Sample records for manganese hydrides
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 1 shown.



1

Determinação espectrofotométrica do arsênio em solo da cidade de Santana-AP usando o método do dietilditiocarbamato de prata (SDDC) modificado/ Arsenic spectrophotometric determination in soil of the Santana-AP city using the silver diethyldithiocarbamate (SDDC) modified method

Pereira, Simone de Fátima Pinheiro; Oliveira, Geiso Rafael Fonseca; Oliveira, Johny da Silva; Silva, Juliane da Silva e; Sousa Junior, Pedro Moreira de
2009-01-01

Resumo em português Várias toneladas de rejeito de manganês contendo arsênio, gerado por uma empresa de mineração, foram utilizadas como aterro de ruas da cidade de Santana-AP. A possibilidade de exposição das pessoas residentes nessas localidades levou ao estudo de quantificação de arsênio total nos solos. Após a digestão, os teores de arsênio foram quantificados por espectrofotometria de absorção molecular usando um sistema automático de geração de hidretos (HG-MAS), dici (mais) clohexilamina/CHCl3 como solvente do dietilditiocarbamato de prata (SDDC) e KBH4 como redutor. O método apresentou bons resultados com sensibilidade (ε) de 1,10 10(4) L.mol-1.cm-1, estabilidade de 2,96% e outras vantagens em relação ao método oficial. O método foi aplicado em amostras de referência de solo com recuperação de 98,82 % (N=10). As análises de solos mostraram que do total de amostras analisadas 94,74 % apresentaram concentração de arsênio acima do valor editado pela CETESB para solo residencial (50 mg.kg-1) com valor médio de 682,96 mg.kg-1, variando de 48,08 mg.kg-1 a 1.713,00 mg.kg-1 que comprova a contaminação do solo pelo arsênio. Resumo em inglês Several tons of manganese residues containing arsenic, generated by a mining company, were used as streets landfill in Santana-Ap city. The possibility of exposure of people living in these villages has led to the study of quantification of total arsenic in the soil. After digestion, the levels of arsenic were quantified by molecular absorption spectrophotometry using a hydrides generation automatic system (HG-MAS), dicyclohexilamine/CHCl3 as silver diethyldithiocarbamate (mais) (SDDC) solvent and KBH4 as reducer. The method presented good results with sensitivity (ε) of 1.10 10(4) l.mol-1.cm-1, stability of 2.96 % and other advantages in relation to the official method. The method was applied to the soil standard samples with recoveries of the 98.82 % (n=10). The soil analysis showed that 94.74 % samples showed arsenic concentrations above the value published by CETESB for residential land (50 mg.kg-1) with the average value of 682.96 mg.kg-1, ranging of 48.08 mg.kg-1 at 1,713.00 mg.kg-1 shows that the soil arsenic contamination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)