Sample records for rumen
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Proteína degradável no rúmen associada a fontes de amido de alta ou baixa degradabilidade: digestibilidade in vitro e desempenho de novilhos em crescimento/ Rumen degradable protein associated to starch sources of different ruminal degradability: in vitro digestibility and performance of growing steers

Caldas Neto, Saul Ferreira; Zeoula, Lúcia Maria; Kazama, Ricardo; Prado, Ivanor Nunes do; Geron, Luiz Juliano Valério; Oliveira, Fábio Cortez Leite de; Prado, Odimari Pricila Pires do
2007-04-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os efeitos de teores crescentes de proteína degradável no rúmen (PDR = 47, 52, 57 e 62%) associados a fontes de amido de baixa (milho) ou de alta (farinha de varredura de mandioca - FVM) degradabilidade ruminal em rações com 50:50% volumoso:concentrado sobre a digestibilidade in vitro da MS (DIVMS) e o ganho de peso de novilhos em crescimento. Para determinação da DIVMS, foi utilizada a técnica de dois estádios de Tilley & Terry (1963). As m� (mais) �dias obtidas para a DIVMS foram submetidas às análises de variância e regressão em função do teor de PDR da ração. Para o ensaio de desempenho animal, foram utilizados 32 novilhos mestiços (Nelore x Red Angus), não-castrados (275 kg de PV), alojados em duplas, em delineamento experimental inteiramente casualizado. Não foi observado efeito do teor de PDR de dietas contendo milho sobre a DIVMS, indicando que não houve deficiência de nitrogênio e que, possivelmente, a digestibilidade da fonte de amido (milho) foi o fator limitante. Observou-se efeito quadrático do teor de PDR sobre a DIVMS para as dietas contendo FVM, o que indica a ocorrência do efeito de sincronização entre a disponibilidade de energia e nitrogênio, permitindo aumento da atividade microbiana nos níveis mais elevados de PDR na ração e melhor utilização da energia proveniente da fonte de amido de alta degradabilidade ruminal. Não foi observado efeito dos diferentes teores de PDR e da fonte de amido de alta degradabilidade ruminal sobre o consumo de MS, o ganho de peso médio e a conversão alimentar dos animais. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the effects of increasing levels of rumen-degradable protein (RDP = 47, 52, 57 and 62%) associated to starch sources of low (corn) and high (cassava by-product (CBP) ruminal degradability on in vitro DM digestibility (IVDMD) and average daily gain of growing steers. In vitro DM digestibility was determined by using the Tilley and Terry (1963) technique. The in vitro data was submitted to analysis of variance and regression analy (mais) sis in function of dietary RDP levels. The in vivo trial was conducted using 32 crossbred steers (Nellore x Red Angus) averaging 275 kg of body weight and fed diets with 50:50 forage:concentrate ratio. Animals were housed in pairs and assigned to treatments according to a completely randomized design. No effect of increasing RDP levels was observed on IVDMD on diets supplemented with corn indicating no lack of nitrogen. Thus, corn digestibility appeared to be the limiting factor on IVDMD. A significant quadratic effect was found for IVDMD by increasing the RDP levels on diets supplemented with CBP suggesting that a better synchronization between energy availability and ammonia release improved microbial growth, which increased the efficiency of energy and RDP utilization on diets with high RDP. It was not observed effect of different RDP levels associated to a starch source rapidly degraded in the rumen on DM intake, average daily gain, and feed conversion on feedlot steers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Proteína degradável no rúmen na dieta de bovinos: digestibilidades total e parcial dos nutrientes e parâmetros ruminais/ Rumen degradable protein on bovine diet: total and partial nutrient digestibility and ruminal parameters

Caldas Neto, Saul Ferreira; Zeoula, Lucia Maria; Prado, Ivanor Nunes do; Branco, Antonio Ferriani; Kazama, Ricardo; Geron, Luiz Juliano Valério; Maeda, Emilyn Midori; Fereli, Fernanda
2008-06-01

Resumo em português Quatro novilhos da raça Holandesa (450 kg) portadores de cânula ruminal e duodenal, recebendo dietas com níveis de proteína degradável no rúmen (PDR) de 50, 60, 65 e 70%, associadas a uma fonte de amido de alta degradabilidade ruminal (farinha de varredura de mandioca), foram distribuídos em quadrado latino 4 × 4 para se avaliarem as digestibilidades total e parcial dos nutrientes, a concentração de amônia e o pH ruminal. Foi utilizada, como indicador do fluxo (mais) duodenal e fecal, a cinza insolúvel em ácido. Não foi observado efeito do nível de PDR sobre o coeficiente de digestibilidade total, digestibilidade ruminal e digestibilidade intestinal da matéria seca, matéria orgânica, fibra em detergente neutro, carboidratos não-estruturais e energia bruta. O aumento do nível de PDR na dieta elevou o coeficiente de digestibilidade total e ruminal da proteína bruta e reduziu a digestibilidade intestinal desse nutriente como porcentagem do digerido. Não houve efeito dos níveis de PDR no pH ruminal, no entanto, maior concentração ruminal de amônia foi observada para as dietas com maior teor de PDR. Os resultados obtidos indicaram que o aumento no teor de PDR acarretou maior produção de nitrogênio na forma de amônia, independentemente da presença da fonte de amido de alta degradabilidade ruminal, contudo, o aporte de proteína intestinal foi semelhante para todas as dietas. Resumo em inglês Four ruminally and duodenally cannulated Holstein steers (450 kg) were fed diets with rumen degradable protein (RDP) levels of 50.0 60.0 65.0 and 70.0% associated with a high ruminal degradability starch (cassava by-product meal) were allotted to a 4 × 4 Latin square design for the evaluation of total and partial digestibility of the nutrients, ruminal ammonia concentration and pH. The acid insoluble ash was used as a marker of the duodenal and fecal flow. No effects wer (mais) e observed on the level of RDP on total digestibility coefficient, ruminal digestibility and intestinal digestibility coefficients of dry matter, organic matter, crude protein, neutral detergent fiber, non structural carbohydrates and gross energy. The increase of the RDP levels in the diet increased the coefficients of total and ruminal digestibility of crude protein and reduced the intestinal digestibility of this nutrient as a percentage of the digested. There was no effect of RDP levels on the ruminal pH, however, higher ammonia concentration was observed for the diets with higher level of RDP. The results indicated that the increase in the level of PDR cause a higher production of nitrogen in the ammonia form, independently of the presence of the source of high ruminal degradability starch, however the contribution of intestinal protein was similar for all the diets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Protozoários ciliados do rúmen de bovinos e bubalinos alimentados com dietas suplementadas com monensina ou própolis/ Ruminal ciliate protozoa of cattle and buffalo fed on diet supplemented with monensin or extracts from propolis

Ríspoli, Thaís Barros; Rodrigues, Isabella Lopes; Martins Neto, Rafael Gioia; Kazama, Ricardo; Prado, Odimari Pricila Pires; Zeoula, Lúcia Maria; Arcuri, Pedro Braga
2009-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de dietas suplementadas com monensina ou produtos à base de própolis, nas populações de protozoários ciliados no rúmen de bovinos (Bos taurus) e bubalinos (Bubalus bubalis). Quatro bovinos da raça Holandesa e quatro búfalos da raça Murrah adultos, fistulados no rúmen, foram distribuídos em delineamento quadrado latino (4x4). A dieta constituiu-se de 50% de silagem de milho e 50% de concentrado à base de milho em g (mais) rãos e farelo de soja, com adição de monensina sódica ou aditivo à base de própolis LLOSA2 ou LLOSC1. As amostras do conteúdo ruminal foram coletadas duas horas após a alimentação. O gênero Entodinium foi o mais representativo em todos os tratamentos, para ambas as raças de ruminantes. Em búfalos, foi observado o efeito redutor do tratamento LLOSC1 nas populações do gênero Entodinium, além do efeito redutor dos tratamentos monensina e LLOSA2 sobre os gêneros da subfamília Diplodiniinae. A média de ciliados foi maior em bubalinos (56x10(4) mL-1) do que em bovinos (26x10(4) mL-1). Houve aumento do pH ruminal dos bovinos no tratamento com monensina. O extrato de própolis LLOSC1 reduziu os ciliados do rúmen em bubalinos. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the effect of diets supplemented with monensin or with extracts of propolis, on the population of ciliate protozoa in the rumen of cattle (Bos taurus) and water buffalo (Bubalus bubalis). Four Holstein cattle and four Murrah buffalo, fistulated in the rumen, were distributed in 4x4 Latin square design. The diet was constituted by 50% corn silage and 50% concentrate based on corn grain and soybean meal, and the supplementation of monens (mais) in sodium or propolis extracts LLOSA2 or LLOSC1. Samples of ruminal contents were collected two hours after feeding. The genus Entodinium was the most common in all treatments for both cattle and buffalo. The LLOSC1 treatment reduced the populations of the genus Entodinium in buffalo. Monensin sodium and LLOSA2 reduced protozoa of the genera of the Diplodiniinae subfamily in buffalo. The average concentration of ciliates was higher in buffalo (56x10(4) mL-1) than in cattle (26x10(4) mL-1). There was ruminal pH increase in cattle treated with monensin. The LLOSC1 propolis extract reduced rumen ciliates in buffalo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Fungos anaeróbios do rúmen de bovinos e caprinos de corte criados em pastagens tropicais/ Ruminal anaerobic fungi of beef cattle and beef goats raised on tropical pastures

Abrão, F.O.; Barreto, S.M.P.; Geraseev, L.C.; Duarte, E.R.
2010-06-01

Resumo em inglês The presence of anaerobic fungi structures was evaluated in ruminal juice of beef goats and beef cattle raised in the North of Minas Gerais, Brazil. The strains were collected from 18 Anglo-Nubian crossbred male goats and 23 Nellore crossbred steers during the dry period of the year. Physical-chemical characteristics of the juice were evaluated and direct examination with KOH digestion was performed for anaerobic fungi detection. Structures of these fungi were detected in (mais) samples of 14 (77.8%) goats and 17 (73.9%) steers. The monocentric fungi frequency (56.5%) was significantly higher in cattle than polycentric fungi frequency (26.1%). This study is the first report of anaerobic ruminal fungi in these ruminants in Brazil and showed high prevalence of theses microorganisms in the ruminal ecosystem of both animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Influência do nitrogênio degradável no rúmen sobre a degradabilidade in situ, os parâmetros ruminais e a eficiência de síntese microbiana em novilhos alimentados com cana-de-açúcar/ Ruminal degradable nitrogen for steers fed sugar cane: in situ degradability, ruminal parameters and microbial synthesis efficiency

Silveira, Roselene Nunes da; Berchielli, Telma Teresinha; Canesin, Roberta Carrilho; Messana, Juliana Duarte; Fernandes, Juliano José de Resende; Pires, Alexandre Vaz
2009-03-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o efeito da deficiência de nitrogênio degradável no rúmen (NDR), utilizando como volumoso cana-de-açúcar suplementada com uréia, farelo de soja ou farelo de glúten de milho - 60, sobre a eficiência de síntese microbiana e a degradabilidade in situ da matéria seca (MS) e da fibra em detergente neutro (FDN) em novilhos mestiços. Utilizaram-se oito novilhos canulados no rúmen e duodeno, distribuídos em dois quadrados latinos 4 × 4 e al (mais) imentados com cana-de-açúcar e cana-de-açúcar suplementada com uréia, farelo de soja ou farelo de glúten de milho-60. O pH e a concentração de N-NH3 foram mensurados no fluido ruminal antes e 2, 4, 6 e 8 horas após o fornecimento da ração. Utilizou-se a fibra em detergente ácido indigestível como indicador de fluxo duodenal. A eficiência microbiana foi determinada pelas bases purinas.As fontes de proteína degradável no rúmen não influenciaram a degradabilidade da matéria seca, entretanto, o maior valor de degradabilidade efetiva da FDN foi obtido com a cana-de-açúcar com farelo de soja. O pH e a concentração de N-NH3 observados com todas as dietas foram adequados para o crescimento dos microrganismos ruminais. A deficiência de nitrogênio degradável no rúmen não influencia a síntese de proteína microbiana e a dinâmica de fase líquida. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the ruminal degradable nitrogen (RDN) deficit using as roughage sugar cane supplemented with urea, soybean meal, or corn gluten meal 60 on the microbial synthesis efficiency, in situ dry matter (DM) and neutral detergent fiber (NDF) degradability. The treatments were: sugar cane, sugar cane with urea, soybean meal or corn gluten meal 60. Eight rumen and duodenum cannulated steers were used and arranged according to two 4 × 4 (mais) Latin Squares. The pH and N-NH3 were determined in the ruminal fluid before and 2, 4, 6 and 8 hours after feeding. The duodenal flow was estimated by indigestible acid detergent fiber. The microbial efficiency was determined by purine. RDN did not affect the DM and the highest effective degradability was observed in sugar cane supplemented with soybean meal in the NDF degradability. The pH, N-NH3 values were appropriate to the microbial synthesis in all the evaluated diets. The RDN deficiency did not affect the microbial protein synthesis and the dynamics of the liquid phase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Efeito da monensina e do óleo de soja sobre os protozoários ciliados do rúmen e correlação dos protozoários com parâmetros da fermentação ruminal e digestivos/ Effect of monensin and soybean oil on rumen ciliate protozoa and correlation between protozoa with ruminal fermentation and digestive parameters

Martinele, Isabel; Eifert, Eduardo da Costa; Lana, Rogério de Paula; Arcuri, Pedro Braga; D'Agosto, Marta
2008-06-01

Resumo em português Quatro vacas lactantes canuladas no rúmen, com 155 dias em lactação, foram dispostas em um quadrado latino 4 × 4 e alimentadas, duas vezes ao dia, com silagem de milho e concentrado (relação 55:45, base matéria seca), para se avaliarem os efeitos da monensina e do óleo de soja na dieta de vacas lactantes sobre a contagem de protozoários ciliados, além de estabelecer correlações entre os protozoários com alguns parâmetros da digestão e da fermentação rumin (mais) al. Os tratamentos consistiram da inclusão de 33 ppm de monensina sódica ou de 4% de óleo de soja na dieta, assim representados: dieta controle, sem óleo ou monensina - CT; dieta com monensina - MN; dieta com óleo - OL; combinação de 33 ppm de monensina e 4% de óleo de soja - OM. Verificou-se a ocorrência de 11 gêneros de ciliados, sendo Entodinium o predominante em todos os tratamentos. Não foi observada interação significativa óleo de soja × monensina sobre a contagem de protozoários e gêneros. Os gêneros Entodinium, Dasytricha, Eremoplastron e Isotricha foram reduzidos nas dietas com óleo, enquanto a monensina diminuiu a contagem de Dasytricha, Eremoplastron e Epidinium. O número total de protozoários e de ciliados celulolíticos foi reduzido pelos efeitos de óleo de soja e monensina, indicando efeito aditivo defaunatório quando combinados o óleo e a monensina. Os ciliados celulolíticos foram reduzidos pelo consumo de ácido linoléico e positivamente relacionados à digestibilidade ruminal da FDN e amônia ruminal. O número total de protozoários foi correlacionado à proporção de propionato no líquido ruminal, indicando que monensina e óleo de soja, pelo seu efeito defaunatório, podem reduzir a perda de metano no rúmen. Resumo em inglês Four lactating dairy cows with ruminal cannula and 155 DIM were allotted to a 4 × 4 Latin square and fed twice daily corn silage and concentrate (55:45, %DM) to evaluate the effect of monensin and soybean oil in the diet of lactating cows on the counting of ciliate protozoa beyond establishing correlations between number of protozoa with some parameters of digestion and ruminal fermentation. The treatments consisted of the inclusion of 33 ppm of sodium monensin or soybea (mais) n oil at 4% DM, as following: control diet, without oil or monensin - CT; diet with monensin - MN; diet with soybean oil - OL; diet with the combination of 33 ppm of monensin and 4% of soybean oil - OM. Occurrence of 11 ciliate genera was observed, being Entodinium the predominant in all treatments. No significant soybean oil × monensin interaction was observed on protozoa number and genera. The genera Entodinium, Dasytricha, Eremoplastron and Isotricha reduced in the diets with oil, while monensin reduced the counting of Dasytricha, Eremoplastron and Epidinium. The total number of ciliate protozoa and cellulolytics protozoa was reduced by soybean oil and monensin effects, showing a defaunatory additive effect when combined the oil and the monensin. The ciliate cellulolytics was reduced by linoleic acid intake and was related positively with NDF ruminal digestibility and ruminal ammonia. The total number of protozoa was correlated with the molar proportion of propionate in the ruminal liquid, suggesting that monensin and soybean oil, due their defaunatory effect, can reduce the loss of methane in the rumen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Características Físicas da Digesta e Resistência de Partículas ao Escape do Rúmen-Retículo em Novilhos Mantidos em Pastagem Natural em Diferentes Estações do Ano/ Physical Characteristics of Digesta and Resistance of Particles to Escape of Rumen-Reticulum in Steers Grazing Native Pasture, in Different Seasons of the Year

Pereira, José Carlos; Almeida, Marcelo Suzart de; Queiroz, Augusto César de; Cecon, Paulo Roberto; Braz, Sérgio Pereira
2002-01-01

Resumo em português O tamanho médio de partículas (TMP) e módulo de finura (MF) da dieta, da digesta ruminal e das fezes de novilhos, além da resistência relativa (RR) das partículas ao escape do rúmen-retículo, foram estudados em uma pastagem natural da Zona da Mata de Minas Gerais, durante a Época 1 (E1), que abrangeu os meses fevereiro/março/abril, e Época 2 (E2), correspondente aos meses de agosto/setembro/outubro. O TMP e MF da dieta selecionada pelos bovinos não variaram en (mais) tre a E1 (1,91mm e 3,62) e E2 (2,10 mm e 3,72). Na E1, o TMP e MF da digesta ruminal decresceram linearmente até o tempo de 24 horas, enquanto na E2 apresentaram comportamento quadrático, aumentando até o máximo de 1,62 mm e 3,31 nos tempos de 13,20 e 12,95 horas, respectivamente, após início da alimentação. Para o TMP e MF das fezes, não houve efeito do tempo de coleta, mas foram diferentes entre E1 (0,55 mm e 2,09) e E2 (0,45 mm e 1,90) e nos meses dentro da E1. A redução do tamanho das partículas na E2 foi um fator limitante regulando a saída da digesta do rúmen, sendo que na E1 favoreceu o escape de partículas de tamanho médio. Ocorreu aumento contínuo na resistência ao escape das partículas do rúmen com o aumento do tamanho das partículas; partículas maiores que 1,19 mm escaparam do rúmen, apesar de enfrentarem resistência, e as partículas menores que este tamanho sofreram diferentes graus de resistência ao escape. Resumo em inglês The average particle size (PS) and module of fineness (MF) of the diet, ruminal digesta and feces of steers, as well as relative resistance (RR) of the particles to escape of the reticulum-rumen, were studied in a native pasture of the Zona da Mata - Minas Gerais State, during the Season 1 (S1), that corresponded to the months of February/March/April, and Season 2 (S2), that corresponded to the months of August/September/October. The PS and MF of the diet selected by the (mais) bovine did not vary among the S1 (1.91 mm and 3.62) and the S2 showed (2.10 mm and 3.72). In the S1, PS and MF of the ruminal digesta linearly decreased until the 24 hours time, while, in the S2, presented a quadratic response, increasing up to a maximum of 1.62 mm and 3.31 in the 13.20 and 12.95 hours, respectively, after beginning of the feeding. For PS and MF of the feces, there was no effect of the collection time, but it were different between the E1 (0.55 mm and 2.09) and E2 (0.45 mm and 1.90) and in the months within the E1 season. The reduction of the particles sizes in the E2 was a restriction factor regulating the exit of digesta from the rumen, and in the E1, it favored the escape of medium particle sizes. A continuous increase in the resistance of the particles to escape from the rumen with the increase of the particle size was noticed; particles larger than 1.19 mm escaped from the rumen, in spite of face strong resistance, and the smaller particles than this size faces different degrees of resistance to escape from the rumen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Técnica de fistulação e canulação do rúmen em bovinos e ovinos/ Rumen fistulation and cannulation technique in cattle and sheep

Muzzi, Leonardo Augusto Lopes; Muzzi, Ruthnéa Aparecida Lázaro; Gabellini, Endrigo Leonel Alves
2009-01-01

Resumo em português Foi desenvolvida e descrita uma técnica cirúrgica para fistulação e canulação do rúmen em animais utilizados nos estudos de nutrição animal. O método cirúrgico foi empregado para canulação de 25 vacas e oito cordeiros. A fistulação permanente foi realizada no centro da fossa paralombar esquerda em estágio operatório único. Uma cânula de borracha foi implantada na parede ruminal após o afastamento da musculatura da parede abdominal e a sutura do rúmen (mais) ao peritôneo e à pele. Não foram observadas complicações graves advindas da canulação ruminal, mas houve a ocorrência de discreto vazamento de conteúdo em alguns animais. As cânulas permaneceram funcionais por longo período e permitiram a obtenção de quantidades suficientes de amostra. Resumo em inglês A surgical technique for rumen fistulation and cannulation was developed for animal nutritional studies. The surgical method was used to cannulated 25 adult cows and eight lambs. The permanent fistula was made in the middle of the left paralumbar fossa in a one-stage operation. It was performed the spreading of the abdominal muscle layers and the sutures from the rumen to the peritoneum and to the skin, and the rubber cannula was inserted into the rumen wall. No severe co (mais) mplication was observed in ruminal cannulation, but minor leakages were observed in some animals. The cannulas had a long functional life and permited convenient sampling of digesta.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Influência do balanço cátion-aniônico da dieta no rúmen e no desempenho de ovinos/ Influence of dietary cation-anion balance on rumen and performance variables in sheep

Del Claro, G.R.; Zanetti, M.A.; Paiva, F.A.; Saran Netto, A.; Salles, M.S.V.; Correa, L.B.
2005-10-01

Resumo em português Estudou-se o efeito do balanço cátion-aniônico da dieta (BCAD) no desempenho animal e na fermentação ruminal, utilizando-se 25 carneiros machos, da raça Santa Inês, durante 75 dias. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com cinco tratamentos. Para a manipulação do BCAD, foram adicionados sulfato de amônio e bicarbonato de sódio, obtendo-se os seguintes tratamentos: -160, -40, 140, 250 e 500 mEq/kg de matéria seca. O aumento do BCAD resultou em au (mais) mentos da ingestão de matéria seca, do ganho diário, da eficiência alimentar e do pH ruminal (P Resumo em inglês The effect of dietary cation-anion balance (DCAB) on dry matter intake, daily weight gain, feed conversion efficiency, rumen pH and rumen volatile fatty acid profile in Santa Ines sheep was studied. Dietary treatments were formulated combining sodium sulphate and sodium bicarbonate in appropriate ratios to achieve DCAB balance of -160, -40, 140, 250 and 500 mEq/kg dry matter. Twenty five male lambs were assigned to the five treatments in a randomized block design for a 75 (mais) -day feeding trial. Increasing DCAB was associated with increasing voluntary dry matter intake, daily weight gain, feed conversion efficiency and rumen pH (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Balanço de nitrogênio, degradabilidade de aminoácidos e concentração de ácidos graxos voláteis no rúmen de ovinos alimentados com feno de Stylosanthes guianensis/ Nitrogen balance, amino acid degradability and volatile fatty acid concentration in the rumen of sheep fed Stylosanthes guianensis hay

Ladeira, Márcio Machado; Rodriguez, Norberto Mario; Borges, Iran; Gonçalves, Lúcio Carlos; Saliba, Eloísa de Oliveira Simões; Miranda, Lídia Ferreira
2002-11-01

Resumo em português Foram utilizados sete ovinos alimentados com feno de S. guianensis para avaliar a degradabilidade ruminal dos aminoácidos, o balanço nitrogenado e as concentrações de ácidos graxos voláteis (AGVs) no rúmen. A técnica de sacos de náilon foi empregada para determinação da degradabilidade in situ dos aminoácidos do feno de Stylosanthes guianensis. A retirada dos sacos do rúmen foi feita às 6, 24 e 48 horas após sua introdução. Amostras de duodeno e fezes for (mais) am utilizadas para determinar a quantidade de N total, amônia e nitrogênio não amoniacal. Amostras de urina foram coletadas para determinação do N total. Para determinação da concentração de AGVs no líquido ruminal, amostras de 80 mL foram coletadas manualmente, imediatamente antes da alimentação e 2, 4, 6 e 8 horas após. O balanço de nitrogênio foi de 6,0 g/dia. O feno de S. guianensis apresentou 10,4 e 6,3 g de metionina e lisina, respectivamente, por 100 g de aminoácidos totais. Os aminoácidos não essenciais apresentaram taxa de degradação duas vezes maior que os essenciais. Houve alteração no perfil aminoacídico da proteína não degradada no rúmen em relação ao alimento original. A relação acetato:propionato foi de 4,31. O elevado teor de metionina encontrado e sua baixa degradabilidade podem fazer do S. guianensis um alimento importante, quando este aminoácido estiver limitando a produção. Resumo em inglês Seven sheep fed S. guianensis hay were used to evaluate ruminal amino acid degradability, nitrogen balance and rumen volatile fatty acid (VFA) concentrations. Nylon bags technique was used for determination of the in situ degradabilities of amino acids. Bags were collected at 6, 24 and 48 hours after insertion. Duodenum and feces samples were used to determine amoniacal-N and non-amoniacal-N. To determine ruminal VFA concentrations, samples of 80 mL were collected immedia (mais) tely before feeding and 2, 4, 6 and 8 hours after. Nitrogen balance was 6.0 g/day. S. guianensis had 10.4 and 6.3 g of methionine and lysine, respectively, per 100 g of total amino acids. Non essential amino acids had degradation rates twice than essentials. Aminoacitic profile of undegradable protein was different than the original feed protein. The acetate:propionate ratio was 4.31. High concentrations of methionine and its low degradability make the S. guianensis an important feed when this amino acid is limiting.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Digestibilidade e balanço de nitrogênio de rações com diferentes teores de proteína degradável no rúmen e milho moído como fonte de amido em ovinos/ Digestibility and nitrogen balance of sheep diets containing different levels of ruminal degradable protein and ground corn

Zeoula, Lúcia Maria; Fereli, Fernanda; Prado, Ivanor Nunes do; Geron, Luiz Juliano Valério; Caldas Neto, Saul Ferreira; Prado, Odimari Pricila Pires do; Maeda, Emilyn Midori
2006-10-01

Resumo em português O objetivo neste trabalho foi avaliar a digestibilidade aparente de rações com diferentes teores de proteína degradável no rúmen (PDR) e fonte de amido de baixa degradabilidade ruminal (milho moído) em ovinos. Utilizaram-se quatro ovinos castrados, sem raça definida (SRD), com peso vivo médio de 38,5 kg, em um delineamento experimental quadrado latino 4 x 4. As quatro rações experimentais utilizadas foram compostas de 75% de volumoso (feno de aveia) e 25% de con (mais) centrado à base de milho moído (MM), farelo de soja (FS), farelo de algodão (FA), farinha de peixe (FP), uréia e sal mineral, compostas com quatro teores de PDR (46, 50, 54 e 58% de PDR nas rações). Determinaram-se a digestibilidade aparente total dos nutrientes e o balanço de nitrogênio nos animais alimentados com as rações experimentais. Os consumos de MS, MO, PB, amido, FDN e FDA não diferiram entre as rações testadas. Da mesma forma, o nitrogênio ingerido (NI), o N excretado nas fezes e na urina, em g/dia, o balanço de nitrogênio (%NI) e os coeficientes de digestibilidade da MS, MO, PB, FDN e FDA não diferiram entre as rações experimentais, sendo estimados valores médios de 31,68; 6,34; 11,31 g/dia e 44,27% NI, respectivamente, e de 71,90; 73,00; 79,70; 61,10; e 52,00%, respectivamente. Independentemente dos teores de PDR em rações contendo milho como fonte de amido de baixa degradabilidade ruminal, não houve efeitos sobre a digestibilidade aparente dos nutrientes e o balanço de nitrogênio em ovinos. Resumo em inglês Four castrated sheep averaging 38.5 kg of body weight were randomly assigned to a 4 x 4 Latin square to evaluate the apparent digestibility of nutrients and nitrogen balance (NB) on diets containing different levels of rumen degradable protein (RDP): 46, 50, 54, and 58% and ground corn. The four experimental diets were composed by 75% of forage (oat hay) and 25% of concentrate containing ground corn (GC), soybean meal (SM), cottonseed meal (CM), fish meal (FM), urea, and (mais) mineral salt. No significant differences were observed on the intakes of DM, OM, CP, starch, NDF, and ADF by increasing the dietary RDP levels. Nitrogen intake (NI), urinary N excretion, fecal N excretion, and NB expressed as % NI averaged, respectively, 31.68 g/d, 6.34 g/d, 11.31 g/d, and 47.27% and did not differ across diets. Similarly, apparent total tract digestibilities of DM, OM CP, NDF, and ADF averaged, respectively, 71.90, 73.00, 79.70, 61.10, and 52.00% and did not differ when the RDP level was increased in the diet. It can be concluded that both digestibility of nutrients and NB were not affected by different dietary RDP levels under the conditions of this trial.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Efeitos de Dietas com Diferentes Níveis de Fibra em Detergente Neutro e do Tamanho de Poros de Sacos de Náilon Incubados no Rúmen sobre a Fauna Ruminal em Bubalinos e Bovinos/ Effects of Diets with Different Levels of Neutral Detergent Fiber and the Porous Size of Nylon Bags Incubated in the Rumen on Ruminal Fauna in Buffaloes and Cattle

Franzolin, Maria Helena Tieghi; Silveira, Antonio Carlos; Franzolin, Raul
2002-01-01

Resumo em português Quatro bubalinos e quatro bovinos, fistulados no rúmen, foram distribuídos aleatoriamente a dois quadrados latinos (4 x 4) para avaliar os efeitos de rações com quatro níveis de FDN (54, 60, 66 e 72%) e de dois tamanhos de poros em sacos de náilon (53 e 100 mm) sobre a população de protozoários ciliados no conteúdo ruminal e dentro dos sacos incubados em diversos tempos. Não houve diferença nos diversos gêneros estudados e no total de protozoários nas amostr (mais) as dos sacos de náilon entre 53 e 100 mm. As concentrações de Entodinium e de total de protozoários do conteúdo ruminal elevaram-se até o nível de 66% de FDN, com queda acentuada em 72% nos bubalinos, enquanto nos bovinos houve redução com o aumento de FDN na ração. Houve diferenças nas concentrações dos protozoários da subfamília Diplodiniinae, Epidinium e Dasytricha entre bubalinos e bovinos, dentro das amostras incubadas em sacos com poros de 53 mm. A concentração de Diplodiniinae aumentou com 72% de FDN na dieta em ambas as espécies animais. Os bubalinos apresentaram valores médios de pH e taxa de passagem do líquido ruminal mais elevados e volumes ruminais menores que os bovinos. Resumo em inglês Four buffaloes and four cattle, rumen fistulated, were utilized in two Latin Square (4 x 4) to evaluate the effects of rations with increasing levels of NDF (54, 60, 66 and 72% in DM) and two porous size of the nylon bags (53 and 100 mm) on the population of ciliate protozoa in rumen content and inside the nylon bags suspended in the rumen for several times. There was no difference in the several genus and in the total of protozoa in the samples of the nylon bags between (mais) 53 and 100 mm. The concentration of Entodinium and total of protozoa in the rumen content increased in the level of 66% of NDF with drop accentuated in 72% in the buffaloes, while in the cattle there was significant decrease with the increase of NDF in the ration. Rumen protozoa concentration of Diplodiniinae subfamily, Epidinium and Dasytricha were different for buffaloes and cattle inside the rumen incubated nylon bags with 53 mm pore size. Diplodiniinae concentration in the rumen content increased with 72% of NDF in diet in both animal species. The buffaloes presented higher pH average values and rate of passage and lower ruminal volumes than cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Predação e canibalismo entre protozoários ciliados (Ciliophora: Entodiniomorphida: Ophryoscolecidae) no rúmen de ovinos (Ovis aries)/ Predation and cannibalism among ciliate protozoans (Ciliophora: Entodiniomorphida: Ophryoscolecidae) in the rumen of sheep (Ovis aries)

Martinele, Isabel; D'Agosto, Marta
2008-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi registrar ocorrências de predação e canibalismo em protozoários ciliados no rúmen de ovinos. Foram analisadas amostras de conteúdo ruminal de cinco ovinos mestiços Santa Inês, fistulados no rúmen, mantidos em pastagem natural de caatinga, no município de Sertânia, Pernambuco. Foram obtidas seis amostras de conteúdo ruminal de cada ovino, totalizando 30 amostras, as quais foram fixadas em formalina 18,5% (v/v). De cada amostra foi (mais) retirada uma alíquota de 1 ml de conteúdo ruminal ao qual se adicionaram três gotas de solução de lugol para a coloração e identificação dos protozoários ciliados. Estas alíquotas foram analisadas utilizando-se lâminas e lamínulas, em campos determinados randomicamente. Constatou-se a ocorrência de interações do tipo predador-presa entre ciliados de Ophryoscolecidae Stein, 1859, onde Elytroplastron bubali (Dogiel, 1928) apresentou comportamento predatório sobre Enoploplastron triloricatum (Dogiel, 1925) e sobre outras espécies de Epidinium Crawley, 1923 e de Entodinium Stein, 1859. Foram ainda observados casos de canibalismo entre espécimes de E. bubali, o que consiste no primeiro registro deste tipo de interação nesta espécie. Registra-se, ainda, pela primeira vez a ocorrência de E. bubali no rúmen de ovinos no Brasil. Resumo em inglês The objective of the present study was to record the occurrence of predation and cannibalism among ciliate protozoans in the rumen of sheep. The analyzed samples consisted of ruminal contents of five fistulated Santa Inez crossbred sheep, maintained in a natural caatinga (scrubland) pasture in the municipality of Sertânia, Pernambuco. Six samples of ruminal content were obtained from each sheep (total of 30 samples) and fixed in formalin at 18.5% (v/v). One 1 ml aliquot (mais) was obtained from each sample of ruminal content and received tree drops of a lugol solution for staining and identification of protozoa ciliates. These aliquots were analyzed in slides and coverslips, at randomly determined fields. An instance of predator-prey interaction was observed among ciliates of Ophryoscolecidae Stein, 1859, where Elytroplastron bubali (Dogiel, 1928) preyed on Enoploplastron triloricatum (Dogiel, 1925) and on species of Epidinium Crawley, 1923 and Entodinium Stein, 1859. Cases of cannibalism were observed among specimens of E. bubali, which consist of the first record this type of interaction in this species. This is, moreover, the first record of occurrence of E. bubali in the rumen of sheep in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Degradabilidade do capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.) e da cana-de-açúcar (Saccharum officinarum, L.) mais uréia no rúmen de vacas mestiças Holandês × Zebu em lactação/ Rumen degradability of elephantgrass (Pennisetum purpureum, Schum.) and sugarcane (Saccharum officinarum, L.) plus urea in crossbred lactating cows

Lopes, F.C.F.; Aroeira, L.J.M.
1999-08-01

Resumo em inglês Elephantgrass shows a high stocking rate only during the rainy season. Forage production is drastically reduced in the dry season. One of the alternatives to minimize this problem is the supplementation with sugarcane plus urea. In this trial the main goal was to estimate the dry matter intake (DMI) of elephantgrass, chopped sugarcane plus 1% urea and their degradability in three lactating (11.6kg/milk/day) rumen fistulated crossbred cows (472kg/L.W.) grazing elephantgras (mais) s during the dry season. The cows had access during three consecutive night to the paddocks grazed every 30 days in a stocking rate, of 4.5 cows/hectare. Between the two milking times, cows received chopped sugarcane plus 1% urea. The DMI was on average 1.01%/L.W. for the elephantgrass and 0.88%/L.W. for the sugarcane plus 1% urea. Total DMI, taking into account both roughage and concentrate (2kg/cow/day) was 2.25%/L.W. The effective rumen degradability (ED), considering the rate of passage in the rumen of 5%/hour was 44.46% for elephantgrass and 41.94% for sugarcane plus 1% urea, DM. The elephantgrass ED crude protein was 48.58% and its neutral detergent fiber 33.82%. During the dry season lactating crossbred cows grazing elephantgrass have to receive a roughage supplement and concentrate to produce around to 12kg of milk per day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Efeito da adição de butirato de sódio, propionato de cálcio ou monensina sódica no concentrado inicial sobre parâmetros ruminais e de desenvolvimento do rúmen de bezerros leiteiros/ Effect of inclusion of sodium butyrate, calcium propionate or sodium monensin in the starter feed on ruminal parameters and forestomach development in dairy calves

Ferreira, Lucas Silveira; Bittar, Carla Maris Machado; Santos, Vanessa Pillon dos; Mattos, Wilson Roberto Soares; Pires, Alexandre Vaz
2009-11-01

Resumo em português O objetivo neste trabalho foi avaliar o efeito da inclusão de butirato de sódio, monensina sódica ou propionato de cálcio no concentrado inicial sobre parâmetros ruminais e de desenvolvimento do trato digestório superior de bezerros leiteiros. Quinze bezerros holandeses recém-nascidos foram fistulados no rúmen e alojados em baias individuais até a décima semana de vida, com livre acesso a água, alimentados com leite (4 L/dia), em duas refeições, e concentrado (mais) à vontade contendo butirato de sódio (0,15%), monensina sódica (30 ppm) ou propionato de cálcio (0,15%). A partir da quarta semana de vida dos animais, antes e 2 horas após a alimentação da manhã, foram realizadas colheitas semanais de fluido ruminal para determinação do pH, da concentração de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) e N-amoniacal. Ao completar 10 semanas, os animais foram abatidos para avaliação do crescimento do trato digestório superior. O pH ruminal apresentou diferenças, tanto entre horários quanto entre os aditivos utilizados no concentrado inicial. As concentrações de AGCC totais, bem como de cada ácido graxo, não foram afetadas pelos aditivos. Entretanto, o horário de colheita teve efeito sobre todos os parâmetros, exceto a concentração molar de ácido acético. O peso total do trato digestório superior, assim como o peso médio de cada compartimento e a capacidade máxima do retículo-rúmen, não foram afetados pelos aditivos fornecidos no concentrado. Também não foram observados efeitos dos aditivos sobre a altura, a largura e o número de papilas do epitélio ruminal. A inclusão desses aditivos no concentrado inicial não afeta os parâmetros ruminais ou de desenvolvimento do trato digestório de bezerros em aleitamento. Resumo em inglês The objective of this study was the evaluation of the inclusion of calcium propionate, sodium butyrate and sodium monensin in the starter concentrate on ruminal parameters and forestomach development in dairy calves. Fifteen newborn Holstein calves were rumen cannulated and housed in individual stalls until ten weeks old, with free access to water, fed 4 liters of milk per day, split in two meals, and starter concentrate ad libitum containing sodium butyrate (0.15%), sodi (mais) um monensin (30 ppm) or calcium propionate (0.15%). Starting at the fourth week of life, before and 2 hours after the morning feeding, ruminal fluid samples were taken weekly to determine the pH, short-chain fatty acids and ammonia-N. After 10 weeks, the animals were slaughtered to assess the forestomach growth. The rumen pH was affected by sampling time and the additives used in the starter concentrate. The total short-chain fatty acids concentration and each fatty acid concentration, were was not affected by the additives. However, except for molar concentration of acetic acid, all rumen fermentation parameters were affected by sampling time. The total forestomach weight and the average weight of each compartment and the maximum reticulum-rumen capacity were not affected by additives supplied in the starter concentrate. No significant effects of the additives were observed on the height, width and number of papillae of the ruminal epithelium. The inclusion of these additives in starter concentrate had no effect on most of the ruminal parameters and forestomach development in suckling calves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Efeitos de rações com níveis crescentes de cana-de-açúcar em substituição à silagem de milho sobre a população de protozoários ciliados no rúmen de ovinos/ Effects of diets with increasing levels of sugar cane in substitution of corn silage on rumen population ciliate protozoa in sheep

Franzolin, Maria Helena Tieghi; Lucci, Carlos de Sousa; Franzolin, Raul
2000-10-01

Resumo em português Oito ovinos machos com fístulas ruminais foram delineados em dois quadrados latinos, em quatro períodos de 35 dias cada e quatro tratamentos, compreendendo níveis crescentes de cana-de-açúcar (CA) em substituição à silagem de milho (SM): A) 100% SM; B) 67% SM e 33% CA; C) 33% SM e 67% CA; e D 100% CA, para avaliação da população de protozoários ciliados no rúmen. As concentrações totais de protozoários ciliados no rúmen e de Entodinium diminuíram e os v (mais) alores de pH do conteúdo ruminal aumentaram linearmente com o incremento das quantidades de cana-de-açúcar na ração. Não houve diferenças entre tratamentos para o volume ruminal e a taxa de passagem da fase líquida do rúmen. Resumo em inglês Eight rumen fistulated rams were delineated in two Latin Squares in four periods of 35 days each and four treatments consisted of increasing levels of sugar cane (SC) in substitution to the corn silage (CS): A) 100% CS, B) 67% CS and 33% SC, C) 33% CS and 67% SC and D) 100% SC, to evaluate the population of ciliate protozoa in the rumen. The total concentrations of rumen ciliate protozoa and of Entodinium decreased and the values of pH of the ruminal content increased lin (mais) early as dietary sugar cane levels increased. No differences between treatments were observed for the rumen volume and the rumen liquid turnover rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Fontes de lipídeos e monensina na alimentação de novilhos Nelore e sua relação com a população de protozoários ciliados do rúmen/ Effects of feeding monensin and different sources of fat on the ruminal population of ciliate protozoa in Nellore steers

Valinote, Amaury Camilo; Nogueira Filho, José Carlos Machado; Leme, Paulo Roberto; Silva, Saulo da Luz e; Cunha, José Aparecido
2005-08-01

Resumo em português Quatro novilhos Nelore, fistulados e canulados no rúmen, foram distribuídos em um delineamento quadrado latino 4 x 4, para avaliar o caroço de algodão e o sal de cálcio de ácidos graxos como fontes de gordura assim como o efeito da monensina em dietas com caroço de algodão, sobre a população de protozoários ciliados e o pH do rúmen. Os tratamentos experimentais foram: dieta controle (CTRL), dieta com sal de cálcio de ácidos graxos (SC), dieta com caroço de (mais) algodão (CA) e dieta com caroço de algodão sem monensina (CASM). Amostras do conteúdo ruminal foram colhidas às 0, 2, 4, 6 e 8 horas após a alimentação. Foi utilizada câmara de contagem de Sedgwick-Rafter com capacidade de 1mL e microscópio ótico comum provido de retículo com área de 0,4362 mm², para identificação dos gêneros de ciliados. Não houve diferença entre os tratamentos para o pH do rúmen. Os tratamentos com caroço de algodão reduziram todos os gêneros de protozoários ciliados, em especial de Entodinium, provavelmente pela gordura liberada. Os protozoários dos gêneros Diplodinium, Epidinium e Eudiplodinum e o número total de protozoários foram os únicos que sofreram influência do tempo de alimentação. Sais de cálcio de ácidos graxos foram suficientemente inertes no ambiente ruminal, não afetando o número de protozoários ciliados no rúmen de bovinos Nelore. A utilização de monensina em dietas contendo caroço de algodão e alto concentrado não influenciou o número de protozoários ciliados no rúmen de bovinos Nelore. Resumo em inglês Four ruminally and duodenally cannulated Nellore steers were assigned to a 4 x 4 latin square to study the effects of feeding monensin (M) and different sources of fat on the ruminal population of ciliate protozoa and ruminal pH. The experimental diets contained (DM basis) 19% of sugar cane and were supplemented with M [control (CTRL)], M plus calcium salts of fatty acids (CSFA), M plus whole cottonseed (MWCS), or only WCS. Ruminal contents were sampled at 0, 2, 4, 6, and (mais) 8 hours post-feeding. In order to identify the ciliate protozoa a Sedgwick-Rafter count cell and an optic microscope with slide area of 0.4362 mm² were used. No significant differences in ruminal pH were observed among diets. Both cottonseed treatments (MWCS and WCS) reduced the ruminal population of the ciliate protozoa investigated, mainly the Entodinium, possibly because of the slow release of fat. Ruminal counts of Diplodinium, Epidinium, Eudiplodinium, and total protozoa were all affected by time post-feeding. Calcium salts of fatty acids seemed to be inert in the ruminal environment because no significant changes were observed in the protozoa counts. Moreover, feeding CRTL and MWCS diets to Nellore steers did not change the ruminal population of ciliate protozoa in this trial.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Efeitos da fonte de enxofre sobre a população de protozoários e degradabilidade no rúmen/ Effects of sulfur source on protozoa population and ruminal degradability

Saran Netto, A.; Zanetti, M.A.; Paiva, F.A.; Salles, M.S.V.; Del Claro, G.R.; Lopes, L.C.; Nogueira Filho, J.C.M.
2009-08-01

Resumo em português Estudaram-se os efeitos de fontes de enxofre na dieta sobre os parâmetros ruminais de bovinos Nelore, utilizando-se oito novilhos canulados no rúmen e submetidos a quatro tratamentos, segundo a fonte de enxofre. Os animais do grupo-controle não receberam suplementação de enxofre. Os dos outros três grupos receberam flor de enxofre ou metionina ou carboquelatado, como suplementação. Os animais foram arraçoados com dieta total, utilizando cana-de-açúcar picada co (mais) mo volumoso. O período experimental foi de 76 dias, dividido em quatro subperíodos de 19 dias, dos quais 14 eram para adaptação à dieta e cinco para as colheitas. Não foram encontradas diferenças entre as fontes de enxofre na degradabilidade da matéria seca, proteína bruta e fibras em detergente ácido e neutro e no pH ruminal. O tratamento com carboquelatado resultou em maior número de protozoários ciliados e o tratamento metionina em menor contagem. O carboquelatado pode ser uma boa alternativa para a suplementação de enxofre para bovinos em confinamento. Resumo em inglês This research was carried out at FZEA/USP to compare the effects of different sulphur sources in diets of Nellore cattle on ruminal parameters. Eight steers were rumen cannulated and submitted to four treatments, using the following sulphur sources: control (no supplement), elemental sulphur, methionine, and carboquelated. Animals were fed a total ration using sugarcane as the roughage. The proportion roughage:concentrate was 40:60. The experimental period lasted 76 days, (mais) divided in four 19-days sub-periods. The first 14 days of each sub-period were used to adapt the animals to the diet and the last five days to collect the samples. During the sample period, ruminal liquid was sampled to protozoa count and pH determination. Also, nylon bags were incubated in rumen to determinate the degradability of dietary dry matter, crude protein, and acid and neutral detergent fiber. Treatments did not affect dietary dry matter, crude protein, acid and neutral detergent fiber degradability, and the ruminal pH. However, carboquelated provided the higher total amount of ciliate protozoa and methionine provided the lowest values. Carboquelated can be a good alternative to supplement sulphur to bovines in a feedlot.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Avaliação de modelos matemáticos para o estudo da cinética de passagem de partículas e de fluidos por bovinos em pastagem recebendo suplementos contendo diferentes níveis de proteína não-degradável no rúmen/ Evaluation of mathematical models for estimating the kinetics of ruminal Passage of particles and liquid of grazing steers Supplemented with different rumen-undegradable protein levels

Pereira, José Carlos; Ribeiro, Marinaldo Divino; Vieira, Ricardo Augusto Mendonça; Pacheco, Bevaldo Martins
2005-12-01

Resumo em português Estudaram-se os comportamentos dos parâmetros da cinética de passagem de partículas e de fluidos em bovinos mantidos em pastagem de Brachiaria brizantha, em duas épocas (época 1 = meses de maio, junho e julho/2000; e época 2 = meses de março, abril e maio/2001), recebendo suplementos contendo diferentes níveis de proteína não-degradável no rúmen (PNDR). Na época 1 os animais foram alimentados com suplementos contendo 20, 40 e 60% de PNDR, feno de Brachiaria b (mais) rizantha e mistura mineral ad libitum, enquanto na época 2, foram distribuídos nos tratamentos: T0 = pastagem de capim-braquiária + mistura mineral ad libitum; T40 = pastagem + suplemento com 40% de PNDR; e T60 = pastagem + suplemento com 60% de PNDR. Na estimativa da taxa de passagem de partículas pelo rúmen, utilizou-se como indicador o Cr-mordente, enquanto a cinética de passagem de fluidos foi estimada com Co-EDTA, durante três períodos, de agosto a setembro/2001, utilizando-se os mesmos animais e tratamentos da época 2. As estimativas dos parâmetros da cinética de passagem de partículas foram determinadas a partir do ajuste dos dados aos modelos bicompartimentais (G1G1, G2G1, G3G1, G4G1, G5G1 e G6G1), enquanto, para a cinética de passagem de fluidos, foi utilizado o modelo G1G1. Os critérios de escolha do melhor modelo foram a freqüência observada dos valores mínimos para o quadrado médio residual, obtido com os ajustes dos diferentes modelos e o número de corridas de sinal dos resíduos padronizados. Os modelos G2G1 e G3G1 mostraram-se mais eficientes na determinação das estimativas dos parâmetros de cinética de passagem de partículas, nas épocas 1 e 2, respectivamente. As estimativas do tempo médio de retenção ruminal de partículas e de fluidos não foram influenciadas pelos diferentes níveis de PNDR do suplemento. Resumo em inglês The effects of supplements containing different rumen-undegradable protein (RUP) levels on the ruminal passage rate of particles and liquid of steers grazing Brachiaria brizantha were evaluated in this study. Samples were collected in two seasons of the year (season 1 May, June and July/2000 and season 2 March, April and May/2001). In season 1, animals were housed in individual stalls and were fed supplements containing 20, 40 or 60% RUP plus Brachiaria brizantha hay and (mais) had free access to a mineral mix. In season 2, steers were distributed to one of three treatments as follows: T0 = Brachiaria brizantha pasture + ad libitum mineral mix, T40 = pasture + 40% RUP supplement, or T60 = pasture + 60% RUP supplement. Chromium mordant was used to estimate ruminal passage rate of particles; fluid passage rate was estimated using Co-EDTA during three periods from August to September/2001 using the same animals of season 2. Estimation of the kinetic parameters of ruminal passage of particles was obtained by adjusting data to different bicompartimental models (G1G1, G2G1, G3G1, G4G1, G5G1 e G6G1) while the model G1G1 was used to estimate the kinetic parameters of ruminal passage of liquid. The criteria to choose the best model were the observed frequency of minimum values for the mean residual square obtained with the adjustment of different models and the number of signal runs of standardized residues. The models G2G1 e G3G1 were the most efficient to estimate the kinetic parameters of ruminal passage of particles in seasons 1 and 2, respectively. Different supplement RUP levels did not affect the estimation of mean ruminal retention time of both particles and liquid.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Ciliados nas cavidades do estômago de bovinos/ Ciliates present in the stomach chambers of bovines

Salvio, G.M.M.; D’Agosto, M.
2001-12-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo identificar e quantificar os gêneros de ciliados do rúmen, retículo, omaso e abomaso de bovinos abatidos em matadouro municipal. Foram coletados 45ml de conteúdo de cada cavidade de 30 animais. No momento da coleta foram medidos temperatura e pH e as amostras posteriormente analisadas em laboratório. Os resultados mostraram que o ambiente do rúmen e do retículo é bastante estável com temperatura média entre 36 e 37ºC e pH (mais) 6,5. Os gêneros mais encontrados no rúmen foram Entodinium (65,0%), Isotricha (7,0%), Diplodinium (5,7%), Ostracodinium (5,1%), Eremoplastron (4,5%), Dasytricha (3,8%) e outros sete gêneros que totalizaram os 8,7% restantes. No retículo os resultados foram Entodinium (35,2%), Isotricha (23,4%), Dasytricha (15,4%) Eodinium (7,2%), Eremoplastron (5,0%), Diplodinium (4,3%), Ostracodinium (3,8%) e outros cinco gêneros totalizando os 5,6% restantes. No omaso foram encontrados os mesmos gêneros, porém em menor quantidade que no rúmen e retículo. No abomaso não foram encontrados ciliados. A análise do perfil populacional das amostras do rúmen mostrou predominância do tipo 0 (87%), seguido do tipo B (13%). Resumo em inglês The objective of this study was to collect and to quantify the ciliate genera present in the rumen, reticulum, omasum and abomasum in 30 slaughtered bovines. Rumen, reticulum, omasum and abomasum were sampled and their contents (45ml) were collected and evaluated for temperature, pH and ciliates population. The results showed that the rumen and reticulum environments are quite stable with average temperature between 36 and 37ºC and pH 6.5. The ciliate population in the r (mais) umen was Entodinium (65.0%), Isotricha (7.0%), Diplodinium (5.7%), Ostracodinium (5.1%), Eremoplastron (4.5%), Dasytricha (3.8%) and seven other genera which made 8.7%. In the reticulum, the population was Entodinium (35.2%), Isotricha (23.4%), Dasytricha (15.4%) Eodinium (7.2%), Eremoplastron (5.0%), Diplodinium (4.3%), Ostracodinium (3.8%) plus 5.6% of other five genera. The same genera were found in the omasum but in a smaller percentage than in the rumen and reticulum. No ciliates were found in the abomasum. The population profile analysis of the rumen samples has showed the predominance of type O (87%) followed by type B (13%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Síntese microbiana, pH e concentração de amônia ruminal e balanço de compostos nitrogenados, em novilhos F1 Limousin x Nelore/ Microbial synthesis, pH and ruminal ammonia concentration and nitrogenous compounds balance, in F1 Limousin x Nellore bulls

Cardoso, Rodrigo Carvalho; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Silva, José Fernando Coelho da; Paulino, Mário Fonseca; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Cecon, Paulo Roberto; Costa, Marco Antônio Lana; Oliveira, Rodrigo Vidal de
2000-12-01

Resumo em português Os objetivos do experimento foram determinar os efeitos de cinco níveis de concentrados na dieta sobre a eficiência de síntese microbiana, as concentrações de amônia e os valores de pH ruminal, o balanço de compostos nitrogenados e a taxa de passagem da digesta pelo rúmen de novilhos F1 Limousin x Nelore. Utilizaram-se cinco animais fistulados no rúmen, abomaso e íleo, com peso médio de 279 kg, distribuídos em quadrado latino 5 x 5, alimentados à vontade com (mais) feno de capim-coastcross e porcentagens de 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado. Amostras de líquido de rúmen para determinação de amônia e pH foram obtidas antes e 2, 4, 6 e 8 horas após o arraçoamento dos animais. As bases purinas foram o indicador microbiano utilizado e as bactérias do rúmen foram isoladas por centrifugação diferencial. A taxa de passagem foi obtida com infusão de dose única de 20 g de óxido crômico e os tempos avaliados foram imediatamente antes da infusão do indicador e 3, 6, 9, 12, 24, 36 e 48 horas após. O fluxo de nitrogênio bacteriano (Nbact) no abomaso e a eficiência microbiana em relação aos carboidratos degradados no rúmen (CHODR) não foram influenciados pelos níveis de concentrado, observando-se valores médios de 85,69 g Nbact/dia, 41,09 g Nbact/kgCHODR e 472,44 g MSbact/kgCHODR. As concentrações máximas de amônia de 17,56 mg/100mL de fluido ruminal ocorreram 2,77 horas após a alimentação. O pH do rúmen diminuiu linearmente com os níveis de concentrados e foi influenciado de forma quadrática pelo tempo de coleta. Foram observadas taxas de passagem da digesta ruminal de 0,059; 0,053; 0,073; 0,068; e 0,041.h-1, para os respectivos níveis de 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado. O aumento do concentrado na dieta não alterou o crescimento microbiano no rúmen. Resumo em inglês The objectives of this work were to evaluate the effects of five dietary concentrate levels (25,0; 37,5; 50,0; 62,5 and 75,0%) on the efficiency of microbial synthesis, the ruminal ammonia concentrations and pH, nitrogenous compounds balance, and the digest passage rate. Five rumen, abomasum and ileum fistulated F1 Limousin x Nellore bulls, with an average initial body weight of 279 kg, were used in a 5 x 5 Latin square design. Ruminal liquid samples were obtained before (mais) and 2; 4; 6 and 8 hours after feeding to determine the ammonia and pH of the rumen. The bases purines were used as microbial indicator, and ruminal bacteria were isolated by differential centrifugation. The passage rate was obtained by infusion of an unique chromium oxide dose of 20 g and the times were evaluated before and 3; 6; 9; 12; 24; 36 and 48 hours after the indicator infusion. The abomasum Nbact flow and the microbial efficiency in relation to the degradable carbohydrates in the rumen (CHODR) were not influenced by the dietary concentrate levels, with average values of 85,69 g Nbact/day, 41,09 g Nbact/kgCHODR and 472,44 g DMbact/kgCHODR. The maximum ammonia concentration of 17,56 mg/100mL of ruminal fluid was observed 2,77 hours after feeding. Ruminal pH linearly decreased as the concentrate level increased and was in a quadratic way influenced by the collection time. Ruminal digesta passage rate of 0,059; 0,053; 0,073; 0,068 and 0,041.h-1, for the respective levels of 25,0; 37,5; 50,0; 62,5 and 75,0% of concentrate levels were observed. The increasing dietary concentrate did not change the microbial growth in the rumen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Dinâmica dos nutrientes no trato gastrintestinal de novilhos holandeses alimentados com dietas à base de cana-de-açúcar/ Dynamic of the nutrients in the gastrintestinal tract of holstein steers fed sugar cane based diets

Pereira, Elzânia Sales; Queiroz, Augusto César de; Paulino, Mario Fonseca; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Arruda, Alex Martins Varela de; Cabral, Luciano da Silva; Miranda, Lídia Ferreira; Fernandes, Alberto Magno
2003-12-01

Resumo em português Foram objetivos deste trabalho validar as predições com base nas estimativas da dinâmica ruminal e pós-ruminal dos nutrientes e do crescimento microbiano no rúmen, usando as equações que compõem o submodelo Cornell relativo ao trato gastrintestinal. Foram utilizados quatro novilhos Holandês-Zebu com peso médio de 300 kg, canulados no rúmen e abomaso, distribuídos em delineamento quadrado latino 4 x 4. Os animais experimentais foram alimentados com rações à (mais) base de cana-de-açúcar, suplementada com duas fontes de nitrogênio (uréia ou cama de frango) e dois níveis de levedura (0 ou 10 g dia-1), constituindo-se esquema fatorial 2 x 2. A FDN indigestível e a FDN da cana-de-açúcar complexada com cromo foram usadas como indicadores interno e externo, para estimar a produção fecal diária e a taxa de passagem de partículas no rúmen. A dinâmica dos nutrientes baseou-se nas determinações do fluxo de nitrogênio total e do fluxo de nitrogênio de origem bacteriana no abomaso e dos carboidratos totais digeridos no rúmen. A produção microbiana não foi influenciada pelas fontes nitrogenadas e pela adição de Saccharomyces cerevisiae. O Sistema Cornell superestimou os carboidratos totais degradados no rúmen, o fluxo de nitrogênio de origem microbiana e subestimou o fluxo de N total no abomaso. Resumo em inglês The objectives of this work were to validate the predictions based on the estimates of the ruminal nutrient dynamics and on the microbial growth in the rumen, using equations of the Cornell Submodel system relative to the gastrintestinal tract. Four Holstein - Zebu steers, with 300 kg live weight, rumen and abomasal cannulated were allotted to 4x4 latin square design. The experimental animals received sugar cane based diets, supplemented with two nitrogen sources (urea or (mais) poultry litter) and two yeast levels (0 or 10 g / d), being constituted 2x2 factorial arrangement. The indigestible neutral detergent fiber (NDF) and chromium mordant sugar cane NDF were used as internal and external markers to estimate the daily fecal production and the ruminal particle passage rates. The dynamics of the nutrients was based on the determination of the total nitrogen and the abomasal nitrogen flows of microbial origin and total carbohydrate digested in the rumen. The microbial yield was not influenced by nitrogen sources or by Saccharomyces cerevisiae. The Cornell system overestimated the total ruminal carbohydrates digestion and the nitrogen flow of microbial origin and underestimated total nitrogen flow in the abomasum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Avaliação da digestibilidade de nutrientes, em bovinos, de alguns alimentos concentrados pela técnica de três estádios/ Evaluation of intestinal digestibility of different concentrate feeds using an in vitro three-step enzymatic procedure

Beran, Fernando Henrique Brussi; Silva, Leandro das Dores Ferreira da; Ribeiro, Edson Luis de Azambuja; Rocha, Marco Antônio da; Ezequiel, Jane Maria Bertocco; Correa, Rômulo Alexandre; Castro, Valdecir de Souza; Silva, Kátia Cristina Fernandes da
2007-02-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de determinar a digestibilidade de componentes nutricionais não-degradados no rúmen por meio da técnica de três estádios. Foram avaliados oito alimentos concentrados: grão de girassol integral (GI), torta de girassol com uma (TG1x) e com duas passagens pela prensa (TG2x), grão de soja integral (SI) e parcialmente desengordurado (SD), farelo de soja (FS), farelo de gérmen de milho desengordurado (GM) e concentrado comercia (mais) l (CC) com 36% de PB. Os alimentos foram incubados no rúmen de bovinos por 33, 20 e 12 horas, correspondendo a taxas de passagens de 3, 5 e 8%/h, respectivamente. Os resíduos não-degradados no rúmen foram submetidos à digestão com solução de pepsina com pH 1,9 durante 1 hora e, posteriormente, em solução de pancreatina com pH 7,8 durante 24 horas, ambas a 38ºC. Nos resíduos desta incubação, foram determinados a MS, MO e os teores de nitrogênio total. A digestibilidade intestinal in vitro da MS não degradada no rúmen, considerando taxa de passagem de 5%/h, variou de 7,88 a 37,72%, sendo que o CC e a SI apresentaram as maiores digestibilidades. A digestibilidade da PB não-degradada no rúmen variou de 13,67 a 81,76% para mesma taxa de passagem. O GI apresentou a menor e o CC e o FS as maiores digestibilidades da PB. A digestibilidade da MO variou de 7,93 a 37,14% para a mesma taxa de passagem, sendo que o GI foi o menos digestível e o CC e a SI, os mais digestíveis. Os menores valores para a proteína digestível não degradável no rúmen (PNDR D), em g/kgMS, foram obtidos nas tortas de girassol com uma ou duas passagens, sugerindo que estes alimentos não devem ser empregados quando se deseja maiores teores de PNDR D. Resumo em inglês The objective of this trial was to determine the intestinal digestibility of nutrients using an in vitro three-step enzymatic procedure. Eight concentrate feeds were evaluated: whole sunflower (WSF), mechanically pressed sunflower cake (SFC1x; one press extraction), mechanically pressed sunflower cake (SFC2x; two press extractions), whole soybean (WSB), partially degreased soybean (DSB), soybean meal (SBM), degreased corn germ meal (CGM), and a commercial concentrate with (mais) 36% of CP (CC). Feeds were incubated in the rumen of bovines for 33, 20 and 12 hours corresponding approximately to the rates of passage of 3, 5 and 8%/h, respectively. The ruminal undegradable residues were digested with a 1.9 pH-pepsin solution for one hour at 38ºC followed by a second digestion with a 7.8 pH-pancreatin solution for 24 hours also at 38ºC. The residues were then analyzed for total nitrogen, dry matter, and organic matter. The in vitro intestinal digestibilities of ruminal undegradable DM, protein, and organic matter assuming a rate of passage of 5%/h ranged from 7.88 to 37.72%, 13.67 to 81.76%, and 7.93 to 37.14%, respectively. Commercial concentrate and WSB showed the greatest dry matter and organic matter digestibilities. Crude protein digestibility was highest on CC and SBM and lowest on WSF. Organic matter digestibility also was lowest on WSF. The lowest values of digestible ruminal undegradable protein (RUP D) were observed on both sunflower cakes (SFC1x and SFC2x) suggesting that these feeds should not be used in diets of animals with high requirements of RUP D.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Efeitos de dietas com níveis crescentes de milho no metabolismo ruminal de energia e proteína em bubalinos/ Effects of diets with increasing corn levels on the ruminal energy and protein metabolism in buffalo

Alves, Teresa Cristina; Franzolin, Raul; Rodrigues, Paulo Henrique Mazza; Alves, Ana Carolina
2009-10-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos de dietas com níveis crescentes de milho em grão moído (0, 22, 37 e 49% na MS) em substituição ao feno de coast-cross mantendo-se diferentes relações proteína:carboidratos não-fibrosos (PB:CNF = 1,01; 0,39; 0,33 e 0,27) sobre o metabolismo ruminal de búfalos. Utilizaram-se quatro búfalos fistulados no rúmen, mantidos em delineamento quadrado latino 4 × 4, para a coleta de amostras do líquido ruminal, colhidas em cada período expe (mais) rimental (de 28 dias) nos tempos 0, 2, 4 e 8 horas após a alimentação. Em geral, os bubalinos apresentaram boa capacidade tamponante no rúmen, com pH médio alto (6,70) e aumento da ingestão de milho em grão moído. O acréscimo nos níveis de milho na dieta promoveu aumento da produção de ácido butírico. Somente a dieta com 49% de milho promoveu melhor fermentação ruminal, com menor propoção de ácidos acético:propiônico. A relação PB:CNF de 1,01 indica deficiência de energia da dieta disponível para microrganismos no rúmen ao longo do dia, enquanto dietas com PB:CNF entre 0,39 e 0,27 promovem fermentações ruminais semelhantes, o que indica sincronismo na utilização de nitrogênio e energia pelos microrganismos no rúmen nessas condições. Resumo em inglês The effects of diets with increasing ground corn grain levels (0, 22, 37 and 49% in the dry matter) substituting coast-cross hay, with different protein:non-fibrous carbohydrate ratios (CP:NFC = 1.01; 0.39; 0.33 and 0.27) were assessed on buffalo ruminal metabolism. Four rumen fistulated buffaloes were used kept in a 4 × 4 latin square design, to collect liquid ruminal samples, collected in each experimental period (28 days) at 0, 2, 4 and 8 hours after feeding. In g (mais) eneral, the buffalo presented good buffering capacity in the rumen, with high mean pH (6.70) and increase in ground corn intake. The increase in the corn levels in the diet resulted in increased butyric acid production. Only the diet with 49% corn showed better ruminal fermentation, with a small proportion of acetic:propionic acids. The CP:NFC ratio of 1.01 indicated energy deficiency in the diet available for microorganisms in the rumen throughout the day, although the diets with CP:NFC between 0.39 and 0.27 resulted in similar ruminal fermentations, that indicated synchronization in nitrogen and energy use by the rumen microorganisms under these conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Avaliação de Dois Métodos in vitro para Determinar a Cinética Ruminal e a Digestibilidade Intestinal da Proteína de Vários Alimentos/ Application of Two in Vitro Methods for Evaluation of Ruminal Disappearance and Intestinal Digestibility of Feed Protein

Londoño Hernández, Fernando Iván; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Lana, Rogério de Paula; Mancio, Antonio Bento; Paulino, Mario Fonseca; Cecon, Paulo Roberto; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Magalhães, Karla Alves; Sandro Luiz Rosa, Reis
2002-02-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a degradabilidade ruminal e a digestibilidade intestinal dos compostos nitrogenados de 18 alimentos concentrados e quatro alimentos volumosos, utilizando o método de inibidores com digestão intestinal em HCL-pepsina-pancreatina e o método de três estádios. No método dos inibidores, cada alimento foi incubado, nos tempos 0 e 2 horas, na quantidade de 1,875 mg de N, utilizando-se três tubos de incubação, sendo u (mais) m deles deixado para avaliação da digestão intestinal. No segundo método, aproximadamente 5 g da amostra de cada alimento foram incubados durante 16 horas no rúmen de bovino recebendo dieta com 60% de volumoso e 40% de concentrado. Uma quantidade de 15 mg de N residual do rúmen de cada alimento foi colocada em tubos de digestão (frascos de 50 mL) para serem incubados em HCL-pepsina-pancreatina durante 25 horas. A digestibilidade intestinal da proteína não-degradada no rúmen dos alimentos avaliados não foi constante. O método dos inibidores estimou melhor a degradação ruminal da proteína bruta e o método de três estádios, a digestibilidade intestinal da proteína não-degradada no rúmen. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the ruminal disappearance and nitrogen intestinal digestibility of 18 concentrate feedstuffs and four grasses, using an in vitro inhibitor with HCL-pepsin-pancreatin solutions and the three-step method. The disappearance of nitrogen compounds of feedstuffs was determined at 0 and 2 hours using 1.875 mg of N incubated on each three vessels. One of the vessels was submitted to intestinal digestion. On the second method, approximate (mais) ly 5 g of samples were incubated, during 16 hours, in the rumen of a steer fed a diet with 60:40 forage to concentrate ratio. After the incubation period, samples containing 15 mg of residual N were incubated in HCL-pepsin-pancreatin solutions during 25 hours. Data of intestinal digestibility of ruminal undegradable protein was not constant. The inhibitor method was more efficient to evaluate and predict kinetic parameters of ruminal degradation and the three-step method for intestinal digestibility of ruminal undegradable protein.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Uso da cutina na estimativa das digestões total e parcial de alguns componentes de rações contendo diferentes fontes de nitrogênio, em bovinos/ Use of cutine to estimate ruminal, intestinal, and total tract digestibilities of nutrients in steers fed different protein supplements

Silva, Leandro das Dores Ferreira da; Ezequiel, Jane Maria Bertocco; Azevedo, Paulo Sérgio de; Cattelan, José Wanderley; Ribeiro, Edson Luis de Azambuja; Rocha, Marco Antônio da; Castro, Valdecir de Souza; Mendes, Ana Rosália
2006-04-01

Resumo em português Seis novilhos Holandês x Zebu canulados no rúmen e no abomaso foram alimentados com rações contendo dois níveis de casca de soja e três fontes protéicas para determinação das digestões total e parcial no rúmen e nos intestinos. A cutina foi utilizada como indicador interno para se quantificarem a MS da digesta abomasal e a matéria seca fecal. Após 15 dias de adaptação dos animais às rações e às condições experimentais, foram coletadas 12 amostras por (mais) animal e por período das digestas do abomaso e das fezes. Foram determinados os teores de cutina, MS, MO, PB, FDN, FDA e CNF nas amostras compostas por animal e por período experimental. Não foram observados efeitos das fontes protéicas sobre as quantidades de MS, MO, FDN, FDA e PB no rúmen, no abomaso e no intestino. A amiréia proporcionou maiores ingestões de CNF e menores coeficientes de digestibilidades da MS, FDN, FDA e de CNF que as demais fontes protéicas. À exceção da PB, o teor de casca de soja afetou positivamente a digestão desses componentes no trato digestivo total e no rúmen. Os resultados indicaram potencial da cutina como indicador da taxa de passagem dos componentes nutritivos ao longo do trato digestivo. Resumo em inglês Six Holstein x Zebu steers fitted with ruminal and abomasal cannulas and fed diets containing two levels of soybean hulls and three different protein supplements were used to determine ruminal, intestinal, and total tract digestibilities of nutrients. Cutine was used as the internal marker to quantify DM contents of both abomasal digesta and feces. After 15 days of diet adaptation, twelve samples of abomasal digesta and feces were taken from each animal in each period. Co (mais) ntents of cutine, DM, OM, CP, NDF, ADF, and NFC were all determined in samples that were pooled for animal and period. No significant differences in the amounts of ruminal, abomasal, and intestinal DM, OM, NDF, ADF, and CP were observed among protein supplemnts. Feeding starea to steers resulted in higher intake of NFC but lower DM, NDF, ADF, and NFC digestibility coefficients compared to the other protein supplements. Increasing soybean hulls levels in the diet also increased apparent ruminal and total tract digestibilities of all nutrients excepting crude protein in the rumen. It can be concluded that cutine can potentially be used as an internal marker to estimate passage rate of nutrients in the gastrointestinal tract of ruminants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Casca de algodão em substituição parcial à silagem de capim-elefante para novilhos. 2. Parâmetros ruminais e séricos, produção microbiana e excreção urinária de compostos nitrogenados/ Partial replacement of elephantgrass silage with cottonseed hulls. 2. Ruminal and serum metabolites, microbial protein synthesis, and urinary excretion of nitrogenous compounds in steers

Chizzotti, Mario Luiz; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Leão, Maria Ignês; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Chizzotti, Fernanda Helena Martins; Magalhães, Karla Alves; Marcondes, Marcos Inácio
2005-12-01

Resumo em português Quatro novilhos holandeses fistulados no rúmen, com peso médio de 259 kg, foram distribuídos em um quadrado latino 4 x 4 para se avaliar o efeito dos níveis de casca de algodão na dieta de novilhos sobre a concentração de nitrogênio uréico no soro (NUS) e de amônia no rúmen, o pH ruminal, a excreção urinária de uréia e derivados de purinas e a produção de proteína microbiana estimada pelo método das bases purinas omasais e da excreção de derivados de (mais) purinas na urina. As dietas experimentais continham na base da matéria seca: 0, 10, 20 e 30% de casca de algodão peletizada, em substituição à silagem de capim-elefante, sendo a dieta total constituída de 60% de volumoso. Não houve efeito dos diferentes tratamentos sobre o pH e as concentrações de amônia no rúmen. A concentração de NUS e a excreção de uréia (em mg/kgPV) diminuíram, enquanto a excreção de derivados de purinas na urina e a síntese de proteína microbiana no rúmen aumentaram linearmente com a inclusão da casca de algodão nas dietas. A estimativa da síntese de proteína microbiana não diferiu entre as metodologias das bases purínicas omasais e dos derivados de purina na urina. A casca de algodão mostrou-se um bom volumoso alternativo, podendo ser fornecida até o nível de 30% na MS total na dieta de novilhos de origem leiteira. Resumo em inglês Four ruminally cannulated Holstein steers averaging 259 kg of body weight were assigned to a 4x4 Latin square to study the effects of replacing elephantgrass silage with cottonseed hulls on serum urea nitrogen (SUN), ruminal metabolism, urinary excretion of nitrogenous compounds, and microbial protein synthesis measured by omasal purine bases or by urinary excretion of purine derivatives. Treatments (60% of forage) contained on DM basis: 0, 10, 20 or 30% of cottonseed hul (mais) ls that partially replaced elephantgrass silage in the diet. No significant differences in ruminal pH and concentration of ruminal ammonia were observed by increasing cottonseed hulls from 0 to 30% of the diet DM. However, concentration of both SUN and urinary excretion of urea (mg/kg of BW) decreased linearly whereas the opposite was observed for urinary excretion of purine derivatives and microbial protein synthesis when elephantgrass silage was partially replaced with cottonseed hulls in the diet. Microbial protein synthesis did not differ significantly either measured by omasal purine bases or estimated by urinary excretion of purine derivatives. It can be concluded that cottonseed hulls is a good forage alternative to elephantgrass silage and may supply up to 30% of the total DM in diets of dairy steers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Concentrados protéicos para bovinos: 2. Digestão pós-ruminal da matéria seca e da proteína/ Protein concentrates for bovines: 2. Post-ruminal digestion of protein and dry matter

Rodriguez, N.M.; Moreira, J.F.C.; Fernandes, P.C.C.; Veloso, C.M.; Saliba, E.O.S.; Borges, I.; Gonçalves, L.C.; Borges, A.L.C.C.
2003-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a digestão pós-ruminal de fontes protéicas. Utilizou-se a técnica de sacos de náilon móveis introduzidos no duodeno e colhidos nas fezes. Os alimentos introduzidos no intestino foram anteriormente incubados em sacos de náilon no rúmen ou foram separados das frações solúveis em água. O farelo de soja foi a fonte protéica de maior degradabilidade ruminal (73%) e altíssima digestibilidade intestinal (98%). O glúten de milh (mais) o foi a fonte protéica menos degradada no rúmen (16%) e sua parcela sobrepassante foi altamente digerida no intestino (95%). Os farelos de algodão e de mamona mostraram características semelhantes com digestibilidade total da proteína de 95% e em torno de 65% de degradabilidade ruminal. O farelo de palmiste foi menos digerido (87% digestibilidade total quando incubado). Farinhas de origem animal foram menos digeridas no intestino e também no rúmen (fora o glúten), com digestibilidades totais de 75% para farinha de carne e ossos, 85% para farinha de penas e vísceras e farinha de peixe I, 67% para farinha de peixe II e apenas 46% para farinha de sangue. Resumo em inglês This work aimed to evaluate post ruminal digestion of protein sources, by mobile nylon bags introduced in the duodenum of fistulated steers and collected from faeces. The feedstuffs were previously incubated in the rumen or separated the water soluble fraction before the intestinal digestion test. The soybean meal at 5% passage rate showed the highest ruminal protein degradability (73%) and highest intestinal digestibility (98%). Gluten meal was the least rumen degradable (mais) protein (16%) and showed a high digestible undegradable protein (95% if rumen incubated previously). Cottonseed meal and castorbean meal had similar patterns of digestion with total digestible protein of 95% and about 70% of rumen degradability. Rumen incubated palmist meal was less digestible (87% of total digestibility). Animal origin meals were less digestible either in the rumen or in the intestine, with total digestibility of 75% for meat and bone meal, 85% for feather and viscera meal and for fish meal I, 67 % for fish meal II and only 46% for blood meal.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Parâmetros de fermentação ruminal em bovinos alimentados com grãos de milho ou sorgo de alta umidade ensilados/ Ruminal fermentation parameters in bovines feeding high moisture grain sorghum or corn silages

Passini, Roberta; Rodrigues, Paulo Henrique Mazza; Castro, Ari Luiz de; Silveira, Antonio Carlos
2003-10-01

Resumo em português Os parâmetros de fermentação ruminal de dietas contendo silagem de sorgo úmido em substituição à de milho úmido foram estudados em 12 fêmeas bovinas, com peso médio de 584 kg. O delineamento foi inteiramente casualizado com três tratamentos: substituição do milho úmido pelo sorgo úmido ensilado, nos níveis de 0, 50 e 100%. As dietas continham grão úmido de milho ou de sorgo ensilados, soja extrusada, uréia, feno de aveia (Avena sativa sp.), suplemento m (mais) ineral e monensina. Adicionalmente, foi avaliada a degradabilidade in situ da matéria seca e da fibra em detergente neutro do feno de aveia. Não houve diferença sobre produção total de ácidos graxos voláteis (AGVs) no rúmen, porcentagem molar dos ácidos acético, propiônico e butírico, relação acético/propiônico, pH ruminal, concentração de N-NH3 no rúmen, fluxo e volume de líquidos do rúmen, nos diferentes tratamentos. A degradabilidade da matéria seca e da fibra em detergente neutro do feno não apresentou diferenças. Não se constatou melhora nos parâmetros de fermentação ruminal com a associação dos grãos. Resumo em inglês Ruminal fermentation parameters of diets containing high moisture sorghum silage in replacement of high moisture corn silage were studied in 12 dry cows (584 kg of BW). A completely randomized design was used with three treatments: high moisture sorghum silage replacing high moisture corn silage at levels of 0, 50, and 100%. Diets contained high moisture corn or sorghum silages, extruded soybean, urea, oat hay (Avena sativa sp.), mineral supplement and monensin. The trial (mais) extended for 21 days, the last one used for ruminal sampling at 0, 2, 4, 6, 8, 10 and 12 hours after meal. Additionally, in situ degradability of oat hay dry matter and neutral detergent fiber was evaluated. There was not difference in total volatile fatty acids (VFA) production in the rumen, molar percentage of acetate, propionate and butirate, acetate/propionate ratio, ruminal pH, ammoniacal nitrogen (NH3-N) concentration, ruminal liquid turnover and ruminal liquid volume. Degradability of hay dry matter and neutral detergent fiber was not different. No improvement on the ruminal fermentation parameters with the association of grains was observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Estimação da digestibilidade intestinal da proteína de alimentos por intermédio da técnica de três estádios/ Estimation of protein intestinal digestibility of feeds by means of three-steps technique

Cabral, Luciano da Silva; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Malafaia, Pedro Antônio Muniz; Lana, Rogério de Paula; Silva, José Fernando Coelho da; Vieira, Ricardo Augusto Mendonça; Pereira, Elzânia Sales
2001-04-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi estimar a digestibilidade intestinal da proteína não-degradada no rúmen de alimentos por intermédio da técnica de três estádios. Os alimentos avaliados foram os farelos de soja, algodão e trigo; fubá e glúten de milho; grão de soja e caroço de algodão; e farinhas de peixe, carne e sangue. Os alimentos foram inicialmente incubados no rúmen de bovinos fistulados, por 16 horas para determinação da proteína não-degradada n (mais) o rúmen (PNDR), sendo o resíduo submetido à digestão com solução de pepsina, durante 1 hora, e solução de pancreatina a 38ºC, durante 24 horas, cujos resíduos foram analisados para nitrogênio total (N). A estimativa da PNDR variou de 18,83 a 94% e a digestibilidade intestinal da PNDR, de 25,07 a 83,25%. O glúten de milho e o farelo de soja foram os alimentos que apresentaram a melhor digestibilidade intestinal e o grão de soja e o farelo de trigo, a pior digestibilidade. Embora alguns sistemas de adequação de dietas para ruminantes considerem que a PNDR apresenta digestibilidade intestinal constante, os resultados encontrados neste estudo sugerem que esta foi variável. Resumo em inglês The objective of this research was to estimate the intestinal digestibility of rumen-undegradable protein (RUDP) by a three-steps procedure. The evaluated feeds were the soybean meal, cottonseed meal, wheat middlings, corn meal, corn gluten meal, whole raw soybean, whole raw cottonseed, fishmeal, meat meal and blood meal. Firstly, the feeds were incubated in rumen during 16 hours to determine the rumen-undegradable protein, the residue was incubated with pepsin solution d (mais) uring 1 hour, and pancreatic solution during 24 hours at 38(0)C, whose residues were analyzed for total nitrogen. The RUDP ranged from 18,83% to 94%, and the estimates of intestinal digestion of RUDP ranged from 25,07 to 83,25%. The corn gluten meal and soybean meal were the feeds that presented better intestinal digestibility, and the whole raw soybean and wheat middlings, the lowest digestibility. Although some formulation systems for ruminant diets suggest that the RUDP presents constant intestinal digestibility, the data obtained in this study suggest that this was changeable.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Degradabilidade ruminal e digestibilidade intestinal da proteína de capim-elefante com três idades de corte/ Rumen degradability and intestinal digestibility of protein of elephant-grass at three cutting ages

Soares, J.P.G.; Deresz, F.; Arcury, P.B.; Salman, A.K.D.; Oliveira, A.D.; Verneque, R.S.; Berchielli, T.T.
2009-04-01

Resumo em português Determinaram-se a degradabilidade potencial (DP) e a digestibilidade intestinal da proteína não degradada no rúmen (DIPNDR) do capim-elefante em diferentes idades de rebrote (30, 45 e 60 dias) e comparou-se a técnica do saco de náilon móvel (in situ) com o método de três estádios (in vitro). Para tanto, utilizaram-se seis novilhos mestiços canulados no rúmen e duodeno alimentados exclusivamente com capim-elefante picado. O ensaio de degradabilidade foi realizad (mais) o com amostras do capim incubadas no rúmen por 3, 6, 9, 12, 24, 48, 72, 96 e 120h. A digestibilidade intestinal foi determinada utilizando-se os resíduos de incubação por 24 horas. Na técnica in situ os resíduos em sacos de náilon foram colocados no duodeno e recuperados nas fezes. No método in vitro, os resíduos foram submetidos à digestão com HCl-pepsina-pancreatina. Em amostras de capim com idades de 30, 45 e 60 dias foram observados valores de DP da proteína de 87,5; 87,8 e 83,8%, respectivamente. A DIPNDR variou com a idade do capim e foi semelhante entre os métodos in situ e in vitro somente para o capim com 60 dias. O método in situ apresentou estimativa de digestibilidade intestinal mais coerente com as mudanças na composição química do capim-elefante decorrentes do envelhecimento. Resumo em inglês The potential degradability (PD) and intestinal digestibility of ruminal escape protein (IDREP) of elephant-grass at 30, 45, and 60 days of regrowth were determined and the mobile bag technique (in situ) was compared to the three-stage method (in vitro). Thus, six cross-bred steers with rumen and duodenum canulas were used and fed exclusively with chopped elephant grass. The degradability trial was carried out with grass samples incubated in rumen by 3, 6, 9, 12, 24, 48, (mais) 72, 96, and 120 h. The intestinal digestibility was determined using 24-h ruminal incubation residue. In the in situ technique, residues in nylon bags were placed in duodenum and recovered in feces. In the in vitro method, residues were digested with solution of HCl-pepsin-pancreatin. In samples of grass at 30, 45, and 60 days of age, the values of protein PD were 87.5, 87.8, and 83.8%, respectively. The IDREP ranged with grass age and it was similar between in situ and in vitro methods only for 60-day old grass. Considering the changes in elephant-grass chemical composition due to aging, the in situ method supplied a more coherent estimative of intestinal digestibility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Degradabilidade ruminal in situ da matéria seca e proteína bruta de duas variedades de grão de soja com diferentes teores de inibidor de tripsina, em bovinos/ Dry matter and crude protein in situ ruminal degradability of two varieties of ground soybean with different levels of trypsin inhibitor in cattle

Silva, Leandro das Dores Ferreira da; Ramos, Bruno Mazzer de Oliveira; Ribeiro, Edson Luis de Azambuja; Mizubuti, Ivone Yurika; Rocha, Marco Antônio da; Moraes, Fábio Lucas Zito de
2002-06-01

Resumo em português Foram utilizados quatro bovinos da raça holandesa canulados no rúmen, distribuídos em blocos, ao acaso, alimentados a pasto de coast-cross (Cynodon dactylon). Os animais foram suplementados com ração concentrada contendo grãos de soja moídos colocados no rúmen, às sete e às dezoito horas. Em todos os animais foram incubados sacos de náilon com amostras de cada tratamento: grãos de soja comercial moídos (S), grãos de soja comercial moídos e parcialmente dese (mais) ngordurados (SD), grãos de soja com baixo inibidor de tripsina moídos (SBIT); grãos de soja com baixo inibidor de tripsina moídos e parcialmente desengordurados (SBITD); e farelo de soja (FS). Determinaram-se os desaparecimentos no rúmen da matéria seca (MS), matéria orgânica (MO) e proteína bruta (PB) nos tempos de 6, 24 e 48 horas. As solubilidades da MS, MO e da PB do S foram superiores às determinadas para o SBIT. A degradabilidade potencial (DP) apresentou valores semelhantes entre os alimentos. A degradabilidade efetiva (DE) da MS e MO dos SBS foi 9% menor que os valores observados para S e a DE da PB do SBIT foi aproximadamente 6% menor. Todos os alimentos apresentaram altas velocidades de degradação dos componentes estudados, variando de 5%/hora para o FS a 15%/hora para SBITD, enquanto os SBIT apresentaram menor taxa de degradação. Estes valores sugerem que estes alimentos devem ser associados a outros com menores velocidades de fermentação nas rações de ruminantes, para que haja melhor sincronismo entre liberação de amônia, aminoácido, peptídeos e cetoácidos no rúmen, quando for necessário maximizar a produção de proteína microbiana e/ou aumentar a quantidade de proteína bypass. Resumo em inglês Four ruminally fistulated Holstein, distributed in randomized blocks and fed with coastcross grass, were used. They were supplemented with 2 kg of concentrate containing ground soybean, put through the rumen fistula daily, at 7 a.m. and 6 p.m. Nylon bags were incubated into the rumen of each animal, and contained samples of each of the following feed: ground soybean (S); low fat ground soybean (LFS); ground low trypsin inhibitor soybean (LTIS); ground low fat and low tryp (mais) sin inhibitor soybean (LFLTIS); and soybean meal (SM). Dry matter (DM), organic matter (OM) and crude protein (CP) solubility and disappearance into the rumen were determined after 6, 24 and 48 hours of incubation. The DM, OM and CP solubilities of S were higher than low trypsin inhibitor soybean. The DM and OM effective degradability (ED) of LTIS was about 9% lower than the observed values of S and the ED of the LTIS crude protein was about 6% lower. All feedstuffs showed high degradation rate for the studied nutritive components, with fermentation rates varying from 5% for SM to 15%/hour for LFLTIS. The LTIS showed the lowest nutritive component degradation. The values suggest that these feedstuffs should be associated with others with low degradation velocity for ruminant feed as a way of improving the synchronization between the release of ammonia, aminoacid, peptides and ketoacids into the rumen, when the increase of microbial protein yield and/or increase the amount of bypass protein is necessary.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Simulação da dinâmica de nutrientes no trato gastrintestinal: aplicação e validação de um modelo matemático para bovinos a pasto/ Simulation of the nutrient dynamics in the gastrointestinal tract: application and validation of a mathematical model for grazing cattle

Vieira, Ricardo Augusto Mendonça; Pereira, José Carlos; Malafaia, Pedro Antônio Muniz; Queiroz, Augusto Cesar de; Jordão, Cláudio P.; Gonçalves, André Luigi
2000-06-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi a validação das predições da dinâmica ruminal e pós-ruminal dos nutrientes e do crescimento microbiano no rúmen, usando as equações do sistema Cornell. O experimento foi realizado durante as estações chuvosa e seca do ano de 1996, em uma área de pastagem natural localizada no município de Viçosa (MG). Foram utilizados novilhos canulados no esôfago, rúmen e abomaso, durante dois períodos experimentais em cada estação, (mais) e usados indicadores externos (Cr2O3 e Eu) para estimativa do consumo e da taxa de passagem da digesta no rúmen. Foram determinados os fluxos de nitrogênio total e de nitrogênio bacteriano no abomaso, os carboidratos totais e estruturais digeridos no rúmen e os teores em nutrientes digeríveis totais. Estas variáveis também foram preditas a partir do modelo descrito no sistema Cornell, para validação de suas estimativas. Verificou-se que o modelo foi sensível às estimativas das taxas de passagem, superestimou (12,38%) o fluxo de nitrogênio bacteriano no abomaso e subestimou (70,64%) a disponibilidade ruminal dos carboidratos estruturais. O emprego da taxa de passagem de 0,02 h-1 no cálculo das estimativas resultou no aumento da superestimação do fluxo de N de origem bacteriana (28,66%), em virtude da maior degradação dos carboidratos estruturais, cuja estimativa permaneceu subestimada em 21,55%. A redução do consumo de matéria seca foi mais bem correlacionada aos teores de FDN indigerível que aos teores de FDN, devendo-se ressaltar que a capacidade diária de consumo desta fração foi de 0,6% do peso vivo e não diferiu entre estações. Resumo em inglês The objective of the present work was to validate the ruminal and post-ruminal nutrient dynamics and the ruminal microbial growth predictions, by using the equations of the Cornell system. The experiment was carried out during the rainy and dry seasons of the 1996 year, in a natural pasture area situated in the county of Viçosa (MG). Esophageally, ruminally and abomasally cannulated steers were used during two experimental periods within each season, and external markers (mais) (Cr2O3 and Eu) were used to estimate the intake and the ruminal digesta passage rate. The total nitrogen and the bacterial nitrogen flows, total and structural carbohydrates digested in the rumen, and the total of digestible nutrients contents were determined. These variables were also predicted from the model described in the Cornell system to validate its estimates. It was verified that the model was sensitive to the passage rate estimates, overestimated (12.38%) the bacterial nitrogen flow to the abomasum, and underestimated (70.64%) the structural carbohydrates availability in the rumen. The correction based on .02 h-1 passage rate in the estimates calculation resulted in an overestimation increase of the bacterial N flow (28.66%) due to the greatest structural carbohydrate degradation, whose estimates remained underestimated in 21.55%. The dry matter intake reduction was better correlated with the indigestible NDF than NDF contents itself, and it should be emphasized that the daily intake capacity of this fraction was 0.6% of the live weight and it did not differ between seasons.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Dinâmica da Degradação Ruminal por Novilhos Mantidos em Pastagem Natural, em Diferentes Épocas do Ano/ Ruminal Degradation Dynamics by Steers Grazing Native Pasture, in Different Seasons of the Year

Pereira, José Carlos; Almeida, Marcelo Suzart de; Cecon, Paulo Roberto; Queiroz, Augusto César de
2002-01-01

Resumo em português Este trabalho foi conduzido para avaliar a cinética de degradação ruminal da matéria seca, proteína bruta e da fibra e a dinâmica de partículas das fases sólida e líquida no rúmen de novilhos em pastagem natural na Zona da Mata de Minas Gerais, durante diferentes épocas do ano. A época 1 (E1) compreendeu os meses de fevereiro, março e abril, e a época 2 (E2), os meses de agosto, setembro e outubro. O trabalho foi conduzido seguindo delineamento inteiramente (mais) casualizado, utilizando cinco novilhos dotados de fistulas no rúmen e no esôfago, onde cada animal constituía uma repetição. A degradação efetiva da MS, PB e FDN foi maior na E1, e a taxa de degradação da PB apresentou diferença entre as épocas, sendo de 2,99%/hora na E1 e 6,01%/hora na E2. A taxa de passagem foi maior na E1(4,84%/hora) em relação à E2 (3,59%/hora). A alta fração indegradável dos nutrientes poderia ser a principal responsável pelo maior tempo de retenção e pela repleção ruminal da fração fibrosa no rúmen. Portanto, a maior repleção ruminal na E2 (20,93 horas), em relação à E1(14,84 horas), foi provavelmente devido mais ao efeito físico de passagem do alto teor da fração indegradável, naquela estação, quando comparado à E1, que ao da fermentação pelos microrganismos. Resumo em inglês This work was carried out to evaluate the ruminal degradation of dry matter, crude protein and neutral detergent fiber and ruminal particles and liquid phase dynamics by steers in natural pasture of the Zona da Mata, region of Minas Gerais State, during different seasons of the year. The season 1(S1) corresponded to the months of February/March/April, and the season 2(S2), to the months of August/September/October. Five steers with esophageal and rumen fistulae, each one (mais) considered as a replicate, were used in a completely randomized design. The effective degradation of the DM, CP and NDF was higher in the S1 than in the S2. The CP degradation rate showed difference between seasons, being of 2.99%/hours in the S1 and 6.01%/hours in S2. The passage rate was higher in the S1 (4.84%/hours) in relation to S2 (3.59%/hour). The higher undegradable fraction of the nutrients could be the main responsible for the highest retention time and for the ruminal repletion of the fibrous fraction in the rumen. Therefore, the highest ruminal repletion in the S2 (20.93 hours), in relation to S1 (14.84 hours), was probably due more to the physical effect of passage of the high undegradable fraction content, in that season, as compared to the S1, than the microorganisms fermentation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Monensina sódica e Saccharomyces cerevisiae em dietas para bovinos: fermentação ruminal, digestibilidade dos nutrientes e eficiência de síntese microbiana/ Sodium monensin and Saccharomyces cerevisiae in cattle diets: ruminal fermentation, nutrient digestibility and microbial synthesis efficiency

Fereli, Fernanda; Branco, Antonio Ferriani; Jobim, Clóves Cabreira; Coneglian, Sabrina Marcantonio; Granzotto, Fernanda; Barreto, Julio Cezar
2010-01-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos do uso de monensina sódica, Saccharomyces cerevisiae e da mistura de ambos na dieta de bovinos sobre o pH e a concentração de amônia no rúmen, a digestibilidade aparente parcial e total dos nutrientes e a síntese de proteína microbiana no rúmen. Foram utilizados quatro bovinos da raça Holandesa Preto e Branco, castrados, com 320 kg de peso vivo, e canulados no rúmen. O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino 4 × 4, (mais) e os tratamentos consistiram de doses diárias de: 200 mg de monensina sódica (100I); 100 mg monensina sódica + 2,5 g Saccharomyces cerevisiae (50IP); 200 mg de monensina sódica + 5 g Saccharomyces cerevisiae (100IP); e 5 g Saccharomyces cerevisiae (100P), fornecidos diariamente pela cânula ruminal. A dieta contendo 100I promoveu menor digestão intestinal e total da matéria seca (MS), maior digestão intestinal da fibra em detergente neutro (FDN) e do extrato etéreo (EE), maior digestão total da proteína bruta (PB) e do EE e maior coeficiente de digestibilidade aparente ruminal (CDAR) e total (CDAT) da PB. A dieta contendo 100P resultou em menor digestão ruminal da PB, maior digestão ruminal da FDN, maior digestão intestinal da matéria orgânica (MO), da PB e dos carboidratos não-fibrosos (CNF), maior digestão total da matéria orgânica e do extrato etéreo, maior CDAR da FDN, maior coeficiente de digestibilidade intestinal (CDAI) da MO e dos CNF e maior CDAT da MO. A dieta 100P promoveu maior fluxo omasal de nitrogênio bacteriano e maior eficiência microbiana aparente e verdadeira. A dieta com 5 g/dia de Saccharomyces cerevisiae apresentou valor de NDT superior ao das outras dietas. As dietas não diferem quanto ao pH e à concentração de amônia no rúmen. Resumo em inglês The study was conducted to evaluate effects of sodium monensin, Saccharomyces cerevisiae and a mixture of both, in cattle diets, on ruminal pH and ammonia concentration, partial and total nutrient digestibility, and microbial protein synthesis in the rumen. Four Holstein steers weighting 320 kg and cannulated in the rumen were used. A 4 × 4 Latin square experimental design was used and treatments consisted of daily intake of: 200 mg of sodium monensin (100I); 100 mg (mais) of sodium monensin + 2.5 g of Saccharomyces cerevisiae (50IP); 200 mg sodium monensin + 5 g Saccharomyces cerevisiae (100IP), and 5 g Saccharomyces cerevisiae (100P) supplied daily through the ruminal canula. The diets containing 100I showed lower intestinal and total DM digestion, higher intestinal digestion of neutral detergent fiber (NDF) and ether extract (EE), higher total digestion of crude protein (CP) and ether extract (EE) and higher apparent ruminal and total CP digestibility. The diets containing 100P showed lower ruminal CP digestion, higher ruminal NDF digestion, higher intestinal digestion of OM, CP, and NFC, higher total digestion of OM and EE, higher apparent ruminal NDF digestibility, higher apparent intestinal digestibility of OM and NFC, and higher apparent total digestibility of OM. Regarding microbial protein synthesis, diets with 100P produced higher omasal flow of bacterial nitrogen and higher apparent and true microbial efficiency. The diets that supplied 5 g/d Saccharomyces cerevisiae increased TDN compared to the other diets. The treatments do not differ for ruminal pH and ammonia concentration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Parâmetros de fermentação e medidas morfométricas dos compartimentos ruminais de bezerros leiteiros suplementados com milho processado (Floculado vs. Laminado a vapor) e monensina/ Ruminal fermentation parameters and metric measurements of the rumen of dairy calves fed processed corn (Steam-rolled vs. Steam-flaked) and monensin

Nussio, Carla Maris Bittar; Santos, Flávio Augusto Portela; Zopollatto, Maity; Pires, Alexandre Vaz; Morais, Janice Barreto de; Fernandes, Juliano José de Resende
2003-08-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar as alterações do fornecimento de grãos processados (laminado a vapor vs. floculado) e monensina em parâmetros ruminais. Dezesseis bezerros holandeses foram fistulados no rúmen com 3-5 dias de vida e agrupados em blocos ao acaso, com arranjo fatorial 2 x 2. Os animais receberam concentrado ad libitum até o consumo de 2 kg/d, 4 litros diários de leite e tiveram acesso livre à água. Após a desmama, realizada na oitava semana de (mais) vida, os animais passaram a receber 2 kg/d de concentrado e feno de coastcross picado ad libitum. Os tratamentos não afetaram o consumo de concentrado e feno, assim como o desempenho animal, os quais foram inferiores ao esperado. A concentração molar de propionato foi maior para animais recebendo grão laminado. Houve tendência de maior concentração molar de AGV total (P = 0,11) e butirato (P = 0,13) para animais recebendo grão laminado. A inclusão de monensina tendeu a reduzir as concentrações de N-NH3 ruminal (P = 0,12). O peso do retículo-rúmen (% trato total) tendeu (P = 0,09) a ser maior em animais recebendo grão laminado e monensina. A capacidade do retículo-rúmen foi aumentada pelo fornecimento de grão laminado e monensina. Milho floculado resultou em maior peso do abomaso em % trato total. Resumo em inglês The objective of this study was the evaluation of the effects of grain processing (steam-rolled vs. steam-flaked) and monensin on ruminal parameters. Sixteen Holstein calves were ruminally canulated with 3 to 5 days of life, and utilized on a completely randomized design block with a 2 x 2 factorial arrangement. The animals received concentrate ad libitum up to 2 kg/d, plus 4 L/d of milk. Calves had free access to water. After weaning at the eight weeks of life, calves re (mais) ceived concentrate and chopped hay. Animal performance, concentrate and hay intakes were lower than expected and not affected by treatments. The molar proportion of propionate was higher for steam-rolled concentrate. There was a tendency for higher total VFA (P = .11) and butyrate (P = .13) for steam-rolled corn. Monensin tended to reduce ruminal N-NH3 concentration (P = .12). Weight of reticulum-rumen (as % total tract) tended (P = .09) to be higher for calves on steam-rolled and monensin concentration. However, the capacity of reticulum-rumen was increased by steam-rolled and monensin feeding. Steam-flaked concentrate resulted on heavier abomasum, as % total tract.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Efeito da acidez no controle da produção de amônia e crescimento microbiano/ Acidity effect (pH) in regulating ammonia production and microbial growth

Lana, Rogério de Paula; Cunha, Luciane Tavares da; Borges, Arnaldo Chaer
2000-12-01

Resumo em português Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito da acidez pela adição de níveis crescentes de amido sobre a degradação da caseína hidrolisada (tripticase). Utilizou-se o líquido de rúmen de um novilho fistulado recebendo 40% de ração concentrada. As incubações foram feitas anaerobicamente a 39ºC. Utilizaram-se 150 mg de tripticase e 0, 25, 50, 75, 100, 200 e 300 mg de amido em 10 mL de líquido de rúmen. Foram coletadas amostras ao longo das i (mais) ncubações para análises de pH, amônia e proteína microbiana. O amido teve pequeno efeito sobre o crescimento microbiano, mas os níveis igual ou acima de 50 mg/10 mL de líquido de rúmen inibiram totalmente a produção de amônia. Esta inibição foi certamente devido ao efeito do pH, pois este teve maior correlação com a produção de amônia que o amido (0,95 vs -0,59). Uma vez que a maior parte da utilização da caseína hidrolisada foi para a produção de amônia e que esta foi altamente inibida pela acidez, conclui-se que o moderado abaixamento do pH ruminal, pelo uso de concentrado, pode acarretar redução na perda de proteína alimentar por fermentação. Portanto, maior quantidade de proteína degradável pode ser adicionada à ração, justificando o benefício do sincronismo de fontes de carboidrato e proteína, quanto às suas degradabilidades, ao se formularem rações para ruminantes. Resumo em inglês This research had as objective the evaluation of the acidity effect (pH) by adding increasing levels of corn starch on the degradation of hydrolyzed casein (Tripticase). The rumen fluid was taken from a fistulated steer in a 40% concentrate diet, and centrifuged at 500xg in 15 minutes to remove feed particles and protozoa. The incubations were done in an anaerobic environment at 39ºC in Vacuntainer® tubes. It was used 150 mg of tripticase and 0, 25, 50, 75, 100, 200 and (mais) 300 mg of corn starch in 10 mL rumen fluid. Samples were collected over the incubations and the pH, ammonia and microbial protein measured. The starch had small effect on microbial growth, but levels of 50 mg/10 mL and on completely inhibited the ammonia production. The inhibition was probably due to pH effect, since it showed higher correlation with ammonia production than the starch (0.95 vs. -0.59). Once the largest amount of tripticase was used for ammonia production, and that it was highly inhibited by acidity, mild decrease in ruminal pH by the use of concentrate can be useful to reduce losses of dietary protein by ruminal fermentation. In fact, higher amount of degradable protein could be added to the diet, helpfully the benefit of the synchronism of the starch and protein sources, as for their degradations, in the formulation of diets for ruminant animal.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Efeitos de dietas contendo Leucaena leucocephala e Saccharomyces cerevisiae sobre a fermentação ruminal e a emissão de gás metano em bovinos/ Effects of leucaena and yeast on rumen fermentation and methane emissions in cattle

Possenti, Rosana Aparecida; Franzolin, Raul; Schammas, Eliana Aparecida; Demarchi, João José Assumpção de Abreu; Frighetto, Rosa Toyoko Shiraishi; Lima, Magda Aparecida de
2008-08-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos do uso de leucena e levedura em dietas para bovinos sobre o metabolismo ruminal, incluindo o pH e as produções de ácido graxos voláteis (AGV), amônia e gás metano. Quatro bovinos machos com 800 kg e fistulados no rúmen foram mantidos em quadrado latino 4 × 4, em arranjo fatorial 2 × 2, composto de dois níveis de leucena (20 e 50% MS) e feno de capim coast-cross na presença ou ausência de levedura (mais) . Não houve influência das dietas nos valores médios de pH (média 6,82) e nas concentrações de amônia no rúmen, que variaram de 18 a 21 mg/100 mL. Houve interação entre níveis de leucena e levedura na concentração total de AGV. As dietas não diferiram quanto à concentração de ácido acético, mas os animais alimentados com a dieta com 50% de leucena e contendo levedura apresentaram maiores concentrações médias de ácido propiônico (média 19,14 mM). A emissão de metano reduziu em12,3% em relação à mesma dieta sem levedura e em 17,2% quando os animais foram alimentados com 20% de leucena com levedura. Verificou-se efeito associativo de leucena, quando fornecida em alto nível na dieta (50% MS), e levedura na redução da emissão de metano e na melhoria no padrão de fermentação no rúmen, o que pode reduzir as perdas de energia e melhorar eficiência energética do animal. Resumo em inglês This research was to evaluate the effect of Leucaena (Leucaena leucocephala) and yeast (Saccharomyces cerevisiae) in diets for bovines on ruminal metabolism, including pH, volatile fatty acids, and ammonia and methane production. Four crossbred male cattle (800 kg LW) rumen cannulated were distributed to a 4 × 4 Latin Square design, in 2 × 2 factorial arrangement, composed by two levels of Leucaena (20% and 50% DM) and coast-cross grass hay, with or without yeast. No di (mais) fferences were observed in rumen pH (mean 6.82) and ammonia concentrations that varied from 18.71 to 21.28 mg/100 mL of ruminal fluid. There was interaction between Leucaena levels and yeast in the total concentrations of VFA. No differences were observed in the concentrations of acetic acid, but the animals fed 50% of Leucaena with yeast showed higher propionic acid concentration (19.14 mM). Methane emissions were reduced by 12.3% in relation to the same diet without yeast and in 17.2% when the animals were fed 20% of Leucaena with yeast. There was a noticeable associative effect of Leucaena when fed in high level (50% DM) and yeast in the reduction of methane emission and better rumen fermentation with possible reduction of energy loss and better energy efficiency for the animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Peso e rendimento dos componentes do peso vivo de cordeiros terminados em confinamento com dietas contendo proporções crescentes de resíduo úmido de cervejaria/ Weight and yield of liveweight components of feedlot finish lambs fed diets with increasing proportions of wet brewery residue

Brochier, M.A.; Carvalho, S.
2008-10-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de dietas contendo proporções crescentes de resíduo úmido de cervejaria sobre o peso e proporção dos componentes do peso vivo de cordeiros terminados em confinamento. Foram utilizados 25 cordeiros, machos, não-castrados, da raça Texel, distribuídos aleatoriamente em cinco tratamentos compostos por proporções de 0%, 25%, 50%, 75% e 100% de substituição do alimento concentrado por resíduo úmido de cervejaria. Utilizou-se dieta composta de (mais) feno de Tifton-85 e mistura concentrada em uma relação volumoso:concentrado de 40:60, na matéria seca. O alimento concentrado foi constituído por milho desintegrado, farelo de soja, mistura mineral e resíduo úmido de cervejaria, sendo que suas proporções variaram de acordo com os tratamentos. Houve redução linear dos pesos de sangue, patas, cabeça, fígado, pulmão e baço, e da proporção de fígado, à medida que se elevou a proporção do resíduo úmido de cervejaria nas dietas. A proporção, em relação ao peso vivo, de rúmen/retículo e do trato gastrintestinal, com conteúdo, e do conteúdo gastrintestinal aumentou linearmente, enquanto os pesos de rúmen/retículo, abomaso, intestino delgado e do trato gastrintestinal, sem conteúdo, diminuíram linearmente com o aumento da proporção do resíduo nas dietas. A proporção de rúmen/retículo, sem conteúdo, foi influenciada de forma quadrática. Resumo em inglês The effect of diets with increasing proportions of wet brewery residue on the weight and proportion of live weight components of feedlot finished lambs was evaluated. Twenty-five non-castrated Texel male lambs were randomly allotted into five groups, consisting in the replacement of the concentrate by wet brewery residue; at the proportions of 0%, 25%, 50%, 75%, and 100%. Diet composition was Tifton-85 hay and concentrate mixture, in a relation roughage:concentrate of 40: (mais) 60, based on dry matter (DM). The concentrate was composed of ground corn, soybean meal, mineral mix and wet brewery residue, and its proportions varied in accordance with the treatments. There was a linear decrease in weights of blood, legs, head, liver, lungs, and spleen, and liver proportion, with the increase of the proportion of wet brewery residue on the diets. The proportion, in relation to live weight, of rumen/reticulum and of gastrointestinal tract with content, and the gastrointestinal tract content showed a linear increase; while the weights of rumen/reticulum, abomasum, small intestine, and gastrointestinal tract without content showed a linear decrease with the increase of wet brewery residue in the diets. A quadratic effect was observed in the proportion of rumen/reticulum without content.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Consumo e digestões totais e parciais em novilhos F1 Limousin x Nelore alimentados com dietas contendo cinco níveis de concentrado/ Intake and total and partial digestion in F1 Limousin x Nellore bulls fed diets with five levels of concentrate

Dias, Helder Luis Chaves; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Coelho da Silva, José Fernando; Paulino, Mário Fonseca; Cecon, Paulo Roberto; Leão, Maria Ignês; Oliveira, Rodrigo Vidal de
2000-04-01

Resumo em português RESUMO - Um ensaio foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos de cinco níveis de concentrado nas rações sobre o consumo e as digestibilidades aparentes totais e parciais de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), carboidratos totais (CHO), fibra em detergente neutro (FDN) e carboidratos não-estruturais (CNE). Cinco novilhos F1 Limousin x Nelore fistulados no rúmen, abomaso e íleo foram alimentados à vontade c (mais) om dietas que continham 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado e distribuídos em delineamento quadrado latino 5 x 5. O óxido crômico foi usado como indicador externo, para as determinações das digestibilidades aparentes totais e parciais. A adição de quantidades crescentes de concentrado à dieta produziu aumentos lineares nos consumos de MS, MO, CNE, PB, EE e NDT e redução no consumo de FDN. As digestibilidades aparentes totais de MS, MO, PB, EE, CHO e CNE elevaram-se linearmente com o aumento dos níveis de concentrado da dieta. A digestibilidade aparente da PB no intestino delgado aumentou linearmente com a adição de concentrados nas rações. As digestibilidades aparentes da FDN no rúmen e pós-rúmen não foram influenciadas pelos níveis de concentrado. Redução nos níveis de FDN das rações resultou em aumentos lineares do NDT e da digestibilidade aparente total da MS. Resumo em inglês ABSTRACT - A trial was conducted to evaluate the effects of five dietary concentrate levels on the intake and total and partial apparent digestibility of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), total carbohydrates (CHO), neutral detergent fiber (NDF), and non structural carbohydrates (NSC). Five rumen, abomasum and ileum fistulated F1 Limousin x Nellore bulls were full fed diets containing 25.0, 37.5, 50.0, 62.5, and 75.0% of concentr (mais) ate and allotted to a 5 x 5 Latin square design. The chromic oxide was used as an external marker to determine the total and partial digestibility. The addition of crescent concentrate amounts to the diet resulted in linear increases in the DM, OM, NCE, CP, EE, and TDN and reductions in NDF intake. The total apparent digestibility of DM, OM, CP, EE, CHO, and NSC linearly increased with the increment of the dietary concentrate levels. The CP apparent digestibility in the small intestine linearly increased as function of the concentrate addition in the diets. The concentrate levels in the diet did not influence the rumen and post-rumen NDF apparent digestibility. The dietary NDF levels reduction resulted on linear increases of NDT and DM total apparent digestibility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Degradabilidade ruminal do feno de alguns alimentos volumosos para ruminantes/ Ruminal degradability of some roughage hays for ruminants feeding

Carvalho, G.G.P.; Pires, A.J.V.; Veloso, C.M.; Detmann, E.; Silva, F.F.; Silva, R.R.
2006-08-01

Resumo em português Avaliou-se a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), da fibra em detergente ácido (FDA) e hemicelulose dos fenos de capim-elefante (Pennisetum purpureum), palma (Opuntia ficus), guandu (Cajanus cajan) e parte aérea da mandioca (Manihot esculenta) utilizando três bovinos mestiços machos, castrados, canulados no rúmen e mantidos em regime de pasto. Amostras de 4g de cada alimento foram incubadas em duplicat (mais) a no rúmen dos animais, nos períodos de 0, 6, 12, 24, 36, 48 e 72 horas. A degradabilidade potencial da PB dos fenos de capim-elefante e guandu foi semelhante, 83,9 e 81,2%, respectivamente. Os maiores valores foram observados para os fenos de palma (94,2%) e parte aérea da mandioca (91,7%). A degradabilidade efetiva (DE) foi obtida considerando as taxas de passagem de 2, 5 e 8%/hora. A maior DE observada para MS (60,5%), PB (81,1%), FDN (21,6%), FDA (27,9%) e HEM (58,0%), na taxa de passagem de 5%/h, ocorreu com o feno de palma. Resumo em inglês The ruminal degradability of dry matter (DM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF) and hemicellulose (HEM) of elephantgrass (Pennisetum purpureum), forage cactus (Opuntia ficus), pigeon pea (Cajanus cajan) and cassava foliage (Manihot esculenta) hays was evaluated using three cannulated crossbred steers, kept on pasture. Samples of four grams of each hay were incubated in the rumen for 0, 6, 12, 24, 36, 48 and 72 hours. The CP pote (mais) ntial degradability (PD) for elephantgrass and pigeon pea hays was similar, 83.9 and 81.2%, respectively. Higher values were observed either for forage cactus (94.2%) or cassava foliage (91.7%) hays. The effective degradability (ED) was obtained considering the passage rates of 2, 5 and 8%/hour. The forage cactus hay, at a passage rate of 5%/h, showed the highest ED for DM (60.5%), CP (81.1%), NDF (21.6%), ADF (27.9%) and HEM (58.0%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Degradação ruminal in situ do capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schumack) consumido sob pastejo por vacas mestiças Holandês × Zebu em lactação/ Rumen degradability of elephantgrass (Pennisetum purpureum, Schumack) grazed by lactating crossbred Holstein × Zebu dairy cows

Lopes, F.C.F.; Aroeira, L.J.M.; Rodriguez, N.M.; Deresz, F.; Sampaio, I.B.M.; Borges, I.; Maldonado-Vasquez, H.; Vittori, A.
2003-12-01

Resumo em português Dois experimentos foram conduzidos em pastagem de capim-elefante manejada em sistema rotativo. Foram utilizadas duas repetições de área por tratamento e três dias de ocupação do piquete. No primeiro experimento (estação da seca) foram usadas 18 vacas Holandês × Zebu em lactação, sendo seis fistuladas no rúmen. Foram estudados período de descanso da pastagem de 30 dias, sem uso de concentrado, e períodos de descanso de 30 e 45 dias, com uso de concentrado. E (mais) ntre ordenhas, as vacas receberam cana-de-açúcar com 1% de uréia:sulfato de amônio (9:1). Amostras de extrusas (três dias de pastejo × duas repetições de área de pastagem) foram incubadas no rúmen das vacas fistuladas. No segundo experimento (estação das chuvas) foram usadas 12 vacas em lactação (quatro fistuladas no rúmen) e similar procedimento para estudo de dois períodos de descanso da pastagem (30 ou 45 dias) sem suplementação. A partir do primeiro dia de ocupação do piquete houve diminuição na qualidade da forragem selecionada. Na seca foi observada menor degradabilidade efetiva (DE) no terceiro dia de ocupação do piquete. No período das chuvas a DE foi semelhante nos três dias de ocupação do piquete. Maior DE e melhor qualidade da forragem foram verificadas para períodos de 30 dias de descanso da pastagem. Resumo em inglês Two experiments were carried out in a rotational elephantgrass pasture system. Two replicates of paddocks per treatment were grazed for three consecutive days. The first experiment was carried out during the dry season with 18 lactating crossbred cows, six of them rumen canulated. The cows were randomly allotted to each of the treatments: 1- resting period of 30 days without concentrate, 2- resting period of 30 days with concentrate and 3- resting period of 45 days with c (mais) oncentrate. In the dry season cows grazed elephantgrass during the night and were fed chopped sugarcane plus 1% ammonium sulphate:urea (9:1) between milkings. Elephantgrass extrusas were collected by treatment during the first, second and third grazing days and were incubated in the rumen of the canulated cows. In the second trial carried out during the rainy season 12 lactating crossbred cows (four rumen canulated) were used. The treatments were resting periods of 30 or 45 days without supplementation. Decreases of extrusa quality were observed from first to third occupation day of paddock. During the dry season the lowest value of effective degradability (ED) was observed at third day of paddock occupation. During the rainy season similar ED were obtained for the three days of paddock occupation. The treatment with 30 days resulted in a better quality of herbage and higher ED than treatment with 45 days.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Digestão total e parcial de alguns componentes de dietas contendo diferentes níveis de casca de soja e Fontes de nitrogênio, em bovinos/ Total and partial digestion of some components of diets containing different levels of soybean hulls and nitrogen sources in steers

Silva, Leandro das Dores Ferreira da; Ezequiel, Jane Maria Bertocco; Azevedo, Paulo Sérgio de; Cattelan, José Wanderley; Barbosa, José Carlos; Resende, Flávio Dutra de; Carmo, Flávio Roberto Gonzaga do
2002-06-01

Resumo em português Este experimento foi realizado para avaliar o efeito de dois níveis de casca de soja (CS) e de três fontes de nitrogênio sobre a digestão total e parcial aparentes no rúmen e nos intestinos. Seis novilhos Holandês x Zebu com idade média de 12 meses e 229 kg de PV foram fistulados no rúmen e no abomaso e distribuídos em quadrado latino 6x6 e alimentados individualmente ad libitum. O consumo e as digestibilidades totais e parciais dos nutrientes foram avaliados. N� (mais) �o houve efeito da fonte de proteína sobre o consumo, quantidades de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN) e da fibra em detergente ácido (FDA) no rúmen, no abomaso e nas fezes e sobre os coeficientes de digestibilidades destes componentes. O aumento, porém, do nível de casca de soja elevou os coeficientes de digestibilidade de todos os componentes estudados nos locais do trato digestivo, com exceção nos intestinos, onde o nível de casca de soja não afetou a digestão da PB, FDN e da FDA. Os resultados indicam que a casca de soja pode substituir tanto o milho como, parcialmente, a fração volumosa nas rações de ruminantes. A farinha de subproduto avícola e a amiréia podem substituir o farelo de soja nas rações de bovinos sem reflexos negativos sobre a digestão de seus componentes nutritivos. Resumo em inglês This experiment was conducted to evaluate the effect of two levels of soybean hulls and three sources of protein on the total and partial rumen and intestinal digestion. Six Holstein-Zebu steers averaging twelve months of age and 229 kg BW were fistulated in the rumen and in the abomasum and distributed in a 6x6 Latin square and fed ad libitum individually. The consumption and the total and partial digestibility of the nutrients were evaluated. There was no effect of the (mais) source of protein on consumption, amounts of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF) and acid detergent fiber (ADF) in the rumen, abomasum and in the faeces and on the digestibility coefficients of these components. On the other hand, increasing the levels of soybean hulls significantly increased the coefficients of digestibility in the whole digestive tract. However, the levels of soybean hulls did not affect the digestion of CP, NDF and ADF in the intestines. The results indicate that soybean hulls can replace maize, due their degradation similarity, and can partially replace the roughage in rations for ruminants, by having high levels of fiber with great potential and speed of ruminal fermentation. Poultry by-product meal and starea can replace soybean meal without negative effects on the digestion of their nutritive components.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Eficiência microbiana e parâmetros ruminais em bovinos alimentados com dietas à base de volumosos tropicais/ Microbial efficiency and ruminal parameters in cattle fed diets based on tropical forage

Cabral, Luciano da Silva; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Detmann, Edenio; Zervoudakis, Joanis Tilemahos; Souza, Alexandre Lima de; Veloso, Rafael Gonçalves
2008-05-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho determinar o fluxo de compostos nitrogenados no abomaso, a degradação ruminal dos carboidratos totais e da matéria orgânica, a eficiência microbiana, a concentração de N-NH3 e o pH ruminal em bovinos alimentados com dietas à base de silagem de milho, silagem de capim-elefante ou feno de capim-tifton 85. Foram utilizados seis bovinos fistulados no rúmen e abomaso em um delineamento quadrado latino 3 × 3 duplo. Os fluxos de matéria (mais) seca da digesta e da matéria seca microbiana no abomaso foram determinados a partir da utilização de fibra em detergente neutro indigestível e das bases purinas como indicador microbiano, respectivamente. As concentrações de NH3 e o pH ruminal foram determinados antes e 2, 4 e 8 horas após a alimentação. As dietas à base de silagem de milho e de feno de capim-tifton 85 proporcionaram os maiores fluxos de compostos nitrogenados no abomaso. As bactérias isoladas do rúmen apresentaram em média 8,89% de N total e 18,40 para a relação N-RNA:N-total. A dieta à base de silagem de milho promoveu maior degradação ruminal da matéria orgânica (2,96 kg/dia) e dos carboidratos totais (3,07 kg/dia) e maior fluxo de massa microbiana para o abomaso (788,28 g/dia). As dietas à base de feno de capim-tifton 85 e de silagem de capim-elefante resultaram em maior eficiência microbiana, cujos valores foram 28,10 e 30,39 g de N microbiano/kg de carboidratos degradados no rúmen. As menores concentrações de NH3 e pH ruminal, considerando o tempo após a alimentação, ocorreram quando fornecida a dieta à base de silagem de milho, o que possivelmente afetou negativamente a eficiência microbiana. Resumo em inglês The objectives of the present work were to determine nitrogen compounds flow into the abomasum, total carbohydrate and organic matter ruminal degradation, microbial efficiency, N-NH3 concentration and ruminal pH in cattle fed with diets based on corn silage, elephant grass silage and Tifton-85 bermudagrass hay. Six ruminal and abomasal fistulated cattle were utilized in a double 3 × 3 latin square. Abomasal digesta dry matter of and microbial dry matter flows were determ (mais) ined by use of indigestible neutral detergent fiber and base purines as microbial marker, respectively. The N-NH3 concentration and ruminal pH were determined before and 2, 4 and 8 hours after feeding. The diets based on corn silage and Tifton-85 bermudagrass hay provided higher nitrogen compounds flow into abomasum. Isolated bacteria from rumen averaged 8.89% of total N and had an N-RNA:N-total ration of 18.40. The corn silage diet provided higher ruminal degradation of organic matter (2.96 kg/day) and of total carbohydrates (3.07 kg/day) and higher microbial matter flow to the abomasum (788.28 g/day). The Tifton-85 bermudagrass hay and elephant grass silage diets had the greatest microbial efficiencies, which values were 28.10 and 30.39 g of microbial N/kg of rumen degradable carbohydrates. The corn silage diet showed lower N-NH3 concentration and ruminal pH after feeding, possibly indicating reduction of microbial efficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Níveis de concentrado em dietas de novilhos mestiços F1 Simental x Nelore: 1. Consumo e digestibilidades/ Concentrate levels in the crossbred F1 Simental x Nellore bulls diets: 1. Intake and digestibilities

Tibo, Gilson Camargo; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Silva, José Fernando Coelho da; Cecon, Paulo Roberto; Leão, Maria Ignez; Silva, Rosane Barros da
2000-06-01

Resumo em português Realizou-se um experimento com o objetivo de avaliar os efeitos de níveis de concentrado nas rações sobre o consumo e as digestibilidades aparentes totais e parciais de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), carboidratos totais (CHO), fibra em detergente neutro (FDN) e carboidratos não-estruturais (CNE). Foram estudados os efeitos das coletas de amostras, realizadas durante o dia e a noite, sobre as digestibilidades ap (mais) arentes totais e parciais da MS e MO. Utilizaram-se cinco novilhos F1 Simental x Nelore, não-castrados, fistulados no rúmen, abomaso e íleo, alimentados à vontade com dietas que continham 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado e distribuídos em delineamento quadrado latino 5 x 5. Foram utilizados os fenos dos capins braquiária (Brachiaria decumbens, Stapf) e coast-cross (Cynodon dactylon), em proporções iguais. O óxido crômico foi usado como indicador para a determinação dos fluxos de digestas e excreção fecal. A adição de quantidades crescentes de concentrado à dieta produziu aumentos lineares nos consumos de MS, MO, PB, EE, CHO, CNE e NDT e redução no consumo de FDN. As digestibilidades aparentes totais de MS, MO, PB, EE, CHO e CNE cresceram linearmente com o aumento dos níveis de concentrado da dieta. As digestibilidades aparentes da FDN no rúmen e pós-rúmen não foram influenciadas pelos níveis de concentrado. A redução nos níveis de FDN das rações resultou em aumentos lineares do NDT e da digestibilidade aparente total da MS. Amostras representativas de fezes e digestas de abomaso e íleo podem ser obtidas utilizando-se somente coletas durante o dia. Resumo em inglês An experiment was carried out to evaluate the dietary concentrate levels on the intake, total and partial apparent digestibilities of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), total carbohydrates (CHO), neutral detergent fiber (NDF) and non structural carbohydrates (NEC). The effects of samples collections, realized on the day or the night, on the total and partial apparent digestibilities of DM and OM, were studied. Five F1 Simental x (mais) Nellore bulls fistulated in the rumen, abomasum and ileum, full fed diets with 25.0, 37.5, 50.0, 62.5, and 75.0% of concentrate and allotted to 5 x 5 Latin square, were used. The hays of brachiaria (Brachiaria decumbens, Stapf) and coast-cross grasses (Cynodon dactylon) were used in the same proportions. The chromic oxide was used as indicator to determine the digesta flows and fecal excretion. The addition of increasing amounts of concentrate to the diet resulted in linear increases in the DM, OM, CP, EE, CHO, NEC and TDN intakes and reduction in the NDF intake. The total apparent digestibilities of DM, OM, CP, EE, CHO, NEC and TDN linearly increased with the increasing concentrate levels. The concentrate levels did not influence the NDF apparent digestibilities in the rumen and post-rumen. The reduction in the dietary NDF levels resulted in TDN linear increases and DM total apparent digestibility. Feces and abomasum and ileum digesta representative samples can be obtained using collections only during the day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

pH e amônia ruminais, relação folhas: hastes e degradabilidade ruminal da fibra de forrageiras tropicais/ Ruminal pH and ammonia, tropical forage leaves: stems ratio and fiber ruminal degradability

Veloso, Cristina Mattos; Rodriguez, Norberto Mário; Sampaio, Ivan Barbosa Machado; Gonçalves, Lúcio Carlos; Mourão, Gerson Barreto
2000-06-01

Resumo em português Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o pH e a concentração de nitrogênio amoniacal (N-NH3) do líquido ruminal coletado 3, 6 e 12 horas após a alimentação de quatro novilhos mestiços Europeu-Zebu, providos de cânulas ruminais permanentes, assim como a relação folhas:hastes e as degradações ruminais in situ da fibra em detergente neutro (FDN) e da fibra em detergente ácido dos folíolos de três leguminosas tropicais: leucena (Leucaena leuc (mais) ocephala (Lam.) de Wit), guandu (Cajanus cajan (L.) Millsp.) e soja perene (Neonotonia wightii) e das folhas de outras duas forrageiras tropicais: rami (Boehmeria nivea (L.) Gaudich) e mandioca (Manihot esculenta Crantz). Amostras de 3 g de guandu, soja e rami ou 5 g de leucena e mandioca foram incubadas no rúmen dos animais por períodos de 3, 6, 12, 18, 24 e 48 horas. O delineamento experimental utilizado foi o de parcelas subdivididas, em que as parcelas eram representadas pelas forrageiras e as subparcelas, pelos seis horários de incubação do material no rúmen, sendo os quatro animais considerados blocos. Os valores de pH e N-NH3 no rúmen provavelmente permitiram adequada fermentação microbiana. As relações folhas:hastes das forrageiras variaram entre si e em relação à literatura. As degradabilidades efetivas (DE) da FDN das forrageiras avaliadas foram em torno de 50%, sendo menores para os folíolos de guandu (19,25%), que também demonstraram as menores taxa de degradação (2,5%/h) e degradabilidade potencial (57,76%). Os valores de DE da FDN foram negativamente correlacionados aos conteúdos de nitrogênio insolúvel em detergente ácido das forragens (r = -0,986). O guandu foi a pior forrageira quanto ao aproveitamento dos componentes estruturais. Resumo em inglês The experiment was conducted to evaluate the ruminal pH and ammonia concentration (N-NH3) in rumen liquor collected at 3, 6 and 12 hours after feeding using four ruminal fistulated European x Zebu steers. The forage leaves: stems ratio and neutral detergent fiber (NDF) and acid detergent fiber in situ ruminal degradability of the leaflets from three tropical legumes (leucaena, Leucaena leucocephala; pigeon pea, Cajanus cajan; and glycine, Neonotonia wightii) and leaves fr (mais) om two others tropical forages (ramie, Boehmeria nivea and cassava, Manihot esculenta) were also studied. Samples of 3 g (pigeon pea, glycine and ramie) or 5 g (leucaena and cassava) of the material were incubated in the rumen of the animals for periods of 3, 6, 12, 18, 24 and 48 hours. A split-plot design was used, in which plots were the forages and split plots were the six periods of ruminal incubation of the material, and the four animals were considered blocks. Ruminal pH and N-NH3 values probably allowed an adequate microbial fermentation. Forage leaves:stems ratio was variable among them and comparing to the literature. The forages NDF effective degradabilities (ED) were around 50%, being lower for pigeon pea leaflets (19.25%), which also demonstrated the lowest degradation rate (2.5%/h) and potential degradability (57.76%). ED values for NDF were negatively correlated to forages acid detergent insoluble nitrogen contents (r = -0.986). Pigeon pea was the worst forage concerning to the use of structural components.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Degradabilidade ruminal da matéria seca, da proteína bruta e da fração fibrosa de silagens de milho, de sorgo e de Brachiaria brizantha/ Ruminal degradability of dry matter, crud protein, and fiber fraction of silages of corn, sorghum, and Brachiaria brizantha

Pires, A.J.V.; Reis, R.A.; Carvalho, G.G.P.; Siqueira, G.R.; Bernardes, T.F.; Ruggieri, A.C.; Roth, M.T.P.
2010-04-01

Resumo em português Avaliou-se a degradação da matéria seca (MS), da proteína bruta (PB), da fibra em detergente neutro (FDN), da fibra em detergente ácido (FDA) e da hemicelulose das silagens de milho, de sorgo e de Brachiaria brizantha. Foram utilizados três novilhos Nelore, machos, fistulados no rúmen, com média de peso de 200kg. Em cada animal foram incubadas amostras das três silagens nos tempos de 0, 6, 12, 24, 36, 48, 72 e 96 horas. Para as degradabilidades potencial e efetiv (mais) a da MS (taxa de passagem no rúmen de 5%/h), a silagem de milho foi a que apresentou valores mais altos, 80,1 e 56,7%, respectivamente, seguida da silagem de sorgo, 73,0 e 45,3%, e da silagem de Brachiaria, 60,8 e 33,7%. Para a PB, o maior valor de degradabilidade foi verificado para a silagem de milho, 87,0%, seguida das silagens de sorgo, 81,8%, e de Brachiaria, 75,2%. A degradabilidade da FDN foi maior para as silagens de milho e sorgo. Para FDA, a silagem de sorgo apresentou perfil de degradação menor que a silagem de milho. Os resultados sugerem melhor qualidade da silagem de milho, seguida pela do sorgo e pela de Brachiaria. Resumo em inglês The experiment evaluated the degradation of the dry matter (DM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), and hemicellulose of silages of corn, sorghum and Brachiaria brizantha. Three steers averaging 200kg bw were rumen fistulated. In each animal, the three silages were incubated for 0, 6, 12, 24, 36, 48, 72, and 96 hours. For the potential degradability and the effective degradability (passage rate 5%/h) the corn silage presented th (mais) e highest values, 80.1 and 56.7%, respectively, followed by the sorghum silage (73.0 and 45.3%), and the Brachiaria silage (60.8 and 33.7%). For CP, the highest degradability value was also verified for the corn silage (87.0%), followed by the sorghum silage (81.8%), and Brachiaria silage (75.2%). For NDF, the highest degradability values were also verified for the corn and sorghum silages. However, for ADF, the sorghum silage presented degradation profile lower than the corn silage. The results suggest a better quality of the corn silage, followed by sorghum and Brachiaria silages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Exigências de proteína de bovinos anelorados em pastejo/ Protein requirements of grazing Zebu steers

Moraes, Eduardo Henrique Bevitori Kling de; Paulino, Mário Fonseca; Moraes, Kamila Andreatta Kling de; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Figueiredo, Darcilene Maria de; Couto, Victor Rezende Moreira
2010-03-01

Resumo em português Objetivou-se determinar as exigências proteicas de bovinos anelorados sob pastejo em cinco piquetes de Brachiaria decumbens. Utilizaram-se 27 animais não-castrados, com peso corporal (PC) médio inicial de 311,0 kg e idade média de 14 meses. Três animais foram abatidos após o período de adaptação para servirem como referência para as estimativas do peso de corpo vazio (PCVZ) e da composição corporal iniciais dos animais mantidos no experimento. Dos 24 animais r (mais) estantes, quatro foram designados ao grupo mantença, que teve tempo de pastejo restrito. Os 20 demais foram distribuídos em quatro tratamentos: mistura mineral, autocontrole e duas frequências de alimentação: três vezes/semana (às segunda, quartas e sextas-feiras) ou diariamente. As exigências líquidas de proteína para ganho diminuíram com o aumento do peso vivo (PV) dos animais. A exigência líquida de proteína encontrada para um animal com peso corporal de 250 kg foi de 153,71 g/kg GPCVZ, enquanto para um animal de 400 kg foi de 141,86 g/kg GPCVZ. A seguinte equação foi obtida para estimativa da proteína retida em relação ao ganho de peso vivo em jejum (GPVJ) e da energia retida (ER): PR (g/dia) = -34,6109 + 257,956*GPVJ – 17,01*ER. As exigências de proteína metabolizável estimadas para mantença e ganho de peso foram de 357,77 e 288,33 g/kg PC, respectivamente, para um bovino não-castrado de 400 kg de PC sob pastejo. Animais que consomem suplementos proteicos apresentam maiores exigências de proteína degradável no rúmen (PDR) em comparação a animais sem suplementação, em virtude do maior consumo de nutrientes digestíveis totais. Para um animal de 400 kg de PV sob suplementação, as exigências de proteína degradável no rúmen e proteína não-degradável no rúmen são de 764,22 e 73,89, respectivamente, que correspondem à exigência de proteína bruta de 838,10 g/dia. Resumo em inglês The objective of this study was to determine the protein requirements of Zebu sterrs grazing grazing five Bracharia decumbens paddocks. Twenty-seven steers averaging initial body weight (BW) of 311.0 kg and 14 months old were used. Three animals were slaughtered after the adaptation peiod to serve as reference for the estimate of empty body weight (EBW), and the initial body composition of the animals kept in the experiment. Among the 24 remaining animals, four were place (mais) d in the maintenance group, with restricted grazing time. The other 20 were allotted to four treatments: mineral mixture, self-feed and two feeding frequencies (three times a week, Monday, Wednesday and Friday, or daily. The net protein requirements for gain decreased as body weight increased. The protein requirement detected for an animal with 250 kg BW was 153.71 g/kg EBW, while for an animal of 400 kg live weight it was 141.86 g/kg EBG. The following equation was obtained to estimate the retained protein (RP) in function of the fasting live weight gain (LWG) and the retained energy (RE): RP = -34.6109 + 257.956*LWG – 17.01*RE. The metabolizable protein requirements estimated for maintenance and gain were 357.77 and 288.33 g/kg BW, respectively, for a 400 kg BW grazing steer. The animals fed protein supplementation presented greater degradable protein requirements in the rumen than non-supplemented animals, due the greater intake of total digestible nutrients (TDN). For an animal with 400 kg BW fed protein supplementation, the daily requirements for degradable protein in the rumen and non-degradable protein are, respectively, 764.22 and 73.89 g that corresponded to a crude protein requirement of 838.10 g/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Efeito do tanino na degradabilidade in situ da matéria seca e da proteína bruta de seis genótipos de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) ensilados no estádio de grão pastoso/ Effect of tannin on in situ degradability of the dry matter and crude protein of six sorghum silage genotypes (Sorghum bicolor (L.) Moench), harvested at dough stage

Molina, L.R.; Rodriguez, N.M.; Gonçalves, L.C.; Borges, I.; Sousa, B.M.
2003-04-01

Resumo em português Para avaliar o efeito da presença de tanino sobre os parâmetros de degradabilidade in situ da matéria seca e da proteína bruta de seis genótipos de sorgo, ensilados no estádio de grão pastoso, foram utilizados quatro novilhos, canulados no rúmen, com peso vivo médio de 350kg, alimentados duas vezes ao dia com feno de Tifton 85. Os genótipos de silagem de sorgo utilizados foram: BR 303, BR 304, BR 601 e AG 2006 (sem tanino no grão) e BR 700 e BR 701 (com tanino (mais) no grão). Cinco gramas de cada amostra de silagem foram acondicionados em bolsas de náilon (15x8cm, 50mim) e suspensas no rúmen, utilizando os tempos de incubação de 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas. Foi calculada a fração solúvel no tempo zero (t0). Concluiu-se que o tanino no grão das silagens de sorgo testadas não afetou a média de desaparecimento com 96 horas de incubação. A presença de tanino em sorgos ensilados no estádio de grão pastoso foi capaz de inibir somente a degradabilidade potencial da MS. Não houve efeito negativo do tanino para as silagens de sorgo BR 700 e BR 701 sobre os parâmetros de degradabilidade potencial e taxa de degradação da proteína bruta. Resumo em inglês The experiment was conducted to evaluate the effect of tannin on in situ degradability parameters of the dry matter and crude protein of six sorghum silage genotypes, harvested in the dough stage of maturation. Four steers canulated in the rumen were fed twice a day, ad libitum, with Cynodon dactylon hay. The sorghum silage genotypes were: BR 303, BR 304, BR 601 e AG 2006 (without tannin in grain) and BR 700 e BR 701 (with tannin in grain). Five grams of each sample were (mais) introduced into nylon bags, and incubated for 6, 12, 24, 48, 72, and 96 hours. The time zero (t0) was used to calculate soluble fraction. No effects of tannin in grain on mean disappearance of dry matter and on crude protein at 96 hours of incubation were observed. The tannin in grain was capable to decrease the potential degradability of dry matter on sorghum silages BR 700 and BR 701, harvested at dough stage. There was not negative effect of tannin in silages of BR 700 and BR 701 on the parameters of potential degradability and degradation rate of the crude protein.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Intoxicação por Baccharis megapotamica var. weiriiem ovinos/ Spontaneous Baccharis megapotamica var. weirii poisoning in sheep

Pedroso, Pedro M.O.; Bandarra, Paulo M.; Feltrin, Cristiano; Gomes, Danilo C.; Watanabe, Tatiana T.N.; Ferreira, Hugo H.; Driemeier, David
2010-05-01

Resumo em português As intoxicações por Baccharis coridifolia afetam especialmente animais de fazenda famintos ou curiosos e que não haviam tido contato prévio com a planta. B. coridifolia ocorre usualmente em terrenos secos de coxilhas no Rio Grande do Sul e estados ou países vizinhos. Uma forma indistinguível e esporádica da doença tem sido associada com a ingestão de Baccharis megapotamica que ocorre em áreas úmidas. Relata-se a intoxicação natural de quatro cordeiros após i (mais) ngestão de Baccharis megapotamica var. weirii. A doença foi observada em uma propriedade localizada em Barra do Ribeiro, Rio Grande do Sul. O rebanho era composto por 220 ovinos, os quais eram mantidos em área de pastagem nativa sem qualquer suplementação. Uma rápida doença clínica caracterizada por anorexia, cólica, diarréia e desidratação causou a morte de três cordeiros em um período de 8 a 24 horas, o outro foi encontrado morto. A necropsia revelou alterações significativas no rúmen, no qual havia edema de serosa e hemorragias equimóticas na submucosa. Microscopicamente, o rúmen apresentou edema de submucosa, além de edema, tumefação, vacuolização e necrose de mucosa. O diagnóstico foi fundamentado nos achados clínicos, patológicos e epidemiológicos. Resumo em inglês Spontaneous poisoning of livestock by Baccharis coridifolia affects mostly hungry or curious animals that have not entered in contact with the plant previously. The plant occurs usually in dried hilly soils of Rio Grande do Sul and neighboring states or countries. An indistinguishable and sporadic form of the disease has been associated with the ingestion of Baccharis megapotamica, a species occurring in moist areas. This communication reports the spontaneous poisoning of (mais) four lambs after ingestion of B. megapotamica var. weirii. Clinical signs were observed in three lambs, the other was found dead. A rapid clinical disease characterized by anorexia, colic, dehydration, and diarrhea resulted in death after 8-24 hours. Necropsy revealed significant changes in the rumen, in which serosal edema, and submucosal echimotic hemorrhages were observed. Microscopically, the rumen showed submucosal edema and mucosal tumefaction, vacuolization, and necrosis. Diagnosis was based on clinical, pathological and epidemiological findings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Níveis de concentrado em dietas de novilhos mestiços F1 Simental x Nelore: 2. Balanço nitrogenado, eficiência microbiana e parâmetros ruminais/ Concentrate levels in the crossbred F1 Simental x Nellore bulls diets.: 2. Nitrogenous balance, microbial efficiency and ruminal parameters

Tibo, Gilson Camargo; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Silva, José Fernando Coelho da; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Leão, Maria Ignez; Cecon, Paulo Roberto; Sampaio, Ricardo Linhares
2000-06-01

Resumo em português Foram avaliados os efeitos dos níveis de concentrado nas rações sobre a eficiência de síntese microbiana, o balanço de compostos nitrogenados, a concentração de amônia e o pH do fluido ruminal, a taxa de passagem da digesta ruminal e as perdas endógenas de compostos nitrogenados (N). Foram utilizados cinco novilhos F1 Simental x Nelore, não-castrados, fistulados no rúmen, abomaso e íleo, alimentados à vontade com dietas que continham 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; (mais) e 75,0% de concentrado e distribuídos em delineamento quadrado latino 5x5. As concentrações de amônia e o pH ruminal foram determinados em amostras de fluido ruminal coletadas imediatamente antes do fornecimento das rações e 2; 4; 6; e 8 horas após. A taxa de passagem foi determinada pelo modelo unicompartimental, utilizando-se o óxido crômico como indicador. A eficiência de síntese microbiana, expressa em relação à matéria orgânica degradada no rúmen (MODR), aos carboidratos totais degradados no rúmen (CHODR) e ao NDT, foi influenciada quadraticamente pelos níveis de concentrado na dieta, estimando-se valores máximos de 41,22 gNmic/kg MODR, 39,89 gNmic/kg CHODR e 17,33g PBmic/100 g NDT, estimados para 52,16; 60,44; e 56,63% de concentrado na dieta, respectivamente. Quando expressa em MSmic/kg CHODR, a eficiência aumentou linearmente com o nível de concentrado. Foram estimados valores de 5,15 g N/kg MS ingerida para o nitrogênio metabólico fecal e 422 mg N/kg0,75 para as perdas endógenas totais. As concentrações máximas de amônia para todos os tratamentos ocorreram a 3,6 horas após o fornecimento da ração. As taxas de passagem de 0,052; 0,052; 0,055; 0,055; e 0,042.h-1 foram verificadas para os tratamentos com 25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% de concentrado, respectivamente. A máxima eficiência microbiana foi obtida entre 52 e 60% de concentrado. Resumo em inglês The effects of dietary concentrate levels were evaluated on the microbial synthesis efficiency, the nitrogenous compounds balance, the ammonia concentrations and the ruminal fluid pH, the ruminal digesta passage rate and the endogenous losses of nitrogen compounds (N). Five F1 Simental x Nellore bulls fistulated in the rumen, abomasum and ileum, full fed diets with 25.0; 37.5; 50.0; 62.5; and 75.0% of concentrate and allotted to 5x5 Latin square, were used. The ammonia co (mais) ncentrations and the ruminal pH were determined in ruminal fluid samples immediately collected before and 2; 4; 6; and 8 hours after feeding. The unicompartimental model, using chromic oxide as indicator, determined the passage rate. The microbial synthesis efficiency, express in relation to the organic matter degraded in the rumen (OMDR), to the total carbohydrates degraded in the rumen (CHODR) and to TDN, was influenced in quadratic way by the concentrate levels in the diet, estimating maximum values of 41.22 gNmic/kg OMDR, 39.89 gNmic/kg CHODR and 17.33g CPmic/100 g NDT, estimated for 52.16, 60.44, and 56.63% of concentrate in the diet, respectively. When express in DMmic/kg CHODR, the efficiency linearly increased as the concentrate level increased. Values of 5.15 g N/kg ingested DM for the fecal metabolic nitrogen and 422 mg N/kg0,75 for the total endogenous losses were estimated. The maximum ammonia concentrations for all treatments were observed at 3,6 hours after feeding. The passage rates of .052, .052, .055, .055, and .042.h-1 were obtained for all treatments with 25.0, 37.5, 50.0, 62.5, and 75.0% of concentrate, respectively. The maximum microbial efficiency ranged from 52 to 60% of concentrate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Avaliação de ionóforos pela técnica da perda do potássio celular e produção de gases in vitro/ Ionophores evaluation by intracellular potassium depletion and in vitro gas production

Leopoldino, W.M.; Lana, R.P.; Eifert, E.C.; Arcuri, P.B.; Mantovani, H.C.; Martins, R.G.R.
2007-12-01

Resumo em português Dois estudos foram realizados com vacas lactantes utilizadas como unidade experimental e doadoras de líquido ruminal, sendo as populações de bactérias utilizadas para avaliar a ação de níveis crescentes de lasalocida e monensina na resistência à perda de potássio intracelular, e para produção de gases in vitro. A perda de potássio (Kmax) da lasalocida foi menor para a população de bactérias obtidas do líquido de rúmen de vacas submetidas a dietas com mon (mais) ensina, óleo de soja e monensina mais óleo de soja (19,4 a 25,4%) quando comparada com a perda de potássio em vacas submetidas a dietas sem ionóforo e óleo de soja (30,1%). O mesmo ocorreu para a perda de potássio da monensina, em que o menor valor foi de 6,5% para monensina mais óleo e o maior, de 29,5%, para o controle. Necessita-se de alta concentração de monensina (Kd= 2,3µM), porém baixa de lasalocida (Kd= 0,2µM) para causar a metade da perda máxima de potássio intracelular da população de bactérias do rúmen de vacas submetidas a dietas com monensina. As populações de bactérias de vacas submetidas às dietas com monensina foram sensíveis à lasalocida. As amostras incubadas com própolis produziram menor volume de gases (12,9ml/100g de MS). Resumo em inglês Two studies were carried out with lactating cows as experimental units and ruminal fluid donors. The ruminal bacteria population was used to evaluate the action of increasing levels of lasalocid and monensin on resistance of intracellular potassium depletion and in vitro gas production intracellular depletion potassium (Kmax) of lasalocid was lower to ruminal bacteria population obtained from rumen of cows fed diets with monensin, soybean oil and monensin plus soybean oil (mais) (19.4 to 25.4%) when compared to cows fed with control diet (30.1%). The same occurred for intracellular depletion potassium (Kmax) of monensin, in which the lowest value was 6.5% to monensin plus soybean oil and the greatest was 29.5% to control. High monensin concentration (Kd= 2.3µM) and low lasalocid concentration (Kd= 0.2µM) were necessary to cause half of maximum potassium depletion in ruminal bacteria population from cows fed diet with monensin. The ruminal bacteria population from cows feed diet with monensin were sensible to lasalocid. In vitro gas production showed the lowest volume when diets were incubated with propolis (12,9ml/100g of DM).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Produção Microbiana e Parâmetros Ruminais de Novilhos Alimentados com Dietas Contendo Vários Níveis de Concentrado/ Microbial Production and Ruminal Parameters in Bullos Fed Diets Containing Different Concentrate Levels

Ítavo, Luís Carlos Vinhas; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Silva, Fabiano Ferreira da; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Leão, Maria Ignez; Cecon, Paulo Roberto; Ítavo, Camila Celeste Brandão Ferreira; Moraes, Eduardo Henrique Bevitori Kling de; Rennó, Luciana Navajas; Paulino, Pedro Veiga Rodrigues
2002-06-01

Resumo em português Objetivou-se estudar a eficiência de síntese microbiana e parâmetros ruminais em bovinos. Foram utilizados cinco bovinos da raça Nelore, não-castrados, com 165 kg, fistulados no rúmen, abomaso e íleo. O delineamento foi em blocos casualizados com cinco períodos de coleta e quatro tratamentos. Os tratamentos consistiram de quatro níveis de concentrado na dieta (20, 40, 60 e 80%). O volumoso utilizado foi feno de capim-Tifton 85 (Cynodon dactylon (L.) Pers.). As di (mais) etas foram isonitrogenadas com 15% de proteína bruta. O indicador microbiano utilizado foi as bases purinas. As análises estatísticas do pH ruminal e das concentrações de N-NH3 foram realizadas em esquema de parcelas subdivididas, tendo na parcela os tratamentos e na subparcela o tempo de coleta. As médias para compostos nitrogenados totais presentes no abomaso e N microbiano foram 68,58 e 60,75 g/dia, respectivamente. A quantidade de carboidratos totais degradados no rúmen (CHODR) foi 1,37 kg/dia. Foi observado para a eficiência microbiana valor de 392,4 g MS microbiana/kg CHODR. A composição de bactérias e a eficiência de síntese microbiana não foram influenciadas pelo nível de concentrado das dietas. Resumo em inglês It was aimed to study the efficiency of microbial synthesis and ruminal parameters in bovine. It were used five 165 kg growing no-castrated Nellore bulls, rumen, abomasum and ileum fistulated.A randomized blocks design with four treatments and five collection periods was used. The treatments consisted of four concentrate levels (20, 40, 60 and 80%). The roughage used was Tifton 85' (Cynodon dactylon (L.) Pers.) Bermudagrass hay. The diets were isonitrogen with 15% of crud (mais) e protein. The microbial marker used was purine basis. The averages for total compound nitrogen in the abomasum and microbial nitrogen were 68.58 and 60.75 g/day, respectively. The amount total rumen carbohydrates degraded (CHODR) was 1.37 kg/day. It was observed for microbial efficiency 392.4 g DM microbial/kg CHODR. The bacterial composition and efficiency microbial synthesis were not affected by the concentrate level of the diets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Cinética ruminal do feno de Stylosanthes guianensis/ Ruminal kinetics of Stylosanthes guianensis hay

Ladeira, M.M.; Rodriguez, N.M.; Gonçalves, L.C.; Borges, I.; Benedetti, E.; Brito, S.C.; Sá, L.A.P.
2001-04-01

Resumo em português Sete carneiros fistulados no rúmen e no duodeno foram alojados em gaiolas metabólicas e alimentados com feno de Stylosanthes guianensis à vontade. Foi empregada a técnica de sacos de náilon para determinação da degradabilidade in situ do feno, utilizando-se os tempos de 3, 6, 12, 24, 48 e 72 horas para as retiradas dos sacos do rúmen. A taxa de passagem dos sólidos foi determinada utilizando-se cromo mordante como indicador. Os valores de pH no líquido ruminal f (mais) oram medidos nos tempos de 0, 2, 4, 6 e 8 horas após a alimentação e a concentração de amônia nos tempos de 0, 1, 3, 5, 7, 9 e 11 horas após a alimentação. A taxa de degradação da matéria seca (MS) foi de 8,5%/h, a degradabilidade potencial 38,1% e a degradabilidade efetiva 30,3%. A taxa de degradação da proteína bruta (PB) foi de 9,7%/h, a degradabilidade potencial 56,0% e a degradabilidade efetiva 47,5%. A celulose apresentou maior degradabilidade efetiva que a hemicelulose, com valores de 22,5 e 8,9%, respectivamente. A taxa de passagem dos sólidos foi 2,7%/h. O pH diminuiu linearmente à medida que os tempos de coleta aumentaram. Para o tempo de 5,13 horas após a alimentação, foi estimada a concentração máxima de amônia de 12,18mg/100ml. O feno de S. guianensis apresentou alta taxa de degradação e baixa degradabilidade ruminal da MS e PB. Resumo em inglês Seven rumen and duodenal cannulated lambs, were allocated in metabolic cages and were fed ad libitum with Stylosanthes guianensis hay. The in situ technique was used for determination of the degradability of the hay, at 3, 6, 12, 24, 48 and 72 hours of incubation. The passage rate of solids was determined using chromium mordant as external marker. The pH of the rumen liquid was measured at 0, 2, 4, 6 and 8 hours after feeding and the ammonia concentration at 0, 1, 3, 5, 7 (mais) , 9 and 11 hours after feeding. The degradation rate, the potential degradability, and the effective degradability of dry matter (DM) were 8.5%/h, 38.1% and 30.3%, respectively. The degradation rate of crude protein (CP) was 9.7%/h, the potential degradability was 56.0% and the effective degradabilty was 47.5%. The cellulose presented larger effective degradability than hemicellulose, with the respective values of 22.5% and 8.9%. The passage rate for solids was 2.7%/h. The pH decreased linearly with time of rumen fluid sampling. For the time of 5.13 hours after feeding, the highest ammonia concentration (12.18 mg/100ml) was observed. The S. guinanensis hay showed high degradation rates and low ruminal degradability of DM and CP.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Intoxicação por Baccharidastrum triplinervium (Asteraceae) em bovinos/ Poisoning in cattle by Baccharidastrum triplinervium (Asteraceae)

Langohr, Ingeborg Maria; Gava, Aldo; Barros, Claudio S.L.
2005-12-01

Resumo em português É descrito um surto de intoxicação por Baccharidastrum triplinervium em bovinos do Paraná, Brasil. A doença ocorreu no início do verão, durante um período de forte estiagem. Os sinais clínicos iniciaram dois dias após a introdução de 50 vacas e 8 novilhas em uma pastagem com alta densidade de B. triplinervium, que apresentava sinais de ter sido consumido pelos animais. Adoeceram 15 bovinos (9 vacas e 6 novilhas). Desses, morreram duas vacas e quatro novilhas a (mais) pós um curso clínico de 12 a 60 horas. O quadro clínico incluía prostração, atonia ruminal, timpanismo moderado, desidratação acentuada, diarréia e anorexia. Os animais ficavam inquietos, se deitavam e se levantavam constantemente, permanecendo cada vez mais tempo deitados em decúbito esternal. Uma vez nessa posição, manifestavam gemidos e mantinham a cabeça estendida ou voltada para o flanco. Adicionalmente, observou-se nas vacas queda abrupta da produção de leite. Os demais bovinos afetados apresentaram sinais clínicos mais leves, voltando a ingerir um pouco de alimento já no dia seguinte ao aparecimento dos sinais clínicos; a produção de leite voltou aos níveis normais uma semana após. As principais lesões macroscópicas, em dois animais necropsiados, foram observadas principalmente nos compartimentos gástricos. Consistiam de edema da parede do rúmen, e de avermelhamento difuso da mucosa do rúmen, do retículo, do abomaso e de algumas folhas do omaso. Histologicamente, as lesões mais importantes incluíam degeneração balonosa e necrose multifocal com infiltrado neutrofílico discreto no epitélio de revestimento do rúmen. O diagnóstico foi baseado em dados epidemiológicos e na reprodução experimental com as partes aéreas superiores (20 e 30g/kg) de B. triplinervium em três bovinos. A análise química de material seco de B. triplinervium, colhido no local do surto, foi negativa para tricotecenos macrocíclicos. Resumo em inglês An outbreak of poisoning by Baccharidastrum triplinervium in cattle from Paraná, Brazil, is described. The disease occurred during a severe drought in early summer. The onset of clinical signs was two days after 50 cows and 8 heifers had been introduced into a pasture with high density of B. triplinervium that showed signs of having been consumed by the animals. Fifteen animals (9 cows and 6 heifers) got sick. Of these 15, two cows and four heifers died after a clinical (mais) course of 12-60 hours. Clinical signs included depression, ruminal atony, moderate bloat, marked dehydration, mild diarrhea and anorexia. The animals were restless, laying down and getting up constantly, remaining progressively longer periods in sternal recumbency. Once in that position, the animals had an extended head or the head turned to one of the sides of the body, and were groaning. Additionally, the cows had an abrupt fall in milk yield. The remaining affected cattle presented milder clinical signs and were partially back to their feed on the day following the onset of the clinical signs. The milk production was back to normal values within one week. The main gross lesions observed in two necropsied cows were in the forestomachs and abomasum, consisting of edema of the ruminal wall, as well as of diffuse reddening of the mucosae of the rumen, reticulum, abomasum and of some of the omasal folds. The main histological lesions included multifocal ballooning degeneration and necrosis of the lining epithelium of the rumen, associated with neutrophilic infiltrate. The diagnosis was based on the epidemiological data and on the experimental reproduction of the disease by force-feeding 3 bovine with the aeral fresh parts (20 and 30g/kg) of B. triplinervium. Chemical analysis of dried material from B. triplinervium harvested at the site of the outbreak was negative for macrocyclic trichothecenes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Fontes de lipídio e monensina sódica na fermentação, cinética e degradabilidade ruminal de bovinos/ Lipid and sodic monensin sources in the rumen fermentation, kinetics and degradability

Valinote, Amaury Camilo; Nogueira Filho, José Carlos Machado; Leme, Paulo Roberto; Silva, Saulo da Luz e; Cunha, José Aparecido
2006-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a degradabilidade, a fermentação e a cinética ruminal de dietas com caroço de algodão ou sal de cálcio de ácidos graxos, como fontes de gordura, acrescidos de monensina sódica, e verificar o efeito da última em dietas com caroço de algodão. Quatro novilhos Nelore, canulados no rúmen, foram submetidos a um experimento em delineamento quadrado latino 4x4. Os tratamentos consistiram de três dietas com monensina (sal de cálc (mais) io graxo, caroço de algodão e controle) e uma dieta com caroço de algodão sem monensina. Os períodos de incubação foram de 0, 3, 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas, e o líquido ruminal foi colhido nos horários 0, 1,5, 2, 3, 4, 6, 8, 12 e 24 horas depois da alimentação. As dietas com caroço de algodão apresentaram maior degradabilidade da fibra em detergente neutro e maior teor de proteína bruta. A dieta com caroço de algodão e monensina apresentou maior taxa de passagem líquida e turnover ruminal. Não houve diferença entre as dietas quanto ao pH, amônia ruminal e ácidos graxos voláteis. As fontes de gordura, sal de cálcio de ácidos graxos e caroço de algodão não apresentaram efeito deletério no rúmen. A utilização de monensina afeta a degradabilidade, a cinética e a fermentação ruminal, quando se utiliza caroço de algodão na dieta. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate degradability in the rumen, fermentation and kinetics of diets with whole cottonseed or calcium salt of fatty acid, used as fat sources, with sodium monensin, as well as to verify the monensin effect on diet with cottonseed. Treatments consisted of three diets with monensin (control, calcium salt of fatty acid and cottonseed) and one diet with cottonseed without monensin. The incubation periods were 0, 3, 6, 12, 24, 48, 72 and 96 (mais) hours, and the ruminal liquid was sampled 0, 1.5, 2, 3, 4, 6, 8, 12 and 24 hours after feeding. Diets with cottonseed showed the highest degradability of the neutral detergent fiber and crude protein. Diets containing cottonseed with monensina showed the highest liquid passage and turnover. There were no differences, between the diets, related to ruminal pH, ammonia and volatile fatty acids. The fat sources, calcium salt of fatty acid and whole cottonseed, showed no deleterious effects of the fat on the rumen environment. The inclusion of monensin affects the degradability, rumen kinetics and fermentation, when high concentrate diets with fat as whole cottonseed is fed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Comparação de Indicadores e Metodologia de Coleta para Estimativas de Produção Fecal e Fluxo de Digesta em Bovinos/ Comparison of Markers and Collection Methodology for Fecal Production and Digesta Flow Estimates in Bovine

Ítavo, Luís Carlos Vinhas; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Silva, Fabiano Ferreira da; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Paulino, Mario Fonseca; Ítavo, Camila Celeste Brandão Ferreira; Moraes, Eduardo Henrique Bevitori Kling de
2002-07-01

Resumo em português Objetivou-se comparar a fibra em detergente ácido (FDAi) indigestível com o óxido crômico para estimar a produção de matéria seca fecal e as digestibilidades dos nutrientes de dietas de bovinos, em dois esquemas de coletas (2 ou 6 dias). Foram utilizados cinco bovinos da raça Nelore, não-castrados, com 165 kg, fistulados no rúmen, abomaso e íleo. O delineamento foi em blocos casualizados com quatro tratamentos e cinco períodos de coleta. Os tratamentos consist (mais) iram de quatro níveis de concentrado na dieta (20, 40, 60 e 80%), usando-se feno de capim-Tifton 85 como volumoso. A digestibilidade aparente da matéria seca (MS) foi menor quando estimada pelo óxido crômico, enquanto as digestibilidades da MS no rúmen e nos intestinos não diferiram entre os indicadores. Quando se comparou a metodologia de coleta (6 dias vs. 2 dias), não houve diferença para as digestibilidades totais e parciais dos nutrientes e também para a eficiência microbiana, demonstrando assim que a metodologia alternativa de dois dias de coleta pode ser utilizada para estimar a produção fecal e os fluxos de MS no abomaso e no íleo. Resumo em inglês It was aimed to compare the internal markers, indigestible neutral detergent (NDFi) and acid fiber (ADFi), and ADFi with oxide chromic to esteem the dry matter fecal production and nutrients digestibility of diets of bovine, in two outlines of collections (2 or 6 days). For the comparison among internal markers, 32 Nelore growing bulls, with 240 kg, were maintained under feedlot, receiving diets with different concentrate levels (20, 40, 60 and 80%). For the comparison am (mais) ong internal and external marker, five 165 kg Nelore growing bulls, rumen, abomasum and ileum fistulated, were used. The design was in blocks with four treatments and 5 collection periods. The treatments consisted of four concentrate levels (20, 40, 60 and 80%). The roughage used was Tifton 85 hay. The apparent digestibility of dry matter (DM) was smaller, when was estimated by oxide chromic, however the DM digestibility in the rumen and intestines did not differ among markers. When the collection methodology was compared (6 days vs. 2 days), there was not difference in all the studied variables, demonstrating the suggested alternative methodology as soon as can be used with safety for the estimates of fecal production and DM flows in the abomasum and ileum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Suplementação nitrogenada com ureia comum ou encapsulada sobre parâmetros ruminais de novilhos alimentados com feno de baixa qualidade/ Nitrogen supplement with common or coated urea on ruminal parameters of steers fed with low quality hay

Azevedo, Eduardo Bohrer de; Patiño, Harold Ospina; Silveira, André Luís Finkler da; López, Jorge; Nörnberg, José Laerte; Brüning, Gilmar
2010-03-01

Resumo em português Foi realizado um experimento de suplementação com novilhos fistulados no rúmen com o objetivo de verificar a utilização de ureia encapsulada como fonte de nitrogênio de liberação mais lenta e uniforme ao longo do tempo, bem como seu efeito sobre a degradabilidade da parede celular do feno. Os tratamentos foram: Feno + sal mineralizado (SM); Feno + suplemento proteico com ureia comum (SU); Feno + suplemento proteico com ureia encapsulada fórmula 1 (UE1); e Feno + (mais) suplemento proteico com ureia encapsulada fórmula 2 (UE2). O volumoso utilizado foi feno de Tifton (Cynodon dactylon L.) de baixa qualidade (PB: 4,62% e FDN: 83,46%). Foram realizadas medidas de pH e N-NH3 ruminais e parâmetros de degradação ruminal da FDN do volumoso. Verificou-se efeito (P0,05) da ureia comum. Os valores de pH e degradabilidade in situ não foram afetados pelos tratamentos (P>0,05), ao serem comparados os suplementados ou não suplementados com proteína degradável no rúmen e ao serem comparadas fontes de nitrogênio não proteico. A ureia encapsulada não demonstrou superioridade sobre a ureia comum, provavelmente pela baixa eficiência da sua proteção. A utilização de ureia encapsulada e a suplementação de proteína degradável não foram eficientes em aumentar a degradabilidade da parede celular do volumoso utilizado. Resumo em inglês A supplementation trial was accomplished with rumen fistulated steers with the objective of verifying the coated urea use as a source of nitrogen of slower and uniform release throughout the time, as well as its effect on cellular wall degradability. The treatments were: hay + mineral supplement; hay + protein supplement with common urea; hay + protein supplement with coated urea formula 1; hay + protein supplement with coated urea formula 2. The forage used was Tifton (C (mais) ynodon dactylon L.) hay of low quality (CP: 4.62% and NDF: 83.46%). The measures were: ruminal pH and N-NH3, rumen degradability of NDF and ruminal degradation parameters. Effect (P0.05) from the common urea. The data of ruminal pH and degradability of NDF were not affected by the treatments (P>0.05) when comparing supplemented or not supplemented diets with degradable protein and also when comparing non-protein nitrogen sources. The coated urea was not superior to the common urea, probably due low efficiency of its protection. The coated urea and the degradable protein supplementation had not been efficient in increasing the cellular wall degradability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Óleo de soja e própolis na alimentação de cabras leiteiras: consumo de matéria seca e de nutrientes e parâmetros de fermentação ruminal/ Soybean oil and propolis in the diets of dairy goats: intake of nutrients and ruminal metabolism

Lana, Rogério de Paula; Camardelli, Maíra Machado Leal; Rodrigues, Marcelo Teixeira; Eifert, Eduardo da Costa; Oliveira, Marcus Vinícius Morais de; Stradiotti Júnior, Deolindo; Oliveira, Juliana Silva de
2007-02-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a inclusão de níveis crescentes de óleo de soja (0; 1,5; 3,0; 4,5; 6,0; e 7,5% da MS), extrato etanólico de própolis (0; 1,0; 2,0; 4,0; 8,0 e 12,0 mL/animal/dia, 50% p/v de própolis moída em solução alcoólica a 70% em água) e própolis bruta moída (0; 0,5; 1,0; 2,0; 4,0 e 6,0 g/animal/dia) na alimentação de cabras leiteiras. Avaliaram-se o consumo de MS e de nutrientes e alguns parâmetros de fermentação ruminal, como pH, amônia (NH3) (mais) , ácidos graxos voláteis (AGV) e atividade específica de produção de amônia (AEPA) pela microbiota ruminal. Foram utilizadas seis cabras Alpinas fistuladas no rúmen, em seis períodos experimentais. As dietas foram compostas de 67% de silagem de milho e 33% de concentrado à base de fubá de milho e farelo de soja. Os animais foram submetidos ao tratamento controle e, em seguida, a cinco níveis crescentes de óleo de soja, extrato etanólico de própolis e própolis bruta moída utilizando-se dois animais para cada produto testado, em seis períodos experimentais. Não houve efeito de níveis de óleo de soja, extrato etanólico de própolis e própolis bruta moída sobre o consumo de MS e de nutrientes e sobre os parâmetros ruminais estudados. Sugere-se, no entanto, a realização de mais pesquisas com a adição de própolis na alimentação de ruminantes, pois existem efeitos antimicrobianos comprovados in vitro e evidências de que seu fornecimento a esses animais reduz a relação acetato:propionato e a concentração de butirato no rúmen. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the increasing levels of soybean oil (0, 1.5, 3.0, 4.5, 6.0, and 7.5% of diet dry matter), ethanolic extract of propolis (0, 1.0, 2.0, 4.0, 8.0, and 12.0 mL/animal/day) and ground crude propolis (0, 0.5, 1.0, 2.0, 4.0, and 6.0 g/animal/day) on intake and ruminal metabolism (pH, ammonia N, VFA, and specific activity of ammonia production) in dairy goats. Six ruminally fistulated female Alpine goats were used in a completely rando (mais) mized design with six experimental periods and two animals per treatment. Diets contained 67% of corn silage and 33% of concentrate composed by ground corn and soybean meal. There was no effect of the increasing levels of soybean oil, ethanolic extract of propolis and ground crude propolis on the measured variables. More research with propolis is needed because of its anti-microbial effects in vitro and its effects on reducing the acetate:propionate ratio and the butyrate concentration in the rumen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Alterações morfológicas induzidas por butirato, propionato e lactato sobre a mucosa ruminal e epiderme de bezerros: II. Aspectos ultra-estruturais/ Lactate, propionate, and butyrate induced morphological alterations on calf ruminal mucosa and epidermis: II. Ultra-structurals aspects

Costa, S.F.; Pereira, M.N.; Melo, L.Q.; Caliari, M.V.; Chaves, M.L.
2008-02-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de ácidos graxos voláteis (AGV) sobre a integridade do epitélio no rúmen, no plano nasolabial, na epicera e no perioplum traseiro e dianteiro de bezerros e validou-se a feitura de biópsias tegumentares como indicadores de alterações morfológicas da mucosa ruminal. Dezessete bezerros, com sonda no rúmen, receberam infusões intra-ruminais de AGV ou salina, durante 37 dias. Aos 89 dias de vida, após o abate, foram colhidas amostras dos tecidos. (mais) Os AGV aumentaram a área de epitélio total e a área de células metabolicamente ativas no epitélio ruminal, embora o butirato não tenha induzido ao desenvolvimento papilar. A área de epitélio não queratinizado no plano nasolabial foi reduzida pela infusão de AGV. Butirato e lactato foram mais indutores de alterações patológicas no epitélio ruminal. Não foram observadas lesões histológicas nos epitélios do plano nasolabial, da epicera e do perioplum, mostrando que essas são conseqüências do efeito direto dos AGV sobre o epitélio ruminal. Os efeitos indireto e direto dos AGV sobre a morfologia dos tecidos epiteliais queratinizados não foram iguais. Biópsias tegumentares podem ter utilidade como indicadores de alterações morfológicas da mucosa ruminal. Resumo em inglês The effect of volatile fatty acids (VFA) on rumen wall, epidermis of nasolabial surface, perioplum, and epicera of calves was evaluated. The experiment also aimed to validate the procedure of tegument biopsies as indicators of ruminal mucosa alterations. Seventeen neonatal calves with foley catheters received intraruminal infusions of VFA or saline, during 37 days. At 89-day-old, the animals were slaughtered and tissue samples were collected from rumen, nasolabial surface (mais) , epicera, and perioplum from face and hindquarters. VFA infusion increased total epithelium area and metabolically active ruminal cell area; although butirate did not induce the papilar development. The effect of nasolabial surface VFA infusion was the opposite to that observed in the rumen. No histological lesion was observed on nasolabial surface, epicera, and perioplum, demonstrating that these are consequences of VFA direct effect on ruminal epithelium. Butyrate and lactate induced more alterations on the ruminal epithelium. Indirect and direct VFA effects on keratinized epithelium tissues morphology were not identical. Tegumentary biopsies may be useful as indicators of morphological alterations of ruminal mucosa.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Metabolismo mineral em bubalinos com ingestões de diferentes níveis de fósforo/ Mineral metabolism in buffaloes fed different phosphorus levels

Souza, Nedilse Helena de; Franzolin, Raul; Soares, Weber Vilas Bôas
2009-06-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os efeitos da ingestão diária de quatro níveis de fósforo (8, 12, 15 e 18 g) sobre o metabolismo de macrominerais (P, Ca, Mg, Na, K e S), incluindo a ingestão, a concentração no rúmen, a taxa de passagem do líquido ruminal, a excreção nas fezes e a disponibilidade aparente. Utilizaram-se quatro bubalinos adultos com fístulas ruminais em delineamento quadrado latino (4 × 4) com dieta total constituída de cana-de-açúcar como volumoso (85 (mais) %) e concentrado formulado com um dos níveis de fósforo. Os níveis de fósforo não ocasionaram diferença significativa na concentração mineral no rúmen de nenhum mineral estudado. A concentração média de fósforo no conteúdo ruminal foi de 0,98% na matéria seca, enquanto o teor de fósforo nas rações variou de 0,12 a 0,34%, comprovando alta reciclagem de fósforo pela saliva. Níveis crescentes de fósforo na dieta, variando de 8 a 18 g/animal/dia, não influenciam as disponibilidades de cálcio e magnésio. Com o nível de fósforo de 15 g/dia, houve melhor utilização do fósforo da dieta. A ingestão de níveis crescentes de fósforo em g/kg0,75 (X) promoveu aumento linear na excreção fecal desse mineral em g/kg0,75 (Y) e baixos valores de disponibilidade do fósforo, que pode ser estimado pela equação Y = 0,03 + 0,610X, o que indica deficiência desse elemento mineral na dieta para o metabolismo animal. Resumo em inglês The objective was to evaluate the effects of daily intake of four levels of phosphorus (8, 12, 15 and 18 g) on the metabolism of macro minerals (Ca, P, Mg, Na, K and S), including the intake, concentration in rumen, ruminal fluid passage rate, excretion in feces and apparent availability. Four rumen-fistulated buffaloes were allotted to a 4 × 4 Latin Square, with total diet composed by sugar cane as forage (85%) and concentrate formulated for each different phosphorus le (mais) vels. Phosphorus levels did not caused difference in mineral concentration in the rumen of any mineral studied. Mean phosphorus concentration in the rumen content was 0.98% in the dry matter basis, whereas phosphorus content in diet ranged from 0.12 to 0.34%, demonstrating high recycling of phosphorus by saliva. Increasing phosphorus levels in the diet ranging from 8 to 18 g/anim/day did not affect the calcium and magnesium availability. Better use of phosphorus of the diet was observed at the level 15 g/day of phosphorus. The intake of increasing phosphorus levels in g/kg0.75 (X) promoted a linear increase in fecal excretion of this mineral in g/kg0.75 (Y), and low phosphorus availability values, which could be estimated using the regression equation Y = 0.03 + 0.610X, that indicate deficiency of this mineral in the diet for animal metabolism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Coeficiente de digestibilidade e características ruminais de bovinos alimentados com rações contendo resíduo de cervejaria fermentado/ Digestibility coefficient and ruminal characteristics of cattle fed ration containing brewer grains

Geron, Luiz Juliano Valério; Zeoula, Lucia Maria; Erkel, Jacco Arnold; Prado, Ivanor Nunes do; Jonker, Roberto Cornelis; Guimarães, Katia Cylene
2008-09-01

Resumo em português Avaliaram-se os coeficientes de digestibilidade (CD) parcial e total dos nutrientes, o pH, a concentração de nitrogênio amoniacal (N-NH3) do líquido ruminal e a eficiência de síntese microbiana em bovinos alimentados com rações contendo 0; 8; 16 e 24% de resíduo de cervejaria fermentado (RCF). O resíduo de cervejaria foi conservado em silo de superfície (5.000 kg). Foram utilizados quatro bovinos da raça Holandesa com peso corporal de 480 ± 100 kg, portadores (mais) de cânula ruminal e duodenal, distribuídos em delineamento quadrado latino 4 × 4. O consumo médio de MS pelos animais foi de 1,7% do peso corporal (PC). Os coeficientes de digestibilidades total e ruminal dos nutrientes não diferiram entre os níveis de RCF utilizados nas rações. Os níveis de RCF nas rações tiveram efeito linear crescente sobre o coeficiente de digestibilidade intestinal de matéria seca e carboidratos totais, calculado em porcentagem do que chegou ao compartimento. Não houve efeito dos níveis de RCF nas rações sobre o pH e a concentração de N-NH3 do líquido ruminal. Os níveis de RCF nas rações não influenciaram a eficiência de síntese microbiana em g N-Mic/kg de matéria orgânica aparentemente degradável no rúmen (MOADR) e da matéria orgânica verdadeiramente degradável no rúmen (MOVDR). A inclusão de até 24% do RCF na MS em rações para bovinos não altera os processos de fermentação ruminal e digestão dos nutrientes. Resumo em inglês The objective of the present study was to evaluate the partial and total digestibility coefficient (DC) of the nutrients, ruminal pH, ammonia nitrogen (N-NH3) concentration in the ruminal fluid and microbial efficiency synthesis in bovines fed rations containing 0, 8, 16 and 24% of brewers grains. The brewer grains were ensiled in surface silo (5,000 kg). Four Holstein cattle (480 ± 100 kg of body weight) fitted with ruminal and duodenal cannulas, were distributed to 4 & (mais) #215; 4 Latin square design. The mean DM intake of animals was 1.7% BW. Total and ruminal DC of the nutrients did not differ among the levels of BG used in the rations. The levels of BG in the rations showed a linearly increased on the intestinal DC dry matter and TC, as % of that reached the compartment. There was no effect of levels of BG in rations on pH and N-NH3 concentration in the ruminal fluid. The levels of RCF in diets did not affect the microbial efficiency synthesis in g N-Mic/kg of rumen apparent degradable organic matter and rumen truly degradable organic matter. The inclusion of up to 24% of BG (%DM) cattle feed does not alter the processes of rumen fermentation and digestion of nutrients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Características físico-químicas de fontes proteicas e suas interações sobre a degradação ruminal e a taxa de passagem/ Physical-chemical characteristics of protein sources and their interactions on ruminal degradation and passage rate

Queiroz, Mário Adriano Ávila; Susin, Ivanete; Pires, Alexandre Vaz; Ferreira, Evandro Maia; Mendes, Clayton Quirino; Mourão, Gerson Barreto
2010-07-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o efeito de características físicas (densidade, solubilidade, tamanho médio de partículas e capacidade de retenção de água) sobre a fração efetivamente degradada in situ da matéria seca dos farelos de soja, canola, amendoim e algodão. Avaliou-se também a taxa de passagem de sólidos utilizando-se quatro ovinos castrados da raça Santa Inês canulados no rúmen. Amostras de 100 g de cada farelo proteico marcado com dicromato de sódio foram (mais) introduzidas no rúmen, e mantidas durante seis tempos de incubação (0, 3, 6, 12, 24 e 48 horas.) Os tempos de colheita de fezes foram de 0, 9, 12, 24, 36, 48, 72 e 96 horas. Os parâmetros de solubilidade e capacidade de retenção de água modificaram a fração efetivamente degradada. A menor densidade e a maior proporção de parede celular do farelo de canola proporcionaram menor taxa de passagem dessa fonte proteica. Somente a capacidade de retenção de água influenciou a taxa de passagem de sólidos dos ingredientes avaliados. A solubilidade, a capacidade de retenção de água, o tamanho médio de partículas e a densidade devem ser utilizados na avaliação de alimentos para estudos de degradação e cinética ruminal. A introdução de novas características físicas na biblioteca de ingredientes de sistemas de avaliação de alimentos pode auxiliar na interpretação e na predição de parâmetros metabólicos. Resumo em inglês It was aimed to evaluate in this work the effects of physical characteristics (density, solubility, average particle size and water holding capacity) on in situ effective degraded fraction of the dry matter of soybean meal, canola meal, peanut meal, and cottonseed meal. It was also evaluated the passage rate of solids using four Santa Ines castrated wethers cannulated in the rumen. Samples with 100 g of each protein meal marked with sodium dichromate were put in the rumen (mais) and kept in there during six times of incubation (0, 3, 6, 12, 24, and 48 hours). Fecal collection times were 0, 9, 12, 24, 36, 48, 72 and 96 hours. Parameters of solubility and water holding capacity changed the effectively degraded fraction. The lowest density and the highest proportion of the cellular wall of canola meal provided the lowest passage rate of this protein source. Only water holding capacity influenced solid passage rate of the evaluated ingredients. The solubility, water holding capacity, average particle size and density should be used in the diet feed evaluation for degradation and ruminal metabolism studies. Introduction of new physical characteristics in the ingredient library of food evaluation system may help to interpret and to predict metabolic parameters.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Consumos e digestibilidades totais e parciais de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta e extrato etéreo em novilhos submetidos a três níveis de ingestão e duas metodologias de coleta de digestas abomasal e omasal/ Intake and total and partial digestibility of dry matter, organic matter, crude protein and ether extract of steers under three offer levels and two collection methodologies of abomasal and omasal digesta

Leão, Maria Ignez; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Rennó, Luciana Navajas; Gonçalves, Lúcio Carlos; Cecon, Paulo Roberto; Azevedo, José Augusto Gomes; Valadares, Rilene Ferreira Diniz
2004-12-01

Resumo em português Seis novilhos castrados, fistulados no rúmen e abomaso foram distribuídos em dois quadrados latinos 3x3 (três animais, três níveis de oferta - 1,5; 2,0 e 2,5% PV e três períodos) para comparar as técnicas de coleta de digestas abomasal e omasal, para determinação do fluxo de nutrientes, e avaliar o efeito dos três níveis de oferta sobre os consumos e as digestibilidades aparentes totais e parciais de MS, MO, PB e EE. Os fluxos de digesta e a excreção fecal f (mais) oram estimados com óxido crômico. Os consumos de MS, MO, PB, EE e NDT apresentaram comportamento linear crescente, em função dos níveis de ingestão. O coeficiente de digestibilidade aparente total da MS diminuiu linearmente com o aumento da ingestão. A digestibilidade aparente da MS no rúmen não diferiu entre os tratamentos, apresentando média de 73,2% para as equações conjuntas. A digestibilidade total da MO apresentou comportamento linear decrescente, em função dos níveis de ingestão, e as digestibilidades ruminal e intestinal total não foram afetadas pelos tratamentos, com médias de 81,6 e 18,4%, respectivamente, para as equações conjuntas. O teste de identidade de modelos indicou diferenças entre as digestibilidades totais da PB obtidas nas diferentes metodologias. Quando se compararam as digestões no rúmen e nos intestinos, não se constatou diferença entre as metodologias. A digestibilidade total do EE não foi influenciada pelos tratamentos e apresentou valor médio de 76,3%. As digestibilidades ruminal e intestinal total do EE apresentaram comportamento linear crescente e decrescente, respectivamente, em função dos níveis de ingestão. A coleta de digesta omasal, via fístula ruminal, pode ser usada para substituir a coleta de digesta abomasal, não sendo necessária, portanto, a fistulação no abomaso, tornando o estudo dos locais de digestão um processo menos invasivo. O teor de NDT diminui com o aumento do nível de oferta de alimento. Resumo em inglês Six castrated steers fistulated in the rumen and abomasum were randomly assigned to two 3 x3 Latin squares (three animals, three intake levels [1.5 supply, 2.0 and 2.5% LW] and three periods) to compare the collection techniques for abomasal and omasal digesta in order to determine the flow as well as to evaluate the effects of the three offer levels (1.5; 2.0 and 2.5% live weight) on both intakes and total and partial apparent digestibilities of DM, OM, CP, EE and TDN. T (mais) he chromic oxide was used to estimate the digesta flows and the fecal excretion. DM, OM, CP, EE and TDN intakes showed an increasing linear behavior, according to the ingestion levels. DM total apparent digestibility coefficient decreased linearly, as ingestion levels increased. DM apparent digestibility in the rumen did not differ among treatments and averaged 73.2% for the overall equations. OM total digestibility showed decreasing linear behavior, according to the ingestion levels, whereas the ruminal and total intestinal digestibilities were not affected by the treatments (average of 81.6 and 18.4% for the overall equations, respectively). The model identity test showed some differences among the CP total digestibilities obtained by different methodologies were observed. When ruminal and intestinal digestions were compared, no differences among both methodologies were observed. EE total digestibility was not affected by the treatments, with average value of 76.3%. EE total ruminal and intestinal digestibilities exhibited both increasing and decreasing linear behaviors, respectively, as a function of the ingestion levels, showing an average value of 76.3%. EE total ruminal and intestinal digestibilities showed both increasing and decreasing linear behaviors, respectively, as a function of the ingestion levels. Omasal digesta collection, through ruminal fistula, can be used to replace abomasum fistula, becoming the study of digestion locals a less invasive process. TDN content decreased as feed offer levels increased.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Alterações morfológicas induzidas por butirato, propionato e lactato sobre a mucosa ruminal e a epiderme de bezerros: I Aspectos histológicos/ Lactate, propionate and, butyrate induced morphological alterations on calf ruminal mucosa and epidermis: I Histologycals aspects

Costa, S.F.; Pereira, M.N.; Melo, L.Q.; Resende Júnior, J.C.; Chaves, M.L.
2008-02-01

Resumo em português Dezessete bezerros foram utilizados para avaliar o efeito de ácidos graxos voláteis (AGV) sobre a morfologia ruminal, a epiderme do plano nasolabial, a epicera e o perioplum, e para validar a execução de biópsias tegumentares como indicadores de alterações da mucosa ruminal. Os animais receberam infusões intra-ruminal de butirato, propionato, lactato ou salina (controle) durante 37 dias. A insulina sorológica foi dosada no 22º dia experimental nos tempos de 0, 9 (mais) 0, 180 e 360 minutos em relação à infusão diária da manhã. No 89º dia de vida, após o abate, foram coletados fragmentos ruminais e epidérmicos. Todos os AGV induziram aumento proporcionalmente maior no peso do ruminorretículo que no peso do omaso, sendo o butirato aparentemente mais estimulador da massa do estômago aglandular. Embora o butirato tenha sido mais estimulador da secreção de insulina, os AGV foram incapazes de induzir ganho nas dimensões papilares. Os AGV aumentaram a proliferação celular nos epitélios do rúmen e do perioplum traseiro, contrariamente ao efeito sobre o plano nasolabial e a epicera. Os efeitos dos AGV sobre a morfologia da mucosa ruminal e de outros tecidos queratinizados sugerem que danos morfológicos no rúmen e cascos podem ter causa comum. Biópsias tegumentares podem ter utilidade como indicadores de alterações morfológicas da mucosa ruminal. Resumo em inglês The effect of butyrate, propionate, and lactate on ruminal wall, epidermis of nasolabial surface, perioplum, and epicera of 17 neonatal calves was evaluated. The experiment also aimed to validate the procedure and interpretation of tegument biopsies as indicators of ruminal mucosa alterations. Serum insulin was sampled on the 22nd day from the beginning of treatments, at 0, 90, 180, and 360 minutes after the morning infusion. After slaughtering, samples were collected fro (mais) m ruminal wall, nasolabial surface, epicera, and perioplum from face and hindquarters. All volatile fatty acids (VFA) induced greater increase in ruminal-reticulum proportionate weight than in omasum. Butyrate was a greater stimulator of non-glandular stomach growth. Although butyrate stimulated more insulin secretion, this VFA was not capable to induced gain on papillae area or height. The effect of nasolabial surface VFA infusion was the opposite to that observed in the rumen. VFA increased hind perioplum mitotic index, contrary to its effect on the nasolabial surface and epicera. VFA effects on ruminal mucosa morphology and on other keratinized tissues suggest that morphological damage on hoof and ruminal epithelium may have a common cause. Tegumentary biopsies may be useful as indicators of morphological alterations of ruminal mucosa.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Órgãos vitais e trato gastrintestinal de vacas de descarte mestiças Charolês x Nelore abatidas com pesos distintos/ Vital organs and gastrointestinal tract of feedlot finished Charolais x Nellore culling crossbred cows slaughtered at different weights

Kuss, Fernando; Restle, João; Brondani, Ivan Luiz; Pacheco, Paulo Santana; Silveira, Magali Floriano da; Pazdiora, Raul Dirceu; Cezimbra, Ian Machado
2007-04-01

Resumo em português Objetivou-se estudar o desenvolvimento dos órgãos vitais e do trato gastrintestinal de vacas de descarte mestiças provenientes da segunda (G2 - 3/4Charolês (C) 1/4Nelore (N) e 3/4NC) e terceira geração (G3 - 5/8CN e 5/8NC) do cruzamento rotativo Charolês × Nelore terminadas em confinamento e abatidas com 465 (T465), 507 (T507) ou 566 kg (T566). Os animais apresentaram, em média, ao início do confinamento, 8,5 anos, 388,6 kg e 2,35 pontos de escore corporal. (mais) A dieta, com relação volumoso:concentrado de 48:52, continha 12,5% de PB e 2,99 Mcal de ED/kg de MS. Entre os órgãos, o fígado apresentou maior desenvolvimento. O pulmão e o baço desenvolveram até os animais atingirem 507 kg, reduzindo aos 566 kg. O aumento do peso de abate conferiu menor participação relativa do conjunto dos órgãos vitais e trato gastrintestinal no peso vivo e no corpo vazio. Animais da terceira geração do cruzamento rotativo Charolês × Nelore apresentaram maior peso de rúmen-retículo e estômago (14,29 vs 12,30 kg e 24,43 vs 22,28 kg, respectivamente) em relação àqueles da segunda geração. Entretanto, quando o peso dos órgãos foi corrigido para peso vivo e peso de corpo vazio, somente o rúmen-retículo foi maior na terceira geração. Maior participação de sangue Charolês no genótipo conferiu maior volume de sangue, desenvolvimento dos pulmões e do conjunto dos órgãos vitais em relação ao corpo vazio. Resumo em inglês The objective of this experiment was to study the development of vital organs and gastrointestinal tract of culling crossbred cows from the second (G2: 3/4Charolais (C) Nellore (N) and 3/4NC) and third (G3: 5/8CN and 5/8NC) generations of C x N rotational crossbreeding. Animals were feedlot finished and slaughtered with 465 (T465), 507 (T507), and 566 kg (T566) of body weight (BW). At the beginning of the trial, age, BW, and body condition averaged respectively, 8.5 years (mais) , 388.6 kg and, 2.35 points. Animals were fed a 48:52 forage:concentrate ratio diet containing 12.5% crude protein and 2.99 Mcal of digestible energy per kg of dry matter. Liver showed the greatest development among the studied organs. Lungs and spleen showed high development until animals reached 507 kg BW (T507) but reduced at 566 kg BW (T566). Increasing slaughter weight reduced the proportion of internal organs and gastrointestinal tract in the total BW and empty body weight (EBW). G3 animals had heavier reticulum-rumen and stomach (reticulum-rumen+omasum+abomasum) (14.29 vs. 12.30 kg and 24.43 vs. 22.28 kg, respectively) compared to G2 cows. However, when expressed as proportion of BW and EBW only the reticulum-rumen weight differed between G2 and G3 cows. The greater contribution of C in the genotype resulted in increased volume of blood and development of lungs and all vital organs together when expressed as proportions of EBW.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Digestibilidade intestinal verdadeira da proteína de alimentos para ruminantes/ True small intestinal protein digestibility of ruminant feeds

Branco, Antonio Ferriani; Coneglian, Sabrina Marcantonio; Maia, Fábio José; Guimarães, Kátia Cylene
2006-08-01

Resumo em português A digestibilidade intestinal verdadeira de diferentes classes de alimentos usados em dietas para ruminantes foi avaliada por meio das técnicas in situ e in vitro. Foram utilizados dois bovinos machos castrados (450 kg PV) com cânulas implantadas no rúmen para incubação in situ de concentrados protéicos de origens animal e vegetal e energéticos, resíduos da agroindústria e alimentos volumosos. Avaliou-se a digestibilidade intestinal verdadeira dos alimentos submet (mais) idos à digestão apenas com pepsina ou com pepsina + pancreatina, precedida ou não da incubação ruminal. A incubação ruminal diminuiu a digestibilidade intestinal verdadeira da proteína de 24 dos 30 alimentos testados, com exceção da farinha de penas, da aveia preta, do grão de milho triturado a 2,5 mm e dos fenos de aveia e tifton, para os quais ocorreu aumento, e do farelo de girassol, para o qual não houve efeito da incubação ruminal. A digestibilidade intestinal da proteína não-degradada no rúmen (PNDR), na maioria dos alimentos utilizados em dietas para ruminantes, é menor que a da proteína original do alimento. Entre os alimentos avaliados, 29 apresentaram maior digestibilidade intestinal verdadeira quando incubados com pepsina + pancreatina, evidenciando a importância da etapa de digestão abomasal sobre as proteínas dos alimentos (com exceção à aveia preta). A digestibilidade intestinal dos alimentos é variável e, portanto, deve ser considerada na formulação de dietas para atendimento das exigências de proteína metabolizável. Resumo em inglês The true protein digestibility in the small intestine of different ruminant feeds were measured using in situ and in vitro techniques. Two steers with average body weight of 450 kg and fitted with ruminal cannulas were used for in situ incubation of different feeds. The following feedstuffs were evaluated: animal and vegetable protein concentrate, energy concentrate, fiber by-products, and forage. Protein truly digested in the small intestine was estimated by pepsin or pe (mais) psin/pancreatin incubation with or without previous ruminal incubation. Out of 30 evaluated feeds, ruminal incubation decreased the true protein digestibility in the small intestine of 24 feeds, increased that of feather meal, black oat, 2.5-mm particle size corn grain, and oat and Tifton hays and had no effect on sunflower meal. These results showed that the small intestinal digestibility of rumen-undegradable protein from most analyzed feeds was lower than that of the original feed protein. With the exception of black oat, all remaining feeds (29) had greater true small intestinal protein digestibility after incubation with pepsin plus pancreatin showing the contribution of abomasal digestion on feed protein. Because true small intestinal protein digestibility differed among feeds, is important to take it into account on diet formulation in order to accurately determine the requirements of metabolizable protein of ruminants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Ação da própolis sobre a desaminação de aminoácidos e a fermentação ruminal/ Effect of the propolis on amino acids deamination and ruminal fermentation

Stradiotti Júnior, Deolindo; Queiroz, Augusto Cesar de; Lana, Rogério de Paula; Pacheco, Cristiana Gama; Eifert, Eduardo da Costa; Nunes, Poliana Mary Magalhães
2004-08-01

Resumo em português Foram objetivos deste trabalho determinar a ação in vitro da própolis sobre a atividade específica de produção de amônia (AEPA) ou atividade de desaminação de aminoácidos e sobre a fermentação ruminal em bovinos. A AEPA foi determinada utilizando-se líquido de rúmen e tampão de McDougall (1:4) contendo diferentes níveis de extrato de própolis e excesso de caseína hidrolisada. No estudo da ação da própolis in vivo sobre a fermentação ruminal e AEPA, (mais) foram utilizados quatro novilhos Holandeses, em dois períodos experimentais, sob dieta contendo 35% de concentrado, submetidos aos tratamentos controle e com extrato de própolis. O extrato de própolis obtido com etanol a 70% em água foi mais eficiente in vitro que a 99,5%, obtendo-se valores de até 78% de inibição da AEPA em relação ao controle. O extrato de própolis não afetou o consumo de matéria seca, o pH ruminal, as concentrações de amônia e de proteína microbiana e as proporções molares dos ácidos graxos voláteis (AGV), acético, propiônico e butírico no líquido de rúmen. Entretanto, o extrato de própolis aumentou a concentração de AGV totais e inibiu a AEPA pelos microrganismos ruminais, indicando que, apesar de não ter reduzido o nível ruminal de amônia, existe o potencial deste efeito ocorrer em outras situações, como em dietas contendo alta taxa de proteína degradável/carboidrato fermentescível, observado em pastagens novas de gramíneas ou pastagens de gramíneas consorciadas com leguminosas. Resumo em inglês The objective of this work was to determine the in vitro effect of the propolis on the specific activity of ammonia production (SAAP) or activity deamination of amino acids and on ruminal fermentation in bovine. The SAAP was determined using ruminal fluid and McDougall buffer (1:4) with different levels of propolis extract and excess of hydrolyzed casein. In the study of the in vitro effect of the propolis on the ruminal fermentation and SAAP, four Holstein steers were us (mais) ed, in two experimental periods, fed a 35.0% concentrate diet and submitted to the control and propolis extract treatments. The propolis extract obtained with ethanol at 70% in water was in vitro more efficient than that obtained with ethanol at 99.5% in water. Values up to 78% of SAAP inhibition in relation to the control were obtained. The propolis extract did not affect dry matter intake, ruminal pH, ammonia and microbial protein concentrations. There were no differences for molar proportions of the volatile fat acid (VFA), acetic, propionic and butyric in the rumen fluid. However, the propolis extract increased the total VFA concentration as well as inhibited SAAP by the ruminal microorganisms, demonstrating that, in spite of not having reduced the ruminal ammonia level, it seems to exist potential of this effect to happen in other situations, as in diets with high rate of degradable protein/fermentable carbohydrate, observed in new grass pastures or grass pastures consociated with legumes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Efeito de níveis crescentes de uréia na dieta de vacas em lactação sobre a produção e a composição físico-química do leite/ Effect of increasing dietary urea levels on milk yield and composition of lactating cows

Aquino, Adriana Augusto; Botaro, Bruno Garcia; Ikeda, Flávio dos Santos; Rodrigues, Paulo Henrique Mazza; Martins, Maria de Fátima; Santos, Marcos Veiga dos
2007-08-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito de níveis crescentes de uréia na dieta de vacas em lactação sobre a produção e composição físico-química do leite. Foram utilizadas nove vacas holandesas em lactação, distribuídas em três quadrados latinos 3 x 3, com três tratamentos e três períodos de coleta. O experimento teve duração de 63 dias, divididos em três períodos de 21 dias. Os tratamentos consistiram de uma dieta controle, formulada para suprir 100% das exigências de (mais) PB, proteína degradável no rúmen (PDR) e proteína não-degradável no rúmen (PNDR), composta de farelo de soja como principal fonte protéica e cana-de-açúcar como volumoso, e de duas outras dietas, semelhantes à dieta controle, mas com 0,75 ou 1,5% de uréia em substituição ao farelo de soja. As dietas foram isoenergéticas (1,53 Mcal/kg de energia líquida de lactação) e isoprotéicas (16% de PB). Quando os resultados foram analisados por regressão polinomial simples, não houve efeitos das dietas sobre o consumo de MS, as produções de leite e de leite corrigida para 3,5% de gordura, os teores de proteína e gordura e a contagem de células somáticas do leite. Os níveis de substituição do farelo de soja por uréia não influenciaram o pH, a crioscopia ou a densidade do leite. No entanto, verificou-se efeito linear decrescente dos níveis de uréia na dieta sobre a acidez do leite. Os teores de proteína, gordura, lactose, uréia, extrato seco total e extrato seco desengordurado não foram afetados pelas dietas. Os resultados deste estudo sugerem que o uso de até 1,5% de uréia na MS da dieta de vacas em lactação não altera a produção, a composição e as características físico-químicas do leite. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the effects of three different dietary levels of urea on milk yield and composition. Nine lactating Holstein cows were randomly assigned to three replicated 3 x 3 Latin squares with three periods of 21 days each. Treatments were: A) control diet formulated to meet 100% of the requirements of crude protein (CP), rumen undegradable protein (RUP) and rumen degradable protein (RDP) according to the NRC (2001) model by feeding soybea (mais) n meal and sugar cane; B) replacing soybean meal with 0.75% urea; or C) replacing soybean meal with 1.5% urea. Diets were formulated to be isonitrogenous (16% CP) and isocaloric (1.53 Mcal/kg of NEl). No significant differences in dry matter intake, milk yield, 3.5% fat corrected milk, yields of milk protein and milk fat, and somatic cell count were observed among treatments when data were analyzed by simple polynomial regression. Milk cryoscopy, pH and density were also not affected by increasing the proportion of urea in the diet treatments; however, milk acidity decreased linearly when the levels of urea were increased in the diet. Milk contents of protein, fat, lactose, total solids and non-solids fat and concentration of milk urea all did not differ across diets. Results obtained in this trial indicated that the inclusion of up to 1.5% of urea (% of diet DM) in the diet had no effect on milk yield, milk composition, and milk physical-chemical characteristics in lactating cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

População protozoários ciliados e degradabilidade ruminal em búfalos e bovinos zebuínos sob dieta à base de cana-de-açúcar/ Rumen ciliate protozoa and degradability in buffalo and zebu cattle fed a sugar cane based diet

Franzolin, Raul; Franzolin, Maria Helena Tieghi
2000-12-01

Resumo em português Três búfalos e três bovinos zebuínos adultos com cânulas ruminais foram alimentados à vontade com dieta de cana-de-açúcar fresca e picada, suplementada com 3 kg de concentrado/animal, durante 13 semanas. Após duas semanas de adaptação, amostras do conteúdo ruminal foram coletadas semanalmente, em dois tempos de amostragem: antes da alimentação e 40 minutos após para determinação da concentração e composição da fauna ruminal. Na quinta semana do experi (mais) mento, os conteúdos ruminais foram misturados e reinoculados entre animais de mesma espécie e, na última semana, estimadas as degradabilidades in situ da MS, PB e FDN da cana-de-açúcar e MS e PB do concentrado. A concentração média de protozoários foi maior em bovinos, de 4,85 x 10(5)/mL, que em búfalos, de 3,82 x 10(5)/mL. As composições genéricas para Entodinium e subfamília Diplodiniinae foram 79,2 e 6,2% em bovinos e 32,0 e 54,9% em búfalos, respectivamente. Não houve interação significativa entre espécies animais e tempo de amostragem. Houve aumento da concentração média dos holotricos após 40 minutos da alimentação. As degradabilidades efetivas dos nutrientes estudados foram semelhantes entre as duas espécies animais, observando-se diferenças na cinética da degradação. Concluiu-se que os búfalos apresentaram menor concentração de ciliados no rúmen, maior composição de Diplodiniinae e menor de Entodinium que os bovinos; os holotricos exibiram capacidade de migração e seqüestro no rúmen em ambas as espécies; e as diferenças na fauna ruminal não influenciaram a degradabilidade efetiva dos nutrientes da cana-de-açúcar e do concentrado. Resumo em inglês Three rumen cannulated buffaloes (Bubalus bubalis) and three zebu cattle (Bos indicus) were fed chopped sugar cane ad libitum and 3 kg of concentrate/animal/day during 13 weeks. After two weeks of adaptation, samples of rumen contents were weekly collected at two times: just before feeding and 40 minutes after feeding to measure the concentration and composition of ruminal fauna. Ruminal contents were mixed and re inoculated among animals from the same species after five (mais) weeks of trial starting. During the last week, degradability of DM, CP, and NDF of sugar cane and DM and CP of the concentrate were determined by in situ technique. The average concentration of total protozoa was higher in cattle (4.85 ×10(5)/mL) than in buffaloes (3.82 × 10(5)/mL). Percent generic composition for Entodinium and subfamily Diplodiniinae was 79.2 and 6.2% in cattle and 32.0 and 54.9% in buffaloes, respectively. There was no interaction between animal species and sampling time. Holotrich concentration increased after 40 minutes of feeding. No difference was observed between buffaloes and cattle in effective degradability of the studied nutrients with differences being observed in degradation kinetic. The buffaloes had lower concentration of rumen protozoa, higher composition of Diplodiniinae and lower Entodinium than cattle. The Holotrich species exhibited capacity of migration and sequestration within the rumen of both species; and differences in ruminal fauna did not show influence on effective degradability of sugar cane and concentrate nutrients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Técnicas para estimativa da digestibilidade e produção microbiana em bovinos/ Techniques for estimate of digestion and microbial production in bovine

Dias, Marcia; Leão, Maria Ignez; Detmann, Edenio; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Vasconcelos, Angela Maria de; Souza, Shirley Motta de; Paulino, Mário Fonseca; Murça, Tássio Bonomo
2008-03-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar estimativas de digestibilidade e de produção microbiana utilizando fibra em detergente neutro e ácido indigestível (FDNi e FDAi, respectivamente) e comparar a produção microbiana estimada pelos métodos das bases purinas e excreção urinária de derivados de purinas. Utilizaram-se quatro novilhas Holandês-Zebu com peso vivo médio inicial de 220 kg, fistuladas no rúmen e no íleo, mantidas em regime de confinamento com dieta à base de feno d (mais) e capim-Tifton (Cynodon spp.), oferecido ad libitum, e 1 kg de concentrado (27% PB). O experimento durou 60 dias: sete de adaptação à dieta (antes do primeiro período), três períodos experimentais de 15 dias cada e quatro dias de intervalo entre os períodos. Foram realizadas coleta total de fezes, coleta de digesta omasal e ileal, coleta de conteúdo ruminal para isolamento bacteriano e coleta de amostra spot de urina. Para determinação dos fluxos de digesta omasal e ileal, foram utilizados como indicadores a FDNi e a FDAi. As condições do rúmen foram favoráveis à produção microbiana, com valores de pH e N-NH3 de 6,7 a 6,9 e de 10,3 a 14,1 mg/dL, respectivamente. A recuperação da FDAi não diferiu de 100% e produziu estimativas similares à excreção fecal e à digestibilidade total, quando comparada à coleta total de fezes, diferentemente de FDNi. As estimativas da produção microbiana via quantificação de derivados de purinas em amostras spot de urina não foram similares às obtidas por procedimentos invasivos via fluxo de matéria microbiana omasal. Assim, recomenda-se utilização de FDAi para estimativas de digestibilidade total e parcial e, para a produção microbiana, a excreção urinária dos derivados de purinas. Resumo em inglês The objective was to evaluate the estimate of digestion and microbial production by using indigestible neutral and acid detergent fiber (iNDF and iADF respectively) and to compare microbial production estimated by purine bases in the omasum and urinary excretion of purine derivatives. Four rumen and ileum fistulated Holstein-Zebu heifers with average initial 220 kg LW was maintained in confined regime fed diet based on Tifton (Cynodon spp.) hay, offered ad libitum and 1kg (mais) of concentrate (27% CP). The experiment lasted 60 days: seven for adaptation to the diet (before the first period); three 15 day-experimental periods and four days of interval among periods. Total collection of feces, omasum and ileum digesta sampling, rumen contents sampling for bacterial isolation and sampling of urine spot were performed. For the determination of omasal and ileal flow, iNDF and iADF were used as markers. Rumen enviromment was favourable for microbial growth, showing pH values between 6.7 to 6.9 and NH3-N values from 10.3 to 14.1 mg/dL. Recovery of iADF did not differ from 100% and produced similar estimation for fecal excretion and total digestion, when compared to total fecal sampling, differently of iNDF. Estimation of microbial production through quantification of purine derivative in urine spot samples was not similar to the obtained by invasive procedure through omasal microbial matter. Thus, it is recommended to use iADF for partial and total digestion estimation and urinary excretion of purine derivative for microbial production estimation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Efeito da restrição alimentar pré e pós-natal sobre o crescimento dos órgãos internos de cordeiros Santa Inês/ Effects of pre and postnatal nutritional restriction on visceral mass growth of Santa Ines lambs

Geraseev, L.C.; Perez, J.R.O.; Pedreira, B.C.; Quintão, F.A.; Oliveira, R.P.
2008-08-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos da restrição alimentar pré e pós-natal sobre o crescimento dos órgãos internos de cordeiros Santa Inês. Foram utilizados 68 cordeiros distribuídos em três tratamentos: restrição pré-natal (RPRE), restrição pós-natal (RPOS) e sem restrição (controle). Os animais foram abatidos ao nascimento e aos 10, 15, 25, 35 e 45kg de peso vivo. Após o abate, coração, pulmões, traquéia/esôfago, fígado, baço, pâncreas, rúmen/retículo, a (mais) bomaso, omaso, intestino delgado e grosso foram retirados e pesados separadamente. A análise dos pesos dos órgãos internos dos animais abatidos ao nascimento demonstrou que a restrição pré-natal diminuiu os pesos do coração, pulmões, traquéia/esôfago, abomaso, pancrêas e baço, com médias de 54g, 16g, 22g, 16g, 2g e 5g, respectivamente. Aos 15kg, o peso dos órgãos dos animais submetidos à restrição pré-natal não diferiu dos demais, indicando crescimento compensatório desses órgãos já na fase de aleitamento. Não houve efeito da restrição sobre o peso médio dos órgãos da cavidade torácica, e na cavidade abdominal o rúmen, o intestino delgado e o fígado tiveram seus pesos reduzidos, com médias de 385g, 488g e 371g, respectivamente. Pulmões, traquéia e coração apresentaram crescimento heteregônico negativo (b1), o abomaso heterogônico negativo (b1). A restrição alimentar pré e pós-natal afetou o tamanho, as taxas de crescimento e o tipo de desenvolvimento de vários órgãos internos de cordeiros Santa Inês, evidenciando a necessidade de suplementação adequada para as fêmeas no terço final da gestação e para os cordeiros, durante a fase de crescimento. Resumo em inglês The effects of pre and postnatal nutritional restriction on allometric growth of thoracic and abdominal organs of Santa Inês lambs were evaluated. Sixty-eight lambs were divided into three groups: lambs with prenatal nutritional restriction (PRER), lambs with postnatal nutritional restriction (POSR), and lambs without restriction (control). The lambs in each group were slaughted at birth, 10kg, 15kg, 25kg, 35kg, and 45kg of live weight. After slaughtering, heart, lungs, (mais) trachea and esophagus, liver, spleen, pancreas, rumen-reticulum, abomasum, omasum, and small and large intestines were individually weighted. At birth, PRER affected the weights of heart, lungs, trachea and esophagus, abomasum, pancreas, and spleen, with means of 54g, 16g, 22g, 16g, 2g, and 5g, respectively. However, the organs of the PRER lambs at 15kg of live weight showed the same weight of that organs of the others animals, indicating a compensatory growth. POSR did not affect the weight of the organs of thoracic cavity;however, in abdomen cavity, rumen, small intestine, and liver were affected, with means of 385g, 488g, and 371g, respectively. The allometric study showed that rumen and omasum presented a positive heterogonic development; while abomasum presented a negative heterogonic development; and liver, small and large intestines showed an isogonic development. The pancreas of control and POSR lambs presented an isogonic development, while pancreas of PRER lambs showed a positive heterogonic delevopment. In this experiment, the alimentary restriction affected weigth, growth, and type of development of internal organs of Santa Inês lambs, evidencing the importance of the feeding for ewes at the last third of gestation as well as for the lambs during the growth phase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Compactação primária do abomaso em 14 bovinos no estado de Pernambuco/ Primary abomasal impaction in 14 cattle from Pernambuco State, northeastern Brazil

Câmara, Antônio Carlos Lopes; Afonso, José Augusto Bastos; Costa, Nivaldo de Azevêdo; Mendonça, Carla Lopes de; Souza, Maria Isabel de
2009-05-01

Resumo em português Apesar de forragens grosseiras e secas serem empregadas comumente na alimentação de vacas em várias regiões, especialmente durante o período seco, a compactação primária do abomaso tem sido pouco relatada no Brasil, provavelmente pela dificuldade de diagnóstico dos veterinários de campo. Este trabalho objetivou realizar um estudo retrospectivo sobre a compactação primária do abomaso em 14 bovinos no Estado de Pernambuco. Oito casos considerados moderados, sem (mais) grave distensão abdominal e sem compactação do rúmen, foram tratados conservativamente e quatro casos graves, com severa distensão abdominal e compactação do rúmen, foram tratados cirurgicamente. Um touro foi encaminhado para abate e uma vaca morreu antes de receber qualquer tratamento. O maior número de casos de compactação do abomaso ocorreu em bovinos da raça Holandesa com seis casos (42,9%), seguido por animais mestiços com cinco casos (35,8%) e as raças Pardo-Suiça, Nelore e Marchigiana com um caso cada (21,3%). A composição da alimentação oferecida caracterizou-se por conter fibra de baixa qualidade e variou bastante dentre os casos. Os sinais clínicos mais frequentes foram comportamento apático, desidratação, timpanismo ruminal associado à hipomotilidade, distensão abdominal, hipomotilidade intestinal e fezes escassas ou ausentes com presença de muco. Os achados hematológicos revelaram, na maioria dos casos, leucocitose por neutrofilia e hiperfibrinogenemia. Na análise do fluido ruminal havia comprometimento da dinâmica da flora e fauna microbiana, e elevação no teor de cloreto. O índice de recuperação clínica (4/8) e cirúrgica (2/4) observado neste estudo foi de 50%. As condutas clínica e cirúrgica permanecem como opções viáveis para o tratamento das compactações leves e severas, entretanto o prognóstico é considerado reservado, principalmente quando associado à gestação avançada. Resumo em inglês Despite the frequent use of dry and fibrous roughage for feeding cows in many regions, especially during the dry season, impaction of the abomasum has been poorly reported in Brazil, probably because the condition is misdiagnosed by practitioners. The present paper aimed to accomplish a retrospective study on primary abomasal impaction in 14 cattle from Pernambuco State, northeastern Brazil. Eight moderate cases, without severe abdominal distention and with no rumen compa (mais) ction, were treated conservatively, and four severe cases, with severe abdominal distention and rumen compaction, were treated surgically. One bull was slaughtered and one cow died without treatment. The greater number of abomasal impaction cases was in Holstein cows with six cases (42.9%), followed by crossbred cattle with five cases (35.8%), and the breeds Brown-Swiss, Nelore and Marchigiana, each with one case (21.3%). The food composition was characterized by low quality fibers and varied greatly among cases. Most frequent clinical signs were apathy, dehydration, hypomotility and ruminal bloat, intestinal hypomotility and scanty or absent feces with mucus. The hematological findings revealed leukocytosis with neutrophilia and hyperfibrinogenemia in most cases. Ruminal fluid analysis showed compromised flora and fauna dynamics and increased chlorine ion concentration. Clinical (4/8) and chirurgical (2/4) recovery rate achieved 50%. The clinical and chirurgical methods remain as viable options for the treatment of light and severe impaction, but the prognosis is always reserved especially when associated to late pregnancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Intoxicação espontânea e experimental por Eupatorium tremulum (Asteraceae) em bovinos/ Spontaneous and experimental poisoning by Eupatorium tr tremulum emulum (Asteraceae) in cattle cattle

Lucioli, Joelma; Furlan, Fernando Henrique; Mezaroba, Sara; Traverso, Sandra Davi; Gava, Aldo
2007-10-01

Resumo em português Descreve-se a intoxicação natural e experimental por Eupatorium tremulum em bovinos. Um surto de intoxicação espontânea por esta planta foi diagnosticado no município de Lages, Santa Catarina. Em um lote de 19 bovinos, três morreram após a transferência para uma invernada aonde havia grande quantidade de E. tremulum. Os animais foram encontrados mortos, e dois foram necropsiados e coletado amostras de vísceras para exame histológico. Experimentalmente, folhas v (mais) erdes de E. tremulum foram administradas a cinco bovinos, em doses únicas de 23 a 32g/kg de peso animal. Destes, três adoeceram e dois morreram. Os principais sinais clínicos observados foram anorexia, apatia, atonia ruminal, micção freqüente e em pequenos jatos, fezes pastosas e ventre flácido. As lesões macroscópicas restringiram-se aos pré-estômagos e foram idênticas, tanto para intoxicação natural como para a experimental. O rúmen e retículo externamente mostravam tonalidade levemente avermelhada, a camada córnea da mucosa estava frouxamente aderida e a mucosa tinha coloração vermelha acentuada. Ao exame histológico observou-se no rúmen e retículo, tanto na intoxicação espontânea, como experimental, necrose do epitélio da mucosa com formações de pequenas vesículas e em alguns segmentos, desprendimento da camada epitelial e leve infiltrado de neutrófilos. A intoxicação por E. tremulum tem curso clínico, lesões macro e microscópicas muito semelhantes àquelas produzidas pela intoxicação por Baccharidastrum triplinervium, Baccharis coridifolia (mio-mio) e Baccharis megapotamica var. weirii (mio-mio do banhado). O diagnóstico diferencial entre essas quatro intoxicações deve ser feito pela presença da planta e pelos dados epidemiológicos. O diagnóstico dos casos espontâneos foram confirmados pelos dados epidemiológicos e reprodução experimental das lesões macro e microscópicas. Resumo em inglês The spontaneous and experimental poisoning by Eupatorium tremulum in cattle is described. Spontaneous cases were diagnosed in a herd of 19 cattle in the municipality of Lages, Santa Catarina, Brazil. Three of the animals were found dead after having been transferred to a pasture with abundant quantities of E. tremulum. On two of them postmortem examination was performed and several internal organs were sampled for histological examination. Green leaves of E. tremulum were (mais) force-fed orally to 5 calves in single doses of 23-32g/kg body weight. Three calves showed clinical signs and two died. The main clinical signs included anorexia, apathy, absence of rumen movements, diarrhea and a flabby abdominal wall. Gross changes were restricted to the fore stomachs and were identical to those observed in the cases of natural poisoning. Rumen and reticulum were slightly reddish from outside; the corneal layer of their internal lining was loosely attached to a markedly red mucosa. The histological examination of rumen and reticulum from spontaneous and experimental cases revealed necrosis and vesicle formation in the epithelium; in some segments of the ruminal mucosa there was detachment of the epithelial covering and infiltration by neuthophils. Poisoning by E. tremulum has clinical course, gross lesions and histopathology very similar to those observed in poisoning caused by ingestion of the plants Baccharidastrum triplinervium, Baccharis coridifolia and Baccharis megapotamica var. weirii. The diagnosis of the spontaneous cases here described was confirmed by epidemiological data and the experimental reproduction of characteristic gross lesions and histopathology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Influência do alimento na produção e qualidade do leite de cabra/ Influence of feed on the production on quality of goat milk

Costa, Roberto Germano; Queiroga, Rita de Cássia R. E.; Pereira, Renata A. G.
2009-07-01

Resumo em português O leite de cabra é considerado um dos alimentos mais completos por apresentar vários elementos importantes para a nutrição humana, constituído de proteínas de alto valor biológico e ácidos graxos essenciais, além de seu conteúdo mineral e vitamínico. Esta revisão tem como objetivo avaliar as variações referentes à composição química e propriedades físicoquímicas do leite, que ocorrem em função de alguns fatores, tais como: climáticos, raça, indiví (mais) duo, estágio de lactação e alimentação. O manejo alimentar tem sido considerado um fator preponderante na manipulação dos componentes do leite. Há um entendimento dominante que a gordura é o componente do leite que mais sofre influência dos alimentos. O uso de técnicas biológicas moleculares poderá contribuir para o entendimento do mecanismo de utilização do alimento no rúmen, estabelecendo um novo cenário para a microbiologia ruminal, que pode ser diferente do que tem sido estudado até o momento. Resumo em inglês Goat milk is considered one of the most complete foods, since it holds several elements which are important for human nutrition, and necessary for the constitution of tissues and blood. This revision aims to assess the variations of the chemical composition and physical-chemical properties of the milk which occur due to some factors, such as: climate, breed, the individual, lactation stage and food. Feed management has been considered a key factor in the manipulation of m (mais) ilk components. There is a general understanding that among the components of the milk fat is the most influenced by food. The use of molecular biological techniques might contribute to the understanding of the mechanism of utilization of food in rumen, establishing a new possibility for ruminal microbiology, which can be different from what has been studied so far.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Dinâmicas de trânsito e degradação da fibra em detergente neutro em bovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade e compostos nitrogenados/ Transit and degradation dynamics of neutral detergent fiber in cattle fed low-quality tropical forage and nitrogenous compounds

Lazzarini, I.; Detmann, E.; Sampaio, C.B.; Paulino, M.F.; Valadares Filho, S.C.; Souza, M.A.; Oliveira, F.A.
2009-06-01

Resumo em português Avaliaram-se as dinâmicas de trânsito e degradação da fibra em detergente neutro (FDN) em bovinos alimentados com forragem tropical de baixa qualidade e compostos nitrogenados. Foram utilizadas cinco novilhas Holandês x Zebu fistuladas no rúmen. A alimentação volumosa basal dos animais foi constituída por feno de capim-braquiária (Brachiaria decumbens Stapf.), com 5,08% de proteína bruta (PB), com base na matéria seca (MS), fornecido ad libitum. Os cinco trata (mais) mentos avaliados foram definidos de acordo com o nível de suplementação proteica (0, 3, 5, 7 e 9 pontos percentuais acima do nível de PB da forragem). Como fonte de compostos nitrogenados, empregou-se mistura de ureia:sulfato de amônia:albumina (4,5:0,5:1,0). O experimento foi estruturado segundo delineamento em quadrado latino 5 x 5. Os níveis médios de PB nas dietas foram de 5,28; 8,08; 9,82; 11,87 e 13,63%, com base na MS. Verificou-se elevação linear (P Resumo em inglês Rumen transit and degradation dynamics of neutral detergent fiber (NDF) in cattle fed low-quality tropical forage and nitrogenous compounds were evaluated. Five crossbred heifers fitted with rumen cannulae were used. The animals were fed ad libitum with signal grass (Brachiaria decumbens Stapf.) hay, which had crude protein (CP) content of 5.08% in dry matter (DM). The five treatments were defined according to the level of CP in the diet (0, 3, 5, 7, and 9 percentile poin (mais) ts above the CP level of the roughage). The supplement was a mixture of urea, ammonium sulfate, and albumin (4.5:0.5:1.0, respectively). The experiment was carried out according to a 5 x 5 Latin square design. The average CP levels in the diets were: 5.28, 8.08, 9.82, 11.87, and 13.63% in DM basis. The potentially degradable fraction of NDF was linearly increased (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Fatores nutricionais associados à reprodução da fêmea bovina/ Nutritional factors associated with reproduction in heifers and cows

Sartori, Roberto; Guardieiro, Monique Mendes
2010-07-01

Resumo em português O conhecimento da importância da nutrição sobre a reprodução dos animais, por produtores e pesquisadores, vem de longa data. Entretanto, estudos contemporâneos têm trazido novas perspectivas e informações mais detalhadas desta relação, permitindo um ajuste fino nas manipulações de dietas com o propósito de aumentar a produção e a reprodução em ruminantes. Apesar disso, especialmente em vacas de elevada produção leiteira, ainda há sérios problemas de (mais) fertilidade de ordem multifatorial, mas com grande envolvimento nutricional. Por outro lado, adição de certos ingredientes à dieta, como gordura rica em ácidos graxos polinsaturados, e redução do fornecimento de proteína degradável no rúmen têm, em diversas ocasiões, resultado em incremento nos índices reprodutivos em bovinos leiteiros e de corte. Nesse sentido, este artigo tem a proposta de apresentar e discutir resultados de alguns trabalhos relevantes sobre o tema, principalmente aqueles relacionados à influência da energia ou proteína sobre a reprodução. Resumo em inglês The knowledge of the importance of nutrition on animal reproduction is well known for producers and researchers for a long time. However, contemporary studies have brought new perspectives and further details of this relationship, allowing fine-tuning of diets handling in order to increase production and reproduction in ruminants. Nevertheless, especially in high-producing dairy cows, there are still serious multifactorial fertility problems, with a heavy nutritional invo (mais) lvement. In contrast, addition of certain ingredients to the diet, such as fat rich in polyunsaturated fatty acids and reducing the supply of rumen degradable protein have on several occasions, resulted in an increased reproductive performance in dairy and beef cattle. Thus, this article presents and discusses results of some relevant papers on this subject, especially those related to the influence of energy or protein on reproduction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Efeitos de níveis e períodos de adaptação à lasalocida sódica sobre os parâmetros de fermentação ruminal/ Effects of levels and adaptation periods to sodium lasalocid on the rumen fermentation parameters

Amaro, Fabiano de Rezende; Lucci, Carlos de Souza; Peixoto Júnior, Kléber da Cunha; Castro, Ari Luiz de
2002-11-01

Resumo em português Foram comparados os efeitos de períodos de adaptação e níveis de lasalocida sódica sobre a fermentação ruminal em quatro vacas mestiças: Holandês-zebu. O delineamento experimental empregado foi o quadrado latino, composto de quatro períodos de seis semanas cada, colhendo-se dados, isoladamente da primeira, segunda, terceira e quarta semanas, para estudo de tempos de adaptação, destinando-se à quinta e sexta semanas, para eliminação de efeitos residuais. Os (mais) tratamentos foram: controle e suplementação, com 50, 100 e 200mg de lasalocida/indivíduo/dia, determinando-se, no conteúdo do rúmen, a concentração dos ácidos graxos voláteis acético, propiônico e butírico, pH, amônia, taxa de passagem e volume de líquidos. Não foram registrados efeitos dos diferentes níveis da lasalocida sódica ou de períodos de adaptação; com base nestes resultados, não é possível indicar a aplicação do ionóforo para bovinos, na expectativa de provocar alterações na fermentação ruminal em bovinos. Resumo em inglês Effects of adaptation periods to sodium lasalocid and its ionophorum levels were evaluated on ruminal fermentation, using four Holstein-Zebu cross-breed cows. Latin square was the experimental design used, with four periods of six weeks, in which isolated data from the first, second, third and fourth weeks were used to evaluate periods of adaptation, and the last two destined to eliminate residual effects. Treatments were no supplementation and supplementation with 50, 10 (mais) 0 and 200 mg of sodium lasalocid/ head/day, and rumen vollaty fatty acid acetic, propionic and butiric, pH, ammonia, liquid turnover and flow rate were measured every week. There were no differences in results for levels or periods of adaptation, and considering these results, it is not recommended the use of sodium lasalocid to modify ruminal fermentation parameters in cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Consumo de nutrientes e parâmetros ruminais de vacas alimentadas com diferentes níveis de energia na dieta/ Intake of nutrients and ruminal parameters of cows fed different energy levels in the diet

Goularte, S.R.; Ítavo, L.C.V.; Morais, M.G.; Ítavo, C.C.B.F.; Santos, G.T.; Dias, A.M.; Bezerra, F.S.; Azevedo Júnior, N.P.; Calvis, D.S.
2010-04-01

Resumo em português Avaliou-se a influência de níveis de concentrado na dieta de bovinos. Utilizaram-se quatro vacas fistuladas no rúmen, distribuídas em quadrado latino 4x4, sobre o consumo, pH ruminal e nitrogênio amoniacal (N-NH3). Foi utilizada a silagem de milho, como volumoso, e concentrado, à base de milho, sorgo, farelo de soja, casca de soja, ureia e gordura protegida. As dietas foram isoproteicas com 18,6% de proteína bruta, utilizando valores crescentes de extrato etéreo ( (mais) 5,7; 6,6; 7,5 e 8,4%) para os níveis de concentrado de 30; 40; 50 e 60%. Os valores médios de pH ruminal foram 6,71; 6,64; 6,63; 6,69 e as concentrações médias de N-NH3 de 37,40; 39,62; 35,59 e 34,13mg/100mL de líquido ruminal. O tratamento com 7,5% de extrato etéreo apresentou média de consumo de fibra detergente neutro mais alto que os demais tratamentos, com máximo consumo de matéria seca estimado em 10,47kg/dia. Dietas com gordura protegida não interferiram no ambiente ruminal, até níveis de 8,4% de extrato etéreo, apresentando melhor eficiência com relação ao consumo de 55% de concentrado. Resumo em inglês The influence of concentrate levels in the diet of cattle on intake, rumen pH, and ammonia nitrogen (NH3-N) using four cows fistulated in the rumen and distributed in 4x4 Latin square was evaluated. Corn silage was used as roughage and concentrate was maize, sorghum, soybean hulls, soybean rules, urea, and protected fat. Diets were isonitrogenous with 18.6% crude protein, using increasing amounts of ether extract (5.7, 6.6, 7.5, and 8.4%) to the levels of concentrate, 30, (mais) 40, 50 and 60%. The average values of rumen pH were 6.71, 6.64, 6.63, and 6.69 and the average concentrations of NH3-N were 37.40, 39.62, 35.59, and 34.13mg/100mL of rumen fluid. Animals fed 7.5% ether extract diet had higher neutral detergent fiber intake than the animals of other treatments with maximum dry matter intake estimated in 10.47kg/day. Protected fat diet did not interfere in the environment of rumen up to levels of 8.4% of ether extract, providing better efficiency with respect to intake of 55% concentrate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Fermentação ruminal de ovinos alimentados com alto concentrado e grãos de girassol ou gordura protegida/ Ruminal fermentation of sheep fed high-concentrated diet containing sunflower grains or protected fat

Homem Junior, A.C.; Ezequiel, J.M.B.; Fávaro, V.R.; Oliveira, P.S.N.; D'Aurea, A.P.; Santos, V.C.; Gonçalves, J.S.
2010-02-01

Resumo em português Seis ovinos machos, não castrados, da raça Santa Inês, com média de peso de 30kg, fistulados no rúmen, foram distribuídos em delineamento de quadrado-latino duplo (3x3). Três períodos e três dietas, uma controle, sem inclusão de fonte de lipídio, e duas com inclusão de grãos de girassol ou gordura protegida, foram testados quanto aos parâmetros ruminais. Foram verificadas diferenças (P(mais) dL), mas não houve efeito sobre o pH (6,1), a produção total de ácidos graxos de cadeia curta (98mM), a proporção de acetato (66,4%), de propionato (20%) e de butirato (13%) e sobre a razão acetato:propionato (3,2:1). As bactérias sólido-aderidas isoladas do conteúdo ruminal dos animais recebendo a dieta-controle apresentaram maior teor de nitrogênio (10,7%) que as das dietas com gordura protegida (9,8%) ou com grãos de girassol (9,1%). A produção de nitrogênio pelas bactérias sólido-aderidas da dieta-controle (170mg/g) não diferiu da dieta com grãos de girassol (153mg/kg) ou com gordura protegida (160mg/kg). A inclusão de grãos de girassol ou gordura protegida na dieta com alto concentrado para ovinos propiciou ambiente adequado para fermentação ruminal. Resumo em inglês Six not castrated Santa Inês breed male sheep, weighing 30kg, fistulated in the rumen, were randomly alloted in a double Latin-Square design (3x3). Three periods and three diets, a control without addition of the lipid source, and two with addition of sunflower seeds or protected fat, were tested on the ruminal fermentation. Differences (P(mais) tal production of short-chain fatty acids (98mM); proportions of acetate (66.4%), propionate (20%), and butyrate (13%); and acetate:propionate ratio (3.2:1). The solid-adherent bacteria isolated from the rumen content of animals fed control diet had higher nitrogen content (10.7%) than those fed protected fat diet (9.8%) or sunflower seeds diet (9.1%). The production of nitrogen by bacteria attached to solid-control diet (170mg/kg) did not differ from sunflower seeds (153mg/kg) or protected fat diets (160mg/kg). The inclusion of sunflower seeds or protected fat in diets with high concentrate for sheep provided suitable environment for rumen fermentation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Parâmetros de degradabilidade potencial da matéria seca e da proteína bruta das silagens de seis genótipos de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench), com e sem tanino no grão, avaliados pela técnica in situ/ Potential degradability parameters of the dry matter and crude protein of six sorghum silage genotypes (Sorghum bicolor (L.) Moench), with or without tannin on grain, evaluated by in situ technique

Molina, Lívio Ribeiro; Rodriguez, Norberto Mario; Sousa, Breno Mourão de; Gonçalves, Lúcio Carlos; Borges, Iran
2003-02-01

Resumo em português Para testar o efeito da presença de tanino no grão sobre os parâmetros de degradabilidade potencial da matéria seca e da proteína bruta de seis genótipos de sorgo para silagem, foi conduzido um experimento utilizando a técnica da degradabilidade in situ. Quatro novilhos canulados no rúmen, alimentados individualmente, duas vezes ao dia ad libitum com feno de Tifton 85, foram utilizados para a incubação de silagens de sorgo no estádio de grão leitoso, pertencen (mais) tes a seis genótipos: BR 303, BR 304, BR 601e AG 2006 (sem tanino no grão); BR 700 e BR 701 (com tanino). Foram incubadas 5 g de amostra nos tempos de incubação: 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas. O tempo zero (t0) foi utilizado para cálculo da fração solúvel. A presença do tanino reduziu a extensão de degradação da matéria seca e da proteína bruta nas silagens de sorgo BR 700 e BR 701. As degradabilidades potenciais destes nutrientes foram influenciada pelo tanino. Não foi observado efeito depressivo do tanino sobre as taxas de degradação para nenhum nutriente, em nenhuma silagem testada. Resumo em inglês The aim of this experiment was to evaluate the effect of tannin on grain over potential degradability parameters of the dry matter and crude protein of six sorghum silage genotypes by in situ technique. It was used four crossbred steers, canulated in rumen, fed ad libitum twice at day with a diet comprised by Cynodon dactylon hay. Six sorghum silage genotypes, harvested at milk stage, were incubated in the rumen: BR 303, BR 304, BR 601, and AG 2006 (without tannin on grai (mais) n); BR 700, and BR 701 (with tannin on grain). Five grams of samples were incubated at times: 6, 12, 24, 48, 72, and 96 hours. The time zero (t0) was used to calculate the soluble fraction. Tannin decrease the extent of degradation of dry matter and crude protein of BR 700 and BR 701 sorghum silages. The potential degradabilities of these nutrients were reduced by tannin presence on grain. There was not effect of tannin on degradation rate of the nutrient compounds in anyone tested sorghum silage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Desenvolvimento de estômago de bezerros holandeses desaleitados precocemente/ Stomach development of early weaned holstein calf

Carvalho, Paulo Afonso; Bonnecarrère Sanchez, Luis Maria; Viégas, Julio; Velho, João Pedro; Jauris, Gilberto Cardoso; Rodrigues, Marcos Bittencourt
2003-12-01

Resumo em português O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de avaliar, em diferentes idades da fase inicial da vida produtiva, o desenvolvimento dos compartimentos estomacais de bezerros da raça Holandês desaleitados precocemente e recebendo concentrado e volumoso ad libitum a partir do início da segunda e terceira semanas de vida, respectivamente. Foram utilizados 18 animais, distribuídos aleatoriamente em três tratamentos (idade de abate). Foram abatidos seis bezerros ao na (mais) scimento (referência), seis aos 50 dias e seis aos 110 dias de vida, para a retirada dos estômagos e mensurações de peso de tecido e volume do órgão e dos compartimentos. Os dados foram submetidos a análises de correlação e regressão, por intermédio do programa estatístico SAS (1996). Foi verificado aumento da capacidade de todos os compartimentos estomacais com o avanço da idade dos bezerros, mas com taxas de crescimento diferenciadas entre os compartimentos. Foram observadas aceleração do crescimento ruminal e retração do crescimento abomasal, com o incremento da idade. Antes dos 50 dias, ocorreu inversão nas proporções dos compartimentos rúmen-retículo e abomaso, enquanto o omaso manteve ritmo constante de desenvolvimento. Resumo em inglês The present work was carried out to evaluate the growth of stomach compartments of early weaned Holstein calves. The animals were fed concentrates and hay from the second and third week of age respectively. Eighteen animals were allotted to a completely randomized design, with three treatments (slaughter age). Six calves were slaughtered at birth, at 50 days at 110 days of age; the stomachs were withdrawn and the weight and volume of each compartment measured. Data were s (mais) ubmitted to correlation and regression analysis through the SAS statistical program, (1996). An increase of the capacity of all the stomachs compartments was verified with the progress of the age of the calves, but with growth rates differentiated among the compartments. The increase of the reticulo-rumen growth and the decrease of the abomasum growth with increase of age were observed. Up to 50 days of age the proportion of the reticulo-rumen and abomasum stomach compartments was changed, but the omasum maintained a constant rhythm of development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Indicadores do ambiente ruminal e suas relações com a composição do leite e células somáticas em diferentes períodos da primeira fase da lactação em vacas de alta produção/ Indicators of rumen environment and their relation with milk composition and somatic cells in the first phase of lactation in high-yielding dairy cows

Campos, Rómulo; González, Félix; Coldebella, Arlei; Cardoso, Felipe
2006-04-01

Resumo em português No atual sistema internacional de pagamento do leite por qualidade, têm-se valorizado dois aspectos fundamentais: a contagem de células somáticas (CCS) e o conteúdo de sólidos totais. O primeiro fator depende da saúde da glândula mamária e o segundo, de maior importância econômica para os laticínios, está relacionado com o manejo alimentar e a raça dos animais. O ambiente ruminal pode modificar a composição do leite, em especial o teor de gordura. A fonte p (mais) rincipal de proteína nos ruminantes depende da síntese de proteína no rúmen. Os atuais sistemas de alimentação, usados em vacas de alta produção, predispõem os animais à apresentação de síndromes metabólicas o que direta ou indiretamente afeta a produção de leite. Objetivou-se, com o presente trabalho, relacionar indicadores do ambiente ruminal (tempo de redução com azul de metileno e pH) e o pH da urina com a composição do leite (sólidos totais) e a CCS. Não foi encontrada associação estatística entre os parâmetros avaliados. Os valores médios dos sólidos não-gordurosos analisados no estudo foram inferiores ao limite estabelecido pela norma oficial do Brasil. Resumo em inglês In the current international milk payment system, where the quality is the main factor; two fundamental aspects have acquired great importance: the somatic cells count and the amount of total solids. The first one depends on the health of the mammary gland and the second factor, which has more economic impact for the dairy industry, is directly related to feeding management and the cattle breed. The environment of the rumen can modify the composition of the milk, speciall (mais) y the fat percentage. The main source of protein in the ruminants depends on the synthesis of protein in the rumen. The current feeding systems used in high-yielding dairy cows, predispose them to the outcome of metabolic syndromes that directly or indirectly affect the milk production. The purpose of this study was to establish a relation between the index of the rumen environment (Methylene blue reduction time and pH) and urinary pH with the composition of the milk and the somatic cells count. None statistical relation was found among the parameters evaluated. The average values of non fat solids in this study were below the official values approved in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Polpa cítrica em dietas de vacas em lactação. 2. Digestibilidade dos nutrientes em dois períodos de coleta de fezes, pH e nitrogênio amoniacal do líquido ruminal/ Citrus pulp in diets for milking cows. 2. Digestibility of nutrients in two periods of feces collection and rumen fluid pH and ammonia nitrogen

Assis, Anderson Jorge de; Campos, José Maurício de Souza; Queiroz, Augusto César de; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Euclydes, Ricardo Frederico; Lana, Rogério de Paula; Magalhães, André Luiz Rodrigues; Mendes Neto, Josué; Mendonça, Sandro de Souza
2004-02-01

Resumo em português Doze vacas lactantes, da raça Holandesa puras e mestiças, com peso vivo médio inicial de 550 kg, foram distribuídas em três quadrados latinos. O período experimental foi de 18 dias, sete de dias adaptação à dieta e onze dias para coleta de dados. A alimentação fornecida foi para atender os requerimentos de vacas não gestantes produzindo 20 kg de leite com 4,5% de gordura, com o objetivo de avaliar a digestibilidade dos nutrientes, esta em dois períodos de col (mais) eta de amostra de fezes (2 e 5 dias) e no líquido ruminal o pH e nitrogênio amoniacal. A digestibilidade dos nutrientes não foi afetada pelo período de coleta, como também não houve diferença na digestibilidade para os níveis crescentes de polpa cítrica. Não houve diferença significativa (P>0,05) para pH e nitrogênio amoniacal do rúmen para os diferentes tratamentos. A polpa cítrica pode substituir até 100% do milho em dietas completas para vacas produzindo em média 20 kg de leite sem alterar os parâmetros ruminais (pH e amônia amoniacal). Resumo em inglês Twelve milking cows, purebred and crossbred Holstein, with average weight of 550 kg, were allotted to three Latin Squares 4 x 4. The experimental period lasted 18 days, seven days for the adaptation to the diets and eleven days for data collection. Feeding was supplied to met the requirements of non pregnant cows, producing 20 kg of milk with 4.5% fat. The objective of this research was to evaluate the effects of replacement (0, 33, 67, 100%) of corn meal by pelleted citr (mais) us pulp in the concentrate in total mixed rations, observing the parameters digestibility of the nutrients, and ruminal pH and ammonia concentration during two periods of collection of sample of feces (2 and 5 days). The digestibility of the nutrients were not affected by the collection period, as well as there were not differences in the digestibility for the increasing levels of citrus pulp. No significant differences were observed for pH and ammonia concentration of the rumen for the different treatments. The citrus pulp can substitute up to 100% of the corn in complete diets for cows producing 20 kg of milk in average, without effect on the ruminal parameters (pH and ammonia concentration).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Desempenho de bezerros da raça Holandesa alimentados com proteína de soja sólida ou líquida/ Performance of Holstein calves fed soybean meal protein in solid or liquid form

Lucci, Carlos de Sousa; Valvasori, Edison; Fontolan, Valter; Peixoto Júnior, Kleber da Cunha; Souza, Arthur Alonso Almeida; Lima, Marianne Élen Real de; Silvestrini, Gabriel da Rocha
2010-02-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos da substituição de metade do total de proteína da dieta na forma sólida (farelo de soja) por proteína na forma líquida (leite de soja), com relações sólidos:líquidos de 100,0:0%; 87,5:12,5%; e 75,0:25,0%. Utilizaram-se 24 bezerros machos da raça Holandesa com 60 dias de idade, distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, com três dietas à base de concentrado (80%) e feno de capim coast-cross (Cynodon dactylon) (20%), balanceadas p (mais) ara nitrogênio e energia. Nas dietas com partes líquidas, o intuito foi manter o reflexo de formação da goteira esofagiana no período experimental de 10 meses, no qual os animais foram mantidos em confinamento, sendo abatidos ao atingirem pesos corporais superiores a 400 kg. Em alguns dos animais, dotados de cânulas de rúmen, foi possível detectar neste órgão apenas pequenas quantidades do leite de soja ingerido, confirmando sucesso na formação da goteira esofagiana. Os ganhos de peso diários apresentaram redução linear (1,399; 1,341; e 1,191 kg) à medida que foram fornecidas maiores quantidades de leite de soja. As conversões de matéria seca e proteína bruta em ganhos de peso, durante os últimos 60 dias experimentais, pioraram conforme aumentaram as quantidades de proteína na forma líquida. O fornecimento de proteína na forma líquida na dieta não altera os rendimentos de carcaça em bezerros holandeses. Resumo em inglês The effects were assessed of substituting half the total diet protein in solid form (soybean meal) with liquid form (soybean milk) at solid:liquid ratios of: 100.0:0% L; 87.5:12.5% L; 75.0:25.0% L. Twenty-four Holstein breed 60-d male calf steers were assigned to a randomized block design, with three concentrate (80%) diets and 20% coast-cross (Cynodon dactylon) hay, balanced for nitrogen and energy. In the diets with liquid parts, the intention was to keep the functional (mais) reflex of the esophageal groove throughout the 10 months of the experimental period, in which the animals were kept in a feedlot until slaughter at body weights higher than 400 kg. In some of the animals, with rumen canulas, only small quantities of ingested soybean milk were detected in the rumen contents, indicating success in esophageal groove formation. Daily weight gains were linearly reduced (1.399, 1.341 and 1.191 kg) as the treatments supplied larger quantities of soybean milk. Dry matter and crude protein conversions in weight gains, in the last 60 days of the experimental period, declined as the proportions of liquid feed increased. Supplying protein in liquid form in the diet did not alter carcass yield in Holstein steer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Desempenho e desenvolvimento do trato digestório superior de bezerros leiteiros alimentados com concentrado de diferentes formas físicas/ Performance and ruminal development of dairy calves fed starter concentrate with different physical forms

Bittar, Carla Maris Machado; Ferreira, Lucas Silveira; Santos, Flávio Augusto Portela; Zopollatto, Maity
2009-08-01

Resumo em português Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da forma física do concentrado no desempenho e no desenvolvimento ruminal de bezerros leiteiros. Foram utilizados 22 bezerros Holandeses com peso corporal inicial médio de 43,2 kg, alojados individualmente e alimentados com dieta líquida (4 L/d) e concentrado inicial de duas formas físicas (peletizada ou farelada). O consumo de concentrado inicial foi monitorado diariamente e os animais pesados semanalmente, sempre após (mais) o fornecimento da dieta líquida, pela manhã. Após dez semanas, quatro bezerros de cada tratamento foram abatidos para coleta de amostras de fluido ruminal para determinação do pH e das concentrações de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) e de N-NH3 ruminal. Também foram realizadas medidas morfométricas do trato digestório superior. Não houve efeito da forma física no consumo de concentrado inicial, no peso corporal ou no ganho de peso diário dos animais. A forma física do concentrado inicial também não afetou o pH, as concentrações de AGCC ou de N-NH3 ruminal, assim como as medidas morfométricas do trato digestório superior, à exceção da capacidade do rúmen e do peso do abomaso, que foram maiores nos animais alimentados com concentrado peletizado. O fornecimento de concentrado farelado pode ser uma alternativa para a redução de custo de produção, uma vez que a forma física do concentrado não afeta o desempenho ou o desenvolvimento do trato digestório superior de bezerros leiteiros. Resumo em inglês The physical form of concentrate on the performance and rumen development on dairy calves was evaluated in this experiment. Twenty-two Holstein male calves, with 42.3 kg initial body weight, were individually housed, fed 4 L/d of liquid diet and starter concentrate in two physical forms (pelleted or coarsely ground). Starter concentrate intake was monitored daily and calves were weighted weekly, always after the morning liquid diet feeding. After 10 weeks, four calves fro (mais) m each treatment were slaughtered and rumen samples were taken for pH, rumen short chain fatty acids (SCFA) and N-NH3 concentration. Morphometric measurement of the forestomach was also evaluated. There was no effect of the physical form on starter concentrate intake, body weight, and daily gain. The physical form of the concentrate also had no effects on pH, SCFA or N-NH3 rumen concentration, nor on the morphometric measurements of the forestomach, except for rumen capacity and abomasum weight, which were higher for animals fed pelleted starter concentrate. Coarsely ground starter concentrate may be an alternative to reduced production costs since the physical form of the concentrate had no effect on performance or in the development of forestomach of dairy calves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Dinâmica do fósforo em ovinos alimentados com dietas contendo diversos níveis deste mineral/ Dynamics of phosphorus in the body of sheep fed different levels of this mineral in the diets

Borges, Everton do Espírito Santo; Silva Filho, José Cleto da; Roque, Natália Charleaux; Pérez, Juan Ramón Olalquiaga; Vitti, Dorinha Miriam Silber Schmidt; Pardo, René Maurício Patiño
2008-09-01

Resumo em português Avaliou-se a dinâmica do fósforo no organismo de cordeiros Santa Inês alimentados com dietas com diversos níveis deste mineral, considerando as correlações entre os níveis de fósforo consumido e de fósforo no plasma; na saliva; no conteúdo ruminal; nas fezes; e na urina. Foram utilizados 18 cordeiros com 5 meses de idade e 27 kg de peso vivo. O experimento foi dividido em dois períodos de cinco semanas, cada um com nove animais. Os animais foram mantidos indivi (mais) dualmente em gaiolas para estudo de metabolismo e receberam uma dieta basal constituída de feno de capim coast-cross (Cynodon dactylon, L. Pers.) e concentrado com diferentes níveis de fósforo (1,9; 2,6; 3,3 g/dia) provenientes de fosfato bicálcico. No 15º dia, iniciaram-se as coletas de saliva, plasma, conteúdo ruminal, fezes e urina para as análises de fósforo inorgânico. Observaram-se correlações positivas entre o aumento do consumo de fósforo e os teores desse mineral no plasma (r = 0,64), na saliva (r = 0,86), no conteúdo ruminal (r = 0,82), nas fezes (r = 0,92) e na urina (r = 0,37), comprovando que, quando absorvido, o fósforo é distribuído no corpo pelo plasma. Após a saturação no organismo, o excesso é secretado via saliva, segue para o rúmen e, ao chegar ao intestino, é reabsorvido em menor quantidade e excretado via fezes. À medida que se aumentaram os níveis de fósforo na dieta, verificou-se aumento expressivo dos teores desse mineral na saliva, no plasma, no conteúdo ruminal e nas fezes. Resumo em inglês The dynamics of phosphorus in the body of Santa Ines lambs fed diets with different levels of this mineral was evaluated, considering the correlations among the levels of phosphorus consumed, in plasma; in saliva, in rumen contents, in feces, and in urine. Eighteen lambs were used with five mo old and 27 kg BW. The experiment was divided into two periods of five weeks, each with nine animals. The animals were individually kept in cages of metabolism study and were fed a b (mais) asal diet consists of coast-cross grass (Cynodon dactylon, L. Pers.) hay and concentrate with different phosphorus levels (1.9, 2.6, 3.3 g/day) from dicalcium phosphate. On the 15th day, it was initiated the collection of saliva, plasma, rumen contents, feces and urine for the analysis of inorganic phosphorus. Positive correlations were observed among the increase of phosphorus intake and the levels of this mineral in plasma, saliva, rumen contents, feces and urine, indicating that, when absorbed, the phosphorus is distributed throughout the body by the plasma. After saturation in the body, the excess is secreted through saliva, following for the rumen, and reaching the intestine; it is reabsorbed into smaller quantity and excreted via feces. As phosphorus levels increased in the diet, there was significant increase of these mineral levels in saliva, plasma, rumen contents and feces.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Degradação ruminal e digestibilidade intestinal da proteína bruta de alimentos para bovinos/ Rumen degradation and intestinal digestibility of crude protein in feeds for cattle

Marcondes, Marcos Inácio; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Detmann, Edenio; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Silva, Luiz Fernando Costa e; Fonseca, Mozart Alves
2009-11-01

Resumo em português Este trabalho foi conduzido com os objetivos de determinar as frações A e B e a taxa de degradação ruminal (Kd) da matéria seca (MS) e da proteína bruta (PB) de 27 alimentos e avaliar a digestibilidade intestinal da proteína nãodegradada no rúmen pelas técnicas do saco de náilon móvel e de três estágios. Os alimentos avaliados foram farelos de arroz, babaçu, gérmen de milho e trigo; milho desintegrado com palha e sabugo, milho desintegrado com sabugo, milh (mais) o, polpa cítrica, sorgo, amireia, farelos de algodão com 28, 38 e 46% de PB, farelos de amendoim, girassol e soja; feijão-bandinha, glúten de milho, grão de soja, levedura, promil, refinazil, cascas de cacau, café e soja e silagens de capim-elefante e milho. Para obtenção da degradabilidade ruminal da MS e PB dos alimentos, utilizaram-se sacos de náilon de 10 × 20 cm e os tempos de incubação de 0, 2, 4, 6, 12, 16, 24, 48 e 72 horas. A digestibilidade intestinal foi determinada pelas técnicas do saco de náilon móvel e de três estágios. Os dados de degradação ruminal da matéria seca e da proteína bruta, em sua maioria, estão de acordo com a literatura. A técnica dos três estágios não estimou de forma satisfatória a digestibilidade interstinal de todos os alimentos estudados em conjunto, mas foi adequada para os alimentos proteicos. A maioria dos alimentos possui aproximadamente 90% de digestibilidade da PB, com exceção das cascas de soja, café e cacau e das silagens de milho e capimelefante. A técnica de três estágios estimou corretamente a digestibilidade intestinal dos alimentos proteicos, mas recomenda-se a utilização da equação DIPB (%) = -5,1906 + 1,1053 × X para corrigir a digestibilidade obtida pela técnica dos três estágios para alimentos não-proteicos. Resumo em inglês The objective of the present study was to determine the A and B fractions and the rumen degradation rate (Kd) of dry matter (DM) and crude protein (CP) in 27 feeds and determine the intestinal digestibility of non-degraded rumen protein by the three steps and mobile nylon bag techniques. Rice meal, babassu meal, wheat and corn germ, ground corn cobs and straw, ground corn cobs, corn, citrus pulp, sorghum, starea and cottonseed meal with 28, 38 and 46% CP, peanut meal, sun (mais) flower meal, soybean meal, bean byproduct, corn gluten, soybean grain, dry yeast, corn gluten meal, cacao hulls, coffee hulls, soybean hulls, elephant-grass silage and corn silage were sampled. To obtain the ruminal degradation of DM and CP, 10 × 20 cm nylon bags with incubation times of 0, 2, 4, 6, 12, 16, 24, 48 and 72 hours were used. The intestinal digestibility was determined by the three steps and the mobile nylon bag techniques. The ruminal degradation data of the dry matter and crude protein were similar to the literature. The three step technique did not estimate properly the intestinal digestibility of all the feeds evaluated, excepted for the protein feeds. Most feeds had total CP digestibility close to 90%, excepted for soybean, coffee and cacao hulls and elephant-grass and corn silage. The three step technique correctly estimated the intestinal digestibility of the protein feeds, but the equation IDCP (%) = -5,1906 + 1,1053 × X is recommended to correct the digestibility obtained by the three steps technique for non-protein feeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Avaliação de híbridos de milho obtidos do cruzamento entre linhagens com diferentes níveis de degradabilidade da matéria seca/ Performance of corn hybrids obtained from crosses of lines with different dry matter degradabilities

Mendes, Marcelo Cruz; Von Pinho, Renzo Garcia; Pereira, Marcos Neves; Faria Filho, Edmir Marques; Souza Filho, Alano Xavier de
2008-01-01

Resumo em português Na recomendação de um híbrido para produção de silagem, não basta apenas considerar a produção de matéria seca; é necessário também que a silagem tenha alta degradabilidade efetiva (DEF) da matéria seca da planta inteira. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características agronômicas, bromatológicas e de degradabilidade ruminal da matéria seca de híbridos comerciais de milho recomendados para a produção de silagem e de híbridos experimentais pro (mais) venientes do cruzamento entre linhagens de alta e baixa degradabilidade. Foi avaliado o desempenho de 23 híbridos de milho, sendo dezoito híbridos experimentais e cinco comerciais, indicados para silagem. O experimento foi instalado no ano agrícola 2003/2004, com delineamento experimental de blocos casualizados, com três repetições e a parcela experimental constituída de quatro linhas de 5,0 metros. As plantas foram colhidas a 20 cm do solo, no estádio da linha de leite na metade do grão (farináceo/duro). As silagens foram incubadas in situ por 0, 6, 12, 24 e 96 horas, no rúmen de três vacas fistuladas e a degradabilidade efetiva foi calculada assumindo taxa de passagem de -0,05%/hora. Foi observado que entre as cultivares avaliadas, há híbridos com grande potencial para a produção de silagem de qualidade com alta degradabilidade da matéria seca de planta inteira (DEF), independentemente da textura do grão; é correto o uso da estratégia de sintetizar híbridos visando à alta degradabilidade efetiva da matéria seca da planta inteira (DEF) utilizando linhagens que apresentam alta DEF. A baixa correlação da degradabilidade efetiva com características agronômicas e bromatológicas, evidencia a necessidade de maior utilização da DEF na seleção de híbridos de milho, visando à produção de silagem de qualidade. Resumo em inglês In order to recommend corn hybrids for silage it is not enough to have high dry matter. It is also necessary that the silage presents high effective matter degradation (DEF) of the whole plant. This investigation had the objective of evaluating agronomic, bromatologic, and rumen degradability of dry matter of commercial corn hybrids, recommended for silage production, and also experimental hybrids from crosses of lines of high and low degradability. It was evaluated the p (mais) erformance of eighteen experimental hybrids and five commercial hybrids recommend for silage production. The experiment was established in 2003/2004 crop season in randomized block design with three replications. The experimental plot was constituted of four rows 5.0 meters long. Corn plants were harvested at 20 cm from soil level at milk line at half grain stage. The silages were incubated in situ for 0, 6, 12, 24 and 96 hours in the rumen of three fistulated cows. Effective degradability was calculated based on 0.05%/h of passage rate. It was observed that among cultivars there were hybrids, that present good potential for silage production with high effective matter degradation (DEF) of the whole plant, independently of grain texture. The strategy of synthesizing hybrids aiming at high dry matter effective degradability based on lines with high DEF is correct. The low correlation between effective degradability with a agronomic, and bromatologic characteristics indicate the need for better use of DEF in order to select corn hybrids of high quality of silage production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Estimação de teores de componentes fibrosos em alimentos para ruminantes em sacos de diferentes tecidos/ Estimation of fibrous compounds contents in ruminant feeds with bags made from different textiles

Casali, André Oliveira; Detmann, Edenio; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Pereira, José Carlos; Cunha, Maura da; Detmann, Kelly da Silva Coutinho; Paulino, Mário Fonseca
2009-01-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os teores de fibra em detergente neutro indigestível (FDNi) obtidos por procedimento in situ e a perda de partículas fibrosas em meio aquoso de alguns alimentos para ruminantes, utilizando sacos de diferentes tecidos. Observou-se, concomitantemente, a estrutura física dos tecidos utilizados. Os alimentos avaliados foram: farelo de trigo (FT), casca de soja (CS), silagem de milho (SM) e feno de capim-braquiária (FB); e os tecidos: náilon (50 µm); (mais) F57 (Ankom®); e tecido não-tecido (TNT - 100 g/m²). Os alimentos foram moídos (1 mm) e acondicionados em sacos de 4 × 5 cm (seis amostras de cada alimento/tecido), obedecendo à relação de 20 mg de matéria seca/cm² de superfície. Os sacos foram incubados por 144 horas no rúmen de uma vaca alimentada com silagem de milho (70%) e concentrado (30%) e, posteriormente, foram retirados, lavados com água corrente até o total clareamento desta, e tratados com detergente neutro (o resíduo foi considerado FDNi). Verificou-se similaridade entre os teores de FDNi obtidos com TNT e F57, que foram superiores aos obtidos com náilon para os alimentos farelo de trigo, casca de soja e silagem de milho. Para as amostras de PB, os teores diferiram entre todos os tecidos: foram maiores quando estimados utilizando-se F57, menores quando utilizado náilon e intermediários quando utilizado TNT. A perda de partículas fibrosas em meio aquoso foi avaliada por meio de lavagem em água (39ºC) dos sacos contendo os alimentos (10 amostras/tecido). Houve perda de partículas fibrosas quando empregado o náilon como tecido para avaliação das amostras, o que justifica os menores teores de FDNi obtidos com este tecido. A perda de partículas para o náilon está relacionada à estrutura do tecido, uma vez que, em análise por microscopia eletrônica de varredura, não foram observados danos nos tecidos durante os processos de incubação e extração com detergente. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the contents of in situ indigestible neutral detergent fiber (iNDF) and the fibrous particles lost in aqueous environment in some ruminant feeds by using bags made with different textiles. The physical structure of the textiles was also observed. Wheat bran (WB), soybean hulls (SH), corn silage (CS), and signal grass hay (SGH) samples were used. The bags used for rumen incubation were made of nylon (50 µm); F57 (Ankom®); and non-wove (mais) n textile (NWT -100 g/m²). The feed samples were ground (1 mm) and conditioned in bags (4 × 5 cm) (six bags of each feedstuff/textile), in a ratio of 20 mg of dry matter/cm² of surface. The bags were incubated in the rumen of a cow fed with corn silage (70%) and concentrate (30%) for 144 hours. After that, the bags were removed, cleaned with running water and treated with neutral detergent. The residue was assumed as iNDF. The iNDF contents in WB, SH and CS were similar for F57 and NWT, but lower values were obtained when nylon was used For the SGH samples, all textiles produced different results, and the lowest contents were obtained with nylon. The fibrous particle losses in the aqueous environment were evaluated by cleaning the bags in warm running water (39ºC) (10 bags/textile). The loss of fibrous particles was significant for nylon. This loss was considered the cause of lower iNDF contents obtained by using nylon textile, since the microscopic evaluation did not show the occurrence of ruptures during incubation or neutral detergent extraction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Parâmetros nutricionais de novilhos sob suplementação em sistema de autocontrole de consumo no período de transição águas-seca/ Nutritional parameters of steers supplemented in self-control consumption system in the rainy-dry season transition period

Zervoudakis, Joanis Tilemahos; Paulino, Mário Fonseca; Cabral, Luciano da Silva; Detmann, Edenio; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Moraes, Eduardo Henrique Bevitori Kling de
2010-12-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o uso de suplementos de autocontrole de consumo sobre os parâmetros nutricionais de novilhos em pastagem de Brachiaria decumbens Stapf. No período de transição águas-seca. Utilizaram-se quatro novilhos mestiços fistulados no rúmen, abomaso e esôfago. Forneceram-se sal mineral (SAL) e suplementos à base de: mistura mineral, sal comum e milho grão triturado (MGS); mistura mineral, ureia e milho grão triturado (UMG); e mistura mineral, ureia, (mais) milho grão triturado e farelo de soja (UMGFS), com diferentes teores proteicos. Os suplementos não promoveram diferenças nos consumos de nutrientes, exceto proteína bruta, cujos maiores valores foram obtidos com a utilização dos suplementos com milho grão triturado e farelo de soja. Não houve efeito dos suplementos nos parâmetros de cinética de trânsito de partículas; os valores médios encontrados para taxa de passagem ruminal e tempo médio de retenção total no trato gastrintestinal foram de 0,018 h-1 e 106,93 horas, respectivamente. A suplementação influenciou a concentração de amônia ruminal, que foi maior quando fornecidos os suplementos contendo farelo de soja (31,25 mg/dL) e milho grão triturado (24,22 mg/dL). A suplementação não influenciou as digestibilidades aparente total, ruminal e intestinal de matéria seca, matéria orgânica, carboidratos totais, fibra em detergente neutro e carboidratos não-fibrosos, mas afetou a digestibilidade aparente da proteína bruta, que foi maior no animal que recebeu o suplemento com farelo de soja. Os suplementos com mistura mineral, ureia, milho grão triturado e farelo de soja promovem maiores excreções de N-ureia e maior eficiência microbiana. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the use of self-control supplements on nutritional parameters of steers grazing Brachiaria decumbens Stapf. during the rainy-dry season transitional period. Four crossbred steers fistulated in rumen, abomasum and esophagus were used. Mineral salt (SAL) and supplements based on: mineral mix, salt, and ground corn grain (GCG); mineral mix, urea and ground corn grain (UGCG); and mineral mix, urea, grounded corn grain and soybean meal (UG (mais) CSM), with different protein contents were given. The supplements did not promote significant differences for intake of nutrients except for crude protein intake whose greater values were obtained with the use of supplements of ground corn grain and soybean meal. There was no effects of the supplements on transit kinetic parameters of the particles; the mean values found for rate of passage and mean retention time in the rumen and gastrointestinal tract were 0.018 h-1 and 106.93 hours, respectively. Supplementation changed ruminal ammonia concentration whose greatest values were obtained with the supplement containing soybean meal (31.25 mg/dL) and ground corn grain (24.22 mg/dL). There was no effect of supplementation on apparent total, ruminal and intestinal digestibility of dry matter, organic matter, total carbohydrates, neutral detergent fiber and neutral detergent fiber but it affected crude protein apparent digestibility which was the highest in the animals fed supplement with soybean meal. Supplements with mineral mixture, urea, ground corn grain and soybean meal promote the highest N-urea excretions and it shows more microbial efficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Volatile compounds in the thermoplastic extrusion of bovine rumen

Silva, Ana Carolina Conti e; Bastos, Deborah Helena Markowicz; Arêas, José Alfredo Gomes; Facanali, Roselaine; Marques, Marcia Ortiz M.
2008-01-01

Resumo em inglês The volatile compounds of raw and extruded bovine rumen, extracted by dynamic headspace, were separated by gas chromatography and analyzed by GC-MS. Raw and extruded materials presented thirty-two volatile compounds. The following compounds were identified in raw bovine rumen: heptane, 1-heptene, 4-methyl-2-pentanone, toluene, hexanal, ethyl butyrate, o-xylene, m-xylene, p-xylene, heptanal, limonene, nonanal, dodecane, tridecane, tetradecane, pentadecane, hexadecane, hept (mais) adecane and octadecane. The following compounds were identified in the extruded material: 1-heptene, 2,4-dimethylhexane, toluene, limonene, undecane, tetradecane, pentadecane, hexadecane, heptadecane, octadecane and nonadecane. Mass spectra of some unidentified compounds indicated the presence of hydrocarbons with branched chains or cyclic structure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Variáveis ruminais avaliadas por meio de funções matemáticas contínuas/ Rumen variables evaluated through continuum mathematical functions

Detmann, Edenio; Cecon, Paulo Roberto; Paulino, Mário Fonseca; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Henriques, Lara Toledo; Detmann, Kelly da Silva Coutinho
2007-11-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar as variáveis pH e concentração de nitrogênio amoniacal ruminal em bovinos por meio de funções matemáticas contínuas, utilizando-se o polinômio trigonométrico em série de Fourier. Foram utilizados quatro conjuntos de dados simulados referentes à alimentação de vacas em lactação em confinamento e bovinos suplementados em pastejo. Os ajustamentos dos modelos foram realizados por procedimentos iterativos. Os efeitos nutric (mais) ionais nas diferentes situações de alimentação simuladas foram estimados por operações de cálculo integral. As séries de Fourier apresentam elevada capacidade de ajustamento para descrição do comportamento diário do pH e concentração de nitrogênio amoniacal ruminal. As variáveis geradas por integração das funções ajustadas apresentam elevada capacidade discriminatória, o que permite refinamentos sobre a interpretação dos efeitos nutricionais de diferentes dietas das características físico-químicas do ambiente ruminal. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate rumen pH and ammonia concentration in cattle through continuum mathematical functions by using the Fourier's trigonometric polynomial. Four simulated dataset, which represent feeding conditions of confined dairy cows and cattle supplemented at pasture were used. The models adjustments were performed by iterative procedures. The nutritional effects in the different simulated feeding situations were evaluated through integral calcu (mais) lus. The Fourier series has showed a good adjustment in describing the daily behavior of rumen pH and ammonia concentration. Variables obtained through numeric integration show a high discriminatory power, which leads to a fine tuning on the evaluation of diet effects on physical and chemical characteristics of rumen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Uso de bicarbonato e lactato-L para correção da acidose metabólica sistêmica em bovinos com acidose láctica ruminal aguda/ Use of bicarbonate and lactate L for correction of systemic metabolic acidosis in cattle with acute rumen lactic acidosis

Leal, M.L.R.; Maruta, C.A.; Ortolani, E.L.
2007-08-01

Resumo em português Foram utilizados seis novilhos, providos de cânula ruminal, em delineamento experimental cross-over, para comparar a eficiência de soluções de bicarbonato de sódio e lactato-L de sódio na correção da acidose metabólica sistêmica (AMS), causada pela acidose láctica ruminal (ALR). Vinte horas após, quando apresentavam intensa AMS, os animais foram distribuídos aleatoriamente e tratados com cinco litros de 150mMol/l de bicarbonato de sódio ou de lactato-L de s� (mais) �dio, infundidas por via intravenosa, nas quatro horas seguintes. Amostras de sangue, para hemogasometria, foram coletadas no decorrer da infusão a zero, 1, 2, 3, 4, 6 e 8 horas. Ambos os tratamentos elevaram o pH sangüíneo já na primeira hora pós-infusão, corrigindo adequadamente a AMS. O tratamento com lactato-L de sódio aumentou as concentrações de bicarbonato, TCO2 e EAB sangüíneos já na segunda hora pós-infusão; com o bicarbonato essa elevação ocorreu a partir da terceira hora. Não houve diferenças entre tratamentos para pH sangüíneo, bicarbonato, TCO2 e excesso de base. Vinte e quatro horas após o tratamento todos os novilhos apresentaram plena recuperação. O lactato-L pode substituir o bicarbonato na correção da AMS em novilhos com ALR. Resumo em inglês The efficiency of sodium bicarbonate or l-lactate for correcting systemic metabolic acidosis (SMA) caused by rumen lactic acidosis (RLA) was evaluated using six rumen-cannulated steers in a cross-over experimental design. RLA was induced by administration of sucrose, intraruminally. Twenty hours later when the animals developed an intense SMA, the steers were randomly distributed and treated intravenously either with 5l of 15 mMol/l sodium bicarbonate or L-lactate solutio (mais) n, infused throughout 4h. Blood samples were colleted throughout the infusion at zero, 1, 2, 3, 4, 6 and 8h, for blood gas analysis. After 1hour, both sodium bicarbonate and L-lactate solutions increased blood pH and corrected adequately the SMA. Blood bicarbonate, TCO2 and base excess concentrations were also increased at the 2nd hour with L-lactate and at the 3rd hour with bicarbonate. No differences between treatments were observed for blood pH, bicarbonate, TCO2 and base excess concentrations. Treated steers after twenty-four hours showed an effective clinical recovery. L-lactate can adequately replace bicarbonate in the correction of SMA in steers with RLA.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Recria de bovinos Nelore em pastos de Brachiaria brizantha com suplementação protéica ou com acesso a banco de proteína de Leucaena lecocephala: características de fermentação ruminal/ Post-weaning performance of Nelore cattle grazing Brachiaria brizantha with proteic supplement or free access to a protein bank of Leucaena leucocephala: ruminal fermentation characteristics

Manella, Marcelo de Queiroz; Lourenço, Antônio João; Leme, Paulo Roberto
2003-08-01

Resumo em português Foram avaliadas as características de fermentação ruminal de bovinos Nelore com peso médio inicial de 152 kg, submetidos durante 314 dias aos seguintes tratamentos: pastos de Brachiaria brizantha exclusiva (Teste), pasto de Brachiaria mais suplementação durante o período de seca (Seca), pasto de Brachiaria mais suplementação na seca e águas (Ano) ou pasto de Brachiaria com acesso a banco de Leucaena (Banco). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso c (mais) om quatro repetições. O suplemento fornecido na seca continha 46,9% de PB e o das águas, 43,9% PB. As coletas de líquido ruminal foram realizadas em agosto, novembro, fevereiro e maio de três animais aleatórios de cada parcela. As porcentagens molares de propionato foram maiores para os animais suplementados, sendo que em agosto foi maior para os tratamentos Ano e Seca; nos outros períodos os animais do tratamento Ano apresentaram as maiores proporções. Similarmente, a relação acetato:propionato diminui nos tratamentos com suplemento em todas épocas. Houve interação dos valores de N-NH3 entre época do ano e tratamento, sendo que os animais suplementados apresentaram concentração mais elevada em agosto (Ano e Seca), fevereiro e maio (Ano). Houve também interação entre época do ano e tratamento para N-uréia, em que os tratamentos suplementados apresentaram valores mais elevados em agosto (Ano e Seca), fevereiro e maio (Ano) que os demais tratamentos e, em novembro, o Ano foi maior apenas no tratamento Teste. Resumo em inglês The rumen fermentative characteristics of Nelore steers grazing Brachiaria Brizantha pastures (Teste), or supplemented during the dry season (Seca), dry and wet seasons (Ano) or with free access to a Leucaena bank (Banco), in a randomized block design with four replications, were evaluated. The dry season supplement had 46.9% CP, 70% rumen degradable, and the wet season supplement, 43.9%CP, 60% degradable. Rumen liquor was collected on August, November, February and May. (mais) The molar proportions of propionic acid in the supplemented animals were higher in August in the Ano and Seca treatment, and in the others periods animals in the treatment Ano had greater proportions. Similarly, the acetate:propianate ratio was lower in the supplemented treatments in all periods. The values of N-NH3 showed an interaction between period and treatment, with the animals receiving proteic supplement showing higher values in August (Ano and Seca), February and May (Ano. Urea nitrogen showed an interaction between period and treatment, with supplemented animals showing higher values in August (Ano and Seca), February and May (Ano) than the other treatments, and in November the Ano treatment was higher than Teste only.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Frações dos compostos nitrogenados associados à parede celular em forragens tropicais/ Fractions of cell wall nitrogenous compounds in tropical forages

Henriques, L.T.; Detmann, E.; Queiroz, A.C.; Valadares Filho, S.C.; Leão, M.I.; Paulino, M.F.
2007-02-01

Resumo em inglês The total and undegradable fractions of nitrogenous compounds associated to cell wall organic matrix in some tropical forages were evaluated. Samples of corn silage, elephantgrass silage and sugarcane were used. Neutral detergent insoluble nitrogenous compounds were divided in three different fractions associated with: hemicellulose (HN), cellulose (CN), and lignin (LN). The size of the different fractions varied among feeds. A portion of acid detergent insoluble nitrogen (mais) , which is the sum of CN and LN, was potentially degradable in the rumen. A portion of HN was not degradable in the rumen. The heterogeneous dimensions of degradable portion of all nitrogenous compounds among feeds can compromise the estimates of cell wall undegradable nitrogen by simple chemical approaches in tropical forages. The LN overestimated the lignin contents and the correction for those compounds on lignin has been suggested.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Digestão do feno de capim-elefante anão (Pennisetum purpureum Schum. cv. Mott) sob diferentes níveis de consumo em ovinos/ Dwarf elephant grass hay (Pennisetum purpureum Schum. cv. Mott) digestion by sheep at different levels of intake

Morais, Jucileia Aparecida da Silva; Sanchez, Luis Maria Bonnecarrère; Kozloski, Gilberto Vilmar; Lima, Lisiane Dorneles de; Trevisan, Luiz Maurício; Reffatti, Mônica Vizzotto; Cadorin Júnior, Rui Luiz
2007-04-01

Resumo em português Foram utilizados doze ovinos Texel × Corriedale machos, castrados, com 12 meses de idade e peso vivo (PV) inicial médio de 27kg, mantidos em gaiolas de metabolismo, em um delineamento inteiramente casualizado, conduzido em dois períodos, para avaliar o efeito do nível de consumo (base matéria seca (MS)) de feno de capim elefante anão (CEA) (1,50; 1,75; 2,00; 2,25; 2,50% do PV e ad libitum) sobre a digestão nesses animais. A digestibilidade aparente da MS, da m (mais) atéria orgânica (MO) e do nitrogênio (N), bem como a digestibilidade verdadeira do N, o teor de nutrientes digestíveis totais e a síntese de proteína microbiana ruminal não foram afetados, mas a retenção de N (em g dia-1 e como % do N consumido) foi sempre positiva e aumentou linearmente (P Resumo em inglês Twelve one year old Texel x Corriedale castrated male sheep, with 27kg mean live weight (LW), housed in metabolic cages, were used in a completely randomized experiment, carried out in two periods, to evaluate the effect of level of intake (dry matter (DM) basis) of dwarf elephant grass (1.5; 1.75; 2.0; 2.25; 2.5% of LW and ad libitum) on digestion. DM, organic matter (OM) and nitrogen (N) apparent digestibility, as well as the N true digestibility, total digestible nutri (mais) ents (TDN) contents and rumen microbial protein synthesis were not affected by level of hay intake. N retention (as g day-1 and as % of N intake) was always positive and increased linearly (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Degradação ruminal e estimativa de consumo de genótipos de capim-elefante anão/ Ruminal degradation and intake prediction of the dwarf elephant grass genotypes

Araújo, Saulo Alberto do Carmo; Vásquez, Hernán Maldonado; Silva, José Fernando Coelho da; Deminicis, Bruno Borges; Campos, Patrícia Regina de Souza Siqueira; Lista, Fábio Nunes
2010-01-01

Resumo em português Os objetivos neste estudo foram avaliar a degradação ruminal in situ da matéria seca (MS) e da fibra em detergente neutro (FDN) e estimar o consumo de matéria seca de genótipos de capim-elefante anão em diferentes intervalos de corte. Os tempos de incubação no ambiente ruminal foram 0, 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96 e 144 horas. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com três repetições (animais), dois genótipos de capim-elefante anã (mais) o (CNPGL 94-34-3, CNPGL 92-198-7) e a cultivar Mott, avaliados em intervalos de corte de 14, 28, 42, 56, 70 e 84 dias, em esquema em parcelas subdivididas. Os parâmetros de degradação da MS e FDN e suas degradabilidades potencial e efetiva não apresentaram grande variação entre a cultivar Mott e os genótipos CNPGL 94-34-3 e CNPGL 92-198-7, mas reduziram substancialmente com o aumento da maturidade da planta em todos os genótipos. As estimativas de consumo geradas por duas equações são adequadas a esses alimentos. Resumo em inglês The objectives of this study were to assess the in situ rumen degradation of dry matter (DM) and neutral detergent fiber (NDF) and the estimated DM intake of dwarf elephant grass genotypes in different cutting intervals. The incubation periods in the rumen environment were 0, 3, 6, 12, 24, 36, 48, 72, 96 and 144 hours. A randomized block design was used with three replications (animals), two dwarf elephant grass genotypes (CNPGL 94-34-3 and CNPGL 92-198-7) and the cv. Mot (mais) t, with cutting intervals of 14, 28, 42, 56, 70 and 84 days, in a split plot design. The parameters of DM and NDF degradation, and its potential and effective degradabilities did not vary greatly for cv. Mott and the CNPGL 94-34-3 and CNPGL 92-198-7 genotypes, but they decreased substantially with increased plant maturity for all the genotypes. Intake estimates generated by two equations are considered valid for these feeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Cinética ruminal da degradação de nutrientes da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos/ Ruminal degradation kinetics of corn silage in bulls inoculated with different additives in the rumen

Katsuki, Pedro Andrade; Mizubuti, Ivone Yurika; Pereira, Elzânia Sales; Ramos, Bruno Mazzer de Oliveira; Ribeiro, Edson Luis de Azambuja; Moreira, Fernanda Barros; Rocha, Marco Antonio da; Pinto, Andréa Pereira; Alves, Teresa Cristina
2006-12-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a cinética ruminal da degradação de MS, PB e FDN da silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com diferentes aditivos. Utilizou-se um delineamento em quadrado latino 4 x 4, com quatro bovinos holandeses e quatro períodos de incubação, em ambiente ruminal adaptado ou não com diferentes aditivos alimentares. Foram testados os seguintes tratamentos: SCL - silagem de milho em ambiente ruminal sem inoculação de aditivo; SBL - silagem de milho (mais) em ambiente ruminal inoculado com 5 g de produto comercial contendo bactérias ruminais e intestinais liofilizadas (Ruminobacter amylophilum: 3,0 x 10(11) ufc/kg; Fibrobacter succinogenes: 3,0 x 10(11) ufc/kg; Succinovibrio dextrinsolvens: 4,4 x 10(11) ufc/kg; Bacillus cereus: 3,5 x 10(11) ufc/kg; Lactobacillus acidophilus: 3,5 x 10(11) ufc/kg e Streptococcus faecium: 3,5 x 10(11) ufc/kg); SEC - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 15 g de produto comercial contendo enzimas celulolíticas (xilanase 10%); e SMS - silagem de milho em ambiente ruminal inoculado com 3 g de produto comercial contendo monensina sódica. Os tratamentos SBL e SEC não afetaram a fração potencialmente degradável (b) dos nutrientes avaliados da silagem de milho. A monensina sódica reduziu a fração (b) da MS (51,01%) e a degradabilidade potencial da silagem de milho (72,33%). Entre os aditivos estudados, a monensina sódica proporcionou a maior fração não-degradável da FDN (45,57%), reduzindo o desaparecimento desta fração a partir de 48 horas de incubação intra-ruminal. Os diferentes aditivos, nas concentrações estudadas, não proporcionaram melhora na degradabilidade efetiva da MS, PB e FDN da silagem de milho. Resumo em inglês Four bulls fitted with ruminal cannula were used in a 4 x 4 Latin square design to evaluate the effects of different ruminally inoculated additives on the degradation kinetics of DM, CP, and NDF of corn silage (CS). The treatments were: control CS incubated in rumen with no additive; LB - CS incubated in rumen inoculated with five grams of dehydrated and lyophilized ruminal and intestinal bacteria (Ruminobacter amylophilum: 3.0 x 10(11) ufc/kg; Fibrobacter succinogenes: 3 (mais) .0 x 10(11) ufc/kg; Succinovibrio dextrinsolvens: 4.4 x 10(11) ufc/kg; Bacillus cereus: 3.5 x 10(11) ufc/kg; Lactobacillus acidophilus: 3.5 x 10(11) ufc/kg and Streptococcus faecium: 3.5 x 10(11) ufc/kg); CE - CS incubated in rumen inoculated with 15 grams of cellulolytic enzymes (xylanase; 10%); and SM - CS incubated in rumen inoculated with three milligrams of sodium monensin. The LB and CE treatments did not affect the potentially degradable "b" fraction of CS nutrients. However, the SM treatment reduced the DM "b" fraction (51.01%) and the potential degradability of CS (72.33%). Use of SM resulted in the greatest NDF indigestible fraction reducing NDF disappearance after 48 hours of ruminal incubation. It can be concluded that the different additives did not improve the effective degradability of CS DM, CP, and NDF.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Avaliação de colheita de líquido ruminal por fístula ou sonda esofágica em bovinos/ Effect of rumem cannula and esophageal probe methods on sampling of rumem fluid in cattle

Salles, M.S.V.; Zanetti, M.A.; Del Claro, G.R.; Netto, A.S.; Franzolin, R.
2003-08-01

Resumo em português Estudaram-se os efeitos do método de colheita de líquido ruminal, por sonda ou fístula ruminal, e do momento de colheita, antes e depois da alimentação, sobre a concentração e proporção de AGVs, concentração de nitrogênio amoniacal, concentração de minerais e pH do líquido ruminal, utilizando-se quatro bovinos machos da raça Nelore, com fístula ruminal e peso médio de 237kg. Observou-se maior concentração total de ácidos graxos voláteis no líquido c (mais) olhido por fístula antes e depois da alimentação. Maior porcentagem de ácido acético, menor de ácido propiônico e butírico, menor concentração de nitrogênio amoniacal, maior valor do pH e menor concentração de cálcio, de fósforo e de potássio foram obtidas no líquido colhido por sonda esofagiana. Tanto o líquido ruminal colhido por fístula como o por sonda esofagiana antes da alimentação apresentaram menor concentração de AGVs, menor porcentagem de ácido propiônico, menor concentração de nitrogênio amoniacal, maior porcentagem de ácido butírico, maior relação AC/PRO e maior pH do que o colhido após a alimentação. Sugere-se trabalhar com colheitas por fístula ruminal após a administração do alimento em experimentos em que se queira observar os primeiros efeitos dos tratamentos sobre o metabolismo ruminal. Com conhecimento prévio da ação do tratamento no metabolismo ruminal e sendo utilizado um tratamento-controle, a colheita por sonda esofagiana poderá ser utilizada, mas apenas para experimentos em que os parâmetros ruminais sejam o enfoque secundário. Resumo em inglês The effects of sampling methods of the rumen fluid through esophageal probe or rumen cannula, and sampling time, before and after meal on concentration and proportion of the VFA, ammonia nitrogen and minerals concentration and rumen pH were evaluated. Four Nelore steers fitted with rumen cannula, averaging 237kg live weight were used. Regardless sampling time, higher VFA concentration was observed for rumen fluid collected through cannula. Rumen fluid collect through esop (mais) hageal probe showed higher acetic acid concentration and pH, however it showed lower propionic and butyric acids, ammonia nitrogen, calcium, phosphorus and potassium concentrations. It was suggested that rumen sampling through rumen cannula after meal, is more important in experiments where the objectives are to evaluate the effects of treatments on ruminal metabolism. If the treatment effect is already known and a strong control treatment is set up, the esophageal probe can be used only for experiments where the ruminal parameters are not the main objective.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)