Sample records for transgenic plants
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Época de dessecação anterior à semeadura sobre o desenvolvimento da aoja resistente ao glyphosate/ Influence of desiccation time before sowing on the development of soybean resistant to glyphosate

Santos, J.B.; Santos, E.A.; Fialho, C.M.T.; Silva, A.A.; Freitas, M.A.M.
2007-12-01

Resumo em português Com o presente trabalho, objetivou-se avaliar o melhor momento para dessecação de Brachiaria brizantha com glyphosate, visando a semeadura da soja geneticamente modificada, resistente a esse herbicida. Para isso, estabeleceram-se várias épocas de dessecação (2.880 g ha-1 de glyphosate), variando de 21 a zero dias antes da semeadura da soja e com uma (1.080 g ha-1) ou duas (1.080 + 1.080 g ha-1) aplicações do glyphosate em pós-emergência da cultura, respectivamen (mais) te aos 15 e 40 dias. Aos cinco dias após a primeira aplicação em pós-emergência e por ocasião do florescimento, foram avaliados o número e a massa seca de folíolos, massa seca do restante da parte aérea, de raízes e dos nódulos radiculares. Na mesma época, foram coletadas amostras do solo para determinação da taxa de respiração basal e biomassa microbiana (esta somente no florescimento). No final do ciclo, determinou-se o rendimento de grãos da soja em função dos diferentes tratamentos. As aplicações em pós-emergência do glyphosate afetaram o crescimento da soja, diminuindo a massa seca das plantas. Melhor desenvolvimento da soja foi observado quando se utilizou o glyphosate somente para dessecação, realizada entre 7 e 21 dias antes da semeadura. Maior impacto negativo na biomassa microbiana foi observado quando a dessecação e a semeadura foram realizadas no mesmo dia. O rendimento de grãos da cultura foi diminuído em mais de 40% na testemunha, sem aplicação do glyphosate, e, em média, 23% nas plantas que receberam o herbicida em pós-emergência. Resumo em inglês The objective of this paper was to evaluate the best timing for Brachiaria brizantha desiccation with glyphosate, aiming at transgenic soybean sowing. Different desiccation times were established (2.880 g ha-1 of glyphosate) ranging from 21 to zero days before soybean sowing, with one (1.080 g ha-1) or two (1.080 + 1.080 g ha-1 ) glyphosate applications in postemergence, respectively at 15 and 40 days. At five days after the first application and during flowering, foliate (mais) number and dry matter, dry matter of the remaining aerial part, roots, and radicular nodules were evaluated. During the same time, soil samples were collected to determine basal respiration rate and microbial biomass. At the end of the cycle, soybean grain yield was determined according to the different treatments. Soybean growth was affected by postemergence application of glyphosate, decreasing plant dry matter. Soybean development improved when glyphosate was used for desiccation between 7 and 21 days before sowing. Higher negative impact against microbial biomass occurred when desiccation and sowing were performed at the same day. Without glyphosate application, control grain yield decreased in more than 40%, and, on average, 23% on the plants that received the herbicide in postemergence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Uso de ingredientes provenientes de OGM em rações e seu impacto na produção de alimentos de origem animal para humanos/ Use of ingredients from OGM in feed and its impact on the production of food of animal origin for human

Vercesi, Anibal E.; Ravagnani, Felipe G.; Di Ciero, Luciana
2009-07-01

Resumo em português Desde os primórdios o homem buscou selecionar as plantas alimentícias para maior produtividade. O conhecimento da estrutura do DNA permitiu que a engenharia genética se desenvolvesse consideravelmente fornecendo ferramentas para a realização de alterações específicas no genoma. Os produtos destas alterações são denominados transgênicos ou organismos geneticamente modificados (OGM) e apresentam alto potencial de aplicação em diversas áreas da atividade human (mais) a como: agricultura, medicina, saúde, produção e processamento de alimentos, produção bioquímica, controle de doenças e biorremediação. Atualmente, as plantas transgênicas, oriundas da tecnologia do DNA recombinante, trouxeram novas variedades já cultivadas em mais de 100 milhões de hectares em 23 países, incluindo o Brasil, onde 8 variedades já foram aprovadas pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). Esse método de melhoramento genético facilitou a introdução de características desejáveis em plantas, como resistência a estresses bióticos e abióticos e otimização da composição de alguns nutrientes essenciais à saúde animal e humana. Enquanto estes avanços da biotecnologia abrem novas perspectivas para a solução de problemas em áreas como a agricultura, a liberação de transgênicos para uso na natureza traz preocupações quanto a possíveis problemas de natureza ecológica e para a saúde humana e animal. Estas preocupações deram origem à criação de agências governamentais para controlar o uso desta tecnologia e regulamentar a segurança dos alimentos transgênicos e seus derivados. Até o momento, os estudos científicos mostram que os transgênicos liberados comercialmente são tão seguros ou mais ao meio ambiente e a saúde animal e humana que os convencionais. Resumo em inglês From the origins the man has looked and selected vegetables with nutritive value for larger productivity. The knowledge of DNA structure allowed genetic engineering to develop and supplying tools for the accomplishment of specific alterations in the genome considerably. The products of these alterations are denominated transgenic or organisms genetically modified (OGM) and they present high application potential in several areas of the human activity as: agriculture, medi (mais) cine, health, production and processing of foods, biochemical production and control of diseases. Nowadays, transgenic plants, originating from technology of the DNA recombinant, brought new varieties cultivated already in more than 100 million hectares in 23 countries, including Brazil, where 8 varieties were already approved for the National Technical Commission of Biosafety (CTNBio). That method of genetic improvement facilitated the introduction of desirable characteristics in plants, such as, resistance to biotic and non-biotic stress and optimization of the composition of some essential nutrients to the animal and human health. While these progresses of the biotechnology open new perspectives for the solution of problems in areas as the agriculture, the transgenic liberation for use in the nature brings concerns as for possible problems of ecological nature and for the human and animal health. These concerns brought the creation of government agencies to control the use of this technology and to regulate the safety of transgenic foods and yours derived. Until the moment, the scientific studies show that the transgenic liberated commercially are so safe or more to the environment and the animal and human health that the conventional ones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Uma tecnologia com múltiplas aplicações/ A technology with multiple applications

Pinheiro, Márcia Margis; Gerhardt, Liliane; Margis, Rogério
2000-10-01

Resumo em português O melhoramento vegetal vem sendo praticado pelo homem há milhares de anos. Entretanto, esse processo de domesticação tornou os vegetais mais susceptíveis a pragas e doenças. O melhoramento clássico permitiu, por cruzamento, a manipulação genética dos vegetais com conseqüente aumento na produtividade agrícola. Recentemente, a tecnologia do DNA recombinante ampliou as possibilidades de integração de genes exógenos ao genoma vegetal, resultando na produção da (mais) s plantas transgênicas. Apesar das grandes discussões em torno do assunto, essas plantas representam hoje um caminho promissor para o melhoramento vegetal. Inúmeros exemplos de estratégias de transferência de genes conferiram, com sucesso, resistência a herbicidas, vírus, fungos, bactérias e insetos ou produziram um aumento na qualidade dos alimentos. Além das aplicações biotecnológicas, as plantas transgênicas têm contribuído significativamente para o estudo do funcionamento dos genes, tais como a análise da regulação da expressão gênica e o estudo das funções das proteínas codificadas pelos diferentes genes da planta. Resumo em inglês Plant breeding has been a human practice for some thousands of years. However, this process of domestication has made plants more vulnerable to pests and diseases. Classical plant breeding has allowed the genetic manipulation of plants through crossings with a resulting increase in crop productivity. Recently, the recombinant DNA technology has increased the possibilities of integration of exogenous genes to the plant genome, resulting in the production of transgenic plan (mais) ts. Despite the great debate on this issue, such plants represent to date a promising avenue for plant breeding. There are many examples of gene transference strategies which have been successful in promoting resistance to herbicides, viruses, fungi, bacteria and insects, or in producing an increase in food quality. In addition to biotechnological applications, transgenic plants have made a significant contribution to the study of gene functioning, such as the analysis of genic expression regulation and the study of protein functions codified by distinct plant genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Transformação genética: estratégias e aplicações para o melhoramento genético de espécies florestais/ Genetic transformation: strategies for forest species breeding

Sartoretto, Laudete Maria; Saldanha, Cleber Witt; Corder, Maisa Pimentel Martins
2008-06-01

Resumo em português A transformação genética, que consiste na introdução controlada de um gene no genoma de uma célula receptora e em sua posterior expressão, assume adicional significância, pois abre novas perspectivas ao melhoramento genético de espécies florestais, disponibilizando novos genes com características desejáveis para serem incorporados em menor espaço de tempo. Através do uso de estratégias com Agrobacterium e biobalística, já foram obtidas plantas transgênic (mais) as com maior produção de biomassa, melhor qualidade de madeira, maior resistência a determinados insetos e com tolerância a herbicidas, entre outras características de interesse. Tais exemplos demonstram a relevância dessas ferramentas para o setor florestal. Esta revisão apresenta, de forma resumida, a importância do estabelecimento de um eficiente sistema de regeneração in vitro, as principais estratégias usadas na transformação genética de espécies florestais e algumas das características agroflorestais que já foram incorporadas nessas espécies. Resumo em inglês The genetic transformation which consists in a controlled introduction of a gene in the genome of a receive cell and its subsequent expression, assumes additional significance, giving new perspectives to genetic improvement of the forest species, extending and available new genes with desirable characteristics, to be incorporated in a smaller period of time. Through the strategies Agrobacterium and bioballistic, transgenic plants had already been obtained showing higher b (mais) iomass production, better wood quality, resistance to some insects, tolerance to herbicides, among other desirable characteristics, showing the relevance of these tools to the forest industry. This revision points out in a summarized way, the importance of establishing an efficient in vitro regeneration system, the strategies used in the genetic transformations of forestry species and some agroforestry characteristics that were previously incorporated in these species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Transformação genética de laranja 'Valência' com o gene cecropin MB39/ Genetic transformation of 'Valencia' sweet orange with the cecropin MB39 gene

Paoli, Luis Gustavo de; Camargo, Raquel Luciana Boscariol; Harakava, Ricardo; Mendes, Beatriz Madalena Januzzi; Mourão Filho, Francisco de Assis Alves
2007-11-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi obter plantas transgênicas de laranja 'Valência' com o gene cecropin MB39 controlado pelo promotor do gene da fenilalanina-amônia-liase de citros, visando a expressão gênica específica nos vasos do xilema. A transformação genética foi realizada via Agrobacterium tumefaciens por meio do co-cultivo de segmentos de epicótilo. Onze plantas transgênicas foram identificadas por PCR, pela amplificação do fragmento esperado de 189 pb, as (mais) quais foram aclimatizadas em casa de vegetação. A integração do transgene foi confirmada em três plantas pela análise de transferência de Southern. Resumo em inglês The objective of this work was to produce 'Valencia' sweet orange transgenic plants with the cecropin MB39 gene controlled by a phenylalanine ammonia-lyase gene promoter from citrus in order to direct gene expression in xylem vessels. The genetic transformation was mediated by Agrobacterium tumefaciens with the co-culture of epicotyl segments. Eleven transgenic plants were selected by PCR with the amplification of a 189 bp fragment, which were acclimatized to greenhouse. The integration of the transgene was confirmed in three plants by Southern blot analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Transformação genética de cereais via Agrobacterium tumefaciens/ Cereal genetic transformation via Agrobacterium tumefaciens

Handel, Cristine Luise; Wagner, Caroline Moor; Milach, Sandra Cristina Kothe; Federizzi, Luiz Carlos
1997-06-01

Resumo em português A transformação genética via Agrobacterium tumefaciens é um método que permite a inserção de uma ou poucas cópias do transgene no DNA da planta hospedeira. Esta pode ser uma ferramenta importante para os melhoristas, pois, além de aumentar a variabilidade genética existente, torna possível criar variabilidade não disponível via métodos de melhoramento convencional. No entanto, ainda existem algumas dificuldades a serem superadas para que os genes de interess (mais) e agronômico sejam incorporados no genoma dos cereais, como aidentificação de estirpes de bactérias que infectem monocotiledôneas e a adequação da técnica. O objetivo deste trabalho é de revisar as potencialidades e problemas do uso da A. tumefaciens para transformação de cereais no presentemomento e abordar suas perspectivas futuras. Trabalhos recentes com arroz e trigo indicam que estas culturas podem ser transformadas com A. tumefaciens, sendo que em arroz plantas transgênicas foram obtidas com este método. Esta tecnologia vem sendo aprimorada e a curto prazo possibilitará a transferência de genes para diversas espécies monocotiledôneas. Resumo em inglês The genetic transformation via Agrobacterium tumefaciens allows the insertion of one or few copies of a transgene into the host DNA. This can be an important tool to plant breeders because it expands the genetic variability in breeding programs, developing variability not readily available from traditional methods. However, there are some difficulties that have to be overcome before this technology may be used in cereals, as the identification of highly ineffective bacter (mais) ia strains and the adjustments of the technique to various crops. The objective of this paper is to revise the potentialities and limitations of using A. tumefaciens to transform cereals and to indicate the future perspectives of this technology. Recent studies have indicated that it is possible to transform rice and wheat with A. tumefaciens, so that rice transgenic plants have been obtained with this method. This technology is being improved and in a short term will allow the transformation of many monocotyledonous species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Seletividade da soja transgênica tolerante ao glyphosate e eficácia de controle de Commelina benghalensis com herbicidas aplicados isolados e em misturas/ Selectivity of glyphosate-tolerant soybean and efficiency of Commelina benghalensis control using isolated and mixed herbicides

Correia, Núbia Maria; Durigan, Julio Cezar; Leite, Gilson José
2008-01-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi avaliar os possíveis efeitos fitotóxicos de herbicidas aplicados em pós-emergência, isolados e em misturas, na soja transgênica (cv. M-SOY 8008 RR) tolerante ao glyphosate e no controle de plântulas de Commelina benghalensis. Os experimentos foram desenvolvidos no período de janeiro a maio de 2006, em vasos, mantidos em condições de ambiente não controlado, no Departamento de Fitossanidade, UNESP, Campus de Jaboticabal (SP). Os tratame (mais) ntos avaliados foram: glyphosate (1,20 kg ha-1 e.a.), chlorimuron-ethyl (0,02 kg ha-1), lactofen (0,18 kg ha-1), fomesafen (0,25 kg ha-1), flumioxazin (0,025 kg ha-1), imazethapyr (0,10 kg ha-1), chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1) mais lactofen (0,096 kg ha-1), chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1) mais fomesafen (0,125 kg ha-1), lactofen (0,096kg ha-1) mais fomesafen (0,125 kg ha-1), as misturas de glyphosate (0,60kgha-1) com chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1), lactofen (0,096 kg ha-1), fomesafen (0,125 kg ha-1), flumioxazin (0,0125 kg ha-1), imazethapyr (0,05 kg ha-1) e uma testemunha sem aplicação de herbicida. No experimento com C. benghalensis, testou-se também a aplicação seqüencial de glyphosate (0,96 mais 0,72 kg ha-1 e.a.). A associação de ghyphosate a herbicidas utilizados em soja convencional ocasionou danos visuais às plantas de soja. Em alguns casos, como nas misturas de glyphosate com lactofen e glyphosate com flumioxazin, os sintomas foram severos, com necroses e pontos cloróticos nas folhas. Mesmo assim, essa fitointoxicação não influenciou no desenvolvimento vegetativo e reprodutivo da soja. A mistura de glyphosate a outros herbicidas, assim como a sua aplicação seqüencial, não foram eficazes no controle de C. benghalensis, nas doses testadas e quando as plantas estavam no estádio de 4 a 6 folhas totalmente expandidas. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate phytotoxicity effects of herbicides applied during post-emergence, either alone or in mixture with other chemicals in transgenic glyphosate-tolerant soybean (cv. M-SOY 8008 RR) and in Commelina benghalensis. Two experiments were carried out from January to May 2006, in pots, under uncontrolled conditions, at Plant Protection Department of UNESP, Jaboticabal (SP), Brazil. The following herbicides were used: glyphosate (1,20 kg a. (mais) e. ha-1), chlorimuron-ethyl (0,02 kg ha-1), lactofen (0,018 kg ha-1), fomesafen (0,25kg ha-1), flumioxazin (0,025 kg ha-1), imazethapyr (0,10 kg ha-1), chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1) plus lactofen (0,096 kg ha-1), chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1) plus fomesafen (0,125 kg ha-1) and lactofen (0,096 kg ha-1) plus fomesafen (0,125 kg ha-1). It was also used the glyphosate (0,60 kg a.e. ha-1) in mixture with chlorimuron-ethyl (0,01 kg ha-1), lactofen (0,096 kg ha-1), fomesafen (0,125 kg ha-1), flumioxazin (0,0125 kg ha-1) and imazethapyr (0,05 kg ha-1) and a no treated control. Also the sequential application of glyphosate (0,96 plus 0,72 kg a.e. ha-1) was used in the experiment with C. benghalensis. The association of glyphosate and conventional soybean herbicides caused soybean injury. In some cases, such as in the glyphosate-lactofen and glyphosate-flumioxazin mixtures, the symptoms were severe, with necrosis and clorosis. Although there were phytotoxic symptoms in the plant, the herbicide did not affect vegetative and reproductive soybean development. The mixture of glyphosate to other herbicides and its sequential application did not control C. benghalensis, when sprayed in the tested doses and in plants with 4 to 6 expanded leaves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Riscos e benefícios do uso de plantas transgênicas na agricultura/ Risks and benefits of transgenic plants to agriculture

Handel, Cristine Luise; Milach, Sandra Cristina Kothe; Federizzi, Luiz Carlos
1996-12-01

Resumo em português O desenvolvimento de técnicas de DNA recombinante possibilitou a produção de plantas transgênicas através da transferência de genes de bactérias, vírus ou animais para as espécies vegetais. Como resultado desta tecnologia, já estão disponíveis ao melhoramento de plantas novas fontes de genes e plantas com resistência a doenças e insetos, tolerância a herbicidas e estresses ambientais e com qualidade superior. O objetivo desta revisão é apontar riscos, ben (mais) efícios e aspectos importantes no uso de plantas transgênicas na agricultura. Entre as questões que vêm sendo discutidas a respeito de testes a campo de plantas transgênicas, pode-se destacar a segurança dos genes marcadores (especialmente os que conferem resistência a antibióticos ou tolerância a herbicidas) e o fluxo gênico entre espécies vegetais. Apesar dos Estados Unidos da América e a Comunidade Européia possuírem legislações para regulamentar os testes a campo e a liberação de plantas transgênicas em escala comercial, não existe uma legislação internacional que regulamente o uso desses produtos em outras partes do mundo. O impacto da tecnologia do DNA recombinante na produção de novos produtos agrícolas dependerá do entendimento pela sociedade dos riscos e benefícios que essa tecnologia poderá trazer para a agricultura. Resumo em inglês The development of recombinant DNA techniques has enabled gene transfer between plants and bacteria, virus or animais to produce transgenic plants. As a result of this technology, there are new genes and plants available to plant breeding for disease and insect resistance, herbicide and environmental stresses tolerance, and for superior quality products. The objectives of this review are topoint out the risks, benefits and importam aspects in using transgenic plants in ag (mais) riculture. Among the important issues that have been discussed about field tests with transgenic plants, two have received more attention: the safety of marker genes (specially those that confer resistance to antibiotics or herbicides tolerance) and the gene flow between cultivated and wild plant species. Even though the United States of América and the European Community have strict ruies which regulate the field tests and the commercial release of transgenic plants, there are no international laws to regulate the se issues in other parts of the world. The impact of the recombinant DNA technology on the production of new agricultural products will depend on the understanding of their risks and benefits by the society.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Produção de prolina e suscetibilidade ao glufosinato de amônio em plantas transgênicas de citrumelo Swingle/ Proline production by transgenic plants of Swingle citrumelo and susceptibility to glufosinate ammonium

Carneiro, Cristine Elizabeth Alvarenga; Molinari, Hugo Bruno Correa; Andrade, Giselly Aparecida; Pereira, Luiz Filipe Protasio; Vieira, Luiz Gonzaga Esteves
2006-05-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de plantas transgênicas de citrumelo Swingle com elevada produção de prolina, ao herbicida glufosinato de amônio. As plantas utilizadas apresentavam a inserção do gene mutante da enzima delta1-pirrolina-5-carboxilato sintetase (P5CS), responsável pela biossíntese de prolina. A expressão do gene p5cs em plantas transgênicas causou aumento nas quantidades de prolina em tecidos foliares, em até cinco vezes, qua (mais) ndo comparadas às plantas-controle tratadas com 200 µM de glufosinato de amônio. As plantas transgênicas acumularam maior quantidade de NH4+ nas folhas, em relação às plantas não-transgênicas. Os danos causados pelo herbicida foram avaliados in vitro, utilizando-se discos foliares cultivados em meio MS com diferentes concentrações de glufosinato de amônio. Observou-se maior clorose em discos foliares das plantas transgênicas, o que comprova a maior suscetibilidade de plantas de citrumelo Swingle com alta produção de prolina ao herbicida. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the susceptibility to glufosinate ammonium of transgenic plants of Swingle citrumelo with high proline production. The mutant gene of the enzyme delta1-pyrroline-5-carboxylate synthetase (P5CS), the rate-limiting enzyme in proline biosynthesis, was inserted into Swingle citrumelo plants. The expression of the gene p5cs caused up to 5-fold increase on the proline content in leaf tissues of transgenic plants treated with 200 µM gl (mais) ufosinate ammonium, when compared with control plants. Leaves of transgenic plants accumulated higher amounts of NH4+ than the nontransgenic control. The herbicide toxicity was evaluated using leaf disks cultivated in MS medium, containing different concentrations of glufosinate ammonium. The severity of the chlorosis, observed in leaf disks of transgenic plants, confirmed the higher susceptibility of Swingle citrumelo plants, with high proline production, to this herbicide.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Morfogênese in vitro de variedades brasileiras de cana-de-açúcar/ In vitro morphogenesis of Brazilian sugarcane varieties

Cidade, Daniela Anhel de Paula; Garcia, Renata de Oliveira; Duarte, Aline Castellar; Sachetto-Martins, Gilberto; Mansur, Elisabeth
2006-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi estabelecer sistemas de multiplicação de plantas de cana-de-açúcar in vitro e avaliar sua utilização, como material inicial, para a indução de regeneração a partir de ápices caulinares. Três métodos de cultivo foram avaliados: cultura em meio semi-sólido, cultura líquida estacionária e cultura líquida sob agitação. A taxa de multiplicação mais elevada foi alcançada por meio da cultura líquida sob agitação. Ápices cau (mais) linares, excisados dessas plantas, apresentaram taxas de regeneração in vitro compatíveis com sua utilização em protocolos de transformação. Calos resistentes a PPT e GUS-positivos foram obtidos de explantes da variedade Chunnee com inoculação de Agrobacterium tumefaciens C58C1 (pMP90) (pDUBarA9). O protocolo estabelecido a partir de cultivo in vitro pode ser utilizado para a produção de plantas transgênicas de cana-de-açúcar, visando à realização de estudos de regulação da expressão gênica, assim como à introdução de características de interesse agronômico. Resumo em inglês The objective of this work was to establish in vitro systems for sugarcane plant multiplication and for regeneration from shoot apices excised from these plants. Three methods were analyzed: culture on semi-solid medium and liquid culture with or without agitation. The highest regeneration rates were obtained from cultures in liquid-medium with agitation. Shoot tips derived from these plants presented regeneration rates suitable for utilization in transformation protocols (mais) . PPT-resistant and GUS positive calluses were obtained from explants of in vitro plants of Chunnee variety inoculated with Agrobacterium tumefaciens C58C1 (pMP90) (pDUBarA9). The established in vitro culture system can be applied for transgenic sugarcane production, aiming at gene regulation studies and introduction of agronomical traits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Manipulação de cereais para acúmulo de lisina em sementes/ Manipulating cereal crops for high lysine accumulation in seeds

Molina, Silvia Maria Guerra; Gaziola, Salete Aparecida; Lea, Peter John; Azevedo, Ricardo Antunes
2001-03-01

Resumo em português A lisina é um aminoácido essencial cuja via de biossíntese faz parte da via metabólica do ácido aspártico, pela qual são também sintetizados os aminoácidos treonina, metionina e isoleucina. Além disso, a lisina é o principal aminoácido limitante em todos os cereais e por cerca de 30 anos a via do ácido aspártico tem sido estudada em plantas, com o intuito de desvendar e caracterizar os principais pontos chave na regulação das vias de biossíntese desses am (mais) inoácidos. Duas etapas distintas, uma primeira originada a partir do desenvolvimento da cultura de tecidos (anos 70-80) e a segunda a partir do desenvolvimento de técnicas para a transformação de plantas (anos 90), permitiram que mutantes bioquímicos e plantas trangênicas fossem produzidos com alterações específicas em passos metabólicos chave, levando à superprodução e acúmulo de treonina em vários tecidos das plantas. Entretanto, a acumulação de lisina em sementes não foi obtida. Tal fato, associado a estudos bioquímicos da via de degradação da lisina em cereais e em leguminosas, indicou que a manipulação da degradação seria tão ou mais importante que a manipulação da biossíntese de lisina para o acúmulo deste aminoácido em sementes dos cereais . Em milho, o uso e estudo de outros mutantes tais como o opaco-2 e variedades QPM (Quality Protein Maize) contribuíram significativamente para a compreensão dos eventos regulatórios. As estratégias para a obtenção de materiais ricos em lisina e sua relevância à manipulação de outros aminoácidos são revisados. Resumo em inglês The nutrition value of a protein is directly related to its amino acid composition. Some of these amino acids, termed essential amino acids, cannot be synthesized by humans and therefore must be supplied in the diet for adults and in particular for infants and children. Lysine is an essential amino acid synthesized via the aspartic acid metabolic pathway, in which threonine, methionine and isoleucine are also endproducts. Moreover, lysine is the first limiting amino acid (mais) in all cereal grains. For over 30 years, the aspartic acid metabolic pathway has been studied in higher plants with the aim of identifying and characterizing the key regulatory points controlling the biosynthetic pathway. Two clear distinct time periods, one begining with the development of tissue culture techniques (1970-80's) and the second with the development of plant transformation techniques (90's), has encouraged the production of biochemical mutants and transgenic plants with specific alterations in key enzymes of the pathway, leading to the overproduction and accumulation of threonine in all plant tissues. However, the accumulation of lysine in seeds has been particularly difficult to achieve. Such an observation, associated with the recent biochemical studies on lysine degradation in cereal and legume plant species, has indicated that the manipulation of lysine degradation is as important as the manipulation of lysine synthesis, if the goal of accumulating this amino acid in cereal seeds is to be achieved. In maize, the study and use of other mutants such as the opaque-2 and QPM (Quality Protein Maize) varieties, has contributed significantly to our understanding of the regulatory aspects of the aspartate pathway. The strategies of obtaining cereals rich in lysine and their relevance to the manipulation of other amino acids have been discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Implicações dos transgênicos na sustentabilidade ambiental e agrícola/ Implications of transgenics for environmental and agricultural sustainability

Nodari, Rubens Onofre; Guerra, Miguel Pedro
2000-10-01

Resumo em português A discussão mundial sobre os riscos e impactos dos OGMs na saúde humana e animal e ao meio ambiente, bem como seus impactos socioeconômicos, estão longe de terminar, pois pouca informação científica foi gerada. Parte dessa informação suporta hipóteses de riscos previamente levantadas. Assim, em vários casos, já foi constatada a presença de genes de plantas transgênicas em outras plantas e em outros organismos. Portanto, a disseminação de genes tanto para p (mais) lantas da mesma espécie como para espécies bem diferentes já pode ser considerado um risco real. O princípio da equivalência substancial está permitindo que as plantas transgênicas sejam liberadas para o cultivo comercial com testes de curta duração e em quantidade e qualidade insuficientes para que os alimentos derivados das mesmas sejam considerados sadios e seguros. Dessa forma, o uso do princípio da precaução se constituiu na medida mais adequada para este momento, até que os dados científicos indiquem os reais impactos destas plantas na saúde humana, animal e no meio ambiente. Resumo em inglês The potential risks of GMOs, their impact on human and animal health, and on the environment, as well as their socioeconomic effects, have generated a worldwide discussion which is far from drawing to a close for lack of sufficient scientific information. Part of this information supports risk-hypotheses previously put forward. Thus the presence of transgenic plant genes in other plants and in other organisms has been confirmed in several occasions. Therefore, gene dissem (mais) ination to plants of the same species as well as to widely different species is already regarded as an actual risk. The principle of substantial equivalence has opened the way for the liberation of transgenic plants for commercial crops, despite short-term tests, which are quantitatively and qualitatively insufficient to certify that the foods deriving from those plants are healthy and safe. Thus, the adoption of the so-called precautionary principle (PP) has turned out to be the most adequate safety measure to date, or else until scientific data should be able to demonstrate the actual impact of transgenic plants on human and animal health, and on the environment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Hipersensibilidade e necrose sistêmica em Nicotiana benthamiana transformada com o gene de resistência Sw-5 de tomateiro/ Hypersensitive response and systemic necrosis in Nicotiana benthamiana transformed with the Sw-5 resistance gene from tomato

Lau, Douglas; Oliveira, Julio Cezar F. de; Lau, Elene Y.; Brommonschenkel, Sérgio H.
2006-06-01

Resumo em português O gene Sw-5 do tomateiro confere resistência a várias espécies de tospovírus e codifica uma proteína contendo domínios de ligação a nucleotídeos e repetições ricas em leucina. Tomateiros com Sw-5 exibem reações necróticas nas folhas inoculadas com tospovírus. Estas reações e a estrutura da proteína Sw-5 indicam que a resistência ocorre por meio do reconhecimento do patógeno e desencadeamento da resposta de hipersensibilidade. A capacidade de Sw-5 de co (mais) nferir resistência a tospovírus em tabaco selvagem (Nicotiana benthamiana Domin.) foi avaliada em plantas transgênicas. Uma construção com a seqüência aberta de leitura de Sw-5 e sua região 3’ não-traduzida sob controle do promotor 35S do CaMV foi utilizada para transformação de N. benthamiana via Agrobacterium tumefaciens. Plantas de progênies R1 foram inoculadas com um isolado de tospovírus e avaliadas quanto à ocorrência de reação de hipersensibilidade e resistência à infecção sistêmica. Em uma progênie com segregação 3:1 (resistente:suscetível), foi selecionada uma planta homozigota e sua progênie avaliada quanto ao espectro da resistência a tospovírus. Plantas com o transgene exibiram resposta de hipersensibilidade 48 h após a inoculação, sendo resistentes à infecção sistêmica. O fenótipo da resistência foi dependente do isolado viral e um isolado de Tomato chlorotic spot virus (TCSV) causou necrose sistêmica em todas as plantas inoculadas, enquanto que isolados de Groundnut ringspot virus (GRSV) e um isolado relacionado a Chrysanthemum stem necrosis virus (CSNV) ficaram restritos ao sítio de infecção. Comparações do espectro da resistência obtido neste trabalho com aquele observado em outros membros da família Solanaceae indicam que as vias de transdução de sinais e as respostas de defesa ativadas por Sw-5 são conservadas dentro desta família e polimorfismos genéticos nas vias de transdução de sinais ou em componentes das respostas de defesa podem resultar em diferentes níveis de resistência. Resumo em inglês The tomato gene Sw-5 confers resistance against tospovirus species and codes for a nucleotide binding site and leucine rich protein. Tomatoes with the Sw-5 gene develop a necrotic reaction when mechanically inoculated with tospoviruses. The necrotic lesions on inoculated leaves of the resistant plants and the structure of the protein codified by Sw-5 suggests that the resistance depends on recognition of the pathogen and activation of hypersensitive response (HR). The cap (mais) acity of the Sw-5 to confer resistance in wild tobacco (Nicotiana benthamiana) was evaluated in transgenic plants transformed by Agrobacterium tumefaciens. The Sw-5 ORF and its own 3' UTR region were placed under 35S promoter control. Plants of R1 progenies were inoculated with tospovirus and evaluated for local and systemic symptoms. In one progeny with 3:1 (resistant:susceptible) segregation ratio a homozygous plant was selected and the resistance spectrum of its progeny was evaluated. Transgenic plants showed hypersensitive response 48 h after inoculations and were resistant to tospovirus infection. The resistance was isolate-specific and a Tomato chlorotic spot virus (TCSV) isolate caused systemic necrosis in the transformed plants, while Groundnut ringspot virus (GRSV) isolates and one Chrysanthemum stem necrosis virus (CSNV) related isolate was restricted to the inoculation site. Comparisons of the resistance spectrum with that observed in other members of the Solanaceae suggest that the signal transduction pathways and resistance responses triggered by Sw-5 are conserved in Solanaceae, and the genetic polymorphism in the signal transduction pathways or defense response components may result in different resistance levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Glyphosate e adubação foliar com manganês na cultura da soja transgênica/ Glyphosate and foliar fertilization using manganese in transgenic soybean crop

Correia, N.M.; Durigan, J.C.
2009-01-01

Resumo em português Com base na hipótese de que a soja transgênica tolerante ao glyphosate necessitaria da adição complementar de manganês devido a alterações na absorção e no metabolismo do elemento pelas plantas, objetivou-se estudar a interação da soja transgênica pulverizada com glyphosate e a adubação foliar com manganês. Foi desenvolvido experimento em campo, no ano agrícola 2007/2008, na Fazenda de Ensino, Pesquisa e Produção da UNESP, campus de Jaboticabal, SP. O de (mais) lineamento experimental foi o de blocos ao acaso, no esquema fatorial 4 x 4, com quatro repetições. Foram avaliados quatro manejos de plantas daninhas [glyphosate (p.c. Roundup Ready) a 0,72 e 1,20 kg ha-1 de equivalente ácido, fluazifop-p-butyl + fomesafen (p.c. Fusiflex) a 0,25 + 0,25 kg ha-1 e testemunha capinada, sem herbicida] e quatro doses (0, 42, 84 e 126 g ha-1) de manganês em aplicação foliar na soja. Os tratamentos estudados não alteraram significativamente a produtividade de grãos, os teores de manganês no solo, a altura e a matéria seca das plantas de soja. Apenas a mistura fluazifop-p-butyl mais fomesafen ocasionou injúrias visuais nas plantas, porém os sintomas ficaram restritos às folhas que interceptaram o jato de pulverização. Para massa de 100 grãos, os herbicidas estudados não diferiram da testemunha; no entanto, as plantas tratadas com 0,72 kg ha-1 de glyphosate apresentaram menor massa de grãos. A aplicação de manganês não influenciou os teores do elemento nas plantas tratadas com glyphosate e naquelas sem herbicida. Portanto, o glyphosate não prejudicou a absorção ou o metabolismo do manganês pela planta, e o crescimento e desenvolvimento das plantas tratadas foram estatisticamente similares aos das não tratadas com herbicidas. Resumo em inglês Based on the hypothesis that glyphosate-tolerant transgenic soybean would need a manganese complementation due to alterations in the absorption and metabolism of this element by the plants, this work aimed to evaluate the interaction of transgenic soybean sprayed with glyphosate and manganese foliar fertilization. The experiment was carried out under field conditions in the agricultural year 2007/2008 on the UNESP Campus Teaching, Research and Production Farm in Jaboticab (mais) al, São Paulo, Brazil. An experiment was arranged in a randomized block design, in a factorial scheme (4 x 4), with four replications. Four weed controls [glyphosate (c.p. Roundup Ready) at 0.72 and 1.20 kg ha-1 of equivalent acid; fluazifop-p-butyl plus fomesafen (c.p. Fusiflex) at 0.25 plus 0.25 kg ha-1 and under mechanical control, without herbicide] and four manganese rates (0, 42, 84 and 126 g ha-1) were applied on the soybean leaf. The treatments did not significantly affect grain yield, manganese concentration in the soil, height and dry matter of the soybean plants. Only the mixture fluazifop-p-butyl plus fomesafen caused visible injuries in the plants. However, the symptoms were restricted to the leaves that intercepted spraying. The herbicide treatments did not differ from the control for 100 grain mass, although the plants treated with glyphosate 0.72 kg ha-1 presented less grain mass. Manganese application did not influence element concentration in the plant treated with glyphosate and under mechanical control. Therefore, glyphosate did not impair manganese absorption or metabolism by the plant. Growth and development of the herbicide-treated plants were statistically similar to those of the plants not treated with herbicides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Genes de Bacillus thuringiensis: uma estratégia para conferir resistência a insetos em plantas/ Bacillus thuringiensis genes: an approach to confer insect resistance to plants

Bobrowski, Vera Lucia; Fiuza, Lidia Mariana; Pasquali, Giancarlo; Bodanese-Zanettini, Maria Helena
2003-10-01

Resumo em português Os insetos constituem uma das principais causas de danos à produção agrícola no mundo. O controle de insetos tem sido realizado por meio de agroquímicos e, em muito menor escala, pelo emprego de inseticidas biológicos. As plantas transgênicas resistentes a insetos representam uma nova alternativa no combate aos insetos-praga das lavouras. A bactéria entomopatogênica Bacillus thuringiensis Berlinier (Bt) é a fonte dos genes de resistência nas chamadas plantas-Bt (mais) , produzidas comercialmente. No presente trabalho de revisão, são abordados os aspectos relacionados à bactéria Bt como fonte de genes de resistência a insetos-pragas, plantas geneticamente modificadas, vantagens do uso de plantas-Bt, bem como perspectivas dessa ferramenta biotecnológica. Resumo em inglês Insect pests are a major worldwide cause of damage to agriculture. The control of insect pests was primarily relied on agrochemical and, in a much smaller scale, on biological insecticides. Insect-resistant transgenic plants represent a new alternative to the protection of crops against insect pests. The entomopathogenic bacterium Bacillus thuringiensis (Bt) is the source of resistance genes for the commercial production of the so called Bt-plants. In this review, the mai (mais) n features of Bt as source of resistance genes will be described as well as the main aspects of insect-resistant transgenic plants and advantages of using Bt-plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Expressão transiente do gene gus, sob regulação de quatro promotores, em diferentes tecidos de mamoeiro (Carica papaya L.) e videira (Vitis sp.)/ Transient expression of the gus gene, under the regulation of four promoters, on different tissues of papaya (Carica papaya l.) and grape (Vitis sp.)

Pinto, Adelar Almeida; Coelho, Marly Catarina Felipe; Souza Jr, Manoel Teixeira; Guerra, Miguel Pedro
2002-12-01

Resumo em português O mamoeiro (Carica papaya L.) e a videira (Vitis vinifera L.) destacam-se entre as fruteiras produzidas no Brasil por serem plantadas em quase todo o território nacional e apresentarem importância econômica e social. A tecnologia de produção de organismos geneticamente modificados, também conhecidos como "transgênicos", tem grande potencial de uso no desenvolvimento de fruteiras melhoradas. Porém, questões de propriedade intelectual limitam o uso da engenharia ge (mais) nética por países em desenvolvimento, que normalmente não detêm direitos sobre processos ou produtos necessários ao uso desta. Neste contexto, o presente estudo buscou avaliar promotores de expressão gênica alternativos ao CaMV 35S, que é o mais utilizado no desenvolvimento de transgênicos, mas é patenteado. Para tanto, construções gênicas com o gene gus sob a regulação de diferentes promotores foram testadas para expressão transiente em diversos tecidos de mamoeiro e videira. Expressão transiente foi avaliada em embriões somáticos, folhas, caules, raízes e frutos. O promotor do gene UBQ3, que é constitutivo e se encontra em domínio publico, mostrou ser uma alternativa promissora para futuros trabalhos de transformação genética de mamoeiro, mas não de videira. Resumo em inglês Papaya (Carica papaya L.) and grapes (Vitis vinifera L.) are among the most important fruit crops produced in Brazil, and are cultivated in several regions around the country being of economical and social importance. Genetic engineering has great potential on the development of genetically improved fruit crops. However, intellectual property issues constantly limit the commercial use of this technology in developing countries. Thus, the present study aimed to evaluate ge (mais) ne promoters as alternatives to the 35S CaMV, which is the most used so far in the development of transgenic plants, but it is patented. In order to do that, the expression of the gus gene under the regulation of distinct promoters was evaluated on different papaya and grape tissues. Transient expression was evaluated on somatic embryos, leaves, stems, roots and fruits. The UBQ3 promoter, which is constitutive and is in the public domain, showed to be a real promising alternative for future work on genetic transformation of papaya but not grapes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Expressão eficiente do gene reporter beta-glucuronidase nos tecidos vasculares de batata (Solanum tuberosum L.) utilizando de um promotor específico (BRA3) de Agrobacterium rhizogenes/ Efficient expression of beta-glucuronidase reporter gene in vascular tissue of potato (Solanum tuberosum L.) utilizing a specific promoter (BRA3) from Agrobacterium rhizogenes)

Torres, Antonio Carlos; Ferreira, Adriana T.; Widholzer, Carlos F. N.; Romano, Eduardo; Peters, José A.
2003-06-01

Resumo em português Promotores tecido-específico controlam a transcrição de genes em diferentes tecidos vegetais bem como em diferentes estádios de desenvolvimento da planta, levando à indução de distintos níveis de atividade transiente e/ou estável do gene. Tais promotores podem ser empregados para a expressão seletiva de genes de interesse. O promotor rol A de Agrobacterium rhizogenes, por exemplo, é floema-específico, sugerindo que possa ser empregado em estratégias de defesa (mais) de plantas que são infectadas por vírus com replicação restrita ao floema. A expressão do gene marcador da ß-glucuronidase (gus) dirigido pelo promotor rol A (pBRA3) foi observada em plantas transgênicas de batata (cvs. Macaca e Baronesa). Entrenós e secções de folhas foram submetidos ao cocultivo com A. tumefaciens. A atividade do gene gus avaliada em brotações resistentes à canamicina não se restringiu ao floema (alto nível de expressão do gene), mas também se manifestou no xilema dos caules. As expressões transiente e estável são, no entanto, tecido-específicas, localizadas sobretudo no sistema vascular de entrenós e ausente em raízes e folhas. As plantas gus positivas foram micropropagadas, plantadas em casa de vegetação e avaliadas por PCR, utilizando-se 'primers' específicos para o gene npt II. Nenhuma alteração fenotípica foi observada em plantas transgênicas, em relação às não transformadas. Resumo em inglês Tissue-especific promoters allow the modulation of gene transcription in different tissue types as well as in different stages of plant development, leading different levels of transient and stable activity of the gene product. These promoters have been employed for selective gene expression. The Agrobacterium rhizogenes rol A gene promoter (BRA3) controls phloem-specific expression indicating that this promoter might have an important role in plant defense strategies aga (mais) inst virus which replicated only in the phloem. The expression of ß-glucuronidase (gus) activity drived by BRA3 promoter was observed in transgenic potato plants (cvs Macaca and Baronesa). Entrenodes and leaf explants were infected and cocultivated with A. tumefaciens. The regeneration of putative transformants was in medium with 50 mg.L-1 of kanamycin. High frequency of transformants based upon kanamycin resistance and gus expression was obtained. All gus positive plants showed blue staining in vascular bundle (phloem and xylem). PCR analysis showed the amplification of npt II. No conspicuous phenotipic alteration was observed when comparing transgenic vs non-transgenic plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Etiologia e estratégias de controle de viroses do mamoeiro no brasil/ Etiology and control strategies of papaya virus diseases in Brazil

LIMA, ROBERTO C. A.; LIMA, J. ALBERSIO A.; SOUZA JR., MANOEL T.; PIO-RIBEIRO, GILVAN; ANDRADE, GENIRA P.
2001-12-01

Resumo em português As viroses constituem o principal grupo de doenças do mamoeiro (Carica papaya), ocasionando grandes perdas na produção, podendo chegar à destruição total das plantações afetadas. Embora mais de dez vírus tenham sido constatados infetando naturalmente o mamoeiro, em todo o mundo, no Brasil, até o presente, foram assinaladas apenas as ocorrências do vírus da mancha anelar do mamoeiro (Papaya ringspot virus, PRSV), do vírus do amarelo letal do mamoeiro (Papaya l (mais) ethal yellowing virus, PLYV) e do vírus da meleira que se encontra em fase de caracterização. A mancha anelar causada pelo PRSV é, inquestionavelmente, o mais importante problema sanitário do mamoeiro. O controle do PRSV mostra-se imprescindível, apesar de bastante difícil, em razão da sua forma de disseminação rápida e eficiente por diversas espécies de afídeos e ausência de resistência genética em C. papaya. Na tentativa de controlar o PRSV, várias medidas já foram testadas, não existindo, até o momento, nenhuma estratégia eficiente e duradoura para seu controle no Brasil. O desenvolvimento de plantas transgênicas de mamoeiro expressando o gene da capa protéica (cp) do PRSV, imunes ao mesmo, abriu nova possibilidade para solução do problema. Resumo em inglês The major disease problems affecting papaya (Carica papaya) throughout the world are caused by viruses. These diseases cause serious reductions in fruit production, even totally destroying affected orchards. Although more than ten different viruses have been registered in papaya world-wide, only three have been identified to date that naturally infect papaya in Brazil: Papaya ringspot virus (PRSV), Papaya lethal yellowing virus (PLYV) and the "meleira" steak disease virus (mais) that is being characterized. Ringspot caused by PRSV is unquestionably the most important disease affecting papaya in the world. Control of PRSV in Brazil is necessary but not easy, because it is efficiently transmitted by different aphid species and the absence of resistance in C. papaya. Several measures to control PRSV have been tested in Brazil without great sucess. There is no efficient and durable strategic control available. The development of transgenic papaya plants expressing the PRSV coat protein gene (cp), immune to the virus, has opened up a new efficient and probably, more durable control measure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Eficácia de herbicidas aplicados em pós-emergência na cultura da soja convencional e transgênica/ Efficacy of herbicides applied in post emergence on conventional and transgenic soybean

Corrêa, M.J.P; Alves, P.L.C.A
2009-12-01

Resumo em português Na cultura da soja é frequente o uso de herbicidas seletivos aplicados em pósemergência para o controle das plantas daninhas. Com o objetivo de avaliar a eficiência e a seletividade de herbicidas aplicados em pós-emergência, isolados e em misturas, para o controle de plantas daninhas e os efeitos sobre o crescimento e o desenvolvimento da soja convencional (M-SOY 8001) e transgênica (M-SOY 7908 RR), foram desenvolvidos dois experimentos em campo, nos anos agrícola (mais) s 2006/2007 e 2007/2008. Os tratamentos constaram dos herbicidas: lactofen (168 g ha-1), glyphosate (1.080 g ha-1), lactofen + chlorimuronethyl (96 + 10g ha-1), chlorimuron-ethyl + imazethapyr (10 + 70 g ha-1), chlorimuron-ethyl + bentazon (10 + 600 g ha-1), glyphosate + imazethapyr (900 + 70 g ha-1), lactofen + chlorimuronethyl + imazethapyr (96 + 10 + 70 g ha-1) e lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr/ haloxyfop-methyl (96 + 10 + 70 + 60 g ha-1). Além disso, mantiveram-se duas testemunhas sem aplicação de herbicida (capinada e sem capina). O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. O herbicida lactofen aplicado isoladamente e em mistura com chlorimuron-etyl, imazethapyr e haloxyfop-methyl provocou intoxicação inicial às plantas de soja, porém aos 27 dias após aplicação a cultura apresentava-se recuperada. No primeiro ano agrícola, as plantas daninhas foram satisfatoriamente controladas pelos tratamentos químicos. No segundo ano, os tratamentos que resultaram em melhor controle das infestantes foram glyphosate e glyphosate + imazethapyr. Houve redução na altura final das plantas, no segundo ano, tratadas com chlorimuron-ethyl + imazethapyr, lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr e lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr/haloxyfopmethyl. Foi constatada redução na produtividade de grãos da variedade M-SOY 7908 RR tratada com lactofen e com a mistura chlorimuron ethyl + bentazon no primeiro ano. A aplicação de chlorimuron-ethyl + bentazon proporcionou redução na produtividade da variedade M-SOY 8001 no segundo ano. Resumo em inglês The use of selective herbicides is frequent in post emergence of soybean crop for weed control. A field experiment was conducted at the Education, Research and Production Farm of UNESP in Jaboticabal, SP, Brazil, during the growing years 2006/2007 and 2007/2008 to evaluate the efficiency and selectivity of post herbicide application, alone and in mixtures, for weed control, on conventional (M-SOY 8001) and transgenic (M-SOY 7908 RR) soybean growth and development. Treatme (mais) nts consisted of the application of the following herbicides, alone or in mixture: lactofen (168 g ha-1), glyphosate (1080 g ha-1 ), lactofen + chlorimuron-ethyl (96 + 10 gha-1), chlorimuron-ethyl + imazethapyr (10 + 70 g ha-1), chlorimuron-ethyl + bentazon (10 + 600 g ha-1), glyphosate + imazethapyr (900 + 70 g ha-1), lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr (96 + 10 + 70 g ha-1) and lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr/haloxyfop-methyl (96 + 10 + 70 + 60 g ha-1). The tests included two non-treated controls. A randomized block experimental design was used with four replications. Lactofen applied alone and the mixtures chlorimuron-etyl, imazethapyr and haloxyfopmethyl did not cause initial injury in the soybean plants, but the plants recovered on the 27th day after application. In the first year, the chemical treatments did exert sufficient control over the weeds and in the second year, the glyphosate and glyphosate + imazethapyr treatments presented the best weed control. In the second year, a reduction was observed in the final height of the soybean plants treated with chlorimuron-ethyl + imazethapyr, lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr and lactofen + chlorimuron-ethyl + imazethapyr/haloxyfop-methyl. A yield reduction was verified in soybean M-SOY 7908 RR, treated with lactofen alone and with the mixture chlorimuron ethyl + bentazon in the first year. The chlorimuron-ethyl + bentazon treatment provided a reduction in soybean M-SOY 8001 yield in the second year.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Eficiência de transformação genética de citrange 'carrizo' com duas construções gênicas/ Genetic transformation efficiency of 'carrizo' citrange with two gene constructions

Miyata, Luzia Yuriko; Mourão Filho, Francisco de Assis Alves; Scarpare Filho, João Alexio; Zambon, Flávia; Bassan, Meire Menezes; Mendes, Beatriz Madalena Januzzi; Harakava, Ricardo
2011-01-01

Resumo em português Transformação genética é considerada uma importante ferramenta auxiliar no melhoramento genético de plantas cítricas. Entretanto, a eficiência de transformação pode variar em função de diversos fatores, incluindo a própria construção gênica utilizada. Este trabalho buscou avaliar a eficiência de transformação genética de plantas de citrange 'Carrizo' [Poncirus trifoliata (L.) Raf. x Citrus sinensis (L.) Osbeck] com duas construções gênicas diferentes (mais) contendo o gene uidA (GUS) sob o controle dos promotores Arabidopsis thaliana phloem protein 2 (AtPhP2) e Arabidopsis thaliana sucrose transporter 2 (AtSuT2). Segmentos de epicótilo de plântulas germinadas in vitro foram utilizados como explantes. O gene nptII, que confere resistência ao antibiótico canamicina, foi utilizado nas construções gênicas como agente de seleção para regeneração de plantas transgênicas. O ensaio histoquímico com X-GLUC foi realizado em todas as brotações regeneradas para verificar a expressão do gene uidA. Dos 4.790 segmentos de epicótilo utilizados, registrou-se a regeneração de 366 brotações com reação positiva no ensaio histoquímico, as quais foram enxertadas em porta-enxertos cultivados in vitro. Cinco dessas brotações, de cada construção gênica, foram selecionadas para análise da PCR, com primers específicos para amplificação da sequência do gene uidA. A inserção do transgene foi confirmada por PCR em todas as brotações selecionadas. A eficiência de transformação e o número de brotos escapes, avaliada pelo teste histoquímico, variaram em função das construções gênicas utilizadas. Resumo em inglês Genetic transformation is considered an important tool to be applied in citrus genetic improvement. However, transformation efficiency may vary according to several factors, including the genetic construction utilized. This work aimed to evaluate the transformation efficiency of 'Carrizo' citrange [Poncirus trifoliata (L.) Raf. x Citrus sinensis (L.) Osbeck], containing two different gene constructions including the uidA (GUS) gene controlled by the promoters Arabidopsis (mais) thaliana phloem protein 2 (AtPhP2) and Arabidopsis thaliana sucrose transporter 2 (AtSuT2). Epicotil segments from in vitro germinated seedlings were used as explants. The nptII gene, which confers resistance to the antibiotic kanamycin, was used in the constructions as a selection agent to regenerate transgenic plants. X-GLUC histochemical analysis was performed in all regenerated shoots in order to verify the expression of the uidA gene. From the 4790 epicotyl segments utilized, 366 shoots had a positive reaction in the histochemical analysis, and were further grafted on in vitro grown rootstocks. Five out of these shoots, from each gene construction, were selected to perform PCR analysis, with specific primers for uidA gene sequence amplification. All selected plants evaluated by PCR confirmed gene integration. Transformation efficiency and number of non-transformed shoots, evaluated by histochemical analysis, varied among gene constructions utilized

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Efeito de herbicidas sobre agentes fitopatogênicos/ Effect of herbicides on phytopathogenic agents

Rosa, Daniel Dias; Basseto, Marco Antonio; Cavariani, Claudio; Furtado, Edson Luiz
2010-09-01

Resumo em português Na agricultura moderna, diversas tecnologias auxiliam no aumento da produtividade, sendo o herbicida uma delas, mas existem consequências atreladas ao seu uso, como os diversos efeitos sobre organismos não alvos. Neste trabalho, objetivou-se verificar esses efeitos sobre agentes fitopatogênicos, assim como avaliar o efeito do herbicida glyphosate sobre diversas doenças, em plantas de soja transgênicas. Verificou-se forte ação fungicida com o uso do herbicida glypho (mais) sate, assim como os outros avaliados "in vitro", sobre os fungos testados, e os mesmos resultados foram observados nas plantas em condição de campo. Resumo em inglês In modern agriculture, several technologies have helped increase productivity, and herbicide is one of them. However, there are consequences linked to its use, such as the various effects on non-target organisms. The purpose of this work was to verify these effects on phytopathogenic agents, as well as assess the effect of glyphosate on diseases in transgenic soybean. There was a strong fungicide action using glyphosate herbicide as well as with the others evaluated in vitro regarding fungi tested. The same results were observed in plants in field conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Efeito de formulações na absorção e translocação do glyphosate em soja transgênica/ Effect of formulations on the absorption and translocation of glyphosate in transgenic soybean

Santos, J.B.; Ferreira, E.A.; Oliveira, J.A.; Silva, A.A.; Fialho, C.M.T.
2007-01-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo avaliar a absorção e translocação de glyphosate em diferentes formulações por plantas de soja (variedade CD 219RR). Para isso, aplicou-se o 14C-glyphosate misturado à calda em três formulações comerciais (Roundup Ready® e R. Transorb®, ambas contendo o sal de isopropilamina, e Zapp Qi®, formulado à base do sal potássico), quando as plantas apresentavam o segundo trifólio completamente expandido. Transcorridas 4, 16, 40 e 64 (mais) horas após a aplicação, as plantas foram coletadas e fracionadas, separando-se a folha de aplicação (trifólio), a parte aérea, as raízes e os nódulos radiculares. O 14C-glyphosate não-absorvido foi recuperado e contado por meio da lavagem da folha (metanol 80%). Entre as formulações foi observada variação na penetração e na translocação do 14C-glyphosate para as diferentes partes avaliadas. Todavia, em todas as formulações a maior absorção se deu nos intervalos posteriores a 16 horas da aplicação. Em relação ao total de herbicida encontrado nas plantas de soja, maior percentual na parte aérea foi observado quando se aplicou o Zapp Qi® (sal potássico) e, nas raízes, o R. Transorb® (sal de isopropilamina). Detectou-se a presença de 14C glyphosate nos nódulos radiculares das plantas em todos os tratamentos, sendo o maior percentual observado quando se utilizou R. Transorb®, 40 horas após a aplicação (0,13% do total medido ou 0,4% considerando somente o total presente na planta). Os resultados reforçam a hipótese de que o glyphosate pode prejudicar a simbiose entre rizóbio e soja, uma vez que o microssimbionte também apresenta em seu metabolismo a EPSPS, sensível a esse herbicida. Resumo em inglês This study was carried out to evaluate the absorption and translocation of glyphosate formulations in genetically modified (GM) soybean by applying 14C-glyphosate mixed to three glyphosate formulations (Roundup Ready® and R. Transorb® - both with isopropylamine salt, and Zapp Qi®, formulated from potassic salt ), using a precision micro syringe. Plant samples were collected after herbicide application (4, 16, 40 and 64 hours) and then divided into leaf (trifolium), aer (mais) ial part, roots and root nodes for radiation reading. 14C-glyphosate that was not absorbed was recovered and counted by washing the leaf with methanol. Penetration and translocation of 14C-glyphosate to the different parts evaluated was found to vary. However, the highest absorption was verified at intervals after 16 hours of application. The highest herbicide percentage in the aerial part of the soybean plants was found when Zapp (potassic salt) was applied on the aerial part and when isopropylamin salt was applied on the roots; 14C-glyphosate was found in the plant root nodules in all treatments, with the highest percentage being observed with R. Transorb®, 40 hours after application (0.13% of the total measured or 0.4%, considering only the plant total). Results highlight the hypothesis that glyphosate could harm symbiosis between rhizobium and soybean, since the former also shows in its metabolism EPSPS, which is susceptible to this herbicide.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Dispersão de pólen em soja transgênica na região do Cerrado/ Gene flow in transgenic soybean in the Cerrado region, Brazil

Abud, Sérgio; Souza, Plínio Itamar Mello de; Moreira, Claudete Teixeira; Andrade, Solange Rocha Monteiro; Ulbrich, Adolfo Vitório; Vianna, Giovanni Rodrigues; Rech, Elíbio Leopoldo; Aragão, Francisco José Lima
2003-10-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a dispersão de pólen transgênico em soja. Plantas transgênicas de soja contendo os genes ahas, para tolerância ao herbicida imazapyr, e uidA (GUS), foram cultivadas com plantas não-transgênicas. A dispersão do pólen transgênico foi avaliada pela presença de ambos os genes dominantes na progênie de plantas não-transgênicas. A maior freqüência de disseminação de pólen transgênico foi observada na primeira linha, dist (mais) ante 0,5 m da parcela central (0,44% a 0,45%). Esta freqüência foi reduzida drasticamente na linha 2 (0,04% a 0,14%), atingindo 0 na linha 13, a 6,5 m da parcela central. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate pollen dispersal from transgenic to non-transgenic soybean plants. Non-transgenic soybean plants were cultivated surrounding transgenic soybean plants carrying the ahas (for herbicide tolerance against imazapyr) and gus genes. Pollen dispersal was evaluated by the presence of both dominant genes in the progenies of non-transgenic plants. The highest amount of transgenic pollen dissemination was observed in the first row, 0.5m dis (mais) tant from the central plot (0.44% to 0.45%). The frequency of pollen dispersion has drastically decreased in the row 2 (0.04% to 0.14%), reaching zero by the row 13, which was 6.5 m distant from the central plot.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Desempenho fisiológico de sementes de soja de cultivares convencional e transgênica submetidas ao glifosato/ Physiological performance of soybean seeds from conventional and transgenic cultivars treated with glyphosate

Bervald, Clauber Mateus Priebe; Mendes, Cristina Rodrigues; Timm, Fabiana Carret; Moraes, Dario Munt de; Barros, Antônio Carlos Souza Albuquerque; Peske, Silmar Teichert
2010-06-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica de sementes de soja convencional e transgênica, das cultivares CD 216 e CD 212RR, submetidas ao glifosato. As sementes foram embebidas nas doses de zero; 1,8; 3,6; 5,4 e 7,2 g.L-1 de equivalente ácido de glifosato durante meia hora. Foram realizados os testes de primeira contagem da germinação, germinação, condutividade elétrica, índice de velocidade de emergência, emergência de plântula, comprimento d (mais) e raízes e parte aérea, massa de matéria seca total. Concluiu-se que a qualidade fisiológica das sementes das cultivar CD 212RR é reduzida pelo herbicida, decrescendo com o incremento das doses do glifosato. Em função dessa conclusão, enfatiza-se que o devido intervalo de tempo entre a dessecação das invasoras ou das plantas de cobertura deve ser respeitado, para diminuir a transferência do glifosato da planta-alvo para a planta não-alvo, e assim, evitar problemas de germinação e estabelecimento da lavoura de soja. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the physiological quality of seeds from conventional (cultivar CD 216) and transgenic (cultivar CD 212RR) soybeans treated with glyphosate. Seeds were soaked in dosages of zero; 1.8; 3.6; 5.4 and 7.2 g.L-1 of acid equivalent of glyphosate for 30 minutes. Seed quality was evaluated from the tests of first count germination, germination, electrical conductivity, emergence speed index, seedling emergence, root and shoot length and (mais) total dry matter. It was concluded that the physiological quality of the CD 212RR seeds seeds is affected by glyphosate and as dosages increased, soybean seed quality decreased. Based on this conclusion, it is important that care be taken to avoid problems with seed germination and soybean field establishment when glyphosate is used in burndown or for the control of cover crops. A certain period of time between the control of weeds or of cover plants should be respected to reduce the glyphosate transfer from target to non-target plants, thus avoiding problems with germination and soybean crop establishment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Deposição de glyphosate aplicado para controle de plantas daninhas em soja transgênica/ Glyphosate deposition for weed control in transgenic soybean

Gazziero, D.L.P.; Maciel, C.D.G.; Souza, R.T.; Velini, E.D.; Prete, C.E.C.; Oliveira Neto, W.
2006-01-01

Resumo em português Inúmeros fatores estão envolvidos na tecnologia de aplicação de um herbicida, sendo a deposição correta fundamental para que o produto possa expressar sua eficiência. Com o objetivo de avaliar a deposição de uma solução traçante constituída de glyphosate Roundup Ready (0,96 kg e.a. ha-1) + corante FDC-1 (1.500 ppm), foi conduzido um experimento em área semeada com soja transgênica e infestada com amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla), localizada em Londri (mais) na-PR. As aplicações foram efetuadas em diferentes estádios de desenvolvimento da cultura, correspondendo a 17, 24, 31, 38 e 45 dias após a emergência da soja. Os alvos, plantas de soja, amendoim-bravo e placas na superfície do solo (linha e entrelinha), foram coletados após pulverização, e a solução traçante foi nestes depositada, posteriormente recuperada através de lavagem com agitação em água destilada. As amostras das soluções recuperadas foram submetidas à análise, utilizando-se procedimentos espectrofotométricos, e os resultados de absorbância convertidos para concentração em µL cm-2 e µL por planta. As freqüências acumuladas dos dados originais de depósito foram adequadamente ajustadas segundo modelo de Gompertz, apresentando elevada precisão (R² > 0,95). Os resultados indicaram que o depósito da calda de pulverização nas plantas de soja e amendoim-bravo reduziu progressivamente com o desenvolvimento da cultura e infestação, sugerindo que a maior garantia de eficiência de controle pode ser conseguida com aplicações precoces. Resumo em inglês Several factors are involved in herbicide application technology, with correct deposition being essential to ensure product efficacy. To evaluate the deposition of a glyphosate tracer solution (RR) with an FDC-1 dye, an experiment was carried out in a transgenic soybean cultivated area, infested with wild poinsettia (Euphorbia heterophylla). Applications were carried out at different crop development stages, corresponding to 17; 24; 31; 38 and 45 days after soybean emerge (mais) nce. The targets, soybean plants, wild poinsettias, and Petri dishes on the soil surface, were collected after spraying and the tracer solution was later recovered by washing and stirring in distilled water. Samples of recovered solutions were submitted to spectrophotometer analysis, and the absorption data were converted in µL cm-2 and µL per plant. The accumulated frequencies of the original deposit data were adequately adjusted to the Gompertz model, showing high precision (R² > 0.95). The results showed that the spraying solution deposition on soybean plants and wild poinsettia reduced progressively with crop development and weed infestation, suggesting that control efficiency can be obtained with early applications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Comunidade bacteriana como indicadora do efeito de feijoeiro geneticamente modificado sobre organismos não alvo/ Bacterial community as an indicator of genetically modified common bean effect on nontarget organisms

Knupp, Adriano Moreira; Martins, Claudia Miranda; Faria, Josias Corrêa de; Rumjanek, Norma Gouvêa; Xavier, Gustavo Ribeiro
2009-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do feijoeiro geneticamente modificado quanto à resistência ao Bean Golden Mosaic Vírus, BGMV (Olathe M1-4), sobre organismos não alvo. De um experimento implantado no campo, em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos (Olathe Pinto e evento elite Olathe M1-4), dois períodos amostrais (estádio V4 e R6) e dez repetições, obtiveram-se células bacterianas cultivadas e não cultivadas da rizosfera e do (mais) solo não rizosférico, para as quais se procedeu à extração de DNA total. A região V6-V8 do 16S rDNA foi amplificada para a comunidade bacteriana total, e também realizou-se amplificação com iniciadores específicos para o subgrupo alfa (α) do filo Proteobacteria a partir de células não cultivadas. Foram obtidos dendrogramas comparativos entre a variedade Olathe Pinto (convencional) e o evento elite Olathe M1-4 (geneticamente modificado) utilizando-se o coeficiente de Jaccard e o método UPGMA (Unweighted pair-group method with arithmetic mean). Os agrupamentos obtidos dos perfis de 16S rDNA PCR-DGGE indicam alterações na comunidade bacteriana da rizosfera em função da transformação das plantas são mais notáveis nos perfis obtidos para alfa-proteobacteria. A origem das amostras e o estágio de desenvolvimento das plantas afetam a comunidade bacteriana. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the effect of genetically modified common bean for Bean Golden Mosaic Virus, BGMV, resistance (Olathe M1-4) on nontarget organisms. In a field experiment established in a completely randomized design with two treatments (Olathe Pinto cultivar and M1-4 Olathe elite event), two sampling periods (V4 and R6 stages) and ten replicates, cultivated and non-cultivated bacterial cells from rhizosphere soil and bulk soil were obtained, and (mais) their total DNA was extracted. The V6-V8 region of 16S rDNA was amplified for the whole bacterial community, and primers specific for the alpha (α) subgroup of the Proteobacteria phylum were obtained from uncultured cells and used for amplification. Using the Jaccard coefficient and UPGMA (Unweighted pair-group method with arithmetic mean), dendrograms comparing the conventional Olathe Pinto and the elite event Olathe M1-4 transgenic varieties were obtained. The clusters obtained from the 16S rDNA PCR-DGGE profiles indicate changes in the rhizosphere bacterial community in genetically modified plants, being more notable in the profiles obtained for alphaproteobacteria. Sample origin and plant development stages affect bacterial community profiles.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Ciclo de maturação e produção de etileno de tomates (Lycopersicon esculentum, Mill.) transgênicos/ Ripening cycle and ethylene production of transgenic tomatoes (Lycopersicon esculentum, Mill.)

CHAVES, Ana Lúcia; ROMBALDI, Cesar; ARAUJO, Paulo Junqueira de; BALAGUÉ, Claudine; PECH, Jean-Claude; AYUB, Ricardo Antonio
1998-04-01

Resumo em português Objetivou-se estudar o comportamento fisiológico de frutos de tomateiro (Lycopersicon esculentum, Mill.), da cv. Kadá, transformados geneticamente, via Agrobacterium tumefaciens, com o clone de DNA pMEL1, em orientação antisenso, e de frutos desta mesma cultivar, não transformados. O estudo fisiológico foi realizado avaliando-se a duração do ciclo de maturação dos frutos, amadurecidos na planta e após a colheita no estádio verde-maduro, e sua produção de eti (mais) leno. Os frutos transformados amadurecidos na planta tiveram um ciclo total médio de 27 dias, enquanto os amadurecidos após a colheita, tiveram este intervalo prolongado a 50 dias. Ao contrário, os tomates não transformados apresentaram um ciclo de maturação mais acelerado quando colhidos no estádio verde-maduro, em relação aos frutos amadurecidos nas plantas. Os valores foram, em média, de 20 e 30 dias, respectivamente. Estes resultados estão correlacionados com as variações na produção de etileno observada nos dois genótipos. Frutos não transformados produziram, em média, 10,46 nL de etileno.g-1.h-1, enquanto os transgênicos tiveram sua produção de etileno diminuída para 0,13 nL.g-1.h-1. Pode-se concluir, então, que a redução da produção de etileno, verificada nos tomates transformados, é necessária, mas não é suficiente para prolongar o ciclo de maturação e aumentar a durabilidade dos frutos. Para que isto ocorra, é necessário que se proceda à colheita dos tomates no estádio verde-maduro. Resumo em inglês This work was carried out to study the physiological behaviour of tomato fruits (Lycopersicon esculentum, Mill.), var. Kada, geneticaly transformed, via Agrobacterium tumefaciens, with the pMEL1 DNA clone, in antisense orientation, and nontransformed ones, from the same variety, growth in a greenhouse. The physiological study was conducted for evaluating the ripening cycle of fruits, ripened attached and detached from the plants in the mature-green stage , and their ethyl (mais) ene production. On average, tranformed tomatoes that ripened atached to the plants had a ripenig cycle of 27 days, whereas in detached fruits, this time was 50 days. Instead of it, nontransformed tomatoes showed a faster ripening process when ripened detached to the plants (20 days), whereas in attached fruits this period was 30 days, on average. These results were related to ethylene production. Tomato fruits from nontransformed plants produced 13,46 nL ethylene.g-1.h-1, and the transformed fruits showed an ethylene production almost 100 times smaller than nontransformed ones ( 0,13 nL ethylene.g-1.h-1). Thus, the conclusion reached is that the reduction of ethylene production observed in transgenic tomatoes is necessary but it is not enough to extend the ripening cycle and to increase the period of time that the fruits will last. To achieve this, it is necessary to harvest the fruits in the mature-green stage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Biologia comparada e comportamento de Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae) e Phytoseiulus macropilis (Banks) (Acari: Phytoseiidae) em algodoeiro bollgardTM e Isolinha não-Transgênica/ Compared biology and behavior of Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae) and Phytoseiulus macropilis (Banks) (Acari: Phytoseiidae) on BollgardTM and non-Transgenic Isoline Cotton

Esteves Filho, Alberto B; Oliveira, José V de; Torres, Jorge B; Gondim Jr, Manoel G C
2010-06-01

Resumo em inglês The two spotted spider mite, Tetranychus urticae Koch, is a nontarget herbivore of Bt-cotton, but acquires and accumulates higher levels of Cry toxin than that expressed by transgenic plants. This work investigated the development and reproduction of T. urticae and of the predator Phytoseiulus macropilis Banks, during three successive generations looking for potential nontarget effect. In addition, behavioral studies on feeding preference, oviposition, and predation were (mais) carried out on Bt and non-Bt cottons. The development and reproduction of T. urticae and P. macropilis was conducted using leaf discs of Bt and non-Bt cottons. Arena containing leaf discs from both cotton types connected by a slide coverslip were also used in the behavioral studies. Averages of the three generations showed that the Bt-cotton does not affect the development, survival of immature stages, and reproductive output of T. urticae and of the predator P. macropilis. Furthermore, the preference for feeding and oviposition of T. urticae and P. macropilis were similar on both cotton types. In addition, P. macropilis exhibited similar predatory behavior on T. urticae fed on both cotton types. Levels of Cry1Ac toxin in T. urticae was 3.97 times greater than that found in the Bt-cotton plants as determined using a ELISA test. Despite of the amount of toxin acquired by the prey (T. urticae), no detectable levels of Cry1Ac were found in the predatory mite P. macropilis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Avaliação de formulações de glyphosate sobre soja Roundup Ready/ Effects of glyphosate formulations on transgenic soybean

Santos, J.B.; Ferreira, E.A.; Reis, M.R.; Silva, A.A.; Fialho, C.M.T.; Freita, M.A.M.
2007-03-01

Resumo em português Avaliou-se neste trabalho o efeito da aplicação de três marcas comerciais de glyphosate - Roundup Ready® e R. Transorb®, formuladas à base do sal de isopropilamina, e Zapp Qi®, à base do sal potássico - sobre a soja transgênica (variedade CD 219RR), tolerante a esse herbicida . Aos 25 dias após a emergência, quando as plantas apresentavam o segundo trifólio completamente expandido (estádios V2-V3), foram aplicadas formulações do glyphosate na dose de 2.000 (mais) g ha-1. Avaliou-se a intoxicação das plantas aos 15 dias após a aplicação do herbicida, o número e massa seca de folíolos, o número de nódulos radiculares e o teor foliar de N, P, K, S, Ca, Mg, Fe, Cu, Zn e Mn, por ocasião do florescimento (59 dias após a emergência - DAE), e o rendimento de grãos ao final do ciclo (127 DAE). A partir de amostras de solo, também coletadas na etapa de florescimento da soja, avaliou-se a taxa de respiração basal do solo, o carbono da biomassa microbiana e quociente metabólico. O Roundup Transorb, formulado à base do sal de isopropilamina, foi mais prejudicial às plantas de soja RG, reduzindo o número de nódulos radiculares e o rendimento de grãos, além de promover maior efeito negativo sobre a microbiota do solo. Roundup Ready, à base do mesmo sal isopropilamina, não deve ser aplicado na soja RG em doses elevadas, haja visto ser capaz de alterar o teor de alguns nutrientes nas folhas da cultura, entre eles N, Ca, Mg, Fe e Cu, além de causar intoxicação nas plantas. Resumo em inglês This study aimed to evaluate the effects of three glyphosate formulations (Roundup Ready® and R. Transorb® - both with isopropylamine salt and Zapp Qi®, formulated as potassium salt), on transgenic soybean. CD 219RR variety soybean plants displaying the CP4Epsps gene, tolerant to glyphosate, were cultivated. At 25 days after emergence (DAE), when plants showed the second trifolium completely expanded (stadiums V2-V3 ), formulations were applied at 2,000 g ha-1 . Plants (mais) intoxication was evaluated 15 days after application as well as the number and dry matter of leaflets, number of radicular nodules and foliar content of N, P, K, S, Ca, Mg, Fe, Cu, Zn, and Mn at flowering and grain yield at the end of the cycle. Soil basal respiration rate, microbial biomass carbon and metabolic quotient were evaluated through soil samples collected during soybean flowering. Isopropylamine salt, present in the Roundup Transorb formulation, was more harmful to the soybean plants, also providing a negative effect on the soil microbiota. Roundup Ready formulation, registered as transgenic soybean, should not be applied on this crop at a higher rate, since it could alter the content of some nutrients, such as N, Ca, Mg, Fe and Cu, besides causing intoxication in the plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Análise de sistemas gene marcador/ agente seletivo alternativos para seleção positiva de embriões somáticos transgênicos de mamoeiro/ Analysis of marker gene/ selective agent systems alternatives to positive selection of transgenic papaya (Carica papaya L.) Somatic embryos

SOUZA JÚNIOR, M. T.; VENTUROLI, M. F.; COELHO, M. C. F.; RECH FILHO, E. L.
2001-01-01

Resumo em português Questões relacionadas à biossegurança de organismos geneticamente modificados e à percepção pública destes têm levado as instituições envolvidas no desenvolvimento comercial de plantas transgênicas a abandonarem o uso de genes marcadores que conferem resistência a antibióticos. O desenvolvimento de mamoeiros (Carica papaya L.) transgênicos tem sido baseado, até o momento, no uso de um único gene marcador, o gene npt II, que confere resistência a antibiót (mais) icos como canamicina e neomicina. O presente estudo objetivou avaliar os sistemas alternativos manA/ manose e bar/ PPT como sistemas gene marcador/ agente seletivo para a variedade ‘Sunrise’ de mamoeiro. O desenvolvimento de embriões somáticos secundários a partir de embriões primários foi avaliado em meio de indução de embriogênese suplementado com manose e/ou sacarose. Concentrações variando entre 0,1 e 120 g/l de manose foram testadas como única fonte de carbono, ou em combinação com sacarose. O desenvolvimento de embriões somáticos secundários a partir dos primários em meio suplementado com até 120 g.L-1 de manose, como única fonte de carbono, demonstrou que este sistema não é passível de uso no desenvolvimento de mamoeiros transgênicos. Quanto ao sistema bar/ PPT, avaliou-se o desenvolvimento de embriões somáticos primários e secundários em meio suplementado com concentrações de PPT variando de zero a 150 miM. Não foi observado desenvolvimento de embriões em meio suplementado com concentração igual ou superior a 125 miM, o que sugere o uso desta concentração para a seleção de embriões transgênicos de mamoeiro. Resumo em inglês Questions relative to biosafety and public perception of genetically modified organisms have taken those involved on the development of transgenic plants to a phase out on the use of antibiotic resistance marker genes. The development of transgenic papayas (Carica papaya L.) has been based so far on the use of one only marker gene, the npt II gene, which confers resistance to antibiotics such as kanamycin and neomycin. The present study aimed to evaluate the systems manA/ (mais) mannose and bar/ PPT as alternatives marker gene/ selective agent systems to be used on the development of transgenic ‘Sunrise’ papayas. Therefore, the development of secondary somatic embryos from primary ones was evaluated on embryogenesis induction medium supplemented with mannose and/or sucrose. Mannose concentration ranging from 0.1 to 120 g.L-1 were tested as sole carbon source, or in conjunction with sucrose. The development of secondary somatic embryos on medium supplement with up to 120 g/l, as sole carbon source, demonstrated that this system is not applicable for the development of transgenic papayas. When evaluating the bar/ PPT system, the development of primary and secondary somatic embryos was checked for on medium supplement with zero to 150 muM of PPT. No somatic embryos developed on medium supplemented with PPT at 125 muM or more, what suggests the use of this concentration for the in vitro selection of transgenic papaya embryos.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Plantas transgênicas: o futuro da agricultura sustentável/ Transgenic plants: the future of sustainable agriculture

Cordeiro, Antônio Rodrigues
2000-10-01

Resumo em português Aumentam as evidências sobre as vantagens das plantas transgênicas até agora liberadas. Novos produtos apresentam ainda mais vantagens de produtividade, redução de impacto ambiental e riqueza em vitaminas etc. O grande segredo do método de transgênese é viabilizar uma seleção rigorosa em todas as fases do laboratório e dos testes de campo. Não é possível atingir risco zero, mas já podemos confiar mais nas plantas transgênicas do que nas "orgânicas". Resumo em inglês There has been a daily increase of evidence of the advantages of the transgenic plants which have been licensed so far. Every new product offers greater advantages as regards productivity, reduction of environmental impact, vitamin value and so on. The secret of the transgenic method lies in the fact that it enables strict selection in every phase in the laboratory and during field tests. Though it is still not possible to be risk-free, we can certainly trust transgenics better than plants classified as "organic".

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Plantas transgênicas resistentes aos herbicidas: situação e perspectivas/ Resistant transgenic plants to the herbicide: situation and perspectives

Monquero, Patrícia Andréa
2005-01-01

Resumo em português Organismos geneticamente modificados (OGMs) ou transgênicos podem ser plantas, animais ou microorganismos que tiveram no seu material genético a introdução de DNA proveniente de outro organismo. Em alguns casos, esse organismo poder ser outro individuo da mesma espécie, ou o mais comum, de outra espécie com o qual não há cruzamento natural. O uso dessa técnica no melhoramento de plantas permitirá aumentar a produção, reduzir perdas na pós-colheita, obter cult (mais) uras mais tolerantes ao estresse ambiental, obter culturas que usem mais eficientemente nitrogênio e fósforo; aumentar o valor nutricional dos alimentos; obter plantas resistentes a herbicidas, pragas e ou doenças; desenvolver alternativas para indústrias como as de combustíveis e farmacêuticas. Alguns consumidores acreditam que OGM não é natural e que o melhoramento convencional é melhor, pois segue os princípios naturais de seleção ou usa mutações naturais. Entretanto, é possível e muito comum obter combinações indesejáveis de genes através do melhoramento tradicional. Com relação a culturas resistentes a herbicidas, várias preocupações podem ser destacadas. Essas incluem: (a) deriva de herbicida para vegetação suscetível vizinha à cultura tolerante; (b) cultura resistente ao herbicida pode tornar-se planta daninha de difícil controle; (c) uso ilegal de sementes; (d) reação pública negativa à engenharia genética; (e) escape de genes para espécies nativas e (f) seleção de biótipos resistentes ou de espécies tolerantes ao herbicida utilizado. A geração dos organismos geneticamente modificados tem sido alvo de polêmica e discussão nos diversos segmentos da sociedade. Porém, não se deve generalizar o uso dos transgênicos, pois cada um deve ser analisado quanto às suas vantagens, desvantagens e contribuição à melhoria da qualidade de vida. Resumo em inglês Genetically modified organisms (GMOs) or transgenic may be plants, animals or microorganisms that have DNA inserted into their cells from another organism. In some cases, this organism may be from a other individue of the same species, or from another species with which they would not normally cross-breed. The use of genetic modification in plant breeding aims to: increase crop yields beyond the maximum for existing varieties; reduce post-harvest losses; make crops more t (mais) olerant to environment stresses; make crops that use efficiently nitrogen and phosphorous; improve nutritional value of foods; produce plants that are resistant to certain herbicide, pests or diseases; develop alternative resources for industry such as fuels and pharmaceuticals. Many consumers are concerned that genetic modification isn't natural and believe that conventional breeding is better than GMOs because it follows the principles of natural selection, or uses natural mutations. However, it is also possible to produce undesirable combinations of genes by conventional breeding. Several concerns are associated with the use of herbicide-tolerant crops. Those include: (a) drift to nearby susceptible plants; (b) herbicide-resistant crops becoming weedy and difficult to control; (c) illegal use of seeds; (d) negative public reaction to genetic engineer; (e) hybridization between GM crop plants and their wild relatives; and (g) increased selection for resistant weed biotypes or tolerant species. The generation of genetically modified organisms has fomented a controversial debate in various sectors of our society. Yet we must be cautious before generalizing the use of transgenics since each case should be analyzed regarding both its particular advantages and drawbacks, and contribution to the improvement of life quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Plantas transgênicas e seus produtos: impactos, riscos e segurança alimentar (Biossegurança de plantas transgênicas)/ Transgenic plants and their products: effects, risks and food safety (Biosafety of transgenic plants)

Nodari, Rubens Onofre; Guerra, Miguel Pedro
2003-01-01

Resumo em português Este trabalho aborda tópicos relacionados com plantas transgênicas, também chamadas de Organismos Geneticamente Modificados, alimentos derivados delas e segurança alimentar. As biotecnologias modernas são ferramentas de grande potencial de reprogramação dos seres vivos. Contudo, o maior problema na análise de risco destes organismos gerados pela biotecnologia é que seus efeitos não podem ser previstos em sua totalidade. Os riscos à saúde humana incluem aqueles (mais) inesperados, alergias, toxicidade e intolerância. No ambiente, as conseqüências são a transferência lateral de genes, a poluição genética e os efeitos prejudiciais a organismos não-alvo. O princípio da equivalência substancial, até agora utilizado, deveria ser abandonado em favor de um cientificamente embasado. Com a aprovação em janeiro de 2002 do Protocolo Internacional de Biossegurança, o princípio da precaução foi estabelecido como básico e a rotulagem tornou-se obrigatória. A percepção pública obriga empresas e cientistas a um maior uso da ciência na análise de risco antes do consumo destes alimentos. Resumo em inglês This paper provides an overview of the effects of transgenic plants, also known as Genetically Modified Organisms, and food safety. Modern biotechnologies are powerfull tools in reprogramming life. However, a major problem in the risk assessment of the organisms produced by biotechnology is that the outcome of transformations can not be fully foreseen. Potential risks to human health include unpredicted side-effects, allergy, toxicity and intolerance. The main effects on (mais) the environment include the gene lateral transfer, genetic pollution, and damage to non-target species. The substantial equivalence principle should be abandoned in favor of more scientific criteria. With the Biosafety Protocol approved January 2000, the precautionary principle was reaffirmed and the labeling became compulsory. The public perception reached a stage where restrictions on the consumption of genetically modified foods are imposed, compelling enterprises and scientists to a science-based approach for the risk assessment analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)