Sample records for titanium 47
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 2 shown.



1

Ameloblastoma mandibular tratado por ressecção óssea e reconstrução imediata/ Mandibular ameloblastoma treated by bone resection and imediate reconstruction

Montoro, José Raphael de Moura Campos; Tavares, Marconi Gonzaga; Melo, Daniel Hardy; Franco, Rosemeire de Lordo; Mello-Filho, Francisco Veríssimo de; Xavier, Samuel Porfírio; Trivellato, Alexandre Elias; Lucas, André Silva
2008-02-01

Resumo em português O ameloblastoma multicístico acomete principalmente pacientes adultos, entre a terceira e a sétima década de vida, freqüentemente na região posterior de mandíbula. A ressecção de um segmento mandibular, sem reconstrução adequada, produz grave seqüela estética e funcional levando a uma perda da qualidade de vida. O objetivo desta apresentação é mostrar que o tratamento multidisciplinar do ameloblastoma possibilita radicalidade oncológica associada à comple (mais) ta reconstrução da área lesada. Apresentamos um paciente de 47 anos, acometido por um ameloblastoma em região posterior de mandíbula tratado com ressecção completa de um segmento mandibular. A reconstrução no mesmo tempo operatório utilizou enxerto ósseo de crista ilíaca fixado com placas e parafusos de titânio. Após oito meses completou-se a reabilitação com implantes de elementos dentários na área do enxerto. As vantagens deste procedimento incluem a diminuição do risco de recidivas pelo uso da ressecção segmentar, reconstrução mandibular confiável e diminuição do número de procedimentos cirúrgicos, permitindo completa reabilitação em um período mais curto de tempo. Resumo em inglês Multicystic ameloblastoma mainly affects adult patients between the third and seventh decades of life, frequently in the posterior region of the mandible. The resection of a mandible segment without adequate reconstruction produces serious esthetic and functional sequelae leading to a loss of quality of life. The objective of this study is to show that multidisciplinary treatment of ameloblastomas helps in total lesion excision associated with complete reconstruction of t (mais) he damaged area. We present a 47-year-old male patient with an ameloblastoma in the posterior mandible who was treated with complete resection of a mandibular segment. Reconstruction, carried out during the same surgical procedure, was performed using an iliac crest bone graft fixed with titanium plates and screws. Rehabilitation was completed eight months later with teeth implants in the grafted area. The advantages of this procedure include recurrence risk reduction due to segmental resection, reliable mandibular reconstruction and less surgical procedures, allowing full rehabilitation within a shorter period of time.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Avaliação do uso de haste bloqueada e bloqueio transcortical no reparo de fraturas diafisárias de fêmur em felinos/ Evaluation of the use of interlocking nail and transcortical blockade for the repair of diaphyseal fractures of the femur in cats

Romano, Leandro; Ferrigno, Cássio R. Auada; Ferraz, Vanessa C. Magalhães; Della Nina, Marcos Ishimoto; Ito, Kelly Cristiane
2008-04-01

Resumo em português As hastes bloqueadas além de permitirem estabilização rígida de fraturas, possuem vantagens biomecânicas quando comparadas a outras técnicas de imobilização, por atuar ao longo do eixo mecânico central do osso, além de preservar os conceitos de padrões biológicos de osteossíntese . O uso limitado de hastes bloqueadas em gatos se atribui ao fato da cavidade intramedular ser pequena, limitando o tamanho e diâmetro dos pinos. Relatam-se casos de 10 felinos que (mais) apresentavam fraturas fechadas simples ou múltiplas da diáfise femoral. Os animais pesavam entre 3,5 e 5 kg, o que permitiu a utilização de hastes de 4,0mm e 4,7mm de diâmetro. Para inserção da haste, adotou-se a via retrógrada ou a normógrada e foram realizados bloqueios com quatro parafusos de titânio de 2,0 mm de diâmetro. Complicações intra-operatórias não ocorreram, entretanto um animal sofreu fratura de colo femoral e fratura transversa distal ao implante, três dias após o ato cirúrgico, devido a novo trauma. Os animais foram submetidos a exames radiográficos até quatro meses após a intervenção, evidenciando-se formação de calo ósseo secundário e consolidação óssea em período de 61-89 dias. Clinicamente, ocorreu esporadicamente alteração na marcha por leve claudicação de apoio definida por escala de claudicação, entretanto os animais iniciaram o apoio adequado entre três e oito dias após o ato operatório. Complicações pósoperatórias ocorreram referentes ao animal que sofreu novo trauma, entretanto notou-se consolidação do foco primário tratado pelo implante com 61 dias e consolidação da nova fratura num período total de 150 dias do início do tratamento conservativo por penso esparadrapado e tala. Conclui-se que o uso de haste bloqueada em felinos foi adequado uma vez que houve consolidação óssea em todos os casos, com retorno precoce da função do membro, permitindo a deambulação. Resumo em inglês Interlocking nails allow rigid fracture stabilization and present biomechanical advantages when compared to other immobilization techniques. It acts along the central mechanical axis of the bone and preserves biological concept standards for osteosynthesis. The use of interlocking nail in cats is limited because the intramedullary space is relatively small for the available nail sizes. We reported 10 cases of cats that had simple or multiple closed fractures of the femora (mais) l diaphysis. The animals weighed 3.5 to 5 kg , which allowed using nails of 4.0mm and 4.7mm in diameter. For the nail insertion, retrograde and normograde routs were used, and four 2mm titanium screws were used to lock all the perforations. No trans-surgical complication occurred, however, due to a new trauma, one of the animals suffered femoral neck fracture and transversal distal fracture to the nail, three days after surgery. Radiographies were made up to four months after surgery, and in most cases secondary bone formation was seen, showing bone consolidation in 61-89 days, excluding the animal who suffered new trauma, who presented bone healing in 150 days. Clinically, occasional lameness occurred; however, except for the animal that had new trauma, all animals initiated adequate limb support in 3 to 8 days after surgery. In conclusion, the use of 4.0mm and 4.7mm interlocking nails in felines was adequate, with bone healing in all cases, and also return of good limb function after surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)