Sample records for mannose
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 11 shown.



1

Manose na alimentação de leitões na fase de creche (desempenho, pH de do trato gastrintestinal e peso dos órgãos)/ Mannose in piglets feeding in the nursery phase: (performance, pH of the gastrointestinal and weight of the organ)

Santos, Wilams Gomes dos; Filgueiras, Eduardo Pinto; Bertechini, Antônio Gilberto; Fialho, Elias Tadeu; Lima, José Augusto de Freitas; Brito, Maria Aparecida Vasconcelos de Paiva
2003-06-01

Resumo em português Objetivou-se com o presente trabalho avaliar a utilização de manose como promotor de crescimento em dietas de suínos na fase de creche em alternativa ao uso de antibióticos. Avaliaram-se o desempenho, peso absoluto e relativo do fígado, pâncreas e baço, pH do conteúdo do estômago e ceco. Foram utilizados 160 leitões desmamados aos 21 dias de idade, sendo 80 machos castrados e 80 fêmeas, com peso médio de 6,2 kg (± 0,986 kg), em delineamento experimental em bl (mais) ocos ao acaso com cinco tratamentos, oito blocos e quatro leitões por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de cinco rações, sendo uma com 25 ppm do antibiótico colistina (controle) e quatro rações com níveis crescentes de manose (0%; 0,02%; 0,10%; e 0,20%). As rações foram isonutrientes com 20% de PB e 3500 kcal de ED/kg de ração e foram formuladas para atender às exigências dos leitões nessa fase. Observou-se que os tratamentos não influenciaram (P>0,05) o ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar e pH do conteúdo do estômago e do ceco, o mesmo ocorrendo com o peso absoluto e relativo do fígado, pâncreas e baço. Conclui-se que a inclusão de manose como promotor de crescimento às rações de leitões na fase de creche não melhorou o desempenho e não influenciou o peso dos órgãos e o pH do conteúdo do estômago e do ceco. Resumo em inglês The present work was designed to evaluate the use of mannose as a growth-promoting additive for swine in nursery phase as an alternative to the use of antibiotics. The performance, relative weight of the liver, pancreas and spleen, pH of the stomach and cecum contents were evaluated. A hundred sixty (160) weaned piglets were utilized at 21 days old, 80 being castrated males and 80 females, weighing, on average, 6.2 kg (±0.986 kg) in an experimental randomized block desig (mais) n with five replicates, eight blocks and four piglets per experimental unit. The treatments consisted of five rations, one of the rations containing 25ppm of the antibiotic colistin (control) and four rations with growing levels of mannose (0 %; 0.02%; 0.10% and 0.20%). The diets were isonutrient with 20% of CP and 3.500 kcal of DE/kg of ration, they were formulated to meet the piglets’ requirements in this phase. It was found that the treatments did not influence (P>0.05) gain weight, feed intake and feed conversion and pH of the stomach and cecum content. The same occurring with the absolute and relative weight of the liver, pancreas and spleen. It follows that the inclusion of mannose as a growth-promoting additive to the piglet diets in the nursery phase did not improve performance and did not influence the weight of the organs and pH of the stomach and cecum contents.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Efeito da utilização de oligossacarídeo manose e acidificantes sobre o desempenho de coelhos em crescimento/ Effect of the utilization of oligosaccharide mannose and acidifiers on growing rabbits performance

Scapinello, Claudio; Faria, Haroldo Garcia de; Furlan, Antônio Claudio; Michelan, Andrea Cristiane
2001-07-01

Resumo em português Foi conduzido um experimento com o objetivo de se determinar os efeitos da adição às rações de ácido fumárico, Oligossacarídeo manose (BIO-MOS®), acidificante (ACID-ALL®) e a combinação de oligossacarídeo com acidificantes sobre o desempenho de coelhos em crescimento. Foram utilizados 100 coelhos da raça Nova Zelândia Branco, 50 machos e 50 fêmeas, de 39 a 75 dias de idade, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado com cinco tr (mais) atamentos e 10 repetições e dois animais por unidade experimental. Considerando-se os períodos analisados 39-50 dias de idade e 39-75 dias, nenhuma das características de desempenho estudada foi afetada pela adição de oligossacarídeo, acidificantes ou a combinação de ambos. Resumo em inglês A trial was carried out to verify the effects of the addition of fumaric acid, oligosaccharide mannose (BIO-MOS®), acidifiers (ACID-ALL® ) and oligosaccharide + acidifiers in diets growing rabbits on performance. One hundred NZW rabbits, 50 males and 50 females from 39 to 75 days old, distributed in a randomized experimental design with five treatments, 10 replications and two animals by experimental unit. In the period from 39-50 and 39-75 days of experiment none of th (mais) ese performance characteristics was affected by inclusion of oligosaccharide mannose, acidifiers and oligosaccharide +acidifiers did not influence the performance of growing rabbits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Mobilização de reservas em sementes de Apuleia leiocarpa (Vogel) J.F. Macbr. (garapa) durante a embebição/ Seed reserve mobilization of Apuleia leiocarpa (Vogel) J.F. Macbr. (garapa) during imbibition

Pontes, Claudia Aparecida; Borges, Eduardo Euclydes de Lima e; Borges, Rita de Cassia Gonçalves; Soares, Carlos Pedro Boechat
2002-10-01

Resumo em português Quantificou-se a mobilização de reservas no eixo embrionário, nos cotilédones e no tegumento de sementes de Apuleia leiocarpa (garapa), durante a germinação. Os resultados mostram que houve aumento significativo das reservas de amido, ácido esteárico e proteína nos cotilédones durante o processo de embebição. Por outro lado, no embrião houve aumento significativo somente nos teores de manose, enquanto as reservas dos ácidos graxos mirístico, palmítico, est (mais) eárico, oléico e linoléico decresceram significativamente. Os teores de manose e galactose aumentaram significativamente no tegumento. Com exceção do ácido láurico, todos os demais não foram detectados após 48 horas de embebição. Resumo em inglês The mobilization of reserves was quantified in the embryonic axis, cotyledons and tegument of seeds of Apuleia leiocarpa (garapa) during imbibition. The results show that there was a significant increase in the contents of starch, estearic acid and protein in the cotyledons during the imbibition process. On the other hand, there was only a significant manose content increase in the embryo while the reserves of fatty acids mirístic, palmitic, estearic, oleic and linoleic (mais) decreased significantly. Mannose and galactose contents increased significantly in the tegument. Except for the lauric acid, all others were not detected after 48 hours of imbibition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Potencial tecnológico do galactomanano de sementes de faveiro (Dimorphandra mollis) para uso na indústria de alimentos/ Seeds of faveiro (Dimorphandra mollis) as a potential source of galactomannan for the food industry

PANEGASSI, Valéria Regina; SERRA, Gil Eduardo; BUCKERIDGE, Marcos Silveira
2000-12-01

Resumo em português A utilização de gomas de sementes tem trazido muitos benefícios à indústria de alimentos, melhorando as propriedades dos produtos, principalmente pelo seu poder espessante, estabilizante e geleificante. Gomas obtidas a partir do endosperma de sementes de leguminosas são compostas por manose e galactose (galactomanano). A partir da trituração e posterior peneiramento das sementes de faveiro (Dimorphandra mollis), espécie brasileira que ocorre com alta freqüência (mais) nos cerrados e caatinga, foi obtido um extrato rico em galactomanano (83,2%) com proporção manose:galactose 2,7. Esses parâmetros são comparáveis aos obtidos para os galactomananos de uso consagrado em formulações de alimentos, tais como a goma guar com 78-82% de rendimento e razão manose galactose igual a 2 e a goma locusta com 88% de rendimento e razão manose:galactose igual a 4. Ensaios biológicos demonstraram que a goma do faveiro é considerada praticamente atóxica. Esses resultados sugerem que a goma de Dimorphandra mollis apresenta potencial para ser utilizada em formulações de alimentos. Além disso, como é espécie já utilizada para a extração de rutina e também espécie de larga ocorrência em ecossistemas de grande importância tais como o Cerrado e a Caatinga, sua exploração poderia ser feita de forma ecologicamente sustentável. Resumo em inglês The use of seed gums has brought a lot of benefits to the food industry, improving their properties primarily for their ability of thickening, stabilising and gelling. The gums obtained from the endosperm of legume seeds are composed of mannose and galactose in different proportions. Using a procedure of grinding and milling, an extract rich in galactomannan (83.2%), with a mannose:galactose ratio of 2.7, was obtained from faveiro (Dimorphandra mollis), which is a Brazili (mais) an species native to the savannah and caatinga environments. The yield and composition obtained were comparable to the commercially exploited gums of guar (yield=78-82% and ratio=2) and carob (yield=88% and ratio=4). Biological assays showed that the gum from faveiro is practically atoxic. These results suggest that the gum from Dimorphandra mollis has a potential for industrial applications in the food industry. As this species is already used in Brazil for extraction of phenolic compounds and as it is of large occurrence in the savannah and caatinga ecosystems, its exploitation might be performed in a sustainable fashion with low environmental impact.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Análise de sistemas gene marcador/ agente seletivo alternativos para seleção positiva de embriões somáticos transgênicos de mamoeiro/ Analysis of marker gene/ selective agent systems alternatives to positive selection of transgenic papaya (Carica papaya L.) Somatic embryos

SOUZA JÚNIOR, M. T.; VENTUROLI, M. F.; COELHO, M. C. F.; RECH FILHO, E. L.
2001-01-01

Resumo em português Questões relacionadas à biossegurança de organismos geneticamente modificados e à percepção pública destes têm levado as instituições envolvidas no desenvolvimento comercial de plantas transgênicas a abandonarem o uso de genes marcadores que conferem resistência a antibióticos. O desenvolvimento de mamoeiros (Carica papaya L.) transgênicos tem sido baseado, até o momento, no uso de um único gene marcador, o gene npt II, que confere resistência a antibiót (mais) icos como canamicina e neomicina. O presente estudo objetivou avaliar os sistemas alternativos manA/ manose e bar/ PPT como sistemas gene marcador/ agente seletivo para a variedade ‘Sunrise’ de mamoeiro. O desenvolvimento de embriões somáticos secundários a partir de embriões primários foi avaliado em meio de indução de embriogênese suplementado com manose e/ou sacarose. Concentrações variando entre 0,1 e 120 g/l de manose foram testadas como única fonte de carbono, ou em combinação com sacarose. O desenvolvimento de embriões somáticos secundários a partir dos primários em meio suplementado com até 120 g.L-1 de manose, como única fonte de carbono, demonstrou que este sistema não é passível de uso no desenvolvimento de mamoeiros transgênicos. Quanto ao sistema bar/ PPT, avaliou-se o desenvolvimento de embriões somáticos primários e secundários em meio suplementado com concentrações de PPT variando de zero a 150 miM. Não foi observado desenvolvimento de embriões em meio suplementado com concentração igual ou superior a 125 miM, o que sugere o uso desta concentração para a seleção de embriões transgênicos de mamoeiro. Resumo em inglês Questions relative to biosafety and public perception of genetically modified organisms have taken those involved on the development of transgenic plants to a phase out on the use of antibiotic resistance marker genes. The development of transgenic papayas (Carica papaya L.) has been based so far on the use of one only marker gene, the npt II gene, which confers resistance to antibiotics such as kanamycin and neomycin. The present study aimed to evaluate the systems manA/ (mais) mannose and bar/ PPT as alternatives marker gene/ selective agent systems to be used on the development of transgenic ‘Sunrise’ papayas. Therefore, the development of secondary somatic embryos from primary ones was evaluated on embryogenesis induction medium supplemented with mannose and/or sucrose. Mannose concentration ranging from 0.1 to 120 g.L-1 were tested as sole carbon source, or in conjunction with sucrose. The development of secondary somatic embryos on medium supplement with up to 120 g/l, as sole carbon source, demonstrated that this system is not applicable for the development of transgenic papayas. When evaluating the bar/ PPT system, the development of primary and secondary somatic embryos was checked for on medium supplement with zero to 150 muM of PPT. No somatic embryos developed on medium supplemented with PPT at 125 muM or more, what suggests the use of this concentration for the in vitro selection of transgenic papaya embryos.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Extração e caracterização da galactomanana de sementes de caesalpinia pulcherrima/ Extraction and characterization of the galactomannan from the seeds of Caesalpinia pulcherrima

Azero, Edwin G.; Andrade, Cristina T.
1999-06-01

Resumo em português A galactomanana de sementes de Caesalpinia pulcherrima foi extraída em água e purificada, com rendimento de 25 %. A razão D-manose/D-galactose, M/G = 3,1, viscosidade intrínseca, [h] = 11,2 dL/g (em água a 298 K), e a massa molar viscosimétrica média, ou = 1,7 x 10(6), foram determinadas. A variação da viscosidade específica sob taxa de cisalhamento zero, hsp0, em função d (mais) o parâmetro de sobreposição, C[h], mostrou dependências de hsp0 a (C[h])1,1 e de hsp0 a (C[h])4,2, nos regimes diluído e concentrado, respectivamente. A correlação entre as propriedades reológicas sob cisalhamento contínuo e dinâmico obedeceram satisfatoriamente ao princípio de Cox-Merz. Resumo em inglês The galactomannan from the seeds of Caesalpinia pulcherrima was extracted in water and obtained in 25 % yield, after purification. The D-mannose to D-galactose ratio, M/G = 3.1, the intrinsic viscosity, [h] = 11.2 dL/g (in water and 298K), and the viscosity-average molar mass, or = 1.7 x 10(6), were determined. The dependence of the specific viscosity at zero shear rate, hsp0, on the c (mais) oil overlap parameter, C[h], showed slopes of 1.1 and 4.2 for the dilute and concentrated regimes, respectively. The Cox-Merz rule was followed satisfactorily by solutions submitted to steady and dynamic flows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Diferenças nas propriedades adesivas de Staphylococcus saprophyticus a células HEp-2 e eritrócitos/ Differences on the adhesive property of Staphylococcus saprophyticus to HEp-2 cells and erythrocytes

Milagres, Lucimar Gonçalves; Melles, Carmo E.A.
1992-08-01

Resumo em português S. saprophyticus é freqüentemente isolado de infecções do trato urinário de mulheres jovens e sexualmente ativas. Ao contrário de S. aureus, esta espécie não possui fatores de virulência bem definidos. O objetivo deste estudo é analisar a aderência de S. saprophyticus a células HEp-2 e eritrócitos de carneiro. As amostras foram isoladas a partir da urina de pacientes com infecção urinária. Foram realizados testes de hemaglutinação, aderência a células (mais) HEp-2 e a capacidade de carboidratos específicos inibirem as interações entre estes tipos celulares e S. saprophyticus. A maioria das cepas se mostrou hemaglutinante e sensível a inibição da hemaglutinação pela manose (100mM). Foram verificados altos níveis de aderência às células HEp-2. As diferenças em especificidade e nível de aderência do microrganismo a células de HEp-2 e eritrócitos sugerem a participação de diferentes adesinas nos processos de interações celulares. Resumo em inglês S. saprophyticus has been frequently isolated from urinary tract infections in young women. In contrast with S. aureus, no defined virulence factors have been recognized for the coagulase negative Staphylococcus species. The objective this study was to analyze the adherence of S. saprophyticus to HEp-2 cells and sheep erythrocytes. The sample were isolated from urine of patients with urinary infection. Hemagglutination, adherence to HEp-2 cells tests and inhibition by spe (mais) cific carbohydrates of the interactions between these cells were analyzed. Most of the strains were hemagglutinanting whose properties was inhibited by mannose (100mM). There was a high adherence level to HEp-2 cells. The differences in specificity and attachment level noted in this study suggest that multiple adhesins are involved in the mechanism of cellular interaction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Biopolímero produzido a partir da cana-de-áçucar para cicatrização cutânea/ Sugar cane biopolymer in cutaneous healing

Coelho, Maria Cristina de Oliveira Cardoso; Carrazoni, Patrícia Gallindo; Monteiro, Vanda Lúcia da Cunha; Melo, Francisco de Assis Dutra; Mota, Rinaldo Aparecido; Tenório Filho, Fernando
2002-01-01

Resumo em português Um polissacarídeo extracelular foi produzido por via microbiológica, através da bactéria ZSP isolada no Laboratório de Microbiologia Industrial da Estação Experimental de Cana-de-Açúcar do Carpina/UFRPE, apresentando excepcional capacidade de processo. Os principais monossacarídeos presentes na fração solúvel foram glicose (87,6%), xilose (8,6%), manose (0,8%), ribose (1,7%), galactose (0,1%), arabinose (0,4%) e o ácido glucurônico (0,8%). Devido ao alto í (mais) ndice de traumatismos que acomete os animais domésticos e a busca por alternativas simples, econômicas e capazes de proporcionar condições ideais para cicatrização, foram realizados os testes com o biopolímero produzido a partir da cana-de-açúcar em animais portadores de feridas cutâneas, a fim de avaliar a reepitelização. Observou-se o aumento do tecido de granulação, controle da infecção e diminuição do tempo de cicatrização, permitindo concluir que o biopolímero contribui para o processo cicatricial, podendo ser utilizado em feridas cutâneas. Resumo em inglês An extracelular polysaccharide was produced through microbiology, using the ZSP bacteria isolated in the Industrial Microbiological Laboratory of the Sugar cane Experimental Station at Carpina/UFRPE, Pernambuco, Brazil, presenting exceptional process capacity. The principal monosaccharides present in the ¹soluble fraction were glucose (87.6%), xylose (8.6%), mannose (0.8%), ribose (1.7%), galactose (0.1%), arabinose (0.4%) and the glucuronic acid (0.8%). Due to the high (mais) rate of injuries that occur with domestic animals and the search for simple, economical alternatives that would be capable of giving ideal conditions for the healing process, extensive testing was done with the biopolymer produced by sugar cane in animals that had cutaneous wounds, so as to evaluate the reepitelization process. It was observed from the testing results that there was better skin granulation, better infection control, and less healing time, which allowed the conclusion that the biopolymer contributed favorabably in the healing process, and could be used in cutaneous injuries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Caracterização física, físico-química, enzimática e de parede celular em diferentes estádios de desenvolvimento da fruta de figueira/ Physical, chemico-physical, enzymatic and cell wall charazterization during the different development stages of the fig tree fruits

Gonçalves, Carlos Antonio A.; Lima, Luiz Carlos de O.; Lopes, Paulo Sérgio N.; Prado, Mônica Elisabeth T.
2006-03-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a caracterização física, físico-química, enzimática e de parede celular, durante os diferentes estádios de desenvolvimento dos frutos da figueira sob irrigação, no norte de Minas Gerais, o presente trabalho foi desenvolvido durante o ciclo de produção 2001/2002, na Unidade de Produção Frutícola da Escola Agrotécnica Federal de Salinas (Eafsal), município de Salinas. Utilizaram-se, neste experimento, plantas com dois anos e meio de (mais) idade após o transplantio e com 12 ramos primários (pernadas), bem desenvolvidos e espaçamento de 2,5x1,5 m. O delineamento aplicado foi inteiramente casualizado, com duas repetições e um total de 40 plantas marcadas. Os dados coletados foram referentes ao ciclo de produção 2001/2002, para as plantas podadas em junho. Avaliou-se, durante os diferentes estádios de desenvolvimento dos frutos da figueira, a atividade enzimática, composição química, avaliações físicas, açúcares neutros e compostos de parede celular. À medida que a atividade de polifenoloxidase e peroxidase foi diminuindo, a atividade da poligalacturonase aumentou, no decorrer do desenvolvimento dos frutos. Os frutos atingiram ponto de colheita para a indústria e consumo in natura aos 30 e 75 dias da diferenciação das gemas em sicônio, respectivamente. Ocorreu um aumento significativo nos teores de sólidos solúveis totais, açúcares solúveis totais e redutores durante o desenvolvimento do fruto. O valor de pH e o conteúdo de acidez total titulável variaram muito pouco durante o desenvolvimento do fruto. O diâmetro médio dos frutos foi sempre inferior ao comprimento médio, atingindo 51,99 mm e 59,18 mm, respectivamente, aos 75 dias. Quanto ao peso médio, os frutos atingiram 53,23 g aos 75 dias. Os açúcares neutros predominantes foram a galactose, a arabinose e a xilose, enquanto fucose, manose, glucose e ramnose apresentaram-se em menor quantidade na parede celular durante os diferentes estádios de desenvolvimento dos frutos. Com a maturação dos frutos, houve redução dos principais componentes dos polissacarídeos pécticos (galactose, arabinose e ramnose), enquanto os componentes da fração hemicelulósica (xilose, glucose e manose) tenderam a aumentar. A solubilização da celulose e queda nos teores de hemicelulose se deu a partir dos 60 dias, quando o fruto, já na maturidade fisiológica, inicia o processo de amaciamento, em função da solubilização de pectinas, pela maior atividade das enzimas pectinametilesterase e poligalacturonase. Resumo em inglês With the objective of evaluating the physical, physical-chemical, enzymic and cell wall characterization during the different developmental stages of the fig tree fruits under irrigation in Northern Minas Gerais, the present work was developed during the 2001/2002 cropping cycle in the Unidade de Produção Frutícola da Escola Agrotécnica Federal de Salinas (Fruit Growing Unit of the Federal Agrotechnical School of Salinas (Eafsal), town of Salinas. Plants of two years (mais) and a half after transplanting and with twelve well developed primary branches (pernadas = the first strong branches of a tree) and 2.5x1.5 m spacing were utilized in this experiment. The design applied was completely randomized with two replicates and a total of 40 marked plants. The data collected were concerning 2001/2002 cropping cycle for the June-pruned plants. Evaluated during the different developmental stages of fig tree fruits activity of the enzimes, chemical composition, physical evaluate, neutral sugars and cell wall components. As polyphenoloxidase and peroxidase activity was decreasing, polygalacturonase activity increased throughout the development of the fruits. The fruits reached harvest point for industry and in natura consumption at 30 and 75 days from the differentiation of the buds in syconium, respectively. A significant increase took place in the contents of total soluble solids, total soluble and reducing sugars during the development of the fruit. Both pH and TTA ranged very little during fruit development. The average diameter of the fruits was always inferior to the average length, reaching 51.99 mm and 59.18 mm, respectively at 75 days. The average weight of 53.23 g was reached at 75 days. Predominating neutral sugars were galactose, arabinose and xylose whereas fucose, mannose and glucose and rhamnose were those present in smaller amount in the cell wall during the different developmental stages of the fruits. With the maturation of the fruits, there was a reduction of the chief components of pectic polysaccharides (galactose, arabinose and rhamnose), whilst the components of the hemicellulose fraction (xylose, glucose and mannose) tended to increase. Cellulose solubilization and fall in the contents of hemicellulose took place from 60 days when the fruit already in the physiological maturity, starts softening process, as related with pectin solubilization by the higher activity of the pectinnemethylesterase and polygalacturonase enzymes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Produção de goma xantana por fermentação do resíduo de suco de maçã/ Xanthan gum production by fermentation from residue of apple juice

Druzian, Janice Izabel; Pagliarini, Ana Paula
2007-03-01

Resumo em português Goma xantana é um heteropolissacarídeo hidrosolúvel, produzida industrialmente por fermentação da sacarose por Xanthomonas campestris. Suas excelentes propriedades reológicas contribuem para o grande número de aplicações na indústria de alimentos e recuperação terciária de petróleo. Economicamnte a utilização petroquímica não é ainda viável em função do custo da sacarose, o que torna interessante estudar fontes de carbonos alternativas, como é o cas (mais) o do resíduo do suco de maçã. As cepas de Xanthomonas campestris pv maniothis foram mantidas em agar YM a 4 °C, e o inóculo foi incubado em meio YM. A produção de goma foi realizada nos meios fermentativos I e II, com sacarose como fonte de carbono padrão, e como fonte alternativa o resíduo de maçã fuji. A fermentação em Incubadora/28 °C/150 rpm produziu goma precipitada em álcool. A condição otimizada de 45 g.L-1 de meio II (0,05% uréia, 0,5% de KH2PO4 e 70% de resíduo) representou um rendimento 10 vezes maior do que o obtido com sacarose. Por CG-EM obteve-se 44,53% de manose, 34,76% de glicose e 20,71% de ácido glucurônico para a composição desta goma. O uso de resíduo de maçã para produção de goma xantana é viável porque pode ser usado com um substrato suplementar e apresentar rendimento de goma muito superior ao obtido com sacarose. Resumo em inglês Xanthan gum is heteropolysaccharide aquosoluble produced industrially for fermentation with sucrose by Xanthomonas campestris. Excellent gum rheological properties contribute to the use in a wide range of applications in the food industry and tertiary recovery of oil. Commercially, the use of petrochemical is no longer viable in the cost of sucrose, which makes it interesting to evaluate alternative carbon sources such as the residue from apple juice processing. The Xanth (mais) omonas campestris pv maniothis was maintained at 4 °C on YM agar slants and innocuous in a medium of YM. Gum production was carried out in fermentations of two mediums (I and II), with sucrose as a carbon source in standard, and apple juice residue as an alternative source. The incubation in Shaker/28 °C/150 rpm produced gum precipitated in alcohol. The conditions to produce the gum were optimized and with 70% of residue in a medium II (0.05% urea e 0.5% of KH2PO4) produced 45 g.L-1, yield 10 times bigger than the one obtained with sucrose. Using GC-MS, mannose 44.53%, glucose 34.76% and glucuronic acid 20.71% for gum composition were obtained. The apple residue used to produce xanthan gum is viable and it can be used as a supplementary substract and to present a higher yield gum than that obtained with sucrose.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Alterações nas atividades das enzimas alfa-galactosidase e poligalacturonase e nas reservas de carboidratos de sementes de Schizolobium parahyba (vell.) Blake (guapuruvú) durante a germinação/ Changes in the activities of alpha-galactosidase and polygalacturonase enzymes and carbohydrate reserves during germination of Schizolobium parahyba (vell.) Blake seeds

Magalhães, Simone Rodrigues de; Borges, Eduardo Euclydes de Lima e; Berger, Ana Paula Aguiar
2009-01-01

Resumo em português A retomada do metabolismo do embrião durante a germinação é realizada por processos metabólicos que culminam na protrusão da radícula e no fornecimento de energia para o desenvolvimento inicial da plântula. O objetivo deste trabalho foi estudar as variações nas atividades das enzimas alfa-galactosidase e poligalacturonase e nas reservas de mono e oligossacarídeos em sementes de guapuruvú durante a germinação. Para tanto, as sementes foram colocadas para germ (mais) inar e as reservas do eixo embrionário e cotilédones, avaliadas periodicamente. Os teores de galactose no eixo embrionário diferiram significativamente somente entre a testemunha e o oitavo dia, muito embora houvesse aumento contínuo até o quarto dia. Somente no sexto dia de germinação houve aumento no teor de galactose nos cotilédones. Houve tendência de aumento nos teores de arabinose, manose e glicose no eixo embrionário, não sendo detectada a presença de xilose no oitavo dia. Nos cotilédones os mesmos açúcares não foram originalmente detectados no tempo zero, mas apresentaram valores mais altos nas amostras do oitavo dia. Os teores de galactose oscilam tanto no eixo embrionário, quanto nos cotilédones durante o período de germinação de sementes de guapuruvu. Os teores de sacarose aumentam e os de rafinose decrescem nos cotilédones e no eixo embrionário. Os teores de estaquiose permanecem aproximadamente estáveis no eixo e nos cotilédones, com decréscimo no eixo, no oitavo dia. A enzima alfa-galactosidase é pré-formada, tendo clara redução na sua atividade específica, no segundo dia, permanecendo constante até o oitavo. A atividade nos cotilédones apresenta aumento no quarto dia, decrescendo posteriormente. A enzima polygalacturonase é tambem pré-formada, com maior atividade inicial no eixo. A atividade nos cotilédones aumenta até o sexto dia, alcançando maiores valores que o do eixo embrionário e, em seguida, decresce para valores menores do que aqueles. Resumo em inglês The restart metabolism of the embryo during germination is carried out by metabolic processes that culminate in root protrusion and energy supply for the initial seedling development. Thus, the objective of this study was to investigate changes in the activity of the polygalacturonase and alpha-galactosidase enzymes and the mono and oligosaccharides reserves during germination of Schizolobium parahyba seeds. Seeds were placed in petri dishes to germinate and samples were (mais) removed periodically for analyses. The galactose levels in the embryonic axis differed significantly only between the treatment control and the eighth day sample, although continuous increase occurred until the fourth day. There was an increase in the amount of galactose in the cotyledons only on the sixth day of germination; on other days the values were similar. Levels of arabinose, mannose and glucose tended to increase in the embryonic axis and the presence of xylose was not detected on the eighth day. The same sugars were not originally detected at time zero in the cotyledons, but other samples presented their highest values on the eighth day. The sucrose levels increased in the axis and cotyledons, while those of raffinose decreased in both. The stachiose concentration remained relatively constant in the axis and cotyledons until the sixth day and then decreased in the axis on the eighth day. The enzyme alpha-galactosidase was pre-formed and was reduced in its specific activity as of the second day and remaining constant until the eighth day. Activity in cotyledons varied throughout the analysis period. Polygalacturonase was also a pre-formed enzyme, with most of its activity in the axis. The activity in the cotyledons increased until the sixth day, reaching larger values than those of the axis, and then decreased to values below that observed in the axis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)