Sample records for tolerance
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

A dificuldade da tolerância

Scanlon, Thomas M.
2009-01-01

Resumo em português Este artigo mostra o quanto a tolerância é uma atitude complexa que implica encontrar a justa medida entre uma aceitação absoluta e uma oposição imoderada, apontando para as diferentes tensões internas à atitude de tolerância e para os custos e os riscos envolvidos na prática da tolerância, mesmo numa democracia constitucional em que já estão assegurados certos direitos fundamentais. Resumo em inglês The article shows why tolerance is a complex attitude that implicates to find a just measure between an absolute acceptance and an immoderate opposition, pointing to the different internal tensions inherent to the attitude of tolerance and to the costs and risks involved in the practice of the tolerance, even in a constitutional democracy in which certain basic rights are already secured.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Tolerância: uma questão política ou moral?

Williams, Bernard
2009-01-01

Resumo em português Este artigo analisa as dificuldades e os limites da proposta liberal de fundamentar moralmente a tolerância a partir do ideal de autonomia. O autor argumenta a favor de uma justificação mais cética, contextualista, política e pragmática da tolerância para um Estado liberal democrático. O problema da tolerância deve ser tratado como uma questão política, e não moral. A tolerância como prática do Estado liberal deve preencher uma exigência básica de legitima (mais) ção, que delimita o exercício do poder político, segundo a qual aqueles que reivindicam a autoridade política sobre os demais devem oferecer boas razões sobre as bases dessa autoridade. Resumo em inglês The article analyses the difficulties and the limits of the liberal proposal of grounding morally the tolerance from the ideal of autonomy. The author argues for a more sceptical, contextualist, political and pragmatic justification of the tolerance for a liberal democratic State. The problem of the tolerance must be treated as a political question, and not moral. The tolerance as practice of the liberal State must fill out a basic demand of legitimation, which delimits t (mais) he exercise of the political power, according to those who claim the political authority on the others must offer good reasons about the basis of this authority.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Tolerância ao frio do amendoim forrageiro/ Cold tolerance of forage peanut

Bresolin, Adriana Pires Soares; Castro, Caroline Marques; Herter, Flavio Gilberto; Oliveira, Antonio Costa de; Carvalho, Fernando Irajá Felix de; Pereira, Felipe Bermudez; Vieira, Charles Lopes; Bertoli, Rudnei Ferreira
2008-08-01

Resumo em português A produtividade de uma pastagem perene tropical, em regiões de clima temperado, é dependente de seu comportamento em relação às condições de temperatura. A avaliação da sensibilidade das plantas, através da sua exposição a temperaturas inferiores a 2°C em ambiente controlado, pode ser um procedimento bastante eficiente na predição de resistência, em função de assegurar uma homogeneidade dos níveis de frio. Considerando-se à reduzida disponibilidade (mais) de trabalhos científicos relacionados com a avaliação de leguminosas forrageiras tropicais quanto à tolerância ao frio, este experimento teve como objetivo avaliar o comportamento do amendoim forrageiro (cv. "Amarillo") sob temperaturas inferiores a 2°C. O delineamento experimental adotado foi completamente casualizado com 15 repetições e dois tratamentos, com exposição (CE) e sem exposição ao frio (SE). Os caracteres mensurados foram: número de folhas por estolho, espessura do estolho e número de brotações novas. Os resultados indicaram que a exposição do amendoim forrageiro a um intervalo de temperatura de -1,0 a 1,3°C por um período de 3 horas é capaz de causar estresse de frio nas plantas, provocando uma redução no número de folhas e estimulando a formação de novas brotações, sem provocar a morte das plantas. Resumo em inglês The yield of tropical perennial forages in temperate climate areas depends on its cold tolerance. The exposure of genotypes to temperatures below 2oC, under controlled conditions is an efficient methodology to predict cold tolerance, since it maintains homogeneous levels of cold. Due to absence of information related to cold tolerance of tropical forages, this experiment was developed aiming to evaluate the behavior of forage peanut exposed to temperatures below 2oC. The (mais) design adopted was completely randomized with 15 replications and two treatments: exposed and not exposed to cold. The traits measured were: number of leaves per stolon; thickness of stolon and number of new shoots. The results showed that the exposition of the forage peanut to a range of temperature from -1.0 to 1.3 °C, for 3 hours, causes cold stress in the plants, resulting in a reduction of the number of leaves per solon and stimulating the emergency of new shoots, but did not kill the plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

TOLERÂNCIA AO ALUMÍNIO EM PLÂNTULAS DE MILHO/ ALUMINUM TOLERANCE IN MAIZE PLANTS

Mazzocato, Ana Cristina; Rocha, Paulo Sergio Gomes da; Sereno, Maria Jane Cruz de Melo; Bohnen, Humberto; Grongo, Vanderlise; Neto, José Fernandes Barbosa
2002-02-01

Resumo em português A seleção para tolerância ao alumínio é complicada pela desuniformidade natural dos solos e pela dificuldade de avaliar danos na raiz. Assim sendo, é importante desenvolver métodos eficientes de caracterização da tolerância ao alumínio em condições controladas de ambiente. O presente trabalho teve por objetivo adequar o método de solução mínima para a avaliação da tolerância ao alumínio em genótipos de milho. O trabalho consistiu de dois experimentos (mais) . O primeiro foi feito para ajustar o método de avaliação através do emprego de solução mínima, e o segundo, para avaliar um conjunto de 22 genótipos de milho fornecidos pela Empresa Agroeste Sementes Ltda. A avaliação dos genótipos foi realizada com uma solução que continha diferentes concentrações de alumínio e cálcio. As médias para todas as variáveis analisadas mostraram a diferença entre os híbridos e entre as concentrações de alumínio empregadas. As concentrações de 6mg-1 de alumínio e 40mg-1 de cálcio foram consideradas mais eficientes para a discriminação da tolerância ao alumínio, sendo posteriormente empregadas para o trabalho com as linhagens. No segundo experimento, os resultados possibilitaram identificar linhagens com tolerância ao alumínio. Resumo em inglês Selection for aluminum tolerance is complicated by natural soil desuniformity and difficulty in evaluating root damages. As a consequence, it is important to develop efficient methods of characterization of aluminum tolerance in controlled environment. The present work had the objective of adapting the method of minimum solution for the evaluation of aluminum tolerance in maize genotypes. The work consisted of two experiments. The first try was to adjust the evaluation me (mais) thod through the employment of minimum solution and the second aimed to evaluate a group of 22 maize genotypes supplied by the Agroeste Sementes Ltda. The evaluation was accomplished with a solution of different concentrations of aluminum and calcium. The averages showed differences among the hybrid and the aluminum concentrations. The concentrations of 6mg-1 of aluminum and 40mg-1 of calcium were considered efficient for the discrimination of aluminum tolerance. This combination was used further to analyze the 22 maize genotypes. In this second experiment, it was possible to identify inbreds with tolerance to aluminum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Tolerância de sementes de soja à dessecação/ Desiccation tolerance of soybean seeds

Veiga, Adriano Delly; Rosa, Sttela Dellyzete Veiga Franco da; Silva, Paulo de Albuquerque; Oliveira, João Almir de; Alvim, Patrícia de Oliveira; Diniz, Kênia Almeida
2007-06-01

Resumo em português A colheita antecipada de sementes, após a maturidade fisiológica, permite a obtenção da melhor qualidade fisiológica e sanitária, rotação de culturas e otimização das estruturas de processamento. Sementes não toleram a secagem durante todos estádios e adquirem tolerância em estádios específicos. Durante a maturação, esta aquisição da tolerância à dessecação pode coincidir com a maturidade fisiológica e, em sementes de soja, ocorre no estádio R7, c (mais) om umidade ao redor de 45% a 50%. Assim, a presente pesquisa teve como objetivo avaliar a tolerância à dessecação de sementes de soja. As sementes foram colhidas em três estádios fenológicos, R6, R6/R7 e R7 e foram submetidas à secagem artificial a 35ºC até 20% de teor de água e a 42ºC até 13%. Uma quarta colheita foi realizada com sementes secadas no campo, sendo estas utilizadas como testemunha. A qualidade das sementes foi avaliada pelos testes de germinação, de condutividade elétrica, de frio, de peso seco de plântulas e eletroforese de proteínas lea. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em esquema fatorial com quatro repetições. A testemunha foi comparada individualmente com cada tratamento. Com os resultados, concluiu-se que a germinabilidade e a tolerância à dessecação de sementes de soja aumentam com a perda natural de água no campo; sementes colhidas no estádio R7 apresentam maior qualidade fisiológica, padrão diferenciado de proteínas lea e maior tolerância à dessecação do que nos estádios R6 e R6/R7; secagem de sementes colhidas próximo à maturidade induz a síntese de lea proteínas; e sementes colhidas no estádio R7 apresentam qualidade fisiológica e padrão de proteína lea similares aos de sementes secadas no campo até 14% de teor de água. Resumo em inglês The anticipated harvest of seeds after physiological maturity allows the obtaining of the better quality physiological, crop rotation and optimization of the processing structures. Seeds do not tolerate dissection over all the stages and acquire tolerance in particular stages During maturation, this acquisition of dissection tolerance may coincide with physiological maturity and in soybean seeds, it take place at R7 stage with moisture close from 45% to 50%. So, the prese (mais) nt research was intended to evaluate dissection tolerance of soybean seeds. The seeds were harvested at three phenologic stages, R6, R6/R7 and R7 and were submitted to artificial drying at 35ºC to 20% of water content and at 42ºC to 13%. A fourth harvest was accomplished with field dried seeds, these being utilized as a control. The quality of seeds was evaluated by tests of germination, electric conductivity and of cold, of dry weight of seedlings and lea protein electrophoresis.The experimental design was completely randomized in factorial scheme with four replicates. The control was compared singly with each treatment. From the results, it follows that both germinability and dissection tolerance of soybean seeds increase with the natural water loss in the field; seeds harvest at R7stage show increased physiologic quality, distinct pattern of lea proteins and greater dissection tolerance than at R6 and R6/R7stages; seeds drying harvested close to maturity induces the synthesis of lea proteins; and seeds harvested at R7 stage present physiological quality and lea protein pattern similar to the ones of filed dried seeds up to 14% of water content.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Tolerância à dessecação de pólen de berinjela/ Desiccation tolerance of eggplant pollen

França, Leomara Vieira De; Nascimento, Warley Marcos; Carmona, Ricardo; Freitas, Raquel Alves de
2010-01-01

Resumo em português A alta demanda por sementes híbridas tem estimulado pesquisas que asseguram a oferta destas, como é o caso da manipulação de grãos de pólen. Assim, em estudo conduzido na Embrapa Hortaliças, no ano de 2006, objetivou-se determinar a tolerância à dessecação dos grãos de pólen berinjela 'Ciça'. Para isso foi utilizado pólen fresco (testemunha) e pólen seco em recipiente de alumínio fechado com 300 gramas de sílica gel e em dessecador, ambos por períodos d (mais) e 24 e 48 horas em ambiente de laboratório. Os respectivos grãos de pólen foram os polinizadores da linhagem feminina. Foi avaliado o pegamento de fruto, a produção e a qualidade fisiológica de sementes através de: massa de 100 sementes, teste de primeira contagem, germinação, emergência de plântulas e envelhecimento acelerado. Concluiu-se que grãos de pólen toleram dessecação até 4,7% de umidade e com teores de água entre 4,7% a 47,2% proporcionam boa produção de sementes sem afetar sua qualidade fisiológica. Resumo em inglês The high demand for hybrid seeds has stimulated research to assure their supply and this includes pollen grain manipulation. The object of a study at the Embrapa Vegetable Institute in 2006 was to determine the tolerance of eggplant pollen grains of the 'Cica' variety to desiccation. Fresh pollen (control) and dry pollen were placed in closed aluminum containers with silica-gel and also in a laboratory desiccator for 24 and 48 hours. The pollen grains were used to pollina (mais) te female plants and the fruit set, production and physiological seed quality were measured from the first count test of a 100 seeds, including germination, seedling emergence and accelerated ageing. The results demonstrated that pollen tolerates desiccation up to 4.7% moisture content. Pollen grains with moisture content ranging between 4.7% and 47.2% gave good seed production without any affect on their physiological quality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Tolerância de sementes de dendezeiro à criopreservação/ Oil palm seeds tolerance to cryopreservation

Camillo, Julcéia; Luis, Zanderluce Gomes; Scherwinski-Pereira, Jonny Everson
2009-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a tolerância de sementes de dendezeiro (Elaeis guineensis) à criopreservação. Cinco genótipos - CM589, C7201, C2528, C2001, C2501 - foram avaliados quanto à exposição ao nitrogênio líquido por sete dias. Os tratamentos foram repetidos três vezes e cada repetição foi formada por dez sementes. Cortes anatômicos foram realizados para comparação do efeito dos tratamentos nos embriões durante a germinação. A exposição (mais) ao nitrogênio líquido acelerou a germinação das sementes do genótipo CM589 e aumentou o potencial de germinação das sementes do genótipo C2528. A exposição ao nitrogênio líquido não teve efeito no genótipo C2501 e reduziu a germinação das sementes do genótipo C7201. A exposição ao nitrogênio líquido não interferiu na diferenciação e no desenvolvimento dos tecidos embrionários durante a germinação. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the oil palm (Elaeis guineensis) seed tolerance to cryopreservation. Five genotypes (CM589, C7201, C2528, C2001, and C2501) were evaluated with or without exposure to liquid nitrogen for seven days. Treatments were replicated three times with ten seeds per replicate. Serial anatomical cuts were made to compare the effect of treatments on zygotic embryos. For CM589 and C2528, the exposition to liquid nitrogen accelerated and increased s (mais) eed germination, respectively. For C2501, liquid nitrogen had no effect. For C7201, liquid nitrogen reduced seed germination (90.7%) compared to the check (100%). Anatomically, the liquid nitrogen did not interfere with embryonic tissue differentiation or development during germination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Tolerância ao estresse de calor em genótipos de trigo na fase de germinação/ Tolerance to heat stress in germinating wheat genotypes

Cargnin, Adeliano; Souza, Moacil Alves de; Dias, Denise Cunha Fernandes dos Santos; Machado, Juarez Campolina; Machado, Carla Gomes; Sofiatti, Valdinei
2006-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do estresse de calor e avaliar o grau de tolerância de genitores e populações segregantes a esse estresse, na fase de germinação, em condições controladas. Foram utilizadas sementes de oito genitores e oito populações segregantes, colocadas para germinar em papel germitest umedecido sob duas condições de temperatura: 25/15 ºC (diurno/noturno) para os tratamentos sem estresse e de 35/25 ºC (diurno/noturno) com e (mais) stresse. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com quatro repetições. Para cada repetição foram utilizados dois rolos, um para determinar a massa seca das sementes no terceiro dia após a semeadura e outro para a massa seca das plântulas no décimo dia. Avaliou-se ainda a eficiência do uso do endosperma e calculou-se o índice de estresse. Alta temperatura na fase de germinação das sementes ocasiona redução da massa seca de plântula e eficiência do uso do endosperma. Houve diferença de tolerância ao estresse de calor entre as populações e entre os genitores. Os materiais mais tolerantes ao calor foram: CPAC9662/IVI931009, BR24/Aliança, Aliança e CPAC9662. Resumo em inglês This study was carried out to verify the effect of heat stress and the level of parents and segregant populations at the germination phase under controlled conditions. Seeds of eight parents and eight segregant populations were germinated in moistened germitest paper at 25/15 ºC (daytime/night) for treatments without stress, and at 35/25 ºC (daytime/night) with stress. Randomized block design with four replications was used. For each replication, two germitest paper rol (mais) ls were used: one for determining the dry matter of the seeds at 3rd day after sowing, and the other one for determining the dry matter of the plantlets at the 10th day after sowing. The efficiency in using the endosperm was evaluated and the stress index calculated. High temperature at seed germination causes reduction in the dry matter of the plantlet and efficiency in using the endosperm. Tolerance varies among parents and populations. The most heat-tolerant genotipes were CPAC9662/IVI931009, BR24/Aliança, Aliança and CPAC9662.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Tolerância de bactérias diazotróficas simbióticas à salinidade in vitro/ Tolerance of diazotrophic symbiotic bacteria to salinity

Nóbrega, Rafaela Simão Abrahão; Motta, Juciane Silva; Lacerda, Adão Marcelino; Moreira, Fátima Maria de Souza
2004-08-01

Resumo em português A busca de estirpes de bactérias diazotróficas simbióticas tolerantes à salinidade, em conjunto com a seleção de hospedeiros, tem por objetivo aumentar o desempenho da simbiose e manter a produtividade vegetal de forma sustentada em condições de estresse salino. Doze estirpes de bactérias diazotróficas de diferentes procedências foram estudadas quanto à tolerância a diferentes concentrações de NaCl em meios de cultura 79 e LB. As estirpes que apresentaram m (mais) aior tolerância à salinidade (30 g L-1) em meio 79 foram: BR 6806 e BR 4007, ambas de crescimento rápido isoladas de solos do nordeste brasileiro, UFLA 03-51 e UFLA 03-65, de crescimento rápido e UFLA 03-84, de crescimento lento, sendo as três últimas oriundas da região Amazônica. Essas também estiveram entre as mais tolerantes em meio de cultura LB. A estirpe UFLA 03-84, selecionada em trabalhos prévios por sua alta eficiência para caupi (Vigna unguiculata), pode ser indicada para estudos de inoculação, visando a aumentar o rendimento dessa cultura em solos salinos. Os meios de cultura 79 e LB foram eficientes para avaliar a tolerância relativa de rizóbio a NaCl, mas o meio 79 é mais indicado, pois permite o crescimento de todas as estirpes. Pelos resultados, infere-se haver relação entre tolerância in vitro à salinidade e origem dos microssimbiontes, pois as estirpes BR 4007 e BR 6806, oriundas do Ceará, estiveram entre as mais tolerantes. Resumo em inglês Tolerance to salinity of diazotrophic bacteriaand their host species could increase plant growth and sustainability in salt stressed soils. Twelve diazotrophic bacteria strains were studied regarding their tolerance to different NaCl concentrations in 79 and LB media. More tolerant (30 g L-1) strains in 79 medium were: the fast growers BR 6806 and BR 4007, isolated from northeast Brazil, UFLA 03-51 and UFLA 03-65, and slow growing strain UFLA03-84, being these last three (mais) isolated from Amazon region. These strains were among the most salt tolerant in LB medium. The high salt tolerance of strain UFLA 03-84, as well as its highest efficiency (biological nitrogen fixation) in cowpea symbiosis (Vigna unguiculata), indicates it can be assayed as inoculant to improve yields of this species at saline soils. Media 79 and LB were efficient to evaluate relative tolerance of rhizobia to NaCl, however 79 medium is more suitable as it allows growth of all strains.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Tolerância ao alumínio em cultivares de aveia branca sob cultivo hidropônico/ Tolerance to the aluminum in oat cultivars under hydroponic culture

Silva, José Antonio Gonzalez da; Carvalho, Fernando Irajá Félix de; Coimbra, Jefferson Luís Meirelles; Vieira, Eduardo Alano; Benin, Giovani; Oliveira, Antônio Costa de; Finatto, Taciane; Bertan, Ivandro; Silva, Giovani Olegário da; Correa, Maicon Rubira
2007-01-01

Resumo em português O emprego do cultivo hidropônico para avaliar a tolerância à toxicidade pelo alumínio em genótipos de aveia pode ser feito por meio da medida da retomada do crescimento de raiz. Avaliaram-se 12 cultivares de aveia branca indicadas para o cultivo no Sul do Brasil com o intuito de caracterizar a tolerância ao alumínio, de maneira a ser estrategicamente recomendadas e/ou incluídas em blocos de cruzamento na obtenção de constituições genéticas de elevado potencia (mais) l produtivo e tolerante ao íon metálico. Foram utilizadas doses de 10, 15 e 20 mg L-1 de alumínio na solução hidropônica e o delineamento experimental adotado foi o completamente casualizado, com três repetições, seguindo o esquema fatorial (12 x 3). As doses empregadas são altamente eficientes na identificação de genótipos de aveia tolerantes e sensíveis ao alumínio tóxico. As cultivares UPF 16, URS 21, UFRGS 14, UPF 19 e UFRGS 17 expressam tolerância. Resumo em inglês The use of hidroponic culture to evaluate tolerance to aluminum toxicity in oat genotypes can be performed by measuring root regrowth, allowing phenotypically to discriminate tolerant genetic constitutions sensitivity. Twelve white oat cultivars indicated for cultivation in Southern Brazil were evaluated aiming at to characterize their aluminum tolerance, in order to use them as parents in crosses or to recommend them for in cultivation regions. Aluminum concentration of (mais) 10, 15 and 20 mg L-1 were used in the hydroponic solution arranged in complete randomized blocks with three replications in 12 x 3 factorial designs. Concentrations of 10, 15 and 20 mg L-1 were highly efficient for the identification of tolerant and sensitive oat genotypes. Cultivars UPF 16, URS 21, UFRGS 14, UPF 19 and UFRGS 17 showed aluminum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Tolerância diferencial de variedades de cana-de-açúcar a estresse por herbicidas/ Differential tolerance of sugarcane varieties to herbicide stress

Ferreira, Renato Rodrigues; Oliveira, Fabrício Tadeu Rodrigues de; Delite, Fabrício de Souza; Azevedo, Ricardo Antunes; Nicolai, Marcelo; Carvalho, Saul Jorge Pinto de; Christoffoleti, Pedro Jacob; Figueira, Antonio Vargas De Oliveira
2010-01-01

Resumo em português Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de realizar triagem primária para caracterização da tolerância de variedades SP e CTC de cana-de-açúcar à aplicação de dez herbicidas comumente recomendados para manejo de plantas daninhas nesta cultura. Dois experimentos foram desenvolvidos com esquema fatorial entre variedades de cana-de-açúcar e onze tratamentos herbicidas. No primeiro experimento utilizaram-se sete variedades SP (fatorial 7 x 11): SP80-1842, SP8 (mais) 0-3280, SP83-2847, SP87-344, SP87-396, SP89-1115 e SP90-3414. No segundo experimento, foram avaliadas seis variedades CTC (fatorial 6 x 11): CTC1, CTC2, CTC3, CTC4, CTC5 e CTC6. Os tratamentos herbicidas aplicados em pós-emergência inicial foram: ametryn, ametryn + trifloxysulfuron-sodium, clomazone, diuron + hexazinone, isoxaflutole, imazapic, 2,4-D, tebuthiuron, sulfentrazone, MSMA e testemunha sem aplicação. Avaliou-se massa fresca, altura, teor de clorofila (índice SPAD) e perfilhamento, todos em termos percentuais relativos à testemunha sem aplicação. Constatou-se tolerância diferencial das variedades de cana-de-açúcar aos herbicidas comumente utilizados na cultura. As variedades SP80-3280 e CTC2 foram as mais tolerantes aos tratamentos herbicidas, podendo ter esta característica explorada em programas de melhoramento genético. Resumo em inglês This work was carried out with the objective of screening for tolerance response of SP and CTC sugarcane varieties to application of ten herbicides commonly recommended to weed management in this crop. Two trials were evaluated with factorial design between the sugarcane varieties and eleven herbicide treatments. In the first experiment, seven SP varieties were used (factorial 7 x 11): SP80-1842, SP80-3280, SP83-2847, SP87-344, SP87-396, SP89-1115 and SP90-3414. In the se (mais) cond experiment, six CTC varieties were evaluated (factorial 6 x 11): CTC1, CTC2, CTC3, CTC4, CTC5 and CTC6. The post-emergence-applied herbicide treatments were: ametryn, ametryn + trifloxysulfuron-sodium, clomazone, diuron + hexazinone, isoxaflutole, imazapic, 2,4-D, tebuthiuron, sulfentrazone, MSMA and check without application. The variables evaluated were: fresh mass, height, SPAD index and tillering: Valves here considered as relative percentage to the untreated control. Differential tolerance of sugarcane varieties was observed regarding to application of the tested herbicides. SP80-3280 and CTC2 were the most tolerant varieties to herbicide application, and might have this characteristic exploited by sugarcane breeding programs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Tolerância cruzada induzida por choque térmico na germinação de semente de feijão/ Croos tolerance induded by termic shock in the bean seed germination

Custódio, Ceci Castilho; Vivan, Márcia Regina; Nunes, Rita de Cássia Alves; Agostini, Edna Antônia Torquato de
2009-01-01

Resumo em português Estresse pode ser definido como um fator externo, que exerce influência desvantajosa sobre a planta. Em regiões tropicais, as culturas agrícolas sofrem estresse abiótico principalmente por períodos de deficiência de água e altas temperaturas. A tolerância cruzada permite as plantas se aclimatarem a uma gama de diferentes estresses após exposição a um estresse específico. O objetivo neste trabalho foi avaliar a tolerância ao estresse hídrico durante a germina (mais) ção das sementes de feijão sob influência da tolerância cruzada induzida por choque térmico. As sementes de feijão cultivar 'IAPAR 81' foram submetidas ao processo de embebição, em substrato papel umedecido com água pura sob temperatura de 20ºC por 24 horas. A seguir, parte foi mantida nessa temperatura e parte transferida para o choque frio por 24horas a 7ºC no ensaio 1 e 13ºC no ensaio 2 e outra parte para o choque quente por 24 horas a 38oC no ensaio 1 e 33oC no ensaio 2, sem troca do substrato. Tanto as sementes que passaram pelo choque como as que não passaram (controle) foram transferidas para substrato papel simulando diferentes potenciais hídricos, 0; -0,6; -0,9 e -1,2MPa, no ensaio 1 e 0;-0,3; -0,6; -0,9 e 1,2MPa no ensaio 2, induzidos por manitol nas seguintes concentrações: 0; 22,29; 44,58; 66,87 e 89,17 g.L-1. Os tratamentos foram avaliados através da porcentagem de germinação, plântulas anormais, sementes mortas e avaliações do desenvolvimento (massa seca da parte aérea, massa seca de raiz, massa seca total e relação raiz/parte aérea). O melhor desempenho das sementes que passaram por choque, de 7oC por 24h ou de 33oC por 24h, à restrição hídrica no início do desenvolvimento, permite afirmar que ocorre indução de tolerância cruzada e que esta pode ser induzida no início do processo de embebição em sementes de feijão. Resumo em inglês Stress could be defined as an external factor that may have some disadvantageous influence on the plant. In tropical regions, crops suffer abiotic stress especially due to water deficit and high temperature. Cross tolerance allows the plants to be acclimated after a short exposure to a specific stress. The objective of this study was water stress tolerance during bean seed germination influenced by heat shock induced cross tolerance. Seed of the common bean cv 'IAPAR 81' (mais) were submitted to imbibition in substrate paper with pure water at 20ºC for 24h. One third of the seeds were maintained at that temperature. One third were submitted to cold shock for 24h at 7ºC in the first assay and 13ºC in the second and the final part were submitted to heat shock for 24h at 38ºC and 33ºC as used for the cold shocks; in all experiments there was no change of substrate. Seeds submitted or not to shock were transferred to paper substrate simulating water potential of 0; -0.6; -0.9 and -1.2MPa, in the first experiment and 0;-0.3; -0.6; -0.9 and -1.2MPa in the second experiment using mannitol at: 0; 22.29; 44.58; 66.87 and 89.17 g.L-1. Treatments were evaluated by germination percentage, abnormal plants, dead seeds and seedling evaluation (shoot, root and total dry matter and by relation of root/shoot). The best development, in water restriction in early germination, was of that seeds that passed through 7ºC or 33ºC for 24h, that allowed the affirmation that induced cross tolerance occurred and that it could be induced at the beginning of the imbibition in bean seeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Tolerância de cultivares de cana-de-açúcar a herbicidas aplicados em pós-emergência/ Tolerance of sugarcane cultivars to herbicides applied in post-emergence

Souza, Joseane Rodrigues de; Perecin, Dilermando; Azania, Carlos Alberto Mathias; Schiavetto, Ana Regina; Pizzo, Igor Vanzela; Candido, Liliam Silvia
2009-01-01

Resumo em português O presente trabalho teve por objetivo avaliar a tolerância de cultivares de cana-de-açúcar a herbicidas aplicados em pós-emergência inicial da soqueira. O experimento foi implantado em Ribeirão Preto (SP), no ano agrícola de 2007/2008. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas com 36 tratamentos em quatro repetições. Foram utilizadas as cultivares IACSP94-2094, IACSP94-2101, IACSP93-3046, IACSP94-4004, RB72454 e a IAC (mais) 86-2480 nas parcelas e os herbicidas, constituídos pela mistura pronta de diurom (1170g ha-1) + hexazinona (330 g ha-1); diurom (1865 g ha-1) + hexazinona (234 g ha-1); metribuzim; tebutiuron; amicarbazona e uma testemunha nas subparcelas. Foram avaliados os sintomas visuais de intoxicação, teor relativo de clorofila, eficiência fotoquímica máxima do fotossistema II, altura, estande, qualidade tecnológica da cana e a produção dos colmos. Concluiu-se que as cultivares IACSP94-2094, IACSP94-2101, IACSP93-3046, IACSP94-4004, RB72454 e IAC86-2480 não foram influenciadas pelos herbicidas, apenas ocorreram diferenças inerentes à própria genética. Observou-se apenas leves sintomas de intoxicação na fase inicial de desenvolvimento e não se constatou nenhum prejuízo ao conteúdo de clorofila, avaliado pelo teor relativo de clorofila. No sistema fotossintético houve pequeno prejuízo na fase inicial, quando avaliado pela eficiência fotoquímica máxima do FS II (Fv/Fm), mas que não foi suficiente para prejudicar a altura, o estande, a produção e a qualidade tecnológica das diferentes cultivares de cana-de-açúcar estudadas. Resumo em inglês This study aimed to assess the tolerance of cultivars of sugarcane to herbicides applied in post-emergence initial of ratoon. The experiment was carried in Ribeirão Preto, SP, Brazil, in the agricultural year 2007/2008. The experimental design was the randomized blocks, in split-plots, 36 treatments and four replications. It was used the cultivars IACSP94-2094, IACSP94-2101, IACSP93-3046, IACSP94-4004, RB72454 and IAC86-2480 in plots and herbicides, were made by mixture (mais) ready to diuron (1170 g ha-1) + hexazinone (330 g ha -1); diuron (1865 g ha-1) + hexazinone (234 g ha-1); metribuzin; tebuthiuron; amicarbazone and a control in the sub-plots. The intoxication symptoms of visual, relative content of chlorophyll and photochemical efficiency of PS II, height, stand, technological quality of sugarcane and production the culms. It was concluded the cultivars IACSP94-2094, IACSP94-2101, IACSP93-3046, IACSP94-4004, RB72454 and IAC86-2480 were not affected by herbicides, only showed differences inherent in the genetics. In all cultivars, there was only mild intoxication symptoms of visual at the initial stage of development and there was not any damage to the content of chlorophyll, measured by relative content chlorophyll. The photosynthetic system showed little damage in the initial phase, when measured by the photochemical efficiency of PS II (Fv/Fm), but that was not enough to constrain the height, stand, production and technology quality of different cultivars of sugarcane studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Tolerância aguda e crônica de adultos de beta, Betta splendens, à salinidade da água/ Acute and chronic salinity tolerance in adult siamese fighting fish, Betta splendens

Zuanon, Jener Alexandre Sampaio; Salaro, Ana Lúcia; Veras, Galileu Crovatto; Tavares, Mateus Moraes; Chaves, William
2009-11-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a tolerância de Betta splendens à salinidade da água, realizou-se um experimento em delineamento inteiramente casualizado, com seis concentrações de sal na água (0; 3; 6; 9; 12 e 15 g de sal comum/L de água), cada uma com cinco repetições (1 peixe/repetição). Fêmeas adultas de Betta splendens foram alojadas individualmente em aquários mantidos em estufa incubadora, a 26 ± 0,2 ºC e fotoperíodo de 12 horas. Os peixes foram alimentad (mais) os até a saciedade, uma vez ao dia, com ração comercial. Foram mensurados o consumo diário de ração e a sobrevivência dos peixes a cada 12 horas. Para avaliar o efeito agudo da salinidade, foram calculados o tempo médio de sobrevivência e a salinidade letal mediana-96 horas, enquanto o efeito crônico (18 dias) foi avaliado pelo cálculo da salinidade máxima de sobrevivência e da salinidade letal mediana. O tempo médio de sobrevivência foi significativamente menor na salinidade de 15 g/L. A salinidade letal mediana-96 horas estimada foi de 11,88 g/L, a salinidade máxima de sobrevivência entre 6 e 7 g/L, e a salinidade letal mediana de 9,35 g/L. Observou-se interação significativa entre as salinidades da água e o tempo de alimentação. Considerando que é uma espécie de água doce, o beta possui alta tolerância à salinidade da água. Resumo em inglês Salinity tolerance of Betta splendens was evaluated in a complete randomized design, with six salt concentrations in the water (0; 3; 6; 9; 12 and 15 g common salt/L) with five replications (1 fish/replication). Adult female B. splendens were individually placed in aquariums in an incubation chamber at 26 ± 0.2ºC and 12-hour photoperiod. Fish were fed to satiation, once a day, with commercial diet. Feed intake and survival rate were measured every 12 hours. To evaluate (mais) the effect of acute salinity, the mean survival time and median lethal salinity-96 h were calculated, while the chronic effect (18 days) was assessed by calculating the survival salinity maximum and median lethal salinity. The mean survival time was significantly lower at 15 g/L water salinity. The median lethal salinity-96 h calculated was 11.88 g/L, the survival salinity maximum was between 6 and 7 g/L, and the median lethal salinity was 9.35 g/L. There was a significant interaction between feeding time and water salinity. Considering that the B. splendens is a freshwater species, it was concluded that this species demonstrated a high tolerance to water salinity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Tolerância à toxicidade de alumínio de linhagens e híbridos de milho em solução nutritiva/ Aluminium toxicity tolerance of maize inbred lines and hybrids evaluated in nutrient solution

Paterniani, Maria Elisa Ayres Guidetti Zagatto; Furlani, Pedro Roberto
2002-04-01

Resumo em português Avaliaram-se dez linhagens de milho do programa de melhoramento do Instituto Agronômico (IAC), em cruzamentos dialélicos e os 45 híbridos resultantes quanto à tolerância à toxicidade de alumínio em laboratório. Estimou-se a tolerância pelo comprimento líquido da radícula (CLR) de plântulas em solução nutritiva contendo 4,5 mg.L-1 de alumínio, em ensaio sob delineamento experimental de blocos casualizados com quatro repetições, utilizando-se como padrões (mais) linhagens sensível e tolerante de IAC Taiúba. Apresentam-se, ainda, resultados da produtividade desses cruzamentos em ensaios de campo. Identificaram-se linhagens que constituem fontes de tolerância (L 06 e L 09) e híbridos tolerantes à toxicidade de alumínio com elevada produtividade em solos corrigidos. Na análise dialélica, o desdobramento dos efeitos de tratamentos, em capacidade geral (CGC) e específica (CEC) de combinação, indicou a predominância de efeitos aditivos na manifestação da tolerância ao alumínio tóxico. Obtiveram-se elevados valores de heterose, indicando a existência de interações não alélicas na manifestação do CLR. O híbrido HS 10X11 (denominado IAC 21) aliou alta produtividade e tolerância ao alumínio, apresentando a maior estimativa da CEC para CLR. Resumo em inglês Ten inbred lines and the resulting forty-five hybrids from the maize IAC breeding program were evaluated for Al tolerance by the nutrient solution technique. Net radicle lengths (CLR) of plants grown with 4.5 mg.L-1 were used to estimate Al tolerance. The experimental design was randomized complete block with four replications, and it was used two divergent inbred lines IAC Taiuba as control for Al tolerance and sensitivity, respectively. In addition to these data, it is (mais) shown also the grain yield of the same materials from field plots. It was identified two inbred lines (L 06 and L 09) as Al tolerance sources and hybrids potentially adapted to acid soil conditions (tolerant to Al toxicity). From the diallel analysis, the treatment effects were separated into general (CGC) and specific (CEC) combining ability and indicated the predominance of additive effects on the Al tolerance manifestation. High values of hybrid vigor were obtained, indicating the existence of interactions non-allelic in the manifestation of CLR. The hybrid HS 10X11 (named IAC 21) showed higher productivity and Al tolerance, and also a higher CEC estimate for CLR.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Tolerância de trigo (Triticum aestivum) e aveia (Avena sp.) a herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS)/ Tolerance of Wheat (Triticum aestivum) and Oat (Avena spp.) to ALS-Inhibiting Herbicides

Hartwing, I.; Bertan, I.; Galon, L.; Noldin, J.A.; Concenço, G.; Silva, A.F.; Aspiazú, I.; Ferreira, E.A.
2008-06-01

Resumo em português A caracterização de cultivares quanto à tolerância aos herbicidas representa uma ferramenta adicional na identificação de genes de resistência no melhoramento genético de plantas. Os objetivos do presente trabalho foram determinar a variabilidade genética em genótipos de trigo, aveia-branca e aveia-preta para tolerância a quatro herbicidas inibidores da ALS; identificar herbicidas que não apresentam efeito fitotóxico nas espécies avaliadas; e indicar possív (mais) eis genótipos tolerantes para utilização em programas de melhoramento. Os resultados demonstraram a existência de variabilidade genética em trigo para tolerância aos herbicidas inibidores da ALS. O herbicida penoxsulam não apresentou efeito sobre a produção de matéria seca nos genótipos de trigo e aveia. Os genótipos de trigo ICA 7, BRS 208 e CD 111 e a aveia-branca (Albasul) evidenciaram tolerância aos herbicidas bispyribac-sodium e penoxsulam; a aveia-preta (Agozebu) também se mostrou tolerante ao metsulfuron-methyl. Resumo em inglês Characterization of genetic tolerance to herbicides is an additional tool in identifying genes related to resistance in plant breeding programs. Thus, the objectives of this research were: to determine the genetic variability in wheat, white and black oat genotypes for tolerance to four ALS-inhibiting herbicides; to identify herbicides that are selective to wheat and oat cultivars; and to identify tolerant genotypes to use in wheat and oat breeding programs at the Univers (mais) idade Federal de Pelotas. The results showed the existence of genetic variability in wheat for tolerance to ALS-inhibiting herbicides. Penoxsulam had no effect on dry matter production in the evaluated wheat and oat genotypes. Wheat genotypes ICA 7, BRS 208, CD 111, white oat (Albasul) and black oat (Agrozebu) showed tolerance to bispyribac-sodium and penoxsulam. Black oat (Agrozebu), also showed tolerance to metsulfuron-methyl.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Tolerância de genótipos de trigo comum, trigo duro e triticale à toxicidade de alumínio em soluções nutritivas/ Tolerance of bread wheat, durum wheat and triticale genotypes to aluminum toxicity in nutrient solution

Camargo, Carlos Eduardo de Oliveira; Felicio, João Carlos; Ferreira Filho, Antonio Wilson Penteado; Lobato, Mary Túlia Vargas
2006-01-01

Resumo em português Foi estudado o comportamento diferencial de 12 genótipos de trigo comum (Triticum aestivum L.), um genótipo de trigo duro (Triticum durum L.), e um de triticale (Triticosecale sp) em soluções nutritivas de tratamento contendo duas concentrações salinas (1/5 e 1/10 da completa) e seis concentrações de alumínio ( 0, 2, 4, 6, 8 e 10 mg L-1), à temperatura de 25 ± 1ºC e pH 4,0. Foram utilizadas dez plântulas por parcela e quatro repetições. A tolerância foi me (mais) dida pela capacidade de as raízes primárias continuarem a crescer em solução sem alumínio, após permanecer 48 horas em solução nutritiva completa, contendo uma concentração conhecida de alumínio combinada com cada uma das concentrações salinas. Os genótipos de trigo comum IAC-289, IAC-350 e IAC-370 e a cultivar controle Anahuac, e os genótipos de trigo duro IAC-1003 e de triticale IAC-5 foram os mais sensíveis a níveis crescentes de Al3+nas soluções nutritivas de tratamento e, portanto, somente seriam indicados para cultivo em solos corrigidos. Os genótipos de trigo comum IAC-24 e IAC-378 e a cultivar controle BH-1146 destacaram-se pela tolerância à toxicidade de Al3+, com potencial para uso em solos ácidos e como fontes genéticas de tolerância nos futuros cruzamentos. Os sintomas de toxicidade de alumínio foram maiores com a elevação da concentração de alumínio e da diminuição das concentrações de sais da solução nutritiva para todos os genótipos estudados. Resumo em inglês Twelve bread wheat (Triticum aestivum L.), one durum wheat (Triticum durum L.) and one triticale (Triticosecale sp) genotypes were studied in nutrient solutions with a high salt concentration in experiment 1 and a weak salt concentration in experiment 2, for aluminum tolerance at six levels: 0, 2, 4, 6, 8 and 10 mg L-1, under temperature 25 ± 1ºC and pH 4,0. Four replications were used per experiment. Aluminum tolerance was evaluated by measuring root growth in an alumi (mais) num-free complete nutrient solution after a treatment of 48 hours in an aluminum solution associated with a particular salt concentration, according to the experiment. The bread wheats IAC-289, IAC-350 and IAC-370, the durum wheat IAC-1003 and the triticale IAC-5 genotypes were the most sensitive for increasing levels of Al3+in treatment nutrient solutions. Thus, they would be indicated only for cultivation in limed soils. The bread wheat IAC-24 and IAC-378 genotypes and the check cultivar BH-1146 were the most tolerant to Al3+ toxicity, being able to show good performance in acidic soils and/or to be used as genetic sources for tolerance in future crosses. Under constant temperature 25 ± 1ºC and pH 4,0 aluminum toxicity results in inhibition of root growth wich was dependent on the increase of the aluminum concentration or on the reduction of the salt concentration of the nutrient solution for all evaluated genotypes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Tolerância ao teste da clonidina em 180 pacientes: estudo da eficácia da expansão volêmica para o controle de hipotensão arterial/ Tolerance of the oral clonidine test in 180 patients: efficacy of saline resuscitation in controlling arterial hypotension

Marui, Suemi; Oliveira, Cláudia H.M.C.; Souza, Sílvia C.A.L.; Berger, Karina; Khawali, Cristina; Hauache, Omar M.; Maciel, Rui M.B.; Vieira, José Gilberto H.
2005-08-01

Resumo em português O teste da clonidina é amplamente usado para avaliar a secreção do hormônio do crescimento. Os efeitos colaterais são sonolência (35%) e hipotensão arterial (HA) (5%). Nossos objetivos foram avaliar a tolerância ao teste quanto à queda da pressão arterial (PA), grau de sedação e eficácia da expansão volêmica para controle da HA. A PA foi medida nos tempos basal, 60 e 120 min. A sedação foi baseada na escala Ramsay. Os pacientes foram divididos em dois gru (mais) pos: o Grupo 1 (n= 80) recebeu expansão volêmica apenas com HA grave (queda da PA média [PAM] > 20% da PAM inicial) e/ou hipotensão postural; o Grupo 2 (n=100) recebeu expansão volêmica desde o início do teste. Nos dois grupos, a PAM caiu significativamente e 75% apresentaram sonolência aos 60 min. Não houve correlação da queda da PAM com grau de sedação e dose administrada. O Grupo 1 apresentou mais hipotensão (59% x 28%) e maior queda da PAM aos 60 min. Apenas um paciente apresentou broncoespasmo. Concluímos que o efeito hipotensor da clonidina diminui com expansão volêmica desde o início no teste. Este teste deve ser sempre feito com acompanhamento médico especializado para observação estrita da PA e intervenção precoce, se necessária. Resumo em inglês Clonidine stimulation test is widely used to evaluate growth hormone secretion. Side effects are somnolence (35%) and arterial hypotension (AH) (5%). The aims of this paper were to evaluate the tolerance to this test regarding blood pressure (BP) decrease, sedation and the efficacy of saline resuscitation to prevent AH. BP was measured at basal, 60 and 120 min. Sedation was determined by the Ramsay scale. Patients were divided into two groups: Group 1 (n= 80) received sal (mais) ine resuscitation only upon severe AH (drop of mean BP [MBP] > 20% from initial MBP) and/or postural hypotension; Group 2 (n= 100) received saline resuscitation from the beginning of the test. Both groups presented a significant MBP fall and 75% presented somnolence at 60 min. MBP drop did not correlate with either sedation or the clonidine dose. Group 1 presented more hypotension (59% x 28%) and greater MBP drop at 60 min. Only one patient had an asthma attack. We conclude that the hypotension effects caused by oral clonidine diminish with saline resuscitation since the beginning of the test. This test must have specialized medical support with strict BP evaluation and precocious intervention when needed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Produção e tolerância à seca de cafeeiros/ Yield and drought tolerance evaluation of coffee plants (Coffea arabica L.)

Mazzafera, Paulo; Carvalho, Alcides
1987-01-01

Resumo em português Avaliaram-se dois experimentos de progênies instalados no Centro Experimental de Campinas (Instituto Agronômico), contendo híbridos entre introduções da Índia e da África, com linhagens dos cultivares Catuaí e Mundo Novo de Coffea arabica L. Apresentaram-se dados de treze anos de produção e de quatro anos, não consecutivos, de observações visuais de campo, em relação à tolerância à seca: as introduções C 1110-10 (cultivar BA-10, da Índia), C 1120-16 ( (mais) cultivar X321, da Tanzânia) e C 1521-2 (cultivar BE-5, da Costa Rica) destacaram-se como as mais promissoras para fins de seleção de cafeeiros tolerantes à seca. Salientou-se, também, que é importante o acúmulo de informações sobre produtividade, pois algumas progênies pouco produtivas se mostraram tolerantes à seca. Outros experimentos, com progênies originadas de cafeeiros dos experimentos anteriores, foram avaliados quanto à produção. Resumo em inglês Progenies derived from crosses among India and Africa accessions and Catuai and Mundo Novo cultivars of Coffea arabica were evaluated as to yielding potential and drought tolerance, in two experiments located at the Experimental Center of the Instituto Agronômico, Campinas, State of São Paulo, Brazil. Yield data from 13 continuous harvests as well as from four-year-drought tolerance evaluations, revealed that the most promising drought tolerance sources were the accessi (mais) ons C 1110-10 (BA-10 cultivar - India), C 1120-16 (X321 cultivar - Tanzania) and C 1521-2 (BE-5 cultivar - Costa Rica). In such drought and yield evaluations it is very important to collect as many yield data as possible, since some progenies presenting drought tolerance showed low yield. Yield data from other experiments, related to the same progenies were also included and discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Açúcares e tolerância à alta temperatura de secagem em sementes de milho/ Sugars and tolerance to high drying temperature in corn seeds

José, Solange Carvalho Barrios Roveri; Von Pinho, Édila Vilela Resende; Dias, Maria Aparecida Gomes Souza
2006-01-01

Resumo em português Dentre outros mecanismos, a presença de determinados açúcares solúveis na semente parece estar envolvida na aquisição e manutenção da tolerância à dessecação. Nesse trabalho foi pesquisado a composição de açúcares solúveis em sementes de milho híbrido com diferentes níveis de tolerância à alta temperatura de secagem, assim como a relação entre o conteúdo desses açúcares e a tolerância à dessecação. Foram utilizadas sementes de dez cultivares (mais) de milho híbrido que apresentavam efeito recíproco para a tolerância à alta temperatura de secagem. As sementes foram colhidas com teor de água de aproximadamente 35% e secadas a 45ºC. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada por meio do teste de germinação, teste frio sem solo e de envelhecimento acelerado. Os açúcares glicose, frutose, sacarose, rafinose e estaquiose foram extraídos dos embriões na presença de metanol e separados por meio da técnica de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC). Foi observada variação na composição dos açúcares entre as sementes dos híbridos e as de seus recíprocos. Uma maior concentração de sacarose foi verificada nas sementes dos híbridos tolerantes à alta temperatura de secagem. Não foi possível estabelecer uma relação entre a sacarose e rafinose que pudesse servir de parâmetro para a tolerância à alta temperatura de secagem em sementes de milho. Maior tolerância das sementes foi associada com uma maior relação da sacarose, rafinose e estaquiose/glicose e frutose. Resumo em inglês Among other mechanisms, the presence of certain soluble sugars in seed seems to be involved in the acquisition and maintenance of desiccation tolerance. In this study, the composition of. soluble sugars in hybrid corn seeds with different levels of tolerance to high drying temperature as well as the relationship between the content of those sugars and desiccation tolerance was researched. Seeds of ten hybrid corn cultivars presenting reciprocal effect to the tolerance to (mais) high drying temperature were employed. The seeds were harvested with a water content of about 35% and dried at 45ºC. The physiological quality of the seeds was evaluated by means of the germination test, cold test without soil and accelerated aging test. The sugars glucose, fructose, sucrose, raffinose and stachiose were extracted from the embryos in the presence of methanol and separated by means of the High Performance Liquid Chromatography (HPLC) technique. Variation in the presence of sugars among the hybrid seeds and those of their reciprocals was detected. A higher concentration of sucrose was verified in hybrid seeds tolerant to high drying temperature. It was not possible to establish a ratio between sucrose and raffinose which could serve as a parameter of the tolerance to high drying temperature in corn seeds. Increased tolerance of the seeds was associated with a greater ratio of sucrose, raffinose and stachiose/glucose and fructose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Triticale: tolerância ao alumínio em solução nutritiva/ Triticale: aluminum tolerance in nutrient solution

Camargo, Carlos Eduardo de Oliveira; Felício, João Carlos; Ferreira Filho, Antonio Wilson Penteado
1991-01-01

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Genética da tolerância ao alumínio em milho Cateto/ Genetics of aluminum tolerance in maize Cateto

Sawazaki, Eduardo; Furlani, Pedro Roberto
1987-01-01

Resumo em português Tem-se observado alta tolerância ao alumínio em milho Cateto. Devido à importância dessa característica nos híbridos comerciais e à divergência das informações disponíveis sobre a herança desse caráter, estudou-se a genética da tolerância ao alumínio nas linhagens lp 48-5-3 (Cateto) e Col (22) (duro da Colômbia), e gerações F1, F2 e retrocruzamentos. Estes genótipos foram avaliados em solução nutritiva com 4,5 ppm de alumínio, em dois experimentos c (mais) onduzidos em Campinas, em 1985. A característica de raiz mais adequada para o estudo foi o crescimento líquido da radícula (CLR). A distribuição de freqüência da geração F2 foi contínua e unimodal, apresentando apenas classes do F1 e do pai tolerante. Deve-se a alta tolerância ao alumínio da linhagem lp 48-5-3, principalmente, à ação de genes menores, de efeitos genéticos aditivos. A herdabilidade no sentido amplo e restrito foi alta, indicando que a seleção de genótipos tolerantes na geração F2 é eficiente. Resumo em inglês Maize Cateto inbred line has shown high aluminum tolerance. Due to the importance of this trait in commercial hybrids as well as the lack of consistent informations about the inheritance mechanism involved, the genetics of aluminum tolerance in one maize Cateto inbred line was studied. The inbred lines lp 48-5-3 (Cateto), Col 2(22) (flint from Colombia) and the F1, F2 and backcrosses generations were used. Two replicated experiments were carried ou at Campinas, State of S (mais) ão Paulo, Brazil, in 1985, to evaluate these genotypes grown in nutrient solutions containing 4.5 ppm of Al. Radicle net growth (CLR) was the most adequate measurement to distinguish maize genotypes for Al tolerance. The F2 frequency distribution was continuous, unimodal and yielded only classes resembling those of the F1 and the tolerant parent. The high Al tolerance of the maize inbred line lp 48-5-3 was due to the action of additive minor genes. Both broad and narrow sense heritabilities were high, indicating that plant selection in F2 generation for Al tolerance is efficient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Avaliação da tolerância à vancomicina em 395 cepas hospitalares de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina/ Evaluation of the tolerance to vancomycin in 395 oxacillin-resistant Staphylococcus aureus strains isolated from Brazilian hospitals

Oliveira, Geraldo A.; Okada, Sabrina S.; Guenta, Regiane S.; Mamizuka, Elsa M.
2001-01-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de tolerância à vancomicina em cepas de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina (Orsa) isoladas de quatro hospitais da cidade de São Paulo. Foram estudadas 395 cepas Orsa isoladas de pacientes hospitalizados entre outubro de 1998 e maio de 2000. A determinação da concentração inibitória mínima (CIM) e da concentração bactericida mínima (CBM) para vancomicina foi realizada conforme padronizado pelo National (mais) Committee for Clinical Laboratory Standards (NCCLS). A tolerância à vancomicina foi definida como a razão CBM/CIM > ou = 32. Do total de cepas estudadas, 10,4% apresentaram CIM de 0,5µg/ml para vancomicina; 41,3%, CIM de 1µg/ml; 42,2%, CIM de 2µg/ml; e 6,1%, CIM de 4µg/ml. Em média, 49,1% dos Orsa apresentaram tolerância à vancomicina. Em conclusão, a tolerância à vancomicina entre as cepas Orsa foi considerada elevada. Conseqüentemente, aumentam as chances de falhas no tratamento com vancomicina, além de aumentar o risco da emergência de Staphylococcus aureus vancomicina-intermediário. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the presence of tolerance to vancomycin in oxacillin-resistant Staphylococcus aureus (Orsa) strains isolated from four hospitals in the city of São Paulo. From October/1998 to May/2000 we analysed 395 Orsa strains isolated from hospitalized patients. MIC and MBC to vancomycin were determined as standardised by National Committee for Clinical Laboratory Standards (NCCLS). Tolerance was defined as the ratio MBC/MIC > or = 32. T (mais) he results showed that 10.4% of the Orsa strains presented a MIC of 0.5µg/mL for vancomycin, 41.3% presented a MIC of 1µg/mL, 42.2% a MIC of 2µg/mL and 6.1% a MIC of 4µg/mL. On average, 49,1% of the Orsa presented tolerance to vancomycin. We conclude that the tolerance to vancomycin amongst the Orsa strains was considered high. These high levels of tolerance augment the chances of failure in the treatment with vancomycin, as well as enhancing the risk of emergence of vancomycin-intermediate Staphylococcus aureus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Avaliação da tolerância de cultivares de soja à ferrugem asiática no oeste da Bahia/ Tolerance assessment of soybean cultivars to Asian rust caused by Phakopsora pachyrhizi in western Bahia

Oliveira, Ana C. B. de; Godoy, Cláudia V.; Martins, Mônica C.
2005-12-01

Resumo em português A utilização de tolerância como forma de controle da ferrugem da soja (Glycine max), causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, pode ser uma alternativa viável, visto que a resistência qualitativa tem-se mostrado instável, em função da variabilidade do fungo. Este trabalho foi realizado na região oeste da Bahia, na safra 2003/04, com objetivo de avaliar a tolerância das principais cultivares de soja utilizadas na região. Foram avaliadas quatro cultivares de cicl (mais) o precoce [MG/BR 46 (Conquista), Emgopa 315, BRS Corisco e M-SOY 8411] e quatro cultivares de ciclo tardio (BRS Barreiras, M-SOY 9350, FT 106 e BRS Sambaíba). A tolerância foi quantificada pela diferença de produtividade entre subparcelas tratadas e não tratadas com fungicida. As cultivares MG/BR 46 (Conquista) e M-SOY 8411 apresentaram diferenças de rendimento não significativas, no entanto, essa característica não pôde ser atribuída à tolerância, em função da baixa severidade observada no ensaio. Essa diferença pôde ser atribuída a escape, uma vez que, no momento em que a ferrugem obteve valores mais elevados de severidade, as duas cultivares já estavam na fase final de desenvolvimento. Embora a severidade máxima observada no ensaio tenha sido baixa (30,5% para a cultivar BRS Barreiras), com exceção das cultivares MG/BR 46 (Conquista) e M-SOY 8411, as demais cultivares avaliadas apresentaram diferença significativa entre as subparcelas tratadas e não tratadas com fungicida, mostrando ausência de tolerância das principais cultivares comerciais cultivadas no oeste da Bahia. Neste trabalho, foi observado que as cultivares de ciclo precoce apresentaram reduções de produtividade inferiores às de ciclo tardio. Resumo em inglês The use of tolerance as a form of control for soybean rust can be a viable alternative, since qualitative resistance has been shown to be unstable in function of fungal variability. This trial was carried out at in western Bahia in 2003/04, with the objective of assessing the tolerance of the main soybean (Glycine max) cultivars used in the area. Four early maturity cultivars [MG/BR 46 (Conquista), Emgopa 315, BRS Corisco and M-SOY 8411] and four cultivars of late maturit (mais) y (BRS Barreiras, M-SOY 9350, FT 106 and BRS Sambaíba) were assessed. Tolerance was quantified by determining the difference of yield in subplots treated and untreated with fungicide. The cultivars MG/BR 46 (Conquista) and M-SOY 8411 did not present significant yield differences; however, this could not be attributed to tolerance in function of the low severity observed in this trial. This difference could be attributed to escape, since when the rust obtained higher values of severity, the two cultivars were already in the final stages of development. Although the maximum severity observed in this trial has been low (30.5% for BRS Barreiras), except MG/BR 46 (Conquista) and M-SOY 8411, the others cultivars assessed presented significant differences among the subplots treated and untreated with fungicide. This shows an absence of tolerance in the main cultivars commercially planted in western Bahia. It was observed that early maturity cultivars had inferior yield reductions than late maturity cultivars.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Seleção para tolerância ao alumínio em milho com base em parâmetros genéticos e análise multivariada/ Selection for tolerance to aluminum in corn based on genetic parameters and multivariate analysis

Conceição, Léo Duc Haa Carson Schwartzhaupt da; Doerr, Larissa Macedo Winkler; Barbosa Neto, José Fernandes
2010-12-01

Resumo em português O melhoramento de plantas, nos últimos 40 anos, tem empenhado esforços na busca de genótipos de milho com tolerância ao alumínio. A compreensão da variabilidade existente através da distância genética entre genótipos serve como base para definição de cruzamentos que possibilitem a obtenção de ganho genético. O objetivo deste trabalho foi estudar o caráter tolerância ao alumínio em milho com base em parâmetros genéticos e estatística multivariada em ge (mais) rações precoces. Para tanto foi realizada a estimativa de parâmetros genéticos e análise multivariada em 74 famílias F3:2 originadas de dois cruzamentos contrastantes para o caráter tolerância ao alumínio. A estimativa dos parâmetros genéticos, com base nos componentes da variância, indicou influência do ambiente para todos os caracteres avaliados e dificuldades de seleção em solo ácido. A análise do dendograma gerado com base nas distâncias genéticas revelou a existência de dois grupos principais. Cruzamentos entre linhagens com desempenho superior e obtidas de famílias de diferentes grupos são potencialmente fonte para geração de populações de milho visando ao incremento da tolerância ao alumínio. Resumo em inglês The improvement of plants, in the last 40 years, has pledged efforts in the search of maize genotypes with aluminum tolerance. The understanding of the existing variability and the genetic distance between genotypes serves as basis for crossings in breeding programs. The objective of this work was to study aluminum tolerance in maize based on multivariate analysis and genetic parameters in early generations. There were 74 families F3:2 originated from two contrasting cros (mais) ses for aluminum tolerance. The estimation of genetic parameters based on the components of variance, indicated the influence of the environment for all measured traits, which imposes difficulties for selection in acid soils. The analysis of the dendogram on the basis of the genetic distances disclosed the existence of two main groups. Crossings between inbreds with superior performance and families from different groups are potential source for maize populations to increase aluminum tolerance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

CONTROLE GENÉTICO DA TOLERÂNCIA DO TRIGO À TOXICIDADE DE ALUMÍNIO EM SOLUÇÕES NUTRITIVAS/ GENETIC CONTROL OF ALUMINUM TOXICITY TOLERANCE IN WHEAT IN NUTRIENT SOLUTIONS

CAMARGO, CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA
1998-01-01

Resumo em português O cultivar IAC-227 (P1), de porte alto e tolerante à toxicidade de alumínio, foi cruzado com os genótipos mexicanos de porte semi-anão: CMH 79.481/CMH 77A.917 (P2), sensível à toxicidade de alumínio, e CMH 80A.747 (P3), tolerante. Plântulas dos parentais e da geração F1, bem como das gerações F2 e F3 dos cruzamentos P1 x P2 e P1 x P3 , e da geração F2 dos retrocruzamentos (P1 x P2) x P1, (P1 x P2) x P2, (P1 x P3) x P1 e (P1 x P3) x P3, foram avaliadas em sol (mais) uções nutritivas de tratamento contendo 3 mg.L-1 de Al3+. A tolerância à toxicidade de alumínio foi medida pela capacidade de crescimento da raiz primária central em solução nutritiva completa, após um tratamento de 48 horas em solução contendo 3 mg.L-1 de Al3+. O cultivar IAC-227 diferiu do genótipo CMH 79.481/CMH 77A.917 por um par de alelos dominantes para tolerância à presença dessa concentração de alumínio nas soluções nutritivas. Os genótipos IAC-227 e CMH 80A.747 não diferiram quanto ao número de pares de alelos para tolerância. O CMH 80A.747 pode ser utilizado como fonte genética dessa tolerância, além de outras características agronômicas em programas de melhoramento. Resumo em inglês The tall cultivar IAC-227 (P1), tolerant to aluminum toxicity was crossed with the semidwarf Mexican genotypes: CMH 79.481/CMH 77A.917 (P2), sensitive to aluminum toxicity and CMH 80A.747 (P3), tolerant. Parents and F1 seedlings as well as F2 and F3 generations from the crosses P1 x P2 and P1 x P3 and F2 generation from the backcrosses (P1 x P2) x P1, (P1 x P2) x P2, (P1 x P3) x P1 and (P1 x P3) x P3 were evaluated in nutrient solutions containing 3 mg.L-1 of Al3+. It was (mais) considered tolerant the plant that showed root regrowth of the central primary root in the complete nutrient solution after a treatment of 48 hours in a solution containing 3 mg.L-1 of Al3+. The cultivar IAC-227 differed from the genotype CMH 79.481/CMH 77A.917 by one pair of dominant genes for the tolerance to the presence of this aluminum concentration into the nutrient solution. The genotypes IAC-227 and CMH 80A.747 did not differ in relation to the number of loci for the tolerance. The genotype CMH 80A.747 can be utilized as source of a genetic tolerance to aluminum toxicity besides other agronomic characteristics in breeding programs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Prevalência de diabetes melito e tolerância à glicose diminuída na população urbana de 30 a 79 anos da cidade de São Carlos, São Paulo/ Prevalence of diabetes and impaired glucose tolerance in the urban population of 30 to 79 years of the city of São Carlos, São Paulo

Bosi, Paula Lima; Carvalho, Arlety Morais; Contrera, Daniele; Casale, Guilherme; Pereira, Marina Alexandre; Gronner, Matheus Ferreira; Diogo, Thatiana Melo; Torquarto, Maria Tereza da Costa Gonçalves; Oishi, Jorge; Leal, Angela Merice de Oliveira
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a prevalência de diabetes melito (DM) e tolerância à glicose diminuída (TGD) na população urbana de 30 a 79 anos da cidade de São Carlos, São Paulo. MÉTODOS: Foi realizado estudo de base populacional entre agosto de 2007 e junho de 2008. Todos os indivíduos, exceto mulheres grávidas, não diabéticos e aqueles com glicemia capilar em jejum (mais) GD ou com tolerância normal à glicose. RESULTADOS: Participaram da pesquisa 1.116 voluntários. As prevalências gerais de DM e TGD foram 13,5% e 5%, respectivamente. Houve associação entre DM e TGD e as variáveis "idade", "escolaridade", "índice de massa corpórea" e "circunferência abdominal". Não houve associação entre DM ou TGD e as variáveis "gênero", "cor da pele" e "rendimento mensal". CONCLUSÕES: Houve aumento na prevalência de DM em comparação a estudos anteriores no Brasil e na região. Embora tenha havido avanços no diagnóstico, o tratamento do DM requer otimização. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the prevalence of diabetes mellitus (DM) and impaired glucose tolerance (IGT) in the urban population aged 30-79 years of the city of São Carlos, São Paulo, Brazil. METHODS: It was performed a population survey, from August 2007 to June 2008. Non diabetic individuals, excluding pregnant women, and those with fasting capillary glycemia (mais) e tolerance. RESULTS: The number of individuals who participated in the study was 1,116. The overall rates of DM and IGT were 13.5% and 5%, respectively. DM and IGT were associated with age, education, body mass index and waist. They were not associated with gender, race or income. CONCLUSIONS: The prevalence of DM has increased when compared with previous studies in Brazil and in the state. Improvement in the diagnosis has occurred, however, treatment requires optimization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Sobre o verdadeiro valor dos valores: fatores de impacto sobre as atitudes de tolerância política

Trüdinger, Eva-Maria
2006-05-01

Resumo em português A pesquisa norte-americana sobre tolerância tradicionalmente discute a influência da educação sobre a tolerância política. Esses debates são transferidos para o contexto alemão e o artigo tenta complementar as pesquisas anteriores sobre tolerância com uma combinação de explicações baseadas em valores e descobertas sobre os sistemas de crença de massa e sobre as heurísticas na tomada de decisão. Supõe-se que os níveis de educação e sofisticação polít (mais) ica de uma pessoa determinam sua atitude de tolerância política, pois causam um impacto sobre a relevância dos valores e das disposições ideológicas enquanto princípios abstratos para decisões individuais em situações de tolerância. Como resultado de nossa análise empírica, enfatizamos a influência separada da sofisticação política e a natureza contextual das atitudes tolerantes, em parte devido a diferenças individuais no manuseio dos princípios abstratos. Resumo em inglês American tolerance research traditionally discusses the influence of education on political tolerance. These debates are transferred into a German context, and the article aims to complement previous research on tolerance by a combination of value-based explanations, of findings about mass belief systems and about heuristics in decision-making. It is assumed that the levels of education and political sophistication of a person determine his/her attitudes on political tole (mais) rance, because they have an impact on the relevance of values and ideological dispositions as abstract principles for individual decisions on tolerance situations. As a result of our empirical analyses, we can emphasize the separate influence of political sophistication and the contextual nature of tolerant attitudes, partly due to individual differences in the handling of abstract principles.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Parâmetros morfológicos para estabelecer tolerância diferencial à toxicidade de alumínio em cultivares de arroz/ Morphological parameters to determine differential tolerance of rice cultivars to aluminium toxicity

Vasconcelos, Steel Silva; Pereyra Rossiello, Roberto Oscar; Jacob-Neto, Jorge
2002-03-01

Resumo em português Dois experimentos em casa de vegetação foram conduzidos visando identificar parâmetros morfológicos ligados à tolerância ao alumínio (Al) e estabelecer a concentração de Al e o tempo de cultivo suficientes para a expressão da tolerância ao Al, em duas cultivares de arroz, em solução nutritiva. Plantas de determinado comprimento radicular máximo foram transferidas para solução nutritiva com quatro concentrações de Al (0, 80, 160 e 320 mimol L-¹), a pH 4, (mais) 0. Em cada coleta, foram medidos o comprimento máximo radicular, área radicular, área foliar e massa seca de raízes e parte aérea. Apenas os parâmetros morfológicos ligados ao sistema radicular possibilitaram o reconhecimento da tolerância diferencial das cultivares; a elongação radicular relativa foi a medida mais sensível. Quatro dias de exposição ao Al foram suficientes para a detecção da tolerância diferencial por meio da elongação radicular relativa. Os procedimentos estabelecidos nos experimentos podem ser utilizados para a avaliação de um número maior de cultivares. Resumo em inglês Two nutrient solution greenhouse experiments were conducted to identify morphological parameters that express Al tolerance and to determine the influence of period of plant growth and Al concentration necessary for tolerance discrimination, in two rice cultivars. Plants of known maximum root length were transferred to nutrient solution at four levels of Al (0, 80, 160 and 320 mumol L-1) with a pH 4.0. In each collection, the new maximum root length was measured in additio (mais) n to root and leaf areas, and root and shoot dry weights. Only the morphological parameters related to the root system differentiated Al tolerance of the cultivars, and relative root elongation was the most sensitive. Four days of exposure to Al were sufficient to detect differences in Al tolerance by means of relative root elongation. The methods established in this study can be useful in evaluating larger number of cultivars.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Diferenciação de genótipos de trigo quanto à tolerância à deficiência de fósforo, em solução hidropônica/ Differentiation in hydroponic solution of wheat genotypes in relation to tolerance to phosphorus starvation

Silva, Adriano Alves da; Arns, Ingrid; Lima, Christina Venzke Simões de; Schneider, Adriano de Bernardi; Delatorre, Carla Andrea
2008-10-01

Resumo em português O P é um dos elementos mais críticos para a produção agrícola, pois, além de sua grande importância para as plantas, sua disponibilidade é cada vez mais limitada em virtude da progressiva escassez das suas jazidas. A diferenciação de genótipos quanto à tolerância à deficiência de P permite investigar os mecanismos atuantes e o desenvolvimento de genótipos que combinem diferentes mecanismos, aumentando o nível de tolerância. O objetivo deste trabalho foi (mais) diferenciar, em solução hidropônica, genótipos de trigo contrastantes quanto à tolerância à deficiência de P. Foram realizados três estudos. No primeiro, avaliou-se o efeito da retirada do endosperma na resposta de plântulas à limitação de P. No segundo estudo, foram avaliadas características de plântulas, submetidas a diferentes doses de P, dos cultivares Anahuac, sensível, e Toropi, tolerante. No terceiro estudo, foram avaliadas cinco linhagens recombinantes do cruzamento entre Toropi e Anahuac. A remoção do endosperma da semente é necessária para diferenciar genótipos quanto à tolerância à deficiência de P em solução nutritiva, aos 10 dias da germinação. A diferenciação de genótipos é feita pelo cálculo da razão entre a concentração de fosfato livre (Pi) na parte aérea obtida nas doses de 10 e de 1.000 µmol L-1 de P, ficando, nos genótipos tolerantes, essa razão próxima de 1,0 e, nos sensíveis, próxima de 0,5. As quantidades de Pi na parte aérea ou total na plântula também podem ser utilizadas. O cultivar Toropi e os genótipos NYW 865-016, NYW 865-081 e NYW 865-086 são mais tolerantes à deficiência de P em solução nutritiva, quando comparados aos do cultivar Anahuac e aos genótipos NYW 865-084 e NYW 865-073. A tolerância de Toropi nas condições avaliadas não se deve ao volume do sistema radicular, mas possivelmente a fatores relacionados com o transporte e uso de Pi internamente. Resumo em inglês Phosphorus (P) is one of the most critical elements for agriculture, not only by the high P requirement for adequate crop growth and development, but also by the gradual scarcity of its natural sources. The differentiation among genotypes is required for further mechanism investigation, and to combine different mechanisms at the same individual which might allow superior tolerance. This work aimed to differentiate, in hydroponic solution, wheat genotypes with contrasting (mais) P deficiency tolerance. Three studies were carried out. In the first one, the effect of endosperm removal on wheat seedling P response was evaluated. In the second one, seedlings from two wheat cultivars contrasting in the response to P starvation, Anahuac (sensitive) and Toropi (tolerant) were evaluated at different P availabilities. In the third study, five recombinant inbred lines were evaluated in hydroponic solution. The wheat endosperm contains enough P to mask the seedling P response. The endosperm removal allows evaluation of P tolerance in 10 days-old seedlings. The ratios between shoot free phosphate (Pi) concentration at 10 and 1.000 µmol L-1 P doses can identify the tolerant genotypes. Tolerant genotypes have a ratio around 1.0 and sensitive ones have around 0.5 ratio. The total amount of Pi in the shoot or in the whole plant can also be used. Toropi and the inbred lines NYW 865-016, NYW 865-081 and NYW 865-086 are more tolerant than Anahuac and the inbred lines NYW 865-034 e NYW 865-073. Toropi tolerance, at the conditions used in this work, is not due to root system volume but might be related to P transport and P internal use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Caracterização de famílias mutantes de arroz para tolerância ao frio nos períodos vegetativo e reprodutivo/ Characterization of rice families for cold tolerance in the vegetative and reproductive phases

Martins, Andreza Figueirola; Vieira, Eduardo Alano; Kopp, Mauricio Marini; Luz, Viviane Kopp da; Carvalho, Marcos Fontoura de; Castelo Branco, Juliana Severo; Cruz, Renata Pereira da; Carvalho, Fernando Irajá Félix de; Oliveira, Antonio Costa de
2007-01-01

Resumo em português As temperaturas baixas que ocorrem durante o cultivo do arroz na Região Sul do Brasil causam prejuízos ao rendimento e à qualidade dos grãos de arroz. Genótipos tolerantes a baixas temperaturas seriam uma alternativa para minimizar tais prejuízos. Desse modo, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a tolerância ao frio em famílias mutantes de arroz (geração M4) nos períodos, vegetativo e reprodutivo, como forma de identificação de variabilidade genéti (mais) ca para o caráter. Para a avaliação das famílias mutantes quanto à tolerância ao frio, no período vegetativo, foram utilizadas 10 sementes de cada família colocadas em bandejas celuladas, sendo as plântulas mantidas em casa de vegetação à temperatura de 13 ºC por 10 dias em sala climatizada, com fotoperíodo de 12 horas. A avaliação do período reprodutivo consistiu na aplicação de frio na antese, sendo caracterizada por um estresse de 15 ºC por sete dias. Pelos resultados verificou-se que no período vegetativo, seis famílias tiveram 0-20% de redução na estatura, com um elevado grau de tolerância. Para o período reprodutivo não foram encontradas famílias com tolerância superior à testemunha diamante. Resumo em inglês Low temperatures that occur during the cultivation of rice in the Southern region of Brazil cause reductions in to the yield and quality of the rice grain. Genotypes tolerant to low temperatures would be an alternative to minimize these problems. In the present work cold tolerance was evaluated in rice families (M4 generation) in the vegetative and reproductive phases, in order to identify possible genetic variability. For the evaluation in the vegetative stage, 10 seeds (mais) from each family were placed in cell trays and kept at 13 ºC for 10 days in controlled chamber with 12 hour day light. The evaluation at the reproductive stage consisted of the application of low temperature at anthesis, by a stress of 15 ºC for 7 days. The results suggest that in the vegetative phase, 6 families presented 0-20% reduction in stature, showing a high degree of tolerance. For the reproductive phase there were no families showing higher tolerance than the tolerant control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Teste ergométrico em crianças e adolescentes: maior tolerância ao esforço com o protocolo em rampa/ Treadmill stress test in children and adolescents: higher tolerance on exertion with ramp protocol

Silva, Odwaldo Barbosa e; Saraiva, Lurildo C. Ribeiro; Sobral Filho, Dário C.
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a tolerância ao exercício de crianças e adolescentes submetidos a teste ergométrico (TE) em esteira com os protocolos de Bruce ou em rampa, e descrever a velocidade e a inclinação alcançadas com o protocolo em rampa, para auxiliar na orientação do exercício com esse protocolo. MÉTODOS: Estudo observacional, tipo série de casos, com controle histórico, de 1.006 crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos submetidos a TE entre outubro de 1986 (mais) e fevereiro de 2003, que concluíram um dos dois protocolos. Foram excluídos os que tiveram o TE interrompido por outras causas que não cansaço físico, os que estavam em uso de medicações que interferiam na freqüência cardíaca (FC) e aqueles com limitações físicas à realização do exercício. Na análise estatística dos dados foi adotado nível de significância para p Resumo em inglês OBJECTIVE: Compare exercise tolerance by children and adolescents submitted to treadmill stress test (TST) following Bruce Protocol (BP) or Ramp Protocol (RP), as well as describe velocity and inclination reached with ramp protocol to help set protocol exercise standards. METHODS: Observational, case-based study, with history control of 1,006 children and adolescents in the 4 to 17-year-old range who were submitted to TST between October, 1986 and February, 2003, and who (mais) concluded one of the two protocols. Those who interrupted their ET for other reasons rather than physical exhaustion, those on medication that interfered in HR and those with physical constraints to exercise were excluded. Statistical analysis of data considered p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Parâmetros genéticos de caracteres relacionados à tolerância à deficiência hídrica em milho tropical/ Genetic parameters of drought tolerance related traits in tropical maize

Câmara, Tassiano Maxwell Marinho; Bento, Dyeme Antônio Vieira; Alves, Geovani Ferreira; Santos, Mateus Figueiredo; Moreira, José Ubirajara Vieira; Souza Júnior, Cláudio Lopes de
2007-01-01

Resumo em português A seleção de caracteres relacionados à tolerância à deficiência hídrica em milho tem sido objeto de interesse em programas de melhoramento, principalmente em virtude da ineficiência da seleção para produzir grãos nessas condições. O objetivo deste trabalho foi estimar parâmetros genéticos em duas populações de milho tropical. Foram avaliadas duas populações (denominadas D e U) com 256 progênies F2:3, no delineamento em látice 16 x 16 em sete ou nove a (mais) mbientes e densidade populacional de 62.500 plantas ha-1. Diferenças significativas foram constatadas entre progênies (P), ambientes (A) e para a interação P x A em ambas as populações. Os coeficientes de herdabilidade em nível de médias de progênies variaram entre 73,52% para prolificidade na população D e 95,88% para florescimento feminino (FF) na população U. No caráter produção de grãos (PG) houve correlação genética significativa nas populações U e D, respectivamente, com prolificidade (0,79 e 0,88) e florescimento feminino (-0,76 e -0,44); na população U com florescimento masculino (-0,74) e; na população D com stay-green (-0,50). Não foi constatada correlação genética significativa entre PG e intervalo entre florescimentos (IF). Os parâmetros genéticos estimados sugerem que a utilização de índices de seleção que incluam, além de PG, caracteres como prolificidade, FF e SG na seleção de progênies sob condições normais de umidade, poderia propiciar o desenvolvimento de material com alta produtividade e boa tolerância a estresses hídricos. Resumo em inglês The selection of drought tolerance related traits in maize has been object of interest in improvement programs, mainly in function of the selection inefficiency for grain yield on these conditions. The objective of this work was to estimate genetic parameters in two populations of tropical maize. Two populations (called D and U) with 256 F2:3 progenies had been evaluated in a 16x16 simple lattice, in seven and nine environments with population density of 62,500 plants ha- (mais) 1. Significant differences were observed among line (P), environments (A) and for the P x A interaction in both populations. The heritability coefficients at progenies level average had varied between 73.52% for prolificacy in population D and 95.88% for female flowering (FF) in population U. Grain yield (PG) presented significant genetic correlation in populations U and D, respectively, with prolificacy (0,79 and 0.88) and female flowering (-0,76 and -0,44); in population U with male flowering (-0.74) and; in population D with stay-green (-0.50). No genetic correlation was observed between PG and anthesis-silking interval (IF). Estimated of genetic parameters suggest that the use of selection indices that include, besides PG, characters as prolificacy, FF and SG in the selection process under conditions of normal water supply, could lead to the development of cultivars with high grain yield and good drought tolerance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Fitotoxicidade do alumínio: efeitos, mecanismo de tolerância e seu controle genético/ Aluminum phytotoxicity: effects, tolerance mechanisms and its genetic control

Echart, Cinara Lima; Cavalli-Molina, Suzana
2001-06-01

Resumo em português Solos ácidos associados a metais tóxicos são uma das maiores restrições à produção agrícola e, entre os metais, o alumínio destaca-se como um dos maiores problemas em solos com pH £ 5,0. O melhoramento para tolerância ao alumínio é considerado um excelente caminho para aumentar o desempenho de plantas economicamente importantes cultivadas em solos ácidos ricos nesse metal, como os que ocorrem no sul do Brasil. Para isso, é necessário identificar, entre os (mais) diferentes cultivares, aqueles que apresentam mecanismos de tolerância, compreender como esses cultivares agem em sua presença, bem como conhecer o controle genético da tolerância ao alumínio. Este trabalho apresenta uma revisão sobre o assunto, abordando as formas de alumínio presentes no solo, seu efeito sobre as plantas, os mecanismos de tolerância e o controle genético desta tolerância em diferentes grupos de cereais. Resumo em inglês Acid soils and associated mineral toxicity are a great restriction for crop production, and among the metals, aluminum is considered one of the most important problems in soils with pH £ 5.0. Breeding for aluminum tolerance is considered a useful way to improve important economic plants' performance in acid soils with high concentration of this metal, as those which occur in South Brazil. However, for this, it is necessary to identify aluminum-tolerant genotypes, to unde (mais) rstand aluminum phytotoxicity and tolerance mechanisms, and to know genetic control of this tolerance. This paper presents a review of these subjects, with emphasis on aluminum forms present in soils, their effect over the plants, the stage of knowledge on aluminum tolerance mechanisms and their genetic control in different cereal groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Reumatismo pós-quimioterapia: uma disfunção da tolerância imunológica?/ Post-chemotherapy rheumatism: an immunological tolerance dysfunction?

Rezende, Marcelo Cruz; Maia, Arlete Delfina Marques; Horimoto, Alex Magno Coelho
2005-02-01

Resumo em português O reumatismo pós-quimioterapia (RPQ) é uma síndrome pouco descrita na literatura, que se caracteriza por poliartralgia desenvolvida um a quatro meses após o término de diversos esquemas quimioterápicos, no contexto de vários tipos de câncer. Relatamos o caso de uma paciente de 21 anos com linfoma de Hodgkin, em cujo esquema quimioterápico não foi utilizada a droga ciclofosfamida, considerada como possível fator etiológico. Sugere-se, então, a possibilidade de uma disfunção transitória do mecanismo de tolerância imunológica. Resumo em inglês Post-chemotherapy rheumatism is a rare syndrome characterised by polyarthralgia that develops following a period of 1 to 4 months of various forms of chemotherapy for cancer treatment. There is very little representation of post-chemotherapy rheumatism (PCR) in literature. Here we report the case of a 21 years old girl with Hodgkin lymphoma who was not treated with cyclophosphamide, the drug considered as an etiological factor in PCR. Rather, we suggest the possibility of a transitory dysfunction in immunological tolerance mechanisms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Melhoramento do trigo. XI. Estudo genético da tolerância à toxicidade de ferro/ Genetic studies of tolerance to iron toxicity in wheat

Camargo, Carlos Eduardo de Oliveira
1985-01-01

Resumo em português O cultivar Siete Cerros, tolerante, e o BH-1146, sensível à toxicidade de ferro, foram cruzados, sendo as sementes dos pais e dos cruzamentos em geração F2 cultivadas em soluções nutritivas arejadas contendo 0,56; 5 e 10mg/litro de Fe em pH 4,0 e temperatura de 27 ± 1ºC. O comprimento das raízes primárias centrais dos genótipos estudados, após dez dias de cultivo em soluções nutritivas contendo diferentes concentrações de ferro, serviu de base para a (mais) valiar a tolerância a esse elemento. Verificou-se que os genes existentes no 'Siete Cerros', responsáveis pela tolerância a 10mg/litro de ferro nas soluções, apresentaram um comportamento parcialmente dominante, e os genes encontrados em 'BH-1146', um comportamento parcialmente recessivo. Os valores da herdabilidade em sentido amplo para a tolerância à toxicidade de ferro, expressa na capacidade de crescimento das raízes das plântulas de trigo em soluções nutritivas contendo 5 e 10mg/litro de ferro foram altos, indicando que grande parte da variabilidade encontrada na população BH-1146 x Siete Cerros, em geração F2, foi de origem genética, permitindo, pois, seleções nas primeiras gerações segregantes para essa característica. Resumo em inglês The cultivar Siete Cerros with tolerance to iron toxicity and the cultivar BH-1146 showing sensitivity to iron, were crossed. Parents and seeds F2 of this cross were cultivated in aerated nutrient solutions containing 0.56, 5 and 10mg/l of iron, under constant temperature (27± 1°C) and pH 4.0. The length of the central primary root of each genotype under study after ten days being cultivated in nutrient solutions containing different iron concentration was used (mais) to evaluate the levels of tolerance to this element. It was observed partial dominance for iron tolerance considering the studied F2 population. Broad sense heritability estimates were high for iron tolerance expressed by root growth capacity in nutrient solutions with 5 and 10mg/l of iron. These results suggested that great part of the total variation found in the studied F2 population for this characteristic was of genetic origin. So, selection for iron tolerance would be effective in early segregating generations from the cross envolving a tolerant and a sensitive cultivar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Avaliação da secreção e resistência insulínica em indivíduos com diferentes graus de tolerância à glicose - do metabolismo normal ao diabetes mellitus/ Insulin resistance and secretion assessment across a range of glucose tolerance from normal individuals through diabetes

Corrêa, Fernanda H.; Nogueira, Verônica G.; Bevilácqua, Maria de Fátima; Gomes, Marília de Brito
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Os principais objetivos são determinar a associação entre os parâmetros clínicos e demográficos e os diferentes índices de secreção e resistência insulínica em indivíduos aparentemente saudáveis, sem conhecimento prévio de seu grau de tolerância à glicose. PACIENTES E MÉTODOS: Submetemos ao teste oral de tolerância à glicose (TOTG), no período de fevereiro a agosto de 2003, 105 indivíduos com média de idade de 33,4 ± 1,4 anos, sendo (mais) 57,1% do sexo feminino, subdividindo-os em 4 grupos: grupo 0 (normais): indivíduos com IMC < 25 e metabolismo glicídico normal, grupo 1 (obesos): IMC > 25 e metabolismo glicídico normal, grupo 2 (IFG): glicemia de jejum alterada e grupo 3 (IOG): intolerância oral à glicose. RESULTADOS: Encontramos diferença estatística para todas as variáveis analisadas durante o TOTG dentre os 4 grupos de indivíduos: glicemias de jejum e em 2 horas (p Resumo em inglês AIM AND METHODS: Our main aim was to determine the association between clinical, demographical parameters and different insulin resistance and secretion indices in apparently healthy subjects, without previous knowledge of their own level of glucose tolerance. For that purpose, we evaluated 105 individuals from February to August 2003 by means of OGTT, aged 33.4 ± 1.4 years old, 57.1% female. We allocated them in four groups: group 0 (normal): individuals with BMI (mais) < 25 Kg/m² and normal glucose metabolism, group 1 (obese): BMI > 25 Kg/m² and normal glucose metabolism, group 2 (IFG): impaired fasting glucose and group 3 (IGT): impaired glucose tolerance. RESULTS: We have found statistical difference on all variables during OGTT between all groups: fasting glucose (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Características físicas do pericarpo de sementes de milho associadas com a tolerância à alta temperatura de secagem/ Physical characteristics of corn seed pericarp associated with high drying temperature tolerance

José, Solange Carvalho Barrios Roveri; Von Pinho, Édila Vilela de Resende; Von Pinho, Renzo Garcia; Ramalho, Magno Antônio Patto; Silva Filho, João Luis da
2005-06-01

Resumo em português Diferenças na tolerância das sementes de milho à alta temperatura de secagem têm sido relacionadas às características físicas do pericarpo. O objetivo desta pesquisa foi avaliar aspectos anatômicos do pericarpo de sementes de milho associados à tolerância das sementes a alta temperatura de secagem. Foram utilizadas sementes de híbridos simples e de seus híbridos simples recíprocos que apresentavam comportamento diferenciado quanto à tolerância aos danos por (mais) secagem. As sementes foram colhidas manualmente em espigas com teor de água em torno de 35% e secadas a 45°C até atingirem o conteúdo final de água de aproximadamente 8%. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada por meio do teste de germinação, teste de frio sem solo e envelhecimento acelerado. Seções de 20 mm foram feitas em micrótomo a -20 °C para a avaliação anatômica do pericarpo das sementes. Sementes de milho que apresentam estrutura do pericarpo mais densa, formada por células mais compactadas, são mais sensíveis à alta temperatura de secagem. Resumo em inglês Differences in seed tolerance to high drying temperature have been related to the physical characteristics of the pericarp. The objective of this research was to evaluate physical aspects of the pericarp that could be associated with tolerance to high drying temperature. Seeds from simple hybrids and their reciprocal simple hybrids that present differentiated behavior for tolerance by drying damage, were used. The seeds were harvested by hand on corn cobs with water conte (mais) nt near 35% and dried at 45ºC to 8% water content. The physiological quality of the seeds was evaluated through the germination test, cold test without soil and accelerated aging. Twenty micron-thick sections were made with a freezing microtome at -20°C for pericarp physical assessment of the seeds. Corn seeds that present denser pericarp structure, formed by more compact cells, is more sensitive to high drying temperature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Crescimento de plântulas do milho 'Saracura' e atividade de alfa-amilase e invertases associados ao aumento da tolerância ao alagamento exercido pelo cálcio exógeno/ Growth of maize 'Saracura' (BRS-4154) and alpha-amylase and invertases activity associated with the increase of flooding tolerance caused by exogenous calcium

Fries, Daniela Deitos; Alves, José Donizeti; Delú Filho, Nelson; Magalhães, Paulo César; Goulart, Patrícia de Fátima Pereira; Magalhães, Marcelo Murad
2007-01-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o crescimento da plântula e o metabolismo de carboidratos associados ao aumento da tolerância à hipoxia exercido pela presença do cálcio no período de germinação e/ou alagamento de plântulas de milho com diferentes idades. O experimento foi desenvolvido na Universidade Federal de Lavras, MG, em 2002. Cariopses de milho da variedade 'Saracura' (BRS-4154) foram germinadas em água ou solução de CaCl2. Após dois e quatro dias, as plântulas f (mais) oram submetidas ao alagamento em tubos de PVC com tampão (com ou sem CaCl2) por três dias, sendo então avaliadas a sobrevivência, massa seca e as características bioquímicas. O cálcio aumentou a sobrevivência ao alagamento de plântulas com quatro dias, entretanto, não influenciou naquelas com dois dias. O alagamento reduziu a massa seca das plântulas sem prejudicar sua recuperação pós-estresse, entretanto, o cálcio influenciou no acúmulo de massa seca pós-hipoxia somente em plântulas com quatro dias, mostrando uma recuperação mais rápida dos danos causados no período de alagamento, o que ocorre em plântulas de dois dias de germinação, independentemente desse elemento. Em plântulas mais jovens também houve maior mobilização das reservas de amido, assim como, maior translocação e utilização dessas reservas. O alagamento reduziu drasticamente a atividade da invertase ácida do vacúolo, independentemente da presença do cálcio, comprovando sua não participação nos processos comandados por essa enzima. A redução na atividade das invertases favorece menor concentração de hexoses, diminuindo a respiração anaeróbica e, conseqüentemente, a produção de substâncias tóxicas, aumentando a sobrevida das plântulas em condições de hipoxia. Resumo em inglês This research evaluated the plantlet growth and carbohydrate metabolism associated with the increase in hypoxia tolerance caused by calcium presence during germination and/or flooding of maize plantlets with different ages. The experiment was conducted at Universidade Federal de Lavras, MG, in 2002. Maize caryopses (var.'Saracura') were germinated in water or CaCl2. After two and four days, the plantlets were submitted to flooding in PVC tubes with buffer (with or without (mais) CaCl2) during three days, being evaluated the survival, dry weight and biochemical characteristics. Calcium increased plantlet survival to flooding at four days, although there was no influence on two-day samples. Flooding reduced the plantlet dry weight without affect on the recovery after stress, therefore calcium influenced dry weight accumulation after hypoxia only in plantlets at four days, showing a faster recovery from damages caused during the flooding period, which also occurs in plantlets treated at two days of germination, but independently of this element. Younger plantlets also showed higher mobilization of the starch reserves, as well as higher translocation and utilization of these reserves. Flooding reduced drastically the vacuole acid invertase activity, independent of calcium presence, demonstrating that it has no participation in the processes coordinated by this enzyme. The reduction in the invertase activity favors a lower hexose concentration, decreasing anaerobic respiration and, consequently, the production of toxic substances, thereby increasing the survival of plantlets in hypoxia conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Os excessos da identidade: Bento XVI e a questão da tolerância/ Excesses of identity: Benedict XVI and the issue of tolerance

Santiago, Homero
2008-01-01

Resumo em português Partindo de algumas das polêmicas opiniões de Bento XVI, o artigo busca compreender a base doutrinária delas e discutir os seus efeitos para a questão da tolerância religiosa. Depois de uma apresentação do que entende por tolerância, propõe um percurso através da encíclica Deus caritas est, que embasa a nova doutrina papal numa interpretação particular da noção de "amor de Deus". Por fim, tenta-se mostrar como esse "amor", mediante uma ênfase exagerada da (mais) idéia de identidade, torna-se nos documentos papais um instrumento de combate a todas as diferenças, pondo a perder a possibilidade de convivência entre as religiões e, por conseqüência, semeando o fundamentalismo. Resumo em inglês This article tries to comprehend the doctrinal base of some polemical assessments of Benedict XVI; discussing its effects on the issue of religious tolerance. After presenting what is understood to mean tolerance, it proposes a way through the encyclical letter Deus caritas est; in this letter, the new papal doctrine is founded on a particular interpretation of the notion of "God's love". Lastly, it intends to show how this "love", by an exaggerated emphasis on the idea o (mais) f identity, becomes an instrument of fight against every difference, spoiling the possibility of a pacific relationship among the religions and, consequently, sowing the seeds of fundamentalism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Seleção de linhagens experimentais de soja para características agronômicas e tolerância a insetos/ Soybean experimental lines selected for agronomic traits and insect tolerance

Maia, Maria Clideana Cabral; Vello, Natal Antonio; Rocha, Maurisrael de Moura; Fonseca Júnior, Nelson Silva da; Lavorante, Osmir José; Pinheiro, José Baldin; Dias, Carlos Tadeu dos Santos; Assis, Giselle Mariano Lessa de
2009-01-01

Resumo em português Esta pesquisa visou avaliar linhagens experimentais de soja, com a finalidade de identificar genótipos que reúnam características de alta produtividade e tolerância a insetos. O material foi composto por três populações obtidas de um dialelo parcial 4 x 4 envolvendo quatro genitores tolerantes a insetos e quatro cultivares de elevada produtividade. Foram conduzidos 24 experimentos no delineamento aleatório, em blocos com duas repetições subdivididas em conjuntos (mais) experimentais com testemunhas comuns, combinando as três populações e oito ambientes. Com base na produtividade de grãos, concluiu-se que: existe variabilidade genética remanescente entre as linhagens nas três populações; o manejo diferenciado com controle intensivo de insetos e controle ecológico de insetos (CII vs. CEI) é um representante eficiente de ambientes diversos; o local Anhembi destacou-se como de alta produtividade em todas as situações; para a capacidade de gerar linhagens superiores, sobressaíram-se os genitores IAC-100, D72-9601-1, BR-6, Davis e IAS-5; destaques especiais envolveram os cruzamentos do genitor IAC-100 com IAS-5, Davis, OCEPAR-4 e BR-6. Resumo em inglês This research aimed to evaluate experimental soybean lines, with the finality to identify genotypes that contine traits of elevate yield and insect tolerance. Plant material included three populations derived from a 4×4 partial diallel having four parents insect resistants and four with elevated yield cultivars. The 24 experiments were carried out in randomized complete block design with two replications subdivided in three sets with common checks, testing the three popu (mais) lations in eight environments. There is genetic variability among lines in the three populations; the management systems were efficient as representative of the environmental diversity; the Anhembi location exhibited with high seed yield in all situations; as for the ability in originating superior lines, the following parents stand out: IAC-100, D72-9601-1, BR-6, Davis, and IAS-5; the best outstanding biparental crosses occurred when the IAC-100 parent was crossed with IAS-5, Davis, OCEPAR-4, and BR-6.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Avaliação quanto à presença de microalbuminúria e hiperfiltração glomerular no estágio de tolerância à glicose diminuída/ Microalbuminuria, glomerular hyperfiltration, and impaired glucose tolerance

Cruz, Ney de Souza; Sartori, Maria Salete; Santos, Maria Luiza dos; Aragon, Flávio Ferrari; Padovani, Carlos Roberto; Pimenta, Walkyria de Paula
2003-04-01

Resumo em português Na fase de tolerância à glicose diminuída (TGD) já estão presentes vários distúrbios metabólicos característicos do diabetes mellitus tipo 2 e fatores de risco que predispõem à vasculopatia. Nosso objetivo foi o de verificar se indivíduos de nossa população, com TGD e normotensos, apresentam elevação da excreção urinária de albumina (EUA) e da depuração de creatinina (D Cr). Teste oral de tolerância à glicose padrão com dosagem de insulina foi real (mais) izado, classificando os participantes em dois grupos: com TGD e com tolerância à glicose normal (TGN). Urina do período noturno foi utilizada para a determinação da EUA (imunoturbidimetria) e da D Cr. Os dois grupos não diferiram quanto à EUA e à D Cr. A freqüência de microalbuminúria foi de 21,1 e 3,3%, respectivamente, para os grupos com TGD e TGN (NS). Concluímos que, nesta amostra da população brasileira, indivíduos com TGD, normotensos e com resistência à insulina não apresentaram microalbuminúria e hiperfiltração glomerular. Resumo em inglês In the impaired glucose tolerance (IGT) phase, there are already several characteristic metabolic abnormalities and risk factors in type 2 diabetes mellitus, which predispose them to develop vasculopathy. We looked for increased urinary albumin excretion (UAE) and creatinine clearance (C Cr) in Brazilians with IGT and normal blood pressure. The standard oral glucose tolerance test with plasma insulin was performed to classify participants into two groups: IGT and normal g (mais) lucose tolerance (NGT). Overnight urine collection was used to assess the UAE (immunoturbidimetry) and C Cr. No differences were observed between the groups in regarding UAE and C Cr. The frequency of microalbuminuria was 21.1 and 3.3% for the IGT and NGT groups, respectively (NS). In conclusion, Brazilians with IGT, normal blood pressure and insulin resistance did not present microalbuminuria or glomerular hyperfiltration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Ocorrência de diabetes melito em mulheres com hiperglicemia em gestação prévia/ Prevalence of diabetes mellitus in women with prior gestational hyperglycemia

Silva, Márcia Rocha Gabaldi; Calderon, Iracema de Mattos Paranhos; Gonçalves, Luciana Colnago; Aragon, Flávio Ferrari; Padovani, Carlos Roberto; Pimenta, Walkyria de Paula
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a freqüência com que ocorria intolerância à glicose (diabetes melito e tolerância à glicose diminuída) em mulheres cuja gestação foi acompanhada e avaliada quanto à tolerância à glicose. MÉTODOS: Num período de até 12 anos da gestação-alvo, de um total de 3.113 gestantes acompanhadas em um serviço de obstetrícia, 551 foram selecionadas por meio de um processo randômico, proporcional à representação dos grupos. Foram avaliadas 529 (mais) , assim constituídas: 250 normotolerantes à glicose, grupo IA; 120 com hiperglicemia diária, grupo IB; 72 com o teste oral de tolerância à glicose alterado, grupo IIA; e 87 com o teste oral de tolerância à glicose alterado e hiperglicemia diária, grupo IIB. A avaliação constava da medida da glicemia de jejum, que entre 110 e 125 mg/dL, era seguida pelo teste oral de tolerância à glicose. RESULTADOS: A freqüência de ocorrência de diabetes foi 1,6, 16,7, 23,6 e 44,8% nos grupos IA, IB, IIA e IIB, respectivamente (IA Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the prevalence of glucose intolerance (diabetes mellitus and impaired glucose tolerance) in women who had their glucose tolerance evaluated and followed up during pregnancy. METHODS: Over the last 12 years since the index pregnancy, from a total of 3,113 pregnant women seen in an obstetrics clinic, 551 were randomly selected and proportionally to the number of women in each group. Of these, 529 could be evaluated and had been classified as follows: (mais) 250 in group IA (normal glucose tolerance); 120 in group IB (daily hyperglycemia); 72 in group IIA (abnormal oral glucose tolerance test); and 87 in group IIB (abnormal oral glucose tolerance test and daily hyperglycemia). The evaluation consisted of measuring fasting plasma glucose and when the results ranged between 6.1 and 6.9 mmol/L, patients were submitted to oral glucose tolerance test. RESULTS: Prevalence of diabetes mellitus was: IA, 1.6%; IB, 16.7%; IIA, 23.6%; and IIB, 44.8% (IA

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Ocorrência de diabetes melito em mulheres com hiperglicemia em gestação prévia/ Prevalence of diabetes mellitus in women with prior gestational hyperglycemia

Silva, Márcia Rocha Gabaldi; Calderon, Iracema de Mattos Paranhos; Gonçalves, Luciana Colnago; Aragon, Flávio Ferrari; Padovani, Carlos Roberto; Pimenta, Walkyria de Paula
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a freqüência com que ocorria intolerância à glicose (diabetes melito e tolerância à glicose diminuída) em mulheres cuja gestação foi acompanhada e avaliada quanto à tolerância à glicose. MÉTODOS: Num período de até 12 anos da gestação-alvo, de um total de 3.113 gestantes acompanhadas em um serviço de obstetrícia, 551 foram selecionadas por meio de um processo randômico, proporcional à representação dos grupos. Foram avaliadas 529 (mais) , assim constituídas: 250 normotolerantes à glicose, grupo IA; 120 com hiperglicemia diária, grupo IB; 72 com o teste oral de tolerância à glicose alterado, grupo IIA; e 87 com o teste oral de tolerância à glicose alterado e hiperglicemia diária, grupo IIB. A avaliação constava da medida da glicemia de jejum, que entre 110 e 125 mg/dL, era seguida pelo teste oral de tolerância à glicose. RESULTADOS: A freqüência de ocorrência de diabetes foi 1,6, 16,7, 23,6 e 44,8% nos grupos IA, IB, IIA e IIB, respectivamente (IA Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the prevalence of glucose intolerance (diabetes mellitus and impaired glucose tolerance) in women who had their glucose tolerance evaluated and followed up during pregnancy. METHODS: Over the last 12 years since the index pregnancy, from a total of 3,113 pregnant women seen in an obstetrics clinic, 551 were randomly selected and proportionally to the number of women in each group. Of these, 529 could be evaluated and had been classified as follows: (mais) 250 in group IA (normal glucose tolerance); 120 in group IB (daily hyperglycemia); 72 in group IIA (abnormal oral glucose tolerance test); and 87 in group IIB (abnormal oral glucose tolerance test and daily hyperglycemia). The evaluation consisted of measuring fasting plasma glucose and when the results ranged between 6.1 and 6.9 mmol/L, patients were submitted to oral glucose tolerance test. RESULTS: Prevalence of diabetes mellitus was: IA, 1.6%; IB, 16.7%; IIA, 23.6%; and IIB, 44.8% (IA

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

A saúde do trabalhador na sociedade 24 horas

Moreno, Claudia Roberta de Castro; Fischer, Frida Marina; Rotenberg, Lúcia
2003-03-01

Resumo em português Este artigo trata, em um primeiro momento, de fatores subjacentes às diferenças individuais quanto à tolerância ao trabalho em turnos e noturno. Associadas a esses fatores, também são apresentadas características do trabalho que podem ou não favorecer a tolerância ao trabalho em turnos. Em um segundo momento, apresenta-se medidas de intervenção que visam minimizar as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores quanto à saúde e ao bem-estar orgânico e social. Resumo em inglês This article first addresses the underlying factors determining the varying tolerance of individuals to swing and night shifts. Also discussed are features of specific jobs that may or may not favor the tolerance to variable and evening shifts. The second part of this article proposed measures to improve workers' health and physical and social well-being.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Temperatura letal de diferentes plantas frutíferas tropicais/ Freezing points of various tropical fruits

Sentelhas, Paulo Cesar; Piza Júnior, Clovis Toledo; Sigristi, José Maria Monteiro; Kavati, Ryosuke; Parodi, Marco Túlio
1996-01-01

Resumo em português Com o objetivo de conhecer melhor o efeito das baixas temperaturas sobre as frutíferas de clima tropical e possibilitar o desenvolvimento de novas variedades, mais tolerantes, simularam-se geadas em câmaras frigoríficas para a determinação da temperatura letal de diferentes plantas frutíferas tropicais. Os resultados permitiram classificar as espécies em três grupos: Grupo I - moderada tolerância (-4°C): condessa (Annona reticulata); goiaba (Psidium guajava); (mais) acerola (Malpighia glabra) e abacate (Persea americana) var. Geada; Grupo II - média tolerância (-5°C): conde (A. squamosa); araticum-mirim (Rollinea spp.); anona-do-brejo (A. glabra); falsa-gravioleira (A. montana); araticum-de-folha-miúda (R. ermaginata) e maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa); Grupo III - acentuada tolerância (-6°C): cherimóia (A. cherimola). Resumo em inglês The effect of low temperature on tropical fruits was studied in order to guide future developments of frost resistant varieties. Simulations of frost were done in a freezing chamber to determine the freezing points of various fruit plants. On the basis of the results the studied species can be classified into three groups according to their tolerance to low temperatures: Group I - little tolerance (-4°C): Annona reticulata; Psidium guajava; Malpighia glabra and Persea (mais) americana (var. Geada); Group II - medium tolerance (-5°C): A. squamosa; Rollinea spp.; A. glabra; A. montana; R. ermaginata and Passiflora edulis f. flavicarpa; Group III - high tolerance (-6°C): A. cherimola.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Religião e controle social no mundo romano: a proibição das Bacanais em 186 a.C. Conferência do I Colóquio Internacional e III Colóquio Nacional do LEIR (Laboratório de estudos sobre o Império Romano) da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Campus Franca. Setembro de 2010

Junqueira, Nathalia Monseff
2010-12-01

Resumo em português No ano de 186 a.C. foram duramente reprimidos os cultos báquicos na Itália por meio de diferentes medidas tomadas pelo senado (senatus consultum de Bacchanalibus ,CIL I2 581 e Liv. 39, 8-19). Uma extensa tradição historiográfica moderna afirma que a proibição deste culto constitui "um fato absolutamente excepcional na história de Roma", pois o paganismo se caracterizou pela abertura e a tolerância. No entanto, o tema da tolerância religiosa em sistemas politeís (mais) tas é bastante complexo (Rüpke 2001) e não se trata de uma simples exceção, como o manifestou North em seu estudo sobre a tolerância religiosa na república romana (North 1979). Nesta perspectiva, o estudo das fontes da proibição das bacanais em Roma no ano de 186 a.C. e sua recepção (Lívio) oferece um ponto de referência para o tema da relação entre religião, ordem, estrutura, disciplinamento e controle social no mundo romano. Esse é o marco no qual se pode contextualizar a discussão sobre tolerância e intolerância religiosa na república romana. Resumo em inglês In year 186 b.C Bacchic cult was harschly suppressed in Italy through a variety of measures taken by the senate (senatus consultum de Bacchanalibus ,CIL I2 581 y Liv. 39, 8-19). A long modern history tradition affirms that the prohibition of this cult constitutes "an exceptionally rare fact in Roman history" given that paganism had been known for its tolerance and open-mindness.However, the subject of religious tolerance in polytheistic systems is fairly more complex (Rü (mais) pke 2001), and this is not a mere exception, as stated by North in his essay about religious tolerance in Roman Republic (North 1979). Under this perspective, the study of the evidence on the prohibition of Bacchic cult in Rome 186 b.C and its reception (Livius) offers a reference point for the analysis of the relation between religion, order, structure, disciplinary practices and social control in the roman world. This is the framework for the discussion of tolerance and religious intolerance in the Roman Republic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

A razão como instrumento heterogêneo: o caso do Avis aux Réfugiés

Rodrigues, José Ricardo Souza
2009-12-01

Resumo em português Este artigo se propõe a identificar e investigar, no interior da filosofia de Pierre Bayle, instrumentos por ele utilizados para atribuir estatuto de conceito filosófico à tolerância. Com este objetivo, encontramos a concepção de razão construída no Avis aux Réfugiés. Após análise dos argumentos e das proposições apresentadas no texto acima citado, terminamos por identificar graus de profundidade na razão, de modo que o tolerar resulte de um empenho racional intenso e profundo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Autoritarismo e adesão a sistemas de valores psicossociais/ Authoritarianism and adhesion to psychosocial values systems

Barros, Thaís Santiago; Torres, Ana Raquel Rosas; Pereira, Cícero
2009-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi investigar as relações entre o autoritarismo e a adesão a sistemas de valores. Para tanto, utilizou-se a escala de Autoritarismo de Extrema-Direita (Altemeyer, 1981, 1988) e o Questionário de Valores Psicossociais (Pereira, Da Costa & Camino, 2005b). Com base em dados de 284 estudantes universitários de Goiânia, verificou-se que a Escala de Autoritarismo mede duas dimensões políticas: autoritarismo e tolerância. Verificou-se também (mais) que os valores religiosos estão relacionados com diminuição da tolerância, enquanto a adesão aos valores hedonistas está relacionada com o aumento da tolerância e com a diminuição do autoritarismo. Além disso, a adesão aos valores materialistas está relacionada com o aumento do autoritarismo. Esses resultados são discutidos ressaltando a importância de uma perspectiva psicossocial que leve em conta os valores contextuais como fatores importantes para a compreensão do apoio das pessoas ao autoritarismo e à democracia. Resumo em inglês The aim of this study was to investigate the relationships between authoritarianism and the adhesion to values systems. Due to that, Altemeyer's (1981; 1988) Right-wing Authoritarianism Scale and the Psychosocial Value Questionnaire (Pereira, Da Costa & Camino, 2005b) were used. The participants were 284 university students from Goiânia. The results showed that the Authoritarianism Scale was organized in two factors, named authoritarianism and tolerance. The results show (mais) ed that religious values are negatively correlated to tolerance while hedonist values are positively correlated to this factor. The authoritarianism factor is negatively correlated to hedonist values and positively to materialist values. These results are discussed emphasizing the importance of adopting a psychosocial perspective, taking into account the broader context, in order to analyze political constructs as authoritarianism and democracy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE TRIGO, DE DIFERENTES ORIGENS, EM RELAÇÃO À TOXICIDADE DE ALUMÍNIO/ EVALUATION OF WHEAT GENOTYPES FROM DIFFERENT ORIGINS IN RELATION TO ALUMINUM TOXICITY

MISTRO, JÚLIO CÉSAR; CAMARGO, CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA; PETTINELLI-JÚNIOR, ARMANDO
2001-01-01

Resumo em português Avaliaram-se, quanto à tolerância à toxicidade de alumínio, 18 linhagens de trigo introduzidas do Centro Internacional de Melhoramento de Milho e Trigo (CIMMYT), México; 18 linhagens obtidas do programa de melhoramento do Instituto Agronômico (IAC), Campinas (SP), e as cultivares IAC-24 e IAC-289, em dois experimentos realizados em laboratório, empregando soluções nutritivas, com seis concentrações de alumínio. Nesses experimentos, utilizaram-se as cultivares (mais) BH-1146 (tolerante) e Anahuac (sensível) como controles para a tolerância. Os genótipos, exceto BH-1146 e o Anahuac, foram também avaliados em dois experimentos de campo irrigados por aspersão, na Estação Experimental de Agronomia de Tatuí, em 1999. Analisaram-se a produção de grãos, altura das plantas e o número de grãos por espigueta (fertilidade da espiga). As linhagens selecionadas no IAC destacaram-se quanto à tolerância à toxicidade de alumínio em relação às mexicanas, o que demonstra a importância de se verificar a origem dos genótipos quando o objetivo for o cultivo em solo ácido. As linhagens tolerantes a 10 mg.L-1 de Al3+ na solução, tanto as mexicanas como as do IAC, podem ser empregadas como fonte para tolerância ao alumínio, particularmente as linhagens 11 (PVN"S"/3/BB/CNO"S"/ / JAR/4/ORZ/5/IAC-60) e 5 (RAC 649/IAC-120), selecionadas no IAC, que apresentaram, também, porte baixo e grande fertilidade da espiga respectivamente. Resumo em inglês Eighteen wheat lines introduced from the International Maize and Wheat Improvement Center (CIMMYT), Mexico, and eighteen wheat lines selected at the Instituto Agronômico (IAC) from the wheat breeding program, plus the cultivars IAC-24 and IAC-289 were evaluated in relation to the tolerance to aluminum toxicity, in two experiments, using nutrient solutions with six different aluminum concentrations, in laboratory conditions. The cultivars BH-1146 (tolerant) and Anahuac (s (mais) ensitive) were also used as tolerance controls. The same genotypes, except BH-1146 and Anahuac, were also evaluated in two trials carried out under sprinkler irrigation, at the Tatuí Agronomic Experimental Station, in 1999. Grain yield, plant height and the number of grain per spikelet (head fertility) were evaluated under field conditions. The IAC selected lines were superior for aluminum tolerance in relation to the CIMMYT lines, demonstrating the importance of genotype origin when the objective is to grow in acid soil. The Mexican and the IAC selected lines showing tolerance to 10 mg.L-1 of Al3+ could be used as aluminum tolerance source, particularly the lines 11 (PVN"S"/3/ BB/CNO"S"//JAR/4/ORZ/5/IAC-60) and 5 (RAC 649/IAC-120), selected at IAC, which showed not only aluminum tolerance but also short stature and high head fertility, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Efeitos da suplementação de creatina na captação de glicose em ratos submetidos ao exercício físico/ Effects of creatine supplementation on glucose uptake in rats submitted to exercise training

Freire, Thiago Onofre; Gualano, Bruno; Leme, Marco Dias; Polacow, Viviane Ozores; Lancha Jr, Antonio Herbert
2008-10-01

Resumo em português Estudos recentes têm sugerido que a suplementação de creatina é capaz de modular a homeostase da glicose, aumentando sua captação pelos tecidos periféricos. O objetivo deste trabalho foi investigar o efeito da suplementação de creatina na tolerância à glicose e no conteúdo de glicogênio muscular e hepático em ratos submetidos ou não à atividade física por quatro e oito semanas. Ratos Wistar foram divididos em dois grupos: quatro e oito semanas de interven (mais) ção. Posteriormente, cada grupo foi subdividido em quatro subgrupos, de acordo com a ingestão do suplemento e o treinamento: controle cedentário, controle treinado, suplementado sedentário e suplementado treinado. Os animais tiveram livre acesso à água e ração; o grupo suplementado teve 2% de sua ração sob a forma de creatina monoidratada. Os grupos exercitados nadaram 40 minutos por dia, quatro dias por semana, com carga entre 2 e 5% do seu peso amarrado ao peito. Após quatro e oito semanas, o teste oral de tolerância à glicose e as dosagens de glicogênio muscular e hepático foram realizadas. Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos no teste de tolerância oral à glicose e no conteúdo de glicogênio muscular e hepático. Este estudo mostrou que a suplementação de creatina não exerceu influência na tolerância à glicose nem nas concentrações de glicogênio em ratos submetidos ou não à atividade física por quatro ou oito semanas. Resumo em inglês Recently, studies have suggested that creatine supplementation can modulate glucose homeostasis by increasing glucose uptake in peripheral tissues. The aim of this study was to investigate the effects of creatine supplementation on glucose tolerance, muscle and hepatic glycogen content in rats submitted or not to physical activity for four and eight weeks. Wistar rats were divided in two groups: four and eight weeks of intervention. Afterwards, each group was subdivided i (mais) n four subgroups, according to supplement intake and exercise: Sedentary Control; Trained Control; Supplemented Sedentary; and Supplemented Trained. The animals had free access to water and chow and the supplemented groups had two % of their diet as creatine monohydrated. The exercise groups swam for 40 minutes a day, four days a week, with two to five % of their body weight attached to their chests. After four and eight weeks, oral glucose tolerance tests were performed and both hepatic and muscle glycogen were determined. No significant differences were observed between groups on glucose tolerance and glycogen content in muscle and hepatic tissue. This study shows that creatine supplementation does not influence neither glucose tolerance nor glycogen concentrations in rats submitted or not to physical activity for four and eight weeks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Reação de cultivares de algodoeiro a Meloidogyne incognita em condições de campo e casa de vegetação no estado de Mato Grosso/ Reaction of cotton genotypes to Meloidogyne incognita in field and greenhouse trials in Mato Grosso state, Brazil

Galbieri, Rafael; Fuzatto, Milton G.; Cia, Edivaldo; Lüders, Reginaldo R.; Machado, Andressa C.Z.; Boldt, Alberto F.
2009-02-01

Resumo em português Genótipos de algodoeiro, compreendendo cultivares e linhagens avançadas, foram avaliados no Estado de Mato Grosso quanto à reação a Meloidogyne incognita. Em dois experimentos de campo, foi avaliada a tolerância a esse nematóide mediante atribuição de notas, de acordo com sintomas externos exibidos pelas plantas. Um ensaio avaliou também a resistência ao parasita, mediante determinação do número de espécimes nas raízes de plantas amostradas nas parcelas. A (mais) resistência foi avaliada também em casa de vegetação, por meio da determinação do número de massas de ovos nas raízes e do fator de reprodução. Foram constatadas diferenças notáveis na reação dos 22 genótipos estudados, verificando-se a formação de grupos graduais de desempenho, tanto com respeito à resistência quanto à tolerância. Nas duas características, destacaram-se positivamente as cultivares IAC 25 RMD, IPR 140 e IPR JATAÍ, e negativamente, dentre outras, FIBERMAX 966, LDCV FREGO e FMT 703. A produção de algodão em caroço variou de 482 a 3087 g/parcela no experimento de Campo Verde, e de 1153 a 3151 g/parcela no de Primavera do Leste. As perdas na produção, nos genótipos mais afetados, foram de até 65% no primeiro experimento e de até 40% no segundo. Os dados de avaliação da resistência e da tolerância mostraram-se correlacionados, porém, os da tolerância, a julgar pelos coeficientes de variação e de correlação intra-classe, na análise da variância, mostraram-se mais precisos e de maior repetibilidade. Resumo em inglês Cotton genotypes, comprising cultivars and advanced lineages, were evaluated for tolerance and resistance to Meloidogyne incognita in Mato Grosso state, Brazil. Tolerance was evaluated in two field experiments, attributing scores according to external symptoms exhibited by plants, while resistance was studied in greenhouse and in one field trial, counting the number of egg masses or specimens on the roots, and the reproduction factor. Significant differences were observed (mais) among the 22 studied genotypes, concerning both resistance and tolerance, and graduated performance groups were established. The cultivars IAC 25 RMD, IPR 140 and IPR JATAI formed the most resistant/tolerant group, while FIBERMAX 966, LDCV FREGO, and FMT 703, among others, were situated in the most susceptible/intolerant ones. Cotton seed yield ranged from 482 to 3087 g/plot at Campo Verde and from 1153 to 3151 g/plot at Primavera do Leste. Yield losses, attributable to incidence of this nematode, were estimated at 65% and 40%, respectively, in these trials. Data related to resistance and to tolerance were correlated, however, and by taking into account coefficient of variation and intra-class correlation, from the analysis of variance, it could be seen that data relating to tolerance presented greater precision and repeatability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Resistência à insulina: métodos diagnósticos e fatores que influenciam a ação da insulina

Wajchenberg, Bernardo L.; Santomauro, Ana Tereza M. G.; Nery, Marcia; Santos, Rosa F.; Silva, Maria E. L. Rossi; Ursich, Mileni J. M.; Rocha, Dalva M.
1999-03-01

Resumo em português Os autores apresentam uma definição de resistência à insulina e discutem os métodos diagnósticos desde o padrão-ouro - o "clamp" euglicêmico hiperinsulinêmico -, passando pela prova de supressão da insulina, a infusão contínua de glicose, a prova de tolerância à glicose endovenosa com um modelo matemático mínimo, até o teste de tolerância à insulina. Analisam também a glicemia e insulina basais e após sobrecarga oral de glicose. Finalmente mostram fat (mais) ores que influenciam a ação da insulina, como: peso corporal, condicionamento físico, pêso ao nascimento, tipo de fibra muscular predominante, hormônios, densidade capilar e fluxo no músculo esquelético, dieta, idade e hereditariedade. Resumo em inglês The authors define insulin resistance and discuss the diagnostic methods from the "gold-standard" - the euglycemic hyperinsulinemic clamp -, going through the insulin suppression test, the continuous glucose infusion, the intravenous glucose tolerance test with the minimal mathematical model, to the insulin tolerance test. Fasting and post-oral glucose load levels of glucose and insulin are also evaluated. Finally, factors influencing insulin action, as body weight, fitne (mais) ss, weight at birth, type of predominant muscle fibers, hormones, capillary density and flow through the skeletal muscle, diet, age and heredity, are indicated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Suscetibilidade de genótipos de Lolium multiflorum ao herbicida glyphosate/ Susceptibility of Lolium multiflorum genotypes to glyphosate

Dors, C.A.; Christoffoleti, P.J.; Sanchotene, D.M.; Dias, A.C.R.; Manfron, P.A.; Dornelles, S.H.B.
2010-06-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar o grau de tolerância dos genótipos diploides e tetraploides de L. multiflorum (azevém) ao herbicida glyphosate. Para isso, foram instalados quatro experimentos, sendo um para cada estádio fenológico do azevém (duas folhas, quatro perfilhos, pré-florescimento e formação de grãos). Utilizou-se delineamento em blocos casualizados com arranjo fatorial 2 x 6 (dois genótipos e seis doses do herbicida glyphosate: 240, 480, 960, 1 (mais) .920, 3.840 e 7.680 g e.a. ha-1) e uma testemunha sem aplicação de glyphosate, com quatro repetições. Os parâmetros analisados foram porcentagem de controle e fitomassa seca da parte aérea das plantas. Os resultados foram submetidos à análise de variância e, em seguida, ajustados para modelo de curva de dose-resposta do tipo logística, sendo desses modelos calculados valores de controle correspondentes a 50, 80, 90 e 99%. Os genótipos de azevém diploide apresentaram suscetibilidade diferencial ao herbicida glyphosate, sendo o genótipo tetraploide mais tolerante ao herbicida que o diploide. O grau diferencial de tolerância, medido pelo fator de tolerância diferencial entre os genótipos, foi de 1,6 vez a dose de glyphosate no genótipo tetraploide em relação ao diploide. Os estádios fenológicos de desenvolvimento das plantas de ambos os genótipos afetaram o grau de tolerância ao glyphosate. A variável fitomassa seca das plantas apresentou a mesma tendência diferencial entre os genótipos diploides e tetraploides que o parâmetro porcentagem visual de controle. Resumo em inglês This work aimed to evaluate the degree of tolerance of Italian ryegrass genotypes to the herbicide glyphosate. Thus, four experiments were installed, one for each phenological stage (two leaves, four tillers, pre-flowering, and grain formation). The treatments consisted of the combination of the two genotypes and six rates of glyphosate (240; 480; 960; 1,920; 3,840 and 7,680 g a.e. ha-1) and a check without glyphosate application, in a complete randomized block design and (mais) four replications. The parameters analyzed were control percentage and shoot dry biomass. Results were submitted to analysis of variance and subsequently adjusted to non-linear log of dose-response curves, and from these models control values were calculated at 50, 80, 90 and 99%. The Italian ryegrass genotypes presented differential susceptibility to the herbicide glyphosate, with the tetraploid genotype being more tolerant to the herbicide than the diploid. The degree of differential tolerance, measured by the differential tolerance factor between the genotypes, is 1.6 times the glyphosate dose in the tetraploid genotype compared to the diploid genotype. The phenological stages of plant development of both the genotypes studied affected the degree of tolerance to glyphosate. The variable shoot dry biomass presented the same differential tendency between the diploid and tetraploid genotypes presented by the parameter visual control percentage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Avaliação do metabolismo da glicose em pacientes acromegálicos antes e após tratamento com octreotide LAR/ Evaluation of glucose metabolism in acromegalic patients before and after treatment with octreotide LAR

Correa, Lívia L.; Taboada, Giselle F.; Van Haute, Flávia R.; Casini, Alessandra F.; Balarini, Giovanna A.; Vieira Neto, Leonardo; Machado, Evelyn de O.; Fontes, Rosita; Andrade, Cláudia C. de; Schrank, Yolanda; Gadelha, Mônica R.
2008-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o metabolismo da glicose em pacientes acromegálicos antes e após o tratamento com octreotide LAR. PACIENTES E MÉTODOS: Este foi um estudo longitudinal e prospectivo com 30 pacientes do ambulatório de pesquisa em acromegalia do Serviço de Endocrinologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF/UFRJ). Eles foram submetidos à avaliação clínica e laboratorial com dosagens de hormônio do cres (mais) cimento (GH), fator de crescimento semelhante à insulina tipo I (IGF-I), insulina, pró-insulina, peptídeo C, hemoglobina glicosilada (HbA1c), proteína de ligação do IGF tipo 1 (IGFBP-1) e a um teste oral de tolerância à glicose (TOTG), antes e após seis meses de tratamento com octreotide LAR. Foi aplicado o teste dos postos sinalizados de Wilcoxon e o critério de determinação de significância adotado foi o nível de 5%. RESULTADOS: Encontraram-se 16 pacientes (54%) com tolerância normal à glicose, sete (23%) com intolerância à glicose e sete (23%) com diabetes melito (DM). Doze pacientes completaram os seis meses de tratamento, sendo que houve piora da tolerância à glicose em três e piora do controle glicêmico dos dois pacientes diabéticos. Houve aumento da circunferência abdominal (p = 0,03) e queda do GH (p = 0,04), % IGF-I acima do limite superior do valor de referência (%LSVR) (p = 0,001), insulina (p = 0,019), peptídeo C (p = 0,002) e do modelo de avaliação homeostática (HOMA-IR) (p = 0,039). CONCLUSÕES: Nesta série, o tratamento com octreotide LAR acarretou piora da tolerância à glicose em três pacientes não-diabéticos e piora do controle glicêmico em dois diabéticos, apesar da diminuição da resistência insulínica (RI). Resumo em inglês AIM OF THE STUDY: To evaluate the glucose metabolism in acromegalic patients before and after treatment with octreotide LAR. PATIENTS AND METHODS: This was a prospective and longitudinal study involving 30 patients from the acromegaly research outpatient clinic of the Endocrinology unit of the HUCFF/UFRJ. They underwent clinical and laboratorial evaluations, with measurements of growth hormone (GH), insulin-like growth factor type I (IGF-I), insulin, proinsulin, C peptide (mais) , glycosylated hemoglobin (HbA1c), IGF binding protein type 1 (IGFBP-1) and glucose, during oral glucose tolerance test (OGTT), before and after six months of treatment with octreotide LAR. The Wilcoxon signed-rank test was used and values of 5% were considered statistically significant. RESULTS: We found 16 (54%) patients with normal glucose tolerance, 7 (23%) with impaired glucose tolerance and 7 (23%) diabetics. Twelve patients completed the six-month treatment, out of which three showed worsening of glucose tolerance and two (diabetics) had worse blood glucose control. Whereas there was an increase in waist circumference (p=0.03), there was a decrease in GH (p=0.04), with %IGF-I above the upper limit of reference values (% ULRV) [p=0.001], insulin (p=0.019), C peptide levels (p=0.002) and homeostatic model assessment (HOMA-IR) [p=0.039]. CONCLUSIONS: In this series, treatment with octreotide LAR led to a worsening of glucose tolerance in three non-diabetic patients and worsened glycemic control in two diabetics, in spite of reducing insulin resistance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Mecanismos adaptativos do sistema imunológico em resposta ao treinamento físico/ Adaptative mechanisms of the immune system in response to physical training

Leandro, Carol Góis; Castro, Raul Manhães de; Nascimento, Elizabeth; Pithon-Curi, Tânia Cristina; Curi, Rui
2007-10-01

Resumo em português O treinamento físico, de intensidade moderada, melhora os sistemas de defesa, enquanto que o treinamento intenso causa imunossupressão. Os mecanismos subjacentes estão associados à comunicação entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico, sugerindo vias autonômicas e modulação da resposta imune. Células do sistema imune, quando expostas a pequenas cargas de estresse, desenvolvem mecanismo de tolerância. Em muitos tecidos tem-se demonstrado que a respost (mais) a a situações agressivas parece ser atenuada pelo treinamento físico aplicado previamente, isto é, o treinamento induz tolerância para situações agressivas/estressantes. Nesta revisão são relatados estudos sugerindo os mecanismos adaptativos do sistema imunológico em resposta ao treinamento físico. Resumo em inglês Moderate physical training enhances the defense mechanisms, while intense physical training induces to immune suppression. The underlying mechanisms are associated with the link between nervous, endocrine, and immune systems. It suggests autonomic patterns and modulation of immune response. Immune cells, when exposed to regular bouts of stress, develop a mechanism of tolerance. In many tissues, it has been demonstrated that the response to aggressive conditions is attenua (mais) ted by moderate physical training. Thus, training can induce tolerance to aggressive/stressful situations. In this review, studies suggesting the adaptation mechanisms of the immune system in response to physical training will be reported.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Influência genotípica na absorção e na toxidez de manganês em soja/ Genotypic influence on the absorption and toxicity of manganese in soybean

Lavres Junior, José; Moraes, Milton Ferreira; Cabral, Cleusa Pereira; Malavolta, Eurípedes
2008-02-01

Resumo em português A toxidez de Mn pode ser um problema comum nas regiões tropicais com predominância de solos ácidos. Entretanto, variações das concentrações desse nutriente nas plantas têm sido atribuídas também a diferenças inter e intra-específicas. O presente estudo foi desenvolvido em casa de vegetação e teve como objetivo avaliar as causas de tolerância diferencial à toxidez de Mn. Os cultivares de soja [Glycine max (L.) Merrill] Santa Rosa, IAC-15 e IAC-Foscarin 31 f (mais) oram cultivados em solução nutritiva (pH 5,0) com cinco doses de Mn (2, 100, 150, 200 e 250 µmol L-1). O delineamento experimental foi o de blocos completos ao acaso em esquema fatorial 5 x 3 (cinco doses de Mn e três cultivares), com três repetições. Os cultivares IAC-15 e Santa Rosa exibiram sintomas visuais de toxidez. As concentrações nas folhas associadas ao excesso foram de 1.000 mg kg-1. Entretanto, o IAC-15 apresentou maior produção de grãos e de matéria seca da parte aérea, acompanhado pelo IAC-Foscarin 31 (intermediário) e Santa Rosa (menor produção). O maior comprimento total de raízes, as maiores produções de matéria seca de raízes e o acúmulo de Mn neste tecido, bem como a maior compartimentalização deste nutriente no apoplasto, conferiram ao IAC-Foscarin 31 maior tolerância ao excesso de Mn na solução. Há, pois, indicações de diferenças genotípicas entre os cultivares e de que vários mecanismos atuam conjuntamente na tolerância ao excesso de Mn em solução. Resumo em inglês Manganese (Mn) toxicity may be a constraint for crop production in acid soils of tropical regions. However, variations of Mn concentrations in plant tissues are also related to the genotypic differences. A greenhouse experiment was carried out to evaluate Mn tolerance of three soybean cultivars [Glycine max (L.) Merrill]. Cultivars Santa Rosa, IAC-15 and IAC-Foscarin 31 were evaluated under five Mn rates (2, 100, 150, 200, and 250 µmol L-1) in nutrient solution (pH 5.0). (mais) The experiment in randomized blocks was a 5 x 3 factorial of five Mn doses and three cultivars, with three replications. IAC-15 and Santa Rosa leaves showed visual symptoms of Mn toxicity. At toxic Mn levels in solution, the average Mn concentration in the leaf blades was close to 1,000 mg kg-1. Nevertheless, grain and dry matter in the aerial parts was higher for IAC-15 than IAC-Foscarin 31 (intermediate yield) and Santa Rosa (lowest yield). The greatest total root length and root dry matter yield, as well as root Mn accumulation and compartmentalization in root apoplast of IAC-Foscarin 31 contributes to explain differences in tolerance to the excess. There are, therefore, indications of genotypic differences among the soybean cultivars and that several mechanisms are involved in the tolerance to high Mn levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Dissimilaridade genética entre genótipos de trigo avaliados em cultivo hidropônico sob estresse por alumínio/ Genetic dissimilarity among wheat genotypes evaluated in hydroponic culture under aluminum stress

Bertan, Ivandro; Carvalho, Fernando Irajá Felix de; Oliveira, Antônio Costa de; Silva, José A. G. da; Benin, Giovani; Vieira, Eduardo Alano; Silva, Giovani O. da; Hartwig, Irineu; Valério, Igor Pirez; Taciane, Finatto
2006-01-01

Resumo em português O conhecimento da distância genética entre genótipos é importante ferramenta utilizada na escolha de genitores que vão dar origem às populações segregantes. Essa informação serve como parâmetro para indicação de cruzamentos que possibilitem recuperar recombinantes superiores para o caráter desejado. O principal objetivo do estudo foi promover informações de dissimilaridade genética para o caráter tolerância ao alumínio tóxico em genótipos de trigo da (mais) Região Sul do Brasil, avaliados em cultivo hidropônico sob estresse por alumínio em nível tóxico, utilizando diferentes técnicas de agrupamento e visualização gráfica. Entre os 23 genótipos testados, foi constatada a presença de variabilidade genética para tolerância ao alumínio, verificada pela formação de diferentes classes na média das variáveis consideradas bem como agrupamentos distintos. As técnicas de agrupamento e dispersão gráfica utilizadas juntamente com a comparação de médias permitiram identificar de modo eficiente os genótipos promissores na formação de populações segregantes superiores para o caráter estudado. Os genótipos ICAT 01338, ICAT 011, ICA 2, ICA 5, CD 106, CEP 24, CD 103, CD 105, IPR 85, IPR 110 e ICAT 012 são indicados para cruzamentos na expectativa de incremento de tolerância ao alumínio nas progênies formadas. Resumo em inglês The quantification of genetic distance among genotypes is an important tool for the choice of parents originating the segregating populations. This information serves as a parameter for directing crosses that increase the probability of recover superior recombinants for the desired character. The main object of this study was to provide information recording the genetic dissimilarity for the character tolerance to toxic aluminum in wheat genotypes from the Southern Region (mais) of Brazil, evaluated in hydroponic culture under aluminum stress, using different clustering and graphic techniques. It was observed the presence of genetic variability of tolerance to aluminum, among the 23 tested genotypes, due to the formation of different classes of variable means as well as distinct clusters. The clustering and graphic techniques used plus the comparison of means, allowed to efficiently identify promising genotypes for composing superior segregant populations for the studied character. The genotypes ICAT 01338, ICAT 011, ICA 2, ICA 5, CD 106, CEP 24, CD 103, CD 105, IPR 85, IPR 110 e ICAT 012 are indicated for crosses aiming at to increase aluminum tolerance in the progenies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Níveis de beta-endorfina em resposta ao exercício e no sobretreinamento/ Levels of beta-endorphin in response to exercise and overtraining

Cunha, Giovani S.; Ribeiro, Jerri L.; Oliveira, Alvaro R.
2008-06-01

Resumo em português O sobretreinamento (ST) é um fenômeno esportivo complexo e multifatorial; e atualmente não existe nenhum marcador independente que possa diagnosticá-lo. Interessantemente, alguns sintomas do ST apresentam relação com os efeitos da b-endorfina (b-end1-31). Alguns de seus efeitos são importantes para o treinamento, como analgesia, maior tolerância ao lactato e euforia do exercício. Esses efeitos podem ser revertidos por destreinamento ou por ST, ocasionando diminui (mais) ção no desempenho, redução da tolerância à carga e depressão. O exercício físico é o principal estímulo da b-end1-31, pois sua secreção é volume/intensidade dependente, tanto para exercícios aeróbios quanto anaeróbios. No entanto, o treinamento excessivo pode diminuir suas concentrações, alterando assim seus efeitos benéficos para o treinamento. Portanto, a b-end1-31 poderia ser utilizada como um marcador adicional de ST, principalmente porque seus efeitos apresentam extensa relação com os sintomas do ST. Resumo em inglês Overtraining (OT) is a complex and multifactorial sport phenomenon, and there is no independent marker that can diagnose OT. Interestingly, some symptoms of OT are related to b-endorphin (b-end1-31) effects. Some of its effects, such as analgesia, increasing lactate tolerance, and exercise-induced euphoria, are important for training. These effects can be reverted by detraining or OT, which may cause decrease in performance, reduced load tolerance, and depression. The mai (mais) n stimulus for b-end1-31 secretion is to exercise because its secretion is volume/intensity dependent for both aerobic and anaerobic exercise. Excess training, however, may reduce b-end1-31 concentrations, thus altering its beneficial effects. Therefore, b-end1-31 could be used as an additional OT marker, mainly because its effects are strongly related to OT symptoms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Sobrepeso na adolescência de filhos de mães que tiveram distúrbios glicêmicos na gestação/ Overweight in adolescent offspring of women with hyperglycemia during pregnancy

Buzinaro, Elizabeth Fernandes; Berchieri, Carolina Bragiola; Haddad, Adriana Lúcia Mendes; Padovani, Carlos Roberto; Pimenta, Walkyria de Paula
2008-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Observar se diferentes graus de hiperglicemia durante a gestação determinam diferentes freqüências de obesidade e suas comorbidades na adolescência dos filhos. MÉTODOS: Participaram 73 filhos distribuídos em três grupos, segundo a tolerância à glicose materna: G1 (n = 27) teste oral de tolerância à glicose (TOTG) e glicemia diária (GD) normais; G2 (n = 23) TOTG normal e GD elevada; G3 (n = 23) TOTG e GD alterados (diabetes melito ges tacional - DMG) (mais) . Todos foram submetidos à avaliação clínica (antropometria), a um questionário (dados neonatais, hábitos alimentares) e a dosagem basal de glicose e perfil lipídico sérico. A comparação entre os grupos foi feita por análise de variância e teste de Goodman. RESULTADOS: As mães G3 apresentaram glicemia de jejum (GJ) e GD mais elevadas que as G2 e G1 (GJ: 98 ± 10 versus 83 ± 5 versus 78 ± 10 mg/dL; GD: 104 ± 12 versus 93 ± 7 versus 85 ± 9 mg/dL, respectivamente; p Resumo em inglês AIM: To verify whether different hyperglycemia levels during pregnancy cause frequency differences in adolescent obesity and its morbidities in the offspring. METHODS: Seventy-three children were divided into three groups according to maternal glucose tolerance: G1 (n=27) normal oral glucose tolerance test (OGTT) and daily glycemia (DG); G2 (n=23) normal OGTT and high DG; G3 (n=23) abnormal OGTT and DG (gestational diabetes mellitus; GDM). All underwent clinical evaluatio (mais) n (anthropometry) a questionnaire(neonatal data, eating habits), and determination of fasting serum glucose and lipid profile measurement. Analysis of variance (ANOVA) and the Goodman’s test were used to compare the groups. RESULTS: G3 mothers showed higher fasting plasma glucose(FPG) and DG than G2 and G1(FPG: 93±10 vs 83±5 vs 78±10mg/dL; DG: 104±12 vs 93±7 vs 85±9mg/dL, respectively; P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Avaliação da Sustentabilidade dos Sistemas Florestais em Função da Erosão/ Sustainability Evaluation in Forest Systems as Function of Erosion/ Evaluation de la Sustenabilité des Systèmes Forestiers en Fonction de l'Érosion

Ferreira, Alfredo Gonçalves; Gonçalves, Ana Cristina; Dias, Susana Saraiva
2008-06-01

Resumo em português A sustentabilidade de um sistema depende em primeira análise da sua capacidade de não ultrapassar a resiliência de qualquer dos elementos que o compõem. Assim, o risco de erosão, a susceptibilidade e a tolerância à perda de solo aferem a sua resiliência aos factores externos, sendo uma medida da manutenção do potencial produtivo do sistema. Com base na Equação Universal de Perda de Solo foi desenvolvido um modelo de risco de erosão, que posteriormente foi imp (mais) lementado tendo em conta a tolerância à perda de solo, de acordo com a metodologia da FAO, que considera a profundidade do solo e as características do material originário, integrando a informação ao nível de um sistema de informação geográfica. Este trabalho deu origem ao desenvolvimento de uma metodologia de aferição da sustentabilidade do sistema florestal em função das características do solo e do coberto florestal. Assim, foi possível avaliar a manutenção do potencial produtivo dos sistemas florestais. Resumo em inglês The sustainability of a system depends on its capacity of not overcoming the resilience of each of its components. So the risk of erosion, susceptibility and soil loss tolerance evaluates the soil resilience against the erosion agents, and measures the system productive potential. From the Universal Soil Loss Equation a soil erosion risk model was developed, and later implemented considering the soil loss tolerance according to FAO methodology, which takes in account soil (mais) depth and parent material characteristics, using a geographic information system. This development resulted in a methodology that evaluates the forest system sustainability based on soil and forest cover characteristics. This allowed to measure the forest systems productive potential.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Capacidade aeróbia de ratos alimentados com dieta rica em frutose/ Aerobic capacity of rats fed with fructose rich diet

Moura, Rodrigo Ferreira de; Cambri, Lucieli Teresa; Quadros Junior, Antonio Carlos de; Nascimento, Carla Manuela Crispim; Arantes, Luciana Mendonça; Sebastião, Emerson; Tanaka, Kátia; Papini, Camila Bosquiero; Oliani, Merlyn Mércia; Mota, Clécia Soares de Alencar; Ribeiro, Carla; Melo, Maria Alice Rostom
2008-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Evidências apontam que a ingestão exacerbada de frutose pode desencadear distúrbios característicos da síndrome metabólica. OBJETIVOS: Analisar os efeitos da ingestão de dieta rica em frutose sobre aspectos metabólicos de ratos da linhagem Wistar. Adicionalmente, verificar a capacidade aeróbia através da identificação da máxima fase estável de lactato (MFEL). MÉTODOS: Dezesseis ratos foram separados em dois grupos de oito animais: a) controle, (mais) alimentados com dieta balanceada, e b) frutose, alimentados com dieta rica em frutose. Foram analisadas a tolerância à glicose (área sob a curva de glicose durante teste de tolerância à glicose), sensibilidade à insulina (taxa de remoção da glicose sérica após sobrecarga exógena de insulina), perfil lipídico sérico e concentração de lactato sanguíneo [lac]s durante exercício na intensidade da MFEL. RESULTADOS: Teste t não pareado (p Resumo em inglês INTRODUCTION: Evidence points that exacerbated ingestion of fructose may trigger disturbs characteristic of the metabolic syndrome. OBJECTIVES: To analyze the effects of a fructose rich diet on metabolic aspects of Wistar lineage rats. Additionally, to verify the aerobic capacity, through the identification of the maximal lactate steady state (MSSL). PROCEDURES: Sixteen rats were separated in two groups of eight animals: a) Control, fed a balanced diet, and b) fructose, f (mais) ed a fructose-rich diet. The glucose tolerance, (area under serum glucose during a glucose tolerance test), insulin sensibility (glucose disappearance rate after exogenous insulin administration), serum lipid profile and blood lactate concentration [lac]b during exercise at MSSL intensity, have been analyzed. RESULTS: Non-paired t test (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Potencial de erosão da bacia do Rio Uberaba/ Potential of erosion in Uberaba River watershed

Valle Júnior, Renato F. do; Galbiatti, João A.; Martins Filho, Marcílio V.; Pissarra, Teresa C. T.
2010-10-01

Resumo em português Este trabalho teve por objetivo identificar qualitativamente as áreas suscetíveis à erosão laminar na bacia do Rio Uberaba, localizada em Uberaba -MG, apoiado no modelo matemático da Equação Universal de Perda de Solo (EUPS). Foram utilizadas cartas de: solos, uso e ocupação das terras, redes de drenagem, declividade e dados pluviográficos, utilizando-se de um Sistema de Informação Geográfica (SIG -IDRISI). A espacialização do potencial de erosão só foi p (mais) ossível a partir da estimativa da tolerância às perdas laminares para cada tipo de solo da bacia, e da profundidade dos solos, por entender que as perdas são mais significativas em solos mais rasos do que em solos muito profundos. Na análise dos resultados, verificou-se que 37% da área total da bacia do Rio Uberaba (905,24 km²) sofrem perdas de solos acima do limite de tolerância, sendo 12% em solos profundos e 25% em muito profundos, e a espacialização deste evento favorece a adoção de ações efetivas quanto à conservação dos solos da bacia. Resumo em inglês This work aimed to identify qualitatively the areas susceptive to laminar erosion in Uberaba river watershed, located in Uberaba-MG, Brazil, based on the mathematical model of the Universal Soil Loss Equation (USLE). The following maps had been used: soil, land use, drainage net, slope and rainfall data, using a Geographic Information System (GIS - IDRISI) to analyze and manage the data that are linked to the location. The spatiality of the potential of erosion was possib (mais) le from the estimative of the tolerance to laminar losses for each kind of soil in the watershed and soil depth, to understand that the losses are more significant in flatter soil than in very deep ones. In the analysis of the results, it was verified that 37% of the total area of the watershed of the Uberaba river (905,24 km²) showed losses above the tolerance limit, being 12% in deep soil and 25% in very deeply ones, and the spatiality of this event, regards to effective the actions due to soil conservation of the watershed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Alterações morfológicas e acúmulo de compostos fenólicos em plantas de sorgo sob estresse de alumínio/ Changes in morfology and phenolics accumulation in sorghum (Sorghum bicolor (L.) Moench) plants under aluminum stress

Peixoto, Paulo Henrique Pereira; Pimenta, Daniel Sales; Cambraia, José
2007-01-01

Resumo em português Os efeitos do alumínio (Al+3) sobre a morfologia e o acúmulo de compostos fenólicos foram avaliados em duas cultivares de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) com tolerância diferencial ao Al+3. As plantas foram mantidas em solução nutritiva durante dez dias, na presença (185 mM) ou na ausência de Al+3. Os ápices radiculares foram coloridos com hematoxilina férrica, sendo a intensidade da coloração observada na presença do Al+3 muito próxima entre as cultivar (mais) es, o que inviabiliza a aplicação desse teste, isoladamente, para discriminação entre o genótipo sensível e o tolerante ao Al+3. As análises da morfologia externa e interna dos ápices radiculares de plantas tratadas com Al+3 também foram muito similares entre as duas cultivares, não permitindo a utilização dessas características para seleção entre a cultivar sensível e a tolerante. O maior acúmulo de lignina e, principalmente, a menor produção de compostos fenólicos, observados na presença do Al+3 nas raízes das plantas da cultivar tolerante (BR006R), são parâmetros que possibilitam a discriminação das cultivares quanto à tolerância ao Al+3. Resumo em inglês The Al+3 effects on the morphology and on the phenolics accumulation were evaluated in two sorghum cultivars exhibiting differential tolerance to Al+3. The plants were kept in nutrient solution, for ten days, in the presence (185 mM) or Al+3 absence. The root apexes were colored with ferric hematoxylin, and because the intensity of color development is very similar among evaluated cultivars, the use of this method as a selection parameter for Al+3-tolerance is not indicat (mais) ed. Analyses of superficial and internal morphology from tissues treated with Al+3 also expressed very similar alterations among the two cultivars, not allowing its use for selection between sensitive and Al+3-tolerant genotype. The higher lignin accumulation and, mainly, the lower phenolics production in roots of the BR006R cultivar in Al+3's presence, demonstrated the existence of differential tolerance among cultivars.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Discordância entre IGF-1 e GH pós-sobrecarga de glicose no rastreamento de acromegalia em paciente com macroprolactinoma: relato de caso e revisão sobre o tema/ Discrepancy between IGF-1 and GH during 75 g oral glucose tolerance test measures to acromegaly screening in a patient with macroprolactinoma: case report and literature review

Gonçalves, Fabrícia Torres; Feibelmann, Taciana C. Maia; Fernandes, Maria Luiza M. P.; Fonseca, Alessandra R.C.; Arantes, Henrique Pierotti; Jorge, Paulo Tannús
2007-04-01

Resumo em português Neste artigo, descrevemos o caso de um paciente com diagnóstico de macroprolactinoma, que apresentava valores discordantes entre IGF-1 (elevado) e GH (hormônio de crescimento) pós-teste de tolerância oral à glicose (normal) realizados para pesquisa de co-secreção de GH pelo tumor. Houve normalização dos níveis de prolactina após uso de bromocriptina, porém, durante o acompanhamento, o paciente persistiu com níveis elevados de IGF-1 sem clínica aparente, suge (mais) rindo tratar-se de possível forma subclínica de acromegalia. Após o desenvolvimento de novos métodos laboratoriais, mais sensíveis, para a dosagem de GH, casos de discordância entre esses testes vêm sendo observados, levando alguns autores a sugerir que o nadir de GH pós-teste de tolerância à glicose oral (TTGO) para diagnóstico e tratamento da acromegalia pode ser bem menor do que o limite considerado atualmente (1,2). Assim, se isto for confirmado, casos subclínicos ou oligossintomáticos de acromegalia serão diagnosticados mais precocemente. Resumo em inglês We describe a patient with macroprolactinoma and discrepant insulin-like growth factor (IGF-1) concentration (elevated) and growth hormone (GH) values during a 75 g oral glucose tolerance test (normal), that were measured to evaluate the co-secretion of GH by tumor. With the bromocriptin use, the patient achieved normalization of prolactin, but persisted with high levels of IGF1, suggesting to be subclinical acromegaly. After the development of new more sensitive GH assay (mais) s, cases of discrepant GH and IGF-1 results have been observed and taken to some authors to suggest that GH nadir concentration during 75 g OGTT used to acromegaly diagnosis and treatment could be lower than values considered currently normal. Thus, if this is confirmed, subclinical and oligosymptomatic acromegaly cases could have earlier diagnoses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Estresse por alumínio em genótipos de aveia preta em condição hidropônica/ Aluminum stress in black oat cultivars under hydroponic conditions

Crestani, Maraisa; Carvalho, Fernando Irajá Félix de; Oliveira, Antonio Costa de; Silva, José Antonio Gonzalez da; Souza, Velci Queiróz de; Parachu, Enrique Alfredo Moliterno; Silveira, Gustavo da; Ribeiro, Guilherme; Luche, Henrique de Souza
2009-09-01

Resumo em português Um dos fatores abióticos que interferem fortemente no crescimento e desenvolvimento da aveia preta (Avena strigosa Schreb.) é o nível de alumínio (Al) livre presente na solução dos solos de elevada acidez, que, depois de absorvido, afeta células e organelas em nível morfológico, citogenético e fisiológico, prejudicando consequentemente, a produtividade das plantas. Neste sentido, genótipos de aveia preta foram submetidos ao estresse por alumínio em condiçõe (mais) s de hidroponia com o objetivo de determinar o caráter mais efetivo para a seleção de plântulas desta espécie em ambiente controlado. Além disto, teve como propósito caracterizar distintas constituições genéticas de aveia preta visando a composição de blocos de cruzamento e auxiliar na recomendação de genótipos em ambientes com elevada concentração deste elemento químico, além de estabelecer a concentração ideal de alumínio que possibilite melhor eficiência na detecção do nível de tolerância ao alumínio em condição hidropônica. O delineamento experimental adotado foi o completamente casualizado num esquema fatorial 5 x 10 (dose x genótipo), adotando o método de avaliação proposto por Camargo e Oliveira, em 1981, empregando cinco níveis de alumínio: 0, 5, 10, 20 e 40 mg L-1, adicionados na fonte Al2(SO4)3.18H2O. O caráter comprimento de raiz e as doses 10 e 20 mg L-1 de Al3+ proporcionaram a melhor diferenciação entre os genótipos em relação à tolerância ao alumínio. A cultivar de aveia preta IAPAR 61 evidenciou grande sensibilidade ao Al, ao contrário da PRETA COMUM e da EMBRAPA 140, que expressaram elevada tolerância à presença do elemento tóxico no ambiente de cultivo. Resumo em inglês Aluminum content (Al) available in soil solution with high acidity is one of the abiotic factors that strongly intervenes with the growth and development of black oat (Avena strigosa Schreb.). After its assimilation, cells and organelles are affected at morphological, cytogenetic and physiological levels, causing low plant grain yields. In this study, black oat genotypes were subjected to aluminum stress under hydroponic conditions to determine the most effective characte (mais) r for the selection of seedlings in controlled environment. Moreover, other objectives were to characterize distinct genetic compositions of black oats aiming the establishment of crossing blocks; to improve the accuracy of genotype recommendation for environments with high presence of this chemical element, and to establish the aluminum concentration that allows the scoring of aluminum tolerance under hydroponic conditions. Adopting the Camargo and Oliveira, in 1981, methodology, five aluminum levels: 0, 5, 10, 20 and 40 mg L-1, with addition of Al2(SO4)3.18H2O, were used. The experimental design was complete randomized blocks with three replications in 5 x 10 factors (dose x genotype). The character root length and the doses 10 and 20 and mg L-1 of Al3+ provided the best differentiation between the genotypes regarding aluminum tolerance and sensibility. The black oat cultivar IAPAR 61 evidenced high aluminum sensibility, contrasting with genotypes PRETA COMUM and EMBRAPA 140, which expressed high tolerance in the presence of the toxic element in the culture environment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Absorção e distribuição de chumbo em plantas devetiver, jureminha e algaroba/ Absorption and distribution of lead in vetiver, mimosa and mesquite plants

Alves, Jailson do Carmo; Souza, Adailson Pereira de; Pôrto, Mônica Lima; Arruda, Jandeilson Alves de; Tompson Júnior, Ubaldo Araújo; Silva, Gilson Batista da; Araújo, Raunira da Costa; Santos, Djail
2008-06-01

Resumo em português O uso de plantas como agentes remediadores de áreas contaminadas com metais pesados (fitorremediação) é uma técnica emergente, sendo necessários estudos sobre tolerância, absorção e distribuição destes elementos em plantas para se obter sucesso em programas dessa natureza. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a tolerância, absorção e distribuição de Pb em plantas de vetiver [Vetiveria zizanioides (L.) Nash], jureminha [Desmanthus virgatus (L.) Wi (mais) lld] e algaroba [Prosopis juliflora (SW) DC], submetidas a doses crescentes do elemento em solução. As espécies foram cultivadas em estufa telada do DSER/CCA/UFPB, Areia-PB, em solução nutritiva que continha doses crescentes de Pb (0, 50, 100 e 200 mg L-1), por 45 dias. O delineamento empregado foi o inteiramente casualizado, em parcela subdividida, com três repetições. A parcela principal foi representada pelas espécies, enquanto a subparcela foi constituída pelas doses de Pb. Foram constatadas reduções significativas na matéria seca da raiz, parte aérea e planta inteira das três espécies estudadas de acordo com a elevação das doses de Pb. Com base nas doses críticas de toxidez, constatou-se que o vetiver demonstrou maior tolerância à contaminação com Pb que as demais espécies. A raiz apresentou maior sensibilidade à contaminação com Pb nas plantas de vetiver e algaroba, tendo a jureminha apresentado comportamento similar entre os compartimentos da planta. Os teores e conteúdos de Pb nos compartimentos das plantas foram significativamente alterados pela elevação das doses de Pb em solução, tendo sido verificado maior acúmulo deste elemento nas raízes das três espécies estudadas. O vetiver apresentou maiores teores e conteúdos de Pb em todos os compartimentos, evidenciando o seu potencial para programas de fitorremediação de áreas contaminadas com Pb. Resumo em inglês The use of plants for phytoremediation of metal-contaminated areas is an emerging technology, and studies concerning heavy metal tolerance, absorption and distribution in plants are essential for the success of such programs. This study was carried out to evaluate the tolerance, absorption and distribution of lead (Pb) in vetiver grass [Vetiveria zizanioides (L.) Nash], mimosa [Desmanthus virgatus (L.) Willd] and mesquite trees [Prosopis juliflora (SW) DC] subjected to in (mais) creasing lead doses in solution. The experiment was conducted under a screenhouse, at the DSER/CCA/UFPB, Areia-PB, Brazil. The species were grown in nutrient solution containing increasing Pb levels (0, 50, 100 and 200 mg L-1) during a 45-day exposure period. An entirely randomized split-plot design was used with three replicates. The main plot was represented by the plant species and the subplot by Pb levels. The increased Pb levels caused significant reductions of dry mass of the root, shoot and whole plant (root + shoot) in the three species under study. Based on critical toxicity levels, the tolerance of vetiver to Pb contamination was higher than in the other species. In vetiver and mesquite plants, the roots were the component most sensitive to Pb contamination, whereas a similar response to Pb by all plant components was observed for mimosa. Total Pb concentrations and content in plant compartments were significantly affected by the increasing Pb levels in solution, and a higher accumulation of this element was observed in the roots of the three species under study. The highest Pb concentration and content were found in all compartments of vetiver, which suggests a high potential of this grass for phytoremediation of Pb-contaminated areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Células reguladoras/ Regulatory cells

Borrego, Luís Miguel; Rosa, Sónia; Algueró, Cármen; Trindade, Hélder; Pinto, José Rosado
2007-05-01

Resumo em português O papel das células T reguladoras na indução e manutenção da tolerância periférica tem recebido uma atenção crescente nos últimos anos. Foram descritos vários subgrupos de células T reguladoras, com base em marcadores de superfície e na produção de citocinas, não havendo no entanto marcadores específicos para nenhum destes subgrupos, pelo que a sua classificação se baseia no seu mecanismo de supressão. Desconhece-se qual dos subgrupos de células T reg (mais) uladoras terá papel preponderante na prevenção e controlo das doenças alérgicas, sendo no entanto consensual a sua importância para a homeostasia. Resumo em inglês The role of regulatory T cells in the induction and maintenance of peripheral tolerance has received growing attention during the last years. Several subsets of regulatory T cells were described based on their surface markers and citokine production, but nevertheless, there are no specific markers for any subsets and their classification relies on their suppression mechanism. It is unknown which of the subgroups of regulatory T cells is more important in the prevention and control of allergic diseases, being commonly accepted its importance in homeostasis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Efeitos do exercício físico na expressão e atividade da AMPKα em ratos obesos induzidos por dieta rica em gordura/ Effects of physical exercise in the Ampkα expression and activity in high-fat diet induced obese rats

Pauli, José Rodrigo; Ropelle, Eduardo Rochete; Cintra, Dennys Esper; Souza, Cláudio Teodoro de
2009-04-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A ingestão de dieta hiperlipídica é um fator de risco singular no desenvolvimento de resistência à insulina e diabetes do tipo 2. OBJETIVO: O estudo investigou os efeitos do exercício físico na expressão e atividade da AMPKα em ratos obesos. MÉTODOS: Foram utilizados ratos Wistar, aleatoriamente divididos em quatro grupos, que receberam dieta padrão de manutenção (grupo controle) ou dieta hiperlipídica (DHL) (grupos sedentários e exercitad (mais) os), por período de quatro meses. Dois diferentes protocolos de exercícios foram utilizados: exercício agudo ou crônico de natação. O teste de tolerância à insulina foi realizado para estimar a sensibilidade à insulina. Os níveis protéicos da AMPKα e do GLUT4 e também de p-AMPKα e pACC no músculo esquelético dos ratos foram determinados através da técnica de Western blot. RESULTADOS: O teste de tolerância à insulina revelou significativo prejuízo na ação da insulina após a alimentação com a DHL, indicando insulino-resistência quando comparado com grupo controle (p Resumo em inglês INTRODUCTION: High-fat diet is a special risk factor in the development of insulin resistance and type 2 diabetes. OBJECTIVE: To investigate the effects of physical exercise on the AMPK expression and activity in high-fat diet induced obese rats. METHODS: Wistar rats were randomly divided into four groups and received either a rat maintenance diet (control group) or an isocaloric high-fat diet (HFD) (sedentary groups and exercised groups) for four months. Two different ex (mais) ercise protocols were utilized: acute or chronic swimming exercise. Insulin tolerance test was performed to estimate whole-body insulin sensitivity. AMPKα and GLUT4 as well as p-AMPKα and pACC of rats' skeletal muscle levels were determined using Western blot. RESULTS: Insulin tolerance test revealed a significantly impaired insulin action after HFDt feeding, indicating high-fat induced insulin resistance when compared to control group. Four months of HFD treatment induced to significant decrease of AMPKα (2.2-fold) and GLUT4 (2.5-fold) protein contents and also of p-AMPKα (2.4-fold) and p-ACC (2.5-fold) in sedentary rats' skeletal muscle when compared with the control group. Both exercise protocols resulted in increase of AMPKα and ACC phosphorylation and increase in insulin sensitivity, while chronic physical exercise alone provoked increase in these proteins expression (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Imunidade na gestação normal e na paciente com lúpus eritematoso sistêmico (LES)/ Immunity in the normal pregnancy and in the patient with systemic lupus erythematosus (SLE)

Pereira, Alessandra Cardoso; Jesús, Nilson Ramires de; Lage, Lais Verderame; Levy, Roger Abramino
2005-06-01

Resumo em português A gravidez é uma condição fisiológica na qual ocorrem várias mudanças imunoendócrinas com a finalidade de facilitar a imunossupressão e a tolerância aos antígenos paternos e fetais. Na gravidez humana normal existe uma relativa supressão de citocinas tipo Th1 na resposta dos linfócitos, levando a uma prevalência na resposta do tipo Th2. No LES, onde prevalece a resposta imune do tipo Th2, a gravidez pode estar relacionada com a ativação da doença. Este art (mais) igo é uma revisão dessas alterações relacionadas com a resposta imune durante a gestação normal e na da paciente com LES. Resumo em inglês Pregnancy is a physiologic condition where several immuno-endocrine changes take place with the aim of facilitating immunosuppression and tolerance towards paternal and fetal antigens. In normal human pregnancy there is a relative suppression of Th1 type cytokines in response to lymphocytes, leading to a Th2 type response. In SLE, where a Th2 type response prevails, pregnancy may exacerbate the disease. This article reviews the alterations related to the immune response during normal pregnancy and in SLE patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Avaliação da reação de genótipos de alface (Lactuca sativa L.) ao Lettuce mosaic virus (LMV)/ Reaction of Lactuca sativa L. lines to Lettuce mosaic virus (LMV)

Chung, Rosa Maria; Azevedo Filho, Joaquim Adelino de; Colariccio, Addolorata
2007-01-01

Resumo em português O trabalho teve como meta avaliar a reação de 18 linhagens superiores do programa de melhoramento de alface (Lactuca sativa L.) do IAC e de seis cultivares comerciais, ao Lettuce mosaic virus (LMV). Em condições de campo, na região de Atibaia (SP), foram observados sintomas de mosaico, nanismo e necrose em plantas das cultivares Rider, 'Karla H25' e Hortência. O vírus presente nos isolados foi identificado por meio de inoculação mecânica em plantas indicadoras e (mais) diferenciadoras e de testes sorológicos de Plate Trapped Antigen-Enzyme linked-immunosorbent assay (PTA-ELISA). Nas amostras avaliadas, identificou-se a espécie LMV pelo PTA-ELISA e do patotipo IV pela reação nas hospedeiras diferenciais. Para a avaliação do comportamento dos genótipos de alface, foi empregado o LMV isolado 'Karla H25'. Foram submetidos à inoculação 24 genótipos de alface empregando-se, como controle positivo, a alface 'White Boston' por sua suscetibilidade ao LMV. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso e analisado pelo teste do qui-quadrado. Detectaram-se genótipos com comportamento de suscetibilidade e de tolerância. Nos genótipos 3 e 4, foram observadas plantas com comportamento de tolerância ao LMV isolado 'Karla H25', enquanto nos demais genótipos, constataram-se plantas com comportamento suscetível. O plantio de cultivares tolerantes pode ser uma alternativa aos prejuízos causados pela infecção pelo LMV com conseqüente diminuição do uso de produtos químicos para o controle dos afídeos vetores. Resumo em inglês Reactions to one isolate from diseased lettuce plants collected in 2003 in Atibaia, SP, were studied in six varieties and 18 selected lettuce (Lactuca sativa L.) lines. Underdeveloped, malformed leaves with mosaic symptoms and also necrotic leaves were found under field conditions in Raider, 'Karla H25' and Hortência lettuce cultivars. These symptomatic plants were sampled and the virus etiology studied by PTA-ELISA and by means of mechanical inoculation on test plants a (mais) nd on differential lettuce cultivars resistant to Lettuce mosaic virus, LMV pathotypes I, II and III. LMV pathotype IV was identified in all cultivars studied by the reaction in the differential hosts. 'Karla H25'isolate was selected to screen the best lines of the breeding as well as lettuce program and commercial varieties. Twenty-four best lines of the program were inoculated with this isolate and the evaluations were based on symptoms. Symptomless lettuce plants were additionally tested for LMV presence, in PTA-ELISA, and by retro-inoculation to Chenopodium amaranticolor. The results indicated lines with varied degrees of susceptibility and tolerance. Lines 3 and 4 showed tolerance and this suggests that they can provide a good alternative for disease control and also that they might contribute in the reduction of chemical control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Avaliação laboratorial e diagnóstico da resistência insulínica/ Laboratorial evaluation and diagnosis of insulin resistance

Geloneze, Bruno; Tambascia, Marcos Antonio
2006-04-01

Resumo em português Em virtude da associação entre resistência à insulina (RI) e aterosclerose, existe interesse no desenvolvimento de técnicas para se avaliar a sensibilidade à insulina (SI) in vivo. Por ser uma medida de fácil utilização em grandes populações, a insulinemia de jejum tem sido usada para avaliar a SI e fornece uma boa avaliação da sensibilidade hepática, embora não da muscular. O HOMA é um modelo matemático que prediz a SI pelas simples medidas da glicemia e (mais) da insulina no jejum e tem boa correlação com o método do clamp euglicêmico hiperinsulinêmico, considerado padrão-ouro na medida da SI. Assim, mostra-se como valiosa alternativa às técnicas mais sofisticadas e trabalhosas na avaliação da RI em humanos, como o método descrito por Bergman. Em nosso meio, encontramos o valor de corte para o diagnóstico da RI quando o Homa-IR for maior que 2,71. O QUICKI é outro método simples, baseado também nas medidas da glicemia e da insulina no jejum, que apresenta boas correlações com marcadores da síndrome metabólica, conseguindo discriminar satisfatoriamente diferentes estados de RI, como graus de obesidade e tolerância à glicose. Métodos diretos de avaliação da SI incluem o teste de tolerância à insulina (K ITT), o teste de supressão de insulina e as técnicas de clamp hiperglicêmico e euglicêmico que são descritas neste artigo. A técnica do clamp euglicêmico e hiperinsulinêmico fornece a mais pura e reprodutível informação sobre a ação da insulina. Os custos envolvidos na sua realização, entretanto, limitam o seu uso. Resumo em inglês Due to the association between insulin resistance (IR) and atherosclerosis, there is an interest in the development of techniques to evaluate insulin sensitivity (IS) in vivo. Fasting blood glucose, easy to use in study populations, has been used to evaluate IS and supplies a good evaluation of hepatic sensitivity, but not muscular sensitivity to insulin. HOMA is a mathematical model that predicts IS simply by measuring insulinemia and fasting blood glucose and shows good (mais) correlation with hyperinsulinemic-euglycemic clamp method, considered a gold standard in the measurement of IS. Thus, it has been shown a valuable alternative to the most sophisticated and difficult techniques in the evaluation of IR in humans. In our population, the cut value for the diagnosis of IR is Homa-IR higher than 2,71. QUICKI is another simple method, also based in the measurements of insulinemia and fasting blood glucose, that have good correlations with the metabolic syndrome markers, being able to discriminate satisfactorily different states of IR, in patients with different degrees of obesity and glucose tolerance. Direct methods of IS evaluation include insulin tolerance test (K ITT), insulin suppression test and hyperinsulinemic-euglycemic clamp technique that are described in this article. Hyperinsulinemic-euglycemic clamp technique supplies the best and purest information on the insulin action. Costs involved in its procedure, however, limit its use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Crescimento de espécies do gênero Brachiaria sob alagamento em casa de vegetação/ Effect of flooding on the growth of Brachiaria species in greenhouse

Mattos, Jorge Luiz Schirmer de; Gomide, José Alberto; Martinez y Huaman, Carlos Alberto
2005-06-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a tolerância ao alagameto de quatro espécies de Brachiaria (B. decumbens,B. brizantha, B. humidicola e B. mutica), a partir de suas características morfogênicas, fisiológicas e produtivas. Os tratamentos foram arranjados segundo esquema fatorial 4 x 3 quatro espécies de Brachiaria e três níveis de disponibilidade de água no solo (capacidade de campo, lâmina d'água de 1 e 10 cm acima do solo). O delineamento experimental foi de blocos comple (mais) tos ao acaso, com três repetições. O experimento foi instalado em casa de vegetação, utilizando-se colunas de PVC com 60 cm de altura x 30 cm de diâmetro. Os níveis de alagamento foram impostos a partir do 22º dia de rebrota após corte de uniformização. O acréscimo de água aos vasos, necessário para satisfazer a lâmina d'água a 1 e 10 cm do nível do solo nos respectivos vasos, foi controlado com o auxílio de furos presentes nas paredes dos vasos a 1 e 10 cm acima do nível do solo, respectivamente. O alagamento comprometeu a taxa de alongamento e acentuou a taxa de senescência das lâminas foliares, independentemente da espécie. Observou-se controle estomático das trocas gasosas em folhas de todas as espécies. O alagamento reduziu a fotossíntese líquida das espécies de Brachiaria, exceto de B. mutica, que superou as demais espécies sob a lâmina d'água de 10 cm acima do solo. Também diminuiu significativamente a área e o peso das lâminas foliares verdes, exceto em B. mutica, que apresentou apenas ligeira tendência de queda. A B. muticaapresentou numerosas raízes adventícias, que, possivelmente, lhe conferiram superior tolerância ao alagamento. Resumo em inglês This study aimed to evaluate the tolerance of four Brachiaria species (B. decumbens,B. brizantha, B. humidicola and B. mutica) to flooding with regard to their morphogenetical, physiological and production characteristics. The experimental treatments resulted from a 4 x 3 factorial arrangement of four Brachiaria species and three flooding conditions (water field capacity, 1 and 10 cm water lamina above the soil surface) distributed in a completely randomized block design, (mais) with three replications. The experiment was carried out in greenhouse, in PVC column pot 60 cm high and 30 cm in diameter. The flooding was imposed during 18 days from the 22nd days of regrowth, after uniformization clipping. Small holes made 1 and 10 cm above soil level allowed to control the desired water lamina level in the pots. Flooding hindered leaf blade elongation rate and increased leaf blade senescence rate, regardless of species. Stomatal control of gas exchanges was observed in all species. Flooding reduced the photosynthesis rate in all species, except B. mutica, which out-yielded the others species under the 10 cm water level. Flooding significantly reduced the area and weight of green leaf blade, except in B. mutica which showed only a slight decrease tendency. The numerous adventitious roots of B. mutica would have played an important role in its tolerance to flooding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

VIH no feminino: vivência psicológica/ HIV and the female gender: the psychological experience/ VIH en el feminino: vivencia psicológica

Lourenço, Sílvia do Rosário Piteira Natário de; Afonso, Henrique Guilherme Martins
2009-02-01

Resumo em português A SIDA coloca questões sociais, humanitárias e jurídicas cruciais, e ameaça alterar seriamente fundamentos da estrutura social de tolerância e entendimento que sustém a vida das nossas sociedades. A partir de uma contextualização dos aspectos clínicos e epidemiológicos do VIH/SIDA, este artigo de revisão bibliográfica faz uma abordagem da vivência psicológica e das implicações da infecção com o Vírus da Imunodeficiência Humana Adquirida na mulher grávida. Resumo em espanhol SIDA plantea cuestiones sociales, humanitarias y jurídicas fundamentales, y amenaza cambiar gravemente motivos de la estructura social de tolerancia y comprensión, que sustenta la vida de nuestra sociedad. Desde una contextualización de los aspectos clínico y epidemiológicos del VIH / SIDA, en este artículo de revisión bibliográfica se hace un enfoque acerca de la v psicológica y la implicación de la infección por el Virus de Inmunodeficiencia Humana Adquirida en la mujer embarazada. Resumo em inglês AIDS raises a social issue, humanitarian, legal, and threatens to change the social structure founding of tolerance and understanding, that sustains the life of our societies. From a clinical and epidemiological background of HIV/AIDS, this article of literature review makes an approach about psychological experience and implication of the Human Immunodeficiency Virus infection in pregnant woman.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Avaliação de linhagens de trigo provenientes de cruzamentos interespecíficos em dois locais no Estado de São Paulo e em laboratório/ Evaluation of wheat inbred lines originated from interespecific crosses in two locations in the state of São Paulo, Brazil, and in the laboratory

Lobato, Mary Túlia Vargas; Camargo, Carlos Eduardo de Oliveira; Ferreira Filho, Antonio Wilson Penteado; Barros, Benedito de Camargo; Castro, Jairo Lopes de; Gallo, Paulo Boller
2007-01-01

Resumo em português Avaliaram-se 18 linhagens semi-anãs, provenientes de cruzamento interespecífico entre trigo comum e trigo duro e duas cultivares-controle (IAC-24 e IAC-370). As linhagens foram avaliadas em quatro ensaios, com quatro repetições em Capão Bonito, condição de sequeiro e solo ácido e em Mococa, condição de irrigação e solo corrigido, em 2003 e 2004, em relação à produção de grãos, altura das plantas e resistência à ferrugem-da-folha. A tolerância à toxic (mais) idade ao alumínio foi avaliada em soluções nutritivas contendo 0, 2, 4, 6, 8 e 10 mg L-1, em laboratório. Em Capão Bonito, a linhagem 14 foi imune a Puccinia recondita f. sp. tritici, agente causal da ferrugem-da-folha, e destacou-se em relação à produção de grãos e à tolerância ao alumínio. Nos quatro ensaios, as cultivares IAC-24 e IAC-370 e as linhagens 5, 9, 10, 12, 13, 18, 19 e 20 foram moderadamente resistentes ao agente causal dessa ferrugem. A linhagem 14 pela resistência ao agente causal da ferrugem-da-folha em todos os ensaios, poderá ser utilizada como fonte genética para esta característica. Todos os genótipos foram tolerantes à toxicidade de alumínio, por ocorrer crescimento da raiz primária após o tratamento com 10 mg L-1 de Al3+, com exceção da cultivar Anahuac sensível a 2 mg L-1 de Al3+, e da IAC-370, além da linhagem 13, sensíveis a 4 mg L-1 de Al3+. Produção de grãos, em condição de sequeiro e de solo ácido, e porte da planta foram afetados de forma semelhante pela toxicidade de alumínio. Resumo em inglês Eighteen semidwarf type wheat inbred lines, originated from interespecific cross between bread and durum wheat and two control cultivars (IAC-24 and IAC-370), were evaluated in four trials, with four replications, carried out at Capão Bonito, in acid soil without lime application and upland condition, and at Mococa, acid soil with lime application and sprinkler irrigation condition, in 2003 and 2004, in relation to grain yield, plant height and resistance to leaf rust. T (mais) he tolerance to Al3+ toxicity was evaluated in nutrient solutions containing 0, 2, 4, 6, 8 and 10 mg L-1, in the laboratory. The inbred line 14, in Capão Bonito, was immune to the Puccinia recondita f. sp. tritici, causal agent of leaf rust and was superior for grain yield and tolerance to aluminum toxicity. In the four trials, the cultivars IAC-24 and IAC-370 and the inbred lines 5, 9, 10, 12, 13, 18, 19 and 20 showed moderate resistance to the causal agent of this rust. The inbred line 14 due to the resistance to the causal agent of leaf rust in all trials could be used considered a source of genetic for this character. In general, genotypes were tolerant to aluminum toxicity because they showed root growth after treatment in solution containing 10 mg L-1, except for the cultivar Anahuac sensitive to 2 mg L-1 of Al3+, and the cultivar IAC-370 and the line 13, sensitive to 4 mg L-1 of Al3+. Grain yield in acid soil without lime application in upland condition and plant height were affected in the same way by aluminum toxicity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

S(+) cetamina em baixas doses: atualização/ Low S(+) ketamine doses: a review/ S(+) cetamina en bajas dosis: actualización

Luft, Ana; Mendes, Florentino Fernandes
2005-08-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A utilização, em baixas doses, de cetamina e de seus isômeros apresenta perspectivas promissoras em anestesia e na analgesia pós-operatória. O objetivo desse trabalho foi revisar as propriedades do uso de baixas doses de cetamina que justifiquem seu uso em anestesia e em analgesia pós-operatória. CONTEÚDO: Vários artigos da literatura sugerem que a cetamina apresenta propriedades de analgesia preemptiva e preventiva em relação à dor (mais) pós-operatória, diminuindo o consumo de opióides e melhorando a satisfação dos pacientes. Os fenômenos de tolerância e de hiperalgesia induzidos pela utilização de opióides podem ser atenuados pelo uso da cetamina em baixas doses. Ela diminui o consumo de anestésicos inalatórios e possivelmente apresenta propriedades que podem ser interessantes na proteção da célula nervosa isquêmica. Efeitos promissores, como a neuroproteção e a melhora de resultados, em longo prazo, necessitam de mais estudos. CONCLUSÕES: Em baixas doses a S(+) cetamina apresenta, na maioria dos estudos, efeito preventivo, diminuindo a sensibilização do SNC, a tolerância e a hiperalgesia induzida por opióides, o consumo de anestésicos, o uso de analgésicos e a incidência de efeitos adversos pós-operatórios. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La utilización, en bajas dosis, de cetamina y de sus isómeros presenta perspectivas promisorias en anestesia y en la analgesia pos-operatoria. El objetivo de ese trabajo es revisar las propiedades del uso de bajas dosis de cetamina que justifiquen su uso en anestesia y en analgesia pos-operatoria. CONTENIDO: Varios artículos de la literatura sugieren que la cetamina presenta propiedades de analgesia preemptiva y preventiva con relación al do (mais) lor pos-operatorio, disminuyendo el consumo de opioides y mejorando la satisfacción de los pacientes. Los fenómenos de tolerancia y de hiperalgesia inducidos por la utilización de opioides pueden ser atenuados por el uso de la cetamina en bajas dosis. Ella diminuye el consumo de anestésicos inhalatorios y posiblemente presenta propiedades que pueden ser interesantes en la protección de la célula nerviosa isquémica. Efectos promisorios, como la neuroprotección y la mejora de resultados a largo plazo, necesitan más estudios. CONCLUSIONES: En bajas dosis la S(+) cetamina presenta, en la mayoría de los estudios, efecto preventivo, disminuyendo la sensibilización del SNC, la tolerancia y a hiperalgesia inducida por opioides, el consumo de anestésicos, el uso de analgésicos y la incidencia de efectos adversos pos-operatorios. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Low doses of ketamine or isomers are promising possibilities for anesthesia and postoperative analgesia. This study aimed at reviewing major properties of low ketamine doses, which may justify their use in anesthesia and postoperative analgesia. CONTENTS: Literature suggests that ketamine induces preemptive and preventive postoperative pain relief, decreasing opioid consumption and improving patients' satisfaction. Opioid-induced tolerance and h (mais) yperalgesia may be minimized with low ketamine doses. Ketamine decreases inhalational anesthetic consumption and may protect ischemic nervous cells. Promising effects, such as neuroprotection and improvement of long-term outcomes, require further studies. CONCLUSIONS: Most studies with low S(+) ketamine doses have shown preventive effects, decreasing central nervous system sensitization, opioid-induced tolerance and hyperalgesia, anesthetic and analgesic consumption, and the incidence of postoperative adverse effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Adaptabilidade de caprinos exóticos e naturalizados ao clima semi-árido do nordeste brasileiro/ Adaptability of exotic goat and naturalized to the climatic conditions of the tropic semi-arid brazilian norheast

Santos, Fernando Carlos Borja dos; Souza, Bonifácio Benício de; Peña Alfaro, Carlos Enrique; Cézar, Marcílio Fontes; Pimenta Filho, Edgard Cavalcanti; Acosta, Alfonso Antonio Argueta; Santos, José Rômulo Soares dos
2005-02-01

Resumo em português Realizou-se este estudo com dezesseis caprinos machos, sendo oito exóticos (4 da raça Boer e 4 da Anglo-Nubiana) e oito naturalizados (4 da raça Moxotó e 4 da Pardo-Sertaneja), todos puros e com idade de um ano. Os animais tiveram a temperatura retal, freqüência respiratória, freqüência cardíaca, temperatura da fronte, das costelas, do flanco e do escroto, mensuradas pela manhã e à tarde, no período de 21 de agosto a 04 de Setembro de 2002, e foram submetidos (mais) a um teste de tolerância ao calor no período de 5 a 17 do mês de setembro de 2002, sob às condições do clima semi-árido do Nordeste do Brasil. Observou-se efeito do turno e da raça sobre os parâmetros fisiológicos estudados. As temperaturas e freqüências foram na grande maioria superiores (p Resumo em inglês Sixteen goats males, eigth exotic (4 from the breed Boer and 4 from the Anglo-Nubiana) and eigth naturalized (4 from the race Moxotó and 4 from the Brown-Pardo-Sertaneja), all pure and one year old. The temperature rectal, respiratory frequency, cardiac frequency, temperature from the forehead, of the ribs, of the flank and of the scrotum, was taken in the morning and afternoon during the period from 21 august to 4 september of 2002. A you had of. The animals were submit (mais) ted to the tolerance to the heat in the period from 5 to 17 of september of 2002 on the demi-dry climate of the northeast of Brazil. The data shown effect of breed on the physiological parameters studied. The temperatures and frequencies were higher (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Sintomatologia dolorosa e fatores associados em bailarinos profissionais/ Painful symptoms and associated factors in professional dancers

Dore, Bianca Fontes; Guerra, Ricardo Oliveira
2007-04-01

Resumo em português A sintomatologia dolorosa no esporte e na dança tem sido objeto de crescentes pesquisas nos últimos anos. Assim como os profissionais do esporte, os bailarinos profissionais apresentam dores e limiar de tolerância à dor elevados. É comum encontrarmos bailarinos com diversas lesões decorrentes do esforço excessivo. O objetivo do estudo foi investigar a prevalência e fatores associados à sintomatologia dolorosa em bailarinos profissionais. Foi realizado um estudo a (mais) nalítico de corte transversal em 141 bailarinos profissionais atuantes nas principais capitais do Nordeste brasileiro. Para avaliação da sintomatologia dolorosa foram utilizadas versões validadas para o português do Protocolo de McGill e do Inventário para Dor de Wisconsin. Para análise estatística dos resultados realizou-se uma análise descritiva, seguida dos testes t de Student e de correlação de Pearson, considerando-se um valor de p Resumo em inglês Painful symptoms in sports and dancing have been object of increasing research over the last years. Professional dancers as well as sports professionals present high pain and tolerance thresholds, being common to find dancers with several injuries derived from excessive effort. The aim of this study was to investigate the prevalence and factors associated with painful symptoms in professional dancers. An analytical study of transversal cut was conducted in 141 professiona (mais) l dancers performing in the main capitals of the Brazilian northeast. For evaluation of the painful symptoms, versions validated for Portuguese of the McGill Protocol and the Pain Inventory of Wisconsin were used. For the statistical analysis of results, a descriptive analysis followed by the t-Student and Pearson correlation tests was used, being considered a value of p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Efeito do estresse salino em genótipos tetraplóides de bananeira/ Effect of salt stress on banana tetraploid genotypes

Willadino, Lilia; Gomes, Eline W. F.; Silva, Ênio F. de F. e; Martins, Luiza S. S.; Camara, Terezinha R.
2011-01-01

Resumo em português O presente trabalho avaliou 12 genótipos de bananeira no que se refere à tolerância à salinidade em fase inicial de crescimento, período do ciclo fenológico de maior sensibilidade. As plantas foram cultivadas, durante 21 dias, e submetidas a um tratamento com 100 mM de NaCl e a um controle, sem NaCl. Avaliaram-se atributos biométricos e teores de elementos minerais no tecido vegetal. Seis genótipos (Calipso, FHIA-02, PA 42-44, Bucaneiro, FHIA-03 e PV 42-142) dos d (mais) oze estudados, apresentaram sintomas de toxidez causados pelo tratamento salino. O genótipo PA 42-44 se destacou como mais sensível, com os maiores teores de Na+, tanto no limbo foliar quanto nas raízes e rizoma, associados a uma redução da massa seca, da ordem de 18,5%. Os elevados teores de sódio detectados no genótipo PA 42-44 sugerem uma eficiência menor na extrusão do cátion paralelamente à ausência de habilidade em evitar sua translocação para o limbo foliar. Por outro lado, o genótipo Preciosa apresentou os menores teores de Na+ e a menor redução da produção de biomassa seca (0,2%), além de baixa relação Na+/K+. Resumo em inglês This study evaluated 12 banana genotypes with respect to salt tolerance during initial growth, the most sensitive stage of the phenological cycle. Plants were grown for 21 days under 100 mM NaCl or under a control treatment without NaCl. Biometrical parameters and mineral contents in plant tissue were evaluated. Six genotypes (Calipso, FHIA-02, PA 42-44, Bucaneiro, FHIA-03 and PV 42-142) out of 12 considered in this study showed toxicity symptoms induced by saline treatme (mais) nt. The PA 42-44 genotype was pointed out as the most sensitive one because it showed the highest Na+ contents in both leaf blade and roots and rizome, besides a 18.5% reduction of dry matter production. The high Na+ contents found for PA 42-44 tissues suggest a low efficacy to extrude and to prevent the Na+ translocation to leaf blade. On the other hand, the Preciosa genotype showed both the lowest Na+ contents and the smallest reduction for dry matter production (0.2%) as well as a low Na+/K+ ratio indicating a salt tolerance strategy by Na+ extrusion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

O pH das soluções nutritivas no comportamento de cultivares de trigo à toxicidade de alumínio/ Effect of pH in nutrient solution on tolerance to aluminum toxicity in wheat cultivars

Camargo, Carlos Eduardo de Oliveira
1984-01-01

Resumo em português Foram estudados nove cultivares de trigo em soluções nutritivas contendo quatro níveis de alumínio (0, 5, 10 e 20mg/litro) combinados com três níveis de pH (4,0, 5,0 e 6,0). A tolerância foi medida pela capacidade de as raízes primárias continuarem a crescer em solução sem alumínio, após um período de permanência de 48 horas em solução contendo determinados níveis de pH e de alumínio. Os cultivares BH-1146, IAC-18, IAC-13 e C-3 foram tolerantes; IAC-17 (mais) e Alondra-4546 foram moderadamente tolerantes, e Síete Cerros, Super-x e CNT-8 foram sensíveis à presença de quantidades crescentes de Al3+ nas soluções de tratamentos quando foi mantido o pH 4,0. Todos os cultivares foram tolerantes às dosagens de alumínio estudadas quando foram mantidos os níveis de pH 5,0 ou 6,0. Ficou confirmado que um controle rigoroso do pH da solução tratamento é um fator de grande importância no estudo da toxicidade do alumínio a diferentes cultivares de trigo. Resumo em inglês The aluminum tolerance of nine wheat cultivars was studied in nutrient solutions using three different levels of pH combined with four different concentrations of this element. The tolerance was evaluated by measuring the root growth in an aluminum-free complete nutrient solution after a previous treatment in aluminum added solutions (0, 5, 10 and 20mg/l) under a particular pH (4.0, 5.0 and 6.0). The wheat cultivars BH-1146, IAC-18, IAC-13 and C-3 presented tolerance, IAC (mais) -17 and Alondra-4546 showed moderate tolerance and Siete Cerros, Super-x and CNT-8 were sensitive to the presence of increasing concentrations of Al3+ in the treatment solution under pH 4.0. All cultivars were tolerant to the different concentrations of aluminum under pH 5.0 and 6.0. The aluminum toxicity symptom (inhibition of root growth) was dependent on the pH and the amount of aluminum in the treatment solution. For the same level of aluminum, toxicity symptoms increased, when the pH decreased in the solution from 6.0 to 4.0, considering all the studied cultivars. Apparently wheat tolerance to Al3+ is a relative rather than absolute characteristic, depending on pH among other characteristics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Weber e o advento do novo/ Weber and the advent of the new/ Weber et la venue du neuf

Freitas, Renan Springer de
2010-01-01

Resumo em inglês Distinguishing between the old and the new and analyzing the transition from the former to the latter are challenges that acquired unparalleled centrality in Max Weber's sociology of religion. This article examines how Weber dealt with these challenges and the inherent difficulties in his approach. For Weber, the transition from the old to the new necessarily requires something like a "transformation of man's soul" - or a spectacular break with supposedly traditional mind (mais) sets. The argument is that this conceptualization led him to see nonexistent breaks (for example, between the Lutheran and Calvinist mentalities) and to fail to perceive important breaks (for example, between present-day tolerance and that of former ages). By way of conclusion, the article contends that there is an analogy between Weber's sociology of religion and Aristotelian physics, and that Weber's view that historically significant transitions require a "transformation of man's soul" can be better understood in light of this analogy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Rastreamento de uso de álcool por gestantes de serviços públicos de saúde do Rio de Janeiro/ Screening for alcohol use by pregnant women of public health care in Rio de Janeiro, Brazil

Moraes, Claudia Leite; Reichenheim, Michael Eduardo
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a prevalência de casos suspeitos de uso inadequado de álcool durante a gestação entre mulheres atendidas na rede pública de saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com 537 parturientes selecionadas aleatoriamente em maternidades públicas do Rio de Janeiro entre março e outubro de 2000. Entrevistadoras adequadamente treinadas identificaram os casos suspeitos de uso inadequado de álcool utilizando os instrumentos Cut-down, Annoyed, Guilty e Eye-opener (mais) (CAGE), Tolerance Cut-down, Annoyed e Eye-opener (T-ACE) e Tolerance Worry Eye-opener Annoyed Cut-down (TWEAK). Na análise segundo variáveis socioeconômicas e demográficas utilizou-se o teste qui-quadrado. RESULTADOS: Cerca de 40% das mulheres relataram fazer uso de algum tipo de bebida alcoólica durante a gestação, sendo a cerveja a bebida mais consumida (83,9%). Dependendo do instrumento de identificação, estimou-se que entre 7,3% e 26,1% das mulheres eram casos suspeitos de uso inadequado de álcool. A suspeição de utilização inadequada foi mais comum entre as mulheres de idade mais avançada; de baixa escolaridade; que não se declararam brancas; que não viviam com companheiro; que relataram tabagismo e uso de drogas ilícitas por um dos membros do casal; e com pouco apoio social. CONCLUSÕES: A alta prevalência de suspeição de uso inadequado de álcool e sua superposição com diferentes fatores de risco para desfechos deletérios na gestação indicam um importante problema de saúde pública, merecendo ser rotineiramente rastreada durante o acompanhamento pé-natal. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the prevalence of suspected cases of alcohol use during pregnancy in women seeking care in public health services. METHODS: Cross-sectional study comprising 537 women randomly selected in public maternity hospitals in Rio de Janeiro, Southeastern Brazil, from March to October 2000. A well-trained team of female interviewers used the instruments Cut-down, Annoyed, Guilty, Eye-opener (CAGE), Tolerance Cut-down, Annoyed, Eye-opener (T-ACE) and Tolerance (mais) Worry Eye-opener Annoyed Cut-down (TWEAK) to assess suspect cases of alcohol misuse. The Chi-square test was used in the analysis according to socioeconomic and demographic variables. RESULTS: About 40% of women informed having used any type of alcoholic beverage during pregnancy. Beer was the most frequently used drink (83.9%). Depending on the measurement instrument used, estimates of alcohol misuse varied from 7.3% to 26.1%. Suspected cases of alcohol abuse were more common among non-white, older and less educated women; those not living with a partner; those reporting use of tobacco and illicit drugs either by one or both partners in a couple; and those with little social support. CONCLUSIONS: High prevalence of suspected alcohol misuse and its overlapping with several risk factors for adverse pregnancy outcomes indicate this is an important issue of public health concern requiring continuous screening during prenatal care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Rastreamento de uso de álcool por gestantes de serviços públicos de saúde do Rio de Janeiro/ Screening for alcohol use by pregnant women of public health care in Rio de Janeiro, Brazil

Moraes, Claudia Leite; Reichenheim, Michael Eduardo
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a prevalência de casos suspeitos de uso inadequado de álcool durante a gestação entre mulheres atendidas na rede pública de saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com 537 parturientes selecionadas aleatoriamente em maternidades públicas do Rio de Janeiro entre março e outubro de 2000. Entrevistadoras adequadamente treinadas identificaram os casos suspeitos de uso inadequado de álcool utilizando os instrumentos Cut-down, Annoyed, Guilty e Eye-opener (mais) (CAGE), Tolerance Cut-down, Annoyed e Eye-opener (T-ACE) e Tolerance Worry Eye-opener Annoyed Cut-down (TWEAK). Na análise segundo variáveis socioeconômicas e demográficas utilizou-se o teste qui-quadrado. RESULTADOS: Cerca de 40% das mulheres relataram fazer uso de algum tipo de bebida alcoólica durante a gestação, sendo a cerveja a bebida mais consumida (83,9%). Dependendo do instrumento de identificação, estimou-se que entre 7,3% e 26,1% das mulheres eram casos suspeitos de uso inadequado de álcool. A suspeição de utilização inadequada foi mais comum entre as mulheres de idade mais avançada; de baixa escolaridade; que não se declararam brancas; que não viviam com companheiro; que relataram tabagismo e uso de drogas ilícitas por um dos membros do casal; e com pouco apoio social. CONCLUSÕES: A alta prevalência de suspeição de uso inadequado de álcool e sua superposição com diferentes fatores de risco para desfechos deletérios na gestação indicam um importante problema de saúde pública, merecendo ser rotineiramente rastreada durante o acompanhamento pé-natal. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the prevalence of suspected cases of alcohol use during pregnancy in women seeking care in public health services. METHODS: Cross-sectional study comprising 537 women randomly selected in public maternity hospitals in Rio de Janeiro, Southeastern Brazil, from March to October 2000. A well-trained team of female interviewers used the instruments Cut-down, Annoyed, Guilty, Eye-opener (CAGE), Tolerance Cut-down, Annoyed, Eye-opener (T-ACE) and Tolerance (mais) Worry Eye-opener Annoyed Cut-down (TWEAK) to assess suspect cases of alcohol misuse. The Chi-square test was used in the analysis according to socioeconomic and demographic variables. RESULTS: About 40% of women informed having used any type of alcoholic beverage during pregnancy. Beer was the most frequently used drink (83.9%). Depending on the measurement instrument used, estimates of alcohol misuse varied from 7.3% to 26.1%. Suspected cases of alcohol abuse were more common among non-white, older and less educated women; those not living with a partner; those reporting use of tobacco and illicit drugs either by one or both partners in a couple; and those with little social support. CONCLUSIONS: High prevalence of suspected alcohol misuse and its overlapping with several risk factors for adverse pregnancy outcomes indicate this is an important issue of public health concern requiring continuous screening during prenatal care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Psoríase pustulosa da infância: relato de caso/ Childhood pustular psoriasis: case report

Chaves, Yuri Nogueira; Cardoso, Dulceane Natyara; Jorge, Priscila F. Landulfo; Follador, Ivonise; Oliveira, Maria de Fátima Paim de
2010-12-01

Resumo em português A psoríase pustulosa generalizada é tipo raro de psoríase descrita pela primeira vez, em 1910, por Von Zumbusch. A psoríase pustulosa generalizada na criança tende a ter um curso mais benigno que no adulto, entretanto, em sua forma grave, pode por em risco a vida do paciente. Talvez, pela raridade da doença, nenhuma opção terapêutica se mostrou consistentemente eficaz e segura até o momento. Relatos isolados sugerem ser o retinoide a droga de escolha nesses caso (mais) s, porém trata-se de fármaco que, na primeira infância, traz mais dificuldades no manejo. Relata-se exemplo dessa rara doença em lactente, quadro extenso e grave, com resposta satisfatória ao uso de dapsona, com boa tolerabilidade. Resumo em inglês Generalized pustulous psoriasis is a rare type of psoriasis first described in 1910 by Von Zumbusch. This disease tends to have a more benign development in children when compared to its development in adults. However, in its serious form it may represent a risk to the patient's life. Maybe, due to being such a rare disease no therapeutic option has so far consistently proved to be both effective and safe. Isolated reports suggest that retinoid is the best choice of drug (mais) in these cases. However, it is difficult to manage this drug in early infancy. The present report describes a serious case of this rare disease in an infant with a satisfactory response and good tolerance to the use of dapsone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

O sentido dos árabes no nosso sentido: Dos estudos sobre árabes e sobre muçulmanos em Portugal

Silva, Maria Cardeira da
2005-01-01

Resumo em inglês Without seeking to conduct an exhaustive analysis of the field of studies on Arabs and Muslims in Portugal - which only now are being undertaken -, this article seeks to monitor the political uses which have moulded that field over time. Traditionally associated with ethno-genetic concerns and archaeology, studies on Arabs and Islam today continue to inspire the persistent and widely disseminated myth of multicultural/luso-tropicalist tolerance (in an Islamophile version (mais) of Orientalism) - for example by way of that which is here described as the «Mértola effect» - atavistically celebrated in the ethno-genealogy of the Portuguese.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Novos mecanismos pelos quais o exercício físico melhora a resistência à insulina no músculo esquelético/ New mechanisms by which physical exercise improves insulin resistance in the skeletal muscle

Pauli, José Rodrigo; Cintra, Dennys Esper; Souza, Claudio Teodoro de; Ropelle, Eduardo Rochette
2009-06-01

Resumo em português O prejuízo no transporte de glicose estimulada por insulina no músculo constitui um defeito crucial para o estabelecimento da intolerância à glicose e do diabetes tipo 2. Por outro lado, é notório o conhecimento de que tanto o exercício aeróbio agudo quanto o crônico podem ter efeitos benéficos na ação da insulina em estados de resistência à insulina. No entanto, pouco se sabe sobre os efeitos moleculares pós-exercício sobre a sinalização da insulina no (mais) músculo esquelético. Assim, esta revisãoapresenta novos entendimentos sobre os mecanismos por meio dos quais o exercício agudo restaura a sensibilidade à insulina, com destaque ao importante papel que proteínas inflamatórias e a S-nitrosação possuem sobre a regulação de proteínas da via de sinalização da insulina no músculo esquelético. Resumo em inglês Insulin resistance of skeletal muscle glucose transport is a key-defect for the development of impaired glucose tolerance and type 2 diabetes. However, it is known that both an acute bout of exercise and chronic endurance exercise training can bring beneficial effects on insulin action in insulin-resistant states. However, little is currently known about the molecular effects of acute exercise on muscle insulin signaling in the post-exercise state in insulin-resistant org (mais) anisms. This review provides new insight into the mechanism through which acute exercise restores insulin sensitivity, highlighting an important role for inflammatory proteins and S-nitrosation in the regulation of insulin signaling proteins in skeletal muscle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Mechanisms of peripheral tolerance in transplantation

Graça, Luís, 1971-

A short-term treatment leading to long-term acceptance of transplanted tissues has been one of the major objectives in transplantation immunology. Non-depleting monoclonal antibodies, such as those targeting CD4, CD8 and CD154, have been shown effective in inducing transplantation tolerance. The cel...

DRIVER (Portuguese)

92

Influência de M/C (M = Mo, Cu, Fe e W) incorporado à camada difusora do eletrodo de difusão de gás frente à reação de oxidação de hidrogênio na presença de CO/ The effect of M/C (M = Mo, Cu, Fe and W) in the diffusion layer of gas diffusion electrodes on the hydrogen oxidation reaction in the presence of carbon monoxide

Pereira, Luis Gustavo da Silva; Pereira, Maristela Elisabete; Ticianelli, Edson Antonio
2007-01-01

Resumo em inglês The performance of proton exchange membrane fuel cells (PEMFC) with Pt-based anodes is drastically lowered when CO-containing hydrogen is used to feed the system, because of the strong adsorption of CO on platinum. In the present work the effects of the presence of a conversion layer of CO to CO2 composed by several M/C materials (where M = Mo, Cu, Fe and W) in gas diffusion anodes formed by Pt catalysts were investigated. The diffusion layers formed by Mo/C e W/C show go (mais) od CO-tolerance, and this was attributed to the CO removal by parallel occurrence of the water-gas shift reaction and the so-called bifunctional mechanism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Estudo fitoquímico e avaliação do potencial antidiabético do Cissus sicyoides L. (Vitaceae)/ Phytochemical study and evaluation of the antidiabetic potential of Cissus sicyoides L. (Vitaceae)

Beltrame, Flávio Luís; Sartoretto, Juliano Luis; Bazotte, Roberto Barbosa; Cuman, Roberto Nakamura; Cortez, Diógenes Aparício Garcia; Fernandes, Luiz Claudio; Tchaikovski, Osvaldo
2001-12-01

Resumo em inglês The effect of hydroalcoholic extracts (HE) obtained from leaves of Cissus sicyoides (CS) on glucose tolerance (GT) was investigated in rats treated with dexametasone (DEX). Our results showed that HE intensified the decreased GT promoted by (DEX). Additionally, the flavonoids kaempferol 3-O-rhamnoside and quercetin 3-O-rhamnoside, obtained from aerial parts of CS, were used to study the incorporation of glucose to glycogen in soleo muscle. The results showed that both fla (mais) vonoids did not show effect on glycogen synthesis. Thus, our data, in contrast to popular believe, did not reveal antidiabetic activity to SC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Estudo do efeito de tratamentos térmicos em catalisadores de PtRu/C frente à reação de oxidação de hidrogênio na presença de CO/ Study of the effect of thermal treatments of PtRu/C catalysts on the hydrogen oxidation reaction in the presence of CO

Lopes, Pietro Papa; Ticianelli, Edson Antonio
2007-10-01

Resumo em inglês In this work the effects of time and temperature of thermal treatments under reducing atmosphere (H2) on PtRu/C catalysts for the hydrogen oxidation reaction (HOR) in the presence of CO on a proton exchange membrane fuel cell (PEMFC) single cells have been studied. It can be seen that the increase of the treatment temperature leads to an increasing sintering of the catalyst particles with reduction of the active area, although the catalyst treated at 550 ºC presents more CO tolerance for the HOR.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Escolares submetidos a videonasofaringoscopia na escola: achados e aceitação/ Schoolchildren submitted to nasal fiber optic examination at school: findings and tolerance

Santos, Rubens S.; Cipolotti, Rosana; D'Ávila, Jeferson S.; Gurgel, Ricardo Q.
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a aceitação da videonasofaringoscopia por crianças, no ambiente escolar, para avaliação de vegetações adenoideanas e determinar a sua prevalência nessa população MÉTODO: Estudo transversal realizado em amostra proporcional (n = 368) de escolares da primeira série do ensino fundamental de Aracaju (SE), com idades entre 6 e 13 anos, submetidos a videonasofaringoscopia flexível. Todas se submeteram à mesma rotina de exame, feito na própria (mais) escola, sem a necessidade de contenção ou qualquer tipo de sedação. RESULTADOS: As crianças que foram submetidas a avaliação nasofibroscópica aceitaram bem o procedimento, permitindo a adequada avaliação das cavidades do nariz e nasofaringe. A prevalência de hipertrofia adenoideana grau I foi de 50,6%, a de grau II foi de 35,1% e a de grau III foi de 14,3%. As hipertrofias adenoideanas graus II e III apresentam maior número de sintomas obstrutivos. CONCLUSÃO: A videonasofaringoscopia flexível pode ser realizada, com excelente aceitação, fora do ambiente hospitalar ou consultório, como mostra este estudo realizado em ambiente escolar, indicando que sua utilização pode ser mais ampla, tornando-a mais acessível a um maior número de pessoas. A prevalência dos três graus de hipertrofia adenoideana encontrada em Aracaju difere de alguns estudos por ter sido realizada em crianças não triadas para sintomas respiratórios. Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify children's acceptance of nasal fiber optic examination in a school setting and to evaluate hypertrophy of adenoid vegetation and to determine its prevalence in this population. METHODS: A survey was performed of a representative (n = 368) sample of school age children at elementary school (aged 6 to 13 years old) who had been subjected to fiber optic examination, in Aracaju (SE), Brazil. All students were subjected to the same study protocol, carried (mais) out at school and with no need for sedation or restraint. RESULTS: All of the children tolerated the nasal fiber optic examination well, making possible a good evaluation of pharynx and nasal cavities. The prevalence of adenoid hypertrophy grade I was 50.6%, of grade II 35.1% and of grade III 14.3%. Grades II and III hypertrophy were related to an increase in obstructive symptoms. CONCLUSION: As this study performed in a school setting demonstrates, nasal fiber optic examination can be performed with excellent tolerance in settings other than hospitals and outpatient clinics, indicating that its usage could be increased and made available for an extended range of populations. The prevalence of adenoid hypertrophy in Aracaju is not comparable with prevalence rates observed in earlier studies because it this was a study of children without respiratory symptoms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Elementos-traço e sódio em suco de uva: aspectos nutricionais e toxicológicos/ Trace elements and sodium in grape juice: nutritional and toxicological aspects

Assis, Roberta Amorim de; Küchler, Ivo Lewin; Miekeley, Norbert; Silveira, Carmem Lúcia Porto da
2008-01-01

Resumo em inglês Eight trace elements were determined in 20 Brazilian brands of grape juice, distributed over the country. Highest measured concentrations (As: 0.016; Cd: 0.010; Cr: 0.060; Cu: 1.28; Ni: 0.032; Pb: 0.016; Sb: 0.0040 and Zn: 1.44 mg L-1) comply with Brazilian maximal tolerance levels for inorganic contaminants (As: 0.5; Cd: 0.5; Cr: 0.1; Cu: 30; Ni: 3; Pb: 0.4; Sb: 1 and Zn: 25 mg L-1). Determination of arsenic species has shown inorganic As(V) as predominant in most sample (mais) s. Sodium concentrations, nowadays a major public health concern, were also measured, showing an average of 149 mg L-1. Analytical results for this element were much higher than label concentrations, showing the need for better quality control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Eficácia, segurança e aderência ao tratamento de longo prazo com hormônio de crescimento (GH) em adultos com deficiência de GH/ Efficacy, safety and compliance of long-term growth hormone (GH) replacement therapy in adults with GH deficiency

Zaninelli, Daniele C. T.; Meister, Ludimyla H. F.; Radominski, Rosana B.; Borba, Victoria Z. C.; Souza, Admar Moraes; Boguszewski, Cesar L.
2008-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a eficácia, a segurança e a aderência de quatro anos de tratamento com GH em 18 adultos [12 mulheres, 6 homens, com idade média de 50,5 anos (25-66 anos)] com deficiência grave de GH (DGH). MÉTODOS: Avaliações clínica, laboratorial e de composição corporal (DXA) realizadas antes e anualmente após o início do GH, e ecocardiografia realizada antes e após quatro anos de tratamento. Dose de 0,2 mg GH/dia mantida fixa no primeiro ano, com poster (mais) iores ajustes para normalizar IGF-1. RESULTADOS: Redução significativa da gordura corporal total (média 2,8 kg) e da gordura truncal (média 1,9 kg), associadas com aumento da massa magra (média 0,8 kg) e aumento da densidade mineral óssea (DMO) em coluna lombar e fêmur, particularmente nos sítios com T-escore menor que 1,0 na avaliação basal. Houve piora dos níveis de insulina e HOMA no primeiro ano de terapia, mas ao final do quarto ano os valores de glicose, insulina, HOMA e hemoglobina glicosilada não eram diferentes dos basais. Desenvolveram diabetes tipo 2 no seguimento dois pacientes com intolerância à glicose pré-tratamento. O colesterol total e o LDL colesterol reduziram significativamente, e as mudanças foram proporcionais aos valores basais. Os parâmetros ecocardiográficos não se alteraram. Os efeitos colaterais foram leves e bem tolerados. Não foi observada recorrência tumoral. Baixa adesão ao tratamento (estimada por níveis baixos de IGF-1) ocorreu em quatro (22%), dois (11%) e seis (30%) pacientes ao final do segundo, terceiro e quarto ano, respectivamente. CONCLUSÕES: Quatro anos de tratamento com GH em adultos com DGH teve impacto positivo sobre a composição corporal, a DMO e o perfil lipídico, e nenhum efeito sobre sensibilidade insulínica e o coração. A intolerância à glicose deve ser cuidadosamente monitorada no tratamento de longo prazo. Resumo em inglês AIM: To study efficacy, safety and compliance of GH therapy for 4 years in 18 GH deficient (GHD) adults [12 women; mean age 50.5 yrs (25-66 yrs)]. METHODS: Clinical, biochemical and body composition (DXA) measurements were performed before and every year after GH therapy. Ecocardiography was performed at baseline and after 4 years. Dose of GH was 0.2 mg/day during the first year with subsequent titration to attain normal IGF-1 levels. RESULTS: There was a significant redu (mais) ction of total body fat (mean 2.8 kg), truncal fat (mean 1.9 kg) and an increase of lean body mass (mean 0.8 kg) and bone mineral density (BMD) on lumbar spine and femur, particularly in sites with T-score

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Células T regulatórias naturais (T REGS) em doenças reumáticas/ Natural regulatory T cells in rheumatic diseases

Cruvinel, Wilson de Melo; Mesquita Jr., Danilo; Araújo, Júlio Antônio Pereira; Salmazi, Karina Carvalho; Kállas, Esper Georges; Andrade, Luis Eduardo Coelho
2008-12-01

Resumo em português O sistema imune sadio deve manter o balanço entre a capacidade de responder a agentes infecciosos e de sustentar a autotolerância. A ausência de resposta adequada submete o indivíduo aos efeitos deletérios da invasão por patógenos, ao passo que o sistema respondendo de modo exacerbado pode gerar respostas inflamatórias prejudiciais. Acreditava-se que os mecanismos de deleção clonal e anergia fossem os mecanismos essenciais no controle de clones de linfócitos T (mais) auto-reativos. Apesar das evidências funcionais a favor da existência de células T supressoras, por muitos anos a imunologia falhou em identificar suas características fenotípicas e confirmar sua existência, motivo pelo qual o tema passou por longo período de descrédito. A recente demonstração de diferentes fenótipos de células, agora chamadas células T regulatórias, reintroduziu o paradigma de que a auto-reatividade é ativamente regulada também por subtipos particulares de linfócitos. Este tema é de grande interesse contemporâneo e a literatura está repleta de estudos descrevendo novos subtipos de células regulatórias, bem como a função, o fenótipo e a freqüência em condições fisiológicas e patológicas. Nesse universo, destaca-se o subtipo mais importante de células com função imunorregulatória, conhecido como células T regulatórias naturais (T REGS). Representando cerca de 5% dos linfócitos T CD4 do sangue periférico, são células caracterizadas pela expressão constitutiva das moléculas FOXP3, GITR, CTLA-4 e altos níveis de CD25. As alterações deletérias nesta população resultam o desencadeamento de doenças auto-imunes em camundongos, muito semelhantes às doenças auto-imunes humanas. A presente revisão aborda os conhecimentos básicos sobre as T REGS e seu estudo em doenças reumáticas de classificação auto-imune, abrindo perspectivas para o entendimento dos mecanismos de regulação periférica e sobre a fisiopatologia dessas enfermidades. Apresenta, ainda, a perspectiva de futuras abordagens terapêuticas fundamentadas na manipulação dessas células. Resumo em inglês The healthy immune system must keep the delicate balance between the capacity to respond to exogenous antigens and to keep the tolerance to endogenous antigens. In the absence of an adequate response to exogenous agents the individual is subjected to the deleterious effect of the invasion for pathogens. On the other hand, if the immune system responds in an unwary exacerbated way harmful inflammatory consequences may result. Well-established mechanisms of maintaining self (mais) -tolerance include clonal deletion and anergy. Despite the functional evidence in favor of the existence of suppressor T cells, for many years immunologists failed to identify the phenotypic characteristics and to confirm the existence of these lymphocytes. The recent demonstration of different phenotypes of cells, now designated regulatory T cells, reintroduced the paradigm of active regulation of auto-reactivity by particular subtypes of lymphocytes. This subject is of great interest in the contemporary literature. It has been shown that excess regulatory function may be associated with increased susceptibility to infectious and neoplastic diseases. On the other hand decreased regulatory function may cause autoimmunity. In fact, several experimental models of diverse autoimmune conditions have been developed by decreasing or abolishing regulatory T cells. Counterpart of this phenomenon has been sought for in several human autoimmune diseases. At this moment it seems that the most important subtype of regulatory cells are the natural regulatory T cells (TREGS), which represent about 5% of peripheral blood CD4 T lymphocytes. These cells are characterized by the constitutive expression of FOXP3, GITR, CTLA-4 and high levels of CD25. The present article reviews the basic knowledge on the TREGS and the several studies describing the status and function of these cells in autoimmune rheumatic diseased.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Consumo de álcool na gestação: desempenho da versão brasileira do questionário T-ACE/ Alcohol consumption in pregnancy: performance of the Brazilian version of the questionnaire T-ACE

Fabbri, Carlos E; Furtado, Erikson F; Laprega, Milton R
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as características de desempenho da versão brasileira do questionário Tolerance, Annoyed, Cut down e Eye-opener (T-ACE), para rastreamento do consumo de álcool na gestação. MÉTODOS: Estudo observacional, transversal, em amostra seqüencial de 450 mulheres no terceiro trimestre de gestação, assistidas em maternidade no município de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, em 2001. Foram aplicados: questionário para coleta de dados sociodemográfi (mais) cos, T-ACE, questionário para levantamento da história de consumo de álcool ao longo da gestação e entrevista clínica para identificação de uso nocivo e dependência ao álcool, segundo critérios diagnósticos da CID-10. Foram feitos testes de concordância entre diferentes entrevistadores e de confiabilidade teste/re-teste. RESULTADOS: Do total, 100 gestantes (22,1%) foram consideradas positivas pelo T-ACE. Os índices kappa para concordância e confiabilidade foram 0,95, com 97% de respostas concordantes. Quando comparado aos parâmetros da CID-10 e ao padrão de consumo, o T-ACE com ponto de corte igual ou acima de dois pontos, apresentou coeficientes de sensibilidade e especificidade de 100% e 85% e de 97,9% e 86,6% respectivamente. CONCLUSÕES: A versão brasileira do T-ACE mostrou preencher adequadamente os critérios de desempenho que a qualificam ao papel de instrumento básico para o rastreamento do consumo de álcool durante a gravidez. Sua utilização é recomendável nas rotinas e práticas dos serviços obstétricos devido à tendência de aumento do consumo alcoólico feminino, dificuldades para identificação do abuso de álcool pela gestante e riscos de problemas de desenvolvimento nos filhos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the performance characteristics of the Brazilian version of the Tolerance, Annoyed, Cut down and Eye-opener (T-ACE) questionnaire to screen alcohol consumption during pregnancy. METHODS: Observational, cross-sectional study in a sequential sample of 450 women in the third trimester of pregnancy, attended in a maternity ward in a city of Southeastern Brazil, in 2001. The following instruments were used: a questionnaire to gather sociodemographic data, (mais) the T-ACE, a questionnaire to verify history of alcohol consumption throughout gestation, and a clinical interview to identify the harmful use of and dependence on alcohol, according to ICD-10 diagnostic criteria. Concordance tests among different interviewers as well as test-/re-test reliability tests were performed. RESULTS: A total of 100 women (22.1%) were identified as positive by the T-ACE. The kappa indexes for concordance and reliability were 0.95, with 97% of concordant responses. When compared to the ICD-10 criteria and to the pattern of consumption, the T-ACE, with a cut-off point of two or higher, presented sensitivity and specificity coefficients of 100% and 85%, and of 97.9% and 86.6%, respectively. CONCLUSIONS: The Brazilian version of the T-ACE seemed to appropriately meet the performance criteria that qualify it as a basic instrument for the screening of alcohol consumption during pregnancy. Its use in the routine and practice of obstetric services is recommended in view of the tendency for increased alcohol consumption among women, the difficulties to identify alcohol abuse by pregnant women, and the risk of developmental problems in children.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Consumo de álcool na gestação: desempenho da versão brasileira do questionário T-ACE/ Alcohol consumption in pregnancy: performance of the Brazilian version of the questionnaire T-ACE

Fabbri, Carlos E; Furtado, Erikson F; Laprega, Milton R
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as características de desempenho da versão brasileira do questionário Tolerance, Annoyed, Cut down e Eye-opener (T-ACE), para rastreamento do consumo de álcool na gestação. MÉTODOS: Estudo observacional, transversal, em amostra seqüencial de 450 mulheres no terceiro trimestre de gestação, assistidas em maternidade no município de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, em 2001. Foram aplicados: questionário para coleta de dados sociodemográfi (mais) cos, T-ACE, questionário para levantamento da história de consumo de álcool ao longo da gestação e entrevista clínica para identificação de uso nocivo e dependência ao álcool, segundo critérios diagnósticos da CID-10. Foram feitos testes de concordância entre diferentes entrevistadores e de confiabilidade teste/re-teste. RESULTADOS: Do total, 100 gestantes (22,1%) foram consideradas positivas pelo T-ACE. Os índices kappa para concordância e confiabilidade foram 0,95, com 97% de respostas concordantes. Quando comparado aos parâmetros da CID-10 e ao padrão de consumo, o T-ACE com ponto de corte igual ou acima de dois pontos, apresentou coeficientes de sensibilidade e especificidade de 100% e 85% e de 97,9% e 86,6% respectivamente. CONCLUSÕES: A versão brasileira do T-ACE mostrou preencher adequadamente os critérios de desempenho que a qualificam ao papel de instrumento básico para o rastreamento do consumo de álcool durante a gravidez. Sua utilização é recomendável nas rotinas e práticas dos serviços obstétricos devido à tendência de aumento do consumo alcoólico feminino, dificuldades para identificação do abuso de álcool pela gestante e riscos de problemas de desenvolvimento nos filhos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the performance characteristics of the Brazilian version of the Tolerance, Annoyed, Cut down and Eye-opener (T-ACE) questionnaire to screen alcohol consumption during pregnancy. METHODS: Observational, cross-sectional study in a sequential sample of 450 women in the third trimester of pregnancy, attended in a maternity ward in a city of Southeastern Brazil, in 2001. The following instruments were used: a questionnaire to gather sociodemographic data, (mais) the T-ACE, a questionnaire to verify history of alcohol consumption throughout gestation, and a clinical interview to identify the harmful use of and dependence on alcohol, according to ICD-10 diagnostic criteria. Concordance tests among different interviewers as well as test-/re-test reliability tests were performed. RESULTS: A total of 100 women (22.1%) were identified as positive by the T-ACE. The kappa indexes for concordance and reliability were 0.95, with 97% of concordant responses. When compared to the ICD-10 criteria and to the pattern of consumption, the T-ACE, with a cut-off point of two or higher, presented sensitivity and specificity coefficients of 100% and 85%, and of 97.9% and 86.6%, respectively. CONCLUSIONS: The Brazilian version of the T-ACE seemed to appropriately meet the performance criteria that qualify it as a basic instrument for the screening of alcohol consumption during pregnancy. Its use in the routine and practice of obstetric services is recommended in view of the tendency for increased alcohol consumption among women, the difficulties to identify alcohol abuse by pregnant women, and the risk of developmental problems in children.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Biodegradação de fenol por uma nova linhagem de A spergillus sp. isolada de um solo contaminado do sul do Brasil/ Biodegradation of phenol by a newly Aspergillus sp. strain isolated from a contaminated soil in southern Brazil

Passos, Cátia Tavares dos; Burkert, Janaína Fernandes de Medeiros; Kalil, Susana Juliano; Burkert, Carlos André Veiga
2009-01-01

Resumo em inglês The main goal of this work was to study the biodegradation of phenol in batch mode by a filamentous fungus isolated from a contaminated site in Southern Brazil. A better performance was obtained by previous adaptation of the microorganism to the toxic chemical. A 2³ experimental design was proposed and it could be observed total phenol degradation in 72 h using 500 mg L-1 glucose, inoculum of 20% and agitation of 200 rpm, resulting a biodegradation rate of 3.76 mg L-1 h-1. In relation to phenol tolerance, Aspergillus sp. LEBM2 was able to consume up to 989 ± 15 mg L-1.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

102

Avaliação da contaminação do Igarapé do Sabino (Bacia do Rio Tibiri) por metais pesados, originados dos resíduos e efluentes do Aterro da Ribeira, em São Luís, Maranhão/ Evaluation of contamination on Sabino streamlet (Basin Rio Tibiri) by heavy metals originated from waste and effluents of the Ribeira landfill, in São Luis island, state of Maranhão, Brazil

Campos, Antonio Eduardo Lopes; Nunes, Gilvanda Silva; Oliveira, José Crediciomar Silva de; Toscano, Ilda Antonieta Salata
2009-01-01

Resumo em inglês This work aimed to carry out an environmental monitoring in sabino narrow river (affluent of Tibiri Basin, in São Luís - MA, Brazil), in order to verify the main environmental impacts caused by effluent residues from Ribeira landfill. Chemical analysis and bibliographic and cartographic researches on this ecosystem were also carried out. In addition, heavy metals, such as Hg, Pb and Zn, were investigated in water samples by ICP-MS technique. It was observed that the con (mais) tents of such heavy metals were above the tolerance limits established by the Brazilian legislation, showing a strong impact level on the evaluated ecosystem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)