Sample records for sound waves
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 9 shown.



1

Localização sonora em usuários de aparelhos de amplificação sonora individual/ Sound localization by hearing aid users

Rodrigues, Paula Cristina; Oliveira, Aline Cabral de; Colafêmina, José Fernando; Menezes, Pedro de Lemos
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: comparar o desempenho, no teste de localização de fontes sonoras, de usuários de aparelhos de amplificação sonora individual (AASI) do tipo retroauricular e intracanal, com o desempenho de ouvintes normais, nos planos espaciais horizontal e sagital mediano, para as frequências de 500, 2.000 e 4.500 Hz; e correlacionar os acertos no teste de localização sonora com o tempo de uso dos AASI. MÉTODOS: foram testados oito ouvintes normais e 20 usuários de pr (mais) óteses auditivas, subdivididos em dois grupos. Um formado por 10 indivíduos usuários de próteses auditivas do tipo intracanal e o outro grupo formado por 10 usuários de próteses auditivas do tipo retroauricular. Todos foram submetidos ao teste de localização de fontes sonoras, no qual foram apresentados, aleatoriamente, três tipos de ondas quadradas, com frequências fundamentais em 0,5 kHz, 2 kHz e 4,5 kHz, na intensidade de 70 dBA. RESULTADOS: encontrou-se percentuais de acertos médios de 78,4%, 72,2% e 72,9% para os ouvintes normais, em 0,5 kHz, 2 kHz e 4,5 kHz, respectivamente e 40,1%, 39,4% e 41,7% para os usuários de aparelho de amplificação sonora individual. Quanto aos tipos de aparelhos, os usuários do modelo intracanal acertaram a origem da fonte sonora em 47,2% das vezes e os usuários do modelo retroauricular em 37,4% das vezes. Não foi observada correlação entre o percentual de acertos no teste de localização sonora e o tempo de uso da prótese auditiva. CONCLUSÃO: ouvintes normais localizam as fontes sonoras de maneira mais eficiente que os usuários de aparelho de amplificação sonora individual e, dentre estes, os que utilizam o modelo intracanal obtiveram melhor desempenho. Além disso, o tempo de uso não interferiu no desempenho para localizar a origem das fontes sonoras. Resumo em inglês PURPOSE: to compare the sound localization performance of hearing aids users, with the performance of normal hearing in the horizontal and sagittal planes, at 0.5, 2 and 4.5 Hz; to correlate the correct responses in sound localization tasks and the use time of hearing aids. METHODS: eight normal hearing subjects and 20 hearing aid users were tested, subdivided into groups of 10 in-the-canal (ITC) hearing aid users and 10 behind-the-ear (BTE) hearing aid users. All subject (mais) s were tested with a sound localization device which had three types of square waves with fundamental frequencies at 0.5 kHz, 2 kHz and 4.5 kHz, at 70 dBA. RESULTS: the rate of correct responses in sound localization tasks was 78.4%, 72.2% and 72.9% for normal hearing subjects, at 0.5 kHz, 2 kHz and 4.5 kHz, respectively, and 40.1%, 39.4%, and 41.7% for hearing aid users. As for the types of hearing aids, users of ITC type hit the correctly sound localization in 47.2% and user of BTE type in 37.4%. CONCLUSION: normal hearing subjects locate sound sources more efficiently than hearing aid users, and among these, those using the ITC type obtained better performance. Moreover, the time of use does not interfere with the performance for locating the sound sources.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Física e música em consonância/ Physics and music in consonance

Goto, Mario
2009-06-01

Resumo em português São examinadas as condições físicas e matemáticas da consonância das ondas sonoras, estabelecendo-se uma relação entre suas frequências fundamentais. Mostra-se que é independente de fases e amplitudes relativas além de ser valida para todas as suas componentes harmônicas, concluindo-se que esta relação de consonância assim definida depende apenas das frequências fundamentais. Por fim, examina-se como esta relação se manifesta na estrutura da escala musical. Resumo em inglês Physical and mathematical conditions of consonance of sound waves are examined and a relation between its fundamental frequencies is established. It is shown that it is independent from the relative phases and amplitudes as well as the validity for all the harmonic frequencies. At last, it is discussed how this consonance relation manifests itself in musical scales.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Localização de fontes sonoras: a importância das diferenças dos limiares auditivos interaurais/ Sound localization: the relevance of interaural differences in auditory thresholds

Oliveira, Aline Cabral de; Rocha, Luciana Pinto; Lima, Vivian Passos; Morais Netto, Leônidas; Menezes, Pedro de Lemos; Colafêmina, José Fernando
2008-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Esclarecer a relação das diferenças entre os limiares auditivos das orelhas direita e esquerda com o percentual de erros e acertos na localização de fontes sonoras em ambientes reverberantes. MÉTODOS: Foram examinados 56 voluntários, sendo 33 homens e 23 mulheres, média de idade de 26,6 anos, submetidos aos seguintes testes: otoscopia, audiometria tonal, imitanciometria e emissões otoacústicas. Todos os voluntários apresentaram audição dentro dos pa (mais) drões de normalidade. Posteriormente, os indivíduos foram submetidos ao teste de localização sonora espacial, onde foram utilizadas ondas quadradas com freqüências fundamentais centradas em 500 Hz, 2000 Hz e 4000 Hz. Os estímulos foram apresentados quinze vezes em cada uma das treze posições espaciais do aparelho utilizado, em cada uma das freqüências escolhidas. Assim, foram apresentados 585 estímulos, no total, por pessoa. RESULTADOS: Na amostra estudada, encontrou-se como resultado, idade entre 18 e 50 anos, média da diferença dos limiares auditivos entre as orelhas de 6,81 dB e percentual de acertos na localização sonora dentro dos padrões normais. A correlação entre as diferenças interaurais e os acertos na localização, no entanto, não foi significativa. CONCLUSÕES: O presente estudo demonstrou que, em pessoas com audição normal, as variações dos limiares auditivos e as diferenças entre as orelhas até 10 dB não interferem na localização de fontes sonoras. Resumo em inglês PURPOSE: To relate the differences between left and right ears' auditory thresholds and rate of correct/incorrect responses in sound localization tasks placed in reverberant environments. METHODS: The following tests were carried out: otoscopy, pure tone audiometry, impedanciometry and otoacoustic emissions. All 56 volunteers presented normal hearing results in all tests. After that, the volunteers were submitted to a sound localization test, in which square waves of 500 (mais) Hz, 2000 Hz and 4000 Hz were used. Stimuli were presented fifteen times in each one of the thirteen space positions of the device used, for each frequency tested. Therefore, a total number of 585 stimuli were presented for each subject. RESULTS: Data analysis showed that the sample had subjects with ages between 18 and 50 years, the average difference between right and left ears' auditory thresholds was 6,81 dB, and percentage of correct answers on the sound localization test was within normal values. No significant correlations were found between interaural differences and localization abilities. CONCLUSIONS: The present study showed that, for people with normal hearing, the auditory thresholds variations and interaural differences until 10 dB do not interfere on sound localization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Velocidade de propagação da frente de distúrbios no modelo hidrostático da atmosfera politrópica/ Propagation speed of the front of disturbances in a hydrostatic model of a polytropic atmosphere

Casarin, D. P.; Kadychnikov, V.
1999-11-01

Resumo em português A atmosfera não contém ondas acústicas na aproximação hidrostática. Entre outras ondas, as ondas de Lamb, que se propagam horizontalmente, são as mais rápidas. A velocidade delas é comparável a do som. O valor exato da velocidade depende da escolha do estado básico da atmosfera usado para a linearização das equações hidrotermodinâmicas. Às condições reais da troposfera da Terra corresponde o estado com a estratificação térmica politrópica. A tempera (mais) tura deste estado decresce em relação a altura a uma taxa de variação constante gama. Supomos que toda a atmosfera tenha uma estratificação politrópica, ou seja, verticalmente finita. Supomos também que a estratificação seja estaticamente estável ou neutra . O perfil vertical das autofunções é expresso, no modelo politrópico, através das funções de Bessel. Por isso, a equação de dispersão que determina os autovalores do problema e, como conseqüência, o espectro das oscilações da atmosfera, é transcendente. A solução mínima desta equação, isto é, gama o autovalor mínimo corresponde à velocidade máxima de propagação de desvios (velocidade da frente). Quando o autovalor mínimo pode ser encontrado facilmente com a ajuda do desenvolvimento da solução em série de potências da pequena diferença . É mostrado que uma fórmula analítica simples, obtida mantendo-se na série só os dois primeiros termos, fornece uma boa aproximação não somente para este caso, como também para o caso oposto quando gama=0. Uma comparação dos cálculos obtidos pela fórmula analítica e, numericamente, pela equação de dispersão completa mostra uma alta precisão da fórmula em todo o intervalo . Resumo em inglês There are no acoustic waves in a hydrostatic model of the atmosphere. Among the other waves, the most fast ones are the Lamb waves that propagate horizontally. Their speed is comparable with the speed of sound. Its exact value depends on the choice of the basic state of the atmosphere which is used to linearize the hydrothermodynamic equations. It is a state with a polytropic stratification where the temperature decreases linearly with altitude at a constant lapse-rate ga (mais) mma that corresponds to the actual conditions of the Earth's troposphere. It is assumed that all the atmosphere has a politropic stratification, i.e., it is finite with altitude because gamma >0. We suppose also that the stratification is statically stable or neutral . The vertical profile of the eigenmodes in the polytropic model is described with the help of the Bessel functions. Therefore, the dispersion equation that determines the eigenvalues of the problem, and consequently an oscillation spectrum, is transcendental. The highest propagation speed (the front speed) corresponds to the minimum solution of this equation, i.e., the minimum eigenvalue. When , the minimum eigenvalue can be calculated using the development of the solution into the series by powers of the small difference . It is proved that a simple analytical formula, obtained by keeping in the series only the two first terms, gives a good approximation not only of this limit but of the opposite limit when gamma=0 , too. A comparison of the results obtained by the analytical formula and using the complete dispersion equation shows a good precision of the formula in the whole range of .

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Processamento auditivo e potenciais evocados auditivos de tronco cerebral (BERA)/ Auditory precessing and auditory brainstem response (ABR)

Pfeiffer, Marcela; Frota, Silvana
2009-01-01

Resumo em português OBJETIVO: verificar relação existente entre os potenciais auditivos de tronco cerebral e a avaliação comportamental do processamento auditivo. MÉTODOS: foi realizada em um grupo de 60 meninas residentes de Paraíba do Sul na idade de nove a 12 anos com limiares tonais dentro dos padrões de normalidade e timpanometria tipo A com presença dos reflexos acústicos. Os testes utilizados para a avaliação comportamental do processamento auditivo foram: avaliação simpl (mais) ificada do processamento auditivo, teste de fala no ruído, teste de dissílabos alternados e teste dicótico não verbal. Após a avaliação do processamento auditivo, as crianças foram subdivididas em dois grupos, G1 (sem alteração no processamento auditivo) e G2 (com alteração no processamento auditivo) e submetidas aos potenciais auditivos de tronco cerebral. Os parâmetros utilizados na comparação dos dois grupos foram: latência absoluta das ondas I, III e V; latência interpicos das ondas I-III, I-V, III-V; diferença interaural da latência interpico I-V; e diferença interaural da latência da onda V. RESULTADOS: foram encontradas diferenças estatísticas nos parâmetros de latência interpico das ondas I-V na orelha esquerda (p=0,009), diferença interaural da latência interpico de ondas I-V (p=0,020) e diferença da latência interpico de ondas I e V da orelha direita para a esquerda entre os grupos G1 e G2 (p=0,025). CONCLUSÃO: foi possível encontrar relação dos potenciais evocados auditivos de tronco cerebral com a avaliação comportamental do processamento auditivo nos parâmetros de latência interpico entre as ondas I e V da orelha esquerda e diferença interaural da latência interpico I-V na orelha esquerda. Resumo em inglês PURPOSE: to investigate the correlation of auditory brainstem response (ABR) and behavioral auditory processing evaluation. METHODS: sixty girls, from Paraíba do Sul, ranging from 9 to 12-year-old were evaluated. In order to take part in the study all of them should have normal hearing thresholds, type A tympanograms and presence of acoustic reflexes. Behavioral auditory processing evaluation consisted of: sound localization, memory for verbal and non verbal sounds in se (mais) quence, speech in noise test, SSW test and nonverbal dichotic test. After the behavioral testing children were divided into two groups, G1 ( without auditory processing disorders) and G2 (with auditory processing disorders of any degree and categorization) and have undergone the register of auditory brainstem response (ABR). The groups were compared using absolute latencies of Waves I, III, V and interpeak latencies I-III, III-V, I-V and interaural difference of Wave V latency. RESULTS: our results indicated statistical significant differences considering interpeak latency in the left ear (p=0.009), in right and left ears considering interpeak latencies for G2 (p=0.02) and in interpeak latencies of waves I and V considering right and left ears between the groups G1 and G2 (p=0.025). CONCLUSION: significant differences were observed comparing behavioral evaluation and ABR considering interpeak latency of waves I and V in the left ear and interaural difference I-V in the left ear.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Potenciais evocados auditivos tardios em indivíduos com queixa de zumbido/ Late Auditory evoked potentials in individuals with tinnitus

Santos Filha, Valdete Alves Valentins dos; Matas, Carla Gentile
2010-04-01

Resumo em português A presença de alterações nos potenciais evocados auditivos de longa latência (PEALL) em indivíduos com zumbido sugere disfunção de vias auditivas centrais em nível cortical. OBJETIVO: Caracterizar o PEALL em indivíduos com e sem zumbido expostos a ruído ocupacional. MATERIAL E MÉTODO: Estudo prospectivo, de coorte contemporânea com corte transversal. Foram avaliados, por meio do PEALL, 60 sujeitos expostos a ruído de origem ocupacional, entre 29 e 50 anos de (mais) idade, sendo 30 com zumbido e 30 sem zumbido. RESULTADOS: Observou-se diferença estatisticamente significante com relação aos valores médios das latências das ondas N1(p Resumo em inglês Long latency auditory evoked potentials (LLAEP) alterations in individuals with tinnitus are suggestive of dysfunction in the central auditory pathways at a cortical level. AIM: to characterize the LLAEP in individuals with and without tinnitus exposed to occupational noise. METHOD: Cross-sectional contemporary cohort, prospective study. Sixty subjects exposed to occupational noise, ranging in age from 29 to 50 years underwent LLAEP assessment; 30 of them had tinnitus com (mais) plaint and 30 did not have tinnitus. RESULTS: we observed significant statistical difference regarding the mean values of latencies of waves N1 (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Influência seletiva da turbulência sobre as ondas de Rossby e de Lamb na atmosfera barotrópica/ The selective influence of the turbulence on the Rossby and Lamb waves in the barotropic atmosphere

Kadyschnikov, V.; Casarin, D. P.
1997-11-01

Resumo em português Embora o modelo hidrodinâmico da atmosfera aceite a existência das ondas lentas, cuja velocidade é comparável com a do vento, bem como das ondas rápidas que se propagam com a velocidade do som, estas últimas, como mostram as cartas meteorológicas, praticamente não são observadas nas grandes escalas da dinâmica da atmosfera real. Para explicar este fenômeno examinamos o modelo barotrópico, onde as ondas lentas e rápidas são, respectivamente, as quase-geostró (mais) ficas de Rossby e as ageostróficas de Lamb. Se, adicionalmente, incluirmos no modelo um fator diabático, o atrito turbulento vertical, observamos que tres fatores (o tamanho da Terra, a velocidade angular da rotação dela em torno do seu eixo e o valor máximo da propagação de sinal na atmosfera) garantem que as ondas rápidas de qualquer comprimento se tornem atenuadas muito mais rapidamente do que as ondas lentas. O mecanismo do ajustamento geostrófico de desvios barotrópicos, que segue deste fato, é muito efetivo devido ao valor médio do coeficiente da mistura turbulenta vertical na atmosfera. Enquanto o tempo de vida das ondas de Rossby é aproximadamente igual a 7 dias, o tempo de vida das ondas de Lamb de escala sinótica é algumas dezenas de vezes menor. Resumo em inglês Though a hydrodynamic model of the atmosphere allows both slow waves whose propagation speed is comparable to the wind speed and fast waves whose propagation speed is comparable to sound speed, the last ones practically are not observed in the large scale of the dynamics of the real atmosphere, i.e. mapped on meteorological charts. In order to explain this fact, we have considered the barotropic model in which the only slow and fast waves are the quasi-geostrophic Rossby (mais) waves and the ageostrophic Lamb waves, respectivelly. If the mechanism of the atmospheric turbulence is additionally included into the model, then 3 factors (the Earth size, the angular velocity of its rotation about its axis and the propagation velocity of a signal in the atmosphere) provide a much faster attenuation of the fast waves of all lengths in comparison with the slow waves. The mechanism of geostrophic adjustment is very effective due to a mean value of the vertical mixture coefficient in the atmosphere. While the lifetime of the Rossby waves is about 7 days, the lifetime of the synoptic scale Lamb waves is some tens less.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Elasticidade, plasticidade, histerese... e ondas/ Elasticity, plasticity, hysteresis... and waves

Mützenberg, Luiz André; Veit, Eliane Angela; Silveira, Fernando Lang da
2004-12-01

Resumo em português Neste artigo é descrito um experimento que permite estudar as propriedades mecânicas de fios sob tração. O experimento requer um monocórdio, no qual o fio é esticado e tangido, um microcomputador com placa de som e um software para análise espectral do som emitido pelo fio. São apresentados resultados experimentais para fios de cobre e aço que ilustram a determinação do módulo de Young, os regimes de deformação elástica não-lineares, os regimes de deforma� (mais) �ão plástica e as curvas de histerese para os fios. O experimento permite detectar também efeitos de dispersão nas ondas transversais que se propagam nos fios. Resumo em inglês We describe an experiment that enables to study mechanical properties of wires. The experiment requires a monostring to stretch the wire, a microcomputer with sound card, and a software to analyze the sound produced by the wire when it is tolled. Experimental data are shown for copper and steel wires that illustrate the determination of Young modulus, the regimes of nonlinear elastic deformation and of plastic deformation, and hysteresis curves. The experiment also enables to detect dispersion effects on transversal waves which propagate on the wires.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Aspectos gerais da teoria da difração sob o ponto de vista de um princípio de incerteza/ General aspects of the theory of diffraction under the viewpoint of the uncertainty principle

Dartora, C.A.; Nobrega, K.Z.; Montagner, V.F.; Heilmann, Armando; S. Filho, Horacio Tertuliano
2009-06-01

Resumo em português Dá-se o nome difração a um conjunto de fenômenos de natureza inerentemente ondulatória caracterizado pelo encurvamento, alargamento espacial e interferência de ondas que podem ser ondas mecânicas (som, ondas de água), eletromagnéticas ou ondas de matéria no caso da mecânica quântica. Neste trabalho a difração é abordada sob o ponto de vista de um princípio de incerteza e da superposição e interferência de soluções de ondas planas. Resumo em inglês Diffraction is a set of inherently wave-like phenomena characterized by the bending, spreading and interference of waves which can be mechanical (sound included), electromagnetic or matter waves in quantum mechanics. In this paper we address the problem of diffraction under the viewpoint of uncertainty principle and superposition of plane waves and interference.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)