Sample records for transpiration
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Transpiração em mangueira pelo método Granier/ Transpiration in mango using Granier method

Vellame, Lucas M.; Coelho Filho, Mauricio A.; Paz, Vital P. S.
2009-10-01

Resumo em português Objetivou-se, com esse trabalho avaliar o método Granier (sonda de dissipação térmica) para a cultura da manga quanto à viabilidade de uso em condições de campo e ajustar a equação de determinação do fluxo de seiva com base em medidas lisimétricas, iniciando-se com três mudas da variedade Tommy Atkins, plantadas em vasos que, colocados sobre plataforma de pesagem, funcionaram como lisímetros. A área condutora do caule (AS) foi determinada por meio da aplica (mais) ção de corantes. Medidas de transpiração por lisimetria nas plantas foram realizadas em vaso e estimativas do fluxo de seiva com sonda de dissipação térmica (SDT). Em um ramo de planta adulta foram instaladas uma sonda de dissipação térmica e um sensor de balanço de calor caulinar. Os resultados demonstraram que, usando os coeficientes originais da equação de Granier, o método subestima em 31% o fluxo de seiva (FS) diário em relação à transpiração medida pelos lisímetros; modificando os parâmetros empíricos da equação FS = 0,00017k1,231AS o desvio médio apresentado foi de -1,4%, com boa precisão (R² = 0,89). O método da SDT e balanço de calor caulinar apresentaram boa concordância entre os valores. Resumo em inglês The purpose of this study was to evaluate Granier's method (heat dissipation probe) for mango crop and to determine the viability of its use under field conditions and to adjust the equation of sap flow (SF) on the basis of lysimeter measurements. The work started with three seedlings of the variety Tommy Atkins cultivated in recipients that were placed on a weighing platforms which functioned as lysimeters. The sapwood area (SA) was determined through pigment application (mais) . Transpiration measurement by lysimeter were conducted in recipients and sap flow estimates with heat dissipation probe (HDP). This probe and a stem heat balance sensor were installed in one branch of the adult plant. The results showed that, using original coefficients of Granier's equation, the method underestimated sap flow by 31% daily in relation to the transpiration. Modifying empirical parameters of equation FS = 0,00017k1,231AS, the mean error was of -1.4% with good precision (R² = 0.89). HDP and stem heat balance method showed good agreement.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Transpiração em Árvores Isoladas de um Montado de Azinho: Evolução Sazonal e Condicionantes Hidráulicas

David, Teresa Soares; Ferreira, Isabel; Pereira, João Santos; Cohen, Shabtai; David, Jorge Soares
2002-12-01

Resumo em português A transpiração e suas condicionantes foram analisadas, durante cerca de dois anos, numa árvore isolada de Quercus rotundifolia Lam. integrada num montado de baixa densidade da região de Évora. Pretendeu-se contribuir para um melhor conhecimento das estratégias de adaptação da componente arbórea dos montados a condições edafo-climáticas potencialmente adversas, aspecto fundamental no equacionamento da sua sustentabilidade. A evolução sazonal da transpiração (mais) evidenciou valores máximos no Verão (3 mm dia-1), quando o potencial evaporativo da atmosfera é particularmente elevado, apesar de o solo estar, então, seco. Este facto só é explicável pelo acesso directo do sistema radicular a um aquífero existente a 13 m de profundidade. O controlo estomático parece evitar que a transpiração exceda a capacidade máxima de bombagem de água pelas raízes, a partir do solo/subsolo, impondo um limiar máximo de transpiração e impedindo que o potencial foliar desça abaixo de -3,2 MPa, provável limiar crítico de cavitação do xilema. Resumo em inglês Sapflow and related variables were monitored for two years in an isolated Quercus rotundifolia Lam. tree, in a low density oak woodland (montado) near Évora. The study aimed at identifying tree strategies in adverse soil and climatic conditions in order to understand the conditions for survival and sustainability. Seasonal variations in transpiration, mainly related to solar radiation and vapour pressure deficit, showed a peak in summer (3 mm day-1) even in dry soil cond (mais) itions. Water availability to the roots did not change much over time, due to the likely access of the root system to an aquifer located at 13 m depth. Stomatal control prevents transpiration from exceeding the maximum water uptake capacity by the roots. An upper limit is thus imposed on transpiration, preventing leaf water potential to decrease below -3,2 MPa, which may probably be the threshold for cavitation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Transpiração em espécie de grande porte na Floresta Nacional de Caxiuanã, Pará/ Transpiration in large size species in Caxiuanã National Forest, in the State of Pará, Brazil

Costa, Rafael F. da; Silva, Vicente de P. R. da; Ruivo, Maria L. P.; Meir, Patrick; Costa, Antonio C. L.; Malhi, Yadvinder S.; Braga, Alan P.; Gonçalves, Paulo H. L.; Silva Jr., João de A.; Grace, John
2007-04-01

Resumo em português Durante o experimento "O Impacto da Seca Prolongada nos Fluxos de Água e Dióxido de Carbono em uma Floresta Tropical Amazônica" (ESECAFLOR) realizou-se este trabalho. Trata-se de um subprojeto do Experimento de Grande escala da Biosfera-Atmosfera da Amazônia (LBA), localizado na Estação Científica Ferreira Pena, dentro da Floresta Nacional de Caxiuanã, Pará (1º 42- 30-- S; 51º 31-45-- W; 62 m altitude). A região tem floresta bem preservada, com dossel médio d (mais) e 35 m. As espécies predominantes em terra-firme, são: Eschweilera coriacea (Mata-matá branco), Voucapoua americana (Acapu) e Protium pallidum (Breu Branco). Medidas foram realizadas entre 03 a 16 de dezembro de 2000 e 12 a 25 de janeiro de 2003, objetivando-se determinar a transpiração de dois exemplares de Eschweilera coriacea, mediante os efeitos da seca provocada. A área do ESECAFLOR compreende duas parcelas, cada uma com 1 ha, parcela A (controle) e parcela B (exclusão da chuva). Para o fluxo de seiva, o método foi o Balanço de Calor no Tronco, com sistema Sap Flow meter, P4.1; entre os períodos analisados, a transpiração média registrou aumento de 56% na árvore A237 (parcela A) e redução de 68% na árvore B381 (parcela B). Resumo em inglês During the "Long-term impact of drought on water and carbon dioxide fluxes in Amazonian Tropical Rainforest Experiment" (ESECAFLOR), this study was carried out, which is a subproject of Large Scale Biosphere Atmosphere Experiment in Amazônia (LBA), located in the Ferreira Penna Scientific Station (FPSS) in the Caxiuanã National Forest (CNF) in Pará State (1º 42- 30-- S; 51º 31-45-- W; 62 m altitude). The region has a well-preserved forest, with canopy of 35 m. The pr (mais) edominate tree species in the landscape are Eschweilera coriacea (White Matá-matá), Voucapoua americana (Acapu) and Protium pallidum (White Pitch). Sap flow measurements were made in the wet season (03-16 December 2000 and 12-25 January 2003), to evidence the effect of long term induced drought, aiming to determinate the transpiration of Eschweilera coriacea. The ESECAFLOR site consists of two different areas with 1 ha each. Plot A (control) and Plot B (rainfall exclusion). The Trunk Heat Balance (THB) method was applied to sap flow measurements, by Sap Flow Meter P4.1 system. Between analysed periods, the mean transpiration of E. Coriacea increased 56% in the tree A237 (control plot) and decreased 68% in B381 (drought plot).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Transpiração do tomateiro cultivado fora do solo em estufa plástica e sua relação com os elementos meteorológicos/ Transpiration of tomato plants grown outside soil in plastic greenhouse and its relationship with meteorological elements

Valandro, Josemar; Buriol, Galileo Adeli; Andriolo, Jerônimo Luiz; Heldwein, Arno Bernardo
2007-12-01

Resumo em português Neste trabalho, foram determinadas as relações da transpiração das plantas do tomateiro (Lycopersicon esculentum M.) cultivado em estufa plástica com os elementos meteorológicos. Realizaram-se três experimentos, no Campo Experimental do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM (RS): no outono-inverno de 1997 e nas primaveras de 1997 e de 1998. Cada planta foi cultivada num volume de aproximadamente oito litros de substrato colocado e (mais) m sacola plástica. Para a determinação da transpiração diária, foi utilizado um sistema de lisímetros de drenagem, obtendo-se a transpiração pela diferença entre o volume de água irrigado e drenado. A transpiração das plantas foi correlacionada com os elementos meteorológicos radiação solar global diária e média diária da temperatura, umidade relativa e déficit de saturação do ar. Os modelos de regressão obtidos indicaram que é possível estimar a transpiração com razoável acuracidade apenas na primavera. As melhores estimativas foram obtidas com o déficit de saturação do ar em regressão simples (R² = 0,814) e em regressão múltipla com o déficit de saturação do ar e a temperatura do ar (R² = 0,881). Resumo em inglês The objective of this research was to establish the relationship between transpiration of the tomato plant (Lycopersycon esculentum M.) grown outside soil in a plastic greenhouse with meteorological elements. The experiment was conducted at the Plant Science Department of the Federal University at Santa Maria and included three experiments: autun-winter 1997, and both spring of 1997 and 1998. The tomato plants were placed in plastic bags with approximately eight liters of (mais) fertirrigated susbstrate. In order to measure the daily transpiration, a system of lisymeters was used from were transpiration was measured by substracting irrigated applyed from drained water. Transpiration was correlated with the meteorological elements daily global solar radiation, mean daily temperature, daily mean air humidity and vapor pressure deficit inside the greenhouse. The calculated regression models indicated that is possible to estimate transpiration with reazonable accuracy only during spring season. The best estimates were obtained using vapor pressure deficit with simple regression (R² = 0.814) and temperature and vapor pressure deficit with multiple regression (R² = 0.881).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Transpiração do tomateiro cultivado em substrato e sua influência na fração lixiviada e na condutividade elétrica da solução nutritiva drenada/ Transpiration of tomato crop cultivated in substrate and its influence on the leaching fraction and electrical conductivity of the drained nutrient solution

Steidle Neto, Antonio José; Zolnier, Sérgio; Marouelli, Waldir Aparecido
2010-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da transpiração do tomateiro na fração lixiviada e na condutividade elétrica (CE) da solução nutritiva percolada no substrato de areia, em cultivo realizado sob condições de casa-de-vegetação. Foram utilizadas duas técnicas de fertirrigação, sendo uma denominada de sistema de controle convencional e outra, de sistema de controle computadorizado. No sistema de controle convencional, a solução nutritiva foi (mais) aplicada em intervalos de tempo fixos entre eventos de fertirrigação. No outro sistema, a aplicação ocorreu de acordo com estimativas de transpiração que foram realizadas pelo algoritmo de controle do sistema computadorizado. Em dias nublados, a CE da solução nutritiva drenada diminuiu em ambos os sistemas, em decorrência da baixa transpiração e da alta fração lixiviada, o que amenizou a salinização do substrato. Entretanto, em altos valores de radiação solar, a CE aumentou devido à baixa lixiviação. Os resultados demonstraram que, em condições de nebulosidade, o sistema de controle computadorizado reduziu o volume de efluentes em 54% em relação ao sistema de controle convencional e, simultaneamente, impediu a salinização do substrato por meio da manutenção da CE média diária da solução drenada entre 2,9 e 3,5 dS m-1. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the influence of tomato transpiration on the leaching fraction and electrical conductivity (EC) of the nutrient solution drained in the sand substrate under greenhouse growing conditions. Two fertigation techniques were used, one denoted by conventional control system and the other by computerized control system. In the conventional control system, the nutrient solution was applied by using fixed time intervals between fertigatio (mais) n events. In the other system, the application occurred according to transpiration estimates, which were performed by the control algorithm of the computerized system. Under cloudy conditions, the EC of the drained nutrient solution decreased in both systems as a result of low transpiration and high leaching fractions, which mitigated substrate salinization. However, under high values of solar radiation, EC increased due to low leaching fractions. The results demonstrated that, under cloudy conditions, the computerized control system reduced effluent volumes by 54% as compared to the conventional control system and, simultaneously, prevented substrate salinization by maintaining mean EC values of the drained solution in the range from 2.9 to 3.5 dS m-1.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estimativa da transpiração em cafeeiros utilizando-se sensores de dissipação térmica/ Estimation of transpiration in coffee crop using heat dissipation sensors

Pimentel, Jussálvia da S.; Silva, Tonny J. A.; Borges Júnior, João C. F.; Folegatti, Marcos V.; Montenegro, Abelardo A. A.
2010-02-01

Resumo em português Alguns métodos são capazes de determinar diretamente a quantidade de água consumida por uma planta, entre eles o "método de dissipação de calor" ou método de Granier. Neste trabalho se propôs, como objetivo, construir e calibrar sensores de dissipação térmica, avaliar a transpiração em função da posição de inserção do sensor na planta (Norte, Sul, Leste ou Oeste) e comparar os resultados com os elementos meteorológicos e a evapotranspiração de refer� (mais) �ncia. Em 24 cafeeiros se instalaram sensores de dissipação térmica, adaptados de Granier (1985), em que o conjunto termopar e resistência foi inserido na agulha. Obteve-se a densidade de fluxo de seiva a partir da variação da diferença de temperatura entre as sondas e se acompanhou a transpiração, em função da transição entre os períodos diurno e noturno. O experimento foi avaliado em 3 períodos: antecedente à floração, na floração e no início da frutificação. Não houve diferença significativamente entre os ângulos de inserção para o fluxo de seiva. Quanto aos elementos meteorológicos, a radiação e a umidade relativa foram os fatores mais determinantes da transpiração obtendo-se, por análises de regressão coeficientes r² entre 0,84 e 0,80. Resumo em inglês Some methods are capable of directly determining the amount of water consumed by a plant, among them, the "heat dissipation method" or Granier method. This study aimed to: build and calibrate sensors of thermal dissipation; to evaluate the transpiration as a function of the position of insertion of the sensor in the plant (North, South, East or West) and to compare the results with the meteorological elements and the evapotranspiration of reference. In 24 coffee plants, t (mais) hermal dissipation sensors adapted from Granier (1985) were installed, where the whole thermocouple and resistance were inserted into the needle. Density of the sap flow was obtained from the variation of the difference in temperature between the probes and accompanied transpiration according to the transition between day and night periods. The experiment was evaluated during 3 periods: before flowering, during the flowering and at the beginning of fruiting. There was no significant difference between the angles of insertion to the sap flow. Regarding the meteorological elements, radiation and relative humidity were the most determinant factors in transpiration, obtained by analysis of regressions with, r² coefficients between 0.84 and 0.80.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Relações entre transpiração máxima, evapotranspiração de referência e área foliar em quatro variedades de mangueira/ Maximum transpiration, reference evapotranspiration and leaf area relationships for some mango cultivars

Oliveira, Greice Ximena Santos; Coelho Filho, Maurício Antonio; Pereira, Francisco Adriano de Carvalho; Coelho, Eugênio Ferreira; Paz, Vital Pedro da Silva; Castro Neto, Manoel Teixeira de
2009-03-01

Resumo em português Nas condições edafoclimáticas de Cruz da Almas - BA, na Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, foi realizado um estudo no qual se relacionou a transpiração máxima (Litros m-2 folha/dia -1) de quatro variedades de mangueira (Tommy Atkins, Palmer, Haden e Van Dyke, com áreas foliares totais de 14; 8; 33 e 12 m², respectivamente) com a evapotranspiração de referência (ETo). A transpiração das plantas (L dia-1) foi estimada por meio de sensores que realizam o (mais) balanço de calor no caule (modelos SAG13; SGB9; SGB16; SGB19 e SGB25, Dynamax Inc.) dispostos nos sentidos norte (N), sul (S), leste (E), oeste (W) e centro (C) de cada planta. A transpiração por unidade de área foliar (Lm-2 folha dia-1) variou em média de 1,58 ao longo do período estudado, e linearmente com o aumento da área foliar total da planta, independentemente da variedade estudada. A transpiração (Litros m-2 folha/dia -1) variou de 0,36 a 3,00, dependendo da demanda atmosférica. A transpiração máxima (T) das quatro variedades de mangueira (Litros m-2 folha/dia -1) relacionouse linearmente com a ETo (T = 0,44. ETo; r² = 0,78), sendo um excelente subsídio para o manejo de irrigação por gotejamento nesta cultura. Resumo em inglês A study relating maximum transpiration (L m-2 leaf day-1) to reference evapotranspiration (ETo) for four mango cultivars (Tommy Atkins, Palmer, Haden and Van Dyke, with 14 m², 8 m², 33 m² and 12 m² of leaf area, respectively) was carried out at Embrapa Cassava and Tropical Fruits, in the conditions of Cruz da Almas-BA. Plant transpiration (L. day-1) was estimated by heat balance sensors that were installed on the shoots (models SAG13; SGB9; SGB16; SGB19 e SGB25, Dynam (mais) ax Inc.). The sensors were installed to the North (N), South (S), East (E), West (W) and Center(C) of each plant. The transpiration per unity leaf area (L.m-2.day-1) varied about 1.58 in average along the studied period and it also varied linearly with the increase in total leaf area, regardless the studied variety. Transpiration (Liters m-2 leaf area day -1) varied from 0.36 to 3.00, according to the atmospheric demand. The maximum transpiration (T) of the four mango varieties (Liters m-2 leaf area day -1) linearly related to ETo (T = 0.44. ETo; r² = 0.78), performing as a reasonable tool for mango crop drip irrigation management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Efeito do déficit hídrico na transpiração e resistência estomática da mangueira/ Effect of water deficit on the transpiration and stomatal resistance of mango tree

Castro Neto, Manoel Teixeira de
2003-04-01

Resumo em português O processo de indução floral da mangueira no Nordeste brasileiro, mediante o uso do déficit hídrico, não tem dado resultado satisfatório, principalmente pelo manejo inadequado da irrigação. O processo transpiratório e a resistência estomática da mangueira refletem a condição hídrica da planta. O monitoramento destes parâmetros fisiológicos na mangueira, durante o período de repouso fisiológico e irrigado, sugere que a indução floral por déficit hídrico não é eficiente devido ao manejo incorreto da irrigação. Resumo em inglês Flowering induction of mango growth at the Northeast Brazil has not given satisfactory results mainly due to inadequate irrigation management. Transpiration and stomatal resistance of mango trees can reflect the water status of the plant. Monitoring the transpiration and stomatal resistance of mango trees during water deficit and irrigation period suggests that the flower induction by water deficit is not efficient due to incorrect irrigation management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Alterações na fotossíntese e na transpiração de folhas de milho infetadas por Phaeosphaeria maydis/ Changes in photosynthesis and transpiration of corn leaves infected by Phaeosphaeria maydis

GODOY, CLÁUDIA V.; AMORIM, LILIAN; BERGAMIN FILHO, ARMANDO
2001-06-01

Resumo em português O efeito da mancha foliar de Phaeosphaeria, causada por Phaeosphaeria maydis, na taxa líquida de fotossíntese e na transpiração de folhas de milho (Zea mays) foi avaliado no campo em três híbridos e uma linhagem de milho. A taxa líquida de fotossíntese foi relacionada à severidade da doença por meio do modelo Px/Po=(1-x )beta, onde Px representa a taxa fotossintética líquida de folhas com severidade de doença x (em proporção), Po representa a taxa fotossint (mais) ética líquida média de folhas sadias e beta representa a relação entre a lesão virtual (área foliar com fotossíntese nula) e a lesão visual (área foliar coberta por sintomas). O parâmetro beta caracteriza o efeito do patógeno em toda a gama de severidade de doença. Os valores de beta determinados por regressão não-linear (R² de 0,73 a 0,85 para os diferentes materiais) variaram entre 2,46 e 2,69. Esses valores indicam que houve redução da eficiência fotossintética não apenas no tecido lesionado, mas também em parte do tecido verde remanescente de folhas infetadas. Folhas com severidade de doença no intervalo de 10-20% mostraram reduções de 40% na taxa líquida de fotossíntese. A taxa de redução da transpiração foi proporcional à redução do tecido sadio. Houve relação linear negativa significativa (R² de 0,59 a 0,75 para os diferentes materiais) entre a taxa de transpiração e a severidade da doença. Resumo em inglês The effect of Phaeosphaeria leaf spot, caused by Phaeosphaeria maydis, in the net photosynthetic rate and in the transpiration rate of maize (Zea mays) leaves was assessed under field condition, in three hybrids and one maize inbred. Photosynthetic rate was related to diseased leaf area by the model Px/Po=(1-x )beta, where Px represents the net photosynthetic rate of a leaf with disease severity x (in proportion), Po represents the average net photosynthetic rate of healt (mais) hy leaves, and beta is an expression of the ratio between virtual (leaf area where photosynthesis is nil) and visual lesion (leaf area covered by symptoms). Parameter beta characterizes the effect of the pathogen on the photosynthetic efficiency for the total range of measured disease severity. Values of beta, determined by nonlinear regression analysis (R² from 0.73 to 0.85 for the different material), ranged from 2.46 to 2.69. These values indicated that the reduction in photosynthetic efficiency was detected not only in the lesioned tissue but also in part of the remaining green tissue of infected leaves. Reductions in net photosynthetic rate around 40% were observed to disease severity between 10 and 20%. The reduction in transpiration rate was proportional to reduction of healthy leaf area due to disease. There was a negative linear relation (R² from 0.59 to 0.75 for different materials) between transpiration rate and disease severity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Deficiência hídrica no solo e seu efeito sobre transpiração, crescimento e desenvolvimento de mudas de duas espécies de eucalipto/ Soil water defcit affecting transpiration, growth and development of seedlings of two eucalyptus species

Martins, Fabrina Bolzan; Streck, Nereu Augusto; Silva, Joel Cordeiro da; Morais, Weslley Wilker; Susin, Felipe; Navroski, Márcio Carlos; Vivian, Magnos Alan
2008-06-01

Resumo em português A água é fundamental no metabolismo das plantas e uma redução na sua disponibilidade no solo pode afetar o crescimento, o desenvolvimento e a produtividade das culturas. O objetivo deste trabalho foi quantificar a influência do déficit hídrico no solo sobre a transpiração e sobre alguns parâmetros de crescimento (altura de planta e diâmetro do caule) e desenvolvimento (número de folhas acumuladas na haste principal), em mudas de Eucalyptus grandis (Hill ex Mai (mais) den) e Eucalyptus saligna (Smith). Para realização deste estudo, foi instalado um experimento em casa de vegetação, no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria (Santa Maria, RS), que consistiu em duas épocas de semeadura, sendo a primeira em 1/10/2005 (E1) e a segunda em 12/5/2006 (E2). A água disponível, representada pela fração de água transpirável no solo (FATS), e os demais parâmetros foram medidos diariamente durante o período de imposição da deficiência hídrica. O início do decréscimo da transpiração, indicativo do fechamento dos estômatos, ocorreu quando a FATS foi de 0,9 (E2) e 0,7 (E1), para E. grandis, e de 0,7, para E. saligna, em ambas as épocas, indicando que o fechamento estomático em resposta ao déficit hídrico no solo é mais rápido nessas espécies perenes do que em culturas agrícolas anuais. Os parâmetros de crescimento e desenvolvimento das mudas decresceram imediatamente após o início do déficit hídrico no solo, antes mesmo de ser a transpiração afetada pela redução da água no solo. Resumo em inglês Water is a critical component of plant metabolism, and a reduction in soil water availability may affect crop growth, development and yield. The objective of this study was to quantify the influence of soil water deficit on transpiration and on some growth (plant height and stem diameter) and development (main stem leaf number) parameters of Eucalyptus grandis (Hill ex Maiden) and E. saligna (Smith) seedlings. For this purpose, a greenhouse experiment was conducted at the (mais) Federal University of Santa Maria, RS, Brazil). The seedlings were planted on 10/1/2005 (PD1) and 5/12/2006 (PD2). Soil available water, expressed as the fraction of transpirable soil water (FTSW), and other parameters were measured daily during the period of water stress. Transpiration, which is an indicator of stomata closure, started to decrease at a FTSW of 0.9 (PD2) or 0.7 (PD1) in E. grandis, and at 0.7 for planting dates for E. saligna. These results suggest that stomata closure, in response to soil water deficit, occurs earlier in these two perennial species than in annual agricultural crops. Seedling growth and development parameter values began to decrease immediately after the onset of soil water deficit, even before transpiration was affected by the reduced soil water availability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Fotossíntese, condutância estomática e transpiração em pupunheira sob deficiência hídrica/ Photosynthesis, stomatal conductance and transpiration in peach palm under water stress

Oliveira, Maria Aparecida José de; Bovi, Marilene Leão Alves; Machado, Eduardo Caruso; Gomes, Mara Menezes de Assis; Habermann, Gustavo; Rodrigues, João Domingos
2002-03-01

Resumo em português Resultados de pesquisa envolvendo aspectos fisiológicos da pupunheira (Bactris gasipaes Kunth), fruteira nativa da América Tropical, são escassos. Procurando completar essa lacuna, um experimento sob deficiência hídrica foi conduzido em casa de vegetação, durante um período de 13 dias, utilizando plantas de 12 meses de idade. O objetivo principal foi avaliar as respostas da pupunheira à deficiência hídrica. As variáveis observadas foram: taxa de assimilação (mais) de CO2, transpiração, condutância estomática e potencial de água das folhas. As coletas dos dados foram realizadas diariamente em laboratório e sob fluxo de 1200 mim-2 s-1. Os resultados foram submetidos à análise de variância e de regressão. Verificou-se decréscimo no potencial de água da folha e nas trocas gasosas quando a irrigação foi interrompida por mais de seis dias. Valores mínimos foram obtidos no décimo dia, com redução de 92% da fotossíntese líquida, 87% da condutância estomática e 70% da transpiração. O menor potencial de água nas folhas (-1,9 MPa) foi também observado nesse período. Houve recuperação total de todas as variáveis dois dias após reirrigação, com exceção da condutância estomática. A diminuição da condutância estomática e a queda mais rápida da taxa de transpiração que a queda na fotossíntese, indicam a existência de mecanismos de aclimatação em pupunheira, no sentido de diminuir as perdas de água, quando sob condição de estresse hídrico moderado. Resumo em inglês Research results on physiological aspects of peach palm (Bactris gasipaes Kunth), a native fruit tree from tropical America, are scarce. Trying to fill this gap, a water deficit experiment was performed under nursery conditions during 13 days, utilizing 12 months old plants. The main objective was to evaluate peach palm responses to water deficit. The measured variables were: CO2 assimilation rate, transpiration rate, stomatal conductance and leaf water potential. Data we (mais) re collected daily in a laboratory, under a photosynthetic photon flux (PPF) of 1200 mum-2 s-1, and studied by variance and regression analysis. Significant decreases of leaf water potential values and gas exchange rates were verified when water was withhold for more than six days. The smallest values were found at the tenth day without water replacement, with a reduction of 92% of the net photosynthetic rate, 87% of the stomatal conductance and 70% of the transpiration. By that time, the smallest measured leaf water potential was --1.9 MPa. Recovering from water stress was accomplished two days after rewatering, except for stomatal conductance. The partial closing of the stomata (decrease in stomatal conductance) and the reduction of photosynthesis, suggest the existence of an acclimation mechanism of the peach palm, diminishing water loss under moderate stress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Mecanismos de controle da variação sazonal da transpiração de uma floresta tropical no nordeste da amazônia/ Control mechanisms of the seasonal variation of transpiration in a northeast amazonian tropical rainforest

Souza Filho, José Danilo da Costa; Ribeiro, Aristides; Costa, Marcos Heil; Cohen, Julia Clarinda Paiva
2005-06-01

Resumo em português No presente trabalho foram estudadas a variação sazonal da transpiração, de uma floresta tropical, e sua dependência com fatores bióticos e abióticos. Utilizaram-se dados do projeto CARBOPARÁ, parte integrante do Experimento de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amazônia (LBA), coletados na reserva florestal de Caxiuanã, região nordeste da Amazônia. A evapotranspiração total num intervalo de 39 dias para o período chuvoso foi 108,2 mm, com valor médio (mais) de 2,9 mm dia-1, enquanto, durante o período menos chuvoso, a evapotranspiração total num intervalo de 29 dias foi 128,8 mm, com média de 4,3 mm dia-1 para o período. Os valores máximos da condutividade de superfície (Cs), nos dois períodos, ocorreram às 08:00 hl, sendo estes valores de 0,060 m s-1 e 0,045 m s-1 para o período chuvoso e menos chuvoso, respectivamente. A condutância aerodinâmica média (Ca) foi 0,164 m s-1 e 0,210 m s-1, para os períodos chuvoso e menos chuvoso, respectivamente. Os valores máximos da Ca observados para os períodos chuvoso e menos chuvoso foram, respectivamente, 0,220 e 0,375 m s-1. Verificou-se que Cs guarda uma relação exponencial inversa com o déficit de vapor de água atmosférico, para diferentes intervalos de irradiância solar global. A análise horária do fator de desacoplamento sugere que a evapotranspiração, durante a manhã, tem um maior controle realizado pela disponibilidade de energia, quando comparado ao período menos chuvoso. Durante a tarde verifica-se que o dossel da floresta progressivamente tende a estar mais acoplado à atmosfera, para ambos os períodos estudados, demonstrando maior controle superficial na transpiração. Resumo em inglês In the present work we study the seasonal variation of the transpiration of a tropical forest, and its dependence on biotic and abiótic factors. We used data of the project CARBOPARÁ, part of The Large Scale Biosphere-Atmosphere Experiment in Amazonia (LBA), collected in the National Forest of Caxiuanã, northeastern Amazonia. The average transpiration in a 39-day period during the rainy season was 2.9 mm day-1. In a 29-day period during dry season, the average transpir (mais) ation was 4.3 mm day-1. The maximum values of the surface conductivity (Cs) are 0.060 m s-1 and 0.045 m s-1 for the rainy and dry period, respectively, observed at 08:00 h local time. The aerodynamic conductance averages (Ca) 0.164 m s-1 and 0.210 m s-1, for the rainy and dry periods, respectively, while the maximum values of Ca are 0.220 and 0.375 m s-1, for the same periods,respectively. It was verified that Cs presents an inverse exponential relationship with the deficit of atmospheric water vapor, for different intervals of global solar irradiance. The hourly analysis of the decoupling factor suggests that the morning transpiration is mainly controlled by the availability of energy. During the afternoon, on the other hand, for both periods studied, the forest becomes progressively coupled to the atmosphere, denoting larger superficial control on the transpiration process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Desempenho da sonda de dissipação térmica na medida da transpiração de plantas jovens de Lima Ácida/ Performance of thermal dissipation probe in the measurement of transpiration of young plant of 'Tahiti' acid lime

Delgado-Rojas, Juan S.; Angelocci, Luiz R.; Folegatti, Marcos V.; Coelho Filho, Maurício A.
2007-08-01

Resumo em português Devido à dificuldade de se quantificar o consumo individual de água de uma árvore, tem surgido uma série de técnicas de medida do fluxo de seiva que passa por meio do caule, o qual é relacionado diretamente com a transpiração da planta. Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho de uma dessas técnicas, denominada método da sonda de dissipação térmica (SDT), na medida de fluxo de seiva em plantas de lima ácida ‘Tahiti’. O experimento foi instalad (mais) o em pomar de plantas jovens, localizado na fazenda experimental de irrigação, do Departamento de Engenharia Rural da ESALQ, em Piracicaba - SP, sendo a avaliação feita utilizando dois lisímetros de pesagem. Os resultados indicaram que o método estudado pode ser utilizado para essa finalidade em condições de campo; no entanto, a exatidão de suas medidas depende de certos conceitos teóricos que devem ser considerados e de certas correções que devem ser realizadas. Essas considerações, assim como as vantagens e desvantagens desse método, são discutidas neste trabalho. Resumo em inglês Because of the difficulty to quantify water consumption of a single tree, for irrigation scheduling, a series of techniques has appeared that directly measure the sap flow through the stem which can be related directly to transpiration. The objective of this work was to evaluate the performance of one of these methods, called heat dissipation probe method (HDP), in the measurement of sap flow using ‘Tahiti’ lemon trees. Experiments were installed in an orchard of young (mais) trees, located in the experimental farm of irrigation of ESALQ, in Piracicaba, São Paulo State, Brazil. The evaluation was carried out using two weight lysimeters. The results demonstrated that the method can be used to measure the transpiration in citrus; however, the accuracy depends on theoretical concepts that should be considered and of certain corrections that should be accomplished. Those considerations as well as the advantages and disadvantages of this method are discussed in this work.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Consumo de água em plantios de eucalipto: parte 2 modelagem da resistência estomática e estimativa da transpiração em tratamentos irrigados e não-irrigados/ Water consumption in eucalypt plantations: part 2 - modeling stomatal resistance and estimating tranpiration in irrigated and non-irrigated treatments

Carneiro, Rogério Lessa de Castro; Ribeiro, Aristides; Martinez y Huaman, Carlos Alberto; Leite, Fernando Palha; Sediyama, Gilberto Chohaku; Neves, Julio César Lima
2008-02-01

Resumo em português Este trabalho constitui a ultima parte do estudo que objetivou calcular o consumo de água em plantios de eucalipto. Nesta parte, modelou-se a resistência estomática em função das variáveis ambientais irradiância solar global, déficit de pressão de vapor e temperatura. Com a resistência estomática modelada a partir dos valores observados no artigo anterior, foi possível calcular a transpiração do eucalipto pelo método Penman-Monteith em alguns dias, nos per� (mais) �odos úmido e seco do ano. Verificou-se a existência da correlação entre a resistência estomática e as variáveis ambientais. Os modelos gerados nessa relação mostraram-se eficientes para calcular as variações diárias resistência estomática e também totais horários e diários de transpiração. Resumo em inglês This paper concludes the last part of the work aimed to calculate water consumption in eucalypt plantations. Stomatal resistance was modeled as a function of the following ambient variables: global solar irradiance, vapor pressure deficit and temperature. Based on stomatal resistance modeled from the values observed in the first part of this work, eucalypt transpiration by the Penman-Monteith method could be calculated in some days during the humid and dry periods of the (mais) year. Correlation between stomatal resistance and ambient variables was verified. The models generated by this relation proved efficient in calculating the diurnal variation of stomatal resistance as well as hourly and daily transpiration totals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Fluxo de seiva e fotossíntese em laranjeira 'Natal' com clorose variegada dos citros/ Sap flow and photosynthesis of 'Natal' sweet orange plants with citrus variegated chlorosis

Machado, Eduardo Caruso; Oliveira, Ricardo Ferraz de; Ribeiro, Rafael Vasconcelos; Medina, Camilo Lázaro; Stuchi, Eduardo Sanches; Marin, Fábio Ricardo; Silva, José Aliçandro Bezerra da; Silva, Simone Rodrigues da
2006-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da clorose variegada dos citros (CVC), no fluxo de seiva, trocas gasosas e atividade fotoquímica em laranjeira 'Natal', com e sem CVC, em condição de campo. O curso diário do fluxo de seiva, potencial da água na folha, assimilação de CO2, transpiração, condutância estomática e eficiência quântica máxima e efetiva do fotossistema II foram avaliados. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com cinco r (mais) epetições. O fluxo de seiva foi 1,9 vez superior nas plantas sadias em relação às doentes. Em plantas doentes ocorreu queda de 43, 28 e 33% na assimilação de CO2, condutância estomática e transpiração, respectivamente. As plantas com CVC apresentaram fotoinibição dinâmica. Uma vez que a eficiência quântica efetiva apresentou um padrão de resposta semelhante, durante o dia, em ambos os tratamentos, o efeito protetor da fotorrespiração no aparato fotoquímico em plantas com CVC é discutido. As quedas de assimilação de CO2, transpiração e de fluxo de seiva, nas plantas com CVC, foram decorrentes do menor valor da condutância estomática, possivelmente causado pela colonização dos vasos do xilema pela Xylella fastidiosa. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the effects of citrus variegated chlorosis (CVC) on sap flow, gas exchanges and photochemical activity in 'Natal' sweet orange plants with and without CVC under field condition. Diurnal courses of sap flow, leaf water potential, CO2 assimilation rate and transpiration, stomatal conductance, potential and effective quantum efficiency of photosystem II were evaluated. The experiment was arranged in a random block design with five r (mais) epetitions. Healthy plants showed sap flow values around 1.9 times higher than injured ones. Injured plants exhibited reductions of 43, 28 and 33% in CO2 assimilation rate, stomatal conductance and leaf transpiration, respectively. CVC-affected plants showed dynamic photoinhibition. Since healthy and injured plants showed similar diurnal course of effective quantum efficiency, the possible influence of photorespiration on photochemical apparatus in CVC-affected plants is discussed. Reductions in CO2 assimilation rate, transpiration and sap flow of injured plants were induced by low stomatal conductance values, which was probably due to the xylem vessel colonization by Xylella fastidiosa.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Efeitos da deficiência de água em plantas de Euterpe oleracea (açaí)/ Effect of water deficit in Euterpe oleracea (açaí)

CALBO, MARIA ELISA RIBEIRO; MORAES, JOSÉ ANTÔNIO P.V. DE
2000-09-01

Resumo em português A resistência de plantas jovens de açaí (Euterpe oleracea Mart.) à deficiência de água foi determinada em plantas de quatro meses de idade cultivadas em sacos plásticos perfurados contendo 7 kg de terra. O experimento foi conduzido em casa de vegetação e a irrigação foi suspensa até as plantas atingirem fotossíntese zero, quando, então, foram reidratadas. Durante este período foram feitas medidas diárias da fotossíntese líquida, condutância estomática (mais) e transpiração. Pequenas reduções na condutância estomática, transpiração e fotossíntese foram observadas a partir do décimo dia e se acentuaram com o tempo. A taxa de fotossíntese reduziu-se à metade da fotossíntese máxima quando o potencial de água atingiu -1,9 MPa. O estresse hídrico atingiu nível suficientemente severo para induzir uma fotossíntese nula após 61 dias sem irrigação, com um potencial de água médio foliar de -2,5 MPa. A recuperação da fotossíntese, condutância estomática e transpiração iniciaram-se um dia após a irrigação, atingindo valores semelhantes ao do controle após 14 dias de reidratação. A análise das curvas de pressão e volume mostrou que a deficiência de água diminuiu o potencial osmótico, resultando em um ajustamento osmótico de 0,29 MPa na turgescência zero e 0,36 MPa na turgescência máxima. Isto indica que essa espécie possui mecanismos de adaptação a um estresse hídrico moderado. Resumo em inglês The water stress resistance of young açai plants Euterpe oleracea Mart. was determined in four-month-old plants, cultivated in punched black plastic bags filled with 7 kg of soil. The experiment was carried out in a greenhouse and irrigation was suspended until the photosynthesis drops to zero, after this moment daily irrigation was applied. During this dehydration period photosynthesis, stomatal conductance, and transpiration were measured daily. Small reductions in sto (mais) matal conductance, transpiration and photosynthesis were observed from the tenth day and became more pronounced with time. The photosynthetic rate fell to half of its maximum value when the water potential reached -1.9 MPa. After withholding irrigation for 61 days, the water stress was severe enough to reduce photosynthesis to zero; at this time the leaf water potential was -2.5 MPa. Recovery of photosynthesis, stomatal conductance and transpiration started one day after rewatering and reached values similar to the control after two weeks of daily irrigation (rehydration). An osmotic potential reduction was calculated from leaf pressure-volume data, as a result the estimated osmotic adjustment was 0.29 MPa at zero turgor and 0.36 MPa at full turgor. Such osmotic adjustment indicates an açai adaptation mechanism to moderate water stress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Análise das curvas do fitotensiômetro de Alvim por regressão linear/ Analysis of Alvim's phytotensiometer curves by linear regression

CONFORTO, E. de C.; CORNÉLIO, M.L.; CASTRO, P.R. de C. e
1998-01-01

Resumo em português O fitotensiômetro de Alvim é amplamente utilizado para demonstrar a variação da turgescência do tronco, que é reduzida durante o dia, como efeito líquido da transpiração que ocorre na copa, e aumentada durante o período noturno, devido à recuperação que pode ser total ou parcial, dependendo da umidade disponível no solo, e da capacidade da planta em absorvê-la. Os valores indicados no manômetro são relativos, e muitas vezes não coincidem com os previstos (mais) pelas taxas de transpiração mensuradas ao longo do dia. Este trabalho considera a necessidade de uma nova interpretação das curvas observadas, através do seu seccionamento em diferentes cinéticas, sendo aplicadas equações de regressão linear a estas diferentes partes, e analisado o coeficiente angular destas regressões como parâmetro comparativo da intensidade das mudanças na turgescência do tronco entre diferentes plantas, sob diferentes condições ambientais. Resumo em inglês The Alvim phytotensiometer is largely used to measure the variation of tree trunck turgescence, which is reduced during the day as a response of the net effect of crown transpiration, and increased during the night due to the recovery which may be total or partial, depending on soil moisture and on the capacity of the plant in relation to water absorption. The readins of the manometer are relative and in many cases do not correspond to the data obtained by other transpira (mais) tion rate measurements. The present paper consideres a new interpretation of the observed curves, applying them for different kinetic regions, through linear regression functions. From these regressions, the slopes were used as comparative parameters of the trunck turgescence intensity changes, using different plants under different environmental conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Influência de diferentes níveis de sombreamento no comportamento fisiológico de cultivares de café(Coffea arabica L.)/ Influence of different shading levels in physiological behavior of coffee cultivars (Coffea arabica L.)

Freitas, Rupert Barros de; Oliviera, Luiz Edson Mota de; Delú Filho, Nelson; Soares, Angela Maria
2003-08-01

Resumo em português Realizou-se este trabalho com o objetivo de verificar o comportamento das cultivares de café Acaiá MG 474/19, Catuaí MG 99, Icatu Amarelo MG 3282 e Rubi MG 1192, com relação às características potencial hídrico, transpiração, temperatura da superfície foliar, condutância estomática, fotossíntese, concentração interna de carbono e eficiência fotoquímica do PSII, quando submetidos a níveis de sombreamentos de 30%, 50%, 70% e a pleno sol. As avaliações f (mais) oram realizadas no Setor de Fisiologia Vegetal em mudas dessas cultivares. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, sendo distribuídos três vasos por cultivar em cada tratamento. O potencial hídrico foliar não variou nas plantas nos diferentes tratamentos. A fotossíntese, condutância estomática, transpiração, eficiência fotoquímica do PSII apresentaram variações significativas em função dos níveis de sombreamento. Resumo em inglês The objective of this work was to examine the coffee cultivars Acaiá MG 474/19, Catuaí MG 99, Icatu Amarelo MG 3282 and Rubi MG 1192, in relation to parameters such as water potencial, transpiration, leaf surface temperature, stomatic conductance, photosynthesis, internal carbon concentration and PSII photochemical efficiency when submitted to shading levels of 30, 50 and 70% and full sunlight. The evaluations were made in cuttings from these cultivars. The experimental (mais) design used was fully randomized with three pots for each treatment. The leaf water potential did not change according to treatments. The photosynthesis, stomatic conductance, transpiration and PSII photochemical efficiency showed significative variations in function of shading levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Comportamento sazonal do potencial hídrico e das trocas gasosas de quatro variedades de coqueiro-anão/ Seasonal performance of water potential and gas exchange in four varietes of dwarf coconut

Passos, Cíntia Dória; Passos, Edson Eduardo Melo; Prado, Carlos Henrique Britto de Assis
2005-08-01

Resumo em português Avaliou-se o curso diurno e sazonal do potencial hídrico e das trocas gasosas foliares do coqueiro-anão (Cocos nucifera L.) sob condições de campo, no município de Ilha das Flores-SE. As quatro variedades estudadas (Anão Vermelho de Camarões - AVC, Anão Vermelho de Gramame - AVG, Anão Amarelo de Gramame - AAG e Anão Verde de Jiqui - AveJ) reduziram drasticamente a condutância estomática (gs) no período seco. Sob estiagem, os valores de transpiração (E) e fo (mais) tossíntese líquida (A) foram reduzidos principalmente nas variedades AVG e AVeJ, as quais apresentaram aumento significativo nos valores de eficiência intrínseca do uso da água (A/gs), principalmente o AVeJ. Na estação chuvosa, as trocas gasosas foram condicionadas pela densidade de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos (DFFFA) e pela gs. No entanto, durante a estação seca, as trocas gasosas foram condicionadas somente pelos valores de gs, sendo os valores de DFFFA não-limitantes desde as primeiras horas do dia. A variedade AVC apresentou pouca eficiência no controle da perda de água pela transpiração sob condições de estresse hídrico, atingindo os valores mais negativos do potencial hídrico foliar, mantendo, todavia, a fotossíntese líquida mais elevada durante o curso diurno. Por outro lado, o AVeJ controlou eficientemente a transpiração e, mesmo com menores valores de A, apresentou a maior razão A/gs que as demais variedades. Em cultivo tecnificado, como ocorre nos perímetros irrigados, a variedade AVC deverá manter um balanço de carbono mais favorável durante todo o ano, apresentando-se como uma variedade muito promissora. Resumo em inglês Leaf gas exchange and water potential (psil) were assessed daily and seasonaly in four varieties of dwarf coconut (Cocos nuficera L.) under field conditions: Cameroon Red Dwarf (CRD), Gramame Red Dwarf (GRD), Gramame yellow Dwarf (GYD) and Jiqui Green Dwarf (JGD). All varieties showed strong reduction of stomatal conductance (gs) values in the dry season. At this period, transpiration (E) and net photosynthesis (A) rates decreased largely in JGD and in GRD, when both geno (mais) types presented greater values of intrinsic water use efficiency (A/gs) than in wet season, specially JGD. Taking in account all genotypes studied in wet season, the leaf gas exchange was conditioned by photosynthetic photon flux density (PFFD) and by gs values. On the other hand, during the dry season, leaf gas exchange was correlated only with gs values. The variety CRD did not restrict E in dry season, showing the lowest psil but holding the highest A values per day among genotypes under drought. Contrastingly, the genotype JGD could control efficiently E intensity, maintaining the highest A/gs ratio despite of reduced A values in dry season. In dwarf coconut plantations with high technical management such as in irrigated areas, the CRD could be the most suitable variety to achieve favorable carbon balance during the year.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Respostas fisiológicas em mudas de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis Sims. f. flavicarpa Deg.) inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares e submetidas a estresse hídrico/ Physiological responses of yellow passion fruit (Passiflora edulis Sims. f. flavicarpa) seedlings inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi under water stress

Cavalcante, Uided Maaze Tiburcio; Maia, Leonor Costa; Nogueira, Rejane Jurema Mansur Custódio; Santos, Venézio Felipe dos
2001-12-01

Resumo em português O efeito da simbiose entre fungos micorrízicos arbusculares (FMA) e o maracujazeiro amarelo submetido a estresse hídrico por sete dias, iniciado 40 dias após a inoculação, foi estudado em experimento com delineamento inteiramente casualisado em arranjo fatorial, correspondendo a dois tratamentos hídricos (com e sem estresse), três isolados de FMA (Gigaspora albida, Gigaspora margarita e Glomus etunicatum), dois níveis de inóculo de FMA (200 e 400 esporos/planta) (mais) e um tratamento adicional (sem inoculação), com quatro repetições. Foi usado solo Podzólico Vermelho-Amarelo (3 mg de P/dm³). Medidas de resistência difusiva, transpiração e temperatura foliar foram tomadas em 4 folhas de cada tratamento. O crescimento foi avaliado pela altura, área foliar e biomassa seca total. Os dados foram analisados estatisticamente pelo programa NTIA da EMBRAPA. Nas mudas inoculadas o estresse não afetou o crescimento, ao contrário das não micorrizadas que não cresceram em ambas as condições hídricas. As mudas associadas aos FMA e submetidas ao estresse apresentaram maiores valores de resistência difusiva e temperatura foliar, e menores taxas de transpiração que as não estressadas. Mudas inoculadas com G. etunicatum apresentaram menor resistência difusiva em relação às demais mudas inoculadas e maior transpiração em relação a G. albida. Em geral a micorrização beneficiou as mudas de maracujazeiro, promovendo o crescimento, mesmo sob estresse hídrico. Resumo em inglês The effect of the symbiosis between arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) and plants of yellow passion fruit, submitted to water stress during seven days, 40 days after the inoculation, was studied in an experiment using a completely randomized design, with factorial arrangement and the following treatments: (a) with and without water stress; (b) inoculation with Gigaspora albida, Gigaspora margarita or Glomus etunicatum and uninoculated control; (c) two inoculum levels: 200 (mais) and 400 spores/plant, with four replicates. The soil was a Red Yellow Podzol (3 mg of P/dm³). Measurements of diffusive resistance, transpiration and leaf temperature were taken from four leaves of each treatment, and the growth was evaluated by height, leaf area and total dry biomass. Data were analized by the NTIA statistic program. Development of inoculated plants was not affected by the stress while uninoculated plants did not grow under any condition. Non mycorrhizal seedlings did not show wilt symptoms, probably due to their small size. In general, seedlings associated to AMF and submitted to stress showed higher values of diffusive resistance and leaf temperature and lower transpiration rates than those not stressed. Among the inoculated seedlings, those associated with G. etunicatum presented lower diffusive resistance and higher transpiration only when compared with G. albida. In general, mycorrhization was beneficial to passion fruit seedlings, increasing growth even under water stress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Caracterização fisiológica da redução de crescimento de mudas de citros micorrizadas em altas doses de fósforo/ Physiological characterization of growth depression in arbuscular mycorrhizal citrus seedlings under high P levels

Sena, J. O. A.; Labate, C. A.; Cardoso, E. J. B. N.
2004-10-01

Resumo em português Com o objetivo de estudar a redução de crescimento de mudas de citros micorrizadas, instalou-se um experimento em casa de vegetação com seis doses de P (0, 50, 100, 150, 200 e 250 mg kg-1), sem e com inoculação do Fungo Micorrízico Arbuscular (FMA) Glomus intraradices. Como porta-enxerto, usou-se tangerineira ' Cleópatra' (Citrus reshni). O substrato usado foi uma mistura de amostra de terra (Neossolo) e areia, na proporção de 3:1, com baixa concentração de P (mais) disponível. O delineamento estatístico foi inteiramente casualizado, disposto em um fatorial 6 x 2, com cinco repetições. Seis meses após o transplantio, as plantas foram avaliadas por meio das seguintes variáveis: altura de plantas, matéria seca da parte aérea, transpiração, resistência estomática e área foliar. Nas doses mais altas de P, as plantas micorrizadas apresentaram redução na altura, na matéria seca da parte aérea e na área foliar, menor taxa de transpiração e maior resistência estomática, quando comparadas com o controle não micorrizado. Considerando estes resultados, a redução no crescimento de mudas micorrizadas em alta dose de P pode estar relacionada, em parte, com a existência de forte dreno de carboidratos na raiz. Resumo em inglês An experiment was installed under greenhouse conditions to study growth depression in mycorrhizal citrus rootstocks at six P levels (0, 50, 100, 150, 200, and 250 mg kg-1), with and without (controls) inoculation of the arbuscular mycorrhizal fungus (AMF) (Glomus intraradices). The rootstock used was Citrus reshni Hort. Ex Tanaka, cv. Cleópatra, grown in an autoclaved, limed mixture (3:1) of a soil with low available P and washed sand. There were five replicates per trea (mais) tment, in a random 6 x 2 factorial design. Six months after transplanting the seedlings, the plants were harvested and analyzed. The following characteristics were considered: plant growth, shoot dry matter, leaf area, transpiration and stomatal resistance. At the highest P levels, mycorrhizal plants presented lower dry matter and plant height values, lower leaf transpiration, and higher stomatal resistance, when compared to non-mycorrhizal plants. Therefore, growth depression of mycorrhizal citrus plants at high P levels may be related to a strong carbon sink in mycorrhizal citrus roots.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Eficiência de uso da água em genótipos de cana-de-açúcar submetidos à aplicação de herbicidas/ Water use efficiency in sugarcane genotypes submitted to herbicide application

Galon, L; Concenço, G; Ferreira, E.A; Aspiazú, I; Silva, A.F; Ferreira, F.A; Silva, A.A; Tironi, S.P; Freitas, M.A.M; Soares, E.R
2010-12-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos de ametryn e trifloxysulfuronsodium, em aplicações isoladas ou em mistura, sobre as características associadas à eficiência do uso da água em genótipos de cana-de-açúcar. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições, em parcelas subdivididas. As parcelas foram compostas pelos herbicidas ametryn e trifloxysulfuron-sodium e pela mistura formulada de ametryn + trifloxysulfuron-sodiu (mais) m, aplicados aos 65 dias após o plantio, além de uma testemunha sem presença de plantas daninhas; e as subparcelas, pelos genótipos RB72454, RB835486, RB855113, RB867515, RB947520 e SP80-1816. Decorridos 15 dias da aplicação dos herbicidas, foram realizadas as avaliações de condutância estomática de vapores de água (Gs), gradiente entre temperatura da folha e do ar (ΔT) e taxa de transpiração (E), sendo calculada ainda a eficiência do uso da água (WUE). Foi determinada também a matéria seca da parte aérea das plantas. O genótipo RB855113 foi o que apresentou maiores danos à eficiência do uso da água e transpiração, sendo, por isso, considerado o mais sensível aos herbicidas ametryn e trifloxysulfuron-sodium, enquanto os genótipos SP80-1816 e RB867515 estiveram entre os mais tolerantes. Condutância estomática, temperatura da folha, transpiração e eficiência de uso da água são características eficientes para identificar danos de herbicidas a plantas cultivadas, principalmente aqueles com efeito sobre a taxa fotossintética. Os genótipos de cana-de-açúcar avaliados diferiram quanto à sensibilidade aos herbicidas aplicados; as variedades SP80-1816 e RB867515 destacaram-se como as menos afetadas pelo ametryn e trifloxysulfuron-sodium, isolados ou em mistura, enquanto RB855113 foi a mais sensível. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effects of the herbicides ametryn and trifloxysulfuron-sodium, applied alone or in mixture, on the characteristics associated to water use efficiency in sugarcane varieties under field conditions. The trial was installed in a completely randomized block design with split-plots and four replications. Plots were composed by the herbicides ametryn, trifloxysulfuron-sodium or a commercial mixture of ametryn + trifloxysulfuron-so (mais) dium, applied 65 days after planting, plus a control mechanically free of weed infestation; split-plots were composed by sugarcane varieties (RB72454, RB835486, RB855113, RB867515, RB947520 and SP80-1816). Fifteen days after herbicide application, stomatal conductance (Gs), temperature gradient between leaf and air (DT) and transpiration rate (E) were evaluated, and water use efficiency (WUE) was obtained as a function of photosynthesis and transpiration rates. Plant shoots were also collected for dry matter determination. Variety RB855113 presented the greatest damage to water use efficiency and transpiration and was thus considered the most sensitive to ametryn and trifloxysulfuron, while varieties SP80-1816 and RB867515 were the most tolerant. In these varieties, herbicides caused only minor changes in water use efficiency and thermal gradient. Stomatal conductance, leaf temperature, transpiration and water use efficiency were effective in identifying herbicide damage to crops, mainly those caused by photosynthesis-inhibiting herbicides; sugarcane genotypes showed a different behavior in relation to herbicide susceptibility and varieties SP80-1816 and RB867515 were the less affected by the herbicide treatments; on the other hand, RB855113 was the most severely affected.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

CRESCIMENTO E RELAÇÕES HÍDRICAS EM PLANTAS DE GOIABEIRA SUBMETIDAS A ESTRESSE SALINO COM NaCl/ GROWTH AND WATER RELATIONS IN GUAVA PLANTS UNDER NaCl SALINE STRESS

TÁVORA, FRANCISCO JOSÉ ALVES FERNANDES; FERREIRA, RAIMUNDO GONÇALVES; HERNANDEZ, FERNANDO FELIPE FERREIRA
2001-08-01

Resumo em português Tendo como objetivo determinar os efeitos do estresse salino sobre o crescimento e as relações hídricas de plantas de goiabeira (Psidium guajava L), conduziu-se um experimento em casa de vegetação, em solução nutritiva, na Universidade Federal do Ceará, no período de setembro a dezembro de 1997. Os tratamentos consistiram de sete níveis de NaCl (0; 25; 50; 75; 100; 125 e 150 mmol L-1). Avaliaram-se, aos 50 dias após o estresse salino (DAE): altura da planta, n� (mais) �mero de folhas e área foliar unitária e por planta. A taxa de crescimento relativo (TCR) foi determinada entre 30 e 50 DAE. Aos 20; 30; 40 e 50 DAE, foram determinadas condutâncias estomáticas, transpiração, potencial hídrico e teor relativo de água (TRA). Dentre as variáveis estudadas, a área foliar por planta foi a mais afetada, com uma redução de 92% quando submetida ao nível mais elevado de salinidade (150 mmol L-1). A condutância estomática, a transpiração, o potencial hídrico foliar (psiwf) e o teor relativo de água (TRA) decresceram com o aumento dos níveis e do tempo de exposição ao NaCl. As plantas jovens de goiabeira são sensíveis à salinidade, com uma salinidade limiar de 1,2 dSm-1. A taxa de sobrevivência foi reduzida em 75% quando as plantas foram submetidas a 150 mmol L-1 até 50 dias após o estresse. Resumo em inglês A hidroponic greenhouse experiment was conducted, in the Universidade Federal do Ceará, from September to December 1999, with the objective of studying the response of guava plants (Psidium guajava L.) to increased levels of NaCl concentrations. The plants were treated with seven levels of NaCl concentrations in the nutrient solution (0, 25, 50, 75, 100, 125 and 150 mmol L-1). Plant height, leaf number, leaf area per plant and unit leaf area were measured at 50 days afte (mais) r stress (DAS). Relative growth rate (RGR) was determined between 30 and 50 DAE. Leaf conductance; transpiration; water potential and relative water content (RGR) were determined at 20, 30, 40 and 50 DAS. The leaf area per plant was the most susceptible among the variables studied, with a reduction of 92% when submitted to the highest salinity level (150 mmol L-1). The stomatal conductance, the leaf transpiration, the relative water content and the water potential decreased with increasing time and level of saline stress. The young guava plants were susceptible to salinity with a threshold salinity of 1,2 dSm-1. The rate of plant survival was reduced by 75% when the plants were submitted to 150 mmol L-1 up to 50 days after stress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Seleção precoce de clones de eucalipto para ambientes com disponibilidade diferenciada de água no solo: relações hídricas de plantas em tubetes/ Early selection of eucalypt clones to be planted in environments with varying soil water availability: water relations of plants in small size plastic tubes

Chaves, José Humberto; Reis, Geraldo Gonçalves dos; Reis, Maria das Graças Ferreira; Neves, Júlio César Lima; Pezzopane, José Eduardo Macedo; Polli, Henrique Quero
2004-06-01

Resumo em português O presente trabalho objetivou identificar características em cinco clones de eucalipto crescendo em tubete plástico de 60 mL, de modo a subsidiar a seleção precoce de material genético para plantios em ambientes com disponibilidade diferenciada de água no solo. Avaliaram-se a condutância estomática, a transpiração foliar, o potencial hídrico foliar e a fotossíntese líquida de plantas mantidas plenamente irrigadas e de plantas sob deficiência hídrica. Com a (mais) suspensão da irrigação, os clones 1250 e 1260 apresentaram menor condutância estomática e transpiração, produzindo ligeira diminuição nos valores de potencial hídrico foliar nas plantas. Observaram-se uma acentuada redução no potencial hídrico e abscisão foliar nos clones 0321 e 1277, e, ao final de vários ciclos de seca, estes dois clones apresentaram as maiores taxas de fotossíntese líquida, em resposta à suspensão da irrigação. Com a re-irrigação, o clone 1277 emitiu, imediatamente, novas folhas, indicando sua capacidade de recuperação quando as condições hídricas do solo se tornam favoráveis. Esses resultados evidenciam que o clone 1277 deve tolerar ambientes sujeitos à deficiência hídrica. Resumo em inglês This study was undertaken to identify physiological characteristics of cuttings from five eucalypt clones, growing in small plastic tubes (60 mL) to subsidize early selection for planting in sites with varying soil water availability. Stomatal conductance, leaf transpiration, leaf water potential and net photosynthesis of plants maintained fully irrigated and under water deficit were studied. The clones 1250 and 1260 presented reduction in stomatal conductance and leaf tr (mais) anspiration in water stressed plants, which maintained high leaf water potential. On the other hand, the clones 0321 and 1277 kept exhibiting high leaf stomatal conductance and transpiration and presented sharp decrease in leaf water potential under water stress condition. These two clones presented the highest net photosynthesis after several drying cycles. The clones 1277 presented a significant leaf abscission after the first drying cycle and a prompt recover after being re-watered, which indicates that this clone may tolerate dryer environments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Sensibilidade estomática ao ABA em função do pH e de níveis de Ca2+, NO3- e PO4(3-) na seiva do xilema/ Stomatal sensitivity to ABA related to pH and NO-3, PO4-3 and Ca+2 levels of xylem sap

Oliveira, Maria Neudes Sousa de; Oliva, Marco Antonio; Martínez, Carlos Alberto; Mercier, Helenice; Silva, Marco Aurélio Pedron e
2002-08-01

Resumo em português A hipótese de que a sensibilidade estomática ao ácido abscísico (ABA) possa ser influenciada pelas características da seiva xilemática, como pH e concentração de Ca2+, NO3- e PO4(3-), foi testada em plantas de Lycopersicon esculentum L. var. Santa Clara submetidas a estresse hídrico induzido pela adição de PEG 6000 à solução nutritiva. Estimou-se a sensibilidade estomática ao ABA pela relação transpiração/ABA xilemático. Plantas intactas foram submetid (mais) as a estresse hídrico rápido e lento e determinaram-se as variações de pH e as concentrações de Ca2+, NO3- e PO4(3-) na seiva do xilema Também se estudaram os efeitos de diversas concentrações de Ca2+, NO3- e PO4(3-) sobre a transpiração em folhas destacadas imersas em seiva artificial contendo ABA exógeno. Nas plantas intactas submetidas a estresse rápido, o aumento nas concentrações de Ca2+, NO3- e PO4(3-) levou a um gradativo acréscimo da sensibilidade estomática ao ABA contido no xilema. Com estresse lento, o Ca2+ não influenciou a sensibilidade estomática ao ABA. Em folhas destacadas, a concentração de ABA exógeno necessário para promover redução na taxa transpiratória foi de 2,5 miM. A presença de Ca2+ na seiva xilemática estimulou o efeito inibitório sobre a taxa transpiratória, promovido pelo ABA. O aumento nas concentrações de Ca2+ e NO3- na seiva artificial intensificou o fechamento estomático induzido por ABA. Resumo em inglês Stomatal sensitivity to abscisic acid (ABA) can be modified by variations in the xylem sap traits such as pH, Ca2+, NO3- and PO4(3-) concentrations. In order to verify this hypothesis, plants of Licopersicon esculentum L. cv. Santa Clara were submitted to sudden and slow onset of water stress by PEG 6000 addition to the nutritive solution. The stomatal sensitivity to ABA was estimated by changes in the transpiration/xylematic ABA ratio. To evaluate the inhibitory effect o (mais) f Ca2+, NO3- and PO4(3-) at different concentrations, detached leaves were submerged in artificial sap containing exogenous ABA. In intact plants, under sudden stress treatment, the ion concentration increment gradually raised the stomatal sensitivity to xylem ABA. Under slow stress treatment the stomatal response to ABA was not modified by Ca2+. A dose of 2.5 µM exogenous ABA was needed to induce a drop in the transpiration rate of detached leaves. The presence of Ca2+ in the transpiration flux stimulated the ABA inhibitory effect on transpiration rate.The stomatal closure response to ABA was intensified when Ca2+ and NO3- were added to the artificial sap.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Deficiência hídrica agrava os sintomas fisiológicos da clorose variegada dos citros em laranjeira 'Natal'/ Water deficiency intensifies physiological symptoms of citrus variegated clorosis in 'Natal' sweet orange plants

Machado, Eduardo Caruso; Oliveira, Ricardo Ferraz de; Ribeiro, Rafael Vasconcelos; Medina, Camilo Lázaro; Stuchi, Eduardo Sanches; Pavani, Luiz Carlos
2007-01-01

Resumo em português A clorose variegada dos citros (CVC) é uma doença que tem promovido sérios prejuízos aos laranjais das regiões Norte e Nordeste do Estado de São Paulo, onde a deficiência hídrica e as altas temperaturas são mais frequentes. Assim, este trabalho objetivou a avaliação do efeito da deficiência hídrica no desenvolvimento de sintomas fisiológicos em laranjeira 'Natal' com CVC. Foram realizadas medidas do potencial da água na folha, transpiração, condutância e (mais) stomática e assimilação de CO2, em laranjeiras em condições naturais e submetidas à irrigação. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com cinco repetições. A condutância estomática, a transpiração diária e o potencial da água na folha foram menores nas plantas com CVC. A assimilação diária de CO2 foi menor nas laranjeiras com CVC mesmo quando irrigadas. De fato, a irrigação diminuiu o efeito da CVC, porém não impediu o estabelecimento da doença em laranjeiras inoculadas com Xylella fastidiosa. Em relação aos demais tratamentos, as plantas infectadas e mantidas sob condições naturais (sem irrigação) apresentaram maior comprometimento das trocas gasosas, mesmo quando as avaliações fisiológicas foram feitas em período úmido (verão). Resumo em inglês Citrus variegated chlorosis (CVC) is a disease that has caused serious economical losses in citrus grove located in the North and Northeastern regions of São Paulo State, where water deficiency and high temperature occur frequently. Therefore, the aim of this work was to evaluate the influence of water deficiency on the development of physiological symptoms in 'Natal' sweet orange plants with CVC. Measurements of leaf water potential, transpiration, stomatal conductance (mais) e CO2 assimilation were taken in plants under natural conditions and submitted to irrigation. The experimental design was in randomized blocks, with five replications. Stomatal conductance, daily transpiration and leaf water potential were lower in CVC-affected plants. The daily CO2 assimilation was reduced in CVC-affected plants, even in irrigated ones. In fact, irrigation decreased the negative effects of CVC, however, it did not prevent disease establishment in sweet orange plants inoculated with Xylella fastidiosa. Compared to other treatments, infected plants submitted to natural conditions (without irrigation) exhibited higher constrain of leaf gas exchange, even when measurements were taken during humid period (summer).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Resposta de porta-enxertos de citros ao déficit hídrico/ Response of citrus rootstocks to water deficit

Cerqueira, Elaine Costa; Castro Neto, Manoel Teixeira de; Peixoto, Clóvis Pereira; Soares Filho, Walter dos Santos; Ledo, Carlos Alberto da Silva; Oliveira, Jutair Garcia de
2004-12-01

Resumo em português O trabalho foi conduzido em casa de vegetação na Embrapa Mandioca e Fruticultura, em Cruz das Almas - BA, e objetivou-se à identificação de porta-enxertos de citros melhor adaptados ao ecossistema de Tabuleiros Costeiros, quanto a tolerância à seca. Foram estudados os limoeiros 'Cravo' e 'Volkameriano', laranjeira 'Azeda' e os híbridos trifoliados HTR - 051, TSK x CTTR - 002 e TSK x CTTR - 017. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema (mais) fatorial 6 õ 9, com seis genótipos e nove tempos de avaliação. As avaliações foram realizadas na sequência: irrigação, déficit hídrico e irrigação, quando plantas possuíam de 3 a 4 pares de folhas. Foram analisadas as variáveis massas secas da raiz e da parte aérea, o potencial hídrico da planta e a transpiração da folha. Quanto à massa seca da parte aérea, os genótipos limoeiro Volkameriano e laranjeira 'Azeda' apresentaram decréscimos no período de déficit hídrico, sendo que os demais não apresentaram diferenças significativas. Na ausência de irrigação, todos os genótipos apresentaram decréscimos nos seus potenciais hídricos, enquanto apenas os híbridos apresentaram recuperação, mantendo a transpiração. Os híbridos HTR - 051 e TSK x CTTR - 017 apresentaram os melhores desempenhos para todas as variáveis estudadas, mostrando-se mais promissores como porta-enxertos de citros em condições de déficit hídrico. Resumo em inglês This work was carried out under green house condition at the Embrapa Cassava and Tropical Fruit Crops, Cruz das Almas - Bahia- Brazil, aiming to identify citrus rootstocks better adapted to Coastal Table Land ecosystem as for their drought tolerance. It was studied the Rangpur lime, Volkamer lemon, Sour orange and the trifoliated hybrids HTR - 051, TSK x CTTR - 002, and TSK x CTTR - 017, the last three from the breeding program of the Embrapa Cassava and Tropical Fruits C (mais) rops. The experimental design was completely randomized under a 6 x 9 factorial, with six genotypes and nine period of evaluations. The evaluations followed the sequence: irrigation, water deficit, and irrigation when the plants had two to three leaves pairs. It was analyzed the variables root dry matter, dry matter of above ground parts, plant water potential, and leaf transpiration. For the above ground dry matter the genotypes Volkamer lemon and Sour orange showed decrease during the water deficit condition. The other genotypes showed no significant differences for this variable. Without irrigation, all genotypes decreased in their water potentials. The hybrids kept it unchanged maintaining increased transpiration rates. The hybrids HTR - 051, and TSK x CTTR - 017 presented the best performances for all variables studied being more promising as rootstocks for water deficit conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Desempenho do método de dissipação térmica na medida do fluxo de seiva em seringueira/ Performance of a thermal dissipation method for sap flow measurement in rubber tree

Delgado-Rojas, Juan S.; Righi, Ciro A.; Karasawa, Shiguekazu; Angelocci, Luiz R.; Bernardes, Marcos S.; Folegatti, Marcos V.
2006-12-01

Resumo em português A medida da transpiração de árvores no campo é de difícil consecução. Nas duas últimas décadas, tem-se dado ênfase à medida de fluxo de seiva no caule como indicador da transpiração, principalmente se a escala de tempo usada é igual ou menor que um dia. Para essas medidas, são usados métodos térmicos com fornecimento de calor ao caule. O método de dissipação térmica (MDT) é um deles e vem sendo bastante utilizado pelo seu princípio simples e pela bo (mais) a sensibilidade às variações de fluxo de seiva. Entretanto, tem-se evidenciado a necessidade de cuidados no seu uso, sendo uma das causas de perda de precisão o efeito da carga radiante sobre a planta, geradora de gradiente térmico natural, que interfere nos resultados. Além disso, o desempenho do método em condições diferentes daquelas em que foi desenvolvido deve ser testado. Assim, o presente trabalho teve como objetivos analisar o desempenho do MDT em árvores de seringueira, considerando que essa espécie produz látex que poderia interferir sobre o bom funcionamento do sensor, e avaliar o efeito do gradiente térmico natural do caule sobre as estimativas. Os resultados demonstraram que essa técnica de medida pode ser utilizada nessa espécie e que, nas condições em que foram realizados os testes, não há interferência do gradiente térmico natural sobre as estimativas. Entretanto, para melhorar o grau de precisão, deve ser realizado melhor estudo de caraterização da área condutora da seiva em relação ao diâmetro do caule. Resumo em inglês The transpiration measurement of trees in field condition is very difficult. In the two last decades, some emphasis has been given in the study of stem sap flow as an indicator of plant transpiration. The methodology is particularly suitable for time scale less or equal than one day. One of the methods is the heat dissipation method (HDM), which has been used because of its simplicity and high sensitivity to the sap flow variations. However, the effect of the natural radi (mais) ation, that generates a natural thermal gradient in stem, may lead to precision loss. Moreover, the performance of the method needs to be evaluated if the conditions are different from those for which it was developed. Thus, the present work aimed to analyze the performance of the HDM in rubber trees, considering that this specie produces latex that could affect the performance of the sensor, as well as to evaluate the effect of the natural thermal gradient of the stem on the estimated transpiration. The results had showed that HDM can be used with rubber trees and, in the conditions that tests were conducted, the natural thermal gradient does not effect the estimations. To improve the precision of the method, further studies, characterizing the tissue sap conductive area and the stem diameter should be made.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Curso diário e sazonal das trocas gasosas e do potencial hídrico foliar em aceroleiras/ Daily and seasonal course of gas exchange and leaf water potential in acerola plants

NOGUEIRA, REJANE JUREMA MANSUR CUSTÓDIO; MORAES, JOSÉ ANTÔNIO PROENÇA VIEIRA DE; BURITY, HÉLIO ALMEIDA
2000-07-01

Resumo em português Este trabalho objetivou avaliar o curso diário e sazonal das trocas gasosas, da temperatura foliar e do potencial hídrico da acerola (Malpighia emarginata D.C.), no campo. O experimento realizou-se no município de Paudalho, PE. Os valores da transpiração e do potencial da água foram, de modo geral, mais elevados no início da manhã e no final da tarde; os da resistência difusiva e temperatura foliar foram menores no início da manhã e no final da tarde. Houve uma (mais) limitação das trocas gasosas com o ambiente, em decorrência da redução da transpiração nas horas mais quentes do dia, sendo mais acentuada na estação seca e na matriz UFRPE 7. Os valores mínimos do potencial ocorreram na época seca, variando de -3,4 MPa (UFRPE 7) a -4,3 MPa (UFRPE 8), enquanto os valores máximos da resistência variaram de 16,30 s cm-1 (UFRPE 7) a 22,10 s cm-1 (UFRPE 8) na mesma estação. O potencial hídrico e a resistência difusiva mostraram forte correlação com o déficit de pressão de vapor. A maior capacidade fotossintética foi verificada em folhas maduras da matriz UFRPE 8. Os mecanismos fisiológicos apresentados pelas plantas demonstram que elas podem resistir a períodos de estresse hídrico quando estes se manifestam. A matriz UFRPE 8 é mais adaptada a períodos de estiagem do que a UFRPE 7. Resumo em inglês The daily and seasonal course of the gas exchanges, leaf temperature and water potential of Barbados cherry (Malpighia emarginata D.C.) were evaluated under field conditions. The experiment was carried out in Paudalho, Pernambuco State, Brazil. Measurements of photosynthetic capacity in the wet season were also made. Changes in daily and seasonal behavior of gas exchange, water potential, and leaf temperature were observed. The transpiration and water potential measuremen (mais) ts were higher at the beginning of the morning and at the end of the afternoon, while those for diffusive resistance and leaf temperature were lower at these same periods of the day. There was a reduction of gas exchange with the environment as a result of the lower transpiration during the hotter hours of the day, being this tendency strongest in the dry season and in the UFRPE 7 accession. The lowest values for leaf water potential were registered in the dry season, varying from -3.37 MPa (UFRPE 7) to -4.32 MPa (UFRPE 8), while the maximum resistance values varied from 16.30 cm s-1 (UFRPE 7) to 22.10 cm s-1 (UFRPE 8) during this same season. The water potential and the diffusive resistance showed a strong correlation to the vapour pressure deficit. The greatest photosynthetic capacity was registered for mature leaves in the UFRPE 8 plant. The physiological expressions displayed showed that the plants are resistant to drought and these expressions appear to help the plants resist to periods of water stress when they appear. The UFRPE 8 accession is more adapted to dry period than UFRPE 7.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Resposta estomática e produção de matéria seca em plantas jovens de aroeira submetidas a diferentes regimes hídricos/ Stomatal responses and dry matter yield in young aroeira plants submitted to different water levels

Silva, Maria Alice Vasconcelos da; Nogueira, Rejane Jurema Mansur Custódio; Oliveira, Antônio Fernando Morais de; Santos, Venézio Felipe dos
2008-04-01

Resumo em português Este trabalho objetivou avaliar a transpiração, resistência difusiva do vapor d'água, a produção de matéria seca e alocação de biomassa em plantas jovens de aroeira submetidas a déficit hídrico. Foram utilizadas mudas de Schinus terebinthifolius Raddi com três meses de idade, cultivadas em vasos de polietileno contendo 5,5 kg de terriço vegetal. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos hídricos (100% da capacidade de ca (mais) mpo (CC), 75% CC, 50% CC e 25% CC) e quatro repetições. Avaliaram-se a transpiração e a resistência difusiva às 12 h em intervalos de seis dias, durante 72 dias de déficit hídrico. No final do experimento, determinaram-se a matéria seca das folhas (MSF), caules (MSC) e raízes (MSR), a alocação de biomassa de diversos órgãos e a razão raiz/parte aérea (R/Pa). O fechamento estomático ocorreu nas plantas submetidas a 25% CC, aos 11 dias depois da aplicação dos tratamentos. Nessa ocasião, essas mesmas plantas foram regadas até 100% CC. As regas foram suspensas até as plantas atingirem novamente 25% CC e serem mantidas nesse tratamento até o final do período experimental, não havendo mais fechamento estomático no horário estudado. A produção de matéria seca aumentou nas plantas cultivadas com 75% CC, em comparação com os demais tratamentos hídricos. Não houve diferença significativa entre os tratamentos para alocação de biomassa nos diversos órgãos. Os resultados indicam que a aroeira é moderadamente tolerante ao déficit hídrico na fase inicial do desenvolvimento. Resumo em inglês This work aimed to evaluate gas exchange, dry matter yield and biomass allocation in young aroeira plants submitted to water deficit. Three month-old seedlings of Schinus terebinthifolius Raddi were cultivated in containers containing 5.5 kg of soil. A completely randomized experimental design was used, with four water treatments (100%, 75%, 50% and 25% to field capacity-FC), with four replicates. Transpiration and diffusive resistance were evaluated at midday every seven (mais) days for 72 days. At the end of the experimental period, leaf (LDM), stem (SDM) and root dry matter (RDM) were all determined, biomass allocation of all the organs of the plants and root to shoot ratio (R/Sh) were also determined. Stomatal closure was observed in plants under 25% FC eleven days after water treatments. At this time, plants were watered once until 100% FC and watering was suspended until the plants reached 25%FC again until the end of the experimental period and did not show stomatal closure again. After being re-watered, plants were maintained at 25% FC, recovering stomatal aperture, which remained open until the end of the experimental period during this evaluation time. Plants under 75% FC produced more dry matter than those in the other treatments. Significant differences among treatments in biomass allocation were not observed. These results suggest that aroeira plant is moderately drought-tolerant at the young stage of development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Crescimento, fotossíntese e composição mineral em genótipos de Coffea com potencial para utilização como porta-enxerto/ Growth, photosynthesis and mineral composition of Coffea germplasm with potential as rootstock

Alfonsi, Eduardo Lauriano; Fahl, Joel Irineu; Carelli, Maria Luiza Carvalho; Fazuoli, Luiz Carlos
2005-01-01

Resumo em português Foi estudado o desenvolvimento da parte aérea e das raízes, as trocas gasosas fotossintéticas e a composição mineral nos genótipos de Coffea, Apoatã IAC 2258 (C. canephora); Bangelan IAC col. 5 (C. congensis X C. canephora); Catuaí IAC 144 (C. arabica); Excelsa (C. liberica, var. dewevrei) e Piatã (IAC 387) (C. arabica X C. liberica, var. dewevrei), visando conhecer seus potenciais para utilização como porta-enxerto em C. arabica. Utilizaram-se plantas jovens c (mais) ultivadas em terra, contida em saco plástico e em tubos de PVC sob telado, e no campo em plantas de quatro anos de idade. Em 'Bangelan' observaram-se maior comprimento da raiz pivotante e mais quantidade de raízes secundárias do que em 'Catuaí' e 'Piatã'. Os teores foliares de potássio do 'Piatã', 'Apoatã' e 'Bangelan' foram maiores aos observados para 'Catuaí' e 'Excelsa'. No campo, com baixa disponibilidade de água e nutrientes, os teores foliares de fósforo em 'Apoatã' e 'Piatã' foram maiores que em 'Catuaí' e 'Excelsa'. Em 'Catuaí,' notou-se maior eficiência na absorção de todos os micronutrientes (B, Cu, Mn e Zn), exceto ferro. A taxa fotossintética, condutância estomática e transpiração decresceram à tarde em todos os genótipos. Sob défice hídrico no solo, houve quedas significativas nas taxas fotossintéticas, condutância estomática e transpiração, sendo mais pronunciadas em 'Apoatã' e 'Excelsa', e menos em 'Catuaí' e 'Piatã', em relação aos valores observados sem restrição hídrica. A taxa fotossintética do 'Apoatã' foi menos influenciada pelo teor de água no solo em relação aos demais genótipos, que mostraram quedas acentuadas no período da tarde. Verificaram-se em 'Bangelan' e 'Apoatã' características favoráveis para a utilização como porta-enxerto em C. arabica. Resumo em inglês The development of shoot and roots, photosynthetic gas exchange and mineral composition of Coffea plants were studied in 'Apoatã' IAC 2258 (C. canephora), 'Bangelan' IAC col. 5 (C. congensis X C. canephora); 'Catuaí' IAC 144 (C. arabica); 'Excelsa' (C. liberica, var. dewevrei) and 'Piatã' (IAC 387) (C. arabica X C. liberica var. dewevrei), in order to know their potential as rootstock for C. arabica. The studies were carried out with young plants grown under shade in p (mais) lastic bag and PVC tubes containig soil, and in four year-old plants grown in unshaded field conditions. 'Bangelan' had longer tap roots and more secondary roots than 'Catuaí' and 'Piatã'. Potassium content in leaves of 'Piatã', 'Apoatã' and 'Bangelan' were higher than in 'Catuaí' and 'Excelsa'. In the field, under lower availability of water and nutrients, phosphorus content in leaves of 'Apoatã' and 'Piatã' was higher than 'Catuaí' and 'Excelsa'. 'Catuaí' showed the best efficiency in the absorption of micronutrients B, Cu, Mn and Zn, but not Fe. Significant decreases of photosynthetic rate, stomatal condutance and transpiration were observed in the afternoon. Under soil water deficit conditions the decreases were more intense in 'Apoatã' and 'Excelsa', and less in 'Catuaí' and 'Piatã', as compared to the values observed without water restriction. The photosynthetic rate of 'Apoatã' was the least influenced by soil water content. The results point out that 'Bangelan' and 'Apoatã' have suitable characteristics as rootstocks for C. arabica.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Fotossíntese e relações hídricas de duas cultivares jovens de seringueira/ Photosynthesis and water relations of two young rubber tree cultivars

Cavalcante, Juliane Ribeiro; Conforto, Elenice de Cássia
2006-12-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo comparar aspectos das trocas gasosas e das relações hídricas foliares da cultivar Fx 3864 e da cultivar RRIM 600, já estabelecida em larga escala no pólo produtor de borracha de São José do Rio Preto, SP. As cultivares foram mantidas em condições de campo, onde foram realizadas medidas das trocas gasosas e do potencial osmótico e hídrico, durante dois meses, dentro dos períodos chuvoso e seco, nos anos de 2001 e 2002. Valores i (mais) ntegralizados das trocas gasosas foliares mostraram que, entre os períodos chuvoso e seco, ocorreu um decréscimo da taxa fotossintética de 32% e 22%, da transpiração de 44% e 38% e da condutância estomática de 29% e 17% para RRIM 600 e Fx 3864, respectivamente. Durante o período seco os valores médios de potencial osmótico decresceram 41% para RRIM 600, e 36% para Fx 3864. Os resultados sugerem que o desempenho da cultivar Fx 3864 foi equivalente à de RRIM 600 durante a fase jovem estudada. Resumo em inglês This work aimed to compare some aspects of the leaf-gas exchange and water balance of two field grown cultivars (Fx 3864 e RRIM 600) of the rubber tree. Measurements were carried out for two months between the wet and dry seasons of 2001 and 2002. Integrated values of gas exchange showed a decrease in photosynthesis (32% and 22%), transpiration (44% and 38%), and stomatal conductance (29% and 17%) for RRIM 600 and Fx 3864, respectively. Osmotic potential decreased by 41% (mais) for RRIM 600, and by 36% for Fx 3864. The results suggest that the performance of Fx 3864 was similar to that of RRIM 600 throughout the year at the juvenile stage studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Trocas gasosas e condutância estomática em três espécies de gramíneas/ Gas exchanges and stomatal conductance on three gramineous species

Machado, Eduardo Caruso; Lagôa, Ana Maria Magalhães Andrade
1994-01-01

Resumo em português Avaliou-se, sob condições naturais e sem deficiência hídrica, o comportamento diário das taxas de assimilação de CO2 (A) e de transpiração (E), a condutância estomática (g) e a eficiência fotossintética do uso de água (E/A) em milho (C4), arroz (C3) e trigo (C3). Nas três espécies, a curva de resposta de A em função da irradiância (I), apresentou a forma de uma hipérbole retangular, porém em milho não houve saturação lumínica. A resposta de g em r (mais) elação a I apresentou a mesma forma, respondendo E linearmente, nas três espécies. Em relação à variação de g, a curva de resposta de A também mostrou a forma de hipérbole retangular, enquanto E respondeu linearmente. Devido à resposta diferencial de A e de E, tanto em função de I como de g, a razão E/A aumentou com o aumento de I. As espécies C3 (arroz e trigo) revelaram valores maiores de E/A que a C4 (milho), em todos os níveis de I e valores de g, indicando melhor adaptabilidade da C4 na limitação de abertura estomática. Resumo em inglês Under natural condition and without water deficit, assimilation of CO2 (A) and transpiration (E) rates, stomatal conductance (g) and photosyntetic efficiency of water use (E/A), were monitored daily on maize (C4), rice (C3) and wheat (C3). In all species, the shape of response curves of A in function of irradiance (I), was a retangular hyperbole. However, luminic saturation was not observed in maize. Stomatal conductance response curve in function of I was also a retangul (mais) ar hyperbole, while E was linear in all species. Due to differential response of A and E, as a function of I as well as g, the ratio E/A was increased with the increase of I. The C3 species (rice and wheat) showed higher values of E/A than the C4 specie (maize), in all levels of I and g, showing the better C4 adaptation when stomatal limitation aperture occurs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Uso da água por plantas híbridas ou convencionais de arroz irrigado/ Water use by hybrid and conventional rice plants

Concenço, G.; Sant'Anna, S.J.; Schwanke, A.M.L.; Galon, L.; Ferreira, E.A.; Aspiazú, I.; Silva, A.F.; Ferreira, F.A.
2009-01-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar as características associadas à eficiência do uso da água em plantas de arroz irrigado, híbridas ou convencionais. O experimento foi instalado em casa de vegetação, em delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial 2 x 6, com quatro repetições. Os tratamentos constaram de uma planta de arroz da variedade BRS Pelota (convencional) ou Inov (híbrida) no centro da unidade experimental, que competia com 0, (mais) 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas da variedade BRS Pelota na periferia da unidade experimental, de acordo com o tratamento. Aos 50 DAE, foram realizadas as avaliações de massa seca da parte aérea, condutância estomática de vapores de água, temperatura da folha e taxa de transpiração, sendo calculada ainda a eficiência do uso da água pela relação entre quantidade de CO2 fixado pela fotossíntese e quantidade de água transpirada. Plantas da variedade híbrida foram superiores ou não diferiram das convencionais quanto à eficiência do uso da água. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the characteristics associated to water use efficiency in hybrid or conventional rice plants. The trial was installed under greenhouse conditions, in a completely randomized block design and factorial scheme 2 x 6, with four replications. The treatments consisted of one hybrid (Inov) or conventional (BRS Pelota) rice plant at the center of the plot surrounded by 0, 1, 2, 3, 4, or 5 conventional (BRS Pelota) plants. Fifty days aft (mais) er emergence, shoot dry mass, stomatal conductance of water vapor, leaf temperature and transpiration rates were evaluated, as well as water use efficiency through the relation between the photosynthesis and transpiration rates. Hybrid rice plants were superior to, or did not differ from, the conventional plants in relation to water use efficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Curso diário das perdas de vapor d'água, da temperatura e do potencial da água da folha em germoplasma de carambola (Averrhoa carambola L.)/ Curso diário das perdas de vapor d'água, da temperatura e do potencial da água da folha em germoplasma de carambola (Averrhoa carambola L.)/ Daily course of water vapour exchange, leaf temperature and water potential on starfruit (Averrhoa carambola L.) germplasm

Nogueira, Rejane Jurema Mansur Custódio; Silva Júnior, Josué Francisco da; Silva, Elizamar Ciríaco da; Lederman, Ildo Eliezer
2002-04-01

Resumo em português Este trabalho objetivou avaliar o curso diário das perdas de vapor d'água, da temperatura e do potencial da água foliares em dois acessos de caramboleiras na fenofase de produção de frutos. A pesquisa foi realizada no campo, utilizando-se dois acessos de caramboleiras (IPA-1.3 e IPA-25.1) e três horários de avaliação (7, 12 e 17 horas). As variáveis avaliadas foram temperatura foliar, resistência à difusão de vapor, transpiração, potencial da água foliar, (mais) temperatura do ar, umidade relativa do ar e radiação fotossinteticamente ativa. As plantas dos dois acessos não restringiram as trocas gasosas nas horas mais quentes do dia. O acesso IPA 25.1 mostrou-se mais sensível à baixa luminosidade que o IPA 3.1. Houve variabilidade genotípica entre os acessos, sobretudo em relação ao potencial da água da folha. Resumo em inglês This work aimed to evaluate daily course of water vapour exchange, leaf temperature and water potential of the starfruit on fruit production phenophase. The research was carried out under field conditions, using two starfruit genotypes (IPA-1.3 and IPA-25.1) and three evaluation times (7, 12 and 17 hours). The variables analysed were leaf temperature, diffusive resistance, transpiration, leaf water potential, air temperature, relative humidity of air and photosynthetic ac (mais) tive radiation (PAR). Both genotypes did not restrict water vapour exchanges on the warmer hours. IPA-25.1 was more sensible to low luminosity than IPA-3.1. There was genotipic variability between accessions, mainly in relation to leaf water potential.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Características fisiológicas e de crescimento de cafeeiro sombreado com guandu e cultivado a pleno sol/ Physiological characteristics and growth of coffee plants grown under shade of pigeonpea and unshaded

Morais, Heverly; Marur, Celso Jamil; Caramori, Paulo Henrique; Ribeiro, Ana Maria de Arruda; Gomes, José Carlos
2003-10-01

Resumo em português O conhecimento dos efeitos do sombreamento sobre a fisiologia de cafeeiros é importante para se determinar níveis ótimos de radiação e temperatura, bem como para subsidiar estudos sobre o crescimento de plantas sombreadas, a fim de determinar a arquitetura ideal do cafeeiro que maximize a captura da radiação solar disponível em ambientes sombreados. O objetivo deste trabalho foi avaliar características fisiológicas e de crescimento de cafeeiros (Coffea arabica L (mais) .) cultivados sob sombreamento denso com guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp.) e a pleno sol. O baixo nível de radiação incidente sobre os cafeeiros sombreados com guandu resultou em decréscimos na taxa fotossintética e na transpiração, maior altura de planta, folhas maiores e com menor quantidade de matéria seca. Esses resultados indicam que o excesso de sombra afeta drasticamente a fisiologia e morfologia de C. arabica. Resumo em inglês The characterization of shade effects on the physiology of coffee is important to determine optimum levels of radiation and temperature, as well as to subsidize studies on growth of shaded plants aiming at determining the ideal coffee plant architecture that maximizes the capture of the available solar radiation in shaded environments. The objective of this work was to evaluate physiological and growth characteristics of coffee (Coffea arabica L.) shaded with pigeonpea (C (mais) ajanus cajan (L.) Millsp.) and under full sun. The low level of incident radiation on the coffee shaded with pigeonpea caused decreases in the photosynthetic rate and transpiration, increased plant height and leaf size, but diminished leaf dry matter. These results indicate that the excess of shade drastically affects the physiology and morphology of C. arabica.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Expressões ecofisiológicas de germoplasma de Hancornia speciosa Gomes cultivado no Litoral de Pernambuco/ Physiological expressions in Hancornia speciosa Gomes germoplasm from the coastal region, Pernambuco, Brazil

Nogueira, Rejane Jurema Mansur Custódio; Melo Filho, Péricles de Albuquerque; Araújo, Elcida de Lima
1999-12-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar in loco as relações hídricas e respectivas correlações em quatro acessos de mangaba (M-UFRPE 1, M-UFRPE 2, M-UFRPE 3 e M-UFRPE 4) cultivados na região litorânea do Estado de Pernambuco. As medidas foram tomadas em folhas adultas, completamente expandidas, em duas situações de exposição à luminosidade: exposição solar plena e sombreamento natural. As variáveis analisadas foram: temperatura foliar (Tf), transpiração (E) e resistência d (mais) ifusiva (Rs). Verificou-se que as folhas sombreadas de M-UFRPE 2 transpiraram mais do que as expostas diretamente ao sol, diferindo do comportamento dos demais acessos. A Rs em folhas expostas ao sol variou de 1,1 a 4,5s.cm-1, enquanto que nas folhas sombreadas, essa variação foi de 1,7 a 3,5s.cm-1. Os efeitos de ExRs foram inversos e altamente significativos para ambos os tratamentos estudados. Para as folhas expostas ao sol, a Tf, e a E foram influenciadas muito mais pela umidade relativa do que pela radiação fotossinteticamente ativa. Resumo em inglês A study was carried out with tropical fruit germoplasm (Hancornia speciosa Gomes) to evaluate "in loco" water relations and their respectives correlations in four acesses (M-UFRPE 1, M-UFRPE 2, M-UFRPE 3 and M-UFRPE 4) cultivated at the coastal region, in Brazil. The datas were taken from fully expanded adults leaves. Two treatments were studied: leaves fully exposed to the sun and shadow leaves. The following characters were analized: leaf temperature (Tf), transpiration (mais) (E) and diffusive resistance (Rs). The shadow leaves of the M-UFRPE 2 showed higher transpiration rate than fully exposed leaves to the sun. This behaviour was different compared to the other treatment. The variation between fully exposed leaves to the sun and shadow leaves for Rs was 1.1 to 4.5s.cm-1 and 1.7 to 3.5s.cm-1, respectively. The ExRs correlation was more significant and negative. The Tf and E correlation was longer influenced by relative humidity than photosynthetically in fully exposed leaves to the sun treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Aspectos da fisiologia de cenoura minimamente processada/ Physiological aspects of minimally processed carrot

Lana, Milza M.
2000-11-01

Resumo em português O processamento mínimo de hortaliças compreende as operações que eliminam as partes não comestíveis, seguidas pelo corte em tamanhos menores, tornando-as prontas para consumo imediato e mantendo a condição de produto in natura. A oferta e o interesse do consumidor por esses produtos têm sido crescentes, tanto para o mercado institucional (restaurantes e cozinhas industriais), como para o consumidor final. A cenoura é, dentre as hortaliças, uma das principais es (mais) pécies comercializadas nessa forma, ou seja, ralada, picada em cubos ou rodelas ou na forma de mini-cenoura (`baby-carrot'). As operações de processamento causam uma série de estresses e alterações metabólicas indesejáveis que reduzem a vida útil da hortaliça processada em relação ao produto inteiro. Dentre as principais, incluem-se o aumento da taxa respiratória e da transpiração, a deterioração microbiana, a produção de metabólitos secundários e a degradação de membranas lipídicas. São apresentados os efeitos de diversos fatores como cultivares, formas de corte, tratamentos químicos, uso de revestimentos, irradiação, atmosfera modificada e refrigeração sobre a magnitude das alterações fisiológicas resultantes do processamento. Resumo em inglês Minimal processing of vegetables involves the elimination of non-edible parts followed by cutting into smaller pieces, so that the product obtained is ready-to-eat and fresh-like. The demand for minimally processed vegetables by consumers and by food service industry has increased. Carrot is among the most popular vegetables marketed this way, that is shredded, cut as slices or cubes and as baby-carrot. Minimal processing operations induce stress and undesirable metabolic (mais) changes that reduce the product shelf life in relation to the intact organs from which they were obtained. These metabolic changes include increase in respiration and transpiration rate, pathological breakdown, synthesis of secondary compounds and membrane lipid breakdown. The effect of many factors as cultivars, cutting direction, chemical treatments, edible coatings, irradiation, modified atmosphere and refrigeration, upon the severity of metabolic changes induced by processing are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Variação sazonal das trocas gasosas em folhas de mamoeiro cultivado em condições de campo/ Seasonal variation of leaf gas exchange in papaya plants grown under field condition

Machado Filho, José Altino; Campostrini, Eliemar; Yamanishi, Osvaldo Kiyoshi; Fagundes, Geni Rodrigues
2006-01-01

Resumo em português Na região do cerrado baiano, que se caracteriza por apresentar duas estações definidas: estação das secas (maio a setembro) e estação chuvosa (outubro a março), foi efetuado um estudo em um plantio comercial de Carica papaya L. com plantas do grupo 'Solo' (Sunrise Solo) e do grupo 'Formosa' (Tainung 01). Foram realizadas em duas épocas, sendo uma considerada época seca (julho e setembro) e a outra época considerada chuvosa (novembro e janeiro), medidas da taxa (mais) fotossintética líquida (A), condutância estomática (g s) e transpiração instantânea (E) em folhas completamente expandidas e crescidas a pleno sol. Nestes horários, foi possível medir a densidade de fluxo de fótons fotossintéticos (DFFF) e a temperatura do ar dentro da câmara (Tar ). A partir dos valores de A e g s, obteve-se a eficiência intrínseca no uso da água (A/g s). Em julho e setembro, nos dois genótipos estudados, foi verificado que os altos valores de DPVar causaram redução de g s e conseqüentemente redução de A quando comparado à estação chuvosa. A redução em g s causou elevação na eficiência intrínseca no uso da água. A ação do DPVar nas trocas gasosas foi semelhante nos dois genótipos. Resumo em inglês This study was carried out in a commercial orchard of papaya in the Savanna region of Bahia state where there are two distinct seasons: dry season, from May to September and a rainy one from October to March. Two genotypes, one from 'Solo' group (Sunrise Solo) and another from 'Formosa' group (Tainung 01) were used. Net CO2 assimilation rate (A), stomatal conductance (g s), instantaneous transpiration (E), air temperature inside the chamber (Tar) and photosynthetic photon (mais) flux density (PPFD) were measured at one hour interval in a fully expanded sun-exposed leaves in two season, one characterized as dry season (July and September) and another one as rainy season (November and January). Intrinsic water use efficiency (IWUE) was calculated using A and g s (A/g s). In both genotypes, the reduced g s due to high VPD in July and September contributed to reduce A. The behavior was similar in the two studied genotypes. In the dry season, reduced g s triggered a higher IWUE.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Plântulas de soja 'Tracajá' expostas ao ozônio sob condições controladas/ Soybean 'Tracajá' seedlings exposed to ozone under controlled conditions

Bulbovas, Patricia; Souza, Silvia Ribeiro de; Moraes, Regina Maria de; Luizão, Flávio; Artaxo, Paulo
2007-05-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento inicial, acúmulo de biomassa, trocas gasosas e defesas antioxidativas de soja 'Tracajá', cultivada na Região Amazônica, exposta ao ozônio sob condições controladas. Sementes germinadas em vasos foram levadas para duas câmaras, uma com ar filtrado (AF) e outra com ar filtrado mais 30 ppb de ozônio (AF + O3). Aos 10 e 20 dias após a semeadura, as trocas gasosas, crescimento em altura e acúmulo de biomassa foram (mais) medidos; aos 20 dias após a semeadura, as defesas antioxidativas (ácido ascórbico e superóxido dismutase) foram analisadas. Aos 10 dias após a semeadura, a fotossíntese líquida, condutância estomática, transpiração, altura, área foliar e biomassa foram 16, 27, 11, 22, 29 e 18% menores, respectivamente, no tratamento AF + O3. Aos 20 dias após a semeadura, além dessas variáveis, comprimento da raiz, diâmetro do caule e razão raiz:parte aérea foram 10, 15 e 12% menores, respectivamente, apesar da concentração de ácido ascórbico e da atividade da superóxido dismutase terem aumentado. Plântulas de soja 'Tracajá' apresentam baixa tolerância à concentração de 30 ppb de ozônio. Resumo em inglês The objective of this work was to assess initial growth, biomass production, gas exchange and antioxidative defenses of soybean 'Tracajá' seedlings, cultivated in the Amazonian region, exposed to ozone under controlled conditions. Seeds germinated in pots were placed in two chambers, one with filtered air (AF) and other with filtered air plus 30 ppb of ozone (AF + O3). At 10 and 20 days after sowing, gas exchange, growth and biomass were measured; at 20 days after sowing (mais) , antioxidative defenses (ascorbic acid and superoxide dismutase) were analyzed. Net photosynthesis, stomatal conductance, transpiration rate, height, leaf area and biomass were 16, 27, 11, 22, 29 and 18% smaller, respectively, in AF + O3 at 10 days after sowing. At 20 days after sowing, besides this parameters, root length, stem diameter and root:shoot ratio were 10, 15 and 12% smaller, respectively, although ascorbic acid concentrations and superoxide dismutase activity increased. Soybean 'Tracajá' seedlings have low tolerance to concentration of 30 ppb of ozone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Uso da água em biótipos de azevém (Lolium multiflorum) em condição de competição/ Water use in italian ryegrass (Lolium multiflorum) biotypes under competition

Concenço, G.; Ferreira, E.A.; Silva, A.A.; Ferreira, F.A.; Viana, R.G.; D'Antonino, L.; Vargas, L.; Fialho, C.M.T.
2007-09-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar as características associadas à eficiência de uso da água em biótipos de azevém resistente e suscetível ao glyphosate, em diferentes níveis de competição. O experimento foi realizado em esquema fatorial 2 x 5, com os dois biótipos de azevém, suscetível e resistente, em planta única no centro da parcela, competindo com 0, 1, 2, 3 e 4 plantas do biótipo oposto. Todas as características matéria seca da parte aérea (MSP (mais) A), condutância estomática (Gs), pressão de vapor na câmara subestomática (Ean), gradiente entre temperatura da folha e do ar (deltaT) e taxa de transpiração (E) foram avaliadas 50 dias após a emergência das plantas, sendo calculada também a eficiência do uso da água (WUE) pela relação entre a quantidade de CO2 fixado pela fotossíntese e a quantidade de água transpirada. Foi elaborada ainda uma matriz de correlação entre as variáveis. O biótipo suscetível apresentou maior acúmulo de MSPA, comparado ao biótipo resistente ao glyphosate, quando cultivado livre ou em competição, porém foi menos eficiente quanto ao uso da água. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the characteristics associated to water use efficiency in ryegrass biotypes resistant and susceptible to glyphosate, under different competition levels. The trial was installed in factorial scheme (2 x 5), with one plant of the studied biotype alone at the center of the plot, under competition against 0, 1, 2, 3 and 4 plants of the opposite biotype. The variables (shoot dry matter (MSPA), water vapor stomatal conductance (Gs), wa (mais) ter vapor pressure from the leaf chamber (Ean), leaf and air temperature difference (deltaT) and transpiration rate (E)) were evaluated 50 days after emergence, with water use efficiency (WUE) being obtained by the relation between the amount of CO2 fixed by photosynthesis and the corresponding transpired water. A correlation table was built between all evaluated variables. The biotype susceptible to glyphosate accumulated dry matter more efficiently than the resistant one, when growing both alone or under competition. On the other hand, the biotype susceptible to glyphosate is less efficient in water use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Condutância estomática como indicador de estresse hídrico em feijão/ Stomatal conductance as an indicator of water stress in bean

Oliveira, Alexsandra D. de; Fernandes, Edemo J.; Rodrigues, Teresinha de J. D.
2005-04-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi verificar os indicadores de estresse hídrico, bem como seu efeito na cultura do feijão, por meio da condutância estomática. O experimento foi realizado na Área Experimental de Irrigação da Universidade Estadual Paulista - Jaboticabal, no ano agrícola de 2000. Foram estudados quatro tratamentos de irrigação com níveis crescentes de ETm: (T1) ETm acumulada = 22 mm; (T2) ETm acumulada = 33 mm; (T3) ETm acumulada = 44 mm; (T4) ausência d (mais) e irrigação. Nas plantas com suprimento adequado de água, os maiores valores de condutância estomática ocorreram por volta do meio-dia solar, atingindo cerca de 159 e 174 mmol m-2 s-1, para T1 e T2, respectivamente, enquanto nos tratamentos T3 e T4, os maiores valores encontrados foram de 83 e 52 mmol m-2 s-1, respectivamente. A condutância estomática ao longo do ciclo apresentou valor máximo de 165 mmol m-2 s-1 para o tratamento T4, enquanto para T1 e T2 os valores máximos obtidos variaram de 179 a 183 mmol m-2 s-1. A temperatura da folha e a transpiração apresentaram estreita relação com a resistência estomática, enquanto a radiação fotossinteticamente ativa não diferiu entre os tratamentos. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the water deficit and its effects on the beans crop by the stomatal conductance as water deficit indicator. This study was carried out at the Experimental Irrigation Station of the São Paulo State University - Jaboticabal, during the 2000 agricultural seasons year. Four irrigation treatments with growing levels of ETm were studied: (T1) accumulated ETm = 22 mm; (T2) accumulated ETm = 33 mm; (T3) accumulated ETm = 44 mm; (T4) irr (mais) igation absence. In plants with appropriate supply of water, the stomatal conductance along the cycle presented maximum value around the solar noon, reaching 159 and 174 mmol m-2 s-1 for the treatment T1 and T2, respectivelly, and values of 83 and 52 mmol m-2 s-1 for the T3 and T4, respectivelly. The stomatal conductance along the cycle presented maximum value of 165 mmol m-2 s-1 for the treatment T4, while T1 and T2 obtained maximum values varied from 179 to 183 mmol m-2 s-1. The leaf temperature and the transpiration showed relation with the stomatal conductance while the photosynthetically active radiation (PAR) did not differ among the treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Redução de nitrato em plantas jovens de café cultivadas em diferentes níveis de luz e de nitrogênio/ Nitrate reduction in young coffee trees grown under different levels of light and nitrogen

Carelli, Maria Luiza Carvalho; Fahl, Joel Irineu; Magalhães, Antonio Celso
1990-01-01

Resumo em português Foi estudado o efeito de níveis de luz e de nitrogênio na atividade da enzima redutase de nitrato e nos teores de nitrato e de açúcares nas folhas de plantas jovens de café (Coffea arabica L), assim como as possíveis relações entre a disponibilidade desses compostos e a atividade enzimática. Foram utilizadas plantas de dez meses de idade cultivadas em vasos contendo uma mistura de terra mais composto, e mantidas em condições ambientais em pleno sol e em 50% da (mais) luz solar. Metade das plantas de cada tratamento de luz foi suplementada semanalmente com nitrogênio. Os resultados mostraram que a atividade da redutase de nitrato, nos dois tratamentos de luz, foi maior nas plantas suplementadas com nitrogênio. Para um mesmo nível de nitrogênio, as plantas cultivadas em pleno sol apresentaram menor atividade da redutase de nitrato, maiores teores de nitrato e de açúcares e maiores taxas de transpiração, do que as cultivadas na sombra. Tais resultados indicam que a menor atividade da redutase de nitrato nas plantas cultivadas em pleno sol aparentemente não foi devida a limitações na disponibilidade de nitrato e de açúcares para fornecer a energia necessária para a redução de nitrato. Resumo em inglês The effect of levels of light and nitrogen on the activity of the enzyme nitrate reductase and its relationship with the availability of sugars and nitrate was studied in leaves of coffee plants (Coffea arabica L. cv. Catual). Ten month old plants were grown on pots containing a mixture of soil and compost, and were kept at full or 50% sunlight. Half of the plants of each light treatment received nitrogen supply. The results showed that the activity of nitrate reductase w (mais) as higher on plants supplied with nitrogen at both light treatments. For the same nitrogen level, plants grown under full sunlight presented lower nitrate reductase activity, higher nitrate and sugars concentrations, and higher transpiration rates than plants kept at 50% sunlight. These results indicate that the lower nitrate reductase activity of plants grown under full sunlight was apparently not due to limitations of available nitrate and sugars to supply the energy necessary for nitrate reduction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Redução assimilatória de NO-3 em plantas de cajueiros cultivados em meio salinizado/ NO-3 assimilatory reduction in cashew plants grown in salinized medium

Viégas, Ricardo A.; Silveira, Joaquim A. G. da; Silva, Lígia M. de M.; Viégas, Pedro R. A.; Queiroz, José E.; Rocha, Iza M. A.
2004-12-01

Resumo em português Com o objetivo de se avaliar os efeitos e mecanismos iniciais da ação da salinidade sobre a redução de NO-3 e a acumulação de solutos nitrogenados, plantas de cajueiro (Anacardium occidentale L.), CCP - 1001, com 42 dias de idade foram cultivadas em solução nutritiva contendo 100 mmol L-1 de NaCl, durante 8 dias, em casa de vegetação. A transpiração foi o principal fator de regulação da atividade de redutase de NO-3 (RN) que foi fortemente reduzida nas folha (mais) s. Contrariamente, a atividade de glutamina sintetase (GS) aumentou nas folhas em resposta à salinidade. Esta tendência de aumento da atividade de GS nas folhas foi acompanhada pelas concentrações de aminoácidos solúveis totais, particularmente prolina e proteínas solúveis totais. Por outro lado, o aumento nas concentrações das frações orgânicas de N, nas folhas, foi seguido por decréscimos nas concentrações de clorofilas e por acréscimos nas concentrações de NH+4 . É provável que o aumento da atividade de GS nas folhas de plantas de cajueiro, tenha sido induzido por um adicional suprimento de NH+4 e glutamato, a partir do catabolismo de aminoácidos e de proteínas e por aumentos na atividade fotorrespiratória. Resumo em inglês To evaluate the effects and initial-action mechanism of salinity on NO-3 reduction and N compounds accumulation, 42-day-old Anacardium occidentale (CCP-1001) plants were hydroponically grown in 100 mmol L-1 NaCl for 8 days (short-term experiment), in greenhouse. The results show that reduction in transpiration rates due to salinity had a relevant role in the regulation of NO-3 reductase (NR) activity, which decreased considerably in leaf. On the contrary, glutamine sintet (mais) ase (GS) activity increased in leaf due to salinity. The increase in activity of GS in leaf was followed by the soluble amino acids concentration, in particular proline, and by the total soluble proteins content as well. On the other hand, increase in concentration of organic N fractions in leaf was concomitant to decrease in total chlorophyll content and increase in concentration of NH+4 . It is most likely that the increase in GS activity of cashew leaf may be due to additional supply of NH+4 and glutamate coming from catabolism of amino acids and proteins and from increase in photorespiratory activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Relações hídricas e trocas gasosas em vinhedo sob cobertura plástica/ Water relations and leaf gas exchange in vineyard with plastic overhead cover

Chavarria, Geraldo; Santos, Henrique Pessoa dos; Felippeto, João; Marodin, Gilmar Arduíno Bettio; Bergamaschi, Homero; Cardoso, Loana Silveira; Fialho, Flávio Bello
2008-12-01

Resumo em português No presente estudo, determinaram-se as influências da cobertura plástica impermeável (CP) sobre a demanda evaporativa atmosférica e o potencial da água no solo, bem como as conseqüências destas sobre as trocas gasosas foliares (fotossíntese, condutância estomática e transpiração) e o potencial da água na folha da videira. As avaliações foram realizadas nos ciclos 2005/06 e 2006/07, em um vinhedo da cv. Moscato Giallo, conduzido em "Y", com cobertura plásti (mais) ca impermeável tipo ráfia (160 mm), em 12 fileiras com 35 m, deixando-se cinco fileiras sem cobertura (controle). Em ambas as áreas, avaliou-se o microclima quanto à temperatura do ar, umidade relativa do ar, radiação fotossinteticamente ativa e velocidade do vento, próximos ao dossel vegetativo. A CP aumentou a disponibilidade hídrica no solo nas entrelinhas e restringiu-a nas linhas, sobretudo em profundidades mais superficiais (0-10 cm). A CP também diminuiu a demanda evaporativa atmosférica, principalmente pela redução da velocidade do vento (-90%), aumentando o potencial da água na folha e a condutância estomática. De modo geral, a CP pode favorecer a condição hídrica e elevar a capacidade de assimilação de carbono em videiras. Resumo em inglês This study evaluated the plastic overhead cover (POC) effect on evaporative demand of atmosphere and soil water content, as well as their consequences on gas exchange (photosynthesis, stomatal conductance and transpiration) and leaf water potential in grapevine. The experiment was carried out during the 2005/06 and 2006/07 seasons, in a vineyard of 'Moscato Giallo', trained in "Y" and covered with an impermeable plastic cloth (2.65 m x 160 mm), in 12 rows with 35 m, with (mais) five rows left uncovered (control). In both areas, the microclimate was evaluated, in terms of air temperature, air relative humidity, radiation photosynthetically active and wind speed above the canopy. The POC increased the soil water content between rows and restricted it in the most superficial depths of rows (0-10 cm). The POC also decreased the evaporative demand of atmosphere, mainly by reducing wind speed (-90%), which increased the leaf water potential and stomatal conductance. In this way, POC can favor water conditions and increase leaf carbon assimilation in grapevines.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Trocas gasosas e fluorescência da clorofila em seis cultivares de cafeeiro sob estresse de alumínio/ Gas exchange and chlorophyll fluorescence in six coffee cultivars under aluminum stress

Konrad, Maria Luiza Freitas; Silva, José Aliçandro Bezerra da; Furlani, Pedro Roberto; Machado, Eduardo Caruso
2005-01-01

Resumo em português Em experimento desenvolvido em casa de vegetação e em câmara de crescimento avaliou-se o efeito do alumínio (Al) na fotossíntese de seis cultivares de cafeeiro. As plantas foram cultivadas em solução nutritiva aerada continuamente, contendo duas concentrações de Al, 0 e 0,148 mmol L-1, fornecidas como Al2(SO4)3. Após 97 dias mediram-se as taxas de assimilação de CO2 (A) e transpiração (E), a condutância estomática (gs), a concentração interna de CO2 (Ci) (mais) , eficiência instantânea de carboxilação (fic) e variáveis de fluorescência da clorofila. Em todas as cultivares, a presença de Al causou quedas significantes em A, gs, fic, ocorrendo aumento em Ci. Também se observou aumento significativo na fluorescência basal (Fo) e queda na eficiência quântica máxima do fotossistema II (Fv/Fm), sugerindo injúrias na estrutura dos tilacóides causadas pelo Al. Na curva de indução de fotossíntese, observou-se que o Al causou queda no coeficiente de extinção fotoquímica da fluorescência e aumento no coeficiente de extinção não fotoquímico. Os resultados desse estudo indicaram que a queda de A foi devida à queda da condutância estomática, nas atividades bioquímicas e fotoquímicas. Resumo em inglês Experiments were carried out under greenhouse and growth chamber to evaluate the effects of aluminum (Al) on several photosynthetic characteristics in six coffee cultivars. Plants were grown in nutrient solution aerated continuously, containing two Al concentration, 0 and 0.148 mmol L-1, supplied as Al2(SO4)3. After 97 days of treatament, measurements of CO2 assimilation rate (A), transpiration rate (E), stomatal conductance (gs), internal CO2 concentration (Ci), instanta (mais) neous carboxylation efficiency (phic) and chlorophyll fluorescence related characteristics were performed. All six cultivars showed decrease in A, gs and phic and increase in Ci. The basal chlorophyll fluorescence yield (Fo) increased and the maximum quantum efficiency (Fv/Fm) decreased suggesting structural damage in thylakoid. The photosynthetic induction curve revealed that Al caused decreases in photochemical quenching of fluorescence as well as increases of non-photochemical quenching. Our results indicated that A reduction was related to decreases in both stomatal conductance, and biochemical and photochemical damages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Desempenho de cinco clones jovens de seringueira na região do Planalto Ocidental Paulista/ Performance of five young clones of rubber tree in the São Paulo Occidental plateau region

Cavalcante, Juliane Ribeiro; Conforto, Elenice de Cássia
2002-12-01

Resumo em português A Região do Planalto Ocidental Paulista tem se destacado como pólo produtor de borracha natural. Visando fornecer informações sobre a adaptação dos clones de seringueira [Hevea brasiliensis (Wildd. ex. Adr. de Juss) Müell. Arg.] RRIM 600, GT 1, RRIM 701, IAN 873 e PB 235, em São José do Rio Preto (SP), realizaram-se avaliações de alguns caracteres de sua biologia, pelo acompanhamento das trocas gasosas e mensuração do desenvolvimento vegetativo durante os pri (mais) meiros 18 meses após o enxerto sobre Tjir 16. A altura de RRIM 600 atingiu, em média, 3,74 m e o diâmetro do caule de IAN 873 e RRIM 600, 2,50 cm. PB 235 apresentou o menor índice relativo de crescimento durante o período. No período úmido, os valores das trocas gasosas não diferiram significativamente entre os clones, com valores médios da taxa fotossintética de 9,45 mmol.m-2.s-1; para a taxa de transpiração, 3,84 mmol.m-2.s-1, e para a condutância estomática, de 0,096 mol.m-2.s-1. Diferenças entre os valores de trocas gasosas ocorreram apenas no período seco, com redução mais acentuada para PB 235. Considerando o conjunto dos caracteres analisados, o desempenho dos clones IAN 873 e RRIM 600 foi superior, e do clone PB 235, inferior. Resumo em inglês The region of São Paulo Occidental Plateau is well known for its part as a major producer of natural rubber. In order to obtain information about adaptation of rubber tree clones [Hevea brasiliensis (Wildd. ex. Adr. de Juss) Müell. Arg.] RRIM 600, RRIM 701, IAN 873, PB 235 and GT 1, in the city of São José do Rio Preto some biologic characteristics were evaluated. Analysis were performed by monitoring gas exchanges and by measuring vegetative development, during the 1 (mais) 8 months after engraft on the Tjir 16 clonal rootstocks. The height of RRIM 600 reached a mean of 3,74 m, and the diameter of the stem of IAN 873 and RRIM 600 reached the mean of 2,50 cm. Clone PB 235 presented the lowest relative growth during the period. During the wet period, the values of the gas exchange did not show significant variation among the clones; the mean value of photosynthetic rates was 9,45 mmol.m-2.s-1; of transpiration rates was 3,84 mmol.m-2 s-1, and of stomatic conductance was 0,096 mol.m-2 s-1. Differences in values of gas exchanges were observed only during the dry period, with notably large reduction for clone PB 235. The characteristics analyzed lead to the conclusion that performances of clones IAN 873 and RRIM 600 were superior, and that of clone PB 235 were inferior.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Características fisiológicas das culturas de soja e feijão e de três espécies de plantas daninhas/ Physiological caracteristics of soybean and common bean crops and three weed species

Procópio, S.O.; Santos, J.B.; Silva, A.A.; Martinez, C.A.; Werlang, R.C.
2004-06-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi avaliar os características fisiológicas taxa de fotossíntese líquida (A), taxa de transpiração (E), condutância estomática (gs) e eficiência do uso da água (WUE) e os índices de crescimento biomassa seca total (Wt) e índice de área foliar (L) para as culturas de soja (Glycine max) e feijão (Phaseolus vulgaris) e para as das plantas daninhas Bidens pilosa, Desmodium tortuosum e dois biótipos de Euphorbia heterophylla (um suscetíve (mais) l e outro resistente aos herbicidas inibidores da ALS), em duas épocas de avaliação: 39 e 67 dias após a semeadura (DAS). O experimento foi conduzido a campo em um Argissolo Vermelho-Amarelo, fase terraço, utilizando-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, sendo o fator da parcela principal as espécies vegetais e o da subparcela as épocas de avaliação, com quatro repetições por tratamento. Foi observado maior Wt da soja em relação às plantas daninhas. As culturas de soja e feijão apresentaram maior L do que as plantas daninhas. Os biótipos de E. heterophylla apresentaram a maior A, bem como a maior gs. Com exceção de D. tortuosum, as plantas daninhas apresentaram maior WUE em relação às culturas nos estádios iniciais de desenvolvimento. Não foram observadas diferenças em relação a qualquer parâmetro fisiológico avaliado entre os biótipos de E. heterophylla. Resumo em inglês This work aimed to evaluate the physiological caracteristics net photosynthesis (A), transpiration rate (E), stomatal conductance (gs) and water use efficiency (WUE) and growth indexes of total dry matter (Wt) and leaf area index (L) for soybean (Glycine max), common bean (Phaseolus vulgaris) and weeds Bidens pilosa, Desmodium tortuosum and two biotypes of Euphorbia heterophylla (one susceptible and other resistant to ALS inhibitor herbicides) during two periods of evalua (mais) tion, 39 and 67 days after sowing (DAS). The experiment was conducted under field conditions in a Red-yellow Clayoil, in a randomized complete block arrangement, with four replications, in a split-plot design. The species were the plots and the evaluation times the split-plots. Higher Wt of soybean was observed in relation to the weeds. The soybean and common bean crops showed higher L than the weeds. E. heterophylla biotypes presented the largest A and gs values. Except for D. tortuosum, the weeds presented larger WUE at the initial stage of crops development. No differences were observed between E. heterophylla biotypes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Crescimento inicial de três espécies arbóreas da Floresta Atlântica em resposta à variação na quantidade de luz/ Growth response of three woody species seedlings from the Tropical Atlantic rain forest to changing light conditions

Duz, Sônia Regina; Siminski, Alexandre; Santos, Marisa; Paulilo, Maria Terezinha S.
2004-09-01

Resumo em português Verificou-se a resposta de crescimento à variação na intensidade de luz de plântulas de três espécies arbóreas da Floresta Tropical Atlântica, Cecropia glazioui Sneth., Cedrela fissilis Vell. e Bathysa australis (A. St.-Hil.) Hook. ex Sch., respectivamente de estádios inicial, intermediário e final de sucessão. As três espécies mostraram, dentro de um determinado gradiente de luz, plasticidade para aumentar a captação de luz quando em baixa irradiância (at (mais) ravés de aumento da razão de área foliar -RAF e diminuição da razão entre raiz e parte aérea - R/PA) e plasticidade para aumentar o ganho de carbono e diminuir a transpiração quando em alta irradiância (através dos aumentos da razão R/PA e densidade estomática, e da diminuição da RAF). A plasticidade das espécies em variar determinado parâmetro em função da intensidade de luz foi dependente do gradiente de intensidade de luz aplicado. A plasticidade foi maior nas intensidades mais baixas de luz tanto para C. glazioui quanto para C. fissilis. Para a maior parte dos parâmetros analisados, C. glazioui mostrou maior parte plasticidade para aclimatar-se à maior irradiância, que C. fissilis. As variações apresentadas pelas espécies na morfologia e fisiologia em relação à variação na intensidade de luz são consistentes com o local de ocorrência de cada espécie. Resumo em inglês The growth response of seedlings of three woody species from the Tropical Atlantic rain forest to changing light conditions was studied. The species were the early successional Cecropia glazioui Sneth., the intermediary in succession Cedrela fissilis Vell. and the late successional Bathysa australis (A. St.-Hil.) Hook. ex Sch. These species showed, within the range of light gradient, plasticity to increase light interception at lower light levels (through increasing leaf (mais) area ratio - LAR, and decreasing root/shoot ratio - R/SH); and plasticity to increase carbon gain and decreasing transpiration at high light levels (through increasing stomatal density and R/SH, and decreasing LAR). Species responses to irradiance varied with position along the light gradient. Plants at the lower end of the light gradient were more responsive than plants at the higher end of the light gradient. C. glazioui seemed to be more plastic than C. fissilis to alter several features. The behavior showed by the three species in response to changing light was consistent with their environmental occurrence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Relações hídricas em espécies lenhosas no campus Pampulha/UFMG, Belo Horizonte, MG/ Water relations of woody species in the campus Pampulha/UFMG, Belo Horizonte, MG

SILVA, BRUNO GUSMÃO; LEMOS FILHO, JOSÉ PIRES DE
2001-12-01

Resumo em português O presente trabalho objetivou avaliar as relações hídricas em função da demanda evaporativa e da densidade da madeira em Swietenia macrophylla King, Joannesia princeps Vell., Inga edulis Mart., Licania tomentosa (Benth.) Fritsch e Centrolobium tomentosum Guill. ex Benth. O potencial hídrico foi determinado com uma câmara de pressão e a condutância estomática, com porômetro de difusão na estação chuvosa, na estação seca e nas situações transicionais. J. p (mais) rinceps foi a espécie que apresentou maiores valores de potencial hídrico no "predawn" (psiPD > - 0,25 Mpa), e I. edulis os menores valores (psiPD = - 1,5 MPa). J. princeps apresentou maiores valores de potencial hídrico durante o dia (psiMD > - 1,5 MPa), e os menores valores foram observados em S. macrophylla e I. edulis (psiMD Dy = psiMD - psiPD) foram relacionadas positivamente com o déficit de pressão de vapor (DPV) e os maiores valores foram observados em S. macrophylla e I. edulis. Geralmente a condutância diminuiu no início da tarde e I. edulis apresentou menor restrição à transpiração. Os maiores valores de condutância foram observados em um dia nublado na estação chuvosa, com baixo DPV. Uma regressão quadrática (r² = 0,635, p Dy, uma vez que pode ocorrer uma grande restrição à perda d'água como verificado em L. tomentosa, a espécie com madeira mais densa. Resumo em inglês The present work aimed to evaluate the water relations as a function of the air evaporative demand and of the wood density in Swietenia macrophylla King, Joannesia princeps Vell., Inga edulis Mart., Licania tomentosa (Benth.) Fritsch and Centrolobium tomentosum Guill. ex Benth. The water potential was determined with a pressure chamber and the stomatal conductance with a diffusion porometer, in the rainy and dry seasons and in transitional situations. J. princeps presente (mais) d higher values of water potential in predawn (psiPD > - 0.25 MPa), and I. edulis the smallest (psiPD = - 1.5 MPa). J. princeps showed higher water potential values during the day (psiMD > - 1.5 MPa) and lower values were observed for S. macrophylla and I. edulis (psiMD Dy = psiPD - psiMD) were positively related with the vapour pressure deficit (VPD), and the largest values were observed in S. macrophylla and I. edulis. The conductance usually decreased in the beginning of the afternoon, and I. edulis presented smaller restriction to the transpiration. The largest conductance values were observed in a cloudy day of the rainy season. A quadratic regression (r² = 0.635, p Dy, once a great restriction to the loss of water can happen as observed for L. tomentosa, a species with high wood density.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Produção extemporânea da videira, cultivar Syrah, nas condições do sul de Minas Gerais/ Extemporaneous production of vines, cultivar Syrah, in the climatic conditions of the south of Minas Gerais

Amorim, Daniel Angelucci de; Favero, Ana Carolina; Regina, Murillo de Albuquerque
2005-08-01

Resumo em português Avaliou-se a produção extemporânea da videira, através de uma segunda poda anual, nas condições climáticas do sul de Minas Gerais. O experimento foi conduzido em vinhedo não-irrigado, da cultivar Syrah, clone 747 ENTAV-INRA, enxertada sobre o '3309 C' e conduzido no sistema de espaldeira, com espaçamento de 2,50 x 1,50 metros. A primeira poda de formação das plantas foi realizada em agosto de 2002, enquanto a poda de produção foi realizada no mês de janeiro, (mais) em ramos totalmente lignificados. O ciclo completo de produção foi de 164 dias e a precipitação pluviométrica acumulada neste período, de 480 mm, sendo que, nos últimos 15 dias que antecederam a colheita, não foi registrada nenhuma precipitação. Os valores do potencial hídrico de base permaneceram bastante baixos (valores absolutos) durante todo o ciclo, ao mesmo tempo que a transpiração das folhas e a assimilação do carbono se mantiveram em níveis elevados, caracterizando a ausência de estresse hídrico durante o ciclo de produção. A produção atingiu 8,45 t.ha-1 com 21,75º brix e 100 Meq.l-1 de acidez total na colheita, permitindo concluir que, nas condições de estudo, é possível a obtenção de um ciclo de outono para a videira com bons índices de produção sem o emprego da irrigação. Resumo em inglês The extemporaneous production of vines was evaluated, through a second annual prune, in the climatic conditions of the South of Minas Gerais. The experiment was carried out in a non irrigated vineyard, of the cultivar Syrah, clone 747 ENTAV-INRA, grafted on 3309 C and conducted in the vertical system, with spacing of 2,50 x 1,50 meters. The first pruning of plant's formation was accomplished in August of 2002, while the production pruning was in the month of January in br (mais) anches completely lignified. The complete cycle of production was of 164 days and the precipitation accumulated in this period was 480 mm, being that wasn't registered any precipitation on the last 15 days before the harvest. The values of the water potential stayed low (absolute mark) during the whole cycle, at the same time that, the transpiration of the leaves and the assimilation of the carbon stayed in high levels, characterizing the absence of water stress during the production cycle. The production reached 8,45 t.ha-1 with 21,75° brix and 100 Meq.l-1 in the harvest, allowing to conclude that in the conditions of this experiment is possible to obtain an autumn cycle for the vine with good production rates, without the employment of the irrigation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Fotossíntese e potencial hídrico foliar de plantas jovens de andiroba submetidas à deficiência hídrica e à reidratação/ Photosynthesis and water potential of andiroba seedlings submitted to water stress and rewetting

Gonçalves, José Francisco de Carvalho; Silva, Carlos Eduardo Moura da; Guimarães, Diogo Gato
2009-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi investigar o desempenho fotossintético de plantas jovens de andiroba (Carapa guianensis), submetidas à deficiência hídrica e à reidratação. As plantas foram irrigadas diariamente, em casa de vegetação, durante 15 dias. Após aclimatação, as plantas foram separadas em dois tratamentos: plantas irrigadas e não irrigadas. Quando a resposta fotossintética das plantas não irrigadas alcançou valores próximos a zero, as plantas foram (mais) reidratadas. A cada sete dias, durante 21 dias, foram realizadas as determinações das trocas gasosas e da fluorescência da clorofila a. O potencial hídrico foliar foi determinado no início e no fim do experimento. As taxas de fotossíntese líquida, condutância estomática e transpiração se reduziram em 88, 89 e 89%, respectivamente, após 21 dias de supressão da irrigação. Quanto às variáveis da fluorescência da clorofila a, observaram-se reduções de 27 a 58%. O potencial hídrico foliar das plantas foi reduzido em mais de quatro vezes, após 21 dias de deficiência hídrica. De quatro a oito dias após a reidratação, as plantas recuperaram as características fotossintéticas e o potencial hídrico foliar, o que indica que plantas jovens de andiroba apresentaram alta plasticidade fisiológica em relação ao estresse hídrico. Resumo em inglês The objective of this work was to investigate the photosynthetic performance of young andiroba plants (Carapa guianensis) submitted to water stress and rewetting. The plants were irrigated daily in greenhouse conditions for 15 days. After acclimatization, the plants were separated randomly in two treatments, irrigated and non-irrigated plants. When the photosynthesis of the non-irrigated plants reached values close to zero, the plants were rewetted. Measurements of gas ex (mais) changes and chlorophyll a fluorescence were recorded on seven-day intervals, during 21 days. Plant water potentials were determined at the beginning and at the end of the experiment. Net photosynthesis, stomatal conductance, and transpiration rates were reduced by 88, 89, and 89%, respectively, after 21 days of water stress. In relation to chlorophyll a, fluorescence variables were reduced 27 to 58%. The plant water potential was reduced more than four times by 21 days of stress. With rewetting, seedlings recovered their photosynthetic characteristics in four to eight days as well as their water potential, indicating that young andiroba plants exhibited high physiological plasticity to water stress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Influência da enxertia nas trocas gasosas de dois híbridos de berinjela cultivados em ambiente protegido/ Grafting effect on leaf gas exchange rates of two eggplant hybrids cultivated in greenhouse

Brandão Filho, José Usan T.; Goto, Rumy; Guimarães, Vandeir Francisco; Habermann, Gustavo; Rodrigues, João D.; Callegari, Osni
2003-09-01

Resumo em português Compararam-se os efeitos da enxertia nas trocas gasosas de dois híbridos de berinjela em pé franco e enxertado. Conduziu-se um ensaio em ambiente protegido, na FCA/UNESP, em estrutura simples, tipo arco com 7 m de largura, 40 m de comprimento e 3 m de pé direito, cobertos por filme plástico de 100 micrometros. Foram utilizados os híbridos de berinjela Nápoli e Kokuyo, enxertados em porta-enxerto específico (híbrido Taibyo VF) para esta espécie. O delineamento exp (mais) erimental utilizado foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (Nápoli pé franco, Nápoli enxertada, Kokuyo pé franco e Kokuyo enxertada) com dez repetições. A assimilação líquida de CO2 (A), transpiração (E), condutância estomática (g s) e eficiência no uso de água (EUA), obtida pela relação (A/E), foram determinadas às 09:00; 12:00; 14:00 e 16:00 horas em um dia sem nebulosidade com fluxo de fótons fotossinteticamente ativos (FFFA) de 937±126 mmol m-2 s-1, com um sistema fechado portátil de fotossíntese, IRGA, modelo LI-6200 (LI-COR). Observou-se que as plantas do híbrido Kokuyo apresentaram maiores valores para as variáveis A, E, g s e EUA que o híbrido Nápoli. A enxertia não afetou a capacidade fotossintética dos híbridos, porém, esta resultou em menores valores de E e g s nos dois híbridos, levando à maior EUA, efeito este que na prática pode resultar em menor demanda de água pelas plantas. Resumo em inglês Leaf gas exchange rates of grafted and non-grafted eggplant hybrids were compared under greenhouse conditions. The experiment was conducted in a plastic house (7m in width, 40 m in length and 3 m in height), covered with 100 micrometros plastic film. Hybrids Napoli and Kokuyo were grafted on the Taibyo VF hybrid, a specific rootstock for eggplant grafting. The experimental design was a completely randomized design with four treatments (non-grafted Napoli hybrid; grafted N (mais) apoli hybrid; non-grafted Kokuyo hybrid and grafted Kokuyo hybrid) and ten replications. Net CO2 assimilation (A) and transpiration (E) rates, stomatal conductance (g s) and water use efficiency (EUA) were measured at 09:00; 12:00; 14:00 and 16:00 h on a non-cloudy day with photosynthetic active radiation (PAR) of 937±126 mmol m-2 s-1, with a close photosynthesis system, IRGA, LI-6200 (LI-COR). Results showed that Kokuyo hybrid presented greater A, E, g s and EUA when compared to Napoli hybrid. None of the hybrid's photosynthetic capacities were affected by the grafting, but the same caused lower E and g s on both hybrids, leading to greater EUA, which in practice may result in less water demand.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Comparação entre equações empíricas para estimativa da evapotranspiração de referência na Bacia do Rio Jacupiranga/ Comparison of empirical equations to estimate reference evapotranspiration in Jacupiranga River Basin

Borges, Alisson C.; Mendiondo, Eduardo M.
2007-06-01

Resumo em português A evapotranspiração de referência (ETo) representa a perda de água do solo vegetado para a atmosfera devido à evaporação e à transpiração. O modelo de Penman-Monteith demanda variados elementos meteorológicos em sua solução, o que dificulta sua aplicação em estudos agrometeorológicos e hidrológicos em regiões com poucas estações meteorológicas, como a bacia do rio Jacupiranga, SP, Brasil. O estudo foi realizado com o objetivo de se verificar a precis� (mais) �o dos métodos de estimativa de ETo propostos por Camargo, Blaney-Criddle, Hamon, Hargreaves, Thornthwaite e Kharrufa, definindo-se coeficientes de ajuste regional. Dados meteorológicos de duas estações climatológicas locais foram usados nas estimativas. Na comparação das equações com o método FAO Penman-Monteith, analisaram-se coeficientes de determinação, correlação concordância, confiança e erro padrão experimental. Os resultados obtidos indicam que, na região, os métodos de Hargreaves e Camargo podem ser aplicados tanto na forma original como na formulação modificada. A equação de Hargreaves com coeficientes regionais apresentou índices de confiança superiores a 0,995 para a bacia do rio Jacupiranga e é recomendada devido às suas exeqüibilidade e simplicidade. Resumo em inglês The reference evapotranspiration represents water loss of vegetated soil to the atmosphere due to evaporation and transpiration. The Penman-Monteith model requires several meteorological elements in its solution, which complicates its application in agricultural, meteorological and hydrological studies in areas with few meteorological stations, such as the Jacupiranga River Basin, in the State of São Paulo, Brazil. The study was carried out with the objective of verifyin (mais) g the precision of ETo estimate methods proposed by Camargo, Blaney-Criddle, Hamon, Hargreaves, Thornthwaite and Kharrufa, by defining coefficients of regional adjustment. Meteorological data from two local climatological stations were used in the estimates. The method of FAO Penman-Monteith was used for comparing the empirical equations. Coefficients of determination, correlation, reliability and experimental errors were used. The results indicate that the Hargreaves and Camargo methods can be applied not only in their original form but also in their modified formulation. The Hargreaves equation with regional coefficients showed reliability indexes greater than 0.995 for the Jacupiranga River Basin and it is recommended due to its applicability and simplicity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

TROCAS GASOSAS E RELAÇÕES HÍDRICAS EM LARANJEIRA 'VALÊNCIA' ENXERTADA SOBRE LIMOEIRO 'CRAVO' E TRIFOLIATA E SUBMETIDA À DEFICIÊNCIA HÍDRICA

MEDINA, CAMILO LÁZARO; MACHADO, EDUARDO CARUSO
1998-01-01

Resumo em português Em citros, diferentes porta-enxertos podem afetar a tolerância da planta à deficiência hídrica. Neste trabalho, avaliaram-se, sob condições controladas, as taxas de assimilação de CO2 (A) e de transpiração (E), a condutância estomática (gs), a eficiência no uso da água (WUE), o potencial da água na folha (Yl) e o conteúdo relativo de água (RWC), em mudas de laranjeira 'Valência' sobre os porta-enxertos limoeiro 'Cravo' e Poncirus trifoliata (Trifoliata) (mais) submetidas à deficiência hídrica. As mudas foram cultivadas em vasos e a deficiência hídrica, aplicada pela suspensão da irrigação. Não houve decréscimo em A, E, WUE, Yl e RWC nas plantas quando o potencial da água no substrato (Ysb) esteve acima de -0,04 MPa, mostrando valores semelhantes entre os tratamentos. Para Ysb abaixo de -0,05 MPa, contudo, além de ter ocorrido queda nos valores de A, E, WUE, gs e Yl, as plantas sobre os dois porta-enxertos apresentaram respostas diferentes. As plantas sobre 'Cravo' iniciaram a queda em A, WUE e Yl um dia antes que as plantas sobre Trifoliata e levaram dois dias mais para se recuperarem. Em Ysb de -0,13 MPa, A atingiu 4,1 mmol/m2.s para o tratamento Trifoliata e 1,8 mmol/m2.s para o 'Cravo'. Os valores mínimos de A foram atingidos em Ysb de -0,23 MPa, sendo de 1,0 mmol/m2.s para o 'Cravo' e 2,0 mmol/m2.s para o Trifoliata. A manutenção de maiores valores de A, gs, WUE e Yl, em condições de limitação ao desenvolvimento do sistema radicular, sugeriu maior tolerância à deficiência hídrica de laranjeira 'Valência' enxertada sobre Trifoliata que sobre 'Cravo', em plantas em vasos. Resumo em inglês Different rootstocks may influence orange tree tolerance to water stress. Under controlled conditions and water deficit, CO2 assimilation rate (A), transpiration rate (E), stomatal conductance (gs), water use efficiency (WUE), leaf water potential (Yl) and relative water content (RWC), were analysed, in potted 2 years old 'Valencia' orange trees grafted on 'Rangpur' lime and Poncirus trifoliata (Trifoliata), rootstocks. There was no decrease in A, E, WUE, Yl and RWC when (mais) the substrate water potential (Ysb) was above -0.04 MPa. However, when Ysb was bellow -0,05MPa, plants grafted on both rootstocks showed different responses. In plants 'Rangpur' A, WUE and Yl started lowering one day before plants on Trifoliata and delayed two days to recover. When Ysb =-0.13MPa, A reached 4.1 mmol/m2.s and 1.8 mmol/m2.s to Trifoliata and 'Rangpur' treatments, respectively. The minimum values of A when Ysb = 0.23MPa were 1.0 and 2.0 mmol/m2.s in 'Rangpur' and Trifoliata, respectively. Maintenance of the highest values of A, gs, WUE and Yl suggested that 'Valencia' orange tree grafted on potted Trifoliata showed a higher tolerance to water stress than that grafted on 'Rangpur'.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Efeitos da inundação no crescimento, trocas gasosas e porosidade radicular da carnaúba (Copernicia prunifera (Mill.) H.E. Moore)/ Effects of flooding on carnaúba growth, gas exchange and root porosity (Copernicia prunifera (Mill.) H.E. Moore)

Arruda, Giovana Maria Tadaieski; Calbo, Maria Elisa Ribeiro
2004-06-01

Resumo em português A carnaúba, Copernicia prunifera (Mill.) H.E. Moore, é uma palmeira típica do Nordeste brasileiro, ocorrendo com freqüência em terrenos salinizados e mal drenados. Para se determinar o grau de tolerância da carnaúba à inundação, plantas com quatro meses de idade foram mantidas em vasos com o solo coberto por uma lâmina de 80mm de água além de um grupo controle. A altura da parte aérea dessas plantas foi medida semanalmente durante 60 dias de inundação, ap� (mais) �s tal período, quantificaram-se os volumes gasosos intercelulares das raízes (porosidade). A porosidade das raízes teve valores de 25,3% em plantas inundadas e 21,8% em plantas controle. As taxas de fotossíntese, condutância estomática e transpiração foram determinadas semanalmente, durante 35 dias de inundação, para plantas com 10 meses de idade. Após o período de inundação de 35 dias, as concentrações de CO2 e O2 nas raízes das plantas foram quantificadas, sendo observada aumento da concentração de CO2 e diminuição da concentração de O2 em raízes de plantas inundadas, comparadas às concentrações desses gases em plantas controle. O alagamento do solo reduziu a fotossíntese e a condutância estomática, mas não afetou o crescimento da parte aérea e nem induziu o aparecimento de sintomas resultantes do estresse de inundação, indicando que a carnaúba apresenta alguma tolerância a tal condição, conferida possivelmente pela alta porosidade das raízes. Resumo em inglês Carnaúba, Copernicia prunifera (Mill.) H.E. Moore, is a common Brazilian palm from the Northeast region, which is usually found in saline and poorly drained soils. To evaluate the degree of tolerance to flooding, 4 month-old plants were grown in soil submerged by a 80mm water layer, for 60 days. During this period, shoot height was measured weekly. After 60 days of flooding, root intercellular air volume (porosity) was measured. Porosity was 25,3% on flooded plants and 2 (mais) 1,8% on control plants. Photosynthetic rate, stomatal conductance and transpiration were measured in 10 month-old plants, during 35 days of flooding. After this period of flooding, internal CO2 and O2 concentrations were quantified on roots. Flooded plants had higher concentration of CO2, and lower concentration of O2, compared to control plants. While a reduction in photosynthesis and stomatal conductance occurred, shoot height improvement was not affected and no visible flooding symptoms were seen in carnaúba shoots, indicating that this species displays tolerance to flooding, which is probably related to the high root porosity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Análise de crescimento e trocas gasosas na cultura de milho em plantio direto e convencional/ Growth analysis and gas exchanges in corn cultivated in no tillage and conventional cropping

Lopes, João Paulo; Machado, Eduardo Caruso; Deuber, Robert; Machado, Ricardo Silverio
2009-01-01

Resumo em português O sistema de plantio exerce efeitos característicos sobre o solo e pode afetar o crescimento das plantas. Neste trabalho se avaliou, por meio de análise de crescimento e de trocas gasosas os efeitos do plantio direto (PD) e plantio convencional (PC) na cultura de milho após cultivo de triticale. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com parcelas (sistema de plantio) subdivididas (datas de coletas) com seis repetições. Os dados primários de massa seca e (mais) área foliar foram obtidos em plantas cortadas ao nível do solo em intervalos de 15 dias. Calcularam-se a taxa de crescimento da cultura (TCC), taxa de assimilação líquida (TAL) e o índice de área foliar (IAF). As medidas de trocas gasosas [assimilação de CO2 (A); transpiração (E) e condutância estomática (gs)] foram efetuadas com um analisador portátil de fotossíntese, aos 36, 49 e 80 dias após a emergência, respectivamente nos estádios V8 (desenvolvimento vegetativo), V T (pendoamento) e R4 (grãos pastosos). IAF, TCC, a fitomassa seca total, das espigas, dos colmos e a produtividade de grãos foram superiores em PC. As trocas gasosas não apresentaram diferenças entre os sistemas de plantio. A ocorrência de deficiência hídrica em fevereiro e em março causou decréscimos em A, gs e E. As diferenças observadas em PC foram relacionadas ao desenvolvimento mais rápido e maior do IAF. Resumo em inglês Each cropping system acts in a particular way on soil characteristics and may affect crop growth differently. In this research the effects of no tillage (NT) and conventional system (CS) on corn cultivated after triticale, were evaluated by using growth analysis and gas exchanges. The experimental design was completely randomized block with plots (cropping system) and sub-plots (sampling dates) with six replications. The primary data of dry matter and leaf area were colle (mais) cted from all plants in one meter row which were, cut at the level of the soil, every 15 days. Crop growth rate (CGR), net assimilation rate (NAR) and leaf area index (LAI) rate were evaluated. Measurements of gas exchanges [CO2 assimilation (A); transpiration (E) and stomatic conductance (gs)] were take using photosynthesis a portable analyzer at 36, 49, and 80 days after the seedling emergence, at the stage V8, V T and R4, respectively. LAI and CGR, total dry matter, dry matter of stems, ears and grains were higher in CS. The gas exchanges did not showed any differences between the cropping systems. The occurrence of water deficiency in February and March causes reduction of A, gs and E. The differences observed in CS were related to the faster growth and higher LAI.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Variação sazonal das trocas gasosas, turgescência relativa do tronco e produtividade em dois cultivares de seringueira em Votuporanga, SP, Brasil/ Seasonal variations of gas exchange, relative trunk turgescence and yield in two clones of rubber tree cultivated in Votuporanga, SP, Brazil

Conforto, Elenice de Cássia; Cavalcante, Juliane Ribeiro; Pessoa, José Dalton Cruz; Moreno, Rogério Manoel Biagi; Mattoso, Luiz Henrique Capparelli
2005-12-01

Resumo em português Alguns pesquisadores têm enfocado a influência dos fatores agrometeorológicos e fisiológicos sobre a produtividade da seringueira, mas a magnitude destas relações ainda não é totalmente conhecida. Assim, no presente estudo, investigou-se a possível relação entre alguns parâmetros fisiológicos e a produção de dois cultivares de seringueira, PB 235 e GT 1, cultivados em Votuporanga, Estado de São Paulo, durante o período seco e úmido de 2000-2001. A produ� (mais) �ão total do período foi de 4.550,5 kg/ha, dos quais PB 235 respondeu por 59,9%, com produção 12,6% maior que a de GT 1 no período seco e 29,8 % no período úmido. Os valores da taxa fotossintética variaram entre 2,19 e 3,46 µmol m-2s-1 para GT 1, e entre 2,31 e 3,93 µmol m-2s-1 para PB 235; a transpiração variou entre 0,66 e 1,88 mmol m-2s-1 e 0,78 e 1,77 mmolm-2s-1, respectivamente; e, a condutância estomática, entre 0,021 e 0,041 molm-2s-1 e 0,021 e 0,043 mol m-2s-1, respectivamente. A ausência de recuperação noturna da turgescência do caule durante o período seco, em ambos os cultivares, poderia justificar a variação da produtividade, que foi mais intensa em PB 235, provavelmente decorrente do significativo decréscimo da taxa fotossintética e da eficiência da carboxilação neste período. Resumo em inglês Some reseachers have considered the influence of physiological and agrometerological factors on rubber tree yield, altough the real magnitude of these interrelationships remain unknown. Due to this, a study was carried out with two rubber clones, PB 235 and GT 1, cultivated in Votuporanga,São Paulo State, Brazi, in order to examine the possible correlations between physiological parameters and yield during the dry and wet 2000-2001 seasons. The yield during the period wa (mais) s 4550 kg/ha: PB 235 yield was 59.9%, which was 12.6% higher than GT 1 during the dry season and 29.8 % during the wet season. The photosynthetic rate had varied between 2.19 to 3.46 µmolm-2s-1 in GT 1, and 2.31 to 3.93 µmolm-2s-1 in PB 235; the transpiration rate, between 0.66 to 1.88 mmolm-2s-1 and 0.78 to 1.77 mmolm-2s-1, respectively; and, the stomatal conductance, between 0.021 to 0.041 molm-2s-1 and 0.021 to 0.043 mol m-2s-1, respectively. In both clones, the absence of nocturnal stem turgescence recovery during the dry season could explain the variation of productivity. This was more intense for PB 235 in consequence of the significant decrease of the photosynhtetic rate and carbon assimilation efficiency during this period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Consumo de água em plantios de eucalipto: parte 1 determinação da condutância estomática em tratamentos irrigado e não-irrigado/ Water consumption in eucalypt plantation: part 1 determination of stomatal conductance in irrigated and non-irrigated treatments

Carneiro, Rogério Lessa de Castro; Ribeiro, Aristides; Martinez y Huaman, Carlos Alberto; Leite, Fernando Palha; Sediyama, Gilberto Chohaku; Bastos, Nairam Felix de
2008-02-01

Resumo em português Devido ao grande interesse sobre a necessidade hídrica em cultivos de eucalipto e qual a resposta da planta às condições ambientais, esta pesquisa teve como objetivo calcular o consumo de água em plantios de eucalipto com 2 anos de idade. O trabalho foi composto por duas partes, sendo a primeira dedicada à determinação da condutância estomática em clones de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla irrigados e não-irrigados e à verificação do efeito da varia (mais) ção sazonal das varáveis ambientais. A segunda parte compreendeu a modelagem da resistência estomática e o cálculo da transpiração pelo método de Penman-Monteith. O sítio experimental localizava-se no Município de Belo Oriente, Estado de Minas Gerais, a 19(0)18'23" S de latitude, 42(0)22'46" W de longitude e 220 m de altitude. Na primeira parte, a condutância estomática foi medida em três períodos diferentes: período úmido, início do período seco e período seco. Valores médios da condutância estomática variando entre 0,41 e 0,22 mol m-2 s-1 no plantio irrigado e entre 0,38 e 0,24 mol m-2 s-1 no não-irrigado foram encontrados. Também, verificou-se que a condutância estomática sofreu variação entre os períodos úmido e seco, a qual foi relacionada com algumas variáveis ambientais e umidade do solo. Resumo em inglês In response to the growing interest in hydric need in eucalypt plantations and plant response as a function of environmental conditions, this work aimed to calculate water consumption in 2-year-old Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla clones located both on irrigated and non-irrigated plantations. This work is divided into two parts. In the first, stomatal conductance is determined and the effect of seasonal variability of environmental variables is verified. In the (mais) second, stomatal resistance is modeled and eucalypt transpiration is calculated by the Penman-Monteith method. The experimental site was located in Belo Oriente, Minas Gerais, at 19º 18'23" S latitude, 42º22'46" W longitude and 220 m altitude. Stomatal conductance was measured in three different periods: humid period, early dry period, and dry period. Average values of stomatal conductance ranged from 0.41to 0.22mol m-2 s-1 for the irrigated treatment and from 0.38 to 0.24 mol m-2 s-1 for the non-irrigated treatment. Stomatal conductance was also found to decrease between the humid and dry periods. This variation was related with some environmental variables and soil moisture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Anatomia comparada das folhas e raízes de Cymbidium Hort. (Orchidaceae) cultivadas ex vitro e in vitro/ Comparative leaf and root anatomy of ex vitro and in vitro cultured Cymbidium Hort. plants

Mayer, Juliana Lischka Sampaio; Ribas, Luciana Lopes Fortes; Bona, Cleusa; Quoirin, Marguerite
2008-06-01

Resumo em português Na fase de cultivo in vitro, as plantas são mantidas em ambiente com alta umidade relativa do ar, baixa luminosidade e trocas gasosas restritas, o que resulta em taxa de transpiração reduzida. Portanto, quando essas mudas são expostas ao meio ex vitro, sofrem estresse que pode causar a morte. O objetivo desse trabalho foi comparar a estrutura anatômica das mudas de Cymbidium 'Joy Polis' cultivadas ex vitro (planta matriz e aclimatizada) e in vitro e verificar se a es (mais) trutura anatômica das plantas in vitro influencia no processo de aclimatização. As plantas ex vitro foram mantidas em casa-de-vegetação, em vasos individuais com o substrato fibra de coco em pó combinada com fibra de coco, e as plantas in vitro foram mantidas em meio de cultura MS. Para a análise anatômica qualitativa foram coletadas amostras de folhas e raízes de plantas ex vitro e in vitro. As plantas aclimatizadas apresentaram estrutura morfoanatômica semelhante à da planta matriz. A estrutura anatômica das plantas in vitro não influenciou a sobrevivência das mudas durante a aclimatização devido à plasticidade fenotipica desse cultivar. As plantas de Cymbidium 'Joy Polis' possuem grande capacidade de aclimatização ao ambiente, sendo provavelmente este um dos fatores responsáveis pela sobrevivência de 100% das mudas. Resumo em inglês During in vitro culture plants are kept in an atmosphere with high relative humidity, low light intensity and reduced gas exchange, resulting in low transpiration rates. Therefore, when these plants are exposed to ex vitro conditions, they suffer stress, which can induce mortality. The purpose of this study was to compare the anatomical structure of Cymbidium 'Joy Polis' plants from ex vitro (mother plant and acclimatized plants) and in vitro cultures and to verify if the (mais) anatomical structure of in vitro cultured plants affects acclimatization. The ex vitro plants were kept in a greenhouse in pots containing a mixture of coconut-fiber powder and coconut fiber. The in vitro plants were kept in MS culture medium. For the qualitative anatomical analysis, samples of leaves and roots were collected from ex vitro and in vitro plants. The acclimatized plants presented morphological and anatomical structure similar to the mother plant. The anatomical structure of in vitro plants did not affect plant survival during the acclimatization process, as this cultivar has great phenotypic plasticity. Cymbidium 'Joy Polis' plants have high capacity of adaptation to the environment and this characteristic is likely to be responsible for their survival rate of 100% during acclimatization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Trocas gasosas e teores de minerais no feijão-de-corda irrigado com água salina em diferentes estádios/ Gas exchange and mineral concentration in cowpea irrigated with saline water at different stages

Neves, Antonia L. R.; Lacerda, Claudivan F. de; Guimarães, Francisco V. A.; Gomes Filho, Enéas; Feitosa, Daniel R. C.
2009-12-01

Resumo em português Realizou-se este trabalho com o objetivo de estudar os efeitos da aplicação de água salina nos diferentes estádios de desenvolvimento de plantas de feijão-de-corda sobre as trocas gasosas, o crescimento e os teores de minerais. O experimento foi conduzido no campo e obedeceu o delineamento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos utilizados foram: T1 - água do poço (CEa de 0,8 dS m-1) durante todo o ciclo (controle); T2 - água (mais) salina (CEa de 5,0 dS m-1) durante todo o ciclo; T3, T4 e T5 - água salina de 0 a 22, de 23 a 42 e de 43 a 62 dias após o plantio (DAP), respectivamente. As plantas dos tratamentos T3, T4 e T5 foram irrigadas com água do poço nas demais fases do ciclo. Realizaram-se, ao longo do ciclo da cultura, medições de trocas gasosas e se determinaram a produção de matéria seca e os teores de Na+, Cl-, K+, Ca2+, N e P. Os tratamentos T2 e T3 em relação ao T1 (controle), reduziram as taxas de fotossíntese e transpiração e as taxas de crescimento vegetativo e provocaram acúmulo, especialmente de Na+ e Cl-, porém se verificou, nas plantas do T3, recuperação de todas essas variáveis ao final do ciclo da cultura. As alterações no acúmulo de Na+ e Cl- nas plantas dos tratamentos T4 e T5 não foram suficientes para provocar efeitos significativos nas trocas gasosas nem nas taxas de crescimento da cultura, em comparação com as plantas do T1. Resumo em inglês The objective of this paper was to evaluate the effect of irrigation with saline water, applied at different development stages of cowpea, on gas exchange, growth and nutrient concentration. The experiment was set up in the field, in a completely randomized block design, with five treatments and five repetitions. The treatments studied were: T1 - Groundwater with electrical conductivity (ECw) of 0.8 dS m-1 during the whole crop cycle (control); T2 - saline water (ECw = 5. (mais) 0 dS m-1) during the whole crop cycle; T3, T4 and T5 - saline water from 0 to 22nd day after sowing (DAS), from the 23rd to the 42nd DAS and from the 43rd to 62nd DAS, respectively. The plants of T3, T4 and T5 were irrigated with groundwater in the remaining stages of the crop cycle. During the crop cycle, the gas exchange in leaves, dry mass production and mineral concentrations (Na+, Cl-, K+, Ca2+, N and P) were determined. The treatments T2 and T3, as compared to T1, reduced the net photosynthesis and transpiration, the absolute and relative growth rates, and caused an increase in Na+ and Cl- concentrations. However, in the plants belonging to the T3 treatment, recovery was observed for all these variables. The changes in Na+ and Cl- concentration in plants of T4 and T5 were not sufficient to provoke significant effects in gas exchange and on plant growth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Trocas gasosas e fluorescência da clorofila a em variedades de cana-de-açúcar submetidas à deficiência hídrica/ Gas exchange and chlorophyll a fluorescence of sugarcane varieties submitted to water stress

Gonçalves, Eduardo R.; Ferreira, Vilma M.; Silva, José V.; Endres, Laurício; Barbosa, Tadeu P.; Duarte, Weverton de G.
2010-04-01

Resumo em português O estresse hídrico afeta grande parte da agricultura mundial, razão por que se propôs, através deste trabalho, avaliar o comportamento, em casa-de-vegetação, de quatro variedades de cana-de-açúcar (SP79-1011, RB72454, RB98710 e RB92579) submetidas a déficit hídrico durante a fase inicial de crescimento vegetativo. As plantas foram cultivadas em vasos plásticos contendo 15 kg de solo. O estudo foi um fatorial (4 variedades x 3 níveis de água disponível no sol (mais) o), em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. Os níveis de água no solo foram baseados na capacidade de água disponível (CAD) ficando assim definidos: controle (80 a 100% da CAD), estresse hídrico moderado (40 a 60% da CAD) e estresse hídrico severo (0 a 20% da CAD). A deficiência hídrica provocou reduções significativas na condutância estomática (gs), transpiração foliar (E), fotosíntese líquida (A) e na eficiênca de uso da água de produção (EUAp), independente da variedade. As variedades SP79-1011 e RB98710 apresentaram maior sensibilidade estomática, reduzindo gs e E aos 71 dias após início do estresse, mesmo sob condições controle; entretanto, em tais condições A foi pouco afetada, indicando que as plantas são capazes de manter a taxa fotossintética, mesmo com os estômatos parcialmente fechados. O estresse hídrico provocou pouca redução na eficiência fotoquímica potencial das variedades estudadas. Resumo em inglês Water stress affects a great part of the world's agriculture. Thus, this work was conducted to evaluate photosynthetic traits in four varieties of sugarcane (SP79-1011, RB72454, RB98710 and RB92579) submitted to water stress during the early stage of the vegetative period. The plants were cultivated in plastic pots (15 kg of soil). The study was a factorial (4 varieties x 3 levels of soil water content based on available water capacity (AWC)), in a completely randomized d (mais) esign with 5 replications. The levels of water content in the soil were as follows: control (80 to 100% of AWC), moderate water stress (40 to 60% of AWC) and severe water stress (0 to 20% of AWC). Water stress provoked a significant reduction in stomatic condutance (gs), foliar transpiration (E), net photosynthesis (A) and in the water use efficiency of production (WUEy), irrespective of varieties. The varieties SP79-1011 and RB98710 showed greater stomatal sensitivity, reducing gs and E by the 71 days after the beginning of the water stress treatments, even in the control. However, under such conditions A was little affected, indicating that the plants are capable to fixing CO2 with stomata partially closed. Water stress caused a small reduction in the potential photochemical efficiency (Fv/Fm ratio) in the studied varieties.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Alterações das características fisiológicas da bananeira sob condições de fertirrigação/ Alteration of the physiologic characteristics in banana under fertirrigation conditions

Melo, Alberto Soares de; Silva Júnior, Carlos Dias da; Fernandes, Pedro Dantas; Sobral, Lafayette Franco; Brito, Marcos Eric Barbosa; Dantas, Jolly Dayanne Melo
2009-06-01

Resumo em português A aplicação de fertilizantes via sistema de irrigação tem se tornado uma prática importante para o suprimento de nutrientes na fruticultura. No entanto, é necessário estudar o efeito dessa aplicação sobre a fisiologia da bananeira a fim de aumentar a eficiência do uso desses insumos. O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos de doses de nitrogênio e potássio, via água de irrigação, sobre as características fisiológicas da bananeira, cultivar 'Prata (mais) -Anã', nos tabuleiros costeiros do Estado de Sergipe. O experimento foi conduzido no campo, utilizando um fatorial 4x4 com quatro blocos casualizados, na Estação Experimental da Universidade Federal de Sergipe. Foram testados dois fatores: nitrogênio (0; 250; 500 e 750, em kg ha-1 de N, na forma de uréia) e potássio (0; 290; 580 e 870, em kg ha-1 de K2O, na forma de cloreto de potássio). Foram determinadas: a taxa de assimilação de CO², a transpiração, a condutância estomática, a concentração interna de CO² e as eficiências no uso da água e da carboxilação. A condutância estomática foi reduzida, principalmente, na fertilização com 700kg ha-1 de N e na ausência de K, afetando as trocas gasosas e, conseqüentemente, o processo fotossintético. Em situações de maior disponibilidade de potássio, as bananeiras necessitam de menores quantidades de nitrogênio para manutenção da eficiência no uso da água, como conseqüência da melhoria no ajuste estomático. Resumo em inglês Fertilizer application through the irrigation system, has become an important way to supply nutrients to fruit trees. However, it is necessary to study its effects on the banana tree physiology, in order to improve fertilizer use efficiency. The objective of this study was to evaluate doses of nitrogen and potassium through irrigation water, on the physiological characteristics of the banana tree, cv. 'Prata-Anã', in the coastal tablelands of Sergipe State. The experimen (mais) t was established in the field, using a 4² factorial with four randomized blocks, at the Sergipe Federal University Experimental Station. Two factors were tested: nitrogen (0; 250; 500 and 750, in kg ha-1 of N, as urea) and potassium (0; 290; 580 and 870, in kg ha-1 of K2O, as potassium chloride). Rate of net CO² assimilation, transpiration, stomatal conductance, internal leaf CO² concentration, water use efficiency and carboxylation efficiency were determined. The stomatal conductance was reduced in the fertilization with 700kg ha-1 of N and absence of K, affecting the gas exchanges and, consequently, the photosynthesis. In situations of higher potassium readiness, the banana trees need smaller amounts of nitrogen in order to maintain the efficiency in the water use, as consequence of the best stomatal adjustment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Estimativa do coeficiente de cultura do cafeeiro em função de variáveis climatológicas e fitotécnicas/ Estimative of the coffee crop coefficient as function of the weather and plant parameters

Villa Nova, Nilson Augusto; Favarin, José Laércio; Angelocci, Luiz Roberto; Dourado-Neto, Durval
2002-04-01

Resumo em português Com base em pesquisa realizada no cafezal do Departamento de Produção Vegetal da ESALQ, Universidade de São Paulo, utilizando a cultivar Mundo Novo IAC 388-17, enxertada na cultivar Apoatã IAC 2258, plantada no espaçamento de 2,5 m x 1,0 m (4.000 plantas.ha-1), propôs-se um método para a estimativa do coeficiente de cultura (Kc) de café. O método fundamentou-se na estimativa da transpiração do cafeeiro em função de variáveis climatológicas e fitotécnicas ( (mais) área foliar, densidade de plantas e manejo de plantas daninhas). Entre 15 e 40 meses após a implantação do cafezal, realizaram-se estimativas de Kc nas condições de densidade de plantio e da área foliar do cafeeiro, bem como simulações para diferentes densidades, na presença e na ausência de plantas daninhas. Os resultados evidenciaram a dinâmica do coeficiente de cultura (Kc) com a variação da área foliar e a densidade de plantio. O Kc estimado foi superior na presença de mato até 30 meses após o plantio, para o espaçamento adotado neste experimento. Em comparação com os dados de Kc para café indicados na literatura, o método proporcionou resultados consistentes, com a vantagem de permitir simulações para diferentes densidades de plantas. Em vista dos resultados, sugerem-se estudos adicionais da relação entre área foliar e densidade de plantas elevada, ou seja, que ultrapasse o limite adotado neste experimento, de 4.000 plantas.ha-1. Resumo em inglês With the objective of proposing a new approach to estimate the crop coefficient (Kc) for coffee, a field experiment was carried out at the Crop Production Department of ESALQ, University of São Paulo, Piracicaba, Brazil (latitude: 22º43'30"S, longitude: 47º38'00"W and altitude 580 m). The method was based on the estimates of crop transpiration as function of weather and crop variables (plant density, leaf area and weeds management). The cultivar Mundo Novo IAC 388-17 g (mais) rafted on the cultivar Apoatã IAC 2258 was planted on the spacing of 2.5 m x 1.0 m (4,000 plants.ha-1). From 15 to 40 months of age, at intervals of 60 to 150 days, crop water consumption was estimated through a water balance procedure, assuming a uniform water status of the crop. Leaf area of two plants was assessed in 18 occasions during the experimental period, using the equipment LI-COR 3100 (Lambda Corporation, NE, USA). The values of Kc had a dynamic behavior with the increase of the transpiring surface as a function of leaf area and planting density. The presence of weed caused increases on Kc up to 30 months after planting. Comparing the values of Kc available in the literature to the ones obtained in this work, the present approach provided consistent results, with the advantage of allowing the simulation of other planting density conditions within the limit of 4,000 plants.ha-1 evaluated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Respostas fisiológicas de diferentes clones de eucalipto sob diferentes regimes de irrigação/ Growth and physiological traits of eucalypt clones under differents water regimes

Vellini, Ana Lídia Tonani Tolfo; Paula, Nádia Figueiredo de; Alves, Pedro Luis da Costa Aguiar; Pavani, Luiz Carlos; Bonine, Cesar Augusto Valencise; Scarpinati, Edimar Aparecido; Paula, Rinaldo Cesar de
2008-08-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de clones de Eucalyptus spp. em diferentes regimes hídricos, em casa de vegetação, visando subsidiar trabalhos de melhoramento quanto à tolerância ao estresse hídrico. O experimento foi conduzido por 73 dias, em delineamento em blocos casualizados, no esquema fatorial 18 x 4 (18 clones e quatro regimes de irrigação: diária e a cada dois, quatro e seis dias), com quatro repetições. Avaliou-se o incremento relati (mais) vo em altura, diâmetro do coleto, número de folhas, área foliar, matéria seca de folhas, de caule e de raízes, razão raiz/parte aérea, taxa líquida de fotossíntese, condutância estomática, transpiração e potencial hídrico foliar. As avaliações fisiológicas foram realizadas um dia antes e um dia depois da irrigação de cada tratamento. Todas as características apresentaram diferenças significativas tanto entre os genótipos quanto entre os regimes hídricos. As estimativas do coeficiente de determinação genotípico apresentaram valores acima de 0,86 quanto às características de crescimento e entre 0,46 e 0,84 com relação às fisiológicas. Em geral, os clones apresentaram reduções nas características analisadas à medida que a freqüência de irrigação diminuiu, mas em proporções variáveis entre eles. Foi possível identificar material genético promissor para trabalhos de melhoramento visando à tolerância ao estresse hídrico. Resumo em inglês The aims of this work were to evaluate the growth and physiological traits of eucalypt clones submitted to four irrigation regimes, in a greenhouse, and to subsidiary breeding programs to resistance to water stress. The experiment was carried out in a randomized block design, and a factorial scheme 18 x 4 (18 clones and four irrigation regimes: daily; every two days; every four days; every six days) with four replications during 73 days. It was evaluated the relative grow (mais) th rate at height, root collar diameter, number of leaves, leaf area, dry matter of the leaves, stem and roots, the root-shoot ratio, the net photosynthesis, stomatal conductance, transpiration and leaf water potential. The physiological evaluations were performed one day before and one day after the irrigation in each treatment. All the evaluated characters presented significant difference among genotypes and water regimes. The estimates of genotypic determination coefficient presented values over 0.86 for growth traits and between 0.46 and 0.84 for physiological ones. The genotypes generally presented reduction in their traits as the frequency of irrigation was decreased, although in variable proportions among them. It was possible to identify promising genotypes for breeding aiming the resistance to drought stress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Alterações morfofisiológicas em folhas de cafeeiro (Coffea arabica L.) consorciado com seringueira (Hevea brasiliensis Muell. Arg.)/ Morphophysiological alternations in leaves of Cofeea arabica L. plants in consort with Hevea brasiliensis Muell. Arg.

Nascimento, Erivaldo Alves do; Oliveira, Luiz Edson Mota de; Castro, Evaristo Mauro de; Delú Filho, Nelson; Mesquita, Alessandro Carlos; Vieira, Carlos Vinicio
2006-06-01

Resumo em português O cultivo da seringueira em monocultivo ou consorciada com cafeeiro surge como alternativa promissora e uma opção para os cafeeicultores frente às constantes oscilações da produção e do mercado. Porém, a produtividade de ambas as culturas é fortemente afetada pelas variações climáticas e pelo sistema de cultivo adotado. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da variação dos fatores do clima e dos sistemas de cultivo sobre as trocas gasosas, eficiê (mais) ncia fotoquímica do fotossistema II (FV/FM) e anatomia foliar do cafeeiro. Foram estudados quatro sistemas de cultivo: café em monocultivo (C), três fileiras de cafeeiros a cada fileira dupla de seringueira (SSCCCSS), uma fileira de cafeeiros a cada fileira de seringueira (SCS) e três plantas de café a cada planta de seringueira na mesma fileira (SCSCS). As plantas dos sistemas (SSCCCSS), (SCS) e (SCSCS) apresentaram os menores valores de taxas fotossintéticas (A), condutância estomática (gs), transpiração (E) e maiores valores para a razão Fv/Fm. As plantas de café em (C) apresentaram médias superiores de espessura dos parênquimas paliçádico e lacunoso, do limbo foliar, além de maior índice estomático em relação aos demais sistemas de cultivo, apresentando, dessa forma, plasticidade anatômica para a espécie, quando comparada às plantas de sol e sombreadas pela seringueira. Resumo em inglês One alternative to reduce the effects of the production instability and of the insecurity of world budget over coffee growers is the cultivation of rubber tree intercropped with coffee. However, the productivity of both cultures is affected strongly by the climatic variations and for the crop system. The objective of this research was to perform evaluations of gas exchanges, chlorophyll fluorescence (Fv/Fm ratio) and leaf anatomy of coffee trees in cropped in different sy (mais) stems with rubber tree and environment. Four intercropping systems were studied as described: full sun coffee (C), three coffee cultivation lines between double strip of rubber tree (SSCCCSS), one coffee cultivation line between rubber tree strips (SCS) and three coffee plants for one rubber tree in the same cultivation line (SCSCS). The coffee plants of the (SSCCCSS), (SCS) and (SCSCS) systems showed smaller values of net photosynthesis rate (A), stomatal conductance (gs) and transpiration (E) and highest values of Fv/Fm ratio than that observed for the (C) system. The coffee plants cropped in the (C) system presented the highest average leaf thickness and also the largest thickness of palisade and lacunar parenchymas and stomatal index. These results indicate that coffee leaves have a great anatomic plasticity when cropped at full sun light or under shaded caused by rubber trees.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Eficiência fotossintética e uso da água em plantas de eucalipto pulverizadas com glyphosate/ Photosynthetic efficiency and water use in eucalyptus plants sprayed with glyphosate

Machado, A.F.L.; Ferreira, L.R.; Santos, L.D.T.; Ferreira, F.A.; Viana, R.G.; Machado, M.S.; Freitas, F.C.L.
2010-06-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar a eficiência fotossintética e o uso da água por plantas de clones de eucalipto submetidas ao herbicida glyphosate. O experimento foi realizado em esquema fatorial 4 x 5, com quatro clones de eucalipto (57, 386, 1203 e 1213) e quatro doses de glyphosate (43,2; 86,2; 129,6; e 172,8 g ha-1) e uma testemunha sem herbicida, considerada dose zero, com quatro repetições. Aos 7, 14, 21 e 28 dias após aplicação do herbicida (DAA) foi (mais) avaliada a intoxicação das plantas, e aos 7 e 21 DAA, o fluxo de gases pelos estômatos (U - mmol s-1), a atividade fotossintética (A - mmol m-2 s-1), a condutância estomática (Gs - mol m-1 s-1), a transpiração (E - mol H2O m-2 s-1) e a eficiência do uso da água (QUE - mol CO2 mol H2O-1). Aos 50 DAA, as plantas de eucalipto foram coletadas e colocadas em estufa de ventilação forçada a 70 ºC até atingirem massa constante. Aos 21 DAA, o clone 1203 comportou-se como mais sensível ao herbicida. Não houve diferença entre clones para as variáveis fisiológicas avaliadas. Aos 21 DAA constatou-se que, com o incremento da dose de glyphosate, houve redução na condutância estomática, na taxa de fluxo de gases pelos estômatos, na taxa fotossintética e na eficiência do uso da água. Plantas dos clones 1213 e 1203 apresentaram maior acúmulo de massa seca. O aumento da dose do glyphosate promoveu menor acúmulo de massa seca das plantas de eucalipto. O glyphosate afetou negativamente o crescimento e a eficiência fotossintética e de uso da água dos clones estudados. Resumo em inglês The objective of this study was to assess the photosynthetic efficiency and water use by eucalyptus clones submitted to the herbicide glyphosate. The experiment was performed in a 4 x 5 factorial, with four eucalyptus clones (57, 386, 1203 and 1213), four doses of glyphosate (43.2, 86.2, 129.6 and 172.8 g ha-1) and a control without herbicide, considered zero dose, with four replications. At 7, 14, 21 and 28 days after herbicide application (DAA), plant intoxication was e (mais) valuated and at 7 and 21 DAA, stomatal gas flow (U - mmol s-1), photosynthetic activity (A -mmol m-2 s-1), stomatal conductance (Gs - mol m-1 s-1), transpiration (E - mol H2O m-2 s-1) and water use efficiency (WUE - mol CO2 mol H2O-1). At 50 DAA, the eucalyptus plants were collected and placed in a forced-ventilation oven at 70 °C until constant weight to determine dry mass. At 21 DAA, clone 1203 was found to be the most sensitive to the herbicide. There was no difference among the clones for the assessed physiological variables. At 21DAA, it was verified that increasing doses of glyphosate led to a reduction in stomatal conductance, stomatal gas flow rate, photosynthetic rate and water use efficiency. Plants of clones 1213 and 1203 showed a higher accumulation of dry mass. Increasing doses of glyphosate promoted less accumulation of dry mass in the eucalyptus plants. Glyphosate negatively affected growth, photosynthetic efficiency and water use of the evaluated clones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Produção e partição de matéria seca e abertura estomática do limoeiro 'Cravo' submetido a estresse salino/ Production and partitioning of dry matter and stomatal conductance of Rangpur lemon under salt stress

Cruz, Jailson Lopes; Pelacani, Claudinéia Regina; Soares Filho, Walter dos Santos; Castro Neto, Manoel Teixeira de; Coelho, Eugênio Ferreira; Dias, Antonivalda Tosta; Paes, Rafael Amoedo
2003-12-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência da salinidade sobre alguns parâmetros fisiológicos do limoeiro 'Cravo' (Citrus limonia Osbeck), principal porta-enxerto da citricultura baiana. Esses estudos são importantes, porque podem viabilizar a utilização de água de baixa qualidade para irrigação, com vistas a melhoria da produtividade dessa cultura. Sementes de limão 'Cravo' foram selecionadas quanto ao tamanho e colocadas para germinar em areia (mais) lavada. Três dias após a germinação as plantas foram transferidas para vasos plásticos contendo solução nutritiva. Após um período de adaptação de dez dias, os tratamentos salinos foram induzidos pela adição de quantidades de NaCl à solução de crescimento para a obtenção das concentrações finais de 0, 20, 40 e 80 mM de NaCl. O experimento foi montado em um delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (concentrações de NaCl) e cinco repetições. Quarenta e dois dias após o início da imposição do estresse salino o experimento foi encerrado. Observou-se que a salinidade reduziu as produções das matérias secas totais, do caule e das raízes. Nos níveis intermediários de NaCl (20 e 40 mM) nem a área foliar e nem a matéria seca das folhas foram afetadas; esses caracteres foram afetados apenas no nível de 80 mM. O aumento dos níveis de salinidade determinou reduções na relação raiz:parte aérea das plantas, na condutância estomática, na transpiração e na temperatura foliar. Resumo em inglês This research aimed to evaluate the influence of the salinity on some physiological parameters in Rangpur lime (Citrus limonia Osbeck), which is the principal citrus rootstock in Bahia. The importance of this study is based on the possibility of using water of low quality for irrigation, which is a production constraint for citrus crop. Rangpur lime seeds were selected by size and sowed in washed sand. Three days after the germination, the seedlings were transferred to pl (mais) astic pots containing nutrient solution. After ten days, the saline treatments were applied by addition of NaCl to the growth solution in each pot, reaching the final concentrations of 0, 20, 40 and 80 mM of NaCl. The completely randomized experiment had four treatments (NaCl concentration) and five replications. Forty two days after the beginning of the saline stress the experiment was concluded. The salinity decreased total dry matter production of the stem and roots. In the intermediate levels of NaCl (20 and 40 mM), neither the leaf area nor the leaf dry matter were affected; those characters were only affected in the level of 80 mM. The increase of the salinity levels caused reduction in the root:canopy ratio, in the stomatal conductance, in the transpiration and in the leaf temperature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Necessidades hídricas de citros e macieiras a partir da área foliar e da energia solar/ Water requirements of citrus and apple trees as affected by leaf area and solar energy

Pereira, André Belmont; Villa Nova, Nilson Augusto; Alfaro, Adriane Theodoro
2009-09-01

Resumo em português A energia solar é a fonte primária para a fotossíntese e a transpiração vegetal para que uma cultura expresse seu potencial produtivo em um dado local. O método proposto neste estudo pretende facilitar o cálculo do volume de água (litros/planta/dia) necessário para uma irrigação localizada com o mínimo desperdício possível em pomares cítricos e de macieiras, utilizando-se de dados usualmente disponíveis, tais como área foliar, densidade de fluxo de radia� (mais) �ão solar global, saldo de radiação e déficit de saturação de vapor médio diário do ar. Considerando-se que a irrigação localizada consome bem menos água do que o sistema de aspersão, e que a outorga de água para irrigação está cada vez mais limitada, tal estudo vem a ser certamente de grande importância para assegurar a autossustentabilidade da agricultura irrigada, especialmente em regiões áridas e semiáridas. Foram utilizados neste trabalho, para desenvolvimento da metodologia proposta, dados de fluxo de seiva medidos através do método de fluxo de calor, em pomar de lima-ácida-Tahiti com área foliar de 48 e 99 m², bem como em pomar de macieiras com área foliar aproximada de 5; 8; 9; 11; 16 e 21 m². Os resultados obtidos indicaram que a metodologia proposta, baseada na habilidade das plantas em converter energia solar fixada em água transpirada, mostrou-se viável para avaliar a lâmina de irrigação de plantas cítricas e macieiras nas localidades estudadas. Resumo em inglês Solar energy is the primary source for photosynthesis and transpiration in such a way as to assure the expression of the crop yield potential at a given site. The current methodology aims to ease the calculation of the water amount (liters/plant/day) necessary for a localized irrigation scheduling with a minimal loss possible at both citrus and apple trees orchards by means of usual available data, such as leaf area, global solar radiation flux density, net radiation and (mais) air daily mean steam saturation deficit. Taking into account that the localized irrigation system takes up far less water than sprinkler systems and also that the grant of water for irrigation is becoming more and more limited, such a work certainly comes to be of a great importance to assure the sustainability of the irrigated agriculture, especially at both arid and semi-arid regions. For the development of the proposed methodology a data set of sap flux measured by means of the heat flux approach in a citrus orchard, cultivar Tahiti, with leaf areas of 48 and 99 m², as well as in apple trees with leaf areas roughly of 5, 8, 9, 11, 16 and 21 m² was used herein. The obtained results revealed that it is rather feasible to estimate the amount of irrigation water throughout the whole citrus and apple trees cycle by means of the criterion based on the physiological variable input, which expresses the ability of the plants to converting solar energy into water taken up in the transpiration process at the sites in study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Crescimento, parâmetros biofísicos e aspectos anatômicos de plantas jovens de seringueira inoculadas com fungo micorrízico arbuscular Glomus clarum/ Growth, biophysical parameters and anatomical aspects of young rubber tree plants inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi Glomus clarum

Diniz, Patrícia Fabian de Araújo; Oliveira, Luiz Edson Mota de; Gomes, Marcelo Pedrosa; Castro, Evaristo Mauro de; Mesquita, Alessandro Carlos; Bonome, Lisandro Tomas da Silva; Silva, Luciana da
2010-03-01

Resumo em português Fungos micorrízicos são reconhecidamente benéficos quando em associação às plantas por favorecerem seu crescimento e desenvolvimento. Apesar de pouco comum para a seringueira, a inoculação artificial de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) tem se mostrado uma alternativa para a redução no uso de fertilizantes e pesticidas nas culturas, bem como para a formação de mudas, visando obtenção de porta-enxertos precoces e bem nutridos. O estudo objetivou avalia (mais) r o efeito da inoculação do FMA Glomus clarum no crescimento e características biofísicas e anatômicas de plantas jovens de seringueira. Os tratamentos consistiram de plantas inoculadas com o fungo Glomus clarum adubadas com 50 ppm de fósforo (mic+50P), plantas não inoculadas adubadas com 50 ppm de fósforo (s/mic+50P) e plantas não inoculadas adubadas com 500 ppm de fósforo (s/mic+500P). Constatou-se que as plantas micorrizadas apresentaram altura e diâmetro dos caules, matéria seca da parte aérea, densidade estomática e área foliar, semelhantes às plantas s/mic+500P. Maior acúmulo de matéria seca de raiz, maior taxa de transpiração, menor resistência estomática e menor temperatura foliar foram observadas para as plantas micorrizadas. As análises anatômicas das raízes evidenciam a ocorrência de alterações no tecido vascular, com aumento no número de pólos de xilema das raízes das plantas micorrizadas. Resumo em inglês Mycorrhizal fungi are beneficial when associated with plants because they favor growth and develop. Although infrequent, artificial inoculation of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) has become an alternative to reduce the use of fertilizers and pesticides in crops, as well as for the formation of seedlings, to obtain precocious and well fed rootstocks. The objective of the study was to evaluate the effect of inoculation of AMF Glomus clarum on growth and biophysical and a (mais) natomical characteristics of young rubber trees. The treatments consist of plants inoculated with the fungus Glomus clarum and fertilized with 50 ppm of phosphorus (mic+50P), non-inoculated plants fertilized with 50 ppm of phosphorus (s/mic+50P) and non-inoculated plants fertilized with 500 ppm of phosphorus (s/mic+500P). The mycorrhizal plants showed height and stem diameter, dry matter accumulation of the aerial part, stomatal density and leaf area similar to the plants s/mic+500P. Greater accumulation of dry matter in the roots, higher transpiration rate, less stomatal resistance and lower leaf temperature were reported for the mycorrhizal plants. The anatomical analyses of the roots showed alterations in the vascular tissue, with increase in the number of xylem poles in the mycorrhizal plant roots.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Teor de água no substrato de crescimento e fotossíntese em laranjeira ‘Valência’/ Substrate water content and photosyntesis in ‘Valencia’ orange trees

MACHADO, EDUARDO CARUSO; MEDINA, CAMILO LÁZARO; GOMES, MARA DE MENEZES DE ASSIS
1999-01-01

Resumo em português Analisou-se a resposta da fotossíntese (A), transpiração (E), condutância estomática (g s), potencial da água na folha (Y), conteúdo relativo de água na folha (RWC), concentração interna de CO2 (Ci) e eficiência do uso de água (WUE) em laranjeiras ‘Valência’, sobre duas espécies de porta-enxertos, submetidas ao dessecamento do substrato de crescimento. As medidas foram feitas diariamente em laboratório (temperatura = 27 ± 1 oC, déficit de press� (mais) �o de vapor = 1,5 ± 0,3 kPa e 700 mmol.m-2.s-1 de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos), até que A atingisse valores próximos a zero, quando os vasos foram reirrigados. Em seguida, as mesmas variáveis foram medidas por mais quatro dias. Os valores de A e de Y praticamente não variaram com teores de água no substrato entre 24 e 15% e com RWC entre 90 e 80%. Todavia, g s começou a decrescer desde o início de a queda no RWC e abaixo de 18% no teor de água no substrato. Discute-se a possibilidade da resposta do estômato estar diretamente relacionada à variação do teor de água no substrato, via comunicação raiz-parte aérea. A relação A/E, isto é, WUE, apresentou uma tendência discreta de diminuir com a queda de g s, indicando que, sob estresse mais severo (Y< -2,7 MPa), A diminuiu relativamente mais que E. O aumento da concentração interna de CO2 (Ci) em Y abaixo de -2,7 MPa sugeriu que sob estresse mais severo, além da queda da absorção de CO2 devida ao fechamento dos estômatos, houve queda na atividade da fotossíntese em si. Depois da reirrigação, Y recuperou o valor inicial em 12 horas, enquanto A e g s não se recuperaram totalmente após 3 dias. Resumo em inglês Photosynthesis (A), transpiration (E), stomatal conductance (g s), leaf water potential (Y), leaf relative water content (RWC), internal CO2 concentration (Ci) and water use efficiency (WUE) have been evaluated in ´Valencia´ orange trees grafted on two rootstocks exposed to substrate desiccation. Daily measurements at the laboratory conditions (temperature = 27 ± 1oC, water vapor pressure 1,5 ± 0,3 kPa, and photon flux density = 700 mmol.m-2.s-1) have been made until (mais) A reached values near zero. After rehydration, the same variables above have been evaluated for additional four days. A and Y values have not varied within 24% and 15% of substrate water content and for RWC ranging from 90 and 80%. However, there has been a decrease in g s along with the decline on substrate water content and RWC. It is suggested that the stomatal response is directly related to the variation in substrate water content, by root-to-shoot communication. The ratio A/E (WUE) has shown a slight reduction trend as g s declined, showing that under severe stress (Y < -2,7 MPa), A has reduced more than E. The increase of CO2 internal concentration (Ci) in Y below -2,7 MPa has pointed out that, under severe stress, CO2 assimilation has declined as a result of both stomatal closure and reduced photosynthesis activity. After a 12 hour-rewatering period Y had recovered the initial values while A and g s had not yet reached the initial values, which have been obtained, though partially, only after a three day-rewatering period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Variação sazonal da fotossíntese, condutância estomática e potencial da água na folha de laranjeira 'Valência'/ Seasonal variation of photosynthetic rates, stomatal conductance and leaf water potential in 'Valencia' orange trees

Machado, Eduardo Caruso; Medina, Camilo Lázaro; Gomes, Mara de Menezes de Assis; Habermann, Gustavo
2002-03-01

Resumo em português Em espécies perenes podem ocorrer variações nas taxas de trocas gasosas e nas relações hídricas em função da variação das condições ambientais, durante os diferentes meses do ano. Avaliaram-se, em laranjeira ´Valência´ enxertada sobre quatro espécies de porta-enxerto, mantida sem deficiência hídrica, as taxas de fotossíntese (A) e de transpiração (E), a condutância estomática (g) e o potencial da água na folha (psi f ), medidos nos períodos da man (mais) hã (9h00 às 11h00) e da tarde (13h00 às 15h00) nos meses de janeiro, março e julho em Campinas - SP. As espécies de porta-enxertos não tiveram efeitos sobre as variáveis medidas. Independente do porta-enxerto A, g e Y f foram menores no período da tarde. A queda de A deve estar relacionada com a queda de g que diminuiu em resposta ao aumento do déficit de pressão de vapor entre o ar e a folha (DPVar-folha ) nos horários mais quentes do dia. Apesar de ocorrer fechamento parcial dos estômatos no período da tarde E foi similar ao período da manhã, devido ao aumento do DPVar-folha. Também observou-se queda em A e em g no sentido de janeiro para julho. Sugere-se que a queda em A e em g ocorrida em março em comparação a janeiro esteja relacionada à queda da atividade de crescimento da planta, afetando as relações fonte-dreno, visto que as condições ambientais nestes dois meses foram semelhantes. As quedas de A e de g observadas em julho, em relação à janeiro e março, parecem estar relacionadas tanto à queda na temperatura noturna quanto à queda na atividade de crescimento. Resumo em inglês Seasonal variation in environmental conditions may influence gas exchange rates as well as water relations in perennial species. This work was carried out to evaluate photosynthetic rates (A), transpiration (E), stomatal conductance (g) and leaf water potential (psi f ) in 'Valencia' orange trees grafted on four different rootstocks. Measurements were made twice a day: from 9h00 to 11h00 a.m. and from 1h00 to 3h00 p.m., during January, March and July. A and g were signifi (mais) cantly lower and psif was significantly more negative, in the afternoon. The decrease in A may be related to the reduction in g, due to the increase in the vapor pressure deficit between the air and the leaf (VPDair-leaf ) in the afternoon, when temperatures are higher. In spite of the partial stomatal closure in the afternoon, the values for E were approximately the same as those measured in the morning, due to the increase in the VPDair-leaf . A decrease in A and g could also be noted from January to July, that is, from the hot and humid summer months, to the colder and drier winter ones. It was suggested that the decrease in A and g observed from January through March, may be related to the decrease in plant growth rates, which could have influenced the source-sink relationships, since the climatic conditions for both months were similar. The decrease in A and g showed in July, seems to be related to the decrease in both the night temperature and the growth rate of plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

INTERNAL WATER RELATIONS OF THE UMBU TREE UNDER SEMI-ARID CONDITIONS/ RELAÇÕES HÍDRICAS INTERNAS DO UMBUZEIRO SOB CONDIÇÕES SEMI-ÁRIDAS

LIMA FILHO, JOSÉ MOACIR PINHEIRO
2001-12-01

Resumo em português Realizou-se um estudo na Embrapa-Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Semi-Árido (CPATSA), Petrolina-PE, objetivando identificar os mecanismos, através dos quais o umbuzeiro (Spondias tuberosa Arr. Cam.) mantém o balanço hídrico interno durante as estações de seca e chuvosa. Os resultados obtidos basearam-se em observações do potencial hídrico e de seus componentes, utilizando-se da câmara de pressão e câmaras higrométricas / microvoltímetro. Sob co (mais) ndições de seca, os valores mais baixos de potencial hídrico e potencial osmótico foram observados em torno das 8 h, atingindo, respectivamente --0,97 MPa e --1,17 MPa, resultando em uma pressão de turgor de 0,2 MPa. A pressão mais baixa ocorreu às 16 h, atingindo 0,16 MPa. Entretanto, a recuperação hídrica não foi observada, até o final dia. Durante a estação chuvosa, os valores de mais baixos de potencial hídrico foram obtidos às 14 h , quando foram detectados, respectivamente --1,55 MPa. Neste momento, o potencial osmótico atingiu --1,57 MPa , culminando com uma pressão de turgor de 0,02 MPa. Entretanto, até o final do dia, a condição hídrica da planta foi similar à observada no início do dia. Estes resultados sugerem que o umbuzeiro apresenta duas estratégias para manter, durante o dia, um balanço hídrico interno favorável, dentro das condições ambientais estudadas. Sob condições de sequeiro, o balanço seria mantido através da utilização da água armazenada nas túberas e uma baixa transpiração. Durante a estação das chuvas, o balanço hídrico pode ter sido mediado por um ajuste osmótico, a julgar pelas variações observadas à tarde entre níveis de potencial hídrico e potencial osmótico. Resumo em inglês A study was conducted at the Embrapa Semi-Árido, Petrolina-PE, Brazil, with the aim of understanding the mechanism by which the umbu tree (Spondias tuberosa Arr. Cam.) maintains its diurnal internal water balance in dry and wet seasons. The results obtained were based on the measuring of leaf water potential and its components using the pressure chamber and hygrometric chambers / microvoltmeter. Under dry conditions, the lowest values on water potential and osmotic poten (mais) tial were observed around 8:00 h, reaching, respectively, --0. 97 MPa and --1.17 MPa, resulting a turgor pressure of 0.2 MPa. The lowest turgor pressure occurred at 16:00 h when 0.16 MPa was detected but full recovery was not observed by the end of the light period. During the raining season, however, the lowest water potential was --1.55 MPa at 14:00h and -1.57 MPa at 14:00 h giving a turgor pressure of 0.02 MPa. Recovery was fast and, by the end of the day, plant water status was similar to the value observed at predawn. These results suggest the umbu tree presents two strategies for maintaining a favorable internal water balance, regarding the environmental situations studied. Under dry conditions the diurnal balance would be maintained at the expenses of water stored in the tubers and by restricted transpiration. During the rainy season, the diurnal water balance may have been mediated by a short term osmotic adjustment as judged by the observed afternoon range between water potential and osmotic potential.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Deficiência hídrica, trocas gasosas e crescimento de raízes em laranjeira ‘Valência’ sobre dois tipos de porta-enxertos/ Water deficit, gas exchange and root growth in 'Valencia' orange tree budded on two rootstocks

Magalhães Filho, José Rodrigues; Amaral, Lucas Rios do; Machado, Daniela Fávero São Pedro; Medina, Camilo Lázaro; Machado, Eduardo Caruso
2008-01-01

Resumo em português O crescimento e a distribuição do sistema radicular afetam as respostas das plantas à ocorrência de deficiência hídrica. Este trabalho teve como objetivo avaliar em mudas de laranjeira 'Valência' enxertada sobre limoeiro 'Cravo' ou Poncirus trifoliata ('Trifoliata') o crescimento de raízes, as trocas gasosas (CO2 e H2O), o potencial da água na folha e a distribuição de carboidratos nos diversos órgãos, em plantas submetidas à deficiência hídrica. As mudas (mais) foram transplantadas para 32 rizotrons, que permitiam a visualização das raízes, sendo 16 para cada porta-enxerto e submetidas ou não à irrigação. A deficiência hídrica às plantas foi aplicada pela interrupção do fornecimento de água às plantas. A condutância estomática decaiu após o quarto dia sem irrigação, causando redução da fotossíntese, da transpiração e da eficiência de carboxilação. O teor de carboidrato total (sacarose + açúcares redutores + amido) em plantas sem estresse foi maior em 'Trifoliata', e entre os tratamentos com deficiência hídrica foi sempre inferior. As massas secas das plantas sem deficiência hídrica foram maiores, em ambos os porta-enxertos. Entre os tratamentos irrigados e não irrigados, o comprimento das raízes dentro de um mesmo tipo de porta-enxerto foram semelhantes. Porém, o comprimento das raízes de laranjeira 'Valência' sobre 'Cravo' foi significativamente maior. Mesmo sob deficiência hídrica e grande queda da produção fotossintética, as raízes permaneceram crescendo, possivelmente às expensas de substrato mobilizado de outros órgãos. Resumo em inglês The growth and distribution of the root system affect the response of the plants to water deficit. This work aim at the to evaluation of 'Valencia' orange budded on 'Rangpur¢ lime and Poncirus trifoliata ('Trifoliata') as to root growth, gas exchange (CO2 and H2O), leaf water potential and distribution of carbohydrates in several organs, in plants submitted to water deficit. Plants were transplanted to 32 rizotrons, which allowed root visuali (mais) zation of the roots. Sixteen plants in each rootstock were submitted to irrigation and the other 16 remained without irrigation. Water deficit was induced withholding the water supply. Stomatal conductance declined after the fourth day without irrigation, causing a reduction of the photosynthesis, the transpiration and the carboxilation efficiency. The total carbohydrate content (sucrose + reducing sugars + starch) in plants without water stress was greater in 'Trifoliata', and among the water deficit treatments it was always less. The dry phytomass of the plants without water deficit was greater in both rootstocks. Among the irrigated and non irrigated treatments, the length of the roots same of rootstocks was similar. However, the root lengths of plants on 'Rangpur' lime were significantly greater than that on 'Trifoliata'. Even under water deficit and great decrease of the photosynthetic production, the roots maintained growth, possibly at the expenses of mobilized substrates of other plant parts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Efeito do substrato na emergência, crescimento e comportamento estomático em plântulas de mangabeira/ Effect of the substrate on the emergence, growth and stomatal behavior in mangaba seedlings

Nogueira, Rejane Jurema Mansur Custódio; Albuquerque, Manoel Bandeira de; Silva Junior, Josué Francisco
2003-04-01

Resumo em português Procedeu-se a um estudo em plântulas de mangabeira, com o objetivo de avaliar a germinação, crescimento inicial e relações hídricas em casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com 50 repetições e três tipos de substratos: areia autoclavada, solo natural coletado em pomar espontâneo da espécie e uma mistura de húmus, areia e terriço vegetal na proporção de 2: 4: 4 (v/v/v). Verificaram-se a porcentagem de germ (mais) inação, índice de velocidade de emergência (IVG), altura das plântulas, número de folhas, temperatura foliar (Tf), transpiração (E) e resistência difusiva (Rs). Foram mensuradas também a temperatura (Tar), umidade relativa (UR) e a radiação fotossinteticamente ativa (PAR). Os maiores percentuais de germinação e IVG ocorreram em areia autoclavada. A altura e o número de folhas não foram influenciados pelos substratos. Foram verificadas diferenças significativas entre os tratamentos para E e Rs. Folhas de plantas cultivadas em solo natural transpiraram mais do que as da mistura (9,59 e 2,59 mmol.m-2.s-1, respectivamente), sendo que ambas diferiram daquelas cultivadas em areia autoclavada (4,63 mmol.m-2.s-1). A Rs em folhas no substrato areia foi de 2,2 s.cm-1, enquanto, nas folhas em solo natural, esse valor foi de 0,9 s.cm-1. Verificou-se efeito inverso e significativo para as correlações entre a Tf e E, e positivo entre Tf e Rs. Os efeitos de E x Rs foram inversos e altamente significativos para todos os tratamentos estudados. A Tf, E e Rs, bem como a altura das plântulas e o número de folhas não foram influenciados pela Tar, UR e PAR. Resumo em inglês This study was carried out in greenhouse aiming to evaluate the germination, initial growth and water relations in mangaba seedlings. The experimental design was a completely randomized with fifty replicates and three substrates: autoclaved sand, local soil of the plants native region and a mixed of humus, sand and vegetal soil (2:4:4, v/v/v). The following variables were studied: germination and emergence velocity (IVG) rates, seedling height, number of leaves, leaf temp (mais) erature (LT), transpiration (E) and diffusive resistance (Rs). Also some climate variables were measured: air temperature (Tar), relative humidity (UR) and photosynthetic active radiation (PAR). The larger values of germination and IVG were observed in autoclaved sand substrate. Both plant height and number of leaves hadn't been influenced by substrates. There were significant differences among treatments in relation to E and Rs. Leaves of seedlings cultivated in native soil have transpired more than mixed substrate (9.59 and 2.59 mmol.m-2.s-1, respectively). Leaves cultivated in autoclaved sand showed intermediate value (4.63 mmol.m-2.s-1). There were variations on Rs of leaves for sand substrate and for native soil substrate (2.2 and 0.9 s.cm-1, respectively). Inverse and significant effect for correlations among LT and E was verified. Positive effect was observed among LT and Rs. Effects of E x Rs were inverse and significant for all treatments. LT, E and Rs, as well as seedling height and number of leaves were not influenced by Tar, UR and PAR.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Qualidade pós-colheita de caqui 'fuyu' com utilização de diferentes concentrações de cobertura comestível/ Postharvest quality of 'fuyu' persimmon using different concentrations of edible coatings

Silva, Michele Carvalho da; Atarassi, Márcia Eiko; Ferreira, Marcos David; Mosca, Marcos Antônio
2011-02-01

Resumo em português Ao aplicar cera em frutas, tem-se o objetivo de criar uma película de proteção com a função de reduzir a perda de massa por evaporação e transpiração, e ainda diminuir a possibilidade de contaminação dos frutos por agentes causadores de podridão, melhorando assim o aspecto visual do produto. Dessa forma, é possível aumentar o tempo de conservação, diminuindo consequentemente os prejuízos por perdas na pós-colheita. O caqui é uma fruta muito apreciada, c (mais) om alto potencial de exportação, porém sensível ao manuseio e armazenamento. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o efeito da aplicação da cera comestível Megh Wax ECF-124 (18% de ativos, composta por emulsão de cera de carnaúba, tensoativo aniônico, preservante e água), produzida por Megh Indústria e Comércio Ltda em três diferentes concentrações (25, 50 e 100%), na qualidade pós-colheita do caqui 'Fuyu' armazenado por 14 dias. Os atributos avaliados para qualidade foram: firmeza, pH, acidez titulável, sólidos solúveis, perda de massa e coloração. Os resultados demonstraram que a aplicação da cera nas diferentes concentrações foi efetiva, principalmente na conservação da massa do caqui cv. Fuyu e manutenção da coloração externa. A aplicação de cera não causou diferenças significativas nas propriedades químicas avaliadas. O tratamento na concentração de 25% apresentou menor índice de descarte durante armazenamento, todavia maiores concentrações demonstraram menores valores de perda de massa. Aplicação de cera de carnaúba em caqui apresenta um grande potencial de uso para melhoria na conservação pós-colheita, podendo ser aplicado juntamente com outras tecnologias, auxiliando na manutenção da qualidade para exportação. Resumo em inglês One of the main objectives of applying edible coatings on fruits surface is to create a protective film to reduce weight loss due to evaporation and transpiration and also to decrease the risk of fruit rot caused by environmental contamination, in order to improve the visual aspect. Therefore, it is possible to increase shelf life, and decrease post harvest losses. Persimmon is a much appreciated fruit, with high potential for export, but sensitive to handling and storage (mais) . This study aimed to evaluate the effect of applying the edible coating Megh Wax ECF-124 (18% of active composts, consisting of emulsion of carnauba wax, anionic surfactant, preservative and water) produced by Megh Industry and Commerce Ltda in three different concentrations (25, 50 and 100%) on post harvest quality of 'Fuyu' persimmon stored for 14 days. The attributes evaluated for quality were: firmness, pH, acidity, soluble solids, weight loss and color. The results showed that application of carnauba wax in different concentrations was effective on decreasing weight loss of persimmon cv. Fuyu and maintenance of color aspects. Treatment at lower concentration, 25%, showed lower rate of discharge, but high concentrations showed lower values of mass loss. Carnauba wax application showed a high potential for use on postharvest conservation, and can be applied together with other technologies, helping to maintain quality for export.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Características estomáticas de pares congenéricos de cerrado e mata de galeria crescendo numa região transicional no Brasil central/ Stomatal traits of cerrado and gallery forest congeneric pairs growing in a transitional region in central Brazil

Rossatto, Davi Rodrigo; Hoffmann, William Arthur; Franco, Augusto César
2009-06-01

Resumo em português Em áreas protegidas do fogo, espécies arbóreas predominantemente florestais conseguem se estabelecer no cerrado e crescer lado a lado com espécies do mesmo gênero que são características destas formações savânicas. Devido às condições ambientais diferenciadas encontradas nas formações de cerrado e de mata, estas espécies congenéricas podem se comportar como grupos funcionais distintos. Neste trabalho foi realizado um estudo comparativo da anatomia dos est (mais) ômatos e da condutância estomática e taxas de transpiração foliar em 10 pares de espécies congenéricas do cerrado e de mata de galeria e das relações entre as características estomáticas selecionadas e a condutância estomática, já que a morfologia dos estômatos e sua densidade afetam a área para difusão dos gases e sua trajetória através dos poros estomáticos. Cada par foi de uma família diferente. Para a maioria das espécies, a área do poro estomático foi o fator de maior influencia no processo de trocas gasosas, pela sua correlação com a condutância estomática, enquanto a densidade estomática mostrou uma correlação negativa significativa tanto com o comprimento da célula-guarda quanto com a área do poro estomático. As espécies do cerrado apresentaram valores significativamente maiores do comprimento da célula-guarda e do poro estomático. No entanto, para a maioria dos outros parâmetros estomáticos examinados, a maior parte da variação pode ser atribuída a diferenças entre os gêneros, sendo que a variação entre as espécies dos dois ambientes parece ser um produto da historia evolutiva de cada grupo e não reflete uma especialização ao ambiente de cerrado ou de mata de galeria. Resumo em inglês In fire-protected sites of Central Brazil, forest trees can establish in the neighbouring savanna and grow side by side with cerrado trees of the same genera. Because of the large differences in their native environment, the cerrado and forest species may represent two distinct functional types. In this study we performed a comparative study of stomata anatomical characteristics, stomatal conductance and transpiration of 10 congeneric species pairs of cerrado and gallery (mais) forest species. Each pair was from a different family. Because stomatal anatomy and density affect the area and the path for gas diffusion through the stomatal pores, we also assessed possible relationships among the selected stomata traits and stomatal conductance. The area of the stomatal pore was the anatomical trait with the largest influence on gas exchange. Increases in pore area were correlated with an increase in stomatal conductance for most species. On the other hand, stomatal density was negatively correlated with both the length of the guard-cell and the area of the stomatal pore. The length of the stomatal pore and of the guard cell was significantly greater for cerrado species. However, most of the observed variation could be attributed to differences among genera, indicating that these stomatal traits are the product of the particular evolutionary history of each genus, and not the result of specialization to the cerrado or forest environment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Crescimento e índices de troca gasosa em plantas de pepino irrigadas com água enriquecida com CO2/ Growth analysis and gaseous exchange in cucumber plants irrigated with carbon dioxide enriched water

Canizares, Kathia A.L.; Rodrigues, João D.; Goto, Rumy
2004-12-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito do enriquecimento da água de irrigação com CO2 sobre índices fisiológicos de desenvolvimento e troca gasosa de folhas de plantas de pepino do tipo japonês, cultivados em ambiente protegido. Os experimentos realizados em duas épocas do ano foram instalados em delineamento experimental de blocos ao acaso com 4 tratamentos e 5 repetições. Os tratamentos foram constituídos pelos híbridos Hokuho e Tsuyataro, irrigados com água comum ou enriqueci (mais) da com CO2, em uma concentração de 1‰ no primeiro e 0,25‰ no segundo experimento. A produção de massa de material seco e área foliar adotaram tendência exponencial, não sendo possível observar o início da diminuição da taxa de produção de massa do material seco aos 63 dias após transplante (DAT). A taxa de crescimento da comunidade e taxa de crescimento relativa do híbrido Hokuho irrigado com água comum foi diferente do irrigado com água enriquecida com CO2, no entanto, no híbrido Tsuyataro foram semelhantes. A taxa de assimilação líquida atingiu a máxima pendente na fase de crescimento vegetativo e floração, e foi reduzida drasticamente após os 20 DAT no híbrido Hokuho, e após os 35 DAT no híbrido Tsuyataro. A razão de área foliar diminuiu ligeiramente nos dois híbridos com o desenvolvimento do cultivo. No início observaram-se diferenças entre irrigação com água comum e enriquecida com CO2, porém após 20 DAT não se apreciaram mais diferenças. Quanto a troca gasosa, a taxa assimilatória líquida de CO2 e de transpiração, conductância estomática e eficiência no uso da água foram semelhantes entre plantas irrigadas com água comum e enriquecida com CO2 durante o primeiro semestre. Já no segundo semestre, maiores valores foram registrados pelas plantas irrigadas com água enriquecida. Resumo em inglês Experiments under protected cultivation, in two sowing dates, were set up to evaluate the effect of irrigation water enriched or not with CO2, on physiological indices and gaseous exchange of leaves of Japanese cucumber plants. The experimental design was of randomized blocks, with four and five replications. The treatments consisted of the hybrids Hokuho and Tsuyataro, irrigated with water enriched or not with CO2, 1‰ in the first semester and 0,25‰ in the second. Dry (mais) mass weight and leaf area presented an exponential tendency. The beginning of mass production decrease on dry matter, 63 days after transplanting date (DAT), was not possible to be observed. The growth rate and relative growth rate response of hybrid Hokuho differed between treatments, however, for hybrid Tsuyataro the response was similar. The net assimilation rate reached the pending maxim in the phase of vegetative growth and flowering, and was reduced drastically after 20 DAT for hybrid Hokuho, and after the 35 DAT for hybrid Tsuyataro. The leaf area rate from both hybrids decreases lightly during the cultivation, without differences between enriched and non enriched water after 20 DAT. The CO2 assimilation transpiration rate, stomatal conductance and water use efficiency were similar among plants irrigated with enriched and non enriched water during the first semester. Already in the second semester, higher values were observed in plants irrigated with enriched water.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Perda de água e modificações anatômicas em folhas de plantas de bananeiras micropropagadas durante a aclimatização/ Water loss and anatomical modifications in leaves of micropropagated banana plants during acclimatization

Costa, Frederico Henrique da Silva; Pereira, Jonny Everson Scherwinski; Pasqual, Moacir; Castro, Evaristo Mauro de; Santos, Adriene Matos
2009-06-01

Resumo em português Estudos sobre os fatores envolvidos na adaptação das plantas micropropagadas ao ambiente ex vitro são imprescindíveis para definir quais os procedimentos devem ser utilizados durante a fase de aclimatização. O objetivo deste trabalho foi avaliar a contribuição da densidade estomática e da presença de cera epicuticular no controle da perda de água, em folhas de bananeiras micropropagadas. Para tanto, brotações axilares oriundas da etapa de multiplicação in v (mais) itro foram enraizadas por 24 dias, em meio MS, contendo 1mg L-1 de ácido naftalenoacético (ANA) e 6g L-1 de ágar e, posteriormente, foram aclimatizadas por 120 dias. Os tratamentos consistiram de folhas formadas in vitro e em diferentes estádios de aclimatização, tais como: T1 - folhas de plantas ao final da fase de enraizamento in vitro; T2 - folhas persistentes de plantas aos 30 dias de aclimatização; T3 - novas folhas de plantas aos 30 dias de aclimatização (folhas de transição); T4 - folhas de transição de plantas aclimatizadas por 60 dias; T5 e T6 - novas folhas de plantas aclimatizadas por 60 dias e 120 dias, respectivamente. Foram avaliados os seguintes parâmetros: a densidade estomática, o conteúdo relativo de água e a presença de cera epicuticular. Foi verificado que folhas de plantas provenientes da fase de enraizamento in vitro, em ambiente mixotrófico, apresentam reduzido controle sobre a perda de água e alta densidade estomática. A reduzida transpiração das folhas formadas na fase de aclimatização pode ser atribuída ao menor número de estômatos por unidade de área foliar, à maior capacidade destes em restringir a perda de água e à presença de cera epicuticular. Resumo em inglês Studies concerning factors involved in the adaptation of micropropagated plants to ex vitro conditions are indispensable to define which procedures should be used during the acclimatization phase. The objective of this research was to evaluate the presence of stomata and epicuticular wax on water loss control in micropropagated banana plants. For 24 days axillary buds were rooted in MS medium supplemented with NAA (1mg L-1) and agar (6g L-1), and afterwards the plantlets (mais) were acclimatized for 120 days. The treatments consisted of the evaluation of in vitro leaves and at different acclimatization stages, as follows: T1 - leaves of plants at the end of the in vitro rooting phase T2 - persistent leaves of plants after 30 days of acclimatization; T3 - new leaves from plants after 30 days of acclimatization (transition leaves); T4 - transition leaves from plants after 60 days of acclimatization; T5 and T6 - new leaves from plants after 60 and 120 days of acclimatization, respectively. Data regarding stomatal density, relative water content and presence of epicuticular wax were also evaluated. It was verified that new leaves from plants rooted in vitro under mixotrophic condition presented hight stomatal density and hence a reduced control of water loss. The reduced transpiration of leaves formed during the acclimatization phase can be attributed to the small number of stomata per unit of leaf area associated to the largest capacity of these in restricting water loss, and the presence of epicuticular wax.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Disponibilidade hídrica relacionada ao conteúdo de nitrogênio e à produtividade da alfafa (Medicago sativa L. )/ Water availability on yield and nitrogen contents of alfalfa (Medicago sativa L.)

Oliveira, Wladecir Salles de; Oliveira, Patrícia Perondi Anchão; Moacyr, Corsi; Trivelin, Paulo César Ocheuze; Tsai, Siu Mui
2003-12-01

Resumo em português A variação da abundância isotópica do 13C e fixação biológica do nitrogênio podem ser utilizadas em programas de melhoramento de cultivares de alfafa (Medicago sativa L.), pois contribuem para o entendimento de processos fisiológicos relacionados ao uso da água, fotossíntese, obtenção e uso do nitrogênio, bem como suas interdependências e efeitos sobre a produtividade, eficiência do uso da água e qualidade da biomassa produzida. Nesse sentido, torna-se ne (mais) cessária a avaliação do desempenho sob condições contrastantes em disponibilidade hídrica. Neste estudo, avaliou-se o desempenho de 12 e 6 cultivares de alfafa, respectivamente, em dois experimentos instalados em lisímetros no delineamento estatístico de parcelas subdivididas sob irrigação constante e regime de chuvas. Sob condições controladas, a alfafa responde positivamente à irrigação tanto em relação aos caracteres quantitativos quanto qualitativos e dentre os cultivares estudados, os cultivares Crioula Brasileira e Crioula Chilena apresentaram os melhores desempenhos. Na avaliação de seis meses de duração, não houve correlação entre a discriminação isotópica do carbono (DIC), fixação biológica de nitrogênio (FBN), produção de matéria seca (PMS) e eficiência do uso da água (EUA). Na avaliação de um ano sob irrigação a DIC correlacionou-se negativamente com PMS (-0,92**), EUA (-0,94**) e FBN (-0,79*). A FBN correlacionou-se positivamente com a PMS (0,93**) e EUA (0,87*). Sob regime de chuva não houve correlação entre os parâmetros. Existe uma tendência de correlação positiva entre a PMS e DIC demonstrada em inúmeros trabalhos científicos. Essa tendência pode ser alterada sob limitação de água, limitação ao desenvolvimento radicular ou quando o conjunto de cultivares analisadas é contrastante. Se a correlação permanece de forma positiva invariável, não existe possibilidade de aumento da EUA, uma vez que o aumento da DIC é resultado do aumento da transpiração. Resumo em inglês Variation in the abundance of 13C and biological nitrogen fixation in legume plants such as alfalfa (Medicago sativa L.) can be used in cultivar selection programs allowing a better understanding of the physiological processes related to water use, photosynthesis and biological nitrogen fixation and their interdependence. This would supply data for selection programs for the improvement of dry matter yield (DM), water use efficiency (WUE) and biomass quality. Thus evaluat (mais) ion of the plant under contrasting conditions becomes necessary, therefore in this study, the plants were evaluated under rainfall and irrigated conditions in lysimeters. In this study, 12 and 6 alfalfa cultivars was evaluated respectively in two experiments installed in lysimeters by split-plot statistical design under constant irrigation and regime of rains. The results showed the existence of a complex interdependence between the agronomic characteristics of the alfalfa cultivars. Under controlled conditions the alfalfa responded positively to irrigation, in relation to both quantitative and qualitative characteristics. The cultivars Crioula Chilena and Crioula Brasileira showed the best results. In the first evaluation (after 6 months) correlations between carbon isotopic discrimination (CID), biological nitrogen fixation (BNF), dry matter yield (DM) and water use efficiency (WUE) were not significant. In the second evaluation (after 1 year), under irrigated conditions CID was negatively correlated with DM (-0.92**), WUE (-0.94**) and BNF (-0.79*). BNF was positively correlated with DM (0.93**) and WUE (0.87*). Under non-irrigated conditions correlation between these parameters was not significant. There exists a tendency for a positive correlation between DM and CID in studies with C3 plants that can be altered when water is limiting, root development is limited or when contrasting cultivars are used. If a positive correlation is maintained, the possibility of increasing the WUE is minimal, since the increase of CID is a result of the increase in transpiration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Estruturas geoelétrica e hidroquímica do sistema aquífero cristalino da bacia do alto rio Curaçá, semi-árido da Bahia/ Geoelectrical and hydrochemical structures of the crystalline aquifer system of the high Curaçá river basin, semi-arid of Bahia, Brazil

Lima, Olivar Antonio Lima de
2010-09-01

Resumo em português Neste trabalho se analisa uma estratégia geofísico-hidrogeológica proposta para explorar racionalmente a água subterrânea armazenada nos terrenos cristalinos semi-áridos, como aqueles da bacia do alto rio Curaçá, Bahia. Num estudo integrado, três principais problemas foram considerados e resolvidos. O primeiro envolveu a proposição de um modelo hidrogeológico conceitual para representar o armazenamento e a transmissão de água no sistema aquífero da área. U (mais) sando informações geofísicas aéreas e terrestres com dados geológicos de testemunhos de sondagens, propõe-se um modelo consistindo de: (i) uma cobertura aluvionar e de saprólitos, com cerca de 20 a 30 m de espessura e que se estende, continuamente, ao longo da planície do rio Curaçá e de seus tributários; e (ii) zonas largas e extensas de densos e profundos fraturamentos subverticais, geralmente abertos e que formam faixas com mais de 500 m de largura e profundidades maiores que 300 m, separadas entre si por ombreiras de rocha cristalina mais fechada. O segundo consistiu em aperfeiçoar um procedimento geoelétrico capaz de imagear, com boa resolução espacial, esses complexos reservatórios subterrâneos de água. Assim, um esquema de imageamento bidimensional de IP-resistividade foi realizado através de um adensamento lateral da amostragem geoelétrica por sondagens verticais e de um aumento na profundidade de investigação, usando uma instrumentação mais potente. O terceiro foi pesquisar e explicar os mecanismos e processos responsáveis pela alta salinização da água observada em poços perfurados nesse sistema. Usando um modelo simplificado de fluxo bidimensional estacionário, num aquífero livre, homogêneo e isotrópico, se sugere que a salinização se deve, principalmente, ao quase-contínuo e intenso processo de evapo-transpiração, característico das zonas semi-áridas. Tal processo atua sobre um sistema de circulação hidráulica controlado pela topografia do terreno, o qual se processa em células de diferentes dimensões laterais e profundidades, sendo que é nas mais rasas que se concentram os sais. Resumo em inglês In this work we discuss a geophysical-hydrogeological strategy proposed to explore rationally the groundwater stored in the semi-arid terrains, such as those of the upper Curaçá river basin, Bahia. Three main subjects were considered and solved in this study. The first one was to develop a conceptual geohydrologic model to represent the water storage and transmission within the aquifer zones of the area. Based on surface and aero-geophysical information and on geologica (mais) l data obtained in deep cored mining-wells we propose the model to consist of: (i) a thick layer of alluvial deposits and weathered rocks (saprolites) having up to 30 m thickness, covering almost continuously the Curaçá river plain and those of their tributaries; and (ii) large and wide belts of densely fractured rocks, laterally and vertically alternating with zones of impervious crystalline basement. These belts of open, subvertical fracturing may reach more than 500 m in width and depths larger than 300 m. The second was to optimize a geoelectrical procedure capable of imaging, with good spatial resolution, these complexes underground reservoirs. Thus, a two-dimensional scheme of IP-resistivity imaging was performed with a closely spaced association of deep vertical electrical soundings. The third was to search and explain the mechanisms and processes responsible for the high water salinization in the wells drilled in this system. Based on a simplified model for a steady-state, two-dimensional flow of water in a water-table homogeneous and isotropic aquifer, we suggest this salt concentration process is mainly due to the intense and almost continuous evapo-transpiration, that characterizes the semi-arid lands. This process acts over a hydraulic circulating system controlled by the terrain topography. The circulation cells have different sizes and depth of propagation, the salt accumulation being concentrated in the smaller cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Avaliação de modelo de extração da água do solo por sistemas radiculares divididos entre camadas de solo com propriedades hidráulicas distintas/ Evaluation of a root-soil water extraction model by root systems divided over soil layers with distinct hydraulic properties

Rocha, Marlon Gomes da; Faria, Leandro Neves; Casaroli, Derblai; Van Lier, Quirijn de Jong
2010-08-01

Resumo em português A avaliação da capacidade de raízes de plantas em extrair água do solo é de grande importância na modelagem da taxa de transpiração e, para entender o crescimento e rendimento vegetal e o balanço de água e de solutos no solo. Para testar um modelo de extração radicular macroscópico baseado no processo em escala microscópica, descreveram-se os resultados de um experimento com plantas cujo sistema radicular foi dividido entre camadas de solo com propriedades h (mais) idráulicas contrastantes. Um experimento de lisímetro dividido com plantas de sorgo foi realizado em Piracicaba-SP. Quatro lisímetros com dois compartimentos separados fisicamente (split-pot) foram construídos e preenchidos com material de dois tipos de solo de diferentes classes texturais (um solo de textura média - AR e outro de textura argilosa - AG). Durante um mês e meio foi imposto um regime hídrico, alternando a irrigação entre os compartimentos. O teor de água nos compartimentos dos lisímetros foi monitorado com TDR e tensiômetros. O material dos dois solos foi analisado conforme método-padrão quanto às suas propriedades de retenção e condução da água. A densidade radicular foi determinada por pesagem no fim do experimento, tendo ficado em torno de duas vezes maior no solo AR do que no AG. Observou-se que a extração de água ocorreu preferencialmente do compartimento do lisímetro com maior potencial de fluxo matricial. Em certas ocasiões houve transferência de água do lado de maior para o de menor potencial de fluxo matricial, com a liberação da água ao solo pelo sistema radicular (hydraulic lift). Para compensar o efeito da heterogeneidade da distribuição radicular e da atividade radicular, incluiu-se, no modelo, um fator empírico f de correção. O modelo testado descreveu bem 80 % das observações com a utilização de valores de f de 0,01506 e 0,003713, para os solos AR e AG, respectivamente. O modelo simulou a liberação de água ao solo mais frequentemente do que ela ocorreu no experimento. Esse fato pode indicar que a resistência interna do sistema radicular, não contabilizada pelo modelo, pode ter papel importante nas relações hídricas na rizosfera. Resumo em inglês Evaluating plant root capacity in extrating water from the soil is important for transpiration modeling and to understand crop growth and yield and soil water and nutrient balance. Aiming to test a macroscopic root water extraction model based on the microscopic process description, an experiment was described in which the root system of plants penetrated different soil layers with contrasting hydraulic properties. Four lysimeters containing two physically divided compart (mais) ments were built and filled with material of two soils with different texture (a medium textured soil - AR and a clayey soil - AG). During a month and a half a water regime was imposed alternating the irrigation among the compartments. The soil water content in the compartments was measured with TDR and tensiometers. Soil hydraulic properties - retention and conductivity - were analyzed by standard methods. Root density was determined by weighing at the end of the experiment, resulting in values twice as high in AR than in AG soil. It was observed that water extraction occurred preferentially from the lysimeter compartments with the highest matric flux potential. Occasionally, water transfer from the compartment with higher matric flux potential to the lower one was observed, releasing water from root to soil (hydraulic lift). To compensate for the effect of heterogeneity of root distribution and root activity and soil-root contact, an empirical factor f was added to the model. Its value was determined by a numerical fitting procedure aiming at the highest correlation between model and observation in the four lysimeters. The model described 80% of the observations satisfactorily by using these f values, which were 0.01506 and 0.003713, respectively, for AR and AG. Model predictions indicated a much more frequent water release from roots to soil than observed in the experiment. This may suggest internal root resistance, not considered by the model, may play an important role in root-water relations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Efeito da baixa temperatura noturna e do porta-enxerto na variação diurna das trocas gasosas e na atividade fotoquímica de laranjeira 'Valência'/ Effects of low night temperature and rootstocks on diurnal variation of leaf gas exchange rates and photochemical activity of 'Valência' sweet orange plants

Machado, Daniela Favero São Pedro; Machado, Eduardo Caruso; Machado, Ricardo Silverio; Ribeiro, Rafael Vasconcelos
2010-06-01

Resumo em português A redução da fotossíntese durante o inverno pode ser induzida por noites frias, mesmo quando as condições durante o dia não são limitantes. Laranjais são formados com plantas enxertadas, sendo o porta-enxerto citrumeleiro 'Swingle' recomendado em áreas onde há ocorrência de baixas temperaturas. Todavia, os mecanismos fisiológicos pelos quais as plantas apresentam melhor crescimento e produção são pouco conhecidos. O objetivo deste estudo foi testar a hipót (mais) ese de que o efeito da baixa temperatura noturna na fotossíntese de laranjeiras é dependente do porta-enxerto utilizado, com o citrumeleiro 'Swingle' (Citrus paradisi x Poncirus trifoliata) induzindo maior tolerância ao frio noturno se comparado ao limoeiro 'Cravo' (Citrus limonia). Laranjeiras 'Valência' (Citrus sinensis) com seis meses, cultivadas em sacolas plásticas (5 L), foram expostas por 12 h à temperatura noturna de 20 e 8 ºC. O tratamento térmico foi realizado em câmara de crescimento, sendo apenas a parte aérea das plantas expostas às distintas temperaturas. Medidas do curso diurno das trocas gasosas e da atividade fotoquímica foram realizadas em condições ambientais naturais. O resfriamento noturno causou maior redução da assimilação de CO², da condutância estomática e da transpiração em laranjeira 'Valência' sobre limoeiro 'Cravo' quando comparado às plantas sobre 'Swingle'. Após o tratamento de frio, as eficiências máxima (Fv/Fm) e operacional (Fq'/Fm') do fotossistema II diminuíram nas plantas sobre 'Cravo' e mantiveram-se praticamente inalteradas nas plantas enxertadas em 'Swingle'. Portanto, o porta-enxerto 'Swingle' induziu maior eficiência fotossintética em condições de frio noturno às plantas de laranjeira 'Valência' quando comparado ao porta-enxerto 'Cravo'. A queda da assimilação de CO² em plantas resfriadas foi devida à menor condutância estomática e menor eficiência aparente de carboxilação, ou seja, resultante de limitações difusivas e metabólicas. Embora, Fv/Fm e Fq'/Fm' em laranjeira 'Valência' sobre 'Cravo' tenham sido mais afetados pelo resfriamento em comparação às laranjeiras sobre 'Swingle', esses não contribuíram para a redução da assimilação de CO² (A). Porém, o frio noturno causou aumento da atividade dos drenos alternativos de elétrons (aumento da relação entre o transporte aparente de elétrons e a assimilação de CO²), reduzindo a eficiência aparente de carboxilação de forma mais significante em 'Valência' sobre 'Cravo' do que sobre 'Swingle'. Estes resultados confirmam a hipótese de que a ocorrência de frio noturno afeta a fotossíntese de laranjeira 'Valência' sendo os efeitos do resfriamento dependentes do porta-enxerto. Resumo em inglês Decreases in photosynthesis during winter season are probably caused by low night temperature, even under non-limiting environmental conditions during the diurnal period. Citrus orchards are formed by grafted plants, being the 'Swingle' citrumelo rootstock recommended in areas with occurrence of low temperatures. However, the physiological mechanisms related to larger growth and crop yield in those plants are poorly understood. The aim of this study was to test the hypoth (mais) esis that the effect of low night temperature in photosynthesis of sweet orange plants is dependent on the rootstock species, with 'Swingle' citrumelo (Citrus paradise x Poncirus trifoliata) inducing higher tolerance to overnight chilling when compared to 'Rangpur' lime (Citrus limonia) rootstock. Six-month old 'Valência' (Citrus sinensis) sweet orange plants grown in plastic bags (5 L) were exposed overnight (12 h) to temperatures of 20 and 8 ºC. The thermal treatment was carried out inside a growth chamber where only the upper plant shoots were exposed to temperature variation. Measurements of diurnal courses of leaf gas exchange and photochemical activity were taken under natural environmental conditions. Chilling night caused larger reduction on CO2 assimilation, stomatal conductance and transpiration in plants grafted on 'Rangpur' lime when compared to those onto 'Swingle' citrumelo rootstock. After the chilling treatment, maximum (Fv/Fm) and operational (Fq'/Fm') efficiencies of photosystem II decreased in plants grafted on 'Rangpur' lime, but remained practically undisturbed in plants grafted on 'Swingle' citrumelo rootstock. Therefore, the 'Swingle' citrumelo rootstock increased the photosynthetic efficiency of 'Valência' sweet orange plants exposed to overnight chilling when compared to the 'Rangpur' lime. The reduction of CO2 assimilation in chilled plants was due to low stomatal conductance and low apparent carboxylation efficiency, i.e., it is a consequence of both diffusive and metabolic limitations. Although Fv/Fm and Fq'/Fm' in plants grafted on 'Rangpur' lime have been more affected by chilling in relation to plants on 'Swingle' citrumelo rootstock, those effects were not related with decreases in CO2 assimilation. Chilling night also increased the alternative electron sinks, as shown by the increasing ratio between apparent electron transport rate and CO2 assimilation and reduced apparent carboxylation efficiency of plants grafted on 'Rangpur' lime with larger intensity than in plants onto 'Swingle' citrumelo rootstock. Those results confirm the hypothesis that low night temperature affects photosynthesis of 'Valência' sweet orange plants, being the chilling effects rootstock-dependent.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Uso da água por plantas de arroz em competição com biótipos de Echinochloa crusgalli resistente e suscetível ao herbicida quinclorac/ Water use by rice plants under competition with Echinochloa crusgalli biotypes resistant and susceptible to quinclorac

Concenço, G.; Ferreira, E.A.; Aspiazu, I.; Silva, A.F.; Galon, L.; Ferreira, F.A.; Silva, A.A.; Andres, A.
2009-06-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar as características associadas à eficiência de uso da água por plantas de arroz irrigado, quando sob competição com biótipos de capim-arroz resistente ou suscetível ao herbicida quinclorac, em diferentes densidades. O experimento foi realizado em casa de vegetação, em delineamento de blocos casualizados e esquema fatorial 2 x 6 (dois biótipos e seis densidades de infestação), com quatro repetições. Os tratamentos consis (mais) tiram em manter uma planta de arroz no centro da unidade experimental, competindo com 0, 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas do biótipo resistente ou suscetível na periferia. Aos 50 DAE (dias após a emergência) foram avaliadas a condutância estomática de vapores de água, a pressão de vapor na câmara subestomática, a temperatura da folha e a taxa transpiratória, sendo calculada ainda a eficiência do uso da água. As plantas foram coletadas junto à superfície do solo, acondicionadas em sacos de papel e secas em estufa (70 ± 1 ºC) com circulação forçada de ar até massa constante, para obtenção da massa seca de planta. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F; em caso de significância, aplicou-se o teste de Duncan para avaliar o efeito da densidade de plantas e o teste da Diferença Mínima Significativa (DMS) para diferenças entre as influências dos biótipos resistente e suscetível sobre as plantas de arroz. Plantas de arroz foram afetadas pelo aumento no número de plantas de capim-arroz competindo com a cultura, mas não foram observadas diferenças na maioria das variáveis estudadas em função do biótipo com o qual essas plantas competiam. Variáveis-chave, como a eficiência do uso da água, foram mais afetadas quando as plantas de arroz competiam com plantas de capim-arroz do biótipo suscetível ao herbicida quinclorac. Em condições de lavoura, essa característica pode não influenciar significativamente o desenvolvimento das plantas de arroz quando em interação com outros fatores. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the characteristics related to water use efficiency of rice plants, under competition with different densities of Echinochloa crusgalli plants. The trial was installed under greenhouse conditions, in a completely randomized block design, and factorial scheme 2 x 6 (two biotypes and six infestation densities), with four replications. The treatments consisted of one rice plant at the center of the plot, under competition with 0, 1, (mais) 2, 3, 4 or 5 plants of Echinochloa crusgalli, resistant or susceptible to quinclorac, at the periphery of the plot. Fifty days after emergence, water vapor stomatal conductance, sub-stomatal water pressure, leaf temperature and transpiration rate were evaluated, as well as water use efficiency. The plants were cut at the soil level and put into paper bags and dried at 70 ± 1 ºC until dry mass stabilization. Data were analyzed by the F-test and, in case of significance, submitted to the DMRT test to evaluate the effect of increasing competition with Echinochloa over the rice plants, and to DMS test to compare the rice plants submitted to the biotypes at each competition level. Rice plants were more affected as the barnyardgrass density increased, but differences related to the biotype were not observed. Important variables, such as water use efficiency, were more affected when rice plants were under competition with plants of the susceptible biotype. Under field conditions, this characteristic may not be relevant to rice plant development, when interacted with other factors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Trocas gasosas em folhas de sol e sombreadas de cajueiro anão em diferentes regimes hídricos/ Gas exchange in leaves of sun and shade of cashew in different water regimes

Lima, Michella de Albuquerque; Bezerra, Marlos Alves; Gomes Filho, Enéas; Pinto, Ciro de Miranda; Enéas Filho, Joaquim
2010-12-01

Resumo em português Foram analisadas as variações sazonais nas taxas de trocas gasosas em lâminas foliares, sombreadas e a pleno sol, de cajueiro anão precoce (Anacardium occidentale L.), quando submetidas aos regimes de irrigação e de sequeiro. Os clones CCP 76 e BRS 189 foram mensalmente avaliados quanto ao seu desempenho fisiológico em relação à condutância estomática (g s), às taxas transpiratórias (E) e fotossintéticas (A), à temperatura foliar e à relação entre as co (mais) ncentrações interna e externa de CO2 (Ci/Ce). O experimento foi conduzido entre setembro de 2006 e agosto de 2007, na estação experimental da Embrapa Agroindústria Tropical, localizada no município de Paraipaba, Ceará. As variáveis A, g s, E e Ci/Ce foram afetadas apenas em função da época do ano e dos tipos de folhas. A maior influência nos fatores fisiológicos analisados ocorreu devido às condições em que as folhas estavam submetidas (sol ou sombra) e aos fatores meteorológicos e não à supressão da irrigação. Isto, possivelmente porque os resultados aqui obtido estejam mais bem relacionados com as fases fenológicas da cultura do que com os tratamentos, demonstrando assim o conspícuo efeito fisiológico da força dos drenos e da irradiância nessas plantas. Resumo em inglês In this experiment we analyzed the seasonal variations in gas exchange rates of dwarf cashew (Anacardium occidentale L.) when exposed to irrigated and rainfed conditions. Full sun and shaded of clones CCP 76 and BRS 189 were monthly assessed for determination of stomatal conductance (g s), transpiration rate (E) and photosynthesis (A), internal and external CO2 (Ci/Ce) and leaf temperature. The experiment was carried out between September 2006 and August 2007, at the expe (mais) rimental station of Embrapa Agroindústria Tropical, located at Paraipaba County, state of Ceará, Brazil. In general, the variables A, g s, E and Ci/Ce were affected only in terms of time of year and types of leaves. Light influenced the physiological factors rather than suppression of water. Possibly because the results obtained here are better related to the phenological stages than with the treatments, demonstrating a conspicuous physiological effect of the strength of the drains and the irradiance in these plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Quantidade de água transpirada pelo cafeeiro sombreado e pelo ingazeiro

Franco, Coaraci M.; Inforzato, Romeu
1951-06-01

Resumo em inglês The present paper discusses the amount of water lost by the soil through the transpiration of coffee plants and shade trees in shaded coffee plantation. All methods and techniques employed in the study of transpiration of the shade tree Inga edulis Mart, were exactly the same as those described in a paper recently published (4). It was determined previously (3) that a shaded coffee plant receiving 55% of full sunlight transpired 80% as much as when in 100% full sunlight. (mais) The amount of water transpired by a coffee plant was calculated by taking 80% of the amount transpired in unshaded plantation (4). Comparing the water lost by transpiration of shaded coffee plants and shade trees with the average rainfall in Campinas, São Paulo, Brazil, it is seen that from April to September the amount of water transpired exceeds the average rainfall. This finding seems to agree with our previous conclusion (1, 2, 5) that water competition between shade trees and coffee plants is the factor that controls the success of growing coffee under shade in the State of São Paulo, Brazil. The highest daily rate of transpiration encountered, for Inga edvlis was 36.7 milligrams per square decimeter per minute. The average daily transpiration was found to be 9.90 grams per square decimeter per day. The total amount of water transpired by an Inga tree was calculated to be 71,140 liters per plant per year. Since the plants submited to the experiment did not suffer a water shortage at any time, the present results show the approximate amount of water lost by the Inga tree and shaded coffee plant under optimal soil-water conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Quantidade de água transpirada pelo cafeeiro cultivado ao sol

Franco, Coaraci M.; Inforzato, Romeu
1950-01-01

Resumo em inglês In determinations made with a porometer it was verified that the stomatal opening of coffee leaves increases in size immediately after the leaves are detached from the plant (fig. 1). This fact indicates that the method of rapid weighings of detached leaves is not suitable for studies on the transpiration of the coffee plant. The transpiration of coffee plants has been determined by the weighing potted plant method. Pots with a capacity for 51 liters were used. They were (mais) made of galvanized iron plate and had no drainage hole. When the moisture content of the soil approached the wilting point water was added to bring all the soil mass to fiel capacity. In order to avoid oxygen depletion the pots were not sealed. To decrease the direct evaporation at the soil surface a two-centimeter layer of rice hulls was used as mulch, and a celotex cover was placed on top of the pot. Three similar pots with the same type of protection, but without plants were used to measure the direct evaporation from the soil surface. The weight losses of these pots were subtracted from the weight losses of the pots with plants. Two to throe-year old plants of Coffea arabica var. bourbon were used. Three plants were employed each month and after this time their leaves were picked off, and the total leaf area was determined. The tests were carried out for a whole year. The transpiration rates were calculated in g/dm²/day. The total leaf area of an adult coffee plant was found to be 3,146 dm² (average of seven trees). Based on this average and on the transpiration rate of the experimental plants it was possible to calculate approximately the amount of water that an adult coffee plant would transpire under the same conditions. Since the plants submitted to the experiment did not suffer water shortage at any time, the present results show the approximate amount of water lost by the coffee plant under optimal soil-water conditions. The data are presented in table 1. The figure 1 shows the monthly amount of water lost by transpiration in a coffee* plantation compared with the monthly rainfall during a year. The environmental factors that influence plant transpiration vary much less between the same months of different years than between the different months of the same year. Hence the results obtained should not be far from the average; that would be obtained if the transpiration had been measured during a number of years. Comparing the water lost by transpiration of coffee trees with the average rainfall in'Campinas, State of São Paulo, Brazil, it is seen that from October to March rainfall exceeds water consumption. In April, June, and September the excess is small, and in May, July, and August the amount of water transpired exceeds the average rainfall (fig. 2). Since the rainfall distribution is variable, this figure may be different in a given year. The highest daily rate of transpiration encountered was 17.6 mg/dm²/m (over twelve; hours). Previous results obtained by the writers showed 18.2 mg/dm²/m to be the rate of transpiration in a very sunny and hot day. Nutman working in Africa (2) found a maximum daily rate of 20.67/dm²/m (over nine hours). These data are comparable and must represent approximately the maximum rate of transpiration of the coffee plant. The average daily transpiration encountered was 6.20 g/dm²/day and the total amount of water transpired by a coffee tree in one year was found to be 7,273 liters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Produção de etileno em frutos de ameixeira ‘Prunus domestica’ sujeitos a duas temperaturas de conservação/ Ethylene production by ‘Prunus domestica’ plums during storage at two different temperatures

Rato, A.E.; Barroso, J.M.; Agulheiro, A.C.
2007-01-01

Resumo em português A síntese de etileno em frutos climatéricos tem sido bastante estudada pela influência que tem na conservação dos mesmos. Por esse motivo tem-se tentado através de alterações das condições ambientais, influenciar a produção de etileno. Em muitas espécies a exposição dos frutos ao frio favorece a síntese de etileno, quando estes são transferidos para a temperatura ambiente, também a actividade enzimática da ACC sintetase aumenta rapidamente nos frutos qu (mais) ando da sua passagem para a temperatura ambiente. Em algumas variedades de pêras e maçãs têm-se mesmo utilizado a exposição a baixas temperaturas apenas com o objectivo de conseguir uma maturação mais homogénea e uma textura aceitável. Relativamente à ameixeira Prunus domestica L. ‘Rainha Claudia Verde’ existe pouca informação acerca da expressão dos genes que controlam a maturação, mais concretamente das enzimas ACC sintetase e ACC oxidase. Durante a maturação da ameixa ‘Rainha Claudia Verde’ observa-se um aumento na produção de etileno e na taxa de respiração, paralelamente a um decréscimo da acidez e da firmeza dos frutos. No entanto, contrariamente à maioria das espécies fruteiras, nesta variedade observa-se uma diminuição na taxa de produção de etileno quando os frutos, sujeitos à conservação pelo frio, são posteriormente retirados para a temperatura ambiente. Este decréscimo é tanto mais acentuado quanto maior for o período de exposição ao frio. Esta variedade é habitualmente conservada entre os 0-2 ºC e apresentando um período de comercialização de 2 semanas após a colheita. Pretendeu-se com este trabalho perceber que tipo de efeito existe relativamente à produção de etileno nesta variedade. Estudou-se a influência de duas temperaturas de conservação, (1 ºC e 7 ºC ± 1 ºC), na produção de etileno. Os frutos foram sujeitos a diferentes períodos de conservação frigorífica: 0, 2, 5, 8 e 14 dias, ao fim dos quais era retirada uma amostra para monitorização da produção de etileno. Estudou-se ainda a evolução, da textura, da acidez, e do SSC (teor dos sólidos solúveis) dos frutos durante a sua conservação frigorífica. Dos resultados obtidos verificou-se que a conservação dos frutos a 7 ºC não influencia significativamente a produção de etileno, 0,3 nl/g/h, quando comparado com os frutos não sujeitos ao frio. Os frutos conservados à temperatura de 1 ºC durante 14 dias produziram menores quantidades de etileno quando comparados com os restantes grupos. Um período de conservação de 2 dias a 7 ºC induziu nos frutos um aumento na produção de etileno quando comparados com os frutos não sujeitos ao frio. Em ambas as temperaturas de conservação, verificou-se uma antecipação no pico do climatérico, quando se comparam frutos com e sem conservação frigorífica. Resumo em inglês Low temperatures interacts with ethylene biosynthesis and ripening in many species. Exposure fruits to low temperatures promotes ethylene biosynthesis in a number of apple and pears cultivars because low temperatures stimulates ACC synthase activity after fruits being warmed up.. Some pears and apples varieties required a cold treatment to achieve good colour, acceptable texture and flavour. In ‘Prunus domestica’ plums cv ‘Raínha Claudia verde’, a climacteric fruit, (mais) there is little information about ripening process but we observed after a cold storage period a decrease in ethylene production upon rewarming. The longer the storage period the stronger the depress in ethylene biosynthesis. This cultivar is usually stored at 0-2 ºC, it has small commercial period because of its short postharvest life. In cold chambers fruits became soft very quickly and improper to commercialise. The aim of this study was to compare the effect of two different storage temperatures (1 ºC and 7 ºC ±1º) during 0, 2, 5, 8, and 14 days in ethylene production upon rewarming of ‘Raínha Claudia Verde ‘plums. It was also studied, during cold storage, the evolution of fruits softening rate, % acidity and SSC (soluble solids content). Upon rewarming, it was observed at end of storage period (14 days), in fruits held at 1 ºC, a decrease in ethylene production, relative to controls. In fruits held at 7 ºC the storage period didn’t affected the maximum ethylene production, 0,3 nl/g/h.. A short period of cold (2 days at 7 ºC) induced an enhancement of ethylene production relative to fruits held at 20 ºC. SSC and % acidity showed an expected evolution. At end of storage period fruits showed a higher SSC and lower % acidity due to metabolic processes and transpiration. Fruits held at 7 ºC showed a higher SSC and a lower % acidity than fruits held at 1 ºC. Fruit firmness decrease during the storage period. Fruits held at 7 ºC remained significantly firmer after 14 days storage than fruits held at 1 ºC. Despite SSC and % acidity evolutions suggests that fruit storage conditions are better at lower temperatures, fruits held at 7 ºC showed a lower softening rate and a higher ethylene production rate than fruits held at 1 ºC. The role of ethylene in softening and ethylene cold induction of this cultivar may be clarified by future research on ACC oxidase and ACC synthase and in ethylene sensitivity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Produtividade e qualidade de frutos de meloeiro cultivado em substrato com três doses de solução nutritiva/ Yield and quality of muskmelon fruits grown in substrate under three concentrations of the nutrient solution

Andriolo, Jerônimo Luiz; Luz, Gean Lopes da; Bortolotto, Orcial Ceolin; Godoi, Rodrigo dos Santos
2005-08-01

Resumo em português Mudas de meloeiro, híbrido Torreon, foram plantadas no dia 12 de setembro de 2002 em sacolas contendo 4,5 dm³ de substrato comercial, na densidade de 3,3 plantas m-2. As plantas foram conduzidas verticalmente, com dois frutos por planta. Os nutrientes foram fornecidos em 1 L de solução nutritiva para cada planta, uma vez por semana, via fertirrigação. Entre as fertirrigações, somente água foi fornecida, de acordo com a demanda hídrica da cultura. A testemunha (T (mais) 2) foi uma solução nutritiva contendo, em mmol L-1: 13,0 de NO3-; 0,9 de H2PO4-; 6,0 de K+; 5,01 de Ca++; 2,25 de Mg++; 2,25 de S4-, com adição de micronutrientes. Os tratamentos T1 e T3 corresponderam a dose de T2 multiplicada por 0,5 e 2,0, respectivamente. Ao final do experimento, os valores do IAF foram de 1,99; 2,22 e 2,28 m² m-2 respectivamente para T1; T2 e T3, sendo T1 significativamente inferior aos demais. A produtividade de frutos alcançou 56,2; 65,0 e 65,9 Mg++ ha-1, em T1, T2 e T3, respectivamente, com produtividade máxima estimada na dose de 44,1 mmol L-1 de macronutrientes. Essa dose corresponde a uma solução nutritiva com a seguinte composição de macronutrientes, em mmol L-1: 19,5 NO3-; 1,35 de H2PO4-; 9,0 de K+; 7,51 de Ca++; 3,37 de Mg++; 3,37 de SO4- e de micronutrientes, em mimol L-1: 50,25 de Fe; 22,5 de Mn; 3,45 de Zn; 1,5 de Cu; 22,5 de B e 0,78 de Mo. Resultados semelhantes foram observados para a qualidade dos frutos. Resumo em inglês Muskmelon seedlings, hybrid Torreon, were planted on September 12, 2002, in 4.5 dm³ bags filled with a commercial substrate, in a plant density of 3.3 plants m-2. Plants were trained vertically with two fruits per plant. Nutrients were supplied to plants by 1 L of nutrient solution, delivered to each plant once a week by fertigation. Only water was delivered between successive fertigations, in order to replace volumes lost by transpiration. The control (T2) was a nutrien (mais) t solution containing, in mmol L-1: 13.0 NO3-; 0.9 H2PO4- ; 6.0 K+ ; 5.01 Ca++ ; 2.25 Mg++ ; 2.25 SO4-, with added micronutrients. For treatments T1 and T3, quantities of fertilizers from T2 were multiplied by a factor of 0.5 and 2, respectively. LAI values at the ending date were 1.99; 2.22 and 2.28 m² m-2 for T1, T2 and T3, respectively, T1 differing significantly from T2 and T3. Fruit yield reached 56.2; 65.0 and 65.9 Mg++ ha-1, for T1, T2 and T3, respectively. Maximum fruit yield was estimated by a nutrient concentration of 44.1 mmol L-1, corresponding to the following composition of the nutrient solution, in mmol L-1: 19.5 of NO3-; 1.35 of H2PO4-; 9.0 of K+; 7.51 of Ca++; 3.37 of Mg++; 3.37 of SO4-, and in mumol L-1: 50.25 of Fe; 22.5 of Mn; 3.45 of Zn; 1.5 of Cu; 22.5 of B e 0.78 of Mo. Similar results were observed for fruit quality variables.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Investigações sôbre a tristeza dos Citrus: VI - Alguns estudos fisiológicos sôbre a moléstia

Grant, T. J.; Costa, A. S.; Mendes, H. C.; Paiva Neto, J. E. de; Catani, Renato A.
1950-02-01

Resumo em inglês The present paper reports the results of general studies undertaken to determine the relative importance of soil moisture and light on symptom expression of the tristeza disease. It also includes data on the effects of the disease on transpiration and chemical composition of infected plants and records the results of attempts to inactivate the tristeza virus in budwood by means of hot water and chemical treatments. In the present tests, using potted plants, tristeza disea (mais) se symptoms were observed to occur eight to ten weeks after inoculation on plants maintained in standing water and on those having a daily application of 200cc of water. In contrast to this relatively rapid and positive symptom expression, it required 28 weeks before definite advanced tristeza disease symptoms were recognized on the inoculated plants given only 50cc of water daily. Under continuous heavy shade conditions the healthy and inoculated plants showed practically no growth and no tristeza disease symptoms. The growth of the healthy plants increased with the increase in periods (6, 10, and 14 hrs) of exposure to daylight while the inoculated plants grew as well as the healthy plants for the first month they subsequently practically ceased growth. The results of the tests on the influence of light and soil moisture show that conditions favorable for rapid plant growth also favor early symptom expression of the disease and that stunting of the plant is one the principal characteristics of the tristeza disease. The data obtained from the transpiration studies show that under the controlled test conditions the transpiration of the healthy plants was two and a half times greater than that of the tristeza diseased plants. The study of chemical composition of the plants indicated that there were some differences in the percentages of CaO and Na(2)0 in the leaves and stems of diseased and healthy plants. The data also indicate that, although the differences in the amount of chemicals present in the root systems of diseased and healthy plants were comparatively small, in all cases except for MgO the quantities were larger in the healthy than in the diseased roots. Under field conditions, nutritional deficiency symptoms have been associated with initial tristeza disease symptoms following plant inoculations. Early tests with applications of minor elements indicated some beneficial effects from applications of zinc sulphate. Under controlled conditions in the screenhouse, however, no beneficial effects were obtained from spray applications of zinc sulphate on inoculated plants. Attempts to inactivate the tristeza virus in budwood sticks that were immersed in hot water were ineffective at the four different temperatures and fourteen exposure periods tested. The results obtained suggest that the thermal-death-point of the virus is probably higher than that of the living cells of the budwood, and that treatment by hot water does not appear to be a feasible method for inactivation of the virus in living budwood. Chemical inactivation of the tristeza virus was tried using nine different chemicals at four dilutions for each. Under the conditions of the tests none of the chemicals employed appeared to have any inhibiting effect on the tristeza virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Identificação dos fatores relevantes na decisão da alocação dos recursos econômicos visando um trânsito seguro/ Identification of relevant factors in deciding the allocation of economic resources aiming at a safe traffic

Marques, Érico Veras; Machado, Marco Aurélio
2010-12-01

Resumo em português A municipalização do trânsito no Brasil, a partir do final da década de 1990, transformou o município em um importante agente social no cenário contemporâneo da educação no trânsito. A expansão das receitas dos órgãos executivos de trânsito coloca em pauta novos desafios de atuação do município, exigindo maior profissionalismo na aplicação dos recursos arrecadados, num contexto social que espera que os municípios produzam e transpareçam resultados efe (mais) tivos de suas ações. Diante desta realidade, a possibilidade de se identificarem os fatores capazes de traduzir a complexa problemática de aplicação dos recursos arrecadados dos órgãos executivos de trânsito não é uma tarefa simples. A maioria das iniciativas para isso acaba falhando, principalmente pela multiplicidade de aspectos a serem considerados na abordagem do problema. Muitas vezes são omitidos ou desprezados os aspectos que deveriam ser contemplados, resultando em simplificações que acabam por produzir estruturas de avaliação incapazes de representar a realidade do processo. O presente estudo propõe-se a identificar os fatores relevantes na tomada de decisão para aplicação dos recursos arrecadados com multas de trânsito, a partir das visões dos diversos especialistas de trânsito e dos gestores de órgãos executivos de trânsito das capitais brasileiras. A identificação desses fatores foi possível a partir da utilização da Técnica Delphi, a qual foi realizada através de sete rodadas de entrevistas com 12 especialistas e aplicação de um questionário junto aos gestores de 10 das maiores capitais do pais. O produto final da pesquisa foi a construção da estrutura hierárquica desses fatores e suas respectivas dimensões. Resumo em inglês The decentralisation of traffic in Brazil, since the late 1990s, transformed the city into an important social agent in the contemporary scene of traffic education. The traffic executive bodies' increase in revenue brings forth new challenges in the action of the municipality, demanding more professionalism in applying the takings, in a social context that expects, from municipalities, the production and transpiration of their actions' effective results. Given this realit (mais) y, the possibility of identifying factors capable of translating the complex issues of applying the funds raised by executive bodies of traffic is not a simple task. Most of the initiatives thereby will eventually fail, mostly due to the multiple aspects to be considered in addressing the problem. Aspects that should be contemplated are often overlooked or neglected, resulting in simplifications that tend to produce evaluation structures incapable of representing the process' reality. This study aims to identify the relevant factors in making the decision to apply the funds collected through traffic tickets, from the views of various experts and managers of executive bodies for traffic within Brazilian capitals. The identification of these factors was possible by using the Delphi Technique, which was performed through seven rounds of interviews with 12 experts, and application of a questionnaire to 10 managers of the countries' major capitals. The final product of this research was the construction of the hierarchical structure of these factors and their dimensions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Fluxo de seiva xilemática em mamoeiro 'Golden' cultivado por microaspersão sobre copa: relações com as variáveis ambientais/ Relationship between sap flow and environmental variables in a microspray irrigation upon papaya tree canopy

Reis, Fabrício de Oliveira; Campostrini, Eliemar; Sousa, Elias Fernandes de
2009-01-01

Resumo em português As técnicas de irrigação, bem como o uso de espécies adaptadas às condições de deficiência hídrica, têm sido cada vez mais importantes para o sucesso da produção vegetal. De fato, a adequada irrigação em plantas cultivadas pode melhorar a eficiência no uso da água, refletindo na qualidade do produto agrícola e no custo de produção. O estresse hídrico em fruteiras pode ser causado por deficiência de água no solo, na atmosfera ou em ambos. As variávei (mais) s ambientais regulam a perda de água pelas plantas, e os elevados valores de déficit de pressão de vapor entre a folha e o ar (DPVfolha-ar) podem causar fechamento estomático e reduzir o processo transpiratório, principalmente em plantas de grande porte. Neste trabalho, utilizou-se o método de dissipação de calor no caule proposto por GRANIER (1985) para a medição do fluxo de seiva xilemática (FS). Assim, objetivou-se obter possíveis relações entre os valores de FS e os valores de evapotranspiração de referência (ET0) em mamoeiros cultivados com e sem microaspersão sobre copa (MASC) em condição de campo, assim como investigar as relações entre os valores do FS e a radiação global (RG) e déficit de pressão de vapor do ar (DPVar). Constatou-se uma defasagem entre a perda de água pelas folhas e o movimento de água através do tronco (fase lag). De janeiro a março, obteve-se uma boa correlação entre FS e DPVar, fato não observado de junho a agosto, provavelmente devido a esta fase lag. De janeiro a março, as plantas que receberam MASC tiveram o FS aumentado em relação às plantas-controle, época em que o ET0 foi maior. Resumo em inglês Irrigation management and the use of plants adapted to water stress conditions have been very important to the success of plant production. It is now recognized that fine-tuning irrigation can improve crop water-use efficiency, creating positive impact on quality of products, and on cost of production. The water stress in fruit crops is generally caused by the deficit of water in the soil, in the atmosphere or in both. The environmental variables control the plant water l (mais) oss. However, high values of leaf to air vapor pressure deficit (VPDleaf-to-air) can cause the stomatal closure and can reduce the transpiration process, mainly in large trees. In this experiment, it was used the heat dissipation method developed by GRANIER (1985) to sap flow measurements. The aim of this study was to determine the relationship between xylem sap flow and reference evapotranspiration (ET0) in papaya plants cultivated with and without microspray irrigation over canopy and under field conditions. It was also investigated the relationship between xylem sap flow, photosynthetic photons flux density (PPFD) and air vapor pressure deficit (VPDair) values. There was a delay between the loss of water through the leaves and the movement of water through the trunk (lag phase). From January to March, there was a better relation between xylem sap flow and VPDair, which was not observed from June to August, probably because of this lag phase. From January to March, plants cultivated with microaspersion showed an increase in xylem sap flow, in relation to plants cultivated without microaspersion when, at this stage, the ET0 was higher.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

ESTUDO COMPARATIVO DA ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA PARA TRES LOCALIDADES DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO NO PERIODO SECO/ COMPARATIVE STUDY OF THE ESTIMATE OF THE EVAPORATE TRANSPIRATION REGARDING THE THREE LOCALITY STATE OF ESPIRITO SANTO DURING THE DRY PERIOD

Fialho dos Reis, Edvaldo; Bragança, Rosembergue; de Oliveira Garcia, Giovanni; Macedo Pezzopane, José Eduardo; Tagliaferre, Cristiano
2007-12-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo realizar o estudo comparativo das equações empíricas para estimativa da evapotranspiração de referência em comparação ao método universal padrão Penman-Monteith FAO 56 para as condições climáticas dos municípios de Sooretama, Cachoeiro de Itapemirim, Venda Nova do Imigrante localizados, respectivamentes, nas regiões Norte, Sul e Serrana do Estado do Espírito Santo. Foram utilizadas as variáveis climáticas referentes (mais) ao período seco (junho, julho e agosto) do ano de 2006 obtidas via plataforma de dados do CPTEC - INPE provenientes das estações automatizadas agrometeorologicas códigos nº 31957, 31958 e 31959 instaladas, respectivamente, nos municípios mencionados. Para comparar os valores de ETo estimados por meio das equações empíricas com os do método universal padrão Penman-Monteith (FAO56) foram considerados os parâmetros da equação de regressão ß0 e ß1, coeficiente de determinação (r²), coeficiente de correlação (r), estimativa do erro padrão (EEP), índice de concordância (d), índice de confiança ou desempenho (c), nas escalas diária, três, cinco e sete dias, para os meses estudados nas três localidades. Para as condições climáticas de onde se realizou o trabalho, em função dos índices e parâmetros estudados, para o período seco os melhores métodos pela ordem foram: Penman 48 Original, Priestley-Taylor (PT), FAO24 Penman Modificado, FAO24 Blaney-Criddle e Turc (61), FAO24 Radiação, Makkink (Mk) Resumo em inglês This work had the objective of a comparative study of the empirical equations for the estimate of the reference evapotranspiration in comparison to Penman-Monteith FAO 56 universal standard method for the weather conditions from the municipalities of Sooretama, Cachoeiro de Itapemirim and Venda Nova do Imigrante located, respectively, in the north, south and mountainous regions of the Espírito Santo state. Weather variables regarding the dry period (June, July and August (mais) ) in 2006 were used. They were obtained from data platform of CPTEC-INPE from the agrometeorological automated stations code number 31957, 31958 and 31959 installed respectively, in the municipalities showed. To make a comparison between the values of ETo estimated by the empirical equation and the universal standard method Penman-Monteith (FAO 56) there were considered the regression equation parameters ß0 e ß1, determination coefficient (r²), correlation coefficient (r), standard of the error estimate (EEP), the agreement index (d), confidence or performance index (c) in the diary scales, three, five and seven days, for the months studied in the three localities. For the weather conditions where the work was done, according to the dry and rainy periods, the best methods were: Penman 48 Original, Priestley-Taylor (PT), FAO24 Penman Modificado, FAO24 Blaney-Criddle, Turc (61), FAO24 Radiação, Makkink (Mk)

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Crescimento e desenvolvimento de cultivares de bananeira irrigadas/ Growth and development of irrigated banana orchard cultivars

Braga Filho, Juracy Rocha; Nascimento, Jorge Luiz do; Naves, Ronaldo Veloso; Silva, Luciana Borges e; Pereira, Arcângela Custódia da Conceição Pedreira; Gonçalves, Helenice Moura; Rodrigues, Cristiane
2008-12-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo avaliar o comportamento vegetativo de cultivares de bananeira sob lâminas de irrigação. As lâminas de irrigação corresponderam à testemunha, 40; 80 e 120% da evapotranspiração potencial da cultura estimada a partir da evaporação do tanque classe A. O experimento foi conduzido no período de 24 de janeiro de 2004 a 23 de janeiro de 2006, com as cultivares: falsa FHIA 18, Grande Naine, Prata e Thap Maeo. As quatro cultivares apresen (mais) taram respostas significativas às lâminas de irrigação, no entanto falsa FHIA 18 teve o maior número de variáveis influenciadas. O uso da irrigação influenciou de forma diferenciada no comportamento das cultivares. O efeito de lâminas dentro de cultivares, aos quatro meses após o plantio, ocorreu apenas na cultivar Prata para a altura de plantas, aos oito meses do plantio em todas as cultivares e variáveis. Na ocasião da colheita, houve efeito das lâminas de irrigação dentro das quatro cultivares. No segundo ciclo, não se verificou resposta à irrigação aos quatro e oito meses da escolha do primeiro seguidor; ocorreu o efeito de cultivares e resposta à irrigação no número de folhas viáveis aos quatro meses dentro de Grande Naine, e na altura de plantas e no diâmetro aos oito meses. O crescimento e o desenvolvimento vegetativo das cultivares falsa FHIA 18, Grande Naine, Prata e Thap Maeo, nas condições do Cerrado, são influenciados positivamente com o uso da irrigação. O ciclo total das quatro cultivares diminui com o uso da irrigação. Resumo em inglês This study had the objective of evaluating the vegetative cultivars behavior of banana orchard under levels of irrigation. The irrigation levels indicated the control 40, 80 and 120% of the evaporation-transpiration potential of the culture based on evaporation in a classe- A tank. The experiment was lead in the period of January 24, 2004 through January 23, 2006, with the cultivars of: false FHIA 18, Grand Naine, Prata and Thap Maeo. The four cultivars presented signific (mais) ant answers to the irrigation levels, however false FHIA 18 had the biggest number of variables influenced by the irrigation levels. The use of the irrigation levels influenced the behavior of the cultivars in a differentiated manner. The effect of levels inside the cultivars, four months after the plantation, affected only the height of plants in the Prata cultivars. By eight months, every cultivars and variables were affected. At the time of harvest, the levels of irrigation had affected all the four cultivars. During the second cycle, a feedback to the irrigation levels was not observed in the four and eight months of the first follower; the effect occurred to the cultivars and the feedback to the irrigation in the number of viable leaves by four months of the cultivars Grand Naine, and in the height of plants and in the diameter by eight months. The growth and the vegetative development of the false FHIA 18, Grand Naine, Prata and Thap Maeo cultivars in the conditions of the open pasture are positively influenced with the use of the irrigation. The total cycle of the four cultivars decreases with the use of the irrigation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Concentração de nitrogênio na solução nutritiva, na produtividade e na qualidade de frutos de melão cultivado em substrato/ Nitrogen concentration of the nutrient solution on yield and quality of muskmelon fruits grown in substrate

Fogaça, Marco Aurélio de Freitas; Andriolo, Jerônimo Luiz; Godoi, Rodrigo dos Santos; Gieh, Ricardo Fabiano Hettwer; Madaloz, José Carlos Cazarotto; Barros, Gisele Teixeira
2007-02-01

Resumo em português Este experimento foi conduzido em ambiente protegido, na UFSM, entre agosto de 2004 e janeiro de 2005, com o híbrido "Magelan". As mudas foram plantadas em sacolas de polietileno contendo 4,5dm3 do substrato Plantmax PXT®, na densidade de 3,3 plantas m-2. As plantas foram conduzidas verticalmente em haste única, com até dois frutos por planta, e despontadas ao atingir a altura de 2m. Os tratamentos foram constituídos por concentrações de nitrogênio na solução nu (mais) tritiva de 8 (T1), 11 (T2), 14 (T3), 17 (T4) e 20 (T5) mmol L-1. Os demais nutrientes foram fornecidos nas concentrações, em mmol L-1, de 0,9 de H2PO4-; 2,25 de SO4--; 10,0 de Ca++; 6,0 de K+ e 5,0 de Mg++, e, em mg L-1, 0,42 de Mn; 0,26 de Zn; 0,05 de Cu; 0,50 de B; 0,04 de Mo e 4,82 de quelato de Fe. A solução nutritiva foi fornecida várias vezes ao dia, de acordo com a demanda hídrica da cultura, com um coeficiente de drenagem diário não inferior a 30%. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições. Foi observada resposta linear dos tratamentos na matéria seca vegetativa e de frutos, na área foliar, no número de frutos e na produtividade. Quanto às características qualitativas dos frutos, somente a acidez titulável apresentou diferença significativa, decrescendo com o aumento da concentração de N. A concentração de até 20mmol L-1 de N pode ser empregada na fertirrigação de lavouras comerciais dessa cultura em substrato. Resumo em inglês The experiment was carried out inside a greenhouse at UFSM, from August to January 2005, using the hybrid Magelan. Planting was made in polyethylene bags with 4.5dm3 of the commercial substrate Plantmax PXT®, in a plant density of 3.3 plants m-2. Plants were vertically trained with two fruits per plant and the main stem was cut at 2m height. Treatments were N concentrations of 8 (T1), 11 (T2), 14 (T3), 17 (T4) and 20 (T5) mmol L-1 in the nutrient solution. The other nutr (mais) ients were supplied at standard concentrations of, in mmol L-1, 0.9 H2PO4-; 2.25 SO4--; 10.0 Ca++; 6.0 K+ and 5.0 Mg++, and, in mg L-1, 0.42 Mn; 0.26 Zn; 0.05 Cu; 0.50 B; 0.04 Mo, and 4.82 of quelated Fe. The nutrient solution was delivered to plants several times a day, in order to replace volumes lost by transpiration, with a daily drainage coefficient higher than 30%. A randomized experimental design was used, with five treatments and four replications. Linear effect of treatments was observed for vegetative and fruit dry mass, leaf area, number and fruit yield. Fruit titratable acidity decreased by effect of treatments and no significant effects were observed for other fruit quality variables. The nitrogen concentration till 20mmol L-1 in the nutrient solution could be used in the fertigation of this crop grown in substrate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Comportamento estomático e potencial da água da folha em três espécies lenhosas cultivadas sob estresse hídrico/ Estomatal behavior and leaf water potential in three wood species cultivated under water stress

Silva, Elizamar Ciríaco da; Nogueira, Rejane Jurema Mansur Custódio; Azevedo Neto, André Dias de; Santos, Venezio Felipe dos
2003-06-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar o comportamento estomático e o potencial da água da folha em plantas jovens de Mimosa caesalpiniifolia, Enterolobium contortisiliquum e Tabebuia aurea submetidas a estresse hídrico, desenvolveu-se um experimento em casa de vegetação no Laboratório de Fisiologia Vegetal da UFRPE. As plântulas foram submetidas a dois tratamentos hídricos (100% da CP e 50% da CP) e aos 5¹, 7, 13 e 22 dias de estresse hídrico, foram avaliadas a transpiraç� (mais) �o (E), a resistência difusiva (Rs), a temperatura da folha (Tfol), a temperatura do ar (Tar), umidade relativa do ar (UR), a radiação fotossinteticamente ativa (PAR) e o déficit de pressão de vapor (DPV) às 7h, 9h, 12h e 15h. Após 30 dias de estresse, foi medido o potencial da água da folha (Yw) entre 9-10 horas. Os maiores valores de E foram registrados entre 9-12h para todas as espécies, sendo mais baixos nas plantas estressadas. O oposto foi verificado para Rs, com diferenças na magnitude dos valores entre espécies e horários de avaliação. A Rs das plantas estressadas de E. contortisiliquum foi influenciada pela Tar e de M. caesalpiniifolia pela UR e PAR. O Yw decresceu com o estresse, com reduções de até 155%. A Tfol não se mostrou bom indicador dos efeitos do estresse hídrico sobre as espécies. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the estomatal behavior and the leaf water potential in Mimosa caesalpiniifolia, Enterolobium contortisiliquum and Tabebuia aurea young plants cultivated under water stress. This work was performed in greenhouse of the Laboratório de Fisiologia Vegetal of the Universidade Federal Rural de Pernambuco, Brazil. Seedlings were submitted to two water treatment (100% and 50% pot capacity). On the 5th, 7th, 13th and 22th days of water treatme (mais) nts, the transpiration (E), diffusive resistance (Rs), leaf temperature (Tfol), air temperature (Tar), relative air humidity (UR), photossynthetically active radiation (PAR) and vapour pressure deficit (DPV) were evaluated at 7, 9, 12, 15h. After 30th days the leaf water potential (Yw) was measured, between 9-10h. The highest values of E were registered between 9-12h for all the species, although the stressed plants presented inferior values compared to the control plants. The opposite was verified for the Rs, however the differences in the magnitude and values among species and hours of evaluated were observed. The stomatal behavior of the stressed plants of E. contortisiliquum was influenced by the Tar and the M. caesalpiniifolia was influenced by the UR and PAR. The Yw decreased with the placing of stress, with reduction as much as 155%. The leaf temperature did not show a good indicator on the effects of water stress on the species studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Características fisiológicas, nutricionais e rendimento de forrageiras fertigadas com água residuária de bovinocultura/ Physiological, nutritional and yield characteristics of forages fertigated with cattle wastewater

Erthal, Virgílio J. T.; Ferreira, Paulo A.; Pereira, Odilon G.; Matos, Antônio T. de
2010-05-01

Resumo em português A disposição de águas residuárias no sistema solo-planta, feita sem critérios agronômico e ambiental, pode causar problemas de contaminação do solo, das águas superficiais e subterrâneas e toxicidade às plantas. Com o objetivo de avaliar os efeitos da fertigação com água residuária de bovinocultura (ARB) sobre as características fisiológicas, nutricionais e de produtividade do capim-Tifton 85 (Cynodon spp.) e da aveia-preta (Avena strigosa Schreb), realiz (mais) ou-se um experimento utilizando-se quatro taxas de aplicação da ARB (25, 50, 75 e 100 kg ha-1 de K) em condições de lisímetros de drenagem em casa de vegetação. As variáveis fisiológicas, nutricionais e de rendimento avaliadas foram: taxa fotossintética, taxa transpiratória, condutância estomática, teor de clorofila na folha, rendimento forrageiro, teor de proteína bruta (PB) e teor de nutrientes na matéria seca (P, K, Ca, Mg, Na, Zn e Cu). Os resultados indicaram que a utilização da ARB não causou estresse osmótico nem toxicidade pelos elementos químicos analisados mas propiciou absorção de nutrientes e rendimento forrageiro em níveis próximos aos recomendados podendo, portanto, substituir parcialmente a adubação mineral para o cultivo dessas forrageiras. Resumo em inglês When accomplished without agronomic and environmental criteria, the disposal of the wastewaters in the soil-plant system can cause contamination problems in the soil, to both surface and subsurface waters as well as toxicity to the plants. This study was carried out to evaluate the effects from the fertigation with cattle wastewater (ARB) on the physiologic, nutritional and yield characteristics of the Tifton 85 grass (Cynodon spp.) and the black oat (Avena strigosa Schre (mais) b). The experiment was performed with four ARB application rates (25, 50, 75 and 100 kg ha-1 of K) using drainage lysimeters under greenhouse conditions. The following physiologic, nutritional and yield variables were evaluated: photosynthetic rate, transpiration rate, stomatic conductance, leaf chlorophyll content, forage productivity, crude protein content (PB) and content of nutrients in the dry matter (P, K, Ca, Mg, Na, Zn and Cu). According to the results, the following conclusions were drawn: the use of ARB caused no stress due to the osmotic effect neither direct toxicity by the chemical elements analysised, besides providing nutrient absorption and forage yield at levels close to the recommended ones. Therefore, this ARB can partially substitute the mineral fertilization in cropping these forages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Características fisiológicas de porta-enxertos de videira em solução salina/ Physiological characteristics of grape-vine rootstock in saline solution

Viana, Alexandre Pio; Bruckner, Claudio Horst; Prieto Martinez, Herminia Emilia; Martinez y Huaman, Carlos Alberto; Mosquim, Paulo Roberto
2001-03-01

Resumo em português A tolerância de cinco porta-enxertos de videira ('IAC 766 Campinas', 'IAC 313 Tropical', 'IAC 572 Jales', '420-A' e 'Ripária do Traviú') à salinidade foi avaliada em um ensaio, em casa de vegetação, em solução nutritiva, com cinco níveis de NaCl (0, 5, 10, 15 e 20 mmol L-1). Foram determinados a taxa fotossintética, a condutância estomática, a taxa transpiratória, a altura de plantas e o peso da matéria seca. A altura de planta e o peso da matéria seca fora (mais) m afetados pelo incremento da salinidade. As cultivares mais tolerantes ('IAC 572', 'IAC 766' e 'Ripária do Traviú') apresentaram, mesmo nas maiores doses de NaCl, fotossíntese líquida de 0,75 mimol m-2 s-1, acompanhada pela manutenção da abertura estomática e da taxa transpiratória. Resumo em inglês In order to evaluate the tolerance to salinity, an experiment was carried out in a greenhouse with five grape-vine rootstocks ('IAC 766 Campinas', 'IAC 313 Tropical' , 'IAC 572' Jales', '420-A' and ' Ripária do Traviú'), grown in nutritent solutions with five NaCl levels (0, 5, 10, 15 and 20 mmol L-1). The photosynthetic rate, stomatic conductance, transpiration rate, plant height and dry matter weight were determined. Plant height and dry matter weight were affected by (mais) increasing salinity levels. The more tolerant rootstocks ('IAC 572', 'IAC 766' and 'Ripária do Traviú') presented net photosynthesis of 0.75 mumol m-2 s-1, even at greater NaCl concentrations, also maintaining their stomatic aperture and transpiration rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

A água do solo e o sombreamento dos cafezais na américa central

Franco, Coaraci M.
1951-06-01

Resumo em inglês The coffee plant does not thrive well under shade in most of the coffee areas of the State of São Paulo, Brazil. It has been shown that water competition from the shade trees during the dry season is the factor responsible for the failure in growing coffee under shade in São Paulo. In all cases where the coffee plants were not thriving well under shade, the soil moisture after two to three months of drought was at the wilting point at the depths most utilised by the roo (mais) t systems of shade trees and coffee plants. In open plantations this was never observed. All commercial coffee plantations of Central America are shaded. Most of them are located in areas with a dry season as long as in São Paulo and some times even longer. A comparative study of the climatological factors, methods of cultivation and most common species of shade trees was made. No one of these factors explained the different behavior of the coffee plant under shade in Central America and in São Paulo. The available soil water was measured in many coffee plantations in Costa Rica and El Salvador after four months without apreeiable rainfall. In all cases it was' found that, the actual moisture percentage was considerably higher than the wilting point. The amount of available water held by soils in São Paulo and Central America does not seem to be significantly different, although this was not carefully determined. It is suggested that a comparative study of the moisture-tension curves of soils of São Paulo and Central America might explain the different behavior of the coffee plant with shade under these two different conditions. It is possible that, as a consequence of a much steeper moisture-tension curve, the plants in São Paulo soils transpire freely until the soil moisture reaches the wilting point. This would result in a rapid soil water consumption. If the Central American soils have a smoother moisture-tension curve, the Avater absorption and transpiration rate by plants may be slower and as a consequence the available water may last longer in the soil. The ratio of the moisture equivalent to the wilting point was found to be around 1.29 for the soils studied in the Meseta Central of Costa Rica, around 1.44 for those in El Salvador and 1.94 for the ashy soils in the vicinity of San Salvador volcano.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)