Sample records for manganese alloys
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 2 shown.



1

A influência do tempo e da temperatura de austenitização e da composição química na microestrutura de ligas inoxidáveis com efeito de memória de forma/ The influence of austenitizing and chemical composition on the microstructures of shape memory stainless steel

Silva, Christian Egidio da; Otubo, Jorge
2010-03-01

Resumo em português No presente trabalho, três ligas inoxidáveis Fe-Mn-Si-Cr-Ni com efeito de memória de forma foram estudadas variando o tempo e a temperatura de austenitização - de 600s até 57600s a 1050ºC e de 800ºC até 1050ºC por 2400s - ação seguida por têmpera em água. Os resultados de microscopia ótica mostraram que não existiu variação significativa do tamanho de grão austenítico até a temperatura de 900ºC, atingindo-se valor médio de 30µm. Entre 950ºC e 1050 (mais) ºC notou-se um aumento significativo do tamanho médio de grão austenítico quando comparado à temperatura de 900ºC ou menor. É possível observar um aumento de duas vezes no tamanho de grão ao serem comparadas as temperaturas de 950ºC e 1050ºC. Os resultados mostram que a influência da temperatura de austenitização no crescimento de grão parece ser mais significativa do que o tempo de austenitização. Ainda foi observado que o crescimento do grão depende da composição química, sendo menor para a liga que apresentava menor teor de manganês e maior teor de cromo. Resumo em inglês In this work, three stainless steel alloys (Fe-Mn-Si-Cr-Ni) with shape memory effects were studied by varying austenitizing time and temperature - from 800ºC to 1050ºC for 2400s and from 600s to 57600s at 1050°C - followed by a water quenching. Optical microscopy results showed no grain size variation up to 900ºC with its average dimensions around 30µm. From 950ºC to 1050ºC, an increase of grain size was noted when compared to 900ºC and less. It is possible to not (mais) e an increase of twice the grain size from 950ºC to 1050ºC. The results also show that the influence of the treatment temperature on grain growth seems to be more significant than the time elapsed. Also, it was observed that the grain growth depended on the chemical composition, being lower for the alloy with lower man-ganese and higher chromium content.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Remoção de ferro do banho de alumínio de sucata por filtragem

Moraes, Humberto Lopes de; Tenório, Jorge Alberto Soares
2003-12-01

Resumo em português O alumínio é um dos metais mais versáteis dos comumente usados na indústria de fundição. Uma das mais prejudiciais impurezas das ligas de alumínio é o ferro, o qual junto com o alumínio e outros elementos de liga comuns formam fases intermediárias que podem ser prejudiciais ao processo e às propriedades do produto final. Nas indústrias secundárias de alumínio, é grande a possibilidade de contaminação do banho por ferro devido a uma volumosa sucata de aço (mais) existente no mercado, que, na coleta, vem junto com a sucata de alumínio, além da já existente sucata de alumínio com altos teores de ferro. O objetivo desse trabalho foi o de estudar a remoção de ferro de alumínio líquido através da técnica de filtragem das fases intermediárias ricas em ferro. Foram estudadas composições com base nas ligas 308 e 356. As variáveis desse estudo foram: composição química, temperatura de filtragem e tipo de filtro. Os resultados alcançados, nas condições desse trabalho, permitiram inferir que o processo de filtragem de alumínio para diminuir o teor de ferro só é possível desde que se façam adições de Mn e o abaixamento de temperatura até o campo de cristalização de fases primárias contendo ferro. Resumo em inglês Aluminum is one of the most versatile material among the ones used in foundry practice. However, iron is one of the most important impurities in aluminum cast materials. During the solidification of aluminum alloys, iron promotes the formation of inteermediate phases, which may damage the properties of the final product. In the secondary aluminum industries there always happens the possibility of iron contamination because of the high amount of iron scrap. The aim of this (mais) work was to study the iron removal from molten aluminum through ceramic filters. The materials studied were based on he 308 e 356 aluminum alloys with iron additions. The variables of this work were chemical composition, temperature and kind of filter. The results obtained showed that the removal of iron is possible through the use of manganese and silicon followed by the decreasing of the temperature in the field of the intermediate phase crystallization.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)