Sample records for threshold energy
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 15 shown.



1

Limiar ventilatório e variabilidade da freqüência cardíaca em adolescentes/ Ventilatory threshold and heart rate variability in adolescents/ Umbral ventilatorio y variabilidad de la frecuencia cardíaca en los adolescentes

Brunetto, Antônio Fernando; Silva, Bruno Moreira; Roseguini, Bruno Tesini; Hirai, Daniel Müller; Guedes, Dartagnan Pinto
2005-02-01

Resumo em português As análises da concentração sanguínea de lactato e das trocas gasosas respiratórias são métodos tradicionalmente empregados para identificar a transição de produção de energia pelo metabolismo muscular. No entanto, mais recentemente, vem sendo sugerido método alternativo mediante análise da variabilidade da freqüência cardíaca. Pretendeu-se, com o presente estudo, estabelecer comparações entre o limiar de variabilidade da freqüência cardíaca (LiVFC) e (mais) o primeiro limiar ventilatório (LV1), em uma amostra de adolescentes. Para tanto, foram submetidos a teste de esforço físico de carga máxima em esteira ergométrica 41 sujeitos (22 rapazes e 19 moças) com idades entre 15 e 18 anos. O LV1 foi identificado mediante o equivalente ventilatório de oxigênio envolvendo recursos de ergoespirometria. A variabilidade da freqüência cardíaca foi analisada por intermédio dos intervalos R-R, através da plotagem de Poincaré, que oferece informações quanto ao desvio-padrão da variabilidade instantânea batimento-a-batimento (SD1), ao desvio-padrão a longo prazo de intervalos R-R contínuos (SD2) e à razão SD1/SD2. O LiVFC foi identificado pelo SD1 de acordo com três critérios: (1) diferenças entre o SD1 de dois estágios consecutivos menor que 1ms; (2) SD1 menor que 3ms; e (3) ocorrência de ambos os critérios em conjunto. Mediante análise dos resultados verificou-se que os intervalos R-R e SD2 diminuíram progressivamente a cada intervalo de 10% do VO2pico até o final do teste de esforço físico (0,05 Resumo em espanhol El análisis de la concentración sanguínea de lactato y de los cambios gaseosos respiratorios son métodos tradicionalmente empleados para identificar la transición de la producción de energía por el metabolismo muscular. No en tanto, mas recientemente viene siendo sugerido como método alternativo mediante el análisis de la variabilidad de la frecuencia cardíaca. Se pretende con el presente estudio establecer comparaciones entre el umbral de variabilid de la frecu (mais) encia cardíaca (LiVFC) y el primero umbral ventilatorio (LV1) en una muestra de adolescentes. Para tanto, fueron sometidos a test de esfuerzo físico de carga máxima en cinta ergométrica 41 sujetos (22 varones e 19 chicas) con edades entre 15 y 18 años. El LV1 fué identificado mediante el equivalente ventilatorio de oxigeno envolviendo recursos de ergoespirometria. La variabilidad de la frecuencia cardíaca fué analizada por intermedio de los intérvalos R-R, a través de la fórmula de Poincaré que oferece informaciones en cuanto al desvío-padrón de la variabilidad instantánea pulso a pulso (SD1), al desvío-padrón a largo plazo de intérvalos R-R contínuos (SD2) y a razón SD1/SD2. El LiVFC fué identificado por el SD1 de acuerdo con tres criterios: (1) diferencias entre el SD1 de dos estadíos consecutivos menor que 1 ms; (2) SD1 menor que 3 ms; y (3) la ocurrencia de ambos de los criterios en conjunto. Mediante análisis de los resultados se verificó que los intervalos R-R y SD2 diminuiran progresivamente a cada intervalo de 10% do VO2pico hasta el final del test de esfuerzo físico (0,05 Resumo em inglês The analysis of blood lactate concentration and pulmonary gas exchanges are methods traditionally employed to identify the transition in the muscle metabolism energy production. However, the analysis of heart rate variability has been recently suggested as an alternative method. The objective of the present study was to compare the heart rate variability threshold (HRVT) with the ventilatory threshold (VT) in a sample of adolescents. Forty-one subjects (22 boys and 19 gir (mais) ls) with age between 15 and 18 years were submitted to a maximal exercise test in a treadmill (modified Bruce protocol). The VT was identified using the ventilatory equivalent of oxygen by means of ergospirometry resources. The heart rate variability was analyzed from the R-R intervals, through the Poincaré plot, which provides information with regard to the standard deviation of the instantaneous beat-to-beat variability (SD1), the standard deviation of the long-term continuous R-R intervals (SD2) and the SD1/SD2 ratio. The HRVT was identified according to three criteria: (1) difference lower than 1 ms in the SD1 between two consecutive exercise levels; (2) SD1 lower than 3 ms; and (3) occurrence of both criteria simultaneously. Through the analysis of the results it was verified that the R-R intervals and the SD2 reduced progressively at each 10% interval of VO2peak until the end of the physical effort (0.05

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Sobre o limiar para a produção de pares e localização de partículas sem spin/ On the threshold for the pair production and localization of spinless particles

Cardoso, Tatiana R.; Castro, Antonio S. de
2007-01-01

Resumo em português A equação de Klein-Gordon em uma dimensão espacial é investigada com a mais geral estrutura de Lorentz para os potenciais externos. A análise do espalhamento de partículas em um potencial degrau com uma mistura arbitrária de acoplamentos vetorial e escalar revela que o acoplamento escalar contribui para aumentar o limiar da energia de produção de pares. Mostra-se ainda que a produção de pares torna-se factível somente quando o acoplamento vetorial excede o aco (mais) plamento escalar. Um aparente paradoxo relacionado com a localização de uma partícula em uma região do espaço arbitrariamente pequena, devido à presença do potencial escalar, é resolvido com a introdução do conceito de comprimento de onda Compton efetivo. Resumo em inglês The one-dimensional Klein-Gordon equation is investigated with the most general Lorentz structure for the external potentials. The analysis of the scattering of particles in a step potential with an arbitrary mixing of vector and scalar couplings reveals that the scalar coupling contributes for increasing the threshold energy for the particle-antiparticle pair production. Furthermore, it is shown that the pair production is only feasible whether the vector coupling exceed (mais) s the scalar one. An apparent paradox concerning the localization of a particle in an arbitrarily small region of space, due to the presence of the scalar coupling, is solved by introducing the concept of effective Compton wavelength.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Impacto da parada cardíaca induzida nas funções cognitivas após o implante de cardiodesfibrilador/ Impacto de la parada cardíaca inducida en las funciones cognitivas después del implante de desfibrilador cardiaco/ Impact of induced cardiac arrest on cognitive function after implantation of a cardioverter-defibrillator

Silva, Mauro Prado da; Rivetti, Luiz Antonio; Mathias, Lígia Andrade Silva Telles; Cagno, Guilherme; Matsui, Christiano
2009-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O cardiodesfibrilador implantável (CDI) foi introduzido na prática clínica em 1980 e é considerado o tratamento-padrão para indivíduos sob risco de desenvolverem disritmias ventriculares fatais. Com o intuito de garantir funcionamento adequado do cardiodesfibrilador, a energia necessária para o término da taquicardia ventricular ou da fibrilação ventricular deve ser determinada durante o implante, sendo esse procedimento chamado de tes (mais) te do limiar de desfibrilação. Para a realização do teste é necessário que seja feita indução de fibrilação ventricular, para que o aparelho possa identificar o ritmo cardíaco e tratá-lo. O objetivo deste estudo foi verificar a ocorrência de disfunção cognitiva 24 horas após o implante de cardiodesfibrilador. MÉTODO: Foi selecionada uma amostra consecutiva de 30 pacientes com indicação de colocação de cardiodesfibrilador implantável (CDI) e 30 pacientes com indicação de implante de marca-passo (MP). Os pacientes foram avaliados nos seguintes momentos: 24 horas antes da colocação do CDI ou MP com ficha de avaliação pré-anestésica, Mini Exame do Estado Mental (MEEM) e Confusion Assessment Method (CAM). Durante o implante do CDI ou MP foram medidas as variáveis: número de paradas cardíacas e tempo total de parada cardíaca. Vinte e quatro horas após colocação do CDI ou MP, foram avaliadas as variáveis: MEEM e CAM. RESULTADOS: O teste de Fisher comprovou não haver diferença da freqüência de escores alterados do MEEM e do CAM entre os grupos antes e depois dos implantes. O tempo médio de PCR foi 7,06 segundos, com máximos e mínimos de 15,1 e 4,7 segundos. CONCLUSÕES: A indução de parada cardíaca durante o teste do limiar de desfibrilação não levou à disfunção cognitiva 24 horas após o implante de cardiodesfibrilador. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El desfibrilador cardiaco implantable (DCI) fue introducido en la práctica clínica en el 1980 y se considera el tratamiento estándar para individuos bajo el riesgo de desarrollar arritmias ventriculares fatales. Con el interés de garantizar el funcionamiento adecuado del desfibrilador cardiaco, la energía necesaria para el término de la taquicardia ventricular o de la fibrilación ventricular, debe ser determinada durante el implante, sien (mais) do este procedimiento llamado test del límite de desfibrilación. Para la realización del test es necesario que se haga la inducción de la fibrilación ventricular, para que el aparato pueda identificar el ritmo cardíaco y tratarlo. El objetivo de este estudio fue verificar la incidencia de disfunción cognitiva 24 horas después del implante del desfibrilador cardiaco. MÉTODO: Se seleccionó una muestra consecutiva de 30 pacientes con indicación de colocación de desfibrilador cardiaco implantable (DCI) y 30 pacientes con indicación de implante de marca-paso (MP). Los pacientes fueron evaluados en los siguientes momentos: 24 horas antes de la colocación del DCI o MP con ficha de evaluación preanestésica, Mini-Examen del Estado Mental (MEEM) y Confusion Assessment Method (CAM). Durante el implante del DCI o MP fueron medidas las variables: número de paradas cardíacas y tiempo total de parada cardíaca. Veinte y cuatro horas después de la colocación del DCI o MP, se evaluaron las variables: MEEM y CAM. RESULTADOS: El test de Fisher mostró que no había diferencia de la frecuencia de puntuaciones alteradas del MEEM y del CAM entre los grupos antes y después de los implantes. El tiempo promedio de PCR 7,06, con máximos y mínimos de 15,1 y 4,7 segundos. CONCLUSIONES: La inducción de parada cardíaca durante el test del límite de desfibrilación, no conllevó a la disfunción cognitiva veinte y cuatro horas después del implante del desfibrilador cardiaco. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Implantable cardioverter-defibrillators (ICD) were introduced in clinical practice in 1980 and they are considered the standard treatment for individuals at risk for fatal ventricular arrhythmias. To ensure proper working conditions, the energy necessary to interrupt ventricular tachycardia or ventricular fibrillation should be determined during implantation by a test called defibrillation threshold. For this test, it is necessary to induce vent (mais) ricular fibrillation, which should be identified and treated by the device. The objective of the present study was to determine the frequency of cognitive dysfunction 24 hours after the implantation of a cardioverter-defibrillator. METHODS: Thirty consecutive patients with indication of cardioverter-defibrillator (ICD) placement and 30 patients with indication of implantable pacemaker (PM) were enrolled in this study. Patients were evaluated at the following moments: 24 hours before placement of the ICD or PM with a pre-anesthetic evaluation form, Mini Mental State Examination (MMSE), and Confusion Assessment Method (CAM); during implantation of the ICD or PM, the following parameters were determined: number of cardiac arrests and total time of cardiac arrest. Twenty-four hours after placement of the device, the following parameters were evaluated: MMSE and CAM. RESULTS: Differences in the frequency of altered MMSE and CAM scores between both groups before and after implantation were not detected by the Fisher Exact test. The mean time of cardiac arrest was 7.06 seconds, with a maximal of 15.1 and minimal of 4.7 seconds. CONCLUSIONS: Induction of cardiac arrest during defibrillation threshold testing did not cause cognitive dysfunction 24 hours after implantation of the cardioverter-defibrillator.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Portadores de CDI com limiar de desfibrilação elevado: evolução clínica e alternativas terapêuticas/ ICD patients with elevated defibrillation threshold: clinical behavior and therapeutic alternatives

Lima, Carlos Eduardo Batista de; Martinelli Filho, Martino; Silva, Rodrigo Tavares; Tamaki, Wagner Tetsuji; Oliveira, Júlio Cesar de; Martins, Daniela Cabral; Nishióka, Silvana Angelina D'Orio; Pedrosa, Anísio Alexandre Andrade; Siqueira, Sérgio Freitas; Costa, Roberto
2008-03-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A programação ideal da energia de choque do CDI deve ser pelo menos 10 J acima do limiar de desfibrilação (LDF), necessitando de técnicas alternativas quando o LDF é elevado. OBJETIVO: Avaliar o comportamento clínico dos portadores de CDI com LDF>25 J e a eficácia da terapêutica escolhida. MÉTODOS: Foram selecionados portadores de CDI, entre janeiro de 2000 e agosto de 2004 (banco de dados prospectivo), com LDF>25 J intra-operatório, e analisaram-se (mais) : características clínicas, FEVE, resgate de eventos arrítmicos pelo CDI e óbitos. RESULTADOS: dentre 476 pacientes, 16 (3,36%) apresentaram LDF>25J. Idade média de 56,5 anos, sendo 13 pacientes (81%) do sexo masculino. Quanto à cardiopatia de base 09 eram chagásicos, 04 isquêmicos e 03 com etiologia idiopática. A FEVE média dos pacientes foi 37% e 94% utilizavam amiodarona. O seguimento médio foi de 25,3 meses. Em 02 pacientes com LDF > Choque Máximo (CM), foi necessário implante de eletrodo de choque adicional (array), sendo mantido programação com CM em zona de FV (>182bpm) nos demais. Durante o seguimento 03 pacientes apresentaram 67 terapias de choque apropriadas (TCA) com sucesso. Ocorreram 07 óbitos sendo 5 por causas não cardíacas e 2 por insuficiência cardíaca avançada. Os pacientes que foram a óbito apresentaram níveis de LDF maiores (p=0,0446), entretanto sem relação com a causa dos mesmos tendo em vista que não ocorreram TCA sem sucesso. CONCLUSÃO: Nessa coorte de pacientes com CDI, a ocorrência de LDF elevado foi baixa, implicando terapêuticas alternativas. Houve associação com disfunção ventricular grave, entretanto sem correlação com as causas de óbito. Resumo em inglês BACKGROUND: The ideal programming of the implantable cardioverter defibrillator (ICD) shock energy should be at least 10J above the defibrillation threshold (DFT), requiring alternative techniques when the DFT is elevated. OBJECTIVE: To assess the clinical behavior of ICD patients with DFT>25J and the efficacy of the chosen therapy. METHODS: Patients who had undergone ICD implantation between Jan/00 and Aug/04 (prospective database) and presented intraoperative DFT>25J we (mais) re selected. The analyzed variables were: clinical characteristics, LVEF, rescue of arrhythmic events from ICD and causes of deaths. RESULTS: among 476 patients, 16 (3.36%) presented DFT>25J. The mean age was 56.5 years, and 13 patients (81%) were men. According to the baseline cardiomyopathy, 09 patients had Chagas' disease, 04 had ischemic cardiomyopathy and 03 had idiopathic cardiomyopathy. Mean LVEF was 0.37 and amiodarone was used by 94% of the patients. Mean follow-up (FU) period was 25.3 months. DFT was higher than maximum energy shock (MES) in 2 patients and it was necessary to implant an additional shock electrode (array). It was programmed MES in ventricular fibrillation zone of ICD therapy in the other patients. In the FU, 03 patients had 67 successful appropriate shock therapies (AST). There were 05 noncardiac and 02 heart failure deaths. The patients who died showed higher DFT levels (p=0.044) without correlation with death because there wasn't unsuccessful AST. CONCLUSION: In this cohort of ICD patients, the occurrence of elevated DFT (>25J) was low, leading to alternative therapies. There was an association with severe ventricular dysfunction, although without correlation to the causes of death.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação da influência da idade no potencial evocado auditivo de tronco encefálico/ Evaluation of the influence of age in auditory brainstem response

Anias, C. R.; Lima, M. A. M. T.; Kós, A. O. A.
2004-01-01

Resumo em português O potencial evocado auditivo de tronco encefálico (ABR) é um método simples, objetivo e não invasivo de avaliação das vias auditivas do tronco encefálico, que pode ser realizado em qualquer idade e que detecta a atividade elétrica desde a orelha interna até o colículo inferior. O ABR é composto por 7 ondas (I - VII), sendo as ondas I, III e V os componentes mais importantes. O nível de sensação (NS) é uma unidade de estímulo que se baseia no limiar psicoac (mais) ústico do indivíduo e a esse limiar acrescenta-se uma determinada intensidade de estímulo em decibel (dB), com o objetivo de fornecer a mesma quantidade de energia acústica em caso de perdas auditivas assimétricas. OBJETIVO: Avaliar a influência da idade no ABR em homens, utilizando o NS como unidade de estímulo. FORMA DE ESTUDO: Observacional coorte com corte transversal. MATERIAL E MÉTODO: Quinze indivíduos do sexo masculino entre 20 e 30 anos e 15 do sexo masculino a partir de 60 anos passaram por um critério clínico de seleção a fim de afastar outros fatores que pudessem influenciar os resultados. Foram determinadas as latências absolutas das ondas I, III, e V e as latências interpicos (LIPs) I-III, III-V e I-V nos 2 grupos e os dados obtidos foram analisados estatisticamente. RESULTADOS: As latências absolutas e interpicos do ABR foram semelhantes nos 2 grupos estudados. CONCLUSÃO: No grupo etário analisado e nas condições pré-estabelecidas neste estudo, a idade não representou um fator de influência nos achados do ABR. Resumo em inglês Auditory brainstem response (ABR) is a simple, objective, and not invasive method of hearing pathway evaluation, which can be done at any age and which detects the electric activity from inner ear to inferior colliculus. ABR is formed by 7 waves (I - VII), but in general, waves I, III and V are its most important components. The level of sensation is a stimulus unit which is based on the personal phsycoacustic threshold and adding to it a constant intensity of stimulus in (mais) decibel (dB) giving the same amount of acoustic energy in case of asymmetric hearing loss. AIM: Evaluate how age influences ABR in men, using level of sensation as a stimulus unit. STUDY DESIGN: Observacional cohort with transversal cut. MATERIAL AND METHOD: Fifteen men with ages between 20 and 30 years old and 15 men above 60 years were examined and submitted to a clinical selection criteria in order to avoid any other factor that could influence in the results. The absolute latency of waves I, III and V and the interpeak latencies I-III, III-V and I-V were established in the 2 groups and values evaluated statistically. RESULTS: Absolute and interpeak latencies of ABR were similar in the 2 groups. CONCLUSION: In the analysed age group and in the prearranged conditions used in this study, the age was not an influence factor in ABR findings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Mistura PAni.DBSA/SBS Obtida por Polimerização "In Situ": Propriedades Elétrica, Dielétrica e Dinâmico-Mecânica/ PAni.DBSA/SBS blends prepared from "in situ" polymerization: electric, dielectric and dynamic-mechanical properties

Leyva, María E.; Barra, Guilherme O.; Soares, Bluma G.; Khastgir, Dipak
2002-01-01

Resumo em português Misturas elastoméricas condutoras de eletricidade envolvendo copolímero tribloco poli(estireno-b-butadieno-b-estireno) (SBS) e polianilina dopada com ácido dodecilbenzenosulfônico (Pani.DBSA) foram obtidas por polimerização "in situ". Os filmes obtidos por moldagem por compressão mostraram baixo limiar de percolação, apresentando valores de condutividade semelhantes aos encontrados para o polímero condutor puro com cerca de 20 % em massa de Pani.DBSA. A caracter (mais) ização das misturas por análise termodinâmico-mecânica (DMTA) evidenciou uma ligeira interação da Pani.DBSA com ambas fases do copolímero SBS. Na região borrachosa, o módulo da mistura aumenta com o aumento do conteúdo de Pani. No entanto, existe uma progressiva queda no fator de amortecimento ("damping") com o aumento da concentração de Pani. A energia de ativação, Ea, do processo de transição vítreo-borrachoso de ambas fases do SBS foi calculada, utilizando a equação de Arrhenius com os dados obtidos tanto por DMTA como por análise termodielétrica (DETA). A caracterização dielétrica não proporcionou informações a respeito da localização da Pani.DBSA na matriz de SBS. No entanto, observou-se o fenômeno de polarização interfacial entre a Pani e o SBS. Uma morfologia do tipo microtubos foi observada para Pani.DBSA na mistura SBS/Pani.DBSA, utilizando-se a técnica de microscopia eletrônica de varredura. Resumo em inglês Conducting rubbery blends of styrene-butadiene-styrene (SBS) triblock copolymer and polyaniline doped with dodecylbenzenesulfonic acid (Pani.DBSA) were produced by "in situ" polymerization. The films obtained by compression-molding display low percolation threshold with conductivity values similar to that found for pure Pani.DBSA with only 20 wt% of Pani.DBSA in the SBS/Pani.DBSA blend. The dynamic-mechanical characterization demonstrated that PAni.DBSA presents a slight (mais) interaction with both phases of the SBS copolymer. In the rubbery region, the modulus of the blend increases with the increase of the Pani content. The values of Tg of the polybutadiene block were not affected by the addition of Pani. However, there is a progressive drop of the damping values with the increase of Pani concentration. The activation energy Ea for the glass transition process for both SBS phases was calculated from DMTA and DETA results, using the Arrhenius equation. From DMTA data, it is found that Ea corresponding to the PB segment of SBS presents a slight increase with the addition of Pani.DBSA, whereas the Ea corresponding to the PS segment increases substantially with the presence of Pani.DBSA. These results were also confirmed by DETA. The dielectric characterization does not provide conclusive information concerning the preferential localization of Pani.DBSA, but gives some information about interfacial polarization between the Pani and SBS in this blend. The formation of microtubules was observed by scanning electron microscopy in the SBS/Pani.DBSA blends.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Efeitos da radiação acústica na obtenção dos limiares ósseos/ Acoustic radiation effects on bone conduction threshold measurement

Matos, Renata das Merces Bastos de; Valle, Silvania de Paula; Dias, Anna Marcella Neves; Santos, Teresa Maria Momensohn dos; Leite, Isabel Cristina Gonçalves
2010-10-01

Resumo em português Radiação acústica é uma fuga da energia sonora do vibrador ósseo que pode ser detectada pela via aérea. A presença da radiação acústica poderia resultar em um limiar ósseo falso, um gap aéreo-ósseo irreal, nas frequências altas. Esse achado poderia ocorrer em pacientes sem comprometimento de orelha média e com história de doença de orelha interna, onde esse gap não é esperado. OBJETIVO: Verificar os efeitos da radiação acústica no tamanho do gap aér (mais) eo-ósseo nas frequências de 2.000, 3.000 e 4.000 Hz. MATERIAL E MÉTODO: Realizou-se estudo clínico e experimental em 101 indivíduos, com presença de gap aéreo-ósseo maior que 10 dB nas frequências de 2.000, 3.000 e/ou 4.000 Hz. Em todos participantes o limiar ósseo foi obtido nas condições: MAE aberto e fechado. RESULTADOS: Constatou-se que o gap aéreo/ósseo que mais sofreu mudança foi da frequência 4.000 Hz. Houve diferença significativa na frequência de mudança de status (misto x neurossensorial); na presença e ausência de diferenças entre via óssea fechada e aberta. CONCLUSÃO: Este estudo comprovou que quando o MAE é ocluído, o fenômeno da radiação acústica é controlado ou evitado, permitindo que as medidas ósseas para as frequências de 3.000 e 4.000 Hz sejam mais precisas. Resumo em inglês Acoustic radiation is the sound energy escape from a bone vibrator that may be detected by air conduction mechanisms. The presence of acoustic radiation may result in an unreal bone conduction threshold, promoting an unreal air/bone gap in the high frequencies. AIM: aim to analyze the acoustic radiation effect on the extension of air/bone gap at 2,000, 3,000 and 4,000 Hz. MATERIALS AND METHOD: our clinical and experimental study had a sample of 101 individuals, who matche (mais) d inclusion criteria: to have an air/bone gap higher than 10 dB in the frequencies of 2,000; 3,000 and 4,000 Hz. All of them had their bone conduction threshold measured in two conditions: open ear canal and closed ear canal. RESULTS: we found that major differences between the two conditions evaluated occurred at the 4,000 Hz; data analysis showed significant difference in the extension for the air/bone gap; analysis of the number of cases of mixed hearing loss that changed to sensorineural was significant too. CONCLUSION: These studies concluded that when the MAE is occluded, the acoustic radiation phenomenon is controlled or avoided, enabling bone measures at the frequencies of 3,000 and 4,000Hz to be more accurate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Seleção de fases em relés numéricos de linhas de transmissão baseada em análise multi-resolução via transformada wavelet

Silveira, Paulo Márcio; Seara, Rui; Zürn, Hans Helmut
2002-09-01

Resumo em português Este artigo apresenta uma nova abordagem para a detecção e identificação de tipos de faltas em linhas de transmissão. O procedimento de identificação é baseado na transformada wavelet associada a uma transformação modal. Dessa forma, os coeficientes wavelet dos sinais de falta, obtidos por análise multi-resolução, são então desacoplados. Para curtos intervalos de análise, os níveis de energia contidos nos sinais transformados são extraídos e comparados (mais) a limiares apropriados, determinando-se o tipo de falta. Uma falta pode ser reconhecida em menos de 2 ms após sua ocorrência. O programa EMTP/ATP é utilizado para validar os resultados. Resumo em inglês A new approach for fault type detection and identification in three-phase transmission lines is introduced. For this end, we have used the wavelet transform associated with a modal transformation. The wavelet coefficients, obtained by multiresolution decomposition, are then uncoupled. For short time analysis intervals, the energy levels in the transformed signals are extracted and compared with an appropriated threshold, determining then the fault type. A fault can be rec (mais) ognized in less than 2 ms after its occurrence. The Electromagnetic Transient Program (EMTP) and Alternative Transients Program (ATP) have been used for validating the obtained results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Viscosidade do Sangue como Parâmetro de Diagnóstico da Síndrome Ascítica em Linhagens de Frangos de Corte com Diferentes Suscetibilidade/ Blood Viscosity as Diagnostic Parameter for Ascites in Broiler Chickens Strains of Different Susceptibility

Fontes, SF; Hernandes, R; Macari, M; Bernal, FM
2000-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi investigar o desenvolvimento de ascites em duas linhagens diferentes de frangos de corte, Hubbard e Pescoço-pelado, através da variação da viscosidade do sangue. As aves foram criadas até 45 dias de idade em duas temperaturas ambiente diferentes (termoneutra e fria) e com dieta de ração à base de milho e farelo de soja, peletizada e de alta energia. Aos 28 e 45 dias de idade, amostras de 8 mL de sangue foram obtidas para determinaçã (mais) o da viscosidade aparente em um viscosímetro de cilindros concêntricos da marca Brookfield, modelo LVDII+ e para determinação do hematócrito. Aos 28 dias de idade foram verificadas algumas ocorrências de ascite nas aves da linhagem Hubbard criadas à temperatura ambiente fria, e aos 45 dias de idade, todos os frangos de corte dessa linhagem criados no ambiente frio apresentaram ascite. A linhagem Pescoço-pelado foi resistente ao desenvolvimento de ascite em todas as idades e temperaturas ambiente. A análise dos resultados da viscosidade aparente do sangue indicaram que aves com valores similares ou maiores que 4 cP (centipoise) apresentaram ascite. Podemos concluir que na linhagem comercial o valor de 4 cP para a viscosidade aparente parece identificar o desenvolvimento de ascite. Resumo em inglês The objective of this work was to investigate the development of ascites in broilers from Hubbard and Naked-neck strains based on the change in blood viscosity. The broilers were reared up to 45 days of age at different environmental temperatures (thermoneutral or cold) and fed pelleted diets with high energy content. At 28 and 45 days, blood samples were obtained to measure the apparent blood viscosity, using a viscosimeter of concentric cylinders, and hematocrit. The re (mais) sults showed that at 28 days of age, some occurrence of ascites was verified in Hubbard birds living in the cold environment, but at 45 days of age all the birds reared at cold temperature had developed ascites. The Naked-neck broilers were resistant to the development of ascites at all ages and environmental temperatures. The analysis of blood apparent viscosity revealed that in birds having values similar or higher than 4 cP (centipoise) were ascitics. In conclusion, the findings of this work suggest that 4 cP of blood apparent viscosity seems to be a threshold for detecting ascites development in commercial broiler strain.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Resposta ventilatória durante a prova de 400 metros livres: associações com a prestação/ Breathing frequency along the 400 m free style: association with pratice

Meira, Octávio; Reis, Victor Machado; Silva, Antonio José; Carneiro, André Luiz; Reis, António Malvas; Aidar, Felipe
2008-03-01

Resumo em português Os objectivos do presente estudo foram os seguintes: i) Descrever variáveis ventilatórias e metabólicas na prova de 400 metros crol; ii) Determinar a contribuição relativa do metabolismo aeróbio e anaeróbio no decorrer da prova; iii) Determinar a relação entre a prestação em 400m crol e as variáveis ventilatórias e metabólicas. A amostra foi constituída por 8 nadadores, do sexo masculino, média = 17.7±2.3 anos, portugueses de nível competitivo nacional e (mais) com uma prática regular de natação. Cada elemento realizou as provas de esforço aleatoriamente (uma submáxima e a outra supramáxima com um intervalo de tempo, entre 48 horas) em uma piscina coberta, com 25m de comprimento e 10m de largura e, temperatura ambiente entre os 26-29 graus centígrados. Em ambas as provas o ar expirado foi analisado por um sistema de gases e registado os valores de VO2 em intervalos de 20 s. Antes de cada prova, os nadadores realizaram os aquecimentos com duração entre 10 a 15 min. A submáxima foi constituída por 5 patamares de 6 min de duração, alternados com um tempo de recuperação. A velocidade inicial foi entre 3 e 4m.s-1 e os patamares subsequentes, receberam acréscimos de 0.5m.s-1 sendo assegurada uma velocidade constante através de um pacer, colocado no fundo da piscina. Foram colhidas amostras de sangue capilar no final de cada patamar de esforço. Na supramáxima, cada nadador nadou 400m exigindo-se um esforço máximo na prova. Após a prova, foi medido o lactato sanguíneo, em intervalos de 2 minutos, até se verificar diminuição nos valores observados. Não se verificou nenhuma correlação significativa entre a velocidade média na prova supramáxima e as variáveis ventilatórias e metabólicas medidas nesta prova. Todavia, encontrámos a interferência de factores antropométricos na prestação em natação, nomeadamente a massa gorda (r=0.78; p≤0.05). Para velocidades até ≈1.3 m.s-1, o metabolismo aeróbio assegurou a maior parte da produção energética. E ainda, os nadadores que apresentaram maior défice de oxigénio acumulado apresentaram menores valores da velocidade associada ao limiar láctico. Resumo em inglês The aims of the present study were: i) to assess ventilator and metabolic variables during a 400m crawl event; ii) to assess the relative contribution of aerobic and anaerobic energy during the event; iii) to investigate the associations between the performance and ventilator and metabolic variables. The sample comprised 8 male Portuguese swimmers with a mean age of 17.7±2.3 years, regularly involved in competitive swimming. Each subject performed a submaximal and a supr (mais) amaximal swimming tests with a 48h recovery between them. The tests were conducted in an indoor 25m swimming pool. During both tests gas analysis was performed and VO2 was recorded in 20 s intervals. The submaximal test comprised 5 bouts of 400m with individual recovery between them. Initial speed was 3 to 4m.s-1 ans speed increases were 0.5m.s-1. Swimming speed was kept constant with a light pacer placed in the bottom of the pool. Blood samples were collected after each bout. The supramaximal test was an all-out 400m crawl swimming. Blood samples were collected every 2 min after the test until blood lactate levelled-off. NO significant association was found between the assessed variables and the performance. However, we found a significant association of the performance with anthopometric measures, namely total body fat (r=0.78; p≤0.05). We also found that to swimming speeds up to ≈1.3 m.s-1, the aerobic energy sources provided the major fraction of energy release. Moreover, the swimmers that presented the largest accumulated oxygen deficit presented the also the larger mean values of the swimming speed associated with the lactic threshold.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Hidrogéis superabsorventes a base de acetato de celulose modificado por dianidrido 3,3', 4,4' benzofenona tetracarboxílico (BTDA): síntese, caracterização e estudos físico-químicos de absorção/ Synthesis of hydrogels of cellulose acetate (AC) cross-linked with 3,3', 4,4' benzophenonetetracarboxylic dianhydride (BTDA): characterization and adsorption physicochemical study

Botaro, Vagner R.; Santos, Cláudio G.; Oliveira, Victor A.
2009-01-01

Resumo em português Este trabalho descreve as sínteses de hidrogéis superabsorventes a base de acetato de celulose (AC), com grau de substituição 2.5, reticulado com dianidrido 3, 3', 4, 4' benzofenona tetracarboxílico (BTDA). As caracterizações das matérias primas foram realizadas por análises térmicas (TG/DTG) e espectroscopia na região do infravermelho (FTIR). O grau de substituição do acetato de celulose foi determinado por via úmida. A confirmação da reação de esterifi (mais) cação foi possível a partir da técnica de FTIR, espectroscopia UV-vis e análises térmicas (TG/DTG). A presença de poros no novo material foi analisada por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e porosimetria (BET). A influência da concentração de dianidrido no meio reacional foi investigada, bem como a influência do aumento no grau de reticulação no comportamento térmico do material. Foram obtidas isotermas de absorção de água em diferentes temperaturas para os hidrogéis com diferentes graus de reticulação. Os coeficientes de difusão dos géis foram determinados, juntamente com a energia de ativação para o processo de inchamento usando a equação de Arrhenius. A entalpia de mistura do sistema gel-água foi determinada pela medida da quantidade máxima de água absorvida no equilíbrio a diferentes temperaturas, empregando a equação de Gibbs/Helmholtz. Resumo em inglês This work describes the synthesis of hydrogels of cellulose acetate (AC), with a nominal degree of substitution DS = 2.5, cross-linked with 3,3',4,4' benzophenonetetracarboxylic dianhydride (BTDA). The raw materials were characterized by thermal analysis (TG/DTG) and by Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR). DS of cellulose acetate was determined by titration with a known amount of standard NaOH solution. Hydrogels of BTDA were synthesized with 0.5, 0.75 and 1.0 (mais) mol of BTDA/mol of AC. FTIR proved to be a suitable method to monitor the course of reactions and the progress of purification. UV-vis spectroscopy and analysis confirmed the esterification of the free hydroxyl groups. Surface modification of AC structure after the cross-linking reaction was analyzed by Scanning Electron Microscope (SEM) and density and porosity of the hydrogels were determined by BET. The influence of the concentration of dianhydride on the time necessary for formation of the gel was investigated. The influence from the increase in the degree of cross-linking on the thermal behavior of the material was also documented. Water absorption isotherms were obtained for hydrogels with different reticulating agents and reticulation degrees at different temperatures. The Arrhenius equation was used to determine the diffusion coefficient of the different hydrogels at distinct temperatures and the threshold energy for the swelling process. The enthalpy of mixture was determined through the measurement of the maximum quantity of water absorbed at equilibrium at different temperatures, with the Gibbs/Helmholtz equation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Exercício concorrente: análise do efeito agudo da ordem de execução sobre o gasto energético total/ Concurrent exercise: analysis of the acute effect of the performance order on the total energy expenditure

Panissa, Valéria Leme Gonçalves; Bertuzzi, Rômulo Cássio de Moraes; Lira, Fábio Santos de; Júlio, Ursula Ferreira; Franchini, Emerson
2009-04-01

Resumo em português O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito da ordem de execução dos exercícios de força e aeróbio sobre o gasto energético total na sessão. Para isso, dez homens tiveram seu consumo de oxigênio medido continuamente durante as seguintes sessões: aeróbio-força (AF) e força-aeróbio (FA). O exercício aeróbio consistiu de 30 minutos de corrida na esteira a 90% da velocidade do limiar anaeróbio. A sessão de força foi composta de quatro exercícios, na (mais) qual os participantes realizavam três séries de 12 repetições a 70% de 1RM. A concentração de lactato sanguíneo [La] foi mensurada após cada exercício de força e nos minutos 10, 20 e 30 do exercício aeróbio. A [La] durante a execução do exercício aeróbio permaneceu maior (p 0,05), indicando que a ordem de execução não afetou significativamente o gasto energético. Resumo em inglês The aim of present study was to analyze the effect of aerobic and strength exercises order on the total energy expenditure in an exercise session. Ten male subjects had their VO2 continuously measured during two sessions: aerobic-resistance (AR) and resistance-aerobic (RA) to estimate caloric expenditure. The aerobic session was a 30-min treadmill run at 90% of anaerobic threshold velocity. The strength exercise session had four exercises, where participants performed thr (mais) ee sets of 12 repetitions at 70% of 1RM. Blood lactate concentration (LA) was measured after each strength exercise and at 10, 20 and 30 min during the aerobic exercise. LA during aerobic exercise was higher (p 0.05), indicating that performance order did not affect energy expenditure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Estimulação cardíaca com variação de freqüência em sistema de alça fechada e sensor de contractilidade miocárdica: avaliação tardia em estudo multicêntrico/ Cardiac pacing with frequency variation in closed loop system and myocardial contractility sensor: late evaluation in multicenter study

ANDRADE, José Carlos S. de; ANDRADE, Veridiana Silva de; AZAMBUJA, Paulo Ceratti; BARBOSA, Gilberto Venossi; BENEDETTI, Humberto; FALLEIRO, Roque Paulo Torres; FRAGOMENI, Luis Sérgio; JAZBIK, José; MOTTA, Newton José Martins; TOMAS, Aldo Aller
2002-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO:O tratamento das bradicardias com o emprego de marcapassos (MP) de dupla câmara com resposta de freqüência (DDD,R) tem incentivado a procura de um sensor ideal. Reavaliamos tardiamente (3 anos) a resposta de freqüência desses MP com sensor de contractilidade miocárdica em sistema de alça fechada. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Do estudo inicial feito em 1997 foram reavaliados 30 pacientes que possuíam doença binodal e 3 anos de implante, sendo 60% do sexo m (mais) asculino, com idades de 17-87 anos (média = 61). A freqüência cardíaca (FC) foi observada através do Holter de 24h e do histograma de freqüência do MP nas atividades diárias e testes de caminhada de 6 minutos e de subir/descer escadas. Determinaram-se os limiares crônicos de estimulação e sensibilidade atriais (A) e ventriculares (V), cotejando-os com os obtidos no implante e no pós-operatório imediato. RESULTADOS: As médias dos limiares no intra-operatório, 30 dias e 3 anos foram as seguintes: estimulação A (0,8, 1,4 e 1,1V) e V (0,5, 1,1 e 1,0V), sensibilidade A (2,3, 2,8 e 2,6mV) e V (10,6,6,3 e 6,3mV). A FC aos 3 anos aumentou nas atividades diárias (físicas e mentais) de 33 a 91% e nos testes de esforço físico de 21 a 130%, à semelhança dos resultados em 30 dias (teste t de Student e análise de variância). Esse sensor de contractilidade manteve aos 3 anos os bons resultados obtidos aos 30 dias, observando-se, como efeitos adversos: o alto consumo energético em 2 pacientes e a dificuldade de ajuste do sensor em outros dois. Resumo em inglês INTRODUCTION: The treatment of bradycardias with bicameral pacemakers (PM) with frequency response (DDD,R) has motivated the search of an ideal sensor. We did a late re-evaluation (3 years) the frequency response of those PM with myocardial contractility sensor in closed loop system. MATERIAL AND METHODS: Thirty patients (pts) of the initial study done in 1997, who presented binodal disease and 3-year implantation were evaluated, being 60% male, ages between 17-87 (averag (mais) e = 61). Their heart frequency (HF) was observed through a 24 Holter monitoring and MP frequency histogram on the daily activities, plus 6-minute walk and going up and downstairs tests. Chronic pacing thresholds were determined as well as atrial (A) and ventricular (V) sensitivity, checking them against those obtained in the implantation and immediate post-operative periods. RESULTS: The average threshold in the intra-operative, 30 days and 3 years were as follows: A pacing (0.8, 1.4 and 1.1V) and V (0.5, 1.1 e 1.0V), A sensitivity (2.3, 2.8 e 2.6mV) and V (10.6, 6.3 and 6.3mV). The HF at the 3rd year increased for daily activities (physical and mental) from 33 to 91%, and for physical exercises tests from 21 to 130%, similarly to the results obtained in 30 days (test t student and variation analysis). This contractility sensor kept at the 3rd year the same good results obtained at the 30th day, presenting the following adverse effects: high-energy consumption in 2 pts and difficulty of sensor adjustment in other 2.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Determination of thermal requirements of Stomoxys calcitrans (L.) (Diptera, Muscidae), under laboratory conditions/ Determinação das exigências térmicas de Stomoxys calcitrans (L.) (Diptera, Muscidae), em condições de laboratório

Aguiar-Valgode, M.; Wilward-de-Azevedo, E. M. V.
1992-01-01

Resumo em inglês The biology immature stage of Stomoxys calcitrans (L.) was studied in the laboratory under four constant temperature. The study was carried out in biological incubators at 20, 25, 30 and 35-C; 65 ñ 10% relative humidity and 14 hours of photophase. The most favorable temperature for developing eggs, larval and pupal was 25-C, while 35-C proved to be harmful for a normal developing of S. calcitrans in larval stage. The incubation periods for egg were 69.90, 42.58, 26.10, 2 (mais) 1.78 hours and 2.91, 1.77, 1.08, 0.90 days at 20, 25, 30, 35-C, respectively . The larval stage was 18.40, 11.63, 8.55 days and, the pupal stage, 8.60, 4.54, 3.60 days at 20, 25, 30-C, respectively. Threshold temperatures for males were a little higher than for females, however, this difference was lesser than 1-C. On the other hand, the quantity of energy (GD) for developing females was a little higher than for males. No difference was observed between the two methods used for calculating the above mentioned biological parameters of S. calcitrans.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Consumo de oxigênio pós-exercícios de força e aeróbio: efeito da ordem de execução/ Strength and aerobic post-exercises oxygen consumption: effect of the order of performance

Lira, Fábio Santos de; Oliveira, Rodrigo da Silva Fermino de; Julio, Ursula Ferreira; Franchini, Emerson
2007-12-01

Resumo em português O treinamento concorrente é uma estratégia que vem sendo utilizada na intenção de maximizar o gasto energético tanto durante quanto após o exercício por meio do EPOC (excesso do consumo de oxigênio pós-exercício). No entanto, pouco se sabe sobre a influência da ordem de execução sobre o EPOC. O objetivo do presente estudo foi verificar a influência do tipo (aeróbio, força e concorrente) e da ordem (aeróbio + força ou força + aeróbio) do exercício sobr (mais) e o EPOC. A amostra foi constituída por oito homens (idade: 24 ± 2 anos; massa corporal: 75,4 ± 3,7kg; e estatura: 179 ± 3,0cm), voluntários, com experiência em treinamento de força e aeróbio. Os sujeitos foram submetidos a um teste para a determinação do VO2pico (57,0 ± 2,9ml/kg/min) e teste de 1-RM para os exercícios de supino reto (68 ± 2kg), puxador costas (64 ± 3kg), cadeira extensora (51 ± 3kg) e mesa flexora (38 ± 3kg). O treino aeróbio foi realizado durante 30 minutos a 90% da velocidade correspondente ao limiar anaeróbio (10,3 ± 2,2km). O treino de força foi realizado a 70% de 1RM, dividido em três séries de 12 movimentos. O consumo de oxigênio (VO2) foi medido em repouso (R) e após as seguintes sessões: aeróbio (A), força (F), aeróbio-força (A + F) e força-aeróbio (F + A), utilizando calorimetria indireta durante 30 minutos, os quais foram divididos em três intervalos de tempo: T1 (0 a 10 minutos), T2 (11 a 20 minutos) e T3 (21 a 30 minutos). A comparação do VO2 entre as diferentes situações (R, A, F, A + F e F + A) para cada um dos períodos de tempo (0-10, 11-20; 21-30 min) foi realizada a partir de uma ANOVA a um fator com medidas repetidas, seguida por teste de Tukey. Em T1, o VO2 das diferentes sessões foi maior que o de R. Durante T2, o VO2 das situações F, A + F e F + A foi superior ao de R. Em T3, somente A + F resultou em EPOC. Os resultados indicam que a ordem de execução influenciou o tempo de EPOC. Contudo, o gasto calórico decorrente do EPOC é bastante reduzido (≅ 15kcal). Resumo em inglês Concurrent training is a strategy which has been used with the purpose to maximize energy expenditure both during and after exercise by exacerbation of excess post-exercise oxygen consumption (EPOC). However, little is known about the influence of the order of performance of exercises on EPOC. The aim of the present study was to verify the influence of type (aerobic, strength and concurrent) and order (aerobic + strength or strength + aerobic) of exercise on excessive pos (mais) t-exercise oxygen consumption. Eight male volunteers (age: 24 ± 2 years; weight mass: 75.4 ± 3.7 kg; and height: 179 ± 3.0 cm), with experience in aerobic and strength training were studied. The subjects were submitted to a test for the determination of the VO2peak (57.0 ± 2.9 ml/kg/min) and test of 1-RM for the exercises of bench press (68 ± 2 kg), lat pull down (64 ± 3 kg), leg extension (51 ± 3 kg) and leg curl (38 ± 3 kg). Aerobic training was conducted for 30 minutes at 90% of the anaerobic threshold velocity (10.3 ± 2.2 km). The protocol strength training corresponded to 70% of 1RM, divided in three sets of 12 repetitions. Oxygen consumption (VO2) was measured at rest (R) and after the following sessions: aerobic (A), strength (S), aerobic-strength (A + S) and strength-aerobic (S + A), using indirect calorimetry for 30 minutes, which were divided in three time intervals: T1 (0-10 minutes), T2 (11-20 minutes) and T3 (the 21-30 minutes). The comparison of the VO2 among the different situations (R, A, S, A + S and S + A) for each period of time (0-10, 11-20; 21-30 min) was determined by one-way ANOVA with repeated measurements, followed by Tukey test. In T1, the VO2 of the different sessions was increased in relation to R. During T2, the VO2 of situations S, A + S and S + A was increased in relation to R. In T3, only A + S resulted in EPOC. The results indicate that exercise order influences EPOC time. However, in 30 minutes the caloric expenditure caused by EPOC was fairly low (≅ 15 kcal).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)