Sample records for rabies
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Raiva em morcegos insetívoros (Molossidae) do Sudeste do Brasil/ Rabies in insectivorous bats (Molossidae) of southeastern Brazil

Uieda, Wilson; Harmani, Necira M. S.; Silva, Miriam M. S.
1995-10-01

Resumo em português Quatro casos positivos para a raiva foram diagnosticados em morcegos de três espécies de molossídeos (um Molossus molossus, um Nyctinomops laticaudatus e dois N. macrotis) do Estado de São Paulo, Brasil. Três deles foram encontrados durante o dia em locais visíveis e não habituais e o outro entrou pela janela, no início da noite. Quadro descritivo com 19 casos semelhantes, envolvendo oito espécies, é mostrado e indica que morcegos com comportamento atípico devem ser considerados como fortemente suspeitos de estarem doentes, possivelmente com raiva. Resumo em inglês Four rabid bats belonging to three species of Molossidae (one Molossus molossus, one Nyctinomops laticaudatus and two N. macrotis) were captured in the State of S. Paulo, southeastern Brazil. Three of these bats were found during the day in unusual, visible places and the other came flying through a window in the evening. A descriptive table containing data on 19 similar cases, belonging to eight species, is presented and suggests that bats with atypical behavior must dearly be suspected of being sick, possibly as having rabies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Raiva em morcegos insetívoros (Molossidae) do Sudeste do Brasil/ Rabies in insectivorous bats (Molossidae) of southeastern Brazil

Uieda, Wilson; Harmani, Necira M. S.; Silva, Miriam M. S.
1995-10-01

Resumo em português Quatro casos positivos para a raiva foram diagnosticados em morcegos de três espécies de molossídeos (um Molossus molossus, um Nyctinomops laticaudatus e dois N. macrotis) do Estado de São Paulo, Brasil. Três deles foram encontrados durante o dia em locais visíveis e não habituais e o outro entrou pela janela, no início da noite. Quadro descritivo com 19 casos semelhantes, envolvendo oito espécies, é mostrado e indica que morcegos com comportamento atípico devem ser considerados como fortemente suspeitos de estarem doentes, possivelmente com raiva. Resumo em inglês Four rabid bats belonging to three species of Molossidae (one Molossus molossus, one Nyctinomops laticaudatus and two N. macrotis) were captured in the State of S. Paulo, southeastern Brazil. Three of these bats were found during the day in unusual, visible places and the other came flying through a window in the evening. A descriptive table containing data on 19 similar cases, belonging to eight species, is presented and suggests that bats with atypical behavior must dearly be suspected of being sick, possibly as having rabies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Raiva em morcegos Artibeus lituratus em Montes Claros, Estado de Minas Gerais/ Rabies in Artibeus lituratus bats in Montes Claros, State of Minas Gerais

Carneiro, Nídia Francisca de Figueiredo; Caldeira, Antônio Prates; Antunes, Letícia Alves; Carneiro, Vinícius Figueiredo; Carneiro, Gustavo Figueiredo
2009-08-01

Resumo em português Apresentam-se os primeiros isolamentos do vírus da raiva em morcegos frugívoros, espécie Artibeus lituratus em Montes Claros, Minas Gerais. Diagnosticou-se através da reação de imunofluorescência direta, prova biológica e tipificação viral. Embora a raiva canina esteja controlada na cidade, o vírus rábico continua circulante em morcegos na área urbana. Resumo em inglês The first isolation of the rabies virus in frugivorous bats of the species Artibeus lituratus in Montes Claros, State of Minas Gerais, is presented. The diagnosis was obtained through the direct immunofluorescence reaction, biological tests and viral profiling. Although canine rabies is under control in this city, the rabies virus continues to circulate in bats in the urban area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Raiva humana transmitida por cães: áreas de risco em Minas Gerais, Brasil, 1991-1999/ Human rabies transmitted by dogs: risk areas in Minas Gerais, Brazil, 1991-1999

Miranda, Cristiana Ferreira Jardim de; Silva, José Ailton da; Moreira, Élvio Carlos
2003-02-01

Resumo em português Com o objetivo de identificar e caracterizar as diferentes áreas de risco para a raiva humana transmitida por cães em Minas Gerais, realizou-se um estudo observacional retrospectivo quali-quantitativo, no período de 1991 a 1999. Utilizou-se a divisão do estado em 25 Diretorias Regionais de Saúde (DRS), vinculadas à Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Os indicadores estudados foram a estimativa de população canina, a ocorrência de raiva canina (mais) e felina confirmada por exames laboratoriais, raiva humana notificada, coberturas vacinais e a infra-estrutura do serviço na DRS. Foram analisados os resultados de 2.845 fichas de diagnóstico laboratorial para raiva canina, felina e humana, provenientes dos laboratórios de referência para a raiva, relatórios de consolidados de vacinação anti-rábica animal da SES-MG dos anos de 1997 a 1999 e fichas de notificação dos casos de raiva humana da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA). Realizou-se entrevista semi-estruturada com cada responsável regional pelo programa de controle da raiva. Os resultados permitem classificar Minas Gerais em quatro diferentes modalidades de risco: nulo, baixo, médio e alto. Resumo em inglês A retrospective study based on observation with the objective of identifying and characterizing the different risk areas for rabies transmission by dogs took place in Minas Gerais State, Brazil, from 1991 to 1999. Indicators confirmed occurrences of canine and feline rabies, notification of human rabies, and administration of appropriate vaccination. The Minas Gerais State Health System is divided into 25 Regional Health Centers, which are linked to the State Health Depar (mais) tment (SES-MG). These Health Centers were utilized in the study. The results of 2,845 records of laboratory diagnosis for canine, feline, and human rabies were analyzed. Consolidated SES-MG reports from 1997 to 1999 for rabies vaccination and notification records for cases of human rabies from the National Health Foundation (FUNASA) were also used. In order to verify the local reality, a semi-structured interview with each regional program director was conducted. Minas Gerais presents four different risk modalities, classified as zero, low, medium, and high.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Raiva humana transmitida por cães: áreas de risco em Minas Gerais, Brasil, 1991-1999/ Human rabies transmitted by dogs: risk areas in Minas Gerais, Brazil, 1991-1999

Miranda, Cristiana Ferreira Jardim de; Silva, José Ailton da; Moreira, Élvio Carlos
2003-02-01

Resumo em português Com o objetivo de identificar e caracterizar as diferentes áreas de risco para a raiva humana transmitida por cães em Minas Gerais, realizou-se um estudo observacional retrospectivo quali-quantitativo, no período de 1991 a 1999. Utilizou-se a divisão do estado em 25 Diretorias Regionais de Saúde (DRS), vinculadas à Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Os indicadores estudados foram a estimativa de população canina, a ocorrência de raiva canina (mais) e felina confirmada por exames laboratoriais, raiva humana notificada, coberturas vacinais e a infra-estrutura do serviço na DRS. Foram analisados os resultados de 2.845 fichas de diagnóstico laboratorial para raiva canina, felina e humana, provenientes dos laboratórios de referência para a raiva, relatórios de consolidados de vacinação anti-rábica animal da SES-MG dos anos de 1997 a 1999 e fichas de notificação dos casos de raiva humana da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA). Realizou-se entrevista semi-estruturada com cada responsável regional pelo programa de controle da raiva. Os resultados permitem classificar Minas Gerais em quatro diferentes modalidades de risco: nulo, baixo, médio e alto. Resumo em inglês A retrospective study based on observation with the objective of identifying and characterizing the different risk areas for rabies transmission by dogs took place in Minas Gerais State, Brazil, from 1991 to 1999. Indicators confirmed occurrences of canine and feline rabies, notification of human rabies, and administration of appropriate vaccination. The Minas Gerais State Health System is divided into 25 Regional Health Centers, which are linked to the State Health Depar (mais) tment (SES-MG). These Health Centers were utilized in the study. The results of 2,845 records of laboratory diagnosis for canine, feline, and human rabies were analyzed. Consolidated SES-MG reports from 1997 to 1999 for rabies vaccination and notification records for cases of human rabies from the National Health Foundation (FUNASA) were also used. In order to verify the local reality, a semi-structured interview with each regional program director was conducted. Minas Gerais presents four different risk modalities, classified as zero, low, medium, and high.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Vírus da raiva em quirópteros naturalmente infectados no Estado de São Paulo, Brasil/ Rabies virus in naturally infected bats in the State of São Paulo, Southeastern Brazil

Scheffer, Karin Corrêa; Carrieri, Maria Luiza; Albas, Avelino; Santos, Helaine Cristina Pires dos; Kotait, Ivanete; Ito, Fumio Honma
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar as espécies de morcegos envolvidas na manutenção do ciclo da raiva, verificar a distribuição do vírus da raiva em tecidos e órgãos de morcegos e os períodos de mortalidade dos camundongos inoculados. MÉTODOS: A positividade para o vírus da raiva foi avaliada por imunofluorescência direta em morcegos de municípios do Estado de São Paulo, de abril de 2002 a novembro de 2003. A distribuição do vírus nos morcegos foi avaliada pela inocul (mais) ação de camundongos e infecção de células N2A, com suspensões a 20% preparadas a partir de fragmentos de diversos órgãos e tecidos, além de cérebro e glândula salivar. A mortalidade dos camundongos foi observada diariamente, após inoculação intracerebral. RESULTADOS: Dos 4.393 morcegos pesquisados, 1,9% foram positivos para o vírus da raiva, pertencentes a dez gêneros, com predomínio de insetívoros. A média do período máximo de mortalidade dos camundongos pós-inoculação a partir de cérebros e glândulas salivares de morcegos hematófagos foi de 15,33±2,08 dias e 11,33±2,30 dias; insetívoros, 16,45±4,48 dias e 18,91±6,12 dias; e frugívoros, 12,60±2,13 dias e 15,67±4,82 dias, respectivamente. CONCLUSÕES: As espécies infectadas com o vírus da raiva foram: Artibeus lituratus, Artibeus sp., Myotis nigricans, Myotis sp., Eptesicus sp., Lasiurus ega, Lasiurus cinereus, Nyctinomops laticaudatus, Tadarida brasiliensis, Histiotus velatus, Molossus rufus, Eumops sp. e Desmodus rotundus. A pesquisa de vírus em diferentes tecidos e órgãos mostrou-se que os mais apropriados para o isolamento foram cérebro e glândulas salivares. Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify the species of bats involved in maintaining the rabies cycle; to investigate the distribution of the rabies virus in the tissues and organs of bats and the time taken for mortality among inoculated mice. METHODS: From April 2002 to November 2003, bats from municipalities in the State of São Paulo were screened for the presence of the rabies virus, by means of direct immunofluorescence. The virus distribution in the bats was evaluated by inoculating (mais) mice and N2A cells with 20% suspensions prepared from fragments of different organs and tissues, plus the brain and salivary glands. The time taken for mortality among the mice was monitored daily, following intracerebral inoculation. RESULTS: Out of the 4,395 bats received, 1.9% were found positive for the rabies virus. They belonged to ten genera, with predominance of insectivores. The maximum mean times taken for mortality among the mice following inoculation with brain and salivary gland material were 15.33±2.08 days and 11.33±2.30 days for vampire bats, 16.45±4.48 days and 18.91±6.12 days for insectivorous bats, and 12.60±2.13 days and 15.67±4.82 days for frugivorous bats, respectively. CONCLUSIONS: The species infected with the rabies virus were: Artibeus lituratus, Artibeus sp., Myotis nigricans, Myotis sp., Eptesicus sp., Lasiurus ega, Lasiurus cinereus, Nyctinomops laticaudatus, Tadarida brasiliensis, Histiotus velatus, Molossus rufus, Eumops sp. and Desmodus rotundus. Virus investigation in the different tissues and organs showed that the brain and salivary glands were the most suitable sites for virus isolation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Vírus da raiva em quirópteros naturalmente infectados no Estado de São Paulo, Brasil/ Rabies virus in naturally infected bats in the State of São Paulo, Southeastern Brazil

Scheffer, Karin Corrêa; Carrieri, Maria Luiza; Albas, Avelino; Santos, Helaine Cristina Pires dos; Kotait, Ivanete; Ito, Fumio Honma
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar as espécies de morcegos envolvidas na manutenção do ciclo da raiva, verificar a distribuição do vírus da raiva em tecidos e órgãos de morcegos e os períodos de mortalidade dos camundongos inoculados. MÉTODOS: A positividade para o vírus da raiva foi avaliada por imunofluorescência direta em morcegos de municípios do Estado de São Paulo, de abril de 2002 a novembro de 2003. A distribuição do vírus nos morcegos foi avaliada pela inocul (mais) ação de camundongos e infecção de células N2A, com suspensões a 20% preparadas a partir de fragmentos de diversos órgãos e tecidos, além de cérebro e glândula salivar. A mortalidade dos camundongos foi observada diariamente, após inoculação intracerebral. RESULTADOS: Dos 4.393 morcegos pesquisados, 1,9% foram positivos para o vírus da raiva, pertencentes a dez gêneros, com predomínio de insetívoros. A média do período máximo de mortalidade dos camundongos pós-inoculação a partir de cérebros e glândulas salivares de morcegos hematófagos foi de 15,33±2,08 dias e 11,33±2,30 dias; insetívoros, 16,45±4,48 dias e 18,91±6,12 dias; e frugívoros, 12,60±2,13 dias e 15,67±4,82 dias, respectivamente. CONCLUSÕES: As espécies infectadas com o vírus da raiva foram: Artibeus lituratus, Artibeus sp., Myotis nigricans, Myotis sp., Eptesicus sp., Lasiurus ega, Lasiurus cinereus, Nyctinomops laticaudatus, Tadarida brasiliensis, Histiotus velatus, Molossus rufus, Eumops sp. e Desmodus rotundus. A pesquisa de vírus em diferentes tecidos e órgãos mostrou-se que os mais apropriados para o isolamento foram cérebro e glândulas salivares. Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify the species of bats involved in maintaining the rabies cycle; to investigate the distribution of the rabies virus in the tissues and organs of bats and the time taken for mortality among inoculated mice. METHODS: From April 2002 to November 2003, bats from municipalities in the State of São Paulo were screened for the presence of the rabies virus, by means of direct immunofluorescence. The virus distribution in the bats was evaluated by inoculating (mais) mice and N2A cells with 20% suspensions prepared from fragments of different organs and tissues, plus the brain and salivary glands. The time taken for mortality among the mice was monitored daily, following intracerebral inoculation. RESULTS: Out of the 4,395 bats received, 1.9% were found positive for the rabies virus. They belonged to ten genera, with predominance of insectivores. The maximum mean times taken for mortality among the mice following inoculation with brain and salivary gland material were 15.33±2.08 days and 11.33±2.30 days for vampire bats, 16.45±4.48 days and 18.91±6.12 days for insectivorous bats, and 12.60±2.13 days and 15.67±4.82 days for frugivorous bats, respectively. CONCLUSIONS: The species infected with the rabies virus were: Artibeus lituratus, Artibeus sp., Myotis nigricans, Myotis sp., Eptesicus sp., Lasiurus ega, Lasiurus cinereus, Nyctinomops laticaudatus, Tadarida brasiliensis, Histiotus velatus, Molossus rufus, Eumops sp. and Desmodus rotundus. Virus investigation in the different tissues and organs showed that the brain and salivary glands were the most suitable sites for virus isolation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Epizootia de raiva na área urbana de Ribeirão Preto, SP, Brasil/ Rabies epizootic in the urban area of Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil

Passos, Afonso Dinis Costa; Silva, Ana Alice M. C. Castro e; Ferreira, Aparecida Heloisa C.; Silva, Jorgete Maria e; Monteiro, Maria Elizabeth; Santiago, Roseli Claudino
1998-10-01

Resumo em português Este estudo objetiva descrever uma epizootia de raiva iniciada em 1995 na área urbana de Ribeirão Preto e estudar os fatores que propiciaram o seu aparecimento. Foram revistos e estudados todos os casos laboratorialmente confirmados de raiva animal ocorridos a partir de janeiro de 1995. Paralelamente, foram levantadas informações relativas à cobertura vacinal e às atividades de vigilância. Em 1995, além de um caso humano, ocorreram 58 casos de raiva animal (54 cã (mais) es, três gatos e um morcego). Em 1996, foram observados vinte casos (18 cães e dois gatos). A concentração de casos foi diferente conforme as áreas distritais, com maiores valores sendo observados nas regiões mais pobres da cidade. A distribuição de casos não variou conforme os meses do ano. Baixas coberturas vacinais e quase ausência de atividades de vigilância, traduzida pelo não-envio sistemático de amostras para exames laboratoriais nos anos imediatamente anteriores a 1995, foram os fatores determinantes do aparecimento da epizootia. Este evento ilustra os riscos de se negligenciar a profilaxia permanente da raiva, mesmo numa cidade com razoável estrutura dos serviços de saúde e localizada numa das áreas de maior desenvolvimento econômico do País. Resumo em inglês This report describes some epidemiological aspects of a rabies epizootic that started in 1995 in the urban area of Ribeirão Preto, SP, Brazil, and discusses its main causes. All laboratory confirmed cases were described according to a set of epidemiological variables. Simultaneously, information was raised concerning rabies vaccine coverage and epidemiological surveillance activities. In addition to one human case, 58 rabid animals were confirmed in 1995 (54 dogs, 3 cats (mais) . and 1 bat). There were 20 cases in 1996 (18 dogs and 2 cats). Geographical distribution was uneven in the city, with higher concentrations observed in the Western, Northern, and Southwestern sections, corresponding to the poorest areas. No seasonal variation was observed. The main reasons for the epizootic were low rabies vaccine coverage in animals and severe failures in epidemiological surveillance activities in the years immediately prior to 1995. This epizootic illustrates the risk of neglecting such activities, even in a city with a reasonably good health system, located in one of the most economically developed areas of the country. Vigorous preventive measures markedly reduced the number of cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Epizootia de raiva na área urbana de Ribeirão Preto, SP, Brasil/ Rabies epizootic in the urban area of Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil

Passos, Afonso Dinis Costa; Silva, Ana Alice M. C. Castro e; Ferreira, Aparecida Heloisa C.; Silva, Jorgete Maria e; Monteiro, Maria Elizabeth; Santiago, Roseli Claudino
1998-10-01

Resumo em português Este estudo objetiva descrever uma epizootia de raiva iniciada em 1995 na área urbana de Ribeirão Preto e estudar os fatores que propiciaram o seu aparecimento. Foram revistos e estudados todos os casos laboratorialmente confirmados de raiva animal ocorridos a partir de janeiro de 1995. Paralelamente, foram levantadas informações relativas à cobertura vacinal e às atividades de vigilância. Em 1995, além de um caso humano, ocorreram 58 casos de raiva animal (54 cã (mais) es, três gatos e um morcego). Em 1996, foram observados vinte casos (18 cães e dois gatos). A concentração de casos foi diferente conforme as áreas distritais, com maiores valores sendo observados nas regiões mais pobres da cidade. A distribuição de casos não variou conforme os meses do ano. Baixas coberturas vacinais e quase ausência de atividades de vigilância, traduzida pelo não-envio sistemático de amostras para exames laboratoriais nos anos imediatamente anteriores a 1995, foram os fatores determinantes do aparecimento da epizootia. Este evento ilustra os riscos de se negligenciar a profilaxia permanente da raiva, mesmo numa cidade com razoável estrutura dos serviços de saúde e localizada numa das áreas de maior desenvolvimento econômico do País. Resumo em inglês This report describes some epidemiological aspects of a rabies epizootic that started in 1995 in the urban area of Ribeirão Preto, SP, Brazil, and discusses its main causes. All laboratory confirmed cases were described according to a set of epidemiological variables. Simultaneously, information was raised concerning rabies vaccine coverage and epidemiological surveillance activities. In addition to one human case, 58 rabid animals were confirmed in 1995 (54 dogs, 3 cats (mais) . and 1 bat). There were 20 cases in 1996 (18 dogs and 2 cats). Geographical distribution was uneven in the city, with higher concentrations observed in the Western, Northern, and Southwestern sections, corresponding to the poorest areas. No seasonal variation was observed. The main reasons for the epizootic were low rabies vaccine coverage in animals and severe failures in epidemiological surveillance activities in the years immediately prior to 1995. This epizootic illustrates the risk of neglecting such activities, even in a city with a reasonably good health system, located in one of the most economically developed areas of the country. Vigorous preventive measures markedly reduced the number of cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Diagnóstico de raiva no Rio Grande do Sul, Brasil, de 1985 a 2007/ Rabies diagnosis in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, from 1985 to 2007

Teixeira, Thais F.; Holz, Carine L.; Caixeta, Suzana P.M.B.; Dezen, Diógenes; Cibulski, Samuel P.; Silva, Juliana Reis da; Rosa, Julio C.A.; Schmidt, Eduardo; Ferreira, José C.; Batista, Helena B.C.R.; Caldas, Eduardo; Franco, Ana Cláudia; Roehe, Paulo M.
2008-10-01

Resumo em português São apresentados os resultados de 23 anos de diagnósticos de raiva realizados no Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Entre os anos de 1985 e 2007, um total de 23.460 amostras foram diagnosticadas no laboratório, compreendendo cerca de 95% do número total de amostras submetidas ao diagnóstico laboratorial de raiva no Estado. A metodologia utilizada seguiu técnicas padrões como a imunofluorescência direta (mais) (IFD) e inoculação em camundongos (IC). Não ocorreram casos de raiva humana no período. O vírus rábico (VR) foi detectado em 739 (3,1%) amostras, sendo 656 (88,7%) de origem bovina. O vírus foi também identificado em 23 caninos (3,1%), 21 eqüinos (2,9%), 29 quirópteros (4,0%), 4 felinos (0,5%), 3 ovinos (0,4%), 2 suínos (0,27%) e em um animal selvagem de espécie indeterminada (0,13%). O último caso de raiva em cães associado com variantes do vírus endêmicas nessa espécie foi diagnosticado em 1988. Dois episódios de contaminação incidental registrados em um felino em 2001 e em um canino em 2007, associados com variantes do vírus prevalentes em morcegos. Em relação à raiva bovina, os dados aqui apresentados revelam uma marcante diminuição no número de casos de raiva nessa espécie, em comparação com registros prévios. Por outro lado, um aumento no número de casos de raiva em morcegos hematófagos e não hematófagos vem sendo observado; no entanto, não é possível associar este aumento com modificações nas relações vírus/hospedeiro, pois o número de morcegos submetidos para diagnóstico tem igualmente aumentado. Isto provavelmente reflete o aumento do conhecimento sobre o papel de morcegos no ciclo de transmissão, e não necessariamente alterações no vírus e/ou nos hospedeiros. Resumo em inglês The results of 23 years of rabies diagnosis carried out at the Veterinary Research Institute Desidério Finamor, in the state of Rio Grande do Sul, RS, Brazil, are reported. From 1985 to 2007, a total of 23.460 specimens were examined, corresponding to 95% of the total number of samples submitted to rabies laboratory diagnosis notified within the state. Diagnostic methods included standard techniques such as the fluorescent antibody test (FAT) and mouse inoculation test ( (mais) MIT). No cases of human rabies occurred in the period. Rabies virus (RV) was detected in 739 specimens (3.1%), from which 656 (88.7%) were from cattle. The virus was also identified in specimens from 23 dogs (3.1%), 21 horses (2.9%), 29 bats (4.0%), 4 cats (0.5%), 3 sheep (0.4%), 2 pigs (0.27%) and a wild animal of undetermined species (0.13%). The last case of rabies associated with a canine variant was diagnosed in 1988. Two cases of rabies associated with bat variant viruses were reported, in a domestic cat (2001) and in a dog (2007). In cattle, a marked tendency to a decrease in the number of cases was detected in the examined period. In contrast, an increase in the number of cases in haematophagous as well as in non haematophagous bats is noticed. However, as the number of bat specimens submitted for diagnosis has increased, this finding most likely reflects a higher degree of awareness on the possible role for bats in the rabies transmission cycle, rather than any particular changes on the virus or its hosts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Controle da raiva no Brasil de 1980 a 1990/ Rabies control in Brazil from 1980 to 1990

Schneider, Maria Cristina; Almeida, George A. de; Souza, Lúcia Maria; Morares, Nélio B. de; Diaz, Roberta C.
1996-04-01

Resumo em português Descreve-se a situação epidemiológica da raiva no Brasil no período de 1980-1990, em que o Programa Nacional de Profilaxia da Raiva foi estruturado em todo País. São mostradas as principais ações de controle da raiva desenvolvidas para se chegar aos resultados, considerados positivos. A raiva no Brasil registrou uma redução importante nos casos humanos (78%) e caninos (90%) na metade da série analisada. No final da década, houve um recrudescimento de casos em (mais) algumas partes do País, principalmente na região Nordeste que apresentou 70% dos casos em 1990. A raiva humana transmitida por morcegos também apresentou um incremento importante, chegando a 15,1% do total. O programa executado pelos Estados e municípios atende a 350.000 pessoas agredidas por animais e também vacina cerca de 9.000.000 de animais anualmente. A vigilância epidemiológica é considerada fundamental e para isso se elaboraram indicadores para a definição de áreas de risco. Resumo em inglês The epidemiological situation of rabies in Brazil at the period of 1980 to 1990, when the National Program for Rabies Prevention was implemented on a national scale, and which yielded positive results, is presented. The main controling actions carried out in order to achieve these results are also described. Rabies in Brasil registered a considerable decrease in human and canine cases (78% and 90%, respectively) , half way through the series of analyses undertaken for thi (mais) s study. Towards the end of the decade, the disease began to recrudesce, several cases occurring in some parts of the country, mainly in the northeastern region, where 70% of the total number of infections for 1990 was recorded. Moreover, human rabies transmitted by bats experienced a considerable increase, accounting for 15.1% of the total. The Program, which is implemented by State and Municipal authorities. Covers the 350,000 people who are attacked by animals, and vaccinates approximately 9,000,000 animals every annually year. Epidemiological control is considered to be of basic importance, so that indicators for the definition of the areas of risk have been developed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Controle da raiva no Brasil de 1980 a 1990/ Rabies control in Brazil from 1980 to 1990

Schneider, Maria Cristina; Almeida, George A. de; Souza, Lúcia Maria; Morares, Nélio B. de; Diaz, Roberta C.
1996-04-01

Resumo em português Descreve-se a situação epidemiológica da raiva no Brasil no período de 1980-1990, em que o Programa Nacional de Profilaxia da Raiva foi estruturado em todo País. São mostradas as principais ações de controle da raiva desenvolvidas para se chegar aos resultados, considerados positivos. A raiva no Brasil registrou uma redução importante nos casos humanos (78%) e caninos (90%) na metade da série analisada. No final da década, houve um recrudescimento de casos em (mais) algumas partes do País, principalmente na região Nordeste que apresentou 70% dos casos em 1990. A raiva humana transmitida por morcegos também apresentou um incremento importante, chegando a 15,1% do total. O programa executado pelos Estados e municípios atende a 350.000 pessoas agredidas por animais e também vacina cerca de 9.000.000 de animais anualmente. A vigilância epidemiológica é considerada fundamental e para isso se elaboraram indicadores para a definição de áreas de risco. Resumo em inglês The epidemiological situation of rabies in Brazil at the period of 1980 to 1990, when the National Program for Rabies Prevention was implemented on a national scale, and which yielded positive results, is presented. The main controling actions carried out in order to achieve these results are also described. Rabies in Brasil registered a considerable decrease in human and canine cases (78% and 90%, respectively) , half way through the series of analyses undertaken for thi (mais) s study. Towards the end of the decade, the disease began to recrudesce, several cases occurring in some parts of the country, mainly in the northeastern region, where 70% of the total number of infections for 1990 was recorded. Moreover, human rabies transmitted by bats experienced a considerable increase, accounting for 15.1% of the total. The Program, which is implemented by State and Municipal authorities. Covers the 350,000 people who are attacked by animals, and vaccinates approximately 9,000,000 animals every annually year. Epidemiological control is considered to be of basic importance, so that indicators for the definition of the areas of risk have been developed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Ocorrência de raiva em ovinos no Rio Grande do Sul/ Occurrence of rabies in sheep in Rio Grande do Sul, Brazil

Rissi, Daniel R.; Pierezan, Felipe; Kommers, Glaucia D.; Barros, Claudio S.L.
2008-10-01

Resumo em português Descreve-se a ocorrência de raiva em ovinos na região Central do Rio Grande do Sul em novembro de 2003. Foram afetados dois ovinos de raça mista, um macho de três meses e uma fêmea de 2,5 anos de idade que apresentaram sinais clínicos com evolução de cinco dias e caracterizados por dificuldade de locomoção, tremores musculares, decúbito lateral, convulsões, opistótono e febre. Histologicamente havia mielomeningoencefalite não-supurativa, associada a inclusõ (mais) es eosinofílicas intracitoplasmáticas (corpúsculos de Negri) em neurônios nos dois ovinos afetados. Em um ovino em que o gânglio de Gasser foi examinado, havia ganglionite não-supurativa. As lesões concentravam-se predominantemente na substância cinzenta da medula espinhal, no tronco encefálico e no cerebelo. Antígeno viral foi detectado em seções selecionadas de ponte e bulbo submetidas ao teste de imuno-histoquímica utilizando anticorpo policlonal anti-ribonucleoproteína do vírus da raiva. Os casos ocorreram em meio a um surto de raiva bovina transmitida por morcegos e foram considerados, com bases epidemiológicas, como transmitidos da mesma forma, como ocorre na raiva endêmica de bovinos no Rio Grande do Sul. Resumo em inglês Cases of rabies in sheep occurring in November 2003, in central Rio Grande do Sul state, Brazil, are described. A 3-month-old male, and a 2.5-month-old female sheep were affected. Clinical signs were characterized by abnormal gait, trembling, lateral recumbency, convulsion, opisthotonus, and fever. Histological findings included a non-suppurative myelomeningoencephalitis associated with intracytoplasmic eosinophilic inclusion (Negri) bodies in neurons. Lesions were predom (mais) inantly observed in gray matter of the spinal cord, brainstem and cerebellum. There was non-suppurative Gasserian ganglionitis in one sheep in which this structure was examined. Immunohistochemistry using rabies virus ribonucleoprotein polyclonal antibody yelded positive result in brain tissue from both sheep. The cases herein reported occurred concomitantly to an outbreak of bat transmitted rabies in cattle in the same region and were considered, on epidemiological basis, to be transmitted by bats, as occurs in endemic bovine rabies in Rio Grande do Sul.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Os morcegos e a raiva na região oeste do Estado de São Paulo/ The bats and rabies in the Western region of the State of São Paulo, Brazil

Albas, Avelino; Souza, Edson Aroldo Novaes de; Picolo, Miléia Ricci; Favoretto, Silvana Regina; Gama, Adriana Ruckert da; Sodré, Miriam Martos
2011-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O laboratório do Pólo da Alta Sorocabana de Presidente Prudente, SP, em parceria com outras instituições de pesquisa, realizou estudos pertinentes aos morcegos da região oeste do Estado de São Paulo, Brasil. Para tal, foram pesquisadas algumas situações, tais como: a) isolamento do vírus rábico, no período 2006 a 2008; b) as respectivas variantes antigênicas; c) abrigos diurnos do morcego hematófago Desmodus rotundus. MÉTODOS: As amostras para (mais) exame foram provenientes de morcegos não hematófagos encaminhadas ao laboratório sendo submetidas aos testes de imunofluorescência direta e prova biológica. As amostras positivas foram caracterizadas antigenicamente por meio do teste de anticorpos monoclonais. Quanto aos morcegos, foram identificados e classificados, e também foi realizado mapeamento de abrigos dos mesmos. RESULTADOS: O laboratório recebeu 1.113 morcegos não hematófagos para diagnóstico laboratorial, sendo 11 (1%) deles positivos, e dentre as amostras positivas, 5 (45,5%) delas tiveram variante antigênica 3 associada ao morcego D. rotundus e 4 (36,5%) foram compatíveis com amostras de morcegos insetívoros. Foram pesquisados 16 abrigos de morcegos hematófagos e observou-se a presença de outras 3 espécies de morcegos não hematófagos convivendo com eles. CONCLUSÕES: Os experimentos mostraram que o vírus rábico continua circulando na região com pelo menos 3 variantes antigênicas, e que, a coabitação de morcegos hematófagos com não hematófagos pode ter alguma relação com a disseminação do vírus rábico. Resumo em inglês INTRODUCTION: The Polo da Alta Sorocabana Laboratory in Presidente Prudente, SP, in partnership with other research institutions, conducted studies related to bats from the western region of the State of Sao Paulo, Brazil. Thus, certain situations were investigated, including: a) isolation of the rabies virus from 2006 to 2008; b) identification of respective antigenic variants; and c) characterization of daytime shelters of Desmodus rotundus vampire bats. METHODS: Sample (mais) s for examination originated from nonhematophagous bats forwarded to the laboratory and subjected to direct fluorescent antibody test and mouse inoculation test. Positive samples were characterized by the monoclonal antibody test. Regarding the bats, they were identified and classified and mapping of their shelters was also performed. RESULTS: The laboratory received 1,113 nonhematophagous bats for rabies diagnosis, 11 (1%) of which were positives, and among the positive samples, 5 (45.5%) presented antigenic variant 3 (from the bat Desmodus rotundus) and 4 (36.5%) were compatible with samples derived from Brazilian insectivorous bats. Sixteen vampire bat shelters were investigated and observation confirmed the presence of another 3 species of nonhematophagous bats coexisting with them. CONCLUSIONS: The experiments showed that at least 3 antigenic variants of rabies virus are circulating in the region and that the cohabitation of vampire bats with nonhematophagous bats could be related to the dissemination of the rabies virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Perfil antigênico do vírus da raiva isolado de diferentes espécies de morcegos não hematófagos da Região de Presidente Prudente, Estado de São Paulo/ Antigen profile of rabies virus isolated from different species of non-hematophagous bats in the region of Presidente Prudente, State of São Paulo

Albas, Avelino; Souza, Edson Aroldo Novaes de; Lourenço, Rúbia Anzolin; Favoretto, Silvana Regina; Sodré, Miriam Martos
2009-02-01

Resumo em português O Laboratório de Virologia Clínica e Molecular do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, utilizando-se da técnica de anticorpos monoclonais, tipificou 18 amostras de vírus rábico provenientes de morcegos não hematófagos de várias espécies provenientes da Região de Presidente Prudente, SP, Brasil. Destas amostras, 15 (82,3%) foram definidas como variante 3 (compatível com amostras isoladas de morcegos Desmodus rotundus) e 3 (16,7%) como variante 4 (compatível com amostras isoladas de morcegos Tadarida brasiliensis). Resumo em inglês Using the monoclonal antibody technique, the Clinical and Molecular Virology Laboratory of the Institute of Biomedical Sciences of the University of São Paulo typed 18 rabies virus samples from non-hematophagous bats of several species from the region of Presidente Prudente, SP, Brazil. Among these samples, 15 (82.3%) were defined as variant 3 (compatible with samples isolated from Desmodus rotundus bats) and three (16.7%) as variant 4 (compatible with samples isolated from Tadarida brasiliensis bats).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Perfil epidemiológico da raiva na região Noroeste do Estado de São Paulo no período de 1993 a 2007/ Epidemiological profile of rabies in the northwestern region of São Paulo State, from 1993 to 2007

Queiroz, Luzia Helena; Carvalho, Cristiano de; Buso, Daniel Sartori; Ferrari, Clara Isabel de Lucca; Pedro, Wagner André
2009-02-01

Resumo em português Descreve-se a epidemiologia da raiva animal na região de Araçatuba, noroeste do estado de São Paulo, durante o período de 1993 a 2007, com base nos resultados dos diagnósticos realizados em laboratórios da região, utilizando as técnicas de imunofluorescência direta e inoculação intracerebral em camundongos. De 10.579 amostras analisadas, 4,9% foram positivas (518/10.579). Os casos em cães corresponderam a 67% (346/518) do total e ocorreram entre 1993 a 1997. D (mais) entre as demais amostras positivas, 16% do total (84/518) foi detectado em bovinos e 9,7% (50/518) em morcegos. Dos 42 municípios da região, 23 (55%) apresentaram pelo menos um caso positivo da doença, sendo que 13 deles registraram casos em morcegos. Foram identificados três ciclos distintos da raiva na região Noroeste do Estado de São Paulo, o ciclo urbano caracterizado predominantemente pela raiva canina (1993 a 1997) e os ciclos aéreo e rural, a partir de 1998 com predominância de casos em quirópteros nas áreas urbanas e em herbívoros. Resumo em inglês The epidemiology of animal rabies in the region of Araçatuba, in the northwest of São Paulo State, from 1993 to 2007, is described according to the results from diagnoses made at laboratories in the region, using the fluorescent antibody and mouse inoculation tests. Out of 10,579 samples analyzed, 4.9% were positive (518/10,579). Dogs accounted for 67% of the cases (346/518) and these occurred between 1993 and 1997. Among the other positive samples, 16% (84/518) were in (mais) cattle and 9.7% (50/518) were in bats. Among the 42 municipalities in the region, 23 (55%) presented at least one rabies-positive case, while 13 of them had cases in bats. Three distinct cycles of rabies were identified in the northwestern region of the State of São Paulo: the urban cycle characterized predominantly by canine rabies (1993 to 1997); and the aerial and rural cycles starting in 1998, with predominance of cases in bats in urban areas and in herbivores.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Isolamento do vírus da raiva em Artibeus fimbriatus no Estado de São Paulo/ Isolation of rabies virus in Artibeus fimbriatus bat in the State of Sao Paulo, Brazil

Cunha, Elenice M Sequetin; Lara, Maria do Carmo C S H; Nassar, Alessandra Figueiredo de Castro; Sodré, Miriam M; Amaral, Luis Flávio Vani
2005-08-01

Resumo em português Descrevem-se, pela primeira vez, o isolamento e a identificação do vírus da raiva em morcego frugívoro Artibeus fimbriatus no município de São José do Rio Preto, Estado de São Paulo. O vírus foi isolado de exemplar encontrado em área urbana, caído sob uma árvore e ainda vivo. O diagnóstico foi realizado pelas técnicas de imunofluorescência direta e inoculação intracerebral em camundongos. Resumo em inglês This is the first report of the isolation and identification of the rabies virus in the frugivorous bat Artibeus fimbriatus in the city of Sao José do Rio Preto, Sao Paulo State, Brazil. The virus was isolated from an animal found in an urban area. The animal was found on the ground under a tree, still alive. Diagnosis was made by direct immunofluorescence and intracerebral inoculation of mice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Isolamento do vírus da raiva em Artibeus fimbriatus no Estado de São Paulo/ Isolation of rabies virus in Artibeus fimbriatus bat in the State of Sao Paulo, Brazil

Cunha, Elenice M Sequetin; Lara, Maria do Carmo C S H; Nassar, Alessandra Figueiredo de Castro; Sodré, Miriam M; Amaral, Luis Flávio Vani
2005-08-01

Resumo em português Descrevem-se, pela primeira vez, o isolamento e a identificação do vírus da raiva em morcego frugívoro Artibeus fimbriatus no município de São José do Rio Preto, Estado de São Paulo. O vírus foi isolado de exemplar encontrado em área urbana, caído sob uma árvore e ainda vivo. O diagnóstico foi realizado pelas técnicas de imunofluorescência direta e inoculação intracerebral em camundongos. Resumo em inglês This is the first report of the isolation and identification of the rabies virus in the frugivorous bat Artibeus fimbriatus in the city of Sao José do Rio Preto, Sao Paulo State, Brazil. The virus was isolated from an animal found in an urban area. The animal was found on the ground under a tree, still alive. Diagnosis was made by direct immunofluorescence and intracerebral inoculation of mice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Diagnóstico laboratorial de raiva em quirópteros realizado em área metropolitana na região sudeste do Brasil/ Laboratory diagnosis of rabies in chiroptera carried out of a metropolitan area of Southeastern Brazil

Almeida, Marilene F.; Aguiar, Elizabeth A. C.; Martorelli, Luzia F. A.; Silva, Miriam M. S.
1994-10-01

Resumo em português No período de janeiro de 1988 adezembro de 1992, foi realizado diagnóstico de raiva em 289 morcegos através das técnicas de imunofluorescência direta e de inoculação intracerebral em camundongos. Dois morcegos insetívoros da espécie Nyctinomops macrotis se apresentaram positivos, representando 0,69% da amostra. Esses morcegos foram capturados, ainda vivos, em 1988 e 1990, na sala de um apartamento no sétimo andar e no muro de uma casa, respectivamente. Ambos em (mais) bairros residenciais. Apresentaram período de incubação de 13 e 11 dias, respectivamente, na prova biológica. A existência de morcegos insetívoros infectados com o vírus da raiva é preocupante, uma vez que essa população parece ser cada vez mais freqüente em áreas urbanas, porém isto não justifica ações predatórias indiscriminadas contra as espécies, principalmente levando-se em consideração a importância do morcego no equilíbrio ecológico da população de insetos, abundante em área urbana. Resumo em inglês Between January, 1988 and December, 1992 the S. Paulo Animal Disease Control Center subjected 289 bats to rabies examinations, utilizing the direct immunofluorescence and biological techniques. Two insectivorous bats belonging to the species Nyctinomopsmacrotis, representing 0.69% of the total sample, tested positive. Both animals had been captured alive in residential neighborhoods of the city, one in 1988 in the living room of a 7' th floor apartment and the other in 19 (mais) 90 on top of a wall surrounding a private house. In the biological tests, the disease showed incubation periods of 13 and 11 days respectively.Although the existence of infected insectiverous bats in urban areas is cause for concern, indiscriminate predatory action against such species can in no way be justified-particularly bearing in mind their importance in preserving the ecological balance of the insect population so prevalent in cities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Diagnóstico laboratorial de raiva em quirópteros realizado em área metropolitana na região sudeste do Brasil/ Laboratory diagnosis of rabies in chiroptera carried out of a metropolitan area of Southeastern Brazil

Almeida, Marilene F.; Aguiar, Elizabeth A. C.; Martorelli, Luzia F. A.; Silva, Miriam M. S.
1994-10-01

Resumo em português No período de janeiro de 1988 adezembro de 1992, foi realizado diagnóstico de raiva em 289 morcegos através das técnicas de imunofluorescência direta e de inoculação intracerebral em camundongos. Dois morcegos insetívoros da espécie Nyctinomops macrotis se apresentaram positivos, representando 0,69% da amostra. Esses morcegos foram capturados, ainda vivos, em 1988 e 1990, na sala de um apartamento no sétimo andar e no muro de uma casa, respectivamente. Ambos em (mais) bairros residenciais. Apresentaram período de incubação de 13 e 11 dias, respectivamente, na prova biológica. A existência de morcegos insetívoros infectados com o vírus da raiva é preocupante, uma vez que essa população parece ser cada vez mais freqüente em áreas urbanas, porém isto não justifica ações predatórias indiscriminadas contra as espécies, principalmente levando-se em consideração a importância do morcego no equilíbrio ecológico da população de insetos, abundante em área urbana. Resumo em inglês Between January, 1988 and December, 1992 the S. Paulo Animal Disease Control Center subjected 289 bats to rabies examinations, utilizing the direct immunofluorescence and biological techniques. Two insectivorous bats belonging to the species Nyctinomopsmacrotis, representing 0.69% of the total sample, tested positive. Both animals had been captured alive in residential neighborhoods of the city, one in 1988 in the living room of a 7' th floor apartment and the other in 19 (mais) 90 on top of a wall surrounding a private house. In the biological tests, the disease showed incubation periods of 13 and 11 days respectively.Although the existence of infected insectiverous bats in urban areas is cause for concern, indiscriminate predatory action against such species can in no way be justified-particularly bearing in mind their importance in preserving the ecological balance of the insect population so prevalent in cities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Análise da profilaxia da raiva humana em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, em 2002/ Human rabies prophylaxis in Campo Grande, Mato Grosso do Sul State, Brazil, 2002

Rigo, Leonardo; Honer, Michael Robin
2005-12-01

Resumo em português A instituição de um tratamento adequado, a rapidez na observação do animal e no repasse de informações dão qualidade à vigilância epidemiológica em caso de agressão animal. O presente trabalho tem por objetivo avaliar a vigilância da raiva e a utilização de um sistema informatizado nesse processo. Foram avaliados 4.168 acidentes com animais. As lesões foram consideradas graves em 65,9% das agressões. Os cães foram responsáveis por 87,6% destas, os gatos (mais) por 10,5% e os morcegos por 0,6%. Foram analisados dois locais de registro dos tratamentos. De acordo com a ficha anti-rábica, 41,9% dos tratamentos indicados estavam corretos; nos casos com resultado negativo da observação, 7,4% tiveram um tratamento adequado. De acordo com o programa de vacinação, 42,2% dos tratamentos indicados estavam corretos; nos casos com resultado negativo da observação, 3,2% tiveram um tratamento adequado. Concluiu-se que deve haver uma melhora na indicação e no registro dos tratamentos, bem como na busca dos faltosos, para que ocorra uma melhora na qualidade do serviço oferecido e evite-se um incidente mais grave com uma pessoa vítima de agressão animal. Resumo em inglês Timely application of adequate treatment, speedy and thorough observation of animals, and streamlined information transfer provide quality rabies epidemiological surveillance in cases of attacks by animals. This study aims to evaluate rabies surveillance and the use of a computerized system in the surveillance process. A total of 4,168 attacks by animals were analyzed. The injuries were considered severe in 65.9% of cases. Dogs accounted for 87.6% of the severe cases, cat (mais) s 10.5%, and bats 0.6%. Two treatment recording sites were analyzed. According to the rabies treatment record sheet, 41.9% of the treatments were adequate; in cases with negative observation, 7.4% showed adequate treatment. According to the vaccination program, 42.2% of the prescribed treatments were correct; in cases with negative observation, 3.2% received adequate treatment. The study concluded that there should be improved prescribing and recording of treatment, as well as a search for missing cases, in order to improve the quality of the services and avoid more severe outcomes from animal attacks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Análise da profilaxia da raiva humana em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, em 2002/ Human rabies prophylaxis in Campo Grande, Mato Grosso do Sul State, Brazil, 2002

Rigo, Leonardo; Honer, Michael Robin
2005-12-01

Resumo em português A instituição de um tratamento adequado, a rapidez na observação do animal e no repasse de informações dão qualidade à vigilância epidemiológica em caso de agressão animal. O presente trabalho tem por objetivo avaliar a vigilância da raiva e a utilização de um sistema informatizado nesse processo. Foram avaliados 4.168 acidentes com animais. As lesões foram consideradas graves em 65,9% das agressões. Os cães foram responsáveis por 87,6% destas, os gatos (mais) por 10,5% e os morcegos por 0,6%. Foram analisados dois locais de registro dos tratamentos. De acordo com a ficha anti-rábica, 41,9% dos tratamentos indicados estavam corretos; nos casos com resultado negativo da observação, 7,4% tiveram um tratamento adequado. De acordo com o programa de vacinação, 42,2% dos tratamentos indicados estavam corretos; nos casos com resultado negativo da observação, 3,2% tiveram um tratamento adequado. Concluiu-se que deve haver uma melhora na indicação e no registro dos tratamentos, bem como na busca dos faltosos, para que ocorra uma melhora na qualidade do serviço oferecido e evite-se um incidente mais grave com uma pessoa vítima de agressão animal. Resumo em inglês Timely application of adequate treatment, speedy and thorough observation of animals, and streamlined information transfer provide quality rabies epidemiological surveillance in cases of attacks by animals. This study aims to evaluate rabies surveillance and the use of a computerized system in the surveillance process. A total of 4,168 attacks by animals were analyzed. The injuries were considered severe in 65.9% of cases. Dogs accounted for 87.6% of the severe cases, cat (mais) s 10.5%, and bats 0.6%. Two treatment recording sites were analyzed. According to the rabies treatment record sheet, 41.9% of the treatments were adequate; in cases with negative observation, 7.4% showed adequate treatment. According to the vaccination program, 42.2% of the prescribed treatments were correct; in cases with negative observation, 3.2% received adequate treatment. The study concluded that there should be improved prescribing and recording of treatment, as well as a search for missing cases, in order to improve the quality of the services and avoid more severe outcomes from animal attacks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Caracterização de amostras do vírus da raiva, isoladas nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, com anticorpos monoclonais antilissavírus/ Antigenic characterization of Brazilian rabies virus isolate North and Central West regions of Brazil with anti-lyssavirus monoclonal antibodies

Batista, H.B.C.R.; Schmidt, E.; Caldas, E.; Massunaga, P.; Teixeira, T.F.; Schaefer, R.; Roehe, P.M.
2008-02-01

Resumo em inglês The occurrence of rabies virus antigenic variants in North and Central West regions of Brazil was studied using 61 rabies viruses isolated from different species: 30 from domestic dogs, 20 from cattle, four from horses, two from cats, one from a human and four from unidentified species. The isolates were submitted to antigenic analyses by indirect immunofluorescence with a panel of 12 monoclonal antibodies (Mabs) to lyssavirus antigens. Antigenic analyses revealed consist (mais) ent differences between isolates whose natural hosts were dogs and those of haematophagous bats, often isolated from cattle. Three out of four isolates from horses and one from a domestic dog showed patterns of reactivity found only in viruses of insectivorous bats, indicating that non-haematophagous bats do play a unique role in the transmission of the virus to other species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Padronização da técnica de imuno-histoquímica para raiva em amostras de tecido do sistema nervoso central de bovinos fixadas em formol e emblocadas em parafina/ Standardization of immunohistochemistry technique for detection of rabies virus in formalin-fixed and paraffin-embedded tissue samples from central nervous system of cattle

Pedroso, Pedro M.O.; Pescador, Caroline A.; Bandarra, Paulo M.; Raymundo, Djeison L.; Borba, Mauro R.; Wouters, Flademir; Bezerra Júnior, Pedro S.; Driemeier, David
2008-12-01

Resumo em português Para a padronização da técnica de imuno-histoquímica para raiva foram utilizadas cinco amostras de SNC de bovinos infectados naturalmente com o vírus da raiva usando-se um anticorpo policlonal e dois monoclonais. Para a recuperação antigênica foram avaliados os seguintes reagentes: protease XIV, proteinase K e tampão citrato pH 6,0 mantido a 100ºC por 15 minutos. A detecção de antígeno rábico nas amostras foi possível com os três anticorpos utilizados. O a (mais) nticorpo policlonal foi superior aos anticorpos monoclonais, demonstrando bons resultados com os três protocolos de recuperação antigênica, obtendo uma maior intensidade de marcação quando utilizado o tampão citrato e calor. A técnica de imuno-histoquímica demonstrou a presença do antígeno viral no citoplasma de neurônios na forma de agregados de grânulos ou de forma redonda ou oval, mostrando cor púsculo de inclusão viral único a múltiplos nos neurônios. A imuno-histoquímica é um método rápido, podendo ser usada na rotina em casos onde inicialmente há suspeita de raiva, especialmente em casos onde fragmentos de cérebro submetidos ao laboratório foram fixados em formol, onde as amostras não podem ser enviadas ao laboratório imediatamente e para a realização de estudos retrospectivos. Resumo em inglês For standardization of the rabies immunohistochemistry technique, five samples of central nervous system (CNS) of cattle naturally infected with rabies virus were examined. One polyclonal antibody and two monoclonal antibodies were used. The following reagents were evaluated for antigen retrieval: XIV protease, proteinase K and citrate buffer (pH 6.0) boiling at 100ºC during 15 minutes in bain-marie. Detection of rabic antigen was possible with the three antibodies teste (mais) d. The polyclonal antibody was superior to the monoclonal antibodies, demonstrating good results with the three antigen retrieval protocols. The highest intensity staining was obtained with the citrate buffer and heat. The immunohistochemistry technique demonstrated the presence of viral antigens in the cytoplasm of neurons, in form of aggregates or with round or oval shape. The antigens were found as single or multiples inclusion bodies in the neurons. Immunohistochemistry is a fast method that can be used in routine procedures in cases where rabies is suspected, especially when the brain is submitted to the laboratory as formalin-fixed fragments or when samples could not be immediately shipped. The technique is also useful for retrospective studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Caracterização molecular do vírus da raiva isolado de Desmodus rotundus capturados no Estado do Rio de Janeiro/ Molecular characterization of rabies virus isolated from Desmodus rotundus captured in Rio de Janeiro State

Vieira, L.F.P.; Pereira, S.R.F.G.; Brandão, P.E.; Oliveira, R.N.; Carnieli-Junior, P.; Galante, A.C.; Chicarino, C.N.; Kotait, I.
2010-04-01

Resumo em português Caracterizou-se filogeneticamente o vírus da raiva, isolado de morcegos hematógafos (Demodus rotundus). Cento e noventa e nove D. rotundus foram capturados em cinco abrigos, no Norte e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro e sul do Espírito Santo. Sete deles foram positivos para a raiva. Amostras desses vírus foram sequenciadas e comparadas com sequências provenientes de diversos estados brasileiros. As sequências de vírus da raiva isoladas, na região norte do Esta (mais) do do Rio de Janeiro, mostraram características que as distinguem de amostras de vírus isoladas em outras regiões do país, no entanto foram idênticas às isoladas de bovinos no noroeste do Rio de Janeiro. Resumo em inglês Rabies samples isolated from vampire bats captured in the Rio de Janeiro State were phylogenetically analyzed. One hundred and ninety nine vampire bats were captured from five shelters from North and Northwest of Rio de Janeiro and South of Espírito Santo States. Seven of them were positive for rabies. Theses samples were sequenced and compared with rabies virus sequences from several Brazilian states. The sequences of rabies virus, isolated in the present work, from Nor (mais) th of Rio de Janeiro State, showed characteristics that differ of the sequences isolated from bats from other Brazilian regions. However, they were identical to samples isolated from cattle in Northwest of Rio de Janeiro state.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Aspectos da vigilância epidemiológica da raiva em sub-regiões administrativas do Estado de São Paulo, Brasil, 1982-1983/ Aspects of epidemiological surveillance for rabies in the administrative sub-regions of S.Paulo State (Brazil) 1982-1983

Pinto, Cássio Luiz; Alleoni, Elizabeth Seghesi
1986-08-01

Resumo em português Foi realizado estudo com a finalidade de verificar as condições de profilaxia da raiva humana, em sub-regiões administrativas do Estado de São Paulo com vistas a obter melhor orientação quanto ao uso de vacinas e soros anti-rábicos. Foram analisadas 4.121 fichas contendo dados de pessoas que procuraram 31 Unidades Sanitárias dos Distritos de Marília, Assis e Tupã, no período de 1982/83. Os resultados evidenciaram: má qualidade do preenchimento das fichas; 84,1 (mais) % dos acidentes foram provocados por animais da espécie canina; o grupo etário mais atingido foi o de 5 a 14 anos; 65,7% dos acidentes foram no próprio domicílio; vários casos deixariam de ser tratados, caso houvesse maior e melhor observação durante o período de 10 dias; o índice de abandono de tratamento foi de 10,4%; falta maior entrosamento entre as Instituições que, direta ou indiretamente, têm compromissos com o controle e a profilaxia da raiva. Resumo em inglês A study to verify the situation of rabies prophylaxis in the State of S.Paulo (Brazil) was made with a view to obtaining better guidance on the use of vaccines and anti-rabic serum. A total of 4,121 individual cards were analysed, in wich there was registered information about people who sought medical help at the 31 Sanitary Units of the Districts of Marília, Assis and Tupã during 1982 and 1983. The results showed: the inadequate filling-in of the cards; 84.1% of the a (mais) ccidents were provoked by animals of canine species; people between 5 and 14 years old were those most affected; 65.7% of the accidents happened in the home itself; a large number of cases could be eliminated if there were more intensive and careful observation over a period of 10 days; the index of treatments abandoned was 10.4%; the institutions that have some responsibility for rabies' control and prophylaxis are not adequately coordinated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Diagnóstico laboratorial da raiva na região oeste do Estado de São Paulo/ Laboratory diagnosis of rabies in the west region of São Paulo State

Albas, Avelino; Zoccolaro, Paulo Tadeu; Rosa, Talita Zacarias; Cunha, Elenice Maria Sequetin
2005-12-01

Resumo em português O laboratório do Pólo da Alta Sorocabana, Presidente Prudente, SP e Instituto Biológico de São Paulo, SP, realizaram avaliação do diagnóstico laboratorial da raiva no período de 1996 a 2003 na região oeste do Estado de São Paulo. Para tal, se fez uso dos testes de imunofluorescência direta e prova biológica (inoculação em camundongos) em 4.950 amostras encaminhadas para análise envolvendo as espécies canina, felina, bovina, quiróptera (morcego) e outras ( (mais) eqüina, caprina, suína e roedores). Detectou-se a presença de 74 amostras positivas, sendo que destas, 58 (78,4%) foram referentes a quirópteros não hematófagos e 16 (21,6%) para bovinos. O presente estudo epidemiológico constatou que, apesar do alto índice de positividade nos quirópteros, não houve um surto de raiva nestas espécies na região de Presidente Prudente no período estudado, porque o aumento no índice de positividade foi decorrente do significativo aumento de amostras de quirópteros encaminhadas ao laboratório para pesquisa do vírus rábico. Resumo em inglês The Pólo da Alta Sorocabana laboratory, Presidente Prudente, SP, Brazil, and the Biological Institute in São Paulo State, performed an evaluation of rabies diagnosis from 1996 to 2003 in the west region of São Paulo State. For the tests, the laboratories used direct immunofluorescence and mice inoculation in 4,950 samples, that were sent for analysis involving dogs, cats, cattle, chiroptera (bats) and other animals. According to the results, the laboratories found 74 p (mais) ositive samples; of which 58 (78.4%)were non-hematophagous bats and 16 (21.6%) related to cattle. The present epidemiological study verified that in spite of the high positive index in chiroptera compared to the other species, there was not an outbreak of rabies in the species in the region of Presidente Prudente, from 1996 to 2003 but a rise in the positive index due to a marked increase in the number of chiroptera samples sent to the laboratories for virus rabies research.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Distribuição espacial e temporal da raiva canina e felina em Minas Gerais, 2000 a 2006/ Spatial and temporal distribution of canine and feline rabies in Minas Gerais, Brazil, from 2000 to 2006

Barbosa, A.D.; Silva, J.A.; Moreira, E.C.; Meneses, J.N.C.; Magalhães, D.F.; Menezes, F.L.; Oliveira, C.S.F.
2008-08-01

Resumo em português Estudou-se a epidemiologia da raiva em cães e gatos, em Minas Gerais, e realizou-se um estudo descritivo de seu comportamento, de 2000 a 2006. Utilizaram-se, como fonte de dados, os relatórios mensais dos laboratórios do Centro de Controle de Zoonoses de Belo Horizonte e do Instituto Mineiro de Agropecuária. Os resultados demonstraram positividade de 1,5% para raiva canina e 0,7% para raiva felina. Houve tendência ao decréscimo do número de casos positivos de raiva (mais) canina (y = -3,2143x + 19,714) e também para a raiva felina, com apenas dois casos, ambos em 2000. As regiões com diagnóstico positivo coincidiram com as de menor desenvolvimento sócioeconômico. Resumo em inglês In order to know the epidemiology of rabies in dogs and cats, in Minas Gerais State, a descriptive study of its behavior was carried out from 2000 to 2006. Data of monthly reports colleted at the laboratories of "Centro de Controle de Zoonoses (CCZ)" from Belo Horizonte" and "Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)" were used. Positivity of 1.50% for canine rabies and 0.70% for feline rabies were observed. A tendency to the decrease of canine rabies positive cases was fo (mais) und (y= -3.2143x + 19.714) and the same was observed for cats, since only two cases occurred, both in 2000. The regions that present positive diagnostics also showed the lowest social economic development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Titulação de anticorpos contra o vírus da raiva em cães, em Campo Grande, MS, na Campanha Anti-Rábica de 2003/ Rabies virus antibody titers in dogs in Campo Grande, Mato Grosso do Sul State, during the anti-rabies campaign, 2003

Rigo, Leonardo; Honer, Michael Robin
2006-12-01

Resumo em português Para avaliar a resposta imune em cães, que compareceram a Campanha de Vacinação Anti-Rábica Animal de 2003, foram analisados 333 soros caninos, coletados nos diversos postos de vacinação. Verificou-se que 51,1% dos animais não possuíam títulos protetores. Não foi encontrada associação entre aplicação de vacina e maior número de vacinações, com maior título imunitário. Resumo em inglês To assess the immune response in dogs attended during the 2003 anti-rabies animal vaccination campaign, 333 serum samples collected at different vaccination posts were analyzed. It was found that 51.1% of the animals did not have protective titers. No correlation was found between vaccine application or multiple vaccinations and higher immune titers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Distribuição temporal e espacial da raiva bovina em Minas Gerais, 1976 a 1997/ Space and time distribution of bovine rabies in Minas Gerais State, Brazil, from 1976 to 1997

Silva, J.A.; Moreira, E.C.; Haddad, J.P.A.; Modena, C.M.; Tubaldini, M.A.S.
2001-06-01

Resumo em português Realizou-se um estudo observacional retrospectivo com o objetivo de avaliar a distribuição espaço-temporal da raiva bovina em Minas Gerais. Foram analisadas 7.526 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta, de 1976 a 1997. Para distribuição espacial da raiva bovina foi utilizado o aplicativo de mapeamento MAP-INFO Professional 4.5. Foi observada tendência crescente anual não só de diagnósticos positivos de raiva (Y=23,588X), com predominância (mais) nos meses de abril a agosto, como também de municípios positivos (Y=0,0461X), caracterizando intensa expansão da raiva bovina em Minas Gerais. Resumo em inglês A retrospective observational study was performed for evaluating space and time distribution of bovine rabies in Minas Gerais State, Brazil, from 1976 to 1997. A total of 7,526 records of bovine rabies diagnoses using direct immunofluorescence was analysed. The MAP-INFO professional 4.5 was used for examining space distribution of bovine rabies. An annual growth tendency of positive diagnoses of rabies (Y=23,586X) mainly from April to August and in the number of positive counties (Y=0,0461X) was observed, characterizing an intense expansion of bovine rabies in Minas Gerais.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Distribuição espaço-temporal da raiva bovina em Minas Gerais, 1998 a 2006/ Space and time distribution of bovine rabies in Minas Gerais, 1998 to 2006

Menezes, F.L.; Silva, J.A.; Moreira, E.C.; Meneses, J.N.C.; Magalhães, D.F.; Barbosa, A.D.; Oliveira, C.S.F.
2008-06-01

Resumo em português Estudou-se a situação epidemiológica da raiva bovina em Minas Gerais de 1998 a 2006. Foram avaliadas 6873 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta. Para análise da distribuição temporal da raiva, foram construídas tabelas e gráficos no software Excel 2003 e o mapeamento dos diagnósticos foi feito no aplicativo Tabwin 1.4. Verificou-se tendência anual decrescente do número de exames e dos diagnósticos positivos (Y= -41,133x+544,89). Os mes (mais) es de maio, junho e julho apresentaram o maior percentual de diagnósticos positivos. O número de municípios com raiva bovina variou ao longo do período estudado e manteve tendência decrescente (Y= -7,0833x+166,64), com expansão da doença para os municípios da região do Triângulo Mineiro. Resumo em inglês Epidemiological data of bovine rabies were evaluated after analyzing 6,873 files collected in Minas Gerais state, from 1998 to 2006. Direct Immunofluorescence was performed to diagnosis the disease. The temporal distribution of the disease was analyzed after tables and graphics were made using the software Excel 2003. A mapping diagnosis was built using the applicatory Tabwin 1.4. It was observed an annual decreasing tendency in the number positive diagnosis (Y= -41.133x+ (mais) 544.89). A higher percentage of positive diagnosis for rabies was observed from May to July. There was a variation in the number of counties in which bovine rabies was diagnosed during the studied period and it maintained a decreasing trend (Y= -7.0833x+166.64), with expansion of the disease in direction of "Triângulo Mineiro" counties.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Aspectos clínicos e patológicos em bovinos afetados por raiva com especial referência ao mapeamento do antígeno rábico por imuno-histoquímica/ Clinical and pathological aspects in cattle affected by rabies with special reference to the rabies antigen mapping by immunohistochemistry

Pedroso, Pedro M.O.; Colodel, Edson M.; Pescador, Caroline A.; Arruda, Laura P.; Driemeier, David
2009-11-01

Resumo em português Este estudo retrospectivo incluiu achados clínicos e patológicos de 15 bovinos afetados por raiva. Em treze dos quinze casos, raiva foi confirmada por imunofluorescência direta. Bovinos entre 4 meses e 8 anos foram afetados. O curso clínico variou de três a sete dias. A forma paralítica foi a mais frequente e incluiu incoordenação, paresia e paralisia dos membros pélvicos, decúbito, movimentos de pedalagem e morte. Os principais achados histopatológicos foram m (mais) eningoencefalite linfoplasmocitária associada com corpúsculos de Negri em 86,6% dos casos. Todos os casos foram positivos na imuno-histoquímica para raiva, cujas reações foram mais evidentes no tronco encefálico, incluindo bulbo, ponte e mesencéfalo, além de gânglio trigêmeo. A imuno-histoquímica demonstrou o vírus da raiva em axônios, dendritos e pericário de neurônios, como agregados de grânulos ou em formações arredondadas associadas com números variáveis de corpúsculos de inclusão virais nos neurônios. Houve também marcação nos neurônios de Purkinje e de seus processos na camada molecular, nos núcleos do tronco encefálico e camada profunda do córtex telencefálico. A imuno-histoquímica pode ser importante ferramenta diagnóstica no diagnóstico da raiva, especialmente em situações nas quais não é possível manter refrigeração adequada das amostras e em casos com meningoencefalite não-supurativa e ausência de corpúsculos de inclusão. Resumo em inglês This retrospective study included clinical and pathological findings from 15 cattle affected by rabies. Thirteen of the 15 cases were confirmed by direct immunofluorescence. Cattle between 4 months and 8 years of age were affected. Clinical course ranged from 3 to 7 days. Paralytical form was the most common clinical picture and included incoordination, paresis, and paralysis of the pelvic members, besides recumbence, paddling, and death. The main histopathological findin (mais) gs were lymphoplasmacytic meningoencephalitis associated with characteristic Negri bodies in 86.6% of the cases. All cases showed anti-rabies immunostaining, which were most prominent in the brainstem including medulla oblongata, pons, and midbrain, besides trigeminal ganglion. Positive labeling was present within axons, dendrites, and perikarya of neurons as aggregates of granules or round formations associated with varying numbers of inclusion bodies. Immunostaining was also observed in the Purkinje neurons and their processes in the molecular layer, in the neurons of of the brainstem, and deep layer of the telencephalic cortex. Immunohistochemistry may be an important auxiliary tool for the diagnosis of rabies, especially in circumstances in which refrigeration cannot be adequately maintained, and in cases characterized by nonsuppurative meningoencephalitis with absence of inclusion bodies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Processos de trabalho do enfermeiro durante surtos de raiva humana no Estado do Pará, Brasil/ Nurses' work processes in outbreak of human rabies in Pará, Brasil/ Procesos de trabajo del enfermero en el brote de rabia humana en Pará, Brasil

Bezerra, Patrícia Melo
2011-02-01

Resumo em português O presente artigo visou analisar os processos de trabalho de enfermeiros durante eventos epidêmicos de raiva humana no Estado do do Pará no biênio 2004 e 2005, situando assim, o enfermeiro neste espaço que sofreu uma epidemia letal. O estudo é do tipo descritivo-analítico com abordagem qualitativa e coleta de narrativa individual semi-estruturada dirigida a seis enfermeiros que trabalharam durante estes eventos epidêmicos de raiva humana. A articulação e a integr (mais) ação dos processos de trabalho assistir, administrar e ensinar foram encontradas nas narrativas dos enfermeiros entrevistados Resumo em espanhol Este artículo tuvo como objetivo analizar los procesos de trabajo de las enfermeras en los fenómenos de la epidemia de rabia humana en el estado brasileño de Pará, en el bienio 2004 y 2005, colocando a la enfermera en este espacio que tiene una epidemia letal. El estudio es cualitativo cya recogida de datos hay sido por medio de entrevistas semi-estructuradas con seis enfermeras que trabajaban en estos eventos de la epidemia de rabia humana. La vinculación y la integración de los procesos de trabajo para ayudar, gestionar, y enseñar se encuentra en los relatos de las enfermeras Resumo em inglês This article aimed at analyzing the work processes of nurses during the epidemic events of human rabies in the State of Para, Brazil in the biennium 2004 and 2005, thus placing the nur se in this space that has a lethal epidemic. The study is a qualitative study which data collection was carried out by individual semi-structured interviews with six nurses who worked during those epidemic events. The linkage and integration of work processes to assist, manage and teach were found in the narratives of the nurses

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Tratamento preventivo da raiva humana/ Preventive treatment against rabies in humans

Azevedo, Murillo Pacca de; Barbante, Pedro José; Kerbrie, Sosthenes Vital; Cortás, Marcia Caraça
1981-10-01

Resumo em português Foi elaborada Norma Técnica por uma Comissão constituída pelo Serviço Especial de Saúde Pública do Ministério da Saúde com a participação de represeentantes de vários estados brasileiros para que seja adotado, em todo o território nacional, um mesmo esquema de tratamento anti-rábico preventivo humano pós-exposição ao contágio. Resumo em inglês A technical note has been elaborated by a working-group coordinated by the "Serviço Especial de Saúde Pública" of the "Ministério da Saúde" with the participation of experts from various Brazilian States with a view to the adaptation, throughout Brazil, of the same technical norms for post-exposure anti-rabies preventive treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Tratamento preventivo da raiva humana/ Preventive treatment against rabies in humans

Azevedo, Murillo Pacca de; Barbante, Pedro José; Kerbrie, Sosthenes Vital; Cortás, Marcia Caraça
1981-10-01

Resumo em português Foi elaborada Norma Técnica por uma Comissão constituída pelo Serviço Especial de Saúde Pública do Ministério da Saúde com a participação de represeentantes de vários estados brasileiros para que seja adotado, em todo o território nacional, um mesmo esquema de tratamento anti-rábico preventivo humano pós-exposição ao contágio. Resumo em inglês A technical note has been elaborated by a working-group coordinated by the "Serviço Especial de Saúde Pública" of the "Ministério da Saúde" with the participation of experts from various Brazilian States with a view to the adaptation, throughout Brazil, of the same technical norms for post-exposure anti-rabies preventive treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais, Brasil/ Use of the land as determinant of the distribution of the bovine rabies in Minas Gerais, Brazil

Silva, J.A.; Moreira, E.C.; Haddad, J.P.A.; Sampaio, I.B.M.; Modena, C.M.; Tubaldini, M.A.S.
2001-06-01

Resumo em português Realizou-se um estudo observacional retrospectivo com o objetivo de avaliar variáveis do uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais. Foram analisadas 7.526 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta, de 1976 a 1997. Utilizaram-se os dados dos Censos Agropecuários de Minas Gerais- FIBGE, anos de 1970, 1985 e 1995-1996. Empregou-se o método da análise fatorial de componentes principais, com auxílio do programa M (mais) initab versão 9.0. A raiva bovina apresentou-se mais associada às lavouras permanentes e temporárias, às pastagens naturais e plantadas e ao efetivo bovino, e menos associada às matas naturais e plantadas, às lavouras em descanso e às terras produtivas não utilizadas. Concluiu-se que as transformações antrópicas no espaço agrário, especialmente no uso da terra, influenciaram de modo determinante a distribuição espacial e temporal da raiva bovina em Minas Gerais. Resumo em inglês A retrospective observational study was performed to evaluate variables of the use of the land to determine space and time distribution of bovine rabies in Minas Gerais State - Brazil, from 1976 to 1997. The analysis of 7526 records for bovine rabies diagnosis used direct immunofluorescence was performed. For analysis of the use of the land the data of the Agricultural Censuses of Minas Gerais - FIBGE, years of 1970, 1985 and 1995-1996 were studied. Factorial analysis of (mais) the main components, with the aid of the Minitab Program version 9.0, was used to investigate the behavior of rabies and variables of the use of the land. This disease was more associated to the permanent and temporary crops, natural and artificial pastures, and size of the bovine herds. On the other hand, it was less associated to the artificial and natural forests, resting crop areas or unused productive land. It was concluded that anthropics transformations in agrarian space, especially related to the use of the land had a determinant influence in the space and time distribution of the bovine rabies in Minas Gerais.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Equivalência e avaliação da necessidade de sorologia de controle entre esquemas de pré-exposição à raiva humana/ Equivalence between pre-exposure schemes for human rabies and evaluation of the need for serological monitoring/ Equivalencia y evaluación de la necesidad de serología de control entre esquemas de pre-exposición a la rabia humana

Cunha, Ricardo Siqueira; Silva, Andréa de Cássia Rodrigues da; Batista, Alexandre Mendes; Chaves, Luciana Botelho; Barata, Rita Barradas
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a resposta imune humoral do esquema de pré-exposição da raiva humana realizado pelas vias intramuscular e intradérmica e a necessidade de sorologia de controle. MÉTODOS: Estudo de intervenção controlado e randomizado, realizado em São Paulo, SP, em 2004-2005. Foram recrutados 149 voluntários, dos quais 127 (65 intradérmica e 62 intramuscular) completaram o esquema de vacinação e realizaram avaliação da resposta imune humoral dez, 90 e 180 d (mais) ias após o término da vacinação. Foram considerados dois desfechos para a comparação entre as duas vias de aplicação: a média geométrica do título de anticorpos neutralizantes e a proporção de indivíduos com títulos satisfatórios (> 0,5 UI/mL) em cada momento de avaliação. Foi analisada a associação da resposta humoral com dados antropométricos e demográficos por meio de teste de médias e qui-quadrado com correção de Yates. Após a conclusão do esquema foram feitas a comparação da proporção de soropositivos pelo teste de Kruskall Wallis e a comparação dos títulos médios por análise de variância. RESULTADOS: Os títulos médios de anticorpos foram maiores nos indivíduos que receberam as vacinas por via intramuscular. A percentagem de voluntários com títulos satisfatórios (> 0,5 UI/mL) diminuiu com o tempo em ambos os grupos, porém, no grupo que recebeu as vacinas por via intradérmica, a proporção de títulos satisfatórios no dia 180 variou de 20% a 25%, enquanto pela via intramuscular variou de 63% a 65%. Não se observou associação da resposta imune humoral com as variáveis demográficas ou antropométricas. CONCLUSÕES: A sorologia após a terceira dose pode ser considerada desnecessária em indivíduos sob controle quanto à exposição, uma vez que 97% e 100% dos voluntários vacinados, respectivamente por via intradérmica e pela via intramuscular, apresentaram níveis de anticorpos satisfatórios (> 0,5 UI/mL). Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar la respuesta inmune humoral del esquema de pre-exposición de la rabia humana realizado por las vías intramuscular e intradérmica y la necesidad de serología de control. MÉTODOS: Estudio de intervención controlado y aleatorio, realizado en Sao Paulo, Sureste de Brasil, en 2004-2005. Fueron reclutados 149 voluntarios, de los cuales 127 (65 intradérmica y 62 intramuscular) completaron el esquema de vacunación y realizaron evaluación de la respuesta (mais) inmune humoral 10, 90 y 180 días posterior al término de la vacunación. Fueron considerados dos resultados para la comparación entre las dos vías de aplicación: el promedio geométrico del título de anticuerpos neutralizantes y la proporción de individuos con títulos satisfactorios (> 0,5 UI/mL) en cada momento de la evaluación. Fue analizada la asociación de la respuesta humoral con datos antropométricos y demográficos por medio de prueba de medias y chi-cuadrado con corrección de Yates. Posterior a la conclusión del esquema fueron realizadas la comparación de la proporción de seropositivos por la prueba de Kruskall Wallis y la comparación de los títulos promedios por análisis de varianza. RESULTADOS: Los títulos promedios de anticuerpos fueron mayores en los individuos que recibieron las vacunas por vía intramuscular. El porcentaje de voluntarios con títulos satisfactorios (> 0,5 UI/mL) disminuyó con el tiempo en ambos grupos, sin embargo, en el grupo que recibió vacuna por vía intradérmica la proporción de títulos satisfactorios en el día 180 varió de 20% a 25%, mientras que por la vía intramuscular varió de 63% a 65%. No se observó asociación de la respuesta inmune humoral con las variables demográficas o antropométricas. CONCLUSIONES: La serología posterior a la tercera dosis puede ser considerada innecesaria en individuos bajo control con respecto a la exposición, una vez que 97% y 100% de los voluntarios vacunados, respectivamente por vía intradérmica y por la vía intramuscular, presentaron niveles de anticuerpos satisfactorios (> 0,5 UI/mL). Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the humoral immune response to the pre-exposure schedule of human rabies vaccination through intradermal and intramuscular routes, as well as the need for serological monitoring. METHODS: A randomized and controlled intervention study was carried out in São Paulo, Southeastern Brazil, from 2004-2005. There were 149 volunteers, of which 127 completed the vaccination schedule (65 intradermal and 62 intramuscular) and underwent humoral immune response (mais) evaluation at ten, 90 and 180 days post-vaccination. Two outcomes were considered for comparing the two routes of administration: the geometric average of neutralizing antibody titers and the proportion of individuals with satisfactory titers (> 0.5 IU/mL) at each evaluation point. The association of the humoral immune response with anthropometric and demographic data was analyzed through a normal distribution test and a chi-square test with a Yates correction. After completion of the vaccination schedule, the proportion of seropositive results was compared by the Kruskall Wallis test, and the average titers were compared by variance analysis. RESULTS: the average antibody titers were higher in patients who were vaccinated intramuscularly. The percentage of volunteers with satisfactory titers (> 0.5% IU/mL) decreased over time in both groups. However, in the group vaccinated intradermally the rate of satisfactory titers on day 180 ranged from 20% to 25%, while the intramuscular route varied from 63% to 65%. An association between the humoral immune response and the demographic and anthropometric variables was not observed. CONCLUSIONS: Serology after the third dose can be considered unnecessary in unexposed patients, since 97% and 100% of volunteers respectively vaccinated by the intradermal and intramuscular route presented satisfactory antibody levels (> 0.5% IU/mL).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Equivalência e avaliação da necessidade de sorologia de controle entre esquemas de pré-exposição à raiva humana/ Equivalence between pre-exposure schemes for human rabies and evaluation of the need for serological monitoring/ Equivalencia y evaluación de la necesidad de serología de control entre esquemas de pre-exposición a la rabia humana

Cunha, Ricardo Siqueira; Silva, Andréa de Cássia Rodrigues da; Batista, Alexandre Mendes; Chaves, Luciana Botelho; Barata, Rita Barradas
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a resposta imune humoral do esquema de pré-exposição da raiva humana realizado pelas vias intramuscular e intradérmica e a necessidade de sorologia de controle. MÉTODOS: Estudo de intervenção controlado e randomizado, realizado em São Paulo, SP, em 2004-2005. Foram recrutados 149 voluntários, dos quais 127 (65 intradérmica e 62 intramuscular) completaram o esquema de vacinação e realizaram avaliação da resposta imune humoral dez, 90 e 180 d (mais) ias após o término da vacinação. Foram considerados dois desfechos para a comparação entre as duas vias de aplicação: a média geométrica do título de anticorpos neutralizantes e a proporção de indivíduos com títulos satisfatórios (> 0,5 UI/mL) em cada momento de avaliação. Foi analisada a associação da resposta humoral com dados antropométricos e demográficos por meio de teste de médias e qui-quadrado com correção de Yates. Após a conclusão do esquema foram feitas a comparação da proporção de soropositivos pelo teste de Kruskall Wallis e a comparação dos títulos médios por análise de variância. RESULTADOS: Os títulos médios de anticorpos foram maiores nos indivíduos que receberam as vacinas por via intramuscular. A percentagem de voluntários com títulos satisfatórios (> 0,5 UI/mL) diminuiu com o tempo em ambos os grupos, porém, no grupo que recebeu as vacinas por via intradérmica, a proporção de títulos satisfatórios no dia 180 variou de 20% a 25%, enquanto pela via intramuscular variou de 63% a 65%. Não se observou associação da resposta imune humoral com as variáveis demográficas ou antropométricas. CONCLUSÕES: A sorologia após a terceira dose pode ser considerada desnecessária em indivíduos sob controle quanto à exposição, uma vez que 97% e 100% dos voluntários vacinados, respectivamente por via intradérmica e pela via intramuscular, apresentaram níveis de anticorpos satisfatórios (> 0,5 UI/mL). Resumo em espanhol OBJETIVO: Evaluar la respuesta inmune humoral del esquema de pre-exposición de la rabia humana realizado por las vías intramuscular e intradérmica y la necesidad de serología de control. MÉTODOS: Estudio de intervención controlado y aleatorio, realizado en Sao Paulo, Sureste de Brasil, en 2004-2005. Fueron reclutados 149 voluntarios, de los cuales 127 (65 intradérmica y 62 intramuscular) completaron el esquema de vacunación y realizaron evaluación de la respuesta (mais) inmune humoral 10, 90 y 180 días posterior al término de la vacunación. Fueron considerados dos resultados para la comparación entre las dos vías de aplicación: el promedio geométrico del título de anticuerpos neutralizantes y la proporción de individuos con títulos satisfactorios (> 0,5 UI/mL) en cada momento de la evaluación. Fue analizada la asociación de la respuesta humoral con datos antropométricos y demográficos por medio de prueba de medias y chi-cuadrado con corrección de Yates. Posterior a la conclusión del esquema fueron realizadas la comparación de la proporción de seropositivos por la prueba de Kruskall Wallis y la comparación de los títulos promedios por análisis de varianza. RESULTADOS: Los títulos promedios de anticuerpos fueron mayores en los individuos que recibieron las vacunas por vía intramuscular. El porcentaje de voluntarios con títulos satisfactorios (> 0,5 UI/mL) disminuyó con el tiempo en ambos grupos, sin embargo, en el grupo que recibió vacuna por vía intradérmica la proporción de títulos satisfactorios en el día 180 varió de 20% a 25%, mientras que por la vía intramuscular varió de 63% a 65%. No se observó asociación de la respuesta inmune humoral con las variables demográficas o antropométricas. CONCLUSIONES: La serología posterior a la tercera dosis puede ser considerada innecesaria en individuos bajo control con respecto a la exposición, una vez que 97% y 100% de los voluntarios vacunados, respectivamente por vía intradérmica y por la vía intramuscular, presentaron niveles de anticuerpos satisfactorios (> 0,5 UI/mL). Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the humoral immune response to the pre-exposure schedule of human rabies vaccination through intradermal and intramuscular routes, as well as the need for serological monitoring. METHODS: A randomized and controlled intervention study was carried out in São Paulo, Southeastern Brazil, from 2004-2005. There were 149 volunteers, of which 127 completed the vaccination schedule (65 intradermal and 62 intramuscular) and underwent humoral immune response (mais) evaluation at ten, 90 and 180 days post-vaccination. Two outcomes were considered for comparing the two routes of administration: the geometric average of neutralizing antibody titers and the proportion of individuals with satisfactory titers (> 0.5 IU/mL) at each evaluation point. The association of the humoral immune response with anthropometric and demographic data was analyzed through a normal distribution test and a chi-square test with a Yates correction. After completion of the vaccination schedule, the proportion of seropositive results was compared by the Kruskall Wallis test, and the average titers were compared by variance analysis. RESULTS: the average antibody titers were higher in patients who were vaccinated intramuscularly. The percentage of volunteers with satisfactory titers (> 0.5% IU/mL) decreased over time in both groups. However, in the group vaccinated intradermally the rate of satisfactory titers on day 180 ranged from 20% to 25%, while the intramuscular route varied from 63% to 65%. An association between the humoral immune response and the demographic and anthropometric variables was not observed. CONCLUSIONS: Serology after the third dose can be considered unnecessary in unexposed patients, since 97% and 100% of volunteers respectively vaccinated by the intradermal and intramuscular route presented satisfactory antibody levels (> 0.5% IU/mL).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Gato doméstico: futuro desafio para controle da raiva em áreas urbanas?

Genaro, Gelson
2010-02-01

Resumo em português O objetivo deste artigo foi introduzir debate a respeito da presente e, possivelmente, da futura relevância crescente do gato doméstico, no que se refere à saúde pública, com ênfase para a raiva (animal/urbana). A literatura científica que trata do papel específico do gato em relação às zoonoses ainda é reduzida. Essa espécie está se tornando o mais popular animal de companhia no mundo ocidental urbano, particularmente devido ao estilo de vida adotado pelas (mais) pessoas, com reduzido espaço residencial e pouco tempo disponível para se dedicarem aos animais de companhia, o que prejudica especialmente o cão, animal, até então, preferencial. A predominância do gato ainda não é observada no Brasil, contudo, se, em breve, ela for aqui reproduzida ter-se-á que rever as estratégias adotadas, particularmente nas campanhas de vacinação antirrábica. E as características etológicas do felino doméstico deverão ser consideradas para se estabelecer estratégias mais adequadas para que se vacine o número de animais recomendado. Resumo em inglês This article aims to promote a debate over the actual and (possibly) future increasing relevance of the domestic cat concerning public health, with emphasis on rabies (animal/urban) control. Scientific literature on the specific role played by cats, especially with respect to zoonoses is scarce. This species is becoming the most popular pet in the western urban context. This is particularly because of the lifestyle adopted by the population, who live in smaller houses and (mais) have little time available for pet care, relegating dogs to a less preferential position. Cats do not predominate as domestic animals in Brazil yet, but if these animals soon become the preferential pets in our country, strategies adopted during anti-rabies vaccination campaigns will need to be reviewed. Furthermore, the ethological features of the domestic felid will have to be considered, so that a more suitable approach for the vaccination of the recommended number of animals can be established.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Efeito do congelamento sobre a imunogenicidade da vacina contra a raiva produzida em tecido cerebral de camundongo/ The effect of freezing on immunogenicity of the rabies vaccine produced in suckling mouse brain

Albas, Avelino; Nogueira, Rosa Maria Barilli; Fontolan, Otávio Luís; Albas, Kleber da Silva; Bremer Neto, Hermann
2001-02-01

Resumo em português A resposta imune humoral induzida pela vacina contra a raiva produzida em cérebros de camundongos recém-nascidos foi estudada em 23 cães e o teste de soroneutralização em camundongos foi usado para avaliação dos níveis de anticorpos rábicos. Um grupo com 10 animais recebeu vacina conservada de 2 a 8°C e apresentou os seguintes resultados: após 30 dias da vacinação 6 (60%) amostras responderam ao teste; após 180 dias 4 (40%) e após 360 dias apenas 1 (10%). O (mais) outro grupo com 13 cães recebeu vacina previamente congelada e somente 2 (15,4%) amostras no dia 30 apresentaram resposta satisfatória; os demais períodos (180 e 360) após a vacinação, não foi encontrado título. A análise estatística dos dados referentes a cada uma das variáveis consideradas no estudo foi efetuada segundo a técnica de análise de variância seguida por Tuckey e indicaram diferenças estatisticamente significativas entre os grupos. Resumo em inglês The immune humoral response induced by the rabies vaccine produced in suckling mouse brain was studied in 23 dogs. The mouse neutralization test (MNT) was used to evaluate the level of rabies antibodies. Ten dogs received vaccine stored at 2 to 8°C, showing the following results: 30 days after vaccination, six samples (60%) responded to the MNT; 180 days after vaccination, 4 samples (40%); and 360 days after vaccination, only one sample (10%). The remaining 13 dogs recei (mais) ved previously frozen vaccine and 30 days after vaccination, only two samples (l5.4%) responded to the MNT. No titers were detected 180 and 360 days after vaccination. Statistical analysis of each variable used Tuckey analysis of variance, which showed statistically significant differences between the two groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Acidentes humanos com macacos em relação a tratamentos profiláticos para a raiva, no Município de São Paulo, Brasil/ Human accidents with monkeys in relation to prophylactic treatment for rabies, in the Municipal district of São Paulo, Brazil

Ramos, Pedro Melguizo; Ramos, Pedro Silva
2002-12-01

Resumo em português Apesar do Município de São Paulo apresentar a raiva sob controle epidemiológico ( último caso de raiva em humanos foi registrado em 1981) e de 95,4% de sua população residir na área urbana, se registram casos de acidentes humanos envolvendo animais silvestres e dentre estes, os macacos estão envolvidos no maior número de casos. No período de 1996 a 1999 foram atendidas 69.967 pessoas vítimas de acidentes com animais, das quais 267 acidentes com macacos. Neste t (mais) rabalho se estuda a incidência mensal e anual da ocorrência destes acidentes, bem como os tratamentos antirábicos realizados. Resumo em inglês Although the Municipal District of São Paulo has rabies under epidemic control (last case of rabies in humans was registered in 1981) and 95.4% of its population resides within the urban area, there are reports of human accidents involving wild animals and of these, monkeys are involved in the largest number of cases. In the period from 1996 to 1999, 69,967 victims of accidents with animals were attended, of which 267 were accidents with monkeys. In this work the monthly and annual incidence of the occurrence of such accidents was studied, as well as the antirabies treatment provided.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Sinais clínicos, distribuição das lesões no sistema nervoso e epidemiologia da raiva em herbívoros na região Nordeste do Brasil/ Clinical signs, distribution of the lesions in the central nervous system and epidemiology of rabies in northeastern Brazil

Lima, Everton Ferreira; Riet-Correa, Franklin; Castro, Roberto Soares de; Gomes, Albério Antonio Barros; Lima, Fabiano de Sousa
2005-12-01

Resumo em português Descrevem-se 24 surtos de raiva em bovinos (25 casos), 4 em eqüinos (5 casos), 2 em caprinos (2 casos) e 2 em ovinos (4 casos). Todos os surtos ocorreram na Paraíba, exceto um em eqüinos que ocorreu no Rio Grande do Norte. Todos os surtos, com a exceção de um em ovinos, foram transmitidos provavelmente por morcegos hematófagos; no entanto, não se descarta a possibilidade de transmissão por raposas (Dusicyon vetulus). Os sinais clínicos foram representativos da lo (mais) calização das lesões no sistema nervoso central (SNC). Em bovinos os sinais eram, principalmente, da forma paralítica, causados por lesões da medula, tronco encefálico e cerebelo; mas alguns animais apresentaram depressão, excitação e outros sinais associados a lesões cerebrais. Três dos 5 eqüinos apresentaram sinais de lesões cerebrais e 2 apresentaram a forma paralítica. De 4 ovinos e 2 caprinos, 4 apresentaram a forma paralítica, mas em um caprino e um ovino os sinais foram predominantemente de lesões cerebrais. Todos os animais afetados, exceto um caprino, tiveram um curso clínico de 2-8 dias. As únicas lesões macros-cópicas observadas foram a dilatação da bexiga em 4 bovinos e a dilatação da ampola retal em 2. Dois cavalos apresentaram lesões da pele causadas por traumatismos. As lesões histológicas foram de encefalomielite e meningite difusa não supurativa. Nos eqüinos e em um caprino com evolução clínica de 35 dias as lesões foram mais severas, observando-se necrose neuronal, neuronofagia e presença de esferóides axonais. Corpúsculos de Negri foram observados em 87% (20/23) dos bovinos examinados e em 83% (5/6) dos ovinos e caprinos. Nessas 3 espécies os corpúsculos foram mais freqüentes no cerebelo, mas ocorreram também no tronco encefálico, medula e cérebro. Em cavalos, corpúsculos de Negri foram menos numerosos, sendo observados somente no córtex de um animal e no córtex e hipocampo em outro. No gânglio trigeminal, as lesões histológicas e os corpúsculos de Negri foram menos freqüentes que no SNC. Esses resultados mostram que na raiva dos herbívoros os sinais clínicos e a distribuição das lesões histológicas do SNC são variáveis, e que para o correto diagnóstico da enfermidade são necessários um bom exame clínico e o estudo histológico das diferentes regiões do SNC. Sugere-se, também, que perante resultados negativos nos testes de imunofluo-rescência e inoculação em camundongos, estes devam ser repetidos com amostras de diferentes regiões do SNC. Utilizando-se dados sobre a freqüência de doenças, de 4 laboratórios de diagnóstico, foi realizada uma estimativa das mortes de bovinos causadas pela raiva, anualmente, em 3 Estados. Na Paraíba, com uma população de 918.262 bovinos, o número de mortes é estimado em 8.609 cabeças por ano. No Mato Grosso do Sul, com uma população de 23 milhões de bovinos, as perdas por raiva são estimadas em 149.500 cabeças e, no Rio Grande do Sul, com uma população de 13 milhões de bovinos, as mortes são estimadas em 13.000 a 16.250 animais por ano. Se estas estimativas forem extrapoladas para todo o Brasil, com 195 milhões de bovinos, as mortes podem ser estimadas em 842.688 cabeças por ano. Resumo em inglês Twenty four outbreaks of rabies in cattle, 4 in horses, 2 in sheep, and 2 in goats are reported in northeastern Brazil. All outbreaks occurred in the state of Paraíba, except one in horses that occurred in the state of Rio Grande do Norte. All outbreaks, except one in sheep, were probably transmitted by vampire-bats, but the transmission by foxes (Dusicyon vetulus) is also possible. Clinical signs were characteristic for distribution of the lesions in the central nervous (mais) system (CNS). In cattle, signs were mainly of the paralytic form of rabies, caused by lesions on the spinal cord, brain stem and cerebellum; but some animals showed also depression, excitation and other signs due to cerebral lesions. In 3 out of 5 horses, the main clinical signs were due to lesions in the cerebrum, and 2 had the paralytic form. From 4 sheep and 2 goats affected, 4 showed clinical signs of the paralytic form; but in 1 goat and 1 sheep the main clinical signs were caused by cerebral lesions. All affected animals, except 1 goat, had a clinical manifestation period of 2-8 days. The only gross lesions were distention of the urinary bladder in 4 cattle and distention of the rectum in 2 others. Two horses had skin lesions due to traumatic injury. Histologic lesions were diffuse non-suppurative encephalomyelitis and meningitis. In the horses, and in one goat with a clinical manifestation period of 35 days, the lesions were more severe, with neuronal necrosis, neuronophagia, and presence of axonal spheroids. Negri bodies were found in 87% (20/23) of the cattle cases examined histologically. In small ruminants Negri bodies were found in 83% (5/6) of the cases. In sheep, goats and cattle, Negri bodies were more frequent in the cerebellum, but they were found also in brain stem, spinal cord and cerebrum. In horses, Negri bodies were found in small amounts only in the cortex of one animal, and in the cortex and hippocampus of another. Histologic lesions and Negri bodies in the trigeminal ganglia were less frequent than in the CNS. These results show that in rabies of herbivores, clinical signs and distribution of lesions in the CNS are variable, so that for the diagnosis and adequate clinical evaluation and the histologic study of different areas of the CNS are necessary. This also suggests that when the fluorescent antibody test and mouse inoculation test are negative, they should be repeated with samples from different areas of the brain and spinal cord. Frequency data of diseases from 4 diagnostic laboratories were used to estimate cattle deaths due to rabies in 3 Brazilian states. In Paraíba, with a population of 918,262 cattle, the annual death rate is estimated in 8,609 heads. In Mato Grosso do Sul, with a population of 23 millions cattle, deaths caused by rabies are estimated in 149,500 heads, and in Rio Grande do Sul, with a cattle population of 13 millions, cattle deaths due to rabies are estimated in 13,000 to 16,250 heads. If these data are used to estimate cattle losses in Brazil, with a cattle population of 195 millions, it can be estimated that 842,688 deaths are caused annually by rabies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Uso de sistemas de informação geográfica em campanhas de vacinação contra a raiva/ Use of geographic information systems in rabies vaccination campaigns/ Uso de sistemas de información geográfica en campañas de vacunación contra la rabia

Grisi-Filho, José Henrique de Hildebrand e; Amaku, Marcos; Dias, Ricardo Augusto; Montenegro Netto, Hildebrando; Paranhos, Noemia Tucunduva; Mendes, Maria Cristina Novo Campos; Ferreira Neto, José Soares; Ferreira, Fernando
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver método para planejamento e avaliação de campanhas de vacinação contra a raiva animal. MÉTODOS: O desenvolvimento da metodologia baseou-se em sistemas de informação geográfica para estimar a população e a densidade animal (canina e felina) por setores censitários e subprefeituras do município de São Paulo, em 2002. O número de postos de vacinação foi estimado para atingir uma dada cobertura vacinal. Foram utilizadas uma base de dados (mais) censitários para a população humana, e estimativas para razões cão:habitante e gato:habitante. RESULTADOS: Os números estimados foram de 1.490.500 cães e 226.954 gatos em São Paulo, uma densidade populacional de 1.138,14 animais domiciliados por km². Foram vacinados, na campanha de 2002, 926.462 animais, garantindo uma cobertura vacinal de 54%. O número total estimado de postos no município para atingir uma cobertura vacinal de 70%, vacinando em média 700 animais por posto foi de 1.729. Estas estimativas foram apresentadas em mapas de densidade animal, segundo setores censitários e subprefeituras. CONCLUSÕES: A metodologia desenvolvida pode ser aplicada de forma sistemática no planejamento e no acompanhamento das campanhas de vacinação contra a raiva, permitindo que sejam identificadas áreas de cobertura vacinal crítica. Resumo em espanhol OBJETIVO: Desarrollar método para planificación y evaluación de campañas de vacunación contra la rabia animal. MÉTODOS: El desarrollo de la metodología se basó en sistemas de información geográfica para estimar la población y la densidad animal (canina y felina) por sectores censales y sub-prefecturas del municipio de Sao Paulo (Sureste de Brasil), en 2002. El número de puestos de vacunación fue estimado para atender una determinada cobertura de vacunación. (mais) Se utilizaron una base de datos censales para la población humana, y estimativas para razones perro: habitante y gato: habitante. RESULTADOS: Los números estimados fueron de 1.490.500 perros y 226.954 en Sao Paulo, una densidad poblacional de 1.138,14 animales domiciliados por km2. Fueron vacunados, en la campaña de 2002, 926.462 animales, garantizando una cobertura de vacunas de 54%. El número total estimado de puestos en el municipio para atender una cobertura de vacunación de 70%, vacunando en promedio 700 animales por puesto fue de 1.729. Estas estimaciones fueron presentadas en mapas de densidad animal, según sectores censales y sub-prefecturas. CONCLUSIONES: La metodología desarrollada puede ser aplicada de forma sistemática en la planificación y en el acompañamiento de las campañas de vacunación contra la rabia, permitiendo que sean identificadas áreas de cobertura de vacunación crítica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop a method to assist in the design and assessment of animal rabies control campaigns. METHODS: A methodology was developed based on geographic information systems to estimate the animal (canine and feline) population and density per census tract and per subregion (known as "Subprefeituras") in the city of São Paulo (Southeastern Brazil) in 2002. The number of vaccination units in a given region was estimated to achieve a certain proportion of vaccinat (mais) ion coverage. Census database was used for the human population, as well as estimates ratios of dog:inhabitant and cat:inhabitant. RESULTS: Estimated figures were 1,490,500 dogs and 226,954 cats in the city, i.e. an animal population density of 1138.14 owned animals per km². In the 2002 campaign, 926,462 were vaccinated, resulting in a vaccination coverage of 54%. The estimated number of vaccination units to be able to reach a 70%-vaccination coverage, by vaccinating 700 animals per unit on average, was 1,729. These estimates are presented as maps of animal density according to census tracts and "Subprefeituras". CONCLUSIONS: The methodology used in the study may be applied in a systematic way to the design and evaluation of rabies vaccination campaigns, enabling the identification of areas of critical vaccination coverage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Uso de sistemas de informação geográfica em campanhas de vacinação contra a raiva/ Use of geographic information systems in rabies vaccination campaigns/ Uso de sistemas de información geográfica en campañas de vacunación contra la rabia

Grisi-Filho, José Henrique de Hildebrand e; Amaku, Marcos; Dias, Ricardo Augusto; Montenegro Netto, Hildebrando; Paranhos, Noemia Tucunduva; Mendes, Maria Cristina Novo Campos; Ferreira Neto, José Soares; Ferreira, Fernando
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver método para planejamento e avaliação de campanhas de vacinação contra a raiva animal. MÉTODOS: O desenvolvimento da metodologia baseou-se em sistemas de informação geográfica para estimar a população e a densidade animal (canina e felina) por setores censitários e subprefeituras do município de São Paulo, em 2002. O número de postos de vacinação foi estimado para atingir uma dada cobertura vacinal. Foram utilizadas uma base de dados (mais) censitários para a população humana, e estimativas para razões cão:habitante e gato:habitante. RESULTADOS: Os números estimados foram de 1.490.500 cães e 226.954 gatos em São Paulo, uma densidade populacional de 1.138,14 animais domiciliados por km². Foram vacinados, na campanha de 2002, 926.462 animais, garantindo uma cobertura vacinal de 54%. O número total estimado de postos no município para atingir uma cobertura vacinal de 70%, vacinando em média 700 animais por posto foi de 1.729. Estas estimativas foram apresentadas em mapas de densidade animal, segundo setores censitários e subprefeituras. CONCLUSÕES: A metodologia desenvolvida pode ser aplicada de forma sistemática no planejamento e no acompanhamento das campanhas de vacinação contra a raiva, permitindo que sejam identificadas áreas de cobertura vacinal crítica. Resumo em espanhol OBJETIVO: Desarrollar método para planificación y evaluación de campañas de vacunación contra la rabia animal. MÉTODOS: El desarrollo de la metodología se basó en sistemas de información geográfica para estimar la población y la densidad animal (canina y felina) por sectores censales y sub-prefecturas del municipio de Sao Paulo (Sureste de Brasil), en 2002. El número de puestos de vacunación fue estimado para atender una determinada cobertura de vacunación. (mais) Se utilizaron una base de datos censales para la población humana, y estimativas para razones perro: habitante y gato: habitante. RESULTADOS: Los números estimados fueron de 1.490.500 perros y 226.954 en Sao Paulo, una densidad poblacional de 1.138,14 animales domiciliados por km2. Fueron vacunados, en la campaña de 2002, 926.462 animales, garantizando una cobertura de vacunas de 54%. El número total estimado de puestos en el municipio para atender una cobertura de vacunación de 70%, vacunando en promedio 700 animales por puesto fue de 1.729. Estas estimaciones fueron presentadas en mapas de densidad animal, según sectores censales y sub-prefecturas. CONCLUSIONES: La metodología desarrollada puede ser aplicada de forma sistemática en la planificación y en el acompañamiento de las campañas de vacunación contra la rabia, permitiendo que sean identificadas áreas de cobertura de vacunación crítica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop a method to assist in the design and assessment of animal rabies control campaigns. METHODS: A methodology was developed based on geographic information systems to estimate the animal (canine and feline) population and density per census tract and per subregion (known as "Subprefeituras") in the city of São Paulo (Southeastern Brazil) in 2002. The number of vaccination units in a given region was estimated to achieve a certain proportion of vaccinat (mais) ion coverage. Census database was used for the human population, as well as estimates ratios of dog:inhabitant and cat:inhabitant. RESULTS: Estimated figures were 1,490,500 dogs and 226,954 cats in the city, i.e. an animal population density of 1138.14 owned animals per km². In the 2002 campaign, 926,462 were vaccinated, resulting in a vaccination coverage of 54%. The estimated number of vaccination units to be able to reach a 70%-vaccination coverage, by vaccinating 700 animals per unit on average, was 1,729. These estimates are presented as maps of animal density according to census tracts and "Subprefeituras". CONCLUSIONS: The methodology used in the study may be applied in a systematic way to the design and evaluation of rabies vaccination campaigns, enabling the identification of areas of critical vaccination coverage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Avaliação da vacina anti-rábica ERA, frente a variantes antigênicas do vírus da raiva, em diferentes períodos pós-imunização/ Evaluation of the ERA antirabies vaccine against antigenic variants of rabies virus in different post-immunization periods

Cordeiro, Cláudia C.; Silva, Egon V.; Miguel, Ornar; Germano, Pedro M. L.
1990-12-01

Resumo em português Avaliou-se, em camudongos, os níveis de proteção conferidos por uma vacina anti-rábica atenuada, preparada em cultura de tecido renal a partir da amostra ERA, frente a diferentes variantes antigênicas dos vírus da raiva. Utilizaram-se dois esquemas de vacinação, representados por uma única dose e por 6 doses aplicadas em dias alternados. Os diferentes camundogos dos grupos experimentais foram desafiados, em diversos períodos pós-imunização (15, 30, 60 e 120 d (mais) ias), com variantes procedentes de cães (São Paulo e Nigéria), de morcego (DR-19 e Pernambuco), de raposa (Rio Grande do Norte) e CVS "Challenge Virus Standard". Os resultados obtidos permitiram constatar que a vacina ERA foi eficaz contra todas as variantes de rua e silváticas do vírus rábico, independentemente do esquema vacinal. Contra as cepas adaptadas no laboratório DR-19 e CVS, quando aplicada em uma única dose, sua eficácia foi menor do que quando aplicada em 6 doses. Resumo em inglês Protection levels of an attenuated antirabies vaccine, of ERA origin, prepared in Kidney tissue culture, were evaluated in mice. Two schemes of vaccination were utilized: a single dose and 6 doses on alternate days. Animals of different experimental groups were challenged at 15, 30, 60 and 120 days post-immunization with six antigenic variants of rabies virus: strains of dog origin (S. Paulo, Brazil and Nigéria), vampire origin (DR-19 and Pernambuco, Brazil), fox origin (mais) (Rio Grande do Norte,Brazil), and CVS (Challenge Virus Standard). The results showed the effectiveness of the ERA vaccine against all antigenic variants of street and sylvatic rabies virus, independently of the vaccination scheme. Against the laboratory strains (DR-19 and CVS) the ERA vaccine was less effective, mainly in the groups vaccinated with a single dose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Avaliação da vacina anti-rábica ERA, frente a variantes antigênicas do vírus da raiva, em diferentes períodos pós-imunização/ Evaluation of the ERA antirabies vaccine against antigenic variants of rabies virus in different post-immunization periods

Cordeiro, Cláudia C.; Silva, Egon V.; Miguel, Ornar; Germano, Pedro M. L.
1990-12-01

Resumo em português Avaliou-se, em camudongos, os níveis de proteção conferidos por uma vacina anti-rábica atenuada, preparada em cultura de tecido renal a partir da amostra ERA, frente a diferentes variantes antigênicas dos vírus da raiva. Utilizaram-se dois esquemas de vacinação, representados por uma única dose e por 6 doses aplicadas em dias alternados. Os diferentes camundogos dos grupos experimentais foram desafiados, em diversos períodos pós-imunização (15, 30, 60 e 120 d (mais) ias), com variantes procedentes de cães (São Paulo e Nigéria), de morcego (DR-19 e Pernambuco), de raposa (Rio Grande do Norte) e CVS "Challenge Virus Standard". Os resultados obtidos permitiram constatar que a vacina ERA foi eficaz contra todas as variantes de rua e silváticas do vírus rábico, independentemente do esquema vacinal. Contra as cepas adaptadas no laboratório DR-19 e CVS, quando aplicada em uma única dose, sua eficácia foi menor do que quando aplicada em 6 doses. Resumo em inglês Protection levels of an attenuated antirabies vaccine, of ERA origin, prepared in Kidney tissue culture, were evaluated in mice. Two schemes of vaccination were utilized: a single dose and 6 doses on alternate days. Animals of different experimental groups were challenged at 15, 30, 60 and 120 days post-immunization with six antigenic variants of rabies virus: strains of dog origin (S. Paulo, Brazil and Nigéria), vampire origin (DR-19 and Pernambuco, Brazil), fox origin (mais) (Rio Grande do Norte,Brazil), and CVS (Challenge Virus Standard). The results showed the effectiveness of the ERA vaccine against all antigenic variants of street and sylvatic rabies virus, independently of the vaccination scheme. Against the laboratory strains (DR-19 and CVS) the ERA vaccine was less effective, mainly in the groups vaccinated with a single dose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Avanços na pesquisa da raiva/ Advances in rabies research

Germano, Pedro Manuel Leal
1994-02-01

Resumo em português Fez-se revisão sobre os recentes avanços na pesquisa da raiva resultantes do progresso tecnológico das ciências biológicas, em especial a biologia molecular e a engenharia genética. Enfatizam-se os novos conhecimentos sobre as características e propriedades do virus rábico, sobre a patogenia e imunologia da infecção, bem como o desenvolvimento de novas técnicas de diagnóstico e de avaliação de imunógenos. Destacam-se, na epidemiologia, a importância da ide (mais) ntificação de cepas imunogenicamente distintas do virus rábico, e na imunoprofilaxia, a produção de vacinas altamente imunogênicas. Resumo em inglês Recent advances in research into rabies, based on the technological process of the biological sciences mainly molecular biology and genetic engineering, are mentioned. The current knowledge of the characteristics, properties pathogeny and immunology of the rabies views is presented, as well as the development of new diagnostic and vaccine evaluation techniques. The epidemiological importance of the identification of different immunogenic rabies virus strains and the role in immunoprophylaxis of the production of highly immunogenic vaccines, are set out.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Avanços na pesquisa da raiva/ Advances in rabies research

Germano, Pedro Manuel Leal
1994-02-01

Resumo em português Fez-se revisão sobre os recentes avanços na pesquisa da raiva resultantes do progresso tecnológico das ciências biológicas, em especial a biologia molecular e a engenharia genética. Enfatizam-se os novos conhecimentos sobre as características e propriedades do virus rábico, sobre a patogenia e imunologia da infecção, bem como o desenvolvimento de novas técnicas de diagnóstico e de avaliação de imunógenos. Destacam-se, na epidemiologia, a importância da ide (mais) ntificação de cepas imunogenicamente distintas do virus rábico, e na imunoprofilaxia, a produção de vacinas altamente imunogênicas. Resumo em inglês Recent advances in research into rabies, based on the technological process of the biological sciences mainly molecular biology and genetic engineering, are mentioned. The current knowledge of the characteristics, properties pathogeny and immunology of the rabies views is presented, as well as the development of new diagnostic and vaccine evaluation techniques. The epidemiological importance of the identification of different immunogenic rabies virus strains and the role in immunoprophylaxis of the production of highly immunogenic vaccines, are set out.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Perfil psicossocial das pessoas agredidas por animais raivosos ou suspeitos de raiva na Grande São Paulo/ A psyco-social profile of the population exposed to the rabies virus in the city of S. Paulo and neighborhood

Ramos, Mara Cleide Dias
1978-03-01

Resumo em português Foi determinado o perfil psicossocial das pessoas agredidas por animais raivosos ou suspeitos de raiva na Grande São Paulo através das características da clientela atendida pelo Instituto Pasteur de São Paulo, Brasil. Concluiu-se que esta população procede das periferias da Capital e dos municípios limítrofes; o nível sócio-econômico é baixo; uma parcela considerável corre o risco de se contaminar em sua própria residência; e, a maioria desconhece os reais (mais) riscos da doença. Portanto, os programas educativos devem ser intensificados e adaptados às peculiaridades da população sob risco de contrair a raiva. Resumo em inglês A statistical analysis was made on the psycho-social characteristic of people attended at the Instituto Pastear, S. Paulo, Brazil. It was concluded that the population exposed to rabies virus in the area enclosed by the Instituto comes from the suburbs of S. Paulo and from the surrounding cities; a considerable part is at risk of acquiring the disease at home; they ignore the real risks of the disease and so they turn up at the Instituto showing no apprehension whatsoever. This population is susceptible of receiving education regarding rabies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Perfil psicossocial das pessoas agredidas por animais raivosos ou suspeitos de raiva na Grande São Paulo/ A psyco-social profile of the population exposed to the rabies virus in the city of S. Paulo and neighborhood

Ramos, Mara Cleide Dias
1978-03-01

Resumo em português Foi determinado o perfil psicossocial das pessoas agredidas por animais raivosos ou suspeitos de raiva na Grande São Paulo através das características da clientela atendida pelo Instituto Pasteur de São Paulo, Brasil. Concluiu-se que esta população procede das periferias da Capital e dos municípios limítrofes; o nível sócio-econômico é baixo; uma parcela considerável corre o risco de se contaminar em sua própria residência; e, a maioria desconhece os reais (mais) riscos da doença. Portanto, os programas educativos devem ser intensificados e adaptados às peculiaridades da população sob risco de contrair a raiva. Resumo em inglês A statistical analysis was made on the psycho-social characteristic of people attended at the Instituto Pastear, S. Paulo, Brazil. It was concluded that the population exposed to rabies virus in the area enclosed by the Instituto comes from the suburbs of S. Paulo and from the surrounding cities; a considerable part is at risk of acquiring the disease at home; they ignore the real risks of the disease and so they turn up at the Instituto showing no apprehension whatsoever. This population is susceptible of receiving education regarding rabies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Características relatadas sobre animais agressores submetidos ao diagnóstico de raiva, São Paulo, Brasil, 1993-2007/ Characteristics of biting animals submitted to rabies diagnosis, São Paulo State, Brazil, 1993-2007

Buso, Daniel Sartore; Nunes, Caris Maroni; Queiroz, Luzia Helena
2009-12-01

Resumo em português As pesquisas relativas a agressões por animais baseiam-se em dados de registros de pacientes atendidos nos serviços de vigilância epidemiológica da raiva. Analisaram-se as características de animais agressores, obtidas a partir de dados de 10.616 fichas de envio de amostras para diagnóstico da raiva na região noroeste do Estado de São Paulo, Brasil, entre 1993-2007. Desse total de fichas, 61,5% continham informações sobre agressão e, dentre os animais agressore (mais) s (25%), a maioria foi de cães (67%), seguidos por gatos (21,8%) e quirópteros (8,1%). Em 92,1% dos relatos as vítimas eram pessoas e 82,3% dos animais eram domiciliados. A maioria dos cães agressores tinha até um ano de idade. Houve associação significante (p Resumo em inglês Epidemiological factors related to animal bites in humans and other animals were obtained from a database with 10,616 records of animal specimens sent for rabies diagnosis in northwest São Paulo State, Brazil, from 1993 to 2007. Of this total, 61.5% contained information on the bites, and among the biting animals (25%), the majority were dogs (67%), followed by cats (21.8%), and bats (8.1%). In 92.1% of the reports the victims were humans, and 82.3% of the animals were h (mais) ome pets. The majority of the biting dogs were less than a year old. There was a significant association (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Características relatadas sobre animais agressores submetidos ao diagnóstico de raiva, São Paulo, Brasil, 1993-2007/ Characteristics of biting animals submitted to rabies diagnosis, São Paulo State, Brazil, 1993-2007

Buso, Daniel Sartore; Nunes, Caris Maroni; Queiroz, Luzia Helena
2009-12-01

Resumo em português As pesquisas relativas a agressões por animais baseiam-se em dados de registros de pacientes atendidos nos serviços de vigilância epidemiológica da raiva. Analisaram-se as características de animais agressores, obtidas a partir de dados de 10.616 fichas de envio de amostras para diagnóstico da raiva na região noroeste do Estado de São Paulo, Brasil, entre 1993-2007. Desse total de fichas, 61,5% continham informações sobre agressão e, dentre os animais agressore (mais) s (25%), a maioria foi de cães (67%), seguidos por gatos (21,8%) e quirópteros (8,1%). Em 92,1% dos relatos as vítimas eram pessoas e 82,3% dos animais eram domiciliados. A maioria dos cães agressores tinha até um ano de idade. Houve associação significante (p Resumo em inglês Epidemiological factors related to animal bites in humans and other animals were obtained from a database with 10,616 records of animal specimens sent for rabies diagnosis in northwest São Paulo State, Brazil, from 1993 to 2007. Of this total, 61.5% contained information on the bites, and among the biting animals (25%), the majority were dogs (67%), followed by cats (21.8%), and bats (8.1%). In 92.1% of the reports the victims were humans, and 82.3% of the animals were h (mais) ome pets. The majority of the biting dogs were less than a year old. There was a significant association (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Herpesvírus bovinos (BoHV-1.1 e BoHV-1.2b) em forma infecciosa em encéfalos de bovinos submetidos ao diagnóstico de raiva no estado do Rio Grande do Sul/ Bovine herpesviruses (BoHV-1 and BoHV-1.2b) in infectious form in brains of cattle submitted to rabies diagnosis in the State of Rio Grande do Sul, Brazil

Batista, H.B.C.R.; Schmidt, E.; Spilki, F.R.; Franco, A.C.; Roehe, P.M.
2010-10-01

Resumo em português Verificou-se a incidência de herpesvírus bovinos (BoHVs) em encéfalos de bovinos submetidos ao diagnóstico de raiva no estado do Rio Grande do Sul. Para tanto, amostras coletadas durante dois anos (n=70) foram submetidas ao isolamento viral em cultivos celulares. Os BoHVs foram isolados em dois (2,9%) encéfalos. Após serem submetidas à caracterização antigênica e molecular, as amostras foram subtipadas como BoHV-1.1 e BoHV-1.2b. A BoHV-1.1 foi isolada de um enc� (mais) �falo que foi também positivo para raiva. O vírus da raiva foi identificado em 11 amostras (15,7%). Estes achados revelam que a incidência de BoHVs em forma infecciosa em bovinos com encefalite foi baixa, embora represente 16,7% (2/12) dos encéfalos nos quais um agente viral foi identificado. Tal fato confirma a já reportada associação entre BoHV-1 e encefalites. Esse é o primeiro relato da ocorrência de BoHV-1.2b, um subtipo considerado menos patogênico, em um caso de doença neurológica em bovinos. Resumo em inglês The incidence of bovine herpesviruses (BoHVs) was determined in brains of cattle submitted to rabies diagnosis in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. Brain samples collected in a two-year interval (n=70) were submitted to virus isolation in cell culture. The BoHVs were isolated from two (2.9%) of the brains. After the antigenic and molecular characterization, the isolated strains were subtyped as BoHV-1.1 and BoHV-1.2b. The BoHV-1.1 isolate was recovered from a brain (mais) sample that was also positive for rabies. Rabies virus was identified in 11 (15.7%) samples. These findings reveal that the incidence of infectious BoHVs in brains of cattle with encephalitis was low, although these represented 16.7% (2/12) of samples from which at least one viral agent was identified. This confirms the previously reported link between BoHV-1 and bovine encephalitis. However, it is the first report on the association of BoHV-1.2b, a putatively less pathogenic BoHV subtype, with neurological disease in cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Rabies diagnosis and serology in bats from the State of São Paulo, Brazil/ Diagnóstico e sorologia de raiva em morcegos do Estado de São Paulo, Brasil

Almeida, Marilene Fernandes de; Martorelli, Luzia Fátima Alves; Sodré, Miriam Martos; Kataoka, Ana Paula Arruda Geraldes; Rosa, Adriana Ruckert da; Oliveira, Maria Lucia de; Amatuzzi, Elizabeth
2011-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Morcegos são um dos mais importantes reservatórios e vetores do vírus da raiva no mundo. MÉTODOS: No período entre 1998 e 2003, o Centro de Controle de Zoonoses da Cidade de São Paulo realizou o diagnóstico de raiva em 5.670 morcegos utilizando as técnicas de imunofluorescência direta e inoculação intracerebral em camundongos. Sangue foi coletado de 1.618 espécimes para pesquisa de anticorpos pela técnica de inibição de foco de fluorescência (mais) rápida. RESULTADOS: Quarenta e quatro (0,8%) morcegos foram positivos para raiva. A prevalência de anticorpos foi de 5,9% usando 0,5UI/ml como ponto de corte. Os morcegos de hábito alimentar insetívoro (69,8%) e os morcegos da espécie Molossus molossus (51,8%) representaram a maioria da amostra. Entretanto, as mais altas prevalências de anticorpos foram observadas nos morcegos Glossophaga soricina (14/133), Histiotus velatus (16/60), Desmodus rotundus (8/66), Artibeus lituratus (5/54), Nyctinomops macrotis (3/23), Tadarida brasiliensis (3/48), Carollia perspicillata (3/9), Eumops auripendulus (2/30), Nyctinomops laticaudatus (2/16), Sturnira lilium (2/17) e Eumops perotis (1/13). A prevalência de anticorpos foi analisada por espécie, hábito alimentar e sexo. CONCLUSÕES: O expressivo nível de anticorpos associado à baixa positividade para o vírus da raiva entre os morcegos estudados indica que o vírus circula ativamente entre morcegos. Resumo em inglês INTRODUCTION: Bats are one of the most important reservoirs and vectors of the rabies virus in the world. METHODS: From 1988 to 2003, the Zoonosis Control Center in São Paulo City performed rabies diagnosis on 5,670 bats by direct immunofluorescent test and mouse inoculation test. Blood samples were collected from 1,618 bats and the sera were analyzed using the rapid fluorescent focus inhibition test to confirm rabies antibodies. RESULTS: Forty-four (0.8%) bats were posi (mais) tive for rabies. The prevalence of rabies antibodies was 5.9% using 0.5IU/ml as a cutoff. Insectivorous bats (69.8%) and bats of the species Molossus molossus (51.8%) constituted the majority of the sample; however, the highest prevalence of antibodies were observed in Glossophaga soricina (14/133), Histiotus velatus (16/60), Desmodus rotundus (8/66), Artibeus lituratus (5/54), Nyctinomops macrotis (3/23), Tadarida brasiliensis (3/48), Carollia perspicillata (3/9), Eumops auripendulus (2/30), Nyctinomops laticaudatus (2/16), Sturnira lilium (2/17) and Eumops perotis (1/13). The prevalence of rabies antibodies was analyzed by species, food preference and sex. CONCLUSIONS: The expressive levels of antibodies associated with the low virus positivity verified in these bats indicate that rabies virus circulates actively among them.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Instituto Pasteur de São Paulo: cem anos de combate à raiva/ Pasteur Institute of São Paulo: battling rabies for one hundred years

Teixeira, Luiz Antonio; Sandoval, Maria Regina Cardoso; Takaoka, Neide Yumie
2004-12-01

Resumo em português Este texto se volta para o Instituto Pasteur de São Paulo no momento da comemoração de seu centenário. A primeira parte apresenta um pequeno histórico de sua trajetória institucional, detendo-se nas suas principais contribuições para a ciência e a saúde pública. Na segunda parte retratamos a exposição que marca o centenário da instituição, apresentando seus objetivos, sua organização e as fontes utilizadas, assim como comentamos brevemente vários aspectos do material apresentado. Resumo em inglês The Pasteur Institute of São Paulo is currently celebrating its centennial. The article first paints a brief history of the Pasteur's institutional trajectory, emphasizing its main contributions to science and public health. The second part describes the exhibit that marks this anniversary - its goals, organization, and sources - and comments on aspects of the material on display.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Inquérito epidemiológico sobre características da população canina e felina de um bairro próximo à zona rural em Cuiabá-MT, visando o controle da raiva animal/ Epidemiologic investigation into characteristics of canine and feline population in a district close to a rural area in Cuiabá-MT, with a view to control of animal rabies

Caramori Junior, João Garcia; Lubas, Marco Antônio da Silva; Kawatake, Make Silva; Sales, Katia Gouvea; Guedes, Julio Capilé; Schmitt, Aline Conceição
2003-06-01

Resumo em português Foram avaliados os questionários respondidos por 476 alunos, com idade entre 15 e 20 anos, de uma escola do bairro Pedra 90 em Cuiabá-MT, objetivando conhecer as características da população canina e felina daquele local. Dos 476 domicílios, em 371 (78%), foram registrados 513 cães e 307 gatos. Dos 513 cães, 289 (56,3%) eram machos e 224 (43,7%) fêmeas. Dos 307 gatos, 182 (59,3%) eram machos e 125 (40,7%) fêmeas. Os proprietários de 474 (92,4%) cães e 267 (86,9%) gatos afirmaram ter vacinado seus animais contra raiva. Resumo em inglês Questionnaires answered by 476 students (age 15-20 yrs) attending a local school in the neighborhood of Pedra 90 in Cuiabá-MT were analyzed in order to study the characteristics of feline and canine populations in the region. The results showed that 371 (78%) of the 476 families kept 513 dogs and 307 cats. Of 573 dogs, 289 (56.3%) were male and 224 (43.7%) were female. Of 307 cats, 182 (59.28%) were male and 125 (40.72%) were female. The owners of 474 (92.4%) dogs and 267 (86.9%) cats reported that their pets had been vaccinated against rabies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Aspectos clínico-patológicos e imuno-histoquímicos de equídeos infectados pelo vírus da raiva/ Clinic-pathological and immunohistochemical aspects of equids infected with rabies virus

Pedroso, Pedro M.O; Colodel, Edson M; Gomes, Danilo C; Varaschin, Mary S; Bezerra Júnior, Pedro S; Barbosa, José D; Tokarnia, Carlos H; Driemeier, David
2010-11-01

Resumo em português Foram analisados 14 equídeos (13 equinos e 1 muar) com diagnóstico clínico e histológico de raiva provenientes de quatro regiões do Brasil. O curso clínico médio foi de quatro dias de evolução, incluindo incoordenação motora, paralisia dos membros pélvicos, paresia dos membros torácicos e decúbito. Os achados histopatológicos caracterizaram-se por meningoencefalite e meningomielite não supurativa com infiltrado perivascular linfoplasmocitário. Corpúsculo (mais) s de Negri foram observados em 64,28% (9/14) dos casos, principalmente na medula espinhal cervical e nos neurônios de Purkinje do cerebelo. Em 55,55% (5/9) dos equídeos analisados tiveram resultado positivo pela técnica de imunofluorescência direta para raiva. Todos os casos foram positivos na imuno-histoquímica para raiva, cujas reações foram mais evidentes no córtex temporal, córtex occipital e medula espinhal cervical. A técnica de imuno-histoquímica foi essencial para confirmar todos os casos de raiva nos equídeos. Resumo em inglês Thirteen horses and one mule from four regions of Brazil with clinical and histological diagnosis of rabies were analyzed. The clinical course lasted four days, with motor incoordination, paresis and paralysis of the legs, and decubitus. The main histopathological findings were lymphoplasmacytic meningoencephalitis and non-suppurative meningomyelitis associated with characteristic Negri bodies in 64.28% (9/14) cases, mainly in the cervical spinal cord and in Purkinje neur (mais) ons of the cerebellum. In 55.55% (5/9), the animals examined were positive by for the fluorescent antibody test for rabies. All animals were positive in immunohistochemistry for rabies, whose immunolabeling were more evident in the temporal cortex, occipital cortex and cervical spinal cord. Immunohistochemistry procedure was essential to confirm all cases of rabies in the equids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Sensibilidade da técnica de imuno-histoquímica em fragmentos de sistema nervoso central de bovinos e equinos naturalmente infectados pelo vírus da raiva/ Sensitivity of the Immunohistochemistry technique in central nervous system fragments of cattle and horses naturally infected by rabies virus

Achkar, Samira M.; Fernandes, Elaine R.; Carrieri, Maria Luiza; Castro, Andréa B.M. de; Batista, Alexandre M.; Duarte, Maria Irma S.; Kotait, Ivanete
2010-03-01

Resumo em português A raiva é uma zoonose viral que acomete o sistema nervoso central (SNC) de mamíferos, considerada um grave problema de saúde pública. Herbívoros (bovinos e equinos) são frequentemente acometidos pela in-fecção após serem atacados por morcegos hematófagos (Desmodus rotundus). A técnica de imunofluorescência direta (IFD) realizada em tecidos frescos, recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é utilizada para o diagnóstico da raiva. A técnica de (mais) imuno-histoquímica (IHQ) é utilizada para detectar antígenos em tecidos fixados, pelo uso de anticorpos monoclonais/policlonais. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade da IHQ na detecção de antígenos do vírus da raiva em amostras de SNC de herbívoros fixadas em formol, analisando a distribuição antigênica em diferentes fragmentos do SNC. Os resultados demonstraram concordância das técnicas de IFD e IHQ. A IHQ mostrou maior sensibilidade em amostras de bovinos em relação às de equinos, especialmente quando realizada em fragmentos de cerebelo e tronco encefálico. A detecção de antígeno nestes fragmentos foi mais consistente para ambas as técnicas, nas duas espécies. Estes resultados demonstram que a IHQ pode ser empregada para a vigilância epidemiológica da raiva, entretanto, recomenda-se cautela ao se empregar a IHQ para diagnóstico de doença em herbívoros, especialmente quando o fragmento encaminhado ao laboratório for apenas o hipocampo. Resumo em inglês Rabies is a viral zoonosis that causes disease in the central nervous system (CNS) of mammals and it is considered a serious problem of public health. Herbivorous (bovines and equines) are often infected after being attacked by vampire bats (Desmodus rotundus). The direct fluorescent antibody technique is used as a diagnostic test to detect viral antigens in fresh tissues and is recommended by the World Health Organization. The immunohistochemistry technique (IHC) is used (mais) to detect the viral antigen through the use of monoclonal/policlonal antibodies in formalin-fixed tissues. The aim of this work was to evaluate the sensitivity of the IHC in samples of CNS of herbivorous fixed in formol, analyzing the antigenic distribution in different fragments of the CNS. The results demonstrated good agreement between the two techniques for the rabies diagnosis. The IHC presented higher sensitivity in samples of cattle comparing to horse samples, especially in fragments of cerebellum and brain stem. These fragments demonstrated to be more suitable for antigen detection by both techniques in the two species. These data demonstrate that the IHC is suitable for rabies vigilance yet cautions should be taken in examining cattle and horses samples, when the submitted specimen is only the hippocampus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Eficácia da vacina anti-rábica ERA em camundongos, frente a quatro diferentes variantes antigênicas do vírus da raiva/ Evaluation of ERA anti-rabies vaccine against four different antigenic strains of rabies virus in mice

Erbolato, Elcio Benedito; Silva, Egon Vieira da; Miguel, Omar; Sureau, Pierre; Germano, Pedro Manuel Leal
1989-12-01

Resumo em português Estudou-se a eficácia da vacina anti-rábica preparada em cultura primária de tecido renal de suínos, a partir da amostra ERA, na prevenção da raiva em camundongos, frente a quatro cepas antigenicamente distintas do vírus rábico, duas originadas de cão. C/SP e C/NG, uma originada de morcego, DR-19, e uma cepa fixa, CVS (Challenge Vírus Standard). O perfil antigênico desta cepa foi determinado pela técnica dos anticorpos antirrábicos monoclonais antinucleocapsi (mais) de. Os animais foram vacinados, aos 21 dias de idade, por via intramuscular na face interna da coxa, com uma única dose de 0,05 ml de vacina e desafiados aos 42 dias de idade, em conjunto com os animais do grupo testemunho, por via intramuscular na face interna da coxa, com 0,05 ml da suspensão da cepa viral correspondente. Os resultados obtidos permitiram constatar que a vacina ERA protegeu 100% dos animais desafiados com as cepas C/SP, C/NG e DR-19 e 83% dos animais desafiados com à cepa CVS, enquanto que a mortalidade no grupo testemunho variou entre 70 e 90%. Resumo em inglês ERA anti-rabies vaccine prepared in kidney tissue culture was evaluated against four different antigenic strains of rabies virus in mice: two of them dog strains, C/SP and C/NG, another a bat vampire strain, DR-19, and the CVS strain. The CVS antigenical characteristics were determined by means the antinucleocapsid monoclonal antibodies technique. Twenty one days old mice were vaccinated, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of vaccine and challen (mais) ged at 42 days old, together with those of the control group, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of the corresponding viral strain dilution. The ERA anti-rabies vaccine protected 100% of all the mice challenged with C/SP, C/NG and DR-19 strains and 83% of those challenged with CVS. The control groups mortality rate varied between 70 and 90%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Eficácia da vacina anti-rábica ERA em camundongos, frente a quatro diferentes variantes antigênicas do vírus da raiva/ Evaluation of ERA anti-rabies vaccine against four different antigenic strains of rabies virus in mice

Erbolato, Elcio Benedito; Silva, Egon Vieira da; Miguel, Omar; Sureau, Pierre; Germano, Pedro Manuel Leal
1989-12-01

Resumo em português Estudou-se a eficácia da vacina anti-rábica preparada em cultura primária de tecido renal de suínos, a partir da amostra ERA, na prevenção da raiva em camundongos, frente a quatro cepas antigenicamente distintas do vírus rábico, duas originadas de cão. C/SP e C/NG, uma originada de morcego, DR-19, e uma cepa fixa, CVS (Challenge Vírus Standard). O perfil antigênico desta cepa foi determinado pela técnica dos anticorpos antirrábicos monoclonais antinucleocapsi (mais) de. Os animais foram vacinados, aos 21 dias de idade, por via intramuscular na face interna da coxa, com uma única dose de 0,05 ml de vacina e desafiados aos 42 dias de idade, em conjunto com os animais do grupo testemunho, por via intramuscular na face interna da coxa, com 0,05 ml da suspensão da cepa viral correspondente. Os resultados obtidos permitiram constatar que a vacina ERA protegeu 100% dos animais desafiados com as cepas C/SP, C/NG e DR-19 e 83% dos animais desafiados com à cepa CVS, enquanto que a mortalidade no grupo testemunho variou entre 70 e 90%. Resumo em inglês ERA anti-rabies vaccine prepared in kidney tissue culture was evaluated against four different antigenic strains of rabies virus in mice: two of them dog strains, C/SP and C/NG, another a bat vampire strain, DR-19, and the CVS strain. The CVS antigenical characteristics were determined by means the antinucleocapsid monoclonal antibodies technique. Twenty one days old mice were vaccinated, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of vaccine and challen (mais) ged at 42 days old, together with those of the control group, intramuscularly, in the inner side of the thigh, with 0.05 ml of the corresponding viral strain dilution. The ERA anti-rabies vaccine protected 100% of all the mice challenged with C/SP, C/NG and DR-19 strains and 83% of those challenged with CVS. The control groups mortality rate varied between 70 and 90%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Vírus rábico em morcego Nyctinomops laticaudatus na Cidade do Rio de Janeiro, RJ: isolamento, titulação e epidemiologia/ Rabies virus in Nyctinomops laticaudatus bats in the City of Rio de Janeiro: isolation, titration and epidemiology

Silva, Marlon Vicente da; Xavier, Sheila de Matos; Moreira, Wildeberg Cal; Santos, Beatriz Cristina Pereira dos; Esbérard, Carlos E.L.
2007-08-01

Resumo em português Apresenta-se o primeiro relato de raiva em morcego da espécie Nyctinomops laticaudatus, na Cidade do Rio de Janeiro, RJ. Foram realizados isolamento e titulação viral em diferentes tecidos, encontrando-se altos títulos no cérebro e glândulas salivares. A ocorrência de raiva em uma espécie pouco freqüente neste estado sugere que a doença pode ser mais prevalente do que aparenta. Resumo em inglês The first case report of rabies in bats of the species Nyctinomops laticaudatus, in the city of Rio de Janeiro City, is presented. Virus isolation and titration were performed in different tissues, and high titers were found in the brain and salivary glands. Rabies occurrence in such an infrequent species in this state suggests that the disease may be more prevalent than it appears to be.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Isolamento do vírus rábico de morcego insetívoro , Lasyurus borealis/ Rabies virus isolation in insectivorous bat Lasyurus borealis

Martorelli, Luzia Fatima Alves; Aguiar, Elizabeth Amatuzzi da Costa; Almeida, Marilene Fernandes de; Silva, Miriam M. Sodré; Nunes, Vania de Fatima Plaza
1996-02-01

Resumo em português Relata-se um caso de raiva em morcego insetívoro, Lasyurus borealis, na região urbana, em bairro residencial, no Município de Jundiaí, SP (Brasil). Resumo em inglês A case of rabies in an insectivorous bat, Lasyurus borealis , in a residential suburb in an urban area in the southern region of Brazil, is reported.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Isolamento do vírus rábico de morcego insetívoro , Lasyurus borealis/ Rabies virus isolation in insectivorous bat Lasyurus borealis

Martorelli, Luzia Fatima Alves; Aguiar, Elizabeth Amatuzzi da Costa; Almeida, Marilene Fernandes de; Silva, Miriam M. Sodré; Nunes, Vania de Fatima Plaza
1996-02-01

Resumo em português Relata-se um caso de raiva em morcego insetívoro, Lasyurus borealis, na região urbana, em bairro residencial, no Município de Jundiaí, SP (Brasil). Resumo em inglês A case of rabies in an insectivorous bat, Lasyurus borealis , in a residential suburb in an urban area in the southern region of Brazil, is reported.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Isolamento do vírus rábico de morcego insetívoro Myotis nigricans/ Isolation of the rabies virus in a specimen of the insectiverous bat Myotis nigricans

Martorelli, Luzia F. A.; Aguiar, Elizabeth A.C.; Almeida, Marilene F.; Silva, Miriam M.S.; Novaes, Eliana C. R.
1995-04-01

Resumo em português Relata-se um caso de infecção natural de raiva em morcego insetívoro Myotis nigricans, no Município de Ribeirão Pires, Grande São Paulo (Brasil). O diagnóstico realizou-se através das técnicas de imunofluorescência e inoculação intracerebral em camundongos, do tecido nervoso e da musculatura da região interescapular do morcego. Resumo em inglês The following is a case study of the natural infection by the rabies virus of an insectiverous bat belonging to the species Myotis nigricans in the municipality of Ribeirão Pires, Greater S. Paulo. Diagnosis was made by means of immunofluorescence and intracerebral innoculation of mice with nervous and intrascapular muscular tissues.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Isolamento do vírus rábico de morcego insetívoro Myotis nigricans/ Isolation of the rabies virus in a specimen of the insectiverous bat Myotis nigricans

Martorelli, Luzia F. A.; Aguiar, Elizabeth A.C.; Almeida, Marilene F.; Silva, Miriam M.S.; Novaes, Eliana C. R.
1995-04-01

Resumo em português Relata-se um caso de infecção natural de raiva em morcego insetívoro Myotis nigricans, no Município de Ribeirão Pires, Grande São Paulo (Brasil). O diagnóstico realizou-se através das técnicas de imunofluorescência e inoculação intracerebral em camundongos, do tecido nervoso e da musculatura da região interescapular do morcego. Resumo em inglês The following is a case study of the natural infection by the rabies virus of an insectiverous bat belonging to the species Myotis nigricans in the municipality of Ribeirão Pires, Greater S. Paulo. Diagnosis was made by means of immunofluorescence and intracerebral innoculation of mice with nervous and intrascapular muscular tissues.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Vírus rábico isolado de morcego frugívoro (Artibeus lituratus), capturado em 1997 no município de Rio Claro, SP/ Rabies virus isolated from a frugivorous bat (Artibeus lituratus), captured in 1997, in Rio Claro, São Paulo, Brazil

PASSOS, Estevão de Camargo; CARRIERI, Maria Luíza; SILVA, Miriam Martos Sodré; PEREIRA Jr., Ronaldo Gomes; MELO, João Alfredo Torres Silva; MAULE, Laerte José
1999-01-01

Resumo em português O vírus rábico foi isolado de morcego frugívoro Artibeus lituratus, capturado no município de Rio Claro, SP, em bairro residencial, em 1997. Neste município, o último caso de raiva animal ocorreu em 1986, sendo este o primeiro relato do isolamento em morcego frugívoro. As implicações em Saúde Pública foram discutidas. Resumo em inglês Rabies virus was isolated from a frugivorous bat, Artibeus lituratus, captured in downtown Rio Claro, SP, Brazil, in 1997. There was not any animal rabies since 1986, and this is the first isolation of rabies virus in a frugivorous bat in Rio Claro. Implications of Public Health were discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Distribuição do vírus rábico no sistema nervoso central em ruminantes naturalmente infectados/ Distribution of rabies vírus in the central nervous system in naturally infected ruminants

Silva, Maria Luana C.R; Riet-Correa, Franklin; Galiza, Glauco J.N; Azevedo, Sérgio S; Afonso, José A.B; Gomes, Albério A.B
2010-11-01

Resumo em português Com o objetivo de identificar a distribuição das lesões do vírus rábico no sistema nervoso central de casos espontâneos de raiva em ruminantes e comparar as técnicas de imunofluorescência direta (IFD), inoculação em camundongos (ICC) e presença de corpúsculos de Negri para o diagnóstico da doença foram analisados materiais proveniente de 48 casos de raiva, incluindo amostras de córtex frontal, temporal, parietal e occipital, hipocampo, tálamo, colículo ro (mais) stral e caudal, cerebelo, ponte, medula oblonga, núcleo da base e porções da medula cervical, torácica e lombar. De 48 amostras analisadas, todas foram positivas na IFD e na ICC e em 30 (62,5%) foram encontrados corpúsculo de Negri (CN). No entanto, houve diferenças importantes no resultados dos três testes nas diferentes regiões do SNC avaliadas. Nos cortes de córtex cerebral, em 38 bovinos, a presença de corpúsculos de inclusão foi baixa (11%-37%) assim como a positividade para IFD e ICC (60-80%). Pelo contrário, todas as amostras de ponte, tálamo e medula testados foram positivas para IFD e ICC. Em outras regiões do tronco encefálico e também no cerebelo a positividade para ICC e IFD foi de 60% a 96,7%. No cerebelo foi encontrada a maior frequência (88,2%) de corpúsculos de inclusão. Em oito ovinos as provas de ICC e IFD foram positivas em todos os cortes e foram observados corpúsculos de inclusão em três animais. Foram analisados somente dois casos de caprinos encontrando-se corpúsculos de inclusão em um e ambos foram positivos para IFD e ICC. Os resultados obtidos nesse trabalho sugerem que a conduta recomendada pelo Manual Técnico de Controle da Raiva dos Herbívoros (MTCRH) permite o diagnóstico de raiva associando o estudo histológico aos testes de IFD e ICC que incluem cerebelo, tálamo e tronco encefálico que apresentam alta positividade para as provas de IFD e ICC. No entanto, a melhor conduta é a de incluir metade do encéfalo cortado longitudinalmente e amostras de medula. Isto permite examinar por IFD e ICC uma ou mais regiões onde essas provas apresentam maior positividade e, posteriormente, se essas provas fossem negativas, retornar ao material original e examinar outras regiões. Por outro lado, a coleta de amostras dos locais recomendados pela MTCRH, assim com a coleta de metade do encéfalo, podem prejudicar o diagnóstico de outras doenças para o qual é necessário o estudo de todo o encéfalo após a fixação em formaldeído, para constatar a simetria e a distribuição das lesões. Nestes casos, com base nos resultados obtidos neste trabalho, pode ser recomendado para diagnóstico laboratorial de raiva o envio exclusivo de porções da medula cervical, dorsal e lombar, já que as três porções apresentaram 100% de positividade nas provas de IFD e ICC. Além disso, o estudo histológico de todas as porções do cérebro incluídas neste trabalho permitirá complementar o diagnóstico. Resumo em inglês With the aim to study the distribution of lesions the rabies virus in spontaneous cases of rabies in ruminants and to determine the efficiency of the direct fluorescent antibody test (DFA), mouse inoculation (MI) and presence of Negri bodies in the diagnosis of the disease, 48 cases of the rabies were examined. Samples of frontal, temporal, parietal and occipital cerebral cortex, hippocampus, thalamus, rostral and caudal colliculi, cerebellum, pons, medulla oblongata, bas (mais) al nuclei and sections of the cervical, thoracic and lumbar spinal cord were examined. Of the 48 samples examined all were positive on DFA and MI, and in 30 (62.5%) Negri bodies were observed. However there were differences in the results of the three tests among different regions of the central nervous system. In the samples of the cerebral cortex in 38 cattle, the frequency of inclusion bodies was low (11-37%), and so was the positivity to DFA and MI (60-80%). In contrast, all samples of thalamus, pons and spinal cord were positive to DFA and MI. In other regions of the brain stem, positivity to these tests varied between 60% and 96.7%. On histologic examination, the major frequency of Negri bodies (88.2%) was observed in the cerebellum. In eight sheep the DFA and MI tests were positive in all sections of the CNS examined and Negri bodies were found in three sheep. Only two goats were examined; both were positive in DFA and MI tests and in one Negri bodies were found. These results suggest that the recommendations of the Brazilian Technical Manual for Rabies of Herbivores is adequate for rabies diagnosis, because their recommendations include the histologic study and the examination of cerebellum, and sections of the brainstem with high positivity to DFA and MI tests. However, a better recommendation is to send for DFA and MI half of the brain cut longitudinally and samples of the spinal cord, which will permit to examine one or two sections, and if those are negative to get back to the material and examine the rest of the sections. In contrast, to collect samples of the brain or half brain can be inappropriate for the diagnosis of other diseases of the CNS, for which the study of the whole fixed brain is necessary to recognize the symmetry or distribution of lesions. In these situations by the results obtained here, it can be recommended to send different sections of the spinal cord for DIF and MI tests and to fix the whole brain for gross and histologic examinations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Abordagem diagnóstica das principais doenças do sistema nervoso de ruminantes e equinos no Brasil/ Diagnostic approaches for the main neurological diseases of ruminants and horses in Brazil

Rissi, Daniel R; Pierezan, Felipe; Oliveira-Filho, José C; Lucena, Ricardo B; Carmo, Priscila M.S; Barros, Claudio S.L
2010-11-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho é descrever os principais aspectos epidemiológicos e clínico-patológicos das principais doenças do sistema nervoso de ruminantes e equinos diagnosticadas no Laboratório de Patologia Veterinária (LPV) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) para servir como base para veterinários de campo ou que trabalham em laboratórios de diagnóstico. Esses dados foram buscados em trabalhos publicados pela equipe do LPV-UFSM ou retirados dos arqu (mais) ivos do laboratório. As principais doenças do sistema nervoso diagnosticadas em bovinos foram a raiva, a encefalopatia hepática decorrente de insuficiência hepática por ingestão de Senecio spp., a meningoencefalite por herpesvírus bovino, a babesiose cerebral, a intoxicação por Solanum fastigiatum, a febre catarral maligna e a polioencefalomalacia. Em ovinos foram diagnosticadas a cenurose, a meningoencefalite por Listeria monocytogenes, o tétano, os abscessos encefálicos ou vertebrais e a raiva. Meningoencefalite por L. monocytogenes foi a única doença do sistema nervoso descrita em caprinos. Equinos foram afetados pela leucoencefalomalacia, tripanossomíase e tétano. Resumo em inglês The epidemiological, clinical, and pathological hallmarks of neurological diseases of ruminants and horses diagnosed in the Laboratory of Veterinary Pathology (LVP) of the Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) are herein described. This paper is intended to work as a compiled database for practitioners or veterinarians working in diagnostic laboratories. Data was gathered from papers published by the LVP-UFSM faculty and staff or retrieved from the laboratory archive (mais) s. The most important neurological diseases of cattle included rabies, hepatic encephalopathy due to ingestion of Senecio spp., meningoencephalitis by bovine herpesvirus, cerebral babesiosis, poisoning by Solanum fastigiatum, malignant catarrhal fever, and polioencephalomalacia. Sheep were affected mostly by coenurosis, meningoencephalitis by Listeria monocytogenes, tetanus, encephalic or vertebral abscesses, and rabies. Goats were affected by meningoencephalitis by L. monocytogenes. Leukoencephalomalacia, trypanosomiasis by Trypanosoma evansi, and tetanus were important neurological diseases of horses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Anticorpos contra o vírus rábico em seres humanos com atividades no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso. Cuiabá, MT, Brasil/ Antibodies to the rabies virus in humans working in a veterinary Hospital environment at the Universidade Federal de Mato Grosso. Cuiabá, MT, Brazil

Nociti, Darci Lara Perecin; Caramori Júnior, João Garcia; Jesus, Lisiane Pereira de; Samara, Samir Issa; Araújo Junior, Aldocírio de
2003-06-01

Resumo em português Uma caracterização do perfil sorológico de 102 indivíduos com constantes atividades no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso foi realizada por meio de fichas epidemiológicas e provas sorológicas para titulação de anticorpos contra o vírus da raiva, no período de novembro de 1999 a novembro de 2000. Dessas pessoas, 27 tinham sido vacinadas em esquema de pré-exposição e 75 não tinham recebido nenhum esquema de vacinação anti-rábica. O (mais) s resultados deste estudo puderam classificar os indivíduos em diferentes grupos (G1, G2, G3 e G4). As 19 (18,6%) pessoas do grupo G1, previamente vacinadas contra raiva, apresentaram titulação abaixo de 0,5 UI/mL; no grupo G2, as 8 (7,8%) pessoas, também previamente vacinadas, apresentaram títulos superiores a 0,5UI/mL; no grupo G3, as 67 (65,6%) pessoas, não vacinadas contra o vírus rábico, apresentaram titulação abaixo de 0,5UI/mL; e finalmente no grupo G4, as 8 (7,8%) pessoas, que nunca receberam esquema vacinal, apresentaram títulos acima de 0,5UI/mL. Os resultados obtidos demonstraram que existe necessidade de avaliação epidemiológica e acompanhamento sorológico. de pessoas submetidas a vacinação anti-rábica pré-exposição em hospitais veterinários. Resumo em inglês A characterization of the serological profile of 102 workers in constant activities in a veterinary hospital environment at the Universidade Federal de Mato Grosso was made through epidemiological data and serological tests to the rabies virus from November 1999 to November 2000. Of these, 27 had been vaccinated in a pre-exposure scheme and 75 had not received any kind of antirabies immunization. The results of the study classified the people into four groups (G1, G2, G3 (mais) and G4). In G1, 19 (18.6%) people that had been previously vaccinated showed a titration level lower than 0.5UI/mL; in G2, 8 (7.8%) people who had been previously vaccinated showed a titration level higher than 0.5UI/mL; in G3, 67 (65.6%) people who had not been vaccinated against rabies virus showed a titration level lower than 0.5UI/mL; and finally in G4, 8 (7.8%) people who had never received any kind of vaccine scheme showed a titration level higher than 0.5UI/mL. The results showed that epidemiological evaluation and serological profile are necessary people working in a veterinary hospital environment while being pre-exposure vaccinated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Isolamento do vírus rábico em morcego insetívoro, Nyctinomops macrotis, no Município de Diadema, SP (Brasil)/ Isolation of rabies virus in an insectivorous bat Nyctinomops macrotis, in Southeastern Brazil

Passos, Estevão C.; Carrieri, Maria L.; Dainovskas, Ester; Camara, Milena; Silva, Miriam M. S.
1998-02-01

Resumo em português Foi realizado o isolamento do vírus rábico em morcego insetívoro Nyctinomops macrotis capturado próximo à represa Billings e à mata Atlântica, no Município de Diadema, SP (Brasil). A pesquisa do antígeno rábico no tecido cerebral do morcego apresentou resultado positivo na reação de imunofluorescência direta. O isolamento do vírus rábico no tecido cerebral e nas glândulas salivares do morcego foi obtido através da inoculação intracerebral em camundongos (mais) . O Município de Diadema não apresentava casos de raiva animal desde 1982, sendo este o primeiro relato da presença do vírus rábico em morcego insetívoro. Resumo em inglês The rabies virus was isolated from an insectivorous bat, Nyctinomops macrotis, trapped in Diadema, SP, Brazil, in a public building near a water supply reservoir. Fluorescent antibodies against rabies virus were detected in cerebral tissue and the viral isolation was made after the inoculation of cerebral tissue and salivary gland suspension in mice. There have been no recorded cases of animal rabies in Diadema since 1982, and this is the first isolation of the rabies virus in an insectivorous bat in the city.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Isolamento do vírus rábico em morcego insetívoro, Nyctinomops macrotis, no Município de Diadema, SP (Brasil)/ Isolation of rabies virus in an insectivorous bat Nyctinomops macrotis, in Southeastern Brazil

Passos, Estevão C.; Carrieri, Maria L.; Dainovskas, Ester; Camara, Milena; Silva, Miriam M. S.
1998-02-01

Resumo em português Foi realizado o isolamento do vírus rábico em morcego insetívoro Nyctinomops macrotis capturado próximo à represa Billings e à mata Atlântica, no Município de Diadema, SP (Brasil). A pesquisa do antígeno rábico no tecido cerebral do morcego apresentou resultado positivo na reação de imunofluorescência direta. O isolamento do vírus rábico no tecido cerebral e nas glândulas salivares do morcego foi obtido através da inoculação intracerebral em camundongos (mais) . O Município de Diadema não apresentava casos de raiva animal desde 1982, sendo este o primeiro relato da presença do vírus rábico em morcego insetívoro. Resumo em inglês The rabies virus was isolated from an insectivorous bat, Nyctinomops macrotis, trapped in Diadema, SP, Brazil, in a public building near a water supply reservoir. Fluorescent antibodies against rabies virus were detected in cerebral tissue and the viral isolation was made after the inoculation of cerebral tissue and salivary gland suspension in mice. There have been no recorded cases of animal rabies in Diadema since 1982, and this is the first isolation of the rabies virus in an insectivorous bat in the city.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Histomorfologia do gânglio de Gasser, da rete mirabile carotídea e da hipófise de bovinos: estudo de 199 casos/ Histomorphology of the Gasserian ganglion, carotid rete mirabile and pituitary gland in cattle: a study of 199 cases

Rech, Raquel R.; Rissi, Daniel R.; Silva, Marcia C.; Inkelmann, Maria A.; Barros, Claudio S.L.
2006-06-01

Resumo em português O complexo heterogêneo de tecidos formado pelo gânglio de Gasser, rete mirabile carotídea e hipófise (GRH) de 199 bovinos foram macro e microscopicamente avaliados. Vinte e um GRH eram de casos confirmados de raiva, 19 com diagnóstico de meningoencefalite por herpesvírus bovino-5 (BoHV-5), 11 casos de febre catarral maligna (FCM), 7 tinham abscesso de pituitária, 17 apresentaram lesões de encefalopatia hepática (status spongiosus) atribuído à fibrose crônica p (mais) or intoxicação por Senecio sp; e os 124 GRH restantes eram provenientes de bovinos que não apresentaram sinais neurológicos e que morreram ou foram eutanasiados por causas diversas. Nenhuma alteração histológica significativa foi observada no GRH dos 124 bovinos que não tinham sinais neurológicos, nos 17 bovinos com encefalopatia hepática, nem nos 19 bovinos afetados por meningoencefalite por BoHV-5. Alterações inflamatórias foram encontradas em 20 dos 21 casos de raiva e consistiam de proliferação de células satélites, nódulos gliais e infiltrado linfo-plasmocitário; alterações degenerativas incluíam cromatólise central, vacuolização neuronal e necrose neuronal com neuronofagia. Corpúsculos de inclusão eosinofílicos intracitoplasmáticos (de Negri) foram encontrados em 19 dos 21 casos de raiva; neurite do nervo trigêmeo em 11 casos e neuroipofisite em 4 casos. O complexo GRH de 9 de 11 casos de FCM apresentava arterite necrosante, que afetava as artérias da rete mirabile carotídea. Em 7 dos 199 GRH examinados havia abscessos de pituitária caracterizados por agregados de neutrófilos e detritos celulares circundados por infiltrado mononuclear e cápsula fibrosa. Vários achados incidentais foram observados nos 199 GRH examinados histologicamente e não foram correlacionados com alterações ligadas a doenças. Estes incluíam cistos na cavidade hipofisária, agregados de fibrina e neutrófilos no seio cavernoso da rete mirabile carotídea, leve aumento do número de células satélites ao redor dos neurônios do gânglio de Gasser e ocasional vacuolização e lipofuscinose neuronal. O exame histológico do complexo GRH é uma ferramenta importante e confiável no diagnóstico das principais encefalites em bovinos no Brasil. Resumo em inglês The complex of heterogenous tissues formed by the Gasserian ganglia, carotid rete mirabile and pituitary gland (GRH) from 199 cattle were grossly and histologically evaluated. Twenty one of the GRH were from comfirmed cases of rabies, 19 were diagnosed as cases of meningoencephalitis caused by bovine herpesvirus-5 (BoHV-5), 11 were confirmed cases of malignant catarrhal fever (MCF), 7 had pituitary abscesses, 17 had lesions of hepatic encephalopathy (status spongiosus) at (mais) tributable to chronic liver failure due to Senecio sp poisoning; and the remaining 124 GRH were from cattle which did not present neurological signs and died or were euthanatized due to various causes. No significant histologic changes were observed in the GRH from the 124 cattle which did not present neurological signs, in the GRH of the 17 cattle that had hepatic encephalopathy neither in the GRH of the 19 cattle diagnosed with BoHV-5 meningoencephalitis. Inflammatory changes were found in the Gasserian ganglia of 20 out of 21 cases of rabies and consisted of proliferation of sattelite cells, glial nodules and lymphoplasmacytic infiltrate; degenerative changes included central chromatolysis, neuronal vacuolation, and neuronal death with neuronophagia. Characteristic eosinophilic intracytoplasmatic inclusion (Negri) bodies were found in 19 out of 21 cases of rabies, neuritis of the fifth nerve in 11, and neurohypophysitis in 4 cases. The GRH from nine of the eleven cases of MCF had characteristic necrotizing arteritis affecting the arteries of the carotid rete mirabile. In seven cases pituitary abscesses were found; they were characterized by large aggregates of neutrophils admixed with cellular debris and surrounded by mononuclear cells and were walled by a fibrous capsule. Several incidental findings were observed equally in the 199 histologically examined GRH and consequently were non specific for any disease entity. These include cysts in the pituitary cleft, fibrin and neutrophilic aggregates in the cavernous sinus of the carotid rete mirabile, mildly increased numbers of sattelite cells around neurons of the Gasserian ganglia and occasional neuronal vacuolation and lipofuscinosis. It was concluded that the histological examination of the GRH is an important and reliable tool in the diagnosis of the main forms of encephalitis occurring in cattle in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Análise de tratamento anti-rábico humano pós-exposição em região da Grande São Paulo, Brasil/ Analysis of human anti rabic post exposure treatment in an urban region of Southeastern Brazil

Garcia, Rita C. M.; Vasconcellos, Silvio A .; Sakamoto, Sidnei M.; Lopez, André C.
1999-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O tratamento de seres humanos expostos ao risco de infecção pelo vírus rábico ainda pode incluir a ocorrência de reações pós-vacinais indesejáveis, tanto de ordem local como geral. A análise sistemática dos informes epidemiológicos de pacientes submetidos a este tipo de tratamento poderá oferecer subsídios para a modificação desta situação. Foram analisados os registros de tratamento dessa zoonose visando à melhoria do seu controle. MÉTOD (mais) OS: Foram analisadas através do programa Epi Info as fichas de investigação epidemiológica da raiva de 8.758 habitantes do Município de Osasco, SP (Brasil), atendidos no período de 1984 a 1994. A vacina utilizada foi do tipo Fuenzalida & Palacios. RESULTADOS: Constatou-se a existência de maior risco de exposição para os indivíduos do sexo masculino, com cinco a nove anos de idade. As agressões ocorreram com maior freqüência no domicílio da vítima e os cães foram os principais responsáveis. Dos cães e gatos envolvidos, respectivamente 51,0% e 73,2% não haviam sido imunizados contra a raiva. Nos pacientes com até nove anos de idade as localizações de lesão mais freqüentes foram: cabeça (36,6%) e membros superiores (35,1%); quando a faixa etária ultrapassava os nove anos as áreas mais acometidas foram membros superiores (45,8%) e membros inferiores (43,7%). Dos pacientes analisados, 26,5% já haviam recebido vacinação anti-rábica anterior e 90, 7% procurou a orientação médica em até cinco dias da agressão. Para 41,9% foi prescrita unicamente a vacinação e para 0,05 ‰ a soro-vacinação. CONCLUSÕES: Houve 11,7% de abandonos a tratamentos e 51,3% foram dispensados do mesmo em função da observação animal. Dos pacientes tratados com vacina ou soro-vacinação houve 0,25% de acidentes pós-vacinais, dos quais 0,3‰ do tipo neurológico. Os meses de março, julho, agosto e setembro foram os de maior procura. Resumo em inglês INTRODUCTION: The treatment of human beings with risk of exposure to rabies virus infection still presents some cases of undesirable post treatment reactions. The knowledge resulting from the regular analysis of the epidemiological features associated with these practices would minimize the occurrence of these troubles. METHODS: The records of the treatment of 8,758 human anti-rabies cases performed in Osasco City, S. Paulo, Brazil between 1984 and 1994 with Fuenzalida & (mais) Palacios vaccine and/or anti-rabies serum produced in equines were analysed by Epi Info program. RESULTS: It was found that the higher risk of exposure was for male children of from five to nine years of age. The most frequent scene of aggression was the victim's own house. Dogs were responsible for most of the accidents (62.8%); the majority of dogs and cats involved had not been immunized against rabies (51.0% of dogs and 73.2% of cats). Most people aged nine or under were attacked in the head (36.6%), followed by the upper limbs (35.1%); above this age the part of the body most frequently hurt was the upper (45.8%) and lower limbs (43.7%); 26.5% of patients had already been vaccinated against rabies at least once in their lifetime; 90.7% of them sought medical care within five days, anti-rabies treatment was prescribed for 41.9% of them. CONCLUSIONS: Post vaccinal reactions were observed in 0.25% of the patients 0.3% of which were of neurological; 80.1% of the dogs and 58.4% of the cats involved coere kept under observation. The months of March, July, August and September presented the highest aggression rates.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Análise de tratamento anti-rábico humano pós-exposição em região da Grande São Paulo, Brasil/ Analysis of human anti rabic post exposure treatment in an urban region of Southeastern Brazil

Garcia, Rita C. M.; Vasconcellos, Silvio A .; Sakamoto, Sidnei M.; Lopez, André C.
1999-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O tratamento de seres humanos expostos ao risco de infecção pelo vírus rábico ainda pode incluir a ocorrência de reações pós-vacinais indesejáveis, tanto de ordem local como geral. A análise sistemática dos informes epidemiológicos de pacientes submetidos a este tipo de tratamento poderá oferecer subsídios para a modificação desta situação. Foram analisados os registros de tratamento dessa zoonose visando à melhoria do seu controle. MÉTOD (mais) OS: Foram analisadas através do programa Epi Info as fichas de investigação epidemiológica da raiva de 8.758 habitantes do Município de Osasco, SP (Brasil), atendidos no período de 1984 a 1994. A vacina utilizada foi do tipo Fuenzalida & Palacios. RESULTADOS: Constatou-se a existência de maior risco de exposição para os indivíduos do sexo masculino, com cinco a nove anos de idade. As agressões ocorreram com maior freqüência no domicílio da vítima e os cães foram os principais responsáveis. Dos cães e gatos envolvidos, respectivamente 51,0% e 73,2% não haviam sido imunizados contra a raiva. Nos pacientes com até nove anos de idade as localizações de lesão mais freqüentes foram: cabeça (36,6%) e membros superiores (35,1%); quando a faixa etária ultrapassava os nove anos as áreas mais acometidas foram membros superiores (45,8%) e membros inferiores (43,7%). Dos pacientes analisados, 26,5% já haviam recebido vacinação anti-rábica anterior e 90, 7% procurou a orientação médica em até cinco dias da agressão. Para 41,9% foi prescrita unicamente a vacinação e para 0,05 ‰ a soro-vacinação. CONCLUSÕES: Houve 11,7% de abandonos a tratamentos e 51,3% foram dispensados do mesmo em função da observação animal. Dos pacientes tratados com vacina ou soro-vacinação houve 0,25% de acidentes pós-vacinais, dos quais 0,3‰ do tipo neurológico. Os meses de março, julho, agosto e setembro foram os de maior procura. Resumo em inglês INTRODUCTION: The treatment of human beings with risk of exposure to rabies virus infection still presents some cases of undesirable post treatment reactions. The knowledge resulting from the regular analysis of the epidemiological features associated with these practices would minimize the occurrence of these troubles. METHODS: The records of the treatment of 8,758 human anti-rabies cases performed in Osasco City, S. Paulo, Brazil between 1984 and 1994 with Fuenzalida & (mais) Palacios vaccine and/or anti-rabies serum produced in equines were analysed by Epi Info program. RESULTS: It was found that the higher risk of exposure was for male children of from five to nine years of age. The most frequent scene of aggression was the victim's own house. Dogs were responsible for most of the accidents (62.8%); the majority of dogs and cats involved had not been immunized against rabies (51.0% of dogs and 73.2% of cats). Most people aged nine or under were attacked in the head (36.6%), followed by the upper limbs (35.1%); above this age the part of the body most frequently hurt was the upper (45.8%) and lower limbs (43.7%); 26.5% of patients had already been vaccinated against rabies at least once in their lifetime; 90.7% of them sought medical care within five days, anti-rabies treatment was prescribed for 41.9% of them. CONCLUSIONS: Post vaccinal reactions were observed in 0.25% of the patients 0.3% of which were of neurological; 80.1% of the dogs and 58.4% of the cats involved coere kept under observation. The months of March, July, August and September presented the highest aggression rates.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Resposta imune produzida por vacinas anti-rábicas em sagüis (Callithrix sp)/ Immune response produced by rabies vaccines in marmosets (Callithrix sp)

Andrade, Márcia Cristina Ribeiro; Oliveira, Alexandre Nunes de; Romijn, Phyllis Catharina; Kimura, Leda Maria Silva
1999-10-01

Resumo em português Visando avaliar a resposta imunológica produzida por vacinas anti-rábicas em primatas não humanos neotropicais, trinta sagüis (Callithrix sp) foram divididos em cinco grupos de seis indivíduos e submetidos a cinco diferentes esquemas de vacinação anti-rábica, utilizando-se duas vacinas animais distintas existentes no mercado. A primeira produzida em cérebro de camundongos lactentes (Fuenzalida e Palacios), e a segunda, em cultura de células NIL-2. Acompanhamento (mais) sorológico pós-vacinal foi realizado periodicamente. Os resultados mostraram que a vacina Fuenzalida e Palacios não foi eficaz para a proteção dos animais, utilizando-se uma única dose ou mesmo com o reforço. Porém, os sagüis apresentaram anticorpos detectáveis, ao adotar-se o esquema semelhante ao de pré-exposição indicado para os seres humanos, e apenas um animal contraiu raiva após o desafio viral. Por outro lado, a vacina produzida em cultura de células NIL-2 produziu elevados títulos de anticorpos em todos os animais imunizados e todos os animais resistiram ao desafio viral. Resumo em inglês In order to evaluate the immune response produced by rabies vaccines in new world nonhuman primates, thirty marmosets (Callithrix sp) were divided into five groups of six individuals and submitted to five different antirabies vaccination schemes using two distinct commercially available animal vaccines. The first was produced in suckling mouse brain (Fuenzalida and Palacios), and the second in NIL-2 cell culture. Post-vaccine serological monitoring was carried out periodi (mais) cally. The results showed that the Fuenzalida and Palacios vaccine was not able to protect the animals when using a single dose or even with a booster. But when submitted to a vaccination routine similar to that used for humans, the marmosets showed detectable antibodies, and only one succumbed to rabies after being challenged. In addition, the vaccine produced in NIL-2 cell culture induced high antibody levels in all vaccinated animals and all animals survived the viral challenge.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Estudo descritivo da estrutura populacional canina da área urbana de Araçatuba, São Paulo, Brasil, no período de 1994 a 2004/ A descriptive profile of the canine population in Araçatuba, São Paulo State, Brazil, from 1994 to 2004

Andrade, Andréa Maria; Queiroz, Luzia Helena; Perri, Sílvia Helena Venturoli; Nunes, Cáris Maroni
2008-04-01

Resumo em português No período de 1994 a 2004, a população canina de Araçatuba, São Paulo, Brasil, registrou duas importantes zoonoses: a raiva e a leishmaniose visceral. Analisaram-se as mudanças ocorridas nessa população durante esse período, utilizando resultados de censos caninos e de coletas censitárias de sangue realizados em 1994, 1999 e 2004. A relação cão/10 habitantes variou significativamente, passando de 1,7 em 1994 para 2,0 em 1999 e para 1,8 em 2004. A porcentagem (mais) de cães com até um ano de idade passou de 20% para 32,5% e o número de eutanásias realizadas também aumentou após 1999, com a introdução da leishmaniose visceral. O número de cães e a estrutura etária variaram nos diversos setores do município e aqueles com maior porcentagem de animais com até dois anos de idade apresentaram maior ocorrência de casos de leishmaniose visceral humana e canina. Tais resultados decorrem de ações de controle adotadas nos setores com casos humanos de leishmaniose visceral, porém, o aumento da população canina mais jovem pode resultar em aumento da susceptibilidade destes cães à doença, favorecendo a manutenção da mesma na área. Resumo em inglês From 1994 to 2004, the canine population in Araçatuba, São Paulo State, Brazil, suffered two major canine zoonoses: rabies and visceral leishmaniasis. Changes in the dog population during this period were evaluated using canine census data from 1994 and 2004 and the results of blood samples for diagnosis of canine visceral leishmaniasis in 1999. The ratio of dogs per 10 inhabitants varied from 1.7 in 1994 to 2.0 in 1999 and 1.8 in 2004. The percentage of puppies less th (mais) an 1 year of age increased from 20% to 32.5%, and the number of euthanized dogs also increased after 1999, when visceral leishmaniasis began to appear. The number of dogs and percentage of puppies varied between different areas of the city, and neighborhoods with a higher percentage of young animals showed more cases of both human and canine leishmaniasis. This result may be due to control measures applied in these areas in response to cases of human and canine visceral leishmaniasis, but the increase in the younger canine population can be accompanied by increased susceptibility in these animals, thus favoring maintenance of the disease in the area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Estudo descritivo da estrutura populacional canina da área urbana de Araçatuba, São Paulo, Brasil, no período de 1994 a 2004/ A descriptive profile of the canine population in Araçatuba, São Paulo State, Brazil, from 1994 to 2004

Andrade, Andréa Maria; Queiroz, Luzia Helena; Perri, Sílvia Helena Venturoli; Nunes, Cáris Maroni
2008-04-01

Resumo em português No período de 1994 a 2004, a população canina de Araçatuba, São Paulo, Brasil, registrou duas importantes zoonoses: a raiva e a leishmaniose visceral. Analisaram-se as mudanças ocorridas nessa população durante esse período, utilizando resultados de censos caninos e de coletas censitárias de sangue realizados em 1994, 1999 e 2004. A relação cão/10 habitantes variou significativamente, passando de 1,7 em 1994 para 2,0 em 1999 e para 1,8 em 2004. A porcentagem (mais) de cães com até um ano de idade passou de 20% para 32,5% e o número de eutanásias realizadas também aumentou após 1999, com a introdução da leishmaniose visceral. O número de cães e a estrutura etária variaram nos diversos setores do município e aqueles com maior porcentagem de animais com até dois anos de idade apresentaram maior ocorrência de casos de leishmaniose visceral humana e canina. Tais resultados decorrem de ações de controle adotadas nos setores com casos humanos de leishmaniose visceral, porém, o aumento da população canina mais jovem pode resultar em aumento da susceptibilidade destes cães à doença, favorecendo a manutenção da mesma na área. Resumo em inglês From 1994 to 2004, the canine population in Araçatuba, São Paulo State, Brazil, suffered two major canine zoonoses: rabies and visceral leishmaniasis. Changes in the dog population during this period were evaluated using canine census data from 1994 and 2004 and the results of blood samples for diagnosis of canine visceral leishmaniasis in 1999. The ratio of dogs per 10 inhabitants varied from 1.7 in 1994 to 2.0 in 1999 and 1.8 in 2004. The percentage of puppies less th (mais) an 1 year of age increased from 20% to 32.5%, and the number of euthanized dogs also increased after 1999, when visceral leishmaniasis began to appear. The number of dogs and percentage of puppies varied between different areas of the city, and neighborhoods with a higher percentage of young animals showed more cases of both human and canine leishmaniasis. This result may be due to control measures applied in these areas in response to cases of human and canine visceral leishmaniasis, but the increase in the younger canine population can be accompanied by increased susceptibility in these animals, thus favoring maintenance of the disease in the area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Combate ao Desmodus rotundus rotundus (E. Geoffroy,1810) na região cárstica de Cordisburgo e Curvelo, Minas Gerais/ Combat of Desmodus rotundus rotundus (E. Geofroy, 1810) in the Cordisburgo and Curvelo carstic region, Minas Gerais, Brazil

Almeida, E.O.; Moreira, E.C.; Naveda, L.A.B.; Herrmann, G.P.
2002-04-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar em uma região cárstica o tipo de refúgio, as espécies de morcegos, a população de animais domésticos, as associações interespecíficas nas coabitações com outros mamíferos silvestres suscetíveis à raiva e a eficácia da warfarina aplicada no dorso do Desmodus rotundus rotundus foi realizada uma pesquisa de maio de 1998 a março de 2000, nos municípios de Cordisburgo e Curvelo, Minas Gerais. Em 49 refúgios vistoriados, 29 naturais (mais) e 20 artificiais, localizados em 14 propriedades, encontrou-se o Desmodus rotundus rotundus em 18 abrigos naturais. Destes, 17 eram cavernas formadas pela dissolução ou abatimento de rocha calcária, típica do carste, e um era túnel escavado na terra pela ação das águas de um rio. As características geomorfológicas e de localização espacial foram registradas com base nas coordenadas geográficas, obtidas com auxílio de um sensor geográfico de posição. Nesses abrigos foram capturados e identificados 1457 morcegos de 14 espécies, sendo 640 Glossophaga soricina (Pallas, 1766), 566 Desmodus rotundus (E. Geoffroy, 1810), 73 Anoura geoffroyi (Gray 1838), 58 Trachops cirrhosus (Spix, 1823), 38 Diphylla ecaudata ecaudata (Spix, 1823), 23 Platyhrrinus lineatus (E. Geoffroy, 1810), 16 Lasiurus ega (Gervais, 1856), 14 Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758), 13 Phyllostomus hastatus hastatus (Pallas, 1767), 9 Artibeus lituratus (Olfers, 1818), 3 Mimmon bennettii (Gray, 1838), 2 Myotis nigricans (Schinz, 1821), 1 Eptesicus brasiliensis (Desmarest, 1819) e 1 Pygoderma bilabiatum (Wagner, 1843). Não se conseguiu isolar ou detectar o vírus rábico no cérebro de 25 hematófagos selecionados e em 52 de outras espécies. A maioria desses abrigos também era usada por pacas (Agouti paca Linnaues, 1766), capivaras (Hydrochaeris hydrochaeris, Linnaues, 1766), guaxinins (Procyon cancrivorus, G. Cuvier, 1798) e raposas (Lycalopex vetulus, Lund, 1842) que são suscetíveis à raiva. Em 546 Desmodus rotundus rotundus foi aplicada na região interescapular, aproximadamente um grama de uma pasta contendo warfarina dissolvida em vaselina, na razão de dois gramas para cada 100 gramas do produto. Observou-se redução significativa na incidência de mordeduras em bovinos e eqüídeos e na presença ou vestígios recentes de Desmodus rotundus rotundus em quatro abrigos dos 18 que estavam habitados no início do trabalho. Nas vistorias pós-tratamento dos vampiros com warfarina, em todos os abrigos, não se encontraram morcegos não hematófagos ou mamíferos mortos ou com sinais clínicos de intoxicação atribuíveis ao anticoagulante. Resumo em inglês Between May 1998 and March 2000, a carstic region was studied to evaluate existing bat species, their roosts, nearby domestic animal populations, wild mammals susceptible to rabies sharing same roosts and the efficiency of warfarin when applied to Desmodus rotundus rotundus dorsal area. The 480km² studied area included Cordisburgo and Curvelo counties, Minas Gerais State, Brazil. Searching roosts sheltering blood sucking bats and other wild animals, 49 roosts were found, (mais) being 29 of them natural. Desmodus rotundus rotundus bats were present in 18 natural roosts. Seventeen of these caves were formed by calcarium rock dissolution or fall, both typical occurrence in the carste, and one tunnel carved through the action of a former river. The geomorphological characteristics and spatial locations, based on their geographics coordinates, were obtained with the help of a geographic position sensor (GPS). In these roosts 1457 bats of 14 species roosts were captured and identified being 640 Glossophaga soricina (Pallas, 1766), 566 Desmodus rotundus rotundus (E. Geoffroy, 1810), 73 Anoura geoffroyi (Gray 1838), 58 Trachops cirrhosus (Spix, 1823), 38 Diphylla ecaudata ecaudata (Spix, 1823), 23 Platyhrrinus lineatus (E. Geoffroy, 1810), 16 Lasiurus ega (Gervais, 1856), 14 Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758), 13 Phyllostomus hastatus hastatus (Pallas, 1767), 9 Artibeus lituratus (Olfers, 1818), 3 Mimmon bennettii (Gray, 1838), 2 Myotis nigricans (Schinz, 1821), 1 Eptesicus brasiliensis (Desmarest, 1819) and 1 Pygoderma bilabiatum (Wagner, 1843). The brains of 25 blood sucking bats and 52 of other species were selected for exam by direct imunofluorescence and inoculation in mice, but no rabies virus was detected. The majority of the roosts were also used by pacas (Agouti paca Linnaeus, 1766), water-hog (Hydrochaeris hydrochaeris, Linnaeus, 1766), raccoons (Procyon cancrivorus, G. Cuvier, 1798) and foxes (Licalopex vetulus, Lund, 1842) all of each are also susceptible to rabies. In 546 Desmodus rotundus rotundus it was applied on interescapular area, approximately 1 gram of paste with warfarin dissolved in vaselin, being 2 grams for each 100 grams of the product. In the final evaluation, it was observed significant decrease in the incidence of bites in cattle and horses and the presence of recent traces of Desmodus rotundus rotundus, which were observed only in four out of 18 roosts. After the treatment of the blood sucking bats with warfarin, in all former roosts, no non sucking blood bat, nor mammal with clinical signs of intoxication attributed to the anticoagulant were found.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Doenças do sistema nervoso de bovinos no semiárido nordestino/ Diseases of the nervous system of cattle in the semiarid of Northeastern Brazil

Galiza, Glauco J.N.; Silva, Maria L.C.R.; Dantas, Antônio F.M.; Simões, Sara V.D.; Riet-Correa, Franklin
2010-03-01

Resumo em português Para determinar as doenças que ocorrem no sistema nervoso de bovinos no semiárido nordestino, foi realizado um estudo retrospectivo em 411 necropsias de bovinos realizadas no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, entre janeiro de 2000 a dezembro de 2008. Dos 411 casos analisados 139 (33,81%) apresentaram alterações clínicas do sistema nervoso e as fichas foram revisadas para determinar os principais achados referentes à ep (mais) idemiologia, aos sinais clínicos e às alterações macroscópicas e microscópicas. Em 28 (20,14%) casos o diagnóstico foi inconclusivo. As principais enfermidades foram raiva (48,7% dos casos com sinais nervosos), abscessos cerebrais (7,2%) incluindo três casos de abscesso da pituitária, febre catarral maligna (6,3%), botulismo (6,3%), alterações congênitas (4,5%), traumatismo (4,5%), tuberculose (2,7%), tétano (2,7%), infecção por herpesvírus bovino-5 (2,7%), encefalomielite não supurativa (2,7%), intoxicação por Prosopis juliflora (2,7%), status spongiosus congênito de causa desconhecida (1,8%) e polioencefalomalacia (1,8%). Outras doenças diagnosticadas numa única oportunidade (0,9%) foram criptococose, listeriose, encefalite tromboembólica, linfossarcoma, tripanossomíase e babesiose por Babesia bovis. Resumo em inglês Diseases of the nervous system of cattle in the semiarid region of northeastern Brazil were evaluated by a retrospective study of 411 cattle necropsies performed in the Veterinary Hospital of the Federal University of Campina Grande, Patos, Paraíba, from January 2000 to December 2008. Of the 411 cases analyzed, 139 (33.81%) were from cattle that presented nervous signs and the records were reviewed to determine the epidemiological, clinical, and macroscopic and histologi (mais) c main features. Diagnosis was inconclusive in 28 cases (20.14%). In cases with diagnosis the main diseases were rabies (48.7% of the cases with nervous signs), brain abscesses (7.2%) including three cases of pituitary abscesses, malignant catarrhal fever (6.3%), botulism (6.3%), congenital malformations (4.5%), trauma (4.5%), tuberculosis (2.7%), tetanus (2.7%), infection by bovine hervesvirus-5 (2.7%), non-suppurative encephalomyelitis (2.7%), intoxication by Prosopis juliflora (2.7%), congenital status spongiosus of unknown etiology (1.8%), and polioencephalomalacia (1.8%). Other diseases diagnosed only once (0.9%) were cryptococcosis, listeriosis, thromboembolic encephalitis, lymphosarcoma, trypanosso-miasis, and babesiosis by Babesia bovis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Motivos de abandono do tratamento antirrábico humano pós-exposição em Porto Alegre (RS, Brasil)/ Abandon reasons of post-exposure human anti-rabies treatment in Porto Alegre (RS, Brazil)

Veloso, Rejane Dias; Aerts, Denise Rangel Ganzo de Castro; Fetzer, Liane Oliveira; Anjos, Celso Bittencourt dos; Sangiovanni, José Carlos
2011-02-01

Resumo em português A raiva é uma doença endêmica no Brasil, com letalidade de 100%. O número de casos tem diminuído, porém o de tratamento pós-exposição continua elevado, assim como o de abandono. O objetivo do estudo foi investigar as causas do abandono do tratamento antirrábico humano pós-exposição em Porto Alegre (RS), no segundo semestre de 2006. Foi utilizado o delineamento de série de casos, sendo selecionados 280 casos por amostragem aleatória sistemática entre os 962 (mais) registrados no Sinan como abandono de tratamento. Os dados foram coletados em entrevistas domiciliares, utilizando-se questionário específico. Segundo os entrevistados, 66,4% concluíram o número de vacinas prescritas, não estando esses dados registrados no Sinan. Entre aqueles que foram confirmados como abandono (94/280), 24,5% referiram não ter considerado necessário completá-lo, e 13,8% não se sentiram orientados sobre como proceder. Somente em 19,1% dos casos houve a busca ativa dos faltosos pelos serviços de saúde. O registro no Sinan apresenta falhas. Estas ocorrem devido ao fato de o paciente iniciar o tratamento em um serviço de saúde e dar continuidade em outro, não havendo retroalimentação do sistema com dados sobre a sua conclusão. Resumo em inglês In Brazil, rabies is an endemic disease with a fatality rate of 100%. The number of cases has decreased, but the number of cases for treatment after exposure and treatment dropout is still high. This study investigated the causes of anti-rabies treatment abandon, after exposure, in Porto Alegre (RS, Brazil), from July to December 2006. A case series was designed. Two hundred and eighty abandon cases were selected through randomized systematic sampling, out of 962 register (mais) ed in Sinan. Data was collected in people's homes through interviews, by means of a questionnaire. According to the interviewees, 66.4% concluded the prescribed number of vaccines. This information was not registered in Sinan. Among the subjects confirmed of abandoning the treatment (94/280), 24.5% reported that they thought it was not necessary to complete the treatment, while 13.8% felt that they did not receive clear guidelines about what to do. Health services attempted to contact absents in only 19.2% of the cases. Data entered in Sinan present failures. These occurred because patients started treatment at one health service and continued in a different one. As a consequence, information about the conclusion of the treatment was not entered into the system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Motivos de abandono do tratamento antirrábico humano pós-exposição em Porto Alegre (RS, Brasil)/ Abandon reasons of post-exposure human anti-rabies treatment in Porto Alegre (RS, Brazil)

Veloso, Rejane Dias; Aerts, Denise Rangel Ganzo de Castro; Fetzer, Liane Oliveira; Anjos, Celso Bittencourt dos; Sangiovanni, José Carlos
2011-02-01

Resumo em português A raiva é uma doença endêmica no Brasil, com letalidade de 100%. O número de casos tem diminuído, porém o de tratamento pós-exposição continua elevado, assim como o de abandono. O objetivo do estudo foi investigar as causas do abandono do tratamento antirrábico humano pós-exposição em Porto Alegre (RS), no segundo semestre de 2006. Foi utilizado o delineamento de série de casos, sendo selecionados 280 casos por amostragem aleatória sistemática entre os 962 (mais) registrados no Sinan como abandono de tratamento. Os dados foram coletados em entrevistas domiciliares, utilizando-se questionário específico. Segundo os entrevistados, 66,4% concluíram o número de vacinas prescritas, não estando esses dados registrados no Sinan. Entre aqueles que foram confirmados como abandono (94/280), 24,5% referiram não ter considerado necessário completá-lo, e 13,8% não se sentiram orientados sobre como proceder. Somente em 19,1% dos casos houve a busca ativa dos faltosos pelos serviços de saúde. O registro no Sinan apresenta falhas. Estas ocorrem devido ao fato de o paciente iniciar o tratamento em um serviço de saúde e dar continuidade em outro, não havendo retroalimentação do sistema com dados sobre a sua conclusão. Resumo em inglês In Brazil, rabies is an endemic disease with a fatality rate of 100%. The number of cases has decreased, but the number of cases for treatment after exposure and treatment dropout is still high. This study investigated the causes of anti-rabies treatment abandon, after exposure, in Porto Alegre (RS, Brazil), from July to December 2006. A case series was designed. Two hundred and eighty abandon cases were selected through randomized systematic sampling, out of 962 register (mais) ed in Sinan. Data was collected in people's homes through interviews, by means of a questionnaire. According to the interviewees, 66.4% concluded the prescribed number of vaccines. This information was not registered in Sinan. Among the subjects confirmed of abandoning the treatment (94/280), 24.5% reported that they thought it was not necessary to complete the treatment, while 13.8% felt that they did not receive clear guidelines about what to do. Health services attempted to contact absents in only 19.2% of the cases. Data entered in Sinan present failures. These occurred because patients started treatment at one health service and continued in a different one. As a consequence, information about the conclusion of the treatment was not entered into the system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Doenças do sistema nervoso central de equídeos no semi-árido/ Diseases of the central nervous system in equidae in the Brazilian semiarid

Pimentel, Luciano A.; Oliveira, Diego M. de; Galiza, Glauco J.N.; Rego, Rafael O. do; Dantas, Antônio Flávio M.; Riet-Correa, Franklin
2009-07-01

Resumo em português As doenças do sistema nervoso central (SNC) de equídeos representam uma parcela importante das enfermidades diagnosticadas nestas espécies. O estudo destas e de outras enfermidades nas diferentes regiões do país é necessária para estabelecer formas eficientes de controle e profilaxia. O presente trabalho teve como objetivo descrever as características clínicas, epidemiológicas e patológicas das doenças do SNC de equídeos diagnosticadas no Laboratório de Pato (mais) logia da Universidade Federal de Campina Grande, em Patos, Paraíba, que ocorreram entre janeiro de 2007 e dezembro de 2008. No período estudado, 159 casos ou surtos de doenças de equídeos foram diagnosticados. Destes, 49 (30,8%) afetaram o SNC. A encefalopatia hepática na intoxicação por Crotalaria retusa foi a principal enfermidade com 14 casos (28,5%), seguida por tétano com 13 (26,5%) casos e raiva com 11 (22,,4%) casos. Sete (14,2%) casos foram de traumatismos afetando o SNC. Foram, também, diagnosticados 1 caso de leucoencefalomalacia, 1 de encefalite por herpesvírus eqüino-1, 1 de injeção acidental na artéria carótida, 1 surto de encefalomielite viral equina tipo leste, 1 surto de intoxicação por Turbina cordata e 1 surto de doença tremogênica de causa desconhecida. Cinco casos tiveram diagnóstico inconclusivo. Este trabalho comprova a importância do funcionamento de laboratórios de diagnóstico, nas diferentes regiões do país, para o conhecimento das doenças do rebanho e para a vigilância epidemiológica das mesmas. Resumo em inglês Diseases of the central nervous system (CNS) in equidae are important in these species, and their knowledge in the different Brazilian regions is necessary to determine efficient control and preventive measures. This paper reports epidemiologic aspects, clinical signs and pathology of diseases of the CNS in equidae diagnosed by the Veterinary Pathology Laboratory at the Federal University of Campina Grande in the city of Patos, state of Paraíba, northeastern Brazil, duri (mais) ng 2002-2008. During the period, 159 cases or outbreaks of those diseases were studied, 49 (30.8%) affecting the CNS. Hepatic encephalopathy caused by Crotalaria retusa poisoning, with 14 cases (28.5%), was the main disease observed. Tetanus was diagnosed in 13 (26.5%) cases and rabies in 11 (22.4%). In seven (14.2%) cases the death or euthanasia was due to traumatic lesions of the CNS. Also were diagnosed 1 case of leucoencephalomalacia, 1 case of encephalitis by equine herpesvirus-1, 1 case of intracarotid artery injection, 1 outbreak of Eastern equine encephalitis, 1 of Turbina cordata poisoning, and 1 of a tremogenic disease of unknown cause. In 5 cases the diagnosis was inconclusive. This paper indicates the importance of diagnostic veterinary laboratories, in the different Brazilian regions, for the knowledge of livestock diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Imunofluorescência realizada em cérebros de camundongos infectados com vírus rábico - cepa CVS, em diferentes estágios de decomposição/ Fluorescent antibody test for detection of rabies virus in brain smears of CVS-infected mice at different stages of decomposition

Valentini, Elizabeth Juliana Ghiuro; Albas, Avelino; Augusto, Vera Lúcia Mendes; Ito, Fumio Honma
1991-06-01

Resumo em português O teste de imunofluorescência (IF) foi avaliado na detecção de vírus rábico presente em cérebros de carcaças de camundongos infectados com vírus da cepa CVS, os quais foram conseguidos através de uma combinação de tratamentos, em que se variaram as temperaturas (4,25 e -20ºC) e o tempo de armazenamento. No teste de IF realizado com impressões cerebrais de carcaças que haviam sido submetidas à temperatura de 25ºC por 12 -18 h, houve maior dificuldade de vis (mais) ualização imediata dos corpúsculos de inclusão, enquanto que nos materiais conservados a 4ºC por até 48 h, as inclusões foram facilmente reconhecidas. Carcaças mantidas a -20ºC mantiveram-se viáveis à identificação pela IF mesmo após terem sido armazenadas por 720 h quando foram feitas as últimas observações. Em carcaças mantidas a 25ºC por 10 h, com tratamento posterior a 4 e -20ºC, o antígeno rábico não pode ser identificado através da IF, em conseqüência da decomposição das carcaças que ocorrem, respectivamente, após 10 e 24 h. Recomenda-se, portanto, empregar o teste de IF, em caráter de rotina, no controle de qualidade da vacina contra a Raiva, no que diz respeito a prova de vírus residual (teste de verificação da inativação viral), de vez que ele permite esclarecer mortes assintomáticas ocorridas em animais inoculados com a vacina, durante o período de observação da prova (21 dias), bem como evitar a sua repetição quando essas mortes ocorrem, o que representa considerável economia de tempo. Resumo em inglês The efficiency of the fluorescent antibody (FA) test in detecting rabies virus antigen in decomposed specimens was evaluated in simulated conditions of the safety test recommended for the assessment of residual virus in inactivated rabies vaccines. The CVS-infected mice were submitted to different treatments combining time and temperature in order to cause different stages of carcass decomposition and, the FA test was carried out sequentially at pre-determined time interv (mais) als. For the materials stored at 25 ºC, greater difficulties for prompt recognition of the inclusion bodies were found after 12 - 18h, whilst the specimens maintained at 4ºC, the inclusions were easily visualized for up to 48h. Brain smears of carcasses kept at -20ºC were suitable for adequate identification after 720 h of storage. In carcasses that had been maintained at 25ºC for 10 h with additional storage at 4 or -20ºC, rabies antigenicity could not be detected, respectively after 10 and 24 h, due to tissue decomposition. The authors recommend that the FA test, when applied as an additional tool for the control of the safety test of inactivated rabies vaccine using mice, care must be taken in order to avoid the use of decomposed materials.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Doenças neurológicas de ovinos na região central do Rio Grande do Sul/ Neurological diseases in sheep from central Rio Grande do Sul state, southern Brazil

Rissi, Daniel R.; Fighera, Rafael A.; Irigoyen, Luiz F.; Kommers, Glaucia D.; Barros, Claudio S.L.
2010-03-01

Resumo em português Neste trabalho são descritos aspectos epidemiológicos e clinico-patológicos das principais doenças neurológicas de ovinos diagnosticadas no Laboratório de Patologia Veterinária (LPV) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) no período entre 1990 e 2007. A partir de uma busca nos arquivos do LPV-UFSM foram encontrados 586 exames de ovinos correspondentes a necropsias realizadas no laboratório ou a exames de amostras remetidas por veterinários de campo. Sesse (mais) nta e nove casos experimentais foram excluídos do estudo. Os 517 casos restantes eram compostos de 361 casos (69,8%) com diagnóstico conclusivo e 156 casos (30,2%) com diagnóstico inconclusivo. Ovinos morreram em decorrência de doença neurológica em 58 casos (16%) do grupo com diagnóstico conclusivo. As doenças diagnosticadas mais frequentemente foram cenurose (15 casos ou 25,8%), listeriose (nove casos ou 15,5%), tétano (oito casos ou 13,7%), abscessos vertebrais (quatro casos ou 6,8%) e abscessos encefálicos (três casos ou 5,1%). Intoxicação por Erytroxylum argentinum, mielite supurativa pós-caudectomia, meningoencefalite fibrino-supurativa, polioencefalomalacia e raiva (dois casos ou 3,4% cada) foram ocasionalmente diagnosticadas. Desmielinização medular, edema da substância branca encefálica, encefalomalacia focal simétrica, hidranencefalia, hipoplasia cerebelar, intoxicação por organofosforado, intoxicação por Solanum pseudocapsicum, mielite fibrino-supurativa e provável intoxicação por closantel (um caso ou 1,7% cada) foram raramente observadas. Resumo em inglês A retrospective study of neurological diseases of sheep in southern Brazil was conducted over an 18-year period (1990-2007). A data base search was carried out in the files of the Laboratory of Veterinary Pathology (LPV) of the Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), central Rio Grande do Sul state, Brazil. A total of 586 sheep were examined. These cases corresponded to necropsies performed in the LPV-UFSM or to mailed in samples from practitioners. Out of these, 69 e (mais) xperimental cases were excluded from this study. The remaining 517 cases were composed of 361 (69.8%) cases with conclusive diagnoses and 156 (30.2%) cases with inconclusive diagnoses. In 58 (16%) occasions, sheep died in consequence of neurological disease. Most important diseases included coenurosis (15 cases or 25.8%), listeriosis (9 cases or 15.5%), tetanus (8 cases or 13.7%), vertebral abscesses (4 cases or 6.8%), and cerebral abscesses (3 cases or 5.1%). Poisoning by Erytroxylum argentinum, post-caudectomy suppurative myelitis, fibrinosuppurative meningoencephalitis, polioencephalomalacia, rabies (2 cases or 3.4% each) were occasionally diagnosed. Spinal cord demyelinization, encephalic white matter edema, focal symmetrical encephalomalacia, hydranencephalia, cerebellar hypoplasia, poisoning by organophosphate, poisoning by Solanum pseudocapsicum, fibrinosuppurative myelitis, and presumptive closantel toxicity (1 case or 1.7% each) were rarely seen.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Áreas propícias para o ataque de morcegos hematófagos Desmodus rotundus em bovinos na região de São João da Boa Vista, Estado de São Paulo/ Areas prone for vampire bat (Desmodus rotundus) attack on cattle in the São João da Boa Vista region, State of São Paulo

Gomes, Murilo N.; Monteiro, Antonio M.V.; Nogueira Filho, Vladimir S.; Gonçalves, Celso A.
2007-07-01

Resumo em português Baseada em estudos anteriores, a Coordenadoria de Defesa Agropecuária da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (CDA) vinha realizando nas regiões administrativas onde é feita a vigilância da raiva em herbívoros o controle de populações de Desmodus rotundus em áreas próximas aos principais rios. A descoberta de abrigos e de animais mordidos pelos morcegos vampiros em outras áreas, além das áreas estabelecidas de risco levaram a quest (mais) ionamentos dos métodos em vigência. Isso estimulou a elaboração de um modelo descritivo para analisar áreas de risco para o ataque espoliativo de morcegos hematófagos em bovinos na região de São João da Boa Vista, estado de São Paulo. Para tanto, foram utilizadas imagens de satélite, parâmetros de estudos anteriores sobre o comportamento dos morcegos vampiros, dados da CDA e da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Todas as informações foram agrupadas em um banco de dados e integradas em um Sistema de Informação Geográfica. Contraditoriamente ao que se pensava, observou-se que áreas próximas aos principais rios da região das cidades de Aguaí, Casa Branca, Santa Cruz das Palmeiras e Tambaú não deveriam ser consideradas de risco para o ataque dos morcegos hematófagos em bovinos. Isso sugere que é necessária uma reavaliação dos métodos adotados para o controle das populações da espécie e enfermidade em questão. Resumo em inglês Supported by previous studies that selected areas prone for the development of Desmodus rotundus roosts and bovine rabies transmitted by vampire bats in São Paulo state, the Department of Agriculture of the State of São Paulo (CDA) has conducted interventions for bovine rabies control in areas mostly close to the main rivers of surveillance regions. Inquiries of the actual concepts led to the development of a descriptive model to analyze the vampire bat Desmodus rotundu (mais) s attacks on cattle far beyond main rivers and water streams in the São João da Boa Vista region, São Paulo state. The model was elaborated using satellite images classification, parameters from previous studies about vampire bats behaviour, data from the CDA and the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE). All this information was used to build a geographical database and integrate in a Geographical Information System then analyzed through spatial statistical and analytical methods. The results showed that areas close to the main rivers of the towns Aguaí, Casa Branca, Santa Cruz das Palmeiras and Tambaú were found not to be under risk of bat attacks, suggesting that the hypothesis behind the CDA control areas definition does not hold when contracted with the obtained spatial data. The results indicate that the technicians from CDA need to reformulate their strategy for defining the surveillance of vampire bat populations and rabies control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Surto de tétano em búfalos (Buballus bubalis) no Estado do Pará/ Outbreak of tetanus in bufalloes (Buballus bubalis) in Pará, Brazil

Barbosa, José Diomedes; Duarte, Marcos D.; Oliveira, Carlos Magno C.; Silveira, José Alcides S.; Albernaz, Tatiane T.; Cerqueira, Valíria D.
2009-03-01

Resumo em português Descreve-se um surto de tétano em búfalos da raça Murrah em uma propriedade situada no município de São Caetano de Odivelas, localizado na região metropolitana de Belém, estado do Pará. Do rebanho de 250 bubalinos, 80 animais foram vacinados contra raiva por via intramuscular na região da garupa. Em um período de 15 a 19 dias após a vacinação quatro animais adoeceram, um morreu com dois dias de evolução, um foi eutanasiado in extremis no sétimo dia após o (mais) início dos sinais clínicos e os demais se recuperaram após tratamento. Nos bubalinos, o primeiro sinal clínico observado foi o prolapso da terceira pálpebra, em especial quando o animal era estimulado, seguido por andar rígido, manifestado por dificuldade de flexão dos membros e permanência em decúbito lateral com os membros estendidos, pálpebras muito abertas, sialorréia, hiperexcitabilidade, orelhas eretas, leve trismo e acúmulo de alimento na cavidade oral. À necropsia foi evidenciada uma área de coloração amarelada com presença de exsudação purulenta na musculatura da região da garupa, local de aplicação da vacina. Ao exame histopatológico não foram evidenciadas alterações significativas. Em dois animais foi realizado tratamento com penicilina por via intramuscular e soro antitetânico por via intramuscular e sub-aracnóide; após duas semanas esses animais se recuperaram. Diante do quadro clínico, dos dados epidemiológicos e da ausência de lesões histológicas foi feito o diagnóstico de tétano. Concluiu-se que o tétano é uma doença a ser considerada na bubalinocultura no Brasil. A infecção, provavelmente ocorreu durante o procedimento de vacinação, através injeções intramusculares utilizando agulhas contaminadas. Resumo em inglês An outbreak of tetanus in Murrah buffaloes in Belém, state of Pará, Brazil, is described. The outbreak was observed in a flock of 250 buffaloes, 80 of which were vaccinated intra-muscularly in the croup against rabies. Four buffaloes fell ill 15 to 19 days after vaccination, one died after a clinical course of 2 days, one was submitted to euthanasia in extremis on the 7th day after the onset of symptoms, and two others recovered within 2 weeks after treatment with penic (mais) illin for 4 days and anti-tetanic serum. The first symptoms observed were prolapse of the third eyelid, especially when the animal was stimulated, followed by a rigid walk, as difficulty in inflexing the members and lateral recumbence with the members extended, besides very open eyelids, sialorrhea, hyperexcitability, erect ears and slight lockjaw, and food accumulation in the oral cavity. At post-mortem examination was found a focus of yellowish pus in the croup muscles, where the vaccine had been applied. At histopathology no significant alterations in internal organs were observed. Based on the clinical picture, the epidemic data and absence of histological lesions, the diagnosis of tetanus was established. The infection was considered to be due to the use of dirty needles used during vaccination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Sorovares de Leptospira spp. predominantes em exames sorológicos de caninos e humanos no município de Uberlândia, Estado de Minas Gerais/ Predominant Leptospira spp. serovars in serological diagnosis of canines and humans in the City of Uberlândia, State of Minas Gerais, Brazil

Castro, Jacqueline Ribeiro de; Salaberry, Sandra Renata Sampaio; Souza, Mariana Assunção de; Lima-Ribeiro, Anna Monteiro Correia
2011-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O objetivo desta pesquisa foi verificar a ocorrência dos principais sorovares de Leptospira spp. em cães domésticos e humanos, notificados no ano de 2008, bem como os principais fatores de riscos em uma abordagem geográfica relacionados à doença no município de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, Brasil. MÉTODOS: Foram examinadas 268 amostras de soro sanguíneo de cães de diferentes bairros pertencentes aos distritos sanitários norte, sul, leste, (mais) oeste e central deste município, colhidas durante a campanha de vacinação antirrábica animal, em agosto de 2008. Foi realizada uma abordagem geográfica do município e avaliada a localização de áreas periféricas, aterro sanitário, coleta de lixo, notificação de roedores, casos de leptospirose humana e áreas de alagamento decorrente de enchentes, durante o ano de 2008. A leptospirose foi diagnosticada pela técnica de soroaglutinação microscópica (SAM), padrão-ouro para diagnóstico da leptospirose animal e humana. RESULTADOS: Os cães reagiram principalmente aos sorovares Autumnalis (34,2%) e Tarassovi (23,7%), sendo este, também detectado em humanos em 2008. A ocorrência destes sorovares pode estar relacionada com uma fonte de infecção comum as duas espécies, ou a hipótese de que o cão possa ser a fonte de infecção para o ser humano. O distrito sanitário leste apresentou um maior número de cães reagentes. CONCLUSÕES: A leptospirose ocorreu nos cães e humanos no município de Uberlândia no ano de 2008. Esta doença muitas vezes negligenciada deve ser prevenida por representar risco à saúde pública e se parecer com outras doenças também endêmicas como a dengue. Resumo em inglês INTRODUCTION:This study aimed to verify the occurrence of the principal Leptospira spp. serovars in domestic dogs and humans, notified in 2008, and the main risk factors in a geographic approach to the disease in the City of Uberlândia, State of Minas Gerais, Brazil. METHODS: Canine blood serum samples (n=268) from different districts, belonging to the Northern, Southern, Eastern, Western and Central Sanitary Districts of Uberlandia, were collected during an animal vacci (mais) nation campaign against rabies, in August 2008. A geographic approach to the city was conducted, including evaluation of locations in peripheral areas, waste landfills, garbage collection, rodent notification, human leptospirosis cases and overflow flood areas, during 2008. Leptospirosis was diagnosed using the microscopic agglutination test (MAT), the gold standard for animal and human leptospirosis diagnosis. RESULTS: Dogs mainly reacted to Autumnalis (34.2%) and Tarassovi (23.7%) serovars, while in humans, predominance of Tarassovi serovars occurred in the cases registered. The occurrence of these serovars could be related to an infection source common to both species, or dogs could be the infection source for humans. The Eastern Sanitary District showed a greater number of reactive dogs. CONCLUSIONS: Leptospirosis occurred in dogs and humans of the City of Uberlandia in 2008. This often neglected disease must be prevented because represents a public health risk and resembles other endemic illness like dengue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Resposta imune humoral de cães à vacina inativada, de cérebro de camundongos lactentes, utilizada nas campanhas anti-rábicas no Brasil/ Humoral immune response of dogs to the inactivated suckling mouse brain vaccine utilized in anti-rabies campaigns in Brazil

Almeida, Marilene F.; Aguiar, Elizabeth A. C.; Martorelli, Luzia A. F.; Presotto, Douglas; Brandão, Marcelo M.; Pereira, Octávio A. C.
1997-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A campanha anti-rábica no Brasil é realizada anualmente utilizando a vacina de cérebro de camundongos lactentes Fuenzalida-Palacios. A resposta imune humoral de cães vacinados durante as campanhas foi analisada objetivando avaliar se os cães apresentavam título protetor (0,5 UI/ml), 12 meses após a vacinação, e quantos deles alcançam esse título 30 dias após o reforço vacinal. MATERIAL E MÉTODO: Foram analisadas 341 amostras de soro de cães do (mais) miciliados (259 do Município de São Paulo e 82 do Município de Paulínia), através da Técnica de Inibição de Focos de Fluorescência Rápida. A resposta imune foi avaliada considerando o estado nutricional do animal e o número de vacinações anteriores. RESULTADO: A maioria dos cães não tinha título de 0,5 UI/ml após 12 meses, independentemente do estado nutricional, e a resposta humoral ao reforço vacinal mostrou-se melhor em cães com duas ou mais vacinações prévias. DISCUSSÃO: São discutidos o referencial de 0,5 Ul/ml como título protetor para a espécie canina e a influência do estado nutricional e condição de saúde do animal como responsável pela resposta imune humoral. Resumo em inglês INTRODUCTION: An anti-rabies campaign is undertaken annually in Brazil with of the Fuenzalida & Palacios vaccine. The humoral immune response of dogs vaccinated during the campaigns was researched with the objective of evaluating whether the dogs presented a protective titer (0.5 UI/ml) 12 months after vaccination and how many of these achieved this titer 30 days after a buttressing vaccination. MATERIAL AND METHOD: Three hundred and forty-one specimens of serum of dogs d (mais) omicilied, 259 in the S. Paulo and 82 in the Paulinia counties, were analyzed utilizing the Rapid Fluorescence Focus Inhibition Test. The immune response was evaluated taking into consideration the nutritional state of the animal and the number of previous vaccinations. RESULTS: The larger number of the dogs had not achieved the 0.5 UI/ml titer after 12 months, independently of the nutritional state and the response to the buttressing vaccination was more apparent in dogs with two or more previous vaccinations. DISCUSSION: The cut off of 0.5 Ul/ml as protective titer in dogs and the influence of the nutritional state and health conditions of the animals as responsible for humoral immune response are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Resposta imune humoral de cães à vacina inativada, de cérebro de camundongos lactentes, utilizada nas campanhas anti-rábicas no Brasil/ Humoral immune response of dogs to the inactivated suckling mouse brain vaccine utilized in anti-rabies campaigns in Brazil

Almeida, Marilene F.; Aguiar, Elizabeth A. C.; Martorelli, Luzia A. F.; Presotto, Douglas; Brandão, Marcelo M.; Pereira, Octávio A. C.
1997-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A campanha anti-rábica no Brasil é realizada anualmente utilizando a vacina de cérebro de camundongos lactentes Fuenzalida-Palacios. A resposta imune humoral de cães vacinados durante as campanhas foi analisada objetivando avaliar se os cães apresentavam título protetor (0,5 UI/ml), 12 meses após a vacinação, e quantos deles alcançam esse título 30 dias após o reforço vacinal. MATERIAL E MÉTODO: Foram analisadas 341 amostras de soro de cães do (mais) miciliados (259 do Município de São Paulo e 82 do Município de Paulínia), através da Técnica de Inibição de Focos de Fluorescência Rápida. A resposta imune foi avaliada considerando o estado nutricional do animal e o número de vacinações anteriores. RESULTADO: A maioria dos cães não tinha título de 0,5 UI/ml após 12 meses, independentemente do estado nutricional, e a resposta humoral ao reforço vacinal mostrou-se melhor em cães com duas ou mais vacinações prévias. DISCUSSÃO: São discutidos o referencial de 0,5 Ul/ml como título protetor para a espécie canina e a influência do estado nutricional e condição de saúde do animal como responsável pela resposta imune humoral. Resumo em inglês INTRODUCTION: An anti-rabies campaign is undertaken annually in Brazil with of the Fuenzalida & Palacios vaccine. The humoral immune response of dogs vaccinated during the campaigns was researched with the objective of evaluating whether the dogs presented a protective titer (0.5 UI/ml) 12 months after vaccination and how many of these achieved this titer 30 days after a buttressing vaccination. MATERIAL AND METHOD: Three hundred and forty-one specimens of serum of dogs d (mais) omicilied, 259 in the S. Paulo and 82 in the Paulinia counties, were analyzed utilizing the Rapid Fluorescence Focus Inhibition Test. The immune response was evaluated taking into consideration the nutritional state of the animal and the number of previous vaccinations. RESULTS: The larger number of the dogs had not achieved the 0.5 UI/ml titer after 12 months, independently of the nutritional state and the response to the buttressing vaccination was more apparent in dogs with two or more previous vaccinations. DISCUSSION: The cut off of 0.5 Ul/ml as protective titer in dogs and the influence of the nutritional state and health conditions of the animals as responsible for humoral immune response are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Percepção sobre o conhecimento e profilaxia das zoonoses e posse responsável em pais de alunos do pré-escolar de escolas situadas na comunidade localizada no bairro de Dois Irmãos na cidade do Recife (PE)/ Perception of the zoonosis and responsible pet care by the parents from public schools kindergarten located at metropolitan region of Recife, northeast of Brazil

Lima, Ana Maria Alves; Alves, Leucio Câmara; Faustino, Maria Aparecida da Glória; Lira, Nadja Maria Silva de
2010-06-01

Resumo em português O objetivo desta pesquisa foi avaliar a percepção sobre zoonoses e posse responsável de pais de alunos, observando o nível de conhecimento e a conscientização dos entrevistados acerca do tema.Uma amostra de conveniência de 64 pais de alunos do pré-escolar de duas escolas situadas na Região Metropolitana do Recife (PE), foi analisada, utilizando um questionário para análise da percepção. Entre os entrevistados, 71,8 % não sabiam reconhecer o significado do te (mais) rmo zoonoses, porém 16% souberam reconhecer pelo menos um tipo de zoonose. Doenças transmitidas de animais a humanos foram associadas a suas formas de transmissão, como contato físico entre animais e o homem, mordeduras, contaminação fecal de água e alimentos com cistos e ovos de nematódeos, penetração de larvas de nematódeos na pele e através de insetos vetores. Os principais cuidados com animais de estimação relatados foram vacinação antirrábica (92,2%), administração de anti-helmínticos (76,6%) e consultas ao médico veterinário (82,8%). Contudo, 23,4% dos pais tinham conhecimento que algumas parasitoses transmitidas por fezes de cães e gatos são zoonoses. A conscientização dos pais não apenas sobre doenças transmitidas por animais, mas sobre posse responsável, constitui-se um instrumento importante para reduzir os riscos de transmissão de zoonoses. Resumo em inglês The goal of this research was to examine parents' perception of the zoonosis and responsible pet care, observing their level of knowledge and awareness about the theme. A convenience sample of 64 parents from two kindergarten schools located at Metropolitan Region of Recife, Pernambuco State, was surveyed using a perception questionnaire. Findings indicate that 71.8 % didn't know the meaning of the term zoonosis, but 16% recognize at least one type of the disease. Disease (mais) s transmitted from animals to humans were associated to the way of transmission, as physical contact between animal and man, bite wound disease, fecal contamination of water, food with cysts or eggs of nematodes, skin penetration of nematodes, and also the arthropod borne disease. The major pet health care reported was rabies vaccine (92.2%), anthelmintic therapy (76.6%), and pet care provide by a veterinarian (82.8%). However, 23.4% of the parents had some knowledge about the zoonotic infections transmitted by dogs and cats feces. The parent's awareness not only about the risks about the diseases transmitted from animals to humans but also the responsible pet care, constitute a important tool to reduce risk of zoonosis transmission.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Percepção sobre o conhecimento e profilaxia das zoonoses e posse responsável em pais de alunos do pré-escolar de escolas situadas na comunidade localizada no bairro de Dois Irmãos na cidade do Recife (PE)/ Perception of the zoonosis and responsible pet care by the parents from public schools kindergarten located at metropolitan region of Recife, northeast of Brazil

Lima, Ana Maria Alves; Alves, Leucio Câmara; Faustino, Maria Aparecida da Glória; Lira, Nadja Maria Silva de
2010-06-01

Resumo em português O objetivo desta pesquisa foi avaliar a percepção sobre zoonoses e posse responsável de pais de alunos, observando o nível de conhecimento e a conscientização dos entrevistados acerca do tema.Uma amostra de conveniência de 64 pais de alunos do pré-escolar de duas escolas situadas na Região Metropolitana do Recife (PE), foi analisada, utilizando um questionário para análise da percepção. Entre os entrevistados, 71,8 % não sabiam reconhecer o significado do te (mais) rmo zoonoses, porém 16% souberam reconhecer pelo menos um tipo de zoonose. Doenças transmitidas de animais a humanos foram associadas a suas formas de transmissão, como contato físico entre animais e o homem, mordeduras, contaminação fecal de água e alimentos com cistos e ovos de nematódeos, penetração de larvas de nematódeos na pele e através de insetos vetores. Os principais cuidados com animais de estimação relatados foram vacinação antirrábica (92,2%), administração de anti-helmínticos (76,6%) e consultas ao médico veterinário (82,8%). Contudo, 23,4% dos pais tinham conhecimento que algumas parasitoses transmitidas por fezes de cães e gatos são zoonoses. A conscientização dos pais não apenas sobre doenças transmitidas por animais, mas sobre posse responsável, constitui-se um instrumento importante para reduzir os riscos de transmissão de zoonoses. Resumo em inglês The goal of this research was to examine parents' perception of the zoonosis and responsible pet care, observing their level of knowledge and awareness about the theme. A convenience sample of 64 parents from two kindergarten schools located at Metropolitan Region of Recife, Pernambuco State, was surveyed using a perception questionnaire. Findings indicate that 71.8 % didn't know the meaning of the term zoonosis, but 16% recognize at least one type of the disease. Disease (mais) s transmitted from animals to humans were associated to the way of transmission, as physical contact between animal and man, bite wound disease, fecal contamination of water, food with cysts or eggs of nematodes, skin penetration of nematodes, and also the arthropod borne disease. The major pet health care reported was rabies vaccine (92.2%), anthelmintic therapy (76.6%), and pet care provide by a veterinarian (82.8%). However, 23.4% of the parents had some knowledge about the zoonotic infections transmitted by dogs and cats feces. The parent's awareness not only about the risks about the diseases transmitted from animals to humans but also the responsible pet care, constitute a important tool to reduce risk of zoonosis transmission.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Isolamento do vírus rábico em Molossus ater (Chiroptera: Molossidae) no Estado de São Paulo/ Rabies in insectivorous bat - Molossus ater in S. Paulo State, Brazil

Silva, Luzia H Queiroz da; Cunha, Elenice M Sequetin; Pedro, Wagner André; Cardoso, Teresa C; Souza, Maria do Carmo C de; Ferrari, Clara Isabel L
1999-12-01

Resumo em português Descreve-se o isolamento e a identificação do vírus rábico em morcegos insetívoros Molossus ater, no Estado de São Paulo, nos municípios de Araçatuba, Penápolis e São José do Rio Preto. A maioria dos exemplares foi capturada ainda com vida, não havendo, porém, contato com pessoas ou animais. O diagnóstico foi realizado pelas provas de imunofluorescência direta e inoculação intracerebral em camundongos. Resumo em inglês This is a report of rabies infection in insectivorous bat Molossus ater in the city districts of Araçatuba, Penápolis and São José do Rio Preto, in São Paulo state, Brazil. Fluorescent antibody test detected the virus in the brain and isolation was obtained by intracerebral inoculation of mice with nervous tissue and organs suspension. There was no contact with humans or other animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Isolamento do vírus rábico em Molossus ater (Chiroptera: Molossidae) no Estado de São Paulo/ Rabies in insectivorous bat - Molossus ater in S. Paulo State, Brazil

Silva, Luzia H Queiroz da; Cunha, Elenice M Sequetin; Pedro, Wagner André; Cardoso, Teresa C; Souza, Maria do Carmo C de; Ferrari, Clara Isabel L
1999-12-01

Resumo em português Descreve-se o isolamento e a identificação do vírus rábico em morcegos insetívoros Molossus ater, no Estado de São Paulo, nos municípios de Araçatuba, Penápolis e São José do Rio Preto. A maioria dos exemplares foi capturada ainda com vida, não havendo, porém, contato com pessoas ou animais. O diagnóstico foi realizado pelas provas de imunofluorescência direta e inoculação intracerebral em camundongos. Resumo em inglês This is a report of rabies infection in insectivorous bat Molossus ater in the city districts of Araçatuba, Penápolis and São José do Rio Preto, in São Paulo state, Brazil. Fluorescent antibody test detected the virus in the brain and isolation was obtained by intracerebral inoculation of mice with nervous tissue and organs suspension. There was no contact with humans or other animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Estimativa de validade de um novo método de isolamento de vírus rábico/ Estimate of the validity of a new method for the isolation of rabies virus

Nogueira, Yeda L
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: Nenhum estudo de base populacional foi realizado para mostrar o uso potencial de diagnóstico virológico do vírus rábico. O estudo realizado teve por objetivo estimar parâmetros de acurácia para o isolamento de vírus rábico em célula McCoy, como um método alternativo, e comparar com o uso da célula N2A, considerada método de referência. MÉTODOS: Foi realizado um inquérito em 120 morcegos coletados aleatoriamente, na Mata Atlântica, no Estado de S (mais) ão Paulo. Utilizou-se a reação de imunofluorescência para a detecção do vírus rábico isolado no cérebro desses morcegos, avaliado nos dois sistemas de cultivos celulares. Dois bancos de dados foram formados com os resultados. A análise foi feita com o programa Computer Methods for Diagnosis Tests (CMDT), utilizando a técnica de two-graph-receiver operating characteristic (TG-ROC) para obter os parâmetros de sensibilidade e especificidade, além de outros indicadores, tais como eficácia, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo e razão de verossimilhança. RESULTADOS: A célula N2A apresentou 90% de sensibilidade e especificidade, enquanto que a célula McCoy obteve 95% para os mesmos parâmetros. Os valores foram baseados em pontos de cortes otimizados para cada uma das células. CONCLUSÕES: Observou-se que a célula McCoy permite obter estimativas de acurácia superiores aos resultados observados com a célula de N2A, representando um método alternativo eficaz no isolamento do vírus rábico. Resumo em inglês OBJECTIVES: No population-based studies have been conducted to show the potential for the use of virological diagnosis of the rabies virus. The objective of the present study was to estimate accuracy parameters for the isolation of the rabies virus in McCoy cells as an alternative method and to compare this with the use of murine neuroblastoma (N2A) cells, which is considered to be a reference method. METHODS: An evaluation was performed on 120 bats collected at random in (mais) the Atlantic Forest of the State of São Paulo. The immunofluorescence reaction was utilized for the detection of the rabies virus isolated from the brain of these bats and the presence of the virus was tested in the two cell culture systems. Two data sets were constructed with the results and the analysis was performed using the computer methods for diagnosis tests (CMDT) software by means of the two-graph receiver operating characteristic (TG-ROC) technique to determine sensitivity and specificity parameters, as well as other indicators such as efficacy, positive predictive value, negative predictive value and likelihood ratio. RESULTS: N2A cells presented 90% sensitivity and specificity, while McCoy cells presented 95% sensitivity and specificity. These values were based on cut-off points optimized for each cell type. CONCLUSION: The study showed that McCoy cells allowed the obtaining of accuracy estimates that were better than for N2A. The McCoy cell method is therefore an effective method for the isolation of the rabies virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Estimativa de validade de um novo método de isolamento de vírus rábico/ Estimate of the validity of a new method for the isolation of rabies virus

Nogueira, Yeda L
2004-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: Nenhum estudo de base populacional foi realizado para mostrar o uso potencial de diagnóstico virológico do vírus rábico. O estudo realizado teve por objetivo estimar parâmetros de acurácia para o isolamento de vírus rábico em célula McCoy, como um método alternativo, e comparar com o uso da célula N2A, considerada método de referência. MÉTODOS: Foi realizado um inquérito em 120 morcegos coletados aleatoriamente, na Mata Atlântica, no Estado de S (mais) ão Paulo. Utilizou-se a reação de imunofluorescência para a detecção do vírus rábico isolado no cérebro desses morcegos, avaliado nos dois sistemas de cultivos celulares. Dois bancos de dados foram formados com os resultados. A análise foi feita com o programa Computer Methods for Diagnosis Tests (CMDT), utilizando a técnica de two-graph-receiver operating characteristic (TG-ROC) para obter os parâmetros de sensibilidade e especificidade, além de outros indicadores, tais como eficácia, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo e razão de verossimilhança. RESULTADOS: A célula N2A apresentou 90% de sensibilidade e especificidade, enquanto que a célula McCoy obteve 95% para os mesmos parâmetros. Os valores foram baseados em pontos de cortes otimizados para cada uma das células. CONCLUSÕES: Observou-se que a célula McCoy permite obter estimativas de acurácia superiores aos resultados observados com a célula de N2A, representando um método alternativo eficaz no isolamento do vírus rábico. Resumo em inglês OBJECTIVES: No population-based studies have been conducted to show the potential for the use of virological diagnosis of the rabies virus. The objective of the present study was to estimate accuracy parameters for the isolation of the rabies virus in McCoy cells as an alternative method and to compare this with the use of murine neuroblastoma (N2A) cells, which is considered to be a reference method. METHODS: An evaluation was performed on 120 bats collected at random in (mais) the Atlantic Forest of the State of São Paulo. The immunofluorescence reaction was utilized for the detection of the rabies virus isolated from the brain of these bats and the presence of the virus was tested in the two cell culture systems. Two data sets were constructed with the results and the analysis was performed using the computer methods for diagnosis tests (CMDT) software by means of the two-graph receiver operating characteristic (TG-ROC) technique to determine sensitivity and specificity parameters, as well as other indicators such as efficacy, positive predictive value, negative predictive value and likelihood ratio. RESULTS: N2A cells presented 90% sensitivity and specificity, while McCoy cells presented 95% sensitivity and specificity. These values were based on cut-off points optimized for each cell type. CONCLUSION: The study showed that McCoy cells allowed the obtaining of accuracy estimates that were better than for N2A. The McCoy cell method is therefore an effective method for the isolation of the rabies virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Detecção de herpesvírus bovino 5 (BoHV-5) em bovinos do Sudeste Brasileiro/ Detection of bovine herpesvirus type 5 (BoHV-5) in cattle in Southeast Brazil

Gomes, L.I.; Rocha, M.A.; Costa, E.A.; Lobato, Z.I.P.; Mendes, L.C.N.; Borges, A.S.; Leite, R.C.; Barbosa-Stancioli, E.F.
2002-04-01

Resumo em inglês This paper reports the detection of bovine herpesvirus type 5 (BoHV-5) by a specific nested PCR assay. Samples were collected from the central nervous system (CNS) of cattle from Minas Gerais and São Paulo States, Brazil. All animals died presenting neurological symptoms. Nineteen frozen CNS samples analyzed had been previously tested by fluorescence antibody test for rabies virus and showed negative results. Three paraffin-embedded brain tissue samples were examined by (mais) histopatology and the observed alterations suggested nonsuppurative meningoencephalitis. BoHV-5 was detected in five (22.7%) among 22 tested samples. The occurrence of BoHV-5 infection is reported in the Southeast region of Brazil, indicating that epidemiological studies should be carried out.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Avaliação de três cepas de vírus rábico, antigenicamente distintas, em camundongos: II - Estudo da disseminação viral por diferentes órgãos/ Evaluation of three antigenically different rabies virus strains in mice: II -Study of the viral dissemination in different organs

Germano, Pedro Manuel Leal; Miguel, Omar; Ishizuka, Masaio Mizuno; Silva, Egon Vieira da
1988-12-01

Resumo em português Estudou-se, comparativamente, o grau de disseminação de três cepas de vírus rábico, duas de origem de cão, Jales e Nigéria, e uma de origem de morcego, DR 19, com perfis antigênicos do nucleocapside distintos. Estas cepas foram inoculadas por via intramuscular, na face interna da coxa, em dois grupos de camundongos, com 21 e 28 dias de idade. Os animais foram mantidos em observação por um período total de 30 dias, e dos animais vitimados pela infecção, foram (mais) coletados diferentes órgãos, músculo lingual, coração, pulmão, rim e fígado, além do cérebro e da medula espinal, para avaliar-se o grau de disseminação de cada cepa viral, através da prova de imunofluorescência direta (IFD). Os resultados obtidos evidenciaram que os decalques de cérebro e de medula espinal apresentaram total concordância na prova de IFD, constatando-se as maiores diferenças com as cepas Jales e Nigéria, situando-se a cepa DR 19, intermediariamente, a estas duas. O músculo lingual foi o órgão que apresentou maior freqüência de positividade para ambos os grupos etários e para as três cepas virais. Resumo em inglês A study was conducted to compare three strains of rabies virus, two of them, Jales and Nigeria, isolated from dogs, and the other DR 19, from vampire bats, with different nucleo-capside antigenic characteristics. These strains were intramuscularly inoculated in the inner side of the thigh of 21 and 28 day-old mice. The animals were observed for 30 days and different organs: brain, spinal cord, tongue, heart, lung, kidney and liver were collected from the animals which die (mais) d of rabies for the dissemination study by the immunofluorescent antibody technique (IFA). This technique showed complete agreement between brain and spinal cord. The greatest differences in dissemination were observed between Jales and Nigeria strains. The results observed for the DR 19 strain were situated between those of the two dog strains. The greates degree of dissemination was observed in the tongue for both age group and for all the strains.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Avaliação de três cepas de vírus rábico, antigenicamente distintas, em camundongos: II - Estudo da disseminação viral por diferentes órgãos/ Evaluation of three antigenically different rabies virus strains in mice: II -Study of the viral dissemination in different organs

Germano, Pedro Manuel Leal; Miguel, Omar; Ishizuka, Masaio Mizuno; Silva, Egon Vieira da
1988-12-01

Resumo em português Estudou-se, comparativamente, o grau de disseminação de três cepas de vírus rábico, duas de origem de cão, Jales e Nigéria, e uma de origem de morcego, DR 19, com perfis antigênicos do nucleocapside distintos. Estas cepas foram inoculadas por via intramuscular, na face interna da coxa, em dois grupos de camundongos, com 21 e 28 dias de idade. Os animais foram mantidos em observação por um período total de 30 dias, e dos animais vitimados pela infecção, foram (mais) coletados diferentes órgãos, músculo lingual, coração, pulmão, rim e fígado, além do cérebro e da medula espinal, para avaliar-se o grau de disseminação de cada cepa viral, através da prova de imunofluorescência direta (IFD). Os resultados obtidos evidenciaram que os decalques de cérebro e de medula espinal apresentaram total concordância na prova de IFD, constatando-se as maiores diferenças com as cepas Jales e Nigéria, situando-se a cepa DR 19, intermediariamente, a estas duas. O músculo lingual foi o órgão que apresentou maior freqüência de positividade para ambos os grupos etários e para as três cepas virais. Resumo em inglês A study was conducted to compare three strains of rabies virus, two of them, Jales and Nigeria, isolated from dogs, and the other DR 19, from vampire bats, with different nucleo-capside antigenic characteristics. These strains were intramuscularly inoculated in the inner side of the thigh of 21 and 28 day-old mice. The animals were observed for 30 days and different organs: brain, spinal cord, tongue, heart, lung, kidney and liver were collected from the animals which die (mais) d of rabies for the dissemination study by the immunofluorescent antibody technique (IFA). This technique showed complete agreement between brain and spinal cord. The greatest differences in dissemination were observed between Jales and Nigeria strains. The results observed for the DR 19 strain were situated between those of the two dog strains. The greates degree of dissemination was observed in the tongue for both age group and for all the strains.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)