Sample records for toxins
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Toxinas e perfil protéico de amostras de Actinobacillus suis provenientes de plantéis suínos norte-americanos/ Toxins and proteic profile of Actinobacillus suis samples from North American hog herds

Carreon, Rafael Silveira; Oliveira, Simone Rodrigues; Cardoso, Rone; Naves, João Helder Frederico de Faria; Tomaszewski, John; Ribeiro, Anna Monteiro Correia Lima
2010-09-01

Resumo em português Actinobacillus suis (A.suis) surgiu como uma grande ameaça aos plantéis suínos norte-americanos. Os sinais clínicos e as lesões são particularmente variáveis e podem lembrar aquelas causadas por outros organismos, como o Actinobacillus pleuropneumoniae (App), podendo ter como causa a similaridade na produção das toxinas ApxI e ApxII. Os objetivos do estudo foram confirmar a produção das toxinas ApxI e ApxII, investigar a produção de toxina geneticamente semel (mais) hante à Apx III e analisar as proteínas totais, verificando se existe similaridade entre os isolados provenientes de diferentes plantéis de suínos norte-americanos. Neste estudo, todas as cepas de A. suis foram positivas para os genes codificadores das toxinas ApxI e ApxII, usando o método de reação em cadeia de polimerase - multiplex (PCR-multiplex); e as proteínas totais de 70 amostras de A. suis, oriundos de diferentes plantéis suínos norte-americanos, foram analisadas por meio de eletroforese em gel de poliacrilaminda desnaturante (SDS-PAGE) e foram idênticas. A similaridade eletroforética observada entre as proteínas totais das bactérias analisadas indica a possibilidade de haver uma proteção cruzada a partir de uma provável vacina universal desenvolvida com esses antígenos para A. suis. Resumo em inglês Actinobacillus suis (A. suis) has arisen as a great threat to the North American hog herds. The clinical symptoms and lesions are particularly variable and may resemble the same caused by other pathogenic organisms, such as Actinobacillus pleuropneumoniae (App), which can similarly lead to the production of the toxins ApxI and ApxII. This study aimed to confirm the production of the toxins ApxI and ApxII, as well as, to investigate the production of toxins that are geneti (mais) cally similar to ApxIII, and analyze total protein to verify whether there is any similarity among the isolated samples obtained from different North American hog herds. In this study, all the strains of A. suis were positive for the genes that codify the toxins ApxI and ApxII using the multiplex polymerase chain reaction (PCR-multiplex) method; and total protein from 70 samples of A. suis, obtained from different North American hog herds, were analyzed through denaturing polyacrylamide gel electrophoresis (SDS-PAGE), and were identical. The electrophoretic similarity observed among total protein of the analyzed bacteria indicates that there is the possibility of existing a cross protection in case of developing a probable universal vaccine with the antigens of A. suis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Toxinas killer e produção de enzimas por Candida albicans isoladas da mucosa bucal de pacientes com câncer/ Killer toxin sensitiviy and production of enzymes by Candida albicans isolated from the oral mucosa of patients with cancer

Oliveira, Elida Elias de; Silva, Soraya Cristina; Soares, Ailton José; Attux, Cecília; Cruvinel, Brice; Silva, Maria do Rosário Rodrigues
1998-12-01

Resumo em português Infecções oportunistas da cavidade bucal são primariamente causadas por fungos do gênero Candida e freqüentemente ocorrem em pacientes com câncer que estão sobtratamento quimioterápico e antibacteriano. De 44 amostras coletadas da mucosa oral de pacientes com câncer, observou-se o isolamento de 25 leveduras do gênero Candida em cultivo realizado em ágar Sabouraud-dextrose. Foram identificados Candida albicans em 24 (96%) isolados e C. krusei em 1 (4%). As carac (mais) terísticas fenotípicas das amostras de Candida albicans mostraram que todos os isolados foram fortemente proteolíticos, capazes de produzir fosfolipases e possuíam os biotipos caracterizados como 811(95,8%) e 511 (4,2%) em relação a susceptibilidade às toxinas killer. Resumo em inglês Opportunistic infections of the oral cavity are primarily caused by Candida and frequently occur in patients with cancer who are undergoing chemotherapy and antibiotic treatment. Of the specimens received from the oral mucosa of 44 patients with cancer, 25 (56.8%) yielded Candida on culture in Sabouraud agar. Twenty four of these isolates were identified as C. albicans (96%) and 1 as C. krusei (4%). The phenotypic characteristics of these isolates showed that all of them (mais) were strongly proteolytic, had a high ability to produce phospholipase, and presented the byotypes characterized as 811 (95.8%) and 511 (4.2%) in terms of susceptibility to killer toxins.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Esporos e toxinas de Clostridium botulinum dos tipos C e D em cacimbas no Vale do Araguaia, Goiás/ Spores and toxins of Clostridium botulinum in raining ponds used as water supply for cattle in pastures in the Araguaia Valley, State of Goiás, Brazil

Souza, Aires M.; Marques, Dercino F.; Döbereiner, Jürgen; Dutra, Iveraldo S.
2006-09-01

Resumo em português Foram avaliadas a ocorrência e distribuição de esporos e toxinas de Clostridium botulinum tipos C e D em 300 cacimbas empregadas como bebedouro de bovinos em 130 propriedades rurais localizadas em 12 municípios do Vale do Araguaia, Estado de Goiás. A presença de esporos foi determinada indiretamente pelo cultivo em meio de cultura, seguido da inoculação e neutralização em camundongo das amostras de sedimento do interior das cacimbas, e do solo superficial e feze (mais) s de bovinos, coletadas ao seu redor. A presença de toxina foi avaliada diretamente pela inoculação em camundongo do sedimento filtrado das cacimbas, também seguida da neutralização em camundongo com antitoxinas C e D. A presença de esporos de C. botulinum foi significativamente maior (p Resumo em inglês The occurrence and distribution of Clostridium botulinum spores and toxins type C and D in 300 ponds, used by cattle for drinking on 130 farms located in 12 municipalities of the Rio Araguaia valley, State of Goiás, Brazil, was evaluated. The presence of spores was determined indirectly by cultivation in culture medium, followed by inoculation and neutralization in mice of samples of the sediment from the bottom of the raining ponds, from superficial soil and from cattle (mais) feces collected to its circuit. The toxin presence was evaluated directly by inoculation in mice of the filtered sediment of the ponds, followed by the neutralization in mice with antitoxins C and D. The presence of C. botulinum spores was significantly more frequent (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Formação de toxinas durante o processamento de alimentos e as possíveis conseqüências para o organismo humano/ Toxin formation during food processing and possible consequences to the human body

Marques, Anne y Castro; Valente, Tessa Bitencourt; Rosa, Cláudia Severo da
2009-04-01

Resumo em português A produção de alimentos envolve inúmeras reações químicas, durante as quais podem ser geradas substâncias tóxicas ao organismo humano. A produção destas substâncias pode ocorrer de diferentes maneiras, variando em quantidade e em grau de toxicidade. Este trabalho objetivou estudar a produção de toxinas no processamento de alimentos, assim como as conseqüências da ingestão dessas substâncias para o ser humano. O estudo foi realizado a partir de extensa pes (mais) quisa bibliográfica. As principais reações na formação de compostos tóxicos apresentadas no decorrer do estudo são: degradação de lipídios, hidrogenação, pirólise e defumação. Entre as substâncias formadas, destacam-se: peróxidos, ácidos graxos trans, aminas heterocíclicas e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos. O profissional nutricionista necessita conhecer como ocorre a formação de toxinas durante os variados processamentos que envolvem alimentos, assim como os riscos para a saúde de quem consome essas substâncias. Também é preciso propor técnicas de processamento adequadas, visando ao bem-estar do consumidor e à manutenção das propriedades nutricionais do alimento. Resumo em inglês Food production involves innumerable chemical reactions that may generate substances that are toxic to the human body. These substances can be produced in different ways, in varying amounts and degree of toxicity. The objective of this study was to investigate the production of toxins during food processing, as well as theconsequences of their ingestion. This study was based on extensive literature research. The main reactions leading to toxic compounds are: lipid degrada (mais) tion, hydrogenation, pyrolysis and smoking. Some of the formed substances are: peroxides, trans fatty acids, heterocyclic amines and polycyclic aromatic hydrocarbons. Dietitians need to know how toxins form during the various foods processing methods, as well as their health risks for consumers. It is also necessary to propose processing techniques that ensure the consumer's wellbeing and retain the nutritional properties of the food.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Sensibilidade toxicológica e especificidade do teste de microfixação de complemento na detecção de toxinas botulínicas C e D em meio de cultura e fígado de camundongos/ Toxicological sensitivity and specificity of the micro-complement fixation test for the detection of botulinum toxins C and D in culture medium and liver of mice

Menegucci, Edna A.; Dutra, Iveraldo S.; Döbereiner, Jürgen
1998-04-01

Resumo em português No presente estudo pretendeu-se verificar a sensibilidade toxicológica e especificidade do Teste de Microfixação de Complemento (MCF) na detecção de toxinas botulínicas C e D no sobrenadante de cultivos bacterianos e em fígados de camundongos inoculados com doses letais e subletais. As toxinas foram produzidas em meio de cultura Hemoline, tituladas através da determinação da DL50 pelo Bioensaio em Camundongo e diluídas nas concentrações de 10, 1, 0,1, 0,01 e (mais) 0,001 DL50. Desta forma, foram utilizadas em dois modelos experimentais, onde foi determinada a sensibilidade toxicológica do MCF no sobrenadante do meio de cultura com as diluições descritas acima e ainda em extratos hepáticos de camundongos com peso corporal de 20g, inoculados com as mesmas diluições. A tentativa de evidenciação das toxinas botulínicas nos extratos hepáticos de camundongos foi realizada através da sua extração após a morte pela administração das doses letais e ainda pelo sacrifício dos animais inoculados com doses subletais, em intervalos de 5 dias. Os resultados evidenciaram uma sensibilidade toxicológica para o MCF de 100% para os dois tipos de toxinas ao nível de 0,01 DL50, quando testados os sobrenadantes de meio de cultura, portanto 100 vezes superior ao Bioensaio em Camundongo. A sensibilidade toxicológica do MCF, quando examinados extratos hepáticos de camundongos inoculados com 1 e 10 DL50 de toxinas botulínicas C e D, foi inferior, com valores de 100, 80, 89 e 72%, respectivamente. Pelo teste foi possível detectar toxinas botulínicas tipos C e D nos extratos hepáticos de camundongos inoculados com doses subletais até 15 dias após a sua inoculação. A especificidade do MCF foi de 88 e 92%, quando testados extratos hepáticos de camundongos sadios, e confrontados com as antitoxinas C e D; e 100% no sobrenadante do meio de cultura. Os resultados apontam para uma possível utilização do teste como importante instrumento de pesquisa e ainda na eventual substituição dos testes in vivo pelas suas implicações éticas e limitações práticas. Resumo em inglês The toxicological sensitivity and specificity of the micro-complement fixation test (MCF) for the detection of botulinum toxins C and D were studied in supernatants of the bacterial cultures and in livers of mice inoculated with lethal and sublethal doses. Botulinum toxins C and D were produced in Hemoline culture medium, titered through the determination of LD50 by the mouse test and adjusted to dilutions of 10, 1, 0.1, 0.01 and 0.001 LD50. Two experimental models were u (mais) sed to determine the toxicological sensitivity of MCF in the supernatant of the culture medium with the dilutions described, and also in liver extracts of mice weighing 20 g and inoculated with the same dilutions. Detection of the botulinum toxins was attempted in liver extracts of mice which had received lethal doses of the respective toxins, and in others which had been inoculated with sublethal doses and were sacrificed in intervals of 5 days. The results show that the toxicological sensitivity of MCF, regarding the two types of toxins at the level of 0.001 LD50, was 100% when the supernatants of the culture medium were tested; this means that the sensitivity was 100 times higher than with the mouse test. The toxicological sensitivity of MCF in the liver extracts of mice inoculated with 1 and 10 LD50 of botulinum toxins C and D was inferior, giving values of 100, 80, 89 and 72% respectively. By this test it was also possible to detect botulinum toxins type C and D in liver extracts of mice inoculated with sublethal doses, up to 15 days after the injection. The specificity of MCF was 88% and 92%, when liver extracts of healthy control mice were tested and when challenged with antitoxins C and D; and 100% when challenged with the supernatant of the culture medium. These results indicate that MCF could be of importance for research and could substitute in vivo tests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Optimização da determinação de ésteres de toxinas diarreicas e avaliação da sua citotoxicidade

Rodrigues, Susana Margarida Correia Alves, 1972-

O estudo da contaminação de moluscos bivalves com toxinas do tipo diarreico (DSP) foi realizado em amostras de diversas espécies da costa portuguesa, recorrendo à cromatografia líquida com detecção por espectrometria de massas (LC-MS). Os resultados revelaram que o ácido ocadáico (AO) e a dinofisist...

DRIVER (Portuguese)

7

Alterações fisiológicas do sistema nervoso central de rã pelas toxinas de Cl. perfringens, Cl. oedematiens e Cl. septicum

Pacheco, Genésio; Costa, Gobert Araújo; Moussatché, Isaac; Mello, Milton Thiago de
1947-09-01

Resumo em inglês The authors carried on experiences in order to confirm the neurotoxic theory of gas gangrene explained by Pacheco & Costa, uning preparations of isolated cord-posterior train of Leptodactylus ocellatus as described by OZORIO DE ALMEIDA & Cols. Frogs were intoxicated 3 days before the test with parcially purified toxins of Cl. perfringens, Cl. oedematiens and Cl. septicum. The intoxication produced a shortening of spinal reflexes duration time of such preparations, showing a typical alteration of the reflex activity of the spinal cord.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Toxina botulínica no tratamento da dor/ Botulinum toxin in pain treatment/ Toxina botulínica en el tratamiento del dolor

Colhado, Orlando Carlos Gomes; Boeing, Marcelo; Ortega, Luciano Bornia
2009-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A toxina botulínica (TxB), uma das mais potentes toxinas bacterianas conhecidas, tem reconhecidamente ação terapêutica eficaz no tratamento de algumas síndromes dolorosas. Entretanto, algumas de suas indicações ainda estão em fase de comprovação com relação a sua eficácia. O objetivo deste estudo foi revisar o histórico, propriedades farmacológicas e aplicações clinicas da TxB, quando empregada no tratamento de dores de diferent (mais) es origens. CONTEÚDO: A TxB é o produto da fermentação do Clostridium Botulinum, uma bactéria anaeróbia Gram-positiva. Comercialmente, as TxB existem nas formas A e B, agentes biológicos obtidos laboratorialmente. A TxB, uma neurotoxina que possui alta afinidade pelas sinapses colinérgicas, ocasiona bloqueio na liberação de acetilcolina pelo terminal nervoso, sem alterar a condução neural de sinais elétricos ou síntese e armazenamento de acetilcolina. Comprovadamente, a TxB pode enfraquecer seletivamente a musculatura dolorosa, interrompendo o ciclo espasmo-dor. Com relação à dor, varias publicações têm demonstrado a eficácia e segurança da TxB-A no tratamento da cefaleia tipo tensão, migrânea, dor lombar crônica e dor miofascial. CONCLUSÕES: A TxB-A é segura e bem tolerada em desordens dolorosas crônicas, onde regimes de farmacoterapia podem sabidamente provocar efeitos colaterais. Outra vantagem é a redução do uso de analgésicos e o tempo de ação de 3 a 4 meses por dose. Entretanto pesquisas futuras serão necessárias para se estabelecer a eficácia da TxB-A em desordens dolorosas crônicas e seu exato mecanismo no alivio da dor, bem como seu potencial em tratamentos multifatoriais. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La toxina botulínica (TxB), una de las más potentes toxinas bacterianas de que se tiene conocimiento, posee una reconocida acción terapéutica eficaz en el tratamiento de algunos síndromes dolorosos. Sin embargo, algunas de sus indicaciones, todavía están en fase de comprobación con relación a su eficacia. El objetivo de este estudio fue revisar el historial, las propiedades farmacológicas y las aplicaciones clinicas de la TxB, cuando s (mais) e usa en el tratamiento de dolores de diferentes etiologías. CONTENIDO: La TxB es el producto de la fermentación del Clostridium Botulinum, una bacteria anaerobia Gram-positiva. Comercialmente, las TxB existen bajo las formas A y B, agentes biológicos obtenidos laboratorialmente. La TxB, una neurotoxina que posee una alta afinidad por las sinapsis colinérgicas, ocasiona un bloqueo en la liberación de acetilcolina por el terminal nervioso, sin alterar la conducción neural de las señales eléctricas o la síntesis y el almacenaje de acetilcolina. Se ha comprobado que la TxB puede debilitar selectivamente la musculatura dolorosa, interrumpiendo el ciclo espasmo-dolor. Con relación a él, varias publicaciones han demostrado la eficacia y la seguridad de la TxB-A en el tratamiento de la cefalea tipo tensión, migraña, dolor lumbar crónico y dolor miofacial. CONCLUSIONES: La TxB-A es segura y se tolera muy bien en los desórdenes dolorosos crónicos, donde los regímenes de farmacoterapia pueden de hecho provocar efectos colaterales. Otra ventaja es la reducción del uso de analgésicos y el tiempo de acción de 3 a 4 meses por dosis. Sin embargo, investigaciones futuras serán necesarias para establecer la eficacia de la TxB-A en los desórdenes dolorosos crónicos y su exacto mecanismo en el alivio del dolor, como también su potencial en tratamientos multifactoriales. Resumo em inglês BACKGROOUND AND OBJECTIVES: Botulinum toxin (BTX) is one of the most potent bacterial toxins known and its effectiveness in the treatment of some pain syndromes is well known. However, the efficacy of some of its indications is still in the process of being confirmed. The objective of this study was to review the history, pharmacological properties, and clinical applications of BTX in the treatment of pain of different origins. CONTENTS: Botulinum toxin is produced by fer (mais) mentation of Clostridium botulinum, a Gram-positive, anaerobic bacterium. Commercially, BTX comes in two presentations, types A and B. Botulinum toxin, a neurotoxin with high affinity for cholinergic synapses, blocks the release of acetylcholine by nerve endings without interfering with neuronal conduction of electrical signals or synthesis and storage of acetylcholine. It has been proven that BTX can selectively weaken painful muscles, interrupting the spasm-pain cycle. Several studies have demonstrated the efficacy and safety of BTX-A in the treatment of tension headaches, migraines, chronic lumbar pain, and myofascial pain. CONCLUSIONS: Botulinum toxin type A is well tolerated in the treatment of chronic pain disorders in which pharmacotherapy regimens can cause side effects. The reduction in the consumption of analgesics and length of action of 3 to 4 months per dose represent other advantages of its use. However, further studies are necessary to establish the efficacy of BTX-A in chronic pain disorders and its exact mechanism of action, as well as its potential in multifactorial treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Detecção da toxina-1 da síndrome do choque tóxico em amostras de Staphylococcus aureus isoladas de mastite bovina/ Detection of toxic shock syndrome toxin by Staphylococcus aureus strains isolated from bovine mastitis

Cardoso, H.F.T.; Carmo, L.S.; Silva, N.
2000-02-01

Resumo em português Este trabalho teve por objetivo caracterizar a produção da toxina da síndrome do choque tóxico (TSST-1) e de enterotoxinas estafilocócicas (SE) A, B, C e D em 127 amostras de S. aureus, isoladas de amostras de leite proveniente de vacas com mastite no Estado de Minas Gerais, entre 1994 e 1997. A verificação da produção de toxinas foi feita pela técnica de sensibilidade ótima em placa. Das 127 amostras testadas, 60 (47%) eram produtoras de TSST-1 e 54 (43%) prod (mais) utoras de SE, 38 amostras produziram SED (30%), 24 SEB (19%), 8 SEC (6%) e 4 SEA (3%). Estes resultados trazem preocupações quanto à saúde pública pela alta prevalência de amostras de S. aureus produtoras de TSST-1 e de enterotoxinas em isolamentos a partir de leite de vacas com mastite. Resumo em inglês A total of 127 strains of Staphylococcus aureus were examined for the production of toxic shock syndrome toxin (TSST-1) and staphylococcal enterotoxins (SE) A, B, C and D. The strains were isolated from milk samples from cows with mastitis in dairy herds of Minas Gerais State, Brazil, from 1994 to 1997. The toxins were detected using the optimum-sensitivity plate method. Of 127 isolates, 60 (47%) produced TSST-1 and 54 (43%) produced SE, 38 (30%) produced SED, 24 (19%) SEB, 8 (6%) SEC and 4 (3%) enterotoxin A..

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Estudo da presença da toxina microcistina-LR em água utilizada em clínica de hemodiálise e validação de um método análítico/ Study of the presence of the microcystin-LR toxin in water utilized haemodialysis clinic and validation of an analytical method

Sanches, S. M.; Vieira, E.M.; Prado, E. L.; Benetti, F.; Takayanagui, A. M. M.
2007-01-01

Resumo em português Algumas cepas de algas, em especial as cianobactérias, podem produzir toxinas como as microcistinas, as quais podem ocasionar intoxicação e morte de seres humanos e de animais. A literatura reporta a ocorrência de um acidente em uma clínica de hemodiálise de Caruaru, Pernambuco, aonde vieram a falecer 60 pacientes que faziam hemodiálise, devido à presença da toxina microcistina-LR na água. Nesse estudo foi desenvolvido e validado um método analítico, para a de (mais) terminação e quantificação da microcistina-LR. A cromatografia líquida de alta performance com detector de UV foi empregada como técnica analítica para a determinação de microcistina-LR. Os parâmetros selecionados para a validação do método foram: linearidade, curva analítica, precisão, sensibilidade e ensaios de recuperação. A curva analítica foi construída com sete pontos a partir do padrão. O método apresentou uma linearidade no intervalo de 0,05 a 5 µg L-1, e o coeficiente de correlação foi superior a 0,99. Com base nestes resultados conclui-se que o método é eficiente e pode ser empregado, em futuras análises, para o monitoramento da microcistina-LR em água utilizada em clínicas de hemodiálise. Resumo em inglês Some strairs of seaweed, especially of the cyanobacterial type, can produce toxins as such microcystins, which are responsible for the intoxication and death of animals and humans. Literature report on the occurrence of accidents at a haemodialysis clinic in Caruaru, Pernambuco, Brazil, 60 haemodialysis patients died due to the presence of this toxin in the water. This study developed and validated of an analytical method, to quantified micrcocystin-LR using the Hight-Per (mais) formance Liquid chromatography with detector UV. The following parameters were chosen: linearity, calibration curve, precision, sensibility and assays of recovery. The calibration curve, obtained with seven points, and the correlation coefficients in the were higher than 0.99. The method obtained an linearity in the interval between 0.05 to 5 µg L-1, and the correlation coefficients more than 0.99. Based or these results, the method is considered efficient and can used to monitor microcystins in water. utilized in clinics of haemodialysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Contagem de Staphylococcus sp. e detecção de enterotoxinas estafilocócicas e toxina da síndrome do choque tóxico em amostras de leite cru refrigerado/ Staphylococcus sp. counting and detection of staphylococcal enterotoxins and toxic shock toxin syndrome from cooled raw milk

Lamaita, H.C.; Cerqueira, M.M.O.P.; Carmo, L.S.; Santos, D.A.; Penna, C.F.A.M.; Souza, M.R.
2005-10-01

Resumo em português Analisaram-se 80 amostras de leite cru refrigerado a 4°C e estocado por 48 horas em tanques refrigeradores de propriedades rurais do estado de Minas Gerais quanto à contagem e identificação de Staphylococcus sp. e detecção de enterotoxinas estafilocócicas (SE) e da toxina da síndrome do choque tóxico (TSST-1). Staphylococcus sp. foi detectado em 100% das amostras de leite de tanque refrigerador em contagens que variaram de 1,0 × 10(5) a 2,5 × 10(7) (mais) UFC/ml (média = 5,60 log UFC/ml; s = 0,53 e CV = 9,5%). Isolaram-se e identificaram-se 436 estirpes como: S. aureus, S hyicus, S. epidermidis, S. intermedius, S. cohnii, S. sciuri, S. schleirferi e S. delphini. As estirpes de mesmo perfil bioquímico, oriundas da mesma amostra, foram agrupadas (pools) e induzidas a produzir SE e TSST-1. A detecção dessas enterotoxinas foi feita pelo método optimum sensitivity plate, usando-se técnica de celofane sobre ágar. Identificou-se a produção de SEA, SEB, SEC, SED e de TSST-1 em percentuais variados. Dos 138 pools preparados, 91 produziram, pelo menos, uma toxina isoladamente ou em associação a outras toxinas. Dos pools enterotoxigênicos, 24,6% eram coagulase positiva e 41,3%, coagulase negativa. A confirmação de estirpes enterotoxigênicas de Staphylococcus coagulase negativa isoladas de amostras de leite é importante em relação à saúde pública. Resumo em inglês In order to count and identify Staphylococcus sp., the detection of the Staphylococcal enterotoxins (SE) and toxic shock toxin syndrome (TSST-1), 80 raw milk samples cooled at 4°C and stored in bulk tanks for 48 hours in different farms from Minas Gerais State were analyzed. Staphylococcus sp. was observed in all samples and the counts varied from 1.0 × 10(5) to 2.5 × 10(7) CFU/ml (mean = 5.60 log CFU/ml; sd = 0.53 and CV = 9.46 %). A total of 436 strains (mais) of Staphylococcus were isolated and identified as S. aureus, S hyicus, S. epidermidis, S. intermedius, S. cohnii, S. sciuri, S. schleirferi and S. delphini. Strains showing identical biochemical profile, from the same sample, were grouped into a pool and them were induced to produce SE and TSST-1. The detection of toxins was made by the OSP (Optimum Sensivity Plate) method and the cellophane-over-agar technique. It was identified SEA, SEB, SEC, SED and TSST-1 in different percentages. From the 138 formed pools, 91 produced, at least, one or more toxin, including TSST-1. From the enterotoxigenic pools, 24.6% were coagulase positive, while 41.3% were negative. The presence of entorotoxigenic negative coagulase Staphylococcus strains isolated from milk samples is important in relation to public health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Importância do Staphylococcus aureus nas mastites subclínicas: pesquisa de enterotoxinas e toxina do choque tóxico, e a relação com a contagem de células somáticas/ Importance of Staphylococcus aureus in bovine subclinical mastitis: presence of enterotoxins, shock syndrome toxin and relationship with somatic cell count

Sá, Marcos Eielson Pinheiro de; Cunha, Maria de Lourdes Ribeiro de Souza da; Elias, Acacia Orieth; Victória, Cassiano; Langoni, Helio
2004-10-01

Resumo em português O Staphylococcus aureus é um dos principais agentes das mastites consideradas contagiosas, apresentando elevada incidência na maioria dos rebanhos leiteiros em vários países. Além de perdas econômicas é importante salientar o aspecto de saúde pública para cepas produtoras de enterotoxinas e da toxina do choque tóxico. A enterotoxina A, relacionada com maior ênfase nos casos de toxinfecções alimentares, pode ser veiculada pelo leite cru, pasteurizado e subprod (mais) utos lácteos. A síndrome do choque tóxico é determinada mais freqüentemente pela toxina do choque tóxico, porém as enterotoxinas do tipo B e C também podem ser implicadas. O objetivo deste estudo foi verificar a ocorrência de S.aureus produtores de enteroxinas e da toxina do choque tóxico em amostras de leite de animais com mastite subclínica, e correlacionar estes resultados com a contagem de células somáticas; utilizando a técnica de "celofane over agar" para detecção da TNAase, kit comercial para identificação das enterotxinas e contagem eletrônica de células somáticas. Avaliod]MORENO, B.[u-se 209 amostras de leite oriundas de vacas com mastite subclínica por S.aureus, e dentre estas, 209 (98,86%) produziram TNAse, nove amostras (4,39%) foram produtoras de enterotoxinas, sendo que uma (0,49%) dentre elas foi produtora de EED, três (1,46%) de EEC, e três (1,46%) de EEB. Em uma amostra (0,49%), detectou-se concomitantemente EEA e EEB e em outra EEB e EEC. A toxina do choque tóxico não foi encontrada nas cepas avaliadas neste estudo, assim como não houve aumento estatisticamente significativo, na contagem de células somáticas, das amostras de cepas produtoras de enteroxinas. Resumo em inglês Staphylococcus aureus is one of the major agents of contagious mastitis and has high incidence worldwide in most of dairy herds. Besides the economic impact, the public health aspects of the enterotoxins and the toxic shock syndrome toxin are very important. The enterotoxin A is frequently correlated with food related illness in man and can be associated with raw, pasteurized and other milk products. The toxic shock syndrome is caused most frequently by toxic shock syndro (mais) me toxin, but enterotoxins B and C also can be implicated. The aim of this study was to verify the occurrence of Staphylococcus aureus enterotoxins and toxic shock syndrome toxin producers. Milk samples from cows with clinical and subclinical mastitis were collected. The results of toxins research by "celofane over agar" to TNAase and by commercial kit to enterotoxins were associated with the electronic somatic cell count. Total of 209 milk samples from cows with clinical and subclinical mastitis caused by S.aureus were verified. A total of 209 (98.86%) were TNAase producers, nine samples (4.39%) were enterotoxin producers, and one of them (0.49%) was EED producer, three (1.46%) EEC producers and three (1.46%) EEB producers. The toxic shock syndrome toxin was not identified in any of the samples assayed on this study. There was no statistical correlation between the somatic cell count results and the samples with toxin production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Botulismo de origem alimentar/ Foodbourne botulism

Cereser, Natacha Deboni; Costa, Fernanda Malva Ramos; Rossi Júnior, Oswaldo Durival; Silva, Décio Adair Rebellatto da; Sperotto, Vitor da Rocha
2008-02-01

Resumo em português O botulismo alimentar ocorre pela ingestão de toxinas pré-formadas pelo Clostridium botulinum, consideradas as mais potentes dentre as toxinas conhecidas. Caracteriza-se como uma doença de extrema gravidade, de evolução aguda, provoca distúrbios digestivos e neurológicos, em conseqüência à ingestão de diversos tipos de alimentos. As conservas caseiras estão entre os alimentos que oferecem maior risco à população consumidora. Os produtos de origem animal sã (mais) o frequentemente associados aos surtos da doença, destacando-se os embutidos, tais como salsichas, salames, presuntos e patês. Derivados do leite e enlatados, bem como produtos fermentados, são passíveis de provocar a intoxicação. As outras formas naturais da doença são botulismo por feridas e botulismo infantil, normalmente associado ao consumo de mel contendo esporos do Clostridium botulinum. Resumo em inglês Foodbourne botulism occurs after ingestion of preformed toxins produced by the Clostridium botulinum, which has been considered one of the most potent known one. The disease, acquired after ingestion of various kinds of foods, has acute character, and provokes gastrointestinal and neurologic symptoms. Homemade canned foods are those that represent higher risk to human health. Processed meat products are frequently associated with botulism outbreaks, mainly sausages, ham a (mais) nd pates. Dairy and canned food, as well as fermented foods, also may be related with this disease. Still, botulism may be caused by toxin production in deep wound, named wound botulism; and after ingestion of honey contaminated with spores by infants, named infant botulism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Botulismo em ruminantes causado pela ingestão de cama-de-frango/ Botulism in ruminants being fed with poultry litter

Lobato, Francisco Carlos Faria; Salvarani, Felipe Masiero; Silva, Rodrigo Otávio Silveira; Souza, Andréa Márcia de; Lima, Catarina Guimarães Rocha Dourado; Pires, Prhiscylla Sadanã; Assis, Ronnie Antunes de; Azevedo, Edisio Oliveira de
2008-08-01

Resumo em português Botulismo é uma intoxicação causada pela ingestão das toxinas produzidas pelo Clostridium botulinum, que acomete mamíferos e aves. Neste trabalho é descrito um surto de botulismo em ruminantes, ocorrido em duas propriedades localizadas no município de Patos, no Estado da Paraíba, Brasil. Em uma das propriedades, de um total de 88 bovinos, 85 (96,6%) vieram a óbito. Na segunda, morreram 145 ovinos (96,7%), 233 caprinos (57,8%) e 30 bovinos (96,8%). Os animais acom (mais) etidos apresentavam paralisia progressiva, dificuldade de locomoção, sialorréia e dispnéia. A morte ocorreu entre 24 e 48 horas após o início dos sinais, por parada cardio-respiratória. Nenhuma alteração significativa foi observada no exame post-mortem. O diagnóstico de botulismo foi confirmado pela demonstração das toxinas C e D no conteúdo intestinal e na cama-de-frango utilizada na alimentação dos animais, pela técnica de soroneutralização em camundongos. Resumo em inglês Botulism is a poisoning caused by the ingestion of toxins produced by Clostridium botulinum, that infects mammals and birds. This article reports an outbreak of botulism in two different flocks of ruminants at Paraíba, Brazil. In one, 85 out of 88 (96.6%) cattles died. In the other, 145 (96.7%) sheeps, 233 (57.8%) goats and 30 (96.8%) cattles died. Clinical signs were progressive paralysis, difficulties in moving, sialorrhoe and dyspnoe. Death occurred 24 to 48 hours aft (mais) er the beginning of clinic signs and at post-mortem examination no noteable changes were observed. Type C and D toxins were demonstrated in the intestinal contents and poultry litter by neutralization test in mice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Avaliação da resposta de antitoxinas beta e épsilon de Clostridium perfringens induzidas em bovinos e coelhos por seis vacinas comerciais no Brasil/ Cattle and rabbits immune response against beta and epsilon Clostridium perfringens toxins induced by six commercial vaccines in Brazil

Lobato, F.C.F.; Moro, E.; Umehara, O.; Assis, R.A.; Martins, N.E.; Gonçalves, L.C.B.
2000-08-01

Resumo em português Avaliou-se a resposta de antitoxinas beta e épsilon de Clostridium perfringens em bovinos vacinados contra clostridioses com seis vacinas disponíveis no mercado. Quarenta e oito bezerros de seis a sete meses de idade foram divididos em oito grupos (T1 a T8) de seis animais cada. Os grupos de número 2 a 7 receberam as vacinas T2 a T7 nos dias 0 e 42 com a dose e via recomendadas pelos fabricantes. Solução salina e toxóide padrão foram usados nos mesmos dias nos grup (mais) os 1 e 8 (T1 e T8), respectivamente, como controles negativo e positivo. Amostras de sangue foram coletadas nos dias 0, 42 e 56 pós-vacinação (PV), para titulação de anticorpos no soro. As vacinas e os controles foram também testados em oito coelhos cada, inoculados nos dias 0 e 21 com metade da dose indicada para bovinos. Os coelhos foram sangrados no dia 35 e os soros foram misturados em partes iguais para cada vacina para a titulação de anticorpos. Os soros dos bovinos foram titulados individualmente contra as toxinas beta e épsilon de C. perfringens pelo método de soroneutralização em camundongos. A vacina T2 apresentou títulos de anticorpos de 22,6 e 5,6 UI/ml e a vacina T4 11,2 e 7,0 UI/ml, respectivamente, contra toxinas beta e épsilon em coelhos. Os títulos do toxóide padrão (T8) foram 45,2 UI/ml contra ambas as toxinas. Em bovinos, as médias dos títulos de anticorpos contra a toxina beta nos dias 42 e 56 PV com a vacina T2 (1,15 UI/ml e 8,0 UI/ml) foram similares ao toxóide padrão (2,02 e 10,03 UI/ml). A vacina T4 (0,73 e 4,54 UI/ml) teve títulos menores (P Resumo em inglês The antibody response against beta and epsilon toxins of Clostridium perfringens was evaluated in cattle vaccinated with six commercial clostridial vaccines. Groups of six calves (6-7 months old) were vaccinated with each vaccine (T2 to T7), on days 0 and 42, with the recommended dose and route. Saline solution (T1) and a standard toxoid vaccine (T8) were used as negative and positive controls, respectively. On days 0, 42 and 56 post-vaccination (PV), blood samples were c (mais) ollected for antibody titration. Vaccines, as well as controls, were also injected into 8 rabbits each, on days 0 and 21, using half of the dose recommended for cattle. Rabbits were bled on day 35. Rabbit sera were tested as a pool per vaccine and cattle sera were tested individually against beta and epsilon toxins, by the serum neutralization test in mice. The vaccine T2 had antibody titers of 22.6 and 5.6 IU/ml and T4 had 11.2 and 7.0 IU/ml against beta and epsilon toxins in rabbits, respectively. The standard toxoid had a titer of 45.2 IU/ml against both toxins. In cattle, mean antibody titers against beta toxin on days 42 and 56 PV induced by T2 (1.15 and 8.0 IU/ml) were similar to those induced by the standard toxoid (2.02 and 10.3 IU/ml). T4 titers (0.73 and 4.54 IU/ml), were lower (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Infecções intramamárias causadas por Staphylococcus aureus e suas implicações em paúde pública/ Staphylococcus aureus intramammary infections and its implications in public health

Fagundes, Helena; Oliveira, Carlos Augusto Fernandes
2004-08-01

Resumo em português Neste trabalho, são apresentados os principais problemas decorrentes das infecções intramamárias (mastites) causadas por Staphylococcus aureus e as conseqüências para a saúde humana da veiculação de suas toxinas através do leite. o S. aureus destaca-se como um dos microorganismos mais importantes que podem ser transmitidos através dos alimentos. Assim, discute-se a possibilidade de veiculação de gastroenterite estafilocócica, não somente através do consumo (mais) de leite cru contaminado, mas também de leite tratado termicamente ou de derivados lácteos contendo enterotoxinas termoestáveis. São apresentados alguns aspectos relacionados ao potencial toxigênico das cepas de S. aureus, bem como as principais características das enterotoxinas estafilocócicas. Considerando que o S. aureus é um dos agentes de mastite mais freqüentemente observados, apresentam-se as principais medidas de controle de infecções estafilocócicas em rebanhos leiteiros, com vistas à prevenção da ocorrência de toxinas no leite de consumo. Resumo em inglês This article presents the main problems derived from the mammary infections (mastitis) caused by Staphylococcus aureus, and the consequences of the presence of its toxins in milk for human health. S. aureus is one of the most important microorganisms that can be transmitted through the food products. Hence, the possibility of transmission of stafilococal gastroenteritis by consumption of raw milk and heat-treated milk, containing heat-resistant enterotoxins, is discussed. (mais) Some aspects regarding the toxigenic potential of S. aureus strains and the main characteristics of stafilococal entorotoxins are presented. Taking into account that S. aureus is also one of the most prevalent agents of mastitis, considerations are made on the methods for the controlling of stafilococal infections in dairy cattle, in order to prevent the occurrence of toxins in milk and milk products.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Um aspecto electrocardiográfico da doença de Chagas

Magalhães, Bernardo Figueiredo; Freire, S. Americano
1945-10-01

Resumo em português Os A.A. mostram electrocardiogramas de um portador de fórma cardíaca crônica da doença de Chagas. O ecg variava, de tempos a tempos, evidenciando, ora um bloqueio auriculo-ventricular total, ora um bloqueio auriculo-ventricular do tipo 2 : 1, ora rítmo normal, etc. Além disso foram registradas variaçãoes em um mesmo ecg. Foram levantadas duas hipóteses para interpretação dêstes achados: uma, em que as toxinas seriam responsáveis; outra, em que houvesse aumetno do período refratário ventricular. Resumo em inglês The A. A. show electrocardiagrams of a patient of the chronic cardiac form of the Chagas disease. The ecg varied from time to time, showing at one time a totla ventricula auricle stoppage, at another a ventricular auricle stoppage of the type 2 : 1, at another normal rhythm etc. Besides this, variatios were registered in one single ecg. Two hypothesis were offered to explain these facts: one, in which the toxins would be responisble; another, that there had been an increase in the ventricular refratory period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Detecção de cepas patogênicas pela PCR multiplex e avaliação da sensibilidade a antimicrobianos de Escherichia coli isoladas de leitões diarréicos/ Detection of pathogenic strains by multiplex PCR and antimicrobial sensitivity of Escherichia coli isolated from piglets

Macêdo, N.R.; Menezes, C.P.L.; Lage, A.P.; Ristow, L.E.; Reis, A.; Guedes, R.M.C.
2007-10-01

Resumo em português Avaliou-se a freqüência dos genes de fímbrias (K88, K99, 987P, F18 e F41) e toxinas (LT, Stb, StaP e Stx2e) de cepas de E. coli isoladas de leitões com diarréia usando a técnica de PCR multiplex com primers específicos para esses genes, e estudou-se o padrão de sensibilidade das cepas patogênicas pelo método de difusão em disco ao florfenicol, ceftiofur sódico, colistina, fosfomicina, neomicina, norfloxacina, sulfa + trimetoprim, doxiciclina, tetraciclina e li (mais) ncomicina. Foram utilizadas 144 amostras de E.coli isoladas de leitões com diarréia, provenientes de granjas localizadas no estado de Minas Gerais. Dessas, 42 (29,2%) foram positivas para pelo menos um dos fatores de virulência testados. Dentre essas 42 amostras, 23 (54,8%) apresentaram genes de fímbria e toxina, sete (16,6%) apresentaram somente genes de toxinas e 12 (28,6%) amostras somente genes de fímbria. O resultado do teste de sensibilidade aos antimicrobianos demonstrou que o florfenicol (89,5 %) e o ceftiofur sódico (84,2%) foram as drogas de melhor eficácia in vitro sobre cepas de E. coli com fatores de virulência. Resumo em inglês The frequency of virulence determinants genes for fimbrial adhesions (K88, K99, 987P, F18 and F41) and toxins (LT, Stb, StaP and Stx2e) in E. coli strains isolated from diarrheic piglets using the multiplex polymerase chain reaction assay with specific primers for these genes was studied. The antimicrobial sensitivity pattern of pathogenic isolates for florfenicol, sodium ceftiofur, colistin, fosfomycin, neomycin, norfloxacin, sulfa + trimetoprim, doxycycline, tetracyclin (mais) e and lincomycin was also tested using the disk diffusion method. E. coli were isolated from 144 diarrheic piglets from farms in the state of Minas Gerais. Forty-two out of 144 studied samples (29.2%) were positive for at least one tested virulence factor. Out of these 42, 23 samples (54.8%) contained fimbria and toxin genes, seven (16.6%) samples had genes for toxins only and 12 (28.6%) samples just fimbria genes. Disk diffusion in vitro antimicrobial sensitivity test demonstrated the best results for florfenicol (89.5%) and sodium ceftiofur (84.2%) against virulent E. coli strains.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

O Clostridium difficile como agente indutor de diarréia inflamatória/ Clostridium difficile as an inflammatory diarrhea inducer agent

Rocha, Marcos Fábio G.; Sidrim, José Júlio C.; Lima, Aldo Ângelo M.
1999-02-01

Resumo em português O Clostridium difficile tem sido apontado como um importante agente causador de doenças diarreicas associadas ao uso de antimicrobianos. Contudo, em razão da sua complexidade a fisiopatologia dessas doenças ainda se encontra apenas parcialmente esclarecida, muito embora, uma série de trabalhos científicos demonstrem a importância das toxinas A e B na patogênese da diarréia inflamatória induzida por esse microrganismo. Os mecanismos inflamatórios envolvidos nas a (mais) tividades biológicas dessas toxinas são bastante complexos. Existem alguns estudos relatando que a toxina B é desprovida de efeitos enterotóxicos, in vivo. No entanto, essa toxina provoca, de forma dose-dependente, alterações eletrofisiológicas e morfológicas na mucosa colônica humana, in vitro. Ademais, a toxina B estimula a síntese de potentes mediadores inflamatórios, por monócitos e macrófagos. Os efeitos provocados pela toxina A sobre a mucosa intestinal são bastante evidentes e caracterizam-se por uma intensa secreção de fluidos e por um grande acúmulo de células inflamatórias, do tipo macrófagos, mastócitos, linfócitos e neutrófilos, com a conseqüente liberação de seus mediadores, tais como prostaglandinas, leucotrienos, fator de agregação plaquetária, óxido nítrico e citocinas. Resumo em inglês Clostridium difficile has been pointed out as an important agent of diarrheal diseases associated with antibiotic use. However, due to its complexity, the physiopathology of these diseases is only partially elucidated, although a series of scientific works has demonstrated the importance of toxins A and B in the pathogenesis of the inflammatory diarrhea induced by this microorganism. The inflammatory mechanisms involved in the biological activities of these toxins are com (mais) plex. There are some studies demonstrating that toxin B has no enterotoxic activity in vivo. However, this toxin causes dose-dependent eletrophysiologic and morphologic modifications of human colonic mucosa in vitro. In addition, toxin B stimulates the synthesis of potent inflammatory mediators by monocytes and macrophages. The effects provoked by toxin A on the intestinal mucosa are quite evident and are characterized by intense fluid secretion and by inflammatory cell accumulation, such as macrophages, mast cells, lymphocytes and neutrophils, with the consequent release of mediators such as prostaglandins, leukotrienes, platelet activating factor, nitric oxide and cytokines.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Botulismo tipo C em ganso ocorrido em Minas Gerais, Brasil/ Type C botulism in a goose at Minas Gerais, Brazil

Lobato, Francisco Carlos Faria; Salvarani, Felipe Masiero; Silva, Rodrigo Otávio Silveira; Martins, Nelson Rodrigo Souza; Souza, Andréa Márcia de; Carvalho Filho, Maurício Baltazar de; Nascimento, Ricardo Aurélio Pinto; Assis, Ronnie Antunes de
2008-08-01

Resumo em português Botulismo é uma intoxicação causada pela ingestão das toxinas produzidas pelo Clostridium botulinum, que acomete mamíferos e aves, caracterizando-se por um quadro de paralisia flácida. Neste trabalho, é descrito um caso de botulismo em ganso, ocorrido no município de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais. Ao exame clínico, o animal apresentava-se com um quadro de paralisia flácida dos músculos do pescoço, das pernas e (mais) asas, além de apresentar ainda desprendimento de penas. A necropsia não revelou lesões significativas. Foi colhido o soro do animal e submetido ao teste de soroneutralização em camundongo, que identificou a toxina de C. botulinum tipo C. Resumo em inglês Botulism is an intoxication caused by the ingestion of toxins produced by Clostridium botulinum, that affects mammals and birds, characterized by a flaceid paralysis. This report describes a case of botulism in a goose in Santa Luzia, Minas Gerais State, Brazil. Clinical examinations showed dropping feathers and flaccid paralysis involving the muscles of the wings, legs and neck. post-mortem examination showed no significant gross or macroscopic lesions C. botulinum type C toxin was demonstrated in the serum of the affected animal through serum neutralization test in mice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Botulismo tipo C em perus em Minas Gerais, Brasil/ Type C botulism in turkeys in Minas Gerais, Brazil

Lobato, Francisco Carlos Faria; Salvarani, Felipe Masiero; Silva, Rodrigo Otávio Silveira; Assis, Ronnie Antunes de; Lago, Luis Alberto do; Carvalho Filho, Maurício Baltazar de; Martins, Nelson Rodrigo da Silva
2009-02-01

Resumo em português O botulismo é uma intoxicação causada pela ingestão das toxinas produzidas pelo Clostridium botulinum, que acomete mamíferos e aves e é caracterizado por um quadro de paralisia flácida. Neste trabalho, é descrito um surto de botulismo em perus, ocorrido no município de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. Os animais apresentavam incoordenação motora, paralisia flácida das patas, asas e pescoço. Em um intervalo de 24 horas, todos (mais) os 29 animais do plantel vieram a óbito. Na necropsia, observou-se a presença de larvas de mosca no inglúvio. Nos soros coletados, foi identificada a toxina botulínica tipo C pelo teste de soroneutralização em camundongos. Resumo em inglês Botulism is an intoxication caused by the ingestion of toxins produced by Clostridium botulinum. It affects mammals and birds, and is characterized by flaccid paralysis of the limbs. This report describes an outbreak of botulism in turkeys of various ages in the city of Santa Luzia, state of Minas Gerais, Brazil. The animals showed incoordination followed by flaccid paralysis involving the muscles of the legs, wings and neck. Within 24 hours, all 29 (100%) turkeys died. T (mais) he post-mortem examination revealed the presence of fly larvae in the crop and the C. botulinum type C toxin was demonstrated in the sera of two affected animals by serum neutralization test.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Oxidação de microcistinas-LR em águas pelo íon ferrato(VI)/ Aqueous oxidation of microcystin-LR by ferrate(VI)

Luca, Sérgio João de; Pegorer, Maria Giovana; Luca, Maria Augusta de
2010-03-01

Resumo em português Toxinas de cianobactérias têm se tornado um grave problema na produção segura de água para consumo humano e animal. Técnicas convencionais de tratamento falham em atingir padrões de potabilidade. O ferrato(VI) de potássio, um composto oxidante e coagulante, mostra potencialidade no tratamento de águas contaminadas. Neste trabalho, são apresentados resultados da oxidação pelo ferrato(VI) de uma toxina gerada por cianobactérias, a microcistina-LR. Ensaios de ci (mais) nética de oxidação e de teste de jarros mostram um valor médio de 0,012 min-1 para a constante de taxa de reação de pseudoprimeira ordem, para concentrações de MC-LR de 100 a 200 µg.L-1 na água bruta. Dosagens de 1,6 a 5,0 mg.L-1 de ferrato(VI) sugerem o atendimento ao padrão de potabilidade para microcistinas, mostrando que o oxidante poderá ser empregado como coadjuvante no tratamento de água. Resumo em inglês Algae toxins are becoming a severe problem in the water treatment industry, especially for human and animal consumption. Traditional treatment processes have failed in complying with water supply standards. Potassium ferrate(VI) is a powerful oxidant, disinfectant and, also, a coagulant. In this paper, the results of microcystin-LR oxidation by ferrate(VI) ion are presented. Kinetic and jar tests showed a average value of 0,012 min-1 for the pseudo first order reaction ra (mais) te constant, for 100 and 200 µg.L-1 concentration of MC-LR. Ferrate(VI) dosages between 1.6 and 5.0 mg.L-1 suggest that water supply standards for MC-LR can be reached, which means that the oxidant may be employed as coadjuvant in water treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Genotipicação de Clostridium perfringens isolados de frangos de corte através da PCR múltipla/ Genotyping Clostridium perfringens broiler chickens isolates by multiplex PCR products analyses

Gomes, Alexis de Matos; Lobato, Francisco Carlos Faria; Martins, Nelson Rodrigo da Silva; Assis, Ronnie Antunes de
2008-10-01

Resumo em português Clostridium perfringens (Cp) é uma bactéria aneróbica gram positiva que, além de provocar gangrena gasosa e enterotoxemia em humanos e animais, constitui-se na principal causa de enterite necrótica em aves de criações intensificadas. A identificação dos isolados foi realizada pela reação de lecitinase em ágar TSC-gema de ovo, colônias com dupla hemólise em ágar sangue desfibrinado de eqüino, coloração de Gram e provas bioquímicas. Das amostras analisada (mais) s, 171Cp foram isolados em jejuno e íleo de frangos de corte provenientes de um frigorífico da região de Pará de Minas-MG. Cp foi isolado em 62 (49,6%) de 125 amostras de conteúdo lumenal de jejunos e em 109 (87,2%) de igual número de íleos dos frangos de corte. Utilizando-se a técnica da PCR múltipla para genotipicacão das estirpes de Cp, de acordo com os genes para as toxinas principais e letais (cpa, cpb, etx e iA), da toxina cpb2 (cpb2) e enterotoxina (cpe), as estirpes de Cp isoladas foram classificadas em cinco tipos toxigênicos (A-E). Das 62 estirpes de Cp isoladas do jejuno, foram obtidos 42/62 (67,7%) tipo A, 1/62 (1,6%) tipo A com produto de amplificação para o gene da toxina beta2, 0/62 (0%) tipo B, 17/62 (27,4%) tipo C, 1/62 (1,6%) tipo D. Das 109 amostras de Cp isolados do íleo das aves foram obtidos 62/109 (56,9%) tipo A, 3/109 (2,7%) tipo A com produto de amplificação para o gene da toxina beta2, 1/62 (0,9%) tipo B, 38/109 (34,9%) tipo C, 1/109 (0,9%) tipo D. Cp A (60,8%) e Cp C (32,2%) foram os tipos toxigênicos predominantes em conteúdo intestinal de frango de corte. Cinco (2,9%) das 171 amostras de Cp isolados não foram tipificadas. Não foram detectados os genes codificadores das toxinas iota (iA) e enterotoxina (cpe) em nenhuma das 171 estirpes de Cp caracterizados. Resumo em inglês Clostridium perfringens (Cp) is an anaerobic gram-positive bacterium which causes gaseous gangrene and enterotoxaemias in humans and domestic animals, besides being the primary cause of necrotic enteritis in poultry. Cp isolates were preliminary identified according to the lecithinase test on agar TSC-egg yolk, colony with double haemolysis in desfibrinated horse blood agar, Gram staining and biochemical tests. Cp isolates (171) were obtained from the intestinal content o (mais) f broiler chickens sampled in a slaughterhouse in Pará de Minas city, MG, Brazil. Cp was isolated in 62/125 (49.6%) strains from jejunum content and in 109/125 (87.2%) of ileum. Cp strains were classified into five toxigenic types (A-E), using multiplex PCR assay for genotyping of the principal and lethal toxins in the detection of genes coding for toxins alfa, beta, epsilon e iota, nomely genes cpa, cpb, etx e iA genes, beta2 toxin (cpb2) and enterotoxin (cpe). From a total of 62 Cp jejunum isolates obtained 42/62 (67.7%) were type A, 1/62 (1.6%) type A with the amplification of products for beta2 toxin gene (A/B2), 0/62 (0%) type B, 17/62 (27.4%) type C and 1/62 (1.6%) type D. A total of 109 ileum Cp isolates were obtained being 62/109 (56.9%) type A, 3/109 (2.7%) type A/B2 toxin gene, 1/62 (0.9%) type B, 38/109 (34.9%) type C, 1/109 (0.9%) type D. Cp A (60.8%) and Cp C (32.2%) toxigenic types were the most prevalent types in the analyzed intestinal contents of broiler chickens Cp A 104/171 (60.8%) and 55/171 (32.2%) toxigenic types which were the most prevalent types analyzed into two partes of the intestinal content of broiler chickens. Five (2.9%) out of 171 Cp isolates were not typified. The iota toxin (iA) and enterotoxin gene (cpe) codifying genes were not identified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Botulismo em bovinos leiteiros no Sul de Minas Gerais, Brasil/ Botulism in dairy cattle in southern Minas Gerais, Brazil

Costa, Geraldo Márcio da; Salvador, Sandro César; Pereira, Marcos Neves
2008-10-01

Resumo em português Neste trabalho descreve-se um surto de botulismo decorrente da ingestão de milho contaminado em um sistema de produção de leite, em regime de confinamento, na região Sul de Minas Gerais. O rebanho era composto por 148 vacas holandesas lactantes de alta produção, confinadas em tempo integral e alimentadas com dieta completa, composta de silagem de milho e concentrado. Foram afetados 38 bovinos, verificando-se letalidade de 100%. Amostras de conteúdo intestinal, rumi (mais) nal e fígado de sete animais necropsiados e amostras de água dos bebedouros e do milho utilizado na alimentação foram submetidas ao bioensaio e à soroneutralização para a detecção de toxina botulínica. Toxinas dos tipos C e D foram detectadas nas amostras de conteúdo intestinal, ruminal e milho. O surto descrito mostra que o milho estocado em condições inadequadas pode ser um fator de risco para a ocorrência da doença. Resumo em inglês An outbreak of bovine botulism in a dairy herd caused by ingestion of contaminated maize, in southern Minas Gerais, Brazil is described. The herd was composed by 148 lactating cows of high milk production fed with diet based on maize ensilage and concentrate in a free stall system. Thirty eight cows were affected, with 100% of fatality rate. Samples from intestine, rumen and liver of necropsied cattle and drinking water and maize were submitted to the mouse bioassay and s (mais) oroneutralization tests for detection of Clostridium botulinum toxins. Types C and D toxins were detected in samples from intestinal and rumen contents and maize. The reporter of an outbreak of botulism in cattle associated with an unusual source of toxin, shows that stocked maize in inadequate conditions is a factor of risk for the occurrence of the botulism in dairy cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Deficiências minerais nas fôlhas induzidas por moléstias e pragas/ Leaf deficiencies associated with virus infection or insect toxin

Costa, A. S.; Carvalho, Ana Maria B.
1965-01-01

Resumo em português Certas moléstias de vírus e o efeito fitotóxico provocado por toxinas de alguns insetos influenciam a composição mineral das fôlhas de plantas afetadas. As alterações provocadas podem se assemelhar a deficiências minerais puramente nutricionais e, em certos casos, há realmente menor teor do elemento associado aos sintomas da moléstia. A aplicação do elemento faltante nos casos citados não provoca geralmente recuperação dos tecidos afetados, com exceção d (mais) a deficiência de zinco associada à infecção de citros pela tristeza. É sugerido que a resposta à aplicação do elemento em deficiência dependerá de ser ou não esta, sintoma primário ou secundário da moléstia. É salientado que as recomendações sôbre adubação, baseadas nos resultados da diagnose foliar, deverão sempre considerar a possibilidade de não serem as deficiências constatadas resultantes sempre da falta de disponibilidade do elemento no solo, mas, possivelmente, da interferência de fatôres como a infecção por vírus, ação de toxina de inseto etc. Resumo em inglês Virus diseases or the toxicogenic effect induced by insect feeding influence the mineral content of affected plants. Some of the changes induced result in leaf deficiencies similar to those associated with lack of the available element in the soil. Application of the lacking element in most cases does not promote a favorable response with exception of the zinc deficiency associated with tristeza infection in citrus. It is suggested that the negative or positive response m (mais) ight depend on the symptom being primary or secondary. It is pointed out that fertilizer recommendations based on foliar diagnosis should always take into consideration that the deficiencies encountered are not necessarily theresult of lack of the available element in thesoil, but sometimes of the interference of virus diseases, insect toxins, and other factors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Animais aquáticos de importância médica no Brasil/ Aquatic animals of medical importance in Brazil

Haddad Junior, Vidal
2003-10-01

Resumo em português Os acidentes por animais aquáticos venenosos e traumatizantes podem provocar morbidez importante em humanos. Em 236 ocorrências por animais marinhos observadas pelo autor, os ouriços-do-mar causaram cerca de 50%, os cnidários (cubomedusas e caravelas) 25% e peixes venenosos (bagres, arraias e peixes-escorpião) 25% dos acidentes. Nos rios e lagos, as arraias, bagres e mandis causam acidentes que têm mecanismo do envenenamento e efeitos das toxinas semelhantes às esp (mais) écies marinhas. Em uma série de cerca de 200 acidentes em pescadores de água doce, quase 40% foram causados por bagres e mandis, 5% por arraias de água doce e 55% por peixes traumatogênicos, como as piranhas e as traíras. O autor demonstra os principais animais aquáticos que causam acidentes no Brasil, apresenta aspectos clínicos dos envenenamentos e discute medidas terapêuticas para o controle da intensa sintomatologia observada principalmente nos acidentes causados por cnidários e peixes venenosos. Resumo em inglês The injuries caused by venomous and poisonous aquatic animals may provoke important morbidity in the victim. The cnidarians (jellyfishes, especially cubomedusas and Portuguese-Man-of-War) caused nearly 25% of 236 accidents by marine animals, while sea urchins were responsible for about 50% and catfish, stingrays and scorpionfish nearly 25%). In freshwater, stingrays and catfish cause injuries with a very similar mechanism to the poisoning and the effects of the toxins of (mais) marine species. In a series of about 200 injuries observed among freshwater fishermen, nearly 40% were caused by freshwater catfish, 5% freshwater stingrays and 55% by traumatogenic fish, such as piranhas and traíras. The author presents the aquatic animals that cause injuries to humans in Brazil, the clinical aspects of the envenoming and the first measures for the control of the severe pain observed mainly in the accidents caused by cnidarians and venomous fishes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Sobre a significação da eosinophilia na ancylostomose

Cruz, W. O.
1936-01-01

Resumo em português Procuramos averiguar qual a verdadeira significação da eosinophilia sanguinea na ancylostomose. Ao contrario do que affirmavam autores antigos, tentamos demonstrar que a eosinophilia não tem nenhuma relação com toxinas ou venenos porventura secretados pelos helminthos. Dado o incompleto conhecimento da funcção do leucocyto eosinophilo, a interpretação que damos da eosinophilia na ancylostomose, tem um carater, simplesmente, provisorio. Mostramos que a eosinophili (mais) a verificada no inicio da doença é provocada pela migração das larvas no interior do organismo, porém, que a eosinophilia observada posteriormente, não é uma consequencia longiqua desta inicial, pois que ella é devida á acção de albuminas heterologas acantonadas no intestino e provenientes de secreções dos vermes apensos á mucosa deste orgão. Como mechanismo desta eosinophilia, lembramos a possibilidade de que a eosinophilia localisada no intestino possa provocar uma diminuição passageira destas cellulas na circulação, o que determinaria uma excitação da medulla ossea (tal como a excitação trazida oelas perdas sanguineas nas hemorrhagias agudas) e a producção de novos leucocytos. Em virtude da constante secreção helminthica, este orgão seria constantemente excitado, por este processo indirecto, o que acarretaria finalmente uma eosinophilia sanguinea persistente. Por alguns estudos que apresentamos e baseados em resultados encontrados na literatura, affirmamos a inexistencia de qualquer relação de causa a effeito entre a eosinophilia e os atores productores da syndrome anemica. Assim dizemos porque verificamos a cura completa da anemia, apezar da persistencia de intensas eosinophilias periphericas, e ainda que a taxa de eosinophilos no sangue é tanto menor quanto mais grave é a anemia. Além disto, chamamos a attenção para que a eosinophilia é um phenomeno sempre presente quando se encontra no interior do organismo albumínas a elle heterogeneas; e que, finalmente, este phenomeno póde ser provocado por agentes physicos, e, portanto, apparece independentemente de qualquer toxinas ou substancias que ajam directamente sobre a medulla ossea. Resumo em inglês We tried do ascertain what was the real significance of blood eosinophilia in ankylostomiasis and to prove that eosinophilia is not related to toxins or poisons elaborated by these helminthes. The problem is rendered on account of knowledge of the function of the eosinophils, the interpretation we present of eosinophilia in ankylostomiasis is merely provisional. We showed that the eosinophilia verified at the beginning of the disease is induced by the migration of larvae (mais) inside the organism; still the eosinophilia observed later on is not a remote consequence of the initial one, for it is due to the action of heterologous albumins lodged in the intestine and deriving from secretions of the worms appended to the mucosa of this organ. With regard to the mechanism of this eosinophilia, we will mention that eosinophilia located in the intestine may induce a transient decrease of these cells, in the circulation, which may determine an excitation of bone marrow (just like the excitation occasioned by loss of blood in acute hemorrhages) to produce new leucocytes. By virtue of the constant helminthic secretion, this organ may be constantly stimulated by this indirect condition, which mau finally convey a persistent blood eosinophilia. On the strength of some studies presented by us and on the basis of a number of results met with in the literature, we assert the inexistence of any relationship of cause and effect between eosinophilia and the factors producing the anemic syndrome. Such is our statement because we verified the complete cure of the anemia, despite the persistence of intense peripheral eosinophilia, and moreover because the more severe the anemia is the lesser the rate of eosinophilia is in blood. Apart from this, we call attention to the fact that eosinophilia is a phenomen always present when in the in most of the organism there are heterogeneous albumins, and finally that this phenomenon can be induced by physical agents and, therefore, may appear independently of any toxin or substance acting directly upon bone marrow.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Intoxicação por veneno de sapo em um canino/ Toad venom intoxication in a dog

Sonne, Luciana; Rozza, Daniela Bernadete; Wolffenbüttel, Adriana Nunes; Meirelles, Adriana Erica Wilkes Burton; Pedroso, Pedro Miguel Ocampos; Oliveira, Eduardo Conceição de; Driemeier, David
2008-09-01

Resumo em português O sapo do gênero Bufo possui nas suas glândulas paratóides uma secreção mucóide contendo toxinas como bufaginas e Bufotoxinas, que são esteróides cardiogênicos. Os cães podem atacar os sapos, entrando em contato com o veneno por meio das mucosas. Um canino, da raça Bulldog Francês, foi encaminhado ao Setor de Patologia Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) para a necropsia com histórico de provável intoxicação por veneno de sapo (mais) . Na necropsia o canino apresentava pulmões aumentados de volume, avermelhados e com edema, e rins de coloração vermelho-escura. As alterações microscópicas indicaram congestão, hemorragia e edema pulmonar. Nos rins, no baço e nos linfonodos foi observada congestão. As análises toxicológicas para os venenos de rotina foram negativas. Porém, a investigação do veneno de sapo a partir de cromatografia por camada delgada e gasosa demonstrou resultado positivo, revelando ser esta a causa da morte do canino. Resumo em inglês The toads of the genus Bufo produce, in their parotoid glands, a mucoid secretion containing toxins such as bufagins and Bufotoxins, which are cardiogenic steroids. The mucous membranes of dogs can absorb this venom when they attack the toads. A French bulldog with a history of probable toad venom intoxication was referred to Veterinary Pathology Section of Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) for necropsy. The necropsy revealed enlarged, reddish, edematous lun (mais) gs, and kidneys displaying a dark red color. The microscopic alterations indicated the presence of congestion, hemorrhage, and pulmonary edema. Congestion was observed in the kidneys, spleen and lymph nodes. The routine toxicological analyses for venom detection were negative. Nevertheless, the toad venom test result was positive as assessed by thin layer and gas chromatography, indicating that toad venom intoxication was the cause of death.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Surtos de botulismo em bovinos no Brasil associados à ingestão de água contaminada/ Botulism outbreaks in cattle in Brazil associated with contaminated water

Dutra, Iveraldo S.; Döbereiner, Jürgen; Rosa, Ivan V.; Souza, Luiz A.A.; Nonato, Mário
2001-06-01

Resumo em português Botulismo em bovinos resulta da ingestão de toxina previamente formada. No presente trabalho são descritos sete surtos da intoxicação onde os dados clínico-patológicos, epidemiológicos e os achados laboratoriais indicaram a possível ingestão da toxina através da água contaminada. O coeficiente médio de mortalidade foi de 20,1%, com letalidade de 99,92%, e morbidade de 31,62%. Dos cerca de 9.000 bovinos envolvidos nos surtos, 2.844 morreram com quadro clínico (mais) predominantemente superagudo e agudo. A alta morbidade e mortalidade foram registradas num curto período de tempo e envolveram todas as categorias animais, com quadro clínico-patológico caracterizado por paresia e paralisia da musculatura da locomoção, deglutição e mastigação e ausência de lesões macroscópicas. As circunstâncias em que ocorreram os surtos estiveram relacionadas com a existência de carcaças de animais decompostas ou matéria orgânica vegetal na água de dessedentação. Foram detectadas toxinas botulínicas C e/ou D nas coleções de água, nas vísceras e no soro sangüíneo de parte considerável dos materiais examinados. Resumo em inglês Botulism in cattle occurs by ingestion of botulinum toxin C and/or D. Seven outbreaks of the poisoning in the states of Mato Grosso do Sul and São Paulo are reported. The clinical and pathological data, epidemiology and laboratory findings indicate a possible intake of the toxin through contaminated water. The average mortality rate was 20.1%, with 99.2% lethality and 31.62% morbidity. From about 9,000 cattle envolved in the outbreaks, 2,844 animals died, predominantly w (mais) ith a hyperacute and acute clinical picture. The high morbidity rates were observed within a short period and affected all categories of cattle, with a clinical and pathological picture characterized by paresis and paralysis of the muscles of locomotion, swallowing and mastigation, with abscence of gross lesions at post-mortem examination. The outbreaks were related to the presence of decomposed animal carcasses or vegetal material in the drinking water. Botulinum toxins C and/or D were detected in water samples, viscera and blood serum of a considerable number of materials examined.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

A voz dos cientistas críticos/ The critical scientists’ voice

Lewgoy, Flavio
2000-10-01

Resumo em português A polêmica sobre os organismos geneticamente modificados (OGMs) é complexa, envolvendo poderosos interesses econômicos, bem como aspectos éticos, legais, emocionais e científicos. Os últimos são abordados neste artigo. Os cientistas do grupo ‘triunfalista’ afirmam que os OGMs e produtos derivados são seguros para o meio ambiente e não oferecem maiores riscos à saúde que os similares não modificados geneticamente. Isto é contestado pelos cientistas & (mais) #145;críticos’, motivados pela escassez de estudos sobre impactos ambientais e toxicidade dos OGMs, e que apontam falhas em testes efetuados pelas empresas donas das patentes dos transgênicos. Questionam, ainda, o estado atual do processo de transgenia, pouco preciso, o que, aliado ao desconhecimento das funções de 97% do genoma, pode acarretar efeitos imprevistos, com riscos ainda não avaliados sobre o meio ambiente e a saúde pública, por exemplo, a transferência de genes alienígenas para outras espécies, o surgimento de toxinas, a criação de novos vírus, o impacto sobre insetos benéficos e a biodiversidade, em geral. Já há exemplos desses efeitos. Resumo em inglês The intricate debate over genetically modified organisms (GMOs) involves powerful economic interests, as well as ethical, legal, emotional and scientific aspects, some of which are dealt with in this paper. (It is possible to identify two main groups of scientists across the GMOs divide: the triumphalist and the critical group.) Scientists in the triumphalist group state that GMOs and their derivatives are safe for the environment and do not offer health hazards any more (mais) than similar, non-genetically modified, products. This view is disputed by the critical scientists, who are prompted by the scarcity of studies on the environmental impacts and toxicity of GMOs, and who point out flaws in tests performed by the same companies which hold the patents. They are also critical of the current state of the process of gene transference, lacking accuracy, a fact which, coupled with the scant knowledge available about 97% of the genome functions, may produce unforeseeable effects with risks for the environment and public health yet to be assessed. Examples of such effects are: the transference of alien genes [??] to other species, the emergence of toxins, the creation of new viruses, the impacts on beneficial insects and on biodiversity in general.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Detecção de genes toxigênicos em amostras de Staphylococcus spp. isoladas de queijos de coalho/ Detection of toxigenic genes in samples of Staphylococcus spp. isolated from rennet cheese

Freitas, Manuela Figueiroa Lyra de; Luz, Isabelle da Silva; Pinheiro Júnior, José Wilton; Duarte, Dalila Angélica Moliterno; Vasconcelos, Ana Mercia Mendes; Ribeiro, Aldemir Reginato; Mota, Rinaldo Aparecido; Balbino, Tereza Cristina Leal; Stamford, Tânia Lúcia Montenegro
2009-06-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho isolar quantificar e investigar em amostras de Staphylococcus spp. isoladas de queijos de coalho, a presença dos genes toxigênicos sea-see, seg-sej, tst, eta e etb através da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). Foram verificadas contagens de Staphylococcus coagulase positiva (SCP) variando de 10² a 10(6) UFC.g-1. Os genes toxigênicos tst, sec, sed, seg, seh, sei e sej foram identificados em 18 dos 20 isolados de Staphylococcus spp. (mais) com os seguintes percentuais 5, 11, 9, 20, 16, 25 e 14% respectivamente. A presença de elevado percentual de isolados contendo diferentes genes toxigênicos é preocupante para a saúde do consumidor pela possibilidade de produzirem toxinas responsáveis por intoxicações alimentares. A ocorrência de vários genes toxigênicos em amostras de Staphylococcus coagulase negativa é outro fato importante, pois no Brasil não existe legislação com determinação de limites para Staphylococcus coagulase negativa em alimentos. Resumo em inglês The aim of this study was to isolate, quantify, and investigate samples of Staphylococcus spp from rennet or coalho cheese (a firm but very lightweight cheese produced in Brazil) and determine the presence of the toxigenic genes sea-see, seg-sej, tst, eta, and etb by the polymerase chain reaction (PCR). Counts of coagulase-positive Staphylococcus (CPS) were found varying from 10² to 10(6) CFU.g-1. The toxigenic genes tst, sec, sed, seg, seh, sei, and sej were identified (mais) in 18 of the 20 isolates of Staphylococcus spp at the following percentages: 5, 11, 9, 20, 16, 25, and 14%, respectively. The presence of a high percentage of isolates containing different toxigenic genes is a matter of concern for the health of the consumer due to the possible production of toxins responsible for food poisoning. The presence of various toxigenic genes in samples of coagulase-negative Staphylococcus is another important fact because there are no laws in Brazil regarding limitations on the presence of coagulase-negative Staphylococcus in foods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Incidência de fumonisina B1, aflatoxinas B1, B2, G1 e G2, ocratoxina A e zearalenona em produtos de milho/ Occurrence of fumonisin B1, aflatoxins B1, B2, G1, and G2, ochratoxin A and zearalenone in corn products

Kawashima, Luciane Mie; Valente Soares, Lucia Maria
2006-09-01

Resumo em português Levantamentos de ocorrência de micotoxinas em alimentos foram realizados nas últimas duas décadas nas regiões Sudeste e Sul do Brasil. Levantamentos em alimentos comercializados em outras regiões têm-se limitado a aflatoxinas em amendoim e castanhas do Brasil. O presente trabalho pesquisou a presença de fumonisina B1, aflatoxinas B1, B2, G1 e G2, ocratoxina A e zearalenona em 74 amostras de produtos a base de milho adquiridas no comércio da cidade de Recife, PE, d (mais) urante o período de 1999 a 2001. Fumonisina B1 foi determinada por cromatografia líquida de alta eficiência com detecção por fluorescência e as demais toxinas foram determinadas por cromatografia em camada delgada. Fumonisina B1 foi encontrada em 94,6% das amostras em concentrações variando de 20 a 8600 µg/kg. Apenas 5 amostras continham aflatoxina B1 e o teor máximo encontrado foi 20 µg/kg. Duas amostras ultrapassaram o limite de 20 µg/kg para a somatória das aflatoxinas B1, B2, G1 e G2 (farinha de milho pré-cozida com 21,5 µg/kg e quirera (xerém) com 23,3 µg/kg). As aflatoxinas G1 e G2, ocratoxina A e zearalenona não foram detectadas em nenhuma das amostras. Todas as amostras contaminadas com aflatoxinas também apresentaram fumonisina B1. Resumo em inglês Research concerning the presence of mycotoxin in food has been conducted in the Southwest and South regions of Brazil over the last two decades. Research in other regions has been limited to aflatoxin in peanuts and Brazil nuts. The aim of this work is to study the presence of fumonisin B1, aflatoxins B1, B2, G1, and G2, ochratoxin A and zearalenone in 74 samples of corn products acquired in shops and food markets in the city of Recife (PE) from 1999 to 2001. Fumonisin B1 (mais) was determined by high performance liquid chromatography and fluorescence was detected. The other toxins were determined by thin layer chromatography. Fumonisin B1 was found in 94.6% of the samples in levels from 20 to 8600 µg/kg. Only 5 samples contained aflatoxin B1 and the highest level found was 20 µg/kg. Two samples were over 20 µg/kg for the sum of B1, B2, G1 e G2 (21.5 µg/kg for pre-cooked corn flour and 23.3 µg/kg for corn grits). Aflatoxins G1 and G2, ochatoxin A and zearalenone were not detected in any of the samples. All samples contaminated with aflatoxins were also contaminated with fumonisin B1.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Contaminação fúngica em granola comercial/ Fungical contamination in commercial granola

Vecchia, Andréia Dalla; Castilhos-Fortes, Raquel de
2007-06-01

Resumo em português O presente trabalho objetivou verificar a ocorrência de fungos produtores de micotoxinas, especialmente dos gêneros Aspergillus, Fusarium e Penicillium, em granola comercializada em Porto Alegre, uma vez que este alimento vem apresentando crescente consumo. Estes fungos filamentosos são evidenciados freqüentemente em cereais, os quais apresentam grande incidência em produtos à base de granola. Amostras de granola foram adquiridas no Mercado Público de Porto Alegre, (mais) no período de agosto de 2004 a abril de 2005, nas quatro estações do ano. A coleta baseou-se em quatro amostras de diferentes procedências, duas das quais são comercializadas embaladas e lacradas e duas comercializadas a granel. As análises seguiram os procedimentos descritos pelo Compendium of Methods for Examination of Foods. A identificação dos fungos baseou-se na morfologia macroscópica e microscópica, com auxílio de chaves de identificação. Os resultados evidenciaram a presença dos três gêneros fúngicos, com predominância de Aspergillus em três estações. No verão houve maior desenvolvimento micelial e no outono, menor crescimento de fungos. Os resultados sugerem maior controle e fiscalização, visando eliminar qualquer ocorrência de microrganismos produtores de toxinas em granola. Resumo em inglês The following work, had the purpose to verify the occurrence of fungi which produce mycotoxin, specially the Aspergillus, Fusarium and Penicillium genus in the granola commercialized in Porto Alegre, once that this food is having an increasing consumption.These fibered fungi are certified frequently in cereals, which are found in the granola (a mix of grains, nuts and dried fruits, sometimes coated with oil and honey, eaten for breakfast or as a snack). Granola samples we (mais) re acquired in the Public Market of Porto Alegre since August 2004 until April 2005, during the four seasons of the year. The collection was based on four samples of different origins, two of which are commercialized packed and sealed up, and the other two commercialized in bulk. The analyses had followed the described procedures for Compendium of Methods for Examination of Foods. The fungi identification was based on the macroscopic and microscopic morphology, with the assistance of identification keys. The results certified the presence of Aspergillus, Fusarium and Penicillium fungi, with the predominance of the Aspergillus genus in three seasons. In summer it had a bigger mycelium development and in autumn the lowest fungi growth. The results suggest a bigger control and inspection, seeking for eliminate any occurrence of microorganism producer of toxins in the granola.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Arroz comercializado na região sul do Brasil: aspectos micotoxicológicos e microscópicos/ Rice comercialized in Southern Brazil: micotoxicological and microscopic aspects

Nunes, Itaciara Larroza; Magagnin, Glênio; Bertolin, Telma Elita; Furlong, Eliana Badiale
2003-08-01

Resumo em português Foi realizado um levantamento de características micotoxicológicas e microscópicas em arroz destinado ao consumo humano, comercializado nas cidades de Pelotas e Rio Grande, RS. As amostras, arroz integral [16], arroz parboilizado [16] e arroz branco polido [24] foram coletadas em supermercados, no período de maio a setembro de 2000. A avaliação de ocorrência de aflatoxinas B1, B2, G1, G2, ocratoxina A, zearalenona, desoxinivalenol e toxina T-2 foi realizada pela t� (mais) �cnica de cromatografia de camada delgada (ccd). As duas últimas toxinas foram avaliadas também pela técnica de cromatografia gasosa (cg). A micoflora foi determinada através de plaqueamento em superfície em Ágar Batata Dextrose Acidificado, com incubação a 25ºC por 5 dias. As colônias mais freqüentes foram identificadas através da técnica de microcultivo. Dentre as amostras analisadas, duas apresentaram contaminação por ocratoxina A (104 e 128mig.Kg-1), três por zearalenona (559, 1117 e 1955mig.Kg-1), sendo uma co-contaminação com a primeira. Uma das amostras estava contaminada com desoxinivalenol (266 e 300mig.Kg-1), este quantificado por CCD e CG. Quanto à enumeração de bolores e leveduras, os resultados mostraram que 3,6% das amostras apresentaram valores superiores a 10 4 UFC.g -1 e 11% valores próximos deste. Sujidades microscópicas, acima dos limites da legislação (0,25%), foi detectada em uma amostra de arroz integral. Resumo em inglês A survey was carried out of the micotoxicological and microscopic characteristics of rice comercialized in Pelotas and Rio Grande, RS, Brazil. Samples of whole [16], parboilized [16] and polished white rice [24] were collected in supermarkets, from may until september 2000.The occurrence of aflatoxin B1, B2, G1, G2, ochratoxin A, zearelenone, desoxynivalenol and T2 toxin was evaluated using thin layer chromatographic technique (TLC). The last two toxins were also evaluate (mais) d by gas chromatography (CG). Mycoflora was determined using a surface Potato Dextrose Acid Agar, incubated for 5 days at 25ºC. The most frequent colonies were identified using the microcultive technique. The occurrence of microscopic dirt was realized in accordance with AOAC. Among the samples analyzed, 2 presented contamination by ochratoxin A (104 and 128mug.Kg-1) and three with zearalenone (559, 1117 and 1955mug.Kg-1), one of wich was cause by co-contamination with the first. One sample was contamined with desoxynivalenol (266 e 300mug.Kg-1), determined by TLC and GC. The results showed that 3.6% of the samples have levels above and 11% near 10(4)CFU/g. A brown rice sample was contaminated by microscopic dirt the above legal legislation (0.25%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Aflatoxinas: conceitos sobre mecanismos de toxicidade e seu envolvimento na etiologia do câncer hepático celular/ Aflatoxins in foodstuffs: current concepts on mechanisms of toxicity and its involvement in the etiology of hepatocellular carcinoma

Oliveira, Carlos Augusto Fernandes de; Germano, Pedro Manuel Leal
1997-08-01

Resumo em português Foram revistos os conceitos de maior relevância sobre mecanismos de toxicidade e evidências do envolvimento das aflatoxinas na etiologia do câncer hepático humano. A aflatoxina B1 (AFB1), principal metabólito produzido por fungos do gênero Aspergillus, manifesta seus efeitos tóxicos após conversão hepática em AFB1-epóxido, o qual reage com macromoléculas celulares, incluindo proteínas, RNA (ácido ribonucléico) e DNA (ácido desoxirribonucléico). A reação (mais) com o DNA ocorre através da ligação com guaninas, ao nível do códon 249, do gene supressor de tumores p53. Em seres humanos, estudos de biomonitoramento individual de derivados AFB1-N7-guanina tem demonstrado que as aflatoxinas constituem importantes fatores de risco, com uma provável interação sinergística com o vírus da hepatite B, para o desenvolvimento do carcinoma hepatocelular em populações expostas. Considerando-se a ocorrência freqüente das aflatoxinas em produtos alimentícios, no Brasil, ressalta-se a necessidade de estudos que avaliem criteriosamente o impacto dos níveis de exposição a estas toxinas sobre a saúde humana. Resumo em inglês Current concepts derived from intensive research over the last decade, on biotransformation, mechanisms of toxicity and evidences for the involvement of aflatoxins in the etiolgy of human liver cancer are summarily presented. Aflatoxin B1(AFB1), the main metabolite produced by moulds of genus Aspergillus, exerts its effects after conversion to the reactive compound AFB1-epoxide, by the action of cytochrome P450-dependent enzymes. This epoxide can form derivatives with cel (mais) lular macromolecules, including proteins, RNA and DNA. The reaction with DNA occurs with guanines in the códon 249 of tumor suppressor gene p53. Primary biotransformation of AFB1 also produces hydroxylated and less toxic derivatives, such as aflatoxins Q1 and P1. Differences intra and interspecies in the pathways of activation/detoxification are directly related to the susceptibility of animals to aflatoxin effects. In humans, studies of individual biomonitoring of AFB1 metabolites such as AFB1-N7-guanine have demonstrated that aflatoxins constitute an important risk factor for hepatocellular carcinoma (HCC) in exposed populations. Some of these studies also show a synergistic action between aflatoxins and the hepatitis B virus in the development of human HCC. In view of these concepts, and taking into account the frequent detection of aflatoxins in Brazilian foodstuffs, the need for investigation into the level of exposure to these toxins and its impact on human health is stressed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Aflatoxinas: conceitos sobre mecanismos de toxicidade e seu envolvimento na etiologia do câncer hepático celular/ Aflatoxins in foodstuffs: current concepts on mechanisms of toxicity and its involvement in the etiology of hepatocellular carcinoma

Oliveira, Carlos Augusto Fernandes de; Germano, Pedro Manuel Leal
1997-08-01

Resumo em português Foram revistos os conceitos de maior relevância sobre mecanismos de toxicidade e evidências do envolvimento das aflatoxinas na etiologia do câncer hepático humano. A aflatoxina B1 (AFB1), principal metabólito produzido por fungos do gênero Aspergillus, manifesta seus efeitos tóxicos após conversão hepática em AFB1-epóxido, o qual reage com macromoléculas celulares, incluindo proteínas, RNA (ácido ribonucléico) e DNA (ácido desoxirribonucléico). A reação (mais) com o DNA ocorre através da ligação com guaninas, ao nível do códon 249, do gene supressor de tumores p53. Em seres humanos, estudos de biomonitoramento individual de derivados AFB1-N7-guanina tem demonstrado que as aflatoxinas constituem importantes fatores de risco, com uma provável interação sinergística com o vírus da hepatite B, para o desenvolvimento do carcinoma hepatocelular em populações expostas. Considerando-se a ocorrência freqüente das aflatoxinas em produtos alimentícios, no Brasil, ressalta-se a necessidade de estudos que avaliem criteriosamente o impacto dos níveis de exposição a estas toxinas sobre a saúde humana. Resumo em inglês Current concepts derived from intensive research over the last decade, on biotransformation, mechanisms of toxicity and evidences for the involvement of aflatoxins in the etiolgy of human liver cancer are summarily presented. Aflatoxin B1(AFB1), the main metabolite produced by moulds of genus Aspergillus, exerts its effects after conversion to the reactive compound AFB1-epoxide, by the action of cytochrome P450-dependent enzymes. This epoxide can form derivatives with cel (mais) lular macromolecules, including proteins, RNA and DNA. The reaction with DNA occurs with guanines in the códon 249 of tumor suppressor gene p53. Primary biotransformation of AFB1 also produces hydroxylated and less toxic derivatives, such as aflatoxins Q1 and P1. Differences intra and interspecies in the pathways of activation/detoxification are directly related to the susceptibility of animals to aflatoxin effects. In humans, studies of individual biomonitoring of AFB1 metabolites such as AFB1-N7-guanine have demonstrated that aflatoxins constitute an important risk factor for hepatocellular carcinoma (HCC) in exposed populations. Some of these studies also show a synergistic action between aflatoxins and the hepatitis B virus in the development of human HCC. In view of these concepts, and taking into account the frequent detection of aflatoxins in Brazilian foodstuffs, the need for investigation into the level of exposure to these toxins and its impact on human health is stressed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Atividade alelopática do filtrado de cultura produzido por Fusarium solani/ Allelopathic activity of culture filtrate produced by Fusarium solani

Souza Filho, A.P.S.; Duarte, M.L.R.
2007-03-01

Resumo em português As plantas daninhas se constituem no principal problema a impor limitação à exploração da agropecuária nas áreas tropicais. Entretanto, o controle químico dessas plantas tem gerado insatisfações de ordem social, quer porque contaminam as fontes de recursos naturais ou por comprometerem a qualidade dos alimentos da dieta dos animais, em geral, e dos humanos, em particular. Os objetivos deste trabalho foram identificar e caracterizar a atividade alelopática do fi (mais) ltrado de cultura produzido pelo fungo Fusarium solani f. sp. pipers. Foram avaliados os efeitos das toxinas, nas concentrações de 1,0 e 4,0%, sobre a germinação de sementes e o desenvolvimento da radícula e do hipocótilo das plantas daninhas malícia (Mimosa pudica) e mata-pasto (Senna obtusifolia). Os resultados mostraram presença de atividade alelopática inibitória, com variações de acordo com a concentração e a planta receptora. A intensidade dos efeitos inibitórios induzidos pelo extrato esteve positivamente associada à concentração, com efeitos mais intensos verificados a 4,0%. Independentemente da concentração e do bioensaio, a espécie malícia se mostrou mais sensível aos efeitos do filtrado da cultura. O desenvolvimento da radícula foi o fator da planta mais intensamente inibido. Os resultados indicam a existência de potencial de utilização da toxina produzida pelo fungo, como fonte alternativa no controle de plantas daninhas, o que justifica estudos mais avançados. Resumo em inglês Weeds are a major problem limiting agriculture and cattle raising activities in the tropics. Current chemical control measures have raised environmental concerns due to their potential of contaminating natural resources and compromising the quality of animal feed. The objective of this paper was to identify and characterize the potential allelopathic activity of Fusarium solani f. sp. pipers culture filtrate. The effects of the toxin were analyzed at 1% and 4% concentrati (mais) on, on seed germination and radicle and hypocotyl elongation of the weeds Mimosa pudica and Senna obtusifolia. The results showed potential inhibitory allelopathic activity of the Fusarium culture filtrate, varying according to concentration and receiving plants. The intensity of the inhibition effects promoted by the extracts was clearly associated to concentration, with the major effect being observed at 4%. Regardless of concentration and bioassays, Mimosa pudica was more sensitive to the toxin effects of the culture filtrate. Radicle elongation was more intensely inhibited by the culture filtrate toxins. The results showed potential for the use of the toxins produced by Fusarium solani f. sp. pipers, as an alternative source to control weeds. However, further studies should be carried out.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Atividade farmacológica da monocrotalina isolada de plantas do gênero Crotalaria/ Pharmacological activity of monocrotalina isolated from plants of the genus Crotalaria

Honório Júnior, José E. R.; Soares, Paula M.; Melo, Célio L. de; Arruda Filho, Antônio C. V.; Sena Filho, José G.; Barbosa Filho, José M.; Sousa, Francisca Cléa Florenço; Fonteles, Marta Maria França; Leal, Luzia Kalyne de Almeida; Queiroz, Maria Goretti Rodrigues de; Vasconcêlos, Silvânia M.M.
2010-07-01

Resumo em português Crotalaria retusa é uma planta encontrada no Nordeste brasileiro, pertence ao gênero Crotalaria e à família Leguminosae, e possuem mais de seissentas espécies no mundo e mais de quarenta no Brasil. As variedades tóxicas mais conhecidas são C. spectabilis, C. crispata, C. retusa, C. dura e C. globifera. Plantas do gênero Crotalaria são de interesse porque são usadas na medicina popular. Esses gêneros são ricos em alcaloides pirrolizidínicos (AP), que são as p (mais) rincipais toxinas e apresentam efeitos pneumotóxicos, nefrotóxicos, cardiotóxicos, fetotóxicos, carcinogênicos, inflamação, hemorragia e fibrose. A monocrotalina é o principal alcaloide pirrolizidínico encontrado nessas plantas e é ativamente oxidada in vivo pelo citocromo P450 no fígado, formando intermediários altamente reativos tipo pirrólicos que são responsáveis pela ligação cruzada do DNA-DNA e DNA-proteína. O presente trabalho teve como objetivo fazer um levantamento bibliográfico via internet, utilizando bancos de dados, programas de pesquisa científica e pesquisa em livros relacionados, acerca da atividade farmacológica e do mecanismo de ação da monocrotalina extraída de plantas do gênero Crotalaria, ressaltando desde os aspectos botânicos da planta, estrutura química dos alcaloides pirrolizidínicos, exemplos experimentais de toxicidade e provável mecanismo de ação. Resumo em inglês Crotalia retusa is a plant found in Brazilian Northeast and belongs to the genus Crotalaria and the family Leguminosae, which comprises more than 600 species throughout the world and more than forty in Brazil. The most known toxic species are C. spectabilis, C. crispata, C. retusa, C. dura and C. globifera. Plants of the Crotalaria genus are of great interest because they are used by humans for folk medicine. These plants are rich in pyrrolizidine alkaloids (PA), which ar (mais) e the main toxins that cause effects such as pneumotoxic, nefrotoxic, cardiotoxic, fetotoxic, carcinogenic, inflammation, hemorrhage and fibrosis. Monocrotaline is the main pirrolizidinic alkaloid found in plants and is actively oxidated in vivo by the cytochrome P450 in the liver, yielding highly reactive pyrrolic type intermediates, which are responsible for DNA-DNA and DNA-protein cross-links reaction. The aim of this work is to make a bibliographic survey via internet, using databases, scientific research programs and related books, about pharmacological activity and mechanism of action of monocrotaline extracted from plants of Crotalaria genus, emphasizing plant botanical aspects, chemical structure of pirrolizidinic alkaloid, experimental examples of toxicity and probable action mechanism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Escherichia coli verotoxigênica: isolamento e prevalência em 60 propriedades de bovinos de leite da região de Pelotas, RS, Brasil/ Verotoxin-producing Escherichia coli: isolation and prevalence in 60 dairy cattle farms from Pelotas-RS, Brazil

Sandrini, Cecília Nunes Moreira; Pereira, Murilo Anderson; Brod, Claudiomar Soares; Carvalhal, José Beiro; Aleixo, José Antonio Guimarães
2007-02-01

Resumo em português A produção de verotoxinas foi investigada em 1.127 isolamentos de Escherichia coli feitos a partir de 243 bovinos de leite, de água de consumo humano e animal e de amostras de leite de 60 propriedades da bacia leiteira de Pelotas, no período de dezembro de 1999 a dezembro de 2000, com o objetivo de determinar a prevalência de E. coli verotoxigênicas (VTEC) nas propriedades e no rebanho, de detectar a presença de sorotipos ligados a infecções humanas e de identifi (mais) car, nas propriedades e na região de Pelotas, potenciais fatores de risco de infecção para os animais. A detecção das toxinas em sobrenadante de culturas de E. coli isoladas foi realizada através do ensaio de citotoxicidade em células Vero. VTEC foi isolada em 95% (57/60) das propriedades estudadas, em 49% (119/243) dos animais testados, em 5% (3/60) das amostras de água de consumo humano, em 8,35% (5/60) das amostras de água de consumo animal e em 5% (3/60) das amostras de leite. A prevalência de bovinos infectados em cada propriedade variou de 0 a 100%. Em 2,9% (7/243) dos animais testados, foram isoladas VTEC pertencentes aos sorogrupos O157, O91 e O112, que incluem cepas responsáveis por casos de colite hemorrágica e síndrome urêmica hemolítica em humanos. Fatores de risco de contaminação, como a precipitação pluviométrica, a temperatura, o tamanho da propriedade e a concentração de animais, apresentaram evidências de influenciarem a prevalência de VTEC nos animais. Estes resultados sugerem que o grupo VTEC está amplamente distribuído na bacia leiteira de Pelotas e inclui organismos pertencentes a sorogrupos patogênicos para humanos. Resumo em inglês The production of verotoxin was investigated in 1127 Escherichia coli isolated from 243 dairy cattle, water for human and animal consumption, and milk samples from 60 dairy farms from Pelotas-Brazil, from December of 1999 to December of 2000, to determine the prevalence of verotoxigenic E. coli (VTEC) in farms, to detect the presence of serotypes involved in human infections and to identify potential risk factors for animal infection. Vero cell assay was used to detect to (mais) xins in culture supernatants from E. coli isolated. VTEC was isolated in 95% (57/60) from farms and in 49% (119/243) from cattle, 5% (3/60) from water of human consumption, in 8.35% (5/60) from water animal consumption and 5% (3/60) from milk samples. The prevalence of cattle infected for each farm ranged from 0 to 100%. VTEC belonging to serogroups O157, O91 and O112, which include strains responsible for cases of hemorrhagic colitis and hemolytic uremic syndrome in humans, were isolated from 7 (2.9%) out of 243 cattle. Risk factors for contamination, such as amount of rain, farm size and cattle number, influenced cattle prevalence rate. These results suggest that VTEC is widely distributed among dairy cattle in the region surveyed and includes organisms from serogroups pathogenic for humans.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Eosinofilia pulmonar/ Pulmonary eosinophilia

Campos, Luiz Eduardo Mendes; Pereira, Luiz Fernando Ferreira
2009-06-01

Resumo em português As formas de eosinofilia pulmonar constituem um grupo heterogêneo definido pela presença de um ou dois critérios: infiltrado pulmonar com eosinofilia sanguínea e/ou eosinofilia tissular caracterizada por eosinófilos demonstrados na biópsia pulmonar ou no lavado broncoalveolar. Embora o infiltrado inflamatório seja composto de macrófagos, linfócitos, neutrófilos e eosinófilos, a presença de eosinofilia é um marcador importante para o diagnóstico e tratamento. (mais) A apresentação clínica e radiológica pode revelar eosinofilia pulmonar simples, pneumonia eosinofílica crônica, pneumonia eosinofílica aguda, aspergilose broncopulmonar alérgica e eosinofilia pulmonar associada à doença sistêmica, como na síndrome de Churg-Strauss e na síndrome hipereosinofílica. A asma está frequentemente associada, podendo ser um pré-requisito, como na aspergilose broncopulmonar alérgica e na síndrome de Churg-Strauss. Nas doenças com acometimento sistêmico, a pele, o coração e o sistema nervoso são os órgãos mais comprometidos. A apresentação radiológica pode ser considerada como típica, ou pelo menos sugestiva, para três formas de eosinofilia pulmonar: pneumonia eosinofílica crônica, aspergilose broncopulmonar alérgica e pneumonia eosinofílica aguda. A etiologia da eosinofilia pulmonar pode ser de causa primária (idiopática) ou secundária, compreendendo causas conhecidas, como drogas, parasitas, infecções por fungos e micobactérias, irradiação e toxinas. A eosinofilia pulmonar pode também estar associada a doenças pulmonares difusas, doenças do tecido conectivo e neoplasias. Resumo em inglês Pulmonary eosinophilia comprises a heterogeneous group of diseases defined by eosinophilia in pulmonary infiltrates (bronchoalveolar lavage fluid) or in tissue (lung biopsy specimens). Although the inflammatory infiltrate is composed of macrophages, lymphocytes, neutrophils and eosinophils, eosinophilia is an important marker for the diagnosis and treatment. Clinical and radiological presentations can include simple pulmonary eosinophilia, chronic eosinophilic pneumonia, (mais) acute eosinophilic pneumonia, allergic bronchopulmonary aspergillosis and pulmonary eosinophilia associated with a systemic disease, such as in Churg-Strauss syndrome and hypereosinophilic syndrome. Asthma is frequently concomitant and can be a prerequisite, as in allergic bronchopulmonary aspergillosis and Churg-Strauss syndrome. In diseases with systemic involvement, the skin, the heart and the nervous system are the most affected organs. The radiological presentation can be typical, or at least suggestive, of one of three types of pulmonary eosinophilia: chronic eosinophilic pneumonia, acute eosinophilic pneumonia and allergic bronchopulmonary aspergillosis. The etiology of pulmonary eosinophilia can be either primary (idiopathic) or secondary, due to known causes, such as drugs, parasites, fungal infection, mycobacterial infection, irradiation and toxins. Pulmonary eosinophilia can be also associated with diffuse lung diseases, connective tissue diseases and neoplasia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Biomarcadores para avaliação da exposição humana às micotoxinas/ Biomarkers for assessment of human exposure to mycotoxins

Bando, Érika; Gonçales, Leandro Nishikawa; Tamura, Nathalie Kira; Machinski Junior, Miguel
2007-06-01

Resumo em português Atualmente, as micotoxinas representam um risco de contaminação ambiental, acarretando sérios prejuízos à saúde humana. Essas toxinas podem estar presentes em diferentes tipos de alimentos, que constituem a principal fonte de exposição para o homem. As exposições podem ser monitoradas através do uso de biomarcadores, que elucidam a relação causa/efeito e dose/efeito na avaliação de risco à saúde para fins de diagnóstico clínico e laboratorial. Realizou- (mais) se uma revisão bibliográfica do período de 1981-2005, no MEDLINE, sobre utilização e propostas de biomarcadores para a exposição a aflatoxinas, fumonisinas, desoxinivalenol e ocratoxina A. Os possíveis biomarcadores para avaliar a exposição humana às aflatoxinas foram os metabólitos urinários de aflatoxina B1, como aflatoxina M1, aflatoxina P1, aflatoxina Q1, aflatoxina livre em soro ou plasma, os adutos de AFB-N7-guanina, os adutos de albumina ou mutação no gene supressor de tumor p53, presentes em fluidos biológicos. Para as fumonisinas, os biomarcadores foram os níveis de fumonisina B1 e fumonisina B2 livres, ou de esfinganina e esfingosina em sangue e urina. O desoxinivalenol tem como biomarcadores de exposição os produtos de seu metabolismo e adutos macromoleculares (proteína/DNA) presentes nos fluidos biológicos. Para a exposição à ocratoxina A (OA) os biomarcadores se restringem à quantificação da própria toxina nos fluidos biológicos. A avaliação da exposição às micotoxinas constitui um importante aspecto para a saúde pública, tendo em vista a possibilidade de prevenir ou minimizar a incidência de doenças decorrentes da sua interação com o organismo. Resumo em inglês Currently, mycotoxins represent a risk of environmental contamination, causing serious damages to human health. Those toxins can be found in different kinds of foods, and they constitute the main source of human exposure. The evaluation of such exposures can be monitored through the use of biomarkers, which elucidates the cause/effect and dose/effect relation in the evaluation of health risks for clinical and laboratory diagnostic purposes. The MEDLINE review about the us (mais) e of biomarkers for assessment of aflatoxins, fumonisins, deoxynivalenol and ochratoxin A was carried out from 1981 to 2005. The biomarkers for assessment of human exposure to aflatoxins were the urinary metabolites of aflatoxin B1: aflatoxin M1, aflatoxin P1, aflatoxin Q1, the free aflatoxin in serum or plasma, the AFB-N7-guanine adducts and the albumin adducts or mutation in the tumour suppressor gene p53 present in human biological fluids. As far as fumonisins are concerned, levels of free fumonisin B1 and fumonisin B2, or levels of sphinganine and sphingosin, were quantified in blood and urine. As exposure biomarkers, deoxynivalenol has its own metabolism products and adducts (protein/DNA) present in human fluids. As to ochratoxin A exposure, we measure it in biological fluids, once it enables us to prevent or minimize the incidence of deaths or illnesses provoked by chemical exposure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Taxa de desenvolvimento de Chrysomya albiceps (Wiedemann) (Diptera: Calliphoridae) em dieta artificial acrescida de tecido animal para uso forense/ Chrysomya albiceps (Wiedemann) (Diptera: Calliphoridae) developmental rate on artificial diet with animal tissues for forensic purpose

Estrada, Dora A; Grella, Maicon D; Thyssen, Patricia J; Linhares, Arício X
2009-04-01

Resumo em português A entomologia forense utiliza dados biológicos e ecológicos de insetos necrófagos com o objetivo de auxiliar as investigações criminais, na estimativa do intervalo pós-morte (IPM) ou na descoberta da causa da morte. Trabalhos recentes têm demonstrado que a presença de toxinas nos tecidos em decomposição pode alterar a taxa de desenvolvimento de insetos que usam esse recurso. Assim, testes preliminares usando dietas artificiais em laboratório são necessários p (mais) ara a criação de um banco de dados como padrão para investigar e quantificar as possíveis modificações em insetos coletados da cena criminal, para não gerar dados imprecisos sobre o IPM. No presente estudo objetivou-se avaliar a taxa de desenvolvimento de imaturos de Chrysomya albiceps (Wiedemann) criados em diferentes substratos: a) dietas artificiais contendo tecido de origem animal: fígado (D1), músculo moído (D2) e rúmen (D3) bovinos, além de coração de frango (D4); b) dieta sem tecido animal (D5) e; c) um grupo controle (C), somente em carne bovina. A eficiência de cada substrato foi observada pelo ganho de massa dos imaturos, tempo de desenvolvimento larval, sobrevivência larval e pupal, intervalo de emergência e tamanho dos adultos. As dietas D1 a D4 não restringiram o desenvolvimento larval de C. albiceps, no entanto, D1 e D2 apresentaram baixa emergência de adultos. D3 e o grupo controle foram muito similares em relação a alguns fatores de eficiência (taxa e intervalo de emergência). Assim, o uso da dieta D3, dieta artifical mais rúmen de bovinos é o mais recomendado. Resumo em inglês Forensic entomology uses biological and ecological aspects of necrophagous insects to help in criminal investigations to estimate the post-mortem interval (PMI) or to determine the cause of death. Recent papers demonstrated that the presence of toxins in decomposing tissues may alter the insect developmental rate of insects exploiting such tissues as food. Thus, preliminary tests with artificial diets in laboratory are necessary to create a database to investigate and qua (mais) ntify the modifications that can occur with the collected insects from a criminal scene, avoiding any errors on the PMI estimates. The present study aimed to evaluate the developmental rate of Chrysomya albiceps (Wiedemann) reared on: a) artificial diets containing animal tissues: bovine liver (D1), raw muscle (D2), stomach (D3), and chicken heart (D4); b) artificial diet without animal tissue (D5); and c) a control group (C), which had only meat. The efficiency of each substrate was assessed by immature weight gain (mg), larval developmental time, larval and pupal survival, emergence interval and adult size. D1 to D4 diets did not restrict C. albiceps development; however, larvae reared on D1 and D2 diets presented a lower adult emergence rate. D3 and control group showed similarities regarding the efficiency parameters (rate and emergence interval). Thus, the use of diet D3, artificial diet with stomach, is the most recommended.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Esporos de Clostridium botulinum em mel comercializado no Estado de São Paulo e em outros Estados brasileiros/ Clostridium botulinum spores in honey commercialized in São Paulo and other Brazilian states

Ragazani, Adriana Valim Ferreira; Schoken-Iturrino, Ruben Pablo; Garcia, Gisela Rojas; Delfino, Tammy Priscilla Chioda; Poiatti, Maria Luiza; Berchielli, Silvina Pelicano
2008-04-01

Resumo em português O botulismo infantil tem afetado crianças abaixo de um ano de idade em várias regiões do mundo, e o mel tem sido identificado como uma das mais importantes fontes de intoxicação alimentar. Apesar disso, há dados escassos sobre o botulismo entre crianças no Brasil, especialmente no tipo de alimento comercial mais implicado nesta patologia. Este estudo pretendeu investigar a presença de esporos de Clostridium botulinum em mel comercializado no Brasil. Cem amostras d (mais) e mel comercializado em seis diferentes Estados brasileiros (SP, MG, GO, CE, MT, SC) foram pesquisados para a presença de esporos de Clostridium botulinum, usando o choque térmico, seguido pela inoculação em caldo Cooked Meat Medium (Difco®) e incubado em condições anaeróbias. As culturas positivas foram analisadas através de esfregaços corados pelo Gram e semeadas em placas de Reinforced Clostrideo Agar (Difco®) e placas de Sulfito Polimixina Sulfadiazina -SPS (Difco®), as quais foram incubadas em condições anaeróbicas para obter colônias desta bactéria. As colônias positivas foram submetidas a teste de toxicidade através da inoculação em camundongos susceptíveis e caracterização bioquímica. Foram encontradas colônias de Clostridium botulinum que produzem toxinas ativas em 7% das amostras de mel comercial, realçando a relevância deste microrganismo para a saúde pública devido ao alto risco potencial de o mel comercializado nestas regiões brasileiras causar o botulismo infantil, especialmente em crianças abaixo de um ano de idade. Resumo em inglês Infant botulism has been affecting children under one year of age in several regions of the world and honey has been identified as one of the most important source of this food borne disease. Despite this, there are scarce data about botulism among children in Brazil, specially the type commercial food most implicated in this pathology. This study aimed at investigating the presence of spores of Clostridium botulinum in honey commercialized in Brazil. One hundred of honey (mais) samples commercialized in six different Brazilin states (SP, MG, GO, CE, MT, SC) were searched for the presence of spores of Clostridium botulinum, using thermal shock followed by the inoculation in Cooked Meat Medium (Difco®) and incubation in anaerobic conditions. The positives cultures were analyzed by Gram stain and seeded in Reinforced Clostrideo Agar (Difco®) and Sulfito Polimixina Sulfadiazina -SPS (Difco®) plates, which were incubated in anaerobic conditions in order to pick up the colonies of this bacteria. The positive colonies were submitted to toxicity test by inoculation in susceptible mice and to biochemical characterization. Clostridium botulinum colonies producing actively toxins were detected in 7% of the commercial honey samples, highlighting the relevance of this microorganism for public health due to the high potential risk of honey commercialized in these Brazilian regions to cause Infant Botulism, specially in children under one-year old.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

PCR Multiplex para detecção de staphylococcus aureus enterotoxigênicos isolados de alimentos de origem animal no sul do rio grande do sul, Brasil/ Multiplex PCR for detection of enterotoxigenic staphylococcus aureus isolated from food of animal origin in south of rio grande do sul, Brasil/ PCR Multiplex para detección de staphylococcus aureus enterotoxigénicos aislados de alimentos de origen animal en el sur de río grande do sul, Brasil

Zocche, Fernando; Correa França, Rodrigo; Guimarães Aleixo, José Antônio; Nunes Moreira, Ângela; Padilha Da Silva, Wladimir
2009-07-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo desenvolver duas PCR multiplex (PCRm) para a detecção dos genes das enterotoxinas estafilocócicas (EE) A (sea), B (seb), C (sec) e D (sed) em Staphylococcus aureus isolados de alimentos de origem animal, bem como relacionar a presença desses genes com a origem do microrganismo. As duas PCRm foram padronizadas utilizando-se cepas de S. aureus cuja capacidade toxigênica foi previamente confirmada através de ELISA indireto, com o uso de (mais) toxinas e soros antitoxinas de referência. Em seis (12%) dos 50 isolados de S. aureus foi possível detectar um ou mais genes de EE, sendo que um isolado albergava os genes sea e seb, três isolados albergavam seb e dois albergavam sed. As duas PCRm desenvolvidas são eficientes para a detecção dos genes sea, seb, sec e sed e, considerando-se a associação existente entre S. aureus enterotoxigênicos portadores dos genes sea e seb e humanos, e genes sec e sed com outros animais, a origem mais provável da maioria dos isolados foram os manipuladores de alimentos. Resumo em espanhol Este estudio tuvo como objetivo desarrollar dos PCR multiplex (mPCR) para la detección de los genes de enterotoxinas estafilococicas (EE) A (sea), B (seb), C (sec) y D (sed) en Staphylococcus aureus aislados de alimentos de origen animal, y relacionar la presencia de los genes con el origen del microorganismo. Las mPCR fueron estandarizadas utilizando cepas toxigénicas de S. aureus, cuya capacidad fue previamente confirmada por ELISA indirecto, con la utilización de to (mais) xinas y sueros de referencia. En seis (12%) de los 50 S. aureus aislados fue posible detectar uno o mas genes de EE, siendo que un aislado albergaba sea y seb, tres aislados albergavam seb y dos albergavam sed. Los dos conjuntos de mPCR desarrollados son eficaces en la detección de los genes sea, seb, sec y sed, y, teniendo en cuenta la asociación entre S. aureus enterotoxigénicos con genes sea y seb y humanos, y los genes sec y sed con otros animales, el origen más probable de la mayoría de los aislados son los manipuladores de alimentos. Resumo em inglês The object of this work was to develop two multiplex PCR (mPCR) for the detection of genes of staphylococcal enterotoxins (EE) A (sea), B (seb), C (sec) and D (sed) of Staphylococcus aureus isolated from food of animal origin and to relate the presence of the genes with the origin of the microorganism. The two mPCR were standardized using strains of S. aureus whose toxigenic capacity was previously confirmed through indirect ELISA, with the use of reference toxins and ser (mais) um antitoxins. In six (12%) out of 50 isolates of S. aureus it was possible to detect one or more genes of EE; one isolate harbored sea and seb genes, three isolates harbored seb and two harbored sed. The two sets of mPCR developed are efficient for the detection of the sea, seb, sec and sed, and, considering the existing association of enterotoxigenic S. aureus genes sea and seb with human beings and genes sec and sed with other animals, the most likely origin of the majority of the isolates are the food handlers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Comunidade fitoplanctônica de um pesqueiro na cidade de São Paulo/ Phytoplankton community in a recreational fishing lake, Brazil

Matsuzaki, Mayla; Mucci, José Luiz Negrão; Rocha, Aristides Almeida
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: A avaliação da qualidade da água e da comunidade fitoplanctônica em ambientes destinados à recreação permite estabelecer formas de manejo desses sistemas, evitando possíveis problemas à saúde humana. Assim, realizou-se estudo com objetivo de analisar a variação sazonal do fitoplâncton de um sistema lacustre natural, e sua relação com a qualidade da água. MÉTODOS: O lago estudado faz parte de um pesqueiro localizado na zona sul da cidade de São (mais) Paulo. Foram realizadas quatro coletas no período de um ano, em três pontos de amostragem. As amostras foram analisadas quanto à composição florística e às variáveis físicas e químicas da água. RESULTADOS: A análise qualitativa do fitoplâncton revelou o total de 91 táxons distribuídos em oito classes: Chlorophyceae (52%), Cyanophyceae (16%), Euglenophyceae (12%), Zygnemaphyceae (10%), Bacillariophyceae (5%), Xantophyceae (3%), Dinophyceae (1%) e Chrysophyceae (1%). Alguns dos parâmetros físicos e químicos parecem ter influenciado o comportamento do fitoplâncton; a classe Chlorophyceae foi a mais favorecida pelas condições ambientais. Dentre as espécies de cianofíceas identificadas, destacaram-se Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii e espécies de Anabaena, que apresentaram maior importância do ponto de vista sanitário devido à produção de toxinas. CONCLUSÕES: Algumas variáveis físicas e químicas da água interferiram na estrutura da comunidade fitoplanctônica. A presença de Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii e espécies de Anabaena indicam o potencial tóxico e os possíveis problemas que podem ocorrer à saúde pública, caso esse ambiente não seja continuamente monitorado. Estudos adicionais são recomendados, com a finalidade de se evitar efeitos deletérios ao ambiente e à saúde da população. Resumo em inglês OBJECTIVE: The assessment of water quality and phytoplankton community in recreational environments allows to setting management programs aiming at preventing potential harm to human health. The purpose of the present study was to describe phytoplankton seasonal changes in a freshwater system and their relation to water quality. METHODS: The recreational fishing lake is located in the southern area of the city of São Paulo, Brazil. Water samples were collected in three p (mais) reviously selected sites in the lake throughout a year and analyzed regarding floristic composition and physical and chemical parameters. RESULTS: The phytoplankton qualitative analysis revealed 91 taxa distributed among eight classes: Chlorophyceae, Cyanophyceae, Euglenophyceae, Zygnemaphyceae, Bacillariophyceae, Xantophyceae, Dinophyceae, and Chrysophyceae. Some physical and chemical parameters seemed to influence phytoplankton community behavior. Chlorophyceae development was favored by local conditions. Among the species of cyanobacteria identified, Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii, and Anabaena species were the most important due to their ability to produce toxins, posing a high risk to public health. CONCLUSIONS: Some physical and chemical parameters had an impact on the structure of phytoplankton community. The presence of Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii and Anabaena species indicates toxic potential and likelihood of public health problems unless there is constant monitoring. Further studies are recommended to prevent hazardous effects to the environment and public health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Comunidade fitoplanctônica de um pesqueiro na cidade de São Paulo/ Phytoplankton community in a recreational fishing lake, Brazil

Matsuzaki, Mayla; Mucci, José Luiz Negrão; Rocha, Aristides Almeida
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: A avaliação da qualidade da água e da comunidade fitoplanctônica em ambientes destinados à recreação permite estabelecer formas de manejo desses sistemas, evitando possíveis problemas à saúde humana. Assim, realizou-se estudo com objetivo de analisar a variação sazonal do fitoplâncton de um sistema lacustre natural, e sua relação com a qualidade da água. MÉTODOS: O lago estudado faz parte de um pesqueiro localizado na zona sul da cidade de São (mais) Paulo. Foram realizadas quatro coletas no período de um ano, em três pontos de amostragem. As amostras foram analisadas quanto à composição florística e às variáveis físicas e químicas da água. RESULTADOS: A análise qualitativa do fitoplâncton revelou o total de 91 táxons distribuídos em oito classes: Chlorophyceae (52%), Cyanophyceae (16%), Euglenophyceae (12%), Zygnemaphyceae (10%), Bacillariophyceae (5%), Xantophyceae (3%), Dinophyceae (1%) e Chrysophyceae (1%). Alguns dos parâmetros físicos e químicos parecem ter influenciado o comportamento do fitoplâncton; a classe Chlorophyceae foi a mais favorecida pelas condições ambientais. Dentre as espécies de cianofíceas identificadas, destacaram-se Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii e espécies de Anabaena, que apresentaram maior importância do ponto de vista sanitário devido à produção de toxinas. CONCLUSÕES: Algumas variáveis físicas e químicas da água interferiram na estrutura da comunidade fitoplanctônica. A presença de Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii e espécies de Anabaena indicam o potencial tóxico e os possíveis problemas que podem ocorrer à saúde pública, caso esse ambiente não seja continuamente monitorado. Estudos adicionais são recomendados, com a finalidade de se evitar efeitos deletérios ao ambiente e à saúde da população. Resumo em inglês OBJECTIVE: The assessment of water quality and phytoplankton community in recreational environments allows to setting management programs aiming at preventing potential harm to human health. The purpose of the present study was to describe phytoplankton seasonal changes in a freshwater system and their relation to water quality. METHODS: The recreational fishing lake is located in the southern area of the city of São Paulo, Brazil. Water samples were collected in three p (mais) reviously selected sites in the lake throughout a year and analyzed regarding floristic composition and physical and chemical parameters. RESULTS: The phytoplankton qualitative analysis revealed 91 taxa distributed among eight classes: Chlorophyceae, Cyanophyceae, Euglenophyceae, Zygnemaphyceae, Bacillariophyceae, Xantophyceae, Dinophyceae, and Chrysophyceae. Some physical and chemical parameters seemed to influence phytoplankton community behavior. Chlorophyceae development was favored by local conditions. Among the species of cyanobacteria identified, Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii, and Anabaena species were the most important due to their ability to produce toxins, posing a high risk to public health. CONCLUSIONS: Some physical and chemical parameters had an impact on the structure of phytoplankton community. The presence of Microcystis paniformis, Cylindrospermopsis raciborskii and Anabaena species indicates toxic potential and likelihood of public health problems unless there is constant monitoring. Further studies are recommended to prevent hazardous effects to the environment and public health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Enterotoxigenicidade de Staphylococcus spp. isolados de leite in natura/ Enterotoxigenicity of Staphylococcus spp. isolated of milk in natura

Stamford, Tânia Lúcia Montenegro; Silva, Celiane Gomes Maia da; Mota, Rinaldo Aparecido; Cunha Neto, Adelino da
2006-03-01

Resumo em português Os alimentos são passíveis de contaminação por diferentes agentes etiológicos, podendo levar a doenças manifestadas por ação de microorganismos patogênicos ou suas toxinas. Pesquisou-se a ocorrência de cepas de Staphylococcus, assim como a sua capacidade para produção de enterotoxinas em leite produzido e/ou comercializado no Estado de Pernambuco, Brasil. Foram isoladas e selecionadas 109 cepas de Staphylococcus coagulase positiva e negativa de leite in natura (mais) . A identificação das cepas isoladas foi realizada por meio de testes morfológicos e bioquímicos, como: testes de catalase, coagulase, hemólise, DNAse, termonuclease, produção de acetoína (VP) e metabolismo de carboidratos (glicose, maltose e manitol). Das 77 cepas coagulase positivas foram identificadas S. aureus (30), S. hyicus (3), S. intermedius (16), S. aureus identificação presuntiva (13) e Estafilococos Coagulase Positiva (SCP) (15). Das 32 cepas coagulase negativa foram identificadas S. capitis (2), S. carnosus (1), S. chromogenes (6), S. hyicus (1), S. schleiferi (1) e Estafilococos Coagulase Negativa (SCN) (21). Foram selecionadas 43 cepas que apresentaram reações de termonuclease evidentes, para análise de enterotoxinas estafilocócicas, realizada pelo teste imunoenzimático ELISA. Os resultados obtidos evidenciaram dez cepas com reação negativa para enterotoxinas: S. aureus (4), S. carnosus (1), S. chromogenes (2), S. hyicus (2) e S. intermedius (1). Entre as cepas enterotoxina positiva, foram encontrados: S. aureus (17), S. chromogenes (2), S. hyicus (1), S. intermedius (8), S. aureus identificado presuntivamente (2), cepas do grupo SCP (1) e as do SCN (2). As espécies que apresentaram maior número de linhagens enterotoxigênicas foram: S. aureus e S. intermedius. Esses resultados podem ser atribuídos à manipulação inadequada do leite e/ou à recontaminação durante o seu armazenamento e distribuição. Resumo em inglês Foods are susceptible to contamination for different etiological agents, which can take to manifested diseases by action of pathogenic microorganisms or their toxins. It was researched the occurrence of strains of Staphylococcus and your capacity in producing enterotoxins in milk in natura, that have been produced or commercialized in the State Pernambuco, Brazil. 109 strains of Staphylococus positive and negative coagulase of milk in natura were selected. The identificat (mais) ion of the isolated strains was accomplished through morphologic and biochemical tests as: catalase, coagulase, haemolysins, DNAse, thermonuclease, acetoin production (VP) and carbohydrates metabolism (glucose, maltose and mannitol). From the 77 coagulase positive strains 30 were identified as S. aureus, 3 as S. hyicus, 16 as S. intermedius, 13 as S. aureus identification presumptive and 15 as SCP. Among 32 coagulase negative strains 2 were identified as S. capitis, 1 as S. carnosus, 6 as S. chromogenes, 1 as S. hyicus, 1 as S. schleiferi and 21 as SCN. Fourty-three strains that presented very evident thermonuclease reaction, were selected in order to perform for staphylococcal enterotoxins analysis by the immuno enzimatic test (ELFA). 10 strains showed negative reaction for enterotoxins: S. aureus (4), S. carnosus (1), S. chromogenes (2), S. hyicus (2) and S. intermedius (1). Strains that gave positive results, were S. aureus (17), S. chromogenes (2), S. hyicus (1), S. intermedius (8), S. aureus identified presumptively (2) and of the groups SCP (1) and SCN (2). The species that presented larger number of enterotoxigenics strains were S. aureus and S. intermedius. Results can be attributed to the inadequate manipulation or food recontamination during the storage and distribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Cylindrospermopsis raciborskii (Woloszynska) Seenayya & Subba Raju(Cyanobacteria): variação semanal e relações com fatores ambientais em um reservatório eutrófico, São Paulo, SP, Brasil/ Cylindrospermopsis raciborskii (Woloszynska) Seenayya & Subba Raju(Cyanobacteria): weekly variation and relation with environmental factors in an eutrophic lake, São Paulo, SP, Brazil

Tucci, Andréa; Sant'Anna, Célia L.
2003-03-01

Resumo em português Florações de Cylindrospermopsis raciborskii têm sido cada vez mais freqüentes em reservatórios brasileiros em virtude da sua alta competitividade em ambientes tropicais eutrofizados. Esta espécie é produtora de toxinas extremamente agressivas, as quais podem causar problemas de saúde pública e danos ao meio ambiente. Nosso objetivo foi acompanhar a variação temporal da densidade desta população relacionando-a com variáveis ambientais e detectando os possíve (mais) is fatores que interferem no seu desenvolvimento. O lago estudado localiza-se na zona sul do Município de São Paulo (23º39' S e 46º37' W). É um corpo d'água eutrofizado e vem apresentando florações freqüentes de C. raciborskii. Amostras de água foram coletadas semanalmente, na parte mais profunda do lago, durante o período de setembro/97 a setembro/98. Foram analisados o perfil térmico, zona de mistura, transparência, zona eufótica, turbidez, pH, alcalinidade, condutividade, oxigênio dissolvido, nutrientes, clorofila a, densidade da população e densidade total da comunidade fitoplanctônica. A ordenação dos dados abióticos e bióticos foi feita através da análise de componentes principais (PCA) e análise de correspondência canônica (CCA). Durante os meses de novembro e dezembro/97 foram registrados os mais altos valores de densidade de C. raciborskii. Entre 10/12 e 17/12, a espécie contribuiu com 50% para a densidade total da comunidade. Nesse período foram registradas estratificações térmicas, elevados valores de temperatura da água e de turbidez e baixos valores de transparência da água. Os meses de outono e inverno de 1998 foram caracterizados pela ausência da espécie estudada, desestratificação térmica da coluna d'água, baixas temperaturas da água, altos valores de transparência (os maiores já registrados para o ambiente) e pelo aumento considerável dos bancos da macrófita aquática flutuante Eichhornia crassipes (Mart.) Solms. Tais interrelações são discutidas no presente trabalho. Resumo em inglês Blooms of Cylindrospermopsis raciborskii have become more and more frequent in Brazilian reservoirs because of its high competitiveness in tropical eutrophic systems. This species is able to produce very aggressive toxins which cause problems to public health and environmental hazards. Our objective was to follow up variations of C. raciborskii density and its relation with the environmental parameters. The studied lake is located in the south of São Paulo city (23º39' (mais) S and 46º37' W). It is an eutrophic system with frequent blooms of C. raciborskii. Samples were collected weekly in the deepest part of the lake, from September/97 to September/98. Temperature profile, mixing zone, euphotic zone, pH, conductivity, turbidity, dissolved oxygen, alkalinity, nutrients, chlorophyll a, C. raciborskii density and total phytoplanktonic density were analysed. The ordination of abiotic and biotic data was carried out using Principal Component Analysis (PCA) and Canonical Correspondence Analysis (CCA). During November and December/97 the highest values of C. raciborskii densities were observed. From 12/10 to 12/17, the species contributed with more than 50% to total density. In that period the water column was thermally stratified, temperature and turbidity were high and water transparency decreased. The autumn/winter of 1998 was characterized by the absence of the studied species, by unstratified water column, low water level and temperature, high values of transparency (the highest values observed in the lake) and a great increase in biomass of the macrophyte Eichhornia crassipes (Mart.) Solms. All these relations are presently discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Avaliação da atividade moluscicida do látex de três espécies de Euphorbia (Euphorbiaceae) sobre Leptinaria unilamellata d'Orbigny, 1835 (Gastropoda - Subulinidae)/ Assessment of moluscicidal activity of the latex of three Euphorbia (Euphorbiaceae) species on Leptinaria unilamellata d'Obigny 1835 (Gastropoda - Subulinidae)

Afonso-Neto, I.S; Bessa, E.A; Soares, G.L.G
2010-03-01

Resumo em português Gastrópodes pulmonados terrestres podem atuar como hospedeiros intermediários de helmintos. Os primeiros registros do controle químico desses invertebrados datam do início do século XX e as substâncias utilizadas eram toxinas inespecíficas já empregadas no controle de outras pragas. Moluscicidas sintéticos apresentam limitações técnicas que estimularam a busca de substitutos naturais. Dentre as várias espécies vegetais com atividade moluscicida, Euphorbia co (mais) tinifolia L., Euphorbia milii des Moul. var. splendens (Bojer ex Hook) Ursch & Leandri e Euphorbia tirucalli L. despertam atenção pelos excelentes resultados obtidos sobre moluscos aquáticos. Contudo, estudos sobre a atividade de plantas moluscicidas em moluscos terrestres são pouco comuns, apesar de sua grande importância parasitológica e agrícola. As semelhanças anatomo-fisiológicas entre espécies de moluscos aquáticos e terrestres sugerem que estratégias de controle químico possam ter eficiência semelhante para os dois grupos de invertebrados. Com base nessa hipótese, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a atividade moluscicida do látex de três espécies do gênero Euphorbia sobre Leptinaria unilamellata d'Orbigny, 1835, gastrópode terrestre descrito como hospedeiro intermediário de helmintos trematódeos digenéticos que parasitam animais domésticos. Destas E. milii var. splendens apresentou efeito moluscicida elevado sobre L. unilamellata, 100% até uma diluição de 1:800, já nos primeiros minutos após a aplicação. Embora citadas na literatura como tóxicas para moluscos aquáticos, E. cotinifolia e E. tirucalli não exibiram atividade moluscicida sobre L. unilamellata. Os resultados do presente estudo indicam que o látex de E. milii var. splendens pode se constituir em uma estratégia viável de controle químico de moluscos terrestres. Resumo em inglês Pulmonate terrestrial gastropods can be intermediate hosts for helminthes. The first records of chemically controlling these invertebrates date back to the beginning of the 20th century. The substances used were unspecific toxins which were already used for controlling other pests. Synthetic molluscicides have technical limitations that stimulated a search for natural substitutes. Among the many vegetal species that have molluscicidal activity, Euphorbia cotinifolia L., E (mais) uphorbia milii des Moul. var. splendens (Bojer ex Hook) Ursch & Leandri and Euphorbia tirucalli L. call attention because of the excellent results that have been obtained when they are used on aquatic mollusks. However, studies on the activity of molluscicidal plants on terrestrial mollusks are rare, in spite of its great importance in controlling parasites and to agriculture. Anatomical and physiological similarities among species of aquatic and terrestrial mollusks suggest that chemical control strategies can be effective on both groups of invertebrates. Based on this hypothesis, we assessed the molluscicidal activity of the latex of three species of the genus Euphorbia on the terrestrial gastropod Leptinaria unilamellata d'Orbigny, 1835, described as an intermediate host of digenetic trematode helminths that parasitize domestic animals. E. milii var. splendens had the highest molluscicidal effect on L. unilamellata, being 100% lethal in concentrations up to 1:1800 in the first minutes after application. Although E. cotinifolia and E. tirucalli have been cited in the literature as toxic to aquatic mollusks, they did not have molluscicidal activity on L. unilamellata. The results of our study indicate that the latex of E. milii var. splendens may be a viable strategy for the chemical control of terrestrial mollusks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Avanços no diagnóstico e tratamento da sepse/ Advances in sepsis diagnosis and treatment

Carvalho, Paulo R.A.; Trotta, Eliana de A.
2003-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar uma revisão crítica e atualizada sobre a sepse, principalmente os aspectos diagnósticos e terapêuticos. FONTES DOS DADOS: Pesquisa bibliográfica em periódicos indexados em base Medline, tanto de revisão como ensaios clínicos e pesquisa laboratorial. SÍNTESE DOS DADOS: A Conferência Internacional sobre Definição de Sepse ampliou a relação de possíveis sinais clínicos e laboratoriais de sepse, o que poderá permitir a suspeição e manej (mais) o iniciais mais eficazes. Na avaliação laboratorial, além da pesquisa do agente infectante, vários marcadores da resposta inflamatória tais como as citoquinas inflamatórias e a procalcitonina, têm sido identificados, mas ainda sem sensibilidade e especificidade suficientes para diagnóstico seguro. Quanto ao tratamento, as intervenções precoces sobre os distúrbios hemodinâmicos continuam sendo primordiais para o desfecho, assim como o uso racional de antimicrobianos. Terapias de remoção de toxinas e de aumento da resposta imune inata ainda não provaram definitivamente seu valor. O uso de bloqueadores da resposta inflamatória isolados, em qualquer fase do seu estágio, falhou em reduzir a mortalidade. O corticóide ressurge com resultados animadores, mesmo em pacientes sem insuficiência adrenal relacionada à sepse. A proteína C ativada (drotrecogina-alfa), em um grande estudo, mostrou redução de 6% de mortalidade em uma amostragem selecionada, oferecendo uma possibilidade de melhor prognóstico na sepse. CONCLUSÕES: Comparativamente aos avanços dos últimos anos, pouco se obteve com relação à diminuição de mortalidade por sepse, pela complexidade das relações patógeno-hospedeiro. A regulação individual de cada reação do hospedeiro não mostrou o efeito esperado. Algumas estratégias, já conhecidas, foram reafirmadas como benéficas, e outras, como o uso de corticóide e a proteína C ativada, estão surgindo como terapias promissoras. As pesquisas apontam para a combinação de terapias imunomoduladoras como a melhor alternativa para melhorar o desfecho na sepse. Resumo em inglês OBJECTIVE: To present a critical and updated review about sepsis, focusing especially on diagnosis and treatment. SOURCE OF DATA: Literature review of Medline, including review articles, clinical trials and original research. SUMMARY OF THE FINDINGS: The International Sepsis Definitions Conference amplified the list of possible clinical and laboratory signs of sepsis, which may allow for more efficacious suspicion and management. In terms of laboratory evaluation, in addi (mais) tion to the research for infectious agents, many inflammatory response markers, such as inflammatory cytokines and procalcitonin, have been identified. However, they lack sensitivity and specificity for safe diagnosis. In terms of treatment, early intervention to prevent hemodynamic disturbances is still essential for a positive outcome, together with the appropriate use of antimicrobials. The value of treatments to remove toxins and to increase the innate immune response has not yet been established. The use of isolated inflammatory response blockers, at any stage of sepsis, does not decrease mortality. The use of corticosteroid makes a comeback with encouraging results, even in patients without sepsis-related adrenal insufficiency. A large study on activated protein C (drotrecogin-alpha) reports a 6% decrease in mortality in a selected sample, suggesting the possibility of a better prognosis for sepsis patients. CONCLUSIONS: In comparison to the advances of the past few years, little has been achieved in terms of decreasing sepsis-related mortality due to the complexity of the pathogen-host relationships. The individual regulation of host reactions did not have the expected effects. The benefits of some known strategies were confirmed. Other types of treatment, such as corticosteroids and activated protein C therapies, are emerging as promising alternatives. Research indicates that the combination of immune modulator therapies is probably the best choice to improve outcomes in sepsis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

IMUNIDADE CRUZADA PELAS SEMENTES DE Abrus precatorius E Ricinus communis EM BOVINOS/ Crossimmunity by the seeds of Abrus precatorius and Ricinus communis in cattle

Tokarnia, Carlos Hubinger; Döbereiner, Jürgen
1997-01-01

Resumo em português Cinco bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de Abrus precatorius L. ("tento", "jiquiriti") não adoeceram ou somente levemente pela administração das sementes de Ricinus communis L. ("mamona"), em doses que em bovinos que antes nunca ingeriram sementes de A. precatorius ou R. communis, causaram intoxicação de intensidade de grau moderado a acentuado ou até a morte. Um sexto bovino, que não ficou bem imunizado contra a ação tóxica das sementes de (mais) A. precatorius, adoeceu em grau acentuado pela administração de dose elevada das sementes de R. communis. Já dos cinco bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de R. communis quatro adoeceram em grau acentuado, oquinto em grau moderado, pela administração das sementes de A. precatorias em doses que em bovinos que antes nunca ingeriram sementes de R. communis ou A. precatorius causaram intoxicação de intensidade leve a acentuada. Estes resultados permitem concluir que bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de A. precatorius são resistentes à ação tóxica das sementes de R. communis, mas que o contrário não ocorre, isto é, bovinos imunizados contra a ação tóxica das sementes de R. communis, não se mostraram protegidos contra a intoxicação por A. precatorius. Estudos anteriores por outros autores mostraram que as toxalbuminas de A. precatorius e R. communis, respectivamente abrina e ricina, são diferentes do ponto de vista antigênico. Uma explicação para a divergência desses resultados com os nossos poderia estar no fato de que no presente estudo foram usados poligástricos que receberam as sementes por via oral, enquanto que nos estudos anteriores foram usados monogástricos em que as sementes ou as toxinas foram aplicadas por via parenteral. A administração de folhas frescas ou do pericarpo do fruto de R. communis a bovinos imunizados contra a ação das sementes desta planta tiveram o mesmo efeito tóxico que em animais não imunizados, demonstrando que a imunidade conferida pela ricina não inibe a ação da ricinina, o principio tóxico das folhas e do pericarpo. Resumo em inglês Five bovines immunized against the toxicity of the seeds of Abrus precatorius L. (jequiriti bean) did not get poisoned or only slightly so when the seeds of Ricinus communis L. (castor bean) were given in amounts that in bovines, which never before ingested the seeds of A. precatorius or R. communis, caused moderate to severe poisoning or even death. A sixth bovine, which was not well immunized against the toxic action of the seeds of A. precatorius, was severely poisoned (mais) when given a high dose of the seeds of R. communis. On the other side, from five bovines immunized against the toxic action of the seeds of R. communis four were severely poisoned and the fifth one moderately when the seeds of A. precatorius were given in doses that in bovines, which never before ingested seeds of R. communis or A. precatorius, caused slight to severe poisoning. It is concluded that bovines immunized against the toxic action of the seeds of A. precatorius are resistant to the toxic action of the seeds of R. communis, but that the contrary is not the case; this is, bovines immunized against the toxic action of the seeds of R. communis were not protected against the poisoning by A. precatorius. Earlier studies by other authors had shown that the toxalbumins of the seeds of A. precatorius and R. communis, respectively abrin and ricin, are different as to their antigenic properties. A possible explanation for the difference in results can be.that in the present study polygastric animals were used which received the seeds orally, but in the earlier studies monogastric animals received the seeds or toxins by parenteral route. The administration of the fresh leaves or the pericarp of the fruits R. communis to bovines, which had been immunized against the action of the seeds of the plant, had the same toxic effect as to not immunized animals, showing that the immunity due to ricin does not give protection against the action of ricinin, the toxic principle of the leaves and the pericarp.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Diatomáceas (Bacillariophyta) marinhas e estuarinas do Paraná, Sul do Brasil: lista de espécies com ênfase em espécies nocivas/ Marine and estuarine diatoms (Bacillariophyta) from Parana, southern Brazil: check-list with emphasis on harmful species

Procopiak, Leticia Knechtel; Fernandes, Luciano Felício; Moreira-Filho, Hermes
2006-01-01

Resumo em português As listagens de espécies são importantes para conhecer a biodiversidade local. Se as espécies são nocivas e/ou exóticas, elas podem causar danos ambientais. O levantamento da biota aquática de regiões portuárias é valioso para informar quais as espécies de alto risco estão presentes na água (espécies exóticas e/ou nocivas). As espécies podem ser capturadas quando os navios estão atracados nos portos do Paraná durante a tomada de lastro. Então, estas esp� (mais) �cies podem ser transferidas para o próximo porto onde será realizado o deslastro, iniciando-se o processo de invasão biológica. Neste artigo as diatomáceas marinhas e estuarinas do Paraná foram listadas com base em trabalhos publicados desde 1918 e nos resultados do projeto ALARME (Água de Lastro: Análise de Risco, Plano de Manejo Ambiental e Monitoramento de Espécies Exóticas no Porto de Paranaguá, Paraná) no Complexo Estuarino de Paranaguá. Um total de 789 táxons específicos foram registrados, distribuídos em 167 gêneros. Destes, 575 táxons específicos, distribuídos em 152 gêneros, foram registrados para o Complexo Estuarino de Paranaguá. Algumas destas espécies são consideradas potencialmente nocivas, por sua produção de toxinas, como Amphora coffaeformis e Pseudo-nitzschia spp. Outras possuem efeitos nocivos por causarem anoxia devido ao excesso de biomassa que é decomposta por bactérias em períodos de florações. Além disso, pode ocorrer consumo excessivo de oxigênio pelas algas durante a respiração. Estas espécies são Asterionellopsis glacialis, Cerataulina pelagica, Coscinodiscus spp., Cylindrotheca closterium, Leptocylindrus spp. e Skeletonema costatum. Além destas, Chaetoceros spp. possuem setas que danificam as brânquias de peixes, causando massiva mortandade destes em algumas regiões. Algumas espécies encontradas nas amostras do projeto ALARME são novos registros para a costa do Paraná como Bellerochea horologicales, Biremis circumtexta, Gyrosigma macrum, Licmophora remulus, Nitzschia behrei Pseudo-nitzschia calliantha, P. multisseries e Thalassiosira subtilis var. máxima. Resumo em inglês The species check-lists are important to know the local biodiversity. If they are harmful and/or exotic they can cause environmental damages. The portuary regions' aquatic biota survey is valuable to inform which are the high risk species in the water (exotic or harmful species). The species can be caught when the ships are anchored in Parana harbors during the ballast taken. After that, these species can be transferred to the next harbor where it will be discharged, so i (mais) t starts the biological invasion. In this article the marine and estuarine diatoms of Parana have been listed based on some issues that have been published since 1918 and over the results of ALARME Project (Ballast Water: Risk analysis, Environmental Management Plan and Monitoring of Exotic Species in Paranagua Harbor, Parana) in the Estuarine Paranagua Complex. An amount of 789 specific taxa was recorded and distributed in 167 genera on Parana shore. Among the 789 a number of 575 specific taxa is distributed in 152 genera which were recorded in the Estuarine Paranagua Complex. Some of these species are considered potentially harmful for their toxins production i. e. Amphora coffaeformis and Pseudo-nitzschia spp. The other ones have harmful effects because of anoxia due to the excess of biomass decomposed by bacteriae during the blooming periods. Furthermore it can happens excessive oxygen consumption by algae during breathing. These species are Asterionellopsis glaciallis, Cerataulina pelagica, Coscinodiscus spp, Cylindrotheca closterium, Leptocylindrus spp and Skeletonema costatum. Furthermore, Chaetoceros spp, have setae that damage the fishes' gills causing mass mortalities in some regions. Some species found in samples of the ALARME project are new records for the Parana coast such as Bellerochea horologicales, Biremis circumtexta, Gyrosigma macrum, Licmophora remulus, Nitzschia behrei, Pseudo-nitzschia calliantha, P. multisseries and Thalassiosira subtilis var. máxima.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Perfil etiológico das diarréias agudas de crianças atendidas em São Paulo/ Etiologic profile of acute diarrhea in children in the city of São Paulo

Souza, Eloisa C.; Martinez, Marina B.; Taddei, Carla R.; Mukai, Lilian; Gilio, Alfredo E.; Racz, Maria L.; Silva, Luzinete; Ejzenberg, Bernardo; Okay, Yassuhiko
2002-02-01

Resumo em português Objetivo: determinar o perfil etiológico das diarréias agudas de um grupo de crianças de baixo nível socioeconômico atendidas em um serviço regional de pronto-atendimento pediátrico. Método: durante dois anos, as crianças com diarréia aguda atendidas durante um horário pré-estabelecido do dia e da semana foram incluídas no estudo. Os outros critérios seletivos eram: a) idade inferior a 5 anos; b) não utilização de antibiótico no mês precedente; c) ausê (mais) ncia de viagem para fora da cidade no mês precedente. Foram pesquisados nas fezes: a) rotavírus (imunofluorescência e contra-imunoeletroforese); b) bactérias - cultura em ágar MacConkey, ágar SS, ágar Columbia, verde brilhante, soroaglutinação, detecção de toxinas - INV, LT,ST,SLT I, SLT II, teste de Séreny, detecção de fatores de virulência -- EAF, eae ,BFP; c) protozoários (Hoffman e Faust). No mesmo período, um grupo controle sem diarréia foi também avaliado para os mesmos patógenos fecais. Resultados: no período de março de 1994 a junho de 1996, foram selecionadas para o estudo 154 crianças com diarréia aguda (GDA) e 42 crianças sem diarréia (GSDA). Foram detectados agentes enteropatogênicos em 112 casos (72,8%) do GDA, e em 9 (21,5%) do GSDA. A associação de dois ou mais enteropatógenos ocorreu em 47 (30,5%) casos do GDA, e em 3 (7,1%) do GSDA. Os patógenos encontrados por caso, do GDA, foram: rotavírus 32 (20,8%), bactérias 53 (34,4%), ambos 25 (16,2%), e 2 (1,4%) com Giardia lamblia (em um caso associada a rotavírus e noutro à bactéria). No GSDA, foram detectadas bactérias em 8 casos (19,1%), e bactéria associada à Giardia lamblia em 1 (2,4%) caso. Das 105 bactérias isoladas no GDA, 90 eram Escherichia coli (EPEC 27, DAEC 24, ETEC 21, EAEC 18), 12 eram Shigella sp, 2 eram Salmonella sp, e uma era Yersinia sp. As crianças com infecção mista - viral e bacteriana - apresentaram maior ocorrência de vômitos repetidos, desidratação e internação.Conclusões: as bactérias foram os enteropatógenos mais detectados nos casos de diarréia aguda, sendo a Escherichia coli a mais freqüente. Na maior parte, as cepas de Escherichia coli eram de biovariedade não-EPEC, habitualmente não investigadas nos laboratórios de patologia clínica. O rotavírus foi encontrado em grande parcela dos casos, muitas vezes em associação com as bactérias. Os protozoários tiveram importância reduzida. Resumo em inglês Objective: to evaluate the etiologic profile of acute diarrhea in socioeconomically deprived children assisted at a regional pediatric emergency care service. Methods: during two years all children with acute diarrhea assisted at a previously established day and week time schedule were included in the study. Other selective criteria were: a) age less than 5 years; b) nonuse of antibiotics in the previous month; and c) no travel outside the city in the previous month. Stoo (mais) l examination was used for the detection of the following microorganisms: a) rotavirus (immunofluorescence and counterimmunoelectrophoresis); b) bacteria - culture in MacConkey agar, SS agar, Columbia agar, bright green, serotyping, detection of toxins - INV, LT,ST,SLT I, SLT II, Sereny test, detection of virulence factors - EAF, eae, BFP; and c) protozoa (Hoffman and Faust). In the same period, a control group without diarrhea was also evaluated for the same fecal pathogens. Results: between March 1994 and June 1996, 154 children with acute diarrhea (AD) and 42 control children (WAD), that is, without acute diarrhea, were selected. In the AD group, intestinal pathogens were detected in 112 (72.8%) cases, and in 9 (21.5%) cases in the WAD group. The association of two or more intestinal pathogens occurred in 47 (30.5%) cases in the AD group, and in 3 (7.1%) cases in the WAD group. The pathogens identified in the AD cases were: Rotavirus: 32 (20.8%), bacteria: 53 (34.4%), both: 25 (16.2%), and 2 (1.4%) with Giardia lamblia (in one case associated with Rotavirus and in another one associated with bacteria). In the WAD group, only bacteria were detected in 8 (19.1%) cases, and bacteria associated with Giardia lamblia in 1 (2.4%) case. Altogether, there were 105 bacteria isolated in the AD group: 90 were Escherichia coli (EPEC 27, DAEC 24, ETEC 21, EAEC 18), 12 were Shigella sp, 2 were Salmonella sp, and one was Yersinia sp. Children with mixed infections (viral and bacterial) had increased incidence of severe vomiting, dehydration and hospitalization. Conclusions: bacteria were the most frequent pathogens detected in acute diarrhea cases, among which Escherichia coli was highly predominant. The majority of Escherichia coli strains belong to non-EPEC varieties, strains that are not routinely evaluated in clinical laboratories of pathology. Rotavirus was found in a great number of diarrhea cases, often associated with bacteria. Protozoa showed reduced importance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Microangiopatias trombóticas: púrpura trombocitopênica trombótica e síndrome hemolítico-urêmica/ Thrombotic microangiopathies: thrombotic thrombocytopenic purpura / hemolytic uremic syndrome

Polito, Maria Goretti; Kirsztajn, Gianna Mastroianni
2010-09-01

Resumo em português As microangiopatias trombóticas (MATs) são condições caracterizadas por oclusão microvascular generalizada por trombos de plaquetas, trombocitopenia, e anemia hemolítica microangiopática. Duas manifestações fenotípicas típicas das MATs são a síndrome hemolítica urêmica (SHU) e a púrpura trombocitopênica trombótica (PTT). Outras doenças ocasionalmente apresentam manifestações similares. Na dependência de prevalecer a lesão renal ou a cerebral, duas e (mais) ntidades patologicamente indistinguíveis, mas de alguma forma clinicamente diferentes, têm sido descritas: a SHU e a PTT. Injúria das células endoteliais é o fator desencadeante central na sequência de eventos que levam a MAT. Perda da trombo resistência fisiológica, adesão de leucócitos no endotélio lesado, consumo de complemento, liberação e fragmentação anormais do fator de von Willebrand (FvW), e aumento do estresse de cisalhamento vascular podem sustentar e ampliar o processo microangiopático. Anormalidades intrínsecas do sistema do complemento e do FvW podem acompanhar a predisposição genética à doença, que pode ter um papel chave, em particular nas formas recorrentes e familiares. Nos casos de SHU associada à diarreia (SHU+D), o dano endotelial renal é mediado (pelo menos em parte) pela Shigatoxina (Stx) bacteriana, uma família de toxinas elaboradas por certas cepas da Escherichia coli e Shigella dysenteriae. A evolução é geralmente boa na criança, na SHU associada a Stx, enquanto sequelas renais e neurológicas são mais frequentemente encontradas em adultos, formas familiares e atípicas da SHU e na PTT. Estudos recentes têm demonstrado que a deficiência na clivagem do FvW pela proteinase ADAMTS13 pode ser genética ou mais comumente adquirida, resultante da produção de anticorpos inibidores da ADAMTS13, causando a PTT. Durante a última década, demonstrou-se que a SHU atípica (SHU-D) é uma doença de desregulação da via alternativa do complemento. Uma série de mutações e polimorfismo em genes que codificam proteínas reguladoras do complemento sozinhas ou em combinação podem levar a SHU atípica. Aproximadamente 60% dos casos de SHU atípica têm mutações do tipo "perda da função" em genes que codificam as proteínas reguladoras do complemento, as quais protegem as células hospedeiras da ativação do complemento: fator H do complemento (FHC), fator I (FIC) e proteína cofator de membrana (PCM ou CD46), ou mutações do tipo "ganho da função" em genes que codificam o FHC ou C3. Além disso, aproximadamente 10% dos pacientes com SHU atípica têm deficiência na função do FHC devido a anticorpos anti-FHC. Mesmo que as MATs sejam condições altamente heterogêneas, um terço dos pacientes tem deficiência severa da ADA-MTS13. Transfusões de plaquetas são contraindicadas nesses pacientes. Infusão de plasma ou plasma exchange (PE) é o único tratamento eficiente. Resumo em inglês Thrombotic microangiopathies (TMAs) are pathological conditions characterized by generalized microvascular occlusion by platelet thrombi, thrombocytopenia, and microangiopathic hemolytic anemia. Two typical phenotypes of TMAs are hemolytic- uremic syndrome (HUS) and thrombotic thrombocytopenic purpura (TTP). Other disorders occasionally present with similar manifestations. Depending on whether renal or brain lesions prevail, two pathologically indistinguishable but someho (mais) w clinically different disorders have been described: HUS and TTP. Injury to the endothelial cell is the central and likely inciting factor in the sequence of events leading to TMA. Loss of physiological thromboresistance, leukocyte adhesion to damaged endothelium, complement consumption, abnormal von Willebrand factor release and fragmentation, and increased vascular shear stress may then sustain and amplify the microangiopathic process. Intrinsic abnormalities of the complement system and of the von Willebrand factor pathway may account for a genetic predisposition to the disease that may play a paramount role in particular in familial and recurrent forms. In the case of diarrhea-associated HUS (D+HUS), renal endothelial damage is mediated (at least in large part) by the bacterial agent Shigatoxin (Stx), which is actually a family of toxins elaborated by certain strains of Escherichia coli and Shigella dysenteriae. Outcome is usually good in childhood, Shiga toxin-associated HUS, whereas renal and neurological sequelae are more frequently reported in adult, atypical, and familial forms of HUS and in TTP. Recent studies have demonstrated that deficiency in the von Willebrand factor cleaving protease ADAMTS13, due to deficiency of ADAMTS13 can be genetic or more common, acquired, resulting from autoimmune production of inhibitory anti-ADAMTS13 antibodies, that causes TTP. During the last decade, atypical HUS (aHUS) has been demonstrated to be a disorder of the complement alternative pathway dysregulation, as there is a growing list of mutations and polymorphisms in the genes encoding the complement regulatory proteins that alone or in combination may lead to aHUS. Approximately 60% of aHUS patients have so-called 'loss-of-function' mutations in the genes encoding the complement regulatory proteins, which normally protect host cells from complement activation: complement factor H (CFH), factor I (CFI) and membrane cofactor protein (MCP or CD46), or have 'gain-of-function' mutations in the genes encoding the complement factor B or C3. In addition, approximately 10% of aHUS patients have a functional CFH deficiency due to anti-CFH antibodies. Although TMAs are highly heterogeneous pathological conditions, one-third of TMA patients have severe deficiency of ADAMTS13. Platelet transfusions are contraindicated. Plasma infusion or exchange (PE) is the only treatment of proven efficacy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Ocorrência e distribuição de esporos de Clostridium botulinum tipos C e D em áreas de criação de búfalos na Baixada Maranhense/ Occurrence and distribution of Clostridium botulinum type C and D spores in buffalo breeding areas of the Baixada Maranhense, Maranhão, Brazil

Silva, Tânia M.D.; Dutra, Iveraldo S.; Castro, Raimundo N.; Döbereiner, Jürgen
1998-07-01

Resumo em português Botulismo é enzoótico na criação de búfalos da Baixada Maranhense, Estado do Maranhão. No presente trabalho foram realizados estudos para verificar a ocorrência e distribuição de esporos de Clostridium botulinum tipos C e D em amostras de solo, limo e fezes de búfalos, colhidas aleatoriamente em áreas inundáveis da criação de búfalos nessa Baixada. A evidenciação de esporos foi realizada em 40 amostras de fezes, 65 de limo e 35 de solo, provenientes de qu (mais) atro municípios, pelo cultivo em meio de cultura com carne cozida e posterior inoculação do sobrenadante filtrado em camundongo, na tentativa de verificação da presença de toxina botulínica. A tipificação de amostras positivas foi realizada pela microfixação de complemento. Os resultados revelaram que 104 (74,28%) das 140 amostras examinadas foram positivas para a presença de esporos de C. botulinum pelo teste indireto. Não houve diferença significativa (P>0,05) entre os valores obtidos quando das análises das amostras de solo (77,1%), limo (60,0%) e fezes (95,0%). Das 28 amostras de solo, limo e fezes positivas, que foram utilizadas para a tipificação, quatro (14,29%) foram classificadas como tipo C, 23 (82,14%) como tipo D e uma (3,5%) como pertencente ao complexo CD. Os resultados revelaram uma alta contaminação ambiental por C. botulinum em áreas de criação de búfalos da Baixada Maranhen-se. A identificação de outros tipos e de subtipos de C. botulinum não foi realizada. Resumo em inglês As botulism is a common disease in buffaloes raised in the low lands of the State of Maranhão, Brazil, the occurrence of Clostridium botulinum spores was evaluated in buffalo breeding areas of 4 municipalities in the "Baixada Maranhense". Twenty eight samples of faeces, mud and soil were collected and divided into 140 subsamples, being 40 of faeces, 65 of mud and 35 of soil. Botulinum toxin was detected in the filtrates of 104 cultures (74.28%) from 140 subsamples throug (mais) h the inoculation of mice. Using the microcomplement fixation technique for the identification of C. botulinum toxins, type C (14.29%), D (82.14%) and CD complex (3.57%) were found. No significant differences (P>0.05%) between faeces, mud and soil samples were observed. There was a high contamination with C. botulinum spores of the buffalo faeces, mud and soil in the areas studied. Identification of other types and subtypes of C. botulinum was not attempted.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Reevaluation of Production of Paralytic Shellfish Toxin by Bacteria Associated with Dinoflagellates of the Portuguese Coast

Pereira, Paulo; Martins, Claudia A.; Tavares, Maria João; Alvito, Paula; Doucette, Gregory; Franca, Susana

Paralytic shellfish toxins (PSTs) are potent neurotoxins produced by certain dinoflagellate and cyanobacterial species. The autonomous production of PSTs by bacteria remains controversial. In this study, PST production by two bacterial strains, isolated previously from toxic dinoflagellates, was eva...

DRIVER (Portuguese)

57

Otimização de método analítico para determinação de aflatoxinas em rações de caprinos e ocorrência no estado da Bahia/ Optimization of analytical method for aflatoxins determination in goats feedstuffs and their occurrence in the state of Bahia

Batatinha, M.J.M.; Botura, M.B.; Simas, M.M.S.; Mallmann, C.A.; Bittencourt, T.C.B.S.C.; Sabino, M.
2008-04-01

Resumo em inglês The optimization of the thin layer chromatography (TLC) method to determine aflatoxins in feedstuffs and the evaluation of their occurrence in feedstuffs for milk-yielding does in the state of Bahia were studied. Eighty feedstuff samples were collected from five farms, located in the Recôncavo Baiano, from November 2000 to August 2002. The samples were analyzed using TLC modified method. In this study, the detection and quantification limits were 5 and 8m g/kg, respectiv (mais) ely. The percentage of average recoveries obtained for AFB1, AFB2, AFG1, and AFG2 were 81.0; 97.2; 89.3; and 90.3%, respectively; and the coefficient of variation ranged from 0.83 to 4.1%. The results revealed that the optimization of TLC methodology is efficient to analyze aflatoxins in feedstuffs. The presence of these aflatoxins was not detected in any of the analyzed samples, demonstrating good quality of those products, regarding the contamination by these toxins.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Metodologias analíticas para determinação das fumonisinas em milho e alimentos à base de milho/ Analitycal metodologies for the determination of fumonisins in maize and maize-based food products

Lino, Celeste M.; Silva, Liliana J. G.; Pena, Angelina S.
2006-04-01

Resumo em inglês Fumonisins are mycotoxins occurring worldwide, mainly in maize and maize-based food products, which could affect animal and human health. This paper reviews analytical methodologies for the determination of these fungal toxins in foods. It includes extraction, cleanup, derivatization procedures, detection, quantification, and confirmation procedures. Initial attempts at gas chromatographic methods and thin layer chromatography were supplanted by liquid chromatographic met (mais) hods, mainly performed with fluorometric detection, or mass spectrometry detection, enabling the analysis of polar and thermolabile chemicals without chemical derivatization, which results in lower limits of detection. Alternative methods, such as enzyme linked immunosorbent assay or zone capillary zone electrophoresis, are also described.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Efeito de herbicidas sobre a polimerização dos microtúbulos e indução de micronúcleos em protoplastos de Helianthus maximiliani/ Effect of herbicides on the polymerization of the microtubule and induction of micronuclei in Helianthus maximiliani protoplasts

BINSFELD, PEDRO C.; PETERS, JOSÉ A.; SCHNABL, HEIDE
2000-01-01

Resumo em português Com o objetivo de estudar a cinética da despolimerização dos microtúbulos e a dinâmica da indução de micronúcleos, usaram-se dois herbicidas com ação antimitótica, amiprofós-metil (APM) e oryzalin (ORY), em células de Helianthus maximiliani. A aplicação de ambos os herbicidas em células com ativo crescimento resultou num elevado número de células com micronúcleos, em virtude das modificações mitóticas causadas pela ausência de microtúbulos. Primeir (mais) amente, cromossomos isolados ou grupos de 2 ou mais cromossomos espalharam-se pelo citoplasma. Duas a três horas após a aplicação dos herbicidas, os microtúbulos, estavam despolimerizados e os cromossomos metafásicos condensaram-se, formando diretamente os micronúcleos sem ter havido a divisão do centrômero e a separação das cromátides. A concentração mais eficiente de ORY foi 20 µM, ao passo que para APM foi 60 µM, para um período de incubação de 36 e 48 h respectivamente. O prolongamento do período de tratamento elevou a freqüência de micronúcleos deformados, bem como aumentou a morte celular. A adição de citocalasina-B (CB) (20 µM), após 24 h da aplicação dos herbicidas, aumentou significativamente a micronucleação e estabilização dos micronúcleos nas células. O controle dos microtúbulos de células em suspensão torna-se uma ferramenta eficiente para a indução de micronúcleos, bem como representa um método elegante para a transferência genômica parcial. Resumo em inglês In order to verify the kinetics of microtubule depolymerization and dynamics of micronuclei induction, two anti-mitotic herbicides, Amiprophos-methyl (APM) and Oryzalin (ORY), were added to dividing cells of Helianthus maximiliani. The addition of both herbicides to actively dividing cells resulted in a high number of cells with micronuclei through modification of mitosis. Single chromosomes and groups of 2 or more chromosomes were scattered over the cytoplasm. After 2-3 (mais) h of herbicide application, microtubules were depolymerized and the metaphase chromosomes changed directly into micronuclei, without centromere division and chromatid separation. The most efficient concentrations were 20 µM ORY and 60 µM APM when incubated for 36 and 48 h, respectively. When the treatment duration was increased, the frequency of cells with deformed micronuclei as well as cell death increased. The presence of citochalasina-B (CB) (20 µM) after 24 h of herbicide application increased the frequency of micronucleation and stabilization of the micronuclei in the cells significantly. The control of microtubules using anti-mitotic toxins provides an efficient tool for micronuclei induction as well as representing an elegant method for partial genome transfer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Characterisation of mycoflora and aflatoxigenic fungi from portuguese almonds: from production to commercialization.

Rodrigues, Paula; Venâncio, Armando; Lima, Nelson

Aflatoxins are among the most carcinogenic natural compounds known, and have been frequently detected in numerous agricultural commodities, nut fruits being among the most contaminated ones. These toxins are a result of the secondary metabolism of fungi belonging to the genus Aspergillus Section Fla...

DRIVER (Portuguese)

63

Avaliação da remoção de saxitoxinas por meio de técnicas de tratamento das águas de abastecimento/ Saxitoxins removal evaluation by means of the drinking-water treatment processes

Viana-Veronezi, Mônica; Giani, Alessandra; Melo, Cristiane da Silva; Gome, Lenora Ludolf; Libânio, Marcelo
2009-06-01

Resumo em português O objetivo do trabalho é avaliar a eficiência da adsorção com carvão ativado em pó (CAP) e da cloração de cálcio na remoção de saxitoxinas. As saxitoxinas dispersas em água destilada foram produzidas por meio da extração de células viáveis de cianobactérias da espécie Cylindrospermopsis raciborskii. Os ensaios foram realizados em equipamento de jar test adaptado e empregando-se três tipos de CAP e hipoclorito de cálcio. Os tempos de detenção aplicado (mais) s foram de duas horas para adsorção e 30 e 60 minutos para oxidação. Os resultados evidenciaram que a eficiência de remoção, para a adsorção, está intrinsecamente relacionada ao tipo de carvão e à dosagem empregada, obtendo maior eficiência para o CAP de madeira. Para oxidação, os dois tempos de contato e as dosagens avaliadas apresentaram eficiência praticamente constante, da ordem de 80%, atendendo ao estabelecido pela Portaria 518. Resumo em inglês This paper focuses on the evaluation of the saxitoxins removal by means of adsorption and oxidation. These toxins were produced through extraction of viable cells from cyanobacteria Cylindrospermopsis raciborskii. The tests were carried out in the batch scale with three different powdered activated carbons and calcium hypochlorite. The detention times were two hours for adsorption, and 30 and 60 minutes for oxidation tests. The results pointed out that the type and dosage (mais) of carbon are strongly related, and the wood carbon presented higher efficiency. The oxidation efficiency was approximately 80% for both evaluated detention times and distinct dosages, keeping practically constant for all tests according to the limit established by the Brazilian Drinking-water Legislation 518.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Atividade tóxica de isolados de Bacillus Thuringiensis a larvas de Aedes Aegypti (l.) (diptera: culicidae)/ Toxic activity of Bacillus Thuringiensis isolates to Aedes Aegypti (l.) (diptera: culicidae) larvae

Costa, Juliana R V da; Rossi, Juliana R; Marucci, Suzana C; Alves, Eliane C da C; Volpe, Haroldo X L; Ferraudo, Antonio S; Lemos, Manoel V F; Desidério, Janete A
2010-10-01

Resumo em inglês Aedes aegypti (L.), the main vector of dengue fever in Brazil, has been controlled with the use of massive chemical products, contributing to the development of resistance and decreasing the insect control efficiency. The control of dipterans with bioinsecticides based on Bacillus thuringiensis has been satisfactory, due to the production of insecticidal proteins denominated Cry (crystal), Cyt (cytolytic) toxins and Chi (chitinase), and to the synergistic effects among th (mais) em. The present work aimed to select B. thuringiensis isolates efficient against A. aegypti larvae. A bacterial collection containing 1,073 isolates of B. thuringiensis, obtained from different locations of Brazilian territory, had the DNA isolated and submitted to PCR amplifications using specific primers for cry4Aa, cry4Ba, cry11Aa, cry11Ba, cyt1Aa, cyt1Ab, cyt2Aa and chi genes. For the LC50 and LC90 determination, the entomopathogenic isolates were evaluated by selective and quantitative bioassays. Only 45 isolates (4.2%) presented amplicons for the cry and cyt genes. The chi gene sequence was detected in 25 (54.3%) of those isolates. From the 45 isolates submitted to the selective bioassays, 13 caused 100% mortality of A. aegypti larvae. The identification of cry, cyt and chi genes of B. thuringiensis and the toxicity analysis on A. aegypti led to the selection of a set of isolates that have the potential to be used in the formulation of new bioinsecticides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)