Sample records for rift zones
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Caracterização da arquitetura interna das bacias do Vale do Cariri (NE do Brasil) com base em modelagem gravimétrica 3-D/ Characterization of the internal architecture of the Cariri Valley rift basins, based on 3D gravity modeling

Castro, D. L. de; Castelo Branco, R. M. G.
1999-11-01

Resumo em português A região do Vale do Cariri, entre os estados do Ceará, Paraíba e Pernambuco, engloba as principais bacias interiores cretácicas do Nordeste do Brasil (bacias do Araripe, Rio do Peixe, Iguatu e Lima Campos, entre outras). Atualmente esta região apresenta uma considerável cobertura de estações gravimétricas, pertencente aos acervos de dados geofísicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Observatório Nacional (ON). Com a finalidade de m (mais) elhorar a distribuição de estações gravimétricas atualmente disponíveis, o Laboratório de Geofísica de Prospecção e Sensoriamento Remoto (LGPSR / UFC) executou um levantamento complementar em parceira com a Divisão de Geociências do IBGE, que permitiu uma modelagem gravimétrica tridimensional destas bacias rifte. Um procedimento de interpretação iterativa 3-D foi aplicado às anomalias gravimétricas da região do Vale do Cariri. Os modelos geofísicos resultantes forneceram estimativas aproximadas para o arcabouço geométrico das coberturas sedimentares, muito condizentes com informações de furos de sondagem e modelagens geofísicas prévias. A arquitetura interna das bacias em apreço, reveladas pelo processo interpretativo, confirma o forte controle estrutural exercido pelas zonas de fraqueza crustais preexistentes. Tal fato reforça a hipótese de reativação das extensas zonas de cisalhamento neoproterozóicas durante a implantação do rifteamento mesozóico responsável pela ruptura do paleo-continente Gonduana, com a separação América do Sul - África e abertura do Oceano Atlântico. Resumo em inglês An inversion method for three-dimensional modeling of gravity anomalies has been applied in the main intracratonic basins of Northeastern Brazil. These NE trending sedimentary basins of Cretaceous age are located in the Cariri Valley, in Ceará, Paraíba, and Pernambuco states, NE Brazil. The gravity stations database was obtained by several geophysical surveys carried out by Brazilian universities and geological government agencies. A complementary gravity survey was con (mais) ducted by the "Laboratório de Geofísica de Prospecção e Sensoriamento Remoto" (LGPSR) of Ceará State University and "Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística" (IBGE) to improve the distribution of gravity stations in the study area. The iterative interpretation technique was applied to the gravity anomalies of the Cariri Valley, which resulted in reliable estimates of the internal geometry of the rift basins. The gravity models indicate a strong structural control of pre-existing upper crustal weakness zones in the development of the graben architecture of the basins. This provides additional arguments to the hypothesis of extensive Neoproterozoic shear zone reactivation during the Mesozoic rifting process, whose evolution resulted in the South America - Africa separation and the opening of the Atlantic Ocean.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Assinaturas magnéticas e gravimétricas do arcabouço estrutural da bacia Potiguar emersa, NE do Brasil

Pedrosa Jr, Nilo Costa; Castro, David Lopes de; Matos, João Paulo Lopes de
2010-06-01

Resumo em português Apresenta-se nesse trabalho uma interpretação qualitativa das assinaturas aeromagnética e gravimétrica do arcabouço estrutural da Bacia Potiguar emersa, situada na porção setentrional da Província Borborema. O embasamento pré-cambriano consiste da amalgamação de blocos crustais arqueanos e proterozóicos, formados por diversas sequências litoestratigráficas de rochas ígneas e metamórficas. Estas unidades geológicas são parcialmente recobertas por um expre (mais) ssivo pacote sedimentar cretáceo, de até 6000 m de espessura, da Bacia Potiguar e depósitos de idades terciária e quaternária. O contexto geotectônico regional encontra-se condicionado por extensas zonas de cisalhamento neoproterozóicas, que foram reativadas por esforços distensionais associados a abertura do Atlântico Sul no Cretáceo Inferior. Neste sentido, o estudo da evolução tectônica mesozóica da Bacia Potiguar passa pelo conhecimento da trama estrutural pré-cambriana e sua relação com a arquitetura interna da bacia. A interpretação integrada dos dados geofísicos permitiu a caracterização de seis domínios magnéticos e gravimótricos distintos para o arcabouço regional da Bacia Potiguar, que podem ser correlacionados com os principais blocos geotectônicos da região. A arquitetura do rifte principal da bacia pode ser bem delineada nos diversos mapas geofísicos, estando esta inserida na configuração geotectônica regional, cujo trend estrutural tem direção principal NE-SW. As estruturas internas da bacia, como depocentros e altos estruturais internos, são também orientadas na direção preferencial NE-SW. Foi possível identificar descontinuidades nos lineamentos magnéticos e gravimétricos, que fornecem novas evidencias para o controle estrutural do embasamento sobre a distribuição de falhas normais e de transferência, que afetaram as rochas sedimentares meso-cenozóicas da bacia. Resumo em inglês This work presents a qualitative interpretation of aeromagnetic and gravity signatures of the onshore Potiguar Basin structural framework, located in the northern portion of the Borborema Province. The Precambrian basement consists of the amalgamation of Archaean and Proterozoic crustal blocks, formed by several lithostratigraphic sequences of igneous and metamorphic rocks. These geological units are partially underlain by more than 6000 m thick Cretaceous sedimentary str (mais) ata of the Potiguar Basin and deposits of Tertiary and Quaternary age. The regional structural framework is controlled by reactivation of Neoproterozoic shear zones, which culminated to the South Atlantic opening in the Cretaceous. In this sense, the study of the Potiguar basin tectonic evolution in Mesozoic depends on the knowledge of the plot structural Precambrian and its relationship with the internal architecture of the basin. The integrated interpretation of geophysical data allowed the characterization of six distinct magnetic and gravity domains correlated to the main geotectonic blocks. The internal geometry of the main rift structure could be well delineated in the various geophysical maps. The rift internal architecture is in the regional geotectonic setting, whose structural framework preferentially trends to NE-SW direction. The depocenters and internal basement highs are strongly NE-SW oriented. It was also possible to identify discontinuities in magnetic and gravity lineaments, which provide new evidences for the basement structural control on the distribution of normal and transfer faults, which outline the rift architecture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Gravity map of part of Northeast Brazil and adjacent continental margin and its interpretation based on the hypothesis of isostasy/ Mapa gravimétrico do Nordeste Setentrional do Brasil e margem continental adjacente: interpretação com base na hipótese de isostasia

Castro, D. L.; Medeiros, W. E.; Jardim de Sá, E. F.; Moreira, J. A. M.
1998-07-01

Resumo em português A integração de 37.435 dados gravimétricos (11.814 em terra e 25.621 no mar), provenientes de vários levantamentos independentes, permitiu a confecção de um mapa de anomalias Bouguer do Nordeste Setentrional do Brasil, com densidade média de cerca de 1 estação gravimétrica por cada 13 km2. Este mapa está limitado pelas longitudes 33° 30' W e 43° W e pelas latitudes 2° 55' S e 7° 30' S, cobrindo uma área com cerca de 1.000 km na direção leste-oeste por 50 (mais) 0 km na direção norte-sul. O mapa abrange a porção da Província Borborema que está a norte do lineamento Patos, bem como a parte leste da Bacia do Parnaíba e a margem continental adjacente. A anomalia mais expressiva do mapa Bouguer é um forte gradiente, margeando toda a costa, originado pela subida da Moho na transição da crosta continental para a crosta oceânica, implantada na separação América do Sul - África. As anomalias de médio a curto comprimento de onda são causadas por heterogeneidades intracrustais, representadas por blocos de idade precambriana, bem como granitóides brasilianos e bacias sedimentares mesozóicas. A utilização da hipótese de isostasia, associada a um modelo flexural, permitiu estimar, em caráter preliminar, o relevo da interface crosta-manto, com delimitação da zona de afinamento crustal associada à implantação do trend Cariri-Potiguar, definido pelos riftes intracontinentais mesozóicos. Além disso, foi identificada uma área de relativo espessamento crustal, na borda leste da Bacia do Parnaíba, que foi interpretada como estando associada a uma antiga colisão de blocos, durante o Ciclo Brasiliano. O mapa de anomalias isostáticas residuais, que ressalta a contribuição ao campo gravimétrico das bacias interiores, dos maciços granitóides e das faixas de supracrustais proterozóicas, permite identificar importantes variações laterais de densidade, que podem estar associadas com cisalhamentos de escala litosférica e limites dos terrenos que compõem o arcabouço estrutural da Província Borborema. Resumo em inglês Several independent gravity surveys were integrated to produce a gravity map of the northernmost portion of Northeast Brazil and its continental margin. At present, 37,435 gravity measure-ments were used (11,814 in land and 25,621 in sea), covering the area limited by longitudes 33° 30' W and 43° W and latitudes 2° 55' S and 7° 30' S, with an approximate density of 1 gravity station per 13 km2. The area has about 1,000 km (west-east direction) by 500 km (north-south d (mais) irection) and covers the portion of the Borborema Province located north of the Patos Lineament, the easternmost portion of the Parnaíba basin, and the adjacent continental margin. The dominant long wavelength anomaly in the Bouguer anomaly map is an expressive gradient, grossly parallel to the continental margin, caused by the Moho uplift in the transition from the continental crust to the oceanic crust originated by the separation between South America and Africa. Medium to small wavelength anomalies are due to intracrustal heterogeneities such as different Precambrian crustal blocks, Brasiliano-age granites and Mesozoic sedimentary basins. Based on a flexural model for isostasy, a preliminar estimate was obtained of the relief of the crust-mantle interface using the topographic/bathymetric data. It was possible to delineate a zone of crustal thinning associated to the Cariri-Potiguar trend of Mesozoic intracontinental rift basins. Around the eastern border of the Parnaíba basin, a zone of relatively thick crust was also identified, possibly representing a collision suture during the Brasiliano Cycle. The isostatic residual anomaly map displays a complex pattern of anomalies, some of them implying expressive lateral density changes possibly associated with lithospheric scale shear zones and terrane sutures which make up the structural framework of the Borborema Province.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)