Sample records for selenium 72
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 2 shown.



1

Processamentos de amêndoa e torta de castanha-do-Brasil e farinha de mandioca: parâmetros de qualidade/ Processing of Brazil nut and meal and cassava flour: quality parameters

Souza, Maria Luzenira de; Menezes, Hilary Castle de
2004-03-01

Resumo em português A castanha-do-Brasil (Bertholletia excelsa H.B.K.) e mandioca (Manihot esculenta Crantz) são matérias-primas importantes que constituem a base de subsistência para os povos da região Amazônica. Devido à falta de incentivo às suas utilizações pela indústria de alimentos no mercado interno, buscou-se processar a castanha-do-Brasil para obtenção de amêndoa e torta, e de mandioca para obtenção de farinha, objetivando identificar parâmetros de qualidade que jus (mais) tificassem e incentivassem o apelo aos seus aproveitamentos. Os resultados mostraram que a negatividade de aflatoxinas na amêndoa e torta apontaram a alta qualidade do lote da castanha-do-Brasil em relação a segurança alimentar. Os teores encontrados de selênio 2,04mg/kg na amêndoa e 7,13mg/kg na torta, os percentuais de fibra alimentar de 8,02 na amêndoa, de 15,72 na torta e de 5,68 na farinha, proteína bruta de 40,23% na torta e carboidratos 79,33% na farinha, permitiram caracterizar o produto a base de castanha como protéico, rico em selênio e fibras; e o de mandioca como rico em carboidratos e fibras. A proteína bruta da amêndoa é completa, rica em aminoácidos sulfurados, estando uns aminoácidos em quantidades superiores e outros equivalentes aos do padrão da FAO, podendo a castanha e derivados - devido a estes aminoácidos, ao selênio e fibras - serem considerados um apelo ao seu consumo, pelas funções de grande relevância que desempenham à manutenção da saúde do ser humano. Resumo em inglês Brazil nut (Bertholletia excelsa H.B.K.) and cassava (Manihot esculenta Crantz) are important raw materials, which constitute the basis of subsistence for those who live in the Amazon region. Due to a total lack of incentive for their use by the national food industry, this study aimed at processing Brazil nuts to obtain the nuts and the meal and at processing cassava to obtain the flour, studying the quality parameters which could justify and encourage their use. The abs (mais) ence of aflatoxin in both the nuts and meal indicated the high quality of the Brazil nuts with respect to food safety. The presence of a selenium content of 2.04mg/Kg in the nut and 7.13mg/Kg in the meal, a food fiber content of 8.02% in the nut, 15.72% in the meal and 5.68% in the flour, a protein content of 40.23% in the meal and carbohydrate content of 79.33% in the flour allowed for the characterization of products based on the nut as high protein, rich in selenium and fiber and of the cassava as rich in carbohydrate and fiber. The protein of the nut is complete and rich in sulfur amino acids and contains all the essential amino acids, some with values greater than and others equal to, the FAO standards. Due to these contents of amino acids, selenium and fiber, the consumption of the Brazil nut and derivatives should be encouraged due to their relevant functions with respect to human health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Efeito de diferentes meios de cultivo no desenvolvimento e proporção do sexo de embriões bovinos produzidos in vitro/ Effect of different culture media on development and sex ratio of bovine embryos fertilized in vitro

Gilardi, S.G.T.; Sá, W.F.; Camargo, L.S.A.; Ferreira, A.M.; Machado, M.A.; Serapião, R.V.; Soares, A.B.M.; Pinho, T.G.; Viana, J.H.M.
2004-10-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da suplementação de meios de cultivo sobre o desenvolvimento e proporção do sexo de embriões bovinos fertilizados in vitro. Complexos cumulus-oócitos obtidos de ovários de matadouro foram maturados e fertilizados in vitro. Os zigotos (n= 484) foram distribuídos aleatoriamente em meio CR2aa, contendo soro fetal bovino (SFB) (T1), albumina sérica bovina (BSA) (T2) ou BSA mais insulina:transferrina:selênio e vitaminas (BSA+) (T3), no cultivo emb (mais) rionário in vitro, a uma atmosfera de 5% CO2 a 38,8ºC em ar. A taxa de clivagem foi observada 72-76 horas pós-fertilização (PF) e a taxa de blastocistos com sete e oito dias PF. Os blastocistos (n= 63) foram sexados pela técnica de reação em cadeia de polimerase. A taxa de clivagem em T2 foi maior (P0,05) entre T2 e T3, porém menor (P0,05) entre os tratamentos. O T1 influenciou o desenvolvimento de blastocistos, mas não teve efeito sobre a proporção do sexo. Resumo em inglês The effect of culture media on the development and on the sex ratio of bovine embryos fertilized in vitro was studied. Cumulus oocyte-complexes from slaughterhouse ovaries were matured and fertilized in vitro. Zygotes (n= 484) were randomly allotted to different culture media and cultured with their cumulus cells in CR2aa medium and an atmosphere of 5% CO2 in air at 38.8ºC. The fetal calf serum (FCS), bovine seric albumin (BSA) or BSA plus insulin:transferrin:selenium an (mais) d vitamins (BSA+) supplementation effect on embryo culture was evaluated. Cleavage rate was assessed at 72-76h post-fertilization (PF) and blastocyst rate on days 7 and 8 PF. The blastocysts (n= 63) were also sexed using polymerase chain reaction. Cleavage rate for BSA medium supplemented was higher (P0.05), but lower (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)