Sample records for stem cells
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Clonagem e células-tronco

Zatz, Mayana
2004-08-01

Resumo em português APESAR do muito que se tem discutido, ainda existe muita confusão em relação aos conceitos de clonagem (reprodutiva e terapêutica) , células-tronco ( embrionárias e não embrionárias) e terapia celular bem como isso pode afetar as nossas vidas. Portanto a proposta desse artigo é o de tentar definir esses conceitos e expressar a minha posição sobre aspectos éticos não só como cientista mas também como representante de inúmeras famílias que vêem nessa nova (mais) tecnologia uma esperança futura de cura para inúmeras doenças neurodegenerativas , muitas vezes letais ou gravemente incapacitantes. Resumo em inglês ALTHOUGH concepts such as human cloning (reproductive and therapeutic), stem cells (embryonic and non-embryonic) , and stem cell therapy and how these issues may affect our lives have been extensively discussed, there is still a lot of misunders-tanding. Therefore the aim of this article is to try to better explain these definitions and express my personal opinion on ethical aspects not only as a scientist but also as a representative of inumerous families who hope that t (mais) his technology might represent in the future a treatment for many neurodegenerative disorders often lethal or severely disabling.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Células-tronco mesenquimais/ Mesenchymal stem cell

Monteiro, Betânia Souza; Argolo Neto, Napoleão Martins; Del Carlo, Ricardo Junqueira
2010-02-01

Resumo em português Dentre todas as células-tronco estudadas até o presente momento, as mesenquimais (MSC) destacam-se por sua elevada plasticidade, podendo originar tecidos mesodermais e não mesodermais. Além disso, possuem características imunomoduladoras e imunossupressoras que ampliam as possibilidades de utilização terapêutica. As MSC secretam uma grande variedade de citocinas pró e anti-inflamatórias e fatores de crescimento e, por meio dessas moléculas bioativas, proporcion (mais) am a modulação da resposta inflamatória, o restabelecimento do suprimento vascular e a reparação adequada do tecido, contribuindo para a homeostasia tissular e imunológica sob condições fisiológicas. Também podem induzir as demais células presentes no nicho tecidual a secretarem outros fatores solúveis que estimulam a diferenciação dessas células indiferenciadas, favorecendo o processo de reparação. A terapia celular com MSC é uma alternativa terapêutica promissora, porém a compreensão da biologia dessas células ainda é uma ciência em formação. Este artigo tem por objetivo realizar uma breve revisão sobre as células mesenquimais indiferenciadas. Resumo em inglês Of all the stem cells studied so far, the mesenchymal stem cells (MSC) stand out for their high plasticity and capacity of generating mesodermal and non-mesodermal tissues. In addition, immunomodulatory and immunosuppressive features that expand possibilities for therapeutic use are present in these cells. A variety of pro and anti-inflammatory cytokines and growth factors are secrete for MSC and provide a modulation of inflammatory response, re-establishment of vascular (mais) supply and adequate repair of the tissue, contributing to tissue homeostasis under physiologic conditions. Therefore, they can induce secretion of soluble factors that stimulate their differentiation by other cells present at the niche's tissue, promoting the repair process. Cell therapy using MSC is a promises therapeutic alternative, but understanding the biology of these cells is still under construction. The aim of the article is to conduct a short review of these undifferentiated mesenchymal cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Células-tronco pluripotentes e doenças neurológicas

Muotri, Alysson Renato
2010-01-01

Resumo em português Grande parte do conhecimento atual dos fenótipos celulares relacionados a doenças neurológicas foi obtida a partir de estudos de tecidos cerebrais coletados após a morte do indivíduo. Essas amostras geralmente representam os estágios finais da doença e, portanto, não servem como fiel representação de como os sintomas aparecem. Além disso, nessas circunstâncias, a patologia observada pode muito bem ser um efeito secundário do processo patológico ou mesmo da d (mais) eterioração do tecido em vez de um fenótipo celular autêntico. Da mesma forma, modelos animais nem sempre recapitulam exatamente a patologia das doenças em humanos. Neste artigo, pretendo apresentar uma visão crítica dos recentes avanços obtidos a partir da modelagem de doenças neurológicas humanas, utilizando células-tronco pluripotentes. O foco na reprogramação celular de células somáticas, gerando células-tronco pluripotentes induzidas, justifica-se em razão do grande potencial experimental não só para a modelagem de doenças humanas, mas também como ferramenta biotecnológica para triagem de novas drogas, contribuindo para uma futura medicina personalizada. Resumo em inglês Most of our current knowledge about cellular phenotypes related to neurological diseases was gathered from studies performed in brain tissue collected postmortem. These samples often represent the end-stage of the disease process and may not represent a fair picture of how the disease developed over time. Futhermore, under these conditions, the pathology may as well be a secundary effect of the disease process or even due to the poor tissue condition and may not represent (mais) an authentic cellular phenotype. Likewise, animal models not always recapitulate the pathology from human disorders. In this article, I will present a critical view on the recent advances obtained from disease modeling using human pluripotent stem cells. The focus on cellular reprogramming as tool to generate patient-specific induced pluripotent stem cells is justified by the great experimental potential, not only for disease modeling, but also as a biotecnological tool for future drug-screening platforms and personalized medicine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Células-tronco em odontologia/ Stem cells in Dentistry

Soares, Ana Prates; Knop, Luégya Amorim Henriques; Jesus, Alan Araujo de; Araújo, Telma Martins de
2007-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: existe um grande interesse no desenvolvimento de técnicas para a manipulação de células-tronco, no intuito de instituirem-se tratamentos restauradores de tecidos e órgãos. Para que a bioengenharia seja eficaz, faz-se necessária a presença de três fatores: as próprias células-tronco, uma matriz extracelular e fatores de crescimento. Existem inúmeros fatores de crescimento envolvidos no desenvolvimento do órgão dentário. Por isso pesquisadores a (mais) inda não foram capazes de formar um órgão completo, embora existam diversos estudos evidenciando a formação de esmalte e dentina a partir de células-tronco isoladas da polpa dentária. Recentemente, também foram isoladas células-tronco da polpa dos dentes decíduos. Sabe-se que estas células são altamente proliferativas, sendo de grande importância para o cirurgião-dentista o conhecimento do seu comportamento biológico e técnicas de obtenção. OBJETIVO: este estudo teve como objetivo realizar uma revisão de literatura acerca das atuais tendências das pesquisas com células-tronco na Odontologia, além de discorrer sobre os fatores implicados para o sucesso na utilização prática dessas células. Resumo em inglês INTRODUCTION: there is great interest in developing techniques for manipulation of stem cells for the use in restoring organs and tissues. The effectiveness of bioengineering is based on the existence of stem cells, an extra cellular matrix and growth factors. Innumerous growth factors are involved in the development of dental organs, and this complexity of factors makes it extremely difficult to grow a complete organ, even though there are multiple essays reporting the f (mais) ormation of enamel and dentin from isolated stem cell, originating from dental pulp tissues. More recently, deciduous teeth have been used to extract stem cells from their pulp tissues. We know that these cells are highly proliferate. The recognition of the biological behavior of these cells and techniques used to isolate them is of great interest to dentists. AIM: the aim of this study was to review the current trends of research with stem cells in Dentistry and the factors implied for their practical and successful use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Células-tronco do líquido amniótico/ Amniotic fluid stem cells

Bydlowski, Sergio P.; Debes, Adriana A.; Duarte, Sergio A.; Janz, Felipe L.; Cavaglieri, Rita de Cássia; Maselli, Luciana M. F.
2009-05-01

Resumo em português Desde o primeiro isolamento e cultivo de células-tronco embrionárias humanas, há mais de 10 anos, seu uso na pesquisa e terapia foi inibida por considerações éticas complexas e pelo risco de transformação maligna destas células indiferenciadas após transplante no paciente. As células-tronco adultas são eticamente aceitas e o risco de transformação maligna é muito baixo. Entretanto, seu potencial de diferenciação e sua capacidade proliferativa são limitad (mais) os. Cerca de 6 anos atrás, a descoberta de célulastronco no líquido amniótico que expressavam Oct-4, um marcador específico de pluripotencialidade, com alta capacidade de proliferação e diferenciação, iniciou um novo campo promissor na área das células-tronco. Estas células têm potencial de se diferenciar em células dos três folhetos germinativos. Não formam tumores in vivo e não levantam os questionamentos éticos associados com as células-tronco embrionárias humanas. Futuras investigações revelarão se as células-tronco do líquido amniótico realmente irão representar um tipo intermediário com vantagens em relação tanto às células-tronco embrionárias quanto às adultas. Este artigo faz uma revisão acerca destes tópicos e das características biológicas das células-tronco do líquido amniótico. Resumo em inglês Since the first successful isolation and cultivation of human embryonic stem cells about 10 years ago, their use for research and therapy has been constrained by complex ethical considerations as well as by the risk of development of malignancies of undifferentiated embryonic stem cells after transplantation into the patient. Adult stem cells are ethically acceptable and the risk of tumor development is low. However, their differentiation potential and proliferative capac (mais) ity are limited. About 6 years ago, the discovery of Oct-4 expressing amniotic fluid stem cells, a specific marker of pluripotency, with a high proliferative capacity, and multilineage differentiation potential, initiated a promising field of research. These cells, indeed, have the potential to differentiate into cells of all three embryonic germ layers. They do not form tumors in vivo and do not raise ethical concerns. Further investigation will reveal whether these cells really are an intermediate cell type with advantages over both embryonic and adult stem cells. This article reviews the biological characteristics of amniotic fluid stem cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Células-tronco hematopoéticas em cães/ Hematopoietic stem cells in dogs

Nakage, Ana Paula Massae; Santana, Aureo Evangelista
2006-02-01

Resumo em português As células-tronco hematopoéticas promovem a reconstituição hematopoética e de outros tecidos, estando presentes no embrião, sangue periférico, medula óssea e sangue do cordão umbilical. Os modelos experimentais de células-tronco em cães têm propiciado informações relevantes para transplantes de células-tronco em humanos. A capacidade de reconstituição hematopoética e da plasticidade das células-tronco de cães permite o emprego do modelo canino em vári (mais) as propostas científicas e terapêuticas, que propiciam informações pré-clínicas ao homem. O objetivo desta revisão bibliográfica é relatar a importância das células-tronco hematopoéticas de cães, sendo que a sua principal aplicação clínica é o transplante das células-tronco. Resumo em inglês Stem cells provide hematopoietic and other tissues reconstitution and are present in the embryo, peripheral blood, bone marrow and umbilical cord blood. The experimental models of stem cells in dogs provide important information for stem cells transplants in humans. Their main clinical application is the stem cell transplant. The hematopoietic reconstitution and plasticity capacity of dog stem cells. Allow its use as stem cell model for therapeutic and scientific studies (mais) thus giving importat information in human pre clinical trials with stem cell. The goal of this literature review is relate the importance of canine hematopoietic stem cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Células-tronco hematopoéticas: utilidades e perspectivas/ Hematopoietic stem cells: uses and perspectives

Silva Junior, Francisco C. da; Odongo, Fatuma C. A.; Dulley, Frederico L.
2009-05-01

Resumo em português As células-tronco hematopoéticas (CTH) são células que possuem a capacidade de se autorrenovar e se diferenciar em células especializadas do tecido sanguíneo e do sistema imune. Na medicina, sua importância pode ser evidenciada por seu uso rotineiro do tratamento de doenças onco-hematológicas e imunológicas. A dificuldade de se encontrarem doadores compatíveis de medula óssea tem estimulado a busca por fontes alternativas de CTH, notadamente o sangue de cordã (mais) o umbilical e placentário (SCUP) e o sangue periférico. O número de unidades de SCUP armazenadas no mundo tem sido crescente desde a década de 1990. Em 2004 foi criada a rede BrasilCord, estabelecendo uma rede nacional de bancos de SCUP com o objetivo de aumentar as chances de localização de doadores e ampliar o número de bancos de SCUP no país. A despeito do baixo volume coletado e do maior tempo necessário para regenerar o tecido hematopoético, as CTH de SCUP vêm em alta concentração sanguínea, sua utilização como fonte de CTH para transplante apresenta menor risco de causar doença enxerto versus hospedeiro e possuem maior facilidade de obtenção do que as CTH provenientes de medula óssea. Resumo em inglês Hematopoietic stem cells (HSC) are cells capable of self-renewal and differentiation into specialized blood tissue and immune system cells. In medicine, their importance is evidenced by their routine use in the treatment of onco-hematological and immunologic diseases. The difficulty of finding compatible bone marrow donors has motivated the search for alternative sources of HSC, notably placental/umbilical cord blood (PUCB). The number of PUCB units stored worldwide has b (mais) een increasing since 1990. In 2004, the BrasilCord network was created, establishing a national network of PUCB banks with the aim of increasing the chances of finding donors and expanding the number of PUCB banks in the country. Despite the small volume collected and the greater amount of time required for the regeneration of the hematopoietic tissue, the blood concentration of HSC in PUCB is higher, their use as a source for HSC for transplantation presents a lower risk of causing graft versus host disease and they are more easily obtained compared to HSC originating from the bone marrow.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Células-tronco de medula óssea em isquemia crítica de membros/ Bone marrow stem cells in critical limb ischemia

Araujo, José Dalmo; Araujo Filho, José Dalmo; Ciorlin, Emerson; Ruiz, Milton A.; Greco, Oswaldo T.; Ardito, Roberto V.; Lago, Mario
2009-05-01

Resumo em português Os autores discutem aspectos clínicos e de tratamento convencional da isquemia critica dos membros inferiores e consideram a possibilidade de tratamento com células- -tronco autógenas de medula óssea para os pacientes que já esgotaram, sem sucesso, todos os meios de tratamento conhecidos. Comentam sobre o histórico, as fontes, as experiências animais e clínicas e, finalmente, apresentam sua experiência inicial com seis pacientes, todos com indicação de amputaç (mais) ão maior ou menor. Em apenas um paciente não foi possível evitar a amputação. Além de ótimos resultados, quanto à supressão da dor e cicatrização de lesões isquêmicas, pode-se notar a ausência de quaisquer efeitos colaterais deletérios, sugerindo que a terapia celular é eficiente e segura, demandando, porém, mais pesquisas e estudos randomizados para se tornar uma terapia de uso corrente. Resumo em inglês The authors discuss clinical aspects and conventional treatment of lower limb critical ischemia and the alternative of therapy with autogenous bone marrow stem cells in patients who have exhausted, without success, all the current means of treatment. They comment on the historical aspects, the sources, animal experiments, clinical research and, finally, their initial experience with six patients, all of whom had previous indication of major or minor amputation. For only o (mais) ne patient amputation could not be avoided. In addition to excellent results in pain relief and healing of ischemic ulcers, no deleterious side effects were noted suggesting that this type of cell therapy is safe and efficient although further research and randomized studies are needed to make this a standard therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Células-tronco de origem hematopoéticas: expansão e perspectivas de uso terapêutico/ Hematopoietic stem cells: expansion and perspectives for therapeutic use

Abdelhay, Eliana S. F. W.; Paraguaçú-Braga, Flávio H.; Binato, Renata; Bouzas, Luis Fernando S.
2009-05-01

Resumo em português A célula-tronco hematopoética (CTH) tem um enorme potencial para reconstituir o sistema hematopoético, o que permitiu o desenvolvimento de estratégias de terapias celulares para doenças neoplásicas ou não. Em paralelo com os avanços clínicos, estudos sobre os mecanismos moleculares que levam as células-tronco hematopoéticas a decidir pela autorrenovação, diferenciação ou apoptose têm contribuído para o conhecimento de como controlar a cinética da CTH. Es (mais) ta revisão tenta descrever como estes novos avanços podem ser utilizados no desenvolvimento de estratégias de expansão das CTHs para uso terapêutico. Resumo em inglês Hematopoietic stem cells (HSCs) have the potential for reconstituting the hematopoietic system a characteristic that has enabled the development of cell based therapies for neoplastic and non-malignant diseases. In parallel with these clinical advances, elucidation of molecular mechanisms controlling self-renewal, differentiation or apoptosis have contributed to our understanding of the molecular events that control HSC kinetics. This review focuses on how these advances can be translated in new strategies for HSC expansion and their use in therapies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Células-tronco derivadas de tecido adiposo humano: desafios atuais e perspectivas clínicas/ Human adipose-derived stem cells: current challenges and clinical perspectives

Yarak, Samira; Okamoto, Oswaldo Keith
2010-10-01

Resumo em português As células-tronco adultas ou somáticas detêm grande promessa para a reparação e regeneração de tecidos. Atualmente, o interesse dos cientistas é contínuo na investigação da biologia de células-tronco mesenquimais, tanto em aspectos básicos, quanto no potencial de aplicações terapêuticas. As células-tronco adultas derivadas do estroma do tecido adiposo, em comparação com as células-tronco derivadas do estroma da medula óssea, apresentam como vantagem o (mais) método fácil de obtenção da fonte tecidual. As células-tronco adultas derivadas do estroma do tecido adiposo apresentam potencial para se diferenciarem em células de tecidos mesodérmicos, como os adipócitos, as cartilagens, os ossos e o músculo esquelético e não mesodérmicos, como os hepatócitos, as células pancreáticas endócrinas, os neurônios, os hepatócitos e as células endoteliais vasculares. Entretanto, os dados disponíveis na literatura científica sobre as características das células-tronco adultas derivadas do estroma do tecido adiposo e os procedimentos para sua obtenção e manipulação no laboratório são inconsistentes. É necessário o desenvolvimento de metodologias e procedimentos eficazes de isolamento dessas células para obtenção de células em quantidade e qualidade suficientes para aplicação terapêutica. Nesta revisão, são discutidos os métodos correntes de coleta de tecido adiposo, isolamento e caracterização de células-tronco adultas derivadas do estroma do tecido adiposo, com ênfase na futura aplicação em medicina regenerativa e nos possíveis desafios nesse recente campo da ciência. Resumo em inglês Adult or somatic stem cells hold great promise for tissue regeneration. Currently, one major scientific interest is focused on the basic biology and clinical application of mesenchymal stem cells. Adipose tissue-derived stem cells share similar characteristics with bone marrow mesenchymal stem cells, but have some advantages including harvesting through a less invasive surgical procedure. Moreover, adipose tissue-derived stem cells have the potential to differentiate into (mais) cells of mesodermal origin, such as adipocytes, cartilage, bone, and skeletal muscle, as well as cells of non-mesodermal lineage, such as hepatocytes, pancreatic endocrine cells, neurons, cardiomyocytes, and vascular endothelial cells. There are, however, inconsistencies in the scientific literature regarding methods for harvesting adipose tissue and for isolating, characterizing and handling adipose tissue-derived stem cells. Future clinical applications of adipose tissue-derived stem cells rely on more defined and widespread methods for obtaining cells of clinical grade quality. In this review, current methods in adipose tissue-derived stem cell research are discussed with emphasis on strategies designed for future applications in regenerative medicine and possible challenges along the way.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Embriões, células-tronco e terapias celulares: questões filosóficas e antropológicas

Fagot-Largeault, Anne
2004-08-01

Resumo em inglês AS THE possibility of therapeutic cloning in humans has just been demonstrated by a Corean group of researchers, the paper argues that biotechnologies of that kind may contribute to alleviate the chronic shortage of organs and tissues for transplantation. Ever since immunosuppressant drugs have become available, transplantation surgery has made considerable progress, and the procurement of transplants, especially from living donors, has been problematic. The investigation (mais) of the properties of (adult or embryonic) stem cells opened great hopes. Conditions such as diabetes, multiple sclerosis, myocardial infarct, or neurodegenerative diseases (Parkinson's, Alzheimer's, Huntington's diseases), could be treated by cellular therapy, namely, transplantation of human cells issued from cell lines derived from human stem cells possibly stored in cell banks. Adult stem cells, however, are rare and difficult to identify (apart from bone marrow, which contains the precursors of blood cells, a resource already widely used). There exists a large supply of human embryonic stem cells in countries where the freezing of embryos for the purposes of medically assisted procreation leaves 'spare' or 'surplus' embryos which may be either destroyed or donated for research after couples have fulfilled their procreative aim. It is often considered that harvesting stem cells from those embryos, for use in research or therapeutics, is morally more acceptable than destroying them. But the constitution of stem cell banks is open to two objections. First, in order to offer HLA compatible grafts to a large population, the bank should offer a selection of cell supplies representative of all HLA types in the population, a virtually impossible task. Second, with HLA compatible grafts there remains a risk of immunorejection, and a necessity for the patients treated to take immunosuppressant drugs for the rest of their lives. Should biological research establish their feasibility and safety, cloning techniques might then appear to be the best choice. Treating (for example) diabetic patients with cells constructed by transferring the nucleus of a somatic cell of the patient into an enucleated oocyte would have the double advantage that the graft would be immunocompatible with the receiver, and that cell banks would not be required; instrumentalizing women for the collection of oocytes has been found objectionable, but a Chinese group of researchers suggested the possibility of using animal oocytes. It remains that such practices have raised lots of ethical controversies. It is at this moment difficult to assess their impact on our vision of 'humanity'.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Uso de células-tronco cultivadas ex vivo na reconstrução da superfície ocular/ Use of stem cells cultured ex vivo for ocular surface reconstruction

Ricardo, José Reinaldo da Silva; Gomes, José Alvaro Pereira
2010-12-01

Resumo em português Lesões na superfície ocular podem atingir as células-tronco do limbo e causar deficiência límbica. A deficiência límbica é caracterizada pela conjuntivalização, que pode ser definida como a invasão do epitélio conjuntival sobre a córnea. Este processo é acompanhado por graus variáveis de alterações corneanas, como neovascularização, inflamação, erosões recorrentes, defeitos epiteliais persistentes, destruição da membrana basal do epitélio e cicatr (mais) ização estromal. Frequentemente, estas alterações estão associadas à diminuição da acuidade visual, fotofobia e desconforto ocular. O melhor tratamento para essa afecção não é conhecido e possibilidades variam em casos uni ou bilaterais. Entre os tratamentos disponíveis, o transplante de limbo autólogo ou alógeno é um dos mais utilizados. Para melhorar os resultados dos transplantes alógenos, alguns pesquisadores utilizam o transplante de epitélio da córnea cultivado em laboratório pela expansão ex vivo de células-tronco epiteliais límbicas. Mas devido à limitada disponibilidade de tecido autólogo do limbo e o risco de complicações associadas à imunossupressão em transplante de tecido alógeno, pesquisas de outras opções de células-tronco cultivadas ex vivo têm sido descritas em fase experimental e clínica. Essa revisão descreve os novos tipos de células-tronco cultivadas ex vivo, seus resultados atuais e potencialidades futuras. Resumo em inglês Lesions on the ocular surface can destroy the stem cells from the limbus and cause limbal stem cell deficiency. The limbal stem cell deficiency is marked by conjunctivalization, which can be defined as the invasion of conjunctival epithelium over the cornea. This process is accompanied by varying degrees of corneal changes such as neovascularization, inflammation, recurrent erosions, persistent epithelial defects, destruction of basement membrane of epithelium and stromal (mais) healing. Often, these changes are associated with poor visual acuity, photophobia and ocular discomfort. The best treatment for this disease is not known and varies in unilateral or bilateral cases. Among the treatments available, transplantation of limbal autograft or allograft is one of the most used. To improve the outcome of allotransplantation, some researchers use the transplantation of corneal epithelium cultured in the laboratory by ex vivo expansion of limbal stem cells, but due to limited availability of autologous tissue from the limbus and the risk of complications associated with immunosuppression in allogeneic tissue transplantation, researches of others options of stem cell cultured ex vivo have been described in experimental and clinical stage. This review describes the new types of stem cells cultured ex vivo, their current results and future potential.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Células-tronco mononucleares autólogas e proteína óssea morfogenética na cicatrização de defeitos tibiais experimentalmente induzidos em cães/ Autologue mononuclear stem cells and morphogenetic bone protein in experimentally induced tibial defect healing in dogs

Oliveira, G.K.; Raiser, A.G.; Olsson, D.; Salbego, F.Z.; Martins, D.B.; Dezengrine, R.; Santos Júnior, E.B.; Rappeti, J; Trindade, L.B.; Tognoli, G.K.; Pippi, N.L.; Sausen, L.
2010-02-01

Resumo em português Avaliou-se a utilização de células-tronco mononucleares (CTM) na cicatrização de defeito ósseo experimental como alternativa aos métodos convencionais, analisando-se o tempo de evolução cicatricial e a presença dessas células no tecido neoformado. Foram utilizados 18 cães, separados em três grupos (G) de seis, e de cada animal foram colhidas células da medula óssea (MO), contadas e analisadas para morfometria, por meio da contagem manual e mielograma. Um de (mais) feito ósseo tibial foi então criado cirurgicamente, e a lesão tratada com esponja de gelatina embebida em solução fisiológica (G1), esponja de gelatina embebida com aspirado de MO processado (G2) e esponja de gelatina embebida com aspirado de MO processado e proteína óssea morfogenética (rhBMP-2) (G3). A cicatrização foi então avaliada por estudos radiográficos, e a presença de CTM foi identificada por meio de marcadores nanocristais Qtracker, em microscopia com luz fluorescente, uma semana após a intervenção cirúrgica. Entre as células identificadas pelo marcador, foram encontradas células da linhagem óssea. As avaliações radiográficas demonstram crescimento ósseo acelerado nos animais de G2 e G3. Houve diferenças significativas entre o G1 e G3 em todos os tempos estudados, e entre G1 e G2 nos tempos de 30 e 45 dias. A utilização de CTM adultas suplementadas ou não com rhBMP-2 é alternativa favorável ao crescimento ósseo em defeitos experimentais agudos de tíbia de cães. Resumo em inglês Mononuclear stem cells (MSC) were experimentally implanted in bone defect, as an alternative to the conventional methods, in order to evaluate the healing speed, and the presence of these cells in the new-born tissue. Bone marrow (BM) was collected from 18 dogs, and then counted and morphometrically analyzed by manual count and myelogram. The dogs were separated in three groups (G) of six animals each. A tibial bone defect was surgically made in each dog and the wound was (mais) treated with gelatin sponge and physiologic solution (G1), gelatin sponge and processed BM (G2), and gelatin sponge, processed BM, and rhBMP-2 (G3). The healing was evaluated by radiographic study and the presence of MSC was microscopically identified by Qtracker nanocrystal labeler with a fluorescent light one week after the surgery. Cells from the bone lineage were found among the labeled cells. The radiographic evaluations demonstrated a speed up in bone growth in dogs from G2 and G3, and significant differences were found between G1 and G3 dogs, in all studied periods; and between G1 and G2 animals at 30 and 45 days. The rhBMP-2 supplemented or not-supplemented adult MSC are favorable alternatives to the bone growth in the healing process of acute experimental-induced tibial defects in dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

O uso de células-tronco na asfixia perinatal: do laboratório à prática clínica/ Use of stem cells in perinatal asphyxia: from bench to bedside

Paula, Simone de; Greggio, Samuel; DaCosta, Jaderson Costa
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: Apresentar evidências científicas recentes sobre os efeitos do transplante com células-tronco em modelos animais de lesão cerebral hipóxico-isquêmica neonatal e abordar os aspectos translacionais relevantes à aplicação clínica da terapia celular nesse contexto. FONTES DOS DADOS: Para a seleção dos artigos, utilizou-se a base de dados PubMed e Scopus. O critério de seleção de artigos foi a especificidade em relação ao tema estudado, preferencial (mais) mente a partir do ano de 2000. Também foram revisados artigos clássicos de anos anteriores que se aplicavam ao propósito desta revisão. SÍNTESE DOS DADOS: Células-tronco de diferentes fontes exógenas podem exibir propriedades neuroprotetoras em modelos experimentais de hipóxia-isquemia neonatal. Na maioria dos experimentos animais, os benefícios morfológicos e funcionais observados foram independentes da diferenciação neural, sugerindo mecanismos de ação associados, tais como a liberação de fatores tróficos e a modulação inflamatória. CONCLUSÕES: Baseado nos estudos experimentais analisados, a terapia celular pode tornar-se uma promissora abordagem terapêutica no tratamento de crianças com encefalopatia hipóxico-isquêmica. No entanto, estudos adicionais necessitam ser realizados a fim de elucidar os possíveis mecanismos de ação dessas células e definir estratégias clínicas seguras e efetivas. Resumo em inglês OBJECTIVES: To present recent scientific evidence on the effects of stem cell transplantation in animal models of neonatal hypoxic-ischemic brain injury and address the translational relevance of cell therapy for clinical application in this context. SOURCES: The PubMed and Scopus databases were used to select articles. The selection criterion was the specificity of articles regarding the subject studied, preferably articles published from 2000 onward. We also reviewed cl (mais) assic articles from previous years that were applicable to this review. SUMMARY OF THE FINDINGS: Stem cells from different exogenous sources may exhibit neuroprotective properties in experimental models of neonatal hypoxia-ischemia. In most animal experiments, the morphological and functional benefits observed were independent of neural differentiation, suggesting associated mechanisms of action, such as the release of trophic factors and inflammatory modulation. CONCLUSIONS: Based on the experimental studies analyzed, cell therapy may become a promising therapeutic approach in the treatment of children with hypoxic-ischemic encephalopathy. However, further studies are warranted to elucidate potential mechanisms of action of these cells and to define safe and effective clinical strategies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Uso de células-tronco no tratamento de pacientes com miocardiopatia dilatada de diferentes etiologias, associada à ressincronização cardíaca artificial/ Stem cell to treat heart disease in association with artificial cardiac ressyncronization

Greco, Oswaldo Tadeu; Greco, Rafael Lois; Abreu, Ana Carolina de
2007-12-01

Resumo em inglês In spite of the development of pharmacological strategies, technology and more sophisticated surgical alternatives, incidences of death from cardiopathies remains high throughout the world, in particular in relation to dilated heart disease. Many of these patients benefit from recent strategies of early myocardial perfusion which significantly reduces mortality rates; even so past-infarction heart failure is common. Recent studies have shown that the infusion of autologou (mais) s stem cells is a possible treatment to reverse ventricular dysfunction. However, frequently there is an associated electrical conduction defect. Thus, an infusion of stem cells may produce a mechanical correction with heart resynchronization correcting the electrical conduction defect thereby improving the left ventricle ejection fraction. Our institution has been combining stem cell transplantation with resynchronization and, when necessary, cardiofibrilation, to treat these patients giving improvements in the Functional Class, ejection fraction and left ventricle and right ventricle-left ventricle synchrony.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Terapia com células-tronco na síndrome do desconforto respiratório agudo/ Stem cell therapy in acute respiratory distress syndrome

Maron-Gutierrez, Tatiana; Araujo, Indianara; Morales, Marcelo Marcos; Garcia, Cristiane Sousa Nascimento Baez; Rocco, Patricia Rieken Macedo
2009-03-01

Resumo em português A síndrome do desconforto respiratório agudo é caracterizada por uma reação inflamatória difusa do parênquima pulmonar, podendo ser induzida por um insulto direto ao epitélio alveolar (síndrome do desconforto respiratório agudo pulmonar) ou indireto através do endotélio vascular (síndrome do desconforto respiratório agudo extrapulmonar). Acredita-se que uma terapia eficaz para o tratamento da síndrome do desconforto respiratório agudo deva atenuar a respos (mais) ta inflamatória e promover adequado reparo da lesão pulmonar. O presente artigo apresenta uma breve revisão acerca do potencial terapêutico das células-tronco na síndrome do desconforto respiratório agudo. Essa revisão bibliográfica baseou-se em uma pesquisa sistemática de artigos experimentais e clínicos sobre terapia celular na síndrome do desconforto respiratório agudo incluídos nas bases de dados MedLine e SciELO nos últimos 10 anos. O transplante de células-tronco promove melhora da lesão inflamatória pulmonar e do conseqüente processo fibrótico, induzindo adequado reparo tecidual. Dentre os mecanismos envolvidos, podemos citar: diferenciação em células do epitélio alveolar e redução na liberação de mediadores inflamatórios e sistêmicos e fatores de crescimento. A terapia com células-tronco derivadas da medula óssea pode vir a ser uma opção eficaz e segura no tratamento da síndrome do desconforto respiratório agudo por acelerar o processo de reparo e atenuar a resposta inflamatória. Entretanto, os mecanismos relacionados à atividade antiinflamatória e antifibrogênica de tais células necessitam ser mais bem elucidados, limitando, assim, o seu uso clínico imediato. Resumo em inglês Acute respiratory distress syndrome is characterized by an acute pulmonary inflammatory process induced by the presence of a direct (pulmonary) insult that affects lung parenchyma, or an indirect (extrapulmonary) insult that results from an acute systemic inflammatory response. It is believed that an efficient therapy for the acute respiratory distress syndrome should attenuate inflammatory response and promote adequate repair of the lung injury. This article presents a b (mais) rief review on the use of stem cells and their potential therapeutic effect on the acute respiratory distress syndrome. This systematic review was based upon clinical and experimental acute respiratory distress syndrome studies included in the MedLine and SciElO database during the last 10 years. Stem cell transplant lead to an improvement in lung injury and fibrotic process by inducing adequate tissue repair. This includes alveolar epithelial cell differentiation,and also reduces pulmonary and systemic inflammatory mediators and secretion of growth factors. Stem cells could be a potential therapy for acute respiratory distress syndrome promoting lung repair and attenuating the inflammatory response. However, mechanisms involving their anti-inflammatory and antifibrinogenic effects require better elucidation, limiting their immediate clinical use in acute respiratory distress syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Expansão de células-tronco da medula óssea e do sangue de cordão umbilical humano/ Expansion of stem cells from bone marrow and human umbilical cord blood

Senegaglia, Alexandra C.; Rebelatto, Carmen L. K.; Suss, Paula H.; Brofman, Paulo R. S.
2009-05-01

Resumo em português Células-tronco/progenitoras frequentemente não estão disponíveis em quantidade suficiente para restauração de órgãos e tecidos danificados, sendo necessária sua expansão in vitro. Instalações físicas adequadas, pessoal técnico qualificado, reagentes de grau clínico e protocolos bem definidos de acordo com as condições de boas práticas de fabricação são imprescindíveis para assegurar a qualidade e segurança das células infundidas no paciente. A medu (mais) la óssea e o sangue de cordão umbilical ainda são as fontes de células mais utilizadas em terapias. Protocolos bem sucedidos de expansão utilizando células-tronco hematopoéticas, células-tronco mesenquimais e células progenitoras endoteliais já têm sido empregados em estudos pré-clínicos e clínicos. A escolha do tipo celular adequado deve ser direcionada pelo tamanho da lesão ou natureza do tecido tratado e pelo efeito terapêutico desejado. Estudos recentes têm demonstrado que propriedades de diferentes células expandidas in vitro podem ser combinadas para obtenção de um resultado melhor no tratamento de algumas doenças. Células em culturas de longo termo precisam ser acompanhadas por meio de diversas técnicas de citogenética clássica e molecular para demonstrar que não há evidências de transformação espontânea ou sinais de imortalização. Ensaios utilizando a infusão de células expandidas através da barreira alogeneica e xenogeneica, apresentaram melhora funcional e foram alcançados sem imunossupressão e sem evidências de infiltrados celulares que indicariam resposta imune. Porém, mais estudos precisam ser realizados para avaliar a imunogenicidade destas células e garantir a segurança da terapia celular alogênica permitindo sua consolidação no uso clínico. Aqui apresentamos uma atualização sobre expansão celular associada com seu uso clínico. Resumo em inglês Stem/progenitor cells are not frequently available in large enough amounts to repair damaged tissues and organs and so in vitro expansion is necessary. Appropriate facilities, qualified technicians, clinical-grade reagents and well defined protocols relating to good manufacturing products are essential to assure the quality and security of the cells injected in the patient. Bone marrow and human umbilical cord blood are still the best sources of cells for therapies. Succe (mais) ssful expansion protocols using hematopoietic stem cells, mesenchymal stem cells and endothelial progenitor cells have already been used in clinical and pre-clinical trials. Adequate cell choice should consider the extent of injury or nature of the damaged tissue and the desired therapeutic effect. Recent studies have demonstrated that properties of different in vitro expanded cells can be combined aiming to improve the outcome of the treatment of some diseases. Long-term cell cultures need to be followed up by classical and molecular cytogenetic techniques to demonstrate that there is no evidence of spontaneous transformation or signs of immortalization. Assays using expanded cell infusions across both xenogeneic and allogeneic transplant barriers showed functional improvement and were achieved without immunosuppression and without evidence of a cellular infiltrate that would indicate an immune response. However, more research needs to be performed to evaluate the immunogenicity of these cells and to guarantee the safety of allogeneic cell therapy, allowing consolidation of their clinical use. Here, we present an update regarding cellular expansion associated with their clinical use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Utilização de células-tronco de medula óssea para tratamento de isquemia crítica de membro inferior/ Use of bone marrow stem cells to treat critical ischemic limbs

Araújo, José Dalmo de; Araújo Filho, José Dalmo de; Ciorlin, Emerson; Greco, Oswaldo Tadeu; Ardito, Roberto Vito; Ruiz, Lílian Piron; Ruiz, Milton Artur
2006-09-01

Resumo em português Relatamos o caso de um paciente masculino de 49 anos, portador de oclusão embólica de todas as artérias da perna esquerda. Após múltiplas e fracassadas tentativas de revascularização e, também, simpatectomia lombar em outros serviços, chegou a nós com indicação de amputação no nível de perna. Propusemos o implante de células-tronco autógenas de medula óssea na panturrilha. Obteve-se um excelente resultado, com a supressão da dor em repouso, melhora da h (mais) ipotermia e palidez, elevação do índice tornozelo/braço, da velocidade sistólica de pico, dos índices cintilográficos e angiográficos e sensível melhora na granulação no local da amputação do quarto e quinto pododáctilo. Resumo em inglês We report on the case of a 49-year-old male patient who presented with embolic occlusion of all left leg arteries. After multiple and unsuccessful revascularization attempts and lumbar sympathectomy, he was referred to us with an indication of amputation at the upper third of the leg. We suggested implanting autogenous bone marrow stem cells in his calf. Excellent immediate results were obtained with suppression of rest pain, hypothermia and paleness, elevation of ankle/b (mais) rachial index, peak systolic velocities and scintigraphic and angiographic indices. There was also a considerable enhancement of healing at the amputation site of the fourth and fifth toes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Utilização de células-tronco autólogas de medula óssea na regeneração do nervo tibial de coelhos mediante técnica de tubulização com prótese de silicone/ Applyng of autologous stem cells from bone marrow in the regeneration of tibial nerve of rabbits using the tubulization technique with silicone tube

Colomé, Lucas Marques; Gomes, Cristiano; Crosignani, Nadia; Paz, Ana Helena; Lugo, Ana Ayala; Guimarães, Karina Magano; Foerstrow, Liziane Pinho; Tessari, Jardel Pereira; Colomé, Letícia Marques; Graça, Dominguita Lühers; Meurer, Luise; Passos, Eduardo Pandolfi; Pippi, Ney Luis; Contesini, Emerson Antonio; Lima, Elizabeth Obino Cirne
2008-12-01

Resumo em português Neste estudo é apresentado um modelo experimental de defeito agudo em nervo periférico para avaliação da regeneração nervosa mediante técnica de tubulização associada à inoculação de células-tronco autólogas de medula óssea. Foram utilizados 12 coelhos Nova Zelândia albinos, submetidos à secção bilateral e ao afastamento de 5mm do nervo tibial e posterior reparo mediante utilização de câmara de silicone. Internamente à prótese de tubulização do n (mais) ervo tibial esquerdo em todos os animais, foram inoculadas células-tronco autólogas de medula óssea, coletadas a partir do úmero. Como grupo controle (nervo tibial direito), mediante aplicação da mesma técnica de reparo, solução de NaCl 0,9% foi administrada internamente à prótese. Após 30 dias de observação, os animais foram eutanasiados e foi realizada a avaliação histológica dos segmentos nervosos por meio das colorações de hematoxilina-eosina, luxol fast blue e azul de toluidina. Com os resultados, foi possível concluir que o transplante de células-tronco autólogas associado à técnica de tubulização apresenta vantagens no processo de regeneração nervosa periférica. Resumo em inglês This study presents an experimental model of an acute deffect in a peripheral nerve to evaluate neural regeneration using a tubulization technique associated with the inoculation of autologous stem cells from bone marrow. A total of 12 New Zealand white rabbits underwent a bilateral dissection of the tibial nerve followed by repair with silicone tubulization. On the left tibial nerve of all animals, the tube was filled with autologous bone marrow-derived stem cells collec (mais) ted from the humerus. For control, using the same repair technique, the tubes were filled with a NaCl solution in the right tibial nerve. After 30 days of observation, the animals were euthanized and a histological evaluation of the collected nerve segments was performed by staining with hematoxylin-eosin, luxol fast blue, and toluidine blue. From the results it is possible to conclude that the transplanted autologous stem cells associated with the tubulization technique present an advantage in the peripheral nerve regeneration process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Transplante de Células-tronco marcadas para o miocárdio de paciente com doença de chagas/ Labeled stem cells transplantation to the myocardium of a patient with chagas' disease

Jacob, José Luiz Balthazar; Salis, Fernando Vilela; Ruiz, Milton A.; Greco, Oswaldo Tadeu
2007-08-01

Resumo em português O transplante de células-tronco é uma nova terapia com objetivo de produzir regeneração cardíaca pela diferenciação ou aumento dos miócitos cardíacos ou proliferação neovascular em pacientes no estágio final de insuficiência cardíaca congestiva secundária a cardiomiopatia dilatada¹, mas os resultados são desconhecidos2,3. Resumo em inglês Stem cell transplantation is a new therapy applied to produce cardiac regeneration through differentiation or increase of heart myocytes or neovascular proliferation in patients in the end stage of congestive heart failure secondary to dilated cardiomyopathy¹, but the results are still unknown2,3.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Transplante de células-tronco epiteliais límbicas alógenas expandidas ex vivo sobre membrana amniótica: relato de caso/ Transplantation of allogenic limbal epithelial stem cells cultivated ex vivo on amniotic membrane: case report

Gomes, José Álvaro Pereira; Pazos, Henrique Santiago Baltar; Silva, André Berger Emiliano; Cristovam, Priscila Cardoso; Belfort Júnior, Rubens
2009-04-01

Resumo em português Paciente apresentou falência de transplante de limbo e conjuntiva de doador vivo alógeno no olho direito após ceratoconjuntivite epidêmica. Após alguns meses, foi submetida a transplante de células-tronco epiteliais límbicas alógenas cultivadas ex vivo sobre membrana amniótica (primeiro caso no Brasil), tendo evoluído com epitelização total da córnea e melhora da acuidade visual. Após o 3º mês da cirurgia, iniciou-se neovascularização superficial periférica com piora da transparência corneana. A visão manteve-se 0,1 após um ano de cirurgia. Resumo em inglês Case report of a patient who developed failure of an allogenic living related conjunctival limbal transplantation in the right eye after an episode of epidemic keratoconjunctivitis. After a few months, she underwent transplantation of allogenic limbal epithelial stem cells cultivated ex vivo on amniotic membrane (first case in Brazil). The patient evolved with total corneal epithelialization and improvement of the visual acuity. Three months after the surgery, peripheral (mais) superficial neovascularization with worsening of the corneal transparency was observed. The vision remained 0.1 after one year of the transplantation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Transplante de células-tronco hematopoéticas em crianças e adolescentes com leucemia aguda: experiência de duas instituições brasileiras/ Hematopoietic stem cell transplantation in children and adolescents with acute leukemia: experience of two Brazilian institutions

Morando, Juliane; Mauad, Marcos Augusto; Fortier, Sérgio Costa; Piazera, Flavia Zattar; Souza, Mair Pedro de; Oliveira, Claudia; Machado, Clarisse; Matos, Ederson; Azevedo, Wellington Moraes; Ribeiro, Lisandro Lima; Nunes, Elenaide Coutinho; Bitencourt, Marco Antonio; Setúbal, Daniela Cariranha; Funke, Vaneuza Moreira; Oliveira, Michel Michels de; Medeiros, Larissa Alessandra; Nabhan, Samir Kanaan; Loth, Gisele; Sola, Caroline Bonamim Santos; Koliski, Adriana; Pasquini, Ricardo; Zanis Neto, José; Colturato, Vergilio Antonio Rensi; Bonfim, Carmem Maria Sales
2010-01-01

Resumo em português O transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH) é o tratamento de escolha para leucemias agudas de alto risco. Apesar da melhora na sobrevida destes pacientes, a recidiva continua sendo a maior causa de óbito pós-transplante de células-tronco hematopoéticas. O objetivo deste trabalho foi analisar os resultados dos transplantes realizados em crianças com leucemia aguda em duas instituições brasileiras. Realizou-se estudo retrospectivo de 208 pacientes trans (mais) plantados entre 1990-2007. Mediana de idade: 9 anos; 119 pacientes com leucemia linfoide aguda (LLA) e 89 com leucemia mieloide aguda (LMA). Doença precoce: CR1 e CR2. Doença avançada: >CR3, doença refratária ou recidivada. Noventa pacientes vivos entre 258-6.068 dias (M:1.438), com sobrevida global (SG) de 45% (3 anos) e a sobrevida livre de recaída (SLR) 39% (três anos). 14/195 pacientes tiveram falha primária de pega (8%). Não houve diferença na sobrevida global e sobrevida livre de recaída entre pacientes com leucemia linfoide aguda e leucemia mieloide aguda, entre transplantes aparentados e não aparentados, tampouco entre as fontes de células utilizadas. O desenvolvimento da doença do enxerto contra hospedeiro (DECH) aguda ou crônica também não influenciou a sobrevida global e sobrevida livre de recaída. Pacientes com leucemia linfoide aguda condicionados com irradiação corporal total (TBI) apresentaram melhor sobrevida global e sobrevida livre de recaída (p Resumo em inglês Hematopoietic Stem Cell transplantation (HSCT) is the treatment of choice for patients with high-risk leukemia. In spite of this, relapse remains a major cause of death of these patients. Our objective was to analyze the outcomes of patients with acute leukemia submitted to hematopoietic stem cell transplantation in two Brazilian institutions. A retrospective study of 208 patients transplanted between 1990 and 2007 with a median age of 9 years (range: 1-18 years) was made (mais) . One hundred and nineteen patients had acute lymphocytic leukemia (ALL) and 89 had acute myeloid leukemia (AML). Early disease was considered for CR1 and CR2 cases and advanced disease >CR3 and refractory and relapse disease. Ninety patients are alive between 258 and 6068 days after hematopoietic stem cell transplantation (M: 1438 days). The overall survival (OS) was 45% (3 years) and event free survival (EFS) was 39% (3 years). Primary graft failure occurred in 14/195 patients (8%). There were no differences in the overall survival and event free survival between patients with acute lymphocytic leukemia and acute myeloid leukemia, between sources of cells used or between those who developed acute or chronic graft-versus-host disease (GVHD). When comparing transplants from related and unrelated donors, there was no difference in the overall survival. Patients with acute lymphocytic leukemia receiving the total body irradiation (TBI) conditioning regimen had better overall survival and event free survival (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Transplante de células-tronco hematopoéticas em crianças e adolescentes com leucemia aguda: experiência de duas instituições Brasileiras/ Hematopoietic stem cell transplantation in children and adolescents with acute leukemia: experience of two Brazilian institutions

Morando, Juliane; Mauad, Marcos Augusto; Fortier, Sérgio Costa; Piazera, Flavia Zattar; Souza, Mair Pedro de; Oliveira, Claudia; Machado, Clarisse; Matos, Ederson; Azevedo, Wellington Moraes; Ribeiro, Lisandro Lima; Nunes, Elenaide Coutinho; Bitencourt, Marco Antonio; Setúbal, Daniela Cariranha; Funke, Vaneuza Moreira; Oliveira, Michel Michels de; Medeiros, Larissa Alessandra; Nabhan, Samir Kanaan; Loth, Gisele; Sola, Caroline Bonamim Santos; Koliski, Adriana; Pasquini, Ricardo; Zanis Neto, José; Colturato, Vergilio Antonio Rensi; Bonfim, Carmem Maria Sales
2010-01-01

Resumo em português O transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH) é o tratamento de escolha para leucemias agudas de alto risco. Apesar da melhora na sobrevida destes pacientes, a recidiva continua sendo a maior causa de óbito pós-transplante de células-tronco hematopoéticas. O objetivo deste trabalho foi analisar os resultados dos transplantes realizados em crianças com leucemia aguda em duas instituições brasileiras. Realizou-se estudo retrospectivo de 208 pacientes trans (mais) plantados entre 1990-2007. Mediana de idade: 9 anos; 119 pacientes com leucemia linfoide aguda (LLA) e 89 com leucemia mieloide aguda (LMA). Doença precoce: CR1 e CR2. Doença avançada: >CR3, doença refratária ou recidivada. Noventa pacientes vivos entre 258-6.068 dias (M:1.438), com sobrevida global (SG) de 45% (3 anos) e a sobrevida livre de recaída (SLR) 39% (três anos). 14/195 pacientes tiveram falha primária de pega (8%). Não houve diferença na sobrevida global e sobrevida livre de recaída entre pacientes com leucemia linfoide aguda e leucemia mieloide aguda, entre transplantes aparentados e não aparentados, tampouco entre as fontes de células utilizadas. O desenvolvimento da doença do enxerto contra hospedeiro (DECH) aguda ou crônica também não influenciou a sobrevida global e sobrevida livre de recaída. Pacientes com leucemia linfoide aguda condicionados com irradiação corporal total (TBI) apresentaram melhor sobrevida global e sobrevida livre de recaída (p Resumo em inglês Hematopoietic Stem Cell transplantation (HSCT) is the treatment of choice for patients with high-risk leukemia. In spite of this, relapse remains a major cause of death of these patients. Our objective was to analyze the outcomes of patients with acute leukemia submitted to hematopoietic stem cell transplantation in two Brazilian institutions. A retrospective study of 208 patients transplanted between 1990 and 2007 with a median age of 9 years (range: 1-18 years) was made (mais) . One hundred and nineteen patients had acute lymphocytic leukemia (ALL) and 89 had acute myeloid leukemia (AML). Early disease was considered for CR1 and CR2 cases and advanced disease >CR3 and refractory and relapse disease. Ninety patients are alive between 258 and 6068 days after hematopoietic stem cell transplantation (M: 1438 days). The overall survival (OS) was 45% (3 years) and event free survival (EFS) was 39% (3 years). Primary graft failure occurred in 14/195 patients (8%). There were no differences in the overall survival and event free survival between patients with acute lymphocytic leukemia and acute myeloid leukemia, between sources of cells used or between those who developed acute or chronic graft-versus-host disease (GVHD). When comparing transplants from related and unrelated donors, there was no difference in the overall survival. Patients with acute lymphocytic leukemia receiving the total body irradiation (TBI) conditioning regimen had better overall survival and event free survival (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Transplante de células-tronco hematopoéticas e a regeneração da hematopoese/ Hematopoietic stem cell transplant and recovery of hematopoiesis

Vigorito, Afonso C.; Souza, Cármino A. de
2009-08-01

Resumo em português As células-tronco hematopoéticas periféricas (CTP) praticamente substituíram a medula óssea (MO) como fonte de células-tronco hematopoéticas nos transplantes autólogos e nos últimos anos é usada com maior frequência nos alogênicos, particularmente no tratamento de doenças avançadas. A recuperação hematopoética, utilizando esta fonte de células, é mais rápida após a utilização de CTP comparada com a MO. O sangue de cordão umbilical surgiu como uma o (mais) utra fonte de células-tronco hematopoéticas para a realização de transplantes. O risco mínimo para o doador e a rápida disponibilidade estão entre as vantagens desta fonte de células. A recuperação mais lenta de neutrófilos e plaquetas é a maior preocupação do ponto de vista clínico. A biópsia de MO pode ser uma importante ferramenta para a obtenção de informações em relação à recuperação hematopoética após os transplantes de células-tronco hematopoéticas (TCTH). A histopatologia da reconstituição hematopoética da MO, após um transplante de sangue de cordão umbilical, demonstra um atraso quando comparada com os transplantes de MO. Entretanto, ocorre uma recuperação hematopoética gradual e, tardiamente, não são observadas diferenças entre os transplantes com MO e sangue de cordão umbilical. A histologia da MO, por sua vez, não esclarece a origem genotípica da hematopoese pós-transplante. Assim, a análise do quimerismo tornou-se um instrumento importante para o acompanhamento da enxertia e é a base da intervenção terapêutica para evitar a rejeição do enxerto, manter a enxertia e tratar uma recidiva clínica iminente através da imunoterapia. Esta revisão destacará a recuperação hematopoética após a realização de um TCTH. Resumo em inglês Mobilized peripheral blood has replaced the use of bone marrow as a source of hematopoietic stem cells in most autologous transplants and is increasingly used in allogeneic transplants. The hematopoietic reconstitution after using mobilized peripheral blood is faster compared to bone marrow. Umbilical cord blood has emerged as another rich source of hematopoietic stem cells for transplantation. The minimal risk to the donor and the rapid availability are among the great a (mais) dvantages of this stem cell source. The slow recovery of neutrophil and platelet counts is the major clinical concern. Bone marrow biopsy is an important tool for obtaining information regarding the hematopoietic recovery after hematopoietic stem cell transplantation. The histopathological hematopoietic reconstitution of the bone marrow after umbilical cord blood transplantation is delayed compared to bone marrow transplantation. However, gradual hematopoietic recovery is seen, and afterwards no other differences comparing bone marrow and umbilical cord transplants are observed. Bone marrow histology does not elucidate the genotypic origin of post-transplant hematopoiesis. Hence, chimerism analysis has become an important instrument for engraftment surveillance, and is the basis for treatment intervention to avoid graft rejection, to maintain engraftment, and to treat clinical imminent relapse by immunotherapy. This review focuses on the hematopoietic recovery after hematopoietic stem cell transplantation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Transplante de células-tronco hematopoéticas e leucemia mieloide aguda: diretrizes brasileiras/ Hematopoietic stem cells transplantation and acute myeloid leukemia: Brazilian guidelines

Silla, Lucia Mariano R.; Dulley, Frederico; Saboya, Rosaura; Paton, Eduardo; Kerbauy, Fabio; Arantes, Adriano M.; Hamerschlak, Nelson
2010-05-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi definir diretrizes para a indicação do transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH) no tratamento da leucemia mieloide aguda (LMA) no Brasil. O papel do TCTH no tratamento da LMA foi discutido pelosautores e apresentado para a Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea na reunião sobre Diretrizes Brasileiras para o TCTH, que o ratificou. Este consenso foi baseado na revisão da literatura internacional e na experiência (mais) brasileira em TCTH para o tratamento da LMA. O tratamento ideal para leucemia mieloide aguda em primeira remissão completa (1RC) ainda não está definido. Há consenso na indicação do TCTH alogênico, com condicionamento mieloablativo, para pacientes que apresentem alterações citogenéticas consideradas de alto risco. O TCTH alogênico não está indicado na 1RC para pacientes de baixo risco citogenético e, aparentemente, o TCTH alogênico, autólogo ou a quimioterapia de consolidação são equivalentes para os pacientes de risco intermediário. Resumo em inglês The objective of this work was to define guidelines for the indication of hematopoietic stem cells transplantation (HSCT) in the treatment of acute myeloid leukemia (AML) in Brazil. The role of HSCT in the treatment of AML was discussed by the authors and presented to the Brazilian Society of Bone Marrow Transplantation in a meeting to formulate and ratify the Brazilian Guidelines on HSCT. This consensus was based on a review of international publications and on the Brazi (mais) lian experience in HSCT for the treatment of AML. The optimal treatment for AML in first complete remission (1CR) has not been defined yet. There is consensus on the indication of allogeneic HSCT with myeloablative conditioning for patients who present high risk cytogenetic changes. Allogeneic HSCT is not indicated for low cytogenetic risk 1RC patients and, apparently, allogeneic and autologous HSCT and consolidation chemotherapy are similar for intermediate risk patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

A telomerase em células-tronco hematopoéticas/ Telomerase in hematopoietic stem cells

Perini, Silvana; Silla, Lúcia M. R.; Andrade, Fabiana M.
2008-02-01

Resumo em português A proliferação das células-tronco hematopoéticas sofre a perda dos telômeros a cada divisão celular. Alguns autores discordam quanto à perda ou não do potencial proliferativo e capacidade de auto-renovação das células mais diferenciadas. Revisaremos aqui o papel da telomerase na biologia do sistema hematopoético, na diferenciação normal ou maligna, assim como no envelhecimento das células-tronco hematopoéticas. A constante renovação celular requerida pel (mais) a hematopoese confere às células-tronco embrionárias, assim como à maioria das células tumorais, um aumento da capacidade proliferativa marcada pela detecção da enzima telomerase e possível manutenção dos telômeros. Estudos clínicos se farão necessários para esclarecer melhor a atividade da telomerase em células-tronco hematopoéticas, seu possível uso como marcador de diagnóstico e seu uso a fim de propósitos prognósticos. Resumo em inglês Hematopoietic stem cell proliferation leads to telomere length decreases at each cellular division. Some authors disagree about the telomere influence on the reduction of the proliferative potential and capacity of self renewal. Here we review telomerase function in the biology of the hematopoietic system, in normal or differentiation and its influence on the ageing of hematopoietic stem cells. The constant cellular renewal required to maintain the hematopoietic system, p (mais) rovides embryonic stem cells, as well as malignant cells, an increased proliferative capacity. This is marked by the detection of telomerase enzyme activity and possible telomere maintenance. Clinical trials will be required to clarify telomerase activity in hematopoietic stem cells, its possible use as a diagnostic marker and its use for prognostic purposes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Transplante autólogo de células-tronco hematopoiéticas sem uso de hemocomponentes/ Hematopoietic stem cell transplantation without the use of blood transfusions

Silva, Roberto L.; Macedo, Maria Cristina M. A.
2006-06-01

Resumo em português O transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH) é terapia consolidada para tratamento de algumas doenças onco-hematológicas, e o suporte transfusional tem, tradicionalmente, sido fundamental para a realização do mesmo. Descrevemos um caso de paciente testemunha de Jeová, portadora de linfoma Hodgkin em terceira remissão parcial, que foi submetida a quimioterapia de altas doses com regime de condicionamento clássico (carmustina, etoposide, citarabina, melfa (mais) lan) e posterior infusão de células-tronco hematopoéticas sem o uso de hemocomponentes. A paciente apresentou toxicidade hematológica inerente ao procedimento e medidas clínicas de suporte tais como a utilização de eritropoetina, IL 11, antifibrinolítico, entre outras, foram utilizadas na tentativa de minimizar o risco de sangramento e anemia grave. O curso do transplante transcorreu sem complicações graves. Este caso demonstra que o transplante autólogo de células-tronco hematopoéticas sem o uso de hemocomponentes é factível em situações especiais, onde há clara expressão do desejo do paciente associado a condições clínicas favoráveis e acompanhamento médico especialista rigoroso. Resumo em inglês Hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) is standard therapy for the treatment of some hematological neoplasms and support with blood transfusions is considered essential for this procedure. Herein we describe the case of a Jeovah's witness who had Hodgkin's lymphoma in third partial remission and was submitted to high-dose chemotherapy using a classic conditioning regimen (carmustine, etoposide, cytarabine, melphalan) with posterior infusion of autologous periphera (mais) l blood stem cells without the use of blood transfusions. The patient had the usual degree of hematological toxicity and was treated with clinical support measures, such as the use of erythropoietin, IL-11 and antifibrinolytics, with the goal of minimizing the risk of bleeding and serious anemia. The HSTC coursed without major complications. This report shows that the autologous peripheral blood stem cell transplantation without the use of blood and platelet transfusions is feasible in special situations, where patients clearly express their wishes and where there is a favorable clinical condition with rigorous medical care provided by specialists.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Controle genético das células-tronco humanas cultivadas/ Genetic control of cultivated human stem cells

Payão, Spencer L. M.; Segato, Rosimeire; Santos, Ricardo R.
2009-05-01

Resumo em português As células-tronco apresentam uma alta capacidade de autorregeneração, assim como, um potencial de diferenciação em uma variedade de tipos celulares. Estas células podem ser classificadas como embrionárias e adultas. Apesar de apresentar propriedades de células-tronco, as mesenquimais apresentam um certo grau de dificuldade no estabelecimento das culturas, podendo induzir a perda da expressão da enzima responsável pela imortalização ou enzima telomerase. A enzi (mais) ma telomerase é considerada um relógio biológico, um indicador que a senescência celular irá se instalar inevitavelmente. A questão mais atual e intrigante dos pesquisadores é se o suposto potencial de divisão, por um determinado período de tempo, das células-tronco cultivadas poderia levar ao acúmulo de alterações genéticas e epigenéticas, resultando em um processo neoplásico. Daí a importância do papel da citogenética humana no controle e monitoramento das células-tronco cultivadas que serão utilizadas na terapia em seres humanos. Alterações cromossômicas estruturais, tais como deleções, translocações e inversões, representam um mecanismo importante pelo qual as células cancerígenas desenvolvem-se gradualmente, uma vez que estas alterações cromossômicas podem levar a uma expressão anormal de muitos genes, podendo desencadear assim o processo neoplásico. Resumo em inglês Stem cells have a high capacity of self-regeneration, as well as a potential to differentiate into several cell types. These cells can be classified as embryonic or adult. In spite of having inherent properties of stem cells, mesenchymal cells show a certain degree of difficulty to establish cultures. This might induce a loss of the expression of the telomerase enzyme which is considered to be a biological clock or an indicator of the senescence of the cells. The most cur (mais) rent and intriguing question for researchers is whether the presumed division potential of cultivated stem cells, over a period of time could result in an accumulation of genetic alterations and consequently, in a neoplastic process. For this reason, cytogenetic techniques are very important to guarantee the control and safety of cultivated stem cells to be used in human therapy. Structural chromosomal alterations, such as for example, deletions, translocations and inversions represent an important mechanism by which cells might gradually transform in a neoplastic process. Thus, these chromosomal alterations could result in an abnormal expression of the genes and lead to cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Indicações em transplante de células-tronco hematopoéticas em pacientes adultos com leucemia linfoide aguda/ Indications for hematopoietic stem cell transplantation in adults in acute lymphoblastic leukemia

Zanichelli, Maria Aparecida; Colturato, Vergilio R.; Sobrinho, Jairo
2010-05-01

Resumo em português Na leucemia linfoide aguda (LLA), a proliferação, acúmulo e infiltração de células imaturas caracterizam uma entidade heterogênea, apresentando ampla diversidade de aspectos clínicos e biológicos. Na LLA do adulto, a concentração de fatores prognósticos de alto risco, como o imunofenótipo B, alterações cromossômicas e, principalmente, a presença do cromossomo Ph positivo. Considerações a respeito da alta morbidade e mortalidade relacionadas ao transplan (mais) te de células-tronco hematopoéticas (TCTH) têm gerado controvérsias quanto à indicação desta modalidade terapêutica, nos pacientes adultos com LLA em primeira remissão (1ª RC). Os resultados da terapia convencional com quimioterapia, diante dos diferentes grupos de risco em pacientes com LLA, têm sido utilizados para a indicação de TCTH. Apresentamos o algoritmo de indicações do transplante de células-tronco hematopoéticas em pacientes adultos com LLA. Resumo em inglês In acute lymphoblastic leukemia, accumulation and proliferation of immature cells infiltration characterise a heterogeneous entity, featuring a wide variety of clinical and biological aspects. In the adult LLA concentration of high-risk prognosis factors such as age, B-cell, chromosomic changes, and chiefly the presence of chromosome positive Ph. Considerations of high morbidity and mortality rates related to haematopoietic stem cell transplantation (TCTH) have generated (mais) controversy about this therapeutic modality in adult patients with LLA in first remission (1st RC). The results of conventional therapy with chemotherapy in contrast with different risk groups of patients with LLA, has been used for the indication of TCTH. Thus we present the algorithm indications of haematopoietic stem cell transplantation in adult patients with LLA. Rev.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Potencial terapêutico das células-tronco de medula óssea no tratamento da epilepsia/ Therapeutic potential of bone marrow stem cells in epilepsy treatment

Carrion, Maria Julia M.; Venturin, Gianina T.; DaCosta, Jaderson C.
2009-05-01

Resumo em português Epilepsia é uma patologia bastante prevalente no nosso meio. Há um número significativo de pacientes que não obtém resposta com a terapêutica medicamentosa, o que motivou a pesquisa de novas terapêuticas. O conceito de neurogênese no cérebro adulto, hoje já amplamente conhecida, principalmente a que ocorre na zona subventricular e na zona subgranular do giro denteado, motivou o desenvolvimeto de técnicas que aproveitassem esse mecanismo na tentativa de obtenç� (mais) �o de efeitos antiepileptogênicos e reparadores. A maior parte dos estudos em vigência hoje, e que buscam tal finalidade, trabalha o uso de transplante de células progenitoras neurais ou de células fetais em modelos experimentais. No entanto, a terapêutica com células-tronco de medula óssea parece bastante interessante e promissora. Em doenças neurológicas nas quais os danos são frequentemente irreversíveis, as estratégias regenerativas podem representar um novo caminho. Em nosso laboratório, temos estudado o potencial terapêutico de células-tronco da medula óssea no controle de crises espontâneas recorrentes associadas ao modelo da pilocarpina com resultados excelentes. Também já está em andamento o primeiro estudo em humanos utilizando células-tronco de medula óssea para o tratatamento da epilepsia. Resumo em inglês Epilepsy is a prevalent pathology. A significative number of patients do not achieve an adequate response to pharmacological therapy. This observation has motivated the search for new strategies. The now well known concept of neurogenesis in the adult brain, in particular in the subventricular and dentate gyrus subgranular zones, has encouraged the development of strategies that might control this mechanism in order to obtain either antiepileptogenic or repair effects. Mo (mais) st studies focus on the transplantation of neural progenitor or fetal cells in experimental models, although bone marrow stem cell therapy is promising. In neurological diseases in which damage is frequently irreversible, regenerative strategies could represent a new path towards better treatment options. In our laboratory, we have been studying the therapeutic potential of bone marrow stem cells in controlling recurrent spontaneous seizures associated to the pilocarpine model of epilepsy with excellent results. We are also running the first study using bone marrow stem cell transplantation in the treatment of epilepsy in humans.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Uso de terapia regenerativa com células-tronco da medula óssea em doenças cardiovasculares: perspectiva do hematologista/ Regenerative therapy using bone marrow stem cells in cardiovascular diseases: the perspective of the hematologist

Mota, Augusto C. A.; Soares, Milena B. P.; Santos, Ricardo R.
2005-06-01

Resumo em português O desenvolvimento de técnicas de transplante de órgãos sólidos e de medula óssea foi um dos mais fascinantes avanços da medicina no século XX. A virada do século XXI testemunha um desdobramento também fascinante e promissor desta modalidade terapêutica: o uso de células-tronco para regenerar tecidos lesados outrora considerados irreparáveis. Resultados encorajadores de inúmeros estudos com animais de experimentação impulsionaram grupos de diversos centros n (mais) o mundo a iniciar estudos clínicos com transplante de células-tronco em várias doenças, particularmente as doenças cardiovasculares e neurológicas. Embora ainda estejamos algo distante de entender o mecanismo preciso pelo qual as células-tronco regeneram órgãos lesados, os estudos publicados até o presente momento, incluindo vários estudos envolvendo seres humanos, sugerem haver um benefício real com esta terapia. O presente artigo pretende abordar os aspectos relevantes da terapia celular em doenças cardiovasculares, incluindo conceitos básicos sobre células-tronco, e os principais estudos de animais de experimentação e clínicos publicados até o presente. Resumo em inglês Solid organ and bone marrow transplantation were two of the most fascinating treatment modalities developed in the second half of the past century. At the turn of the 21st century the use of stem cells emerge as a potential therapeutic option for diseases previously thought to be irreversible. The promising results of animal studies paved the way for several groups all around the world to investigate the role of stem cell therapy in the clinical setting. The results of th (mais) ese clinical trials have been published over the last couple of years, most of which dealing with cardiovascular and neurological disorders. The results of the trials published thus far are encouraging (both animal and clinical) and suggest that there may be a real benefit with this therapy, yet we are still considerably distant from a reasonable understanding of the mechanism of tissue repair by stem cells. The present article will briefly review relevant aspects of the so called regenerative medicine, focusing on cardiovascular disorders.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Perspectivas da terapia com células-tronco para o diabetes mellitus tipo 2/ Perspectives of stem cell therapy in type 2 diabetes mellitus

Leal, Angela M. O.; Voltarelli, Júlio César
2010-01-01

Resumo em português A patogênese do diabetes mellitus tipo 2 (DM2) está associada, basicamente, a dois mecanismos, resistência à ação da insulina e disfunção secretória das células pancreáticas. Atualmente, há evidências experimentais, clínicas e epidemiológicas, da participação do sistema imune e de mediadores inflamatórios nesses mecanismos patogênicos. O interesse pelo tratamento regenerativo e pela utilização da terapia celular para o tratamento do DM2 deriva da impo (mais) rtância da preservação da integridade funcional e quantitativa das células β pancreáticas. A utilização de células-tronco para obtenção de controle glicêmico em modelos experimentais de DM2 tem sido descrita já há alguns anos. Entretanto, em humanos, há poucos estudos publicados nesse sentido. Embora haja várias dificuldades a serem transpostas até que a terapia regenerativa do pâncreas para tratamento do DM2 seja uma opção viável, ela poderá vir a ser, no futuro, uma ferramenta importante para o controle metabólico da doença e redução de suas complicações crônicas. Resumo em inglês Type 2 diabetes mellitus (DM2) is associated with insulin resistance and secretory dysfunction of the -cells. There is now experimental, epidemiological and clinical evidence suggesting that the immune system and inflammatory mediators are involved in the pathogenesis of DM2. The interest in regenerative therapeutics and cellular therapy for DM2 is motivated by the importance of preserving -cell mass and function. Cellular therapy with stem cells for glycemic control has (mais) been tested in experimental models for some years however, there are only a few published studies using this approach in humans. Although there are many obstacles to overcome before regenerative therapy becomes a real option to treat DM2, it may be an important strategy to attain metabolic control and prevent chronic complications in the future.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Cenário internacional da pesquisa em células-tronco embrionárias/ International perspective on embryonic stem cell research/ Escenario internacional de la pesquisa en células madre embrionarias

Diniz, Debora; Avelino, Daniel
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO:Analisar comparativamente regulações governamentais entre países sobre pesquisa em células-tronco embrionárias. MÉTODOS:O estudo foi conduzido entre março e maio de 2008, por meio de busca eletrônica direta nas fontes oficiais sobre documentos legislativos de 25 países selecionados e confirmada, quando necessário, por consulta por e-mail a pesquisadores e autoridades desses países. RESULTADOS: Os resultados mostraram tendência a permitir a prática de (mais) pesquisas com células-tronco embrionárias, embora com rígidas restrições éticas. Dentre os países estudados, apenas Itália e Alemanha explicitamente condenam a extração de células-tronco e apenas Itália proíbe seu uso subseqüente. Decisões jurídicas brasileiras recentes são coerentes com o contexto regulatório internacional sobre pesquisa embrionária. CONCLUSÕES: A tendência observada representa a liberdade de pesquisa para a promoção do conhecimento como um bem público, reforçada pela expectativa de potencialidade terapêutica na pesquisa com células-tronco embrionárias para o tratamento e cura de doenças sem qualquer possibilidade de assistência médica. Resumo em espanhol OBJETIVO:Analizar comparativamente regulaciones gubernamentales entre países sobre pesquisa en células madre embrionarias. MÉTODOS:El estudio fue conducido entre marzo y mayo de 2008, por medio de búsqueda electrónica directa en las fuentes oficiales sobre documentos legislativos de 25 países seleccionados y confirmada, cuando era necesario, por consulta por e-mail a investigadores y autoridades de esos países. RESULTADOS:Los resultados mostraron tendencia a permit (mais) ir la práctica de pesquisas con células madre embrionarias, a pesar de que con rígidas restricciones éticas. Entre los países estudiados, apenas Italia y Alemania explícitamente condenan la extracción de células madre coherentes con el contexto regulatorio internacional sobre pesquisa embrionaria. CONCLUSIONES: La tendencia observada representa la libertad de pesquisa para la promoción del conocimiento como un bien público, reforzada por la expectativa de potencialidad terapéutica en la pesquisa con células madre embrionarias para el tratamiento y cura de enfermedades sin cualquier posibilidad de asistencia médica. Resumo em inglês OBJECTIVE:To comparatively analyze governmental regulations on embryonic stem cell research among countries. METHODS: The study was performed between March and May 2008, using a direct electronic search through official databases of legislative documents from 25 selected countries, confirmed by email consultation with researchers and authorities from these countries, when necessary. RESULTS: Results showed a trend to allow the practice of embryonic stem cell research, tho (mais) ugh with strict ethical restrictions. Among the countries analyzed, only Italy and Germany explicitly condemned the extraction of stem cells and only Italy prohibits their subsequent use. Recent judicial decisions in Brazil are in accordance with the international regulatory context of embryo research. CONCLUSIONS: The trend observed represents freedom of research to promote knowledge as a public good, emphasized by the expectation of therapeutic potentiality of embryonic stem cell research to treat and cure diseases without any medical care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Cenário internacional da pesquisa em células-tronco embrionárias/ International perspective on embryonic stem cell research/ Escenario internacional de la pesquisa en células madre embrionarias

Diniz, Debora; Avelino, Daniel
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO:Analisar comparativamente regulações governamentais entre países sobre pesquisa em células-tronco embrionárias. MÉTODOS:O estudo foi conduzido entre março e maio de 2008, por meio de busca eletrônica direta nas fontes oficiais sobre documentos legislativos de 25 países selecionados e confirmada, quando necessário, por consulta por e-mail a pesquisadores e autoridades desses países. RESULTADOS: Os resultados mostraram tendência a permitir a prática de (mais) pesquisas com células-tronco embrionárias, embora com rígidas restrições éticas. Dentre os países estudados, apenas Itália e Alemanha explicitamente condenam a extração de células-tronco e apenas Itália proíbe seu uso subseqüente. Decisões jurídicas brasileiras recentes são coerentes com o contexto regulatório internacional sobre pesquisa embrionária. CONCLUSÕES: A tendência observada representa a liberdade de pesquisa para a promoção do conhecimento como um bem público, reforçada pela expectativa de potencialidade terapêutica na pesquisa com células-tronco embrionárias para o tratamento e cura de doenças sem qualquer possibilidade de assistência médica. Resumo em espanhol OBJETIVO:Analizar comparativamente regulaciones gubernamentales entre países sobre pesquisa en células madre embrionarias. MÉTODOS:El estudio fue conducido entre marzo y mayo de 2008, por medio de búsqueda electrónica directa en las fuentes oficiales sobre documentos legislativos de 25 países seleccionados y confirmada, cuando era necesario, por consulta por e-mail a investigadores y autoridades de esos países. RESULTADOS:Los resultados mostraron tendencia a permit (mais) ir la práctica de pesquisas con células madre embrionarias, a pesar de que con rígidas restricciones éticas. Entre los países estudiados, apenas Italia y Alemania explícitamente condenan la extracción de células madre coherentes con el contexto regulatorio internacional sobre pesquisa embrionaria. CONCLUSIONES: La tendencia observada representa la libertad de pesquisa para la promoción del conocimiento como un bien público, reforzada por la expectativa de potencialidad terapéutica en la pesquisa con células madre embrionarias para el tratamiento y cura de enfermedades sin cualquier posibilidad de asistencia médica. Resumo em inglês OBJECTIVE:To comparatively analyze governmental regulations on embryonic stem cell research among countries. METHODS: The study was performed between March and May 2008, using a direct electronic search through official databases of legislative documents from 25 selected countries, confirmed by email consultation with researchers and authorities from these countries, when necessary. RESULTS: Results showed a trend to allow the practice of embryonic stem cell research, tho (mais) ugh with strict ethical restrictions. Among the countries analyzed, only Italy and Germany explicitly condemned the extraction of stem cells and only Italy prohibits their subsequent use. Recent judicial decisions in Brazil are in accordance with the international regulatory context of embryo research. CONCLUSIONS: The trend observed represents freedom of research to promote knowledge as a public good, emphasized by the expectation of therapeutic potentiality of embryonic stem cell research to treat and cure diseases without any medical care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Características biológicas das células-tronco mesenquimais/ Biological characteristics of mesenchymal stem cells

Bydlowski, Sergio P.; Debes, Adriana A.; Maselli, Luciana M. F.; Janz, Felipe L.
2009-05-01

Resumo em português Células-tronco são células indiferenciadas. Como tal, apresentam uma série de características que as tornam candidatas à utilização terapêutica. As principais características das células-tronco são a capacidade de autorrenovação e de se diferenciarem em diversos tipos celulares. Desta forma, acredita-se que células-tronco presentes nos diferentes tecidos tenham papel regenerativo quando estes sofrem uma lesão ou injúria. Entre os tecidos conhecidos por ap (mais) resentarem células-tronco após a vida pós-natal, a medula óssea foi a mais estudada, por muitos anos, como fonte tanto de células-tronco hematopoéticas quanto de células-tronco mesenquimais, também denominadas de células mesenquimais estromais da medula óssea ou células estromais mesenquimais multipotentes. Estas células são um grupo de células clonogênicas, presentes no estroma da medula óssea, que, quando submetidas a diferentes estímulos apropriados, são capazes de se diferenciarem em várias linhagens de células, como a osteogênica, a condrogênica e a adipogênica e, possivelmente, em outros tipos celulares não mesodérmicos, como células neurais ou hepatócitos. Nesta revisão, as principais características das células-tronco mesenquimais serão abordadas, incluindo os marcadores moleculares e de membrana, as características de divisão e de diferenciação, a heterogeneidade e as aplicações clínicas potenciais. Resumo em inglês Stem cells are undifferentiated cells. They show various characteristics that make them suitable for clinical applications. The main stem cell characteristics are their capacity of autorenewal and of differentiation into different cell lines so it is quite possible that stem cells in different tissues exhibit a regenerative role when these tissues are injured. Bone marrow is the best studied tissue as a source of hematopoietic stem cells as well as mesenchymal stem cells (mais) (also known as mesenchymal stromal cells or mesenchymal stromal multipotent cells); clonogenic cells in the bone marrow stroma. They are able to differentiate under specific stimuli in several cell lines including osteogenic, chondrogenic and adipogenic cells, and probably in other nonmesodermic cell lines such as neural cells or hepatocytes. Here the main characteristics of mesenchymal stem cells will be discussed, including the molecular and membrane markers, the division and differentiation properties, the heterogeneity, and the potential clinical applications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Religiosidade no contexto das terapias com células-tronco: uma investigação comparativa entre pesquisadores "iniciantes e iniciados" e seus pacientes

Luna, Naara
2008-01-01

Resumo em português Terapias experimentais com células-tronco têm despertado interesse público devido à expectativa de cura milagrosa. O artigo analisa as representações e a adesão religiosa de pessoas envolvidas em diferentes protocolos experimentais de terapia celular: pacientes e suas famílias e também pesquisadores de vários níveis. O trabalho de campo ocorreu em instituição de ensino superior. Pretende-se comparar posições de pacientes e de pesquisadores, e entre os pesqu (mais) isadores conforme seu nível de formação com respeito a: adesão religiosa atual e formação anterior e sua posição sobre uso de embriões humanos em pesquisa. O uso de embriões é prática combatida pela Igreja Católica e debatida por diferentes confissões cristãs e não-cristãs. Outro objetivo é verificar representações de cura e milagre referentes ao poder das células. Resumo em inglês Experimental therapies with stem cells have waken public interest due to expectations of miraculous healings. The article analyses representations and religious commitment of people involved in different experimental protocols of cellular therapy: patients, their families and researchers of several levels. Fieldwork took place in a higher education institution. The objective is to compare the positions of patients and researchers and also inside the researchers group (acc (mais) ording to researcher's educational level) regarding: present religious commitment and previous background and their reactions about human embryo research. Catholic Church opposes the use of human embryos as research material and other religious confessions debate this subject. The paper also examines representations of cure and miracle related to stem cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Isolamento, diferenciação e aspectos bioquímicos de células-tronco de líquido amniótico/ Isolation, differentiation and biochemical aspects of amniotic fluid stem cell

Cabral, Antônio Carlos Vieira; Ângelo, Patrícia Caroline; Leite, Henrique Vitor; Pereira, Alamanda Kfouri; Lopes, Ana Paula Brum Miranda; Oliveira, Maria Beatriz de; Borges, Karina Braga Gomes; Pardini, Victor Cavalcanti; Ferreira, Alessandro Clayton de Sousa
2008-12-01

Resumo em português As células-tronco mesenquimais (MSCs) são células com grande potencial de diferenciação e estão sendo recentemente introduzidas na clínica para tratamento de várias doenças. Possuem várias vantagens incluindo sua estabilidade fenotípica in vitro. OBJETIVO: isolamento das MSCs de líquido amniótico, sua expansão e a demonstração da sua capacidade de se diferenciar em células miogênicas e adipogênicas, sem alterar a estabilidade cromossomal em meio de cult (mais) ura. MÉTODOS: a fim de avaliar a mudança funcional destas células, foram avaliados parâmetros bioquímicos nas células adipogênicas já diferenciadas e antes da diferenciação através da dosagem de triglicérides. A diferenciação em células musculares foi avaliada comparando os níveis de creatinofosfoquinase - CK, desidrogenase lática - LDH e aldolase produzidas por estas células antes e após diferenciação. RESULTADOS: os níveis de triglicérides foram significativamente maiores nas células diferenciadas, mostrando ainda a formação de grânulos intracitoplasmáticos. Todos os outros valores obtidos foram significativamente maiores nas células miogênicas diferenciadas quando comparadas às não diferenciadas. CONCLUSÃO: os resultados sugerem que estes protocolos podem ser usados para avaliar diferenciação de células-tronco em células adipogênicas e miogênicas, e que o líquido amniótico pode ser uma fonte para obtenção destas células. Resumo em inglês The mesenchymals stem cells (MSCs) are cells with the great potential of differentiation are being introduced in the clinic for treatment of several diseases. Mesenchymal stem cells have several advantages including the stability of their phenotype in vitro. BACKGROUND: isolation of MSCs in amniotic fluid, its expansion and the demonstration of the capacity of these cells to differentiate in adipogenic and miogenic cells, without to change the chromosomal stability of the (mais) MSCs in culture. METHODS: in order to evaluate the functional change of these cells, were gotten values of the differentiated adipogenic cells and not differentiated through the dosage of triglycerides. The miogenic nature of the differentiated cells was analyzed comparing the creatine kinase - CK, lactic dehydrogenase - LDH and aldolase produced by the cells. RESULTS: the values of triglycerides were significantly higher in differentiated cells, showing intracitoplasmatic granule form after differentiation. All the biochemical characters were significantly higher in differentiated miogenic cells. CONCLUSIONS: this study suggests that the standardized protocol of differentiation can be used in the attainment of cells with characteristics of adipogenic and muscular cells, from amniotic fluid.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Por detrás do último ato da ciência-espetáculo: as células-tronco embrionárias/ Behind the last act of spectacle-science: embryonic stem cells

Gallian, Dante Marcello Claramonte
2005-12-01

Resumo em português PARTINDO da perspectiva da "crítica da medicina dogmática" de Gregorio Marañón, o artigo pretende discutir o tema da pesquisa com as células-tronco à luz de considerações científicas, filosóficas e éticas que nem sempre são levadas em conta pela maioria dos trabalhos que vem sendo publicados. É necessário analisar os posicionamentos científicos sobre esta questão no cenário político, ideológico e histórico que nos envolve. Resumo em inglês ROOTED in Gregorio Marañón's "critique of dogmatic medicine", this essay discusses stem cell research from the viewpoint of scientific, philosophical and ethical considerations that most published works do not always take into account. It is incumbent that scientific positions on this issue be analyzed in light of the political, ideological and historical scenarios in which we are immersed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Recomendações no manejo das complicações infecciosas no transplante de células-tronco hematopoéticas/ Management of infectious complications after hematopoietic stem cell transplant

Garnica, Marcia; Machado, Clarisse; Cappellano, Paola; Carvalho, Viviane V. H.; Nicolato, Andrea; Cunha, Clovis A.; Nucci, Marcio
2010-05-01

Resumo em português A infecção em receptores de transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH) está relacionada a altas taxas de morbidade e mortalidade. O tipo de transplante, a fonte de célula-tronco hematopoética, a utilização de doadores alternativos e outras medidas relacionadas ao procedimento influenciam diretamente no tipo e na intensidade da imunossupressão, modificando o risco de desenvolver uma infecção. Nesta seção são discutidas as estratégias para monitoriz (mais) ação, diagnóstico e tratamento das infecções em receptores de TCTH em três fases: na fase pré-transplante, durante a fase de neutropenia, e na fase pós-pega do enxerto. Resumo em inglês Infectious complications following stem cell transplantation are frequent and associated with high morbidity and mortality. Several factors related to the transplant procedure, such as type of transplant, the source of stem cells, the utilization of alternative donors are important determinants of the immune status of the host, and impact on the risk of infection. In this section we will discuss the different approaches for monitoring patients at risk and diagnosing and t (mais) reating infectious complications in three time periods: before transplant, during neutropenia, and after engraftment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

A relevância das células natural killer (NK) e killer immunoglobulin-like receptors (KIR) no transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH)/ The relevance of natural killer (NK) cells and killer immunoglobulin-like receptors (KIR) in hematopoietic stem cell transplantation (HSCT)

Almeida-Oliveira, Aline; Diamond, Hilda R.
2008-08-01

Resumo em português As células natural killer (NK) foram identificadas há mais de 30 anos por sua capacidade de matar células tumorais e infectadas por vírus sem precisar de sensibilização prévia. No entanto, a forma como as células NK matam seus alvos ficou desconhecida por muito tempo. Na década de 90, a partir de várias observações, foi proposto que as células NK matariam células com a expressão diminuída de antígeno leucocitário humano (HLA), protegendo as células aut� (mais) �logas normais, o que ficou conhecido como hipótese do missing-self. Esta teoria foi confirmada através da descoberta de vários receptores, principalmente os da família killer immunoglobulin-like receptors (KIR), que reconhecem moléculas de HLA de classe I. Estes novos conceitos levaram à busca da importância dos receptores KIR no transplante de células-tronco hematopoéticas (TCTH). Foi sugerido que as disparidades de HLA entre o doador e o paciente poderiam ser reconhecidas por células NK levando à aloreatividade, o que ajudaria no efeito enxerto contra leucemia. No entanto, apesar de alguns resultados promissores, até hoje, os diferentes estudos sobre o assunto não chegaram a um consenso. Nesta revisão, será abordada a relevância das células NK e dos receptores KIR nos diferentes tipos de TCTH. Resumo em inglês Natural killer (NK) cells were identified over 30 years ago by their ability to kill cancer and virally infected cells without prior sensitization. For years the recognition mechanisms of target cells were unknown, until the 1990s when the "missing-self" hypothesis was proposed. According to this theory, although tolerant to normal autologous cells, NK cells can recognize and attack cells that have down-regulated human leukocyte antigen (HLA) class I molecules. The discov (mais) ery of killer immunoglobulin-like receptors (KIR) that specifically recognize HLA class I molecules corroborated this hypothesis. These new concepts point to the importance of studying KIR in hematopoietic stem cell transplantation (HSCT). HLA disparities between the donor and patient in HSCT may be distinguished by NK cells leading to alloreactivity. Even though there are some promising results, until now existing studies have not reached any consensus. Here, we will review the relevance of NK cells and KIR in the different types of HSC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

A importância do uso das células tronco para a saúde pública/ The importance of the use of stem cells for public health

Pereira, Lygia da Veiga
2008-02-01

Resumo em português Em 1999, as células-tronco foram eleitas "Scientific Breakthrough of the Year" (avanço científico do ano) pela revista Science¹. Naquele ano, foi demonstrado que células-tronco de tecidos adultos mantinham a capacidade de se diferenciar em outros tipos de tecidos. No ano anterior, as primeiras linhagens de células-tronco embrionárias humanas foram estabelecidas. Desde então, o número de artigos científicos sobre células-tronco vem crescendo exponencialmente, on (mais) de novos paradigmas são estabelecidos. Neste artigo, farei uma revisão da área de células-tronco com um foco especial em seu uso como agente terapêutico em doenças comuns como diabetes e cardiopatias. As células-tronco serão tratadas em dois grupos distintos: as embrionárias e as adultas. Enquanto o potencial de diferenciação das primeiras está bem caracterizado em camundongos e em humanos, seu uso em terapia celular e em pesquisa tem sido dificultado por questões de histocompatibilidade, segurança e ética. Em contraste, células-tronco adultas não apresentam estes empecilhos, apesar da extensão de sua plasticidade ainda estar sob investigação. Mesmo assim, diversos testes clínicos em humanos estão em andamento utilizando células-tronco adultas, principalmente derivadas da medula óssea. Discutirei ainda a importância de se trabalhar com as duas classes de células-tronco humanas de forma a se cumprir suas promessas terapêuticas. Resumo em inglês Stem cells were elected 'Breakthrough of the Year' by Science¹ magazine in 1999, having shown that stem cells from adult tissues retained the ability to differentiate into other tissue types. During the previous year, the first human embryo stem cell lines were established. Since then, the number of scientific papers on stem cells has been increasing exponentially, establishing new paradigms that are rapidly challenged by subsequent experiments. This paper reviews the st (mais) em cell research field, divided into two groups: embryo and adult stem cells. While the differentiation potential of the former is well characterized in mice and humans, their use in cell therapy and research has been hampered by histocompatibility, safety and ethical issues. In contrast, adult stem cells do not present these problems. However, the extent of their plasticity is still under investigation. Nevertheless, numerous clinical trials in humans are under way, mainly with stem cells derived from bone marrow. This paper discusses discuss the importance of working with both classes of human stem cells in order to fulfill the promise of stem cell therapies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

A importância do uso das células tronco para a saúde pública/ The importance of the use of stem cells for public health

Pereira, Lygia da Veiga
2008-02-01

Resumo em português Em 1999, as células-tronco foram eleitas "Scientific Breakthrough of the Year" (avanço científico do ano) pela revista Science¹. Naquele ano, foi demonstrado que células-tronco de tecidos adultos mantinham a capacidade de se diferenciar em outros tipos de tecidos. No ano anterior, as primeiras linhagens de células-tronco embrionárias humanas foram estabelecidas. Desde então, o número de artigos científicos sobre células-tronco vem crescendo exponencialmente, on (mais) de novos paradigmas são estabelecidos. Neste artigo, farei uma revisão da área de células-tronco com um foco especial em seu uso como agente terapêutico em doenças comuns como diabetes e cardiopatias. As células-tronco serão tratadas em dois grupos distintos: as embrionárias e as adultas. Enquanto o potencial de diferenciação das primeiras está bem caracterizado em camundongos e em humanos, seu uso em terapia celular e em pesquisa tem sido dificultado por questões de histocompatibilidade, segurança e ética. Em contraste, células-tronco adultas não apresentam estes empecilhos, apesar da extensão de sua plasticidade ainda estar sob investigação. Mesmo assim, diversos testes clínicos em humanos estão em andamento utilizando células-tronco adultas, principalmente derivadas da medula óssea. Discutirei ainda a importância de se trabalhar com as duas classes de células-tronco humanas de forma a se cumprir suas promessas terapêuticas. Resumo em inglês Stem cells were elected 'Breakthrough of the Year' by Science¹ magazine in 1999, having shown that stem cells from adult tissues retained the ability to differentiate into other tissue types. During the previous year, the first human embryo stem cell lines were established. Since then, the number of scientific papers on stem cells has been increasing exponentially, establishing new paradigms that are rapidly challenged by subsequent experiments. This paper reviews the st (mais) em cell research field, divided into two groups: embryo and adult stem cells. While the differentiation potential of the former is well characterized in mice and humans, their use in cell therapy and research has been hampered by histocompatibility, safety and ethical issues. In contrast, adult stem cells do not present these problems. However, the extent of their plasticity is still under investigation. Nevertheless, numerous clinical trials in humans are under way, mainly with stem cells derived from bone marrow. This paper discusses discuss the importance of working with both classes of human stem cells in order to fulfill the promise of stem cell therapies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Quantificação de células CD34+ do sangue do cordão umbilical de cães/ Quantification of CD34+ hematopoietic stem cells from the umbilical cord of dogs

Nakage, Ana Paula Massae; Santana, Aureo Evangelista; Cápua, Maria Luisa Buffo de; Godoy, Aline Vieira
2009-04-01

Resumo em português As células-tronco promovem a reconstituição hematopoética e de outros tecidos, estando presentes no embrião, no sangue periférico, na medula óssea e no sangue do cordão umbilical (SCU). Os modelos experimentais de células-tronco do sangue periférico e da medula óssea em cães têm propiciado informações relevantes para transplantes de células-tronco em humanos. Entretanto, não existe estudo sobre as células-tronco no SCU canino no Brasil. O objetivo deste (mais) ensaio foi quantificar as células nucleadas e as células-tronco CD34+ no SCU de cães para propostas de reconstituição hematológica. No presente protocolo experimental, a coleta de SCU de 40 cães neonatos foi realizada para contagem das células nucleadas no contador automático de células sangüíneas e contagem das células-tronco CD34+ no citômetro de fluxo. O método de coleta do SCU na porção justaplacentária dos vasos umbilicais permitiu a quantificação das células-tronco CD34+. Os valores das células nucleadas do SCU foram reduzidos em relação àqueles do sangue periférico de cães sadios recém-nascidos e adultos. Apesar do volume escasso de SCU (1325µL), a quantidade de células-tronco do cordão umbilical canino (3,38±2,72 CD34+ x10(6) kg-1) é semelhante àquela reportada para medula óssea, bem como para o sangue periférico mobilizado de cães adultos, sendo coincidente com aquela preconizada para reconstituição hematopoética. Resumo em inglês Stem cells promote the reconstitution of the hematopoietic and other tissues, and are present in the embryo, peripheral blood, bone marrow and umbilical cord blood (UCB). The experimental models of bone marrow and peripheral blood stem cells in dogs provide important information for stem cells transplants in humans. However, there are no studies on the UCB cells of dogs in Brazil. This experiment aimed at quantifying nucleated and stem cells in the umbilical cord of dogs (mais) having as its purpose the hematological recuperation. In this assay, UCB of 40 neonates dogs was collected for nucleated cell count in automatic cell counter and stem cell CD34+ count in flow cytometer. The method of UCB collection at the juxta-placental portion of the umbilical vessels allowed UCB blood and stem cell CD34+ quantification. The nucleated cell values of UCB were reduced as compared to the reference values of the peripheral blood of healthy neonate and adult dogs. Despite the small volume of UCB (1325µL), the quantity of stem cells in the canine umbilical cord (3.38±2.72 CD34+ x10(6) kg-1) is similar to that reported in the bone marrow and mobilized peripheral blood of adult dogs, coinciding with the amount recommend for hematopoetic reconstitution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Terapia celular nas doenças oftalmológicas/ Cell therapy in ophthalmology diseases

Siqueira, Rubens C.
2009-05-01

Resumo em português Avanços no campo das células-tronco proporcionaram muita perspectiva para uso destas células na regeneração dos tecidos oculares danificados por doenças as quais não possuem tratamento disponível até o momento. Terapia baseada com células-tronco para regeneração e reparo ocular constitui uma esperança para a restauração da função visual em indivíduos com tecido oculares irreversivelmente danificados por doença ou trauma. Até o presente momento, somente (mais) as células LESC para o reparo da córnea apresentam aplicação clínica reconhecida no campo da oftalmologia. Experiências adquiridas com esta abordagem poderão potencialmente ajudar com o desenho de terapias baseadas em células-tronco para regenerar outros tecidos oculares particularmente a retina. Utilização de células-tronco adultas para tratamento de doenças degenerativas da retina tem sido testada e também sua viabilidade para utilização em humanos. Apesar de muitos problemas práticos, existe um otimismo geral entre a comunidade médica e científica que a terapia baseada nas células-tronco para restaurar a função visual pode tornar-se realidade em um futuro não muito distante. Neste manuscrito, foi realizada uma revisão do estado atual e limitações na aplicação de células-tronco para terapia ocular e consideramos as perspectivas futuras de seu uso na restauração da visão. Resumo em inglês Advances in the field of stem cell therapy have provided promising results in the regeneration of tissues damaged by eye diseases for which treatment is so far unavailable. Therapy based on stem cells to regenerate and repair is a hope for the restoration of visual function in individuals with ocular tissue irreversibly damaged by disease or trauma. Until now, only limbal epithelial stem cells have a recognized clinical application in ophthalmology for the repair of the c (mais) ornea. Experience gained with this approach, may potentially help with the design of therapies based on stem cells to regenerate other eye tissues, in particular the retina. The use of adult stem cells to treat degenerative diseases of the retina has been tested in animals, as has their feasibility for use in humans. Although many practical problems exist, there is general optimism among the medical and scientific community that therapy based on stem cells to restore visual function can become a reality in the not too distant future. This article reviews the current status and limitations of the application of stem cell therapy in the eye and considers future prospects of its use in the restoration of vision.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Terapia celular no diabetes mellitus/ Cell therapy in diabetes mellitus

Voltarelli, Julio C.; Couri, Carlos E. B.; Rodrigues, Maria Carolina; Moraes, Daniela A.; Stracieri, Ana Beatriz P. L.; Pieroni, Fabiano; Navarro, George; Madeira, Maria Isabel A.; Simões, Belinda P.
2009-05-01

Resumo em português Nesta revisão são discutidas várias alternativas de regeneração do conjunto de células produtoras de insulina do pâncreas, usando células-tronco embrionárias do cordão umbilical e adultas, e o trabalho que está sendo realizado em nosso grupo de pesquisas utilizando imunossupressão em altas doses combinada com a infusão de células-tronco hematopoéticas autólogas em diabete do tipo 1 recém-diagnosticado. Resumo em inglês In this review, we discuss several alternatives for the regeneration of the pool of insulin-producing cells by the pancreas using embryonic, cord blood or adult stem cells and the work being carried out by our research group using high dose immunosuppression with autologous hematopoietic stem cells in newly diagnosed type 1 diabetes mellitus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

A terapia celular no tratamento da isquemia crítica dos membros inferiores/ Cell therapy for the treatment of critical ischemia of the lower limbs

Araújo, José Dalmo de; Araújo Filho, José Dalmo de; Ciorlin, Emerson; Ruiz, Milton Artur; Ruiz, Lílian Piron; Greco, Oswaldo Tadeu; Lago, Mario Roberto; Ardito, Roberto Vito
2005-01-01

Resumo em português Os autores fazem um histórico sobre as pesquisas com células-tronco embrionárias e do cordão umbilical, suas respectivas vantagens e desvantagens. Seguem com as discussões sobre células-tronco adultas, sua definição, histórico, fontes e participação nos processos de regeneração tecidual, particularmente no endotélio. Ressaltam a importância de fatores que mobilizam as células-tronco adultas a partir da medula óssea: citocinas, angiopoietinas e outros fato (mais) res de crescimento. As células-tronco adultas mobilizam-se sob a forma de células endoteliais progenitoras, que têm origem comum com as células endoteliais a partir dos hemangioblastos. Os fatores de mobilização manifestam-se em condições de hipoxia e fazem com que as células endoteliais progenitoras se localizem nos locais de isquemia para produzir a neovasculogênese, que se faz por três possíveis mecanismos: a angiogênese (formação de novos capilares a partir de brotos de capilares já existentes), a arteriogênese (relacionada à circulação colateral) e a vasculogênese (vasos realmente novos). Fazem, a seguir, uma análise da literatura relativa à experimentação animal e aos estudos clínicos. Concluem ressaltando que as células-tronco adultas, embora tenham um grande potencial de uso, ainda demandam muito estudo e pesquisa para se firmar como método terapêutico. Resumo em inglês The authors review the history of the researches on embryonic and umbilical cord vein stem cells, their advantages and disadvantages. They proceed with comments on adult stem cells, their concept, history, sources and role on tissue regenerative processes, mainly on the endothelium. They stress the importance of factors that mobilize the adult stem cells from the bone marrow: cytokines, angyopoietine and other growth factors. The adult stem cells are mobilized as endothel (mais) ial progenitor cells, which have a common origin with the endothelial cells from the hemangioblasts. The mobilizing factors are activated under hypoxia and promote the homing of the endothelial progenitor cells on the ischemic sites in order to generate the neovasculogenesis, which is accomplished through three possible mechanisms: angiogenesis (new capillaries from sprouts of the existing ones), arteriogenesis (related to collateral circulation) and vasculogenesis (actual new vessels). An appraisal of the literature is made with regard to animal and clinical sets Finally, they stress that adult stem cells, although bearing an enormous potential, still demand a considerable amount of work to become a current therapeutic method.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Terapia celular em doenças pulmonares: existem perspectivas?/ Cell therapy in pulmonary diseases: are there perspectives?

Ribeiro-Paes, João T.; Bilaqui, Aldemir; Greco, Oswaldo T.; Ruiz, Milton A.; Alves-de-Moraes, Luis B. C.; Faria, Carolina A.; Stessuk, Talita
2009-05-01

Resumo em português A terapia celular poderia ser conceituada de forma ampla e genérica como o emprego de células para tratamento de doenças. Apesar de um número não tão expressivo de relatos tendo o pulmão como objeto de estudo na terapia celular em pacientes humanos, há dados consistentes da literatura, tanto em humanos, quanto em modelos animais,que evidenciam a migração de células-tronco da medula óssea para o pulmão,em diferentes situações experimentais. Esses resultados (mais) forneceram o embasamento experimental para o emprego de células-tronco na regeneração do tecido pulmonar em modelos animais. Em nosso laboratório, vários projetos de pesquisa têm sido conduzidos com a finalidade de avaliar a resposta pulmonar (morfológica e funcional) ao tratamento com células-tronco adultas em camundongos com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) induzida experimentalmente. Os resultados obtidos, aliados àqueles de outros grupos de pesquisa, permitem aventar a possibilidade de aplicação, a curto prazo, da terapia celular em pacientes com DPOC. Em outra patologia pulmonar, fibrose cística (FC), cuja abordagem terapêutica com células-tronco apresenta aspectos particulares em relação às patologias pulmonares crônico-degenerativas, há avanços promissores e potencialmente interessantes; no entanto, os resultados podem ser considerados incipientes e deve-se assinalar, portanto, que a associação da terapia gênica e celular apresenta-se como uma alternativa possível, mas ainda muito distante quanto à sua consolidação e incorporação como opção terapêutica segura e eficaz em FC. Por outro lado, tendo por embasamento os resultados obtidos em modelos experimentais, é possível postular que a terapia celular com células-tronco hematopoéticas (ou de outras fontes) encerra perspectivas consistentes de aplicação em diversas outras patologias pulmonares humanas, especialmente em DPOC. Resumo em inglês Cell therapy can be briefly described as the use of cells in the treatment of diseases. Although the number of scientific reports involving lung and cell therapy in humans is not expressive, there are consistent data, both in humans and animal models. Experiments show the migration of bone marrow stem cells to the lung, in different situations. These results provide the experimental basis for the use of stem cells in the regeneration of the lung tissue in animal models. I (mais) n our laboratory, several projects have been conducted aiming to evaluate the pulmonary response (morphological and functional) to treatment with adult stem cells in mice with experimentally induced chronic obstructive pulmonary disease. The results obtained, together with those from other research groups, allow us to consider the possibility of application, in the near future, of cell therapy in chronic obstructive pulmonary disease patients. For another disease, cystic fibrosis, cell therapy shows particular aspects in relation to other chronic degenerative pulmonary diseases. In this pathology, there are interesting and promising advances, however, the results are incipient and, thus, it must be said that the association between genetic and cell therapy appears to be a possibility, but still far from being consolidated and incorporated as a safe and effective therapeutic alternative in cystic fibrosis. On the other hand, based on the results obtained in experimental models, it is possible to postulate that cell therapy with hematopoietic stem cells (or from other sources) brings consistent application perspectives in several other human pulmonary diseases, especially in chronic obstructive pulmonary disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Sangue periférico como fonte de células para terapia celular/ Peripheral blood as a source of stem cells

Mendrone Junior, Alfredo
2009-05-01

Resumo em português O sangue periférico tem sido utilizado como fonte de células progenitoras hematopoéticas para o transplante de medula óssea, única aplicação clínica bem estabelecida até o momento para as células-tronco. Mais recentemente, além das células progenitoras hematopoéticas, estudos têm identificado também no sangue periférico a presença de células-tronco mesenquimais. Estas células apresentam as mesmas características e marcadores de superfície que as célu (mais) las-tronco mesenquimais da medula óssea e são capazes de diferenciação em células do tecido conjuntivo como osteócitos, condrócitos, adipócitos e miócitos. Embora sua origem e destino ainda sejam desconhecidos, a presença destas células no sangue periférico de indivíduos adultos representa um importante instrumento na área de medicina regenerativa e terapia celular. O conhecimento de marcadores imunofenotípicos que possam caracterizar as CTM de forma mais prática e objetiva e de possíveis estratégias capazes de aumentar o número destas células na circulação são fundamentais para o avanço de pesquisas clínicas baseadas na sua utilização. Resumo em inglês Peripheral blood has been routinely used as a source of hematopoietic progenitor cells for allogeneic and autologous bone marrow transplantation. Recent studies have demonstrated that a low number of mesenchymal stem cells are also present in the peripheral blood. They share the same surface markers as bone marrow-derived mesenchymal stem cells and are capable of differentiating into mesenchymal lineage cells including osteocytes, adipocytes and chondrocytes. Although the (mais) ir origin and destination are unclear, their presence in the peripheral blood of adults seems to represent an important and powerful tool for regenerative medicine and cell therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Leucemia mielomonocítica juvenil: relato de caso/ Juvenile myelomonocytic leukaemia: case report

Farias, Mariela G.; Lucena, Natália P.; Bó, Suzane D.; Bittar, Christina M.; Castro Júnior, Cláudio G.; Gregianin, Lauro J.; Brunetto, Algemir L.
2010-01-01

Resumo em português A leucemia mielomonocítica juvenil (LMMJ) é uma doença rara, que representa de 2%a 3% de todas as leucemias pediátricas. É uma doença clonal de células da linhagem mieloide, que apresenta características de mieloproliferação e de displasia. Os sinais e os sintomas são resultantes da infiltração de células monocíticas malignas em órgãos não hematopoéticos. Os sintomas mais comuns são febre, tosse, infecção, fraqueza, palidez, linfadenopatia, hepatoesp (mais) lenomegalia, lesões cutâneas e manifestações hemorrágicas. Como a LMMJ exibe um curso clínico muito agressivo e responde pobremente à quimioterapia, o transplante de células-tronco hematopoéticas é a única modalidade terapêutica curativa. Neste estudo, relatamos o caso de um paciente do sexo masculino, com um ano e dez meses de idade, que compareceu na emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre por apresentar febre, com diagnóstico prévio de mononucleose feito em outra Instituição. A apresentação clínica, em conjunto com os achados laboratoriais, permitiu o diagnóstico correto. O paciente foi tratado com quimioterapia e submetido a transplante de células-tronco hematopoéticas. Resumo em inglês Juvenile myelomonocytic leukemia (JMML) is a rare hematopoietic malignancy, which accounts for 2 to 3% of all pediatric leukemia. JMML is a myeloproliferative disorder characterized by monoclonal overproduction of myeloid cells. The signs and symptoms are a result of the infiltration of monocytic cells into non-hematopoietic organs; the most common symptoms are fever, cough, infection, weakness, pallor, lymphadenopathy, hepatosplenomegaly, skin lesions and bleeding. JMML (mais) runs an aggressive clinical course and responds poorly to chemotherapy. Hematopoietic stem cell transplantation is the only curative treatment. We describe the case of a 22-month-old male child, who appeared in the emergency room of Hospital de Clínicas de Porto Alegre because of fever and with a previous diagnosis of mononucleosis made at another Institution. The clinical presentation together with laboratory findings allowed the correct diagnosis. The patient was treated with chemotherapy and underwent hematopoietic stem cell transplantation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Terapia celular no acidente vascular cerebral/ Cell therapy in strokes

Mendez-Otero, Rosalia; Giraldi-Guimarães, Arthur; Pimentel-Coelho, Pedro M.; Freitas, Gabriel R.
2009-05-01

Resumo em português O AVC é o recordista em número de óbitos e a maior causa de incapacidade no Brasil. Apesar das inúmeras pesquisas realizadas ao longo dos últimos anos não há terapias farmacológicas adequadas para este quadro e, neste cenário, as terapias celulares vêm sendo consideradas como alternativas terapêuticas para diminuir as perdas funcionais decorrentes do AVC. Nesta revisão comentaremos os resultados de diversos estudos pré-clinicos e de alguns clínicos que utilizaram diferentes tipos de células-tronco em AVC. Resumo em inglês Stroke is the leading cause of death and incapacity in Brazil. Over the last few years, numerous preclinical and clinical studies have been carried out, however to date, none of the drugs tested in these studies were effective in patients. The emerging field of stem cell research has raised hope of therapy to ameliorate the functional loss after strokes. In this review we will discuss the results of several preclinical studies and clinical trials using different types of stem cells in the treatment of strokes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Cultivo de células mesenquimais do sangue de cordão umbilical com e sem uso do gradiente de densidade Ficoll-Paque/ Blood mesenchymal stem cell culture from the umbilical cord with and without Ficoll-Paque density gradient method

Kawasaki-Oyama, Rosa Sayoko; Braile, Domingo Marcolino; Caldas, Heloisa Cristina; Leal, João Carlos Ferreira; Goloni-Bertollo, Eny Maria; Pavarino-Bertelli, Érika Cristina; Abbud Filho, Mário; Santos, Izaura dos
2008-03-01

Resumo em português OBJETIVOS: Implantação de técnicas de isolamento e cultivo de células-tronco mesenquimais do sangue de cordão umbilical humano, com e sem uso de gradiente de densidade Ficoll-Paque (d=1,077g/ml). MÉTODOS: Dez amostras de sangue de cordão umbilical humano de gestação a termo foram submetidas a dois procedimentos de cultivo de células-tronco mesenquimais: sem gradiente de densidade Ficoll-Paque e com gradiente de densidade. As células foram semeadas em frascos de (mais) 25cm² a uma densidade de 1x10(7)células nucleadas/cm² (sem Ficoll) e 1,0x10(6) células mononucleares/cm² (com Ficoll). As células aderentes foram submetidas a marcação citoquímica com fosfatase ácida e reativo de Schiff. RESULTADOS: No procedimento sem gradiente de densidade Ficoll, foram obtidas 2,0-13,0x10(7) células nucleadas (mediana=2,35x10(7)) e, no procedimento com gradiente de densidade Ficoll, foram obtidas 3,7-15,7x10(6) células mononucleares (mediana=7,2x10(6)). Em todas as culturas foram observadas células aderentes 24 horas após o início de cultivo. As células apresentaram morfologias fibroblastóides ou epitelióides. Na maioria das culturas houve proliferação celular nas primeiras semanas de cultivo, mas após a segunda semana, somente três culturas provenientes do método sem gradiente de densidade Ficoll-Paque mantiveram crescimento celular, formando focos confluentes de células. Essas culturas foram submetidas a várias etapas de tripsinização para espalhamento ou subdivisão e permaneceram em cultivo por períodos que variaram de dois a três meses. CONCLUSÃO: Nas amostras estudadas, o isolamento e cultivo de células-tronco mesenquimais do sangue de cordão umbilical humano pelo método sem gradiente de densidade Ficoll-Paque foi mais eficiente do que o método com gradiente de densidade Ficoll-Paque. Resumo em inglês OBJECTIVES: Implantation of cell separation and mesenchymal stem cell culture techniques from human umbilical cord blood with and without using the Ficoll-Paque gradient density method (d=1.077g/ml). METHODS: Ten samples of the umbilical cord blood obtained from full-term deliveries were submitted to two different procedures of mesenchymal stem cell culture: a) Method without the Ficoll-Paque density gradient, which concentrates all nucleated cells; b) Method with the Fic (mais) oll-Paque density gradient, which selects only low-density mononuclear cells. Cells were initially plated into 25 cm² cultures flasks at a density of 1x10(7) nucleated cells/cm² and 1x10(6) mononuclear cells/cm². RESULTS: It was obtained 2-13x10(7) (median = 2.35x10(7)) nucleated cells/cm² by the method without the Ficoll-Paque gradient density, and 3.7-15.7x10(6) (median = 7.2x10(6)) mononuclear cells/cm² by the method with the Ficoll-Paque gradient density. In all cultures adherent cells were observed 24 hours after being cultured. Cells presented fibroblastoid and epithelioid morphology. In most of the cultures, cell proliferation occurred in the first week, but after the second week only some cultures - derived from the method without the Ficoll-Paque gradient density - maintained the growth rate reaching confluence. Those cultures were submitted to trypsinization with 0.25% trypsin/EDTA solution and cultured for two to three months. CONCLUSION: In the samples analyzed, cell separation and mesenchymal stem cell culture techniques from human umbilical cord blood by the method without the Ficoll-Paque density gradient was more efficient than the method with the Ficoll-Paque density gradient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Considerações sobre a obtenção e o uso do plasma rico em plaquetas e das células mesenquimais indiferenciadas em enxertos ósseos/ Isolation and use of platelet rich plasma and indiferenciate mesenchimal cells in bone grafts

Pagliosa, Geane Maciel; Alves, Geraldo Eleno Silveira
2007-08-01

Resumo em português O plasma rico em plaquetas (PRP) e as células mesenquimais indiferenciadas (CMIs), também chamadas de células-tronco, têm sido amplamente estudados por seus potenciais altos de osteoindução em enxertos ósseos. No entanto, a utilização do PRP e das CMIs deve ser realizada com critério, baseando-se na adequada metodologia de isolamento e utilização. A metodologia inadequada pode ser um fator determinante na eficácia em enxertos ósseos, o que pode justificar alguns resultados controversos da utilização do PRP e das CMIs em enxertos ósseos. Resumo em inglês The rich platelet plasma (RPP) and indiferenciate mesenchimal cells (IMCs), or stem cells, have been widely studied because of their high potential of osteoinduction in bone grafts. However, the utilization of RPP and IMCs must be done following correct methodology of isolation and use. The inappropriate methodology can be a determinant factor of its efficacy on bone grafts and can explain some controversial results of its utilization in bone grafts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

O anencéfalo como doador de órgãos e tecidos para transplante: possibilidades legais, morais e práticas/ Anencephalic babies as donors of organs and tissue for transplants: legal, moral and practical possibilities

Rocha, Robledo Fonseca
2010-12-01

Resumo em português Os êxitos recentes dos transplantes terapêuticos fizeram com que o anencéfalo fosse cogitado como possível fonte de órgãos para o atendimento de neonatos. Os primeiros relatos científicos de sua execução bem sucedida estimularam discussões para averiguar as possibilidades morais de sua concessão. Os resultados dessas discussões produziram dificuldades práticas quase impeditivas para a conversão do neonato anencéfalo de potencial para real doador de órgãos (mais) . A doação de células-tronco e medula óssea por portadores de anencefalia, surpreendentemente, não foi ainda granjeada. Resumo em inglês The recent success of therapeutic transplants has led to anencephalic babies being considered as a possible source of organs for newborns. The first scientific reports of successful attempts to do this have sparked debate as to the moral issues involved. The results of these discussions have produced practical difficulties that make it almost impossible to convert na anencephalic neonate into a real organ donor. The donation of stem-cells and boné marrow by anencephalic babies has surprisingly still not been investigated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Ressincronização cardíaca e terapia celular: existe terapia associativa?/ Cardiac resynchronization and stem cell therapy: do associative benefits exist?

Greco, Oswaldo T.; Greco, Rafael L.; Abreu, Ana C.; Jacob, José Luiz B.; Ardito, Roberto V.; Takeda, Roberto T.; Parro Junior, Adelino; Sallis, Fernando V.; Lago, Mario R.; Ruiz, Milton A.
2009-05-01

Resumo em português Nos últimos anos, a terapia de ressincronização cardíaca tem sido uma conduta bem definida para pacientes com insuficiência cardíaca (IC), classe funcional III ou IV, que não tiveram resposta à otimização terapêutica. Estudos já mostraram esta eficácia, mas um grupo bem definido de miocardiopatias dilatadas com áreas de fibrose não tem tido o mesmo sucesso (30%-40%). Por isto decidimos associar a estes pacientes o implante de células-tronco. A partir de 04 (mais) /2005 iniciamos estes implantes em pacientes (pcs.) com IC, classe funcional III/IV, otmizados e fração de ejeção Resumo em inglês In recent years cardiac resynchronization therapy has been a well defined approach for patients with functional class III or IV heart failure (HF) who do not respond to optimized therapy. Studies have shown efficacy, but one well defined group of dilated heart diseases with large areas of fibrosis has not had the same success rates (30-40%). Hence, we decided to associate stem cell transplant in these patients. Since April 2005 we started to transplant stem cells in 25 pa (mais) tients (16 men) with NYHA III/IV HF with ejection fraction

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Transplante autólogo do epitélio pigmentado da retina na degeneração macular relacionada com a idade/ Autologous transplantation of retinal pigment epithelium in age related macular degeneration

Siqueira, Rubens Camargo
2009-02-01

Resumo em português Acredita-se que a disfunção do epitélio pigmentado da retina é a principal causa de muitas doenças debilitantes da retina das quais a degeneração macular relacionada com a idade é a mais comum. Nesta doença a disfunção das células do epitélio pigmentado da retina leva a um comprometimento secundário dos fotorreceptores com perda visual grave. O epitélio pigmentado da retina e membrana de Bruch sofrem dano acumulativo com o tempo o qual induz à degeneraçã (mais) o macular relacionada com a idade em indivíduos susceptíveis. Nos últimos 20 anos, uma grande quantidade de pesquisas tem sido conduzida na área de transplante do epitélio pigmentado da retina. A técnica tem como objetivo, restaurar a anatomia sub-retiniana e restabelecer a interação crítica entre o epitélio pigmentado da retina e o fotorreceptor, o qual é fundamental para a visão. O transplante autólogo do epitélio pigmentado da retina tem sido usado em alguns casos de degeneração macular relacionada com a idade através de duas técnicas: epitélio pigmentado da retina em suspensão e transplante de espessura total do epitélio pigmentado da retina-coróide. Apesar da viabilidade desta técnica, pesquisas buscando uma fonte de células para repor epitélio pigmentado da retina autólogo como células-tronco embrionárias, células-tronco derivadas da medula óssea e derivadas do cordão umbilical continuam em andamento. A combinação do transplante de células com outras modalidades de tratamento como transferência de genes permanecem como excitante perspectiva futura. Resumo em inglês Retinal pigment epithelial dysfunction is believed to be the main cause of many debilitating retinal diseases of which age-related macular degeneration is the most common. In this disease, the retinal pigment epithelial dysfunction leads to photoreceptors damage causing severe vision loss. The retinal pigment epithelium and Bruch's membrane suffer cumulative damage over lifetime, which is thought to induce age-related macular degeneration in susceptible individuals. In th (mais) e past 20 years, a huge amount of research has been conducted in the area of transplantation of RPE. This technique aims to restore the subretinal anatomy and reestablish the critical interaction between the retinal pigment epithelium and the photoreceptor, which is fundamental to sight. Retinal pigment epithelial transplantation has been performed with two different techniques: retinal pigment epithelial suspension and autologous full-thickness retinal pigment epithelial-choroid transplantation in some cases of the age-related macular degeneration (AMD). Despite the feasibility of this technique, search for a cell source to replace autologous retinal pigment epithelium such as embryonic stem cells, marrow-derived stem cells and umbilical cord-derived cells continues. The combination of cell transplantation with other modalities of treatment such as gene transfer remains an exciting future prospect.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Sangue de cordão umbilical para uso autólogo ou grupo de pacientes especiais/ The potential therapeutic use of cord blood in autologous transplants or in special patients: a review and update

Cruz, Luis Eduardo; Jorge, Maria Claudia; Machado, Janaína J.; Hosnne Jr., Nelson A.; Invitti, Adriana L.; Balduino, Alex; Vianna, Verônica; Ellovitch, Saada R. S.; Urago, Kátia P. T.; Meneses-Costa, Ana Paula; Ribeiro, Márcia G.; Nicola, Maria Helena A.; Sanberg, Paul R.
2009-05-01

Resumo em português O sangue de cordão umbilical e placentário (SCUP) é uma rica fonte de células-tronco (CT) hematopoéticas e é amplamente utilizado como substituto da medula óssea em casos de transplante. As células do SCUP possuem vantagens sobre as células da medula óssea (MO), principalmente por serem mais jovens e apresentarem maior taxa proliferativa. Além dos progenitores hematopoéticos, o sangue de cordão umbilical contém progenitores endoteliais e mesenquimais, sugeri (mais) ndo sua possível aplicação nos novos protocolos de terapia celular para diferentes tecidos. Na presente revisão, discutimos a importância do armazenamento do sangue de cordão umbilical autólogo e as pesquisas desenvolvidas para a sua aplicação em doenças degenerativas. Resumo em inglês Umbilical Cord Blood is a rich source of hematopoietic stem cells widely used as a substitute of bone marrow (BM) in transplants. Cells from umbilical cord blood present advantages over BM cells, mainly as they are younger and a have higher proliferative rate. Besides hematopoietic stem cells, umbilical cord blood contains endothelial and mesenchymal progenitor cells, suggesting their possible application in cell therapy protocols for different tissues. In this paper, we (mais) discuss the importance of autologous umbilical cord blood storage and the research on stem cell transplantation for degenerative diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Preservação da proteína verde fluorescente no tecido ósseo descalcificado/ Preservation of the green fluorescent protein on decalcified bone tissue

Boeloni, Jankerle Neves; Ocarino, Natália de Melo; Hell, Rafaela Chitarra Rodrigues; Silva, Guilherme Resende da; Goes, Alfredo Miranda; Gomes, Dawidson Assis; Serakides, Rogéria
2010-10-01

Resumo em português A proteína verde fluorescente (GFP) foi originalmente descoberta no cnidário Aequorea victoria. Células-tronco GFP positivas podem ser rastreadas in vivo quando usadas na terapia de doenças. No entanto, no osso, a fluorescência gerada pela GFP pode ser perdida durante o processo de descalcificação, dificultando o rastreamento das células-tronco usadas no tratamento de doenças ou defeitos ósseos. O objetivo deste estudo foi comparar diferentes técnicas de preser (mais) vação da GFP no tecido ósseo descalcificado. Foram utilizados fêmures de ratas GFP Lewis distribuídos em quatro grupos: 1) descalcificado em ácido fórmico e incluído em parafina; 2) descalcificado em ácido fórmico e submetido à criomicrotomia; 3) descalcificado em EDTA e incluído em parafina; e 4) descalcificado em EDTA com criomicrotomia. Secções de tecido ósseo de todos os grupos foram analisadas para identificação da fluorescência natural e posteriormente submetidas à imunofluorescência, sendo utilizados anti-GFP e Alexa Flúor 555. As imagens foram obtidas por microscopia confocal. Osteócitos, osteoblastos e células da medula óssea de ratos GFP somente tiveram sua fluorescência natural preservada no tecido ósseo descalcificado em EDTA e submetido à microtomia por congelação. Nos demais grupos, houve perda da fluorescência natural, e as células GFP somente puderam ser identificadas com o uso da reação de imunofluorescência com anti-GFP. Conclui-se que a descalcificação em EDTA e a criomicrotomia são as melhores técnicas para preservar a fluorescência natural das células GFP no tecido ósseo e que a visualização de células GFP em tecido ósseo descalcificado em ácido fórmico e incluído em parafina somente pode ser realizada com o uso da técnica de imunofluorescência. Resumo em inglês Green fluorescent protein (GFP) was originally derived from the cnidarians Aequorea victoria. GFP-positive stem cells can be tracked in vivo when used in the therapy of diseases. However, in the bone, the fluorescence generated by GFP can be lost during the decalcification process, hindering the tracking of stem cells used in the treatment of diseases or bone defects. The aim of this study was to compare different techniques of preservation of GFP in the decalcified bone (mais) tissue. Femurs of female Lewis GFP rats were distributed in four groups: 1) decalcified in formic acid and paraffin-embedded; 2) decalcified in formic acid submitted to cryomicrotomy; 3) decalcified in EDTA and paraffin-embedded and 4) decalcified in EDTA with cryomicrotomy. Sections of bone tissue of all the groups were analyzed for identification of the natural fluorescence and subsequently submitted to the immunofluorescence using anti-GFP and Alexa Flúor 555. The images were obtained by confocal microscopy. Osteocytes, osteoblasts and bone marrow cells of GFP rats only had natural fluorescence preserved in the bone tissue decalcified in EDTA and submitted to cryomicrotomy. In others groups there were loss of the natural fluorescence and the GFP cells could be only identified with the use of the immunofluorescence with anti-GFP. In conclusion, the decalcification in EDTA and the cryomicrotomy are the best techniques to preserve the natural fluorescence of the GFP cells in the bone tissue and the GFP cells in bone tissue decalcified in formic acid and paraffin-embedded can be visualized only with the use of the immunofluorescence with anti-GFP.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Dinâmica dos precursores celulares do epitélio olfatório de cães sem raça definida: um estudo imunohistoquímico e ultra-estrutural/ The dynamic of precursor of the olfactory epithelium of mongrel dogs: an immunohistochemical and ultrastructural study

Alves, Flávio Ribeiro; Santos, Tatiana Carlesso; Freiberger, Sandra; Ambrósio, Carlos Eduardo; Miglino, Maria Angélica
2007-09-01

Resumo em português O epitélio olfatório apresenta um mecanismo de diferenciação em que células-tronco dão origem a células progenitoras amplificadoras, as quais expressam um gene pró-neural denominado Mammalian Achaete Scute Homolog 1 (Mash1). Estas células podem se diferenciar em receptores olfatórios. O epitélio olfatório de cães sem raça definida (3 machos de um ano e 2 fêmeas de três de idade) foi analisado por imunolocalização do antígeno nuclear de proliferação ce (mais) lular (PCNA) e por microscopia eletrônica de transmissão. Verificou-se marcação positiva para PCNA em células do epitélio olfatório, particularmente acima da linha da membrana basal. A ultra-estrutura do epitélio olfatório revelou células adjacentes à lâmina basal, cuja eletrodensidade assemelha-se àquelas presentes no epitélio de sustentação, reforçando a idéia da renovação das células de sustentação e dos neurônios olfatórios locais. O epitélio olfatório é composto células basais, comprometidas com sua renovação, caracterizadas através da intensa atividade mitótica, identificada pela reação positiva ao PCNA. Estes resultados sugerem que há reposição das células sustentaculares locais e do sistema através de mecanismos semelhantes. Resumo em inglês Olfactory epithelium presents a mechanism of differentiation where stem cells give arise to amplifying progenitor cell which express Mammalian Achaete Scute Homolog 1 (Mash1). These cells can be differentiated into olfactory receptors. An immunolocalization study and ultrastructural analysis by transmission electron microscopy of olfactory epithelium of mongrel dogs were made using 3 males (one year old) and 2 females (three years old). Labeled cells with positive stainin (mais) g by Proliferating cell nuclear antigen (PCNA) were observed in specific areas of the olfactory epithelium, especially above the basal membrane. The ultrastructure revealed cells adjacent to the basal membrane with morphology resembling sustentacular cells, supporting the idea of renewal of sustentacular and olfactory sensorial cells. Olfactory epithelium contains basal cells committed to self-renewal, characterized by high metabolic activity, identified by positive reaction to PCNA. These results suggested the renewal of sustentacular and sensorial olfactory cells through the same pathway.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Tratamento do Mieloma Múltiplo recidivado/ Relapsed Multiple Myeloma treatment

Hungria, Vania T. M.
2007-03-01

Resumo em português O mieloma múltiplo ainda é uma doença incurável. Apesar das novas estratégias de tratamento, a maioria dos pacientes recidiva. O padrão da recidiva é muito heterogêneo, podendo se apresentar com comportamento indolente ou agressivo. O tratamento da doença recidivada depende de vários fatores: do tratamento realizado como primeira linha, se transplante autólogo de medula óssea ou não, da resposta e sua duração, se a recidiva ocorreu com ou sem tratamento de (mais) manutenção, do performance status do paciente e da reserva medular. Se a recidiva ocorrer após seis meses do término do tratamento, o mesmo esquema quimioterápico inicial pode ser instituído. O transplante autólogo de medula óssea pode ser proposto como consolidação em recidivas quimiossensíveis ou como tratamento de resgate, se as células-tronco periféricas tiverem sido coletadas anteriormente. A talidomida tem sido utilizada em pacientes com mieloma múltiplo recidivado após quimioterapia convencional ou após o transplante autólogo da medula óssea. A talidomida sozinha pode induzir respostas objetivas em pelo menos 1/3 dos pacientes que já receberam muitos tratamentos; e quando combinada com quimioterapia, as respostas objetivas ocorrem em aproximadamente 2/3 dos pacientes. O bortezomibe está indicado em pacientes recidivados, sozinho ou associado a dexametasona e a outras drogas, com taxas de resposta de 43% a 76%. O melhor tratamento do paciente com mieloma múltiplo recidivado deve ser individualizado, dependendo da idade, da função da medula óssea, da terapia inicial, do padrão e tempo para a recidiva. Resumo em inglês Multiple myeloma still remains an incurable disease. Despite the new treatment approaches, almost all patients face the risk of an eventual relapse. The pattern of relapse is very heterogeneous and can be indolent or more aggressive. The treatment of relapsed disease depends on a number of factors: duration of response, relapse on or off maintenance therapy, prior therapy and specially prior autologous stem cell transplantation, performance status, hematopoietic reserve. (mais) If relapse occurs more than 6 months after therapy ended, the initial chemotherapy regimen should be reinstituted. Autologous stem cell transplantation can be proposed as consolidation therapy in chemosensitive relapses or as salvage therapy if stem cells have been collected earlier. Thalidomide has been tested in relapsed multiple myeloma and is now considered as standard treatment for patients relapsing after conventional chemotherapy or after autologous stem cell transplantation. Thalidomide alone can induce objective responses in at least one-third of heavily pretreated patients and, combined with chemotherapy, objective responses can be achieved by two-thirds of the patients. Bortezomib is indicated, alone or in combination with other agents, for relapsed patients and can produce an overall response rate of 43% to 76%. The most appropriate management must be individualized depending on the age, bone marrow function, prior therapy and the timing of the relapse.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Transplante autólogo de células mononucleares da medula óssea em úlcera de córnea experimental em cães/ Bone marrow mononuclear cells autotransplant in experimental corneal ulcer in dogs

Tognoli, Guilherme Kanciukaitis; Olsson, Débora Cristina; Martins, Danieli Brolo; Santos Júnior, Eduardo de Bastos; Salbego, Fabiano Zanini; Oliveira, Graziela Kopinits de; Braga, Fabrício de Vargas Arigony; Raiser, Alceu Gaspar; Dezengrini, Renata; Cruz, Fernando Silvério Ferreira da; Castro, Márcio Botelho de; Rosa, Mariana Carvalho; Carregaro, Adriano Bonfim; Pippi, Ney Luis
2009-02-01

Resumo em português As células mononucleares (CM) da medula óssea (MO) despertam grande interesse nas pesquisas sobre regeneração tecidual. O limbo é a fonte de células-tronco (CT) para repor ceratócitos lesados e uma disfunção destas é denominada deficiência límbica. Essa condição é desenvolvida por diversas afecções, sendo que a queimadura por base é a mais comum. A fim de confirmar a presença das CM da MO transplantadas, a ocorrência de quimiotaxia destas e comparar hi (mais) stopatologicamente os grupos tratado e controle, utilizou-se um modelo experimental de úlcera de córnea associado ao autotransplante de CM. Para tanto, 16 cães machos ou fêmeas, sem raça definida, foram submetidos à úlcera experimental de córnea com papel filtro embebido em hidróxido de sódio (NaOH). Após as lesões, os animais foram submetidos a transplante subconjuntival de CM da MO, previamente marcadas com nanocristais. A avaliação pós-operatória foi realizada por imunofluorescência no sexto dia após o transplante e por histopatologia passados 15 dias do procedimento, quando foi possível notar que as CM fixaram-se na região lesionada, não sofreram quimiotaxia e, apesar de diminuírem a inflamação, não auxiliaram o processo de cicatrização corneana a curto prazo. Assim, sugerem-se estudos adicionais no transplante de CM da MO na cicatrização da córnea. Resumo em inglês Bone marrow (BM) mononuclear cells (MC) are a great subject in tissual regeneration. The main stem cell source to the eye is the limbus. Theses cells replace injured corneal cells, however, if the limbal stem cells are not functional, a limbal deficiency with concomitant conjunctivalization takes place. This pathological condition can be caused for several reasons, in which alkali burns are the most common. To conduct a research about transplanted BM MC presence, the cell (mais) s homing and to histopathologically compare the treated and sham group, an experimental corneal ulcer model associated with MC autotransplant was used. Sixteen, male or female, stray dogs suffered experimental corneal ulceration with sodium hydroxide soaked filter discs. After the lesions, animals were submitted to subconjunctival autotransplant of previously marked BM MC. The evaluation was made by immunofluorescence on the sixth day after lesions creation and histopathology was conducted 15 days after the same procedure, when it was possible to observe that the MC grafted in the injured area, the cells did not execute the homing process and, despite the inflammatory decrease, they did not help the corneal epithelial healing process in a short term evaluation. Thus, future studies about MC transplantations in corneal ulcers are indicated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Bases da terapia celular em cardiologia/ Cell therapy in cardiology

Carvalho, Antonio Carlos C.; Goldenberg, Regina Coeli S.; Tuche, Fábio Antonio A.; Dohmann, Hans Fernando R.
2009-05-01

Resumo em português O implante de células para o tratamento de doenças cardiovasculares encontra-se sob investigação em vários centros no mundo. Várias linhagens celulares, de células-tronco bem caracterizadas a frações contendo diferentes tipos de células, têm sido investigadas em modelos animais. Apesar dos avanços obtidos na última década, na área de ciência básica, com relação a esta nova modalidade terapêutica, diversas questões permanecem sem resposta. Pouco ainda (mais) se sabe sobre os mecanismos através dos quais a terapia celular possa gerar resultados efetivos. Adicionalmente, a melhor via para o transplante, o número total e a concentração de células, e o melhor tipo celular permanecem questões importantes, ainda sem definição. É fato de que diversas células da medula óssea exercem seus efeitos através de mecanismos parácrinos e de que existe um complexo mecanismo de interação, contato e liberação de sinais entre essas células e as outras populações celulares nos órgãos lesados. Atualmente, a maioria dos estudos em humanos se concentra em células de origem adulta e autóloga, em oposição ao uso de células de origem embrionária. Esta revisão analisa os principais ensaios clínicos que utilizaram células derivadas de medula óssea em quatro cardiopatias: doença arterial coronariana aguda e crônica, e nas cardiomiopatias chagásica e dilatada. Os resultados desses estudos demonstram que o procedimento é seguro e exequível, e potencialmente eficaz. Inquestionavelmente, mais estudos pré-clínicos e clínicos são necessários para acessar o real potencial benefício desse novo modelo terapêutico. Resumo em inglês Cell transplantation for the treatment of cardiovascular diseases is being investigated in many centers throughout the world. Various cell lines, from well characterized stem cells to cell fractions containing different types of cells, have been investigated in animal models. Despite progress in the basic research of this new therapy obtained over the last decade, many questions remain unanswered. We still know very little about the mechanisms of action that may lead to p (mais) ositive results after cell therapy. Additionally, the best route for cell transplantation, the best number and concentration of cells and the best cell type for transplant remain important questions that are still undefined. It is a fact that many bone marrow cells exert their effects through paracrine mechanisms, and that a complex mechanism of interaction, contact and signal release exists between these cells and other cell populations in damaged organs. Currently the majority of human studies are focused on the use of adult and autologous cells in contrast to the use of embryonic cells. This review describes the main clinical trials that have been performed using bone marrow-derived cells in the setting of four distinct heart diseases: acute and chronic ischemic heart disease and chagasic and dilated cardiomyopathies. Results from these studies demonstrate the procedure to be safe and feasible, and potentially efficacious. Undoubtedly more pre-clinical and clinical studies are necessary to assess the real potential benefit of this new therapeutic model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Hemoglobinúria paroxística noturna: da fisiopatologia ao tratamento/ Paroxysmal nocturnal hemoglobinuria: from physiopathology to treatment

Arruda, Martha Mariana de Almeida Santos; Rodrigues, Celso Arrais; Yamamoto, Mihoko; Figueiredo, Maria Stella
2010-01-01

Resumo em português Hemoglobinúria paroxística noturna (HPN) é uma anemia hemolítica crônica adquirida rara, de curso clínico extremamente variável. Apresenta-se frequentemente com infecções recorrentes, neutropenia e trombocitopenia, e surge em associação com outras doenças hematológicas, especialmente com síndromes de falência medular, como anemia aplásica e síndrome mielodisplásica. É considerada ainda um tipo de trombofilia adquirida, apresentando-se com tromboses veno (mais) sas variadas, com especial predileção por trombose de veias hepáticas e intra-abdominais, sua maior causa de mortalidade. A tríade anemia hemolítica, pancitopenia e trombose faz da HPN uma síndrome clínica única, que deixou de ser encarada como simples anemia hemolítica adquirida para ser considerada um defeito mutacional clonal da célula-tronco hematopoética (CTH). A mutação ocorre no gene da fosfaditilinositolglicana classe-A, e resulta no bloqueio precoce da síntese de âncoras de glicosilfosfaditilinositol (GPI), responsáveis por manter aderidas à membrana plasmática dezenas de proteínas com funções específicas. A falência em sintetizar GPI madura gera redução de todas as proteínas de superfície normalmente ancoradas por ela. Dentre elas estão o CD55 e o CD59, que controlam a ativação da cascata do complemento. Assim, na HPN há aumento da susceptibilidade de eritrócitos ao complemento, gerando hemólise. Revisa-se aqui sua fisiopatologia, curso clínico, os tratamentos disponíveis com ênfase para o transplante de células-tronco hematopoéticas alogênicas e para o eculizumab, um anticorpo monoclonal humanizado que bloqueia a ativação do complemento terminal no nível C5 e previne a formação do complexo de ataque à membrana, a primeira droga a demonstrar eficácia no tratamento da HPN. Resumo em inglês Paroxysmal nocturnal hemoglobinuria (PNH) is a rare disorder, an acquired chronic hemolytic anemia, often associated with recurrent nocturnal exacerbations, recurrent infections, neutropenia, thrombocytopenia, and episodes of venous thrombosis. Its clinical course is highly variable. It frequently arises in association with bone marrow failure, particularly aplastic anemia and myelodysplastic syndrome. It is also an acquired thrombophilia, presenting with a variety of ven (mais) ous thrombosis, mainly manifested with intra-abdominal thrombosis, here the major cause of mortality. The triad of hemolytic anemia, pancytopenia, and thrombosis makes a truly unique clinical syndrome of PNH, which was reclassified from a purely acquired hemolytic anemia to a hematopoietic stem cell mutation defect of the phosphatidyl inositol glycanclass-A gene. This mutation results in an early block in the synthesis of glycosylphosphatidylinositol (GPI) anchors, responsible for binding membrane functional proteins. Among these proteins are the complement inhibitors, especially CD55 and CD59, that play a key role in protecting blood cells from complement cascade attack. Therefore, in PNH occurs an increased susceptibility of red cells to complement, and consequently, hemolysis. We here review PNH physiopathology, clinical course, and treatment options, especially eculizumab, a humanized monoclonal antibody that blocks the activation of terminal complement at C5 and prevents formation of the terminal complement complex, the first effective drug therapy for PNH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Criopreservação de medula óssea e células pluripotentes periféricas utilizando um congelador programável: experiência em 86 congelamentos/ Cryopreservation of bone marrow and peripheral blood stem cells using a controlled rate freezing system. Experience on 86 procedures

Massumoto, C.M.; Mizukami, S.; Campos, M.F.; SIlva, L.A.G.; Mendrone Jr., A.; Sakashita, A.; Zambon, E.; Ostronoff, M.; Macedo, M.C. A.; Medeiros, R.; Dorlhiac, P.; Chamone, D.; Dulley, F.
1997-06-01

Resumo em português A infusão de células hematopoéticas totipotentes criopreservadas permite a recuperação da hematopoese após quimioterapia mieloablativa. OBJETIVO. A formação de cristais de gelo durante o processo de congelamento é o fator principal que causa ruptura das estruturas celulares. A criopreservação dessas células a uma taxa constante preveniria os danos causados pelo congelamento brusco. MÉTODOS. Vinte e três pacientes com mediana de 25 anos (variação 3-57) tive (mais) ram a medula óssea e/ou células-tronco periféricas (CTP) coletadas no período de março de 1993 a outubro de 1994, totalizando 86 congelamentos. Os pacientes apresentavam as seguintes neoplasias: linfoma não-Hodgkin (n=5), leucemia mielóide aguda (n=8), leucemia linfóide aguda (n=6), doença de Hodgkin (n=3) e mieloma múltiplo (n=1). O congelamento foi controlado por um computador, acoplado ao sistema, às seguintes temperaturas: -1°C/min até -45°C e depois a -10°C/min até -80°C. Após o congelamento, as células foram mantidas em freezer a -110°C até o momento da infusão. Para obtenção das CTP, empregou-se o fator de crescimento estimulante de granulócitos (G-CSF). RESULTADOS. Uma mediana de 3,16 x 10(8) céls./kg (variação 0,86-24,22) de CTP e 2,03 x 10(8) céls./kg (variação 0,19-12,21) de medula óssea foi congelada. A mediana para atingir granulócitos maior ou igual a 500/µL e plaquetas maior que 20.000/µL foi de 12 dias (variação 8-40) e 31 dias (variação 8-80), respectivamente. Todos os pacientes tiveram recuperação hematopoética após a infusão das células criopreservadas. CONCLUSÃO. A criopreservação em congelador programável permite o armazenamento de células hematopoéticas e, potencialmente, pode causar menor dano celular. Resumo em inglês The cryopreservation of hematopoietic stem cells can be used for rescuing the hematopoiesis after high dose chemotherapy. PURPOSE. The ice cristal formation during the freezing procedure is the key point that can be harmful to the cells. The cryopreservation of hematopoietic stem cells in a controlled-rate freezer could decrease the cell damage. METHODS. Twenty-three patients with a median age of 26 years (range 03-57) had bone marrow and/or peripheral blood stem cells ha (mais) rvested from March 1993 through October 1994, ending up to 86 freezing procedures. The patient's diagnoses are as follows: Non-Hodgkin's Lymphoma (n=5); Acute Myelogenous Leukemia (n=8); Acute Lymphocytic Leukemia (n=6); Hodgkin's disease (n=3); Multiple Myeloma (n=1). The cells were frozen away in a controlled-rate freezer chamber at the folowing rate: -1°C/min from room temperature to -45°C and then, at -10°C/min down to -80°C. After freezing, the cells were kept into mechanical freezers until the marrow infusion. To mobilize PBSC (peripheral blood stem cells), G-CSF (granulocyte colony stimulating factor) was given. RESULTS. A median of 3.16x10(8) cells/kg (range 0.86-24.22) of PBSC and 2.03x10(8) cells/kg (0.19-12.21) of bone marrow cells were frozen. The median time to reach granulocytes greater than 500/µL and platelets greater than 20,000/µL was 12 days (range 8-40) and 31 days (range 8-80), respectively. All patients had marrow engraftment after infusion of hematopoietic stem cells. CONCLUSION. The cryopreservation procedure using a controlled-rate freezer can store hematopoietic stem cells and potentially, cause less damage to the cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Transplante de membrana amniótica canina criopreservada para cicatrização de córnea com deficiência de células límbicas em coelhos/ Transplantation of cryopreserved canine amniotic membrane for cicatrisation in cornea with limbal stem cells deficiency in rabbits

Cremonini, D.N.; Ranzani, J.J.T.; Marques, M.E.A.; Rodrigues, G.N.; Brandão, C.V.S.
2007-12-01

Resumo em português Avaliaram-se as alterações relacionadas à deficiência das células límbicas precursoras do epitélio corneano de coelhos e o efeito da membrana amniótica sobre sua cicatrização. A lesão, induzida com n-heptanol associado à peritomia conjuntival em 360°, foi recoberta com membrana amniótica canina, suturada à episclera perilímbica, criopreservada em meio para congelação de embrião ou em meio próprio, ambos com glicerol a 50% e mantida a -80°C. O gr (mais) upo-controle não foi tratado com a membrana. As avaliações histológicas foram realizadas ao sétimo, 15º e 30º dias. Todos desenvolveram deficiência de células germinativas do limbo, denominada conjuntivalização, com presença de neovascularização, inflamação e defeitos epiteliais recorrentes, caracterizada na histopatologia pela presença de neovasos, edema, leucócitos e células caliciformes. O transplante de membrana amniótica não foi eficiente para o tratamento desta deficiência, entretanto auxiliou o processo de cicatrização da córnea. Resumo em inglês Changes related to limbal stem cells deficiency in corneal epithelium in rabbits, as well as the results of amniotic membrane transplant on the cicatrisation were evaluated. The ulcer was induced with n-heptanol associated to 360° conjunctival peritomy; the corneal surface was covered with canine amniotic membrane, sutured to perilimbal episclera, cryopreserved in embryo solution or own medium, both with 50% glycerol and stored at -80°C. The control group was not (mais) treated with membrane. Histological evaluations were performed at seven, 15, and 30 days. All of them developed limbal stem cells deficiency, named conjunctivalization, with neovascularization, inflammation and recurrent epithelial defects, observed in histopathology by the occurrence of neovascularization, edema, leukocytes and goblet cells. Thus amniotic membrane transplantation was not efficient in the treatment of limbal stem cells deficiency, however it helped in the process of cicatrisation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Transplante de Progenitores Hematopoiéticos: Consumo Transfusional/ Transfusion Requirements After Allogeneic Hematopoietic Stem Cell Transplantation

Amado, Fátima; Bini-Antunes, Marika; Santos, Luísa; Rosales, Maria; Campilho, Fernando; Pimentel, Pedro; Carvalhais, Alzira
2007-01-01

Resumo em português O objectivo deste estudo foi avaliar, nos doentes submetidos a transplante de progenitores hematopoiéticos (TPH) alogénico, o efeito do regime de condicionamento, da fonte de progenitores, das compatibilidades ABO e HLA e do parentesco do par dador/receptor no consumo transfusional no período pós-transplante. Avaliamos retrospectivamente os doentes submetidos ao primeiro alotransplante no período compreendido entre Janeiro 2003 e Setembro 2005. Consultaram-se as base (mais) s de dados do Departamento de Imuno-Hemoterapia. A análise estatística foi realizada com recurso ao programa SPSS®. No período considerado realizaram-se 97 alotransplantes, dos quais 94 foram primeiros transplantes e elegíveis para o estudo (43,6% sexo feminino e 56,4% sexo masculino, mediana de idades de 38,5 anos, limites 6 meses-66 anos). Foram submetidos a um regime de condicionamento mieloablativo 50 doentes (53,2%) e a condicionamento de intensidade reduzida (CIR) 44 doentes (46,8%). Relativamente à fonte de progenitores utilizados, em 88,3 % dos doentes (n=83) foram células progenitoras hematopoiéticas perifericas (CPHP), em 7,5% (n=7) medula óssea (MO) e em 4,2% (n=4) sangue de cordão umbilical (SCU). No que respeita ao sistema HLA e ao parentesco, 95,7 % (n=90) dos transplantes foram HLA compatíveis e 87,2% (n=82) foram de dador relacionado. Relativamente ao sistema ABO do par dador/receptor, 27,6% (n=26) dos casos apresentavam incompatibilidade maior, 10,6% (n=10) menor e 57,4% (n=54) eram compatíveis. Não observamos diferenças estatisticamente significativas nas medianas de episódios transfusionais de concentrados de eritrócitos (CE) e de concentrados de plaquetas (CP) no que se refere a incompatibilidade ABO (p>0,05). Nos doentes transplantados com CPHP observamos uma tendência para um menor consumo transfusional de CP relativamente aos transplantados com SCU e MO. No entanto, o teste estatístico aplicado não mostrou um resultado significativo para os CE (p=0,054), provavelmente por causa do pequeno número de doentes transplantados com SCU e MO na população estudada. Os CIR foram associados a um menor consumo de CP (p0,05). Resumo em inglês We retrospectively studied all the first allogeneic hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) performed in our Centre between January 2003 and September 2005. We evaluated the influence of haematopoietic stem cell source, ABO and HLA compatibility and relationship in donor/recipient pair as well as conditioning regimen (myeloablative versus reduced intensity) on transfusion requirements. We analysed patients’ transfusion requirements during a 100 days period after t (mais) ransplantation. The medians of red blood cells (RBC) and platelets (PL) transfusion episodes (TE) were considered as an estimative of the transfusion requirements. We performed a statistical analysis recurring to the SPSS® software. Ninety four patients (43.6% women, 56.4% men), median age 38.5 years (range 6 months-66 years), were submitted to a first HSCT. In 88.3% (n=83) of patients the haematopoietic stem cell source was peripheral blood, in 7.4% (n=7) bone marrow (BM) and in 4.3% (n=4) umbilical cord blood (UCB). In 95.7% of cases there was HLA compatibility and in 87.2% a relationship between the donor and the recipient. We observed a major ABO incompatibility in 27.6% (n=26) of cases and minor in 10.6% (n=10). In 57.4% (n=54) of transplants there was ABO compatibility. Conditioning regimen was myeloablative and of reduced intensity in 53.2% (n=50) and in 46.8% (n=44) of patients, respectively. We observed that ABO compatibility had not a major impact on transfusion requirements (p>0.05). Patients transplanted with peripheral blood progenitor cells (PBPC) showed a tendency to a lesser PL transfusion need when compared to patients transplanted with UCB and BM but the test applied was not significant for RBC, probably because of the low number UCB and BM transplants considered in this study. Reduced intensity conditioning was associated with a reduced PL transfusion need (p0.05).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Transplante de Limbo/ Limbal transplantation

Rymer, Samuel
2000-08-01

Resumo em português Este artigo faz uma revisão bibliográfica sobre o tratamento cirúrgico das doenças da superfície ocular, utilizando-se transplante de limbo córneo-conjuntival. Tece inicialmente algumas considerações sobre as principais causas de alteração da superfície ocular e em seguida, descreve trabalhos que evidenciam o papel das "stem cells" (células germinativas) do epitélio corneano e a sua localização no limbo. Finalmente, descreve as diferentes técnicas cirúrgicas que empregam o limbo córneo-conjuntival e os resultados obtidos. Resumo em inglês This manuscript reviews the surgical management of ocular surface disease using limbal grafting. Inittialy, some considerations about the main causes of ocular surface disorders are discussed. After, reports showing the role of corneal stem cells and its location at the limbus and the different surgical techniques are described.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Smallanthus sonchifolius (Poepp.) H. Rob. (yacón): identificação microscópica de folha e caule para o controle de qualidade farmacognóstico/ Smallanthus sonchifolius (Poepp.) H. Rob. (yacon): microscopical identification of the leaf and stem for the pharmacognostic quality control

Duarte, Márcia do Rocio; Wolf, Samantha; Paula, Bruna Gruskoski de
2008-03-01

Resumo em português Yacón é a denominação popular da erva perene nativa dos Andes, Smallanthus sonchifolius (Poepp.) H. Rob. (Asteraceae), cultivada em diferentes países como recurso alimentar e medicinal. Raízes tuberosas e partes vegetativas aéreas são freqüentemente empregadas como coadjuvante no tratamento do diabetes. Este trabalho objetivou estudar os caracteres anatômicos de folha e caule, a fim de fornecer informações para a identificação microscópica no controle de qu (mais) alidade farmacognóstico. O material botânico foi fixado e preparado de acordo com técnicas usuais de microscopia de luz e eletrônica de varredura. A folha é anfiestomática, com predominância de estômatos anomocíticos. Tricomas tectores e glandulares estão presentes, sendo os primeiros pluricelulares e unisseriados. Os tricomas glandulares são curtos e pluricelulares, com duas séries de células. O mesofilo é dorsiventral e a nervura central possui vários feixes vasculares colaterais em disposição cêntrica. O caule jovem apresenta epiderme persistente, colênquima angular, parênquima cortical, endoderme e cilindros contínuos de floema e xilema. Dutos secretores encontram-se na folha e no caule. O conjunto dos caracteres observados, como a presença de tricomas tectores e glandulares, dutos secretores e endoderme com estrias de Caspary, é útil para o controle de qualidade dessa espécie. Resumo em inglês Yacon is the common name of the perennial herb native to the Andes, Smallanthus sonchifolius (Poepp. ) H. Rob. (Asteraceae), cultivated in different countries as food and medicinal resource. Fleshy roots and aerial vegetative organs are often used in the treatment of diabetes. This work has aimed to study the anatomical characters of the leaf and stem, aiming to supply information for microscopic identification of the pharmacognostic quality control. The botanical materia (mais) l was fixed and prepared according to standard techniques of light and scanning electron microscopy. The leaf is amphistomatic, predominantly with anomocytic stomata. Non-glandular and glandular trichomes are present, being the former multicellular and uniseriate. The glandular ones are short and multicellular, with two series of cells. The mesophyll is dorsiventral and the midrib has various collateral vascular bundles in centric arrangement. The young stem has remaining epidermis, angular collenchyma, cortical parenchyma, endodermis and continuous cylinders of phloem and xylem. Secretory ducts are found in the leaf and stem. The assembled characters, such as non-glandular and glandular trichomes as well as secretory ducts and endodermis with Casparian strips, are useful for the quality control of this species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Ontogênese de caneluras em pedúnculo de flores de laranjeira doce infectados pelo vírus da tristeza dos citros estirpe "Capão Bonito"

Tanaka, Francisco André Ossamu; Kitajima, Elliot Watanabe; Machado, Marcos Antonio; Machado, Sílvia Rodrigues
2009-12-01

Resumo em português Um estudo da ontogênese das caneluras induzidas em ramos de laranjeiras doces suscetíveis por isolados severos do vírus da tristeza dos citros (Citrus tristeza vírus - CTV) foi feito usando-se como modelo pedúnculos florais e de frutos. O menor calibre destes órgãos permite um melhor acompanhamento do processo. As observações foram feitas em laranjeira cv. Pêra infetada pelo isolado severo Capão Bonito do CTV. Cinco fases do processo de formação de caneluras (mais) puderam ser deduzidas pelas análises anatômicas. As primeiras alterações são representadas pelo aparecimento de células adensadas, hipertrofia e hiperplasia no parênquima e câmbio do floema e uma desorganização generalizada desta área. Segue-se uma atividade intensa do câmbio do floema adjacente e sua expansão em direção ao xilema. Esta invasão do xilema resulta na ruptura do anel do xilema pela massa celular do floema constituída de células recém formadas de parede celular delgada. Esta invasão do floema em direção ao xilema inicia um processo de degeneração dos vasos e parênquima do xilema. Finalmente há um colapso completo da região do xilema invadida, que é substituída pela massa do floema, resultando na canelura, notada ao se remover a casca. Resumo em inglês An ontogenetic study of the stem pitting was carried out, using as a model system the peduncle of flowers and fruits of sweet orange cv. Pêra infected by a very severe isolate, Capão Bonito, of Citrus tristeza virus (CTV). Anatomical and ultrastructural analysis revealed five phases of this process. It starts with the localized appearance of chromatic cells in the phloem parenchyma, hypertrophy of companion and cambial cells and overall disorganization of the phloem and (mais) deposition of a dense material. The next step is characterized by the invasion of the xylem by an abnormal mass of phloem parenchymal cells formed by the disorganized proliferation. These changes lead to the third phase, where xylem ring is interrupted by the invading abnormal phloem proliferation, which produces undifferentiated cells with thin cell wall. The irregular activity of the vascular cambium continues followed by the complete degeneration of the xylem complemented by the appearance of dense phenolic deposits. Finally, there is the complete collapse of the xylem in the invaded region, and the corresponding space is occupied by the phloem mass which correspond to the stem pitting.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

O fator estimulador de colônias granulocitárias (G-CSF) para isquemia cerebral: uma nova aplicação terapêutica?/ Granulocyte colony-stimulating factor (G-CSF) for ischemic stroke: a new therapeutic modality?

Maset, Angelo Luiz; Duarte, Kleber P.; Greco, Oswaldo Tadeu
2007-12-01

Resumo em inglês G-CSF is a FDA-approved drug, commonly utilized in neutropenic patients, long knows for its anti-inflammatory and angiogenic properties and also for its capacity to mobilize stem cells, hematopoiethic and endogen precursors and progenitor cells. Recently neuroprotective effects have been shown in animals and humans and there are publications mentioning its potential therapeutic role in focal ischemia (medial cerebral artery territory). We describe a case of a 74-year-old (mais) male patient, victim of a subarachnoid hemorrhage and brain ischemia due to bilateral involvement of medial cerebral arteries and vertebrobasilar vasospasms (overall ischemia), who was submitted to G-C5F therapy. G-CSF did not cause adverse effects, mobilized cells (as was seen by the exponential increase in leukocytes) and possibly contributed to a progressive clinical improvement confirmed using GCS and NIHSS scales. Clinical improvements did not reflect in eithrt CT, MNR or SPECT examinations. This initial experience opens the perspective for G-CSF studies in brain ischemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Morfonatomia do caule de Cuphea glutinosa Cham. & Schltdl. (Lythraceae)/ Morpho-anatomy of the stem of Cuphea glutinosa Cham & Schltdl. (Lythraceae)

Zago, Adriana Maria; Manfron, Melânia Palermo; Morel, Ademir Farias; Zanetti, Gilberto Dolejal
2009-09-01

Resumo em português Foram determinados parâmetros morfo-anatômicos do caule de Cuphea glutinosa cham. & Schltdl, planta reconhecida tradicionalmente como medicinal, objetivando sua autenticidade como insumo farmacêutico. As características macroscópicas do caule são insuficientes para a determinação da autenticidade dos insumos farmacêuticos desta planta, havendo necessidade de verificar a presença de sementes não aladas e de vesículas infraestaminais nas flores. Microscopicament (mais) e a presença de formações epicuticulares, cristais de oxalato de cálcio na forma de drusas, tricomas tectores e glandulares, estômatos xerofíticos, células mucilaginosas e floema interxilemático, são características significativas no controle botânico de qualidade desta espécie para a indústria farmacêutica, quando analisadas em conjunto. Resumo em inglês Morpho-anatomical parameters of Cuphea glutinosa cham. & Schltdl, stem were determined aiming its authenticity as a pharmaceutical drug. This plant is traditionally known as medicinal. The macroscopic characteristics of the stem are insuficient to determine the autenticity of this plant pharmaceutics input, it requires checking out the presence of not winged seeds and vesicles placed under the stamens of the flowers. Microscopically, the presence of epicuticular formation (mais) s, crystals of calcium oxalato in druses form, glandular and non-glandular thricomes, xerophytic stomatas, mucilages cells and interxilematic phloem are meaningful characteristics in the botanical quality control of this plant for the pharmaceutical industry, when analyzed together.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Morfodiagnose da anatomia foliar e caulinar de Camellia sinensis (L.) Kuntze, Theaceae/ Leaf and stem anatomical morpho-diagnosis of Camellia sinensis (L.) Kuntze, Theaceae

Duarte, Márcia R.; Menarim, Daniele O.
2006-12-01

Resumo em português Camellia sinensis é um arbusto ou árvore de pequeno porte, de origem asiática, denominado de chá-da-índia, chá-verde ou chá-preto. Possui atividades antioxidante, antiinflamatória, antimicrobiana e hepatoprotetora. A comercialização dessa espécie é relevante, como droga farmacognóstica e insumo na indústria de bebidas. O presente trabalho trata da caracterização estrutural de folha e caule, de modo a contribuir na morfodiagnose para o controle de qualidade (mais) . Amostras do material vegetal foram fixadas, seccionadas e coradas com azul de astra e fucsina básica. Testes microquímicos usuais foram realizados. A folha apresenta estômatos anomocíticos na face abaxial, tricomas tectores unicelulares em ambas as superfícies, mesofilo dorsiventral, drusas de oxalato de cálcio, nervura central biconvexa e pecíolo plano-convexo, ambos percorridos por feixe vascular colateral. O caule, no nível analisado, possui epiderme unisseriada, camada subepidérmica de células colabadas, bainha esclerenquimática, estrato de células com paredes espessadas em U, organização vascular colateral e medula com células parenquimáticas e esclerenquimáticas. Esclereídes são encontradas na folha e no caule. Resumo em inglês Camellia sinensis is a shrub or small tree, of Asian origin and commonly called Chinese tea, green tea or black tea. This species has antioxidant, anti-inflammatory, antimicrobial and hepatic protective activities. Its trade is relevant, either as pharmacognostic drug or raw material in food industry. This work has dealt with the structural diagnosis of the leaf and stem, in order to contribute to its quality control. Samples of the botanical material were fixed, sectione (mais) d and stained with astra blue and basic fuchsine. Microchemical tests were also conducted. The leaf has anomocytic stomata on the abaxial side, unicellular non-glandular trichomes on both surfaces, dorsiventral mesophyll, calcium oxalate druses, biconvex midrib and plain-convex petiole, both traversed by a collateral vascular bundle. The stem, on the level analysed, shows uniseriate epidermis, sub-epidermal layer of dehydrated cells, sclerenchymatic sheath, strand of cells with U-thickened walls, collateral vascular organization and pith consisting of parenchymatic and sclerenchymatic cells. Sclereids are found in the leaf and stem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Modelos experimentais em oncologia: O contributo da cultura de células para o conhecimento da biologia do cancro/ Experimental models in oncology: Contribution of cell culture on understanding the biology of cancer

Cruz, Mariana; Enes, Margarida; Pereira, Marta; Dourado, Marília; Ribeiro, Ana Bela Sarmento
2009-08-01

Resumo em português A cultura de tecidos surgiu no século xx (Harrison, 1907) para estudar o comportamento das células animais em ambiente homeostático e em situações de stress. A capacidade de estudar as células a nível molecular relaciona-se com a forma como as células podem crescer e ser manipuladas em laboratório. A cultura de células in vitro permitiu estudar crescimento, diferenciação e morte celular e efectuar manipulações genéticas necessárias ao perfeito conhecimento (mais) da estrutura e funções dos genes. A cultura de células estaminais humanas veio colmatar algumas limitações inerentes aos restantes modelos de cultura. Ao que parece, as células estaminais cancerígenas mantêm-se quiescentes nos locais metastáticos até serem activadas por sinais apropriados do microambiente. Vários estudos revelaram que diferentes tipos de cancros podem surgir da transformação maligna de células estaminais. A eliminação destas células progenitoras tumorais é essencial para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas mais eficazes em cancros agressivos. Por outro lado, a utilização de células dendríticas modificadas em cultura poderá contribuir para a produção de uma potencial vacina terapêutica eficaz para obter a regressão tumoral. Resumo em inglês In the beginning of the 20th century, tissue culture was started with the aim of studying the behaviour of animal cells in normal and stress conditions. The cell study at molecular level depends on their capacity of growing and how they can be manipulated in laboratory. In vitro cell culture allows us the possibility of studying biological key processes, such as growth, differentiation and cell death, and also to do genetic manipulations essential to the knowledge of stru (mais) cture and genes function. Human stem cells culture provides strategies to circumvent other models’ deficiencies. It seems that cancer stem cells remain quiescent until activation by appropriated micro-environmental stimulation. Several studies reveal that different cancer types could be due to stem cell malignant transformations. Removal of these cells is essential to the development of more effective cancer therapies for advanced disease. On the other hand, dendritic cells modified in culture may be used as a therapeutic vaccine in order to induce tumour withraw.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Mecanismos celulares e moleculares que controlam o desenvolvimento e o crescimento muscular/ Cellular and molecular mechanisms that control muscular development and growth

Silva, Maeli Dal Pai; Carvalho, Robson Francisco
2007-07-01

Resumo em português O músculo estriado esquelético é formado pela associação de fibras musculares com a matriz extracelular. Esse tecido possui alta plasticidade e o conhecimento das características morfológicas, da miogênese, e da dinâmica do crescimento é importante para o entendimento da morfofisiologia bem como para a seleção de animais visando a melhoria na produção de carne. A maioria dos músculos estriados originam-se de células precursoras do mesoderma a partir dos so (mais) mitos do embrião e o controle da diferenciação ocorre pela ação de fatores indutores ou inibidores. Um grupo de fatores transcricionais, pertencentes à família MyoD tem um papel central na diferenciação muscular. Coletivamente chamados de Fatores de Regulação Miogênica (MRFs), são conhecidos quatro tipos: MyoD, myf-5, miogenina e MRF4. Esses fatores ligam-se à seqüências de DNA conhecidas como Ebox (CANNTG) na região promotora de vários genes músculo-específicos, levando à expressão dos mesmos. As células embrionárias com potencial para diferenciação em células musculares (células precursoras miogênicas) expressam MyoD e Myf-5 e são denominadas de mioblastos. Essas células proliferam, saem do ciclo celular, expressam miogenina e MRF4, que regulam a fusão e a diferenciação da fibra muscular. Uma população de mioblastos que se diferencia mais tardiamente, as células miossatélites, são responsáveis pelo crescimento muscular no período pós natal, que pode ocorrer por hiperplasia e hipertrofia das fibras. As células satélites quiescentes não expressam os MRFs, porém, sob a ação de estímulos como fatores de crescimento ou citocinas, ocorre a ativação desse tipo celular que prolifera e expressa os MRFs de maneira similar ao que ocorre com as células precursoras miogênicas durante a miogênese. Os mecanismos de crescimento muscular são regulados pela expressão temporal dos (MRFs), que controlam a expressão dos genes relacionados com o crescimento muscular. Resumo em inglês Skeletal muscle consists predominantly of muscle fibers surrounded by a connective tissue layer. This tissue has a great plasticity, and the knowledge of the morphological characteristics, myogenesis, and growth dynamics is important to the understanding of its physiology and to the farm animal selection for meat production. Most skeletal muscles are derived from mesodermal precursor cells originated from the somites. During embryonic development, specification of mesoder (mais) mal precursor cells to the myogenic lineage is regulated by positive and negative signals from surrounding tissues. Specification to the myogenic lineage requires the up-regulation of four muscle-specific transcriptional factors (MyoD, Myf5, myogenin, and MRF4), called myogenic regulatory factors (MRFs), which have a well-defined role in skeletal muscle development and differentiation. The MRFs belong to the basic helix-loop-helix (bHLH) super family of transcription factors, that forms heterodimers and bind to the E-box (CANNTG) DNA sequence motif found in the promoters of many muscle specific genes. Specification to the myogenic lineage requires the up-regulation of the MRFs MyoD and Myf5. Proliferative MyoD and/or Myf5 positive myogenic cells are termed myoblasts. Proliferating myoblasts withdraw from the cell cycle to become terminally differentiated myocytes that express the "late" MRFs, myogenin and MRF4. Specialized populations of myogenic stem cells, termed satellite cells, arise during the late stages of embryogenesis are highly active during the postnatal muscle growth, which may occur by muscle fiber hyperplasia or hypertrophy. Quiescent satellite cells do not express detectable levels of MRF; however, during muscle growth, in response to several growth factors, activated satellite cells proliferate and express the MRFs in a similar manner to muscle precursor cells during skeletal muscle development. Muscle growth mechanisms are controlled by the temporally expression of muscle growth related genes induced by the MRFs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Manifestações tegumentares da doença enxerto contra hospedeiro em pacientes transplantados de medula óssea/ Tegumentary manifestations of graft-versus-host disease in bone marrow transplantation recipients

Silva, Márcia de Matos; Bouzas, Luis Fernando S.; Filgueira, Absalom L.
2005-02-01

Resumo em português A doença enxerto contra hospedeiro (DECH) é uma síndrome sistêmica que ocorre em pacientes que recebem linfócitos imunocompetentes. A fisiopatologia envolve uma reação imunológica entre linfócitos transplantados e tecidos do hospedeiro, e ocorre por ataque imune das células T do doador às células do hospedeiro, as quais diferem daquelas pelos antígenos de histocompatibilidade. É, assim, uma complicação primária do transplante de medula óssea (TMO) alogê (mais) nico. O envolvimento cutâneo é freqüente na DECH e contribui para a morbidade e mortalidade do TMO. O dermatologista tem papel importante na avaliação dos pacientes auxiliando no reconhecimento precoce da DECH e suas complicações e no acompanhamento clínico desses pacientes. Nesta revisão os autores enfatizam as manifestações cutâneas da DECH, tendo como base sua experiência pessoal no acompanhamento de pacientes portadores de DECH transplantados de medula óssea no Centro Nacional de Transplante de Medula Óssea/Inca/MS, no Rio de Janeiro, nos últimos 14 anos. Resumo em inglês Graft-versus-host disease (GVHD) is a systemic disease that occurs in patients that receive immunocompetent lymphocytes. Pathophysiology involves an immunologic reaction between transplanted lymphocytes and tissues of the host, through an immune attack of donor T cells against recipient cells that differ from the donor's by histocompatibility antigens. It is a major complication of allogeneic hematopoietic stem cell transplantation. GVHD skin involvement is frequent and c (mais) ontributes to morbidity and mortality of bone marrow transplantation. Dermatologists have an important role on patient's evaluation, providing early diagnosis of GVHD disease and its complications, so as to follow-up these patients. In this review, we emphasize the skin manifestations of GVHD, taking into account our 14-year personal experience at Centro Nacional de Transplante de Medula Óssea/INCA/MS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Estudo morfoanatômico preliminar do caule e da folha de Acanthospermum australe (Loefl.) Kuntze (Asteraceae-Heliantheae)/ A preliminary morphological and anatomical study of the stem and leaf of Acanthospermum australe (Loefl.) Kuntze (Asteraceae-Heliantheae)

Martins, Lúcia R. Rocha; Mourão, Káthia S. Mathias; Albiero, Adriana L. Meyer; Cortez, Diógenes A. Garcia; Dias-Filho, Benedito P.; Nakamura, Celso V.
2006-03-01

Resumo em português Descrições morfoanatômicas preliminares do caule e da folha de Acanthospermum australe (Loefl.) Kuntze foram realizadas a partir de material vegetal fresco e fixado. Secções transversais e paradérmicas, coradas com safranina/azul de astra e azul de toluidina foram analisadas ao microscópio. As superfícies do caule e da folha foram observadas através de microscopia eletrônica de varredura. A. australe apresenta, tanto no caule quanto na folha, tricomas tectores p (mais) luricelulares, unisseriados e de extremidades afiladas, e glandulares discóides, com pedúnculo curto unicelular, no qual se prendem cinco séries de células. A folha é anfiestomática e os estômatos são do tipo anomocítico, levemente proeminentes em relação ao nível das demais células epidérmicas. O caule apresenta crescimento secundário inicial, destacando-se os ductos secretores no parênquima cortical e medular. Resumo em inglês Preliminary morphological and anatomical descriptions of stem and leaf of Acanthospermum australe (Loefl.) Kuntze were made in fresh and fixed material. Cross and superficial sections, stained with safranin/astra blue and Toluidine blue were analyzed at the light microscopic and the images were acquired by means the program Image Pro-Plus, version 4.0 (Media Cybertecnics). The surface of the stem and leaf were observed through scanning electronic microscopy. The species p (mais) resents in the stem and leaf surface multicellular nonglandular trichome, uniseriate with a pointed edge and multicellular glandular trichome like a disk with a unicellular peduncle, in which is attached a series of five cells. The leaf presents anomocytic stomata in both surfaces a little prominent in relation to the level of the epidermal cells. The stem presents an initial secondary growth with evident secretory ducts in the cortex and pith.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Estudo anatômico de folha e caule de Elephantopus mollis Kunth (Asteraceae)/ Anatomical study of the leaf and stem of Elephantopus mollis Kunth (Asteraceae)

Empinotti, Cláudia Bonissoni; Duarte, Márcia do Rocio
2008-03-01

Resumo em português Conhecida comumente como erva-de-colégio, erva-grossa e sussuaiá, Elephantopus mollis Kunth (Asteraceae) é uma espécie herbácea perene, de base sublenhosa, ramos curtos e flores arroxeadas. Suas folhas são empregadas como emoliente, resolutivo, sudorífico e no tratamento de bronquite, tosse e gripe na medicina popular. O objetivo deste trabalho foi estudar caracteres anatômicos foliares e caulinares, a fim de fornecer subsídios aplicáveis à identificação da p (mais) lanta medicinal. Folhas adultas e fragmentos de caules foram fixados, seccionados e corados com azul de astra/fucsina básica ou com azul de toluidina. Testes microquímicos e análise ultra-estrutural de superfície foram também executados. A folha possui epiderme uniestratificada, recoberta por cutícula estriada e, em vista frontal, tem células com contorno ondulado. Ocorrem tricomas tectores e glandulares. Os primeiros são eretos, pluricelulares e unisseriados. Os tricomas glandulares são capitados e bisseriados. O mesofilo é dorsiventral e a nervura central é percorrida por feixes vasculares colaterais dispostos em arco aberto. O caule, em estrutura secundária inicial, possui epiderme unisseriada com cutícula estriada e tricomas semelhantes aos da folha. No córtex, observam-se colênquima anelar alternado com clorênquima e endoderme com estrias de Caspary. Calotas esclerenquimáticas apõem-se ao floema. Este é formado pelo câmbio vascular em direção à periferia e o xilema é gerado de modo centrípeto. A medula é parenquimática. Pequenos cristais de oxalato de cálcio estão presentes na folha e no caule. Resumo em inglês Commonly known as erva-de-colégio in Portuguese, Elephantopus mollis Kunth (Asteraceae) is a perennial herb, with slightly lignified base, short branches and purple flowers. Its leaves are used as emollient, vulnerary and diaphoretic, and to treat bronchitis, coughs and influenza in folk medicine. The aim of this work was to study leaf and stem anatomical characters, in order to expand the knowledge for this medicinal plant identification. Adult leaves and stem fragments (mais) were fixed, sectioned and stained either with astra blue/basic fuchsine or toluidine blue. Microchemical essays and scanning electron analysis were also carried out. The leaf has wavy-contoured cells in surface view, forming a single layer and coated with striate cuticle. Non-glandular and glandular trichomes occur. The former is erect, multicellular and uniseriate. The glandular ones are capitate and biseriate. The mesophyll is dorsiventral and the midrib is traversed by collateral vascular bundles arranged in open arc. The stem, in initial secondary growth, has uniseriate epidermis coated with striate cuticle and trichomes similar to the leaf. In the cortex, annular collenchyma alternates with chlorenchyma and an endodermis with Casparian strips is found. Sclerenchymatic caps adjoin the phloem, which is formed outwards by the vascular cambia, while the xylem is produced inwards. The pith is parenchymatic. Small calcium oxalate crystals are present in the leaf and stem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Célula tronco tumoral: novo conceito em carcinogênese colorretal/ Câncer stem cells: a new concept in colorectal carcinogenesis

Pinho, Mauro de Souza Leite
2009-03-01

Resumo em português Apesar dos grandes avanços obtidos pelos estudos utilizando técnicas de biologia molecular diversas controvérsias persistem a respeito do mecanismo de carcinogênese colorretal. Ao longo do último ano, entretanto, observamos na literatura o surgimento de um novo conceito referente à existência de um conjunto de células situadas nas bases das criptas intestinais, as quais apresentam características bastante distintas do restante das células epiteliais. Estas célu (mais) las, denominadas como células tronco intestinais, apresentam-se de forma indiferenciada e com um ciclo de vida com duração superior a um ano. Desta forma, justifica-se assim nestas células a possibilidade da ocorrência de um acúmulo de mutações, etapa considerada essencial para o desenvolvimento do processo neoplásico, e que seria improvável de ocorrer em um colonócito normal, cujo ciclo de vida dura em média cinco dias. Outra importante evidência da participação destas células tronco no mecanismo de carcinogênese foi demonstrada por estudos capazes de reproduzir a formação de tecidos neoplásicos com a mesma característica do tumor original, a partir do implante de um reduzido número destas células em modelos experimentais, o que não se obtém através do implante de um grande número de células tumorais normais. Sabendo-se que a presença de uma mutação do gene APC é uma etapa precoce no processo de carcinogênese colorretal, acredita-se que esta exerça este papel contribuindo para a ocorrência de uma superpopulação de células tronco intestinais, levando a um desequilíbrio proliferativo na mucosa intestinal. Resumo em inglês Despite the great number of studies using molecular biology tools several questions remain about the mechanisms of colorectal carcinogenesis. A recent concept has emerged from the literature regarding the existence of a specific group of indiferentiated cells situated at the bottom of intestinal crypts with a long life cycle that may last more than one year, described as intestinal stem cells. This particular property may explain the expected occurrence of a sequence of m (mais) utations necessary to the development of a carcinoma, which cannot be observed in a normal colonocyte with a mean cycle life of five days. Another important evidence to this concept is the induction in rodents of a tumor with similar characteristics to the original human carcinoma by injection of a small number of these stem cells, which is not achieved by using large number of normal cancer cells. It is suggested that mutation of APC gene, present as an early step in most colorectal carcinomas, may contribute to a superpopulation of intestinal stem cells with consequent disturbance of proliferative epithelial balance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Cultivo primário de células epiteliais germinativas do limbo de olhos doadores/ Culture of limbal stem cells of donor eyes

Lima, Fabiana Amorim de; D'Angelo, Magaly; Miranda II, Homero Augusto de; Felberg, Sérgio; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina; Dantas, Paulo Elias Correa
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Padronizar cultivo primário de células epiteliais germinativas do limbo de olhos doadores do Banco de Olhos da Santa Casa de São Paulo. MÉTODOS: Por meio de biópsias de aproximadamente 4 mm² realizadas na região do limbo cirúrgico do anel córneo-escleral remanescente de olhos doadores, foram obtidos explantes, que passaram por métodos de dissociação para obtenção de células epiteliais germinativas do limbo, as quais foram semeadas em placas de cul (mais) tivo celulare encubadasna estufa a 37°C em atmosfera a 5% de CO2. As placas foram observadas em 21 dias, sendo avaliadas a aderência, a morfologia e a multiplicação celular. RESULTADOS: Observamos que as células no decorrer dos 21 dias multiplicaram-se, passando da forma arredondada inicial ao processo de dissociação, para a forma poligonal como in vivo, além de demonstrarem maior aderência à placa de cultivo. CONCLUSÃO: Neste estudo foi possível demonstrar que o cultivo de células epiteliais límbicas in vitro pode ser realizado. Resumo em inglês PURPOSE: Standardization of limbal stem cell culture of donor eyes from Eye Bank of the "Santa Casa de São Paulo". METHODS: a 4-mm² biopsy was taken from the remaning corneal-scleral ring of donor eyes, and cells obtained by dissociation were cultivated and incubated at 37° under 5% CO2 .The cells were observed during 21 days, evaluating their cell adhesion, morphology and multiplication. RESULTS: We observed cellular multiplication, morphology modification during 21 d (mais) ays, passing from round to polygonal form, as in vivo. CONCLUSION: This experiment showed that culture of human limbal stem cells in vitro can be performed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Contribuição ao estudo anatômico do caule de Himatanthus sucuuba (Spruce ex Müll. Arg.) Woodson, Apocynaceae/ Contribution to the anatomical study of the stem of Himatanthus sucuuba (Spruce ex Müll. Arg.) Woodson, Apocynaceae

Larrosa, C.R.R.; Duarte, M.R.
2005-06-01

Resumo em português Himatanthus sucuuba (Spruce ex Müll. Arg.) Woodson, Apocynaceae, denominada comumente de sucuuba ou janaguba, é uma espécie arbórea, latescente, da região amazônica, cujo tronco é ereto e a casca rugosa. As atividades antiinflamatória e analgésica e a baixa toxicidade foram estabelecidas em diferentes pesquisas. Com o objetivo de estabelecer caracteres anatômicos aplicáveis à identificação da planta e da droga vegetal, analisou-se o caule em estrutura secund (mais) ária, que consiste da casca e da região caulinar mais interna. A primeira periderme é observada nas camadas subepidérmicas e o córtex constitui-se de numerosos laticíferos ramificados, idioblastos com cristais de oxalato de cálcio e células parenquimáticas contendo amiloplastos. Uma bainha esclerenquimática descontínua de fibras com paredes espessadas circunda o sistema vascular, cuja organização é bicolateral. As células do parênquima medular apresentam as mesmas características do córtex. Em níveis mais inferiores, a região cortical se reduz e numerosas fibras e células pétreas localizam-se no floema externo. Resumo em inglês Himatanthus sucuuba (Spruce ex Müll. Arg.) Woodson, Apocynaceae, popularly known as sucuuba and janaguba, is a laticiferous woody species from the Amazonian region. The stem is upright and the bark is rugous. Different investigations have confirmed its anti-inflammatory and analgesic activities as well as low toxicity. Aiming to establish anatomical characters for the plant and drug identification, the stem in secondary growth, consisting of the bark and the most interna (mais) l region, has been analysed. The first periderm is observed in the sub-epidermal layers and the cortex is composed of several branched laticifers, idioblasts containing calcium oxalate crystals and parenchymatic cells having amiloplasts. A non-continuous sclerenchymatic sheath with thick cell-walled fibres encircles the vascular system, whose organization is bicollateral. The pith cells are similar to the cortex ones. On lower caulinar levels, the cortical region is reduced and numerous fibres and stone cells occur in the external phloem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Carcinoma misto medular-papilar de tireóide: relato de caso

Sousa, Maísa S.; Soares, Edson G.; Halah, Fernanda P.B.; Maciel, Léa M.Z.
2001-12-01

Resumo em português Casos de carcinomas mistos medular-papilar são raros e não foram classificados pela OMS. Relatamos o caso de uma paciente de 32 anos, com nódulo cervical há 4 anos, sem história familiar de doença nodular tireóidea ou de irradiação prévia. A citologia revelou neoplasia de células de Hürthle e, após tireoidectomia total, o diagnóstico histológico foi de um carcinoma misto: medular-papilar com diferenciação oxifílica, apresentando arranjos papilares com ei (mais) xos fibro-vasculares contendo predomínio de células de padrão oxifílico, tanto no nódulo como nos gânglios cervicais metastáticos. Notou-se, ainda, a presença de material amorfo de aspecto amilóide que corou positivamente para vermelho Congo, acompanhado de focos de calcificação, tanto no tumor primário quanto nas metástases. A tireoglobulina não foi imunorreativa em células da citologia, porém foi reativa em áreas dos cortes histológicos, tanto no nódulo tireóideo como nas metástases. A imunorreatividade à calcitonina foi predominante nas células da citologia, nos cortes histológicos do tumor primário e das metástases. Levanta-se a hipótese de que tais tumores surjam da transformação neoplásica de um único tipo celular. Recentemente, tem sido sugerido que do último corpo branquial do homem possam surgir ambas as células e que uma célula tronco poderia ser a precursora destas neoplasias. Resumo em inglês Cases of mixed medullary-papillary carcinoma are rare and have not been classified by WHO. We report a 32yo patient who had a diagnosis on cytological analysis by fine needle biopsy as Hürthle cell neoplasm with probable metastases to cervical nodules, due to the presence of numerous isolated cells of an oxyphilic pattern. After total thyroidectomy, on histology, a mixed medullary-papillary carcinoma with oxyphilic differentiation was diagnosed based on the papillary arr (mais) angement with fibrovascular septa containing cells showing a predominant oxyphilic pattern, both in the thyroid nodule and in regional cervical lymph nodes. Amorphous material of amyloidal aspect, which stained positively for Congo red, accompanied by focal calcification, was observed, both in the primary tumors and in the metastases. Thyroglobulin was not immunostained in the cells obtained by fine needle aspiration biopsy, but was immunostained in histology fields, both in the thyroid nodules and in the metastases. The immunoreaction for calcitonin was predominant on cytologic analysis and in the hystologic exam of the primary tumor and metastases. Dual differentiation in thyroid neoplasms has been interpreted as indicative of a common stem cell origin. It has been reported that the ultimobranchial body in man contributes both with C-cells and follicular cells to the thyroid. Thus, a common stem cell could give rise to such a mixed medullary-papillary neoplasm.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Caracterização morfoanatômica de folhas e caules de Microlicia hatschbachii Wurdack, Melastomataceae

Cassiano, Dayse Santos Almeida; Branco, Alexsandro; Silva, Tânia Regina dos Santos; Santos, Andrea Karla Almeida dos
2010-09-01

Resumo em português Este trabalho apresenta o estudo morfoanatômico das folhas e caules de Microlicia hatschbachii Wurdack, Melastomataceae. Esta espécie possui folhas elípticas a oval-elípticas, margem inteira, ápice agudo e base simétrica e arredondada. A lâmina foliar é anfiestomática, com estômatos do tipo anisocítico e anomocítico, a epiderme é uniestratificada, com células isodiamétricas em secção transversal, e presença de inúmeros tricomas glandulares. O mesofilo � (mais) � do tipo isobilateral com feixe vascular bicolateral envolvido por algumas células esclerenquimáticas na nervura central. O caule tem secção quadrangular a circular e epiderme unisseriada, com tricomas similares aos da folha. Drusas de oxalato de cálcio foram encontradas nas folhas e no caule. Resumo em inglês This work shows the morpho-anatomical study of leaf and stem of Microlicia hatschbachii Wurdack (Melastomataceae). Its leaves are elliptic to oval-elliptic, with entire margin, acute apex and rounded symmetrical base. The leaf blade is amphistomatical with anisocytic and anomocytic stomata, in transection the epidermis is uniseriate with isodiametric cells and presence of several glandular trichomes. The mesophyll is isobilateral with bicollateral vascular bundles surroun (mais) ded by some sclerenchymatic cells in midrib. The stem has a quadrangular to circular transection and uniseriate epidermis with trichomes like ones of leaf. Several druses of calcium oxalate are found in the leaf and stem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Caracteres morfoanatômicos de folha e caule de Cupania vernalis Cambess., Sapindaceae/ Morpho-anatomical characters of the leaf and stem of Cupania vernalis Cambess., Sapindaceae

Mundo, Sílvia Raquel; Duarte, Márcia do Rocio
2009-06-01

Resumo em português Cupania vernalis Cambess. é uma espécie arbórea da família Sapindaceae, comumente referida como "camboatã" e empregada na medicina popular contra asma, tosses convulsivas e como antiinflamatório, febrífugo e tônico. O presente trabalho procurou contribuir para a identificação morfoanatômica dos órgãos vegetativos aéreos dessa planta medicinal com fins farmacognósticos. O material botânico foi fixado, seccionado, corado por meio de técnicas usuais ou subme (mais) tido a testes microquímicos, além de ser processado para a realização de análises em MEV. A espécie apresenta folhas compostas paripinadas, epiderme foliar uniestratificada constituída de células relativamente maiores na face adaxial, mesofilo dorsiventral e diversos feixes vasculares colaterais em arranjo cêntrico na nervura central. No caule, visualizam-se o cilindro floemático externo ao xilemático, circundado por bainha esclerenquimática, e a presença de fibras e células pétreas no córtex e na medula. Em ambos os órgãos são observados tricomas tectores e cristais de oxalato de cálcio. Resumo em inglês Cupania vernalis Cambess. is a woody species from Sapindaceae, commonly known as "camboatã" and used against asthma, coughs and as anti-inflammatory, antipyretic and tonic in folk medicine. This work has aimed to contribute to the morpho-anatomical identification of the aerial vegetative organs of this medicinal plant for pharmacognostic purposes. The botanical material was fixed, sectioned and stained with standard dyes. Microchemical tests and scanning electron microsc (mais) opy were also carried out. This species has paripinnate compound leaves, uniseriate leaf epidermis consisting of larger cells on the adaxial surface, dorsiventral mesophyll and various collateral vascular bundles in centric arrangement in the midrib. In the stem, it is encountered a phloem cylinder external to the xylem one and encircled by a sclerenchymatic sheath, as well as fibres and stone cells in the cortex and pith. Non-glandular trichomes and calcium oxalate crystals are present in the leaf and stem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Caracteres anatômicos de folha e caule de Calea uniflora Less., Asteraceae/ Anatomical characters of the leaf and stem of Calea uniflora Less., Asteraceae

Budel, Jane M.; Duarte, Márcia R.; Farago, Paulo V.; Takeda, Inês J.M.
2006-03-01

Resumo em português Diversas espécies de Calea são utilizadas como medicinais e vários estudos químicos têm sido conduzidos para identificar compostos relevantes no gênero, no entanto, poucos enfocam aspectos morfoanatômicos. Este trabalho tem por objetivo caracterizar morfologicamente a folha e o caule de Calea uniflora Less., a fim de fornecer subsídios para a identificação da espécie. O material foi submetido às microtécnicas fotônica e eletrônica de varredura usuais. A lâ (mais) mina foliar possui epiderme uniestratificada revestida por cutícula delgada e estriada. Em ambas as faces, ocorrem estômatos anomocíticos e anisocíticos, além de tricomas glandulares e tectores. Estes são pluricelulares e unisseriados, com ápice agudo. Os glandulares podem ser pluricelulares e plurisseriados ou capitados e inseridos em depressão na epiderme. O mesofilo é isobilateral e a nervura central é biconvexa, sendo percorrida por um feixe vascular colateral. O caule mostra secção circular e epiderme unisseriada, com tricomas similares aos da folha. Colênquima angular e clorênquima alternam-se no córtex, fibras perivasculares apõem-se ao floema, o arranjo vascular é colateral e a medula compõe-se de células parenquimáticas. Dutos secretores acompanham o sistema vascular na folha e no caule. Resumo em inglês Various species of Calea are considered medicinal and several investigations have been carried out to identify relevant chemical substances in the genus, however, few studies have dealt with morpho-anatomical aspects. This work aimed to analyse the morphological characters of the leaf and stem of Calea uniflora Less., in order to contribute for the species identification. The plant material was prepared according to usual light and scanning microtechniques. The blade has (mais) uniseriate epidermis coated with thin and striate cuticle. Anomocytic and anisocytic stomata are seen on both surfaces, as well as glandular and non-glandular trichomes. The latter is pluricellular and uniseriate, with acute apex. The glandular trichomes are pluricellular and multiseriate or capitate and located in epidermal depression. The mesophyll is isobilateral, and the midrib is biconvex and traversed by a collateral vascular bundle. The stem shows circular transection and uniseriate epidermis, with trichomes similar to the leaf. Angular collenchyma and chlorenchyma alternate in the cortex, perivascular fibres adjoin the phloem, the vascular arrangement is collateral and the pith consists of parenchymatic cells. Secretory ducts are associated with the vascular system of the leaf and stem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Avaliação da presença de células caliciformes na córnea humana/ Evaluation of the presence of goblet cells on the human corneal surface

Barros, Jeison de Nadai; Mascaro, Vera Lucia Degaspare; Gomes, José Álvaro Pereira; Sousa, Luciene Barbosa de; Hofling-Lima, Ana Luisa
2004-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar pela citologia de impressão a presença de células caliciformes na superfície de córneas com sinais clínicos de conjuntivalização. MÉTODOS: Foram realizados exames de citologia de impressão do epitélio córneo-conjuntival em 65 olhos de 65 pacientes com sinais clínicos de conjuntivalização com ou sem tratamento cirúrgico prévio. Os pacientes foram divididos em dois grupos segundo a história anterior de cirurgia de reconstrução da super (mais) fície ocular com transplante de limbo e membrana amniótica de tal forma que no grupo I foram estudados 49 pacientes sem cirurgia prévia e no grupo II estudaram-se 16 pacientes após cirurgia para reconstrução da superfície e com sinais de conjuntivalização recorrente. As amostras foram colhidas do olho afetado entre fevereiro de 2000 e fevereiro de 2002 no Laboratório de Doenças Externas Oculares do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP. Definiu-se que o diagnóstico de deficiência límbica era confirmado por citologia de impressão quando uma ou mais células caliciformes íntegras eram encontradas na superfície da córnea. RESULTADOS: No grupo I uma ou mais células caliciformes foram evidenciadas na superfície da córnea em 21 olhos (42,85%). No grupo II foi possível detectá-las na superfície da córnea em 9 pacientes (56,25%). CONCLUSÃO: A presença de células caliciformes na superfície da córnea detectada no exame de citologia de impressão em pacientes com conjuntivalização pode confirmar o diagnóstico de deficiência de limbo no local pesquisado, porém, a ausência destas células não exclui o diagnóstico. Resumo em inglês PURPOSE: To analyze by impression cytology the presence of goblet cells on corneal surfaces with conjunctivalization. METHODS: Corneal-conjunctival impression cytology was performed in 65 eyes of 65 patients who had clinical signs of conjunctivalization with or without previous ocular surgery. Patients were classified into two groups according to previous history of ocular surface reconstructive surgery associated with limbal transplantation and human amniotic membrane. I (mais) n group I, 49 patients without previous ocular surgery were evaluated and in group II 16 patients were included after ocular surface reconstructive surgery with conjunctivalization recurrence. Samples were obtained in the affected eye between February 2000 and February 2002 at the UNIFESP's External Eye Disease Laboratory. Limbal deficiency was detected when one or more goblets cells were found on the corneal surface. RESULTS: In group I one or more goblet cells were found on the corneal surface of 21 eyes (42.85%). In group II goblet cells were found on the corneal surface of 9 patients (56.25%). CONCLUSION: Presence of goblet cells on the corneal surface detected by impression cytology in patients with conjunctivalization can confirm limbal stem cell deficiency, however, its absence does not exclude the diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Avaliação da folha e do colmo de topo e base de perfilhos de três gramíneas forrageiras: 2. Anatomia/ Evaluation of top and bottom leaf and stem fractions from tiller of three forage grasses: 2. Anatomy

Queiroz, Domingos Sávio; Gomide, José Alberto; Maria, José
2000-02-01

Resumo em português RESUMO - A proporção de tecidos, o grau de correlação linear desta característica com a digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) e sua composição química foram determinadas em seções transversais das frações botânicas, lâmina e bainha foliares e colmo, amostrados no topo e na base de perfilhos de capim-elefante (Pennisetum purpureum, cv. Mott), capim-setária (Setaria anceps, cv. kazungula) e capim-jaraguá (Hyparrhenia rufa). O capim-jaraguá, com (mais) maior proporção de bainha parenquimática dos feixes (BPF) na lâmina foliar e de tecido vascular lignificado (TVL) e esclerênquima (ESC) na lâmina e bainha foliares, apresentou proporção de tecidos menos compatível à de uma forrageira de alto valor nutritivo, em comparação ao capim-elefante e capim-setária. As lâminas foliares caracterizaram-se por apresentar alta proporção de epiderme e baixa proporção de ESC, TVL e células parenquimáticas (CPA) em relação à bainha foliar e ao colmo. A proporção de ESC mostrou correlação negativa com a DIVMS da lâmina foliar de topo, do colmo e do total das frações do perfilho. A proporção de CPA correlacionou positivamente com a DIVMS da bainha foliar, r = 0,68, enquanto a proporção de TVL apresentou correlação positiva com a DIVMS, quando todas as frações do perfilho foram consideradas, r = 0,31. As proporções de BPF, TVL e ESC correlacionaram positivamente com os teores de fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido das forrageiras, enquanto as proporções de mesofilo e epiderme apresentaram correlação negativa. Resumo em inglês ABSTRACT - The tissue proportions, the degree of simple linear correlation of this characteristics with the in vitro dry matter disappearance (IVDMD) and their chemical composition were determined in transversal sections of the botanical fractions, leaf blades and sheath and stem sampled from the top and bottom tillers of dwarf elefantgrass (Pennisetum purpureum, Schumach cv. Mott, setariagrass (Setaria anceps, Stapf ex Massey cv. Kazungula)) and jaraguagrass (Hyparrhenia (mais) rufa, Nees Stapf). The jaraguagrass, with high percentage of parenchyma bundle sheath (PBS) in its leaf blade and lignified vascular tissue (LVT) and sclerenchyma (SCL) in the leave blades and sheath, presented a less compatible proportion of tissues with a high nutritive forage value, as compared with dwarf elefantgrass and setariagrass. The leaf blades characterized by showing higher epidermis proportion, lower proportion of SCH, LVT and parenchymal cells (PCA) in relation to leaf sheath and stem. The proportion of SCH negatively correlated with IVDMD of the leaf blade from the top of the tiller, stem, and the total tiller fractions. The proportion of PCA positively correlated with IVDMD of the leaf sheath, r = 0,68, while the proportion of LVT presented a positive correlation with IVDMD, when all tiller fractions were considered, r = 0.31. The proportions PBS, LVT and SCH positively correlated with the neutral detergent fiber and acid detergent fiber content of the forages, while the proportions of mesophyll and epidermis showed a negative correlation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Atualização no tratamento das ceratoconjuntivites cicatriciais/ Update of the treatment of cicatricial keratoconjunctivitis

Gomes, José Alvaro Pereira
2000-02-01

Resumo em português As ceratoconjuntivites cicatriciais (CCC) representam um grupo de doenças que induz seis tipos principais de alterações oculares: olho seco; alterações palpebrais; destruição do limbo e células germinativas corneais; destruição da membrana basal; processo inflamatório; alteração na integração neuroanatômica da superfície ocular. Essas alterações acabam causando instabilidade epitelial corneal, vascularização e inflamação crônica. O resultado final (mais) é a perda de transparência da córnea e diminuição da acuidade visual. O autor descreve os seis tipos de alterações e faz uma revisão atualizada do tratamento de cada um deles. Resumo em inglês Cicatricial keratoconjunctivitis is a group of diseases that induces six different types of ocular disorders: dry eye; eyelid blinking disturbances; destruction of limbal stem cells; destruction of basement membrane; inflammation; and neuroanatomic disintegration. These disorders cause corneal epithelial instability, neovascularization and chronic inflammation which result in loss of corneal transparency and decreased visual acuity. The author describes the six types of disorders and reviews the latest therapeutic approaches for each of them.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Análise ultraestrutural da interação de Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens em genótipos de feijoeiro/ Ultraestructural analysis of Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens in dry bean genotypes

Souza, Valmir Luiz de; Maringoni, Antonio Carlos
2008-12-01

Resumo em português Observações com microscopia eletrônica de transmissão em secções ultrafinas de células de caules de feijoeiros (Phaseolus vulgaris L.), inoculados com Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff), mostraram alterações nos vasos de xilema em genótipos de feijoeiros altamente resistentes, como formação de estrutura semelhante a tilose e presença de fibrilas ao redor das células bacterianas. Em genótipos suscetíveis, Cff colonizou além de vasos de xilema, células parenquimáticas e metaxilema. Resumo em inglês Transmission electron microscopy for observations of stem cells of bean (Phaseolus vulgaris L.), inoculated with Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff) showed some alterations in the xylen vessels of highly resistant genotypes with formation of estruture like tyloses and occurrence of fibrillas envolving the bacterial cells. In susceptible genotypes, Cff colonized xylem vessels as well as vascular parenchyma cells and metaxylem vessels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Anatomia e histoquímica dos órgãos vegetativos de Polygonum hydropiperoides Michx., Polygonaceae/ Anatomical and histochemical characters of Polygonum hydropiperoides Michaux, Polygonaceae

Lopes, Daniela E. Silva; Oliveira, Virgínia Del Carmen; Macedo, João F.; Oliveira, Alaíde Braga de; Jácome, Rose Lisieux R. Paiva
2009-09-01

Resumo em português Polygonum hydropiperoides Michaux é uma espécie conhecida popularmente como "erva-de-bicho", amplamente utilizada na medicina tradicional como anti-hemorroidal, antiinflamatória e antidiarréica. O presente trabalho tem como objetivo a caracterização anatômica e histoquímica da folha, caule e raiz, que constituem a droga vegetal, visando estabelecer parâmetros para o controle de qualidade. O material vegetal foi fixado e submetido às técnicas usuais de microscop (mais) ia de luz e aos testes histoquímicos. A folha é anfiestomática, dorsiventral e com estômatos paracíticos e anisocíticos. É comum a presença de estruturas secretoras como: tricomas glandulares capitados e glândulas epidérmicas e subepidérmicas em ambas as faces da lâmina foliar e também no caule. O material secretado pelas glândulas apresenta composição heterogênea de lipídios e flavonóides, segundo análises histoquímicas. Cristais de oxalato de cálcio e grãos de amido são freqüentes em células parenquimáticas da folha e do caule. Compostos fenólicos estão presentes na folha (parênquima paliçádico), no caule (parênquima cortical e floema) e na raiz (parênquima cortical). Resumo em inglês P. hydropiperoides is popularly known as "erva-de-bicho", and it is used in traditional medicine as anti-hemorroidal, anti-inflammatory and antidiarrhoeic. The present work has as objective the anatomical and histochemical characterization of leaf, stem and root that are used as drug in order to offer elements for quality control. The botanical material was prepared for the usual optical and histochemical microtechniques. The leaf is amphistomatic, dorsiventral and paracy (mais) tic and anisocytic stomata. It is common to find the presence of secretory structures as: capitate glandular trichomes and secretory glands on both epidermis, that are also present in stem. The secretion material is heterogeneous composition of lipids and flavonoids. Druses of calcium oxalate and starch are common in parenchyma cells of leaf and stem. Phenolic compounds are present in leaf (palisade parenchyma), in stem (cortical parenchyma and phloem) and root (cortical parenchyma).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Anatomia do caule de Serjania corrugata Radlk. (Sapindaceae)/ Stem anatomy of Serjania corrugata Radlk. (Sapindaceae)

Araújo, Gabriel Uriel Cruz; Costa, Cecilia Gonçalves
2007-06-01

Resumo em português A estrutura anatômica do caule adulto de S. corrugata foi detalhada, com o objetivo de contribuir para a identificação de caules de lianas usadas comercialmente. São destacadas as seguintes características: variação cambial do tipo massa xilemática dividida, dimorfismo vasal, faixas de parênquima não-lignificado no lenho, placas de perfuração simples, séries cristalíferas no xilema e floema secundários, placas crivadas simples, anel de esclerênquima no floema não-condutor e mensurações dos elementos celulares do lenho. Resumo em inglês The anatomical structure of the adult stem of S. corrugata is described to assist in the identification of liana stems used commercially. The main features are as follows: cambial variant of the divided- xylem-mass type, vessel dimorphism, non-lignified parenchyma bands in the wood, simple perforation plates, crystalliferous series in secondary xylem and phloem, simple sieve plates, sclerenchyma ring in the non-conducting phloem and measurements of xylem cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Alterações anatômicas em algodoeiro infectado pelo vírus da doença azul/ Anatomical alterations in blue disease infected cotton plant

Takimoto, Juliana K.; Queiroz-Voltan, Rachel Benetti; Souza-Dias, José Alberto Caram de; Cia, Edvaldo
2009-01-01

Resumo em português A doença azul do algodoeiro está associada a um vírus ainda pouco conhecido em suas características morfológicas e moleculares, tanto quanto a sua patologia e epidemiologia. O tipo de transmissão circulativa pelo afídeo vetor Aphis gossypii Glover, associado a recentes relatos de estudos moleculares, sustentam ser o agente etiológico uma espécie membro da família Luteoviridae. No presente trabalho, estudos anatômicos comparativos em plantas sadias e infectadas (mais) foram realizados com a finalidade de conhecer aspectos estruturais da interação vírus-espécie hospedeira, com potencial aplicação na área de diagnose e melhoramento genético. Os estudos anatômicos foram realizados em folhas de plantas infectadas, com área foliar reduzida, nervuras cloróticas e margem foliar voltada para baixo. O encurtamento dos entrenós, que resultam em um agrupamento de folhas, flores e frutos, e conseqüente redução da altura da planta, do número e tamanho dos frutos, são expressões fenotípicas da planta de algodão infectada, a qual serviu para o presente estudo. Nas plantas infectadas com o agente da doença azul havia maior acúmulo de calose e de cristais de oxalato de cálcio, cloroplastos íntegros distribuídos na região periférica das células do mesofilo e aparente alteração química no interior das células do parênquima paliçádico. Inclusões nos vasos do floema e, ocasionalmente no xilema, também foram observadas. O acúmulo de calose e a presença de inclusões no floema podem indicar uma relação ou preferência do vírus por esse tecido. Resumo em inglês Cotton blue disease is caused by a virus whose morphological and molecular characteristics is not well known and so demanding information its phytosanitary and epidemiological characteristics. Evidences of an aphid borne (Aphis gossypii Glover) circulative (persistent) type of transmission, associated with a recent molecular report, sustain for a virus species belonging to the Luteoviridae family. Aiming to understand virus-host pathogenesis as well as to contribute with (mais) diagnostic and breeding aspects of cotton blue disease, in the present work, structural studies were performed via anatomical comparative analysis of health and infected plant tissues. For the anatomical studies, leaves from infected cotton plants were chosen when showing typical symptoms, such as: stunting, reduced leaf area with chlorotic vein and edges curled downward; clustered leaves, flowers and fruits due to reduced stem internodes. The results revealed that infected tissues present an increase in callose accumulation and calcium oxalate crystals; integrity of chloroplasts, which were distributed on the peripheral mesophyll cells, revealed a chemical alteration in the interior of palisade parenchyma cells. Inclusions in phloem and occasionally also xylem vessels were observed. The callose accumulation and the presence of inclusions in the phloem vessels are indications of a preferential relationship of the virus to these tissues.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)