningioma secretório: relato de dois casos/ Secretory meningioma: a report of two cases

Stávale, João Norberto; Malheiros, Suzana Maria Fleury; Gabbai, Alberto Alain
1997-09-01

Resumo em português Foram estudados dois meningiomas meningoteliais obtidos em cirurgia com inclusões hialinas ou corpos pseudopsamomas. Ambos mostraram expressão de antígeno carcinoembriônico e citoqueratina em células circundando corpos hialinos. Havia difusa imunoexpressão de vimentina e antígeno epitelial de membrana exceto nas células com inclusões hialinas. Ambos se acompanhavam de intenso edema cerebral. Um dos casos apresentava tumores múltiplos, provavelmente meningiomas. (mais) É importante não interpretar esta variante de meningioma como neoplasia metastática, o que pode resultar em tratamento paliativo de um tumor potencialmente curável. Resumo em inglês Two surgically removed meningotheliomatous meningiomas with hyaline inclusions or pseudopsammoma bodies were studied. Both meningiomas showed expression of carcinoembryonic antigen and cytokeratin in the cells surrounding the hyaline bodies. There was widespread vimentin and epithelial membran antigen except in the cells with hyaline inclusions. Clinically both had a severe cerebral edema. One of the cases showed multiple tumors, problably meningiomas. It is important not (mais) to misinterpret this variant of meningioma as metastatic neoplasm which may result in palliative treatment of a potentially curable tumor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Melanocitoma do nervo óptico/ Optic disk melanocytoma: bibliographic review

Gouveia, Enéias Bezerra; Morales, Maira Saad de Ávila
2008-12-01

Resumo em português O melanocitoma do disco óptico é bem conhecido como uma variante do nervo melanocítico que geralmente ocorre no disco óptico. Historicamente o tumor foi confundido com melanoma maligno. Histopatologicamente é composto por células redondas densamente pigmentadas com citoplasma abundante e pequenos nucléolos. O melanocitoma é considerado um tumor benigno, estacionário e com pouca predisposição de sofrer malignação. Na maioria dos casos são assintomáticos, mas (mais) podem apresentar defeitos pupilares e no campo visual. É importante salientar que a transformação maligna em melanoma ocorre em 1 a 2% dos casos. Assim, os oftalmologistas devem familiarizar-se com o melanocitoma do disco óptico e os pacientes afetados devem ser acompanhados periodicamente. Resumo em inglês Melanocytoma of the optic disc is a well known variant of melanocytic nevus that usually occurs as a deeply pigmented lesion on the head of the optic disc. Historically, this tumor has often been confused with malignant melanoma. Histopathologically, it is composed of deeply pigmented round oval cells with abundant cytoplasm and small, round, bland nuclei. Melanocytomas is a benign, stationary tumors, with almost no propensity to undergo malignant transformation. Most cas (mais) es that occur on the optic disc are visually asymptomatic, but they can cause an afferent pupillary and visual field defects. Importantly, it can exhibit malignant transformation into melanoma in 1 to 2% of the cases. The affected patients should have periodic follow up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Linfoma nasossinusal de células T Natural Killer: relato de caso/ Nasosinusal lymphoma of T Natural Killer cells: case report

Castro, Victor Labres da Silva; Ferreira, João Batista; Guimarães, Valeriana de Castro; Nery, Gustavo Vasconcelos; Aires, Tiago Fernando Côrrea; Alves, Wilder
2011-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O linfoma nasal primário é um tumor extranodal raro e representa 0,44% de todos os linfomas extranodais nessa localização. O linfoma nasal primário deriva da linhagem T em torno de 75% dos casos. OBJETIVO: Descrever um caso de Linfoma nasossinusal de células T Natural Killer, atendido no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás. RELATO DO CASO: Paciente de 48 anos, sexo feminino, apresentando tumefação difusa na hemiface esquerda, de (mais) consistência firme-elástica e dolorosa a compressão digital. Tomografia dos seios da face identificou um velamento maxilar total à esquerda e de algumas células etmoidais posteriores. Com a hipótese diagnóstica de uma afecção tumoral, optou-se por remoção cirúrgica via transmaxilar, sendo encaminhado o material para biopsia. O exame histopatológico diagnosticou um tumor altamente necrótico padrão angiocêntrico, população linfoide polimórfica e atípica (Linfoma T/NK), diante do diagnóstico a paciente foi submetida à quimioterapia com regressão total do edema facial. COMENTÁRIOS FINAIS: O otorrinolaringologista deve estar atento para a existência dos linfomas entre as doenças nasossinusais, pois o diagnóstico precoce melhora a sobrevida na medida em que previne metástases, crescimento e destruição local. Resumo em inglês INTRODUCTION: The primary nasal lymphoma is an uncommon extranodal tumor and represents 0.44% of all Extranodal lymphomas in this region. The primary nasal lymphoma derives from the T-lineage in nearly 75% of the cases. OBJECTIVE: To describe a case of nasosinusal lymphoma of T Natural Killer cells, attended in the Clinical Hospital of the Federal University of Goiás. CASE REPORT: 48-year-old female patient with diffuse tumefaction in the left hemiface of firm-elastic co (mais) nsistency and painful upon digital compression. Face sinuses tomography identified a total maxillary veiling to the left and some posterior ethmoidal cells. With the diagnostic hypothesis of a tumor affection, we opted for the surgical removal via a transmaxillary approach and the material was sent for biopsy. The histopathological exam diagnosed a highly necrotic tumor of angiocentric pattern, polymorphic and atypical lymphoid population (T /NK Lymphoma); with the prognosis, the patient was submitted to chemical therapy with total regression of the facial edema. FINAL COMMENTS: The otorhinolaryngologist must be attentive as regards the existence of lymphomas among the nasosinusal diseases, because the early diagnosis improves the survival as it prevents metastases, growth and local destruction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Infliximab no tratamento da artrite psoriásica grave/ Infliximab in treatment of severe psoriatic arthritis

Loyola, Adriano Jaime Consorte; Castro, Lia Cândida Miranda de; Chaibub, Sulamita Costa Wirth; Ximenes, Antônio Carlos
2005-10-01

Resumo em português A artrite psoriásica tem sido reconhecida como doença imunomediada, em que há participação de células T produtoras de citocinas (fator de necrose tumoral-alfa). O infliximab é anticorpo monoclonal que se liga e inativa o fator de necrose tumoral-alfa. Relata-se um caso de artrite psoriásica grave, refratária a várias terapêuticas sistêmicas, tratado com infliximab 5mg/kg, em infusão venosa de três horas, nas semanas 0, 2, 6 e 14, associado com baixa dose de metotrexato, que apresentou excelente resposta terapêutica. Resumo em inglês Psoriatic arthritis has been recognized as an auto-immune disease in which there is participation of the cytokine-producing T cells (tumor necrosis factor-alpha). Infliximab is a monoclonal antibody that binds to and inactivates tumor necrosis factor-alpha. Reported is a case of severe psoriatic arthritis which was unresponsive to multiple systemic therapies and treated with an intravenous infusion of infliximab, 5mg/Kg in three hours, in weeks 0,2,6 and 14, associated with a low dose of methotrexate, with an excellent therapeutical response.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Imunoistoquímica em oligodendrogliomas/ Immunohistochemstry in oligodendrogliomas

Hilbig, Arlete
2006-03-01

Resumo em português Os oligodendrogliomas (OL) são tumores gliais caracterizados histologicamente pela presença de núcleo redondo e homogêneo com halo claro perinuclear. A diferenciação microscópica desses tumores com neurocitoma central, DNT e algumas vezes com ependimoma de células claras pode ser difícil. O estudo imunoistoquímico com marcadores glial e neuronal tem sido utilizado e pode auxiliar no diagnóstico diferencial. O objetivo do presente estudo foi determinar a diferen (mais) ciação neuronal e glial por meio de técnica imunoistoquímica utilizando anticorpos de rotina em tumores com características microscópicas de OL. Foram estudados 42 pacientes com idade entre 4 e 60 anos. Dez apresentavam sinais de maior malignidade (anaplásico). Trinta e três casos (78,5%) mostraram positividade para GFAP, sendo em 10 focal e 6 casos com expressão intensa. Doze casos (28,5%) apresentaram positividade para NSE e/ou sinaptofisina, demonstrando alguma diferenciação neuronal, principalmente focal. Trinta e quatro casos (80,9%) foram positivos para S-100 e três casos (7,1%) foram positivos focalmente para NeuN. Concluimos que áreas focais de diferenciação neuronal e/ou glial podem estar presente em OL típicos e, portanto, é necessário cautela no diagnóstico diferencial em amostras pequenas de tumor. A positividade difusa para marcadores neuronais deve sugerir o diagnóstico de neurocitoma central. Resumo em inglês Oligodendrogliomas (OL) are neuroepithelial tumors characterized by the presence of uniformly round nuclei with a clear cytoplasm around it. These features can also be seen in central neurocytomas, DNTs and clear cell ependymomas. Immunohistochemstry with glial and neuronal markers may be helpful in diferential diagnosis. The aim of this study was to determine the glial and neuronal differentiation in 42 specimes of otherwise typical OL using immunohistochemical technique (mais) s. Ten cases showed anaplastic characteristics. Thirty-three samples (78.5%) were positive to GFAP with few cells stained in ten cases and many positive cells in six. Twelve cases (28.5%) were focally positive to NSE and/or synaptophysin showing neuronal differentiation. Thirty-four cases (80.9%) expressed S-100. In conclusion, glial proteins may be present focally in OL due to presence of mature reactive astrocytes or transitional forms between astrocytes and oligodendrocytes. Focal areas of neuronal differentiation can also be found in typical OL. The widespread staining with neuronal marker suggests central neurocytoma, but this diagnosis should not be done with small amount of tissue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Histiocitomas fibrosos: revisão histopatológica de 95 casos/ Fibrous histiocytomas: histopathologic review of 95 cases

Canelas, Maria Miguel Camelo Amaral; Cardoso, José Carlos Pereira da Silva; Andrade, Pedro Filipe; Reis, José Pedro Gaspar dos; Tellechea, Oscar
2010-04-01

Resumo em português O histiocitoma fibroso é tumor heterogéneo composto por fibroblastos, histiócitos e vasos sanguíneos. Efectuamos uma revisão histopatológica retrospectiva de 95 biopsias de histiocitomas fibrosos do nosso arquivo dos últimos 3,5 anos, com o objectivo de avaliar a localização, delimitação, alteração da epiderme, indução folículo-sebácea, celularidade, vascularização, padrão do colagénio e tipo de células constituintes. Na maioria das biopsias, confirm (mais) amos as características histopatológicas clássicas dos histiocitomas fibrosos. Achados interessantes observados no nosso estudo foram presença de células nódulos linfoides, mastócitos e infiltrado de células inflamatórias. Resumo em inglês Fibrous histiocytoma (FH) is a heterogeneous tumor composed of fibroblasts, histiocytes, and blood vessels. We conducted a retrospective histopathologic analysis of 95 biopsies, performed over the last 3.5 years, of fibrous histiocytomas to analyze the location, delimitation, epithelial changes, induction of folliculo-sebaceous structures, cellularity, vascularity, collagen pattern, and types of composite cells of the FH. In the majority of the biopsies, we confirmed the (mais) classical histopathologic features of fibrous histiocytomas. The presence of lymphoid nodules, mast cells, and sparse infiltrate of inflammatory cells was an interesting finding observed in our study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Fatores genéticos e ambientais envolvidos na carciogênese gástrica/ Genetics and environmental factors in gastric carcinogenesis

César, Ana Cristina Gobbo; Silva, Ana Elizabete; Tajara, Eloiza Helena
2002-10-01

Resumo em português RACIONAL: O câncer de estômago é o segundo tipo mais comum de neoplasia no mundo. A carcinogênese de estômago é processo de múltiplos passos, podendo manifestar-se em várias etapas como gastrite superficial, gastrite atrófica crônica, metaplasia intestinal, displasia e, finalmente, como um carcinoma. Essas condições costumam ser seqüenciais e ocorrer num período de muitos anos como resultado da exposição a uma variedade de fatores endógenos e exógenos, q (mais) ue causam alterações genéticas. Os recentes avanços da genética molecular têm mostrado que o acúmulo dessas várias anormalidades, incluindo a ativação de oncogenes e a inativação de genes supressores de tumores, resultam no desenvolvimento do câncer. Alterações genéticas descritas em carcinomas gástricos incluem amplificações e mutações dos genes c-ERBB2, K-RAS, c-MET e TP53. O ganho de cromossomos também foi encontrado em várias combinações com perda de outros cromossomos e pode estar associado com a expressão elevada de oncogenes, que contribuem com a progressão tumoral. CONCLUSÃO: Essas mudanças genéticas em carcinomas evidenciam o processo de múltiplas etapas da carcinogênese gástrica, por meio do acúmulo de uma série de alterações. Resumo em inglês BACKGROUND: Gastric cancer is considered to be the second most common cancer worldwide. Carcinogenesis of the stomach is a multi-stage process. The progression from normal epithelial to tumor cells may involve at least five stages: superficial gastritis, chronic atrophic gastritis, intestinal metaplasia, dysplasia and carcinoma. These sequential changes in the gastric mucosa may occur over a period of many years as a result of exposure to a variety of exogenous and/or end (mais) ogenous factors which cause genetic alterations. Recent developments in molecular genetics have shown that the accumulation of these multiple genetic alterations, including activation of oncogenes and inactivation of tumor-suppressor genes, results in cancer development. Genetic alterations previously reported in gastric carcinomas include amplifications or mutations of the c-ERBB2, K-RAS, c-MET and TP53. Chromosomal gains were also found in various combinations with chromosomal losses and may be associated with the overexpression of dominant oncogenes contributing to tumor progression. CONCLUSIONS: These accumulated genetic changes in carcinomas provide evidences for the stepwise mode of gastric carcinogenesis through the accumulation of a series of genetic alterations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Expressão da aromatase em carcinomas de mama ductais invasivo e in situ presentes na mesma mama/ Aromatase expression in invasive and in situ ductal carcinoma present in the same breast

Oliveira, Vilmar Marques de; Ribeiro, Lecticia de Siqueira; Rossi, Lia Mara; Silva, Maria Antonieta Longo Galvão; Aldrighi, José Mendes; Bagnoli, Fábio; Rinaldi, José Francisco; Aoki, Tsutomu
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar expressão da enzima aromatase nos carcinomas de mama ductais invasivos (CDI), in situ (CDIS), no epitélio e estromas adjacentes. MÉTODOS: Foram avaliados 45 espécimes cirúrgicos provenientes de mastectomias e quadrantectomias com CDI e CDIS concomitantes de pacientes com estadios clínicos I e II. A análise da expressão da enzima aromatase foi realizada por meio de anticorpos policlonais antiaromatase e categorização das amostras de acordo com i (mais) ntensidade e número de células coradas. RESULTADOS: Nos 45 casos de CDI a expressão da aromatase foi positiva em 32 espécimes (71%) e negativa em 13 (29%). Nos casos de CDIS, a positividade foi idêntica à observada no CDI, mostrando correlação positiva. No epitélio normal constatou-se expressão positiva em 19 casos (42,2%) e negativa nos outros 26 (57,8%), mostrando correlação positiva estatisticamente (p Resumo em inglês OBJECTIVE: to evaluate the expression of aromatase in simultaneously invasive ductal carcinoma (IDC) and ductal carcinoma in situ (DCIS). METHODS: forty-five surgical samples were obtained from mastectomy and quadrantectomy with simultaneous IDC and DCIS of stage I and II patients. Aromatase was evaluated using antibodies anti-aromatase and the samples classified in accordance with the number and intensity of stained cells. RESULTS: Aromatase was expressed positively in 3 (mais) 2(71%) and negatively in 13(29%) of the cases in the IDC. The same results were obtained in the DCIS showing a perfect positive correlation. In the normal epithelium,aromatase was positive in 19(42.2%) and negative in 26 (57.8%) and a positive correlation, statistically significant was obtained when compared with IDC and DCIS(p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Expressão citofotométrica do marcador CD-34 no adenocarcinoma de cólon/ CD-34 cytophotometric expression in colon adenocarcinoma

Tajra, João Batista Monteiro; Malafaia, Osvaldo; Ribas-Filho, Jurandir Marcondes; Czeczko, Nicolau Gregori; Nassif, Paulo Afonso Nunes; Silva, Marileide Inácio da
2008-12-01

Resumo em português A angiogênese é uma das responsáveis pelo equilíbrio homeostático entre as células. Durante o desenvolvimento do processo de degeneração maligna celular o seu desequilíbrio é considerado um importante marco neoplásico e o CD-34 parece ser um bom marcador de angiogênese. OBJETIVOS - Avaliar qual a expressão citofotométrica do CD-34 no adenocarcinoma de cólon; se apresenta alterações nas diferentes fases evolutivas na classificação modificada de Dukes; e (mais) como se expressa no cólon direito e esquerdo. MÉTODOS - Utilizaram-se 19 casos submetidos à técnica imunoistoquímica com anticorpo anti CD-34. Após, as lâminas foram lidas pelo sistema SAMBA com o software Immuno 4, analisando dois índices: marcação e densidade óptica. Os parâmetros foram marcação e expressão do marcador, quer individual quer relacionado à classificação de Dukes e lado. RESULTADOS - A média do índice de marcação foi 66,54 e densidade óptica 43,60. Em relação à classificação de Dukes, 12 do tipo B, tiveram índice de marcação 67,95 e densidade óptica 43,21 e, para os sete do tipo C, índice de marcação 64,12 e densidade óptica 44,27. Não foi possível identificar diferença em relação à classificação de Dukes. Quanto ao lado do tumor, os 11 esquerdos tiveram índice de marcação 72,08 e densidade óptica 46,70, e os oito direitos, índice de marcação 58,93 e densidade óptica 39,44. Em relação ao índice de marcação houve diferença significante, mas quanto à densidade óptica não. CONCLUSÕES - O CD-34 apresentou expressão discreta como marcador de angiogênese; sem diferença entre tipos B e C de Dukes mostrando atividade angiogênica maior à direita do que à esquerda. Resumo em inglês Angiogenesis is considered to be one of the mechanisms responsible for the homeostatic balance among cells. During cell malignant degeneration, the unbalanced cell proliferation mechanisms demonstrate to be an important factor in cancer evolution and CD-34 is one important marker. OBJECTIVE - To evaluate CD-34 biomarker expression through cytophotometric analysis of colon adenocarcinoma samples; to verify the presence of tumor marker expression in different stages of tumo (mais) r samples according to Dukes modified classification; to determine eventual difference in CD-34 expression while tumor location is either in right or left colon. METHODS - Nineteen samples were submitted to an immunohistochemical method, using anti-CD-34 monoclonal antibody. Marked slides were analyzed by SAMBA system using Immuno 4 software. Biomarker expression consisted in label index and optical density. The parameters considered under investigation were tumor expression, its intensity, correlations to Dukes' classification and tumor's side. RESULTS - The mean rate of CD-34 expression was 66.54, and optical density 43.60. Regarding Dukes' classification, 12 samples B-type presented label index 67.95 and optical density 43.21; seven C-type, label index was 64.12 and optical density 44.27. It was not possible to identify any difference related to Dukes' classification. Tumor side reflected significant difference in label index, but not in optical density. Eleven samples on the left presented 72.08 of label index and 46.70 of optical density. Eight right, demonstrated label index of 58.93 and optical density of 39.44. CONCLUSIONS - CD-34 marker presented a low expression as an angiogenesis marker in colon tumors with no difference between Duke's tumors type-B and type-C. The tumor had higher angiogenic activity in the right than in left colon.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Evolução maligna de um ganglioglioma: relato de caso/ Malignant evolution of a ganglioglioma: case report

ARAÚJO, JOÃO FLÁVIO MATTOS; SOUZA, MARCOS ROGÉRIO CAPELLO; SPERLESCU, ALEXANDER; BALBO, ROQUE JOSÉ
1998-09-01

Resumo em português Relatamos o caso de um paciente de oito anos de idade, com quadro clínico de cefaléia, náuseas e vômitos. A angiografia cerebral mostrava massa frontal não vascularizada. O paciente foi submetido a craniotomia, com remoção da lesão cujo estudo anátomo-patológico comprovou o diagnóstico de ganglioglioma. O paciente recebeu radioterapia no pós-operatório. Durante o seguimento, 16 anos após, houve recidiva da lesão, comprovada pela tomografia computadorizada d (mais) o crânio, sendo submetido a nova cirurgia, cujo exame anátomo-patológico revelou ser glioblastoma multiforme. Gangliogliomas são tumores raros do sistema nervoso central, contendo mescla de células neuronais e gliais. A anaplasia ocorre somente no componente glial, sendo este, portanto, responsável pelo prognóstico desta lesão. Resumo em inglês We present the case of a 8-years-old boy, admitted with a history of headache, nausea and vomiting. Cerebral angiography showed a non-vascular mass on frontal lobe. The patient underwent craniotomy and the lesion was removed. Neuropathological study revealed that the tumor was a ganglioglioma. The patient received pos-operative radiotherapy. On follow-up, 16 years after, a computed tomographic scan showed a recurrence of the tumor, and a second surgery revealed a glioblas (mais) toma multiform. Gangliogliomas are rare tumors of the central nervous system containg neoplastic ganglion cells and low grade neoplastic glial cells. The malignant degeneration occurs only in the glial component, so the prognosis of these tumors is related to the grade of that component.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Evolução do carcinoma colorretal, comparando doentes com idades acima e abaixo de 40 anos, quanto à diferenciação tumoral e ao estádio do tumor/ Colorectal cancer evolution, comparing patients yourger and older than 40 years old, according to tumoral differentiation and tumor stage

Nadal, Luis Roberto Manzione; Adachi, Caroline Terumi; Nunes, Marcus Aurelius Araujo; Ishiy, Carlos Augusto André; Bobotis, Vasilius Charilaos; Andreotti, Ana Paula; Nadal, Sidney Roberto; Bin, Fang Chia; Capelhuchnik, Peretz; Klug, Wilmar Artur
2009-09-01

Resumo em português OBJETIVO: A incidência elevada do carcinoma colorretal o torna problema de saúde pública no nosso país. Os poucos trabalhos na literatura, bem como as dúvidas relacionando a idade com a evolução da doença, estimularam-nos a realizar esse trabalho para conhecer as divergências quanto à diferenciação tumoral e o estádio na evolução dessa neoplasia, comparando doentes com idades acima e abaixo de 40 anos. MÉTODO: Comparar 205 doentes de adenocarcinoma colorre (mais) tal com idades acima e abaixo de 40 anos quanto ao tempo de sintomas, história familiar, localização do tumor, estádio do tumor, diferenciação, morte operatória, local de metástases e mortalidade até 3 anos. RESULTADOS: Eram 20 no grupo mais jovem e 185 entre os mais idosos. Não houve diferença em relação ao sexo, ao tempo de início de sintomas, à história familiar, ao local de tumor no cólon, ao estádio, ao aparecimento de recidivas, à mortalidade operatória e à sobrevivência até o terceiro ano pós-operatório. No grupo mais jovem os tumores foram mais indiferenciados e as metástases abdominais predominaram. No grupo mais velho houve maior incidência de metástases hepáticas e pulmonares. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos nas condições de execução do presente estudo, em que comparamos doentes portadores de adenocarcinoma colorretal com idades acima e abaixo de 40 anos, permitiram concluir que os tumores foram mais indiferenciados entre os mais jovens embora a evolução pós-tratamento tenha sido semelhante. Resumo em inglês OBJECTIVE: High incidence of colorectal carcinoma turns it into a public health problem in our country. A few articles, as well as some doubts about patients age and disease evolution, made us study these features to know about tumor cells differentiation and tumor staging in the post-operative follow-up, comparing patients younger and older than 40 years old. METHOD: Comparison of 205 colorectal carcinoma patients younger and older than 40 years according to symptoms dur (mais) ation, familial history, tumor site, tumor stage, tumor cells differentiation, operative death, metastases site and mortality up to the third year. RESULTS: There were 20 in the younger group and 185 in the older group. There was no difference according to gender, symptoms duration, familial history, tumor site, tumor stage, cancer recurrence, operative mortality and surviving up to the third post-operative year. Tumors were less differentiated and abdominal metastases were more frequent in the younger group. In the older group, hepatic and pulmonary metastases were more common. CONCLUSION: Results obtained in execution conditions of this study, comparing colorectal cancer patients with ages under and over 40 years old, allowed us to conclude that tumors were less differentiated among the younger group despite post-operative evolution having been similar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Evidências obtidas de um caso de melanoma de íris recidivado/ Evidences from a case of recurrent iris melanoma

Ferreira, Juliana de Lucena Martins; Rolim, Márjorie Sabino Façanha Barreto; Leite, Cícero Narciso Moreira; Monte, Fernando Queiroz; Memória, Marineuza Rocha
2009-02-01

Resumo em português O artigo apresenta uma análise histológica de um caso de melanoma recidivado de íris após sete meses da iridociclectomia, em uma paciente de 45 anos. Após enucleação, o exame histopatológico do globo ocular demonstrou a persistência de um pequeno fragmento do tumor no coto da íris remanescente, evoluindo para recorrência da neoplasia. O caso traz dados para uma discussão sobre a cirurgia conservadora de melanomas oculares, visando uma postura analítica dentro (mais) do espírito da Medicina Baseada em Evidência. Um caso raro, com documentação apenas do ponto de vista histopatológico, que motiva a utilização destes achados na discussão do assunto. A não contiguidade do que restou do tumor com as tumorações da recidiva fala em favor da disseminação e proliferação de células neoplásicas nas cirurgias conservadoras. Resumo em inglês The article presents a histologic study of a rare recurrent iris melanoma seven months after iridocyclectomy, in a 45-year-old female patient. After enucleation, the histopathological examination of the ocular globe demonstrated the persistence of a small tumor fragment in iridectomy stump, developing the neoplasia recurrence. The case brings data for a discussion about the conservative surgery of ocular melanomas and an analytical position of Evidence Based Medicine. A r (mais) are case, with documentation only histopathologic, motivates the use of this finding into the subject matter. The distance of what remained from the tumor with the recurrent tumors reinforces the dissemination and proliferation of neoplastic cells in the conservative surgeries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Estudo de melanoma da coróide no Hospital Regional de São José - Santa Catarina/ Study on choroidal melanoma at the Ophthalmology Unit of the Regional Hospital of São José - Santa Catarina

Grumann Júnior, Astor; Adam Neto, Augusto; Lima, Gina Carriero; Vergini, Franciele; Souza, Thiago de Azevedo Borges de
2006-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever as características dos pacientes com melanoma de coróide diagnosticados e tratados no Serviço de Oftalmologia do Hospital Regional de São José - Santa Catarina, e apresentar os resultados. MÉTODOS: Análise de uma série de 24 pacientes diagnosticados com melanoma maligno de coróide no período de 1º de março de 1997 a 21 de julho de 2003, avaliando: idade, sexo, raça, sintomas e duração, métodos diagnósticos, tratamento realizado, tamanh (mais) o e tipo do tumor. RESULTADOS: Não existiu diferença em relação ao sexo e a idade média dos pacientes foi de 57,20±16,56 anos. O tumor predominou em brancos (83,33%) e a baixa da acuidade visual foi o sintoma mais freqüente (83,33%), sendo o tempo médio do início da sintomatologia até atendimento inicial de 152,12±114,00 dias. A oftalmoscopia indireta e a ultra-sonografia foram utilizadas em todos os pacientes para diagnosticar o tumor. Todos os pacientes foram submetidos à enucleação, pois apresentavam tumores grandes (maior diâmetro basal superior a 16 mm na USG). O tipo mais freqüente foi o de células fusiformes (58,5%) e o tamanho médio dos tumores foi de 11,8±4,5 mm de diâmetro basal. Dois pacientes apresentaram metástase à distância. CONCLUSÕES: Todos os pacientes foram diagnosticados em estágio avançado do tumor, piorando o prognóstico visual e sistêmico e limitando as opções terapêuticas, sendo por isso enucleados. Resumo em inglês PURPOSE: To describe the characteristics of patients choroidal melanoma diagnosed and treated at the Ophthalmology Unit of the Regional Hospital of São José - Santa Catarina, and to show the results. METHODS: Analysis of 24 medical records of patients with a diagnosis of malignant choroidal melanoma from, March 1st 1997 to July 21st 2003, regarding: age, gender, race, symptoms and duration, diagnostic methods, performed treatment, size and type of tumor. RESULTS: There (mais) was no difference regarding gender, and the average age of patients was about 57.2 ± 16.56 years. The tumor predominated in white people (83.33%) and low visual acuity was the most frequent symptom (83.33%). The average time from the beginning of symptomalogy up to the initial treatment was 152.12±114.00 days. Indirect ophtalmoscopy and ultrasound were performed in all the patients in order to diagnose the tumor. All patients underwent enucleation, because they showed large tumors (greatest basal diameter higher than 16 mm at to USG). The most frequent type was that of fusiform cells (58.5%) and the average size of the tumors was 11.8±4.5 mm basal diameter. Two patients presented systemic metastasis. CONCLUSIONS: All patients were diagnosed when the tumor was already advanced, making the visual and systemic prognostic worse and reducing the therapeutic options, and therefore were enucleated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Estudo clínico-patológico do pilomatrixoma palpebral: experiência no hospital universitário Prof. Edgard Santos/ Clinicopathologic study of eyelid pilomatrixoma: the experience of the "Hospital Universitário Prof. Edgard Santos"

Marback, Eduardo Ferrari; Cardoso, Camila; Moitinho, Lívia Maria Nossa; Marback, Roberto Lorens
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar a experiência com pilomatrixoma palpebral no Hospital Universitário Profº. Edgard Santos, em período de 30 anos. MÉTODOS: Revisão no Registro do Laboratório de Patologia Ocular, de todos os casos de tumores palpebrais no período de 1974 a 2004. Após a identificação dos casos de pilomatrixoma, foram coletados dados referentes a gênero, idade, tempo de sintomatologia, aspecto, localização e suspeita diagnóstica inicial. As lâminas coradas p (mais) ela hematoxilina e eosina foram revisadas. RESULTADOS: Dentre os 621 casos de tumores palpebrais, quatro eram de pilomatrixoma (0,64%). Três pacientes eram do sexo masculino. A idade média foi de 25 anos, variando de 8 a 54. O tempo de sintomatologia médio foi de cinco meses, variando de 2 a 12. Em três casos a lesão localizava-se na pálpebra inferior. Em apenas um caso o diagnóstico clínico foi correto. Ao exame anatomopatológico, dois casos apresentavam pseudocápsula. O caso cuja sintomatologia foi mais prolongada exibia predominância de células do tipo fantasma. Reação tipo corpo estranho foi vista em todos os casos, calcificação em apenas um. CONCLUSÕES: Trata-se de tumor benigno bastante raro, acometendo principalmente jovens. Devido a sua raridade e pleomorfismo à apresentação, dificilmente o diagnóstico clínico é correto. Resumo em inglês PURPOSE: To report the experience with eyelid pilomatrixoma during 30 years in a university hospital. METHODS: A review of the Ophthalmic Pathology Laboratory at the "Hospital Universitario Prof. Edgard Santos", was conducted to identify eyelid tumor cases from 1974 to 2004. After identification of pilomatrixoma cases, a chart review retrieved data regarding gender, age, duration of symptoms, gross aspect, anatomic localization and clinical diagnosis. The hematoxilin and (mais) eosin stained sections were reviewed. RESULTS: Of a total of 621 eyelid tumors, four (0.64%) were pilomatrixomas. Three patients were male. The mean age at diagnosis was 25 years (from 8 to 54). Mean duration of symptoms was 5 months (from 2 to 12). In three cases the lesion was located in the inferior lid. Only one patient had a correct clinical diagnosis. Two cases exhibited a pseudo-capsule on histology. The case with 12 months of history was composed mainly of shadow cells. Foreign body reaction was seen in all cases, calcification in only one. CONCLUSION: This is a very rare benign tumor of young patients. Due to its rarity and variable clinical presentation, clinical misdiagnosis is common.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Estratégias auxiliares para graduação dos tumores astrocíticos segundo os critérios histopatológicos estabelecidos pela OMS/ Auxiliary strategies for astrocytic tumor graduation according to histopathological criteria established by WHO

Faria, Mário Henrique Girão; Patrocínio, Régia Maria do Socorro Vidal do; Rabenhorst, Silvia Helena Barem
2006-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Apesar das recentes descobertas acerca das alterações moleculares envolvidas na tumorigênese dos astrocitomas, a análise histológica convencional permanece o melhor método diagnóstico e razoável indicador prognóstico dos tumores astrocíticos. Todavia, a rotina histopatológica preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra-se laboriosa, sendo marcada pela baixa reprodutibilidade. OBJETIVO: O presente estudo objetivou desenvolver estr (mais) atégias auxiliares para graduação dos tumores astrocíticos a partir dos critérios histológicos estabelecidos pela OMS. MATERIAL E MÉTODO: Procedeu-se à análise clínico-epidemiológica e à reavaliação histopatológica de 55 astrocitomas de diferentes gradações (13 grau I, 14 grau II, sete grau III e 21 grau IV) e de cinco amostras de tecido cerebral não-tumoral (grupo controle). RESULTADOS: A distribuição por idade, por sexo e pela localização tumoral dos portadores dessas neoplasias reproduziu, de um modo geral, as tendências mundiais. A presença de células gigantes multinucleadas e de gemistócitos foi associada à malignidade tumoral. Os achados histopatológicos avaliados segundo critérios semiquantitativos e pelo modelo de aprendizagem CART confirmaram a gradação original, reiterando a aplicabilidade e a reprodutibilidade dos mesmos. CONCLUSÃO: Tais resultados indicaram a árvore de decisão CART e o somatório de escores semiquantitativos como estratégias práticas e auxiliares para a graduação dos astrocitomas segundo os critérios da OMS. Resumo em inglês BACKGROUND: Despite recent discoveries concerning molecular alterations involved in astrocytoma tumorigenesis, the conventional histological analysis remains the best diagnostic method and a reasonable prognostic indicator for astrocytic tumors. However, the histopathological routine recommended by the World Health Organization (WHO) is laborious and marked by low reproducibility. OBJECTIVE: The present study aimed to develop auxiliary strategies for astrocytic tumor grad (mais) uation according to histological criteria established by WHO. MATERIAL AND METHOD: A clinical and epidemiological analysis and a histopathological evaluation were performed in 55 astrocytomas of different graduations (13 grade I, 14 grade II, seven grade III, 21 grade IV) and five samples of non-tumor tissue (control group). RESULTS: The distribution by age, sex, and tumor localization of astrocytomas in patients reproduced, in a general way, worldwide trends. The presence of multinucleated cells and gemistocytes was associated with tumoral malignancy. The histopathological findings evaluated through semi-quantitative criteria and CART modeling confirmed the primary classification, reaffirming their applicability and reproducibility. CONCLUSION: These results indicate the CART decision tree and the totality of semi-quantitative scores as practical and auxiliary strategies for astrocytoma graduation as stated by WHO criteria.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Endotoxin and cancer/ Endotoxina e câncer

Lundin, Jessica I.; Checkoway, Harvey
2010-09-01

Resumo em português A exposição à endotoxina, componente de paredes celulares bacterianas gram-negativas, é muito comum em plantas industriais e no meio ambiente. Ambientes de alta exposição incluem fazendas de criação de animais, instalações têxteis de algodão e moinhos. Neste artigo, revemos estudos experimentais, epidemiológicos e ensaios clínicos sobre a hipótese de que a endotoxina previne o câncer. Desde os anos 70, estudos epidemiológicos em têxteis de algodão e out (mais) ros grupos ocupacionais expostos à endotoxina demonstram redução no risco de câncer de pulmão. Pesquisa experimental de toxicologia animal e ensaios terapêuticos limitados em pacientes com câncer dão suporte para um potencial anticarcinogênico. Os mecanismos biológicos anticarcinogênicos de base ainda não são completamente compreendidos, mas acredita-se que incluem recrutamento e ativação de células imunológicas e mediadores pró-inflamatórios (ex.: fator de necrose tumoral α e interleucina-1 e - 6). Devido ao estágio atual de conhecimento, seria prematuro recomendar a endotoxina como agente quimiopreventivo. Porém, pesquisas epidemiológicas e experimentais que esclareçam relações de dosagem-efeito e exposição-relações temporais podem trazer benefícios para a saúde pública e a biomedicina básica. Resumo em inglês Exposure to endotoxin, a component of gram-negative bacterial cell walls, is widespread in many industrial settings and in the ambient environment. Heavy-exposure environments include livestock farms, cotton textile facilities, and saw mills. In this article, we review epidemiologic, clinical trial, and experimental studies pertinent to the hypothesis that endotoxin prevents cancer. Since the 1970s, epidemiologic studies of cotton textile and other endotoxin-exposed occup (mais) ational groups have consistently demonstrated reduced lung cancer risks. Experimental animal toxicology research and some limited therapeutic trials in cancer patients offer additional support for an anticarcinogenic potential. The underlying biological mechanisms of anticarcinogenesis are not entirely understood but are thought to involve the recruitment and activation of immune cells and proinflammatory mediators (e.g., tumor necrosis factor α and interleukin-1 and - 6). In view of the current state of knowledge, it would be premature to recommend endotoxin as a cancer-chemopreventive agent. However, further epidemiologic and experimental investigations that can clarify further dose-effect and exposure-timing relations could have substantial public health and basic biomedical benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Endotoxin and cancer/ Endotoxina e câncer

Lundin, Jessica I.; Checkoway, Harvey
2010-09-01

Resumo em português A exposição à endotoxina, componente de paredes celulares bacterianas gram-negativas, é muito comum em plantas industriais e no meio ambiente. Ambientes de alta exposição incluem fazendas de criação de animais, instalações têxteis de algodão e moinhos. Neste artigo, revemos estudos experimentais, epidemiológicos e ensaios clínicos sobre a hipótese de que a endotoxina previne o câncer. Desde os anos 70, estudos epidemiológicos em têxteis de algodão e out (mais) ros grupos ocupacionais expostos à endotoxina demonstram redução no risco de câncer de pulmão. Pesquisa experimental de toxicologia animal e ensaios terapêuticos limitados em pacientes com câncer dão suporte para um potencial anticarcinogênico. Os mecanismos biológicos anticarcinogênicos de base ainda não são completamente compreendidos, mas acredita-se que incluem recrutamento e ativação de células imunológicas e mediadores pró-inflamatórios (ex.: fator de necrose tumoral α e interleucina-1 e - 6). Devido ao estágio atual de conhecimento, seria prematuro recomendar a endotoxina como agente quimiopreventivo. Porém, pesquisas epidemiológicas e experimentais que esclareçam relações de dosagem-efeito e exposição-relações temporais podem trazer benefícios para a saúde pública e a biomedicina básica. Resumo em inglês Exposure to endotoxin, a component of gram-negative bacterial cell walls, is widespread in many industrial settings and in the ambient environment. Heavy-exposure environments include livestock farms, cotton textile facilities, and saw mills. In this article, we review epidemiologic, clinical trial, and experimental studies pertinent to the hypothesis that endotoxin prevents cancer. Since the 1970s, epidemiologic studies of cotton textile and other endotoxin-exposed occup (mais) ational groups have consistently demonstrated reduced lung cancer risks. Experimental animal toxicology research and some limited therapeutic trials in cancer patients offer additional support for an anticarcinogenic potential. The underlying biological mechanisms of anticarcinogenesis are not entirely understood but are thought to involve the recruitment and activation of immune cells and proinflammatory mediators (e.g., tumor necrosis factor α and interleukin-1 and - 6). In view of the current state of knowledge, it would be premature to recommend endotoxin as a cancer-chemopreventive agent. However, further epidemiologic and experimental investigations that can clarify further dose-effect and exposure-timing relations could have substantial public health and basic biomedical benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Efeito do tratamento com própolis de Scaptotrigona aff. postica sobre o desenvolvimento do tumor de Ehrlich em camundongos/ Effect of propolis of Scaptotrigona aff. postica on the development of the tumor of Ehrlich in mice

Araújo, Maria José A. M.; Dutra, Richard P.; Costa, Graciomar C.; Reis, Aramys S.; Assunção, Anne K. M.; Libério, Silvana A.; Maciel, Márcia C. G.; Silva, Lucilene A.; Guerra, Rosane N. M.; Ribeiro, Maria N. S.; Nascimento, Flávia R. F.
2010-09-01

Resumo em português Neste trabalho foi investigado o efeito do extrato hidroalcoólico de própolis (EHP) de Scaptotrigona aff. postica sobre o desenvolvimento do tumor de Ehrlich na forma sólida, sobre a celularidade dos órgãos linfóides dos animais portadores de tumor, bem como, sobre a produção de óxido nítrico (NO) pelos macrófagos destes animais. Camundongos Swiss foram divididos em quatro grupos: controle, EHP 0,5; EHP 5 e EHP 50, os quais foram tratados por via intraperitonea (mais) l com dose única de solução salina (NaCl 0,9%); 0,5; 5 ou 50 mg de EHP/kg de animal, respectivamente. Depois de 48 h do tratamento, os animais foram inoculados com 10(5) células do tumor de Ehrlich nas patas. Os resultados mostraram que o tratamento com EHP nas doses de 5 e 50 mg/kg inibiu de forma significativa o desenvolvimento do tumor a partir do 6º dia pós-inóculo quando comparado ao controle e ao EHP 0,5. Além disso, houve aumento significativo da celularidade do baço e da medula óssea nos grupos EHP 0,5 e EHP 5 em relação ao controle. A produção de NO estimulada com concanavalina A (ConA) apresentou uma significante diminuição nos grupos tratados com EHP em relação ao controle. Pode-se concluir que o tratamento com EHP apresentou efeito antitumoral quando administrado nas doses de 5 e 50 mg/kg, o que pode estar relacionado com a sua composição química e com a inibição da produção de NO. Resumo em inglês It was investigated the effect of hydroalcoholic extract (HEP) of propolis from Scaptotrigona aff. postica on the solid Ehrlich tumor, on the tumor-bearing mice lymphoid organs and on the nitric oxide (NO) production. Swiss mice were divided in 4 groups: control, HEP 0.5; HEP 5 and HEP 50 that was treated by intraperitoneal route with a single dose of saline solution (NaCl 0.9%) or 0.5 or 5 or 50 mg of HEP/kg body weight, respectively. After 48 h of treatment, the animals (mais) were inoculated with 10(5) tumor cells in their footpad. The results showed that the treatment with HEP in the doses of 5 and 50 mg/kg inhibited the development of the tumor from the 6th day post inoculums when compared to the control and to the HEP 0.5 groups. Besides, there was an increase of spleen and bone marrow cell number in HEP 0.5 and HEP 5 as compared to the control. Concanavalin A (ConA)-stimulated NO production was decreased in all HEP-treated groups when compared to the control. In conclusion, the treatment with HEP had an anti-tumor effect what may be related to its chemical composition and to the inhibition of NO production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Efeito do hipotireoidismo no tumor de Ehrlich sólido em camundongos fêmeas castradas e não castradas/ Effect of hypothyroidism on the solid form of the Ehrlich tumor in intact or castrated adult female mice

Silva, Alessandra Estrêla da; Serakides, Rogéria; Ferreira, Enio; Moraes, Jáder R. Cappi; Ocarino, Natália de Melo; Cassali, Geovanni Dantas
2004-12-01

Resumo em português Foi estudado o efeito do hipotireoidismo, induzido pelo propiltiouracil (PTU), no tumor de Ehrlich sólido, implantado em camundongos fêmeas adultas castradas ou não. Foram utilizados 40 animais distribuídos em quatro grupos: hipotireóideo castrado, hipotireóideo não castrado, eutireóideo castrado e eutireóideo não castrado. Os animais receberam uma injeção de células neoplásicas no coxim plantar esquerdo. A curva de crescimento tumoral foi determinada por me (mais) nsurações da pata inoculada durante 12 dias quando os animais foram necropsiados. A hipofunção tireoidiana reduziu o tamanho do tumor de Ehrlich nos animais castrados. Embora o crescimento neoplásico tenha sido menor, o diâmetro nuclear médio e o número de regiões organizadoras de nucléolos (NORs) e de mitoses/campo foram maiores. Conclui-se que o hipotireoidismo retarda o crescimento do tumor de Ehrlich sólido, sem alterar as características celulares de malignidade, que o efeito isolado da castração causa alterações discretas e que a associação hipotireoidismo-castração potencializa o retardo do crescimento do tumor de Ehrlich sólido. Resumo em inglês The effect of hypothyroidism on the solid form of the Ehrlich tumor in intact or castrated adult female mice was studied. Hypothyroidism was induced by treatment with propylthiouracil (PTU). Forty mice were divided into four groups: castrated hypothyroid, intact hypothyroid, castrated euthyroid, and intact euthyroid. The mice were inoculated with suspension cells into the left footpad. The tumor growth curve was determined by measuring the inoculated footpad during 12 day (mais) s. At the end of the experimental period the mice were sacrificed. Hypothyroidism was associated with a reduction in size of the tumor only in the castrated animals. Although the neoplastic growth was lower, mean nuclear diameter, number of nucleolar organizer regions (NORs), and area of mitosis were higher. In conclusion, hypothyroidism resulted in a delayed growth of the tumor, but it did not affect the malignant features of the neoplastic cells. In addition, the isolated effect of castration caused only mild alterations, whereas hypothyroidism associated with castration resulted in a more prominent delay in the growth rate of the Ehrlich tumor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

ESTABELECIMENTO DE UM MODELO DE TUMOR EXPERIMENTAL PELA INOCULAÇÃO DO TUMOR DE WALKER EM ESTÔMAGO DE RATO

Oliveira, Paulo Ferdinando de Melo; Henriques, Iuri Aderaldo; Rodrigues Filho, Filadelfo; Almeida, Paulo Roberto Carvalho de; Moraes, Manoel Odorico
1998-10-01

Resumo em português A incidência de câncer gástrico espontâneo em ratos é extremamente rara. Por outro lado, embora o câncer experimental de estômago possa ser induzido por carcinógenos químicos, através da ressecção da região fúndica do estômago, pela vagotomia ou pelo refluxo, esses métodos apresentam um percentual de desenvolvimento tumoral baixo e errático. Além disso, geralmente decorre um longo período de tempo até o pleno crescimento do tumor. O presente trabalho p (mais) rocurou estabelecer um modelo de tumor experimental de crescimento rápido, uniforme e com elevado índice de pega, que permitisse a avaliação de novas terapêuticas para o tratamento do câncer gástrico. Para tanto, utilizou-se uma suspensão de células do carcinossarcoma 256 de Walker que foi inoculada no estômago através de uma cânula orogástrica. A implantação ocorreu na mucosa previamente lesionada por clampeadura da parede, nas regiões da junção esôfago-gástrica, pequena curvatura e grande curvatura. O crescimento tumoral ocorreu em todos os animais e, embora na junção esôfago-gástrica a incidência de pega tenha sido de apenas 20%, possivelmente em função do epitélio queratinizado, na pequena curvatura a incidência foi de 80% e na grande curvatura todos os animais apresentaram tumor. Esses dados demonstraram que é possível implantar o tumor em 100% dos animais inoculados, o que comprova a exequibilidade da técnica. A vantagem dessa metodologia sobre as outras já descritas na literatura, também usando o carcinossarcoma 256 de Walker, é que o tumor cresce a partir da mucosa, reproduzindo as condições de desenvolvimento do tumor gástrico espontâneo. A média de sobrevida dos animais inoculados é de 13,2±1,98 dias. Além disso, como o tumor se desenvolve em todos os animais inoculados, pode-se dispensar métodos radiológicos e ultra-sonográficos para evidenciar a sua presença. Trata-se, portanto, de um método simples e eficaz e que possibilita a implantação do tumor em um grande número de animais, facilitando, inclusive, o estudo do tumor em diversas fases do seu desenvolvimento, testes de novos fármacos e esquemas terapêuticos. Resumo em inglês The spontaneous incidence of gastric cancer in rat is extremely low. Furthermore, the development of this type of cancer induced by chemical carcinogens, fundic resection, vagotomy or reflux is very low, erratic and takes several months. The present work developed a relatively easy and reliable method for topical implantation of a fast growth tumor in the rat gastric mucosa. Cells from Walker tumor were injected through a canula in the rat stomach previously injured by cl (mais) amping the mucosa in three different gastric regions. The tumors were found 100% in the large curvature, 80% in the small curvature and 20% in the esophagogastric juction. The surviving time of the inoculated animals was 13,2±1,92 days. The neoplastic tissue showed a rapid and constant growth pattern and it has allowed to inoculate a large series of rats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Disgenesias gonadais e tumores: aspectos genéticos e clínicos/ Gonadal dysgenesis and tumors: genetic and clinical features

Lipay, Mônica V. Nunes; Bianco, Bianca; Verreschi, Ieda T.N.
2005-02-01

Resumo em português As Disgenesias Gonadais compõem um espectro clínico de anomalias com fenótipo variável, de feminino a ambíguo ou masculino, em pacientes com desenvolvimento puberal comprometido ou ausente e cariótipo contendo ou não um cromossomo Y e/ou cromossomos marcadores. Embora as seqüências Y-específicas nem sempre sejam evidentes citogeneticamente, as gônadas disgenéticas de pacientes com estas seqüências do cromossomo Y apresentam potencialidade para o desenvolvime (mais) nto de tumores gonadais. O gonadoblastoma, neoplasia de células germinativas misturadas com células de cordões sexuais, geralmente com calcificações focais, é o mais temido pela sua freqüência. Outras neoplasias de comportamento maligno ou não ocorrem nas disgenesias, sendo também relacionadas à presença de seqüências do cromossomo Y. A detecção destas seqüências por técnicas citogenéticas ou moleculares tem sido estimulada para nortear a indicação profilática de cirurgia para retirada das gônadas neste grupo de pacientes, uma vez que não são, em geral, tumores metastáticos e pela possibilidade de cura com a sua rescisão. Resumo em inglês Gonadal dysgenesis comprises a clinical spectrum of anomalies in patients with female, ambiguous or male phenotype, absent or impaired puberty and karyotype with or without Y chromosome and/or chromosome markers. Although Y-specific sequences are seldom cytogenetically evident, dysgenetic gonads are potentially prone to developing tumors. Gonadoblastoma, a mixed germ cell and sex-cord cells tumor with variable degree of focal calcification, is the most harmful due to its (mais) frequency. Other gonadal tumor, maligns or not, also occur in gonadal dysgenesis. As they are not metastatic tumors and may be eradicated by selective excisions, the importance of detecting Y-sequences by molecular sensitized techniques is stressed in order to indicate prophylactic gonadectomy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Diagnóstico laboratorial do carcinoma medular de tiróide: calcitonina basal e testes de estímulo/ Biochemical diagnosis of medullary thyroid carcinoma: basal calcitonin and provocative tests

Hauache, Omar M.; Vieira, José Gilberto H.; Maciel, Rui M.B.
2003-10-01

Resumo em português A calcitonina é um hormônio secretado pelas células parafoliculares tiroideanas. O diagnóstico de carcinoma medular de tiróide (CMT) pode ser suspeitado a partir do encontro de níveis aumentados de calcitonina basal ou após testes de estímulos específicos. Neste sentido, a calcitonina caracteriza-se como um importante marcador tumoral para o diagnóstico e seguimento de pacientes portadores de CMT. Neste artigo, revisamos alguns tópicos referentes à utilidade d (mais) a dosagem de calcitonina basal em pacientes portadores de nódulos de tiróide para rastreamento de CMT. Comentamos a respeito dos principais testes de estímulo para secreção de calcitonina disponíveis e finalizamos com algumas observações sobre os ensaios para dosagem de calcitonina. Resumo em inglês Calcitonin is a hormone secreted by the parafollicular thyroid cells. Diagnosis of medullary thyroid carcinoma (MTC) should be considered when high basal calcitonin levels or high calcitonin levels after specific provocative test are found. In this context, calcitonin is considered a relevant tumor marker for diagnosis and follow-up of MTC. In this manuscript, we review some issues related to the usefulness of measuring basal calcitonin in patients with thyroid nodules. T (mais) he current available provocative tests for calcitonin are discussed. Finally, we comment on some aspects related to the assays for calcitonin measurement.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Correlação entre a classificação clínica TNM e as características histológicas de malignidade do carcinoma epidermóide oral/ Correlation between TNM classification and malignancy histological feature of oral squamous cell carcinoma

Costa, Antonio de L. L.; Araújo Júnior, Raimundo F. de; Ramos, Carlos C. F.
2005-04-01

Resumo em português A gradação histológica das margens mais profundas do carcinoma epidermóide oral influencia diretamente na sobrevida do paciente, já que células neoplásicas nesse local mostram-se indiferenciadas e de grande valor prognóstico. OBJETIVO: A proposta desse estudo é correlacionar a classificação clínica TNM com as características histopatológicas (grau de queratinização, pleomorfismo nuclear, padrão de invasão e infiltrado linfoplasmocitário) e os escores hi (mais) stológicos de malignidade de 38 casos de carcinoma epidermóide oral nas áreas mais profundas da lesão. FORMA DE ESTUDO: Estudo clínico retrospectivo. MATERIAL E MÉTODO: O estudo foi baseado em uma revisão retrospectiva incluindo a observação histológica de 38 casos de carcinoma epidermóide oral dos arquivos do Hospital Dr. Luis Antônio, Natal-RN, Brasil. Com a análise dos prontuários médicos, foram obtidos os dados referentes à classificação clínica TNM. A gradação histológica de malignidade foi realizada na área invasiva do tumor por dois patologistas em secções histológicas de 3 µm de espessura coradas pela hematoxilina e eosina. Para as análises estatísticas foram aplicados os testes paramétricos (ANOVA) e não-paramétricos (Tukey; Pearson; Qui²). RESULTADOS: Foi encontrada correlação estatisticamente significante do estadiamento clínico TNM com os escores histológicos de malignidade (p= 0,001) e com os parâmetros histológicos isolados tais como: pleomorfismo nuclear (p= 0,016) e grau de queratinização (p= 0,025). Além disso, houve também uma correlação estatisticamente significante entre infiltrado linfoplasmocitário (p= 0,016) e pleomorfismo nuclear (p= 0,004) com a classificação clínica TNM quando agrupada em duas séries: TNM-I/II e III/IV. CONCLUSÕES: A classificação clínica TNM teve uma correlação estatisticamente significante com grau de queratinização, pleomorfismo nuclear e infiltrado linfoplasmocitário, assim como com os escores médios de malignidade. Esses resultados altamente significantes indicam que as áreas invasivas podem ser primariamente responsáveis pelo comportamento clinico do tumor e isso pode ser imprescindível para a escolha da terapia para o carcinoma epidermóide oral. Resumo em inglês Histological staging of deep invasive margin of oral squamous cell carcinoma has a significant influence on survival of patients since the tumor cells are more poorly differentiated in this area and have high prognostic value. AIM: the purpose of the present study is to correlate TNM clinical classification with histopathologic characteristics (degree of keratinization, nuclear pleomorphism, invasion pattern and lymphoplasmocytic infiltrate) and histologic malignancy scor (mais) es in 38 cases of oral epidermoid carcinoma in the lesion's deepest areas. STUDY FORM: Retrospective clinical study. MATERIAL AND METHOD: This is a retrospective study based on histological review of 38 cases of oral squamous cell carcinoma selected from the medical files of Hospital Dr. Luis Antonio, Natal - Rio Grande do Norte, Brazil. TNM clinical classification data were obtained from the analysis of the medical records. Two pathologists performed histological malignancy staging on routine 3 µm-thick sections of invasive tumor areas stained with hematoxylin and eosin. For statistical analysis, parametric (ANOVA) and non-parametric tests (Tukey; Pearson; Chi²) were employed. RESULTS: We found significant correlation between TNM clinical staging and malignancy mean score (p= 0.001) and histopathologic parameters, such as nuclear pleomorphism (p= 0.016) and degree of keratinization (p= 0.025). Furthermore, there were also statistically significant correlations between lymphocytic infiltration (p= 0.016) and nuclear pleomorphism (p= 0.004) with TNM classification when grouped in two series: TNM I/II and III/IV. CONCLUSION: TNM classification, as well as malignancy mean score, had statistically significant correlation with degree of keratinization, nuclear pleomorphism and lymphocytic infiltration. These highly significant results indicated that histologically invasive areas may be primarily responsible for the clinical behavior of the tumor, and this may be important for the therapy of choice for oral squamous cell carcinoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Comparação entre a concentração de mastócitos em carcinomas espinocelulares da pele e da cavidade oral/ A comparison between the concentration of mast cells in squamous cell carcinomas of the skin and oral cavity

Parizi, Ana Carolina Gomes; Barbosa, Ricardo Luís; Parizi, José Luiz Santos; Nai, Gisele Alborghetti
2010-12-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: A letalidade dos carcinomas espinocelulares (CECs) de pele é considerada baixa. Os CECs de boca têm prognóstico ruim. Evidências atuais sugerem que os mastócitos, residentes no tecido normal, contribuem para a tumorigênese dos CECs, provavelmente por promoverem angiogênese. OBJETIVO: Comparar a concentração de mastócitos em CECs da pele e da boca e avaliar se há correlação com o grau de diferenciação desses tumores. MATERIAL E MÉTODOS: Foram a (mais) nalisados 30 casos de CEC de pele e 34 casos de CEC de boca. A coloração de azul de toluidina, para evidenciar os mastócitos, foi realizada nos blocos com a área central da neoplasia. RESULTADOS: Apenas um caso de CEC de pele apresentou concentração de mastócitos de 0-10 e nenhum caso de CEC de boca apresentou concentração maior que 201 mastócitos no tumor. A maioria dos CECs de boca tem concentração de mastócitos entre 0 e 10 (47% - n = 16); 80% dos CECs de pele têm concentração acima de 51 mastócitos. Todos os casos de CEC de boca com concentração entre 100 e 200 mastócitos e 80% daqueles com concentração entre 51 e 99 eram de lábio. A concentração de mastócitos não está relacionada ao grau de diferenciação do tumor. CONCLUSÃO: A concentração de mastócitos é menor nos CECs de boca, exceto nos de lábio, podendo refletir uma menor necessidade de ativação de células do microambiente para melhorar a vascularização nos cânceres de boca. Resumo em inglês BACKGROUND: The lethality of squamous cell carcinomas (SCC) of the skin is considered low. SCC in the mouth is usually associated with poor prognosis. Current evidence suggests that mast cells in the normal tissue contribute to the tumorigenesis of SCC, probably by promoting angiogenesis. OBJECTIVE: The aim of this study was to compare the concentration of mast cells in SCC of the mouth and skin and evaluate whether there is a correlation with the degree of differentiatio (mais) n of these tumors. MATERIAL AND METHODS: Thirty cases of SCC of the skin and 34 of the mouth were investigated. Toluidine blue staining was used to identify mast cells in blocks containing the central portion of the neoplasm. RESULTS: A concentration of between 0 and 10 mast cells was found in one single case of SCC of the skin and there were no cases of SCC of the mouth with concentrations of mast cells in the tumor >201. In the majority of cases of SCC of the mouth (47%; n=16), mast cell concentration was between 0 and 10, with a concentration >51 mast cells in 80% of cases of SCC of the skin. All the cases of SCC of the mouth with a concentration of mast cells between 100 and 200 and 80% of those with a concentration of 51-99 were located on the lip. The concentration of mast cells was unrelated to the degree of differentiation of the tumor. CONCLUSION: The concentration of mast cells is lower in SCC of the mouth except when the tumor is located on the lip. This may reflect a lower need for cell activation in the microenvironment to improve vascularization in oral cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Comparação das contagens das células de Langerhans de tecidos contendo carcinoma anal em doentes com e sem infecção pelo HIV/ Comparison of Langerhans cells counts from tissues containing anal carcinoma of patients with and without HIV infection

Nadal, Sidney Roberto; Calore, Edenilson Eduardo; Cruz, Sylvia Heloisa Arantes; Horta, Sérgio Henrique Couto; Manzione, Carmen Ruth; Bin, Fang Chia; Capelhuchnik, Peretz; Klug, Wilmar Artur
2006-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: As células de Langerhans (LC) são derivadas da medula óssea e constituem-se nas principais apresentadoras de antígeno da pele.conferindo desta forma, a resposta imune cutânea. Seu número está reduzido nos imunodeprimidos, incluindo na infecção pelo HIV, e a presença do tumor inibe sua migração, impedindo que os linfócitos T promovam regressão das células neoplásicas. OBJETIVO: Conhecer as diferenças entre as contagens de LC no tecido tumoral (mais) de doentes de carcinomas anais com e sem AIDS. MÉTODO: Avaliamos 24 doentes, sendo 14 com HIV e 10 outros sem HIV . O tratamento para o carcinoma foi semelhante nos dois grupos. Cortes retirados de blocos parafinados submetidos ao teste imunoistoquímico com anticorpo anti-CD68. Contamos as LC com método da histometria e os comparamos aos números obtidos com amostras previamente conhecidas de doentes sem doença infecciosa anorretal ou infecção pelo HIV. Revisamos também a evolução e as contagens séricas de linfócitos T CD4+ de doentes HIV-positivos. RESULTADOS: Observamos que o carcinoma anal foi mais freqüente em mulheres HIV-negativas e em homens HIV-positivos e que esses ultimos eram mais jovens. As LC foram menos numerosas nos doentes HIV-positivos e as maiores contagens estavam associadas com pior evolução. Os doentes HIV-positivos com os níveis mais baixos de linfócitos T CD4+ também tiveram as piores evoluções. CONCLUSÃO: Concluímos que as LC estavam diminuídas nos doentes HIV-positivos, portadores de carcinoma anal, quando comparados aos soronegativos. Resumo em inglês Langerhans cells (LC) are bone marrow derived dendritic cells that represent the major antigen-presenting cells (APC) in the skin, thus representing an integral part of the cutaneous immune response. Immunossupression decreases their number, including HIV infection, and skin tumors products are sufficient to immobilize LC within the tumor, preventing their migration to lymph nodes. This reduces the number of T cells that infiltrate the tumor, preventing regression. OBJETI (mais) VE: Our proposal was to know what are the differences among LC counts comparing HIV-positive and -negative patients with anal carcinoma. METHOD: We evaluated 24 patients, 14 with HIV and 10 HIV-negative. Treatment for carcinoma was similar in both groups. Paraffin blocks containing biopsies were cut and stained with antibody anti-CD68. LC were counted in a histometrical way and number were compared to previous known specimens of HIV-negative patients without infectious anorectal diseases. We also studied cancer evolution and T CD4+ lymphocytes blood counts of HIV-positive patients. RESULTS: Statistics showed that anal carcinomas were more frequent in females HIV-negative and in seropositive males. HIV-positive patients were younger than seronegative ones. LC were decreased in seropositive patients and the most numerous counts were associated to worse prognosis. HIV-positive patients who had the most decreased T CD4+ counts had the worst prognosis, too. CONCLUSION: We conclude that LC were decreased in HIV-positive patients with anal carcinoma rather than in seronegative.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Ceratectomia superficial em carcinoma de células escamosas ocular em bovino Simental: Relato de caso/ Superficial keratectomy in ocular squamous cells carcinoma in Simmental cattle: A case report

Galera, P.D.; Martins, E.A.N.
2001-10-01

Resumo em português Foi encaminhado ao Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Cuiabá um bovino com seis anos de idade, fêmea, da raça Simental, apresentando neoformação de aspecto granular no canto nasal superior da córnea e da conjuntiva. Realizaram-se ceratectomia superficial e incisão conjuntival para exérese da massa tumoral, seguido de "flap" de terceira pálpebra e terapêutica clínica apropriada. Decorridos 12 dias de pós-operatório o (mais) bservou-se teste de fluoresceína negativo. Pela histopatologia do tecido extraído firmou-se o diagnóstico de carcinoma de células escamosas. Até 18 meses de pós-operatório não se observou recidiva. Resumo em inglês A six-year old Simmental cow was referred to the Veterinary Hospital in Cuiaba, Brazil, with an ocular tumor involving the cornea and conjunctiva. The animal was submitted to regional anesthesia after which superficial keratectomy and conjunctival incision were performed. Third palpebral flap and adequate post-surgical therapy were employed. By the 12th post operative day the fluorescein dye test was negative. The tumor was examined by histopathology and was diagnosed as ocular squamous cells carcinoma. Relapse was not observed up to 18 months after the surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Caso para diagnóstico/ Case for diagnosis

Souza, Valdilene Loures de; Fraga, Juliana Cristina Silva; Gaburri, Débora; Valverde, Rodolfo Vieira; Gamonal, Aloísio
2006-08-01

Resumo em português Tumor glômico é neoplasia benigna originada de células glômicas que circundam anastomoses arteriovenosas e têm função de reguladores de temperatura. São classificados em solitários e múltiplos, adquiridos ou congênitos e histopatologicamente em tumor glômico sólido propriamente dito, glomangioma e glomangiomioma. Os glomangiomas congênitos são extremamente raros, com menos de 20 casos documentados na literatura mundial. Descreve-se caso de glomangioma cong� (mais) �nito múltiplo em recém-nato, com regressão parcial espontânea após seis meses de acompanhamento. Resumo em inglês Glomus tumors are benign lesions that are derived from the glomus cells surrounding arteriovenous anastomoses that serve as temperature regulators. They can be classified into solitary and multiple, acquired or congenital and, histopathologically, into 3 variants: glomus tumor proper, glomangioma and glomangiomyoma. Congenital glomangiomas are extremely rare and less than 20 cases have been documented in the world literature. We report a case of congenital multiple glomangioma present from birth with spontaneous partial regression after six months of follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Carcinoma renal sarcomatóide: achados de imagem e anatomopatológicos. A propósito de um caso/ Sarcomatoid renal carcinoma: anatomopathological and imaging findings of a case

Figueirêdo, Sizenildo da Silva; Argollo, Renato Santos; Costa, Marlos Augusto Bittencourt; Ribeiro, Flávia Aparecida de Souza; Nóbrega, Bruno Barcelos da; Pinto, Sebastião Alves; Lôbo, Leonardo Valadares Barbosa; Rebolças, Marise Amaral Moreira; Teixeira, Kim-Ir-Sen Santos
2003-08-01

Resumo em português O carcinoma renal sarcomatóide é uma neoplasia agressiva cujas características clínicas e radiológicas são similares às do carcinoma de células renais convencionais (células claras). O tumor é composto por camadas de células fusiformes malignas com aspectos imuno-histoquímicos e ultra-estruturais de células epiteliais e estromais, também podendo conter áreas mixóides de células gigantes osteoclasto-símile, células pleomórficas rabdomioblasto-símile, b (mais) em como outros componentes sarcomatóides raros. Os autores relatam um caso de carcinoma renal sarcomatóide em paciente do sexo masculino, com 54 anos de idade, apresentando a clássica tríade clínica do carcinoma de células renais. Ressaltam, também, as características macroscópicas e microscópicas típicas da lesão, e discutem os achados dos métodos de imagem e seu diagnóstico diferencial com sarcomas renais verdadeiros. Resumo em inglês Sarcomatoid renal carcinoma is an aggressive neoplasm with clinical and radiological features similar to those of clear cell renal sarcomas. The tumor is formed by layers of malignant spindle cells that show immunohistochemical and ultrastructural characteristics of both stromal and epithelial cells, and may also contain mixoid areas of osteoclast-like giant cells, rhabdomyoblast-like pleomorphic cells as well as other rare sarcomatoid components. The authors report a cas (mais) e of sarcomatoid renal carcinoma in a 54-year-old male patient presenting with the classic clinical triad seen on patients with renal cell carcinomas. The typical macroscopic and microscopic features, imaging findings and differential diagnosis with true renal sarcomas are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Carcinoma pleomórfico do pulmão em doente com síndroma de Mounier-Kuhn/ Pleomorphic carcinoma of the lung in a patient with Mounier-Kuhn syndrome

Ferreira, Daniela; Barroso, Ana; Oliveira, Ana; Nogueira, Rosete; Furtado, Antónia; Parente, Bárbara
2006-09-01

Resumo em português O carcinoma pleomórfico do pulmão (CPP) é um tumor maligno raro e de prognóstico reservado. Está inserido no grupo dos carcinomas pulmonares pouco diferenciados não pequenas células, exibe componente sarcomatoso ou sarcoma like (células fusiformes//células gigantes). Atendendo à raridade do tumor e às dificuldades no diagnóstico, é apresentado pelos autores o caso de um carcinoma pleomórfico do pulmão diagnosticado por biópsia aspirativa num paciente de 44 (mais) anos, fumador, e cuja apresentação inicial consistiu numa tumefacção dorsal. À data de diagnóstico apresentava estádio IV (TNM), não tendo sido possível efectuar tratamento dirigido ao tumor pelo mau performancestatusapresentado pelo doente, mas apenas terapêutica de suporte. A sobrevida do doente foi de 5 meses. Na sequência do estudo clínico, foi confirmada a síndroma de Mounier-Kuhn. Reportam-se os aspectos clínico-imagiológicos mais importantes, assim como os aspectos citológicos e imunocitoquímicos que caracterizam esta entidade e permitiram efectuar o diagnóstico. Resumo em inglês Pleomorphic carcinoma of the lung (PLC) is a rare malignant tumour presenting with a poor clinical outcome. It is included in the group of non-small cell lung carcinomas that contain sarcoma or sarcoma-like components (spindle cells/giant cells). Because of its rarity and diagnostic difficulties, the authors report a case of PLC in a 44 year-old patient, smoker, with the initial clinical presentation of a dorsal tumoural mass. As the time of diagnosis the tumour was in st (mais) age IV (TNM), the patient was treated only with supportive therapy and died five months later. During clinical evaluation, a Mounier-Kuhn Syndrome was confirmed. Clinical-imagiological aspects of this situation are reported as well as cytological and immunocytochemical features.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Carcinoma misto medular-papilar de tireóide: relato de caso

Sousa, Maísa S.; Soares, Edson G.; Halah, Fernanda P.B.; Maciel, Léa M.Z.
2001-12-01

Resumo em português Casos de carcinomas mistos medular-papilar são raros e não foram classificados pela OMS. Relatamos o caso de uma paciente de 32 anos, com nódulo cervical há 4 anos, sem história familiar de doença nodular tireóidea ou de irradiação prévia. A citologia revelou neoplasia de células de Hürthle e, após tireoidectomia total, o diagnóstico histológico foi de um carcinoma misto: medular-papilar com diferenciação oxifílica, apresentando arranjos papilares com ei (mais) xos fibro-vasculares contendo predomínio de células de padrão oxifílico, tanto no nódulo como nos gânglios cervicais metastáticos. Notou-se, ainda, a presença de material amorfo de aspecto amilóide que corou positivamente para vermelho Congo, acompanhado de focos de calcificação, tanto no tumor primário quanto nas metástases. A tireoglobulina não foi imunorreativa em células da citologia, porém foi reativa em áreas dos cortes histológicos, tanto no nódulo tireóideo como nas metástases. A imunorreatividade à calcitonina foi predominante nas células da citologia, nos cortes histológicos do tumor primário e das metástases. Levanta-se a hipótese de que tais tumores surjam da transformação neoplásica de um único tipo celular. Recentemente, tem sido sugerido que do último corpo branquial do homem possam surgir ambas as células e que uma célula tronco poderia ser a precursora destas neoplasias. Resumo em inglês Cases of mixed medullary-papillary carcinoma are rare and have not been classified by WHO. We report a 32yo patient who had a diagnosis on cytological analysis by fine needle biopsy as Hürthle cell neoplasm with probable metastases to cervical nodules, due to the presence of numerous isolated cells of an oxyphilic pattern. After total thyroidectomy, on histology, a mixed medullary-papillary carcinoma with oxyphilic differentiation was diagnosed based on the papillary arr (mais) angement with fibrovascular septa containing cells showing a predominant oxyphilic pattern, both in the thyroid nodule and in regional cervical lymph nodes. Amorphous material of amyloidal aspect, which stained positively for Congo red, accompanied by focal calcification, was observed, both in the primary tumors and in the metastases. Thyroglobulin was not immunostained in the cells obtained by fine needle aspiration biopsy, but was immunostained in histology fields, both in the thyroid nodules and in the metastases. The immunoreaction for calcitonin was predominant on cytologic analysis and in the hystologic exam of the primary tumor and metastases. Dual differentiation in thyroid neoplasms has been interpreted as indicative of a common stem cell origin. It has been reported that the ultimobranchial body in man contributes both with C-cells and follicular cells to the thyroid. Thus, a common stem cell could give rise to such a mixed medullary-papillary neoplasm.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Carcinoma de tireóide pouco diferenciado: novas considerações terapêuticas/ Poorly differentiated thyroid carcinomas: new therapeutics considerations

Graf, Hans
2005-10-01

Resumo em português Para a maioria dos carcinomas diferenciados de tireóide, como o papilífero e o folicular, após a tireoidectomia total e 131I para ablação de remanescentes tireoideanos, o tratamento com hormônios tireoideanos para suprimir os níveis de TSH reduz o crescimento de qualquer célula cancerosa remanescente, e o tratamento com radiação específica para as células cancerosas cura ou controla muito bem a doença. Os carcinomas de tireóide são considerados pouco difere (mais) nciados quando começam a perder as funções de captação de iodo e a dependência do TSH para crescimento e produção de proteínas tireóide-específicas, como proteína NIS, tireoglobulina e desiodases. Um dos maiores desafios no manejo de pacientes com carcinoma de tireóide derivados das células foliculares é o tratamento de tumores que evoluem apesar da cirurgia, 131I e supressão do TSH com T4. Com o melhor conhecimento da sinalização molecular anormal nas células tireoideanas cancerosas, atualmente novas terapias dirigidas a alvos moleculares específicos envolvidos na transformação neoplásica têm sido utilizadas. Com a identificação das necessidades moleculares críticas para a iniciação, manutenção e progressão tumoral, terapias combinadas com agentes terapêuticos alvo-dirigidos, agindo em cada uma destas etapas, irão melhorar o tratamento do carcinoma pouco diferenciado de tireóide. Resumo em inglês For most differentiated thyroid carcinomas, as papillary and follicular carcinomas, following total thyroidectomy and 131I therapy for thyroid remnant ablation, treatment with thyroid hormones to suppress TSH levels will reduce the growth of any remaining thyroid cancer cells, and thyroid cell-specific radiation therapy will either cure or control the disease. Thyroid carcinomas are considered poorly differentiated when they start to lose such functions as iodine uptake a (mais) nd thyrotropin-dependence for growth and production of thyroid proteins like NIS, thyroglobulin and desiodases. One of the greatest challenges in the management of patients with follicular cell-derived thyroid cancer is the treatment of tumors that progressed despite surgery, 131I and T4 suppression of TSH. With the better knowledge of the abnormal molecular signaling in thyroid cancer cells, actually known targeted cancer therapies, directed against molecules involved in neoplastic transformation, are being used. As the critical molecular requirements for tumor initiation, maintenance and progression are identified, combination therapies with targeted agents acting on each of them will improve the treatment of poorly differentiated thyroid carcinoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Carcinoma bronquíolo-alveolar difuso em um cão: aspectos clínico-patológicos e imuno-histoquímicos/ Diffuse bronchioloalveolar carcinoma in a dog: clinicopathological and immunohistochemical findings

Lucena, Ricardo Barbosa; Maia, Lisanka Ângelo; Dantas, Antônio Flávio Medeiros; Nobre, Verônica Medeiros da Trindade; Macêdo, Juliana Targino Silva Almeida; Galiza Filho, Elias Marques; Barros, Claudio Severo Lombardo
2011-01-01

Resumo em português Um cão Poodle, 12 anos de idade, demonstrou marcada dispneia. Na radiografia, havia comprometimento difuso do pulmão e foi feito diagnóstico de pneumonia intersticial. Na necropsia, o pulmão continha múltiplos e pequenos nódulos coalescentes. Histologicamente, os nódulos eram compostos por células epiteliais cuboides ou colunares baixas atípicas, que eram PAS-negativa. A avaliação imuno-histoquímica revelou positividade para citoceratina, fator 1 de transcriç (mais) ão da tireoide (TTF-1) e apoproteína A surfactante (SP-A). O tumor foi negativo para vimentina e cromogranina A. As áreas necróticas não marcaram para TTF-1 e SP-A. Com base nos achados histopatológicos e imuno-histoquímicos, foi realizado o diagnóstico de carcinoma bronquíolo-alveolar não mucinoso com envolvimento difuso do pulmão. Essa é uma forma rara de apresentação desse tumor que pode mimetizar pneumonia na avaliação clínica e radiográfica. O diagnóstico definitivo é baseado na histopatologia e imuno-histoquímica. Resumo em inglês A 12-year-old poodle dog was presented with a history of severe dyspnea. Radiology revealed diffuse pulmonary lesion which was diagnosed as interstitial pneumonia. At necropsy there were multiple small coalescent nodules distributed throughout the lung parenchyma. Histologically the nodules consisted of cubic to low columnar atypical epithelial cells which were PAS-negatives. In the immunohistochemistry reaction this cells were marked for cytokeratin, TTF (thyroid transcr (mais) iption factor)-1 and surfactant apoprotein A (SP-A). The neoplastic cells were negative for vimentin and cromagranine A. The necrotic areas were not marked for TTF-1 and SP-A. Based of the histopathological and immunohistochemistry findings a diagnosis of non-mucinous bronchioloalveolar carcinoma with diffuse involvement of the lung was made. This is a rare form of presentation for this tumor, and it can mimetize pneumonia on clinical and morphological examination. A definitive diagnosis for this condition should be based on histopathology and immunohistochemistry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Carcinoma adenoescamoso primário do estômago/ Primary adenosquamous carcinoma of the stomach: a case report

Manna, E.D.F.; Seixas, A.A.; Machado de Araújo, R.P.; Ferro, M.C.
1998-06-01

Resumo em português O carcinoma adenoescamoso primário do estômago é um tumor raro, cuja incidência não excede 1% dos tumores gástricos. Esse tumor mostra dois tipos celulares distintos: um escamoso e outro adenocarcinomatoso. MATERIAL E MÉTODO: Os autores reportam um caso de carcinoma adenoescamoso primário do estômago em um paciente branco de 55 anos, cuja patologia e imuno-histoquímica mostram a presença dos dois tipos celulares: adenocarcinomatoso e escamoso. CONCLUSÃO: É di (mais) scutido um caso de um tumor raro e interessante do estômago, com relação à sua patogênese, diagnóstico e aspectos clínico-patológicos. Resumo em inglês BACKGROUND: Primary adenosquamous carcinoma of the stomach is a rare tumour, the incidence of which does not exceed 1% of gastric tumours. This tumour shows two different cell components: one squamous and the other adenomatous. MATERIAL AND METHODS: The authors report a case of a primary adenosquamous carcinoma of the stomach in a 55-year-old Caucasian (white) man, whose pathology and immunohistochemistry show the presence of both types of cells: adenomatous and squamous. (mais) CONCLUSION: The authors show an interesting and rare case of adenosquamous tumour, discuss its pathogenesis, diagnosis, clinics and pathologic features.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Carcinoma adenoescamoso do colo uterino mimetizando carcinoma adenóide basal: relato de um caso e revisão da literatura/ Adenosquamous carcinoma of the cervix mimicking adenoid basal carcinoma: case report and review of the literature

Pinto, Álvaro Piazzeta; Maia, Luiz Roberto
2007-02-01

Resumo em português O carcinoma adenoescamoso do colo uterino é definido como um tumor que contém uma mistura de células malignas com diferenciação escamosa e glandular. A literatura salienta a importância de se fazer esse diagnóstico, uma vez que, quando os componentes não são bem diferenciados ou não se encontram evidentes na amostra analisada, esse tumor pode ser erroneamente interpretado como carcinoma escamoso ou adenocarcinoma. O presente trabalho descreve a apresentação po (mais) uco comum de um carcinoma adenoescamoso. Após sucessivos diagnósticos citológicos não concordantes e complicados por uma história de sangramento uterino anormal ocasionado por endometriose cervical, a paciente de 47 anos foi submetida a histerectomia total, obtendo diagnóstico definitivo. Esse particular tumor aqui relatado foi diagnosticado como carcinoma adenoescamoso, mas em muitos aspectos apresentou-se semelhante ao carcinoma adenóide basal. Elementos característicos do carcinoma adenóide basal, como presença de lesão intra-epitelial escamosa na superfície, diferenciação escamosa e glandular no centro dos blocos neoplásicos e células basalóides na profundidade da lesão, foram observados em nosso caso. Em contrapartida, os seguintes elementos normalmente não observados no carcinoma adenóide basal estavam presentes: atipias e figuras de mitose nas células indiferenciadas da profundidade do tumor e lesão intra-epitelial escamomucinosa (SMILE) na superfície. Fatores epidemiológicos e clínicos, como idade (47), raça (branca) e forma de apresentação clínica (massa visível na inspeção cervical), também colaboraram para afastar esse diagnóstico diferencial. Outros diagnósticos diferenciais do carcinoma adenoescamoso do colo uterino incluem o carcinoma puramente escamoso ou glandular, o tumor de colisão e o adenocarcinoma de endométrio com diferenciação escamosa invadindo o colo uterino. Resumo em inglês Adenosquamous carcinoma of the uterine cervix is defined as a tumor that contains a mixture of malignant cells with squamous and glandular differentiation. The literature points to the importance of making this diagnosis when the cellular components are still well differentiated in the sample, otherwise the tumor may be erroneously interpreted as squamous carcinoma or adenocarcinoma. This study describes an unusual presentation of a adenosquamous carcinoma in a 47 year ol (mais) d patient. After conflicting cytological diagnoses and a history of abnormal uterine bleeding caused by cervical endometriosis, the patient was subjected to radical hysterectomy and a final diagnosis was obtained. The tumor was diagnosed as adenosquamous carcinoma. In many aspects, however, it was similar to the adenoid basal carcinoma. Characteristic features of the adenoid basal carcinoma such as the presence of high-grade squamous intraepithelial lesion in the surface epithelium, squamous and glandular differentiation in the center of the neoplastic mass, and basaloid cells in deep areas of the tumor were observed. Therefore, the following elements usually absent from adenoid basal carcinoma were present in this case: atypia and mitotic figures in undifferentiated cells, squamous-mucinous intraepithelial lesion (SMILE) in the superficial areas. Epidemiological and clinical data, such as patient age (47), race (white) and presentation (a cervical mass), concurred to exclude the diagnosis of adenoid basal carcinoma. Other differential diagnoses include pure squamous carcinoma or adenocarcinoma, collision tumor, and endometrial adenocarcinoma with squamous differentiation invading the uterine cervix.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Caracterização imunofenotípica das células plasmáticas em pacientes portadores de mieloma múltiplo/ Immunophenotypic characterization of plasma cells in patients with multiple myeloma

Leite, Luiz Arthur Calheiros; Almeida, Manuela S.; Kimura, Elisa S.; Bigonha, Jandey G.; Colleoni, Gisele W. B.; Chauffaille, Maria de Lourdes L. F.; Yamamoto, Mihoko
2010-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO E OBJETIVO: O mieloma múltiplo (MM) é uma doença maligna incurável caracterizada pela proliferação de um único clone de plasmócitos na medula óssea. O objetivo deste estudo foi avaliar a frequência e o valor prognóstico da expressão dos fenótipos aberrantes em pacientes com MM por meio de citometria de fluxo multiparamétrica. MÉTODOS: O estudo foi realizado no Hospital São Paulo/Disciplina de Hematologia e Hemoterapia da Universidade Federal d (mais) e São Paulo (UNIFESP), sendo analisados de maneira prospectiva 30 pacientes portadores de MM ao diagnóstico. Na tentativa de identificar as células mielomatosas por citometria de fluxo (FACScalibur, BD), foram utilizados anticorpos monoclonais anti-CD138, anti-CD38, anti-CD45 específicos para seleção dos plasmócitos. O grupo controle consistiu em quatro doadores saudáveis de medula óssea. RESULTADOS: Todos os plasmócitos mielomatosos expressaram pelo menos um fenótipo aberrante, e CD56+++, CD117++, CD33++, CD13++, CD28++ foram os marcadores mais frequentes, observados em 88% dos pacientes. Os marcadores linfoides foram encontrados nos casos com maior número de fenótipos aberrantes. DISCUSSÃO: Os antígenos CD56+++ e CD28++ apresentaram altos níveis de β2-microglobulina, sendo estes associados a estágios mais agressivos da doença e maior massa tumoral. A ausência da molécula de adesão CD56 foi relacionada com altos níveis de β2M e de cálcio iônico, mostrando que este achado pode ter valor prognóstico. CONCLUSÃO: A partir deste estudo concluiu-se que os fenótipos aberrantes estão presentes na maioria dos casos de MM e que a imunofenotipagem por citometria de fluxo multiparamétrica é uma boa ferramenta para distinguir células plasmáticas normais dos plasmócitos mielomatosos. Resumo em inglês INTRODUCTION AND OBJECTIVE: Multiple myeloma is an incurable malignancy characterized by the proliferation of a single clone of plasma cells in bone marrow. The aim of this study was to evaluate the frequency and prognostic value of the expression of aberrant phenotypes in patients with multiple myeloma by multiparametric flow cytometry. METHODS: The study was carried out at Department of Hematology and Hemotherapy of Federal University of São Paulo and 30 patients with (mais) MM were analyzed prospectively. In an attempt to identify myeloma cells by flow cytometry (FACSCalibur, BD), specific monoclonal antibodies anti-CD138, anti-CD38 and anti-CD45 were used for the selection of plasma cells. The control group comprised four healthy bone marrow donors. RESULTS: All myeloma plasma cells expressed at least one aberrant phenotype and CD56+++, CD117++, CD33++, CD13++ and CD28++ markers were more frequently observed in 88% of patients. Lymphoid markers were found in cases with a higher number of aberrant phenotypes. DISCUSSION: CD56+++ and CD28++ antigens showed high levels of β2-microglobulin, which are associated with more aggressive stages of the disease and larger tumor mass. The absence of adhesion molecule CD56 was associated with high levels of β2M and calcium ion, showing that this finding may have prognostic value. CONCLUSION: From this study it was concluded that the aberrant phenotypes are present in most cases of MM, and immunophenotyping by multiparametric flow cytometry is a useful tool to distinguish normal plasma cells from myeloma plasma cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Aumento da expressão do proto-oncogene ras no bócio multinodular: possível envolvimento na patogênese/ Proto-oncogene ras expression in multinodular goiter

Golbert, Lenara; Kolling, João Henrique; Leitão, Aline H.; Posser, Mirele; Lobato, Rafael; Maia, Ana Luiza
2003-12-01

Resumo em português A transformação neoplásica resulta de uma série de alterações genéticas, envolvendo ativação de proto-oncogenes e inativação de genes supressores tumorais. Ativação do proto-oncogene ras por mutações em ponto é a alteração genética mais freqüente em tumores espontâneos da tireóide. Avaliamos a expressão do gene ras no bócio nodular. Fragmentos de tecido tireoidiano normal e neoplásico foram coletados durante o ato cirúrgico, sendo que 79 paciente (mais) s tiveram diagnóstico histopatológico de bócio colóide e foram incluídos no estudo. O RNA total foi extraído pelo método de Trizol e o cDNA sintetizado através do Reverse Trancriptidase. Os genes H-ras e K-ras foram amplificados através de PCR com primers específicos. Do total da amostra, 62% apresentaram aumento da expressão de um dos genes ras estudados. Evidenciou-se aumento da expressão do H-ras em 9 dos 29 (31%) casos e do K-ras em 12 dos 32 (37,5%) tumores estudados. Os resultados demonstraram aumento da expressão do ras na doença nodular da tireóide e sugerem um papel importante desses genes na transformação neoplásica da tireóide. Resumo em inglês Neoplastic transformation results from a series of genetic alterations involving activation of protooncogenes and inactivation of tumor suppressor genes. Activation of ras protooncogenes by point mutation is the most frequent genetic alteration in spontaneous thyroid neoplasias. The goal of this study was to evaluate ras gene expression in the nodular goiter. Seventy-nine patients submitted to thyroidectomy and with a histological diagnosis of nodular goiter were included (mais) in the study. Tissues were obtained from both tumor and normal thyroid during surgery and frozen in liquid N2. Total RNA was isolated using TRIzol reagent and the cDNA was synthesized by reverse transcription. Twenty-one of the 34 (62%) nodules showed elevated expression of at least one of the ras genes studied. H-ras exhibited overexpression in 9 of 29 (31%) and K-ras in 12 of 32 (37.5%) tumor samples examined. Our results showed ras over expression in nodular disease, with different pattern of expression between H and K-ras genes, suggesting that control of these proto-oncogenes expression might play an important role on neoplastic transformation in thyroid cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Associação entre carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço e polimorfismo no p53 (códon 72)/ P53 codon 72 polymorphism association with head and neck squamous cell carcinoma

Mojtahedi, Zahra; Hashemi, Seyed Basir; Khademi, Bijan; Karimi, Morteza; Haghshenas, Mohammad Reza; Fattahi, Mohammad Javad; Ghaderi, Abbas
2010-06-01

Resumo em português O gene supressor tumoral p53 abriga um polimorfismo funcional que codifica ou arginina (Arg) ou prolina (Pro) no códon 72 da proteína p53. Este polimorfismo tem sido considerado associado com o desenvolvimento e prognóstico do carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço (CECP). OBJETIVO: Foram avaliados genótipo e freqüências alélicas do códon 72 do p53 em pacientes iranianos com CECP. TIPO DE ESTUDO: Estudo de Caso. MATERIAIS E MÉTODOS: Um total de 132 pacient (mais) es com CECP e 123 controles saudáveis foram genotipados. A fonte de DNA foi composta de células mononucleares do sangue periférico. A amplificação do DNA foi realizada através da reação em cadeia da polimerase específica para alelos. RESULTADOS: A distribuição dos alelos e genótipos não foi significativamente diferente entre os pacientes e controles. Além disso, nenhuma associação estatisticamente significativa foi encontrada entre o polimorfismo do códon 72 do p53 e localização, sexo ou idade no momento do diagnóstico. No entanto, o genótipo Pro/Pro estava significativamente aumentado em pacientes no estágio IV (30,8%) quando comparado ao estágio I-III da doença (11,1%) (p=0,03), e um número significativamente maior de doentes com o alelo Pro teve um aumento no risco de desenvolver doença no estágio IV (OR=2,2, IC= 95% =1.2-4.2, p=0,01). CONCLUSÃO: Os dados revelaram que o polimorfismo do p53 não afeta o risco de CECP em iranianos; porém, pode afetar a progressão para um estágio superior tumor. Resumo em inglês p53 tumoral suppressor gene harbors a functional polymorphism which codes either arginine (Arg) or proline (Pro) in the protein p53 of codon 72. Such polymorphism has been associated with the development or prognosis of head and neck squamous cell carcinoma (HNSCC). AIM: we assessed codon 72 p53 allelic frequencies and genotypes in HNSCC Iranian patients. STUDY DESIGN: Case Study. MATERIALS AND METHODS: a total of 132 HNSCC patients and 123 healthy controls were genotyped (mais) . DNA source was from mononuclear cells of the peripheral blood. DNA amplification was done by means of the allele-specific polymerase chain reaction. RESULTS: genotypes and allele distribution were not significantly different between patients and controls. Moreover, no statistically significant association was found between the 72 and p53 codon tumor location, gender or age at the time of diagnosis. However, the Pro/Pro genotype was significantly increase in stage IV patients (30.8%) when compared to stages I-III of the disease (11.1%) (p=0.03), and a significantly higher percentage of patients with the Pro allele had and a risk increase in stage IV disease (OR=2.2, 95% CI=1.2-4.2, p=0.01). CONCLUSION: data revealed that the p53 polymorphism do not impact the risk of HNSCC in Iranians, nonetheless, it can affect tumor progression to a higher tumor stage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Aspectos histoquímicos e imunoistoquímicos nos neoplasmas do sistema nervoso periférico/ Histochemical and immunohistochemical features of peripheral nerve neoplasms

Viott, A.M.; Ramos, A.T.; Inkelmann, M.A.; Kommers, G.D.; Graça, D.L.
2007-10-01

Resumo em português Doze casos de tumores do sistema nervoso periférico, sete schwannomas e cinco neurofibromas foram diagnosticados entre 1964 e 2004, em caninos e bovinos. Histologicamente, as células predominantes nos schwannomas eram fusiformes organizavam-se em paliçada ou em feixes aleatórios. Nos neurofibromas as células neoplásicas eram fusiformes e se originavam da periferia dos nervos formando ninhos e feixes. O tecido conjuntivo era mais abundante nos neurofibromas e os col� (mais) �genos dos tipos I e III eram os principais constituintes desses neoplasmas. Os neurofibromas foram caracterizados por uma concentração alta e difusa de mastócitos, provavelmente devido à origem das células neoplásicas do perineuro e epineuro. A coloração de AgNOR não se mostrou eficiente como indicador de prognóstico nos neoplasmas analisados. Imunoistoquímicamente houve forte marcação para vimentina (100%) e S100 (100%) em ambos os tipos de tumor. A maioria dos schwannomas (75%) foi positiva para a proteína ácida fibrilar glial; os neurofibromas só apresentaram marcação nas células de Schwann dos fascículos nervosos. Resumo em inglês A retrospective study of peripheral nerve tumors was made from 1964 to 2004. The tumors summed up 12, being seven schwannomas and five neurofibromas. Schwannomas were composed of spindle-shaped cells either in a palisading pattern or random bundles loosely textured and neurofibromas by spindle cells. The connective tissue components were more prevalent in neurofibromas with a characteristic deployment of collagens type I and III. In AgNOR techniques, both benign and malig (mais) nant schwannomas and neurofibromas did not show differences. Mast cells stained by toluidine blue were more prevalent in neurofibromas which are rich in reactive endoneurium. Schwannomas (100%) and neurofibromas (100%) were positive for vimentin and S100 protein, so they prove to be reliable for the diagnosis of peripheral nerve tumors. GFAP marked cells were found in three schwannomas and in Schwann cells within neurofibromas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Apoptose no tumor venéreo transmissível canino: características morfológicas e evidenciação bioquímica/ Apoptosis in the canine transmissible venereal tumor: morphological features and biochemical evidence

Santos, F.G.A.; Vasconcelos, A.C.; Moro, L.; Nunes, J.E.S.; Paixão, T.A.
2001-10-01

Resumo em português Fragmentos de tumor venéreo transmissível canino (TVTC) de ocorrência natural, com localização genital, foram obtidos de cinco animais, machos, adultos, sem raça definida. "Imprints" da superfície de corte em lâmina de microscopia foram fixadas em metanol, coradas pelo Giemsa e submetidas à avaliação citológica. Os fragmentos foram fixados e processados rotineiramente para inclusão em parafina e coloração com HE e Shorr, para confirmação histológica do t (mais) umor e identificação da apoptose. Outros fragmentos foram envolvidos com papel alumínio e acondicionados dentro de frascos de vidro em gelo seco, para serem processados no mesmo dia, visando à extração de DNA e eletroforese em gel de agarose. Análises cito e histológica do TVTC mostraram a distribuição e o padrão celular e tecidual característicos dessa neoplasia, sobressaindo-se a presença de vacúolos claros, bem definidos no citoplasma à análise citológica. Pela coloração com Shorr pôde-se identificar células retraídas, com aumento da acidofilia citoplasmática e condensação da cromatina nuclear, às vezes com fragmentação do núcleo e das células, caracterizando apoptose. A coloração pelo Shorr mostrou ser mais eficiente na distinção de células apoptóticas do que a coloração por HE. A eletroforese de DNA em gel de agarose demonstrou a fragmentação internucleossômica do genoma, que pôde ser reconhecida pelo clássico "padrão em escada". Resumo em inglês Fragments of canine transmissible venereal tumors, from natural cases and genital localization, were obtained from five adult male mongrel dogs. Imprints of the tumors were fixed, stained by Giemsa and submitted to cytological analysis to confirm the diagnosis. Representative samples of the tumoral tissue were fixed, embedded in paraffin and processed routinely for microscopic examination. Sections were stained with hematoxylin - eosin and Shorr. Another set of fragments (mais) was packed and maintained in dry ice, until DNA could be extracted for agarose gel electrophoresis. Cytological and histological results confirmed the diagnosis of the neoplasia and showed characteristic cellular and tissular patterns, with well-defined clear vacuoles in the cytoplasm. Shorr stained sections showed several shrunken cells, with cytoplasmic acidophilia, chromatin condensation, besides nuclear and cellular fragmentation, typical of apoptosis. Shorr was better than hematoxylin - eosin to distinguish apoptotic cells. Agarose gel electrophoresis of DNA showed the internucleosomal fragmentation of the genome, which was recognized as the classic "ladder pattern". Apoptosis does occur in the natural evolution of canine transmissible venereal tumor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Análise imuno-histoquímica das citoqueratinas em ameloblastoma e tumor odontogênico adenomatóide/ Immunohistochemical analysis of cytokeratins in ameloblastoma and adenomatoid odontogenic tumor

Lopes, Fernanda Ferreira; Cruz, Maria Carmen Fontoura Nogueira de; Pereira, Antonio Luiz do Amaral; Silveira, Éricka Janine Dantas da; Galvão, Hébel Cavalcanti; Souza, Lélia Batista de; Freitas, Roseana de Almeida
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: O presente trabalho teve por objetivo traçar o perfil das citoqueratinas (CKs) 7, 8, 10, 13, 14, 18 e 19 em ameloblastomas e tumor odontogênico adenomatóide (TOA) visando contribuir para o entendimento da histogênese desses tumores e somar com os resultados já relatados na literatura. MATERIAL E MÉTODO: do arquivo do Laboratório de Anatomia Patológica do Departamento de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi selecionada uma (mais) amostra com dez casos de ameloblastomas e oito de TOA para o estudo imuno-histoquímico, utilizando-se anticorpos anti-CKs pelo método da estreptoavidina-biotina. RESULTADOS: Observou-se que nos ameloblastomas a CK 14 esteve presente em todos os casos, enquanto a CK 19 foi observada nas células periféricas (oito casos) e nas centrais (cinco casos). Para os TOA, observou-se imunopositividade para a CK 14 em todos os casos, enquanto a CK 19 esteve marcada predominantemente nas células ductais (seis casos). CONCLUSÃO: As citoqueratinas são expressas de forma variada nos ameloblastomas e nos TOA, os quais preservam CK típicas do germe dental em estágios avançados do desenvolvimento, confirmando sua origem exclusiva a partir do epitélio odontogênico e não se evidenciando CK características do epitélio escamoso. Resumo em inglês OBJECTIVES: The aim of the present study was to describe the immunohistochemical expression of cytokeratins (CKs) 7, 8, 10,13, 14, 18 and 19 in the epithelial components of ameloblastomas and adenomatoid odontogenic tumor (AOT). The results were compared and histogenesis discussed. MATERIAL AND METHOD: Specimens of ten ameloblastomas and eight adenomatoid odontogenic tumors were examined by immunohistochemistry using streptavidin-biotin-peroxidase complex method and anti- (mais) CKs antibody. The sample was obtained from Department of Oral Pathology, Federal University of Rio Grande do Norte. RESULTS: Immunohistochemical reactivity for CK14 was detected in all cases of ameloblastomas, and the expression of CK19 was diffusely present in peripheral cells (eight cases) and in central cells of five ameloblastomas. In AOTs, immunopositivity for CK14 was detected in all cases, whereas CK 19 was predominantly expressed in ductal cells (six cases). CONCLUSION: The CKs was expressed by several forms in ameloblastomas and AOTs, that have shown typical CKs of dental germ suggesting that these tumors have odontogenic epitheilial differentiation, whereas it has not evinced proper CKs of squamous epithelial.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Amplificação de mRNA de tireoglobulina no sangue de pacientes com carcinoma diferenciado da tireóide: qual o seu verdadeiro significado?/ Thyroglobulin mRNA amplification in peripheral blood of patients with differentiated thyroid carcinoma: what does it really mean?

Coelho, Sabrina Mendes; Vaisman, Mário; Carvalho, Denise Pires de
2006-06-01

Resumo em português Apesar do excelente prognóstico, aproximadamente 20-40% dos pacientes com carcinoma diferenciado da tireóide (CDT) evoluem com recidiva tumoral e o prognóstico está relacionado principalmente à detecção precoce da doença. Desta forma, o acompanhamento permanente dos pacientes com exames sensíveis é fundamental. A tireoglobulina (Tg) sérica já demonstrou importância como marcador de recidiva. Entretanto, sua dosagem apresenta ainda algumas dificuldades, como a (mais) interferência com anticorpo anti-Tg, e a sensibilidade dependente do nível de TSH. A amplificação de mRNA tumor-específico extraído a partir de células neoplásicas na corrente sangüínea apresentou resultados iniciais promissores. No entanto, após quase uma década de estudo da detecção do mRNA de Tg no sangue, ainda não foi estabelecida sua real contribuição no acompanhamento dos pacientes com CDT. Após análise crítica dos estudos publicados, verifica-se a enorme diversidade de protocolos empregados e resultados conflitantes. Desta forma, até o momento, a amplificação de mRNAs tireóide-específicos não é superior à dosagem de Tg sérica existente. A possibilidade de transcrição ilegítima e splicing alternativo são fatores que podem interferir com a especificidade do método. Resumo em inglês Despite the excellent prognosis, differentiated thyroid carcinoma (DTC) may recur in 20-40%, and prognosis is particularly related to early detection of recurrent disease. Therefore, long-term follow-up with sensitive tests is need. Serum thyroglobulin (Tg) has an established role as a tumor marker of relapse. However, there are technical limitations of Tg immunoassays, in special, the interference of anti-Tg antibodies and the method sensitivity is dependent on TSH stimu (mais) lation. Detection of circulating malignant cells by amplification of tumor-specific mRNA showed initial promising results. However, almost one decade of studies of Tg mRNA detection in peripheral blood, its real contribution for DTC follow-up had not yet been established. After a critical analysis of published data, it is clear that there are many protocol differences and conflicting results. Therefore, it seems that amplification of thyroid-specific mRNAs is not superior to sensitive Tg assays and illegitimate transcription and alternative splicing of Tg are factors that may influence mRNA test specificity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Agentes antineoplásicos biorredutíveis: uma nova alternativa para o tratamento de tumores sólidos/ Bioreductive antineoplastic agents: a new approach to the treatment of solid tumors

Oliveira, Renata Barbosa de; Alves, Ricardo José
2002-11-01

Resumo em inglês A problem often encountered in cancer therapy is the presence of tumor cell subpopulation that are resistant to treatment. Solid tumors frequently contain hypoxic cells that are resistant to killing by ionizing radiation and also by many chemotherapeutic agents. However, these hypoxic cells can be exploited for therapy by non-toxic hypoxic-activated prodrugs. Bioreductive drugs require metabolic reduction to generate cytotoxic metabolites. This process is facilitated by a (mais) ppropriate reductases and the lower oxygen conditions present in solid tumors. The unique presence of hypoxic cells in human tumors provides an important target for selective cancer therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Adenoma da orelha média: relato de caso/ Middle ear adenoma: a case report

Becker, Celso Gonçalves; Barra, Iolanda Mauro; Pimenta, Hercília Helena de Oliveira; Crosara, Paulo Fernando Tormin Borges; Ribeiro, Carlos Alberto; Castro, Lúcia Porto Fonseca de
2004-08-01

Resumo em português Trata-se de relato de um caso de adenoma de orelha média em paciente jovem com perda auditiva de condução progressiva, massa retrotimpânica hiperêmica de evolução lenta e submetido a tratamento cirúrgico por mastoidectomia radical. Este tumor é raro, composto de células epiteliais glandulares e neuroendócrinas. O diagnóstico diferencial é vasto, sendo este definido através do exame anatomopatológico e de imunohistoquímica. O tratamento é cirúrgico, não (mais) havendo necessidade de terapia adicional, somente acompanhamento pós-operatório rigoroso, uma vez que seu prognóstico é favorável. Resumo em inglês We describe a case report of a middle ear adenoma in man with progressive conductive hearing loss, hyperemic retrotympanic mass with slow growing and undergone a radical mastoidectomy. This is a rare tumor composed of adenomatous and neuroendocrine cells. It has a large number of differential diagnoses and it is done by microscopy and immunohistochemistry. The treatment is surgical in all cases with no additional therapy only clinical follow-up, once its prognostic is favorable

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Acurácia do exame citológico no diagnóstico de processos inflamatórios e proliferativos dos animais domésticos/ Accuracy of cytological exam for diagnosis of inflammatory and proliferative process in domestic animals

Guedes, R.M.C.; Zica, K.G.B.; Coelho-Guedes, M.I.M.; Oliveira, S.R.
2000-10-01

Resumo em inglês The purpose of this study was to demonstrate the importance and accuracy of cytology as a diagnostic method for proliferative and inflammatory processes in domestic animals. The cytology samples were collected by biopsy or during necropsy, using fine needle aspiration or imprint techniques in 80 dogs, 4 cats, 3 goats, 2 cows and 1 horse. Histopathology of formalin fixed tissues processed by the routine embedding paraffin technique was used as a confirmatory diagnostic tes (mais) t. Cytology results agreed with histopathological findings in 75 (83.3%) cases. They held higher accord in round cell tumor cases. Therefore, this study shows that cytology is a valuable diagnostic method for diagnosis of proliferative process in domestic animals, especially for round cells tumors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

A correlação entre exames de imagem, características anatomopatológicas e imunoistoquímicas num caso de tumor de céculas gigantes e agressivo do osso, com localização em coluna/ Correlation between imaging tests and anatomicopathological and immunohistochemical characteristics in a case of severe giant cell tumor of bone located at spine

Oliveira, Claudia Regina Gomes Cardim Mendes de; Basile, Roberto; Camargo, Olavo Pires de; Zerbini, Maria Claudia Nogueira; Lula, Denise A. A. Mello; Saito, Carlos Fernando; Filippi, Renée Zon; Nascimento, Sérgio Antonio Barbosa do
2006-01-01

Resumo em português O Tumor de Células Gigantes (TGC), é um tumor benigno, com ocorrência de recidiva em cerca de 20-34% dos casos. A localização habitual é na epífise dos ossos longos. O objetivo deste trabalho é relatar um caso de TGC em vértebra, com diagnóstico inicial de Cisto Ósseo Aneurismático (COA), e discutir os diagnósticos diferenciais possíveis, correlacionando-os com as características dos exames de imagens. Paciente com 37 anos, do sexo feminino, com quadro clí (mais) nico de dor na coluna e paraparesia há 2 meses. O diagnóstico inicial foi de COA. Na radiografia a lesão era lítica, com, erosão e destruição da cortical..A tomografia e ressonância evidenciavam lesão cística e hemorrágica, com extensão para partes moles. A revisão das lâminas e análise do espécime cirúrgico ressecado, submetido à coloração HE e imunoistoquímica com marcador para p53, permitiram o diagnóstico de TGC. Muitas lesões, benignas apresentam células gigantes multinucleadas. Os exames de imagem nem sempre permitem um diagnóstico conclusivo. O diagnóstico definitivo de TGC depende do exame anatomopatológico, com avaliação cuidadosa do componente estromal e a imunoexpressão positiva para a proteína p53. O tratamento é a ressecção cirúrgica, com margens amplas seguida por instrumentação nos casos de tumor localizados na coluna vertebral. Resumo em inglês Giant Cell Tumor (GCT) is a benign tumor, with a recurrence rate of about 20% - 34% of the cases. It is usually located at long bone epiphysis. The objective of this study is to report a GCT case in a vertebra, which was early diagnosed as Aneurysmal Bone Cyst (ABC), and to discuss potential differential diagnosis, correlating them to patterns shown on imaging tests. This patient is a 37 year-old female, with clinical picture of pain in spine and paraparesis that started (mais) two months earlier. An early diagnosis of ACB was delivered. At X-ray, the injury was lithic, with erosion and cortical destruction. Tomography and resonance showed a cystic and hemorrhagic injury, extending to soft parts. Slides review and the analysis of dried surgical matter submitted to HE and immunohistochemical staining with p53 marker allowed for GCT diagnosis. Many benign lesions present with multi-nucleated giant cells. Imaging tests not always enable a conclusive diagnosis. A definite GCT diagnosis depends on anatomicopathological test, with careful evaluation of the stromal component and positive immunoexpression for p53 protein. Treatment is delivered as surgical resection, with wide margins, followed by instrumentation in cases of tumors located at spine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Células-tronco do líquido amniótico/ Amniotic fluid stem cells

Bydlowski, Sergio P.; Debes, Adriana A.; Duarte, Sergio A.; Janz, Felipe L.; Cavaglieri, Rita de Cássia; Maselli, Luciana M. F.
2009-05-01

Resumo em português Desde o primeiro isolamento e cultivo de células-tronco embrionárias humanas, há mais de 10 anos, seu uso na pesquisa e terapia foi inibida por considerações éticas complexas e pelo risco de transformação maligna destas células indiferenciadas após transplante no paciente. As células-tronco adultas são eticamente aceitas e o risco de transformação maligna é muito baixo. Entretanto, seu potencial de diferenciação e sua capacidade proliferativa são limitad (mais) os. Cerca de 6 anos atrás, a descoberta de célulastronco no líquido amniótico que expressavam Oct-4, um marcador específico de pluripotencialidade, com alta capacidade de proliferação e diferenciação, iniciou um novo campo promissor na área das células-tronco. Estas células têm potencial de se diferenciar em células dos três folhetos germinativos. Não formam tumores in vivo e não levantam os questionamentos éticos associados com as células-tronco embrionárias humanas. Futuras investigações revelarão se as células-tronco do líquido amniótico realmente irão representar um tipo intermediário com vantagens em relação tanto às células-tronco embrionárias quanto às adultas. Este artigo faz uma revisão acerca destes tópicos e das características biológicas das células-tronco do líquido amniótico. Resumo em inglês Since the first successful isolation and cultivation of human embryonic stem cells about 10 years ago, their use for research and therapy has been constrained by complex ethical considerations as well as by the risk of development of malignancies of undifferentiated embryonic stem cells after transplantation into the patient. Adult stem cells are ethically acceptable and the risk of tumor development is low. However, their differentiation potential and proliferative capac (mais) ity are limited. About 6 years ago, the discovery of Oct-4 expressing amniotic fluid stem cells, a specific marker of pluripotency, with a high proliferative capacity, and multilineage differentiation potential, initiated a promising field of research. These cells, indeed, have the potential to differentiate into cells of all three embryonic germ layers. They do not form tumors in vivo and do not raise ethical concerns. Further investigation will reveal whether these cells really are an intermediate cell type with advantages over both embryonic and adult stem cells. This article reviews the biological characteristics of amniotic fluid stem cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)