Sample records for rodents
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Roedores, marsupiais e triatomíneos silvestres capturados no município de Mambaí-Goiás: infecção natural pelo Trypanosoma cruzi/ Wild marsupials and triatomines captured in Mambaí county, Goiás (Brazil): natural infection by Tripanosoma cruzi

Mello, Dalva A.
1982-10-01

Resumo em português Neste trabalho está descrito aspectos do ciclo silvestre do Trypanosoma cruzi em região do cerrado do Brasil Central, endêmica para doença de Chagas. Entre 151 roedores (11 espécies) e 73 Didelphis albiventris, capturados em ambiente silvestre, respectivamente 4 (2,6%) e 15 (20,6%), estavam naturalmente infectados pelo T. cruzi. Triatomíneos, pertencentes a cinco espécies (Rhodnius neglectus, Psammolestes tertius, Triatoma costalimai, Triatoma pseudomaculata e Tria (mais) toma sordida) foram também capturados em ambiente silvestre e em diferentes tipos de biótopos. Entre 165 exemplares, destes insetos, coletados, dois estavam parasitados pelo T. cruzi (T. costalimai e T. pseudomaculata). Foram ainda realizadas observações ecológicas, quanto a interações entre roedores, D. albivetris e triatomíneos. Resumo em inglês This paper describes aspects of the circulation of Trypanosoma cruzi in wild environments. The area studied is located in the county of Mambaí, Goiás State, and belongs to the "Provincia do Cerrado" where Chagas' disease is endemic. One hundred and fifty one rodents (11 species) and 73 Didelphis albiventris, were captured. The infection rates for T. cruzi were, respectively, 2.6% (4) and 20.6% (15). One hundred and sixty five individuals of the following triatomine spec (mais) ies were collected: Rhodnius neglectus, Psammolestes tertius, Triatoma costalimai, Triatoma pseudomaculata and Triatoma sordida. Two specimens (T. costalimai and T. pseudomaculata) were found to be infected with T. cruzi.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Roedores, marsupiais e triatomíneos silvestres capturados no município de Mambaí-Goiás: infecção natural pelo Trypanosoma cruzi/ Wild marsupials and triatomines captured in Mambaí county, Goiás (Brazil): natural infection by Tripanosoma cruzi

Mello, Dalva A.
1982-10-01

Resumo em português Neste trabalho está descrito aspectos do ciclo silvestre do Trypanosoma cruzi em região do cerrado do Brasil Central, endêmica para doença de Chagas. Entre 151 roedores (11 espécies) e 73 Didelphis albiventris, capturados em ambiente silvestre, respectivamente 4 (2,6%) e 15 (20,6%), estavam naturalmente infectados pelo T. cruzi. Triatomíneos, pertencentes a cinco espécies (Rhodnius neglectus, Psammolestes tertius, Triatoma costalimai, Triatoma pseudomaculata e Tria (mais) toma sordida) foram também capturados em ambiente silvestre e em diferentes tipos de biótopos. Entre 165 exemplares, destes insetos, coletados, dois estavam parasitados pelo T. cruzi (T. costalimai e T. pseudomaculata). Foram ainda realizadas observações ecológicas, quanto a interações entre roedores, D. albivetris e triatomíneos. Resumo em inglês This paper describes aspects of the circulation of Trypanosoma cruzi in wild environments. The area studied is located in the county of Mambaí, Goiás State, and belongs to the "Provincia do Cerrado" where Chagas' disease is endemic. One hundred and fifty one rodents (11 species) and 73 Didelphis albiventris, were captured. The infection rates for T. cruzi were, respectively, 2.6% (4) and 20.6% (15). One hundred and sixty five individuals of the following triatomine spec (mais) ies were collected: Rhodnius neglectus, Psammolestes tertius, Triatoma costalimai, Triatoma pseudomaculata and Triatoma sordida. Two specimens (T. costalimai and T. pseudomaculata) were found to be infected with T. cruzi.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Roedores inventariados em hospital veterinário e fragmento de mata nativa da Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil: caracterização populacional e infecção por Leptospira sp./ Rodentes captured in a veterinary hospital and a fragment of atlantic forest in Zona da Mata, Minas Gerais state, Brazil: populacional characterization and Leptospira sp. infection

Bevilacqua, Paula Dias; Carmo, Rose Ferraz; Silva, João Carlos Pereira da; Giudice, Gisele Mendes Lessa Del
2004-10-01

Resumo em português Os roedores podem transmitir enfermidades para o ser humano e animais, além de provocar diversos prejuízos econômicos. Objetivou-se estudar a população de roedores existente em um hospital veterinário universitário e em um fragmento de mata atlântica nativa, ambos os locais localizados na Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil. No hospital veterinário, foram analisadas as variáveis espécies, sexo, período reprodutivo, sazonalidade, presença de Leptospira sp. em (mais) fragmento renal e anticorpos anti-Leptospira em amostras de soro; os animais silvestre foram analisados segundo a presença de Leptospira sp. em fragmento renal. No hospital veterinário, foram capturados 72 animais, 22 (30,6%) caracterizados segundo a espécie Rattus rattus, sendo a maioria (66,7%) capturada no setor de pequenos animais. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre machos e fêmeas em período reprodutivo chi2=1,85; p=0,174; alfa=0,05). Houve captura de animais em todos os meses do ano, sendo que os meses janeiro (12,5%), fevereiro (15,2%), maio (15,2%) e julho (16,7%) apresentaram as maiores proporções e agosto (2,8%), setembro (4,2%) e outubro (1,4%), as menores. Não foram encontrados animais positivos para leptospirose através do teste sorológico da microaglutinação e da pesquisa histopatológica. Os gêneros capturados no fragmento de mata foram: 16 (50%) OligOryzomis sp, 11 (34,3%) Akodon sp, 3 (9,3%) Oximicterus sp, 1(3,2%) Bolomys sp, 1 (3,2%) Oryzomis sp. Também nesses não se encontrou resultado positivo na pesquisa histopatológica. A presença de Rattus rattus no hospital veterinário é explicada pela existência de locais que servem de esconderijo e de alimento disponível em quantidade e qualidade adequada a esta espécie. Estas condições predispõem à manutenção de roedores durante todo o ano e de machos e fêmeas aptos para a reprodução. A ausência de roedores com resultados positivos para leptospirose não os exime como potenciais reservatórios desta enfermidade, uma vez que o hospital veterinário, por se tratar de ambiente hospitalar, pode eventualmente abrigar espécies domésticas para tratamento que estejam eliminando a Leptospira sp pela urina. As espécies silvestres capturadas, aparentemente, não representam reservatórios da leptospirose. Resumo em inglês Rodents can transmit several diseasesto to human and other animals and cause economic damages. This study looked at rodent population in a veterinary hospital concerning the followings aspects: rodent specie, sex, reproductive period, seasonality and research for Leptospira sp. In addition, rodents from an Atlantic forest fragment were captured and examined for Leptospira sp. Infection. Both the hospital and the forest were located at Zona da Mata region, Minas Gerais sta (mais) te, Brazil. 72 animals were captured at the veterinary hospital, 22 (30.6%) had been characterised according to Rattus rattus species and most of them (66.7%) were captured in small animals sector. There were no significant differences between males and females in reproductive period (chi2=1.85; p=0.174; alpha=0.05). Rodents were captured all over the year. The highest percentages were observed in January (12.5%), February (15.2%), May (15.2%) and July (16.7%), and the lowest in August (2.8%), September (4.2%) and October (1.4%). There was no positive identification of animals for Leptospira sp., by microagglutination and histopathological exams. The animals from the forest were identified as wild rodents. 16 (50%) OligOryzomis sp, 11 (34.3%) Akodon sp, 3 (9.3%) Oximicterus sp, 1(3.2%) Bolomys sp, 1 (3.2%) Oryzomis sp. There weren´t either any findings of positive animals by histopathological exam. The presence of Rattus rattus in the veterinary hospital could be explained by the existence of appropriate places for hiding and food availability, in amount and quality suitable to this species. These conditions allow for the maintenance of rodents during all over the year, and of males and females ready for reproduction. At the hospital, the absence of positive results for Leptospira sp. do not exclude the potential of the rodents as reservoirs of such pathogen, since a veterinary hospital can always shelter domestic species for treatment that could be eliminating the Leptospira sp. The captured wild species apparently do not represent reservoirs of Leptospira sp.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Identificação de roedores silvestres como hospedeiros do Angiostrongylus costaricensis no sul do Brasil/ Identification of wild rodents as hosts of Angiostrongylus costaricensis in the South of Brazil

Graeff-Teixeira, Carlos; Ávila-Pires, Fernando D. de; Machado, Rita de Cássia C.; Camillo-Coura, Léa; Lenzi, Henrique Leonel
1990-06-01

Resumo em português Um número crescente de casos de angiostrongilíase abdominal tem sido detectado no sul do Brasil. O principal hospedeiro do Angiostrongylus costaricensis na América Central, o rato do algodão (Sigmodon hispidus), não ocorre na América do Sul, exceto no norte do Peru, Colômbia e Venezuela. Foram realizadas capturas na área endêmica do Rio Grande do Sul (RS), visando identificar hospedeiros para obtenção de vermes em laboratório e produção de antígeno. Pela pr (mais) imeira vez no Brasil foi constatada a infecção em roedores: Oryzomys nigripes e Oryzomys ratticeps. O. nigripes é um roedor silvestre de pequeno porte e parece ser o principal hospedeiro definitivo do A. costaricensis na região serrana do RS. Resumo em inglês Increasing number of human cases of abdominal angiostrongyliasis has been diagnosed in the south of Brazil. The main definitive host of Angiostrongylus costaricensis in Central America is the cotton rat (Sigmodon hispidus) that does not occur in South America, except in the north of Colombia, Peru and Venezuela. Rodents were captured in the endemic area in Rio Grande do Sul (RS) and definitive hosts were identified for the first time in Brazil: Oryzomys nigripes and Oryzo (mais) mys ratticeps. O. nigripes is a small wild rodent and it appears to be the main definitive host of A. costaricensis in the highlands of RS, Brazil's southermost State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Pesquisa de Yersinia pestis em roedores e outros pequenos mamíferos nos focos pestosos do Nordeste do Brasil no período 1966 a 1982/ Detection of Yersinia pestis in rodents and other small mammals in the northeast of Brazil during the period from 1966 to 1982

Almeida, Alzira Maria Paiva de; Brasil, Darci Pascoal; Carvalho, Francisco Gomes de; Almeida, Célio Rodrigues de
1987-06-01

Resumo em português Foi feita análise da metodologia empregada e dos resultados alcançados em pesquisa de Yersinia pestis, em material de 24.703 roedores e outros pequenos mamíferos oriundos dos focos pestosos do Nordeste do Brasil, no período de 1966 a 1982. Concluiu-se ser necessário haver maior rapidez na realização dos exames para que os dados obtidos sejam convenientemente aplicados nas atividades de vigilância e controle da peste. Resumo em inglês The analysis of the methods employed and the results obtained in the research into Yersinia pestis in 24.703 rodents and other small mammals from plague foci in the Northeast of Brazil during the period from 1966 to 1982, shows that the examinations should be carried out more guickly, to make prompter use of the data obtained in the activities of plague surveillance and control possible.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Pesquisa de Yersinia pestis em roedores e outros pequenos mamíferos nos focos pestosos do Nordeste do Brasil no período 1966 a 1982/ Detection of Yersinia pestis in rodents and other small mammals in the northeast of Brazil during the period from 1966 to 1982

Almeida, Alzira Maria Paiva de; Brasil, Darci Pascoal; Carvalho, Francisco Gomes de; Almeida, Célio Rodrigues de
1987-06-01

Resumo em português Foi feita análise da metodologia empregada e dos resultados alcançados em pesquisa de Yersinia pestis, em material de 24.703 roedores e outros pequenos mamíferos oriundos dos focos pestosos do Nordeste do Brasil, no período de 1966 a 1982. Concluiu-se ser necessário haver maior rapidez na realização dos exames para que os dados obtidos sejam convenientemente aplicados nas atividades de vigilância e controle da peste. Resumo em inglês The analysis of the methods employed and the results obtained in the research into Yersinia pestis in 24.703 rodents and other small mammals from plague foci in the Northeast of Brazil during the period from 1966 to 1982, shows that the examinations should be carried out more guickly, to make prompter use of the data obtained in the activities of plague surveillance and control possible.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Dinâmica populacional de marsupiais e roedores no Parque Municipal da Lagoa do Peri, Ilha de Santa Catarina, sul do Brasil/ Population dynamics of marsupials and rodents in Parque Municipal da Lagoa do Peri, Santa Catarina Island, southern Brazil

Graipel, Maurício E.; Cherem, Jorge J.; Monteiro-Filho, Emygdio L. A.; Glock, Luiz
2006-06-01

Resumo em inglês A two-year mark-recapture study of small mammals was conducted in an area of Atlantic Forest hillside in the state of Santa Catarina, Brazil. Four species of marsupial and seven species of rodent were captured during 12 132 trap-nights. Aspects of population dynamics and natural history are discussed for each common species. The sex ratio was biased toward males for all species. Oryzomys russatus, Didelphis aurita and Akodon montensis had the highest population densities, (mais) the least amount of variation in population density and an inverse relationship between survivorship rates and population densities. Micoureus paraguayanus, Nectomys squamipes and O. angouya, registered the higher population densities after continual survivorship rates. The recruitment rates were low for most species ( 50%). Population densities of D. aurita, O. nigripes and O. aff. judex increased in cold and dry periods. The marsupials reproduced seasonally from late winter until the end of the summer, whereas rodents reproduced throughout the year. No species were long-lived, with average life-span

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Aspectos morfológicos do saco vitelino em roedores da subordem Hystricomorpha: paca (Agouti paca) e cutia (Dasyprocta aguti)/ Morphological aspects of yolk sac from rodents of Hystricomorpha subordem: paca (Agouti paca) and agouti (Dasyprocta aguti)

Conceição, Rogério Arcuri; Ambrósio, Carlos Eduardo; Martins, Daniele S.; Carvalho, Ana Flávia; Franciolli, André Luis R.; Machado, Marcia Rita F.; Oliveira, Moacir F.; Miglino, Maria Angélica
2008-05-01

Resumo em português Este trabalho visou caracterizar macro e microscopicamente o saco vitelino em pacas (Agouti paca) e cutias (Dasyprocta aguti) no início de gestação. Três embriões/fetos de pacas e três de cutias foram utilizados para a análise do saco vitelino, durante as fases iniciais de gestação. Fragmentos do saco vitelino foram removidos do embrião/feto e rotineiramente processados para inclusão em parafina (técnica histológica rotineira) e em resina Spurr (análise ultr (mais) a-estrutural). Macroscopicamente, a placenta vitelínica em ambas as espécies inseria-se na superfície da placenta principal, com suas margens projetando-se completamente sobre o embrião/fetos. Na microscopia de luz, a placenta vitelínica apresentava-se constituída pelo epitélio endodérmico e um mesenquima com inúmeros vasos vitelínicos. Ultraestruturalmente, a placenta vitelínica visceral da paca era formada por células endodérmicas com núcleos na região mediana e da cutia por núcleos dispostos apicalmente; outra característica foi o grande número de mitocôndrias, vesículas de conteúdo eletrodenso e com microvilosidades. Com base nos resultados concluímos, que (1) a placenta vitelínica das duas espécies apresenta inserção na superfície da placenta principal; (2) a placenta vitelínica de paca se apóia na membrana de Reichert, diferentemente da cutia, que não possui tal membrana; (3) o cório e alantóide apresentam-se fusionados, formando a placenta corioalantoídea; e (4) o saco vitelino em ambas as espécies é invertido e vascularizado. Resumo em inglês The study aimed to characterize gross and microscopic features of the yolk sac in paca (Agouti paca) and agouti (Dasyprocta aguti) in early gestation. Fragments of the yolk sac of 3 paca and 3 agouti fetuses at early gestation were taken and processed for histological and ultrastructural analyses. Gross features of the vitelline placenta in both species showed its insertion over the main placenta surface and projections to the embryos/fetuses. Microscopically, the vitelli (mais) ne placenta was constituted by endoderm epithelium and mesenchyme, in which vitelline vessels are abundant. The ultrastructure of the samples showed that the visceral yolk sac of the paca was formed by endodermic cells with nuclei in the median region, and that the visceral yolk sac of the agouti was formed by nuclei arranged apically; other characteristic was the large number of mitochondrias, eletrodense vesicles with microvilosities We conclude that (1) the vitelline placenta of the two species presents insertion in the surface of the main placenta; (2) the vitelline placenta of paca rests on the Reichert's membrane, whereas the agouti vitelline placenta does not have this membrane; (3) the chorion and allantoic are fusioned; and (4) the chorioallantoic placenta and the yolk sac in both species are reversed and vascularized.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Pesquisa de Trichinella spiralis em roedores capturados na zona portuária de Santos/ An investigation of Trichinella spiralis in rodents captured in the Santos dock area

Paim, Gil Vianna; Côrtes, Valdson de Angelis
1979-03-01

Resumo em português Examinaram-se 594 diafragmas de roedores capturados na zona portuária de Santos tendo em vista a procura de larvas de Trichinella spiralis. Todos os diafragmas examinados estavam negativos. Resumo em inglês Five hundred and ninety-four diaphragms of rodents captured in the Santos dock area were examined for Trichinella spiralis. The results of the examinations were negative.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Pesquisa de Trichinella spiralis em roedores capturados na zona portuária de Santos/ An investigation of Trichinella spiralis in rodents captured in the Santos dock area

Paim, Gil Vianna; Côrtes, Valdson de Angelis
1979-03-01

Resumo em português Examinaram-se 594 diafragmas de roedores capturados na zona portuária de Santos tendo em vista a procura de larvas de Trichinella spiralis. Todos os diafragmas examinados estavam negativos. Resumo em inglês Five hundred and ninety-four diaphragms of rodents captured in the Santos dock area were examined for Trichinella spiralis. The results of the examinations were negative.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Variação morfológica de pegadas de roedores arborícolas e cursoriais do Cerrado/ Footprint morphological variation of arboreal and cursorial rodents of the Cerrado

Camargo, Nícholas F. de; Gurgel-Gonçalves, Rodrigo; Palma, Alexandre R. T.
2008-12-01

Resumo em português Considerando que os roedores possuem diversas formas de locomoção, o presente estudo apresenta e discute variações na forma das pegadas anteriores e posteriores de sete espécies [Akodon cursor (Winge, 1887), Necromys lasiurus (Lund, 1840), Oecomys bicolor (Tomes, 1860), Oecomys concolor (Wagner, 1845), Oligoryzomys nigripes (Olfers, 1818), Hylaeamys megacephalus (Fischer, 1814) e Rhipidomys macrurus (Gervais, 1855)], utilizando técnicas de morfometria geométrica e (mais) análises discriminantes. As variáveis de forma das pegadas foram relacionadas com a topologia filogenética e os modos de locomoção das espécies para verificar a influência de fatores históricos e ecológicos na morfologia das pegadas. A forma das pegadas dos roedores arborícolas (curtas e largas) foi claramente distinta dos cursoriais (estreitas e alongadas). As reclassificações das pegadas anteriores (Kappa = 0,72) e posteriores (Kappa = 0,88) das espécies foram consideradas substanciais e quase perfeitas, respectivamente. As pegadas posteriores discriminaram melhor as espécies além de indicarem os níveis de atividade arborícola e cursorial dos roedores. Efeitos alométricos foram observados nas análises das pegadas anteriores (13%) e posteriores (3%). O modo de locomoção explicou 90,3% da variação na forma nas pegadas dos roedores (p = 0,02), indicando convergência nos padrões morfológicos nas pegadas das espécies de roedores arborícolas e cursoriais. Resumo em inglês Considering that species of rodents have different means of locomotion, this study presents and discusses variations on the anterior and posterior footprints shape of seven species [Akodon cursor (Winge, 1887), Necromys lasiurus (Lund, 1840), Oecomys bicolor (Tomes, 1860), Oecomys concolor (Wagner, 1845), Oligoryzomys nigripes (Olfers, 1818), Hylaeamys megacephalus (Fischer, 1814) and Rhipidomys macrurus (Gervais, 1855)], using geometric morphometrics and discriminant ana (mais) lyses. Shape variables were related to phylogenetic topology and means of locomotion of the species to verify the influence of historical or ecological factors on footprints morphology. Footprints shape of the arboreal rodents (short and wide) was clearly distinct of cursorial ones (narrow and elongated). The anterior (Kappa = 0,72) and posterior (Kappa = 0,88) footprint reclassification was considered substantial and almost perfect, respectively. The posterior footprints presented better results of species discrimination and set the levels of arboreal and cursorial activity of rodents. Allometric effects were observed in anterior (13%) and posterior (3%) footprint analysis. The means of locomotion explained 90.3% of footprint rodents shape variation (p = 0.02), indicating convergence on footprint morphological patterns of arboreal and cursorial rodents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Sobre alguns ectoparasitos de roedores silvestres do município de caratinga, Minas Gerais, Brasil: II. Acarofauna

Botelho, José Ramiro; Williams, Paul
1980-12-01

Resumo em português Os autores capturaram ácaros de roedores silvestres na região de Caratinga, Minas Gerais, Brasil, entre abril de 1976 e março de 1977. Foram capturados 169 roedores de 10 espécies e coletados 2.444 ácaros de 11 espécies. Eubrachylaelaps rotundus foi o ácaro predominante, sendo capturado principalmente em roedores do gênero Akodon. Vinte e três registros novos de hospedeiros são apresentados com Atricholaelaps guimaraesi aparecendo pela primeira vem em seis espécies de roedores. Resumo em inglês The authors captured mites from wild rodents in the county of Caratinga, State of Minas Gerais, Brazil, between April 1976 and march 1977. One hundred and sixty-nine wild rodents of 10 species were captured and 2444 mites of 11 species were collected. Eubrachylaelaps rotundus was the predominant mite being captured mainly from rodents of the genus Akodon. Twenty-three host records are presented with Atricholaelaps guimaraesi appearing for the first time on six species of rodents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Tijolos vazados como abrigo para adaptação de roedores silvestres em cativeiro/ The using of hollow bricks as a shelter for adaptation of wild rodents' colonies in captivity

Graeff-Teixeira, Carlos; Garrido, Cinara T.; Santos, Fernanda T.; Aguiar, Luís F.S.
1998-06-01

Resumo em português Dificuldade para o estabelecimento de colônias de roedores silvestres no laboratório podem impedir realização de estudos experimentais. Descrevemos o emprego de tijolos vazados dentro das gaiolas, com objetivo de proporcionar abrigo e reduzir o estresse dos animais. Isto facilita a limpeza das gaiolas e outros procedimentos, já que os animais permanecem espontaneamente dentro do tijolo, enquanto são transferidos para uma nova gaiola. Este método foi empregado em um (mais) a tentativa de adaptação de Oryzomys nigripes em cativeiro. Apesar do transporte por mais de 1500km, mortalidade foi zero no grupo de 62 roedores e a colônia expandiu-se imediatamente. O tijolo vazado é um material barato, facilmente disponível e contribui para a adaptação de roedores silvestres em cativeiro. Resumo em inglês Difficulties for adaptation of wild rodents' colonies in the laboratory may hamper experimental studies. We describe the use of a hollow brick inside cages, to provide shelter and reduce stress of the animals. It facilitates the cleaning of cages, since the animals stay inside the brick while they are transferred to a new cage. This method was applied in a trial for adaptation of Oryzomys nigripes in captivity. Despite transportation for more than 1500km, mortality was ze (mais) ro in the group of 62 rodents and the colony expanded immediately. A hollow brick is a cheap and widespread available material for improving adaptation of wild rodents to captivity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Ocorrência de Babesia sp em pequenos roedores no Brasil/ Occurrence of Babesia sp in small rodents in Brazil

Gazeta, G.S.; Carvalho, R.W.; Avelar, R.F.; Amorim, M.; Aboud-Dutra, A.E.
2004-12-01

Resumo em português Foi analisada a ocorrência de babesiose em pequenos roedores nos municípios de Silva Jardim e Nova lguaçu, Estado do Rio de Janeiro. Foram capturados 44 roedores de seis espécies diferentes e entre eles a prevalência da infecção foi de 27,3%. Rattus norvegicus foi considerado o principal reservatório (50,0%) e Oligoryzomys nigripes como novo hospedeiro para Babesia sp. Este foi o primeiro relato de Babesia sp. em roedores no Brasil. A freqüência de roedores positivos e o risco de infecção dos roedores não diferiram entre as áreas estudadas. Resumo em inglês The occurrence of babesiosis was studied in 44 small rodents of six species captured in Silva Jardim and Nova lguaçu counties, State of Rio de Janeiro, Brazil. The prevalence of injection was 27.3%. Rattus norvegicus was considered as the main reservoir and Oligoryzomys nigripes as a new host to Babesia sp. The frequency and the risk of rodent infection were considered equal among the studied areas. This is the first report of Babesia sp in small rodents in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Avaliação da eficácia do colostro bovino hiperimune na infecção experimental de roedores com Cryptosporidium parvum/ Evaluation of the efficacy of hyperimmune bovine colostrum on Cryptosporidium parvum experimental infection of rodents

Abreu, Vicente José Salles de; Cardoso, Ary Lopes; Pena, Hilda Fátima de Jesus; Gennari, Solange Maria; Sinhorini, Idércio; Damy, Sueli Blanes
2003-01-01

Resumo em português O colostro bovino hiperimune contém alta concentração de anticorpos anti- Cryptosporidium parvum. Este produto é considerado como uma das estratégias terapêuticas promissoras no controle da criptosporidiose intestinal em humanos. Com o objetivo de avaliar a eficácia do colostro bovino hiperimune na redução do parasitismo e na prevenção de alterações de mucosa intestinal, foram infectados, experimentalmente, com oócistos de Cryptosporidium parvum, vários rat (mais) os (F344) e camundongos (C57BL/6). Os resultados mostraram que o colostro bovino hiperimune apresentou altos títulos de anticorpos. Os ratos F344, tratados com colostro bovino hiperimune ou com colostro normal, tiveram redução no parasitismo intestinal e apresentaram menor comprometimento de sua mucosa. Os camundongos C57BL/6, quando tratados com colostro hiperimune ou normal, apresentaram ligeira redução do parasitismo intestinal e não evidenciaram diferenças estatísticas significantes nas alterações histopatológicas da mucosa. Conclui-se que o uso do colostro bovino hiperimune tenha um benefício limitado na infecção causada pelo Cryptosporidium parvum. Resumo em inglês The hyperimmune bovine colostrum has a high concentration of antibodies anti-Cryptosporidium parvum. This product is considered one of the promising therapeutic strategies in the control of intestinal cryptosporidiosis in humans. With the purpose to evaluate the hyperimmune bovine colostrum efficacy in reducing the parasitism and preventing intestinal mucosa alterations, several strains of rats F344 and mice were experimentally infected with Cryptosporidium parvum oocysts (mais) . The results showed that the hyperimmune bovine colostrum had high levels of antibodies. The rats F344, treated either with hyperimmune or normal bovine colostrum, had reduction of the intestinal parasitism and presented little mucosa compromise. The mice C57BL/6 when treated either with hyperimmune or normal colostrum had slight reduction of the intestinal parasitism and evidenced no statistical significant differences in the histopathological mucosa changes. In conclusion, the use of hyperimmune bovine colostrum has a limited benefit in Cryptosporidium parvum infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Suscetibilidade de Biomphalaria glabrata, variante albina, oriunda de Belo Horizonte, MG, à infecção por Schistosoma mansoni, parasita em condições naturais, de roedores silvestres do Vale do Rio Paraíba do Sul, SP (Brasil)/ Susceptibility of an albinic variant of Biomphalaria glabrata from Belo Horizonte (MG), to infection by Schistosoma mansoni, from wild rodents of the Paraíba do Sul River Valley

Bastos, Othon de Carvalho; Guaraldo, Ana Maria Aparecida; Magalhães, Luiz Augusto
1978-06-01

Resumo em português Comprova-se que, em condições experimentais, a Biomphalaria glabrata, variante albina, originária de Belo Horizonte (MG) é suscetível à infecção por linhagem de S. mansoni isolada de roedores silvestres do Vale do Rio Paraíba do Sal, no Estado de São Paulo, Brasil. São sugeridas razões procurando esclarecer a ocorrência da esquistossomose mansônica no Vale do Rio Paraíba do Sul, área geográfica em que ainda não foi encontrada B. glabrata, hospedeira inte (mais) rmediária do trematódeo e onde se desenvolve intensamente B. tenagophila, espécie considerada menos suscetível ao esquistossomo. São fornecidas informações sobre a presença simultânea de duas linhagens de comportamento biológico diferente: a linhagem H, diretamente relacionada com o homem e a linhagem S, oriunda de roedores silvestres, ambas da mesma área geográfica. Resumo em inglês The present research confirms the susceptibility, in laboratory conditions, of an albinic variant of Biomphalaria glabrata from Belo Horizonte (MG), to the infection with a sample of Schistosoma mansoni obtained from wild rodents of the Paraíba do Sul River valley, in the State of São Paulo, Brazil. This account seems to be important, since it is generally thought that B. glabrata is not susceptible to samples of S. mansoni from the Paraíba do Sul River valley. In the (mais) discussion, some arguments are presented in an attempt to explain the establishment of Manson's schistosomiasis in the Paraíba do Sul River valley, a region where B. glabrata is absent and where B. tenagophila, a local species considered of weak susceptibility to the worm, is very frequent. Another matter discussed is the local existence of two strains of S. mansoni with different biological behaviours, the H strain of human origin and the S strain of wild local rodents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Suscetibilidade de Biomphalaria glabrata, variante albina, oriunda de Belo Horizonte, MG, à infecção por Schistosoma mansoni, parasita em condições naturais, de roedores silvestres do Vale do Rio Paraíba do Sul, SP (Brasil)/ Susceptibility of an albinic variant of Biomphalaria glabrata from Belo Horizonte (MG), to infection by Schistosoma mansoni, from wild rodents of the Paraíba do Sul River Valley

Bastos, Othon de Carvalho; Guaraldo, Ana Maria Aparecida; Magalhães, Luiz Augusto
1978-06-01

Resumo em português Comprova-se que, em condições experimentais, a Biomphalaria glabrata, variante albina, originária de Belo Horizonte (MG) é suscetível à infecção por linhagem de S. mansoni isolada de roedores silvestres do Vale do Rio Paraíba do Sal, no Estado de São Paulo, Brasil. São sugeridas razões procurando esclarecer a ocorrência da esquistossomose mansônica no Vale do Rio Paraíba do Sul, área geográfica em que ainda não foi encontrada B. glabrata, hospedeira inte (mais) rmediária do trematódeo e onde se desenvolve intensamente B. tenagophila, espécie considerada menos suscetível ao esquistossomo. São fornecidas informações sobre a presença simultânea de duas linhagens de comportamento biológico diferente: a linhagem H, diretamente relacionada com o homem e a linhagem S, oriunda de roedores silvestres, ambas da mesma área geográfica. Resumo em inglês The present research confirms the susceptibility, in laboratory conditions, of an albinic variant of Biomphalaria glabrata from Belo Horizonte (MG), to the infection with a sample of Schistosoma mansoni obtained from wild rodents of the Paraíba do Sul River valley, in the State of São Paulo, Brazil. This account seems to be important, since it is generally thought that B. glabrata is not susceptible to samples of S. mansoni from the Paraíba do Sul River valley. In the (mais) discussion, some arguments are presented in an attempt to explain the establishment of Manson's schistosomiasis in the Paraíba do Sul River valley, a region where B. glabrata is absent and where B. tenagophila, a local species considered of weak susceptibility to the worm, is very frequent. Another matter discussed is the local existence of two strains of S. mansoni with different biological behaviours, the H strain of human origin and the S strain of wild local rodents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Estudo toxicológico pré-clínico (agudo) do extrato do Syzygium aromaticum (L) em roedores/ Preclinical (acute) toxicologic study of the extract of Syzygium aromaticum (L) in rodents

Valente, Rômulo O. H.; Sampaio, Fábio C.; Souza, Ivone A.; Higino, Jane S.
2009-06-01

Resumo em português O objetivo desta pesquisa foi estimar a toxicidade aguda do extrato do cravo-da-índia (Syzygium aromaticum Linné) em roedores. O extrato hidro-alcoólico a 80% foi concentrado em evaporador rotativo obtendo-se uma mistura final de extrato pilular. Camundongos albinos (Mus musculus) fêmeas, divididos em 13 lotes de seis animais foram observados por 24 horas a partir da administração do extrato diluído em solução fisiológica a 0,9% nas dosagens de 137,5; 180; 187,5 (mais) ; 250; 375; 437,5; 500 e 1.000 mg/kg para via intraperitoneal e 1.000; 2.400; 2.880; 4.000 e 5.000 mg/kg para via oral. O cálculo proporcional foi realizado a fim de se obter a mesma dose para todos os animais de cada grupo. As punções foram por via intraperitoneal sendo respeitados intervalos de cinco minutos entre as administrações individuais. Nos ensaios de toxicidade por via oral a solução foi introduzida no trato digestório dos animais através de cânula metálica acoplada a seringa (gavagem). Os animais apresentaram alguns sinais de toxicidade, porém não letais até a dose de 5.000 mg/kg. A DL50 para via intraperitoneal foi calculada pelo método de Karber e Behrens (1964), sendo estabelecida em 255 mg/kg (muito tóxico, grau 4). Conclui-se que sob condições agudas de exposição, o extrato do cravo-da-índia é um agente tóxico, devendo ser considerado como tal, dependendo da dose administrada ou absorvida, tempo e freqüência de exposição e vias de administração. Resumo em inglês The objective of this research was to estimate the acute toxicity of the extract of clove (Syzygium aromaticum Linné) in rodents. The 80% hidro-alcoholic extract was concentrated in rotary evaporator until a final resinous mixture extract was obtained. Albino female mice (Mus musculus), divided in 13 lots of six animals were observed for 24 hours. The extract diluted in 0.9% physiologic solution was administrated at the dosages of 137.5; 180.0; 187.5; 250.0; 375.0; 437.5 (mais) ; 500.0 and 1,000 mg/kg through intraperitoneal route and 1000; 2,400; 2,880; 4,000 and 5,000 mg/kg through oral route. A proportional calculation was carried out in order to have the same dose for the animals in each group. The punctures were gotten by intraperitoneal route in intervals of five minutes among the individual doses. For the oral toxicity the solution was introduced in the digestive system of the animals through coupled metallic stem syringe (gavage). The animals presented non lethal toxic signs up to 5,000 mg/kg. DL50 was established by the method of Karber and Behrens (1964). LD50 was estimated in 255 mg/kg (highly poisonous, degree 4). It can be concluded that under acute conditions of exposure, the extract of clove is a poisonous agent and it should be considered as such, depending on the administered or absorbed dose, time and frequency exhibition and administration routes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Análise motivacional, causal e funcional da brincadeira em duas espécies de roedores/ Motivational, causal and functional analysis of play behavior in two rodent species

Vieira, Mauro Luís; Sartorio, Rodrigo
2002-01-01

Resumo em português A brincadeira é um fenômeno bastante comum em indivíduos jovens de diferentes espécies, principalmente mamíferos. O objetivo do presente artigo foi fazer uma revisão sobre pesquisas realizadas com roedores, mais especificamente hamsters dourados (Mesocricetus auratus) e ratos albinos (Rattus norvegicus). Esses animais apresentam os mais altos índices de complexidade de brincadeira e são os mais estudados em laboratório nessa área, entre os roedores. Com base nos (mais) artigos da literatura pesquisada, conclui-se que a brincadeira: a) é um sistema motivacional próprio que apresenta características que o diferencia de outros sistemas motivacionais; b) é modulada pelo sexo e idade do indivíduo e dos parceiros envolvidos na interação social; e c) o significado funcional pode estar relacionado com a preparação do indivíduo para viver em ambientes sociais e treinamento físico. Nesse sentido, a brincadeira pode ser relevante para se compreender aspectos do desenvolvimento comportamental e social. Resumo em inglês Play behavior is a very frequent phenomenon in juvenile individuals of various species, mainly mammals. The purpose of the present article is to review the studies in rodents, more specifically in golden hamsters (Mesocricetus auratus) and albino rats (Rattus norvegicus). These animals show the highest indices of play complexity and are, among rodents, the animals most studied in the laboratory in this field of research. Through this review of the literature we conclude t (mais) hat play behavior: a) is a motivational system in its own right and possesses characteristics that differentiate it from other motivational systems; b) is modulated by the sex and age of individuals and of the partners involved in the social interaction; and c) has a functional significance that may be related to physical training and the preparation of the individuals for life in a social environment. In this way, play behavior can be relevant to the understanding of aspects of behavioral and social development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Siphonaptera of small rodents and marsupials in the Pedra Branca State Park, State of Rio de Janeiro, Brazil/ Sifonápteros de pequenos roedores e marsupiais do Parque Estadual da Pedra Branca, Estado do Rio de Janeiro, Brasil

Oliveira, Heloiza H.; Almeida, Adilson B.; Carvalho, Raimundo W.; Gomes, Valmir; Serra-Freire, Nicolau M.; Quinelato, Igor; Carvalho, Acácio G.
2010-03-01

Resumo em português Na Mata Atlântica área correspondente ao espaço geopolítico do Parque Estadual da Pedra Branca, Rio de Janeiro, Brasil, entre outubro de 2005 e outubro de 2007, 160 pequenos mamíferos foram capturados, sendo 64 pequenos roedores e 96 marsupiais. Nestes hospedeiros, foram coletadas seis espécies de pulgas relacionadas a três famílias (Ctenophthalmidae, Rhopalopsyllidae e Pulicidae), totalizando 162 espécimes. Adoratopsylla (Tritopsylla) intermedia intermedia foi a (mais) espécie mais freqüente, seguida por Polygenis (Polygenis) occidentalis occidentalis. Novos hospedeiros foram registrados, Philander frenatus e Micoureus paraguayanus para Adoratopsylla (Tritopsylla) intermedia intermedia, bem como a ocorrência de algumas espécies de Siphonaptera encontrados em novo espaço geopolítico, P. o. occidentalis e no município do Rio de Janeiro. Resumo em inglês In an region of Atlantic Rainforest corresponding to the geopolitical area of the Pedra Branca State Park, Rio de Janeiro, southeastern Brazil, 160 small mammals were captured, of which 64 rodents and 96 marsupials from October 2005 to October 2007. There were collected in these hosts six flea species from three families (Ctenophthalmidae, Rhopalopsyllidae and Pulicidae), totalizing 162 specimens. Adoratopsylla (Tritopsylla) intermedia intermedia was the most common speci (mais) es found, followed by Polygenis (Polygenis) occidentalis occidentalis. Philander frenatus and Micoureus paraguayanus were reported as new hosts to Adoratopsylla (Tritopsylla) intermedia intermedia and P. o. occidentalis was reported for the first time in the city of Rio de Janeiro.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Parâmetros hematológicos do roedor fossorial Ctenomys lami (Rodentia, Ctenomidae) no estado do Rio Grande do Sul/ Hematological parameters of fossorial rodent Ctenomys lami (Rodentia, Ctenomidae) in Rio Grande do Sul, Brazil

Stein, Gisele G.; Lacerda, Luciana A.; Hlavac, Nicole; Stolz, José F.B.; Stein, Ingrid V.; Freitas, Thales R.O.; Carissimi, André S.
2010-08-01

Resumo em português O perfil hematológico sanguíneo foi determinado em três populações de Ctenomys lami, em áreas denominadas A e B, impactadas pela bovinocultura, e C, sem impacto antrópico, ambas no sul do Brasil. Sessenta e dois animais foram coletados ao total. Os valores de hematócrito (Ht), hemoglobina (Hb) e eritrócitos apresentaram diferenças significativas entre machos e fêmeas. Os valores médios de Ht e a Hb encontrados na espécie foram mais baixos em comparação com (mais) os de outras espécies de roedores subterrâneos, podendo estes valores estarem relacionados ao habitat de forrageio ou às características do solo. Também foram encontradas diferenças significativas nas médias de hemoglobina, CHCM e linfócitos em animais das áreas A e B em relação à área C. O valor da média dos hematócritos dos animais entre as áreas foi mais elevado nas áreas A e B, porém significativamente diferentes entre A e C. Algumas dessas alterações sugerem a relação dos valores encontrados com o estresse dos animais em relação a áreas impactadas. Variações significativas no VCM foram encontradas entre os animais das áreas A e C, e também nas plaquetas destes entre as áreas A e B. Não foram observados Corpúsculo de Kurloff no sangue dos animais analisados. Os valores hematológicos encontrados nesses espécimes de Ctenomys lami fornecem informações importantes sobre a espécie e podem ser úteis em outras pesquisas. Resumo em inglês The hematological profile was determined in three populations of Ctenomys lami that inhabits three different areas nominated as A and B, affected by cattle production, and C, without human impact, all of them in southern Brazil, under the same geologic formation. Sixty two individuals were collected. The packed cell volume (PCV) values, hemoglobin (Hb) and red blood cell (RBC) count presents statistic significant differences between males and females. PCV and Hb values we (mais) re lower in comparison with other subterranean rodents, which could be related to the food searching behavior or soil characteristic of the species. Significant statistic differences were found to for Hb, mean corpuscular hemoglobin concentration (MCHC) and lymphocytes between animals belonging to A and C areas. The PCV values were higher for animals from areas A and B, with significance only between A and C. Some of these alterations may suggest a modification on stress levels of the animals inhabiting areas A and B with anthropic alterations, or maybe just an inherited characteristic. Significant statistic differences were found either in mean corpuscular volume (MCV) between A and C areas, and platelets between A and B areas. No Kurloff cells were observed in the blood smear from analyzed individuals. The hematological values founded for Ctenomys lami are an important information for this species, which can be used for future research and management.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Importância dos carnívoros domésticos (cães e gatos) na epidemiologia da peste nos focos do nordeste do Brasil

Almeida, Alzira Maria Paiva de; Brasil, Darci Pascoal; Melo, Maria Eliane Bezerra de; Leal, Nilma Cintra; Almeida, Célio Rodrigues de
1988-03-01

Resumo em português Soros de carnívoros domésticos (cães e gatos), roedores, e pacientes suspeitos de peste, obtidos durante dois surtos de peste humana e de roedores, um em 1982, no foco da Serra de Baturité/CE e o outro, em 1986, no Planalto da Borborema/PB e soros de carnívoros e de roedores do foco da Chapada do Araripe/PE, obtidos, em 1986, na ausência de casos humanos, foram analisados pelas micro técnicas de hemaglutinação passiva para anticorpos específicos, contra a fraç� (mais) �o antigênica purificada - F1A - de Yersinia pestis e inibição da hemaglutinação. Os altos percentuais de carnívoros, sorologicamente, positivos encontrados durante os surtos de peste humana, confirmam que esses animais estão implicados no ciclo epidemiológico da peste, nos focos do Nordeste do Brasil, e representam valiosos indicadores das atividades da infecção. Resumo em inglês Blood sera were obtained from domestic carnivores (dogs and cats), rodents, and plague suspected humans during two Brazilian plague outbreaks that have occurred in Baturité Mountain focus, (Ceará state), in 1982 and Borborema Plateau focus, (Paraíba state), in 1986. Blood sera were also obtained from animals on Araripe Plateau focus, (Pernambuco state), during 1986, when human cases of plague had not been reported. The samples were analysed by passive haemagglutination (mais) test for antibodies against the fraction - F1A - of Yersinia pestis concomitant with the passive haemagglutination inhibition test. The high percentage of seropositive carnivores found during the plague outbreaks indicates that these animals may also be involved in the epidemiological cycle of plague in Brazil, and could represent a valuable indicator of the infection activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Importância dos carnívoros domésticos (cães e gatos) na epidemiologia da peste nos focos do nordeste do Brasil

Almeida, Alzira Maria Paiva de; Brasil, Darci Pascoal; Melo, Maria Eliane Bezerra de; Leal, Nilma Cintra; Almeida, Célio Rodrigues de
1988-03-01

Resumo em português Soros de carnívoros domésticos (cães e gatos), roedores, e pacientes suspeitos de peste, obtidos durante dois surtos de peste humana e de roedores, um em 1982, no foco da Serra de Baturité/CE e o outro, em 1986, no Planalto da Borborema/PB e soros de carnívoros e de roedores do foco da Chapada do Araripe/PE, obtidos, em 1986, na ausência de casos humanos, foram analisados pelas micro técnicas de hemaglutinação passiva para anticorpos específicos, contra a fraç� (mais) �o antigênica purificada - F1A - de Yersinia pestis e inibição da hemaglutinação. Os altos percentuais de carnívoros, sorologicamente, positivos encontrados durante os surtos de peste humana, confirmam que esses animais estão implicados no ciclo epidemiológico da peste, nos focos do Nordeste do Brasil, e representam valiosos indicadores das atividades da infecção. Resumo em inglês Blood sera were obtained from domestic carnivores (dogs and cats), rodents, and plague suspected humans during two Brazilian plague outbreaks that have occurred in Baturité Mountain focus, (Ceará state), in 1982 and Borborema Plateau focus, (Paraíba state), in 1986. Blood sera were also obtained from animals on Araripe Plateau focus, (Pernambuco state), during 1986, when human cases of plague had not been reported. The samples were analysed by passive haemagglutination (mais) test for antibodies against the fraction - F1A - of Yersinia pestis concomitant with the passive haemagglutination inhibition test. The high percentage of seropositive carnivores found during the plague outbreaks indicates that these animals may also be involved in the epidemiological cycle of plague in Brazil, and could represent a valuable indicator of the infection activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Memória de reconhecimento social em ratos/ Social recognition memory in rats/ Mémoire de reconnaissance sociale chez les rats/ Memoria de reconocimiento social en ratones

Moura, Paula J.; Xavier, Gilberto F.
2010-06-01

Resumo em português O paradigma intruso-residente vem sendo intensamente empregado em estudos para avaliar a memória de reconhecimento social em roedores. Tipicamente, ratos adultos (residentes) são expostos a dois encontros de 5 minutos cada com um mesmo intruso juvenil ou com juvenis diferentes; o intervalo entre encontros é usualmente 30 minutos. A quantidade de comportamentos sociais do residente, no segundo encontro, em relação a um intruso familiar é substancialmente menor do que (mais) o observado no primeiro encontro, o que não ocorre quando o segundo encontro envolve um juvenil novo; esse resultado caracteriza memória de reconhecimento social. Neste estudo discutimos achados recentes sobre os tipos de comportamentos usualmente incluídos nas categorias social e não-social, a influência da fase temporal, a interferência de rotinas laboratoriais na memória de reconhecimento social, modalidades sensoriais usualmente empregadas por roedores no processamento de informações na memória social e alternativas adicionais para o estudo da socialidade em roedores. Resumo em espanhol El paradigma intruso-residente se viene utilizando extensivamente en estudios de memoria de reconocimiento social en roedores. Típicamente, un ratón adulto (residente) se expone a dos encuentros de 5 minutos cada uno con el mismo intruso juvenil o con dos juveniles diferentes; el intervalo entre los encuentros es de 30 minutos. El número de comportamientos sociales en el segundo encuentro exhibido por el residente y direccionado hacia el mismo intruso es substancialmen (mais) te menor comparado con el primer encuentro o con un intruso nuevo; este tipo de disminución comportamental caracteriza memoria de reconocimiento social. En este estudio discutimos nuevos resultados relacionados con los comportamientos sociales y no-sociales, influencia de la fase circadiana, interferencia de las rutinas de laboratorio en la memoria de reconocimiento social, modalidades sensoriales empleadas por roedores para procesar información relevante a la memoria social y las alternativas adicionales para estudiar sociabilidad en estos animales. Resumo em inglês The intruder-resident paradigm has been extensively employed in studies of social recognition memory in rodents. Typically, adult rats (residents) are exposed to two 5-min encounters with the same juvenile intruder or with two different juveniles; the interval between the encounters is 30 min. The amount of social behaviors exhibited by the resident rats toward the same intruder juvenile in the second encounter is substantially smaller when compared to both that seen in t (mais) he first encounter and that seen toward a different juvenile; these results characterize social recognition memory. In this study we discuss recent findings related to behaviors usually included as social and non-social, the influence of the temporal phase on social behavior, the interference of laboratory routines on social recognition memory, sensory modalities usually employed by rodents for processing relevant information in the social memory and additional alternatives to study sociability in these animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Infecção por Yersinia pestis, no Estado da Bahia: controle efetivo ou silêncio epidemiológico?/ Yersinia pestis infection in the State of Bahia: effective control or epidemiological silence?

Saavedra, Ramon da Costa; Dias, Juarez Pereira
2011-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A peste, doença infectocontagiosa milenar, continua sendo considerada da maior importância do ponto de vista epidemiológico devido ao alto potencial epidêmico, estando inclusive sujeita ao Regulamento Sanitário Internacional. Apesar da ausência de casos humanos da doença no Brasil, seu agente etiológico, a bactéria Yersinia pestis, permanece firmemente arraigado em seus focos naturais. A ocorrência de sorologia positiva em carnívoros domésticos d (mais) e regiões pestígenas da Bahia, nos últimos anos, objetivou a realização deste estudo, que se propõe a verificar a existência de circulação do agente no estado, tendo em vista que fatores condicionantes para a doença são mantidos, oferecendo riscos à população. MÉTODOS: Trata-se de um estudo para verificação da presença de infecção por Y. pestis através do inquérito de soroprevalência em humanos, cães e roedores; e pesquisa da bactéria em roedores e pulgas. Utilizou-se de questionário estruturado para avaliação da associação existente entre fatores ambientais, sócioeconômicos e biológicos e a soroprevalência da infecção em humanos. RESULTADOS: Os 630 soros examinados (88 de humanos, 480 de cães, 62 de roedores) apresentaram-se não reagentes para peste e as análises bacteriológicas realizadas em 14 roedores e dois lotes de pulgas não identificaram a bactéria. CONCLUSÕES: Os resultados não configuram erradicação da doença no estado, pois sua natureza cíclica indica que pode passar longos períodos silente e depois ressurgir acometendo um grande número de pessoas. Portanto, a manutenção da vigilância ativa e permanente se faz necessária para a detecção precoce da doença e desenvolvimento oportuno das medidas de controle pertinentes. Resumo em inglês INTRODUCTION: From an epidemiological point of view, the plague is still being considered of great importance, because of its high epidemic potential. Despite the absence of cases of human plague in Brazil, its etiologic agent, the bacteria Yersinia pestis, is still deep rooted in its natural environment. The occurrence of positive serology for plague in domestic carnivores in plague areas in Bahia in the past few years implies the need for a more rigorous evaluation in o (mais) rder to verify whether the bacillus of the plague is still active in these areas. METHODS: In this study, the presence of infection caused by Y. pestis was analyzed by seroprevalence tests on humans, dogs and rodents and by the detection of the bacteria in rodents and fleas. A structured questionnaire was used to analyze the association between environmental, socioeconomic and biological factors and seroprevalence in humans. RESULTS: Of the 630 serum samples examined (88 from humans, 480 from dogs and 62 from rodents), all were nonreactive for plague and bacteriological analyses performed on 14 rodents and 2 flea lots showed no signs of the bacteria. CONCLUSIONS: These results cannot confirm the eradication of the disease in the entire State, since the cyclic nature of the plague indicates that it can go silent for long periods and then resurge, affecting large numbers of people. Thus, maintenance of active, permanent surveillance is required for early detection and the development of adequate control measures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Ocorrência de Giardia, Cryptosporidium e microsporídios em animais silvestres em área de desmatamento no Estado de São Paulo, Brasil/ Occurrence of Giardia, Cryptosporidium and microsporidia in wild animals from a deforestation area in the state of São Paulo, Brazil

Lallo, Maria Anete; Pereira, Adriano; Araújo, Ronalda; Favorito, Sandra Elisa; Bertolla, Patrícia; Bondan, Eduardo Fernandes
2009-08-01

Resumo em português A ocorrência de Giardia, Cryptosporidium e microsporídios foi investigada por meio da análise de 98 amostras fecais de animais silvestres capturados em uma área de desmatamento para a construção das barragens de Paraitinga e Biritiba, localizadas nos Municípios de Mogi das Cruzes, Salesópolis e Biritiba-Mirim, no Estado de São Paulo. As amostras foram obtidas de 46 roedores, 21 marsupiais, 16 sapos, nove morcegos, três primatas e três lagartos. As técnicas de (mais) centrífugo-flutuação com sulfato de zinco, de Kinyoun e a coloração de Gram-Chromotrope foram utilizadas, respectivamente, para a pesquisa de Giardia, de Cryptosporidium e de microsporídios. O total de animais parasitados por um dos protozoários investigados foi de 17,35% (17/98). Cistos de Giardia foram encontrados em amostras fecais de dois pequenos roedores da espécie Coendou villosus (ouriço-cacheiro). Os três animais positivos para Cryptosporidium foram roedores das espécies Akodon montensis, Thaptomys nigrita (ambos conhecidos como ratos do mato) e Sciurus aestuans (serelepe ou caxinguelê). Esporos de microsporídios foram encontrados nas fezes de 12 animais, sendo seis roedores das espécies Oligoryzomys sp.(um), Akodon montensis (três) e Coendou villosus (dois), três marsupiais pertencentes às espécies Didelphis aurita (dois) e Marmosops incanus (um) e três morcegos da espécie Diphylla ecaudata. Este é o primeiro relato de microsporidiose em animais silvestres no Brasil. A presente investigação enfatiza a importância de animais silvestres, particularmente pequenos mamíferos, como potenciais fontes de infecção desses protozoários para outras populações animais, incluindo o homem, em áreas de desmatamento. Resumo em inglês The occurrence of Giardia, Cryptosporidium and microsporidia was investigated in 98 faecal specimens from wildlife animals, captured in an area of deforestation for the construction of two water reservoirs (Paraitinga and Biritiba), located in the municipalities of Mogi das Cruzes, Salesópolis and Biritiba-Mirim, in the state of São Paulo (Brazil). Samples were obtained from 46 rodents, 21 marsupials, 16 frogs, 9 bats, 3 tamarins and 3 lizards. For the detection of Giar (mais) dia, Cryptosporidium and microsporidia it was used, respectively, the floatation technique with lead sulphate, the Kinyoun method and the Gram-Chromotrope staining. The total number of parasitized animals by one of these protozoans was 17.35% (17/98). Cysts of Giardia were found in faecal samples from 2 prehensile-tailed porcupines (Coendou villosus). The three positive animals for Cryptoporidium were rodents - 1 montane akodont (Akodon montensis), 1 ebony akodont (Thaptomyces nigrita) and 1 guainan squirrel (Sciurus aestuans). Microporidia spores were seen in the stools of 12 animals - 6 small rodents, including 3 montane akodonts, 1 prehensile-tailed porcupine and 2 pigmy rice rats (Oligoryzomys sp.); 3 marsupials, including 1 gray slender mouse opossum (Marmosops incanus) and 2 big eared opossums (Didelphis aurita); 3 hairy-legged vampire bats (Diphylla ecaudata). This is the first description of microsporidiosis in wildlife animals in Brazil. The present study emphasizes the importance of these animals, particularly small mammals, as potential sources of protozoan infection to other animal populations, including man, in areas of deforestation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Mamíferos coletados em Pedra Branca, município de Paraty, Rio de Janeiro, Brasil/ Mammals collected in Pedra Branca, municipality of Paraty, State of Rio de Janeiro, Brazil

Vaz, Sergio Maia
2005-12-01

Resumo em português Um levantamento de espécies de mamíferos silvestres da região de Pedra Branca, município de Paraty, Rio de Janeiro, Brasil, depositado na coleção do Museu Nacional, é apresentado. Esse material foi reunido na década de 1940 e inclui trinta e três espécies: seis marsupiais, dois xenartros, quatro primatas, quatro carnívoros, dois artiodáctilos e quinze roedores. Resumo em inglês A survey of wild mammals species from the region of Pedra Branca, municipality of Paraty, Rio de Janeiro, Brazil, housed in Museu Nacional collection, is presented. This material was assembled during the 1940's, and include thirty-three species: six opossums, two xenarthrans, four primates, four carnivores, two artiodactyls and fifteen rodents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Vigilância da peste no Estado do Ceará: 1990-1999/ Surveillance of plague in the State of Ceará: 1990-1999

Aragão, Antônia Ivoneida; Seoane, Antônio Carlos M.; Leal, Tereza Cristina Arcanjo; Leal, Nilma Cintra; Almeida, Alzira Maria Paiva de
2002-04-01

Resumo em português As atividades de vigilância sorológica da peste nos focos do Estado do Ceará detectaram elevação do número de animais indicadores/sentinela com anticorpos antipestosos a partir de 1995, com pico em 1997 evidenciando aumento da circulação do bacilo pestoso em todos os focos investigados. De um total de 110.725 amostras de soro obtidas de roedores (7.873) e carnívoros domésticos (102.852) analisadas pela técnica de hemaglutinação (HA) para detecção de anticor (mais) pos contra o antígeno F1 da Yersinia pestis, 905 revelaram-se positivas, sendo 15 de roedores (4 Rattus rattus e 11 Galea spp), 720 de cães e 170 de gatos. Dos 652 casos humanos suspeitos e contatos investigados apenas dois foram positivos pela HA e um terceiro paciente foi positivo por hemocultura. A cepa isolada revelou-se altamente patogênica para animais de laboratório e mostrou sensibilidade aos antimicrobianos usados no tratamento dos doentes. Resumo em inglês Serological surveillance activities regarding the foci of plague in Ceará State have detected a rising number of sentinel animals with antiplague antibodies in 1995, with a peak in 1997 demonstrating an increase in the plague bacteria activities throughout all the foci investigated. From a total of 110,725 serum samples collected from rodents (7,873) and domestic carnivores (102,852) analyzed by the Hemaglutination technique (HA) for antibodies against F1 antigen of Yers (mais) inia pestis 905 samples tested positive. In these samples there were 15 rodents (4 Rattus rattus and 11 Galea spp), 720 dogs and 170 cats. Of the 652 human suspected and contact cases investigated by HA, only two were positive. A third case had a positive hemoculture for Y. pestis. The isolate is highly pathogenic for laboratory animals and showed sensitivity to the antimicrobial drugs used for plague treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Variação sazonal na riqueza e na abundância de pequenos mamíferos, na estrutura da floresta e na disponibilidade de artrópodes em fragmentos florestais no Mato Grosso, Brasil/ Seasonal variation in richness and abundance of small mammals and in forest structure and arthropod availability in forest fragments, at Mato Grosso, Brazil

Santos Filho, Manoel dos; Silva, Dionei José da; Sanaiotti, Tânia Margarete
2008-03-01

Resumo em português Nós capturamos pequenos mamíferos em oito fragmentos florestais (43 a 1.411 ha) nos períodos seco e chuvoso, no sudoeste de Mato Grosso, Brasil, e investigamos a variação na riqueza e na abundância de pequenos mamíferos e em variáveis relacionadas à estrutura da floresta (volume da liteira e abertura do dossel) e à disponibilidade de artrópodes, entre os dois períodos do ano. As amostragens foram realizadas durante o período chuvoso entre 2002 e 2003 e durant (mais) e período seco de 2003. Em cada fragmento, foram utilizadas armadilhas Sherman, Tomahawk, Snap trap e Pitfall durante 10 dias consecutivos em cada época do ano, totalizando 17.600 armadilhas x noites. Foram obtidas no total 379 capturas de 20 espécies, sendo sete de marsupiais e 13 de roedores, com sucesso de captura de 2,2% (1,6% para o período chuvoso e 2,7% para o período seco). Não houve diferenças significativas na riqueza total, riqueza de roedores, riqueza de marsupiais, abundância total e abundância de roedores entre os períodos seco e chuvoso. Já a abundância de marsupiais foi significativamente maior na época da seca, quando a quantidade de chuvas é menor. O volume da liteira foi significativamente maior durante a seca, enquanto a disponibilidade de artrópodes foi significativamente maior durante o período chuvoso. Sendo assim, a grande disponibilidade de alimento no ambiente durante a estação chuvosa pode ter tornado as iscas das armadilhas menos atrativas. De maneira geral, as variações entre períodos seco e chuvoso observados estão de acordo com padrões descritos em outros estudos. Resumo em inglês We captured small mammals in eight forest fragments (43 a 1.411 ha.) during the dry and wet seasons, in southwest Mato Grosso, Brazil, and investigated the variation in small mammal richness and abundance, as well as in forest structure variables (litter volume and canopy openness) and arthropod availability, between the two seasons. Sampling was carried out during the wet season between 2002 and 2003 and in the dry season of 2003. In each fragment, we used Sherman, Tomah (mais) awk, snap, and pitfall traps during 10 consecutive days per season, totaling 17,600 trap x nights. In total, we obtained 379 captures of 20 species, seven of marsupials and 13 of rodents. Overall capture success was 2.2% (1.6% during the wet season and 2.7% during the dry season). Total richness, richness of rodents, richness of marsupials, total abundance and abundance of rodents did not varied significantly between seasons. However, marsupial abundance was significantly lower in the dry season, when rainfall is high. Litter volume was significantly higher during the dry season, while arthropod availability was significantly higher during the wet season. Therefore, higher food availability during the wet season may have made trap baits less attractive. In general, the observed variations between dry and wet seasons are in accordance with patterns described in other studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Aspectos climáticos em áreas de transmissão de hantavirose no Estado de São Paulo, Brasil/ Climatic aspects in hantavirus transmission areas in São Paulo State, Brazil

Donalisio, Maria Rita; Vasconcelos, Cíntia Honório; Pereira, Luiz Eloy; Ávila, Ana Maria H.; Katz, Giselda
2008-05-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi investigar a distribuição espacial dos casos notificados de hantavirose (n = 80) no Estado de São Paulo, Brasil, de 1993 a 2005, e identificar os padrões climáticos locais nos anos de registro da doença. Foi utilizado o estimador de densidade de pontos de kernel que apontou maior concentração nas regiões de Ribeirão Preto, São Carlos, Franca, Tupi Paulista e Grande São Paulo. O aumento do número de casos no período sugere dissem (mais) inação da doença, embora se considere o aumento da capacidade diagnóstica e maior sensibilidade do sistema de saúde. Registrou-se marcada sazonalidade da hantavirose nas áreas de cerrado, com padrão comum, isto é, maior incidência em meses com baixa pluviosidade, comparados com médias dos últimos quarenta anos. Esses períodos coincidem com épocas de maior disponibilidade de alimentos a roedores em cultura de grãos, cana e outros. A colheita e armazenamento desses grãos aumentam a exposição de populações humanas aos roedores. Indicadores climáticos em conjunto com variáveis ecológicas podem compor marcadores de risco de transmissão local a serem valorizados nas ações de vigilância epidemiológica e controle da doença. Resumo em inglês The objective of this study was to investigate the spatial distribution of reported hantavirus cases in São Paulo State, Brazil (n = 80), from 1993 to 2005 and identify local climatic patterns during this period. Kernel point estimation of density was used to show the highest concentrations in Ribeirão Preto, São Carlos, Franca, Tupi Paulista, and Greater São Paulo. Increase in the number of cases during this period suggests disease dissemination even when considering (mais) increased diagnostic capacity and higher sensitivity of the health services. There was a marked seasonal variation in hantavirus in the cerrado (savannah) areas; the common pattern is a higher incidence in drier months as compared to mean levels in the last 40 years. These coincide with periods of high rodent food source levels in grains, sugarcane, and other crops. Harvesting and storing grains increases human exposure to rodents. Climatic indicators together with ecological variables can be local transmission risk markers and should receive more attention in epidemiological monitoring and control of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Aspectos climáticos em áreas de transmissão de hantavirose no Estado de São Paulo, Brasil/ Climatic aspects in hantavirus transmission areas in São Paulo State, Brazil

Donalisio, Maria Rita; Vasconcelos, Cíntia Honório; Pereira, Luiz Eloy; Ávila, Ana Maria H.; Katz, Giselda
2008-05-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi investigar a distribuição espacial dos casos notificados de hantavirose (n = 80) no Estado de São Paulo, Brasil, de 1993 a 2005, e identificar os padrões climáticos locais nos anos de registro da doença. Foi utilizado o estimador de densidade de pontos de kernel que apontou maior concentração nas regiões de Ribeirão Preto, São Carlos, Franca, Tupi Paulista e Grande São Paulo. O aumento do número de casos no período sugere dissem (mais) inação da doença, embora se considere o aumento da capacidade diagnóstica e maior sensibilidade do sistema de saúde. Registrou-se marcada sazonalidade da hantavirose nas áreas de cerrado, com padrão comum, isto é, maior incidência em meses com baixa pluviosidade, comparados com médias dos últimos quarenta anos. Esses períodos coincidem com épocas de maior disponibilidade de alimentos a roedores em cultura de grãos, cana e outros. A colheita e armazenamento desses grãos aumentam a exposição de populações humanas aos roedores. Indicadores climáticos em conjunto com variáveis ecológicas podem compor marcadores de risco de transmissão local a serem valorizados nas ações de vigilância epidemiológica e controle da doença. Resumo em inglês The objective of this study was to investigate the spatial distribution of reported hantavirus cases in São Paulo State, Brazil (n = 80), from 1993 to 2005 and identify local climatic patterns during this period. Kernel point estimation of density was used to show the highest concentrations in Ribeirão Preto, São Carlos, Franca, Tupi Paulista, and Greater São Paulo. Increase in the number of cases during this period suggests disease dissemination even when considering (mais) increased diagnostic capacity and higher sensitivity of the health services. There was a marked seasonal variation in hantavirus in the cerrado (savannah) areas; the common pattern is a higher incidence in drier months as compared to mean levels in the last 40 years. These coincide with periods of high rodent food source levels in grains, sugarcane, and other crops. Harvesting and storing grains increases human exposure to rodents. Climatic indicators together with ecological variables can be local transmission risk markers and should receive more attention in epidemiological monitoring and control of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

O desmame precoce afeta o ganho de peso e a composição corporal em camundongos adultos?/ Does early weaning influence weight gain and body composition in adult mice?

Rogero, Marcelo Macedo; Borges, Maria Carolina; Pires, Ivanir Santana de Oliveira; Tirapegui, Julio
2010-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o efeito do desmame precoce sobre o ganho de peso e a composição corporal de camundongos adultos jovens. MÉTODOS: Camundongos Swiss Webster, machos, foram desmamados precocemente (14º dia de vida) ou amamentados até o 21º dia de vida (grupo controle). Após o desmame, os animais foram alimentados com ração elaborada para roedores em crescimento até o 63º dia de vida, quando então foram sacrificados. RESULTADOS: O peso corporal dos animais do g (mais) rupo desmamado de forma precoce foi significantemente maior no 28º, 35º e no 63º dias de vida em relação ao grupo controle (p Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of this study was to assess the effect of early weaning on weight gain and body composition of young adult mice. METHODS: Swiss Webster male mice were weaned early, on the 14th day of life, or breastfed until the 21st day of life (control group). After weaning, the animals were fed a chow specifically made for growing rodents up to the 63rd day of life, when they were sacrificed. RESULTS: The body weight of the animals from the early-weaned group (mais) was significantly greater on the 28th, 35th, 63rd days of life compared to those from the control group (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Inespecificidade parasitária em Argas (Persicargas) miniatus Koch, 1844 (Acari: Argasidae)/ Nonspecificity of parasitism on Argas (Persicargas) miniatus Koch, 1844 (Acari: Argasidae)

Lorosa, E.S.; Andrade, R.E.; Valente, M.V.M.; Faria, M.S.; Cruz, J.R.; Gazeta, G.S.
2007-12-01

Resumo em português Foram coletados 665 espécimes de Argas miniatus em dois municípios dos estados da Bahia e Minas Gerais. Destes, 596 (89,6%) tinham se alimentado, sendo que 489 (82%) reagiram para um único tipo de sangue, distribuídos entre aves (46,8%), roedores (30,9%), gambás (14,5%), bovinos (4,3%) e eqüinos (3,5%). Nesse tipo de reação, o sangue de mamíferos foi detectado em 53,2% (260/489) dos argasídios. As reações múltiplas foram observadas em 107 (17,9%) carrapatos, (mais) com sangue de aves presente em 84,1% (90/107), enquanto, o sangue de mamíferos reagiu em 100% (107/107). Os resultados apontam para a inespecificidade parasitária. Resumo em inglês Six hundred and sixty-five specimens of Argas miniatus were collected in two municipalities of Bahia and Minas Gerais states, Brazil. Five hundred and ninety-six (89.6%) of them had fed and 489 (82%) of them reacted to only one type of blood, including birds (46.8%), rodents (30.9%), opossuns (14.5%), bovines (4.3%) and horses (3.5%). In that reaction, the type of mammal blood was detected in 53.2% (260/489) of the ticks. Multiple reactions were observed in 107 (17.9%) ti (mais) cks, with blood of birds present in 84.1% (90/107), while the blood of mammals was detected in 100% (107/107). The results point for the nonspecificity of parasitism.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Ausência de Yersinia enterocolitica em alimentos, e reservatórios animais, em áreas do Estado de Pernambuco, Brasil

Leal, Tereza Cristina Arcanjo; Leal, Nilma Cintra; Almeida, Alzira Maria Paiva de
1997-06-01

Resumo em português Através das análises efetuadas, em 96 amostras de hortaliças cruas, coletadas em 5 restaurantes da cidade do Recife, que servem almoço no peso, não foram encontradas Yersinia enterocolitica nem outras enterobactérias patogênicas. As análises realizadas a partir dos "swabs" orais e retais, obtidos em 15 suínos aparentemente sadios do município de Bonito, no Estado de Pernambuco, também não evidenciaram a presença de Y. enterocolitica. Foram obtidas amostras pa (mais) ra análises em 22 roedores e um espécimen de marsupial, entre os quais também não foram encontrados nem Y. enterocolitica nem outros enteropatógenos. Resumo em inglês A search for the presence of enteropathogenic bacteria in fresh vegetables obtained in 5 restaurants from the city of Recife, revealed neither Yersinia enterocolitica nor other pathogenic bacteria in 96 samples analyzed. Furthermore, Y. enterocolitica was not found in the oral and rectal swabs taken from 15 apparently healthy pigs at an abattoir in the municipality of Bonito in the Pernambuco State. Another search in which twenty one rodents from four species and one marsupial specimen were examined did not detect the presence of Yersinia and other enteropathogenic bacteria.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Adiaspiromicose pulmonar humana/ Human pulmonary adiaspiromycosis

Santos, Lina Gomes dos; Araújo, José Klérton Luz; Tavares, Ana Carolina Brito; Fé, João dos Martírios de Araújo Moura
2009-08-01

Resumo em português A adiaspiromicose é uma doença fúngica sistêmica que acomete usualmente roedores e raramente atinge o homem. É causada pelo fungo Emmonsia crescens e ocorre após a inalação da forma contagiante (conídios). Embora estas formas não se multipliquem nem se disseminem no organismo humano, induzem uma reação inflamatória crônica granulomatosa de padrão miliar que pode levar a falência respiratória e morte. Apresentamos aqui um caso de adiaspiromicose pulmonar h (mais) umana em paciente imunocompetente que exibia infiltrado intersticial pulmonar difuso ao exame de imagem e fora diagnosticado mediante biópsia pulmonar. Resumo em inglês Adiaspiromycosis is a systemic fungal disease that usually affects rodents and rarely infects humans. It is caused by the fungus Emmonsia crescens and occurs after inhalation of its contagious form (conidia). Although these forms neither multiply nor spread in the human body, they cause a chronic granulomatous inflammatory reaction of miliary pattern, which may lead to respiratory failure and death. In this study we present a case of human pulmonary adiaspiromycosis in an (mais) immunocompetent patient that showed a diffuse pulmonary interstitial infiltrate diagnosed by pulmonary biopsy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Importância epidemiológica de alguns animais silvestres na esquistossomose mansônica/ Epidemiologic importance of some wild rodents in the schistosomiasis mansoni

Kawazoe, Urara; Pinto, Antonio Carlos Mattos
1983-10-01

Resumo em português Com o intuito de averiguar a importância de alguns roedores como possíveis reservatórios do S. mansoni, na ausência do homem parasitado, foi realizada pesquisa, visando contribuir para o esclarecimento de aspectos ligados à cadeia epidemiológica da esquistossomose, bem como conhecer alguns parâmetros da biologia de certos roedores, em seu habitat semi-natural. O experimento foi realizado num viveiro de 952 m², no município de Taubaté, São Paulo (Brasil), numa � (mais) �rea endêmica de esquistossomose mansônica humana, e teve a duração de três anos e seis meses (agosto de 1973 a dezembro de 1976). Foram utilizados como hospedeiros definitivos, Holochilus brasiliensis leucogaster, Zygodontomys lasiurus, Oryzomys nigripes eliurus e Cavia aperea aperea; como hospeideiro intermediário, Biomphalaria tenagophila e posteriormente B. glabrata. Entre agosto de 1973 e janeiro de 1976, não houve encontro de B. tenagophila eliminando cercárias de S. mansoni; não se verificou, também, infecção natural de roedores. Em agosto de 1975, houve introdução acidental de desovas da B. glabrata, cujos adultos, em 1976, apresentaram infecção por S. mansoni em três ocasiões, com índices de 2,0; 1,6 e 0,8%. No mesmo ano de 1976, dois Holochilus, nascidos no Viveiro, eliminaram ovos viáveis de S. mansoni. Foi possível obter dados de 41 H. b. leucogaster, 28 introduzidos e 14 nascidos no local. O exemplar que sobreviveu mais tempo completou 346 dias. Os animais nascidos no Viveiro e capturados pela primeira vez pesavam, em média, 20 a 50 g. Notou-se que o peso corporal aumentou com o tempo e parece não estacionar até a morte do animal. Z. lasiurus e C. a aperea não procriaram e nem adquiriram infecção ao S. mansoni. O. n. eliurus, procriou e permaneceu vivo, em média, menos de 100 dias; não foi observada eliminação de ovos do parasita. É pouco provável que H. b. leucogaster e B. tenagophila mantenham o ciclo da esquistossomose na ausência da contaminação humana, na natureza. Porém, é possível que, futuramente, H. b. leucogaster na presença de B. glabrata, possa servir de reservatório da esquistossomose, na natureza, quando encontrados em abundância e desde que adaptados com cepas adequadas do parasita. Resumo em inglês The importance of some wild rodents as possible reservoir hosts of S. mansoni related to the epidemiologic chain of this parasite and some biological aspects of these rodents were studied in semi-natural habitats. The experiment was performed in an enclosed area of about 1,000 m² situated in Taubaté, State of S. Paulo, one of the endemic area of human schistosomiasis, during a period of three years and six months (from August 1973 to December 1976). Wild rodents of the (mais) following species were used as definitive hosts: Holochilus brasiliensis leucogaster, Zygodontomys lasiurus, Oryzomys nigripes eliurus and Cavia aperea aperea. Biomphalaria tenagophila and B. glabrata were used as intermediate hosts. From August 1973 to January 1976 it was not possible to find any B. tenagophila eliminating S. mansoni cercariae nor any rodents infected with the same parasite. In August, 1975, egg patches of B. glabrata snails were accidentaly introduced into the area and in 1976 some adult snails were eliminating S. mansoni cercariae. In that same year, two Holochilus that were born in the area were discharging S. mansoni eggs in their feces. Some biological data were collected from 41 H. b. leucogaster of which 28 individuals were introduced into and 14 were born in the area. The majority of body weights of rodents born in the area and captured for the first time was between 20 and 50 grams. In this group of 41 rodents observed, body weight continued to increase throughout the life span of each individual sampled. Z. lasiurus and C. a. aperea did not show any infection with S. mansoni and they did not leave any progeny in the area. O. n. eliurus reproduced in the area and remaining there for about 100 days did not show any infection with the parasite. Thus, H. b. leucogaster and B. tenagophila, in the absence of infected humans, will hardly maintain the life cicle of schistosomiasis but Holochilus together with B. glabrata would probably maintain the life cicle of S. mansoni in nature without the presence of infected man, since in the area there is a suitable strain of S. mansoni, both for definitive and intermediate hosts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Importância epidemiológica de alguns animais silvestres na esquistossomose mansônica/ Epidemiologic importance of some wild rodents in the schistosomiasis mansoni

Kawazoe, Urara; Pinto, Antonio Carlos Mattos
1983-10-01

Resumo em português Com o intuito de averiguar a importância de alguns roedores como possíveis reservatórios do S. mansoni, na ausência do homem parasitado, foi realizada pesquisa, visando contribuir para o esclarecimento de aspectos ligados à cadeia epidemiológica da esquistossomose, bem como conhecer alguns parâmetros da biologia de certos roedores, em seu habitat semi-natural. O experimento foi realizado num viveiro de 952 m², no município de Taubaté, São Paulo (Brasil), numa � (mais) �rea endêmica de esquistossomose mansônica humana, e teve a duração de três anos e seis meses (agosto de 1973 a dezembro de 1976). Foram utilizados como hospedeiros definitivos, Holochilus brasiliensis leucogaster, Zygodontomys lasiurus, Oryzomys nigripes eliurus e Cavia aperea aperea; como hospeideiro intermediário, Biomphalaria tenagophila e posteriormente B. glabrata. Entre agosto de 1973 e janeiro de 1976, não houve encontro de B. tenagophila eliminando cercárias de S. mansoni; não se verificou, também, infecção natural de roedores. Em agosto de 1975, houve introdução acidental de desovas da B. glabrata, cujos adultos, em 1976, apresentaram infecção por S. mansoni em três ocasiões, com índices de 2,0; 1,6 e 0,8%. No mesmo ano de 1976, dois Holochilus, nascidos no Viveiro, eliminaram ovos viáveis de S. mansoni. Foi possível obter dados de 41 H. b. leucogaster, 28 introduzidos e 14 nascidos no local. O exemplar que sobreviveu mais tempo completou 346 dias. Os animais nascidos no Viveiro e capturados pela primeira vez pesavam, em média, 20 a 50 g. Notou-se que o peso corporal aumentou com o tempo e parece não estacionar até a morte do animal. Z. lasiurus e C. a aperea não procriaram e nem adquiriram infecção ao S. mansoni. O. n. eliurus, procriou e permaneceu vivo, em média, menos de 100 dias; não foi observada eliminação de ovos do parasita. É pouco provável que H. b. leucogaster e B. tenagophila mantenham o ciclo da esquistossomose na ausência da contaminação humana, na natureza. Porém, é possível que, futuramente, H. b. leucogaster na presença de B. glabrata, possa servir de reservatório da esquistossomose, na natureza, quando encontrados em abundância e desde que adaptados com cepas adequadas do parasita. Resumo em inglês The importance of some wild rodents as possible reservoir hosts of S. mansoni related to the epidemiologic chain of this parasite and some biological aspects of these rodents were studied in semi-natural habitats. The experiment was performed in an enclosed area of about 1,000 m² situated in Taubaté, State of S. Paulo, one of the endemic area of human schistosomiasis, during a period of three years and six months (from August 1973 to December 1976). Wild rodents of the (mais) following species were used as definitive hosts: Holochilus brasiliensis leucogaster, Zygodontomys lasiurus, Oryzomys nigripes eliurus and Cavia aperea aperea. Biomphalaria tenagophila and B. glabrata were used as intermediate hosts. From August 1973 to January 1976 it was not possible to find any B. tenagophila eliminating S. mansoni cercariae nor any rodents infected with the same parasite. In August, 1975, egg patches of B. glabrata snails were accidentaly introduced into the area and in 1976 some adult snails were eliminating S. mansoni cercariae. In that same year, two Holochilus that were born in the area were discharging S. mansoni eggs in their feces. Some biological data were collected from 41 H. b. leucogaster of which 28 individuals were introduced into and 14 were born in the area. The majority of body weights of rodents born in the area and captured for the first time was between 20 and 50 grams. In this group of 41 rodents observed, body weight continued to increase throughout the life span of each individual sampled. Z. lasiurus and C. a. aperea did not show any infection with S. mansoni and they did not leave any progeny in the area. O. n. eliurus reproduced in the area and remaining there for about 100 days did not show any infection with the parasite. Thus, H. b. leucogaster and B. tenagophila, in the absence of infected humans, will hardly maintain the life cicle of schistosomiasis but Holochilus together with B. glabrata would probably maintain the life cicle of S. mansoni in nature without the presence of infected man, since in the area there is a suitable strain of S. mansoni, both for definitive and intermediate hosts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Serosurvey of hantavirus infection in humans in the border region between Brazil and Argentina/ Estudo sorológico de infecção por hantavírus em humanos na região de fronteira, entre Brasil e Argentina

Souza, William Marciel de; Figueiredo, Luiz Tadeu Moraes; Boff, Everton
2011-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: De acordo com relatórios do Ministério da Saúde, na região do extremo oeste do Estado de Santa Catarina, não há relatos de síndrome pulmonar por hantavírus, doença zoonótica transmitida por excretas de roedores contaminados. Com a finalidade de demosntrar a infecção por hantavírus, um estudo soroepidemiológico de moradores da região foi realizado. Assim, foi estudado um total de 340 voluntários de ambos os gêneros, dos municípios de Belmont (mais) e e Paraíso. MÉTODOS: O soro destes pacientes foi coletado e usado para a detecção de anticorpos IgG contra a proteína N recombinante de hantavírus Araraquara, pelo teste de ELISA. As amostras positivas foram tituladas e confirmadas por imunofluorescência indireta. RESULTADOS: Este estudo demonstrou a presença de anticorpos IgG contra a proteína N hantavírus em 3,5% da população. A ocupação de lavrador foi a mais frequente, e 81% tiveram contato direto e indireto com os roedores, 91,7% dos casos positivos foram os agricultores, a causa provável da infecção foi através da limpeza de celeiros. Estes anticorpos são notáveis, dado que os níveis de anticorpos são encontrados nos indivíduos cujo contato com o hantavírus pode ter ocorrido há muitos anos. CONCLUSÕES: Este estudo mostra a circulação de hantavírus na região, um fato que até então não havia relatado, todos os reagentes soro tiveram contato com o patógeno, mas não desenvolveram a síndrome pulmonar e cardiovascular. É preciso estar alerta, porque é uma doença grave e emergente com grande importância. Resumo em inglês INTRODUCTION: According to reports by the Ministry of Health, in the far western region of the State of Santa Catarina, there have been no reports of hantavirus pulmonary syndrome, a zoonotic disease transmitted by feces of infected rodents. A seroepidemiological study of residents of this region, was conducted, with the aim of determining the presence of hantavirus infections. A total of 340 volunteers of both genus, from the towns of Belmonte and Paraíso, were studied. (mais) METHODS: The serum of these patients was collected and used to detect IgG antibodies against recombinant N protein of Araraquara hantavirus, by ELISA assay. The positive samples were then titrated and confirmed by immunofluorescence assay. RESULTS: This study demonstrated the presence of IgG antibodies against hantavirus N protein in 3.5% of the population. The most frequent occupation was farm worker, 81% had direct and indirect contact with rodents, 91.7% of positive cases were farm workers, indicating that the probable cause of infection occurred during barn cleaning. These antibodies are noteworthy, given that the levels of antibodies were verified in individuals whose contact with hantavirus may have occurred many years ago. CONCLUSIONS: This study shows the circulation of hantavirus in the region, a fact that until now, had not reported. All the serum reagents had contact with the pathogen, but did not develop pulmonary and cardiovascular syndrome. It is important to remain alert, because hantavirus is a serious and emerging disease of some relevance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Neurogênese no cérebro adulto e na condição epiléptica/ Neurogenesis in the adult brain and in epileptic condition

Kandratavicius, Ludmyla; Monteiro, Mariana Raquel; Romcy-Pereira, Rodrigo N.; Arisi, Gabriel Maisonave; Cairasco, Norberto Garcia; Leite, João Pereira
2007-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Relatos sobre a possibilidade de neurogênese no cérebro de mamíferos adultos existem desde o início do século XX. A dificuldade na verificação de tal evento, somada à firme convicção da maioria dos pesquisadores da época sobre a impossibilidade do nascimento de neurônios no sistema nervoso adulto, resultou em expressiva demora no avanço do conhecimento nesta área. O desenvolvimento de técnicas refinadas de estudo celular e a observação compr (mais) ovada de neurogênese no cérebro de vertebrados adultos como o de pássaros canoros e roedores, serviu como importante alavanca para a desmistificação da impossibilidade de nascimento de neurônios no cérebro adulto. RESULTADOS: A descoberta da neurogênese em áreas específicas do cérebro adulto tem fomentado avanços em diversas áreas da pesquisa médica. No contexto de alterações neurológicas temos a constatação de neurogênese reativa no hipocampo de modelos animais de epilepsia do lobo temporal, logo após um episódio de estado de mal epiléptico. Diferenças filogenéticas entre roedores e humanos provavelmente existem, visto que há evidências de diminuição da neurogênese em crianças com epilepsia grave. A neurogênese pode estar também alterada frente ao uso de drogas, como parece ocorrer no tratamento com antidepressivos. CONCLUSÃO: O entendimento cada vez maior da neurogênese no cérebro adulto pode significar uma revolução no conceito da plasticidade do cérebro de um mamífero adulto, além de ter grande importância para o desenvolvimento de estratégias terapêuticas no tratamento de doenças neurodegenerativas e na possibilidade de promover a recuperação funcional de áreas lesadas do sistema nervoso central. Resumo em inglês INTRODUCTION: Since the early XX century, there have been numerous reports considering the possibility of neurogenesis in the adult mammalian brain. However, it took 30 years before the widespread skepticism and the technical limitations were overcome. Refined cell technique developments and clear-cut evidences of neurogenesis in avian and rodent brains boosted additional research and counteracted the "no-new-neuron-in-the-adult-brain" myth. Now, the debate has focused on (mais) its importance to existing neural circuits, which promises interesting perspectives in medical research. RESULTS: Reactive neurogenesis in the hippocampus occurs in different experimental models of temporal lobe epilepsy, among them those that present spontaneous limbic seizures after an episode of status epilepticus. Phylogenetic differences between rodents and humans probably exist, since it has been described a reduction of neurogenesis in children with severe epilepsy. Neurogenesis may also be altered in many other conditions including chronic antidepressant drug treatment. CONCLUSION: Therefore, understanding the mechanisms and functional implications of adult neurogenesis in different brain regions can shed light into how such neuronal plasticity can help in the treatment of neurological disorders. In particular, cell therapy is a promising approach in the biomedical field that will possibly have great impact in the treatment of neurodegenerative diseases, as well as in the functional recovery of brain injuries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Plasticidade do sistema auditivo/ Auditory system plasticity

Féres, Maria Cristina L. C.; Cairasco, Norberto G.
2001-09-01

Resumo em português O sistema sensorial auditivo tem sido alvo de estudos sobre sua capacidade de desenvolver respostas plásticas a diferentes tipos de lesão. Fenômenos regenerativos se fazem observar no segmento periférico do sistema, com a constatação da neogênese de células ciliadas em aves, em alguns casos acompanhada de recuperação funcional comprovada eletrofisiologicamente. Alterações em estruturas centrais da via auditiva, secundárias a uma lesão do órgão periférico, (mais) têm sido freqüentemente relatadas, significando uma provável resposta plástica à perturbação do sinal aferente. Exemplo extremo dessas alterações é encontrado em roedores que desenvolvem, secundariamente à indução de perda auditiva parcial, comportamento motor anômalo em resposta ao som intenso, denominado epilepsia audiogênica. Os autores fazem uma revisão sobre o assunto. Resumo em inglês The auditory system has been subject of studies that evaluated its capability to develop plastic responses to different kinds of lesions. Regeneration has been observed in the peripheral portions of the system, with neogenesis of the hair cells in avian, sometimes followed by functional rehabilitation as confirmed by electrophysiological testing. The occurrence of central auditory pathway disorders, secondary to peripheral damage, has been frequently noticed, probably due (mais) to a plastic reaction to the lack of afferent signal. A great example of these alterations is found in rodents that develop anomalous motor response to loud sounds, secondary to induced partial deafness, named audiogenic seizures. The authors presented a review about the theme.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Infecção experimental de camundongos albinos com cercárias de Schistosoma mansoni Sambon, 1907, previamente submetidas a ação de termofosfato magnesiano

Milward-de-Andrade, Roberto; Souza, Marcos B.; Paranhos, Marco Aurélio S.
1989-04-01

Resumo em português Foi realizada infecção experimental de camundongos albinos ("Swiss inbred") com cercárias de Schistosoma mansoni, cepa LE, submetidas à ação do adubo termofosfato magnesiano (Tfm), usualmente utilizado em latossolos tropicais e capaz, quando ingerido, de provocar o bloqueio da ovogênese de moluscos planorbídeos. Nas condições do experimento, observou-se a infecção dos roedores. Porém, o número de ovos eliminados pelo grupo controle, representado por cinco ca (mais) mundongos, foi sensivelmente maior que o do grupo Tfm, ainda que a recuperação de vermes, por perfusão, tenha sido bem menor. Do grupo Tfm, foram recuperados 163 (98,2%) vermes adultos machos e apenas 3 (1,8%) fêmeas, isoladas. Do grupo controle, a perfusão proporcionou 53 vermes adultos, sendo 13 machos, 18 fêmeas e 11 casais. Cada camundongo foi exposto a 150 cercárias. Resumo em inglês Experimental infection of white mice (Swiss inbred) with LE strain Scistosoma mansoni cercariae submitted to the action of magnesium thermophosphate (Tfm), usually used in tropical latosoils, was performed. This product is able to block ovogenesis of planorbid molluscs. In these experimental conditions, rodents were infected. But, the number of eggs released by the control group (five mice) was markedly greater than that of the Tfm group, although a short number of worms (mais) were recovered by perfusion. From the Tfm group, 163 adult worms (98,2%) were recovered and only 3 females (1,8%). Of the control group, perfusion recovered 62 adult worms (22 male worms, 18 female and 11 couples). Each mice was exposed to 150 cercariae.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Infecção experimental de camundongos albinos com cercárias de Schistosoma mansoni Sambon, 1907, previamente submetidas a ação de termofosfato magnesiano

Milward-de-Andrade, Roberto; Souza, Marcos B.; Paranhos, Marco Aurélio S.
1989-04-01

Resumo em português Foi realizada infecção experimental de camundongos albinos ("Swiss inbred") com cercárias de Schistosoma mansoni, cepa LE, submetidas à ação do adubo termofosfato magnesiano (Tfm), usualmente utilizado em latossolos tropicais e capaz, quando ingerido, de provocar o bloqueio da ovogênese de moluscos planorbídeos. Nas condições do experimento, observou-se a infecção dos roedores. Porém, o número de ovos eliminados pelo grupo controle, representado por cinco ca (mais) mundongos, foi sensivelmente maior que o do grupo Tfm, ainda que a recuperação de vermes, por perfusão, tenha sido bem menor. Do grupo Tfm, foram recuperados 163 (98,2%) vermes adultos machos e apenas 3 (1,8%) fêmeas, isoladas. Do grupo controle, a perfusão proporcionou 53 vermes adultos, sendo 13 machos, 18 fêmeas e 11 casais. Cada camundongo foi exposto a 150 cercárias. Resumo em inglês Experimental infection of white mice (Swiss inbred) with LE strain Scistosoma mansoni cercariae submitted to the action of magnesium thermophosphate (Tfm), usually used in tropical latosoils, was performed. This product is able to block ovogenesis of planorbid molluscs. In these experimental conditions, rodents were infected. But, the number of eggs released by the control group (five mice) was markedly greater than that of the Tfm group, although a short number of worms (mais) were recovered by perfusion. From the Tfm group, 163 adult worms (98,2%) were recovered and only 3 females (1,8%). Of the control group, perfusion recovered 62 adult worms (22 male worms, 18 female and 11 couples). Each mice was exposed to 150 cercariae.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Estrutura da comunidade de pequenos mamíferos (Mammalia, Rodentia) da Estação Ecológica de Águas Emendadas, Planaltina, Distrito Federal, Brasil/ Community structure of small mammals (Mammalia, Rodentia) from Estação Ecológica de Águas Emendadas, Planaltina, Distrito Federal, Brazil

Ribeiro, Raquel; Marinho-Filho, Jader
2005-12-01

Resumo em português Foram investigadas, no presente estudo a composição de espécies e a abundância de uma comunidade de pequenos mamíferos presentes nos campos de murundus, um tipo fitofisionômico característico da região central dos Cerrados brasileiros. Duas grades de armadilhas do tipo Sherman foram montadas e oito espécies de roedores foram capturadas. Não foi registrada a presença de nenhum marsupial na região. As espécies mais abundantes foram Bolomys lasiurus (Lund, 1841) (mais) , Thalpomys lasiotis Thomas, 1916 e Calomys tener (Winge, 1888). Durante a estação chuvosa, B. lasiurus foi a espécie mais abundante, ao contrário de T. lasiotis que apresentou maior número de indivíduos durante o período seco. Esta distinção com relação à abundância dos indivíduos dessas duas espécies pode ser um mecanismo de adaptação que permite a coexistência nos mesmos habitats. Resumo em inglês In the present study we investigated the species composition and abundance of a small mammal community from a "campo de murundus", a characteristic vegetational type of Central Brazilian Cerrados. Two grids of Sherman traps were set and eight species of rodents was recorded. No marsupials were found in this habitat. The most abundant species were Bolomys lasiurus (Lund, 1841), Thalpomys lasiotis Thomas, 1916 and Calomys tener (Winge, 1888). Bolomys lasiurus was the most a (mais) bundant species during the rainy season and T. lasiotis was more common in dry season. This may be a mechanism allowing their coexistence in the same habitats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Avaliação da resposta imune humoral frente a antígenos de Strongyloides venezuelensis/ Evaluation of the humoral immune response to Strongyloides venezuelensis antigens

Rigo, Carla Rodrigues; Lescano, Susana Zevallos; Marchi, Cláudia Regina de; Amato Neto, Vicente
2008-12-01

Resumo em português A estrongiloidíase afeta 30 milhões de pessoas em 70 países. Usualmente, o diagnóstico dessa enteroparasitose é realizado por testes parasitológicos baseados no hidro termotropismo das larvas eliminadas nas fezes, porém esses têm se mostrado pouco sensíveis. Neste trabalho, extratos antigênicos foram testados pelas técnicas de ELISA, Immunoblotting e IFI, utilizando larvas filarióides de Strongyloides venezuelensis, parasita de roedores, que mostram reação c (mais) ruzada com epítopos de Strongyloides stercoralis. Sensibilidade de 89, 85, 57% para a reação de ELISA e de 100, 100 e 96%, para o Immunoblotting com os antígenos SAL, ZWIP e ZW, e especificidade de 90, 60 e 81% para o ELISA e 96, 92 e 91% para o Immunoblotting para os mesmos antígenos, foram encontradas nestes ensaios. Resumo em inglês Strongyloidiasis affects 30 million people in 70 countries. This enteral parasitosis is usually diagnosed using parasitological tests based on hydrotropism or thermotropism of larvae eliminated in feces, but these tests have been shown to have low sensitivity. In this study, antigenic extracts were tested by means of ELISA, immunoblotting and IFI, using filariform larvae of Strongyloides venezuelensis, a parasite of rodents that shows cross-reactions with Strongyloides st (mais) ercoralis epitopes. Sensitivity of 89, 85 and 57% for the ELISA reaction and 100, 100 and 96% for immunoblotting with the SAL, ZWIP and ZW antigens, and specificity of 90, 60 and 81% for ELISA and 96, 92 and 91% for immunoblotting with the same antigens, were found in these assays.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Importância dos animais sinantrópicos no controle da endemia chagásica/ On the importance of Synantropic animals in the control of Chagas' disease (endemic)

Rocha e Silva, Eduardo Olavo da; Andrade, José Carlos Rehder de; Lima, Anísio Ribeiro de
1975-09-01

Resumo em português Foi salientado que, em certas áreas, os métodos de rotina no controle dos vetores da doença de Chagas necessitam ser complementados por atividades de captura de resrevatórios do T. cruzi, especialmente no caso, marsupiais (Didelphis) e roedores (Rattus). Foram citados trabalhos realizados em alguns municípios da Região Administrativa 5 - Campinas, Estado de São Paulo, Brasil, onde a presença de reservatórios e triatomíneos semi-domiciliários (Panstrongylus megi (mais) stus), nas moradias, propiciam condições à reintrodução do ciclo domiciliar do parasita. São comentados os resultados da pesquisa do Trypanosoma tipo cruzi, nesses triatomíneos e nos citados vertebrados, relacionando ainda os resultados com as reações de precipitina realizadas no sentido de detectar o tipo de sangue ingerido pelos P. megistus capturados. Resumo em inglês Emphasis is layed upon the fact that in some areas, the routine methods used to control vectors of Chagas' disease, must be complemented by seizure activities of T. cruzi reservoirs, specially marsupials (Didelphis) and rodents (Rattus). A study was undertaken in some municipal districts of the Administrative Region of Campinas, State of S. Paulo, where the presence of reservoirs and peridomestic triatomines (Panstrongylus megistus) allow favourable conditions for the rei (mais) ntroduction of the domiciliary parasitic cycle. The results of the search of Trypanosoma type cruzi in these triatomines and the mentioned reservoirs are commented. Their association with the precipitin reaction in order to allow detection of the type of blood ingested by the P. megistus captured in the houses was studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Importância dos animais sinantrópicos no controle da endemia chagásica/ On the importance of Synantropic animals in the control of Chagas' disease (endemic)

Rocha e Silva, Eduardo Olavo da; Andrade, José Carlos Rehder de; Lima, Anísio Ribeiro de
1975-09-01

Resumo em português Foi salientado que, em certas áreas, os métodos de rotina no controle dos vetores da doença de Chagas necessitam ser complementados por atividades de captura de resrevatórios do T. cruzi, especialmente no caso, marsupiais (Didelphis) e roedores (Rattus). Foram citados trabalhos realizados em alguns municípios da Região Administrativa 5 - Campinas, Estado de São Paulo, Brasil, onde a presença de reservatórios e triatomíneos semi-domiciliários (Panstrongylus megi (mais) stus), nas moradias, propiciam condições à reintrodução do ciclo domiciliar do parasita. São comentados os resultados da pesquisa do Trypanosoma tipo cruzi, nesses triatomíneos e nos citados vertebrados, relacionando ainda os resultados com as reações de precipitina realizadas no sentido de detectar o tipo de sangue ingerido pelos P. megistus capturados. Resumo em inglês Emphasis is layed upon the fact that in some areas, the routine methods used to control vectors of Chagas' disease, must be complemented by seizure activities of T. cruzi reservoirs, specially marsupials (Didelphis) and rodents (Rattus). A study was undertaken in some municipal districts of the Administrative Region of Campinas, State of S. Paulo, where the presence of reservoirs and peridomestic triatomines (Panstrongylus megistus) allow favourable conditions for the rei (mais) ntroduction of the domiciliary parasitic cycle. The results of the search of Trypanosoma type cruzi in these triatomines and the mentioned reservoirs are commented. Their association with the precipitin reaction in order to allow detection of the type of blood ingested by the P. megistus captured in the houses was studied.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Infecções naturais de mamíferos silvestres em área endêmica de leishmaniose tegumentar do Estado de São Paulo, Brasil/ Natural infection of sylvatic mammals of cutaneous leishmaniasis in S. Paulo State, Brazil

Forattini, Oswaldo Paulo; Pattoli, Dino B. G.; Rabello, Ernesto Xavier; Ferreira, Octávio Alves
1972-09-01

Resumo em português Descreve-se a presença de foco de leishmaniose tegumentar no vale do rio Moji-Guaçú, em região comum aos municípios de Luiz Antonio, São Carlos, Rincão e Santa Rita do Passa Quatro, no Estado de São Paulo, Brasil. Os casos humanos apresentavam formas clínicas caracterizadas por lesões úlcero-vegetantes, de evolução lenta e pobres em parasitos. As investigações sobre infecção natural em animais silvestres levou ao isolamento de roedores, de três cepas em (mais) cultura, duas procedentes de Akodon arviculoides e uma de Oryzomys nigripes. As provas de inoculação em hamsters foram, até o momento, positivas para duas delas, mas com evolução lenta, com manifestações clínicas muito discretas e pobres em parasitos. Pelos dados disponíveis até o momento, parece tratar-se de cepas filiáveis à raça "lenta", à qual se atribui papel na etiologia da forma cutaneo-mucosa da leishmaniose. Resumo em inglês An endemic area of cutaneous leishmaniasis in the State of S. Paulo, Brazil, is described. Clinical aspects of human cases showed few lesions with slow evolution and few parasites. From investigations on natural infections of local sylvatic mammals by skin cultures technique ensued three strains isolations from Akodon arviculoides and Oryzomys nigripes rodents. Two of these showed to infect hamsters experimentally, but with discrete cutaneous manifestations and few parasi (mais) tes. This aspect seems to be alike the behaviour of "slow" strain, who was included in the possibility of the mucocutaneous leishmaniasis etiology. The presence of sylvatic enzootic forms of the disease is concluded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Infecções naturais de mamíferos silvestres em área endêmica de leishmaniose tegumentar do Estado de São Paulo, Brasil/ Natural infection of sylvatic mammals of cutaneous leishmaniasis in S. Paulo State, Brazil

Forattini, Oswaldo Paulo; Pattoli, Dino B. G.; Rabello, Ernesto Xavier; Ferreira, Octávio Alves
1972-09-01

Resumo em português Descreve-se a presença de foco de leishmaniose tegumentar no vale do rio Moji-Guaçú, em região comum aos municípios de Luiz Antonio, São Carlos, Rincão e Santa Rita do Passa Quatro, no Estado de São Paulo, Brasil. Os casos humanos apresentavam formas clínicas caracterizadas por lesões úlcero-vegetantes, de evolução lenta e pobres em parasitos. As investigações sobre infecção natural em animais silvestres levou ao isolamento de roedores, de três cepas em (mais) cultura, duas procedentes de Akodon arviculoides e uma de Oryzomys nigripes. As provas de inoculação em hamsters foram, até o momento, positivas para duas delas, mas com evolução lenta, com manifestações clínicas muito discretas e pobres em parasitos. Pelos dados disponíveis até o momento, parece tratar-se de cepas filiáveis à raça "lenta", à qual se atribui papel na etiologia da forma cutaneo-mucosa da leishmaniose. Resumo em inglês An endemic area of cutaneous leishmaniasis in the State of S. Paulo, Brazil, is described. Clinical aspects of human cases showed few lesions with slow evolution and few parasites. From investigations on natural infections of local sylvatic mammals by skin cultures technique ensued three strains isolations from Akodon arviculoides and Oryzomys nigripes rodents. Two of these showed to infect hamsters experimentally, but with discrete cutaneous manifestations and few parasi (mais) tes. This aspect seems to be alike the behaviour of "slow" strain, who was included in the possibility of the mucocutaneous leishmaniasis etiology. The presence of sylvatic enzootic forms of the disease is concluded.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Espécies e sorovares de Listeria isolados de animais doentes e portadores no Brasil/ Species and serovars of Listeria isolated from sick and clinically healthy animals in Brazil

Hofer, Ernesto; Reis, Cristhiane Moura Falavina dos
2005-06-01

Resumo em português A análise fenotípica de 246 amostras do gênero Listeria isolados de animais portadores e doentes, provenientes de três regiões do país, colecionadas no período de 1971 a 2000, permitiu caracterizar as espécies e sorovares prevalentes. Dentre os animais predominaram os espécimes fecais de bovinos normais (217 amostras, 88,2%), em contraposição aos 29 isolados (11,7%) de Listeria de animais doentes, apresentando comprometimento do sistema nervoso central (15 amos (mais) tras, 6,0%) e outras localizações sistêmicas (14 amostras, 5,6%). Quanto às espécies e sorovares, predominaram L. innocua 6a e não tipável (140 amsotras, 56,9%) e L.monocytogenes 4a (37 amostras, 15,0) e 4b (22 amostras, 8,9%) principalmente nas fezes de bovinos hígidos e nos animais doentes, L. monocytogenes sorovares 4b (14 amostras, 5,6%) com destaque nos ruminantes e 1a (8 amostras, 3,2%) incidindo nas outras espécies animais (roedores e canídeos) e tendo localizações prevalentes em áreas distintas ao sistema nervoso central. Resumo em inglês Two hundred fourty-six strains of the genus Listeria were isolated from sick and clinically healthy animals, collected in three different regions of Brazil during 1971-2000. About 88.2% (217 cultures) yielded Listeria species from faecal specimens of healthy cattle and 29 strains (11.7%) were isolated from sick animals: 15 (6.0%) from central nervous system (CNS) and 14(5.6%) were from otherwise sterile sites. Phenotyping techniques were used to characterize the Listeria (mais) isolates. The commonest were L. innocua 6a and non-typable (140/56.9%), L. monocytogenes 4a (37/15.0%) and 4b (22/8.9%), originated mainly from stools of healthy cattle. From sick animals the predominant species and serovars were L. monocytogenes 4b (14/5.6%), and the higher incidence was observed in ruminants (12/4.8%) and 8/3.2% of the serovar 1a from other animal species (rodents and canines) mainly isolated from CNS samples.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Distribuição geográfica de pequenos mamíferos não voadores nas bacias dos rios Araguaia e Paraná, região centro-sul do Brasil/ Geographic distribution of small non-volant mammals in the Araguaia and Paraná basins, south-central region of Brazil

Cáceres, Nilton C.; Casella, Janaína; Vargas, Claudeir F.; Prates, Lucineia Z.; Tombini, Alam A. M.; Goulart, Charla S.; Lopes, Wellington H.
2008-06-01

Resumo em português Realizaram-se amostragens de pequenos mamíferos em duas bacias hidrográficas do Brasil central pertencentes aos rios Araguaia e Paraná com intuito de descrever a composição de espécies de pequenos mamíferos de hábito florestal e comparar suas distribuições geográficas. Quatorze pontos de coleta foram amostrados, subdivididos em oito na bacia do Rio Paraná e seis na bacia do Rio Araguaia. Foram registradas 20 espécies de pequenos mamíferos na região (oito de (mais) marsupiais e 12 de roedores), sendo 16 delas por meio de armadilhas metálicas (5.253 armadilhas-noite) e oito delas por meio de armadilhas de queda (224 baldes-noite), totalizando 161 capturas de 139 indivíduos. A bacia do Rio Paraná apresentou 16 espécies (armadilhas-noite: 3.115; baldes-noite: 104) e a bacia do Araguaia apresentou 11 espécies (armadilhas-noite: 2.138; baldes-noite: 120), sendo que as riquezas foram similares quando aplicado o método da rarefação. Das 20 espécies registradas, sete (35%) ocorreram em ambas as bacias. Apesar da elevada riqueza de espécies amostrada, destacou-se a elevada abundância do marsupial Didelphis albiventris Lund, 1840. As espécies de marsupiais amostradas foram D. albiventris, Caluromys philander (Linnaeus, 1758), Cryptonanus cf. agricolai Voss, Lunde & Jansa, 2005, Gracilinanus agilis (Burmeister, 1854), G. microtarsus (Wagner, 1842), Lutreolina crassicaudata (Desmarest, 1804), Marmosa murina (Linnaeus, 1758), e Philander opossum (Linnaeus, 1758). As espécies de roedores amostradas foram Akodon gr. cursor, Calomys tener (Winge, 1887), Nectomys rattus (Pelzen, 1883), N. squamipes (Brants, 1827), Oecomys bicolor (Tomes, 1860), Oryzomys maracajuensis Langguth & Bonvicino, 2002, Oryzomys cf. marinhus, O. megacephalus (Fischer, 1814), Oligoryzomys fornesi (Massoia, 1973), Oligoryzomys sp., Proechimys longicaudatus (Rengger, 1830) e P. roberti (Thomas, 1901). A ampliação da distribuição de algumas espécies é discutida, assim como aspectos biogeográficos. A Serra dos Caiapós pode ter sido uma barreira geográfica para algumas espécies de pequenos mamíferos em face da retração e expansão das florestas ocorridas no passado. Resumo em inglês We collected small mammals in two hydrographic basins in central Brazil, namely the Paraná and Araguaia basins, with the aim of examining the composition of forest dwelling small mammal species and to compare their geographic distributions. Fourteen sites were sampled, eight in the Paraná basin and six in the Araguaia basin. A total of 20 species of small mammals was registered (8 marsupials and 12 rodents), 16 of them in live traps (5,253 trap-nights) and eight in pitf (mais) alls (224 trap-nights), adding to a total of 161 captures of 139 individuals. The Paraná basin showed 16 species (trap-nights: 3,115 and 104 respectively) and the Araguaia basin 11 species (trap-nights: 2,138 and 120 respectively), being both richness similar when the rarefaction method was applied. Seven (35%) out of the 20 species recorded occurred in both basins. The marsupial Didelphis albiventris Lund, 1840 was the most abundant species. The marsupials species recorded were D. albiventris, Caluromys philander (Linnaeus, 1758), Cryptonanus cf. agricolai Voss, Lunde & Jansa, 2005, Gracilinanus agilis (Burmeister, 1854), G. microtarsus (Wagner, 1842), Lutreolina crassicaudata (Desmarest, 1804), Marmosa murina (Linnaeus, 1758), and Philander opossum (Linnaeus, 1758). The rodent species recorded were Akodon gr. cursor, Calomys tener (Winge, 1887), Nectomys rattus (Pelzen, 1883), N. squamipes (Brants, 1827), Oecomys bicolor (Tomes, 1860), Oryzomys maracajuensis Langguth & Bonvicino, 2002, Oryzomys cf. marinhus, O. megacephalus (Fischer, 1814), Oligoryzomys fornesi (Massoia, 1973), Oligoryzomys sp., Proechimys longicaudatus (Rengger, 1830) and P. roberti (Thomas, 1901). The range extension of some species is discussed, in addition to biogeographic considerations. The Caiapós Mountains may have been a geographic barrier for some small mammal species in the face of the retraction and expansion of forests in the past.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Microestruturas de pêlos de pequenos mamíferos não-voadores: chave para identificação de espécies de agroecossistemas do estado de São Paulo, Brasil/ Microstructures of the hair of non-volant small mammals: key to the identification of species from agroecosystems of the State of São Paulo, Brazil

Martin, Paula Sanches; Gheler-Costa, Carla; Verdade, Luciano Martins
2009-03-01

Resumo em português Características microestruturais dos pêlos vêm sendo usadas para identificação de espécies em pesquisas taxonômicas, ecológicas, paleontológicas, arqueológicas e forenses. Este estudo tem como objetivo a descrição da estrutura dos pêlos de algumas espécies de pequenos mamíferos não-voadores comumente encontrados em agroecossistemas do Estado de São Paulo. Os pêlos foram coletados do dorso de espécimes previamente identificados coletados em áreas de agr (mais) icultura (canavial), pastagens, silvicultura (plantio de eucalipto) e fragmentos de vegetação nativa (floresta semidecídua e cerrado). O microscópio óptico apresentou limitações para a descrição do formato e borda das escamas, os quais foram descritos através do uso de microscópio eletrônico de varredura. Uma chave de identificação dicotômica é apresentada para 11 espécies de pequenos mamíferos não-voadores (sete roedores e quatro marsupiais). Resumo em inglês Hair microstructure characteristics have been used for species identification in taxonomic, ecological, paleontological, archeological and forensic research. This study aims to describe the hair structure from small mammals commonly found in agroecosystems of the São Paulo State. The hairs were collected from the dorsal region of previously identified specimens collected in agricultural areas (sugar-cane plantations), pasture areas, silviculture areas (eucalyptus plantat (mais) ion) and fragments of native vegetation (semideciduos Atlantic Forest and Cerrado). Optic microscope was not effective for describing the form and the border of scales, which were described using scanning electronic microscope. A dichotomic key of identification is presented for 11 species of non-volant small mammals (seven rodents and four marsupials).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Avaliação de um modelo experimental de enterocolite necrosante neonatal em ratos/ Evaluation of an experimental model of necrotizing enterocolitis in rats

Meyer, Karine Furtado; Martins, José Luiz; Freitas Filho, Luiz Gonzaga de; Oliva, Maria Luiza Vilela; Patrício, Francy Reis da Silva; Macedo, Maurício; Wang, Lina
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar um modelo experimental de enterocolite necrosante em ratos proposto por Okur e colaboradores em 1995. MÉTODOS: Utilizou-se 28 ratos da raça EPM-Wistar no primeiro dia de vida, com peso entre 4 a 6 gramas. Os animais foram submetidos a hipóxia (H) colocando os filhotes em uma câmara de gás CO2 para sacrifício de roedores onde receberam um fluxo de ar contendo 100% de CO2 durante 5 minutos. Após a hipóxia os animais foram reanimados (R) com fluxo d (mais) e ar contendo O2 a 100%, também durante 5 minutos. Os animais divididos em dois grupos: G1: controle (n=12): ratos não submetidos a H-R; G2: (n=16): ratos submetidos a H-R. Segmentos de intestino delgado e cólon foram preparados para análise histológica. O restante do intestino foi utilizado para dosagem de malondialdeído tecidual. RESULTADOS: Dosagem de malondialdeído do G1 foi em média 1,05 (0,44-2,03) e do G2 foi em média 2,60 (0,59- 6,4) nmol MDA/mg proteína. O G2 teve média significativamente maior do que a do grupo controle (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate an experimental model of necrotizing enterocolitis in rats proposed by OKUR e col. in 1995. METHODS: On their first day of life, 28 EPM-Wistar rats weighing between 4 and 6 grams were submitted to hypoxia (H) by placing them in a CO2 gas chamber for rodents' sacrifice, where they received a 100% CO2 air flow for 5 minutes. After the hypoxia the animals were reanimated (R) with a 100% O2 air flow, also for 5 minutes. The animals were allocated in two (mais) groups: G1: control (n=12): rats not submitted to H-R; G2: (n=16): rats submitted to H-R. Segments of the small intestine and colon were prepared for histological analysis. The remaining intestine was used to measure tissular malondialdehyde. RESULTS: Mean malondialdehyde dosages were 1.05 (0.44-2.03) and 2.60 (0.59- 6.4) nmol MDA/mg protein for G1 and G2, respectively. G2's mean value was significantly higher than in the control group (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Soroprevalência da infecção leptospiral em capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris) abatidas em um frigorífico do Rio Grande do Sul/ Seroprevalence of leptospiral infection in capybaras (Hydrochoerus hydrochaeris) in a slaughterhouse of Rio Grande do Sul, Brazil

Silva, Éverton F.; Seyffert, Núbia; Jouglard, Sandra D.D.; Athanazio, Daniel A.; Dellagostin, Odir A.; Brod, Claudiomar S.
2009-02-01

Resumo em português Capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris) são roedores selvagens do continente americano com crescente importância comercial como fonte alternativa de carne para o consumo humano. Nessa espécie, os estudos sobre a soroprevalência da infecção leptospiral são escassos e restritos aos espécimes de vida livre. Relatamos aqui reações positivas para anticorpos aglutinantes anti-leptospiras em 27,3% (6/22) das capivaras abatidas em um frigorífico do Rio Grande do Sul. Os (mais) níveis mais altos de anticorpos sugerem infecção pelo sorogrupo Australis devido à reação para uma cepa de referência do sorovar Bratislava e para um isolado canino local do sorovar Australis, caracterizado como Leptospira noguchii. Esses resultados ressaltam que considerável parcela de capivaras criadas em cativeiro podem funcionar como reservatório de leptospiras patogênicas e chamam atenção para o risco ocupacional dos trabalhos que envolvem a criação e o abate dessa espécie animal. Resumo em inglês Capybaras (Hydrochoerus hydrochaeris) are wild rodents from the American Continent with increasing importance as a commercial alternative source of meat for human consumption. Studies on seroprevalence for leptospiral infection are scarce and restricted to free living capybaras. We report detection of agglutinating antibodies against leptospires in 27% (6/22) of all animals in a slaughterhouse from Rio Grande do Sul. The highest antibody titers predicted Australis as the (mais) infecting serogroup due to reactions against a reference strain of serovar Bratislava and a canine local isolate of serovar Australis, characterized as Leptospira noguchii. The data presented in this report highlight that a considerable fraction of capybaras in captivity may behave as reservoir for pathogenic leptospires emphasizing the occupational risk of those who deal with animal farming and slaughter.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Repercussões imunológicas dos distúrbios do sono: o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal como fator modulador/ Immune outcomes of sleep disorders: the hypothalamic-pituitary-adrenal axis as a modulatory factor

Palma, Beatriz Duarte; Tiba, Paula Ayako; Machado, Ricardo Borges; Tufik, Sergio; Suchecki, Deborah
2007-05-01

Resumo em português OBJETIVO: Revisar a literatura a respeito da interação entre sono e sistema imunológico. MÉTODO: Busca no Web of Science e no PubMed com os descritores: sono, privação de sono, estresse, eixo hipotálamo-pituitária-adrenal, sistema imunológico e doenças auto-imunes. RESULTADOS: Foram encontrados 588 artigos no Web of Science. As 61 referências mais significativas e mais relacionadas aos objetivos do estudo foram utilizadas. Foram incluídos artigos originais e d (mais) e revisão. CONCLUSÃO: A privação de sono e o sistema imunológico exercem e sofrem influências mútuas. A privação de sono é considerada um estressor, uma vez que induz a elevação do cortisol em seres humanos - ou da corticosterona em roedores. Os glicocorticóides, por sua vez, exercem um efeito imunossupressor. Por essas razões, foi proposto que o aumento da ativação do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal seja um importante mediador das alterações imunológicas observadas em pacientes com insônia ou privados de sono. Resumo em inglês OBJECTIVE: To review the literature on the interaction between sleep and the immune system. METHOD: A search on Web of Science and Pubmed database including the keywords sleep, sleep deprivation, stress, hypothalamic-pituitary-adrenal axis, immune system, and autoimmune diseases. RESULTS: On Web of Science, 588 publications were retrieved; 61 references, more significant and closer to our objective, were used, including original articles and review papers. CONCLUSION: Sle (mais) ep deprivation and immune system exert a bidirectional influence on each other. Since sleep deprivation is considered a stressor, inasmuch as it induces elevation of cortisol or corticosterone levels in humans and rodents, respectively, and given the well-known immunosuppressive effect of glucocorticoids, we propose that increased activation of the hypothalamic-pituitary-adrenal axis is a major mediator of the immune alterations observed in patients with insomnia or in sleep deprived subjects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Preferência alimentar de Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) em área de transmissão de leishmaniose visceral em Mato Grosso/ Feeding preference of Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) in transmission area of visceral leishmaniasis in Mato Grosso

Missawa, Nanci Akemi; Lorosa, Elias Seixas; Dias, Edelberto Santos
2008-08-01

Resumo em português O estudo dos hábitos alimentares e do conteúdo intestinal dos flebotomíneos permite a identificação dos hospedeiros, indicando os potenciais reservatórios das leishmanias. Este trabalho objetivou determinar a preferência alimentar de Lutzomyia longipalpis e sua relação com a transmissão da leishmaniose visceral. As capturas mensais foram realizadas em área de transmissão de leishmaniose visceral, município de Várzea Grande, Estado de Mato Grosso, no período (mais) de janeiro de 2004 a junho de 2006, utilizando-se armadilhas de luz CDC. Foram capturadas 2.376 fêmeas de Lutzomyia longipalpis, das quais 104 (4,4%) estavam ingurgitadas, sendo 32 (30,8%) capturadas no intradomicílio e 72 (69,2%) no peridomicílio. Após reação de precipitina, observou-se que as fêmeas de Lutzomyia longipalpis alimentaram-se preferencialmente em aves (30,8%) e roedores (21,2%), mas também foram encontradas fêmeas alimentadas de sangue de humanos, gambás, bois, cavalos e cães, demonstrando o caráter oportunista da espécie. Resumo em inglês Studies on the feeding habits and intestinal content of sandflies make it possible to identify hosts, thereby indicating potential reservoirs for Leishmania. The present study had the aim of determining the feeding preferences of Lutzomyia longipalpis and its relationship with the transmission of visceral leishmaniasis. Specimens were caught every month in a transmission area of visceral leishmaniasis, in the municipality of Várzea Grande, State of Mato Grosso, from Janu (mais) ary 2004 to June 2006, using CDC light traps. 2,376 females of Lutzomyia longipalpis were caught, of which 104 (4.4%) were engorged. Among these, 32 (30.8%) were caught inside homes and 72 (69.2%) in areas surrounding homes. From the precipitin reaction, it was observed that Lutzomyia longipalpis females fed preferentially on birds (30.8%) and rodents (21.2%), but they were also found to have fed on blood from humans, opossums, oxen, horses and dogs, thus demonstrating the opportunist nature of this species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Ovos e órgãos reprodutores de fêmeas de Angiostrongylus costaricensis são reconhecidos mais intensamente por soros humanos de fase aguda na angiostrongilíase abdominal/ Eggs and reproductive organs of female Angiostrongylus costaricensis are more intensely recognized by human sera from acute phase in abdominal angiostrongyliasis

Bender, Ana Lígia; Maurer, Rafael Lucyk; Silva, Márcia Cristina Fernandes da; Ben, Renata; Terraciano, Paula Barros; Silva, Ana Cristina Aramburu da; Graeff-Teixeira, Carlos
2003-07-01

Resumo em português O Angiostrongylus costaricensis é um nematódeo intra-arterial de roedores. O homem acidentalmente pode se infectar ao ingerir alimentos ou água contaminados. Nosso objetivo foi o de descrever as estruturas do parasita que são reconhecidas por soros humanos das fases aguda e convalescente da angiostrongilíase abdominal. O método de imunofluorescência indireta foi empregado para estudar a reatividade sobre ovos íntegros e cortes de vermes fêmeas e de larvas de prim (mais) eiro estágio (L1). L1 também foram estudadas íntegras e depois de tratamento por sonicação. Fluorescência sempre mais intensa com soros de fase aguda foi detectada na superfície dos ovos inteiros e nos fragmentos de L1 e não estava presente nem nas L1 inteiras, nem em seus cortes. Uma reatividade inespecífica foi detectada na borda cuticular da cavidade geral e sobre os órgãos reprodutores. Os dados indicam que estes órgãos são fonte importante de antigenicidade. Resumo em inglês Angiostrongylus costaricensisis is an intra-arterial nematode of rodents. Man may become accidentally infected through ingestion of contaminated food or water. Our objective was to describe the parasite structures recognized by human antibodies in serum samples from acute and convalescent phases of abdominal angiostrongyliasis. An indirect immunofluorescent method was employed to study reactivity on whole eggs and sections of female worms and first stage larvae (L1). L1 w (mais) ere also studied before and after sonication. Fluorescence, always higher with acute phase sera, was detected on the surface of whole eggs and in L1 fragments and was neither present on whole L1 nor on their sections. An inespecific reactivity was seen on the cuticular border of the general cavity and reproductive organs. The data indicate the latter as a main source of antigenicity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Leishmaniose tegumentar americana em municípios da região noroeste do estado do Paraná: utilização de sensoriamento remoto para análise do tipo de vegetação e os locais de ocorrência da doença/ American cutaneous leishmaniasis in municipalities in the northwestern region of Paraná State: use of remote sensing for analysis of vegetation types and places with disease occurrence

Arraes, Sandra Mara Alessi Aristides; Veit, Renata Tonon; Bernal, Marcos Vinícius Zandonadi; Becker, Tânia Cristina Alexandrino; Nanni, Marcos Rafael
2008-12-01

Resumo em português A leishmaniose tegumentar americana, doença endêmica da região noroeste do Paraná, é transmitida por flebotomíneos ao homem e a animais como cães, tatu, gambá e roedores silvestres. A doença vem ocorrendo em locais de derrubadas de matas e às margens de rios e lagoas com vegetação arbórea, onde o homem entra em contato com o inseto infectado. Esta doença constitui-se num problema de saúde pública devido à ocorrência de surtos epidêmicos em todo o Paran� (mais) �. Em decorrência da importância de se conhecer áreas endêmicas, este trabalho utilizou dados de fichas epidemiológicas de pacientes atendidos no período de 1999 a 2004 associado às áreas de desmatamento identificadas por técnicas e produtos de sensoriamento remoto por satélite. Os resultados mostraram que a ocorrência de casos em municípios da região coincidem com as prováveis áreas supostas de infecção dos pacientes. Resumo em inglês American cutaneous leishmaniasis, an endemic disease in the northwestern region of Paraná, Brazil, is transmitted by phlebotomines to man and animals like dogs, armadillos, opossums and wild rodents. This disease has been occurring in places where forests have been felled and on the banks of rivers and lakes with arboreal vegetation, where man comes into contact with infected insects. This disease is a public health problem because of the occurrence of epidemic outbreaks (mais) throughout Paraná. Because of the importance of finding out about endemic areas, this study used epidemiological file data on patients attended between 1999 and 2004. These data were correlated with areas of forest felling that were identified by means of satellite remote sensing techniques and products. The results showed that the occurrences of cases in the municipalities of this region coincided with the presumed likely areas for patient infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Pequenos mamíferos não voadores em fragmentos de Mata Atlântica e áreas agrícolas em Viana, Espírito Santo, Brasil/ Non-flying small mammals in Atlantic Forest fragments and agricultural lands in Viana, state of Espírito Santo, Brazil

Pinto, Israel de Souza; Loss, Ana Carolina Covre; Falqueto, Aloísio; Leite, Yuri Luiz Reis
2009-09-01

Resumo em português Nós inventariamos os pequenos mamíferos não-voadores em Viana, Espírito Santo, sudeste do Brasil, em 1981-1982 e 2006-2007. Foram capturados 439 pequenos mamíferos não-voadores pertencentes a três ordens (Didelphimorphia, Rodentia e Lagomorpha) e seis famílias (Didelphidae, Sciuridade, Cricetidae, Muridae, Echimyidae e Leporidae). As espécies mais abundantes foram os roedores Akodon cursor e Nectomys squamipes e o marsupial Metachirus nudicaudatus. Registramos pe (mais) la primeira vez a ocorrência do roedor equimídeo Euryzygomatomys spinosus no estado do Espírito Santo. A riqueza específica (S = 21) e o índice de diversidade de Shannon (H = 2,23) estão entre os maiores registrados para pequenos mamíferos da Mata Atlântica no estado, mesmo quando comparados aos valores obtidos para unidades de conservação. Esses maiores valores de riqueza e diversidade encontrados estão provavelmente associados à heterogeneidade de hábitat e evidenciam a necessidade de conservação dos fragmentos florestais de Viana, os quais são importantes depositários da biodiversidade da Mata Atlântica. Resumo em inglês We surveyed non-flying small mammals at Viana, Espírito Santo, southeastern Brazil, in 1981-1982 and 2006-2007. We trapped 439 non-flying small mammals belonging to three orders (Didelphimorphia, Rodentia, and Lagomorpha) and six families (Didelphidae, Sciuridade, Cricetidae, Muridae, Echimyidae, and Leporidae). The most abundant species were the rodents Akodon cursor and Nectomys squamipes and the marsupial Metachirus nudicaudatus. We recorded the echimyid rodent Euryzy (mais) gomatomys spinosus for the first time in the state of Espírito Santo. The species richness (S = 21) and Shannon diversity index (H = 2.23) are among the highest recorded for Atlantic Forest small mammals in the state, even when compared to values from protected areas. These higher richness and diversity values are probably related to habitat heterogeneity and highlight the need for conservation of Viana's forest fragments, which are an important source of Atlantic Forest biodiversity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Presença de animais associada ao risco de transmissão da leishmaniose visceral em humanos em Belo Horizonte, Minas Gerais/ Animal presence and the risk for transmission of visceral leishmaniasis in Belo Horizonte, Brazil

Borges, B.K.A.; Silva, J.A.; Haddad, J.P.A.; Moreira, E.C.; Magalhães, D.F.; Ribeiro, L.M.L.; Fiúza, V.O.P.
2009-10-01

Resumo em português Analisou-se o risco de se contrair leishmaniose visceral (LV) e a presença de animais em residências de Belo Horizonte/MG, em 2006. O estudo de caso-controle foi feito por meio de visitas domiciliares, aplicação de questionário e registro de imagens da residência. A estimativa de risco foi mensurada por comparação de condições de moradia entre dois grupos: 1- constituído por 82 casos humanos de LV ocorridos em 2004 e 2- 164 controles (vizinhos dos casos). Os do (mais) micílios pertencentes ao grupo 1 foram os que apresentaram os maiores percentuais de presença de animais. Observou-se, pela análise univariada, que a presença de patos, roedores, pássaros e galinhas aumenta o risco de ocorrer LV em 4,18; 1,81; 1,57; e 1,47 vezes, respectivamente. Para os proprietários de cães, o aumento no risco de contrair LV é equivalente a 2,17 vezes e está relacionado ao número de cães no domicílio. O risco de contrair LV é maior 1,87 vezes para moradores com um cão e 3,36 vezes para moradores com dois cães, quando comparados a pessoas que não possuem esses animais. Resumo em inglês This study evaluated the animal presence in dwellings and the risk for transmission of visceral leishmaniasis (VL) in Belo Horizonte, Brazil, 2006. A case-control study was conducted by means of dwelling visits, direct interviews, and image register in the houses. The risk estimates were produced comparing the dwelling condition between two groups: 1) 82 human cases of VL recorded in 2004; and 2) 164 controls (neighbors of the first). The cases presented a higher proporti (mais) on in the animal presence compared to controls. Using an unconditional logistic regression, it was selected the presence of ducks with an OR of 4.18 (CI 95% - 0.74 to 23.32); rodents with an OR of 1.81 (CI 95% - 0.96 to 3.39); birds with an OR of 1.56 (CI 95% - 0.90 to 2.69), and chicken with an OR of 1.47 (CI 95% - 0.74 to 2.90). The owners of dogs were 2.17 more likely to have VL than those who did not have dogs, and this estimate increased with the number of dogs in the house. For those who had only one dog, the OR was 1.87, while for those who owned two dogs at home, the OR increased to 3.36; when compared to people who did not own those animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus: aspectos clínicos de uma doença emergente no sudeste brasileiro/ Pulmonary and cardiovascular syndrome due to hantavirus: clinical aspects of an emerging disease in southeastern Brazil

Campos, Gelse Mazzoni; Borges, Alessandra Abel; Badra, Soraya Jabur; Figueiredo, Glauciane Garcia; Souza, Ricardo Luiz Moro de; Moreli, Marcos Lázaro; Figueiredo, Luiz Tadeu Moraes
2009-06-01

Resumo em português A síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus é doença causada pela aspiração de aerossóis dos dejetos de roedores silvestres contaminados por vírus da família Bunyaviridae. Estudamos manifestações clínicas e laboratoriais de 70 casos ocorridos de 1998 a 2007 na região de Ribeirão Preto, SP. A freqüência de sintomas foi dispnéia (87%), febre (81%), tosse (44%), cefaléia (34%), taquicardia (81%), hipotensão arterial (56%), hipóxia (49%), acidose m (mais) etabólica (57%), linfocitopenia (51%), hematócrito >45% (70%), leucocitose com desvio à esquerda (67%), creatinina (51%) e uréia (42%) séricas elevadas. A letalidade (54,3%) ocorreu principalmente no 4o dia. Insuficiência respiratória, hipotensão arterial e choque ocorreu 24-48 horas; o hematócrito elevado e a plaquetopenia são sinais fortemente sugestivos da doença. A hipótese diagnóstica de pneumonia atípica associada a bom prognóstico (p:0,0136); a infusão hídrica >2.000ml e hipotensão arterial associadas a mau prognóstico (p:0,0286 e p:0,0453). Resumo em inglês Pulmonary and cardiovascular syndrome due to hantavirus is a disease caused by inhalation of aerosols from the excreta of wild rodents contaminated by viruses of the Bunyaviridae family. We studied the clinical and laboratory manifestations of 70 cases that occurred in the region of Ribeirão Preto, SP, Brazil, between 1998 and 2007. The frequency of symptoms was as follows: dyspnea (87%), fever (81%), coughing (44%), headache (34%), tachycardia (81%), low arterial blood (mais) pressure (56%), metabolic acidosis (57%), lymphocytopenia (51%), hematocrit > 45% (70%), leukocytosis with left deviation (67%), creatinine (51%) and urea (42%). Mortality (54.3%) occurred mainly on the fourth day. Respiratory insufficiency, low arterial blood pressure and shock occurred after 24 to 48 hours. High hematocrit and decreased platelet levels were signs strongly suggestive of the disease. The diagnostic hypothesis of atypical pneumonia was associated with a good prognosis (p = 0.0136). Fluid infusion greater than 2,000 ml and arterial hypotension were associated with a poor prognosis (p = 0.0286 and p = 0.0453).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Antioxidantes da dieta como inibidores da nefrotoxicidade induzida pelo antitumoral cisplatina/ Dietary antioxidants as inhibitors of cisplatin-induced nephrotoxicity

Antunes, Lusânia Maria Greggi; Bianchi, Maria de Lourdes Pires
2004-03-01

Resumo em português A cisplatina é uma droga antineoplásica altamente efetiva contra vários tipos de cânceres humanos, tais como tumores do testículo e ovário, câncer da cabeça e pescoço e câncer do pulmão. Entretanto, a nefrotoxicidade é um dos principais efeitos colaterais da terapia com a cisplatina. A gravidade da nefrotoxicidade induzida pela cisplatina está relacionada com a concentração de platina nos rins. As evidências mostram que a nefrotoxicidade induzida pela cisp (mais) latina é atribuída ao dano oxidativo resultante da geração de radicais livres, e que a administração de antioxidantes é eficiente na inibição destes efeitos colaterais. Uma abordagem alternativa para proteger os roedores dos efeitos colaterais da cisplatina é o uso de conhecidos antioxidantes da dieta. Alguns estudos têm sido realizados para diminuir a peroxidação lipídica e os efeitos citotóxicos induzidos pela cisplatina, com o emprego de antioxidantes da dieta, tais como, selenito de sódio, vitaminas C e E, curcumina e o carotenóide bixina. Nós sugerimos que aqueles antioxidantes da dieta têm efeito nefroprotetor, e que os mecanismos antioxidantes destes compostos deveriam ser explorados durante a quimioterapia com a cisplatina. Resumo em inglês Cisplatin is a highly effective antineoplastic drug used against several types of human cancers, such as testicular and ovarian tumors; head and neck; and lung cancer. However, nephrotoxicity is one of the most important side-effects of cisplatin therapy. The severity of cisplatin nephrotoxicity is related to platinum concentration in the kidneys. There is a growing amount of evidence that cisplatin-induced nephrotoxicity is ascribed to oxidative damage resulting from fre (mais) e radical generation and that the administration of antioxidants is efficient in inhibiting these side effects. An alternative approach aiming to protect rodents against cisplatin side-effects is the introduction of known dietary antioxidants. Some studies have been conducted to decrease cisplatin-induced lipid peroxidation and cytotoxic effects by using such dietary antioxidants, including sodium selenite; vitamins C and E; curcumin and the carotenoid bixin. We suggest that these dietary antioxidants have a nephroprotective effect, and that their antioxidant mechanisms should be further explored during cisplatin chemotherapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Unidades de alimentação e nutrição nos campi da Universidade Federal da Bahia: um estudo sob a perspectiva do alimento seguro/ Food and nutrition units at the Federal University of Bahia campuses (Brazil): a study from the food safety perspective

Cardoso, Ryzia de Cassia Vieira; Souza, Eva Vilma Araújo de; Santos, Patrícia Quadros dos
2005-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as unidades de alimentação e nutrição que funcionam nos campi da Universidade Federal da Bahia, na perspectiva da produção de alimentos seguros. MÉTODOS: Os estabelecimentos foram avaliados pelo uso de um formulário, elaborado com base na legislação vigente e em referencial técnico da área. Das 22 unidades instaladas nos campi, 20 participaram. RESULTADOS: Situações insatisfatórias foram detectadas, como a presença de insetos e roedores, (mais) a ausência de controle de qualidade da água, a conservação de alimentos prontos em condições favoráveis ao crescimento de microrganismos e instalações inadequadas ao funcionamento. Ainda que grande parte dos entrevistados relatasse o recebimento de treinamento para manipulação de alimentos e demonstrasse empenho quanto ao desenvolvimento da qualidade dos seus serviços, as deficiências evidentes refletiram negativamente sobre a segurança dos produtos elaborados. CONCLUSÃO: As unidades de alimentação e nutrição avaliadas, em sua maior parte, não atenderam aos requisitos considerados para a produção de alimentos seguros, indicando riscos para os consumidores. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective was to evaluate the food and nutrition units at the Federal University of Bahia (Brazil) campuses, from the perspective of the safe production of food. METHODS: A questionnaire was developed to evaluate the establishments, based on the current legislation and technical references regarding the area. Twenty of the 22 units on the campuses were surveyed. RESULTS: The results showed unsatisfactory conditions, such as the presence of insects, rodents, (mais) a lack of quality control of the water supply, preservation of the ready-to-eat food in conditions favorable for the growth of microorganisms and unsuitable installations. Most of the people interviewed mentioned having received training in food handling and demonstrated interest in improving the quality of their services, but the evident deficiency observed during the interviews reflected negatively on the safety of the ready-to-eat food. CONCLUSION: The majority of the food and nutrition units evaluated were inadequate with respect to the minimum requirements considered necessary for safe food production, indicated consumer risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Anticorpos anti-hantavírus em escolares de Salvador, Bahia/ Antibodies anti-hantavirus in schoolchildren in Salvador, Bahia State, Brazil

Mascarenhas-Batista, Ana Veronica; Rosa, Elizabeth Salbé Travassos da; Ksiazek, Thomas G.; Rosa, Amélia P.A. Travassos da; Leduc, James W.; Pinheiro, Francisco; Tavares-Neto, José
1998-10-01

Resumo em português As hantaviroses são doenças emergentes nas Américas e, em todo o mundo, os casos clínicos descritos foram infreqüentes entre crianças. O objetivo de investigar a freqüência de escolares portadores de anticorpos (IgG) anti-hantavírus justifica-se porque poucos estudos soroepidemiológicos pesquisaram a infecção por hantavírus no grupo pediátrico. Nos espécimes séricos de 379 escolares, de duas Escolas públicas da cidade do Salvador, Bahia, foram pesquisados (mais) os anticorpos anti-Hantaan (HTN) e anti-Sin Nombre (SN). A soropositividade de anticorpos anti-HTN foi de 13,2% (50/379) e todos os escolares foram soronegativos para o vírus SN. A soropositividade anti-HTN aumentou proporcionalmente com a idade. Não houve associação entre a soropositividade anti-HTN e as características relacionadas à exposição a roedores urbanos. A soroprevalência de anticorpos anti-HTN nos escolares estudados foi elevada e reforçou a hipótese de circulação de hantavírus em Salvador. A não observação de portadores de anticorpos anti-SN indica, provavelmente, a circulação de outros sorotipos nesta região, mais relacionados antigenicamente ao sorotipo Hantaan. Resumo em inglês Hantavirosis are emerging diseases in the Americas. Although considered rare in children, among the five cases diagnosed in Brazil, one was in this age group. To know the serum-prevalence of hantavirosis in the pediatric group (schoolchildren) of low social economic level in Salvador, Bahia State, and to associate demographic, socio-economic and enviromental factors to the serologic results, a standard questionaire was applied and blood samples were colected from 379 stud (mais) ents of two public schools. Sera were tested by Indirect Imunofluorescent Antibody (IFA) IgG for Hantaan Virus (HTN) and Imunoenzimatic test (ELISA) for Sin Nombre viruses. Ages varied from five to seventeen years with a mean age of 10.2 years. The proportion of sera positive to HTN virus was 13.2%, and there were no positive antibodies to SN virus. The frequency of positivity was higher in the older group, similar among sexes and racial groups, and there was no association with the exposure to urban rodents. The antibodies anti-HTN serum-prevalence in low social economic level school children is high and confirm the circulation of hantaviruses in Salvador-Bahia, Brazil; the non-observation of antibodies anti-SN indicates that the species are other than Sin Nombre Virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Influência dos fatores abióticos e da disponibilidade de presas sobre comunidade de serpentes do Planalto Médio do Rio Grande do Sul/ Influence of abiotic factors and availability of prey on the occurrence of snakes in the middle plateau region of Rio Grande do Sul, Brazil

Zanella, Noeli; Cechin, Sonia Z.
2009-03-01

Resumo em português A influência dos fatores abióticos sobre a disponibilidade de presas e a dieta das espécies de serpentes mais abundantes do Planalto Médio do Rio Grande do Sul, foi estudada em duas áreas: floresta e campo. O trabalho foi desenvolvido utilizando serpentes coletadas com os métodos: procura limitada por tempo, encontros ocasionais, armadilhas de interceptação e queda, e serpentes depositadas na coleção de répteis da Universidade de Passo Fundo. Foram registradas (mais) as guildas alimentares das seis espécies mais abundantes: anurófagas (n = 2: Echinanthera cyanopleura (Cope, 1885) e Thamnodynates cf. strigatus (Günther, 1858)); rodentívoras (n = 1: Bothrops alternatus Duméril, Bibron & Duméril, 1854); moluscófagas (n = 1: Tomodon dorsatus Duméril, Bibron & Duméril, 1854) e generalistas (n = 2: Liophis poecilogyrus (Wied-Neuwied, 1825) e Philodryas patagoniensis (Girard, 1858)). Dos fatores abióticos analisados, a abundância de serpentes foi mais relacionada à temperatura máxima (R² = 0,66) e não apresentou relação significativa com a pluviosidade. A abundância de anfíbios apresentou relação positiva com a pluviosidade (R² = 0,54) e não foi significativa com a temperatura mínima. A abundância de serpentes não foi correlacionada com a abundância de anfíbios e roedores. Resumo em inglês The influence of abiotic factors on the availability of prey and on the diet of the most abundant snake species in the middle plateau region of Rio Grande do Sul was studied in two areas: forest and field. Snakes captured using time-constrained search, occasional encounters and pitfall traps and snakes deposited in the reptile collection of the University of Passo Fundo were studied. The feeding guilds of the six most abundant species were recorded: anurophagous (n = 2: E (mais) chinanthera cyanopleura (Cope, 1885) and Thamnodynates cf. strigatus (Günther, 1858)); rodent-eating (n = 1: Bothrops alternatus Duméril, Bibron & Duméril, 1854); molluscophagous (n = 1: Tomodon dorsatus Duméril, Bibron & Duméril, 1854) and generalist (n = 2: Liophis poecilogyrus (Wied-Neuwied, 1825) and Philodryas patagoniensis (Girard, 1858)). Among the abiotic factors analyzed, snake abundance was associated with maximum temperature (R² = 0.66) and showed no significant association with rainfall. Amphibian abundance showed a positive association with rainfall (R² = 0.54) and was not significantly associated with minimum temperature. Snake abundance was not correlated with the abundance of amphibians or rodents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Variações nos níveis das células sangüíneas periféricas encontradas em Holochilus brasiliensis nanus Thomas, 1897, infectados com Schistosoma mansoni Sambon, 1907, próprio da Pré-Amazônia/ Variations in peripheral blood cell levels examined in Schistosoma mansoni - infected Holochilus brasiliensis nanus Thomas, 1897, from lower Amazonia, Brazil

Bastos, Othon de Carvalho; Silva, Sônia M. F.; Leal, Grace Mary J. Pires; Bacelar Neto, João M.
1985-10-01

Resumo em português Foram constituídos quatro grupos de roedores silvestres para a contagem de células sangüíneas periféricas, da seguinte forma: Grupo I - formado de animais normais, nascidos em biotério, com 30 dias de vida; Grupo II - formado de animais que foram capturados no campo e considerados não infectados com S. mansoni, após ovohelmintoscopia das fezes, realizada durante 30 dias de observação; Grupo III - animáis capturados no campo, nautralmente infectados com o esquis (mais) tossomo, e o Grupo IV - de animais nascidos em biotério, com 30 dias de vida, e infectados com 150 cercárias de S. mansoni, oriundas da Região da Baixada Maranhense. Semanalmente, a partir da data da infecção, estes animais foram sangrados e tiveram suas células sangüíneas periféricas contadas global e especificamente. Os resultados mostraram que o número de hemácias e leucócitos por mm³ não variou nos animais normais, tanto de campo como de biotério. No grupo de animais experimentalmente infectados, foi observado decréscimo do número de hemácias à proporção que a infecção evoluia. Comportamento oposto foi verificado com os leucócitos. Elevados níveis de eosinófilos só foram observados nos animais com infecção natural. Estes resultados foram discutidos com dados da literatura e considerados importantes para complementar as informações sobre este hospedeiro natural do trematódeo, oferecido como modelo experimental do verme, e para sua própria história natural. Resumo em inglês Holochilus brasiliensis nanus is a rodent, native to the State of Maranhão, Brazil, which is frequently found when captured to be infected and diseased wich Schistosoma mansoni. It is therefore a useful animal model for experimental studies on schistosomiasis. Studies on the peripheral blood counts in four groups of these rodents are reported. The blood counts of uninfected wild (Group 1) and uninfected laboratory-reared rodents (Group 2) were not found to differ. The la (mais) boratory-reared-infected rodents were repeatedly examined over 8 weeks; a progressive rise in the white cell count, and a fall in the red cell count, was noted. Eosinophilia was observed only in the naturally infected wild rodents (Groups 3). These data increased the knowledge regarding the blood counts of these animals when infected with Schistosoma mansoni, information that is important in such a useful natural animal model for schistosomiasis mansoni.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Variações nos níveis das células sangüíneas periféricas encontradas em Holochilus brasiliensis nanus Thomas, 1897, infectados com Schistosoma mansoni Sambon, 1907, próprio da Pré-Amazônia/ Variations in peripheral blood cell levels examined in Schistosoma mansoni - infected Holochilus brasiliensis nanus Thomas, 1897, from lower Amazonia, Brazil

Bastos, Othon de Carvalho; Silva, Sônia M. F.; Leal, Grace Mary J. Pires; Bacelar Neto, João M.
1985-10-01

Resumo em português Foram constituídos quatro grupos de roedores silvestres para a contagem de células sangüíneas periféricas, da seguinte forma: Grupo I - formado de animais normais, nascidos em biotério, com 30 dias de vida; Grupo II - formado de animais que foram capturados no campo e considerados não infectados com S. mansoni, após ovohelmintoscopia das fezes, realizada durante 30 dias de observação; Grupo III - animáis capturados no campo, nautralmente infectados com o esquis (mais) tossomo, e o Grupo IV - de animais nascidos em biotério, com 30 dias de vida, e infectados com 150 cercárias de S. mansoni, oriundas da Região da Baixada Maranhense. Semanalmente, a partir da data da infecção, estes animais foram sangrados e tiveram suas células sangüíneas periféricas contadas global e especificamente. Os resultados mostraram que o número de hemácias e leucócitos por mm³ não variou nos animais normais, tanto de campo como de biotério. No grupo de animais experimentalmente infectados, foi observado decréscimo do número de hemácias à proporção que a infecção evoluia. Comportamento oposto foi verificado com os leucócitos. Elevados níveis de eosinófilos só foram observados nos animais com infecção natural. Estes resultados foram discutidos com dados da literatura e considerados importantes para complementar as informações sobre este hospedeiro natural do trematódeo, oferecido como modelo experimental do verme, e para sua própria história natural. Resumo em inglês Holochilus brasiliensis nanus is a rodent, native to the State of Maranhão, Brazil, which is frequently found when captured to be infected and diseased wich Schistosoma mansoni. It is therefore a useful animal model for experimental studies on schistosomiasis. Studies on the peripheral blood counts in four groups of these rodents are reported. The blood counts of uninfected wild (Group 1) and uninfected laboratory-reared rodents (Group 2) were not found to differ. The la (mais) boratory-reared-infected rodents were repeatedly examined over 8 weeks; a progressive rise in the white cell count, and a fall in the red cell count, was noted. Eosinophilia was observed only in the naturally infected wild rodents (Groups 3). These data increased the knowledge regarding the blood counts of these animals when infected with Schistosoma mansoni, information that is important in such a useful natural animal model for schistosomiasis mansoni.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Atropelamentos de vertebrados na Floresta Nacional de Carajás, Pará, Brasil/ Roadkills of vertebrates in Carajas National Forest, Para, Brazil

Gumier-Costa, Fabiano; Sperber, Carlos Frankl
2009-01-01

Resumo em português Vários pesquisadores têm avaliado impactos de estradas. Estes podem envolver aspectos paisagísticos, degradação do solo, poluição do ar e impactos sobre a fauna, como atropelamentos. Na estrada Raimundo Mascarenhas, que atravessa a Floresta Nacional de Carajás (ca. 400 mil hectares), há intenso tráfego de veículos automotores. O objetivo deste trabalho foi testar se há diferenças entre trechos da estrada, em três escalas espaciais; se há alteração ao long (mais) o dos anos; se alguns táxons são mais freqüentemente atropelados, e se a freqüência de atropelamentos aumenta com a precipitação mensal. Analisamos a freqüência de atropelamentos de vertebrados de abril/2003 até outubro/2006 ao longo dos 25 km iniciais da estrada. Registramos 155 atropelamentos. O número de atropelamentos diminui ao longo dos anos (P=0,01), e com a distância do início da estrada (P=0,0002). Serpentes (Ophidia) e gambás Didelphis marsupialis foram mais atropelados (7,5/ano), seguidos de aves, raposas Cerdocyon thous, quatis Nasua nasua, roedores (Rodentia), e não identificados (4,9/ano); cuíca Marmosops sp., tapeti Sylvilagus brasiliensis, guariba Alouatta sp., irara Eira barbara, jabuti Geochelone sp., lagartos (Lacertilia) e macaco prego Cebus apella (1/ano). Não houve relação significativa entre o número mensal de atropelamentos e a precipitação mensal. Resumo em inglês Several researchers have evaluated impacts of highways. These can involve landscape aspects, soil degradation, air pollution, and impacts upon wildlife, such as roadkills. At the Raimundo Mascarenhas highway, that crosses the Carajás National Forest (ca. 400.000 ha), there is intense traffic of automotive vehicles. The aim of this work was to test if there were differences among higway sections on three spatial scales; if there was alteration along the years; if some tax (mais) a suffered more frequently roadkills; and if roadkill frequency increased with monthly precipitation. We analysed roadkill frequency of vertebrates from April/2003 to Octobre/2006 along the first 25 km of the highway. We registered 155 roadkills. The number of roadkills diminished along the years (P=0,01), and with distance from the beginning of the highway (P=0,0002). Snakes (Ophidia) and opossum Didelphis marsupialis presented higher roadkill numbers (7,5/year), followed by birds (Aves), crab-eating fox Cerdocyon thous, coati Nasua nasua, rodents (Rodentia), and non identified (4,9/year); opossum Marmosops sp., brazilian rabbit Sylvilagus brasiliensis, black howler monkey Alouatta sp., tayra Eira barbara, tortoise Geochelone sp., lizards (Lacertilia) e capuchin monkey Cebus apella (1/year). There was no significant relation between monthly roadkill numbers and monthly precipitation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

O fator de crescimento de fibroblasto básico melhora a cicatrização de anastomoses duodenais em ratos/ The basic fibroblast growth factor enhances the healing of duodenal anastomosis in rats

Medeiros, Aldo da Cunha; Dantas Filho, Antônio Medeiros; Aires Neto, Tertuliano; Lima, Francisco Pignataro; Azevêdo, Ítalo Medeiros de; Alves, Silvana Gomes
2003-01-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar as alterações histológicas, e o ganho de resistência em anastomoses duodenais tratadas com fator de crescimento de fibroblasto básico (FGFb). MÉTODOS: Vinte ratos da raça Wistar foram submetidos a secção transversal do duodeno, seguida de anastomose. Os animais foram divididos em 4 grupos de 5 animais cada: A1 e A2 (experimentais), nos quais foi aplicado FCFb sobre a anastomose logo após seu término; e B1 e B2 (controles), nos quais foi admin (mais) istrada solução salina sobre a zona de anastomose. Os roedores foram mortos com superdose de anestésico, sendo A1, B1 no 5º dia e A2, B2 no 7º dia de pós-operatório. Foi feita avaliação quanto à resistência das anastomoses à pressão e análise da densidade média dos achados histopatológicos com auxílio do sistema digitalizado Image proPlus. RESULTADOS: No grupo A1 a pressão suportada pelas anastomoses foi de 52± 14,4 mmHg e no grupo A2 140± 34,8 mmHg. Em B1 a pressão atingiu 33,6± 15,2 mmHg e as anastomoses do grupo B2 suportaram pressão 105± 30,3. No grupo A1 a densidade média dos elementos histopatológicos foi de 93± 9,3 e A2 atingiu 181,8± 27,6. Nos grupos de controle B1 e B2 as densidades médias foram 67,6± 16,7 e 101± 12,9 respectivamente. A análise estatística revelou diferença significante entre nos dados dos grupos experimentais e controles (p Resumo em inglês OBJECTIVE: Analysis of histopatological alterations, and pressure resistence in duodenal anastomosis treated with basic fibroblast growth factor (FGF-b). METHODS: Twenty Wistar rats were submited to a transversal duodenal section and subsequent anastomosis. They were randomly separated into four groups of five rats each: A1 and A2 (experimentals), in which FCFb was applied over the anastomosis; in B1 and B2 (controls), saline was use at the anastomosis site. The rodents w (mais) ere killed with an anesthetics overdosis, according to the following protocol: A1, B1 on 5th postoperative day and A2, B2 on the 7th one. A pressure resistence test of the anastomosis was done. The digitalized system Image ProPlus was used in order to analyse the mean density of the histopatological elements of healing duodenal tissues. RESULTS: All the rats survived without complications. In the group A1 the intraluminal pressure was 52± 14,4 mmHg and in group A2 it was 140± 34,8 mmHg. In the group B1 the pressure reached 33,6± 15,2 mmHg and in B2 it reached 105± 30,3. In group A1 the mean density of histopatological elements was 93± 9,3 and in A2 it was 181,8± 27,6. In the control groups B1 and B2 the mean densitys were 67,6± 16,7 and 101± 12,9 respectively. The statistical analysis detected a significant difference between the data of the experimental and control groups (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Avaliação do efeito mutagênico do extrato hidroalcoólico bruto, por meio de bioensaios in vivo e prospecção fitoquímica de Cecropia glaziovii Sneth (embaúba), Cecropiaceae/ Evaluation of mutagenic effect of crude hydroalchoolic extract, using in vivo alive bioassays and phytochemical screening of Cecropia glaziovii Sneth (embaúba), Cecropiaceae

Stange, Victor S.; Gomes, Tarsila D. U. H.; Andrade, Marcieni A. de; Batitucci, Maria do Carmo P.
2009-06-01

Resumo em português O gênero Cecropia é conhecido popularmente por "embaúba" e apresenta várias espécies medicinais, sendo que estudos com a espécie C. glaziovii Sneth indicam que o extrato aquoso apresenta efeitos broncodilatador, anti-hipertensivo e antidepressivo, provavelmente, atribuídos às catequinas, procianidinas e flavonóides. O presente estudo objetivou avaliar os potenciais efeitos tóxico, citotóxicos, clastogênicos e aneugênicos do extrato bruto hidroalcoólico de fo (mais) lhas de C. glaziovii, por meio da dose letal média (DL50), da análise de micronúcleo em células de medula óssea de roedores e do teste com Allium cepa e realizar a prospecção fitoquímica. Os resultados demonstraram que as concentrações testadas não causaram toxicidade aguda, nem apresentaram atividade clastogênica e aneugênica, sugerindo que o extrato de C. glaziovii não interferem na divisão celular. A prospecção fitoquímica indicou a presença de taninos, flavonóides, fenóis, antraquinonas, cumarinas, catequinas, proteínas, açúcares redutores, depsídeos/depsidonas e triterpenos. Mesmo assim, esses resultados não prescrevem o consumo terapêutico da espécie, sem continuidade da sua avaliação e do cumprimento de todas as etapas pré-clínicas e clínicas. Resumo em inglês The genus Cecropia is as known popularly "embaúba" and presents several medical species. Studies with the species C. glaziovii Sneth indicates that the hydroalchoolic extracts presents bronchodilator, anti-hypertensive and antidepressive effects, probably due its contests catechins, procyanidins and flavonoids. The aim of this study was to assess the potential toxic, cytotoxic, clastogenic and aneugenic effects of the crude hydroalchoolic extract of leaves of C. glaziovi (mais) i, by means of the determination of the median lethal dose (LD50), the analysis of micronucleus in cells from bone marrow of rodents and through the Allium cepa assay, and also to performe the phytochemical screening. The results showed that at the concentrations tested no cause acute toxicity, as well as no clastogenic and aneugenic activity, was observed suggesting that the extract of C. glaziovii do not interfere in cell division. The phytochemical screening indicated the presence of tannins, flavonoids, phenols, anthraquinones, coumarins, catechins, proteins, reducing sugars, depsides, depsidons and triterpenes. Howerver, these results do not prescribe therapeutic consumption of the species, without keeping its evaluation and the achievement of all pre-clinical and clinical stages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Análise qualitativa do estabelecimento da espermatogênese em cutias (Dasyprocta aguti) criadas em cativeiros/ Qualitative analisis of the established spermatogenesis in agoutis (Dasyprocta aguti) rised in captivity

Assis-Neto, Antônio Chaves de; Melo, Maria Isabel Vaz de; Carvalho, Maria Acelina Martins de; Miglino, Maria Angélica; Oliveira, Moacir Franco de; Menezes, Danilo José Ayres de; Papa, Paula de Carvalho; Kfoury Júnior, José Roberto
2003-01-01

Resumo em português A determinação do estabelecimento da puberdade é bastante estudada em animais domésticos e roedores, no entanto, são escassas as pesquisas com a finalidade de estabelecer parâmetros para a biologia reprodutiva em cutias. Foram utilizadas 31 cutias machos da espécie Dasyprocta agouti, oriundas da Universidade Federal do Piauí, Estado do Piauí, e da Escola Superior de Agricultura de Mossoró, Estado do Rio Grande do Norte. Imediatamente após a orquiectomia foram r (mais) etirados fragmentos e estes foram processados histologicamente, os tecidos foram corados com hematoxilina-eosina e analisou-se os parâmetros seguintes: aspectos de luminação dos túbulos seminíferos; presença de espermatócitos primários; presença de espermátides e formação dos primeiros estágios do ciclo do epitélio seminífero (CES) segundo o método da morfologia tubular. O período desde o nascimento até os cinco meses de idade correspondeu à fase impúbere; dos seis aos oito meses de idade a fase de transição da pré-puberdade à puberdade; dos nove aos dez meses de idade à fase da puberdade; e dos doze aos quartoze meses de idade à fase da pós-puberdade. A puberdade da cutia (Dasyprocta aguti), ocorreu em animais a partir dos sete meses de idade, e o estabelecimento da puberdade foi constatado em todos os animais estudados aos nove meses de idade. Resumo em inglês The determination of the puberty beginning is widely studied in domestic animals and rodents. However, there are scarce researches with the purpose to establish parameters for the reproductive biology in Agoutis. Thirty-one male Agoutis, Dasyprocta agouti species had been used, originated from the Universidade Federal do Piauí - PI, and from the Mossoró Superior Scholl of Agriculture - RN. Immediately after the orchiectomy, histological sections were made, the tissues w (mais) ere stained with hematoxylin-eosine and analyzed for the following parameters: aspects of the seminiferous tubule lumen; presence of primary spermatocytes; presence of spermatid cells and formation of the first stages of the seminiferous epithelium cycle (SEC), in accordance with the tubular morphology method. The period from the birth up to five months of age corresponded to the impuberal phase; from six to eight months, to the transition from the prepuberal phase to puberty; from nine to ten months, to the puberty; and, from twelve to fourteen months of age to the after-puberty phase. The puberty of the Agouti (Dasyprocta aguti), occurred since seven months of age, being the establishment puberty beginning evidenced at nine months of age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Distribuição espacial da leptospirose no Rio Grande do Sul, Brasil: recuperando a ecologia dos estudos ecológicos/ Spatial distribution of leptospirosis in Rio Grande do Sul, Brazil: recovering the ecology of ecological studies

Barcellos, Christovam; Lammerhirt, Célia Beatriz; Almeida, Marco Antonio B. de; Santos, Edmilson dos
2003-10-01

Resumo em português A leptospirose apresenta no Estado do Rio Grande do Sul uma grande diversidade de situações de exposição, reservatórios, agentes etiológicos e quadros clínicos. O principal objetivo desse trabalho é identificar áreas de maior risco e possíveis componentes ecológicos da transmissão da leptospirose por meio da agregação de dados epidemiológicos em unidades espaciais que representem a diversidade sócio-ambiental do Estado. Os 1.274 casos confirmados de leptos (mais) pirose ocorridos em 2001 foram georreferenciados por município de residência. Os mapas de municípios foram sobrepostos aos de caracterização de uso do solo, relevo e bacias hidrográficas. Com as operações de SIG, foram calculadas as taxas de incidência para cada categoria e sua significância estatística. As maiores taxas de incidência foram verificadas em áreas sedimentares litorâneas, de baixa altitude e uso do solo predominantemente agrícola. Nessas áreas, a maior parte dos casos está associada à lavoura irrigada. Os resultados sugerem a existência de características ecológicas favoráveis à transmissão da leptospirose em locais de proliferação de roedores sinantrópicos e de produção agrícola intensiva. São discutidos os efeitos da agregação de dados em unidades ambientais na análise de dados epidemiológicos e estratégias de controle da endemia no Estado. Resumo em inglês Leptospirosis is an endemic disease in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, and presents a broad diversity of exposure routes, reservoirs, etiological agents, and clinical features. The main objective of this work is to identify transmission areas and possible ecological components of leptospirosis transmission. This was accomplished through the aggregation of epidemiological data into spatial units that represent the State's socio-environmental diversity. The 1,274 co (mais) nfirmed leptospirosis cases that occurred in 2001 were georeferenced in the counties of residence. The county maps were overlaid on environmental units characterizing land use, altitude, and river basins. Incidence rates for each environmental class were calculated, along with their statistical significance, through GIS aggregation operations. The highest incidence rates were verified in coastal sedimentary areas with low altitude and predominantly agricultural land use. In these areas, most of the cases were associated with irrigated farming. The results suggest the existence of favorable ecological characteristics for leptospirosis transmission in places involving proliferation of peri-domiciliary rodents and intensive agricultural production. The article discusses the effects of data aggregation into environmental units, as well as strategies to control the endemic in the State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Distribuição espacial da leptospirose no Rio Grande do Sul, Brasil: recuperando a ecologia dos estudos ecológicos/ Spatial distribution of leptospirosis in Rio Grande do Sul, Brazil: recovering the ecology of ecological studies

Barcellos, Christovam; Lammerhirt, Célia Beatriz; Almeida, Marco Antonio B. de; Santos, Edmilson dos
2003-10-01

Resumo em português A leptospirose apresenta no Estado do Rio Grande do Sul uma grande diversidade de situações de exposição, reservatórios, agentes etiológicos e quadros clínicos. O principal objetivo desse trabalho é identificar áreas de maior risco e possíveis componentes ecológicos da transmissão da leptospirose por meio da agregação de dados epidemiológicos em unidades espaciais que representem a diversidade sócio-ambiental do Estado. Os 1.274 casos confirmados de leptos (mais) pirose ocorridos em 2001 foram georreferenciados por município de residência. Os mapas de municípios foram sobrepostos aos de caracterização de uso do solo, relevo e bacias hidrográficas. Com as operações de SIG, foram calculadas as taxas de incidência para cada categoria e sua significância estatística. As maiores taxas de incidência foram verificadas em áreas sedimentares litorâneas, de baixa altitude e uso do solo predominantemente agrícola. Nessas áreas, a maior parte dos casos está associada à lavoura irrigada. Os resultados sugerem a existência de características ecológicas favoráveis à transmissão da leptospirose em locais de proliferação de roedores sinantrópicos e de produção agrícola intensiva. São discutidos os efeitos da agregação de dados em unidades ambientais na análise de dados epidemiológicos e estratégias de controle da endemia no Estado. Resumo em inglês Leptospirosis is an endemic disease in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, and presents a broad diversity of exposure routes, reservoirs, etiological agents, and clinical features. The main objective of this work is to identify transmission areas and possible ecological components of leptospirosis transmission. This was accomplished through the aggregation of epidemiological data into spatial units that represent the State's socio-environmental diversity. The 1,274 co (mais) nfirmed leptospirosis cases that occurred in 2001 were georeferenced in the counties of residence. The county maps were overlaid on environmental units characterizing land use, altitude, and river basins. Incidence rates for each environmental class were calculated, along with their statistical significance, through GIS aggregation operations. The highest incidence rates were verified in coastal sedimentary areas with low altitude and predominantly agricultural land use. In these areas, most of the cases were associated with irrigated farming. The results suggest the existence of favorable ecological characteristics for leptospirosis transmission in places involving proliferation of peri-domiciliary rodents and intensive agricultural production. The article discusses the effects of data aggregation into environmental units, as well as strategies to control the endemic in the State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Octreotida no tratamento de fístulas entéricas de ratos/ Treatment of enterocutaneous fistula with octreotide in rats

Medeiros, Aldo da Cunha; Melo, Nara Medeiros Cunha de; Macedo, Lidiane Maria de Brito; Medeiros, Ivanildo Coutinho de; Dantas Filho, Antônio Medeiros; Aires Neto, Tertuliano
2002-04-01

Resumo em português Somatostatina e seu análogo sintético octreotida são as drogas mais amplamente utilizadas para tratar fístulas enterocutâneas. Todavia, as evidências suportando seu uso ainda são insuficientes. Objetivo: Investigar os efeitos terapêuticos de octreotida em um modelo experimental de fístula enterocutânea. Métodos: Em trinta ratos machos Wistar com peso 210± 17g foi confeccionada cirurgicamente uma fístula jejunocutânea. Os animais foram aleatoriamente dividido (mais) s em três grupos de dez. No grupo A, administrou-se uma dose única diária de octreotida (4 mig/kg/peso corporal/SC) enquanto no grupo B injetou-se por via SC solução salina a 0,9% em quantidade idêntica à utilizada para veicular octreotida. O grupo C serviu de controle. Os roedores foram inspecionados a respeito do volume diário do débito das fístulas, tempo necessário para sua cicatrização espontânea, avaliação clínico-bioquímica, hematológica e nutricional. Resultados: Os ratos tratados com octreotida não tiveram significantes alterações clínico-bioquímicas ou ponderais quando comparados ao controle (sem fístula) e cicatrizaram as fístulas espontaneamente em um tempo significativamente menor (3,8 ± 1,6 dias) que os do grupo B (15,3 ± 4,5 dias) (p Resumo em inglês Presently, approved medicines do not exist to treat enterocutaneous fistulas. Somatostatin and its synthetic analogue octreotide are the more widely used with this purpose. However, the evidence supporting its use is still insufficient. Objective: The therapeutic effects of octreotide was investigated in an experimental model of enterocutaneous fistula. Methods: In twenty male Wistar rats weighing 210±17g a jejunocutaneous fistula was surgically done. After that, the ani (mais) mals had been randomly divided into three groups. In the group A (n=10) octreotide was administered once a day (4 m g/kg/body wt/s.c) while in the group B (n=10) the rats were injected with saline solution in similar amount to the used to dilute octreotide. The group C (n=10) had no fistula. The rodents had been inspected regarding the daily volume of the fistula output, the necessary time for its spontaneous healing, clinical and biochemical evaluation, RBC count, and nutritional state. Results: There was a fourfold faster spontaneous fistula healing in the rats treated with octreotide and they had not had significant clinical, biochemical, hematologic, or body weight reduction during the experiment. On the other hand, in the group B there was a sixty percent of body weight loss, with forty percent of the rats showing cachexia. Other important findings in this group was marked anemia, hypoglobulinemia, and profound hypoalbuminemia. Conclusion: The octreotide is better then placebo and they allow to say that, according to the strict conditions of the experiment, the drug was effective in the healing of uncomplicated enterocutaneous fistulas in rats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Hantaviroses/ Hantaviruses

Ferreira, Marcelo Simão
2003-01-01

Resumo em português As hantaviroses constituem infecções zoonóticas amplamente distribuídas em todo o mundo. A febre hemorrágica com síndrome renal mostra-se endêmica na Ásia e Europa, acometendo milharea de pessoas anualmente. A síndrome cardiopulmonar pelo hantavírus, reconhecida como entidade clínica desde 1993, representa o protótipo das doenças emergentes e encontra-se distribuída em diversos países do continente americano, inclusive o Brasil. Ambas são transmitidas ao h (mais) omem através da inalação de partículas virais eliminadas nas fezes e urina de roedores domésticos e silvestres. Trata-se de doenças sistêmicas febris que podem acometer vários órgãos, destacando-se o rim na febre hemorrágica com síndrome renal e os pulmões e o coração na síndrome cardiopulmonar. A taxa de letalidade da hantavirose americana alcança 50%. Diagnostica-se as hantaviroses através de provas sorológicas imunoenzimáticas ao identificar-se anticorpos específicos das classes IgM e IgG. Não há tratamento específico. Recomenda-se hidratação cuidadosa, indicação precoce de diálise nas formas renais e administração de drogas vasoativas nos períodos de hipotensão e choque. A administração de corticoesteróides e da ribavirina está sendo avaliada em estudos controlados. O número de casos dessas viroses tem crescido no Brasil ano a ano, e cumpre alertar os profissionais de saúde sobre a ocorrência dessas entidades nos vários estados do país, possibilitando diagnóstico precoce e tratamento adequado nos casos suspeitos da doença. Resumo em inglês Hantaviruses are zoonotic diseases that affect humans and have a worldwide distribution. The hemorrhagic fever associated with renal syndrome occurs endemically in the Asian and European continents affecting housauds of people every year. Hantavirus cardiopulmonary syndrome, recognized as a clinical entity since 1993, represents the prototype of emerging diseases and is distributed in countries of the American continent, including Brazil. Both diseases are transmitted to (mais) man through the inhalation of viral particles, which are shed in feces and urine of wild and domestic rodents. They comprise a group of febrile diseases that can affect many organs, particularly the kidneys in the hemorrhagic fever associated with renal syndrome and the lungs and heart in the hantavirus cardiopulmonary syndrome. The lethality of American hantaviroses reaches 50%. The diagnosis of these diseases is performed using serological tests such as immunoenzymatic assays which detect specific antibodies of the IgG and IgM classes. There is no specific treatment. Therefore, special attention should be directed to restore and maintain fluid balance, timely indication of dialysis for renal failure and administration of vasoactive drugs during periods of hypotension and shock. The administration of corticosteroids and/or ribavirin are under evaluation. The number of cases of hantavirus infection has been increasing in Brazil year after year, and it is important to alert health personnel to the occurrence of these entities throughout the country. Awareness of their presence should improve the quality of medical care.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Transmissão pelo glutamato como alvo molecular na ansiedade/ Glutamatergic neurotransmission as molecular target in anxiety

Carobrez, Antonio de Pádua
2003-12-01

Resumo em português O glutamato (GLU) é o principal neurotransmissor excitatório do cérebro de mamíferos. Os receptores do GLU são classificados em ionotrópicos ou metabotrópicos. A interferência do GLU no desenvolvimento neural, na plasticidade sináptica, no aprendizado e na memória, na epilepsia, na isquemia neural, na tolerância e na dependência a drogas, na dor neuropática, na ansiedade e na depressão tem limitado o uso de compostos que agem nos receptores de GLU, quando ex (mais) iste a necessidade de ações mais seletivas dessas drogas. Dados pré-clínicos em roedores e humanos têm mostrado que compostos que reduzem a ativação do GLU, pelo bloqueio dos seus receptores ou através da redução da sua liberação dos terminais, produzem um perfil ansiolítico em modelos de ansiedade. A aplicação desses compostos em áreas específicas do cérebro, envolvidas na mediação do comportamento defensivo, tal como a substância cinzenta periaquedutal dorsal, também reproduzem o mesmo perfil ansiolítico de ação. O conhecimento crescente acerca da neurotransmissão pelo GLU e o desenvolvimento de compostos mais seletivos atuantes nesta neurotransmissão, renovaram a atenção para esse sistema neurotransmissor como alvo molecular possível para uma nova classe de drogas no tratamento de condições neuropsiquiátricas. Embora incompleta, esta revisão tenta atrair a atenção para a importância de estudos colaborativos entre clínicos e pesquisadores de ciências básicas na geração de idéias para alvos potenciais no desenvolvimento de novos compostos ansiolíticos. e desta maneira contribuir para a compreensão das bases biológicas da ansiedade. Resumo em inglês Glutamate (GLU) is the main excitatory neurotransmitter in the mammalian brain. GLU receptors are classified as ionotropic (iGLUR) or metabotropic (mGLUR). The GLU interference with neural development, synaptic plasticity, learning and memory, epilepsy, neural ischemia, drug addiction, tolerance, neuropathic pain, anxiety and depression, has limited the use of compounds acting on GLU synapses, when there is a need for a selective effect for these drugs. Pre-clinical data (mais) in rodents and humans subjects has shown that compounds that reduce GLU activation either by blocking its receptors or by reducing its release from terminals elicit an anxiolytic profile of action in models of anxiety. When applied to specific brain areas involved in the mediation of defensive behavior, such as the periaqueductal gray matter, these compounds also replicate the same anxiolytic-like profile. The increasing knowledge about GLU neurotransmission and the development of more selective GLU-acting compounds have renewed attention towards this neurotransmismiting system as a possible target for new classes of drugs for the treatment of neuropsychiatric conditions. Although not complete this review tried to draw attention to collaborative studies between clinicians and basic researchers that have provided insight for potential targets in the development of new anxiolytic compounds thus contributing for the understanding of the biological basis of anxiety.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Síndrome pulmonar por hantavírus com disfunção de múltiplos órgãos: relato de caso/ Hantavirus pulmonary syndrome with multiple organ dysfunctions: case report

Moreno, Marcelo Spegiorin; Castelão, Ricardo Condi; Braga, Rodrigo Teno Castilho; Lobo, Suzana Margareth
2007-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hantavirose é uma zoonose que apresenta distribuição mundial e sua transmissão está relacionada com o íntimo contato com roedores. Causa dois tipos de doença: a febre hemorrágica com síndrome renal (FHSR), endêmica na Ásia e Europa e a síndrome pulmonar por hantavírus (SPH), encontrada no continente americano, inclusive no Brasil, com elevadas taxas de mortalidade. O objetivo deste estudo foi relatar um caso de SPH com disfunção (mais) de múltiplos órgãos, que recebeu tratamento intensivo precoce e reanimação guiada por parâmetros de fluxo e de perfusão tecidual. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 36 anos, iniciou quadro febril inespecífico, dispnéia progressiva, hipóxia grave e insuficiência respiratória aguda. Apresentava infiltrado interstício-alveolar difuso na radiografia de tórax. Evoluiu com disfunção de múltiplos órgãos (pulmonar, renal, hematológica, cardiovascular e metabólica). Recebeu tratamento e monitorização hemodinâmica invasiva precoces. As alterações laboratoriais mais importantes foram plaquetopenia, elevação dos níveis de hematócrito e hemoglobina, leucocitose, elevação de transaminases, de lactado desidrogenase e sorologia positiva para hantavírus (ELISA IgM positivo). O paciente apresentou reversão das disfunções orgânicas, recebendo alta hospitalar após 21 dias de hospitalização. CONCLUSÕES: A reanimação precoce e agressiva dirigida por metas levou à reversão da síndrome de falência de múltiplos órgãos e a um desfecho clínico favorável, apesar da gravidade da doença. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Hantavirus infection is a zoonose with worldwide distribution. The transmission is related to the intimal contact with rodents. It causes two syndromes: hemorrhagic fever with renal syndrome (HFRS), endemic in Asia and Europe and the Hantavirus pulmonary syndrome (HPS), found in the American continent, including Brazil, with high mortality rates. The aim of this study is to report a case of HPS with multiple organ failure, managed with early goa (mais) l-directed therapy guided by flow and tissue perfusion parameters. CASE REPORT: A 36 year-old male had fever with progressive dispnea, severe hypoxia and acute respiratory failure. Diffuse interstitial alveolar infiltrates were seen in the chest X-Ray. He developed multiple organ dysfunction syndromes (pulmonary, renal, coagulation, cardiovascular and metabolic). Treatment and invasive hemodynamic monitoring with pulmonary artery catheter was early instituted. The most important laboratory findings were thrombocytopenia, elevated hematocrit and hemoglobin concentrations, elevated liver enzymes, elevated lactate dehydrogenase and a positive sorology for Hantavirus (ELISA IgM positive). Organ dysfunctions reverted to normal and he was discharged after 21 days in hospital. CONCLUSIONS: An early and adequate resuscitation with goal-directed therapy enabled the reversion of the multiple organ failure syndromes and a favorable outcome, despite the severity of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Dieta e dispersão de sementes por Cerdocyon thous (Linnaeus) (Carnívora, Canidae), em um fragmento florestal no Paraná, Brasil/ Diet and seed dispersal by Cerdocyon thous (Linnaeus) in a forest fragment in Paraná (Carnivora, Canidae)

Rocha, Vlamir J.; Reis, Nelio R. dos; Sekiama, Margareth L.
2004-12-01

Resumo em português Embora o cachorro-do-mato, Cerdocyon thous (Linnaeus, 1706), seja um Canidae relativamente comum, não há muita informação sobre sua dieta e seu papel como dispersor de sementes nos diferentes habitats onde ocorre. O objetivo deste trabalho foi o de reportar a dieta de C. thous e sua importância como dispersor e/ou predador de sementes, e ainda testar a taxa de germinação de sementes após passar pelo trato digestório do animal. O estudo foi realizado em um fragmen (mais) to (680 ha) de Floresta Estacional Semidecidual, o Parque Estadual Mata dos Godoy, localizado na cidade de Londrina, Paraná, sul do Brasil. A metodologia consistiu de coletas de fezes de C. thous, as quais foram analisadas em laboratório para identificar os itens consumidos. Nos testes de germinação, as sementes foram dispostas para germinar em placas de Petri com algodão umedecido em água. Noventa e três amostras fecais com 219 itens de origem vegetal e animal foram registradas, sendo 36,52% contendo restos de pequenos roedores, 24,19% de gramíneas, 13,24% de aves, 10,47% de insetos, 6,39% de Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassm., 4,6% de outros itens de origem animal e 4,54% de outros itens de origem vegetal. Ainda, C. thous dispersou nove espécies de plantas, com relevante importância para a germinação de algumas sementes que passaram pelo trato digestório do animal, exceto para S. romanzoffiana, cujas sementes não germinaram nas condições de laboratório. Conclui-se que, C. thous apresentou uma dieta generalista e oportunista, sobrevivendo em áreas degradadas e antrópicas, e agindo como dispersor de sementes nestes locais. Resumo em inglês Although the crab eating fox, Cerdocyon thous (Linnaeus, 1706), is a relatively common Canidae, there isn't much information about its diet and its role as a seed disperser in the different habitats where it occurs. The aim of this work was to report the diet of the C. thous and its importance as a seed disperser and / or a seed predator and to test the rate of germination of the seeds after passing through the digestive tract of the animal. The work was carried out in a (mais) 680 ha fragment of the Semidecidual Seasonal Forest in the Parque Estadual Mata dos Godoy, located in the city of Londrina-Paraná, south of Brazil. The methodology consisted of the collection of excrement of C. thous which were analyzed in laboratory for identification of consumed items and seeds. In germination tests, the seeds were placed to germinate in Petri dishes with wet cotton. Ninety-three animal feces samples, with 219 animal and vegetable items were registered, being 36.52% remaining portions of small rodents, 24.19% of grasses, 13.24% of birds, 10.47% of insects, 6.39% of Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassm., 4.6% of other items of animal origin and 4.54% of items vegetable origin. In addition, C. thous dispersed nine species of plants, with relevant importance to the germination of some seeds, which passed through the digestive tract, except for the most consumed of fruit, S. romanzoffiana, whith no seed germination at all in lab conditions. In conclusion, C. thous has a generalistc and opportunistc diet, surviving in degraded and anthropic areas and being able to act as a seed disperser.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Variação espacial e influência do habitat na estrutura de comunidades de pequenos mamíferos em áreas de campo rupestre no Distrito Federal/ Spatial variation and the habitat influence in the structure of communities of small mammals in areas of rocky fields in the Federal District

Santos, Rodrigo Augusto Lima; Henriques, Raimundo Paulo Barros
2010-03-01

Resumo em português No presente estudo foram investigadas as comunidades de pequenos mamíferos em campos rupestres do Distrito Federal (DF). Foram analisadas a composição, abundância e riqueza e suas relações com a estrutura do habitat e se existe variação espacial significativa na composição de espécies entre os sítios de campo rupestre. Os pequenos mamíferos foram estudados com o método de marcação e recaptura em sete sítios. O esforço total para os sete sítios foi de 5. (mais) 680 armadilhas-noite, sendo capturados 157 indivíduos e oito espécies de roedores. Calomys tener e Cerradomys scotti foram as espécies mais abundantes do estudo, com 47,1 e 18,0% do total de indivíduos, respectivamente. Ambas estavam presentes em todos os sítios amostrados. Os resultados mostraram que as áreas de campo rupestre do DF apresentam uma fauna de pequenos mamíferos (média de quatro com amplitude de variação de três a cinco espécies), comparáveis a de outras fisionomias de Cerrado. A complexidade do habitat mostrou-se como um dos principais determinantes na composição das comunidades de pequenos mamíferos em campo rupestre. Houve distinção entre as comunidades de pequenos mamíferos dos sítios da APA Gama e Cabeça de Veado e dos sítios da APA de Cafuringa. Foi constatada influência da distância entre os locais sobre a composição de espécies, com a similaridade diminuindo com o aumento da distância entre os sítios. As diferenças nas condições ambientais, na estrutura do habitat e o fato de tratar-se de duas possíveis regiões biogeográficas podem explicar as diferenças faunísticas entre as duas regiões. Resumo em inglês In the present study, we investigated the communities of small mammals in rocky fields in the Federal District. We examined the composition, abundance and richness and their relation to the structure of the habitat and if there is significant spatial variation in species composition among sites of rocky fields. Small mammals were sampled by live-trapping techniques in seven sites. The total effort for the seven sites was 5.680 trap-nights; we captured 157 individuals in e (mais) ight species of rodents. Calomys tener and Cerradomys scotti were the most abundant species in the study sites, with 47.1 and 18.0% of total individuals, respectively. The results showed that the areas of rocky fields of the Federal District have a fauna of small mammals (average of four, range of variation of three to five species), comparable to other Cerrado physiognomies. The complexity of the habitat proved to be a major determinant in the composition of communities of small mammals in rocky fields. There was a distinction between communities of small mammals of the sites of APA Gama e Cabeça do Veado and the sites of the APA de Cafuringa. There was influence of the distance between the places on the composition of species with decreasing similarity with increasing distance among sites. The differences in environmental conditions, the structure of the habitat and the fact that it was possible two biogeographical regions may explain the faunal differences between the two regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Fatores de risco associados à mastite bovina causada por Prototheca zopfii/ Risk factors associated with bovine mastitis caused by Prototheca zopfii

Yamamura, Aline Artioli Machado; Müller, Ernst Eckhardt; Freire, Roberta Lemos; Freitas, Júlio César de; Pretto-Giordano, Lucienne Garcia; Toledo, Roberta dos Santos; Ribeiro, Márcio Garcia
2008-06-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo o estudo de fatores de risco associados à mastite bovina causada por Prototheca zopfii. Foram analisadas 13 propriedades leiteiras dos Estados do Paraná e de São Paulo, segundo os seguintes critérios de seleção: confirmação prévia de casos de mastite por Prototheca spp., triagem pela pesquisa de Prototheca spp. em tanques de expansão e latões e rebanhos com contagem de células somáticas acima de 5x105cel mL-1. As amostras cole (mais) tadas consistiram de: leite, água, solo, fezes e swab de teteiras. Prototheca spp. foi isolada de amostras de leite dos quartos mamários com mastite clínica ou subclínica em uma propriedade e de amostras de leite e do ambiente em quatro propriedades, nas quais foi isolada em amostras de: água de bebedouro, abastecimento, esgoto, empoçada no piso de estábulo e sala de ordenha, solo de piquete e pasto, teteiras, fezes de bezerros e suínos. Do total de 383 vacas examinadas, Prototheca spp. foi isolada em 20 (5,2%) vacas, sendo caracterizada como P. zopfii em 18. Os fatores de risco associados à mastite causada por P. zopfii foram: criação das vacas a pasto, alimentação dos animais com pasto e silagem, realização de ordenha mecânica em estábulo, permanência das vacas após ordenha em piquete sem alimento, criação de suínos próxima às instalações dos bovinos, existência de cães, gatos e roedores, falta de higienização dos tetos com água, pré-imersão dos tetos em aplicador com retorno e sem a troca do anti-séptico, alimentação dos bezerros com leite de vacas com mastite clínica e serem as vacas da raça holandesa. Resumo em inglês This research had as objective the study of risk factors associated with bovine mastitis caused by Prototheca zopfii. Thirteen dairy herds in Paraná and São Paulo states were analyzed and selected according to the following criteria: previous confirmation of Prototheca spp. mastitis cases, screening of Prototheca spp. in bulk tanks and milk cans, and herds with somatic cells count over 5x105cel mL-1. The samples collected consisted of: milk, water, soil, manure and swab (mais) s of teat cup rubbers. Prototheca spp. was isolated from mammary quarters with clinical and subclinical mastitis of milk samples in one herd and from the environment and cows in four herds. Out of 383 cows examined, Prototheca spp. was isolated in 20 (5.2%) cows with mastitis, and 18 of them were characterized as P. zopfii. In four herds when Prototheca spp. was identified from mammary quarters and environment the agent was isolated from the following samples: water in the waterers, puddled water in the stalls and the milking parlour, supply, sewage, cow pen and pasture soil, teat cup rubbers and manure from calves and swines. The risk factors associated with P. zopfii mastitis consisted of: pasture system, pasture and silage feeding, use of milking machine in stalls, cow pen without fresh feed after milking, raising of swines near bovine housing, existence of dogs, cats and rodents, absence of teats hygienization with water, use of pre-immersion devices with return and without change of antiseptic, calves fed with milk of clinical mastitis cases and the Holstein breed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Estudo morfológico e morfométrico do ovário de cutias (Dasyprocta aguti, Linnaeus, 1766)/ Morfological and morfometric study of the ovary in agoutis (Dasyprocta aguti, Linnaeus, 1766)

Almeida, Mônica Marcos de; Carvalho, Maria Acelina Martins de; Cavalcante Filho, Miguel Ferreira; Miglino, Maria Angélica; Menezes, Danilo José Ayres de
2003-01-01

Resumo em português Foram estudados 24 ovários pertencentes a 13 cutias adultas (em dois exemplares pesquisou-se apenas o ovário esquerdo), sendo 7 gestantes e 6 não gestantes, provenientes do Núcleo de Estudos e Preservação de Animais Silvestres da Universidade Federal do Piauí. Os órgãos foram observados in loco para descrição de sua topografia, mensurados, submetidos a cortes histológicos e observados em Microscópio Óptico. Os ovários apresentam-se de forma elipsóide, acha (mais) tados dorsoventralmente, situando-se na região sub-lombar, caudalmente aos rins, com pequenas áreas transparentes em sua superfície externa. A margem mesovárica e a face lateral estão cobertas pelo mesossalpinge (bolsa ovárica). O ovário direito, apresenta em média: peso - 0,082g; comprimento - 0,83cm; largura - 0,49cm e espessura - 0,24cm; o ovário esquerdo: peso - 0,058g; comprimento - 0,74cm; largura - 0,45cm e espessura - 0,23cm. Histologicamente, constam de epitélio de revestimento cúbico simples, córtex periférico e medula central, constituída basicamente por tecido conjuntivo frouxo entremeado por vasos sangüíneos. Nas fêmeas gestantes foram observados de dois a três grandes corpos lúteos centrais e muitos outros menores periféricos; nas não gestantes os corpos lúteos são menores e mais numerosos. O córtex é rico em tipos celulares de natureza conjuntiva e em folículos em diferentes estágios de amadurecimento, os quais migram da margem mesovárica para a extremidade tubárica à medida que aumentam de tamanho. Conclui-se que os ovários da cutia, macro e microscopicamente, seguem o padrão observado nos demais roedores sexualmente ativos. Resumo em inglês It were studied 24 ovaries belonging to 13 adult agoutis (in two copies it was just researched the left ovary), being 7 pregnant and 6 not pregnant, coming of the "Núcleo de Estudos e Preservação de Animais Silvestres", of the Federal University of Piauí. The organs were described in loco, measured, submitted to section and observed in Optical Microscope. The ovaries, ellipsoids, were located in the sub-lumbar area, flow to the kidneys, flat, with external surface evi (mais) dencing small transparent areas and the margin mesovarian and lateral face coming covers for the mesossalpinge (ovaric bag). For the right ovary, was observed on the average: weight - 0,082g; length - 0,83cm; width - 0,49cm and thickness - 0,24cm; the left ovary: weight - 0,058g; length - 0,74cm; width - 0,45cm and thickness - 0,23cm. Histologically, this gonads were correspondents with the majority of the rodents sexually actives studies, showing epithelium of simple cubic coating, the outlying cortex and the central medulla (constituted basically by conjunctive slack tissue mixed with vases of blood). In the pregnant females it was counted two to three great central luteous bodies and many other smaller. In the not pregnant the luteous bodies was smaller and more numerous. The cortex is rich in cellular types of conjunctive nature and follicles in different phases of the maturation, which migration of the mesovarian margin for the tubaric extremity, as they increase of size. It was conclued that the ovaries of the agoutis, macro and microscopically, coming the pattern observed in the others rodents actives sexually.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus/ Hantavirus pulmonary and cardiovascular syndrome

Pincelli, Mariangela Pimentel; Barbas, Carmen Sílvia Valente; Carvalho, Carlos Roberto Ribeiro de; Souza, Luiza Terezinha Madia de; Figueiredo, Luís Tadeu Moraes
2003-10-01

Resumo em português A síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus é uma doença de conhecimento relativamente recente e freqüentemente fatal, apresentando-se como síndrome do desconforto respiratório agudo. No Brasil, desde o primeiro surto, relatado em novembro/dezembro de 1993, em Juquitiba, 226 casos já foram registrados pela Fundação Nacional da Saúde. A doença afeta indivíduos previamente hígidos, apresentando-se com pródromo febril e sintomas semelhantes aos de um r (mais) esfriado comum, podendo rapidamente evoluir para edema pulmonar, insuficiência respiratória aguda e choque. A hemoconcentração e a plaquetopenia são comuns da síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus, e o quadro radiológico típico é de um infiltrado intersticial bilateral difuso, que progride rapidamente para consolidações alveolares, paralelamente à piora do quadro clínico. A mortalidade inicial era em torno de 75% e declinou para aproximadamente 35%, nos últimos anos. Os pacientes que sobrevivem geralmente recuperam-se completamente, cerca de uma semana após o estabelecimento do quadro respiratório. O agente causal, não reconhecido até há pouco, foi identificado como um hantavírus, cujo reservatório natural são animais roedores da família Muridae, subfamília Sigmodontinae. O tratamento específico antiviral ainda não é bem estabelecido, estando em estudo a eficácia de ribavirina. Cuidados de terapia intensiva como ventilação mecânica e monitoramento hemodinâmico invasivo são necessários nas formas mais graves da doença. Essas medidas, se instituídas precocemente, podem melhorar o prognóstico e a sobrevida dos pacientes com síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus. Resumo em inglês Hantavirus pulmonary and cardiovascular syndrome is a recently identified and often fatal disease, which presents as acute respiratory distress syndrome (ARDS). Since the first outbreak, in Nov/Dec 1993, in Juquitiba, Brazil, 226 cases have been registered by FUNASA (National Health Foundation).(4) The disease occurs in previously healthy subjects, presenting with fever and symptoms similar to the common cold, and may rapidly evolve to pulmonary edema, respiratory failure (mais) and shock. Hemoconcentration and thrombocytopenia are common features, and the typical radiological finding is a bilateral diffuse interstitial infiltrate that evolves to alveolar consolidations in parallel to the worsening of the clinical condition. Initially, mortality was around 75%, but it declined to approximately 35% in the last few years. Patients who survive usually recover completely, about a week after the onset of the respiratory symptoms. The causal agent is a previously unrecognized hantavirus whose natural reservoirs are rodents of the family Muridae, sub-family Sigmodontinae. Specific antiviral treatment for hantavirus pulmonary and cardiovascular syndrome has not yet been well established, and the efficacy of ribavirin is currently being studied. Intensive care, including mechanical ventilation and invasive hemodynamic monitoring, is required for the more severe presentations of the disease. These measures may improve the prognosis and survival of patients with hantavirus pulmonary and cardiovascular syndrome if started early in the course of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Estrutura de comunidades de pequenos mamíferos e densidade de Necromys lasiurus (Rodentia, Sigmodontinae) em áreas abertas de cerrado no Brasil Central/ Small mammals' community structure and density of Necromys lasiurus (Rodentia, Sigmodontinae) in open areas of the Cerrado in central Brazil

Becker, Rafael G.; Paise, Gabriela; Baumgarten, Leandro C.; Vieira, Emerson M.
2007-12-01

Resumo em português Investigamos comunidades de pequenos mamíferos de Cerrado em formações vegetais abertas do Parque Nacional de Emas (PNE), no Brasil Central. Amostramos 10 áreas que representavam as principais variações fisionômicas das áreas abertas do PNE. Avaliamos variações entre áreas na abundância, riqueza de espécies e densidade da espécie de pequeno mamífero mais comum na região (Necromys lasiurus). Amostramos no total 10 áreas usando armadilhas dispostas em linha (mais) s de captura. Em uma das áreas utilizamos o método de Linhas de Verificação para estimar a densidade de N. lasiurus. Com um esforço de 1440 armadilhas-noite, capturamos 180 indivíduos, cinco roedores e dois marsupiais. Necromys lasiurus representou 86.7 % do total de indivíduos e foi a única espécie presente em oito das dez áreas amostradas, estando ausente apenas nas áreas úmidas. Clyomys laticeps foi a segunda espécie mais freqüente, ocorrendo em quatro áreas e representando 3.9% do total de indivíduos capturados. Uma Análise de Correspondência não indicou uma separação clara entre as áreas amostradas nas duas épocas e agrupou os campos úmidos, influenciados pela captura do roedor Oxymycterus delator e do marsupial Lutreolina crassicaudata. Não houve diferença significativa entre os sucessos de captura das duas épocas. No entanto, capturamos significativamente mais jovens de N. lasiurus no auge da estação chuvosa do que na época de transição. A densidade estimada dessa espécie no período de transição entre estações, de 19.02 ind/ha, foi alta em comparação com outras áreas de Cerrado. O presente estudo indicou que as áreas abertas do PNE possuem comunidades de pequenos mamíferos semelhantes a formações similares em outras regiões de Cerrado Resumo em inglês We investigated small-mammal communities of open Cerrado areas at the National Park of Emas (NPE), Central Brazil. Ten areas were sampled representing the full range of physiognomic forms of open areas at the NPE. Variation among areas in abundance, species richness, and also density of the most common small-mammal species in the region, were evaluated. The sampled areas were 4 in the dry-wet season and 6 in the rainy season, using traps forming lines. In one area we used (mais) the method of Assessment Lines to estimate N. lasiurus density. With an effort of 1440 trapping-nights we captured 180 individuals, five rodents and two marsupials. Necromys lasiurus represented 86.7% of total of captured individuals and was the only species captured in eight of 10 areas. Clyomys laticeps was the second most frequent species, occurring in four areas. A Correspondence Analysis did not show clear differences among areas but grouped the wet-grassland areas, which were dominated by the rodent Oxymycterus delator and the marsupial Lutreolina crassicaudata. We also did not detect significance difference in capture rates between seasons. However, we captured young N. lasiurus individuals significantly more in the rainy season than in the dry-wet season. The estimated density of this species by the beginning of wet season was 19.02 ind/ha, which was high in comparison with other Cerrado areas. The present study indicated that open areas of the NPE harbor small-mammal communities similar to open areas of other Cerrado regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Leishmaniose tegumentar americana/ American cutaneous leishmaniasis

Gontijo, Bernardo; Carvalho, Maria de Lourdes Ribeiro de
2003-01-01

Resumo em português A leishmaniose tegumentar americana permanence endêmica em vastas áreas da América Latina. Os agentes causadores da doença são a L. (Viannia) braziliensis, L. (L. mexicana), L. (V.) panamensis, e outras espécies relacionadas. A apresentação clínica da doença varia dentro de um espectro amplo, incluindo úlceras cutâneas múltiplas ou única, leishmaniose cutânea difusa e lesões mucosas. Os principais reservatórios da L. (V.) braziliensis e da L. (Viannia) sp (mais) p. são os pequenos roedores silvestres. A doença acomete mais freqüentemente os trabalhadores que invadem as florestas tropicais ou moram próximo a elas. O período de incubação varia de duas semanas a vários meses. As lesões cutâneas constituem úlceras rasas, circulares com bordas elevadas e bem definidas e com o assoalho da úlcera de aspecto granular. Nas infecções pela L. (V.) braziliensis a linfoadenopatia regional geralmente precede o surgimento das úlcerações por uma a doze semanas. O diagnóstico definitivo depende da identificação de amastigotas em tecido ou promastigotas em meios de cultura. Os anticorpos anti-leishmania podem ser identificados no soro utilizando-se as técnicas de ELISA, imunofluorescência e testes de aglutinação mas os títulos revelam-se baixos na maioria dos casos. A intradermorreação de Montenegro torna-se positiva durante a evolução da doença. Os antimoniais pentavalentes continuam sendo as drogas de escolha no tratamento da leishmaniose. A anfotericina B encontra indicação nos casos mais graves ou nos indivíduos que não respondem ao tratamento com os antimoniais. A imunoterapia e a imunoprofilaxia constituem alternativas promissoras no tratamento e profilaxia da leishmaniose tegumentar americana. Resumo em inglês American cutaneous leishmaniasis is endemic in widespread areas of Latin America. The causative agents include L. (V.) braziliensis, L. (L.) mexicana, L. (V.) panamensis, and related species. The spectrum of disease includes single, localized, cutaneous ulcers, diffuse cutaneous leishmaniasis, and mucosal disease.The main reservoirs for L. (V.) braziliensis and other Leishmania (Vianna) spp. are small forest rodents. The vectors are ground-dwelling or arboreal Lutzomyia s (mais) andflies, which are abundant in the forest. Disease is most common in persons working at the edge of the forest and among rural settlers. The incubation period of cutaneous leishmaniasis varies from two weeks to several months. A wide variety of skin manifestations ranging from small, dry, crusted lesions to large, deep, mutilating ulcers may be seen. Ulcerative lesions are usually shallow and circular with well-defined, raised borders and a bed of granulation tissue. In L. (V.) braziliensis infection, regional lymphadenopathy often precedes the development of cutaneous lesions by one to 12 weeks. A definite diagnosis depends on the identification of amastigotes in tissue or promastigotes in culture. Antileishmanial antibodies are present in the serum of some patients with cutaneous leishmaniasis as detected by ELISA, immunofluorescent assays, direct agglutination tests or other assays, but the titers are usually low. The leishmanin skin test result usually becomes positive during the course of the disease. For treatment two pentavalent antimony-containing drugs are used: stibogluconate sodium, and meglumine antimoniate (Glucantime). Amphotericin B deoxycholate is an alternative for persons who fail to respond to pentavalent antimony. Immunoprophylaxis and immunotherapy are promising new approaches to prevention and treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Adipocitocinas: uma nova visão do tecido adiposo/ Adipokines: a new view of adipose tissue

Guimarães, Daniella Esteves Duque; Sardinha, Fátima Lúcia de Carvalho; Mizurini, Daniella de Moraes; Carmo, Maria das Graças Tavares do
2007-10-01

Resumo em português A identificação da leptina, hormônio secretado pelos adipócitos, cujo efeito sobre o sistema nervoso simpático e a função endócrina confere participação ativa no controle do dispêndio energético, bem como do apetite, acrescentou às funções do tecido adiposo no organismo humano o papel de órgão multifuncional, produtor e secretor de inúmeros peptídeos e proteínas bioativas, denominadas adipocitocinas. Alterações na quantidade de tecido adiposo, como o (mais) correm na obesidade, afetam a produção da maioria desses fatores secretados pelos adipócitos. Ainda que essas alterações estejam freqüentemente associadas às inúmeras disfunções metabólicas e ao aumento do risco de doenças cardiovasculares, permanece sob investigação o envolvimento do tecido adiposo no desenvolvimento dessas complicações, considerada a sua função endócrina. As concentrações de várias adipocitocinas elevam-se na obesidade e têm sido relacionadas à hipertensão (angiotensinogênio), ao prejuízo da fibrinólise (inibidor do ativador de plasminogênio-1) e à resistência à insulina (proteína estimuladora de acilação, fator de necrose tumoral-alfa, interleucina-6 e resistina). De outro modo, leptina e adiponectina têm efeitos sobre a sensibilidade à insulina. Na obesidade, a resistência insulínica também está relacionada à resistência à leptina e aos teores plasmáticos reduzidos de adiponectina. Leptina e adiponectina ainda exercem efeitos orgânicos adicionais distintos: frente à participação da leptina no controle da ingestão alimentar, a adiponectina apresenta potente ação anti-aterogênica. Algumas drogas utilizadas no controle do diabetes elevam a produção endógena de adiponectina, em roedores e humanos, indicando que o desenvolvimento de novos medicamentos com alvo nas adipocitocinas pode representar uma alternativa terapêutica de prevenção da resistência insulínica e da aterosclerose em indivíduos obesos. Resumo em inglês Leptin is a hormone secreted by adipocytes whose effect on the sympathetic nervous system and endocrine function confers active participation in the control of energy expenditure and appetite. Its identification added to the fat tissues in the human body the role of a multifunctional organ that produces and secretes a number of bioactive peptides and proteins, called adipocytokines. Changes in the amount of fat tissue, such as the ones that occur in obesity, affect the pr (mais) oduction of most of these factors secreted by adipocytes. Even if these changes are frequently associated with many metabolic disorders and increased risk for cardiovascular diseases, the role of fat tissue in the development of these complications, considered its endocrine function, continue to be investigated. The concentration of various adipocytokines increase in obesity and have been associated with hypertension (angiotensinogen), fibrinolysis impairment (plasminogen activator inhibitor-1) and insulin resistance (protein that stimulates acylation, tumor necrosis factor-alpha, interleukine-6 and resistin). On the other hand, leptin and adiponectin affect insulin sensitivity. In obesity, insulin resistance is also associated with leptin resistance and reduced plasma levels of adiponectin. Leptin and adiponectin still have complementary and distinct organic functions: adiponectin has potent antiatherogenic activity while leptin participates in the control of food intake. Some medications used to control diabetes increase adiponectin production in rodents and humans, suggesting that the development of new medications that target the adipocytokines can represent a new therapeutic alternative to prevent insulin resistance and atherosclerosis in obese individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Panstrongylus megistus em ecótopos artificiais de ilhas do Alto Rio Paraná/ Panstrongylus megistus in artificial ecotopes on islands of the Paraná River

Guilherme, Ana Lucia Falavigna; Lorosa, Elias Seixas; Costa, Arnaldo Lima; Pavanelli, Gilberto Cezar; Araújo, Silvana Marques de
2001-10-01

Resumo em português Em resposta a denúncias de triatomíneos em ilhas do Alto Rio Paraná foram investigados 145 ecótopos artificiais e 4 (2,8%) deles encontravam-se infestados: residência, "clube", ex-escola e monte de madeira. Foram analisados 17 de 35 P. megistus coletados; 12 (70,6%) apresentavam-se infectados por Trypanosoma cruzi. Ave e roedor constituíram as fontes alimentares mais comuns. Todos os exames sorológicos (56 de humanos, 18 de cães e 10 de gatos) foram negativos. Resumo em inglês In response to complaints of triatomines on islands of the Alto Paraná River, an investigation to determine the presence of triatomines was conducted in 145 artificial ecotopes and 4 (2.8%) were infested, comprising a residence, a sports and leisure club, a former school and a woodpile. Of the 35 P. megistus collected, 17 were analyzed and 12 (70.6%) were found to be infected with Trypanosoma cruzi. Birds and rodents were the most common food sources. All serologic examinations (56 human, 18 dogs and 10 cats) were negative.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Variação dos níveis do componente C3 do complemento em Holochilus brasiliensis nanus experimentalmente infectados com Schistosoma mansoni/ Variation in the levels of the C3 component of the complement in Holochilus brasiliensis nanus infected with Schistosoma mansoni

Bastos, Othon de Carvalho; Brito, Maria Helena Seabra Soares de; Schiavotelo, Maria Salete Sipauba; Souza, Eliane Pires de
1984-02-01

Resumo em português As variações dos níveis do componente C3 do complemento foram verificadas em soros de exemplares do roedor silvestre Holochilus brasiliensis nanus infectados experimentalmente com Schistosoma mansoni, aplicando-se a técnica de imunoeletroforese bidimensional quantitativa. Foram utilizados soros de animais normais, da mesma espécie e idade, como controle da experiência. A quantificação foi feita durante oito semanas, contadas a partir da data da infecção. C perfi (mais) l sérico mostrou que o nível inicial do C3 foi duas vezes menor que o observado no grupo controle. Este nível permaneceu até a 6ª semana de observação. A partir desta semana até a oitava foram registrados níveis aproximadamente 3 a 4 vezes menores que os observados no grupo controle. Resumo em inglês The quantitative immunoelectrophoretic method was used to determine the consumption of the C3 component of the complement system in the sera of rodents (Holochilus brasiliensis nanus) infected with Schistosoma mansoni, during about eight weeks of observation. Normal animals were used as experimental controls. The results indicated that initial consumption of the C3 component in the infected animals was twice that of the controls. This level was maintained until the 6th week of observation. After the 6th week, the consumption of C3 was³ to 4 times greater than that of the controls.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Variação dos níveis do componente C3 do complemento em Holochilus brasiliensis nanus experimentalmente infectados com Schistosoma mansoni/ Variation in the levels of the C3 component of the complement in Holochilus brasiliensis nanus infected with Schistosoma mansoni

Bastos, Othon de Carvalho; Brito, Maria Helena Seabra Soares de; Schiavotelo, Maria Salete Sipauba; Souza, Eliane Pires de
1984-02-01

Resumo em português As variações dos níveis do componente C3 do complemento foram verificadas em soros de exemplares do roedor silvestre Holochilus brasiliensis nanus infectados experimentalmente com Schistosoma mansoni, aplicando-se a técnica de imunoeletroforese bidimensional quantitativa. Foram utilizados soros de animais normais, da mesma espécie e idade, como controle da experiência. A quantificação foi feita durante oito semanas, contadas a partir da data da infecção. C perfi (mais) l sérico mostrou que o nível inicial do C3 foi duas vezes menor que o observado no grupo controle. Este nível permaneceu até a 6ª semana de observação. A partir desta semana até a oitava foram registrados níveis aproximadamente 3 a 4 vezes menores que os observados no grupo controle. Resumo em inglês The quantitative immunoelectrophoretic method was used to determine the consumption of the C3 component of the complement system in the sera of rodents (Holochilus brasiliensis nanus) infected with Schistosoma mansoni, during about eight weeks of observation. Normal animals were used as experimental controls. The results indicated that initial consumption of the C3 component in the infected animals was twice that of the controls. This level was maintained until the 6th week of observation. After the 6th week, the consumption of C3 was³ to 4 times greater than that of the controls.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Vaporizador de éter para cirurgia experimental em ratos

Souza, Fernando de; Paes, Antonio Marcos de Andrade; Alves, Helvércio Fernando Polsaque; Siroti, Fernando Jorge; Mathias, Paulo Cézar de Freitas
1997-12-01

Resumo em português Os autores descrevem um vaporizador de éter para ratos, artesanalmente construído, com o objetivo de se estabelecer um plano anestésico com fluxo contínuo e homogêneo em cirurgia experimental. O vaporizador é constituído de um compressor de ar para aquários, tubo de ensaio, equipos e válvulas, e outros materiais descartáveis de uso doméstico. As vantagens deste aparelho são a facilidade de manutenção do animal em plano anestésico, com redução da perda de (mais) anestésico para o ambiente, redução do gasto de anestésico e seu baixo custo e a possibilidade de mensuração do consumo de anestésico. Resumo em inglês The authors have described a homemade ether vaporizer to be used in small rodents' anesthesia. The device was built whith hospital material and products bought in aquarium supply stores. The advantages are: maintenance of anestesic level without successive induction, lower ether consumption, less environmental pollution and increased cost-effectiveness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Suscetibilidade de Biomphalaria tenagophila do Estado de São Paulo à infecção por linhagens de Schistosoma mansoni da Baixada Maranhense (Maranhão, Brasil)/ Susceptibility of Biomphalaria tenagophila, from S. Paulo State, to infection by Schistosoma mansoni, from the State of Maranhão

Bastos, Othon de Carvalho; Schiavotelo, Rosimary de Jesus Gomes; Ribeiro, Maria Lúcia de Jesus Filgueiras
1984-10-01

Resumo em português Exemplares de Biomphalaria tenagophila, provenientes do Vale do Rio Paraíba do Sul (São Paulo, Brasil), foram expostos às linhagens humana (H) e silvestre (S) de Schistosoma mansoni, oriundos da Região da Baixada Maranhense, ao noroeste do Estado do Maranhão. As linhagens H e S apresentaram comportamento distinto quando colocadas à infectar os moluscos paulistas. As B. tenagophila infectadas com a linhagem S apresentaram índice de mortalidade inferior ao observado (mais) nas infectadas com a linhagem H. No molusco paulista a linhagem silvestre maranhense completou seu desenvolvimento, fato que não ocorreu com a linhagem humana. Estas observações foram comparadas com os resultados anteriormente obtidos, quando estudou-se o comportamento das linhagens H e S do Vale do Rio Paraíba do Sul no molusco simpátrico. Foi verificado que as linhagens maranhenses e paulistas quando comparadas apresentavam comportamento similar frente a B. tenogophila do Vale do Rio Paraíba do Sul, SP. Resumo em inglês Wild (W) and human (H) strains of Schistosoma mansoni were isolated in the lowland region of Maranhão State (northeastern Brazil). Snail progenies of Biomphalaria tenagophila collected from Paraiba do Sul River valley (Southeastern Brazil) were exposed to W miracidia, obtained from livers of wild rodents,and to H miracidia, from eggs in human stools. The date of elimination of cercariae, the quantity of eliminated larvae, the infection index of the moluscs and the mortal (mais) ity rate of the snails were recorded. This data suggest better adaptation of the W strain than of the H strain to B. tenagophila. These results were compared with published data of H and W strains from the Paraiba do Sul River valley and similar parasitological behavior was found.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Suscetibilidade de Biomphalaria tenagophila do Estado de São Paulo à infecção por linhagens de Schistosoma mansoni da Baixada Maranhense (Maranhão, Brasil)/ Susceptibility of Biomphalaria tenagophila, from S. Paulo State, to infection by Schistosoma mansoni, from the State of Maranhão

Bastos, Othon de Carvalho; Schiavotelo, Rosimary de Jesus Gomes; Ribeiro, Maria Lúcia de Jesus Filgueiras
1984-10-01

Resumo em português Exemplares de Biomphalaria tenagophila, provenientes do Vale do Rio Paraíba do Sul (São Paulo, Brasil), foram expostos às linhagens humana (H) e silvestre (S) de Schistosoma mansoni, oriundos da Região da Baixada Maranhense, ao noroeste do Estado do Maranhão. As linhagens H e S apresentaram comportamento distinto quando colocadas à infectar os moluscos paulistas. As B. tenagophila infectadas com a linhagem S apresentaram índice de mortalidade inferior ao observado (mais) nas infectadas com a linhagem H. No molusco paulista a linhagem silvestre maranhense completou seu desenvolvimento, fato que não ocorreu com a linhagem humana. Estas observações foram comparadas com os resultados anteriormente obtidos, quando estudou-se o comportamento das linhagens H e S do Vale do Rio Paraíba do Sul no molusco simpátrico. Foi verificado que as linhagens maranhenses e paulistas quando comparadas apresentavam comportamento similar frente a B. tenogophila do Vale do Rio Paraíba do Sul, SP. Resumo em inglês Wild (W) and human (H) strains of Schistosoma mansoni were isolated in the lowland region of Maranhão State (northeastern Brazil). Snail progenies of Biomphalaria tenagophila collected from Paraiba do Sul River valley (Southeastern Brazil) were exposed to W miracidia, obtained from livers of wild rodents,and to H miracidia, from eggs in human stools. The date of elimination of cercariae, the quantity of eliminated larvae, the infection index of the moluscs and the mortal (mais) ity rate of the snails were recorded. This data suggest better adaptation of the W strain than of the H strain to B. tenagophila. These results were compared with published data of H and W strains from the Paraiba do Sul River valley and similar parasitological behavior was found.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Estudo experimental de Zygodontomys lasiurus (Rodentia-cricetidae) com cepas de Trypanosoma cruzi/ Studies on the experimental infection of Zygodontomys lasiurus (Rodentia-Cricetidae) with three strains of Trypanosoma cruzi

Borges, Monamaris M.; Mello, Dalva A.; Teixeira, Maria Lucia; Silva, João D.B. da
1983-10-01

Resumo em português São apresentados resultados em relação a infecção expertmental de Zygodontomys lasiurus (Rodentia-Cricetidae) com duas cepas de T. cruzi isoladas de casos humanos, Y e Berenice, e uma isolada de um triatomíneo silvestre, chamada costalimai. Foram realizados estudos em relação a evolução da parasitemia, duração da patência e prepatência da infecção. Com o objetivo de verificar a agressividade e tropismo tissular das cepas de T. cruzi nesta espécie de roedo (mais) r, foram também realizados estudos histopatológicos. Os resultados obtidos mostraram que os níveis de parasitemias foram baixos para as três cepas estudadas. A patência da infecção variou de 14 a 16 dias nos animais inoculados com a cepa Y, 26 a 29 dias com a Berenice e 9 a 13 dias com a costalimai. O período prepatente variou de 3 a 5 dias nos animais inoculados com a cepa Y, de 2 a 6 dias com a cepa Berenice e de 6 a 8 dias com a costalimai. As três cepas apresentaram em Z. lasiurus, comprometimento nitidamente muscular, provocando reações leves, moderadas e intensas. Resumo em inglês Studies on the experimental infection of Zygodontomys lasiurus (Rodentia-Cricetidae) are presented in the current paper. Three strains of T. cruzi were used in the experiments: two, Y and Berenice, were originated from human infection, while the third one was obtained from natural infection in a wild bug Triatoma costalimai. The evolution of the parasitemia was studied and the prepatent and patent periods determined. The tissular tropism and aggressiveness of the strains (mais) of T. cruzi were verified through histopathological studies. Results have shown that the parasitemia was always kept at low levels for all the strains. The prepatent period in the infected rodents varied from: 3 to 6 days in the Y strain; 2 to 6 days in the Berenice strain; 6 to 8 in the costalimai strain. The patent period showed the following duration patterns: 14 to 16 days in the Y strain; 26 to 29 in the Berenice strain and 6 to 8 days in the costalimai strain. Tissue damage was predominantly muscular, and the pathological reactions varied from slight to severe.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Estudo experimental de Zygodontomys lasiurus (Rodentia-cricetidae) com cepas de Trypanosoma cruzi/ Studies on the experimental infection of Zygodontomys lasiurus (Rodentia-Cricetidae) with three strains of Trypanosoma cruzi

Borges, Monamaris M.; Mello, Dalva A.; Teixeira, Maria Lucia; Silva, João D.B. da
1983-10-01

Resumo em português São apresentados resultados em relação a infecção expertmental de Zygodontomys lasiurus (Rodentia-Cricetidae) com duas cepas de T. cruzi isoladas de casos humanos, Y e Berenice, e uma isolada de um triatomíneo silvestre, chamada costalimai. Foram realizados estudos em relação a evolução da parasitemia, duração da patência e prepatência da infecção. Com o objetivo de verificar a agressividade e tropismo tissular das cepas de T. cruzi nesta espécie de roedo (mais) r, foram também realizados estudos histopatológicos. Os resultados obtidos mostraram que os níveis de parasitemias foram baixos para as três cepas estudadas. A patência da infecção variou de 14 a 16 dias nos animais inoculados com a cepa Y, 26 a 29 dias com a Berenice e 9 a 13 dias com a costalimai. O período prepatente variou de 3 a 5 dias nos animais inoculados com a cepa Y, de 2 a 6 dias com a cepa Berenice e de 6 a 8 dias com a costalimai. As três cepas apresentaram em Z. lasiurus, comprometimento nitidamente muscular, provocando reações leves, moderadas e intensas. Resumo em inglês Studies on the experimental infection of Zygodontomys lasiurus (Rodentia-Cricetidae) are presented in the current paper. Three strains of T. cruzi were used in the experiments: two, Y and Berenice, were originated from human infection, while the third one was obtained from natural infection in a wild bug Triatoma costalimai. The evolution of the parasitemia was studied and the prepatent and patent periods determined. The tissular tropism and aggressiveness of the strains (mais) of T. cruzi were verified through histopathological studies. Results have shown that the parasitemia was always kept at low levels for all the strains. The prepatent period in the infected rodents varied from: 3 to 6 days in the Y strain; 2 to 6 days in the Berenice strain; 6 to 8 in the costalimai strain. The patent period showed the following duration patterns: 14 to 16 days in the Y strain; 26 to 29 in the Berenice strain and 6 to 8 days in the costalimai strain. Tissue damage was predominantly muscular, and the pathological reactions varied from slight to severe.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Epidemiologia da Leptospirose em animais silvestres na Fundação Parque Zoológico de São Paulo/ Epidemiology of the Leptospirosis in wild animals at the Fundação Parque Zoológico de São Paulo

Corrêa, Sandra Helena Ramiro; Vasconcellos, Silvio Arruda; Morais, Zenaide; Teixeira, Antoninho de Assis; Dias, Ricardo Augusto; Guimarães, Marcelo Alcindo de Barros Vaz; Ferreira, Fernando; Ferreira Neto, José Soares
2004-06-01

Resumo em português A Leptospirose é uma doença bacteriana de caráter zoonótico que afeta os animais domésticos, silvestres e o homem. Levantamentos sorológicos têm demonstrado o envolvimento de diferentes espécies sinantrópicas e silvestres na epidemiologia da doença. Com o objetivo de conhecer melhor a epidemiologia da Leptospirose dentro da Fundação Parque Zoológico de São Paulo, foi realizado um estudo sorológico nos animais silvestres mantidos em cativeiro, no período de (mais) 1996 a 1999. Foram colhidas amostras de sangue de 302 animais atendidos na rotina da Divisão de Veterinária, das quais 59 apresentaram resultado positivo (19.5%) para a prova de Soroaglutinação Microscópica. Os sorovares mais prováveis para o conjunto total de resultados foram : copenhageni (15/59=25.4%), pomona (13/59=22%) e castellonis (10/59=16.9%). Entre os animais silvestres examinados os sorovares mais prováveis foram : Família Callithrichidae : castellonis (3/3=100%), Família cebidae : copenhageni : (13/21=65%), grippotyphosa (2/21=9.5%) e castellonis (1/21=44.7%). Família felidae : pomona (12/17=70.5%), icterohaemorrhagiae (2/17=11.7%) e grippotyphosa (1/17=5.8%), Família canidae : castellonis (2/4=50%), cynopteri (1/4=25%) e mini (1/4=25%), Família cervidae : mini (1/1=100%), Família bovidae : copenhageni (2/3=66.6%), pomona (1/3=33.3%), Família dasyproctidae : castellonis (2/3=66.6%), Família macropodidae: sentot (1/1=100%), família giraffidae : castellonis (1/1=100%). Animais de vida livre como ratos (Rattus norvegicus) e gambás (Didelphis marsupialis) também foram submetidos a prova de soroaglutinação necroscópica e cultura bacteriológica. Foram encontrados testes positivos para o sorovar icterohaemorrhagiae em 42,8% dos ratos e 40% dos gambás estudados. As freqüências de positivos quando analisadas do ponto de vista da localização espacial dos recintos destes animais, permitiram a verificação da existência de áreas críticas para exposição à leptospira dentro da Fundação Parque Zoológico de São Paulo. As freqüências de positivos para as várias áreas examinadas foram : Setor extra (36/113=31.8%), Alameda dos felinos (10/20=50%), Ilhas+Alameda, Lago+Alameda Girafa (3/14=21.4%), Alameda Urso+Alameda Zebra (3/21=14.2%), Gaiolão II (1/21=14.2%), Planície Africana (2/15=13.3%) e Alameda Bisão (1/2=50%). As razões desta constatação foram discutidas e medidas de profilaxia e controle para a Leptospirose no ambiente da Fundação Parque Zoológico de São Paulo foram sugeridas. Também foi discutida a importância do monitoramento sorológico em ambientes de zoológico para ações de vigilância. Resumo em inglês This study was aimed to achieve a better comprehension of the epidemiological aspects of leptospirosis in the Fundação Parque Zoológico de São Paulo. From 1996 to 1999, blood samples were collected from 302 wild animals that were submitted to the Veterinary Division of the zoo for routine procedures. Positive Microscopic Aglutination Test were obtained from them 59 animals were positiv (19,5%) . The most frequent sorovars were copenhageni ( 15/59 = 25.4%), pomona (13/ (mais) 59 = 22%) and castellonis (10/59 = 16.9%). According to the orders and families of examined animals, the most frequent serovars were: Order Primate : copenhageni (13/25 = 52%), castellonis (5/25 = 20%) e grippotyphosa (2/25 = 8%). Family Felidae pomona (12/17 = 70.5%), icterohaemorrhagiae (2/17=11.7%) e grippotyphosa (1/17 = 5.8%). Family Cervidae : mini (1/1 = 100%). Family Bovidae : copenhageni (2/3 = 66.6%), pomona (1/3 = 33.3%). Order Rodentia : castellonis (2/3 = 66.6%). Family Macropodidae : sentot (1/1 = 100%). Family Girafidae : castellonis (1/1 = 100%). Free living specimens of the Muridae ( Rattus norvegicus ) and Didelphidae ( Didelphis marsupialis) families were also examined for Microscopic Aglutination Test and bacteriologic culture. Positive serologycal and bacteriologycal tests for Icterohaemorrhagiae serogrup were found in rodents, such as rats (3/7 = 42.8%) and opossum 2/5 = 40%). These strongly suggest that free-living rodents play na important role in the leptospirosis transmition inside the Zoo. Two specific areas, Extra Sector 1 and Feline Alley were considered critical due to the major proportion of seropositives animals. The possible reasons and these findings were sugestive for the profilatical procidures for the control of the Leptospirosis at the São Paulo Zoo were discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Diabetes melito, tiazolidinedionas e fraturas: uma história inacabada/ Diabetes mellitus, thiazolidinediones and fractures: an unfinished story

Silva, André Gonçalves da; Lazaretti-Castro, Marise
2010-06-01

Resumo em português A associação entre diabetes melito e risco aumentado de fraturas é bem estabelecida, sendo observada tanto no diabetes tipo 1 quanto tipo 2, com etiologia multifatorial. Evidências de modelos animais têm indicado que tiazolidinedionas (TZD), por meio da ativação do PPAR-gama, levam a aumento do conteúdo adiposo na medula óssea, em detrimento da osteoblastogênese, resultando em perda óssea. Estudos iniciais em humanos vêm evidenciando maior risco de fraturas na (mais) população em uso dessas medicações em relação a outros antidiabéticos orais. Sendo TZD drogas amplamente prescritas no tratamento do diabetes tipo 2, é necessário melhor entendimento dos seus mecanismos de ação e do seu impacto sobre a massa óssea e risco de fraturas, com o intuito de direcionar a abordagem desses pacientes quanto à profilaxia e ao tratamento adequados. Este artigo sumariza o conhecimento corrente sobre a relação entre diabetes, TZD e risco de fraturas, bem como, baseado nas evidências atuais, tenta propor formas de conduzir a população em uso dessas medicações. Resumo em inglês The association of diabetes mellitus with increased fracture risk is well established, and is observed in both diabetes type 1 and type 2, due to multiple causes. Evidence from rodents suggests that thiazolidinediones (TZD), by activation of PPAR-gamma, cause increased bone marrow adiposity, with decreased osteoblastogenesis resulting in bone loss. Initial studies in humans evidence higher fracture risk in the population using these drugs, in comparison with other oral an (mais) tidiabetic medications. TZD are largely prescribed for the treatment of type 2 diabetes, therefore, better understanding of their mechanisms of action and impact on bone mass and fracture risk is necessary, in order to guide the management of these patients in regards to prophylaxis and adequate treatment. This article summarizes current knowledge about the relationship between diabetes, TZD and fracture risk as well as, based on current evidence, tries to suggest ways to guide the population using these medications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Célula tronco tumoral: novo conceito em carcinogênese colorretal/ Câncer stem cells: a new concept in colorectal carcinogenesis

Pinho, Mauro de Souza Leite
2009-03-01

Resumo em português Apesar dos grandes avanços obtidos pelos estudos utilizando técnicas de biologia molecular diversas controvérsias persistem a respeito do mecanismo de carcinogênese colorretal. Ao longo do último ano, entretanto, observamos na literatura o surgimento de um novo conceito referente à existência de um conjunto de células situadas nas bases das criptas intestinais, as quais apresentam características bastante distintas do restante das células epiteliais. Estas célu (mais) las, denominadas como células tronco intestinais, apresentam-se de forma indiferenciada e com um ciclo de vida com duração superior a um ano. Desta forma, justifica-se assim nestas células a possibilidade da ocorrência de um acúmulo de mutações, etapa considerada essencial para o desenvolvimento do processo neoplásico, e que seria improvável de ocorrer em um colonócito normal, cujo ciclo de vida dura em média cinco dias. Outra importante evidência da participação destas células tronco no mecanismo de carcinogênese foi demonstrada por estudos capazes de reproduzir a formação de tecidos neoplásicos com a mesma característica do tumor original, a partir do implante de um reduzido número destas células em modelos experimentais, o que não se obtém através do implante de um grande número de células tumorais normais. Sabendo-se que a presença de uma mutação do gene APC é uma etapa precoce no processo de carcinogênese colorretal, acredita-se que esta exerça este papel contribuindo para a ocorrência de uma superpopulação de células tronco intestinais, levando a um desequilíbrio proliferativo na mucosa intestinal. Resumo em inglês Despite the great number of studies using molecular biology tools several questions remain about the mechanisms of colorectal carcinogenesis. A recent concept has emerged from the literature regarding the existence of a specific group of indiferentiated cells situated at the bottom of intestinal crypts with a long life cycle that may last more than one year, described as intestinal stem cells. This particular property may explain the expected occurrence of a sequence of m (mais) utations necessary to the development of a carcinoma, which cannot be observed in a normal colonocyte with a mean cycle life of five days. Another important evidence to this concept is the induction in rodents of a tumor with similar characteristics to the original human carcinoma by injection of a small number of these stem cells, which is not achieved by using large number of normal cancer cells. It is suggested that mutation of APC gene, present as an early step in most colorectal carcinomas, may contribute to a superpopulation of intestinal stem cells with consequent disturbance of proliferative epithelial balance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Comportamento alimentar e dieta de serpentes, gêneros Boiruna e Clelia (Serpentes, Colubridae)/ Feeding behavior and diet of snakes, genera Boiruna and Clelia (Serpentes, Colubridae)

Pinto, Carla da Costa; Lema, Thales de
2002-06-01

Resumo em inglês Boiruna maculata Boulenger, 1896 and Clelia rustica (Cope, 1878) were observed in captivity feeding snakes and rodents, respectively. Both species have shown a similar procedure in relation to the prey. Major behavior differences among the two species were: rodents killed before being swallowed, and snakes were mostly swallowed alive; both species are able to find the rodents head faster than the snake one; the coils formed during constriction were also used to hold the p (mais) rey, specially the last coil, while swallowing rodents. Informations on stomach contents was gathered by dissection of preserved specimens of Clelia clelia (Daudin, 1803) and C. plumbea (Wied, 1820) were also included in the dietary study. The majority of preys consisted on snakes and lizards. Other prey items were mammals and birds. Adult snakes prey relatively smaller animals than the juvenile snakes do.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Comportamento alimentar e dieta da "falsa-coral" Oxyrhopus guibei Hoge & Romano (Serpentes, Colubridae)/ Feeding behavior and diet of the Oxyrhopus guibei Hoge & Romano (Serpentes, Colubridae)

Andrade, Rogério de Oliveira; Silvano, Renato A. Matias
1996-01-01

Resumo em inglês The feeding behavior and constriction pattern of adults and juveniles Oxyrhopus guibei Hoge & Romano, 1978 preying on rodents and lizards are described. An analysis of stomach contents of snakes preserved in collections was made to study its diet. The results indicate that this snake constricts prey with right to left side movements, horizontal position and with the dorsal portion of its body. Rodents were constricted by adult snakes whereas lizard were swallowed alive. The diet is composed of lizards and rodents, with an ontogenetic shift from lizards to rodents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Bases neurofisiológicas da dependência do tabaco/ Neurophysiological basis of tobacco dependence

Planeta, Cleopatra S.; Cruz, Fábio C.
2005-10-01

Resumo em português A maioria dos estudos pré-clínicos e clínicos aponta a nicotina como o principal agente responsável pelo desenvolvimento da dependência ao tabaco. Muitos trabalhos têm demonstrado que as bases neurais da dependência à nicotina são semelhantes àquelas das outras drogas de abuso. A nicotina induz preferência condicionada por lugar e auto-administração e, portanto, atua como reforçador positivo, esse efeito parece ser mediado pelo sistema dopaminérgico mesolí (mais) mbico. A nicotina também induz à sensibilização comportamental que é provavelmente resultante de alterações da expressão gênica do núcleo acumbens induzidas pela exposição prolongada a essa substância. A suspensão do uso de nicotina resulta em síndrome de abstinência. As evidências indicam que esses sinais e sintomas sejam mediados por receptores colinérgicos nicotínicos centrais e periféricos. Outros neurotransmissores, como por exemplo a serotonina e os peptídeos opióides, também podem estar envolvidos na mediação da dependência e síndrome de abstinência à nicotina. A revisão da literatura mostra a complexidade dos efeitos da nicotina no organismo. A integração entre as abordagens comportamental, neuroquímica e molecular possibilitará a compreensão dos mecanismos neurais da dependência ao tabaco e fornecerá as bases para o desenvolvimento racional de agentes terapêuticos que possam ser utilizados para o tratamento da dependência e síndrome de abstinência ao tabaco. Resumo em inglês It is generally accepted that nicotine is the major component in tobacco smoke responsible for addiction. Several studies have demonstrated that the neural mechanisms underlying nicotine addiction have much in common with those underlying the mechanisms of addiction to other drugs. Thus, it has been shown that nicotine induces conditioning place preference and self-administration across many species. Repeated treatment with nicotine also induces behavioral sensitization i (mais) n rodents. These behavioral effects of nicotine seem to mediate through the meso limbic dopamine system. Smoke cessation results in an abstinence syndrome that seems to be mediated by both peripheral and central nicotinic acetylcholine receptors. In addition, other neurotransmitters systems are involved in the mediation of nicotine addiction and withdrawal. The review of the literature evidences the complexity of the behavioral, neurochemical and molecular effects of nicotine. The integration of nicotine studies across all levels will lead to a better understanding of the neurobiological mechanisms underlying the addictive actions of nicotine. The understanding of such mechanisms is crucial to the development of pharmacological agents for the treatment of tobacco addiction and withdrawal.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Aspectos ecológicos da leishmaniose tegumentar americana: 8. avaliação da atividade enzoótica de Leishmania (Viannia) braziliensis, em ambiente florestal e peridomiciliar, região do Vale do Ribeira, Estado de São Paulo, Brasil/ Ecological aspects of American cutaneous leishmaniasis: 8. assessment on enzootic activity of Leishmania (V.) braziliensis, in forest and peridomicile environments of the Ribeira Valley region, São Paulo State, Brazil

Gomes, Almério de Castro; Coutinho, Sergio Gomes; Paim, Gil Vianna; Oliveira, Sandra Maria Otatti de; Galati, Eunice Aparecida Bianchi; Nunes, Marise Pinheiro; Capinzaiki, Antonio Norberto; Yamamoto, Yoshimi Imoto; Rotter, Paul
1990-04-01

Resumo em português A evidência da transmissão extraflorestal da leishmaniose cutâneo-mucosa na região do Vale do Ribeira ensejou o presente estudo epidemiológico prospectivo, visando avaliar a atividade enzoótica de L. (V.) braziliensis. A pesquisa paratisológica da infecção natural em pequenos mamíferos e população canina foi complementada com o teste de imunofluorescência indireta (IFI) para cães e captura de flebotomíneos em ambiente florestal e peridomiciliar. A positivid (mais) ade para o teste sorológico e exame parasitológico somente foi observada para cães residentes e com taxas de 5,6 e 2,4%, respectivamente. Entre animais silvestres e sinantrópicos capturados, destacam-se os pertencentes a Oryzomys (Oligoryzomys) e Rattus rattus, ambos assinalados em proporções equivalentes (29,3%), em ambiente peridomiciliar. Foram capturados apenas 166 exemplares femininos de Lutzomyia intermedia, fato atribuído à borrifação das habitações humanas e anexos com DDT. No contexto epidemiológico mais amplo, discute-se a fragilidade do ciclo extraflorestal da L. (V.) braziliensis; o papel do cão e de pequenos mamíferos, como fonte de infecção domiciliar, além de analisar o potencial deles na dispersão do parasita na área estudada. Resumo em inglês The evidence of mucocutaneous leishmaniasis transmission in the non-forest environment in the Ribeira Valley region, São Paulo, Brazil, has made this epidemiologic four years' study possible, viewing the enzootic activity of L. (V.) braziliensis. Furthermore, the natural infection in small mammals and the domestic dog population has been completed in collecting of phlebotomine sandflies in the forest and peridomiciliar environments. Positive test-results have only been f (mais) ound in resident dogs (Canis familiaris) with a rate of 5.6 and 2.4% for serological and parasitological test respectively. Among silvatic and synanthropic rodents collected, Oryzomys (Olygoryzomys) and Rattus rattus are preeminent having both been collected in equal proportions, in peridomiciliar environment. The sandfly Lutzomyia intermedia has contributed only with 166 feminine specimens due to insecticide (DDT) application on and in the human and domestic habitations. From the general epidemiologic standpoint the fragile L. (V.) braziliensis cycle in the unforested areas as well as the canine and small mammals roles as a domiciliar infection source are discussed, and their potencial in the dispersion of this parasite in the researched area is analysed too.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Análise de sobrevivência relacionada ao sexo, após esplenectomia, em modelo animal/ Post-splenectomy survival analysis related to gender in animal model

Alberti, Luiz R.; Rocha, Renata F.; Caldeira, Daniel A. M.; Petroianu, Andy
2007-06-01

Resumo em português É sabido que a esplenectomia causa propensão a infecções, principalmente aquelas causadas por microorganismos capsulados. Essas complicações acompanham-se de maior mortalidade e conseqüente menor sobrevida dos indivíduos asplênicos. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a sobrevida em relação ao sexo de ratos submetidos a esplenectomia total. Foram estudados 34 ratos, distribuídos em dois grupos, sendo o Grupo 1 (n=14) controle, animais submetidos apenas (mais) a laparotomia e o Grupo 2 (n=20) submetidos a esplenectomia total. Os animais de cada grupo foram distribuídos em dois subgrupos iguais, sendo o Subgrupo A composto por machos e o Subgrupo B por fêmeas. Os ratos foram acompanhados por um período máximo de noventa dias com vista à sua sobrevivência. Observou-se que a mortalidade após esplenectomia total foi de 80% no Subgrupo dos animais machos e de 30% no das fêmeas. Não houve óbitos no Grupo 1. Os ratos esplenectomizados apresentaram sobrevida inferior à das ratas esplenectomizadas (p = 0,034). De acordo com os resultados obtidos, a esplenectomia diminui a sobrevida de ratos, e as fêmeas murinas apresentam maior resistência à asplenia e conseqüentemente menor mortalidade do que os machos. Resumo em inglês It is well known that splenectomy increases the risk of infections, mainly those caused by capsulated bacteria. These complications are associated with greater mortality and lower survival rates in asplenic individuals. The objective of the present work was to assess the survival of rats submitted to total splenectomy. Thirty-four rats were divided into 2 groups: Group 1 (n = 14): control animals, submitted only to laparotomy; Group 2 (n = 20): animals submitted to splene (mais) ctomy. Both groups were subdivided into 2 subgroups, namely, subgroup A, male rats, and subgroup B, female rats. The animals were followed during a 90-day period to assess their survival. The mortality of animals in Group 2 was 80% for males and 30% for females. No death occurred in animals of Group 1. Splenectomized males had significantly lower survival than splenectomized females (p=0.034). According to the results of the present work, total splenectomy diminishes the survival in rats and the female rodents present greater resistance to the asplenic state, and, therefore fewer deaths occur compared to male rats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)