Sample records for tide
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Modelagem da maré meteorológica utilizando redes neurais artificiais: uma aplicação para a Baía de Paranaguá-PR, parte 2: dados meteorológicos de reanálise do NCEP/NCAR/ Meteorological tide modeling using an artificial neural netwok: an aplication to the Paranaguá Bay-PR: part 2: NCEP/NCAR reanalysis meterological data

Oliveira, Marilia Mitidieri F. de; Ebecken, Nelson Francisco F.; Santos, Isimar de A.; Neves, Claudio F.; Caloba, Luiz P.; Oliveira, Jorge Luiz F. de
2007-04-01

Resumo em português A variabilidade do nível do mar observado e a maré meteorológica na Baía de Paranaguá-PR foram analisadas, neste trabalho, com os dados maregráficos utilizados na Parte 1 e os dados meteorológicos de reanálise do "National Centers for Environmental Prediction" (NCEP) e do "National Center Atmospheric Research" (NCAR) pontos de grade no oceano, próximos ao local de estudo, referentes ao mesmo período. As componentes de alta freqüência contidas nos dados de rean (mais) álise foram retiradas com o filtro passa-baixa de Thompson, descrito na Parte 1, adaptado para intervalos de 6 horas. Analisou-se as influências das variáveis meteorológicas mais remotas, nas sobre-elevações e abaixamentos do nível do mar observado, utilizando dados de reanálise de pressão e vento. Conforme descrito na Parte 1, as séries foram analisadas, estatisticamente, no domínio do tempo e da freqüência. A série maregráfica filtrada de Cananéia (SP), utilizada para verificar a existência de correlação com a série de Paranaguá, confirmou os estudos de Mesquita (1997) para o litoral Sudeste. Essa correlação foi verificada devido à proximidade da estação de Cananéia ao ponto de grade relativo à pressão. A Rede Neural Artificial (RNA) desenvolvida na Parte 1 foi, então, utilizada com os dados de reanálise, mantendo-se a mesma arquitetura de rede com as máximas correlações entre as variáveis de entrada e saída, ajustando-se os parâmetros de taxa de aprendizado e momento para alcançar o melhor desempenho. Os resultados obtidos com ambas as fontes de dados foram comparados e a eficiência da rede foi semelhante à Parte 1 para as simulações de 6h e 12 h. Para as simulações de 18h e 24h, os resultados foram inferiores como os encontrados para a estação de superfície, sugerindo também, o desenvolvimento de outras arquiteturas de rede, visando melhorar as previsões para períodos maiores. Os resultados obtidos com os dados de reanálise sugerem a sua utilização na falta de estações meteorológicas convencionais próximas a estações maregráficas. Resumo em inglês The variability of the observed sea level and the meteorological tide in Paranaguá Bay-PR was analyzed with the tide gauge station time series used in the Part 1 and reanalysis data set of the "National Centers for Environmental Prediction" (NCEP) and the "National Center Atmospheric Research" (NCAR), on some grid points over the oceanic area, near the Bay to the same period. The Thompson low-pass filter was adapted for 6 hours intervals to remove the high frequency osci (mais) llations present in teh reanalysis data set. Remote influence of the meteorological variables, in the rises and lowing of the coastal sea level, are analyzed, statistically, in the time and the frequency domain according to the Part 1. Tide gauge station time series from Cananéia (SP), used to verify the correlation with Paranaguá data set, confirmed the Mesquita (1997) research to the southeastern coastal region. Correlation between the variability of the meteorological tide in both cities were made due to the point 1 is near Cananéia. Artificial Neural Network (ANN) with the same architecture developed in Part 1 was applied to the reanalysis data. The maxima correlations between the input/output vectors were also used, adjusting the learning rate and momentum for improving the algorithm to reach the best performance. As the Part 1, the network performed very well at 6 and 12 time lag simulations. The results to 18 and 24 time lag simulations were lower than these ones presented to the surface station, than these ones, suggesting also, others ANN architectures to improve the predictions for larger periods. The results suggest the using of reanalysis data where the lack of conventional station is significant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Diversidade da ictiofauna de poças de maré da praia do Cabo Branco, João Pessoa, Paraíba, Brasil/ Diversity of the tidal pool ichthyofauna of Cabo Branco beach, João Pessoa, Paraíba, Brazil

Rosa, Ricardo S; Rosa, Ierecê L; Rocha, Luiz A
1997-01-01

Resumo em inglês A survey of the tidal pool fish community was carried out between february/1987 and january/1988, at Cabo Branco Beach, João Pessoa, Paraíba, Brazil. Specimens were collected monthly at low tide, using rotenone. A total of 3143 specimens was obtained. The most speciose families were Ophichthidae (14% of the total number of species), Mugilidae (11%) and Muraenidae (9%), and the most representative ones in number of individuais were Gobiidae (48%), Pomacentridae (13%) and (mais) Labrisomidae (10%). The main resident species were Bathygobius soporator (Valenciennes, 1837) and Abudefduf saxalilis (Linnaeus, 1758). The presence of a large number of juveniles in the pools indicated the importance of the studied sites as nursery áreas for several fish species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Oscilação do nível de água e a co-oscilação da maré astronômica no baixo estuário do rio Paraíba do Sul, RJ

Nicolite, Micaela; Truccolo, Eliane Cristina; Schettini, Carlos Augusto França; Carvalho, Carlos Eduardo Veiga de
2009-06-01

Resumo em português A variabilidade do nível da água no baixo estuário do rio Paraíba do Sul foi estudada para avaliar os efeitos da co-oscilação da maré astronômica, descarga fluvial e de eventos meteorológicos. Dados de nível da água foram registrados em intervalos horários para o período entre outubro de 2000 até fevereiro de 2003 em uma estação localizada próximo à desembocadura do estuário. Foi observado que durante os eventos de descarga fluvial baixa os níveis de � (mais) �gua do estuário oscilam principalmente em função da co-oscilação da maré astronômica e eventualmente por marés meteorológicas. Durante períodos de descarga fluvial alta o nível da água de preamar no baixo estuário é dominado pela co-oscilação, enquanto que nas baixa-mares é influenciado pela descarga fluvial. Em períodos de descarga fluvial muito alta o estuário passa a receber a influência tanto da descarga fluvial quanto da maré astronômica nas oscilações do nível. Em períodos de baixa descarga quase não houve modificação na onda de maré, sendo observada pequena assimetria no sentido de vazante. Ainda em baixa descarga, eventos de maré meteorológica produzem distorções e assimetrias, com o tempo de subida menor que o de descida, gerando correntes mais fortes no sentido de enchente. Contudo, isto não pôde ser confirmado com a relação de fase entre M2 e M4, que sugeriu domínio de vazante. A descarga fluvial alta causou fortes distorções na onda de maré em períodos de quadratura e uma atenuação considerável nas amplitudes tanto de sizígia como de quadratura, com assimetrias no sentido de vazante corroboradas pela relação de fase entre M2 e M4. Resumo em inglês The water level in the lower Paraíba do Sul river estuary was assessed in order to evaluate the effects of the astronomical tide co-oscillation, river discharge and meteorological events. Water level data was recorded hourly from October 2000 until February 2003 at a gauge station nearby the estuarine inlet. The water level is controlled mainly by the astronomical tide co-oscillation during periods of low river discharge, and eventually by meteorological tides. Even duri (mais) ng periods of higher river discharge the water level is controlled by astronomical co-oscillation, although during low tide phase the river discharge effects are observable. During periods of extreme high discharge the low frequency water level is mainly driven by the river inflow. The tidal wave was mostly symmetrical during the low river discharge periods, and asymmetries were observed during meteorological events, with shorter flood and longer ebbs. Although, such effects were not corroborated by astronomical tidal constituents M2 and M4 relationship, which suggests ebb dominance. Stronger distortions were observed during high discharge periods, with tide attenuationeither at neap as in spring tide periods. During these periods the asymmetries were corroborated by M2 and M4 relationship.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Análise dos indicadores bacterianos de poluição dos rios Anil e Bacanga, na Ilha de São Luís, Estado do Maranhão, Brasil/ Analysis of bacterial pollution indicators in the Anil and Bacanga rivers, on the Island of S. Luís, Maranhão State, Brazil

Lee Liao, Po-Shiang Deborah; Bezerra, José de Macêdo; Bastos, Othon de Carvalho; Barreto, Gilda Maira de Carvalho
1984-08-01

Resumo em português Para o conhecimento do estado de poluição bacteriológica dos rios Anil e Bacanga, Estado do Maranhão (Brasil), coletaram-se amostras de água em 5 pontos, no Rio Anil, e 3 pontos, no Rio Bacanga, mensalmente, durante 12 meses, nas fases enchente e vazante da maré. Foram determinados números de bactérias totais/ml; índice de coliformes/100ml e índice de coliformes fecais/100ml, em ágar simples, caldo lactosado, verde brilhante - bile e E. C. Os resultados mostrar (mais) am que os índices bacterianos de poluição dos rios sofrem variações sazonais, diretamente relacionadas às fases da maré. As localidades que apresentaram maiores concentrações bacterianas foram as nascentes. As águas destes rios, de acordo com o padrão ditado pelo Ministério do Interior, demonstraram alto grau de poluição microbiana de origem fecal. Resumo em inglês Sampling of liquids was carried out monthly at both high and low tide, for one year, at 5 sites on the Anil river and at 3 sites on the Bacanga river, for bacteriological pollution study. Total viable bacteria/100ml, MPN (Most Probable Numbers) of coliforms/100ml and MPN fecal coliforms/100ml were determined by the use of nutrient agar, lactose broth, brilliant green - lactose bile broth and E C broth. The results indicated that both rivers contained a higher bacterial co (mais) ncentration at the sources and showed a seasonal bacteriological pollution variation directly related to the tidal phases. According to the Brazilian Ministry of the Interior's standards, the water of both rivers presented a high degree of microbial pollution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Análise dos indicadores bacterianos de poluição dos rios Anil e Bacanga, na Ilha de São Luís, Estado do Maranhão, Brasil/ Analysis of bacterial pollution indicators in the Anil and Bacanga rivers, on the Island of S. Luís, Maranhão State, Brazil

Lee Liao, Po-Shiang Deborah; Bezerra, José de Macêdo; Bastos, Othon de Carvalho; Barreto, Gilda Maira de Carvalho
1984-08-01

Resumo em português Para o conhecimento do estado de poluição bacteriológica dos rios Anil e Bacanga, Estado do Maranhão (Brasil), coletaram-se amostras de água em 5 pontos, no Rio Anil, e 3 pontos, no Rio Bacanga, mensalmente, durante 12 meses, nas fases enchente e vazante da maré. Foram determinados números de bactérias totais/ml; índice de coliformes/100ml e índice de coliformes fecais/100ml, em ágar simples, caldo lactosado, verde brilhante - bile e E. C. Os resultados mostrar (mais) am que os índices bacterianos de poluição dos rios sofrem variações sazonais, diretamente relacionadas às fases da maré. As localidades que apresentaram maiores concentrações bacterianas foram as nascentes. As águas destes rios, de acordo com o padrão ditado pelo Ministério do Interior, demonstraram alto grau de poluição microbiana de origem fecal. Resumo em inglês Sampling of liquids was carried out monthly at both high and low tide, for one year, at 5 sites on the Anil river and at 3 sites on the Bacanga river, for bacteriological pollution study. Total viable bacteria/100ml, MPN (Most Probable Numbers) of coliforms/100ml and MPN fecal coliforms/100ml were determined by the use of nutrient agar, lactose broth, brilliant green - lactose bile broth and E C broth. The results indicated that both rivers contained a higher bacterial co (mais) ncentration at the sources and showed a seasonal bacteriological pollution variation directly related to the tidal phases. According to the Brazilian Ministry of the Interior's standards, the water of both rivers presented a high degree of microbial pollution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Padrão de atividade e comportamento de forrageamento do morcego-pescador Noctilio leporinus (Linnaeus) (Chiroptera, Noctilionidae) na Baía de Guaratuba, Paraná, Brasil/ Activity pattern and foraging behavior of bulldog-bat Noctilio leporinus (Linnaeus, ) (Chiroptera, Noctilionidae) in Guaratuba Bay, Paraná State, Brazil

Bordignon, Marcelo O.
2006-03-01

Resumo em português Entre 18 de janeiro a 16 de dezembro de 1999 foi estudado o comportamento de forrageamento e o padrão de atividade do morcego-pescador Noctilio leporinus (Linnaeus, 1758), em uma área de manguezal na Baía de Guaratuba, Sul do Brasil. Os grupos de N. leporinus observados permaneceram em atividade ao longo de todo o período noturno, mas com um aparente padrão bimodal. Durante os meses de abril a setembro, N. leporinus inicia a sua atividade geralmente às 18:00 h, uma (mais) hora mais cedo do que durante os meses de outubro a março, quando inicia sua atividade geralmente às 19:00 h. O comportamento de predação sobre os cardumes de peixes mostrou variações quanto ao local de forrageamento ao longo do período de atividade. Em baixos níveis de maré, os grupos de morcegos pescaram longe da margem em águas mais profundas, mas nos níveis de maré alta os grupos de morcegos permaneceram pescando sempre junto à margem, em águas mais rasas. Este padrão de comportamento em N. leporinus parece ser determinado pelo padrão de deslocamento dos cardumes de peixes na área de estudo. Resumo em inglês From January 18 to December 16 of 1999 the foraging behavior and activity pattern of fishing bat Noctilio leporinus (Linnaeus, 1758) were studied in mangrove ecosystem of Guaratuba Bay, southern Brazil. The groups of N. leporinus observed remained active during all nightly period but showed an apparent bimodal pattern. During April and September N. leporinus generally begin their activity at 18:00h, one hour earlier than October to March months, when their activity starte (mais) d at 19:00 h. The foraging behavior on fish shoal varied spatially along all the activity period. During low tide level the bat groups remained fishing distant from margin on deeper water, but during high tide level the bats were always observed fishing close to the margin on flat water. This pattern in foraging behavior of N. leporinus appears to be determined by the fish shoal displacement pattern in Guaratuba Bay.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Utilização de métodos acústicos em estudos de dinâmica costeira: exemplo na desembocadura lagunar de cananéia

Paolo, Fernando S.; Mahiques, Michel M.
2008-06-01

Resumo em português Em função de suas condições de interface entre águas doces e salinas, desembocaduras estuarinas e lagunares constituem sistemas geomorfológicos altamente complexos e dinâmicos. Como conseqüência da variabilidade espacial e temporal dos fluxos de maré, o leito responde com uma grande variabilidade nas características morfológicas e sedimentares. Neste sentido, é possível relacionar diretamente a circulação de fundo e o transporte sedimentar com as feições (mais) submersas geradas. Perfis de ecossondagem, sonar de varredura lateral e sísmica de alta resolução, executados na desembocadura lagunar de Cananéia, revelaram a existência de uma dinâmica de fundo extremamente complexa, caracterizada por marcas onduladas e ondas de areia de alturas métricas. As maiores ondas de areia, localizadas em uma depressão na desembocadura lagunar, apresentam inversão de polaridade em sua assimetria, com a presença de ondas simétricas de grande tamanho no ponto de inversão. Este padrão morfológico não apresenta variação temporal em escala anual, sugerindo a persistência de um padrão de fluxos sobre o leito. Esta dinâmica revela, também, a constância de fluxos convergentes que aparentemente independem das condições de maré enchente ou vazante. Os resultados permitiram o estabelecimento de um primeiro modelo qualitativo de circulação de fundo na área, com aplicações potenciais na navegação e estudos de proteção da costa. Resumo em inglês As a function of their interface conditions between fresh and saline waters, lagunar and estuarine mouths are highly complex and dynamic geomorphological systems. As a consequence of the spatial and temporal variability of tidal flows the bottom responds with a big variability in sediment characteristics and morphology. In this sense it is possible to directly relate the bottom circulation and sedimentary transport with the bedforms generated. Echosounding, sidescan sonar (mais) and high resolution seismic profiles, surveyed in the Cananéia lagoonal mouth revealed the existence of an extremely complex bed load dynamics, characterized by ripples marks and sand waves with metric heights. Bigger sand waves, localized in a depression of the lagoonal mouth, show a change of polarity in its asymmetry with a large symmetric form in the inversion point. This morphologic pattern did not present temporal variability in a yearly scale, suggesting the persistence of a pattern of bottom flows. This dynamic also presents constant convergent flows, apparently independent of the flood or ebb tide. The results allowed us to establish a first qualitative model of bottom circulation in the area, with potential uses in navigation and shore protection studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Impactos da construção do Porto de Suape sobre a comunidade fitoplanctônica no estuário do rio Ipojuca (Pernambuco-Brasil)/ Impacts of the construction of the Port of Suape on the phytoplankton community in the Ipojuca River Estuary, Pernambuco, Brazil

Koening, Maria Luise; Eskinazi-Leça, Enide; Neumann-Leitão, Sigrid; Macêdo, Silvio José de
2002-10-01

Resumo em português A construção do Complexo Industrial Portuário de Suape, entre os anos de 1979/84, modificou as características ecológicas da área, sendo os maiores impactos observados no estuário do rio Ipojuca. Visando avaliar a ação desses impactos sobre a comunidade fitoplanctônica através da comparação com estudos realizados antes na área, foram analisadas amostras de plâncton coletadas em uma estação, durante um ciclo de 24 horas, nos períodos chuvoso (agosto/90) e (mais) seco (janeiro/91). As amostras foram coletadas pela técnica do fracionamento e com rede de plâncton de 65µm de abertura de malha. Coletas de parâmetros hidrológicos foram realizadas concomitantemente. Foram identificados 97 táxons, destacando-se como espécies muito freqüentes nos períodos chuvoso e seco: Gyrosigma balticum, Oscillatoria princeps, Chaetoceros lorenzianus, Climacosphenia moniligera e Licmophora abbreviata. A densidade fitoplanctônica variou entre 142.000 cels.l-1 a 1.789.000 cels.l-1 predominando a fração do nanofitoplâncton. O maior florescimento ocorreu no período seco, nos horários de maior insolação e maré enchente. A diversidade específica foi alta (> 3 bits.cel.l-1) explicada pela heterogeneidade ambiental. A comunidade fitoplanctônica apresentou mudanças quali-quantitativas após a implantação do Porto. Agora, predominam espécies marinhas litorais, devido à pequena profundidade e elevado hidrodinamismo na área e um decréscimo de 70% na densidade celular, ao contrário do que ocorria antes da construção do Porto, quando foi detectado a maior ocorrência de espécies marinhas planctônicas e maior número de células/litro. Resumo em inglês The Suape Industrial Port Complex (Pernambuco-Brazil) constructed between 1979/84 modified the ecology of the area, causing great impacts in the Ipojuca River. In order to assess the impacts on the phytoplankton community comparing with previous studies, samples were obtained at one fixed station in August/90 (rainy season) and in January/91 (dry season). Collections were made in a nyctemeral cycle, every 2 hours by the fraction method and with a plankton net 65 µm (mais) mesh size. Hydrological data were collected simultaneously. 97 taxa were identified and the most frequent at both studied period were: Oscillatoria princeps, Chaetoceros lorenzianus, Climacosphenia moniligera and Licmophora abbreviata. Phytoplankton densities ranged from 142,000 cells.l-1 to 1,789,000 cells.l-1 predominating the nanoplankton fraction, being higher in the dry season, during periods of intense sunlight and flood tide. Species diversity was high (> 3 bits.cel.l-1), explained by the environment heterogeneity. The phytoplankton community changed after port construction. Now, there are many littoral species due to the shallow depth and high hydrodinamism of the area and a decrease of 70% in cell density compared to the results obtained before port construction where predominated planktonic species and higher number of cells liter.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Avaliação de efeitos de espécies de mangue na distribuição de Melampus coffeus (Gastropoda, Ellobiidae) no Ceará, nordeste do Brasil/ Evaluation of local effects of mangrove species on the distribution of Melampus coffeus (Gastropoda, Ellobiidae) in Ceara, northeastern Brazil

Maia, Rafaela C.; Tanaka, Marcel O.
2007-12-01

Resumo em português Melampus coffeus (Linnaeus, 1758) é um gastrópode pulmonado, macrodetritívoro, importante na transferência de energia em manguezais neotropicais, mas sua distribuição em diferentes escalas espaciais ainda é pouco conhecida nas regiões brasileiras. Assim, o objetivo deste trabalho foi verificar a distribuição de M. coffeus com relação: 1) às espécies Rhizophora mangle Rhizophoraceae e Laguncularia racemosa Combretaceae; 2) à posição dos rizóforos de R. ma (mais) ngle e 3) à altura das árvores em diferentes manguezais. O seu comportamento ao longo do ciclo de marés também foi descrito. A densidade de M. coffeus foi similar entre R. mangle e L. racemosa, porém os maiores caramujos foram encontrados nas árvores de R. mangle. A distribuição dos caramujos encontrados no sedimento diferiu em relação aos rizóforos, com maior densidade no centro e o maior tamanho na borda da área amostral. Entretanto, não houve relação com a disponibilidade de recursos alimentares formados por folhas. A densidade também foi maior nos manguezais baixo e médio quando comparados ao alto, porém não foram encontradas diferenças de tamanho dos caramujos em mangues de alturas distintas. Observamos também que, durante a maré alta, M. coffeus sobe nas árvores mais próximas. Estes resultados podem estar relacionados principalmente com a disponibilidade de recursos e abrigos fornecidos por R. mangle. Desta forma, novos estudos sobre a distribuição de M. coffeus sob diversas condições são recomendáveis, já que as regiões de manguezais estão cada vez mais sujeitas a perturbações. Resumo em inglês Melampus coffeus (Linnaeus, 1758) is a pulmonate, macrodetritivore gastropod, important in energy flows in neotropical mangroves, but its distribution in different spatial scales is still unknown in Brazil. The objective of this study was to evaluate the distribution of M. coffeus: 1) among the mangrove trees Rhizophora mangle Rhizophoraceae and Laguncularia racemosa Combretaceae; 2) in relation to the position of R. mangle prop roots and 3) among mangroves with different (mais) tree heights. Further, its behavior along one tidal cycle was also described. The densities of M. coffeus did not differ between R. mangle and L. racemosa, but the largest snails were found on R. mangle. The distribution of snails found on the sediment differed relative to the position of the prop roots, with the highest density in the center and largest size in the edge of the studied areas. However, this distribution was not related with the availability of food resources provided by decayed leaves. Higher densities were also recorded in intermediate and low-stature mangroves when compared with taller ones, but no differences in snail's sizes among mangroves were found. During the high tide, M. coffeus individuals climb nearby trees. These results are possibly related to the availability of resources and shelter supplied by R. mangle. Thus, studies on the distribution of M. coffeus in diverse conditions are essential, because mangroves are being intensively disturbed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Características sedimentares fluviais associadas ao grau de reservação da mata Ciliar - Rio Urumajó, Nordeste Paraense/ Fluvial sedimentology associated with the degree of preservation of the riparian vegetation, Urumajó River, PA / Brazil

Brito, Roney Nonato Reis de; Asp, Nils Edvin; Beasley, Colin Robert; Santos, Helane Súzia Silva dos
2009-03-01

Resumo em português Os rios são os agentes mais importantes no transporte dos sedimentos para as áreas mais baixas dos continentes e para o mar. Além dos efeitos diretos do clima local, a cobertura vegetal atua no controle da descarga e no suprimento de sedimentos. Sendo assim, o presente trabalho enfoca o padrão de distribuição granulométrica do rio Urumajó (nordeste paraense) em relação ao estado de preservação da mata ciliar. Cinco estações (A-E) foram estabelecidas de forma (mais) a registrar um transecto da nascente à foz do rio. Nessas estações, procedeu-se com a caracterização da mata ciliar, bem como do seu grau de preservação. Além disto, elaborou-se um perfil transversal ao canal para cada estação, com coleta de cinco amostras de sedimentos em cada perfil. Estes foram submetidos à análise granulométrica, que resultou na obtenção de valores da média, mediana, seleção, assimetria e curtose. Com os resultados foi possível reconhecer as características sedimentares normais do rio, onde areia média é a principal classe granulométrica transportada. Foram observadas nas estações A e C a clara tendência das amostras serem moderadamente bem selecionadas e aproximadamente simétricas, com dominância absoluta de areia média, o que está diretamente relacionado ao seu bom estado de preservação. Significativas variações granulométricas nas estações B, D e E foram associadas com o processo erosivo das margens do rio, conseqüência da degradação da mata ciliar. Além disso, foi constatada a influência das correntes de maré na sedimentologia da estação E, subsidiando também a delimitação do ambiente estuarino que se encontra associado ao canal fluvial. Resumo em inglês Rivers are the main ways of sediment transport from inland to the coastal zone and oceans. Despite direct influence of climate, the vegetation coverage plays a central role in liquid and solid fluvial discharge. In this context, the present work aimed to study the fluvial sedimentology of the Urumajó River (Pará, Brazil) in relation to the preservation state of riparian vegetation. Sediment samples were collected at five sites (A to E), including a five-sample transvers (mais) al profile at each site. The sites were distributed from the source to the estuarine area. The characteristics and preservation state of the riparian vegetation were analyzed at each site as well. The collected sediments were submitted to grain size analysis, where mean grain size, median, asymmetry, selection and kurtosis were obtained. The results made it possible to recognize the regular characteristics (sites A and C), which included median sand as the main sediment class and well-sorted and approximate symmetric grain size distribution, directly related to the well-preserved riparian vegetation at sites A and C. On the other hand, sites B, D and E showed substantial differences in relation to the regular pattern. This fact could be associated to the vegetation degradation at those sites, resulting in margin erosion. Furthermore, at site E, reflexes of tide influence on the sediment characteristics could be observed, subsidizing the estuary delimitation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Aspectos nutricionais na vegetação de manguezal do estuário do Rio Mucuri, Bahia, Brasil/ Nutritional aspects of mangrove vegetation of the Mucuri river estuary, Bahia, Brazil

CUZZUOL, GERALDO ROGÉRIO FAUSTINI; CAMPOS, ANDRÉA
2001-06-01

Resumo em português A existência de zonas monoespecíficas é característica no manguezal do rio Mucuri, BA, onde Laguncularia racemosa L. e Rhizophora mangle L. ocupam locais sob maior influência da maré e Avicennia germinans L. está restrita a locais de salinidade mais baixa. A vegetação neste manguezal é classificada em bosques ribeirinhos (margem do rio) e bosques de bacia (interior). Parâmetros físicos e químicos do sedimento e suas relações com a concentração dos nutrien (mais) tes foliares foram associados à distribuição das espécies estudadas. Os resultados mostraram que A. germinans dominou sítios com menores valores de pH, de salinidade, de carga de troca catiônica e de silte e alto teor de argila, quando comparada às outras duas espécies estudadas. O substrato de R. mangle caracterizou-se pelos maiores teores de matéria orgânica e pela sua constituição arenosa fina. Quanto às frações granulométricas do solo, no bosque ribeirinho predominam a constituição arenosa e, no de bacia, a argilosa. Sedimentos sob A. germinans e R. mangle revelaram menores e maiores teores de macronutrientes, respectivamente, especialmente as bases trocáveis (K, Ca e Mg). Espécies restritas a sítios mais ricos em macronutrientes apresentaram menor concentração foliar desta classe de elementos químicos. Nesse aspecto, A. germinans acumulou maiores teores de macronutrientes enquanto L. racemosa e, especialmente, R. mangle foram mais ricas em micronutrientes. Apesar de se desenvolver em substratos mais ricos em Mn, L. racemosa acumulou o menor teor foliar desse elemento. Os valores baixos do fator de concentração de Fe e de Zn em R. mangle e de Mn em L. racemosa sugerem que essas espécies sejam melhor adaptadas a sítios com maiores concentrações desses micronutrientes. Resumo em inglês The existence of monospecific zones is characteristic of mangroves of the river Mucuri, BA, where Laguncularia racemosa L. and Rhizophora mangle L. occupy regions under higher influence of the tide and Avicennia germinans L. is limited to places with lower salinity. The mangrove vegetation can be classified in riverine forests (margin of the river) and basin forests (interior). Physico-chemical parameters of the sediment and their relationship with the concentration of fo (mais) liar nutrients were related to the distribution of the species. The results showed that A. germinans dominates sites with lower pH, salinity, charge for cationic exchange and silt values and higher clay content than the other two species. The substract of R. mangle was characterised by higher organic matter and fine sandy structure. Regarding the soil, the riverine and the basin forests presented sandy and loamy soils, respectively. Sediments of A. germinans showed the lowest macronutrient contents while R. mangle showed the highest ones, mainly in the cationic exchanges (K, Ca and Mg). Species restricted to the sites with high macronutrient contents showed lower foliar concentration of chemical elements. A. germinans accumulated higher macronutrient content while L. racemosa and specially R. mangle were higher in micronutrient. Despite of growing in richer substract in Mn, L. racemosa accumulated the smallest contents of this element in leaves. The low values of Fe and Zn concentration factor in R. mangle and of Mn in L. racemosa suggest that these species are more adapted to the occupation of sites with larger concentrations of those micronutrients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Ciclo reprodutivo do caranguejo violinista Uca rapax (Smith) (Crustacea, Brachyura, Ocypodidae) habitante de um estuário degradado em Paraty, Rio de Janeiro, Brasil/ Reproductive cicle of the fiddler crab Uca rapax (Smith) (Crustacea, Brachyura, Ocypodidae) at a degraded estuary in Paraty, Rio de Janeiro, Brazil

Castiglioni, Daniela da S.; Negreiros-Fransozo, Maria L.
2006-06-01

Resumo em português Este trabalho descreve o ciclo reprodutivo de Uca rapax (Smith, 1870) baseado em observações do seu desenvolvimento gonadal e ciclo de muda em uma área de manguezal degradado em Paraty, Estado do Rio de Janeiro. Os caranguejos foram capturados por duas pessoas mensalmente (julho/2001 a junho/2002) durante 15 minutos por meio da técnica de esforço de captura em período de maré baixa. No laboratório, os caranguejos foram mensurados quanto à largura da carapaça (LC (mais) ); sendo o sexo, a condição ovígera e o estágio gonadal anotados. Os estágios de desenvolvimento gonadal foram determinados por meio da observação macroscópica das gônadas e os estágios de muda através da observação do grau de enrijecimento do tegumento. Os caranguejos que apresentavam gônadas imaturas e rudimentares foram considerados imaturos enquanto os demais estágios gonadais, maduros. Obteve-se um total de 1558 espécimes, sendo 801 machos e 757 fêmeas (16 fêmeas ovígeras). As fêmeas ovígeras representaram apenas 3% da população, talvez pelo fato destas fêmeas permanecerem em suas tocas. Apesar de terem sido encontrados caranguejos com gônadas maduras ao longo de todo o ano, o período de maior atividade reprodutiva em U. rapax ocorre nos meses mais quentes do ano (primavera-verão). A freqüência de caranguejos em atividade de muda ao longo do período de estudo foi baixa (12,8%) em relação aos caranguejos em intermuda. Provavelmente, U. rapax permaneça entocada nesse período crítico, que é a troca do exoesqueleto. Apesar de U.rapax ocorrer em um manguezal completamente degradado, o seu ciclo reprodutivo não foi afetado, quando comparado com de áreas não degradadas estudadas anteriormente. Tal fato pode ser sustentado pela presença de caranguejos potencialmente maduros ao longo do ano todo na área de estudo. Resumo em inglês This present work describes the reproductive cycle of Uca rapax (Smith, 1870) based on observations of their gonadal development and molt cycles in a degraded mangrove area in Paraty, State of Rio de Janeiro. Two collectors captured the crabs monthly (from July 2001 to June 2002) during 15 minutes by procedure of capture per unit effort in low tide periods. Crabs were sexed, measured (carapace width - CW; 0.01 mm precision) and females were checked for eggs. Crab' stages (mais) of gonad development of both sexes were determined by direct and macroscopic observation and molt stage was estimated by the hardness of the tegument. A total of 1,558 specimens were collected, being 801 males and 757 females (16 ovigerous females). Ovigerous females accounted only about 3% of the population, perhaps because females usually remain underground in closed burrows during the incubation, which can not be seen easily in the field. Crabs with mature gonads were found year-round, but most reproduction in U. rapax occurred during the warmer months of the year (spring-summer). The frequency of crabs in molt activity was lower (12.8%) than intermolt crabs. Probably, U. rapax burrowed in this critic period that is the change of exoskeleton, minimizing the risks imposed by the occurrence of a soft skeleton. Despite of U. rapax be occurring in a properly degraded mangrove, its reproductive cycle seems to be not affected by the habitat condition, when it is compared with areas of the mangroves no impacted by human action. This fact is supported by the presence of potentially mature crabs year-round at the study area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Zonação de comunidade bêntica do entremarés em molhes sob diferente hidrodinamismo na costa norte do estado do Rio de Janeiro, Brasil/ Zonation of intertidal benthic communities on breakwaters of different hydrodynamics in the north coast of the state of Rio de Janeiro, Brazil

Masi, Bruno P.; Zalmon, Ilana R.
2008-12-01

Resumo em português O presente estudo pretende comparar a distribuição vertical da comunidade bêntica na zona entremarés em dois locais compostos por matacões graníticos caracterizados por hidrodinâmica distinta, reflexo da diferença na orientação dos molhes nas praias do Farol de São Tomé (Píer) e na Barra do Furado (Barra), norte do Estado do Rio de Janeiro. Quadrados de 400 cm² foram sobrepostos ao longo de três perfis verticais de ambos os sítios e amostrados através do (mais) método de fotoquadrats, desde o nível 0,2 m da maré até o limite superior de Littorina spp. O limite superior dos organismos marinhos foi ampliado na Barra (3,8 m) em relação ao Píer (2,2 m). Quanto à composição taxonômica, nove espécies foram comuns. Chaetomorpha sp., Chondracanthus teedii (Mertens ex Roth) Fredericq e Grateloupia sp. foram exclusivas na Barra, enquanto Tetraclita stalactifera (Lamarck, 1818), Fissurella clench, Gracilaria domingensis (Kützing) Sonder ex Dickie e Hypnea musciformis (Wulfen in Jacqu.) Lamouroux ocorreram somente no Píer. Em ambos os locais, a riqueza e a diversidade de espécies foram superiores nos quadrados intermediários. Os maiores valores foram registrados na Barra. As maiores diferenças nos agrupamentos entre faixas equivalentes de locais distintos ocorreram na faixa eulitorânea superior, seguida pela faixa eulitorânea inferior e franja sublitorânea. Apenas a orla litorânea não revelou diferença significativa entre os locais, mas uma maior extensão desta franja e da faixa eulitorânea superior era bastante evidente. As demais faixas na Barra do Furado foram caracterizadas em grande parte por espécies típicas de ambientes mais expostos como Chaetomorpha sp. na faixa eulitorânea superior e Perna perna (Linnaeus, 1758) na eulitorânea inferior, além de C. teedii e Ulva fasciata Delile, 1813 na franja sublitorânea. No Píer, as diferentes faixas apresentavam distribuição eqüitativa, refletindo um ambiente menos estressante. As diferenças observadas na distribuição vertical dos organismos bênticos, principalmente na extensão das faixas superiores, evidenciam condições de exposição a ondas variáveis. Resumo em inglês The present study aims to compare the vertical distribution of intertidal benthic communities in two sites composed by granitic boulders with distint hydrodynamics due to different wave swells at Farol de São Tomé (Pier) and Barra do Furado beaches (Barra), both in northern state of Rio de Janeiro. Quadrats of 400 cm² were overlapped along three vertical profiles on each site and were sampled by the photoquadrat method from 0.2 m of the tide level to the upper limit of (mais) Littorina spp. The upper limit of the marine organisms was higher at Barra site (3.8 m) than at Píer site (2.2 m). Nine species were common to both sites. Chaetomorpha sp., Chondracanthus teedii (Mertens ex Roth) Fredericq, and Grateloupia sp. were unique to Barra, whereas Tetraclita stalactifera (Lamarck, 1818), Fissurella clench, Gracilaria domingensis (Kützing) Sonder ex Dickie, and Hypnea musciformis (Wulfen in Jacqu.) Lamouroux occurred only at Píer boulders. On both sites species richness and diversity were superior at the intermediate quadrats of the intertidal zone. The highest values were recorded at Barra. The most pronounced assemblage differences between equivalent areas of either site occurred on the lower upper eulittoral band followed by the lower eulittoral and the sub-littoral fringe, respectively. The littoral fringe assemblage was the only one that did not show significant differences among the studied sites, yet a larger range of this fringe and the upper eulittoral band at Barra was quite evident. This site was mostly characterized by species of more exposed areas, such as Chaetomorpha sp. and Perna perna (Linnaeus, 1758) on upper and lower eulittoral bands, and by C. teedii and Ulva fasciata Delile, 1813 on the sub-littoral fringe. At Píer, the intertidal zone showed an even distribution, reflecting a less stressful environment. The differences on vertical distribution of the local benthic, particularly in the extent of the upper bands, indicate the variable conditions of wave exposure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Evolução quaternária, distribuição de partículas nos solos e ambientes de sedimentação em manguezais do estado de São Paulo/ Quaternary evolution, particle distribution in soils and sedimentary environment in mangroves in São Paulo State, Brazil

Souza-Júnior, Valdomiro Severino de; Vidal-Torrado, Pablo; Tessler, Moysés Gonzalez; Pessenda, Luiz Carlos Ruiz; Ferreira, Tiago Osório; Otero, Xose Luiz; Macías, Felipe
2007-08-01

Resumo em português A distribuição de partículas em solos ou sedimentos das planícies litorâneas auxilia no entendimento dos processos de sedimentação em estuários, servindo com importante atributo para aplicações em estudos de reconstrução paleoambiental, ciclos geoquímicos e poluição ambiental, como contaminação por metais pesados e derrames de petróleo, que, devido à ação antrópica, são relativamente comuns nesses ambientes. Com o objetivo de caracterizar os ambient (mais) es de sedimentação de acordo com a granulometria e com o processo de evolução quaternária ao longo do litoral do Estado de São Paulo, foram estudados solos de 14 manguezais. As análises granulométricas foram realizadas nas camadas de 0-20 e 60-80 cm de profundidade, determinando as frações argila, silte, areia total e cinco frações da areia. Realizaram-se datações 14C por cintilação líquida, espectrometria de massa acoplada a acelerador de partículas na fração humina da matéria orgânica e por termoluminescência em grãos de quartzo, para amostras de diferentes camadas dos manguezais amostrados. Os resultados de granulometria foram tratados de acordo com os parâmetros estatísticos de Folk & Ward. Os solos dos manguezais do Estado de São Paulo têm idade holocênica oscilando entre 410 e 3.700 anos AP, até a profundidade de 80 cm. Em alguns casos este substrato holocênico encontra-se sobreposto à camada arenosa pleistocênica, como foi identificado em SG1 (65-77 cm = 11.000 anos e 90-95 cm = 24.700 anos), PM (72-79 cm = 60.000 anos) e em RF, cuja camada a 40-50 cm apresentou idade de 12.200 anos. Os manguezais apresentam solos de diferentes texturas, variando de arenosa a argilosa. Os solos de constituição arenosa foram identificados na Ilha do Cardoso, na planície do Rio Guaratuba e ao longo do litoral norte, cujos manguezais foram estabelecidos sobre os sedimentos retrabalhados de antigos cordões arenosos e localizados às margens dos rios que drenam essas planícies litorâneas (SG1, SG2, GUA e RE). Esses solos ocorrem também nas proximidades da desembocadura dos rios, onde há maior influência da ação de ondas (RF). Os manguezais cujo substrato são constituídos, predominantemente, de partículas finas (silte e argila) estão localizados nos compartimentos mais protegidos do litoral, como o Canal do Cananéia (PM e BAG), Mar Pequeno (IGUA) e dentro do estuário de Santos, na Baixada Santista (ITA, IRI, COS e CRU). O período de maré estacionada, que decorre da alternância dos ciclos de enchente e vazante desta, favoreceria a sedimentação de partículas da fração silte, explicando a ocorrência de alto teor de silte na superfície dos solos de manguezais de PM e BAG e ao longo das camadas estudadas de IGUA e ITA. Resumo em inglês Particle distribution in soil or sediments of coastal plains contributes to the understanding of the sedimentation processes in estuaries. It is an important attribute for applications in studies of palaeoenvironmental reconstruction, geochemical cycles and environmental pollution such as heavy metal and oil spill contamination, which are relatively common in these sites due to human impact. With the objective of characterizing the sedimentary environments according to th (mais) e particle size and the process of quaternary evolution, 14 mangroves along the São Paulo State coast were studied. Particle size analyses were carried out with samples of the layers 0-20 and 60-80 cm. The clay, silt, total sand size and five sand fractions were determined. Radiocarbon dating was carried out by liquid scintillation counting and accelerator mass spectrometry in humin fraction of soil organic matter and by thermoluminescence of quartz grains, of samples of different layers. The results of particle size were treated according to the Folk and Ward statistical parameters. The mangrove soils of São Paulo State are holocenic with ages from 410 to 3,700 yr B.P. down to 80 cm depth. In some cases, this holocenic substratum overlies a pleistocenic sandy layer, as identified in SG1 (65-77 cm = 11,000 years and 90-95 cm = 24,700 yr), PM. (72-79 cm = 60,000 yr), and in RF where the 40-50 cm layer was estimated at 12,200 years. The mangrove soil textures varyied from sandy to clayey. Sandy soils were identified on Cardoso Island, on the Guaratuba river plain and along the northern coast. These mangroves had developed on restructured sediments of old sand ridges and along the banks of the rivers that drain the coastal plains (SG1, SG2, GUA, RE). These soils also occur close to the river mouths where waves have a strong influence (RF). The mangrove soils that consist mainly of fine particles (silt and clay) are located in the protected parts of the coastal line such as the Cananéia Channel (PM, BAG), Mar Pequeno (IGUA) and in the Santos estuary of the Baixada Santista (ITA, IRI, COS, CRU). Periods of steady tidal that are caused by the alternating high and low tide cycles would allow silt settling, explaining the higher silt content in PM and BAG and across the studied layers in IGUA and ITA.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Levantamento florístico das Rodofíceas do Arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) - Brasil/ Floristic survey of rhodophycean of the São Pedro and São Paulo Archipelago (ASPSP) - Brazil

Burgos, Douglas Correia; Pereira, Sonia Maria Barreto; Bandeira-Pedrosa, Maria Elizabeth
2009-12-01

Resumo em português Este trabalho apresenta o levantamento florístico e alguns aspectos ecológicos das algas vermelhas do Arquipélago de São Pedro e São Paulo (00º56'N; 29º22'W - 00º 55'N; 29º 20'W). O material foi coletado durante as marés baixas em seis estações, nas zonas entre-marés e infralitoral no mês de outubro de 2003 (estação seca) e abril de 2005 (estação chuvosa). Foram registradas 24 espécies, distribuídas entre as ordens Bonnemaisoniales (uma espécie), Cera (mais) miales (12 espécies), Corallinales (seis espécies), Erythropeltidales (uma espécie), Gelidiales (uma espécie), Rhodymeniales (duas espécies) e Stylonematales (uma espécie). Foram feitos 15 novos registros de rodofíceas à flora do Arquipélago e quatro novas adições para as ilhas oceânicas brasileiras: Ceramium brevizonatum var. caraibicum H. E. Petersen & Börgesen, Ceramium tenerrimum (G. Martens) Okamura, Jania prolifera A. B. Joly e Stylonema alsidii (Zanardini) K. M. Drew. Foram registradas algas vermelhas em apenas três estações. A maior riqueza de táxons (16 taxa) ocorreu na Estação 01 (Enseada) e no período chuvoso (23 taxa). A similaridade florística, com base no índice de Sørensen, em relação à profundidade, variou de 0 a 0.66%. Resumo em inglês This paper presents a floristic survey of the red algae and some ecological aspects of the São Pedro and São Paulo Archipelago (00º56'N; 29º22'W - 00º55'N; 29º 20'W). Collections were carried out during low tide in six stations located in the intertidal and infralittoral zones, in October 2003 (dry season) and April 2005 (rainy season). It was registered 24 infrageneric taxa distributed among the orders Bonnemaisoniales (1 specie), Ceramiales (12 species), Corallina (mais) les (6 species), Erythropeltidales (1 specie), Gelidiales (1 specie), Rhodymeniales (2 species) and Stylonematales (1 specie). Fifteen taxa are new records to the Archipelago flora. It was also registered four new records to the Brazilian oceanic islands: Ceramium brevizonatum var. caraibicum H. E. Petersen & Börgesen, Ceramium tenerrimum (G. Martens) Okamura, Jania prolifera A. B. Joly and Stylonema alsidii (Zanardini) K. M. Drew. The red algae were registered only in three stations. The highest specific diversity (16) occurred to Station 01 (Enseada) and to the rainy season (23 species). The Søresen floristic similarity in relation to depth varied from 0 to 0.66%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Efeitos das variações sazonais do clima tropical úmido sobre as águas e sedimentos de manguezais do estuário do rio Marapanim, costa nordeste do Estado do Pará/ Effects of seasonal variations' on the mangroves' waters and sediments of the Marapanim estuary, northeast coast of Para State

Berrêdo, José Francisco; Costa, Marcondes Lima; Progene, Maria do Perpétuo Socorro
2008-01-01

Resumo em português Para avaliar o impacto das variações climáticas, de curta duração, sobre os ecossistemas de manguezais amazônicos, foi estudada a costa nordeste do Pará entre as coordenadas: 00º 32' 30" S / 00º 52' 30" S e 47º 28' 45" W / 47º 45' 00" W. Foram amostrados os sedimentos, águas superficiais e intersticiais com medidas de salinidade, potencial hidrogeniônico (pH), potencial de oxi-redução (Eh) e determinações mineralógicas por difração de raios X e microsc (mais) opia eletrônica de varredura. Na água foram determinados o conteúdo de sulfetos dissolvidos, sulfato e cloreto, além da alcalinidade, sílica, ortofosfato, sódio, potássio, cálcio e magnésio, em meses chuvosos e de estiagem, sob marés de sizígia e quadratura. As variações sazonais do cloreto nas águas intersticiais mostram concentrações mais elevadas na estiagem que no período chuvoso, enquanto em superfície são mais elevadas nas marés de quadratura (período chuvoso) e de sizígia (período de estiagem). Os sulfetos dissolvidos foram encontrados em quantidades detectáveis somente a partir da profundidade de 10 cm o que indica exposição dos sedimentos aos fluxos advectivos de oxigênio atmosférico. Os teores de ferro dissolvido aumentam entre 0-10 cm e o potencial hidrogeniônico (pH) tende à neutralidade. A saturação das águas intersticiais na estiagem é indicada pelos minerais evaporíticos: gipso e halita. As variações pluviométricas são responsáveis por graduais mudanças nos teores de nutrientes e nas propriedades físico-químicas (pH, Eh e salinidade) das águas superficiais e intersticiais, no controle do equilíbrio salino das águas costeiras, na salinização e dessalinização dos sedimentos e na distribuição da vegetação de mangue no estuário. A exposição prolongada dos sedimentos na estiagem e as características morfológicas contribuem decisivamente para a oxidação total ou parcial dos sedimentos em superfície, o que modifica a mineralogia e as características químicas e físico-químicas das águas intersticiais. Resumo em inglês To evaluate the short period climatic variations impact over Amazonic mangrove ecosystem, studies were carried out on the northeast coast of Para State. Sediments, surficial and interstitial waters were collected and examinated throughout salinity, pH and Eh (mV) measurements; mineralogical determination using X-ray diffraction and electronic microscopy. Chemical analysis of dissolved sulfides, sulfate and chloride, among others were made in samples collected seasonally, (mais) under spring and neap tides conditions. The seasonal chloride variations in the interstitial waters shows 20 g/l during the dry season and less of 10 g/l in the season; the concentration in surficial are higher at neap tides (rainy season) and spring tide (dry season). The dissolved sulfides were found only at 10 cm, indicating sediment exposure to the atmospheric oxygen advectives fluxes. The dissolved iron rates increases between 0-10 cm and the pH tends to neutrality. The saturation of interstitial waters at dry season is indicated by evaporitic minerals: gypsum and halite. The pluviometric variations are responsible by gradual changes in the nutrient and physical chemical properties of surficial and interstitial waters, into the saline equilibrium control at coastal waters, in the salinization and desalinization of sediments and the distribution of mangrove vegetation at the estuary. The prolonged exposure of sediments during the dry season and the morphological characteristics contribute to the total or partial oxidation of surficial sediments, modifying the mineralogy of sediments and the physical chemical characteristics of interstitial waters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Estimativa da produção anual de serapilheira dos bosques de mangue no Furo Grande, Bragança-Pará/ Estimates of the annual litter production in mangrove stands in Furo Grande, Bragança-Pará

Fernandes, Marcus Emanuel Barroncas; Nascimento, Antonia Aparecida Monteiro do; Carvalho, Muzenilha Lira
2007-10-01

Resumo em português As condições ambientais de determinado local podem influenciar a produtividade dos manguezais. Assim, este estudo estimou a produção total e dos componentes da serapilheira no Furo Grande, Bragança, PA. Este estudo compreendeu quatro ciclos anuais (julho/2000 a agosto/2004) em três sítios. Foram instaladas sete cestas em cada sítio ao longo de uma transecção de 140 m, com intervalos de 20 m. Cada cesta possuía uma área útil de 1 m², com tela de 1 mm², suspe (mais) nsa acima do nível das marés de sizígia. O material acumulado nas cestas foi coletado mensalmente, separado em folha, flor, fruto, estípula, galho e miscelânea, sendo posteriormente secado a 70 ºC até alcançar peso constante. A produção média dos quatro anos foi de 9,85 t.ha-1.ano-1 no sítio 1, 6,41 t.ha-1.ano-1 no sítio 2 e 5,99 t.ha-1.ano-1 no sítio 3, cuja comparação apresenta diferença significativa entre os sítios 1 e 3 (H=7,53; gl=2; p Resumo em inglês It is well known that environmental conditions of a determined place can influence the productivity of mangroves. So, the present study estimated the total and components litter production in Furo Grande, Bragança-PA. This study comprised four annual cycles (July/2000 to August/2004) at three sites. Seven traps were placed at each site along a 140 m transect, with 20 m intervals. Each trap had a useful area of 1 m², with 1 mm² mesh, suspended above the spring tide leve (mais) l. Accumulated material in the traps was collected on a monthly basis, sorted manually into leaves, flowers, fruits, stipules, twigs, and miscellaneous and then oven-dried to constant weight at 70ºC. The mean production of four years was 9.85 t.ha-1.year-1 at site 1, 6.41 t.ha-1. year-1 at site 2, and 5.99 t.ha-1. year-1 at site 3, with significant difference between sites 1 and 3 (H=7.53; df=2; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Interferências de barramentos no regime hidrológico do estuário do rio Catú-Ceará-Nordeste do Brasil/ Barrier interference on Catú Estuarine hydrologic system - Ceará - NE - Brazil

Pinheiro, Lidriana de Souza; Morais, Jáder Onofre de
2010-08-01

Resumo em português O estuário do rio Catú localiza-se a 26 km a sudeste de Fortaleza, no Município de Aquiraz. O objetivo desse estudo foi avaliar os impactos de barramentos de pequeno e médio porte no aporte de água doce e sua repercussão na evolução morfológica e fragilidade ambiental do referido sistema. Foram escolhidas e analisadas as principais intervenções no escoamento superficial, formas de uso e ocupação das margens no período entre 1990 e 2004. O impacto dessas inte (mais) rvenções na vazão fluvial, com foco nos barramentos, foi simulado com uso de modelos e equações semi-empíricas, em função da ausência de estações de monitoramento fluviométrico. A construção do Açude Público Catú-Cinzento, no alto curso, diminuiu em 30% a contribuição de águas para a lagoa do Catú e consequentemente para o estuário. Isto resultou na diminuição do volume estuarino de 8.507 m³ para 2.045 m³ sob as mesmas condições climáticas e de marés. O tempo de residência das águas é de aproximadamente 18 dias, com baixa capacidade depuradora. Os processos de sedimentação ali existentes configuram o ambiente em causa como estuarino-lagunar em fase evolutiva para ambiente lacustre. Resumo em inglês The Catú River estuary lies 26 km SW of Fortaleza in Aquiraz municipality. This study aims to evaluate the small and medium barrier impacts in fresh water inputs and effects on the morphological evolution and environmental fragility of the estuary system. The main superficial flow interventions have been chosen and analyzed as well as the margins use and occupation from 1990 to 2004. The impacts focused in the barrier spilling were simulated through semi-empirical equati (mais) on models, once there was no fluviometry monitoring stations. The over dimension of the Catú river spill wall, in 993, gave rise to flow relentless in rainy seasons for volumes less than 1 m³.s-1 favoring the mouth silting, estuary area shortage and mangrove decreasing. Afterwards, the wall resizing increased flow rate to 7 m³.s-1 due to flash flood in upstream areas at rainy season, allowing channel clearing and water oxygenation. The public dam Catú-Cinzento, in the river backland, decreases in 30% the lake water input and in the estuary. This caused the estuary water volume shortage from 8.507 m³ to 2.045 m³ under the same climatic and tide conditions. The water residence time is 18 days with low depuration capacity. The existing sedimentary processes configure the study environment as lagoon-estuary evolving to lake.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Estrutura vegetal e grau de perturbação dos manguezais da Lagoa da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, Brasil/ Structure and degree of perturbation of mangroves at Tijuca Lagoon, Rio de Janeiro, RJ, Brazil

SOARES, M. L. G.
1999-08-01

Resumo em português A Lagoa da Tijuca, localizada ao sul da cidade do Rio de Janeiro, possui estreita faixa de manguezal distribuída de forma descontínua ao longo de suas margens. Os bosques de mangue apresentam grande variabilidade estrutural. Nos bosques monoespecíficos de Laguncularia racemosa, com dap médio entre 3,4 e 7,7 cm e altura média entre 4,5 e 7,7 m, há predomínio de indivíduos com menos de 10,0 cm de diâmetro. Nos demais pontos, observamos bosques mistos, mais desenvol (mais) vidos, dominados ora por Laguncularia racemosa, ora por Rhizophora mangle (dap médio entre 7,8 e 16,7 cm; altura média entre 6,8 e 16,1 m), ora por Avicennia schaueriana (dap médio de 7,1 cm e altura média de 5,3 m). A variabilidade estrutural observada é forte indício de área alterada. Observações feitas em manguezais do Sudeste do Brasil demonstram que bosques dominados por Laguncularia racemosa de pequeno porte são característicos de locais alterados em processo de recomposição. Um dos pontos estudados, caracterizado por bosque maduro de Rhizophora mangle, bastante desenvolvido para os padrões estruturais do litoral sudeste do Brasil, encontra-se comprometido pela presença de Acrostichum sp., espécie invasora que está inibindo o desenvolvimento de plântulas de R. mangle. O fato está relacionado à alta deposição de sedimentos finos, elevando a cota do terreno e reduzindo a influência das marés. Resumo em inglês The Tijuca Lagoon is located south of Rio de Janeiro City. It is bordered by a discontinued and narrow belt of mangrove trees. Mangrove forests have a high structural variability. Of the eighteen stands studied there are monospecifics stands of Laguncularia racemosa with dbh between 3.4 and 7.7 cm and height between 4.5 and 7.7 m, dominated by trees with dbh less than 10.0 cm. At the other stands, occur mixed forests, structuraly more developed, sometimes dominated by Lag (mais) uncularia racemosa, sometimes by Rhizophora mangle (dbh between 7.8 and 16.7 cm; height between 6.8 and 16.1 m, prevailing trees with dbh greater than 10.0 cm). There are also mixed stands dominated by Avicenia schaueriana (dbh of 7.1 cm and 5.3 m high, predominating individuals over 10.0 cm in dbh). The structural variability observed, is strong evidence of an altered landscape. Observations on mangrove forests at southeastern Brazil show that stands dominated by Laguncularia racemosa with low dbh are typical of degraded sites in process of restoration. The structure that is quite close to that of the original forest is represented by the most developed stands (high dbh and height). One of the studied stands, with mature forest of Rhizophora mangle, high developed for the structural patterns of mangrove at the southeastern Brazil is jeopardized by the invasion of Acrostichum sp., wich is preventing the development of R.mangle saplings. This invasion is related to a high deposition of mud, wich rose the substrate, reducing tide inundation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

História natural dos amborés e peixes-macaco (Actinopterygii, Blennioidei, Gobioidei) do Parque Nacional Marinho do Arquipélago de Fernando de Noronha, sob um enfoque comportamental/ Natural history focus blennies and gobis behaviour (Actinopterygii, Blennioidei, Gobioidei) from Fernando de Noronha Archipelago

Mendes, Liana de F.
2006-09-01

Resumo em português Os amborês e peixes-macaco, como são popularmente conhecidos gobiídeos e bleniídeos, são elementos dominantes da fauna de pequenos peixes bentônicos e litorâneos que habitam recifes tropicais, compondo grande parte da alta diversidade das espécies de pequeno porte encontrada no Atlântico ocidental. O estudo da distribuição e história natural dos gobióides e blenióides de Fernando de Noronha foi desenvolvido através de observações de campo. Além da descri (mais) ção dos hábitats preferenciais foram abordados aspectos sociais tais como, habitat preferencial, interações intra- e interespecíficas, comportamento domiciliar e territorial, e comportamento reprodutivo. A maioria das espécies em foco apresenta distribuição principalmente litorânea, são gregárias, com áreas domiciliares relativamente pequenas em torno de 2 x 2 m², pouco agressivas, tendo sido ocasionalmente registradas curtas perseguições intra- e interespecíficas. A baixa agressividade registrada, em comparação com outros peixes é provavelmente associada à adaptação à ocupação de pequenas áreas, como é o caso das poças de marés, pois um grande número de interações agressivas representaria um gasto de energia desnecessário. No geral, as espécies possuem coloração críptica, associada à evitação de predadores. Apenas nestas épocas de reprodução foi observada a intensificação da agressividade, com comportamento territorial - defesa de território incluindo mordidas e perseguições. Resumo em inglês The gobis and blenis (Gobiidae and Bleniidae) are the most important group of small benthic littoral fishes in tropical reefs, representing most of the high number of small fish species found in Western Atlantic. The natural history of gobiid and bleniid fish from Fernando de Noronha was assessed by means observation sessions using both snorkelling and scuba diving. Most of these observations were aimed at social behaviour, such as intra and interespecific interactions, t (mais) erritorial and reproductive behaviour. In general, these fish from Fernando de Noronha occurs in intertidal zone, are gregarious, with small home ranges of near 2 x 2 m², and show low agressivity towards other fish. Occasionally, some chasing was recorded between individuals of the same or distinct species. Low agressivity is probably associated to the occupation of small areas (e.g. tide pools), as a high degree of agressivity may represent an unnecessary [excessive] waste of energy. Most of the studied species presents cryptic coloration, associated to the avoidance of predators, but some males showed conspicuous coloration and intense aggressive behaviour, mainly during the reproductive season. It was only during this occasion that territorial behaviour, chasing and bites were recorded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Uma armadilha para captura de Porcellanidae (Crustacea, Decapoda) do mediolitoral de praias rochosas/ A trap for capturing porcellanidae (Crustacea, Decapoda) from midlittoral of rocky shores

Oliveira, Edinalva; Masunari, Setuko; Sicuro, André Henrique Gaida
1995-01-01

Resumo em inglês A simple net trap for capturing agile porcelain crabs living amongst superposed stones of the midlittoral rocky shore was developed. About a hundred pebbles and boulders were dislodged from I m² area and Im depth, so that a pit was formed. A sheet net of Im² and Imm mesh size was spread on the bottom of this pit and the stones were replaced again, like the original condition. After a cicle of high tide (about 12 hours), the same stones in the pit were carefully searched (mais) by dislodging and by rinsing them. The porcelain crabs were slowly getting out from the handling stones towards the bottom until they found the net sheet. The net border was lifted and the animais captured. The density of population sampled with the aid of the net trap was about 50% higher than that collected by hand. Also, small size species and early developmental stages were adequately collected in this trap. However, the sampling by hand also showed a good performance, as all species of Porcellanidae known from Farol isle and all developmental stages of those species were registered in this collection methodology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Qualidade de frutos de melancia em função de fontes e doses de potássio/ Quality of watermelon fruits as a function of sources and doses of potassium

Grangeiro, Leilson Costa; Cecílio Filho, Arthur Bernardes
2004-09-01

Resumo em português Foram conduzidos dois experimentos em propriedades rurais próximas à cidade de Borborema (SP), de outubro a dezembro de 2001 e de fevereiro a abril de 2002, com o objetivo de avaliar a qualidade de frutos de melancia, híbrido Tide, em função de fontes e doses de potássio. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados completos, em esquema fatorial 3 x 4, com três repetições, sendo avaliadas as fontes cloreto, nitrato e sulfato de potássio e (mais) as doses de 50; 100; 200 e 300 kg ha-1 de K2O. Foram avaliados: sólidos solúveis totais (SST), acidez total titulável (ATT) e a relação SST/ATT. Os sólidos solúveis não foram influenciados por fontes e doses de potássio, mas apenas pela época de cultivo, sendo maior no plantio de fevereiro a abril de 2002. A acidez titulável aumentou até um ponto máximo com o incremento nas doses de potássio, enquanto que a relação SST/ATT apresentou uma redução até um ponto mínimo. Resumo em inglês Two field experiments were carried out in Borborema, São Paulo State, Brazil, from October to December 2001 and from February to April 2002, to evaluate the quality of watermelon fruits, hybrid Tide, as a result of potassium sources and doses. The experimental design was a randomized complete blocks, in a 3 x 4 factorial scheme with three replications. The treatments consisted of the three potassium sources (chloride, nitrate and sulphate) and four potassium doses (50; 1 (mais) 00; 200 and 300 kg ha-1 of K2O). Total soluble solids (TSS), total titratable acidity (TTA) and TSS/TTA ratios were evaluated. Soluble solids were influenced by the growing season with higher values from February to April. Total titratable acidity increased and TSS/TTA ratio decreased when increasing the potassium doses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Produção de proteases por Bacillus sp SMIA-2 crescido em soro de leite e água de maceração de milho e compatibilidade das enzimas com detergentes comerciais/ Production of proteases by Bacillus sp. SMIA-2 grow on whey and corn steep liquor and compatibility of the enzyme with commercial detergents

Nascimento, Wellingta Cristina Almeida do; Martins, Meire Lelis Leal
2006-09-01

Resumo em português A produção de proteases por Bacillus sp. SMIA-2 cultivado em um meio de cultura contendo soro de leite e água de maceração de milho foi estudada. Além disso, a compatibilidade da enzima com detergentes comerciais foi também avaliada. A atividade máxima da enzima (70 U/mg proteína) foi observada na fase estacionária de crescimento, com 32 h de incubação. Estudos sobre a caracterização da protease revelaram que a temperatura ótima para atividade desta enzima (mais) foi 70 °C e que a mesma manteve 91% de sua atividade quando incubada a 70 °C na presença do cálcio. O valor ótimo de pH encontrado para a protease foi 8,0, sendo que a enzima manteve 85% e 46% de sua atividade quando incubada por 1 h em pH 9 e pH 10 respectivamente. A protease manteve 64% e 50% de sua atividade quando incubada a 70 °C por 30 min com os detergentes Cheer® e Tide® respectivamente. A utilização da glicina juntamente com íons cálcio resultou em um aumento da estabilidade enzimática em todos os detergentes testados. Em presença dos detergentes Ultra bizz®, Cheer® e Tide®, a enzima manteve aproximadamente 100% de atividade, após 30 min de incubação a 70 °C. Resumo em inglês The production of protease by the thermophilic Bacillus sp. SMIA-2 cultivated in a medium containing whey and corn steep liquor was studied. In addition, the compatibility of the enzyme with commercial detergents was evaluated. The maximum activity of the enzyme (70 U/mg protein) was observed in the phase stationary of growth, with 32 h of incubation. Studies on the protease characterization revealed that the optimum temperature of this enzyme was 70 °C and that it ma (mais) intained 91% of its activity when incubated a 70 °C in the presence of calcium. The optimum pH of the enzyme was found to be 8.0 and the enzyme maintained 85% and 46% of its original activity when incubated for 1 h at pH 9 and pH 10 respectively. Protease retained 64% and 50% of its activity after 30 min incubation at 70 °C in presence of the detergents Cheer® and Tide® respectively. The addition of glycine and calcium improved the stability of the enzyme in all detergents used. In the presence of the detergents Ultra bizz®, Cheer® and Tide®, the enzyme maintained 100% of its activity after 30 min of incubation at 70 °C.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Produtividade da cultura da melancia em função de fontes e doses de potássio/ Yield of watermelon fruits as a function of sources and doses of potassium

Cecílio Filho, Arthur Bernardes; Grangeiro, Leilson Costa
2004-06-01

Resumo em português Foram conduzidos dois experimentos em propriedades rurais próximas à cidade de Borborema - SP, nos períodos de outubro a dezembro de 2001 e de fevereiro a abril de 2002, com o objetivo de avaliar a produtividade de melancia (Citrullus lanatus (Thumb.) Matsum. & Nakai), híbrido Tide, em função de fontes e doses de potássio. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados completos, em esquema fatorial 3 x 4, com três repetições, sendo utilizada (mais) s as fontes: cloreto KCl), nitrato (KNO3) e sulfato de potássio (K2SO4) e as doses: 50; 100; 200 e 300 kg de K2O ha-1. Foram avaliados o peso médio de fruto, o número de frutos e produção por planta e produtividade. O maior número de frutos por planta estimado foi obtido nas doses de 190 e 300 kg K2O ha-1, respectivamente, nas fontes KNO3 e KCl. Não houve diferença significativa entre as doses para K2SO4. Para o peso médio de fruto, houve diferença significativa entre as fontes apenas no cultivo de fevereiro a abril de 2002, quando o KCl proporcionou maior peso. A maior produção por planta foi obtida com K2SO4, seguido por KNO3 e KCl. Entretanto, as doses de potássio para as máximas produtividades foram de 132, 193 e 205 kg K2O ha-1, respectivamente, para as fontes K2SO4, KNO3 e KCl. O plantio de outubro a dezembro de 2001 proporcionou maior peso médio, produção de frutos por planta e produtividade, ao passo que o maior número de frutos por planta foi obtido no cultivo de fevereiro a abril de 2002. Resumo em inglês Two field experiments were conducted in Borborema, State of São Paulo, from periods of October to December of the 2001 and February to April of 2002, with the objective of evaluate the yield of watermelon (Tide hybrid) (Citrullus lanatus (Thumb.) Matsum. & Nakai) in function of sources and doses of potassium. The experimental design was a randomized complete block, with three replications, in a 3 x 4 factorial scheme, being evaluated sources: potassium chloride, nitrate (mais) and sulphate and doses: 50, 100, 200 and 300 kg K2O ha-1. The average weight of fruits, number of fruits and production per plant and yield were evaluated. The biggest number of fruits for plant was achieved with 190 and 300 K2O ha-1 of KNO3 and KCl, respectively. The weight of fruit differed among sources only in the second experiment, where KCl provided greater weight. Maximum yield were obtained with doses of 132, 193 e 205 kg K2O ha-1, respectively from K2SO4, KNO3 e KCl. In the experiment from October to December of 2001, were obtained the greatest average weight, production of fruits per plant and yield, while the biggest number of fruits per plant was achieved in the experiment of February to April of 2002.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Problemas na premunização de melancia para o controle do mosaico causado pelo Papaya ringspot virus/ Problems associated with cross protection of watermelon for the control of Papaya ringspot virus

DIAS, PAULO R. P.; REZENDE, JORGE A. M.
2001-09-01

Resumo em português Neste trabalho estudou-se a proteção de melancia (Citrullus lanatus) com estirpes fracas do Papaya ringspot virus, estirpe melancia, em condições de casa de vegetação e em campo. Os resultados mostraram que a proteção foi eficiente em ambos os testes. Nos testes em campo porém, as plantas protegidas da cultivar Crimson Sweet tiveram uma redução no peso médio de frutos por planta de, aproximadamente, 50% e 10,8%, em comparação às plantas não protegidas que (mais) estavam sadias, no primeiro e no segundo teste, respectivamente. O mesmo fato ocorreu com a cultivar Crimson Tide, na qual se registrou uma redução de 36,4%, aproximadamente, em um único teste. Além da redução na produção, outro problema encontrado na premunização da melancia foi a necessidade de duas inoculações sucessivas das mudas, em dias consecutivos, para aumentar a freqüência de plantas infetadas. Resumo em inglês Studies were carried out to evaluate the protective effect of two mild strains of Papaya ringspot virus, watermelon strain, on watermelon (Citrullus lanatus) plants under greenhouse and field conditions. The results showed that protection was positive under both conditions. However, protected plants of 'Crimson Sweet' showed a reduction on the average weight of fruit per plant of, approximately, 50% and 10.8%, as compared to the yield of healthy plants, in the first and s (mais) econd trials, respectively. Yield reduction on protected 'Crimson Tide' was approximately 36.4% in one trial. In addition to yield reduction, another problem associated with cross protection in watermelon was the requirement of two successive inoculations of the seedling, on consecutive days, to increase the frequency of protected plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Panopeus bermudensis Benedict & Rathbun, novo registro de Brachyura (Decapoda, Xanthidae) para o litoral do Rio Grande do Sul, Brasil/ Panopeus bermudensis Benedict & Rathbun, new record of Brachyura (Decapoda, Xanthidae) from the seabord of Rio Grande do Sul, Brazil

Santos, Ana Lucia F.; Rieger, Paulo J.
2001-09-01

Resumo em inglês It is registered for the first time in the Rio Grande do Sul coast, the crab Panopeus bermudensis Benedict & Rathbun, 1891, which previous southern limit of distribution was at Santa Catarina, and now it is extended to the Rio Grande do Sul state coast line. These crabs were colected at Cassino beach in Rio Grande city in midle of trash lycd with the high tide.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Levantamento preliminar de moluscos em praias arenosas e areno-lodosas de Piúma, estado do Espírito Santo, Brasil/ Preliminary study of the mollusks in sandy and sandy-nuddy beachs of Piúma, Espírito Santo State, Brazil

Castro, Gilson Alexandre de; Santos, Écio Franco dos
1989-01-01

Resumo em inglês The present work is a preliminary contribution to the knowledge of the fauna, with regard to the aspect of mullusks, on the coast located in the city of Piúma (40º45' lat. L and 20º50' long. W) Espírito Santo State, aiming a better comprehension of the distribution and ecology of mollusks in the South Atlantic. Collections were made in planned sporadic periods (May/29 to 31 of 1984; May/04-05 and September/13-16 of 1985; March/26-28; October/30-31 and November/01-02 o (mais) f 1986), in the intertidal zones in the area, in each chosen region and in presence of an 0.0 tide. The material identified by comparative analysis of the morphologic variability presented a total of 41 generic taxa (52.56%) and 44 specific taxa (52.38%) of the class Gastropoda, 36 generic taxa (46.15%) and 39 specific taxa (46.43%) of the class Bivalvia and 1 generic taxa (1,28%) and 1 specific taxa (1.19%) of the class Scaphopoda.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Exportação de nutrientes pelos frutos de melancia em função de épocas de cultivo, fontes e doses de potássio/ Nutrients recruitment of watermelon fruits in relation to seasons, potassium sources and doses

Grangeiro, Leilson C.; Cecílio Filho, Arthur B.
2004-12-01

Resumo em português Foram conduzidos dois experimentos em propriedades rurais, localizadas próxima a cidade de Borborema (SP), de outubro a dezembro/2001 e de fevereiro a abril/2002, com o objetivo de determinar as quantidades exportadas de nutrientes pelos frutos de melancia, em função de fontes e doses de potássio, em duas épocas de cultivo. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados completos, em esquema fatorial 3x4, com três repetições, sendo avaliados as (mais) fontes: cloreto, nitrato e sulfato de potássio e as doses: 50; 100; 200 e 300 kg ha-1 de K2O. Com exceção do Mg, as maiores exportações de nutrientes pelos frutos foram obtidas no cultivo de outubro a dezembro. A massa seca e as exportações de N, P, K, e Ca aumentaram de forma quadrática com as doses de potássio. A aplicação KCl aumentou respectivamente, de forma quadrática e linear, as exportações de S e Cl pelos frutos de melancia. Resumo em inglês Two field experiments were conducted in Borborema, São Paulo State, Brazil, from October to December 2001 and February to April 2002, to evaluate the nutrients recruitment of watermelon fruits, Tide hybrid, as a result of potassium sources and doses. The experimental design was a randomized complete block, with three replications, in 3x4 factorial scheme, the sources being evaluated: potassium chloride, nitrate and sulphate and doses of 50; 100; 200 and 300 kg ha-1 K2O. (mais) Greater recruitment of N, P, K, Ca, S and Cl by watermelon fruits was obtained in the first trial, while the recruitment of Mg was observed in the second trial. The dry mass and recruitment of N, P, K, and Ca increased with potassium doses. S and Cl of the watermelon fruits increased with the increase of KCl doses in a quadratic and linear form, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Estudo da embebição e da viabilidade de sementes de macadâmia (Macadamia integrifolia Maiden & Betche)/ Study of tide imbibition and viability of macadamia seeds (Macadamia integrifolia Maiden & Betche)

Ono, E.O.; Rodrigues, J.D.; Sabino, J.C.; Pinho, S.Z. de
1993-05-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo, verificar o tempo de armazenamento necessário para que seja atingida a viabilidade máxima e o tempo de embebição máxima de sementes de macadâmia (Macadamia integrifolia Maiden & Betche var. IAC-4-20). As sementes foram pesadas e colocadas em recipientes com água para que ocorresse o processo da embebição, sendo realizada a pesagem a cada 6 horas. Pode-se concluir que a embebição foi máxima ao redor de 90 horas após o in (mais) ício da embebição. Para a análise da viabilidade das sementes, estas foram semeadas mensalmente, durante 12 meses a partir da colheita. Verificou-se que a viabilidade máxima das sementes é atingida, 4 meses após o início do armazenamento. Resumo em inglês To verify the necessary storage time to reach maximum viability and the imbibition time of Macadamia integrifolia Maiden & Betche var. IAC-4-20) seeds, they were weighted and disposed in water vessels for the imbibition process, evaluated through weighing in intervals of 6 hours. It is concluded that the imbibition was maximum at about 90 hours after the beginning of imbibition. With relation to the analysis of viability, the seeds were planted monthly, during 12 months, after seed harvest. Maximum viability of seeds was reached four months after the initiation of seed storage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Estrutura sazonal e espacial do microfitoplâncton no estuário tropical do rio Formoso, PE, Brasil/ Seasonal and spatial structure of microphytoplankton in the tropical estuary of Formoso River, Pernambuco State, Brazil

Silva, Marcos Honorato da; Silva-Cunha, Maria da Glória Gonçalves da; Passavante, José Zanon de Oliveira; Grego, Christiana Kelly da Silva; Muniz, Kátia
2009-06-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo determinar as variações espaço-temporal do microfitoplâncton e variáveis ambientais no estuário do rio Formoso, litoral sul do estado de Pernambuco. As coletas ocorreram em três pontos, no período chuvoso (maio a julho/2002) e estiagem (outubro a dezembro/2002). As amostras do plâncton foram obtidas através de arrastos horizontais superficiais, com rede de abertura de malha de 64¼m. Foram registrados in situ dados sobre temperat (mais) ura e transparência e, concomitantemente, coletadas amostras de água utilizando a garrafa tipo Kitahara para a análise de salinidade, pH, oxigênio dissolvido, sais nutrientes e biomassa. Foram identificados 204 táxons predominando o grupo das diatomáceas (75%), destacando-se como dominantes Chaetoceros costatus Pavillard, Chaetoceros curvisetus Cleve, Chaetoceros sp., Coscinodiscus centralis Ehrenberg, seguidas dos dinoflagelados (10,79%), cianofíceas (6,37%), clorofíceas (3,92%), euglenofíceas (3,43%) e silicoflagelados (0,49%). As concentrações de oxigênio demonstraram uma alta capacidade de renovação do ambiente devido ao aporte de águas marinhas; maiores concentrações de nutrientes e biomassa algácea ocorreram durante o período chuvoso e nas baixa-mares. A pluviometria e o aporte marinho foram os parâmetros que mais influenciaram na hidrologia e na distribuição da comunidade fitoplanctônica com reflexo na riqueza taxonômica. Resumo em inglês This work aimed to evaluate spatial and temporal variations of the microphytoplankton and environmental variables in the Formoso River estuary, southern coast of Pernambuco state. The samples were collected at three stations, in the rainy season (May to July/2002) and dry season (October to December/2002). The plankton samples were obtained through horizontal superficial hauls, with a 64ìm-mesh net. Temperature and transparency were recorded in situ and, at the same time (mais) , water samples were collected using a Kitahara bottle to analyze salinity, pH, dissolved oxygen, nutrients and biomass. A total of 204 taxa were identified with the diatom group (75%) ranking first; dominant species were Chaetoceros costatus Pavillard, Chaetoceros curvisetus Cleve, Chaetoceros sp., Coscinodiscus centralis Ehrenberg, followed by the dinoflagellates (10.79%), cyanophycea (6.37%), chlorophycea (3.92%), euglenophycea (3.43%) and silicoflagellates (0.49%). Oxygen concentrations evidence a high capacity of environment renewal due to sea-water input; higher concentrations of nutrients and microalgae biomass occurred during the rainy season and at low tide. The parameters rainfall and sea-water input influenced hydrology and phytoplankton community distribution to the greatest degree, contributing to species richness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Estado morfodinâmico praial no instante da observação: uma alternativa de identificação/ Beach morphodynamic state at the moment of observation: an alternative for identification

Muehe, Dieter
1998-01-01

Resumo em português Para a determinação do estado morfodinmico modal de algumas praias do estado do Rio de Janeiro, foram realizados perfis topográficos transversais acompanhado de medições oceanográficas e sedimentológicas durante vinte e quatro campanhas mensais em condições de baixa-mar de sizígia em quatro praias. estando duas localizadas a norte e duas a oeste do Cabo Frio. As mesmas se diferenciaram pelo clima de ondas, pelas suas características sedimentológicas expressas (mais) em termos de velocidade de decantação e conseqüentemente pelo estado modal. A utilização do parmetro Ω de Dean para a identificação do estado morfodinmico no momento da observação apresentou resultados geralmente insatisfatórios, com exceção do estado refletivo, devido à baixa correlação entre a velocidade de decantação dos sedimentos da face da praia e o gradiente topográfico. Uma nova abordagem de determinação do estado morfodinmico, no momento da observação, é proposta através da inferência da morfologia da praia e zona de surfe e arrebentação por meio da comparação da altura e período da onda significativa na zona de arrebentação externa e a altura e duração do espraiamento da onda na face da praia. Resumo em inglês Determinations of the morphodynamic state of beach and surf zone were made on four beaches in Rio de Janeiro state, with two beaches located northward and two westward of Cabo Frio. Twenty four monthly measurements of beach and surf zone profiles associated to measurements of wave height and period, sediment settling velocity as well as swash climate were made during low spring tide. The beaches were classified by their modal morphodynamic state, a differentiation due to (mais) different wave climate and sediment characteristics. With exception for the reflective state, low correlation between the predicted and observed Morphodynamic State were obtained using Dean's parameter (Ω). This is a consequence of the low correlation between the grain size (and settling velocity) of the beach face sediments and the topographic gradient, when applied to a single beach. A new approach for the identification of the Morphodynamic State is proposed by inferring the beach and nearshore morphology through the comparison of the wave height and period in the outer breaker zone to the height and semi-period of wave in the swash zone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Ecologia populacional dos Amphipoda (Crustacea) dos fitais de Caiobá, Matinhos, Paraná, Brasil/ Population ecolocy of Amphipoda (Crustacea) from the phytals of Caiobá, Matinhos, Paraná, Brazil

Dubiaski-Silva, Janete; Masunari, Setuko
1995-01-01

Resumo em inglês Spalial and temporal density distributions of Amphipoda from the phytals of Caiobá are described. Air temperature oscillated from 16ºC (August and May) to 23ºC (March), surface water temperature from 17ºC (August) to 25ºC (March) and the salinity from 29.3‰ (May) to 32.8‰ (August). Two samples of 25cm² (for algae less than 5cm long), 100 cm² (for algae between 5-10cm long) and whole plants (for algae more than 10cm long) were removed with a spatula from the rocky (mais) surface at Caiobá Beach, in August/86, November/86, March/87 and May/87. After sorting, the algal substrata were weighted, their adsorption coefficient calculated and the sediment retained among the thallii weighted. The average distance between the branching was measured for all branched algae. The densities were calculated in relation to the weight of the algal substrate in grams. Eight phytals were considered: Ulva fasciata Delile, Padina gymnospora (Kútzing) Vickers, Sargassum cymosum Garth, Porphyra atropurpurea (Olivi) De Toni, Gelidium sp., Gymnogongrus griffithsiae (Turner) Martius, Pterocladia capillacea (Gmelin) Bornet &Thurel and Pterosiphonia pennata (Roth) Falkenberg, over which nine Amphipoda species live: Ampithoe ramondi Audouin, 1816, Cymadusa filosa Savigny, 1852, Elasmopus pectenicrus Bate, 1857, Hyale media Dana, 1857, Hyale sp.l, Jassa falcata Montagu, 1895 and Sunampithoe pelagica H. Milne-Edwards, 1830 (Gammaridea). Caprella danilevskii Czerniavski, 1861 and Caprella penantis Leach, 1814 (Caprellidea). Amphipoda densities ranged from 0.27 ind.g-1 to 45.68. ind.g-1. The broad-thallii algae Porphyra, Ulva and Padina harbored lower densities of Amphipoda, whereas those finely branched Pterocladia, Pterosiphonia and Gymnogongrus, the highest values and the less branched Sargassum and Gelidium, intermediate values. The high densities found in the finely branched algae had as main contribution the juvenile recruiting of most Amphipoda. The tide level might have influenced the temporal distribution of the Amphipoda density, due to the distinct time of air exposition in eaeh collection data. Most Amphipoda did not show specific algal substratum colonization: only Sunampithoe pelagica occurred solely in Sargassum. Four species occurred in different branched algae: J. falcata. S. pelagica. C. danilevskii and C. penantis. H. media had Sargassum, Pterocladia, Pterosiphonia and Gymnogongrus as the best algal substrata, whereas Caprellidea, the Pterocladia and Pterosiphonia phytals. High sediment weight in Padina was the main reason for high densities of Hyale sp.l in this phytal. The occurrence of males, females (including ovigerous ones) and juveniles of most Amphipoda species found in the present study indicates a complete life cycle whithin these phytals and corroborates with the assumption of the complexity of this marine coastal ecosystem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Ecologia do microfitoplâncton do estuário do rio Igarassu, PE, Brasil/ Microphytoplankton ecology of the Igarassu river estuary, Pernambuco State, Brazil

Leão, Bruno Machado; Passavante, José Zanon de Oliveira; Silva-Cunha, Maria da Glória Gonçalves da; Santiago, Marilene Felipe
2008-09-01

Resumo em português Foram realizadas coletas mensais de outubro/2002 a setembro/2003 em baixa-mar e preamar de um mesmo dia, para estudo da comunidade fitoplanctônica do estuário do rio Igarassu, relacionando-a aos parâmetros abióticos. Foram identificadas 210 espécies, distribuídas em cinco divisões. As Bacillariophyta tiveram maior representatividade, com 146 espécies, seguidas pelas Cyanophyta (26 espécies), Chlorophyta (15 espécies), Euglenophyta (12 espécies) e Dinophyta (11 (mais) espécies). As espécies dominantes foram Chaetoceros curvisetus Cleve (97,8%, na preamar da estação 02, em abril/2003), Thalassionema nitzschioides Grunow (93,67%, na estação 03, na baixa-mar, em agosto/2003), Microcystis aeruginosa Kützing (88,37%, maio/2003, na baixa-mar da estação 02), Rhizosolenia hebetata (Bailey) Gran (87,52%, na estação 03, na preamar de fevereiro/2003) e Thalassiosira rotula Meunier (84,18% na estação 02, durante a preamar do mês de junho/2003). A densidade microfitoplanctônica esteve associada à pluviosidade, tendo ocorrido um florescimento expressivo no fim da período chuvoso e inicio do período de estiagem. A diversidade específica e equitabilidade estiveram diretamente relacionadas à baixa-mar e período de estiagem. A partir da observação dos parâmetros ambientais e da estrutura da comunidade fitoplanctônica verificou-se que existe uma forte influência da água do mar no estuário do rio Igarassu, evidenciada pela presença de espécies neríticas e oceânicas, enquanto que, na época de maior pluviosidade ocorreu à presença dominante da Cyanophyta dulcícola Microcystis aeruginosa Kützing. Resumo em inglês Studies on the phytoplankton community and its relationship to abiotic parameters were carried out at the Igarassu River estuarine area. Plankton collections were made monthly from October/2002 to September/2003 during low and high tides on the same day. We identified 210 species, distributed in five divisions. Bacillariophyta was the most taxonomically diverse with 146 species, followed by Cyanophyta (26 species), Chlorophyta (15 species), Euglenophyta (12 species) and D (mais) inophyta (11 species). The dominant species were Chaetoceros curvisetus Cleve (97.8%, high tide, station 2, April/2003); Thalassionema nitzschioides Grunow (93.67%, low tide, station 3, August/2003); Microcystis aeruginosa Kützing (88.37%, low tide, station 2, May/2003); Rhizosolenia hebetata (Bailey) Gran (87.52%, high tide, station 3, February/2003); and Thalassiosira rotula Meunier (84.18% high tide, station 2, June/2003). Microphytoplankton density was related to rainfall, with a bloom at the end of the rainy season. Higher species diversity and evenness were related to low tide and dry season. The phytoplankton community was structured by the marine flux during the dry season in the Igarassu River estuary with the presence of neritic and oceanic species. In the rainy season the community was structured by the freshwater flux, with the dominance of the Cyanophyta Microcystis aeruginosa Kützing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Calipso não se consolava com a partida de Ulisses: a ilha da igualdade/ Calypso could not get over the departure of Ulysses: an isle of equality

Douailler, Stéphane
2003-04-01

Resumo em português Quando, em 1987, Jacques Rancière publicou O mestre ignorante, de Joseph Jacotot, o método universal de emancipação intelectual e o aprendizado de leitura sem mestre explicador inscreviam o nome de seu autor no livro de ouro dos precursores da escola e da pedagogia. Após uma releitura do estatuto que, em 1911, o Dictionnaire de pédagogie de Ferdinand Buisson lhe havia conferido, Stéphane Douailler, professor do departamento de filosofia da Universidade Paris VIII, (mais) busca ressaltar, neste breve artigo, algumas das linhas de ruptura graças às quais o livro de Jacques Rancière conseguiu estilizar a aventura de Jacotot num paradigma excepcional da questão filosófica da igualdade das inteligências e da emancipação universal, na contramão das verdades em torno das quais, historicamente, a escola se fundou. Resumo em inglês When, in 1987, Jacques Rancière published The ignorant schoolmaster, by Joseph Jacotot, the universal method of intellectual emancipation and reading training without an explaining master definitively entered the gallery of school and education precursors. After reviewing the status he was given by the Dictionnaire de Pédagogie edited by Buisson, in 1911, Stéphane Douailler, professor at the department of philosophy at the University of Paris 8, attempts to draw out so (mais) me of the rupture lines through which Rancière's book succeeded to stylize the adventure of Jacotot into an exceptional paradigm of the philosophical question of intelligence equality and universal emancipation, that went against the tide of the truths around which school was historically founded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Acúmulo e exportação de macronutrientes pelo híbrido de melancia Tide/ Accumulation and exportation of macronutrients by watermelon Tide hybrid

Grangeiro, Leilson Costa; Cecílio Filho, Arthur Bernardes
2004-03-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi determinar o acúmulo e exportação de macronutrientes pela cultura da melancia, híbrido Tide. O experimento foi conduzido no município de Borborema - SP. As amostragens de plantas foram realizadas aos 15, 30, 45, 60 e 75 dias após transplantio (DAT), para determinação da massa seca e do acúmulo e exportação dos nutrientes (N, P, K, Ca, Mg e S). O acúmulo de massa seca foi lento até os 30 DAT, intensificando-se a partir deste (mais) período e atingindo, no final do ciclo, a contribuição média da parte vegetativa de 31% e dos frutos de 69%. Até 30 DAT, o acúmulo de nutrientes também foi pequeno, não ultrapassando 2% do total. Com a frutificação, houve forte incremento na quantidade de nutrientes acumulados. O período de maior demanda para N, Ca e Mg foi de 45 a 60 DAT e para P, K e S de 60 a 75 DAT. Do total acumulado, a parte vegetativa foi responsável por 29,6% e os frutos com 70,4%. A ordem decrescente dos nutrientes acumulados pela cultura foi: K>N>Ca>Mg>P>S. Para a produtividade alcançada de 40 t ha-1 observou-se a seguinte exportação de nutrientes pelos frutos: 106,4 kg ha-1 de N, 11,1 kg ha-1 de P, 118,0 kg ha-1 de K, 4,3 kg ha-1 de Ca, 6,8 kg ha-1 de Mg e 6,0 kg ha-1 de S. Resumo em inglês The objective of this research was to determine under field condition the accumulation and exportation of macronutrients by watermelon plant. The experiment was carried out in the Borborema region, State of São Paulo. The samples were taken at the 15, 30, 45, 60 and 75 days after transplanting (DAT), for dry mass determination and accumulation and exportation of N, P, K, Ca, Mg and S. The dry mass accumulation was slow until 30 DAT, intensifying later with the beginning (mais) of the frutification. At the end of the cycle, the average contribution of the vegetative part was of about 31% and of fruits 69%. The accumulation of the nutrients followed the curve of dry mass accumulation. The period of larger demand for the nutrients N, Ca and Mg occured from 45 to 60 DAT and for P, K and S from 60 to 75 DAT. The vegetative part was responsible for 29,6% of the total accumulated and the fruits for 70,4%. The nutrients in decreasing order of accumulation were: K>N>Ca>Mg>P>S. To yield of 40 t ha-1 the exported of nutrients by fruits were: 106.4 kg ha-1 of N, 11.1 kg ha-1 of P, 118.0 kg ha-1 of K, 4.3 kg ha-1 of Ca, 6.8 kg ha-1 of Mg and 6.0 kg ha-1 of S.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)