Sample records for thyroid hormones
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Vias dopaminérgicas e somatostatinérgicas diminuem o TSH sérico em ratos portadores de carcinoma mamário walker-256/ Dopaminergic and somatostatinergic pathways decrease serum thyrotropin in rats bearing the 256-walker mammary carcinoma

Monte, Osmar; Zyngier, Szulin; Kimura, Edna T.; Bianco, Antonio C.
2005-04-01

Resumo em português A função do eixo hipotálamo-hipófise-tireóide em animais portadores da "síndrome do T3 baixo", foi estudada em ratos implantados com o tumor de Walker-256. Ratos machos adultos foram injetados com 1 x 106 células tumorais viáveis, por via SC, e sacrificados após 10 dias. A intensidade da síndrome guardou relação positiva com o tamanho do tumor desenvolvido. Houve diminuição da atividade tireoideana documentada pela diminuição da área nuclear das células (mais) foliculares, das concentrações plasmáticas do T4, da rTg e da captação do 131I. Mesmo o implante SC de um pellet de TSH de liberação lenta causou menor estimulação tireoideana, avaliada após 2 e 24h nos ratos com tumor. A secreção do rTSH avaliada através da administração IV de TRH mostrou-se significativamente diminuída nestas condições, indicando aumento do tônus inibidor hipotalâmico sobre a secreção deste hormônio. A participação de outros neuro-mediadores hipotalâmicos foi verificada através da administração prévia de metoclopramida e/ou fisostigmina, com ou sem estímulo subseqüente pelo TRH. Nos animais tratados com metoclopramida, os valores do rTSH aumentaram significativamente, assim como a resposta ao estímulo de secreção pelo TRH. A fisostigmina mostrou-se mais eficiente na mediação da resposta de secreção do rTSH, bem como na resposta ao estímulo de secreção pelo TRH. A administração concomitante dos dois fármacos, seguida do estímulo pelo TRH, normalizou a secreção do rTSH. Conclui-se que, além das alterações conhecidas do metabolismo das iodotironinas, a secreção de TSH encontra-se diminuída nos animais portadores de tumor de Walker-256, sugerindo diminuição global do tônus tireoideano. Resumo em inglês The hypothalamus-pituitary-thyroid axis was studied in rats with the "low T3 syndrome" caused by the implantation of the Walker-256 mammary carcinoma. Male adult rats were injected s.c. with 1 x 106 viable tumoral cells and killed 10 days later. The tumor development was associated with decreased thyroid activity characterized by a ~15% reduction in the nuclear area of the thyrocytes and 131I-thyroid uptake (down by ~50%), as well as about 70% lower serum levels of T4 and (mais) rTg. The functional thyroidal response to exogenous TSH was decreased in the tumor-bearing rats, as well as the rTSH secretion in response to TRH (50ug/kg). To investigate the role of other hypothalamic neuromediators in this process, tumor-bearing rats received an i.v. injection of metoclopramide (5mg/kg) and/or physostigmine (12.5ug/kg), with or without concomitant stimulus with TRH. Each drug improved the rTSH response to TRH, which in the case of physostigmine, almost normalized. When both drugs were injected simultaneously the rTSH response to TRH returned to normal. Thus, in addition to the well known alterations in the extrathyroidal metabolism of thyroid hormones, TSH secretion is decreased in rats with the Walker-256 tumor, indicating a generalized reduction in the thyroid function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Variação estacional dos hormônios tireoideanos e do cortisol em ovinos em ambiente tropical/ Seasonal variation of thyroid hormones and cortisol of sheep in tropical environment

Starling, Josiane Maria Cardoso; Silva, Roberto Gomes da; Negrão, João Alberto; Maia, Alex Sandro Campos; Bueno, Andrea Roberto
2005-12-01

Resumo em português Foram estudadas as variações nas concentrações de cortisol e dos hormônios da tireóide de ovinos da raça Corriedale criados em ambiente tropical. Vinte e um ovinos (14 machos e sete fêmeas) foram mantidos em uma câmara climática à 45ºC por nove dias, 8 horas por dia. Registraram-se a temperatura retal (TR) e a frequência respiratória (FR) dos animais, a temperatura ambiente (TA) e a pressão parcial de vapor (PV). Os animais foram posteriormente classificado (mais) s de acordo com suas respostas quanto à TR e à FR, selecionando-se cinco animais mais aclimatados (grupo A) e cinco animais menos aclimatados (grupo NA) às altas temperaturas do ar. Esses dez animais foram transferidos para um cercado, onde foram registradas a TR e FR duas vezes ao dia e coletadas as amostras sanguíneas uma vez por semana, durante um ano. Foram observadas diferenças nas concentrações de cortisol, de tiroxina (T4) e de triiodotironina (T3), atribuídas às variações na TA e na PV. Ocorreram maiores concentrações de cortisol e menores de T4 e de T3 nos períodos de maior TA e/ou PV, sendo que as estimativas dos coeficientes de correlação (r) das variáveis TA e PV com o cortisol foram r = 0,224 e r = 0,395, respectivamente. As correlações entre os hormônios tireoideanos e a TA foram negativas (r = -0,156, para T4, e r = -0,151, para T3), evidenciando que um aumento na TA causou redução na taxa metabólica. As variáveis medidas não diferiram entre os grupos de animais classificados. Portanto, a utilização apenas das variáveis fisiológicas TR e FR como parâmetros para a seleção não é suficiente para se avaliar o grau de aclimatação dos animais ao ambiente tropical. Resumo em inglês The variation of cortisol and thyroid hormones in Corriedale sheep bred in a tropical environment was evaluated. Fourteen males and seven females were observed in a climatic chamber at 45ºC for nine days, eight hours per day. Rectal temperature (TR), respiratory rate (FR), air temperature (TA) and air humidity (PV) were recorded. The animals were ranked according to their responses for TR and FR and then the five highest (A group) and five lowest (NA group) ranked animal (mais) s were selected. These ten animals were moved to a pen where they were observed along one year for TR and FR two times a day, and blood-sampled once a week. The results showed differences for T3, T4, and cortisol concentrations, which were attributed to variations in TA and PV. Cortisol concentrations were higher and T3 and T4 ones were lower under increased TA and PV. Correlations of TA and PV with cortisol values were r = .224 and r = .395 respectively. The negative correlations of TA with T3 (r = -.151) and T4 (r = -.156) showed that increase in TA may be followed by decrease in the metabolic rate. No significant difference for all variables investigated was found between the two groups, thus it is not recommended the use of TR and FR as the only criteria to evaluate sheep performance in tropical environments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Valor preditivo da dosagem das iodotironinas na avaliação prognóstica de doentes graves/ Predictive value of the measurement of iodotironines on the prognosis of patients with severe nonthyroidal illnesses

Ward, L.S.; Maciel, R.M.B.
1997-06-01

Resumo em português Os valores das dosagens de T3 e de T4 diferenciaram os pacientes com boa e má evolução durante a internação em unidade de terapia intensiva. OBJETIVO. Procurar indicadores para o prognóstico de doentes graves por meio do estudo seqüencial dos níveis séricos dos hormônios tiroidianos. MÉTODOS. Os autores mediram as iodotironinas (T3, T4 e rT3) por ocasião da entrada e da alta de 42 pacientes internados em unidade de terapia intensiva. Verificaram, também, os d (mais) ados referentes à última coleta de outros 17 doentes, transferidos para a UTI após o início do quadro clínico. RESULTADOS. Comparando pacientes que evoluíram bem com aqueles que foram a óbito, observaram, nos primeiros, níveis iniciais normais de T4 em 76% dos casos, valores que se mantiveram estáveis ou se elevaram em 65% dos pacientes durante a internação, de tal forma que níveis normais de T4 estavam presentes em 70% dos casos por ocasião de sua alta. Ao contrário, 56% dos pacientes que evoluíram mal já apresentavam T4 inicial baixo, que diminuiu ainda mais em 95% dos pacientes durante a internação, notando-se valores baixos em 81% dos casos por ocasião da última amostra. Os valores de T3 e de T4 em conjunto também diferenciaram os pacientes com boa e má evolução. CONCLUSÃO. Os autores sugerem que a observação dos níveis séricos das iodotironinas pode oferecer importante subsídio na avaliação prognóstica de doentes em estado grave. Resumo em inglês In order to find prognostic parameters in patients with severe diseases, we analyzed sequentially the levels of thyroid hormones. METHODS. We measured iodothyronines (T3, T4 and rT3) in 42 patients before the admission and after the discharge in an intensive care unit. In addition, we also measured the iodothyronines in other 17 patients after the discharge. RESULTS. Comparing the group of good outcome with the patients who died, we observed in the former group initial no (mais) rmal T4 levels in 76% of the patients, which were maintained in 65% of them during hospitalization and in 70% of them at the time of delivery from the intensive care unit. Patients who died, however, presented initial low T4 levels in 56% of them, decreasing values in 95% of them during hospitalization and low levels in 81% of patients at the last dosage. The combined profile of T3 and T4 also differentiated good and bad outcome. CONCLUSION. We suggest that serial analysis of serum levels of thyroid hormones may help the evaluation of critical care patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Utilidade de regras booleanas aplicadas à liberação de resultados de exames hormonais e marcadores tumorais/ Usefulness of Boolean rules applied on the release of hormonal and tumor markers tests results

Melo, Murilo Rezende; Melo, Keli Cardoso de; Faria, Cláudia Dutra Costantin
2006-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A avaliação de perfis hormonais exige, tradicionalmente, a participação de especialistas para adequada liberação setorial. A análise desses resultados através de regras booleanas é alternativa interessante para minimizar os resultados a serem avaliados manualmente. MATERIAL E MÉTODO: Avaliamos a utilização de regras booleanas construídas no programa Instrument Manager para o equipamento Architect, principalmente para mensuração de hormônios s (mais) exuais e tireoidianos, além de marcadores tumorais. O resultado da intervenção foi avaliado quanto a: a) número e facilidade de construção das regras; b) comparação cega entre liberação por patologista clínico (resultados impressos) e conjunto de regras em 940 testes consecutivos. RESULTADOS: A criação das regras se revelou tarefa complexa e trabalhosa, especialmente pela existência de perfis hormonais com diversos modos de solicitação dos testes. Foram necessárias 153 regras booleanas (do tipo se...então) em uma ordem específica. Essas regras concordaram com o especialista em 97,9% dos casos (920 testes). O conjunto de regras reteve 25 casos (2,7%) e o patologista clínico, apenas nove. Nos 20 casos discordantes, as regras deixaram de reter apenas dois casos, sendo um da fração beta da gonadotrofina coriônica humana (beta-hCG) em homens (que implicou a criação de nova regra) e um caso de perfil tireoidiano completo sem hormônio tireoestimulante (TSH) (o patologista clínico optou por confirmar o pedido médico). CONCLUSÃO: A criação de conjunto eficiente de regras booleanas é tarefa complexa que necessita de conhecimentos técnicos e de lógica, mas que permite a otimização do funcionamento do laboratório. Obtivemos excelente concordância entre o conjunto de regras criado e a liberação manual de patologista clínico, garantindo a segurança, a velocidade e o menor custo do sistema. Resumo em inglês BACKGROUND: Hormone profile evaluation traditionally requires an expert review of results for adequate laboratory section test release. Analysis of these results using Boolean rules is an interesting alternative to reduce the number of results that require manual review. MATERIAL AND METHOD: We evaluated the utilization of Boolean rules using Instrument Manager software and Architect analyzer, mainly performing sex and thyroid hormones measurement. The intervention was ev (mais) aluated on: a) number of rules and its easiness of construction; b) blind comparison of results evaluation by clinical pathologist (printed results) and set of rules in 940 consecutive tests. RESULTS: Rule creation was a complex and arduous task, especially due to hormonal profiles with several different request patterns. It was necessary to use a set of 153 Boolean (if…then) rules, in a specific order. This set of rules agreed with expert opinion in 97.9% (920 tests). Rules hold 25 tests (2.7%) and the clinical pathologist only nine tests. There was discordance in 20 cases; rules did not hold only two cases: a beta-hCG in a male patient (that prompted the creation of a new rule) and a complete thyroid profile lacking only TSH request (pathologist opted to review the original request). CONCLUSION: Creation of an efficient set of Boolean rules proved to be a complex task requiring both technical and logics knowledge, but allowing optimization of laboratory workload. We achieved excellent concordance between the set of rules and clinical pathologist manual review, in a safe, fast and low cost system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Usando redes neurais diretas e regras de produção no controle da concentração de hormônios tireoideanos

Martins, L. G. A.; Monteiro, L. H. A.
2007-09-01

Resumo em português O hipotireoidismo é uma patologia que ocorre no sistema de regulação dos hormônios tireoideanos, decorrente da deficiência na produção ou na ação desses hormônios. A maioria dos pacientes hipotireoideos deve fazer reposição hormonal durante toda a vida. Neste trabalho, desenvolve-se um modelo de controlador para o fornecimento de medicamentos aos pacientes com hipotireoidismo primário, devido à remoção total da glândula tireóide. Duas redes neurais diret (mais) as com múltiplas camadas predizem as concentrações dos hormônios TSH e T4 existentes no sangue. Essas previsões e as concentrações correntes são utilizadas como entrada para o controlador. Baseando-se em um conjunto de regras de produção, define-se qual a dosagem da droga que é necessária ser aplicada, no presente, a fim de manter as concentrações hormonais dentro de faixas de regularidade, no futuro. A atuação do controlador deve ser tal que mudanças bruscas não ocorram na evolução temporal das concentrações desses hormônios. Resumo em inglês Hypothyroidism is a pathology that occurs in the system regulating the thyroid hormones and it is a consequence of insufficiency either in the production or in the action of these hormones. Most of the patients in hypothyroidism state must use hormonal replacement therapy for all their lives. In this work, a controller model for supplying therapeutic drugs to primary hypothyroidism patients, whose have been submitted to total removal of thyroid gland, is developed. Two mu (mais) ltilayer perceptron neural networks predict the concentrations of the hormones TSH and T4 in the blood. These forecasts and the current concentrations are used as input to the controller. Based on a set of production rules, the controller defines the necessary drug dosage to maintain the concentrations inside regularity bands in the future. The performance of the controller must be such that abrupt changes do not occur on the time evolution of those hormones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Tumores hipofisários secretores de TSH: relato de dois casos e revisão da literatura/ TSH-secreting pituitary tumors: two case reports and literature review

Duarte, Felipe Henning Gaia; Jallad, Raquel Soares; Salgado, Luiz Roberto; Bronstein, Marcello Delano
2009-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Tumores hipofisários secretores de hormônio estimulante da tireoide (TSH), tireotropinomas, são raros e correspondem a menos de 2% de todos os adenomas da hipófise. Manifestam-se clinicamente com sintomas e sinais de tireotoxicose, eventualmente associados a sintomas compressivos, sobretudo visuais, devido ao efeito de massa do tumor. Esses tumores se caracterizam pela presença de níveis séricos elevados de hormônios tireoidianos e níveis séricos e (mais) levados, ou inapropriadamente normais, de TSH. Frequentemente, ao diagnóstico, há relato de tratamento prévio cirúrgico, medicamentoso e/ou ablativo, por hipótese de hipertireoidismo primário por doença de Graves. OBJETIVO: Relatar dois casos de tireotropinomas acompanhados na Unidade de Neuroendocrinologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) e revisar a literatura visando ao manejo desta afecção. CONCLUSÃO: Na presença de hormônios tireoidianos elevados e níveis de TSH inapropriadamente normais ou elevados, a possibilidade de adenoma hipofisário produtor de TSH deve ser considerada com vistas à realização da terapia adequada. Resumo em inglês INTRODUCTION: TSH-secreting pituitary adenomas are rare pituitary functioning tumors accounting for less than 2% of the pituitary adenomas. The clinical feature consists of thyrotoxicosis occasionally associated to tumoral symptoms due to mass effect. The biochemical feature consists of elevated thyroid hormones levels and normal or high TSH concentrations. This disease is often wrongly diagnosed as Grave's disease, and the ablative therapy is frequently conducted prior t (mais) o the diagnosis. OBJECTIVE: To report two cases followed in the Neuroendocrine Unit of Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo and to review the literature aiming at the management of this affection. CONCLUSION: In the presence of elevated thyroid hormone levels associated with inappropriate normal or increased TSH levels, the possibility of a TSH-secreting pituitary adenoma should be considered for the proper medical treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Tratamento medicamentoso dos tumores hipofisários. parte II: adenomas secretores de ACTH, TSH e adenomas clinicamente não-funcionantes

Vilar, Lucio; Naves, Luciana; Freitas, Maria da C.; Oliveira Jr., Sebastião; Leite, Verônica; Canadas, Viviane
2000-12-01

Resumo em português Este artigo revisa o potencial papel do tratamento medicamentoso para os adenomas hipofisários secretores de ACTH, TSH e aqueles clinicamente não-funcionantes (ACNF), Metirapona, mitotano e cetoconazol (preferível por causar menos efeitos colaterais) são as drogas mais eficazes no controle do hipercortisolismo, mas nenhuma delas supera a eficácia da cirurgia transesfenoidal (TSA). O tratamento medicamentoso da doença de Cushing está, portanto, melhor indicado para (mais) pacientes aguardando o efeito pleno da radioterapia ou, como alternativa para esta última, em casos de hipercortisolismo persistente após TSA, e para pacientes com rejeição ou limitações clínicas para a cirurgia. Outra indicação potencial seria em idosos com microadenomas ou pequenos macroadenomas, ou em casos associados a sela vazia. No que se refere aos adenomas secretores de TSH, os análogos somatostatínicos (SRIFa) proporcionam normalização dos hormônios tiroideanos em até 95% dos casos. Assim, eles podem se mostrar úteis em casos de insucesso da cirurgia ou como terapia primária de casos selecionados. Ocasionalmente, agonistas dopaminérgicos (DA), sobretudo a cabergolina, também podem ser eficazes. Em contraste, DA e SRIFa raramente induzem uma significante redução das dimensões dos ACNFs. Por isso, em pacientes com tais tumores, essas drogas devem ser principalmente consideradas diante de contra-indicações ou limitações clínicas para a cirurgia ou quando a cirurgia e a radioterapia tenham sido mal-sucedidas. Resumo em inglês This article reviews the potencial role of medical treatment for both ACTH and TSH secreting pituitary adenomas, as well as for clinically non-functionning pituitary adenomas (CNFPA). Metyrapone, mitotane and ketoconazole (preferable for causing less side-effects) are the most effective drugs for the control of hypercortisolism but none of them surpasses the efficacy of transsphenoidal surgery (TSA). Drug therapy in Cushing's disease is therefore better indicated for pati (mais) ents waiting for the full effect of radiotherapy or, as an alternative to radiotherapy, for cases of TSA failure as well as patients that refuse or have clinical limitations to surgery. Other potential indications for medical treatment in Cushing's disease include elderly patients with microadenomas or small macroadenomas, as well as cases associated to an empty sella. Concerning TSH-secreting adenomas, somatostatin analogues (SRIFa) lead to normalization of thyroid hormones in up to 95% of treated patients. Therefore they may represent an useful tool for long-term treatment of such rare tumors in case of surgery failure or as primary therapy for selected cases. Occasionaly, dopamine agonists (DA), especially cabergoline, may also be efficacious in normalizing hormone levels. In contrast, DA and SRIFa rarely induce significant tumor shrinkage in patients with CNFPA. Thus, these drugs should be considered particularly for patients who are poor candidates for surgery or in whom surgery and radiotherapy have failed to control the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Transtorno bipolar do humor e gênero/ Bipolar affective disorder and gender

Dias, Rodrigo da Silva; Kerr-Corrêa, Florence; Torresan, Ricardo Cezar; Santos, Carlos Henrique R. dos
2006-01-01

Resumo em português Embora o transtorno bipolar (TB) ocorra quase igualmente em ambos os sexos, a fenomenologia e o curso da doença diferem no homem e na mulher. No entanto, há evidências de que mulheres bipolares, mais que os homens, apresentariam início mais tardio (em especial na quinta década de vida), ciclagem rápida, mais episódios depressivos, mais mania disfórica que eufórica, estados mistos e evolução do tipo bipolar II, ainda que os achados nem sempre sejam consistentes. (mais) Embora o risco de comorbidades no TB inclua, para ambos os gêneros, abuso de álcool e drogas, homens bipolares teriam maior probabilidade de ser alcoolistas, não procurar tratamento e de se suicidar. Hipóteses sugeridas para explicar tais diferenças variam daquelas centradas em aspectos culturais ou psicológicos para as que focalizam os sistemas hormonais, como os esteróides gonadais ou o eixo tireoidiano, e até mesmo a anatomia cerebral. A influência do ciclo reprodutivo (ciclo menstrual, gravidez e menopausa) sobre as opções terapêuticas no tratamento do TB é apresentada na última parte desta revisão. Resumo em inglês Although the bipolar disorder (BD) occurs almost with the same frequency in both genders, the phenomenology and the outcome of the illness differ between them. Nevertheless, there is evidence that women with BD show, more than men, delayed beginning, especially in their fifth decade, more rapid cycling outcome, more depressive episodes, more dysphoric mania, more mixed states and more BD type II. Even so, the findings are not always consistent. Although the risk of comorb (mais) idities in BD includes, for both the sorts, excessive alcoholic consumption and drugs, bipolar men would have greater probability of being alcohol dependent, of not seeking treatment and of committing suicide. Suggested hypotheses to explain such differences vary from those centered in cultural or psychological aspects to those that focus on the steroids hormones, and other hormones such as cortisol, thyroid hormones and even on the cerebral anatomy. The reproductive cycle (menstrual cycle, pregnancy and menopause) influences on the BD phenomenology and its relevance to the therapeutical options in the treatment of the BD in women are presented in the last part of this review. Further investigations must to be done in order to clarify this controversy. However, up to now the data indicate that estrogen therapy is not to be primarily indicated to prevent depression, Alzheimer disease or cognition impairment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Terapia de reposição hormonal no hipopituitarismo/ Hormone replacement therapy in hypopituitarism

Abucham, Julio; Vieira, Teresa C. Alfinito; Barbosa, Erika Ribeiro; Ribeiro, Rogério Silicani; Martins, Manoel R. Alves
2003-08-01

Resumo em português Esse artigo traz uma revisão do hipopituitarismo com ênfase na terapia de reposição hormonal. O conhecimento das bases fisiológicas da terapia de reposição hormonal, assim como dos aspectos práticos do tratamento, constitui o suporte racional para tratar esses pacientes. Essa revisão foi organizada por deficiência hormonal e cada um desses tópicos inclui epidemiologia, etiologia, apresentação clínica, diagnóstico, preparações hormonais disponíveis para o (mais) tratamento de cada deficiência, dosagens, vias de administração, efeitos colaterais e monitorização clínico-laboratorial durante os diferentes períodos da vida para cada reposição hormonal: hormônio de crescimento na criança e no adulto, hormônios tiroideanos no hipotiroidismo central, glicocorticóides no hipoadrenalismo central, análogos de vasopressina no diabetes insípidus central, esteróides sexuais no homem e na mulher, da puberdade à senescência e gonadotrofinas no tratamento da infertilidade. As informações aqui contidas resultam de uma revisão crítica da literatura aliada à nossa experiência de mais de duas décadas no diagnóstico e tratamento do paciente hipopituitário na Unidade de Neuroendocrinologia da Universidade Federal de São Paulo. Resumo em inglês This article brings an updated review of hypopituitarism with emphasis in hormone replacement therapy. The physiological basis of hormone replacement therapy and practical aspects of treating hypopituitary patients were both taken into account to provide a rational strategy for treatment. The review is organized by individual pituitary hormone deficiency and covers epidemiology, etiology, clinical presentation, and diagnosis of hypopituitarism, as well as the most relevan (mais) t hormone preparations currently available for treating each hormone deficiency. Practical guidelines to hormone dosing, routes of administration, side effects and clinical and laboratory monitoring during the entire lifespan are given for each individual hormone replacement therapy: growth hormone in GH-deficient children and adults, thyroid hormone in central hypothyroidism, glucocorticoid in central hypoadrenalism, vasopressin analogs in diabetes insipidus, sex hormones in man and women from puberty to senescence, and gonadotropins for treating infertility. In addition to the literature review, we took into account our own experience of more than two decades in investigating, diagnosing, and treating hypopituitary patients at the Universidade Federal de São Paulo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Resistência a hormônios tireóideos: contribuição da transgênese para a compreensão da síndrome

Pazos-Moura, Carmen C.; Moura, Egberto Gaspar de
2000-08-01

Resumo em português A resistência aos hormônios tireóideos (RTH) é uma síndrome de herança dominante, decorrente da hipossensibilidade dos tecidos aos hormônios tireóideos e caracterizada pela elevação dos hormônios tireóideos séricos com TSH normal ou aumentado e bócio. Tem sido atribuída a mutações na isoforma beta do receptor para hormônios tireóideos (TRbeta). Modelos de transgênese têm contribuído para a compreensão da RTH. A ausência da expressão do TRbeta em c (mais) amundongos TRbeta knockout tornou os tireotrofos parcialmente resistentes aos hormônios tireóideos, o que não ocorreu nos animais knockout para a isoforma a do TR. Entretanto, camundongos que não expressam as duas formas de TR apresentam completa resistência aos hormônios tireóideos, sendo os hormônios tireóideos e TSH séricos elevadíssimos. Mutantes de TRbeta humano expressos em tecidos de Camundongo reproduziram várias manifestações da RTH. A expressão de TRbeta mutado apenas no coração ou apenas na hipófise induziu diminuição dos efeitos de hormônios tireóideos e resistência à administração dos mesmos nestes tecidos. Modelos transgênicos evidenciaram que, além da resistência hipofisária, a resistência nos neurônios hipotalâmicos, de TRH, é imprescindível para que haja aumento de produção de hormônios tireóideos. Camundongos knockout para o coativador SRC-1 também se mostraram parcialmente resistentes aos hormônios tireóideos, sugerindo que outras proteínas envolvidas no mecanismo de ação dos hormônios tireóideos possam causar RTH. Assim, os modelos transgênicos forneceram provas que o mutante TRb, in vivo, interfere com a ação das diferentes isoformas do TR selvagem e causa RHT. Modelos transgênicos são uma valiosa ferramenta para a compreensão da heterogeneidade de apresentação clínica da RTH. Resumo em inglês Resistance to thyroid hormone (RTH) is a dominantly inherited syndrome due to hyposensitivity of tissues to thyroid hormones, characterized by elevated serum thyroid hormones and goiter with normal or increased serum TSH. RTH has been associated with mutations in the beta isoform of the TH receptor (TRbeta). Transgenic mouse models of RTH have brought new insights about the syndrome. Absence of TRbeta expression in TRbeta knockout mice led to partial resistance of the thy (mais) rotrophs, which was not present in TR alpha knockout mice. However, alpha and beta knockout animals have complete resistance to TH administration and very high serum TSH and thyroid hormones concentrations. Human TRbeta mutants expressed in mouse tissues recapitulated several manifestations of the syndrome. Pituitary or heart specific expression of the TRbeta mutants induced a decrease in thyroid hormone effects on these tissues and resistance to thyroid hormone administration. We also learned from transgenic models that resistance at hypothalamic TRH neurons, in addition to resistance at thyrotropes, is required to generate the increment in serum thyroid hormones. Knockout mice for the coactivator SRC-1 also showed thyrotroph resistance, suggesting that other proteins involved in thyroid hormones genomic actions may be the cause of RTH in humans. Therefore, transgenic models provided in vivo proof that mutants TRbeta exert their dominant negative effect upon all normal isoforms of TR leading to RTH. Further studies using genetic manipulation in mice are expected to bring new information that will help to understand the heterogeneity of clinical presentation in patients with RTH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Regulação da síntese e secreção de tireotrofina/ Regulation of thyrotropin synthesis and secretion

Moura, Egberto G. de; Moura, Carmen C. Pazos de
2004-02-01

Resumo em português A secreção de tireotrofina (TSH) é determinada pelo efeito estimulatório do hormônio hipotalâmico estimulador de tireotrofina (TRH) e pela retroalimentação negativa exercida pelos hormônios tireóideos (HT). Superpostos, atuam outros reguladores e aferências do sistema nervoso central. Somatostatina e dopamina inibem a secreção de TSH, já as vias alfa-adrenérgicas centrais são predominantemente estimuladoras e participariam no estímulo da secreção de TSH (mais) pelo frio. O estado nutricional modula o eixo através da leptina, por vias diretas e indiretas. O estresse induz redução da secreção de TSH, e discute-se a participação dos glicocorticóides, citocinas e opiáceos. Recentemente, evidenciou-se que fatores locais produzidos na adenohipófise podem atuar de forma autócrina/parácrina, modulando a secreção de TSH. Dentre estes, destacam-se a neuromedina B e o peptídeo liberador de gastrina, que atuam como inibidores locais da secreção de TSH. Discute-se ainda, as alterações do TSH decorrentes da programação neonatal, por hormônios ou desnutrição. Resumo em inglês The set point of thyrotropin (TSH) secretion is determined by the balance of a positive regulation of thyrotropin releasing hormone (TRH) and the strong negative regulation exerted by thyroid hormones. In addition, there are other regulators superimposed on this main axis such as somatostatin and dopamine, which act as inhibitors of TSH secretion, and central alpha-adrenergic pathways that are predominantly stimulatory and involved in the cold-induced thyroid activation. (mais) Nutritional status and leptin also regulate TSH by stimulating TRH neurons through direct and indirect mechanisms. Stress is also involved in lowering TRH/TSH secretion possibly through glucocorticoids, cytokines and opioids. Recently, a new regulatory pathway has been proposed, via peptides produced in pituitary, acting in an autocrine/paracrine manner. Among those, more consistent data are available on neuromedin B, gastrin-releasing peptide and pituitary leptin, which act as local inhibitors of TSH release. Neonatal programming of TSH secretion set point is also discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Receptores acoplados à proteína G: implicações para a fisiologia e doenças endócrinas

Hauache, Omar M.
2001-06-01

Resumo em português A maioria dos hormônios polipeptídicos e mesmo o cálcio extracelular atuam em suas células-alvo através de receptores acoplados à proteína G (GPCRs). Nos últimos anos, tem sido freqüente a identificação e associação causal de mutações em proteínas G e em GPCRs com diversas endocrinopatias, como diabetes insipidus nefrogênico, hipotiroidismo familiar, puberdade precoce familiar no sexo masculino e nódulos tiroidianos hiperfuncionantes. Nesta revisão, abo (mais) rdamos aspectos referentes ao mecanismo de transdução do sinal acoplado à proteína G, e descrevemos como mutações em GPCRs podem levar a algumas doenças endócrinas. Finalmente, comentamos a respeito das implicações diagnósticas e terapêuticas associadas com o maior conhecimento dos GPCRs. Resumo em inglês The majority of polypeptide hormones and even extracellular calcium signal their target cells through G protein-coupled receptors (GPCRs). Recently, many mutations have been both identified and associated with several endocrine disorders, such as nephrogenic diabetes insipidus, familial hypothyroidism, familial male precocious puberty and sporadic hyperfunctional thyroid nodules. In this review, the G-protein coupled signal transduction mechanism is described. Moreover, t (mais) he mechanism through which GPCRs’ mutations lead to endocrine disease is reviewed. Finally, we will comment on implications for diagnosis and treatment related to increasing research on GPCRs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Prevalência das alterações metabólicas em pacientes portadores de queixas vestibulares/ Prevalency of metabolic disorders in dizzy patients

Bittar, Roseli Saraiva Moreira; Bottino, Marco Aurélio; Zerati, Fabio Elias; Moraes, Chiara Lubich de Oliveira; Cunha, Adriana Urso; Bento, Ricardo Ferreira
2003-01-01

Resumo em português FORMA DE ESTUDO: Clínico prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Os autores avaliam a prevalência de alterações metabólicas em 325 pacientes que procuraram o Setor de Otoneurologia do Hospital das Clínicas da FMUSP com queixas vestibulares. Os pacientes foram consecutivamente atendidos entre janeiro de 1997 e janeiro de 2002. Foram avaliados os primeiros exames referentes ao protocolo clássico de investigação das tonturas, que compreende a dosagem de LDL colesterol, TSH (mais) , T3 e T4 e glicemia de jejum. As alterações encontradas foram então comparadas às observadas na população geral. As alterações mais significativas encontradas foram a elevação dos níveis de LDL colesterol, a presença de níveis alterados de hormônios tireoideanos e a maior freqüência do diabetes mellitus na população estudada. CONCLUSÃO: Conclui-se que é válida a investigação destes dados, visto que são mais freqüentes na população de risco e que a correta abordagem dessas alterações melhora o prognóstico e o controle da tontura. Resumo em inglês STUDY DESIGN: Clinical prospective. MATERIAL AND METHOD:The authors evaluated the prevalence of metabolic disorders among 325 patients with vestibular symptoms investigated by the Otoneurology Section, Otolaryngology Department of Hospital das Clínicas, Medical School, University of São Paulo. The patients were evaluated from January 1997 to January 2002, by a standard protocol which included, among other items, fast glucose levels, cholesterol, triglycerides and thyroi (mais) d hormones, performed in the same laboratory. The results were compared to a standard population. Results showed higher levels of fast glucose, alteration in the thyroid hormones and also higher prevalence of diabetes in the studied population. CONCLUSION: The otolaryngologist should include the investigation of such medical problems in the routine evaluation in order to reverse them and to obtain better results in management of vestibular disorders.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Peso vivo final, ganho de peso, características de carcaça e concentrações plasmáticas de IGF-I e hormônios tireoideanos de bezerros mestiços Angus-Nelore recebendo somatotropina bovina recombinante (rbST) até a desmama/ Effects of recombinant bovine somatotropin (rbST) on production, carcass traits, and plasmatic concentrations of IGF-I and thyroid hormones on pre-weaning crossbred Angus-Nellore calves

Cervieri, Rafael da Costa; Arrigoni, Mário De Beni; Chardulo, Luis Arthur Loyola; Silveira, Antônio Carlos; Oliveira, Henrique Nunes de; Martins, Cyntia Ludovico
2005-12-01

Resumo em português Objetivando estudar o efeito da somatotropina bovina recombinante (rbST) sobre o desempenho, as características de carcaça e as concentrações plasmáticas de IGF-I e hormônios tireoideanos, 36 bezerros mestiços ½ Angus-Nelore com idade de 63 ± 17 dias e pesando 76,8 ± 14,7 kg, criados em pastagens de Brachiaria decumbens e suplementados em creep feeding, foram submetidos a dois tratamentos até a desmama (217 dias): I) 18 bezerros receberam 1,4 (mais) mg/kg de rbST (Boostin®) a cada 14 dias; II) 18 bezerros controle receberam solução salina. As pesagens e colheitas de sangue foram realizadas a cada 28 dias e, à desmama, foram abatidos cinco animais de cada tratamento, para avaliação das características de carcaça. Os animais tratados apresentaram maior ganho de peso médio diário e peso vivo final, maiores concentrações plasmáticas de IGF-I e T4 que os bezerros controle. Os parâmetros peso de carcaça quente, rendimento de carcaça, pesos de traseiro e dianteiro, gordura peri-renal, peso de fígado, área de olho de lombo, espessura de gordura subcutânea, pesos dos músculos do quarto do traseiro e concentração plasmática de T3 não diferiram entre os tratamentos. A utilização de rbST proporcionou aumento de 7,9% no ganho de peso vivo e alterou o perfil hormonal de bezerros suplementados em creep feeding durante a fase de cria, não refletindo, entretanto, em maior peso ou rendimento de carcaça. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effects of recombinant bovine somatotropin (rbST) on production, carcass traits, and plasmatic concentrations of IGF-I and thyroid hormones on crossbred Angus-Nellore male calves. Thirty-six calves averaging 63 ± 17 days old and 76.8 ± 14.7 kg of body weight (BW) grazing Brachiaria decumbens and creep fed were randomly assigned (18 calves per treatment) to one of two treatments until weaning (217 days) as follo (mais) ws: I) 1.4 mg of rbST (Boostin®)/kg of BW every 14 days or II) similar dosage of saline solution. Every 28 days calves were weighed and blood samples collected; at weaning, five animals from each treatment were slaughtered for carcass evaluation. The rbST-treated calves had greater average daily weight gain, final weight, and plasmatic concentrations of both IGF-I and T4 than those receiving saline solution. Weights of hot carcass, forequarter, hindquarter, hindquarter muscles, and liver as well as dressing percentage, kidney and pelvic fat, rib eye area, backfat thickness, and plasmatic concentrations of T3 were all not affected by rbST. Use of rbST increased body weight gain (7.9%) and changed the hormonal status of pre-weaning creep-fed calves compared to the use of saline solution but did not improve carcass weight or dressing percentage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Peptídeos bombesina-símiles: novos reguladores da secreção adeno-hipofisária

Ortiga-Carvalho, Tânia M.; Pazos-Moura, Carmen C.
2000-08-01

Resumo em português A neuromedina B (NB) e o peptídeo liberador de gastrina são peptídeos bombesina-símiles encontrados em mamíferos, inclusive em seres humanos. Ambos inibem a secreção hipofisária de tireotrofina (TSH); entretanto, somente a NB tem importância fisiológica demonstrada. A NB é produzida em abundância em tireotrofos e parece inibir a secreção de TSH por via autócrina, uma vez que o bloqueio do peptídeo endógeno causa aumento na liberação do TSH, tanto in viv (mais) o quanto in vitro. A NB é positivamente regulada pelos hormônios tireóideos (HT). Os HT aumentam o conteúdo de neuromedina B e do seu RNAm em adeno-hipófises de ratos hipotireóideos, poucas horas após sua administração, o que coincide com diminuição do TSH sérico. Isto nos levou a sugerir que a NB possa ser um intermediário protéico envolvido na inibição aguda da liberação de TSH induzida pelos HT. O TRH também altera rapidamente a expressão da NB. Quinze e 30 minutos após a administração do TRH em ratos normais já há diminuição do conteúdo hipofisário de NB e dos níveis do seu RNAm. No jejum e diabetes experimental, que se caracterizam por diminuição de HT séricos com níveis inadequadamente normais ou diminuídos de TSH, ocorre aumento do conteúdo de NB e de seu RNAm. O análogo de somatostatina, octreotide, também é capaz de aumentar o conteúdo de NB. Assim, a neuromedina B é um importante inibidor local da secreção de TSH, podendo ser uma via final comum de hormônios e neuro-hormônios que determinam variações na secreção de TSH. Resumo em inglês Neuromedin B (NB) and gastrin-releasing peptide (GRP) are mammalian bombesin-like peptides. Both peptides have inhibitory effects on thyrotropin (TSH) secretion, however NB is the one that proved to be physiologically relevant. The administration of NB reduces serum TSH of eu- and hypothyroid rats, while the antiserum against NB, that blocks the endogenous peptide, increases TSH secretion. NB is abundantly produced in thyrotrophs and acts locally as a autocrine factor to (mais) inhibit TSH release since isolated pituitaries increase the release of TSH in the presence of the specific antiserum. Thyroid hormones (TH) up-regulate pituitary NB peptide and mRNA content. This is a rapid effect: in hypothyroid rats it is seen within a few hours after a single injection of TH, and coincides with TSH suppression. These results suggest that NB could be an intermediary factor in the acute suppressive effect of TH on TSH secretion. TRH also rapidly changes NB expression. In normal rats, 15 to 30 minutes after TRH administration the pituitary NB peptide and mRNA content are already decreased. In experimental fasting and diabetes mellitus, which are characterized by inappropriately normal or decreased serum TSH, both the NB peptide and its mRNA pituitary content are increased. Octreotide, a somatostatin analog, also is able to increase pituitary neuromedin B content. Therefore, we propose that neuromedin B is a physiologically relevant local inhibitor of TSH secretion that may act as a final common pathway for hormones and neurohormones that modulate the rate of TSH secretion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Níveis de hormônios tireoideanos em pacientes com dissecção aórtica: comparação com controles e correlação com a porcentagem de área da camada média composta por depósitos mixóides/ Thyroid hormone levels in patients with aortic dissection: comparison with controls and correlation with the percentage of the aortic media composed of myxoid deposits

Gutierrez, Paulo Sampaio; Pereira, Maria Adelaide Albergaria; Oliveira, Regina Célia Martins; Stolf, Noedir Antonio Groppo; Higuchi, Maria de Lourdes
2004-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Pesquisar a ocorrência de disfunção clínica ou subclínica da tireóide em portadores de dissecção aórtica e analisar se há correlação entre os níveis séricos de hormônios relacionados à função tireoideana e ao conteúdo de material mixóide da média aórtica. MÉTODOS: Níveis séricos de triiodotironina (T3), tiroxina (T4) e hormônio estimulador da tireóide (TSH) foram dosados por métodos convencionais em 28 pacientes em pós-operatório de (mais) correção de dissecção aórtica; T4 livre foi medido em 20 deles. Os mesmos hormônios foram quantificados em 20 pacientes-controle pareados por sexo e idade. Os resultados foram comparados pelo teste de Mann-Whitney. A porcentagem da camada média da aorta ocupada por material mixóide foi medida em espécimes cirúrgicos de 25 pacientes e correlacionada aos níveis séricos de hormônios através do teste de Pearson. Estabeleceu-se o nível de significância como p Resumo em inglês OBJECTIVE: Deposits of myxoid material, similar to myxedema related to thyroid disease, are described in the medial layer of aortas with dissection. We analyzed the clinical or subclinical thyroid dysfunction of patients with this disease and analyzed whether a correlation exists between serum levels of thyroid-related hormones and the myxoid content of the aortic media. METHODS: We measured, with standard methods, serum levels of triiodothyronine (T3), thyroxine (T4), an (mais) d thyroid stimulating hormone (TSH) in 28 patients who underwent aortic dissection and free T4 in 20 of them. The same hormones were quantified in 20 control patients matched by sex and age. Results were compared by using the Mann-Whitney test. We also measured the percentage of the aortic media occupied by myxoid material in the surgical specimens of 25 of the patients with aortic dissection and analyzed its correlation with hormone levels by using the Pearson test. RESULTS: In the 20 pairs in which the amount of hormones was compared, the mean values for T3, T4, free T4, and TSH were 1.22ng/mL, 9.89mcg/dL, 1.18ng/dL, and 5.45 microIU/mL in study patients and 1.15ng/mL, 8.57mcg/dL, 1.32ng/dL, and 2.15 microIU/mL in controls. Neither these differences nor the correlation between the percentage of myxoid content (mean=30%) and the values for T3, T4, free T4, and TSH (mean 1.22ng/mL, 9.44mcg/dL, 1.20ng/dL, and 5.08 microIU/mL, respectively; n= 25) were significant. CONCLUSION: Our data suggest that serum levels of thyroid hormones have no relation with the myxoid content in the aortic media in cases of aortic dissection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Morfologia e histoquímica da pele de ratas hipotireóideas castradas e não castradas/ Morfology and histochemistry of the skin in hypothyroid castrated and intact rats

Ferreira, E.; Serakides, R.; Nunes, V.A; Gomes, M.G.; Silva, C.M.; Ocarino, N.M.; Ribeiro, A.F.C.
2003-02-01

Resumo em português Foram estudadas as alterações cutâneas de ratas Wistar adultas castradas e não castradas, mantidas em estado hipotireóideo por 120 dias. Dois grupos eutireóideos, um castrado e outro não castrado, serviram de controle. Secções da pele abdominal ventral e torácica dorsal foram coradas pelas técnicas de HE, PAS, azul de alcian (alcian blue), picro-sirius red-luz polarizada e Verhoeff. Adelgaçamento da epiderme, atrofia de glândulas sebáceas, redução parcial (mais) ou total de fibras elásticas e do colágeno do tipo III da derme caracterizaram tanto o hipotireoidismo quanto a castração. Retardo no crescimento dos folículos pilosos e hiperceratose foram vistos apenas na deficiência dos hormônios tireoidianos, independente do estado funcional das gônadas. A associação hipotireoidismo e castração caracterizou-se por adelgaçamento da epiderme da região abdominal ventral e espessamento e aumento da celularidade na região torácica dorsal, com derme adelgaçada e desprovida de fibras elásticas e de colágeno do tipo III. Conclui-se que a deficiência dos hormônios sexuais ou tireoidianos altera todos os componentes da pele e que as lesões são agravadas na associação hipotireoidismo-castração. Resumo em inglês The cutaneous alterations of castrated and intact female Wistar rats kept under a hypothyroidism state for 120 days were studied. Two euthyroid groups, one castrated and other intact, served as controls. Ventral abdominal and dorsal thoracic skin sections were stained by HE, PAS, alcian blue, picro-sirius red-polarized light and Verhoeff. Epidermis and sebaceous glands atrophy, partial or total reduction of elastic fibrils and type III dermal collagen were observed in bot (mais) h hypothyroidism and castration. Delay in hair follicle growth and hyperkeratosis were only observed when deficiency of thyroid hormones was present, independent of gonadal function. The association of hypothyroidism and castration was characterized by ventral abdominal epidermis atrophy, thickening and hyperplasia of dorsal thoracic epidermis, dermis atrophy with loss of elastic fibrils and type III collagen. In conclusion, ovarian steroids or thyroid hormones deficiency modifies all the components of the skin and that the injuries are aggravated in the association hypothyroidism-castration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Mecanismo molecular da ação do hormônio tireoideano/ Molecular mechanism of thyroid hormone action

Barra, Gustavo B.; Velasco, Lara F.R.; Pessanha, Rutnéia P.; Campos, Alessandra M.; Moura, Fanny N.; Dias, Sandra M.G.; Polikarpov, Igor; Ribeiro, Ralff C.J.; Simeoni, Luiz Alberto; Neves, Francisco A.R.
2004-02-01

Resumo em português Os hormônios tireoideanos (HTs) são necessários para a diferenciação, crescimento e metabolismo de diversos tecidos de vertebrados. Seus efeitos são mediados pelos receptores do hormônio tireoideano (TRs), membros da superfamília dos receptores nucleares. Estes receptores são fatores de transcrição modulares que se ligam em seqüências específicas do DNA denominadas elementos responsivos ao TR, que são encontrados nos promotores dos genes regulados pelo HT. (mais) Os TRs são codificados por dois genes distintos, alfae beta, localizados nos cromossomos 17 e 3, respectivamente. Estas isoformas apresentam diferentes funções e sua expressão é específica para cada tecido. O TR se liga ao DNA como monômero, homodímero ou heterodímero com o receptor de retinóide X (RXR). Além disso, o TR modula a atividade transcricional (repressão ou ativação) através da interação com correpressores e co-ativadores, na ausência e na presença do T3, respectivamente. A compreensão do mecanismo molecular da ação do receptor do hormônio tireoideano e a definição de sua estrutura cristalográfica contribuirão para a aquisição de novos conceitos envolvidos na transcrição e nos distúrbios hormonais presentes nas doenças endócrinas, assim como facilitará o desenho de novas drogas, agonistas ou antagonistas, com grande valor terapêutico. Resumo em inglês Thyroid hormones (TH) are involved in normal differentiation, growth, and metabolism in several tissues of all vertebrates. Their actions are mediated by the TH receptors (TRs), members of the nuclear hormone receptor superfamily. These receptors are transcription factors that bind to DNA on specific sequences, the TR response element (TREs), in promoters of target genes. Two genes encode TRs, alpha e beta, located in chromosomes 17 and 3, respectively. These isoforms sho (mais) w different functions and exhibit a tissue specific expression. TRs function as monomers, homodimers or heterodimers with retinoid X receptor (RXR) and modulate transcription activity (repression or activation) by interacting with co-repressor and co-activators, which associate with TR in the absence or presence of T3, respectively. Understanding the molecular mechanism of TR action and the definition of its crystallographic structure will provide new insights into transcription mechanisms and will facilitate the design of new drugs with greater therapeutic value.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Marcadores séricos do metabolismo ósseo no hipertireoidismo felino/ Serum markers of bone metabolism in feline hyperthyroidism

Cardoso, Mauro José Lahm; Costa, Fabiano Séllos; Muniz, Lucy Marie Ribeiro; Melussi, Maíra; Valërio, Maria Aparecida
2008-08-01

Resumo em português Os efeitos do hipertireoidismo experimental (150mg kg-1 d-1 42d-1 de levotiroxina) sobre os marcadores do metabolismo ósseo foi estudado em 14 gatos sem raça definida, nove fêmeas e cinco machos, não-castrados, com idade entre um e três anos. As variáveis estudadas foram tiroxina total (T4), tiroxina livre (FT4) e o telopeptídeo carboxiterminal do colágeno tipo I (ICTP) mensurados por radioimunoensaio, a osteocalcina (OC) foi mensurada por ensaio radioimunométric (mais) o e a densidade mineral óssea (DMO) foi mensurada pela técnica da densitometria óptica. As concentrações séricas da OC apresentaram diferença significativa (P Resumo em inglês The effect of experimental hyperthyroidism (150mg kg-1 d-1 42d-1 levothyroxine) on markers of bone metabolism was studied in fourteen shorthair intact cats, nine females and five males, from 1 to 3 years of age. Total thyroxine (T4), free thyroxine (FT4), carboxi-terminal telopeptides of collagen type I (ICTP) (measured by radioimmunoassay), osteocalcin (OC) (measured by immunoradiometric assay) and bone mineral density (DMO) (measured by the optic densitometria) were eva (mais) luated. Serum concentrations of OC were significantly different (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Manuseio do potencial doador de múltiplos órgãos/ Care of the potential organ donor

Rech, Tatiana H.; Rodrigues Filho, Édison Moraes
2007-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O transplante de órgãos sólidos vem sendo considerado o tratamento de eleição para várias doenças terminais que afetam rim, pâncreas, fígado, coração e pulmão. Atualmente, o maior limitante às cirurgias dos transplantes é a escassez de órgãos. O objetivo deste estudo foi revisar aspectos fisiopatológicos da morte encefálica e resumir estratégias terapêuticas atuais, para o cuidado otimizado do doador, do que depende o sucesso (mais) dos transplantes. CONTEÚDO: A morte encefálica é uma síndrome inflamatória que pode rapidamente produzir alterações deletérias nos órgãos dos potenciais doadores. Esse contexto de instabilidade hemodinâmica, metabólica e eletrolítica, exige do intensivista cuidados especiais com o doador de múltiplos órgãos. CONCLUSÔES: O adequado conhecimento da complexa fisiopatologia envolvendo a morte encefálica é de fundamental importância para que se implemente de forma racional um protocolo de manuseio agressivo do potencial doador, o que certamente resultará num aumento de órgãos captados e do número de órgãos captados por doador, além da redução das taxas de disfunção primária dos enxertos transplantados. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Organ transplantation has long been considered the treatment of choice for many end-stage organ diseases. As soon as transplantation turned to be a viable therapy, organ shortage became the major limitation for the procedures. Nowadays, there is an increasing imbalance between organ supply and demand. Apparently, the most promising way to increase organ supply is optimizing the care for the brain death organ donor. The objective of this manuscri (mais) pt was to review the pathophysiological aspects and therapeutic strategies for the optimized care of the potential organ donor. CONTENTS: Brain death causes a massive catecholamine release, inducing a variety of deleterious effects that can threat organ perfusion. Studies have documented a sudden decrease in cortisol, insulin, thyroid and pituitary hormones. In this scenario of hemodynamic and metabolic instability, a special attention to the multiple organ donor support is required. CONCLUSIONS: An extensive knowledge of the complex brain death pathophysiology is extremely important for the implementation of rational aggressive management protocols of the potential organ donor, aiming to increase the number of harvested organs and the number of organs harvested per donor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Interferência de anticorpos em testes de função tireoideana: relato de caso

Ramos, Helton Estrela; Alberti, Gianna Carla; Hauck, Patrícia Rodrigues; Graf, Hans; Carvalho, Gisah Amaral de
2001-04-01

Resumo em português Na avaliação da função tireoideana utiliza-se como método diagnóstico as medidas de TSH, T4 e T3 totais e livres. Entretanto, em alguns casos ocorre a ligação não específica com reagentes dos ensaios que vão, desta forma, interferir com as medidas destes hormônios. Estas interferências irão resultar em concentrações séricas anormais de hormônios tireoideanos, não consistentes com a avaliação clínica e demais exames laboratoriais destes pacientes. Aut (mais) o-anticorpos anti-hormônio tireoideano são a classe de fatores que mais frequentemente interferem com vários ensaios. Relatamos o caso de uma paciente de 62 anos, com queixas de ansiedade e palpitações e exame físico normal. Na avaliação laboratorial detectamos níveis séricos persistentemente elevados de T3 total, com níveis séricos normais de TSH e T4 total. A presença de anticorpos anti-T3 foi confirmada por radioimunoprecipitação. Resultados que parecem ser inconsistentes ou incompatíveis com os demais exames laboratoriais, na presença ou não de sintomais em geral inespecíficos, devem levantar a suspeita da presença de fatores interferentes no ensaio. Desta forma, evita-se o diagnóstico errôneo de disfunção tireoideana e, consequentemente, um tratamento desnecessário e até mesmo deletério. Resumo em inglês Measurements of TSH, total T4 and T3 are widely used diagnostic methods for the evaluation of thyroid function. However, in some cases, there is a nonspecific binding with assay reagents that can interfere with the measurement of these hormones. These interferences will result in abnormal thyroid hormone serum concentrations and discrepancy with the clinical evaluation or other laboratory measurements in these patients. Thyroid hormone auto-antibodies are an important cla (mais) ss of interference factor in various immunoassays. We report the case of a 62 yo. female, complaining of anxiety and palpitation but normal on physical examination. Laboratory evaluation showed persistently high total T3 levels, with normal levels of TSH and total T4. Antibodies anti-T3 were identified by radioimmunoprecipitation. Results that appear to be inconsistent or incompatible with the clinical presentation, with or without nonspecific symptoms, should raise the suspicion of the presence of interfering factors in the assay and, therefore, avoid an erroneous diagnosis of thyroid dysfunction and, as a consequence, any unnecessary and potentially harmful treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Influência do hipogonadismo na histomorfometria e função tireoidiana de ratas hipotireóideas/ Influence of hypogonadism on the morphology and function of the thyroid from hypothyroid rats

Serakides, R.; Nunes, V.A.; Silva, C.M.; Ribeiro, A.F.C.; Serra, G.V.; Gomes, M.G.; Ocarino, N.M.
2002-10-01

Resumo em português Foram investigadas a morfologia e a função tireoidiana de ratas Wistar, adultas, castradas e não castradas e mantidas em estado hipotireóideo pela administração diária de propiltiouracil por 120 dias. Ratas eutireóideas castradas e não castradas serviram de controle. As tireóides, colhidas ao final do experimento, foram pesadas, processadas histologicamente e submetidas à análise morfométrica, pela qual foi determinada a proporção dos componentes glandulare (mais) s (epitélio folicular, colóide e estroma). No plasma sangüíneo, colhido também ao final do período experimental, foram determinadas as concentrações de T3 total, T4 livre e TSH. O peso e a histomorfometria da tireóide não sofreu influência da castração e o aumento do componente epitelial e decréscimo da quantidade de colóide só foram detectados no hipotireoidismo. No estado eutireóideo a deficiência dos esteróides sexuais levou ao aumento dos valores de T4 livre e T3 total e no hipotireoidismo, exacerbou a queda de T3 total, mas não a de T4 livre. Os valores de TSH não se alteraram em nenhum dos estados funcionais da glândula ou das gônadas. Conclui-se que o hipogonadismo não modifica a hiperplasia glandular e a queda dos níveis plasmáticos de tiroxina livre induzidos pelo propiltiouracil, mas altera profundamente o comportamento da triiodotironina total de acordo com o estado funcional da tireóide, tudo sem alterar os valores plasmáticos de TSH. Resumo em inglês The morphology and function of the thyroids of female adult Wistar rats were investigated. The animals were either castrated or intact and kept in a hypothyroid condition by a treatment with propylthiouracil for 120 days. Castrated and intact euthyroid rats were used as controls. The thyroids were collected at the end of the experiment, weighted, histologically processed, and morphometrically evaluated. Proportions of each glandular component, namely, follicular epitheliu (mais) m, colloid, and stroma, were determined. Serum concentrations of total T3, free T4, and TSH were assessed at the end of the experimental period. The weight and the morphometric parameters were not influenced by castration, whereas an increase in the epithelial component associated with a decreased amount of colloid were observed only in hypothyroid animals. Under an euthyroid state, the deficiency of sexual hormones induced an increase in the levels of free T4 and total T3. In hypothyroid animals, withdrawal of sexual hormones caused an exacerbation of the decrease in total T3, but not in free T4. TSH levels were not affected by the thyroid or the functional condition of gonads. In conclusion, hypogonadism did not influence the glandular hyperplasia and decrease in plasmatic levels of free thyroxin induced by propylthiouracil, but markedly changed the profile of total T3 according to the functional condition of the thyroid, in the absence of changes in the plasmatic levels of TSH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Hormônios tiroideanos: mecanismo de ação e importância biológica/ Thyroid hormones: mechanism of action and biological significance

Nunes, Maria Tereza
2003-12-01

Resumo em português Os hormônios tiroideanos desempenham função importante no crescimento, desenvolvimento e metabolismo de todos os vertebrados. A concentração sérica dos mesmos é controlada pelo TRH, somatostatina e TSH, os quais determinam a taxa de biossíntese e secreção hormonal, bem como por desiodases (principalmente a do tipo I), enzimas que geram, nos tecidos periféricos, aproximadamente 75% do T3 presente no soro, a partir do T4 circulante; as desiodases do tipo II, por (mais) outro lado, geram T3 principalmente para os tecidos nos quais são expressas. Os efeitos biológicos dos hormônios tiroideanos são desencadeados por meio da sua interação com receptores nucleares que se apresentam em regiões específicas do DNA, o que determina a ativação ou inibição de seus genes-alvo e o controle da síntese de proteínas específicas. Outras ações dos hormônios tiroideanos são rapidamente desencadeadas (segundos/minutos), o que sugere o envolvimento de mecanismos não genômicos nos efeitos observados. Resumo em inglês Thyroid hormones play an important role on growth, development and metabolism of all vertebrates. Serum concentration of thyroid hormones are controlled by TRH, somatostatin and TSH which determine the rate of hormone biosynthesis and release, as well as by deiodinases (mainly type I), enzymes which generate in peripheral tissues, approximately 75% of the T3 present in serum, from circulating T4; type II deiodinases, on the other hand, are supposed to generate T3 for the (mais) tissues in which they are expressed. The biological effects of thyroid hormones are elicited by means of their interaction with specific nuclear receptors present in specific regions of the DNA, mechanism by which they induce or repress important target genes, controlling, as a consequence, the synthesis of specific proteins. However, some thyroid hormone effects are elicited in seconds or minutes, which suggests the involvement of a non-genomic mechanism of action.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Hormônios tireóideos, UCPs e termogênese

Bianco, Antonio C.
2000-08-01

Resumo em português Calor é um subproduto da transformação de energia, em suas diversas formas, durante a síntese e a utilização do ATP. Nos animais homeotérmicos, o calor derivado das funções biológicas - estando o organismo em repouso e à temperatura ambiente - é utilizado para manter o organismo próximo a 37°C. Essa termogênese obrigatória está associada à ineficiência termodinâmica intrínseca mitocondrial, derivada da presença de proteínas desacopladoras (UCPs, (mais) uncoupling proteins). Durante a exposição ao frio, o organismo é capaz de gerar mais calor através da termogênese facultativa, por processos que também envolvem UCPs. Os hormônios tireóideos influenciam diretamente a expressão da UCP-1 e, indiretamente, a expressão das UCP-2 e UCP-3. Além disso, também aceleram o turnover de várias reações ou vias metabólicas cíclicas que levam a maior gasto de ATP e produção de calor. Resumo em inglês Heat is a byproduct of the energy transformation in its various forms during the synthesis and utilization of ATP. In homeothermic animals the heat derived from the biological functions - at rest and at room temperature - is used to keep the body temperature close to 37°C. This obligatory thermogenesis is associated to the intrinsic mitochondrial thermodynamic inefficiency caused by the presence of uncoupling proteins (UCPs). During cold exposure the body is capable o (mais) f generating more heat by means of the facultative thermogenesis, a series of processes that also involves the function of UCPs. The thyroid hormones influence directly the expression of UCP-1 and indirectly the expression of UCP-2 and UCP-3. Furthermore, they also accelerate the turnover of several cyclical biochemical reactions and pathways that lead to greater ATP breakdown and energy expenditure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Hormônios tireóideos na sintomatologia de doenças neuropsiquiátricas: a propósito de um caso/ Thyroid hormones in neuropsychiatric disordes symptomatology: a case report

Bragatti-Winckler, Maria Isabel; Rotta, Newra Tellechea
1994-09-01

Resumo em português A etiologia das doenças neuropsiquiátricas suporta múltiplos enfoques. Dentre eles, o papel dos hormônios tireóideos tem sido destacado atualmente. Os autores registram o caso de um menino de cinco anos de idade com hipotireoidismo congênito associado a problemas do desenvolvimento de ordem instrumental e estrutural, que se caracterizavam por retardo no desenvolvimento neuropsicomotor, principalmente na fala, hipotonia muscular, e hipoacusia bilateral. Tecem conside (mais) rações sobre o papel do controle hormonal na melhora da sintomatologia, principalmente quanto à atenção e atividade psicomotora. Resumo em inglês The approach to the etiology of neuropsychiatric disorders can be made by different ways. Among them, the role of thyroid hormones is considered prominent nowadays. The authors report the case of a five year-old boy with congenital hypothyroidism in association with developmental disorders which were manifested by psychomotor retardation, mainly in speech, hypotonia and bilateral hearing loss. Comments are made on the role of hormonal control for a good clinical response, particularly on attention and psychomotor activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Hipotireoidismo primário simulando volumoso macroadenoma hipofisário/ Primary hypothyroidism mimicking pituitary macroadenoma

Betônico, Carolina C. R.; Rodrigues, Ricardo; Mendonça, Suzan C. L.; Jorge, Paulo Tannus
2004-06-01

Resumo em português Mulher de 21 anos apresenta história de 2 anos de irregularidade menstrual, com períodos de amenorréia de até 8 meses e ganho ponderal e há 1 ano galactorréia e cefaléia holocraniana. Exames da ocasião: TSH: 1192 mUI/ml (0,27-4,2); T4T:1,0 mg/dl (4,4-11,4) ; T3T: 0,41 ng/ml (0,7-2,1); prolactina: 69,2 ng/ml (3-20). Em serviço de endocrinologia foi confirmado quadro de mixedema acompanhado de galactorréia. Ressonância magnética (RM) de hipotálamo-hipófise mos (mais) trou lesão expansiva intra e supra selar com 1,9 x 1,4 x 1,9 cm nos seus maiores diâmetros, determinando compressão e desvio do quiasma óptico. Diante da possibilidade de hiperplasia das células produtoras de TSH, optamos por iniciar o tratamento do hipotireoidismo com levotiroxina. Após 2 meses de tratamento e normalização dos níveis séricos dos hormônios tireoidianos e do TSH, nova RM mostrou hipófise de tamanho normal. A regressão do volume hipofisário após terapia com levotiroxina confirmou a hipótese diagnóstica de hiperplasia hipofisária decorrente do hipotireoidismo primário. Nossos achados reforçam a importância da avaliação dos hormônios tireoideanos e TSH na investigação de aumento de volume hipofisário prevenindo uma cirurgia desnecessária. Resumo em inglês A 21-year-old woman complaining of 8-month amenorrhea associated to weight gain, galactorrhea and frequent headaches, presented for clinical evaluation; her laboratory tests were: TSH: 1192 mUI/ml (0.27-4.2); TT4: 1.0 mg/dl (4.4-11.4l); TT3: 0.41 ng/ml (0.7-2.1); prolactin: 69.2 ng/ml (3-20) and a diagnosis of myxedema associated to galactorrhea was made. A hypothalamic-pituitary magnetic resonance imaging (MRI) showed a suprasellar and intrasellar mass lesion of 1.9 x 1. (mais) 4 x 1.9 cm, determining compression and deviation of the optic chiasm. Due to the possibility of hyperplasia of the TSH-producing cells, treatment of hypothyroidism was initiated with levothyroxine. Two months later, upon normalization of thyroid hormones and TSH levels, a second MRI showed an anatomically normal pituitary gland. Regression of the pituitary mass after treatment with levothyroxine confirmed the hypothesis of pituitary hyperplasia secondary to primary hypothyroidism. Our findings support the importance of determining thyroid function tests during the investigation of pituitary masses and thus avoiding an unnecessary surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Hipotireoidismo na criança: diagnóstico e tratamento/ Hypothyroidism in children: diagnosis and treatment

Setian, Nuvarte
2007-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar dados relevantes e atualizados referentes ao quadro de hipotireoidismo do recém-nascido ao adolescente. FONTES DE DADOS: Artigos, revisões e livros contendo informações atualizadas e de interesse. SÍNTESE DOS DADOS:Esta revisão aborda dados sobre etiopatogenia do hipotireoidismo. A triagem para o hipotireoidismo congênito é importante para o diagnóstico e tratamento precoce do recém-nascido. Aponta as dificuldades na conduta do hipotireoidis (mais) mo subclínico. Destaca a importância do diagnóstico da tireoidite auto-imune de Hashimoto, sua alta incidência entre os adolescentes, principalmente meninas, e a existência de um quadro neurológico grave, a encefalopatia de Hashimoto. Aponta para situações em que o hipotireoidismo grave pode levar a distúrbios da puberdade com situações de precocidade e retardo puberal. Descreve a importância dos fatores de transcrição na embriogênese da tireóide. Critérios diagnósticos e terapêuticos são abordados. CONCLUSÃO: Os hormônios tireoidianos são necessários para o crescimento e desenvolvimento normal desde a vida fetal. Sua produção insuficiente ou sua ação inadequada em nível celular ou molecular levam ao hipotireoidismo. Esses hormônios são necessários para o desenvolvimento do cérebro na vida fetal e pós-natal. Neonatologistas e pediatras deparam-se com problemas do desenvolvimento da criança, muitos dos quais já começam em vida intra-uterina. Atualmente, com a triagem neonatal, neonatologistas e pediatras podem evitar danos irreversíveis com tratamento precoce. Também devem estar atentos para disfunções como as do hipotireoidismo subclínico e tireoidite de Hashimoto, que podem provocar danos não só no crescimento, mas também no desenvolvimento neurológico e psicológico destas crianças e adolescentes. Resumo em inglês OBJECTIVE:To present relevant and updated information on the status of hypothyroidism in the pediatric population (newborn infants to adolescents). SOURCES: Original and review articles and books containing relevant updated data. SUMMARY OF THE FINDINGS: This review addressed data on the etiopathogeny of hypothyroidism and on the importance of screening for congenital hypothyroidism to assure early diagnosis and treatment of the newborn. We point out the difficulties expe (mais) rienced in the handling of subclinical hypothyroidism; we also address the importance of diagnosing autoimmune Hashimoto's thyroiditis, the high incidence of the disease among adolescents, mainly females, and the occurrence of a severe neurological condition, Hashimoto's encephalopathy. We indicate situations in which severe hypothyroidism may lead to puberty disorders (precocious or delayed puberty) and describe the importance of transcription factors in thyroid embryogenesis. Diagnostic and therapeutic criteria are also addressed. CONCLUSION: Thyroid hormones are necessary for normal growth and development since fetal life. Insufficient production or inadequate activity on the cellular or molecular level lead to hypothyroidism. These hormones are necessary for the development of the brain in the fetus and in the newborn infant. Neonatologists and pediatricians deal with child development issues in their practice, and many of these issues start during intrauterine life. Currently, with neonatal screening, neonatologists and pediatricians can prevent irreversible damage through early treatment. They should also be alert for dysfunctions such as subclinical hypothyroidism and Hashimoto's thyroiditis, which may provoke damage not only to growth, but also to the neurological and psychological development of these children and adolescents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Hipogonadismo e função tireoidiana em ratas hipertireóideas e eutireóideas/ Hypogonadism and thyroid function in hyper and euthyroid rats

Serakides, R.; Nunes, V.A.; Nascimento, E.F.; Ribeiro, A.F.C.; Zibaoui, H.M.; Silva, C.M.
2000-12-01

Resumo em português A influência do hipogonadismo sobre a função tireoidiana de ratas hipertireóideas e eutireóideas foi medida com base no perfil sérico dos hormônios tireoidianos, dos esteróides ovarianos e do TSH e na histomorfometria da tireóide. Ratas Wistar, com cinco meses de idade, castradas, foram mantidas em estado eutireóideo ou hipertireóideo por períodos de 30, 60 e 90 dias. Um grupo não castrado foi mantido nas mesmas condições e serviu como controle. O hipertire (mais) oidismo foi induzido mediante a administração diária 50µg de L-tiroxina, por sonda gástrica. Ao final de cada período, nove ratas por grupo tiveram suas tireóides inspecionadas, pesadas e processadas para avaliação histomorfométrica e o plasma sangüíneo colhido para dosagem de estradiol, progesterona, T4 total, T4 livre, T3 total e TSH. O hipogonadismo não alterou os valores de T3 total e de TSH, mas aumentou significativamente as concentrações de T4 livre, independente do estado hipertireóideo ou eutireóideo. As concentrações de T4 total sofreram influência da castração apenas no grupo hipertireóideo. O peso das tireóides não sofreu influência do hipogonadismo, mas a altura do epitélio folicular nos animais eutireóideos variou ao longo do experimento, apresentando-se maior aos 30 e 90 dias e menor aos 60 dias. Não se observou correlação entre os níveis de estrógeno e as variáveis estudadas, mas os níveis de progesterona foram inversamente proporcionais à elevação dos níveis de T4 total e T4 livre. Concluiu-se que o hipogonadismo altera a histomorfometria da tireoide em indivíduos eutireóideos, aumenta os valores plasmáticos de T4 livre independentemente do estado funcional da tireóide e potencializa a elevação de T4 total no hipertireoidismo, provavelmente sob influência do hipoprogesteronismo e não do hipoestrogenismo. Resumo em inglês The effects of hypogonadism on thyroid function of hyper and euthyroid rats were measured based on plasmatic profile of thyroid hormones, ovarian steroids, TSH and thyroid histomorphometry. A group of five-month-old ovariectomized Wistar rats were maintained at hyper or euthyroid state for 30, 60 and 90 days. A group of non castrated was used as control. The hyperthyroidism was induced by gastric infusion of L-tiroxin 50µg daily. At the end of each period nine rats of ea (mais) ch group were sacrificed, the blood plasma collected and the thyroid inspected, measured and processed for histomorphometric analyses. In blood plasma the concentrations of estradiol, progesterone, total and free tiroxin, total and free T3 and TSH were determined. The hypogonadism did not alter the values of free T3 and TSH but was able to rise free tiroxin in both hyper and euthyroid states. Total tiroxin levels were affected by castration, but only in the hyperthyroid state. Folicular epithelium height presented variations along the experiment in euthyroid individuals although these did not influence thyroid weight. No correlations between estrogen and any other variables were observed, but the progesterone levels were conversely proportional to the total and free tiroxin levels. It was concluded that hypogonadism alter the histomorphometric patterns of thyroid gland in euthyroid individuals, rise the plasmatic levels of free tiroxin regardless the functional state of thyroid gland and powered the total tyroxin rise in hyperthyroidism, probably due to the influence of hypoprogesteronism but not to the hypoestrogenism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Hipertensão arterial pulmonar e doenças da tireoide/ Pulmonary arterial hypertension and thyroid disease

Silva, Denise Rossato; Gazzana, Marcelo Basso; John, Ângela Beatriz; Siqueira, Débora Rodrigues; Maia, Ana Luiza Silva; Barreto, Sérgio Saldanha Menna
2009-02-01

Resumo em português Estudos recentes têm sugerido uma associação entre hipertensão arterial pulmonar (HAP) e tireoidopatias (hipotireoidismo e hipertireoidismo). Esta associação tem um bom prognóstico, porque o aumento na pressão da artéria pulmonar geralmente é leve e reversível com o tratamento da tireoidopatia. O mecanismo exato envolvido na patogênese desta associação não está estabelecido, e a influência direta dos hormônios da tireoide e a autoimunidade são considera (mais) das como hipóteses. Devido à alta prevalência de doenças da tireoide em pacientes com HAP, testes de função tireoidiana devem ser considerados na investigação de todo paciente com HAP. Neste artigo de revisão, descrevemos a prevalência de HAP em pacientes com doenças da tireoide e a prevalência de tireoidopatias em pacientes com HAP, assim como destacamos os principais efeitos das doenças da tireoide no sistema respiratório. A seguir, relatamos os efeitos do tratamento destas patologias. Resumo em inglês Recent studies have suggested an association between pulmonary arterial hypertension (PAH) and thyroid diseases (hypothyroidism and hyperthyroidism). This combination has a good prognosis, because the increase in the pulmonary artery pressure is usually slight and reverses after the treatment of the thyroid disease. Although the exact mechanism involved in the pathogenesis of this combination has not yet been established, it has been hypothesized that thyroid hormones and (mais) autoimmunity have a direct influence. Due to the high prevalence of thyroid disease in patients with PAH, thyroid function tests should be considered in the investigation of every patient with PAH. In this review, we describe the prevalence of PAH in patients with thyroid diseases and the prevalence of thyroid disease in patients with PAH, as well as addressing the principal effects that thyroid diseases have on the respiratory system. In addition, we report the treatment effects in patients with these diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Hiperparatireoidismo em gatos com hipertireoidismo experimental/ Hyperparathyroidism in cats with experimental hyperthyroidism

Cardoso, M.J.L.; Costa, F.S.; Muniz, L.M.R.; Valério, M.A.; Melussi, M.
2008-06-01

Resumo em português Os efeitos do hipertireoidismo experimental, 150µg/kg/dia/42 dias de levotiroxina sódica, na homeostase do cálcio foram estudados em 14 gatos sem raça definida, com idades entre um e três anos. A cada 14 dias foram colhidas amostras de soro para a determinação da concentração da tiroxina total (T4), tiroxina livre (FT4), paratormônio intacto (PTH), cálcio total e ionizado, fósforo e, além disso, realizaram-se radiografias para a determinação da densidade mi (mais) neral óssea (DMO). Observou-se aumento das concentrações séricas do PTH a partir do momento inicial (M0), com diferença significativa deste em relação às concentrações obtidas aos 14 (M1), 28 (M2) e 42 (M3) dias. Não houve diferença significativa nas concentrações séricas de cálcio total e fósforo entre todos os momentos. O cálcio ionizado diminui de M0 para M1 e de M1 para M3, com diferença significativa. Os hormônios tireoidianos apresentaram correlação positiva com o PTH e negativa com o cálcio ionizado. A correlação entre DMO e PTH a partir de M2 foi negativa e entre DMO e fósforo foi negativa somente em M2. Não se observou correlação entre DMO e as demais variáveis. Em M1, M2 e M3 foi observada correlação negativa entre o PTH e o cálcio ionizado. Conclui-se que o hipertireoidismo em gatos adultos jovens está associado ao hiperparatireoidismo secundário devido ao aumento do PTH e diminuição do cálcio ionizado. Os efeitos combinados dos hormônios tireoidianos e do PTH contribuíram para a diminuição da DMO. Resumo em inglês The effect of experimental hyperthyroidism, 150µg/kg/day/42 days, on calcium homeostasis was studied in 14 mongrel cats aging from one to three-year-old. Total thyroxine (T4), free thyroxine (FT4), parathyroid hormone (PTH), total and ionized calcium, phosphorus, bone mineral density were measured. Serum concentrations of PTH of increased from the initial moment (MO), with significant differences to when measured after 14(M1), 28(M2), and 42(M3) days. However, significan (mais) t differences on serum concentrations were not observed among the values of M1, M2, and M3. The ionized calcium significantly decreased from M0 to M1 and from M1 to M3. Thyroid hormones showed positive correlation with PTH and negative with ionized calcium. Bone mineral density showed negative correlation with PTH from M2 to M3 and with phosphorus on M2, with no correlation with the other variables. Negative correlation of PTH with ionized calcium was observed on M1, M2, and M3. In conclusion, hyperthyroidism in young adult cats is associated to secondary hyperparathyroidism due to increase of PTH and decrease of ionized calcium. The combined effects of thyroid hormones and PTH contributed to the reduction of bone mineral density.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Genética molecular do hipotireoidismo congênito

Knobel, Meyer; Nogueira, Célia Regina; Medeiros-Neto, Geraldo
2001-02-01

Resumo em português O hipotireoidismo congênito (HC) ocorre, mundialmente, em 1/3000-4000 neonatos e pode ser classificado em permanente ou transitório. O HC primário é responsável pela maioria dos afetados, enquanto o secundário e terciário são raros. Nos países iodo-suficientes, a disgenesia tireóidea (DT) é a causa mais freqüente de HC. Os defeitos hereditários da síntese hormonal ocorrem em minoria de crianças portadoras de HC. Fatores ambientais, genéticos e auto-imunes (mais) concorrem na etiologia do HC, mas na maioria dos casos de DT a causa é obscura. Atribui-se aos genes envolvidos na ontogenia da glândula tireóidea, como os fatores de transcrição TITF1, TITF2, PAX-8 e receptor de TSH (TSHR), função patogenética na DT. Até o momento não foi descrita anormalidade no gene TITF1 como causa de HC, enquanto foram identificadas mutações no PAX-8 em cinco recém-nascidos com DT. Embora não envolvidas na DT, mutações inativadoras do TSHR podem produzir espectro de defeitos congênitos oscilando entre hipertirotropinemia com eutireoidismo e hipotireoidismo com hipoplasia glandular. A clonagem dos genes envolvidos na biossíntese dos hormônios tireóideos, como o da tireoperoxidase (TPO) e tireoglobulina (Tg), permitiu a identificação de mutações responsáveis por alguns casos de bócio e hipotireoidismo decorrente de defeito de incorporação de iodeto ou anormalidades na síntese de Tg. Recentemente, foi demonstrada a base molecular do defeito de transporte ativo de iodeto e da síndrome de Pendred, respectivamente, devidas a mutações no gene NIS (simportador de sódio e iodeto) e no gene PDS (pendrina). Em conclusão, grande parte dos pacientes com HC e DT não tem esclarecida, ainda, a causa molecular desta síndrome. Resumo em inglês Congenital hypothyroidism (CH) occurs in 1/3000-4000 neonates worldwide and may be classified as permanent or transient. Primary CH accounts for the majority of affected children, while secondary and tertiary CH are rare. In iodine-sufficient countries, thyroid dysgenesis (TD) is the most frequent cause of CH. Hereditary inborn errors of thyroid hormonogenesis account for about 10-20% CH children. Environmental, genetic and autoimmune factors have been implicated in the e (mais) tiology of CH, but in the majority of cases the cause of TD remains to be clarified. Candidates for playing a pathogenetic role in TD are genes involved in thyroid gland ontogeny, such as those of thyroid transcription factors TITF1, TITF2, PAX-8 and the TSH-receptor (TSHR). No abnormality in the TITF1 gene has yet been found in CH, while mutations in the PAX-8 gene were identified in at least 5 neonates with TD. Loss of function mutations of the TSHR gene, although not involved in TD, may produce a spectrum of congenital defects ranging from euthyroid hyperthyrotropinemia to overt hypothyroidism with a hypoplastic gland. The cloning of genes implicated in the biosynthesis of thyroid hormones, such as those of thyroperoxidase (TPO) and thyroglobulin (Tg), has led to the identification of mutations responsible for some cases of goitrous hypothyroidism due to iodide organification defect or abnormalities in Tg synthesis. Recently, the molecular basis of the iodide transport defect and Pendred’s syndrome were reported, due to mutations, respectively, on the NIS and PDS genes. In conclusion, we still do not have elucidated the molecular basis of TD, the most common of the defects affecting neonates with CH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Fatores hepatotróficos e regeneração hepática. Parte I: o papel dos hormônios/ Hepatotrophic factors and liver regeneration. Part I: the role of hormones

Gorla Junior, José Antonio; Fagundes, Djalma José; Parra, Osório Miguel; Zaia, Cássia Thaís Bussamra Vieira; Bandeira, César Orlando Peralta; Taha, Murched Omar
2001-09-01

Resumo em português No complexo processo de proliferação celular, os hormônios agem de diferentes maneiras ao atingirem seus receptores nos tecidos-alvo. Os principais fatores ligados ao crescimento hepático são HGF, TGF-alpha, IL-6, TNF-alpha, norepinefrina, EGF e insulina. O GH estimula tanto o fígado a produzir fatores de crescimento, como a expressão genética do HGF e a síntese de DNA. Hormônios tireoideanos aumentam a capacidade proliferativa dos hepatócitos. A insulina age s (mais) inergicamente com GH e glucagon. Não tem potencial mitogênico primário mas intensifica o estímulo regenerativo iniciado pela epinefrina e norepinefrina. Esta amplifica os sinais mitogênicos do EGF e HGF, induz a secreção de EGF e antagoniza os efeitos inibitórios do TGF-beta 1. O glucagon isoladamente não produz efeitos mas provavelmente participa na síntese de DNA e da resposta homeostásica pela qual a glicemia é mantida estável durante a regeneração. Também há indícios de ação hepatotrófica da gastrina. Resumo em inglês Regarding the cell proliferative process, hormones can show different actions when reach tissue receptors. HGF, TGF-alpha, IL-6, TNF-alpha, norepinefrin, EGF and insulin are known to be the main factors connected to liver growth. GH enhances DNA synthesis and gene expression of HGF as well as stimulates liver to produce growth factors. Thyroid hormones improve hepatocyte’s proliferative capacity. Insulin isn’t a primary mitogenic but enhances regenerative stimulation st (mais) arted by epinephrine and norepinephrine. Norepinephrine amplifies mitogenic signals of EGF and HGF. Moreover induces EGF secretion and antagonizes inhibitory efects of TGF-beta 1. Glucagon doesn’t produce effects alone but, probably participates of DNA synthesis and homeostasic process by wich glicemia is kept steady during regeneration. Finaly, there are clues that gastrin may promote hepatotrophic effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Expressão das iodotironinas desiodases nas neoplasias tireoidianas/ Iodothyronine deiodinases expression in thyroid neoplasias

Meyer, Erika L. Souza; Wagner, Márcia S.; Maia, Ana Luiza
2007-07-01

Resumo em português As iodotironinas desiodases formam uma família de selenoenzimas com propriedades catalíticas distintas que ativam ou inativam os hormônios tireoidianos via desiodação do anel fenólico ou tirosínico da molécula do T4. As desiodases tipo I e II (D1 e D2) são as enzimas responsáveis pela geração do T3 e são amplamente expressas na tireóide normal. A transformação neoplásica benigna ou maligna da glândula tireóide está associada a alterações na expressã (mais) o dessas isoenzimas, sugerindo um possível papel da D1 e da D2 como marcadores de diferenciação celular. Anormalidades na expressão de ambas enzimas e da desiodase tipo III (D3), inativadora do hormônios tireoidianos, são também encontradas em outras neoplasias humanas. Os mecanismos ou implicações do aumento ou diminuição das desiodases na patogênese neoplásica são pouco compreendidas. No entanto, é importante observar que a expressão anormal da D2 pode ser responsável por um quadro de tireotoxicose em pacientes com metástases de carcinoma folicular de tireóide, enquanto que o aumento da D3 em hemangiomas pode causar hipotireoidismo de difícil tratamento. Resumo em inglês The iodothyronine deiodinases constitute a family of selenoenzymes that catalyze the removal of iodine from the outer ring or inner ring of the thyroid hormones. The activating enzymes, deiodinases type I (D1) and type II (D2), are highly expressed in normal thyroid gland. Benign or malignant neoplastic transformation of the thyroid cells is associated with changes on the expression of these enzymes, suggesting that D1 or D2 can be markers of cellular differentiation. Abn (mais) ormalities on the expression of both enzymes and also of the deiodinase type III (D3), that inactivates thyroid hormones, have been found in other human neoplasias. So far, the mechanism or implications of these findings on tumor pathogenesis are not well understood. Nevertheless, it’s noteworthy that abnormal expression of D2 can cause thyrotoxicosis in patients with metastasis of follicular thyroid carcinoma and that increased D3 expression in large hemangiomas causes severe hypothyroidism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Evidências de doença tireóidea auto-imune crônica subclínica em portadoras da Síndrome de Turner/ Evidences for subclinic chronic autoimmune thyroid disease in girls with Turner Syndrome

Medeiros, Carla C.M.; Lemos-Marini, Sofia H.V. de; Brícola Filho, Milton; Camargo, Edwaldo E.; Santos, Allan O.; Magna, Luis A.; Guerra Júnior, Gil; Baptista, Maria Tereza M.; Maciel-Guerra, Andréa T.
2007-04-01

Resumo em português O seguimento de pacientes com síndrome de Turner (ST) freqüentemente revela alterações transitórias, recorrentes e assintomáticas de TSH e/ou hormônios tireóideos (HT). Neste trabalho foram avaliadas estrutura e função da tireóide em portadoras da ST com história de alterações prévias desses hormônios. A casuística incluiu 24 pacientes, 17 com menos de 20 anos, avaliadas laboratorialmente pelas concentrações séricas de TSH, T4 livre, T3 e anticorpos an (mais) ti-TPO e anti-Tg, e morfologicamente por ultra-sonografia (USG) e cintilografia com pertecnetato-99mTc. Havia alterações de TSH e/ou HT em 13 casos, e em 23 havia alterações USG compatíveis com doença crônica da tireóide, particularmente tireomegalia (estabelecida de acordo com o volume esperado para a estatura) e heterogeneidade do parênquima. A captação foi normal em 21 casos e a distribuição do radiofármaco, homogênea em 22. As alterações hormonais foram independentes da idade, do tempo de evolução, da presença de anticorpos, do número de anomalias USG e de alterações cintilográficas. Pacientes maiores de 20 anos apresentaram maior freqüência de anticorpos e de hipoecogenicidade do parênquima, e houve correlação positiva entre o volume tireóideo e o tempo de evolução, indicando comprometimento progressivo da glândula. Esses resultados sugerem que as alterações encontradas decorram de doença tireóidea auto-imune crônica. Resumo em inglês Patients with Turner syndrome (TS) frequently exhibit transient, recurrent and asymptomatic variations of TSH and/or thyroid hormones (TH). This work was carried out to evaluate thyroid function and structure in patients with TS who had had such variations in hormone concentrations. Our sample comprised 24 patients, 17 less than 20-years old. Evaluation included serum levels of TSH, free T4, total T3, TPO and Tg autoantibodies, thyroid ultrasound (US) and scintigraphy wit (mais) h 99mTc-pertechnetate. Thirteen patients had abnormal TSH and/or TH levels; 23 exhibited US features compatible with chronic thyroid disorder, particularly thyromegaly (established according to volume expected for stature) and heterogeneous echogenicity. Uptake was normal in 21 cases and tracer distribution was homogeneous in 22. The finding of abnormal hormone concentrations was independent of age, length of time since the first similar finding, thyroid autoantibodies, number of abnormalities at US and abnormal scintigraphic findings. Patients aged more than 20 years had higher frequency of thyroid antibodies and heterogeneous echogenicity, and thyroid volume was significantly correlated to length of time since detection of the first hormone variation, indicating progressive thyroid disease. These results suggest that subclinical thyroid dysfunction in TS is due to chronic autoimmune thyroid disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Estudo da Função Tiroideana em Uma População com Mais de 50 Anos/ Thyroid Function Studies in a Population Sample Over 50 Years of Age

Mendonça, Suzan C.L.; Jorge, Paulo T.
2002-10-01

Resumo em português Com objetivo de analisar a freqüência de disfunção tiroideana e de identificar possíveis alterações hormonais decorrentes do envelhecimento, estudamos 198 indivíduos com idade variando de 50 a 85 anos e 106 filhos com idade entre 11 e 49 anos. A prevalência de disfunção tiroideana foi semelhante em ambos grupos (12,6% no grupo de estudo e 14,1% entre os filhos). A presença de um ou dois anticorpos antitiroideanos positivos foi também semelhante entre os grupo (mais) s (9,1% e 12,3% para os idosos e filhos respectivamente), embora sem correlação disfunção tiroideana. nos idosos. Os níveis séricos de T3 e FT4 foram significantemente menores entre os indivíduos mais velhos quando comparados com os filhos (1,27±0,27 x 1,39±0,31 ng/ml e 0,97±0,29 x 1,18±0,76 ng/dl, respectivamente). Não houve diferença entre os grupos quanto aos níveis de TSH, T4 total e TBG. Concluímos que a prevalência de disfunção tiroideana não foi diferente entre os grupos e que a presença de anticorpos antitiroideanos esteve associada com disfunção da tiróide apenas nos indivíduos mais jovens. A correlação inversa dos níveis de T3 e FT4 com a idade pode refletir uma adaptação à menor necessidade dos hormônios com o envelhecimento. Resumo em inglês We evaluated 198 subjects between 50 and 85 years of age (older group) and 106 individuals of their offspring in the age group 11-49 years (younger group) in order to determine the frequency of thyroid dysfunction and also identify possible hormonal changes due to aging. The prevalence of thyroid dysfunction was similar in both groups (12.6% in the older and 14.1% in the younger groups). The positivity to one or two anti-thyroid antibodies was also similar between the gro (mais) ups (9.1% and 12.3% for the elderly and the young, respectively), although no correlation with the thyroid dysfunction was found in the elderly. Serum T3 and FT4 levels were significantly lower in the older as compared with the younger subjects (1.27±0.27 vs 1.39±0,31 ng/mL and 0.97±0.29 vs 1.18±0.76 ng/dL, respectively). No statistical significant difference was found between the groups regarding TSH, total T4 and TBG levels. We conclude that the prevalence of thyroid dysfunction was similar between the groups and that the positivity to anti-thyroid antibodies was associated with thyroid dysfunction only in the younger subjects. The inverse correlation between T3 and FT4 levels and the age can reflect an adaptation to the lowest requirements for the hormones with the aging.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Efeitos da asfixia perinatal sobre os hormônios tireoidianos/ Effect of perinatal asphyxia on thyroid hormones

Pereira, Denise N.; Procianoy, Renato S.
2001-06-01

Resumo em português OBJETIVO: verificar o efeito da asfixia perinatal sobre os hormônios tireóideos. MÉTODOS: Foi realizado um estudo de caso-controle, no hospital de Clínicas de Porto Alegre, envolvendo 17 recém-nascidos a termo asfixiados (A) e 17 não-asfixiados (N), pareados conforme a cor, sexo, tipo de parto, idade gestacional e peso de nascimento. Foram coletados T4, T3, T4 livre, T3 reverso e TSH do sangue do cordão e do recém-nascido com 18 a 24 horas de vida, entre os que so (mais) freram ou não asfixia perinatal. RESULTADOS: No sangue de cordão, não houve diferença na dosagem dos hormônios tireóideos, com exceção do T3 reverso, que foi mais elevado no grupo que sofreu asfixia [mediana (percentis 25-75) :A= 2(1,4-2); N= 1,41(1,13-1,92); p=0,037]. Com 18 a 24 horas de vida, foram significativamente menores no grupo de asfixiados, com exceção do T3 reverso, que foi semelhante entre os dois grupos [média ± DP: T4 A= 9,79 ± 2,59; N=14,68 ± 3,05; p Resumo em inglês OBJECTIVE: to verify the effect of perinatal asphyxia on thyroid hormone levels in term newborn infants. METHODS: We carried out a case-control study with 17 term and asphyxiated (A) and 17 term and control (N) newborn infants at the Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Patients were paired according to color of skin, sex, type of delivery, gestational age, and weight at birth. We collected umbilical cord plasma T4, T3, free T4, reverse T3, and TSH after 18 to 24 hours (mais) of life and from asphyxiated and control newborn infants. RESULTS: There were no differences in thyroid hormones of cord blood, with the exception of reverse T3, which was higher in A than in controls [median (25th-75th percentile): A= 2(1.4-2); N= 1.41 (1.13-1.92); P=0.037)]. Thyroid hormone levels were lower in A than in controls on samples collected within 18-24 hours after birth, except for reverse T3, which was similar in both groups [average ± SD: T4 A= 9.79 ± 2.59; N=14.68 ± 3.05; P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Efeito dos antidepressivos ISRS sobre os hormônios tireoidianos/ SSRI antidepressant effects on thyroid hormones

Bahls, Saint-Clair; Carvalho, Gisah Amaral de; Boeving, Anke
2007-01-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é realizar uma atualização sobre a ação de antidepressivos, com destaque aos inibidores seletivos de recaptação de serotonina (ISRS) na função tireoidiana de pacientes com depressão. Sete ensaios clínicos investigaram o efeito dos ISRS sobre a função tireoidiana. Apesar das diferenças metodológicas, o principal achado foi a tendência à diminuição dos níveis plasmáticos de tiroxina, não necessariamente relacionada com a respost (mais) a clínica, e sem efeito sobre a tireotropina na maioria das pesquisas. Os estudos sugerem que os ISRS promovem efeitos na função tireoidiana em alguns pacientes com depressão, especificamente diminuição nos níveis plasmáticos de tiroxina. Porém, observou-se que a relação entre o uso de antidepressivos ISRS e a função tireoidiana não está suficientemente esclarecida. Mesmo nos casos de alteração nos níveis plasmáticos dos hormônios tireoidianos em resposta a ação dos ISRS, esta pode ser uma ação não específica sobre a função tireoidiana. Resumo em inglês This article aims at updating antidepressant action, especially using selective serotonin reuptake inhibitors, on thyroid function in depressed patients. Seven clinical trials investigated the status of thyroid hormones after treatment with SSRIs. Despite methodological differences, the main finding indicated a tendency towards decreased serum thyroxine levels, The majority of studies could not find a positive relationship between lower serum thyroxine level and a favorab (mais) le treatment response. Also, an effect on thyrotropin could not be found. Those study results suggest SSRIs promote effects on thyroid function in some depressed patients, specifically decreased serum thyroxine levels. However, the relation between SSRIs antidepressant use and thyroid function is not clear. Even when there was a change in serum thyroid hormone levels due to SSRI therapy, this could be a non-specific effect on thyroid function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Disfunção hepática aguda em paciente com hipertireoidismo e hepatite por vírus B: recuperação após plasmaférese e tireoidectomia - relato de caso/ Acute hepatic failure in a patient with hyperthyroidism and virus B hepatitis: recovery after plasmapheresis and thyroidectomy - a case report

Soares, Débora Vieira; Nakamura, Luiz T.; Ladeira, Márcia C. B.; Brito, Selma M.; Henriques, Jodélia L. M.
2008-04-01

Resumo em português Paciente masculino, 31 anos, internado com quadro de dor abdominal, náuseas, vômitos, icterícia e febre, iniciado há duas semanas. História de hipertireoidismo e tratamento irregular com propiltiuracil há dois anos, interrompeu a medicação quando iniciou o quadro atual. Apresentava bócio difuso, cerca de 120 g, T4L 22,7 ng/dL (VN 0,8-1,9 ng/dL); TSH (mais) ntitireoidiano e iniciado propranolol até a dose de 480 mg/dia. Ultra-sonografia de abdome foi normal e sorologias para hepatites A, B e C indicaram infecção aguda por vírus B. Ocorreu piora da função hepática e manutenção de níveis elevados de hormônios tireoidianos. Visando evitar necessidade futura de antitireoidiano, obter rápida normalização dos níveis de hormônios tireoidianos e em virtude do tamanho do bócio foi indicado tireoidectomia. O paciente foi submetido a uma sessão de plasmaférese terapêutica, imediatamente antes da cirurgia, e tireoidectomia subtotal sem intercorrências. No quinto dia após a cirurgia, o paciente apresentava melhora da função hepática e baixos níveis séricos de T4 livre. Concluímos que o hipertireoidismo prévio pode exacerbar e perpetuar a disfunção hepática causada por hepatite viral aguda e que a plasmaférese é um meio rápido, seguro e eficaz de reduzir os níveis de hormônio tireoidiano, permitindo uma tireoidectomia bem-sucedida em pacientes com tireotoxicose grave. Resumo em inglês A 31-year-old man admitted with abdominal pain, nauseas, vomiting, jaundice and fever that had began 2 weeks before. He had a history of hyperthyroidism and an irregular treatment with propylthiouracil (PTU) for 2 years. He had stopped PTU when the current symptoms started. The patient presented diffuse goiter, about 120g, FT4 22.7 ng/dL (N: 0.8 - 1.9 ng/dL); THS (mais) t without PTU and propranolol was started and increased until the dose of 480 mg/day. Abdominal ultrassonography was normal and serologic markers for hepatitis A, B and C pointed to acute virus B hepatitis. The patient presented a worse of hepatic function and elevated thyroid hormones levels. To avoid the future need of antithyroid drugs, to get a fast normalization of thyroid hormones levels and because of the goiter size thyroidectomy was recommended. The patient underwent one therapeutic plasmapheresis session just before the surgery. A total thyroidectomy was performed without complications. At the 5th day after surgery the patient presented improvement of hepatic function and low FT4 serum levels. We concluded that preexisting hyperthyroidism may aggravate or perpetuate a hepatic failure caused for acute viral hepatitis and plasmapheresis is a rapid, reliable and effective way to lower thyroid hormones serum levels, allowing a successful thyroidectomy in patients with severe thyrotoxicosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Deficiência progressiva dos hormônios adeno-hipofisários após radioterapia em adultos/ Progressive pituitary hormone deficiency following radiation therapy in adults

Loureiro, Rafaela A.; Vaisman, Mário
2004-10-01

Resumo em português A radioterapia é um dos fatores desencadeantes do hipopituitarismo, mesmo quando não direcionada diretamente para o eixo hipotálamo-hipofisário, podendo resultar em redução de hormônios adeno-hipofisários, principalmente por lesão hipotalâmica. A perda da função da hipófise anterior é progressiva e geralmente na seguinte ordem: hormônio do crescimento, gonadotrofinas, adrenocorticotrofina e o hormônio estimulante da tireóide. Vários testes estão dispon� (mais) �veis para a confirmação das deficiências, sendo discutidos, neste artigo, os melhores testes para pacientes submetidos à irradiação. Enfatizamos que o desenvolvimento do hipopituitarismo após a radioterapia é dose e tempo dependente de irradiação, com algumas diferenças entre os eixos hipofisários. Portanto, a conscientização da necessidade de terapia em conjunto de endocrinologistas e oncologistas otimizará o tratamento e a qualidade de vida do paciente. Resumo em inglês Hypopituitarism can be caused by radiation therapy, even when it is not directly applied on the hypothalamic-pituitary axis, and can lead to anterior pituitary deficiency mainly due to hypothalamic damage. The progressive loss of the anterior pituitary hormones usually occurs in the following order: growth hormone, gonadotropin hormones, adrenocorticotropic hormone and thyroid-stimulating hormone. Although there are several different tests available to confirm anterior pi (mais) tuitary deficiency, this paper will focus on the gold standard tests for patients submitted to radiation therapy. We emphasize that the decline of anterior pituitary function is time- and dose-dependent with some variability among the different axes. Therefore, awareness of the need of a joint management by endocrinologists and oncologists is essential to improve treatment and quality of life of the patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Corticoide sistêmico como tratamento de primeira linha da hipertensão pulmonar secundária a síndrome POEMS/ Systemic corticosteroids as first-line treatment in pulmonary hypertension associated with POEMS syndrome

Rached, Samia; Athanazio, Rodrigo Abensur; Dias Júnior, Sérvulo Azevedo; Jardim, Carlos; Souza, Rogério
2009-08-01

Resumo em português A síndrome POEMS é uma rara doença de plasmócitos. A ocorrência de hipertensão pulmonar como complicação respiratória da síndrome é pouco frequente e pode estar ligada ao aumento de várias citocinas, quimiocinas e fatores de crescimento como parte dos fenômenos inflamatórios que cercam a fisiopatologia da síndrome POEMS. Descrevemos o caso de uma mulher de 54 anos com síndrome POEMS e hipertensão pulmonar, que foi tratada com corticoide como terapia de pr (mais) imeira linha. Tratava-se de uma paciente com clássicos sintomas dessa síndrome: polineuropatia (confirmada por eletroneuromiografia), organomegalia, hipotireoidismo subclínico, gamopatia monoclonal em dosagem urinária e alterações cutâneas. A cateterização cardíaca direita revelou pressão arterial pulmonar média de 48 mmHg, débito cardíaco de 4,1 L/min e resistência vascular pulmonar de 8,05 Woods. O nível sérico de brain natriuretic peptide (BNP) foi de 150 pg/mL. Nenhuma outra doença foi encontrada durante investigação. Prednisona (1 mg/kg por três meses) foi iniciada, com dramática melhora clínica e funcional, além de normalização dos níveis dos hormônios tireoidianos e de proteína em urina por eletroforese. A pressão arterial pulmonar média caiu para 26 mmHg, o débito cardíaco para 3,8 L/min e a resistência vascular pulmonar para 2,89 Woods. O nível sérico de BNP caiu para 8pg/mL. Nossos achados indicam o potencial papel da corticoterapia como primeira linha de tratamento na hipertensão pulmonar associada à síndrome POEMS. Diante da raridade dessa apresentação, um registro multicêntrico deveria ser desenvolvido para permitir a aquisição de mais dados que suportem essa conduta. Resumo em inglês The POEMS syndrome is a rare plasma cell disease. Pulmonary hypertension is an infrequent respiratory complication of this syndrome and might be associated with increased levels of various cytokines, chemokines and growth factors as part of the inflammatory phenomena that involve the physiopathology of POEMS syndrome. We present the case of a 54-year-old woman diagnosed with POEMS syndrome and pulmonary hypertension, which were treated with corticosteroids as the first-li (mais) ne therapy. The patient presented with the classic symptoms of this syndrome: polyneuropathy (confirmed by electromyography), organomegaly, subclinical hypothyroidism and monoclonal gammopathy detected in urine, together with skin changes. Right heart catheterization revealed a mean pulmonary artery pressure of 48 mmHg, a cardiac output of 4.1 L/min and pulmonary vascular resistance of 8.05 Woods. The serum level of brain natriuretic peptide (BNP) was 150 pg/mL. No other underlying disease was found during the investigation. Prednisone (1 mg/kg for three months) was then initiated, with a dramatic improvement in the clinical and functional condition. Levels of thyroid hormones and urinary protein levels (as determined using electrophoresis) normalized. Mean pulmonary artery pressure decreased to 26 mmHg, cardiac output decreased to 3.8 L/min, and pulmonary vascular resistance decreased to 2.89 Woods. Serum levels of BNP dropped to 8 pg/mL. Our findings suggest that corticosteroids could play a role as a first-line treatment in pulmonary hypertension accompanied by POEMS syndrome. Due to the rarity of this presentation, a multicenter registry should be developed to allow the compilation of additional data to support this practice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Concentrações plasmáticas de testosterona, triiodotironina (T3) e tiroxina (T4) em bodes submetidos ao estresse calórico/ Plasma concentrations of testosterone, triiodothyronine (T3), and thyroxine (T4) in bucks submitted to heat stress

Coelho, L.A.; Sasa, A.; Bicudo, S.D.; Balieiro, J.C.C.
2008-12-01

Resumo em português Para verificar o efeito do estresse calórico (EC) nas concentrações plasmáticas de testosterona, triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), oito bodes, das raças Saanen (n=4) e Alpina (n=4), foram mantidos em câmara bioclimática, sob condições de termoneutralidade (13,0ºC a 26,7ºC) durante 30 dias e, após um período (60 dias) de descanso, submetidos ao EC (23,7ºC a 34,0ºC) por 30 dias. Para minimizar as variações sazonais nos perfis hormonais devido ao fotoper (mais) íodo, durante toda fase experimental, incluindo a de adaptação em condições de termoneutralidade (30 dias), o fotoperíodo foi controlado utilizando-se alternância de dias longos (16h de luz e 8h de escuro) e de dias curtos (8h de luz e 16h de escuro) a cada 30 dias. As amostras de sangue foram coletadas duas vezes por semana durante cinco semanas. No conjunto das raças, o EC não influenciou (P>0,05) as concentrações de testosterona (1,8±0,2 vs 1,3±0,2ng/ml) e nem a de T4 (52,7±2,8 vs 50,0±2,8ng/ml). Houve declínio (P Resumo em inglês To verify the effect of heat stress (HS) on plasma testosterone, triiodothyronine (T3), and thyroxine (T4) concentrations, eight Saanen (n=4) and Alpine Brown (n=4) bucks were kept in climate chamber under thermal neutral conditions (13.0ºC to 26.7ºC) for 30 days. After a resting period (60 days), the same bucks were submitted to heat stress (23.7ºC to 34.0ºC) for another 30 days. To neutralize the seasonal variations of hormonal profiles throughout the period, the ph (mais) otoperiod was controlled every 30 days altering long (16 hours of light and 8 hours of darkness) and short days (8 hours of light and 16 hours of darkness). The blood samples were collected twice a week during five weeks. In both breeds, there was no effect of HS (P>0.05) on plasma concentrations of testosterone (1.8±0.2 vs 1.3±0.2ng/ml) and T4 (52.7±2.8 vs 50.0±2.8ng/ml). There was a decline (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Carcinoma de tireóide pouco diferenciado: novas considerações terapêuticas/ Poorly differentiated thyroid carcinomas: new therapeutics considerations

Graf, Hans
2005-10-01

Resumo em português Para a maioria dos carcinomas diferenciados de tireóide, como o papilífero e o folicular, após a tireoidectomia total e 131I para ablação de remanescentes tireoideanos, o tratamento com hormônios tireoideanos para suprimir os níveis de TSH reduz o crescimento de qualquer célula cancerosa remanescente, e o tratamento com radiação específica para as células cancerosas cura ou controla muito bem a doença. Os carcinomas de tireóide são considerados pouco difere (mais) nciados quando começam a perder as funções de captação de iodo e a dependência do TSH para crescimento e produção de proteínas tireóide-específicas, como proteína NIS, tireoglobulina e desiodases. Um dos maiores desafios no manejo de pacientes com carcinoma de tireóide derivados das células foliculares é o tratamento de tumores que evoluem apesar da cirurgia, 131I e supressão do TSH com T4. Com o melhor conhecimento da sinalização molecular anormal nas células tireoideanas cancerosas, atualmente novas terapias dirigidas a alvos moleculares específicos envolvidos na transformação neoplásica têm sido utilizadas. Com a identificação das necessidades moleculares críticas para a iniciação, manutenção e progressão tumoral, terapias combinadas com agentes terapêuticos alvo-dirigidos, agindo em cada uma destas etapas, irão melhorar o tratamento do carcinoma pouco diferenciado de tireóide. Resumo em inglês For most differentiated thyroid carcinomas, as papillary and follicular carcinomas, following total thyroidectomy and 131I therapy for thyroid remnant ablation, treatment with thyroid hormones to suppress TSH levels will reduce the growth of any remaining thyroid cancer cells, and thyroid cell-specific radiation therapy will either cure or control the disease. Thyroid carcinomas are considered poorly differentiated when they start to lose such functions as iodine uptake a (mais) nd thyrotropin-dependence for growth and production of thyroid proteins like NIS, thyroglobulin and desiodases. One of the greatest challenges in the management of patients with follicular cell-derived thyroid cancer is the treatment of tumors that progressed despite surgery, 131I and T4 suppression of TSH. With the better knowledge of the abnormal molecular signaling in thyroid cancer cells, actually known targeted cancer therapies, directed against molecules involved in neoplastic transformation, are being used. As the critical molecular requirements for tumor initiation, maintenance and progression are identified, combination therapies with targeted agents acting on each of them will improve the treatment of poorly differentiated thyroid carcinoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Avaliação ecocardiográfica de gatos com tirotoxicose induzida/ Echocardiographic evaluation of cats with induced thyrotoxicosis

Oliveira, Daniel Capucho de; Borlini, Daniel Cometti; Santos, Warley Gomes dos; Monteiro, Jessica Nascimento Moraes; Costa, Lorena Adão Vescovi Séllos; Martins Filho, Sebastião; Araújo Sobrinho, Aloir Queiroz de; Costa, Fabiano Séllos
2010-04-01

Resumo em português O hipertiroidismo é uma doença multissistêmica caracterizada pela elevação dos níveis séricos dos hormônios tireoidianos, sendo uma endocrinopatia comum em gatos. O objetivo deste trabalho foi avaliar possíveis alterações cardíacas pelo exame ecocardiográfico em gatos com tirotoxicose induzida. Foram utilizados nove gatos adultos, sem distinção de sexo ou raça e sem alterações que pudessem interferir nos resultados do estudo. Para indução à tirotoxico (mais) se, foram administrados, por via oral, comprimidos, na dose de 150µg kg-1 de levotiroxina sódica, a cada 24 horas, durante 70 dias. Os exames foram realizados em dois momentos: um momento antes da indução e outro ao término do protocolo experimental. Dos parâmetros avaliados, foi observada diminuição estatisticamente significativa nos valores de diâmetro interno do ventrículo esquerdo, tanto na sístole, quanto na diástole. O diâmetro diastólico (DDVE) médio nos animais variou de 14,97mm, no momento inicial, para 13,27mm, no momento final. Os valores médios do diâmetro sistólico (DSVE) variaram de 8,92mm para 7,92mm, nos momentos inicial e final, respectivamente. Os outros parâmetros avaliados não sofreram alterações. Dessa forma, já foi possível caracterizar alterações cardiovasculares secundárias ao excesso dos hormônios tiroidianos nesse curto prazo de indução, porém não havendo a instalação de um quadro de insuficiência cardíaca congestiva. Ressalta-se a necessidade de um diagnóstico precoce do hipertiroidismo felino para evitar a evolução dos efeitos cardiovasculares dessa enfermidade. Resumo em inglês Hyperthyroidism is a multisystemic disease arising from the excessive serum levels of the thyroid hormones, being a common endocrinopathy in cats. This study aimed at the evaluation of possible cardiac abnormalities by the echocardiographic exam in cats with induced thyrotoxicosis. Nine adult cats, regardless of sex or race and without alterations that could interfere in the study results, were used. To induce the thyrotoxicosis, levothyroxine sodium oral tablets in doses (mais) of 150µg kg-1 every 24 hours over 70 days were administered. The examinations were conducted in two stages: a time before induction, and another at the end of the experimental protocol. It was observed a statistically significant decrease in left ventricle internal diameter during systole and diastole. The others evaluated parameters didn't suffer any alteration. The mean value of the left ventricle diastolic diameter (LVDD) was 14.97mm in the initial moment, and 13.27mm in the final moment. The mean values of the left ventricle systolic diameter (LVSD) were 8.92mm and 7.92mm at the initial and final moments respectively. The others evaluated parameters didn't suffer any alteration. Thus, it was possible to characterize cardiovascular changes secondary to the excess of thyroid hormones in this short period of induction, but none of the cats presented congestive heart failure. It is emphasized the need for an early diagnosis of the feline hyperthyroidism, in order to prevent the development of cardiovascular effects of this disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Avaliação dos níveis séricos de hormônios tireóideos em revascularização miocárdica/ Evaluation of serum levels of thyroid hormones in myocardial revascularization/ Evaluación de los niveles séricos de hormonas tireoideas en revascularización miocárdica

Messias, Elaine Rahal Rodas; Auler Jr, José Otávio Costa; Carmona, Maria José Carvalho
2007-10-01

Resumo em português JUSTIFICATIVAS E OBJETIVOS: Os hormônios tireóideos tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) regulam o anabolismo de proteínas, lipídios e carboidratos e aumentam o consumo de oxigênio. Estresse cirúrgico e circulação extracorpórea (CEC) podem alterar os níveis hormonais ativos por meio de interferência na conversão periférica e diminuição do nível sérico de T3 sem alterações da tirotrofina (TSH), caracterizando a síndrome eutireóidea. Objetivou-se compar (mais) ar os níveis séricos de T3, T4 e TSH em pacientes submetidos à revascularização miocárdica (RM) com ou sem utilização de CEC. MÉTODO: Foram estudados 18 pacientes com programação para cirurgia eletiva de RM, sendo: Grupo CEC (n = 9): pacientes submetidos à CEC e Grupo sem CEC (n = 9): pacientes não submetidos à CEC. Realizou-se dosagem de T3, T4 e TSH séricos antes da indução anestésica (início SO), ao término da cirurgia (final SO), no primeiro dia (1º PO) e no segundo dia de pós-operatório (2º PO). Na análise estatística (Análise de Variância de medidas repetidas, teste de Mann-Whitney e prova de Friedman) considerou-se significativo p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVAS Y OBJETIVOS: Las hormonas tireoideas tiroxina (T4) y triiodotironina (T3) regulan el anabolismo de proteínas, lipídeos y carbohidratos y aumentan el consumo de oxígeno. Estrés quirúrgico y circulación extracorpórea (CEC) pueden alterar los niveles hormonales activos por medio de interferencia en la conversión periférica y en la disminución del nivel sérico de T3 sin alteraciones de la tirotrofina (TSH), caracterizando el síndrome eutireóideo. S (mais) e pensó comparar los niveles séricos de T3, T4 y TSH en pacientes sometidos a la revascularización miocárdica (RM) con o sin utilización de CEC. MÉTODO: Fueron estudiados 18 pacientes con programación para cirugía electiva de RM, siendo: Grupo CEC (n = 9): pacientes sometidos a la CEC y Grupo sin CEC (n = 9): pacientes no sometidos a la CEC. Se realizó la dosificación de T3, T4 y TSH séricos antes de la inducción anestésica (Inicio SO), al término de la cirugía (Final SO), al primer día (1° PO) y en el segundo día del postoperatorio (2° PO). En el análisis estadístico (Análisis de Variancia de medidas repetidas, test de Mann-Whitney y prueba de Friedman) se consideró el significativo p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Thyroid hormones, thyroxine (T4) and triiodothyronine (T3), regulate anabolism of proteins, lipids, and carbohydrates, and increase oxygen consumption. Surgical stress and cardiopulmonary bypass (CPB) can change active hormone levels by interfering with the peripheral conversion and reducing serum levels of T3, without changing the levels of thyrotropin (TSH), which are the characteristics of the euthyroid syndrome. The objective of this work wa (mais) s to compare serum levels of T3, T4 and TSH in patients undergoing myocardial revascularization (MR) with or without ECC. METHODS: Eighteen patients scheduled for elective MR divided as follows: CPB Group (n = 9): patients undergoing CPB, and the Group without CPB (n = 9): patients that did not undergo CPB. The serum levels of T3, T4 and TSH were determined before anesthetic induction (initial OR), at the end of the surgery (final OR), in the first (1st PO) and in the second (2nd PO) postoperative days. Statistical analysis (Analysis of Variance for repeated measures, Mann-Whitney test, and Friedman test) considered significant a p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Avaliação do eixo hipotalâmico-hipofisário-tireoidiano em crianças com síndrome de Down/ Evaluation of the hypothalamic-pituitary-thyroid axis in children with Down syndrome

Oliveira, Ana Tereza de A.; Longui, Carlos A.; Calliari, Luis Eduardo P.; Ferone, Eduardo de A.; Kawaguti, Fábio S.; Monte, Osmar
2002-01-01

Resumo em português Objetivo: determinar a secreção de TSH em crianças com síndrome de Down, sem quadro clínico-laboratorial clássico de hipotireoidismo. Métodos: analisou-se 14 crianças com síndrome de Down e idade média de 3,4 (±1,8) anos. Excluiu-se pacientes com sintomas clássicos de hipotireoidismo ou hipertireoidismo, ou que apresentassem anticorpos antitireóide positivos. Os pacientes foram comparados a um grupo controle de 16 pacientes com idade média de 11,8 (±3,8) an (mais) os e diagnóstico de baixa estatura familial ou atraso constitucional do crescimento. Foram determinadas as concentrações de TSH, T3, T4, T4L e prolactina no tempo basal e após estímulo com TRH. Pacientes com síndrome de Down, subdivididos quanto ao TSH basal, foram comparados em relação às concentrações basais de T3, T4, T4L e prolactina. Resultados: os valores basais de TSH e de prolactina foram significativamente maiores no grupo com síndrome de Down. Após estímulo com TRH, o pico de TSH foi maior no grupo com síndrome de Down. Tanto o número de pacientes com TSH basal > 5 µU/ml, quanto o número dos que apresentaram hiper-resposta ao estímulo com TRH (pico de TSH > 30 µU/ml), foi maior no grupo com síndrome de Down. Conclusões: freqüentemente, crianças portadoras de síndrome de Down apresentam elevação do TSH basal, mesmo na presença de valores basais normais de hormônios tireoidianos e anticorpos antitireóide negativos. A maioria dessas crianças (65%) apresenta hiper-resposta ao teste de estímulo com TRH. Nossos achados demonstram que nem todas as crianças com síndrome de Down e TSH elevado apresentam quadro clássico de hipotireoidismo, sugerindo nesses pacientes uma secreção anômala de TSH de origem hipotalâmica. Resumo em inglês Objective: to determine the thyroid stimulating hormone (TSH) secretion in children with Down syndrome (DS), who do not present clinical and laboratory evidence of classical hypothyroidism and concomitant undetectable antibodies. Methods: fourteen children with DS with a mean age of 3.4 (±1.8) years were studied. Patients with classical hypothyroidism or hyperthyroidism or those with positive antithyroid antibodies were excluded. The DS group was compared to a cont (mais) rol group of 16 children with a mean age of 11.8 (±3.8) years, diagnosed as having familial short stature or constitutional growth delay. Both groups underwent hormonal measurements at basal condition to determine serum TSH, T3, T4, free T4 and prolactin concentrations and after stimulation with thyrotropin releasing hormone (TRH). Thyroid hormones concentrations were also compared when children with DS were subdivided into two groups according to their basal TSH levels. Results: basal TSH and prolactin levels were significantly higher in DS group. After stimulation with TRH, TSH peak was higher in the DS group. The number of patients presenting basal TSH levels higher than 5 µU/mL and TSH peaks higher than 30 µU/mL were significantly higher in the DS group. Conclusions: children with Down syndrome present frequent increase in basal TSH concentrations, despite the presence of normal basal thyroid hormones levels and negative antithyroid antibodies. Most of them (65%) show early intense response after TRH stimulation. Our data demonstrate that in spite of the absence of classic hypothyroidism and/or antithyroid antibodies, an abnormal pattern of TSH secretion occurred in patients with Down syndrome, possibly related to hypothalamic dysfunction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Avaliação clínica e da função muscular em pacientes com hipotireoidismo subclínico/ Clinical and muscular evaluation in patients with subclinical hypothyroidism

Reuters, Vaneska Spinelli; Buescu, Alexandru; Reis, Fabiola A. Aarão; Almeida, Cloyra Paiva; Teixeira, Patrícia F. dos S.; Costa, Antônio J. Leal; Wagman, Márcia Branco; Ferreira, Márcia Martins; Castro, Carmen Lucia N. de; Vaisman, Mario
2006-06-01

Resumo em português Alguns sintomas e sinais de hipotireoidismo, bem como alterações laboratoriais, podem estar presentes no hipotireoidismo subclínico (HS). Este trabalho avalia a prevalência de sintomas e sinais de hipotireoidismo e alterações músculo-esqueléticas em pacientes com HS (n= 57) comparado a um grupo controle sem disfunção tireoideana (n= 37). Baseado na presença de sintomas e sinais de hipotireoidismo, os participantes receberam pontuação específica (escore clín (mais) ico). A força muscular foi aferida pelo teste muscular manual e por dinamômetro de cadeira e a força inspiratória por manovacuômetro. Os níveis de hormônios tireoideanos e enzimas musculares foram dosados. O grupo HS apresentou escore mais elevado (p Resumo em inglês Some symptoms and signs of hypothyroidism, as well as some laboratory abnormalities, may be present in subclinical hypothyroidism (SH). This study evaluates the prevalence of signs and symptoms of hypothyroidism and skeletal muscle dysfunction in 57 patients with SH compared to 37 euthyroid controls. The participants received a clinical score based on signs and symptoms of hypothyroidism. The muscle strength was estimated by manual testing and chair dynamometer and inspir (mais) atory force by manuvacuometer. Thyroid hormones and muscle enzymes were measured. The SH group presented with higher score (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Avaliação das metaloproteinases de matriz -2 e -9 em gatos com desmineralização óssea secundária à tirotoxicose induzida/ Evaluation of matrix metalloproteinases -2 and -9 in cats under bone demineralization secondary to induced thyrotoxicosis

Costa, F.S.; Cardoso, M.J.L.; Muniz, L.M.R.; Vulcano, L.C.; Justulin Júnior, L.A.; Felisbino, S.L.; Martins Filho, S.
2008-10-01

Resumo em português Observou-se significativo aumento de atividade das formas ativas das metaloproteinases -2 e -9 em gatos com tirotoxicose induzida e desmineralização óssea. As formas pró e intermediária da metaloproteinase -2 elevaram-se com 14 dias de administração hormonal, porém, posteriormente, houve uma tendência de queda. Observou-se correlação negativa entre a forma ativa das metaloproteinases de matriz -2 e -9 e a densidade mineral óssea da extremidade distal do rádio (mais) . Os resultados sugerem aumento da degradação da matriz colágena secundária com a elevação dos hormônios tiroidianos. Resumo em inglês Significant increase of activity of active forms of matrix metalloproteinases -2 and -9 in cats under induced thyrotoxicosis and bone demineralization was observed. Pro and intermediated forms of matrix metalloproteinases -2 and -9 increased at 14 days of hormonal treatment, followed by decrease tendency. A negative correlation between active forms of matrix metalloproteinases -2 and -9 and bone mineral density of radius distal extremity was also observed. The results suggest an increase of collagen matrix degradation secondary to high levels of thyroid hormones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Aspectos moleculares da tumorigênese hipofisária/ Molecular aspects of pituitary tumorigenesis

Pinto, Emilia M.; Bronstein, Marcello D.
2008-06-01

Resumo em português Os tumores hipofisários, adenomas em sua quase totalidade, são de ocorrência freqüente, representando 10% a 15% de todas as neoplasias intracranianas. Estas lesões são classificadas em microadenomas ( 10 mm) e como secretoras ou quiescentes (não-funcionantes). Estes tumores são capazes de secretar, de maneira autônoma, os hormônios adenohipofisários, como o hormônio de crescimento (GH), a prolactina (PRL), o hormônio adrenocorticot (mais) rófico (ACTH), o hormônio tireotrófico (TSH), o hormônio folículo estimulante (FSH) e o hormônio luteinizante (LH). A ocorrência de metástase, caracterizando um carcinoma hipofisário, é bastante rara, mas são relativamente comuns tumores de comportamento agressivo que exibem sinais de invasão local. Embora a sua patogênese ainda não seja plenamente caracterizada, muitos mecanismos moleculares envolvidos na tumorigênese hipofisária já foram desvendados. Nesta revisão, serão descritos avanços consideráveis realizados na última década relativos à compreensão dos fatores envolvidos na progressão tumoral, incluindo a participação de oncogenes, supressores tumorais e fatores de crescimento. Resumo em inglês Pituitary tumors, almost invariably adenomas, are of frequent occurrence, accounting for 10% to 15% of all the intracranial neoplasm. They are classified as microadenomas ( 10 mm) and as secreting or clinically non-secreting (or not functioning) adenomas. These tumors are autonomously capable to release pituitary hormones such as the growth hormone (GH), prolactin (PRL), adrenocorticotropic hormone (ACTH), thyroid stimulating hormone (TSH), fol (mais) licle-stimulating hormone (FSH) and luteinizing hormone (LH). The occurrence of metastases, characterizing a pituitary carcinoma, is exceedingly rare. However tumors with aggressive behavior, leading to local invasion, are relatively common. Although the pathogenesis of pituitary tumors is fully characterized, many molecular mechanisms of pituitary tumorigenesis had already been revealed. This review intents to describe advances in the understanding of the involved advances that have been made in the last decade concerning pituitary tumors progression, including the participation of oncogenes, tumor suppressor genes and growth factors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Aspectos metabólicos e funcionais do zinco na síndrome de Down/ Metabolic and functional aspects of zinc in Down syndrome

Raynério Costa, Marques; Marreiro, Dilina do Nascimento
2006-08-01

Resumo em português Este estudo relata os aspectos funcionais do zinco, bem como a participação desse mineral nas alterações metabólicas presentes em indivíduos portadores de Síndrome de Down. A maioria dos trabalhos realizados observou que o estado nutricional relativo ao zinco nesses pacientes está inadequado, com alterações no sistema antioxidante, imunológico e no metabolismo dos hormônios da tireóide. Estudos in vitro apontam que o zinco participa como cofator da enzima dei (mais) odinase tipo II na conversão periférica de Tiroxina em Triiodotironina, e que essa reação está diminuída em indivíduos portadores de Síndrome de Down, o que contribui para a manifestação de distúrbios, como o hipotireoidismo subclínico. As alterações na compartimentalização do zinco no organismo desses indivíduos também favorecem a expressão excessiva da enzima cobre/zinco (Cu/Zn) superóxido dismutase, com aumento do estresse oxidativo, e ainda alterações no sistema imune. Na Síndrome de Down, tem sido demonstrada melhora no metabolismo dos hormônios tireoidianos e na função imune, após a suplementação com zinco. Portanto, o papel metabólico do zinco na Síndrome de Down deve ser mais pesquisado, tendo em vista que esse mineral pode contribuir no controle das alterações metabólicas comumente presentes em indivíduos portadores dessa síndrome. Resumo em inglês This study reports the functional aspects of zinc as well as its participation in the metabolic changes present in individuals with Down syndrome. Most of the studies performed observed that the nutritional status related to zinc in these patients is inadequate, with changes in the antioxidant and immunological systems and in the metabolism of thyroid hormones. In vitro studies show that zinc participates as a cofactor of the enzyme deiodinase type II in the peripheral co (mais) nversion of thyroxin into triiodothyronine, and that this reaction is decreased in individuals with Down syndrome, contributing to the manifestation of disorders such as subclinical hypothyroidism. Changes in zinc compartmentation in the body of these individuals also favor an excessive expression of the copper/zinc enzyme (Cu/Zn) superoxide dismutase, with increased oxidative stress, and also changes in the immune system. In Down syndrome, zinc supplementation has been shown to improve thyroid hormone metabolism and immune function. Therefore, the metabolic role of zinc in Down syndrome should be further researched, knowing that this mineral can.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Aspectos funcionais e imunológico do transplante autólogo da tireóide em ratos/ Functional and immunologic aspects of thyroid autologous transplantation in rats

Mota, José Carlos Nunes; Silva, Alcino Lázaro da; Barbosa Júnior, Aryon de Almeida; Nascimento, Murilo
2004-12-01

Resumo em português Objetivo: Investigar a produção dos hormônios da tireóide transplantada no mesentério. Métodos: Foram operados quarenta e dois ratos Wistar, distribuídos em três grupos. No grupo 1, 30 ratos dos quais colheu-se o sangue para dosagem dos hormônios. O lobo esquerdo da tireóide do rato foi dividido em dois fragmentos e transplantados para o mesentério. O implante foi removido do mesentério e encaminhado para análise histológica e morfométrica. O grupo 2, com 1 (mais) 0 ratos, para testar a sobrevivência dos animais somente com os implantes por cem dias, isto é sem a tireóide in situ. Grupo 3, com 2 animais para o estudo do enxerto à microscopia eletrônica. Resultados: A histologia, a morfometria e a microscopia eletrônica revelram o tecido enxertado nos limites da normalidade, bem como os hormônios T3 e T4. O TSH esteve bastante alto, mas no fim do período de 75 dias, houve um declínio em direção ao valor referencial, porém se manteve aumentado. A imunogamaglobulina não sofreu alteração. Conclusão: Os hormônios T3 e T4 refletem a regularidade do tecido tireóideo transplantado na raiz do mesentério. O TSH se mantém aumentado e a imunogamaglobulina sem alteração estatisticamente significante. É possível fazer com segurança o transplante experimental autólogo da tireóide. Resumo em inglês Purpose: To study the hormonal production of the thyroid transplanted into the mesenteric fatty tissue. Methods: Forty-two Wistar rats were used, 30 in the experimental group and 12 as controls, to test survival after 100 days of transplantation. Half of the thyroid was removed and implanted into the mesenteric tissue. Ten days later the half of the gland left in situ was removed. Levels of thyroid hormones were measured at several different periods after transplantation, (mais) in serum from peripheral blood. Removed tissue was submitted to histological, morphometric and ultrastructural analysis. Results: Morphologic studies were within normal limits. . The T3 and T4 hormones maintained their normal levels. TSH levels showed marked elevation, which subsided around the 75 day of transplantation, but remained elevated during the entire experimental period. Levels of gamma-globulin remained within normal limits. Conclusion: Levels of T3 and T4 reflected the preservation of good thyroid function during mesenteric transplantation. The increased TSH levels revealed pituitary stimulation to a reduced amount of thyroid tissue. The autologous implantation of thyroid tissue is thus feasible and safe.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Análise de taxa metabólica basal e composição corporal de idosos do sexo masculino antes e seis meses após exercícios de resistência/ Analysis of resting metabolic rate and body composition in elderly males before and after six months of endurance exercise/ Análisis de la tasa metabolica de descanso y la composición corporal en veteranos hombres antes y despues de seis meses de ejercicio de endurance

Antunes, Hanna K.M.; Santos, Ruth F.; Boscolo, Rita A.; Bueno, Orlando F.A.; Mello, Marco Túlio de
2005-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi o de comparar a taxa metabólica basal e a composição corporal antes e após um programa de exercício de resistência. Foram selecionados 46 voluntários do sexo masculino com idade entre 60 e 75 (66,97 ± 4,80 anos), que foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos: 1) grupo controle, que foi orientado a não alterar seus hábitos rotineiros e não se engajar em nenhum programa de exercício físico; e 2) grupo experimental, qu (mais) e participou de um programa de exercícios em cicloergômetro três vezes por semana (60 minutos) em dias alternados por seis meses, com intensidade prescrita referente à freqüência cardíaca do limiar ventilatório 1 (LV-1). Os voluntários foram submetidos a avaliação da composição corporal (DEXA); calorimetria indireta, análise sanguínea e teste ergoespirométrico. Após o período de estudo, foram observados decréscimo significativo nos hormônios tireoidianos e mudanças no metabolismo basal em ambos os grupos, mas não foram constatadas alterações na composição corporal. No entanto, o grupo experimental apresentou aumento significativo no consumo de oxigênio pico e na carga de trabalho referente à intensidade do LV-1. Os dados sugerem que um programa de exercícios aeróbios na intensidade do LV-1 não é suficiente para provocar alterações favoráveis no metabolismo basal e composição corporal de idosos, embora promova benefícios cardiovasculares. Resumo em espanhol El objetivo de este trabajo fué el de comparar la tasa metabólica basal y la composición corporal antes y despues de un programa de ejercicio de endurance. Fueron seleccionados 46 voluntarios del sexo masculino con edad entre 60 y 75 (66.97± 4.80 años) que fueron distribuidos aleatoriamente en 2 grupos: 1) grupo control, que fué orientado a no alterar sus hábitos rutinarios y no se encajar en ningún programa de ejercício físico; y 2) grupo experimental, qu (mais) e participó de un programa de ejercicios en cicloergometro 3 veces por semana (60 minutos) en días alternados por seis meses con intensidad prescrita referente a la frecuencia cardiaca del umbral ventilatorio I (VT-1). Los voluntarios fueron sometidos a una evaluación de la composición corporal (DEXA); calorimetría indirecta, análisis sanguíneo y test ergoespirométrico. Después del período de estudio, fue observado un decrecimiento significativo en las hormonas tiroideas y cambios en el metabolismo basal en ambos grupos, pero no fueron observadas alteraciones en la composición corporal. En tanto, el grupo experimental presentó un aumento significativo en el consumo de oxigeno pico y en la carga de trabajo referente a la intensidad del VT-1. Los datos sugieren que un programa de ejercicios aeróbicos en la intensidad del VT-1 no es suficiente para provocar alteraciones favorables en el metabolismo basal y en la composición corporal de añosos, así mismo promueva beneficios cardiovasculares. Resumo em inglês The aim of this study was to compare basal metabolic rate and body composition before and after an endurance-type physical fitness program. The study involved 46 sedentary aging males, aged 60-75 (66.97 ± 4.80 years), who were randomly allocated to two groups: 1) control group, which was asked not to change their daily routine or join a regular physical fitness program; and 2) experimental group, who took part in an aerobic fitness program consisting of working on (mais) cycle ergometer three times a week (60 minutes) on alternate days for six months, at heart rate corresponding to ventilatory threshold 1 (VT-1) intensity. Subjects were submitted to measurement of body composition (DEXA); indirect calorimetry, blood analysis and ergospirometric testing. After the study period, the authors found a significant decrease in thyroid hormones as well as basal metabolism changes in both groups, but no changes in body composition. The experimental group, however, showed a significant increase in peak oxygen uptake and workload at VT-1 intensity. The data suggest that although an aerobic exercise program at VT-1 intensity is not enough to alter the basal metabolism and body composition of healthy seniors, it does lead to cardiovascular benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Abuso de esteróides anabolizantes e seu impacto sobre a função tireóidea/ Abuse of anabolic steroids and its impact on thyroid function

Fortunato, Rodrigo S.; Rosenthal, Doris; Carvalho, Denise P. de
2007-12-01

Resumo em português A utilização de esteróides anabolizantes por indivíduos que desejam aumentar sua performance física, ou simplesmente para fins estéticos, tem atingido índices alarmantes nas últimas três décadas. Além dos efeitos desejados, uma infinidade de efeitos colaterais já foi bem descrita na literatura, como vários tipos de câncer, ginecomastia, peliosis hepatis, insuficiência renal, virilização, dentre outros. Sobre a função tireóidea, o efeito mais pronunciad (mais) o em seres humanos é a diminuição da TBG, com conseqüente diminuição sérica de T3 e T4 totais, dependendo, porém, da susceptibilidade da molécula à aromatização e conseqüente transformação em estrógeno. Em ratos, o tratamento com esteróides anabolizantes altera a metabolização periférica dos hormônios tireóideos e também parece causar importante efeito proliferativo sobre as células tireóideas. Assim, o presente artigo visa rever os dados publicados acerca dos efeitos de doses suprafisiológicas de esteróides anabolizantes sobre a função tireóidea, reforçando o perigo que a utilização indiscriminada dessas drogas pode causar à saúde. Resumo em inglês The use of anabolic steroids to increase physical performance and for aesthetic ends has reached alarming indices in the last three decades. Besides the desired actions, several collateral effects have been described in the literature, such as the development of some types of cancer, ginecomasty, peliosis hepatis, renal insufficiency, virilization, amongst others. The most proeminent effect on human thyroid function is the reduction of thyroxine binding globulin (TBG), wi (mais) th consequent reductions of total serum T3 and T4, depending however on the susceptibility of the drug to aromatization and subsequent transformation into estrogen. In rats, anabolic steroids also act in the peripheral metabolism of thyroid hormones and seem to exert an important proliferative effect on thyroid cells. Thus, the aim of the present paper is to review data on the effect of supraphysiological doses of anabolic steroids on thyroid function, showing the danger that indiscriminate use of these drugs can cause to health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

A amiodarona e a tireóide/ Amiodarone and the thyroid

Pavan, Renata; Jesus, Alexandre M.X. de; Maciel, Léa M.Z.
2004-02-01

Resumo em português A amiodarona é uma droga rica em iodo, amplamente utilizada em cardiologia clínica para o tratamento de arritmias cardíacas. O uso crônico da amiodarona está associado a uma série de efeitos colaterais, destacando-se entre eles alterações na função tireoidiana e no metabolismo dos hormônios tireoidianos, levando a indução de hipotireoidismo ou de tireotoxicose. Diversos mecanismos, incluindo distúrbios na auto-regulação tireoidiana em resposta ao excesso d (mais) e iodo, fatores imunológicos e a citotoxicidade provocada pela droga, estão envolvidos na gênese da disfunção tireoidiana induzida pela amiodarona. Cerca de 50% dos indivíduos em uso crônico de amiodarona desenvolvem alguma anormalidade na função tireoidiana, o que ressalta a necessidade da monitoração das concentrações séricas dos hormônios tireoidianos e do TSH nestes pacientes. Resumo em inglês Amiodarone is an iodine-rich drug widely used for the management of cardiac arrhythmias. During long-term amiodarone therapy drug toxicity may occur and a substantial proportion of amiodarone-treated patients develop either hypothyroidism or thyrotoxicosis. Several mechanisms are involved in amiodarone-induced thyroid dysfunction: defective thyroid auto-regulatory mechanism in presence of excessive iodine offer, immunological factors and cytotoxicity. Approximately 50% of (mais) patients taking amiodarone present abnormal thyroid function. Therefore, for adequate clinical follow up of these patients, it is critical a careful monitoring of thyroid hormones and TSH, before and during treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)