Sample records for pulse columns
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 5 shown.



1

Movimentação de nitrato em horizonte superficial e subsuperficial de Latossolo e Nitossolo com cargas variáveis/ Nitrate movement on surface and subsurface horizons of Udox and Udult soils with variable charges

Alcântara, Marco Aurélio Kondracki de; Camargo, Otávio Antonio de
2010-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a movimentação de nitrato em colunas de solo considerando-se, principalmente, a quantidade total recuperada, o ajuste entre as curvas de transposição experimental e predita por um modelo matemático e os fatores de retardamento obtidos pelo modelo. Foram utilizadas amostras dos horizontes A e B de um Latossolo Vermelho acriférrico e de um Nitossolo Vermelho eutrófico (LV-A, LV-B, NV-A e NV-B). O experimento de lixiviação foi c (mais) onduzido tendo em vista a teoria do deslocamento miscível, utilizando como pulso 100 mL de KNO3 10 mmol L-1. As quantidades lixiviadas de nitrato e recuperadas nas colunas, para os solos NV e LV nos horizontes A e B, variaram de 0,405 a 1,432 mmol L-1. Houve correlação significativa (p Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate nitrate movement on soil columns considering mainly, total amount recovered, fit among experimental and model-predicted transposition curves, and model-obtained retardation factors. Samples of A and B horizons of Udox and Udult soils were used. A leaching experiment was carried out considering the miscible displacement theory, using 100 mL of a 10-mmol L-1 KNO3 solution as pulse. The amounts of nitrate leached and recovered in th (mais) e columns for Udox and Udult soils in horizons A and B varied from 0.405 to 1.432 mmol L-1. There was significant (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Manipulação de carga e movimento de nitrato em horizontes B de um Latossolo Vermelho/ Charge manipulation and nitrate displacement on B horizons of an Udox soil

Alcântara, Marco Aurélio Kondracki de; Camargo, Otávio Antonio de
2010-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do pH e da adição de carbonatos, fosfatos e sulfatos na movimentação do nitrato, em colunas constituídas do horizonte subsuperficial de um Latossolo Vermelho Acriférrico. Os experimentos foram realizados de acordo com a técnica do deslocamento miscível. Utilizaram-se como pulso de nitrato soluções de KNO3 a 10 ou 40 mmol L-1. Em cada coluna, foram obtidas curvas de transposição do elemento. A carga líquida d (mais) o solo nos diferentes tratamentos variou de - 24,0 a +35,0 mmol c L-1. Nos tratamentos que receberam adição de ácido clorídrico, ácido clorídrico + fosfato, carbonato + fosfato e sulfato, as recuperações de nitrato foram maiores do que o total aplicado no pulso. As adições de carbonatos, fosfato e sulfato favoreceram a lixiviação de nitrato, e deslocaram as curvas de transposição para a esquerda. A acidificação do solo retardou o deslocamento do nitrato, e deslocaram as curvas de transposição para a direita. A movimentação de nitrato no solo foi mais influenciada pelo pH do meio, pela presença de carbonatos, fosfatos e sulfatos, do que pela força iônica do pulso. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the influence of pH and of the addition of carbonates, phosphates and sulphates on nitrate movement in columns composed by a subsuperficial horizon of an Udox soil. The experiments were carried out according to the miscible displacement technique. A 10 or 40-mmol L-1 KNO3 solution was used as nitrate pulse. Nitrate breaktrough curves were obtained for all columns. The net charge varied from - 24.0 to +35.0 mmol c L-1 in the diffe (mais) rent treatments. In the treatments that received additions of hydrochloric acid, hydrochloric acid + phosphate, carbonate + phosphate and sulphate nitrate, recovery was greater than the total amount applied as pulse. Carbonate, phosphate and sulphate additions favored nitrate leaching, displacing nitrate breaktrough curves to the left. Soil acidification delayed nitrate movement, displacing breaktrough curves to the right. Soil nitrate movement was more influenced by the pH of the environment and by the presence of carbonates, phosphates and sulphates than by the ionic strength of the pulse.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Caracterização hidrodispersiva de dois solos da região irrigada do Vale do São Francisco/ Hydrodispersive characterization of two soils in the irrigated region of São Francisco Valley

Carmo, André I. do; Antonino, Antônio C. D.; M. Netto, André; Corrêa, Marcus M.
2010-07-01

Resumo em português A caracterização hidrodispersiva de um Latossolo e de um Neossolo Quartzarênico, ambos da região do Vale do São Francisco, foi realizada em laboratório por meio de ensaios de deslocamento de líquidos miscíveis em colunas de solo deformado. Os ensaios compreenderam o deslocamento de um pulso de 1,0 volume de poros da solução de KBr nas vazões de 2,4.10-5; 4,8.10-5; 7,2.10-5; 9,6.10-5 e 1,2-10-4 m³ h-1 e nas concentrações de 11,89; 59,49 e 118,99 g L-1, e trê (mais) s repetições para cada ensaio, sob condições de saturação e fluxo em regime estacionário. Por meio do programa CXTFIT 2.0, que ajusta a solução analítica da equação do modelo convectivo-dispersivo (CDE) aos pontos da curva experimental de eluição, foi possível obter os parâmetros hidrodispersivos do fator de retardamento (R) e o coeficiente de dispersão hidrodinâmica (D). O modelo CDE realizou um bom ajuste aos pontos das curvas de eluição, com valores dos coeficientes de determinação variando de 98 a 99% para ambos os solos; os valores de R ficaram próximos a 1,0 nos dois solos, indicando que o KBr não interage com os mesmos e a dispersividade do Neossolo é maior que a do Latossolo devido a distribuição do tamanho dos poros ser maior no Neossolo. Resumo em inglês The hydrodispersive characterization of a Latosol and a Quartzarenic Neosol, both in the irrigated region of São Francisco Valley, was carried out in laboratory by means of assays of displacement of miscible liquids in columns of deformed soil. The assays consisted of the displacement of a pulse of 1.0 volume of pores of the solution of KBr in the outflows of 2.4.10-5, 4.8.10-5, 7.2.10-5, 9.6.10-5 and 1.2.10-4 m³ h-1 and in concentrations of 11.89, 59.49 and 118.99 g L- (mais) 1, and three repetitions for each assay, under conditions of saturation and flow in stationary condition. By means of program CXTFIT 2.0 that adjusts the analytical solution of the equation of the convection-dispersion (CDE) to the points of the experimental breakthrough curve, it was possible to obtain the hydrodispersive parameters of the retardation factor (R) and coefficient of hydrodynamic dispersion (D). The model CDE carried out a good adjustment to the points of the experimental breakthrough curve, with the values of determination coefficients varying from 98 to 99% for both soils. The values of R are near 1.0 for both the soils, indicating that the KBr does not interact with the soil and the dispersivity of the Neosol is greater than that of the Latosol due to distribution of the size of the pores being greater in the Neosol.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Transporte do amônio em colunas com agregados de um latossolo vermelho distrófico/ Ammonium transport in columns with aggregates of a typic of a haplortox

Coelho, Fábio Cunha; Ruiz, Hugo Alberto; Ferreira, Paulo Afonso; França, Gonçalo Evangelista de; Araújo, Cícero Antônio de Souza; Duarte, Marcelo Alírio
2000-12-01

Resumo em português Para descrever o transporte do íon amônio em diferentes classes de agregados de um Latossolo Vermelho distrófico realizou-se um experimento de laboratório cujos tratamentos corresponderam a um fatorial 3 x 5, sendo: três fontes de NH4+ [(NH4)2SO4, NH4Cl e NH4NO3] e cinco classes de agregados (2,0-1,0; 1,0-0,5; 0,5-0,25; 0,25-0,105; e (mais) -1. Aplicou-se, a seguir, a solução saturante até percolação constante, seguida de um pulso de sete volumes de poros da respectiva fonte a 0,01 mol L-1 de NH4+ (Co) para cada classe de agregados. Foram coletadas frações correspondentes a 0,3 volume de poros do efluente (p) determinando-se as concentrações de NH4+ (C). Calculou-se a relação C/Co para cada fração p, traçando-se curvas experimentais de eluição. Os maiores valores dos fatores de retardamento ocorreram nos agregados de menor tamanho, indicando maior retenção do amônio; na maioria dos tratamentos ocorreu superposição das curvas obtidas por meio dos modelos teóricos, o que indicou que o transporte do amônio no solo se deu, predominantemente, por dispersão. Os ânions acompanhantes apresentaram efeitos semelhantes sobre a lixiviação do NH4+, nas diferentes classes de agregados. Resumo em inglês To describe the transport of the ammonium ion in different classes of aggregates of a typic Haplortox, a laboratory experiment was carried out. The treatments corresponded to a 3 x 5 factorial, being three sources of NH4+ [(NH4)2SO4, NH4Cl, and NH4NO3] and five aggregate classes (2.0-1.0, 1.0-0.5, 0.5-0.25, 0.25-0.105, and (mais) e same solution was applied until constant percolation, followed by a seven pore volume pulse of solution of respective source - 0.01 mole L-1 NH4+ (Co). Fractions of the effluent, corresponding to 0.3 pore volume (p), were collected, and the NH4+ concentrations were determined (C). C/Co relationships were calculated for every p fraction, and the experimental elution curves were traced. The highest retardation factors were calculated for the smallest aggregates, indicating a larger retention of ammonium, and the almost superimposed theoretical curves showed the predominance of the dispersive transport for ammonium. The NH4+ percolation was not affected by the studied anions in the different aggregates classes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Distribuição do amônio, nitrato, potássio e fósforo em colunas de latossolos fertirrigadas/ Distribution of ammonium, nitrate, potassium, and phosphorus in columns of fertigated latosols

Donagemma, Guilherme Kangussu; Ruiz, Hugo Alberto; Alvarez V., Víctor Hugo; Ferreira, Paulo Afonso; Cantarutti, Reinaldo Bertola; Silva, Agno Tadeu da; Figueiredo, Getulio Coutinho
2008-12-01

Resumo em português Na fertirrigação, é conveniente aplicar os nutrientes de forma a conseguir sua localização na profundidade mais adequada para absorção por parte das culturas: em maior profundidadepara a cultura perene e, mais superficialmente, nas culturas de ciclo curto. Com os objetivos de estabelecer em que fração da lâmina de irrigação devem ser aplicada as doses de N (NH4+ e NO3-); K+ e H2PO4-, de investigar qual o melhor fracionamento de suas doses, de modo a localizá- (mais) los na profundidade adequada, e de determinar a distribuição na coluna de NH4+, NO3-, K+ e H2PO4- aplicados por fertirrigação, foi realizado um experimento em laboratório, utilizando colunas de percolação. Os tratamentos corresponderam a um fatorial 4 (1 + 7), sendo quatro Latossolos de Minas Gerais [dois Latossolos Vermelho-Amarelos distróficos (LVAd1 e LVAd2), um Latossolo Vermelho distroférrico (LVdf) e um Latossolo Vermelho distrófico (LVd)], uma testemunha (aplicação de água deionizada) e sete formas de aplicação de 1 mmol dm-3 de NH4+, 1 mmol dm-3 de NO3-, 2 mmol dm-3 de K+ e 0,667 mmol dm-3 de H2PO4-. A lâmina de água foi dividida em cinco frações iguais (F1 a F5) e a dose dos nutrientes aplicada integralmente (D), ou fracionada em duas (D1/2) ou em três vezes (D1/3). Assim, a aplicação dos nutrientes foi feita segundo o esquema: F2D, F3D, F4D, F2D1/2F3D1/2 , F3D1/2F4D 1/2, F2D1/2F4D1/2 ou F2D1/3F3D1/3 F4D1/3. Subamostras foram utilizadas na análise de NH4+; NO3-; K+ e H2PO4-, determinando-se a distribuição desses nutrientes na coluna de solo. A mobilidade apresentou a seguinte ordem nos solos LVAd1, LVAd2 e LVd: NO3- > NH4+ > K+ > H2PO4-. Já para o solo LVdf, a ordem foi NH4+ > NO3- > K+ > H2PO4-. A ordem de risco de contaminação de águas subterrâneas por NO3- foi a seguinte: LVAd1 > LVAd2 > LVdf > LVd. A quantidade de água acrescentada a cada coluna, inferior a meio volume de poros, não foi suficiente para deslocar o H2PO4- além do primeiro anel. Para os outros íons em estudo, a localização em maior profundidade, quando aplicados como pulso único, foi verificada com a maior concentração no pulso (D > D1/2 > D 1/3) e com a maior lâmina de água posterior à sua aplicação (F2D > F3D > F 4D e F2D1/2F3D1/2 > F3D1/2F4D1/2 ). Os resultados evidenciam que a mobilidade diferencial de N (NH4+ e NO3-) e K+ exigiria escolha cuidadosa das doses desses nutrientes na solução, a fim de evitar perdas de N (NH4+ e NO3-) por lixiviação, ou localização excessivamente superficial do K+. A baixa mobilidade do H2PO4- mostra que a fertirrigação não seria uma técnica apropriada para sua incorporação no perfil do solo, visando à fertilização das culturas. Resumo em inglês It is convenient to apply nutrients in fertigation at an appropriate depth, in order to locate those elements at a convenient place for plant uptake. So, an experiment was carried out under laboratory conditions using percolation columns, to establish the irrigation lamina fraction in which N (NH4+ e NO3-), K+, and H2PO4- doses must be applied as well as the optimum dose fractioning of these nutrients so as to locate their adequate depth and determine the distribution of (mais) fertigated NH4+, NO3-, K+, and H2PO4-. The treatments consisted of a 4 (1 + 7) factorial, using four Latosols from Minas Gerais (two dystrophic Red-Yellow, one dystroferric Red, and one dystrophic Red), a control (aplication of deionized water) and seven modes of application of 1 mmol dm-3 of NH4+, 1 mmol dm-3 of NO3- , 2 mmol dm-3 of K+ and 2 mmol dm-3 of H2PO4-. The irrigation lamina was divided into five equal fractions (F1 to F5) and the nutrient dose was applied whole (D), or fractioned two (D1/2) or three times (D1/3). Hence, nutrient application was performed according to the following scheme: F2D, F3D, F4D, F2D1/2F3D1/2 , F3D1/2F4D1/2 , F2D1/2F4D1/2 or F2D1/3F3D1/3 F4D1/3. Sub-samples were used to analyze NH4+, NO3-, K+ and H2PO4-, through the determination of the profile of distribution of these nutrients. Mobility was in the following order: NO3- > NH4+ > K+ > H2PO4-, on soils LVAd1, LVAd2 and LVd. For the soil LVdf, the order was: NH4+ > NO3- > K+ > H2PO4- . And the risk of contamination of groundwater caused by NO3-: LVAd1 > LVAd2 > LVdf > LVd. The amount of water added to the column, lower than half pore per volume, was not sufficient to displace H2PO4-beyond the first ring. Regarding the other ions studied, localization at a higher depth when applied as a single pulse, was verified with a higher pulse concentration (D > D1/2 > D1/3) and with a greater irrigation lamina following its application (F2D > F3D > F 4D and F2D1/2F3D1/2 > F3D1/2F4D1/2 ). The results shows that the differential mobility of (N-NNO3- e NH4+ ) and K+ would require a careful dosage of these nutrients in the solution to prevent nitrogen losses due to leaching, or excessively superficial localization of potassium. The extremely low mobility of H2PO4- shows that fertigation would not be an appropriate technique for incorporation of this mineral into soil for crop fertilization purposes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)