Sample records for pressure groups
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Determinação de volumes e pressões de balonetes de tubos traqueais insuflados com ar ambiente ou óxido nitroso/ Volume and pressure of tracheal tube cuffs filled with air or nitrous oxide/ Determinación de volúmenes y presiones de balones de tubos traqueales insuflados con aire ambiente u óxido nitroso

Peña, Ernesto Leonardo Cárpio; Gregori, Waldemar Montoya de; Piccinini Filho, Luiz; Vieira, Joaquim Edson; Mathias, Lígia Andrade da Silva Telles
2004-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A pressão exercida pelo balonete do tubo traqueal contra a parede da traquéia deve permitir fluxo capilar adequado e prevenir escapes de ar ou aspiração pulmonar. Esta pesquisa procurou determinar as variações de pressão do balonete insuflado com ar ambiente ou com óxido nitroso a 100%. MÉTODO: Trinta pacientes foram selecionados para receber anestesia geral balanceada com intubação orotraqueal. O balonete foi insuflado conforme crit� (mais) �rios clínicos. As medidas de base foram realizadas após 15 minutos do início da anestesia com um manômetro aneróide calibrado em cm de H2O e forneceram os valores iniciais de pressão e volume. Os pacientes foram divididos em dois grupos: balonete reinsuflado com ar ambiente, grupo A, ou com óxido nitroso, grupo B. As medidas de pressão foram obtidas em intervalos até a primeira hora e os resultados comparados. RESULTADOS: Os grupos mostraram-se comparáveis para idade e sexo. Em ambos os grupos os valores basais médios para pressão foram próximos de 40 cmH2O com 8 ml de volume. No grupo com ar ambiente, as pressões aumentaram até 36 cmH2O em uma hora. No grupo de balonete insuflado com N2O, as pressões diminuíram abaixo de 20 cmH2O entre 20 e 30 minutos de anestesia. CONCLUSÕES: O uso de N2O a 100% para insuflação do balonete de sonda traqueal não constitui método seguro, acarretando progressiva perda da capacidade de vedação. O uso de ar ambiente promove aumento de volume e de pressão no balonete, aumentando possibilidade de lesão da mucosa traqueal. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La presión ejercida por el balón del tubo traqueal contra la pared de la traquea debe permitir flujo capilar adecuado y prevenir escapes de aire o aspiración pulmonar. Esta pesquisa buscó determinar las variaciones de presión del balón insuflado con aire ambiente o con óxido nitroso a 100%. MÉTODO: Treinta pacientes fueron seleccionados para recibir anestesia general balanceada con entubación orotraqueal. El balón fue insuflado conform (mais) e criterios clínicos. Las medidas de base fueron realizadas después de 15 minutos del inicio de la anestesia con un manómetro aneróide calibrado en cm de H2O y dieron los valores iniciales de presión y volumen. Los pacientes fueron divididos en dos grupos: balón reinsuflado con aire ambiente, grupo A, o con óxido nitroso, grupo B. Las medidas de presión fueron obtenidas en intervalos hasta la primera hora y los resultados comparados. RESULTADOS: Los grupos se mostraron comparables para edad y sexo. En ambos grupos los valores basales medios para presión fueron próximos de 40 cmH2O con 8 ml de volumen. En el grupo con aire ambiente, las presiones aumentaron hasta 36 cmH2O en una hora. En el grupo de balón insuflado con N2O, las presiones cayeron abajo de 20 cmH2O entre 20 y 30 minutos de anestesia. CONCLUSIONES: El uso de N2O a 100% para insuflación del balón de sonda traqueal no constituye método seguro, acarreando progresiva pérdida de la capacidad de vedación. El uso de aire ambiente promueve aumento de volumen y de presión en el balón, aumentando la posibilidad de lesión de la mucosa traqueal. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Tracheal tube cuff pressure against tracheal wall should to prevent air leaked or pulmonary aspiration, allowing adequate capillary blood flow. This study aimed at determining pressure variations of tracheal tube cuffs filled with air or 100% nitrous oxide. METHODS: Participated in this study 30 patients submitted to balanced general anesthesia with tracheal intubation. Cuff was inflated according to clinical criteria. The intracuff pressure mea (mais) surements were undertaken after 15 minutes of anesthesia by means of an aneroid manometer gaged in cm of H2O and have provided initial pressure and volume values. The patients was allocated in two groups: cuff inflated with air, group A, and with nitrous oxide, group B. Measurements were recorded during one hour and results were compared. Groups were homogeneous in gender and age. RESULTS: Both groups have shown baseline pressure values close to 40 cmH2O with 8 ml of volume. Group filled with air had pressures increased up to 36 cmH2O in one hour. Group filled with nitrous oxide had pressures decreased below 20 cmH2O after 20 to 30 minutes of anesthesia. CONCLUSIONS: 100% nitrous oxide to fill tracheal tube cuffs is not a safe method resulting in progressive air leakage. The cuff air promotes volume and pressure increase, with higher chances for tracheal mucosa injury.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Efeitos da pressão limite (25 cmH2O) e mínima de “selo” do balonete de tubos traqueais sobre a mucosa traqueal do cão/ Effects of tracheal tube cuff limit pressure (25 cmH2O) and “seal” pressure on tracheal mucosa of dogs/ Efectos de la presión limite (25 cmH2O) y mínima de “sello” del balón de tubos traquéales sobre la mucosa traqueal del can

Castilho, Emanuel Celice; Braz, José Reinaldo Cerqueira; Catâneo, Antonio José Maria; Martins, Regina Helena Garcia; Gregório, Elisa Aparecida; Monteiro, Eduardo Raposo
2003-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As lesões da mucosa traqueal em contato com o balonete do tubo traqueal são proporcionais à pressão exercida pelo balonete e ao tempo de exposição. O objetivo foi estudar as eventuais lesões da mucosa do segmento traqueal em contato com o balonete do tubo traqueal insuflado com volume de ar suficiente para se obter pressão de “selo” ou com a pressão limite de 25 cmH2O, abaixo da pressão crítica de 30 cm de água para produ (mais) ção de lesão da mucosa traqueal. MÉTODO: Dezesseis cães foram submetidos à anestesia venosa e ventilação artificial. Os cães foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos de acordo com a pressão no balonete do tubo traqueal (Portex Blue-Line, Inglaterra): Gselo (n = 8) balonete com pressão mínima de “selo” para impedir vazamento de ar durante a respiração artificial; G25 (n = 8) balonete insuflado até obtenção da pressão de 25 cmH2O. A medida da pressão do balonete foi realizada por meio de manômetro digital no início (controle) e após 60, 120 e 180 minutos. Após o sacrifício dos cães, foram feitas biópsias nas áreas da mucosa traqueal adjacentes ao balonete e ao tubo traqueal para análise à microscopia eletrônica de varredura (MEV). RESULTADOS: A pressão média do balonete em G25 manteve-se entre 24,8 e 25 cmH2O e em Gselo entre 11,9 e 12,5 cmH2O durante o experimento. As alterações à MEV foram pequenas e não significantemente diferentes nos grupos (p > 0,30), mas ocorreram lesões mais intensas nas áreas de contato da mucosa traqueal com o balonete do tubo traqueal, nos dois grupos, em relação às áreas da mucosa adjacentes ou não ao tubo traqueal (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las lesiones de la mucosa traqueal en contacto con el balón del tubo traqueal son proporcionales a la presión ejercida por el balón y al tiempo de exposición. La finalidad fue estudiar las eventuales lesiones de la mucosa del segmento traqueal en contacto con el balón del tubo traqueal insuflado con volumen de aire suficiente para obtener presión de “sello” o con la presión limite de 25 cmH2O, abajo de la presión crítica de (mais) 30 cm de agua para producción de lesión de la mucosa traqueal. MÉTODO: Diez y seis canes fueron sometidos a anestesia venosa y ventilación artificial. Los canes fueron distribuidos aleatoriamente en dos grupos de acuerdo con la presión en el balón del tubo traqueal (Portex Blue-Line, Inglaterra): Gsello (n = 8) balón con presión mínima de “sello” para impedir vaciamiento de aire durante la respiración artificial; G25 (n = 8) balón insuflado hasta la obtención de la presión de 25 cmH2O. La medida de la presión del balón fue realizada por medio de manómetro digital en el inicio (control) y después de 60, 120 y 180 minutos. Después del sacrificio de los canes, fueron hechas biopsias en las áreas de la mucosa traqueal adyacentes al balón y al tubo traqueal para análisis de microscopio electrónico de barredura (MEV). RESULTADOS: La presión media del balón en G25 se mantuvo entre 24,8 y 25 cmH2O y en Gsello entre 11,9 y 12,5 cmH2O durante el experimento. Las alteraciones a la MEV fueron pequeñas y no significantemente diferentes en los grupos (p > 0,30), pero ocurrieron lesiones más intensas en las áreas de contacto de la mucosa traqueal con el balón del tubo traqueal, en los dos grupos, en relación a las áreas de la mucosa adyacentes o no al tubo traqueal (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Injuries of tracheal mucosa in contact with tracheal tube cuff is a function of cuff pressure and exposure time. This study aimed at analyzing injuries of tracheal mucosa in contact with tracheal tube cuff inflated to reach “seal” pressure or limit 25 cmH2O pressure, below critical 30 cmH2O, to prevent tracheal damage. METHODS: This study involved 16 dogs submitted to intravenous anesthesia and artificial ventilation. Dogs were rando (mais) mly distributed into two experimental groups according to tracheal tube cuff pressure (Portex Blue Line, UK): Gseal (n = 8) cuff with minimum “seal” pressure to prevent air leakage during artificial ventilation; G25 (n=8) cuff inflated to 25 cmH2O. Cuff pressure was measured with a digital manometer at the beginning of the experiment (control) and 60, 120 and 180 minutes later. Animals were sacrificed and tracheal mucosa areas adjacent to the tracheal tube cuff were biopsed by scanning electronic microscopy (SEM). RESULTS: Mean cuff pressure was maintained between 24.8 and 25 cmH2O in G25 and between 11.9 and 12.5 cmH2O in Gseal. SEM changes were mild and not significantly different between groups (p > 0.30), with more severe injuries to tracheal areas in contact with the cuff as compared to areas adjacent or not to tracheal tube (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Clonidina como medicação pré-anestésica em facectomias: comparação entre as doses de 100 µg e 200 µg/ Clonidine as pre-anesthetic medication in cataract extration: comparison between 100 µg and 200 µg/ La clonidina como medicación preanestésica en facectomías: comparación entre las dosis de 100 µg y 200 µg

Cruz, José Roquennedy Souza; Cruz, Denise Ferreira Barroso de Melo; Branco, Bruno Castelo; Santiago, Ana Ellen de Queiroz; Amaral, José Luiz Gomes do
2009-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Avaliar a sedação, a pressão intraocular e as alterações hemodinâmicas com o uso de doses baixas de clonidina, 100 µg e 200 µg por via oral, como medicação pré-anestésica para operações de catarata em regime ambulatorial. MÉTODO: O trabalho foi realizado pela Universidade Federal de São Paulo, sendo um estudo clínico aleatório e duplamente encoberto em 60 pacientes, de ambos os sexos, estado físico ASA 1 e 2, com idade mínima (mais) de 18 anos e máxima de 80 anos. Os pacientes foram divididos em três grupos: placebo, clonidina 100 µg e 200 µg. As medidas de pressão intraocular, frequência cardíaca e pressão arterial, além da avaliação de sedação, foram feitas antes e após 90 minutos da administração da clonidina. Os níveis de sedação foram classificados de acordo com a escala de sedação de Ramsay. RESULTADOS: Pacientes que receberam placebo e 100 µg de clonidina não apresentaram redução da frequência cardíaca com diferença estatística significativa, enquanto os que receberam 200 µg de clonidina, sim. Os que receberam clonidina na dose de 200 µg apresentaram redução na pressão arterial sistólica e diastólica (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Evaluar la sedación, la presión intraocular y las alteraciones hemodinámicas con el uso de bajas dosis de clonidina, 100 µg y 200 µg por vía oral, como medicación preanestésica para operaciones de catarata en el ambulatorio. MÉTODO: El trabajo fue realizado por la Universidad Federal de São Paulo, siendo un estudio clínico aleatorio y doble ciego en 60 pacientes de los dos sexos, estado físico ASA 1 y 2, con edad mínima de 18 años (mais) y máxima de 80 años. Los pacientes fueron divididos en tres grupos: placebo, clonidina 100 µg y 200 µg. Las medidas de presión intraocular, frecuencia cardiaca y presión arterial, además de la evaluación de sedación, fueron hechas antes y después de los 90 minutos iniciales en que se administró la clonidina. Los niveles de sedación se clasificaron de acuerdo con la escala de sedación de Ramsay. RESULTADOS: Los pacientes que recibieron placebo y 100 µg de clonidina, no presentaron una reducción de la frecuencia cardiaca con diferencia estadística significativa, mientras que los que recibieron 200 µg de clonidina, sí la presentaron. Los que recibieron clonidina en dosis de 200 µg presentaron una reducción en la presión arterial sistólica y diastólica (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The objective of the present study was to evaluate the degree of sedation, intraocular pressure, and hemodynamic changes with premedication with low doses of oral clonidine, 100 µg and 200 µg, in outpatient cataract surgeries. METHODS: This is a randomized, double-blind, clinical study undertaken at the Universidade Federal de São Paulo with 60 patients of both genders, physical status ASA 1 and 2, ages 18 to 80 years. Patients were separated (mais) into three groups: placebo, clonidine 100 µg, and clonidine 200 µg. Intraocular pressure, heart rate, and blood pressure besides assessment of sedation were measured before and 90 minutes after the administration of clonidine. Sedation levels were classified according to the Ramsay sedation scale. RESULTS: Patients who received placebo and 100 µg of clonidine did not show reduction in heart rate, while a reduction in heart rate was observed in patients who received 200 µg of clonidine, and this difference was statistically significant. Patients who received 200 µg of clonidine also had a reduction in systolic and diastolic blood pressure (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Análise dos efeitos da manobra de recrutamento alveolar na oxigenação sanguínea durante procedimento bariátrico/ Analysis of the effects of the alveolar recruitment maneuver on blood oxygenation during bariatric surgery/ Análisis de los efectos de la maniobra de reclutamiento alveolar en la oxigenación sanguínea durante el procedimiento bariátrico

Souza, Alda Paiva de; Buschpigel, Márcia; Mathias, Ligia Andrade Silva Telles; Malheiros, Carlos Alberto; Alves, Vera Lucia dos Santos
2009-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVAS E OBJETIVOS: A manobra de recrutamento alveolar (MRA) é indicada no tratamento de atelectasias intraoperatórias. O objetivo do presente estudo foi comparar duas técnicas de MRA por meio da resposta da relação PaO2/FiO2 e da soma [PaO2+PaCO2], em pacientes obesos grau III. MÉTODO: Estudo prospectivo aberto em pacientes adultos, obesos grau III, submetidos a procedimento cirúrgico bariátrico em ventilação controlada a volume, pressão positiva no fi (mais) nal da expiração (PEEP) de 5 cmH2O e divididos em três grupos: G CONT: PEEP de 5 cmH2O; G MRA10/15/20 após sutura da aponeurose: aumento progressivo da PEEP para 10,15 e 20 cmH2O, pausa de 40 segundos e manutenção de cada valor da PEEP por 2 minutos; G MRA30: após sutura da aponeurose: aumento súbito da PEEP para 30 cmH2O, 40 segundos de pausa e manutenção da PEEP em 30 cmH2O por dois minutos. Foram analisadas as variáveis frequência cardíaca, pressão arterial média, sistólica, diastólica, pressão média das vias aéreas (P MVA) e de platô (P PLAT), pressão arterial de oxigênio (PaO2), pressão arterial de CO2 (PaCO2), relação PaO2/FiO2 (fração inspiratória de oxigênio) e soma [PaO2+PaCO2]. RESULTADOS: As variáveis que apresentaram diferença estatística significativa entre os três grupos foram: P PLAT, P MVA, PaO2, relação PaO2/FiO2 e soma [PaO2+PaCO2] (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVAS Y OBJETIVOS: La maniobra de reclutamiento alveolar (MRA) se indica en el tratamiento de atelectasias intraoperatorias. El objetivo del presente estudio fue comparar dos técnicas de MRA por medio de la respuesta de la relación PaO2/FiO2 y de la suma [PaO2+PaCO2], en pacientes obesos con grado III. MÉTODO: Estudio prospectivo abierto en pacientes adultos, obesos grado III, sometidos a procedimiento quirúrgico bariátrico en ventilación controlada a volum (mais) en, presión positiva al final de la expiración (PEEP) de 5 cmH2O y divididos en tres grupos: G CONTROL: PEEP de 5 cmH2O; G MRA10/15/20 después de la sutura de la aponeurosis: aumento progresivo de la PEEP para 10,15 y 20 cmH2O, pausa de 40 segundos y mantenimiento de cada valor de la PEEP por 2 minutos; G MRA30: después de la sutura de la aponeurosis: aumento súbito de la PEEP para 30 cmH2O, 40 segundos de pausa y mantenimiento de la PEEP en 30 cmH2O por dos minutos. Se analizaron las variables frecuencia cardíaca, presión arterial promedio, sistólica, diastólica, presión promedio de las vías aéreas (P MVA) y de meseta (P PLAT), presión arterial de oxígeno (PaO2), presión arterial de CO2 (PaCO2), relación PaO2/FiO2 (fracción inspiratoria de oxígeno) y suma [PaO2+PaCO2]. RESULTADOS: Las variables que presentaron una diferencia estadística significativa entre los tres grupos fueron: P PLAT, P MVA, PaO2, relación PaO2/FiO2 y suma [PaO2+PaCO2] (p Resumo em inglês BACKGROUND AND METHDS: Alveolar recruitment maneuver (ARM) is indicated in the treatment of intraoperative atelectasis. The objective of the present study was to compare two techniques of ARM using the response of the PaO2/FiO2 ratio and [PaO2 + PaCO2] in patients with grade III obesity. METHODS: This was an open prospective study with adult patients with grade III obesity who underwent bariatric surgery under volume-controlled mechanical ventilation with positive end-exp (mais) iratory pressure (PEEP) of 5 cmH2O, divided in three groups: G CONT: PEEP of 5 cmH2O; G ARM10/15/20 after suture of the aponeurosis: progressive increase in PEEP to 10, 15, and 20 cmH2O with a 40-second pause and maintaining each level of PEEP for 2 minutes; and G ARM30 after suture of the aponeurosis: sudden increase in PEEP to 30 cmH2O with a 40-second pause and maintaining a PEEP of 30 for 2 minutes. Heart rate, mean arterial pressure, systolic and diastolic blood pressure, mean (P AW) and plateau (P PLAT) airways pressure, partial pressure of oxygen (PaO2), partial pressure of carbon dioxide (PaCO2), PaO2/FiO2 ratio (inspired fraction of oxygen), and [PaO2 + PaCO2] were analyzed. RESULTS: The following parameters showed statistically significant differences among the study groups: P PLAT, P AW, PaO2, PaO2/FiO2 ratio, and [PaO2 + PaCO2] (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Correlação entre as pressões parciais de co2 no ar expirado e no sangue arterial, em porcas submetidas a pneumoperitônio/ Correlation between the expired air co2 partial pressure and the arterial co2 pressure in pigs under pneumoperitonium

Valezi, Antonio Carlos; Mali Junior, Jorge; Oliveira, Rodrigo Gomes de; Storti, Laerte H.
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: As cirurgias realizadas por via laparoscópica, que utilizam CO2 para realização do pneumoperitônio, cursam com hipercarbia. Esta alteração pode ser estimada pela pressão parcial de CO2 no ar expirado. Este trabalho foi realizado com a finalidade de determinar se há correlação entre pressão parcial de CO2 arterial e pressão parcial de CO2 no ar expirado nas cirurgias por via laparoscópica. MÉTODO: Distribuíram-se 20 porcas em dois grupos: sem pneum (mais) operitônio e com pneumoperitônio de 12 mmHg de pressão intra-abdominal. Foram medidas a pressão endotraqueal, saturação arterial de O2, pressão parcial de CO2 no ar expirado, pH e pressão parcial de CO2 arteriais. RESULTADOS: Após a realização do pneumoperitônio foi encontrado aumento significativo da pressão endotraqueal, da pressão parcial de CO2 no ar expirado e pressão parcial de CO2 arterial. CONCLUSÕES: Apesar de ter ocorrido aumento nas pressões parciais de CO2 tanto arterial quanto no ar expirado, não houve correlação linear entre elas, não se podendo estimar em cirurgias por via laparoscópica a pressão parcial de CO2 arterial pela pressão parcial de CO2 no ar expirado. Resumo em inglês OBJECTIVE: The use of CO2 to promote pneumoperitoneun in laparoscopic surgeries causes hipercarbia. Expired air CO2 partial pressure may estimate this change.The purpose of this study is to determine whether there is a correlation between arterial CO2 partial pressure and expired air CO2 partial pressure during laparoscopic surgeries. METHODS: Twenty female pigs were assigned to two groups: one without pneumoperitoneun and another with a 12 mmHg intra abdominal pressure. (mais) Endotracheal pressure, arterial CO2 saturation, expired air CO2 partial pressure, pH and arterial CO2 partial pressure were determined. RESULTS: After performing pneumoperitoneun there was a marked increase in endotracheal pressure, expired air CO2 partial pressure and arterial CO2 partial pressure. CONCLUSIONS: In spite of the increase in both CO2 arterial partial pressure and expired air partial pressure, there was no linear correlation between them, so that it is not possible to estimate arterial CO2 partial pressure by the expired air CO2 partial pressure during laparoscopic surgeries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Monitores automáticos de pressão arterial: avaliação de três modelos em voluntárias/ Monitores automáticos de presión arterial: evaluación de tres modelos en voluntarias/ Automatic blood pressure monitors: evaluation of three models in volunteers

Imbelloni, Luiz Eduardo; Beato, Lúcia; Tolentino, Ana Paula; Souza, Dulcimar Donizete de; Cordeiro, José Antônio
2004-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Desde 1903 a monitorização da pressão arterial tem sido realizada por método não invasivo, com esfigmomanômetro ou aparelhos automáticos não invasivos. Um dos problemas da medida da pressão arterial não invasiva é considerar a variação da pressão arterial com o método utilizado. O método oscilométrico de medida da pressão arterial avalia a pressão arterial durante a deflação do manguito. Dificuldades da medida da pressão ar (mais) terial pelo método oscilométrico podem acontecer por: tamanho inadequado do manguito, incorreta aplicação do manguito, faltas não detectadas pelo manguito e conectores, movimento do braço, estado de choque e compressão vascular proximal ao manguito. Este estudo avaliou a confiabilidade dos aparelhos nas medidas da pressão arterial pelo método não invasivo em cinco medidas com três aparelhos diferentes. MÉTODO: Foi avaliada a pressão arterial em 60 voluntárias com idades entre 20 e 40 anos no período das 7 às 11 horas da manhã, na posição sentada de um dia normal de trabalho. A medida da pressão arterial constou de cinco aferições com intervalo de 2 minutos. Foram estudados três aparelhos automáticos de medida da pressão arterial. Nenhuma paciente era obesa, hipertensa ou sofria de doença cardíaca ou disritmias cardíacas. A medida indireta da pressão arterial era feita de acordo com as instruções dos fabricantes. RESULTADOS: Não há diferença entre os três grupos estudados em relação aos parâmetros demográficos. A variação média intrapessoal na PAS, de uma medida para outra, foi de até 6,7 mmHg, na PAM de até 4,9 mmHg e na PAD de até 3,3 mmHg, todas com intervalo de confiança de 95%. A diferença máxima entre as medidas na mesma voluntária foi de 49 mmHg na PAS, 46 mmHg na PAM e 28 mmHg na PAD. CONCLUSÕES: Este trabalho mostrou que há variação significativa entre as medidas das PAS, PAM e PAD e que a PAD é o parâmetro mais fidedigno para verificar alterações da pressão arterial em voluntárias. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Desde 1903 la monitorización de la presión arterial ha sido realizada por método no invasor, con esfigmomanómetro o aparatos automáticos no invasores. Uno de los problemas de la medida de la presión arterial no invasora es considerar la variación de la presión arterial con el método utilizado. El método oscilométrico de medida de la presión arterial evalúa la presión arterial durante la deflación del manguito. Dificultades de la m (mais) edida de la presión arterial por el método oscilométrico pueden acontecer por: tamaño inadecuado del manguito, incorrecta aplicación del manguito, faltas no detectadas por el manguito y conectores, movimiento del brazo, estado de choque y compresión vascular proximal al manguito. Este estudio evaluó la confianza de los aparatos en las medidas de la presión arterial por el método no invasor en cinco medidas con tres aparatos diferentes. MÉTODO: Fue evaluada la presión arterial en 60 voluntarias con edades entre 20 y 40 años en el período de las 7 a las 11 horas de la mañana, en la posición sentada de un día normal de trabajo. La medida de la presión arterial constató de cinco afericiones con intervalo de 2 minutos. Fueron estudiados tres aparatos automáticos de medida de la presión arterial. Ninguna paciente era obesa, hipertensa o sofría de enfermedad cardíaca o disritmias cardíacas. La medida indirecta de la presión arterial era hecha de acuerdo con las instrucciones de los fabricantes. RESULTADOS: No hay diferencia entre los tres grupos estudiados en relación a los parámetros demográficos. La variación media intrapersonal en la PAS, de una medida para otra, fue de hasta 6,7 mmHg, en la PAM de hasta 4,9 mmHg y en la PAD de hasta 3,3 mmHg, todas con intervalo de confianza 95%. La diferencia máxima entre las medidas en la misma voluntaria fue de 49 mmHg en la PAS, 46 mmHg en la PAM y 28 mmHg en la PAD. CONCLUSIONES: Este trabajo mostró que hay variación significativa entre as medidas de las PAS, PAM y PAD y que la PAD es el parámetro más fidedigno para verificar alteraciones de la presión arterial en voluntarias. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Since 1903, blood pressure has been noninvasively monitored (NIBP), either with manual sphygmomanometer or automated noninvasive devices. One NIBP measurement problem is the considerable variance in blood pressure data, both within and between available techniques. The oscillometric method for NIBP monitoring evaluates blood pressure during cuff deflation. Difficulties in blood pressure measurement by oscillometry may arise from: inadequate cuff (mais) size, inadequate cuff application, undetected fails in cuff, hoses, or connectors, arm movement, shock and vascular compression proximal to the cuff. This study aimed at evaluating the reliability of three noninvasive blood pressure monitoring devices during five measurements. METHODS: Blood pressure of 60 healthy female volunteers aged 20 to 40 years was evaluated from 7 am to 11 am, in the sitting position during a normal workday. Five measures were taken with each device at 2-minute intervals. Three automatic blood pressure monitors were studied. No patient was obese, hypertensive or suffering from cardiac disease and cardiac arrhythmia. Indirect measurements were made according to manufacturers' instructions. RESULTS: There were no differences in demographics among the three studied groups. Mean intrapersonal variation from one measurement to the other was up to 6.7 mmHg for systolic blood pressure (SBP), 4.9 mmHg for mean blood pressure (MBP) and 3.3 mmHg for diastolic blood pressure (DBP) with 95% confidence interval. The highest difference between measures in the same volunteer was 49 mmHg for SBP, 46 mmHg for MBP and 28 mmHg for DBP. CONCLUSIONS: This study has shown significant variations in SBP, MBP and DBP and that SBP is the most reliable parameter to check blood pressure changes in volunteers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Estudo comparativo entre a curva diária de pressão intra-ocular e a associação da curva ambulatorial com o teste de sobrecarga hídrica no glaucoma primário de ângulo aberto, glaucoma de pressão normal e olhos normais/ Comparative study between diurnal intraocular pressure curve and the association of ambulatory intraocular pressure curve with the water-drinking test in open angle glaucoma, normal tension glaucoma and normal eyes

Meirelles, Sergio Henrique Sampaio; Yamane, Riuitiro; Álvares, Riani Morelo; Botelho, Priscilla Barbuto; Morais, Fábio Barreto; Moreira, Pedro Bertino; Dantas, Adalmir Morterá; Moraes Júnior, Haroldo Vieira de
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar e correlacionar os picos e a flutuação da pressão intra-ocular verificados na associação da curva ambulatorial com o teste de sobrecarga hídrica com os picos e a flutuação verificados na curva diária de pressão intra-ocular. MÉTODOS: A amostra foi constituída de 77 olhos de 77 pacientes divididos em três grupos compostos por 31 olhos de 31 pacientes portadores de glaucoma primário de ângulo aberto, 26 olhos de 26 pacientes com glaucoma de (mais) pressão normal e 20 olhos normais de 20 indivíduos. RESULTADOS: Houve correlação significativa entre os picos de pressão obtidos na curva diária de pressão intra-ocular e os picos de pressão verificados na curva ambulatorial, no teste de sobrecarga hídrica e na associação da curva ambulatorial com o teste de sobrecarga hídrica. O procedimento em que os picos de pressão apresentaram maior correlação com os picos da curva diária de pressão intra-ocular foi a curva ambulatorial (r²= 0,81), embora não tenha havido diferença estatisticamente significativa com os coeficientes de correlação verificados nos outros métodos. A correlação entre a flutuação da pressão intra-ocular obtida na associação da curva ambulatorial com o teste de sobrecarga hídrica e a flutuação da pressão verificada na curva diária de pressão intra-ocular apresentou uma fraca associação (r²= 0,21). CONCLUSÃO: A associação da curva ambulatorial com o teste de sobrecarga hídrica não se mostrou eficaz para predizer os picos e a flutuação da curva diária de pressão intra-ocular. A curva ambulatorial e o teste de sobrecarga hídrica, devem ser analisados separadamente. O procedimento mais eficaz em prever o pico e a flutuação da pressão da curva diária de pressão intra-ocular foi a curva ambulatorial. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate and correlate the peaks and the fluctuation of intraocular pressure seen in the association of the ambulatory intraocular pressure curve with the water-drinking test versus the peaks and the fluctuation seen in the daily intraocular pressure curve. METHODS: The sample was as follows: 77 eyes belonging to 77 patients who were divided into three groups composed of 31 eyes belonging to 31 patients with primary open-angle glaucoma, 26 eyes belonging to 26 (mais) patients with normal tension glaucoma and 20 normal eyes belonging to 20 individuals. RESULTS: A significant correlation could be observed between the pressure peaks collected from the daily intraocular pressure curve and the pressure peaks seen in the ambulatory intraocular pressure curve, on the water-drinking test, as well as in the association of the ambulatory intraocular pressure curve with the water-drinking test. The procedure which showed the highest rate of correlation between the pressure peaks and the peaks of the daily intraocular pressure curve was the ambulatory intraocular pressure curve (r²= 0.81). However, no statistically significant difference was found between the pressure peaks and the correlation coefficients observed in the other methods. The correlation between the fluctuation of intraocular pressure obtained in the association of the ambulatory intraocular pressure curve with the water-drinking test and the fluctuation of the pressure seen in the daily intraocular pressure curve showed a slight association (r²= 0.21). CONCLUSIONS: The association between ambulatory intraocular pressure curve and water-drinking test was not efficient to estimate peaks and the fluctuation of daily intraocular pressure curve. The ambulatory intraocular pressure curve and the water-drinking test must be analyzed separately. When predicting the peak and the fluctuation of the daily intraocular pressure curve, the ambulatory intraocular pressure curve was the most efficient procedure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Incapacidade para atividades habituais: relação com pressão arterial e terapêutica anti-hipertensiva/ Temporary limitations in daily routine activities: association with arterial pressure and antihypertensive therapy/ Incapacidad para actividades habituales: relación con presión arterial y tratamiento antihipertensivo

Goffredo Filho, Gilberto Senechal de; Faerstein, Eduardo
2010-04-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A hipertensão arterial desempenha papel determinante na ocorrência de eventos clínicos graves, porém há controvérsias quanto ao impacto dos níveis da pressão arterial ou das medicações anti-hipertensivas no cotidiano dos indivíduos. OBJETIVO: Verificar se a elevação dos valores pressóricos ou a terapia farmacológica anti-hipertensiva determinam incapacidade temporária para atividades habituais. MÉTODOS: Análise de dados seccionais de 2.953 pa (mais) rticipantes, em 1999-2001, de coorte de funcionários de universidade no Rio de Janeiro (Estudo Pró-Saúde). A ocorrência e duração da incapacidade nos 14 dias anteriores à coleta de dados foram avaliadas segundo o valor aferido da pressão arterial, como variável contínua, e com a estratificação dos participantes em quatro grupos, combinando as informações quanto à pressão arterial ( Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La hipertensión arterial desempeña un papel determinante en la aparición de eventos clínicos graves, aunque hay controversias en cuanto al impacto de los niveles de la presión arterial o de la medicación antihipertensiva en la vida cotidiana de los individuos. OBJETIVO: Verificar si la elevación de los valores tensionales o el tratamiento farmacológico antihipertensivo determinan incapacidad temporaria para actividades habituales. MÉTODOS: Análisis d (mais) e datos seccionales de 2.953 participantes, en 1999-2001, de cohorte de funcionarios de universidad en Rio de Janeiro (Estudio Pró-Saúde). La ocurrencia y duración de la incapacidad en los 14 días anteriores a la recolección de datos se evaluaron según el valor de presión arterial medido, como variable continua, y con la estratificación de los participantes en cuatro grupos, en los que se combinaron las informaciones en cuanto a la presión arterial ( Resumo em inglês BACKGROUND: Arterial hypertension has a crucial role in the occurrence of severe clinical events, but there are controversies regarding the impact of the arterial pressure levels or anti-hypertensive medication on the routine activities of individuals. OBJECTIVE: To verify whether the increase in arterial pressure levels or anti-hypertensive medications determine a temporary incapacity for routine activities. METHODS: Analysis of sectional data of 2,953 participants, from (mais) 1999-2001, of a cohort of university employees in Rio de Janeiro (Pro-Saude Study). The occurrence and duration of the incapacity on the 14 days before data collection were assessed according to the measured level of arterial pressure, as continuous variable and with the stratification of the participants in four groups, combining the information regarding the arterial pressure (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Influência da postura na pressão intra-ocular e nos defeitos de campo visual no glaucoma primário de ângulo aberto e glaucoma de pressão normal/ Postural influence on intraocular pressure and visual field defects in open angle glaucoma and normal tension glaucoma

Meirelles, Sérgio Henrique Sampaio; Mathias, Cristina Rodrigues; Brandão, Gilberto; Frota, Ana Carolina de Arantes; Yamane, Riuitiro
2008-02-01

Resumo em português OBJETIVO:Avaliar a variação da pressão intra-ocular (PIO) na mudança de posição em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA), glaucoma de pressão normal (GPN) e olhos normais (ON), e correlacionar esta variação à gravidade do defeito de campo visual. MÉTODOS: Foram avaliados 32 olhos de 32 pacientes com GPAA, 30 olhos de 30 pacientes com GPN e 20 olhos de 20 ON. A PIO foi aferida às 6h da manhã na posição supina e 5min após com o paciente s (mais) entado. Foi avaliada a correlação entre variação da pressão decorrente da mudança de posição e os defeitos de campo visual. Foram utilizados os testes estatísticos não paramétricos de Kruskal-Wallis, Wilcoxon, Mann-Whitney e o teste de correlação linear de Spearman. Foi considerado significativo valor de p menor que 0,05. RESULTADOS: Foi encontrada diferença significativa entre as pressões intra-oculares na posição supina e assentada nos três grupos (p Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate intraocular pressure variation due to postural changing of supine to sitting position and, to correlate this variation with visual field defects in primary open angle and normal tension glaucoma patients, as well as normal eyes. METHODS: Thirty-two eyes of 32 POAG patients, 30 eyes of 30 NTG patients and 20 eyes of 20 normal patients were evaluated in the study. Intraocular pressure was measured at 6 o'clock in supine position and 5 minutes after in s (mais) itting position for further correlation between intraocular pressure behavior after postural changing and visual field defects Kruskal-Wallis, Wilcoxon, Mann-Whitney and Spearman linear correlation non-parametric tests were used for statistical analysis. Inherent to the methods used, p-values below 0,05 were considered to ensure statistical relevance. RESULTS: Relevant results were observed between intraocular pressure measured in supine and sitting position in all groups, disclosing statistical significance (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Correlação entre a contagem de plaquetas no sangue e o gradiente de pressão venosa hepática em pacientes cirróticos/ Correlation between platelet blood levels and the hepatic venous pressure gradient among patients with cirrhosis

Dittrich, Sirlei; Mattos, Angelo Alves de; Cheinquer, Hugo; Araújo, Fernanda Branco de
2005-03-01

Resumo em português RACIONAL: A medida do gradiente de pressão venosa hepática é o método mais utilizado para a avaliação da pressão portal. Mais recentemente, a contagem de plaquetas no sangue tem sido apontada como um marcador não-invasivo da presença de hipertensão portal. OBJETIVO: Correlacionar a contagem de plaquetas com os valores do gradiente de pressão venosa hepática em uma população de pacientes cirróticos. PACIENTES E MÉTODOS: Foram estudados 83 pacientes com hepa (mais) topatia crônica que realizaram estudo hemodinâmico hepático, em período de 6 anos. Os pacientes foram divididos em grupos conforme a classificação de Child-Pugh e todos realizaram endoscopia digestiva alta para constatar a presença de varizes de esôfago, assim como tiveram a contagem sérica de plaquetas determinada. RESULTADOS: O número de plaquetas variou entre 45.000/mm³ e 389.000/mm³, com média 104.099 e desvio-padrão 58.776. O gradiente de pressão venosa apresentou média igual a 15,2 mm Hg e desvio-padrão igual a 6,4 mm Hg, variando de 1 a 29 mm Hg. Realizou-se regressão linear simples para verificar a correlação entre o gradiente de pressão venosa e o número de plaquetas, o que permitiu constatar fraca correlação entre ambos. Embora se tenha observado menor número de plaquetas, à medida que o calibre das varizes aumentava e nos pacientes com maior grau de disfunção hepatocelular - medida pela classificação de Child-Pugh - não se encontrou significância estatística. CONCLUSÃO: A despeito de não haver demonstrado correlação estatística entre o número de plaquetas com o gradiente de pressão venosa hepática e o grau de disfunção hepatocelular, pelas tendências observadas, acredita-se que ambos os fatores podem estar implicados na patogenia da plaquetopenia em pacientes cirróticos. Resumo em inglês BACKGROUND: Determination of hepatic venous pressure gradient is the main method used to assess portal pressure. Recently, platelet blood levels has been indicated as a non-invasive marker of the presence of portal hypertension. AIM: To correlate platelet blood levels with the hepatic venous pressure gradient among patients with cirrhosis. PATIENTS AND METHODS: A total of 83 cirrhotic patients who had undergone hepatic venous pressure gradient over the last 6 years were i (mais) ncluded. Patients were divided in groups according to Child-Pugh classification. All had upper digestive endoscopy to assess the presence of esophageal varices and platelet serum levels were recorded. RESULTS: Platelet serum levels range varied between 45,000/mm³ and 389,000/mm³ (mean: 104,099; standard deviation: 58,776). Mean hepatic venous pressure gradient was 15.2 mm Hg with a standard deviation of 6.4 mm Hg (range: 1 to 29 mm Hg). Simple linear regression analysis was applied to verify an association of hepatic venous pressure gradient and platelet serum levels, revealing a weak correlation between both variables. We observed a progressive reduction of serum platelet levels as esophageal varices diameter increased and hepatocellular function (established by Child-Pugh classification) decreased. However, these findings did not reach statistical significance. CONCLUSION: Despite the lack of a statistical significant correlation among serum platelet levels and hepatic venous pressure gradient or hepatocellular function, there was a clear tendency indicating that those variables could be involved in the pathogenesis of low platelet levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Comparação entre os resultados pós-operatórios de pacientes submetidos ao procedimento tríplice e transplante de córnea combinado a fixação secundária de lente intra-ocular/ Comparison between the postoperative results of triple procedure and combined penetrating keratoplasty/ transsclerally sutured posterior chamber lens implantation

Leão, Daniela Maggioni Pereira; Sousa, Luciene Barbasa de
2006-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar os resultados pós-operatórios de 2 grupos de pacientes submetidos a transplante de córnea com técnicas e tempo cirúrgico diferentes, em relação à abordagem do cristalino e/ou lente intra-ocular. MÉTODOS: Neste estudo retrospectivo foram analisados 37 olhos de pacientes divididos em 2 grupos: extração de catarata, implante de lentes intra-oculares (LIO) e transplante de córnea no mesmo tempo cirúrgico - grupo 1 (G1) e extração de catarata (mais) sem implante de lentes intra-oculares no primeiro tempo cirúrgico e fixação secundária de lentes intra-oculares associada a transplante de córnea no segundo tempo cirúrgico - grupo 2 (G2). As variáveis estudadas foram: acuidade visual, pressão intra-ocular (PIO), astigmatismo refracional, astigmatismo ceratométrico e complicações pós-operatórias. RESULTADOS: Foi observado melhora da acuidade visual nos 2 grupos (G1 p Resumo em inglês PURPOSE: To compare the outcomes of two surgical techniques of penetrating keratoplasty with different surgical time, regarding the crystalline and the intraocular lens. METHODS: This retrospective study included 37 patients' eyes divided into 2 groups: extracapsular cataract extraction, posterior chamber intraocular lens implantation and penetrating keratoplasty (Group 1, G1) and transscleral fixation of posterior chamber lens and penetrating keratoplasty (Group 2, G2). (mais) The following parameters were recorded: visual acuity, intraocular pressure, refractive astigmatism, complication and keratometric astigmatism. RESULTS: Visual acuity improved in the two groups (G1 p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Melhora dos limiares de sensibilidade do campo visual após redução da pressão intra-ocular em pacientes com glaucoma: tratamento cirúrgico vs. clínico/ Improvement in glaucomatous visual field thresholds after reduction of intraocular pressure: clinical vs. surgical treatment

Magacho, Leopoldo; Queiroz, Carlos Frederico; Medeiros, Mariele; Lima, Francisco Eduardo; Magacho, Bernardo; Ávila, Marcos
2006-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a influência do tipo de tratamento em diferentes regiões do campo visual glaucomatoso após redução da pressão intra-ocular (Pio). MÉTODOS: Pacientes com glaucoma que obtiveram redução da Pio de pelo menos 20% em um período de 2 meses foram retrospectivamente selecionados e divididos em 2 grupos: 1) após trabeculectomia; 2) após tratamento clínico. Índices do campo visual e os limiares de sensibilidade (totais, e divididos de acordo com a g (mais) ravidade no gráfico do "Pattern Deviation") foram anotados imediatamente antes e após a redução da Pio, comparados entre os grupos, e dentro dos mesmos. RESULTADOS: Trinta e um olhos de 22 pacientes foram incluídos no estudo (15 no grupo 1, e 16 no grupo 2). Ambos os grupos demonstraram alta habilidade na melhora de regiões do campo visual após a redução da Pio. Apenas a porcentagem da redução da Pio (52,3±18,9% e 37,8±15,2% para os grupos 1 e 2, respectivamente, p=0,02) e a porcentagem de melhora nos pontos lesados a 0,5% (186,0±213,3% e 30,1±35,2% para os grupos 1 e 2, respectivamente, p=0,02) foram diferentes entre os grupos, porém sem significância após correção do erro alfa. CONCLUSÃO: A redução da Pio acima de 20% pode estar associada à melhora em regiões do campo visual glaucomatoso, independente da modalidade de tratamento. Resumo em inglês PURPOSE: To verify the influence of modality of treatment in regions of the glaucomatous visual field after reduction of intraocular pressure (IOP). METHODS: Glaucoma patients that had undergone a reduction of IOP of at least 20% in a period of 2 months were retrospectively selected and divided into 2 groups: 1) after trabeculectomy; 2) after clinical treatment. Visual field global indices and thresholds (average, divided according to the severity based on the Pattern Dev (mais) iation plot) were compared before and after IOP reduction. RESULTS: Thirty-one eyes of 22 patients were selected (15 in group 1, and 16 in group 2). Both groups showed good ability regarding improvement of different regions of the visual field after IOP reduction. Only the percentage of reduction of IOP (52.3±18.9% and 37.8±15.2% for groups 1 and 2, respectively, p=0.02) and the percentage of improvement in the points damaged at p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Relação entre a espessura corneana e a gravidade de defeito de campo visual no glaucoma primário de ângulo aberto/ Relationship between corneal thickness and severity of visual field loss in primary open-angle glaucoma

Meirelles, Sergio Henrique Sampaio; Álvares, Riani Morelo; Botelho, Priscilla Barbuto; Morais, Fábio Barreto; Moreira, Pedro Bertino; Villela, Ana Carolina de Magalhães
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar se a espessura central da córnea pode influenciar na gravidade de defeitos de campo visual no glaucoma em pacientes com pressão intra-ocular controlada ambulatorialmente. MÉTODOS: Estudo transversal de 85 olhos de 85 pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto em tratamento e com níveis pressóricos inferiores a 19 mmHg. Os pacientes foram divididos em três grupos de acordo com os critérios de gravidade de defeito de campo visual de Anderson (mais) . Os grupos eram compostos de 30 olhos com defeito leve de campo visual, 28 olhos com defeito moderado e 27 olhos com defeito grave. Foram avaliadas e comparadas a pressão intra-ocular e a espessura central da córnea entre os três grupos. RESULTADOS: A espessura central da córnea foi significativamente menor no grupo grave (média de 513 ± 26 µm) comparado aos grupos leve (média de 535 ± 35 µm) e moderado (média de 533 ± 30 µm) (p = 0,0182). Não houve diferença estatisticamente significativa entre as pressões intra-oculares dos três grupos (p = 0,0851). O grupo grave apresentou média de idade e número de medicações estatisticamente maior quando comparado aos outros grupos. CONCLUSÃO: Os nossos resultados sugerem relação entre a espessura corneana e a gravidade do glaucoma e que a medida da espessura central da córnea deve ser levada em consideração na estimativa da pressão-alvo no tratamento do glaucoma. Os pacientes com defeito grave de campo visual apresentaram córneas mais finas que os pacientes com defeito leve ou moderado. Resumo em inglês PURPOSE: To assess whether central corneal thickness is related to glaucomatous visual field loss severity among patients with office-controlled intraocular pressure in the normal range. METHODS: This transversal study included 85 eyes of 85 patients with treated primary open-angle glaucoma and documented intraocular pressure below 19 mmHg. The patients were divided into three groups according to Anderson criteria of field abnormality. The groups were composed of 30 eyes (mais) with mild defect, 28 eyes with moderate defect and 27 eyes with severe defect. Intraocular pressure and central cornea thickness were compared and evaluated between the three groups. RESULTS: Central corneal thickness was statistically thinner in the severe group (mean= 513 ± 26 µm) compared with the mild defect group (mean= 535 ± 35 µm) and the moderate group (mean= 533 ± 30 µm) (p = 0.0182). There was no statistically significant difference between intraocular pressures in the three groups (p = 0.0851). The severe group showed a statistically higher age and number of medications than the other groups. CONCLUSIONS: The central corneal thickness measurement is desirable when establishing target intraocular pressure of patients with open-angle glaucoma. Central corneal thickness is a clinical factor in determining glaucoma severity. Patients with severe field loss showed lower corneal thickness compared with patients with mild and moderate visual field loss.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Resposta pressórica após exercício resistido de diferentes segmentos corporais em hipertensos/ Pressure response after resistance exercise for different body segments in hypertensive people/ Respuesta presórica después de ejercicio de resistencia de diferentes segmentos corporales en hipertensos

Battagin, Adriana Marques; Dal Corso, Simone; Soares, Carmen Lúcia Rondon; Ferreira, Silvia; Letícia, Agnes; Souza, Cintia de; Malaguti, Carla
2010-09-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O exercício resistido tem sido atualmente recomendado como componente adjunto do exercício aeróbico no programa de treinamento físico direcionado ao tratamento e controle da hipertensão arterial sistêmica (HAS). Entretanto, o mesmo ainda não tem sido amplamente incorporado na prática clínica, possivelmente pela escassez de evidências disponíveis sobre os limites seguros da resposta pressórica aguda nessa modalidade. OBJETIVO: Investigar o efeito ag (mais) udo do exercício resistido progressivo, de diferentes segmentos corporais, na resposta pressórica de pacientes com hipertensão arterial sistêmica (HAS) controlada. MÉTODOS: Vinte e cinco pacientes (14 mulheres) com HAS controlada com medicamentos (64,5 ± 10,8 anos de idade) e sedentários, realizaram três visitas para uma sessão de exercício resistido progressivo aleatória, nos seguintes grupos musculares: quadríceps femoral, grande dorsal e bíceps braquial. Medidas de pressão arterial foram obtidas em todas as visitas no repouso, imediatamente após cada série de exercício e após 5 minutos de recuperação. RESULTADOS: Imediatamente após o exercício resistido agudo, houve significante aumento das pressões sistólicas, sem modificações significantes das pressões diastólicas, quando comparadas aos níveis pressóricos de repouso, para todos os grupos musculares e para todas as intensidades avaliadas. Adicionalmente, observou-se maior tendência à elevação da pressão sistólica quando o quadríceps femoral foi exercitado em alta intensidade. CONCLUSÃO: O exercício resistido de diferentes segmentos corporais promoveu aumentos similares e seguros dos níveis de pressão arterial sistólica, embora com tendência a maior resposta desta quando exercitados grandes grupos musculares em cargas elevadas. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El ejercicio de resistencia ha sido actualmente recomendado como componente adjunto del ejercicio aeróbico en el programa de entrenamiento físico dirigido al tratamiento y control de la hipertensión arterial sistémica (HAS). Entre tanto, el mismo aun no ha sido ampliamente incorporado en la práctica clínica, posiblemente por la escasez de evidencias disponibles sobre los límites seguros de la respuesta presórica aguda en esa modalidad. OBJETIVO: Invest (mais) igar el efecto agudo del ejercicio de resistencia progresivo, de diferentes segmentos corporales, en la respuesta presórica de pacientes con hipertensión arterial sistémica (HAS) controlada. MÉTODOS: Veinticinco pacientes (14 mujeres) con HAS controlada con medicamentos (64,5 ± 10,8 años de edad) y sedentarios, realizaron tres visitas para una sesión de ejercicio de resistencia progresivo aleatoria, en los siguientes grupos musculares: cuádriceps femoral, gran dorsal y bíceps braquial. Medidas de presión arterial fueron obtenidas en todas las visitas en reposo, inmediatamente después de cada serie de ejercicio y después de 5 minutos de recuperación. RESULTADOS: Inmediatamente después del ejercicio de resistencia agudo, hubo significativo aumento de las presiones sistólicas, sin modificaciones significativas de las presiones diastólicas, cuando fueron comparadas a los niveles presóricos de reposo, para todos los grupos musculares y para todas las intensidades evaluadas. Adicionalmente, se observó mayor tendencia a la elevación de la presión sistólica cuando el cuádriceps femoral fue ejercitado en alta intensidad. CONCLUSIÓN: El ejercicio de resistencia de diferentes segmentos corporales promovió aumentos similares y seguros de los niveles de presión arterial sistólica, aunque con tendencia a mayor respuesta de ésta cuando fueron ejercitados grandes grupos musculares en cargas elevadas. Resumo em inglês BACKGROUND: Resistance exercise has now been recommended as adjunct component of aerobic exercise on physical training program directed to the treatment and control of hypertension (HBP). However, it has not been widely incorporated yet into clinical practice, possibly by the scarcity of available evidence regarding the safe limits of the acute pressure response in this modality. OBJECTIVE: To investigate the acute effect of progressive resistance exercise of different bo (mais) dy segments, the pressure response of patients with controled hypertension (HBP). METHODS: Twenty-five patients (14 women) with controled hypertension with medication (64.5 ± 10.8 years old) and sedentary, had three visits to a randomic progressive resistance exercise session, in the following muscle groups: femoral quadriceps, latissimus dorsi and brachial biceps. Blood pressure measurements were obtained at all visits at rest, immediately after each series of exercise and after 5 minutes of recovery. RESULTS: Immediately after acute resistance exercise, a significant increase in systolic blood pressures, without significant changes of diastolic pressure compared to pressure levels at rest for all muscle groups and for all intensities studied. Additionally, there was a greater tendency to elevation of systolic pressure when the femoral quadriceps muscle was exercised at high intensity. CONCLUSION: Resistance exercise in different body segments promoted similar increases and safe levels of systolic blood pressure, although with a tendency toward greater response of it when large muscle groups at high loads are exercised.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Fatores preditivos de hipertensão gestacional em adolescentes primíparas: análise do pré-natal, da MAPA e da microalbuminúria/ Predictive factors for pregnancy hypertension in primiparous adolescents: analysis of prenatal care, ABPM and microalbuminuria

Carvalho, Regina Coeli Marques de; Campos, Henry de Holanda; Bruno, Zenilda Vieira; Mota, Rosa Maria Salani
2006-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Quantificar a prevalência de HG em adolescentes primíparas; definir fatores de preditividade para a ocorrência de HG e sua repercussão nos recém-nascidos. MÉTODOS: Foram acompanhadas 29 adolescentes primíparas durante o pré-natal até a 12ª semana de puerpério, com idade média de dezesseis anos, do ambulatório do Serviço de Adolescentes da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC) da Universidade Federal do Ceará (Fortaleza). As gestantes foram (mais) dividas em dois grupos; ou seja, nas que permaneceram normotensas (Grupo I) e naquelas que desenvolveram hipertensão gestacional -HG - (Grupo II). As variáveis investigadas na avaliação de valor de preditividade no desenvolvimento de HG foram valores antropométricos, aspectos socioeconômicos, o hábito de fumar, a hereditariedade para HAS (pai/mãe), os exames do pré-natal solicitados na primeira consulta do pré-natal e a microalbuminúria e a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) na 28ª semana de gestação. As gestantes foram acompanhadas no parto e no puerpério tardio (12ª semana de puerpério). Os recém-nascidos das mães do nosso estudo foram avaliados ao nascer pelos índices de APGAR e de Capurro, peso, estatura e pela presença de hipóxia perinatal. RESULTADOS: A prevalência de HG foi de 51,7% . A hereditariedade para HAS apresentou-se com o maior valor de preditividade para HG com odds ratio de 10,99. A pressão arterial diastólica maior ou igual a 70 mmHg, na idade média gestacional de 35 semanas, apresentou significância estatística como valor de preditividade para HG. Na MAPA encontramos valor de preditividade para HG: carga pressórica diastólica em vigília, carga pressórica sistólica e diastólica no sono noturno, variabilidade pressórica e pressão máxima diastólica no sono. Especificamente a pressão arterial diastólica (PAD) máxima na MAPA no período do sono noturno ³64 mmHg apresentou odds ratio de 6 para HG com sensibilidade de 80% e especificidade de 60% para o desenvolvimento de HG. CONCLUSÃO: A pesquisa de fatores de preditividade de HG em adolescentes primíparas se demonstrou de fácil aplicabilidade e útil para estratificar gestantes de alto risco no desenvolvimento de HG. Resumo em inglês OBJECTIVE: To quantify PH prevalence in primiparous adolescents; define predictive factors for the occurrence of PH and its impact on newborns. METHODS: We followed 29 primiparous adolescents from the prenatal period through the 12th week of the puerperium, with a mean of sixteen years of age, served at the Outpatient Facility for Adolescents of Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC) of Universidade Federal do Ceará (Fortaleza, Brazil). The pregnant adolescents we (mais) re divided into two groups, that is, those who remained normotensive (Group I) and those who developed PH (Group II). The variables investigated in the assessment of the value of predictability for the development of PH were anthropometric measures, socioeconomic aspects, smoking habit, inheritance for SAH (father/mother), prenatal tests requested in the first prenatal care visit in addition to microalbuminuria and ambulatory blood pressure monitoring (ABPM) in the 28th week of gestation. The pregnant adolescents were followed up at delivery and late puerperium (12th week after the puerperium). The newborns to the mothers included in our study were assessed at birth according to the Apgar score and the Capurro method, for weight, height and perinatal hypoxia. RESULTS: The prevalence of PH was 51.7%. Inheritance for SAH presented the highest predictive value for PH with an odds ratio of 10.99. Diastolic arterial pressure equal to or above 70 mmHg at the gestational age of 35 weeks was statistically significant as a predictive value for PH. At ABPM we found a predictive value for PH: diastolic pressure load during alertness, diastolic and systolic pressure load during night sleep, pressure variability and maximum diastolic pressure during sleep. Specifically a maximum diastolic arterial pressure (DAP) at ABPM during the period of night sleep ³64 mmHg presented an odds ratio of 6 for PH with a sensitivity of 80% and a specificity of 60% for the development of PH. CONCLUSION: The research for PH predictive factors in primiparous adolescents showed to be easy to apply and useful to stratify high-risk pregnant women as regards the development of PH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Desmame da ventilação mecânica utilizando pressão de suporte ou tubo T: comparação entre pacientes cardiopatas e não cardiopatas/ Weaning from mechanical ventilation by using pressure support or T-tube ventilation: comparison between patients with and without heart disease

Costa, Alexandre Doval da; Rieder, Marcelo de Mello; Vieira, Silvia Regina Rios
2005-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar variáveis cardiorrespiratórias durante o desmame com as técnicas tubo T e pressão de suporte e compará-las em grupos de cardiopatas e não cardiopatas. MÉTODOS: Avaliados 20 pacientes (57±15 anos) quanto à: oxigenação, eliminação de CO2, freqüência respiratória e cardíaca, volume corrente e volume minuto, freqüência cardíaca, pressão arterial e alterações eletrocardiográficas. Os dados foram registrados, em ambas as técnica (mais) s, aos zero, 15 e 30 min, com intervalo de 30 min. Os pacientes foram divididos em cardiopatas (n=11) e não cardiopatas (n=9) e comparados. RESULTADOS: Comparando-se pressão de suporte com tubo T demonstraram-se: valores de oxigenação e eliminação de CO2 significativamente mais elevados e freqüência respiratória reduzidos. Não houve diferença quanto à pressão arterial e freqüência cardíaca. Comparando-se cardiopatas versus não cardiopatas, foram verificadas, respectivamente, alterações de segmento ST em 7 (64%) versus 2 (22%), arritmias em 3 (27%) versus 1 (11%) e menor ocorrência de taquicardia. CONCLUSÃO: Na comparação de pressão de suporte com tubo T uma melhor resposta foi observada nas medidas de parâmetros respiratórios e de oxigenação com o uso de pressão de suporte, não havendo diferenças significativas nas medidas de parâmetros cardiovasculares. Houve menor ocorrência de taquicardia, maior ocorrência de alterações de segmento ST e tendência à maior ocorrência de arritmias nos cardiopatas, em ambos os modos de desmame. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess cardiorespiratory variables during weaning from mechanical ventilation by using the T-tube and pressure support techniques, and to compare them in groups of patients with and without heart disease. METHODS: To assess the following parameters of 20 patients (57±15 years) undergoing weaning from mechanical ventilation: oxygenation; CO2 elimination; respiratory and heart rates; tidal and minute volumes; blood pressure; and electrocardiographic alt (mais) erations. Data were recorded by using both techniques at the following times: zero, 15, and 30 minutes, and after a 30-minute interval. The patients were divided into 2 groups, with heart disease (n=11) and without heart disease (n=9), and then compared. RESULTS: The pressure support ventilation showed significantly more elevated oxygenation and CO2 elimination values, and reduced respiratory rate as compared with those of the T-tube ventilation. No difference was found in regard to blood pressure and heart rate. More patients with heart disease had alterations in the ST segment [7 (64%) patients versus 2 (22%)] and arrhythmias [3 (27%) versus 1 (11%)], as compared with patients without heart disease. A lower frequency of tachycardia was observed in those with heart disease. CONCLUSION: When comparing pressure support ventilation with T-tube ventilation, a better response was observed in the measurements of the respiratory and oxygenation parameters when using pressure support ventilation. No significant difference was observed in the measurements of cardiovascular parameters. In both weaning techniques, patients with heart disease had tachycardia less frequently, more alterations in the ST segment, and a greater tendency towards the occurrence of arrhythmias.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Avaliação do custo do tratamento de úlceras por pressão em pacientes hospitalizados usando curativos industrializados/ Evaluation of the cost of treating pressure ulcers in hospitalized patients using industrialized dressings

Lima, Angela Cristina Beck; Guerra, Diana Mendonça
2011-01-01

Resumo em português Este trabalho avaliou o uso de curativos industrializados: poliuretano, hidrogel, carvão ativo e também hidrogel com alginato, no tratamento de úlcera por pressão na Clínica Neurocirúrgica do Hospital da Restauração. O objetivo foi identificar o fator crítico que aumenta a demanda e custos com curativos industrializados. A avaliação, realizada na Clínica Neurocirúrgica, identificou os indivíduos que apresentaram risco de desenvolver úlcera por pressão. 62 (mais) pacientes foram avaliados e a prevalência foi de 22,6%, segundo escore obtido na escala de Braden. A avaliação comparativa entre indivíduos que receberam medidas preventivas e entre os que não receberam mostrou que o custo médio diário de hospitalização para o primeiro grupo foi 45% maior que para o segundo grupo. O teste de Wilcoxon-Mann-Withiney comparou a população de risco com a população de baixo risco, mostrando que a análise dos escores da Escala de Braden entre os grupos apresenta diferenças estatisticamente significativas quando estas duas populações são comparadas, intervalo de confiança de 95%. Úlcera por pressão é um indicador de qualidade dos serviços de saúde. Pode-se reduzir custo e oferecer serviços públicos de maior qualidade se forem implantados treinamentos com a equipe de enfermagem, usando um protocolo de medidas preventivas baseado em um teste de avaliação de risco como a escala de Braden. Resumo em inglês This work evaluated wound dresses used in the Neurosurgery Department of Restauração Hospital: polyurethane, hydrogel and activated carbon wound dresses and hydrogel with alginate used for pressure ulcer care. This work aimed to identify a critical factor that increases demand and cost of wound dresses. The evaluation conducted at the Neurosurgery Department identified individuals at risk of pressure ulcer development. Sixty-two patients were evaluated and the prevalenc (mais) e of pressure ulcer was 22.6% according to the Braden scale. Comparative evaluation between patients that didn't receive preventive measures and others that received, showed that the average daily cost of hospitalization for the first group was 45% higher than the mean for the second group. The Wilcoxon-Mann-Withiney test compared the population at risk to develop pressure ulcer and population at low risk showing that the evaluation of Braden Scale scores between the groups presents statistically significant differences and confidence limits of 95%. Pressure ulcer is a key quality indicator in health services.It is possible to reduce costs and offer higher quality public health services by implementing a training program of nursing staff using a preventive measure protocol based on a test to evaluate risk as Braden Scale.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Avaliação do custo do tratamento de úlceras por pressão em pacientes hospitalizados usando curativos industrializados/ Evaluation of the cost of treating pressure ulcers in hospitalized patients using industrialized dressings

Lima, Angela Cristina Beck; Guerra, Diana Mendonça
2011-01-01

Resumo em português Este trabalho avaliou o uso de curativos industrializados: poliuretano, hidrogel, carvão ativo e também hidrogel com alginato, no tratamento de úlcera por pressão na Clínica Neurocirúrgica do Hospital da Restauração. O objetivo foi identificar o fator crítico que aumenta a demanda e custos com curativos industrializados. A avaliação, realizada na Clínica Neurocirúrgica, identificou os indivíduos que apresentaram risco de desenvolver úlcera por pressão. 62 (mais) pacientes foram avaliados e a prevalência foi de 22,6%, segundo escore obtido na escala de Braden. A avaliação comparativa entre indivíduos que receberam medidas preventivas e entre os que não receberam mostrou que o custo médio diário de hospitalização para o primeiro grupo foi 45% maior que para o segundo grupo. O teste de Wilcoxon-Mann-Withiney comparou a população de risco com a população de baixo risco, mostrando que a análise dos escores da Escala de Braden entre os grupos apresenta diferenças estatisticamente significativas quando estas duas populações são comparadas, intervalo de confiança de 95%. Úlcera por pressão é um indicador de qualidade dos serviços de saúde. Pode-se reduzir custo e oferecer serviços públicos de maior qualidade se forem implantados treinamentos com a equipe de enfermagem, usando um protocolo de medidas preventivas baseado em um teste de avaliação de risco como a escala de Braden. Resumo em inglês This work evaluated wound dresses used in the Neurosurgery Department of Restauração Hospital: polyurethane, hydrogel and activated carbon wound dresses and hydrogel with alginate used for pressure ulcer care. This work aimed to identify a critical factor that increases demand and cost of wound dresses. The evaluation conducted at the Neurosurgery Department identified individuals at risk of pressure ulcer development. Sixty-two patients were evaluated and the prevalenc (mais) e of pressure ulcer was 22.6% according to the Braden scale. Comparative evaluation between patients that didn't receive preventive measures and others that received, showed that the average daily cost of hospitalization for the first group was 45% higher than the mean for the second group. The Wilcoxon-Mann-Withiney test compared the population at risk to develop pressure ulcer and population at low risk showing that the evaluation of Braden Scale scores between the groups presents statistically significant differences and confidence limits of 95%. Pressure ulcer is a key quality indicator in health services.It is possible to reduce costs and offer higher quality public health services by implementing a training program of nursing staff using a preventive measure protocol based on a test to evaluate risk as Braden Scale.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Alteração das pressões anais na gravidez/ Changes in anal pressure at pregnancy

Klug, Wilmar Artur; Aguida, Helly Angela Caram; Ortiz, Jorge Alberto; Fang, Chia Bin; Capelhuchnik, Peretz
2007-06-01

Resumo em português A gestação é seguida de alterações digestivas, relacionadas à progesterona e polipeptídios intestinais, como a motilina. É possível que mudanças também ocorram no ânus, alterando as pressões. Para realizar o trabalho selecionamos nos arquivos da Área de Fisiologia Anal da Disciplina de Coloproctologia, 60 laudos de exame manométrico de pacientes enviadas do Ambulatório de Pré-natal de Baixo Risco do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia e do Departam (mais) ento de Cirurgia da Santa Casa de São Paulo, para avaliação clínica, porém sem doença anal ou retal diagnosticada. Estas pacientes formaram quatro grupos de 15: a) controle: nuligestas; b) primigestas no 1º trimestre; c) primigestas no 2º trimestre; d) primigestas no 3º trimestre. Em todas realizamos manometria anal e as seguintes medidas: a) pressão anal máxima em repouso (basal); b) pressão anal ao esforço de contração; c) pressão anal ao esforço de evacuação. Os resultados das manometrias, analisados por métodos de estatística, mostraram que na gestação a pressão anal de repouso diminui; a pressão anal ao esforço de contração não se altera; as diferenças registradas mantêm-se no curso da primigestação. Concluímos que as pressões anais são modificadas pela gestação, em primigestas. Resumo em inglês Pregnancy is followed by physiological digestive system adaptations. Such phenomena are related to the progesterone effect, probably due to motiline inhibition, which stimulates smooth muscles fibers. Presumably the same alterations occur in the anus, varying their pressures. The present investigation intends to evaluate the anal pressures in primigravidae. Methods - Results of examinations on sixty women from the Department of Obstetrics and Gynecology and the Department (mais) of Surgery of Santa Casa de São Paulo were selected from archives. Neither was considered ill. They were divided into four groups, each one containing fifteen patients, as follows: A. Control group: nuligravidae; B. 1st trimester primigravidae group; C. 2nd trimester group; D. 3rd trimester group. In all patients anal manometric studies were performed to obtain: A. Maximal resting anal pressure; B. Maximal squeezing anal pressure; C. Minimal straining anal pressure. Results -The data were submitted to statistical methods, reaching the following results: A. The anal resting pressure decreases; B. The maximal squeeze pressure does not change; C. The detected changes remain during the whole course of pregnancy. Conclusion- Pregnancy is followed by changes in anal pressures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

A função renal de ratos espontaneamente hipertensos submetidos ao pneumoperitônio

Moreira, Márcia Bento; Montero, Edna Frasson S.; Fagundes, Djalma José; Chida, Valeria Vieira; Ramalho, Carlos Eduardo Benetti; Juliano, Yára
2002-05-01

Resumo em português Objetivo: Estudar a função renal de ratos espontaneamente hipertensos submetidos ao pneumoperitônio com CO2. Métodos: Foram utilizados 60 ratos, sendo 30 Wistar SHR e 30 EPM-1 Wistar, com idade ao redor de quatro meses, com peso médio de 341g. A amostra foi distribuída em dois grupos, experimento (ratos hipertensos) e controle (ratos normotensos), de acordo com a linhagem, SHR e EPM-1 Wistar, respectivamente. Cada grupo foi redistribuído em dois subgrupos, com 15 a (mais) nimais cada, de acordo com a pressão de pneumoperitônio, 10 e 4mmHg. Os animais foram anestesiados e posicionados, dando início ao procedimento de cateterização da artéria femoral esquerda, que permitiu aferição da pressão arterial média e a coleta sanguínea durante todo o experimento. Após a anti-sepsia, procedeu-se à realização de incisão transversa de 5mm de comprimento na região central do abdome para introdução de trocarte de 2mm, por onde foi introduzida a agulha de Veress, permitindo a insuflação de CO2 até atingir a pressão estabelecida para cada grupo (4mmHg ou 10mmHg), que foi mantida durante uma hora, seguida por uma hora de desinsuflação. Ao término do período de desinsuflação todos os animais de todos os grupos, ainda sob efeito anestésico, foram submetidos à eutanásia por exanguinação, através do cateter arterial. As amostras de sangue foram coletadas em três fases: 1) após a cateterização, 2) após uma hora de pneumoperitônio, e 3) após uma hora de desinsuflação, sendo conduzidas ao laboratório para dosagens de uréia e creatinina. Resultados: Houve aumento da creatinina para o rato SHR durante pneumoperitônio com pressão de 10mmHg; já a uréia mostrou-se aumentada tanto para o SHR quanto para o Wistar, durante o pneumoperitônio com pressão de 10mmHg. Durante o pneumoperitônio com pressão de 4mmHg, a creatinina e a uréia mantiveram-se nos níveis basais. Conclusão: A função renal do SHR se altera de forma transitória, semelhante ao rato não-hipertenso quando submetido ao pneumoperitônio. Resumo em inglês Objective: The aim of this work was to study the renal function of spontaneous hypertensive Wistar rats (SRH) submitted to pneumoperitoneum. Methods: Sixty rats, 30 SHR and 30 EPM-1 Wistar, 4-month-old, weighing around 350 g were utilized. Animals were distributed into two groups: experimental and control, according to the lineage, SHR and EPM-1 Wistar rats, respectively. Each group was divided into two subgroups, with 15 animals each, with pneumoperitoneum pressure estab (mais) lished at 4 mmHg and 10 mmHg. The animals were anesthetized and positioned to start the left femoral artery catheterization procedure to measure median arterial pressure and to collect blood sample during the experiment. After antisepsis, a 5 mm length transversal incision in the central abdominal area was performed to introduce a Veress needle for CO2 insufflation until the pressure established for each group was obtained (4 mmHg or 10 mmHg). Pressure was maintained during one hour, followed by one hour of disinsufflation. At the end of this phase, all animals, still under anesthesia, were submitted to euthanasia by blood removal through the arterial catheter. The blood samples were collected in three phases: 1) post-catheterization; 2) after one hour of pneumoperitoneum, and 3) one hour after disinsufflation. The samples were sent to the laboratory for urea and creatinine measurements. Results: Increased creatinine in SHR rats after 1 h of pneumoperitoneum with 10 mmHg pressure, while Wistar rats remained at the normal basal level. Urea levels increased for both SHR and EPM-1 Wistar rats after 1 h of pneumoperitoneum with 10 mmHg pressure. During the pneumoperitoneum with 4 mmHg pressure, creatinine and urea remained at basal levels. Conclusion: The renal function of SHR rats may be transiently changed, as it happens with non-hypertensive rats submitted to a 10 mmHg pneumoperitoneum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Comparação da pressão plantar e dos sintomas osteomusculares por meio do uso de palmilhas customizadas e pré-fabricadas no ambiente de trabalho/ Comparison of plantar pressure and musculoskeletal symptoms with the use of custom and prefabricated insoles in the work environment

Almeida, Josiane S.; Carvalho Filho, Guaracy; Pastre, Carlos M.; Padovani, Carlos R.; Martins, Rodrigo A. D. M.
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: Comparar os efeitos do uso de dois tipos de palmilhas, customizadas e pré-fabricadas, sobre a descarga plantar de peso e o comportamento de sintomas osteomusculares em trabalhadoras de linha de montagem. MÉTODOS: Ensaio randomizado com 27 mulheres que trabalhavam em postura ortostática estática, com média de idade de 30,3±7,09 e massa de 64,85±13,65 e que apresentavam sintomas osteomusculares. Inicialmente, aplicou-se o Questionário Nórdico de Sintomas (mais) Osteomusculares e coletaram-se as pressões plantares pelo sistema de baropodometria computadorizada (FootWork). Posteriormente, a casuística foi dividida em grupo controle (GC), que utilizou palmilha pré-fabricada e grupo intervenção (GI), que usou palmilha customizada de etilvinilacetato (EVA) durante oito semanas. Dados baropodométricos foram novamente coletados assim como a reaplicação do questionário. RESULTADOS: Não houve diferença estatística significante na comparação entre grupos e dados baropodométricos. Notou-se, entretanto, mudança de comportamento nas variáveis de descarga em cada momento avaliado, assim como o aumento para as variáveis de média pressão de descarga e pressão plantar máxima (p Resumo em inglês OBJECTIVES: To compare the effect of the use of custom and prefabricated insoles on the behavior of plantar weight load and musculoskeletal symptoms in assembly line workers. METHODS: A randomized trial was carried out with 27 women who worked in a static standing position and had musculoskeletal symptoms. The mean age was 30.3±7.09 years and the weight 64.85±13.65 Kg. The Nordic Musculoskeletal Questionnaire was administered, and plantar pressure was determined using a (mais) computerized baropodometric system (FootWork). The sample was then divided into control group, which wore pre-fabricated insoles, and intervention group, which wore ethylvinylacetate insoles for eight weeks. Baropodometric data were collected and the questionnaire was administered once again. RESULTS: There was no statistically significant difference in the comparison between groups and baropodometric data. However, a change was noted in the behavior of the load variables between evaluations, with an increase in mean load pressure and maximal plantar pressure (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Pressão arterial e freqüência cardíaca avaliadas pela MAPA em primigestas durante o trabalho de parto e puerpério imediato/ Blood pressure and heart rate evaluated by ABPM in primigravid women during labor and early puerperium

Marchioli, Milton; Abbade, Joélcio Francisco; Peraçoli, José Carlos
2004-06-01

Resumo em português OBJETIVO: analisar os valores da pressão arterial e da freqüência cardíaca durante o trabalho de parto e puerpério imediato de primigestas normais. MÉTODOS: foram incluídas no estudo 60 parturientes, às quais foi aplicada a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) com uso do aparelho modelo SpaceLabs 90207, durante o trabalho de parto e nas primeiras 12 horas após o mesmo. A pressão arterial e a freqüência cardíaca foram registradas a cada 15 (mais) minutos durante o trabalho de parto e na primeira hora após o parto, e a cada 30 minutos até a 12ª hora após o parto. Esses parâmetros foram avaliados em três momentos do trabalho de parto (com dilatação cervical até 7 cm, entre 8 cm e dilatação total e durante o período expulsivo) e em dois momentos do puerpério (na primeira e décima segunda hora). Primeiramente os resultados foram analisados sem levar em consideração o tipo de procedimento anestésico, e depois, dividindo-os em grupos conforme o tipo de procedimento realizado: anestesia local, analgesia peridural lombar e anestesia subaracnóidea. Para comparação dentro de cada grupo foram realizados análise de variância (ANOVA) e teste t de Student pareado e, entre os grupos, o teste t não-pareado. Foi considerado o limite de significância estatística de 5%. RESULTADOS: quando os resultados foram avaliados sem levar em consideração o procedimento anestésico, os valores médios da pressão arterial sistólica, registrados durante o trabalho de parto, foram significativamente mais elevados que no puerpério. Durante o trabalho de parto esses valores foram significativamente mais elevados nos períodos de dilatação final e expulsivo que no período de dilatação inicial e, na 12ª hora, inferiores ao da primeira hora após o parto. Os valores médios da pressão arterial diastólica registrados durante o trabalho de parto foram significativamente mais altos que no puerpério. Estes valores não apresentaram alteração durante os diferentes períodos do trabalho de parto ou durante as primeiras doze horas do puerpério. A freqüência cardíaca aumentou progressivamente durante o trabalho de parto, diminuindo nas primeiras 12 horas após o parto. Quando a pressão arterial e a freqüência cardíaca foram avaliadas conforme o tipo de procedimento anestésico empregado, ambas mostraram-se com mesmo comportamento na anestesia local e peridural, embora naquelas submetidas à anestesia subaracnóidea, tanto a pressão arterial sistólica como a diastólica não apresentaram alteração durante o trabalho de parto. CONCLUSÕES: o trabalho de parto determinou aumento da pressão arterial sistólica e da freqüência cardíaca. Durante o trabalho de parto os valores das pressões arteriais sistólica e diastólica foram mais altos que nas primeiras 12 horas do puerpério, havendo queda significativa entre a primeira e a décima segunda hora do mesmo. Diferentes procedimentos anestésicos não interferiram nos valores das pressões arteriais sistólica e diastólica ou da freqüência cardíaca, durante o trabalho de parto e nas primeiras doze horas após o parto. Resumo em inglês OBJECTIVE: to analyze the maternal blood pressure and heart rate variation of primigravid women during labor and early puerperium. METHODS: sixty primigravid women were included in the study, and submitted to ambulatory blood pressure monitoring (ABPM) with SpaceLabs 90207 monitor during labor and the first 12 h of puerperium. The records of blood pressure and heart rate were done every 15 min during labor and every 30 min during the first 12 h of puerperium. Three period (mais) s during labor (until cervix dilated 7 cm, cervix dilated between 8 cm and total dilatation, and delivery period) and two during puerperium (first and twelfth hours), were analyzed. First of all the results were analyzed without considering the kind of analgesia used and then the patients were divided into three groups, according to the anesthetic technique: local, lumbar extradural or subarachnoid. Results were analyzed by one-way analysis of variance (ANOVA) and paired Student's t-test for blood pressure and heart rate in each group during labor and puerperium. The nonpaired Student's t-test was used to compare different groups. A p value

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Efeitos da infusão contínua de cetamina sobre a pressão intra-ocular em cães hipovolêmicos anestesiados com desflurano/ Effects of continuous infusion of ketamine on intraocular pressure in hypovolemic dogs during desflurane anesthesia

Honsho, C.S.; Talieri, I.C.; Nunes, N.; Moreno, J.C.D.; Souza, A.P.
2004-10-01

Resumo em português Compararam-se os efeitos de duas doses de cetamina, administradas em infusão contínua, sobre a pressão intra-ocular (PIO) de 18 cães submetidos à hipovolemia e à anestesia com desflurano. Promoveu-se a hipovolemia em todos os cães, retirando-se 40 ml de sangue/kg de peso. A anestesia foi induzida com desflurano, através de máscara facial, até que a intubação orotraqueal fosse permitida. Decorridos 30 minutos, para estabilização dos parâmetros, iniciou-se a (mais) infusão contínua de cetamina. Os cães foram distribuídos, aleatoriamente, em três grupos (n= 6). O grupo I (controle) recebeu solução salina estéril; o grupo II (GII) recebeu cetamina, na dose de 100mig/kg/min, e o grupo III (GIII), cetamina na dose de 200mig/kg/min. A PIO foi medida por tonometria de aplanação. Foram mensurados freqüência cardíaca (FC), ritmo cardíaco, pressão arterial média (PAM), débito cardíaco (DC), pressão venosa central (PVC) e pressão parcial de CO2 no final da expiração (ETCO2). O desflurano não influenciou os resultados da PIO, porém observou-se discreta ação da cetamina em todos os grupos. Foi possível estabelecer relação direta entre os valores de PIO e de ETCO2. A PIO apresentou relação direta somente com a ETCO2. Resumo em inglês Effects of two dosages of continuous infusion of ketamine on the intraocular pressure (IOP) of 18 dogs, subjected to hypovolemia and anesthesia with desflurane were studied. Hypovolemia was induced in all dogs by withdrawal of 40ml of blood/kg of body weight. Initially, anesthesia was induced through face mask and then by tracheal intubation. After a delay of 30 minutes, for parameters stabilization, continuous infusion of ketamine was initiated. Dogs were randomly allott (mais) ed in three groups (n =6): group I (control group) received continuous infusion of saline solution, group II received 100mug/kg/min of ketamine and group III received 200mug/kg/min of ketamine. IOP was measured by applanation tonometry. It was not possible to establish direct correlation between alterations of the mean arterial pressure and central venous pressure to those obtained to intraocular pressure. Desflurane did not affected values of intraocular pressure, however, direct action of ketamine was observed in all groups. It was possible to establish direct correlation between values of intraocular pressure and values of exhaled CO2.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Controle inadequado da pressão arterial em pacientes com diabete melito tipo 2/ Inadequate blood pressure control in patients with type 2 diabetes mellitus/ Control inadecuado de la presión arterial en pacientes con diabetes melito tipo 2

Pinto, Lana C.; Ricardo, Eliza D.; Leitão, Cristiane B.; Kramer, Caroline K.; Zanatta, Claudete M.; Gross, Jorge L.; Canani, Luís H.
2010-05-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Existem evidências indicando que o controle pressórico é mais efetivo na redução de complicações macrovasculares do diabete melito (DM) do que o controle glicêmico. No entanto, a redução da PA para os níveis recomendados pelas diretrizes é difícil na prática clínica. OBJETIVO: Avaliar o percentual de pacientes que apresentavam simultaneamente DM tipo 2 e hipertensão arterial sistêmica (HAS), atendidos em hospital terciário, com controle press (mais) órico adequado, e determinar os fatores clínicos e laboratoriais associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 348 pacientes com DM tipo 2 e HAS atendidos no ambulatório de Endocrinologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Os pacientes foram submetidos à anamnese, exame físico, com medida da pressão arterial (PA), e foi coletada amostra de sangue e urina para análise laboratorial. Os pacientes foram divididos em três grupos: controle pressórico ideal ( Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Hay evidencias indicando que el control de presión es más efectivo en la reducción de complicaciones macrovasculares de la diabetes melito (DM) que el control glucémico. Sin embargo, la reducción de la PA para los niveles recomendados por las directrices es difícil en la práctica clínica. OBJETIVO: Evaluar el porcentual de pacientes que presentaban simultáneamente DM tipo 2 y hipertensión arterial sistémica (HAS), atendidos en hospital terciario, co (mais) n control de presión adecuado, y determinar los factores clínicos y laboratoriales asociados. MÉTODOS: Estudio transversal con 348 pacientes con DM tipo 2 y HAS atendidos en el ambulatorio de Endocrinología del Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Los pacientes fueron sometidos a anamnesis, examen físico, con medición de la presión arterial (PA), y se recolectó muestra de sangre y orina para análisis laboratorial. Los pacientes se dividieron en tres grupos: control de presión ideal ( Resumo em inglês BACKGROUND: There is evidence indicating that blood pressure control is more effective in reducing macrovascular complications of diabetes mellitus (DM) than glycemic control. However, the reduction in BP to levels recommended by international guidelines is difficult in clinical practice. OBJECTIVE: To assess the percentage of patients with both type 2 diabetes and hypertension (HBP) assisted in a tertiary hospital with adequate blood pressure control and to determine the (mais) clinical and laboratory factors related. METHODS: Cross-sectional study with 348 patients with type 2 diabetes and hypertension assisted in the outpatient clinic of Endocrinology, Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Patients underwent history assessment, physical examination, with measurement of blood pressure (BP), and samples were collected from blood and urine for laboratory analysis. Patients were divided into 3 three groups: optimal (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Sensibilidade gustativa ao sal, natriúria e pressão arterial em indivíduos normotensos/ Salt taste threshold, 24 hour natriuresis and blood pressure variation in normotensive individuals

Antonello, Vicente Sperb; Antonello, Ivan Carlos Ferreira; Santos, Carlos Abaeté de Los
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: O estudo avalia sensibilidade gustativa ao sal, excreção urinária de sódio e pressão arterial (PA) em normotensos. A hipótese foi de que limiar de sensibilidade gustativa ao sal (LSGS) aumentado se associasse a maior natriúria em 24 horas e níveis aumentados de PA. MÉTODOS: Foram avaliados 24 voluntários sem diagnóstico de HA. Para avaliar LSGS, usou-se soluções de cloreto de sódio (NaCl) em diferentes concentrações. Os voluntários foram submeti (mais) dos à monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) de 24 horas e coleta de urina de 24 horas para dosagem de sódio (NaU). Para análise, foram agrupados de acordo com o LSGS, aumentado ou normal. RESULTADOS: Os grupos não diferiram para idade, índice de massa corporal (IMC), variáveis demográficas, uso de álcool, fumo e PA. NaU foi significativamente maior no grupo com LSGS aumentado. Utilizando-se o coeficiente de correlação de Pearson, com significância determinada pelo teste t, houve correlação de forte intensidade entre médias de PA sistólica e diastólica com IMC, de regular intensidade entre LSGS e NaU, assim como para PA sistólica e NaU. CONCLUSÃO: Natriúria de 24 horas foi maior em indivíduos com LSGS aumentado, sugerindo que esta maior avidez ao sal determine maior ingestão de sódio. Houve forte associação entre PA e IMC. Não foi evidenciada associação entre LSGS e PA, diferente do já documentado em pacientes com PA aumentada. Aumentando-se o número de pessoas, faixa etária e pacientes com níveis pressóricos aumentados, talvez se respondam outras perguntas a respeito da relação entre LSGS, natriúria e PA. Resumo em inglês OBJECTIVE: The study evaluates salt taste sensibility, urinary sodium excretion and blood pressure (BP) in normotensive persons. The hypothesis was that a higher salt taste threshold (STT) can be associated to a higher 24 hour natriuresis and increased BP levels. METHODS: Twenty four not hypertensive volunteers were selected. To evaluate STT, different concentrations of sodium chloride were used. Individuals were submitted to 24 hour ambulatory blood pressure monitoring ( (mais) ABPM) and the 24 hour urine was collected for sodium dosage. Patients were divided in two groups related to higher or normal STT. RESULTS: Both groups did not differ regarding age or body mass index (BMI). There was no difference between the groups regarding demographic variables, alcohol or tobacco use, and ABPM. Twenty-four hour natriuresis was significantly higher in the group with increased STT. Using Pearson´s correlation coefficient, with the significance determined by Student-t test, there was a strong correlation between 24 hour Systolic BP and BMI, Diastolic BP and BMI, and a regular correlation between STT with 24 hour natriuresis and Systolic BP with 24 hour natriuresis. CONCLUSION: Twenty four hour natriuresis was significantly higher in individuals with higher STT, suggesting that this avidity for salt is followed by higher ingestion of sodium. There was strong association between BP and BMI. The association between STT and BP levels was not confirmed. Increasing the number of persons, the age bracket, and of hypertensive patients may lead to a better understanding of the relations between STT, natriuresis and BP variation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Efeito do extrato da Passiflora edulis na cicatrização de gastrorrafias em ratos: estudo morfológico e tensiométrico/ Extract of Passiflora edulis in the healing process of gastric sutures en rats: a morphological and tensiometric study

Silva, José Ribamar Sousa da; Campos, Antonio Carlos Ligocki; Ferreira, Lydia Masako; Aranha Júnior, Ayrton Alves; Thiede, Arnulf; Zago Filho, Luiz Alberto; Bertoli, Lyrio César; Ferreira, Marcelo; Trubian, Paula Suzin; Freitas, Alexandre Coutinho Teixeira de
2006-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Muitas substâncias de origem vegetal são utilizadas desde os primórdios da civilização com finalidade de melhorar a cicatrização. Dentre elas, foi demonstrado em ratos que o extrato de folhas secas de Passiflora edulis tem efeito antiinflamatório. OBJETIVO: Investigar o efeito do extrato de folhas secas de Passiflora edulis na cicatrização das gastrorrafias em ratos. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos Wistar, machos, adultos, divididos em dois gru (mais) pos de 20 denominados grupo Controle e grupo Passiflora (GP e GC) subdivididos em grupos de 10 de acordo com o momento do óbito, no 3º e 7º dias de pós-operatório. Todos os animais foram submetidos a laparotomia mediana, na qual foi realizada gastrotomia na parede anterior do corpo seguida da gastrorrafia com fio de polipropileno 6.0, utilizando-se quatro pontos separados, em plano único total. Os ratos do GP receberam na cavidade abdominal, antes do fechamento desta, solução de extrato de Passiflora edulis, na concentração de 250mg/Kg/peso, e os animais do GC igual volume de solução salina isotônica. Foram avaliados aspectos macroscópicos (grau de aderência de Knightly), pressão de ruptura por manômetro eletrônico e parâmetros inflamatórios microscópicos. RESULTADOS: Todos os animais demonstraram boa cicatrização da parede abdominal, sem sinais clínicos de infecção ou deiscência. Não houve diferença estatisticamente significante em relação ao grau de aderências das gastrorrafias nos dois grupos, no 3º dia (p=0,734) e no 7º dia (p=1.000) e nem na comparação do aspecto da mucosa gástrica, no 3º dia e 7º dias (NS). As gastrorrafias apresentaram vazamentos com menor pressão de insuflação nos grupos de animais do 3º dia em ambos os grupos. Não houve diferença significante de pressão de ruptura entre os subgrupos do 3°dia (GC3=41,1±22,1mmHg vs GP3=59,2±20,4 mmHg; p= 0,074). No 7º dia houve maior média de pressão de ruptura, porém sem diferença estatisticamente significante entre os dois grupos (p=0,850). Eles, no 3º e 7º dias, não demonstraram diferenças estatisticamente significantes quanto à análise histológica, exceto em relação a proliferação fibroblástica no 7º dia, do grupo GP, que apresentou maior densidade de fibroblastos nesse período (p =0,002). CONCLUSÃO: O uso intraperitoneal do extrato de Passiflora edulis influencia favoravelmente a cicatrização das gastrorrafias em ratos pelo aumento da proliferação fibroblástica no 7º dia de pós-operatório. Resumo em inglês INTRODUCTION: Many substances of vegetable origin have been used since the beginning of civilization with the purpose of improving the healing process. Among them, dry leaves extract from Passiflora edulis have been shown to have an anti-inflammatory effect in rats. PURPOSE: To analyze the effect of dry leaves extract from Passiflora edulis in the healing of gastric sutures in rats. METHODS: Forty male adult Wistar rats were divided into two groups of 20 rats, called Pass (mais) iflora group (GP) and Control group (GC) which were divided into two groups of 10 according to moment of death, on day 3 or day 7 after the operation. All animals were submitted to a midline incision and a gastrotomy was performed on the anterior wall of the stomach followed by gastric suture with polypropylene 6.0 using four stitches on a single layer. Rats from GP were given, before closure of the abdominal wall, a solution of Passiflora edulis extract, 250 mg/kg/weight, while rats from the GC were given an isovolumetric isotonic saline solution. Macroscopic evaluation included the adhesion index proposed by Knightly. Bursting pressure was measure by an electronic device. Microscopic analysis was performed including inflammation parameters. RESULTS: All animals presented adequate healing of the abdominal wall with no clinical signs of infections or dehiscence. The adherence index was similar in both groups both on day 3 (p=0.734) and on day 7 (p=1.000). The gastric sutures presented leak with smaller insufflation pressure on the 3rd P.O. day in both groups as compared to the 3th P.O. day. There was no significant difference of bursting pressure among the subgroups on the 3rd P.O. day (GC3=41.1 ± 22.1 mmHg versus GP3=59.2 ± 20.4 mmHg; p=0.074). On the 7th P.O. day, there was an increased mean bursting pressure in both groups, but there was no statistically significant difference between the two groups (p=0.850). Histologic parameters were similar in both groups, on P.O. days 3 and day 7, except for the fibroblastic proliferation, which was greater on the 7th day in GP (p=0.002). CONCLUSION: The intraperitoneal use of Passiflora edulis extract influences favorably the healing of gastric sutures in rats because of the increase in the fibroblastic proliferation on the 7th P.O. day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Prevalência de hipertensão do avental branco na atenção primária de saúde/ Prevalence of white coat hypertension in primary health care

Alves, Leila Maria Marchi; Nogueira, Maria Suely; Godoy, Simone de; Hayashida, Miyeko; Cárnio, Evelin Capellari
2007-07-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a prevalência de hipertensão do avental branco no município de Dumont, Estado de São Paulo, caracterizando os participantes da pesquisa em relação a fatores demográficos e a alterações tanto fisiológicas como metabólicas. MÉTODOS: Foram selecionados 109 usuários da Unidade de Saúde municipal, divididos em três grupos (normotensão, hipertensão essencial e hipertensão do avental branco), após medidas de pressão arterial com aparelho osc (mais) ilométrico e exame de monitorização ambulatorial da pressão arterial. Foram realizadas entrevista, mensuração de dados e coleta de exames laboratoriais para comparação das variáveis encontradas entre os grupos. Para o tratamento estatístico, foram utilizados os testes ANOVA e Tukey. Os resultados foram expressos como médias ± erros padrão das médias. As diferenças foram consideradas estatisticamente significativas para p Resumo em inglês OBJECTIVE: Assess the prevalence of white coat hypertension in the municipality of Dumont, in São Paulo State, and map study participants' demographics, and physiologic and metabolic changes. METHODS: One hundred and nine (109) users of the Municipal Health Service were selected and then divided into three groups: normotension, essential hypertension, and white coat hypertension after blood pressure was measured through oscilometry and blood pressure monitoring exam at o (mais) utpatient unit. Variables found between the groups were compared based on interview, data measurements, and laboratory exams. ANOVA and Tukey tests were used for statistical data. Results were expressed as means ± standard error of means. p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Relação entre o ângulo quadriciptal (ÂQ) e a distribuição da pressão plantar em jogadores de futebol/ Relationship between quadriceps angle (Q) and plantar pressure distribution in football players

Braz, Rafael G.; Carvalho, Gustavo A.
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVOS: Verificar possível associação entre ângulo quadriciptal (ÂQ) e distribuição de pressão plantar em jogadores de futebol, comparando-os com indivíduos não praticantes da modalidade. MÉTODOS: Cento e vinte e um participantes do sexo masculino foram selecionados: 50 jogadores de futebol (JF) e 71 sujeitos para o grupo controle (GC). Avaliaram-se concomitantemente o ÂQ, por meio do Software para Avaliação Postural (SAPO), e a pressão plantar, pela pla (mais) taforma F-Scan/F-Mat System. Para verificar correlação entre o ÂQ e os valores de picos de pressão em quatro segmentos do pé (antepé medial e lateral, médio-pé e retropé), utilizou-se o Coeficiente de Pearson (r) para análises paramétricas. O teste t independente foi empregado para comparar isoladamente essas mesmas variáveis entre os grupos. A normalidade dos dados foi verificada pelos valores de skewness, adotando nível de significância de 5%. RESULTADOS: Encontrou-se correlação negativa e fraca (r=-0,32) somente entre ÂQ e médio-pé direito. Os grupos diferiram quanto ao ÂQ bilateralmente, sendo que o grupo JF teve média de 11,36º, e GC, de 13,80º à direita e de 11,03º contra 13,96º à esquerda, respectivamente. Em relação à pressão plantar, o JF teve maior média de força nas faces laterais do antepé direito (0,77 contra 0,63 kg/cm²) e esquerdo (0,65 e 0,54 kg/cm²), enquanto o GC apresentou maior pico de pressão no médio-pé esquerdo (JF: 0,37 e GC: 0,46 kg/cm²). CONCLUSÕES: Não houve relação entre os valores de ÂQ na distribuição da pressão plantar nos jogadores de futebol. Os atletas apresentaram, porém, ÂQ diminuído e maiores picos de pressão nas faces laterais de ambos os pés, o que sugere alinhamento em varo dos joelhos e distribuição supinada das bases plantares. Resumo em inglês OBJECTIVES: To determine whether there is an association between the Q-angle (Q) and the distribution of plantar pressure in football players, and to compare the characteristics of these athletes with non-practitioners of this sport. METHODS: 121 male participants were selected: 50 football practitioners (FP) and 71 non-practitioners (NP). We concurrently evaluated the Q-angle and the plantar pressure through the software of postural assessment (SPA) and the F-Mat System, (mais) respectively. To verify the correlation between the Q-angle and peak pressure values in four segments of the foot (medial and lateral forefoot, medium-foot and hind-foot), the Pearson coefficient (r) for parametric analysis was used. The independent t-test was used to compare these variables between the groups. Data normality was verified by the skewness values, adopting a significance level of 5%. RESULTS: A negative and weak correlation was found (r=-0.32) between the Q-angle and the plantar pressure in the right medium-foot. The groups differed with regards to the right Q-angle (11.36º in FP versus 13.80º in NP) and the left Q-angle (11.03º in FP versus 13.96º in NP). Plantar pressure was also different between the groups, with FP showing higher mean values for the right side and for the left side of the forefoot (0.77 kg/cm² in FP versus 0.63 kg/cm² in NP, and 0.65 kg/cm² in FP versus 0.54 kg/cm² in NP, respectively). However, mean peak pressure values for the left medium-foot were higher among NP (0.37 kg/cm² in FP versus 0.46 kg/cm² in NP). CONCLUSIONS: There was no evidence of an association between the Q-angle and the distribution of plantar pressure in FP. The athletes showed reduced Q-angle values and higher mean peak pressure values for the right and left aspects of the forefoot, suggesting a varus malalignment and a supine distribution of plantar bases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Resultados a longo prazo do uso de drogas antiproliferativas na trabeculectomia primária/ Long-term outcomes of antiproliferative agents in primary trabeculectomy

Norris, Eleonore J.; Schiffman, Joyce C.; Palmberg, Paul F.; Mello, Paulo Augusto de Arruda
2002-08-01

Resumo em português Objetivo: Avaliar comparativamente a longo prazo os resultados cirúrgicos de trabeculectomias nas quais foram utilizadas injeções subconjuntivais de 5-fluorouracil (5-FU) no pós-operatório ou aplicações de mitomicina C (MMC) peroperatória. Métodos: Estudo retrospectivo de 133 olhos submetidos a trabeculectomia primária. Resultados: A pressão ocular não apresentou valores estatisticamente significantes em nenhuma das visitas de pós-operatório quando comparado (mais) s os grupos em que se utilizou a mitomicina C ou 5-fluorouracil. Em cada um dos grupos analisados separadamente, os níveis da pressão ocular não apresentaram diferenças estatisticamente significantes nos períodos pré e pós-operatório. A incidência de complicações pós-operatórias também não apresentou diferença estatisticamente significante à exceção de alterações epiteliais na córnea, mais freqüentes no grupo tratado com 5-fluorouracil. Nos dois grupos, destacou-se a elevada incidência de desenvolvimento/progressão de catarata. Conclusão: O uso de mitomicina C ou 5-fluorouracil promoveu redução importante e estável da pressão ocular, com índices de complicações semelhantes. Resumo em inglês Purpose: To evaluate and compare long-term outcomes of trabeculectomies with subconjunctival injections of 5-fluorouracil (5-FU) after sugery or use of mitomycin C (MMC) during surgery. Methods: Retrospective study of 133 eyes who underwent primary trabeculectomy. Results: Intraocular pressure levels were not statistically significant at any of the postoperative visits when comparing the 5-fluorouracil and mitomycin C groups. In each group, analyzed separately, the intra- (mais) ocular pressure levels showed no statistically significant difference before or after surgery. The incidence of postoperative complications was not statistically significant as well, except for a greater incidence of the corneal epithelial defects, more frequent in the 5-fluorouracil group. In both groups, a greater incidence of development/progression of cataract was noted. Conclusion: Both mitomycin C and 5-fluorouracil promoted an important and stable decrease in intraocular pressure with similar complication rates.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Efeito da suplementação de beta-caroteno na pressão arterial de ratos/ Effect of beta-carotene supplementation on the blood pressure of rats

Oliveira, Giselle Santos de; Figueiredo, Álvaro Souto Padrón de; Santos, Rosane de Souza; Vianna, Lucia Marques
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar se a suplementação com doses suprafisiológicas de beta-caroteno exerce efeito positivo no controle da hipertensão arterial, e detectar possíveis efeitos adversos dessa suplementação. MÉTODOS: Ratos espontaneamente hipertensos (n=12) e normotensos (n=12) com 20 semanas, foram submetidos a um período basal de 10 dias, e subdivididos em 4 grupos de 6 animais, suplementados com beta-caroteno em três diferentes doses: 2,5mg, 3,75mg e 5,0mg por an (mais) imal, via gavagem orogástrica diária, durante 14 dias para cada dose, intercaladas por um período de wash-out de 7 dias; os grupos controle receberam apenas o veículo (óleo de coco). Foram ainda submetidos à avaliação ectoscópica para possível detecção de efeitos tóxicos ou interação entre nutrientes, e à análise dos parâmetros biológicos; a pressão sistólica foi aferida por pletismografia duas vezes na semana, em dias alternados. Após o período de suplementação os animais foram sacrificados, e tiveram o peso do fígado determinado pelo método de Scherle. RESULTADOS: A administração de beta-caroteno não levou a alterações dos parâmetros biológicos dos animais, assim como não foi detectado efeito tóxico. Quanto à pressão arterial sistólica, as duas linhagens apresentaram redução significante (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate if supplementation with supraphysiological doses of beta-carotene has a positive effect on controlling hypertension and detect possible adverse effects of this supplementation. METHODS: 20-week-old spontaneously hypertensive rats (n=12) and normotensive rats (n=12) were submitted to a basal period of 10 days, then divided into 4 groups of 6 animals and supplemented daily by orogastric gavage with beta-carotene in 3 different doses: 2.5mg, 3.75mg (mais) and 5.0mg/animal during 14 days for each dose that was inserted by a seven day wash-out period; control groups received only coconut oil. Animals were submitted to ectoscopic evaluation to detect possible toxic effects or interaction between nutrients and analysis of biological parameters; systolic blood pressure was measured by plethysmography twice a week on alternate days; after the supplementation period, animals were killed and their livers weighed by the Scherle method. RESULTS: Administration of beta-carotene did not alter the animals' biological parameters or cause any toxic effects. Regarding systolic blood pressure, both lineages showed significant results (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Pressões retais e anais em primigestas ao defecar/ Rectal and anal straining pressures in primigravidae

Klug, Wilmar Artur; Aguida, Helly Angela Caram; Ortiz, Jorge Alberto; Fang, Chia Bin; Capelhuchnik, Peretz
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: O estudo teve o objetivo de avaliar as mudanças nas pressões do reto e ânus de primigestas ao simular defecação. MÉTODOS: Selecionamos 60 mulheres no Ambulatório de Pré-natal e no de Cirurgia da Santa Casa de São Paulo. Estas formaram quatro grupos de 15: a) grupo-controle: nuligestas; b) primigestas no 1º trimestre; c) primigestas no 2º trimestre; d) primigestas no 3º trimestre. Em todas realizamos manometria retal e anal e as seguintes medidas: a) (mais) pressão retal em repouso; b) pressão retal ao esforço de defecação; c) pressão anal à defecação. RESULTADOS: Observamos que as pressões retais ao esforço de defecar aumentam em grávidas em menor proporção que nas nuligestas; estas pressões caíram de 53,9 ± 17,9 em nuligestas para 36,3± 19,6, 38,1 ± 16,2 e 30,5 ± 17,0 nos três trimestres. As pressões anais de defecação foram maiores nas nuligestas (46,9± 17,6) que nas gestantes, respectivamente 37,5 ± 15,5, 32,1 ± 6,2 e 32,9 ± 8,7. Houve maior queda das pressões anais na gestação mais avançada, que compensa a dificuldade para elevar a pressão intra-retal de esforço. CONCLUSÃO: A gravidez altera as pressões retais e anais ao simular defecação, diminuindo- as, mas de forma a compensarem-se mutuamente. Resumo em inglês OBJECTIVE: This study intended to evaluate rectal and anal straining pressures in primigravidae, at simulated defecation. METHODS: The present study is based on 60 women from de Antenatal Care of Santa Casa de Misericórdia - São Paulo. Patients were divided into four groups of 15: a) Control group: nuligravidae; b) 1st trimester primigravidae; c) 2nd trimester primigravidae; d) 3rd trimester primigravidae. All patients underwent rectal and anal measurements to obtain: a (mais) ) Resting rectal pressure; b) Straining rectal pressure; c) Minimal straining anal pressure. RESULTS: Data was analyzed using statistical methods and reached, the same results: it was observed that the straining rectal pressure decreased from 53.9 ± 17.9 in control group a to respectively 36.3 ± 19.6 in group b, 38.1 ± 16.2 in group c, 30.5 ± 17.0 in group d, of pregnant women. The minimal anal straining pressure decreased from 46.9 ± 1.6 in the control group a to 37.5 ± 15.5 in group b, 32.2 ± 6.2 in group c , 32.9 ± 8.7 in group d, during pregnancy. CONCLUSION: Straining rectal and anal pressures both decreased during pregnancy in comparison with the control group, counterbalancing one another to reach a new point of equilibrium during defecation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Estudo comparativo entre a pressão positiva intermitente (Reanimador de Müller) e contínua no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio/ Comparative study between intermittent (Müller Reanimator) and continuous positive airway pressure in the postoperative period of coronary artery bypass grafting

Müller, Andréa Pires; Olandoski, Márcia; Macedo, Rafael; Costantini, Constantino; Guarita-Souza, Luiz César
2006-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar o efeito da aplicação da pressão positiva intermitente e contínua em pacientes no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio. MÉTODOS: Neste estudo foram considerados quarenta pacientes, divididos em dois grupos: um submetido a pressão positiva contínua (Grupo CPAP), e outro submetido a pressão intermitente (Grupo Reanimador de Müller). Os pacientes foram avaliados nos momentos: pré-operatório, 3ª, 24ª e 48ª horas, em (mais) relação às diversas variáveis do estudo. RESULTADOS: Os grupos de pacientes eram homogêneos em relação a diversas variáveis demográficas e clínicas. Os valores gasométricos de PO2, PCO2 e SO2 estiveram dentro dos parâmetros de normalidade e não foram encontradas diferenças significantes entre os grupos. Na ventilometria os grupos apresentaram diferenças significativas no volume corrente e freqüência respiratória no pós-operatório de 48 horas. A dispnéia e a participação da musculatura acessória, nas avaliações do pós-operatório, foram encontradas com freqüência significativamente maior nos pacientes submetidos ao CPAP. Pacientes submetidos ao Reanimador de Müller apresentaram radiografia de tórax normal com maior freqüência do que pacientes submetidos ao CPAP. CONCLUSÃO: Observou-se que ambos os recursos foram capazes de manter valores de PO2, PCO2 e SO2 dentro da normalidade. Porém, quando se busca a reexpansão pulmonar, com menor carga de trabalho imposta, o Reanimador de Müller foi mais efetivo pela forma mais rápida de ação e, conseqüentemente, apresentou menores índices de dispnéia, freqüência respiratória (FR) e atividade de musculatura acessória. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the effect of the use of intermittent and continuous positive airway pressure in postoperative patients undergoing coronary artery bypass grafting. METHODS: This study included forty patients divided into two groups: one undergoing continuous positive airway pressure (CPAP Group), and the other undergoing intermittent pressure (Müller Resuscitator Group). The patients were evaluated in relation to the several study variables at the following time po (mais) ints: preoperative, 3rd, 24th, and 48th hours. RESULTS: The patient groups were homogeneous in relation to the several demographic and clinical variables. The values of pO2, pCO2 and sO2 were within normal limits and no significant differences were found between the groups. Regarding respirometry, the groups showed significant differences in the tidal volume and respiratory rate at the 48th postoperative hour. Dyspnea and use of accessory muscle in postoperative assessments were found with a significantly higher frequency in patients undergoing CPAP. Patients undergoing Müller Resuscitator had a normal chest radiograph more frequently than did patients undergoing CPAP. CONCLUSION: Both devices were shown to be able to keep pO2, pCO2, and sO2 values within normal limits. However, when the objective was pulmonary reexpansion with less imposed workload, the Müller Resuscitator was more effective because of its prompter action and consequently lower levels of dyspnea, respiratory rate (RR) and use of accessory muscle were observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Valores da pressão arterial em cães pelos métodos oscilométrico e Doppler vascular/ Arterial blood pressure in dogs by the oscilometric method and the Doppler ultrasonic

Cabral, R.R.; Ciasca, B.D.; Oliveira, V.M.C.; Vaz-Curado, A.P.; Larsson, M.H.M.A.
2010-02-01

Resumo em português Foram comparados dois métodos não-invasivos de medida da pressão arterial, o Doppler vascular e o oscilométrico, com o objetivo de estabelecer parâmetros que possam auxiliar no diagnóstico seguro da hipertensão arterial. Para tal, foram utilizados 45 cães, machos e fêmeas, distribuídos em três grupos de acordo com o peso, pequeno, médio e grande porte. Em cada animal, procedeu-se a mensuração por meio do Doppler vascular e, em seguida, do oscilométrico. Na (mais) obtenção da pressão arterial sistólica, não houve diferença entre os métodos nos três grupos de animais, porém, na obtenção da pressão arterial diastólica, houve diferença estatística entre o Doppler vascular e o oscilométrico nos grupos de animais de pequeno e médio porte. Pôde-se concluir que valores confiáveis de pressão sistólica podem ser obtidos tanto por meio do Doppler vascular quanto do oscilométrico. Os valores da pressão arterial diastólica obtidos pelos dois métodos não se correlacionam, principalmente nos animais de pequeno e médio porte. Resumo em inglês Two noninvasive methods for blood pressure measurement, the oscilometric and the Doppler ultrasonic, were compaired aiming the establishment of parameters that can be helpful for the hypertension diagnosis. Forty-five dogs, males and females, were distributed in three groups, according to body weight: small, medium, and large sizes. In each animal, measurement of the blood pressure was performed, first by the Doppler ultrasonic, followed by the oscilometric method. No dif (mais) ferences were observed in sistolic arterial pressure values obtained by both methods in none of the three animal groups. However, there was an important difference in diastolic arterial pressure values obtained by these methods, especially in small and medium size dogs. It was concluded that reliable results of sistolic blood pressure can be obtained both by the Doppler ultrasonic and the oscilometric method. Diastolic blood pressure results, however, showed no correlation between these two methods, mainly in small and medium size dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

O fator de crescimento de fibroblasto básico melhora a cicatrização de anastomoses duodenais em ratos/ The basic fibroblast growth factor enhances the healing of duodenal anastomosis in rats

Medeiros, Aldo da Cunha; Dantas Filho, Antônio Medeiros; Aires Neto, Tertuliano; Lima, Francisco Pignataro; Azevêdo, Ítalo Medeiros de; Alves, Silvana Gomes
2003-01-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar as alterações histológicas, e o ganho de resistência em anastomoses duodenais tratadas com fator de crescimento de fibroblasto básico (FGFb). MÉTODOS: Vinte ratos da raça Wistar foram submetidos a secção transversal do duodeno, seguida de anastomose. Os animais foram divididos em 4 grupos de 5 animais cada: A1 e A2 (experimentais), nos quais foi aplicado FCFb sobre a anastomose logo após seu término; e B1 e B2 (controles), nos quais foi admin (mais) istrada solução salina sobre a zona de anastomose. Os roedores foram mortos com superdose de anestésico, sendo A1, B1 no 5º dia e A2, B2 no 7º dia de pós-operatório. Foi feita avaliação quanto à resistência das anastomoses à pressão e análise da densidade média dos achados histopatológicos com auxílio do sistema digitalizado Image proPlus. RESULTADOS: No grupo A1 a pressão suportada pelas anastomoses foi de 52± 14,4 mmHg e no grupo A2 140± 34,8 mmHg. Em B1 a pressão atingiu 33,6± 15,2 mmHg e as anastomoses do grupo B2 suportaram pressão 105± 30,3. No grupo A1 a densidade média dos elementos histopatológicos foi de 93± 9,3 e A2 atingiu 181,8± 27,6. Nos grupos de controle B1 e B2 as densidades médias foram 67,6± 16,7 e 101± 12,9 respectivamente. A análise estatística revelou diferença significante entre nos dados dos grupos experimentais e controles (p Resumo em inglês OBJECTIVE: Analysis of histopatological alterations, and pressure resistence in duodenal anastomosis treated with basic fibroblast growth factor (FGF-b). METHODS: Twenty Wistar rats were submited to a transversal duodenal section and subsequent anastomosis. They were randomly separated into four groups of five rats each: A1 and A2 (experimentals), in which FCFb was applied over the anastomosis; in B1 and B2 (controls), saline was use at the anastomosis site. The rodents w (mais) ere killed with an anesthetics overdosis, according to the following protocol: A1, B1 on 5th postoperative day and A2, B2 on the 7th one. A pressure resistence test of the anastomosis was done. The digitalized system Image ProPlus was used in order to analyse the mean density of the histopatological elements of healing duodenal tissues. RESULTS: All the rats survived without complications. In the group A1 the intraluminal pressure was 52± 14,4 mmHg and in group A2 it was 140± 34,8 mmHg. In the group B1 the pressure reached 33,6± 15,2 mmHg and in B2 it reached 105± 30,3. In group A1 the mean density of histopatological elements was 93± 9,3 and in A2 it was 181,8± 27,6. In the control groups B1 and B2 the mean densitys were 67,6± 16,7 and 101± 12,9 respectively. The statistical analysis detected a significant difference between the data of the experimental and control groups (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Influência da estratégia ventilatória no desempenho funcional de enxertos pulmonares em um modelo experimental de transplante pulmonar unilateral de doadores após parada cardiocirculatória/ Ventilation strategy and its influence on the functional performance of lung grafts in an experimental model of single lung transplantation using non-heart-beating donors

Felix, Elaine Aparecida; Andrade, Cristiano Feijó; Cardoso, Paulo Francisco Guerreiro; Thiesen, Gabriela Cury; Antonio, Ana Carolina Peçanha; Martins, Lucas Krieger; Tonietto, Tiago Antonio
2010-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a influência de duas estratégias ventilatórias - ventilação controlada a volume (VCV) e ventilação controlada a pressão (VCP) - no desempenho funcional de enxertos pulmonares em um modelo canino de transplante pulmonar unilateral esquerdo, utilizando-se doadores cujos pulmões foram captados após três horas de parada cardiocirculatória em temperatura ambiente e sob ventilação mecânica. MÉTODOS: O estudo incluiu 40 cães mestiços randomiz (mais) ados nos grupos VCV e VCP. Dos 20 receptores, 5 não sobreviveram ao transplante, e 5 não sobreviveram ao período de avaliação pós-transplante. Os 10 receptores sobreviventes (5 em cada grupo) foram avaliados durante 360 min após o término do transplante pulmonar. O desempenho funcional dos enxertos foi estudado através da avaliação da mecânica respiratória, trocas gasosas e histologia do enxerto. RESULTADOS: Não houve diferenças significativas entre os grupos quanto às variáveis de mecânica respiratória (pressão de pico inspiratória, pressão de platô, pressão média de vias aéreas, complacência dinâmica e complacência estática) e de trocas gasosas (PaO2, pressão venosa mista de oxigênio, PaCO2, pressão venosa mista de CO2 e diferença arteriovenosa de oxigênio). As alterações histopatológicas foram compatíveis com o padrão de lesão pulmonar aguda não específica e não diferiram entre os grupos. CONCLUSÕES: Este modelo de transplante pulmonar mostrou que o desempenho funcional do enxerto não foi influenciado pela estratégia ventilatória utilizada até seis horas após a reperfusão. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the influence of two different ventilation strategies-volume-controlled ventilation (VCV) and pressure-controlled ventilation (PCV)-on the functional performance of lung grafts in a canine model of unilateral left lung transplantation using donor lungs harvested after three hours of normothermic cardiocirculatory arrest under mechanical ventilation. METHODS: The study comprised 40 mongrel dogs, randomized into two groups: VCV and PCV. Of the 20 recip (mais) ients, 5 did not survive the transplant, and 5 died before the end of the post-transplant assessment period. The remaining 10 survivors (5 in each group) were evaluated for 360 min after lung transplantation. The functional performance of the grafts was evaluated regarding respiratory mechanics, gas exchange, and lung graft histology. RESULTS: There were no significant differences between the groups regarding respiratory mechanics (peak inspiratory pressure, plateau pressure, mean airway pressure, dynamic compliance, and static compliance) or gas exchange variables (PaO2, venous oxygen tension, PaCO2, venous carbon dioxide tension, and the arterial-venous oxygen content difference). The histopathological findings were consistent with nonspecific acute lung injury and did not differ between the groups. CONCLUSIONS: This model of lung transplantation showed that the functional performance of lung grafts was not influenced by the ventilation strategy employed during the first six hours after reperfusion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Efeitos da obesidade na distribuição de pressão plantar em crianças/ Effects of obesity on plantar pressure distribution in children

Filippin, NT; Barbosa, VLP; Sacco, ICN; Lobo da Costa, PH
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: O estudo teve como objetivo determinar se há diferenças na distribuição de pressão plantar estática e dinâmica entre crianças obesas e eutróficas. MÉTODO: Foram avaliadas vinte crianças, divididas em dois grupos (grupo de obesos e grupo de eutróficos), com idades entre nove e onze anos. As avaliações incluíram medidas das variáveis de pressão plantar na postura ereta e na marcha por meio do sistema Pedar (Novel GMbH). RESULTADOS: Constatou-se qu (mais) e as crianças obesas apresentaram maiores áreas de contato, picos de pressão, pressões médias máximas e integrais pressão-tempo, quando comparadas às eutróficas, com diferenças significativas, principalmente nas regiões do médio-pé e antepé. CONCLUSÕES: As diferenças observadas entre os grupos indicam que crianças obesas podem apresentar modificações importantes nos pés em função da sobrecarga excessiva e repetitiva à qual estão expostas, aumentando o risco para o desenvolvimento de lesões e patologias nos pés. Portanto, é necessário que programas de intervenção sejam implantados a fim de interferir também na progressão de problemas de natureza estrutural e funcional relacionados à obesidade. Resumo em inglês OBJECTIVE: The aim of this study was to determine whether there were differences in static and dynamic plantar pressure distribution between obese and non-obese children. METHOD: Twenty children aged from nine to eleven years were assessed and divided into two groups (obese and non-obese groups). The assessments included measurements of plantar pressure variables while standing and walking, by means of the Pedar System (Novel GMbH). RESULTS: The obese children presented g (mais) reater contact area, peak pressure, maximum mean pressure and pressure-time integral, in comparison with the non-obese children, with significant differences particularly in the midfoot and forefoot areas. CONCLUSION: The differences observed between the groups indicated that obese children may present significant modifications to their feet because of the excessive and repetitive loads that they are exposed to, which increases the risk of developing foot injuries and pathologies. It is suggested that there is a need to implement intervention programs with the aim of interfering with the progression of obesity-related problems from a structural and functional perspective.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Efeitos da leitura, exercício e exercício sob leitura na pressão intra-ocular de portadores de glaucoma primário de ângulo aberto ou hipertensão ocular controlados clinicamente com medicação tópica/ Effects of reading, exercise and exercise combined with reading on intraocular pressure for patients sustaining primary glaucoma (open angle) or ocular hypertension, both clinically controlled with topic medication

Medina, Alice Maria Corrêa; Lima, Núbia Vanessa dos Anjos; Santos, Regina Cândida Ribeiro dos; Pereira, Marco César Araújo; Santos, Procópio Miguel dos
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a pressão intra-ocular (Po) em indivíduos usuários de análogos de prostaglandina, prostamida ou beta-bloqueador em portadores de glaucoma primário de ângulo aberto ou hipertensão ocular após leitura, exercício e exercício sob leitura. MÉTODOS: Quarenta indivíduos (79 olhos), subdivididos em 5 grupos: G1 (portadores de hipertensão arterial e glaucoma ou hipertensão ocular usando análogos de prostaglandinas ou prostamidas); G2 (portadores (mais) de hipertensão arterial e glaucoma ou hipertensão ocular usando beta-bloqueador); G3 (indivíduos sem hipertensão arterial e portadores de glaucoma ou hipertensão ocular em uso de análogos de prostaglandinas ou prostamidas); G4 (indivíduos sem hipertensão arterial e portadores de glaucoma ou hipertensão ocular em uso de beta-bloqueador) e G5 (indivíduos sem hipertensão arterial e sem glaucoma ou hipertensão ocular), tiveram a pressão intra-ocular verificada antes e após realizarem leitura, exercício e exercício sob leitura. Cada teste foi realizado em dia distinto e sempre no período vespertino. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significante na média da pressão intra-ocular inicial e final nos diferentes grupos do estudo quando submetidos à leitura, exercício e exercício sob leitura. CONCLUSÃO: Ler e fazer exercícios individualmente ou concomitantemente, não representa fator de agravo da pressão intra-ocular em portadores de glaucoma primário de ângulo aberto ou hipertensão ocular em usuários de análogos de prostaglandinas ou prostamidas ou beta-bloqueador. Resumo em inglês PURPOSE: To check intraocular pressure (IOP) in individuals using prostaglandin, prostamide or beta-blocker analogues, who sustain either primary open angle glaucoma or ocular hypertension after reading, exercise or exercise combined with reading. METHODS: 40 individuals (79 eyes), subdivided in to five groups: G1 (with arterial hypertension and either glaucoma or ocular hypertension, all users of prostaglandin or prostamide analogues); G2 (with arterial hypertension and (mais) either glaucoma or ocular hypertension, all users of beta-blockers); G3 (not sustaining arterial hypertension but suffering from either glaucoma or ocular hypertension, all users of prostaglandin or prostamide analogues); G4 (not sustaining arterial hypertension but suffering from either glaucoma or ocular hypertension, all users of beta-blockers) and G5 (not sustaining arterial hypertension and also not suffering from either glaucoma or ocular hypertension) had their intraocular pressure checked before and after undergoing reading, exercise, and exercise combined with reading. Each type of test was conducted in a different day, always in the afternoon. RESULTS: No significant statistical difference has been noticed between the initial and final intraocular pressure mean in the different groups, when reading, performing exercises or exercises combined with reading. CONCLUSION: To read and to work out - either separately or jointly - does not pose an aggravating factor to the intraocular pressure of patients with primary open glaucoma or ocular hypertension, using prostaglandin, prostamide or beta-blocker analogues.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Efeitos hemodinâmicos do atracúrio e do cisatracúrio e o uso de difenidramina e cimetidina/ Hemodynamic effects of atracurium and cisatracurium and the use of diphenhydramine and cimetidine/ Efectos hemodinámicos del atracurio y del cisatracurio y el uso de la difenidramina y la cimetidina

Correa, Claudia Maria Nogueira; Sudo, Gisele Zapata; Sudo, Roberto Takashi
2010-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Haja visto que atracúrio pode causar hipotensão arterial no homem, investigaram-se os efeitos hemodinâmicos promovidos pelo atracúrio e pelo cisatracúrio e a proteção hemodinâmica conferida pela difenidramina e cimetidina em ratos. MÉTODO: 1) Ratos Wistar anestesiados com pentobarbital sódico e preparados de acordo com Brown e col. para avaliar doses de atracúrio e cisatracúrio para redução de T4/T1 da sequência de quatro estímul (mais) os maior ou igual a 95%. 2) Avaliação das alterações hemodinâmicas de atracúrio e cisatracúrio por injeção venosa, medindo-se a pressão arterial sistêmica da artéria carótida e eletrocardiograma de ratos. 3) Observação de proteção hemodinâmica pelo tratamento prévio com difenidramina (2 mg.kg-1) e/ou cimetidina (4 mg.kg-1) por injeção venosa. Análise estatística: teste t de Student, ANOVA. RESULTADOS: O atracúrio e o cisatracúrio não modificaram a pressão arterial média (PAM) nas doses de 1 mg.kg-1 e 0,25 mg.kg-1, respectivamente. Doses de 4 mg.kg-1 promoveram diminuição da PAM de 62,8 ± 4,5% do controle para o atracúrio, e de 82,5 ± 2,3% do controle para o cisatracúrio. Com difenidramina e cimetidina, a pressão sistólica diminuiu 95,4 ± 2,5% do controle. Com cimetidina, pressão diastólica diminuiu 82,7 ± 8,4% do controle. O efeito conjunto sobre as pressões sistólica e diastólica refletiu-se nos valores observados da PAM. CONCLUSÕES: A difenidramina e a cimetidina, isoladamente, não impediram a diminuição da pressão arterial média induzida pelo atracúrio. No entanto, associação destes dois fármacos foi eficaz na prevenção dos efeitos hemodinâmicos induzidos pelo atracúrio. O cisatracúrio nas doses do experimento não promoveu diminuição da pressão arterial que justificasse as medidas preventivas aplicadas nos grupos onde se utilizou o atracúrio. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Habida cuenta de que el atracurio puede causar hipotensión arterial en el hombre, se investigaron los efectos hemodinámicos promovidos por el atracurio y por el cisatracurio, y la protección hemodinámica dada por la difenidramina y la cimetidina en ratones. MÉTODO: 1) Ratones Wistar anestesiados con pentobarbital sódico y preparados de acuerdo con Brown y col. para evaluar las dosis de atracurio y cisatracurio para la reducción de T4/T1 d (mais) e la secuencia de cuatro estímulos mayor o igual al 95%. 2) Evaluación de las alteraciones hemodinámicas del atracurio y el cisatracurio por inyección venosa, midiendo la presión arterial sistémica de la arteria carótida y electrocardiograma de ratones. 3) Observación de la protección hemodinámica por el tratamiento previo con difenidramina (2 mg.kg-1) y/o cimetidina (4 mg.kg-1) por inyección venosa. Análisis estadístico: test t de Student, ANOVA. RESULTADOS: El atracurio y el cisatracurio no modificaron la presión arterial promedio (PAP) en las dosis de 1 mg.kg-1 y 0,25 mg.kg-1, respectivamente. Las dosis de 4 mg.kg-1 disminuyeron la PAP de 62,8 ± 4,5% del control para el atracurio, y de 82,5 ± 2,3% del control para el cisatracurio. Con la difenidramina y la cimetidina, la presión sistólica se redujo a 95,4 ± 2,5% del control. Con la cimetidina, la presión diastólica disminuyó 82,7 ± 8,4% del control. El efecto con-junto sobre las presiones sistólica y diastólica se reflejó en los valores observados de la PAP. CONCLUSIONES: La difenidramina y la cimetidina, aisladamente, no impidieron la disminución de la presión arterial promedio inducida por el atracurio. Sin embargo, la asociación de esos de los fármacos fue eficaz en la prevención de los efectos hemodinámicos inducidos por el atracurio. El cisatracurio, en las dosis del experimento, no promovió una disminución de la presión arterial que justificase las medidas preventivas aplicadas en los grupos donde se utilizó el atracurio. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Since atracurium can cause hypotension in humans, the hemodynamic effects of atracurium and cisatracurium as well as the hemodynamic protection of diphenhydramine and cimetidine were investigated in rats. METHODS: 1) Wistar rats were anesthetized with sodium pentobarbital and prepared according to Brown et al. to evaluate different doses of atracurium and cisatracurium in the reduction of T4/T1 equal or greater than 95%. 2) Assessment of the hem (mais) odynamic changes caused by the intravenous administration of atracurium and cisatracurium by monitoring the blood pressure in the carotid artery and the electrocardiogram of rats. 3) Observation of the hemodynamic protection of prior treatment with the intravenous administration of diphenhydramine (2 mg.kg-1) and/or cimetidine (4 mg.kg-1). Statistical analysis: Student t test and ANOVA. RESULTS: Doses of 1 mg.kg-1 and 0.25 mg.kg-1 of atracurium and cisatracurium respectively did not change the mean arterial pressure (MAP). Doses of 4 mg.kg-1 of atracurium and cisatracurium decreased MAP to 62.8 ± 4.5% and 82.5 ± 2.3% respectively when compared to control levels. When the rats were pre-treated with diphenhydramine and cimetidine, diastolic pressure was reduced to 95.4% ± 2.5%. With cimetidine, diastolic pressure was reduced to 82.7 ± 8.4% when compared to the control group. The effects on systolic and diastolic blood pressure were reflected in the levels of MAP. CONCLUSIONS: The isolated administration of diphenhydramine and cimetidine did not prevent the reduction in mean arterial pressure induced by atracurium. However, the association of both drugs was able to prevent the hemodynamic effects of atracurium. The doses of cisatracurium used in this study did not cause a reduction in blood pressure significant enough to justify the use of the preventive measures used in the atracurium groups.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Uso de viscoelásticos na facoemulsificação em cães portadores de catarata: efeitos sobre a pressão intraocular, a morfologia das células endoteliais e a espessura corneana/ Use of viscoelastic substances for the phacoemulsification in dogs with cataract: effects on the intraocular pressure, morphology of endothelial cells, and corneal thickness

Chiurciu, J.L.V.; Brandão, C.V.S.; Rodrigues, A.C.L.; Ranzani, J.J.T.; Ferreira, T.H.; Padovani, C.R.
2010-06-01

Resumo em português Avaliaram-se as células endoteliais, a espessura corneana e a pressão intraocular (PIO) de cães portadores de catarata madura, empregando-se viscoelástico à base de hialuronato de sódio 3% e sulfato de condroitina 4% e hidroxipropilmetilcelulose 2%, utilizando-se 20 cães, distribuídos entre os dois grupos dos viscoelásticos. A técnica cirúrgica adotada foi a da facoemulsificação bimanual. As avaliações tonométricas foram efetuadas antes e após o ato cirú (mais) rgico, aos 1, 7, 14, 21, 28 e 60 dias de pós-operatório, e a microscopia especular, antes e após 7, 28 e 60 dias. Não houve diferença estatística entre os grupos quanto à PIO, com exceção aos 14 dias, em que se observou maior PIO com o uso de hialuronato de sódio 3% e sulfato de condroitina 4%. Não houve diferença entre os grupos quanto aos parâmetros relacionados ao endotélio, com diminuição discreta da densidade celular endotelial e aumento da área celular com a utilização de hidroxipropilmetilcelulose 2%. A utilização de ambos os dispositivos viscoelásticos analisados é recomendada para o procedimento de facoemulsificação em cães. Resumo em inglês The endothelial cells, the corneal thickness, and the intraocular pressure (IOP) were evaluated in dogs with cataract, using viscoelastic substances based on 3% sodium hyaluronate and 4% chondroitin sulfate and comparing them with 2% hydroxypropylmethylcellulose. Twenty dogs were distributed in two groups of ten, each using one viscoelastic material. The surgical technique was bimanual phacoemulsification. The tonometric evaluations were made before and at one, seven, 14, (mais) 21, 28, and 60 days after the surgery and the specular microscopy before and after seven, 28, and 60 days. No statistical difference between groups was found according to IOP, except at 14 days, which was significantly higher with the use of 3% sodium hyaluronate and 4% chondroitin sulfate. There was no statistical difference between the groups considering the parameters related to the endothelium, with slight decrease in endothelial cell density and increase of cell area with the use of 2% hydroxypropylmethylcellulose. The use of both viscoelastic devices is recommended for the phacoemulsification in dogs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Estudo comparativo dos efeitos hemodinâmicos e ventilatórios da ventilação controlada a volume ou a pressão, em cães submetidos ao pneumoperitônio/ Hemodynamic and ventilatory effects of volume or pressure controlled ventilation in dogs submitted to pneumoperitoneum. Comparative study/ Estudio comparativo de los efectos hemodinámicos y ventilatorios de la ventilación controlada a volumen o a presión, en perros sometidos a pneumoperitoneo

Carraretto, Antonio Roberto; Vianna, Pedro Thadeu Galvão; Almeida, Armando Vieira de; Ganem, Eliana Marisa
2005-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ventilação com pressão controlada (PCV) está disponível em aparelhos de anestesia, mas não existem estudos sobre o seu uso, durante o pneumoperitônio com o CO2 (PPC). O objetivo deste estudo foi avaliar a ventilação controlada a pressão bem como as alterações hemodinâmicas e ventilatórias durante o PPC, comparando-a com a ventilação controlada a volume (VCV) convencionalmente utilizada. MÉTODO: Dezesseis cães anestesiados com (mais) tiopental sódico, citrato de fentanil e brometo de pancurônio, foram divididos aleatoriamente em dois grupos: VC - ventilação controlada a volume (n = 8) e PC - ventilação controlada a pressão (n = 8) Os parâmetros hemodinâmicos e ventilatórios foram monitorizados e registrados em 4 momentos: M1 (antes do PPC), M2 (30 minutos após PPC = 10 mmHg), M3 (30 minutos após PPC = 15 mmHg) e M4 (30 minutos após a deflação do PPC). RESULTADOS: Com a aplicação do PPC ocorreu um aumento do volume corrente no grupo PC, aumento das pressões inspiratórias (máxima e de platô), diminuição da complacência proporcional ao aumento do PPC, aumento da freqüência cardíaca, manutenção da pressão arterial média com valores maiores no grupo VC em todos os momentos, aumento da pressão de átrio direito com diminuição significativa após a deflação, diminuição do pH sangüíneo durante o PPC com menor variação no grupo PC, maior estabilidade da pressão parcial do CO2 no sangue arterial no grupo PC, sem alterações da pressão parcial do O2 no sangue arterial. CONCLUSÕES: Apesar das diferenças de alguns parâmetros hemodinâmicos e ventilatórios, entre os dois modos de controle da ventilação, nas condições estudadas foi possível a utilização da ventilação controlada a pressão para procedimentos com a aplicação do PPC. É fundamental observar o controle rigoroso da ventilação alveolar, ajustando a pressão inspiratória para manter eliminação adequada do CO2 e garantir oxigenação. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La ventilación con presión controlada (PCV) está disponible en aparatos de anestesia, pero no existen estudios sobre su uso, durante el pneumoperitoneo con el CO2 (PPC). La finalidad de este estudio ha sido evaluar la ventilación controlada a presión, también como las alteraciones hemodinámicas y ventilatorias durante el PPC, comparándola con la ventilación controlada a volumen (VCV) convencionalmente utilizada. MÉTODO: Dieciséis perr (mais) os anestesiados con tiopental sódico, citrato de fentanil y bromuro de pancuronio, fueron divididos eventualmente en dos grupos: VC - ventilación controlada a volumen (n = 8) y PC - ventilación controlada a presión (n = 8) Los parámetros hemodinámicos y ventilatorios fueron monitorizados y registrados en 4 momentos: M1 (antes del PPC), M2 (30 minutos después del PPC = 10 mmHg), M3 (30 minutos después del PPC = 15 mmHg) y M4 (30 minutos después de la deflación del PPC). RESULTADOS: Con la aplicación del PPC ocurrió un aumento del volumen corriente en el grupo PC, aumento de las presiones inspiratorias (máxima y de plato), disminución de la complacencia proporcional al aumento del PPC, aumento de la frecuencia cardiaca, mantenimiento de la presión arterial media con valores mayores en el grupo VC en todos los momentos, aumento de la presión del atrio derecho con disminución significativa después de la deflación, disminución del pH sanguíneo durante el PPC con menor variación en el grupo PC, mayor estabilidad de la presión parcial del CO2 en la sangre arterial en el grupo PC, sin alteraciones de la presión parcial de la O2 en la sangre arterial. CONCLUSIONES: A pesar de las diferencias de algunos parámetros hemodinámicos y ventilatorios, entre los dos modos de control de la ventilación, en las condiciones estudiadas fue posible la utilización de la ventilación controlada a presión para procedimientos con la aplicación del PPC. Es fundamental observar el control riguroso de la ventilación alveolar, ajustando la presión inspiratoria para mantener una eliminación adecuada del CO2 y garantizar oxigenación. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Pressure controlled ventilation (PCV) is available in anesthesia machines, but there are no studies on its use during CO2 pneumoperitoneum (CPP). This study aimed at evaluating pressure-controlled ventilation and hemodynamic and ventilatory changes during CPP, as compared to conventional volume controlled ventilation (VCV). METHODS: This study involved 16 dogs anesthetized with thiopental, fentanyl and pancuronium, which were randomly assigned t (mais) o two groups: VC - volume controlled ventilation (n=8) and PC - pressure controlled ventilation (n=8). Hemodynamic and ventilatory parameters were monitored and recorded in 4 moments: M1 (before CPP), M2 (30 minutes after CPP = 10 mmHg), M3 (30 minutes after CPP=15 mmHg) and M4 (30 minutes after deflation). RESULTS: With CPP, there has been significant increase in tidal volume in PC group; there has been increase in airway pressures (peak and plateau), decrease in compliance with increase in CPP pressure, increase in heart rate, maintenance of mean blood pressure with higher values in the VC group in all stages; there was also increase in right atrium pressure with significant decrease after deflation, decrease in arterial pH with minor variations in PC group, greater arterial pCO2 stability in PC group, and no significant changes in arterial pO2. CONCLUSIONS: There were some differences in hemodynamic and ventilatory data between both ventilation control modes (VC and PC). It is possible to use pressure controlled ventilation during CPP, but the anesthesiologist must monitor and take a close look at alveolar ventilation, adjusting inspiratory pressure to ensure proper CO2 elimination and oxygenation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Baixo peso ao nascer como marcador de alterações na monitorização ambulatorial da pressão arterial/ Low birth weight as a marker of changes in ambulatory blood pressure monitoring/ Bajo peso al nacer como marcador de alteraciones en el monitoreo ambulatorio de la presión arterial

Salgado, Cláudia Maria; Jardim, Paulo César Brandão Veiga; Teles, Flávio Bittencourt Gonçalves; Nunes, Mariana Cabral
2009-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O baixo peso ao nascimento (BPN) está associado com aumento da pressão arterial (PA) e de doenças cardiovasculares no adulto. OBJETIVO: Avaliar as possíveis alterações na monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) em crianças com BPN. MÉTODOS: Avaliou-se o peso ao nascimento (PN) de 1.049 crianças, entre 8 e 11 anos, em escolas de Goiânia. Aquelas com BPN (PN (mais) PN > 3,0 kg). O PN foi obtido no cartão da criança. Avaliaram-se PA casual e MAPA. Após a obtenção do peso e da estatura para cálculo do índice de massa corpórea (IMC), realizou-se avaliação da maturação sexual segundo os critérios de Tanner (excluídos Tanner >2). RESULTADOS: Obtiveram-se 34 crianças com BPN e 34 com PNN. Os grupos foram semelhantes quanto a idade, sexo, raça, peso, estatura, IMC e história familiar de hipertensão. As crianças com BPN apresentaram maior pressão sistólica (PS) casual (p = 0,007). Na MAPA, apresentaram maior pressão diastólica (PD) nas 24 horas (p = 0,009), maior PD de vigília (p = 0,002), maiores PS e PD no sono (p = 0,005 e p = 0,001) e menor descenso noturno da PS e PD (p = 0,001) do que as com PNN. Observou-se uma correlação positiva do PN com o descenso noturno da PS (p = 0,022) e negativa com a PS no sono (p = 0,032). CONCLUSÃO: As crianças com BPN apresentaram PA mais elevada e alteração do ritmo circadiano da pressão arterial, com atenuação do descenso noturno. Esses achados podem representar um risco aumentado para a hipertensão arterial e doença cardiovascular no adulto. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El bajo peso al nacer (BPN) está asociado al aumento de la presión arterial (PA) y de enfermedades cardiovasculares en el adulto. OBJETIVO: Evaluar las posibles alteraciones en el monitoreo ambulatorio de la presión arterial (MAPA) en niños con BPN. MÉTODOS: Se evaluó el peso al nacer (PN) de 1.049 niños, entre 8 y 11 años, en escuelas de la ciudad de Goiânia. Aquellos con BPN (PN (mais) 3,0 kg). El PN se obtuvo en la tarjeta del niño. Se evaluaron la PA casual y el MAPA. Tras la medición del peso y de la estatura para cálculo del índice de masa corpórea (IMC), se evaluó la maduración sexual según los criterios de Tanner (excluidos Tanner >2). RESULTADOS: Se obtuvo un total de 34 niños con BPN y 34 con PNN. Los grupos fueron semejantes relación a la edad, sexo, raza, peso, estatura, IMC e historia familiar de hipertensión. Los niños con BPN presentaron mayor presión sistólica (PS) casual (p = 0,007). En el MAPA, presentaron mayor presión diastólica (PD) en las 24 horas (p = 0,009), mayor PD de vigilia (p = 0,002), mayores PS y PD en el sueño (p = 0,005 y p = 0,001) y menor descenso nocturno de la PS y PD (p = 0,001) que las con PNN. Se observó una correlación positiva del PN con el descenso nocturno de la PS (p = 0,022) y negativa con la PS en el sueño (p = 0,032). CONCLUSIÓN: Los niños con BPN presentaron PA más elevada y cambio del ritmo circadiano de la presión arterial, con atenuación del descenso nocturno. Esos hallazgos pueden representar un riesgo aumentado para la hipertensión arterial y enfermedad cardiovascular en el adulto. Resumo em inglês BACKGROUND: Low birth weight (LBW) is associated with increased incidence of high blood pressure (BP) and cardiovascular diseases in adulthood. OBJECTIVE: To evaluate possible changes in Ambulatory Blood Pressure Monitoring (ABPM) in LBW children. METHODS: The birth weight (BW) of 1049 school children (ages 8 to 11) living in Goiânia was assessed. Children with low birth weight (BW 3.0 Kg). Information on bi (mais) rth weight was obtained from each child's health card. Casual BP and ABPM were measured. Height and weight measurements were obtained to calculate the body mass index (BMI), and sexual maturity was assessed according to Tanner's criteria (those at Tanner stage > 2 were excluded). RESULTS: Thirty-four children had low birth weight (LBW) and 34 had normal birth weight (NBW). Both groups were similar regarding age, gender, race, body weight, height, BMI, and family history of hypertension. Low-birth-weight children had higher casual systolic blood pressure (SBP) (p = 0.007). ABPM recordings showed that these children had higher 24-hour diastolic blood pressure (DBP) (p = 0.009), daytime DBP (p = 0.002), night-time DBP and SBP (p = 0.005 and p = 0.001), and reduced nocturnal dip in SBP and DBP (p = 0.001) than those born with normal weight. Birth weight was positively correlated with nocturnal dip in SBP (p = 0.022) and negatively correlated with sleep SBP (p = 0.032). CONCLUSION: Low-birth-weight children have higher BP and changes in circadian rhythm of blood pressure, with reduced nocturnal dipping. These findings may reflect increased risk of adult hypertension and cardiovascular diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

MAPA em portadores de DPOC com dessaturação no sono/ ABPM in COPD patients with sleep desaturation/ MAPA en portadores de EPOC con desaturación durante el sueño

Aidar, Neila Anders; Silva, Márcio Alberto Carvalho da; Silva, César Augusto Melo e; Ferreira Júnior, Pedro Nery; Tavares, Paulo
2009-09-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A hipoxemia no período de sono pode, por mecanismo de ativação simpática, alterar a pressão arterial. Poucos estudos demonstram os parâmetros pressóricos em portadores de DPOC, que não têm apnéia do sono, mas que dessaturam nesse período. OBJETIVOS: Analisar os parâmetros pressóricos em pacientes com DPOC e dessaturação no sono, não causada por apnéia. MÉTODOS: Treze pacientes com DPOC foram submetidos à espirometria, gasometria arterial, po (mais) lissonografia e MAPA para avaliação pressórica. Quatorze pacientes sem DPOC foram submetidos à espirometria, oximetria e MAPA. As análises pressóricas foram feitas tanto na vigília quanto no sono. Os dois grupos foram constituídos por pacientes sem antecedentes hipertensivos. RESULTADOS: Os dois grupos eram semelhantes em relação à idade, altura, peso e índice de massa corporal. Houve diferença significativa (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La hipoxemia en el período de sueño puede, por mecanismo de activación simpática, alterar la presión arterial. Pocos estudios demuestran los parámetros de presión en portadores de EPOC, que no tiene apnea del sueño, y que desaturan en ese período. OBJETIVO: Analizar los parámetros de presión en pacientes con EPOC y desaturación en el sueño, no causada por apnea. MÉTODOS: Trece pacientes con EPOC se sometieron a la espirometría, la gasometría ar (mais) terial, la polisonografía y al MAPA para la evaluación de presión. Un total de 14 pacientes sin EPOC se sometieron a la espirometría, la oximetría y MAPA. Los análisis de presión se hicieron tanto en la vigilia como en el sueño. Los dos grupos estaban conformados por pacientes sin antecedentes hipertensivos. RESULTADOS: Los dos grupos se asemejaban respecto a la edad, la altura, el peso e el índice de masa corporal. Hubo diferencia significativa (p Resumo em inglês BACKGROUND: Sleep hypoxemia may change blood pressure by sympathetic activation. Few studies have analyzed blood pressure parameters in COPD patients who do not present sleep apnea, but do present sleep desaturation. OBJECTIVES: To analyze blood pressure parameters in COPD patients with sleep desaturation not caused by apnea. METHODS: Thirteen patients with COPD underwent spirometry, blood gas, polysomnography and ABPM for blood pressure evaluation. Fourteen patients with (mais) out COPD underwent spirometry, oximetry and ABPM. Blood pressure analyses were carried out both during wakefulness and sleep. Both groups were comprised of patients with no history of hypertension. RESULTS: The two groups were similar as regards age, height, weight, and body mass index. A significant difference (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

O consumo de sal e alimentos ricos em sódio pode influenciar na pressão arterial das crianças?/ Does the consumption of salt and food rich in sodium influence in the blood pressure of the infants?

Costa, Fabiana Pires; Machado, Sandra Helena
2010-06-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi verificar o consumo de sal e alimentos ricos em sódio e a pressão arterial de escolares de uma escola da rede privada e de outra da rede pública, em Barra do Ribeiro, no Estado do Rio Grande do Sul. Trata-se de um estudo transversal. Foram realizadas medidas antropométricas e de pressão arterial, seguindo métodos padronizados. Os responsáveis pelos escolares responderam questionário com questões referentes às condições socioeconômicas (mais) , fatores de risco familiares para hipertensão e hábitos alimentares do escolar (questionário de frequência). Foram avaliados 81 escolares, 42 (51,90%) com idade média 8,3 ± 3,2 anos. Dentre os escolares, 45 (55,60%) eram da rede privada e 36 (44,40%), da rede pública. Foram encontrados dois escolares com hipertensão arterial sistólica e ambos eram da escola da rede pública (p= 0,194); no entanto, o achado pode ter sido casual. Fato seme-lhante pode ter ocorrido com os quatro escolares com hipertensão arterial diastólica; desses, três eram da rede privada. Porém, não houve diferença significativa entre os grupos (p= 0,625). O consumo médio de sal foi de 7,66g (3098,81 mg da Na ou 133,86 mEq). O alimento rico em sódio correlacionado a níveis elevados de pressão arterial sistólica foi o enlatado. Constatamos que, quanto maior o consumo de sal, maior a pressão arterial sistólica. Nessa população, o consumo médio de sal encontra-se acima do recomendado pela literatura atualmente. Resumo em inglês This article verifies the consumption of salt and food rich in sodium and the blood pressure of schoolchildren of a private and a public school in the city of Barra do Ribeiro, Rio Grande do Sul State, Brazil. It is a cross-sectional study with standardized methods of anthropometric and blood pressure measures. Parents and tutors answered a questionnaire about socio-economic conditions, family risk factors regarding hypertension and feeding habits of the student (frequenc (mais) y questionnaire). 81 students were evaluated, from those 42 (51.90%) medium age were 8.3 ± 3.2 years. 45 (55.60%) studied in the private school and 36 (44.40%) in the public school. Findings show two children with systolic hypertension, both from the public school (p = 0.194), yet this may be found by chance. Similar fact may have occurred with the four cases of diastolic hypertension; being three of them from the private school. But there was not significant difference between the groups (p = 0.625). The medium consumption of salt found in this population was of 7.66g (3098.81 mg or 133.86 mEq), which is above the recommended in the present literature. Canned food was related to be rich in sodium and to be associated with high levels of systolic blood pressure. In conclusion, as higher the salt consumption, higher the systolic blood pressure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

O consumo de sal e alimentos ricos em sódio pode influenciar na pressão arterial das crianças?/ Does the consumption of salt and food rich in sodium influence in the blood pressure of the infants?

Costa, Fabiana Pires; Machado, Sandra Helena
2010-06-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi verificar o consumo de sal e alimentos ricos em sódio e a pressão arterial de escolares de uma escola da rede privada e de outra da rede pública, em Barra do Ribeiro, no Estado do Rio Grande do Sul. Trata-se de um estudo transversal. Foram realizadas medidas antropométricas e de pressão arterial, seguindo métodos padronizados. Os responsáveis pelos escolares responderam questionário com questões referentes às condições socioeconômicas (mais) , fatores de risco familiares para hipertensão e hábitos alimentares do escolar (questionário de frequência). Foram avaliados 81 escolares, 42 (51,90%) com idade média 8,3 ± 3,2 anos. Dentre os escolares, 45 (55,60%) eram da rede privada e 36 (44,40%), da rede pública. Foram encontrados dois escolares com hipertensão arterial sistólica e ambos eram da escola da rede pública (p= 0,194); no entanto, o achado pode ter sido casual. Fato seme-lhante pode ter ocorrido com os quatro escolares com hipertensão arterial diastólica; desses, três eram da rede privada. Porém, não houve diferença significativa entre os grupos (p= 0,625). O consumo médio de sal foi de 7,66g (3098,81 mg da Na ou 133,86 mEq). O alimento rico em sódio correlacionado a níveis elevados de pressão arterial sistólica foi o enlatado. Constatamos que, quanto maior o consumo de sal, maior a pressão arterial sistólica. Nessa população, o consumo médio de sal encontra-se acima do recomendado pela literatura atualmente. Resumo em inglês This article verifies the consumption of salt and food rich in sodium and the blood pressure of schoolchildren of a private and a public school in the city of Barra do Ribeiro, Rio Grande do Sul State, Brazil. It is a cross-sectional study with standardized methods of anthropometric and blood pressure measures. Parents and tutors answered a questionnaire about socio-economic conditions, family risk factors regarding hypertension and feeding habits of the student (frequenc (mais) y questionnaire). 81 students were evaluated, from those 42 (51.90%) medium age were 8.3 ± 3.2 years. 45 (55.60%) studied in the private school and 36 (44.40%) in the public school. Findings show two children with systolic hypertension, both from the public school (p = 0.194), yet this may be found by chance. Similar fact may have occurred with the four cases of diastolic hypertension; being three of them from the private school. But there was not significant difference between the groups (p = 0.625). The medium consumption of salt found in this population was of 7.66g (3098.81 mg or 133.86 mEq), which is above the recommended in the present literature. Canned food was related to be rich in sodium and to be associated with high levels of systolic blood pressure. In conclusion, as higher the salt consumption, higher the systolic blood pressure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Avaliação das variações hemodinâmicas durante a indução anestésica em pacientes hipertensos tratados/ Evaluation of hemodynamic variations during anesthetic induction in treated hypertensive patients/ Evaluación de las variaciones hemodinámicas durante la inducción anestésica en pacientes hipertensos tratados

Silva Neto, Walter Viterbo da; Azevedo, Giselli Santos; Coelho, Fernanda Oliveira; Netto, Eduardo Martins; Ladeia, Ana Marice
2008-08-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à alta prevalência da hipertensão arterial sistêmica, ao aumento da expectativa de vida e ao aprimoramento dos métodos diagnósticos e das técnicas cirúrgicas, essa comorbidade tornar-se-á comum em pacientes cirúrgicos. O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento das variáveis hemodinâmicas dos pacientes hipertensos tratados durante a indução anestésica. MÉTODO: Estudo observacional sobre o comportamento das variáv (mais) eis hemodinâmicas (pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica e freqüência cardíaca) durante a indução anestésica dos pacientes hipertensos e normotensos, escalados para operações eletivas submetidos à anestesia geral em quatro momentos consecutivos durante a indução anestésica: preparo (MP), fármaco (MF), laringoscopia/intubação (ML) e laringoscopia/intubação 5 min (ML5). RESULTADOS: A amostra foi composta por 128 pacientes distribuídos nos grupos de pacientes hipertensos (GH) e normotensos (GN). Houve diminuição da PAD no momento MF em ambos os grupos, com menor redução percentual no GH (18,3 ± 14,0% versus 23,0 ± 11,4%, p = 0,04). Houve aumento das PAS e PAD no momento ML em ambos os grupos, com menores elevações percentuais no GH (8,2 ± 16,3% versus 18,2 ± 21,2%, p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Debido a la alta prevalencia de la hipertensión arterial sistémica, al aumento de la expectativa de vida y al perfeccionamiento de los métodos diagnósticos y de las técnicas quirúrgicas, esa comorbidad se hará común en pacientes quirúrgicos. El objetivo de este estudio fue el de evaluar el comportamiento de las variables hemodinámicas de los pacientes hipertensos tratados durante la inducción anestésica. MÉTODO: Estudio de observaci (mais) ón sobre el comportamiento de las variables hemodinámicas (presión arterial sistólica, presión arterial diastólica y frecuencia cardíaca) durante la inducción anestésica de los pacientes hipertensos y normotensos, para operaciones electivas sometidos a anestesia general en cuatro momentos consecutivos durante la inducción anestésica: preparación (MP), fármaco (MF), laringoscopía/intubación (ML) y laringoscopía/intubación 5 min (ML5). RESULTADOS: La muestra se compuso de 128 pacientes distribuidos en los grupos de pacientes hipertensos (GH) y normotensos (GN). Hubo una disminución de la PAD en el momento MF en ambos grupos, con menor reducción porcentual en el GH (18,3 ± 14,0% versus 23,0 ± 11,4%, p = 0,04). Hubo un aumento de las PAS y PAD en el momento ML en ambos grupos, con menores elevaciones de porcentaje en el GH (8,2 ± 16,3% versus 18,2 ± 21,2%, p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Due to the high prevalence of hypertension, the increase in life expectancy, and improvement of diagnostic methods and surgical techniques, this comorbidity will be increasingly more common in surgical patients. The objective of this study was to evaluate the behavior of the hemodynamic variables during anesthetic induction in treated hypertensive patients. METHODS: This is an observational study on the behavior of hemodynamic parameters (systol (mais) ic blood pressure, diastolic blood pressure, and heart rate) during the anesthetic induction of hypertensive and normotensive patients scheduled for elective surgeries under general anesthesia, at four moments: preparation (MP), drug (MD), laryngoscopy/intubation (ML), and 5 minutes after laryngoscopy/intubation (ML5). RESULTS: The sample was composed of 128 patients divided into two groups: hypertensive (GH) and normotensive (GN). Diastolic blood pressure was reduced at MD in both groups, with a smaller percentage reduction in GH (18.3 ± 14.0% versus 23.0 ± 11.4%, p = 0.04). There was an increase in SBP and DBP at ML in both groups, with smaller percentage reductions in GH (8.2 ± 16.3% versus 18.2 ± 21.2%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Efeitos maleato de timolol 0.5% do cloridrato de dorzolamida 2%, e da associação de ambas na pressão intra-ocular/ Efficacy of timolol maleate 0.5% dorzolamide hydrochloride 2%, and the combination of both drugs on intraocular pressure

Borges, A.G.; Brandão, C.V.S.; Ranzani, J.J.T.; Adalberto, J.C.
2007-06-01

Resumo em português Avaliaram-se efeitos da dorzolamida do timolol e da combinação de ambos sobre pressão intra-ocular (PIO) de cães normais, além de alterações no olho contralateral, não-tratado. Foram utilizados 60 cães sadios, distribuídos em três grupos (G) de 20 animais. No primeiro grupo (GT), foi avaliada a ação do maleato de timolol 0,5% na PIO; no segundo (GD), a ação do cloridrato de dorzolamida 2%; e, no terceiro (GTD), o efeito da associação fixa timolol/dorzolam (mais) ida. A PIO foi aferida utilizando-se tonômetro de aplanação (Tonopen®), uma hora antes e uma, duas, quatro, seis e oito horas após a instilação do colírio em análise no olho esquerdo. O efeito da associação timolol/dorzolamida foi mais intenso (27%) que os efeitos do timolol (21,9%) e da dorzolamida (22,4%) na redução da PIO. No olho contralateral, verificou-se redução de 7% no GT, 13,8% no GD e 13,6% no GTD, após quatro e duas horas da administração. Resumo em inglês The efficacy of timolol maleate, dorzolamide hydrochloride and the association of both drugs on intraocular pressure (IOP) of healthy dogs was evaluated. Sixty adult dogs were randomly and equally assigned to three groups (n= 20 per group). Each group received topical treatment in the left eye with timolol maleate 0.5%, dorzolamide hydrochloride 2% or the association of both drugs. IOP measurements were made using aplanation tonometry (Tono-pen®) and they were performed (mais) one hour before (baseline) and at one, two, four, six and eight hours after treatment. Similar measurements were also performed in the right eye. In the treated eye, there was a higher reduction in IOP in animals that received the drugs association, 27% of maximum decrease from baseline as compared to timolol (decrease of 21.9%) and dorzolamide (decrease of 22.4%). In the non-treated eye, IOP decreased over time, with a maximum decrease from baseline of 7.0%, 13.8% and 13.6% in the timolol, dorzolamide e timolol/dorzolamide treatments, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Efeitos hemodinâmicos da oclusão da aorta durante anestesia inalatória com isoflurano e sevoflurano: estudo experimental em cães/ Hemodynamic effects of aortic occlusion during inhalational anesthesia with isoflurane and sevoflurane: experimental study in dogs/ Efectos hemodinámicos de la oclusión de la aorta durante anestesia por inhalación con isoflurano y sevoflurano: estudio experimental en perros

Udelsmann, Artur; Munhoz, Derli Conceição; Cintra, Álvaro Edmundo Simões Ulhoa; Santos, José Eduardo Tanus dos
2006-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A supressão do fluxo aórtico e sua posterior liberação em intervenções cirúrgicas da aorta ocasionam importantes distúrbios hemodinâmicos. O objetivo deste estudo foi avaliar essas alterações em cães anestesiados com isoflurano ou sevoflurano. MÉTODO: Foram estudados 41 cães, divididos em dois grupos segundo o anestésico empregado na manutenção com 1 CAM: GI (n = 21) isoflurano; GS (n = 20) sevoflurano. Foi realizada a oclusão (mais) aórtica por insuflação de balão intra-arterial infradiafragmático por 30 minutos. Os parâmetros hemodinâmicos foram observados nos momentos M1 (controle), M2 e M3, 15 e 30 minutos após a oclusão aórtica, M4 e M5, 15 e 30 minutos após a desinsuflação do balão. RESULTADOS: Durante a oclusão da aorta, observou-se aumento da pressão arterial média (PAM), da pressão venosa central (PVC), da pressão de artéria pulmonar (PAP), da pressão de capilar pulmonar (PCP) e da resistência vascular sistêmica (RVS) sem aumento da resistência vascular pulmonar (RVP) e do débito cardíaco (DC). O DC manteve-se mais estável com o isoflurano comparado com o sevoflurano, com o qual apresentou diminuição após a oclusão. A freqüência cardíaca teve diminuição inicial seguida de aumento durante a oclusão sendo em GS mais expressiva do que em GI, porém sem diferença significativa entre os grupos. O volume sistólico não teve grandes alterações; o trabalho sistólico dos ventrículos esquerdo e direito aumentou após a oclusão de forma semelhante nos dois grupos. Com a liberação do fluxo PAM, PVC, PAP, PCP e RVS diminuíram, a RVP aumentou nos dois grupos; o trabalho ventricular diminuiu abruptamente. CONCLUSÕES: O estudo demonstrou ser o isoflurano mais bem indicado nessas intervenções cirúrgicas por causar menores alterações hemodinâmicas. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La supresión del flujo aórtico y su posterior liberación en intervenciones quirúrgicas de la aorta, ocasionan importantes disturbios hemodinámicos. El objetivo de este estudio fue el de evaluar esas alteraciones en perros anestesiados con isoflurano o sevoflurano. MÉTODO: Se estudiaron 41 perros, divididos en dos grupos según el anestésico empleado en el mantenimiento con 1 CAM: GI (n = 21) isoflurano; GS (n = 20) sevoflurano. Se realiz� (mais) � la oclusión aórtica por insuflación de globo intraarterial infradiafragmático por 30 minutos. Los parámetros hemodinámicos fueron observados en los momentos M1 (control), M2 y M3, 15 y 30 minutos después de la oclusión aórtica, M4 y M5, 15 y 30 minutos después de la desinsuflación del globo. RESULTADOS: Durante la oclusión de la aorta, se observó el aumento de la presión arterial promedio (PAM), de la presión venosa central (PVC), de la presión de arteria pulmonar (PAP), de la presión de capilar pulmonar (PCP) y de la resistencia vascular sistémica (RVS) sin aumento de la resistencia vascular pulmonar (RVP) y del débito cardíaco (DC). El DC se mantuvo más estable con el isoflurano comparado al sevoflurano, con el cual presentó disminución después de la oclusión. La frecuencia cardiaca tuvo disminución inicial que después aumentó durante la oclusión, siendo en GS más expresiva que en GI, sin embargo, sin diferencia significativa entre los grupos. El volumen sistólico no tuvo grandes alteraciones; el trabajo sistólico de los ventrículos izquierdo y derecho aumentó después de la oclusión de forma similar en los dos grupos. Con la liberación del flujo PAM, PVC, PAP, PCP y RVS bajaron, la RVP aumentó en los dos grupos; el trabajo ventricular disminuye abruptamente. CONCLUSIONES: El estudio demostró que el isoflurano es el más indicado en esas intervenciones quirúrgicas por causar menores alteraciones hemodinámicas. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Aortic flow suppression and release during aortic procedures promote major hemodynamic disorders. This study aimed at evaluating these disorders in dogs anesthetized with isoflurane or sevoflurane. METHODS: This study involved 41 dogs divided in two groups according to the anesthetic agent used for maintenance with 1 MAC: GI (n = 21) isoflurane; GS (n = 20) sevoflurane. Aorta was occluded by intra-arterial infra-diafragmatic cuff inflation for 3 (mais) 0 minutes. Hemodynamic parameters were observed in moments M1 (control), M2 and M3, 15 and 30 minutes after aortic occlusion, M4 and M5, 15 and 30 minutes after cuff deflation. RESULTS: During aortic occlusion there has been increased mean blood pressure (MBP), central venous pressure (CVP), pulmonary artery pressure (PAP), pulmonary capillary wedge pressure (PCWP) and systemic vascular resistance (SVR), without increase in pulmonary vascular resistance (PVR) and cardiac output (CO). CO was more stable with isoflurane as compared to sevoflurane where it has decreased after occlusion. Heart rate has initially decreased followed by increase during occlusion, being more expressive in GS as compared to GI, however without statistically significant difference between groups. Systolic volume was not importantly changed; left and right ventricular function have similarly increased after occlusion for both groups. With flow release, MBP, CVP, PAP, PCWP and SVR have decreased, and PVR has increased for both groups; ventricular function has abruptly decreased. CONCLUSIONS: This study has shown that isoflurane is a better indication for such interventions for promoting less hemodynamic changes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Efeitos da administração de metformina sobre a pressão arterial e o metabolismo glicídico de ratos espontaneamente hipertensos tornados obesos pela injeção neonatal de glutamato monossódico/ Metformin effects upon blood pressure and glucose metabolism of monossodium glutamate induced-obese spontaneously hypertensive rats

Ferreira, Carolina B. N. D.; Cesaretti, Mário Luís R.; Ginoza, Milton; Kohlmann Jr, Osvaldo
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Produzir um modelo experimental de síndrome metabólica (SM) e analisar efeitos da metformina sobre pressão arterial (PA), peso corporal (PC), metabolismo glicídico e conteúdo de gordura epididimal (GE). MÉTODO: Os machos SHR receberam 2 mg/kg/dia de glutamato monossódico (MSG) até o 11º dia de vida. Os controles receberam salina. Após 12 semanas, foram separados em dois grupos e tratados com 500 mg/kg/dia de metformina ou veículo. Foram acompanhados (mais) a PA e o PC dos dois grupos. Ao final do seguimento, realizou-se o teste de tolerância à glicose oral (TTGO) e mediu-se o índice de sensibilidade à insulina. Após sacrifício dos animais, a GE foi pesada. RESULTADOS: A administração de MSG intensificou a resistência insulínica e aumentou o conteúdo de GE, sem, no entanto, alterar a PA. O tratamento com metformina promoveu melhora da sensibilidade insulínica e redução da GE e PA. CONCLUSÕES: Observou-se importante papel da resistência hepática à insulina na SM e efeitos cardiovasculares benéficos da melhora na sensibilidade insulínica. Resumo em inglês OBJECTIVES: To make available experimental model for the metabolic syndrome (MS) and verify effects of chronic oral treatment with metformin upon blood pressure (BP), body weight (BW), glucose metabolism, epididimal fat content (EF). METHOD: Males SHR received monossodium glutamate (MSG, 2 mg/kg/day/sc) during first 11 days of life. Control animals received saline. After 12 weeks, animals were separated in two groups, treated either with metformin 500 mg/ kg/day or vehicl (mais) e during 12 weeks. PA and BW were determined. At the end of the follow-up, animals underwent an oral glucose tolerance test (OGTT) and insulin sensitivity index was determined. Upon sacrifice EF was measured. RESULTS: MSG worsened insulin resistance and induced visceral obesity in SHR, without change BP. Treatment with metformin improved glucose metabolism and reduces EF and BP. CONCLUSIONS: These observations emphasize the role of hepatic insulin resistance on MS and point out for beneficial cardiovascular effects with improvement in the insulin sensitivity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Redução da pressão arterial, da IMC e da glicose após treinamento aeróbico em idosas com diabete tipo 2/ Decrease in blood pressure, body mass index and glycemia after aerobic training in elderly women with type 2 diabetes

Monteiro, Luciana Zaranza; Fiani, Cássio Ricardo Vaz; Freitas, Maria Cristina Foss de; Zanetti, Maria Lúcia; Foss, Milton César
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O processo de envelhecimento associa-se ao desenvolvimento de várias doenças, que podem ser amenizadas pela prática de atividades físicas. O treinamento aeróbico é um meio efetivo para manter e melhorar as funções cardiovasculares. Além disso, desempenha um papel fundamental na prevenção e tratamento de diversas doenças crônico-degenerativas, em especial o diabete melito. OBJETIVO: Verificar os efeitos de 13 semanas de treinamento aeróbico sobre (mais) a pressão arterial, o índice de massa corpórea e a glicemia em idosas com diabete tipo 2. MÉTODOS: Onze mulheres idosas diabéticas (61,0 ± 9,1 anos de idade), sedentárias, realizaram 13 semanas de treinamento aeróbico, compondo o grupo G2. Onze idosas (60,2 ± 6,8 anos de idade) controladas não realizaram exercícios físicos durante a pesquisa, constituindo o grupo-controle (G1). O grupo G1 foi submetido somente a orientações educativas uma vez na semana, e o grupo G2, a caminhadas três vezes na semana. RESULTADOS: Houve redução significativa da glicemia e da pressão arterial diastólica nos dois grupos. Não foram encontradas reduções significativas no IMC após o treinamento aeróbico em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Treze semanas de treinamento aeróbico foi suficiente para promover reduções significativas na pressão arterial diastólica e glicemia, portanto, esse tipo de exercício reduz os fatores de risco para doenças cardiovasculares e metabólicas. Resumo em inglês BACKGROUND: The aging process is associated with the development of several diseases, which can be attenuated by the practice of physical activities. Aerobic training is an effective method to maintain and improve cardiovascular function. Additionally, it has a crucial role in the prevention and treatment of several chronic-degenerative diseases, especially diabetes mellitus. }OBJECTIVE: To verify the effect of a 13-week aerobic training program on blood pressure (BP), bo (mais) dy mass index (BMI) and glycemia levels in elderly women with type-2 diabetes mellitus (DM2). METHODS: Eleven sedentary elderly women with DM2, aged 61.0 ± 9.1 years, were submitted a 13-week aerobic training program, constituting group G2. Eleven controlled elderly women (aged 60.2 ± 6.8 years) were not submitted to the aerobic training, constituting the control group (G1). G1 attended educational lectures once a week, whereas G2 walked three times a week. RESULTS: Both groups presented a significant decrease in glycemia and diastolic blood pressure levels. No significant decreases in BMI were observed after the aerobic training in either group. CONCLUSION: The 13-week aerobic training program was enough to promote significant decrease in the diastolic blood pressure and glycemia levels; therefore, this type of exercise training decreases the risk factors for cardiovascular and metabolic diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Comparação de técnicas não invasivas para medir a pressão arterial em recém-nascidos/ Comparison of noninvasive techniques to measure blood pressure in newborns

Ribeiro, Manoel A. S.; Fiori, Humberto H.; Luz, Jorge H.; Piva, Jefferson P.; Ribeiro, Nilza M. E.; Fiori, Renato M.
2011-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a pressão arterial pelos métodos do flush, da oximetria de pulso e da oscilometria utilizando o Doppler em neonatos. MÉTODOS: Foram realizadas medidas de pressão arterial não invasiva utilizando três métodos distintos (flush, oximetria de pulso e oscilometria automática) em três grupos de recém-nascidos selecionados por sorteio: 15 a termo e normais, 16 prematuros estáveis e 14 doentes. Todas as medidas foram filmadas, editadas separadamente, (mais) codificadas e analisadas independentemente por três neonatologistas. RESULTADOS: Realizaram-se 57 medidas por cada método. Os métodos do flush e da oximetria de pulso mostraram melhor correlação com o Doppler do que a oscilometria (coeficiente de correlação 0,89, 0,85 e 0,71, respectivamente, p Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare blood pressure measurements in newborn infants using the flush method, pulse oximetry and oscillometry according to Doppler findings. METHODS: Noninvasive blood pressure measurements were made using three techniques (flush method, pulse oximetry and oscillometry) in three groups of newborns: 15 normal term infants, 16 stable preterm infants, and 14 critically ill infants. All measurements were video recorded, edited separately, coded and analyzed ind (mais) ependently by three neonatologists. RESULTS: Fifty-seven measurements were made using each method. The flush method and pulse oximetry had a better correlation with Doppler findings than oscillometry (correlation coefficients: 0.89, 0.85, 0.71; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Avaliação das pressões venosa e arterial em cães submetidos a diferentes tipos de hipotensão/ Evaluation of venous and arterial blood pressures in dogs submitted to hypotension

Rabelo, R.C.; Melo, M.M.; Silva Júnior, P.G.; Lúcia, M.
2005-12-01

Resumo em português Estabeleceram-se a pressão venosa periférica (PVP), a pressão venosa central (PVC), a pressão arterial invasiva (PAI) e a pressão arterial não invasiva (PANI) em cães após diferentes eventos de hipotensão. Foram utilizados 15 cães adultos, distribuídos aleatoriamente em três grupos (G) com cinco animais cada, submetidos aos seguintes eventos hipotensores: GI - cloridrato de xilazina a 2%, GII - choque hipovolêmico agudo e GIII - veneno da serpente Bothrops mo (mais) ojeni. Os animais, avaliados durante 30 minutos após o início do evento hipotensor, foram tratados com cloridrato de ioimbina (GI), amido hidroxietílico a 6% (GII) e cetoprofeno (GIII) e reavaliados por mais 30 minutos. Somente os animais do GII apresentaram redução da PVP após o evento hipotensor e aumento, 25 minutos após tratamento. Os cães dos grupos II e III mostraram redução da PVC após o evento hipotensor, e somente os animais do GII exibiram discreto aumento cinco minutos imediatamente após o tratamento. Houve diminuição da PAI e PANI nos dos grupos II e III após o evento hipotensor, com recuperação gradativa imediata, após o tratamento, somente da PAI. Resumo em inglês The peripheral venous pressure (PVP), the central venous pressure (CVP), the invasive (IAP) and non-invasive blood pressure (NIAP) in dogs submitted to different hypotensive events were studied. Fifteen adult mongrel dogs were randomly divided in three groups with five animals each, and submitted to hypotensive event as follow: GI - xylazine chloride 2%, GII - acute hypovolemic shock and GIII - snake venom (Bothrops moojeni). All animals were evaluated for 30 minutes afte (mais) r starting hypotensive event, treated with yoimbine chloride (GI), colloid hetastarch 6% (GII) and ketoprofen (GIII) and reevaluated for more 30 minutes. Only the group II dogs showed PVP decrease after hypotensive event, and increase 25 minutes after treatment. In animals of groups II and III, the CVP decreased after hypotensive event and only in GII dogs there was mild increase, five minutes after treatment. The groups II and III dogs showed IAP and NIAP decrease after hypotensive event and gradation recuperation immediately after treatment only in IAP.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Alterações hemodinâmicas durante o pneumoperitônio em cães ventilados com volume e pressão controlados/ Hemodynamic changes during pneumoperitoneum in volume and pressure controlled ventilated dogs/ Alteraciones hemodinámicas durante el pneumoperitoneo en canes ventilados con volumen y presión controlados

Almeida, Armando Vieira de; Ganem, Eliana Marisa; Carraretto, Antônio Roberto; Vianna, Pedro Thadeu Galvão
2003-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Não existem estudos que associem os efeitos determinados pelas modalidades ventilatórias às repercussões hemodinâmicas durante o pneumoperitônio. O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações na hemodinâmica determinadas pelo pneumoperitônio em cães com ventilação por volume e pressão controlados. MÉTODO: Dezesseis cães anestesiados com tiopental sódico e fentanil foram divididos em grupo 1, volume controlado, e grupo 2, pre (mais) ssão controlada, e submetidos ao pneumoperitônio de 10 e 15 mmHg. Foram estudados freqüência cardíaca, pressão arterial média, pressão de átrio direito, pressão de artéria pulmonar ocluída, índice cardíaco, índice de resistência vascular sistêmica e vasopressina plasmática. Os dados foram coletados em 4 momentos. M1 - antes do pneumoperitônio, M2 - 30 minutos após pneumoperitônio com 10 mmHg, M3 - 30 minutos após pneumoperitônio com 15 mmHg, M4 - 30 minutos após a deflação do pneumoperitônio. RESULTADOS: Os resultados mostraram aumento no índice cardíaco, nas pressões de átrio direito e de artéria pulmonar ocluída em M2 e M3, em ambos os grupos. A vasopressina não variou durante o procedimento e o índice de resistência vascular sistêmica não aumentou, proporcionando estabilidade da pressão arterial média em ambos os grupos. CONCLUSÕES: As modalidades ventilatórias não determinaram diferenças na resposta hemodinâmica entre os grupos estudados. A técnica anestésica utilizada e as pressões intra-abdominais alcançadas determinaram estabilidade da pressão arterial média, provavelmente decorrente da ausência do aumento no índice da resistência vascular sistêmica. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: No existen estudios que asocien los efectos determinados por las modalidades ventilatorias a las repercusiones hemodinámicas durante el pneumoperitoneo. El objetivo de este estudio fue evaluar las alteraciones en la hemodinámica determinadas por el pneumoperitoneo en canes con ventilación por volumen y presión controlados. MÉTODO: Diez y seis canes anestesiados con tiopental sódico y fentanil fueron divididos en grupo 1, volumen controlado (mais) , y grupo 2, presión controlada, y sometidos al pneumoperitoneo de 10 y 15 mmHg. Se estudió la frecuencia cardíaca, presión arterial media, presión del atrio derecho, presión de la arteria pulmonar ocluida, índice cardíaco, índice de resistencia vascular sistémica y vasopresina plasmática. Los datos fueron colectados en 4 momentos. M1 - antes del pneumoperitoneo, M2 - 30 minutos después del pneumoperitoneo con 10 mmHg, M3 - 30 minutos después del pneumoperitoneo con 15 mmHg, M4 - 30 minutos después de la deflación del pneumoperitoneo. RESULTADOS: Los resultados mostraron aumento en el índice cardíaco, en las presiones del atrio derecho y de la arteria pulmonar ocluida en M2 y M3, en ambos grupos. La vasopresina no varió durante el procedimiento y el índice de resistencia vascular sistémica no aumentó, proporcionando estabilidad de la presión arterial media en ambos grupos. CONCLUSIONES: Las modalidades ventilatorias no determinaron diferencias en la respuesta hemodinámica entre los grupos estudiados. La técnica anestésica utilizada y las presiones intra-abdominales alcanzadas determinaron estabilidad de la presión arterial media, probablemente resultante de la ausencia del aumento en el índice de la resistencia vascular sistémica. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: There are no studies associating ventilation-induced effects and hemodynamic changes during pneumoperitoneum. This study aimed at evaluating hemodynamic changes determined by pneumoperitoneum in dogs under volume and pressure controlled ventilation. METHODS: The study involved 16 dogs anesthetized with sodium thiopental and fentanyl, divided in group 1: volume controlled; and group 2: pressure controlled; submitted to 10 and 15 mmHg pneumoperito (mais) neum. The following parameters were evaluated: heart rate, mean blood pressure, right atrium pressure, pulmonary capillary wedge pressure, cardiac index, systemic vascular resistance index and plasma vasopressin. Data were collected in four moments: M1 - before pneumoperitoneum, M2 - 30 minutes after 10 mmHg pneumoperitoneum; M3 - 30 minutes after 15 mmHg pneumoperitoneum; M4 - 30 minutes after pneumoperitoneum deflation. RESULTS: Results have shown increased cardiac index, right atrium pressure and pulmonary capillary wedge pressure in M2 and M3 for all groups. Vasopressin was not changed during procedure and systemic vascular resistance index has not increased, providing mean blood pressure stability for both groups. CONCLUSIONS: Ventilation modes have not determined hemodynamic differences between studied groups. Anesthetic technique and intra-abdominal pressure have determined mean blood pressure stability, probably due to the absence of systemic vascular resistance index increase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Comparação entre ventilação mandatória intermitente e ventilação mandatória intermitente sincronizada com pressão de suporte em crianças/ Comparison between intermittent mandatory ventilation and synchronized intermittent mandatory ventilation with pressure support in children

Moraes, Marcos A. de; Bonatto, Rossano C.; Carpi, Mário F.; Ricchetti, Sandra M. Q.; Padovani, Carlos R.; Fioretto, José R.
2009-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a ventilação mandatória intermitente (IMV) com a ventilação mandatória intermitente sincronizada com pressão de suporte (SIMV+PS) quanto à duração da ventilação mecânica, desmame e tempo de internação na unidade de terapia intensiva pediátrica (UTIP). MÉTODOS: Estudo clínico randomizado que incluiu crianças entre 28 dias e 4 anos de idade, admitidas na UTIP no período correspondente entre 10/2005 e 06/2007, que receberam ventilação (mais) mecânica (VM) por mais de 48 horas. Os pacientes foram alocados, por meio de sorteio, em dois grupos: grupo IMV (GIMV; n = 35) e grupo SIMV+PS (GSIMV; n = 35). Foram excluídas crianças traqueostomizadas e com insuficiência respiratória crônica. Dados relativos à oxigenação e ventilação foram anotados na admissão e no início do desmame. RESULTADOS: Os grupos não diferiram estatisticamente quanto à idade, sexo, indicação da VM, escore PRISM, escala de Comfort, uso de sedativos e parâmetros de ventilação e oxigenação. A mediana da duração da VM foi de 5 dias para ambos os grupos (p = 0,120). Também não houve diferença estatística quanto à duração do desmame [GIMV: 1 dia (1-6) versus GSIMV: 1 dia (1-6); p = 0,262] e tempo de internação [GIMV: 8 dias (2-22) versus GSIMV: 6 dias (3-20); p = 0,113]. CONCLUSÃO: Não houve diferença estatisticamente significativa entre IMV e SIMV+PS quanto à duração da VM/desmame e tempo de internação nas crianças avaliadas. ClinicalTrials.govID: NCT00549809. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare intermittent mandatory ventilation (IMV) with synchronized intermittent mandatory ventilation plus pressure support (SIMV+PS) in terms of time on mechanical ventilation, duration of weaning and length of stay in a pediatric intensive care unit (PICU). METHODS: This was a randomized clinical trial that enrolled children aged 28 days to 4 years who were admitted to a PICU between October of 2005 and June of 2007 and put on mechanical ventilation (MV) f (mais) or more than 48 hours. These patients were allocated to one of two groups by drawing lots: IMV group (IMVG; n = 35) and SIMV+PS group (SIMVG; n = 35). Children were excluded if they had undergone tracheotomy or had chronic respiratory diseases. Data on oxygenation and ventilation were recorded at admission and at the start of weaning. RESULTS: There were no statistical differences between the groups in terms of age, sex, indication for MV, PRISM score, Comfort scale, use of sedatives or ventilation and oxygenation parameters. The median time on MV was 5 days for both groups (p = 0.120). There were also no statistical differences between the two groups for duration of weaning [IMVG: 1 day (1-6) vs. SIMVG: 1 day (1-6); p = 0.262] or length of hospital stay [IMVG: 8 days (2-22) vs. SIMVG: 6 days (3-20); p = 0.113]. CONCLUSION: Among the children studied here, there was no statistically significant difference between IMV and SIMV+PS in terms of time on MV, duration of weaning or time spent in the PICU. ClinicalTrials.govID: NCT00549809.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Influência da fisioterapia respiratória na pressão intracraniana em pacientes com traumatismo craniencefálico grave/ Influence of the respiratory physioterapy on intracranial pressure in severe head trauma patients

Thiesen, Rosana A.; Dragosavac, Desanka; Roquejani, Augusto C.; Falcão, Antônio L.E.; Araujo, Sebastião; Dantas Filho, Venâncio P.; Oliveira, Rosmari A.R.A.; Terzi, Renato G.G.
2005-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar a influência das manobras de fisioterapia respiratória na pressão intracraniana (PIC) dos pacientes com trauma craniencefálico grave. MÉTODO: Trinta e cinco pacientes com trauma craniencefálico grave foram incluídos no estudo, sendo divididos em três grupos: com PIC (mais) e PIC. RESULTADOS: A manobra de aspiração traqueal causou aumento de PIC em todos os grupos. A pressão arterial média não teve alterações e a pressão de perfusão cerebral diminuiu pouco, porém mantendo valores normais. CONCLUSÃO: As manobras de fisioterapia respiratória podem ser usadas com segurança em pacientes com traumatismo craniencefálico grave, com PIC abaixo de 30 mmHg.Certo cuidado deve ser tomado durante a aspiração traqueal. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate influence of the respiratory physiotherapy on intracranial pressure (ICP) in patients with severe head trauma. METHOD: Thirty five patients with severe head trauma were included in the study.The patients were divided into three groups: ICP 0-10, 11-20 and 21-30 mmHg. The following variables were measured: ICP and mean arterial pressure. Cerebral perfusion pressure was calculated as the difference between mean arterial and intracranial pressure. RESU (mais) LTS: Endotracheal aspiration increased ICP in all patients. The mean arterial pressure didn't change and cerebral perfusion pressure decreased, but remaning normal value. CONCLUSION: Respiratory physiotherapy maneuvers can be safely applied in patients with severe head trauma with ICP below 30 mmHg. More attention should be taken during endotracheal aspiration .

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Pressão arterial entre trabalhadores de curtume/ Blood pressure among tannery workers

Cordeiro, Ricardo; Lima Filho, Euclydes C.; Almeida, Ildeberto M.
1998-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O grupo das doenças cardiovasculares tem sido apontado como a principal causa de óbito no Brasil desde os anos 70, sendo a hipertensão arterial sistêmica (HAS) o fator de risco mais importante para esse grupo. Entre os trabalhadores observa-se correlação negativa entre o status ocupacional e a pressão arterial. Tais fatos ressaltam a importância do conhecimento da distribuição da pressão arterial sistêmica entre os distintos grupos profissionais. (mais) Assim, foi realizado estudo para descrever o status pressórico de uma população homogênea e estável de trabalhadores do setor secundário da economia, pouco especializados e que ganham baixos salários, estabelecendo a prevalência da HAS nesse grupo específico, relacionando-a com algumas covariáveis biológicas e socioeconômicas, e comparando-a com a prevalência de HAS em outros grupos profissionais no Brasil. MÉTODO: Foram estudados 73 trabalhadores regularmente empregados em julho de 1993 em um curtume situado no Município de Botucatu, cidade de médio porte da região Centro-Oeste do Estado de São Paulo, os quais foram submetidos a exame antropométrico, aferição de pressão arterial, anamnese e exame clínico. Os resultados foram comparados com os obtidos em estudos semelhantes, controlando-se o confundimento da idade por intermédio de diferentes técnicas. RESULTADOS: A prevalência bruta da HAS encontrada foi de 56,1%, sendo 15,8% a prevalência de hipertensão sistólica isolada. Ambas se associaram ao etilismo e ao tabagismo na população estudada. DISCUSSÃO: A prevalência da hipertensão foi consideravelmente alta e significativamente maior do que a encontrada em outros grupos de trabalhadores estudados no Brasil. Tal achado ressalta a necessidade da continuidade da investigação, objetivando o isolamento dos fatores implicados na elevação pressórica do grupo estudado. Resumo em inglês INTRODUCTION: Cardiovascular diseases have been shown to be the leading cause of death in Brazil since the 1970s. High blood pressure has been the major risk factor among the above mentioned diseases. A negative correlation between occupational qualification and blood pressure has been observed among workers. The above mentioned facts bring out the importance of the knowledge of high blood pressure distribution among the different occupational groups. The aim of the prese (mais) nt study was to describe the distribution of blood pressure in stable and homogeneous population of unskilled, low wage larning industrial workers. The Prevalence of high blood pressure was established for this specific group. This prevalence was also related to some biological and socio-economical covariates as compared with that among other occupational groups in Brazil. METHOD: The subjects were 73 active employees at a tannery in Botucatu, state of S.Paulo, Brazil, in July 1993. These subjects underwent blood pressure measurements, anamnesis and clinical examination. The results were compared with those of similar studies carried out in elsewhere Brazil. Age confounding was controlled by different techniques. RESULT: The crude prevalence of high blood pressure detected in this group of workers was of 56.1%, with 15.8% of isolated systolic hypertension. Alcohol abuse and smoking were associated with high blood pressure and isolated systolic hypertension in the population studied. DISCUSSION: Prevalence of hypertension in the group studied is significantly higher than that observed in other groups of workers studied in Brazil. Such a finding points to the need for further investigation so as to isolate those factors involved in the increased blood pressure found in this group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Pressão arterial entre trabalhadores de curtume/ Blood pressure among tannery workers

Cordeiro, Ricardo; Lima Filho, Euclydes C.; Almeida, Ildeberto M.
1998-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O grupo das doenças cardiovasculares tem sido apontado como a principal causa de óbito no Brasil desde os anos 70, sendo a hipertensão arterial sistêmica (HAS) o fator de risco mais importante para esse grupo. Entre os trabalhadores observa-se correlação negativa entre o status ocupacional e a pressão arterial. Tais fatos ressaltam a importância do conhecimento da distribuição da pressão arterial sistêmica entre os distintos grupos profissionais. (mais) Assim, foi realizado estudo para descrever o status pressórico de uma população homogênea e estável de trabalhadores do setor secundário da economia, pouco especializados e que ganham baixos salários, estabelecendo a prevalência da HAS nesse grupo específico, relacionando-a com algumas covariáveis biológicas e socioeconômicas, e comparando-a com a prevalência de HAS em outros grupos profissionais no Brasil. MÉTODO: Foram estudados 73 trabalhadores regularmente empregados em julho de 1993 em um curtume situado no Município de Botucatu, cidade de médio porte da região Centro-Oeste do Estado de São Paulo, os quais foram submetidos a exame antropométrico, aferição de pressão arterial, anamnese e exame clínico. Os resultados foram comparados com os obtidos em estudos semelhantes, controlando-se o confundimento da idade por intermédio de diferentes técnicas. RESULTADOS: A prevalência bruta da HAS encontrada foi de 56,1%, sendo 15,8% a prevalência de hipertensão sistólica isolada. Ambas se associaram ao etilismo e ao tabagismo na população estudada. DISCUSSÃO: A prevalência da hipertensão foi consideravelmente alta e significativamente maior do que a encontrada em outros grupos de trabalhadores estudados no Brasil. Tal achado ressalta a necessidade da continuidade da investigação, objetivando o isolamento dos fatores implicados na elevação pressórica do grupo estudado. Resumo em inglês INTRODUCTION: Cardiovascular diseases have been shown to be the leading cause of death in Brazil since the 1970s. High blood pressure has been the major risk factor among the above mentioned diseases. A negative correlation between occupational qualification and blood pressure has been observed among workers. The above mentioned facts bring out the importance of the knowledge of high blood pressure distribution among the different occupational groups. The aim of the prese (mais) nt study was to describe the distribution of blood pressure in stable and homogeneous population of unskilled, low wage larning industrial workers. The Prevalence of high blood pressure was established for this specific group. This prevalence was also related to some biological and socio-economical covariates as compared with that among other occupational groups in Brazil. METHOD: The subjects were 73 active employees at a tannery in Botucatu, state of S.Paulo, Brazil, in July 1993. These subjects underwent blood pressure measurements, anamnesis and clinical examination. The results were compared with those of similar studies carried out in elsewhere Brazil. Age confounding was controlled by different techniques. RESULT: The crude prevalence of high blood pressure detected in this group of workers was of 56.1%, with 15.8% of isolated systolic hypertension. Alcohol abuse and smoking were associated with high blood pressure and isolated systolic hypertension in the population studied. DISCUSSION: Prevalence of hypertension in the group studied is significantly higher than that observed in other groups of workers studied in Brazil. Such a finding points to the need for further investigation so as to isolate those factors involved in the increased blood pressure found in this group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Influência da atividade física programada na pressão arterial de idosos hipertensos sob tratamento não-farmacológico/ The influence of programmed physical activity on blood pressure of hypertensive elderly patients on non-pharmacological treatment

Barroso, Weimar Kunz Sebba; Jardim, Paulo César Brandão Veiga; Vitorino, Priscila Valverde; Bittencourt, Amanda; Miquetichuc, Flávia
2008-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a influência da atividade física na pressão arterial de pacientes idosos hipertensos sob tratamento não-farmacológico (TNF). MÉTODOS: Estudamos homens e mulheres, maiores de 60 anos, com hipertensão arterial estágio I, sem uso de anti-hipertensivos. Os pacientes foram randomizados em dois grupos: GRUPO CONTROLE (GC) - orientados para TNF; e GRUPO ESTUDO (GE) - TNF e programa de atividade física supervisionada que consistia de três sessões sema (mais) nais com uma hora cada. A duração do estudo foi de 6 meses com avaliações na inclusão no estudo (V1) e a cada três meses (V2 e V3). Toda a amostra foi submetida à avaliação clínica, eletrocardiograma (ECG), teste ergométrico, monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) e ecodopplercardiograma. Utilizamos o teste de Friedman para análise evolutiva das médias intragrupo e teste T de Student para comparação de dados independentes entre os grupos. RESULTADOS: Foram randomizados 24 pacientes no GE (Cinco homens) e 21 no GC (Quatro homens), destes 22 completaram os seis meses de seguimento no GE e 13 no GC. Os valores médios da pressão sistólica encontrados na MAPA em V1, V2 e V3 no GC foram de 134,2±14,5; 136,1±9 e 143,7±13,9mmHg respectivamente e no GE 135,6±11,4; 138,7 ±12,2 e 133,9±8,5mmHg. Os valores médios da pressão diastólica no GC foram 78,7±5,82; 82,3±6,2 e 83,3±9,2mmHg e no GE 80,1±6,8; 81±6,6 e 80,8±7,3mmHg. CONCLUSÃO: A atividade física supervisionada foi mais eficiente em manter o controle da pressão arterial em idosos com hipertensão estágio I (GE) quando comparada ao grupo controle. Resumo em inglês OBJECTIVE: Assess the influence of physical activity on the blood pressure of hypertensive elderly patients on non-pharmacological treatment (NPT). METHODS: The authors studied men and women, over 60 years, with stage I hypertension who were not using antihypertensive medication. These patients had been randomly allocated to one of two groups: Control Group (CG) - oriented to NPT; and Study Group (SG) - NPT and a program that included supervised physical activity consisti (mais) ng of 1-hour sessions, 3 times a week. Duration of the study was 6 months. Screening and follow-up tests every 3 months, at Visits 1, 2 and 3 included a clinical evaluation, ECG, a treadmill stress test, Ambulatory Blood Pressure Measurement (ABPM) and an Echocardiogram. The authors used the Friedman test for the evolutionary analysis of the intra-groups means and Student's t test to compare independent data between groups. RESULTS: Twenty-four patients were randomized in the SG (5 men) and 21 in the CG (4 men). The 6-month follow-up period was completed by 22 patients in the SG and 13 in the CG. Blood pressures found by the ABPM in V1, V2 and V3 were 134.2 ±14.5, 136.1 ±9 and 143.7±13.9 mmHg for Systolic Blood Pressure in the CG; and 135.6 ±11.4, 138.7 ±12.2 and 133.9 ±8.5 mmHg in the SG. For Diastolic Blood Pressure, values in the CG were 78.7±5.8, 82.3±6.2 and 83.3 ±9.2 mmHg; and in the SG, 80.1 ±6.8, 81±6.6 and 80.8 ±7.3 mmHg. CONCLUSION: Programmed and supervised physical activity was more efficient for maintaining adequate blood pressure control in these elderly with stage I hypertension in the study group, when compared to the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Prevalência de hipertensão arterialem crianças e adolescentes obesos/ Prevalence of hypertension among obese children and adolescents

Ferreira, Joel Saraiva; Aydos, Ricardo Dutra
2010-01-01

Resumo em português Há um incremento na carga de doenças crônicas que afetam a população mundial e, da mesma forma, uma significativa parcela da população brasileira. Figuram nesse contexto a hipertensão arterial e a obesidade, inclusive entre indivíduos de baixa faixa etária. Diante disso, este estudo objetivou investigar a prevalência de hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos, na tentativa de verificar sua manifestação conforme gênero e idade. Para tanto, fo (mais) ram avaliados 129 indivíduos obesos na faixa etária de 7 a 14 anos, de ambos os gêneros. A avaliação consistiu em medidas antropométricas e mensuração da pressão arterial. Posteriormente, as informações foram analisadas estatisticamente com auxílio do programa BioEstat 3.0, que indicou prevalência de hipertensão arterial em ambos os gêneros (masculino = 15,8% e feminino = 26,4%) sem diferirem estatisticamente entre si. Nos diferentes grupos etários, a doença também se manifestou, com destaque para os indivíduos de 13 e 14 anos (52,4%), os quais diferiram estatisticamente dos demais grupos etários. Com isso, concluiu-se que a hipertensão arterial se fez presente de forma marcante na população investigada, indicando que a obesidade pode interferir na elevação da pressão arterial de crianças e adolescentes. Resumo em inglês There has been an increase in chronic diseases affecting the population not only in the world but also in Brazil. Hypertension and obesity fit this context, including among early age individuals. This paper aims at investigating the prevalence of hypertension among obese children and adolescents, checking its manifestation in compliance with gender and age. The study involved 129 obese individuals, ages ranging from 7 to 14 years, both sexes. The evaluation consisted of a (mais) nthropometric measures and blood pressure measurements. The data were then analysed statistically through BioEstat 3.0 program, which indicated the prevalence of hypertension in both sexes (male = 15.8% and female = 26.4%), with no significant differences between each other. The disease was also present in the different age groups, especially among those aged 13 to 14 (52.4%), who were statistically different from other age groups, which, in turn, were not different from each other. This led to the conclusion that hypertension was remarkably present in the investigated population, indicating that the obesity can interfere in the elevation of the children's blood pressure and adolescents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Prevalência de hipertensão arterialem crianças e adolescentes obesos/ Prevalence of hypertension among obese children and adolescents

Ferreira, Joel Saraiva; Aydos, Ricardo Dutra
2010-01-01

Resumo em português Há um incremento na carga de doenças crônicas que afetam a população mundial e, da mesma forma, uma significativa parcela da população brasileira. Figuram nesse contexto a hipertensão arterial e a obesidade, inclusive entre indivíduos de baixa faixa etária. Diante disso, este estudo objetivou investigar a prevalência de hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos, na tentativa de verificar sua manifestação conforme gênero e idade. Para tanto, fo (mais) ram avaliados 129 indivíduos obesos na faixa etária de 7 a 14 anos, de ambos os gêneros. A avaliação consistiu em medidas antropométricas e mensuração da pressão arterial. Posteriormente, as informações foram analisadas estatisticamente com auxílio do programa BioEstat 3.0, que indicou prevalência de hipertensão arterial em ambos os gêneros (masculino = 15,8% e feminino = 26,4%) sem diferirem estatisticamente entre si. Nos diferentes grupos etários, a doença também se manifestou, com destaque para os indivíduos de 13 e 14 anos (52,4%), os quais diferiram estatisticamente dos demais grupos etários. Com isso, concluiu-se que a hipertensão arterial se fez presente de forma marcante na população investigada, indicando que a obesidade pode interferir na elevação da pressão arterial de crianças e adolescentes. Resumo em inglês There has been an increase in chronic diseases affecting the population not only in the world but also in Brazil. Hypertension and obesity fit this context, including among early age individuals. This paper aims at investigating the prevalence of hypertension among obese children and adolescents, checking its manifestation in compliance with gender and age. The study involved 129 obese individuals, ages ranging from 7 to 14 years, both sexes. The evaluation consisted of a (mais) nthropometric measures and blood pressure measurements. The data were then analysed statistically through BioEstat 3.0 program, which indicated the prevalence of hypertension in both sexes (male = 15.8% and female = 26.4%), with no significant differences between each other. The disease was also present in the different age groups, especially among those aged 13 to 14 (52.4%), who were statistically different from other age groups, which, in turn, were not different from each other. This led to the conclusion that hypertension was remarkably present in the investigated population, indicating that the obesity can interfere in the elevation of the children's blood pressure and adolescents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Monitorização ambulatorial da pressão arterial em indivíduos com resposta exagerada dos níveis pressóricos em esforço. Influência do condicionamento físico/ Ambulatory blood pressure monitoring in individuals with exaggerated blood pressure response to exercise, influence of exercise training

Lima, Eliudem Galvão; Herkenhoff, Fernando; Corral Vasquez, Elisardo
1998-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar em indivíduos hiper-reatores ao teste ergométrico (TE), a influência de um programa regular de exercícios sobre os parâmetros ergométricos e da MAPA. MÉTODOS: Estudaram-se 22 indivíduos (44±1 anos), sedentários, assintomáticos, normotensos e que apresentavam elevação exagerada da pressão sistólica (PAS >220mmHg) durante o TE, divididos, através de amostragem casual simples, em dois grupos: grupo hiper-reator sedentário (GHS) e grupo hipe (mais) r-reator condicionado (GHC). Os indivíduos do GHS foram orientados a não realizar qualquer tipo de exercício físico regular durante o período de 4 meses e o GHC composto de 10 indivíduos submetidos a programa de condicionamento físico aeróbico durante o mesmo período. RESULTADOS: Um programa de exercícios aeróbicos de moderada intensidade não promove redução significativa dos níveis pressóricos durante a monitorização (P>0,05); mas, durante a realização do TE nesses indivíduos, verificamos redução (p Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the effects of exercise training on ergometric test and Ambulatory Blood Pressure Monitoring (ABPM) in normotensive individuals with exaggerated blood pressure response to exercise. METHODS: We studied 22 sedentary and normotensive subjects (mean 44±1 years old) showing an exaggerated systolic blood pressure response (SBP>220mmHg) during a cycloergometric test. These individuals were divided in two groups: sedentary hyperreactive group (SHG) and trai (mais) ned hyperreactive group (THG). The THG was submitted to a 4 month aerobic exercise training program. RESULTS: A program of moderate aerobic exercise did not reduce (P>0.05) ABPM blood pressure levels. However, in the submaximal loads of dynamic exercise we observed a significant fall in the SBP and heart rate (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Avaliação manométrica do esfíncter inferior do esôfago de coelhos submetidos a fundoplicatura total e parcial/ Manometric evaluation of lower esophageal sphincter in rabbits submitted to total and partial fundoplication

Oliveira, Walmar Kerche de; Henry, Maria Aparecida Coelho de Arruda; Lerco, Mauro Masson
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar o efeito das fundoplicaturas total e parcial sobre a pressão e comprimento do esfíncter inferior do esôfago (EIE). MÉTODOS: Foram estudados 30 coelhos machos da raça Norfolk. Os animais foram divididos em 3 grupos de 10, na dependência da operação[cirurgia] realizada. Grupo 1 (controle)-laparotomia mediana (LM) e dissecção da transição gastroesofágica; grupo 2- LM e fundoplicatura total, e grupo 3-LM e fundoplicatura parcial. Todos os anima (mais) is foram submetidos à manometria esofágica (ME) segundo a técnica de tração intermitente da sonda e infusão contínua dos cateteres com água destilada. A ME foi realizada em dois momentos: M1 (pré-operatório) e M2 (pós-operatório), e permitiu a análise da pressão (mmHg) e comprimento (cm) do EIE. RESULTADOS: Nos animais do grupo 1 não foi observada alteração da pressão e comprimento do EIE. Naqueles do grupo 2 (fundoplicatura total) foi observado aumento da pressão (69,7%) e do comprimento (81,8%) do EIE. Nos coelhos do grupo 3 (fundoplicatura parcial) houve aumento da pressão (58%) e do comprimento (100%) do EIE. CONCLUSÕES: As fundoplicaturas total e parcial acarretam aumento da pressão e comprimento de EIE. O incremento da pressão e comprimento de EIE independe do tipo de fundoplicatura utilizada. Resumo em inglês PURPOSE: To analyze the effect of total and partial fundoplication on the pressure and length of the lower esophageal sphincter (LES). METHODS: Thirty male rabbits (Norfolk race) were studied. The animals were divided in three groups, according to the surgical procedure. Group 1 (Control)-medium laparotomy (ML) and dissection of gastroesophageal transition; Group 2-ML and total fundoplication; Group 3-ML and partial fundoplication. All the animals were submitted to esopha (mais) geal manometry (EM) using the intermittent pull through technique and continuous infusion of the catheters with destilled water. The esophageal manometry was performed in two moments: M1 (pre operative period) and M2 (post operative period), and allowed us LES analyse the pressure (mmHg) and length (cm). RESULTS: In animals of group 1 no change in LES pressure and length was observed. In those of groups 2 (total fundoplication) an increase of LES pressure (69,7%) and length (81,8%) was observed. In rabbits of group 3 (partial fundoplication) there was an increase of LES pressure (58%) and length (100%) of the LES. CONCLUSIONS: The total and partial fundoplications cause an increase of LES pressure and length. This increase doesn't depend on the type of fundoplication performed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Estudo da função hepática de ratos espontaneamente hipertensos submetidos a diferentes pressões de pneumoperitônio com CO2/ Study of the hepatic function in spontaneously hipertensive rats submitted to different pressures of the CO2 pneumoperitoneum

Chida, Valéria Vieira; Moreira, Márcia Bento; Leme, Luís Fernando Paes; Fagundes, Djalma José; Ramalho, Carlos Eduardo Benetti; Novo, Neil Ferreira; Montero, Edna Frasson de Souza
2003-01-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar a função hepática de ratos hipertensos submetidos a baixa ou alta pressão de pneumoperitônio. MÉTODOS: Foram utilizados 60 ratos, distribuídos em dois grupos (n= 30), de acordo com a pressão de pneumoperitônio de 4 e 10mmHg, sendo 15 animais da linhagem EPM-1 Wistar e 15 animais da linhagem SHR. Logo após a pesagem, os animais foram submetidos à anestesia com cetamina e xilazina intramuscular e, em seguida, submetidos a pneumoperitônio, dura (mais) nte 1 hora e desinsuflação por mais 1 hora. Foram coletadas amostras sangüíneas logo após a realização do cateterismo da artéria femoral esquerda, após uma hora de insuflação, assim como, depois de uma hora de desinsuflação. Estas amostras foram encaminhadas para a avaliação das enzimas hepáticas (AST, ALT, DHL) e bilirrubinas (total, direta e indireta). O nível de significância estatístico foi estabelecido em 5%. RESULTADOS: Com pneumoperitônio de 4mmHg a AST e ALT apresentaram níveis iniciais menores do que após insuflação e desinsuflação enquanto a DHL, a BT e a BD não se alteraram; em ambas as linhagens. Na pressão de 10mmHg a AST e a DHL não se alteraram nos ratos normotensos e aumentaram nos hipertensos, a BD não se alterou, a ALT e a BT aumentaram para ambas as linhagens. CONCLUSÃO: A função hepática mostrou-se alterada e a medida do tempo após a desinsuflação foi curta para evidenciar uma eventual reversão dessas alterações, tanto nos animais hipertensos, como em animais hígidos. Resumo em inglês PURPOSE: In order to determine the behavior of the hepatic function in spontaneously hipertensive Rats Which underiwent low pressure and high pressure pneumoperitoneum. METHODS: 60 rats were studied two groups of 30 rats, each formed by 15 Wistar EPM-1 and 15 SHR, were subjmitted to 4mmHg and 10mmHg pressure respectively, for 1 hour plus peritoneal pressure normalization time of 1 hour. Immediately after being weighed the rats were given an anesthetic (cetamine and xylazi (mais) ne) intramuscular. Blood samples for hepatic function evaluation were taken immediately after the insertion of a catheter in the left femural artery as well as after 1 hour insufflation and after the one-hour pressure normalization. The significance coeficient was 5 %. RESULTS: Animals submitted to 4mmHg pressure had inicial AST and ALT levels lower than after insuflation and after pressure normalization. DHL, BT and BD levels did not change for both strains. Animals submitte to 10mmHg pressure AST and DHL levels modification for normotensive rats but increased for hypertensive ones; BD did not change; ALT and BT changed for Wistar and SHR. CONCLUSION: Our study shows that pneumoperitoneum has changed the hepatic function of the animals and suggests that one-hour peritoneal pressure normalization seems to be too short to allow hepatic function normalization in both hyper and normotensive animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Efeitos da irradiação com raios-X em anastomoses colônicas: estudo estereológico experimental em ratos/ Effects of X-rays irradiation on colonic anastomoses: experimental stereological study in rats

Lopes-Paulo, Francisco
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Este estudo foi realizado para quantificar possíveis alterações na tensão de ruptura e na concentração de colágeno em anastomoses realizadas em cólon irradiado. MÉTODOS: Doze ratos Wistar foram submetidos a secção e anastomose do cólon, constituindo dois grupos: An (controle, n=7) e I+An (irradiado, n=5). O grupo An foi submetido apenas à cirurgia enquanto o grupo I+An recebeu dose única de irradiação (1096 cGy) 7 dias antes da operação. Todos (mais) foram sacrificados no sétimo dia pós-operatório, para verificação da tensão de ruptura da anastomose e quantificação do colágeno. A quantificação do colágeno foi feita por estereologia de cortes verticais. RESULTADOS: O grupo An apresentou valores superiores ao grupo I+An quando comparados a pressão de ruptura da anastomose (172 mm Hg X 60 mm Hg, p = 0,004) e o índice de colágeno (14,24 X 1,62, p = 0,004). No grupo An o local de ruptura do cólon ocorreu com maior freqüência na área perianastomótica, enquanto que no grupo I+An a ruptura ocorreu com maior freqüência na linha anastomótica (p = 0,007). CONCLUSÃO: A irradiação prejudicou a cicatrização anastomótica, conforme evidenciado pela diminuição da pressão de ruptura da anastomose e do índice de colágeno no grupo de animais irradiados. Resumo em inglês PURPOSE: This study was done in order to quantify changes on bursting pressure and collagen content on irradiated colon anastomosis. METHODS: Twelve Wistar rats were submitted to colon section and anastomosis. Animals were divided in two groups: An (control, n=7) and I+An (irradiated, n=5). An group was submitted only to surgery while I+An received a single dose irradiation (1096 cGy) seven days before operation. Animals were sacrificed on seventh postoperative day to qua (mais) ntify anastomosis bursting pressure and collagen content. Collagen quantification was done by vertical section stereology. RESULTS: An group present higher values of anastomosis bursting pressure (172 mm Hg X 60 mm Hg, p = 0,004) and collagen content (14,24 X 1,62, p = 0,004) as compared to I+An group. On An group the site of colon rupture was more frequently found on the perianastomotic area while on I+An group the rupture was mainly on anastomotic line (p = 0,007). CONCLUSION: Irradiation impaired anastomotic healing as evidenced by reduction of anastomotic bursting pressure and collagen content on irradiated animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Resposta da pressão arterial ao esforço em adolescentes: influência do sobrepeso e obesidade/ Blood pressure response to physical exertion in adolescents: influence of overweight and obesity

Carletti, Luciana; Rodrigues, Anabel Nunes; Perez, Anselmo José; Vassallo, Dalton Valentim
2008-07-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A resposta aguda da pressão arterial ao esforço tem sido utilizada como indicador de risco para o desenvolvimento de hipertensão arterial. Os fatores associados com essa resposta precisam ser esclarecidos a fim de se intervir na prevenção da doença hipertensiva. OBJETIVO: Descrever o comportamento das variáveis cardiovasculares ao esforço agudo em adolescentes com excesso de peso, por meio de teste cardiopulmonar. MÉTODOS: A amostra foi constituída d (mais) e 104 adolescentes (56 meninos e 48 meninas), divididos nos grupos de sobrepeso/obesos (GSO) e eutróficos (GE). Foram aferidas variáveis antropométricas (peso, estatura e IMC), de composição corporal (dobra cutânea) e variáveis hemodinâmicas de pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e freqüência cardíaca (FC), no repouso e no esforço máximo do teste cardiopulmonar. RESULTADOS: No grupo masculino, identificaram-se maiores valores de pressão arterial sistólica de repouso para o GSO, quando comparados com o GE (113 ± 13 vs 106 ± 8 mmHg; p = 0,009), a PAS pré-exercício (120 ± 14 vs 109 ± 10 mmHg; p = 0,003) e de PAS na carga máxima de trabalho (156 ± 20 vs 146 ± 14 mmHg; p = 0,03). No grupo feminino, apenas a PAS pré-exercício foi superior no grupo de sobrepeso, quando isso foi comparado com as eutróficas (114 ± 11 vs 106 ± 10 mmHg; p = 0,009). CONCLUSÃO: A resposta pressórica durante o exercício foi mais exacerbada em adolescentes obesos quando comparada com àquela obtida em eutróficos, o que indica maior reatividade ao estresse físico. Resumo em inglês BACKGROUND: The acute blood pressure response to physical exertion has been used as an indicator of the risk of developing hypertension. The factors associated with this response need to be clarified for timely intervention in preventing hypertensive disease. OBJECTIVE: To describe the response of cardiovascular variables to acute physical exertion in overweight adolescents using cardiopulmonary exercise testing. METHODS: The sample consisted of 104 adolescents (56 boys a (mais) nd 48 girls), divided into two groups: the obese/overweight group (OOG) and the eutrophic group (EG). The following variables were measured: anthropometric (weight, height, and BMI), body composition (skin fold thickness), as well as hemodynamic variables such as systolic arterial pressure (SAP), diastolic arterial pressure (DAP), and heart rate (HR), at rest and at maximal physical exertion during the cardiopulmonary test. RESULTS: In the male group, the greatest values of systolic arterial pressure at rest were recorded in the OOG as compared to the EG (113 ± 13 vs 106 ± 8 mmHg; p = 0.009), pre-exertion SAP (120 ± 14 vs 109 ± 10 mmHg; p = 0.003), and SAP during maximal exertion conditions (156 ± 20 vs 146 ± 14 mmHg; p = 0.03). In the female group, only pre-exertion SAP was higher in the overweight group as compared to the eutrophic girls (114 ± 11 vs 106 ± 10 mmHg; p = 0.009). CONCLUSION: The response of arterial blood pressure during physical exercise was most exacerbated in obese adolescents as compared to eutrophic teens, suggesting greater reactivity to physical exertion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Ação do extrato de Jatropha gossypiifolia L. (pião roxo) na cicatrização de anastomose colônica: estudo experimental em ratos/ Effects of Jatropha gossypiifolia L. (bellyache bush) extract on the healing process of colonic anastomosis: experimental study in rats

Servin, Santiago Cirilo Nogueira; Torres, Orlando Jorge Martins; Matias, Jorge Eduardo F.; Agulham, Miguel Ângelo; Carvalho, Fábio Augusto de; Lemos, Ricardo; Soares, Emerson Wander Silva; Soltoski, Paulo Roberto; Freitas, Alexandre Coutinho Teixeira de
2006-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A fitoterapia vem despertando crescente interesse na comunidade científica em relação às suas potenciais propriedades cicatriciais. Poucos são os estudos com metodologia científica existentes na literatura, constituindo-se assim um campo aberto para novas investigações. OBJETIVOS: Analisar a ação da Jatropha gossypiifolia L. (pião roxo) na cicatrização de anastomose colônica em ratos. MÉTODOS: Quarenta ratos Wistar foram submetidos à secção (mais) de toda a circunferência do cólon, sendo logo anastomosada com oito pontos separados usando fio monofilamentar de polipropileno 6-0. Aleatoriamente, os animais foram distribuídos em grupo controle (GC), contendo 20 ratos, nos quais foi administrada solução de cloreto de sódio a 0,9% por via intraperitoneal (1ml/kg) e grupo Jatropha (GJ), também com 20 nos quais foi administrado o extrato hidroalcoólico de Jatropha gossypiifolia L. por via intraperitoneal (1ml/kg). Cada um dos grupos foi subdividido em dois subgrupos de dez animais de acordo com a data de sacrifício, três e sete dias (GC3/ GC7 e GJ3/GJ7). Após o sacrifício foi retirada parte do cólon compreendendo 1 cm acima e abaixo da anastomose e submetido ao teste de resistência à insuflação de ar atmosférico. A seguir, foi aberta e retirada uma porção de 1,0 x 0,5cm de tamanho colocada em formol a 10% para análise histológica, na qual foram usadas a coloração de Hematoxilina-Eosina e o Tricrômico de Masson. RESULTADOS: Na avaliação do teste de pressão de ruptura entre os grupos houve significância estatística quando avaliados em relação à data de sacrifício Assim no terceiro dia a média no GC (25,4 mmHg.) e no GJ (76,4 mmHg.) estabeleceu p = 0.013, e no sétimo dia a média no GC (187,3 mmHg.) e no GJ (135,1 mmHg.) estabeleceu p = 0.014. Ao analisar as variáveis microscópicas entre os grupos no 3º dia, somente não houve diferença significativa nas variáveis edema e polimorfonucleares. Já no 7º dia todas as variáveis analisadas apresentaram diferença significativa. CONCLUSÕES: Na resistência mecânica pôde-se concluir que houve influência positiva da jatropha na aquisição de força na anastomose no terceiro dia. Entretanto, no sétimo dia o GC suplantou siginificativamente a pressão de ruptura obtida no GJ, sugerindo diminuição da ação da Jatropha em fase mais avançada da cicatrização. Na avaliação histológica pôde-se verificar avanço no processo inflamatório agudo no GJ3 em relação ao GC3, mantendo-se ainda mais intenso na fase crônica quando comparados os dois grupos no sétimo dia. Resumo em inglês INTRODUCTION: Phytotherapy has been drawing interest from the scientific community regarding its potential wound healing properties. There are few studies available that present a correct scientific methodology and, therefore, phytotherapy remains an open field for further research. PURPOSE: To evaluate the effects of Jatropha gossypiifolia L. (bellyache bush) on the healing of colonic anastomosis in rats. METHODS: Forty Wistar rats were subjected to a complete section of (mais) the colon, that was soon sutured with eight separate stitches using monofilament polipropilene 6-0. Randomly, the animals were divided into control group (CG), with 20 rats, which were injected with 0.9% sodium chloride solution intraperitoneally (1mL/kg) and Jatropha group (JG), also with 20 rats, which were injected with Jatropha gossypiifolia L. alcoholic extract intraperitoneally (1mL/kg). Each of the groups was subdivided into two subgroups of ten rats, according to the sacrifice date, third and seventh days (CG3/ CG7 and JG3/ JG7). After sacrifice, the segment of the colon containing 1cm proximal and distal to the site of anastomosis was removed and subjected to the pressure test with air insuflation. This segment was then opened and a 1.0 x 0.5cm part was removed and placed under 10% formaldehyde for histological analysis with hematoxylin-eosin and Masson's trichrome stainings. RESULTS: The evaluation of the pressure rupture test demonstrated statistical significance regarding the sacrifice date. On the third day, the average pressure of the CG (25,4mmHg) and the JG (76,4mHg) revealed p = 0.013, and on the seventh day, the average pressure of the CG (187,3 mmHg.) and the JG (135,1 mmHg.) revealed p = 0.014. When assessing the microscopic variables among the groups of the 3rd day, only the variables edema and polymorphonuclear cells did not show statistical differences. On the 7th day, all of the variables assessed demonstrated significant differences. CONCLUSIONS: Regarding mechanical resistance, there was a difference in resistance between the JG3 and the CG3, and a shift of resistance when comparing the JG7 and CG7, which suggests a weakening of the Jatropha effect at a later stage of healing. The histological evaluation revealed an improvement of the acute inflammatory process in the JG3 when compared to the CG3, which was even more intense during the chronic stage, when the two groups are compared on the seventh day. The histological study of the inflammatory process, in general, showed a favorable effect to the Jatropha group compared to the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Avaliação das pressões sistólica, diastólica e pressão de pulso como fator de risco para doença aterosclerótica coronariana grave em mulheres com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento do segmento ST/ Evaluation of systolic, diastolic, and pulse pressure as risk factors for severe coronary arteriosclerotic disease in women with unstable angina non-ST-elevation acute myocardial infarction

Sousa, José Marconi Almeida de; Hermann, João L. V.; Guimarães, João B.; Menezes, Pedro Paulo O.; Carvalho, Antonio Carlos Camargo
2004-05-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar se as pressões, medidas na raiz da aorta, são fatores de risco para doença aterosclerótica coronariana grave em mulheres com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supradesnivelamento do segmento ST (AI/IAMSS). MÉTODO:As pressões, assim como os fatores de risco para doença arterial coronariana (DAC) foram prospectivamente coletados de março/1993 a agosto/2001 em 593 mulheres com diagnóstico de AI/IAMSS submetidas à cinecoronariogra (mais) fia. Lesões coronarianas definidas como graves estenoses > 70%. RESULTADOS: Idade média de 59,2±11,2 anos, significantemente mais alta nas pacientes com DAC: 61,9 ± 10,8 anos vs 56.4 ± 10,8 anos; tabagismo, diabetes e climatério foram mais freqüentes nas pacientes com DAC. As médias das pressões sistólica e arterial média foram iguais nos dois grupos, entretanto as médias das pressões diastólicas do ventrículo esquerdo (17.6 ± 8.7 x 15.1 ± 8.1, p=0.001) e da pressão de pulso aórtica foram significantemente maiores nas pacientes com DAC (75.5 ± 22 x 70 ± 19, p=0.002), enquanto a média da pressão diastólica aórtica foi significantemente mais alta nas pacientes sem DAC (75.3 ± 17.5 x 79.8 ± 16, p=0.003). Na análise multivariada a pressão de pulso > 80 mmHg e pressão sistólica > 165 foram independentemente associadas a DAC com razão de chance de 2.12 e 2.09, p 80 mmHg e pressão sistólica > 165 mmHg determinaram risco duas vezes maior de lesão coronariana grave. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate pressures assessed at the aortic root as risk factors for severe atherosclerotic coronary heart disease in women with unstable angina/compatible clinical history associated with increase in cardiac enzymes (total CPK and CK-MB) 2 times greater than the standard value used in the hospital, with the absence of new Q waves on the electrocardiogram (UA/NSTEMI). METHODS: Five hundred and ninety-three female patients with clinical diagnosis of UA/NSTEMI u (mais) nderwent cinecoronariography from March 1993 to August 2001, and the risk factors for CHD were studied. During examination the pressures, at the aortic root, and coronary obstructions were visually assessed by 2 interventional cardiologists, and those stenosis over 70% were considered severe. RESULTS: Eight-one per cent of the population was white and 18.3% was black. Mean age was 59.2±11.2 years, and it was significantly higher in patients with severe coronary lesions: 61.9 ± 10.8 years versus 56.4 ± 10.8 years; smoking, diabetes mellitus and climacteric were more frequent in patients with CHD. The average mean arterial pressure and mean systolic blood pressure was the same in both groups, however, average left ventricle diastolic pressure (17.6 ± 8.7 x 15.1 ± 8.1, p=0.001), and aortic pulse pressure were significantly greater in patients with CHD (75.5 ± 22 x 70 ± 19, p=0.002), while average aortic diastolic pressure was significantly greater in patients without CHD (79.8 ± 16 x 75.3 ± 17.5, p=0.003). In the multivariated analysis, pulse pressure > 80 mmHg and systolic blood pressure > 165 were independently associated with severe CHD with odds ratio of 2.12 and 2.09, p 80 mmHg and systolic blood pressure > 165 mmHG determined risk two times greater of severe coronary disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Efeito da posição prona sem PEEP na oxigenação e complacência em modelo experimental com lesão pulmonar/ Effect of prone position without PEEP on oxygenation and complacency in an experimental model of lung injury

Yagui, Ana Cristina Z.; Beppu, Oswaldo S.
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Observar os efeitos da posição prona e a necessidade da pressão expiratória positiva final (PEEP) na melhora da oxigenação. MÉTODOS: Dezesseis ratos foram anestesiados e ventilados com volume corrente de 8 mL/kg, freqüência respiratória de 60 rpm e PEEP = 0 cmH2O (ZEEP), em posição supina por 30 minutos. Após, foi induzida a lesão pulmonar através da instilação intratraqueal de ácido clorídrico. Quando estabelecida a lesão, os ratos foram pro (mais) nados por mais 30 minutos e randomizados em dois grupos: grupo 1: associou-se PEEP = 5 cmH2O; grupo 2: manteve-se ZEEP. Medidas de mecânica pulmonar, da gasometria arterial e de pressão arterial média foram coletadas ao final de cada fase. RESULTADOS: A pressão parcial de oxigênio do grupo 1 aumentou significativamente de 98,7±26,5 para 173,9±58,4 mmHg entre as fases lesão e prona; o grupo 2 não se alterou, variando de 99,6±15,4 para 100,5±24,5 mmHg. Quanto à complacência, o grupo 1 também apresentou melhora significativa, de 0,20±0,01 para 0,23±0,02 mL/cmH2O, ao passo que o grupo 2 mais uma vez não apresentou melhora, de 0,21±0,02 para 0,22±0,01 mL/cmH2O. A medida da pressão arterial média não apresentou alterações significativas em ambos os grupos durante todo o experimento. CONCLUSÕES: A posição prona somente apresentou melhora da oxigenação e mecânica respiratória quando associada à PEEP = 5 cmH2O. A posição prona com e sem PEEP = 5 cmH2O não trouxe prejuízos hemodinâmicos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To observe the effects of the prone position and the need for positive end-expiratory pressure (PEEP) to improve oxygenation. METHODS: Sixteen rats were anesthetized and ventilated at a tidal volume of 8 mL/kg, respiratory rate of 60 rpm and PEEP = 0 cmH2O (ZEEP), in the supine position for 30 minutes. Lung injury was then induced by means of intratracheal instillation of hydrochloric acid. Once the injury was established, rats were placed in the prone position (mais) for a further 30 minutes and randomized into two groups: in group 1 PEEP = 5 cmH2O was added; while group 2 was kept on ZEEP. Measurements of pulmonary mechanics, arterial blood gas analysis and mean arterial pressure were taken at the end of each phase. RESULTS: In group 1, oxygen partial pressure increased significantly from 98.7±26.5 to 173.9±58.4 mmHg between injury and prone phases; in group 2 it was unchanged, varying from 99.6±15.4 to 100.5±24.5 mmHg. Group 1 also exhibited significant improvement in complacency, from 0.20±0.01 to 0.23±0.02 mL/cmH2O, while, once more, group 2 did not exhibit improvement, going from 0.21±0.02 to 0.22±0.01 mL/cmH2O. Mean arterial blood pressure measurements did not change significantly in either group at any point during the experiment. CONCLUSIONS: The prone position only resulted in improved oxygenation and respiratory mechanics when combined with PEEP = 5 cmH2O. The prone position did not cause hemodynamic compromise with or without PEEP = 5 cmH2O.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Monitorização ambulatorial da pressão arterial em filhos de hipertensos/ Arterial pressure monitoring in offspring of hypertensive individuals at a day-care center

Langowiski, André Ribeiro; Lima Junior, Emilton; Knopfholz, José; Reichert, Adriane; Nogueira, Maira Oliveira; Faria Neto, José Rocha; Guarita-Souza, Luis Cesar
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste trabalho é estudar o comportamento da pressão arterial através da monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) em jovens normotensos que possuam história familiar de hipertensão. MÉTODOS: Foram avaliados pela MAPA 31 universitários normotensos, com idade entre 17 e 25 anos, cujos pais (ambos ou um deles) estivessem sendo tratados por hipertensão arterial (grupo I) e 30 indivíduos, também normotensos, cujos pais não apresen (mais) tavam diagnóstico de HAS - hipertensão arterial sistêmica (grupo II). Todos os participantes tiveram dados epidemiológicos coletados e os valores de pressão arterial (PA) obtidos pela MAPA foram comparados. RESULTADOS: Não houve diferença estatística entre os grupos estudados quanto à análise das médias de PA sistólica (PAS) (p=0,195) e diastólica (PAD) (p=0,958), descenso noturno da PAS (p=0,61) e da PAD (p=0,289) e variabilidade da PAS (p=0,24) e da PAD (p=0,497). Houve significância estatística na comparação da pressão de pulso (42,74 mmHg no grupo I e 45,53 mmHg no grupo II, p=0,032) e da PAS mínima na vigília (85,00 mmHg no grupo I e 90,27 mmHg no grupo II, p=0,048). Ambos os parâmetros mencionados foram maiores nos filhos de normotensos. CONCLUSÃO: Na população estudada, houve diferença estatística significativa na pressão de pulso e PAS mínima na vigília, sendo maior nos filhos de normotensos. Os demais parâmetros da MAPA não apresentaram diferença significativa entre os grupos. Resumo em inglês OBJECTIVE: This study intended to evaluate blood pressure monitoring (BPM) data in young hypertensive offspring. METHODS: We evaluated 31 students, of ages ranging from 17 to 25 years, whose parents (one or both) were being treated for hypertension (group I) and 30 normotensive subjects, whose parents were not hypertensive (group II). Epidemiological data were collected from all participants and the blood pressure (BP) measurements obtained by BPM were compared. RESULTS: (mais) There were no statistical differences between both groups when mean systolic blood pressure (SBP) (p=0.195) and mean diastolic blood pressure (DBP) (p=0.958); SBP decrease (p=0.61) and DBP decrease (p=0.289); SBP variability (p=0.24) and DBP variability (p=0.497) were compared. There were statistical differences, when pulse pressures (42.74 mmHg in group I and 45.53 in group II) and in the minimum SBP during the awake period (85.00 mmHg in group I and 90.27 mmHg in group II, p=0.048) were compared. Both parameters were higher in the group whose parents were not hypertensive individuals. CONCLUSION: In this population, there were statistical differences in pulse pressure and in minimum SBP during the awake period, being higher in the group whose parents were not hypertensive. There were no differences between the two groups in the other parameters analyzed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Efeito da indução de obesidade neuroendócrina sobre a hemodinâmica sistêmica e a função ventricular esquerda de ratos normotensos/ Effects of neuroendocrine obesity induction on systemic hemodynamics and left ventricular function of normotensive rats

Voltera, Alina F.; Cesaretti, Mário L. R.; Ginoza, Milton; Kohlmann Jr., Osvaldo
2008-02-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da obesidade induzida pela administração neonatal de glutamato monossódico (MSG) sobre o peso corporal, a pressão arterial de cauda, a hemodinâmica sistêmica e a função ventricular esquerda de ratos Wistar. Dois grupos de ratos Wistar foram preparados: a)18 animais foram tornados obesos por meio da administração de 2 mg/kg/SC de MSG durante os 11 primeiros dias do período neonatal e b)16 animais controles (que receberam (mais) o veículo do MSG pelo mesmo período). Animais adultos foram acompanhados dos três aos seis meses de vida e tiveram pressão arterial e peso corporal medidos duas vezes por semana. Ao final desse período, em parte dos animais dos dois grupos, avaliou-se a função ventricular por intermédio da preparação do coração isolado de Langerdorff, e os animais restantes foram usados para o estudo da hemodinâmica sistêmica por meio de um método de termodiluição. Resultados: Nos animais MSG houve aumento da gordura epididimal relativa (WST = 2,076 ± 0,622; MSG = 2,731 ± 0,722 g/100 g), aumento significante da freqüência cardíaca (WST = 235,0 ± 35,1; MSG = 312,0 ± 90,8 bpm), da resistência periférica total (WST = 0,312 ± 0,100; MSG = 0,535 ± 0,195 mmHg.ml-1.min), e diminuição do volume sistólico (WST = 1,020 ± 0,364; MSG = 0,748 ± 0,455 µl/bat). No estudo hemodinâmico, também detectou-se nos animais obesos aumento da pressão arterial média. Os aumentos da FC e da RPT e a diminuição do VS sugerem que houve aumento da atividade simpática nos ratos normotensos com obesidade associado ao aumento da deposição de gordura visceral. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the effects of obesity induced by neonatal Monosodium Glutamate (MSG) administration upon body weight, tail blood pressure, systemic hemodynamics and left ventricular function of Wistar rats. Two groups of Wistar rats were prepared: a) 18 animals made obese through the administration of 2mg/Kg/SC of MSG during the first 11 days of the neonatal period and b)16 control animals (vehicle treated for the same period). Adults animals were f (mais) ollowed from the 3rd up the 6th month of life with blood pressure and body weight being measured twice a week. At the end of this period, in part of animals from both groups, we evaluated the left ventricular function through the Langendorff isolated heart preparation whereas the remainders were used to evaluate the systemic hemodynamics through a termodilution method. Results: MSG animals showed significant increases in heart rate (WST = 235,0 ± 35,1; MSG = 312,0 ± 90,8 bpm), total peripheral resistance (WST = 0,312 ± 0,100; MSG = 0,535 ± 0,195 mmHg.ml-1.min) and in relative epididymal adipose tissue content (WST = 2,076 ± 0,622; MSG = 2,731 ± 0,722 g/100g) and a reduction of systolic volume (WST = 1,020 ± 0,364; MSG = 0,748 ± 0,455 ml/bat). An increase in mean arterial pressure was also detected in obese animals during the hemodynamic evaluation. The increases in HR and TPR and the reduction in SV suggest an augmentation in the sympathetic activation of those obese normotensive rats associated with an increased visceral fat deposition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Monitorização ambulatorial da pressão arterial em pacientes normotensos com hipotireoidismo subclínico/ Ambulatory blood pressure monitoring in normotensive patients with subclinical hypothyroidism

Ferreira, Marcia Martins; Teixeira, Patricia de Fatima dos Santos; Mansur, Vera Aleta R.; Reuters, Vaneska Spinelli; Almeida, Cloyra Paiva; Vaisman, Mario
2010-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O hipotireoidismo manifesto está associado com elevação da pressão arterial diastólica; entretanto, a associação entre o hipotireoidismo subclínico (HS) e alteração da pressão arterial (PA) é desconhecida. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi avaliar a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) por 24 horas em pacientes normotensos com HS em comparação a indivíduos normotensos eutireóideos (EU). MÉTODOS: Foi realizado um e (mais) studo transversal com 50 participantes (HS = 30 e EU = 20) que não apresentavam diferenças em relação a fatores de risco para hipertensão. A monitorização ambulatorial de pressão arterial foi realizada com um monitor Dynamapa®, utilizando-se um método oscilométrico validado pela AAMI (Association for the Advancement of Medical Instrumentation) e pela BHS (British Hypertension Society). RESULTADOS: Os níveis séricos médios de TSH e T4 livre foram respectivamente 6,9 ± 2,2 µUI/ml e 1,1 ± 0,2 ng/dl em pacientes com HS. Apesar de não haver diferença em relação à média da pressão arterial sistólica e diastólica entre os dois grupos, houve uma correlação positiva entre os níveis de pressão arterial diastólica média (PADM) e os valores séricos de TSH em pacientes com HS (r:0,477; p = 0,004). Essa correlação foi detectada por medidas diurnas (r:0,498; p = 0,002) e noturnas (r:0,322; p = 0,032). CONCLUSÃO: A pressão arterial não diferiu entre pacientes com ou sem HS; contudo, os resultados sugerem que a progressão de hipotireoidismo subclínico para níveis mais elevados de TSH pode aumentar o risco cardiovascular através do aumento da pressão arterial diastólica. Resumo em inglês BACKGROUND: Overt hypothyroidism is associated with elevation of diastolic blood pressure; however the association of subclinical hypothyroidism (SH) with arterial blood pressure (ABP) alteration is unknown. OBJECTIVE: The aim of the present study was to evaluate ambulatory blood pressure monitoring (ABPM), over 24 hours, in normotensive patients with SH in comparison to euthyroid (EU) normotensive individuals. METHODS: A cross-sectional study was performed with 50 partic (mais) ipants (SH = 30 and EU = 20) that did not differ regarding risk factors for hypertension. The ABPM was carried out with a DINAMAPA TM monitor, using the oscillometric method validated by AAMI (Association for the Advancement of Medical Instrumentation) and by the BHS (British Hypertension Society). RESULTS: The mean serum TSH and FT4 were respectively 6.9 ± 2.2 µUI/ml and 1.1 ± 0.2 ng/dl in SH patients. Although there was no difference in the mean values of systolic and diastolic blood pressure between the two groups, there was a positive correlation between the mean values of diastolic blood pressure (DBP) and serum TSH levels in SH patients (r:0.477; p = 0.004). These correlations were detected at daytime (r:0.498; p = 0.002) and sleep-time (r:0.322; p = 0.032) measurements. CONCLUSION: The blood pressure was not different between patients with or without SH; however, the results suggest that the progression of subclinical hypothyroidism to higher levels of TSH may increase the cardiovascular risk by increasing diastolic blood pressure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Efeitos da clonidina nas respostas cardiovasculares ao pinçamento aórtico infra-renal: estudo experimental no cão/ Effects of clonidine on cardiovascular responses to infrarenal aortic cross-clamping: experimental study in dogs/ Efectos de la clonidina en las respuestas cardiovasculares al pinzamiento aórtico infra-renal: estudio experimental en el can

Achôa, Renato Viccário; Vane, Luiz Antonio; Braz, José Reinaldo Cerqueira
2003-09-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O pinçamento aórtico infra-renal pode determinar alterações cardiovasculares. A clonidina, um alfa2-agonista, determina bradicardia e diminuição da pressão arterial. O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos da clonidina sobre a função cardiovascular, em cães submetidos a pinçamento aórtico infra-renal. MÉTODO: O estudo aleatório foi realizado em 16 cães, distribuídos em dois grupos: G Controle - sem a utilização de clonidina (mais) e G Clon - clonidina, na dose inicial de 5 µg.kg-1, por via venosa, imediatamente antes do pinçamento aórtico infra-renal, seguido de 2 µg.min-1.m² até o final do estudo. Em todos os animais foi realizada ligadura infra-renal da aorta, por 45 minutos. Os atributos hemodinâmicos foram estudados nos momentos C (controle), após 10 (Ao10) e 25 (Ao25) minutos do pinçamento aórtico, e após 10 (DAo10) e 25 (DAo25) minutos do despinçamento aórtico. RESULTADOS: Durante o pinçamento aórtico, houve diferença significante entre os grupos, em relação à freqüência cardíaca, pressão arterial média e índice cardíaco (G Controle > G Clon). Após o despinçamento aórtico houve diferença significante entre os grupos, em relação à freqüência cardíaca (G Controle > G Clon) e pressões do átrio direito e da artéria pulmonar ocluída (G Clon > G Controle). Durante o pinçamento aórtico, houve nos dois grupos, aumento significante das pressões de átrio direito e artéria pulmonar ocluída, dos índices sistólico e do trabalho sistólico do ventrículo esquerdo, e diminuição do índice de resistência vascular pulmonar. No grupo controle houve aumento significante das pressões arterial média e da artéria pulmonar, e dos índices cardíaco e do trabalho sistólico do ventrículo direito. No grupo clonidina, houve diminuição significante da freqüência cardíaca. Após o despinçamento aórtico, houve nos dois grupos: diminuição significante da freqüência cardíaca e pressão arterial média, enquanto os valores das pressões do átrio direito e índice sistólico continuaram elevados. No grupo controle, os valores do índice de trabalho sistólico do ventrículo direito continuaram elevados enquanto os valores do índice cardíaco retornaram a valores próximos aos do controle. No grupo clonidina, os valores das pressões do átrio direito e da artéria pulmonar ocluída, e o índice sistólico, continuaram significantemente elevados. CONCLUSÕES: No cão, nas condições experimentais empregadas, a administração venosa contínua de clonidina atenua as respostas cardiovasculares decorrentes do pinçamento aórtico infra-renal. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El pinzamiento aórtico infra-renal puede determinar alteraciones cardiovasculares. La clonidina, un a2-agonista, determina bradicardia y diminución de la presión arterial. El objetivo del estudio fue evaluar los efectos de la clonidina sobre la función cardiovascular, en canes sometidos a pinzamiento aórtico infra-renal. MÉTODO: El estudio aleatorio fue realizado en 16 canes, distribuidos en dos grupos: G Control - sin la utilización de c (mais) lonidina y G Clon - clonidina, en la dosis inicial de 5 µg.kg-1, por vía venosa, inmediatamente antes del pinzamiento aórtico infra-renal, seguido de 2 µg.min-1.m² hasta el final del estudio. En todos los animales fue realizada ligadura infra-renal de la aorta, por 45 minutos. Los atributos hemodinámicos fueron estudiados en los momentos C (control), después 10 (Ao10) y 25 (Ao25) minutos del pinzamiento aórtico, y después 10 (DAo10) y 25 (DAo25) minutos del despinzamiento aórtico. RESULTADOS: Durante el pinzamiento aórtico, hubo diferencia significante entre los grupos, en relación a la frecuencia cardíaca, presión arterial media e índice cardíaco (G Control > G Clon). Después del despinzamiento aórtico hubo diferencia significante entre los grupos, en relación a la frecuencia cardíaca (G Control > G Clon) y presiones del atrio derecho y de la arteria pulmonar ocluida (G Clon > G Control). Durante el pinzamiento aórtico, hubo en los dos grupos, aumento significante de las presiones del atrio derecho y arteria pulmonar ocluida, de los índices sistólico y del trabajo sistólico del ventrículo izquierdo, y diminución del índice de resistencia vascular pulmonar. En el grupo control hubo aumento significante de las presiones arterial media y de la arteria pulmonar, y de los índices cardíaco y del trabajo sistólico del ventrículo derecho. En el grupo clonidina, hubo diminución significante de la frecuencia cardíaca. Después del despinzamiento aórtico, hubo en los dos grupos: diminución significante de la frecuencia cardíaca y presión arterial media, en cuanto los valores de las presiones del atrio derecho e índice sistólico continuaron elevados. En el grupo control, los valores del índice de trabajo sistólico del ventrículo derecho continuaron elevados en cuanto los valores del índice cardíaco retornaron a valores próximos a los del control. En el grupo clonidina, los valores de las presiones del atrio derecho y de la arteria pulmonar ocluida, y el índice sistólico, continuaron significantemente elevados. CONCLUSIONES: En el can, en las condiciones experimentales empleadas, la administración venosa continua de clonidina atenúa las respuestas cardiovasculares decorrentes del pinzamiento aórtico infra-renal. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Infrarenal aortic cross-clamping is associated to cardiovascular effects. Clonidine, an alpha2-agonist, determines bradycardia and hypotension. This study aimed at analyzing the effects of clonidine on the cardiovascular function of dogs submitted to infrarenal aortic cross-clamping. METHODS: This randomized study involved 16 mixed breed dogs randomly distributed in two groups: G Control - no clonidine; and G Clon - clonidine (5 µg.kg-1) immedi (mais) ately before aortic cross-clamping, followed by 2 µg.min-1.m² until the end of the study. All dogs were submitted to infrarenal aortic cross-clamping during 45 minutes. Hemodynamic parameters were measured at control (C), 10 (Ao10) and 25 (Ao25) minutes after aortic cross-clamping, and 10 (DAo10) and 25 (DAo25) minutes after aortic unclamping. RESULTS: There were significant differences between groups in heart rate, mean blood pressure and cardiac index (G control > G Clon) during aortic cross-clamping. After aortic unclamping there were significant differences between groups in heart rate (G Control > G Clon), and right atrium and pulmonary capillary wedge pressures (G Clon > G Control). During aortic cross-clamping both groups have shown significant increase in right atrium pressure, pulmonary capillary wedge pressure, stroke volume index and left ventricular systolic work index, and significant decrease in pulmonary vascular resistance index. There has been significant increase in mean blood pressure, pulmonary artery pressure, cardiac index and right ventricular systolic work index in the G Control. The clonidine group has shown significant heart rate decrease. After aortic unclamping, both groups have shown significant heart rate and mean blood pressure decrease, while right atrium pressure and stroke volume index remained high. Right ventricular systolic work index remained high in the control group, while cardiac index values returned to close to baseline values. In the clonidine group, right atrium pressure, pulmonary wedge pressure and systolic index remained significantly high. CONCLUSIONS: In dogs under our experimental conditions, continuous intravenous clonidine has attenuated cardiovascular responses to infrarenal aortic cross-clamping.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Efeitos da exposição à fumaça lateral do cigarro sobre o barorreflexo em ratos adultos/ Sidestream cigarette smoke exposure effects on baroreflex in adult rats/ Efectos de la exposición al humo lateral del cigarrillo sobre el barorreflejo en ratones adultos

Valenti, Vitor E.; Abreu, Luiz Carlos de; Ferreira, Celso
2011-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Tem sido demonstrado na literatura que a exposição à fumaça do cigarro causa hipertensão em ratos; entretanto, ainda não foi demonstrado se a função barorreflexa está prejudicada antes do animal se tornar hipertenso. OBJETIVO: Avaliamos os efeitos de curto prazo da exposição à fumaça lateral do cigarro (FLC) sobre a função barorreflexa em ratos Wistar normotensos. MÉTODOS: Os ratos foram expostos à FLC durante três semanas, 180 minutos, cinco (mais) dias por semana, a uma concentração de monóxido de carbono entre 100-300 ppm. A pressão arterial média (PAM) e a freqüência cardíaca (FC) foram avaliadas através de canulação da veia e artéria femoral. RESULTADOS: Não houve diferença significante entre os grupos controle e FLC em relação à MAP e FC, componentes simpáticos e parassimpáticos da função barorreflexa. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que três semanas de exposição à FLC não são suficientes para causar dano significante aos parâmetros cardiovasculares e sensibilidade barorreflexa em ratos Wistar normotensos. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Ha sido demostrado en la literatura que la exposición al humo del cigarrillo causa hipertensión en ratones; entre tanto, aun no fue demostrado si la función barorreflexa está perjudicada antes que el animal se vuelva hipertenso. OBJETIVO: Evaluamos los efectos de corto plazo de la exposición al humo lateral del cigarrillo (HLC) sobre la función barorreflexa en ratones Wistar normotensos. MÉTODOS: Los ratones fueron expuestos al HLC durante tres semanas, (mais) 180 minutos, cinco días por semana, a una concentración de monóxido de carbono entre 100-300 ppm. La presión arterial media (PAM) y la frecuencia cardíaca (FC) fueron evaluadas a través de canulación de la vena y arteria femoral. RESULTADOS: No hubo diferencia significativa entre los grupos control y HLC en relación a la MAP y FC, componentes simpáticos y parasimpáticos de la función barorreflexa. CONCLUSIÓN: Nuestros datos sugieren que tres semanas de exposición a la HLC no son suficientes para causar daño significativo a los parámetros cardiovasculares y sensibilidad barorreflexa en ratones Wistar normotensos. Resumo em inglês BACKGROUND: It has been evidenced in the literature that exposure to cigarette smoke causes hypertension in rats; however, it has not been demonstrated if the baroreflex function is impaired before the animal becomes hypertensive. OBJECTIVE: We evaluated short-term effects of sidestream cigarette smoke (SSCS) exposure on baroreflex function in Wistar normotensive rats. METHODS: Rats were exposed to SSCS during three weeks, 180 minutes, five days per week, at a concentrati (mais) on of monoxide carbon between 100-300 ppm. Mean arterial pressure (MAP) and heart rate (HR) were evaluated through cannulation of the femoral vein and artery. RESULTS: There was no significant difference between control and SSCS groups regarding basal mean arterial pressure and heart rate, sympathetic and parasympathetic components of the baroreflex function. CONCLUSION: Our data suggest that three weeks of exposure to SSCS is not enough to significantly impair cardiovascular parameters and baroreflex sensitivity in normotensive Wistar rats.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Avaliação comparativa do efeito dos colírios de apraclonidina e latanoprost na profilaxia da hipertensão ocular pós capsulotomia com YAG Laser em pacientes não glaucomatosos/ Profilatic use of apraclonidine and latanoprost to prevent intraocular pressure elevation following Nd:YAG laser posterior capsulotomy

Paranhos, Juliane de Freitas S.; Paranhos Jr., Augusto; Nassaralha Jr., João Jorge
1999-10-01

Resumo em português Objetivo: Comparar a eficácia do latanoprost 0,005% e da apraclonidina 1% na prevenção da hipertensão ocular pós-capsulotomia posterior com YAG laser, em pacientes não- glaucomatosos. Método: Trinta e seis pacientes (36 olhos) incluídos foram divididos em três grupos que usaram latanoprost 0,005%, apraclonidina 1% ou placebo. Foram realizadas medidas da pressão ocular antes da instilação de qualquer colírio, 30 minutos após a dilatação, 1 hora e 4 horas ap (mais) ós o YAG laser. Resultados: Não houve diferença significativa entre os 3 grupos em relação à idade, pressão ocular inicial e pós-dilatação, assim como em quantidade de energia utilizada. Na primeira hora, tanto para a diferença absoluta quanto para o percentual de alteração da pressão intra-ocular, o grupo da apraclonidina apresentou redução estatisticamente maior em relação ao grupo controle (p Resumo em inglês Purpose: To compare the efficacy of 0.005% latanoprost and 1% apraclonidine in the prevention of an increase of intraocular pressure (IOP) after Nd: YAG laser capsulotomy in nonglaucomatous patients. Methods: Thirty-six patients were included and divided in to three groups. Patients received 0.005% latanoprost. 1% apraclonidine or placebo. Four measurements of IOP were made: before instillation of any drug, 30 minutes after cycloplegia, 1 hour and 4 hours after laser. Res (mais) ults: No significant difference was found between the three groups regarding age, initial intraocular pressure, pressure 30 minutes after cycloplegia and amount of laser energy used. In the apraclonidine group, at the first hour after laser, both the absolute and percentual intraocular pressure changes, were statistically lower than those of the control group (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial na Gravidez: Comparação da Variabilidade Pressórica entre Gestantes Normotensas e Hipertensas Crônicas/ Ambulatory Blood Pressure Monitoring: Comparison of the Blood Pressure Variability in Normotensive and Hypertensive Pregnant Women

Melo, Victor Hugo de; Saá, Lia Monserrath Flores
2000-05-01

Resumo em português Objetivos: observar o comportamento da pressão arterial entre gestantes normotensas e hipertensas, determinando a presença ou não da queda noturna, a adesão ao método e possíveis complicações. Métodos: monitorização ambulatorial da pressão arterial em dois momentos distintos da gravidez, em 17 gestantes normotensas e 14 hipertensas crônicas, todas atendidas no Hospital das Clínicas da UFMG. Utilizou-se o método oscilométrico para as comparações entre os (mais) grupos. Resultados: tanto as gestantes normotensas quanto as hipertensas apresentaram queda noturna da pressão arterial nos dois exames realizados. Notou-se também nos dois grupos incremento dos níveis pressóricos com o avanço da gravidez. As complicações do uso do aparelho foram insignificantes e não interferiram na porcentagem de adesão ao método, que foi de 100%. Conclusão: a monitorização ambulatorial da pressão arterial é útil na avaliação da variabilidade pressórica de gestantes normotensas e hipertensas, confirmando o gradual incremento da pressão arterial no decorrer da gravidez e a sua queda fisiológica noturna, independentemente dos níveis pressóricos maternos. Resumo em inglês Purpose: to observe the circadian pattern of blood pressure variation in normotensive and hypertensive pregnant women, assessing the occurrence of nocturnal blood pressure decrease, as well as the compliance with the method and possible complications. Methods: the blood pressure measurement was carried out in seventeen normotensive and fourteen hypertensive pregnant women at the Hospital das Clínicas of UFMG. Blood pressure was measured on two different occasions during (mais) gestation using the oscillometric technique to compare both groups. Results: in both groups nocturnal decrease in blood pressure as well as an increase in pressure levels was observed as pregnancy advanced. No significant complications were seen and they did not interfere with compliance which was 100%. Conclusions: the ambulatory blood pressure measurement is useful to evaluate pressure variation in normotensive and hypertensive pregnant women confirming the gradual increase in blood pressure throughout pregnancy and the nocturnal physiologic decrease which does not depend on maternal pressure levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Parâmetros da urofluxometria e do estudo fluxo/pressão em pacientes uroginecológicas/ Uroflowmetry and flow pressure study parameters in urogynecology patients

Oliveira, Emerson de; Bezerra, Leonardo Robson Pinheiro Sobreira; Araújo, Maíta Poli de; Takano, Cláudia Cristina; Castro, Rodrigo de Aquino; Sartori, Marair Gracio Ferreira; Baracat, Edmund Chada; Girão, Manoel João Batista Castello
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as taxas de fluxo no estudo urodinâmico (EUD) em pacientes com disfunção do trato urinário inferior e registrar os efeitos do diagnóstico final do EUD e da idade das pacientes sobre estas variáveis. MÉTODOS: Estudo retrospectivo que incluiu 205 mulheres. As pacientes foram divididas em três grupos: menos de 45 anos; entre 45 e 60 anos e mais que 60 anos. Estudamos os comportamentos dos fluxos máximo, médio e da pressão de abertura do detrusor (mais) (Padet) com o evoluir da idade. De forma semelhante, realizamos comparações das variáveis fluxos máximo e médio, Padet e vesical no fluxo máximo, consoante o diagnóstico final do EUD. RESULTADOS: Há forte declínio dos fluxos máximo, médio e da Padet com o evoluir da idade, sendo que a queda dos fluxos máximo e médio é significante quando comparamos as mulheres com mais de 65 anos (21,8 ml/s e 9,2 ml/s, respectivamente) com aquelas entre 45 e 60 anos (29 ml/s e 12,6 ml/s, respectivamente) e as demais (27,9 ml/s e 11,7 ml/s, respectivamente). Observamos redução significativa da Padet no grupo com mais de 60 anos (13,4 cmH2O) quando comparadas àquele com menos de 45 anos (21,2 cmH2O). A Padet teve redução significativa nas pacientes com incontinência urinária de esforço (IUE) associada a defeito esfincteriano (13,8 cmH2O) diagnosticados no EUD quando comparadas aquelas assintomáticas (20,7 cmH2O). CONCLUSÃO: Há diminuição das taxas de fluxo com o aumento da idade. Mulheres com IUE têm micção com menor Padet. Resumo em inglês OBJECTIVE: The purpose was to evaluate urine flow rates in an urodynamic study (US) of patients with symptoms of lower urinary tract dysfunction and to record effects of final urodynamic diagnosis and age on these variables. METHODS: Retrospective analysis of 205 women who had undergone urogynecological investigation. Patients were divided into three age groups: A ( 60 years). Comportment of urine flow rates and opening detrusor pres (mais) sure with increasing age were studied and resulting charts recorded. Comparison of maximum and average urine flow rates, opening detrusor pressure and detrusor pressure at the maximal flow according to final urodynamic diagnostic were also made. RESULTS: There was a decline of urine flow rates with increase of age, which was more significant between groups A X C and B X C. There was also a decline in opening detrusor pressure with aging, which was significant between groups A X C. When analyzing opening detrusor pressure according to final urodynamic diagnosis, a significant decline of this variable was observed in patients with urinary stress incontinence and intrinsic sphincter deficiency in relation to those who were asymptomatic. CONCLUSION: Urine flow rates decreased with age. Women with urinary stress incontinence and intrinsic sphincter deficiency void at a lower detrusor pressure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Facoemulsificação em cães, com e sem implante de lente intra-ocular em piggyback: estudo clínico da inflamação pós-operatória

Rodrigues, Geórgia N.; Clark, Rosana Maria O.; Ranzani, José Joaquim T.; Brandão, Cláudia Valéria S.; Cremonini, Daniela N.; Rodrigues, Antonio Carlos L.; Perri, Silvia Helena V.
2010-02-01

Resumo em português A uveíte peri e pós-operatória é o maior problema da cirurgia para extração de catarata no cão, sendo considerada o fator mais importante para o sucesso cirúrgico, imediato e tardio. Diversos protocolos pré e pós-operatórios utilizando agentes anti-inflamatórios esteroidais e não-esteroidais têm sido empregados na tentativa de controle da uveíte cirurgicamente induzida. O objetivo do presente estudo foi avaliar a reação inflamatória pós-operatória, cli (mais) nicamente e por meio da pressão intraocular (PIO), após a cirurgia de facoemulsificação para extração de catarata em cães, com e sem implante de lente intraocular (LIO) em piggyback. Empregaram-se, 25 cães portadores de catarata, subdivididos em dois grupos: G1 (com implante de LIO), G2 (sem implante de LIO). A técnica cirúrgica adotada foi a facoemulsificação bimanual unilateral. Avaliações clínicas e mensurações da PIO foram aferidas antes do procedimento cirúrgico (0) e nos tempos 3, 7, 14, 21, 28 e 60 dias após o ato cirúrgico. Cães do grupo G1 apresentaram sinais clínicos de uveíte visivelmente mais intensos, relativamente aos do G2. Entretanto, a PIO não demonstrou diferença significativa entre os dois grupos analisados, nem entre os olhos operados e os contralaterais. A utilização de duas LIOs humanas em piggyback no cão é exequível, porém suscita mais inflamação e complicações no pós-operatório. Resumo em inglês Perioperative and postoperative uveitis is the main problem in cataract surgery in dogs, affecting short-term and long-term postoperative success. Numerous therapeutic methods involving both steroidal and non-steroidal anti-inflammatory agents have been used to reduce surgically-induced uveitis. The purpose of this study was to investigate the postoperative inflammatory reaction and intraocular pressure after phacoemulsification surgery for cataract extraction with and wi (mais) thout intraocular piggyback lens (IOL) implantation in dogs. A total of 25 dogs were divided into two groups: Group 1 (with IOL implantation) and Group 2 (without IOL implantation). The performed surgical technique consisted of unilateral bimanual phaco-emulsification. Clinical assessment and intraocular pressure were measured before surgery (0) and at 3, 7, 14, 21, 28, 60 days after the surgery. Clinical assessment revealed inflammatory reaction more severe in dogs of G1 when compared to G2. Intraocular pressure did not differ significantly either between G1 and G2 or operated and non-operated eyes. Intraocular lens (IOL) implantation using piggyback technique with human IOL is a possible method to be performed in canine ophthalmology. However, nursing care is necessary as the the procedure induces inflammation and complications in the postoperative period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Registro de 24 horas da pressão arterial em tabagistas e não-tabagistas/ Twenty-four hour blood pressure record for smokers and nonsmokers

Morillo, Marcos Galan; Amato, Marisa Campos Moraes; Cendon Filha, Sonia Perez
2006-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o efeito do tabagismo sobre o comportamento da pressão arterial durante 24 horas, mediante análise dos parâmetros da monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA). MÉTODOS: Foram estudados 289 exames de MAPA de pacientes classificados como fumantes ou não-fumantes. Os parâmetros analisados foram: médias pressóricas sistólica e diastólica durante 24 horas, na vigília e no sono, descenso noturno sistólico e diastólico e cargas press (mais) óricas. De acordo com o uso ou não de medicação anti-hipertensiva, foram subdivididos em quatro grupos: 1A - com medicação, não-tabagistas; 1B - com medicação, tabagistas; 2A - sem medicação, não-tabagistas; e 2B - sem medicação, tabagistas. Foram descritas as variáveis por valores mínimo, máximo, mediana, média e desvio-padrão e foi feita a análise univariada, com comparação dos grupos de fumantes e não-fumantes. A análise multivariada selecionou as variáveis significativamente diferentes entre os grupos e o nível de significância adotado foi de 5%. RESULTADOS: As médias pressóricas sistólica e diastólica na vigília foram significativamente mais elevadas nos tabagistas, que usavam ou não medicação anti-hipertensiva. As médias pressóricas noturnas foram semelhantes entre tabagistas e não-tabagistas. As médias pressóricas sistólicas nas 24 horas foram significativamente mais elevadas nos tabagistas em uso ou não de medicação. O descenso noturno não diferiu entre os grupos. As cargas pressóricas foram significativamente mais elevadas nos tabagistas em todos os períodos, independentemente do uso de medicação. CONCLUSÃO: Tabagistas apresentam, durante a vigília, médias pressóricas, sistólicas e diastólicas maiores que os não-tabagistas, independentemente do uso de medicação anti-hipertensiva. Não há diferença no descenso noturno entre tabagistas e não-tabagistas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the effect of smoking on blood pressure trends during a 24-hour period, by analyzing the parameters of the ambulatory blood pressure monitoring (ABPM). METHODS: The results of 289 ABPM tests conducted on patients classified as smokers or nonsmokers were studied. The parameters analyzed were: mean 24-hour, daytime and nighttime systolic and diastolic blood pressure readings; nocturnal dipping of systolic and diastolic pressures and blood pressure loa (mais) d. The patients were classified in four groups according to whether or not they used antihypertensive medication: 1A - nonsmokers using medication; 1B - smokers using medication; 2A - nonsmokers not using medication; and 2B - smokers not using medication. Variables were expressed as minimum, maximum, median, mean and standard deviation values. Univariate analysis was used for comparing the smoking and nonsmoking groups. The significantly different variables from the groups were selected using multivariate analysis. The significance level adopted was 5%. RESULTS: Mean daytime systolic and diastolic blood pressures were significantly higher in the smokers, regardless of whether or not they used antihypertensive medication. Mean nocturnal blood pressure readings were similar between smokers and nonsmokers. Mean 24-hour systolic blood pressure readings were significantly higher in the smokers, regardless of whether or not they used antihypertensive medication. Nocturnal dipping was similar for all groups. Blood pressure loads were consistently and significantly higher in the smokers regardless of medication use. CONCLUSION: Mean daytime systolic and diastolic blood pressure readings were consistently higher in the smokers when compared to nonsmokers regardless of antihypertension medication use. Nocturnal dipping was similar for smokers and nonsmokers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

AVALIAÇÃO URODINÂMICA DE PACIENTES CHAGÁSICOS/ URODYNAMIC ASSESSEMENT IN PATIENTS WITH CHAGAS DISEASE

Rocha, J. N.; Suaid, H. J.; Martins, A. C. P.; Cologna, A. J.; Tucci Jr., S.; Gonçalves, M. A.
2001-01-01

Resumo em português No presente trabalho estudou-se a fisiologia urinária de pacientes com Doença de Chagas nas suas diversas formas. Grupo A (controle) com 21 indivíduos normais; Gupo B: 16 pacientes com sorologia positiva; Grupo C: com 16 pacientes com cardiopatia chagásica e Grupo D: 21 pacientes com esofagopatia e/ou megacolon chagásicos. Os resultados mostraram que não houve diferenças significantes (p > 0,05) entre os 4 grupos estudados para os parâmetros: capacidade cistométr (mais) ica, pressão de micção e fluxo urinário. Entretanto, houve diferenças significantes (p Resumo em inglês In this article we have studied the pathophysiology of the lower urinary tract of patients with chronic Chagas' disease: Control Group (A) with 21 normal individuals; Group (B) 16 patients with positive serum for T. cruzi; Group (C) 16 patients with Chagas' cardiophaty and Group (D) 21 patients with Chagas' megacolon or megaesophagus. Urodynamics did not show difference (p > 0,05) among all groups as long as the following parameters are concerned: cystometric bladder capa (mais) city, voiding pressure, and urinary flow. On the contrary, a significant difference (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Efeitos hemodinâmicos da sobrecarga ventricular direita aguda experimental/ Hemodynamic effects of experimental acute right ventricular overload

Brito Filho, Flávio; Campos, Kleber Nogueira de; Oliveira, Humberto Alves de; Fernandes, Josué; Silva, César Augusto Melo e; Gaio, Eduardo; Parra, Edwin Roger; Carvalho, Paulo Henrique Cândido de; Fernandes, Paulo Manoel Pêgo
2011-01-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A sobrecarga ventricular direita aguda está associada a situações clínicas de elevada morbimortalidade, tais como: ressecções pulmonares extensas, tromboembolismo pulmonar, transplante pulmonar e edema pulmonar das altitudes. Alguns pontos de sua fisiopatologia permanecem obscuros. OBJETIVO: Avaliar os efeitos hemodinâmicos da sobrecarga ventricular direita aguda experimental em suínos. MÉTODOS: A sobrecarga ventricular direita foi induzida pela oclus (mais) ão das artérias pulmonares através de ligaduras. Vinte porcos foram utilizados no estudo, sendo alocados em 04 grupos: um controle, não submetido à oclusão vascular pulmonar, e três de sobrecarga ventricular direita submetidos à oclusão das seguintes artérias pulmonares: SVD1 (artéria pulmonar esquerda); SVD2 (artéria pulmonar esquerda e do lobo inferior direito) e SVD3 (artéria pulmonar esquerda, do lobo inferior direito e do lobo mediastinal), obstruindo a vasculatura pulmonar em 42, 76 e 82,0% respectivamente. Variáveis de hemodinâmica foram medidas a cada 15 minutos durante a uma hora do estudo. Na análise estatística, foram utilizados ajustes de modelos lineares mistos com estrutura de variâncias e covariâncias. RESULTADOS: Nas comparações intergrupais, houve aumento significativo da frequência cardíaca (p = 0,004), pressão arterial pulmonar média (p = 0,001) e pressão capilar pulmonar (p Resumo em inglês BACKGROUND: Acute right ventricular overload is associated with high morbidity and mortality clinical situations such as: extensive lung resection, pulmonary thromboembolism, lung transplantation and high altitude pulmonary edema. Some points of its pathophysiology remain unclear. OBJECTIVE: To assess the hemodynamic effects of experimental acute right ventricular overload in pigs. METHODS: Right ventricular overload was induced through the occlusion of the pulmonary arte (mais) ries using ligationss. Twenty pigs were used in the study, divided into 04 groups: one control group not subject to pulmonary vascular occlusion, and three right ventricular overload groups subject to occlusion of the following pulmonary arteries: SVD1 (left pulmonary artery); SVD2 (left pulmonary artery and right lower lobe) and SVD3 (left pulmonary artery, right lower lobe and mediastinal lobe), obstructing the pulmonary vasculature in 42, 76 and 82.0% respectively. Hemodynamic variables were measured every 15 minutes during one hour of study. The statistical analysis employed mixed linear models with variance and covariance structures. RESULTS: Group comparisons revealed significant increases in heart rate (p = 0.004), mean pulmonary artery pressure (p = 0.001) and pulmonary capillary wedge pressure (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Influência do estado de treinamento sobre o comportamento da pressão arterial após uma sessão de exercícios com pesos em idosas hipertensas/ Influence of the training status on the blood pressure behavior after a resistance training session in hypertensive older females

Costa, João Bruno Yoshinaga; Gerage, Aline Mendes; Gonçalves, Cássio Gustavo Santana; Pina, Fábio Luiz Cheche; Polito, Marcos Doederlein
2010-04-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: São escassas as investigações envolvendo o efeito hipotensivo pós-esforço dos exercícios com pesos em idosos e hipertensos. OBJETIVO: Verificar o comportamento da pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM) após uma sessão de exercícios com pesos em idosas hipertensas treinadas e não treinadas. MÉTODOS: Participaram do estudo 15 mulheres (66 ± 4 anos; 63,9 ± 9,1kg; 1,6 ± 0,1m) divididas em grupo treinadas (GT; n = 6) e (mais) grupo não treinadas (GNT; n = 9). A amostra foi submetida aleatoriamente a uma sessão controle (SC), na qual permaneceram sentadas em repouso por 40 min e a uma sessão experimental (SE), realizando sete exercícios com pesos executados em duas séries de 10-15 repetições máximas. A pressão arterial foi verificada pelo método auscultatório após 10 min de repouso no período pré-exercício e em ciclos de 15 min durante 1h após o término da sessão. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças entre os grupos para as variáveis analisadas no período pré-exercício. A análise de variância para medidas repetidas identificou, no GT, PAS significativamente menor no 30º min após o exercício comparado com o repouso (P = 0,03) durante a SE e nenhuma diferença na SC. O GNT apresentou reduções na PAS (P Resumo em inglês BACKGROUND: There are few studies on post-resistance exercise hypotension in hypertensive older females. PURPOSE: To verify the acute systolic (SBP), diastolic (DBP), and mean arterial pressure (MAP) response after a resistance exercise session performed by hypertensive elderly subjects with and without experience in resistance training. METHODS: Fifteen elderly women (66 ± 4 yrs; 63.9 ± 9.1 kg; 1.6 ± 0.1 m) were divided in trained group (TG; n = 6) and non-trained gro (mais) up (NTG; n = 9). The sample performed a control session (CS - seated during 40 min) and experimental session (ES - seven resistance exercises; two sets; 10-15 RM). Blood pressure was assessed by auscultation after 10 min at rest (pre-exercise) and every 15 min during 60 min post-exercise. RESULTS: No difference was identified between groups at rest. The analysis of variance showed drop to SBP at 30 min after exercises (P = 0.03) in ES and no difference for CS. NTG showed drop to SBP (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Os efeitos da pressão positiva intermitente e do incentivador respiratório no pós-operatório de revascularização miocárdica/ The effects of intermittent positive pressure and incentive spirometry in the postoperative of myocardial revascularization

Romanini, Walmir; Muller, Andrea Pires; Carvalho, Katherine Athayde Teixeira de; Olandoski, Marcia; Faria-Neto, José Rocha; Mendes, Felipe Luiz; Sardetto, Evandro Antonio; Costa, Francisco Diniz Afonso da; Guarita-Souza, Luiz César
2007-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: As complicações pulmonares são causas freqüentes do aumento de morbi-mortalidade nos pacientes submetidos à cirurgia cardíaca. A fisioterapia respiratória tem auxiliado na recuperação destes pacientes. OBJETIVO: Analisar o efeito fisioterapêutico da aplicação da pressão positiva intermitente (RPPI) e do incentivador respiratório (IR) em pacientes submetidos a cirurgia de revascularização do miocárdio. MÉTODOS: Quarenta pacientes foram dividid (mais) os em dois grupos: um submetido à aplicação do RPPI (n=20) e o outro ao IR (n=20). Os pacientes foram avaliados nos momentos: pré-operatório, 24ª, 48ª e 72ª horas de pós-operatório, sendo aplicados os recursos no período pós-operatório. Analisaram-se os seguintes parâmetros: saturação de oxigênio (SpO2), freqüência respiratória (FR), volume minuto (VM), volume corrente (VC), pressão inspiratória máxima (Pi máx) e pressão expiratória máxima (Pe máx). RESULTADOS: Nas variáveis demográficas e clínicas os grupos foram considerados homogêneos. No grupo submetido à aplicação com o RPPI identificou-se aumento da SpO2 na 48ª (p=0,007) e na 72ª horas (p=0,0001) quando comparado ao grupo IR. Nos parâmetros: FR, VM e VC na comparação entre os grupos não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas. No grupo submetido ao IR a Pe máx na 24ª (p=0,02) e na 48ª (p=0,01) horas apresentaram um aumento significativo. CONCLUSÃO: Com o objetivo de reverter mais precocemente a hipoxemia, o RPPI mostrou-se mais eficiente em comparação ao IR; entretanto, para melhorar a força dos músculos respiratórios, o IR foi mais efetivo. Resumo em inglês BACKGROUND: Pulmonary complications are important causes of morbidity and fatalities among patients subject to cardiac surgery. The respiratory physiotherapy has been aiding in the recovery of these patient ones. OBJECTIVE: To evaluate the physiotherapeutic effect of intermittent positive pressure breathing (IPPB) and incentive spirometry (IS) in patients submitted to myocardial revascularization surgery. METHODS: Forty patients were divided in two groups: one was submitt (mais) ed to IPPB (n=20) and the other to IS (n=20). The patients were evaluated at the preoperative period and 24, 48 and 72 hours postoperatively, with the resources being applied in the postoperative period. The following parameters were analyzed: oxygen saturation (SpO2), respiratory frequency (RF), minute volume (MV), current volume (CV), maximum inspiratory pressure (Ip max) and maximum expiratory pressure (Ep max). RESULTS: The groups were considered homogeneous regarding the demographic and clinical variables. In the group submitted to IPPB, an increase in SpO2 was observed 48 (p=0.007) and 72 h (p=0.0001) after surgery, when compared to the IS group. As for the RF, MV and CV variables, there were no statistically significant differences between the groups. The group submitted to IS showed a significant increase in the Epmax 24 (p=0.02) and 48 (p=0.01) h after surgery. CONCLUSION: Aiming at reversing hypoxemia earlier, IPPB showed to be more efficient when compared to IS; however, IS was more effective in improving respiratory muscle strength.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Efeitos cardiovasculares da anestesia dissociativa na reposição volêmica com colóide e solução hipertônica em cães: avaliação biotelemétrica/ Cardiovascular effects of dissociative anesthesia in the volemic expansion with colloid and hypertonic solution in dogs: biotelemetric evaluation

Oleskovicz, N.; Moreno, J.C.D.; Guirro, E.C.P.; Valadão, C.A.A.; Fantoni, D.T.
2009-02-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos cardiovasculares por um período de 24 horas, após a administração de solução salina hipertônica (NaCl) 7,5% ou em associação ao hidroxietilamido 130/0,4 (HES), em cães com hipovolemia induzida e tratados com cetamina levógira ou racêmica. Após a indução da hipovolemia, administrou-se NaCl 7,5% (4mL/kg) no grupo hipertônica levógira (GHL) e no grupo hipertônica racêmica (GHR) ou HES 130/0,4 na mesma proporção de sangue retirado, (mais) associado a NaCl 7,5% (4mL/kg) no grupo hipertônica colóide levógira (GHCL) e no grupo hipertônica colóide racêmica (GHCR). Após 30 minutos, administrou-se por via intravenosa, cetamina levógira (CL; 5mg/kg) no GHL e GHCL ou cetamina racêmica (CR; 10mg/kg) no GHR e GHCR. A frequência cardíaca (FC) e a pressão arterial sistólica (PAS) foram menores após a hipovolemia e após a CR. A pressão arterial média (PAM) e a pressão arterial diastólica (PAD) foram menores após a hipovolemia e após a administração de CL e CR. Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos em relação à FC, PAS, PAM e PAD durante o período de mensuração por biotelemetria desde T210 até T1440. A administração de HES associado ao NaCl 7,5% propiciou restabelecimento imediato da PAM, a administração de NaCl 7,5% não restaurou a PAM em pacientes hipovolêmicos, a administração de CR ou CL produziu efeitos semelhantes e todos os tratamentos mantiveram estáveis as pressões arteriais e a FC por um período de até 24 horas. Resumo em inglês The cardiovascular effects were evaluated for a 24-hour period, after the administration of hypertonic solution (NaCl 7.5%) or in association with hidroxyethyl starch 130/0.4 (HES) in dogs under induced experimental hypovolemia and treated with racemic ketamine (RK) or S(+) ketamine (SK). After the hypovolemia induction, administration of NaCl 7.5% (4mL.kg-1) was performed in two groups named hypertonic S(+) (HSG) and hypertonic racemic (HRG), or NaCl 7.5% (4mL.kg-1) in a (mais) ssociation with HES, in the same ratio of removed blood, in two groups named hypertonic colloid S(+) (HCSG) and hypertonic colloid racemic (HCRG). After 30 minutes, SK (5mg.kg-1) was administered by intravenous injection in HSG and HCSG groups, or RK (10mg.kg-1) in HRG and HCRG groups. The heart rate (HR) and systolic arterial pressure (SAP) were lower after hypovolemia and RK. Mean (MAP) and diastolic arterial pressure (DAP) were reduced after hypovolemia and either SK or RK administration. Significant differences were not observed among the groups to HR, SAP, MAP, and DAP during the biotelemetry mensuration period, from T210 to T1440. HES associated with NaCl 7.5% administration propitiated immediate re-establishment of MAP. NaCl 7.5% administration did not restore MAP in hypovolemic patients. Either RK or SK administrations produced similar effects and all of the treatments maintained stable blood pressure and heart rate for a 24-hour period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Efeitos do uso da adrenalina na anestesia local odontológica em portador de coronariopatia/ Effects of epinephrine in local dental anesthesia in patients with coronary artery disease

Neves, Ricardo Simões; Neves, Itamara Lucia Itagiba; Giorgi, Dante Marcelo Artigas; Grupi, Cesar José; César, Luís Antonio Machado; Hueb, Whady; Grinberg, Max
2007-05-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A literatura é controversa no que se refere ao uso de vasoconstritores para anestesia local em cardiopatas, havendo preocupação com a indução de descompensação cardíaca. OBJETIVO: Avaliar parâmetros eletrocardiográficos e de pressão arterial durante procedimento odontológico restaurador sob anestesia local com e sem vasoconstritor em portadores de doença arterial coronária. MÉTODOS: Neste estudo foram avaliados 62 pacientes. As idades variaram d (mais) e 39 a 80 anos (média de 58,7 + 8,8) anos, sendo 51 pacientes (82,3%) do sexo masculino. Do total de pacientes, 30 foram randomizados para receber anestesia com lidocaína 2% com adrenalina (grupo LCA) e os demais para lidocaína 2% sem vasoconstritor (grupo LSA). Todos foram submetidos a monitorização ambulatorial da pressão arterial e eletrocardiografia dinâmica por 24 horas. Foram considerados três períodos: 1) basal (registros obtidos durante os 60 minutos que antecederam o procedimento); 2) procedimento (registros obtidos desde o início da anestesia até o final do procedimento) e 3) das 24 horas. RESULTADOS: Houve elevação da pressão arterial do período basal para o procedimento nos dois grupos quando analisados separadamente; quando confrontados, não apresentaram diferença entre si. A freqüência cardíaca não se alterou nos dois grupos. Depressão do segmento ST > 1 mm não ocorreu durante os períodos basal e procedimento. Arritmias em número superior a 10 por hora estiveram presentes durante o procedimento em sete pacientes (12,5%), sendo quatro (13,8%) do grupo que recebeu anestesia sem adrenalina e três (11,1%) do grupo com adrenalina. CONCLUSÃO: Não houve diferença em relação a comportamento da pressão arterial, freqüência cardíaca, evidência de isquemia e arritmias entre os grupos. O uso de vasoconstritor mostrou-se seguro dentro dos limites do estudo. Resumo em inglês BACKGROUND: The use of vasoconstrictors for local anesthesia in patients with coronary heart disease is controversial in the literature, and there is concern regarding risk of cardiac decompensation. OBJECTIVE: To evaluate electrocardiographic and blood pressure parameters during restorative dental procedure under local anesthesia with and without a vasoconstrictor in patients with coronary artery disease. METHODS: Sixty-two patients were included in the study, ages rangi (mais) ng from 39 to 80 (mean 58.7 ± 8.8), 51 (83.2%) of whom were male. Thirty patients were randomly assigned to receive 2% lidocaine with epinephrine (epinephrine group), and the remaining patients, 2% lidocaine without epinephrine (non-epinephrine group) for local anesthesia. All patients underwent 24-hour ambulatory blood pressure monitoring and dynamic electrocardiography. Three periods were considered in the study: 1) baseline - recordings obtained during the 60 minutes prior to the procedure; 2) procedure - recordings obtained from the beginning of anesthesia to the end of the procedure and 3) 24 hours. RESULTS: There was an increase in blood pressure in both groups during the procedure, compared with baseline values; but when the two groups were compared no significant difference was detected between them. Heart rate remained unchanged in both groups. No ST-segment depression > 1 mm occurred either at baseline or during the procedure. Seven patients (12.5%) experienced more than ten arrhythmia episodes per hour during the procedure, four (13.8%) in the non-epinephrine group and three (11.1%) in the epinephrine group. CONCLUSION: No difference was observed in blood pressure, heart rate, or evidence of ischemia and arrhythmias in either group. The use of vasoconstrictor has proved to be safe within the range of the present study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Anestesia peribulbar com ropivacaína como alternativa ao bloqueio neuromuscular para facectomia em cães/ Peribulbar anesthesia with ropivacaine as an alternative to neuromuscular blocking agents for cataract surgery in dogs

Oliva, V.N.L.S.; Andrade, A.L.; Bevilacqua, L.; Matsubara, L.M.; Perri, S.H.V.
2010-06-01

Resumo em português Desenvolveu-se uma técnica de bloqueio peribulbar comparando-a à técnica de anestesia oftálmica com bloqueio neuromuscular parcial em cães submetidos à facectomia extracapsular. Doze cães, de diferentes raças, foram alocados em dois grupos (G1 e G2) e anestesiados com acepromazina (0,05mg/kg, IV) e propofol (5mg/kg, IV) e mantidos com isofluorano sob ventilação espontânea. Os cães do G1 receberam o bloqueio peribulbar com ropivacaína 0,75%, e os do G2 o bloqu (mais) eio neuromuscular parcial com brometo de pancurônio (0,01mg/kg, IV). Utilizaram-se, como parâmetros comparativos, escores de posicionamento do globo ocular, controle do reflexo oculocardíaco e pressão intraocular (mmHg). Foi possível propor uma técnica eficaz para cães baseando-se na técnica de bloqueio peribulbar posterior realizada no homem. Em ambos os grupos, o globo ocular permaneceu centralizado. Não ocorreram alterações eletrocardiográficas atribuídas ao reflexo oculocardíaco. Houve redução significativa da pressão intraocular em G1 após o bloqueio (10,7±0,6 e 14,7±0,6). Conclui-se que o bloqueio peribulbar proporcionou condições cirúrgicas apropriadas para a realização da facectomia, com a vantagem de promover bloqueio sensitivo do olho. Resumo em inglês A peribulbar block technique was developed and its clinical efficacy was compared with neuromuscular blockade in dogs undergoing cataract surgery. Twelve dogs of different breeds were randomly and equally allocated in two groups. After given acepromazine (0.05mg/kg, IV), anesthesia was induced with propofol (5mg/kg, IV) and maintained with isoflurane in oxygen during spontaneous breathing. A peribulbar block with 0.75% ropivacaine was performed in G1 dogs while partial ne (mais) uromuscular blockade with pancuronium (0.01mg/kg IV) was provided in G2 dogs. Globe position scores, oculocardiac reflex, and intra-ocular pressure (mmHg) were evaluated at pre-defined intervals during surgery. Peribulbar blocks were successful performed according to posterior peribulbar block described in humans. In both groups, the globe was centralized and globe position scores did not differ between groups. The intra-ocular pressure was significantly lower in G1 after the block (10.7±0.6 vs 14.7±0.6). There were no electrocardiographycal changes attributed to the oculocardiac reflex. In conclusion, satisfactory surgical conditions were provided by the peribulbar block. This technique can be used as an alternative to the use of neuromuscular blocking agents in dogs undergoing cataract surgery, with the advantage of providing analgesia of the eye.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Avaliação manométrica do esôfago distal de coelhos submetidos a fundoplicatura total laparotômica e laparoscópica/ Manometric evaluation of distal esophagus of rabbits submitted to open and laparoscopic fundoplication

HENRY, Maria Aparecida Coelho de Arruda; MOTTA, Dino César Pereira da; SILVA, Rodrigo Altenfelder da
2002-04-01

Resumo em português Racional - A fundoplicatura total, procedimento empregado no tratamento da doença do refluxo gastroesofágico, pode ser realizada segundo duas técnicas de abordagem: laparotômica e laparoscópica. Objetivo - Analisar o esfíncter inferior do esôfago de coelhos submetidos a fundoplicatura total laparotômica e laparoscópica. Material e Métodos - Em 40 coelhos machos foram realizados estudos eletromanométricos do esôfago segundo a técnica de puxada intermitente da (mais) sonda e infusão contínua dos cateteres com água destilada. Estes estudos permitiram a análise de dois parâmetros: amplitude da pressão no esfíncter inferior do esôfago (mm Hg) e comprimento do esfíncter inferior do esôfago em condições basais (momento 1). Os 40 animais foram divididos em quatro grupos de 10, na dependência do procedimento cirúrgico realizado: grupo 1: fundoplicatura total laparotômica; grupo 2: laparotomia mediana e dissecção da transição gastroesofágica; grupo 3: fundoplicatura total laparoscópica; grupo 4: pneumoperitônio e dissecção da transição gastroesofágica. No momento 2 (1 semana após os procedimento cirúrgicos) foram realizados estudos eletromanométricos do esôfago em todos os animais. Resultados - Nos animais do grupo 1 (fundoplicatura laparotômica) e do grupo 3, foi observado aumento da amplitude da pressão e do comprimento do esfíncter inferior do esôfago. Naqueles dos grupos 2 e 4, não foi observada alteração da amplitude e do comprimento do esfíncter inferior do esôfago. Conclusões - A fundoplicatura interfere na barreira anti-refluxo gastroesofágica, tornando-a mais eficiente, uma vez que a pressão e o comprimento do esfíncter inferior do esôfago elevam-se no pós-operatório desta intervenção. Este efeito foi observado nas duas técnicas de abordagem estudadas, laparotômica e laparoscópica. Resumo em inglês Background - Total fundoplication used in gastroesophageal reflux treatment, may be performed according to two techniques: laparotomy and laparoscopy. Aim - To study the lower esophageal sphincter in rabbits submitted to open and laparoscopic fundoplication. Material and Methods - Electromanometry studies of esophagus were carried out in 40 male rabbits, through the pull trough technique and infusion of the catheters with distilled water. The pressure width (mm Hg) and th (mais) e length (cm) of the lower esophageal sphincter were measured in basal conditions (moment 1). The 40 animals were divided into four groups of 10 animals, according to the following surgical procedure: group 1: open total fundoplication; group 2: median laparotomy and dissection of gastroesophageal junction; group 3: laparoscopy total fundoplication; group 4: pneumoperitonium and dissection of the gastroesophageal junction. In moment 2 (1 week after the surgery) the manometry of the esophagus was performed in every animals. Results - In groups 1 (open fundoplication) and 3, an increase of pressure width and length of the lower esophageal sphincter was observed. In groups 2 and 4, the pressure width and length of the lower esophageal sphincter presented no significant alteration. Conclusions - The fundoplication affects the antireflux gastroesophagic barrier and it becomes more efficient, because the pressure and the length of the lower esophageal sphincter increased after the pos-operated step of the surgery. This effect was observed in the two studied techniques, the laparotomy and the laparoscopy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Remodelação miocárdica na sobrecarga crônica de pressão ou de volume no coração de ratos/ Myocardial remodeling in chronic pressure or volume overload in the rat heart

Matsubara, Luiz Shiguero; Narikawa, Silvia; Ferreira, Ana Lucia dos Anjos; Paiva, Sergio Alberto Rupp de; Zornoff, Leonardo Mamede; Matsubara, Beatriz Bojikian
2006-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar as alterações estruturais cardíacas em modelos experimentais de sobrecarga de pressão e de volume. MÉTODOS: Foram analisados ratos com hipertensão renovascular (HRV, n = 8), normotensos com sobrecarga de volume por fístula aortocava (FAV, n = 10) e animais controles (CONT, n = 8). Após quatro semanas, registrou-se a pressão arterial caudal (PAS) e obtiveram-se os pesos dos ventrículos direito (PVD) e esquerdo (PVE). Em cortes histológicos, fo (mais) ram medidas as áreas seccionais dos miócitos (AM), a espessura da parede do VE (E), o diâmetro da cavidade (DVE), a relação E/DVE, e a fração de colágeno (CVF). As comparações foram feitas pela ANOVA e teste de Tukey para nível de significância de 5%. RESULTADOS: A PAS (mmHg) foi maior no grupo HRV (HRV = 187 ± 22; CONT = 125 ± 10; FAV = 122 ± 6, p Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare cardiac structural changes in experimental pressure and volume overload models. METHODS: The study analysis included renovascular hypertensive rats (RVH, n=8), normotensive rats with volume overload caused by an aortocaval fistula (ACF, n=10) and control rats (CONT, n=8). After four weeks, tail cuff blood pressure (SBP) was recorded. Rats were killed, the hearts were excised and the right and left ventricles (RV&LV) were weighed (RVW&LVW). Using hist (mais) ological sections, myocyte cross sectional areas (MA). LV wall thickness (LVWT) LV cavity diameter (LVD), normalized LVWT (LVWT/LVD) and collagen volume fraction (CVF) were measured. The comparisons were made using the ANOVA and Tukey test for a significance level of 5%. RESULTS: Tail cuff blood pressure (mmHg) was higher in the RVH group (RVH = 187 ± 22; CONT = 125 ± 10; ACF = 122 ± 6, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Função da tuba auditiva em adultos com membrana timpânica íntegra/ Eustachian tube function in adults with intact tympanic membrane

Makibara, Renata Rumy; Fukunaga, Jackeline Yumi; Gil, Daniela
2010-06-01

Resumo em português A tuba auditiva tem a função de equalizar a pressão do meio externo com a orelha média, protegendo-a contra mudanças rápidas de pressão e auxiliar na drenagem da mesma. OBJETIVO: Comparar a função da tuba auditiva em adultos com e sem história de otite média e/ou infecções de via aérea superior sem perfuração de membrana timpânica. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizada a pesquisa da função tubária em 22 indivíduos com idades entre 18 e 55 anos, membrana t (mais) impânica íntegra, curva timpanométrica tipo A e sem histórico de cirurgias otológicas. Os pacientes foram divididos em Grupo controle e Grupo estudo (com passado otológico positivo). RESULTADO: No grupo estudo, 21,4% dos indivíduos apresentaram disfunção tubária, contra nenhum indivíduo do grupo controle. Não houve diferença estatisticamente significante para o lado da orelha acometida. Observamos maior porcentagem de homens (90,9%) com funcionamento normal da tuba auditiva em relação às mulheres (65%). CONCLUSÃO: A presença de histórico de infecções de orelha média, de rinite e/ou sinusite influenciou no funcionamento da tuba auditiva, sendo importante realizar a pesquisa da função tubária nestes indivíduos. Outros estudos para estabelecer um padrão de normalidade para cada condição do teste seriam importantes para a prática clínica e melhor entendimento das queixas destes indivíduos. Resumo em inglês The Eustachian tube has the function of equilibrating the environmental pressure with inner pressure, protecting the middle ear from abrupt pressure changes. AIM: To compare the Eustachian tube function in adults with and without history of otitis media and/or respiratory tract inflammation without tympanic membrane perforation. MATERIALS AND METHODS: The Eustachian tube function was evaluated in forty-two females and males of 18 to 55 years of age with intact tympanic me (mais) mbrane, tympanometric A curves and without historic of otological surgery. The patients (study group with past otological disease) were matched by a control group. The data was analyzed to compare the Eustachian tube function in both groups. RESULTS: In the study group, 21.4% of the persons presented dysfunction of the tube against 0% in the control group. There was no statistically significant difference considering the affected ear. We observed a higher percentage of men (90.9%) with normal functioning Eustachian tube in relation to women (65%). CONCLUSION: Middle ear infections, rhinitis and/or sinusitis influenced the Eustachian tube functioning. Therefore it is important to test its function in such individuals. Other studies are important to establish a standard of normality in each condition of the test and for a better understanding of these people's complaints.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Validação de metodologia para dosagem de porfirinas urinárias por cromatografia líquida de alta eficiência/ Validation of a high performance liquid chromatography method for quantification of urinary porphyrins

Alves, Atecla Nunciata Lopes; Burattini, Marcelo Nascimento; Sumita, Nairo Massakazu; Della Rosa, Henrique Vicente
2007-12-01

Resumo em português Porfirinas são produtos originados da biossíntese do heme. As enzimas envolvidas neste processo podem ter sua atividade inibida por fatores genéticos, adquiridos ou uma combinação de ambos, acarretando um aumento sérico do substrato correspondente que será eliminado pela urina. Considerando-se a importância do diagnóstico precoce nas alterações da biossíntese do heme, o objetivo deste trabalho foi desenvolver um método de cromatografia líquida de alta efici� (mais) �ncia (CLAE) com detecção por fluorescência, sensível o suficiente para identificar cinco frações de porfirinas urinárias: uroporfirina (8-carboxil porfirina), heptaporfirina (7-carboxil porfirina), hexaporfirina (6-carboxil porfirina), pentaporfirina (5-carboxil porfirina) e coproporfirina I e III (4- carboxil porfirinas). Métodos de extração por detecção espectrofotométrica não são sensíveis para este propósito. O cromatógrafo utilizado, da marca Shimadzu, é composto de duas bombas, injetor automático e detector de fluorescência (RF-535) com excitação de 400 nm e emissão de 620 nm. Foi utilizada uma coluna de fase reversa com um programa de gradiente linear. O método desenvolvido apresentou linearidade de 8,0 a 120,0 µg/L para as frações de interesse, demonstrando ser adequado na identificação e quantificação das porfirinas com diferentes grupos carboxílicos, importantes para o diagnóstico precoce e acompanhamento de porfirias. Resumo em inglês Porphyrins are products that originate from the heme biosyntetic pathway. Enzymes that take part in this route can have their activity inhibited due to inherited/acquired or both factors resulting in increased serum heme precursor that will be eliminated in urine. Considering the importance of early detection of heme biosynthesis alterations, the purpose of this study was to establish a high pressure liquid chromatographic (HPLC) method with fluorescence detection, to det (mais) ect five fractions of porphyrins: uroporphyrin (8-carboxyporphyrin), heptaporphyrin (7-carboxyporphyrin), hexaporphyrin (6-carboxyporphyrin), pentaporphyrin (5-carboxyporphyrin) and coproporphyrin I and III (4- carboxyporphyrin). Extraction methods with spectrophotometric detection are not sensitive enough for this purpose. The HPLC (Shimadzu Co., Kioto, Japan) was composed of two high-pressure pumps, auto-sampler and fluorescence detector (RF-535) with excitation at 400 nm and emission at 620 nm. The sample was eluted from a reversed-phase column with a linear gradient. The linearity of the method was from 8.0 to 120 µg/L for all fractions, proving its ablility to identify and quantify porphyrins with differents carboxylic groups for early diagnosis and follow-up of porphyrias.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Uso tópico da adrenalina em diferentes concentrações na cirurgia endoscópica nasal/ Topical use of adrenaline in different concentrations for endoscopic sinus surgery

Sarmento Junior, Krishnamurti Matos de Araujo; Tomita, Shiro; Kós, Arthur Octavio de Ávila
2009-04-01

Resumo em português A concentração ideal de adrenalina tópica a promover hemostasia adequada sem toxicidade ainda é motivo de controvérsia. OBJETIVO: Comparar soluções tópicas de adrenalina em diferentes concentrações. DESENHO DO ESTUDO: Prospectivo, duplo-cego, seleção aleatória. MATERIAIS E MÉTODOS: 49 pacientes submetidos à cirurgia endoscópica nasal, divididos em 3 grupos usando exclusivamente adrenalina tópica, nas concentrações de 1:2000, 1:10.000 e 1:50.000. Comparo (mais) u-se o tempo operatório, o sangramento, as concentrações plasmáticas de adrenalina e noradrenalina e a variação dos parâmetros cardiovasculares. RESULTADOS: O tempo operatório por procedimento foi menor no grupo que utilizou adrenalina 1:2000, assim como o sangramento (p Resumo em inglês The ideal adrenaline concentration remains unknown. AIM: Compare topical adrenaline solutions in different concentrations. STUDY DESIGN: Prospective, double blind, randomized trial. PATIENTS AND METHODS: 49 patients divided in 3 groups underwent endoscopic sinus surgery, using only topical solutions of adrenaline in different concentrations (1:2,000, 1:10,000 and 1:50,000). We compared the duration of surgery, intra-operative bleeding, plasmatic levels of catecholamines, (mais) hemodynamic parameters and changes in heart rhythm. RESULTS: Surgery time was shorter in the group using adrenaline 1:2,000, which also showed less bleeding in all evaluations (objective and subjective - p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Respostas cardiovasculares durante avaliação muscular isocinética em claudicantes/ Cardiovascular responses during isokinetic muscle assessment in claudicant patients

Câmara, Lucas Caseri; Ritti-Dias, Raphael Mendes; Forjaz, Claudia Lúcia de Moraes; Greve, Júlia Maria; Santarém, José Maria; Jacob-Filho, Wilson; Puech-Leão, Pedro; Wolosker, Nelson
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A dinamometria isocinética tem tido crescente importância para avaliação da função muscular em indivíduos com claudicação intermitente. No entanto, ainda há escassez de informações sobre as respostas cardiovasculares desses doentes durante este tipo de avaliação. OBJETIVO: Avaliar e comparar as respostas cardiovasculares na avaliação da força e resistência muscular de dois exercícios comumente utilizados para de pacientes com CI (flexão pla (mais) ntar/dorsiflexão e flexão/extensão de joelhos). MÉTODOS: Dezessete claudicantes com doença estável há pelo menos 6 meses compuseram a amostra avaliada no dinamômetro isocinético. Frequência cardíaca, pressão arterial e duplo produto foram mensurados não invasivamente em repouso e no pico do esforço, em protocolos específicos para avaliação de força e resistência muscular. RESULTADOS: Com exceção da pressão arterial diastólica, a frequência cardíaca, pressão arterial sistólica e o duplo produto aumentaram durante o exercício em comparação ao repouso (p Resumo em inglês BACKGROUND: Isokinetic dynamometry is becoming increasingly important for the assessment of muscle function in individuals with intermittent claudication. However, there is still little information available about the cardiovascular responses of these patients during this type of assessment. OBJECTIVE: To assess and compare the cardiovascular responses recorded during the assessment of muscle strength and endurance for two exercises commonly used in patients with IC (plan (mais) tar flexion/dorsiflexion and knee flexion/extension). METHODS: The sample consisted of 17 claudicant patients with stable disease for at least 6 months. During the isokinetic dynamometer testing, non-invasive measurements of heart rate, blood pressure and double product at rest and at peak exertion were obtained according to specific protocols established for muscle strength and endurance assessment. RESULTS: Except for diastolic blood pressure, heart rate, systolic blood pressure and double product values rose during the exercise compared to the resting stage (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Raça, genética & hipertensão: nova genética ou velha eugenia?/ Race, genetics, and hypertension: new genetics or old eugenics?

Josué, Laguardia
2005-08-01

Resumo em português As estatísticas relativas às condições de saúde de grupos humanos, classificados segundo um determinado recorte racial, são utilizadas para apoiar argumentos científicos que vinculam uma diferença fenotípica a uma essência biológica de raça. Os estudos epidemiológicos sobre hipertensão arterial ilustram a força das hipóteses genéticas na atribuição de um papel causal à raça. Tomando as explicações genéticas para a etiologia da hipertensão, busco, (mais) neste trabalho, apontar os pressupostos etiológicos que embasam os argumentos racializadores dessa patologia, as hipóteses alternativas presentes na literatura científica e os aspectos éticos implicados nesses estudos. Resumo em inglês Statistics on the health conditions of human groups have been classified according to racial group and then used to support scientific arguments linking a difference in phenotype to a biological essential of race. Epidemiological studies on high blood pressure illustrate the strength that genetic hypotheses can have in assigning a causative role to race. Taking these genetic explanations of the etiology of hypertension, I seek to identify: the etiological presuppositions (mais) grounding the arguments that racialize this pathology, the alternative hypotheses found in the scientific literature, and the ethical aspects implicit to such studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Medida da pressão arterial em crianças e adolescentes: recomendações das diretrizes de hipertensão arterial e prática médica atual/ Blood pressure measurement in children and adolescents: guidelines of high blood pressure recommendations and current clinical practice

Silva, Maria Alayde Mendonça da; Rivera, Ivan Romero; Souza, Maria Goretti Barbosa de; Carvalho, Antonio Carlos de Camargo
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar, em crianças e adolescentes (7 a 17 anos, rede pública e privada de ensino), a freqüência de indivíduos já submetidos à medida da pressão arterial (MPA), o número de vezes, os locais em que foi realizada a aferição e o resultado informado. MÉTODOS: Estudo transversal. Amostragem por conglomerados em 40 escolas, nível fundamental e médio, sorteadas. Cálculo da amostra baseado na prevalência esperada de HAS em crianças e adolescentes. (mais) Protocolo: questionário sobre realização prévia de MPA (em caso afirmativo, quantas vezes, quando foi a última medida, o local e o resultado da medida) e duas MPA. Variáveis independentes: sexo, faixa etária, classe econômica, escola pública ou privada. RESULTADOS: Amostra constituída de 1253 estudantes 1215 responderam ao questionário (97%) 531 do sexo masculino média de 12,4 ± 3 anos. Prevalência de HAS: 7,7% 348 estudantes (29%) já haviam medido a PA (54% 1 vez 35% 2 a 4 vezes 11% 5 ou mais) 53% há menos de 1 ano. Posto de Saúde, residência, hospital e consultório foram os locais mais mencionados (27%, 16%, 15% e 14%, respectivamente). Houve associação significante entre prévia MPA com faixa etária de 15 a 17 anos, classes econômicas A e B e ser estudante de escola privada. CONCLUSÃO: Apesar das recomendações, há baixa freqüência de MPA (29%) em crianças e adolescentes, demonstrando que a mesma não foi ainda incorporada na prática clínica. Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine, in a school-based sample of children and adolescents, aged from 7 to 17 years, of both gender, in public and private schools, the frequency of students already submitted to blood pressure measure. METHODS: A cross-sectional study was carried out, sampling from a population pool of elementary and middle schools, randomly selected. The sample was calculated based on the expected prevalence of hypertension for the age group. Data were collected throu (mais) gh a questionnaire. Blood pressure was measured twice and hypertension was defined as mean systolic and/or diastolic blood pressure over the 95th percentile. Independent variables studied: sex; age groups; economic status; public/private school. RESULTS: The final sample included 1253 students. The response rate was 97%: 1215 students; 531 males; mean age 12,4±3 years (236 from 7 to 9 years; 638 from 10 to 14 years; 341 from 15 to 17 years). Prevalence of hypertension was 7.7%; 348 students (29%) were already submitted to blood pressure measures (54% once; 35% 2 to 4 times; 11% 5 or more times). High economic status, private school and adolescent group were significantly associated to previous blood pressure measure. CONCLUSION: Despite of pediatric consensus statements and guidelines recommendations about importance of blood pressure measure at every examination after age 3 years, there is a very low frequency of this practice (29%) in children and adolescents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Efeitos da suplementação de potássio via sal de cozinha sobre a pressão arterial e a resistência à insulina em pacientes obesos hipertensos em uso de diuréticos/ Effects of potassium supplementation by salt on arterial blood pressure and insulin resistance in hypertensive obese patients on diuretic therapy

Pereira, Maria Alice de Gouveia; Galvão, Roberto; Zanella, Maria Teresa
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação de potássio, por intermédio do sal de cozinha contendo cloreto de potássio, associada à dieta hipocalórica e à atividade física aeróbica, sobre a pressão arterial e índices de resistência à insulina em pacientes hipertensos com obesidade abdominal. MÉTODOS: Estudo prospectivo duplo-cego, randomizado, em 22 pacientes hipertensos com excesso de peso (índice de massa corporal >27kg/m²) e controle insatisfatório (mais) da pressão arterial durante o uso de diuréticos pressão arterial sistólica >140 e 90 e Resumo em inglês OBJECTIVE: The objectives of the present study were to evaluate the effects of oral potassium supplementation, associated with a hypocaloric diet and aerobic exercises, on plasma potassium levels, blood pressure and insulin resistance, in centrally obese, not well controlled hypertensive patients on diuretic therapy; waist to hip ratio >0.85 in women, and >0.95 in men; systolic blood pressure >140mmHg and 90mmHg and (mais) ODS: This was a prospective double-blind randomized study including 22 patients divided in 2 groups: sodium chloride n=10, and potassium chloride n=12. For 12 weeks, each group received cooking salt containing, either 100% sodium chloride, or 50% sodium chloride and 50% potassium chloride. All patients were submitted to a hypocaloric diet and advised to increase their physical activity; a 40-minute walk three times a week. Before and after the study period, all patients were submitted to determinations of body mass index, body composition, waist circumference, sodium and potassium urinary excretions, sodium and potassium serum levels, 24h ambulatory blood pressure monitoring, oral glucose tolerance test with serum insulin measurements at fasting and 120 minutes after glucose load, and serum lipid profile. RESULTS: In both groups, no changes were observed in serum sodium and potassium levels, in blood glucose and insulin levels, insulin resistance indexes and serum lipid profile. The body mass index decreased similarly in both groups; 3.5±2.0% in sodium Chloride, and 2.7±3.2% in Potassium Chloride, as well as 24 h systolic ambulatory blood pressure monitoring mean; from 134.7 ±14.8 to 130.2±12.6mmHg (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Efeito do tempo após a ingestão de leite sobre o equilíbrio ácido-básico de bezerros/ Effect of the time after milk feeding on the acid-base balance of calves

Lisbôa, J.A.N.; Benesi, F.J.; Leal, M.L.R.; Teixeira, C.M.C.
2003-12-01

Resumo em inglês Blood pH, carbon dioxide and oxygen partial pressures, bicarbonate, total carbon dioxide, base excess, standard bicarbonate and oxygen saturation concentrations were measured by blood gas analyses in a study of assessment of the acid-base status in young calves. Venous blood samples were taken from 80 healthy female Holstein calves, from four to 30 days of age. The calves were divided in two groups based on the interval between the morning milk feeding and the blood sampl (mais) e collection (up to 30 minutes or over two hours). Greater alkali reserve and higher carbon dioxide pressure values were observed later than 2h after milk feeding, supporting the influence of the diet on the acid-base balance of calves during the milk feeding phase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Comparação do perfil lipídico, pressão arterial e aspectos nutricionais em adolescentes, filhos de hipertensos e de normotensos/ Comparison of the lipid profile, blood pressure, and dietary habits of adolescents and children descended from hypertensive and normotensive individuals

Elias, Maria Cristina; Bolívar, Max Samuel Mattos; Fonseca, Francisco Antonio Helfenstein; Martinez, Tania Leme da Rocha; Angelini, Japy; Ferreira, Celso; Kasinski, Nelson; de Paola, Angelo Amato Vincenzo; Carvalho, Antonio Carlos Camargo
2004-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a pressão arterial, o perfil lipídico, o consumo alimentar e dados antropométricos em adolescentes com ou sem antecedente familiar de hipertensão arterial. MÉTODOS: Foram avaliados 43 adolescentes de ambos os sexos, na faixa etária entre 11 a 18 anos, sendo 20 filhos de hipertensos e 23 de normotensos e examinados: a pressão arterial, o consumo alimentar, dados antropométricos, o perfil lipídico e o resultado da orientação dietética (America (mais) n Heart Association). RESULTADOS: Os filhos dos hipertensos mostraram maiores valores basais de pressão arterial sistólica (109 ± 3 vs. 99 ± 2 mm Hg, p=0,01) e diastólica (68 ± 2 vs. 62 ± 2 mm Hg, p=0,04), da relação CT/HDL-c (4,1 ± 0,3 vs. 3,2 ± 0,2, p Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare blood pressure, lipid profile, food intake, and anthropometric data of adolescents with or without a familial history of hypertension. METHODS: Forty-three adolescents from both sexes were assessed, with ages ranging from 11 to 18 years old. Twenty had hypertensive parents, and 23 had normotensive parents. The following variables were examined: blood pressure, food intake, anthropometric data, lipid profile, and the results of following dietary guide (mais) lines (American Heart Association). RESULTS: The offspring of hypertensive parents had greater baseline systolic blood pressure (109 ± 3 vs. 99 ± 2 mm Hg, P=0.01), diastolic blood pressure (68 ± 2 vs. 62 ± 2 mm Hg, p=0.04), greater TC/HDL-C ratio (4.1 ± 0.3 vs. 3.2 ± 0.2, P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Avaliação quanto à presença de microalbuminúria e hiperfiltração glomerular no estágio de tolerância à glicose diminuída/ Microalbuminuria, glomerular hyperfiltration, and impaired glucose tolerance

Cruz, Ney de Souza; Sartori, Maria Salete; Santos, Maria Luiza dos; Aragon, Flávio Ferrari; Padovani, Carlos Roberto; Pimenta, Walkyria de Paula
2003-04-01

Resumo em português Na fase de tolerância à glicose diminuída (TGD) já estão presentes vários distúrbios metabólicos característicos do diabetes mellitus tipo 2 e fatores de risco que predispõem à vasculopatia. Nosso objetivo foi o de verificar se indivíduos de nossa população, com TGD e normotensos, apresentam elevação da excreção urinária de albumina (EUA) e da depuração de creatinina (D Cr). Teste oral de tolerância à glicose padrão com dosagem de insulina foi real (mais) izado, classificando os participantes em dois grupos: com TGD e com tolerância à glicose normal (TGN). Urina do período noturno foi utilizada para a determinação da EUA (imunoturbidimetria) e da D Cr. Os dois grupos não diferiram quanto à EUA e à D Cr. A freqüência de microalbuminúria foi de 21,1 e 3,3%, respectivamente, para os grupos com TGD e TGN (NS). Concluímos que, nesta amostra da população brasileira, indivíduos com TGD, normotensos e com resistência à insulina não apresentaram microalbuminúria e hiperfiltração glomerular. Resumo em inglês In the impaired glucose tolerance (IGT) phase, there are already several characteristic metabolic abnormalities and risk factors in type 2 diabetes mellitus, which predispose them to develop vasculopathy. We looked for increased urinary albumin excretion (UAE) and creatinine clearance (C Cr) in Brazilians with IGT and normal blood pressure. The standard oral glucose tolerance test with plasma insulin was performed to classify participants into two groups: IGT and normal g (mais) lucose tolerance (NGT). Overnight urine collection was used to assess the UAE (immunoturbidimetry) and C Cr. No differences were observed between the groups in regarding UAE and C Cr. The frequency of microalbuminuria was 21.1 and 3.3% for the IGT and NGT groups, respectively (NS). In conclusion, Brazilians with IGT, normal blood pressure and insulin resistance did not present microalbuminuria or glomerular hyperfiltration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Avaliação do pico de pressão e da frequência respiratória durante o uso de balão autoinflável por socorristas do Corpo de Bombeiros em um modelo de pulmão neonatal pré-termo/ Evaluation of peak inspiratory pressure and respiratory rate during ventilation of a preterm infant lung model with a self-inflating bag by paramedics of the Fire Department

Zaconeta, Carlos Alberto M.; Borges, Maria Beatriz S.; Souza, Diógenes Vilas B.; Marques, Monique Gonçalves
2010-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o pico de pressão inspiratória e a frequência ventilatória obtidos por socorristas do Corpo de Bombeiros com a utilização de balão autoinflável em modelo de pulmão neonatal pré-termo. MÉTODOS: Estudo observacional descritivo incluindo 31 voluntários dentre 68 socorristas convidados, componentes de duas turmas do Programa de Capacitação Continuada do Corpo de Bombeiros. Durante três minutos, os socorristas ventilaram um simulador analógico (mais) de pulmão neonatal pré-termo, utilizando balão autoinflável de tamanho neonatal. Foram captados os picos de pressão inspiratória e a frequência respiratória por meio de um pneumotacógrafo e um monitor gráfico de ventilação. Os dados eram gravados e posteriormente analisados. RESULTADOS: A média do pico de pressão foi de 14,6±8,2cmH2O, sendo menor que 20 em 77,4% das vezes, maior que 40 em 3,2% das vezes, e entre 20 e 40cmH2O em 19,4% das vezes. A média da frequência ventilatória foi de 38,3±10,3 ciclos por minuto, sendo menor que 40 em 51,6% das vezes e entre 40 e 60 ciclos por minuto em 48,4% das vezes; em nenhuma das vezes a pressão atingiu 60 ciclos por minuto. CONCLUSÕES: Os socorristas, na maioria das vezes, não atingiram o nível mínimo desejado de pressão de ventilação e frequência respiratória recomendados em protocolos internacionais durante a ventilação pulmonar neonatal com o balão autoinflável Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the peak inspiratory pressure and the ventilation rate obtained by paramedics of the Fire Department of Brasília, Brazil, when using a neonatal self-inflating bag on a preterm lung model. METHODS: Descriptive observational study including 31 volunteers, from 68 paramedics invited, who were components of two groups of the Fire Department's Continuous Training Program. For three minutes, the paramedics ventilated an analogical simulator of preterm in (mais) fant lung using a neonatal self-inflating bag. The peak inspiratory pressure and the respiratory rate were captured by a pneumotachograph and a graphical monitor of ventilation. Data were recorded and analyzed. RESULTS: Mean peak pressures in cmH2O for test lung were 14.6±8.2, being less than 20 in 77.4% of the analyzed pressure curves, more than 40 in 3.2%, and between 20 and 40cmH2O in 19.4% of the curves. Mean ventilation rates were 38.3±10.3 cycles per minute, being less than 40 in 51.6% of the analyzed pressure curves, more than 60 in zero, and between 40 and 60 in 48.4%. In no occasion the pressure reached 60 cycles per minute. CONCLUSIONS: The paramedics, most of the time, did not achieve the advised minimum level of ventilation pressure and ventilation rates recommended by international guide lines during ventilation of a neonatal lung model with a self-inflating bag

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Aplicação da ventilação não-invasiva em insuficiência respiratória aguda após cirurgia cardiovascular/ Application of noninvasive ventilation in acute respiratory failure after cardiovascular surgery

Coimbra, Vera Regina de Morais; Lara, Rodrigo de Almeida; Flores, Ériko Gonçalves; Nozawa, Emília; Auler Júnior, José Octávio Costa; Feltrim, Maria Ignez Zanetti
2007-11-01

Resumo em português OBJETIVOS: Verificar as respostas ventilatória, de oxigenação e hemodinâmica de pacientes com insuficiência respiratória aguda (IResp) hipoxêmica submetidos a aplicação de ventilação mecânica não-invasiva (VMNI) no pós-operatório de cirurgia cardiovascular, buscando variáveis preditoras de sucesso, e comparar as diferentes modalidades de VMNI. MÉTODOS: No total, 70 pacientes com IResp hipoxêmica foram randomizados em uma das três modalidades de VMNI: pr (mais) essão positiva contínua em vias aéreas (CPAP) e ventilação com dois níveis pressóricos (PEEP + PS e BiPAP®). Foram analisadas variáveis ventilatórias, de oxigenação e hemodinâmicas nos períodos pré-aplicação, 3, 6 e 12 horas após iniciado o protocolo. RESULTADOS: Foram excluídos 13 pacientes. Dos pacientes restantes, 31 evoluíram para independência do suporte ventilatório, constituindo o grupo sucesso, e 26 necessitaram de intubação orotraqueal, sendo considerados insucesso. Idade e níveis iniciais de freqüência cardíaca (FC) e de freqüência respiratória (FR) apresentaram valores elevados no grupo insucesso (p = 0,042, 0,029 e 0,002, respectivamente). O grupo insucesso apresentou maior número de intercorrências intra-operatórias (p = 0,025). As variáveis de oxigenação elevaram-se somente no grupo sucesso. Dentre as modalidades de VMNI, evoluíram como sucesso 57,9% dos pacientes no grupo ventilador, 57,9% no bi-nível e 47,3% no CPAP. Variáveis de oxigenação e FR apresentaram melhora somente nos grupos com dois níveis pressóricos. CONCLUSÃO: Pacientes com IResp hipoxêmica no pós-operatório de cirurgia cardiovascular apresentaram melhora da oxigenação, da FR e da FC durante a aplicação de VMNI. Em pacientes mais idosos e com valores iniciais de FR e de FC mais elevados, a VMNI não foi suficiente para reverter o quadro de IResp. Modalidades com dois níveis pressóricos apresentaram resultados superiores. Resumo em inglês OBJECTIVE: To examine ventilatory response, oxygenation-related, and hemodynamics of patients with hypoxemic acute respiratory failure (ARF) submitted to noninvasive mechanical ventilation (NIV) during the postoperative phase of cardiovascular surgery in order to identify predictive variables of success, and to compare the different types of NIV. METHODS: Seventy patients with hypoxemic ARF were randomized to one of three modalities of NIV - continuous positive airway pre (mais) ssure (CPAP) and ventilation with two pressure levels (PEEP + SP and BiPAP®). Ventilation, oxygenation-related, and hemodynamics variables were analyzed at pre-application, and 3, 6, and 12 hours after the protocol began. RESULTS: Thirteen patients were excluded. Thirty-one patients progressed to independence from ventilatory support and comprised the success group, and 26 required orotracheal intubation and were considered the nonsuccess group. Age, initial heart rate (HR), and respiratory rate (RR) showed elevated levels in the nonsuccess group (p=0.042, 0.029, and 0.002, respectively). A greater number of intraoperative complications were seen in the nonsuccess group (p=0.025). Oxygenation variables increased only in the success group. Among the NIV types, 57.9% of patients in the ventilator group, 57.9% in the two-pressure levels group, and 47.3% in the CPAP group progressed with success. Oxygenation and RR variables showed improvement only in the groups with two pressure levels. CONCLUSION: Patients with hypoxemic ARF in the postoperative stage after cardiovascular surgery showed better oxygenation, RR, and HR during NIV application. In older patients and those with higher baseline RR and HR values, NIV was not sufficient to reverse ARF. The two-pressure level modes showed better results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

A hipertensão arterial sob o olhar de uma população carente: estudo exploratório a partir dos conhecimentos, atitudes e práticas/ High blood pressure from the perspective of a low-income population: an exploratory study of knowledge, attitudes, and practices

Lima, Márcia Theophilo; Bucher, Julia Sursis N. Ferro; Lima, José Wellington de Oliveira
2004-08-01

Resumo em português Este trabalho investiga conhecimentos, atitudes e comportamentos para hipertensão arterial entre adultos de uma comunidade de baixa renda, situada em Caucaia, Ceará, Brasil, e as razões que norteiam as suas atitudes com relação aos fatores de risco comportamentais ­ tabagismo, hábito de ingerir bebidas alcoólicas, ingestão de sal e gorduras na dieta e a prática de exercícios físicos. Foram entrevistadas 228 pessoas, utilizando um questionário estruturado e (mais) feitos 13 grupos focais de discussão para aprofundar as atitudes manifestadas. Os achados revelam que as razões norteadoras dos comportamentos e atitudes investigadas estão ligadas a emoções, a questões sociais e econômicas. As mudanças comportamentais representam o abandono de alguns prazeres para pessoas que lutam para sobreviver em condições de vida de pobreza. Viver em situação de pobreza interfere nas possibilidades de mudança de comportamentos. Resumo em inglês Knowledge, attitudes, and behaviors related to high blood pressure among adults in a low-income community in Caucaia, Ceará, Brazil, as well as factors influencing their attitudes toward behavioral risk factors (smoking, alcohol consumption, salt and fat consumption, and lack of physical exercise) were studied. A total of 228 individuals were interviewed using a structured interview protocol. Thirteen focus groups provided a more in-depth analysis of attitudes. According (mais) to the findings, the reasons behind behaviors and attitudes are linked to emotions and socioeconomic issues. Behavioral changes involve giving up certain pleasures, for people who are struggling to survive in living conditions imposed by poverty. Living in poverty interferes with the possibility of behavioral change.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

A hipertensão arterial sob o olhar de uma população carente: estudo exploratório a partir dos conhecimentos, atitudes e práticas/ High blood pressure from the perspective of a low-income population: an exploratory study of knowledge, attitudes, and practices

Lima, Márcia Theophilo; Bucher, Julia Sursis N. Ferro; Lima, José Wellington de Oliveira
2004-08-01

Resumo em português Este trabalho investiga conhecimentos, atitudes e comportamentos para hipertensão arterial entre adultos de uma comunidade de baixa renda, situada em Caucaia, Ceará, Brasil, e as razões que norteiam as suas atitudes com relação aos fatores de risco comportamentais ­ tabagismo, hábito de ingerir bebidas alcoólicas, ingestão de sal e gorduras na dieta e a prática de exercícios físicos. Foram entrevistadas 228 pessoas, utilizando um questionário estruturado e (mais) feitos 13 grupos focais de discussão para aprofundar as atitudes manifestadas. Os achados revelam que as razões norteadoras dos comportamentos e atitudes investigadas estão ligadas a emoções, a questões sociais e econômicas. As mudanças comportamentais representam o abandono de alguns prazeres para pessoas que lutam para sobreviver em condições de vida de pobreza. Viver em situação de pobreza interfere nas possibilidades de mudança de comportamentos. Resumo em inglês Knowledge, attitudes, and behaviors related to high blood pressure among adults in a low-income community in Caucaia, Ceará, Brazil, as well as factors influencing their attitudes toward behavioral risk factors (smoking, alcohol consumption, salt and fat consumption, and lack of physical exercise) were studied. A total of 228 individuals were interviewed using a structured interview protocol. Thirteen focus groups provided a more in-depth analysis of attitudes. According (mais) to the findings, the reasons behind behaviors and attitudes are linked to emotions and socioeconomic issues. Behavioral changes involve giving up certain pleasures, for people who are struggling to survive in living conditions imposed by poverty. Living in poverty interferes with the possibility of behavioral change.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)