Sample records for reserve capacity
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 17 shown.



1

Formação das substâncias de reserva durante o desenvolvimento de sementes de urucum (Bixa orellana L. - Bixaceae)/ Formation of reserve substances during the development of annatto, Bixa orellana L. - Bixaceae, seeds

Amaral, Lourdes I. V. do; Pereira, Maria de Fátima D. A.; Cortelazzo, Ângelo L.
2001-04-01

Resumo em português As sementes de urucum não germinam durante os primeiros estádios de seu desenvolvimento devido em parte à insuficiência de materiais de reserva. A análise in situ do material de reserva das sementes revelou que ocorrem principalmente proteínas e amido nas células do endosperma. Durante os estádios iniciais do desenvolvimento, o formato dos grãos de amido mostrou-se elíptico, devido a menor quantidade de amilose. Durante o desenvolvimento, os grãos tornaram-se m (mais) ais esféricos devido ao aumento de amilose em relação a amilopectina. As células do endosperma não possuem corpos protéicos, mas armazenam proteínas. Durante o desenvolvimento houve acúmulo de proteínas dispersas pelo citoplasma. No estádio final do desenvolvimento, as proteínas tornaram-se compactadas devido à desidratação das sementes, que faz parte do processo global de maturação de sementes ortodoxas. A utilização de fluorescência natural revelou a presença de aminoácidos aromáticos no conteúdo protéico, principalmente triptofano e tirosina. Nestas sementes o conteúdo de matéria seca alcançou o máximo quando a semente apresentou cerca de 60% de umidade. Nesta fase a semente apresentou capacidade germinativa máxima. Resumo em inglês Annatto seeds do not germinate during early stages of their development because of insufficient reserve substances. In situ analysis showed that the principal reserves are proteins and starch, deposited in endosperm cells. During the early stages of development, the starch grains were elliptic, because amylose was the minor component. During development, these grains became more spherical due to an increase in amylose relative to amylopectin. Endosperm cells do not contai (mais) n protein bodies, but they accumulate proteins dispersed in the cytoplasm. At the final stage of development the proteins became compacted due to the dehydration of the seeds wich is part of the global process of orthodox seeds maturation. Natural fluorescence revealed aromatic amino acids, principally tryptophan and tyrosine in the proteins. The seeds reached their maximum dry weight after moisture contents had declined to around 60%. At this point the seeds presented maximum germination capacity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Substituição do carvedilol pelo propranolol em pacientes com insuficiência cardíaca/ Replacement of carvedilol for propranolol in patients with heart failure/ Sustitución del carvedilol por el propranolol en pacientes con insuficiencia cardíaca

Marques, Fabiana; Castro, Renato Barroso Pereira de; Nobre, Fernando; Pintya, Antonio Osvaldo; Gallo Júnior, Lourenço; Maciel, Benedito Carlos; Simões, Marcus Vinícius
2010-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Grandes estudos clínicos empregando os betabloqueadores carvedilol, metoprolol, bisoprolol e nebivolol, demonstraram melhora da sobrevida e dos sintomas em pacientes com insuficiência cardíaca. Apesar da falta de evidências científicas, é plausível que o efeito benéfico seja extensível a outros betabloqueadores. OBJETIVO: Avaliar em pacientes com insuficiência cardíaca o impacto da substituição do carvedilol por propranolol sobre a função ventri (mais) cular esquerda, capacidade funcional, qualidade de vida, níveis pressóricos e controle autonômico cardíaco. MÉTODOS: Vinte e nove pacientes com terapêutica medicamentosa otimizada incluindo doses máximas toleradas de carvedilol foram divididos em dois grupos: substituição de carvedilol por propranolol (n = 15) e manutenção de carvedilol (n = 14). Na condição basal, e após 6 meses, foram realizadas avaliações clínica e laboratorial com: ventriculografia nuclear, ecocardiografia, questionário de Minnesota, teste de caminhada, MAPA e Holter. RESULTADOS: As características laboratoriais e demográficas foram similares nos dois grupos na avaliação inicial. Ajuste individualizado da dose do propranolol garantiu grau semelhante de betabloqueio avaliado pela frequência cardíaca em repouso e reserva cronotrópica. A dose média de propranolol usada foi 109 ± 43 mg/dia. Apenas um paciente apresentou intolerância ao propranolol com retorno do carvedilol. Foi registrado um óbito no grupo propranolol. A fração de ejeção apresentou aumento significativo no grupo propranolol. As demais variáveis cardiovasculares não sofreram modificações significativas após troca do betabloqueador. CONCLUSÃO: Nossos resultados indicam que a substituição do carvedilol por propranolol em pacientes com insuficiência cardíaca não está associada à deterioração da fração de ejeção, da capacidade funcional, da qualidade de vida e das variáveis cardiovasculares de controle pressórico e autonômico. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Grandes estudios clínicos empleando los betabloqueantes carvedilol, metoprolol, bisoprolol y nebivolol, demostraron mejora de la sobrevida y de los síntomas en pacientes con insuficiencia cardíaca. A pesar de la falta de evidencias científicas, es plausible que el efecto benéfico sea extensible a otros betabloqueantes. OBJETIVO: Evaluar en pacientes con insuficiencia cardíaca el impacto de la sustitución del carvedilol por propranolol sobre la función (mais) ventricular izquierda, capacidad funcional, calidad de vida, niveles presóricos y control autonómico cardíaco. MÉTODOS: Veintinueve pacientes con terapéutica medicamentosa optimizada incluyendo dosis máximas toleradas de carvedilol fueron divididos en dos grupos: sustitución de carvedilol por propranolol (n=15) y manutención de carvedilol (n=14). En la condición basal, y después de 6 meses, fueron realizadas evaluaciones clínica y de laboratorio con: ventriculografía nuclear, ecocardiografía, cuestionario de Minnesota, test de caminata, MAPA y Holter. RESULTADOS: Las características de laboratorio y demográficas fueron similares en los dos grupos en la evaluación inicial. Un ajuste individualizado de la dosis de propranolol garantizó grado semejante de betabloqueo evaluado por la frecuencia cardíaca en reposo y reserva cronotrópica. La dosis media de propranolol usada fue 109 1 43 mg/día. Apenas un paciente presentó intolerancia al propranolol con retorno al carvedilol. Fue registrado un óbito no grupo propranolol. La fracción de eyección presentó aumento significativo en el grupo propranolol. Las demás variables cardiovasculares no sufrieron modificaciones significativas después del cambio de betabloqueante. CONCLUSIÓN: Nuestros resultados indican que la sustitución del carvedilol por propranolol en pacientes con insuficiencia cardíaca no está asociada al deterioro de la fracción de eyección, de la capacidad funcional, de la calidad de vida y de las variables cardiovasculares de control presórico y autonómico. Resumo em inglês BACKGROUND: Large clinical trials using the betablockers carvedilol, metoprolol, bisoprolol and nebivolol have demonstrated improvement of survival and symptoms in patients with heart failure. Despite the lack of scientific evidence, it is plausible that their beneficial effects are extensible to other betablockers. OBJECTIVE: To evaluate the impact of the replacement of carvedilol for propranolol on left ventricular function, functional capacity, quality of life, pressur (mais) e levels, and cardiac autonomic control in patients with heart failure. METHODS: Twenty nine patients receiving optimized drug therapy including maximum tolerated doses of carvedilol were divided into two groups: replacement of carvedilol for propranolol (n = 15) and continued carvedilol (n = 14). At baseline and 6 months later, clinical and laboratorial assessments were carried out with radionuclide ventriculography, echocardiography, Minnesota questionnaire, walk test, APBM and Holter monitoring. RESULTS: The clinical and demographic characteristics were similar in the two groups at baseline. Individualized propranolol dose adjustment ensured a similar degree of beta-blockade, as assessed by resting heart rate and chronotropic reserve. The mean propranolol dose used was 109 ± 43 mg/day. Only one patient presented with intolerance to propranolol, thus carvedilol was reintroduced. One death was recorded in group propranolol. Ejection fraction significantly increased in the propranolol group. No significant change was observed in the other cardiovascular variables after betablocker replacement. CONCLUSION: Our results indicate that replacement of carvedilol for propranolol in patients with heart failure is not associated with deterioration of the ejection fraction, functional capacity, quality of life, and other cardiovascular variables related to autonomic and blood pressure control., PP.0-0).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Prevalência de dispnéia e possíveis mecanismos fisiopatológicos envolvidos em indivíduos com obesidade graus 2 e 3/ Prevalence of and the potential physiopathological mechanisms involved in dyspnea in individuals with class II or III obesity

Teixeira, Christiane Aires; Santos, José Ernesto dos; Silva, Gerusa Alves; Souza, Elisa Sebba Tosta de; Martinez, José Antônio Baddini
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar a dispnéia e correlações com dados respiratórios de obesos graus 2 e 3. MÉTODOS: Estudaram-se 49 indivíduos com índice de massa corporal >35 kg/m², em dois grupos (presença ou ausência do sintoma). Avaliaram-se índice de dispnéia basal, espirometria, pressões respiratórias máximas e gasometria arterial. RESULTADOS: Doze indivíduos negaram dispnéia e 37 a confirmaram. O índice de dispnéia basal diferiu entre os dois grupos. Os valore (mais) s médios dos parâmetros para todos estiveram dentro da normalidade, exceto para: volume residual/capacidade pulmonar total, volume de reserva expiratório, diferença alvéolo-arterial de oxigênio. O grupo dispnéico mostrou valores significativamente inferiores de volume de reserva expiratório, pressão expiratória máxima e pH arterial. Para todos, o índice de massa corporal correlacionou-se significativamente com: índice de dispnéia basal, volume residual/capacidade pulmonar total, volume expiratório forçado no primeiro segundo/capacidade vital forçada, fluxo expiratório forçado entre 25% e 75% da capacidade vital forçada, pressão parcial de oxigênio no sangue arterial, diferença alvéolo-arterial de oxigênio e pressão parcial de gás carbônico no sangue arterial. O índice de dispnéia basal correlacionou-se significativamente com: volume residual/capacidade pulmonar total, volume de reserva expiratório, pressão parcial de oxigênio no sangue arterial, diferença alvéolo-arterial de oxigênio e pressão parcial de gás carbônico no sangue arterial. CONCLUSÃO: Dispnéia é uma queixa freqüente em obesos graus 2 e 3. Eles apresentam expressiva redução do volume de reserva expiratório e aumento da diferença alvéolo-arterial de oxigênio. As correlações encontradas apontam para comprometimento das pequenas vias aéreas na obesidade, o qual teria papel na gênese da dispnéia. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate dyspnea in individuals with Class II or III obesity and look for correlations among the respiratory data related to such individuals. METHODS: This study involved 49 subjects with a body mass index >35 kg/m², divided into two groups (those with dyspnea and those without). The baseline dyspnea index was evaluated, as were spirometry findings, maximal respiratory pressures and arterial blood gas analysis. RESULTS: Of the 49 subjects evaluated, 37 (mais) reported dyspnea and 12 reported no dyspnea. The baseline dyspnea index differed between the two groups. The mean values were within the range of normality for all subjects and all parameters, except for the following: ratio of residual volume to total lung capacity; expiratory reserve volume; and the alveolar-arterial oxygen gradient. The subjects with dyspnea presented significantly lower values for expiratory reserve volume, maximal expiratory pressure and arterial pH. In all subjects, body mass index correlated significantly with the following: baseline dyspnea index; the residual volume/total lung capacity ratio; the forced expiratory volume in one second/forced vital capacity ratio; forced expiratory flow between 25% and 75% of forced vital capacity; arterial oxygen tension; the alveolar-arterial oxygen gradient; and arterial carbon dioxide tension. The baseline dyspnea index was found to correlate significantly with the following parameters: residual volume/total lung capacity ratio; expiratory reserve volume; arterial oxygen tension; the alveolar-arterial oxygen gradient; and arterial carbon dioxide tension. CONCLUSION: Dyspnea is a common complaint in individuals with class II or III obesity. Such individuals present a pronounced reduction in expiratory reserve volume and an increase in the alveolar-arterial oxygen gradient. The correlations found suggest that obese individuals present dysfunction of the lower airways, and that obesity itself plays a role in the genesis of dyspnea.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Mineralogia e formas de potássio e magnésio em diferentes classes de pesos e tamanhos da fração areia de solos do Triângulo Mineiro/ Mineralogy and forms of K and Mg in different weight and size classes of sand fraction of Triângulo Mineiro soils, Minas Gerais State, Brazil

Melo, V. F.; Ribeiro, A. N.; Maschio, P. A.; Corrêa, G. F.; Lima, V. C.
2004-04-01

Resumo em português O presente trabalho objetivou estudar a distribuição da reserva de K e Mg nas diferentes classes da fração areia de solos do Triângulo Mineiro, destacando-se o potencial de liberação de formas não-trocáveis e estruturais destes nutrientes para as plantas. A seleção do local de amostragem foi definida com base nas diferenças entre os materiais de origem (Grupo Bauru, Araxá, São Bento e Coberturas Detrítico-Lateríticas Terciárias), estádio de desenvolvimen (mais) to dos solos e representação espacial das litologias. Amostras da fração areia dos solos foram separadas em areia leve (AL) e pesada (AP) com uso do bromofórmio (densidade 2,8 g cm-3) e, por meio de um conjunto de peneiras, a fração AL foi separada em cinco classes diferentes: areia muito grossa (AMG), areia grossa (AG), areia média (AM), areia fina (AF) e areia muito fina (AMF). Os teores totais e não-trocáveis de K e Mg foram obtidos após digestão das amostras com HF, HNO3 e H2SO4 concentrados e com HNO3 1 mol L-1 fervente, respectivamente. Na caracterização mineralógica da fração areia, utilizou-se a difração de raios-X. A fração areia dos solos é composta basicamente por quartzo, com predomínio de minerais leves e de menor tamanho (AF e AMF). Em geral, os difratogramas de raios-X da fração areia apresentaram apenas reflexões discretas de minerais primários fontes de nutrientes (MPFN), como mica e feldspato. Dentro da AL, os maiores teores de K e Mg totais foram advindos das frações mais finas (AF e AMF), tendo a fração AM apresentado a menor liberação de formas não-trocáveis destes nutrientes. Observou-se que solos com teores totais elevados de K e Mg na fração areia, geralmente, apresentaram maior capacidade de liberação de parte desses nutrientes para a solução do solo, atribuída à maior presença de MPFN. A fração areia dos solos originados de arenito da Formação Uberaba e de migmatito/micaxisto do Grupo Araxá apresentaram as maiores reservas e liberação de K e Mg. Resumo em inglês The objective of this work was to study the distribution of K and Mg reserve in different sand fraction classes of soils from the Triângulo Mineiro region (Minas Gerais state, Brazil), emphasizing the potential to release non-exchangeable and structural forms of these nutrients to plants. Sites were chosen for sampling based on the different parent materials (sandstone - Bauru Group, Granite - Araxá Group, basalt - São Bento Group and sediments - Detritic-Lateritic-Ter (mais) tiary Cover), weathering degree, and spatial lithology representation. Samples of sand fraction were separated according to their weight (heavy sand-AP and light sand-AL) using bromoform (d = 2.8 g cm-3). The AL fraction was separated in five size groups (very coarse sand-AMG, coarse sand-AG, medium sand-AM, fine sand-AF, and very fine sand-AMF) using a set of sieves. The total and non-exchangeable K and Mg concentration were determined after wet digestion of samples with a HF + HNO3 + H2SO4 mixture and boiling 1 mol L-1 HNO3, respectively. The mineralogy of the sand fraction was characterized by X-ray diffraction. The sand fraction of the soils were mainly composed of quartz with a predominance of light and fine minerals (AF and AMF). In general, X-ray difractograms indicated the presence of very low contents of primary minerals that are source of nutrients (MPFN), such as mica and feldspar. In the light sand fraction, the finest fractions (AF and AMF) were responsible for the highest total K and Mg contents, while the lowest non-exchangeable K and Mg release was observed for the AM fraction. It was observed a close relationship between the total K and Mg contents in the sand fraction and the capacity to release these nutrients to the soil solution was observed, which was attributed to the larger concentration of MPFN. The sand fraction of sandstone-developed soils (Uberaba Formation) and granite (Araxá Group) presented the largest reserve and release of K and Mg.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Influência da ascite na avaliação da função pulmonar em portadores de hipertensão portal/ Influence of ascites in the pulmonary function of patients with portal hypertension

Nitrini, Angela Maria Stiefano; Stirbulov, Roberto; Rolim, Ernani Geraldo
2004-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A oxigenação inadequada nos pacientes com hipertensão portal pode ser secundária a alterações na mecânica respiratória, determinadas pela presença da ascite. OBJETIVO: Avaliar a função pulmonar de doentes com hipertensão portal antes e após redução do volumeda ascite. Método: Quinze doentes com hipertensão portal e ascite foram submetidos a provas de função pulmonar, constituindo-se de espirometria e gasometria arterial, antes e após redu (mais) ção do volume da ascite. Os parâmetros analisados foram: capacidade vital forçada (CVF); volume expiratório no primeiro segundo (VEF1); fluxo expiratório entre 25 e 75% da CVF (FEF 25-75% ); volume de reserva expiratória (VRE); relação VEF1 / CVF; pressão arterial de oxigênio (PaO2), pressão arterial de dióxido de carbono (PaCO2) e saturação arterial de oxigênio (SaO2). RESULTADOS: Houve melhora significativa dos volumes pulmonares analisados após a diminuição da ascite com o tratamento diurético associado ou não à paracentese. CONCLUSÃO: Concluímos que nos doentes com hipertensão portal e ascite, há diminuição dos volumes pulmonares emrelação aos valores preditos, com melhora significativa após diminuição da ascite. Do mesmo modo, observamos aumento na PaO2 e na SaO2. Resumo em inglês BACKGROUND: Oxygen deficiency in patients with portal hypertension may be secondary to changes in respiratory mechanics due to ascites. OBJECTIVES: Evaluate pulmonary function in patients with portal hypertension before and after reduction of the ascites. METHOD: Fifteen patients with portal hypertension and ascites were submitted to pulmonary function tests, comprising spirometry and arterial blood gas determination, before and after reduction of ascites. The analysed pa (mais) rameters were: forced vital capacity (FVC); forced expiratory volume in one second (FEV1); forced expiratory flow between 25-75% of the forced vital capacity (FEF 25-75%); expiratory reserve volume (ERV); FEV1/CVF; arterial oxygen pressure (PaO2); arterial carbon-dioxide pressure (PaCO2) and arterial oxygen saturation (SaO2). RESULTS: There was remarkable improvement in pulmonary volumes after decrease of ascites by treatment with diuretics associated or not to paracentesis. CONCLUSION: We concluded, that in patients with portal hypertension and ascites, there is a decrease of pulmonary volumes compared to predicted values, with significant improvement after decrease of ascites. Similarly, an increase of the arterial oxygen pressure and of the arterial oxygen saturation was perceived.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Estudo dos volumes pulmonares e da mobilidade toracoabdominal de portadoras de obesidade mórbida, submetidas à cirurgia bariátrica, tratadas com duas diferentes técnicas de fisioterapia/ Study on pulmonary volumes and thoracoabdominal mobility in morbidly obese women undergoing bariatric surgery, treated with two different physical therapy methods

Costa, D; Forti, EMP; Barbalho-Moulim, MC; Rasera-Junior, I
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar os efeitos da fisioterapia respiratória convencional (FRC) e FRC associada à estimulação diafragmática elétrica transcutânea (EDET) nos volumes pulmonares e mobilidade toracoabdominal em pacientes submetidas à cirurgia bariátrica. MÉTODOS: Este estudo prospectivo randomizado avaliou 44 mulheres candidatas a cirurgia bariátrica com 37,4±8,1 anos, índice de massa corpórea de 47,4±6,1 Kg/m², no pré-operatório, 15º e 30º dias pós-operat (mais) ório em relação às medidas do volume de reserva inspiratório (VRI), volume de reserva expiratório (VRE), e capacidade inspiratória (CI) e da mobilidade toracoabdominal por meio da espirometria e da cirtometria, respectivamente. A FRC consistiu de exercícios respiratórios diafragmáticos, inspirações profundas, fracionadas e exercícios respiratórios associados à movimentação dos membros superiores. Foi realizada uma série de 10 repetições cada exercício, duas vezes ao dia, durante a internação. Para a EDET, foram posicionados 2 eletrodos na região paraesternal ao lado do processo xifoide e outros 2, entre o 6º e 7º espaços intercostais, nas linhas axilares anteriores bilateralmente. O teste de Friedman foi utilizado para comparação de amostras repetidas intragrupos e o de Mann-Whitney para a comparação intergrupos. Um valor de p Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the effects of conventional respiratory physical therapy (CRP) and CRP associated with transcutaneous electrical diaphragmatic stimulation (TEDS) on the pulmonary volumes and the thoracoabdominal mobility of patients undergoing bariatric surgery. METHODS: This randomized prospective study evaluated 44 female candidates for bariatric surgery (age 37.4±8.1 years; body mass index 47.4±6.1 kg/m²), before surgery and 15 and 30 days after surgery. The c (mais) andidates were evaluated with regard to measurements of inspiratory reserve volume (IRV), expiratory reserve volume (ERV), inspiratory capacity (IC) and thoracoabdominal mobility, by means of spirometry and cirtometry, respectively. CRP consisted of diaphragmatic respiratory exercises, deep fractionated inspiration and respiratory exercises associated with upper limb movement. One set of 10 repetitions of each exercise was carried out twice daily while hospitalized. For TEDS, two electrodes were placed on the parasternal region, next to the xiphoid process, and another two between the sixth and seventh intercostal spaces, bilaterally on the anterior axillary lines. Friedman's test was used to compare repeated measures within groups, and the Mann-Whitney test for comparisons between groups. P values

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Estudo da Regeneração Natural das Espécies Arbóreas Autóctones na Reserva Natural da Serra da Malcata/ Study of the Natural Regeneration of the Native Arboreal Vegetation at Serra da Malcata Nature Reserve/ Étude de la Régénération Naturelle des Végétations d'Arbres Autochtones dans la Réserve Naturelle de Serra da Malcata

Meireles, Catarina; Gonçalves, Paula; Rego, Francisco; Silveira, Sofia
2005-12-01

Resumo em português As diversas actividades humanas praticadas ao longo dos séculos na Reserva Natural da Serra da Malcata levaram à destruição de grande parte da vegetação arbórea autóctone da zona: bosques de Quercus suber (sobreiro) e de Quercus pyrenaica (carvalho-negral ou carvalho-pardo-das-beiras) característicos, respectivamente, da bacia do Rio Bazágueda, a Sul e das bacias da Ribeira da Meimoa e Rio Côa, no Centro e Norte. Esta vegetação climácica foi substituída por (mais) grandes extensões de formações arbustivas e, nas áreas menos acessíveis da região centro-sul, por comunidades de Arbutus unedo (medronheiro), assim como por bosques secundários de Quercus rotundifolia (azinheira) na zona de domínio do sobreiro. A recuperação da vegetação potencial é uma das prioridades da Área Protegida, pelo que se decidiu avaliar a capacidade de restauração das comunidades climatófilas a partir da regeneração natural das quatro espécies supra mencionadas nos principais tipos de vegetação arbustiva e arbórea não intervencionados em anos recentes (tipo de intervenção designado por "Dinâmica Natural") e os geridos com "Fogo" e "Corte". Determinou-se, igualmente, a influência de diversos factores ecológicos e caracterizadores das comunidades na instalação da regeneração natural. Os resultados obtidos apontam para a necessidade de recorrer à plantação de Quercus suber, Quercus rotundifolia e Arbutus unedo na sua área de distribuição, enquanto os bosques de Quercus pyrenaica do centro e Norte poderão ser mantidos através da adequada gestão da regeneração vegetativa encontrada no sobcoberto. Resumo em inglês Human activities practised over the centuries at Serra da Malcata Nature Reserve have lead to considerable deterioration of the native arboreal vegetation characteristic of the region: Quercus suber (cork oak) and Quercus pyrenaica (Pyrenean oak) woodlands, and are found in the Bazágueda River basin in the South and the Meimoa Stream and Côa River basins in the centre and the North, respectively. This climax vegetation has been substituted by large patches of shrubland, (mais) and in the quasi-inaccessible areas by Arbutus unedo (strawberry tree) copses. The latter represents the first retrogressive seral stage of the above mentioned forests as well as in the secondary Quercus rotundifolia (round-leafed oak) woods in the cork oak's geographic range. The restoration of native vegetation is one of the priorities of the Protected Area and is the reason why the restorative capacity of the climax communities was assessed from the natural regeneration of the four above-mentioned species in the main shrub and arboreal communities. The assessment was carried out on areas not managed in recent years (management regime known as "Natural Dynamics") as well as on those subjected to "Fire" and "Cutting". The effect of various ecological factors and community attributes on the implementation of natural regeneration was also studied. The results emphasise the need to plant Quercus suber, Quercus rotundifolia and Arbutus unedo within their natural range, while the Quercus pyrenaica woodlands of the centre and North can be maintained through an adequate management of the vegetative regeneration found in the understory.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Efeito do treinamento físico de membros superiores aeróbio de curta duração no deficiente físico com hipertensão leve/ The effect of short term Aerobic physical training using upper limbs in paraplegic persons with mild to moderate hypertension

Haddad, Sandra; Silva, Paulo Roberto Santos; Pereira Barretto, Antonio Carlos; Ferraretto, Ivan
1997-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar as alterações provocadas pelo treinamento físico (TF), com membros superiores (MMSS), em condição aeróbia de curta duração, sobre variáveis dos sistemas cardiovascular e metabólico. MÉTODOS: Foram estudados 11 deficientes físicos (DF) paraplégicos, com média de idade de 59 anos, sendo 7 homens e 4 mulheres, com lesão de T9 a T11 e grau leve de hipertensão arterial sistêmica (HAS). Os DF foram avaliados antes e após 12 semanas de um pr (mais) ograma de TF supervisionado de MMSS, por meio de teste ergométrico (TE) em cicloergômetro mecânico adaptado para MMSS, utilizando-se protocolo intermitente com incremento de carga de 125kgm/min (20w) para mulheres e 140kgm/min (25w) para homens a cada 3min., em velocidade que variou de 83 a 95rpm. O consumo de oxigênio (VO2) foi calculado de acordo com a equação para MMSS do American College of Sports Medicine. A intensidade do exercício durante o programa de TF foi estabelecida pela reserva de freqüência cardíaca (RFC) de Karvonen, com variação de 65% a 85% e escala de percepção subjetiva ao esforço de Borg obtida pelo TE. RESULTADOS: A capacidade aeróbia máxima estimada aumentou 22% (930±349 vs 1138±290mL/min; p=0,003); a pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) em repouso e no exercício submáximo diminuíram em 4%, 15% e 5%, 5%, respectivamente. CONCLUSÃO: O TF aeróbio de intensidade leve a moderada com MMSS, além de melhorar a aptidão funcional exerce também papel importante como modelo terapêutico não medicamentoso na resposta hipertensiva observada em DF paraplégicos. Resumo em inglês PURPOSE: To study the modifications induced by physical training (PT) using upper limbs in aerobic condition of short duration on cardiovascular and metabolic variables. METHODS: Eleven paraplegic persons, with a mean age of 59 years, 7 men and 4 women with lesions at T9 through T11 and mild hypertension (HAS) were studied. The patients were studied before and after 12 weeks of a supervised program of PT, through exercise tests in a mechanic ergometer (ST) adapted for the (mais) arms. We emploied an intermittent protocol with stress increments of 125 (20w) and 140kgm/min (25w) for women and men, respectively every 3min. The ergometric speed ranged from 83 to 95rpm. The oxygen consumption (VO2) was estimated according to American College of Sports Medicine equation for arms. The exercise intensity during the TF program was estimated through the Karvonen cardiac frequency reserve, with a variation of 65% to 85% and the Borg stress scale of subjetive perception during the stress test. RESULTS: The mean maximal aerobic capacity increased in 22% (930+349 vs 1138+290mL/min; p=0.003); there was a reduction of systolic and diastolic pressures at rest and after submaximal exercise of 4%,15% and 5% and 5%, respectively. CONCLUSION: Physical training of mild to moderate intensity using the upper limbs in paraplegic persons, besides inducing functional capacity increment , is an important model of non drug control of the hypertensive response.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Determinação do índice de qualidade subsuperficial em um Latossolo Amarelo Coeso dos Tabuleiros Costeiros, sob floresta natural/ Determination of the subsurface quality index in a Cohesive Argisolic Yellow Latosol under natural forest in Coastal Plains

Melo Filho, José Fernandes de; Souza, André Leonardo Vasconcelos; Souza, Luciano da Silva
2007-12-01

Resumo em português O solo é um recurso natural fundamental para a vida. Sua capacidade para funcionar como substrato para vegetais, filtro ambiental, regulador de fluxo de gases, água e energia é definida como qualidade do solo, cuja quantificação pode ser feita via estabelecimento de um índice numérico, que permite monitorar os efeitos do uso agrícola nos atributos e propriedades do solo. O objetivo do presente trabalho foi determinar o índice de qualidade do solo (IQS) para os ho (mais) rizontes subsuperficiais em um Latossolo Amarelo coeso argissólico (LAx) dos Tabuleiros Costeiros, sob floresta natural. A área estudada localiza-se em uma reserva de Mata Atlântica situada no município de Cruz das Almas-BA, e as amostras foram coletadas em um grid de 18 x 8 m, com espaçamento regular de 2 m, resultando em 50 repetições. Para determinação do índice de qualidade do solo, foram avaliados 11 indicadores de qualidade: macroporosidade, densidade do solo, condutividade hidráulica saturada, retenção de água a -33 kPa (Uv33/PT), relação de disponibilidade de água no solo (AD/PT), pH, resistência à penetração (RP), capacidade de troca catiônica (CTC), percentagem de saturação por bases (V), percentagem de saturação por alumínio (m) e teor de matéria orgânica (MO), agrupados em três funções principais: crescimento radicular em profundidade (CRP), condução e armazenamento de água (CAA) e suprimento de nutrientes (SN). O valor do IQS foi de 0,4620, indicando que o solo possui baixa qualidade para produção vegetal e seu uso em sistemas agrícolas exige melhorias nos indicadores de qualidade para o suprimento de nutrientes e condução e armazenamento de água. Resumo em inglês Soil is an essential natural resource for life. Its overall capacity to function as substratum for plants, as environmental filter and regulator of gas, water and energy flow is defined as soil quality. An soil quality index can be used to monitor the effects of agricultural use on the soil attributes. The objective of this study was to determine a soil quality index (SQI) for the subsurface horizons of a cohesive argisolic Yellow Latosol (LAx) of Coastal Plains under nat (mais) ural forest. The study area was located in the natural reserve of the Atlantic Forest in Cruz das Almas-BA, Brazil. The samples were collected in a 18 x 8 m grid at a regular distance of 2 m, with 50 replications. To determine the SQI, 11 quality indicators were evaluated: macroporosity, soil density, saturated hydraulic conductivity, water retention at -33 kPa (Uv33/TP), relationship of water availability in the soil (WA/TP), pH, penetration resistance, cation exchange capacity (CEC), base saturation (V %), aluminum saturation (m %), and organic matter. These indicators were grouped based on three main functions: root growth in depth; water conduction and storage; and nutrient supply. The SQI value was 0.4620, which indicates a soil of poor quality for crop production. The SQI index suggests that nutrient supply, water conduction and storage must be improved for the use of this soil in agricultural systems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Controle de frequência híbrido em sistemas elétricos com incidência de geração distribuída/ Hybrid control of frequency in power systems with distribuited generation

Portolann, César A.; Campagnolo, Jorge M.
2010-10-01

Resumo em português As mudanças estruturais ocorridas nos mercados de eletricidade, fizeram a economia ser tão importante quanto à segurança em sistemas elétricos. Assim, os investimentos são mais seletivos, geralmente não acompanhando o crescimento da demanda. Como resultado, os sistemas tendem a operar com a sua máxima utilização. Ao mesmo tempo, há um incentivo para o uso da geração distribuída, particularmente a geração eólica, que se por um lado melhora a capacidade de (mais) geração, por outro dificulta o controle da freqüência. Para utilizar a geração eólica, mantendo uma boa qualidade de freqüência, alguns recursos podem ser utilizados, tais como o aumento da reserva operativa, limitação da taxa de penetração da geração eólica, utilização de turbinas com controle do ângulo de pás, interfaces eletrônicas e armazenagem de potência ativa, porém, são soluções geralmente onerosas ou pouco eficientes. Assim, propõe-se a avaliação de uma solução híbrida, onde um alívio de carga modificado ajuda o controle convencional na regulação de freqüência. Este alívio de carga é visto como uma ferramenta operacional, que atua também em regime permanente e não somente como medida de emergência. Isto permite usufruir dos benefícios da geração eólica, contornando as suas implicações na freqüência, e ainda com custo compatível. Resumo em inglês The structural changes that occurred in the market of electricity made the economy have the same importance as the safety in electric systems. Consequently, the investments are more pondered, usually not following the growth of the demand. As a result, the systems tend to operate at their maximum use. At the same time, there is an encouragement regarding the use of wind power, which on the one hand improves the generation capacity but on the other harms the frequency. To (mais) use the wind power, maintaining good frequency quality, some resources could be used, such as an increase in the spinning reserve, the limitation on the penetration level of the wind power, the use of turbines with blade pitch control, electronic interfaces and storage of active power, however they are onerous and partial solutions. Considering these issues, the evaluation of a hybrid solution is proposed, where a modified load shedding helps the conventional control in the frequency regulation. This load shedding is seen as an operational tool, which also operates in a steady state and not only as an emergency measure. This may allow obtaining the advantages of the wind power while its implications in the frequency stay soften, with compatible cost.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Composição química e mobilização de reservas em sementes de soja de alto e baixo vigor/ Chemical composition and reserve mobilization in soybean seeds with high and low vigor

Henning, Fernando Augusto; Mertz, Liliane Marcia; Jacob Junior, Elias Abrahão; Machado, Ronei Dorneles; Fiss, Guilherme; Zimmer, Paulo Dejalma
2010-01-01

Resumo em português O estudo dos efeitos do vigor das sementes sobre os estádios iniciais do desenvolvimento das plântulas de soja é importante, já que compreendem o período de estabelecimento da cultura. Sementes de baixo vigor podem provocar reduções na velocidade de emergência e na produção de biomassa seca de plântulas, podendo afetar o estabelecimento da cultura. Este estudo teve por objetivo quantificar os componentes químicos e avaliar a capacidade de mobilização de rese (mais) rvas, na germinação de sementes de soja de alto e baixo vigor. Foram utilizadas três cultivares: BRS 243RR, BRS 246RR e CD 219RR. A caracterização do vigor foi por meio do teste de envelhecimento acelerado. Para determinação da composição química das sementes, foram quantificados os teores de proteínas, amido e açúcar solúvel, além da atividade da isoenzima alfa amilase. A capacidade de mobilização das reservas na germinação foi avaliada por meio da massa seca e do comprimento das plântulas. De acordo com os resultados desse trabalho, em sementes mais vigorosas há maiores conteúdos de proteínas solúveis, amido e açúcares solúveis, bem como maior capacidade de mobilização de reservas na germinação, resultando em plântulas de soja com melhor desempenho inicial. Resumo em inglês The study of vigour effect on the initial stages of soybean seeds development is important, once it includes the period of crop establishment. Seeds with low vigour may result in reduction of emergence rate and dry matter production, which may affect the crop establishment. The aims of this study were to quantify chemical components and to evaluate the capacity of seed reserve mobilization in germination of soybean seeds with high and low vigour. Three cultivars, BRS 243R (mais) R, BRS 246RR and CD 219RR were studied. The characterization of seed vigour was performed by the accelerated aging test. To determine seed chemical composition, soluble sugar, starch and soluble protein were quantified; in addition alpha amylase isoenzyme activity was also evaluated. The capacity of seed reserve mobilization during germination was evaluated by seedling dry matter and length. According to the results of this study, high vigour soybean seeds exhibit higher content of soluble proteins, starch and soluble sugars. Besides, they showed higher capacity of seed reserve mobilization during germination, resulting in a better performance for seedlings development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Composição da mastofauna de médio e grande porte na reserva indígena "Parabubure", Mato Grosso, Brasil/ Composition of medium and large-sized mammalian fauna from "Parabubure" indian reserve, Mato Grosso, Brazil

Rocha, Ednaldo Cândido; Silva, Elias
2009-06-01

Resumo em português O Cerrado, segundo maior bioma brasileiro, foi considerado um dos 25 hotspots do planeta, por apresentar alto grau de endemismo e ser uma das regiões biologicamente mais ricas e ameaçadas em termos mundiais. Mas muitas áreas desse bioma ainda carecem de conhecimentos elementares sobre seu potencial biológico, evidenciando-se a necessidade de gerar informações através de inventários e diagnósticos ambientais. Nesses termos, este estudo objetivou inventariar as esp (mais) écies de mamíferos de médio e grande portes na Reserva Indígena "Parabubure", Município de Campinápolis, leste do Estado de Mato Grosso. Para tanto, no período compreendido entre 12 de agosto e 27 de setembro de 2005, a porção leste da reserva, com cerca de 25.000 ha, foi aleatoriamente percorrida em busca de evidências de mamíferos de médio e grande portes. A amostragem incluiu métodos diretos (sinais acústicos e visualizações) e indiretos (pegadas, fezes e tocas) para o registro das espécies. Foram obtidos registros de 30 espécies de mamíferos silvestres, 28 de médio e grande portes e duas de pequeno porte, sendo sete listadas como ameaçadas de extinção em nível nacional. Por fim, embora enfrente queimadas periódicas, aparentemente a principal fonte de ameaça à mastofauna na Reserva Indígena "Parabubure" é a caça, tanto a realizada pelos índios Xavantes, sem um plano de sustentabilidade baseado na capacidade de suporte de cada espécie, quanto a praticada por outros agentes. Resumo em inglês Cerrado, the second largest Brazilian biome, was considered as one of the 25 hotspots of the planet due to its high rate of endemism and because it is one the richest biological regions besides, also considered globally threatened. However, a lot of areas belonging to its biome are needed of elementary knowledge about its biological potential, highlighting the necessity of producing information by making inventories and environmental diagnostics. Based on that, this work (mais) aimed to create an inventory for the medium and large-sized mammalian species from the "Parabubure" Indian Reserve, Campinápolis county, Mato Grosso state east. Therefore, the East portion of the Reserve, rating around 25,000 ha, was randomly walked to search for medium and large-sized mammalian evidences during August 12th to September 27th 2005. In order to register the species, the sampling included both direct (acoustics signs and visualizations) and indirect (track, feces and dens) methods. Thirty species of wild mammals, from which 28 were medium and large-sized animals and 2 small-sized animals, were registered, seven of them happen to be listed as endangered species on national level. Lastly, in spite of the mammalian fauna from "Parabubure" Indian Reserve goes throw periodical burnt, apparently, the major threatening source to the mammalian fauna in the Indian Reserve is hunting, both practiced by Xavantes Indians, which has no sustainability plan based on each species capacity support, and other agents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Caracterização da matéria orgânica do solo em fragmentos de mata atlântica e em plantios abandonados de eucalipto/ Quality of soil organic matter in fragments of atlantic forest and abandoned eucalyptus plantations

Miranda, Cristiana do Couto; Canellas, Luciano Pasqualoto; Trindade Nascimento, Marcelo
2007-10-01

Resumo em português A compreensão da dinâmica da matéria orgânica (MO) nos ecossistemas de Mata Atlântica é necessária para o manejo eficiente e conservação de vegetações nativas. A natureza química das substâncias húmicas (SHs) reflete os processos de gênese e uso do solo e pode ser usada como indicador da qualidade da MO. O objetivo deste estudo foi usar a qualidade da MO como sinalizador do ambiente edáfico em áreas de mata nativa, sobre Gleissolo Háplico Tb distrófico, (mais) argissólico e Cambissolo Háplico Tb distrófico, e em plantios abandonados de eucalipto de diferentes idades, sobre Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico latossólico, localizados na Reserva Biológica União, RJ. Para isso, foram avaliadas as distribuições da MO humificada e os ácidos húmicos do solo por meio de métodos químicos e espectroscópicos, em duas profundidades do solo (0-0,10 e 0,10-0,20 m). Os solos da Reserva Biológica apresentaram fertilidade natural muito baixa, condição esta limitante para o processo de humificação. As SHs representaram, portanto, menos de 50 % do carbono prontamente oxidável, indicando que as substâncias não-húmicas compõem a maior parte da MO; portanto, a serrapilheira tem o papel central na nutrição das plantas e microrganismos. A distribuição relativa das frações que compõem a MO humificada não foi alterada pela cobertura vegetal nem pela classe de solo. Os ácidos húmicos apresentaram natureza química semelhante à normalmente encontrada para os ácidos fúlvicos, e tais características foram expressas no baixo conteúdo de C e nos elevados valores das razões H/C e O/C e da acidez, o que levou à formação de material humificado pouco condensado.A espectroscopia de infravermelho indicou o efeito do tipo de solo e da cobertura vegetal sobre a qualidade química dos ácidos húmicos. O material humificado isolado da Mata Atlântica apresentou maior intensidade de fluorescência, sugerindo maior labilidade e capacidade de ceder elétrons para reações químicas do solo. Resumo em inglês The organic matter dynamics in Atlantic forest ecosystems must be understood to ensure the efficiency of conservation programs. Chemical characteristics of humic substances are important because they reflect the soil genesis processes and soil management, and can be used as indicator of the organic matter quality. The purpose of this study was to test the organic matter quality as a marker of the soil environment in areas of native Atlantic forest developed on a distrophy (mais) c Gleysol and a distrophyc Cambisol and in abandoned plantations of eucalyptus of different ages, at the União Biological Reserve, RJ, Brazil. The distribution of the humified fractions of the soil organic matter and humic acids were evaluated by chemical and spectroscopic methods, in two soil layers (0-0.10 and 0.10-0.20 m). Soil fertility of the Biological Reserve was very low, representing a limiting factor for the humification process. Humic substances represented less than 50 % of the oxidized carbon, indicating that most of the organic matter consists of non-humic substances. Consequently, forest litterfall plays a central role in the plant/microorganism nutrition. The relative distribution of the humic fraction was not altered by the plant cover or soil class. The chemical nature of the humic acids was similar to fulvic acids. These characteristics were expressed by a low carbon content, high H/C and O/C ratios and high acidity values which resulted in humified material with low chemical evolution. Infrared spectroscopy indicated the effect of the soil class and plant cover on the chemical quality of the humic acids. The fluorescence intensity of humified material isolated from the Atlantic forest area was high, suggesting higher lability and capacity to release electrons for chemical reactions in the soil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Bloqueio do plexo braquial por via interescalênica: efeitos sobre a função pulmonar/ Interscalene brachial plexus block: effects on pulmonary function/ Bloqueo del plexo braquial por vía interescalénica: efectos sobre la función pulmonar

Hortense, Alexandre; Perez, Marcelo Vaz; Amaral, Jose Luis Gomes do; Oshiro, Ana Cristina Martins de Vasconcelos; Rossetti, Heloisa Baccaro
2010-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A via interescalênica é um dos acessos mais comumente utilizados no bloqueio do plexo braquial. Todavia, tem-se demonstrado associação dessa técnica com o bloqueio do nervo frênico ipsilateral. A disfunção diafragmática daí resultante provoca alterações na mecânica pulmonar, potencialmente deletérias em pacientes com limitação da reserva ventilatória. O objetivo do estudo foi avaliar a repercussão do bloqueio interescalênico s (mais) obre a função pulmonar por meio da medida da capacidade vital forçada (CVF). MÉTODO: Estudo duplamente encoberto com 30 pacientes, estado físico I ou II (ASA), distribuídos aleatoriamente em dois grupos de15. Foi administrada solução a 0,5% de ropivacaína (Grupo Ropi) ou bupivacaína a 0,5% com epinefrina (Grupo Bupi). O bloqueio foi realizado utilizando estimulador de nervo periférico e sendo injetados 30 mL de anestésico local. Quatro espirometrias foram realizadas em cada paciente: antes do bloqueio, 30 minutos, 4 e 6 horas após. Os pacientes não receberam sedação. RESULTADOS: Um paciente do Grupo Ropi e três pacientes do Grupo Bupi foram excluídos do estudo por falha de bloqueio. A redução da CVF no Grupo Ropi foi máxima aos 30 minutos (25,1%) e a partir de então houve tendência progressiva à recuperação. Já com bupivacaína, a redução da CVF pareceu ser menos acentuada nos diversos momentos estudados; observou-se redução adicional entre 30 minutos (15,8%) e 4 horas (17,3%), sendo esta sem diferença estatística. A partir de 4 horas, notou-se tendência à recuperação. Em ambos os grupos, após 6 horas de bloqueio a CVF encontra-se ainda abaixo dos valores prévios. CONCLUSÕES: O bloqueio interescalênico reduz a CVF na maioria dos casos; as alterações foram mais acentuadas no Grupo Ropivacaína. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La vía interescalénica es uno de los accesos más a menudo utilizados en el bloqueo del plexo braquial. Sin embargo, se ha demostrado una asociación de esa técnica con el bloqueo del nervio frénico ipsilateral. La disfunción diafragmática de resultas de esa asociación, provoca alteraciones en la mecánica pulmonar, potencialmente perjudiciales en pacientes con una limitación de la reserva ventilatoria. El objetivo del estudio fue evalua (mais) r la repercusión del bloqueo interescalénico sobre la función pulmonar por medio de la medida de la capacidad vital forzada (CVF). MÉTODO: Estudio doble ciego, con 30 pacientes, estado físico I o II (ASA), distribuidos aleatoriamente en dos grupos de 15. Se administró solución a 0,5% de ropivacaína (Grupo Ropi) o bupivacaína a 0,5% con epinefrina (Grupo Bupi). El bloqueo fue realizado utilizando estimulador de nervio periférico e inyectando 30 mL de anestésico local. Cuatro espirometrías se hicieron en cada paciente: antes del bloqueo, 30 minutos, 4 y 6 horas después. Los pacientes no recibieron sedación. RESULTADOS: Un paciente del Grupo Ropi y tres pacientes del Grupo Bupi, quedaron excluidos del estudio por fallos de bloqueo. La reducción de la CVF en el Grupo Ropi se hizo máxima a los 30 minutos (25,1%) y a partir de entonces, hubo una tendencia progresiva a la recuperación. Ya con la bupivacaína, la reducción de la CVF pareció ser menos acentuada en los diversos momentos estudiados; se observó una reducción adicional entre 30 minutos (15,8%) y 4 horas (17,3%), siendo esa sin diferencia estadística. A partir de 4 horas, se notó una tendencia a la recuperación. En los dos grupos, después de 6 horas de bloqueo, la CVF todavía estaba por debajo de los valores previos. CONCLUSIONES: El bloqueo interescalénico reduce la CVF en la mayoría de los casos; las alteraciones fueron más acentuadas en el Grupo Ropivacaína. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The interscalene is one of the most common approaches used in brachial plexus block. However, the association of this approach with the ipsilateral blockade of the phrenic nerve has been demonstrated. The resulting diaphragmatic dysfunction causes changes in lung mechanics, which can be potentially deleterious in patients with limited respiratory reserve. The objective of the present study was to evaluate the repercussion of interscalene brachia (mais) l plexus block on pulmonary function by measuring forced vital capacity (FVC). METHODS: This is a double-blind study with 30 patients, physical status ASA I or II, randomly separated into two groups of 15 patients each; 0.5% ropivacaine (Ropi Group) or 0.5% bupivacaine with epinephrine (Bupi Group) was administered. A peripheral nerve stimulator was used, and 30 mL of the local anesthetic were administered. Four spirometries were done in each patient: before the blockade, 30 minutes, four hours, and six hours after the blockade. Patients were not sedated. RESULTS: One patient in the Ropi Group and three patients in the Bupi Group were excluded from the study due to failure of the blockade. The Ropi Group showed maximal FVC reduction at 30 minutes (25.1%), with a tendency for recovery from this point on. With bupivacaine, the reduction in FVC was less important at the different study moments; an additional reduction was observed between 30 (15.8%) and four hours (17.3%), but it was not statistically significant. A tendency for recovery was observed from four hours on. In both groups, the FVC six hours after the blockade was still below baseline levels. CONCLUSIONS: Interscalene block reduces FVC in most cases. Changes were more pronounced in the Ropivacaine group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Biomassa da rebrota de copas de pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke) em plantios sob sombra parcial em floresta primária/ Canopy sprouting biomass of rosewood (Aniba rosaeodora Ducke) in an Amazonian terra firme forest

Sampaio, Paulo de Tarso Barbosa; Barbosa, Antenor Pereira; Vieira, Gil; Spironello, Wilson Roberto; Bruno, Flávio Mauro Souza
2005-12-01

Resumo em português Este estudo propõe uma nova metodologia de exploração do pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke) em substituição ao método tradicional, predatório, de corte raso. Avaliando-se a biomassa da rebrota de copas (galhos e folhas) e de cepas cortadas a 1 m de altura do solo, será possível inferir sobre o manejo de plantios visando maximizar a produção de óleo essencial desta espécie. Os plantios estão localizados na Reserva Florestal Adolph Ducke, Manaus, Brasil. Treze (mais) anos após a poda das copas e do corte das árvores a 1 m do solo, o peso seco da rebrota da copa (39,5 kg) foi significativamente superior ao peso seco de galhos e folhas das árvores testemunha (23 kg) e da rebrota das cepas (13,7 kg), revelando que a poda da copa estimulou maior produtividade de galhos e folhas das árvores do plantio. Como o peso do fuste representou 85,5% da média do peso total das árvores e a produtividade de óleo é diretamente proporcional á biomassa aérea, a exploração atual é predominantemente feita através do corte raso das árvores. A alta capacidade de rebrota da copa e o maior rendimento de óleo a partir de galhos e folhas em relação à madeira, no entanto, indicam que o manejo dos plantios desta espécie poderá ser feito através da poda da copa das árvores, evitando a destruição total das árvores e uma possível extinção da espécie. Resumo em inglês The aim of this study is to develop a new management technique in rosewood trees (Aniba roseodora Ducke) to replace the traditional clear-cut method. The biomass of branches and leaves originated by sprouting is used to estimate oil productivity, focusing on the silvicultural management of this species. The plantation is located at the Adolpho Ducke Forest Reserve, Manaus, Brazil. The biomass of branches and leaves was quantified 13 years after the first pruning. The aver (mais) age dry weight of tree canopy sprouts (39.5 kg) was greater than the control (23 kg). That is one indication that the canopy pruning technique can stimulate higher biomass productivity. Because the trunk weight represented 85.5 % of total tree weight and the oil productivity is directly related to above-ground biomass the usual current management is through clear-cutting. The canopy sprouting capacity and the higher oil productivity from branches and leaves than those found in trunks therefore reveal that the management of this species could be done through tree canopy pruning, avoiding the traditional tree exploitation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Avaliação rebrota da copa das árvores de pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke) em sistema de podas sucessivas/ Evaluation of resprouting of rosewood tree (Aniba rosaeodora Ducke) crowns in sucessive prunings

Sampaio, Paulo de Tarso B.; Santos, Márcia Castro dos; Vieira, Gil; Spironello, Wilson; Useche, Fabio Lozano; Bruno, Flávio Mauro Souza
2007-01-01

Resumo em português O estudo foi conduzido em um plantio de pau-rosa com 36 anos, localizado na Reserva Florestal Adolpho Ducke, Manaus-AM, Brasil, latitude 03º00' 00 "e 03º08'00" S e longitude 59º52'40 "e 59º58'00" W. Foi determinada a biomassa da rebrota da copa das árvores de pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke, Lauraceae), podadas duas vezes (em 2000 e 2002) e das árvores podadas três vezes (em 1987, 2000 e 20002). Os resultados não indicaram diferenças significativas entre o DAP, (mais) altura total, número de brotos/fuste, comprimento e diâmetro dos brotos e peso verde da copa das árvores podadas duas ou três vezes. Os coeficientes de regressão e de correlação de Pearson indicaram que a biomassa da copa das árvores podadas pela terceira vez está fortemente correlacionada com a radiação PAR direta, PAR difusa, PAR total e o índice de área foliar. O elevado número de brotos/fuste revelou boa capacidade da rebrota da copa após sucessivas podas, fato que possibilita o manejo da biomassa das árvores através de podas. Resumo em inglês This study was carried out in a rosewood plantation (36 years-old) located in the Adolpho Ducke Forest Reserve, Manaus, Amazonas, Brazil, latitude 03º00' 00 " to 03º08'00" S and longitude 59º52'40 " to 59º58'00" W. The biomass of sprouts was determined from twice pruned (2000 and 2002) rosewood ( Aniba rosaeodora Ducke, Lauraceae) tree crowns, and from those harvested three times (1987, 2000 and 2002). The results show that there are no significant differences in biom (mais) ass productions between trees harvested two or tree times for the following parameters: DBH, total height, number of sprouts per bole, sprout length and diameter, and fresh canopy fresh weight. The regression and Pearson correlation coefficients showed that crown biomass from the third pruning was strongly correlated with direct PAR, diffuse PAR and total PAR and LAI (leaf area index). The high number of sprouts per bole reveals the crown's resprouting capacity after successive pruning. This shows that the species can be managed for biomass production through successive pruning.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Avaliação da função pulmonar na obesidade graus I e II/ Evaluation of pulmonary function in class I and II obesity

Rasslan, Zied; Saad Junior, Roberto; Stirbulov, Roberto; Fabbri, Renato Moraes Alves; Lima, Carlos Alberto da Conceição
2004-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A obesidade pode afetar o tórax, diafragma e músculos abdominais, determinando alterações na função respiratória. OBJETIVO: Avaliar os efeitos da obesidade e correlacionar o índice de massa corporal (IMC) e a circunferência abdominal com os valores espirométricos em individuos obesos. MÉTODO: Foram estudados 48 indivíduos não obesos e 48 indivíduos com obesidade graus I e II, não fumantes, ambos os sexos, idade variando entre 18 e 75 anos, IMC (mais) entre 30 e 40kg/m² e ausência de história progressa de morbidade. Foram realizadas espirometria e medidas da circunferência abdominal. RESULTADOS: Não houve diferenças significativas quando se comparou valores espirométricos de homens com obesidade graus I e II com de não obesos. Nas mulheres obesas, a capacidade vital forçada e o volume expirado forçado no primeiro segundo foram significativamente menores que nas não obesas. Homens e mulheres obesos apresentaram volumes de reserva expiratório significativamente menores que não obesos. Embora a capacidade inspiratória tenha sido maior em homens e mulheres obesos, esse aumento foi significativo apenas em homens. Em homens obesos houve correlação negativa e significativa entre o IMC e circunferência abdominal e o volume de reserva expiratório, e também correlação negativa e significativa entre a circunferência abdominal e o volume expirado forçado no primeiro segundo, o que não ocorreu entre as mulheres. CONCLUSÃO: Mulheres com obesidade graus I e II apresentaram alterações na função pulmonar. Esta não é influenciada pelo IMC em homens obesos. No entanto, observou-se que eles apresentaram correlação negativa e significativa entre o IMC e o volume de reserva expiratório. A função pulmonar é influenciada pelos valores da circunferência abdominal em homens com obesidade graus I e II. Resumo em inglês BACKGROUND: Obesity can effect the thorax, diphragm and abdominal muscles, thereby resulting in altered respiratory function. OBJECTIVE: To evaluate the effects of obesity and to determine whether body mass index (BMI) and waist circumference correlate with spirometry values in obese individuals. METHOD: We studied 96 non-smokers of both sexes, 48 suffering from class I and class II obesity and ranging in age rom 18 to 75. All participants presented a BMI between 30 kg/m� (mais) � and 40 kg/m² and none had a history of morbidity. Spirometry was performed, and waist circumferences were measured. RESULTS: No significant differences were found between the spirometric values of men with class I or II obesity and those of non-obese men. In obese women, forced vital capacity and forced expiratory volume in one second (FEV1) were significantly lower than in women who were not obese. Obese individuals of both sexes presented significantly lower expiratory reserve volume (ERV) than did non-obese individuals. Although inspiratory capacity was greater in obese men and women, the difference was significant only for the men. In obese men, there was a significant negative correlation, not seen in the women, between waist circumference and FEV1. CONCLUSION: Pulmonary function is altered in women suffering from class I and II obesity. In obese men, although pulmonary function is unaffected by BMI, we observed a significant negative correlation between BMI and ERV. We can conclude that pulmonary function is influenced by waist circumference in men suffering from class I and II obesity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)