Sample records for rickettsial diseases
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 4 shown.



1

Riquetsioses no Brasil e Portugal: ocorrência, distribuição e diagnóstico/ Rickettsial diseases in Brazil and Portugal: occurrence, distribution and diagnosis

Galvão, Márcio Antonio Moreira; Silva, Luiz Jacintho da; Nascimento, Elvira Maria Mendes; Calic, Simone Berger; Sousa, Rita de; Bacellar, Fátima
2005-10-01

Resumo em português O presente artigo é uma atualização sobre a ocorrência e diagnóstico das riquetsioses existentes no Brasil e Portugal, com o objetivo de incentivar e incrementar a vigilância epidemiológica dessas doenças nos dois países. Realizou-se levantamento bibliográfico e foram apresentados dados não publicados de laboratórios e serviços de epidemiologia. Os resultados descreveram a ocorrência das riquetsioses no Brasil e Portugal, inclusive aquelas recém-descritas, (mais) advindas de riquétsias de potencial patogênico ainda incerto. Os métodos diagnósticos atualmente empregados foram discutidos. Como em outros países, as riquetsioses parecem assumir crescente importância em saúde pública. Relegadas a um plano secundário por muitas décadas, o interesse por essas infecções tem aumentado nos dois países, mas ainda carece de investigação para esclarecer seu real significado em saúde pública. Resumo em inglês The present study is an update review on the occurrence and diagnosis of rickettsial diseases in Brazil and Portugal, aiming at promoting their epidemiological surveillance in both countries. A literature review was carried out and unpublished data of laboratories and surveillance systems were presented. The results described the occurrence of rickettsial diseases and infections in Brazil and Portugal, including other new and still poorly understood rickettsial infections (mais) . Current diagnostic methods were discussed. As in many other countries, rickettsial diseases and infections seem to be an emerging public health problem. Treated as a minor problem for many decades, the interest in these infections has increased in both countries but further studies are needed to establish their role as a public health problem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Riquetsioses no Brasil e Portugal: ocorrência, distribuição e diagnóstico/ Rickettsial diseases in Brazil and Portugal: occurrence, distribution and diagnosis

Galvão, Márcio Antonio Moreira; Silva, Luiz Jacintho da; Nascimento, Elvira Maria Mendes; Calic, Simone Berger; Sousa, Rita de; Bacellar, Fátima
2005-10-01

Resumo em português O presente artigo é uma atualização sobre a ocorrência e diagnóstico das riquetsioses existentes no Brasil e Portugal, com o objetivo de incentivar e incrementar a vigilância epidemiológica dessas doenças nos dois países. Realizou-se levantamento bibliográfico e foram apresentados dados não publicados de laboratórios e serviços de epidemiologia. Os resultados descreveram a ocorrência das riquetsioses no Brasil e Portugal, inclusive aquelas recém-descritas, (mais) advindas de riquétsias de potencial patogênico ainda incerto. Os métodos diagnósticos atualmente empregados foram discutidos. Como em outros países, as riquetsioses parecem assumir crescente importância em saúde pública. Relegadas a um plano secundário por muitas décadas, o interesse por essas infecções tem aumentado nos dois países, mas ainda carece de investigação para esclarecer seu real significado em saúde pública. Resumo em inglês The present study is an update review on the occurrence and diagnosis of rickettsial diseases in Brazil and Portugal, aiming at promoting their epidemiological surveillance in both countries. A literature review was carried out and unpublished data of laboratories and surveillance systems were presented. The results described the occurrence of rickettsial diseases and infections in Brazil and Portugal, including other new and still poorly understood rickettsial infections (mais) . Current diagnostic methods were discussed. As in many other countries, rickettsial diseases and infections seem to be an emerging public health problem. Treated as a minor problem for many decades, the interest in these infections has increased in both countries but further studies are needed to establish their role as a public health problem.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Caracterização de Rickettsia spp. circulante em foco silencioso de febre maculosa brasileira no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil/ Characterization of Rickettsia spp. circulating in a silent peri-urban focus for Brazilian spotted fever in Caratinga, Minas Gerais, Brazil

Cardoso, Luciane Daniele; Freitas, Renata Nascimento; Mafra, Cláudio Lísias; Neves, Cristiane Vilas Boas; Figueira, Fátima Cristina Bacellar; Labruna, Marcelo Bahia; Gennari, Solange M.; Walker, David Hughes; Galvão, Márcio Antônio Moreira
2006-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi caracterizar Rickettsia spp. circulante em artrópodes vetores no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil, por meio da PCR, e investigar a presença de anticorpos para riquétsias do grupo da febre maculosa em cães e eqüinos. 2.610 ectoparasitos foram coletados e identificados taxonomicamente. Amostras de DNA obtidas desses vetores foram submetidas à PCR e seqüenciamento. Em pulgas do gênero Ctenocephalides e em carrapatos Amblyomm (mais) a cajennense foram identificadas seqüências com 100% de homologia com R. felis. Em carrapatos Rhipicephalus sanguineus uma seqüência apresentou 99% de homologia com R. felis e uma seqüência obtida de A. cajennense apresentou 97% de homologia com R. honei e R. rickettsii. Soros de cães (73) e de eqüinos (18) foram submetidos à imunofluorescência indireta (RIFI) usando-se antígeno de R. rickettsii. Apenas três dos soros de eqüinos (17%) mostraram-se positivos. A detecção molecular de riquetsias potencialmente patogênicas ao homem em vetores e a presença de sororeatividade para riquetsias do grupo da febre maculosa em eqüinos, demonstram o risco de transmissão de riquetsioses nessa área e a necessidade de se manter um sistema contínuo de vigilância epidemiológica. Resumo em inglês The present study was intended to characterize Rickettsia spp. circulating in arthropod vectors in Caratinga, Minas Gerais, Brazil, by PCR and to investigate the presence of antibodies against the spotted fever Rickettsiae group (SFRG) in dogs and horses. 2,610 arthropods were collected and taxonomically identified. DNA samples obtained from these vectors were submitted to PCR and cycle-sequenced. Ctenocephalides and Amblyomma cajennense showed sequences presenting 100.0% (mais) homology with R. felis. A sequence obtained from Rhipicephalus sanguineus showed 99.0% homology with R. felis, and a sequence from A. cajennense showed 97.0% homology with R. honei and R. rickettsii. Canine (73) and equine (18) serum samples were tested by indirect fluorescent antibody (IFA) using R. rickettsii antigen. Only three of the equine sera tested (17.0%) had positive antibody titers. Molecular detection of rickettsiae species potentially pathogenic to humans in arthropod vectors and the presence of seroreactivity to SFRG in horses show the risk of transmission of rickettsiosis in this area and the need to maintain continuous epidemiological surveillance for rickettsial diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Caracterização de Rickettsia spp. circulante em foco silencioso de febre maculosa brasileira no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil/ Characterization of Rickettsia spp. circulating in a silent peri-urban focus for Brazilian spotted fever in Caratinga, Minas Gerais, Brazil

Cardoso, Luciane Daniele; Freitas, Renata Nascimento; Mafra, Cláudio Lísias; Neves, Cristiane Vilas Boas; Figueira, Fátima Cristina Bacellar; Labruna, Marcelo Bahia; Gennari, Solange M.; Walker, David Hughes; Galvão, Márcio Antônio Moreira
2006-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi caracterizar Rickettsia spp. circulante em artrópodes vetores no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil, por meio da PCR, e investigar a presença de anticorpos para riquétsias do grupo da febre maculosa em cães e eqüinos. 2.610 ectoparasitos foram coletados e identificados taxonomicamente. Amostras de DNA obtidas desses vetores foram submetidas à PCR e seqüenciamento. Em pulgas do gênero Ctenocephalides e em carrapatos Amblyomm (mais) a cajennense foram identificadas seqüências com 100% de homologia com R. felis. Em carrapatos Rhipicephalus sanguineus uma seqüência apresentou 99% de homologia com R. felis e uma seqüência obtida de A. cajennense apresentou 97% de homologia com R. honei e R. rickettsii. Soros de cães (73) e de eqüinos (18) foram submetidos à imunofluorescência indireta (RIFI) usando-se antígeno de R. rickettsii. Apenas três dos soros de eqüinos (17%) mostraram-se positivos. A detecção molecular de riquetsias potencialmente patogênicas ao homem em vetores e a presença de sororeatividade para riquetsias do grupo da febre maculosa em eqüinos, demonstram o risco de transmissão de riquetsioses nessa área e a necessidade de se manter um sistema contínuo de vigilância epidemiológica. Resumo em inglês The present study was intended to characterize Rickettsia spp. circulating in arthropod vectors in Caratinga, Minas Gerais, Brazil, by PCR and to investigate the presence of antibodies against the spotted fever Rickettsiae group (SFRG) in dogs and horses. 2,610 arthropods were collected and taxonomically identified. DNA samples obtained from these vectors were submitted to PCR and cycle-sequenced. Ctenocephalides and Amblyomma cajennense showed sequences presenting 100.0% (mais) homology with R. felis. A sequence obtained from Rhipicephalus sanguineus showed 99.0% homology with R. felis, and a sequence from A. cajennense showed 97.0% homology with R. honei and R. rickettsii. Canine (73) and equine (18) serum samples were tested by indirect fluorescent antibody (IFA) using R. rickettsii antigen. Only three of the equine sera tested (17.0%) had positive antibody titers. Molecular detection of rickettsiae species potentially pathogenic to humans in arthropod vectors and the presence of seroreactivity to SFRG in horses show the risk of transmission of rickettsiosis in this area and the need to maintain continuous epidemiological surveillance for rickettsial diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)