Sample records for sclera
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Análise comparativa entre esclera tratada com glicerina e esclera tratada com irradiação gama, álcali e glicerina em reconstrução de cavidade anoftálmica: estudo experimental em coelhos/ Comparative analysis between sclera treated with glycerin and sclera treated with gamma irradiation, alkali and glycerin in the reconstruction of anophthalmic socket: experimental study in rabbits

Fernandes, José Byron Vicente Dias; Matayoshi, Suzana; Osaka, Junko Takano; Tolosa, Erasmo Castro Magalhães; Nunes, Tânia Pereira; Moura, Eurípedes da Mota
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar dois métodos de descontaminação de escleras: tratamento com glicerina versus tratamento com irradiação gama, álcali e glicerina, visando detectar as alterações clínicas e histológicas em cavidades anoftálmicas de coelhos, reconstruídas com esferas de polimetilmetacrilato envolvidas com esclera. MÉTODOS: Trinta e nove coelhos da raça Nova Zelândia foram divididos em 2 grupos: grupo I, cujos animais foram submetidos à enucleação de um ol (mais) ho e reconstrução com esfera de polimetilmetacrilato envolvida em esclera tratada com glicerina; grupo II, quando houve a enucleação e a reconstrução foi feita com esfera de polimetilmetacrilato, envolvida em esclera tratada com irradiação gama, álcali e glicerina. Os 2 grupos foram observados em 4 momentos: 7, 21, 42 e 84 dias após a cirurgia. Decorridos os tempos prefixados, os coelhos foram sacrificados, as órbitas exenteradas, sendo o material processado para emblocamento em parafina, cortado com 5 mm de espessura e corado pelas técnicas de hematoxilina-eosina e tricrômio de Masson. As escleras foram submetidas à análise morfométrica e semiquantitativa. Os resultados foram comparados pelo teste não paramétrico de Mann-Whitney. RESULTADOS: A análise comparativa da vascularização da interface cirúrgica apontou diferença significativa na avaliação feita 21 dias após o implante (P Resumo em inglês PURPOSE:To compare two sclera decontamination methods: treatment with glycerin versus treatment with gamma irradiation, alkali and glycerin, aiming to detect the clinical and histological alterations in rabbit anophthalmic sockets reconstructed with sclera-involved polymethylmethacrylate spheres. METHODS:Thirty-nine New Zealand-breed rabbits were divided into two groups: group I, whose animals were submitted to enucleation of one eye and reconstruction with a polymethylme (mais) thacrylate sphere involved in glycerin-treated sclera; group II, where there was enucleation, and reconstruction performed with a polymethylmethacrylate sphere involved in sclera treated with gamma irradiation, alkali and glycerin. The two groups were observed at four moments, at 7, 21, 42 and 84 days after surgery. Preset times elapsed, the rabbits were euthanized, sockets were exenterated, the material was processed for embedment in paraffin, cut into 5 µm sections thick and stained with hematoxylin-eosin and Masson's trichrome techniques. The scleras were submitted to morphometric and semiquantitative analysis. Results were compared by Mann-Whitney's non-parametric test. RESULTS: Comparative analysis of vascularization of the surgical interface pointed out a significative difference in the evaluation done 21 days after the implant (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Enxertos homólogos de esclera e dura-máter em olhos de coelhos: análise histopatológica comparativa/ Homologous scleral and dura mater grafts in rabbit eyes/ a comparative histopathological analysis

Araf, Davi; Moura, Eurípedes da Mota; Rodrigues, Consuelo Junqueira; Figueiredo, Luiz Arthur de Faria
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a reação tecidual à implantação de enxertos homólogos de esclera e dura-máter. MÉTODOS: Foram realizadas cirurgias experimentais em 41 coelhos albinos da raça Nova Zelândia, sendo que dois coelhos foram selecionados, ao acaso, para serem doadores dos enxertos a serem utilizados no experimento. Trinta coelhos foram divididos em dois grupos: grupo D e grupo E, sendo submetidos à implantação dos tecidos homólogos e nove animais constituíram o (mais) grupo controle (grupo DE), submetidos à cirurgia sem enxertia. Os olhos foram enucleados e amostras foram colhidas em duas, seis e 12 semanas após o experimento, constituindo os subgrupos I, II e III. RESULTADOS: Foi realizada análise histopatológica qualitativa, além de estudo semiquantitativo comparativo da vascularização e infiltrado inflamatório na esclera e dura-máter transplantadas. Procedeu-se, também, a histomorfometria das medidas do lado dos enxertos com sistema analisador de imagens. Não houve diferença estatisticamente significante comparando-se a vascularização, infiltrado inflamatório e medidas do lado, entre os subgrupos I de esclera em relação à dura-máter, assim como nos subgrupos II. Não foram comparados os subgrupos III, pois foram observados somente fragmentos dos enxertos de dura-máter. CONCLUSÕES: O enxerto de dura-máter mostrou intensa reabsorção e progressiva substituição por tecido conjuntivo frouxo. O enxerto de esclera mostrou discreta reabsorção na periferia com formação de membrana fibrosa mais evidente, integrando este à esclera do hospedeiro. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate tissue reaction to implantation of homologous scleral and dura mater grafts. METHODS: Experimental surgeries were performed on 41 albine New Zealand rabbits; two rabbits were selected at random to be graft donors. Thirty rabbits were divided into two groups: group D and group E, receiving grafts of homologous tissues. The remaining nine animals comprised the control group (DE) and were submitted to surgery but with no graft. The eyes were enucleated a (mais) nd samples collected two, six and 12 weeks after the experiment, comprising subgroups I, II and III. RESULTS: A qualitative histopathological analysis was performed together with a comparative semi-quantitative study on vascularization and inflammatory infiltrate in the transplanted sclera and dura mater. Histomorphometry was conducted based on measurements of the grafts with an image analyzing system. There was no statistically significant difference when comparing vascularization, inflammatory infiltrate and measurements between subgroup I in relation to sclera and dura mater, nor in subgroup II. Subgroup III was not compared, since only fragments of dura mater grafts were considered. CONCLUSIONS: The dura mater graft presented intense absorption and progressive replacement of loose connective tissue. And the scleral graft showed discreet absorption in the periphery with formation of a more evident fibrous membrane, integrating the graft into the host sclera.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Politetrafluoroetileno e esclera humana no tratamento cirúrgico de perfuração escleral em coelhos/ Polytetrafluoroethylene and human sclera in surgical treatment of scleral perforation in rabbits

Simone, Pezzutti; Holzchuh, Nilo; Milton Ruiz, Alves; Holzchuh, Marlene Pezzutti; Holzchuh, Ricardo
2001-11-01

Resumo em português Objetivo: Foi realizado estudo experimental para avaliar o comportamento do politetrafluoroetileno (Gore-Tex®) em relação à esclera humana, em perfurações esclerais produzidas em olhos de coelhos. Métodos: Vinte e dois olhos de coelhos foram submetidos à perfuração escleral seguida da colocação e sutura do enxerto de Gore-Tex® no olho esquerdo e esclera humana no olho direito. A evolução pós-operatória foi avaliada diariamente durante um mês e, analisada (mais) a intensidade da hiperemia ocular, presença de infecção, secreção ocular, rejeição e tonicidade do olho à digito-pressão. Resultados: Não foi observada presença de secreção, casos de infecção ou rejeição. As secções histopatológicas mostraram presença de processo inflamatório não granulomatoso tipo fibrose nos olhos com Gore-Tex®, com boa adesão e epitelização. Conclusão: O Gore-Tex® mostrou ser material plausível quando utilizado nos defeitos e perfurações esclerais com algumas vantagens como fácil obtenção, manuseio e durabilidade. Resumo em inglês Purpose: An experimental study to evaluate the behavior of polytetrafluoroethylene (Gore-Tex®) compared with human sclera, in scleral perforations induced in rabbits eyes was performed. Methods: Twenty-two eyes of rabbits were submitted to scleral perforation followed by Gore-Tex® graft in the left eye and human sclera graft in the right eye respectively. During one month the postoperative evolution was analyzed every day: intensity of hyperemia, presence of infection, (mais) secretion, rejection and tonicity of the eyes. Results: No cases of secretion, infection or rejection were observed. The histological sections showed fibrosis in the eyes with Gore-Tex®, good adhesion and epithelization. Conclusion: The Gore-Tex® showed to be a plausible material to be used as graft in scleral defects with some advantages such as easy obtention, good handling and durability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Avaliação das alterações precoces na coróide e esclera ocorridas em coelhos hipercolesterolêmicos: estudo histológico e histomorfométrico/ Evaluation of choroid and sclera early alterations in hypercholesterolemic rabbits: histologic and histomorphometric study

Torres, Rogil José de Almeida; Maia, Maurício; Noronha, Lucia; Farah, Michel Eid; Luchini, Andréa; Brik, Décio; Muccioli, Cristina; Précoma, Dalton Bertolin
2009-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Demonstrar experimentalmente, através de exames histológicos e histomorfométricos, as alterações degenerativas da esclera e coróide desencadeadas precocemente pela dieta hipercolesterolêmica. MÉTODOS: Coelhos New Zealand foram organizados em dois grupos: GC (grupo controle), composto por 6 coelhos (6 olhos), recebeu dieta normal por 6 semanas; G1, composto por 12 coelhos (12 olhos), tratado previamente com ração colesterol a 1% (Sigma-Aldrich) por 2 se (mais) manas e a partir do 14º dia com ração colesterol a 0,5% (Sigma-Aldrich). Os olhos foram submetidos à análise histológica, avaliados com corante de hematoxilina-eosina e ao exame morfométrico. A análise histomorfométrica foi realizada no setor posterior, adjacente ao disco óptico, e na periferia. RESULTADOS: O GC apresentou espessura média da esclera e coróide na periferia de 228,61 ± 31,71 micrômetros, enquanto na região posterior de aproximadamente 246,07 ± 25,66 micrômetros. No G1, observou-se espessura média da esclera e coróide na periferia de aproximadamente 303,56 ± 44,21 micrômetros, enquanto na região posterior de aproximadamente 295,59 ± 62,59. Houve diferença estatisticamente significativa da espessura da esclera e coróide entre os grupos na região periférica (p Resumo em inglês PURPOSE: To demonstrate experimentally, by means of histological and histomorphometric examinations, the sclera and choroid degenerative alterations, which take place at an early stage due to a hypercholesterolemic diet. METHODS: New Zealand rabbits were divided into two groups: CG (control group) of 6 rabbits (6 eyes) received a regular diet for 6 weeks; G1, of 12 rabbits (12 eyes), was first fed a 1% cholesterol diet (Sigma-Aldrich) for 2 weeks and then from the 14th da (mais) y on a 0.5% cholesterol diet (Sigma-Aldrich). The eyes underwent a histological analysis, stained with hematoxiline-eosine, and a morphometric examination. The histomorphometric analysis was performed in the posterior region, adjacent to the optic disk, and in the peripheral region. RESULTS: The CG presented a mean sclera and choroid thickness of 228.61 ± 31.71 micrometers in the peripheral region, while the thickness in the posterior region was approximately 246.07 ± 25.66 micrometers. In G1, these values were 303.56 ± 44.21 micrometers in the peripheral region and 295.59 ± 62.59 in the posterior region. There was a statistically significant difference in the sclera and choroid thickness between the groups in the peripheral region (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Proposição de modelo experimental para estudo morfométrico de vasos e células em esclera de coelhos/ Proposition of an experimental model for the morphometric study of vessels and cells in rabbit sclera

Matayoshi, Suzana; Santo, Ruth Miyuki; Capelozzi, Vera; Saldiva, Paulo Hilário; Alves, Milton Ruiz
2003-08-01

Resumo em português OBJETIVO: A inexistência de modelos experimentais para estudo de alterações causadas por terapêuticas variadas na esclera motivou os autores à proposição de modelo animal para estudo quantitativo de vasos e células na esclera. MÉTODOS: Por meio de estudo experimental prospectivo, aleatório e mascarado, foram avaliadas 15 coelhas albinas, divididas em 3 grupos. O grupo 1 (controle) foi constituído por animais que não foram submetidos a procedimento cirúrgico o (mais) u aplicação de medicação; o grupo 2 foi submetido à cirurgia conjuntival e aplicação de esponja embebida em água destilada; e o grupo 3 foi submetido à cirurgia conjuntival e à aplicação de esponja contendo mitomicina C a 0,4 mg/ml. Foi realizada análise histológica morfométrica (contagem de pontos) da esclera. RESULTADOS: O grupo 3 mostrou redução dos parâmetros vasculares e aumento dos parâmetros celulares quando comparado aos outros dois grupos. O grupo 2 mostrou diminuição do número de núcleos de células endoteliais e aumento de células inflamatórias comparativamente ao grupo controle. CONCLUSÕES: O modelo apresentado mostrou-se exeqüível para quantificação vascular e celular em esclera de coelhos. O modelo experimental proposto revelou-se de utilidade para quantificação de vasos e células em esclera, viabilizando a detecção de alterações vasculares e celulares esclerais provocadas pela aplicação tópica de mitomicina C a 0,4 mg/ml. Resumo em inglês PURPOSE: The lack of experimental models to study diverse therapeutical alterations in sclera led the authors to propose an animal model for a quantitative study of scleral vessels and cells. METHODS: This is a randomized, masked, prospective study using 15 female rabbits divided into 3 groups. The first group of animals (control) was not submitted to surgery or drug application; the second group was submitted to conjunctival surgery and application of a sponge containing (mais) distilled water. The third group was submitted to conjunctival surgery and application of 0.4 mg/ml mitomycin C. A morphometric histological analysis (point counting) was made with light microscopy. The proposed model could quantify vessels and cells in rabbit sclera. RESULTS: The third group presented a reduction of vascular parameters and an increase of cell parameters when compared to the other two groups. The second group showed a reduction in the number of endothelial cell nuclei and an increase in inflammatory cells when compared to the control group. CONCLUSIONS: The model was shown to be feasible in quantifying vessels and cells in rabbit sclera. It was able to detect vascular and cell alterations in sclera due to the topical application of 0.4 mg/ml mitomycin C.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estudo comparativo entre técnicas para fixação de placa metálica em esclera de coelhos/ Scleral metal plate fixation. an experimental study

Abreu, Sandra Lucia Dias Ramos de; Bicas, Harley E. A.
2002-03-01

Resumo em português Objetivo: Comparação entre dois diferentes métodos para fixação escleral de placa metálica em coelhos, utilizando-se adesivo de cianoacrilato e fio de sutura Mersileneã 6.0. Métodos: Vinte e sete coelhos adultos foram operados sob anestesia geral e seus olhos foram examinados quanto à reação inflamatória ocular no 8º, 23º e 38º dia de pós-operatórios. Foi estudada a aderência da placa à esclera por meio das forças de tração t (mais) angencial e perpendicular. Resultados: Sinais clínicos de reação inflamatória estiveram presentes até o 23º dia em todos os olhos e foram levemente mais intensos nos olhos que usaram cianoacrilato. Exame microscópico mostrou reações até o 38º dia em todos os olhos. Diferentes forças de tração foram aplicadas nas placas e variavam de 20 a 80 gf. Forças de tração de 80 gf não produziram descolamento em todas as placas até o 38º dia. Conclusões: A fixação da placa metálica na esclera em coelhos pode ser obtida com a utilização do fio de sutura ou do adesivo de cianoacrilato. Resumo em inglês Purpose: To study two different methods of metal plate fixation: cyanoacrylate adhesive and MersileneÓ 6.0 sutures. Methods: 27 adult rabbits were operated under general anesthesia and the eyes were later examined in order to determine the amount of inflammation. This was done on the 8th, 23rd and 38th day. The adherence of the plate to the sclera was also studied under different perpendicular and tangential traction forces. A comparison was made (mais) with a control group. Results: Clinical signs of inflammatory reaction were found in all eyes in up to the 23rd day and were slightly more intense in the eyes where cyanoacrylate was used. Microscopical signs of inflammation persisted up to 38th day. Different traction forces were applied to the plates and varied from 20 to 80 gf. The latter were unable to detach the plate from the sclera in all eyes at the end of the 38 days. Conclusions: The fixation of metal plates on the scleral surface is a feasible method and can be performed using suture fixation or cyanoacrylate glue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Comprovação anatomopatológica da presença de tecido vascular e nervoso evidenciado à ecografia como eco tangencial ao descolamento de coróide: relato de dois casos/ Histopathologic confirmation of vascular and nervous tissue identified on ultrasound as an tangential image to choroidal detachment: report of two cases

Marback, Eduardo F.; Pereira, Fernanda Fernandes; Oliveira, Ricardo Danilo Chagas de; Galvão, Cláudia; Marback, Roberto L.
2009-12-01

Resumo em português São apresentados dois casos de descolamento de coróide em olhos com endoftalmite submetidos a enucleação. O estudo anatomopatológico permitiu identificar a presença de tecido vascular e nervoso interpondo-se entre a esclera e coróide deslocada, como havia sido evidenciado pela ecografia. Resumo em inglês Two cases of endophthalmitis with choroidal detachment submitted to enucleation are presented. The histopathologic study allowed the identification of vascular and nervous tissue between the choroid and sclera, as it was seen on ultrasound examination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Aplicações oftalmológicas do ácido hialurônico/ Use of hyaluronic acid in Ophthalmology

Figueirêdo, Eugênio Santana de; Macedo, André Casimiro de; Figueirêdo, Priscila Fechine Ribeiro de; Figueirêdo, Régis Santana de
2010-02-01

Resumo em português O ácido hialurônico é um polissacarídeo da família dos glicosaminoglicanos e está presente nos tecidos conjuntivos dos mamíferos. No olho, pode ser encontrado na córnea, na esclera e, principalmente, no humor vítreo. Atualmente, vem sendo empregado em várias especialidades médicas, incluindo a oftalmologia. O objetivo desse artigo é demonstrar as diversas aplicações oftalmológicas atuais e futuras dessa substância. Resumo em inglês Hyaluronic acid is a polysaccharide of the glycosaminoglycan family present in mammal tissues. In the eye, it can be found in the cornea, the sclera and the vitreous humor. Currently, it has been employed in several medical specialties, including ophthalmology. The objective of this paper is to demonstrate the various current and future ophthalmic applications of this substance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Biomicroscopia ultra-sônica na avaliação da posição das lentes intra-oculares em uma técnica de fixação escleral/ Ultrasound biomicroscopy in the assessment of the intraocular lenses positioning in a transscleral fixation technique

Vianna Filho, Raul de Camargo; Freitas, Lincoln de; Allemann, Norma; Lima, Ana Luísa Hofling de
2000-10-01

Resumo em português Objetivo: Avaliar pela biomicrospia ultra-sônica (UBM) o posicionamento, em relação ao sulco ciliar, das alças de lentes intra-oculares (LIO), em uma técnica de fixação escleral, avaliando-se também se dois pontos de fixação são suficientes para que não haja inclinação da parte óptica. Métodos: Dezesseis olhos afácicos foram submetidos a implante LIO por uma mesma técnica de fixação escleral, realizados por um mesmo cirurgião. Um mês após a cirurgia (mais) , o posicionamento das alças das LIO foram avaliados pelo UBM, assim como distâncias entre as LIO e córnea. Os resultados foram submetidos a testes estatísticos. Resultados: Das 32 alças fixadas à esclera, oito estavam localizadas no sulco ciliar e 24 fora deste. Não houve diferença estatística nas distâncias entre LIO e córnea para alças posicionadas no sulco ciliar quando comparadas àquelas localizadas fora do sulco. Isto sugere que, além da distância ao limbo que se transfixa a esclera, outros fatores devem estar associados ao posicionamento da alça no sulco ciliar. As medidas LIO -- córnea realizadas na periferia das LIO às 3, 6, 9, e 12 horas foram semelhantes, mostrando que dois pontos de fixação são suficientes para que a LIO não fique inclinada. Conclusões: Outros fatores (por exemplo o ângulo de abertura do corpo ciliar), além da distância ao limbo na qual se transfixa a esclera, são importantes para o posicionamento das alças no sulco ciliar. Dois pontos de fixação são suficientes para que a LIO não apresente inclinação dentro do olho. Resumo em inglês Purpose: To assess, through ultrasound biomicroscopy (UBM), the positioning of the intraocular lenses (IOL) haptics as related to the ciliary sulcus by using a scleral fixation technique; and to evaluate, as well, if two fixation points are sufficient to avoid tilting of the lenses. Methods: Sixteen aphakic eyes underwent an IOL implan-tation by means of the same scleral fixation technique, performed by the same surgeon. One month following surgery, both the positioning o (mais) f the IOL haptics and the distances between the IOLs and the cornea were assessed by UBM. Results were statistically studied. Results: Of the 32 intraocular lenses haptics fixed to the sclera, eight were placed in the ciliary sulcus and 24 were placed out of the ciliary sulcus. There was no statistical difference in the distances measured between the intraocular lenses and the cornea for the haptics placed out of the ciliary sulcus as compared to the haptics placed in the ciliary sulcus, suggesting that other factors, besides the distance to the limbus, may be relevant in the positioning of haptics in the ciliary sulcus. The same measurements performed at 3, 6, 9, and 12 hours, on the periphery of the lenses, were also similar, suggesting that 2-point fixation is sufficient to avoid tilting of the lenses in the eye. Conclusions: Further factors (e.g. the ciliary sulcus opening angle), other than the distance of the limbus where the sclera is transfixed, are important for the placement of the lenses in the ciliary sulcus. Two fixation points are sufficient to avoid tilting of the IOL in the eye.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Esclerite como manifestação inicial de granulomatose de Wegener: descrição de caso/ Wegener's granulomatosis presenting as scleritis: case report

Schmidt, Leonardo; Burkiewicz, Claudine J. C.; Silva, Marilia Barreto; Skare, Thelma L.
2007-04-01

Resumo em português Esclerite é um processo inflamatório ocular caracterizado por edema e infiltração celular da esclera, que cursa com vermelhidão e dor locais e causa perda importante da acuidade visual. Pode ser a primeira manifestação de uma doença reumática sistêmica como lúpus, artrite reumatóide e policondrite recidivante, embora seja mais comum que apareça bastante tempo depois da doença já estabelecida. Os autores apresentam um caso de granulomatose de Wegener no qual essa forma de envolvimento ocular precedeu o aparecimento de glomerulonefrite em 18 meses. Resumo em inglês Scleritis is an ocular inflammatory condition characterized by edema and cellular infiltration of the sclera that causes local redness, pain and loss of visual acuity. It can be the first manifestation of a systemic rheumatic disease such as lupus, rheumatoid arthritis and relapsing polycondritis, although it is more frequently found in a well established disease. The authors describe a case of Wegener's granulomatosis where this form of ocular involvement preceded the glomerulonephritis by eighteen months.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Considerações radiodosimétricas da braquiterapia ocular com iodo-125 e rutênio/ródio-106/ Radiodosimetric considerations on ocular brachytherapy with iodine-125 and ruthenium/rhodium-106

Mourão, Arnaldo Prata; Campos, Tarcísio Passos Ribeiro de
2009-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar, por meio de um modelo computacional da região ocular, as características da distribuição da dose utilizando placas contendo iodo-125 e rutênio/ródio-106. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi utilizado um modelo computacional de voxels da região ocular incluindo os diversos tecidos, com a placa posicionada sobre a esclera. O código Monte Carlo foi utilizado para simular a irradiação. A distribuição da dose é apresentada por curvas de isodoses. RESULTA (mais) DOS: As simulações computacionais apresentam a distribuição da dose no interior do bulbo e nas estruturas externas. Os resultados permitem comparar a distribuição espacial das doses geradas por partículas beta e por fótons. As simulações mostram que a aplicação de sementes de iodo-125 implica alta dose no cristalino, enquanto o rutênio/ródio-106 produz alta dose na superfície da esclera. CONCLUSÃO: A dose no cristalino depende da espessura do tumor, da posição e do diâmetro da placa, e do radionuclídeo utilizado. No presente estudo, a fonte de rutênio/ródio-106 é recomendada para tumores de dimensões reduzidas. A irradiação com iodo-125 gera doses maiores no cristalino do que a irradiação com rutênio/ródio-106. O valor máximo de dose no cristalino corresponde a 12,75% do valor máximo de dose com iodo-125 e apenas 0,005% para rutênio/ródio-106. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze dose distribution utilizing plaques with iodine-125 and ruthenium/rhodium-106 in a computational model of the ocular region. MATERIALS AND METHODS: A voxel-based computational model including the different tissues of the ocular region was utilized with the plaque positioned on the sclera. The Monte Carlo code was utilized for simulating irradiation. The dose distribution is demonstrated by isodoses curves. RESULTS: Computational simulations demonstra (mais) te the dose distribution inside the ocular bulb as well as in adjacent outside structures. The results have allowed the authors to compare the spatial distribution of doses generated by beta particles and photons. The simulations demonstrated that the utilization of iodine 125 seeds implies a high dose to the crystalline lens, while ruthenium/rhodium-106 results in high dose on the sclera surface. CONCLUSION: The dose to the crystalline lens depends on the tumor position and thickness, the plaque diameter, and the radionuclide utilized. In the present study, the ruthenium/rhodium-106 source is recommended for low tumor thickness. Irradiation with iodine-125 results in higher doses to the crystalline lens than irradiation with ruthenium/rhodium-106. The maximum value for dose to the crystalline lens corresponds to 12.75% of the maximum dose with iodine-125 and only 0.005% for ruthenium/rhodium-106.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Nodulose reumatóide epibulbar bilateral: relato de caso/ Bilateral epibulbar rheumatoid nodulosis: case report

Santos, Namir Clementino; Sousa, Luciene Barbosa de; Trevisani, Virginia Fernandes Moça; Rigueiro, Moacyr Pezzati; Freitas, Denise de
2006-06-01

Resumo em português Apresentamos o caso de uma paciente de 64 anos, com diagnóstico de artrite reumatóide, apresentando nódulos episclerais bilaterais, sem inflamação articular ativa. A biópsia das lesões revelou presença de granulomas com células epitelióides e fibroblastos em orientação radial à zona central de degeneração necrobiótica do colágeno da episclera e esclera superficial e infiltrados de linfócitos e plasmócitos em todos os níveis da substância própria da c (mais) onjuntiva. Na literatura reumatológica o desenvolvimento de nódulos reumatóides na ausência de doença articular ativa é chamado de "nodulosis rheumatoidis". Resumo em inglês A 64-year-old woman with a diagnosis of rheumatoid arthritis developed painless bilateral episcleral rheumatoid nodules without any flareup of her associated disease. Biopsy of the lesions disclosed a lymphocytic and plasmacytic infiltration within the conjunctiva, overlying palisading granulomas with multinucleated giant cells, and central necrobiotic degeneration of the collagen of the episclera and superficial sclera. The rheumatologic designation for the development of groups of nodules in inactive rheumatoid arthritis is rheumatoid nodulosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Síndrome de Sturge-Weber: estudo ultrabiomicroscópico/ Sturge-Weber syndrome: ultrasound biomicroscopic study

Cronemberger, Sebastião; Calixto, Nassim; Assunção, Déborah Aguiar Mendonça; Milhomens, Eduardo Gutemberg
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever os achados da biomicroscopia ultra-sônica (UBM) em pacientes com síndrome de Sturge-Weber associada ou não a glaucoma. MÉTODOS: Onze olhos (dois sem glaucoma e nove com glaucoma) de oito pacientes portadores de síndrome de Sturge-Weber foram submetidos à biomicroscopia ultra-sônica objetivando-se estudar o seio camerular, a esclera, o corpo ciliar e a pars plana. RESULTADOS: Identificou-se pela biomicroscopia ultra-sônica imagens compatíveis c (mais) om a suspeita de vaso intra-escleral dilatado em todos os olhos com ou sem glaucoma. Efusão supraciliar foi encontrada em oito (88,9%) dos nove olhos com glaucoma, porém, em nenhum dos olhos sem glaucoma. Descolamento da pars plana foi diagnosticado em um olho com glaucoma e nos dois olhos sem glaucoma. Em oito (88,9%) olhos com glaucoma e nos dois sem glaucoma, observou-se imagem arredondada apresentando baixa a média ecogenicidade no interior do corpo ciliar, sugestiva de vaso dilatado (possível angioma) do corpo ciliar. CONCLUSÃO: Na síndrome de Sturge-Weber, a biomicroscopia ultra-sônica mostrou a presença de imagens sugestivas de vasos dilatados no interior da esclera e do corpo ciliar (possíveis angiomas) em olhos glaucomatosos e não glaucomatosos. Paradoxalmente, diagnosticou-se efusão supraciliar em oito (88,9%) dos nove olhos com glaucoma. Estes achados combinados com o angioma coroidiano e o aumento da pressão venosa episcleral em percentual elevado de olhos com esta síndrome, podem contribuir para explicar a patogenia do glaucoma, bem como as complicações per e pós-operatórias que acompanham as cirurgias antiglaucomatosas nesses olhos. Resumo em inglês PURPOSE: To describe the ultrasound biomicroscopy findings in patients with Sturge-Weber syndrome with or without glaucoma. METHODS: Ultrasound biomicroscopy was performed on 11 eyes from 8 patients with Sturge-Weber syndrome with or without glaucoma. RESULTS: Ultrasound biomicroscopy showed images suggestive of dilated intrascleral vessels in all eyes with or without glaucoma. Supraciliar effusion was found in 8 (88.9%) of 9 eyes with glaucoma and in none of those withou (mais) t glaucoma. Sectorial pars plana detachment was present in one eye with and in two eyes without glaucoma. A round image with low to moderate echogenicity in the ciliary body was present in 8 (88.9%) eyes with glaucoma and in 2 eyes without glaucoma. This image is highly suggestive of a dilated vessel or angioma. CONCLUSIONS: UBM showed paradoxically supraciliary effusion in the great majority of the eyes with glaucoma (89%), controlled by previous surgery in the Sturge-Weber syndrome. The images found in the anterior portion of sclera and in the ciliary body are highly suggestive of a scleral dilated vessel and an angioma, respectively, in eyes with or without glaucoma. These findings associated with increased episcleral venous pressure might contribute to explain not only the pathogenesis of the secondary glaucoma but also the peri- and postoperative complications eventually present during and after the antiglaucomatous surgeries in these eyes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Adesivo biológico de fibrina na mioescleropexia posterior em coelhos: estudo experimental/ Fibrin biological adhesive for posterior mioscleral fixation of superior rectus muscles: an experimental study in rabbits

Moreira, Ana Tereza Ramos; Bottós, Juliana Mantovani; Bottós, Kátia Mantovani; Buquera, Michele; Anjos, Adilson dos
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: 1. Verificar a capacidade de cola do adesivo biológico de fibrina quando utilizado para reduzir o arco de contato do músculo reto superior com a esclera de coelhos. 2. Comparar a redução da função do músculo reto superior tratado com a função do músculo reto superior contralateral, utilizado como controle. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 30 coelhos, 60 olhos. Em cada coelho, realizou-se mioescleropexia posterior com adesivo biológico em um d (mais) os olhos (30 olhos), enquanto o outro serviu como controle (30 olhos). Todos os animais foram sacrificados após 60 dias pós-operatórios. Avaliaram-se a hipofunção muscular e o tamanho da aderência mioescleral produzida imediatamente pela cirurgia e após 60 dias. RESULTADOS: O coágulo de fibrina formou-se imediatamente à sua aplicação no músculo, e as fibras musculares apresentaram-se aderidas em poucos segundos à esclera. Todos os olhos operados com adesivo bio-lógico de fibrina demonstraram hipofunção muscular após 60 dias, quando comparada ao músculo contralateral. O tamanho do coágulo formado inicialmente, relacionado às medidas obtidas após 60 dias, demonstrou uma porcentagem de redução de 28,48% e uma correlação ascendente e positiva (r=0,367204), porém fraca, elucidando a existência de múltiplas variáveis influenciando nessa redução. Não houve sinais de hiperemia, secreção conjuntival, ou qualquer outra complicação atribuída à cirurgia, ao final de 60 dias. CONCLUSÃO: O adesivo biológico de fibrina provoca adesão músculo-escleral, encurtando o arco de contato, ocasionando a hipofunção desejada. A aplicação do adesivo facilita a mioescleropexia posterior, evitando a possibilidade de perfuração ocular. Resumo em inglês PURPOSES: 1. To evaluate the adhesion capacity of the fibrin biological adhesive in surgery of posterior fixation of the superior rectus muscle, when it is used for the reduction of the arc of contact. 2. To compare the reduction of the superior rectus muscle's action of eyes in which the biological adhesive has been used with those used as a control group. METHODS: The sample consisted of 30 animals, 60 eyes. One of the eyes of each animal was treated with biological adh (mais) esive (30 eyes), while the other was used as a control (30 eyes). All animals were sacrificed on the 60th postoperative day. Muscle reduction was analyzed and the sizes of the adherences produced at surgery and after 60 days were measured. RESULTS: The fibrin clot was produced immediately after applying the biological adhesive and at the end of few seconds all muscle fibers were adhered to the sclera. All muscles treated with biological adhesive showed reduction in motor function on the 60th postoperative day when compared with the control group. The sizes of the initially produced adherence compared with those after 60 days was reduced 28.48%. There was an ascending and positive but weak correlation (r=0.367204). There must exist other variables affecting adherence reduction. There was no significant inflammatory reaction or any other complication related to the surgery. CONCLUSIONS: The clinical results of motor function demonstrated that the biological adhesive of fibrin produced muscle-scleral adhesion, reducing the arc of contact of the superior rectus muscle in rabbits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Cirurgia monocular para esotropias de grande ângulo: histórico e novos paradigmas/ Monocular surgery for large-angle esotropias: review and new paradigms

Gigante, Edmilson; Bicas, Harley Edson do Amaral
2010-08-01

Resumo em português As primitivas cirurgias de estrabismo, as miotomias e as tenotomias, eram feitas, simplesmente, seccionando-se o músculo ou o seu tendão, sem nenhuma sutura. Estas cirurgias eram feitas, geralmente, em um só olho, tanto em pequenos como em grandes desvios e os resultados eram pouco previsíveis. Jameson, em 1922, propôs uma nova técnica cirúrgica, usando suturas e fixando, na esclera, o músculo seccionado, tornando a cirurgia mais previsível. Para as esotropias, p (mais) raticou recuos de, no máximo, 5 mm para o reto medial, o que se tornou uma regra para os demais cirurgiões que o sucederam, sendo impossível, a partir daí, a correção de esotropias de grande ângulo com cirurgia monocular. Rodriguez-Vásquez, em 1974, superou o parâmetro de 5 mm, propondo amplos recuos dos retos mediais (6 a 9 mm) para o tratamento da síndrome de Ciancia, com bons resultados. Os autores revisaram a literatura, ano a ano, objetivando comparar os vários trabalhos e, com isso, concluíram que a cirurgia monocular de recuo-ressecção pode constituir uma opção viável para o tratamento cirúrgico das esotropias de grande ângulo. Resumo em inglês The primitive strabismus surgeries, myotomies and tenotomies, were performed simply by sectioning the muscle or its tendon without any suture. Such surgeries were usually performed in just one eye both in small and in large angles with not really predictable results. In 1922, Jameson introduced a new surgery technique using sutures and fixing the sectioned muscle to the sclera, increasing surgery predictability. For the esotropias he carried out no more than 5 mm recessio (mais) n of the medial rectus, which became a rule for the surgeons who followed him, which made it impossible from then on to correct largeangle esotropias with a monocular surgery. Rodriguez-Vásquez, in 1974, exceeded the 5 mm parameter by proposing large recessions of the medial recti (6 to 9 mm) to treat the Ciancia syndrome with good results. The authors revised the literature year after year with the purpose of comparing the several works and concluded that monocular recession-resection surgery may be a feasible option for the surgical treatment of large-angle esotropias.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Granuloma nasal (rinite atópica) de bovinos/ Bovine nasal granuloma (atopic Rhinitis)

Stigger, Adriana Lücke; Riet-Correa, Gabriela; Langohr, Ingeborg Maria; Ilha, Marcia Regina da Silva; Barros, Claudio Severo Lombardo de
2001-06-01

Resumo em português Granuloma nasal ocorreu em 13 bovinos Jersey, fêmeas, com idades entre 9 meses e 3 anos, em uma propriedade de Pinhal Grande, Rio Grande do Sul. Sinais clínicos incluíam corrimento nasal seroso ou mucoso, às vezes com estrias de sangue, espirros, respiração ruidosa, dificuldade em respirar, lacrimejamento, congestão dos vasos da esclera e roçar o focinho em árvores e outros objetos. Os sinais clínicos se exacerbavam após exercício. No exame clínico de 10 bovi (mais) nos, foram observados nódulos na mucosa da porção proximal da cavidade nasal. Na citologia do corrimento nasal de 9 bovinos, observaram-se eosinófilos em números diretamente proporcionais à intensidade dos sinais clínicos. Não houve alterações no hemograma. Um dos animais afetados foi sacrificado e necropsiado. As principais alterações macroscópicas observadas foram nódulos polipóides firmes, branco-alaranjados, multifocais, com 2 a 4mm de diâmetro, agrupados na porção proximal das fossas nasais. No exame histológico, os nódulos consistiam de epitélio respiratório hiperplásico, com metaplasia escamosa, sobre uma proliferação fibrovascular acentuadamente infiltrada por eosinófilos e, em menor grau, por, macrófagos e plasmócitos. Resumo em inglês Nasal granuloma affecting 13 female Jersey cattle with ages ranging from 9 months to 3-year-old occurred in a farm in Pinhal Grande, Rio Grande do Sul, Brazil. Clinical signs included serous to serosanguineous or mucous nasal discharge, snoring, sniffling, difficult in breathing, lacrimation, congestion of the vessels of the sclera and rubbing the nose against trees and other hard surfaces. Clinical signs were exacerbated by exercise. The clinical examination of 10 affect (mais) ed cattle revealed small nodules in the mucous membrane of the proximal portion of the nasal cavity. Cytology carried out in the nasal discharge of 9 affected cattle revealed mainly eosinophils in numbers directly proportional to the severity of clinical signs. There were no abnormalities in the hemogram. One clinically affected heifer was euthanatized and necropsied. Main gross findings were raised, firm, white, multifocal, 2-4mm in diameter polypoid nodules clustered in the proximal portion of both nasal cavities. Histologically, these nodules consisted of hyperplastic respiratory epithelium with squamous metaplasia covering a fibrovascular tissue heavily infiltrated by eosinophils and, to a lesser extent, by macrophages, and plasma cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Diagnóstico pré-natal e parto transpelviano na osteogênese imperfeita: relato de caso/ Prenatal diagnosis and vaginal delivery in osteogenesis imperfecta: a case report

Souza, Alex Sandro Rolland de; Cardoso, Alexandre Silva; Lima, Marcelo Marques de Souza; Guerra, Gláucia Virgínia de Queiroz Lins
2006-04-01

Resumo em português A osteogênese imperfeita é doença do tecido conjuntivo devida a anormalidades quantitativas ou qualitativas do colágeno tipo I, transmitida geneticamente, por gene autossômico dominante ou recessivo, que determina fragilidade óssea. Relata-se o caso clínico de paciente de 19 anos, primigesta, encaminhada ao setor de medicina fetal com ultra-sonografia pregressa evidenciando encurtamento de extremidades fetais. Na avaliação morfológica, identificou-se contorno cr (mais) aniano irregular com deformidade à compressão do pólo cefálico, membros com rizo e mesomelia, rarefação óssea e encurvamento de ossos longos (fraturas). A paciente evoluiu com parto transpelviano na 35ª semana de gestação. O recém-nascido apresentou Apgar de 6 no 1ª minuto e 8 no 5ª minuto, sexo masculino, pesando 1.990 gramas. Observado crânio irregular, ossificação diminuída, esclera azulada e fraturas consolidadas com deformidades em todos os membros. O recém-nascido apresentou boa evolução neonatal, recebendo alta hospitalar em boas condições. O diagnóstico pré-natal é de grande importância para adequado acompanhamento da gravidez e a via de parto transpelviana não ocasionou piora do prognóstico neonatal, pois não foram diagnosticadas fraturas recentes. Resumo em inglês Osteogenesis imperfecta is a connective tissue disorder due to quantitative and qualitative anomalies in type 1 collagen, genetically transmitted by a dominant or recessive autosomal gene, leading to bone fragility. We report a case of a 19-year-old G1 PO patient referred to our institution following a screening ultrasound that demonstrated short limb fetal extremities. A level 3 scan was performed which evidenced an irregular cranial shape and compression of the cephalic (mais) pole with moderate transducer pressure. Limb shortening, decreased echoes and fractures of long bones were found on our scan evaluation. A vaginal delivery occurred at 35 weeks of gestation. The male newborn, weighing 1.990 grams had 6 and 8 in Apgar scores. The neonate was clearly abnormal, presenting irregular cranial shape, with poor ossification on X-ray, blue sclera, fractures and limb deformities. Postnatal evaluation was satisfactory and the neonate was discharged in good conditions. Prenatal diagnosis is important for an adequate pregnancy follow-up. Postnatal outcome was not related to vaginal delivery, as there were no recent fractures in the newborn.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Uso do implante esférico Medpor ™: análise de 61 cirurgias orbitárias/ Use of Medpor ™ spherical implant: analysis of 61 orbital surgeries

Moura, Eurípedes da Mota; Vieira, Gisele Scholte de Souza
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar o uso do implante biointegrável Medpor™ em cirurgias de evisceração, enucleação ou implantação secundária em cavidades anoftálmicas. MÉTODOS: Em 61 cirurgias foi utilizado o implante orbitário Medpor™ . Em 18 casos de evisceração, não houve necessidade do revestimento do implante. Em 12 cirurgias de enucleação e implantação secundária o material utilizado para revestir o implante foi duramater homóloga. Nas demais 31 ciru (mais) rgias, o revestimento foi de material autólogo (esclera, derme, músculo orbicular ou cartilagem auricular), utilizando-se a técnica de "solidéu", recobrindo apenas a superfície anterior do Medpor ™ . RESULTADOS: Os pacientes foram operados no período de janeiro/1998 a dezembro/2004, com tempo de seguimento médio de 30 meses. Em todos os casos houve aceitação do implante, permitindo boa adaptação da prótese. Em dois pacientes ocorreu exposição tardia do implante: o primeiro caso foi corrigido pelo reposicionamento do implante na cavidade, e no segundo caso a exposição foi coberta com um retalho de tarso. CONCLUSÕES: Na nossa experiência o implante Medpor ™ apresenta boa aceitação com taxa de exposição pequena do mesmo (apenas 2 casos), nenhum caso de infecção ou migração, e boa adaptação da prótese em todos os pacientes. O uso de tecido autólogo para revestir a superfície anterior do implante elimina o risco inerente ao uso de tecidos homólogos. Resumo em inglês PURPOSE: To analyze the use of Medpor ™ biointegrated implant in surgeries of evisceration, enucleation or secondary implantation in anophthalmic sockets. METHODS: The Medpor™ orbitary implant was used in 61 surgeries. In 18 cases of evisceration the implant's wrapping was not necessary. In 12 enucleation and secondary implantation surgeries the utilized material to wrap the implant was homologous duramater. In the other 31 surgeries, the implant wrapping was (mais) made from autologous tissue (sclera, dermis, orbicular muscle or auricular cartilage), utilizing the "cap" technique - covering only the anterior surface of Medpor™. RESULTS: The patients were operated from January 1998 to December 2004 with an average follow-up period of 30 months. In all cases the implant was well accepted, allowing for a good adaptation of the prosthesis. Late exposure of the implant occurred in two patients: the first was corrected by the replacement of the implant in the cavity, while in the second case the exposure was wrapped with a tarsus flap. CONCLUSIONS: In our experience the Medpor ™ implant presents good acceptance, with a small exposure rate (only 2 cases), no infection or migration cases, and a good prosthesis adaptation in all patients. The use of autologous tissue to wrap the implant's anterior surface eliminates the inherent risk of using homologous tissues.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Intoxicação experimental em ovinos com Ramaria flavo-brunnescens congelada ou dessecada/ Experimental poisoning in sheep with frozen or dried Ramaria flavo-brunnescens

Sallis, Eliza S.V.; Raffi, Margarida B.; Riet-Correa, Franklin
2004-06-01

Resumo em português Ramaria flavo-brunnescens é um cogumelo tóxico para bovinos e ovinos. Seu princípio ativo é desconhecido. Este experimento foi realizado para obter informações sobre a toxicidade do cogumelo após congelamento ou dessecação. R.. flavo-brunnescens foi coletada no outono de 1991. Uma parte foi congelada a -15°C por 2-4 meses e a outra foi secada à sombra, em temperatura ambiente. Outras amostras coletadas no mesmo período foram administradas imediatamente após a (mais) coleta a dois ovinos na dose total de 200 g/kg/dia durante 3 e 4 dias causando sinais clínicos acentuados de intoxicação. O cogumelo dessecado não causou sinais clínicos em ovinos nas doses totais de 60 e 75 g/kg de peso vivo (equivalente a 400 e 500 g/kg de cogumelo fresco). O cogumelo congelado, na dose total de 200 g/kg de peso vivo, causou hipertermia, depressão, hiperemia da esclera e hemorragias na câmera anterior do olho. Ovinos que ingeriram 350 e 400 g/kg de peso vivo, apresentaram também sinais nervosos e, com a dose mais elevada, lesões hiperêmicas no rodete coronário. Todos animais recuperaram-se em 3 a 12 dias. Os sinais clínicos nessa espécie com o cogumelo congelado, foram menos intensos que os sinais clínicos induzidos pelo cogumelo fresco. Estes resultados demonstram uma perda da toxicidade do cogumelo dessecado e uma diminuição da toxicidade quando congelado. Isto sugere que as pesquisas sobre o princípio ativo de Ramaria flavo-brunnescens podem ser realizadas com o cogumelo congelado ou liofilizado. Resumo em inglês Ramaria flavo-brunnescens is a toxic mushroom affecting cattle and sheep. Its active principle is unknown. The experiment was done to obtain information about the toxicity of the mushroom after been frozen or dried. R. flavo-brunnescens was collected in autumn 1991. One part was frozen at -15°C for 2-4 months, and another was dried in the shade. Other samples collected at the same time were given immediately after harvest to two sheep, at a total dose of 200 g/kg for 3 a (mais) nd 4 days, causing severe poisoning. The dried mushroom did not cause clinical signs at doses of 60 and 75 g/kg bw (equivalent to 400 and 500 g/kg of the fresh mushroom). The frozen mushroom at 200 g/kg bw caused hyperthermia, depression, hyperemia of the sclera and hemorrhages of the anterior chamber of the eye. Sheep that ingested 350 and 400 g/kg bw showed also nervous signs, and with the highest dose hyperemic lesions of the coronary band. All sheep recovered within 3 to 12 days. Clinical signs when given the frozen mushroom were less severe than clinical signs induced by the fresh mushroom. These results showed loss of toxicity of the dried material and decrease of toxicity of the frozen mushroom. It is suggested that chemical analyses for the toxic principle can be performed with the frozen or lyophilized mushroom.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Estudo comparativo entre imagens ultra-sonográficas obtidas com sondas de 10MHz e 20 MHz na avaliação de anormalidades do segmento posterior do globo ocular/ Comparative study of ultrasound images obtained with 10MHz and 20 MHz probes in the evaluation of the abnormalities of the posterior segment of the globe

Mendes, Marcio Henrique; Betinjane, Alberto Jorge; Cavalcante, Adhele Furlani de Sá; Castanheira, Vera Regina Cardoso; Cheng, Cheng Te; Carani, José Carlos Eudes
2009-10-01

Resumo em português A ecografia se constitui em método importante na avaliação de anormalidades do segmento posterior do globo ocular. OBJETIVO: Comparar as vantagens e desvantagens da sonda de 10 e 20 MHz da ultra-sonografia B-scan, na avaliação de imagens do segmento posterior do globo ocular. MÉTODOS: Pacientes acompanhados no ambulatório do Hospital das Clínicas da USP (HCFMUSP) entre fevereiro de 2006 e abril de 2007 foram submetidos a exame ultra-sonográfico usando o aparelho (mais) CINE-Scan® (Quantel Medical Inc.) com sondas de 10 e 20 MHz. Os pacientes foram examinados por três oftalmologistas experientes, em decúbito dorsal, após instilação de colírio de tetracaína a 1%, inicialmente com a sonda sobre as pálpebras e em seguida diretamente em contato com a esclera ou córnea. As imagens obtidas com sondas de 10 e 20 MHz foram comparadas entre si, durante e após a realização do exame. RESULTADOS: A sonda de 20 MHz mostrou-se superior na avaliação da detecção, forma e limites de estruturas do pólo posterior e a de 10 MHz avaliou com mais detalhes o humor vítreo. Não foram encontradas diferenças nas imagens obtidas com exame transpalpebral ou transescleral com a sonda de 10 MHz. Com a sonda de 20 MHz, as imagens obtidas em contato direto com o globo ocular apresentaram melhor qualidade. CONCLUSÕES: As sondas de 10 e 20 MHz têm diferentes intervalo de alcance ideal, assim como diferentes meios específicos de aquisição de melhores imagens. Resumo em inglês The ultrasound is an important method in the evaluation of abnormalities of the posterior segment of the eye. PURPOSE: To compare the advantages and disadvantages of 10 and 20 MHz probe on B- scanning ultra-sonography in evaluation of vitreous and posterior pole diseases, providing recommendations for their use. METHODS: Patients from Hospital das Clinicas of the University of São Paulo (HC-FMUSP), attended between February 2006 and April 2007, were submitted to ultrasou (mais) nd exams using CINE-Scan® (Quantel Medical Inc) B-scan with 10 and 20MHz probe. The patients were examined by three experienced ophthalmologists, in horizontal dorsal position, after instillation of tetracaine 1% drops, first with the probe in direct contact with eyelids, and then with the probe placed directly in contact with the sclera or cornea. Theimages obtained were compared immediately during and after the examination. RESULTS: The 20 MHz probe reveled a superior resolution to study details, like shape and limits, on the posterior pole, and the 10 MHz probe provided better evaluation on vitreous humor. There were no differences if the exam was performed on eyelids or directly on sclera with the 10 MHz probe, but with the 20 MHz probe, the images had better resolution when the probe was used in direct contact with the eye. CONCLUSIONS: The 10 and 20 probes have different ideal range of reach, as different better specific means of image achieving.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Toxicidade da mitomicina C ao endotélio da córnea de coelhos/ Mitomycin C toxicity in rabbit corneal endothelium

Silva, Maria Rosa Bet de Moraes; Gregório, Elisa Aparecida
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar alterações do endotélio corneano após aplicação de mitomicina C na esclera por meio de microscopia eletrônica de transmissão e de varredura e correlacionar as alterações com tempo, concentração e entre os dois métodos de avaliação. MÉTODOS: Foi avaliado o endotélio corneano dos olhos de 32 coelhos albinos distribuídos em 4 grupos experimentais com 8 coelhos cada um. A mitomicina C foi aplicada sob retalho escleral no olho direito por 5 (mais) minutos. Nos grupos G1 e G2 a concentração da mitomicina C foi de 0,5 mg/ml e nos grupos G3 e G4 a concentração foi de 0,2 mg/ml. O exame foi realizado com 15 dias após nos grupos G1 e G3 e com 30 dias nos grupos G2 e G4. Dos 8 animais 4 foram preparados para microscopia eletrônica de transmissão e 4 para microscopia eletrônica de varredura. Os olhos esquerdos de todos animais serviram como controle. RESULTADOS: À microscopia eletrônica de transmissão foram observadas alterações do endotélio corneano em todos os grupos experimentais: rarefação do citoplasma, dilatação e fragmentação das cisternas do retículo endoplasmático rugoso, aparelhos de Golgi com dilatação das cisternas, redução de vacúolos e irregularidades da membrana celular interna sendo mais intensas em G1 e G2. À microscopia eletrônica de varredura foram observadas alterações em todos grupos experimentais, exceto G1: alteração de forma e tamanho das células e projeções filopoidais mais longas. CONCLUSÕES: 1 - A mitomicina C causou alteração no endotélio da córnea tanto na concentração de 0,5 mg/ml como de 0,2 mg/ml observadas 15 e 30 dias após a aplicação; 2 - As alterações foram mais intensas com a maior concentração de mitomicina C (0,5 mg/ml) na microscopia eletrônica de transmissão e não na microscopia eletrônica de varredura; 3 - As alterações tiveram correlação com o tempo na microscopia eletrônica de varredura e não na microscopia eletrônica de transmissão. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate corneal endothelium alterations after applying mitomycin C to the sclera using transmission and scanning electron microscopy, correlating alterations with time, concentration, and evaluation methods. METHODS: The corneal endothelium of both eyes of 32 albino rabbits was evaluated and distributed into four groups of 8. Mitomycin C was applied under a scleral flap in the right eye for 5 minutes. Mitomycin C concentrations were 0.5 mg/ml for G1 and G2 an (mais) d 0.2 mg/ml for G3 and G4. Examinations were performed 15 days after application to G1 and G3, and 30 days after application to G2 and G4. Four cornea in each group were prepared for transmission electron microscopy and four for scanning electron microscopy. Left eyes of all animals were used as controls. RESULTS: Transmission electron microscopy showed corneal endothelium alterations in all groups: rarefied cytoplasm, dilation and fragmentation of rough endoplasmic reticulum cisternae, Golgi apparatus with cisternal dilation, reduced vacuoles, and irregularities of internal membrane more noticeable in G1 and G2. Scanning electron microscopy revealed alterations in all groups except G1: changes in the shape and size of cells and longer filopodial projections. CONCLUSIONS: 1 - Corneal endothelium alterations were seen at both 0.5 and 0.2 mg/ml concentrations and at 15 and 30 days after mytomicin C application; 2 - Alterations were more intense with higher mytomicin C concentration by transmission electron but not by scanning electron microscopy; 3 - The alterations correlated with time by scanning electron microscopy but not by transmission electron microscopy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Uso experimental da biomembrana de látex na reconstrução conjuntival/ Experimental use of latex biomembrane in conjunctival reconstruction

Pinho, Erika Christina Canarim M. de; Sousa, Sidney Júlio de Faria e; Schaud, Fernando; Lachat, João-José; Coutinho-Netto, Joaquim
2004-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A biomembrana de látex natural foi utilizada com sucesso nas reconstruções do esôfago, da parede abdominal e do pericárdio de animais, em que puderam ser comprovadas a biocompatibilidade e a capacidade de favorecimento do reparo tecidual desse material. No homem, ela já está sendo testada como material indutor de neoformação tecidual, tendo sido aplicada em pacientes com úlceras crônicas de membros inferiores e meringoplastias. OBJETIVO: Verificar (mais) o efeito da biomembrana de látex no processo de reparo da conjuntiva ocular. MÉTODOS: Promoveu-se a retirada de retângulos da conjuntiva nasal superior, de ambos os olhos, de 15 coelhos neo-zelandeses adultos. Nos olhos direitos, foram implantadas biomembranas de látex com suturas contínuas presas às bordas das lesões cirúrgicas. Nos esquerdos, foram deixadas as escleras nuas. Para as análises histológicas, sacrificaram-se os animais com cinco, sete, catorze, vinte e um e vinte e oito dias. Os olhos de um coelho, não submetido a qualquer procedimento, foram usados como controle histológico. RESULTADOS: Considerando o período total de estudo, o grupo com biomembrana de látex apresentou cicatrização satisfatória em maior número de olhos do que o grupo com esclera nua (p=0,06). O número de vasos perilímbicos também foi significativamente maior nos casos com implante de biomembrana do que nos olhos sem biomembrana (p=0,0284). A freqüência de infecções foi idêntica nos dois grupos. CONCLUSÃO: Tal como o descrito na literatura para outros tecidos, a biomembrana de látex natural também parece favorecer a cicatrização conjuntival e a neoangiogênese. Se esses resultados se repetirem nos humanos, a biomembrana poderá se converter num promissor recurso terapêutico de reconstrução da conjuntiva ocular, particularmente nos casos em que a revascularização tecidual seja importante. Resumo em inglês INTRODUCTION: The biomembrane of natural latex is believed to promote neoformation of biological tissues and to be biocompatible. In animal studies, enhancement of wound healing in the esophagus, peritoniostomy, and pericardiostomy has been observed. It was used in chronic phlebopatic cutaneous ulcer and otologic surgeries in human subjects. PURPOSE: To study the effect of biomembrane of natural latex in ocular surface. METHODS: In fifteen New Zealand white rabbits, the s (mais) uperior nasal conjunctiva was removed from both eyes. In the right eyes, the biomembrane of natural latex was sutured to the conjunctiva with continuous 10.0 monofilament thread. In the left eye, the sclera was left bare. The rabbits were sacrified and the eyes were submitted to histological analysis on days five, seven, fourteen, twenty-one and twenty-eight. The eyes of a rabbit with no surgery were enucleated and sent for histological analysis of the normal conjunctiva. RESULTS: Considering the whole period of the experiment, the number of eyes with satisfactory healing was greater in the biomembrane group than in the bare sclera group (p=0.06). The number of perilimbic vessels was significantly higher in the biomembrane group than in the bare sclera group (p=0.0284). The infection rate was similar in both groups. CONCLUSION: Similar to prior studies, the biomembrane of natural latex seemed to benefit conjunctival reconstruction and neoangiogenesis. Depending on the results using human eyes, this material might be a new type of therapeutic resource for conjunctival replacement, especially in cases of desirable tissue revascularization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Osteogenesis imperfecta no adulto e resposta ao alendronato

Donangelo, Ines; Coelho, Sabrina M.; Farias, Maria Lucia F. de
2001-06-01

Resumo em português A Osteogênese Imperfecta (OI) é um distúrbio hereditário do tecido conjuntivo, devido a um defeito qualitativo ou quantitativo do colágeno tipo I. Osteopenia, fraturas recorrentes e deformidades ósseas são as principais características da doença. Alguns pacientes também apresentam escleras azuladas. Os bisfosfonatos parecem constituir terapêutica eficiente em crianças, mas há poucos dados sobre o uso dessas drogas em adultos com OI. Descrevemos o caso de uma (mais) paciente de trinta anos com OI e múltiplas fraturas até a puberdade. Durante a primeira gestação as dores ósseas retornaram, piorando após o parto. Os marcadores bioquímicos sugeriam altas taxas de remodelação óssea, sendo iniciado alendronato sódico 10mg ao dia. Em poucos meses houve melhora das dores ósseas. Após o primeiro ano, a densidade mineral óssea aumentou em 10,8% na coluna lombar (CL) e 2,3% no colo femural (CF). No final do terceiro ano, o ganho total foi de 21,7% em CL e 10,9% em CF. Nossos dados sugerem que o alendronato seja boa opção terapêutica em adultos com Osteogenesis Imperfecta. Resumo em inglês Osteogenesis imperfecta (OI) is a heritable disorder of connective tissue, due to a qualitative or quantitative abnormalities of type I collagen. Osteopenia, recurrent fractures and skeletal deformities are the hallmarks of the disease. Some patients also have blue sclera. Bisphosphonates appear to be an effective therapy in children but data on the efficacy of these drugs in adults with OI is limited. We describe a case of a thirty-year-old woman with OI and multiple fra (mais) ctures until puberty. During her first pregnancy bone pains relapsed, and worsened in the post-partum period. Bone markers suggested high bone turnover and the patient was started on alendronate 10mg per day. In a few months bone pain became less intense. Bone mass increased 10.8% at lumbar spine (LS) and 2.3% at femoral neck (FN) after one year, and 21.7% at LS and 10.9% at FN after three years of treatment. Our observations suggest that oral alendronate may be a good therapeutic option for adults with OI.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Avaliação clínica, radiográfica e laboratorial de pacientes com osteogênese imperfeita/ Clinical, radiographic and laboratory evaluation of patients with osteogenesis imperfecta

Santili, Cláudio; Akkari, Miguel; Waisberg, Gilberto; Bastos Júnior, José Olympio Catão; Ferreira, William Martins
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVOS: A osteogênese imperfeita (OI) é uma doença genética, caracterizando-se por alterações no colágeno do tipo I, que determinam um espectro amplo de alterações clínicas, como a dentinogênese imperfeita e escleras azuladas. O objetivo deste estudo é estabelecer uma correlação prática no diagnóstico diferencial intergrupos dentro da classificação de Sillence et al. (1979). MÉTODOS: Foram avaliados 22 pacientes mediante critérios clínicos e radiog (mais) ráficos. Após, a subdivisão de acordo com os tipos de Sillence et al. (1979), os pacientes foram também submetidos à avaliação laboratorial e à densitometria óssea. RESULTADOS: Os dados significantes para diferenciação entre os tipos da doença foram a estatura, o número total de fraturas por indivíduo e a densitometria óssea. O cálcio sérico não diferencia os tipos da doença. CONCLUSÕES: Características como a deambulação, a estatura e a densitometria óssea podem auxiliar na diferenciação entre os subtipos dos portadores da doença, repercutindo diretamente no estabelecimento do seu prognóstico. Resumo em inglês BACKGROUND: Osteogenesis imperfecta is a genetic disorder characterized by defects in type I collagen. The main symptom is bone fragility and susceptibility to fractures. Other clinical findings are dentinogenesis imperfecta, blue sclera, early deafness and joint laxity. The purpose of this paper is to establish a practical relationship of the clinical differences between the Sillence's groups. METHODS: 22 patients were classified according to Sillence et al criteria and (mais) submitted to laboratory tests including blood calcium level and bone densitometry. RESULTS: All clinical and laboratory differences were discussed in the text. CONCLUSIONS: Differences such as results that were found in walking ability, height and bone densitometry were significant and may help to classify patients and to establish prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

A operação de Sofield e Millar no tratamento da osteogênese imperfeita/ Sofield and Millar technique in the treatment of osteogenesis imperfecta

Santili, Cláudio; Akkari, Miguel; Waisberg, Gilberto; Andrade, André Luis Lugnani de; Costa, Sérgio Eduardo Ungari da; Silva, André Luiz Machado
2004-12-01

Resumo em português A osteogênese imperfeita é uma doença genética causada por um defeito do colágeno do tipo I. Os portadores caracterizam-se pela baixa estatura, escleras azuladas, deformidades esqueléticas e fragilidade óssea. Os autores analisam os resultados da operação de Sofield e Millar que foi realizada em 23 ossos acometidos em oito portadores de osteogênese imperfeita com deformidades e antecedentes de múltiplas fraturas. Após um seguimento médio de dez anos e dois me (mais) ses, onze ossos não precisaram ser reoperados; doze ossos, no entanto, apresentaram 21 complicações pós-cirúrgicas sendo: dez migrações das hastes intra-medulares, seis refraturas, três recidivas da deformidade e duas pseudartroses. Não houve caso de infecção ou lesão neurovascular. A reoperação, quando necessária, ocorreu após um tempo médio de três anos e seis meses. Todos os pacientes melhoraram ou mantiveram a capacidade de deambulação logo após a cirurgia; porém, com o tempo, dois deles, portadores de formas mais graves da doença, deterioraram sua capacidade de deambulação tornando-se não deambuladores. Os autores concluem que a operação torna possível a correção das deformidades e previne temporariamente a sua recidiva, além de tornar as fraturas menos freqüentes. No entanto, devido ao crescimento esquelético e a indistensibilidade das hastes intramedulares utilizadas, as complicações ocorrem. Resumo em inglês Osteogenesis imperfecta is a genetic disease caused by defects in the synthesis of type I collagen; clinical characteristics are short stature, blue or gray sclera, skeletal deformities and bone fragility. We analyzed eight cases of osteogenesis imperfecta with deformities and history of many fractures, for that the Sofield and Millar surgery was performed in 23 bones. After a mean follow up period of ten years and two months, 11 bones did not need revision, twelve bones (mais) had 21 complication that needed revision, ten by rod migration, six by refracture, three by new deformities and two by nonunion. There were no cases of infection or neurovascular lesion. This surgery was able to correct deformities, make fracture less frequent and prevent new deformities; revisions were necessary three years and two months after the primary surgery. All patients maintained or improved their ability to walk right after surgery; during the follow up, two patients, in which the disease was more severe, had their walking ability decreased and are non ambulatory now.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Toxicidade retiniana do gás hexafluoreto de enxofre, líquido perfluorocarbono, ar e solução salina balanceada em olhos de coelhos/ Sulfur hexafluoride gas, perfluorocarbon liquid, air and balanced salt solution retinal toxicity in rabbit eyes

Souza, Eduardo Vieira de; Aihara, Teruo; Souza, Nivaldo Vieira de; Coutinho Neto, Joaquim
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVOS: Determinar a toxicidade retiniana do gás hexafluoreto de enxofre, líquido perfluorocarbono e solução salina balanceada em olhos de coelhos. MÉTODOS: Foram analisados 22 olhos de 16 coelhos albinos da raça Nova Zelândia divididos em grupos: solução salina balanceada (7 olhos); hexafluoreto de enxofre (4 olhos), líquido perfluorocarbono (5 olhos) e controle (6 olhos). Após aspiração de 0,3 ml de humor vítreo, foi injetado a mesma quantidade de solu� (mais) �ão salina balanceada ou hexafluoreto de enxofre a 100% ou líquido perfluorocarbono na cavidade vítrea. O grupo controle não foi submetido a nenhum procedimento. Três semanas depois o humor vítreo foi coletado para análise bioquímica e o olho enucleado para análise histológica. RESULTADOS: Os olhos dos animais que receberam injeção de hexafluoreto de enxofre e líquido perfluorocarbono mostraram significativo aumento da concentração vítrea de glutamato quando comparado aos grupos solução salina balanceada e controle (p Resumo em inglês PURPOSE: To determine retinal toxicity after intravitreous balanced salt solution, sulfur hexafluoride gas, and perfluorocarbon liquid injection in rabbit eyes. METHODS: Twenty-two eyes of sixteen New Zealand albino rabbits were divided into groups: balanced salt solution (7 eyes); sulfur hexafluoride gas (4 eyes); and perfluorocarbon liquid (5 eyes). After the introduction of a needle through the sclera the vitreous was aspirated (0.3 ml), balanced salt solution, sulfur (mais) hexafluoride gas 100% and perfluorocarbon liquid (0.3 ml) were injected into rabbit vitreous cavity. The control group (6 eyes) was not submitted to any procedure. After three weeks the vitreous was aspirated and submitted to biochemical analysis and the eyes prepared for histological analysis. RESULTS: The eyes submitted to perfluorocarbon liquid and sulfur hexafluoride gas injection showed a greater L-glutamate increase in the vitreous compared to balanced salt solution and control groups (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Retinoblastoma bilateral de aparecimento tardio: relato de caso/ Late presentation of bilateral retinoblastoma: case report

Melo, Maria Cecília Santos Cavalcanti; Ventura, Liana Maria Vieira de Oliveira; Erwenne, Clélia Maria; Arcoverde, Ana Lúcia Andrade Lima
2008-06-01

Resumo em português É relatado um caso de retinoblastoma de aparecimento tardio, com características pouco freqüentes, com o objetivo de melhorar o controle da afecção. Em 1993, SJMMF, nove meses, masculino, leucodermo, apresentou tumor na retina esquerda. O paciente tinha história familiar de retinoblastoma. A enucleação foi realizada, comprovando-se retinoblastoma. Os exames para estadiamento sistêmico foram normais. O olho direito evoluiu normal por dez anos. Em exame de rotina, (mais) foram constatadas três lesões de retinoblastoma na retina nasal. Foi feita termoterapia transpupilar, com laser de diodo de 810 nm. Após 30 dias, as lesões regrediram. Após 60 dias houve recidiva na borda da lesão, onde foi realizada crioterapia transescleral, com regressão do tumor por seis meses. Durante o controle, observaram-se condensações próximas à lesão tumoral atrófica (sementes vítreas). Foi feito braquiterapia com Iodo125, havendo desaparecimento das mesmas após 30 dias. Novas sementes surgiram três meses pós-braquiterapia, depositadas na superfície retiniana, sendo tratadas com crioterapia transescleral e termoterapia transpupilar, havendo regressão. O paciente evoluiu com nova semente vítrea após seis meses, a qual, após depositar-se na superfície da retina, foi tratada com termoterapia transpupilar. Está em seguimento há 38 meses desde o aparecimento do tumor bilateral, mantendo acuidade visual de 20/20 e exames clínicos normais. Considera-se importante este caso pela pouca freqüência de aparecimento da doença nesta idade. Julga-se necessário o alerta para os casos de retinoblastoma já considerados curados. Resumo em inglês A case of retinoblastoma with uncommon features is reported, aiming at improving follow-up. In 1993, SJMMF, 9-month-old white boy, presented a squint in the left eye. A retinal tumor was detected. The patient had a family history of retinoblastoma. Enucleation was performed and retinoblastoma was proved. The patient underwent examination for staging, all were normal. The fellow eye remained normal for 10 years. During routine examination the retina map revealed three reti (mais) noblastoma white lesions in the nasal retina. The patient underwent transpupillary thermotherapy with diode laser. After 30 days, the lesions became atrophic. After 60 days there was tumor recurrence on the border of the lesion. Sclera cryotherapy was performed. There was tumor regression for six months. During follow-up, condensations next to the atrophic tumor lesions were discovered, which were vitreous seeds. Brachitherapy with 125 iodine was done. The lesions disappeared after 30 days. New vitreous seeds appeared 3 months later, set on the retina surface. They were blocked with sclera cryotherapy and transpupillary thermotherapy. The patient presented with new vitreous seeds after six months, which adhered to the retina. They were blocked with transpupillary thermotherapy. Follow-up was for 38 months since the appearance of the bilateral tumor. The patient presents normal visual acuity and clinical examination. This case is important considering the low frequency of the disease at this age. It is essential to maintain alertness when cases of retinoblastoma are seen as cured.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Glaucoma agudo bilateral em paciente jovem secundário ao uso de topiramato: relato de caso/ Bilateral acute angle closure glaucoma in a young patient receiving oral topiramate: case report

Stangler, Fausto; Prietsch, Roberta Fernandez; Fortes Filho, João Borges
2007-02-01

Resumo em português Topiramato é droga derivada das sulfas e utilizada sistemicamente como anticonvulsivante. Pode produzir efusão uveal e causar glaucoma agudo por fechamento angular pelo deslocamento da íris e do cristalino anteriormente, com miopização transitória. O processo cede com a suspensão da droga, se identificado precocemente. Os autores relatam, pela primeira vez na literatura científica nacional, um caso no qual a efusão uveal ocorreu após a administração de topiram (mais) ato para tratamento de enxaqueca. Paciente branca de 40 anos foi examinada no setor de emergência do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre apresentando cefaléia intensa, dor ocular e diminuição da visão em ambos os olhos. Referia uso de topiramato desde dez dias antes do início dos sintomas. O exame biomicroscópico mostrava injeção conjuntival, quemose e câmara anterior rasa nos dois olhos. A pressão intra-ocular era de 40 mmHg no olho direito e 38 mmHg no olho esquerdo. Os achados fundoscópicos estavam normais nos dois olhos. A ultra-sonografia ocular mostrou efusão uveal e descolamento de coróide bilateral nos dois olhos. Foi realizado o diagnóstico de efusão uveal relacionada com o uso de topiramato. A medicação foi suspensa com melhora do quadro clínico e da acuidade visual três dias após a apresentação inicial. A efusão uveal induzida por drogas ocorre raramente. O topiramato pode causar edema do corpo ciliar e relaxamento da zônula, com conseqüente deslocamento anterior do diafragma irido-cristaliniano, causando miopização aguda e fechamento angular. Como o mecanismo de fechamento angular não envolve bloqueio pupilar, iridectomias periféricas e o uso de mióticos tópicos não são efetivos nesses casos. Houve regressão completa do quadro após a suspensão da medicação. Resumo em inglês This paper reports a clinical case of uveal effusion in both eyes causing bilateral acute angle closure glaucoma in a young patient after oral administration of topiramate, a new anticonvulsivant medication. Rarely, some drugs have produced uveal effusions, forward shift of the iris-lens diaphragm, transient myopia and secondary angle closure glaucoma. A 40-year old white woman was seen at the emergency department of the "Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre (RS)" - Br (mais) azil, with severe headaches and blurry vision in both eyes. Her medications included topiramate, started 10 days before. Slit lamp examination revealed conjunctival injection, chemosis and shallow anterior chambers. Intraocular pressure measured 40 and 38 mmHg. Fundoscopic examination findings were normal. Ultrasound scan was performed and demonstrated separation between the choroidal layer and the sclera. A diagnosis of bilateral uveal effusion associated with the use of oral topiramate was made. Topiramate was then discontinued. The patient reported symptomatic improvement by the third day after initial examination. Symptoms were resolved and visual acuity returned to normal. Topiramate may cause ciliary body edema and relaxation of zonules, which induces a forward shift of the lens-iris diaphragm with acute myopia and angle closure. As the mechanism of angle closure does not involve pupillary block, peripheral iridectomy and topical miotics are not useful in the treatment of this type of secondary angle-closure glaucoma. Drug-induced uveal effusions occur rarely. The patient improved after topiramate discontinuation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Correlação entre a citologia e a histologia nas lesões intra-oculares suspeitas de malignidade/ Cytologic-histologic correlation in intraocular lesions with suspicion of malignancy

Corrêa, Zélia Maria da Silva; Irion, Luciane Dreher; Augsburger, James J.; Schneider, Susan; Erwenne, Clélia Maria
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Correlacionar os achados citológicos da biópsia aspirativa com agulha fina (BAAF) de lesões intra-oculares suspeitas de malignidade com a histopatologia obtida quando o tratamento de escolha foi enucleação ou ressecção da lesão tumoral. MÉTODOS: Análise retrospectiva de 51 pacientes submetidos à biópsia aspirativa com agulha fina com fins diagnósticos ou para correlação cito-histológica. Foram excluídos os casos com lesões não sólidas, tratam (mais) ento conservador e biópsias guiadas por ultra-som. Após exclusões, 20 olhos de pacientes contendo lesões intra-oculares suspeitas de malignidade foram estudados, sendo 12 do sexo feminino, com idades entre 2 e 78 anos. Todas biópsias foram realizadas pela primeira autora sob observação direta (microscópio) ou indireta (oftalmoscopia binocular indireta). A rota escolhida foi transaquosa para os tumores de segmento anterior e transvítrea com acesso escleral para os tumores de segmento posterior, exceto os casos suspeitos de retinoblastoma, biopsiados com acesso pela periferia da córnea. Foram obtidas 2 amostras de áreas diferentes do tumor em todos os casos com agulha calibre 25. As amostras colhidas foram encaminhadas para processamento, fixação e coloração pelo método de Papanicolaou e hematoxilina-eosina. Os espécimens obtidos para histopatologia foram corados pela hematoxilina-eosina. RESULTADOS: Três casos eram tumores de segmento anterior (íris) e 17 de segmento posterior, sendo 3 retinoblastomas. Nove pacientes foram submetidos à biópsia aspirativa com agulha fina com fins diagnósticos e 11 para correlação cito-histológica após enucleação. Somente dois casos apresentaram quantidade insuficiente de material para diagnóstico e posteriormente revelaram ser um granuloma e um melanoma maligno de coróide. CONCLUSÕES: A biópsia aspirativa com agulha fina parece ser um método diagnóstico confiável baseado na correlação cito-histológica neste grupo de pacientes. Resumo em inglês PURPOSE: To correlate the cytologic findings of fine-needle aspiration biopsy (FNAB) of intraocular tumors with the histopathology specimen when enucleation or tumor resection was the treatment of choice. METHODS: Retrospective analysis of 51 patientssubmitted tofine-needle aspiration biopsy for diagnostic purposes or cyto-histologic correlation. Exclusion criteria were non-solid lesions, conservative treatment and ultrasound guided biopsies. After exclusions, 20 patients (mais) with intraocular solid lesions suspected to be malignant were studied, 12 of them were females, with ages between 2 and 78 years. All biopsies were performed by the first author under direct (operating microscope) or indirect (binocular indirect ophthalmoscope) visualization. The chosen route was transaqueous for anterior segment tumors and transvitreous through the sclera for posterior segment tumors except cases with suspicion of retinoblastoma biopsied through the peripheral cornea. Two samples were obtained from different areas of the tumor, in all cases with a 25-gauge needle. After fine-needle aspiration biopsy, samples were sent for processing, fixation, and staining with the Papanicolaou and hematoxylin-eosin (HE) methods. Histology specimens were stained with hematoxylin-eosin. RESULTS: Three cases consisted of anterior segment (iris) tumors and 17 of tumors situated in the posterior segment, 3 of them retinoblastomas. Nine patients were biopsied for diagnostic purposes and 11 for cytological-histological correlation after enucleation. In only two cases, fine-needle aspiration biopsy yielded insufficient material for diagnosis that subsequently proved to be a granuloma and a melanoma. CONCLUSIONS: Fine-needle aspiration biopsy seems to be a reliable procedure based on cytological-histological correlations in the studied group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Afecções oculares prevalentes em crianças de baixa renda atendidas em um serviço oftalmológico na cidade do Recife - PE, Brasil/ Prevalence of ocular disorders in poor children attending an ophthalmologic clinic in Recife - PE, Brazil

Albuquerque, Raquel Costa; Alves, João Guilherme Bezerra
2003-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: Descrever os distúrbios visuais diagnosticados em um grupo de crianças carentes, assistidas no serviço oftalmológico do Instituto Materno-Infantil de Pernambuco (IMIP). MÉTODOS: Estudo descritivo, realizado com uma amostra representativa (n=388), selecionada de forma aleatória da clientela de baixa renda na faixa etária de 0 a 15 anos, atendida no período de fevereiro a outubro de 2001 no IMIP. Os diagnósticos, estabelecidos pelos médicos oftalmologis (mais) tas do serviço, foram classificados de acordo com o CID-10. RESULTADOS: Os distúrbios visuais mais detectados (63,9%), foram os transtornos dos músculos oculares, do movimento binocular, da acomodação e da refração, sendo o estrabismo e a hipermetropia os mais comuns. Seguiram-se os transtornos da conjuntiva e da pálpebra (20,0%), da coróide e da retina (5,1%) e do cristalino (3,9). Transtornos da esclerótica e do humor vítreo, glaucoma congênito, cegueira e outros distúrbios foram observados em menor freqüência. CONCLUSÕES: Os distúrbios visuais são comuns nas crianças carentes, sendo os erros de refração e o estrabismo os mais observados na casuística estudada, o que justifica programas de triagem na população infantil. Resumo em inglês PURPOSE: To describe the commonest visual disorders in a group of poor children attending the Ophthalmology Clinic at the "Instituto Materno-Infantil de Pernambuco (IMIP)". METHODS: Descritive study. A randomly selected sample (n=388) of children under the age of 15, from low-income families, seen at IMIP between February and October 2001. Eye disorders were classifical according to the ICD-10 by ophthalmologists in the clinic. RESULTS: Visual problems related to eye musc (mais) ular disorders (binocular movement, accommodation, refraction) were detected in most cases (63.9%) and hyperopia and strabismus were the commonest. Disorders of the conjunctiva and eyelid were found in 20% of the cases, followed by choroid and retina (5.1%) and the lens (3.9%). Problems of the sclera, vitreous, congenital glaucoma, blindness and other diseases were less frequent. CONCLUSIONS: The high prevalence of refractive errors and strabismus justifies visual screen test in childhood.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)