Sample records for solar process heat
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

A natureza matemática: da alma da Terra como potência geometrizante no opúsculo Da neve hexagonal de Johannes Kepler/ Mathematical nature: of the Earth's soul as a geometrising power in Johannes Kepler's opuscule Of hexagonal snow

Itokazu, Anastasia Guidi
2008-01-01

Resumo em português Na física celeste apresentada em sua Astronomia nova, Kepler explica os movimentos planetários através da ação de uma certa força ou potência motriz solar. Em vista da aproximação feita no livro entre física celeste e explicações baseadas em "causas corpóreas", chamam a atenção as numerosas passagens onde Kepler refere-se às noções de alma e mente planetária. No presente artigo discutimos esses trechos pouco comentados da Astronomia nova. Com o objetivo (mais) de iluminar a discussão, abordamos na segunda seção a definição de alma terrestre delineada por Kepler no opúsculo Da neve hexagonal, escrito logo após a publicação da Astronomia nova. Kepler atribui a forma hexagonal dos flocos de neve a uma certa faculdade formadora da alma da Terra, que agiria como uma potência geometrizante com a finalidade de otimizar a saída do calor no processo de congelamento. Resumo em inglês In the celestial physics presented in his New Astronomy, Kepler explains the planetary motions through the action of the solar motive force or power. In regard of the approximation, performed in the book, between celestial physics and explanations grounded upon "corporeal forces", the numerous moments when Kepler resources to the notions of planetary souls and minds are somehow striking. In the present article we discuss these underestimated extracts from the New Astronom (mais) y, where Kepler employs the notions of planetary minds and souls. Intending to enlighten the subject, we have dealt in the second section with the definition of Earth's soul drawn by Kepler in his work on the regular shape of snowflakes, written right after the publication of the New Astronomy. Kepler ascribes the hexagonal shape of snowflakes to a certain forming faculty of the Earth's soul, which would act as a geometrizing power with the aim of optimizing the heat's departure during the freezing process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Necessidades hídricas de citros e macieiras a partir da área foliar e da energia solar/ Water requirements of citrus and apple trees as affected by leaf area and solar energy

Pereira, André Belmont; Villa Nova, Nilson Augusto; Alfaro, Adriane Theodoro
2009-09-01

Resumo em português A energia solar é a fonte primária para a fotossíntese e a transpiração vegetal para que uma cultura expresse seu potencial produtivo em um dado local. O método proposto neste estudo pretende facilitar o cálculo do volume de água (litros/planta/dia) necessário para uma irrigação localizada com o mínimo desperdício possível em pomares cítricos e de macieiras, utilizando-se de dados usualmente disponíveis, tais como área foliar, densidade de fluxo de radia� (mais) �ão solar global, saldo de radiação e déficit de saturação de vapor médio diário do ar. Considerando-se que a irrigação localizada consome bem menos água do que o sistema de aspersão, e que a outorga de água para irrigação está cada vez mais limitada, tal estudo vem a ser certamente de grande importância para assegurar a autossustentabilidade da agricultura irrigada, especialmente em regiões áridas e semiáridas. Foram utilizados neste trabalho, para desenvolvimento da metodologia proposta, dados de fluxo de seiva medidos através do método de fluxo de calor, em pomar de lima-ácida-Tahiti com área foliar de 48 e 99 m², bem como em pomar de macieiras com área foliar aproximada de 5; 8; 9; 11; 16 e 21 m². Os resultados obtidos indicaram que a metodologia proposta, baseada na habilidade das plantas em converter energia solar fixada em água transpirada, mostrou-se viável para avaliar a lâmina de irrigação de plantas cítricas e macieiras nas localidades estudadas. Resumo em inglês Solar energy is the primary source for photosynthesis and transpiration in such a way as to assure the expression of the crop yield potential at a given site. The current methodology aims to ease the calculation of the water amount (liters/plant/day) necessary for a localized irrigation scheduling with a minimal loss possible at both citrus and apple trees orchards by means of usual available data, such as leaf area, global solar radiation flux density, net radiation and (mais) air daily mean steam saturation deficit. Taking into account that the localized irrigation system takes up far less water than sprinkler systems and also that the grant of water for irrigation is becoming more and more limited, such a work certainly comes to be of a great importance to assure the sustainability of the irrigated agriculture, especially at both arid and semi-arid regions. For the development of the proposed methodology a data set of sap flux measured by means of the heat flux approach in a citrus orchard, cultivar Tahiti, with leaf areas of 48 and 99 m², as well as in apple trees with leaf areas roughly of 5, 8, 9, 11, 16 and 21 m² was used herein. The obtained results revealed that it is rather feasible to estimate the amount of irrigation water throughout the whole citrus and apple trees cycle by means of the criterion based on the physiological variable input, which expresses the ability of the plants to converting solar energy into water taken up in the transpiration process at the sites in study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Desinfecção de efluentes com tratamento terciário utilizando energia solar (SODIS): avaliação do uso do dispositivo para concentração dos raios solares/ Disinfection of effluent of wastewater treated using solar energy (SODIS): evaluation of a solar concentrator device

Paterniani, José Euclides Stipp; Silva, Marcelo Jacomini Moreira da
2005-03-01

Resumo em português A energia solar, além de ser uma fonte natural disponível, é perfeitamente aplicável para desinfecção de águas em regiões menos favorecidas em infra-estrutura e recursos financeiros, uma vez que não há necessidade da dosagem de produtos químicos e não há custo já que materiais comerciais descartados podem ser reutilizados. O presente trabalho utilizou garrafas PET transparentes com a metade pintada de preto, sendo consideradas como variáveis do processo de (mais) desinfecção por ação da luz solar: tempos de exposição 1, 2, 4 e 6 horas e o uso de um concentrador de raios solares. Os parâmetros de controle do processo de desinfecção foram turbidez, cor aparente, temperatura, coliformes totais e E. coli, sendo os três últimos parâmetros avaliados antes e após o processo. Para a avaliação de reativação bacteriana a água foi armazenada em moringas de mesa por 24 horas, simulando uma situação comum nas residências rurais brasileiras. Os resultados mostraram que o uso do concentrador solar permite reduzir o tempo de exposição ao sol de 6 para 4 horas, sem prejuízo da eficiência do SODIS. Sendo utilizado o concentrador solar com tempo de exposição de 6 horas tem-se, além do processo de desinfecção, o processo de pasteurização solar (SOPAS), permitindo assim a utilização deste para potabilização da água. Também foi observado que a presença de nuvens reduz a incidência de radiação solar e, portanto, a eficiência do SODIS. Esta última ocorre mesmo com a água atingindo temperatura mais elevada durante a desinfecção. Resumo em inglês Besides being an available natural resource, the solar energy is very applicable in places with few recourses and low money resources, because there aren't either the need of chemical products neither a huge cost (commercial materials can be reused). To make this job we re-used PET bottles half painted black with the variables: 1, 2, 4 and 6 hours of heat exposion and we also used a concentrator of rays of sunshine. The affluent control parameters were turbidity, apparent (mais) color, temperature, total coliforms and E. coli. These last three were evaluated before and after the desinfection process (effluent parameters). To assess the bacteria reactivation we kept the water in bottles for 24 hours, pretending a very common situation in Brazilian rural houses. We conclude that the use of the concentrator of rays of sunshine can reduce the heat exposion from 6 to 4 hours, without harm the SODIS efficience. Using the concentrator of rays of sunshine for 6 hours we can obtain, besides SODIS, the process of solar pasteurization (SOPAS), which stops the re-growth of bacteria with a 70ºC water temperature. We also observed that when the sky is cloudy the incidention of solar radiation and, therefore, the SODIS efficience decrease, even if the water temperature is higher during the desinfection. Although, this factor doesn't mean a significative influence statistically.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)