Sample records for transition amplitudes
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 1 shown.



1

Variação espacial e temporal da produtividade primária pelo fitoplâncton na represa de Jurumirim (Rio Paranapanema, SP)/ Spatial and temporal variations on the primary productivity by the phytoplankton in Jurumirim Reservoir (Paranapanema River, São Paulo, Brazil)

HENRY, R.; NUNES, M. A.; MITSUKA, P. M.; LIMA, N. DE; CASANOVA, S. M. C.
1998-11-01

Resumo em português Com a finalidade de detectar possíveis variações espacial e temporal na produtividade primária pelo fitoplâncton, um estudo foi efetuado na Represa de Jurumirim (Rio Paranapanema, afluente do Alto Paraná, Brasil) no período de outubro de 1995 a julho de 1996 em três compartimentos, os Braços Paranapanema (três pontos), Taquari (dois pontos) e Ribeirão das Posses (um ponto). O método do C14 foi utilizado para a medição da produção primária e um estudo de p (mais) arâmetros físicos e químicos correlatos na coluna de água foi feito também. Em novembro de 1995 e janeiro-fevereiro de 1996, o local T2 (região de transição no Braço Taquari) foi o mais produtivo (23,9 e 20,1 mgC.m-2.h-1, respectivamente) e, nos dois outros períodos (abril e julho de 1996), foi o 2º ponto com maior produção (6,0 e 10,2 mgC.m-2.h-1). No Braço Ribeirão das Posses, a produção foi a mais elevada dos 6 pontos em abril (19,8 mgC.m-2.h-1)e julho de 1996 (15,2 mgC.m-2.h-1). No Braço Taquari, houve em todas as quatro épocas do ano uma elevação da produção do ponto T1 (zona de influência do Rio Taquari) para o ponto T2 (região de transição no Braço). No Braço Paranapanema, tendência similar foi observada, isto é, aumento da produção desde o ponto P1 (zona de influência do Rio Paranapanema) para o ponto P2 (zona de transição no Braço), e deste ponto para a estação P3 (corpo principal do reservatório, Braço Paranapanema) em outubro-novembro de 1995 e em julho de 1996. Em janeiro-fevereiro de 1996, esta tendência não foi muito nítida, enquanto em abril, não houve variações significativas na produção primária entre pontos do Braço Paranapanema. Uma análise de variância mostrou que houve variações significativas no conteúdo de material em suspensão, na condutividade da água e nos teores de fosfato inorgânico e nitrato entre as diferentes épocas do ano. As variações encontradas refletem a sazonalidade esperada em função da precipitação local e, em parte, as influências alóctones, decorrentes de alterações nas cargas de material em suspensão e nitrogênio e fósforo, introduzidas pelos tributários e, em parte, a ciclagem interna dos nutrientes. A análise estatística também mostrou diferenças significativas entre pontos de amostragem na produtividade primária pelo fitoplâncton, zona eufótica, condutividade da água e teores de silicato. As diferenças entre pontos na produtividade primária são, em parte, decorrentes das alterações da espessura da zona eufótica. Estas zonas variam longitudinalmente em função da quantidade de material alóctone presente e a sua possível sedimentação e ressuspensão, em função da circulação parcial ou completa da água, e da nebulosidade distinta em cada local e dia de medida. As diferenças entre pontos de amostragem no conteúdo de silicato e na condutividade devem-se às influências geológicas nas bacias de drenagem de cada reservatório (Rios Paranapanema e Taquari e Ribeirão das Posses) que, introduzindo íons e sílica em quantidades diferentes nos três Braços, sofrem um efeito de diluição em função do volume de água acumulado em cada compartimento. Resumo em inglês A study on the spatial and temporal variations of the primary productivity by phytoplankton was conducted in Jurumirim Reservoir (Paranapanema River, São Paulo, Brazil) from October, 1995 to July, 1996. Six sampling stations were selected, three in Paranapanema Arm, two in Taquari Arm and one in das Posses Arm. The C14 method was used for measuring the primary production and a study on the correlated physical and chemical variables was made. In November, 1995 and in Janu (mais) ary-February, 1996 the T2 station (transition region of Taquari Arm) presented the highest value of primary production (23.9 and 20.1 mgC.m-2.h-1, respectively) and in the other two studied periods (April and July, 1996), it was the second most productive station (6.0 and 10.2 mgC.m-2.h-1, respectively). In das Posses station, the primary production presented the highest value in April (19.8 mgC.m-2.h-1) and July, 1996 (15.2 mgC.m-2.h-1), when compared with the other five stations. In Taquari Arm, an increase on the primary production occurred from the T1 (riverine zone) to T2 stations (transition region), in all the four studied periods. In Paranapanema Arm, an increase on the primary production was also observed from the P1 (riverine zone) to P2 (transition zone) and to P3 stations (main water body zone) in October-November, 1995 and July, 1996. In January-February 1996, the increase in the three successive stations was low, while in April, 1996 no significant variation was observed on the primary production. A variance analysis showed that there were significant modifications in the suspended matter amounts, in the water conductivity and in the inorganic phosphate and nitrate concentrations in the different periods of the year. The seasonal variations can be attributed to the water precipitation, to the allochthonous loads of suspended solids, nitrogen and phosphorus introduced by the two tributaries, and to internal recycling of nutrients. The statistical analysis also showed significant differences between sampling stations on the primary productivity by phytoplankton, on the euphotic zones, on the water conductivity and on the silicate concentrations. The spatial differences of the primary productivity are due to the modifications on the amplitudes of the euphotic zones. The euphotic layer presents longitudinal variations, that can be attributed, besides the solar radiation intensities, to the different allochthonous material loads, the tripton sedimentation and the sediment ressuspension caused by the water circulation. The spatial differences in the silicate concentrations and in the water conductivity are due to the geological influences of the watershed of each tributary (Paranapanema, Taquari and das Posses Rivers). The ionsand silicate inputs by the three rivers present a different dilution when introduced in each compartment of the reservoir.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)