Sample records for timing properties
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Remodelagem atrial elétrica reversa após cardioversão de fibrilação atrial isolada de longa duração/ Reversal atrial electrical remodeling following cardioversion of long-standing lone atrial fibrillation/ Remodelación atrial eléctrica reversa tras cardioversión de fibrilación atrial aislada de larga duración

Barbosa, Eduardo Correa; Benchimol-Barbosa, Paulo Roberto; Bomfim, Alfredo de Souza; Rocha, Plínio José da; Boghossian, Silvia Helena Cardoso; Albuquerque, Denilson Campos de
2009-09-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A fibrilação atrial (FA) isolada promove mudanças eletrofisiológicas, chamadas de "remodelamento elétrico", facilitando sua recorrência e manutenção. Há evidência de que o processo de remodelamento seja reversível após a recuperação do ritmo sinusal (RS). Entretanto, o momento para a recuperação das propriedades eletrofisiológicas ainda não foi definido. OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi avaliar a ativação elétrica atrial usando o elet (mais) rocardiograma de alta resolução de onda P (P-ECGAR) pós-cardioversão da FA de longa duração, concentrando-se no processo de remodelamento reverso para identificar o momento da estabilização do processo. MÉTODOS: Indivíduos com FA isolada persistente, candidatos à cardioversão com conversão bem-sucedida ao RS, foram incluídos no estudo. A P-ECGAR foi realizada imediatamente após a reversão ao ritmo sinusal e repetida após 7 e 30 dias. RESULTADOS: Dentre os 31 indivíduos, 9 apresentaram recorrência precoce da FA, todos nos primeiros 7 dias após a cardioversão, e 22 permaneceram em RS por pelo menos um mês; o ECGAR foi obtido no sétimo e no trigésimo dias após a cardioversão. No 30º dia, a duração da onda P progressivamente diminuiu do primeiro para o terceiro ECGAR (duração da onda P: 185,5±41,9 m/s vs 171,7±40,5 m/s vs 156,7±34,9 m/s, respectivamente, 1º, 2º e 3º ECGAR; p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La fibrilación atrial (FA) aislada promueve cambios electrofisiológicos llamados "remodelación eléctrica", que facilitan su recurrencia y mantenimiento. Hay evidencia de que el proceso de remodelación sea reversible tras la recuperación del ritmo sinusal (RS). Sin embargo, el momento para la recuperación de las propiedades electrofisiológicas no está definido todavía. OBJETIVO: El objetivo de ese estudio fue evaluar la activación eléctrica atrial c (mais) on el empleo del electrocardiograma de alta resolución de onda P (P-ECGAR) postcardioversión de la FA de larga duración, concentrándose en el proceso de remodelación reversa para identificar el momento de la estabilización del proceso. MÉTODOS: Se incluyeron en el estudio a individuos con FA aislada persistente y a candidatos a la cardioversión con conversión exitosa al RS. La P-ECGAR se realizó inmediatamente tras la reversión al ritmo sinusal y se repitió después de 7 y 30 días. RESULTADOS: Entre los 31 individuos, 9 presentaron recurrencia precoz de la FA, todos en los primeros 7 días después de la cardioversión, y 22 siguieron en RS durante un mes como mínimo; el ECGAR se obtuvo en el séptimo y en el trigésimo días tras la cardioversión. En el 30º día, la duración de la onda P disminuyó progresivamente desde el primer hasta el tercer ECGAR (duración de la onda P: 185,5±41,9 m/s vs 171,7±40,5 m/s vs 156,7±34,9 m/s, respectivamente, 1er, 2º y 3er ECGAR; p Resumo em inglês BACKGROUND: Atrial fibrillation (AF) itself promotes electrophysiological changes, termed "electrical remodeling", facilitating its recurrence and maintenance. There is evidence that the remodeling process is reversible after restoration of the sinus rhythm (SR). However, the timing for the recovery of electrophysiological properties is still undefined. OBJECTIVE: The aim of this study was to assess the atrial electrical activation using P-wave signal-averaged electrocard (mais) iogram (P-SAECG) post-cardioversion of long-standing AF, focusing on the reversal remodeling process to identify the timing of the process stabilization. METHODS: Subjects with lone persistent AF, eligible for cardioversion and successfully converted to SR, were enrolled at the study. SAECG was performed immediately after reversion to SR and repeated on days seven and thirty. RESULTS: Of 31 subjects, nine presented early recurrence of atrial fibrillation, all of them in the first seven days post-cardioversion; 22 remained in SR for at last one month and SAECG was obtained on days seven and thirty after cardioversion. In the latter, P-wave duration progressively abated from the first to the third SAECG (P-wave duration: 185.5±41.9 ms vs 171.7±40.5 ms vs 156.7±34.9 ms, respectively, first, second and third SAECG; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Aplicação de herbicidas pós-emergentes via irrigação por aspersão: revisão/ Applying postemergence herbicides through sprinkler irrigation: review

Vieira, R.F.; Silva, A.A.; Ramos, M.M.
2003-12-01

Resumo em português A herbigação (aplicação de herbicidas via irrigação) vem se expandindo no Brasil, embora os resultados de pesquisas de avaliação desta técnica sejam escassos e pouco conhecidos, principalmente quando ela é feita com herbicidas aplicados em condições de pósemergência (PÓS) das plantas daninhas. O objetivo desta revisão foi fazer um levantamento das principais publicações científicas disponíveis relacionadas à aplicação de herbicidas de PÓS via irrig (mais) ação por aspersão. Na maioria dos estudos revisados foi utilizado um simulador de irrigação por aspersão, e as doses de herbicidas empregadas na herbigação foram as mesmas utilizadas na aplicação convencional (pulverização). As lâminas de água empregadas na herbigação variaram de 1 a 14 mm (10.000 a 140.000 L ha-1). Os herbicidas mais estudados por essa técnica e que foram eficazes no manejo de plantas daninhas são: bromoxynil, acifluorfen, fomesafen, lactofen e os herbicidas ariloxifenoxipropionatos. Os herbicidas atrazine, chlorsulfuron, dicamba, sethoxydim e triasulfuron participaram de pelo menos um estudo e apresentaram potencial de controle eficiente de plantas daninhas através da herbigação. Esses herbicidas têm pelos menos duas das seguintes características: baixa solubilidade em água, rápida absorção pela folhagem e absorção pelas raízes. A eficiência desses herbicidas não foi alterada ou foi pouco alterada pela variação de lâminas de água empregadas na herbigação. A mistura de óleo não-emulsificante com o herbicida antes da injeção na água de irrigação pode aumentar a deposição e retenção do produto na folhagem das plantas daninhas. Outros fatores que também podem afetar a eficiência desses herbicidas via água de irrigação são a qualidade da água e o horário de aplicação. Não foram eficazes na herbigação os herbicidas bentazon, glyphosate e paraquat. São herbicidas de alta solubilidade em água, sendo mais lentamente absorvidos pelos tecidos foliares e/ou não são absorvidos pelas raízes. Resumo em inglês Although herbigation (application of herbicides by irrigation) has increased in Brazil, the research results evaluating this technique are scarce and mostly unknown, especially when herbigation involves the use of postemergence (POST) herbicides. The objective of this review was to discuss the main articles related to POST herbicides applied through overhead sprinkler irrigation In most of the studies revised a simulated sprinkler system was used and the herbicide rates a (mais) pplied through herbigation were the same used through conventional application (spraying). The amount of water used to apply a given herbicide varied from 1 to 14 mm (10,000 to 140,000 L ha¹). The most studied herbicides which were effective when applied through herbigation are: bromoxynil, acifluorfen, fomesafen, lactofen and the aryloxyphenoxypropionate herbicides. The herbicides atrazine, chlorsulfuron, dicamba, sethoxydim, and triasulfuron, included in, at least, one study, showed potential for weed control through herbigation. These herbicides have, at least, two of the following properties: low water solubility, quick leaf absorption, and root absorption. Variation in the volume of water for herbigation had little or no effect on herbicide weed control effectiveness. In general, mixing a non-emulsified oil with the herbicide before the injection into irrigation water may increase deposition and retention of herbicides on the leaf surface. Other factors that can affect herbicide effectiveness applied via herbigation are water quality and application timing. Generally, the following herbicides are not weed control effective in herbigation: bentazon, glyphosate, and paraquat, since they have high solubility in water, being slowly absorbed by foliage and/or not absorbed by the roots.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Antecipação da adubação de semeadura do milho em dois sistemas de manejo do solo/ Anticipation of starter fertilizer application for corn under two soil tillage systems

Bertolini, Erick Vinicius; Gamero, Carlos Antonio; Salata, Ariane da Cunha; Piffer, Cassio Roberto
2008-12-01

Resumo em português Cada sistema de manejo do solo é trabalhado de maneira própria, alterando de forma diferenciada suas propriedades químicas, físicas e biológicas, podendo requerer modificações nas recomendações e no manejo da adubação. Com a finalidade de avaliar o desempenho de três cultivares de milho em relação à adubação realizada em pré-semeadura, comparada à adubação na semeadura, em dois sistemas de manejo do solo, foi realizado este estudo. O experimento foi c (mais) onduzido na Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP, campus de Botucatu-SP, no período de novembro de 2003 a maio de 2004, em Nitossolo Vermelho distroférrico. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com parcelas subsubdivididas e quatro repetições. As parcelas foram constituídas pelos sistemas de manejo do solo (plantio direto e preparo reduzido com escarificação); as subparcelas, pelas épocas de adubação (adubação de pré-semeadura na superfície do solo, realizada 22 dias antes da semeadura do milho, e adubação feita junto com a semeadura do milho, sendo os fertilizantes incorporados ao solo); e as subsubparcelas, pelos cultivares de milho (DKB 333B, CO 32 e AL Bandeirante), totalizando 12 tratamentos. Os dados de produtividade, componentes de produção e teores de N, P e K no tecido foliar foram submetidos à análise de variância e às análises multivariadas de agrupamentos e de componentes principais. Os sistemas de manejo do solo não influíram no desempenho da cultura do milho, tampouco as épocas de adubação. As diferenças observadas nos componentes de produção e no desempenho da cultura do milho foram decorrentes, principalmente, da divergência genética dos cultivares de milho. Resumo em inglês Each soil tillage system has its proper characteristics, which have distinct effects on the chemical, physical and biological soil properties, and may require adaptations of fertilization recommendations and management. This study was conducted to evaluate the performance of three maize cultivars with fertilizer application before and at sowing in two soil tillage systems. The experiment was carried out at the "Faculdade de Ciências Agronômicas", UNESP, Botucatu-SP camp (mais) us, from November 2003 to May 2004, in a Dystric Nitosol (FAO). The experimental design was in randomized blocks with split-split plots and four repetitions. The main plots consisted of two soil tillage systems (no-tillage and reduced tillage with chisel plow), the split-plots of fertilizer application time (surface fertilizer application 22 days before maize sowing and fertilizer application incorporated to soil simultaneously to maize sowing) and split-split-plots of maize cultivars (DKB 333B, CO 32 and AL Bandeirante), totalizing 12 treatments. The data of productivity, yield components and N, P and K contents in the leaf tissue were submitted to analysis of variance and multivariate analysis of Grouping and Principal Components. The soil tillage systems did not influence the performance of the maize crop, neither the timing of starter fertilizer application. The differences observed in the yield components and the maize crop performance were mainly due to genetic divergences among the maize cultivars.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)