Sample records for social services
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



2

O trabalho do Serviço Social nos serviços substitutivos de saúde mental/ Social Services' practices in the substitutive mental health services

Robaina, Conceição Maria Vaz
2010-06-01

Resumo em português A história da atenção à loucura, no Brasil e no mundo, revela uma clara relação com os projetos societários hegemônicos, seja através do processo de construção dos diversos paradigmas de cuidado, seja na própria definição da loucura como doença mental. Este artigo busca identificar a relação destes paradigmas com a questão social e reafirmar a pertinência da saúde mental como espaço sócio-ocupacional dos assistentes sociais. Problematiza a submissão (mais) da atuação do Serviço Social neste campo aos saberes psi e indica eixos promissores para uma contribuição da profissão condizente com seu mandato social e com os princípios da reforma psiquiátrica. Resumo em inglês The history of the attention to madness in Brazil and around the world shows a clear relationship with the hegemonic projects of society, either in building up the various paradigms of care, or in defining madness as a mental illness. This article tries to identify the relationship between these paradigms and the social issue and to reassure the relevance of mental health as the socio-occupational area of the social workers. It questions the submission of Social Services' (mais) performance in this area to the psi knowledge, and it shows promising lines for a contribution consistent with the profession's social mandate and the principles of psychiatric reform.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

O Serviço Social e a "responsabilidade social das empresas": o debate da categoria profissional na Revista Serviço Social & Sociedade e nos CBAS/ Social Services and "corporate social responsibility": the discussion of the professional category in revista Serviço Social & Sociedade and in the CBAS

Menezes, Franciane Cristina de
2010-09-01

Resumo em português O objetivo deste texto é contribuir para o debate acerca da responsabilidade social das empresas dentro do Serviço Social. Por trás de projetos sociais, fundações sociais e patrocínios, tem um nítido interesse de classe - é uma estratégia de hegemonia. Nossa pesquisa foi motivada pelo fato de que a área de "responsabilidade social das empresas" mostra-se como um novo campo de atuação para os assistentes sociais e faz-se necessários conhecer quais são seus reais objetivos. Resumo em inglês This text aims at contributing to the discussion about Corporate Social Responsibility (CSR) and its real intentions. Behind social projects, social foundations or sponsorship there's a clear social class objective - it is a strategy of hegemony. The motivation for this research was the fact that the CSR is a new place of work for social workers and we need to know how true these objectives are.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Serviço Social e o campo da saúde: para além de plantões e encaminhamentos/ Social Services and health policy: beyond shifts and forwarding

Sodré, Francis
2010-09-01

Resumo em português Trata-se de um artigo que visa analisar a política de saúde e o trabalho do assistente social a partir de dois momentos distintos das formas de gestão do trabalho: o modelo fordista e o modelo de acumulação flexível. Esses dois eixos de análise serão discutidos aplicados ao campo da saúde e à inserção do trabalho do assistente social na saúde. Os dois eixos foram escolhidos para apontar um exame sobre tendências dos determinantes sociais à saúde pública e ao processo de trabalho do assistente social neste campo. Resumo em inglês This article aims at analyzing health policy and social work from two distinct forms of working management: Ford's model and the model of flexible accumulation. These two axes of analysis are discussed as applied to the field of health and to the integration of social work in health. The two axes were chosen to examine the trends of social determinants to health and the social worker's working process in this field.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

As (re)configurações das demandas ao serviço social no âmbito dos serviços públicos de saúde/ The (re)configuration of demands on social services within the public health services

Bezerra, Suely de Oliveira; Araújo, Maria Arlete Duarte
2007-04-01

Resumo em português Este artigo estuda as demandas impostas ao fazer profissional dos assistentes sociais na esfera pública dos serviços de saúde, a partir da redefinição do papel do Estado nos anos 1990. Inicialmente, discorre sobre o caráter reducionista do Estado à luz da política neoliberal implementada pelo governo brasileiro. Depois, lança um olhar sobre as políticas de saúde nos anos 1980 para explicitar as repercussões nos serviços públicos de saúde nos anos 1990. Por (mais) último, delineia as configurações e reconfigurações das demandas dirigidas ao serviço social no âmbito dos serviços públicos de saúde e aponta para a necessidade de uma leitura atenta das determinações sociais, históricas, econômicas, políticas e culturais nas expressões da questão social na saúde e, especialmente, das limitações da intervenção profissional nos processos relacionados ao binômio saúdedoença, uma vez que estão atrelados aos processos societários em nível macro. Resumo em inglês This article studies the demands on the professional activities of social workers in public health services when the state's role was redefined in the nineties. It first discusses the reductionist character of the state in light of the neoliberal policies implemented by the Brazilian government. It then examines health policies in the eighties in order to identify the repercussions for public health services in the nineties. Finally, it establishes the configurations and (mais) reconfigurations of the demands on social services within the public health services. The article points out that one has to take a closer look on the social, historical, economic, political, and cultural determinants of social and health issues, especially in the limitations of professional intervention in the processes related to the healthillness binomial, since they are tied to macrolevel societary processes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

O Serviço Social nas ONGs no campo da saúde: projetos societários em disputa/ ONGs' Social Services in the field of health: collective projects in debate

Machado, Graziela Scheffer
2010-06-01

Resumo em português O artigo faz uma análise do trabalho do Serviço Social nas organizações não governamentais (ONGs), no campo da saúde. O estudo visa identificar os dilemas e desafios no cotidiano das intervenções dos assistentes sociais nas sequelas da questão social. Também apresenta a pesquisa enquanto estratégia na construção de propostas coletivas na direção da cidadania, em contraponto à lógica do favor. Resumo em inglês The article analyses the Social Services' practices in the non-governmental organizations (ONGs) in the field of health. The study aims at identifying the dilemmas and challenges in the social workers' daily interventions in the sequels of the social issue. It also presents the research as a strategy in the construction of collective proposals towards citizenship, as a counterpoint to the logic of favour.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

O campo político da saúde do trabalhador e o Serviço Social/ The field of policies related to workers' health and Social Services

Olivar, Mônica Simone Pereira
2010-06-01

Resumo em português Este artigo busca aproximar o debate político da saúde do trabalhador em articulação com o debate profissional do Serviço Social. Advinda de um processo constituinte com marcada participação dos movimentos social e sindical, a saúde do trabalhador passa a ter nova definição a partir da Constituição Federal de 1988, com a instituição do Sistema Único de Saúde e sua incorporação enquanto área de competência da saúde. Entretanto, caracteriza-se por limites em que o desafio está na compreensão da dinâmica capitalista e na ofensiva neoliberal. Resumo em inglês The article tries to approach the policy-related debate about workers' health articulated with the professional debate about Social Services. Resulting from a constituent process with marked participation of the social and union movements, the workers' health acquired a new definition from the 1988's Federal Constitution, in which the Unique Health System was institutionalized and incorporated as an area of health jurisdiction. However, it is characterized by limits in which the challenge is to understand the capitalist dynamics and the neoliberal offensive.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Serviço Social e medidas socioeducativas: o trabalho na perspectiva da garantia de direitos/ Social Services and socioeducational procedures: working towards the guarantee of rights

Freitas, Tais Pereira de
2011-03-01

Resumo em português O presente artigo tem como objetivo contribuir com a discussão acerca do trabalho profissional do assistente social na contemporaneidade. Considerando as configurações atuais da sociedade, o assistente social encontra-se inserido em diversos campos de trabalho, sendo a execução de medidas socioeducativas um desses campos. Dessa forma, a reflexão que aqui se apresenta vai abordar e discutir algumas informações sobre esta realidade, enfocando o trabalho do assistente social na medida de internação. Resumo em inglês This present article has an objective to contribute to the discussion about the Professional work of the Social Worker in the contemporary. Considering the present configuration of the society, the social worker has being inserted in various camps of work, and the implementation of socio-educational measures these camps. So, the reflection presented here will approach and discuss some information about reality, focusing on the work of social workers in the socio-educational measure of confinement regime.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Para quê, para quem, como? Alguns desafios do cotidiano da pesquisa em serviço social/ What for, for whom, how? Some daily challenges of the research in Social Services

Moraes, Carlos Antônio de Souza; Juncá, Denise Chrysóstomo de Moura; Santos, Katarine de Sá
2010-09-01

Resumo em português Para quê, para quem e como pesquisamos? Estas são as indagações centrais deste artigo. Seu objetivo é discutir alguns desafios que transitam no cotidiano da pesquisa, bem como apresentar algumas ferramentas que propomos para a condução de tal processo, no contexto da formação profissional em Serviço Social. Defendemos o reconhecimento do exercício da pesquisa como estratégia de conhecimento e ação e, portanto, como dimensão constitutiva do trabalho do assis (mais) tente social, ressaltando que tão importantes quanto as descobertas no campo do saber, são as estratégias de intervenção social a elas articuladas. Resumo em inglês What for, for whom and how do we research? These are the central issues of this article. Its purpose is to discuss challenges found in the daily research and to present some tools to conduct this process in the context of professional training in Social Services. We support the recognition of conducting research as a strategy for knowledge and action and thus as the constitutive dimension of the social worker's job. We point out that the discoveries in the field of knowledge are as important as the social intervention strategies that are related to such discoveries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Movimentos sociais e controle social em saúde do trabalhador: inflexões, dissensos e assessoria do Serviço Social/ Social movements and social control health worker: inflections, disagreements and advice in Social Service

Freire, Lúcia M. de B.
2010-06-01

Resumo em português O artigo versa sobre as relações entre trabalho, saúde do trabalhador e movimentos sociais em instâncias de controle social e o Serviço Social nessas relações, após 1993 no Brasil. Apresenta novas políticas públicas nesse campo e mediações que determinaram infl exões e retrocessos no controle social democrático, estimulando a cultura autoritária patrimonialista em suas instâncias e em um serviço público de saúde pesquisado. Conclui sobre a necessidade d (mais) e assessoria democrática participativa entre intelectuais, técnicos e população, exemplificada em práticas de Serviço Social, com apresentação de suas bases teóricas e procedimentos operacionais. Resumo em inglês The article is about the relation among work, workers' health and social movements in social control jurisdiction, and Social Services in these relations in Brazil after 1993. It presents new public policies in this field and mediations which have led to setbacks and variations in democratic social control, stimulating the authoritarian wealthy culture in their bodies and in a public health service searched. The article presents the conclusion that it is necessary partici (mais) patory democratic advice among intellectuals, technicians and population, as exemplified in the practices of Social Services, with the presentation of their theoretical grounds and operating procedures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Manifesto de Fundação do Curso de Serviço Social da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), do campus Baixada Santista/ Pronouncement of the Foundation of the Social Services Course at Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) in Santos

Acosta, Ana Rojas; Baierl, Luzia Fátima; Silva, Maria Liduína de Oliveira e; Silva, Maria Norma de Oliveira Braz Peixoto da; Thomaz, Silvia Maria Tagé
2010-06-01

Resumo em português Trata-se do Manifesto de Fundação do Curso de Serviço Social da Universidade Federal de São Paulo/Campus Baixada Santista, cujo objetivo é documentar, refletir e registrar a criação e a importância do primeiro curso de Serviço Social em uma universidade pública federal, decorridos 73 anos do Serviço Social brasileiro e paulistano. Resumo em inglês It is the Pronouncement of the Foundation of the Social Services Course at Universidade Federal de São Paulo in Santos. Its aim is to record and to reflect about the creation and the importance of the first course of Social Services in a federal public university, after the 73-year-old existence of the Brazilian and Paulistano Social Services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Subjetividade, marxismo e Serviço Social: um ensaio crítico/ Subjectivity, Marxism and Social Services: a critical essay

Duarte, Marco José de Oliveira
2010-03-01

Resumo em português A partir da polêmica teórica e política sobre a relação entre marxismo e psicanálise, inauguradao pela perspectiva crítica da Escola de Frankfurt, e tomando como referência o debate acadêmico e o exercício profissional do Serviço Social contemporâneo em que a temática da subjetividade vem se apresentando com forte conteúdo psicologista, o artigo propõe-se a contribuir na superação do tradicionalismo colocando a temática na agenda ética, política e acadêmica no cenário profissional. Resumo em inglês From the theoretical and policy debate about the relation between Marxism and psychoanalysis - debate that was inaugurated by the School of Frankfurt's critical perspective - and taking the academic debate and the professional activity of the contemporary Social Services, in which subjectivity is presented with a strong psychological content, the article contributes to overcome traditionalism by setting the theme in the ethical, academic and policy agenda in the professional scene.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Concepções em pesquisa social: articulações com o campo da avaliação em serviços de saúde/ Concepts in social research: links with the field of health services evaluation

Deslandes, Suely Ferreira
1997-01-01

Resumo em português O presente texto discute a participação das matrizes teóricas e concepções de pesquisa das Ciências Sociais no campo da "avaliação de serviços de saúde". Pretende-se apontar possíveis campos teóricos pouco explorados pela área de "avaliação de serviços", tais como as propostas "compreensivas" e "dialéticas". Finalmente o artigo apresenta uma proposta de metodologia qualitativa para a avaliação de serviços e projetos de saúde. Resumo em inglês This paper discusses theories and research perspectives from the social sciences and their role in constituting the field of "health services evaluation". The objective is to present less explored theoretical fields such as the "comprehensive" and "dialectical" approaches. Finally, the study presents a methodological proposal based on a qualitative approach to the evaluation of health services and projects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Concepções em pesquisa social: articulações com o campo da avaliação em serviços de saúde/ Concepts in social research: links with the field of health services evaluation

Deslandes, Suely Ferreira
1997-01-01

Resumo em português O presente texto discute a participação das matrizes teóricas e concepções de pesquisa das Ciências Sociais no campo da "avaliação de serviços de saúde". Pretende-se apontar possíveis campos teóricos pouco explorados pela área de "avaliação de serviços", tais como as propostas "compreensivas" e "dialéticas". Finalmente o artigo apresenta uma proposta de metodologia qualitativa para a avaliação de serviços e projetos de saúde. Resumo em inglês This paper discusses theories and research perspectives from the social sciences and their role in constituting the field of "health services evaluation". The objective is to present less explored theoretical fields such as the "comprehensive" and "dialectical" approaches. Finally, the study presents a methodological proposal based on a qualitative approach to the evaluation of health services and projects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Ciência psiquiátrica e política assistencial: a criação do Instituto de Psiquiatria da Universidade do Brasil/ Psychiatric science and social service policy: the creation of the University of Brazil's Institute of Psychiatry

Venâncio, Ana Teresa A.
2003-12-01

Resumo em português Este artigo analisa as relações entre ciência psiquiátrica e assistência no Rio de Janeiro em fins dos anos 1930 até meados dos anos 1950. Indica como historicamente ciência e assistência pública psiquiátrica se desenvolveran distintamente na França e na Alemanha. A partir dos exemplos francês e alemão, investiga o contexto brasileiro, partindo do surgimento da psiquiatria no Brasil, com a criação, em 1852, do Hospício de Pedro II, tendo em vista observar (mais) os fatores implicados na fundação do Instituto de Psiquiatria da Universidade do Brasil (Ipub). Ipub vem expressar no campo psiquiátrico uma nova correlação de forças entre a prestação de uma assistência pública e a produção de uma ciência psiquiátrica brasileira. A partir do final dos anos 1930, a assistência pública e a ciência psiquiátrica no Rio de Janeiro tomavam rumos distintos: a assistência manteve-se hegemonicamente asilar, e a ciência psiquiátrica, institucionalmente autônoma, concentrava-se em pesquisar as doenças mentais na condição de doenças orgânicas. Resumo em inglês The article analyzes the relations between psychiatric science and social services in Rio de Janeiro from the late 1930s to mid-1950s. The historical development of psychiatric science and social services in France and Germany, each country with its own distinct features, serves as an analytical reference in investigating the Brazilian context, starting with the emergence of psychiatry in Brazil in 1852, when the Hospício Pedro II was founded. In 1938, this asylum was tr (mais) ansformed into the University of Brazil's Institute of Psychiatry, bringing the model of German research institutes up to date and reflecting a new correlation of forces between the provision of social services and the production of a Brazilian psychiatric science. At the close of the 1930s, social services and psychiatric science in Rio de Janeiro were taking separate paths: social services still pivoted primarily around asylums while the institutionally autonomous science of psychiatry focused on the research of mental diseases as manifestations of organic illness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Desigualdades geográficas e sociais no acesso aos serviços de saúde no Brasil: 1998 e 2003/ Geographic and social inequalities in the access to health services in Brazil: 1998 and 2003

Travassos, Claudia; Oliveira, Evangelina X. G. de; Viacava, Francisco
2006-12-01

Resumo em português Este estudo objetivou avaliar o padrão das desigualdades geográficas e sociais no acesso aos serviços de saúde em 2003 e compará-lo com o padrão existente em 1998, usando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). A população estudada foi de crianças e adultos residentes em áreas urbanas que referiram restrição de atividades nos últimos 15 dias nas duas pesquisas. A variável dependente foi o uso de serviços de saúde nos 15 dias que an (mais) tecederam a entrevista. Os modelos de uso de serviços de saúde testados foram controlados por idade e sexo, e incluíram renda familiar per capita, escolaridade, grande região e alguns estados da federação. O estudo reafirmou o padrão de que no Brasil o acesso é fortemente influenciado pela condição social das pessoas e pelo local onde residem. Este padrão existe tanto para os adultos como para as crianças. Houve alguma diminuição das desigualdades sociais no acesso, mas as desigualdades geográficas no acesso aumentaram no período de estudo. Na região Sul, uma das mais desenvolvidas do país, persiste um padrão de forte desigualdade social e o estado do Rio Grande do Sul destaca-se pela magnitude das desigualdades sociais no acesso. A amostra da PNAD apresenta limitações para estudos de eqüidade na utilização de serviços de saúde no âmbito estadual. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate geographical and social inequalities prevailing in Brazil in 2003 and to compare these data to the pattern of 1998, using data from the national household surveys of 1998 and 2003. The population under study involved children and adults living in urban areas, who referred activity restrictions in the last 15 days. The dependent variable was actual use of health services in the 15 days preceding the interviews. Use of services wa (mais) s controlled by age and sex and included per capita family income, years of schooling and geographical areas regions and states. The results confirm the pattern of social and geographical inequalities in the access to health services in Brazil. This is true for children and adults. There was a slight decrease in social inequalities as refers to access, but the geographical disparities increased in the course of the studied period. In 2003, the Southern region, one of the most developed in the country, presented an extremely high degree of social inequalities and the state of Rio Grande do Sul stands out for the magnitude of social inequalities in the access to health services. The PNAD sample presents limitations for equity studies in the use of health services at state level.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Desigualdades geográficas e sociais no acesso aos serviços de saúde no Brasil: 1998 e 2003/ Geographic and social inequalities in the access to health services in Brazil: 1998 and 2003

Travassos, Claudia; Oliveira, Evangelina X. G. de; Viacava, Francisco
2006-12-01

Resumo em português Este estudo objetivou avaliar o padrão das desigualdades geográficas e sociais no acesso aos serviços de saúde em 2003 e compará-lo com o padrão existente em 1998, usando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). A população estudada foi de crianças e adultos residentes em áreas urbanas que referiram restrição de atividades nos últimos 15 dias nas duas pesquisas. A variável dependente foi o uso de serviços de saúde nos 15 dias que an (mais) tecederam a entrevista. Os modelos de uso de serviços de saúde testados foram controlados por idade e sexo, e incluíram renda familiar per capita, escolaridade, grande região e alguns estados da federação. O estudo reafirmou o padrão de que no Brasil o acesso é fortemente influenciado pela condição social das pessoas e pelo local onde residem. Este padrão existe tanto para os adultos como para as crianças. Houve alguma diminuição das desigualdades sociais no acesso, mas as desigualdades geográficas no acesso aumentaram no período de estudo. Na região Sul, uma das mais desenvolvidas do país, persiste um padrão de forte desigualdade social e o estado do Rio Grande do Sul destaca-se pela magnitude das desigualdades sociais no acesso. A amostra da PNAD apresenta limitações para estudos de eqüidade na utilização de serviços de saúde no âmbito estadual. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate geographical and social inequalities prevailing in Brazil in 2003 and to compare these data to the pattern of 1998, using data from the national household surveys of 1998 and 2003. The population under study involved children and adults living in urban areas, who referred activity restrictions in the last 15 days. The dependent variable was actual use of health services in the 15 days preceding the interviews. Use of services wa (mais) s controlled by age and sex and included per capita family income, years of schooling and geographical areas regions and states. The results confirm the pattern of social and geographical inequalities in the access to health services in Brazil. This is true for children and adults. There was a slight decrease in social inequalities as refers to access, but the geographical disparities increased in the course of the studied period. In 2003, the Southern region, one of the most developed in the country, presented an extremely high degree of social inequalities and the state of Rio Grande do Sul stands out for the magnitude of social inequalities in the access to health services. The PNAD sample presents limitations for equity studies in the use of health services at state level.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Um estudo comparativo de dois serviços de saúde mental: relações entre participação popular e representações sociais relacionadas ao direito à saúde/ A comparative study of two mental health services: relationships between popular participation and social representations related to the right to health

Gastal, Cláudio Luis da Cunha; Gutfreind, Celso
2007-08-01

Resumo em português Este artigo origina-se de uma pesquisa qualitativa que analisou representações sociais relacionadas ao direito à saúde de usuários de dois serviços de saúde mental: um constituído e funcionando com participação de usuários e familiares e outro sem essa participação, visando conhecê-las não apenas vinculadas à consciência do direito à saúde, mas também a fatores associados, como: participação popular, o processo de adoecimento; o atendimento público (mais) de saúde, percepção da capacidade de intervenção social, e concepções sobre o Estado. As representações sociais encontradas associadas ao direito à saúde implicam expectativas de que o sistema de saúde e o Estado cumpram funções de acolhimento e amparo. Os usuários do serviço sem participação popular tendem a ser mais conformados e pessimistas. O grupo com participação popular vê o serviço que construiu como possuidor das características negadas pelo sistema oficial e percebe como possível a ação reivindicativa, podendo ser um foco alternativo na formação de novas representações sociais. Resumo em inglês The present paper originated from a qualitative study that analyzed social representations related to the right to health, expressed by users of two types of mental health services, one with participation by users and families and the other without such participation. The aim was to analyze such representations not only in relation to the awareness of the right to health, but also concerning associated factors, such as: popular participation; illness; public health care; (mais) perception of social intervention capacity; and concepts concerning the state. Social representations of the right to health involve expectations that the health system and the state meet their roles of ensuring care and support. Users of the mental health service without user/family participation tended to be more resigned and pessimistic. The group with participation views the service it has built as having characteristics denied by the official system and view advocacy as a possible alternative focus for forming new social representations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Um estudo comparativo de dois serviços de saúde mental: relações entre participação popular e representações sociais relacionadas ao direito à saúde/ A comparative study of two mental health services: relationships between popular participation and social representations related to the right to health

Gastal, Cláudio Luis da Cunha; Gutfreind, Celso
2007-08-01

Resumo em português Este artigo origina-se de uma pesquisa qualitativa que analisou representações sociais relacionadas ao direito à saúde de usuários de dois serviços de saúde mental: um constituído e funcionando com participação de usuários e familiares e outro sem essa participação, visando conhecê-las não apenas vinculadas à consciência do direito à saúde, mas também a fatores associados, como: participação popular, o processo de adoecimento; o atendimento público (mais) de saúde, percepção da capacidade de intervenção social, e concepções sobre o Estado. As representações sociais encontradas associadas ao direito à saúde implicam expectativas de que o sistema de saúde e o Estado cumpram funções de acolhimento e amparo. Os usuários do serviço sem participação popular tendem a ser mais conformados e pessimistas. O grupo com participação popular vê o serviço que construiu como possuidor das características negadas pelo sistema oficial e percebe como possível a ação reivindicativa, podendo ser um foco alternativo na formação de novas representações sociais. Resumo em inglês The present paper originated from a qualitative study that analyzed social representations related to the right to health, expressed by users of two types of mental health services, one with participation by users and families and the other without such participation. The aim was to analyze such representations not only in relation to the awareness of the right to health, but also concerning associated factors, such as: popular participation; illness; public health care; (mais) perception of social intervention capacity; and concepts concerning the state. Social representations of the right to health involve expectations that the health system and the state meet their roles of ensuring care and support. Users of the mental health service without user/family participation tended to be more resigned and pessimistic. The group with participation views the service it has built as having characteristics denied by the official system and view advocacy as a possible alternative focus for forming new social representations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Proteção social no Brasil: o que mudou na assistência social após a Constituição de 1988/ Social protection in Brazil: what has changed in social assistance after the 1988 Constitution

Vaitsman, Jeni; Andrade, Gabriela Rieveres Borges de; Farias, Luis Otávio
2009-06-01

Resumo em português O trabalho discute as mudanças do componente assistencial da proteção social nas duas décadas que se seguiram à Constituição de 1988. Discute as transformações da proteção e assistência social nas últimas décadas e os processos que, na década de 1990, fizeram avançar os processos de reforma da política assistencial social no Brasil, sem no entanto produzir grandes mudanças no modelo de oferta de serviços. A partir dos anos 2000, há uma significativa ex (mais) pansão de recursos e de cobertura de benefícios e serviços na área assistencial. Argumenta que os programas de transferência de renda, embora surgidos e difundidos em um contexto internacional de políticas restritivas, no Brasil, ao se integrarem a um sistema público e universal de assistência social, alargaram substantivamente o escopo da proteção social. Alguns efeitos da expansão do sistema de proteção social no Brasil são apontados: diminuição da desigualdade de renda; construção da capacidade institucional na área da assistência social; o significado social, político e simbólico da inclusão de um amplo segmento populacional a um sistema público de assistência social por meio de uma estrutura de provisão fora dos tradicionais mecanismos de filantropia e clientelismo. Resumo em inglês This paper discusses the changes in the social assistance component of social protection in the two decades that followed the 1988 Constitution. It discusses the transformations of social protection and social assistance in the past decades and the processes that in the 1990s advanced the reform of social assistance policies in Brazil without, however, producing great changes in how services were delievered. By 2000 there had been a great expansion of resources as well as (mais) benefits and services coverage in social assistance. This paper argues that conditional cash transfer programs, though created and spread in an international context of restrictive policies, when integrated into Brazil´s public and universal system of social assistance, substantively widened the scope of social protection. Some effects of the expansion in the Brazilian social protection system are identified: less income inequality; creation of an institutional capacity in the area of social assistance; the social, political and symbolic meaning of the inclusion of a large segment of the population in a public system of social assistance by means of a provision structure that does not belong to traditional devices of philanthropy and clientelism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Proteção social no Brasil: o que mudou na assistência social após a Constituição de 1988/ Social protection in Brazil: what has changed in social assistance after the 1988 Constitution

Vaitsman, Jeni; Andrade, Gabriela Rieveres Borges de; Farias, Luis Otávio
2009-06-01

Resumo em português O trabalho discute as mudanças do componente assistencial da proteção social nas duas décadas que se seguiram à Constituição de 1988. Discute as transformações da proteção e assistência social nas últimas décadas e os processos que, na década de 1990, fizeram avançar os processos de reforma da política assistencial social no Brasil, sem no entanto produzir grandes mudanças no modelo de oferta de serviços. A partir dos anos 2000, há uma significativa ex (mais) pansão de recursos e de cobertura de benefícios e serviços na área assistencial. Argumenta que os programas de transferência de renda, embora surgidos e difundidos em um contexto internacional de políticas restritivas, no Brasil, ao se integrarem a um sistema público e universal de assistência social, alargaram substantivamente o escopo da proteção social. Alguns efeitos da expansão do sistema de proteção social no Brasil são apontados: diminuição da desigualdade de renda; construção da capacidade institucional na área da assistência social; o significado social, político e simbólico da inclusão de um amplo segmento populacional a um sistema público de assistência social por meio de uma estrutura de provisão fora dos tradicionais mecanismos de filantropia e clientelismo. Resumo em inglês This paper discusses the changes in the social assistance component of social protection in the two decades that followed the 1988 Constitution. It discusses the transformations of social protection and social assistance in the past decades and the processes that in the 1990s advanced the reform of social assistance policies in Brazil without, however, producing great changes in how services were delievered. By 2000 there had been a great expansion of resources as well as (mais) benefits and services coverage in social assistance. This paper argues that conditional cash transfer programs, though created and spread in an international context of restrictive policies, when integrated into Brazil´s public and universal system of social assistance, substantively widened the scope of social protection. Some effects of the expansion in the Brazilian social protection system are identified: less income inequality; creation of an institutional capacity in the area of social assistance; the social, political and symbolic meaning of the inclusion of a large segment of the population in a public system of social assistance by means of a provision structure that does not belong to traditional devices of philanthropy and clientelism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Políticas sociais, "terceiro setor" e "compromisso social": perspectivas e limites do trabalho do psicólogo/ Social policies, "third sector" and "social responsibility": perspectives and limits of practicing psychology

Yamamoto, Oswaldo Hajime
2007-04-01

Resumo em português O presente artigo tem por objetivo discutir as possibilidades e os limites do trabalho do psicólogo no campo do bem-estar social/público e no "terceiro setor". É apresentada uma remissão histórica sobre a inserção do psicólogo no campo social, uma revisão conceitual sobre o significado das políticas sociais no capitalismo monopolista como resposta à "questão social", uma discussão sobre o impacto da reforma neoliberal nas políticas sociais no Brasil hoje, in (mais) cluindo a questão da emergência do "terceiro setor", como contexto para a discussão dos limites do compromisso social do psicólogo. Resumo em inglês The purpose of this paper is to discuss the possibilities and the limits of practicing psychology in social welfare services. The limits of the psychologist's practice is discussed considering: 1) the historical development of the profession in social welfare service; 2) a conceptual review on the significance of social policies in monopolist capitalism in facing the "social issue"; 3) a discussion on the impact of the neo-liberal reform of social policies in Brazil, including the emergence of the "third sector".

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Sobre a economia política do desenvolvimento e a contribuição dos serviços

Kon, Anita
2007-01-01

Resumo em inglês On the political economy of development and the contribution of services. This paper aims to ponder on recent approaches to Political Economy of Development, that bring about new concepts about the role of services activities in the economic development process. The analysis begins by checking the new attributions of services entailed by the productive paradigm changes that have occurred since the 1970's. Then, it examines the debate about the new kind of society, called (mais) "post-industrial", which is centered in the services dynamics. Finally, it discusses the relevance of social capital disponibility, as a prime factor to attain economic development

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Capital social e bibliotecas públicas: estudos empíricos/ Social capital and public library: empirical studies

Maciel Filho, Adalberto Rego
2010-08-01

Resumo em português Discutem-se artigos sobre pesquisas empíricas que tratam/analisam as relações entre capital social e bibliotecas públicas. Os estudos reforçam o papel das atividades básicas (core) das bibliotecas e, em menor intensidade, das não básicas, no processo de criação do capital social e investigam a influência do montante de capital social da comunidade na quantidade demandada de serviços bibliotecários.São sugeridas políticas públicas, procurando mostrar a impo (mais) rtância de incluir a biblioteca pública como protagonista nos projetos de desenvolvimento local/comunitário. Resumo em inglês Empirical research articles are herein discussed concerning / analyzing the relationship between social capital and public libraries. The work reinforces the role of basic activities (core) of public libraries and to a lesser degree, the non-core in the process of creating social capital. It also investigates the influence of the social capital in quantity demanded of community library services. Suggestions are made for public policy to include the library as a protagonist in local/ community development projects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Gasto social no Brasil: programas de transferência de renda versus investimento social/ Social spending in Brazil: income transfer programs versus social investments

Lavinas, Lena
2007-12-01

Resumo em português Este artigo contrapõe a evolução recente do gasto no Brasil: redução do gasto com infra-estrutura social e aumento das transferências monetárias sujeitas à comprovação de renda. Evidencia-se que o modelo de combate à pobreza vigente no Brasil concentrado em programas focalizados de transferência de renda sem promover em simultâneo o aumento do gasto per capita em educação, saneamento básico, habitação não equaciona a questão da desigualdade. Neste artigo, trabalhamos com dados secundários da PNAD e do orçamento da União, estados e municípios. Resumo em inglês This paper compares the dynamics of social spending in Brazil, with lower outlays on basic services and more direct monetary transfers through means-test programs, highlighting the fact that as Brazil's social safety net concentrates on cash transfer programs without simultaneously increasing per capita outlays on education, basic sanitation and housing, it is not resolving the issue of inequality. This paper works with secondary data from the National Household Sampling Survey, together with Federal, State and Municipal budgets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Gasto social no Brasil: programas de transferência de renda versus investimento social/ Social spending in Brazil: income transfer programs versus social investments

Lavinas, Lena
2007-12-01

Resumo em português Este artigo contrapõe a evolução recente do gasto no Brasil: redução do gasto com infra-estrutura social e aumento das transferências monetárias sujeitas à comprovação de renda. Evidencia-se que o modelo de combate à pobreza vigente no Brasil concentrado em programas focalizados de transferência de renda sem promover em simultâneo o aumento do gasto per capita em educação, saneamento básico, habitação não equaciona a questão da desigualdade. Neste artigo, trabalhamos com dados secundários da PNAD e do orçamento da União, estados e municípios. Resumo em inglês This paper compares the dynamics of social spending in Brazil, with lower outlays on basic services and more direct monetary transfers through means-test programs, highlighting the fact that as Brazil's social safety net concentrates on cash transfer programs without simultaneously increasing per capita outlays on education, basic sanitation and housing, it is not resolving the issue of inequality. This paper works with secondary data from the National Household Sampling Survey, together with Federal, State and Municipal budgets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

O desafio da política de atendimento à infância e à adolescência na construção de políticas públicas eqüitativas/ The challenge of health care provision for children and adolescents as part of equitable public policies

Mendonça, Maria Helena Magalhães de
2002-01-01

Resumo em português O trabalho analisou a nova política social que se configurou pela assimilação da noção de proteção social integral com vistas à eqüidade. Os seus pressupostos marcaram a reforma social contida no texto constitucional de 1988 e nas leis regulamentadoras dos direitos assegurados ­ assistência social, saúde e educação públicas ­ nos anos 90. Mostrou-se que, no contexto precedente, a população jovem no Brasil apresentava situação de grande vulnerabilidade, (mais) em face da sua posição na estrutura social, reforçada pelo acesso diferenciado a bens e serviços públicos. A análise da política de atendimento para a infância e adolescência, que enfatizou a intersetorialidade e redefiniu os programas e ações sociais e de saúde, nos anos 90, não pretendeu ser conclusiva, mas apontou algumas tendências na reordenação da política de assistência pública para o população jovem pobre, compatíveis com alguns avanços dos indicadores sociais de vulnerabilidade na área da saúde, educação e trabalho na década. Contudo, considerou-se que essa reorientação renovou a tensão entre a focalização nos segmentos mais vulneráveis, com seletividade das ações a serem oferecidas e a universalização com integralidade da proteção social. Resumo em inglês The author analyzes the new social policy shaped by the assimilation of the notion of integral social protection with a view towards equity. The premises marked the social reform contained in the wording of the 1988 Constitution and in the laws regulating the respective rights during the 1990s, including public social assistance, health care, and education. The article demonstrates how, in the former context, Brazil's children and adolescents were subject to great vulnera (mais) bility due to their position in the country's social structure, aggravated by differential access to public goods and services. An analysis of the health care policy for children and adolescents, emphasizing an inter-sectoral approach and redefining social and health programs and measures in the 1990s, was not intended to be conclusive but did point to some trends in the reorganization of public social assistance policy for low-income youth, in keeping with gains obtained in social indicators of vulnerability in the areas of health, education, and labor during the last decade. Still, the author concludes that this policy reorientation renewed the tension between targeting more vulnerable segments of the population with selective measures as compared to universal and comprehensive access to social protection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

O desafio da política de atendimento à infância e à adolescência na construção de políticas públicas eqüitativas/ The challenge of health care provision for children and adolescents as part of equitable public policies

Mendonça, Maria Helena Magalhães de
2002-01-01

Resumo em português O trabalho analisou a nova política social que se configurou pela assimilação da noção de proteção social integral com vistas à eqüidade. Os seus pressupostos marcaram a reforma social contida no texto constitucional de 1988 e nas leis regulamentadoras dos direitos assegurados ­ assistência social, saúde e educação públicas ­ nos anos 90. Mostrou-se que, no contexto precedente, a população jovem no Brasil apresentava situação de grande vulnerabilidade, (mais) em face da sua posição na estrutura social, reforçada pelo acesso diferenciado a bens e serviços públicos. A análise da política de atendimento para a infância e adolescência, que enfatizou a intersetorialidade e redefiniu os programas e ações sociais e de saúde, nos anos 90, não pretendeu ser conclusiva, mas apontou algumas tendências na reordenação da política de assistência pública para o população jovem pobre, compatíveis com alguns avanços dos indicadores sociais de vulnerabilidade na área da saúde, educação e trabalho na década. Contudo, considerou-se que essa reorientação renovou a tensão entre a focalização nos segmentos mais vulneráveis, com seletividade das ações a serem oferecidas e a universalização com integralidade da proteção social. Resumo em inglês The author analyzes the new social policy shaped by the assimilation of the notion of integral social protection with a view towards equity. The premises marked the social reform contained in the wording of the 1988 Constitution and in the laws regulating the respective rights during the 1990s, including public social assistance, health care, and education. The article demonstrates how, in the former context, Brazil's children and adolescents were subject to great vulnera (mais) bility due to their position in the country's social structure, aggravated by differential access to public goods and services. An analysis of the health care policy for children and adolescents, emphasizing an inter-sectoral approach and redefining social and health programs and measures in the 1990s, was not intended to be conclusive but did point to some trends in the reorganization of public social assistance policy for low-income youth, in keeping with gains obtained in social indicators of vulnerability in the areas of health, education, and labor during the last decade. Still, the author concludes that this policy reorientation renewed the tension between targeting more vulnerable segments of the population with selective measures as compared to universal and comprehensive access to social protection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Os adolescentes infratores e o empobrecimento da rede social quando do retorno à comunidade/ Adolescent transgressors and the weakening of their social network when they return to the community

Branco, Bianca de Moraes; Wagner, Adriana
2009-04-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi compreender o sucesso ou não do cumprimento da medida de ICPAE (Interno com Possibilidade de Atividade Externa) na Fase-RS (Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul), à luz das características da rede social desses jovens infratores, bem como da percepção do funcionamento de sua família. Foram investigados quatro adolescentes, no começo e ao final do cumprimento desta medida, através da metodologia de estudo de ca (mais) so. Utilizou-se o mapa da rede social e, para a avaliação do funcionamento familiar, foi utilizada a escala GARF (Global Assessment of Relational Functioning Scale). Houve uma tendência geral de empobrecimento da rede social desses jovens em relação ao primeiro mapa, bem como de centralização na família. A segunda avaliação do cumprimento da medida de ICPAE teve uma piora significativa em relação à primeira, excetuando-se o adolescente que teve a rede social mais completa, em ambos os momentos. Resumo em inglês The goal of this case study was to understand the success (or failure) of the ICPAE initiative (from Portuguese: Intern with possibility of External Activity) of the Foundation for Social-Educative Services of Rio Grande do Sul in the light of the characteristics of the social network of these young transgressors and of their perception of the functioning of their family. Five adolescents were investigated in the beginning and in the end of the ICPAE experience. We used a (mais) social network map, and for evaluating the functioning of the family we used the GARF scale (Global Assessment of Relational Functioning Scale). It was observed that the social network of these youths tended to be poorer than in the first map and also that they were centered on the family. The second ICPAE assessment revealed significantly worse results in comparison to the first, except in the case of one adolescent who had the most complete social network in both moments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Os adolescentes infratores e o empobrecimento da rede social quando do retorno à comunidade/ Adolescent transgressors and the weakening of their social network when they return to the community

Branco, Bianca de Moraes; Wagner, Adriana
2009-04-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi compreender o sucesso ou não do cumprimento da medida de ICPAE (Interno com Possibilidade de Atividade Externa) na Fase-RS (Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul), à luz das características da rede social desses jovens infratores, bem como da percepção do funcionamento de sua família. Foram investigados quatro adolescentes, no começo e ao final do cumprimento desta medida, através da metodologia de estudo de ca (mais) so. Utilizou-se o mapa da rede social e, para a avaliação do funcionamento familiar, foi utilizada a escala GARF (Global Assessment of Relational Functioning Scale). Houve uma tendência geral de empobrecimento da rede social desses jovens em relação ao primeiro mapa, bem como de centralização na família. A segunda avaliação do cumprimento da medida de ICPAE teve uma piora significativa em relação à primeira, excetuando-se o adolescente que teve a rede social mais completa, em ambos os momentos. Resumo em inglês The goal of this case study was to understand the success (or failure) of the ICPAE initiative (from Portuguese: Intern with possibility of External Activity) of the Foundation for Social-Educative Services of Rio Grande do Sul in the light of the characteristics of the social network of these young transgressors and of their perception of the functioning of their family. Five adolescents were investigated in the beginning and in the end of the ICPAE experience. We used a (mais) social network map, and for evaluating the functioning of the family we used the GARF scale (Global Assessment of Relational Functioning Scale). It was observed that the social network of these youths tended to be poorer than in the first map and also that they were centered on the family. The second ICPAE assessment revealed significantly worse results in comparison to the first, except in the case of one adolescent who had the most complete social network in both moments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Plantão social: espaço privilegiado para identificação/notificação de violência contra crianças e adolescentes/ Social duty: privileged space for identification/notice of violence against children and adolescents

Monteiro, Fernanda de Oliveira
2010-09-01

Resumo em português Este artigo tem como proposta problematizar a concepção de plantão social, que vigora no interior do Serviço Social, discutindo tal estratégica como espaço privilegiado para identificação/notificação de casos de violência praticada contra crianças e adolescentes. Pretende-se ainda refletir sobre os limites e possibilidades de avanço na emancipação dos sujeitos (crianças e adolescentes) vitimizados pela violência doméstica, a partir de uma prática profissional comprometida com a ampliação da cidadania e a defesa intransigente dos direitos humanos. Resumo em inglês This article proposes to question the concept of social duty inside the Social Services. It discusses such a strategy as a privileged space for identification/notice of violence cases against children and adolescents. It still intends to consider the limits and possibilities of progress in the emancipation of the subjects (children and adolescents) who are the victims of domestic violence, from a professional practice committed to the enlargement of citizenship and the uncompromising defense of human rights.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior/ Why do men use health services less than women? Explanations by men with low versus higher education

Gomes, Romeu; Nascimento, Elaine Ferreira do; Araújo, Fábio Carvalho de
2007-03-01

Resumo em português O estudo tem como objetivo analisar as explicações presentes em discursos masculinos para a pouca procura dos homens por serviços de saúde. O método do estudo baseia-se numa abordagem de pesquisa qualitativa. A representação do cuidar como tarefa feminina, as questões relacionadas ao trabalho, a dificuldade de acesso aos serviços e a falta de unidades especificamente voltadas para a saúde do homem são os principais motivos expressos pelos sujeitos para a pouca (mais) procura pelos serviços de saúde. Conclui-se, dentre outros aspectos, que o imaginário social que vê o homem como ser invulnerável acaba contribuindo para que ele menos se cuide e mais se exponha a situações de risco. Resumo em inglês The objective of this study was to analyze explanations in male discourse for men's relatively limited use of health services, using a qualitative methodology. Representation of caring as a female task, work-related issues, difficult access to services, and lack of services specifically targeting men's health were the main reasons for their limited use of health services. By way of conclusion, the social imaginary by which men are viewed as invulnerable leads them to take less care of their own health and expose themselves to greater risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior/ Why do men use health services less than women? Explanations by men with low versus higher education

Gomes, Romeu; Nascimento, Elaine Ferreira do; Araújo, Fábio Carvalho de
2007-03-01

Resumo em português O estudo tem como objetivo analisar as explicações presentes em discursos masculinos para a pouca procura dos homens por serviços de saúde. O método do estudo baseia-se numa abordagem de pesquisa qualitativa. A representação do cuidar como tarefa feminina, as questões relacionadas ao trabalho, a dificuldade de acesso aos serviços e a falta de unidades especificamente voltadas para a saúde do homem são os principais motivos expressos pelos sujeitos para a pouca (mais) procura pelos serviços de saúde. Conclui-se, dentre outros aspectos, que o imaginário social que vê o homem como ser invulnerável acaba contribuindo para que ele menos se cuide e mais se exponha a situações de risco. Resumo em inglês The objective of this study was to analyze explanations in male discourse for men's relatively limited use of health services, using a qualitative methodology. Representation of caring as a female task, work-related issues, difficult access to services, and lack of services specifically targeting men's health were the main reasons for their limited use of health services. By way of conclusion, the social imaginary by which men are viewed as invulnerable leads them to take less care of their own health and expose themselves to greater risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

A pediatria social e as suas apostas reformistas/ Social pediatrics and its reformist proposals

Zanolli, Maria de Lurdes; Merhy, Emerson Elias
2001-08-01

Resumo em português Realiza-se, neste artigo, uma reflexão sobre a constituição da pediatria social no Brasil, compreendendo-a como um movimento de formação de propostas de reformas da atenção à saúde da criança, que contempla uma tripla proposta reformista: do ensino, do serviço e da prática pediátricos. O trabalho inclui uma recuperação histórica e bibliográfica do campo da pediatria social que é relativo ao cuidado com a criança e a forma de prestá-lo, analisando-o atr (mais) avés de suas relações com os movimentos mais gerais de reforma do ensino médico e da atenção à saúde. Tece, ainda, considerações sobre seu arcabouço conceitual, com base nas definições e formulações sobre o tema apontadas por alguns autores. Resumo em inglês This article reflects on the constitution of Social Pediatrics in Brazil, viewing it as a movement for reform in children's health care involving teaching, services, and pediatric practice. The article includes a historical and bibliographical review of the Social Pediatrics' field and the provision of children's health care, analyzing its relations with movements for the reform of medical education and health care and its conceptual framework, including several authors' definitions and formulations on the theme.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

A pediatria social e as suas apostas reformistas/ Social pediatrics and its reformist proposals

Zanolli, Maria de Lurdes; Merhy, Emerson Elias
2001-08-01

Resumo em português Realiza-se, neste artigo, uma reflexão sobre a constituição da pediatria social no Brasil, compreendendo-a como um movimento de formação de propostas de reformas da atenção à saúde da criança, que contempla uma tripla proposta reformista: do ensino, do serviço e da prática pediátricos. O trabalho inclui uma recuperação histórica e bibliográfica do campo da pediatria social que é relativo ao cuidado com a criança e a forma de prestá-lo, analisando-o atr (mais) avés de suas relações com os movimentos mais gerais de reforma do ensino médico e da atenção à saúde. Tece, ainda, considerações sobre seu arcabouço conceitual, com base nas definições e formulações sobre o tema apontadas por alguns autores. Resumo em inglês This article reflects on the constitution of Social Pediatrics in Brazil, viewing it as a movement for reform in children's health care involving teaching, services, and pediatric practice. The article includes a historical and bibliographical review of the Social Pediatrics' field and the provision of children's health care, analyzing its relations with movements for the reform of medical education and health care and its conceptual framework, including several authors' definitions and formulations on the theme.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Dilemas da institucionalização de políticas sociais em vinte anos da Constituição de 1988/ Dilemmas of the institutionalization of social policies in twenty years of the Brazilian Constitution of 1988

Lobato, Lenaura de Vasconcelos Costa
2009-06-01

Resumo em português O objetivo é discutir e analisar alguns elementos do processo de institucionalização de políticas sociais no Brasil pós Constituição de 88, em especial as de Seguridade Social. Parte-se do pressuposto de que esse processo apresenta híbridos que comprometem os resultados previstos no modelo constitucional. Por um lado, verificam-se avanços importantes no aparato político-organizacional e na concepção da questão social (aqui tratados através dos elementos de c (mais) onstitucionalização, abrangência e ampliação). Por outro lado, persistem entraves, em especial na universalização, no financiamento e na qualidade dos serviços prestados que são contraditórios aos avanços alcançados. A permanência desses híbridos impede a equidade e a cidadania propostas no modelo da Constituição de 1988. Resumo em inglês The objective is to discuss and analyze some elements of the process of institutionalization of social policies in Brazil after the Constitution of 1988, especially those of social welfare (social security, health and social assistance). It is assumed that this process present hybrids that compromise the results prescribed by the Constitution. From one hand, there are important advances in political and organizational apparatus and in the concept of the social question (t (mais) reated here through three elements: constitutionalization, scope and expansion). Moreover, obstacles remain, particularly in universalization, financing and quality of services, which are contradictory to the advances achieved. The permanence of these hybrids prevents the fairness and citizenship aimed by the 1988 Constitution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Dilemas da institucionalização de políticas sociais em vinte anos da Constituição de 1988/ Dilemmas of the institutionalization of social policies in twenty years of the Brazilian Constitution of 1988

Lobato, Lenaura de Vasconcelos Costa
2009-06-01

Resumo em português O objetivo é discutir e analisar alguns elementos do processo de institucionalização de políticas sociais no Brasil pós Constituição de 88, em especial as de Seguridade Social. Parte-se do pressuposto de que esse processo apresenta híbridos que comprometem os resultados previstos no modelo constitucional. Por um lado, verificam-se avanços importantes no aparato político-organizacional e na concepção da questão social (aqui tratados através dos elementos de c (mais) onstitucionalização, abrangência e ampliação). Por outro lado, persistem entraves, em especial na universalização, no financiamento e na qualidade dos serviços prestados que são contraditórios aos avanços alcançados. A permanência desses híbridos impede a equidade e a cidadania propostas no modelo da Constituição de 1988. Resumo em inglês The objective is to discuss and analyze some elements of the process of institutionalization of social policies in Brazil after the Constitution of 1988, especially those of social welfare (social security, health and social assistance). It is assumed that this process present hybrids that compromise the results prescribed by the Constitution. From one hand, there are important advances in political and organizational apparatus and in the concept of the social question (t (mais) reated here through three elements: constitutionalization, scope and expansion). Moreover, obstacles remain, particularly in universalization, financing and quality of services, which are contradictory to the advances achieved. The permanence of these hybrids prevents the fairness and citizenship aimed by the 1988 Constitution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

A política federal de saneamento básico e as iniciativas de participação, mobilização, controle social, educação em saúde e ambiental nos programas governamentais de saneamento/ The federal politics of basic sanitation and the initiatives of participation, mobilization, social control, health and environmental education

Moisés, Márcia; Kligerman, Débora Cynamon; Cohen, Simone Cynamon; Monteiro, Sandra Conceição Ferreira
2010-08-01

Resumo em português O presente artigo se propõe a relatar uma análise crítica de dois programas governamentais - os Programas de Educação em Saúde e Mobilização Social (PESMS), da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), e de Educação Ambiental e Mobilização Social em Saneamento (PEA-MSS), do Ministério das Cidades (MCidades). Os referidos programas visam fomentar ações educativas participativas e a mobilização social em projetos de saneamento. A metodologia utilizada baseou- (mais) se na leitura e análise documental e em observações oportunizadas por meio de participações em seminários, encontros, reuniões, oficinas e entrevistas. Os autores abordam a criação do PESMS e do PEAMSS, promovendo uma reflexão sobre os conceitos relativos à participação, mobilização, controle social, educação em saúde e educação ambiental. Fazem considerações quanto às dificuldades, facilidades, avanços e desafios na implantação e na implementação dos programas quanto aos princípios fundamentais para prestação de serviços públicos de saneamento básico. Concluem que, para o desenvolvimento da Política Federal de Saneamento Básico, se faz necessário criar condições mediante iniciativas de participação, mobilização, controle social, educação em saúde e educação ambiental. Resumo em inglês The purpose of this article is to accomplish a critical analysis of two governmental important programs in health and environmental education - Health Education and Social Mobilization Program (PESMS) and Environmental Education and Sanitation Social Mobilization Program (PEAMSS), aiming at stimulate participative educational actions and social mobilization in sanitation projects. The methodology was based on reading and analysis of documents and observation in Workshops, (mais) Meetings, Seminars, Conventions, Congresses and Interviews. The authors describe the process of Program creation - PESMS and PEAMSS. They promoted a reflection and thought about Participation, Mobilization, Social Control, Health Education and Environmental Education. They also made considerations about the difficulties, facilities, advances and challenges in the implantation and implementation of PESMS and PEAMSS in the fundament for the realization of the public services of basic sanitation. They conclude that the creation of conditions by means of initiatives of Participation, Mobilization, Social Control, Health Education and Environmental Education become necessary for the development of Federal Policies of Basic Sanitation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

A política federal de saneamento básico e as iniciativas de participação, mobilização, controle social, educação em saúde e ambiental nos programas governamentais de saneamento/ The federal politics of basic sanitation and the initiatives of participation, mobilization, social control, health and environmental education

Moisés, Márcia; Kligerman, Débora Cynamon; Cohen, Simone Cynamon; Monteiro, Sandra Conceição Ferreira
2010-08-01

Resumo em português O presente artigo se propõe a relatar uma análise crítica de dois programas governamentais - os Programas de Educação em Saúde e Mobilização Social (PESMS), da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), e de Educação Ambiental e Mobilização Social em Saneamento (PEA-MSS), do Ministério das Cidades (MCidades). Os referidos programas visam fomentar ações educativas participativas e a mobilização social em projetos de saneamento. A metodologia utilizada baseou- (mais) se na leitura e análise documental e em observações oportunizadas por meio de participações em seminários, encontros, reuniões, oficinas e entrevistas. Os autores abordam a criação do PESMS e do PEAMSS, promovendo uma reflexão sobre os conceitos relativos à participação, mobilização, controle social, educação em saúde e educação ambiental. Fazem considerações quanto às dificuldades, facilidades, avanços e desafios na implantação e na implementação dos programas quanto aos princípios fundamentais para prestação de serviços públicos de saneamento básico. Concluem que, para o desenvolvimento da Política Federal de Saneamento Básico, se faz necessário criar condições mediante iniciativas de participação, mobilização, controle social, educação em saúde e educação ambiental. Resumo em inglês The purpose of this article is to accomplish a critical analysis of two governmental important programs in health and environmental education - Health Education and Social Mobilization Program (PESMS) and Environmental Education and Sanitation Social Mobilization Program (PEAMSS), aiming at stimulate participative educational actions and social mobilization in sanitation projects. The methodology was based on reading and analysis of documents and observation in Workshops, (mais) Meetings, Seminars, Conventions, Congresses and Interviews. The authors describe the process of Program creation - PESMS and PEAMSS. They promoted a reflection and thought about Participation, Mobilization, Social Control, Health Education and Environmental Education. They also made considerations about the difficulties, facilities, advances and challenges in the implantation and implementation of PESMS and PEAMSS in the fundament for the realization of the public services of basic sanitation. They conclude that the creation of conditions by means of initiatives of Participation, Mobilization, Social Control, Health Education and Environmental Education become necessary for the development of Federal Policies of Basic Sanitation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Condições socioeconômicas em saúde: discussão de dois paradigmas/ Socioeconomic status and health: a discussion of two paradigms

Antunes, José Leopoldo Ferreira
2008-06-01

Resumo em português Condição socioeconômica e seu impacto em saúde são objeto de grande interesse para pesquisadores e gestores de saúde. O artigo discute dois paradigmas de aferição da condição socioeconômica e revisa estudos epidemiológicos em que eles foram aplicados. Um dos paradigmas é referenciado por medidas de prestígio e diferenciação positiva entre os estratos sociais, como classificações baseadas em capital social e no acesso a bens e serviços. O outro é refere (mais) nciado por classificações envolvendo privação material e diferenciação negativa entre os estratos sociais, e envolve a proposta de reposição aos segmentos populacionais mais afetados pela privação pelo Estado. A reflexão sobre opções metodológicas para se aferir condição socioeconômica em estudos epidemiológicos pode contribuir para a promoção de saúde e justiça social. Resumo em inglês Socioeconomic status and its impact on health are in the mainstream of public health thinking. This text discusses two paradigms utilized in assessing socioeconomic status in epidemiologic studies. One paradigm refers to prestige-based measurements and positive differentiation among social strata. This paradigm is characterized by classifications assessing social capital and the access to goods and services. The other paradigm refers to the classification of social depriv (mais) ation and negative differentiation among social strata. The proposal of State-funded reposition to the mostly deprived social strata is acknowledged as characteristic of this paradigm. The contrast between these paradigms, and their potential interaction and debate are discussed. Fostering reflection on methodological strategies to assess socioeconomic status in epidemiologic studies can contribute to the promotion of health and social justice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Condições socioeconômicas em saúde: discussão de dois paradigmas/ Socioeconomic status and health: a discussion of two paradigms

Antunes, José Leopoldo Ferreira
2008-06-01

Resumo em português Condição socioeconômica e seu impacto em saúde são objeto de grande interesse para pesquisadores e gestores de saúde. O artigo discute dois paradigmas de aferição da condição socioeconômica e revisa estudos epidemiológicos em que eles foram aplicados. Um dos paradigmas é referenciado por medidas de prestígio e diferenciação positiva entre os estratos sociais, como classificações baseadas em capital social e no acesso a bens e serviços. O outro é refere (mais) nciado por classificações envolvendo privação material e diferenciação negativa entre os estratos sociais, e envolve a proposta de reposição aos segmentos populacionais mais afetados pela privação pelo Estado. A reflexão sobre opções metodológicas para se aferir condição socioeconômica em estudos epidemiológicos pode contribuir para a promoção de saúde e justiça social. Resumo em inglês Socioeconomic status and its impact on health are in the mainstream of public health thinking. This text discusses two paradigms utilized in assessing socioeconomic status in epidemiologic studies. One paradigm refers to prestige-based measurements and positive differentiation among social strata. This paradigm is characterized by classifications assessing social capital and the access to goods and services. The other paradigm refers to the classification of social depriv (mais) ation and negative differentiation among social strata. The proposal of State-funded reposition to the mostly deprived social strata is acknowledged as characteristic of this paradigm. The contrast between these paradigms, and their potential interaction and debate are discussed. Fostering reflection on methodological strategies to assess socioeconomic status in epidemiologic studies can contribute to the promotion of health and social justice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Psicologia e a produção do cuidado no campo do bem-estar social/ Psychology and production of care in the area of social welfare

Macedo, João Paulo; Dimenstein, Magda
2009-12-01

Resumo em português Este trabalho se propõe discutir concepções e práticas de cuidado de psicólogos que atuam no campo das políticas sociais, especificamente no âmbito da Saúde (SUS) e Assistência Social (SUAS) e suas interfaces com os modos de governo e gestão da vida produzidos no contexto biopolítico contemporâneo. O estudo foi realizado em 05 localidades que contam simultaneamente em seu território com Unidades Básicas de Saúde/UBS e Centros de Referência da Assistência (mais) Social/CRAS. Acompanhamos o cotidiano e a rotina dos psicólogos que atuam nesses serviços a partir da observação participante e realização de entrevistas. Identificamos que os modos de cuidado produzidos nesses campos pelos profissionais da psicologia indicam tanto uma adesão a um ideal de produzir sujeitos autônomos, produtivos, saudáveis e conscientes dos seus direitos, logo se configurando como práticas normativas, quanto expressam tentativas de ruptura com o estabelecido. Resumo em inglês The purpose of this study is to discuss the care conceptions and practices of psychologists that work in the area of social policy, specifically in health (Unified Health System) and in social assistance (Unified Social Assistance System), and its interfaces with the modes of government and life management produced in the contemporary bio-political context. The study was accomplished in five localities that have in their territories Basic Health Units and Referral Centers (mais) for Social Assistance. Using participant observation and interviews, we accompanied the daily routine of the psychologists that work in these services. We identified that these professionals produced modes of care that indicate an adherence to the ideal production of subjects that are autonomous, productive and healthful, and that are aware of their rights, thereby constituting normative practices that express attempts at rupturing with the establishment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Reflexão bioética sobre a priorização e o racionamento de cuidados de saúde: entre a utilidade social e a eqüidade/ Bioethics reflection on prioritization and rationing of health care: between social utility and equity

Fortes, Paulo Antonio de Carvalho
2008-03-01

Resumo em português Sendo as necessidades de saúde mais amplas que os recursos disponíveis, escolhas têm de ser feitas. Disto resulta ser preciso que se estabeleçam limites, critérios e parâmetros para priorizar o que vai ser ofertado e a quem os serviços e os cuidados de saúde serão oferecidos. Discute-se alternativas éticas para a priorização e racionamento de cuidados de saúde, enfocando os princípios da eqüidade e da utilidade social. Resumo em inglês Since health needs outweigh the available resources, choices are imperative. It is thus necessary to set limits, criteria, and standards in order to prioritize the supply, the recipients, and the services to be provided. Ethical alternatives are discussed for the prioritization and rationing of health care, focusing on the principles of equity and social utility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Reflexão bioética sobre a priorização e o racionamento de cuidados de saúde: entre a utilidade social e a eqüidade/ Bioethics reflection on prioritization and rationing of health care: between social utility and equity

Fortes, Paulo Antonio de Carvalho
2008-03-01

Resumo em português Sendo as necessidades de saúde mais amplas que os recursos disponíveis, escolhas têm de ser feitas. Disto resulta ser preciso que se estabeleçam limites, critérios e parâmetros para priorizar o que vai ser ofertado e a quem os serviços e os cuidados de saúde serão oferecidos. Discute-se alternativas éticas para a priorização e racionamento de cuidados de saúde, enfocando os princípios da eqüidade e da utilidade social. Resumo em inglês Since health needs outweigh the available resources, choices are imperative. It is thus necessary to set limits, criteria, and standards in order to prioritize the supply, the recipients, and the services to be provided. Ethical alternatives are discussed for the prioritization and rationing of health care, focusing on the principles of equity and social utility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Acesso e uso de serviços de saúde em idosos residentes em áreas rurais, Brasil, 1998 e 2003/ Access to and use of health services by rural elderly, Brazil, 1998 and 2003

Travassos, Claudia; Viacava, Francisco
2007-10-01

Resumo em português Analisou-se o acesso aos serviços de saúde e sua utilização por idosos residentes em áreas rurais no Brasil em 2003, comparando os padrões observados com idosos residentes em área urbana e com o padrão existente em 1998, a partir dos dados dos suplementos sobre Acesso e Utilização de Serviços de Saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Observou-se que as barreiras de acesso eram maiores na área rural em comparação à urbana. A utilização de (mais) serviços de saúde era menor do que nos idosos urbanos, mesmo para aqueles que referiram problema de saúde. Não se observou diferença nas taxas de internação entre idosos rurais e urbanos. A análise do tipo de serviço utilizado mostrou que há acesso limitado a serviços de complexidade intermediária. Os resultados sugerem que os mais idosos apresentam barreiras de acesso ainda maiores. O diferencial de gênero na utilização favorável à mulher foi mais marcado nos idosos rurais. Barreiras financeiras também são mais marcadas. Houve indicativo de alguma melhora no desempenho dos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Recomendou-se ampliação da oferta e adaptação dos serviços às especificidades territoriais, culturais e sociais dos idosos rurais. Resumo em inglês We analyzed access to health services and the utilization of such services by elderly rural residents in Brazil in 2003, comparing the patterns to those of the urban elderly and the equivalent rural pattern in 1998, using data from the National Household Sample Survey. Access barriers were greater in rural as compared to urban areas. Health services utilization was less than in the urban elderly, even for rural elders who reported health problems. There was no difference (mais) in hospitalization rates among rural and urban elderly. Analysis of the health services that were used showed that there was limited access to services with intermediate complexity. The results suggest that access barriers increase even further with advancing age. Gender differences in utilization, generally favoring women, are more marked in the rural elderly. Financial barriers are also more evident. The health services supply should be expanded and adapted to the territorial, cultural, and social characteristics of the rural elderly.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Acesso e uso de serviços de saúde em idosos residentes em áreas rurais, Brasil, 1998 e 2003/ Access to and use of health services by rural elderly, Brazil, 1998 and 2003

Travassos, Claudia; Viacava, Francisco
2007-10-01

Resumo em português Analisou-se o acesso aos serviços de saúde e sua utilização por idosos residentes em áreas rurais no Brasil em 2003, comparando os padrões observados com idosos residentes em área urbana e com o padrão existente em 1998, a partir dos dados dos suplementos sobre Acesso e Utilização de Serviços de Saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Observou-se que as barreiras de acesso eram maiores na área rural em comparação à urbana. A utilização de (mais) serviços de saúde era menor do que nos idosos urbanos, mesmo para aqueles que referiram problema de saúde. Não se observou diferença nas taxas de internação entre idosos rurais e urbanos. A análise do tipo de serviço utilizado mostrou que há acesso limitado a serviços de complexidade intermediária. Os resultados sugerem que os mais idosos apresentam barreiras de acesso ainda maiores. O diferencial de gênero na utilização favorável à mulher foi mais marcado nos idosos rurais. Barreiras financeiras também são mais marcadas. Houve indicativo de alguma melhora no desempenho dos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Recomendou-se ampliação da oferta e adaptação dos serviços às especificidades territoriais, culturais e sociais dos idosos rurais. Resumo em inglês We analyzed access to health services and the utilization of such services by elderly rural residents in Brazil in 2003, comparing the patterns to those of the urban elderly and the equivalent rural pattern in 1998, using data from the National Household Sample Survey. Access barriers were greater in rural as compared to urban areas. Health services utilization was less than in the urban elderly, even for rural elders who reported health problems. There was no difference (mais) in hospitalization rates among rural and urban elderly. Analysis of the health services that were used showed that there was limited access to services with intermediate complexity. The results suggest that access barriers increase even further with advancing age. Gender differences in utilization, generally favoring women, are more marked in the rural elderly. Financial barriers are also more evident. The health services supply should be expanded and adapted to the territorial, cultural, and social characteristics of the rural elderly.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Cidadãos peregrinos: os "usuários" do SUS e os significados de sua demanda a prontos-socorros e hospitais no contexto de um processo de reorientação do modelo assistencial/ Travelling citizens: the "users" of the Brazilian Unified Health System and the meanings of its demand to the health care emergency services in the context of a process of assistential model reorientation

Oliveira, Lúcio Henrique de; Mattos, Ruben Araújo de; Souza, Auta Iselina Stephan de
2009-12-01

Resumo em português Apesar da ênfase dada à lógica territorial no processo de reorientação do modelo assistencial e da definição da atenção básica como porta de entrada do sistema, os usuários do SUS, em sua busca por assistência médica, vêm demonstrando historicamente preferência por prontos-socorros e hospitais. Para tentar entender esse comportamento, realizou-se pesquisa com grupos focais de usuários, em que se verificou que a imagem que o usuário faz dos serviços de sa (mais) úde se relaciona com a acessibilidade, a confiabilidade e a resolubilidade do serviço buscado. Os usuários se referem à organização dos serviços básicos de saúde com o significado de barreiras ao acesso e demonstram ter em relação às UBS uma imagem de grande limitação de recursos humanos e materiais. Por outro lado, prontos-socorros e hospitais se apresentam para eles, por várias razões, como espaços de maior resolubilidade. A partir de sua necessidade de acesso, os usuários apreendem determinadas "regras sociais" vigentes nos serviços de saúde e constroem diversas estratégias que visam lhe abrir as portas do sistema. Resumo em inglês Despite the emphasis of the territorial logic on the first level of the public health services network, the users of this health system come demonstrating a historical preference by emergency services. In order to try to understand this behavior, a Qualitative Research was developed, by means of interviews with "Foci Groups" of public health services users, where it was searched to know their experiences, perceptions and opinions, looking for understanding how do they cho (mais) ose during their search for assistance. The users reject the "norm" that defines the basic health care services of their territorial reference as their "entrance door", in favor of other parameters that were more significant for them. The arrangements of the health care organization have the meaning of barriers to the access. Moreover, the user's image in relation to the UBS is of great limitation. On the other hand, the emergency services present for them as spaces characterized by bigger capacity. The users demonstrate a significant indifference about the public health services. Besides, the uncertainty's images prevail in the SUS. But, according to its access necessity, the users learn social rules in the services and construct several strategies with the aim to open the doors of the health system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Cidadãos peregrinos: os "usuários" do SUS e os significados de sua demanda a prontos-socorros e hospitais no contexto de um processo de reorientação do modelo assistencial/ Travelling citizens: the "users" of the Brazilian Unified Health System and the meanings of its demand to the health care emergency services in the context of a process of assistential model reorientation

Oliveira, Lúcio Henrique de; Mattos, Ruben Araújo de; Souza, Auta Iselina Stephan de
2009-12-01

Resumo em português Apesar da ênfase dada à lógica territorial no processo de reorientação do modelo assistencial e da definição da atenção básica como porta de entrada do sistema, os usuários do SUS, em sua busca por assistência médica, vêm demonstrando historicamente preferência por prontos-socorros e hospitais. Para tentar entender esse comportamento, realizou-se pesquisa com grupos focais de usuários, em que se verificou que a imagem que o usuário faz dos serviços de sa (mais) úde se relaciona com a acessibilidade, a confiabilidade e a resolubilidade do serviço buscado. Os usuários se referem à organização dos serviços básicos de saúde com o significado de barreiras ao acesso e demonstram ter em relação às UBS uma imagem de grande limitação de recursos humanos e materiais. Por outro lado, prontos-socorros e hospitais se apresentam para eles, por várias razões, como espaços de maior resolubilidade. A partir de sua necessidade de acesso, os usuários apreendem determinadas "regras sociais" vigentes nos serviços de saúde e constroem diversas estratégias que visam lhe abrir as portas do sistema. Resumo em inglês Despite the emphasis of the territorial logic on the first level of the public health services network, the users of this health system come demonstrating a historical preference by emergency services. In order to try to understand this behavior, a Qualitative Research was developed, by means of interviews with "Foci Groups" of public health services users, where it was searched to know their experiences, perceptions and opinions, looking for understanding how do they cho (mais) ose during their search for assistance. The users reject the "norm" that defines the basic health care services of their territorial reference as their "entrance door", in favor of other parameters that were more significant for them. The arrangements of the health care organization have the meaning of barriers to the access. Moreover, the user's image in relation to the UBS is of great limitation. On the other hand, the emergency services present for them as spaces characterized by bigger capacity. The users demonstrate a significant indifference about the public health services. Besides, the uncertainty's images prevail in the SUS. But, according to its access necessity, the users learn social rules in the services and construct several strategies with the aim to open the doors of the health system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

A espera na vida urbana: uma análise psicossocial das filas/ Waiting and urban life: a social psychological analysis of lines/ La espera en la vida urbana: un análisis psicosocial de las colas

Iglesias, Fabio; Günther, Hartmut
2009-09-01

Resumo em português A fila de espera assume inúmeras funções na alocação dos recursos na vida urbana, como espaço, tempo, serviços e produtos. Suas configurações variam desde a típica fila presencial, aquelas em que as pessoas aguardam em pé umas atrás das outras, até formas implícitas de organização da espera, como aquelas geradas por tecnologias de comunicação remota providas pelo telefone e pela internet. Este artigo aborda a fila de espera como um sistema social, focand (mais) o sua configuração presencial e destacando o fato de que, embora seja um fenômeno ubíquo, verifica-se certa ausência de estudos sobre esse tema na psicologia social. Pretende-se, assim: (a) analisar as características gerais das filas; (b) apresentar uma breve revisão do conceito de fila nas ciências exatas, biológicas e sociais aplicadas; (c) revisar estudos sobre filas na psicologia social; e (d) apontar maneiras de como a fila pode ser tanto tema quanto palco de estudos da psicologia. Resumo em espanhol Son inúmeras las funciones que asume la cola de espera en la asignación de recursos urbanos, como espacio, tiempo, servicios y productos. Las configuraciones pueden variar desde la típica cola presencial - aquellas en que la gente aguarda de pie - hasta formas implícitas de organización de la espera - las generadas por tecnologías de comunicación remota proveídas por teléfono e internet. Este artículo aborda la cola de espera como un sistema social, fijándose e (mais) n su configuración presencial y destacando que, aunque sea un fenómeno ubicuo, la psicología social ha tratado del tema de forma muy escasa. Así, se pretende (a) analizar las características generales de las colas, (b) presentar un breve repaso del concepto de cola en las ciencias exactas, biomédicas y sociales aplicadas, (c) rever estudios sobre colas en la psicología social e (d) indicar maneras de tratar la cola como tema y escenario de estudio de la psicología. Resumo em inglês Waiting lines (queues) assume various functions in the allocation of urban resources, such as access to space, time, services or products. They vary from the typical line where people are standing one behind the other to such virtual ones as in telecommunication or the Internet. The paper looks at queues as social systems, and focuses on the presential configuration, paying special attention to the fact that, while ubiquitous, queues are not receiving much attention in th (mais) e social psychological literature. Thus this article (a) analyzes the general features of queues, (b) offers a short review of the concept of queues in the formal, biomedical and applied social sciences, (c) reviews the social psychological literature about queues, (d) indicates how queues may serve both as a topic of research, as well as an environmental scenario for research in psychology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Políticas e práticas de saúde rumo à eqüidade/ Health policies and practices toward equity/ Políticas y prácticas de salud hacia la equidad

Sena, Roseni Rosângela de; Silva, Kênia Lara
2007-12-01

Resumo em português O texto abordou as desigualdades e a exclusão social em saúde e estabeleceu as suas interrelações e determinações sociais, históricas, culturais e econômicas. Apontou as iniqüidades, como conseqüência das desigualdades na produção e na distribuição das riquezas expressas em serviços e bens materiais. Discutiu as práticas de gestão no campo da saúde, como favorecedoras de eqüidade, indicando a gestão compartilhada, como uma ferramenta que potencializa (mais) os valores de cidadania e respeito à diversidade. Abordou a participação e o controle social como práticas que promovem eqüidade nos serviços de saúde. Comentou a experiência da Secretaria Municipal de Políticas Sociais e de Saúde de Belo Horizonte com o trabalho em territórios geopolíticos-sociais com práticas de gestão, assistência e controle social que contribuem para a eqüidade. Concluiu que, além das análises e macrointervenções, é fundamental tomar os espaços micro do trabalho para reflexão e atuação na construção da equidade. Resumo em espanhol Este texto abordó las desigualdades y la exclusión social en salud, estableciendo sus interrelaciones y determinaciones sociales, históricas, culturales y económicas. Se señaló a las iniquidades como consecuencia de las desigualdades en la producción y distribución de las riquezas, expresadas en servicios y bienes materiales. Se discutió las prácticas de la gerencia, en el campo de la salud, como facilitadores de la equidad, indicando a la gerencia compartida co (mais) mo herramienta que potencialaza los valores de ciudadanía y respeto a la diversidad. Se abordó la participación y el control social como prácticas que promueven la equidad en los servicios de salud. Se comentó sobre la experiencia del Departamento Municipal de Políticas Sociales y de Salud de Belo Horizonte sobre el trabajo en territorios geopolíticos y sociales, con prácticas de gerencia, asistencia y control social que contribuyeron para la equidad. Se concluyó que además de los análisis y de las macro-intervenciones, es fundamental tomar los espacios micro del trabajo para reflexionar y actuar en la construcción de la equidad. Resumo em inglês The text approaches the inequalities and the social exclusion in health establishing its social, historical, cultural and economic inter-relations and determinations. It points to the iniquities as consequence of the inequalities in the production and distribution of the wealth expressed by access to services and material goods. It discusses the practices of management, in the field of the health, as supporters of the equity, indicating the shared management as a tool tha (mais) t promotes the values of citizenship and respect to the diversity. It approaches the participation and the social control as practices that promote equity in the health services. It comments the experience of the Department of Social Politics and Health of Belo Horizonte with the work in geopolitical and social territories with practices of management, assistance and social control that contribute for equity. It concludes that, beyond the analyses and macro interventions, it is basic to take the spaces micro of the work for reflection and performance in the construction of equity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Participação social nos serviços de saúde: concepções dos usuários e líderes comunitários em dois municípios do Nordeste do Brasil/ Social participation in health: concepts of users and community leaders in two municipalities of Northeastern Brazil

Vázquez, María Luisa; Silva, Maria Rejane Ferreira da; Campos, Eliane Siqueira; Arruda, Ilma Kruze Grande de; Diniz, Alcides da Silva; Veras, Ida Leite; Pereira, Ana Paula Campos
2003-04-01

Resumo em português A participação da sociedade na gestão do sistema de saúde, nas diferentes esferas do governo, é uma das políticas promovidas na construção do Sistema Único de Saúde no Brasil. O sucesso na implementação de qualquer nova política depende de diversos elementos, entre eles, os interesses e opiniões dos atores principais envolvidos e que nem sempre são considerados. Neste artigo são analisados os conceitos de participação social nos serviços de saúde de do (mais) is grupos de atores e como estas concepções podem influir na implementação da política de participação em saúde no Brasil. Realizou-se um estudo de caso em dois municípios do Nordeste do Brasil, utilizando uma combinação de métodos qualitativos e quantitativos das ciências sociais. Foram entrevistados usuários e líderes comunitários. Encontrou-se uma grande variedade de conceitos, que só limitadamente coincidem com o enfoque de participação contemplado nas políticas. Conceitos provavelmente explicáveis pela evolução da sociedade e do sistema de saúde no Brasil, que requerem ser trabalhados na perspectiva de melhorar a eficácia da política de participação social. Resumo em inglês Social participation in management of the health care system at different levels of government is one of the key policies promoted by the Unified National Health System (SUS) in Brazil. As with any new policy, success hinges on several factors such as stakeholders' interests and opinions, which have not always been considered in the past. This paper analyzes the underlying concepts of two groups of stakeholders with respect to social participation in health and the potent (mais) ial influence of these concepts on the effectiveness of policy implementation. A case study of two municipalities in Northeast Brazil was conducted using a combination of qualitative and quantitative social science research methods. Health services users and community leaders were interviewed. Various concepts were found in which the participatory approach to health policies was only partially reflected. Likely influences on stakeholders' concepts of social participation in health are the evolution of the broader Brazilian social context and the traditional performance of health services. Particular attention should be paid to stakeholders' opinions and concepts if policy effectiveness is to be improved.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Reforma psiquiátrica e inclusão social pelo trabalho/ Psychiatric reform and social inclusion for work

Rodrigues, Rúbia Cristina; Marinho, Tanimar Pereira Coelho; Amorim, Patricia
2010-06-01

Resumo em português Este estudo busca compreender a relação entre trabalho, adoecimento mental e reabilitação psicossocial a partir da narrativa de pessoas portadoras de transtorno mental e usuárias de substâncias psicoativas sobre o sentido do trabalho. O estudo ocorreu em Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) da cidade de Goiânia (GO), do qual participaram oito pessoas adultas e de ambos os sexos, que traziam o trabalho como algo importante em suas vivências. Utiliza-se de metod (mais) ologia qualitativa e exploratória, por meio da realização de grupo focal. Para o tratamento dos dados, utiliza-se a análise temática. Os resultados apontam os sentidos do trabalho enquanto existencialização e identidade social, autonomia e sociabilidade. Na interface com a saúde mental, o trabalho surge como protetor e/ou adoecedor mental. Os processos de exclusão social dos participantes ocorrem através da dificuldade de acesso à seguridade social relacionada ao trabalho e ao preconceito social vivido na tentativa de ingresso ao mundo do trabalho. Enquanto possibilidade de (re) inserção social, o estudo mostrou que os CAPS têm dificuldades em propor alternativas de inclusão pelo trabalho, apesar da melhoria de vida promovida pelo acompanhamento psicossocial. Resumo em inglês This study aims at understanding the link among labor, mental distress, and psychosocial rehab from the point of view of people with either mental disorders or psychoactive substance addiction, regarding the meaning of laboring in their lives. The study took place in Psychosocial Attention Centers(CAPS), in the city of Goiânia, State of Goiás, Brazil. There were eight participants of both genders, who would consider labor something important in their daily lives. Two di (mais) fferent types of data were used, as to mention, qualitative and exploratory methodology, by means of a focal group. The content analysis was used in evaluating the data provided. The results point at the importance of rescuing the history of labor among CAPS users. It is also of significance the profusion of meanings attributed to working by the users of mental health services. Labor proves to have an interface that is understood as a factor of protection and/or worsening of the condition of the subjects. The exclusion processes are reflected by the difficulty in obtaining social security/welfare benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Reforma psiquiátrica e inclusão social pelo trabalho/ Psychiatric reform and social inclusion for work

Rodrigues, Rúbia Cristina; Marinho, Tanimar Pereira Coelho; Amorim, Patricia
2010-06-01

Resumo em português Este estudo busca compreender a relação entre trabalho, adoecimento mental e reabilitação psicossocial a partir da narrativa de pessoas portadoras de transtorno mental e usuárias de substâncias psicoativas sobre o sentido do trabalho. O estudo ocorreu em Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) da cidade de Goiânia (GO), do qual participaram oito pessoas adultas e de ambos os sexos, que traziam o trabalho como algo importante em suas vivências. Utiliza-se de metod (mais) ologia qualitativa e exploratória, por meio da realização de grupo focal. Para o tratamento dos dados, utiliza-se a análise temática. Os resultados apontam os sentidos do trabalho enquanto existencialização e identidade social, autonomia e sociabilidade. Na interface com a saúde mental, o trabalho surge como protetor e/ou adoecedor mental. Os processos de exclusão social dos participantes ocorrem através da dificuldade de acesso à seguridade social relacionada ao trabalho e ao preconceito social vivido na tentativa de ingresso ao mundo do trabalho. Enquanto possibilidade de (re) inserção social, o estudo mostrou que os CAPS têm dificuldades em propor alternativas de inclusão pelo trabalho, apesar da melhoria de vida promovida pelo acompanhamento psicossocial. Resumo em inglês This study aims at understanding the link among labor, mental distress, and psychosocial rehab from the point of view of people with either mental disorders or psychoactive substance addiction, regarding the meaning of laboring in their lives. The study took place in Psychosocial Attention Centers(CAPS), in the city of Goiânia, State of Goiás, Brazil. There were eight participants of both genders, who would consider labor something important in their daily lives. Two di (mais) fferent types of data were used, as to mention, qualitative and exploratory methodology, by means of a focal group. The content analysis was used in evaluating the data provided. The results point at the importance of rescuing the history of labor among CAPS users. It is also of significance the profusion of meanings attributed to working by the users of mental health services. Labor proves to have an interface that is understood as a factor of protection and/or worsening of the condition of the subjects. The exclusion processes are reflected by the difficulty in obtaining social security/welfare benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Acesso aos serviços de saúde: uma possibilidade a ser construída na prática/ Access to health services: a possibility of enabling it in practice

Assis, Marluce Maria Araújo; Villa, Tereza Cristina Scatena; Nascimento, Maria Angela Alves do
2003-01-01

Resumo em português Estudo qualitativo sobre o acesso dos usuários às unidades básicas de Feira de Santana (BA), com o objetivo de analisar a percepção dos usuários quanto às características dos serviços utilizados no sistema local de saúde, articulando teoria à prática com vistas a uma possibilidade a ser construída como direito de cidadania. O referencial teórico foi baseado em autores que analisam as dimensões explicativas do acesso (política, econômica, técnica e simbó (mais) lica), articuladas com o modelo teórico da representação social. Os dados empíricos foram a observação do acesso em dois centros de saúde e a entrevista com 25 usuários atendidos nos referidos centros. A análise buscou um encontro com a realidade empírica. Os resultados mostram que o acesso aos serviços é focalizado e seletivo para responder a uma determinada queixa, tecnologicamente atrasado e discriminatório, dirigido ao usuário de baixa renda que tem menor qualificação no setor formal da economia e à população excluída socialmente. Resumo em inglês This qualitative study on users access to the Basic Health Services in Feira de Santana, Bahia State, Brazil, had the purpose to analyse the perception of the users when it comes to the caracteristics of the services used in local health system, articulating theory and practice in order to find possibilities based on users citizens' rights. The theoretical framework was based on authors that analyzed the explicative dimensions of access (political, economic, technical and (mais) symbolic) articulated with the social representation theoretical model. The empirical data comprehended the observation of access in two health centers and interviews with 25 users. The analysis aimed at meeting the "empirical reality". Results showed that the access to services is focussed and selective to respond to a specific complaint, that they are technologically delayed and discriminatory services, directed to the low income user and to the socially excluded population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Acesso aos serviços de saúde: uma possibilidade a ser construída na prática/ Access to health services: a possibility of enabling it in practice

Assis, Marluce Maria Araújo; Villa, Tereza Cristina Scatena; Nascimento, Maria Angela Alves do
2003-01-01

Resumo em português Estudo qualitativo sobre o acesso dos usuários às unidades básicas de Feira de Santana (BA), com o objetivo de analisar a percepção dos usuários quanto às características dos serviços utilizados no sistema local de saúde, articulando teoria à prática com vistas a uma possibilidade a ser construída como direito de cidadania. O referencial teórico foi baseado em autores que analisam as dimensões explicativas do acesso (política, econômica, técnica e simbó (mais) lica), articuladas com o modelo teórico da representação social. Os dados empíricos foram a observação do acesso em dois centros de saúde e a entrevista com 25 usuários atendidos nos referidos centros. A análise buscou um encontro com a realidade empírica. Os resultados mostram que o acesso aos serviços é focalizado e seletivo para responder a uma determinada queixa, tecnologicamente atrasado e discriminatório, dirigido ao usuário de baixa renda que tem menor qualificação no setor formal da economia e à população excluída socialmente. Resumo em inglês This qualitative study on users access to the Basic Health Services in Feira de Santana, Bahia State, Brazil, had the purpose to analyse the perception of the users when it comes to the caracteristics of the services used in local health system, articulating theory and practice in order to find possibilities based on users citizens' rights. The theoretical framework was based on authors that analyzed the explicative dimensions of access (political, economic, technical and (mais) symbolic) articulated with the social representation theoretical model. The empirical data comprehended the observation of access in two health centers and interviews with 25 users. The analysis aimed at meeting the "empirical reality". Results showed that the access to services is focussed and selective to respond to a specific complaint, that they are technologically delayed and discriminatory services, directed to the low income user and to the socially excluded population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Caracterização diagnóstica dos serviços que atendem vítimas de acidentes e violências em cinco capitais brasileiras/ Diagnostic characterization of services providing care to victims of accidents and violence in five Brazilian state capitals

Deslandes, Suely Ferreira; Souza, Edinilsa Ramos de; Minayo, Maria Cecília de Souza; Costa, Cláudia Regina B. Sampaio Fernandes da; Krempel, Márcia; Cavalcanti, Maria de Lourdes; Lima, Maria Luiza Carvalho de; Moysés, Samuel Jorge; Leal, Maria Lúcia; Carmo, Cleber Nascimento do
2006-01-01

Resumo em português Este artigo caracteriza serviços que atendem as vítimas em capitais das cinco regiões brasileiras com altos índices de violências e acidentes.Analisam-se atividades e estratégias de atendimento, perfil das equipes, condições das instalações, equipamentos e insumos, serviços integrados de atenção e de registro de agravos e a ótica de gestores de saúde sobre demandas e necessidades para uma atenção de qualidade às vítimas. O acervo se constitui de 103 ser (mais) viços: 34 de Recife, 25 do Rio de Janeiro, 18 de Manaus, 18 de Curitiba e 8 de Brasília. Os resultados ainda preliminares indicam: menor número de serviços com atendimentos voltados a idosos; pouco investimento em ações de prevenção; suporte social, atendimento ambulatorial, hospitalar e psicológico são as principais ações empreendidas; encaminhamentos das unidades básicas de saúde requerem atenção nas comunidades e famílias; necessidade de investimentos na capacitação dos profissionais para atendimento; registros precários e feitos manualmente. O texto da Política Nacional de Redução de Morbimortalidade por Acidentes e Violências é pouco conhecido e há desarticulação inter e intra-institucional e entre atendimento pré-hospitalar e de emergência. Em todas as cidades há insuficiência de serviços de reabilitação. Resumo em inglês This article characterizes the services providing care to victims in five Brazilian regions with high violence and accident rates. It analyzes care activities and strategies, the profile of the teams, the conditions of installations, equipment and supplies, integrated care and registration services and the opinion of health managers with respect to the needs and requirements for a better care to the victims. The sample is composed by 103 services: 34 from Recife, 25 from (mais) Rio de Janeiro, 18 from Manaus, 18 from Curitiba and 8 from Brasília. The still preliminary results indicate: lower number of services focusing on the elderly; scarce investment in preventive actions; the principal actions carried out are social assistance, ambulatory and hospital care and psychological assistance; patients received from Basic Health Units require attention of the communities and families; need for investment in capacity building programs for professionals; precarious registries, data handled manually. The wording of the National Policy for Reduction ofMorbidity and Mortality from Accidents and Violence is not well-known and there is a lack of articulation among and inside sectors and between prehospital and emergency care services. Rehabilitation services are insufficient in all cities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Caracterização diagnóstica dos serviços que atendem vítimas de acidentes e violências em cinco capitais brasileiras/ Diagnostic characterization of services providing care to victims of accidents and violence in five Brazilian state capitals

Deslandes, Suely Ferreira; Souza, Edinilsa Ramos de; Minayo, Maria Cecília de Souza; Costa, Cláudia Regina B. Sampaio Fernandes da; Krempel, Márcia; Cavalcanti, Maria de Lourdes; Lima, Maria Luiza Carvalho de; Moysés, Samuel Jorge; Leal, Maria Lúcia; Carmo, Cleber Nascimento do
2006-01-01

Resumo em português Este artigo caracteriza serviços que atendem as vítimas em capitais das cinco regiões brasileiras com altos índices de violências e acidentes.Analisam-se atividades e estratégias de atendimento, perfil das equipes, condições das instalações, equipamentos e insumos, serviços integrados de atenção e de registro de agravos e a ótica de gestores de saúde sobre demandas e necessidades para uma atenção de qualidade às vítimas. O acervo se constitui de 103 ser (mais) viços: 34 de Recife, 25 do Rio de Janeiro, 18 de Manaus, 18 de Curitiba e 8 de Brasília. Os resultados ainda preliminares indicam: menor número de serviços com atendimentos voltados a idosos; pouco investimento em ações de prevenção; suporte social, atendimento ambulatorial, hospitalar e psicológico são as principais ações empreendidas; encaminhamentos das unidades básicas de saúde requerem atenção nas comunidades e famílias; necessidade de investimentos na capacitação dos profissionais para atendimento; registros precários e feitos manualmente. O texto da Política Nacional de Redução de Morbimortalidade por Acidentes e Violências é pouco conhecido e há desarticulação inter e intra-institucional e entre atendimento pré-hospitalar e de emergência. Em todas as cidades há insuficiência de serviços de reabilitação. Resumo em inglês This article characterizes the services providing care to victims in five Brazilian regions with high violence and accident rates. It analyzes care activities and strategies, the profile of the teams, the conditions of installations, equipment and supplies, integrated care and registration services and the opinion of health managers with respect to the needs and requirements for a better care to the victims. The sample is composed by 103 services: 34 from Recife, 25 from (mais) Rio de Janeiro, 18 from Manaus, 18 from Curitiba and 8 from Brasília. The still preliminary results indicate: lower number of services focusing on the elderly; scarce investment in preventive actions; the principal actions carried out are social assistance, ambulatory and hospital care and psychological assistance; patients received from Basic Health Units require attention of the communities and families; need for investment in capacity building programs for professionals; precarious registries, data handled manually. The wording of the National Policy for Reduction ofMorbidity and Mortality from Accidents and Violence is not well-known and there is a lack of articulation among and inside sectors and between prehospital and emergency care services. Rehabilitation services are insufficient in all cities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Avaliação dos serviços hospitalares de emergência do programa QualiSUS/ Evaluation of emergency services of the hospitals from the QualiSUS program

O'Dwyer, Gisele Oliveira; Oliveira, Sergio Pacheco de; Seta, Marismary Horsth de
2009-12-01

Resumo em português A assistência prestada nos serviços hospitalares de emergência é o objeto deste artigo, que pretende avaliar as emergências do programa QualiSUS. O estudo é descritivo, com aplicação de questionário aos responsáveis pela emergência de oito hospitais. A superlotação das emergências é constante e as causas apontadas são a baixa resolutividade da atenção básica e a precariedade da rede hospitalar. Seis hospitais não gerenciam a superlotação. A porta de (mais) entrada não é organizada e apenas três hospitais fazem classificação de risco. Foram verificadas dificuldades de relacionamento internas e externas, demonstrando um isolamento da emergência em relação à rede e ao próprio hospital. As patologias difíceis de encaminhar para o sistema são as crônicas, neurológicas e sociais. Em relação às equipes, a precariedade dos vínculos dificulta a fixação do profissional e sua qualificação Os profissionais não têm capacitação específica e só um serviço utiliza protocolos. Constatou-se pouca influência do QualiSUS nos hospitais. A falência da rede interfere com a superlotação e com o perfil do paciente atendido. O investimento QualiSUS não pode restringir-se ao hospital. A emergência deve estar mais integrada ao sistema e ao hospital. A capacitação de recursos humanos é imprescindível, assim como a regulação de leitos. Resumo em inglês The aid lent by the emergency services is the object of this paper, which aims to assess the emergency service of the QualiSUS program. The study is descriptive with the application of a questionnaire to the responsible of the emergency services in eight hospitals. The emergency services were always overcrowded, and the causes pointed were the low resolutivity of basic attention and the precariousness of the hospital network. Contributing to this there is the primary care (mais) decreased resolutivity and the precariousness of the hospital network. Six hospitals do not manage the emergency service. The entrance system is not organized and only three hospitals work with risk classification. All of them refer difficulties with internal and external services. The hardest pathologies to refer to other services are the chronicles, neurological and social. The professionals do not have specific qualification and the precariousness job contracts do not contribute neither for the professional's fixation nor for his qualification. Clinical protocols are used by one service. It was noticed the influence of the QualiSUS in the hospitals. The failure of the health services network interferes with the emergency patient's profile. The investment of the QualiSUS cannot be restrained to the hospital. Emergency should be more integrated to the system and hospital. The qualification of human resources is indispensable as well as the bed's regulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Avaliação dos serviços hospitalares de emergência do programa QualiSUS/ Evaluation of emergency services of the hospitals from the QualiSUS program

O'Dwyer, Gisele Oliveira; Oliveira, Sergio Pacheco de; Seta, Marismary Horsth de
2009-12-01

Resumo em português A assistência prestada nos serviços hospitalares de emergência é o objeto deste artigo, que pretende avaliar as emergências do programa QualiSUS. O estudo é descritivo, com aplicação de questionário aos responsáveis pela emergência de oito hospitais. A superlotação das emergências é constante e as causas apontadas são a baixa resolutividade da atenção básica e a precariedade da rede hospitalar. Seis hospitais não gerenciam a superlotação. A porta de (mais) entrada não é organizada e apenas três hospitais fazem classificação de risco. Foram verificadas dificuldades de relacionamento internas e externas, demonstrando um isolamento da emergência em relação à rede e ao próprio hospital. As patologias difíceis de encaminhar para o sistema são as crônicas, neurológicas e sociais. Em relação às equipes, a precariedade dos vínculos dificulta a fixação do profissional e sua qualificação Os profissionais não têm capacitação específica e só um serviço utiliza protocolos. Constatou-se pouca influência do QualiSUS nos hospitais. A falência da rede interfere com a superlotação e com o perfil do paciente atendido. O investimento QualiSUS não pode restringir-se ao hospital. A emergência deve estar mais integrada ao sistema e ao hospital. A capacitação de recursos humanos é imprescindível, assim como a regulação de leitos. Resumo em inglês The aid lent by the emergency services is the object of this paper, which aims to assess the emergency service of the QualiSUS program. The study is descriptive with the application of a questionnaire to the responsible of the emergency services in eight hospitals. The emergency services were always overcrowded, and the causes pointed were the low resolutivity of basic attention and the precariousness of the hospital network. Contributing to this there is the primary care (mais) decreased resolutivity and the precariousness of the hospital network. Six hospitals do not manage the emergency service. The entrance system is not organized and only three hospitals work with risk classification. All of them refer difficulties with internal and external services. The hardest pathologies to refer to other services are the chronicles, neurological and social. The professionals do not have specific qualification and the precariousness job contracts do not contribute neither for the professional's fixation nor for his qualification. Clinical protocols are used by one service. It was noticed the influence of the QualiSUS in the hospitals. The failure of the health services network interferes with the emergency patient's profile. The investment of the QualiSUS cannot be restrained to the hospital. Emergency should be more integrated to the system and hospital. The qualification of human resources is indispensable as well as the bed's regulation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Resoluções do Conselho de Saúde: instrumento de controle social ou documento burocrático?/ Resolutions of the Health Council: instrument of social control or bureaucratic document?

Landerdhal, Maria Celeste; Unfer, Beatriz; Braun, Katia; Skupien, Jovito Adiel
2010-08-01

Resumo em português O presente estudo, de caráter documental, analisa as resoluções registradas em atas de reuniões de um Conselho de Saúde, de forma a caracterizar o controle social em saúde realizado por esta instância. A maioria das resoluções referiam-se à aprovação de programas e projetos, oriundos da Secretaria da Saúde, referentes à reforma, aquisição de material e equipamento para unidades de saúde, qualificação de serviços já existentes ou criação de novos ser (mais) viços. O estudo sugere que a prática deste conselho parece ser burocratizada, sem que seja visualizada nenhuma proposição de políticas de saúde pelo conselho. A forma como as resoluções vêm sendo formalizadas não caracteriza seu encaminhamento, muito menos a visibilidade das ações para a população em geral. No caso estudado, sinaliza-se que o mero funcionamento regular deste conselho não garante que exista efetivo controle social. Resumo em inglês The present study has a documentary character and analyzes the resolutions registered in minutes of meetings of a Health Council, as a form to characterize the social control in health carried through for this instance. The majority of the resolutions were referred to the approval of Programs and Projects, arising from the Secretariat of Health, regarding the reform, material and equipment acquisition for units of health, the qualification of existing services or the crea (mais) tion of new services. The study suggests that the practical one of this council seems to be bureaucratic, without any proposal of politics of health for the council is visualized. The way the resolutions have being legalized does not characterize its guiding not even the visibility of the actions for the population in general. In the studied case, it is signaled that the mere regular functioning of this council does not guarantee that exist effective social control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Resoluções do Conselho de Saúde: instrumento de controle social ou documento burocrático?/ Resolutions of the Health Council: instrument of social control or bureaucratic document?

Landerdhal, Maria Celeste; Unfer, Beatriz; Braun, Katia; Skupien, Jovito Adiel
2010-08-01

Resumo em português O presente estudo, de caráter documental, analisa as resoluções registradas em atas de reuniões de um Conselho de Saúde, de forma a caracterizar o controle social em saúde realizado por esta instância. A maioria das resoluções referiam-se à aprovação de programas e projetos, oriundos da Secretaria da Saúde, referentes à reforma, aquisição de material e equipamento para unidades de saúde, qualificação de serviços já existentes ou criação de novos ser (mais) viços. O estudo sugere que a prática deste conselho parece ser burocratizada, sem que seja visualizada nenhuma proposição de políticas de saúde pelo conselho. A forma como as resoluções vêm sendo formalizadas não caracteriza seu encaminhamento, muito menos a visibilidade das ações para a população em geral. No caso estudado, sinaliza-se que o mero funcionamento regular deste conselho não garante que exista efetivo controle social. Resumo em inglês The present study has a documentary character and analyzes the resolutions registered in minutes of meetings of a Health Council, as a form to characterize the social control in health carried through for this instance. The majority of the resolutions were referred to the approval of Programs and Projects, arising from the Secretariat of Health, regarding the reform, material and equipment acquisition for units of health, the qualification of existing services or the crea (mais) tion of new services. The study suggests that the practical one of this council seems to be bureaucratic, without any proposal of politics of health for the council is visualized. The way the resolutions have being legalized does not characterize its guiding not even the visibility of the actions for the population in general. In the studied case, it is signaled that the mere regular functioning of this council does not guarantee that exist effective social control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Apoio social e redes: conectando solidariedade e saúde/ Social support and network: connecting solidarity and health

Andrade, Gabriela R. B. de; Vaitsman, Jeni
2002-01-01

Resumo em português Este artigo discute alguns aspectos da participação de usuários de um serviço público de saúde, o Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPCEC/Fiocruz), em uma associação de pacientes, a Associação Lutando para Viver (ALpViver). Baseado em pesquisa qualitativa, com entrevistas semi-estruturadas e observação participante, o trabalho analisa o papel dessa associação, na visão de profissionais do hospital e pacientes, a partir dos conceitos de rede soc (mais) ial, apoio social e empowerment. A relevância deste estudo se dá a partir da noção de que a valorização de uma cultura participativa dentro das instituições de saúde contribui para aumentar a autonomia e elevar a auto-estima dos usuários, melhorando a qualidade de vida e de saúde dos mesmos. Resumo em inglês This article discusses the participation of patients in health services through social support groups. Based on a qualitative research, with semi-structured questions and participant observation, one of the roles of Associação Lutando para Viver (ALpViver) acting withing Instituto de Pesquisa Evandro Chagas (IPCEC), is analysed. The group's actions were considered as promoting patient's autonomy, increasing their self-steem and avoiding loneliness. It was concluded that (mais) it is possible to establish an active place for users of public health services, through the valorization of a participative culture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Apoio social e redes: conectando solidariedade e saúde/ Social support and network: connecting solidarity and health

Andrade, Gabriela R. B. de; Vaitsman, Jeni
2002-01-01

Resumo em português Este artigo discute alguns aspectos da participação de usuários de um serviço público de saúde, o Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPCEC/Fiocruz), em uma associação de pacientes, a Associação Lutando para Viver (ALpViver). Baseado em pesquisa qualitativa, com entrevistas semi-estruturadas e observação participante, o trabalho analisa o papel dessa associação, na visão de profissionais do hospital e pacientes, a partir dos conceitos de rede soc (mais) ial, apoio social e empowerment. A relevância deste estudo se dá a partir da noção de que a valorização de uma cultura participativa dentro das instituições de saúde contribui para aumentar a autonomia e elevar a auto-estima dos usuários, melhorando a qualidade de vida e de saúde dos mesmos. Resumo em inglês This article discusses the participation of patients in health services through social support groups. Based on a qualitative research, with semi-structured questions and participant observation, one of the roles of Associação Lutando para Viver (ALpViver) acting withing Instituto de Pesquisa Evandro Chagas (IPCEC), is analysed. The group's actions were considered as promoting patient's autonomy, increasing their self-steem and avoiding loneliness. It was concluded that (mais) it is possible to establish an active place for users of public health services, through the valorization of a participative culture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Utilização do Programa de Saúde da Família em regiões metropolitanas: abordagem metodológica/ Utilization of the Family Health Program in metropolitan regions: a methodological approach/ Utilización del Programa de Salud de la Família en regiones metropolitanas: abordaje metodológico

Bousquat, Aylene; Alves, Maria Cecilia Goi Porto; Elias, Paulo Eduardo
2008-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar a abordagem metodológica de pesquisa para definição do perfil de utilização de serviços de saúde pela população adstrita ao Programa Saúde da Família. MÉTODOS: Considerou-se a existência de três padrões de uso dos serviços acessados pela população: residual, parcial e completo, definidos a partir do leque de ações do Programa Saúde da Família que são acessadas pela população. Foi realizado inquérito com amostragem em duas fas (mais) es em área de elevada exclusão social do município de São Paulo (SP), em 2006. Na primeira fase, 960 pessoas participantes de equipes de saúde da família foram sorteadas e classificadas pelos agentes comunitários de saúde em "uso completo" ou não dos serviços de saúde. Na segunda fase, 173 sorteados foram então classificados segundo os padrões de uso dos serviços. RESULTADOS: Os usuários foram classificados em completos (16%), parciais (57%) e residuais (26%), mostrando-se distintos em relação a características sociodemográficas. Houve utilização seletiva e focada dos serviços oferecidos pelo Programa Saúde da Família, na qual pertencer ao sexo masculino, ter escolaridade superior à quinta série do ensino fundamental, exercer atividade remunerada e acessar planos de saúde implicou menor adesão aos serviços, mesmo se tratando de regiões com pouca oferta de serviços assistenciais. Mesmo em áreas de alta exclusão social e baixa oferta de serviços de saúde, 25% da população cadastrada não utiliza serviços ofertados, recebendo apenas visitas domiciliares. CONCLUSÕES: Metodologias capazes de captar distintos padrões de utilização de serviços de saúde pela população podem contribuir para aprimorar a avaliação de serviços. Resumo em espanhol OBJETIVO: Presentar un abordaje metodológico de investigación para la definición del perfil de utilización de los servicios de salud por la población dependiente del Programa de Salud de la Familia. MÉTODOS: Se consideró la existencia de tres patrones de uso de los servicios que accede la población: residual, parcial y completo, definidos a partir del abanico de opciones del Programa de Salud de la Familia, a los que accede la población. Se realizó una investiga (mais) ción con muestreo en dos fases en área de elevada exclusión social del municipio de Sao Paulo (Sureste de Brasil), en 2006. En la primera fase, 960 personas participantes de equipos de salud de la familia fueron sorteadas y clasificadas por los agentes comunitarios de salud en "uso completo" o no de los servicios de salud. En la segunda fase, 173 sorteados fueron clasificados de acuerdo a los patrones de uso de los servicios. RESULTADOS: Los usuarios fueron clasificados en completos (16%), parciales (57%) y residuales (26%), reflejándose distintos con relación a las características sociodemográficas. Hay una utilización selectiva y enfocada de los servicios ofrecidos por el Programa de Salud de la Familia, en la cual pertenecer al sexo masculino, tener escolaridad superior a la quinta serie de la enseñanza fundamental, ejercer una actividad remunerada y acceder a los seguros de salud implica menor adhesión a los servicios, aún tratándose de regiones con poca oferta de servicios asistenciales. Incluso en áreas de alta exclusión social e baja oferta de servicios de salud, 25% de la población censada no utiliza servicios ofertados, recibiendo sólo las visitas domiciliares. CONCLUSIONES: Metodologías capaces de captar distintos patrones de utilización de servicios de salud por la población pueden contribuir para mejorar la evaluación de servicios. Resumo em inglês OBJECTIVE: To present the methodological approach used to define the profile of health services utilization by the population enrolled in the Family Health Program. METHODS: Three patterns of services utilization accessed by the population were considered: residual, partial and full. These patterns were identified based on the range of actions of the Family Health Program that are accessed by the population. An enquiry was conducted in 2006 with two-stage sampling in an a (mais) rea characterized by high levels of social exclusion in the city of São Paulo, Brazil. In the first stage, 960 people participating in family health teams were drawn and classified by the community-based health agents as "full use" or not of the health services. In the second stage, 173 drawn subjects were then classified according to the patterns of services utilization. RESULTS: Subjects were classified as full users (16%), partial users (57%) and residual users (26%), and had different social and demographic characteristics. There was a selective and focused utilization of the services offered by the Family Health Program. Being male, having a level of schooling above the fifth grade of elementary school, having a paid job and accessing medical care systems implied lower adhesion to the services, even though the study focused on regions with few options of healthcare services. Even in areas of high social exclusion and low offer of health services, 25% of the enrolled population did not use the services offered at the Family Health Units, receiving only home visits. CONCLUSIONS: Methodologies that are capable of capturing distinct patterns of health services utilization by the population may contribute to improve services evaluation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Utilização do Programa de Saúde da Família em regiões metropolitanas: abordagem metodológica/ Utilization of the Family Health Program in metropolitan regions: a methodological approach/ Utilización del Programa de Salud de la Família en regiones metropolitanas: abordaje metodológico

Bousquat, Aylene; Alves, Maria Cecilia Goi Porto; Elias, Paulo Eduardo
2008-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar a abordagem metodológica de pesquisa para definição do perfil de utilização de serviços de saúde pela população adstrita ao Programa Saúde da Família. MÉTODOS: Considerou-se a existência de três padrões de uso dos serviços acessados pela população: residual, parcial e completo, definidos a partir do leque de ações do Programa Saúde da Família que são acessadas pela população. Foi realizado inquérito com amostragem em duas fas (mais) es em área de elevada exclusão social do município de São Paulo (SP), em 2006. Na primeira fase, 960 pessoas participantes de equipes de saúde da família foram sorteadas e classificadas pelos agentes comunitários de saúde em "uso completo" ou não dos serviços de saúde. Na segunda fase, 173 sorteados foram então classificados segundo os padrões de uso dos serviços. RESULTADOS: Os usuários foram classificados em completos (16%), parciais (57%) e residuais (26%), mostrando-se distintos em relação a características sociodemográficas. Houve utilização seletiva e focada dos serviços oferecidos pelo Programa Saúde da Família, na qual pertencer ao sexo masculino, ter escolaridade superior à quinta série do ensino fundamental, exercer atividade remunerada e acessar planos de saúde implicou menor adesão aos serviços, mesmo se tratando de regiões com pouca oferta de serviços assistenciais. Mesmo em áreas de alta exclusão social e baixa oferta de serviços de saúde, 25% da população cadastrada não utiliza serviços ofertados, recebendo apenas visitas domiciliares. CONCLUSÕES: Metodologias capazes de captar distintos padrões de utilização de serviços de saúde pela população podem contribuir para aprimorar a avaliação de serviços. Resumo em espanhol OBJETIVO: Presentar un abordaje metodológico de investigación para la definición del perfil de utilización de los servicios de salud por la población dependiente del Programa de Salud de la Familia. MÉTODOS: Se consideró la existencia de tres patrones de uso de los servicios que accede la población: residual, parcial y completo, definidos a partir del abanico de opciones del Programa de Salud de la Familia, a los que accede la población. Se realizó una investiga (mais) ción con muestreo en dos fases en área de elevada exclusión social del municipio de Sao Paulo (Sureste de Brasil), en 2006. En la primera fase, 960 personas participantes de equipos de salud de la familia fueron sorteadas y clasificadas por los agentes comunitarios de salud en "uso completo" o no de los servicios de salud. En la segunda fase, 173 sorteados fueron clasificados de acuerdo a los patrones de uso de los servicios. RESULTADOS: Los usuarios fueron clasificados en completos (16%), parciales (57%) y residuales (26%), reflejándose distintos con relación a las características sociodemográficas. Hay una utilización selectiva y enfocada de los servicios ofrecidos por el Programa de Salud de la Familia, en la cual pertenecer al sexo masculino, tener escolaridad superior a la quinta serie de la enseñanza fundamental, ejercer una actividad remunerada y acceder a los seguros de salud implica menor adhesión a los servicios, aún tratándose de regiones con poca oferta de servicios asistenciales. Incluso en áreas de alta exclusión social e baja oferta de servicios de salud, 25% de la población censada no utiliza servicios ofertados, recibiendo sólo las visitas domiciliares. CONCLUSIONES: Metodologías capaces de captar distintos patrones de utilización de servicios de salud por la población pueden contribuir para mejorar la evaluación de servicios. Resumo em inglês OBJECTIVE: To present the methodological approach used to define the profile of health services utilization by the population enrolled in the Family Health Program. METHODS: Three patterns of services utilization accessed by the population were considered: residual, partial and full. These patterns were identified based on the range of actions of the Family Health Program that are accessed by the population. An enquiry was conducted in 2006 with two-stage sampling in an a (mais) rea characterized by high levels of social exclusion in the city of São Paulo, Brazil. In the first stage, 960 people participating in family health teams were drawn and classified by the community-based health agents as "full use" or not of the health services. In the second stage, 173 drawn subjects were then classified according to the patterns of services utilization. RESULTS: Subjects were classified as full users (16%), partial users (57%) and residual users (26%), and had different social and demographic characteristics. There was a selective and focused utilization of the services offered by the Family Health Program. Being male, having a level of schooling above the fifth grade of elementary school, having a paid job and accessing medical care systems implied lower adhesion to the services, even though the study focused on regions with few options of healthcare services. Even in areas of high social exclusion and low offer of health services, 25% of the enrolled population did not use the services offered at the Family Health Units, receiving only home visits. CONCLUSIONS: Methodologies that are capable of capturing distinct patterns of health services utilization by the population may contribute to improve services evaluation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Avaliação da estrutura dos centros de atenção psicossocial do município de São Paulo, SP/ Evaluation of psychosocial healthcare services in the city of São Paulo, Southeastern Brazil/ Evaluación de la estructura de los centros de atención psicosocial del municipio de Sao Paulo, Sureste de Brasil

Nascimento, Andréia de Fátima; Galvanese, Ana Tereza Costa
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever a estrutura física, recursos humanos e modalidades de atenção existentes nos centros de atenção psicossocial (CAPS). MÉTODOS: Foram incluídos no estudo 21 CAPS para atendimento de adultos, vinculados à Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SP), entre 2007 e 2008. Foram coletadas informações sobre as instalações físicas dos serviços, recursos humanos disponíveis e procedimentos de cuidado ao paciente, utilizando instrumento padron (mais) izado. Foram realizados análise descritiva dos dados e o teste de qui-quadrado para testar a associação entre os tipos de atividades e a origem e localização dos serviços. RESULTADOS: Dez serviços foram criados como ambulatórios e posteriormente transformados, oito eram hospitais-dia e apenas três foram criados como CAPS. Nenhum serviço funcionava diariamente durante 24 horas. Metade dos serviços funcionava em imóveis alugados, com instalações físicas inadequadas especialmente para atendimentos grupais. A composição das equipes dos serviços foi bastante diversa. As atividades desempenhadas nos CAPS foram heterogêneas, com maior valorização das atividades grupais desenvolvidas com usuários dentro dos CAPS e pouca integração aos outros equipamentos de saúde. As atividades grupais de arte e cultura foram as mais freqüentes em todos os serviços. Os serviços de origem ambulatorial apresentavam atividades artesanais e os que haviam sido hospitais-dia realizavam mais atividades de integração psicofísica. O perfil de atividades relacionou-se à distribuição regional dos serviços. CONCLUSÕES: A heterogeneidade dos CAPS parece se relacionar à história dos programas de saúde mental implementados no município desde a década de 1980 e à diversidade socioeconômica e cultural das regiões da cidade, bem como às diferentes composições das equipes observadas. Diferentes modelos de atenção psicossocial foram encontrados, desde a constituição de "equipamentos-síntese" dos quais os usuários não recebem alta, até serviços que encaminham e dão alta após a estabilização dos sintomas dos usuários, numa tentativa de construção de uma rede de cuidados. Resumo em espanhol OBJETIVO: Describir la estructura física, recursos humanos y modalidades de atención existentes en los centros de atención psicosocial (CAPS). MÉTODOS: Fueron incluidos en el estudio 21 CAPS para atención de adultos, vinculados a la Secretaria Municipal de Salud de Sao Paulo (Sureste de Brasil), entre 2007 y 2008. Fueron colectadas informaciones sobre las instalaciones físicas de los servicios, recursos humanos disponibles y procedimientos de cuidado al paciente, ut (mais) ilizando instrumento estandarizado. Fueron realizados análisis descriptivos de los datos y la prueba de Chi-cuadrado para evaluar la asociación entre los tipos de actividades y el origen y localización de los servicios. RESULTADOS: Diez servicios fueron creados como ambulatorios y posteriormente transformados, ocho eran hospitales-día y apenas tres fueron creados como CAPS. Ningún servicio funcionaba diariamente durante 24 horas. Mitad de los servicios funcionaba en inmuebles alquilados, con instalaciones físicas inadecuadas especialmente para atenciones grupales. La composición de los equipos de servicios fue bastante diversa. Las actividades desempeñadas en los CAPS fueron heterogéneas, con mayor valorización de las actividades grupales desarrolladas con usuarios dentro de los CAPS y poca integración a los otros equipos de salud. Los servicios de origen ambulatorio presentaban actividades artesanales y los que habían sido hospitales-día realizaban más actividades de integración psicofísica. El perfil de actividades se relacionó con la distribución regional de los servicios. CONCLUSIONES: La heterogeneidad de los CAPS parece relacionarse con la historia de los programas de salud mental implementados en el municipio desde la década de 1980 y a la diversidad socioeconómica y cultural de las regiones de la ciudad, bien como a las diferentes composiciones de los equipos observados. Diferentes modelos de atención psicosocial fueron encontrados, desde la constitución de "equipos-síntesis" de los cuales los usuarios no reciben alta, hasta servicios que encaminan y dan alta posterior a la estabilización de los síntomas de los usuarios, en un intento de construcción de una red de cuidados. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe infrastructure, human resources, and care approaches in psychosocial healthcare services. METHODS: Descriptive study including 21 psychossocial healthcare services for adults affiliated to the local health department in the city of São Paulo, Southeastern Brazil, conducted between 2007 and 2008. Information about infrastructure of facilities, human resources available and patient care was collected using a standardized instrument. There were perfor (mais) med descriptive data analysis and chi-square test to test the association between care activities and service source and location. RESULTS: Ten services were first created as outpatient clinics and later adapted, eight were day hospitals and only three were created as psychosocial healthcare services. None of them was open 24 hours a day. Half of them were located in rented buildings with inadequate infrastructure especially for group activities. Staff composition was very different among services, with emphasis on on-site group activities and little integration to other health services. All services provided mostly arts and cultural activities. Earlier outpatient services provided mainly craft activities and former day-hospitals offered mostly psychophysical integration activities. The profile of activities varied according to the geographical distribution of services. CONCLUSIONS: Current heterogeneous character of psychosocial healthcare services seems associated to the history of mental health care programs that have been implemented in São Paulo since 1980s and to social, economic and cultural differences in different areas of the city. Different psychosocial care approaches were found ranging from on-site care with little integration with other health services to services that refer their users to other services after symptoms become stable in an attempt to create a network of mental health care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Avaliação da estrutura dos centros de atenção psicossocial do município de São Paulo, SP/ Evaluation of psychosocial healthcare services in the city of São Paulo, Southeastern Brazil/ Evaluación de la estructura de los centros de atención psicosocial del municipio de Sao Paulo, Sureste de Brasil

Nascimento, Andréia de Fátima; Galvanese, Ana Tereza Costa
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever a estrutura física, recursos humanos e modalidades de atenção existentes nos centros de atenção psicossocial (CAPS). MÉTODOS: Foram incluídos no estudo 21 CAPS para atendimento de adultos, vinculados à Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SP), entre 2007 e 2008. Foram coletadas informações sobre as instalações físicas dos serviços, recursos humanos disponíveis e procedimentos de cuidado ao paciente, utilizando instrumento padron (mais) izado. Foram realizados análise descritiva dos dados e o teste de qui-quadrado para testar a associação entre os tipos de atividades e a origem e localização dos serviços. RESULTADOS: Dez serviços foram criados como ambulatórios e posteriormente transformados, oito eram hospitais-dia e apenas três foram criados como CAPS. Nenhum serviço funcionava diariamente durante 24 horas. Metade dos serviços funcionava em imóveis alugados, com instalações físicas inadequadas especialmente para atendimentos grupais. A composição das equipes dos serviços foi bastante diversa. As atividades desempenhadas nos CAPS foram heterogêneas, com maior valorização das atividades grupais desenvolvidas com usuários dentro dos CAPS e pouca integração aos outros equipamentos de saúde. As atividades grupais de arte e cultura foram as mais freqüentes em todos os serviços. Os serviços de origem ambulatorial apresentavam atividades artesanais e os que haviam sido hospitais-dia realizavam mais atividades de integração psicofísica. O perfil de atividades relacionou-se à distribuição regional dos serviços. CONCLUSÕES: A heterogeneidade dos CAPS parece se relacionar à história dos programas de saúde mental implementados no município desde a década de 1980 e à diversidade socioeconômica e cultural das regiões da cidade, bem como às diferentes composições das equipes observadas. Diferentes modelos de atenção psicossocial foram encontrados, desde a constituição de "equipamentos-síntese" dos quais os usuários não recebem alta, até serviços que encaminham e dão alta após a estabilização dos sintomas dos usuários, numa tentativa de construção de uma rede de cuidados. Resumo em espanhol OBJETIVO: Describir la estructura física, recursos humanos y modalidades de atención existentes en los centros de atención psicosocial (CAPS). MÉTODOS: Fueron incluidos en el estudio 21 CAPS para atención de adultos, vinculados a la Secretaria Municipal de Salud de Sao Paulo (Sureste de Brasil), entre 2007 y 2008. Fueron colectadas informaciones sobre las instalaciones físicas de los servicios, recursos humanos disponibles y procedimientos de cuidado al paciente, ut (mais) ilizando instrumento estandarizado. Fueron realizados análisis descriptivos de los datos y la prueba de Chi-cuadrado para evaluar la asociación entre los tipos de actividades y el origen y localización de los servicios. RESULTADOS: Diez servicios fueron creados como ambulatorios y posteriormente transformados, ocho eran hospitales-día y apenas tres fueron creados como CAPS. Ningún servicio funcionaba diariamente durante 24 horas. Mitad de los servicios funcionaba en inmuebles alquilados, con instalaciones físicas inadecuadas especialmente para atenciones grupales. La composición de los equipos de servicios fue bastante diversa. Las actividades desempeñadas en los CAPS fueron heterogéneas, con mayor valorización de las actividades grupales desarrolladas con usuarios dentro de los CAPS y poca integración a los otros equipos de salud. Los servicios de origen ambulatorio presentaban actividades artesanales y los que habían sido hospitales-día realizaban más actividades de integración psicofísica. El perfil de actividades se relacionó con la distribución regional de los servicios. CONCLUSIONES: La heterogeneidad de los CAPS parece relacionarse con la historia de los programas de salud mental implementados en el municipio desde la década de 1980 y a la diversidad socioeconómica y cultural de las regiones de la ciudad, bien como a las diferentes composiciones de los equipos observados. Diferentes modelos de atención psicosocial fueron encontrados, desde la constitución de "equipos-síntesis" de los cuales los usuarios no reciben alta, hasta servicios que encaminan y dan alta posterior a la estabilización de los síntomas de los usuarios, en un intento de construcción de una red de cuidados. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe infrastructure, human resources, and care approaches in psychosocial healthcare services. METHODS: Descriptive study including 21 psychossocial healthcare services for adults affiliated to the local health department in the city of São Paulo, Southeastern Brazil, conducted between 2007 and 2008. Information about infrastructure of facilities, human resources available and patient care was collected using a standardized instrument. There were perfor (mais) med descriptive data analysis and chi-square test to test the association between care activities and service source and location. RESULTS: Ten services were first created as outpatient clinics and later adapted, eight were day hospitals and only three were created as psychosocial healthcare services. None of them was open 24 hours a day. Half of them were located in rented buildings with inadequate infrastructure especially for group activities. Staff composition was very different among services, with emphasis on on-site group activities and little integration to other health services. All services provided mostly arts and cultural activities. Earlier outpatient services provided mainly craft activities and former day-hospitals offered mostly psychophysical integration activities. The profile of activities varied according to the geographical distribution of services. CONCLUSIONS: Current heterogeneous character of psychosocial healthcare services seems associated to the history of mental health care programs that have been implemented in São Paulo since 1980s and to social, economic and cultural differences in different areas of the city. Different psychosocial care approaches were found ranging from on-site care with little integration with other health services to services that refer their users to other services after symptoms become stable in an attempt to create a network of mental health care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Reforma, responsabilidades e redes: sobre o cuidado em saúde mental/ Reform, responsibilities and networks: about mental health care

Silva, Martinho Braga Batista e
2009-02-01

Resumo em português Tendo em vista o processo paulatino de responsabilização de atores e instâncias sociais pelo cuidado no contexto da Reforma Psiquiátrica brasileira, percebe-se que familiares e vizinhos de pacientes psiquiátricos têm sido instigados a " participar" da política pública, principalmente no lugar de " suporte social" , embora oficialmente considerados " parceiros" . Essa reconfiguração da relação entre Estado e sociedade civil é consagrada pela diretriz govername (mais) ntal de tomada de responsabilidade dos serviços pelo território, uma mudança da lógica de demanda e oferta de atendimento no sentido de estimular serviços extra-hospitalares - como os Centros de Atenção Psicossocial, campo desse estudo - a se encarregarem pela população adscrita a uma área geográfica. O objetivo desse texto é investigar as tecnologias psicossociais produzidas nesse contexto político, institucional e histórico específico, tais como a mediação de trocas sociais e a arbitragem de conflitos. Um dos materiais analisados são os registros em prontuário, que podem constituir os atores e instâncias sociais citados como envolvidos no campo da saúde mental, enredando-os na malha administrativa construída como rede de suporte social. Resumo em inglês In the context of the Brazilian Psychiatric Reform family members and neighbors of psychiatric patients have been urged to " participate" in the public policies, mainly as " social support" although officially considered " partners" . This reconfiguration of the relationship between State and civil society is reflected in the directive that the services have to take over the responsibility for territories, a change in the logic of supply and demand aimed at stimulating ex (mais) tra-hospital services such as Psychosocial Care Centers, the object of this study, to provide care to the population of a certain geographical area. The purpose of this article is to investigate the psychosocial technologies produced in this specific political, institutional and historical context such as mediation of social changes and conflicts. Among the analyzed materials are the medical records indicating the involvement of the social actors in the social support network.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Reforma, responsabilidades e redes: sobre o cuidado em saúde mental/ Reform, responsibilities and networks: about mental health care

Silva, Martinho Braga Batista e
2009-02-01

Resumo em português Tendo em vista o processo paulatino de responsabilização de atores e instâncias sociais pelo cuidado no contexto da Reforma Psiquiátrica brasileira, percebe-se que familiares e vizinhos de pacientes psiquiátricos têm sido instigados a " participar" da política pública, principalmente no lugar de " suporte social" , embora oficialmente considerados " parceiros" . Essa reconfiguração da relação entre Estado e sociedade civil é consagrada pela diretriz govername (mais) ntal de tomada de responsabilidade dos serviços pelo território, uma mudança da lógica de demanda e oferta de atendimento no sentido de estimular serviços extra-hospitalares - como os Centros de Atenção Psicossocial, campo desse estudo - a se encarregarem pela população adscrita a uma área geográfica. O objetivo desse texto é investigar as tecnologias psicossociais produzidas nesse contexto político, institucional e histórico específico, tais como a mediação de trocas sociais e a arbitragem de conflitos. Um dos materiais analisados são os registros em prontuário, que podem constituir os atores e instâncias sociais citados como envolvidos no campo da saúde mental, enredando-os na malha administrativa construída como rede de suporte social. Resumo em inglês In the context of the Brazilian Psychiatric Reform family members and neighbors of psychiatric patients have been urged to " participate" in the public policies, mainly as " social support" although officially considered " partners" . This reconfiguration of the relationship between State and civil society is reflected in the directive that the services have to take over the responsibility for territories, a change in the logic of supply and demand aimed at stimulating ex (mais) tra-hospital services such as Psychosocial Care Centers, the object of this study, to provide care to the population of a certain geographical area. The purpose of this article is to investigate the psychosocial technologies produced in this specific political, institutional and historical context such as mediation of social changes and conflicts. Among the analyzed materials are the medical records indicating the involvement of the social actors in the social support network.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Uso de serviços odontológicos por rotina entre idosos brasileiros: Projeto SB Brasil/ Routine use of dental services by the elderly in Brazil: the SB Brazil Project

Martins, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima; Haikal, Desirée Sant'Ana; Pereira, Samantha Mourão; Barreto, Sandhi Maria
2008-07-01

Resumo em português Investigou-se o uso de serviços odontológicos por rotina entre idosos brasileiros participantes do Projeto SB Brasil. Desses, 2.305 eram dentados, 2.704, edentados, a prevalência do uso foi de 20% e 17%, respectivamente. A regressão logística mostrou que, entre dentados, o uso foi maior entre aqueles com maior escolaridade e menor entre residentes no Norte e Nordeste; na zona rural; que não usaram no último ano; que não foram informados sobre como evitar problemas (mais) bucais; que relataram dor; que necessitavam de próteses e de tratamento periodontal; que autoperceberam sua mastigação regular; cuja condição bucal afetava o relacionamento; que autoperceberam sua fala ruim/péssima. Entre edentados, o uso por rotina foi maior entre aqueles com maior escolaridade e entre usuários de serviços pagos. Foi menor entre não brancos; residentes no nordeste; na zona rural; que não usaram no último ano; que não foram informados sobre como evitar problemas bucais; os com menor renda; que necessitavam de prótese; cuja condição bucal afetava o relacionamento. Iniqüidades, barreiras financeiras e falta de informações parecem prejudicar o uso rotineiro, indicando necessidade de políticas públicas. Resumo em inglês The routine use of dental services by elderly participants in a representative survey of Brazilians (the SB Brazil Project) was investigated. 2,305 were dentate and 2,704 edentulous. Prevalence of use was 20% and 17%, respectively. Poisson regression showed that for dentate individuals, use was lower among residents who: lived in rural areas; had not received preventive oral health information; had lower incomes; needed a dental prosthesis; had periodontal problems; perce (mais) ived their chewing as fair, bad, or terrible; felt that oral health affected their social interaction; and reported tooth pain. Among edentulous individuals, use was higher among those who paid out-of-pocket for dental services and was lower among those who: lived in rural areas; had used dental services more than a year previously; self-identified as non-white; had not received preventive oral health information; had less schooling; needed a dental prosthesis; and felt that oral health affected their social interaction. Inequalities, economic barriers, and lack of information jeopardized the routine use of dental services. Targeted public policies are required to correct these problems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Uso de serviços odontológicos por rotina entre idosos brasileiros: Projeto SB Brasil/ Routine use of dental services by the elderly in Brazil: the SB Brazil Project

Martins, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima; Haikal, Desirée Sant'Ana; Pereira, Samantha Mourão; Barreto, Sandhi Maria
2008-07-01

Resumo em português Investigou-se o uso de serviços odontológicos por rotina entre idosos brasileiros participantes do Projeto SB Brasil. Desses, 2.305 eram dentados, 2.704, edentados, a prevalência do uso foi de 20% e 17%, respectivamente. A regressão logística mostrou que, entre dentados, o uso foi maior entre aqueles com maior escolaridade e menor entre residentes no Norte e Nordeste; na zona rural; que não usaram no último ano; que não foram informados sobre como evitar problemas (mais) bucais; que relataram dor; que necessitavam de próteses e de tratamento periodontal; que autoperceberam sua mastigação regular; cuja condição bucal afetava o relacionamento; que autoperceberam sua fala ruim/péssima. Entre edentados, o uso por rotina foi maior entre aqueles com maior escolaridade e entre usuários de serviços pagos. Foi menor entre não brancos; residentes no nordeste; na zona rural; que não usaram no último ano; que não foram informados sobre como evitar problemas bucais; os com menor renda; que necessitavam de prótese; cuja condição bucal afetava o relacionamento. Iniqüidades, barreiras financeiras e falta de informações parecem prejudicar o uso rotineiro, indicando necessidade de políticas públicas. Resumo em inglês The routine use of dental services by elderly participants in a representative survey of Brazilians (the SB Brazil Project) was investigated. 2,305 were dentate and 2,704 edentulous. Prevalence of use was 20% and 17%, respectively. Poisson regression showed that for dentate individuals, use was lower among residents who: lived in rural areas; had not received preventive oral health information; had lower incomes; needed a dental prosthesis; had periodontal problems; perce (mais) ived their chewing as fair, bad, or terrible; felt that oral health affected their social interaction; and reported tooth pain. Among edentulous individuals, use was higher among those who paid out-of-pocket for dental services and was lower among those who: lived in rural areas; had used dental services more than a year previously; self-identified as non-white; had not received preventive oral health information; had less schooling; needed a dental prosthesis; and felt that oral health affected their social interaction. Inequalities, economic barriers, and lack of information jeopardized the routine use of dental services. Targeted public policies are required to correct these problems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Análise diagnóstica dos serviços de reabilitação que assistem vítimas de acidentes e violências em Recife/ Diagnostic analysis of the rehabilitation services that attend victims of accidents and violence in Recife

Lima, Maria Luiza Carvalho de; Deslandes, Suely Ferreira; Souza, Edinilsa Ramos de; Lima, Maria Luiza Lopes Timóteo de; Barreira, Alice Kelly
2009-12-01

Resumo em português Este artigo visa analisar os serviços de reabilitação em Recife, confrontando com o que preconiza a Política Nacional de Redução de Morbimortalidade (PNMRAV). O estudo foi realizado em seis unidades/serviços de reabilitação, sendo cinco municipais e uma ONG conveniada ao SUS. A investigação desenvolveu-se com entrevista semi-estruturada destinada ao gestor da Atenção à Saúde de Pessoa com Deficiência, objetivando o mapeamento da rede, e questionário aplic (mais) ado aos gerentes dos serviços para identificar as unidades e suas atividades, estrutura e organização desses serviços. A rede de atenção à reabilitação no município do Recife não cumpre satisfatoriamente as diretrizes da PNRMAV por apresentar número reduzido de serviços/programas; falta de uma equipe multidisciplinar; falta de aporte tecnológico; deficiente articulação intra e intersetorial; pouca integração entre a vítima e a família para a reinserção familiar e social e incipientes atividades de prevenção e promoção. Conclui-se que há um esforço em adequar as ações a esse grupo populacional; no entanto, existem significativos déficits de cobertura, de pessoal, de equipamentos, de registro de informação e de articulação entre os vários níveis da rede de saúde. Resumo em inglês This paper aims to analyze the rehabilitation services in Recife, Brazil, confronting it with what the National Policy for Decreasing Morbimortality from Accidents and Violence (NPDMAV) professes. Six units of rehabilitation services were analyzed; five were from municipal administration and the other was an ONG on an agreement with SUS. A partial structured interview was conducted with the person in charge for the Attention to the Disable Person's Health aiming to map th (mais) e network. Also a questionnaire was applied to the managers of the six services aiming to identify the unit and its activities, structure and organization. The Rehabilitation Assistance network in Recife do not meet the NPDMAV guidelines as it presents: decreased number of services/programs; lack of a multidisciplinary team; lack of technological support; deficient joint intra and inter sectors; little interaction between the victim and his family to reinsertion into family and social life; and still incipient prevention and promotion actions. In conclusion, there is an effort to adequate the actions to this population group; however there are relevant covering deficits of people, equipments, information and articulation registers among the various levels of this health network.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Análise diagnóstica dos serviços de reabilitação que assistem vítimas de acidentes e violências em Recife/ Diagnostic analysis of the rehabilitation services that attend victims of accidents and violence in Recife

Lima, Maria Luiza Carvalho de; Deslandes, Suely Ferreira; Souza, Edinilsa Ramos de; Lima, Maria Luiza Lopes Timóteo de; Barreira, Alice Kelly
2009-12-01

Resumo em português Este artigo visa analisar os serviços de reabilitação em Recife, confrontando com o que preconiza a Política Nacional de Redução de Morbimortalidade (PNMRAV). O estudo foi realizado em seis unidades/serviços de reabilitação, sendo cinco municipais e uma ONG conveniada ao SUS. A investigação desenvolveu-se com entrevista semi-estruturada destinada ao gestor da Atenção à Saúde de Pessoa com Deficiência, objetivando o mapeamento da rede, e questionário aplic (mais) ado aos gerentes dos serviços para identificar as unidades e suas atividades, estrutura e organização desses serviços. A rede de atenção à reabilitação no município do Recife não cumpre satisfatoriamente as diretrizes da PNRMAV por apresentar número reduzido de serviços/programas; falta de uma equipe multidisciplinar; falta de aporte tecnológico; deficiente articulação intra e intersetorial; pouca integração entre a vítima e a família para a reinserção familiar e social e incipientes atividades de prevenção e promoção. Conclui-se que há um esforço em adequar as ações a esse grupo populacional; no entanto, existem significativos déficits de cobertura, de pessoal, de equipamentos, de registro de informação e de articulação entre os vários níveis da rede de saúde. Resumo em inglês This paper aims to analyze the rehabilitation services in Recife, Brazil, confronting it with what the National Policy for Decreasing Morbimortality from Accidents and Violence (NPDMAV) professes. Six units of rehabilitation services were analyzed; five were from municipal administration and the other was an ONG on an agreement with SUS. A partial structured interview was conducted with the person in charge for the Attention to the Disable Person's Health aiming to map th (mais) e network. Also a questionnaire was applied to the managers of the six services aiming to identify the unit and its activities, structure and organization. The Rehabilitation Assistance network in Recife do not meet the NPDMAV guidelines as it presents: decreased number of services/programs; lack of a multidisciplinary team; lack of technological support; deficient joint intra and inter sectors; little interaction between the victim and his family to reinsertion into family and social life; and still incipient prevention and promotion actions. In conclusion, there is an effort to adequate the actions to this population group; however there are relevant covering deficits of people, equipments, information and articulation registers among the various levels of this health network.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Reforma psiquiátrica e serviços residenciais terapêuticos/ Psychiatric reform and assisted residential services

Vidal, Carlos Eduardo Leal; Bandeira, Marina; Gontijo, Eliane Dias
2008-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar os principais aspectos da reforma psiquiátrica ocorrida em diversos países e no Brasil, destacar a política de reinserção social dos pacientes e descrever os procedimentos da desospitalização ocorridos em Barbacena, Minas Gerais, com ênfase nas residências terapêuticas e nas intervenções de reabilitação psicossocial. MÉTODO: Pesquisa bibliográfica realizada nas fontes eletrônicas Medline e Lilacs (1990 a 2006), com os seguintes descri (mais) tores: deinstitutionalization, psychiatric reform, community-based treatment, psychosocial rehabilitation. Descrição do processo de implantação das residências terapêuticas (RT) por meio de consulta aos documentos da Prefeitura de Barbacena e de observação direta das residências. RESULTADOS: A maioria dos trabalhos selecionados indicou que pacientes desospitalizados apresentam melhora na autonomia, na interação social, no nível global de funcionamento e na qualidade de vida. A desospitalização implica a existência de serviços comunitários com diversos níveis de atenção e requer a presença de profissionais qualificados e programas de reabilitação efetivos. Em Barbacena, o processo de desospitalização teve início em 2000. Atualmente existem 24 RTs no município. CONCLUSÃO: Apesar das dificuldades na sua implantação, os tratamentos de base comunitária tornaram-se o modelo dominante de cuidados psiquiátricos. Para os pacientes desospitalizados, as RTs têm importante papel no processo de reinserção social. Resumo em inglês OBJECTIVE: The aim of this article is to show the more relevant aspects of psychiatric reform and the community insert of psychiatric patients around the world and in Brazil. It will be detached the procedures of discharge occurred in the city of Barbacena, emphasizing the residential services and the psychosocial approaches. METHODS: Databases Medline and Lilacs were searched between 1990 and 2006 using the following keywords: deinstitutionalization, psychiatric reform, (mais) community-based treatment, psychosocial rehabilitation. For the implementation of the residential services, official documents were used. RESULTS: Review and follow-up studies were selected. The most of the studies indicate that the patients have better autonomy, social interaction, global behavior and life quality when they live in community settings. Nevertheless, the authors emphasize the importance of community support, professional staff and rehabilitation programs as a condition for good outcomes. In Barbacena, the procedures of deinstitutionalization began in 2000. Nowadays there are twenty four residential services in this city. DISCUSSION: In despite of difficulties in the psychiatric reform process, the community-based treatment and psychosocial rehabilitation approach are the principal models of psychiatric care presently, and the residential services play an important role in this process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Caracterização dos casos de violência contra a mulher atendidos em três serviços na cidade de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil/ Violence against women: analysis of cases treated at three services in the city of Uberlândia, Minas Gerais State, Brazil

Garcia, Marilúcia Vieira; Ribeiro, Lindioneza Adriano; Jorge, Miguel Tanús; Pereira, Gustavo Resende; Resende, Alexandra Pires
2008-11-01

Resumo em português Este estudo apresenta aspectos epidemiológicos e clínicos da violência contra a mulher, utilizando três fontes de dados: prontuários médicos do Hospital de Clínicas de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, (HCU); fichas de atendimento da ONG SOS Ação Mulher Família (ONG SOS Mulher); laudos de perícia de lesões corporais e de necropsias do Posto Médico Legal (PML). No HCU e no PML, os atendimentos foram decorrentes principalmente por agressão física, não haven (mais) do alusão à violência psicológica nos prontuários médicos e nos laudos, revelando que em serviços de atenção primária à saúde esta violência é evidenciada somente em pesquisas pós-entrevistas com as vítimas. Na ONG SOS Mulher foram observadas principalmente as violências psicológica e física. Nas três fontes pesquisadas houve baixa ocorrência da violência sexual, corroborando dados da literatura que retrata a invisibilidade desta questão, principalmente da violência sexual conjugal sofrida pelas mulheres que buscam ajuda nesses serviços. Os dados da presente pesquisa permitem concluir que os tipos de violência contra a mulher nesses três diferentes serviços públicos de saúde e social, em Uberlândia, diferenciam-se conforme as características específicas dos serviços oferecidos nessas instituições. Resumo em inglês This study analyzes epidemiological and clinical aspects of violence against women, using three data sources: medical records at the University Hospital in Uberlândia, Minas Gerais State, Brazil; treatment forms from the nongovernmental organization SOS Action for Women and Families; forensic reports on bodily injuries and autopsies from the Medical Examiner's Office. At the University Hospital and Medical Examiner's Office, the records related mainly to physical aggress (mais) ion, with no reference to psychological abuse in the medical charts or forensic reports, revealing that in primary health care services, such violence is only identified through post-aggression interviews with victims. Records at the nongovernmental organization referred mainly to psychological and physical abuse. The three sources showed little reference to sexual violence, corroborating data from the literature on this issue's invisibility, especially conjugal sexual violence suffered by women that seek treatment at these services. According to the current study's findings, the types of violence against women recorded at these three public health and social services differ according to the specific characteristics of the services they provide.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Caracterização dos casos de violência contra a mulher atendidos em três serviços na cidade de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil/ Violence against women: analysis of cases treated at three services in the city of Uberlândia, Minas Gerais State, Brazil

Garcia, Marilúcia Vieira; Ribeiro, Lindioneza Adriano; Jorge, Miguel Tanús; Pereira, Gustavo Resende; Resende, Alexandra Pires
2008-11-01

Resumo em português Este estudo apresenta aspectos epidemiológicos e clínicos da violência contra a mulher, utilizando três fontes de dados: prontuários médicos do Hospital de Clínicas de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, (HCU); fichas de atendimento da ONG SOS Ação Mulher Família (ONG SOS Mulher); laudos de perícia de lesões corporais e de necropsias do Posto Médico Legal (PML). No HCU e no PML, os atendimentos foram decorrentes principalmente por agressão física, não haven (mais) do alusão à violência psicológica nos prontuários médicos e nos laudos, revelando que em serviços de atenção primária à saúde esta violência é evidenciada somente em pesquisas pós-entrevistas com as vítimas. Na ONG SOS Mulher foram observadas principalmente as violências psicológica e física. Nas três fontes pesquisadas houve baixa ocorrência da violência sexual, corroborando dados da literatura que retrata a invisibilidade desta questão, principalmente da violência sexual conjugal sofrida pelas mulheres que buscam ajuda nesses serviços. Os dados da presente pesquisa permitem concluir que os tipos de violência contra a mulher nesses três diferentes serviços públicos de saúde e social, em Uberlândia, diferenciam-se conforme as características específicas dos serviços oferecidos nessas instituições. Resumo em inglês This study analyzes epidemiological and clinical aspects of violence against women, using three data sources: medical records at the University Hospital in Uberlândia, Minas Gerais State, Brazil; treatment forms from the nongovernmental organization SOS Action for Women and Families; forensic reports on bodily injuries and autopsies from the Medical Examiner's Office. At the University Hospital and Medical Examiner's Office, the records related mainly to physical aggress (mais) ion, with no reference to psychological abuse in the medical charts or forensic reports, revealing that in primary health care services, such violence is only identified through post-aggression interviews with victims. Records at the nongovernmental organization referred mainly to psychological and physical abuse. The three sources showed little reference to sexual violence, corroborating data from the literature on this issue's invisibility, especially conjugal sexual violence suffered by women that seek treatment at these services. According to the current study's findings, the types of violence against women recorded at these three public health and social services differ according to the specific characteristics of the services they provide.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Qualidade e subjetividade na avaliação de programas e serviços em saúde/ Quality and subjectivity in the evaluation of health services and programs

Uchimura, Kátia Yumi; Bosi, Maria Lúcia Magalhães
2002-12-01

Resumo em português Este ensaio versa sobre a avaliação de programas e serviços de saúde, dando ênfase à subjetividade imanente ao processo de avaliar. Trata-se de uma construção teórica que focaliza os diversos sentidos da avaliação, a influência do paradigma positivista no campo da avaliação de programas e serviços de saúde, o caráter polissêmico do termo qualidade e sua estreita imbricação com a subjetividade. Em adição, procuramos indicar a importância dos estudos (mais) que incorporam as perspectivas dos atores sociais nos processos de avaliação, apontando a metodologia qualitativa de pesquisa social como sendo um profícuo instrumento. Resumo em inglês This essay focuses on the evaluation of health programs and services, emphasizing the subjectivity emerging from the evaluation process. The text is a theoretical construction that targets the various meanings of evaluation, the influence of the positivist paradigm on the field of health program and service evaluation, the polysemous nature of the term "quality", and its close overlapping with subjectivity. In addition, the authors highlight the importance of studies that (mais) incorporate the perspectives of social actors into the evaluation processes, recommending qualitative social research methodology as a productive instrument.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Qualidade e subjetividade na avaliação de programas e serviços em saúde/ Quality and subjectivity in the evaluation of health services and programs

Uchimura, Kátia Yumi; Bosi, Maria Lúcia Magalhães
2002-12-01

Resumo em português Este ensaio versa sobre a avaliação de programas e serviços de saúde, dando ênfase à subjetividade imanente ao processo de avaliar. Trata-se de uma construção teórica que focaliza os diversos sentidos da avaliação, a influência do paradigma positivista no campo da avaliação de programas e serviços de saúde, o caráter polissêmico do termo qualidade e sua estreita imbricação com a subjetividade. Em adição, procuramos indicar a importância dos estudos (mais) que incorporam as perspectivas dos atores sociais nos processos de avaliação, apontando a metodologia qualitativa de pesquisa social como sendo um profícuo instrumento. Resumo em inglês This essay focuses on the evaluation of health programs and services, emphasizing the subjectivity emerging from the evaluation process. The text is a theoretical construction that targets the various meanings of evaluation, the influence of the positivist paradigm on the field of health program and service evaluation, the polysemous nature of the term "quality", and its close overlapping with subjectivity. In addition, the authors highlight the importance of studies that (mais) incorporate the perspectives of social actors into the evaluation processes, recommending qualitative social research methodology as a productive instrument.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Internação psiquiátrica e ordem judicial: saberes e poderes sobre adolescentes usuários de drogas ilícitas/ Psychiatric internments and judicial orders: knowledge and power with regard to drug-abuse young people/ Internación psiquiátrica y orden judicial: saberes y poderes sobre adolescentes usuarios de drogas ilícitas

Scisleski, Andrea Cristina Coelho; Maraschin, Cleci
2008-09-01

Resumo em português Este artigo analisa a internação psiquiátrica compulsória destinada a adolescentes usuários de drogas que vivem em situação de marginalidade social, a partir de uma pesquisa de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional/UFRGS, realizada em um hospital psiquiátrico público na cidade de Porto Alegre/Brasil. O objetivo do estudo é investigar como a internação psiquiátrica, nesses moldes, é produzida, levando em conta as trajet (mais) órias sociais dos adolescentes. A discussão reside em debater a internação psiquiátrica compulsória no encaminhamento de adolescentes aos serviços de saúde, pondo em questão seus efeitos no campo das políticas públicas e nos processos de subjetivação. Conclui-se que a ordem judicial nos encaminhamentos à internação psiquiátrica pode funcionar tanto como uma forma de punição aos adolescentes quanto como um meio de acesso aos serviços de saúde. Resumo em espanhol Este artículo analiza la internación psiquiátrica por determinación judicial direccionada a adolescentes usuarios de drogas ilícitas, que viven en situación de marginalidad social, desde una investigación de Maestría en "Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional/UFRGS", realizada en un Hospital Psiquiátrico público en la ciudad de Porto Alegre/Brasil. El objetivo de este estudio es investigar como la internación psiquiátrica es producid (mais) a de esa manera, llevando en cuenta las trayectorias sociales de los adolescentes internos. La discusión reside en debatir la internación psiquiátrica por determinación judicial en encaminamiento de adolescentes a los servicios de salud, cuestionando sus efectos en el campo de las políticas públicas y en los procesos de subjetivación que afectan la vida de esos pacientes. Se concluye que la determinación judicial en los encaminamientos a la internación psiquiátrica puede funcionar tanto como una manera de punición a los adolescentes como también es un medio de ingreso a los servicios de salud. Resumo em inglês Judicial orders for compulsory psychiatric internment of adolescents in drug abuse situations experiencing social marginality conditions are analyzed. Essay is based on a Master's research in the Post-graduation Program of Social and Institutional Psychology of UFRGS, carried out in a public psychiatric hospital in Porto Alegre RS Brazil. Current study investigates how this kind of psychiatric internment is produced, taking into account the adolescent's social trajectorie (mais) s. The essay discusses judicial orders for psychiatric internment in guiding the adolescents to the health services and questions their effects in public politics and in subjectivity processes. Results show judicial orders with regard to psychiatric internment may be a form of punishment for young people and an access to health services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Avaliação de satisfação de usuários: considerações teórico-conceituais/ User satisfaction assessment: theoretical and conceptual concerns

Esperidião, Monique Azevedo; Trad, Leny Alves Bomfim
2006-06-01

Resumo em português O presente artigo desenvolve uma análise crítica da produção científica sobre o tema da satisfação de usuários de serviços de saúde, focalizando, especificamente, os aspectos teórico-conceituais. Abrange a discussão acerca da compreensão do conceito de satisfação e seus quadros teóricos de referência, dos determinantes da satisfação e a aplicação do conceito no campo dos serviços. Foram analisados 56 artigos publicados especialmente em revistas index (mais) adas pelo MEDLINE e Web of Science no período de 1970 a 2005. Os conceitos encontrados provêm principalmente do marketing e da psicologia social, destacando-se a teoria da atitude, da realização da expectativa ou necessidade e da eqüidade. Nota-se que há uma perda da utilidade analítica do conceito satisfação na medida em que seu conceito é ampliado para diversas dimensões dos serviços de saúde. Resumo em inglês The present article develops a critical analysis of the scientific output on user satisfaction in health services, focusing specifically on theoretical and conceptual aspects. The article discusses the understanding of satisfaction as a concept and its theoretical references and determinants and application of the concept to the field of services. A total of 56 articles were analyzed, published mainly in periodicals indexed in MEDLINE and Web of Science from 1970 to 2005. (mais) The concepts identified in this literature review come mainly from marketing and social psychology, emphasizing the theory of attitude, fulfillment of expectations or needs, and equity. There is a loss of analytical usefulness in the concept of satisfaction insofar as it is extended to various dimensions of health services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Avaliação de satisfação de usuários: considerações teórico-conceituais/ User satisfaction assessment: theoretical and conceptual concerns

Esperidião, Monique Azevedo; Trad, Leny Alves Bomfim
2006-06-01

Resumo em português O presente artigo desenvolve uma análise crítica da produção científica sobre o tema da satisfação de usuários de serviços de saúde, focalizando, especificamente, os aspectos teórico-conceituais. Abrange a discussão acerca da compreensão do conceito de satisfação e seus quadros teóricos de referência, dos determinantes da satisfação e a aplicação do conceito no campo dos serviços. Foram analisados 56 artigos publicados especialmente em revistas index (mais) adas pelo MEDLINE e Web of Science no período de 1970 a 2005. Os conceitos encontrados provêm principalmente do marketing e da psicologia social, destacando-se a teoria da atitude, da realização da expectativa ou necessidade e da eqüidade. Nota-se que há uma perda da utilidade analítica do conceito satisfação na medida em que seu conceito é ampliado para diversas dimensões dos serviços de saúde. Resumo em inglês The present article develops a critical analysis of the scientific output on user satisfaction in health services, focusing specifically on theoretical and conceptual aspects. The article discusses the understanding of satisfaction as a concept and its theoretical references and determinants and application of the concept to the field of services. A total of 56 articles were analyzed, published mainly in periodicals indexed in MEDLINE and Web of Science from 1970 to 2005. (mais) The concepts identified in this literature review come mainly from marketing and social psychology, emphasizing the theory of attitude, fulfillment of expectations or needs, and equity. There is a loss of analytical usefulness in the concept of satisfaction insofar as it is extended to various dimensions of health services.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Avaliação do desempenho da atenção básica no Estado de São Paulo/ Care performance assessment of primary health care services in the State of São Paulo

Ibañez, Nelson; Rocha, Juan S. Yazle; Castro, Paulo Carrara de; Ribeiro, Manoel Carlos Sampaio de Almeida; Forster, Aldaisa Cassanho; Novaes, Maria H. D.; Viana, Ana Luiza d'Avila
2006-09-01

Resumo em português O objetivo do artigo é apresentar os resultados da avaliação de desempenho da atenção nos serviços de Atenção Básica numa amostra selecionada de municípios do Estado de São Paulo com mais de 100 mil habitantes agrupados em clusters, por meio de questionários específicos abordando oito dimensões da atenção básica. A avaliação feita por usuários e acompanhantes aponta o índice geral de 50%, o que qualifica como pouco satisfatória. Quanto à análise po (mais) r dimensões há maior nível de satisfação nos clusterscom indicadores sociais mais favoráveis em todas as dimensões estudadas, com exceção de elenco de serviços e orientação comunitária. Em relação à avaliação dos trabalhadores da saúde de unidades tradicionais e PSF, mostrou que os profissionais que trabalham no PSF avaliam o desempenho como sendo melhor. Nos municípios com indicadores sociais menos favoráveis é possível evidenciar que as dimensões vínculo, elenco de serviços, enfoque familiar e orientação comunitária foram mais bem avaliadas pelos profissionais do PSF. Resumo em inglês The objective of this article is to present the results of the care performance assessment of primary care services in a selected sample of municipalities with more than 100 thousand inhabitants in the State of São Paulo. These municipalities were grouped into clusters. Patients and primary care providers from traditional units and Family Health Programs (FHP) were interviewed using specific questionnaires which covered the eight dimensions of primary care. Regarding the (mais) assessment made by Patients and Companions, the general index obtained was 50%, which in a way qualifies it as not very satisfactory. As for the analysis by dimensions, there is a greater level of satisfaction in the clusters with more favorable social indicators in all the studied dimensions except for the Services Available and Community Advising. Regarding the assessment made by primary care providers in traditional units and FHP, the primary care providers who work in the FHP evaluate the performance as better. In municipalities with less favorable social indicators, it is possible to evidence that the dimensions of linkages, services available, family focusing and community advising were better assessed by the FHP providers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Avaliação do desempenho da atenção básica no Estado de São Paulo/ Care performance assessment of primary health care services in the State of São Paulo

Ibañez, Nelson; Rocha, Juan S. Yazle; Castro, Paulo Carrara de; Ribeiro, Manoel Carlos Sampaio de Almeida; Forster, Aldaisa Cassanho; Novaes, Maria H. D.; Viana, Ana Luiza d'Avila
2006-09-01

Resumo em português O objetivo do artigo é apresentar os resultados da avaliação de desempenho da atenção nos serviços de Atenção Básica numa amostra selecionada de municípios do Estado de São Paulo com mais de 100 mil habitantes agrupados em clusters, por meio de questionários específicos abordando oito dimensões da atenção básica. A avaliação feita por usuários e acompanhantes aponta o índice geral de 50%, o que qualifica como pouco satisfatória. Quanto à análise po (mais) r dimensões há maior nível de satisfação nos clusterscom indicadores sociais mais favoráveis em todas as dimensões estudadas, com exceção de elenco de serviços e orientação comunitária. Em relação à avaliação dos trabalhadores da saúde de unidades tradicionais e PSF, mostrou que os profissionais que trabalham no PSF avaliam o desempenho como sendo melhor. Nos municípios com indicadores sociais menos favoráveis é possível evidenciar que as dimensões vínculo, elenco de serviços, enfoque familiar e orientação comunitária foram mais bem avaliadas pelos profissionais do PSF. Resumo em inglês The objective of this article is to present the results of the care performance assessment of primary care services in a selected sample of municipalities with more than 100 thousand inhabitants in the State of São Paulo. These municipalities were grouped into clusters. Patients and primary care providers from traditional units and Family Health Programs (FHP) were interviewed using specific questionnaires which covered the eight dimensions of primary care. Regarding the (mais) assessment made by Patients and Companions, the general index obtained was 50%, which in a way qualifies it as not very satisfactory. As for the analysis by dimensions, there is a greater level of satisfaction in the clusters with more favorable social indicators in all the studied dimensions except for the Services Available and Community Advising. Regarding the assessment made by primary care providers in traditional units and FHP, the primary care providers who work in the FHP evaluate the performance as better. In municipalities with less favorable social indicators, it is possible to evidence that the dimensions of linkages, services available, family focusing and community advising were better assessed by the FHP providers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Percepções de gestores e profissionais de saúde sobre a atenção aos idosos vítimas de violências no município do Rio de Janeiro (RJ, Brasil)/ Perceptions of managers and health professionals about health care to elderly victims of violence in the city of Rio de Janeiro (RJ, Brazil)

Cavalcanti, Maria de Lourdes Tavares; Souza, Edinilsa Ramos de
2010-09-01

Resumo em português Este artigo expõe a visão de gestores e profissionais de saúde sobre a atenção aos idosos vítimas de violências no município do Rio de Janeiro, evidenciando as especificidades dessa atenção nas esferas pré-hospitalar, hospitalar e de reabilitação, e abrangendo também os serviços de saúde mental. Com base na metodologia qualitativa, foram realizadas vinte entrevistas semiestruturadas com gestores e profissionais de saúde. A análise considerou as percepç� (mais) �es da violência contra idosos e as especificidades da atenção fornecida pelos serviços da rede SUS aos idosos vitimizados. O Estado, a família e as organizações de apoio social emergiram como categorias estruturantes da rede de atenção aos idosos em situação de violência. Em todas as esferas de atenção constatou-se a insuficiência de serviços ou programas específicos para atendimento a esses idosos, bem como a precariedade da rede de apoio social para cuidado da pessoa idosa dependente. Com poucas exceções, o idoso é atendido como mais um nos serviços públicos de saúde, sem a prioridade determinada pelo Estatuto do Idoso. A família é chamada a participar da atenção aos idosos em todas as esferas de atenção. Foram relatadas histórias de abandono, negligência, abusos físicos e psicológicos contra idosos. Resumo em inglês This article presents the vision of managers and health professionals about the care of elderly victims of violence in Rio de Janeiro, showing the specificities of this attention in pre-hospital, hospital and rehabilitation areas, including mental health services. Based on a qualitative methodology, 20 semi-structured interviews with managers and health professionals were produced. The analysis considered the perceptions about violence against elderly, and the specificiti (mais) es of attention provided by SUS services to elderly victims. The State, the family and the social support organizations emerged as structuring categories of the network of care for elderly victims of violence. All attention areas presented insufficient care services or specific programs for the elderly victims of accidents and violence. Also there was a precarious network of social support for care of dependent elderly. With few exceptions elderly are treated as anyone else in public health services, without the priority set by the Statute of the Elderly. The family is called to participate in the care for the elderly in all areas of care. Abandonment, neglect, physical and psychological abuse against seniors cases were reported.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Percepções de gestores e profissionais de saúde sobre a atenção aos idosos vítimas de violências no município do Rio de Janeiro (RJ, Brasil)/ Perceptions of managers and health professionals about health care to elderly victims of violence in the city of Rio de Janeiro (RJ, Brazil)

Cavalcanti, Maria de Lourdes Tavares; Souza, Edinilsa Ramos de
2010-09-01

Resumo em português Este artigo expõe a visão de gestores e profissionais de saúde sobre a atenção aos idosos vítimas de violências no município do Rio de Janeiro, evidenciando as especificidades dessa atenção nas esferas pré-hospitalar, hospitalar e de reabilitação, e abrangendo também os serviços de saúde mental. Com base na metodologia qualitativa, foram realizadas vinte entrevistas semiestruturadas com gestores e profissionais de saúde. A análise considerou as percepç� (mais) �es da violência contra idosos e as especificidades da atenção fornecida pelos serviços da rede SUS aos idosos vitimizados. O Estado, a família e as organizações de apoio social emergiram como categorias estruturantes da rede de atenção aos idosos em situação de violência. Em todas as esferas de atenção constatou-se a insuficiência de serviços ou programas específicos para atendimento a esses idosos, bem como a precariedade da rede de apoio social para cuidado da pessoa idosa dependente. Com poucas exceções, o idoso é atendido como mais um nos serviços públicos de saúde, sem a prioridade determinada pelo Estatuto do Idoso. A família é chamada a participar da atenção aos idosos em todas as esferas de atenção. Foram relatadas histórias de abandono, negligência, abusos físicos e psicológicos contra idosos. Resumo em inglês This article presents the vision of managers and health professionals about the care of elderly victims of violence in Rio de Janeiro, showing the specificities of this attention in pre-hospital, hospital and rehabilitation areas, including mental health services. Based on a qualitative methodology, 20 semi-structured interviews with managers and health professionals were produced. The analysis considered the perceptions about violence against elderly, and the specificiti (mais) es of attention provided by SUS services to elderly victims. The State, the family and the social support organizations emerged as structuring categories of the network of care for elderly victims of violence. All attention areas presented insufficient care services or specific programs for the elderly victims of accidents and violence. Also there was a precarious network of social support for care of dependent elderly. With few exceptions elderly are treated as anyone else in public health services, without the priority set by the Statute of the Elderly. The family is called to participate in the care for the elderly in all areas of care. Abandonment, neglect, physical and psychological abuse against seniors cases were reported.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Práticas em saúde no contexto de reorientação da atenção primária no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, na visão das usuárias e dos profissionais de saúde/ Health practices in the reorientation of primary care in Rio de Janeiro State, Brazil, from the perspective of users and health professionals

Tavares, Maria de Fátima Lobato; Mendonça, Maria Helena Magalhães de; Rocha, Rosa Maria da
2009-05-01

Resumo em português Estudo avaliativo sobre a expansão da Estratégia Saúde da Família em grandes centros urbanos no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, analisando funcionamento das modalidades de atenção, desempenho e oferta de atenção integral em si e em sua articulação com serviços de outro nível. O eixo de análise foi a integralidade do cuidado no cotidiano dos serviços, com foco nas mulheres em idade reprodutiva, tendo a gestação como condição traçadora. Os resultados de (mais) correram de análise permitida pela realização de grupos focais com usuárias e profissionais de saúde, tendo-se em conta: caracterização dos atores; suas percepções sobre saúde, modelo de atenção, forma de organização dos serviços e práticas da atenção primária à saúde. Esses grupos sugeriram que os atores envolvidos percebem a saúde identificada em seus determinantes sociais. O acesso ao serviço e às ações se diferenciou na unidade de saúde da família pela adscrição da clientela e busca ativa, observando-se inexistência de uma rede estruturada. O estudo indica que processos de trabalho que contemplem a determinação social da saúde e a intersetorialidade conduziriam à ampliação do acesso e do cuidado integral da saúde da mulher na fase reprodutiva. Resumo em inglês This evaluative study focused on expansion of the Family Health Strategy in large cities in Rio de Janeiro State, Brazil. The study analyzed the functionality of health care modalities, performance, and supply of comprehensive care itself and its link to services at other levels. The thrust of the analysis was comprehensiveness of care in the daily routine of health services, with a focus on childbearing-age women, and with pregnancy as the tracer condition. The results e (mais) merged from an analysis of focus groups with health care users and health professionals, based on: characterization of key actors; their perceptions concerning health, healthcare model, and organization of primary care services and practices. The groups suggested that the actors perceive health as identified with social determinants. Access to services and actions was differentiated in the family health unit by enrollment of the clientele and active search, and the study showed the lack of a structured network. The study indicates that work processes contemplating the social determination of health and its intersectorality can lead to expanded access to comprehensive care for childbearing-age women.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Práticas em saúde no contexto de reorientação da atenção primária no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, na visão das usuárias e dos profissionais de saúde/ Health practices in the reorientation of primary care in Rio de Janeiro State, Brazil, from the perspective of users and health professionals

Tavares, Maria de Fátima Lobato; Mendonça, Maria Helena Magalhães de; Rocha, Rosa Maria da
2009-05-01

Resumo em português Estudo avaliativo sobre a expansão da Estratégia Saúde da Família em grandes centros urbanos no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, analisando funcionamento das modalidades de atenção, desempenho e oferta de atenção integral em si e em sua articulação com serviços de outro nível. O eixo de análise foi a integralidade do cuidado no cotidiano dos serviços, com foco nas mulheres em idade reprodutiva, tendo a gestação como condição traçadora. Os resultados de (mais) correram de análise permitida pela realização de grupos focais com usuárias e profissionais de saúde, tendo-se em conta: caracterização dos atores; suas percepções sobre saúde, modelo de atenção, forma de organização dos serviços e práticas da atenção primária à saúde. Esses grupos sugeriram que os atores envolvidos percebem a saúde identificada em seus determinantes sociais. O acesso ao serviço e às ações se diferenciou na unidade de saúde da família pela adscrição da clientela e busca ativa, observando-se inexistência de uma rede estruturada. O estudo indica que processos de trabalho que contemplem a determinação social da saúde e a intersetorialidade conduziriam à ampliação do acesso e do cuidado integral da saúde da mulher na fase reprodutiva. Resumo em inglês This evaluative study focused on expansion of the Family Health Strategy in large cities in Rio de Janeiro State, Brazil. The study analyzed the functionality of health care modalities, performance, and supply of comprehensive care itself and its link to services at other levels. The thrust of the analysis was comprehensiveness of care in the daily routine of health services, with a focus on childbearing-age women, and with pregnancy as the tracer condition. The results e (mais) merged from an analysis of focus groups with health care users and health professionals, based on: characterization of key actors; their perceptions concerning health, healthcare model, and organization of primary care services and practices. The groups suggested that the actors perceive health as identified with social determinants. Access to services and actions was differentiated in the family health unit by enrollment of the clientele and active search, and the study showed the lack of a structured network. The study indicates that work processes contemplating the social determination of health and its intersectorality can lead to expanded access to comprehensive care for childbearing-age women.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Horizonte de racionalidade acerca da dependência de drogas nos serviços de saúde: implicações para o tratamento/ The horizon of rationality about drug dependency in health services: implications to the treatments

Schneider, Daniela Ribeiro
2010-05-01

Resumo em português O artigo refere-se à discussão de pesquisa baseada em metodologia de análise de conteúdo, cuja meta é explicitar o horizonte de racionalidade dos serviços de atenção aos usuários de álcool e outras drogas na Região da Grande Florianópolis, objetivando contribuir no estabelecimento de parâmetros qualitativos na avaliação de serviços de saúde. Verificou-se a existência de concepção hegemônica acerca do fenômeno da dependência de drogas e do modo de in (mais) tervenção no fenômeno, síntese de racionalidades diversas e, algumas vezes, contraditórias entre si. Tal concepção centra seu modelo na noção de doença, na meta da abstinência, no busca do controle sobre a adição, operando dispositivos médico-terapêuticos e morais. Nas raízes desta concepção, encontra-se uma perspectiva subjetivista, moralista e psicopatologizante, constituindo-se em visão ahistórica e pouco crítica da produção social em torno do uso de drogas, pautada numa racionalidade de predomínio metafísico, ainda que mesclado com outras racionalidades como a científica. Discute-se a importância de correlacionar o "horizonte de racionalidade" dos serviços de saúde com a problemática da eficácia e eficiência dos tratamentos na área da dependência de drogas. Resumo em inglês This article refers to the research discussion based on methodology of content analysis, which aims at making explicit the horizon of rationality of the services provided for alcohol users and other drugs in the Great Florianópolis region, to contribute to the establishment of qualitative parameters in the evaluation of health services. It was verified that there is a hegemonic conception about the drugs dependence phenomenon as well as the way to intervene in this pheno (mais) menon, synthesis of different and, sometimes, contradictory rationalities. The model of this conception is based on the notion of disease, on the pursue for abstinence, on the struggle to control de addiction, operating medical-therapeutic and moral apparatus. On the basis of this conception, there is a subjectivist, moralist and psychopathologizing perspective, constituting a historical and not very critical view of the social production around the use of drugs, grounded on a rationality of metaphysical predominance, even when blended with other rationalities such as the scientific. In this article we will discuss the importance of correlating the "horizon of rationality" in the health services with the problematic of effectiveness and efficiency of treatments on the area of drugs dependency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Horizonte de racionalidade acerca da dependência de drogas nos serviços de saúde: implicações para o tratamento/ The horizon of rationality about drug dependency in health services: implications to the treatments

Schneider, Daniela Ribeiro
2010-05-01

Resumo em português O artigo refere-se à discussão de pesquisa baseada em metodologia de análise de conteúdo, cuja meta é explicitar o horizonte de racionalidade dos serviços de atenção aos usuários de álcool e outras drogas na Região da Grande Florianópolis, objetivando contribuir no estabelecimento de parâmetros qualitativos na avaliação de serviços de saúde. Verificou-se a existência de concepção hegemônica acerca do fenômeno da dependência de drogas e do modo de in (mais) tervenção no fenômeno, síntese de racionalidades diversas e, algumas vezes, contraditórias entre si. Tal concepção centra seu modelo na noção de doença, na meta da abstinência, no busca do controle sobre a adição, operando dispositivos médico-terapêuticos e morais. Nas raízes desta concepção, encontra-se uma perspectiva subjetivista, moralista e psicopatologizante, constituindo-se em visão ahistórica e pouco crítica da produção social em torno do uso de drogas, pautada numa racionalidade de predomínio metafísico, ainda que mesclado com outras racionalidades como a científica. Discute-se a importância de correlacionar o "horizonte de racionalidade" dos serviços de saúde com a problemática da eficácia e eficiência dos tratamentos na área da dependência de drogas. Resumo em inglês This article refers to the research discussion based on methodology of content analysis, which aims at making explicit the horizon of rationality of the services provided for alcohol users and other drugs in the Great Florianópolis region, to contribute to the establishment of qualitative parameters in the evaluation of health services. It was verified that there is a hegemonic conception about the drugs dependence phenomenon as well as the way to intervene in this pheno (mais) menon, synthesis of different and, sometimes, contradictory rationalities. The model of this conception is based on the notion of disease, on the pursue for abstinence, on the struggle to control de addiction, operating medical-therapeutic and moral apparatus. On the basis of this conception, there is a subjectivist, moralist and psychopathologizing perspective, constituting a historical and not very critical view of the social production around the use of drugs, grounded on a rationality of metaphysical predominance, even when blended with other rationalities such as the scientific. In this article we will discuss the importance of correlating the "horizon of rationality" in the health services with the problematic of effectiveness and efficiency of treatments on the area of drugs dependency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

A implicação de trabalhadores de ambulatórios municipais, em Uberaba, Minas Gerais, Brasil, na reorganização de serviços preconizada pelo Sistema Único de Saúde/ Involvement of workers from municipal outpatient services in Uberaba, Minas Gerais State, Brazil, in the reorganization of services under the Unified National Health System

Goulart, Bethania Ferreira; Freitas, Maria Imaculada de Fátima
2008-09-01

Resumo em português Esta pesquisa foi desenvolvida em dois ambulatórios municipais de especialidades na cidade de Uberaba, Minas Gerais, Brasil. Busca compreender a implicação dos trabalhadores de saúde no seu trabalho e nas propostas de reorganização de serviços de saúde, sob a ótica deles e considerando a gestão participativa preconizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A pesquisa foi realizada com nove trabalhadores que apresentam ou não formação específica em saúde, ma (mais) s estão envolvidos com atividades no setor. Os participantes foram sorteados por categoria profissional ou função (grupos: odontológico, infra-estrutura, médico, serviço social, psicologia, coordenação, enfermagem e farmacêutico e bioquímico), considerando-se um participante por "categoria" de cada serviço. O conteúdo foi analisado fundamentando-se nos procedimentos da análise estrutural de narração. Foram identificadas três categorias: a gerência, implicação no trabalho e implicação nas propostas do SUS. Ressalta-se que este estudo não pretende universalizar resultados sobre a implicação dos trabalhadores em saúde, no geral, mas aponta para a importância de se compreender a interação entre o modelo gerencial e a reorganização de serviços preconizada pelo SUS. Resumo em inglês This study was conducted in two specialized municipal outpatient clinics in the city of Uberaba, Minas Gerais State, Brazil. The study analyzes the involvement of professionals in their work and the reorganization of health services from their perspective, considering the participatory management recommended by the Unified National Health System (SUS). The study included nine workers with or without specific health training, all involved in health sector activities. Parti (mais) cipants were selected according to profession or job (groups: dentistry, infrastructure, medicine, social work, psychology, coordination, nursing, pharmacy, and biochemistry), with one participant per "category" for each clinic. The content was submitted to structural narrative analysis. Three analytical categories were identified: management, involvement in work, and involvement in the SUS proposals. The study was not intended to generalize results on health workers' involvement, but it does highlight the importance of understanding the interaction between the management model and the reorganization of services as recommended under the SUS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

A implicação de trabalhadores de ambulatórios municipais, em Uberaba, Minas Gerais, Brasil, na reorganização de serviços preconizada pelo Sistema Único de Saúde/ Involvement of workers from municipal outpatient services in Uberaba, Minas Gerais State, Brazil, in the reorganization of services under the Unified National Health System

Goulart, Bethania Ferreira; Freitas, Maria Imaculada de Fátima
2008-09-01

Resumo em português Esta pesquisa foi desenvolvida em dois ambulatórios municipais de especialidades na cidade de Uberaba, Minas Gerais, Brasil. Busca compreender a implicação dos trabalhadores de saúde no seu trabalho e nas propostas de reorganização de serviços de saúde, sob a ótica deles e considerando a gestão participativa preconizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A pesquisa foi realizada com nove trabalhadores que apresentam ou não formação específica em saúde, ma (mais) s estão envolvidos com atividades no setor. Os participantes foram sorteados por categoria profissional ou função (grupos: odontológico, infra-estrutura, médico, serviço social, psicologia, coordenação, enfermagem e farmacêutico e bioquímico), considerando-se um participante por "categoria" de cada serviço. O conteúdo foi analisado fundamentando-se nos procedimentos da análise estrutural de narração. Foram identificadas três categorias: a gerência, implicação no trabalho e implicação nas propostas do SUS. Ressalta-se que este estudo não pretende universalizar resultados sobre a implicação dos trabalhadores em saúde, no geral, mas aponta para a importância de se compreender a interação entre o modelo gerencial e a reorganização de serviços preconizada pelo SUS. Resumo em inglês This study was conducted in two specialized municipal outpatient clinics in the city of Uberaba, Minas Gerais State, Brazil. The study analyzes the involvement of professionals in their work and the reorganization of health services from their perspective, considering the participatory management recommended by the Unified National Health System (SUS). The study included nine workers with or without specific health training, all involved in health sector activities. Parti (mais) cipants were selected according to profession or job (groups: dentistry, infrastructure, medicine, social work, psychology, coordination, nursing, pharmacy, and biochemistry), with one participant per "category" for each clinic. The content was submitted to structural narrative analysis. Three analytical categories were identified: management, involvement in work, and involvement in the SUS proposals. The study was not intended to generalize results on health workers' involvement, but it does highlight the importance of understanding the interaction between the management model and the reorganization of services as recommended under the SUS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Avaliação dos cuidados de saúde: percepções de mulheres imigrantes em Portugal/ Health care assessment: the perceptions of female immigrants in Portugal

Dias, Sónia; Gama, Ana; Horta, Rosário
2010-11-01

Resumo em português OBJETIVOS: descrever práticas relacionadas com a procura de cuidados de saúde e percepções relativamente a aspectos da utilização dos serviços de saúde por parte de uma população de mulheres imigrantes a residir em Portugal. MÉTODOS: em 2009 foi realizado um estudo transversal na área metropolitana de Lisboa onde foi aplicado um inquérito por questionário a uma amostra de 703 mulheres imigrantes. O questionário incluiu itens para caracterização sóciodemo (mais) gráfica e sobre práticas relacionadas com a procura de cuidados de saúde e percepções das participantes quanto à utilização dos serviços. Realizou-se uma análise descritiva das variáveis em estudo. RESULTADOS: a grande maioria das participantes (82.4%) reporta já ter utilizado o Serviço Nacional de Saúde (SNS), mais frequentemente as africanas (94,5%) e do Leste Europeu (87,2%) do que as brasileiras (66.8%). Cerca de 60% das inquiridas revela estar satisfeita ou muito satisfeita com os serviços, mais frequentemente as africanas (77%) do que as brasileiras (49,7%) e do Leste Europeu (43,4%). Os grupos de participantes apontam diferentes obstáculos para a utilização dos serviços de saúde, entre os quais aspectos relacionados com a condição de ser imigrante, a interação com os profissionais de saúde e os serviços. CONCLUSÕES: as diferenças nas percepções dos grupos de imigrantes sobre os serviços e profissionais refletem a importância de desenvolver práticas avaliativas que identifiquem necessidades de intervenção. Tal conhecimento pode contribuir para melhor adequar a prestação de cuidados de saúde às especificidades dos grupos de imigrantes. Resumo em inglês OBJECTIVES: to describe the health care seeking behavior and perceptions relating to the use of health services of women immigrants residing in Portugal. METHODS: in 2009 a cross-sectional study was carried out in the metropolitan area of Lisbon, in which a questionnaire was applied to a sample of 703 women immigrants. The questionnaire included items relating to social and demographic characteristics and the health care seeking behavior and perceptions of the participant (mais) s regarding the use of services. A descriptive analysis of the variables under study was carried out. RESULTS: most participants (82.4%) reported that they had already used the National Health Service (SNS), although this response was more frequent among Africans (94.5%) and East Europeans (87.2%) than among Brazilians (66.8%). Around 60% of respondents reported that they were satisfied or highly satisfied with the service, with the Africans responding in this manner more frequently (77%) than the Brazilians (49.7%) and East Europeans (43.4%). The groups of participants point to various obstacles to the use of health services, including issues related their status as immigrants, interaction with health professionals and the services provided. CONCLUSIONS: differences in the perceptions of immigrant groups regarding health services and professionals reflect the importance of developing evaluative practices that identify where intervention is needed. Knowing this would make it possible to better adapt the health care provided to specific immigrant groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Sistema Único de Saúde e o terceiro setor: caracterização de entidades, não hospitalares, que possuem serviços em atenção básica de saúde em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil/ The Unified National Health System and the third sector: characterization of non-hospital facilities providing basic health care services in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Canabrava, Claudia Marques; Andrade, Eli Iôla Gurgel; Janones, Fúlvio Alves; Alves, Thiago Andrade; Cherchiglia, Mariangela Leal
2007-01-01

Resumo em português No Brasil, as entidades sem fins lucrativos ou filantrópicas representam a forma mais antiga, tradicional e institucionalizada de relação do terceiro setor com o Estado. Contudo, apesar da importância histórica da filantropia na assistência hospitalar, ainda é pouco estudada a participação do segmento filantrópico em atenção básica de saúde no Brasil. Este artigo apresenta o trabalho de identificação e caracterização de entidades sem fins lucrativos, nã (mais) o hospitalares, que possuem serviços organizados e sistematizados em atenção básica de saúde, em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 2004. A pesquisa foi realizada a partir do universo de entidades cadastradas no Conselho Nacional de Assistência Social, utilizando-se entrevistas telefônicas assistidas por computador e entrevistas semi-estruturadas. A identificação e descrição dessas entidades mostraram que o segmento filantrópico do terceiro setor desenvolve serviços organizados e sistemáticos em atenção básica de saúde, entretanto, não é reconhecido como potencial parceiro pelo SUS, embora seja referência para encaminhamentos de diversos órgãos públicos. Observa-se sobreposição e concomitância de ações e recursos públicos e do terceiro setor em uma mesma população. Resumo em inglês In Brazil, nonprofit or charitable organizations are the oldest and most traditional and institutionalized form of relationship between the third sector and the state. Despite the historical importance of charitable hospital care, little research has been done on the participation of the nonprofit sector in basic health care in the country. This article identifies and describes non-hospital nonprofit facilities providing systematically organized basic health care in Belo (mais) Horizonte, Minas Gerais, Brazil, in 2004. The research focused on the facilities registered with the National Council on Social Work, using computer-assisted telephone and semi-structured interviews. Identification and description of these organizations showed that the charitable segment of the third sector conducts organized and systematic basic health care services but is not recognized by the Unified National Health System as a potential partner, even though it receives referrals from basic government services. The study showed spatial and temporal overlapping of government and third-sector services in the same target population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Sistema Único de Saúde e o terceiro setor: caracterização de entidades, não hospitalares, que possuem serviços em atenção básica de saúde em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil/ The Unified National Health System and the third sector: characterization of non-hospital facilities providing basic health care services in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Canabrava, Claudia Marques; Andrade, Eli Iôla Gurgel; Janones, Fúlvio Alves; Alves, Thiago Andrade; Cherchiglia, Mariangela Leal
2007-01-01

Resumo em português No Brasil, as entidades sem fins lucrativos ou filantrópicas representam a forma mais antiga, tradicional e institucionalizada de relação do terceiro setor com o Estado. Contudo, apesar da importância histórica da filantropia na assistência hospitalar, ainda é pouco estudada a participação do segmento filantrópico em atenção básica de saúde no Brasil. Este artigo apresenta o trabalho de identificação e caracterização de entidades sem fins lucrativos, nã (mais) o hospitalares, que possuem serviços organizados e sistematizados em atenção básica de saúde, em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 2004. A pesquisa foi realizada a partir do universo de entidades cadastradas no Conselho Nacional de Assistência Social, utilizando-se entrevistas telefônicas assistidas por computador e entrevistas semi-estruturadas. A identificação e descrição dessas entidades mostraram que o segmento filantrópico do terceiro setor desenvolve serviços organizados e sistemáticos em atenção básica de saúde, entretanto, não é reconhecido como potencial parceiro pelo SUS, embora seja referência para encaminhamentos de diversos órgãos públicos. Observa-se sobreposição e concomitância de ações e recursos públicos e do terceiro setor em uma mesma população. Resumo em inglês In Brazil, nonprofit or charitable organizations are the oldest and most traditional and institutionalized form of relationship between the third sector and the state. Despite the historical importance of charitable hospital care, little research has been done on the participation of the nonprofit sector in basic health care in the country. This article identifies and describes non-hospital nonprofit facilities providing systematically organized basic health care in Belo (mais) Horizonte, Minas Gerais, Brazil, in 2004. The research focused on the facilities registered with the National Council on Social Work, using computer-assisted telephone and semi-structured interviews. Identification and description of these organizations showed that the charitable segment of the third sector conducts organized and systematic basic health care services but is not recognized by the Unified National Health System as a potential partner, even though it receives referrals from basic government services. The study showed spatial and temporal overlapping of government and third-sector services in the same target population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Sobre a varíola e as práticas da vacinação em Minas Gerais (Brasil) no século XIX/ About smallpox and vaccination practices in Minas Gerais (Brazil) in the 19th century

Silveira, Anny Jackeline Torres; Marques, Rita de Cássia
2011-02-01

Resumo em português Este artigo analisa o impacto da varíola e da prática da vacinação antivariólica em Minas Gerais durante o período imperial brasileiro (1822-1889). Apesar da presença de órgãos que visavam à organização e à propagação da vacina no país desde o início do século XIX, identifica-se, pela documentação relativa à saúde pública produzida pelas autoridades provinciais, uma série de fatores de natureza administrativa e cultural que influenciaram negativame (mais) nte na plena implementação quer da vacina quer da estrutura organizada no período visando à sua difusão. Seguindo as proposições da historiografia dedicada ao tema, discute-se que, apesar da tendência à centralização observada em diferentes esferas da administração no processo de estruturação do Estado Imperial, no âmbito da saúde e, particularmente, no âmbito do serviço de vacinação antivariólica, prevaleceu uma desarticulação entre os diferentes agentes responsáveis pela implementação e o controle desse serviço. Outro aspecto que contribuiu para as dificuldades relativas à implementação desse serviço foi a grande resistência da população em submeter-se à vacina e que pode ser entendida pela análise das percepções sociais construídas sobre a doença e o método da vacinação. Resumo em inglês This article discusses the impact of smallpox and vaccination practices used against the disease used in the province of Minas Gerais, in Brazil, during the Imperial Period (1822-1889). Despite the existence of services responsible for the organization and dissemination of the vaccine in the country since the early 19th century, some administrative and cultural factors, as identified in documents produced by the province's public health authorities at the time, had a nega (mais) tive impact upon the full implementation of both practice and organization of services aimed at the dissemination of smallpox vaccination. Based upon historiographic sources, it is argued that despite the trend towards centralization observed at different governmental spheres during the structuring of the Imperial State, in particular, in the provision of vaccination services, there was a prevailing disharmony between the different agencies responsible for the implementation and management of such services. A further contributor to the difficulties in the service implementation was the resistance of the population to submit to the vaccination, a phenomenon that can be best understood through examination of the social construction of perceptions about diseases and the vaccination method used against the smallpox.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Sobre a varíola e as práticas da vacinação em Minas Gerais (Brasil) no século XIX/ About smallpox and vaccination practices in Minas Gerais (Brazil) in the 19th century

Silveira, Anny Jackeline Torres; Marques, Rita de Cássia
2011-02-01

Resumo em português Este artigo analisa o impacto da varíola e da prática da vacinação antivariólica em Minas Gerais durante o período imperial brasileiro (1822-1889). Apesar da presença de órgãos que visavam à organização e à propagação da vacina no país desde o início do século XIX, identifica-se, pela documentação relativa à saúde pública produzida pelas autoridades provinciais, uma série de fatores de natureza administrativa e cultural que influenciaram negativame (mais) nte na plena implementação quer da vacina quer da estrutura organizada no período visando à sua difusão. Seguindo as proposições da historiografia dedicada ao tema, discute-se que, apesar da tendência à centralização observada em diferentes esferas da administração no processo de estruturação do Estado Imperial, no âmbito da saúde e, particularmente, no âmbito do serviço de vacinação antivariólica, prevaleceu uma desarticulação entre os diferentes agentes responsáveis pela implementação e o controle desse serviço. Outro aspecto que contribuiu para as dificuldades relativas à implementação desse serviço foi a grande resistência da população em submeter-se à vacina e que pode ser entendida pela análise das percepções sociais construídas sobre a doença e o método da vacinação. Resumo em inglês This article discusses the impact of smallpox and vaccination practices used against the disease used in the province of Minas Gerais, in Brazil, during the Imperial Period (1822-1889). Despite the existence of services responsible for the organization and dissemination of the vaccine in the country since the early 19th century, some administrative and cultural factors, as identified in documents produced by the province's public health authorities at the time, had a nega (mais) tive impact upon the full implementation of both practice and organization of services aimed at the dissemination of smallpox vaccination. Based upon historiographic sources, it is argued that despite the trend towards centralization observed at different governmental spheres during the structuring of the Imperial State, in particular, in the provision of vaccination services, there was a prevailing disharmony between the different agencies responsible for the implementation and management of such services. A further contributor to the difficulties in the service implementation was the resistance of the population to submit to the vaccination, a phenomenon that can be best understood through examination of the social construction of perceptions about diseases and the vaccination method used against the smallpox.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Tendências comportamentais frente à saúde de imigrantes brasileiros em Portugal/ Behavioral health trends of Brazilian immigrants in Portugal

Coutinho, Maria da Penha de Lima; Oliveira, Marcelo Xavier de
2010-12-01

Resumo em português Este estudo teve como objetivo principal obter um conhecimento das condições e configurações das formações de imigrantes brasileiros no contexto português. De modo mais específico, procurou-se determinar quais fatores influenciam a busca, pelos imigrantes, dos serviços de saúde existentes no país acolhedor. A amostra foi composta por 75 brasileiros que vivem em Portugal, sendo 35 homens e 40 mulheres. Os dados foram coletados através de um questionário sociod (mais) emográfico e analisados por meio de estatísticas descritivas e inferenciais. Os resultados mostraram um perfil atualmente crescente do imigrante brasileiro em Portugal e a sua inserção em um grupo de risco social, refletido nas suas precárias condições psicológicas, sociais e, mais especificamente, no campo da saúde. Resumo em inglês This study aimed to understand the main conditions and setting of the Brazilian immigrants formations in the Portuguese context. Specifically, the aim was to clarify which factors contribute to determine the searching for Health services in the host country. The sample was consisted by 75 Brazilians who live in Portugal, from which 35 were men and 40 were women. The data were collected by a socio-demographic questionnaire and analyzed by descriptive and inferential statis (mais) tics. The results showed an increasing of a Brazilian Immigrants' profile in Portugal, and the insertion of such into a group of social risk, reflected in their psychological and social conditions, and more specifically in the Health field.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

The Path Dependence of European Copyright

Larsson, Stefan

This article analyses the path dependence of European copyright. It shows how copyright is legally constructed, is harmonised through international treaties and European regulatory efforts in terms of InfoSoc Directive and the IPRED, and is also affected by the Data Retention Directive and the Telec...

DRIVER (Portuguese)

102

Telecommunications reforms in Portugal and the European Union

Sousa, Helena

The social democrats, in office from 1985 to 1995, have introduced significant reforms in the Portuguese telecommunications sector. The terminal equipment and advanced services were liberalised; the separation of the regulatory and operational functions became effective; the telecommunications secto...

DRIVER (Portuguese)

103

Is the discourse of hybridity a celebration of mixing, or a reformulation of racial division? a multimodal analysis of the Portuguese magazine Afro

Carvalheiro, José Ricardo

Lange Zeit war die Untersuchung von Beziehungen zwischen "Rassen" von spezifischen Paradigmen – insbesondere Assimilation vs. Multikulturalismus – dominiert, die auf Unterschiedlichkeit abhoben (als Problem bzw. als besondere Potenz). In neuerer Zeit hat die Vorstellung der "Mischung" von und des Au...

DRIVER (Portuguese)

104

Implications of Sociopolitical Context for Career Services Delivery

Santos, Eduardo J. R.; Ferreira, Joaquim Armando; Chaves, Anna

This article analyzes the implications of sociopolitical context for career services delivery. Beginning with a reflection on the social foundations of the practice of career counseling, 4 specific Portuguese conditions are presented and discussed in light of existing knowledge in the field. The 4 u...

DRIVER (Portuguese)