Sample records for savannas
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Crescimento e sobrevivência de mudas de cagaiteira (Eugenia dysenterica DC) nas condições do cerrado/ Growth and survival of cagaita (Eugenia dysenterica DC) plants in tropical savanas

SOUZA, ELI REGINA BARBOZA DE; NAVES, RONALDO VELOSO; CARNEIRO, IRAÍDES FERNADES; LEANDRO, WILSON MOZENA; BORGES, JÁCOMO DIVINO
2002-08-01

Resumo em português Muitas frutíferas do cerrado apresentam potencial para a exploração econômica e, dentre elas, a cagaiteira destaca-se pelas suas diversas utilidades, sendo os seus frutos consumidos in natura ou na forma de sucos, sorvetes, licores e geléias, tornando-se, assim, de interesse realizar pesquisas com esta espécie. Neste trabalho, mudas de cagaiteira (Eugenia dysenterica DC) produzidas em tubetes com diferentes volumes (50 cm³, 120 cm³ e 228 cm³) e três tipos de sub (mais) stratos {solo + terriço de mata + vermiculita (1:1:2); solo + terriço de mata + vermiculita (1:1:2) + 1g de termofosfato Yoorin por litro de substrato; e substrato comercial Plantmax} foram plantadas no campo e avaliadas quanto ao crescimento em altura e diâmetro e percentagem de sobrevivência. O delineamento adotado foi o de blocos completos casualizados, em esquema fatorial 3 x 3, utilizando-se de cinco repetições e cinco plantas por parcela. Verificou-se que as mudas produzidas a partir do substrato solo + terriço de mata + vermiculita, com e sem adubação química, apresentaram maior crescimento em altura e em diâmetro, em todas as épocas de avaliação. As mudas obtidas em tubetes contendo diferentes tipos e volumes de substrato apresentaram taxas de sobrevivência entre 76% e 100%, aos 540 dias após o plantio no campo. O crescimento em altura e em diâmetro foi lento, atingindo os valores médios de 46,267 cm e 0,637 cm, respectivamente, aos 540 dias. Esse diâmetro pode ser considerado adequado para a realização da enxertia nesta espécie. Resumo em inglês Many cerrado (tropical savannahs) fruits have potential for economic exploitation. The cagaita (Eugenia dysenterica DC) can be ingested in natura or like juices, ice cream, licor or jams. In this work, cagaita shoots from three tube-like plastic containers (50 cm³, 120 cm³ and 228cm³) and three rooting media types {soil + forest humus + vermiculite (1:1:2); soil + forest humus + vermiculite (1:1:2) + yoorin termophosphate 1g/l; and comercial Plantmax organic compound} (mais) were evaluated in the field for height and diameter growth and survival percentage. A randomized complete block design was used in a factorial model 3 x 3, with five replications and five plants per plot. All evaluations resulted in higher height and diameter growth for shoots from soil + forest humus + vermiculite rooting media, with or without chemical fertilization. The shoots obtained from different tube-like containers types and volumes showed survival rates between 76 and 100% at 540 days after transference to the field. Height and diameter growth were slow, reaching 46,267 cm and 0,637 cm at 540 days, respectively. This diameter can be considered suitable for grafting in this species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Composição florística e cobertura vegetal das savanas na região de Alter do Chão, Santarém - PA/ Floristic composition and vegetation cover of the savannas in the " Alter do Chão" region, Santarém - PA

Magnusson, William E.; Lima, Albertina P.; Albernaz, Ana L.K.M.; Sanaiotti, Tânia M.; Guillaumet, Jean-Louis
2008-03-01

Resumo em português Neste estudo foi determinado a cobertura vegetal e a composição florística em 38 parcelas de 3,75 ha (250 m x 150 m), distribuídas por 30.000 ha na savana de Alter do Chão, Município de Santarém, Pará. Nas 38 parcelas foram registradas 130 espécies em 45 famílias. As únicas espécies de dicotiledôneas que cobriram 1% ou mais da área no estrato herbáceo-arbustivo foram Dioclea bicolor Benth. e Lafoensia pacari A. St.-Hil. A maior parte da área foi coberta pe (mais) las gramíneas Paspalum carinatum Humb. & Bonpl. ex Flügge (16%) e Trachypogon plumosus (Humb. & Bonpl. ex Willd.) Nees (22%). A gramínea Axonopus canescens (Nees ex Trin.) Pilg. e a ciperácea Rhyncospora hirsuta Vahl também cobriram mais que 1% da área. Apenas oito espécies, Anacardium occidentale L., Himatanthus fallax (Müll. Arg.) M. M. Plumel, Lafoensia pacari A. St.-Hil., Byrsonima coccolobifolia Kunth, Byrsonima crassifolia (L.) Kunth, Pouteria ramiflora (Mart.) Radlk., Qualea grandiflora Mart. e Salvertia convallariodora A. St.-Hil. tinham copas no estrato arbóreo que projetaram sobre mais que 1% da área. Destas, somente B. crassifolia (5,7%), S. convallariodora (6,0%) e P. ramiflora (2,1%) projetaram sobre mais que 2% da área. Cinqüenta e três por cento da área não tinha cobertura de arbustos, gramíneas ou ciperáceas, e 45% também não tinha cobertura de copas de árvores. Gramíneas e ciperáceas cobriram em média 39,2% das parcelas, e arbustos 11,0%. As correlações entre matrizes de similaridade para as espécies em diferentes estratos e grupos taxonômicos da vegetação foram geralmente baixas e houve pouca correlação entre matrizes baseadas em dados quantitativos e matrizes baseadas em dados de presença/ausência. Portanto, deve-se ter cautela em comparações entre áreas de savana baseadas somente em um estrato vegetativo ou em um grupo taxonômico. Resumo em inglês In this study, we determined the floristic composition in 38 plots of 3.75 ha (250 m x 150 m) distributed throughout 30.000 ha of savannas of " Alter do Chão" , Santarém Municipality. Our surveys revealed 130 species in 45 families. The only species of dicotoledons that covered 1% or more of the area in the herb-shrub layer were Dioclea bicolor Benth. and Lafoensia pacari A. St.-Hil. Most of the area was covered by the grasses Paspalum carinatum Humb. & Bonpl. ex Flügg (mais) e (16%) and Trachypogon plumosus (Humb. & Bonpl. ex Willd.) Nees (22%). The grass Axonopus canescens (Nees ex Trin.) Pilg. and the sedge Rhyncospora hirsuta Vahl also covered slightly more than 1% of the area. Only eight species, Anacardium occidentale L., Himatanthus fallax (Müll. Arg.) M. M. Plumel, Lafoensia pacari A. St.-Hil., Byrsonima coccolobifolia Kunth, Byrsonima crassifolia (L.) Kunth, Pouteria ramiflora (Mart.) Radlk., Qualea grandiflora Mart. and Salvertia convallariodora A. St.-Hil. had canopies in the tree layer which projected over more than 1% of the area. Of these, only B. crassifolia (5.7%), S. convallariodora (6.0%) and P. ramiflora (2.1%) projected over more than 2% of the area. Most of the area (mean = 53%) did not have any grass, bush or sedge cover and 45% also had no tree-canopy cover. Grasses and sedges covered a mean of 39.2% of the plots, and shrubs 11.0%. The correlations between similarity matrices based on species in different vegetation strata and taxonomic groups were generally low and there was little correlation between matrices based on quantitative data and matrices based on presence/absence. Therefore, caution should be exercised in comparisons among savanna areas based on only one vegetative stratum or on only one taxonomic group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Avaliação de métodos de preservação de amostras de plantas de savanas neotropicais para a obtenção de DNA de alta qualidade para estudos moleculares/ Evaluation of methods of Neotropical Savanna plant samples preservation for yielding high quality DNA for molecular studies

Feres, Fabíola; Souza, Anete P. de; Amaral, Maria do Carmo E. do; Bittrich, Volker
2005-06-01

Resumo em português Foram comparadas metodologias para preservação de amostras de folhas de plantas de savanas neotropicais, visando a posterior obtenção de DNA de alta qualidade para estudos moleculares. Foram também testadas diferentes metodologias para extração de DNA das amostras investigadas. A qualidade do DNA extraído foi avaliada através de dois métodos: por digestão, utilizando-se três enzimas de restrição e através da amplificação do gene mitocondrial cox3 (subunid (mais) ade III da citocromo oxidase) por PCR. Os resultados revelaram que, para as plantas de savanas investigadas, a metodologia de preservação de amostras mais comumente empregada pelos botânicos (desidratação rápida usando sílica-gel) não é a mais eficiente. Os resultados obtidos demonstram a importância de testar diferentes métodos de preservação de amostras vegetais para estudos moleculares, para garantir a obtenção de DNA de alta qualidade. Para as plantas de savanas neotropicais, o método de preservação em sílica gel pode ser menos eficiente do que outros métodos igualmente simples de preservação de amostras. Resumo em inglês Methods for the preservation of leaf sample from plants occurring in neotropical savannas were compared, with the aim to get high quality DNA for molecular studies. Different methods for DNA isolation of the same samples were also compared. The DNA quality was evaluated by two empirical methods: digestion of the DNA with three restriction enzymes and by amplification of the mitochondrial cox3 gene by PCR. The results show that, for the savanna plants investigated, the mos (mais) t commonly employed method for plant sample preservation (quick dehydratation using silica gel) is not the most efficient. Our results demonstrate the importance of testing different methods of plant tissue preservation for molecular studies to guarantee high quality DNA. For plants from neotropical savannas, the silica gel method might be often less efficient than other equally simple methods of sample preservation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Notas sobre a composição arbóreo-arbustiva de uma fisionomia das savanas de Roraima, Amazônia Brasileira/ Notes on the woody composition of a vegetation physionomy of the Roraima's savannas, Brazilian Amazonia

Barbosa, Reinaldo Imbrozio; Nascimento, Sebastião Pereira do; Amorim, Paulo Atlântico Figueiredo de; Silva, Rosemberg Ferreira da
2005-06-01

Resumo em português Foi realizado um inventário florístico das espécies arbóreo-arbustivas presentes em uma das unidades de vegetação que compõem a paisagem de savanas do Estado de Roraima, extremo norte da Amazônia brasileira. Esta unidade é caracterizada por ser densamente colonizada por ninhos do cupim Cornitermes ovatus Emerson. Foram observadas 29 espécies (15 famílias botânicas) em três localidades utilizadas para a amostragem. O total de espécies, por localidade, variou (mais) de 12 a 20. As espécies mais abundantes foram Byrsonima verbascifolia (L.) DC. e Mimosa microcephala Humb. & Bonpl. ex Willd. (subarbustivas), Byrsonima cf. intermedia A. Juss. e Randia formosa (Jack.) K. Schum. (arbustivas) e, Byrsonima crassifolia (L.) H.B.K. e Curatella americana L. (arbóreas). Oito espécies são comuns às três localidades. A diversidade medida pelo Índice de Shannon (H') foi baixa para todos os locais amostrados ( Resumo em inglês A floristic inventory of woody species was carried out in one of the vegetation units that compose the savannas landscape of the Roraima State, northernmost of Brazilian Amazonia. This unit is characterized by dense colonization of nests of termites Cornitermes ovatus Emerson. Twenty nine woody species were observed (15 botany families) in three localities used for sampling. The total of species varied from 12 to 20 by locality. The most abundant species were Byrsonima ve (mais) rbascifolia (L.) DC. and Mimosa microcephala Humb. & Bonpl. ex Willd. (dwarf shrubs), Byrsonima cf. intermedia A. Juss. and Randia formosa (Jack.) K. Schum. (shrubby) and, Byrsonima crassifolia (L.) H.B.K. and Curatella americana L. (arboreal). Eight species are common to all localities. Diversity measured by the Index of Shannon (H') was low for all the areas sampled (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Síndromes de dispersão de espécies arbustivo-arbóreas em cerrado sensu stricto do Brasil Central e savanas amazônicas/ Dispersal syndromes of shrub-woody species in the cerrado sensu stricto vegetation of Central Brazil and amazonian savannas

VIEIRA, DANIEL L.M.; AQUINO, FABIANA G.; BRITO, MÁRCIA A.; FERNANDES-BULHÃO, CLARISSA; HENRIQUES, RAIMUNDO P. B.
2002-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi identificar as proporções das síndromes de dispersão de sementes em áreas de cerrado sensu stricto do Brasil Central, comparando-as com as de áreas isoladas de savanas amazônicas. Foram utilizadas listas de espécies de nove áreas de cerrado e cinco áreas de savanas amazônicas. Determinou-se a similaridade florística entre as áreas. As síndromes de dispersão de espécies ocorrentes nestas áreas foram determinadas a partir de da (mais) dos da literatura. Utilizou-se o teste Qui-quadrado (chi²) a fim de detectar possíveis diferenças nas proporções de zoocoria e anemocoria entre as áreas de cerrado e entre as áreas de savanas amazônicas. As médias entre as duas regiões foram comparadas pelo teste t. Não foram encontradas diferenças significativas para as duas análises (p > 0,05). A média das proporções de zoocoria para o cerrado sensu stricto foi de 56,7% ± 5,4 DP e para as savanas amazônicas 55,6% ± 11,7 DP, e a média das proporções de anemocoria no cerrado sensu stricto foi de 39,7% ± 6,2 DP e para as savanas amazônicas 44,4% ± 11,7 DP. No cerrado sensu stricto, a autocoria variou de 1,4 a 5%, porém não se verificou a presença de espécies autocóricas nas savanas amazônicas. A autocoria é uma estratégia de dispersão raramente encontrada no cerrado e sua ausência nas áreas de savanas amazônicas pode estar relacionada à sua baixa eficiência em colonizar áreas isoladas. Resumo em inglês The objective was to identify the proportion of seed dispersion syndromes in areas of cerrado sensu stricto of Central Brazil and amazonian savannas. Lists of species of nine cerrado and five amazonian savanna areas were used. Dispersion syndromes were determined through literature data. Chi-square test (chi²) was used to evaluate possible differences in proportion of zoocory and anemocory among cerrado sensu stricto of Central Brazil and among amazonian savanna areas. F (mais) loristic similarity was determined among the 14 areas. The averages of these proportions were compared through t test and no significant differences were found (p > 0.05). The proportion of zoocory species in cerrado sensu stricto and amazonian savannas were 56.7% ± 5.4 DP and 55.6% ± 11.7 DP; the proportion of anemocory were 39.7% ± 6.2 DP and 44.4% ± 11.7 DP, respectively. In the cerrado sensu stricto of Central Brazil the proportion of autocory ranged from 1.4 to 5%, while the amazonian savannas presented no autocoric species. Autocory is a rarely found strategy in cerrado sensu stricto and its absence in amazonian savanna areas could be related to the low efficiency in colonization of isolated areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Invasão de áreas de savana intra-amazônicas por Digitonthophagus gazella (Fabricius, 1787) (Insecta: Coleoptera: Scarabaeidae)/ Invasion of intra-Amazonian savannas by the dung beetle Digintonthophagus gazella (Fabricius, 1787) (Insecta: Coleoptera: Scarabaeidae)

Matavelli, Rodrigo Augusto; Louzada, Julio Neil Cassa
2008-01-01

Resumo em português Neste estudo, foi avaliada a invasão da comunidade de Scarabaeinae detritívoros de uma savana amazônica pela espécie africana Digitonthophagus gazella (Fabricius 1787). O estudo foi realizado nas proximidades da vila de Alter do Chão (2º 31' S e 55º 00' W), localizada a aproximadamente 36 km a sudoeste de Santarém, Pará, Brasil. Vinte e duas áreas de savanas de 3,75 ha (250 x 150 m) distribuídas em 30.000 ha foram amostradas, no período de 21 de julho a 13 de (mais) agosto de 2003, utilizando 66 armadilhas de queda com três tipos de iscas (fezes bovinas, fezes humanas e carcaças). Foram encontrados indivíduos de D. gazella em quatro das vinte e duas áreas amostradas. Procurou-se explicar a presença da espécie nas áreas de savana através de análises de regressão logística, onde as variáveis explicativas foram: ocorrência de queimada nos últimos seis anos, diversidade e abundância total de Scarabaeidae nativos presentes na área, abundância de Canthon sp.1, (espécie de Scarabaeidae mais abundante na região). Exceto pela abundância total de indivíduos de Scarabaeidae nativos, nenhuma das variáveis bióticas e abióticas tiveram efeito estatisticamente significativo na presença do D. gazella. Estes resultados podem ser explicados por: (a) algum fator ainda não analisado, relacionado à invasão da área pelo D. gazella; (b) Não houve tempo para a dispersão e estabelecimento da espécie em todas as áreas; (c) A comunidade nativa de Scarabaeinae apresenta resistência à invasão pelo D. gazella. Resumo em inglês This work aimed to verify the invasion of the dung beetles community from intra-Amazonian savanna by the African species Digitonthophagus gazella (Fabricius 1787). The research was carried out near Alter do Chão village (2º 31' S; 55º 00' W), 36 Km Southwest of Santarém, Pará, Brazil. Twenty two areas were sampled, from 21 July to 13 August 2003, using 66 baited pitfall traps (cattle dung, human faeces and carcass bait). D. gazella individuals were found in four of t (mais) wenty two sampled areas. The presence of the species in the savanna was analysed by a logistic regression, using the occurrence of burnings in the last six years, species richness and abundance of native Scarabaeinae, and abundance of Canthon sp1, (the most abundant species in the region), as explanatory variables. Except for the total abundance of native Scarabaeinae, none of the variables were statistically significant for the presence of D. gazella. Hypothetically, these results were probably due to a non-analysed factor related to the invasibility of the area by D. gazella, or lack of time for the species to disperse and establish in all the areas, or a resistance of native dung beetle community to D. gazella invasion. Nevertheless, there must be a competitive mechanism of invasion resistance bounding the abundance of native species and D. gazella invasibility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Classificação de padrões de savana usando assinaturas temporais NDVI do sensor MODLS no Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

Carvalho Júnior, Osmar Abílio de; Sampaio, Cárita da Silva; Silva, Nilton Correia da; Couto Júnior, Antonio Felipe; Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso; Carvalho, Ana Paula Ferreira de; Shimabukuro, Yosio Edemir
2008-12-01

Resumo em português A savana é o principal tipo de vegetação no Brasil Central, cobrindo aproximadamente 23% do território nacional. Localmente é conhecido como Cerrado, sendo formado por um mosaico de fisionomias tais como Campo, Campo Cerrado e Cerrado que possuem um ciclo fenológico típico. Neste contexto, os dados do MODIS fornecem medidas diárias que permitem monitorar a fenologia sazonal da vegetação. O presente trabalho objetiva avaliar o emprego de assinaturas temporais par (mais) a detectar tipos de savanas no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. A metodologia adotada pode ser subdividida nos seguintes passos: (a) elaboração do cubo 3D das imagens temporais NDVI-MODIS, onde o perfil em z corresponde à assinatura temporal, (b) tratamento do ruído pela combinação das técnicas de Filtro de mediana e o Minimum Noise Fraction, (c) detecção dos membros finais utilizando o invólucro convexo, e(d) classificação espectral usando o método Spectral Correlation Mapper. Os resultados demonstram que as fisionomias do Cerrado apresentam assinaturas temporais típicas. Os membros finais correspondem aos três maiores domínios fisionômicos: (a) Campo, região com dominio do extrato herbáceo; (b) Cerrado, uma mistura de campo e arbustos; e (c) Cerrado Denso, densamente coberto por árvores. Comparações com imagem Landsat 7/ETM+ demonstram a eficiência da classificação das séries temporais. O estudo concluiu que as séries NDVI são úteis na diferenciação dos tipos de vegetação. A eficiência da metodologia tem sido provada para delimitação regional das fisionomias de savana, mesmo considerando abaixa resolução espacial de 250m do sensor MODIS e a alta mistura espectral. Resumo em inglês Savannas are the main vegetation type in Central Brazil, covering approximately 23% of the national territory. Locally known as Cerrado, Brazilian Savannas are formed by amosaic of different physiognomies such as grassland, shrubland and woodland that have atypical phenological cycle. ln this context, the MODIS data provide daily measurements well suited to monitor the seasonal phenology of vegetation. The present work aims to evaluate the advantages of the temporal signa (mais) tures to detect Brazilian Savanna vegetation types in the Chapada dos Veadeiros National Park, Brazil. The adopted methodology may be subdivided into the following steps: (a) elaboration of the 3D cube of NDVI from temporal MODIS images, where the z profile corresponding to temporal signature, (b) noise elimination by combining Median Filter and Minimum Noise Fraction techniques, (c) endmember detection, and (d) spectral classification using Spectral Correlation Mapper method. The results demonstrate that the savanna physiognomies present typical temporal signatures. The endmembers correspond to the three major physiognomic domains: (a) Cerrado grassland, herbaceous dominated region; (b) Cerrado, mostly amixture of grasses and shrubs; and (c) Cerrado woodland, densely covered by trees. Comparison with Landsat 7/ETM+ image demonstrates the classification efficiency of the temporal series. The study concluded that the NDVI series is useful in differentiating the amount of vegetation types The methodology efficiency has been proved for regional delimitation of savanna physiognomies even considering the low spatial resolution of the 250m MODIS sensor and the high spectral mixture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Perdas de solo e água em plantio de Acacia mangium wild e savana em Roraima, norte da Amazônia/ Soil and water losses in Acacia mangium wild plantations and natural savanna in Roraima, northern Amazon

Barros, Luciana da Silva; Vale Jr., José Frutuoso do; Schaefer, Carlos Ernesto G.R.; Mourão Júnior, Moisés
2009-04-01

Resumo em português Plantios florestais de Acacia mangium constituem uma alternativa cada vez mais adotada em áreas de savanas do norte da Amazônia (Roraima) e podem causar alterações significativas de características do solo. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi determinar perdas de solo e de água por erosão, que ocorrem em escoamento superficial (run off) em savana nativa e plantios de acácia na região Amazônica. Para isso, foram instaladas em duas fazendas, Santa Rita e Ar (mais) açá, localizadas no município de Bonfim, na região da Serra da Lua, calhas coletoras de sedimentos, acopladas a caixas d'água, em Argissolo Vermelho-Amarelo. Foram determinadas a granulometria, a densidade aparente (Dap), a resistência à penetração (RP) e a velocidade de infiltração (VIB), bem como parâmetros físicos relacionados a perdas de solo. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com três tratamentos: cobertura natural de savana (SV), plantio de Acacia mangium com um ano de idade (P1) e plantio de Acacia mangium com quatro anos de idade (P4), em três repetições. O experimento teve a duração de 12 meses (setembro de 2006 a agosto de 2007). Os resultados indicaram maiores perdas de solo e de água no plantio mais recente de acácia (P1), de savana nativa e do plantio com 4 anos (P4). Os resultados foram atribuídos à exposição do solo no período inicial de desenvolvimento da planta, ao selamento superficial e à coesão do solo. O pico de perdas de solo ocorreu nos meses de abril a agosto, sendo o tipo de cobertura vegetal o fator determinante para redução das perdas de solo e de água por erosão, sendo que as práticas de plantio no sentido do declive provavelmente agravaram as perdas de solo nos plantios de Acácia. Neste trabalho, a densidade do solo e o teor de matéria orgânica não representaram bons indicadores do tipo de manejo adotado na área. Resumo em inglês As an alternative land use of savanna areas in Roraima, commercial forest stands of Acacia mangium are being increasingly implemented. The purpose of this study was the in situ determination of soil and water losses in commercial stands of Acacia mangium and compare them with those under native savanna. The experiment was conducted on a Red-Yellow Argisol (Ultisol) in the region of Serra da Lua where Gerlach sediment and water collectors were installed. Soil density, text (mais) ure, penetration resistance and infiltration rate were determined. All climate data were recorded by an automatic weather station placed within the experimental area. The experiment had a randomized block design with three treatments: one-year-old Acacia stand (P1), four-year-old Acacia stand (P4); and native savanna (SV). All experimental data were collected within one year. Results indicated that greater soil and water losses occurred in younger Acacia plantations (P1), followed by savanna (SV) and four-year-old Acacia stands (P4). This was attributed to great soil exposure just after planting, when Acacia trees had not yet developed a good soil cover in these sealing-prone soils. The peak of soil and water loss occurred between April and August, and the practice of downslope planting aggravated soil erosion in Acacia stands. Soil bulk density or organic matter contents were not considered good management indicators for this area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Diversidade de Leguminosae em uma área de savana do estado de Roraima, Brasil/ Leguminosae diversity in a savanna area of Roraima, Brazil

Flores, Andréia Silva; Rodrigues, Rodrigo Schütz
2010-03-01

Resumo em português Leguminosae é considerada a família mais diversa nas savanas de Roraima, que são as maiores áreas de savana da Amazônia brasileira. Este trabalho tem como objetivos fornecer uma listagem florística e analisar os padrões de distribuição geográfica dos táxons de Leguminosae encontrados em uma área de savana em Boa Vista, Roraima (02º52´07´´N; 60º43´03´´W). Foram registrados 80 táxons distribuídos em 38 gêneros. Seis táxons são novos registros para a (mais) flora de Roraima. Os gêneros que apresentaram o maior número de espécies foram Aeschynomene e Chamaecrista, cada um com sete espécies. Leguminosae-Papilionoideae foi a subfamília mais diversa em número de gêneros (24) e de táxons infragenéricos (53). A análise da distribuição geográfica revelou a predominância de táxons com padrão neotropical. A área estudada representa um sítio diverso em táxons de Leguminosae, pois concentra cerca de 87% da diversidade citada para a família nas savanas de Roraima. Resumo em inglês Leguminosae is the most diverse family in the savannas of Roraima, which are the largest savanna areas in the Brazilian Amazon. This paper presents a floristic survey and an analysis of the geographic distribution patterns of Leguminosae taxa in a savanna area at Boa Vista, Roraima (02º52´07´´N; 60º43´03´´W). The survey identified 80 taxa belonging to 38 genera. Six taxa are new records for the flora of Roraima. The best-represented genera were Aeschynomene and Ch (mais) amaecrista, both with seven species each. Leguminosae-Papilionoideae was the most diverse subfamily based on the number of genera (24) and infrageneric taxa (53). The phytogeographical analysis revealed predominance of taxa with a Neotropical distribution. The savanna site analyzed represents a legume diverse area, because it concentrates 87% of legume diversity referred for the savannas of Roraima.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Avaliação de cultivares de girassol em savana de Roraima/ Avaliation of sunflower cultivars in savanna ecosystem of Roraima

Smiderle, Oscar José; Mourão Jr, Moisés; Gianluppi, Daniel
2005-09-01

Resumo em português A cultura do girassol (Helianthus annuus L.) pode ser conduzida em diversas épocas do ano, destacando-se desta forma, entre as culturas viáveis de serem exploradas nas savanas (lavrados) de Roraima. Entretanto, as cultivares podem apresentar diferenças de adaptação e desenvolvimento dependendo da área de cultivo. Assim, desenvolveu-se este estudo comparativo em área experimental da Embrapa Roraima em 2000, visando avaliar o desempenho de seis cultivares (Agrobel 91 (mais) 0; Agrobel 920; Cargill 11; Embrapa 122; Morgan 742; e Rumbosol 91) semeadas em duas épocas (seca, com irrigação suplementar; e chuvosa) em Boa Vista, Roraima. Utilizaram-se parcelas subdivididas num delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições, sendo as duas épocas de semeadura em 20 de janeiro e 19 de julho. As subparcelas constaram de quatro fileiras de 6 m, distanciadas de 0,90 m, sendo 0,30 m o espaçamento entre plantas. As cultivares Cargill 11, Rumbosol 91 e Agrobel 910 foram as mais produtivas para cultivo nas condições climáticas das savanas de Roraima, e a semeadura em janeiro é mais indicada, comparada a de julho. Resumo em inglês Sunflower (Helianthus annuus L.) can be cultivated at different times of the year. Hence, this oilseed crop stands out among the viable crops to be explored in the savanna area of Roraima. However, cultivars can perform differently depending on the region they are grown. Accounting on this, a study was carried out to evaluate the effect of sowing time for this crop in Boa Vista, Roraima, utilizing six cultivars (Agrobel 910; Agrobel 920; Cargill 11; Embrapa 122; Morgan 74 (mais) 2; and Rumbosol 91) in a split-plot scheme, in a randomized complete blocks design, with two plots (sowing time: January 20, with supplementation of water, and July 19). The sub-plots consisted of four rows, measuring 6 m each, distanciated 0.90 m; the distance between plants inside the row was 0,30 m. The cultivars cargill 11, rumbosol 91 and agrobel 910 were the most productive for cultivation in the savanna ecosystem in Roraima. The sowing of sunflower in January was more appropriate than July.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Abelhas e vespas solitárias em ninhos-armadilha na Reserva Biológica Guaribas (Mamanguape, Paraíba, Brasil)/ Trap-nesting solitary bees and wasps (Hymenoptera) in Guaribas Biological Reserve (Mamanguape, Paraíba, Brasil)

Aguiar, Antonio José Camillo; Martins, Celso Feitosa
2002-07-01

Resumo em inglês The trap-nesting bees of Guaribas Biological Reserve were studied during one year. Three areas with different vegetation types were sampled, open savanas, closed forest, and a mosaic of these two types. Twelve species of trap-nesting bees were observed, four of which are parasites. The most abundant species were Centris tarsata (Smith, 1879), C. analis (Fabricius, 1804), Tetrapedia diversipes KJug, 1810, and Mesocheira bicolor (Fabricius, 1804). Nesting of Centris tarsata (mais) and Mesocheira bicolor occurred mainly during the dry season, while Centris analis and Tetrapedia diversipes did not show any seasonal preferences. Mesocheira bicolar occurred only in the nests of C. tarsata, parasitizing more than 50% of the nests and representing 23.2% of the individuais emerged in the host nests. The mosaic area yielded a greater abundance and diversity. Comparing the sampling methods of trap-nests and entomological nets, conducted simultaneously in the same area, in relation to diversity of trap nesting bees, it was observed a great similarity in terrns of composition and differences of abundance in species sampled. Some hypothesis are discussed to explain a reason for the greater diversity and abundance of the mosaic area in relation to the other areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Lista preliminar das espécies do gênero Lutzomyia, França, 1924 (Psychodidae, Phlebotominae) do Estado do Maranhão, Brasil/ Preliminary check list of species from the genus Lutzomyia, França, 1924 (Psychodidae, Phlebotominae) from the State of Maranhão, Brazil

Rebêlo, José Manuel Macário; Mendes, Walter Araújo; Costa, Jackson Maurício Lopes; Cavaleiro, Nelson
1996-12-01

Resumo em português Apresenta-se uma lista preliminar das espécies de Lutzomyia conhecidas para o Estado do Maranhão. As informações apresentadas derivam de dados relatados na escassa literatura sobre o padrão de distribuição dos flebotomíneos neotropicais. Até o momento, quarenta espécies já foram registradas para o Estado. A maioria é típica da fauna amazônica, as demais ou são características das savanas do Brasil Central ou têm ampla distribuição neotropical. As razõe (mais) s dessa superposição devem-se à localização do Maranhão em uma área de transição entre as macrorregiões que caracterizam o Norte, o Nordeste e o Centro-Sul do Brasil. Entre as espécies lá encontradas, sete são conhecidas como vetores de agentes etiológicos das leishmanioses americanas. Resumo em inglês This paper presents a preliminary check list of Lutzomyia species from Maranhão State. The information derives from data gathered in the scarce literature on the distribution patterns of neotropical phlebotomines. There are 40 species reported in the State. Most are Amazonian in their distribution, while others come from the savanna domain of Central Brazil or have a widespread distribution in the neotropics. This can be explained by Maranhão's transitional position bet (mais) ween the North, Northeast, and Central South of the country. Of the species of sandflies reported, seven are currently considered vectors for cutaneous and visceral leishmaniases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Lista preliminar das espécies do gênero Lutzomyia, França, 1924 (Psychodidae, Phlebotominae) do Estado do Maranhão, Brasil/ Preliminary check list of species from the genus Lutzomyia, França, 1924 (Psychodidae, Phlebotominae) from the State of Maranhão, Brazil

Rebêlo, José Manuel Macário; Mendes, Walter Araújo; Costa, Jackson Maurício Lopes; Cavaleiro, Nelson
1996-12-01

Resumo em português Apresenta-se uma lista preliminar das espécies de Lutzomyia conhecidas para o Estado do Maranhão. As informações apresentadas derivam de dados relatados na escassa literatura sobre o padrão de distribuição dos flebotomíneos neotropicais. Até o momento, quarenta espécies já foram registradas para o Estado. A maioria é típica da fauna amazônica, as demais ou são características das savanas do Brasil Central ou têm ampla distribuição neotropical. As razõe (mais) s dessa superposição devem-se à localização do Maranhão em uma área de transição entre as macrorregiões que caracterizam o Norte, o Nordeste e o Centro-Sul do Brasil. Entre as espécies lá encontradas, sete são conhecidas como vetores de agentes etiológicos das leishmanioses americanas. Resumo em inglês This paper presents a preliminary check list of Lutzomyia species from Maranhão State. The information derives from data gathered in the scarce literature on the distribution patterns of neotropical phlebotomines. There are 40 species reported in the State. Most are Amazonian in their distribution, while others come from the savanna domain of Central Brazil or have a widespread distribution in the neotropics. This can be explained by Maranhão's transitional position bet (mais) ween the North, Northeast, and Central South of the country. Of the species of sandflies reported, seven are currently considered vectors for cutaneous and visceral leishmaniases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Relação do padrão sazonal da vegetação com a precipitação na região de cerrado da Amazônia Legal, usando índices espectrais de vegetação/ Relationship between vegetation seasonal pattern and precipitation in the cerrado region by spectral vegetation indexes

Becerra, Jorge Alberto Bustamante; Shimabukuro, Yosio Edemar; Alvalá, Regina Célia dos Santos
2009-06-01

Resumo em português A precipitação é um dos principais fatores que determina a dinâmica sazonal da vegetação na região de savanas tropicais, como é o caso do cerrado brasileiro. Neste trabalho foram analisadas as relações da precipitação sazonal, com o comportamento sazonal das classes de uso e cobertura da terra (UCT), principalmente as fisionomias de cerrado do Estado de Tocantins. Foi analisada a dinâmica sazonal do cerrado, incluindo áreas florestadas e não florestadas, a (mais) partir da análise de imagens do MODIS/TERRA IV (Índices de Vegetação) de janeiro a dezembro de 2004, bem como dados diários de precipitação de 2004 e uma série de precipitação diária do período de 1969 a 2005. Os resultados da análise de precipitação mostram que a área de estudo apresentou uma alta sazonalidade, com estação seca de maio a setembro. As análises dos IV mostram que a dinâmica sazonal das formações de cerrado é similar àquela das áreas convertidas para outros usos. O padrão sazonal das classes de UCT segue os padrões da precipitação, cujos menores valores foram registrados no mês de agosto de 2004, mês este que apresentou os menores valores dos IV. Diferentemente das demais classes de UCT, a formação florestal não se ajustou ao padrão de precipitação, apresentando valores de IV similares ao longo do ano com leve decréscimo no mês de setembro de 2004. Resumo em inglês Precipitation is one of the main factors that determine the seasonal dynamics of the vegetation in tropical savanna areas, as the Brazilian cerrado. In this work the relationship of the seasonal precipitation with the seasonal behavior of the land use and land cover (LULC) types, mainly savannah physiognomies of the Tocantins State, was investigated. We analyzed the savanna seasonal dynamics, including forest and converted areas, with MODIS/TERRA VI (vegetation indexes) s (mais) atellite measurements from January to December 2004 and daily precipitation of 2004 and daily precipitation series from 1969 to 2005. The results of the precipitation analysis show that the study areas exhibited a high seasonality with a dry season from May to September. The analysis of the VI showed that the seasonal dynamic of the savanna formations and the converted areas were similar. The seasonal pattern of these LULC types follows the precipitation pattern, when the lowest VI values were recorded in August of 2004. Differently of these LULC types, forest formations do not fitted to the precipitation pattern, this LULC type keep similar VI values along year with light decrease in September of 2004.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Mixobiota do Parque Nacional Serra de Itabaiana, SE, Brasil: Physarales/ Myxobiota of Serra de Itabaiana National Park, Sergipe State, Brazil: Physarales

Bezerra, Maria de Fátima de Andrade; Bezerra, Andrea Carla Caldas; Nunes, Alissandra Trajano; Lado, Carlos; Cavalcanti, Laise de Holanda
2008-12-01

Resumo em português Visando contribuir com informações sobre a diversidade de Myxomycetes em florestas úmidas e savanas Neotropicais, foram inventariadas as espécies de Physarales associadas a diferentes microhabitats no Parque Nacional Serra de Itabaiana, Sergipe, Brasil (10º40'52"S e 37º25'15"W, 180-670 m, 7966 ha). Durante 20 meses consecutivos foram efetuadas coletas de esporocarpos e de amostras de vários tipos de substratos a serem utilizados na preparação de 590 câmaras-úmi (mais) das. Coleções representativas do material estudado foram depositadas no Herbário UFP, com duplicatas no herbário MA - Fungi. A abundância e a constância de cada espécie foram determinadas. Apresenta-se uma lista comentada das sete espécies de Didymiaceae e 24 espécies de Physaraceae identificadas e sua distribuição no Brasil. As Physarales estão presentes em todos os microhabitats analisados, esporulando na estiagem e na estação chuvosa; fimícolas e suculentícolas foram registradas apenas em câmara-úmida. As espécies mais abundantes foram Physarum viride (Bull.) Pers., P. stellatum (Massee) G.W. Martin e P. cinereum (Batsch) Pers. Exceto Diachea silvaepluvialis M.L. Farr, P. cinereume Physarum roseumBerk. & Broome, todos os táxons constituem primeira referência para Sergipe. Diderma rugosum (Rex) T. Macbr., Didymium dubium Rostaf. e Physarum pulcherrimum Berk. & Ravenel estão sendo referidas pela primeira vez para o Brasil. Resumo em inglês The aims of this study were to obtain data on Myxomycete diversity in Neotropical forests and savannas and to determine the composition of the Physarales species assemblage associated with different microhabitats in Serra de Itabaiana National Park, Sergipe (10º 40'52"S; 37º 25'15"W, 180-670m alt., 7966 ha). During 20 months, sporocarps were collected and samples of substrata obtained for use in 590 moist-chamber cultures. Collections are deposited in the Herbaria UFP a (mais) nd MA - Fungi. The abundance and constancy of each species are given. Seven species of Didymiaceae and 24 species of Physaraceae comprise an annotated list and their distribution in Brazil is presented. Physarales were present in all microhabitats, in the dry and rainy seasons; fimicolous and succulenticolous species were observed only in moist-chamber cultures. The most abundant species were Physarum viride (Bull.) Pers., Physarum stellatum (Massee) G.W. Martin, and Physarum cinereum (Batsch) Pers. Except for Diachea silvaepluvialis M.L. Farr, P. cinereum, and Physarum roseum Berk. & Broome, all the species are new records for Sergipe. Diderma rugosum (Rex) T. Macbr., Didymium dubium Rostaf. and Physarum pulcherrimum Berk. & Ravenel are reported for the first time in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Diversidade alfa e beta no cerrado sensu strictu da Chapada Pratinha, Brasil/ Diversidade alfa e beta no cerrado sensu stricto/ Alfa and Beta diversity in the cerrado sensu stricto

Felfili, Maria Cristina; Felfili, Jeanine Maria
2001-08-01

Resumo em português O bioma cerrado possui uma das mais ricas floras dentre as savanas mundiais com mais de 6000 espécies, abrange uma vasta extensão territorial, contém as três maiores bacias hidrográficas sul americanas, e se destaca pela elevada biodiversidade. O objetivo deste trabalho, que faz parte do Projeto Biogeografia do Bioma Cerrado, foi analisar as diversidades alfa e beta em comunidades de cerrado sensu stricto. Foram amostrados o Parque Nacional de Brasília, a Estação (mais) Ecológica de Águas Emendadas, a Area de Proteção Ambiental (APA) Gama-Cabeça de Veado, Silvânia-GO, Paracatu-MG e Patrocínio-MG. A amostragem foi aleatória com 10 parcelas de 20x50m em cada área de estudo. Foram incluídas plantas lenhosas, exceto lianas, que tivessem no mínimo 5cm de diâmetro. Foi calculada a diversidade alfa pelo teste de Shannon & Wienner e o de Simpson. A diversidade beta foi calculada pelo índice de Whittaker que mede a mudança ou taxa de substituição na composição de espécies de um local para outro. Foi efetuada a curva espécie-área para as 60 parcelas amostradas e efetuada a classificação por TWINSPAN. O cerrado sensu stricto da Chapada Pratinha pode ser diferenciado em duas zonas fitogeográficas: Distrito Federal-Silvânia e Paracatu-Patrocínio. Estas coincidem com um zoneamento por sistemas de terra que classifica a primeira zona como terras altas em contraposição à segunda. Resumo em inglês The cerrado flora is one of the richest among the world's savannas with more than 6000 species. The cerrado covers a large territory, contains the three most important hydrographycal basins in South America and a high diversity. The objective of this work, that is part of the project Biogeography of the Cerrado Biome, was to analyse alfa and beta diversity in the cerrado sensu stricto. The sampled places were: Brasília National Park -- DF, Águas Emendadas Ecological Sta (mais) tion -- DF, Environmentally protected Area of Gama-Cabeça de Veado -- DF, Silvânia -- GO, Paracatu -- MG and Patrocínio -- MG. The sampling was randomized with 10 plots of 20x50m in each study-site. Woody plants from 5cm dbh, excluding lianas were sampled. Shannon & Wienner's and Simpson's diversity index were used to calculate alfa diversity and Whittaker's index for beta diversity. The latter measures the rate of replacement in species composition from one place to another. A species-area curve was also drawn for the sixty plots sampled. A classification by the TWINSPAN method was also carried out. The cerrado sensu stricto in Chapada Pratinha can be separated in two phytogeographic zones: Distrito Federal -- Silvânia and Paracatu -- Patrocínio. Those coincide with a land system classification which places the first zone in the highlands and the second in the lowlands.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Dinâmica da comunidade arbórea de uma mata de galeria do Brasil Central em um período de 19 anos (1985-2004)/ Tree community dynamics of a gallery forest in central Brazil over a 19-year period (1985-2004)

Oliveira, Ana Paula de; Felfili, Jeanine Maria
2008-12-01

Resumo em português A dinâmica da comunidade arbórea foi analisada, tendo como base um inventário contínuo em 64 ha da mata de galeria do Gama, na Fazenda Água Limpa, DF. O inventário consistiu de 151 parcelas permanentes (10 x 20 m) contíguas locadas em dez transectos eqüidistantes 100 m uns dos outros. Todos os indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) maior ou igual a 10 cm foram mapeados nas parcelas, marcados e medidos em 1985, 1988, 1991, 1994, 1999 e 2004. O increment (mais) o periódico anual (IPA) no período de 19 anos foi de 0,22 cm ano-1 com coeficientes de variação de 84% a 143%. O incremento em diâmetro apresentou tendência crescente com o aumento das classes de diâmetro até 52 cm de DAP, onde se concentraram aproximadamente 95% dos indivíduos em cada ocasião. A taxa média anual de mortalidade foi de 2,87%, enquanto o recrutamento foi 2,08%, resultando em um decréscimo na densidade da mata durante os 19 anos de estudo. A meia-vida foi de 24,13 anos de 1985 a 2004. A comunidade foi dinâmica com 92% de todas as espécies ou sofrendo mortalidade ou ganhando recrutas ou ambos mas, 83% das espéces ocorreram em todos os períodos analisados. Mortalidade e recrutamento foram elevados, levando a alta rotatividade, típica de ambientes sob intenso efeito de borda como as matas de galeria que são estreitas faixas de floresta tropical, circundadas por savanas. Estes resultados sugerem uma comunidade muito dinâmica mas, estável. Resumo em inglês Tree community dynamics was analyzed with basis on the data from the continuous inventory in an area of 64 ha of the Gama gallery forest at the Fazenda Água Limpa, DF. The inventory consisted of 151 permanent (10 x 20 m) plots located systematically along ten transects placed every 100 m at right angles to the Gama stream. All individuals with diameter at breast height (DBH) equal or greater than 10 cm were mapped in the plots, tagged and measured in 1985, 1988, 1991, 19 (mais) 94, 1999 and 2004. The periodic annual increment (PAI) for the community during the 19 years period (1985-2004) was0.22 cm yr¹, with coefficients of variation ranging from 84% to 143%. The trend of increment in diameter was characterized by the increase of the increments with the increasing diameter classes up to 52 cm of DBH. The mean annual mortality rate was 2.87% while the recruitment was 2.08%, resulting in a decrease in the density during the 19 years period. The half-life was 24.13 years from 1985 to 2004. The community was dynamic with 92% of all species either suffering mortality or gaining recruits or both but, 83% of total of species found in the forest occurred in all the analyzed periods. Mortality was high but recruitment was also intense leading to a high turnover typical of an environment under strong border effect such as the gallery forests, which are narrow strips of tropical forests surrounded by savanna. These results suggest a very dynamic but stable community.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Fitossociologia e caracterização sucessional de um fragmento de floresta estacional no sudeste do Brasil/ Phytosociology and successional characterization of a fragment of tropical seasonal forest in Southeastern Brazil

Leite, Eliana Cardoso; Rodrigues, Ricardo Ribeiro
2008-06-01

Resumo em português No Brasil, a floresta tropical estacional se localiza entre as florestas úmidas do leste e as savanas do oeste e foi historicamente fragmentada, restando atualmente poucos remanescentes. Este estudo foi realizado no Parque Municipal de São Roque, também conhecido como "Mata da Câmara" em São Roque, SP, Brasil, e teve como objetivo o levantamento fitossociológico do estrato arbóreo em três situações altitudinais distintas e a caracterização sucessional através (mais) da identificação do grupo ecológico das espécies amostradas. Foi utilizado o método de parcelas, num total de 42, dispostas em três blocos de 14 parcelas cada, totalizando 0,945 ha de área amostrada. Foram amostrados todos os indivíduos com CAP (circunferência à altura do peito) superior ou igual a 15 cm. Amostraram-se 1.413 indivíduos pertencentes a 117 espécies e 47 famílias. O índice de diversidade de Shannon foi 4.011. As três áreas apresentaram, respectivamente, 22, 32 e 13% de indivíduos de espécies pioneiras, 43, 28 e 46% de indivíduos de espécies secundárias iniciais e 32, 38 e 39% de indivíduos de espécies secundárias tardias. Pode-se concluir que a área se encontra em estádio sucessional inicial em sua porção periférica e em estádio intermediário, tendendo para o avançado em seu interior; porém, tendo-se como referência os fragmentos de floresta estacional do Estado de São Paulo, pode-se afirmar que a Mata da Câmara representa um trecho de floresta bem conservado. Resumo em inglês In Brazil, the seasonal tropical forest is located between the humid forests in the east and savannas in the west and it has been historically fragmented, leaving few remnants today. This study was carried out at the "São Roque Municipal Park" also known as "Mata da Câmara", in São Roque, SP, Brazil. The objective of the present work was to carry out a phytosociological survey of the tree stratum in three different altitudinal situations within a forest fragment, as we (mais) ll as the successional characterization of this fragment by identifying the ecological groups of species. The plot method was used with a total of 42 plots arranged in 3 blocks of 14 plots each, totaling 0.945 ha of sampled area. All individuals with PBH (perimeter at breast height) of 15 cm or more were sampled. A total of 1413 individuals belonging to117 species and 47 families were sampled. The Shannon diversity index was 4.011. The three areas showed respectively 22, 32 and 13% of individuals of pioneer species, 42, 28 and 46% of individuals of early secondary species, and 32, 38 and 39% of individuals of late secondary species. It is concluded that the area is in initial stage of succession in its peripheral portion, and in intermediate tending to terminal stage in its inner portion, but taking the seasonal forest fragments of the State of São Paulo as reference, one can say that Mata da Câmara represents a portion of preserved forest.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Composição florística e fitofisionomia de remanescentes disjuntos de Cerrado nos Campos Gerais, PR, Brasil - limite austral do bioma/ Floristic composition and phytophysiognomies of Cerrado disjunct remnants in Campos Gerais, PR, Brazil - Southern boundary of the biome

Ritter, Lia Maris Orth; Ribeiro, Milton Cezar; Moro, Rosemeri Segecin
2010-09-01

Resumo em português O cerrado possui seu limite austral de ocorrência nos Campos Gerais do Paraná onde, na forma de pequenos fragmentos disjuntos, tem grande afinidade com as formações savânicas de São Paulo e do Planalto Central do Brasil. Encontra-se, na sua maior parte, em propriedades particulares, sob forte pressão da agropecuária, tendo sido até então pouco estudado. Foram realizadas análises florísticas e fitofisionômicas de 30 remanescentes de cerrado em seis municípios (mais) , com determinação de um total de 1.782 táxons. Asteraceae foi a família com maior riqueza de espécies (256), seguida por Fabaceae (207), Poaceae (183), Myrtaceae (72) e Melastomataceae (54). Encontrou-se um gradiente latitudinal e geomorfológico na distribuição das fisionomias: cerrado stricto sensu (50%) e cerradão (13%) distribuem-se nos planaltos areníticos ao norte da região; enquanto cerrado rupestre (17%) e campo sujo com fácies de cerrado (20%) estão mais representados nas porções meridionais, nos relevos escarpados dos vales dos rios. Os remanescentes mostraram similaridade florística com áreas core do Bioma e podem ser consideradas áreas marginais da amplitude geográfica de muitos táxons, compartilhando espécies típicas, características da Província Sulina. Portanto, estas áreas campestres seriam melhor classificadas como savanas do que como estepes. A fitocenose mais austral em Ponta Grossa, com alta riqueza de espécies, encontra-se isolada biogeograficamente dos demais elementos do Bioma, constituindo um possível centro de endemismo. Resumo em inglês The cerrado (Brazilian savannah) has its Southern limits of occurrence in the Campos Gerais region in the State of Paraná, through small disjunction patches with great affinities with the Northern savannah formations of São Paulo and the Central Plateau of Brazil. They are mostly on private lands, under strong pressure from agribusiness and have been hitherto little studied. A floristic and phytophysiognomical analysis of 30 remnants in different municipalities was carr (mais) ied out, reaching a total of 1,782 determined taxa, being Asteraceae the richest family (256), followed by Fabaceae (207), Poaceae (183), Myrtaceae (72) and Melastomataceae (54). There is a geomorphological and latitudinal gradient on the distribution of physiognomies: cerrado stricto sensu (50%) and cerradão (13%) are distributed mainly in the sandstone plateaus in the north region, while cerrado rupestre (17%) and grassland with cerrado facies (20%) are most frequent in the river valleys cliffs in the South. These remnants present floristic similarity with the core area of the Biome, and could be considered marginal areas of the geographical range of several taxa, sharing typical species of the Southern Province. Thus the whole area would be more correctly named savannah instead of steppe. The austral phytocoenosis of Ponta Grossa, a possible endemism centre with great richness, is biogeographically isolated from the other cerrado patches.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Recursos alimentares explorados pelos cupins (Insecta: Isoptera)/ Food resources exploited by termites (Insecta: Isoptera)

Lima, Juliana Toledo; Costa-Leonardo, Ana Maria
2007-01-01

Resumo em português Os cupins são insetos sociais pertencentes à ordem Isoptera e constituem um dos grupos de invertebrados dominantes em ambientes terrestres tropicais. Atualmente, existem cerca de 2.900 espécies descritas, que estão distribuídas em sete famílias: Mastotermitidae, Kalotermitidae, Termopsidae, Hodotermitidae, Serritermitidae, Rhinotermitidae e Termitidae. A região neotropical engloba 537 espécies, e dessas, aproximadamente 300 ocorrem no Brasil e pertencem às famíl (mais) ias Kalotermitidae, Rhinotermitidae, Serritermitidae e Termitidae. Apesar dos isópteros serem bastante conhecidos pelo seu potencial como praga, o papel ecológico dos térmitas no ambiente é primordial, visto que desempenham o papel de consumidores primários e/ou decompositores nos ecossistemas naturais. Esses insetos participam ativamente na trituração, decomposição, humificação e mineralização de uma variedade de recursos celulósicos. Uma grande diversidade de material orgânico, em vários estágios de decomposição, pode servir de alimento para os cupins, incluindo madeira (viva ou morta), gramíneas, plantas herbáceas, serapilheira, fungos, ninhos construídos por outras espécies de cupins, excrementos e carcaças de animais, liquens e até mesmo material orgânico presente no solo (húmus). Essa vasta gama de fontes alimentares permitiu aos cupins ocuparem quase todas as regiões quentes e temperadas da Terra, ocorrendo em praticamente todos os ambientes terrestres, naturais ou modificados pela espécie humana. Portanto, os isópteros são encontrados nas matas tropicais e temperadas, cerrados, savanas, caatingas, restingas, mangues, campos, culturas, pastagens e cidades. Resumo em inglês Termites are social insects belonging to the order Isoptera and constitute one of the dominant groups of invertebrates in terrestrial environments of the tropical region. Currently, there are around 2,900 species described in seven families: Mastotermitidae, Kalotermitidae, Termopsidae, Hodotermitidae, Serritermitidae, Rhinotermitidae and Termitidae. The Neotropical region contains 537 species, and from these, approximately 300 occur in Brazil and belong to the families K (mais) alotermitidae, Rhinotermitidae, Serritermitidae and Termitidae. Although the Isoptera has been known by their potential as pest, the ecological role of the termites in the environment is primordial since they play a role as primary consumers and/or decomposers in natural ecosystems. These insects participate actively in the crushing, decomposition, humus production and mineralization of a variety of cellulose-based resources. A great diversity of organic material, in several stages of decomposition, may serve as food for termites, including wood (sound or decayed), grass, herbaceous plants, litter, fungi, nests built by other termite species, dung and carrion, lichen and even organic material present in the soil (humus). This vast range of food sources allowed the termites to occupy almost all the tropical and temperate regions of the Earth, occurring practically in all the terrestrial environments, natural or modified by the human species. Therefore, termites are found in the tropical and temperate forests, cerrados, savannas, caatingas, shallow places, mangrove regions, low vegetation stems, crops, pastures and urban environments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Fenologia de leguminosas arbóreas em uma área de cerrado marginal no nordeste do Maranhão/ Phenology of leguminous trees in an area of cerrado in the northeast of Maranhão/ Fenologia de leguminosas arbóreas em uma área de cerrado marginal no nordeste do Maranhão

BULHÃO, CLARISSA F.; FIGUEIREDO, PAULO S.
2002-09-01

Resumo em português Os padrões fenológicos da vegetação arbórea do cerrado, savanas e demais formações florestais periodicamente secas ainda são pouco conhecidos, assim como são ainda obscuras as causas da periodicidade observada, ora atribuída a fatores abióticos, ora a fatores bióticos, ou a ambos, ou ainda determinada por restrição filogenética. Em uma área de cerrado marginal no extremo nordeste do Maranhão foram estudadas, durante vinte e dois meses, as dez espécies de (mais) leguminosas arbóreas mais freqüentes. As observações foram mensais em uma amostra de dez indivíduos por espécie. Nestas leguminosas, tanto o crescimento vegetativo quanto o reprodutivo são eventos periódicos e sazonais e, na maioria das espécies, a floração ocorre durante a estação seca sendo simultânea à renovação das folhas. Três padrões fenológicos podem ser distinguidos: espécies que renovam suas folhas e florescem precocemente na seca, frutificam e dispersam seus propágulos ainda nesta estação (1), espécies que renovam suas folhas tardiamente na seca e florescem nesta ocasião (2) ou florescem na estação chuvosa (3), frutificando na estação chuvosa e dispersando seus propágulos na seca subseqüente. Períodos de atividade de crescimento vegetativo e dormência alternam-se, aparentemente mais sincronizados com as variações no fotoperíodo, termoperíodo e irradiância do que com as variações sazonais na disponibilidade hídrica. Os padrões fenológicos assim como os períodos de floração e de frutificação variam entre as famílias consideradas como monofiléticas, sendo a única convergência neste nível taxonômico a sincronização da dispersão de propágulos com a estação seca. A reprodução vegetativa parece não ser um evento comum nas leguminosas estudadas. Resumo em inglês The phenological patterns of trees from cerrado, savannah and others seasonally dry forest are not well known and causes for observed periodicity are still obscure; it is said to be caused either by abiotic factors like precipitation or to biotic ones or even both, or also enforced by phylogenetic restriction. In an area of cerrado in the far northeast of Maranhão, the ten most frequent leguminous trees were monitored during twenty-two months. The phenological records we (mais) re made montly in a sample of ten individuals of each species. Either vegetative or reproductive growth are periodical and seasonal events and in the most species flowering occur during the dry season simultaneous to leaves renewal. Most species produce fruits during the wet period and the propagules are dispersed almost exclusively during the dry one. Tree phenological patterns are discernible: species that renew their leaves and bloom early during the dry season, fruiting and dispersing their propagules at the same season (1), species that renew their leaves late in the dry season, flowering at this time (2) or flowering during the wet season (3), fruiting in the wet period and dispersing their propagules during the following dry one. Periods of vegetative growth and dormancy seem to occur alternately more synchronised with variation of the photoperiod, thermoperiod, and irradiance, than seasonal variations of water availability. Phenological patterns, flowering and fruting periods vary inter and intra families considered as monophyletic, being the only convergence, at this taxonomic level, the synchronisation of thepropagules dispersal in the dry season. The vegetative reproduction does not seem to be a common event in the leguminous species studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Ictiofauna de campos alagados da Ilha do Marajó, Estado do Pará, Brasil/ The Ichthyofauna of Savannas from Marajó Island, State of Pará, Brazil

Montag, Luciano Fogaça de Assis; Albuquerque, Adna Almeida de; Freitas, Tiago Magalhães da Silva; Barthem, Ronaldo Borges
2009-09-01

Resumo em português Os campos alagados ou savanas da ilha do Marajó é uma área disjunta do bioma Cerrado na Amazônia, e é considerada de grande importância para planos de manejo, conservação e preservação ambiental. A fim de ampliar o conhecimento ictiofaunístico da região, o presente estudo reuniu informações coletadas em campo, compiladas da literatura e selecionadas de coleções ictiológicas sobre a fauna de peixes da eco-região savana do Marajó. As coletas de campo ocor (mais) reram entre os anos de 2003 e 2005, e apresentaram como métodos a rede de mão, rede de arrasto, rede de tapagem e captura manual por técnica de mergulho, sendo que durante esse período foram amostrados os municípios de Ponta de Pedras, Chaves e Muaná. Além desses, outros quatro municípios também foram abordadas em estudos pretéritos. A eficiência desse inventário biológico foi avaliada pelos métodos de acumulação de espécies (rarefação) e pela estimativa de riqueza Bootstrap. Nestes três locais foram coligidas 146 espécies, sendo que destas, 89 espécies (60%) e oito famílias da classe Actinopterygii foram registradas como novas ocorrências para os campos do Marajó. Com o incremento das coletas nos três municípios, o total de espécies para os campos da ilha é de 254 espécies. Desse total, 44 espécies (17%) são alvos da pesca comercial para fins de alimentação e 46 espécies (18%) são capturadas na pesca ornamental. Sendo assim, inventários biológicos realizados em locais de grande importância ambiental como ou campos alagados da Ilha do Marajó são imprescindíveis, pois sem esta documentação, qualquer avaliação de biodiversidade, delimitação de áreas de endemismo e distribuição geográfica para execução de medidas conservacionistas fica prejudicada. Torna-se necessário, portanto, não apenas criar condições para proteger a fauna, mas para torná-la melhor conhecida através da criação de mecanismos de apoio a projetos de inventariamento e estudos de taxonomia e sistemática. Resumo em inglês The flooded areas or savannas of the Marajó island is a fraction of the "Cerrado" biome in the Amazonian, and it is considered of a great importance to management plans, conservation and environmental preservation. In order to increase the knowledge of ichthyofauna from this region, the present study united information collected in other past campaigns, compiled from literature and selected from ichthyological collections on the fauna of the eco-region of Marajó's savan (mais) na. The field sampling occurred between the years of 2003 and 2005, and was applied the hand net, trawl net, gillnets, blockage and capture by free diving technique, which during this period were sampled the municipalities Ponta de Pedras, Chaves and Muaná. Besides these, four municipalities had also been included in past studies. The efficiency of this biological inventory was evaluated by species accumulation method (rarefaction) and the richness estimator Bootstrap. In these three places were collected 146 species, which 89 species (60%) and eight families of Actinopterygii were included as new records for the island of Marajó. With the increase of collections in the municipalities of Ponta de Pedras, Chaves and Muaná, the total species of the island is 254 species. Of these, 44 species (17%) are targets of commercial fishing for food and 46 species (18%) are caught to ornamental business. Thus, biological inventories realized at places with a great environmental importance as the savannas or flooded areas of the Marajó Island are essential, because without this documentation, any measurement of biodiversity, delimitation of endemism areas and geographic distribution of species for implementation of conservation plans would be damaged. Therefore, it is necessary not only create conditions to protect wildlife, but to make it better known through mechanisms to financing inventory projects and taxonomy and systematic studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Comunidade de palmeiras no território indígena krahò, tocantins, brasil/ biodiversidade e aspectos etnobotânicos/ Palm communities in the krahò indigenous territory, tocantins, brazil: biodiversity and ethnobotanical features/ Comunidad de palmeras en el territorio indígena krahò, tocantins, brasil: biodiversidad y aspectos etnobotánicos

Terra Nascimento, André R; Amaral dos Santos, Aécio; Martins, Renata C; Borges Dias, Terezinha A
2009-03-01

Resumo em português As florestas e savanas tropicais possuem uma expressiva diversidade de espécies de palmeiras, recursos genéticos de grande valor econômico e cultural para as várias comunidades tradicionais que habitam estes ecossistemas e utilizam estes recursos. A etnia Krahò é um grupo Timbira do tronco lingüístico Macro-Jê, que ocupam um território de 320000ha situado na região nordeste do Estado do Tocantins, Brasil, e inserido na área core do bioma cerrado. Este estudo o (mais) bjetiva descrever a riqueza de espécies e os aspectos etnobotânicos, com ênfase, no seu potencial de utilização em doze aldeias Krahò. Cadastraram-se também nestas aldeias as palmeiras exóticas cultivadas. Foram percorridas as principais fitofisionomias em torno de cada aldeia: cerrado sensu stricto, campo sujo, florestas de galeria, veredas e florestas estacionais. A comunidade de palmeiras nas aldeias está representada por um total 17 espécies nativas e 3 espécies introduzidas. Os gêneros Attalea (4 espécies), Syagrus (3 espécies) e Astrocaryum (3 espécies) foram os que apresentaram o maior número de espécies dentre os 10 gêneros encontrados. Do total das espécies identificadas Oenocarpus distichus Mart. (bacaba), Mauritia flexuosa L. (buriti) e Attalea maripa (Aubl.) Mart. (Inajá) apresentaram a maior diversificação de usos, sendo principalmente utilizadas para alimentação, construções diversas, artesanato e uso medicinal. O suporte ambiental relacionado a alimentação proporcionado pelas palmeiras destacam-se nas aldeias na época de menor disponibilidade alimentar, no período entre as safras de cultivo agrícolas, devendo ser incorporados em programas de conservação e manejo de recursos naturais no território desta etnia. Resumo em espanhol Los Bosques y sabanas tropicales poseen una expresiva diversidad de especies de palmeras, recursos genéticos de gran valor económico y cultural para las varias comunidades tradicionales que habitan estos ecosistemas y utilizan estos recursos. La etnia Krahò es un grupo Timbira de la raiz lingüística Macro-Jê, que ocupa un territorio de 320.000 ha, situado en la región noreste del Estado Tocantins, Brasil, e inserido en el área core del bioma Cerrado. Este estudio (mais) objetiva describir la riqueza de especies y los aspectos etnobotánicos, con énfasis, en su potencial de utilización en doce aldeas Krahò. Se registraron também en estas aldeas las palmeras exóticas cultivadas. Se percorrieron las principales fitofisionomías alrededor de cada aldea: Cerrado sensu stricto, Campo Sujo, bosques de galería, veredas y bosques estacionales. La comunidad de palmeras en las aldeas está representada por un total de 17 especies nativas y 3 especies introducidas. Los géneros Attalea (4 especies), Syagrus (3 especies) y Astrocaryum (3 especies) fueron los que presentaron el mayor número de especies entre los 10 géneros encontrados. Del total de las especies identificadas, Oenocarpus distichus Mart. (bacaba), Mauritia flexuosa L. (palma de moriche) y Attalea maripa (Aubl.) Mart. (cucurita), presentaron la mayor diversidad de usos, siendo principalmente utilizadas para alimentación, construcciones diversas, artesanato y uso medicinal. El soporte ambiental relacionado con alimentación proporcionado por las palmeras se destaca en las aldeas en la época de menor disponibilidad alimentar, en el período entre safras de cultivo agrícolas, debiendo ser incorporados en programas de conservación y manejo de recursos naturales en el territorio de esta etnia. Resumo em inglês Tropical forests and savannas have a large diversity of palm species, genetic resources of great economical and cultural value for the several traditional communities which inhabit these ecosystems and use these resources. The ethnic group Krahò is a Timbira group belonging to the linguistic stem Macro-Jê and occupies a 320000ha territory in the northeast region of Tocantins State, Brazil, in the core area of the Cerrado bioma. This study aims to describe palm species r (mais) ichness and ethnobotanical features, emphasizing their potential use, in twelve Krahò villages. Exotic cultivated palms were also surveyed. The main physiognomies around the indigenous village were examined: cerrado sensu stricto, grasslands, gallery forests, swampy palm formations and dry seasonal forests. Palm communities around the villages are represented by a total of 17 native species and 3 exotic ones introduced. The genera Attalea (4 species), Syagrus (3 species) and Astrocaryum (3 species) presented the greatest number of species among the 10 genera encountered. Among the species, Oenocarpus distichus Mart. (bacaba), Mauritia flexuosa L. (buriti) and Attalea maripa (Aubl.) Mart. (inajá) presented the greatest use diversification, being utilized for food, constructions, handcraft and as medicine. The environmental support provided by the palms in terms of food supply increases in the villages at times of lower food availability, between agricultural crop periods. This support should to be incorporated on conservation and natural resource management programs in the ethnic group territory.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)