Sample records for slip ratio
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

AVALIAÇÃO AGROTECNOLÓGICA DE VARIEDADES DE ABACAXIZEIRO, CONFORME OS TIPOS DE MUDA, EM CORDEIRÓPOLIS (SP)

SPIRONELLO, ADEMAR; NAGAI, VIOLETA; TEÓFILO SOBRINHO, JOAQUIM; TEIXEIRA, LUIZ ANTÔNIO JUNQUEIRA; SIGRIST, JOSÉ MARIA MONTEIRO
1997-01-01

Resumo em português As duas variedades de abacaxizeiro cultivadas comercialmente no Brasil, Smooth Cayenne e Pérola, são altamente suscetíveis à fusariose. Com o objetivo de caracterizar as variedades existentes para boa utilização no melhoramento genético, desenvolveram-se, de maio/91 a fevereiro/94, em Cordeirópolis (SP), quatro experimentos, cada um com um tipo de muda de abacaxizeiro, a saber: tipo "filhote", "rebentão", "coroa" e "gema", esta obtida pelo brotamento, em areia, d (mais) e gemas da haste da planta. As variedades estudadas foram: Rondon (RD), Roxo de Tefé (RT), Turi Verde (TV), Natal Queen (NQ), Guiana (GN), Pérola (PR) e Smooth Cayenne (SC). Semanalmente, em cada planta, avaliaram-se os estádios de desenvolvimento: emissão natural da inflorescência, início e final da emissão de flores e maturação dos frutos (colheita); a produção (massa) e os comprimentos dos frutos e de suas coroas; os diâmetros (o maior, o da base e o do ápice) dos frutos, e, na polpa, os teores de sólidos solúveis (grau Brix), a textura, a acidez titulável, os teores de ácido ascórbico (vitamina C) e o pH. As variedades Rondon e Pérola emitiram as inflorescências mais precoce e uniformemente que as demais, enquanto Cayenne e Turi Verde mostraram-se tardias. Na soma dos períodos dos três estádios de desenvolvimento da inflorescência e do fruto, isto é, da emissão da inflorescência até a colheita, `NQ' foi a mais precoce e `GN' e `RT', as mais tardias. `SC' e `GN' produziram frutos com massa média, em gramas, respectivamente, 52% e 24% superiores à média de `RD', `PR' e TV'; os frutos de `NQ' apresentaram massa inferior a todas as variedades. `GN' revelou a maior produção de mudas e `SC', a menor produção da muda tipo filhote. As plantas provenientes de muda tipo gema produziram menor número de mudas que as de filhotes, rebentões e coroas. Os teores de sólidos solúveis da polpa dos frutos de `SC' e de `NQ' e a acidez de `TV' alcançaram os maiores valores. O teor de vitamina C de `PR' foi o mais elevado e, o de `RD', superior ao de `SC'. `NQ' apresentou a mais alta relação grau Brix/acidez. Resumo em inglês Seven pineapple varieties were tested in field trials in Cordeirópolis, State of São Paulo, from May 1991 to February 1994, in four experiments, each one using different planting materials: sucker or shoot, slip, crown and stem section plants (developed from bud stem in sand box). The varieties were: Rondon (RD), Roxo de Tefé (RT), Turi Verde (TV), Natal Queen (NQ), Guiana (GN), Pérola (PR) and Smooth Cayenne (SC).The followings characteristics were evaluated: the per (mais) iods for natural inflorescence emission, the time between the emission until the flowering completed, and from then until the ripped-fruit; also, the fruit diameters (the base, the top and the largest diameter), the mass production (fruit and crown), and in the pulp, the soluble solid content (Brix), texture, acidity, ascorbic acid content and pH. The main results were: (1) RD and PR had the earliest uniform natural inflorescence emission, and SC and TV had the latest ones; (2) NQ had the shortest and SC and GN the longest period from the emission to the harvest; (3) SC and GN yielded fruits with mean weight (g) 52% and 24% higher than the mean weight of RD, PR and TV together. NQ had the lowest mean weight; (4) GN had the highest number of slips and suckers, and SC had the lowest number of slips; (5) The plants from bud-stem had lower number of slips and suckers than from the other three planting materials; (6) The pulp soluble solid content (Brix) of SC and NQ and the acidity of TV had higher values, and NQ had the highest value for the Brix and acidity ratio; (7) PR had the highest ascorbic acid content and RD had higher content than SC. It was concluded that some of the varieties cultivated in Brazil may replace the Smooth Cayenne and Pérola, what is desirable, because SC and PR are highly susceptible to Fusarium subglutinans.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

DESBASTE DE MUDAS TIPO FILHOTE DO ABACAXI CV. PÉROLA: 1. PRODUÇÃO E QUALIDADE DO FRUTO/ SLIPS THINNING FROM THE PINEAPPLE CV. PÉROLA: 1. PRODUCTION AND FRUIT QUALITY

LIMA, VALMIR PEREIRA DE; REINHARDT, DOMINGO HAROLDO; COSTA, JOÃO ALBANY
2001-12-01

Resumo em português O abacaxizeiro Pérola tem como uma das suas principais características a geração de elevado número de mudas tipo filhote, formando um cacho na parte superior do pedúnculo. Os filhotes desenvolvem-se no mesmo período da formação do fruto. Em plantio comercial na região do litoral Norte da Bahia, foi desenvolvido este estudo com o objetivo de avaliar o efeito do desbaste de mudas tipo filhote sobre aspectos vegetativos e produtivos do abacaxi cv. Pérola, cultivad (mais) o sob condições de sequeiro. Nesta primeira parte, serão apresentados os efeitos sobre a produção e a qualidade do fruto. Em delineamento em blocos completos ao acaso, com sete repetições, foram estudados seis tratamentos, sendo a testemunha, sem desbaste, e os seguintes cinco níveis de desbaste de mudas tipo filhote: 1 - todas as mudas desbastadas; 2 -mantidas duas mudas do lado do sol poente; 3 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de cima para baixo; 4 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de baixo para cima; 5 - mantidas seis mudas. Por meio da análise de variância e teste de comparação entre as médias, foram avaliados aspectos da qualidade química e física dos frutos, tais como sólidos solúveis totais (SST), acidez total titulável (ATT), relação SST/ATT, peso do fruto com coroa, comprimento do fruto, peso e comprimento da coroa, produtividade, número e o peso médio dos frutos. O desbaste não determinou diferenças estatísticas para a produtividade da cultura e o peso do fruto, observando-se, no entanto, tendência consistente para a elevação dos valores deste último. O desbaste de mudas não afetou a qualidade do fruto, que apresentou características químicas, físicas e físico-químicas dentro dos padrões da cultivar Pérola. Resumo em inglês One of the main characteristics of the pineapple cv. Pérola is the generation of numerous plantlets called slips located at the upper part of the peduncle. The slips develop at the same period of fruit formation. In a commercial plantation of the North Coast region of Bahia State, Brazil, a study was carried out in order to evaluate the effect of slip thinning on vegetative and productive aspects of 'Pérola' pineapple, grown without irrigation. This paper presents the r (mais) esults on yield, fruit weight and quality. In a completely randomized blocks design, with seven replications, were studied six treatments represented by the control (without thinning) and five levels of slips thinning: 1 - all slips removed; 2 - two slips kept on the sunset side; 3 - four slips kept, from top to bottom; 4 - four slips kept, from bottom to top; 5 - six slips kept. By way of analyses of variance and means comparison tests were evaluated the following variables: total soluble solids (TSS), total titrable acidity (TTA), TSS/TAA ratio, fruit length, crown length and weight, yield, fruit number and average weight. The slip thinning did not result in significant statistical differences, but there was a consistent tendency for increasing fruit weight. Slip thinning did not affect fruit quality, with the chemical, physical and physical-chemical characteristics being within the patterns of cultivar Pérola.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Influência da altura das garras dos pneus de um trator em área de plantio direto/ Influence of tractor tire lug height in an área with no tillage

Gabriel Filho, Antonio; Monteiro, Leonardo A.; Lanças, Kléber P.; Guerra, Saulo P. S.; Jesuino, Paulo R.
2010-10-01

Resumo em português Desenvolveu-se este trabalho com o objetivo de se avaliar os parâmetros de desempenho de um trator agrícola equipado com um conjunto de pneus diagonais com garras altas (pneu novo) e outro conjunto de pneus diagonais de mesma dimensão, com garras mais baixas, em solo com cobertura vegetal (palha de milho). Utilizaram-se as velocidades teóricas de 4, 5, 6 e 7 km h-1, informadas no painel do trator, uma força de tração constante de 25 kN, e se mediram a força de tra (mais) ção, a velocidade de deslocamento, a patinagem dos rodados, o consumo horário e específico de combustível; enfim, foram calculadas a potência disponível na barra de tração e a razão entre o consumo horário e o consumo específico de combustível com a potência e o coeficiente de tração. Concluiu-se que, em solo com cobertura vegetal palha de milho, esses parâmetros de desempenho do trator foram semelhantes para ambas as alturas de garra dos pneus. Resumo em inglês This work was carried out to evaluate the performance of a farm tractor fitted with two sets of tires with high lugs and another set of tires with tallow lugs in straw without tillage (corn straw). The travel speeds used were approximately 4, 5, 6 and 7 km h-1 and a constant pulling force of 25 kN was fixed. Tractor traction, forward speed, slip and consumption of fuel were measured and drawbar power, the ratio between the consumption and power and traction coefficient we (mais) re calculated. It was observed that the tractor performance was similar to high and low lug tire conditions, in an area covered with corn straw.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)