Sample records for rene 95
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 7 shown.



1

Exposição combinada entre ruído e vibração e seus efeitos sobre a audição de trabalhadores/ Combined exposure to noise and vibration and its effects on worker's hearing

Silva, Luiz Felipe; Mendes, René
2005-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Quantificar a exposição de motoristas de ônibus à vibração de corpo-inteiro e ao ruído, e analisar a possível associação entre estes dois fatores de risco para a perda auditiva induzida por ruído. MÉTODOS: Trata-se de estudo transversal onde 141 motoristas de ônibus se submeteram a exame audiométrico. O grupo de motoristas foi estratificado internamente em subgrupos de "expostos" e "controles", conforme antigüidade na empresa. Foram avaliadas as e (mais) xposições ao ruído e à vibração de corpo-inteiro (VCI). Empregou-se a técnica de regressão logística para descrever a associação entre perda auditiva induzida por ruído (PAIR) e o conjunto de variáveis explanatórias. RESULTADOS: O nível de exposição semanal [L EP,w(média ± desvio-padrão)] foi de 83,6±1,9 dB(A) para os motoristas de ônibus com motor dianteiro e de 77,0±1,1 dB(A) para aqueles que operam veículos com motor traseiro. O valor médio da aceleração da vibração, ponderado, foi de 0,85 m/s². O modelo mais ajustado apontou idade (>44; RC=2,54; IC 95%=1,15-5,62), diabetes (RC=5,46; IC 95%=0,95-31,4) e nível de imissão sonora (>86,8 dB(A); RC=2,76; IC 95%=1,24-6,15) como variáveis significantes para o desenvolvimento de PAIR. Em outro modelo analisado, a exposição à VCI foi significante. CONCLUSÕES: Os níveis de VCI encontrados foram relevantes. Em veículos com motor dianteiro, a exposição ao ruído é maior. Não foi observada associação entre exposição à VCI e PAIR, nem interação com a exposição ao ruído. Outro modelo sugere a associação de PAIR com VCI, recomendando análises posteriores. Resumo em inglês OBJETIVE: To assess the exposure of bus drivers to noise and whole-body vibration (WBV) and to examine the possibility of an association between these risk factors for noise-induced hearing loss. METHODS: A cross-sectional study was carried out among 141 bus drivers who underwent an audiometry test. This group was classified and internally stratified in subgroups of "exposed" and "controls" according to cumulative working time as bus drivers. Their exposure to noise and v (mais) ibration was assessed. The association between noise-induced hearing loss (NIHL) and the set of explanatory variables was analyzed through logistic regression. RESULTS: The average (± standard deviation) weekly noise exposure of front-engine bus drivers was 83.6±1.9 dB(A), while rear-engine bus drivers were exposed to 77.0±1.1 dB(A). The weighted average of vibration acceleration was 0.85/m². In the best adjusted model, the multivariable analysis showed that age (>44; OR=2.54; 95% CI=1.15-5.62), diabetes (OR=5.46; 95% CI=0.95-31.4), and the level of noise emission [>86.8 dB(A); OR=2.76; 95% CI=1.24-6.15] were risk factors for NIHL. In another model studied, WBV exposure was significant in determining NIHL. CONCLUSIONS: Bus drivers were exposed to significant WBV levels. The noise exposure was more pronounced in front engine than in rear-engine vehicles. No association between WBV exposure and NIHL was observed and no interaction was found between WBV and noise exposure. Further studies are required as other model indicated an association between WBV and NIHL.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Exposição combinada entre ruído e vibração e seus efeitos sobre a audição de trabalhadores/ Combined exposure to noise and vibration and its effects on worker's hearing

Silva, Luiz Felipe; Mendes, René
2005-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Quantificar a exposição de motoristas de ônibus à vibração de corpo-inteiro e ao ruído, e analisar a possível associação entre estes dois fatores de risco para a perda auditiva induzida por ruído. MÉTODOS: Trata-se de estudo transversal onde 141 motoristas de ônibus se submeteram a exame audiométrico. O grupo de motoristas foi estratificado internamente em subgrupos de "expostos" e "controles", conforme antigüidade na empresa. Foram avaliadas as e (mais) xposições ao ruído e à vibração de corpo-inteiro (VCI). Empregou-se a técnica de regressão logística para descrever a associação entre perda auditiva induzida por ruído (PAIR) e o conjunto de variáveis explanatórias. RESULTADOS: O nível de exposição semanal [L EP,w(média ± desvio-padrão)] foi de 83,6±1,9 dB(A) para os motoristas de ônibus com motor dianteiro e de 77,0±1,1 dB(A) para aqueles que operam veículos com motor traseiro. O valor médio da aceleração da vibração, ponderado, foi de 0,85 m/s². O modelo mais ajustado apontou idade (>44; RC=2,54; IC 95%=1,15-5,62), diabetes (RC=5,46; IC 95%=0,95-31,4) e nível de imissão sonora (>86,8 dB(A); RC=2,76; IC 95%=1,24-6,15) como variáveis significantes para o desenvolvimento de PAIR. Em outro modelo analisado, a exposição à VCI foi significante. CONCLUSÕES: Os níveis de VCI encontrados foram relevantes. Em veículos com motor dianteiro, a exposição ao ruído é maior. Não foi observada associação entre exposição à VCI e PAIR, nem interação com a exposição ao ruído. Outro modelo sugere a associação de PAIR com VCI, recomendando análises posteriores. Resumo em inglês OBJETIVE: To assess the exposure of bus drivers to noise and whole-body vibration (WBV) and to examine the possibility of an association between these risk factors for noise-induced hearing loss. METHODS: A cross-sectional study was carried out among 141 bus drivers who underwent an audiometry test. This group was classified and internally stratified in subgroups of "exposed" and "controls" according to cumulative working time as bus drivers. Their exposure to noise and v (mais) ibration was assessed. The association between noise-induced hearing loss (NIHL) and the set of explanatory variables was analyzed through logistic regression. RESULTS: The average (± standard deviation) weekly noise exposure of front-engine bus drivers was 83.6±1.9 dB(A), while rear-engine bus drivers were exposed to 77.0±1.1 dB(A). The weighted average of vibration acceleration was 0.85/m². In the best adjusted model, the multivariable analysis showed that age (>44; OR=2.54; 95% CI=1.15-5.62), diabetes (OR=5.46; 95% CI=0.95-31.4), and the level of noise emission [>86.8 dB(A); OR=2.76; 95% CI=1.24-6.15] were risk factors for NIHL. In another model studied, WBV exposure was significant in determining NIHL. CONCLUSIONS: Bus drivers were exposed to significant WBV levels. The noise exposure was more pronounced in front engine than in rear-engine vehicles. No association between WBV exposure and NIHL was observed and no interaction was found between WBV and noise exposure. Further studies are required as other model indicated an association between WBV and NIHL.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Estudo epidemiológico sobre a silicose pulmonar na Região Sudeste do Brasil, através de inquérito em pacientes internados em hospitais de tisiologia/ An epidemiologic study of silicosis in the Southeast Region of Brazil, from a survey of patients in tuberculosis hospitals

Mendes, René
1979-03-01

Resumo em português Com base no conhecimento de que a tuberculose pulmonar é freqüente complicação evolutiva da silicose (caracterizando a sílicotuberculose), foi realizado estudo visando a ampliar o conhecimento da epidemiologia desta doença profissional na Região Sudeste do Brasil, através do levantamento detalhado dos antecedentes ocupacionais de 3.440 pacientes masculinos, adultos, internados por tuberculose, em 27 Hospitais de Tisiologia, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeir (mais) o e Minas Gerais (Brasil). Através da anamnese ocupacional foram detectados 327 "prováveis casos" de sílicotuberculose (9,5%). As leituras independentes e "cegas" das radiografias de tórax, feitas por três profissionais experientes em silicose (2 Pneumologistas e 1 Radiologista), confirmaram a presença de imagens positivas ou suspeitas de pneumoconiose, em 119 pacientes (3,5%). Esta proporção de casos de sílicotuberculose, aplicada ao número total de internações de adultos masculinos, ocorridas em 1977, e à freqüência da tuberculose em pacientes silicóticos, de acordo com a experiência brasileira (3,3%), permitiu estimar em 20.000 o número aproximado de portadores de silicose na Região Sudeste do Brasil. Idêntico raciocínio permitiu estimar em 5.100 o número de portadores de silicose no Estado de São Paulo, 6.900 no Rio de Janeiro e 7.400 em Minas Gerais. Com base na amostra de 119 casos de sílicotuberculose encontrados, são estudados alguns caracteres epidemiológicos da silicose nessa Região: idade dos pacientes, atividades ocupacionais exercidas e tempo de exposição. Concluiu-se pela importância da silicose como "problema de saúde pública" nessa Região, e como "doença profissional" que deveria merecer prioridade dos órgãos responsáveis pela Saúde Ocupacional no Brasil. Resumo em inglês To increase current knowledge concerning the epidemiology of silicosis in the southeast of Brazil, a detailed survey was carried out through the occupational histories of 3,440 adult male patients admitted for tuberculosis to 27 tuberculosis hospitals in the states of S. Paulo, Rio de Janeiro, and Minas Gerais (Brazil). Analysis of complete occupational histories disclosed 327 (9.5%) suspected cases of silicotuberculosis. Random and independent readings of chest roentgeno (mais) grams by three experienced professionals (two pneumologists and one radiologist) confirmed positive or suspected shadows of pneumoconiosis in 119 patients (3.5%). Applying this rate of silicotuberculosis to the total number of adult male admissions in 1977 and the tuberculosis frequency in silicotics in Brazil - 3.3% - indicates an estimated 20,000 cases of silicotics in southeastern Brazil. The 119 patients with confirmed or suspected shadows furnished epidemiological characteristics, such as, age, occupation, and length of exposure, which are presented. The importance is stressed of silicosis as a public health problem in this region and as an occupational disease meriting priority by the occupational health agencies authorities in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Estudo epidemiológico sobre a silicose pulmonar na Região Sudeste do Brasil, através de inquérito em pacientes internados em hospitais de tisiologia/ An epidemiologic study of silicosis in the Southeast Region of Brazil, from a survey of patients in tuberculosis hospitals

Mendes, René
1979-03-01

Resumo em português Com base no conhecimento de que a tuberculose pulmonar é freqüente complicação evolutiva da silicose (caracterizando a sílicotuberculose), foi realizado estudo visando a ampliar o conhecimento da epidemiologia desta doença profissional na Região Sudeste do Brasil, através do levantamento detalhado dos antecedentes ocupacionais de 3.440 pacientes masculinos, adultos, internados por tuberculose, em 27 Hospitais de Tisiologia, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeir (mais) o e Minas Gerais (Brasil). Através da anamnese ocupacional foram detectados 327 "prováveis casos" de sílicotuberculose (9,5%). As leituras independentes e "cegas" das radiografias de tórax, feitas por três profissionais experientes em silicose (2 Pneumologistas e 1 Radiologista), confirmaram a presença de imagens positivas ou suspeitas de pneumoconiose, em 119 pacientes (3,5%). Esta proporção de casos de sílicotuberculose, aplicada ao número total de internações de adultos masculinos, ocorridas em 1977, e à freqüência da tuberculose em pacientes silicóticos, de acordo com a experiência brasileira (3,3%), permitiu estimar em 20.000 o número aproximado de portadores de silicose na Região Sudeste do Brasil. Idêntico raciocínio permitiu estimar em 5.100 o número de portadores de silicose no Estado de São Paulo, 6.900 no Rio de Janeiro e 7.400 em Minas Gerais. Com base na amostra de 119 casos de sílicotuberculose encontrados, são estudados alguns caracteres epidemiológicos da silicose nessa Região: idade dos pacientes, atividades ocupacionais exercidas e tempo de exposição. Concluiu-se pela importância da silicose como "problema de saúde pública" nessa Região, e como "doença profissional" que deveria merecer prioridade dos órgãos responsáveis pela Saúde Ocupacional no Brasil. Resumo em inglês To increase current knowledge concerning the epidemiology of silicosis in the southeast of Brazil, a detailed survey was carried out through the occupational histories of 3,440 adult male patients admitted for tuberculosis to 27 tuberculosis hospitals in the states of S. Paulo, Rio de Janeiro, and Minas Gerais (Brazil). Analysis of complete occupational histories disclosed 327 (9.5%) suspected cases of silicotuberculosis. Random and independent readings of chest roentgeno (mais) grams by three experienced professionals (two pneumologists and one radiologist) confirmed positive or suspected shadows of pneumoconiosis in 119 patients (3.5%). Applying this rate of silicotuberculosis to the total number of adult male admissions in 1977 and the tuberculosis frequency in silicotics in Brazil - 3.3% - indicates an estimated 20,000 cases of silicotics in southeastern Brazil. The 119 patients with confirmed or suspected shadows furnished epidemiological characteristics, such as, age, occupation, and length of exposure, which are presented. The importance is stressed of silicosis as a public health problem in this region and as an occupational disease meriting priority by the occupational health agencies authorities in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Estudo dos efeitos de temporada de treinamento físico sobre a Performance de uma equipe de handebol feminino sub-21/ Study of the effect of a physical training season on performance of a women's under 21 handball team

Dechechi, Clodoaldo José; Machado, Eduarda Faria Abrahão; Ide, Bernardo Neme; Lopes, Charles Ricardo; Brenzikofer, René; Macedo, Denise Vaz de
2010-08-01

Resumo em português O handebol é um esporte que demanda resistência associada a ações rápidas e potentes, como saltos, bloqueios, sprints e arremessos. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de treinamento físico sistematizado de 38 semanas aplicado em uma equipe de handebol feminino sub-21 sobre a potência de membros superiores e inferiores, velocidade e resistência de sprints de 30m. A periodização consistiu de adaptação da teoria de cargas concentradas e objetivou dois (mais) picos de performance durante a temporada, com seis coletas de dados. Os valores de mediana e amplitude de variação dos dados (entre parênteses) para o teste de arremesso de medicine ball de 3kg foram: 2,98m (2,15-3,50), 2,84m (2,43-3,20), 2,90m (2,60-3,38), 3,10 (2,83-3,81), 2,84 (2,55-3,57) e 3,34 (2,93-3,83). Para o teste de salto triplo horizontal alternado: 5,60m (4,93-6,58), 5,37m (5,04-6,38), 5,36m (4,93-6,12), 5,65m (4,80-6,78), 5,63m (5,00-6,40) e 5,83m (5,14-6,05). Para o teste de velocidade de sprint de 30m: 5,8m/s (5,45-6,44), 6,64m/s (6,24-7,09), 5,65m/s (5,17-5,95) (não houve coleta IV para esta capacidade), 6,19m/s (5,57-6,26) e 5,83m/s (5,14-6,05). Para o número de sprints até queda de 10% velocidade de 30m: 4 (4-6), 5 (4-9), 4,5 (4-16) (não houve coleta IV para esta capacidade), 6 (4-12) e 5 (4-5). Observamos diferenças estatisticamente significativas nos testes de arremesso de medicine ball de 3kg e salto triplo horizontal em relação aos testes do início da temporada (p Resumo em inglês Handball is a sport that demands endurance associated with fast and powerful actions such as jumps, blocks, sprints and throws. The aim of this study was to evaluate the effects of a 38-week systematic physical training applied to a women's under 21 handball team on upper and lower limb power, 30m sprints speed and endurance. The periodization applied was an adaptation of the Verkhoshansky theory, and aimed at two performance peaks during the season with six data collecti (mais) ons. The median and range values for three kg medicine ball throwing was: 2.98m (2.15-3.50); 2.84m (2.43-3.20); 2.90m (2.60-3.38); 3.10 (2.83-3.81); 2.84 (2.55-3.57) and 3.34 (2.93-3.83). Regarding the three-pass running test: 5.60m (4.93-6.58); 5.37m (5.04-6.38); 5.36m (4.93-6.12); 5.65m (4.80-6.78); 5.63m (5.00-6.40) and 5.83m (5.14-6.05). Regarding the 30-m sprint test: 5.8m/s (5.45-6.44); 6,64 m/s (6,24-7,09); 5.65m/s (5.17-5.95); (there was not IV moment for this test); 6.19 m/s (5.57-6.26) and 5.83 (5.14-6.05).Regarding the 30-m sprint endurance test until 10% decrease: 4 sprints (4-6); 5 sprints (4-9); 4,5 sprints (4-16); (there was not IV moment for this test); 6 sprints (4-12) and 5 sprints (4-5). Significant differences (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Alguns aspectos epidemiológicos dos acidentes de trabalho fatais ocorridos em Campinas, SP (Brasil), 1972-1978/ Epidemiological aspects of fatal occupational accidents, Campinas, SP (Brazil), 1972-1978

Ferreira, Renata Rivera; Mendes, René
1981-06-01

Resumo em português Estudo epidemiológico de 341 acidentes de trabalho fatais ocorridos em Campinas, no período de 1972 a 1978, realizado a partir da consulta a arquivos do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS). Identificaram-se como caracteres epidemiológicos predominantes o acometimento de adultos jovens (68,3% das vítimas fatais tinham menos de 40 anos), do sexo masculino (95,6%); os "condutores de veículos de transporte" constituíram a categoria profissional mais acometi (mais) da (19,4%), seguida da dos serventes de obras (10,4%); a construção civil foi o ramo de atividade que mais contribuiu para a mortalidade por acidentes de trabalho (29,9%); os "acidentes de trânsito de veículos a motor" constituíram-se na causa externa mais freqüente (50,1%), seguindo-se o grupo dos "outros acidentes" (22,9%) e o das "quedas acidentais" (12,6%); os "traumatismos de crânio" foram a natureza da lesão mais freqüente. São mencionados alguns aspectos a serem considerados na prevenção, quanto à prioridade da construção civil e quanto à participação das Empresas na prevenção de acidentes de trânsito em situação ocupacional. Resumo em inglês Scrutiny of INPS (National Institute of Social Welfare) files resulted in a epidemiologic survey of 341 fatal occupational accidents in Campinas, SP (Brazil), that occurred between 1972 and 1978. The main epidemiologic types were: violent incidents resulting in the death of young adults (63.3% were under 40 and 95.6% were male); the professional category most victimized was that of the transport vehicle drivers (19.4%), followed by construction helpers (10.4%); constructi (mais) on work as an activity held the highest occupational accident mortality (29.9%); motor vehicle traffic accidents were the most frequent external causes of death (50.1%) and was followed by other accidents (22.9%) and accidental falls (12.6%); skull trauma was the most frequent lesion-type injury. Considering these statistics, certain aspects of prevention were stressed with priority being given to civil construction and to company participation in the prevention of traffic accidents when the vehicle is being used for company purposes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Alguns aspectos epidemiológicos dos acidentes de trabalho fatais ocorridos em Campinas, SP (Brasil), 1972-1978/ Epidemiological aspects of fatal occupational accidents, Campinas, SP (Brazil), 1972-1978

Ferreira, Renata Rivera; Mendes, René
1981-06-01

Resumo em português Estudo epidemiológico de 341 acidentes de trabalho fatais ocorridos em Campinas, no período de 1972 a 1978, realizado a partir da consulta a arquivos do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS). Identificaram-se como caracteres epidemiológicos predominantes o acometimento de adultos jovens (68,3% das vítimas fatais tinham menos de 40 anos), do sexo masculino (95,6%); os "condutores de veículos de transporte" constituíram a categoria profissional mais acometi (mais) da (19,4%), seguida da dos serventes de obras (10,4%); a construção civil foi o ramo de atividade que mais contribuiu para a mortalidade por acidentes de trabalho (29,9%); os "acidentes de trânsito de veículos a motor" constituíram-se na causa externa mais freqüente (50,1%), seguindo-se o grupo dos "outros acidentes" (22,9%) e o das "quedas acidentais" (12,6%); os "traumatismos de crânio" foram a natureza da lesão mais freqüente. São mencionados alguns aspectos a serem considerados na prevenção, quanto à prioridade da construção civil e quanto à participação das Empresas na prevenção de acidentes de trânsito em situação ocupacional. Resumo em inglês Scrutiny of INPS (National Institute of Social Welfare) files resulted in a epidemiologic survey of 341 fatal occupational accidents in Campinas, SP (Brazil), that occurred between 1972 and 1978. The main epidemiologic types were: violent incidents resulting in the death of young adults (63.3% were under 40 and 95.6% were male); the professional category most victimized was that of the transport vehicle drivers (19.4%), followed by construction helpers (10.4%); constructi (mais) on work as an activity held the highest occupational accident mortality (29.9%); motor vehicle traffic accidents were the most frequent external causes of death (50.1%) and was followed by other accidents (22.9%) and accidental falls (12.6%); skull trauma was the most frequent lesion-type injury. Considering these statistics, certain aspects of prevention were stressed with priority being given to civil construction and to company participation in the prevention of traffic accidents when the vehicle is being used for company purposes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)