Sample records for pressure plasma
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Caracterização de filmes de poliéster modificados por plasma de O2 a baixa pressão/ Characterization of polyester films by low pressure O2 plasma

Costa, T.H.C.; Feitor, M.C.; Alves Junior, C.; Bezerra, C.M.
2008-03-01

Resumo em português Filmes de poliéster possuem um vasto campo de aplicação, devido algumas propriedades que são inerentes desse tipo de material, tais como boa resistência mecânica, resistência química a ácidos e bases e baixo custo de produção. Entretanto possuem limitações, como baixa tensão superficial, baixa rugosa, pouca afinidade com corantes, e pouca adesão, que impedem o uso dos mesmos para algumas finalidades principalmente quando esse uso requer que o material possu (mais) a uma boa molhabilidade. Dentre as varias técnicas existentes para aumentar a tensão superficial, as técnicas que utilizam o plasma, como fonte energética, são as mais promissoras pela versatilidade e por não apresentar agentes nocivos ao meio. Então, tendo em vista a boa aceitabilidade do uso do plasma em materiais poliméricos, trataram-se filmes de poliéster usando plasma com atmosfera gasosa de oxigênio variando-se o tempo de tratamento de 10 - 60 min com incremento de 10 min a cada tratamento subseqüente. Após o tratamento por plasma as amostras foram caracterizadas por medidas de ângulo de contato, tensão superficial, espectroscopia Raman, Espectroscopia de infravermelho de reflexão total atenuada (IR-ATR), e microscopia de força atômica (AFM), onde foi caracterizado o aumento na molhabilidade dos filmes tratados por plasma bem como as variáveis que contribuíram para tal efeito. A técnica de plasma mostrou-se bastante eficiente na modificação de filmes de poliéster, uma vez que se obteve aumento na molhabilidade de todos os filmes tratados e sem nenhuma variação significativa com relação ao tempo de exposição das amostras pelo plasma, o que leva a propor que o tratamento por plasma tanto contribuiu para o aumento da molhabilidade através da implementação de grupos funcionais na superfície dos mesmos como com a criação de rugosidade superficial nas amostras. Resumo em inglês A polyester film has a vast application field, due some properties that are inherent of this kind of material such as, good mechanical resistance, chemical resistance to acids and bases and low production cost. However, this material has some limitations as low superficial tension, flat surface, low affinity to dyers, and poor adhesion which impede the use of the same ones for some finality as good wettability. Among the existent techniques to increase the superficial ten (mais) sion, plasma as energy source is the more promising technique, because of their versatility and for not polluting the environment. Then, due to its good acceptance, polyester films were treated with oxygen plasma varying the treatment time from 10 to 60 min with an increase of 10 min to each subsequent treatment. After plasma treatment the samples were characterized by contact angle, surface tension, Raman spectroscopy, Infrared attenuated total reflection (IR-ATR) and atomic force microscopy, with the aim to study the wettability increase of treated polyester films as its variables. The plasma technique is very efficient in modifying polyester films, and this is true because all treated films showed a wettability increase and none significant variation was observed at ageing time plasma treated samples. So, plasma treatment contributed for wettability increase through surface functional groups implantation as through creation of roughness at the surface plasma treated samples.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Distribuição de gordura corporal, pressão arterial e níveis de lipídios-lipoproteínas plasmáticas/ Body fat distribution, blood pressure and plasma lipids and lipoprotein levels

Guedes, Dartagnan Pinto; Guedes, Joana Elisabete Ribeiro Pinto
1998-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar associações entre distribuição do tecido adiposo e níveis de pressão arterial e concentrações de lipídios-lipoproteínas plasmáticas, mediante controle de indicadores, quanto à quantidade de gordura corporal e à prática da atividade física. MÉTODOS: Estudo de 62 indivíduos com idades entre 20 e 45 anos. A distribuição do tecido adiposo foi determinada baseando-se na relação circunferência de cintura/quadril (CCQ), e como indicador (mais) da quantidade de gordura corporal recorreu-se às informações do índice de massa corporal (IMC), enquanto o nível de prática da atividade física foi estabelecido mediante estimativas do consumo máximo de oxigênio (VO2max). As associações entre CCQ e níveis de pressão arterial e de lipídios-lipoproteínas plasmáticas, com os efeitos do IMC e do VO2max controlados estatisticamente, foram estabelecidas pelo coeficiente de correlação parcial. RESULTADOS: Após correção pelo IMC verificou-se significativa correlação parcial entre a distribuição centrípeta do tecido adiposo e os níveis de pressão arterial, LDL-C e triglicerídios plasmáticos. Entretanto, controlando-se o VO2max, não foram constatadas associações significativas entre CCQ e qualquer variável sangüínea e pressão arterial.CONCLUSÃO: A distribuição centrípeta do tecido adiposo, independente da quantidade de gordura corporal, foi relacionada com concentrações de lipídios-lipoproteínas plasmáticas e níveis de pressão arterial em ambos os sexos. A prática da atividade física parece ser um importante modulador dessa associação, enfatizando seu papel no controle dos fatores de risco predisponentes às doenças cardiovasculares. Resumo em inglês PURPOSE: To study associations between FAT distribution and blood pressure levels and concentrations of lipids and lipoproteins, irrespective of body fat content and physical activity. METHODS: A sample of 62 subjects of both genders aging 20-45 years-old was used in the study. The adipose tissue distribution was based on the waist-to-hip ratio (WHR). Body fat content was estimated by the body mass index (BMI), and physical activity was assessed by maximal oxygen uptake ( (mais) VO2max). Partial correlation analyses were used to determine the strength of the associations. RESULTS: After correction for BMI there was a significant partial correlation between centripetal adipose tissue distribution and serum triglyceride, LDL-cholesterol levels, and blood pressure. However, controlling for VO2max, there was no significant association between WHR and any serum variable and blood pressure. CONCLUSION: The centripetal adipose tissue distribution, independent of body fat content, was related to lipid and lipoprotein plasma concentrations and to blood pressure levels in both sexes. Physical activity seems to be an important modifier of this relationship, emphasizing its role in the control of cardiovascular risk factors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Efeitos renais e cardiovasculares da infusão de dopamina e da solução de cloreto de sódio a 7,5%: estudo experimental em cães com restrição hídrica/ Renal and cardiovascular effects of dopamine and 7.5% sodium chloride infusion: experimental study in dogs with water restriction/ Efectos renales y cardiovasculares de la infusión de dopamina y de la solución de clorato de sodio 7,5%: estudio experimental en canes con restricción hídrica

Verderese, Marisa Aparecida Lima; Vianna, Pedro Thadeu Galvão; Ganem, Eliana Marisa; Vane, Luiz Antonio
2003-09-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: É controvertido o uso da infusão de dopamina na proteção renal. O objetivo desta pesquisa foi estudar o efeito da dopamina, da solução hipertônica e da associação de ambas em cães com restrição hídrica, simulando o jejum pré-operatório. MÉTODO: Foram estudados, em 32 cães anestesiados com tiopental sódico e fentanil, os seguintes parâmetros da função renal: fluxo plasmático efetivo renal (depuração de para-aminohipurato d (mais) e sódio), ritmo de filtração glomerular (depuração de creatinina) e as depurações de sódio, de potássio e osmolar, excreção fracionária de sódio e potássio, excreção de sódio e potássio e a resistência vascular renal. Os parâmetros cardiovasculares foram: pressão arterial média, freqüência cardíaca, pressão da veia cava inferior, índice cardíaco, hematócrito e índice de resistência vascular periférica. Os animais foram subdivididos, através de sorteio, em 4 grupos experimentais: Grupo 1 - G1 (n = 8) - grupo controle; Grupo 2 - G2 (n = 8) infusão de dopamina (2 µg.kg-1.min-1), Grupo 3 - G3 (n = 8) solução de cloreto de sódio a 7,5% (2 ml.kg-1) e Grupo 4 - G4 (n = 8) - associação de dopamina (2 µg.kg-1.min-1) e cloreto de sódio a 7,5% (2 ml.kg-1). Os grupos tiveram quatro fases experimentais e cada momento com duração de 30 minutos, compreendendo os momentos M1, M2, M3 e M4. RESULTADOS: O grupo da dopamina (G2) apresentou diminuição da pressão arterial média, da resistência vascular renal e da excreção de potássio. O grupo da solução hipertônica de cloreto de sódio (G3) apresentou aumento do índice cardíaco, do volume urinário, da depuração de sódio e de potássio, da excreção urinária de sódio e potássio e da excreção fracionária de sódio. No grupo da solução hipertônica de cloreto de sódio associada à dopamina (G4), ocorreu elevação da freqüência cardíaca, do índice cardíaco, do fluxo plasmático efetivo renal e da excreção urinária de sódio; ocorreu também diminuição do índice de resistência vascular sistêmica e do potássio plasmático. CONCLUSÕES: Deste estudo conclui-se que a solução hipertônica de cloreto de sódio foi capaz de melhorar as condições hemodinâmicas e, conseqüentemente, a função renal de cães sob restrição hídrica de 12 horas. O mesmo não aconteceu com a infusão de 2 µg.kg-1.min-1 de dopamina que, em situação similar, não causou aumento da diurese e da excreção de sódio. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Es controvertido el uso de la infusión de dopamina en la protección renal. El objetivo de esta pesquisa fue estudiar el efecto de la dopamina, de la solución hipertónica y de la asociación de ambas en canes con restricción hídrica, simulando el ayuno pre-operatorio. MÉTODO: Fueron estudiados, en 32 canes anestesiados con tiopental sódico y fentanil, los siguientes parámetros de la función renal: flujo plasmático efectivo renal (depur (mais) ación de para-aminohipurato de sodio), ritmo de filtración glomerular (depuración de creatinina) y las depuraciones de sodio, de potasio y osmolar, excreción fraccionaria de sodio y potasio, excreción de sodio y potasio y la resistencia vascular renal. Los parámetros cardiovasculares fueron: presión arterial media, frecuencia cardíaca, presión de la vena cava inferior, índice cardíaco, hematócrito e índice de resistencia vascular periférica. Los animales fueron subdivididos, a través de sorteo, en 4 grupos experimentales: Grupo 1 - G1 (n = 8) - grupo control; Grupo 2 - G2 (n = 8) infusión de dopamina (2 µg.kg-1.min-1), Grupo 3 - G3 (n = 8) solución de clorato de sodio a 7,5% (2 ml.kg-1) y Grupo 4 - G4 (n = 8) - asociación de dopamina (2 µg.kg-1.min-1) y clorato de sodio a 7,5% (2 ml.kg-1). Los grupos tuvieron cuatro partes experimentales y cada momento con duración de 30 minutos, comprendiendo los momentos M1, M2, M3 y M4. RESULTADOS: El grupo de la dopamina (G2) presentó diminución de la presión arterial media, de la resistencia vascular renal y de la excreción de potasio. El grupo de la solución hipertónica de clorato de sodio (G3) presentó aumento del índice cardíaco, del volumen urinario, de la depuración de sodio y de potasio, de la excreción urinaria de sodio y potasio y de la excreción fraccionaria de sodio. En el grupo de la solución hipertónica de clorato de sodio asociada a la dopamina (G4), ocurrió elevación de la frecuencia cardíaca, del índice cardíaco, del flujo plasmático efectivo renal y de la excreción urinaria de sodio; ocurrió también diminución del índice de resistencia vascular sistémica y del potasio plasmático. CONCLUSIONES: De este estudio se concluye que la solución hipertónica de clorato de sodio fue capaz de mejorar las condiciones hemodinámicas y, consecuentemente, la función renal de canes bajo restricción hídrica de 12 horas. Lo mismo no aconteció con la infusión de 2 µg.kg-1.min-1 de dopamina que, en situación similar, no causó aumento de la diuresis y de la excreción de sodio. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Dopamine infusion for renal protection is controversial. This study aimed at observing the effects of dopamine, hypertonic solution and the association of both in dogs with water restriction, emulating preoperative fast. METHODS: The following renal function parameters were studied in 32 dogs anesthetized with sodium pentobarbital and fentanyl: effective renal plasma flow (sodium para-aminohippurate clearance), glomerular filtration rate (creati (mais) nine clearance), sodium, potassium and osmolar clearance, sodium and potassium fractional excretion and renal vascular resistance. Cardiovascular parameters were: mean blood pressure, heart rate, inferior vena cava pressure, cardiac index, hematocrit and peripheral vascular resistance index. Animals were randomly distributed in four experimental groups: Group 1 - G1 (n = 8) - control group; Group 2 - G2 (n = 8) - dopamine infusion (2 µg.kg-1.min-1); Group 3 - G3 (n = 8) - 7.5% sodium chloride (2 ml.kg-1) and Group 4 - G4 (n = 8) - association of dopamine (2 µg.kg-1.min-1) and 7.5% sodium chloride (2 ml.kg-1). Groups underwent four experimental stages lasting 30 minutes each, and involving moments M1, M2, M3 and M4. RESULTS: Dopamine group (G2) had mean blood pressure, renal vascular resistance and potassium excretion decrease. Hypertonic sodium chloride group (G3) had cardiac index, urinary volume, sodium and potassium clearance, sodium and potassium urinary excretion and sodium fractional excretion increase. Group receiving the association of hypertonic solution and dopamine (G4) had heart rate, cardiac index, effective renal plasma flow and sodium urinary excretion increase; there has also been systemic vascular resistance and plasma potassium index decrease. CONCLUSIONS: Our conclusion was that hypertonic sodium chloride solution was able to improve hemodynamic conditions and, as a consequence, renal function of dogs under 12-hour water restriction. The same was not true for 2 µg.kg-1.min-1 dopamine which, in a similar situation, has not increased diuresis and sodium excretion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Dureza e resistência ao desgaste da camada de ZrN formada por nitretação a plasma sobre zircônia parcialmente estabilizada com ítria/ Hardness and wear resistance of the ZrN layer made by plasma nitriding of yttria partially-stabilized zirconia

Milani, R.; Lorenzi, R. F. de L.; Soares, G. V.; Figueroa, C. A.; Cardoso, R. P.; Belmonte, T.; Baumvol, I. J. R.; Perottoni, C. A.; Zorzi, J. E.
2010-07-01

Resumo em português Corpos-de-prova de zircônia parcialmente estabilizada com ítria foram moldados por prensagem uniaxial, sinterizados e nitretados em plasma de micro-ondas à pressão atmosférica. A camada de ZrN sobre zircônia formou-se a uma taxa de 4 µm.min-1, podendo atingir uma espessura de 500 µm. As amostras foram caracterizadas por meio de medidas de dureza e resistência ao desgaste. A superfície nitretada apresentou dureza superior e resistência ao desgaste similar ao substrato de zircônia. Resumo em inglês Samples of yttria partially-stabilized zirconia were molded by uniaxial pressing, sintered and nitrided in an atmospheric pressure microwave plasma. This procedure leads to the formation of a ZrN layer whose growth rate and thickness reached 4 µm.min-1 and 500 µm, respectively. The samples were characterized by means of hardness and wear resistance tests. The nitrided surface exhibits superior hardness and wear resistance similar to that of the zirconia substrate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Eficácia da solução de cloreto de sódio a 7,5% com e sem dextran 70 a 6% na preservação da função renal de cães hipovolêmicos submetidos à isquemia-reperfusão/ Efficacy of 7.5% hypertonic sodium chloride, with and without 6% dextran 70, in renal function preservation of hypovolemic dogs submitted to ischemia-reperfusion/ Eficacia de la solución de cloreto de sodio a 7,5% con y sin dextran 70 a 6% en la preservación de la función renal de canes hipovolémicos sometidos a isquemia-reperfusión

Rodrigues Júnior, Geraldo Rolim; Amaral, José Luiz Gomes do; Castiglia, Yara Marcondes Machado; Marques, Mariangela Esther Alencar
2002-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As soluções hipertônicas de cloreto de sódio, associadas ou não a colóides hiperoncóticos, podem ser eficazes em proteger o rim em situações de hipovolemia. O objetivo deste estudo foi verificar, em cães, o real benefício dessas soluções sobre a função renal, em vigência de hipovolemia e isquemia do órgão. MÉTODO: Em 24 cães, anestesiados com pentobarbital sódico, submetidos à nefrectomia direita e à expansão volêmica co (mais) m solução de Ringer (1 ml.kg-1.min-1), foram observadas possíveis alterações renais morfo-funcionais após hemorragia de 20 ml.kg-1 e trinta minutos de total isquemia renal esquerda, com posterior reperfusão, além da repercussão renal da administração de soluções de cloreto de sódio 7,5% (SH) e esta em dextran 70 a 6% (SHD). Atributos estudados: FC, PAM, pressão de veia cava inferior, fluxo sangüíneo renal, resistência vascular renal, hematócrito, Na+, K+, osmolaridade plasmática, PaO2, PaCO2 e pH, depuração (para-aminohipurato de sódio - PAH-1, creatinina, osmolar, água livre, Na+, K+), fração de filtração, volume e osmolaridade urinários, excreções urinárias e fracionárias de Na+ e K+ e exame histopatológico do rim. Os atributos foram estudados em três grupos (G1, G2 e G3) e em cinco momentos. RESULTADOS: Houve elevação estatisticamente significativa da pressão arterial média em G2 e G3, da resistência vascular renal em G1, do fluxo sangüíneo renal e da depuração de PAH em G3, da excreção fracionária de Na+ em G2 e G3, das depurações de creatinina, osmolar, de água livre e de Na+ e K+, da excreção urinária de Na+ e K+ e do volume urinário em G3. CONCLUSÕES: A SHD administrada 15 minutos após hemorragia moderada e 30 minutos antes de insulto isquêmico de 30 minutos foi eficiente em proteger o rim de cães das repercussões da isquemia-reperfusão. Não foi constatada alteração histopatológica renal à microscopia óptica. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las soluciones hipertónicas de cloreto de sodio, asociadas o no a coloides hiperoncóticos, pueden ser eficaces en proteger el riñón en situaciones de hipovolemia. El objetivo de este estudio fue verificar en canes, el real beneficio de esas soluciones sobre la función renal, en vigencia de hipovolemia e isquemia del órgano. MÉTODO: En 24 canes, anestesiados con pentobarbital sódico, sometidos a nefrectomia derecha y a expansión volémic (mais) a con solución de Ringer. Fueron observadas posibles alteraciones renales morfo-funcionales después hemorragia de 20 ml.kg-1 y treinta minutos de total isquemia renal izquierda, con posterior reperfusión, además de la repercusión renal da administración de soluciones de cloreto de sodio 7,5% (SH) y ésta en dextran 70 a 6% (SHD). Atributos estudiados: FC, PAM, presión de vena cava inferior, flujo sanguíneo renal, resistencia vascular renal, hematócrito, Na+, K+, osmolaridad plasmática, PaO2, PaCO2 y pH, depuración (para-aminohipurato de sodio - PAH-1, creatinina, osmolar, agua libre, Na+, K+), fracción de filtración, volumen y osmolaridad urinarios, excreciones urinarias y fraccionarias de Na+ y K+, temperatura rectal y examen histopatológico del riñón. Los atributos fueron estudiados en tres grupos (G1, G2 y G3) y en cinco momentos. RESULTADOS: Hubo elevación estadísticamente significativa de la presión arterial media en G2 y G3, de la resistencia vascular renal en G1, del flujo sanguíneo renal y de la depuración de PAH en G3, de la excreción fraccionaria de Na+ en G2 y G3, de las depuraciones de creatinina, osmolar, de agua libre y de Na+ y K+, de la excreción urinaria de Na+ y K+ y del volumen urinario en G3. CONCLUSIONES: La SHD administrada 15 minutos después de hemorragia moderada y 30 min antes de insulto isquémico de 30 min fue eficiente en proteger el riñón de los canes de las repercusiones de la isquemia-reperfusión. No fue constatada alteración histopatológica renal a la microscópia óptica. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Sodium chloride hypertonic solutions, with or without hyperoncotic colloids, may be effective in protecting kidney against hypovolemia. This experiment aimed at evaluating, in dogs, the real benefit of these solutions on renal function in the presence of hypovolemia and ischemia. METHODS: Experiments were performed in 24 mixed-breed dogs anesthetized with sodium pentobarbital, submitted to right nephrectomy and volume expansion with Ringer’s so (mais) lution (1 ml.kg-1.min-1). Renal morphological and physiological changes were studied after 20 ml.kg-1 hemorrhage and 30 min of total left renal ischemia followed by reperfusion, in addition to renal repercussion of 7.5% NaCl (HS) and 7.5% NaCl in 6% dextran 70 (HSD). The following parameters were studied: HR, MBP, inferior vena cava pressure, renal blood flow, renal vascular resistance, hematocrit, Na+, K+, plasma osmolarity, PaO2, PaCO2 and pH; clearance (para-aminohipuric acid - PAH-1, creatinine, free water, osmolar, Na+ and K+), filtration fraction, urine output and osmolarity, sodium and potassium urine and fractionated excretions; rectal temperature; and kidney histopathology. Atributes where studied in five moments in three groups (G1, G2 and G3). RESULTS: There has been a statistically significant increase in mean blood pressure in G2 and G3. RVR was higher in G1; RBF and PAH clearance were higher in G3; Na+ fractionated excretion was increased in G2 and G3; creatinine, free water, osmolar, Na+ and K+ clearances, diuresis, and urinary excretions of Na+ and K+ were higher in G3. CONCLUSIONS: HSD infusion 15 min after mild hemorrhage and 30 min before ischemia was effective in protecting kidney of dogs from ischemia-reperfusion repercussions. There have been no histopathologic changes under optical microscopy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Nitretação em gaiola catódica: influência do tempo de tratamento/ Cathodic cage plasma nitriding: influence of the treatment time

Sousa, R.M.; De Araújo, F.O.; Barbosa, J.C.P.; Oliveira, R.S.; Ribeiro, K.J.B.; Mendes, M.W.D.; Alves Junior, C.
2008-03-01

Resumo em português Amostras do aço inoxidável austenítico AISI 316 foram nitretadas em gaiola catódica nas mesmas condições de tratamento, pressão de 250 Pa, temperatura de 723 K mistura nitretante de 80%N2/H2 e variando apenas a duração do processo de 1 a 5 horas com o objetivo de observar o crescimento da camada nitretada. Houve formação de camada para todos os tempos de nitretação. A formação de camada para todas as durações de tratamento é confirmada através da micros (mais) copia óptica e também pela análise de microdureza. Os difratogramas de raios-X apresentaram fases semelhantes. Comprovando que é possível obter camada nitretada na técnica de nitretação em gaiola catódica mesmo para pequena duração de tratamento. Resumo em inglês AISI 316 austenitic stainless steel samples have been nitrided by cathodic cage technique in same treatment conditions: pressure 250 Pa, temperature 500 ºC and nitriding mixtures 80%N2/H2. The variance is limited just to process duration, from 1 to 5 hours. In this work the objective is to observe the increase of nitrided layer. It has been seen that there was layer formation to all times of nitriding. They are confirmed through optical microscopy and microhardness analy (mais) sis. The X-ray difratogram presents similar phases proving that is possible obtain nitrided layer using cathodic cage technique even to short during treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Efeitos cardiovasculares e renais da injeção intra-arterial de contraste radiológico iônico em cães com restrição hídrica/ Cardiovascular and renal effects of intra-arterial injection of ionic radiological contrast in dogs under fluid restriction/ Efectos cardiovasculares y renales de la inyección intra-arterial de contraste radiológico iónico en perros con restricción hídrica

Verderese, Marisa Aparecida Lima; Vianna, Pedro Thadeu Galvão; Castiglia, Yara Marcondes Machado; Vane, Luiz Antonio
2005-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O objetivo desta pesquisa foi estudar os efeitos agudos do contraste radiológico em situações de restrição de volume, avaliando-se os efeitos renais e cardiovasculares após a injeção intra-arterial de contraste radiológico de alta osmolaridade. MÉTODO: Participaram do estudo 16 cães anestesiados com tiopental sódico (15 mg.kg-1) e fentanil (15 µg.kg-1) em bolus, seguido de infusão contínua nas doses de 40 µg.kg-1.min-1 (tiopental (mais) sódico) e 0,1 µg.kg-1.min-1 (fentanil). Foi feita hidratação com solução de glicose a 5% (0,03 mL.kg-1.min-1) e a ventilação pulmonar foi controlada mecanicamente com ar comprimido. Foram verificados os seguintes atributos: freqüência cardíaca (FC); pressão arterial média (PAM); pressão da veia cava inferior (PVI); débito cardíaco (DC); hematócrito (Ht); fluxo plasmático efetivo renal (FPER); fluxo sangüíneo renal (FSR); ritmo de filtração glomerular (RFG); fração de filtração; resistência vascular renal (RVR); volume urinário (VU); osmolaridade plasmática e urinária; depuração osmolar, depuração de água livre e depuração de sódio e de potássio; sódio e potássio plasmáticos; excreção urinária e fracionária de sódio e potássio e temperatura retal. Estes atributos foram avaliados em quatro momentos: 30 (M1), 60 (M2), 90 (M3) e 120 (M4) minutos após o início da infusão de para-aminohipurato de sódio e creatinina (início da experiência). No momento 2, no grupo G1 foi feita injeção intra-arterial de solução fisiológica a 0,9% (1,24 mL.kg-1), e no grupo G2 foi injetado contraste radiológico (1,24 mL.kg-1) pela mesma via. RESULTADOS: O grupo G1 apresentou aumento da FC, do FPER, do FSR, da osmolaridade plasmática, da depuração de sódio e da excreção urinária de sódio; apresentou ainda diminuição da osmolaridade urinária, do potássio plasmático, da depuração de potássio e da temperatura retal. No grupo G2 ocorreu aumento da FC, da RVR, do VU, da depuração osmolar, da depuração de sódio e da excreção urinária e fracionária de sódio; ocorreu também redução do (a): hematócrito, ritmo de filtração glomerular, fração de filtração, osmolaridade urinária, depuração de água livre, sódio e potássio urinários, potássio plasmático e temperatura retal. CONCLUSÕES: Neste estudo, conclui-se que a injeção intra-arterial do contraste radiológico causou efeito bifásico na função renal. Inicialmente, provocou aumento da diurese e da excreção de sódio, mas, posteriormente, houve piora das condições hemodinâmicas e, conseqüentemente, da função renal, com aumento da resistência vascular renal e diminuição do ritmo de filtração glomerular. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El objetivo de esta pesquisa fue estudiar los efectos agudos del contraste radiológico en situaciones de restricción de volumen, evaluándose los efectos renales y cardiovasculares después de inyección intra-arterial de contraste radiológico de alta osmolaridad. MÉTODO: Participaron del estudio 16 perros anestesiadas con tiopental sódico (15 mg.kg-1) y fentanil (15 µg.kg-1) en bolus, seguido de infusión continuada en las dosis de 40 µg (mais) .kg-1.min-1 (tiopental sódico) y 0,1 µg.kg-1.min-1 (fentanil). Fue hecha hidratación con solución de glucosa a 5% (0,03 mL.kg-1.min-1) y la ventilación pulmonar fue controlada mecánicamente con aire comprimido. Fueron verificados los siguientes atributos: frecuencia cardiaca (FC); presión arterial media (PAM); presión de la vena cava inferior (PVI); débito cardíaco (DC); hematocrito (Ht); flujo plasmático efectivo renal (FPER); flujo sanguíneo renal (FSR); ritmo de filtración glomerular (RFG); fracción de filtración; resistencia vascular renal (RVR); volumen urinario (VU); osmolaridad plasmática y urinaria; depuración osmolar, depuración de agua libre y depuración de sodio y de potasio; sodio y potasio plasmáticos; excreción urinaria y fraccionaria de sodio y potasio y temperatura rectal. Estos atributos fueron evaluados en cuatro momentos: 30 (M1), 60 (M2), 90 (M3) y 120 (M4) minutos después del inicio de la infusión de para-aminohipurato de sodio y creatinina (inicio de la experiencia). En el momento 2, en el grupo G1 fue dada una inyección intra-arterial de solución fisiológica a 0,9% (1,24 mL.kg-1), y en el grupo G2 fue inyectado contraste radiológico (1,24 mL.kg-1) por la misma vía. RESULTADOS: El grupo G1 presentó aumento de la FC, del FPER, del FSR, de la osmolaridad plasmática, de la depuración de sodio y de la excreción urinaria de sodio; presentó aún disminución de la osmolaridad urinaria, del potasio plasmático, de la depuración de potasio y de la temperatura rectal. En el grupo G2 ocurrió aumento de la FC, de la RVR, del VU, de la depuración osmolar, de la depuración de sodio y de la excreción urinaria y fraccionaria de sodio; ocurrió también reducción del (a): hematócrito ritmo de filtración glomerular, fracción de filtración, osmolaridad urinaria, depuración de agua libre, sodio y potasio urinarios, potasio plasmático y temperatura rectal. CONCLUSIONES: En este estudio, se concluye que, la inyección intra-arterial del contraste radiológico causó efecto bifásico en la función renal. Inicialmente, provocó aumento de la diuresis y de la excreción de sodio, pero, posteriormente, hubo empeoramiento de las condiciones hemodinámicas y, consecuentemente, de la función renal, con aumento de la resistencia vascular renal y disminución del ritmo de filtración glomerular. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: This study aimed at evaluating acute radiological contrast effects in fluid restriction situations, observing renal and cardiovascular effects after intra-arterial injection of high osmolarity radiological contrast. METHODS: Participated in this study 16 dogs anesthetized with sodium thiopental (15 mg.kg-1) and fentanyl (0.03 mL.kg-1), followed by continuous infusion of 40 µg.kg-1.min-1 (sodium thiopental) and 0.1 µg.kg-1.min-1 (fentanyl). Hyd (mais) ration was achieved with 5% glucose solution (0.03 mL.kg-1.min-1) and ventilation was mechanically controlled with compressed air. The following attributes were evaluated: heart rate (HR); mean blood pressure (MBP); inferior vena cava pressure (IVP); cardiac output (CO); hematocrit (Ht); effective renal plasma flow (ERPF); renal blood flow (RBF); glomerular filtration rate (GFR); filtration fraction; renal vascular resistance (RVR), urinary volume (UV); plasma and urinary osmolarity; osmolar clearance; free water clearance; sodium and potassium clearance; plasma sodium and potassium; sodium and potassium urinary fractional excretion and rectal temperature. These attributes were evaluated in four moments: 30 (M1), 60 (M2), 90 (M3) and 120 (M4) minutes after sodium para-aminohipurate and creatinine administration (beginning of experiment). In moment 2, G1 received intra-arterial 0.9% saline (1.24 mL.kg-1) and G2 received intra-arterial radiological contrast (1.4 mL.kg-1). RESULTS: Group G1 has presented increased HR, ERPF, RBF, plasma osmolarity, sodium clearance and sodium urinary excretion, in addition to decreased urinary osmolarity, plasma sodium, potassium clearance and rectal temperature. Group G2 has presented increased HR, RVR, UV, osmolar clearance, sodium clearance and sodium urinary and fractional excretion; there has also been decrease in hematocrit, glomerular filtration rate, filtration fraction, urinary osmolarity, free water clearance, urinary sodium and potassium, plasma potassium and rectal temperature. CONCLUSIONS: This study has concluded that intra-arterial radiological contrast has promoted a two-phase effect on renal function. Initially it has promoted increased diuresis and sodium excretion but then the hemodynamic conditions impaired, and consequently renal function impaired, with increased renal vascular resistance and decreased glomerular filtration rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Síndrome metabólica em hipertensos de Cuiabá - MT: prevalência e fatores associados/ Metabolic syndrome in patients with high blood pressure in Cuiabá - Mato Grosso State: prevalence and associated factors/ Síndrome metabólico en hipertensos de Cuiabá - MT: prevalencia y factores asociados

Franco, Gilberto Paulo Pereira; Scala, Luiz César Nazário; Alves, Carlos José; França, Giovanny Vinícius Araújo de; Cassanelli, Tatiane; Jardim, Paulo César Brandão Veiga
2009-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A síndrome metabólica (SM) é um agregado de fatores predisponentes para doenças cardiovasculares e diabete melito, cujas características epidemiológicas são insuficientemente conhecidas nos níveis regional e nacional. OBJETIVO: Estimar a prevalência de SM e fatores associados em uma amostra de hipertensos da área urbana de Cuiabá - MT. MÉTODOS: Estudo de corte transversal (maio a novembro de 2007) em amostra de 120 hipertensos (com 20 anos ou mais) (mais) , pareados por gênero e selecionados por amostragem sistemática de uma população fonte de 567 hipertensos de Cuiabá. Todos os selecionados responderam a um inquérito em domicílio para obtenção de dados sócio-demográficos e hábitos de vida. Foram medidos: pressão arterial; índice de massa corpórea (IMC); circunferências da cintura e quadril; glicemia; insulinemia; lípides séricos; cálculo do índice de homeostase da resistência insulínica (HOMA); proteína C-reativa; ácido úrico e fibrinogênio. O critério para hipertensão adotado foi: média da PAS > 140mmHg e/ou PAD > 90mmHg, para síndrome metabólica segundo a I Diretriz Brasileira de Síndrome Metabólica e NCEP-ATP III. RESULTADOS: Foram analisados 120 hipertensos (60 mulheres), com média de idade de 58,3 ± 12,6 anos. Observou-se prevalência de SM de 70,8% (IC95% 61,8-78,8), com predomínio entre as mulheres (81,7% vs. 60,0%; p=0,009), sem diferenças entre adultos (71,4%) e idosos (70,2%). A análise de regressão múltipla revelou uma associação positiva entre a SM e o IMC > 25 kg/m², a resistência insulínica e algum antecedente familiar de hipertensão. CONCLUSÃO: Observou-se uma elevada prevalência de SM entre hipertensos de Cuiabá, associada significativamente ao IMC >25 kg/m², à resistência insulínica (Índice HOMA) e, em especial, a uma história familiar de hipertensão. Estes resultados sugerem o aprofundamento deste assunto através de novos estudos. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El síndrome metabólico (SM) es un agregado de factores que predisponen para enfermedades cardiovasculares y diabetes mellitus, cuyas características epidemiológicas no son suficientemente conocidas a nivel regional y nacional. OBJETIVO: Estimar la prevalencia de SM y factores asociados en una muestra de hipertensos del área urbana de Cuiabá - MT. MÉTODOS: Estudio de corte transversal (mayo a noviembre de 2007) en muestra de 120 hipertensos (con 20 años (mais) o más), clasificados por sexo y seleccionados por muestreo sistemático de una población fuente de 567 hipertensos de Cuiabá. Todos los seleccionados respondieron a una encuesta en domicilio para la obtención de datos sociodemográficos y hábitos de vida. Se midió: presión arterial; índice de masa corporal (IMC); circunferencias de cintura y cadera; glicemia; insulinemia; lípidos séricos; cálculo del índice de homeostasis de la resistencia insulínica (HOMA); proteína C-reactiva; ácido úrico y fibrinógeno. El criterio para hipertensión adoptado fue: Promedio de PAS > 140mmHg y/o PAD > 90mmHg, para síndrome metabólico según la I Directriz Brasileña de Síndrome Metabólico y NCEP-ATP III. RESULTADOS: Se analizaron 120 hipertensos (60 mujeres), con un promedio de edad de 58,3 ± 12,6 años. Se observó una prevalencia de SM del 70,8% (IC95% 61,8-78,8), con predominio entre las mujeres (81,7% vs 60,0%; p=0,009), sin diferencias entre adultos (71,4%) y ancianos (70,2%). El análisis de regresión múltiple reveló una asociación positiva entre el SM y el IMC >25 Kg/m², la resistencia insulínica y algún antecedente familiar de hipertensión. CONCLUSIÓN: Se observó una elevada prevalencia de SM entre hipertensos de Cuiabá, asociada significativamente al IMC >25 Kg/m², a la resistencia insulínica (Índice HOMA) y, en especial, a una historia familiar de hipertensión. Estos resultados sugieren la profundización de este asunto mediante nuevos estudios. Resumo em inglês BACKGROUND: Metabolic Syndrome (MS) is a cluster of predisposing factors for cardiovascular diseases and diabetes mellitus, whose epidemiological characteristics are poorly known at regional and national levels. OBJECTIVE: To estimate the prevalence of MS and its associated factors in a sample of patients with high blood pressure in the urban area of Cuiabá, Mato Grosso State. METHODS: This was a cross-sectional study (May to November 2007) in a sample of 120 patients wi (mais) th high blood pressure (aged > 20 years), paired by gender and selected by the systematic sampling of a source population of 567 patients with high blood pressure in Cuiabá. All patients answered to home inquiries to provide sociodemographic and life habits data. The following measurements were taken: blood pressure; body mass index (BMI); waist and hip circumferences; plasma glucose, insulin, and lipid levels; homeostasis model assessment-estimated insulin resistance (HOMA); C-reactive protein, uric acid and fibrinogen levels. High blood pressure criterion: average systolic blood pressure > 140mmHg and/or diastolic blood pressure > 90mmHg; and Metabolic Syndrome diagnosis according to the I Brazilian Directive for Metabolic Syndrome and the NCEP-ATP III criteria. RESULTS: 120 patients (60 women), with high blood pressure and an average age of 58.3 ± 12.6 years, were analyzed. We found a MS prevalence of 70.8% (95%CI 61.8 to 78.8), predominantly among women (81.7% vs. 60.0%; p=0.009), with no difference between adults (71.4%) and elderly patients (70.2%). The multiple regression analysis showed a positive association between MS and BMI > 25 kg/m², insulin resistance and family history of high blood pressure. CONCLUSION: A high prevalence of MS was observed among patients with high blood pressure living in Cuiabá, with a significant association with BMI > 25 kg/m², insulin resistance (HOMA index) and, especially, a family history of high blood pressure. These results suggest the need for deeper studies on this subject.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Avaliação de fatores prognósticos da insuficiência cardíaca em pacientes encaminhados para avaliação de transplante cardíaco/ Evaluation of heart failure prognostic factors in patients referred for heart transplantation

Areosa, Cleópatra Medina Noronha; Almeida, Dirceu Rodrigues; Carvalho, Antônio Carlos C. de; Paola, Angelo A. V. de
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar a sobrevida dos pacientes com insuficiência cardíaca encaminhados para transplante cardíaco, e identificar os fatores de pior prognóstico a fim de estabelecer um escore para reconhecer os pacientes de maior risco de óbito. MÉTODOS: Foram avaliados 330 pacientes de ambos os sexos, com idade entre 12 e 74 anos, encaminhados para transplante cardíaco no período de janeiro de 1986 a novembro de 2001. Foi feita análise de variáveis clínicas e labo (mais) ratoriais, e de dados de eletrocardiografia, Holter, ecocardiografia e ventriculografia radioisotópica. RESULTADOS: O período mediano de acompanhamento foi de cinco anos e a sobrevida dos pacientes no primeiro ano foi de 84,5%, no segundo ano foi de 74,3%, no terceiro ano foi de 68,9%, no quarto ano foi de 64,8% e, no quinto ano, foi de 60,5%. As variáveis prognósticas selecionadas na análise univariada, estatisticamente significantes, foram: idade, etiologia chagásica, classes funcionais III e IV, ortopnéia, pressão arterial sistólica, pressão arterial média, pressão de pulso, uréia plasmática, sódio plasmático, glicemia, albumina, bilirrubina, hemoglobina e freqüência cardíaca média. As variáveis prognósticas na análise multivariada estatisticamente significantes foram: fração de ejeção, uréia e hemoglobina. O escore de risco foi calculado de acordo com a fórmula: RR = exp[(-0,0942401 x fração de ejeção) + (0,0105207 x uréia) + (-0,2974991 x hemoglobina) + (-0,0132898 x idade) + (-0,0099115 x glicemia)], discriminando a população com maior probabilidade de óbito. CONCLUSÃO: Apesar da sobrevida satisfatória, trata-se de amostra de pacientes com insuficiência cardíaca grave, sugerindo que esses pacientes podem ser mantidos em tratamento clínico otimizado até que apresentem deterioração clínica persistente. A fração de ejeção, os diâmetros ventriculares e a classe funcional não devem ser usados de forma isolada para indicação de transplante cardíaco. O escore de risco pode ser útil para discriminar a população com pior prognóstico. Resumo em inglês OBJECTIVES: To evaluate the survival of patients with heart failure submitted to cardiac transplantation screening as well as identify poor prognostic factors using a risk score to identify patients with higher death risk. METHODS: 330 male and female patients aged 12 to 74 years old, referred for heart transplantation from January 1986 to November 2001 were evaluated. Clinical, laboratory, electrocardiographic, Holter monitoring, echocardiographic and radionuclide ventri (mais) culography data were analyzed. RESULTS: The median follow up period was 5 years; patients' survival rate was 84.5% in the first year, 74.3% in the second year, 68.9% in the third year and 60.5% in the fifth year. The prognostic variables selected through the univariate analysis were: age, Chagas' disease etiology for cardiomyopathy, NYHA functional classes III and IV, orthopnea, systolic blood pressure, mean blood pressure, pulse pressure, plasma urea, sodium, glucose, albumin, bilirubin, hemoglobin, and mean heart rate. The prognostic variables at the multivariate analysis were: ejection fraction, blood urea, and hemoglobin. The risk score: RR=exp[(-0.0942401 x ejection fraction) + (0.0105207 x blood urea) + (-0.2974991 x hemoglobin) + (-0.0132898 x age) + (-0.0099115 x blood glucose)] discriminated the population with a higher death risk. CONCLUSION: Patients' survival was satisfactory despite heart failure severity, suggesting they can be maintained on optimized clinical treatment until persistent clinical deterioration takes place. Ejection fraction, ventricular diameters, and clinical functional class alone should not be used as an indication for heart transplantation. The risk score could help discriminate the population with the poorest prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Avaliação do impacto da aplicação de manobra de hiperinsuflação pulmonar sobre a resposta inflamatória sistêmica e colapso pulmonar em pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos sob ventilação espontânea/ Assessing the impact of lung hyperinflation maneuver on systemic inflammatory response and lung collapse in patients undergoing surgeries under spontaneous ventilation/ Evaluación del impacto de la aplicación de maniobra de hiperinsuflación pulmonar sobre la respuesta inflamatoria sistémica y colapso pulmonar en pacientes sometidos a procedimientos quirúrgicos bajo ventilación espontánea

Malbouisson, Luiz Marcelo Sá; Souza, Elton Lúcio Silva de; Barbalho, Larissa; Massoco, Cristina de Oliveira; Carmona, Maria José Carvalho; Auler Jr, José Otávio Costa
2010-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O uso de manobras de hiperinsuflação pulmonar (MHP) reverte atelectasias intraoperatórias. Contudo, pode induzir resposta inflamatória sistêmica de origem pulmonar. O objetivo deste estudo foi testar o impacto da aplicação de MHP sobre a resposta inflamatória sistêmica e sobre a estrutura pulmonar em pacientes submetidos à anestesia subaracnoidea. MÉTODO: Após aprovação do Comitê de Ética institucional e obtenção do consentimen (mais) to escrito pós-informado, 20 pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos de pequeno e médio porte foram alea torizados em dois grupos: 1) Controle (GC) e 2) MHP (GMHP). Uma hora após a instalação do bloqueio espinhal, foi realizada MHP no GMHP aplicando-se pressão positiva nas vias aéreas em dois níveis (BIPAP) com pressão expiratória de 20 cmH2O e pressão inspiratória de 20 cmH2O durante 1 a 2 minutos. TNFα, IL-1, IL-6, IL-8, IL-10 e IL-12 foram medidos no sangue através de técnica de citometria de fluxo nos momentos basal, 90, 180 e 780 minutos. Os volumes e peso pulmonares foram computados a partir de tomografias computadorizadas obtidas imediatamente após a cirurgia. RESULTADOS: A aplicação de MHP resultou em redução da fração de parênquima pulmonar não aerado (7,5 ± 4,3% no Grupo Controle versus 4 ± 2,1% no Grupo MHP, p = 0,02), sem alterações nos volumes pulmonares. Foi observada elevação progressiva nos valores plasmáticos das interleucinas IL-1, IL-6, IL-8 e IL-10, similar nos dois grupos. Os níveis plasmáticos de TNFα e IL-12 foram indetectáveis durante o estudo. CONCLUSÕES: A aplicação de MHP única reduziu a fração de atelectasias, porém não amplificou a resposta inflamatória observada em pacientes com pulmões normais submetidos a cirurgias de pequeno e médio portes sob anestesia subaracnoidea. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El uso de maniobras de hiperinsuflación pulmonar (MHP), revierte las atelectasias intraoperatorias, pero puede conllevar a una respuesta inflamatoria sistémica de origen pulmonar. Los objetivos de este estudio fueron comprobar el impacto de la aplicación de MHP sobre la respuesta inflamatoria sistémica y sobre la estructura pulmonar en pacientes sometidos a la anestesia subaracnoidea. MÉTODO: Después de la aprobación del Comité de Ética (mais) institucional y de la obtención del consentimiento informado, 20 pacientes sometidos a procedimientos quirúrgicos de pequeño y mediano porte, se separaron aleatoriamente en dos grupos: 1) control (GC) y 2) MHP (GMHP). Una hora después de la instalación del bloqueo espinal, fue realizada MHP en el GMHP aplicando una presión positiva en las vías aéreas en los niveles (BIPAP) con una presión espiratoria de 20 cmH2O y una presión inspiratoria de 20 cmH2O durante 1 a 2 minutos. FNTα, IL-1, IL-6, IL-8, IL-10 y IL-12 se midieron en la sangre a través de la técnica de citometría de flujo en los momentos basal, 90, 180 y 780 minutos. Los volúmenes y el peso pulmonares fueron computados a partir de tomografías computadorizadas obtenidas inmediatamente después de la operación. RESULTADOS: La aplicación de MHP resultó en una reducción de la fracción del parénquima pulmonar no aerado (7,5 ± 4,3% en el Grupo Control vs 4 ± 2,1% en el Grupo MHP, p = 0,02), sin alteraciones en los volúmenes pulmonares. Se observó una elevación progresiva en los valores plasmáticos de las interleucinas IL-1, IL-6, IL-8 y IL-10, similar en los dos grupos. Los niveles plasmáticos de FNT Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Lung hyperinflation maneuvers (LHM) reverse intraoperative atelectasis; however, they can lead to pulmonary-induced systemic inflammatory response. The objective of this study was to determine the impact of LHM on systemic inflammatory response and lung structure in patients undergoing subarachnoid block. METHODS: After approval by the Ethics Committee of the institution and signing the informed consent, 20 patients undergoing small and medium s (mais) urgical procedures were randomly separated into two groups: 1) control (CG), and 2) LHM (LHMG). One hour after the spinal anesthesia, LHM was performed in LHMG by applying bilevel positive pressure in the airways (BIPAP) with an expiratory pressure of 20 cmH2O and inspiratory pressure of 20 cmH2O for 1 to 2 minutes. Blood levels of TNFα, IL-1, IL-6, IL-8, IL-10, and IL-12 were determined by flow cytometry at baseline and at 90, 180, and 780 minutes. Lung volumes and weights were determined using CT scans obtained immediately after the surgery. RESULTS: The use of LHM resulted in a reduction in the fraction of non-aerated pulmonary parenchyma (7.5 ± 4.3%, in the Control Group, vs. 4 ± 2.1%, in the LHM Group, p = 0.02) without changing pulmonary volumes. A progressive increase in plasma levels of IL-1, IL-6, IL-8, and IL-10, similar in both groups, was observed. Plasma levels of TNFα and IL-12 were undetectable during the study. CONCLUSIONS: The use of LHM reduced the incidence of atelectasis, but it did not amplify the inflammatory response in patients with normal lungs undergoing small and medium surgeries under subarachnoid block.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Determinação dos teores de minerais em sucos de frutas por espectrometria de emissão óptica em plasma indutivamente acoplado (ICP-OES)/ Minerals determination in juices by inductively coupled plasma optical emission spectrometry

MORGANO, Marcelo Antônio; QUEIROZ, Sônia Cláudia do Nascimento; FERREIRA, Márcia Miguel Castro
1999-12-01

Resumo em português Dois métodos de preparação de amostra para determinação de minerais em suco de uva foram comparados: extração com ácido clorídrico a frio com agitação e digestão em sistema fechado, sob pressão, empregando-se energia de microondas. As concentrações dos minerais foram obtidas empregando-se a técnica de Espectrometria de Emissão Óptica em Plasma Indutivamente Acoplado (ICP-OES). Os teores dos minerais Ca, P, Na, K, Mg, Zn, Fe, Mn e Cu não diferiram signif (mais) icativamente ao nível de 5% (Teste F) para as duas metodologias empregadas. A precisão e exatidão dos métodos foi avaliada usando o suco de uva. A metodologia de extração com ácido clorídrico foi empregada para a determinação dos teores de minerais em sucos processados de abacaxi, acerola, caju, goiaba, manga, maracujá e uva. Para facilitar a interpretação dos teores dos minerais encontrados, foram utilizadas as técnicas de Análise por Componentes Principais (PCA) e Análise Hierárquica por Agrupamento (HCA). Resumo em inglês Two sample preparation methods for the determination of minerals from grape juice were investigated for the purpose of methodological evaluation: using hydrochloric acid by shaking, and digestion in closed system, under pressure, using microwave power. The concentrations of minerals were evaluated by the technique of Inductively Coupled Plasma Optical Emission Spectrometry (ICP-OES). The minerals contents of Ca, P, Na, K, Mg, Zn, Fe, Mn, and Cu did not differ significantl (mais) y at the level of 5% (it Tests F) for both methodologies used. The precision and accuracy of both methodologies were evaluated using grape juice. The extraction methodology with hydrochloric acid was used for the determination of mineral amounts in processed juices from pineapple, acerola, cashew, guava, mango, passion fruit and grape. To enhance the interpretation of the amounts of minerals, from a nutritional point of view, techniques of Principal Components Analysis (PCA) and Hierarchic Cluster Analysis were used (HCA).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Fatores de risco cardiovasculares, suas associações e presença de síndrome metabólica em adolescentes/ Cardiovascular risk factors, their associations and presence of metabolic syndrome in adolescents

Rodrigues, Anabel Nunes; Perez, Anselmo José; Pires, José Guilherme Pinheiro; Carletti, Luciana; Araújo, Maria Tereza Martins de; Moyses, Margareth Ribeiro; Bissoli, Nazaré de Souza; Abreu, Gláucia Rodrigues de
2009-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de síndrome metabólica (SM) e fatores de risco associados em adolescentes de Vitória (ES). MÉTODOS: Foram avaliados 380 adolescentes de 10 a 14 anos de idade estudantes de escolas públicas. Foram mensurados: índice de massa corporal, pressão arterial em repouso, dosagens séricas em jejum das concentrações de colesterol total, LDL-colesterol, HDL-colesterol, triglicerídeos e glicose. RESULTADOS: Identificou-se prevalência de sobr (mais) epeso em 9,6% dos meninos e em 7,4% das meninas, enquanto que obesidade foi observada em 6,2 e 4,9%, respectivamente. As concentrações de triglicerídeos foram limítrofes ou altas em 6,8 e 3,4% dos meninos e em 11,8 e 5,9% das meninas. A concentração de HDL-colesterol estava abaixo dos níveis padronizados em 8,5% dos meninos e em 9,9% das meninas. A pressão arterial em repouso foi limítrofe para 5,1% dos meninos e 7,9% das meninas, enquanto que 3,4% tanto dos meninos quanto das meninas foram considerados hipertensos. Glicemia de jejum foi alta em 0,6% dos meninos e em 0,5% das meninas. No grupo estudado, 2,8% dos meninos e 2,5% das meninas apresentaram dois fatores de risco associados a SM. A prevalência de SM foi de 1,1% para meninos e 1,5% para meninas e a total foi de 1,3%. CONCLUSÕES: Fatores de risco cardiovasculares associados a SM são condições clínicas importantes nessa faixa etária. Um número significativo de adolescentes apresentou resultados limítrofes, os quais podem aumentar a prevalência de SM ou de fatores de risco independentes em curto prazo. Mais investimentos devem ser feitos na prevenção primária, considerando que o diagnóstico precoce é uma questão de fundamental importância. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of metabolic syndrome (MS) and independent associated risk factors in adolescents in the city of Vitória, Brazil. METHODS: We assessed 380 adolescents aged 10 to 14 years attending public schools. Body mass index and blood pressure at rest were measured. Fasting plasma concentrations of total cholesterol, LDL-cholesterol, HDL-cholesterol, triglycerides and glucose were also obtained. RESULTS: The prevalence of overweight was 9.6% for (mais) boys and 7.4% for girls, while obesity was found in 6.2 and 4.9%, respectively. Triglyceride concentrations were borderline or high in 6.8 and 3.4% of the boys and in 11.8 and 5.9% of the girls. HDL-cholesterol was below recommended levels in 8.5% of the boys and in 9.9% of the girls. Blood pressure at rest was borderline for 5.1% of the boys and 7.9% of the girls, while 3.4% of both boys and girls were hypertensive. Fasting glycemia was high in 0.6% of the boys and in 0.5% of the girls. In the group studied, 2.8% of the boys and 2.5% of the girls had two risk factors associated with MS. Prevalence of MS was 1.1% for boys and 1.5% for girls, and overall prevalence was 1.3%. CONCLUSIONS: MS and associated cardiovascular risk factors are serious clinical conditions in this age group. A significant number of adolescents showed borderline results, which may increase the prevalence of MS or independent risk factors in the short term. More investments should be made in primary prevention, considering that early diagnosis is an issue of fundamental importance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Influência de programas não-formais de exercícios (doméstico e comunitário) sobre a aptidão física, pressão arterial e variáveis bioquímicas em pacientes hipertensos/ Influence of domestic and community exercise programs on the physical fitness, arterial blood pressure, and biochemical variables in hypertensive patients/ Influencia de los programas no formales de ejercicios (doméstico y comunitario) sobre la aptitud física, presión arterial y variables bioquímicas en pacientes hipertensos

Liane Mattos Pinto, Vivian; Ribeiro de Meirelles, Luisa; de Tarso Veras Farinatti, Paulo
2003-10-01

Resumo em português Fundamentos e objetivo: O exercício físico é aceito como estratégia complementar no tratamento da hipertensão arterial. Contudo, são poucos os estudos que analisaram o efeito potencial de programas cujo controle do volume de treinamento é menos estrito, principalmente os não-supervisionados. Assim, o estudo investigou os efeitos de dois programas não-formais de exercício sobre a pressão arterial, aptidão física e perfil bioquímico sanguíneo de adultos hiper (mais) tensos. Métodos: Foram acompanhados por 18 meses participantes um programa de exercícios não-supervisionado (extramuros) (n = 29; idade = 53 ± 11 anos) e outro de tipo comunitário (ginástica) (n = 42; idade = 62 ± 9 anos). Foram analisados os níveis de pressão arterial, aptidão física (peso corporal, percentual de gordura, IMC, somatório de dobras, relação cintura-quadril, capacidade cardiorrespiratória) e variáveis bioquímicas (colesterol total, LDL, HDL, triglicerídeos e glicemia). O programa extramuros consistia em atividades programadas para serem feitas em casa (caminhada e flexibilidade), três vezes por semana, com treinamento dos sujeitos para controle da intensidade e duração das atividades e preenchimento de fichas individuais, que eram entregues periodicamente à equipe de pesquisa. O programa comunitário envolvia atividades ginásticas em grupo, ministradas por profissionais de educação física, também feitas três vezes por semana. Em ambos os programas, as variáveis foram medidas trimestralmente e os dados tratados por meio de ANOVA para medidas repetidas (p Resumo em espanhol Fundamentos y objetivos: El ejercicio físico es aceptado como estrategia complementaria del tratamiento de la hipertensión arterial. Con todo, son pocos los estudios que analizarán los efectos del potencial de los programas cuyo control de volumen de entrenamiento es menos estricto, principalmente los que no son supervisados. De esta manera, el estudio investigó los efectos de dos programas no formales de ejercicio sobre la presión arterial, adaptación física y per (mais) fil bioquímico sanguíneo de adultos hipertensos. Métodos: Los participantes de un programa de ejercicio no supervisado (extramuros) (n = 29; edad = 53 ± 11 años) y los participantes de otro tipo comunitario (n = 42; edad = 62 ± 9 años fueron acompañados durante 18 meses. Fueron analizados los niveles de presión arterial, aptitud física (peso corporal, porcentaje de grasa, IMC, somatotipo de pliegues, relación cintura cadera, capacidad cardiorespiratoria) y variables bioquímicas (colesterol total, LDL, HDL, triglicéridos y glicemia). El programa extramuros consistió en actividades programadas a ser realizadas en casa (caminata y flexibilidad), tres veces por semana, con entrenamiento de los sujetos para realizarse controles de intesidad y duración de actividades y confección de fichas individuales que eran entregadas periodicamente al equipo de pesquisa. El programa comunitario comprendía actividades ginmásticas en grupo, organizadas por profesionales de educación física, tambien realizadas tres veces por semana. En ambos programas, las variables fueron medidas trimestralmente y los datos tratados por medio del programa ANOVA para las medidas repetidas (p Resumo em inglês Background and purposes: Physical activity is accepted as a complementary strategy in the hypertension treatment. However, few studies were concerned with the effects of exercise programs which encourage a less strict training control, especially non-supervised programs. Thus, this study aimed to investigate the effects of two non-formal exercise programs on the blood pressure (BP), physical fitness and biochemical blood profile in hypertensive adults. Methods: Two groups (mais) were observed during 18 months: a) 29 subjects engaged in a domestic program (CLINEX) (age: 53 ± 11 yr); b) 42 subjects practicing calisthenics in a community program (NPRC) (age: 62 ± 9 yr). The following variables were assessed: BP, body weight, body fat percent, body mass index, sum of skin folds, waist-hip ratio, cardiorespiratory capacity, and biochemical variables (total cholesterol, HDL, LDL, plasma triglycerides, and blood glucose). The domestic program consisted in home-based programmed activities (walking and stretching exercises), held three times/week. The subjects were specifically trained for controlling the intensity and duration of the exercise, and filled an individual chart which was periodically delivered to the research group. The community program proposed hospital-based calisthenics and aerobic activities ministered by exercise specialists, also three times a week. In both programs, the data were assessed every three months and treated by repeated measures ANOVA (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Anestesia em paciente obstétrica portadora de anemia falciforme e traço talassêmico após plasmaféresis: relato de caso/ Anesthesia in obstetric patient with sickle cell anemia and thalassemic trait after plasmapheresis: case report/ Anestesia en paciente obstétrica portadora de anemia falciforme y trazo talasémico después de plasmaféresis: relato de caso

Leão, Eduardo Barbosa; Barros, Guilherme A M de; Navarro, Laís H C; Castiglia, Yara Marcondes Machado
2005-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A plasmaféresis é a técnica de tratamento de escolha para pacientes com anemia hemolítica grave. Uma de suas conseqüências é a depleção de colinesterase plasmática, o que interfere na metabolização de alguns bloqueadores neuromusculares de uso corrente na prática anestesiológica. RELATO DO CASO: Paciente com 26 anos, estado físico ASA IV, gestação de 30 semanas e 3 dias, portadora de anemia falciforme, traço talassêmico e alo- (mais) imunização para antígenos de alta freqüência. Apresentou crise de falcização, sendo transfundida com derivado sangüíneo incompatível. Evoluiu com hemólise maciça, sendo admitida com hemoglobina de 3 g/dL e hematócrito de 10%, icterícia intensa, taquicardia, apatia e descoramento. Na avaliação hematológica concluiu-se ser situação de inexistência de sangue compatível para transfusão. Foi tratada com corticoterapia, imunoglobulinas e plasmaféresis. No segundo dia de internação, evoluiu com insuficiência renal aguda e edema pulmonar agudo, piora do estado geral e instabilidade hemodinâmica. Indicada a resolução da gestação em decorrência do quadro clínico da paciente e do sofrimento fetal agudo que se sobrepôs. A paciente foi admitida na sala de operações consciente, dispnéica, pálida, ictérica, SpO2 de 91% em ar ambiente, freqüência cardíaca de 110 bpm e pressão arterial de 110 x 70 mmHg, em uso de dopamina (1 µg.kg-1.min-1) e dobutamina (10 µg.kg-1.min-1). Optou-se por anestesia geral balanceada, com alfentanil (2,5 mg), etomidato (14 mg) e atracúrio (35 mg) e isoflurano. Não se observou intercorrências anestésico-cirúrgicas. Ao final, a paciente foi encaminhada à UTI, sob intubação orotraqueal, e em uso de drogas vasoativas, tendo sido extubada após 3 horas. CONCLUSÕES: Este caso mostrou-se um desafio para a equipe, visto que a paciente apresentava instabilidade hemodinâmica e alteração do coagulograma, condições que contra-indicam a anestesia regional; além disto, a plasmaféresis potencialmente depleta os estoques de colinesterases plasmáticas, o que interfere na anestesia. Entretanto, o arsenal medicamentoso disponível permitiu o manuseio seguro desta situação. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La plasmaféresis es una técnica de tratamiento de elección para pacientes con anemia hemolítica grave. Una de sus consecuencias es la depleción de colinesterasa plasmática, lo que interfiere en la metabolización de algunos bloqueadores neuromusculares de uso corriente en la práctica anestesiológica. RELATO DEL CASO: Paciente con 26 años, estado físico ASA IV, gestación de 30 semanas y 3 días, portadora de anemia falciforme, trazo ta (mais) lasémico y alo-inmunización para antígenos de alta frecuencia. Presentó crisis de falcización, siendo transfundida con derivado sanguíneo incompatible. Evolucionó con hemólisis maciza, siendo admitida con hemoglobina de 3 g/dL y hematócrito del 10%, ictericia intensa, taquicardia, apatía y con pérdida de color. En la evaluación hematológica se concluyó ser una situación de inexistencia de sangre compatible para transfusión. Fue tratada con corticoterapia, inmunoglobulinas y plasmaféresis. En el segundo día de internación, evolucionó con insuficiencia renal aguda y edema pulmonar agudo, empeoramiento del estado general e inestabilidad hemodinámica. Indicada la resolución de la gestación como resultado del cuadro clínico de la paciente y del sufrimiento fetal agudo que se sobrepuso. La paciente fue admitida en la sala de operaciones consciente, disneica, pálida, ictérica, SpO2 del 91% en aire ambiente, frecuencia cardiaca de 110 lpm y presión arterial de 110 x 70 mmHg, en uso de dopamina (1 µg.kg-1 min-1) y dobutamina (10 µg.kg-1.min-1). Se optó por anestesia general balanceada, con alfentanil (2,5 mg), etomidato (14 mg) y atracúrio (35 mg) e isoflurano. No se observó interocurrencias anestésico- quirúrgicas. Al final, la paciente fue encaminada a la UTI, bajo intubación orotraqueal, y en uso de drogas vasoactivas, habiendo sido extubada después de 3 horas. CONCLUSIONES: Este caso se mostró un desafío para el equipo, ya que la paciente presentaba inestabilidad hemodinámica y alteración del coagulograma, condiciones que contraindican la anestesia regional, además de esto, la plasmaféresis potencialmente depleta las existencias de colinesterasas plasmáticas, lo que interfiere en la anestesia. Mientras, el arsenal medicamentoso disponible, permitió el manoseo seguro de esta situación. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Plasmapheresis is the technique of choice for severe hemolytic anemia patients. A consequence is plasma cholinesterase depletion, which interferes with metabolism of some neuromuscular blockers currently used in anesthesiology. CASE REPORT: Pregnant patient, 26 years old, physical status ASA IV, 30 weeks and 3 days gestational age, with sickle cell anemia, thalassemic trait and allo-immunization for high frequency antigens. Patient presented sic (mais) kling crisis being transfused with incompatible blood. Patient evolved with massive hemolysis being admitted with 3 g/dL hemoglobin and 10% hematocrit, severe jaundice, tachycardia, apathic and pale. Hematological evaluation has concluded for the inexistence of compatible blood for transfusion. Patient was treated with steroids, immunoglobulins and plasmapheresis. In the second admission day patient evolved with acute renal failure and pulmonary edema, general state worsening and hemodynamic instability. Gestation resolution was indicated due to patient's clinical conditions and consequent acute fetal suffering. Patient was admitted to the operating room conscious, pale, with dyspnea, jaundice, 91% SpO2 in room air, heart rate of 110 bpm and blood pressure of 110 x 70 mmHg, under dopamine (1 µg.kg-1.min-1) and dobutamine (10 µg.kg-1.min-1). We decided for balanced general anesthesia with alfentanil (2.5 mg), etomidate (14 mg), atracurium (35 mg) and isoflurane. There were no anesthetic-surgical intercurrences. Patient was referred to ICU after surgery completion under tracheal intubation and vasoactive drugs, being extubated 3 hours later. CONCLUSIONS: This case was a challenge for the team since patient was hemodynamically instable with coagulogram abnormalities counterindicating regional anesthesia. In addition, plasmapheresis potentially depletes plasma cholinesterase reserves, interfering with anesthesia. However, available drug armamentarium has allowed for the safe management of this situation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Interrelações entre SHBG e esteróides sexuais com medidas antropométricas, pressão arterial e lipídeos em mulheres com e sem diabetes mellitus tipo 2

Bahia, Luciana; Dimetz, Trude; Gazolla, Helena; Clemente, Eliete; Gomes, Marilia B.
2000-06-01

Resumo em português Com o objetivo de analisar as concentrações plasmáticas de SHBG, dos esteróides sexuais, perfil glicídico, lipídico e suas relações com variáveis clínicas, demográficas e medidas antropométricas, estudamos um grupo de 80 mulheres na pós-menopausa, 40 com diabetes mellitus (DM) tipo 2, com idade de 64,9±7,1 anos e duração conhecida do diabetes de 13,4±1,4 anos e 40 não diabéticas com idade de ól±8,9 anos. Foram analisados: idade, índ (mais) ice de massa corporal (IMC), relação cintura-quadril (RCQ), cintura, pressão arterial sistólica (PAs) e diastólica (PAd). As mulheres diabéticas apresentaram maior freqüência de distribuição andróide de gordura (75% vs. 50%, p= 0,03), maior PAs (p= 0,01), maior testosterona total (p= 0,003), índice de testosterona livre (p= 0,002) e índice de resistência insulínica (IRI) (p= 0,000) do que as mulheres não diabéticas. As não diabéticas com distribuição andróide de gordura apresentaram menores níveis de SHBG do que aquelas com distribuição ginecóide (p= 0,008). No grupo com IMC > ou = 30kg/m2 e no grupo com cintura > ou = 88cm, as mulheres diabéticas apresentaram maior testosterona total e índice de testosterona livre do que as mulheres não diabéticas. As não diabéticas com distribuição andróide de gordura apresentaram maior índice de testosterona livre do que aquelas com distribuição ginecóide (p= 0,01). As diabéticas com distribuição andróide apresentaram maiores níveis de estradiol do que aquelas com distribuição ginecóide (p= 0,02). Em conclusão, mulheres diabéticas apresentaram maior freqüência de distribuição abdominal de gordura, estando associada à maiores concentrações de testosterona total, índice de testosterona livre e estradiol e menores concentrações de SHBG. Estes dados sugerem que o hiperandrogenismo com diminuição de SHBG, possam ser indicadores da síndrome de resistência insulínica, e poderiam, de alguma forma, agravar o grau de resistência nestes pacientes. Resumo em inglês In order to investigate the relationship between plasma leveis of SHBG, sex steroids and glucose metabolism, lipid profile, anthropometric measurements, clinical and demographic variables, we studied a group of 80 post-menopausal women, 40 with type 2 diabetes (DM2) aged 64.9±7.1 and with known DM duration of 13.4± 1.4 years and 40 non-diabetic aged 61 ±8.9. We analyzed: age, body mass index (BMI), waist to hip ratio (WHR), waist, systolic (sBP) and d (mais) iastolic blood pressure (dBP). Diabetic women had higher frequency of android adiposity (75% vs. 50%, p= 0.03), higher sBP (p= 0.01), higher total testosterone (p= 0.003), free testosterone index (p= 0.02) and insulin resistance index (IRI) (p= 0.000) than non-diabetic women. Non-diabetics with android adiposity had lower levels of SHBG than those with ginecoid adiposity (p= 0.008). In the group with BMI > or = 30kg/m2 and in the group with waist > or = 88cm diabetic women had higher total testosterone and free testosterone index than non-diabetic women. Non-diabetics with android adiposity had higher free testosterone index than those with ginecoid adiposity (p= 0.01). Diabetic women with android adiposity had higher estradiol than those with ginecoid adiposity (p= 0.02). In conclusion, diabetic women had higher frequency of android adiposity, associated with high total testosterone, free testosterone index and estradiol and low levels of SHBG. These results suggest that hyperandrogenism with low SHBG could be indicators of the insulin resistance syndrome, and could somehow increase the insulin resistance in these subjects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Modelo de indução de diarréia osmótica em bezerros holandeses/ Model for osmotic diarrhea in holstein calves

Leal, Marta Lizandra do Rego; Cyrillo, Fernanda Cavallini; Mori, Clara Satisuki; Michima, Lilian Emy dos Santos; Nichi, Marcílio; Ortolani, Enrico Lippi; Benesi, Fernando José
2008-09-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar um protocolo de diarréia osmótica induzida, foram utilizados 18 bezerros hígidos, com idade entre oito e 30 dias de vida, e peso variando de 37 a 50kg. A diarréia e a desidratação foram induzidas por meio da administração de leite integral (16,5mL kg-1), sacarose (4g kg-1), espirolactona e hidroclorotiazida (2mg kg-1), a cada oito horas, durante dois dias. O exame físico e as coletas de sangue para determinações de componentes do hemog (mais) rama, hemogasometria e de constituintes bioquímicos foram realizados em T0 (0h), T1 (24hi) e T2 (48hi). O protocolo de indução da diarréia obteve 100% de eficiência, produzindo diarréia aquosa e desidratação intensa (13% do peso corpóreo) acompanhadas de azotemia pré-renal, aumento nos valores do hematócrito, hemoglobina e proteína total, hipercalemia, hiperlactemia, hiperfosfatemia, acidose metabólica e diminuição do défict de volume plasmático e da pressão venosa central. Resumo em inglês Eighteen health Holstein calves between 18 and 30 days old and 37 weighting 50kg (body weight - BW) were used to develop a model for inducing osmotic diarrhea in order to cause a status of dehydration. Thus, sucrose (4g kg BW-1) and spirolactone and hydrochlorothiazide (2mg g BW-1) were added to the whole milk (16.5mL kg-1) each 8h for two days. Physical examination and blood samples for hemogram, acid:base status and biochemical analysis were obtained at 0 (T0), 24h (T1) (mais) and 48h (T2). Watery diarrhea and severe dehydration (13% of the BW) were seen in all calves, followed by pre-renal azotemia, high values of hematocrit, hemoglobin and total protein levels, hiperkalemia, hyperlactemia, and hyperphosphatemia, metabolic acidosis and decreased plasma volume and central venous pressure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Efeitos do pneumoperitônio sobre a hemodinâmica e função renais de cães ventilados com volume e pressão controlados/ Effects of pneumoperitoneum on renal hemodynamics and function of dogs under volume and pressure-controlled ventilation/ Efectos del pneumoperitonio sobre la hemodinámica y función renal de perros ventilados con volumen y presión controlados

Almeida, Armando Vieira de; Ganem, Eliana Marisa
2004-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Não existem estudos que associem os efeitos determinados pelas modalidades ventilatórias às repercussões renais durante o pneumoperitônio. O objetivo deste trabalho foi avaliar as alterações na hemodinâmica e função renais determinadas pelo pneumoperitônio em cães com ventilação a volume e pressão controlados. MÉTODO: Dezesseis cães anestesiados com tiopental sódico e fentanil foram divididos em Grupo 1, volume controlado e Gru (mais) po 2, pressão controlada e submetidos a pneumoperitônio de 10 e 15 mmHg. Foram estudados fluxo sangüíneo renal, resistência vascular renal, depuração de para-aminohipurato de sódio, sódio plasmático, potássio plasmático, osmolalidade plasmática, depuração de creatinina, fração de filtração, volume urinário, osmolalidade urinária, depuração osmolar, depuração de água livre, depuração de sódio, excreção urinária de sódio, excreção fracionária de sódio, depuração de potássio, excreção urinária de potássio, excreção fracionária de potássio. Os dados foram coletados em 4 momentos. M1, antes do pneumoperitônio; M2, 30 minutos após pneumoperitônio com 10 mmHg; M3, 30 minutos após pneumoperitônio com 15 mmHg; M4, 30 minutos após a deflação do pneumoperitônio. RESULTADOS: As depurações de para-aminohipurato de sódio e creatinina permaneceram constantes em ambos os grupos durante o experimento. Os valores plasmáticos do sódio e do potássio não se alteraram. Ocorreu diminuição a partir de M2 da depuração e da excreção fracionária de potássio em ambos os grupos. CONCLUSÕES: As modalidades ventilatórias não determinaram diferenças na hemodinâmica renal entre os grupos estudados. O pneumoperitônio, ocasionando compressão do parênquima renal, pode ter determinado alterações na reabsorção e/ou secreção do potássio. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: No existen estudios que asocien los efectos determinados por las modalidades ventilatorias a las repercusiones renales durante el pneumoperitonio. El objetivo de este trabajo fue evaluar las alteraciones en la hemodinámica y función renal determinadas por el pneumoperitonio en perros con ventilación a volumen y presión controlados. MÉTODO: Dieciséis perros anestesiados con tiopental sódico y fentanil fueron divididos en Grupo 1, volumen c (mais) ontrolado y Grupo 2, presión controlada y sometidos a pneumoperitonio de 10 y 15 mmHg. Fueron estudiados flujo sanguíneo renal, resistencia vascular renal, depuración de para-aminohipurato de sodio, sodio plasmático, potasio plasmático, osmolalidad plasmática, depuración de creatinina, fracción de filtración, volumen urinario, osmolalidad urinaria, depuración osmolar, depuración de agua libre, depuración de sodio, excreción urinaria de sodio, excreción fraccionaria de sodio, depuración de potasio, excreción urinaria de potasio, excreción fraccionaria de potasio. Los datos fueron colectados en 4 momentos. M1, antes del pneumoperitonio; M2, 30 minutos después pneumoperitonio con 10 mmHg; M3, 30 minutos después pneumoperitonio con 15 mmHg; M4, 30 minutos después de la deflación del pneumoperitonio. RESULTADOS: Las depuraciones de para-aminohipurato de sodio y creatinina permanecieron constantes en ambos grupos durante el experimento. Los valores plasmáticos del sodio y del potasio no se alteraron. Ocurrió diminución a partir de M2 de la depuración y de la excreción fraccionaria de potasio en ambos grupos. CONCLUSIONES: Las modalidades ventilatórias no determinaron diferencias en la hemodinámica renal entre los grupos estudiados. El pneumoperitonio, ocasionando compresión del parenquima renal, puede tener determinado alteraciones en la reabsorción y/o secreción del potasio. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: There are no studies associating ventilatory mode effects on renal repercussions during pneumoperitoneum. This study aimed at evaluating pneumoperitoneum-induced renal hemodynamics and function changes in dogs under volume and pressure controlled ventilation. METHODS: This study involved 16 dogs anesthetized with sodium thiopental and fentanyl, which were divided in two groups: Group 1: volume controlled; and Group 2: pressure controlled, both s (mais) ubmitted to 10 and 15 mmHg pneumoperitoneum. The following parameters were evaluated: renal blood flow, renal vascular resistance, sodium para-aminohippurate clearance, plasma sodium, plasma potassium, plasma osmolality, creatinine clearance, filtration fraction, urinary volume, urinary clearance, osmolar clearance, free water clearance, sodium clearance, sodium urinary excretion, sodium fractional excretion, potassium clearance, potassium urinary excretion and potassium fractional excretion. Data were collected in 4 moments: M1 before pneumoperitoneum, M2, 30 minutes after 10 mmHg pneumoperitoneum, M3, 30 minutes after 15 mmHg pneumoperitoneum, M4, 30 minutes after pneumoperitoneum deflation. RESULTS: Sodium para-aminohippurate and creatinine clearance remained constant for both groups throughout the experiment. Plasma sodium and potassium were not changed. There has been potassium clearance and fractional excretion decrease as from M2 in both groups. CONCLUSIONS: Ventilatory modes have not promoted renal hemodynamic differences between groups. Pneumoperitoneum, by compressing renal parenchyma, may have determined changes in potassium reabsorption and/or secretion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Efetividade de um programa de exercícios no condicionamento físico, perfil metabólico e pressão arterial de pacientes hipertensos/ Exercise program effectiveness on physical fitness, metabolic profile and blood pressure of hypertensive patients

Monteiro, Henrique L.; Rolim, Lívia M.C.; Squinca, Daniela A.; Silva, Fernando C.; Ticianeli, Carla C.C.; Amaral, Sandra L.
2007-04-01

Resumo em português HISTÓRICO E OBJETIVO: Tem sido mostrado que exercícios aeróbios são úteis na redução da pressão arterial. Contudo, a efetividade de um programa de exercícios ainda é controversa e não foi bem analisada em populações de baixa renda. O objetivo do presente estudo foi estabelecer um programa de condicionamento físico individualizado - Projeto Hipertensão - focado em pessoas hipertensas, pacientes da Unidade Básica de Saúde (UBS) e, logo após, investigar os (mais) efeitos deste programa no condicionamento físico, perfil metabólico e níveis de pressão. MÉTODOS: Dezesseis mulheres hipertensas (56 ± 3 anos) sob tratamento farmacológico regular foram submetidas a 4 meses de um programa de exercícios aeróbios e de alongamento (3 sessões/semana, 90 min/sessão, 60% de VO2max.) Diversas variáveis físicas e metabólicas foram comparadas antes e depois de 4 meses de treinamento. RESULTADOS: O treinamento diminuiu significativamente a pressão arterial sistólica (PAS, -6%); melhorou o condicionamento cardiorrespiratório (+42% do VO2max), flexibilidade (+11%) e conteúdo de glicose plasmática (-4%). IMC e % de gordura não tiveram modificação. Além de modificar o perfil metabólico, observou-se que o treinamento apresentou correlações significativas entre os valores iniciais individuais de nível de colesterol total (CT), lipoproteína de alta densidade (HDL-C) e lipoproteína de baixa densidade (LDL-C) e suas respostas após exercício. CONCLUSÕES: O estudo mostra que programas de exercício podem ser personalizados para pacientes hipertensos da UBS e confirma a efetividade do exercício na PA, condicionamento físico, flexibilidade e perfil lipídico em pacientes hipertensos. A redução expressiva de PA em sujeitos hipertensos sugere que esta intervenção de exercícios deve ser enfatizada em outros centros que assistam populações de baixa renda. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVE: It has been shown that aerobic exercise is useful to reduce arterial pressure, however, the effectiveness of an exercise program is still controversial and not very well analyzed among populations with low-income. The objective of the present study was to set up an individualized physical fitness program - Projeto Hipertensão - focused on hypertensive people, patients from a Health Basic Unit (HBU) and, after that, to investigate the effects of (mais) this program on physical fitness, metabolic profile and pressure levels. METHODS: Sixteen hypertensive women (56 ± 3yrs) under regular pharmacological treatment underwent 4 months of a supervised aerobic and stretching exercise program (3 sessions/wk, 90 min/session, 60% of VO2 max). Several physical and metabolic variables were compared before and after 4 months of training. RESULTS: Training significantly reduced systolic arterial pressure (SAP, -6%), improved cardiorespiratory fitness (+42% of VO2max), flexibility (+11%) and plasma glucose content (-4%). BMI and % fat did not change. Besides modifying metabolic profile, it was found that training presented significant correlations between individual initial values of cholesterol total level (CT), high density lipoprotein (HDL-C) and low density lipoprotein (LDL-C) and its responses after exercise. CONCLUSIONS: The study shows that exercise programs can be personalized for hypertensive patients from a HBU and confirms the effectiveness of exercise on AP, physical fitness, flexibility and lipid profile on hypertensive patients. The expressive reduction of AP in hypertensive subjects suggests that this exercise intervention should be emphasized on other health centers which assist low-income population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Temperatura e alterações no equilíbrio ácido-base de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea, sob normotermia e hipotermia/ Temperature and acid-base balance in coronary bypass grafting with cardiopulmonary bypass, under hypothermia and normothermia/ Temperatura y alteraciones en el equilibrio ácido-base de pacientes sometidos a cirugía cardíaca con circulación extracorpórea, bajo normotermia e hipotermia

Luz, Hugo Leonardo de Moura; Auler Junior, José Otávio Costa
2002-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A circulação extracorpórea (CEC) associa-se a várias mudanças na fisiologia normal. As múltiplas causas destas alterações interagem e representam um número de rotas potenciais para a disfunção orgânica pós-operatória. O objetivo deste trabalho é investigar as alterações de seus parâmetros indicadores durante a circulação extracorpórea em hipotermia e compará-las àquelas ocorridas em normotermia. MÉTODO: Foram selecionados (mais) 30 pacientes adultos, de ambos os sexos, com idades entre 41 e 78 anos, indicados para revascularização cirúrgica do miocárdio, operados com auxílio de CEC, sob normotermia ou hipotermia. Foram avaliados os seguintes parâmetros: concentração de hemoglobina e dos gases sangüíneos, pH, bicarbonato, excesso de bases, hiato aniônico, íon lactato, parâmetros de oxigenação tecidual e os índices de fluxo e de resistência vascular sistêmica. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos normotermia e hipotermia, em relação ao pH arterial, ao bicarbonato arterial, às concentrações plasmáticas dos íons sódio e cloreto, ao "anion gap", à pressão parcial de gás carbônico e ao conteúdo arterial de oxigênio. Houve efeito de tempo em todas essas variáveis exceto para as variáveis excesso de bases e "anion gap". O excesso de bases e a concentração de potássio mostraram valores inferiores no grupo hipotérmico. O lactato sérico aumentou nos dois grupos do tempo antes para o após a CEC sendo que o grupo hipotermia apresentou valores mais elevados. CONCLUSÕES: Hipotermia leve parece não modificar substancialmente o equilíbrio ácido-base, quando comparado a valores normais de temperatura, durante a CEC. Entretanto, o íon lactato elevou-se significativamente nos pacientes operados sob hipotermia, sugerindo que o transporte de oxigênio para a periferia não foi adequado durante o período de observação proposto. A diminuição da temperatura, embora discreta, parece não ter conferido o grau de proteção celular esperada ao fluxo sangüíneo da CEC. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La circulación extracorpórea (CEC) se asocia a varios cambios en la fisiología normal. Las múltiplas causas de estas alteraciones interaccionan y representan un número de rutas potenciales para la disfunción orgánica pós-operatoria. El objetivo de este trabajo es investigar las alteraciones de sus parámetros indicadores durante a circulación extracorpórea en hipotermia y compararlas a aquellas ocurridas en normotermia. MÉTODO: Fueron (mais) seleccionados 30 pacientes adultos, de ambos sexos, con edades entre 41 y 78 años, indicados para la revascularización quirúrgica del miocárdio, operados con auxilio de CEC, bajo normotermia o hipotermia. Fueron evaluados los siguientes parámetros: concentración de hemoglobina y de los gases sanguíneos, pH, bicarbonato, exceso de bases, hiato aniónico, íon lactato, parámetros de oxigenación tecidual y los índices de flujo y de resistencia vascular sistémica. RESULTADOS: No hubo diferencia estadísticamente significativa entre los grupos normotermia e hipotermia, en relación al pH arterial, al bicarbonato arterial, a las concentraciones plasmáticas de los íons sodio y cloreto, al "anion gap", a la presión parcial de gás carbónico y al contenido arterial de oxígeno. Hubo efecto de tiempo en todas esas variables excepto para las variables exceso de bases y "anion gap". El exceso de bases y la concentración de potasio mostraran valores inferiores en el grupo hipotérmico. El lactato sérico aumentó en los dos grupos del tiempo antes para el después la CEC siendo que el grupo hipotermia presentó valores más elevados. CONCLUSIONES: Hipotermia leve parece no modificar substancialmente el equilibrio ácido-base, cuando comparado a valores normales de temperatura, durante a CEC. Entretanto, el íon lactato se elevó significativamente en los pacientes operados sobre hipotermia, sugiriendo que el transporte de oxígeno para la periferia no fue adecuado durante el período de observación propuesto. La disminución de la temperatura, aun cuando discreta, parece no haber conferido el grado de protección celular esperada al flujo sanguíneo de la CEC. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Cardiopulmonary bypass (CPB) is related to several changes in normal physiology. The multiple causes of these changes interact and are a potential risk for postoperative organic dysfunction. This study aimed at investigating changes in acid-base and metabolic balance during cardiopulmonary bypass with hypothermia and at comparing them to those observed in patients submitted to normothermal cardiopulmonary bypass. METHODS: Participated in this st (mais) udy 30 adult patients of both genders, aged 41 to 78 years, scheduled for coronary bypass grafting with CPB, under normothermia or hypothermia. The following parameters were evaluated: hemoglobin and blood gases concentration, pH, bicarbonate, base excess, anion gap, lactate ion, tissue oxygenation parameters and flow and systemic vascular resistance. RESULTS: There were no statistically significant differences in arterial pH, arterial bicarbonate, Na+ and Cl- plasma concentrations, anion gap, carbon dioxide partial pressure and arterial oxygen content between Normothermia and Hypothermia Groups. A time-effect was observed for all variables except for base excess and anion gap. Base excess and K+ concentration were lower in the hypothermia group. Serum lactate increased in both groups when comparing time before CPB to after CPB, with higher levels in the hypothermia group. CONCLUSIONS: Mild hypothermia does not seem to substantially change acid-base balance as compared to normal temperature during CPB. Plasma lactate, however, has significantly increased in patients under hypothermia, suggesting inadequate oxygen transport to periphery during the proposed observation period. Low temperature, although mild, does not seem to offer the expected degree of cell protection to CPB blood flow.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Prevalência de transtorno depressivo maior em centro de referência no tratamento de hipertensão arterial/ Prevalence of major depressive disorders in a reference center for the treatment of hypertension

Amaral, Geraldo Francisco do; Jardim, Paulo César Brandão Veiga; Brasil, Marco Antonio Alves; Souza, Ana Luiza Lima; Freitas, Helberte Fernandes; Taniguchi, Larissa Mayumi; Melo, Aline Ferreira Bandeira de; Ribeiro, Carolina Nazeozeno
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar a prevalência de transtorno depressivo maior em pacientes hipertensos matriculados em um centro de referência universitário para tratamento de hipertensão arterial e fatores de risco cardiovascular. MÉTODOS: Estudo transversal, descritivo, em amostra aleatória representativa, obtida de forma sistemática, de pacientes em atendimento contínuo na Liga de Hipertensão Arterial da Universidade Federal de Goiás. Aplicou-se o Inventário de Depress� (mais) �o de Beck para rastreamento de sintomas depressivos e a Entrevista Estruturada para o Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais - Transtornos do Eixo I para avaliação diagnóstica de transtorno depressivo maior. Foram constituídos um grupo com pacientes portadores de depressão maior, denominado grupo-estudo, e um grupo com pacientes não-portadores de depressão maior, denominado grupo-controle. Avaliou-se variáveis sociodemográficas, pressão arterial e bioquímica sangüínea no momento da coleta de dados. RESULTADOS: Foram entrevistados 285 pacientes, tendo sido encontrada prevalência de 20% de depressão maior na população investigada. A idade média foi significativamente menor para o grupo-estudo, com predomínio do sexo feminino. A prática de atividade física regular foi também significativamente menor entre os pacientes do grupo-estudo, que também apresentaram valores mais elevados de pressão arterial diastólica e de colesterolemia. CONCLUSÕES: Foi encontrada uma prevalência de transtorno depressivo maior em pacientes hipertensos superior àquela encontrada na população geral. Isso aponta para uma necessidade de maior atenção ao diagnóstico dos transtornos depressivos em pacientes hipertensos em atendimento primário e ambulatorial. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate the prevalence of major depression disorders in hypertensive patients enrolled in a university reference center for treatment of hypertension and other cardiovascular risk factors. METHODS: Cross-sectional, descriptive study of a representative randomized sample of patients, obtained according to a systematic protocol, among individuals enrolled for continuous treatment at the Hypertension League of Universidade Federal de Goiás. The Beck Depres (mais) sion Inventory was administered to detect depressive symptoms, and the Structured Clinical Interview for the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders for diagnostic classification of major depressive disorders. Two groups were formed, one with patients with major depressive disorder, called study group, and another with patients without major depression, called control group. Sociodemographic variables, blood pressure and plasma biochemistry were evaluated at the time of data collection. RESULTS: A total of 285 patients were evaluated and results indicated a 20% prevalence of major depression in the population included in the study. Mean age was significantly lower for the study group, in which female patients were predominant. Regular physical activity was significantly lower among patients in the study group, and higher diastolic blood pressure values as well as cholesterolemia were also found in this group. CONCLUSIONS: These results show a higher prevalence of major depressive disorder among these hypertensive patients, compared with the general population. More attention should be paid to establishing an adequate diagnosis for depressive disorders in hypertensive patients, both in primary care facilities and in outpatient clinics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Embolia amniótica durante parto normal sob analgesia: relato de caso/ Amniotic fluid embolism during vaginal delivery under analgesia: case report/ Embolia amniótica durante parto normal bajo analgesia: relato de caso

Meletti, José Fernando Amaral; Miranda, Reinaldo Vargas Bastos de
2008-08-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A embolia amniótica é rara, sendo quadro clínico de início súbito e elevada morbidade. O objetivo deste trabalho foi apresentar um caso de embolia amniótica em paciente primigesta, submetida à analgesia para parto normal. RELATO DO CASO: Gestante de 38 anos, bolsa rota e 5 cm de dilatação do colo uterino. Apresentava-se com muita dor, agitação, sudorese, taquissistolia e venóclise com Ringer com lactato associado a 5 UI de ocitocina (mais) em gotejamento lento, pressão arterial (PA) de 110 × 70 mmHg, freqüência cardíaca (FC) 115 bpm, em ritmo sinusal e SpO2 de 98%. Optou-se por técnica combinada, empregando-se 2,5 mg de bupivacaína pesada e 20 µg de fentanil no espaço subaracnóideo e cateter no espaço peridural. Após 20 minutos do início da analgesia a paciente referiu prurido súbito e intenso, apresentou agitação, vômito e palidez, FC 160 bpm, taquipnéia, SpO2 80% e PA inaudível. Administrou-se solução fisiológica a 0,9% (500 mL) associada à hidrocortisona, efedrina (50 mg) e oxigênio sob máscara facial com fluxo de 10 L.min-1. Nesse momento, a PA era 60 × 30 mmHg, a FC 150 bpm e a SpO2 92%. Como a PA tendia a diminuir, foi administrado um total de 7 mg de metaraminol, divididos em várias doses. Após o parto vaginal, a paciente foi encaminhada à UTI com PA 90 × 60 mmHg, FC 110 bpm e taquipnéia. Duas horas após apresentou sangramento e hipotensão arterial, sendo diagnosticado coagulação intravascular disseminada (CIVD), tratada com cristalóides, concentrado de hemácias e plasma fresco congelado. Alta da UTI no terceiro dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: Em decorrência da dramaticidade, gravidade e instalação abrupta do quadro, a rapidez e objetividade de medidas para manter sinais vitais são fundamentais e decisivos para a sobrevida das gestantes. Alerta-se para a importância de monitoração durante a analgesia de parto. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La embolia amniótica es rara siendo un cuadro clínico de inicio súbito y de elevada morbidez. El objetivo de este trabajo fue presentar un caso de embolia amniótica en paciente primigesta, sometida a la analgesia para parto normal. RELATO DEL CASO: Embarazada de 38 años, bolsa rota y 5 cm de dilatación del cuello uterino. Se presentó con mucho dolor, agitación, sudoración, taquisistolia y venoclisis con Ringer con lactato asociado a 5 U (mais) I de ocitocina en goteo lento, presión arterial (PA) de 110 × 70 mmHg, frecuencia cardíaca (FC) 115 lpm, en ritmo sinusal y SpO2 de un 98%. Se optó por técnica combinada: empleando 2,5 mg de bupivacaína pesada y 20 µg de fentanil en el espacio subaracnoideo y catéter en el espacio epidural. Después de 20 minutos del inicio de la analgesia la paciente refirió prurito súbito e intenso, presentó agitación, vómito y palidez, FC 160 lpm, taquipnea, SpO2 80% y PA inaudible. Se administró una solución fisiológica a un 0,9% (500 mL) asociada a la hidrocortisona, efedrina (50 mg) y oxígeno bajo máscara facial con flujo de 10 L.min-1. En ese momento la PA era 60 × 30 mmHg, la FC 150 lpm y la SpO2 un 92%. Como la PA tendía a disminuir, se administró un total de 7 mg de metaraminol, divididos en varias dosis. Después del parto vaginal, la paciente se remitió a la UCI con PA 90 × 60 mmHg, FC 110 lpm y taquipnea. Dos horas después presentó sangramiento e hipotensión arterial, siendo diagnosticado coagulación intravascular diseminada (CIVD) y tratada con cristaloides, concentrado de glóbulos rojos y plasma fresco congelado. Alta de la UCI en el 3° PO. CONCLUSIONES: Debido al dramatismo, a la gravedad e instalación abrupta del cuadro, la rapidez y objetividad de las medidas para mantener las señales vitales son fundamentales y decisivas para la sobrevida de las embarazadas. Se avisa sobre la importancia de la monitorización durante la analgesia de parto. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Amniotic fluid embolism is a rare occurrence; it has a sudden onset and high morbidity. The objective of this report was to present a case of amniotic fluid embolism in a primipara undergoing analgesia for vaginal delivery. CASE REPORT: This is a 38-year old pregnant woman with amniotic sac ruptured, cervix with 5-cm dilation, complaining of severe pain; the patient was agitated, diaphoretic, and with tachysystoly. After venipuncture, Ringer's l (mais) actate with 5 IU of oxytocin was infused slowly, blood pressure (BP) 110 × 70 mmHg, heart rate (HR) 115 bpm with sinus rhythm, and SpO2 98%. It was decided to use a combined technique: 2.5 mg of heavy bupivacaine and 20 µg of fentanyl were administered in the subarachnoid space and a catheter was inserted into the epidural space. Twenty minutes after the institution of analgesia, the patient complained of sudden onset of severe pruritus, she was agitated, with nausea and vomiting, pale, HR 160 bpm, tachypneic, SpO2 80%, and BP could not be detected. Normal saline (500 mL) associated with hydrocortisone, ephedrine (50 mg), and oxygen with a face mask at 10 L.min-1 were administered. At that moment, she presented BP 60 × 30 mmHg, HR 150 bpm, and SpO2 92%. Since BP tended to decrease, a total of 7 mg of metaraminol were administered divided in several doses. After vaginal delivery, the patient was transferred to the ICU with BP 90 × 60 mmHg, HR 110, and tachypnea. Two hours later, she developed bleeding and hypotension; disseminated intravascular coagulation (DIC) was diagnosed and the patient treated with crystalloid solutions, packed red blood cells and fresh frozen plasma. She was discharged from the ICU in the 3rd postoperative day (PO). CONCLUSIONS: Due to the dramatic presentation, severity, and fast installation of the symptoms, the speed and objectivity of the measures instituted to maintain vital signs are fundamental and decisive for survival of pregnant patients. We alert for the importance of monitoring during labor analgesia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Síntese e caracterização de mulita utilizando sílica obtida da casca de arroz/ Synthesis and characterization of mullite using silica from rice husk

Gonçalves, Gislayne Elisana; Sabioni, Antônio Claret Soares; Ferraz, Wilmar Barbosa; Costa, Geraldo Magela da; Brito, Walter de; Dias, José Alves; Garcia, Fillipe Augusto da Costa
2009-09-01

Resumo em português Mulita com composição 1,4 Al2O3.SiO2 foi sintetizada a partir de α-alumina comercial (Alfa Cesar Company) e de sílica obtida da calcinação da casca de arroz. Essa sílica possui alta área superficial, alta pureza e pequeno diâmetro médio de partícula. Pós de sílica e de alumina foram misturados na proporção estequiométrica 3Al2O3-2SiO2 correspondente a 71,8 % em peso de Al2O3 e 26,2 % em peso de SiO2, homogeneizados em moinho de disco orbital de alumina (mais) antes e após a calcinação a 1100ºC, durante 4 h, ao ar. Em seguida, os pós foram prensados uniaxialmente sob uma pressão de 1200 MPa. Os corpos verdes foram sinterizados a 1650ºC, por 4 h, ao ar. As densidades dos corpos sinterizados foram determinadas pelo método hidrostático. As caracterizações química e estrutural foram realizadas por ICP, DRX e MAS RMN de 29Si, respectivamente, e a análise microestrutural por MEV. Os resultados obtidos mostram que é possível sintetizar cerâmica mulita de alta pureza, com pouca fase vítrea, a partir da α-alumina e sílica, obtida da casca de arroz purificada e calcinada. Resumo em inglês Mullite, composed of 1,4Al2O3.SiO2 was synthesized using commercial α-alumina (Alpha Cesar Company) and silica obtained from the calcinations of rice husk. This silica exhibits a high specific surface area, high purity and small average particle diameter. Silica (26.2 wt.%) and α-alumina powders (71.8 wt. %) were mixed and homogenized using an alumina orbital disc mill before and after the calcinations at 1100ºC for 4 h in an air atmosphere. Then, the powders w (mais) ere pressed uniaxially at a pressure of 1200 MPa. The green compacts were sintered at 1650ºC, for 4 h, in air. The density of compacted sintering samples was determined using the hydrostatic method. The chemical and structural properties were observed using ICP (Inductively Coupled Plasma), XRD (X-ray diffraction) and 29Si MAS (Magic Angle Spinning) NMR (Nuclear Magnetic Resonance) and the microstructural characterization performed using SEM (Scanning Electron Micrography). The results show that it is possible to synthesize mullite ceramic of high-purity and with little glassy phase from the α-alumina and silica obtained from the rice husk that is purified and calcinated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Pressão arterial e concentração plasmática do peptídeo atrial natriurético e do peptídeo natriurético tipo B, em gestações complicadas pela pré-eclâmpsia/ Influence of atrial natriuretic peptide and type B natriuretic peptide plasma levels on arterial pressure in pregnancies complicated by preeclampsia

Reis, Zilma Silveira Nogueira; Cabral, Antônio Carlos Vieira; Barra, Juliana Silva; Leite, Henrique Vitor; Demian, Alim Alves; Reis, Adelina Martha dos
2003-07-01

Resumo em português OBJETIVO: o estudo busca determinar a existência de associação entre a elevação da pressão arterial e os níveis plasmáticos dos peptídeos natriuréticos ANP e BNP, na gestação complicada pela pré-eclâmpsia. MÉTODOS: em estudo transversal caso-controle, pareado por idade gestacional, 25 grávidas normotensas e 61 portadoras de pré-eclâmpsia foram avaliadas quanto ao nível da pressão arterial e às concentrações plasmáticas dos peptídeos natriuréticos (mais) ANP e BNP. Exames clínico e laboratoriais foram realizados para o diagnóstico de pré-eclâmpsia, sendo a pressão arterial medida de forma não invasiva. As dosagens hormonais foram obtidas por radioimunoensaio, após extração em colunas Sep-pak C18. Os valores médios das concentrações plasmáticas do ANP e BNP foram comparados entre grupos com pressão arterial progressivamente maiores. A correlação entre os valores da pressão arterial e os níveis plasmáticos do ANP e BNP no sangue materno foi também investigada pela de análise de regressão no grupo completo de gestantes e em grupos específicos excluindo-se a hipertensão anterior à gestação e, em seguida, excluindo-se aquelas sem hipertensão prévia. RESULTADOS: os valores plasmáticos de ANP foram 41.5±7.3, 78.4±13.1 e 89.2±13.4 pg/mL (p Resumo em inglês PURPOSE: to determine the existence of association between blood pressure rise and plasma ANP and BNP levels in pregnancies complicated by preeclampsia, considering the existence of a hypertensive state before pregnancy and supportive drug influence on these hormones. METHODS: in a case-control transversal study, 86 pregnant women were assessed regarding arterial pressure level and plasma ANP and BNP levels. Clinical and laboratory tests were carried out to diagnose preec (mais) lampsia and the use of hypotensive drugs and magnesium sulfate was considered. Hormone determinations were obtained through radioimmunoassay, after extraction in C18 Sep-pak columns. Correlation was investigated by means and regression analysis in the whole group of pregnant women and in specific groups, considering prior hypertension. RESULTS: plasma ANP values were 41.5±7.3, 78.4±13.1 and 89.2±13.4pg/mL (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Efeitos hemodinâmicos e metabólicos imediatos determinados pelas soluções de cloreto de sódio a 7,5% e de sua associação ao dextran 70 a 6% na reanimação do choque hemorrágico: estudo experimental em cães/ Immediate hemodynamic and metabolic effects of 7.5% sodium chloride and its association with 6% dextran 70 in hemorragic shock resuscitation: an experimental study in dogs/ Efectos hemodinámicos y metabólicos inmediatos determinados por las soluciones de cloruro de sodio a 7,5% y de su asociación con dextran 70 a 6% en la reanimación del choque hemorrágico: estudio experimental en perros

Meletti, José Fernando Amaral; Braz, José Reinaldo Cerqueira; Módolo, Norma Sueli Pinheiro
2006-10-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O dextran associado à solução hipertônica de cloreto sódio a 7,5% apresenta efeitos hemodinâmicos benéficos no controle prolongado da reanimação no choque hemorrágico. O objetivo deste estudo foi verificar se a associação do dextran à solução de cloreto de sódio a 7,5% apresentaria vantagens na avaliação imediata dos parâmetros hemodinâmicos e metabólicos na reanimação em modelo de choque hemorrágico controlado em cães. (mais) MÉTODO: Foram estudados 16 cães submetidos à hemorragia controlada até que a pressão arterial média atingisse 40 mmHg e permanecesse assim por até 30 minutos. Estes foram divididos em G1, com administração de NaCI a 7,5%, e G2, com administração NaCI a 7,5% combinada com dextran 70 a 6%, no volume de 4 mL.kg-1, durante três minutos. Foram avaliados os parâmetros hemodinâmicos e metabólicos. Consideraram-se quatro momentos: M1 - 10 minutos após o preparo cirúrgico, M2 - obtido na metade da fase de choque, M3 - obtido dois minutos após o final da administração das soluções, M4 - 30 minutos após o início da reanimação. RESULTADOS: Após a reanimação, não houve diferença significativa dos valores da FC, PAM, PCP e IRVS. O G2 apresentou valores maiores do IC em M4. Os valores da SvO2 foram menores no G1, final do experimento. A C(a-v)O2 foi maior no G1 nos momentos M3 e M4. Os valores do VO2 aumentaram nos dois grupos em M4 e os valores do lactato plasmático aumentaram progressivamente até M3 e diminuíram em M4. Houve aumento dos valores do Na plasmático e redução do hematócrito nos dois grupos. CONCLUSÕES: O G2 mostrou melhor desempenho hemodinâmico principalmente após 30 minutos do início da reanimação. Observou-se, também, maior expansão plasmática e melhor perfusão tecidual na associação do dextran ao NaCl a 7,5%. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El dextran, asociado a la solución hipertónica de cloruro sodio a 7,5% presenta efectos hemodinámicos benéficos en el control prolongado de la reanimación en el choque hemorrágico. El objetivo de este estudio fue verificar si la asociación del dextran a la solución de cloruro de sodio a 7,5% presentaría ventajas en la evaluación inmediata de los parámetros hemodinámicos y metabólicos en reanimación de modelo de choque hemorrágico (mais) controlado en perros. MÉTODO: Se estudiaron 16 perros sometidos a la hemorragia controlada hasta que la presión arterial promedio alcanzase 40 mmHg y permaneciese así hasta 30 minutos. Ellos fueron divididos en G1 administración de NaCI a 7,5% y G2 administración NaCI a 7,5% combinada con dextran 70 a 6%, en un volumen de 4 mL.kg-1, durante tres minutos. Se evaluaron los parámetros hemodinámicos y metabólicos. Se tuvo en cuenta cuatro momentos de estudio: (M1) 10 minutos después de la preparación quirúrgica, (M2) obtenido en la mitad de la fase de choque, (M3) obtenido dos minutos después del final de la administración de las soluciones, (M4) 30 minutos después del inicio de la reanimación. RESULTADOS: Después de la reanimación, no hubo diferencia significativa de los valores de la FC, PAM, PCP y IRVS. El G2 presentó valores mayores del IC en M4. Los valores de la SvO2 fueron menores en el G1, final del experimento. La C(a-v)O2 fue mayor en el G1 en los momentos M3 y M4. Los valores del VO2 aumentaron en los dos grupos en M4 y los valores del lactato plasmático aumentaron progresivamente hasta llegar a M3 disminuyendo en M4. Hubo un aumento de los valores del en la plasmático y una reducción del hematócrito en los dos grupos. CONCLUSIONES: El G2 mostró un mejor desempeño hemodinámico principalmente después de 30 minutos del inicio de la reanimación. Se observó también, una mayor expansión plasmática y una mejor perfusión de tejido en la asociación del dextran con NaCl a 7,5%. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Dextran associated with 7.5% sodium chloride has positive hemodynamic effects in the long term control of hemorrhagic shock. The objective of this study was to verify whether the association of dextran with 7.5% chloride solution would be advantageous in the immediate hemodynamic evaluation of controlled hemorrhagic shock in dogs. METHODS: This study included 16 dogs submitted to controlled hemorrhage until their mean arterial blood pressure rea (mais) ched 40 mmHg, being maintained at this level for 30 minutes. They were divided in two groups: G1 received 7.5% NaCl and G2 received 7.5% NaCl in 6% dextran 70; in both groups, 4 mL.kg-1 of the solutions were administered for three minutes. Hemodynamic and metabolic parameters were evaluated in four different phases: M1 - 10 minutes after preparation for surgery, M2 - obtained in the middle of the shock phase. M3 - two minutes after the administration of the IV solutions, M4 - 30 minutes after the beginning of the resuscitation. RESULTS: After the resuscitation, there were no significant differences in HR, MAP, PCP, and SVRI. G2 presented the highest CI values in M4. G1 showed the smaller SvO2 values at the end of the experiment; and the C(a-v)O2 was higher in M3 and M4. For both groups, VO2 values increased in M4, and lactate plasma values increased progressively until M3, decreasing in M4. Both groups also presented increased Na plasma values and decreased hematocrit. CONCLUSIONS: G2 showed the best hemodynamic performance, especially 30 minutes after the beginning of resuscitation. Plasma expansion and tissue perfusion were also better with 7.5% NaCl in dextran.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Avaliação nutricional e prevalência de doenças crônicas não transmissíveis em idosos pertencentes a um programa assistencial/ Nutritional evaluation and prevalence of not transmissible chronic disease in elderly participating in an assistance program

Bueno, Júlia Macedo; Martino, Hercia Stampini Duarte; Fernandes, Maria Fernada Scareli; Costa, Luciana Silva; Silva, Roberta Ribeiro
2008-08-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o estado nutricional e a prevalência de doenças crônicas não transmissíveis em idosos que participavam de um programa assistencial da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), Alfenas, MG, Brasil. Foram coletadas variáveis socioeconômicas, antropométricas, bioquímicas e pressão arterial sistêmica de 82 indivíduos de 60 a 87 anos, sendo 90,2% do sexo feminino. Encontrou-se 52,4% de sobrepeso, 28,0% de eutrofia e 19,5% de baixo peso pelo (mais) IMC e 37,8% apresentaram percentual de gordura corpórea (%GC) elevada. Relacionando-se Índice de Massa Corpórea (IMC) com %GC, 63,4% dos idosos com sobrepeso, 12,5% dos eutróficos e 11,8% dos com baixo peso apresentavam %GC elevado. A razão da circunferência da cintura e do quadril (RCQ) revelou 40,2% em risco alto e 12,2% em risco muito alto para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Quanto à pressão arterial, 22,0% eram hipertensos. Em relação aos exames bioquímicos, observou-se que 39,3%, 39,3% e 3,3% dos idosos apresentavam valores plasmáticos elevados de colesterol, triglicerídeos e glicose, respectivamente. Programas de educação nutricional continuada e de monitoramento do estado nutricional e de saúde são necessários para melhoria da qualidade de vida destes indivíduos estudados. Resumo em inglês The purpose of this study was to evaluate the nutritional state and the prevalence of not transmissible chronic disease in elderly, who were participating in an assistance program of the Federal University of Alfenas (UNIFAL-MG), Alfenas, Minas Gerais, Brazil. Socio-economical, anthropometric and biochemical variables, as well as systemic blood pressure were collected from 82 individuals between 60 and 87 years of age, 90,2 % of them female. According to the body mass ind (mais) ex (BMI) 52,4% of the studied sample were overweight, 28,0% eutrophic and 19,5% underweight; 37,8% presented high body fat percentage (BF%). With regard to the relation BMI/BF%, 63,4% of the elderly with overweight, 12,5% of the eutrophic and 11,8% of the underweight presented high BF%. The waist-to-hip ratio revealed 40,2% at high risk and 12,2% at very high risk of developing cardiovascular disease. In addition, 22,0% had high blood pressure. The biochemical tests revealed that 39,3%, 39,3% and 3,3% presented higher plasma cholesterol, triglyceride and glucose levels respectively. There is a need for continuous nutritional education programs and monitoring of the nutritional and health status for improving the quality of life of the studied individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Avaliação nutricional e prevalência de doenças crônicas não transmissíveis em idosos pertencentes a um programa assistencial/ Nutritional evaluation and prevalence of not transmissible chronic disease in elderly participating in an assistance program

Bueno, Júlia Macedo; Martino, Hercia Stampini Duarte; Fernandes, Maria Fernada Scareli; Costa, Luciana Silva; Silva, Roberta Ribeiro
2008-08-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o estado nutricional e a prevalência de doenças crônicas não transmissíveis em idosos que participavam de um programa assistencial da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), Alfenas, MG, Brasil. Foram coletadas variáveis socioeconômicas, antropométricas, bioquímicas e pressão arterial sistêmica de 82 indivíduos de 60 a 87 anos, sendo 90,2% do sexo feminino. Encontrou-se 52,4% de sobrepeso, 28,0% de eutrofia e 19,5% de baixo peso pelo (mais) IMC e 37,8% apresentaram percentual de gordura corpórea (%GC) elevada. Relacionando-se Índice de Massa Corpórea (IMC) com %GC, 63,4% dos idosos com sobrepeso, 12,5% dos eutróficos e 11,8% dos com baixo peso apresentavam %GC elevado. A razão da circunferência da cintura e do quadril (RCQ) revelou 40,2% em risco alto e 12,2% em risco muito alto para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Quanto à pressão arterial, 22,0% eram hipertensos. Em relação aos exames bioquímicos, observou-se que 39,3%, 39,3% e 3,3% dos idosos apresentavam valores plasmáticos elevados de colesterol, triglicerídeos e glicose, respectivamente. Programas de educação nutricional continuada e de monitoramento do estado nutricional e de saúde são necessários para melhoria da qualidade de vida destes indivíduos estudados. Resumo em inglês The purpose of this study was to evaluate the nutritional state and the prevalence of not transmissible chronic disease in elderly, who were participating in an assistance program of the Federal University of Alfenas (UNIFAL-MG), Alfenas, Minas Gerais, Brazil. Socio-economical, anthropometric and biochemical variables, as well as systemic blood pressure were collected from 82 individuals between 60 and 87 years of age, 90,2 % of them female. According to the body mass ind (mais) ex (BMI) 52,4% of the studied sample were overweight, 28,0% eutrophic and 19,5% underweight; 37,8% presented high body fat percentage (BF%). With regard to the relation BMI/BF%, 63,4% of the elderly with overweight, 12,5% of the eutrophic and 11,8% of the underweight presented high BF%. The waist-to-hip ratio revealed 40,2% at high risk and 12,2% at very high risk of developing cardiovascular disease. In addition, 22,0% had high blood pressure. The biochemical tests revealed that 39,3%, 39,3% and 3,3% presented higher plasma cholesterol, triglyceride and glucose levels respectively. There is a need for continuous nutritional education programs and monitoring of the nutritional and health status for improving the quality of life of the studied individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Alterações fisiológicas e metabólicas em indivíduo com distrofia muscular de Duchenne durante tratamento fisioterapêutico: um estudo de caso/ Physiological and metabolic alterations in Duchenne's muscular dystrophy patient during a physiotherapeutic treatment: a case study

Gevaerd, Monique da Silva; Domenech, Susana Cristina; Borges Júnior, Noé Gomes; Higa, Daniela Fernanda; Lima-Silva, Adriano Eduardo
2010-03-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) caracteriza-se por uma perda progressiva da força muscular. O tratamento fisioterapêutico tem fundamental importância na manutenção da qualidade de vida desses pacientes. Contudo, existe grande dificuldade em graduar o grau de cansaço e o limite de exigência da musculatura durante o tratamento. Adicionalmente, não existe na literatura descrição sobre alterações fisiológicas e metabólicas durante uma ativid (mais) ade de esforço nessa população específica. OBJETIVOS: O presente trabalho teve como objetivos avaliar as alterações fisiológicas e metabólicas em indivíduo com DMD durante um programa de fisioterapia, relacionando-as com a percepção subjetiva de esforço (PSE). METODOLOGIA: Este estudo foi realizado na Clínica de Prevenção e Reabilitação Física da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). O sujeito do estudo foi um paciente com DMD (sexo masculino, 17 anos). Foram coletados dados de concentrações plasmáticas de lactato e glicose, frequência cardíaca e frequência respiratória, pressão arterial e percepção de esforço segundo a escala de PSE CR10 de Borg. Os dados foram coletados aos 0, 15, 30 e 45 minutos de atendimento fisioterapêutico. A sessão de fisioterapia foi dividida em 3 etapas com atividade de intensidade e exigência muscular crescentes. Foram realizados 6 atendimentos. RESULTADOS: Os resultados demonstraram PSE crescente durante a sessão de fisioterapia. Foi verificada uma relação linear entre as variáveis metabólicas e a PSE. Já as variáveis fisiológicas não demonstraram relação proporcional com a PSE. CONCLUSÃO: Sugere-se que a PSE é uma forma simples de monitoramento do cansaço de pacientes com DMD, durante o tratamento fisioterapêutico. Resumo em inglês INTRODUCTION: Duchenne muscular dystrophy (DMD) is the most common and severe childhood muscular dystrophy, resulting in progressive muscle weakness. Physiotherapeutic treatment is essential to enhance the patient's quality of life. However, it is difficult to graduate the fatigue of the patient during treatment. Also, there is no description about physiological and metabolic changes during an activity of effort in DMD patients. OBJETIVES: The purpose of the present study (mais) was to evaluate the physiological and metabolic changes in DMD patient during a physiotherapeutic treatment, relating them to the ratings of perceived exertion (PSE). METHODS: The study subject was a patient with DMD (male, 17 years). Were collected data on plasma concentrations of glucose and lactate, heart rate, respiratory rate, blood pressure and ratings of perceived exertion using Borg's CR10 scale. Data were collected to: 0, 15, 30 and 45 minutes of physiotherapeutic treatment. The session of physiotherapy was divided into 3 steps with increasing intensity of activity and muscular demand. RESULTS: The results showed a growing PSE during the physiotherapeutic treatment. It was found a proportional relationship between the PSE and metabolic variables. The physiological variables showed no proportional relationship with the PSE. CONCLUSION: Finally, it is suggested that the PSE is a simple way of monitoring the patient's fatigue with DMD, during physiotherapeutic treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Exercício resistido vs jogging em fatores de risco metabólicos de mulheres com sobrepeso/obesas/ Circuit weight training vs jogging in metabolic risk factors of overweight/obese women/ Ejercicio resistido versus jogging en factores de riesgo metabólicos de mujeres con sobrepeso/obesas

Fett, Carlos Alexandre; Fett, Waléria Christiane Rezende; Marchini, Julio Sérgio
2009-11-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Exercícios resistidos e aeróbicos são recomendados para reduzir o peso e melhorar a saúde, mas ainda não foi definido qual dos dois tipos é o melhor. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi comparar o exercício resistido e jogging (JOGG) na doença cardiovascular múltipla (DCV), nos fatores de risco metabólicos e aptidão física de mulheres obesas ou com sobrepeso [composição corporal, perfil lipídico, acido úrico, glicose, equivalente metab� (mais) �lico (MET), frequência cardíaca, pressão arterial, flexibilidade, gasto de energia em repouso (GER) e balanço de nitrogênio (BN)]. MÉTODOS: Cinquenta mulheres foram aleatoriamente divididas em dois grupos, mas apenas 26 terminaram o estudo: exercício resistido (ER) (n=14; 36±12 anos; índice de massa corporal, IMC=32±7 kg/m²) e JOGG (n=12; 37±9 anos; IMC=29±2). O primeiro mês de treinamento consistiu em 60 min x 03 dias/semana e o segundo mês de treinamento consistiu em 04 dias/semana para ambos os protocolos, mais reeducação alimentar. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentaram diminuição da massa corporal total, IMC, acido úrico plasmático e aumento do MET (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Ejercicios resistidos y aeróbicos se recomiendan para reducir el peso y mejorar la salud, pero todavía no se definió cuál de los dos tipos es el mejor. OBJETIVO: El objetivo del presente estudio fue comparar el ejercicio resistido y el jogging (JOGG) en la enfermedad cardiovascular múltiple (ECV), en los factores de riesgo metabólicos y la aptitud física de mujeres obesas o con sobrepeso [composición corporal, perfil lipídico, ácido úrico, glucosa, (mais) equivalente metabólico (MET), frecuencia cardiaca, presión arterial, flexibilidad, gasto de energía en reposo (GER) y balance de nitrógeno (BN)]. MÉTODOS: Cincuenta mujeres se dividieron en dos grupos, de modo aleatorio, pero solamente 26 terminaron el estudio: ejercicio resistido (ER) (n=14; 36±12 anos; índice de masa corporal, IMC=32±7 kg/m²) y JOGG (n=12; 37±9 años; IMC=29±2). El primer mes de entrenamiento consistió en 60 min x 03 días/semana y el segundo mes de entrenamiento consistió en 04 días/semana para ambos protocolos, pero reeducación alimentaria. RESULTADOS: Ambos grupos presentaron disminución de la masa corporal total, IMC, ácido úrico plasmático y aumento del MET (p Resumo em inglês BACKGROUND: Resisted and aerobic exercises are recommended to reduce weight and improve health, but which exercise modality offers the best results is still unclear. OBJECTIVE: The aims of this study were to compare circuit weight training (CWT) with jogging (JOGG) on multiple cardiovascular disease (CVD), metabolic risk factors and fitness of overweight and obese women (body composition, lipid profile, uric acid, glucose, metabolic equivalent (MET), heart rate, blood pre (mais) ssure, flexibility, resting energy expenditure (REE) and nitrogen balance (NB)). METHODS: Fifty women were randomly divided in two groups, but only 26 finished it: CWT (n=14; 36±12 years old; body mass index, BMI=32±7 kg/m²) and JOGG (n=12; 37±9; BMI=29±2). The first month of training consisted of 60 min x 03 days/week and the second month of training consisted of 04 days/week for both protocols and a dietary reeducation. RESULTS: Both groups reduced total body mass, fat body mass, BMI, plasma uric acid and increase in MET (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Influência da distribuição da gordura corporal sobre a prevalência de hipertensão arterial e outros fatores de risco cardiovascular em indivíduos obesos/ Influence of body fat distribution on the prevalence of arterial hypertension and other cardiovascular risk factors in obese patients

Carneiro, Gláucia; Faria, Alessandra N.; Ribeiro Filho, Fernando F.; Guimarães, Adriana; Lerário, Daniel; Ferreira, Sandra R.G.; Zanella, Maria Teresa
2003-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Indivíduos obesos são mais predispostos à ocorrência de eventos cardiovasculares que indivíduos com peso normal. Para se avaliar o impacto da obesidade e da distribuição de gordura corporal sobre o risco cardiovascular, avaliamos uma população de indivíduos com sobrepeso ou obesidade. MÉTODOS: Foram feitas medidas do índice de massa corporal (IMC), da relação entre as medidas da cintura e do quadril (RCQ), da pressão arterial sistólica (PAS) e d (mais) iastólica (PAD) e dos níveis da glicemia de jejum, colesterol total e triglicérides. RESULTADOS: Altas prevalências de intolerância à glicose ou diabetes (21,8%), hipercolesterolenemia (49,1%), hipertrigliceridemia (21,3%) e hipertensão arterial (43,8%) foram observadas nesta população. A prevalência de hipertensão aumentou de 23% no grupo com sobrepeso (IMC 25-29,9 kg/m²) para 67,1% (p 40kg/m²). Também a prevalência de hipertensão aumentou de 35,7% naqueles com RCQ entre 0,73 e 0,88 para 66,6% naqueles com RCQ >0,97 (p 40kg/m² (p Resumo em inglês INTRODUCTION: Obese people are at higher cardiovascular risk than people with normal body weight. The objective of this study was to establish the relationship between obesity, body fat distribution and cardiovascular risk factors. METHODS: Body mass index (BMI), waist-hip ratio (WHR) systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP), plasma cholesterol, triglycerides and glucose levels were determined in a population of 499 overweight and obese patients (432F/67M; age 39 (mais) ±12.9y). RESULTS: High prevalence of abnormal glucose tolerance or diabetes (21.8%), hypercholesterolenemia (49.1%), hypertri glyceridemia (21.3%) and hypertension (43.8%) were found in this population. The prevalence of hypertension increased from 23% in patients with BMI 25-29.9 kg/m² to 67.1% (p 40kg/m² and also from 35.7% in patients with WHR between 0.73 and 0.88 to 66.6% in those with WHR >0.97 (p 40kg/m², (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Relação das pressões atriais com o peptídio natriurético atrial e seus efeitos na diurese e natriurese durante operação cardíaca com circulação extracorpórea

FRANÇOIS, Lísia Maria Galant; KALIL, Renato A.K.; PEREIRA, João Batista; SANT'ANNA, João R.M.; NESRALLA, Ivo A.
2002-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar as variações do peptídio natriurético atrial (PNA) introduzidas pela circulação extracorpórea (CEC) durante operação cardíaca e testar a hipótese de que existe correlação entre os níveis plasmáticos de PNA, pressão atrial direita (PAD) pressão atrial esquerda (PAE), diurese e natriurese. MÉTODO: Estudo de coorte de 15 pacientes submetidos a revascularização do miocárdio com CEC. Os intervalos de tempo de observação foram: t0 = 10 m (mais) inutos antes da CEC (valor controle); t1 = 10 minutos depois de fluxo total em CEC; t2 30 minutos em fluxo total em CEC; t3 = fase final da CEC em temperatura nasofaringeana de 36° C; e t4 = 30 minutos após o término da CEC. RESULTADOS: Os valores do PNA, PAE e PAD variaram significativamente (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To study the variations of the atrial natriuretic peptide (ANP) introduced by extracorporeal circulation (ECC) during cardiac surgery, and to test the hypothesis that there is a correlation between the ANP plasma levels, right atrial pressure (RAP), left atrial pressure (LAP), diuresis and natriuresis. METHOD: Study of a cohort of 15 patients submitted to myocardial revascularization using ECC. The intervals of the observation times were: t0= 10 minutes before (mais) ECC (control value); t1= 10 minutes after total flow in ECC; t2=30 minutes into total flow in ECC; t3= end stage of ECC at a nasopharingeal temperature of 36º C; and t4= 30 minutes after ECC has ended. RESULTS: The ANP, LAP and RAP values varied significantly (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Efeitos da suplementação de potássio via sal de cozinha sobre a pressão arterial e a resistência à insulina em pacientes obesos hipertensos em uso de diuréticos/ Effects of potassium supplementation by salt on arterial blood pressure and insulin resistance in hypertensive obese patients on diuretic therapy

Pereira, Maria Alice de Gouveia; Galvão, Roberto; Zanella, Maria Teresa
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação de potássio, por intermédio do sal de cozinha contendo cloreto de potássio, associada à dieta hipocalórica e à atividade física aeróbica, sobre a pressão arterial e índices de resistência à insulina em pacientes hipertensos com obesidade abdominal. MÉTODOS: Estudo prospectivo duplo-cego, randomizado, em 22 pacientes hipertensos com excesso de peso (índice de massa corporal >27kg/m²) e controle insatisfatório (mais) da pressão arterial durante o uso de diuréticos pressão arterial sistólica >140 e 90 e Resumo em inglês OBJECTIVE: The objectives of the present study were to evaluate the effects of oral potassium supplementation, associated with a hypocaloric diet and aerobic exercises, on plasma potassium levels, blood pressure and insulin resistance, in centrally obese, not well controlled hypertensive patients on diuretic therapy; waist to hip ratio >0.85 in women, and >0.95 in men; systolic blood pressure >140mmHg and 90mmHg and (mais) ODS: This was a prospective double-blind randomized study including 22 patients divided in 2 groups: sodium chloride n=10, and potassium chloride n=12. For 12 weeks, each group received cooking salt containing, either 100% sodium chloride, or 50% sodium chloride and 50% potassium chloride. All patients were submitted to a hypocaloric diet and advised to increase their physical activity; a 40-minute walk three times a week. Before and after the study period, all patients were submitted to determinations of body mass index, body composition, waist circumference, sodium and potassium urinary excretions, sodium and potassium serum levels, 24h ambulatory blood pressure monitoring, oral glucose tolerance test with serum insulin measurements at fasting and 120 minutes after glucose load, and serum lipid profile. RESULTS: In both groups, no changes were observed in serum sodium and potassium levels, in blood glucose and insulin levels, insulin resistance indexes and serum lipid profile. The body mass index decreased similarly in both groups; 3.5±2.0% in sodium Chloride, and 2.7±3.2% in Potassium Chloride, as well as 24 h systolic ambulatory blood pressure monitoring mean; from 134.7 ±14.8 to 130.2±12.6mmHg (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Correlação da medida de espessura intra-abdominal medida pela ultra-sonografia com os fatores de risco cardiovascular

Leite, Claudia C.; Matsuda, Daniella; Wajchenberg, Bernardo L.; Cerri, Giovanni G.; Halpern, Alfredo
2000-02-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi determinar se a Gordura intra Abdominal medida pela Ultra-Sonografia (GAUS) em homens e mulheres tem associação com os fatores de risco cardiovascular, comparar essa medida com a circunferência abdominal e diâmetro sagital para precisar qual destes métodos é o melhor preditor de risco cardiovascular (CV), e tentar encontrar um ponto de corte para GAUS que possa definir maior risco de doença CV. Cento e noventa e um homens sadios e 231 mulhe (mais) res sadias foram submetidas à medidas antropométricas, medidas de pressão arterial sistêmica e dosagens laboratoriais para colesterol, HDL, triglicerídeos e glicemia. A ultra-sonografia intra-abdominal foi realizada para medir espessura visceral. A amostra foi dividida em três grupos de acordo com a presença dos seguintes fatores de risco cardiovascular: 1) grupo de moderado risco - presença de dois ou mais dos fatores: col > 200mg/dL, HDL-colesterol 200mg/dL, Glic > 126mg/dL, PAs > 140mmHg, PAd > 90mmHg; 2) grupo de alto risco com dois ou mais dos fatores: total col > 240mg/dL, HDL-colesterol 200mg/dL +HDL 126mg/dL, PAs > 140mmHg, PAd > 90mmHg; 3) grupo sem risco: com um ou nenhum dos fatores de risco presentes. Os resultados mostraram que a GAUS tem associação com todos os fatores de risco cardiovascular e tem melhor especificidade e acurácia que a circunferência abdominal e o diâmetro sagital. O valor de 7cm para ambos os sexos foi o ponto de corte para GAUS para predizer risco moderado; 8 e 9cm foram os pontos de cortes obtidos para GAUS para predizer alto risco CV em homens e mulheres, respectivamente. A GAUS é um método útil de determinar espessura visceral e parece ser capaz de predizer risco cardiovascular. Resumo em inglês The objective of our study was to determine if Intra Abdominal Thickness measured by Ultrasonography (IATU) has correlation with cardiovascular risk factors, and if it is a better predictor of cardiovascular risk than waist circumference and sagittal diameter. Finally we tried to find a cut off point for abdominal thickness measured by Ultrasonography to predict cardiovascular disease (CVD). One hundred ninety one healthy men and 231 healthy women were submitted to anthro (mais) pometric evaluation and blood pressure measure. Blood samples were drawn for total plasma cholesterol, HDL, triglyceride and glucose determination. Intra-abdominal Ultrasonography was performed to measure abdominal thickness. The population was divided in three groups according to the presence of CVD risk factors: 1) moderately risk group (MR) with two or more of the following: total chol > 200mg/dL, HDL-cholesterol 200mg/dL, Glu > 126mg/DI, SBP > 140mmHg, DBP > 90mmHg; 2) high risk group (HR) with two or more of the indicated: total chol > 240mg/dl, HDL-cholesterol 200mg/dl + HDL-cholesterol 126mg/dl, SBP > 140mmHg, DBP > 90mmHg; 3) no risk group (NR) - with only one or none of the risk factors indicated in the moderate and high group. The results showed that IATU has association with all cardiovascular risk factors and has better specificity and accurately for CVD risk than waist circumference and sagittal diameter. The values of 7cm for both sexes was the cut off lengths obtained by IATU to predict moderate CV risk; 8 and 9cm were the cut off length obtained by IATU to predict high CV risk for men and for women respectively. The IATU is a useful way to determine visceral fat and seems to be predictive of cardiovascular risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Corticoide sistêmico como tratamento de primeira linha da hipertensão pulmonar secundária a síndrome POEMS/ Systemic corticosteroids as first-line treatment in pulmonary hypertension associated with POEMS syndrome

Rached, Samia; Athanazio, Rodrigo Abensur; Dias Júnior, Sérvulo Azevedo; Jardim, Carlos; Souza, Rogério
2009-08-01

Resumo em português A síndrome POEMS é uma rara doença de plasmócitos. A ocorrência de hipertensão pulmonar como complicação respiratória da síndrome é pouco frequente e pode estar ligada ao aumento de várias citocinas, quimiocinas e fatores de crescimento como parte dos fenômenos inflamatórios que cercam a fisiopatologia da síndrome POEMS. Descrevemos o caso de uma mulher de 54 anos com síndrome POEMS e hipertensão pulmonar, que foi tratada com corticoide como terapia de pr (mais) imeira linha. Tratava-se de uma paciente com clássicos sintomas dessa síndrome: polineuropatia (confirmada por eletroneuromiografia), organomegalia, hipotireoidismo subclínico, gamopatia monoclonal em dosagem urinária e alterações cutâneas. A cateterização cardíaca direita revelou pressão arterial pulmonar média de 48 mmHg, débito cardíaco de 4,1 L/min e resistência vascular pulmonar de 8,05 Woods. O nível sérico de brain natriuretic peptide (BNP) foi de 150 pg/mL. Nenhuma outra doença foi encontrada durante investigação. Prednisona (1 mg/kg por três meses) foi iniciada, com dramática melhora clínica e funcional, além de normalização dos níveis dos hormônios tireoidianos e de proteína em urina por eletroforese. A pressão arterial pulmonar média caiu para 26 mmHg, o débito cardíaco para 3,8 L/min e a resistência vascular pulmonar para 2,89 Woods. O nível sérico de BNP caiu para 8pg/mL. Nossos achados indicam o potencial papel da corticoterapia como primeira linha de tratamento na hipertensão pulmonar associada à síndrome POEMS. Diante da raridade dessa apresentação, um registro multicêntrico deveria ser desenvolvido para permitir a aquisição de mais dados que suportem essa conduta. Resumo em inglês The POEMS syndrome is a rare plasma cell disease. Pulmonary hypertension is an infrequent respiratory complication of this syndrome and might be associated with increased levels of various cytokines, chemokines and growth factors as part of the inflammatory phenomena that involve the physiopathology of POEMS syndrome. We present the case of a 54-year-old woman diagnosed with POEMS syndrome and pulmonary hypertension, which were treated with corticosteroids as the first-li (mais) ne therapy. The patient presented with the classic symptoms of this syndrome: polyneuropathy (confirmed by electromyography), organomegaly, subclinical hypothyroidism and monoclonal gammopathy detected in urine, together with skin changes. Right heart catheterization revealed a mean pulmonary artery pressure of 48 mmHg, a cardiac output of 4.1 L/min and pulmonary vascular resistance of 8.05 Woods. The serum level of brain natriuretic peptide (BNP) was 150 pg/mL. No other underlying disease was found during the investigation. Prednisone (1 mg/kg for three months) was then initiated, with a dramatic improvement in the clinical and functional condition. Levels of thyroid hormones and urinary protein levels (as determined using electrophoresis) normalized. Mean pulmonary artery pressure decreased to 26 mmHg, cardiac output decreased to 3.8 L/min, and pulmonary vascular resistance decreased to 2.89 Woods. Serum levels of BNP dropped to 8 pg/mL. Our findings suggest that corticosteroids could play a role as a first-line treatment in pulmonary hypertension accompanied by POEMS syndrome. Due to the rarity of this presentation, a multicenter registry should be developed to allow the compilation of additional data to support this practice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Risco cardiovascular em vegetarianos e onívoros: um estudo comparativo/ Cardiovascular risk in vegetarians and omnivores: a comparative study

Teixeira, Rita de Cássia Moreira de Almeida; Molina, Maria del Carmen Bisi; Zandonade, Eliana; Mill, José Geraldo
2007-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Estudos clínicos e epidemiológicos demonstram grande associação da dieta com os agravos crônicos, particularmente com os eventos cardiovasculares, apesar de ainda não compreendidos todos os seus mecanismos de ação. OBJETIVO: Descrever e analisar o risco cardiovascular em vegetarianos e onívoros residentes na Grande Vitória/ES, na faixa etária de 35 a 64 anos. MÉTODOS: Para avaliação do risco cardiovascular foi realizado estudo de coorte históric (mais) o com 201 indivíduos. Foram incluídos 67 vegetarianos há no mínimo 5 anos, provenientes da Grande Vitória, e 134 onívoros, participantes do Projeto MONICA/Vitória, pareados por classe socioeconômica, sexo, idade e raça. Medidas bioquímicas e hemodinâmicas foram obtidas na Clínica de Investigação Cardiovascular da UFES. Para comparação de proporções, foi usado o teste chi2 e calculada a razão de prevalência. O risco cardiovascular foi calculado por meio do algoritmo de Framingham. RESULTADOS: A idade média do grupo foi de 47 ± 8 anos e o tempo médio de vegetarianismo 19 ± 10 anos, sendo a dieta ovolactovegetariana seguida por 73% dos vegetarianos. Pressão arterial, glicemia de jejum, colesterol total, colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL-colesterol) e triglicerídeos foram mais baixos entre vegetarianos (p Resumo em inglês BACKGROUND: Clinical and epidemiological studies have demonstrated a strong association between eating habits and chronic diseases, particularly cardiovascular events, although not all the mechanisms of action are understood. OBJECTIVE: To describe and analyze the cardiovascular risk (CVR) in vegetarians and omnivores residing in Greater Vitória, State of Espírito Santo, Brazil, in the age range from 35 to 64 years. METHODS: To evaluate CVR in the groups, a historical c (mais) ohort study with 201 individuals was conducted. Sixty seven individuals who had been following a vegetarian diet for at least five years, and who were from Greater Vitória, as well as 134 omnivores participating in the MONICA Project/Vitória matched for socioeconomic class, gender, age and race were included. Biochemical and hemodynamic measurements were obtained in the Cardiovascular Investigation Clinic of UFES. For comparison of proportions, the chi2 test was used, and the Prevalence Ratio was calculated. The CVR was calculated using the Framingham algorithm for the group as a whole, and for separate genders. RESULTS: The mean age of the group was 47±8 years and the mean duration of vegetarianism was 19±10 years; the lacto-ovo vegetarian diet was followed by 73% of the vegetarians. Blood pressure, fasting plasma glucose, total cholesterol, LDL-c, and triglycerides were lower among vegetarians (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Educação em diabetes: papel e resultados das colônias de férias

Vivolo, Marco Antonio; Oliveira, Odete de; Ferreira, Sandra R. G.
1998-12-01

Resumo em português É essencial atuar na atenção ao indivíduo diabético, visando sua qualidade de vida e a longevidade. O sucesso desta meta depende da educação em diabetes (DM). Características regionais e disponibilidade de recursos fizeram com que centros de atenção ao DM criassem programas específicos de educação. Mostramos a experiência de educação de jovens com DM1 através de Colônias de Férias (CF) da UNIFESP-ADJ, mediante o convívio com equipe multiprofissional de (mais) saúde, que tem a oportunidade de adquirir experiência no manejo do DM. Um total de 790 jovens já participaram das 18 CF realizadas. Oferece-se 9 dias de lazer programado, com dieta adequada e exercícios nos 3 períodos do dia. Glicemia capilar é feita sobre a qual se baseiam ajustes nas doses de insulina. Questionário de avaliação de conhecimentos é aplicado no primeiro e último dias e ocorrem seminários abordando temas diversos. Reuniões da equipe visam discutir casos e condutas. São obtidas medidas antropométricas, pressão arterial e amostras de sangue e urina e relatórios fornecidos ao final. Para o jovem as CF representam oportunidade de conscientizar-se da possibilidade de uma vida normal. A melhora dos conhecimentos teóricos é comprovada pela comparação da pontuação obtida nos questionários. Observam os benefícios da alimentação adequada associada ao exercício e assimilam a importância do bom controle na prevenção de complicações crônicas. Vivenciam hipoglicemias, mas aprendem a programar suas doses segundo o exercício a ser realizado, identificar seus sintomas e tratá-la. Melhoram os níveis pressóricos, o controle glicêmico e o perfil lipídico. A equipe multiprofissional recebe subsídios para atuar com mais eficácia na educação do jovem e melhorar o relacionamento médico-paciente. As CF permitem reconhecer a complexidade do tratamento do DM e a necessidade de trabalho integrado com o paciente e sua família para a obtenção de bom controle metabólico. Assumindo-se que o controle metabólico é importante para a prevenção das complicações crônicas do DM, também a longo prazo benefícios da educação nas CF devem ser detectados. O modelo proposto de educação em DM através de CF se mostrou viável e eficaz, contribuindo para melhora da qualidade de vida do jovem diabético e formação de profissionais nesta área. Concluímos que esta proposta, já compartilhada por outros centros no Brasil, deva ser amplamente divulgada. Resumo em inglês Improving diabetes care is essential to preserve quality of life and longevity. The achievement of this goal depends on the diabetes education. Different health care centers have developed diabetes programmes based on regional characteristics and availability of resources. Our experience with educational summer camp (SC) for type 1 diabetic subjects is presented. The UNIFESP-ADJ SC aims to promote diabetes education at leisure with the participation of a multiprofessional (mais) team who has the opportunity to improve knowledge and skills in diabetes management. Seven-hundred-ninety subjects participated in 18 camps. The 9-day camp programme included adequate diet and exercise 3 times a day. Capillary glucose is monitored with appropriate insulin closes adjustments. The same questionnaire is applied at the beginning and end of the camping period in order to evaluate knowledge improvement in diabetes; they are invited to participate in educational daily meetings. Also the multiprofessional team meets every night for cases discussion. Anthropometric measurements, blood pressure, urine an blood samples are obtained. Individual recordings are provided to the respective families and physicians at the end of the camping period. The SCs have allowed diabetic subjects to recognize the possibility of a normal life. Improvement of knowledge in diabetes was confirmed by the comparison of questionnaires scores. They experienced the benefits of an adequate diet associated with exercise for glucose control and understood its importance to prevent long-term complications. Hypoglycemia occured more frequently, but they learned how to identify symptoms and to treat them. Blood pressure, plasma glucose and lipoproteins levels were reduced. The multiprofessional team recognized the role of diabetes education and developed skills to improve effectiveness of diabetes care. The complexity of diabetes treatment required the participation of the patient and its family in order to achieve metabolic control. Short-term benefits of diabetes education are seen by patients and their families. Assuming that metabolic control is necessary to prevent diabetic chronic complications, long-term benefits should be detected by the implementation of educational SCs for diabetic youngsters. The proposed modality of diabetes education in SCs showed to be reliable and effective, contributing to improve health of diabetic people and the quality of diabetes management. We concluded that such proposal should become more widespread.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Manidipina no tratamento da hipertensão arterial essencial estágio I e II do paciente com sobrepeso ou obesidade andróide. Estudo multicêntrico brasileiro de eficácia, tolerabilidade e efeitos metabólicos/ Manidipine in the treatment of stage I and II essential hypertensive patients with overweight or android obesity. A brazilian multicentre study of efficacy, tolerability and metabolic effects

Kohlmann Júnior, Osvaldo; Ribeiro, Artur Beltrame
2001-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a eficácia anti-hipertensiva, efeitos metabólicos e tolerabilidade da manidipina no tratamento de hipertensos essenciais estágio I e II com sobrepeso ou obesidade do tipo andróide. MÉTODOS: Em estudo aberto, não comparativo, realizado em 11 centros brasileiros de pesquisa, 102 pacientes de ambos os sexos com sobrepeso ou obesidade central, foram tratados por 12 semanas com manidipina em dose única diária de 10 a 20mg e avaliadas pressão arterial (mais) , freqüência cardíaca e a presença de eventos adversos. Ao final dos períodos placebo e de droga ativa foram obtidos os valores plasmáticos da glicemia de jejum, colesterol total e frações e triglicérides. Em 12 pacientes foi avaliada a sensibilidade à insulina. RESULTADOS: A manidipina reduziu a pressão arterial de 159±15 / 102±5mmHg para 141±15 / 90±8mmHg sem acarretar aumento da freqüência cardíaca. A taxa de eficácia foi de 71,9% com 51,1% de normalização pressórica. Não foram observadas alterações significativas dos parâmetros metabólicos. A tolerabilidade da manidipina foi muito boa e no final do estudo 87,1% estavam livres de qualquer reação adversa. CONCLUSÃO: A manidipina constitui opção adequada, altamente eficaz, livre de efeitos metabólicos e segura para tratamento de hipertensos estágios I e II com sobrepeso ou obesidade andróide. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the efficacy, metabolic effects and tolerability of manidipine used in the treatment of stage I and II essential hypertensive patients with overweight or android obesity. METHODS: By an open-label, non comparative protocol in 11 Brazilian clinical research centers 102 hypertensive patients of both sexes with over weight or central obesity were treated with manidipine 10 to 20mg once daily for 12 weeks. Blood pressure, heart rate and adverse events w (mais) ere monitored. Fasting plasma glucose, total, HDL and LDL-cholesterol and triglicerides were determined at both placebo period and end of active treatment. Also in 12 patients, insulin sensitivity index was evaluated during placebo and manidipine treatment. RESULTS: Blood pressure was reduced from 159±15 / 102±5mmHg to 141±15 / 90±8mmHg with the treatment without any noticeable change in heart rate. Manidipine-efficacy rate was 71.9% with 51.1% of blood pressure normalization. No significant changes in metabolic parameters were noticed. Tolerability to manidipine was very high and at the last visit 87.1% of the treated patients were free of any adverse event. CONCLUSION: Manidipine is an adequate, highly effective, exempt of metabolic effects and safe option for treatment of stage I and II essential hypertensive patients with overweight or android obesity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Efeitos da efedrina sobre as funções cardiovascular e renal de cães sob anestesia com pentobarbital sódico/ Effects of rphedrine on cardiovascular and renal function of dogs anesthetized with sodium pentobarbital/ Efectos de la efedrina sobre las funciones cardiovascular y renal de perros bajo anestesia con pentobarbital sódico

Amorim, Rosa Beatriz; Braz, José Reinaldo Cerqueira; Castiglia, Yara Marcondes Machado; Vianna, Pedro Thadeu Galvão; Módolo, Norma Sueli Pinheiro
2002-07-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Com a perspectiva criada por algumas pesquisas de ações diferenciadas da efedrina sobre a função renal, dependendo da dose utilizada, e considerando-se as controvérsias ainda existentes a respeito dos seus efeitos sobre a função renal, esta pesquisa experimental tem como objetivo verificar se doses diferentes de efedrina determinam efeitos hemodinâmicos e renais diferenciados. MÉTODO: Em 32 cães anestesiados com pentobarbital sódico ( (mais) PS), submetidos a preparação cirúrgica, cateterismo, monitorização, expansão do volume do fluido extracelular e respiração controlada, foi estudada a hemodinâmica cardiovascular e renal e a função renal. Os cães foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos: G controle (n = 8), com os cães permanecendo apenas sob o efeito do PS, G ef. 2 µg (n = 8), G ef. 10 µg (n = 8) e G ef. 100 µg (n = 8), com os cães recebendo efedrina nas doses respectivas de 2, 10 e 100 µg.kg-1.min-1. Os atributos cardiovasculares e renais foram estudados em 5 momentos: controle (M1 e M2), durante a infusão de efedrina (M3 e M4) e após a suspensão da infusão de efedrina (M5). RESULTADOS: Não houve diferença significante entre os grupos em relação aos atributos estudados. Em G ef. 2 µg houve aumento significante de freqüência cardíaca, fluxo sangüíneo aórtico, débito urinário e excreção fracionária de sódio. Em G ef. 10 µg houve aumento apenas da freqüência cardíaca e fração de filtração, enquanto em G ef. 100 µg ocorreu aumento de freqüência cardíaca, pressão arterial média, pressão venosa central, fluxo sangüíneo aórtico e hematócrito; por outro lado, ocorreu diminuição dos fluxos plasmático e sangüíneo renais e aumento da resistência vascular renal. CONCLUSÕES: A efedrina, dependendo da dose utilizada, apresenta ações hemodinâmicas e renais diferenciadas. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Con la perspectiva creada por algunas pesquisas de acciones diferenciadas de la efedrina sobre la función renal, dependiendo de la dosis utilizada, y considerando las controversias aun existentes a respecto de sus efectos sobre la función renal, esta pesquisa experimental tiene como objetivo verificar si dosis diferentes de efedrina determinan efectos hemodinámicos y renales diferenciados. MÉTODO: En 32 perros anestesiados con pentobarbital (mais) sódico (PS), sometidos a preparación quirúrgica, cateterismo, monitorización, expansión del volumen del fluido extracelular y respiración controlada, fue estudiada la hemodinámica cardiovascular y renal y la función renal. Los perros fueron distribuidos aleatoriamente en cuatro grupos: G control (n=8), con los perros permaneciendo apenas sobre el efecto del PS, G ef. 2 µg (n=8), G ef. 10 µg (n=8) y G ef. 100 µg (n=8), con los perros recibiendo efedrina en las dosis respectivas de 2, 10 y 100 µg.kg-1.min-1. Los atributos cardiovasculares y renales fueron estudiados en 5 momentos: control (M1 y M2), durante la infusión de efedrina (M3 y M4) y después la suspensión de la infusión de efedrina (M5). RESULTADOS: No hubo diferencia significante entre los grupos en relación a los atributos estudiados. En G ef. 2 µg hubo aumento significante de frecuencia cardíaca, flujo sanguíneo aórtico, débito urinario y excreción fraccionaria de sodio. En G ef. 10 µg hubo aumento apenas de la frecuencia cardíaca y fracción de filtración, en cuanto en G ef. 100 µg ocurrió aumento de frecuencia cardíaca, presión arterial media, presión venosa central, flujo sanguíneo aórtico y hematócrito; por otro lado, ocurrió diminución de los flujos plasmático y sanguíneo renales y aumento de la resistencia vascular renal. CONCLUSIONES: La efedrina, dependiendo de la dosis utilizada, presenta acciones hemodinámicas y renales diferenciadas. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Some studies have shown differentiated dose-dependent effects of ephedrine on cardiovascular and renal functions. This study aimed at verifying whether different ephedrine doses determine differentiated hemodynamic and renal effects. METHODS: Cardiovascular and renal hemodynamics and renal function were evaluated in 32 dogs anesthetized with sodium pentobarbital (SP) for surgical preparation, catheterization, extracellular fluid volume expansion (mais) and mechanical ventilation. Dogs were randomly distributed in four groups: G control (n = 8), in which dogs remained only under the effect of SP; G ephedrine 2 µg (n = 8); G ephedrine 10 µg (n = 8); and G ephedrine 100 µg (n = 8), in which dogs received 2, 10, and 100 µg.kg-1.min-1 ephedrine, respectively. Cardiovascular and renal parameters were studied at control (M1 and M2), during ephedrine infusion (M3 and M4) and after ephedrine infusion withdrawal (M5). RESULTS: There were no significant differences among groups. There has been a significant increase in heart rate, aortic blood flow, urinary output and fractional sodium excretion in G ephedrine 2 µg. There has been a significant increase in heart rate and filtration fraction in G ephedrine 10 µg while in G ephedrine 100 µg there has been a significant increase in heart rate, mean blood pressure, aortic blood flow, central venous pressure, renal vascular resistance and hematocrit, and a significant decrease in renal plasma and blood flow. CONCLUSIONS: Our study has shown that ephedrine has differentiated dose-dependent hemodynamic and renal effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Anestesia intravenosa total utilizando propofol ou propofol/cetamina em cadelas submetidas à ovariossalpingohisterectomia/ Total intravenous anesthesia using propofol or propofol/ketamine in bitches undergoing ovariohysterectomy

Gasparini, Simone Salata; Luna, Stelio Pacca Loureiro; Cassu, Renata Navarro; Biasi, Fernando de
2009-08-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os efeitos cardiorrespiratório e analgésico da infusão contínua com propofol e propofol/cetamina em cadelas pré-medicadas com atropina e xilazina, submetidas a ovariossalpingohisterectomia (OSH). Em seis cadelas (GP) a indução anestésica foi realizada com propofol (5mg kg-1 iv), seguido da manutenção anestésica com o mesmo fármaco em infusão contínua intravenosa na taxa inicial de 0,4mg kg-1.min-1. Outras seis cadelas (GPC) receberam a a (mais) ssociação de propofol (3,5mg kg-1 iv) e cetamina (1mg kg-1 iv) como indução anestésica. Depois, foi feita manutenção anestésica em infusão contínua intravenosa inicial com 0,28mg kg-1.min-1 e 0,06mg kg-1.min-1 de propofol e cetamina, respectivamente. Os seguintes parâmetros foram mensurados durante a anestesia a cada 10 minutos: freqüências cardíaca (FC) e respiratória (f), pressão arterial sistólica, média e diastólica (PA), concentração final expirada de CO2 (EtCO2), volume minuto (VM), pressão parcial de gás carbônico (PaCO2), pressão parcial de oxigênio (PaO2), saturação de oxigênio na hemoglobina (SatO2), pH, bicarbonato, glicemia e temperatura retal (T). Observou-se redução da pressão arterial média entre 20 e 40 minutos de anestesia no GP. Ocorreu redução da temperatura, hipercapnia e acidose respiratória em ambos os grupos durante a anestesia. A PaO2, o bicarbonato e a glicose aumentaram de forma significativa apenas no GPC durante a anestesia. Houve necessidade de aumentar em 50 e 20% a taxa de infusão de propofol no GP e GPC respectivamente para anestesia cirúrgica satisfatória. Dessa forma, ambos os protocolos mostraram-se seguros e suficientes do ponto de vista de anestesia cirúrgica para realização da OSH em cadelas, desde que a ventilação assistida ou controlada seja instituída quando necessária e a velocidade de infusão do propofol seja 0,6 e 0,34mg kg-1.min-1 nos grupos GP e GPC, respectivamente. Resumo em inglês This study aimed to investigate the cardiopulmonary and analgesic effects of propofol and propofol/ketamine infusion in bitches premedicated with atropine and xylazine and submitted to ovariohisterectomy. In six bitches, anesthesia was induced by 5mg kg-1of propofol and maintained initially with 0.4mg kg-1.min-1 of propofol (GP). In the other six bitches, anesthesia was induced with a combination of 3.5mg kg-1 propofol and 1mg kg-1 of ketamine and maintained initially wit (mais) h 0.28mg kg-1.min-1 propofol and 0.06mg kg-1.min-1 of ketamine (GPK). Heart and respiratory rates, arterial blood pressure, minute ventilation, end tidal CO2, pulse hemoglobin O2 saturation, blood gas analysis, plasma glucose concentration and temperature were measured before and every 10 minutes during anesthesia. Mean arterial blood pressure reduced from 20 to 40 minutes of propofol anesthesia. Temperature reduction and hypercapnia with respiratory acidosis occurred in both groups during anesthesia. PaO2, bicarbonate and glucose increased only during propofol/ketamine anesthesia. Propofol infusion rate was increased by 50 and 20% during anesthesia in GP and GPK respectively to allow satisfactory surgical anesthesia. Both anesthetic protocols were safe and adequate for ovariohysterectomy in bitches, considering that controlled ventilation is performed when necessary and propofol infusion rate is adjusted to 0,.6 and 0.34mg kg-1.min-1 in GP and GPK according to the surgical stimulus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Resultado clínico e econômico de um programa de reabilitação cardiopulmonar e metabólica/ Clinical and economic outcome of a cardiopulmonary and metabolic rehabilitation program

Rebelo, Fabiana Pereira Vecchio; Garcia, Aline dos Santos; Andrade, Dalton Francisco de; Werner, Cláudio Ribeiro; Carvalho, Tales de
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o resultado clínico e econômico de um Programa de Reabilitação Cardiopulmonar e Metabólica (PRCM) criado por um plano de saúde. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 96 clientes, divididos em dois grupos de 48 indivíduos (grupo tratamento - GT, indivíduos que participavam do programa de RCPM; e grupo controle - GC, indivíduos que não participavam do programa), de ambos os sexos, idade entre 54 e 79 anos. O tempo de treinamento do GT foi de 2 (mais) 2 (±3) meses. Para avaliação do resultado clínico antes e após a PRCM, foram determinadas as tolerâncias ao esforço físico, perfil lipoprotéico plasmático (CT, LDL-C, HDL-C, CT/HDL-C e triglicérides); pressão arterial sistêmica (PAS) de repouso e composição corporal (índice de massa corporal - IMC e relação cintura/quadril - RC/Q). RESULTADOS: O GT apresentou, respectivamente na avaliação pré e pós-PRCM: CT (mg/dl) 242,5 (±48,32) e 189,47(±39,83); LDL-C (mg/dl) 162(±37,72) e 116,3(±33,28); HDL-C (mg/dl) 46,5(±8,59) e 57,8(±10,36); Tg (mg/dl) 165,15(±90,24) e 113,29(±54,92); CT/HDL-C 5,42 (±1,10) e 3,35 (±0,81); VO2 pico (ml/kg/min) 26,92±7 e 32,64±5,92; IMC 29,35 (±3,93) e 28,12 (±3,55) para mulheres e 29,17 (±5,14) e 27,88 (±4,83) para homens; RC/Q 0,93(±0,05) e 0,94(±0,04) para mulheres e 0,93(±0,07) e 0,92(±0,06) para homens; PAS (mmHg) 151(±13,89) e 132(±9,56); PAD (mmHg) 83(±8,07) e 77(±5,92); despesas mensais GC (R$) 8.840,05 (±5.656,58) e 8.978,32 (±5.500,78); despesas mensais GT (R$) 2.016,98 (±2.861,69) e 1.470,73 (±1.333,25). CONCLUSÃO: No grupo submetido ao programa de PRCM foram observadas modificações clínicas favoráveis em relação a perfil lipoprotéico plasmático, PAS e tolerância ao esforço físico, sem relação com modificação de medicamentos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the clinical and economic outcome of a Cardiopulmonary and Metabolic Rehabilitation Program (CPMR) created by an HMO. METHODS: The sample was comprised of 96 clients, divided into two groups of 48 individuals (treatment group - TG, individuals who participated in the CPMR program, and control group - CG, individuals who did not participate in the program) of both genders, with age ranging between 54 and 79 years. Training time of the TG was 22 (±3) (mais) months. To assess the clinical outcome before and after CPMR, exercise tolerance, plasma lipoprotein profile (TC, LDL-C, HDL-C, TC/HDL-C and triglycerides), resting blood pressure (BP), and body composition (Body mass index - BMI and Waist-to-hip ratio - W/HR) were determined. RESULTS: The TG presented the following results in the pre and post CPMR assessment, respectively: TC (mg/dL) 242,5 (±48,32) and 189.47(±39.83); LDL-C (mg/dL) 162(±37.72) and 116,3(±33,28); HDL-C (mg/dL) 46,5(±8,59) and 57.8(±10.36); Tg (mg/dL) 165.15(±90.24) and 113.29(±54,92); TC/HDL-C 5.42 (±1.10) and 3.35 (±0.81); VO2 peak (mL/Kg/min) 26.92 ± 7 and 32.64 ± 5.92; BMI 29.35 (±3.93) and 28.12 (±3.55) for women and 29.17 (±5.14) and 27.88 (±4.83) for men; W/HR 0.93(±0.05) and 0.94(±0.04) for women and 0.93(±0.07) and 0.92(±0.06) for men; BP (mmHg) 151(±13.89) and 132(±9.56); DBP (mmHg) 83(±8.07) and 77(±5.92); monthly expenses CG (R$) 8,840.05 (±5,656.58) and 8,978.32 (±5,500.78); monthly expenses TG (R$) 2,016.98 (±2,861.69) and 1,470.73 (±1,333.25). CONCLUSION: In the group undergoing the CPMR Program, favorable clinical changes were observed in relation to the plasma lipoprotein profile, blood pressure, and exercise tolerance, with no relation to changes in medications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Influência do exercício aeróbio na renina de portadores de hipertensão arterial com sobrepeso/ Effect of aerobic exercise on plasma renin in overweight patients with hypertension/ Influencia del ejercicio aeróbico en la renina de portadores de hipertensión arterial con sobrepeso

Martinelli, Bruno; Barrile, Silvia Regina; Arca, Eduardo Aguilar; Franco, Roberto Jorge da Silva; Martin, Luis Cuadrado
2010-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A atividade do sistema renina-angiotensina-aldosterona tem relação direta com sobrepeso e sedentarismo, e essas variáveis se associam à hipertensão arterial (HA). O exercício aeróbio propicia melhor controle da pressão arterial (PA) por agir nos mecanismos da regulação pressórica, dentre eles, a atividade de renina plasmática (ARP). OBJETIVO: Avaliar a influência do exercício aeróbio sobre ARP em portadores de HA com sobrepeso. MÉTODOS: Foram a (mais) valiados níveis pressóricos, bioquímicos e antropométricos pré e pós-treinamento de 16 semanas, três vezes por semana, a 60%-80% da frequência cardíaca máxima. Os dados foram expressos em média ± desvio padrão ou mediana e intervalo interquartílico, e analisados pelo teste "t", Mann-Withney e ANOVA (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La actividad del sistema renina-angiotensina-aldosterona tiene relación directa con sobrepeso y sedentarismo, y esas variables se asocian a la hipertensión arterial (HA). El ejercicio aeróbico propicia mejor control de la presión arterial (PA) por actuar en los mecanismos de la regulación presórica, entre ellos, la actividad de renina plasmática (ARP). OBJETIVO: Evaluar la influencia del ejercicio aeróbico sobre ARP en portadores de HA con sobrepeso. M (mais) ÉTODOS: Fueron evaluados niveles presóricos, bioquímicos y antropométricos pre y post-entrenamiento de 16 semanas, tres veces por semana, a 60%-80% da frecuencia cardíaca máxima. Los datos fueron expresados en media ± desvío estándar o media e intervalo intercuartílico, y analizados por el teste "t", Mann-Withney y ANOVA (p Resumo em inglês BACKGROUND: The activity of the renin-angiotensin-aldosterone system (RAAS) is directly related to overweight and sedentary lifestyles, both of which are associated with hypertension. Aerobic exercise helps control blood pressure (BP) by acting on mechanisms of blood pressure regulation, such as plasma renin activity (PRA). OBJECTIVE: To assess the effect of aerobic exercise on plasma renin activity in overweight hypertensive patients. METHODS: Blood pressure, serum bioch (mais) emistry and anthropometric parameters of twenty subjects were measured before and after a 16-week exercise training program, three days a week, at 60-80% of maximal heart rate. Data were expressed as mean ± standard deviation or median and interquartile range and analyzed using the student's t-test, Mann-Whitney test, and ANOVA (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Efeito do exercício físico e do polimorfismo T-786C na pressão arterial e no fluxo sanguíneo de idosas/ Effect of physical activity and t-786C polymorphism in blood pressure and blood flow in the elderly/ Efecto del ejercicio físico y del polimorfismo T-786C en la presión arterial y en el flujo sanguíneo de añosas

Zago, Anderson Saranz; Kokubun, Eduardo; Fenty-Stewart, Nicola; Park, Joon-Young; Attipoe, Selasi; Hagberg, James; Brown, Michael
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O polimorfismo T-786C do gene da sintetase do óxido nítrico endotelial (eNOS) e a produção de ânion superóxido podem diminuir a produção e biodisponibilidade do óxido nítrico, comprometendo o grau de vasodilatação, podendo este efeito ser revertido pelo exercício físico. OBJETIVO: Investigar a influência do treinamento aeróbico e do polimorfismo T-786C nas concentrações dos metabólitos do óxido nítrico (NOx), no fluxo sanguíneo (FS) e na (mais) pressão arterial (PA). MÉTODOS: Trinta e duas idosas pré-hipertensas (59 ± 6 anos) foram separadas em dois grupos de acordo com o polimorfismo T-786C (TT e TC+CC). Foram analisadas as concentrações de NOx (plasma) e fluxo sanguíneo por pletismografia de oclusão venosa em repouso, 1, 2 e 3 minutos pós-oclusão (FS-0, FS-1, FS-2, FS-3, respectivamente). As avaliações foram realizadas antes e após 6 meses de um programa de exercício aeróbico. RESULTADOS: Nas avaliações pré-treinamento, os níveis de NOx foram menores no grupo TC+CC em relação ao grupo TT. O grupo TT apresentou correlações entre NOx e FS-0 (r = 0,6) e pressão arterial diastólica (PAD) e FS-0 (r = -0,7), porém nenhuma correlação foi encontrada no grupo TC+CC. Nas avaliações pós-treinamento, ocorreram correlações entre NOx e FS-0 (r = 0,6) e nas mudanças do NOx e PAD (r = -0,6) no grupo TT. Também foram obtidas correlações entre PAD e FS-1 (r = -0,8), PAD e FS-2 (r = -0,6), PAD e FS-3 (r = -0,6), nas mudanças entre NOx e FS-1 (r = 0,8) e mudanças do NOx e PAD (r = -0,7) no grupo TC+CC. CONCLUSÃO: Conclui-se que 6 meses de exercício aeróbico podem contribuir para aumentar as relações existentes entre NO, PA e FS em idosas portadores do alelo C. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El polimorfismo T-786C del gen de la sintetasa del óxido nítrico endotelial (eNOS) y la producción de anión superóxido pueden disminuir la producción y biodisponibilidad del óxido nítrico, comprometiendo el grado de vasodilatación, pudiendo este efecto ser revertido por el ejercicio físico. OBJETIVO: Investigar la influencia del entrenamiento aeróbico y del polimorfismo T-786C en las concentraciones de los metabolitos del óxido nítrico (NOx), en e (mais) l flujo sanguíneo (FS) y en la presión arterial (PA). MÉTODOS: Treinta y dos añosas prehipertensas (59 ± 6 años) fueron separadas en dos grupos de acuerdo con el polimorfismo T-786C (TT y TC+CC). Fueron analizadas las concentraciones de NOx (plasma) y flujo sanguíneo por pletismografía de oclusión venosa en reposo, 1, 2 y 3 minutos post oclusión (FS-0, FS-1, FS-2, FS-3, respectivamente). Las evaluaciones fueron realizadas antes y después de 6 meses de un programa de ejercicio aeróbico. RESULTADOS: En las evaluaciones pre entrenamiento, los niveles de NOx fueron menores en el grupo TC+CC en relación al grupo TT. El grupo TT presentó correlaciones entre NOx y FS-0 (r = 0,6) y presión arterial diastólica (PAD) y FS-0 (r = -0,7), sin embargo ninguna correlación fue encontrada en el grupo TC+CC. En las evaluaciones post entrenamiento, ocurrieron correlaciones entre NOx y FS-0 (r = 0,6) y en los cambios del NOx y PAD (r = -0,6) en el grupo TT. También fueron obtenidas correlaciones entre PAD y FS-1 (r = -0,8), PAD y FS-2 (r = -0,6), PAD y FS-3 (r = -0,6), en los cambios entre NOx y FS-1 (r = 0,8) y cambios del NOx y PAD (r = -0,7) en el grupo TC+CC. CONCLUSIÓN: Se concluye que 6 meses de ejercicio aeróbico pueden contribuir a aumentar las relaciones existentes entre NO, PA y FS en añosas portadoras del alelo C. Resumo em inglês BACKGROUND: The T-786C polymorphism of the gene for endothelial nitric oxide synthase (eNOS) and superoxide anion production may reduce production and bioavailability of nitric oxide, affecting the degree of vasodilation. This effect can be reversed by exercise. OBJECTIVE: To investigate the influence of aerobic training and T-786C polymorphism in the concentrations of nitric oxide metabolites (NOx) in blood flow (BF) and blood pressure (BP). METHODS: Thirty-two elderly p (mais) re-hypertensive women (59 ± 6 years old) were divided into two groups according to the T-786C polymorphism (TT and TC + CC). We analyzed the concentrations of NOx (plasma) and blood flow by venous occlusion plethysmography at rest, 1, 2 and 3 minutes post-occlusion (BF-0, BF-1 BF-2 BF-3, respectively). Evaluations were performed before and after 6 months of a program of aerobic exercise. RESULTS: In the pre-training evaluations, NOx levels were lower in TC + CC group than in TT group. The TT group showed correlations between NOx and BF-0 (r = 0.6) and diastolic blood pressure (DBP) and BF-0 (r = -0.7), but no correlation was found in TC + CC group. In the post-training evaluations, there were correlations between NOx and BF-0 (r = 0.6) and the changes in NOx and DBP (r = -0.6) in TT group. There were also correlations between DBP and BF-1 (r = -0.8), DBP, and BF-2 (r = -0.6), DBP, and BF-3 (r = -0.6), in the changes between NOx and BF-1 (r = 0.8) and changes in NOx and DBP (r = -0.7) in TC + CC group. CONCLUSION: It was concluded that 6 months of aerobic exercise can increase the relationship between NO, BP and BF in elderly of allele C carriers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Prevalência da lipodistrofia associada ao HIV em pacientes ambulatoriais brasileiros: relação com síndrome metabólica e fatores de risco cardiovascular/ Prevalence of HIV-associated lipodystrophy in Brazilian outpatients: relation with metabolic syndrome and cardiovascular risk factors

Diehl, Leandro A.; Dias, Janaína R.; Paes, Aline C. S.; Thomazini, Maria C.; Garcia, Lorena R.; Cinagawa, Eduardo; Wiechmann, Susana L.; Carrilho, Alexandre J. F.
2008-06-01

Resumo em português A lipodistrofia associada ao HIV (LAHIV) acomete 40% a 50% dos pacientes infectados pelo vírus, mas sua prevalência no Brasil é desconhecida. O objetivo deste trabalho foi avaliar a prevalência de LAHIV entre adultos brasileiros infectados, bem como sua relação com fatores de risco cardiovascular e síndrome metabólica (SM). Foram avaliados 180 pacientes maiores de 18 anos, infectados por HIV, atendidos no Ambulatório de Infectologia da Universidade Estadual de Lo (mais) ndrina. Por meio de entrevista e revisão de prontuário, foram avaliados dados antropométricos, pressão arterial, antecedentes mórbidos pessoais e familiares, duração da infecção por HIV e da aids, drogas anti-retrovirais utilizadas, CD4+, carga viral, glicemia e perfil lipídico. A LAHIV foi definida como a presença de alterações corporais percebidas pelo próprio paciente e confirmadas ao exame clínico. A SM foi diagnosticada usando os critérios do Adult Treatment Panel III (NCEP-ATPIII), revistos e atualizados pela American Heart Association (AHA/NHLBI). A prevalência observada de LAHIV foi de 55%. Os pacientes com LAHIV apresentaram maior duração da infecção por HIV, da aids e do uso de anti-retrovirais. Na análise multivariada, estiveram independentemente associados ao risco de LAHIV: sexo feminino (p = 0,006) e duração da aids > 8 anos (p 25 kg/m² (p 40 anos no diagnóstico do HIV (p = 0,002). A LAHIV apresentou tendência a ser mais comum em portadores de SM (65% versus 50%, p = 0,051). A prevalência de LAHIV que se observou neste grupo (55%) foi similar à descrita em estudos prévios de outros países. A prevalência de SM nestes pacientes parece ser diferente da descrita em adultos brasileiros não-infectados pelo HIV. Resumo em inglês Lipodystrophy in HIV-infected patients (LDHIV) affects 40-50% of HIV-infected patients, but there are no data on its prevalence in Brazil. The aim of this study was to assess the LDHIV prevalence among HIV-infected adult Brazilian individuals, as well as to evaluate LDHIV association with cardiovascular risk factors and the metabolic syndrome (MS). It was included 180 adult HIV-infected outpatients consecutively seen in the Infectology Clinic of Universidade Estadual de L (mais) ondrina. Anthropometric and clinical data (blood pressure, family and personal comorbidities, duration of HIV infection/AIDS, antiretroviral drugs used, CD4+ cells, viral load, fasting glycemia and plasma lipids) were obtained both from a clinical interview as well as from medical charts. LDHIV was defined as the presence of body changes self-reported by the patients and confirmed by clinical exam. MS was defined using the NCEP-ATPIII criteria, reviewed and modified by AHA/NHLBI. A 55% prevalence of LDHIV was found. Individuals with LDHIV presented a longer infected period since HIV infection, longer AIDS duration and longer use of antiretroviral drugs. In multivariate analysis, women (p=0.006) and AIDS duration >8 years (p25Kg/m² (p40 years on HIV first detection (p=0.002). There was a trend to higher frequency of LDHIV among patients with MS (65% versus 50%, p=0.051). LDHIV prevalence among our patients (55%) was similar to previous reports from other countries. MS prevalence in these HIV-infected individuals seems to be similar to the prevalence reported on Brazilian non-HIV-infected adults.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Reflexão sobre a imigração japonesa no Brasil sob o ângulo da adiposidade corporal/ Reflection about Japanese immigration to Brazil under the light of body adiposity

Ferreira, Sandra R. G.; Almeida-Pittito, Bianca de; Japanese-Brazilian Diabetes Study Group
2009-03-01

Resumo em português Populações migrantes representam oportunidade para se investigar a contribuição de fatores ambientais na gênese da obesidade e suas comorbidades. Em 1993, o Japanese-Brazilian Diabetes Study Group estudou a prevalência de diabetes e doenças associadas em nipo-brasileiros residentes em Bauru, SP. Utilizando critérios específicos para asiáticos, 22,4% dos nipo-brasileiros foram caracterizados como portadores de excesso de peso nessa primeira fase do estudo. Na seg (mais) unda fase, em 2000, essa prevalência subiu para 44,2%, e 50,3% apresentavam obesidade central. Essa população também apresentava alta prevalência de diabetes tipo 2, hipertensão e dislipidemia, componentes da síndrome metabólica. O JBDS Group também mostrou a associação entre hábitos ocidentais, especialmente alimentação rica em gordura saturada, e a ocorrência de síndrome metabólica. Em 2005, motivado por esses achados, o JBDS Group iniciou a terceira fase do estudo que constou de programa de intervenção com base em orientação para dieta saudável e prática de atividade física, utilizando recursos factíveis em termos de saúde pública no Brasil. Após um ano de intervenção, o JBDS Group observou diminuição nos parâmetros antropométricos, pressão arterial e níveis de glicemia e colesterol. Tempo de acompanhamento maior é necessário para avaliar a persistência desses benefícios e o impacto deles no risco de desenvolver diabetes e eventos cardiovasculares. Resumo em inglês Migrant populations represent a good opportunity to investigate the role of environmental factors for the genesis of obesity and its comorbidities. The Japanese-Brazilian Diabetes Study Group studied the prevalence of diabetes and related disorders in Japanese-Brazilians from Bauru, SP, in 1993. Using specific criteria for Asian, 22.4% of the Japanese-Brazilians were found as having overweight in this first phase of the study. In the second phase, in 2000, this prevalence (mais) increased to 44.2% and 50.3% had central obesity. This population also had high prevalence of type 2 diabetes, hypertension and dyslipidemia, components of the metabolic syndrome. The JBDS Group also showed the association between Occidentalized habits, mainly a rich saturated-fat-diet, and the occurrence of the metabolic syndrome. In 2005, motivated by these findings, the JBDS Group started the third phase of the study which was an intervention program based on healthy diet and physical activity recommendations, using resources that could be feasible in terms of public health in Brazil. After one year-intervention program, the JBDS Group observed a decrease in anthropometric parameters, blood pressure and plasma glucose and cholesterol levels. It will be necessary a longer follow-up to evaluate the maintainance of these benefits and their impact in the risk development of diabetes and cardiovascular events.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Alterações hemodinâmicas durante o pneumoperitônio em cães ventilados com volume e pressão controlados/ Hemodynamic changes during pneumoperitoneum in volume and pressure controlled ventilated dogs/ Alteraciones hemodinámicas durante el pneumoperitoneo en canes ventilados con volumen y presión controlados

Almeida, Armando Vieira de; Ganem, Eliana Marisa; Carraretto, Antônio Roberto; Vianna, Pedro Thadeu Galvão
2003-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Não existem estudos que associem os efeitos determinados pelas modalidades ventilatórias às repercussões hemodinâmicas durante o pneumoperitônio. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações na hemodinâmica determinadas pelo pneumoperitônio em cães com ventilação por volume e pressão controlados. MÉTODO: Dezesseis cães anestesiados com tiopental sódico e fentanil foram divididos em grupo 1, volume controlado, e grupo 2, pre (mais) ssão controlada, e submetidos ao pneumoperitônio de 10 e 15 mmHg. Foram estudados freqüência cardíaca, pressão arterial média, pressão de átrio direito, pressão de artéria pulmonar ocluída, índice cardíaco, índice de resistência vascular sistêmica e vasopressina plasmática. Os dados foram coletados em 4 momentos. M1 - antes do pneumoperitônio, M2 - 30 minutos após pneumoperitônio com 10 mmHg, M3 - 30 minutos após pneumoperitônio com 15 mmHg, M4 - 30 minutos após a deflação do pneumoperitônio. RESULTADOS: Os resultados mostraram aumento no índice cardíaco, nas pressões de átrio direito e de artéria pulmonar ocluída em M2 e M3, em ambos os grupos. A vasopressina não variou durante o procedimento e o índice de resistência vascular sistêmica não aumentou, proporcionando estabilidade da pressão arterial média em ambos os grupos. CONCLUSÕES: As modalidades ventilatórias não determinaram diferenças na resposta hemodinâmica entre os grupos estudados. A técnica anestésica utilizada e as pressões intra-abdominais alcançadas determinaram estabilidade da pressão arterial média, provavelmente decorrente da ausência do aumento no índice da resistência vascular sistêmica. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: No existen estudios que asocien los efectos determinados por las modalidades ventilatorias a las repercusiones hemodinámicas durante el pneumoperitoneo. El objetivo de este estudio fue evaluar las alteraciones en la hemodinámica determinadas por el pneumoperitoneo en canes con ventilación por volumen y presión controlados. MÉTODO: Diez y seis canes anestesiados con tiopental sódico y fentanil fueron divididos en grupo 1, volumen controlado (mais) , y grupo 2, presión controlada, y sometidos al pneumoperitoneo de 10 y 15 mmHg. Se estudió la frecuencia cardíaca, presión arterial media, presión del atrio derecho, presión de la arteria pulmonar ocluida, índice cardíaco, índice de resistencia vascular sistémica y vasopresina plasmática. Los datos fueron colectados en 4 momentos. M1 - antes del pneumoperitoneo, M2 - 30 minutos después del pneumoperitoneo con 10 mmHg, M3 - 30 minutos después del pneumoperitoneo con 15 mmHg, M4 - 30 minutos después de la deflación del pneumoperitoneo. RESULTADOS: Los resultados mostraron aumento en el índice cardíaco, en las presiones del atrio derecho y de la arteria pulmonar ocluida en M2 y M3, en ambos grupos. La vasopresina no varió durante el procedimiento y el índice de resistencia vascular sistémica no aumentó, proporcionando estabilidad de la presión arterial media en ambos grupos. CONCLUSIONES: Las modalidades ventilatorias no determinaron diferencias en la respuesta hemodinámica entre los grupos estudiados. La técnica anestésica utilizada y las presiones intra-abdominales alcanzadas determinaron estabilidad de la presión arterial media, probablemente resultante de la ausencia del aumento en el índice de la resistencia vascular sistémica. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: There are no studies associating ventilation-induced effects and hemodynamic changes during pneumoperitoneum. This study aimed at evaluating hemodynamic changes determined by pneumoperitoneum in dogs under volume and pressure controlled ventilation. METHODS: The study involved 16 dogs anesthetized with sodium thiopental and fentanyl, divided in group 1: volume controlled; and group 2: pressure controlled; submitted to 10 and 15 mmHg pneumoperito (mais) neum. The following parameters were evaluated: heart rate, mean blood pressure, right atrium pressure, pulmonary capillary wedge pressure, cardiac index, systemic vascular resistance index and plasma vasopressin. Data were collected in four moments: M1 - before pneumoperitoneum, M2 - 30 minutes after 10 mmHg pneumoperitoneum; M3 - 30 minutes after 15 mmHg pneumoperitoneum; M4 - 30 minutes after pneumoperitoneum deflation. RESULTS: Results have shown increased cardiac index, right atrium pressure and pulmonary capillary wedge pressure in M2 and M3 for all groups. Vasopressin was not changed during procedure and systemic vascular resistance index has not increased, providing mean blood pressure stability for both groups. CONCLUSIONS: Ventilation modes have not determined hemodynamic differences between studied groups. Anesthetic technique and intra-abdominal pressure have determined mean blood pressure stability, probably due to the absence of systemic vascular resistance index increase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Otimização de recursos no cuidado primário da hipertensão arterial/ Optimizing the treatment of hypertension in the primary care setting

Didier, Maria Teresa; Guimarães, Armênio C.
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o resultado da atuação de uma equipe interdisciplinar no controle da hipertensão. MÉTODOS: Numa Unidade de Saúde, 88 pacientes foram assistidos por uma equipe interdisciplinar, por 12 meses. As visitas ao médico e à enfermeira ocorreram cada um a três meses, e à nutricionista, quando necessário. Palestras educacionais foram ministradas, regularmente. O colesterol total e a glicemia de jejum foram medidos, na admissão e aos 12 meses do estudo. (mais) Foram analisados dados clínicos e laboratoriais e comparados à pressão arterial, na admissão e aos 6 e 12 meses do estudo, e o colesterol total e glicemia, na admissão e aos 12 meses. RESULTADOS: Havia 79,41% de mulheres e a idade média era 58±9,90 anos. A mediana da pressão arterial foi 166,00/96,5 mmHg, na admissão, 146,75/85,25 mmHg, aos seis meses (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the result of the care provided by an interdisciplinary team on the control of hypertension. METHODS: In a Health Unit, 88 patients were treated by an interdisciplinary team for 12 months. Visits to the physician or nurse occurred every one to three months, and to the nutritionist whenever necessary. Educational lectures were delivered regularly. Total cholesterol and fasting plasma glucose levels were determined at baseline and at 12 months. Clinical (mais) and laboratory data were analyzed and blood pressure was compared at baseline and at six and 12 months, and total cholesterol and plasma glucose were compared at baseline and at 12 months. RESULTS: Females accounted for 79.41% of the sample and the mean age was 58±9.90 years. Median blood pressure (BP) was 166.00/96.5mmHg at baseline, 146.75/85.25mmHg at 6 months (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Aspectos da função tireóidea em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea/ Thyroid function profile in infants submitted to cardiac surgery with cardiopulmonary bypass/ Aspectos de la función tiroidea en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con circulación extracorpórea

Cruz, Paula Maria da; Bello, Carmem Narvaes; Marcial, Miguel Lorenzo Barbero; Auler Júnior, José Otávio Costa
2004-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea (CEC) relaciona-se à doença eutireóidea ou à depressão do eixo hipotálamo-hipofisário-tireóideo. O estado hemodinâmico incomum imposto pela CEC é responsável por diversas alterações endócrino-metabólicas, acarretando complexa resposta inflamatória sistêmica. Esta investigação teve como objetivo analisar o comportamento da triiodotironina (T3), tetraiodotironina (T4) e tireot (mais) rofina (TSH) em lactentes submetidos à cirurgia cardíaca com CEC. MÉTODO: Foram estudados 15 lactentes. As amostras de sangue para pesquisa de T3, T4 e TSH foram obtidas em 4 momentos designados: M1 - após a indução da anestesia; M2 - após o final da cirurgia; M3 - 6 horas após o final da cirurgia e M4 - 24 horas após o M1. Para complementar esta investigação, foram estudadas as variações dos seguintes parâmetros: pressão arterial média (PAM), temperatura sangüínea central (ºC), atributos da oxigenação tecidual e do equilíbrio ácido-base (M1, CEC, M2, M3 e M4). RESULTADOS: As médias de idade, peso, altura e superfície corpórea dos pacientes foram 3,9 meses; 4,708 kg; 0,65 m e 0,3 m², respectivamente. As concentrações plasmáticas de T3 (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cirugía cardíaca con circulación extracorpórea (CEC) relacionase a la enfermedad eutiroidea o a la depresión del eje hipotálamo-hipofisário-tiroideo. El estado hemodinámico incomún impuesto por la CEC es responsable por diversas alteraciones endócrino-metabólicas, acarreando compleja respuesta inflamatoria sistémica. Esta investigación tuvo como objetivo analizar el comportamiento de la triiodotironina (T3), tetraiodotironina (T4 (mais) ) y tireotrofina (TSH) en lactantes sometidos a cirugía cardíaca con CEC. MÉTODO: Fueron estudiados 15 lactantes. Las muestras de sangre para pesquisa de T3, T4 y TSH fueron obtenidas en 4 momentos designados: M1 - después de la inducción de la anestesia; M2 - después del final de la cirugía; M3 - 6 horas después del final de la cirugía y M4 - 24 horas después del M1. Para complementar esta investigación, fueron estudiadas las variaciones de los siguientes parámetros: presión arterial media (PAM), temperatura sanguínea central (ºC), atributos de la oxigenación del tejido y del equilibrio ácido-base (M1, CEC, M2, M3 y M4). RESULTADOS: Las medias de edad, peso, altura y superficie corpórea de los pacientes fueron 3,9 meses; 4,708 kg, 0,65 m y 0,3 m²respectivamente. Las concentraciones plasmáticas de T3 (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Cardiac surgery with cardiopulmonary bypass (CPB) is related to euthyroid disease or hypothalamic-pituitary-thyroid system depression. Abnormal hemodynamic status induced by CPB is responsible for several endocrine-metabolic changes, triggering complex systemic inflammatory response. This study aimed at evaluating triiodothyronine (T3), tetraiodothyronine (T4) and thyrotrophin (TSH) behavior in infants submitted to cardiac surgery with CPB. METH (mais) ODS: Participated in this study 15 infants. Blood samples for T3, T4 and TSH evaluation were collected in four moments: M1 - after anesthetic induction; M2 - at surgery completion; M3 - six hours after surgery completion; M4 - 24 hours after M1. To complete this study the following parameters were evaluated: mean blood pressure (MBP), central blood temperature (ºC), tissue oxygenation and acid-base attributes (M1, CPB, M2, M3 and M4). RESULTS: The patients' means aged, weigh, height and body surface were 3.9 months; 4.708 kg; 0.65 m and 0.3 m² respectivety. Plasma T3 (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Função renal de pacientes de unidade de terapia intensiva: creatinina plasmática e proteína carreadora do retinol urinário/ Renal function of intensive care unit patients: plasma creatinine and urinary retinol-binding protein

Mizoi, Cristina Satoko; Dezoti, Cassiane; Vattimo, Maria de Fátima Fernandes
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: A avaliação precoce da disfunção renal usando marcadores usuais não supre uma indicação quer da sensitividade e da especificidade da disfunção renal de pacientes críticos. Seriam desejáveis marcadores mais específicos e sensíveis para a detecção precoce de um processo fisiopatológico renal em fase inicial. A proteína carreadora do retinol urinário poderia ser um método alternativo para avaliação precoce da função renal destes pacientes. M (mais) ÉTODOS: O estudo acompanhou 100 pacientes em terapia intensiva e avaliou suas variáveis clinicas e laboratoriais, incluindo a dosagem de creatinina plasmática e proteina carreadora do retinol urinário e as variáveis demográficas. RESULTADOS: A amostra foi caracterizada por pacientes geriátricos (63,4±15,6 anos), homens (68%), sendo 53% cirúrgicos. Análise estatística mostrou associação entre creatinina plasmática e as seguintes variáveis: gênero (p=0,026), idade (p=0,038), uso de medicação vasoativa (p=0,003), proteinúria (p=0,025), escore Acute Physiological Chronic Health Evaluation (APACHE) II (p=0,000), uréia (p=0,000), potássio (p=0,003) clearance de creatinina estimado (p=0,000). A proteína carreadora do retinol urinário correlacionava-se com outras variáveis: peso usa de ventilação invasiva (p=0,000), uso de medicamentos antinfamatórios não-esteróides (p=0,018), uso de medicação vasoativa (p=0,021), temperatura alta (>37,5ºC) (p=0,005), proteinúria (p=0,000), bilirubinúria (p=0,004), fluxo urinário (p=0,019), pressão diastólica mínima (p=0,032), pressão sistólica mínima (p=0,029), APACHE II (p=0.000), creatinina (p=0,001), uréia (p=0,001) e clearance de creatinina estimado (p=0,000). A proteína carreadora do retinol urinário também tende a ser associada com doença renal anterior, vasculopatias e neoplasias. Na análise univariada, a fração de excreção de sódio se correlacionou com creatinina plasmática e proteina carreadora do retinol urinário. CONCLUSÃO: A proteina carreadora do retinol urinário, na prática clínica, pode ser considerada um marcador mais apropriado para o diagnóstico em pacientes com risco de desenvolver uma insuficiência renal aguda, quando comparada com outros marcadores usados rotineiramente. Ademais, a proteina carreadora do retinol urinário apresenta outros aspectos de um bom teste diagnóstico - é um método prático e não-invasivo. Resumo em inglês OBJECTIVES: The early assessment of renal dysfunction using common markers does not provide either a sensitive or specific indication of renal dysfunction in critically ill patients. More specific and sensitive markers are desirable for the early detection of an initial renal pathophysiological process. Urinary retinol-binding protein could be an alternative method to early evaluation of renal function in these patients. METHODS: This study followed-up 100 critical care p (mais) atients and assessed their clinical and laboratory variables, including plasma creatinine and urinary retinol-binding ratio, and demographic variables. RESULTS: The sample was characterized by geriatric (63.4±15.6 years), male (68%), being 53% surgical patients. Statistical analysis showed association between plasma creatinine and the following variables: gender (p-0.026), age (p-0.038), use of vasoactive drugs (p-0.003), proteinuria (p-0.025), Acute Physiological Chronic Health Evaluation (APACHE) II score (p-0.000), urea (p-0.000), potassium (p-0.003) and estimated creatinine clearance (p-0.000). Urinary retinol-binding protein was correlated with more variables: weight, use of invasive ventilation (p-0.000), use of nonsteroidal antiinflammatory drugs (p-0.018), use of vasoactive drugs (p-0.021), high temperature (>37.5ºC) (p-0.005), proteinuria (p-0.000), bilirubinuria (p-0.004), urinary flow (p-0.019), minimal diastolic pressure (p-0.032), minimal systolic pressure (p-0.029), APACHE II (p-0.000), creatinine (p-0.001), urea (p-0.001), estimated creatinine clearance (p-0.000). Urinary retinol-binding protein also tended to associate with previous renal disease, vasculopathy and neoplasm. Sodium excretion fraction correlated with plasma creatinine and urinary retinol-binding protein in univariate analysis. CONCLUSIONS: Urinary retinol-binding protein might be considered in clinical practice as a better marker regarding diagnostic performance in patients at risk of developing acute kidney injury, when compared with other markers routinely used. Moreover, urinary retinol-binding protein has other features of a good diagnostic test - it is a practical and non-invasive method.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Uso tópico do amitraz em concentração terapêutica em gatos/ Topical use of amitraz in therapeutic concentration in cats

Andrade, Silvia Franco; Laposy, Cecília Braga; Cardoso, Cléber Salesse; Sakamoto, Keila Priscilla; Motta, Yudney Pereira da
2007-08-01

Resumo em português O amitraz é um inseticida do grupo das formamidinas muito utilizado como acaricida e carrapaticida em medicina veterinária. O presente trabalho teve como objetivo analisar as alterações induzidas com o uso do amitraz por via tópica, através de banho, em concentração terapêutica de 0,05%, avaliando-se a freqüência cardíaca, o eletrocardiograma, a pressão arterial sistólica, a freqüência respiratória, a temperatura retal, o diâmetro pupilar e o grau de sed (mais) ação, além da dosagem da concentração de glicose, insulina e cortisol. As alterações observadas foram diminuição da pressão arterial, hipotermia, vômito, salivação, midríase, grau de sedação leve e aumento no nível de glicose. Alguns animais, individualmente, em alguns momentos, também apresentaram arritmia sinusal. Apesar de ter ocorrido diminuição da freqüência cardíaca e pressão arterial sistólica e aumento no nível de glicose, esses valores estavam dentro da normalidade referida para a espécie felina. O trabalho demonstrou que a utilização do amitraz por via tópica em concentração terapêutica é segura em gatos hígidos e, assim como ocorre em outras espécies, o seu uso deve ser contra-indicado em gatos diabéticos, com problemas cardíacos e hipotérmicos. Resumo em inglês Amitraz is an insecticide of the formamidine group very used as acaricide and tickicide in veterinary medicine. The present research was aimed at analyzing the alterations induced by the topical use of amitraz in therapeutic concentration of 0.05%. Heart rate, electrocardiogram, systolic blood pressure, respiratory rate, rectal temperature, pupil diameter and degree of sedation, dosage of the glucose, insulin and cortisol concentration were measurements. The alterations w (mais) ere blood pressure decrease, hypothermia, vomit, salivation, mydriasis, light degree of sedation and increase in plasma glucose level. Some animals also presented sinusal arrhthymia. In spite of having occurred decrease of the heart rate and systolic blood pressure and increase in the glucose levels, these values were inside of the normality referred for the feline species. The research demonstrated that the use of the amitraz by topical way in therapeutic concentration is safe in healthy cats, and as well as it happens in other species, it’s use should be contraindicated in cats with diabetic, heart problems and hypothermia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Concentração Sérica Materna da Proteína C Reativa em Gestações Complicadas pela Pré-eclâmpsia/ Maternal Serum Level of C-reactive Protein in Gestations Complicated by Preeclampsia

Cabral, Antônio Carlos Vieira; Lázaro, Janaína de Freitas; Vitral, Zilma Nogueira Reis
2002-01-01

Resumo em português Objetivo: investigar a associação entre a concentração sérica da proteína C reativa e a ocorrência de pré-eclâmpsia, bem como sua relação com a gravidade da doença. Métodos: foram avaliadas, em estudo caso-controle transversal, 27 gestantes portadoras de pré-eclâmpsia e outras 27 sem nenhuma intercorrência clínica, no terceiro trimestre gestacional. As pacientes tiveram a dosagem sérica da proteína C reativa realizada no período antenatal, além de exa (mais) mes clínico e laboratoriais para diagnóstico da doença. Foram investigadas a associação entre a concentração sérica da proteína C reativa e a presença da pré-eclâmpsia e a correlação entre os valores desta proteína plasmática com os níveis da pressão arterial e excreção urinária de proteína. Empregou-se o teste de significância (chi²) e análise de regressão pela técnica dos mínimos quadrados, considerando-se significância estatística quando p Resumo em inglês Purpose: to investigate the association between serum C-reactive protein concentration and preeclampsia occurrence, as well as its relation to the disease severity. Patients and Methods: twenty-seven preeclamptic pregnant women and 27 pregnant women with no clinical intercurrences, in the third trimester of pregnancy, were evaluated in a transversal case-control study. Serum C-reactive protein dosage, besides clinical examination and laboratory tests for the diagnosis of (mais) the disease, were performed in the antenatal period. The association between C-reactive protein and the presence of preeclampsia, and the correlation between plasma protein values and blood pressure values were investigated. The chi² significance test and regression analysis through the square minimum technique were used, and the results were considered to be statistically significant when p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Influência da gordura corporal no controle clínico e metabólico de pacientes com diabetes mellitus tipo 2/ Body adiposity and its influence on clinical and metabolic parameters in patients with type 2 diabetes

Corrêa, Fernanda H.S.; Taboada, Giselle F.; Júnior, Carlos Roberto M.A.; Faria, André Murad; Clemente, Eliete L.S.; Fuks, Anna Gabriela; Gomes, Marília de Brito
2003-02-01

Resumo em português Avaliamos a influência da gordura corporal (GC) determinada por bioimpedância, índice de massa corpórea (IMC) e a medida da cintura abdominal (CA) em determinadas variáveis clínicas e laboratoriais em 43 pacientes com diabetes tipo 2 (DM2), 26F/17M, pareados pela idade, com 13,6±9,1 anos de duração do DM. As mulheres apresentaram maior IMC: 30,3±5,4 vs. 26,9±2,9kg/m² (p= 0,04), GC: 35,4±6,2 vs. 19,6±6,2% (p= 0,000), níveis de colesterol total (CT): 235±41 (mais) vs. 204± 39mg/dL (p= 0,017), triglicerídeos (TG): 146± 61 vs. 116±57mg/dL (p= 0,06) e HbA1c (HPLC): 7,1±1,7 vs. 6,9±1,4% (p= 0,02) do que os homens, não havendo diferença entre HDL e LDL colesterol. A GC correlacionou-se significativamente com os níveis de TG, HbA1c, pressão arterial diastólica (PAD), IMC e CA. Na regressão múltipla com GC, CA e IMC como variáveis independentes e TG (r= 0,34; r²= 0,11; p= 0,02) e PAD (r= 0,39; r²= 0,15; p= 0,008) como dependentes, a GC foi a variável independente significativa. No mesmo modelo com a HBA1c como variável dependente, a GC (r= 0,31; r²= 0,10; p= 0,037) e o IMC (r= 0,43; r²= 0,19; p= 0,01) foram as variáveis significativas. Concluímos que o aumento da GC no paciente com DM2 constituiu um importante fator de risco para piora do controle metabólico e dos níveis tensionais. As mulheres, por terem tido maior percentual de GC e níveis de lipídios, devem ter uma abordagem mais agressiva e diferenciada para sua redução. Resumo em inglês We evaluate the relationship between body adiposity (BA) by bioelectrical impedance, body mass index (BMI) and waist circumference (WC) in some clinical and laboratorial parameters in 43 patients with type 2 diabetes (DM2), 26F/17M, matched for age, with a DM duration of 13.6±9.1 years. Women had greater BMI: 30.3±5.4 vs. 26.9±3.0kg/m² (p= 0.04), BA: 35.4±6.2 vs. 19.6±6.2% (p= 0,000), cholesterol: 235± 41 vs. 204±39mg/dL (p= 0,017), triglycerides (TG): 146±61 vs. (mais) 116± 57mg/dL (p= 0.06) and HbA1c (HPLC): 7.1±1.7 vs. 6.9±1.4% (p= 0,02) than men, but HDL and LDL cholesterol were not different. When correlated to BA, the following variables were statistically significant: TG, HbA1c, diastolic blood pressure (DBP) and WC. In the stepwise multiple regression analysis using BA, WC and BMI as independent variables and TG (r= 0.34; r²= 0.11; p= 0.02) and DBP (r= 0.39; r²= 0.15; p= 0.008) as the dependent ones, BA was found to be statistically significant. By using the same model having HbA1c as the dependent variable, BA (r= 0.31; r²= 0.10; p= 0.037) and BMI (r= 0.43; r²= 0.19; p= 0.01) became significant. In conclusion, elevated BA in patients with DM2 is an important risk factor to worse metabolic control and blood pressure levels. Women, by virtue of their greater BA and worst plasma lipid profile must need more aggressive intervention to reduce body fat.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Manifestações mucocutâneas da dengue/ Mucocutaneous manifestations of dengue

Lupi, Omar; Carneiro, Carlos Gustavo; Coelho, Ivo Castelo Branco
2007-08-01

Resumo em português Dengue é doença viral sistêmica que ocorre de forma epidêmica em áreas tropicais e subtropicais da Ásia, Américas e África. O vírus da dengue pertence ao gênero Flavivirus e à família Flaviviridae (arbovírus do grupo B). Aedes aegypti é o principal vetor e verdadeiro reservatório. A febre na dengue clássica persiste por período de dois a cinco dias com cefaléia intensa, mialgia, artralgia e dor retro-orbital. Alterações cutâneas incluem diversos achad (mais) os como erupção morbiliforme que pode ser pruriginosa e que gera descamação residual, algumas manifestações hemorrágicas discretas como epistaxe, petéquias e sangramento gengival. Extravasamento capilar de plasma é responsável pela hemoconcentração e trombocitopenia observadas e que caracterizam a dengue hemorrágica. Manifestações cutâneas da dengue hemorrágica incluem lesões hemorrágicas disseminadas como petéquias e equimoses, mas também instabilidade hemodinâmica com pulso filiforme, pressão arterial convergente, extremidades frias, confusão mental e choque. Resumo em inglês Dengue fever is a systemic viral disease that occurs epidemically in tropical and subtropical regions of Asia, Americas and Africa. The dengue virus belongs to the genus Flavivirus of the family Flaviviridae (group B arbovirus). Aedes aegypti is the major vector and the true reservoir for the virus. Classic dengue fever lasts for two-five days, with severe headache, intense myalgia, arthralgia and retro-orbital pain. Cutaneous alterations include several findings such as (mais) a diffuse morbilliform rash that may be pruritic and heals with desquamation, and minor bleeding phenomena such as epistaxis, petechiae, and gingival bleeding. Diffuse capillary leakage of plasma is responsible for the hemoconcentration and thrombocytopenia that characterize dengue hemorrhagic fever. Cutaneous manifestations of dengue hemorrhagic fever include many disseminated hemorrhagic lesions such as petechiae and ecchymoses, but also hemodynamic instability with filiform pulse, narrowing of pulse pressure, cold extremities, mental confusion, and shock.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Usos do sulfato de magnésio em obstetrícia e em anestesia/ Applications of Magnesium Sulfate in Obstetrics and Anesthesia/ Usos del sulfato de magnesio en obstetricia y en anestesia

Barbosa, Fabiano Timbó; Barbosa, Luciano Timbó; Jucá, Mário Jorge; Cunha, Rafael Martins da
2010-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O magnésio é um íon predominantemente intracelular. Seu efeito bloqueador do receptor NMDA lhe confere características analgésicas e sedativas. O objetivo desse artigo foi revisar a fisiologia, a farmacologia e a diminuição da concentração plasmática do magnésio, assim como algumas das suas aplicações em obstetrícia e em anestesia. CONTEÚDO: O magnésio é um cátion intracelular que possui múltiplas funções: é cofator de enzi (mais) mas do metabolismo glicídico e de enzimas da degradação dos ácidos nucleicos, proteínas e ácidos graxos; regula a passagem de íons transmembrana e intervém na atividade de várias enzimas. O paciente em estado crítico apresenta tendência à hipomagnesemia e o tratamento consiste em corrigir a causa quando possível acompanhada da reposição do magnésio. Já foi demonstrada a redução da concentração alveolar mínima (CAM) dos agentes inalatórios em animais e do uso de opioides em humanos sob anestesia. CONCLUSÕES: O sulfato de magnésio vem sendo utilizado em obstetrícia com boa efetividade para inibição do trabalho de parto prematuro e para o tratamento das crises convulsivas associadas ao quadro de eclâmpsia. É um fármaco com potencial analgésico e sedativo que pode ser utilizado como coadjuvante durante a anestesia geral atenuando a resposta pressórica à intubação traqueal e diminuindo a necessidade de anestésicos. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El magnesio es un ión predominantemente intracelular. Su efecto bloqueador del receptor NMDA le confiere características analgésicas y sedativas. El objetivo de este artículo, fue revisar la fisiología, la farmacología y la disminución de la concentración plasmática del magnesio, como también de algunas de sus aplicaciones en obstetricia y en anestesia. CONTENIDO: El magnesio es un catión intracelular que posee múltiples funciones: e (mais) s cofactor de enzimas del metabolismo glicídico y de enzimas de la degradación de los ácidos nucleicos, proteínas y ácidos grasos; regula el paso de los iones transmembrana e interviene en la actividad de varias enzimas. El paciente en estado crítico, presenta una tendencia a la hipomagnesemia, y el tratamiento consiste en corregir la causa cuando es posible, acompañada de la reposición del magnesio. Ya ha quedado demostrada la reducción de la concentración alveolar mínima (CAM), de los agentes inhalatorios en animales y el uso de opioides en humanos bajo anestesia. CONCLUSIONES: El sulfato de magnesio, ha venido siendo utilizado en obstetricia con una buena efectividad para la inhibición del parto prematuro y para el tratamiento de las crisis convulsivas asociadas al cuadro de eclampsia. Es un fármaco con potencial analgésico y sedativo que puede ser utilizado como coadyuvante durante la anestesia general, atenuando la respuesta presórica a la intubación traqueal y disminuyendo la necesidad del uso de anestésicos. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Magnesium is predominantly an intracellular ion. Its blocking effects on NMDA receptors are responsible for the analgesic and sedative characteristics of this ion. The objective of this study was to review the physiology, pharmacology, and decreased plasma levels of magnesium, as well as its applications in obstetrics and anesthesia. CONTENTS: Magnesium is an intracellular cation with multiple functions: it is a cofactor for enzymes of the gluco (mais) se metabolism and those that participate in the degradation of nucleic acids, proteins, and fatty acids; it regulates the movements of transmembrane ions; and it intervenes in the activity of several enzymes. Critical patients have a tendency to develop hypomagnesemia, and the treatment consists in correcting the cause, whenever possible, and replacement of magnesium. A reduction in the minimum alveolar concentration (MAC) of inhalational agents in animals and the use of opioids in humans under anesthesia has been demonstrated. CONCLUSIONS: Magnesium sulfate has been used in obstetrics with good results, inhibiting premature labor and in the treatment of eclampsia-associated seizures. It is potentially analgesic and sedative, and could be used as adjuvant during general anesthesia, attenuating the blood pressure response to tracheal intubation and decreasing the need of anesthetics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Uma estratégia para redução de risco cardiovascular em pacientes transplantados renais/ A strategy to improve the cardiovascular risk factor profile in renal transplant patients

Leite, Denise; Campos, Alexandre Holthausen
2010-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A doença cardiovascular representa a principal causa de morbidade, mortalidade e perda de função do enxerto em receptores de transplante renal (RTR). O tratamento agressivo dos fatores de risco é fortemente recomendado. Entretanto, há um gap entre a terapia baseada em evidência recomendada e o manejo cardiovascular eficaz nesta população. OBJETIVO: Estabelecer uma estratégia de controle de fatores de risco cardiovascular para RTR. MÉTODOS: O risco ca (mais) rdiovascular de 300 RTR de uma Unidade de Transplante Renal foi avaliado através dos critérios de Framingham. Intervenções nos fatores de risco modificáveis foram sugeridas aos médicos assistentes através de cartas anexadas aos prontuários dos pacientes, incluindo modificações no estilo de vida, controle de pressão arterial e uso de tratamento anti-plaquetário e hipolipemiante. Os perfis dos fatores de risco foram re-avaliados depois de 6 e 12 meses. RESULTADOS: A maioria dos pacientes apresentava alto risco cardiovascular (58%). Após 12 meses, a proporção de pacientes recebendo tratamento anti-plaquetário, anti-hipertensivo ou hipolipemiante tinha aumentado de forma significante (29 para 51%, 83 para 92% e 3 para 46%, p Resumo em inglês BACKGROUND: Cardiovascular disease represents the leading cause of morbidity, mortality and graft function loss in renal transplant recipients (RTR). Aggressive treatment of risk factors is strongly advocated. However, there is a gap between recommended evidence-based therapy and effective cardiovascular management in that population. OBJECTIVE: To establish a cardiovascular risk factor control strategy for RTR. METHODS: The cardiovascular risk of 300 RTR of a renal trans (mais) plant unit was assessed using the Framingham criteria. Interventions on modifiable risk factors were suggested to attending physicians by letters attached to patients' charts, including lifestyle modifications, blood pressure control and use of antiplatelet and lipid-lowering therapy. Risk factor profiles were re-evaluated after 6 and 12 months. RESULTS: Most patients were at high cardiovascular risk (58%). After 12 months, the proportion of patients on antiplatelet, antihypertensive and lipid-lowering therapy was significantly increased (29 to 51%, 83 to 92% and 3 to 46%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Síndrome de conn causada por adenoma de adrenal-tratamento por videolaparoscopia/ Conn's syndrome caused by an adrenal adenoma- videolaparoscopic treatment

Puttini, Sinthia Maria Benigno; Mendelssonh, Paulo; Watanabe, Luis Massaro
2003-12-01

Resumo em inglês The authors present a case-report a 43 years old, female patient presenting with an eight-year history of hypertension caused by an adrenal adenoma. Hypokalemia and supressed plasma renina confirmed the diagnosis of primary hyperaldosteronism. An abdominal computed tomography revealed a right adrenal mass. The patient was successfully treated laparoscopically. The histopathological diagnosis was adenoma. The patient had normal blood pressure within three months.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Síndrome de Liddle: diagnóstico tardio de causa rara de hipertensão arterial/ Liddle's syndrome: late diagnosis of a rare cause of arterial hypertension

Silva, Ana Cristina Simões e; Oliveira, Eduardo A.; Gomes, Camila Romano; Lima, Flávio Souza; Diniz, José S.S.
2002-01-01

Resumo em português Objetivo: a finalidade desse relato de caso é chamar a atenção para uma doença que, embora rara, é causa de hipertensão arterial grave em crianças. O relato procura chamar a atenção dos pediatras para a importância do diagnóstico precoce de hipertensão arterial, e do valor de se estabelecer uma investigação apropriada a cada caso. Relato: neste artigo é relatado uma caso de um paciente de treze anos, do sexo masculino, com quadro clínico e laboratorial tí (mais) pico dessa doença. O diagnóstico foi estabelecido a partir do quadro clínico associado à presença de hipocalemia crônica, aumento da excreção urinária de potássio acoplado à retenção de sódio, e diminuição da atividade de renina plasmática e dos níveis circulantes de Angiotensina II e aldosterona. Apesar da resposta inicial ao uso de triamtereno, o paciente evoluiu com perda da função renal, secundária ao retardo no diagnóstico e ao mau controle da hipertensão. Discussão: a Síndrome de Liddle consiste numa forma de pseudo-aldosteronismo caracterizado por hipertensão arterial, hipocalemia, alcalose metabólica e retardo no crescimento. Alguns aspectos da fisiopatologia, do diagnóstico e do tratamento são discutidos no estudo. Resumo em inglês Objective: The aim of this article is to highlight the importance of a rare disease that causes severe arterial hypertension in children. It is important to advise pediatricians to measure arterial pressure in children in order to avoid late diagnosis and renal insufficiency. Description: We report a case of a 13-year-old patient that presented typical clinical and laboratorial features of Liddle’s syndrome. The diagnosis was established based on the clinical picture ass (mais) ociated with the presence of chronic hypokalemia, increase of urinary potassium excretion with sodium retention and reduction of renin plasma activity, and circulating levels of angiotensin II and aldosterone. In a spite of the initial therapeutic response to triamterene, the patient developed progressive renal failure due to the delay in the diagnosis and the poorly controlled hypertension. Comments: Liddle’s syndrome consists of a form of pseudoaldosteronism characterized by arterial hypertension, hypokalemia, metabolic alkalosis and failure to thrive. Some aspects regarding physiopathology, diagnosis and treatment are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Prevalência de hipertensão do avental branco na atenção primária de saúde/ Prevalence of white coat hypertension in primary health care

Alves, Leila Maria Marchi; Nogueira, Maria Suely; Godoy, Simone de; Hayashida, Miyeko; Cárnio, Evelin Capellari
2007-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a prevalência de hipertensão do avental branco no município de Dumont, Estado de São Paulo, caracterizando os participantes da pesquisa em relação a fatores demográficos e a alterações tanto fisiológicas como metabólicas. MÉTODOS: Foram selecionados 109 usuários da Unidade de Saúde municipal, divididos em três grupos (normotensão, hipertensão essencial e hipertensão do avental branco), após medidas de pressão arterial com aparelho osc (mais) ilométrico e exame de monitorização ambulatorial da pressão arterial. Foram realizadas entrevista, mensuração de dados e coleta de exames laboratoriais para comparação das variáveis encontradas entre os grupos. Para o tratamento estatístico, foram utilizados os testes ANOVA e Tukey. Os resultados foram expressos como médias ± erros padrão das médias. As diferenças foram consideradas estatisticamente significativas para p Resumo em inglês OBJECTIVE: Assess the prevalence of white coat hypertension in the municipality of Dumont, in São Paulo State, and map study participants' demographics, and physiologic and metabolic changes. METHODS: One hundred and nine (109) users of the Municipal Health Service were selected and then divided into three groups: normotension, essential hypertension, and white coat hypertension after blood pressure was measured through oscilometry and blood pressure monitoring exam at o (mais) utpatient unit. Variables found between the groups were compared based on interview, data measurements, and laboratory exams. ANOVA and Tukey tests were used for statistical data. Results were expressed as means ± standard error of means. p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Por que os portadores de cardiomiopatia chagásica têm pior evolução que os não-chagásicos?/ Why do patients with chagasic cardiomyopathy have worse outcomes than those with non-chagasic cardiomyopathy?

Silva, Christiano Pereira; Del Carlo, Carlo Henrique; Oliveira Junior, Mucio Tavares de; Scipioni, Airton; Strunz-Cassaro, Celia; Ramirez, José Antonio Franchini; Pereira Barretto, Antonio Carlos
2008-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A insuficiência cardíaca é uma doença de alta prevalência, com prognóstico dependente de diferentes fatores preditores. OBJETIVO: A doença de Chagas é um preditor de mau prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) crônica. O objetivo deste estudo é analisar se ela também prediz pior evolução para pacientes agudamente descompensados. MÉTODOS: Estudamos 417 pacientes hospitalizados por IC descompensada. A idade média foi de 51,8 an (mais) os, sendo 291 (69,8%) homens. Os pacientes foram divididos em dois grupos: 133 (31,9%) chagásicos (CH) e 284 com outras etiologias. Num subgrupo de 63 pacientes (15,1% com doença de Chagas), dosaram-se citocinas e noradrenalina. RESULTADOS: Na internação, 24,6% necessitaram de inotrópicos, e em um ano a mortalidade foi de 54,7%. Os CH apresentaram maior mortalidade (69,2% vs. 47,9%, p Resumo em inglês BACKGROUND: Heart failure is a highly prevalent disease, the prognosis of which depends on different predictive factors. OBJECTIVE: Chagas disease is a predictor of poor prognosis in patients with chronic heart failure (HF). The purpose of this study is to investigate whether this condition also predicts poor outcome in acutely decompensated patients. METHODS: Four hundred and seventeen patients admitted for decompensated heart failure were studied. Mean age was 51.8 year (mais) s, and 291 (69.8%) were male. They were divided into two groups: 133 (31.9%) patients with Chagas heart disease (CH) and 284 patients with heart failure of other etiologies. Cytokine and norepinephrine plasma levels were measured in a subgroup of 63 patients (15.1% with Chagas disease). RESULTS: At admission, 24.6% of the patients needed inotropic support, and one-year mortality was 54.7%. Mortality rates were higher in the CH group (69.2% vs. 47.9%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Fatores dietéticos na prevenção e tratamento de comorbidades associadas à síndrome metabólica/ Dietary factors in preventing and treating comorbidities associated with the metabolic syndrome

Santos, Cláudia Roberta Bocca; Portella, Emilson Souza; Avila, Sonia Silva; Soares, Eliane de Abreu
2006-06-01

Resumo em português A síndrome metabólica constitui um fator de risco cardiovascular, sendo caracterizada pela associação de hipertensão arterial sistêmica, obesidade abdominal, tolerância à glicose prejudicada, hipertrigliceridemia e baixas concentrações sangüíneas de HDL-colesterol, além dos estados pró-trombótico e pró-inflamatório observados. No entanto, a alimentação adequada, associada a outras modificações no estilo de vida, tais como prática regular de atividade (mais) física e abandono do tabagismo, contribui para um melhor controle da doença, prevenindo suas complicações e aumentando a qualidade de vida. Desse modo, o objetivo deste estudo foi revisar, na literatura científica, o papel da dieta na prevenção e tratamento da síndrome metabólica. Os trabalhos sobre o assunto informam que a terapia nutricional visa a limitar o consumo de gorduras saturadas e ácidos graxos trans isômeros, os principais envolvidos no aumento da colesterolemia. O aporte protéico deve ser semelhante às recomendações da população geral, com ênfase no consumo de proteínas de origem vegetal e de peixe. Outro fator importante refere-se ao índice glicêmico dos alimentos: dietas de alto índice glicêmico estão relacionadas à promoção da resistência insulínica, obesidade e diabetes mellitus tipo 2. Quanto às fibras alimentares, muitos estudos comprovam que a dieta rica em fibras diminui o risco de doenças coronarianas e diabetes mellitus tipo 2, além de contribuir para melhor controle glicêmico. Portanto, a alimentação adequada constitui um fator indispensável não somente no tratamento, como também na prevenção da síndrome metabólica. Resumo em inglês The metabolic syndrome constitutes a cardiovascular risk factor characterized by the association of high blood pressure, abdominal obesity, impaired glucose tolerance, high plasma triglycerides and low HDL-cholesterol concentration, beyond the observed prothrombotic and proinflammatory states. Otherwise, an adequate diet associated with other lifestyle modifications, such as regular physical activity and curb smoking contribute to an improved control of the disease, preve (mais) nting its complications and increasing the quality of life. In this way, the proposal of this study was to review, in the scientific literature, the role of the diet in preventing and treating the metabolic syndrome. The articles on this matter inform that the nutritional therapy aims to limit the consumption of saturated fats and trans isomeric fatty acids, the main components involved in increasing cholesterolemia. The quantity of protein must be similar to the recommendations for the general population, with emphasis on plant and fish protein. Another important issue is the glycemic index of foods: diets with high glycemic index promote insulin resistance, obesity and type 2 diabetes mellitus. In relation to dietary fibers, many studies show that a diet rich in fibers reduces the risk of coronary diseases and type 2 diabetes mellitus, and also contributes to improve glycemic control. Therefore, an adequate diet not only constitutes an indispensable factor in the treatment but also in the prevention of the metabolic syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Estresse oxidativo e disfunção endotelial na doença renal crônica/ Oxidative stress and endothelial dysfunction in chronic kidney disease/ Estrés oxidativo y disfunción endotelial en la enfermedad renal crónica

Costa-Hong, Valeria; Bortolotto, Luiz Aparecido; Jorgetti, Vanda; Consolim-Colombo, Fernanda; Krieger, Eduardo M; Lima, Jose Jayme Galvão de
2009-05-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A doença renal crônica (DRC) caracteriza-se pela alta prevalência de aterosclerose. Uma vez que o estresse oxidativo e a disfunção endotelial são promotores da aterosclerose, é interessante verificar se as duas condições estão associadas em pacientes com DRC, ainda sem doença cardiovascular (DCV) clínica. OBJETIVO: Avaliar as relações entre o estresse oxidativo e a função endotelial em pacientes com DRC estágio 5, sem DCV. MÉTODOS: Foram estu (mais) dados 22 pacientes com DRC, não-diabéticos, não-fumantes, sem DCV e tratados por hemodiálise; além de 22 indivíduos normais. Em todos os indivíduos foram avaliados a reatividade vascular, dependente e independente de endotélio (ultra-som de alta resolução da artéria braquial), e o estresse oxidativo (níveis plasmáticos de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico - TBARS). RESULTADOS: A reatividade vascular dependente de endotélio (6,0 ± 4,25% vs. 11,3 ± 4,46%, p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La enfermedad renal crónica (ERC) se caracteriza por la alta prevalencia de aterosclerosis Siendo el estrés oxidativo y la disfunción endotelial promotores de la aterosclerosis, es interesante verificar si las dos condiciones están asociadas en pacientes con ERC, aun sin enfermedad cardiovascular (ECV) clínica. OBJETIVO: Evaluar las relaciones entre el estrés oxidativo y la función endotelial en pacientes con ERC estado 5, sin ECV. MÉTODOS: Se estudiar (mais) on 22 pacientes con ERC, no diabéticos, no fumadores, sin ECV y tratados por hemodiálisis; además de 22 individuos normales. En todos los individuos se evaluaron la reactividad vascular, dependiente e independiente de endotelio (ecografía de alta resolución de la arteria braquial), y el estrés oxidativo (niveles plasmáticos de sustancias reactivas al ácido tiobarbitúrico - TBARS). RESULTADOS: La reactividad vascular dependiente de endotelio (6,0 ± 4,25% vs. 11,3 ± 4,46%, p Resumo em inglês BACKGROUND: Chronic kidney disease (CKD) is characterized by the high prevalence of atherosclerosis. Considering that endothelial dysfunction and oxidative stress are promoters of atherosclerosis, it is of interest to verify whether the two conditions are associated in CKD patients still free of clinical cardiovascular disease (CVD). OBJECTIVE: To evaluate the association between oxidative stress and endothelial function in end-stage CKD patients without clinically eviden (mais) t CVD. METHODS: We studied 22 nondiabetic, nonsmoker CKD patients without clinical CVD treated by maintenance hemodialysis and 22 healthy controls. Endothelium- dependent and independent vascular reactivity and oxidative stress, as determined by the plasma levels of thiobarbituric acid-reactive substances - TBARS, were evaluated in all subjects. RESULTS: Endothelium-dependent (6.0 ± 4.25 vs. 11.3 ± 4.46 %, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Eficácia e tolerabilidade da associação bisoprolol/hidroclorotiazida na hipertensão arterial/ Efficacy and tolerability of the bisoprolol/hydrochlorothiazide combination in the treatment of arterial hypertension.

Luna, Rafael Leite; Oigman, Wille; Ramirez, José Antônio; Mion, Décio; Batlouni, Michel; Rocha, João Carlos da; Feitosa, Gilson Soares; Castro, Iran; Chaves Júnior, Hilton de Castro; God, Epotaménides Maria Good; Maia, Lilia Nigro; Ortega, Kátia Coelho; Raineri, Angela Maria de O.
1998-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudo multicêntrico, aberto e não comparativo, para avaliar a eficácia e a tolerabilidade de dois agentes anti-hipertensivos combinados em doses baixas: o beta-bloqueador cardiosseletivo bisoprolol (2,5 e 5,0mg) com 6,25mg de hidroclorotiazida. MÉTODOS: Cento e seis pacientes com hipertensão arterial nos estágios I e II (leve a moderada) receberam a combinação bisoprolol/hidroclorotiazida, em uma única dose diária, e foram submetidos a uma avaliação (mais) da pressão arterial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD), durante 8 semanas. RESULTADOS: A combinação bisoprolol/hidroclorotiazida reduziu significativamente os valores médios iniciais da PAS (157,4mmHg para 137,3mmHg) e da PAD (98,8mmHg para 87,4mmHg). Ao final do estudo, 61% haviam normalizado a PA ( Resumo em inglês PURPOSE: Multicenter, open and non-controlled study to evaluated the efficacy and the tolerability of a low-dose combination of two anti-hypertensive agents: a cardioselective beta-blocker, bisoprolol (2.5 and 5.0mg) with 6.25mg of hydrochlorothiazide. METHODS: One hundred and six patients in the stage I and stage II of the systemic hypertension (mild to moderate) were given the bisoprolol/hydrochlorothiazide combination once daily and the diastolic and systolic blood pre (mais) ssures were monitored during the 8-week trial. RESULTS: The bisoprolol/hydrochlorothiazide combination reduced the initial mean values of systolic and diastolic blood pressures, respectively, from the 157.4mmHg and 98.8mmHg to 137.3mmHg and 87.4mmHg. At the end of the treatment period, 61% of the patients normalized blood pressure values (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Determinação da dissolução de alumínio durante cozimento de alimentos em panelas de alumínio/ Determining aluminum dissolution when cooking food in aluminium cans

Dantas, Sílvia Tondella; Saron, Elisabete Segantini; Dantas, Fiorella Balardin Hellmeister; Yamashita, Daniela Mary; Kiyataka, Paulo Henrique Massaharu
2007-06-01

Resumo em português Embora os estudos mais recentes não confirmem a correlação entre a presença do alumínio no organismo humano e o Mal de Alzheimer, com freqüência esse assunto é trazido à tona. O presente trabalho foi realizado de forma a avaliar a ocorrência de migração significativa de alumínio proveniente de utensílios domésticos, durante o preparo de alimentos. Foram estudados sete tipos de alimentos com preparos diferenciados e três tipos de panela (caçarola, de press (mais) ão e frigideira), nas versões sem e com revestimento (Teflon). A análise do metal foi realizada em espectrômetro de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado. Os resultados demonstraram transferência desprezível do Al para alguns alimentos, sendo que a maior transferência ocorreu no preparo de molho de tomate (baixo valor de pH), na panela sem revestimento. Um cardápio preparado com todos esses alimentos para as duas refeições diárias, mostrou que a massa de Al incorporada pelo alimento corresponde a 2% do limite de ingestão diária de Al (1 mg.kg -1 de peso corporal/dia), considerando-se um indivíduo de 60 kg. Assim, conclui-se que o uso de panelas de alumínio no preparo de alimentos praticamente não interfere na ingestão total do elemento para o ser humano. Resumo em inglês Aluminum is associated with neurological diseases, such as Alzheimer by some authors. Although this has never been confirmed, there is evidence of an accumulation in kidneys of people with renal problems. This present work was carried out to address this subject by evaluating the occurrence of significant aluminum migration from cooking utensils during food preparation. Eight types of food cooked in different ways and three distinct types of pans (a saucepan, pressure coo (mais) ker and frying pan), with and without teflon coating, were evaluated. The metal analysis was conducted in an Optical Emission Spectrometer with Inductively Coupled Plasma. The results showed insignificant transference of aluminum in some food products. The main transference occurred when tomato sauce was prepared, which has a low pH, in the pan without teflon coating. The menu prepared with all the foods for two meals in a day showed that the aluminum mass incorporated by the food corresponded to 2% of the daily consumption limit of aluminum for a 60 kg person (1 mg.kg -1 of body weight per day). Thus, the use of aluminum pans in food cooking practically does not interfere in the total consumption of aluminum allowed for people.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Correlação entre os níveis plasmáticos de apolipoproteínas A-I e B e o perfil lipídico em indivíduos com e sem diabetes mellitus tipo 2 e hipertensão arterial/ Apolipoproteins A-I and B plasma levels correlations with lipid profile in subjects with type 2 diabetes mellitus and high blood pressure

Lima, Luciana Moreira; Carvalho, Maria das Graças; Soares, Anna Letícia; Lasmar, Marcelo Carvalho; Novelli, Bethânia Alves; Sousa, Marinez Oliveira
2005-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: As dislipidemias, o diabetes mellitus (DM) e a hipertensão arterial sistêmica (HAS) são importantes fatores no desenvolvimento da doença arterial coronariana (DAC), a principal causa de morte de indivíduos adultos no mundo. Diversos estudos têm demonstrado correlação positiva entre concentrações plasmáticas elevadas de colesterol presente na lipoproteína de baixa densidade (LDL-C) e/ou baixas concentrações de colesterol presente na lipoproteín (mais) a de alta densidade (HDL-C) e aumento de risco para doenças cardiovasculares (DCV). OBJETIVO: Correlacionar os valores do perfil lipídico, apolipoproteínas (Apo) A-I e B, lipoproteína(a) [Lp(a)] e microalbuminúria em indivíduos com e sem DM e HAS. MATERIAL E MÉTODOS: Os participantes, com faixa etária de 40 a 65 anos, foram divididos em cinco grupos: 1. controle (indivíduos hígidos, n = 16); 2. HAS (hipertensos, n = 12); 3. DM (DM2, normotensos e normoalbuminúricos, n = 7); 4. DM + HASnAlb (DM2, hipertensos e normoalbuminúricos, n = 18); e 5. DM + HASmAlb (DM2, hipertensos e microalbuminúricos, n = 9). RESULTADOS: Foram observadas diferenças estatísticas para o LDL-C entre a média do grupo 5 em relação às médias dos demais grupos; para triglicérides (TGL), entre as médias dos grupos 2, 4 e 5 em relação à do grupo 1. Para as médias de colesterol total (CT), HDL-C, Lp(a) e Apo A-I não houve diferença significativa entre os grupos. As médias para Apo B dos grupos 4 e 5 apresentaram diferenças significativas com relação ao grupo 1. Foi observada correlação positiva entre o LDL-C e a Apo B (r = 0,684); p Resumo em inglês BACKGROUND: Dyslipidemias, diabetes mellitus (DM), high blood pressure are important factors for development of the coronary artery disease (CAD), principal cause of death in the world. Several studies have demonstrated positive correlation between both LDL-C high plasma levels and HDL-C low concentrations and increased risk for cardiovascular diseases. OBJECTIVES: To establish the possible correlation between lipids, lipoproteins, apolipoproteins A-I and B, Lipoprotein(a (mais) ) and microalbuminuria in subjects with and without diabetes mellitus type 2 and high blood pressure. MATERIAL AND METHOD: The subjects, with age range from 40 to 65 years, were divided into five groups: 1. control (normal subjects, n = 16); 2. HAS (subjects with high blood pressure, n = 12); 3. DM (normotensive and normoalbuminuric patients with diabetes mellitus type 2, n = 7); 4. DM + HASnAlb (hypertensive and normoalbuminuric patients with diabetes mellitus type 2, n = 18) and 5. DM + HASmAlb (hypertensive and microalbuminuric patients with diabetes mellitus type 2, n = 9). RESULTS: Concerning to the lipid profile statistical differences were observed for LDL-C between the average of the group 5 compared to the averages of the other groups; for triglycerides among the groups 2, 4 and 5 compared to the group 1. For the total cholesterol, HDL-C, Lp(a) and Apo A-I no significant difference was observed among the groups. Average values for Apo B for groups 4 and 5 presented significant difference compared to group 1. Positive correlation was observed between LDL-C and Apo B (r = 0,684); p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Avaliação quanto à presença de microalbuminúria e hiperfiltração glomerular no estágio de tolerância à glicose diminuída/ Microalbuminuria, glomerular hyperfiltration, and impaired glucose tolerance

Cruz, Ney de Souza; Sartori, Maria Salete; Santos, Maria Luiza dos; Aragon, Flávio Ferrari; Padovani, Carlos Roberto; Pimenta, Walkyria de Paula
2003-04-01

Resumo em português Na fase de tolerância à glicose diminuída (TGD) já estão presentes vários distúrbios metabólicos característicos do diabetes mellitus tipo 2 e fatores de risco que predispõem à vasculopatia. Nosso objetivo foi o de verificar se indivíduos de nossa população, com TGD e normotensos, apresentam elevação da excreção urinária de albumina (EUA) e da depuração de creatinina (D Cr). Teste oral de tolerância à glicose padrão com dosagem de insulina foi real (mais) izado, classificando os participantes em dois grupos: com TGD e com tolerância à glicose normal (TGN). Urina do período noturno foi utilizada para a determinação da EUA (imunoturbidimetria) e da D Cr. Os dois grupos não diferiram quanto à EUA e à D Cr. A freqüência de microalbuminúria foi de 21,1 e 3,3%, respectivamente, para os grupos com TGD e TGN (NS). Concluímos que, nesta amostra da população brasileira, indivíduos com TGD, normotensos e com resistência à insulina não apresentaram microalbuminúria e hiperfiltração glomerular. Resumo em inglês In the impaired glucose tolerance (IGT) phase, there are already several characteristic metabolic abnormalities and risk factors in type 2 diabetes mellitus, which predispose them to develop vasculopathy. We looked for increased urinary albumin excretion (UAE) and creatinine clearance (C Cr) in Brazilians with IGT and normal blood pressure. The standard oral glucose tolerance test with plasma insulin was performed to classify participants into two groups: IGT and normal g (mais) lucose tolerance (NGT). Overnight urine collection was used to assess the UAE (immunoturbidimetry) and C Cr. No differences were observed between the groups in regarding UAE and C Cr. The frequency of microalbuminuria was 21.1 and 3.3% for the IGT and NGT groups, respectively (NS). In conclusion, Brazilians with IGT, normal blood pressure and insulin resistance did not present microalbuminuria or glomerular hyperfiltration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Análise da associação de atividade física à síndrome metabólica em estudo populacional de nipo-brasileiros/ Analysis on the association of physical activity with metabolic syndrome in a population-based study of Japanese-Brazilians

Doro, Antonio R.; Gimeno, Suely G.A.; Hirai, Amélia T.; Franco, Laércio J.; Ferreira, Sandra R.G.; JBDS Group
2006-12-01

Resumo em português Doenças associadas ao sedentarismo podem ser prevenidas por mudanças no estilo de vida. Parte dos benefícios cardiovasculares da atividade física poderia advir de menor grau de inflamação. Este estudo descreve a atividade física de uma população de origem japonesa e analisa sua associação à síndrome metabólica (SM), ajustada para diversas variáveis. Baseou-se em banco de dados previamente constituído a partir de um estudo de base populacional em nipo-brasi (mais) leiros. Foram incluídos 1330 indivíduos > 30 anos, de ambos os sexos, residentes em Bauru, submetidos a entrevistas, sendo obtidos dados sócio-demográficos, de saúde, de atividade física e de dieta, além de exames médicos e laboratoriais. A avaliação da atividade física enfocou atividades no trabalho e nas horas vagas. O diagnóstico de SM foi baseado em adaptação para asiáticos dos critérios do NCEP. Empregou-se regressão logística, tendo a SM como variável resposta. Homens (46,1%) e mulheres apresentaram médias de idade semelhantes (57,0 ± 12,8 e 56,9 ± 12,2 anos, respectivamente). Houve leve predomínio do sexo feminino. Os homens apresentavam grau de instrução mais elevado e mais freqüentemente eram fumantes (p Resumo em inglês Sedentary behavior-related diseases can be prevented by lifestyle changes. Part of the cardiovascular benefits of physical activity (PA) may be due to low-grade inflammation. This study describes the PA of a population of Japanese and analyses its association with metabolic syndrome (MS) adjusted a number of variables. This was based on a database previously created following a population-based study of Japanese-Brazilians. 1,330 subjects aged > 30 years, of both sexes, l (mais) iving in Bauru, were included and they were submitted to interviews, being obtained sociodemographic, health, physical activity and dietary data, as well as clinical and laboratory data. Physical activity assessment focused on activities during work and leisure times. Diagnosis of MS was based on an adaptation of NCEP criteria for Asians. Non-conditional logistic regression had MS as the dependent variable. Men (46.1%) and women showed similar mean ages (57.0 ± 12.8 and 56.9 ± 12.2 years, respectively). A slight preponderance of females was observed. Men had a higher level of education and more frequently were smokers (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)