Sample records for torulopsis
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Estudo de alguns fatores condicionantes da fixação específica de leveduras psicrofóbicas em hospedeiros animais

Leon, L. L.; Travassos, L. R.
1974-01-01

Resumo em português Utilizando-se 3 amostras de leveduras psicrofóbicas: Torulopsis pintolopesii, Torulopsis bovina e Candida slooffii foram realizadas experiências visando a determinação dos possíveis fatores condicionantes da especificidade destas leveduras para determinados hospedeiros. Estes fatores parecem estar relacionados às exigências nutritivas das amostras, apresentando interesse no estudo da associação ecológica. Não foram detectados fatores estomacais determinantes da (mais) especificidade para o hospedeiro, observada em algumas amostras, embora não estejam excluídos fatores nutricionais presentes em áreas mais distais do trato digestivo. Alguns resultados sobre a viabilidade de leveduras em presença de soros animais sugerem que fatores séricos podem ser importantes na fixação de microrganismos nos animais hospedeiros. Resumo em inglês The psychrophobic yeasts Torulopsis pintolopesii, Torulopsis bovina and Candida slooffii were studied aiming at determining some of the factors important for the specificity of yeastdwelling in certain hosts. These factors seem to be related in part to the nutritional requirements of the strains. Stimulatory or inhibitory factors extracted from the stomach of different animal species were unrelated to the specific fixation of certain yeasts in their hosts. We cannot howev (mais) er exclude that factors present in the more distal areas of the digestive tract are responsible for this specific fixation. Studies on the viability of yeasts in presence of animal sera suggest that serum factors may be equally important in determining the host-specificity of some psychrophobic yeasts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Identificação da microbiota fúngica de ambientes considerados assépticos/ Identification of the fungic microbiota isolated in areas considered aseptic

Almeida, Maria Elisabete Sbrogio de; Martini, Maria Helena; Porto, Edward; Camargo, Ana Maria Martins de; Rizzo, Edda de; Lacaz, Carlos da Silva
1988-06-01

Resumo em português Objetivou-se isolar e identificar a microbiota fúngica em ambientes considerados assépticos, através de exposições com meios de cultivo adequados, em três épocas distintas do ano, antes e imediatamente após as manobras técnicas realizadas em três áreas de trabalho: ambiente aberto, ambiente fechado sem filtração de ar e ambiente fechado com filtração de ar, utilizadas em produção de imunobiológicos. Os meios ágar-Sabouraud e ágar-soja, enriquecidos com (mais) 0,2% de extrato de levedura e sem cloranfenicol, foram estudados quanto à sua eficácia no isolamento de bolores e leveduras, considerando-se o número de colônias desenvolvidas e a freqüência dos diversos fungos isolados. Isolaram-se 67 espécimens, sendo 64 fungos filamentosos (bolores) e três leveduras. Dos bolores, 54 pertenciam a 22 gêneros da divisão Deuteromycota, famílias Moniliaceae e Dematiaceae, cinco amostras filamentosas foram incluídas na ordem Agonomycetales (Mycelia Sterilia), e uma amostra foi classificada na divisão Deuteromycota, ordem Sphaeropsidales, classe Coelomycetes. Da divisão Zygomycota, ordem Mucorales, família Mucoraceae, um único mucoráceo foi identificado até gênero. As três leveduras pertenciam também à divisão Deuteromycota (Fungi Imperfecti), família Cryptococcaceae, e foram identificadas como sendo duas Rhodotorula rubra e uma Torulopsis candida. Comprovou-se que o número de colônias isoladas aumentou após a realização das monobras técnicas e que a filtração de ar através de filtros tipo HEPA, reduzindo o número de colônias isoladas nos ambientes fechados, aumenta a segurança do trabalho; comumente é recomendada para áreas de atividade técnica cujos resultados satisfatórios estão diretamente relacionados com uma baixa incidência de contaminantes. Resumo em inglês The isolation and identification of the fungic microbiota present in areas considered aseptic (open and/or restricted, with or without air filtration (HEPA filters) where production of immunobiologicals is carried out)were investigated Three exposures were made with appropriate culture media, in different seasons of the year, before and immediately after the performance of the technical work. Agar-Sabouraud and agar-soy media supplemented with 0.2% yeast extract and witho (mais) ut chloranphenicol had their efficacy tests in isolating the filamentous fungia e (molds) and yeasts in the light of the number of cultures grown and the frequency exhibited by the various specimens isolated. Sixty-seven specimens (64 of filamentous fungiae (molds) and three yeasts) have been identified. Of the filamentous fungiae (molds), 54 belonged to 22 genera of the division Deuteromycota, families Moniliaceae and Dematiaceae, five were included in the order Agonomycetales (Mycelia Sterilia), and one was classified in the order Sphaeropsidales, class Coelomycetes. Of the division Zygomycota, order Mucorales, family Mucoraceae, only one specimen could be identified as to genus. The three yeasts, belonging also to the division Deuteromycota (Fungi Imperfecti), family Cryptococcaceae, were identified as two Rhodotorula rubra and one Torulopsis candida. It was demonstrated that the number of colonies isolated in the areas studied increased after the performance of technical maneuvers and that air filtration by means of HEPA filters, reducing to number of colonies isolated in restricted areas, increased safety and is consequently recommended for working areas where successful or unsuccessful results depend on a low incidence of contamination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Identificação da microbiota fúngica de ambientes considerados assépticos/ Identification of the fungic microbiota isolated in areas considered aseptic

Almeida, Maria Elisabete Sbrogio de; Martini, Maria Helena; Porto, Edward; Camargo, Ana Maria Martins de; Rizzo, Edda de; Lacaz, Carlos da Silva
1988-06-01

Resumo em português Objetivou-se isolar e identificar a microbiota fúngica em ambientes considerados assépticos, através de exposições com meios de cultivo adequados, em três épocas distintas do ano, antes e imediatamente após as manobras técnicas realizadas em três áreas de trabalho: ambiente aberto, ambiente fechado sem filtração de ar e ambiente fechado com filtração de ar, utilizadas em produção de imunobiológicos. Os meios ágar-Sabouraud e ágar-soja, enriquecidos com (mais) 0,2% de extrato de levedura e sem cloranfenicol, foram estudados quanto à sua eficácia no isolamento de bolores e leveduras, considerando-se o número de colônias desenvolvidas e a freqüência dos diversos fungos isolados. Isolaram-se 67 espécimens, sendo 64 fungos filamentosos (bolores) e três leveduras. Dos bolores, 54 pertenciam a 22 gêneros da divisão Deuteromycota, famílias Moniliaceae e Dematiaceae, cinco amostras filamentosas foram incluídas na ordem Agonomycetales (Mycelia Sterilia), e uma amostra foi classificada na divisão Deuteromycota, ordem Sphaeropsidales, classe Coelomycetes. Da divisão Zygomycota, ordem Mucorales, família Mucoraceae, um único mucoráceo foi identificado até gênero. As três leveduras pertenciam também à divisão Deuteromycota (Fungi Imperfecti), família Cryptococcaceae, e foram identificadas como sendo duas Rhodotorula rubra e uma Torulopsis candida. Comprovou-se que o número de colônias isoladas aumentou após a realização das monobras técnicas e que a filtração de ar através de filtros tipo HEPA, reduzindo o número de colônias isoladas nos ambientes fechados, aumenta a segurança do trabalho; comumente é recomendada para áreas de atividade técnica cujos resultados satisfatórios estão diretamente relacionados com uma baixa incidência de contaminantes. Resumo em inglês The isolation and identification of the fungic microbiota present in areas considered aseptic (open and/or restricted, with or without air filtration (HEPA filters) where production of immunobiologicals is carried out)were investigated Three exposures were made with appropriate culture media, in different seasons of the year, before and immediately after the performance of the technical work. Agar-Sabouraud and agar-soy media supplemented with 0.2% yeast extract and witho (mais) ut chloranphenicol had their efficacy tests in isolating the filamentous fungia e (molds) and yeasts in the light of the number of cultures grown and the frequency exhibited by the various specimens isolated. Sixty-seven specimens (64 of filamentous fungiae (molds) and three yeasts) have been identified. Of the filamentous fungiae (molds), 54 belonged to 22 genera of the division Deuteromycota, families Moniliaceae and Dematiaceae, five were included in the order Agonomycetales (Mycelia Sterilia), and one was classified in the order Sphaeropsidales, class Coelomycetes. Of the division Zygomycota, order Mucorales, family Mucoraceae, only one specimen could be identified as to genus. The three yeasts, belonging also to the division Deuteromycota (Fungi Imperfecti), family Cryptococcaceae, were identified as two Rhodotorula rubra and one Torulopsis candida. It was demonstrated that the number of colonies isolated in the areas studied increased after the performance of technical maneuvers and that air filtration by means of HEPA filters, reducing to number of colonies isolated in restricted areas, increased safety and is consequently recommended for working areas where successful or unsuccessful results depend on a low incidence of contamination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)