Sample records for slags
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 15 shown.



1

As escórias de Felgar/Moncorvo

Costa, Horácio Maia e
2009-06-01

Resumo em português No trabalho faz-se o estudo de escórias antigas, existentes no interior da Aldeia de Felgar do Concelho de Torre de Moncorvo, reunidas num monte de modo a constituírem a base da Capela de Santa Bárbara, construída para perpetuar a memória dos mineiros empenhados na exploração do Jazigo de Ferro de Moncorvo (Cabeço da Mua) e dos fundidores que terão trabalhado na Ferraria de Felgar, de onde serão oriundas as escórias. As escórias de Felgar não se encontram dat (mais) adas, pelo que não foi possível relacionar a tecnologia aqui utilizada com a que terá sido adoptada noutras ferrarias da mesma Região, conhecidas pelos depósitos de escórias a que deram origem e que também não estão datadas. A datação permitiria ainda relacionar estas Ferrarias com as que se conhecem em Espanha, distribuídas pelo Norte e Leste, e que estão já bem documentadas historicamente. Este estudo pretende caracterizar metalurgicamente as escórias de Felgar a partir do conhecimento da sua composição química e da estrutura metalográfica. A partir destes estudos admitiu-se que a tecnologia do processo de redução do minério hematítico-magnetítico silicioso do Jazigo de Ferro de Moncorvo (recolhido dos eluviões), com um teor em ferro da ordem dos 50%, terá sido a Forja Catalã. Infelizmente não foram ainda descobertas as ruínas das instalações fixas das Ferrarias o que, a acontecer, traria uma mais valia considerável para o conhecimento das estruturas industriais que teriam sido edificadas. Foi feito o estudo termodinâmico das escórias e do processo de redução deduzido. No caso das escórias foi possível observar a estrutura correspondente à dissociação dos silicatos de ferro (fayalite) após fusão a cerca de 1300ºC e a redução da wustite resultante pelo carbono, através de estudas efectuadas em microssonda. A estrutura de ferro e de sílica em camadas é de grande interesse uma vez que se trata de uma redução na interface da wustite com a sílica com difusão do C e do CO em sentidos contrários através de camadas porosas e deposição de sílica porosa Resumo em inglês This work is the study of old slags, existing within the Village of Felgar the Municipality of Torre de Moncorvo, gathered on a heap in order to form the basis of the Chapel of Santa Barbara, built to perpetuate the memory of miners engaged in exploration the deposits of iron from Moncorvo (Mua) and founders that have worked in Ferraria (Smithy) of Felgar, which will be from the slag. The slag of Felgar is not dated, so it was not possible to relate the technology used he (mais) re with that other ones have been adopted in the same region, known for deposits of slag. Also, this slag isn’t dated. For that, link with the Smithies that are known in Spain, distributed by North and East, and are already well documented historically isn’t possible. This study aims to characterize metallurgicaly the slag of Felgar from the knowledge of chemical composition and metallographic structure. From these studies acknowledged that the technology of the process of reduction of hematite-magnetite siliceous ore from Moncorvo (collected from eluvial deposits) with an iron content in the order of 50%, has been the Catalan Forge. Unfortunately not yet discovered the ruins of the fixed Ferraria of what, to happen, would be a considerable added value to the knowledge of the industrial structures that would have been built. The thermodynamic study was made on the slag and the process of iron reducing, deducted. In the case of slag it was possible to observe the structure corresponding to the dissociation of iron silicates (fayalite) after melting around 1300ºC and the resulting reduction of wustite by carbon, through studies in microprobe. The structure of iron and silica in layers is of great interest since it is the demonstration that the iron reduction happened in the interface wustite-silica with diffused C, as reagent, and the diffusion of CO, reaction product, displacing in opposite directions through porous layers and deposition of porous silica. Thermodynamic study was made on the reduction process of iron ore. The study admits to infer the reduction was possible, in solid state, at the ~700ºC. For that, iron metal produced was take up solid from the Catalan Forge.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Reatividade de escórias silicatadas da indústria siderúrgica/ Reactivity of silicate slags of the iron and steel industry

Pereira, Hamilton Seron; Gama, Ailton Junio Manzi; Camargo, Mônica Sartori de; Korndorfer, Gaspar Henrique
2010-04-01

Resumo em português As escórias siderúrgicas são usadas na agricultura, mas são poucos os trabalhos sobre sua reatividade. Neste trabalho, objetivou-se avaliar escórias siderúrgicas em diferentes frações granulométricas quanto à correção do pH e liberação de Ca, Mg e Si para o solo. O delineamento foi inteiramente casualizado com 4 repetições em esquema fatorial com 6 fontes (escória de alto-forno 1, escória de fosfato, escória de alto-forno 2, escória de aciaria de forno (mais) AOD, escória de aço inox e escória de forno LD) e 5 distribuições granulométricas (2 - 1,41; 1,41 - 0,85; 0,85 - 0,50; 0,50 - 0,30 mm e Resumo em inglês The slags are used in the agriculture as soil acidity correctives in same rates of lime, but there are few studies about its reactivity in soils. The objective was to compare slag reactivity to soil acidity correction and calcium, magnesium, and silicon liberation. A completely randomized experimental design was used, with 4 repetitions in factorial with 6 sources (blast furnace slag 1, phosphate slag, blast furnace slag 2, AOD furnace steel slag, stainless steel slag and (mais) LD furnace steel slag) and 5 particle sizes (2-1.41; 1.41-0.85; 0.85-0.50; 0.50-0.30 mm and

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Comportamento de tipos de escórias de siderurgia como corretivo da acidez do solo/ Conduct of blast furnace slags on the correction of soil acidity

Gomes, A. Gentil; Gargantini, Hermano; Blanco, H. Garcia
1965-01-01

Resumo em português Com a finalidade de verificar o comportamento de tipos de escórias da siderurgia nacional, na correção da acidez de solo argilo-arenoso do Terciário, foi instalado um ensaio comparando-as com o de um calcário dolomítico. Empregaram-se 6.000 quilogramas por hectare de todos os materiais estudados, em canteiros mantidos com vegetação espontânea roçada, periòdicamente. Os resultados mostraram que o calcário dolomítico foi o mais eficiente, seguido pelas duas esc (mais) órias. Estas mostraram-se, também, eficientes no contrôle à acidez, mas sem diferenças significativas entre si. Resumo em inglês With the purpose to examine the behavior of two types of blast furnace slags in the combat against soil acidity, a test was installed comparing them with a dolomitic limestone. This test was established in soil of the Pinda series, at the Experiment Station of the Departamento da Produção Animal, in the Pindamonhangaba county, Paraiba River valley, during a 23-mouths period. Six thousand kilograms per hectare of all the materials studied were utilized and the ploots wer (mais) e kept without cultivation, being cleaned periodically of the natural vegetation. The results obtained showed that the limestone was the most efficient, followed by the two types of scoria with no difference between them revealing themselves also efficient in the control of acidity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Competição entre materiais corretivos (escórias de siderurgia x calcário) em solos de várzea do Vale do Paraíba/ Utilization of two types of blast furnace slag as a soil corrective in the Paraíba Valley

Gomes, A. Gentil; Gargantini, Hermano; Guimarães, Geraldo; Wutke, A. C. Pimentel
1962-01-01

Resumo em português Embora apresentando os solos do Vale do Rio Paraíba, com poucas exceções, acidez de média a elevada, muito pouco uso de corretivos de solos tem sido feito. Êste fato se deve principalmente ao pequeno número de jazidas de calcário existente na região, insuficiente para atender à demanda desse material para a agricultura. Visando colaborar na solução do problema, foram estudadas em seis experimentos instalados em solos de várzea, as possibilidades de utilizaçã (mais) o de dois tipos de escórias, provenientes da Usina Siderúrgica Nacional de Volta Redonda e da produção de aço em São Caetano e Moji das Cruzes. Nesses ensaios, em culturas de batata e tomate, foram comparados os dois tipos de escórias e um de calcário, em três níveis, tendo como testemunha um tratamento que recebeu apenas a adubação básica, NPK. Os resultados obtidos autorizam a recomendação do emprêgo das escorias. Para sua comercialização, entretanto, necessário se torna alterar o grau de moagem, para que sua granulometria satisfaça às exigências legais. Resumo em inglês Although the soil in the Paraiba Valley generally presents medium to high acidity, the practice of liming is not yet widespread there. One of the reasons for this is the lack of enough lime sources in its vicinity. As a contribution to the study of the liming problem in the Paraiba Valley, six experiments were carried out on various types of soils in the area, comparing two types of slags with limestone as soil correctives. The slags were obtained from the Usina Siderúrg (mais) ica Nacional, Volta Redonda and from the São Caetano Steel Plant, São Caetano. They were conducted with the tomato and potato crops. Three levels of each type of slag or limestone, plus a complete fertilizer, were compared. Control plots received only the fertilizer. The results from these experiments indicated that the two types of slag compared favorably with limestone as a calcium source. Both can be recommended as a corrective for soil acidity in the Paraiba Valley, provided that they can be supplied in the granulation as required by the regulations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação das possibilidades de escórias de siderurgia como corretivos da acidez do solo/ Evaluation of blast furnace slags as correctives for soil acidity

Wutke, Antônio Carlos Pimentel; Gargantini, Hermano; Gomes, A. Gentil
1962-01-01

Resumo em português No presente trabalho são apresentados os resultados obtidos em um ensaio de competição entre materiais corretivos, conduzido em vasos de Mitscherlich. Objetivou-se, principalmente, avaliar as possibilidades de dois tipos de escórias de siderurgia para substituir os corretivos usuais na agricultura. Foram comparados um calcário dolomítico cristalino, um calcário altamente cálcico, um material cálcico proveniente dos sambaquis do Litoral Sul paulista, uma escória (mais) de altos fornos a coque, produzida em Volta Redonda, e uma escória originária da produção de aços pelo processo Martin-Siemens básico, obtida em São Caetano. Os materiais corretivos foram comparados sempre em presença de adubação com NPK, feita em solução e na forma de drogas puras. Constaram, ainda, da experiência, um tratamento testemunha e outro com NPK, sem calagem. A planta indicadora utilizada foi a soja, Glycine max (L.) Merril, variedade "Abura". No final do ensaio, além da colheita das sementes de soja, retiraram-se amostras de terra de todos os vasos, para determinações de seus índices pH e dos teores de H+ + AL+3 trocável. Com relação ao poder de neutralização da acidez do solo, revelaram-se mais eficiente o calcário dolomítico, o cálcico e o sambaqui Com eficiência intermediária colocou-se a escória de São Caetano e. em último lugar, a escória de Volta Redonda. As produções das sementes de soja, todavia, não confirmaram êstes resultados, uma vez que as diferenças, entre os tratamentos com corretivos não foram estatisticamente significativas. Moagem mais severa do que a utilizada neste ensaio possivelmente elevará a eficiência das duas escórias, como corretivos da acidez do solo. Com relação às suas influências sôbre a produção, avaliadas nas condições do ensaio, não há necessidade de se apurar mais o seu grau de moagem, a nao ser para atender às exigências legais, que disciplinam o comércio de adubos e corretivos. Resumo em inglês This paper presents preliminary results obtained in a greenhouse test in which blast furnace slags and other lime materials were compared as soil correctives. Comparisons were made between dolomitic limestone, calcitic limestone, oyster-shell lime, slag from iron production and slag from steel production by the Martin-Siemens basic procedure. These materials were compared at two different rates. General application of NPK fertilizers was made and the control treatment rec (mais) eived no lime. The soybean variety Abura (Glycine max (L.) Merril) was utilized as an indicator plant; four plants were grown in each pot. Final grain production was measured and soil samples were collected, from the pots, in order to check the pH and exchangeable acidity (H+ + Al+3). The results obtained showed that under the conditions of the test, the dolomitic limestone, the calcitic limestone and the oyster-shell lime were all equally efficient in their corrective effect. The slag from steel production showed an intermediary effect, while the slag from iron prodution appeared to be the least efficient. The grain yield from these treatments did not presente any statistically significant difference. The actual grinding of the materials used in the experiment seemed satisfactory. A finer grinding is not deemed necessary unless it is required by the legislation covering the commerce of soil correctives.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Utilização do subproduto da recuperação metálica de escórias de aços inoxidáveis na síntese de pigmentos cerâmicos; caracterização da matéria-prima/ By-product utilization of metallic recovering of stainless steel slags in the ceramic pigments synthesis; raw material characterization

Della, V. P.; Junkes, J. A.; Kuhn, I.; Hiella, H. G.; Hotza, D.
2005-06-01

Resumo em português O processo de recuperação metálica em escórias de aciaria - resíduo gerado em grande quantidade no processo de refino do ferro-gusa para obtenção do aço - que visa a recuperação de metais nobres, gera uma massa de óxidos que pode ser utilizada como fonte precursora na síntese do pigmento cerâmico verde vitória. Verde vitória é o nome dado ao pigmento cerâmico à base de cálcio, cromo e silício (Ca3Cr2Si3O12 ) que a elevadas temperaturas desenvolve a est (mais) rutura cristalina uvarovita responsável pela estabilização da cor verde característica. Este subproduto apresenta características constitucionais favoráveis à obtenção deste pigmento mediante o ajuste da composição química através da adição de óxidos puros. A combinação de técnicas de análise microestrutural, térmica e química foi utilizada nesta caracterização inicial. Resumo em inglês The metallic recovering process of steel industry slags - waste produced in a big amount by the process of pig iron refining for steel obtainment, which aims the recovering of noble metals, produces a oxide mass that can be used as a precursor source for the synthesis of the Victory Green ceramic pigment. Victory Green is the name of the ceramic pigment based on calcium, chromium and silicon (Ca3Cr2Si3O12 ), and that develops the uvarovite crystalline structure in high te (mais) mperatures, responsible for the stabilization of characteristic green color. This by-product presents favorable constitutional characteristics to the obtainment of this pigment by adjusting the chemical composition through additions of pure oxides. The combination of techniques of microstructural, thermal and chemical analysis was used in this initial characterization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Extratores de silício disponível em escórias e fertilizantes/ Extractors of available silicon in slags and fertilizers

Pereira, H. S.; Korndörfer, G. H.; Moura, W. F.; Corrêa, G. F.
2003-04-01

Resumo em português Os métodos para quantificar o silício (Si) disponível em fertilizantes e escórias não têm sido confiáveis até o momento. Neste estudo, determinou-se o Si extraído de diversas fontes, utilizando como extratores: Na2CO3 + NH4NO3, variando concentração, tempo de agitação e de reação; água; HCl 0,5 mol dm-3; Na2CO3 a 50 g dm-3; ácido cítrico a 50 g dm-3; ácido acético 0,5 mol dm-3; resina trocadora de cátions (Amberlite IRC-50, pK 6,1), além do método d (mais) a coluna de lixiviação. Paralelamente, desenvolveu-se um experimento em casa de vegetação, com arroz irrigado, com aplicação de 125 kg ha-1 de Si total, proveniente de 12 fontes. O tempo de agitação mostrou não ser fundamental na determinação do Si, embora o resultado de três horas tenha sido superior estatisticamente aos demais. As concentrações de 10 + 16 g dm-3 e 30 + 48 g dm-3 de Na2CO3 + NH4NO3 mostraram-se as mais promissoras na extração de Si; por isso a menor concentração (10 + 16 g dm-3) foi escolhida para avaliar as fontes quanto ao tempo de repouso. Durante o período de repouso, verificou-se que todas as fontes apresentaram aumento na liberação de Si ao longo do tempo, tendo o período de 5 a 9 dias apresentado melhor correlação entre o Si extraído pelo arroz e o Si recuperado na análise das várias fontes. A extração com Na2CO3 + NH4NO3 dos fertilizantes com Si pode representar, com um bom grau de confiabilidade, o potencial de liberação deste elemento no solo e aproveitamento pelas plantas. As fontes mais eficientes na liberação de Si para o arroz foram a Rhodia, seguida da Wollastonita, enquanto as fontes MB-4 e escórias de alto-forno foram as que menos liberaram Si. Os extratores ácidos demonstraram ser mais eficientes na extração de Si das escórias de alto-forno e pouco eficientes com a Wollastonita. A água foi o extrator com a menor taxa de recuperação de Si das fontes testadas. Os extratores que apresentaram melhores correlações entre o Si recuperado e o Si extraído pela cultura do arroz foram a resina Amberlite e o Na2CO3 10 g dm-3 + NH4NO3 16 g dm-3, seguidos pela coluna de lixiviação. Resumo em inglês Methods to quantify available silicon (Si) in fertilizers and slags are not yet sufficiently trustworthy. In this study, Si extracted from several sources was analyzed, using the extractors: Na2CO3 + NH4NO3 in varying concentration, time of agitation and of reaction; water; HCl 0,5 mol dm-3; 50 g dm-3 of Na2CO3; 50 g dm-3 of citric acid; 0,5 mol dm-3 of acetic acid; acid cation exchange resin (Amberlite IRC-50, pK 6.1); and the leaching column method. A greenhouse experim (mais) ent, where 125 kg ha-1 of total Si from 12 different sources was applied on irrigated rice, was also conducted. For the determination of Si, shaking duration was not essential, although 3 h of shaking entailed a statistically superior result. The concentrations of 10 + 16 g dm-3 and 30 + 48 g dm-3 of Na2CO3 + NH4NO3 proved to be the most promising for Si extraction. The smaller concentration (10 + 16 g dm-3) was therefore chosen to evaluate Si sources in relation to settling time. All Si sources increased solubility during the rest time period. The best correlation between Si uptake by the rice plants and Si detected in the various analyzed sources was found in the period between day 5 and 9. According to the results, extractor Na2CO3 + NH4NO3 evaluates Si in fertilizers adequately and can be used as method to determine the potential Si release in the soil and its availability for plants. The most efficient source for Si solubilization for rice was Rhodia, followed by Wollastonita, while the sources MB-4 and blast furnace slag provided less available Si. The acid extractors were more efficient at extracting Si from blast furnace slags and less efficient with Wollastonita. Water was the extractor that presented the lowest Si recovery rate. The best correlation between Si contents and uptake by the rice crop were achieved by the extractors resin Amberlite and Na2CO3 10 g dm-3 + NH4NO3 16 g dm-3, followed by the column-method.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Influência da escória silicatada na acidez do solo e na produtividade de grãos do arroz de terras altas/ Influence of calcium silicate slag on soil acidity and upland rice grain yield

Barbosa Filho, Morel Pereira; Zimmermann, Francisco José Pfeilsticker; Silva, Osmira Fátima da
2004-04-01

Resumo em português Apesar dos elevados teores de SiO2 total geralmente encontrados nos solos brasileiros, o teor na solução do solo pode ser baixo, em conseqüência do processo de dessilicificação que ocorre durante a intemperização dos solos. A aplicação de escórias de processamento industrial, ricas em silicatos de cálcio, tem mostrado efeitos positivos quanto à ação corretiva da acidez do solo e ao fornecimento de Si às plantas acumuladoras desse elemento, com aumentos sig (mais) nificativos de produtividade. Conduziu-se este trabalho com o seguinte objetivo: avaliar em dois anos de cultivo sucessivos a ação corretiva, a produtividade de grãos e a absorção de Si pelo arroz de terras altas. Foram aplicadas ao solo de cerrado classificado como latossolo vermelho distroférrico de cerrado seis doses (0, 2, 4, 6, 8 e 10 t ha-1) de uma escória silicatada com 20% de SiO2 total, proveniente do processo de fabricação de superfosfatos em forno elétrico. Utilizou-se o delineamento de blocos completos casualizados com cinco repetições. Foram detectados aumentos significativos de produtividade de grãos, teor e acumulação de Si na palha e da porcentagem de grãos cheios por panícula, nos dois anos de cultivo do arroz. Houve ação corretiva no solo das doses de escória, reduzindo a acidez e aumentando a disponibilidade de P, Si, Ca trocável e a porcentagem de saturação por bases. O nível crítico de Si na palha por ocasião da colheita, para obtenção de produtividade satisfatória de grãos, foi estabelecido em 2,25 g kg-1 de matéria seca. Resumo em inglês Despite the high SiO2 total content often found in Brazilian soils, the soluble silicon content in soil solution can be low due to weathering that occur in soils. The application of calcium silicate slags, under these conditions, has demonstrated positive effects in relation to correction of soil acidity, the supply of Si to plants that accumulate this element and significant yield increase. The objectives of this investigation were to evaluate in two consecutive years, s (mais) oil acidity correction, grain yield and Si uptake in upland rice. Six doses of calcium silicate slag with 20% of total SiO2 (0, 2, 4, 6, 8 and 10 t ha-1) in form of calcium silicate slag, a subproduct of phosphorus processed in electric furnace was applied to oxisoil. The experimental design was a randomized complete block with five repetitions. Application of calcium silicate slag resulted in significant grain yield increase, tissue silicon content and silicon accumulation in straw and the filled grain percentage in the first and in the second year of rice cultivation. The critical Si level in the rice straw required for obtaining satisfactory yield was 2,25 g kg-1 of dry matter. In soil, the application of calcium silicate slag reduced soil acidity and increased available P, Si, exchangeable Ca, and saturation of bases. There was significant correlation between soluble Si extracted in acetic acid extraction 0.5 mol L-1 and water, in relation to soluble Si content found in soil after rice cultivation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Nano vitrocerâmica de escória de aciaria/ Glass-ceramic from steelmaking slag

Ferreira, Eduardo Bellini; Zanotto, Edgar Dutra; Scudeller, Luis Augusto Marconi
2002-09-01

Resumo em inglês The manufacture of glass-ceramics is an alternative route for the commercial use of metallurgical slags. Such types of glass-ceramics may find commercial applications owing to their low cost, good mechanical properties and superior visual aspect. Besides, due to the elimination of that industrial residue from the environment and also due to the possibility of replacement of natural stones such as marbles and granites, the use of slags is an activity with strong ecological (mais) appeal. While the use of blast-furnace slags for the production of glass-ceramics is well known, the utilization of steel making slags constitutes a challenge, because these materials possess low concentration of SiO2. In this work a novel composition for producing glasses and glass-ceramics from a steelmaking slag is presented. The crystal nucleation kinetics, the characterization of the resulting microstructures for two different thermal treatments and mechanical properties of the glass-ceramics are discussed. A glass-ceramic having a marble aspect, fine volumetric crystallization, high degree of crystallization and improved mechanical strength was obtained.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Caracterização microestrutural da escória de aciaria/ Steel slag microstructural characterization

Polese, Marina de Oliveira; Carreiro, Gisele Lopes; Silva, Maristela Gomes da; Silva, Moema Ribas
2006-12-01

Resumo em português No Brasil, cerca de 3 milhões de toneladas/ano de escória de aciaria são gerados pelas usinas siderúrgicas. A indústria da construção civil pode consumir este resíduo, mas, para que ele seja aplicado convenientemente, é necessário que suas características sejam conhecidas e, eventualmente, modificadas. O objetivo deste trabalho é caracterizar e comparar a microestrutura de dois tipos de escória de aciaria, LD e EAF, usando-se as seguintes técnicas: análise (mais) química, difração de raios-X e microscopia eletrônica de varredura completada pela análise por EDS. Pela análise química, foi determinada a composição centesimal do material, em termos de óxidos; a difração de raios-X permitiu a identificação das fases cristalizadas presentes; as observações pelo MEV mostraram a textura, a profundidade de campo, as morfologias dos compostos e, com o auxílio da EDS, foram analisadas as fases presentes. Os resultados obtidos foram comparados entre si, de modo a caracterizar a microestrutura das escórias de aciaria. Os resultados das análises, bem como as microfractografias, de algumas fases identificadas presentes no material são apresentados e discutidos. Resumo em inglês In Brazil, the steel industry produces about 3 millions ton/year of steel slag. The civil engineering can use this by-product but, in order to do that, it is necessary to know the material characteristics and, eventually, to change them. The objective of this paper is to characterize and to compare, micro structurally, LD and EAF steel slags, by using the following techniques: chemical analysis, X-ray diffraction and scanning electron microscopy with EDS analyzer. The ste (mais) el slag’s oxides composition was determined by chemical analysis; the well crystallized phases present in the material were identified by X-ray diffraction; through scanning electron microscopy it was possible to analyze the sample compounds (with the aid of the EDS) and to observe the texture, the relief and the morphologies present. The results and observations which characterize the steel slags microstructure are presented and discussed in this paper.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Estudo de materiais calcários usados como corretivo do solo no estado de São Paulo: III - Determinação de Mo, Co, Cu, Zn, Mn e Fe/ A study of the agricultural limestones used in the state of São Paulo: III - Mo, Co, Cu, Zn, Mn, and Fe determinations

Valadares, José M. A. S.; Bataglia, Ondino C.; Furlani, Pedro R.
1974-01-01

Resumo em português Determinaram-se os teores de Mo, Co, Cu, Zn, Mn e Fe solúveis em solução de HC1 6N, a quente, de 33 amostras de materiais usados como corretivos da acidez do solo no Estado de São Paulo, das quais dezesseis eram de calcários sedimentaress, catorze de calcários metamórficos, uma de calcário magmático e duas de escórias de alto forno. Nas amostras de calcários, os teores médios, mínimos e máximos de Mo, Co, Cu, Zn, Mn e Fe, expressos em ppm, foram respectivame (mais) nte de 0,9 (0,1-5,0), 4,2 (0-46,9), 11,0 (5,4-42,2), 15,2 (7,5-46,0), 810 (30-1760) e 3905 (159-33.110). Nas duas amostras de escórias analisadas, os resultados obtidos foram: Mo 2,5 e 5,3 ppm; Co 2,6 e 11,4 ppm; Cu 2025 e 7800 ppm; Zn 750 e 1250 ppm; Mn 8100 e 38600 ppm e Fe 4522 e 127150 ppm. Resumo em inglês Determinations of Mo, Co, Cu, Zn, Mn, and Fe soluble in hot 6N HC1 were carried out on 31 limestones and 2 siderurgy slags employed in the neutralisation of soil acidity in the State of São Paulo. In the limestones, the average, minimum and maximum contents of Mo, Co, Cu, Zn, Mn and Fe, expressed in ppm were: 0.9(0.1-5.0); 4.2(0-46.9); 11.0(5.4-42.2); 15.2(7.5-46.0); 810(30-1760) and 3905(159-33,110). In the two analysed siderurgy slags samples the contents obtained were (mais) : Mo 2.5 and 5.3 ppm; Co 2.6 and 11.4 ppm; Cu 2025 and 7800 ppm; Zn 750 and 1250 ppm; Mn 8100 and 38,600 ppm and Fe 4522 and 127,150 ppm.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Estudo de materiais calcários usados como corretivos do solo no Estado de São Paulo. II - Composição química/ Chemical composition of limestones employed in neutralizing soil acidity in the State of São Paulo

Raij, Bernardo van; Sacchetto, Maria Thereza Dovichi; Küpper, Alfredo
1968-01-01

Resumo em português Foram feitas determinações de óxido de cálcio (CaO), óxido de magnésio (MgO), sesquióxidos (R203), perda ao fogo (P.F.), resíduo insolúvel (R.I.), umidade (H20), poder de neutralização (P.N.) de 16 calcários sedimentares, 11 calcários metamórficos, 1 calcário magmático e 2 escórias de siderurgia, materias utilzados como corretivos do solo no Estado de São Paulo. Resumo em inglês The contents of CaO, MgO, R2O3, loss of ignition, insoluble residue and the neutralization value of 29 limestones and 2 siderurgy slags employed in the neutralization of soil acidity in the State of São Paulo were determined. The results showed that most of the limestones studied belonged to the dolomitic type. The neutralization value was higher in the samples containing higher percentage of CaO plus MgO.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Os Escoriais de Moncorvo

Costa, Horácio Maia e
2009-07-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado na sequência de um outro exclusivamente dedicado ao estudo das escórias de Felgar. O objectivo deste novo estudo é o de relacionar as características das escórias existentes nos escoriais conhecidos da Região de Moncorvo [Felgueiras, Felgar, Souto da Velha, S. Pedro (Mós) Chapa Cunha e Carviçais] e que resultaram da exploração de Ferrarias, com o mesmo nome, cujas datas de funcionamento continuam por determinar. Com efeito, não foi a (mais) inda possível encontrar as ruínas das instalações fixas que, necessariamente terão existido, nem indícios dos equipamentos (fornos, insufladores de ar, martelos, bigornas, etc.) que as integrariam. Dedicadas à produção de “ferro maleável”, estas Ferrarias forneciam barras e chapas que ferreiros transformavam em ferramentas, alfaias agrícolas, grades e outros utensílios. Porém, não é conhecida a existência de estruturas onde o ferro de Moncorvo tivesse sido aplicado, embora haja algumas monumentais obras de arte em Portugal construídas inteiramente com “ferro pudelado” (Ponte de D. Maria, no Porto, Ponte sobre o Rio Lima, em Viana do Castelo, Grades da Ceia da Relação, no Porto, etc.) que terá sido importado, provavelmente da Galiza (Espanha). A observação das escórias colhidas nos escoriais acima referidos, mostra que a sua estrutura é em todos os casos semelhante o que aponta para equipamentos e metodologias de fabrico iguais ou parecidas. O facto de não serem conhecidas aplicações do ferro de Moncorvo nem terem sido encontrados, nos escoriais, fragmentos de ferro, impede que se possa avançar nestes estudos de reconhecimento das estruturas e da qualidade dos materiais fabricados. Portanto, a conclusão a tirar, aponta no sentido de haver grande semelhança de procedimentos nos fabricos das diversas Ferrarias. No entanto, ficam dúvidas relativamente à Ferraria da Chapa Cunha que, se admite, utilizaria metodologias mais evoluídas recorrendo nomeadamente, a sistemas hidráulicos para a insuflação contínua de ar nos fornos, recorrendo a trompas, e também ao accionamento de equipamentos mecânicos para a martelagem (pudelagem) necessária à remoção das escórias que acompanham e formam inclusões no “bolo” de ferro retirado dos fornos. Não foi possível encontrar na proximidade do edifício, considerado como tendo pertencido à Ferraria e depois recuperado para nele instalar um moinho para a moagem de cereais, qualquer fragmento de escória. Também não foram ainda encontradas as ruínas de outras dependências fixas que, necessariamente, integrariam a Ferraria e não existe qualquer terrapleno ou plataforma onde estas coubessem. Somente existe uma vala que promove o desvio da água de uma ribeira próxima que poderia integrar o sistema hidráulico acima referido e que mais tarde terá sido recuperada para a moagem de cereais. Resumo em inglês This work was done in sequence of another one exclusively dedicated to the study of the Felgar slags. The aim of this new study is to relate the characteristics of slags known in the Moncorvo Region[Felgueiras, Felgar, Souto da Velha, S. Pedro (Mós) Chapa Cunha and Carviçais] which resulted from ancient smithies, with the same name. The dates of these smithies operations remain to be determined. Indeed, it wasn’t still possible to find the ruins of fixed installations, (mais) which necessarily have existed, nor evidence of equipment (furnaces, air blowers, hammers, anvils, etc.), that integrated them. Dedicated to the production of “malleable iron”, these smithies provide rods and plates that blacksmiths turned into industrial and agricultural tools, rail and other utensils. However, it is not known where the “Moncorvo iron” has been applied, although there are some monumental permanent works in Portugal built entirely with "malleable iron” (Ponte de D. Maria, in Porto, Bridge over the Lima River, in Viana do Castelo, The Court of Appeal Prison rails, in Porto, etc.) which was certainly imported, probably from Galicia(Spain). The observation of the slag collected in the places above mentioned, shows that its structures are similar in all cases pointing to equipment and methods of manufacture equal or similar. The fact that “Moncorvo malleable iron” applications are not known and not have been found fragments of iron in the slags, don’t allow advances in these studies for the recognition of metallic structures and quality of materials produced. Therefore, the conclusion to be drawn, points to be very similar the equipment and methodologies used in the manufacture of all smithies. However, doubts remain regarding the Chapa Cunha Smithy,in which it was admitted the use of more advanced methods, in particular, the hydraulic systems for the continuous air insufflation in the oven and also the operation of mechanical equipment for hammering, required to remove the slag accompanying and forming inclusions in the iron "cake" produced. It wasn’t yet found in the vicinity of the building deemed to have belonged to Smithy and after that recovered to install a mill to grind the grain, any piece of slag. Nor were still found the ruins of the other dependencies fixed that necessarily integrated the Smithy, and there is no one platform of enough area where they will be built. Only there is a ditch that promotes the diversion of water from a nearby small river that could integrate the hydraulic system, above mentioned, and which later was recovered for a grain mill.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Espinelização in-situ e seu efeito na resistência ao choque térmico de concretos refratários/ In-situ spinelization and thermal shock performance of refractory castables

Cintra, G. B.; Braulio, M. A. L.; Brito, M. A. M.; Bittencourt, L. R. M.; Pandolfelli, V. C.
2008-09-01

Resumo em português O desempenho de uma panela siderúrgica está atrelado ao seu revestimento refratário. Devido à elevada agressividade da escória presente no aço fundido, é fundamental a utilização de revestimentos de alta resistência à corrosão. Concretos refratários aluminosos contendo espinélio são amplamente utilizados em tal aplicação por apresentarem esta característica. Neste contexto, destacam-se os concretos refratários do sistema alumina-magnésia, uma vez que a (mais) formação de espinélio in-situ é benéfica em termos termodinâmicos e microestruturais. Considerando-se que as panelas sofrem constantemente variações bruscas de temperatura, devido à ciclagem térmica, a análise da resistência ao choque térmico é um parâmetro fundamental para a correta seleção do revestimento refratário. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é caracterizar o efeito das variações dos componentes da matriz dos concretos Al2O3-MgO e suas conseqüências nos danos causados por choque térmico. Os resultados mostraram que os concretos com espinelização in-situ apresentaram desempenho inferior àqueles com adição de espinélio pré-formado em ambientes sem constrição. Adicionalmente, a presença de microssílica aumentou o dano sofrido pelos concretos. Porém, deve-se considerar que o ensaio de caracterização foi realizado em temperaturas inferiores às de transição vítrea, podendo influenciar no resultado. A associação destes conhecimentos possibilita encontrar a melhor solução termomecânica associada a uma elevada resistência à corrosão química, resultando em maior vida útil e superior desempenho das panelas siderúrgicas. Resumo em inglês The steel ladle working life is directly related with the refractory lining performance. Considering the great corrosion promoted by basic slags in the secondary steelmaking industry, the use of a high quality material is essential. The corrosion resistance is attained by the use of alumina-magnesia refractory castables, as the in-situ spinel formation leads to a better chemical performance. The steel ladles are also subjected to abrupt temperature changes, due to heating (mais) and cooling cycles. Therefore, the thermal shock evaluation is of utmost importance to a proper material selection. The objective of this paper is the analysis of the matrix components and its consequences on the thermal shock damage in order to attain the most suitable thermo mechanical solution coupled with a high corrosion resistance, resulting the increase of the life expectancy of a steel ladle. The results presented show that alumina-spinel castables had better performance than alumina-magnesia castables when there is no constraining. The presence of microssilica increased the thermal shock damage, and this may be related to the testing temperature range.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Processed Portuguese steel slag : a new geomaterial

Correia, A. Gomes; Ferreira, Sandra Reis; Roque, António José; Cavalheiro, António

DRIVER (Portuguese)