Sample records for preferred orientation
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 6 shown.



1

Sistema de porosidade do solo numa topossequência Luvissolo-Solonetz no Sul de Portugal/ Pore space characteristics in a Luvisol-Solonetz toposequence in Southern Portugal

Monteiro, F.; Madeira, M.; Marcelino, V.; Sousa, E.
2007-07-01

Resumo em português Os solos com propriedades estágnicas que ocorrem no Alentejo caracterizam-se por apresentar baixa porosidade. O estudo duma toposequência típica revelou, para além disso, que o sistema poral diferia significativamente com a posição dos pédones na encosta. No pédone de topo, o horizonte Ap1 mostrou-se mais poroso do que o Ap2, mas com uma distribuição semelhante dos vazios 30500 µm. Inversamente, no pédone de sopé, o volume poral dos horizon (mais) tes Ap1 e Ap2 equivalia-se mas, neste último, tal como nos Bt, os poros >500µm eram escassos. Os horizontes Bt, muito fechados e com um volume poral total idêntico ao longo da encosta, diferiam entre si no tipo e padrão de orientação dos respectivos vazios, sendo os poros aplanados mais frequentes e maiores no pédone de topo. Não foram encontrados padrões consistentes de orientação preferencial dos poros que sugiram compactação do solo e justifiquem a diminuta porosidade dos pédones estudados e a sua muito reduzida “porosidade de condução”, as quais se podem explicar pela sodicidade e baixo teor de C orgânico dos mesmos. Resumo em inglês Soils with stagnic properties occurring in Alentejo commonly have low porosity. The study of a typical soil toposequence, showed that soil pore features were significantly different amongst summit and foot/toe slope pedons. In the summit pedon the Ap1 horizon was more porous than the Ap2, both exhibiting similar void distribution patterns. Conversely, the Ap1 and Ap2 horizons of the footslope pedon had a similar pore space volume, but pores with diameter larger than 500 � (mais) �m were less important in the later. Pore space volume of Bt horizons was low whatever the slope position of pedons. However, they differ significantly in terms of void type and orientation patterns. No preferred orientation patterns were found in soil voids that could be related with soil compaction, being their low porosity, namely their low “conductive” porosity, not attributable to soil compaction. Those features can instead be due to the sodicity and/or the low organic C of these soils.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

A importância dos aspectos éticos e psicológicos na abordagem do intersexo/ Importance of ethical and psychological features in the intersex management

Spinola-Castro, Angela Maria
2005-02-01

Resumo em português A história das condutas na intersexualidade passou por diferentes períodos ao longo do tempo, sendo o mais importante a era cirúrgica. A condição de ser homem ou mulher era considerada como não sendo inata, mas "apreendida" e sujeita a influências culturais e ambientais. Assim, a conduta preferencial e sistemática era pela criação no sexo feminino, posto que do ponto de vista cirúrgico, seria mais fácil construir uma vagina do que um pênis com funcionalidade (mais) sexual futura. Na década de 90, vários outros aspectos começaram a ser considerados, como as questões éticas, ficando evidente a importância da exposição fetal aos andrógenos, os fatores ambientais, culturais e, mais recentemente, do cérebro como órgão endócrino. Passou-se a tentar entender a existência de um amplo espectro entre as identidades masculina e feminina, assim como em relação à forma como o indivíduo conduz seu comportamento sexual na sociedade. Ainda discute-se o aspecto cirúrgico, no sentido de determinar qual o momento ideal para realizar os procedimentos necessários à adequação de acordo com o gênero, e quais os principais aspectos éticos envolvidos. Atualmente, vive-se em um momento mais complexo, onde, trabalhando em equipes multidisciplinares com as famílias, busca-se oferecer uma orientação psicossocial adequada para os pacientes com intersexualidade orgânica, mas ainda não se sabe, com segurança, como atingir esse objetivo. Resumo em inglês The treatment of intersex disorders has passed through different historical periods. The most important was the age of surgery, during which the dominant concept was that at birth the brain would be adaptable, psychosexually neutral and gender identity the result of educational and social processes. Thus, the preferred and systematic treatment was towards female assignment because from the surgical point of view it was technically more feasible the construction of a vagin (mais) a than a penis with future normal function. During the 90’s various other aspects began to be considered, mainly ethical questions. It became evident the importance of prenatal exposition to androgens, the various environmental and cultural factors related to sexuality and more recently the recognition of the brain as an endocrine organ. It is now quite clear the existence of a wide spectrum of sexual identities as well as the different ways individuals conduct their social sexual behavior. Surgical procedures are still discussed, especially with the purpose to determine the best moment to be performed and in the context of some ethical aspects involved. Today the moment is more complex. The work is done with families by multidisciplinary teams in order to offer a more adequate psychosocial orientation to intersex patients, but all the steps on how to achieve those aims are not known yet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

O terceiro sexo revisitado: a homossexualidade no Archives of Sexual Behavior/ Third sex revisited: homosexuality in the Archives of Sexual Behavior

Nucci, Marina Fisher; Russo, Jane Araújo
2009-01-01

Resumo em português Uma das primeiras teorias científicas sobre a homossexualidade é a ideia de "terceiro sexo", desenvolvida na segunda metade do século XIX, em que o homossexual era visto como possuidor de uma "alma feminina em um corpo masculino". Com o objetivo de analisar se e como determinadas teorias contemporâneas sobre a homossexualidade se articulam à ideia de "terceiro sexo", foi feito um levantamento de 211 artigos sobre homossexualidade, publicados no periódico Archives of (mais) Sexual Behavior entre 1971 e 2006. Os artigos foram divididos em cinco categorias: Psicológicos, Biomédicos, Sociológicos/Culturais, HIV e Outros. Analisamos dois grupos de artigos da categoria Biomédicos. O primeiro grupo analisado engloba pesquisas que procuram estabelecer uma relação entre homossexualidade na vida adulta e "comportamento atípico" em crianças (como meninas preferirem bolas a bonecas e vice-versa). No segundo grupo de artigos, os pesquisadores buscam por diferenças anatômicas entre homossexuais e heterossexuais (como a proporção do comprimento dos dedos, ou o tamanho do pênis), que seriam indicadores de "níveis anormais" de hormônios pré-natais, responsáveis pela lateralização cerebral, que por sua vez definiria a orientação sexual. Concluímos que ambos os grupos de artigos estão calcados numa visão da heterossexualidade como característica distintiva de gênero, que aproxima, de um lado, o homem homossexual às mulheres heterossexuais e, do outro, as mulheres homossexuais aos homens heterossexuais. Este tipo de raciocínio possui grande similaridade com a teoria do "terceiro sexo"; entretanto, noções mais vagas ou metafísicas - como "alma" ou "mente" - são substituídas agora por outra mais concreta e física - o cérebro. Resumo em inglês One of the first scientific theories about homosexuality is the "Third sex" theory, developed in late 1900's. According to this theory, the homosexual male had a "female soul in a male body". With the aim of analyzing if and how contemporary theories about homosexuality are related to the idea of the "Third sex", we reviewed 211 papers about homosexuality, published in the Archives of Sexual Behavior from 1971 to 2006. The papers were classified in five categories: Psycho (mais) logical, Biomedical, Sociological/Cultural, HIV and Others. We analyzed two groups of papers included in the "Biomedical" category. The first group encompasses studies that try to establish a relationship between homosexuality in adulthood and "atypical gender behavior" in childhood (for instance, how girls preferred balls instead of dolls and vice-versa). In the second group, the studies searched for anatomic differences between homosexual and heterosexual individuals (such as length of the fingers and of the penis) that would indicate "abnormal levels" of pre-natal hormones, these being responsible for the cerebral lateralization that defines sexual orientation. We concluded that both groups of papers are based on a view of heterosexuality as a distinctive characteristic of gender that links homosexual males to heterosexual females and vice versa. This type of approach has great similarity with the 19th century theory of the "Third sex"; however, vague and metaphysical concepts, such as "soul" and "mind", have been replaced by more concrete and physical concepts such as "brain".

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

O debate sobre a homossexualidade mediado por representações sociais: perspectivas homossexuais e heterossexuais/ The debate on homosexuality mediated by social representations: homosexual and heterosexual perspectives

Scardua, Anderson; Souza Filho, Edson Alves de
2006-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi estudar as representações sociais da homossexualidade entre estudantes universitários, segundo orientação sexual e sexo. Foram aplicadas uma questão de associação livre sobre a palavra homossexualidade e outra sobre as possíveis causas da mesma, sendo os dados analisados segundo os princípios da análise de conteúdo. Houve diferenças significativas entre os grupos, possibilitando-nos encontrar diferentes maneiras de se compreender (mais) /lidar com a homossexualidade e enfrentar preconceitos/discriminações. Os homens homossexuais, procuraram justificar/legitimar publicamente (direitos, liberdade) a homossexualidade com o argumento/representação de que ela é incontrolável/natural, enquanto as mulheres homossexuais preferiram construir e aperfeiçoar contratos de interação no plano interpessoal (família, namoro) para obter reconhecimento social. Já os homens e mulheres heterossexuais, referindo-se muito à normatização e outros conteúdos que reforçam as convenções sociais indicaram menos possibilidade de reconhecimento da homossexualidade. Resumo em inglês The objective of this work was to study the social representations of homosexuality among college students, according to sexual orientation and sex. One free association question about the word homosexuality and another about is possible causes were answered. The data was analyzed according to the principles of content analysis. There were significant differences among the groups, allowing us to find out different ways of understanding/dealing with homosexuality and facin (mais) g prejudice/discrimination. The homosexual men publicly justified/legitimated (rights, freedom) homosexuality with the argument/representation that it is uncontrollable/natural, while the homosexual women preferred to build and improve interaction agreements on the interpersonal level (family, love affair) to obtain social recognition. Yet the heterosexual men and women, with many references to normality and others contents that reinforce the social conventions, pointed out less possibility of recognition towards homosexuality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Mastigação e dietas alimentares para redução de peso/ Mastication and diets for weight reduction

Apolinário, Roberta Menegheli Cardoso; Moares, Rachel Batista de; Motta, Andréa Rodrigues
2008-01-01

Resumo em português OBJETIVO: conhecer as orientações sobre mastigação fornecida por acadêmicos de Nutrição a pacientes submetidos à dieta para redução de peso e verificar os padrões mastigatórios de indivíduos que tenham recebido tais orientações. MÉTODOS: aplicação de questionário a 30 acadêmicos sobre as orientações ministradas no caso de perda de peso e de protocolo de avaliação da mastigação em 30 pacientes em dieta alimentar. Os dados foram coletados em três (mais) clínicas escolas da Grande Vitória e analisados por meio do Teste exato de Fisher a um nível de significância de 5%. RESULTADOS: dentre os acadêmicos 83,3% realizam freqüentemente orientação sobre mastigação, sendo que 60,0% sobre velocidade/número de ciclos mastigatórios. Todos os casos atendidos são orientados por 63,3% dos pesquisados e 93,3% acreditam na influência da mastigação na redução de peso, sendo para 73,3% decorrente do alcance da saciedade. Quanto aos encaminhamentos para o fonoaudiólogo 96,7% nunca realizaram, tendo 53,3% deixado de informar o motivo. Com relação aos pacientes verificou-se adequação da mastigação, tendo, entretanto 50,0% apresentado estado de conservação dentária ruim; 79,8% preferência por mastigação unilateral e 50% partido o alimento com a mão. Em todos os casos os pacientes receberam as orientações no início do tratamento, sendo que apenas 46,7% as colocam sempre em prática. Nenhuma associação estatística apresentou valor significante. CONCLUSÃO: a maioria dos acadêmicos de Nutrição realiza orientações sobre o processo mastigatório. Quanto aos pacientes, verificou-se a adequação do processo mastigatório, apesar da grande maioria partir o alimento com a mão e preferir um dos lados para mastigar. Resumo em inglês PURPOSE: to know the orientations about mastication provided by students from Nutrition course to the patients submitted to a weight reduction diet and to check the masticatory standards of those who have received the orientations. METHODS: two methods were used, the first one: 30 forms were applied to the students of Nutrition course in order to know the orientations they provided to the patients; and, the second one: the protocol of evaluation mastication applied in the (mais) 30 patients who were under an alimentary diet. Data has been collected in three academic clinics of the metropolitan area of Vitoria, and were analyzed through the accurate Test of Fisher to a 5% significance level. RESULTS: among academics, 83.3% frequently carry through orientations on mastication, being 60% on speed/number of masticatory cycles. All cases are oriented by 63.3% of the students and 93.3% believe in the influence of the mastication in the weight reduction, and 73.3% think that it can be reached by all society. Considering the indication to the speech therapists, 96.7% said they never do that, in this group, 53.3% did not explain why they act so. Considering the patients, the adequate chew was verified, although 50.0% of them had bad dental conservation; 79.7% preferred unilateral mastication and 50.0% use bare hands to handle the meals. In all the cases the patients had received orientation at the beginning of the treatment, and only 46.7% really practice the guidance. No statistics association showed any significant value. CONCLUSION: the majority of the Nutrition students oriented their patients about the masticatory process. Considering the patients, they practice the correct masticatory process, although the majority uses bare hands to handle food and prefer one of the side of the mouth for mastication.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de exercícios físicos em academias/ Use of nutritional supplements by subjects enrolled in physical fitness programs

Rocha, Luciene Pereira da; Pereira, Maria Vanessa Lott
1998-06-01

Resumo em português Este trabalho teve por objetivo verificar o consumo de suplementos em indivíduos praticantes de exercícios físicos em academias de Niterói e São Gonçalo (RJ). O grupo de estudo (GE) constituiu-se de 160 indivíduos (10 por academia), selecionados ao acaso e que responderam a um questionário. As academias foram escolhidas de acordo com a localização e receptividade para a realização do levantamento. Verificou-se que 51 indivíduos (32%) faziam uso de algum tipo (mais) de suplemento e 109 não (68%). O grupo de usuários de suplementos compunha-se por indivíduos entre 20 e 30 anos, sendo 35 do sexo masculino e 16 do feminino; 17 praticantes de musculação, 15 de ginástica, 10 de várias modalidades e 9 de ginástica e musculação. Vinte oito pessoas usavam um tipo de suplemento e 23 mais de um, sendo que dois indivíduos usavam seis tipos diferentes. Os praticantes de musculação usavam preferentemente aminoácidos e proteínas, além de produtos de composição mista, bem como "energéticos" e "estimulantes". Os praticantes de ginástica usavam mais suplementos deste último tipo, além de vitaminas e minerais. Os praticantes de ginástica associada à musculação e várias modalidades usavam praticamente todos os tipos de suplemento. A maioria dos usuários consumia suplementos diariamente (82,3%) sendo a dose variada, muitos relatando o uso recomendado no rótulo. Trinta e dois participantes relataram que receberam orientação para o consumo dos suplementos. As autoras discutem os resultados encontrados e apresentam uma breve revisão sobre os efeitos do uso de suplementos para a melhoria da saúde ou do desempenho físico. Resumo em inglês This is a survey on the use of nutritional supplements by subjects enrolled in physical fitness schools in Niterói and São Gonçalo (RJ). The study group had 160 subjects (10 for school), selected at random, who answered a questionnaire. Schools were chosen occording to localization and receptivity to answering the questions. The results showed that 51 subjects (32%) were using some kind of supplement and 109 were not (68%). The supplement user group (SUG) was compounde (mais) d by subjects between the ages of 20 and 30 years, 35 men and 16 women, 17 of them engaged in strength physical exercise, 15 in gymnastics, 9 in both and 10 in various types of physical exercises. The SUG had 28 subjects who were using one kind of supplement and 23 that were using two or more; two subjects used six types of supplements. The subjects undergoing strength physical exercise preferred to use not only amino acids and protein supplements, but also "energizing products" and "stimulants". The subjects enrolled in gymnastics preferred the latter products, but used vitamins and minerals too. The others used all sorts of supplements. Many subjects (82.3%) of the SUG used the supplements daily at different doses. Thirty-two subjects related that they had received orientation in the use of supplements. The authors discuss the results presented and make a short review of the effects of supplements on physical performance and health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)