Sample records for protective clothing
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 8 shown.



1

Hábitos de sono relacionados à síndrome da morte súbita do lactente: estudo populacional/ Sleeping habits related to sudden infant death syndrome: a population-based study

Geib, Lorena Teresinha Consalter; Nunes, Magda Lahorgue
2006-02-01

Resumo em português O estudo transversal, que descreve os hábitos de sono com risco potencial para a síndrome da morte súbita do lactente, incluiu todas as crianças nascidas vivas em 2003, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil, com coleta de dados nas Declarações de Nascidos Vivos e em entrevistas, analisados com estatística descritiva e teste de qui-quadrado. Dos 2.634 nascidos vivos, selecionaram-se 2.285 (86,75%), com exclusão de 8,4% e perda de 5,2%. Dentre os hábitos protet (mais) ores, constatou-se, em 77% dos lactentes, uso de vestuário adequado, 90% envolvidos frouxamente, 69% com cobertas de espessura fina, 98% dormindo no quarto dos pais e 56%, no berço. Dos hábitos com potencial risco, observaram-se decúbito lateral (92%), uso de travesseiro (88%) e os pés distanciados da borda inferior do berço (96%). Nas classes econômicas pobres, o hábito da criança de compartilhar a cama foi significativo (p = 0,00). Assim, num município com baixa prevalência de síndrome da morte súbita, os lactentes são expostos tanto a hábitos de sono protetores como de risco, sugerindo que, em populações desfavorecidas de países em desenvolvimento, outros fatores de risco dessa síndrome devam ser considerados. Resumo em inglês This cross-sectional study on sleeping habits with potential risk for sudden infant death syndrome included all live births in Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brazil, in 2003 with data collection from Certificates of Live Birth and interviews, analyzed with descriptive statistics and the qui-squared test. From the 2,634 live births, 2,285 children were selected (86.75%), with 8.4% exclusion and 5.2% losses. Protective habits included 77% of infants with appropriate clothi (mais) ng, 90% loosely wrapped, 69% with thin blankets, 98% sleeping in the parents' bedroom, and 56% in the crib. Potentially risky habits included lateral decubitus (92%), use of a pillow (88%), and feet far from the lower edge of the crib (96%). Among low-income families, bed-sharing with other children was significant (p = 0.00). Thus, in a county with a low prevalence of sudden infant death syndrome, infants are exposed to both protective and risk factors, suggesting that in underprivileged populations in developing countries, other risk factors for this syndrome should be considered.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Hábitos de sono relacionados à síndrome da morte súbita do lactente: estudo populacional/ Sleeping habits related to sudden infant death syndrome: a population-based study

Geib, Lorena Teresinha Consalter; Nunes, Magda Lahorgue
2006-02-01

Resumo em português O estudo transversal, que descreve os hábitos de sono com risco potencial para a síndrome da morte súbita do lactente, incluiu todas as crianças nascidas vivas em 2003, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil, com coleta de dados nas Declarações de Nascidos Vivos e em entrevistas, analisados com estatística descritiva e teste de qui-quadrado. Dos 2.634 nascidos vivos, selecionaram-se 2.285 (86,75%), com exclusão de 8,4% e perda de 5,2%. Dentre os hábitos protet (mais) ores, constatou-se, em 77% dos lactentes, uso de vestuário adequado, 90% envolvidos frouxamente, 69% com cobertas de espessura fina, 98% dormindo no quarto dos pais e 56%, no berço. Dos hábitos com potencial risco, observaram-se decúbito lateral (92%), uso de travesseiro (88%) e os pés distanciados da borda inferior do berço (96%). Nas classes econômicas pobres, o hábito da criança de compartilhar a cama foi significativo (p = 0,00). Assim, num município com baixa prevalência de síndrome da morte súbita, os lactentes são expostos tanto a hábitos de sono protetores como de risco, sugerindo que, em populações desfavorecidas de países em desenvolvimento, outros fatores de risco dessa síndrome devam ser considerados. Resumo em inglês This cross-sectional study on sleeping habits with potential risk for sudden infant death syndrome included all live births in Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brazil, in 2003 with data collection from Certificates of Live Birth and interviews, analyzed with descriptive statistics and the qui-squared test. From the 2,634 live births, 2,285 children were selected (86.75%), with 8.4% exclusion and 5.2% losses. Protective habits included 77% of infants with appropriate clothi (mais) ng, 90% loosely wrapped, 69% with thin blankets, 98% sleeping in the parents' bedroom, and 56% in the crib. Potentially risky habits included lateral decubitus (92%), use of a pillow (88%), and feet far from the lower edge of the crib (96%). Among low-income families, bed-sharing with other children was significant (p = 0.00). Thus, in a county with a low prevalence of sudden infant death syndrome, infants are exposed to both protective and risk factors, suggesting that in underprivileged populations in developing countries, other risk factors for this syndrome should be considered.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Uma proposta de avaliação integrada de risco do uso de agrotóxicos no estado do Amazonas, Brasil/ A proposal for integrated risk assessment of pesticide use in Amazon State, Brasil

Waichman, Andréa Viviana
2008-01-01

Resumo em português Durante os últimos 30 anos, o aumento da população humana no Amazonas introduziu a necessidade de produção adicional de alimentos e levou o governo do estado a desenvolver programas para aumentar e melhorar a produção agrícola. A produção de hortaliças não tradicionais apresentou vários problemas desconhecidos para os agricultores da região, uma vez que estas culturas não são bem adaptadas às condições locais. A suscetibilidade a insetos, fungos e outra (mais) s pragas, e a competição com vegetação nativa vem forçando os agricultores a usar intensivamente os agrotóxicos. Os agricultores não estavam preparados para o uso adequado desta tecnologia ignorando os riscos dos agrotóxicos para saúde humana e o ambiente. Os agricultores não usam equipamento de proteção individual, porque é caro, desconfortável e inadequado para o clima quente da região. A falta treinamento e o escasso conhecimento sobre os perigos dos agrotóxicos contribuem para a manipulação incorreta durante a preparação, aplicação e disposição das embalagens vazias. Nestas condições, a exposição dos agricultores, suas famílias, consumidores e ambiente é alta. Como um primeiro passo para o entendimento deste problema e a proposição de soluções é proposta a realização de uma avaliação integrada de risco. As três fases do processo, formulação de problema, avaliação da exposição, e caracterização de risco são detalhadas. Programas de educação, treinamento e informação fazem parte das estratégias para a redução do risco do uso de agrotóxicos permitindo o desenvolvimento de uma agricultura ambientalmente sustentável. Resumo em inglês During the last 30 years, the increase of the human population in the Amazon introduced the need for additional food production and caused the state government to implement programs to increase and improve agricultural production. The production of nontraditional crops introduced several problems unknown to traditional farmers, since they are not well adapted to tropical conditions. Their susceptibility to insects, fungi and other plagues, and the competition with native (mais) vegetation forced farmers to use pesticides intensively. Amazonian farmers were not adequately prepared for the use of this new technology and they ignored the risk of pesticides to human health and the environment. Farmers do not use protective clothing or equipment because they are expensive and not suitable for a tropical climate in which they prove to be very uncomfortable. The lack in training and poor knowledge of pesticide hazards contribute to careless handling during preparation, application and disposal of empty packages. Under such circumstances, exposure of farmers, their families, consumers and the environment is high. As a first step to solve this problem, an integrated risk assessment is proposed. The three stages of the process, problem formulation, exposure assessment, and risk characterization are explained. Training and information programs are part of the strategies risk-reduction in order to build up environmentally sustainable agriculture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Segurança no trabalho de preparo de calda no tanque de 2.000l do turbopulverizador com formulações líquidas de agrotóxicos registradas para a cultura de goiaba/ Work safety during the mixing of pesticide of the 2.000l air-assisted sprayer tank wiht pesticide liquid formulations registered in guava orchards

Tácio, Matheus Bellini; Oliveira, Maurício Leite de; Machado Neto, Joaquim Gonçalves
2010-09-01

Resumo em português Na atividade de preparo de caldas no tanque do turbopulverizador, há risco de intoxicação do trabalhador devido à exposição, à toxicidade e à concentração do ingrediente ativo tóxico na formulação. Objetivou-se quantificar as exposições dérmicas e respiratórias diárias às dez formulações líquidas de agrotóxicos registradas para a cultura da goiaba, na atividade de abastecimento de dez tanques de 2.000L do turbopulverizador, e a distribuição da exp (mais) osição dérmica nas partes do corpo do trabalhador, avaliar a eficiência de dois conjuntos de vestimentas hidrorrepelentes, classificar as três condições de trabalho em seguras ou inseguras, e determinar as necessidades de controle das exposições e o número de preparos de caldas seguros. A exposição dérmica na atividade de preparo de caldas é de 13,35 mL de formulação/dia, e a respiratória, de 0, 000153 mL. Nesta atividade de preparo de caldas, as mãos do trabalhador são as partes do corpo mais expostas, com 70,6% da exposição dérmica. A eficiência do conjunto Agro Light, da empresa R&B, é de 92,8 % da exposição dérmica diária do preparador de caldas, e do Kit Tratorizado, da Azeredo, 94,2 %. As exposições dérmicas não controladas pelos conjuntos de proteção individual distribuem-se nas diversas partes do corpo do trabalhador. As atividades de preparo de caldas com as dez formulações líquidas de agrotóxicos registrados na cultura de goiaba são inseguras para o trabalhador. Com as vestimentas de proteção individual, apenas a atividade de preparo de caldas com o inseticida PROVADO (200 g de imidacloprido/L) é segura. Para as condições de trabalho inseguras, as necessidades de controle das exposições variam de 73,8 a 100% (sem proteção), de 26,9 a 99,7% (Agro Light) e de 9,4 a 99,6% (Kit tratorizado). O número de preparo de caldas seguro é de 0 tanques/dia sem proteção, de 0 a 5 ou 7 (Agro Light) ou a 7, 6 ou 9 (Kit Tratorizado). Resumo em inglês Pure formulations are manipulated during the mixing of pesticide sprayer, involving elevated exposure of workers. The aim was to quantify the dermal and respiratory exposures at ten day liquid formulations of pesticides registered for the guava orchards in the activity of mixing the spray and loading to fill ten tank of 2,000 L of air-assisted sprayer, and distribution of dermal exposure in body parts of the worker; evaluate the efficiency of two sets of personal protecti (mais) ve clothing water-repellent to control dermal exposure, and classify the activities with ten formulations in safe or unsafe, with and without the use of personal protective clothing, and determine the exposure control need and the number of mixing of pesticides safe. Dermal exposure in the activity of mixing the spray is 13.35 mL formulation/day and respiratory, 0, 000,153 ml. In this activity of mixing the spray, the worker's hands are the body parts most at exposure, with 70.6% of dermal exposure. The efficiency of the set Agro Light is 92.8% of the dermal exposure daily and Kit Tratorizado, 94.2%. The dermal exposure not-controlled by sets of personal protective equipment are distributed in different parts of the body of the worker. The activities of mixing the spray with ten liquid formulations of pesticides registered in the guava orchard are unsafe for the worker. With the use of sets of personal protective clothing, only the activity of mixing the spray with PROVADO insecticide (imidacloprid 200 g / L) is safe. For unsafe working conditions, the exposure control need ranging from 73.8 to 100% (no protection), 26.9 to 99.7% (Agro Light) and 9.4 to 99.6% (Kit Tratorizado). The number of mixing of pesticides safe is 0 tanks / day without protection, from 0 to 5 or 7 (Agro Light) or to 6, 7 or 9 (Kit Tratorizado).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Postura materna durante a gestação e sua influência sobre o peso ao nascer/ Maternal posture and its influence on birthweight

Takito, Monica Yuri; Benício, Maria Helena D'Aquino; Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira
2005-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a relação entre postura/atividade física materna e o peso inadequado ao nascer. MÉTODOS: Coorte prospectiva com 152 gestantes de serviço de assistência pré-natal de baixo risco de um hospital especializado, localizado no Município de São Paulo. Para cada gestante foram realizadas três entrevistas ao longo da gestação, quando foi avaliada a freqüência de atividades físicas diárias. O peso ao nascer (inadequado 3.000 g) (mais) foi a variável dependente e as variáveis de freqüência de atividades físicas foram as variáveis independentes. Foi realizada análise estatística de regressão logística univariada e múltipla, tendo como variáveis de controle a escolaridade, tabagismo, morar com o companheiro e estado nutricional inicial. RESULTADOS: Foi identificado como fator de proteção para o peso inadequado ao nascer a realização de caminhada no primeiro período da gestação por menos de 50 min (OR ajustado =0,44; IC 95%: 0,20-0,98). A permanência em pé parada por mais de 2,5 horas mostrou acentuado risco no segundo trimestre (OR ajustado =3,23; IC 95%: 1,30-7,99). Dentre as atividades que requerem a postura ereta, identificou-se relação do tipo dose-resposta para lavar roupa e cozinhar (p de tendência linear Resumo em inglês OBJETIVE: To analyze the relationship between maternal posture/physical activity and inadequate birthweight. METHODS: Prospective cohort study involving 152 pregnant women from a public low-risk antenatal care facility. Three interviews evaluating the frequency of physical activity were administered to each pregnant woman during gestation. Birthweight (inadequate when 3,000 g) was the dependent variable and the frequency of physical activity th (mais) e independent variable. Statistical analysis was performed using logistic univariate analysis and multiple regression controlling for schooling, smoking, living with spouse, and baseline nutritional status. RESULTS: The practice of walking for at least 50 minutes during the first period of pregnancy was identified as a protective factor against inadequate birthweight (adjusted OR=0.44; 95% CI: 0.20-0.98). Standing for 2.5 hours or longer during the second semester of pregnancy was associated with increased risk (adjusted OR=3.23; 95% CI: 1.30-7.99). Dose-response relationships were identified for washing clothing by hand and cooking (p-value for linear trend

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Postura materna durante a gestação e sua influência sobre o peso ao nascer/ Maternal posture and its influence on birthweight

Takito, Monica Yuri; Benício, Maria Helena D'Aquino; Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira
2005-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a relação entre postura/atividade física materna e o peso inadequado ao nascer. MÉTODOS: Coorte prospectiva com 152 gestantes de serviço de assistência pré-natal de baixo risco de um hospital especializado, localizado no Município de São Paulo. Para cada gestante foram realizadas três entrevistas ao longo da gestação, quando foi avaliada a freqüência de atividades físicas diárias. O peso ao nascer (inadequado 3.000 g) (mais) foi a variável dependente e as variáveis de freqüência de atividades físicas foram as variáveis independentes. Foi realizada análise estatística de regressão logística univariada e múltipla, tendo como variáveis de controle a escolaridade, tabagismo, morar com o companheiro e estado nutricional inicial. RESULTADOS: Foi identificado como fator de proteção para o peso inadequado ao nascer a realização de caminhada no primeiro período da gestação por menos de 50 min (OR ajustado =0,44; IC 95%: 0,20-0,98). A permanência em pé parada por mais de 2,5 horas mostrou acentuado risco no segundo trimestre (OR ajustado =3,23; IC 95%: 1,30-7,99). Dentre as atividades que requerem a postura ereta, identificou-se relação do tipo dose-resposta para lavar roupa e cozinhar (p de tendência linear Resumo em inglês OBJETIVE: To analyze the relationship between maternal posture/physical activity and inadequate birthweight. METHODS: Prospective cohort study involving 152 pregnant women from a public low-risk antenatal care facility. Three interviews evaluating the frequency of physical activity were administered to each pregnant woman during gestation. Birthweight (inadequate when 3,000 g) was the dependent variable and the frequency of physical activity th (mais) e independent variable. Statistical analysis was performed using logistic univariate analysis and multiple regression controlling for schooling, smoking, living with spouse, and baseline nutritional status. RESULTS: The practice of walking for at least 50 minutes during the first period of pregnancy was identified as a protective factor against inadequate birthweight (adjusted OR=0.44; 95% CI: 0.20-0.98). Standing for 2.5 hours or longer during the second semester of pregnancy was associated with increased risk (adjusted OR=3.23; 95% CI: 1.30-7.99). Dose-response relationships were identified for washing clothing by hand and cooking (p-value for linear trend

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Intoxicações e uso de pesticidas por agricultores do Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, Brasil/ Pesticide use and poisoning among farmers from the county of Paty do Alferes, Rio de Janeiro, Brazil

Delgado, Isabella Fernandes; Paumgartten, Francisco José Roma
2004-02-01

Resumo em português Este trabalho é parte de um estudo mais amplo sobre as conseqüências para a saúde da exposição a pesticidas. Em 1997, no Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, 55 agricultores foram entrevistados sobre o uso de pesticidas, equipamentos de proteção e medidas de higiene, ocorrência de intoxicações, destino das embalagens vazias e o tipo de orientação técnica recebida pelos usuários destes produtos. Os pesticidas mais usados foram inseticidas como a ab (mais) amectina, os compostos organofosforados e os piretróides, e os fungicidas como o mancozeb, o clorotalonil e produtos à base de cobre. Entre os trabalhadores envolvidos no preparo e/ou aplicação de pesticidas, 92% informaram não usar qualquer tipo de equipamento de proteção individual. 62% dos agricultores entrevistados informaram já ter "passado mal" ao preparar ou aplicar pesticidas. Os sintomas mais freqüentemente citados foram dor de cabeça, enjôo, vômitos, vertigem, irritação da pele e visão embaçada. Destes agricultores, 21% necessitaram de assistência médica e em mais da metade dos casos (51%), em que os lavradores identificaram os pesticidas que usavam quando "passaram mal", foram citados inseticidas organofosforados da classe toxicológica I. Resumo em inglês This survey is part of a more comprehensive study on the health consequences of pesticide exposure. In the county (municipality) of Paty do Alferes, Rio de Janeiro State, Brazil, 55 agricultural workers were interviewed on the use of pesticides, use of personal protective equipment, data on health status, and symptoms related to pesticide exposure, disposal of agrochemical containers, and technical assistance. The most widely used pesticides were insecticides such as abam (mais) ectin, organophosphate compounds, and pyrethroids, and fungicides such as mancozeb, chlorothalonil, and copper products. As a rule, pesticides are handled carelessly, and 92% of workers involved in the mixing, loading, and spraying of insecticides and fungicides used no protective clothing or equipment whatsoever. Some 62% of workers reported at least one illness associated with mixing or spraying pesticides. The most frequently reported symptoms were headache, nausea, vomiting, dizziness, skin irritation, and blurred vision, and 21% of affected workers required medical care. In more than half (51%) of the cases, workers reported using organophosphate insecticides from toxicological class I when they felt sick.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Intoxicações e uso de pesticidas por agricultores do Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, Brasil/ Pesticide use and poisoning among farmers from the county of Paty do Alferes, Rio de Janeiro, Brazil

Delgado, Isabella Fernandes; Paumgartten, Francisco José Roma
2004-02-01

Resumo em português Este trabalho é parte de um estudo mais amplo sobre as conseqüências para a saúde da exposição a pesticidas. Em 1997, no Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, 55 agricultores foram entrevistados sobre o uso de pesticidas, equipamentos de proteção e medidas de higiene, ocorrência de intoxicações, destino das embalagens vazias e o tipo de orientação técnica recebida pelos usuários destes produtos. Os pesticidas mais usados foram inseticidas como a ab (mais) amectina, os compostos organofosforados e os piretróides, e os fungicidas como o mancozeb, o clorotalonil e produtos à base de cobre. Entre os trabalhadores envolvidos no preparo e/ou aplicação de pesticidas, 92% informaram não usar qualquer tipo de equipamento de proteção individual. 62% dos agricultores entrevistados informaram já ter "passado mal" ao preparar ou aplicar pesticidas. Os sintomas mais freqüentemente citados foram dor de cabeça, enjôo, vômitos, vertigem, irritação da pele e visão embaçada. Destes agricultores, 21% necessitaram de assistência médica e em mais da metade dos casos (51%), em que os lavradores identificaram os pesticidas que usavam quando "passaram mal", foram citados inseticidas organofosforados da classe toxicológica I. Resumo em inglês This survey is part of a more comprehensive study on the health consequences of pesticide exposure. In the county (municipality) of Paty do Alferes, Rio de Janeiro State, Brazil, 55 agricultural workers were interviewed on the use of pesticides, use of personal protective equipment, data on health status, and symptoms related to pesticide exposure, disposal of agrochemical containers, and technical assistance. The most widely used pesticides were insecticides such as abam (mais) ectin, organophosphate compounds, and pyrethroids, and fungicides such as mancozeb, chlorothalonil, and copper products. As a rule, pesticides are handled carelessly, and 92% of workers involved in the mixing, loading, and spraying of insecticides and fungicides used no protective clothing or equipment whatsoever. Some 62% of workers reported at least one illness associated with mixing or spraying pesticides. The most frequently reported symptoms were headache, nausea, vomiting, dizziness, skin irritation, and blurred vision, and 21% of affected workers required medical care. In more than half (51%) of the cases, workers reported using organophosphate insecticides from toxicological class I when they felt sick.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)