Sample records for siltstones
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 6 shown.



1

Camadas de tempestito grosso (coarse grained storm beds): exemplos do Permiano da bacia do Paraná

Castro, Joel C. de; Rohn, Rosemarie; Castro, Marília R. de; Toledo, Carlos Eduardo V.
2001-07-01

Resumo em português Tempestitos grossos constituem camadas delgadas de conglomerado gradando a arenito, com estratificação cruzada seguida de laminação ondulada truncante a simétrica e de drape/flaser de siltito/folhelho. Cinco exemplos extraídos do Permiano da bacia do Paraná ilustram esse tipo de depósito: três deles são de rochas siliciclásticas, contendo bioclastos de bivalves e vertebrados (Formação Rio Bonito-Membro Triunfo e Formação Palermo), enquanto os outros dois s� (mais) �o de rochas carbonática e fosfática (respectivamente, formações Teresina e Corumbataí do Grupo Passa Dois). O componente tracional da base do tempestito grosso apresenta-se como arenite quartzoso/lítico ou grainstone oolítico com cimento calcífero preenchendo poros (casos das formações Palermo e Teresina). Em sua maioria, os tempestitos grossos constituem pavimentos transgressivos intercalados em folhelhos ou tempestitos finos (arenitos muito finos a folhelhos com estratificação ondulada truncante-hummocky). Em outro caso, extraído de subsuperfície, o pavimento transgressivo ocorre na base de uma sucessão progradante de barra de plataforma. O tempestito grosso da Formação Teresina constitui um evento transgressivo sobreposto a depósitos de barra de plataforma. Resumo em inglês Coarse-grained storm beds are formed by cross-bedded to symmetrically-rippled conglomerate and sandstone, followed by drape or flaser of siltstone/shale. Five examples from the Permian of Paraná Basin illustrate this type of deposit: three of them are bioclast-bearing siliciclastic rocks of Rio Bonito (Triunfo Member) and Palermo formations, while the other two are carbonate and phosphate rocks of Teresina and Corumbataí formations. The traction component at the base of (mais) coarse-grained storm beds is represented by quartzose arenite or oolitic grainstone with cavity-filling calcite cement (Palermo and Teresina formations). Most of the coarse-grained storm beds are transgressive lags intercalated in shales and fine tempestites (hummocky cross-bedded, very fine sandstones and siltstones); in one case, from subsurface, the transgressive lag occurs at the base of a prograding offshore bar. The example from Teresina Formation represents a transgressive event overlying offshore bar deposits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Arcabouço cronoestratigráfico da Formação Mafra (intervalo médio) na região de Rio Negro/PR - Mafra/SC, borda leste da bacia do Paraná

Weinschütz, Luiz Carlos; Castro, Joel Carneiro de
2004-09-01

Resumo em português Esse trabalho investiga a porção média da Formação Mafra (Grupo Itararé) na região de Mafra(SC)-Rio Negro(PR). Uma sondagem com 40m testemunhados (PM-6), adjacente a uma grande pedreira com 70m de altura, fornece, em conjunto, quase 100m de seção, dominada por varvitos e diamictitos, representativa do Mafra-Médio. Recobrindo erosivamente esse intervalo, a mesma pedreira expõe 20m de arenitos sigmoidais, já caracterizando a unidade Mafra-Superior. A Formação (mais) Mafra-Médio consiste de ciclos de granocrescência ascendente (varvito a diamictito), recobertos por um complexo ciclo granodecrescente (arenito-diamictito-varvito), atribuído a eventos de deglaciação; esse evento culmina com a deposição de siltito fossilífero marinho, que, ao contrário das demais fácies, não tem clastos caídos (dropstones). As complexas relações laterais que marcam o ciclo/evento de deglaciação podem ser documentadas em uma seção estratigráfica com cinco afloramentos. A base do evento é erosiva, fornecendo calhas que acomodam localmente grandes espessuras; tal sucessão transgressiva, desenvolvida com a deglaciação, deve-se ao recuo progressivo das geleiras. O intervalo médio da Formação Mafra representa um trato de sistemas transgressivo/de nível de base alto de uma seqüência deposicional de 3ª ordem, junto com os arenitos e siltitos do Mafra-Inferior, estes constituindo o trato de sistemas de nível baixo. Resumo em inglês The middle interval of Mafra Formation (Itararé Group) has been investigated in the Mafra-Rio Negro area, eastern margin of Paraná basin. The 40m-cored section of well PM-6, drilled at the foot of the 70m-high Motocross Quarry, provide a 90m-composite column representative of middle-Mafra Formation. This interval is unconformably overlain by sigmoidal sandstones of the upper part of Mafra Formation, as displayed in the same quarry. Two types of cycles are found in middl (mais) e Mafra. Several coarsening-upward cycles composed of varvites, massive sandstones/siltstones (local) and diamictites, are followed by a major fining-upward cycle, formed by sandstone, diamictite and varvite. Pebble to boulder-size dropstones occur in all facies. The upper FU-cycle, designated as deglaciation facies/cycle, has a complex distribution of thickness and constituent lithofacies. Local depocenters of the cycle are related to lows escavated by glaciers; they were filled by sediments derived from the receeding ice, in a classical, transgressive setting related to deglaciation. The middle-Mafra Formation forms the upper, transgressive-highstand system tracts of a depositional sequence, together with sandstones and diamictites of the lower, lowstand system tracts of lower Mafra Formation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Aspectos de sorção para os materiais inconsolidados da região de São Carlos (SP), Brasil/ Sorption aspects for unconsolidated materials of the São Carlos region (SP), Brazil

Zuquette, Lázaro Valentin; Silva Jr, Everaldo M.; Garcia, Antonio
2008-06-01

Resumo em português O transporte de poluentes líquidos e gasosos, em meios geológicos porosos, depende das características físicas e químicas dos materiais inconsolidados, rochas, águas, assim como das características dos poluentes. Entre essas características, os aspectos da sorção têm importância fundamental e são função da mineralogia e respectivas proporções, pH, Eh e das características dos vazios. Na região de São Carlos, centro leste do Estado de São Paulo, Brasil (mais) , ocorrem 2 tipos de materiais inconsolidados, sendo um residual dos arenitos com cimento constituído de finos e, secundariamente, argilitos, siltitos e conglomerados da Formação Itaqueri, de idade cretácea, e outro sedimento arenoso de idade terciária. Esses materiais geológicos constituem as bases de muitos locais onde são lançados produtos químicos, caracterizados como fontes de poluição difusa ou pontual, e, por este motivo, foi desenvolvido um estudo para avaliá-los quanto aos aspectos de sorção para alguns cátions inorgânicos que são freqüentes nessas fontes, em concentrações variadas. Para tal, foram caracterizados ainda quanto ao peso específico dos sólidos, granulometria, mineralogia e índices físico-químicos. Para avaliar os aspectos de sorção, foram desenvolvidos ensaios de equilíbrio em lote (Batch Test), utilizando soluções químicas de KCl, ZnCl2 e CuCl.H2O, considerando três valores de pH para as soluções constituídas pelos materiais inconsolidados e as espécies químicas, assim como a mistura das três soluções. Resumo em inglês The transport of liquid and gaseous pollutants through porous geological media depends on the physical and chemical characteristics of the unconsolidated material, rocks and water, associated with the characteristics of the pollutants. Of these characteristics, the sorption aspect is of fundamental importance and is a function of the mineral proportions, pH, Eh and void aspects encountered in the porous media. In the São Carlos region, located in the eastern-central part (mais) of the State of São Paulo, Brazil, there are basically two types of unconsolidated materials: the first is a residual from sandstones cemented with fines and the secondarily composed of claystones, siltstones and conglomerates from the Cretaceous Period that constitute the Itaqueri Formation; the second is a sandy sediment of the Tertiary Period. These geological conditions are found in areas where chemical products are disposed of, characterized as either diffuse or point pollutions sources. Because of this situation, a study was developed to evaluate the sorption aspects of some inorganic cations that are frequently found in these sources, in varied concentrations. Taken into consideration were their physical/chemical properties, such as: specific weight, grain size, mineralogy, cationic exchange capacity, pH, hydraulic conductivity. Batch tests were run using solutions of KCl, ZnCl2 and CuCl.H2O at three different pH values, and then with a combined solution (KCl + ZnCl2 + CuCl.H2O), also at three different pH values.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Propriedades reológicas de matérias-primas do Pólo Cerâmico de Santa Gertrudes provenientes da Formação Corumbataí (região de Rio Claro, SP)/ Rheological properties of the raw material used in the Santa Gertrudes Ceramic Cluster proceeding from the Corumbataí Formation located in the Rio Claro, SP area

Prado, Ana Candida de Almeida; Del Roveri, Carolina; Rocha, Rogers Raphael; Zanardo, Antenor; Moreno, Maria Margarita Torres; Motta, José Francisco Marciano; Menegazzo, Ana Paula Margarido
2007-12-01

Resumo em português Siltitos e argilitos da Formação Corumbataí são fontes de matéria-prima para a indústria cerâmica do Pólo de Santa Gertrudes. Litotipos provenientes de três minas (Tute, Granusso e Cruzeiro), localizadas na região de Rio Claro - SP, foram caracterizados quanto à curva de defloculação, conteúdo crítico de sólidos e tempo de envelhecimento (propriedades reológicas). Os litotipos representam desde a base até o topo da coluna estratigráfica dessa formação (mais) . Os resultados reológicos foram correlacionados com a composição mineralógica. Os representantes da base estratigráfica apresentaram boa defloculação, quase não necessitando adicionar defloculante, e, de forma geral, continham illita, feldspato, quartzo, hematita, clorita e interestraficados de clorita - argilomineral expansivo ou de illita - argilomineral expansivo. A maioria dos litotipos do topo defloculou, porém a quantidade ideal de defloculante foi superior aos adicionados às amostras da base. Os litotipos do topo continham carbonatos, além dos minerais supracitados. Uma amostra coletada no topo da mina Tute, com sinais evidentes de intemperismo, não defloculou. Os carbonatos presentes nos estratos superiores da formação e a alteração supérgena prejudicaram a defloculação. A quantidade máxima de sólidos na barbotina foi 66% em peso para os litotipos do topo da formação. Os litotipos testados apresentaram o fenômeno de envelhecimento da suspensão, porém as barbotinas, após 120 horas de seus preparos, ainda apresentavam viscosidades semelhantes àquelas usadas pela indústria de placas cerâmicas para revestimento. Resumo em inglês Siltstones and mudstones from the Corumbataí Formation are exploted as raw material for the ceramic industries of Santa Gertrudes' Cluster. Lithotypes from three quarries (Granusso, Tute and Cruzeiro), located in the Rio Claro region - SP - Brazil, were characterized rheologically (deflocculation curve, solid critic content and aging time), representing the entire stratigraphic column of this formation. The results obtained were correlated with the mineralogical composit (mais) ion. The lithotypes in the lower part of the formation deflocculated very well, with small doses of deflocculant, and were generally composed of illite, feldspar, quartz, hematite, chlorite, and interstratified (chlorite together with expansive clay minerals or illite together with expansive clay minerals). The majority of the lithotypes found at the top of the formation deflocculated. However, for this to occur, a greater amount of deflocculant was necessary, in comparison to the amount used for the bottom samples. The lithotypes found at the upper part contained the same minerals as the bottom, but in addition, carbonates were found. One of the samples, collected at the top of Tute quarry showed evidences of weathering and did not deflocculate. The carbonates at the top strata and the supergenic alteration damaged the deflocculation. The maximum amount of solids in the suspension was 66% in weight for the lithotypes from the top. The test samples presented characteristics of suspension aging, however after 120 hours their viscosity was similar to that used in the tile industry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Deficiências de magnésio em solos e culturas do Norte de Portugal/ Magnesium deficiencies in soils and crops in Northern Portugal

Portela, E.; Louzada, J.
2007-07-01

Resumo em português Diversos estudos realizados no Norte de Portugal têm alertado para a ocorrência de carências de magnésio ou para a possibilidade de deficiente nutrição magnesiana nalgumas culturas. A partir de Julho-Agosto, pode observar-se a sintomatologia de carência de Mg em diversas zonas daquela região em culturas como o milho, em arbóreas e arbustivas, e ainda em espécies florestais. Em Trás-os-Montes e Alto Douro e no Entre-Douro e Minho, as deficiências de Mg nas cult (mais) uras têm-se observado sobretudo em solos desenvolvidos em xistos do Silúrico e do Ordovício, em xistos do Precâmbrico e Câmbrico do complexo Xistograuváquico e em solos provenientes de granitos predominantemente alcalinos de duas micas. Nas formações silúricas, ordovícias e do complexo Xisto-grauváquico dominam as seguintes litologias: quartzofilitos feldspáticos, filitos, micaxistos, xistos grafitosos, ampelitos, liditos, psamitos, grauvaques, siltitos e, ainda, quartzitos xistóides e quartzitos. As unidades-solo onde, frequentemente, se tem observado baixas concentrações foliares de Mg, ou mesmo sintomas da carência de Mg são: os Cambissolos e Leptossolos úmbricos; os Cambissolos e Leptossolos dístricos; os Regossolos úmbricos; os Fluvissolos dístricos e úmbricos; e, ainda, os Antrossolos úmbricos, cumúlicos e áricos. Alguns dos dados aqui apresentados foram coligidos, não só em estudos em que o principal objectivo foi o da confirmação da deficiência de Mg, mas também em levantamentos do estado nutritivo de diversas culturas. Na maioria dos estudos utilizou-se como método de diagnóstico as concentrações foliares de Mg, mas também foram identificadas razões entre nutrientes, nomeadamente Mg/N e Mg/K, associadas à carência de Mg. Nalguns deles determinou-se o limiar a partir do qual se observaram as deficiências de Mg. Em quase todos os trabalhos se encontraram correlações entre as concentrações foliares de Mg e diversos parâmetros químicos do solo, como os teores de Mg2+ na solução do solo e o Mg2+ de troca, com as razões Mg2+/K+, Mg2+/Ca2+, Mg2+/Ca2+ + Mg2+, Mg2+/Ca2+ + Mg2+ + K+, Mg2+/CTC, Mg2+/NH4+ e Mg2+/Al3++H+, ou com o efeito combinado destas razões. A carência de Mg parece ser clássica em solos ácidos provenientes de material originário pobre em Mg, mas também pode ser despoletada por factores locais, ou por práticas culturais desajustadas. Resumo em inglês Several studies carried out in Northern Portugal have drawn attention to the occurrence of magnesium deficiencies or deficient Mg nutrition in different crops. From July-August onwards symptoms of Mg deficiency can be observed in certain areas of this region in maize, fruit crops, fruit-trees and forest species. In the Trás-os-Montes and Alto Douro region and in the Entre-Douro and Minho region, Mg deficiencies in crops have been detected predominantly in soils located o (mais) n schists of the Siluric and Ordovician, on schists of Precambrian and Cambrian of the Schist and Greywacke complex, and soils derived from two-mica alkaline granite. The following lithology is found in the schists and in the Schist and Greywacke complex: feldspar quartz-phyllites, phyllites, micaschists, graphytic slates, siltstones, ampelites, lydites, psamites, greywackes, phyllito-quartzites and quartzites. The soil units where low foliar Mg concentrations or visible Mg deficiencies in crops more often observed are: Dystric and Umbric Leptosols, Umbric Regosols, Dystric and Umbric Cambisols, Dystric and Umbric Fluvisols, Umbric and Aric Anthrosols and Cumulic Anthrosols. Some of the data presented here were gathered from studies where the main purpose was the confirmation of Mg deficiencies and surveys to assess the nutritional status of various crops. The majority of the studies used, as a diagnostic tool, both the foliar Mg concentrations and, in some cases, the nutrient ratios Mg/N and Mg/K. In some studies, the threshold values for the occurrence of Mg deficiencies were determined. Most studies showed correlations between foliar Mg concentrations and several soil chemical parameters, such as soil solution Mg2+, exchangeable Mg2+, ratios between exchangeable cations Mg2+/K+, Mg2+/Ca2+, Mg2+/Ca2+ + Mg2+, Mg2+/Ca2+ + Mg2++K+, Mg2+/CTC, Mg2+/NH4+ and Mg2+/Al3++H+ or the combination of some of these ratios. Mg deficiency seems to be a classic problem in acid soils derived from parent material poor in Mg, but it can also be triggered by local factors or by inappropriate management practices.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Relações solo, superfície geomórfica e substrato geológico na microbacia do ribeirão Marins (Piracicaba - SP)

Teramoto, Edson Roberto; Lepsch, Igo Fernando; Vidal-Torrado, Pablo
2001-06-01

Resumo em português O estudo das inter-relações entre aspectos pedológicos, geológicos e geomorfológicos de uma área são importantes para a compreensão da distribuição das unidades de mapeamento de solos na paisagem, constuituindo importante ferramenta para mapeamento de solos. Com o objetivo de estabelecer essas relações, efetuou-se um mapeamento detalhado dos depósitos geológicos superficiais, das superfícies geomórficas e das unidades de solos de uma área na microbacia do (mais) ribeirão Marins em Piracicaba, SP. Tais relações foram obtidas através de um sistema geográfico de informações e de um índice de homogeneidade para avaliar quantitativamente as inter-relações de cada tema estudado. A estratigrafia da área está representada por siltitos e folhelhos da formação Corumbataí, arenitos da formação Pirambóia, uma cobertura neo-cenozóica de textura média e por sedimentos holocênicos coluviais e aluviais. Foram identificadas cinco superfícies geomórficas e foram estabelecidas dez unidades de mapeamento em cinco classes, LATOSSOLO, ALISSOLO, ARGISSOLO, CAMBISSOLO e NEOSSOLO. o LATOSSOLO VERMELHO-AMARELO está relacionado à cobertura neocenozóica e à superfície I, mais alta. O Alissolo e os Argissolos Vermelho-Amarelos de textura arenosa/média relacionam-se aos arenitos da formação Pirambóia e às superfícies II e III em áreas com declive suave, posicionadas abaixo da I. Os NEOSSOLOS LITÓLICOS argilosos estão associados aos siltitos da formação Corumbataí, ocorrendo nas superfícies IV e V, mais recentes, inferiores e em áreas muito inclinadas. Os CAMBISSOLOS HÁPLICOS de textura variada relacionam-se aos alúvios-colúvios da base. Quanto mais velha e estável for a superfície geomórfica mais homogênea ela é em relação aos solos que nela ocorrem. A evolução pedogenética é maior na medida em que em que aumenta a idade da superfície. A variabilidade dos atributos químicos e físicos dos solos na camada de 60-80cm é influenciada principalmente pela natureza química e física do substrato geológico, enquanto que os atributos morfológicos são determinados principalmente pelo relevo. Estas relações se repetem na paisagem da microbacia com características de solo, relevo e litologia semelhantes, permitindo sua extrapolação para outras áreas, contribuindo para futuros levantamentos detalhados de solos que possam vir a ser realizados na região. Resumo em inglês The relationships between soil, geology and geomorphic surface were studied in the Marins basin of Piracicaba, S.P., Brazil. Soils, parent material, geology and geomorphic surfaces were mapped. Two transects were studied to verify the lateral variation of the soils. Geology derives from Neo-Cenozoic superficial deposits of a loamy sand texture, sandstone belonging to the Piramboia Formation of the São Bento group, with siltstones and shales belonging to the Corumbatai Fo (mais) rmation of the Passa Dois group, and colluvial and alluvial sediments. Five geomorphic surfaces were identified. The relationships between soil, parent material, geology and geomorphic surfaces were performed cross-referencing the different maps. These relations were analyzed by comparision to an "uniformity index", specialy developed to verify the inter-relation uniformity. Ten soil units were identified (Oxisol, Ultisol and Inceptisol orders). The Oxisol is related to the neocenozoic cover and surface I, were the relief is almost flat. The Ultisol, with a predominance of a sandy loam texture, is related to the Pirambóia formation sandstone and to surfaces II and III, with gentle slopes. The Incepstisol, with a clayey texture, are associated to the Corumbataí formation siltstone and silex, with IV and V surfaces (ondulating relief). The Incepitsols of varied textures are related to alluvium and colluvium deposits.The relation that exists between the soils and the geomorphic surfaces is represented by the tendency that, the older and more stable the surface is, more homogeous it is in relation to the soils formed on it. The relation established in this area of study, is repeated in the landscape in other locations of the basin with soil, relief and lithological characteristics similar to the ones of the studied area. This shows that the relations established in this area can be extrapolated to other, contibuting in this way to future soils surveys that could be perfomed in this basin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)