Sample records for tonsils
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Estudo microbiológico do core e superfície das amígdalas palatinas em crianças portadoras de faringoamigdalites de repetição e hipertrofia adenoamigdaliana/ Microbiologic study of the core and surface of the tonsils in children with recurrent and hypertrophic tonsillitis

Costa, Felipe Neiva; Santos, Odimara; Weckx, Luc Louis Maurice; Pignatari, Shirley S. N.
2003-03-01

Resumo em português OBJETIVO: As faringoamigdalites bacterianas, assim como a hipertrofia das amígdalas palatinas, são extremamente freqüentes na população infantil. Este estudo visa a pesquisa e identificação da flora bacteriana que coloniza as amígdalas palatinas nas crianças portadoras destas afecções. FORMA DE ESTUDO: Clínico prospectivo. CASUÍSTICA E MÉTODO: Neste estudo, os autores avaliam 90 pacientes de ambos os sexos, com idades entre 2 e 6 anos (Pré-escolares) e 6 e (mais) 12 anos (Escolares) com indicação de adenoamigdalectomia; 27 com histórico de faringoamigdalites de repetição (AR), e 63 portadores de hipertrofia adenoamigdaliana obstrutiva (AO), assistidos na Disciplina de Otorrinolaringologia Pediátrica da Universidade Federal de S Paulo, no período de abril de 1999 a 2002. Foram colhidos swabs da superfície das amígdalas palatinas no momento da cirurgia, e após sua remoção cirúrgica, realizados esfregaços do core amigdaliano. O material obtido foi analisado em relação ao crescimento bacteriano. RESULTADOS: De uma forma geral, independentemente da faixa etária e do grupo, as bactérias consideradas patogênicas mais prevalentes foram o Haemophilus sp, 50,5% no grupo AO e 59,2% no grupo AR; Staphilococcus aureus (S. aureus), 50,7% no grupo AO e 33,3% no grupo AR; Streptococcus pyogenes (S.pyogenes), 9,5% no grupo AO e 7,4% no grupo AR; Streptococcus pneumoniae (S. pneumoniae), 4,7% no grupo AO e 0% no grupo AR; e Moraxella sp, 6,3% no grupo AO e 11,1% no grupo AR, não ocorrendo diferença significativa entre a superfície e o core. Tanto nos pré-escolares como nos escolares, o S. aureus foi mais freqüente nas crianças com hipertrofia (AO) em relação às que apresentavam infecções de repetição (AR). Nos escolares, o S. pyogenes foi mais prevalente no grupo AR, e embora presente em pré-escolares do grupo AO, não foi isolado nas crianças com infecção de repetição. O S. pneumoniae só foi isolado em crianças com hipertrofia adenoamigdaliana. CONCLUSÃO: Os resultados do nosso estudo sugerem que a flora bacteriana que coloniza a superfície amigdaliana é semelhante à do core amigdaliano; que a prevalência de S. pyogenes colonizante na orofaringe de crianças é alta, em torno de 10%, e que o S. aureus é mais prevalente em crianças portadoras de hipertrofia adenoamigdaliana. Resumo em inglês AIM: Bacterial pharyngotonsillitis and tonsil hypertrophy are extremely frequent in childhood. This study aims to identify and verify the frequency of the bacterial colonization in tonsils of children with history of recurrent tonsillitis and tonsil hypertrophy. STUDY DESIGN: Clinical prospective. PATIENTS AND METHOD: Ninety children, both female and male, ages between 2 and 6 years (pre-school children) and 6 and 12 years (scholars) scheduled for adenotonsillectomy; 27 w (mais) ith history of recurrent pharyngotonsillitis (AR), and 63 with obstructive adenotonsillar hypertrophy (AO), assisted at Division of Pediatric Otolaryngology, Federal University of Sao Paulo, were evaluated from 1999 to 2002. Material from the surface of the tonsils was taken with swabs at the moment of the surgery. After tonsil removal, material was also taken from the tonsil core. The obtained material were submitted to culture and analyzed according to bacterial growth. RESULTS: Overall, regardless the age and the diagnostic group, the most prevalent pathogenic isolated bacteria were Haemophilus sp, 50.5% in the AO group and 59.2% in the group AR; S. Aureus, 50.7% in the AO group, and 33.3% in group AR; S pyogenes, 9.5% in the AO group and 7.4% group AR; S. pneumoniae, 4.7% in the AO group, and 0% in group AR; and Moraxella sp, 6.3% in the AO group and 11.1% in group AR. No significant difference was noted between the bacteria isolated from surface and the tonsil core. S aureus was more frequent in the AO group compared to the group AR in both, school children and scholars. Scholars presented higher incidence of S pyogenes in the AR group, and although also present in the pre-school children tonsils, it was only isolated in the AO group. S pneumoniae was only isolated in children with obstructive adenotonsillitis (AO). CONCLUSION: The results of our study suggest that the surface and core bacterial colonization of the tonsils is similar. It also seems that the prevalence of S pyogenes colonization is high, around 10%, and that S aureus is more prevalent in children with hypertrophic adenotonsillitis compared to the group with recurrent infections.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Achado de bactérias selecionadas em crianças de Trinidad com doença amigdaliana crônica/ Selected bacterial recovery in Trinidadian children with chronic tonsillar disease

Pereira, Lexley Maureen Pinto; Juman, Solaiman; Bekele, Isaac; Seepersadsingh, Nadira; Adesiyun, Abiodun A
2008-12-01

Resumo em português Faringoamigdalite na população pediátrica é largamente tratada com antibióticos. OBJETIVO: Estudar a microflora presente na superfície e no núcleo de amígdalas após adenoamigdalectomia eletiva em crianças. MÉTODO: Amígdalas de 102 crianças de Trinidad foram prospectivamente estudadas por meio de culturas e identificações bacteriológicas feitas a partir de amostras das superfícies e núcleos de suas amígdalas entre 2005-2006. RESULTADOS: A partir de 360 a (mais) mígdalas, foram isolados Streptococcus spp. (51,3%), Staphylococcus spp. (42,3%) e Gram-Negativos (6,4%). A identificação de estafilococos e estreptococos tanto na superfície quanto no núcleo foi semelhante (p>0,05). Encontramos mais (p Resumo em inglês Pharyngotonsillitis in children is widely treated with antibiotics. AIM: To examine tonsil surface and core microflora following elective adenotonsillectomy in children. METHODS: Tonsils of 102 Trinidadian children were prospectively examined for surface and core bacteriological culture and identification between 2005-2006. RESULTS: Tonsils (360) yielded 800 isolates of Streptococcus spp. (51.3%), Staphylococcus spp. (42.3%) and Gram-negative genera (6.4%). Surface and co (mais) re recovery of staphylococci and streptococci were similar (p>0.05). More (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Assimetria de tonsilas palatinas: experiência de 10 anos do serviço de otorrinolaringologia do hospital de clínicas da Universidade Federal do Paraná/ Palatine tonsils asymmetry: 10 years experience of the otorhinolaryngology service of the clinical hospital of the Federal University of Paraná

Ballin, Annelyse Cristine; Koerner, Heloisa Nardi; Ballin, Carlos Henrique; Pereira, Rodrigo; Alcântara, Lauro João Lobo; Taques, Guilherme Ribas; Mocellin, Marcos
2011-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Poucos pacientes com amígdalas palatinas assimétricas apresentam linfoma, entretanto a maioria dos linfomas em amígdalas palatinas cursam com assimetria amigdaliana. OBJETIVO: Relatar o perfil dos pacientes e das alterações histopatológicas em pacientes submetidos a adenoamigdalectomia/amigdalectomia com amígdalas palatinas desproporcionais. MÉTODO: Estudo retrospectivo, baseado na análise de dados do Banco de Dados do Serviço de Anatomia Patológi (mais) ca e na revisão dos prontuários de pacientes submetidos a adenoamigdalectomias e amigdalectomias com assimetria de amígdalas palatinas durante o período de outubro de 1999 a outubro de 2009 no Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Federal do Paraná (UFPR). RESULTADOS: Foram incluídos 50 pacientes, com idade entre 3 a 53 anos, idade média de 14,05 anos. O exame anatomopatológico evidenciou 48 pacientes (96%) com hiperplasia linfoide e 2 casos de linfoma (4%). Estes eram homens de 40 e 53 anos com queixa de aumento unilateral da amígdala, um deles apresentava outros sintomas (astenia e emagrecimento). Ao exame físico: desproporção amigdaliana, sem envolvimento de outros órgãos ou linfonodos. CONCLUSÕES: Nosso estudo concorda com a literatura quanto aos linfomas serem mais comuns em homens, o paciente ser o primeiro a notificar o aumento de volume e a assimetria ser maior que 2 graus entre as amígdalas palatinas em casos de linfoma. Embora raro, mesmo na presença de disparidades, há chances da assimetria cursar com um quadro maligno. A necessidade de avaliação anatomopatológica de uma peça deve ser considerada juntamente a outros dados clínicos que sugiram um quadro maligno em vigência. Resumo em inglês INTRODUCTION: A few patients with asymmetric palatine tonsils have lymphoma; but most lymphomas in palatine tonsils evolve with tonsillar asymmetry. OBJECTIVE: To report the profile of patients and histopathological changes in patients submitted to adenotonsillectomy/tonsillectomy with disproportional palatine tonsils. METHOD: Retrospective study based on data analysis from the Pathologic Anatomy Service Database and in the review of reports of patients submitted to adeno (mais) tonsillectomy and tonsillectomy with palatine tonsils asymmetry during the period from October 1999 through October 2009 at the Clinical Hospital (HC) of the Federal University of Paraná (UFPR). RESULTS: 50 patients took part, aged between 3 to 53 years old, mean age of 14.05 years. The anatomopathological exam confirmed 48 patients (96%) with lymphoid hyperplasia and 2 cases of lymphoma (4%). These included men aged from 40 to 53 yeas with complaint of unilateral increase of the tonsil, one of whom had other symptoms (asthenia and weight loss). Upon physical examination: tonsils disproportion without involvement of other organs or lymph nodes. CONCLUSION: Our study is according to the literature as regards the fact the lymphomas are more common in men, the patient is the first one to notice the increase in volume and the asymmetry is larger than 2 degrees between palatine tonsils in cases of lymphoma. Although it is rare, even in the presence of differences, there are chances for the asymmetry to evolve to a malignant profile. The need for anatomopathological evaluation of a part must be considered along with other clinical data that suggests a malignant profile.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Eficácia de vacina inativada contra a doença de Aujeszky: infecção experimental de suínos/ Efficacy of an inactivated Aujeszky's disease virus vaccine: experimental infection of pigs

CUNHA, Elenice Maria Sequetin; PEIXOTO, Zélia Maria Pinheiro; KOTAIT, Ivanete; BERSANO, Josete Garcia; ISHIZUKA, Massaio Misuno; BACCARO, Maria Regina
1998-01-01

Resumo em português Uma vacina experimental contra a doença de Aujeszky (DA), inativada e adsorvida em adjuvante oleoso, foi testada em relação à indução de imunidade, grau de proteção clínica e capacidade de reduzir a infecção, após desafio pela via intranasal. Grupos de 6 suínos, com 45 dias de idade, foram vacinados com uma ou duas doses de vacina, pelas vias intramuscular ou subcutânea, sendo mantido um grupo-testemunha, sem vacinação. Todos os suínos vacinados apresenta (mais) ram títulos de anticorpos neutralizantes, detectáveis através da prova de soroneutralização, sendo estatisticamente superiores nos animais que receberam duas doses de vacina. A vacinação preveniu as manifestações clínicas da doença, após desafio, principalmente nos animais que receberam duas doses de vacina quando comparado com os que receberam 1 dose. Em todos os animais, vacinados e não-vacinados, foi possível a detecção do vírus da doença de Aujeszky (VDA) nas amígdalas, através da técnica de imunofluorescência direta. A porcentagem de amígdalas positivas nos suínos vacinados com duas doses foi inferior quando comparada àquela de suínos não-vacinados, no 2º e 7º dias pós-infecção. Em suínos vacinados com duas doses de vacina, pela via subcutânea, a taxa de infecção foi estatisticamente menor que naqueles vacinados com uma dose, pelas vias intramuscular ou subcutânea, e não-vacinados. Resumo em inglês An experimental inactivated, oil assisted Aujeszky's disease virus vaccine was tested for its ability to induce immunity, clinical protection level and reduction of viral infection after challenge by the nasal route. Groups of 6 pigs, 45 days-old, were vaccinated once or twice, by either intramuscular or subcutaneous routes. A group of unvaccinated animals was used as control. All the vaccinated pigs developed neutralizing antibodies, detected by serum-neutralization test (mais) . In pigs vaccinated twice the levels of neutralizing antibodies were higher than in pigs vaccinated once, and this difference was statistically significant. In vaccinated animals, the severity of clinical signs decreased with increasing antibodies titres. Aujeszky's disease virus was detected in tonsils of vaccinated and unvaccinated pigs by immunofluorescence method. However, the rate of positive tonsils in pigs vaccinated twice was reduced when compared with unvaccinated pigs on the 2nd and 7th days post-infection. The level of infection was statistically reduced in twice vaccinated pigs by subcutaneous route as compared with vaccinated once and unvaccinated animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono Fisiopatologia, Epidemiologia, Consequências, Diagnóstico e Tratamento/ Obstructive Sleep Apnea Syndrome

Pereira, Adão
2007-01-01

Resumo em português A síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) é uma condição caracterizada por obstruções repetidas das vias aéreas superiores que resultam, frequentemente, em dessaturação de oxigénio e despertares do sono. A hipersonolência diurna é uma manifestação clássica da SAOS mas outros sintomas tais como sono não reparador, capacidade de concentração diminuída e fadiga são frequentemente referidos. Outras consequências da respiração anormal durante o sono (mais) incluem disfunção neurocognitiva, desenvolvimento de doenças cardiovasculares, disfunção metabólica e redução da qualidade de vida. A SAOS é mais comum nos homens obesos com mais de 40 anos e nas mulheres obesas após a menopausa. Os factores de risco para a SAOS incluem a obesidade, hipertrofia das amígdalas e/ou das adenóides e anomalias craniofaciais como, por exemplo, a retrognatia e a micrognatia. A maioria dos doentes com SAOS são obesos e a obesidade é conhecida como um factor de risco crucial. As opções terapêuticas incluem a perda de peso quando a doença está relacionada com a obesidade e outras medidas gerais (abstenção de bebidas alcoólicas e de fármacos com efeitos sedativos, e cessação dos hábitos tabágicos). A aplicação por via nasal de uma pressão positiva de ar (CPAP) é o meio mais eficaz no tratamento de todos os sintomas da SAOS, qualquer que seja o seu grau de gravidade. O tratamento cirúrgico deve ser entendido como um último recurso e em casos seleccionados. Resumo em inglês Obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) is a condition characterized by repetitive obstruction of the upper airway often resulting in oxygen desaturation and arousals from sleep. The classic manifestation is excessive sleepiness but other symptoms such as unfreshing sleep, poor concentration and fatigue are commonly reported. Other consequences of the abnormal breathing during sleep include neurocognitive dysfunction, development of cardiovascular disorders, metabolic dys (mais) function, and impaired quality of life. OSAS is a sleep breathing disorder that is most common in obese men over the age of 40 and obese women after menopause. The common risk factors for OSAS include obesity, enlarged tonsils and adenoids, and craniofacial abnormalities (e.g., retrognathia and micrognathia). The vast majority of OSAS cases are obese and obesity is known as a crucial risk factor. Therapeutical options include weight loss by either caloric restriction or bariatric surgery when the disease is related to obesity and other general measures (alcohol and sedatives such as benzodiazepines avoidance and smoking cessation). The application of nasal CPAP remains highly effective for the treatment of all symptoms related to all degrees of OSAS. The surgery only must be considered in selected cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Etiologia, manifestações clínicas e alterações presentes nas crianças respiradoras orais/ Etiology, clinical manifestations and concurrent findings in mouth-breathing children

Abreu, Rubens Rafael; Rocha, Regina Lunardi; Lamounier, Joel Alves; Guerra, Ângela Francisca Marques
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar a etiologia, as principais manifestações clínicas e as alterações presentes em crianças de 3 a 9 anos, respiradoras orais, residentes na região urbana de Abaeté (MG). MÉTODOS: Estudo com amostra aleatória representativa da população do município de 23.596 habitantes. Clinicamente, foram consideradas respiradoras orais as crianças que roncavam, dormiam com a boca aberta, babavam no travesseiro e apresentavam queixas de obstrução nasal f (mais) reqüente ou intermitente. As crianças com diagnóstico clínico de respirador oral foram submetidas a endoscopia nasal, teste alérgico cutâneo e raio X do cavum, hemograma, contagem de eosinófilos, dosagem de IgE total e parasitológico de fezes. Os dados foram analisados utilizando o programa SPSS® versão 10.5. RESULTADOS: As principais causas da respiração oral foram: rinite alérgica (81,4%), hipertrofia de adenóides (79,2%), hipertrofia de amígdalas (12,6%) e desvio obstrutivo do septo nasal (1,0%). As principais manifestações clínicas do respirador oral foram: dormir com a boca aberta (86%), roncar (79%), coçar o nariz (77%), babar no travesseiro (62%), dificuldade respiratória noturna ou sono agitado (62%), obstrução nasal (49%) e irritabilidade durante o dia (43%). CONCLUSÃO: Algumas manifestações clínicas são muito freqüentes na criança respiradora oral. Essas manifestações devem ser reconhecidas e consideradas no diagnóstico clínico da respiração oral. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate the etiology, main clinical manifestations and other concurrent findings in mouth-breathing children aged 3 to 9 years and resident in the urban area of Abaeté (MG), Brazil. METHODS: This study was based on a representative random sample of the town population, of 23,596 inhabitants. Clinical diagnosis of mouth-breathing was defined as a combination of snoring, sleeping with mouth open, drooling on the pillow and frequent or intermittent nasal o (mais) bstruction. Children with a clinical diagnosis of mouth breathing underwent nasal endoscopy, allergy skin tests and X ray of the rhinopharynx, full blood tests, eosinophil counts, total IgE assay and fecal parasitology. Data were analyzed using SPSS® version 10.5. RESULTS: The main causes of mouth breathing were: allergic rhinitis (81.4%), enlarged adenoids (79.2%), enlarged tonsils (12.6%), and obstructive deviation of the nasal septum (1.0%). The main clinical manifestations of mouth breathers were: sleeping with mouth open (86%), snoring (79%), itchy nose (77%), drooling on the pillow (62%), nocturnal sleep problems or agitated sleep (62%), nasal obstruction (49%), and irritability during the day (43%). CONCLUSION: Certain clinical manifestations are very common among mouth-breathing children. These manifestations must be recognized and considered in the clinical diagnosis of mouth breathing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

As alterações fonoaudiológicas na síndrome de Goldenhar: relato de caso/ Speech, language and hearing deficits in the Goldenhar syndrome: case report

Silva, Rafaela Carolina Lopez; Alves, Fabiana Faúla da Silva; Gonzaga Netto, Sírley Soares; Silva, Carla Menezes da
2008-01-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi relatar um caso clínico sobre a síndrome de Goldenhar e realizar um levantamento das alterações fonoaudiológicas encontradas no mesmo. O presente estudo foi realizado com uma criança de seis anos e oito meses, do gênero masculino, com diagnóstico da síndrome de Goldenhar. Para o estudo foi realizada anamnese e o paciente foi submetido às avaliações de motricidade orofacial, audiologia clínica completa, educacional e vectoeletronista (mais) gmografia computadorizada, voz e linguagem oral e escrita. Foram observadas as seguintes alterações: dificuldade de vedamento labial, bochechas e olhos assimétricos, mordida aberta anterior, amígdalas palatinas hipertróficas e micrognatia, respiração do tipo oro-nasal, dificuldade de coordenação pneumofônica, hábito bucal de apertamento; qualidade vocal ruim com presença de tensão laríngea durante a fonação, habilidades auditivas alteradas, perda auditiva neurossensorial de grau profundo bilateral, curva timpanométrica do tipo A, com ausência de reflexos acústicos, ausência de dados patognomônicos de alteração central no teste vestibular. O paciente não possui fala fluente, faz uso da Língua Brasileira de Sinais, leitura orofacial e gestos para se comunicar, apresenta dificuldades de leitura e escrita e o desenvolvimento de linguagem está adequado à sua faixa etária. Pode-se concluir que é importante que o paciente com a síndrome de Goldenhar receba um acompanhamento multidisciplinar, o que lhe proporcionará um diagnóstico precoce, uma intervenção adequada e um desenvolvimento global satisfatório. Resumo em inglês The aim of this study was to report a case and analyze the speech, language and hearing deficits observed in the Goldenhar syndrome. The study reports the case of a male six years, eight months old child diagnosed with Goldenhar syndrome. The history of the patient was carried out, and he was submitted to oral motricity, voice, educational, verbal and written language evaluations, full audiological exam, and computerized vectoeletronistagmography. The following alteration (mais) s were observed: difficulty in closing the lips, asymmetrical cheeks and eyes, anterior open bite, hypertrophic palatine tonsils, micrognathia, oro-nasal breathing, difficulty with pneumophonic coordination, dental tightness, poor vocal quality with presence of laryngeal tension during phonation, poor auditory abilities, profound bilateral sensory loss, type A tympanometric curve with absence of acoustic reflexes, absence of pathognomonic signs of central alteration on the vestibular test. The patient does not have fluent speech, uses the Brazilian Sign Language, orofacial reading and gestures to communicate, presents reading and writing difficulties and chronologically adequate language development. It can be concluded that it is important to the patient with the Goldenhar syndrome to receive multidisciplinary follow-up, which will provide early diagnosis, adequate intervention and satisfactory global development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Esporotricosis felina: aspectos clínicos e zoonóticos/ Feline sporotrichosis: clinical and zoonotic aspects

Larsson, Carlos Eduardo; Gonçalves, Mareia de Almeida; Araujo, Vera Cavalcanti; Dagli, Maria Lúcia Zaidan; Correa, Benedito; Fava Neto, Celeste
1989-10-01

Resumo em espanhol La esporotricosis consiste en micosis profunda, de evolución subaguda o crónica decurrente de infección por el hongo dimorfico Sporothrix schenkii. Consiste en dermatopatia mucho frecuente en nuestro medio, resultante de la penetración de abrojos e de arañazos por espinos de plantas. El S. schenkii ha sido descrito, en S. Paulo, en perros, gatos, aseninos, bovinos, equinos y ratones. Todavía, el carácter de antropozoonosis de la enfermedad pocas veces ha sido descr (mais) ito tanto en la literatura internacional como en la nacional, existiendo apenas una citación en lo Brasil, de probable transmisión gato/hombre. Se discrebió, en lo presente relato, caso clínico de esporotricosis felina con transmisión através de arañadura en propietario, tratador y médico veterinário. Un gato, sin raza definida, macho, con 3 años, mucho agresivo, con grave cuadro cutáneo (cefálico, torácico y de miembros torácicos) manifestado por lesiones ulceradas, exudativas de alopecia, deposición de crostas hemorrágicas, agraviado por síntomas de lo complejo respiratorio felino, donde por su temperamento agresivo habia arenado en corto espacio de tiempo 5 individuos, donde 3 de los individuos manifestaron sintomas de evolución y gravedad distintas. El diagnostico clínico presuntivo fue confirmado perlo examen histopatológico (H.E., PAS) de fragmentos de piel, linfonodos y amígdalas cogidos, "intra-vitam" y/o "post-morten", per lo aislamiento de lo agente, per la inoculación en testículos de ratas adultas y posterior nuevo aislamiento. Se confirmó la patologia por pruebas suerológicas (F.C., anticuerpos precipitantes) y prueba de intradermoreación (esporotriquina) en los pacientes acometidos. Resumo em inglês The sporotrichosis is a deep mycosis, its course is subacute or chronic, and is caused by the Sporothrix schenckii. It's a very common dermatopathy, generally arising from thorn wounds, insects stings as well as from splinters. The S. schenckii has been described in São Paulo, Brazil, in canines, felines, asinines, bovines, equines and murines. However, its antropozoonotic feature has seldom been mentioned in the international literature, and, in Brazil, there is only on (mais) e report about a possible transmission cat-human being. The current approach describes a clinical case of feline sporotrichosis transmitted by cat scratch to the owner, the career and the veterinarian.' A very offensive three-year-old male mongrel cat showed severe cutaneous lesions in cephalic, thoracic regions and forelimbs. These lesions were ulcerations, exsudation, crusts, alopecia worsened by the symptoms of the feline respiratory complex. This cat wounded, in a short time, 5 persons. Three of them had shown symptoms of distinct severity and development. The presumptive clinical diagnosis was corroborated by histopathology (HE, PAS) of skin, lymphonodes, and tonsils fragments obtained "intra-vitam" and "post-morten". This was true by the isolation of the agent. Finally, this was confirmed as a result of serological (FC, precipitation antibodies) and immunocutaneous (sporotrichina, histoplasmina) tests made in affected patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Estudos complementares da infecção por Mannheimia granulomatis (lechiguana) em bovinos/ Complementary studies of the infection by Mannheimia granulomatis (lechiguana) in cattle

Pereira, Daniela I.B.; Riet-Correa, Franklin; Ladeira, Silvia L.
2000-09-01

Resumo em português Vários experimentos foram realizados para demonstrar a participação de Dermatobia hominis na etiologia da lechiguana: (1) Lesões experimentais causadas por larvas da mosca em um bovino foram infectadas com Mannheimia granulomatis. Foram realizadas biópsias em duas lesões produzidas pela larva. Em uma dessas biópsias foi observada linfangite eosinofílica e proliferação de tecido conectivo, similares às encontradas na lechiguana. (2) Com o objetivo de detectar a (mais) possível participação de Dermatobia hominis como vetor de Mannheimia granulomatis, foi realizado o estudo bacteriológico de 72 larvas e o mesmo número de exsudatos, provenientes de lesões de Dermatobia hominis, não tendo sido isolada a bactéria em nenhuma oportunidade. (3) Lesões espontâneas da mosca foram infectadas com uma suspensão da bactéria em 9 bovinos, sendo que um dos animais desenvolveu uma lesão de lechiguana 3 meses após a inoculação. (4) Foram estudadas duas lesões fibroproliferativas, clinicamente similares a lechiguana, causadas pela larva de Dermatobia hominis. Histologicamente estas lesões caracterizam-se por proliferação de tecido fibroso com presença de granulomas focais, diferenciando-se da lechiguana por não apresentar linfangite eosinofílica e calcificação de fibras colágenas. O fato de Dermatobia hominis, ocasionalmente, produzir uma reação fibrogranulomatosa, sugere que esta poderia ser a lesão inicial da lechiguana, se infectada por Mannheimia granulomatis. (5 e 6) Dois experimentos foram realizados para detectar se bovinos sadios podem ser portadores de Mannheimia granulomatis. A bactéria não foi isolada de amígdalas de 153 bovinos e a técnica de imunodifusão radial utilizada para a detecção de anticorpos não apresentou sensibilidade suficiente para identificar animais portadores. (7) Foram estudados 17 novos casos da doença, e em todos os casos, as características clínicas e patológicas foram similares às observadas em casos anteriores. Quatorze casos foram provenientes do sul do Rio Grande do Sul, três do Estado de Santa Catarina e um do Paraná. Resumo em inglês Several experiments were performed to demonstrate the role of Dermatobia hominis in the etiology of lechiguana: (1) One calf was infected simultaneously with Dermatobia hominis larvae and Mannheimia granulomatis. Biopsies were performed in two larval lesions. An eosinophilic lymphangitis with connective tissue proliferation, similar to those observed in lechiguana, were present in one biopsy. (2) To detect if Dermatobia hominis is a carrier of Mannheimia granulomatis, a b (mais) acteriologic study was performed in 72 larvae and the same number of exudate samples from larval lesions. The bacterium was not isolated. (3) In 9 cattle spontaneously infected by Dermatobia hominis, the larval lesions were inoculated with Mannheimia granulomatis. One bovine whose larval lesions were contaminated with bacteria developed a lechiguana 3 months after inoculation. (4) Two fibroproliferative lesions, clinically similar to lechiguana, caused by Dermatobia hominis larvae were studied. Histologically, these lesions were characterized by proliferation of fibrous tissue with focal granulomas. Eosinophilic lymphangitis and calcification of collagenous fibers were not observed in the lesions. As Dermatobia hominis occasionally produces a fibrogranulomatous reaction, it is possible that this can be the initial lesion for lechiguana, if infected by Mannheimia granulomatis. (5 and 6) Two experiments were performed to detect if healthy cattle can carry Mannheimia granulomatis. The bacterium was not isolated from the tonsils of 153 cattle, and the immunodiffusion test to detect antibodies in cattle was not sufficiently sensitive to detect carrier cattle. (7) Seventeen new spontaneous cases of lechiguana are reported. All cases had the same clinical and pathologic characteristics as previously described. Fourteen cases were from southern Rio Grande do Sul, three were from the state of Santa Catarina and one from Paraná.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Trombose séptica do seio cavernoso: relato de seis casos/ Septic thrombosis of cavernous sinus: report of six cases

DINI, LEANDRO INFANTINI; SONDA, ILDO; SARAIVA, GLAUCO ANDRÉ; CORSO, RENATO JOSÉ; ALMEIDA, FELIPE OZELAME DE; GALLO, PASQUALE
1999-09-01

Resumo em português O seio cavernoso é freqüentemente afetado por trombose séptica. Os sítios primários de infecção são comumente a face, as órbitas, as tonsilas palatinas, o palato mole e os seios etmoidal e esfenoidal. A apresentação clínica típica inclui febre e edema periorbital seguido de cefaléia, ptose e paralisia de músculos oculares. O diagnóstico é eminentemente clínico e o prognóstico diretamente influenciado pela instalação de um tratamento precoce e adequado (mais) . Relatamos seis casos de trombose séptica do seio cavernoso decorrentes de sítios infecciosos diferentes e revisamos os principais aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos. Resumo em inglês The cavernous sinus is most frequently involved by septic thrombosis. The common sites of primary infection are the medial face, orbits, tonsils, soft palate, sphenoid and ethmoid sinuses. The usual clinical presentation begins with fever and periorbital edema followed by headache, ptosis and ocular muscles palsy. The diagnosis is usually made on clinical grounds. Treatment consists of eradication of the primary source of infection and the administration of antibiotics and anticoagulants. We report six cases of septic thrombosis of cavernous sinus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Respiração oral: causa x audição/ Oral breathing: etiology x hearing

Bianchini, Ana Paula; Guedes, Zelita Caldeira Ferreira; Hitos, Silvia
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: verificar a relação entre a etiologia da respiração oral e os diferentes tipos de alteração de audição. MÉTODOS: coletaram-se 97 prontuários no Centro do Respirador Bucal da UNIFESP. As etiologias foram classificadas em: Hipertrofia de Adenoamígdala, Atopia, Atopia com Hipertrofia e Funcional. Os 97 pacientes realizaram exames audiométricos e foram considerados alterados aqueles que os limiares tonais (nas freqüências de 250 a 8 kHz) e ósseos (de (mais) 500 a 4 kHz) foram superiores a 20 dBNA com Gap aéreo-ósseo maior que 10 dB e com curva timpanométrica desviada apartir de -100dapa. De acordo com o grau de comprometimento, os tipos de perda foram classificadas como leve ou moderada. Na timpanometria, a curva A representou a normalidade; a curva B, Otite média e a C, os casos de disfunção tubária. RESULTADOS: limiares compatíveis à audição normal foram encontrados em 79,5% dos pacientes atópicos; 61,8% dos atópicos com hipertrofia; 57,7% dos com hipertrofia e em 100% dos respiradores orais funcionais. Através da correlação entre as etiologias e achados imitanciométricos verificou-se que em indivíduos atópicos prevaleceu a curva tipo C (29,5 %). Em pacientes atópicos tinham hipertrofia a curva mais encontrada foi a B (32,4%) e nos indivíduos com hipertrofia, somente, observou-se tanto curva tipo B como C, com idêntica prevalência de 21,8%. Todos os respiradores orais funcionais apresentaram curva timpanométrica tipo A. CONCLUSÃO: pôde-se verificar que a freqüência de respiradores orais sem alteração de audição é expressiva, independente da etiologia, porém os pacientes com hipertrofia apresentam maior suscetibilidade á alterações timpanométricas. Resumo em inglês PURPOSE: to check the relation between oral breathing etiology and hearing disorders. METHODS: 97 files were collected from the Mouth Breather Center at UNIFESP. The etiologies had been classified as Tonsils hypertrophy (pharnyx and palatine), Atopy, Atopy associated to hypertrophy and Functional. Tonal and bone thresholds, respectively, in the frequencies from 250 to 8 kHz and from 500 to 4 kHz above 20 dB NA; the gap between these thresholds -above 10 dB; deviated tympa (mais) nic curve from -100 dapa, had been considered as a criteria to set up hearing disorder. According to the tonal thresholds, the hearing losses have been classified as mild or moderate. The tympanograms have been classified as: type A -normality, type B -media otitis and type C - tube dysfunction. RESULTS: normal hearing was present in 79.5% of atopic patients, in 61,8% in the ones with both, atopy and hypertrophy, and in the individuals with hypertrophy it was observed in 57.7%. Every patient with functional etiology had presented normal hearing. Through the data correlation between etiologies and immittance thresholds, it was verified that in atopic individuals there was a prevalence of type C curve (29.5 %). When atopic individuals had hypertrophy, the prevalent curve was B (32.4%) and in individuals with hypertrophy, it was observed both types B and C with an identical prevalence of 21,8%. All the functional oral breathers showed a tympanometrical curve. CONCLUSION: it can be verified that most oral breathers don't have hearing loss, but individuals with hypertrophy showed higher prevalence of hearing disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Relação entre as complicações hemorrágicas pós cirúrgicas e o volume das tonsilas palatinas/ Relation between post-surgical hemorrhage complications and volume of palatine complications

Brasileiro, Hélio M. S.; Lee, Isabelle W. C. Cunha; Rapoport, Abrão
2004-01-01

Resumo em português A remoção das tonsilas palatinas é uma das cirurgias mais freqüentes na infância e o sangramento pós-operatório uma complicação muito temida, especialmente nos pacientes de menor faixa etária devido ao maior risco de obstrução das vias aéreas. Vários fatores podem interferir na prevalência dessa complicação, como a presença de discrasias sangüíneas, técnica utilizada para hemostasia, cuidados pós-operatórios, drogas utilizadas, dentre outros. OBJETI (mais) VO: Com o objetivo de se investigar a correlação entre o método hemostático em pacientes submetidos ao procedimento cirúrgico e o volume da tonsila palatina. FORMA DE ESTUDO: Clínico retrospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Procedeu-se ao estudo retrospectivo dos prontuários de 204 pacientes operados entre janeiro de 2001 e outubro de 2003, em hospitais privados da região de Sorocaba - São Paulo, todos com hemograma e coagulograma completos dentro dos valores normais de referência. A técnica cirúrgica utilizada foi a de dissecção, e a hemostasia obtida através do tamponamento da loja com gaze embebida em solução de subgalato de bismuto a 100% e, quando necessário, complementada com sutura/ligadura dos pontos sangrantes. Os dados foram analisados através de estatística descritiva. CONCLUSÃO: Os autores concluíram que o volume da tonsila palatina não influenciou o método hemostático estudado, que se mostrou eficaz. Resumo em inglês The removal of the tonsils is the most common surgical procedure performed in the childhood and post-operative bleeding a very frightening complication, especially in the younger children, because of the greater risk of airway obstruction. Many factors can interfere in the prevalence of these complications: as blood discrasias, surgical technique, postoperative cares, drugs and others. AIM: In order to study an hemostatic method in patients undergoing tonsillectomy and to (mais) nsils size. STUDY DESIGN: Clinical retrospective. MATERIAL AND METHOD: The authors retrospectively evaluated all medical files from 204 patients operated, from January 2001 to October 2003, at privates hospitals in Sorocaba - São Paulo. All had normal complete preoperative hemogram and coagulation screening. Surgeries were done by sharp and blunt dissection technique and hemostasis was achieved with gauze packing flooded with a 100% bismuth subgallate solution and if necessary completed with suture for the bleeding points. All data were analyzed by descriptive statistic. CONCLUSION: The authors conclude there is no relationship between tonsils size and hemostatic method used that was efficient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Reflexo da deglutição: análise sobre eficiência de diferentes estímulos em jovens sadios/ Swallowing reflex: analysis of the efficiency of different stimuli on healthy young individuals

Pereira, Nayara A. Vasconcelos; Motta, Andréa Rodrigues; Vicente, Laélia Cristina C.
2008-09-01

Resumo em português TEMA: a ausência ou atraso do reflexo da deglutição é considerado um sinal significativo de disfagia. Assim, a terapia tradicionalmente empregada nesses casos consiste em aumentar o input intra-oral por meio de toques gelados (espelho laríngeo 0 ou 00) no terço inferior do arco palatoglosso, porção inferior. OBJETIVOS: identificar, em indivíduos jovens e sadios, quais regiões da orofaringe são mais sensíveis para desencadear o reflexo da deglutição e qual es (mais) tímulo é mais eficiente. MÉTODO: O reflexo da deglutição foi investigado a partir dos estímulos: espátula, espelho laríngeo 00 gelado, espátula envolta em gaze com água gelada e espátula envolta em gaze umedecida congelada, tocando-se o arco palatoglosso em suas porções inferior e superior, as tonsilas palatinas, a base de língua e a úvula em 65 indivíduos jovens e sadios. RESULTADOS: o reflexo da deglutição não foi desencadeado na maioria dos participantes quando tocado com diferentes estímulos e locais da orofaringe, sendo esta estatisticamente significante. Quando presente, os estímulos mais eficientes foram o espelho laríngeo 00 (28,6%) e a espátula envolta com gaze congelada (27,3%). Quanto à região da orofaringe, a úvula (29,6%), as tonsilas palatinas (26,7%), os arcos palatoglossos região superior (25%) e inferior (21,2%) e base de língua (25%) foram sensíveis aos estímulos. CONCLUSÃO: quando presente o reflexo da deglutição, a úvula, os arcos palatoglossos e as tonsilas palatinas foram as regiões mais sensíveis para desencadeá-lo e o estímulo mais eficiente, dentre os selecionados, foram o espelho laríngeo gelado e a espátula envolta em gaze umedecida congelada. Resumo em inglês BACKGROUND: the absence or delay of the swallowing reflex is considered a significant sign of dysphagia. Therefore, the therapy traditionally applied to these cases consists in increasing the intra-oral input through cold touches (0 or 00 larynx mirror) on the inferior portion of the inferior third of the palatoglossus arch. AIM: to identify in healthy young individuals which oropharyngeal regions are more sensitive and which stimulus is more efficient in triggering the s (mais) wallowing reflex. METHODS: the swallowing reflex was analyzed based on the following stimuli: spatula, cold 00 larynx mirror, gauze embedded in cold water wrapped onto spatula and frozen moist gauze wrapped onto spatula; touching the palatoglossus arch in both its inferior and superior portions, the palatine tonsils, the base of the tongue and the uvula in 65 healthy young individuals. RESULTS: the swallowing reflex was not triggered in most of the participants when touching different oropharyngeal regions with different stimuli. This result was statistically significant. When present, the most efficient stimuli were cold 00 larynx mirror (28.6%) and frozen moist gauze wrapped onto spatula (27.3%). Concerning the oropharynx, the uvula (29.6%), the palatine tonsils (26.7%), the superior (25%) and inferior (21.2%) palatoglossi arches and the base of tongue (25%) were most sensitive to the applied stimuli. CONCLUSION: when the swallowing reflex was present, the uvula, the palatoglossi arches and the palatine tonsils were the most sensitive regions to trigger this reflex, and the most efficient stimuli to trigger swallowing were the cold 00 larynx mirror and the frozen moist gauze wrapped onto spatula.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Prevalência de Streptococcus suis tipo 2 por meio da técnica de reação em cadeia da polimerase em suínos abatidos no Estado do Mato Grosso/ Prevalence of Streptococcus suis type 2 using the polimerase chain reaction in slaughtered pigs in the State of Mato Grosso, Brazil

Faria, Ana Carolina Silva de; Silva, Maria Cristina da; Oliveira Filho, João Xavier; Oliveira, Juçara Tinasi de; Paula, Daphine Ariadne Jesus de; Chitarra, Cristiane Silva; Nakazato, Luciano; Dutra, Valéria
2010-02-01

Resumo em português Streptococcus suis é um patógeno que a afeta a produção industrial de suínos em todo o mundo. É de extrema importância, pois está associado a doenças em suínos e humanos. O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência do Streptococcus suis tipo 2 em 201 amostras de tonsilas de animais clinicamente sadios a partir da técnica de PCR. As amostras positivas foram submetidas à pesquisa do gene codificador do fator extracelular (ef). Os resultados demonstrara (mais) m que a prevalência (23,38%) foi maior que em outro estudo recentemente realizado no mesmo Estado, indicando que a PCR é um método mais sensível em relação ao isolamento bacteriano. Houve baixa ocorrência do gene ef* (1,49%), o que mostra uma grande importância para população analisada, pois cepas negativas são potencialmente menos virulentas que cepas positivas. Resumo em inglês Streptococcus suis is a pathogen that affects the industrial production of swine worldwide. It is extremely important, because it is associated with pigs and humans diseases. The aim of this study was to determine the prevalence of Streptococcus suis type 2 in 201 samples of tonsils from clinically healthy animals by the PCR technique. The samples positive for S. suis type 2 were tested for the gene encoding extracellular factors (ef). The results showed that the prevalen (mais) ce (23.38%) was higher than other recent survey in the State, demonstrating that the PCR is a more sensitive method in relation to the bacterial isolation. There was a low occurrence of ef* gene in samples (1.49%) showing great importance to local swine population, because negative strains are potentially less virulent that positive strains.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Prevalência de Salmonella sp. em suínos abatidos no Estado de Mato Grosso/ Prevalence of Salmonella sp. in swine slaughtered at Mato Grosso state, Brazil

Silva, Maria Cristina da; Faria, Givago Silva; Paula, Daphine Ariadne Jesus de; Martins, Rodrigo Prado; Caramori Junior, João Garcia; Kich, Jalusa Deon; Colodel, Edson Moleta; Nakazato, Luciano; Dutra, Valéria
2009-02-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de Salmonella sp. em suínos abatidos em frigoríficos sob Inspeção Federal no Estado de Mato Grosso. Amostras de linfonodos mesentéricos e tonsilas de diferentes procedências foram coletadas em três frigoríficos. Das 300 amostras processadas, 50 (16,6%) foram positivas para Salmonella sp., sendo identificados 14 diferentes sorovares. Os sorovares mais freqüentes foram Derby (16%), Typhimurium (14%), (mais) London (12%) e Give (12%). Os resultados epidemiológicos obtidos mostram uma baixa prevalência desta bactéria quando comparados com os resultados de estudos realizados em outros Estados. Resumo em inglês The present study aims to determine the prevalence of Salmonella sp. in pigs in slaughterhouses under Federal Inspection at Mato Grosso, Brazil. Samples of mesenteric lymph nodes and tonsils were collected in three abattoirs from different regions. Three hundred samples were processed; fifty (16.6%) were positive for Salmonella sp. and belonged to fourteen different serological types. The most common serotypes were Derby (16%), Typhimurium (14%), London (12%) and Give (12 (mais) %). The epidemiological results obtained show a low prevalence of this bacterium when compared to studies in other Brazilian states.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Presença de Salmonella sp. no trato intestinal e em tonsilas/linfonodos submandibulares de suínos ao abate/ Presence of Salmonella sp. in the intestinal tract and tonsils/mandibular lymph nodes in pigs at slaughter

Castagna, S.M.F.; Schwarz, P.; Canal, C.W.; Cardoso, M.
2004-06-01

Resumo em português Estudou-se a associação entre o isolamento de Salmonella sp. do trato intestinal de suínos ao abate e sua presença em tonsilas/linfonodos submandibulares (T/LS), utilizadas no preparo de embutidos. Colheram-se linfonodos mesentéricos (LM), conteúdo intestinal (CI) e T/LS de 90 animais. Em 71 (79%) deles isolou-se Salmonella sp. em pelo menos uma das amostras coletadas. Observou-se associação entre amostras de T/LS positivas e isolamento de Salmonella sp. a partir (mais) de LM e/ou CI (P Resumo em inglês The association between Salmonella sp. isolated from the intestinal tract of pigs at slaughter and its presence in tonsils/mandibular lymph nodes (T/MDL) used in the sausage manufacture was assessed. In a trial mesenteric lymph nodes (LM), intestinal contents (IC) and T/MDL were collected from 90 animals. Salmonella sp. was isolated from 71 (79%) animals in at least one of the samples. T/MDL contaminated samples were correlated with Salmonella sp. isolated from LM and/or (mais) IC (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Patogênese e achados clínicos, hematológicos e anatomopatológicos da infecção por Rangelia vitalii em 35 cães (1985-2009)/ Pathogenesis, clinical, hematological, and pathological aspects of Rangelia vitalii infection in 35 dogs (1985-2009)

Fighera, Rafael A; Souza, Tatiana M; Kommers, Glaucia G; Irigoyen, Luis Francisco; Barros, Claudio S.L
2010-11-01

Resumo em português A patogênese e os achados clínicos, hematológicos e anatomopatológicos da infecção natural pelo protozoário Rangelia vitalii (rangeliose canina) foram estudados em 35 cães que morreram em consequência dessa condição. Os resultados obtidos permitem o seguinte conjunto de conclusões: (1) causa doença hemolítica exclusivamente extravascular e de origem imunomediada; (2) cursa invariavelmente com algum grau de hemorragia à necropsia, mas nem sempre clinicamente (mais) perceptível; (3) os principais sinais que devem chamar a atenção para a suspeita clínica são anemia, icterícia e esplenomegalia; (4) o principal achado hematológico e que deve chamar a atenção para a suspeita clínica é a ocorrência de anemia com sinais de intensa regeneração eritroide; (5) os três principais diagnósticos diferenciais são leptospirose, babesiose e erliquiose monocitotrópica aguda; (6) a principal lesão observada é uma associação de hiperplasia linfoide com inflamação mononuclear, predominantemente plasmocitária, mas por vezes granulomatosa; (7) outras lesões frequentes são secundárias à marcada anemia regenerativa; (8) o agente etiológico pode ser facilmente encontrado, pois ocorre em grande quantidade na maioria dos tecidos, principalmente nos linfonodos, no baço, na medula óssea, no coração e nas tonsilas. Resumo em inglês The pathogenesis, clinical, hematological and pathological features of the natural infection by the protozoan organism Rangelia vitalii (canine rangeliosis) was studied in 35 dogs that died due this condition. The results allow for the following set of conclusions on canine rangeliosis: (1) causes an exclusively extravascular immune mediated hemolysis; (2) is invariably associated with some degree of hemorrhage observed at necropsy, but no always clinically apparent; (3) (mais) the clinical signs that are the hallmark of the disease are anemia, icterus and splenomegaly; (4) the main hematological aspect that establishes a clinical suspect is the development of anemia with signs of intense erythroid regeneration; (5) the three main differential diagnosis are leptospirosis, babesiosis and e acute monocytotropic ehrlichiosis; (6) the main observed histopathological lesion is an association of lymphoid hyperplasia with mononuclear inflammatory reaction, predominantly plasmacytic, but occasionally granulomatous; (7) other frequently found lesions are secondary to a marked regenerative anemia; (8) large numbers of the etiologic agent can be easily demonstrate in most tissues, mainly in lymph nodes, spleen, bone marrow, heart, and tonsils.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

O papel da expressão de Bcl-2 em material obtido por PAAF no diagnóstico de doenças linfoproliferativas B/ The role of Bcl-2 expression in fine needle aspiration specimens for the diagnostic accuracy in lymphoproliferative diseases

Lourenço, Carolina Escaramuzi; Kimura, Elisa Y. S.; Sandes, Alex Freire; Alves, Antônio Corrêa; Colleoni, Gisele Wally Braga; Barreto, Wolney Góis; Etto, Leina Y.; Yamamoto, Mihoko
2008-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O diagnóstico das doenças linfoproliferativas (DLP) tradicionalmente baseia-se no estudo histológico dos linfonodos (LN) acrescido de imuno-histoquímica. A imunofenotipagem (IFT) pela citometria de fluxo (CF) é uma ferramenta sensível e rápida, que pode ser aplicada nas DLP, em material obtido por punção aspirativa por agulha fina (PAAF) de LN. O Bcl-2 é um proto-oncogene que se expressa em várias DLP, porém em níveis especialmente elevados no l (mais) infoma folicular (LF). OBJETIVOS: Diagnosticar DLP, através de morfologia e imunofenotipagem por CF, em amostras obtidas por PAAF de LN. MATERIAL e MÉTODO: Amostras de 25 pacientes com adenopatias e de duas tonsilas reacionais foram analisadas pela morfologia e IFT, utilizando um painel inicial de AcMo (CD3, CD4, CD8, CD19, anti-kappa; e anti-lambda;), ampliado conforme a necessidade (CD5, CD10, CD11c, CD23, CD79b, sIgM, FMC-7 e Bcl-2). Os resultados foram comparados com a histologia. RESULTADOS:Dos 25 casos, quatro foram classificados como reacionais e 21 como DLP-B, havendo concordância com resultados histológicos em todos os casos. A intensidade média de fluorescência (IMF) da Bcl-2 no LF (19,92) foi maior que em outras DLP-B (11,93) e que nos controles (3,49) (p = 0,032). CONCLUSÃO:A PAAF de LN combinada com a citomorfologia e a IFT por CF permite uma rápida diferenciação entre os processos reacionais e linfoproliferativos B. A elevada expressão da Bcl-2 nos LFs pela citometria mostra sua utilidade no diagnóstico do tipo mais freqüente das DLP-B. A obtenção de células por PAAF requer treinamento e recomendamos mais de uma punção. Resumo em inglês BACKGROUND: The diagnosis of lymphoproliferative disorders (LPD) is routinely made through histological and immunohistochemical analysis of lymph nodes. Immunophenotyping by flow cytometry (FC) is a sensitive and fast tool, which may be applied in samples obtained through fine needle aspiration for the diagnosis of LPD. Bcl-2 is a proto-oncogene that appears in several LPD and it has a significantly high expression in follicular lymphomas. OBJECTIVES: to diagnose LPD in F (mais) NA samples through morphology and flow cytometry immunophenotyping. MATERIAL AND METHODS: Samples from 25 patients with lymphadenopathies and 2 reactive tonsils were studied through morphology and immunophenotyping. The antigens expressions were evaluated by using a screening panel of monoclonal antibodies (CD3, CD4, CD8, CD19, light chains kappa; and lambda), followed by CD5, CD10, CD11c, CD23, CD79b, sIgM, FMC-7 and Bcl-2 when required. The results were compared with histology. RESULTS:Four out of 25 samples were reactive processes and 21were B-LPD. In all cases there was consistency with histological results. The mean fluorescence intensity of Bcl-2 in Follicular Lymphoma (19.92) was higher compared with other lymphoproliferative diseases (11.93) and controls (3.49) (p = 0.032). CONCLUSION: Fine needle aspiration of lymph nodes associated with cytomorphology and flow cytometry immunophenotyping allows a fast differentiation between reactive processes and B lymphoproliferative cases. The high expression of Bcl-2 by cytometry shows its usefulness in the diagnosis of the most frequent type of B-LPD. Fine needle aspiration sampling requires training and more than one aspiration is recommended.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

O padrão facial é fator predisponente para otite média com efusão em crianças?/ Is facial pattern a predisposing factor for otitis media with effusion in children?

Nery, Cláudio de Góis; Buranello, Fernando Stefanato; Pereira, Cícero; Di Francesco, Renata Cantisani
2011-02-01

Resumo em português Anormalidades na morfologia craniofacial são associadas à disfunção da tuba auditiva e a otite média com efusão (OME). OBJETIVO: Avaliar a relação entre o padrão facial, direção do crescimento craniofacial e OME em crianças com tonsilas faríngea e palatinas aumentadas (TFPA). CASUÍSTICA E MÉTODOS: Estudo clínico prospectivo em 79 crianças (41 meninos e 38 meninas), com idades de 4 a 10 anos, com TFPA (níveis III e IV de Brodsky). O grupo de estudo foi co (mais) mposto por 40 crianças com OME, enquanto que o grupo controle foi composto por 39 crianças sem OME. Foi realizada análise cefalométrica. RESULTADOS: Não houve correlação entre o padrão facial e a OMS (c 2 = 0,25 p = 0,88). O grupo com OME apresentou Eixo Facial maior (F(1,75) = 3,68 p = 0,05), e uma Altura Facial Inferior menor (F(1, 75) = 3,99 p = 0,05) quando comparados ao grupo controle. CONCLUSÕES: Não houve correlação entre o padrão facial e a OME em crianças com TFPA, ainda que um padrão facial mais horizontal associado à altura facial inferior diminuída foi consistentemente observada. Isto sugere que um posicionamento anormal do tuba auditiva influencia o desenvolvimento da OME em crianças com TFPA. Resumo em inglês Abnormalities in craniofacial morphology are associated with Eustachian tube dysfunction and otitis media with effusion (OME). AIM: to evaluate the relationship between facial pattern and craniofacial growth direction, and OME in children with enlarged tonsils and adenoids (ETA). METHODS: Clinical prospective survey in 79 children (41 male and 38 female), ranging from 4 to 10 years of age, with tonsil and adenoid enlargement (Brodsky's grades III and IV). Forty children p (mais) resented with OME (study group) and 39 did not (control group). Cephalometric analysis was used to determine the facial pattern. RESULTS: There was no correlation observed between facial pattern and OME (c 2 = 0.25 p = 0.88). Facial Axis was larger in the OME group (F(1.75) = 3.68 p = 0.05) and the Lower Anterior Facial height was smaller (F(1. 75) = 3.99 p = 0.05) in children with otitis media with effusion. CONCLUSIONS: There was no correlation between OME and facial pattern in children with ETA although a more horizontal facial growth direction, and a smaller lower anterior facial height was observed consistently among subjects in this group. This suggests that abnormal positioning of the eustachian tube influences the development of OME in children with ETA.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

O efeito da adenotonsilectomia na saturação de oxigênio em crianças com distúrbios respiratórios do sono/ The effect of adenotonsillectomy on oxygen saturation in children with sleep disordered breathing

Arrarte, Jaime Luís Freitas; Lubianca Neto, José Faibes; Fischer, Gilberto Bueno
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Realizar uma avaliação do efeito da adenotonsilectomia na saturação de oxigênio medida por oximetria de pulso noturna em crianças com distúrbios respiratórios do sono. MÉTODOS: Foi realizado um estudo tipo antes e após a intervenção cirúrgica, utilizando a oximetria de pulso noturna como método de avaliação. Foram avaliadas 31 crianças com suspeita de distúrbios respiratórios do sono e indicação clínica de adenotonsilectomia. RESULTADOS: Vi (mais) nte e sete crianças completaram o estudo. A idade média foi de 5,2 ± 1,8 anos. Dezoito eram do sexo masculino (66,7%). Vinte e três (85,2%) crianças apresentavam, no exame físico, hiperplasia das tonsilas palatinas graus 3 e 4. Houve melhora significativa no índice de dessaturação de oxigênio (IDO) pós-operatório quando comparado com o pré-operatório (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the effect of adenotonsillectomy on oxygen saturation measured through nocturnal pulse oximetry in children with sleep disordered breathing. METHODS: A pre- and post-intervention study was carried out using nocturnal pulse oximetry. The study involved 31 children who were suspected of having sleep disordered breathing and had been referred for adenotonsillectomy. RESULTS: A total of 27 children completed the study. The mean age was 5.2 ± 1.8 years, (mais) and 18 (66.7%) of them were male. Upon physical examination, 23 (85.2%) of the children presented class III or class IV hyperplasia of the palatine tonsils. There was significant improvement in the post-operative period over the pre-operative period in terms of the oxygen desaturation rate (OR = 0.65; 95% CI: 0.5-1.3 vs. OR = 1.63; 95% CI: 1.1-2.4; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Melhora da qualidade de vida em crianças após adenoamigdalectomia/ Improvement in the quality of life of children after adenotonsillectomy

Di Francesco, Renata C.; Fortes, Felipe S. G.; Komatsu, Clarissa L.
2004-12-01

Resumo em português O aumento de volume das tonsilas palatina e faríngea é um dos problemas mais freqüentes do consultório do otorrinolaringologista e é a principal causa de apnéia obstrutiva do sono em crianças. OBJETIVO: Avaliar o impacto da adenoamigdalectomia na qualidade de vida em crianças com hiperplasia adenoamigdaliana. FORMA DE ESTUDO: Clínico prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Trinta e seis pais ou responsáveis de crianças submetidas a adenoamigdalectomia foram entrevista (mais) dos antes e após a cirurgia através do questionário sobre qualidade de vida específica desenvolvido por Serres et al., 2000, que inclui os domínios: sofrimento físico, distúrbios do sono, problemas de fala e deglutição, desconforto emocional, limitação das atividades e preocupação do responsável. RESULTADOS: A qualidade de vida de todas as crianças melhorou após a cirurgia. Foi observada correlação direta entre o grau de obstrução e distúrbios do sono, preocupação paterna, e na média dos domínios. Correlacionando-se os domínios entre si, observamos relação estatística entre sofrimento emocional e distúrbios do sono, preocupação paterna e distúrbios do sono, limitação das atividades físicas e desconforto emocional. CONCLUSÃO: O aumento das tonsilas e a apnéia obstrutiva do sono pioram a qualidade de vida das crianças, principalmente pelo sofrimento físico e distúrbios do sono. A adenoamigdalectomia realmente traz uma melhora importante na qualidade de vida destes pacientes. Resumo em inglês Enlarged palatine and pharyngeal tonsils is one of the most frequent occurrences in otorhinolaryngology, and it is the main cause of obstructive sleep apnea in children. AIM: To evaluate the impact of adenotonsillectomy in the quality of life of children with adenotonsillar hyperplasia. STUDY DESIGN: Clinical prospective. MATERIAL AND METHOD: 36 parents/guardians of children who underwent adenotonsillectomy were interviewed, before and after surgery. We used a special Que (mais) stionnaire about quality of life (developed by Serres' et al. 2000), whose items included physical distress, sleep disorders, speech and swallowing disorders, emotional distress, limitation in activities and parent's/guardian's concern. RESULTS: The quality of life of all children improved after surgery. There was direct association between the level of airway obstruction and sleep disorders, parent's/guardian's concern and average scores. Comparing the items, we found statistical association between emotional distress and sleep disorders; parent's/guardian's concern and sleep disorders and limitation in activities and emotional distress. CONCLUSION: Enlarged tonsils and obstructive sleep apnea worsen the quality of life of children, especially because of physical distress and sleep disorders. Adenotonsillectomy greatly improves the quality of life of these patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Linfomas não-Hodgkin extranodais em Salvador-Bahia: aspectos clínicos e classificação histopatológica segundo a OMS-2001/ Extranodal non-Hodgkins lymphomas in Salvador, Brazil: clinical aspects and histopathological classification according to the WHO-2001 guidelines

Silva Neto, Marinho M.; Jalil, Emília M.; Araújo, Iguaracyra B. O.
2008-02-01

Resumo em português Linfomas não-Hodgkin (LNH) extranodais representam cerca de um terço de todos os linfomas e atualmente apresentam taxa de incidência maior que a de linfomas nodais. Diferenças entre LNH nodais e extranodais incluem etiologia, formas de apresentação e resposta terapêutica, entretanto não dispomos de dados na nossa população. Este estudo teve como objetivo caracterizar os LNH extranodais diagnosticados no Hospital Aristides Maltez, em Salvador-Bahia. Foram avaliad (mais) os, retrospectivamente, 145 diagnósticos de linfoma não-Hodgkin, segundo a OMS-2001, no período de janeiro de 1999 a julho de 2001. A freqüência de linfomas extranodais foi de 30,3%. A idade média dos pacientes foi de 55,6 anos e a relação homem/mulher foi de 1:1. A maioria dos pacientes apresentava estadios avançados (III ou IV de Ann Arbor), presença de sintomas B, LDH normal, bom desempenho pela escala do ECOG e IPI entre zero e dois. Nove pacientes estão vivos e em remissão completa (22,5%) após um seguimento médio de 23 meses. O sítio extranodal mais comumente acometido foram as tonsilas, seguidas pela cavidade oral, pele e trato gastrointestinal, dentre outros. O linfoma difuso de grandes células B foi o mais comum subtipo histológico, seguido pelo linfoma anaplásico de grandes células. Concluímos que o mais freqüente sítio extranodal de apresentação em nosso estudo difere da maioria da literatura, porém nossa freqüência de linfoma extranodal é semelhante à mesma. Resumo em inglês Extranodal non-Hodgkins lymphomas represent approximately one third of all lymphomas and currently have an incidence higher than nodal lymphomas. Differences in etiology, presentation and outcome of these lymphomas have been reported. However, there are no data in our population. This study was carried out in the Pathological Anatomy Service of Aristides Maltez Hospital in Salvador, Bahia. One hundred and forty-five non-Hodgkins lymphomas cases according to the WHO-2001 c (mais) lassification detected between January 1999 and July 2001 were evaluated. The frequency of extranodal lymphomas was 30.3%. The mean age of the patients was 55.6% years and the male/female ratio was 1:1. The majority of the patients presented with advanced stages, B symptoms, normal LDH, ECOG between o and 2 and IPI between O and 2. Nine patients are still alive in complete remission (22.5%) with a mean follow-up of 23 months. The main extranodal sites were the tonsils followed by the oral cavity, skin and gastrointestinal tract. Diffuse large B-Cell lymphoma was the mains histological subtype, followed by anaplastic large-cell lymphoma. In summary, the mains extranodal site in our study was different from the masority of reports. However our extranodal lymphoma frequency was similar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Infecção experimental em cabritos pelo vírus da artrite encefalite/ Caprine arthritis encephalitis virus experimental infection in new-born kids

Guedes, M.I.M.C.; Souza, J.C.A.; Gouveia, A.M.G.
2001-02-01

Resumo em português Vinte e quatro caprinos de uma semana de idade, soronegativos pela imunodifusão em gel de agar para artrite encefalite caprina (AEC), foram utilizados para estudo de infecção experimental pelo vírus da AEC. Dezesseis animais foram inoculados com lentivirus caprino, amostra Cork, oito pela via intravenosa e oito por instilação nasal. Oito animais serviram como controle, inoculados pelas vias intranasal ou intravenosa com 1ml de meio de cultura de células não infect (mais) adas. Os animais foram sacrificados aos 2, 6, 12 e 20 dias pós-inoculação (PI), e colhidas amostras do sistema nervoso central, articulações, tonsilas, linfonodos, pulmões, rins, timo, baço e intestinos delgado e grosso para histopatologia e imunoistoquímica. Um animal inoculado com o vírus da AEC pela via intranasal e sacrificado aos 20 dias PI apresentou imunomarcação positiva em um macrófago alveolar. Concluiu-se que a via aerógena é uma provável rota de infecção pelo vírus da AEC. Resumo em inglês The caprine arthritis encephalitis virus (CAEV) experimental infection was studied in 24 one-week-old seronegative kids. Sixteen kids were inoculated with CAEV-Cork, with 10(6) TCID50/ml concentration, being eight inoculated intravenously, and eight intranasally. Eight animals were used as controls, being four inoculated intravenously, and four intranasally with non-infected cell culture medium. Since the day of the inoculation, clinical evaluation was performed daily, un (mais) til the day of the sacrifice. Blood samples were taken for serological tests. The animals were killed in pairs at 2, 6, 12 and 20 days post-inoculation (PI) and tissues samples of central nervous system, joints, tonsils, lymphonodes, lungs, kidneys, thymus, spleen, small and large intestine were collected for histopathological and immunohistochemical studies. One animal CAEV inoculated intranasally and killed at 20 days PI showed immunohistochemical positive reaction in an alveolar macrophage. It was concluded that transmission by air is a probable rote of CAEV infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Hepatite infecciosa canina: 62 casos/ Infectious canine hepatitis: 62 cases

Inkelmann, Maria A.; Rozza, Daniela B.; Fighera, Rafael A.; Kommers, Glaucia D.; Graça, Dominguita L.; Irigoyen, Luiz F.; Barros, Claudio S.L.
2007-08-01

Resumo em português Os protocolos de necropsias realizadas em 5.361 cães durante um período de 43 anos (1964-2006) foram revisados em busca de casos de hepatite infecciosa canina (HIC) e sessenta e dois (1,2%) casos foram encontrados. A maioria dos 62 cães afetados tinha dois anos de idade ou menos (91,9%). Os sinais clínicos foram anotados nos protocolos de necropsia de 45 cães afetados por HIC e incluíam anorexia (55,6%), apatia (35,6%), diarréia (35,6%), freqüentemente com sangue (mais) (43,8% dos casos de diarréia), distúrbios neurológicos (33,3%), vômito (26,7%), petéquias e equimoses nas membranas mucosas e/ou pele (24,4%), hipotermia (20,0%), dor abdominal (15,6%), icterícia (13,3%), aumento de volume e congestão das tonsilas (11,1%), febre (11,1%) e ascite (6,7%). A duração do curso clínico variou de poucas horas a 15 dias. Os principais achados de necropsia incluíram alterações hepáticas (87,1%), linfonodos edematosos, congestos e hemorrágicos (51,6%), líquido sanguinolento, líquido claro ou sangue na cavidade abdominal (35,5%), víbices, sufusões e petéquias sobre a pleura visceral (27,4%) e superfície serosa das vísceras gastrintestinais (24,2%). Em 12,9% dos casos a serosa do intestino tinha aspecto granular. Hemorragias cerebrais nas leptomeninges e na substância do encéfalo foram observadas em 9,7% dos casos. As alterações hepáticas macroscópicas incluíam fígados moderadamente aumentados de volume, mais friáveis, com acentuação do padrão lobular, congestos e com múltiplos focos de necrose pálidos ou hemorrágicos. Películas e filamentos de fibrina cobriam a superfície hepática em 20,4% dos casos e em 27,8% dos casos a parede da vesícula biliar estava espessada por edema. Necrose hepática zonal ou aleatória (93,5% dos casos) associada a corpúsculos de inclusão intranucleares foi a lesão histológica mais regularmente encontrada. Os corpúsculos de inclusão intranucleares ocorreram no fígado em todos os casos e esse foi o critério para confirmação do diagnóstico. As lesões histológicas extra-hepáticas mais importantes incluíram hemorragias e corpúsculos de inclusão em células endoteliais do tufo glomerular renal (50,0%) dos linfonodos (47,8%) , do encéfalo (27,8%), das tonsilas (25,0%) e do baço (10,0%). Resumo em inglês Necropsy reports from 5,361 dogs necropsied over a 43-year period (1964-2006) were reviewed in search for cases of infectious canine hepatitis (ICH). Sixty two (1.2%) cases of the disease were found. Most of the 62 affected dogs (91.9%,) were 2-year-old or less. Clinical signs were recorded in the necropsy files of 45 ICH affected dogs and included anorexia (55.6%), apathy (35.6%), diarrhea (35.6%) (often with blood [43,8%]), neurological signs (33.3%), vomiting (26.7%), (mais) petechiae and echymosis in the mucous membranes and/or skin (24.4%), hypothermia (20.0%), abdominal pain (15.6%), icterus (13.3%), enlargement and congestion of the tonsils (11.1%), fever (11.1%) and ascites (6.7%). The clinical courses lasted from few hours to 15 days. The most frequent necropsy findings included hepatic changes (87.1%), edematous, congested and hemorrhagic lymph nodes (51.6%), bloodstained fluid, clear fluid or whole blood in the abdominal cavity (35.5%), and petechial or paint-brush hemorrhages over the pleural (27.4%) and gastrointestinal (24.2%) serosal surfaces. In 12.9% of the cases there was a granularity to the intestinal serosa. Hemorrhages in the leptomeninges and in the substance of the brain were observed in 9.7% of the cases. Hepatic gross changes included moderately enlarged and more friable livers with marked lobular pattern, congestion and multifocal pale or hemorrhagic foci of necrosis. Films and strands of fibrin covered the hepatic surface in 20.4% of the cases and in 27.8% of the cases the gall bladder was thickened by edema. Zonal or randomly distributed multifocal hepatic necrosis (93.5%) associated with intranuclear inclusion bodies were the most consistent microscopic findings. Intranuclear inclusion bodies were found in the liver in every case and their detection was the criterium for confirmation of the diagnosis. The most significant microscopic extra-hepatic lesions included hemorrhages and intranuclear inclusion bodies in endothelial and reticuloendothelial cells of the renal glomeruli (50.0%) lymph nodes (47.8%), brain (27.8%), tonsils (25.0%) and spleen (10.0%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Estudo do efeito de distintos períodos de fixação em formalina e métodos de recuperação antigênica na técnica de imuno-histoquímica/ Study of the effect of different fixation times in formalin and methods of antigen retrieval in immunohistochemistry

Alves, Maria Teresa de Seixas; Roman, Leonor Cristina Manoja
2005-02-01

Resumo em português Avaliou-se a influência do tempo de fixação em formalina neutra tamponada a 10% e dos diferentes métodos de resgate de sítio antigênico induzido pelo calor [heat induced epitope retrieval (HIER)] para a imunoexpressão dos anticorpos anti-antígeno nuclear de proliferação celular (PCNA) e anti-AE1AE3 (citoqueratinas), empregados por apresentarem imunocoloração nuclear e citoplasmática ou submembranosa. Foram estudadas cinco tonsilas provenientes de amigdalectom (mais) ias realizadas no Hospital São Paulo da Escola Paulista de Medicina da Universidade de São Paulo (UNIFESP/EPM), as quais foram seccionadas em 0,5cm² cada, fixadas em formalina, por períodos de tempo de seis, 12, 18, 24 e 48 horas e embebidas em parafina. Foram feitos cortes com 4mim em lâminas silanizadas. Para o estudo imuno-histoquímico utilizamos os anticorpos anti-PCNA e AE1AE3, empregando os três métodos de resgate de sítio antigênico: banho-maria, microondas e panela de pressão. A positividade na imunoexpressão do PCNA foi avaliada através da relação núcleos corados/total de núcleos x 100. A intensidade da coloração resultante foi avaliada através da utilização dos programas Corel Photo Paint 9 e UT Morph 2.0. Com relação à recuperação antigênica, concluímos que, para o anticorpo anti-PCNA no material fixado nos períodos de nosso estudo, os melhores resultados foram obtidos com o uso do microondas. O aumento do tempo de fixação interferiu na queda da imunopositividade do PCNA, em especial após o período de 24 horas. Em relação ao parâmetro intensidade de coloração para AE1AE3 nenhum dos métodos foi superior. A metodologia estudada para a análise semiquantitativa na intensidade da reação coincidiu com os resultados obtidos na avaliação criteriosa de cada uma das lâminas. Resumo em inglês The effects of fixation time in buffered formaline at 10% on different methods of antigenic site retrieval induced by heat (HIER) for the detection of the expression of antibodies anti-PCNA (nuclear proliferation antigen) and anti-AE1 and AE3 (citokeratins) were studied. Specimens with cross section of 0,5 cm² from five Tonsils from ellective tonsillectomies done at Hospital São Paulo UNIFESP/EPM were fixed for six, 12, 18, 24 and 48 hours and embedded in paraffin for t (mais) he production of 4mum sections. For HIER was used a steamer, microwave oven and pressure cooker. The level of PCNA expression was assessed by the ratio stained nuclei: total number of nuclei. The staining intensity was assessed by using Corel Photo Paint 9 and UT Morph 2.0 softwares. The present study has shown that: 1) for the detection of anti-PCNA, the use of a microwave oven provided the best results; 2) for the detection of anti-PCNA, longer fixation periods, specially after 24 hours, causes the staining intensity to decrease; 3) for the detection of AE1 and AE3, all procedures used provided equivalent levels of staining.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Estudo das medidas pôndero-estaturais em crianças adenotonsilectomizadas/ Study of weight and height development in children after adenotonsillectomy

Fernandes, Alexandre Augusto; Alcântara, Thiago Alves; D'Ávila, Daniel Vasconcelos; D'Ávila, Jeferson Sampaio
2008-06-01

Resumo em português A observação clínica diária do retardo de crescimento pôndero-estatural em crianças portadoras de hipertrofia obstrutiva das tonsilas faríngeas e palatinas é prática rotineira na otorrinolaringologia pediátrica e a correção cirúrgica dessa condição, em tempo hábil, através da adenotonsilectomia permite a retomada desse crescimento ("catch up growth"). OBJETIVO: Investigar o real ganho pôndero-estatural presente nessa população quando tratadas cirurgica (mais) mente. MATERIAL E MÉTODO: Através de um estudo clínico prospectivo, acompanhou-se durante 6 (seis) meses dois grupos de crianças portadoras de hipertrofia tonsilar faringopalatina, sendo o grupo 1 submetido à intervenção cirúrgica e o grupo 2, não. Todos os pacientes passaram pela aferição das medidas antropométricas (peso e altura), incluindo seus percentis para idade, no início e ao fim dos 6 (seis) meses. RESULTADOS: Enquanto o grupo 1 aumentou sua média final de altura em relação à média inicial em 6,66cm, o grupo controle aumentou sua média em 1,9cm (p=0,0004). Em relação ao peso, o grupo 1 aumentou em média 2150g, sendo que o grupo 2 apresentou aumento médio de 690g (p=0,0010). CONCLUSÃO: As crianças submetidas à adenotonsilectomia adquirem um maior potencial de crescimento pôndero-estatural em relação às crianças que não foram tratadas cirurgicamente. Resumo em inglês The daily clinical observation of weight-height growth delays in children with obstructive hypertrophy of the pharyngeal and palatine tonsils is a workaday practice in pediatric otorhinolaryngology, and the surgical correction of this condition, when properly done in time, through adenotonsillectomy, can lead to a "catch up growth". AIM: To investigate the real weight-height gain present in this population when they are surgically treated. MATERIALS AND METHODS: Through a (mais) clinical prospective study, two groups of children carrying pharyngopalatine hypertrophy were followed up: group 1 was submitted to surgical intervention, and group 2 was not. All patients underwent standardization of anthropometrical measurements (weight and height), including their age-related percentiles, in the beginning and at the end of 06 (six) months. RESULTS: While group 1 increased its height average in relation to the initial average in 6.66cm, the control group increased its average in 1.9cm (p=0.0004). In relation to weight, group 1 increased 2150g in average, while group 2 presented an average increase of 690g (p=0.0010). CONCLUSIONS: The children that underwent adenotonsillectomy acquired a higher weight-height growth potential in relation to those children who were not operated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Estudo cefalométrico comparativo dos espaços naso e bucofaríngeo nas más oclusões Classe I e Classe II, Divisão 1, sem tratamento ortodôntico, com diferentes padrões de crescimento/ A Comparative cephalometric study of the naso and oropharyngeal space in malocclusions Class I and Class II Division 1, without orthodontic treatment with different growth patterns

Alcazar, Nadyr M. Penteado Virmond; Freitas, Marcos Roberto de; Janson, Guilherme; Henriques, José Fernando Castanha; Freitas, Karina M. S. de
2004-08-01

Resumo em português A finalidade deste estudo foi comparar os espaços aéreos naso e bucofaríngeo em indivíduos com má oclusão Classe I e Classe II, divisão 1, segundo Angle, do gênero masculino e feminino, com idade média de 11 anos e 6 meses, com padrão de crescimento normal e vertical, não tratados ortodonticamente. A amostra desse estudo foi dividida em dois grupos: 40 pacientes apresentando Classe I e 40 pacientes com Classe II, divisão 1, cada grupo subdividido de acordo com (mais) o padrão de crescimento facial: normal e vertical. Os espaços aéreos naso e bucofaríngeo foram avaliados segundo a análise de McNamara Jr., pelas medidas NFa-NFp e BFa-BFp. A análise dos resultados obtidos revelou que, a medida do espaço bucofaríngeo para Classe I com padrão de crescimento vertical e para o espaço nasofaríngeo para Classe II com padrão normal de crescimento apresentaram-se semelhantes à medida padrão da amostra de McNamara Jr.. As outras medidas apresentaram-se estatisticamente menores. Na comparação entre os grupos, o espaço nasofaríngeo no grupo Classe I com padrão de crescimento vertical, apresentou-se menor do que nos grupos Classe I e grupo Classe II divisão 1, ambos com padrão de crescimento normal. O espaço bucofaríngeo não sofreu alteração significante de um grupo para outro. Em relação à hipertrofia da tonsila faringeana, apenas o grupo Classe I com padrão de crescimento vertical apresentou obstrução; para hipertrofia das tonsilas palatinas, apenas o grupo Classe I com padrão de crescimento vertical e Classe II com padrão de crescimento normal apresentou hipertrofia das tonsilas palatinas. Resumo em inglês The aim of this study is to compare the naso and oropharyngeal air space in people with malocclusion class I and class II division 1, according to Angle, with mean age from 8 to 15 years old with normal and vertical growth pattern not treated orthodontically. This study was divided into two groups: 40 patients with class I, and 40 with class II, division 1 subdivided according to facial growth: normal and vertical. The naso and oropharyngeal airway space was assessed acco (mais) rding to McNamara's analysis by using the Nfa-NFp and Nba-NBp measurements. The analysis of the results obtained revealed that, the oropharyngeal measurements for class I with pattern vertical growth and nasopharyngeal class II with pattern normal growth were similar to the reference measures in McNamara's sample. The other measurements were statistically smaller. In the comparison between groups, the oropharyngeal spaces did not show a difference between one group and another. The nasopharyngeal space in the class I group with vertical growth, showed a narrower space than in the class I group and in the class II group with pattern normal growth. In relation to adenoids hypertrophy, only class I with pattern vertical growth showed obstruction; for tonsils hypertrophy, only class I with pattern vertical growth and class II with pattern normal growth showed tonsils hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Detecção do vírus Epstein-Barr em tonsilites recorrentes/ Detection of Epstein-Barr virus in recurrent tonsillitis

Dias, Eliane Pedra; Rocha, Monica Lage da; Carvalho, Maria Odete de Oliveira; Amorim, Lidia Maria da Fonte de
2009-02-01

Resumo em português As tonsilites recorrentes têm sido objeto de muitos estudos. Eventos considerados na predisposição e causa incluem a utilização errônea de antibióticos em crises agudas, alterações da microflora, mudanças estruturais nas criptas epiteliais tonsilares e infecções virais. A infecção pelo vírus Epstein-Barr (EBV) ocorre freqüentemente na infância persistindo em linfócitos de tonsilas, podendo causar tonsilites recorrentes. Pouco se conhece sobre a persistê (mais) ncia e reativação do EBV em pacientes imunocompetentes. Alguns métodos como a hibridização in situ, a reação em cadeia da polimerase (PCR) e a imuno-histoquímica têm sido utilizados no estudo da patogenia do vírus. OBJETIVO: Para caracterizar a associação do vírus Epstein-Barr com tonsilites recorrentes examinamos a presença do EBV pela PCR e por imuno-histoquímica usando como alvo a proteína viral LMP-1. FORMA DE ESTUDO: Estudo transversal com análise de prevalência amostral. MATERIAL E MÉTODOS: Foram selecionados 24 blocos parafinados de tonsilas, provenientes do Serviço de Anatomia Patológica, removidas de crianças de 2 a 12 anos com diagnóstico de tonsilite recorrente. Resultados: O genoma do EBV foi detectado em 13 (54,1%) e a LMP-1 em 9 (37,5%) dos casos. CONCLUSÃO: As tonsilas das crianças podem ser colonizadas pelo EBV e este pode estar associado à patogenia das tonsilites recorrentes. Resumo em inglês Recurrent tonsillitis has been the subject of frequent investigation. Misuse of antibiotic therapy in acute tonsillitis, changes to the tonsillar microflora, structural changes to the tonsillar crypts, and viral infections have been listed as predisposing or causal factors for recurrent tonsillitis. Epstein-Barr virus (EBV) infection usually occurs in early childhood and may persist in tonsillar lymphocytes, thus leading to the onset of recurrent tonsillitis. Little is kn (mais) own about the persistence and reactivation of EBV strains in immunocompetent patients. Methods such as in situ hybridization, polymerase chain reaction (PCR), and immunochemistry have been used to study the pathogenesis of the EBV. AIM: this study aims to characterize the association between EBV and recurrent tonsillitis by investigating the presence of EBV through PCR and immunohistochemistry, using viral protein LMP-1 as a target. STUDY DESIGN: this is a cross-sectional study with analysis of sample prevalence. MATERIALS AND METHOD: twenty-four paraffin-embedded tonsil specimens from the Pathology Service were selected. The specimens were removed from children aged between 2 and 12 years diagnosed with recurrent tonsillitis. RESULTS: EBV genome was detected in 13 (54.1%) specimens, whereas viral protein LMP-1 was found in 9 (37.5%) specimens. CONCLUSION: children's tonsils can be colonized by EBV and such colonies may be associated with the pathogenesis of recurrent tonsillitis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Criptolise por coagulação com laser de CO2 em tonsilite crônica caseosa: método conservador e resultados/ Cryptolysis via coagulation with CO2 laser for chronic caseous tonsillitis: conservatory technique and results

Passos, Cândida Ap. da C.; Olveira, Flávia M.Z.; Nicola, Jorge H.; Nicola, Ester M. D.
2002-05-01

Resumo em português Introdução: A criptolise convencional com laser CO2 tem sido realizada com sucesso. Neste caso, um volume considerável de tecido é removido sem preocupação com possíveis reduções das funções das tonsilas. No presente trabalho propomos um método de criptolise com laser de CO2, alternativo, para tonsilites crônicas caseosas, com o qual o efeito desejado é obtido apenas através da coagulação pelo laser e não pela volatilização de tecidos. A preservação (mais) da tonsila é otimizada. Forma de Estudo: Clínico prospectivo. Objetivos: Apresentar uma técnica modificada de criptolise com laser de CO2 que iniba a retenção de cáseo, preservando ao máximo o parênquima tonsilar. Material e Método: As criptolises foram realizadas em um grupo de trinta e um indivíduos portadores de tonsilite crônica caseosa, com grande eliminação de cáseo e demais sintomas associados. Os pacientes foram selecionados no ambulatório de ORL HC-UNICAMP. Utilizamos 6 W de laser CO2 em modo contínuo, desfocado, em varredura (Swiftlase) em torno da abertura das criptas e, após, sobre toda a superfície da tonsila, produzindo apenas coagulação da superfície. Para desaparecimento dos sintomas foram necessárias, em média, sete aplicações, repetidas a cada três semanas. Resultados: A técnica proposta foi efetiva em 87% dos casos. Nos 13% restantes houve, também, a necessidade de volatilização de regiões de confluência de criptas. O tempo de seguimento foi de dois anos, sem evidências de complicações. Conclusão: Concluímos ser esta uma técnica segura e eficiente, podendo ser realizada ambulatorialmente sob anestesia tópica, permitindo ao paciente retorno imediato às suas atividades. Resumo em inglês Introduction: Conventional cryptolysis with CO2 laser has been performed with success and in this case, a considerable volume of tissue is removed without warring about possible reduction of the immunological function of the tonsils. In the present paper we propose an alternative cryptolysis method with CO2 laser for chronic causeous tonsillitis. In this way, the desired effect is obtained by coagulation with laser and not by the volatilization of the tissues. The preserv (mais) ation of tissues is optimized. Method of study: Clinical prospective. Objectives: To present a modified cryptolysis technique with CO2 laser, which inhibits the retention of the caseous and preserves the tonsilar parenchyma. Material and Method: The cryptolysis were performed on a group of thirty-one individuals with chronic causeous tonsillitis, with great elimination of caseous and other associated symptoms. The patients were selected from the ORL HC-UNICAMP ambulatory. We used 6W CO2 laser in continuous mode, unfocused, and Swiftlase around the opening of the crypts, and, afterwards over the entire tonsilar surface producing only a superficial coagulation. To eradicate the symptoms we performed on average seven applications, repeated every three weeks. Results: The proposed technique was effective in 87% of the cases. For the remaining 13%, it was also necessary to volatize the regions adjacent to the crypts. There was a two-year follow-up without evidence of complications. Conclusion: We conclude this to be a safe and efficient method, able to be performed in the ambulatory under topic anesthesia; therefore, permitting to the patients immediate return to their activities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Controle da infecção por Salmonella Enteritidis em frangos de corte com ácidos orgânicos e mananoligossacarídeo/ Control of the infection caused by Salmonella Enteritidis with organic acids and mannanoligosaccharide in broiler

Bassan, Joana Darc Lopes; Flôres, Maristela Lovato; Antoniazzi, Taiane; Bianchi, Eloisa; Kuttel, Javier; Trindade, Michele Martins
2008-10-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar a ação de dois ácidos orgânicos (ácido fórmico e ácido propiônico) e de um mananoligossacarídeo (MOS) adicionados à dieta no controle da infecção intestinal por Salmonella Enteritidis (SE) em frangos de corte. Neste estudo de 39 dias, foram utilizadas 150 aves, de um dia de idade, da linhagem Cobb, lote misto, livre de SE, divididas em seis tratamentos (T) com 25 animais cada, em que: T1 (ausência de infecção), T2 (ácido (mais) s orgânicos e ausência de infecção), T3 (ácidos orgânicos + MOS e ausência de infecção), T4 (ácidos orgânicos e infecção com SE), T5 (ácidos orgânicos + MOS e infecção com SE) e T6 (infecção com SE). No 4° dia após o alojamento, a cama foi instilada com SE e a cada sete dias cinco aves por grupo foram submetidas à eutanásia por deslocamento cervical e necropsiadas. Depois foram realizados exames bacteriológicos para SE nesses animais, utilizando fezes coletadas sobre a cama de maravalha dos grupos e das tonsilas cecais dos animais necropsiados. No 18° dia, somente 60% das aves estavam infectadas nos tratamentos T4 e T5; no 25° dia, 40% das aves no T4 e 20% no T5 estavam infectadas; no 32° dia 100% das amostras testadas foram negativas em ambos os tratamentos (T4 e T5). Constatou-se que o T6 foi 100% positivo até o 32° dia e no 39° dia reduziu em 20% o número de animais infectados. Dentro dos parâmetros de avaliação deste experimento, os ácidos orgânicos e o mananoligossacarídeo adicionados à dieta contribuíram para o controle da infecção por SE. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effect of two organic acids (formic acid and propionic acid) and of one mannanoligosaccharide added to the diet to control the intestinal infection caused by Salmonella Enteritidis (SE) in broilers. In this study of 39 days 150 birds were used, with one day of age, of the Cobb lineage, both sexes and free of SE. They were divided in 6 different treatments (T) with 25 birds each, where: T1 (no infection), T2 (organic acids + (mais) no infection), T3 (organic acids + mannanoligosaccharide and no infection), T4 (organic acids and infection with SE) T5 (organic acids + mannanoligosaccharide + and infection with SE) T6 (infection with SE). After housing, the chicken litter was instilled on the 4th day with SE and every seven days, five birds from each group were euthanized through cervical dislocation. The necropsy was performed and also the bacteriological exams to detect SE, using the feces collected over the chicken litter of the groups, bacteriological analysis of the cecal tonsils was done as well. On the 18th day only 60% of birds were infected in treatments T4 and T5; on the 25th day, 40% of birds in T4 and 20% in the T5 were infected; on the 32nd day, 100% of tested samples were negative in both treatments. The T6 group was 100% positive until the 32nd day, but on the 39th day, it got reduced in 20% of the number of infected animals. In the experimental conditions of this study, the organic acids and the mannanoligosaccharide added to the diet contributed to control the infection caused by SE.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Comparação entre métodos clínicos e laboratoriais no diagnóstico das faringotonsilites estreptocócicas/ Comparative analysis of clinical and laboratory methods for diagnosing streptococcal sore throat

Santos, Ana Gabriela P. dos; Berezin, Eitan N.
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVOS: O diagnóstico e tratamento correto das faringotonsilites causadas pelo estreptococo beta-hemolítico do grupo A é importante, particularmente na prevenção das seqüelas não-supurativas. Achados clínicos continuam sendo utilizados para diferenciar infecção estreptocócica de faringotonsilite viral. A Academia Americana de Pediatria recomenda que o diagnóstico da faringotonsilite estreptocócica seja sempre confirmado por métodos de identificação micr (mais) obiológica. O objetivo deste estudo foi avaliar a acurácia do diagnóstico clínico comparado com resultados de cultura e teste rápido no diagnóstico das faringotonsilites estreptocócicas. MÉTODOS: Crianças entre 2 e 13 anos com diagnóstico clínico de faringotonsilite avaliadas na unidade de emergência pediátrica da Santa Casa de São Paulo eram selecionadas, e aquelas com sintomas de infecção viral eram excluídas. Foram registrados achados clínicos e colhidos suabes para a realização de cultura e teste rápido para estreptococo do grupo A. RESULTADOS: Das 376 crianças avaliadas, a cultura foi positiva em 96 (24,4%). A presença de petéquias, exsudato e gânglios dolorosos foi mais comum nas crianças com culturas positivas, mas com baixa acurácia diagnóstica. A avaliação subjetiva do médico que assistia o paciente não identificou 21% dos casos positivos e recomendou antibióticos para 47% das crianças com cultura negativa, contra 3 e 6% identificados pelo teste rápido, respectivamente. CONCLUSÕES: Um método de diagnóstico microbiológico é necessário para a adequada prescrição de antibióticos em crianças com faringotonsilites estreptocócicas. Resumo em inglês OBJECTIVES: Diagnosis and correct treatment of group A streptococcal sore throat is important particularly to prevent non-suppurative sequelae. Clinical findings continue to be used to differentiate streptococcal infection from viral sore throat. The American Academy of Pediatrics recommends that streptococcal sore throat diagnosis should always be performed by microbiological identification methods. The aim of this study is to evaluate the accuracy of clinical diagnosis (mais) in comparison with culture and rapid test. METHODS: Children aged 2 to 13 years who had received a clinical diagnosis of sore throat and sought treatment at the pediatric emergency unit of São Paulo Santa Casa were evaluated and those with clinical signs or viral infection were excluded. Clinical findings were recorded and swabs were taken for group A Streptococcus cultures and a Streptococcus rapid test. RESULTS: The culture was positive in 96 (24.4%) of the 376 children evaluated. The presence of petechiae, purulent exudate and painful tonsils were more likely to occur in children with positive streptococcus cultures, however they exhibited low diagnostic accuracy. The doctors' subjective evaluation failed to identify 21% of positive cases and antibiotics were prescribed in 47% of negative cases, compared with 3 and 6%, respectively, for the rapid test. CONCLUSIONS: A microbiologic method is necessary for the correct prescription of antibiotics in children with streptococcal sore throat.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Características do sistema estomatognático de crianças respiradoras orais: enfoque antroposcópico/ Characteristics of the stomatognathic system of mouth breathing children: anthroposcopic approach

Cattoni, Débora Martins; Fernandes, Fernanda Dreux Miranda; Di Francesco, Renata Cantisani; Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira
2007-12-01

Resumo em português TEMA: a utilização da antroposcopia na avaliação das características posturais e morfológicas do sistema estomatognático de crianças respiradoras orais. OBJETIVO: descrever as características posturais e morfológicas do sistema estomatognático de crianças respiradoras orais, segundo a idade. MÉTODO: Participaram 100 crianças, de ambos os sexos, com idades entre 7 anos e 11 anos e 11 meses, leucodermas, em dentição mista e com diagnóstico de respiração o (mais) ral. As características posturais e morfológicas do sistema estomatognático pesquisadas foram posição habitual de lábios e de língua, possibilidade de vedamento labial, hiperfunção do músculo mentual durante a oclusão labial, mordida e morfologia do lábio inferior, das bochechas e do palato duro, por meio da antroposcopia. RESULTADOS: no que se refere à caracterização da população do estudo segundo o diagnóstico otorrinolaringológico principal, tem-se que foi mais freqüente o aumento de tonsila faríngea e de tonsilas palatinas. Não foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre as porcentagens de cada diagnóstico otorrinolaringológico, de acordo com a idade. Os resultados relativos às características do sistema estomatognático indicaram que os aspectos mais comuns na amostra foram posição habitual de lábios entreaberta, posição habitual de língua no assoalho oral, possibilidade de vedamento labial, hiperfunção do músculo mentual durante a oclusão dos lábios, mordida alterada, lábio inferior com eversão, simetria de bochechas e palato duro alterado, sendo que todas as características estudadas apresentaram a mesma freqüência com o avançar da idade, não havendo diferença estatisticamente significativa de acordo com essa variável. CONCLUSÃO: as crianças respiradoras orais apresentaram adaptações patológicas das características posturais e morfológicas do sistema estomatognático, sugerindo a importância do diagnóstico precoce como forma de evitar alterações orofaciais. Resumo em inglês BACKGROUND: the use of anthroposcopy in the assessment of posture and morphology of the stomatognathic system of mouth breathing children. AIM: to describe the postural and morphologic characteristics of the stomatognathic system of mouth breathing children, according to age. METHOD: participants were 100 children, of both genders, with ages ranging from 7 to 11 years and 11 months, leukoderms, in mixed dentition and with the diagnosis of mouth breathing. The investigated (mais) postural and morphologic characteristics of the stomatognathic system were labial and lingual resting position, possibility of labial occlusion, hyperfunction of the mentalis muscle during labial occlusion, bite and morphology of the lower lip, cheeks and hard palate, using the anthroposcopy methodology. RESULTS: the results referring to the characterization of the studied population, according to the most frequent otorhinolaryngologic diagnosis, was of enlarged pharyngeal and palatine tonsils. A statistically significant difference was found between the percentages of each otorhinolaryngologic diagnosis, according to age. The results of the characteristics of the stomatognathic system indicated that the most common aspects in the studied sample were: half-open lips when in the resting position, tongue lowered on the mouth's floor in the resting position, possibility of labial occlusion, hyperfunction of the mentalis muscle during labial occlusion, alterations of bite, labioverted, symmetry of the cheeks and alteration of the hard palate. All of the studied characteristics presented the same frequency with the increase in age, with no statistically significant difference. CONCLUSION: mouth breathing children presented pathologic adaptations in the postural and morphological characteristics of the stomatognathic system. This suggests the importance of early diagnosis in order to avoid orofacial alterations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Características clínico-epidemiológicas no carcinoma espinocelular de boca e orofaringe/ Clinic and epidemiologic characteristics in the with squamous cell carcinoma of the mouth and oropharynx

Dedivitis, Rogério A.; França, Cristiane M.; Mafra, Ana Claudia B.; Guimarães, Fernanda T.; Guimarães, André V.
2004-01-01

Resumo em português O câncer de boca e orofaringe é de comportamento agressivo e, no Brasil, a incidência é considerada uma das mais altas do mundo, sendo o mais comum da região de cabeça e pescoço. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho é analisar os aspectos clínico-epidemiológicos dos pacientes e a evolução da doença. FORMA DE ESTUDO: Clínico retrospectivo. CASUÍSTICA E MÉTODO: Foram arrolados 43 casos de carcinoma espinocelular (CEC) de boca e 25 de orofaringe do Serviço de (mais) Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Santa Casa de Misericórdia de Santos e do Hospital Ana Costa entre os anos de 1997 a 2000. Informações sobre idade, sexo, profissão, raça, hábitos de tabagismo e etilismo, uso de prótese dentária, origem do encaminhamento do paciente ao tratamento, localização da lesão, estadiamento clínico, grau de diferenciação histológica, tratamento, sobrevida e presença de segundo tumor primário foram analisados estatisticamente pelo Teste Exato de Fischer. RESULTADOS: Dos pacientes com CEC em boca, a relação de incidência masculino-feminino foi de 3,35:1, a idade variou de 46 a 91 anos (mediana de 62), 90,7% eram caucasianos, 81% foram referenciados por profissionais médicos, 76,8% eram tabagistas, 74% etilistas, 79% não utilizavam prótese dentária. O sítio mais acometido foi a língua (51,1%), 53% apresentaram-se nos estádios III e IV, 72,1% eram de grau histológico II, 53% foram tratados por cirurgia e 47% por cirurgia e radioterapia adjuvante e 9,3% apresentaram segundo tumor primário. Para a orofaringe, a relação masculino-feminino foi de 11,5:1, com idade entre 40 e 81 anos (mediana de 58), 92% eram caucasianos, 92% foram encaminhados por médicos, 84% eram tabagistas, 80% etilistas, 52% não utilizavam prótese, as tonsilas palatinas foram o sítio mais acometido (76%), 96% estavam em estádios III e IV, 84% eram de grau II, 80% foram tratados por cirurgia associada a radioterapia, 16% a cirurgia para resgate de falha após radioterapia e 4% a cirurgia exclusiva e 8% tiveram segundo primário. Não houve relação estatisticamente significativa entre o estadiamento e os hábitos de tabagismo, etilismo e uso de prótese. Tais hábitos, a faixa etária e o grau histológico não tiveram relação significativa com o sítio do tumor. Estavam vivos e livres de doença 69,7% dos pacientes com tumor de boca e 22% de orofaringe. CONCLUSÃO: O médico ou dentista que dá o atendimento inicial é fundamental no reconhecimento das lesões, para que se possa estabelecer o diagnóstico precoce. Resumo em inglês Cancer of the oral cavity and oropharynx is aggressive. It is one of the commonest cancers in Brazil and may be considered as the commonest in the head and neck. AIM: The objective of this paper is to evaluate clinical and epidemiological factors and the outcome. STUDY DESIGN: Clinical retrospective. MATERIAL AND METHODS: In a descriptive retrospective study, the charts of 43 cases of oral and 25 of oropharyngeal squamous cell carcinoma (SCC) in the period 1997-2000 have (mais) been reviewed from the Departments of Head and Neck Surgery of Santa Casa de Misericórdia de Santos and Hospital Ana Costa. This was analyzed with emphasis on age, gender, profession, ethnic aspects, tobacco and alcohol use, dental prosthesis, referement origin, site of the lesion, clinical staging, histologic grade, treatment methods, survival and second cancer presence in the study group. The data were analysed by Exact Test of Fischer. RESULTS: In the oral cavity cancer patients, a male female ratio of 3.35:1 was observed, the median age was 62 years (ranging 46 to 91 years), 90.7% were Caucasian, 81% were referred from medical professionals, tobacco use was identified in 76.8%, alcohol intake in 74%, 79% were not dental prosthesis users, tongue was the commonest site identified (51.1%), 53% were staged as III and IV clinical stages, 72.1% were moderately differentiated SCC, combined modality of treatment (surgery and adjuvant radiation therapy) was employed in 47% and 9.3% presented a second primary tumor. For the oropharynx, the male female ratio was 11.5:1, the median age was 58 years (ranging 40 to 81 years), 92% were Caucasian, 92% were referred from medical professionals, exposure to tobacco and alcohol was respectively noted in 84% and 80%, 52% did not use dental prosthesis, the tonsils were the commonest site (76%), 96% were staged as III and IV, 84% had moderately differentiated SCC, 75% underwent combined treatment (surgery and adjuvant radiation therapy) and 8% presented a second tumor elsewhere. There was not significant relationship between the clinical staging and tobacco, alcohol and dental prosthesis exposure. These factors, the age and the histologic grade had no relationship with the tumor site. For the oral cavity, 69,7% were alive with no evidence of disease and for the oropharynx, 22% were under this condition. CONCLUSION: The professional who performs the first evaluation is important in recognizing the lesions in order to achieve early detection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Caracterização da população portadora de câncer de boca e orofaringe atendida no setor de cabeça e pescoço em hospital de referência na cidade de Salvador- BA/ Characterizing the population with mouth and orofaringe cancer, attended in the sector of head and neck in a referral hospital in Salvador City - BA

Silva, Patrícia Sales Leal da; Leão, Verônica Monteiro Leal; Scarpel, Renata Darc
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: caracterizar a população portadora de Câncer de Boca e Orofaringe atendida no setor de Cabeça e Pescoço do Hospital Aristides Maltez em Salvador - BA, no período de junho a dezembro de 2007. MÉTODOS: estudo retrospectivo por meio da análise de prontuários dos pacientes com câncer de boca e orofaringe do Hospital Aristides Maltez no período de seis meses. Informações sobre idade, sexo, localização, estadiamento clínico, intervenção cirúrgica, r (mais) adioterápica, quimioterápica, presença de sonda, traqueostomia, encaminhamento e alterações fonoaudiológicas foram analisadas estatisticamente pelos testes ANOVA, Igualdade de duas proporções e Qui-Quadrado para independência. RESULTADOS: dos pacientes com carcinoma espino-celular em boca, a relação de incidência masculino-feminino foi de 2,5:1, a idade variou de 19 a 95 anos (mediana 58). Os sítios mais acometidos foram: a língua (29,2%), seguida de soalho (21,2%). Para a orofaringe, a relação masculino-feminino foi de 1,95:1, com idade entre 34 a 93 (mediana 59). As tonsilas palatinas foram o sítio mais acometido (29,2%). Os procedimentos terapêuticos mais empregados foram ausência de tratamento, combinação entre radioterapia e quimioterapia e o uso de sonda. Em relação à distribuição por estadiamento, o estádio IV foi o mais encontrado, sendo o grupo mais encaminhado ao setor de fonoaudiologia. 89,9% dos pacientes apresentaram queixas fonoaudiológicas, prevalecendo a disfagia. CONCLUSÃO: este levantamento contribuiu para caracterizar o perfil dos pacientes atendidos no hospital e com os programas de prevenção desta doença. Resumo em inglês PURPOSE: to characterize the patients with oral cavity and oropharynx cancer, attended at the Head and Neck Ambulatory of Aristides Maltez Hospital in Salvador - BA, from June to December, 2007. METHODS: a retrospective study was carried through using the analysis of medical records of patients with oral cavity and oropharynx cancer, within six months, at Aristides Maltez Hospital. Information about age, gender, location, clinical staging, surgery, radiotherapy, chemother (mais) apy, presence of probe, tracheotomy, routing and speech pathologist disturbance were statistically analyzed by two equal proportion ANOVA test, and Chi-square test for independence. RESULTS: the incidence of male-female patients with squamous cell carcinoma in oral cavity was 2.5: 1, age ranged from 19 to 95 years (median 58). The most affected spots were tongue (29.2%) followed by flooring (21.2%). For the oropharynx, the male-female ratio was 1.95:1, aging from 34 to 93 years (median 59). The most affected spot was tonsils (29.2%). The therapeutic procedures applied were: absence of treatment, combination of radiotherapy and chemotherapy and the use of a probe. Regarding to the distribution by stage, the fourth one prevailed, then they were directed to speech pathologist treatment. 89.9% of patients had speech pathologist disturbance, prevailing dysphagia. CONCLUSION: this survey helped to characterize the profile of patients taken care at Aristides Maltez Hospital, and with programs for prevention of this disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Avaliação do processamento auditivo em crianças com síndrome da apnéia/hipopnéia obstrutiva do sono/ Auditory processing assessment in children with obstructive sleep apnea syndrome

Ziliotto, Karin Neves; Santos, Maria Francisca Colella dos; Monteiro, Valeria G.; Pradella- Hallinan, Márcia; Moreira, Gustavo A.; Pereira, Liliane Desgualdo; Weckx, Luc L. M.; Fujita, Reginaldo Raimundo; Pizarro, Gilberto Ulson
2006-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: síndrome da apnéia/hipopnéia obstrutiva do sono (SAHOS) é uma desordem de respiração durante o sono e tem sido descrita como uma condição relativamente comum em crianças. OBJETIVO: Verificar se existe relação entre a presença da Síndrome da Apnéia/Hipopnéia Obstrutiva do Sono e alteração de processamento auditivo. MÉTODOS: Foram avaliados 3 grupos de crianças na faixa etária de 5 a 11 anos, incluindo um grupo controle. Vinte indivíduos q (mais) ue constituíram o grupo de estudo foram submetidos à avaliação otorrinolaringológica e ao exame de polissonografia (PSG) e foram divididos em dois grupos: Grupo I (RO) constituído por 10 indivíduos respiradores orais e PSG normal e Grupo II (SAS) constituído por 10 indivíduos respiradores orais e PSG alterado. O desempenho destes indivíduos foi comparado a um terceiro grupo - Grupo III (REN) composto de 10 crianças sem queixas otorrinolaringológicas. Todos os sujeitos foram submetidos à avaliação audiológica básica e à avaliação do PA. RESULTADOS: Quanto à avaliação otorrinolaringológica, houve diferença estatisticamente significante no que se refere à avaliação dos cornetos nasais e das tonsilas palatinas. No grupo II, verificou-se maior número de indivíduos com hipertrofia de cornetos nasais grau II e III (p Resumo em inglês INTRODUCTION: The obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) is a respiratory disorder that occurs during sleep and it is relatively common in children. AIM: The goal of this paper is to verify if there is a relationship between the obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) and auditory processing. METHOD: In order to do that, three groups of children ranging in age from 5 to 11 were studied, including a normal group. Twenty subjects who made up the study group were submitted (mais) to ear, nose and throat (ENT) exams and to polysomnography (PSG), and were divided in two groups: GROUP I (RO) comprised of 10 children who presented oral breathing and displayed normal PSG, and GROUP II (SAS) comprised of 10 children who presented oral breathing and displayed abnormal PSG. Their performance was compared to the performance of the third group - GROUP III (REN) comprised of 10 children who did not refer ENT difficulties. All the subjects completed a basic audiometric assessment as well as an auditory processing diagnosis. RESULTS: The analyses of the results revealed a statistically significant difference in ENT exams related to the turbinate and the palatine tonsils. Group II presented a higher incidence of turbinate hypertrophy levels II and III (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Avaliação do impacto da adenotonsilectomia sobre a qualidade de vida em crianças com hipertrofia das tonsilas palatinas e faríngeas/ Assessing the impact adenotonsilectomy has on the lives of children with hypertrophy of palatine and pharyngeal tonsils

Beraldin, Bernard Soccol; Rayes, Tatiana Rocha; Villela, Paulo Henrique; Ranieri, Denise Marchi
2009-02-01

Resumo em português A hipertrofia das tonsilas palatinas e faríngeas é extremamente comum na infância, sendo um dos problemas mais freqüentes do consultório do otorrinolaringologista, podendo prejudicar a qualidade de vida das crianças. OBJETIVO: Avaliar o impacto da adenotonsilectomia sobre a qualidade de vida das crianças que apresentam aumento do volume das tonsilas. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo de coorte contemporâneo longitudinal. Foi aplicado a setenta e cinco pais ou responsáv (mais) eis por crianças submetidas a adenotonsilectomia um questionário específico para a avaliação da qualidade de vida, OSD-6, antes do procedimento cirúrgico e trinta dias após. RESULTADOS: A adenotonsilectomia proporcionou significativa diminuição na pontuação obtida no questionário. DISCUSSÃO: Ronco e a obstrução nasal foram os sintomas responsáveis pelas maiores pontuações nos questionários. Existe grande preocupação dos pais com o ronco das crianças e pobre correlação estatística entre o grau de obstrução e a pior qualidade de vida. CONCLUSÃO: A adenotonsilectomia apresenta impacto relevante na qualidade de vida das crianças com hipertrofia das tonsilas. Resumo em inglês The hypertrophy of the palatine and pharyngeal tonsils is extremely common in children, being one of the most frequent causes of visits to otolaryngologists and such problem can impair the child's quality of life. AIM: to evaluate the impact of adenotonsillectomy on the lives of children with hypertrophied tonsils. MATERIALS AND METHODS: Contemporary longitudinal cohort study. A specific questionnaire used to evaluate the quality of life - OSD-6, was given to seventy five (mais) parents or guardians of children previously submitted to adenotonsillectomy, before the surgery and thirty days afterwards. RESULTS: The adenotonsillectomy provided a significant reduction in the questionnaire score. DISCUSSION: Snoring and nasal obstruction were the symptoms with the highest scores. There is a great concern from the parents with the snoring of the children and a poor statistic correlation between the degree of obstruction degree and a worse quality of life. CONCLUSION: Adenotonsillectomy causes a relevant impact in the quality of life of children with tonsil hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Avaliação da pressão inspiratória em crianças com aumento do volume de tonsilas/ Evaluation of inspiratory pressure in children with enlarged tonsils and adenoids

Pires, Melissa Guerato; Di Francesco, Renata Cantisani; Grumach, Anete Sevciovic; Mello Jr., João Ferreira de
2005-10-01

Resumo em português Crianças com aumento do volume de tonsilas palatina e faríngea freqüentemente apresentam anormalidades respiratórias tais como ronco, respiração oral e apnéia do sono. Sabe-se que a obstrução de vias aéreas superiores e conseqüentemente a respiração oral podem resultar em problemas pulmonares. OBJETIVO: Avaliar a pressão inspiratória em crianças com obstrução de vias aéreas superiores devido ao aumento do volume de tonsilas. FORMA DE ESTUDO: clínico co (mais) m coorte transversal. MATERIAL E MÉTODO: Nós avaliamos 37 crianças (4-13 anos, ambos os sexos) com aumento do volume de tonsilas que seriam submetidas à cirurgia de Adenoamigdalectomia na Divisão de Otorrinolaringologia da Universidade de São Paulo no mesmo período. O grupo controle foi composto de 28 crianças sem aumento de volume tonsilar que foram submetidas aos mesmos testes. A pressão Inspiratória foi obtida pelo uso do manovacuômetro. RESULTADOS: Observamos uma menor pressão inspiratória no grupo com aumento do volume de tonsilas. A média do grupo com aumento do volume das tonsilas foi 14,607 cm/H2O e do grupo normal foi de 27,580 cm/H2O (P Resumo em inglês Children with enlarged tonsils and adenoids usually present breathing abnormalities such as snoring, mouth breathing and sleep apnea. It is known that upper airway obstruction and consequent mouth breathing may result in pulmonary diseases. AIM: The goal of this preliminary study was to evaluate the inspiratory pressure in children with upper airway obstruction due to enlarged tonsils. STUDY DESIGN: clinical with transversal cohort. MATERIAL AND METHOD: We evaluated 37 ch (mais) ildren (4 -13 years old, female/male) with enlarged tonsils who would be submitted to a T&A surgery in the Department of Otolaryngology, Medical School, University of Sao Paulo, from October 2002 to March 2003. The control group comprised 28 children without tonsillar disease submitted to the same tests. Inspiratory pressure was obtained using a manometer and vacuum meter. RESULTS: We could observe lower inspiratory pressures in children with upper airway obstruction. The mean of inspiratory pressure in the upper airway obstruction group was 14.607cm/H2O and in the control group was of 27.580cm/H2O. CONCLUSIONS: Enlarged tonsils and adenoids were associated with poor inspiratory pressure, resulting in increased breathing effort and work of the involved muscles.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Associações técnicas conjugadas para correção cirúrgica do ronco e SAOS (periférica)/ Technical associations joined to snoring and SAOS (peripheral) surgical corrections

D'Avila, Jeferson Sampaio; Gois, Carlos R. T.; Santos Jr., Ronaldo C.; Todt Neto, João C.
2003-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Com esta proposta de associação conjunta de técnicas cirúrgicas clássicas objetivamos oferecer de forma mais segura aquilo que cada uma especificamente apresenta de melhor, com a introdução da Microscopia Óptica em todos os procedimentos. MATERIAL E MÉTODO: Realizamos com critérios bem definidos o topodiagnóstico prático periférico, isolando apenas os classificados como Nível I de Fujita. Associamos três grupos específicos de técnica. Grupo A: L (mais) AUP (Kamami) + U.P.F.P. Parcial (Fujita Modificado-FM). Grupo B: LAUP + Criptólise (Krespi) + U.P.F.P. Parcial (Fujita Modificado). Grupo C: LAUP + Microcirurgia Tonsilas (Andréa/Dias) + U.P.F.P. (FM). As indicações cirúrgicas de cada grupo são para: Grupo A: hipertrofia de úvula + rebaixamento de palato + ausência ou atrofia de tonsilas palatinas (TP). Grupo B: quadro anatômico semelhante ao Grupo A + hipertrofia de TP (grau I e II). Grupo C: hipertrofia de úvula e de TP (grau III)+ redundância faríngea. No período de 38 meses, estamos com 60 casos operados, na proporção de: Grupo A: 20, Grupo B: 12 e Grupo C: 28. RESULTADOS: Houve melhora clínica em 46 pacientes (76,67%). Os melhores resultados foram detectados nos Grupos A e C. CONCLUSÃO: A seleção em grupos dos pacientes portadores de ronco e SAOS (periférica) do nível I de Fujita, considerando-se parâmetros anátomo-clínicos, oferece-nos mais segurança na escolha adequada dos métodos de abordagem cirúrgica. Portanto, com esta proposta de associação de técnicas, estamos conseguindo melhorar nossos resultados e sugerimos que este esquema seja efetivado em outros serviços. Resumo em inglês AIM: Associating those classical surgical techniques, we intend to safely provide what each technique has to offer, introducing the Optical Microscopy in all procedures. MATERIAL AND METHOD: The practical peripheral topodiagnosis was made with well-defined criteria, isolating only the ones labeled as Level 1 by Fujita. Three specific types of techniques were associated. Group A: LAUP (Kamami) + Partial U.P.F.P. (modified Fujita). Group B: LAUP + cryptolysis (Krespi) + Par (mais) tial U.P.F.P. (modified Fujita). Group C: LAUP + Tonsils Microsurgery (Andréa/Dias) + Partial U.P.F.P. (Modified Fujita). The surgical indications for each group were the following: Group A: Uvula Hypertrophy + palate low placement + lack of Tonsils (grade I). Group B: anatomical parameters equal to Group A + Tonsils atrophy or hypertrophy (grade I). Group C: Uvula and tonsils hypertrophy (grade II and III) + pharynx redundancy. In 38 months, there were 60 operated cases, divided as follows: Group A: 20; Group B: 12 and Group C: 28. RESULT: Clinical improvement occurred in 46 patients (76.67%). The best results were detected in groups A and C. CONCLUSION: Selection in groups of patients with snoring and SOAS (peripheral) labeled as Level 1 of Fujita, considering anatomical and clinical parameters, is the safest for the choice of surgical methods. Thus, by proposing an association of techniques, we have accomplished better results and so we suggest the effective use of this basic protocol in other services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Aspectos imunoistoquímicos da hepatite infecciosa canina/ Immunohistochemical aspects of canine infectious hepatitis

Inkelmann, Maria Andréia; Anjos, Bruno Leite dos; Kommers, Glaucia Denise; Fighera, Rafael Almeida; Barros, Claudio Severo Lombardo de
2008-12-01

Resumo em português Tecidos de 27 cães que morreram de hepatite infecciosa canina (HIC) foram avaliados por imunoistoquímica (IHQ) para detecção de antígeno de adenovírus canino tipo 1 (CAV-1), por meio de um anticorpo monoclonal. Os tecidos examinados incluíram fígado, rim, baço, linfonodos, tonsilas, pulmão, intestino delgado, encéfalo e medula óssea. Para cada órgão foram atribuídos graus crescentes (de leve a acentuada) de intensidade de imunomarcação. O antígeno de CAV (mais) -1 estava presente na maioria dos órgãos examinados, principalmente em células endoteliais. Relacionando o tempo de evolução clínica da HIC com a intensidade da imunomarcação, o maior número de casos com evolução clínica hiperaguda ou aguda coincidiu com a maior intensidade de marcação do antígeno viral. A IHQ demonstrou ser um teste adequado para a detecção do antígeno de CAV-1 e pode ser usado para o estudo da patogênese da doença. Resumo em inglês Tissues from 27 dogs died from infectious canine hepatitis (ICH) were evaluated by immunohistochemestry (IHC) for detection of canine adenovirus type 1 (CAV-1) antigen using a monoclonal antibody. Evaluated tissues included liver, kidney, spleen, lymph nodes, tonsils, lungs, small intestine, brain, and spinal cord. For each organ increasing degrees (from mild to marked) of intensity of immune staining were ascribed. CAV-1 was detected in most of the evaluated organs, main (mais) ly in the endothelial cells. Considering the clinical course of ICH and the intensity of IHC staining, cases with acute and peracute courses had more marked staining. IHC proved to be a reliable test for CAV-1 antigen detection and can be used for pathogenesis studies on ICH either in the spontaneous and experimental disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Aplicação da técnica de PCR na detecção de Yersinia enterocolitica em suínos abatidos sem inspeção/ PCR technique application in Yersinia enterocolitica detection in non-inspected swine

Teodoro, V.A.M.; Pinto, P.S.A.; Vanetti, M.C.D.; Bevilacqua, P.D.; Moraes, M.P.; Pinto, M.S.
2006-02-01

Resumo em português Avaliou-se a contaminação de carcaças e tonsilas de suínos por Y. enterocolitica em estabelecimentos de abate não inspecionados, comparando a pesquisa microbiológica convencional com a técnica da reação em cadeia de polimerase (PCR) e o tipo de amostra analisada (de tonsila ou de carcaça), como subsídio ao monitoramento microbiano em sistemas de análise de perigos e pontos críticos de controle. Calcularam-se os custos dos dois testes. Não se detectou Y. ente (mais) rocolitica pela técnica microbiológica convencional, mas, pela técnica de PCR foi possível detectar a bactéria em 40% das carcaças e em 43% das tonsilas, incluindo cepas patogênicas nas tonsilas. Não houve diferença entre os resultados positivos para as amostras de tonsilas e esfregaços de superfície das carcaças. A PCR apresentou-se como uma alternativa na detecção do agente e uma técnica aparentemente mais eficaz, econômica e rápida. Os resultados indicam a PCR como um importante recurso para o controle de qualidade da carne suína. Resumo em inglês The contamination of swine carcasses and tonsils by Yersinia enterocolitica in slaughterhouses without inspection was evaluated. The conventional microbiological analysis was compared with the PCR technique of carcass or tonsil swabs, as a subsidy to the microbiological evaluation in the HACCP system. The costs of the two techniques were also calculated. Y. enterocolitica was not detected by the conventional microbiological analysis. Using the PCR, it was possible to dete (mais) ct this bacterium in carcass (40%) and tonsil (43%) samples. There was no difference between the positive results for the carcass and tonsil samples. The PCR showed to be a more effective, fast and economic alternative for the Y. enterocolitica detection, as compared to the conventional microbiological analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Análise imuno-histoquímica de cães naturalmente infectados pelo parvovírus canino/ Immunohistochemical analysis of dogs infected naturally by canine parvovirus

Oliveira, Eduardo C.; Pescador, Caroline A.; Sonne, Luciana; Pavarini, Saulo P.; Santos, Adriana S.; Corbellini, Luís G.; Driemeier, David
2009-02-01

Resumo em português Noventa e seis cães com lesões macroscópicas sugestivas de parvovirose canina foram necropsiados no Setor de Patologia Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul no período de março de 2005 a novembro de 2006. Tecidos destes caninos foram analisados através de histologia e imuno-histoquímica. Aumento das placas de Peyer do intestino delgado e hiperemia da mucosa e serosa intestinal foram os achados macroscópicos mais observados. Microscopicamente, f (mais) oi visualizada enterite necrótica em 77% dos cães. Em 17,7% as alterações histológicas do intestino delgado ficaram prejudicadas pela autólise, dificultando a interpretação. O teste de imuno-histoquímica em cortes de intestino delgado, linfonodo mesentérico, timo, baço, tonsila, língua e medula óssea de todos os 96 casos, foi positivo em 91,6% (88/96) dos casos. O intestino delgado demonstrou o melhor resultado, obtendo-se marcações em 77% (74/96) dos casos. A análise final do exame paramétrico de Fisher demonstrou uma fraca associação entre autólise intestinal e resultado positivo da imuno-histoquímica onde as chances de um intestino delgado autolisado histologicamente apresentar resultado positivo na imuno-histoquímica é 0,33 vezes menor (OR=0,33; 95%IC: 0,10-1,17) quando comparada a um intestino delgado não autolisado. Resumo em inglês Ninety-six dogs with gross lesions suggestive of canine parvovirus infection were selected and necropsied in the Faculty of Veterinary Medicine, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, between March 2005 and November 2006. The main gross lesions were enlargement of the Peyer's patches in the small intestine and hyperemia in the intestinal mucosa and serosa. Microscopically, the small intestine showed necrotizing enteritis in 77% (74/96) of the dogs examined. However, i (mais) n 17.7% of the histological evaluation in the small intestine were damaged due to autolytic changes making it difficult to obtain an appropriate interpretation. The immunohistochemistry test was performed in tissues of small intestine, mesenteric lymph nodes, thymus, spleen, tonsils, tongue, and bone marrow in all the 96 selected cases. Parvovirus antigen was detected in 91.6% (88/96) of the dogs necropsied. The best result of the IHC test was seen in samples of small intestine which was positive in 77% (74/96) of the cases. The statistical analysis (Fisher test) showed a weak association between intestinal autolysis and positive result of the IHC test. The chance of the autolysed intestine showing a positive result in the immunohistochemistry test was 0.33 less (OR=0.33, 95% CI:0.10-1.17) when compared with small intestine not autolysed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Análise histopatológica de produtos de adenotonsilectomia de janeiro de 2001 a maio de 2003/ Histological analysis of tonsillectomy and adenoidectomy specimens - January 2001 to May 2003

Dell'Aringa, Alfredo R.; Juares, Antônio J. C.; Melo, Cinthia de; Nardi, José C.; Kobari, Kazue; Perches Filho, Renato M.
2005-02-01

Resumo em português As tonsilas palatinas e faríngeas são agregados encapsulados incompletos de nódulos linfóides em contato direto com o epitélio de revestimento do trato aerodigestivo. TIPO DE ESTUDO: Estudo retrospectivo baseado na revisão de prontuários dos pacientes submetidos a adenotonsilectomias no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília durante o período de janeiro de 2001 a maio de 2003. OBJETIVO: Relatar o perfil dos pacientes e as principais alteraçõe (mais) s histopatológicas em 250 pacientes com hipertrofia de tonsilas palatinas e faríngea, infecções de repetição ou ambos. MATERIAL E MÉTODOS: Análise histopatológica de 250 pacientes submetidos a adenotonsilectomia ou tonsilectomia entre adultos e crianças. RESULTADOS: Dos 250 pacientes, 117 (46,8%) são do sexo feminino e 133 (53,2%) masculino. A idade média foi de 7,3 anos e variou de 2 a 34 anos. A principal indicação cirúrgica foi a concomitância de infecções de repetição e hipertrofia de tonsilas palatinas e faríngea, sendo que em 160 (64%) foram classificadas em 3+/4+. Em 205 (82%) pacientes foi encontrada hiperplasia linfóide ou linfóide folicular. 45 (18%) também apresentaram inflamação aguda supurativa focal. Dentre estes, 2 pacientes tiveram cistos de inclusão epidermóide, outros 2 com colônias de Actinomyces sp e 1 paciente com lesão compatível com Doença da Arranhadura de Gato. DISCUSSÃO: Os dados apresentados neste trabalho nos mostram uma possível relação das tonsilites de repetição com as hipertrofias tonsilas palatinas e faríngea. CONCLUSÃO: O exame anatomopatológico de rotina das tonsilectomias apresenta uma relação custo/benefício negativa, no entanto, por problemas de ordem legal, ético, fica o médico sujeito à solicitação desse exame. Resumo em inglês Palatine and nasopharyngeal tonsils are nonencapsulated nodular masses of lymphoid tissue of the respiratory and digestive tract epithelium. STUDY DESIGN: Retrospective clinical study based on the revision of medical records of patients who underwent tonsillectomy and adenoidectomy at Hospital das Clínicas, Medical School, Marília in the period between January 2001 and May 2003. AIM: Analysis of patients' profile and main pathological changes in 250 patients with palati (mais) ne and nasopharyngeal tonsil hypertrophy, recurrent infections or both. MATERIAL AND METHOD: Histological review of 250 patients who underwent tonsillectomy and adenoidectomy among adults and children. RESULTS: Out of 250 subjects, 117 (46.8%) were female and 133 (53.2%) were male patients. Mean age was 7.3 years, ranging from 2 to 34 years. Main surgical indication was concomitant presence of recurrent infections and hypertrophy of nasopharyngeal and palatine tonsils. Among these patients, 160 (64%) were classified as grades III to IV hypertrophy. Lymphatic or follicular lymphatic hyperplasia was observed in 205 patients (82%); focal inflammation was verified in 45 (18%) subjects. Among those, 2 patients presented squamous cell cysts, 2 had Actinomyces sp colonies and 1 cat scratch disease. DISCUSSION: The results presented in this study suggested a possible correlation between recurrent tonsillitis and palatine tonsil hypertrophy. CONCLUSION: Routine histological study of tonsillectomy and adenoidectomy specimens has a low cost-benefit rate, although, due to legal and ethical issues, physicians may request this type of examination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Análise histológica de 24 tonsilas faríngeas de pacientes submetidos à adenoidectomia ou à adenoamigdalectomia/ Histological analysis of 24 pharyngeal tonsils from pacients submitted to adenoidectomy or adenoamigdalectomy

Alves, Adriana L.; Scala, Wanessa A. R.; Barros, Mirna D.; Dolci, José E. L.
2002-10-01

Resumo em português Introdução: O epitélio que reveste a tonsila faríngea é descrito como epitélio colunar pseudoestratificado ciliado com células caliciformes. Forma de Estudo: Experimental. Objetivo: Descrição dos tipos de epitélio de revestimento de tonsilas faríngeas e a freqüência de ocorrência destes diferentes tipos. Material e Método: Foram analisados cortes histológicos de 24 tonsilas faríngeas obtidas de adenoidectomia ou adenoamigdalectomia, em crianças de três (mais) a sete anos, no Departamento de Otorrinolaringologia da Irmandade da Santa Casa de São Paulo. Resultados: Apenas 4,15% das tonsilas apresentaram epitélio de revestimento do tipo colunar pseudoestratificado ciliado com células caliciformes de ocorrência exclusiva; 4,15% apresentaram epitélio pavimentoso estratificado não queratinizado exclusivamente; 41,70% dos casos estudados apresentaram predominância de epitélio colunar pseudoestratificado ciliado com células caliciformes com áreas de epitélio pavimentoso estratificado não queratinizado; 50% da amostra apresentou predominância de epitélio pavimentoso estratificado não queratinizado com áreas de epitélio colunar pseudoestratificado ciliado com células caliciformes. Conclusão: Nas tonsilas faríngeas estudadas o revestimento de epitélio pavimentoso estratificado não queratinizado com áreas de epitélio colunar pseudoestratificado ciliado com células caliciformes foi o de maior ocorrência. Resumo em inglês Introduction: The epithelium of pharyngeal tonsil is described mostly as a pseudostratified columnar ciliated epithelium with globet cells. Study design: Experimental. Objective: Description of the types of overlay epithelium of pharyngeal tonsils and the frequency of occurrence of these diferent types. Material and Method: Histological study of twenty-four pharyngeal tonsils from children three to seven years old to adenoidectomy or adenoamigdalectomy inthe Departament o (mais) f Otorrinolaringology, Irmandade da Santa Casa de São Paulo. Results: Only 4,15% of the tonsils presented the pseudostratified columnar ciliated epithelium with globet cells like covering epithelium of exclusive occurrence; 4,15% presented exclusively stratified squamous nonkeratinized epithelium; 41,70% of all observeded tonsils showed predominance of pseudostratified columnar ciliated epithelium with globet cells with some areas of stratified squamous nonkeratinized epithelium; 50% of the observed sampleshowed predominance of stratified squamous nonkeratinized epithelium with some areas of pseudostratified columnar ciliated epithelium with globet cells. Conclusion: The studied pharyngeal tonsils presented the stratified squamous nonkeratinized epithelium with areas of pseudostratified columnar ciliated epithelium with globet cells as the most frequent epithelium of linining.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Achados patológicos e imuno-histoquímicos em cães infectados naturalmente pelo vírus da cinomose canina/ Pathologic and immunohistochemistry findings in dogs naturally infected by canine distemper virus

Sonne, Luciana; Oliveira, Eduardo C.; Pescador, Caroline A.; Santos, Adriana S.; Pavarini, Saulo P.; Carissimi, André S.; Driemeier, David
2009-02-01

Resumo em português A cinomose canina é uma doença viral e afeta principalmente os sistemas respiratório, gastrintestinal e nervoso. Neste trabalho foram analisados os achados patológicos e imuno-histoquímicos de 54 cães com cinomose de um total de 760 cães necropsiados no período de julho de 2006 a outubro de 2007. As lesões macroscópicas observadas foram caracterizadas por corrimento ocular e nasal mucopurulentas, hiperqueratose dos coxins digitais, pulmões avermelhados e não c (mais) olapsados, atrofia do timo, conteúdo intestinal diarréico e placas de Peyer proeminentes. Os achados histológicos caracterizavam-se principalmente por pneumonia intersticial, rarefação linfóide, desmielinização da substância branca, manguitos perivasculares e corpúsculos de inclusão intranucleares e intracitoplasmáticos, que se localizam principalmente na mucosa do estômago, epitélios da bexiga, brônquios e bronquíolos, pelve renal, coxins digitais, pálpebra, orelha e tonsila no sistema nervoso central e em células mononucleares dos linfonodos, baço e tonsilas. Os tecidos foram marcados pela técnica imuno-histoquímica utilizando anticorpo monoclonal anti-cinomose canina. O coxim digital foi o tecido com maior número de casos marcados positivamente (67,4% dos casos), seguido pelo estômago com 62,7%. A imuno-histoquímica mostrou ser uma ferramenta importante para o estudo da distribuição do antígeno em cães infectados pela cinomose bem como indicou o melhor tecido para a confirmação do diagnóstico de casos suspeitos. Resumo em inglês Canine distemper is a viral disease that affects mainly respiratory, gastrointestinal and nervous system. The present study analyzes pathologic and immunohistochemical findings in 54 dogs with canine distemper of a total of 760 canine necropsies performed from July 2006 to October 2007. The gross lesions were characterized by mucopurulent oculonasal discharge, hyperkeratosis of footpads, red and not collapsed lungs, thymic atrophy, watery intestinal content, hyperemia and (mais) enlarged Peyer's patches. The histological findings were characterized by interstitial pneumonia, lymphoid depletion, white matter demyelization, perivascular cuffs and intracytoplasmatic and intranuclear inclusion bodies located in epithelial cells of gastric mucosa, urinary bladder, bronchial, renal pelvis, footpads, eyelid, skin of the ear, tonsil, central nervous system and mononuclear cells in lymph nodes, spleen, and tonsils. Viral antigen was detected by an immunohistochemical procedure using a mouse monoclonal anti-canine distemper antibody. The footpads were the more constantly (67.4% of the cases) immunolabeled tissue, followed by stomach with 62.7%. Immunohistochemistry was demonstrated to be a useful tool for the study of viral antigen distribution in distemper affected dogs as well as it indicated which is the best tissue to be examined in order to confirm a suspected case of canine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)