Sample records for tranquillizers
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 18 shown.



1

Uma síntese alternativa para o (±)-1,2,3,4-tetraidro-{9H-pirido-[3,4-b]}-indol/ An alternative synthesis of 1,2,3,4-tetrahydro-9H-pyrido-[3,4-b]-indole

Oliveira, Arildo José Braz de; Koike, Luzia
2003-09-01

Resumo em português O 1,2,3,4-tetraidro-9H-pirido-[3,4-b]-indol, um composto com propriedades tranqüilizantes, foi preparado a partir do 3-indol-acetaldeído e triptamina através de uma reação de condensação de Pictet-Spengler. Os dados físicos e espectrais do composto são apresentados. Resumo em inglês The 1,2,3,4-tetrahydro-9H-pyrido-[3,4-b]-indole, a compound with tranquillizing properties, was prepared in 16% overall yield from the 3-indole-acetaldehyde and tryptamine by applying the classical Pictet-Spengler condensation. Physical and spectroscopic data for such compound are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Aspectos epidemiológicos do uso de drogas entre estudantes do ensino médio no município de Palhoça 2003/ Epidemiologic aspects of drug use among 5th grade to 12th grade students in the city of Palhoça 2003

Sanceverino, Sérgio Luiz; Abreu, José Luiz Crivelatti de
2004-12-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo conhecer a prevalência do uso de drogas entre estudantes do ensino médio em um município do Sul do Brasil, em 2003, além de averiguar se houve utilização de algum serviço de saúde. Foi realizado em nove - entre dez - escolas de ensino médio da rede pública e particular. A amostra foi de 889 (18, 1%) em um universo de 4.909 estudantes - 4.139 (84,3%) da rede pública e 770 (15,7%) da rede particular. Os participantes responderam a q (mais) uestionário que seguiu o modelo utilizado por Galduróz, Noto e Carlini no IV Levantamento sobre o Uso de Drogas entre Estudantes de 1º e 2º graus em Dez Capitais Brasileiras. Os dados foram inseridos no Programa Epi Info 6.04d e observou-se que as drogas de maior prevalência foram o álcool, o tabaco, os inalantes, a maconha e as anfetaminas. Excetuando-se o álcool e o tabaco, as drogas mais consumidas entre as mulheres foram os inalantes, a maconha, os tranqüilizantes, as anfetaminas e os sedativos; e entre os homens, os inalantes, a maconha, as anfetaminas, os tranqüilizantes e a cocaína. O consumo de drogas também é maior entre estudantes de maior faixa etária e os que freqüentam as aulas no período noturno. Não se verificaram diferenças significativas entre os níveis socioeconômicos. Foram feitas comparações com outras pesquisas. Resumo em inglês The main objectives of this work were to investigate the prevalence of drug use among 5th grade to 12th grade students in a small city in the south of Brazil and to verify if they use any kind of health service. The study was carried out in nine out of a total of ten public and private schools. The sample consisted of 889 (18,10%) students out of a total of 4,909 students, 4,139 (84,31%) in public schools and 770 (15,69%) in private ones. The participants answered a quest (mais) ionnaire that followed a model used by Galduróz, Noto and Carlini (1997) in the 4th Study of Drug Use Among Elementary and High School Students in Ten Brazilian Capital Cities. The collected data was inserted in the Epi Info 6.04d software and we have observed that the most used drugs were alcohol, tobacco, inhalants, marijuana, and amphetamines. With the exception of alcohol and tobacco, the most used drugs among women were inhalants, marijuana, tranquilizers, amphetamines and sedatives. Among men the most used drugs were inhalants, marijuana, amphetamines, tranquilizers and cocaine. Drug use is more frequent among older students and those who attend classes at night. There was no significant consumption difference among students of different socioeconomic levels. In addition, we have compared our results with other researches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Aspectos epidemiológicos do uso de drogas entre estudantes do ensino médio no município de Palhoça 2003/ Epidemiologic aspects of drug use among 5th grade to 12th grade students in the city of Palhoça 2003

Sanceverino, Sérgio Luiz; Abreu, José Luiz Crivelatti de
2004-12-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo conhecer a prevalência do uso de drogas entre estudantes do ensino médio em um município do Sul do Brasil, em 2003, além de averiguar se houve utilização de algum serviço de saúde. Foi realizado em nove - entre dez - escolas de ensino médio da rede pública e particular. A amostra foi de 889 (18, 1%) em um universo de 4.909 estudantes - 4.139 (84,3%) da rede pública e 770 (15,7%) da rede particular. Os participantes responderam a q (mais) uestionário que seguiu o modelo utilizado por Galduróz, Noto e Carlini no IV Levantamento sobre o Uso de Drogas entre Estudantes de 1º e 2º graus em Dez Capitais Brasileiras. Os dados foram inseridos no Programa Epi Info 6.04d e observou-se que as drogas de maior prevalência foram o álcool, o tabaco, os inalantes, a maconha e as anfetaminas. Excetuando-se o álcool e o tabaco, as drogas mais consumidas entre as mulheres foram os inalantes, a maconha, os tranqüilizantes, as anfetaminas e os sedativos; e entre os homens, os inalantes, a maconha, as anfetaminas, os tranqüilizantes e a cocaína. O consumo de drogas também é maior entre estudantes de maior faixa etária e os que freqüentam as aulas no período noturno. Não se verificaram diferenças significativas entre os níveis socioeconômicos. Foram feitas comparações com outras pesquisas. Resumo em inglês The main objectives of this work were to investigate the prevalence of drug use among 5th grade to 12th grade students in a small city in the south of Brazil and to verify if they use any kind of health service. The study was carried out in nine out of a total of ten public and private schools. The sample consisted of 889 (18,10%) students out of a total of 4,909 students, 4,139 (84,31%) in public schools and 770 (15,69%) in private ones. The participants answered a quest (mais) ionnaire that followed a model used by Galduróz, Noto and Carlini (1997) in the 4th Study of Drug Use Among Elementary and High School Students in Ten Brazilian Capital Cities. The collected data was inserted in the Epi Info 6.04d software and we have observed that the most used drugs were alcohol, tobacco, inhalants, marijuana, and amphetamines. With the exception of alcohol and tobacco, the most used drugs among women were inhalants, marijuana, tranquilizers, amphetamines and sedatives. Among men the most used drugs were inhalants, marijuana, amphetamines, tranquilizers and cocaine. Drug use is more frequent among older students and those who attend classes at night. There was no significant consumption difference among students of different socioeconomic levels. In addition, we have compared our results with other researches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Lacan e a toxicomania: efeitos da ciência sobre o corpo/ Lacan and drug addiction: effects of the science on the body

Santiago, Jésus
2001-06-01

Resumo em português Ao retomar a interrogação sobre a relação existente entre os objetos da ciência e o gozo, Lacan propõe-se também a postular, nesse contexto, o fenômeno toxicomaníaco presente no uso metódico e ordenado dos diversos produtos que vão desde os tranqüilizantes até os alucinógenos. A materialização do efeito real da ciência sobre o corpo, no caso do uso destas substâncias tóxicas, torna-se objeto de uma hipótese que se inscreve no horizonte da chamada dimen (mais) são ética do gozo. Abordar a toxicomania sob o ponto de vista ético do gozo do corpo, leva, certamente, a concebê-la como um modo particular de satisfação, distinto da dependência biológica própria de toda concepção repreensiva do problema. Esse modo de satisfação que cativa certos sujeitos é considerado uma tentativa de enfrentar as perturbações do gozo do corpo e, diante do corpo inseparável do gozo, a toxicomania poderia ser vista como um mais-gozar particular, correlativo a uma mudança operada, pela ciência, no real. Resumo em inglês Returning to the question of the relationship between science objects and jouissance, Jacques Lacan's purpose, in this context, is to claim the drug addiction phenomenon which is present in the methodic and ordered use of several products from tranquilizers to hallucinogens. The real effect of science materializing over the body when under the use of these toxic substances, becomes the object of a hypothesis inserted in the horizon of the so called ethical dimension of jo (mais) uissance. The drug addiction approach under the ethical dimension of the body jouissance is certainly conceived as an idea of private satisfaction which is different from the biological dependency peculiar to every reprehensive idea of the problem. This way of satisfaction that captivates some types of subjects is seen as an attempt to face the jouissance disturbances in the body, and when facing the inseparable body from jouissance, drug addiction could be seen as a particular plus jouissance, correlative to an operated change by the science, in the real.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Uso de substâncias psicoativas entre estudantes de Medicina de Salvador (BA)/ Psychoactive substance use by medical students from Salvador (BA)

Lemos, Kleuber Moreira; Neves, Nedy Maria Branco Cerqueira; Kuwano, André Yoichi; Tedesqui, Gustavo; Bitencourt, Almir Galvão Vieira; Neves, Flávia Branco Cerqueira Serra; Guimarães, Andréia Nunes; Rebello, Andrea; Bacellar, Fernanda; Lima, Mônica Motta
2007-01-01

Resumo em português CONTEXTO: Estudos indicam que estudantes de Medicina, apesar do seu dedutível conhecimento sobre os efeitos das substâncias psicoativas, consomem-nas em proporção semelhante à dos jovens de mesma idade na população geral. OBJETIVO: Analisar o padrão local do consumo dessas substâncias entre graduandos de Medicina e contribuir na formulação de atividades preventivas. MÉTODOS: Aplicação de questionário semi-estruturado no qual foi avaliada a freqüência de u (mais) so das substâncias psicoativas entre os estudantes, assim como as principais razões apontadas para o consumo. Foram analisados 404 questionários obtidos entre alunos dos seis anos de curso das duas maiores escolas médicas de Salvador. RESULTADOS: As drogas mais utilizadas no critério uso na vida foram álcool (92,8%) e lança-perfume (46,2%). O uso de álcool apresentou-se constante nos seis anos de curso. Entretanto, o uso de tabaco, lança-perfume e tranqüilizantes aumentou significativamente para os alunos dos últimos anos (p Resumo em inglês BACKGROUND: Studies have shown that medical students consume psychoactive substances at the same rates as the same age youth on general population, despite their predictable knowledge about drugs effects. OBJECTIVE: To analyze the local pattern of psychoactive substances use among medical students and contribute for the formulation of preventive activities. METHODS: The frequency of psychoactive substances use was evaluated by a self-administered anonymous questionnaire t (mais) hat also asked the main reasons for that use. Four hundred and four students in the first to sixth year from the two biggest medical schools in Salvador answered the questionnaire. RESULTS: The lifetime use was bigger for alcohol (92.8%) and inhalant (46.2%). Alcohol use was constant for the students from first to sixth year of course, but it was not statistically significant (p > 0.05). However, tobacco, inhalants and tranquilizers use had a significant increase at the last two years of course students (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Perfil das tentativas de suicídio por sobredose intencional de medicamentos atendidas por um Centro de Controle de Intoxicações do Paraná, Brasil/ Profile of suicide attempts using intentional overdose with medicines, treated by a poison control center in Paraná State, Brazil

Bernardes, Sara Santos; Turini, Conceição Aparecida; Matsuo, Tiemi
2010-07-01

Resumo em português Este trabalho apresenta o perfil das tentativas de suicídio atendidas pelo Centro de Controle de Intoxicações da cidade de Londrina, Paraná, Brasil. Foi realizado um estudo retrospectivo dos casos atendidos entre 1997-2007. As tentativas de suicídio foram significativas entre homens desempregados e mulheres donas-de-casa/aposentadas, e houve associação com outras substâncias em 51,5% dos casos, sendo a freqüência maior entre os homens. 51,1% dos homens associara (mais) m o medicamento com bebida alcoólica, e entre as mulheres, 84,8% das associações se referiram a medicamentos. Os grupos farmacológicos de maior freqüência foram os tranqüilizantes (25,5%), antidepressivos (17%), anticonvulsivos (15%) e AINES (11,9%), respectivamente. Os prescritores devem avaliar corretamente o paciente antes de receitar psicofármacos, uma vez que esse é o grupo farmacológico mais freqüente nas tentativas de suicídio. Campanhas de conscientização para o uso racional de medicamentos, juntamente com programas sociais de atendimento ao paciente suicida, também poderiam contribuir na diminuição da freqüência desses casos. Resumo em inglês This study presents the profile of suicide attempts using intentional overdose with medicines, treated at the Poison Control Center in Londrina, Paraná State, Brazil. A retrospective study of cases treated from 1997 to 2007 was performed. Suicide attempts were significant among unemployed men, housewives, and retired women, and there was an association with other substances in 51.5% of the cases, with a higher frequency among men. 51.1% of the men combined the medicine w (mais) ith an alcoholic beverage, while in women, 84.8% of the associations involved other medicines. The most frequent pharmacological groups were tranquilizers (25.5%), antidepressants (17%), anticonvulsants (15%), and NSAIDs (11.9%). Prescribers must evaluate patients correctly before prescribing psychoactive drugs, since this is the pharmacological group most frequently associated with suicide attempts. Awareness-raising campaigns for rational use of medicines and social programs for suicidal patients should also help decrease the frequency of such cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Perfil das tentativas de suicídio por sobredose intencional de medicamentos atendidas por um Centro de Controle de Intoxicações do Paraná, Brasil/ Profile of suicide attempts using intentional overdose with medicines, treated by a poison control center in Paraná State, Brazil

Bernardes, Sara Santos; Turini, Conceição Aparecida; Matsuo, Tiemi
2010-07-01

Resumo em português Este trabalho apresenta o perfil das tentativas de suicídio atendidas pelo Centro de Controle de Intoxicações da cidade de Londrina, Paraná, Brasil. Foi realizado um estudo retrospectivo dos casos atendidos entre 1997-2007. As tentativas de suicídio foram significativas entre homens desempregados e mulheres donas-de-casa/aposentadas, e houve associação com outras substâncias em 51,5% dos casos, sendo a freqüência maior entre os homens. 51,1% dos homens associara (mais) m o medicamento com bebida alcoólica, e entre as mulheres, 84,8% das associações se referiram a medicamentos. Os grupos farmacológicos de maior freqüência foram os tranqüilizantes (25,5%), antidepressivos (17%), anticonvulsivos (15%) e AINES (11,9%), respectivamente. Os prescritores devem avaliar corretamente o paciente antes de receitar psicofármacos, uma vez que esse é o grupo farmacológico mais freqüente nas tentativas de suicídio. Campanhas de conscientização para o uso racional de medicamentos, juntamente com programas sociais de atendimento ao paciente suicida, também poderiam contribuir na diminuição da freqüência desses casos. Resumo em inglês This study presents the profile of suicide attempts using intentional overdose with medicines, treated at the Poison Control Center in Londrina, Paraná State, Brazil. A retrospective study of cases treated from 1997 to 2007 was performed. Suicide attempts were significant among unemployed men, housewives, and retired women, and there was an association with other substances in 51.5% of the cases, with a higher frequency among men. 51.1% of the men combined the medicine w (mais) ith an alcoholic beverage, while in women, 84.8% of the associations involved other medicines. The most frequent pharmacological groups were tranquilizers (25.5%), antidepressants (17%), anticonvulsants (15%), and NSAIDs (11.9%). Prescribers must evaluate patients correctly before prescribing psychoactive drugs, since this is the pharmacological group most frequently associated with suicide attempts. Awareness-raising campaigns for rational use of medicines and social programs for suicidal patients should also help decrease the frequency of such cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Consumo de psicofármacos em uma região administrativa do Rio de Janeiro: a Ilha do Governador/ Consumption of psychotropic drugs in an Administrative Region of the city of Rio de Janeiro: Ilha do Governador

Almeida, Liz Maria de; Coutinho, Evandro da S. F.; Pepe, Vera Lúcia E.
1994-03-01

Resumo em português Em 1988, um inquérito epidemiológico foi realizado para se estimar a prevalência de alcoolismo crônico e uso de álcool na população da XX Região Administrativa da cidade do Rio de Janeiro. O instrumento incluiu perguntas sobre o consumo de psicofármacos, café e cigarros. Este trabalho analisa os dados referentes ao consumo de psicofármacos nos 30 dias anteriores à pesquisa. A amostra representativa da população acima de 13 anos foi composta por 1.459 pessoas (mais) , Os resultados mostram uma prevalência de consumo global de 5,2% (3,1% para homens e 6,7% para mulheres). As mulheres, as pessoas mais velhas (especialmente pessoas entre 60 e 69 anos), os separados e viúvos, e as pessoas de renda mais baixa apresentaram prevalências mais elevadas. Avaliou-se a associação de cada variável demográfica através do cálculo deodds ratio ajustado por regressão logística. Os tranqüilizantes derivados dos benzodiazepínicos predominaram entre os tipos de psicofármacos referidos (85,23%), seguidos pelos antiepilépticos (5,68%) e pelos hipnóticos e sedativos (4,54%). Os clínicos não-especializados em neurologia ou psiquiatria lideraram as prescrições (65,8%). Oitenta por cento dos medicamentos foram obtidos na rede privada, enquanto 13,16% foram adquiridos na farmácia pública, quase todos mediante a apresentação do receituário controlado. Os resultados são discutidos e novas linhas de pesquisa são apontadas. Resumo em inglês In 1988, a cross-sectional survey was conducted to estimate the prevalence of alcoholism and alcohol consumption in the 20th Administrative Region of the city of Rio de Janeiro. The interview protocol included questions about consumption of psychotropics, coffee, and cigarettes. This paper presents data from psychotropic consumption in the month. The sample of the population older than 13 years old included 1,459 subjects. Overall consumption of psychotropic drugs was 5.2 (mais) %. Rate of psychotropic use was higher for females (6.7%) than for males (3.1%). Users were predomonantly women, elderly, (the highest rate was for those between 60-69 years), divorced or widows, and with lower family income. The association of each socio-demographic variable was evaluated by the odds ratio adjusted by logistic regression. Anxiolytics (benzodiazepines) predominated (85.23%) among the reported psychotropics, followed by antiepileptics (5.68%) and hypnotics and sedatives (4.54%). Physicians not specializing in neurology or psychiatry lead prescriptions (65.8%). 80.26% of the drugs were obtained in pharmacies, while 13.16% were obtained in governmental institutions, most of them by controlled prescriptions. The results are discussed and new lines of research are suggested.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Consumo de psicofármacos em uma região administrativa do Rio de Janeiro: a Ilha do Governador/ Consumption of psychotropic drugs in an Administrative Region of the city of Rio de Janeiro: Ilha do Governador

Almeida, Liz Maria de; Coutinho, Evandro da S. F.; Pepe, Vera Lúcia E.
1994-03-01

Resumo em português Em 1988, um inquérito epidemiológico foi realizado para se estimar a prevalência de alcoolismo crônico e uso de álcool na população da XX Região Administrativa da cidade do Rio de Janeiro. O instrumento incluiu perguntas sobre o consumo de psicofármacos, café e cigarros. Este trabalho analisa os dados referentes ao consumo de psicofármacos nos 30 dias anteriores à pesquisa. A amostra representativa da população acima de 13 anos foi composta por 1.459 pessoas (mais) , Os resultados mostram uma prevalência de consumo global de 5,2% (3,1% para homens e 6,7% para mulheres). As mulheres, as pessoas mais velhas (especialmente pessoas entre 60 e 69 anos), os separados e viúvos, e as pessoas de renda mais baixa apresentaram prevalências mais elevadas. Avaliou-se a associação de cada variável demográfica através do cálculo deodds ratio ajustado por regressão logística. Os tranqüilizantes derivados dos benzodiazepínicos predominaram entre os tipos de psicofármacos referidos (85,23%), seguidos pelos antiepilépticos (5,68%) e pelos hipnóticos e sedativos (4,54%). Os clínicos não-especializados em neurologia ou psiquiatria lideraram as prescrições (65,8%). Oitenta por cento dos medicamentos foram obtidos na rede privada, enquanto 13,16% foram adquiridos na farmácia pública, quase todos mediante a apresentação do receituário controlado. Os resultados são discutidos e novas linhas de pesquisa são apontadas. Resumo em inglês In 1988, a cross-sectional survey was conducted to estimate the prevalence of alcoholism and alcohol consumption in the 20th Administrative Region of the city of Rio de Janeiro. The interview protocol included questions about consumption of psychotropics, coffee, and cigarettes. This paper presents data from psychotropic consumption in the month. The sample of the population older than 13 years old included 1,459 subjects. Overall consumption of psychotropic drugs was 5.2 (mais) %. Rate of psychotropic use was higher for females (6.7%) than for males (3.1%). Users were predomonantly women, elderly, (the highest rate was for those between 60-69 years), divorced or widows, and with lower family income. The association of each socio-demographic variable was evaluated by the odds ratio adjusted by logistic regression. Anxiolytics (benzodiazepines) predominated (85.23%) among the reported psychotropics, followed by antiepileptics (5.68%) and hypnotics and sedatives (4.54%). Physicians not specializing in neurology or psychiatry lead prescriptions (65.8%). 80.26% of the drugs were obtained in pharmacies, while 13.16% were obtained in governmental institutions, most of them by controlled prescriptions. The results are discussed and new lines of research are suggested.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

A dor torácica em mulheres no atendimento de emergência: conduta e evolução/ Chest pain in women in the emergency room: management and evolution

Santos, Janice Jardim; Pellanda, Lucia C.; Castro, Iran
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o diagnóstico de dor torácica em mulheres atendidas em um serviço de emergência em relação à evolução clínica, descrevendo sua influência sobre o manejo terapêutico, quando comparadas aos homens. MÉTODOS: Estudo de coorte contemporâneo, comparando 67 pacientes entre 50 e 65 anos (35 mulheres e 32 homens) atendidos de forma consecutiva por dor torácica na sala de emergência (SE) e acompanhados por 120 dias. Os desfechos avaliados foram: di (mais) agnóstico de infarto agudo do miocárdio (IAM), angina instável (AI), angina estável (AE), isquemia cerebral, cirurgia de revascularização miocárdica (CRM), angioplastia (ACTP), morte e hospitalizações. RESULTADOS: Na SE, não houve diferença significativa relacionada ao sexo quanto aos exames realizados para diagnóstico da dor torácica; entretanto, proporcionalmente, as mulheres receberam menos medicação cardiológica e mais tranqüilizantes. Ao término do atendimento na SE, as mulheres foram significativamente menos hospitalizadas (p=0,02). Na evolução clínica posterior, não houve diferença entre os dois sexos quanto à ocorrência de IAM, AI, AE, isquemia cerebral, CRM, ACTP e morte. CONCLUSÃO: Comparando a acurácia diagnóstica da dor torácica na SE entre mulheres e homens, não houve diferença significativa quanto ao número de exames realizados, mas a hospitalização foi menos indicada e o manejo terapêutico cardiológico foi menos intenso entre o sexo feminino. A evolução clínica evidenciou incidência igual de desfechos entre os dois sexos, o que sinaliza para a necessidade de atenção ao sintoma dor torácica independentemente do sexo. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the diagnosis of chest pain in women receiving medical care in the emergency room in relation to follow-up, as well as describing its influence on the therapeutic management when compared to men. METHODS: A current cohort study compared 67 patients of ages ranging from 50 to 65 years (35 women and 32 men) with chest pain, consecutively examined in the emergency room and followed up for 120 days. The outcomes assessed were: acute myocardial infarctio (mais) n, unstable angina, stable angina, cerebral ischemia, myocardial revascularization surgery, angioplasty, death and hospitalization. RESULTS: During diagnostic investigation of chest pain in the emergency room, no significant gender related difference was perceived. However, proportionally, women were given less cardiologic medication and more tranquilizers. Women were less likely to be referred for hospitalization than men (p=0.02). As for the occurrence of acute myocardial infarction, unstable angina, stable angina, cerebral ischemia, myocardial revascularization surgery, angioplasty and death, no differences between genders were noted during follow-up. CONCLUSION: Comparing the diagnostic accuracy of chest pain in the emergency room between women and men, there was no significant difference in relation to the number of tests. Nevertheless, women were less often referred for hospitalization and their therapeutic cardiologic management was less aggressive. The follow-up presented the same rate of outcome for both genders, therefore attention must be given to the chest pain symptom irrespective of gender.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Prevalência e fatores de risco relacionados ao uso de drogas entre escolares/ Prevalence and risk factors associated with drug use among school students, Brazil

Baus, José; Kupek, Emil; Pires, Marcos
2002-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a prevalência e os fatores de risco relacionados ao uso indevido de drogas entre estudantes de uma escola pública de primeiro e segundo graus. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal, utilizando, como instrumento de pesquisa, um questionário anônimo, padronizado e amplamente testado no Brasil para levantamento do uso de drogas. A população estudada foi constituída de 478 estudantes de escola pública de primeiro e segundo graus, de (mais) Florianópolis, SC. Os questionários foram aplicados por estudantes universitários devidamente treinados. Entre os estudantes pesquisados, 43% e 32% foram de faixa etária de 13 a 15 anos e de 16 a 18 anos, respectivamente, com predomínio de classes socioeconômicas mais altas. RESULTADOS: A prevalência de uso de maconha na vida (19,9%), solventes (18,2%), anfetamínicos (8,4%) e álcool (86,8%) foi elevada em Florianópolis, comparada a outras capitais da região Sul e à média brasileira. Notou-se elevado e freqüente uso (seis ou mais vezes por mês) de álcool (24,2%), maconha (4,9%), solventes (2,5%) e anfetamínicos (2,3%). Os fatores demográficos relacionados ao uso de drogas na vida foram idade, sexo, classe socioeconômica e vida junto aos pais. A chance de garotas usarem remédios para emagrecer ou ficarem acordadas foi o dobro da chance de garotos e, quanto ao uso de tranqüilizantes, quase o triplo. Os garotos tinham um risco quase duas vezes maior de uso de solvente do que as garotas. A classe socioeconômica alta foi associada a um risco duas vezes maior do uso de álcool do que a classe baixa. O risco de uso de cigarro e maconha na vida foi 84% e 67% maior, respectivamente, para alunos cujos pais estavam separados. CONCLUSÃO: Constatou-se alta prevalência de uso de várias drogas entre os alunos de primeiro e segundo graus. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess prevalence and risk factors associated with drug abuse among public elementary and high school students in the southern city of Florianópolis, Brazil. METHODS: A descriptive cross-sectional study was carried out using a standardized questionnaire created during the 4th National Survey on Drug Abuse. Four hundred and seventy-eight students were interviewed by trained college students. Of the interviewees, 43% aged 13--15 years and 32% aged 16--18 year (mais) s and they had a higher socioeconomic status than the national average. RESULTS: Ever use prevalence for alcohol, marijuana, solvent drugs and amphetamines was 86.8%, 19.9%, 18.2% and 8.4%, respectively. Regular use (6 or more times per month) of alcohol, marijuana, solvent drugs and amphetamines was found in 24.2%, 4.9%, 2.5% and 2.3% of students, respectively, a higher percentage when compared to other southern states' capitals and the national average. Age, sex, social status and living with both parents were significantly associated with drug abuse. Girls were twice as likely to consume weight loss drugs and stimulants, and almost three times more likely to use tranquilizers without medical prescription. Boys were almost twice as likely to use solvent drugs. Higher social students were twice as likely to consume alcohol than those of lower social status. Cigarette and marijuana smoking, respectively, were 84% and 67% more likely among students whose parents were separated. CONCLUSIONS: There is a high prevalence of drug use among elementary and high school students in Florianópolis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Prevalência e fatores de risco relacionados ao uso de drogas entre escolares/ Prevalence and risk factors associated with drug use among school students, Brazil

Baus, José; Kupek, Emil; Pires, Marcos
2002-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a prevalência e os fatores de risco relacionados ao uso indevido de drogas entre estudantes de uma escola pública de primeiro e segundo graus. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal, utilizando, como instrumento de pesquisa, um questionário anônimo, padronizado e amplamente testado no Brasil para levantamento do uso de drogas. A população estudada foi constituída de 478 estudantes de escola pública de primeiro e segundo graus, de (mais) Florianópolis, SC. Os questionários foram aplicados por estudantes universitários devidamente treinados. Entre os estudantes pesquisados, 43% e 32% foram de faixa etária de 13 a 15 anos e de 16 a 18 anos, respectivamente, com predomínio de classes socioeconômicas mais altas. RESULTADOS: A prevalência de uso de maconha na vida (19,9%), solventes (18,2%), anfetamínicos (8,4%) e álcool (86,8%) foi elevada em Florianópolis, comparada a outras capitais da região Sul e à média brasileira. Notou-se elevado e freqüente uso (seis ou mais vezes por mês) de álcool (24,2%), maconha (4,9%), solventes (2,5%) e anfetamínicos (2,3%). Os fatores demográficos relacionados ao uso de drogas na vida foram idade, sexo, classe socioeconômica e vida junto aos pais. A chance de garotas usarem remédios para emagrecer ou ficarem acordadas foi o dobro da chance de garotos e, quanto ao uso de tranqüilizantes, quase o triplo. Os garotos tinham um risco quase duas vezes maior de uso de solvente do que as garotas. A classe socioeconômica alta foi associada a um risco duas vezes maior do uso de álcool do que a classe baixa. O risco de uso de cigarro e maconha na vida foi 84% e 67% maior, respectivamente, para alunos cujos pais estavam separados. CONCLUSÃO: Constatou-se alta prevalência de uso de várias drogas entre os alunos de primeiro e segundo graus. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess prevalence and risk factors associated with drug abuse among public elementary and high school students in the southern city of Florianópolis, Brazil. METHODS: A descriptive cross-sectional study was carried out using a standardized questionnaire created during the 4th National Survey on Drug Abuse. Four hundred and seventy-eight students were interviewed by trained college students. Of the interviewees, 43% aged 13--15 years and 32% aged 16--18 year (mais) s and they had a higher socioeconomic status than the national average. RESULTS: Ever use prevalence for alcohol, marijuana, solvent drugs and amphetamines was 86.8%, 19.9%, 18.2% and 8.4%, respectively. Regular use (6 or more times per month) of alcohol, marijuana, solvent drugs and amphetamines was found in 24.2%, 4.9%, 2.5% and 2.3% of students, respectively, a higher percentage when compared to other southern states' capitals and the national average. Age, sex, social status and living with both parents were significantly associated with drug abuse. Girls were twice as likely to consume weight loss drugs and stimulants, and almost three times more likely to use tranquilizers without medical prescription. Boys were almost twice as likely to use solvent drugs. Higher social students were twice as likely to consume alcohol than those of lower social status. Cigarette and marijuana smoking, respectively, were 84% and 67% more likely among students whose parents were separated. CONCLUSIONS: There is a high prevalence of drug use among elementary and high school students in Florianópolis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Utilização de estimulação elétrica transcutânea para alívio da dor no trabalho de parto: um modo possível para o cuidado à parturiente/ Use of transcutaneous electric nerve stimulation for pain relief in labour: a possible way to care the child-bearer/ El uso de la estimulación eléctrica transcutánea para el alivio del dolor en el trabajo de parto: una manera posible para el cuidado a la parturienta

Knobel, Roxana; Radünz, Vera; Carraro, Telma Elisa
2005-06-01

Resumo em português Trata-se dos resultados de um ensaio controlado aleatório, no qual foram dispensados cuidados às parturientes por meio da utilização de dois tipos de estimulação elétrica transcutânea. As 60 parturientes participantes foram distribuídas em três grupos: eletrodos tipo Silver Spike Point; eletrodos tipo placa ou eletrodos falsos (controle), todos colocados na região sacral. Parturiente, equipe de saúde e pesquisadores não sabiam qual o tipo de tratamento utiliz (mais) ado em cada uma. O grupo que recebeu estimulação real teve sua dor aliviada em maior proporção e recebeu menos prescrições de drogas analgésicas/tranqüilizantes em relação ao grupo controle, que recebeu estimulação simulada. Não houve diferenças significativas entre os grupos quanto ao incômodo ocasionado pela estimulação e utilização de analgesia peridural. Os resultados deste estudo sugerem que a estimulação elétrica transcutânea pode aliviar a dor no trabalho de parto, sendo um método inovador para o cuidado de parturientes. Resumo em espanhol Se trata de los resultados de un ensayo controlado aleatorio donde se ofrecieron cuidados a las parturientas mediante la utilización de dos tipos de estimulación eléctrica transcutánea. Las 60 parturientas fueron distribuidas en tres grupos: electródos tipo "Silver Spike Point", electródos tipo chapa o electródos falsos (control), posicionados todos en la región sacra. Tanto la parturienta, el equipo de la salud y los investigadores no sabían que tipo de tratamie (mais) nto era utilizado en cada una de ellas. Las mujeres que recibieron cuidado con estímulo real obtuvieron un alivio frente al dolor en mayor proporción y estas recibieron prescripciones de medicamentos analgésicos/tranquilizantes, en menor proporción que aquellas que recibieron estímulo simulado. No hubo diferencias significativas entre los grupos con relación a la incomodidad ocasionada por el estímulo o la utilización de anestésico peridural. Los resultados sugieren que el estímulo eléctrico transcutáneo puede aliviar el dolor durante el trabajo de parto, siendo este un método innovador para el cuidado de las parturientas. Resumo em inglês A randomized controled trial was performed with 60 parturients to evaluate the pain relief during labour with two kinds of transcutaneous electric nerve stimulation. The study participants were randomly distributed among three groups based on type of electrode: Silver Spike Point, tablet, or false electrodes (control). The external appearance of the electrode was the same. It was a double blind study, with researchers, health care personnel and participants unaware of gro (mais) up placement. A greater proportion of women in real stimulation groups than in the control group referred to having pain relief and received less analgesic or tranquilizer drugs. There were no differences among studied groups concerning the use of peridural analgesia or discomfort caused by stimulation. We conclude that this transcutaneous electric nerve stimulation technique can relieve pain during labour, which means more effective care and comfort for the woman during this experience.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Uso de álcool e drogas por estudantes de medicina da Unesp/ Alcohol and drug use by Unesp medical students

Kerr-Corrêa, Florence; Andrade, Arthur Guerra de; Bassit, Ana Zahira; Boccuto, Neusa Maria Vilella Fonseca
1999-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O objetivo deste trabalho foi analisar a prevalência do uso de drogas por estudantes da Faculdade de Medicina de Botucatu - Unesp, comparada com outras oito escolas médicas paulistas (uso na vida, nos últimos 12 meses e nos últimos 30 dias). A pesquisa foi realizada entre 1994 e 1995, com 5.227 estudantes do 1o ao 6o ano de graduação. MATERIAL E MÉTODO: Foi usado um questionário de auto-respostas, anônimo, incluindo o questionário da Organização (mais) Mundial da Saúde para levantamento de uso de drogas e álcool. Setenta e um por cento (3.725) dos alunos responderam ao mesmo, e destes, 421 eram de Botucatu. RESULTADOS: Não houve diferenças estatisticamente significantes entre escolas e, nos 30 dias anteriores ao preenchimento do questionário, a prevalência do uso de drogas para os estudantes de Botucatu foi a seguinte, com a variação entre outras escolas mostrada entre parênteses: álcool 50% (42-50%); tabaco 7% (7-13%); solventes 8% (7-12%); maconha 6% (6-16%); benzodiazepínicos (BZD) 3% (2-9%); cocaína 0,5% (0,2-4%); anfetaminas 1 % (0-1%). Embora tenha se encontrado um uso crescente de todas as drogas do 1o ao 6o ano, e em especial os BZD, os estudantes não aprovam este uso. A análise de regressão logística indicou que o uso de álcool e drogas foi favorecido por: a) ser homem; b) perder aulas sem razão e referir ou ter muito tempo livre nos finais de semana; e c) ter uma atitude favorável em relação ao uso de álcool e drogas. Diferentemente de outras escolas, na Unesp não houve diferenças estatisticamente significantes de gênero em relação ao uso de tranqüilizantes. No entanto, as mulheres iniciam uso mais precocemente e o fazem mais freqüentemente. Também as mulheres já faziam uso de maconha antes de entrar para a faculdade (30% mulheres X 10% homens), o contrário ocorrendo com solventes (50% homens X 2% mulheres), sendo essas diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÕES: Embora a pesquisa tenha focalizado o uso (não abuso ou dependência), os resultados sugerem a necessidade de as universidades estabelecerem uma política clara de orientação sobre uso de drogas e álcool para os estudantes, incluindo mudanças curriculares e programas de prevenção. Resumo em inglês BACKGROUND: The objective of this paper was to analyse the prevalence of drug use by medical students of Botucatu Medical School, compared to other eight medical schools of São Paulo State (at lifetime, last 12 months, and last 30 days). Research was carried out in 1994 and 1995, with 5,227 students, from first to sixth year of graduation. METHOD: Anonymous self-completed questionnaires were used, including the World Health Organization one, for students drug use survey. (mais) The completion rate was of 71% (3.725) and 421 were from Botucatu. RESULTS: There were no significant statistical differences among schools, and the last 30 day drug use rate showed the following results, for Botucatu and other schools (drug use range) respectively: alcohol in 50% (42-50%); tobacco in 7% (7-13%); inhalants in 8% (7-12%); cannabis in 6% (6-16%); benzodiazepines (BZD) in 3% (2-9%); cocaine in 0,5% (0,2-4%); amphetamines in 1% (0-1%). Though there was an increased drug use from first to sixth year, especially BZD, most of the students did not approve of it. Risk factors for drug and alcohol use were: a) being men; b) truancy or excess free time on weekends; and c) approval of using alcohol and drugs. Male and female students used equally BZD (contrary to other medical schools). However, women used them earlier and more frequently (female weekly X male monthly). Women used cannabis before entering school (female 30% X male 19%), being the contrary with solvent's use (statistically significant result). CONCLUSIONS: Although the research focus was use (not abuse or dependence), the results suggest the necessity of campus drug and alcohol use policy to be developed and carried out for this population, with curricula modifications, and prevention program included.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Consumo de substâncias psicoativas por adolescentes escolares de Ribeirão Preto, SP (Brasil). I - Prevalência do consumo por sexo, idade e tipo de substância/ The consumption of psychoactive substances by adolescents in schools in an urban area of Southeastern region of Brazil. I - Prevalence by sex, age and kind of substance

Muza, Gilson M.; Bettiol, Heloísa; Muccillo, Gerson; Barbieri, Marco A.
1997-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A preocupação suscitada quanto ao consumo de substâncias psicoativas pelos adolescentes tem mobilizado grandes esforços em todo o mundo na produção de conhecimento sobre este fenômeno. Decidiu-se estudar as taxas de prevalência de consumo de substâncias psicoativas de uso lícito e ilícito, sua distribuição por idade, sexo e a idade da primeira experiência com essas substâncias, entre adolescentes escolares do Município de Ribeirão Preto, SP, (mais) Brasil. MATERIAL DE MÉTODO: Um questionário devidamente adaptado e submetido a um teste de confiabilidade foi auto-aplicado a uma amostra proporcional de 1.025 adolescentes matriculados na oitava série do primeiro grau e primeiro, segundo e terceiro anos do segundo grau, das escolas públicas e privadas do município estudado. O questionário continha questões sobre o uso de dez classes de substâncias psicoativas, questões demográficas e informações de validação, além de questões de percepção e comportamento intrínseco ao consumo de drogas. RESULTADOS: Da amostra 88,9% consumiram bebidas alcoólicas alguma vez na vida; 37,7% utilizaram o tabaco; 31,1% os solventes; 10,5% os medicamentos; 6,8% a maconha; 2,7% a cocaína; 1,6% os alucinógenos e 0,3% consumiu alguma substância a base de opiácios. As taxas de consumo cresceram com a idade, para todas as substâncias; no entanto, o uso de tabaco e de substâncias ilícitas mostrou uma desaceleração nos anos que compreendem o final da adolescência. Verificou-se que os meninos consumiram mais do que as meninas, exceto para os medicamentos, com as meninas consumindo barbitúricos, anfetaminas e tranqüilizantes em proporções semelhantes ou maiores que os meninos. A idade da primeira experiência mostrou que o acesso às substâncias psicoativas ocorreu em idades bastante precoces. CONCLUSÕES: As substâncias psicoativas, sejam lícitas ou ilícitas, são freqüentemente experimentadas na adolescência, tanto pelos meninos como pelas meninas, muitas vezes em idades bem precoces. Resumo em inglês INTRODUCTION: Concern over the consumption of psychoactive substances by teenagers has given rise to a great wordwide effort to produce information about this phenomenon. This study set out to investigate the prevalence of consumption of legal and illegal psychoactive substances, its distribution by age, sex and age at first experience of them, among teenage pupils in county, Ribeirão Preto, SP, Southeastern Brazil. MATERIAL AND METHOD: A self-applicable questionnaire du (mais) ly adapted and submitted to a reliability test was applied to a proportional sample of 1,025 teenagers enrolled in 8th, 9th, 10th and 11th grads at public and private city schools. The questionnaire contained questions about the use of ten classes of psychoactive substances, demographic questions and validation information, as well as questions about the perception and intrinsic behavior related to drug consumption. RESULTS: The sample of 88.9% had consumed alcoholic beverages sometime in their lives, 37.7% had used tobacco, 31.1% solvents, 10.5% medicines, 6.8% marihuana, 2.7% cocaine, 1.6% hallucinogens, and 0.3% of the sample had consumed some opiate substance. The rates of consumption increased with age for all substances; however, the use of tobacco and of illegal substances was less intense during the later years of adolescence. As to sex distribution, boys consumed more than girls, except for medicines, with girls consuming barbiturates, amphetamines and tranquilizers in proportions similar to or higher than those observed among boys. Age at first experience showed that access to psychoactive substances occurred at very early ages. CONCLUSIONS: Experimenting with psychoactive substances, whether legal or illegal, is a frequent phenomenon during adolescence, both among boys and girls, often at very early ages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Consumo de substâncias psicoativas por adolescentes escolares de Ribeirão Preto, SP (Brasil). I - Prevalência do consumo por sexo, idade e tipo de substância/ The consumption of psychoactive substances by adolescents in schools in an urban area of Southeastern region of Brazil. I - Prevalence by sex, age and kind of substance

Muza, Gilson M.; Bettiol, Heloísa; Muccillo, Gerson; Barbieri, Marco A.
1997-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A preocupação suscitada quanto ao consumo de substâncias psicoativas pelos adolescentes tem mobilizado grandes esforços em todo o mundo na produção de conhecimento sobre este fenômeno. Decidiu-se estudar as taxas de prevalência de consumo de substâncias psicoativas de uso lícito e ilícito, sua distribuição por idade, sexo e a idade da primeira experiência com essas substâncias, entre adolescentes escolares do Município de Ribeirão Preto, SP, (mais) Brasil. MATERIAL DE MÉTODO: Um questionário devidamente adaptado e submetido a um teste de confiabilidade foi auto-aplicado a uma amostra proporcional de 1.025 adolescentes matriculados na oitava série do primeiro grau e primeiro, segundo e terceiro anos do segundo grau, das escolas públicas e privadas do município estudado. O questionário continha questões sobre o uso de dez classes de substâncias psicoativas, questões demográficas e informações de validação, além de questões de percepção e comportamento intrínseco ao consumo de drogas. RESULTADOS: Da amostra 88,9% consumiram bebidas alcoólicas alguma vez na vida; 37,7% utilizaram o tabaco; 31,1% os solventes; 10,5% os medicamentos; 6,8% a maconha; 2,7% a cocaína; 1,6% os alucinógenos e 0,3% consumiu alguma substância a base de opiácios. As taxas de consumo cresceram com a idade, para todas as substâncias; no entanto, o uso de tabaco e de substâncias ilícitas mostrou uma desaceleração nos anos que compreendem o final da adolescência. Verificou-se que os meninos consumiram mais do que as meninas, exceto para os medicamentos, com as meninas consumindo barbitúricos, anfetaminas e tranqüilizantes em proporções semelhantes ou maiores que os meninos. A idade da primeira experiência mostrou que o acesso às substâncias psicoativas ocorreu em idades bastante precoces. CONCLUSÕES: As substâncias psicoativas, sejam lícitas ou ilícitas, são freqüentemente experimentadas na adolescência, tanto pelos meninos como pelas meninas, muitas vezes em idades bem precoces. Resumo em inglês INTRODUCTION: Concern over the consumption of psychoactive substances by teenagers has given rise to a great wordwide effort to produce information about this phenomenon. This study set out to investigate the prevalence of consumption of legal and illegal psychoactive substances, its distribution by age, sex and age at first experience of them, among teenage pupils in county, Ribeirão Preto, SP, Southeastern Brazil. MATERIAL AND METHOD: A self-applicable questionnaire du (mais) ly adapted and submitted to a reliability test was applied to a proportional sample of 1,025 teenagers enrolled in 8th, 9th, 10th and 11th grads at public and private city schools. The questionnaire contained questions about the use of ten classes of psychoactive substances, demographic questions and validation information, as well as questions about the perception and intrinsic behavior related to drug consumption. RESULTS: The sample of 88.9% had consumed alcoholic beverages sometime in their lives, 37.7% had used tobacco, 31.1% solvents, 10.5% medicines, 6.8% marihuana, 2.7% cocaine, 1.6% hallucinogens, and 0.3% of the sample had consumed some opiate substance. The rates of consumption increased with age for all substances; however, the use of tobacco and of illegal substances was less intense during the later years of adolescence. As to sex distribution, boys consumed more than girls, except for medicines, with girls consuming barbiturates, amphetamines and tranquilizers in proportions similar to or higher than those observed among boys. Age at first experience showed that access to psychoactive substances occurred at very early ages. CONCLUSIONS: Experimenting with psychoactive substances, whether legal or illegal, is a frequent phenomenon during adolescence, both among boys and girls, often at very early ages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Radiografia quantitativa hepática de cães tranquilizados com acepromazina/ Hepatic quantitative radiography in dogs with acepromazine

Lopes, Bernardo Fernandes; Taffarel, Marilda Onghero; Feitosa, Mariana Lorenção; Costa, Lorena Adão Vescovi Séllos; Monteiro, Eduardo Raposo; Costa, Fabiano Séllos
2011-01-01

Resumo em português O maleato de acepromazina é um dos tranquilizantes mais utilizados em medicina veterinária, podendo causar esplenomegalia, mas não é conhecida a possibilidade de ocorrência de hepatomegalia. Objetivou-se, com o presente estudo, utilizar a radiografia quantitativa com auxilio digital para determinar o tamanho e volume do fígado de cães tranquilizados com acepromazina. Foram radiografados, na projeção lateral direita e ventrodorsal do fígado, nove cães hígidos, (mais) antes e após a administração intramuscular de maleato de acepromazina, na dose de 0,1mg kg-1 de peso. Foi possível caracterizar aumento das dimensões hepáticas (P Resumo em inglês The acepromazine is one of the most commonly tranquilizer used in veterinary medicine and its use may cause splenomegaly. However it is not known if it can cause hepatomegaly. The aim of this study is to evaluate the quantitative radiography with digital assistance to determine the liver size and volume of dogs tranquilized with acepromazine. Nine healthy dogs were radiographed in the lateral right and ventral-dorsal liver , before and after intramuscular administration o (mais) f acepromazine at a dose of 0.1kg-1. It was possible to characterize the size and increase in liver size (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

A abstenção tabágica: Reflexões sobre a recaída

Guerra, Marina Prista
2004-09-01

Resumo em português Nos últimos anos tem-se dado muita ênfase à dependência de drogas duras porque provocam uma diminuição da qualidade de vida dos seus utilizadores, interferem negativamente no funcionamento e ordem social e sobretudo devido à relação com a aquisição de doenças infecciosas como a SIDA e Hepatite C. Esta preocupação crescente, concentrou a maioria das investigações nos toxicodependentes que usam drogas ilícitas e nos fenómenos de segurança social a eles as (mais) sociados, deixando para um segundo plano outras dependências legalmente permissivas como o abuso de fármacos (tranquilizantes e antidepressivos), álcool e o tabaco. O uso de tabaco é no entanto reconhecido como um dos maiores problemas de saúde pública a nível mundial contribuindo segundo as estatísticas para mortes prematuras e deterioração da qualidade de vida dos fumadores, e que vem muitas vezes associado ao consumo de outras drogas. O estudo cuidadoso da influência da nicotina no ser humano a nível biológico, psicológico e social é de suma importância para a intervenção na cessação tabágica e ainda, porque a nicotina exerce a sua influência nomeadamente na absorção de outros produtos naturais ou tóxicos. O problema do tabagismo foi estudado até um passado bem recente, meramente como um hábito que era preciso "descondicionar" e que dependia quase inteiramente da vontade do próprio. Contudo as recentes descobertas da influência positiva da nicotina em determinadas doenças veio abrir caminho para outras investigações que reforçam o poder aditivo desta droga, sobretudo porque se constata, que a maioria dos ex-fumadores tem sucessivas recaídas, tornando a abstenção total a longo prazo muito difícil. Este artigo pretende assim esclarecer aspectos psicológicos, sociais e psicofisiológicos que estão na base do insucesso da manutenção da abstenção tabágica. Enfatizaremos assim os efeitos psicofarmacológicos que proporcionam uma explicação diferente para a futura intervenção no tabagismo e que fornece novas pistas de investigação. Resumo em inglês During the last years, a lot of attention has been given to hard drugs, as they diminish the quality of life of their users, interfere negatively in the everyday activities and social order, and mainly because of their direct relation with several infectious diseases, such as AIDS and Hepatitis C. This growing preoccupations, have concentrated the majority of research efforts in the drug users and in the associated phenomena of social insecurity, leaving to a secondary st (mais) age other legally authorized addictions, such as the use of tranquillizers and antidepressants, alcohol and tobacco. Nevertheless, tobacco use has been recognized as one of the leading worldwide public health problems and, based on the available statistics, causes deterioration of the quality of life and premature death of the smoking population, being often associated with the use of other drugs. The carefully undertaken studies of the nicotine influence in the human being at the biological, psychological and social levels are of paramount importance in the intervention for smoking cessation, reinforced by the influence of nicotine in the absorption of other products both natural and toxic. Until very recently, tobacco use was studied merely as a habit, which should be discontinued, simply dependent for that purpose almost entirely on one's will. However recent discoveries of a positive influence of nicotine in certain diseases, has open the way for other researches, reinforcing the addictive power of this drug, mainly based on the perception that the majority of former smokers have had several relapses, making long-term smoking cessation extremely difficult. This article intends to clarify some of the psychological, social and psycho-physiological aspects related to the unsuccess of long-term smoking cessation. The psycho-pharmacological effects of smoking, leading to a different explanation for the future intervention in tobacco use, as well as to new research fields, will be also reinforced.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)