Sample records for raffinose
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 10 shown.



1

O processamento doméstico do feijão-comum ocasionou uma redução nos fatores antinutricionais fitatos e taninos, no teor de amido e em fatores de flatulência rafinose, estaquiose e verbascose

Costa de Oliveira, Admar; da Silva Queiroz, Keila; Helbig, Elizabete; Pissini Machado Reis, Soely Maria; Carraro, Francisco
2001-09-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da maceração e do processamento doméstico do feijão-comum na composição química, nos teores de fitatos, de taninos, de amido e de fatores de flatulência, utilizando os seguintes tratamentos: feijão-comum cru (FC), cozido sem maceração liofilizado (FCSM), cozido sem água de maceração não absorvida liofilizado (FCSAM), cozido com água de maceração não absorvida liofilizado (FCCAM) e na água de maceração (AM). Os feijões foram macer (mais) ados por um período de 16 horas, na proporção 3:1 (água:feijão), em temperatura ambiente. Através de ensaio biológico com ratos machos Wistar, estudou-se o efeito de fitatos e taninos no quociente de eficiência protéica líquida (NPR) e digestibilidade protéica. Observou-se redução nos teores de fitatos (85%) pela utilização da maceração. No caso do conteúdo de taninos, somente o processo de cozimento do feijão promoveu alta decomposição dos mesmos (84%). No tratamento (FCSAM) observou-se redução nos teores de rafinose (25,0%), estaquiose (24,8%) e verbascose (41,7%) e no teor de amido (26,8%). No ensaio biológico observou-se que o NPR da dieta controle (caseína) e da dieta caseína mais sólidos solúveis da água de maceração, não apresentaram diferença significativa (p> 0,05); entre os tratamentos de feijão também não houve diferença significativa, sendo os valores dos NPR menores do que aqueles da caseína. A digestibilidade do tratamento (FCSM) foi a maior dentre os tratamentos de feijão (74,3± 5,8%); a caseína apresentou valor de 94,6± 0,9%. A remoção dos fatores antinutricionais fitatos e taninos, teor de amido e dos fatores de flatulência do feijão-comum foi mais efetiva no tratamento onde a água de maceração não absorvida era descartada (FCSAM). Resumo em inglês The domestic processing of the common bean resulted in reduction in the antinutritional factors phytates and tannins, in the starch content and in the flatulence factors raffinose, stachiose and verbascose. The objetive of this study was to evaluate the effect of the soaking step and the domestic processing of the common bean, on the chemical composition, the levels of phytate, tannin, starch and flatulence factors by utilizing the follows treatments: raw bean (FC), freez (mais) e-dried cooked unsoaked bean (FCSM), freeze-dried cooked bean without the non-absorved soaking water (FCSAM), freeze-dried cooked bean with the non-absorved soaking water (FCCAM) and the soaking water (AM). The beans were soaking for a period for 16 hours in the proportion 3:1 (water:beans) at room temperature. The effect of the phytates and tannins on the net protein efficiency ratio (NPR) and protein digestibility using male Wistar rats were studied. A decrease in the phytate content of the beans (85%) with use of soaking was observed. In the case of the tannin content, only the cooking of the beans promoved high decomposition (84%). In the (FCSAM) treatment a decrease in the raffinose (25.0%), stachiose (24.8%), verbascose (41.7%) and starch (26.8%) contents was observed. Diets containing casein (control), casein plus the soluble solids obtain from the soaking water showed no significant difference (p>0.05) for the NPR, as well as for the different bean treatments, although these showing lower values. The treatment (FCSM) showed the higher digestibility (74.3± 5.8%) of the bean treatments, the casein diets showing 94.6± 0.9%. The reduction of the phytates, tannin, starch contents and flatulence factors in the common bean was most effective when the soaking water not absorved was descarted (FCSAM).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Açúcares e tolerância à alta temperatura de secagem em sementes de milho/ Sugars and tolerance to high drying temperature in corn seeds

José, Solange Carvalho Barrios Roveri; Von Pinho, Édila Vilela Resende; Dias, Maria Aparecida Gomes Souza
2006-01-01

Resumo em português Dentre outros mecanismos, a presença de determinados açúcares solúveis na semente parece estar envolvida na aquisição e manutenção da tolerância à dessecação. Nesse trabalho foi pesquisado a composição de açúcares solúveis em sementes de milho híbrido com diferentes níveis de tolerância à alta temperatura de secagem, assim como a relação entre o conteúdo desses açúcares e a tolerância à dessecação. Foram utilizadas sementes de dez cultivares (mais) de milho híbrido que apresentavam efeito recíproco para a tolerância à alta temperatura de secagem. As sementes foram colhidas com teor de água de aproximadamente 35% e secadas a 45ºC. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada por meio do teste de germinação, teste frio sem solo e de envelhecimento acelerado. Os açúcares glicose, frutose, sacarose, rafinose e estaquiose foram extraídos dos embriões na presença de metanol e separados por meio da técnica de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC). Foi observada variação na composição dos açúcares entre as sementes dos híbridos e as de seus recíprocos. Uma maior concentração de sacarose foi verificada nas sementes dos híbridos tolerantes à alta temperatura de secagem. Não foi possível estabelecer uma relação entre a sacarose e rafinose que pudesse servir de parâmetro para a tolerância à alta temperatura de secagem em sementes de milho. Maior tolerância das sementes foi associada com uma maior relação da sacarose, rafinose e estaquiose/glicose e frutose. Resumo em inglês Among other mechanisms, the presence of certain soluble sugars in seed seems to be involved in the acquisition and maintenance of desiccation tolerance. In this study, the composition of. soluble sugars in hybrid corn seeds with different levels of tolerance to high drying temperature as well as the relationship between the content of those sugars and desiccation tolerance was researched. Seeds of ten hybrid corn cultivars presenting reciprocal effect to the tolerance to (mais) high drying temperature were employed. The seeds were harvested with a water content of about 35% and dried at 45ºC. The physiological quality of the seeds was evaluated by means of the germination test, cold test without soil and accelerated aging test. The sugars glucose, fructose, sucrose, raffinose and stachiose were extracted from the embryos in the presence of methanol and separated by means of the High Performance Liquid Chromatography (HPLC) technique. Variation in the presence of sugars among the hybrid seeds and those of their reciprocals was detected. A higher concentration of sucrose was verified in hybrid seeds tolerant to high drying temperature. It was not possible to establish a ratio between sucrose and raffinose which could serve as a parameter of the tolerance to high drying temperature in corn seeds. Increased tolerance of the seeds was associated with a greater ratio of sucrose, raffinose and stachiose/glucose and fructose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Purificação e caracterização de alfa-galactosidases de sementes de Platymiscium pubescens Micheli/ Purification and characterization of alpha-galactosidases from Platymiscium pubescens Micheli seeds

Oliveira, Giordani de; Guimarães, Valéria Monteze; Borges, Eduardo Euclydes de Lima e; Fialho, Lilian da Silva; Oliveira, Maria Goreti de Almeida e; Rezende, Sebastião Tavares de
2005-08-01

Resumo em português Este trabalho objetivou foi determinar a composição bioquímica de sementes de espécies florestais e caracterizar a enzima alfa-galactosidase de sementes germinadas de Platymiscium pubescens. Os maiores teores de lipídios foram determinados em sementes de Chorisia speciosa, Caesalpinia peltophoroides, Tabebuia serratifolia e Tabebuia velanedae, enquanto sementes de Enterolobium contortisiliquum, Schizolobium parahyba e Cassia grandis apresentaram os maiores teores pro (mais) téicos. A alfa-galactosidase catalisa a hidrólise dos oligossacarídeos de rafinose, em sementes de leguminosas, durante a germinação. A maior atividade da alfa-galactosidase foi detectada em sementes de Platymiscium pubescens após 72 h de embebição. Duas formas de alfa-galactosidases, C1 e C2, foram purificadas de sementes germinadas de P. pubescens, usando-se fracionamento com sulfato de amônio e cromatografias de filtração em gel e de afinidade. Essas enzimas apresentaram atividade máxima em pH 5,5 e a 50-55 ºC. Os valores de Km ap das formas C1 e C2, para o substrato ro-nitrofenil-alfa-D-galactopiranosídeo, foram de 0,54 mM e 0,78 mM, e para a rafinose, de 4,64 mM e 5,09 mM, respectivamente. Essas enzimas exibiram estabilidade térmica moderada, mantendo 70% da atividade original após 3 h de incubação a 45 ºC. A atividade enzimática da C1 e C2 foi totalmente perdida na presença de CuSO4 e dodecil sulfato de sódio (SDS). Tais enzimas também hidrolisaram melibiose, rafinose e estaquiose, indicando potencial para aplicações biotecnológicas. Resumo em inglês The objective of this work was to determine seed biochemical composition of forest species and to characterize alpha-galactosidase enzyme of germinated seeds of Platymiscium pubescens. The highest lipid levels were found in seeds of Chorisia speciosa, Caesalpinia peltophoroides, Tabebuia serratifolia and Tabebuia velanedae, whereas seeds of Enterolobium contortisiliquum, Schizolobium parahyba and Cassia grandis showed the highest protein levels. alpha-galactosidase cataly (mais) zes the hydrolyzis of raffinose oligossacarides in legume seeds during germination. The highest activity of alpha-galactosidase was found in seeds of Platymiscium pubescens after 72 h of soaking in the water. Two forms of alpha-galactosidases, C1 and C2, were purified from germinated seeds of P. pubescens, using partition with ammonium sulfate, and gel filtration and affinity chromatographies. These enzymes presented maximum activity at pH 5.5, 50-55ºC. Km ap values in the C1 and C2 forms forrho-nitrophenyl-alpha-D-galactopyranoside substrate were 0.54 mM and 0.78 mM, and 4.64 mM and 5.09 mM for raffinose, respectively. These enzymes showed moderate thermal stability, maintaining 70% of the original activity after 3 h incubation at 45ºC. The C1 and C2 enzymatic activity was totally lost in the presence of CuSO4 and sodium dodecyl sulfate (SDS). These enzymes also hydrolyzed melibiose, raffinose and stachyose, indicating a potential for biotechnological applications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Efeito do glicerol, etilenoglicol, acetamida e leite desnatado na criopreservação de espermatozóides eqüinos/ Effects of glycerol, ethylene glycol, acetamide, and dried skim milk in cryopreservation of equine sperm

Juliani, G.C.; Henry, M.
2008-10-01

Resumo em português Avaliou-se a eficácia de diferentes associações de crioprotetores no congelamento de sêmen eqüino. Foram utilizados três ejaculados de oito garanhões para testar o diluidor lactose-EDTA-gema de ovo com as seguintes associações de macromoléculas e crioprotetores: T1 - glicerol 5% (controle); T2 - metilcelulose 0,5%, rafinose 0,15g e acetamida 2,5%; T3 - metilcelulose 0,5%, rafinose 0,15g e acetamida 3,5%; T4 - metilcelulose 0,5%, rafinose 0,15g e acetamida 5%; T5 (mais) - glicerol 5% e 2,4g de leite desnatado; T6 - 1% de glicerol, 4% de etilenoglicol e 2,4g de leite desnatado; T7 - 5% de etilenoglicol e 2,4g de leite desnatado. O sêmen foi diluído em meio Kenney (1:1), centrifugado a 400 x g por 12 minutos, ressuspendido nos diluidores para atingir a concentração de 100X10(6)/ml, envasado em palhetas de 0,5ml e congelado 3cm acima do nível de nitrogênio líquido por 10 minutos. O descongelamento foi realizado em banho-maria a 75°C por sete segundos. Após o descongelamento foram avaliados: motilidade total e progressiva, vigor, morfologia espermática e integridade estrutural e funcional da membrana plasmática. O T1 apresentou os maiores valores de motilidade total e progressiva (38,4% e 33,8%, respectivamente). O vigor e os resultados do teste HO não diferiram entre os tratamentos. Os diluidores contendo leite em sua composição (T5, T6 e T7) apresentaram maiores valores de integridade funcional e estrutural da membrana plasmática. Pode-se concluir que as modificações incorporadas aos meios diluidores testados não resultaram em melhor efeito crioprotetor que o meio à base de glicerol 5% no congelamento do sêmen eqüino. Resumo em inglês The efficacy of different combinations of cryoprotectants for equine semen was evaluated. Three ejaculates of eight stallions were used to test the lactose-EDTA-egg yolk extender with the following association of cryoprotectants: T1 - glycerol 5% (control group); T2 - methyl cellulose 0.5%, raffinose 0.15g, and acetamide 2.5%; T3 - methyl cellulose 0.5%, raffinose 0.15g, and acetamide 3.5%; T4 - methyl cellulose 0.5%, raffinose 0.15g, and acetamide 5%; T5 - glycerol 5% an (mais) d 2.4g of dried skim milk; T6 - glycerol 1%, ethylene glycol 4%, and 2.4g of dried skim milk; T7 - ethylene glycol 5% and 2.4g of dried skim milk. After collection, Kenney extender was added to the semen 1:1, and centrifuged at 400 x g for 12 minutes. Sperm pellets were diluted to reach 100x10(6) cells/ml. Spermatozoa were frozen in 0.5ml straws 3cm above the nitrogen level, during 10 minutes. Thawing of samples was done at 75°C for seven seconds followed by immersion of the straw in a water bath at 37°C for 30 seconds. Post-thaw total and progressive motilities and sperm vigor were evaluated. Sperm membrane integrities of the tail and caput, respectively, were evaluated by the hypoosmotic swelling test and fluorescent dyes. T1 showed the highest post-thaw total and progressive motilities (38.4% and 33.8%, respectively). No significant difference was found among treatments for vigor and hypoosmotic swelling test. T5, T6, and T7 showed higher post-thaw values for sperm membrane integrity. It may be concluded that the association of cryoprotectants used in this experiment did not result in better cryoprotectant effect than 5% glycerol for equine semen cryopreservation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Efeito do frio sobre os carboidratos solúveis em culturas embriogênicas de Acca sellowiana O. Berg (Myrtaceae)/ Effect of cold on soluble carbohydrates of embryogenic cultures of Acca sellowiana O. Berg (Myrtaceae)

Mengarda, Liana H. G.; Pescardo, Rosete; Chu, Edison P.; Figueiredo-Ribeiro, Rita de Cássia L.
2009-06-01

Resumo em português A rota da embriogênese somática de Acca sellowiana, uma espécie arbórea frutífera com limitações quanto à propagação vegetativa, já foi estabelecida mas o número de embriões que restabelecem o crescimento após a fase cotiledonar é baixo. No presente trabalho, embriões somáticos em diferentes fases de desenvolvimento foram obtidos após tratamentos com 2,4-D e submetidos à condição de frio (4 °C) durante 20 dias, visando induzir a transformação de em (mais) briões somáticos em plântulas. Observou-se que 95% dos embriões zigóticos desenvolveram embriões somáticos quando tratados com 2,4-D de forma contínua (T1), enquanto que apenas 55% foram formados quando a auxina foi usada na forma pulsada (T2). Porém, o tratamento T1 induziu altas taxas (82%) de deformações nos embriões quando comparados a T2 (62%). Em ambos os tratamentos, não houve formação de plântulas a partir de embriões somáticos após a exposição ao frio, sendo observada redução nos níveis de rafinose. Em T1, 50% dos embriões cultivados na fase globular permaneceram quiescentes e apenas os embriões na fase cotiledonar (76%) apresentaram características positivas de retomada de desenvolvimento, havendo, porém, redução nos teores de açúcares totais com o desenvolvimento e a diferenciação dos embriões. No tratamento T2, apenas 30% dos embriões na fase cotiledonar tornaram-se verdes e apresentaram maiores valores de carboidratos solúveis totais. A análise da composição destes açúcares evidenciou que os componentes majoritários foram myo-inositol, glucose e frutose, no início da cultura e teores decrescentes de sacarose durante o período de cultivo. As baixas concentrações de rafinose durante o período de crescimento e sua redução durante o tratamento a frio, bem como o complexo metabolismo dos carboidratos associado ao uso de reguladores de crescimento podem estar relacionadas com as alterações observadas no desenvolvimento normal dos embriões somáticos, sem haver acúmulo de carboidratos, e inibindo a regeneração das plântulas de Acca sellowiana. Resumo em inglês The pathway of somatic embryogenesis in Acca sellowiana, a fruit tree species with limitations concerning vegetative propagation,was well established but the number of embryos that restart growth after the cotyledonary phase is low. In this work, somatic embryos at different developmental stages obtained after treatments with 2,4-D were submitted to cold (4 °C) during 20 days to induce transformation of embryos into plantlets. High proportion (95%) of somatic embryogenes (mais) is was found from zygotic embryos treated with 2,4-D continuously (T1) when compared to transitory treatment with 2,4-D (T2 - 55%). However, T1 induced higher rates (82%) of deformation than T2 (62%). In both treatments, no plantlets were obtained from somatic embryos after cold. In T1, 50% of the embryos cultivated at the globular phase remained quiescent and only embryos at the cotyledonary phase (76%) showed positive responses indicating restart of growth. In T2, only 30% of embryos at cotyledonary phase turned greenish, and presented higher values of total sugars. The carbohydrate analyses showed myo-inositol, glucose, fructose and sucrose as the major components, present in different proportions, the latter decreasing during the culture period. The low levels of raffinose during the growth period and their reduction under cold treatment could be related to changes of the normal somatic embryo development, without accumulation of carbohydrates, thus inhibiting plantlet regeneration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Caracterização de sorotipos de Escherichia coli potencialmente produtores de enterotoxinas em alimentos/ Serotype characterization of Escherichia coli potentially inducers of enterotoxins in food stuff

Ernandez, Djair; Hofer, Ernesto
1987-03-01

Resumo em português Em 137 amostras de alimentos de diferentes origens (animal e vegetal) foi investigada a ocorrência de sorotipos de Escherichia coli mais comumente descritos como produtores de enterotoxinas. A análise sorológica dos antígenos somáticos, de envoltórios e flagelares nas 265 culturas isoladas, resultou na identificação de 34 amostras distribuídas em doze sorotipos e oriundas de 24 produtos de origem animal. Outros aspectos foram analisados, visando associá-los como (mais) possíveis marcadores epidemiológicos. Assim, na biotipificação, verificou-se o perfil das 34 amostras diante da melibiose, rafinose, sacarose, salicina e sorbitol, obtendo-se a caracterização de 11 biotipos. Todavia, a acentuada heterogeneidade de biotipos distribuídos pelos sorotipos, não permitiu um relacionamento de tipos soro-fermentativos com as fontes de isolamento. Os demais testes, representados pela atividade hemolítica e a capacidade hemaglutinante, pouco acrescentaram para o problema da diferenciação de fenótipos ou na caracterização de marcadores epidemiológicos. Resumo em inglês The incidence of serotypes of Excherichia coli usually described as enterotoxins producer was investigate in 137 samples of food from different origins (animal and vegetal). The serological analysis of the somatic "O", capsular "K" and flagellar "H" antigens in 265 isolates of Escherichia coli resulted in the characterization of 34 strains, deistributed in 12 serotypes. These organisms were obtained from 24 samples of food of animal origin. A possible association with epi (mais) demiological markers for other test, were analyzed. The fermentation pattern of the 34 strains with melibiose, raffinose, sucrose, salicin, and sorbitol allowed classification into 11 biotypes. However the marked heterogenicity of the biotypes distributed among the serotypes did not allow correlation between the serofermentative types and the origin of the food. The other tests basead on hemolysis and hemagglutinating ability did not aid in the differentiation of the phenotypes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Caracterização e avaliação sensorial de barra de cereais funcional de alto teor protéico e vitamínico/ Characterization and sensorial evaluation of functional cereal bar

Freitas, Daniela G.C.; Moretti, Roberto H.
2006-06-01

Resumo em português Barras de cereais foram introduzidas no mercado há cerca de uma década como alternativa "saudável" de confeito. Concomitantemente, alimentos como a soja, ricos em vitaminas e minerais e com propriedades antioxidantes vêm recebendo grande aplicação em produtos de alegação funcional, pois previnem contra doenças cardiovasculares e crônico-degenerativas. Considerando o crescimento do segmento de barra de cereais no setor de alimentos, desenvolveu-se uma formulaçã (mais) o de barra de cereais de alto teor protéico e vitamínico, à base de proteína de soja texturizada, gérmen de trigo e aveia, enriquecida de ácido ascórbico e acetato de -tocoferol. As matérias-primas e a formulação final da barra de cereais foram submetidas a análises para caracterização e três formulações, variando o teor de ácido ascórbico, foram avaliadas quanto à preferência sensorial e intensidade ideal de doçura e acidez. A proteína de soja texturizada utilizada apresentou elevados teores dos oligossacarídeos rafinose e estaquiose (1,92 g/100 g e 4,66 g/100 g) e de isoflavonas totais (283,49 mg/100 g) se comparados ao grão, farinha integral e isolado protéico. A formulação final da barra de cereais apresentou 15,31% de proteína e elevado teor de vitamina E (118,0 mg/100 g) e minerais como fósforo, ferro e manganês. A formulação adicionada de 1,1 g/100 g de ácido ascórbico obteve maior preferência sensorial diferindo das demais amostras (p Resumo em inglês Cereal bars were introduced over a decade ago as a "healthy" alternative confectionery. Concomitantly, foods as soybean, with high vitamin and mineral levels and antioxidants properties come receiving great application in functional products, because they can prevent against chronic-degenerative illnesses of the heart. Considering the growth of the segment of cereal bars in the food sector, it was developed a formulation with high protein and vitamin levels cereal bar bas (mais) ed on textured soy protein, wheat germ and oat, enriched with acid ascorbic and acetate of -tocoferol. The cereal bar and its ingredients had been submitted to the analyses for characterization and three formulations, varying the content of acid ascorbic; they had also been evaluated as a sensorial preference and an ideal intensity of sweetness and acidity. The textured soy protein used presented high levels of oligosaccharides raffinose and stachiose (1.92 g/100 g e 4.66 g/100 g) and of total isoflavones (283.49 mg/100 g), when compared with the grain, integral flour and isolated protein. The final formulation of the cereal bar presented 15.31% of protein, high vitamin E content (118.0 mg/100 g) and minerals such as phosphorus, iron and manganese. The 1.1 g/100 g added formulation of acid ascorbic got greater significantly sensorial preference, differing from the other samples (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Aspectos químicos e bioquímicos de leguminosas enlatadas em diferentes estádios de maturação/ Chemical and biochemical aspects of legumes canned at different maturation stages

BARCELOS, M.F.P.; TAVARES, D.Q.; MIRANDA, M.A.C.; GERMER, S.P.M.
1999-01-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo estudar a composição química e aspectos bioquímicos dos grãos de soja cultivar IAC PL-1 e de guandu cultivar IAC Fava Larga, crus e pós-enlatamento em diferentes estádios de maturação avaliando os efeitos do processamento sobre os grãos dos dois cultivares. A composição química dos grãos crus , principalmente no último estádio verde, e na maturação de colheita foi de modo geral semelhante. O enlatamento conservou 95% e 98 (mais) % do total das proteínas dos grãos de soja e guandu, respectivamente. Nos enlatados de soja obteve-se a inativação da atividade de lectinas. Os processamentos térmicos utilizados para os enlatamentos, 121ºC por 6 a 7 minutos para a soja e 5 a 6 minutos para o guandu foram suficientes para eliminar 83% da atividade dos inibidores de tripsina da soja e do guandu. A digestibilidade da proteína do guandu enlatado (62%) foi inferior em relação à soja enlatada (78%). Com exceção do ácido glutâmico, prolina, lisina e histidina, os demais aminoácidos do grão de soja enlatado colhido no 64º DAF tiveram seus conteúdos iguais aos enlatados do 85º DAF pós-armazenados e pós-macerados. Os teores de aminoácidos dos grãos de guandu enlatados no 62º DAF, com exceção do ácido glutâmico e fenilalanina, foram iguais àqueles presentes na última colheita (92º DAF). A metionina disponível no grão de soja não se modificou com a evolução da maturação, porém a do guandu se elevou no 92º DAF e o processo de enlatamento reduziu a metionina disponível da soja apenas no 55º e 64º DAF e do guandu no 57º e 92º DAF. Rafinose e estaquiose nos grãos de soja estão mais elevadas no estádio verde, e nos grãos de guandu, apenas a estaquiose está mais elevada no estádio verde. O processo de enlatamento provocou um pequeno decréscimo nestes dois açúcares da soja e guandu nos dois últimos estádios de maturação estudados. Resumo em inglês This work intended to study the chemical composition and biochemical aspects of soybean grains, cultivar IAC PL-1 and pigeon pea cultivar IAC Fava Larga, both raw and post-canning at different maturation stages, evaluating the effects of the processing caused on the grain. The chemical composition of the raw grains, mainly in the last green stage and in the harvest maturation it was in general similar. The canning of soybean conserved by 95% and pigeon pea by 98% the whol (mais) e protein content of grains. In soybean canned products, inactivation of the activity of lectins was obtained. The heat processings utilized for the cannings, 121ºC for 6 to 7 minutes for soybean and 5 to 6 minutes for pigeon pea, were enough to remove 83% the activity of soybean and pigeon pea trypsine inhibitors. The in vitro digestibility of the canned pigeon pea protein was lower (62%) relative to canned soybean (78%). With exception of glutamic acid, proline, lysine and histidine, the other amino acids of the canned soybean grain harvested on the 64th DAF had their contents equal to those canned on the 85th DAF post stored and post-soaking. The amino acid of the pigeon pea grains canned on the 62nd DAF, with exception of glutamic acid and phenilalanine, were equal to those amino acids present at the last harvest (92nd DAF). The available methionine in soybean grain did’t change with the evolution of the maturation, but that of pigeon pea rose at the 92nd DAF and the canning process decreased the available methionine of the soybean at 55th and 64th and pigeon pea at 57th and 92nd DAF. Both raffinose and stachyose in soybean grains are higher in green stages and in pigeon pea grains only stachyose is higher in green stage. The canning process caused a small reduction in these two sugars of soybean and pigeon pea in the last two studied maturation stages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Comportamento fisiológico de sementes osmocondicionadas de Platymiscium pubescens Micheli (tamboril-da-mata)/ Physiological behavior of osmoprimed seeds of Platymiscium pubescens Micheli (tamboril-da-mata)

Borges, Eduardo Euclydes de Lima e; Perez, Sonia Cristina J.G.A.; Borges, Rita de Cassia Gonçalves; Rezende, Sebastião Tavares de; Garcia, Silvana Ribeiro
2002-10-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi investigar alterações fisiológicas e bioquímicas em sementes osmocondicionadas de tamboril-da-mata (Platymiscium pubescens Micheli). Foram analisados o crescimento do eixo embrionário, a germinação, as alterações na parede celular, a mobilização de carboidratos e proteínas e a atividade de a-galactosidase. Observou-se que o teor de umidade das sementes da testemunha aumentou continuamente até 96 horas de embebição, enquanto as (mais) mantidas nas soluções de PEG estabilizaram-se a partir de 48 horas. A germinação ocorreu somente nas sementes mantidas em água, alcançando 30% em 120 horas. As sementes mantidas em solução-0,4 MPa de PEG por 120 horas tiveram 66% de germinação quando transferidas para água, sendo a maior em relação aos demais potenciais. A massa fresca e o comprimento do embrião aumentaram significativamente durante o período de 120 horas em solução de PEG (-0,4 MPa/120 horas), porém a massa seca teve incremento não-significativo. Os teores de arabinose e xilose em membranas lavadas com água decresceram significativamente durante o osmocondicionamento. A galactose não foi detectada na membrana em 120 horas. A arabinose mostrou ser a principal constituinte da membrana. A atividade de a-galactosidase mostrou diferença significativa durante o período de 120 horas. Os teores de ramnose, arabinose e xilose alteraram-se significativamente na fração péctica, enquanto a ramnose foi a única na fração hemicelulósica. A glicose foi detectada somente nessa última fração. Os teores de glicose no embrião e cotilédones alteraram-se significativamente durante o osmocondicionamento. Os teores de estaquiose e de rafinose não tiveram alterações significativas nos cotilédones, enquanto o de sacarose reduziu-se significativamente, mantendo-se mais alto do que os dos outros dois oligossacarídeos. O teor de proteína decresceu significativamente nas 120 horas de osmocondicionamento. Concluiu-se que o osmocondicionamento potencializou a germinação das sementes durante o processo de embebição, resultando em modificações da parede celular pela deposição de açúcares redutores. Resumo em inglês The objective of this study was to investigate the physiological and biochemical alterations in tamboril-da-mata (Platymiscium pubescens) osmoconditioned seeds. Embryonic axis growth, germination, cell wall changes, carbohydrate and protein content and á-galactosidase activity were analyzed. Seed water content for control seeds was found to increase continuously throughout 96 hours of imbibition, while those maintained in the PEG solutions stabilized at 48 hours. Germina (mais) tion occurred only in seeds maintained in water, reaching 30% in 120 hours. The seeds maintained in -0.4 MPa PEG solution for 120 hours showed 66% of germination when transferred to water, and had the greatest potential. Fresh matter and length increased significantly during the 120 hour period in PEG solution (-0.4 MPa/120 hours), while dry matter showed no significant increment. Arabinose and xilose contents in water washed-membranes decreased significantly during osmopriming. Galactose was not detected until 120 hours. Arabinose had the largest concentration. The a-galactosidase activity showed significant activity during the 120 hour period. Ramnose, arabinose and xilose contents changed significantly in the pectic fraction, while ramnose was the only one in the hemicellulose fraction that showed significant change. Glucose contents changed significantly during the osmopriming. Staquiose and raffinose contents showed no significant change, while sucrose content was reduced significantly though maintained higher than the other oligossacharides during the entire period. Protein contents decreased significantly after 120 hours of osmopriming. It was concluded that priming caused seed germination by reducing sugar deposition in the cellular wall.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Alterações nas atividades das enzimas alfa-galactosidase e poligalacturonase e nas reservas de carboidratos de sementes de Schizolobium parahyba (vell.) Blake (guapuruvú) durante a germinação/ Changes in the activities of alpha-galactosidase and polygalacturonase enzymes and carbohydrate reserves during germination of Schizolobium parahyba (vell.) Blake seeds

Magalhães, Simone Rodrigues de; Borges, Eduardo Euclydes de Lima e; Berger, Ana Paula Aguiar
2009-01-01

Resumo em português A retomada do metabolismo do embrião durante a germinação é realizada por processos metabólicos que culminam na protrusão da radícula e no fornecimento de energia para o desenvolvimento inicial da plântula. O objetivo deste trabalho foi estudar as variações nas atividades das enzimas alfa-galactosidase e poligalacturonase e nas reservas de mono e oligossacarídeos em sementes de guapuruvú durante a germinação. Para tanto, as sementes foram colocadas para germ (mais) inar e as reservas do eixo embrionário e cotilédones, avaliadas periodicamente. Os teores de galactose no eixo embrionário diferiram significativamente somente entre a testemunha e o oitavo dia, muito embora houvesse aumento contínuo até o quarto dia. Somente no sexto dia de germinação houve aumento no teor de galactose nos cotilédones. Houve tendência de aumento nos teores de arabinose, manose e glicose no eixo embrionário, não sendo detectada a presença de xilose no oitavo dia. Nos cotilédones os mesmos açúcares não foram originalmente detectados no tempo zero, mas apresentaram valores mais altos nas amostras do oitavo dia. Os teores de galactose oscilam tanto no eixo embrionário, quanto nos cotilédones durante o período de germinação de sementes de guapuruvu. Os teores de sacarose aumentam e os de rafinose decrescem nos cotilédones e no eixo embrionário. Os teores de estaquiose permanecem aproximadamente estáveis no eixo e nos cotilédones, com decréscimo no eixo, no oitavo dia. A enzima alfa-galactosidase é pré-formada, tendo clara redução na sua atividade específica, no segundo dia, permanecendo constante até o oitavo. A atividade nos cotilédones apresenta aumento no quarto dia, decrescendo posteriormente. A enzima polygalacturonase é tambem pré-formada, com maior atividade inicial no eixo. A atividade nos cotilédones aumenta até o sexto dia, alcançando maiores valores que o do eixo embrionário e, em seguida, decresce para valores menores do que aqueles. Resumo em inglês The restart metabolism of the embryo during germination is carried out by metabolic processes that culminate in root protrusion and energy supply for the initial seedling development. Thus, the objective of this study was to investigate changes in the activity of the polygalacturonase and alpha-galactosidase enzymes and the mono and oligosaccharides reserves during germination of Schizolobium parahyba seeds. Seeds were placed in petri dishes to germinate and samples were (mais) removed periodically for analyses. The galactose levels in the embryonic axis differed significantly only between the treatment control and the eighth day sample, although continuous increase occurred until the fourth day. There was an increase in the amount of galactose in the cotyledons only on the sixth day of germination; on other days the values were similar. Levels of arabinose, mannose and glucose tended to increase in the embryonic axis and the presence of xylose was not detected on the eighth day. The same sugars were not originally detected at time zero in the cotyledons, but other samples presented their highest values on the eighth day. The sucrose levels increased in the axis and cotyledons, while those of raffinose decreased in both. The stachiose concentration remained relatively constant in the axis and cotyledons until the sixth day and then decreased in the axis on the eighth day. The enzyme alpha-galactosidase was pre-formed and was reduced in its specific activity as of the second day and remaining constant until the eighth day. Activity in cotyledons varied throughout the analysis period. Polygalacturonase was also a pre-formed enzyme, with most of its activity in the axis. The activity in the cotyledons increased until the sixth day, reaching larger values than those of the axis, and then decreased to values below that observed in the axis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)