Sample records for manganese 70
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 17 shown.



1

Comportamento de zinco e manganês de pilhas alcalinas em uma coluna de solo/ Behavior of zinc and manganese from alkaline batteries in a soil column

Agourakis, Demetrios Chiuratto; Camargo, Iara Maria Carneiro de; Cotrim, Marycel Barboza; Flues, Marlene
2006-10-01

Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the behavior of Zn and Mn in a soil column. Two soil columns were sampled, and four opened alkaline batteries were placed at the top of one soil column. An acid-rainwater solution (HNO3 and H2SO4; pH 4) was percolated through the battery contaminated column during one year. The results showed that the leaching of alkaline batteries caused enrichment of 70 and 11 times in the Zn and Mn concentration of the topsoil, respectively. Additionally, leaching of electrolyte (KOH) from the batteries increased the soil pH in the contaminated column.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Comparação de soluções extratoras de ferro e manganês em solos da Amazônia/ Comparison of extracting solution for iron and manganese in soils of the Amazon Region

Rodrigues, Maria do Rosário Lobato; Malavolta, Eurípedes; Moreira, Adônis
2001-01-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi comparar soluções extratoras (Mehlich 1, Mehlich 3, DTPA-TEA) de ferro e manganês em solos representativos da Região Amazônica. Foram determinadas as correlações desses micronutrientes nos solos com os teores e conteúdos na matéria seca da parte aérea de plantas de arroz de três cultivos sucessivos. Aplicou-se a técnica do diagnóstico por subtração, em delineamento em blocos casualizados com parcelas subdivididas. Foram utiliza (mais) dos os solos Podzol, Podzólico Amarelo, Podzólico Vermelho-Amarelo, Latossolo Amarelo, Latossolo Húmico e Aluvial, sob oito tratamentos: controle, completo e com omissão de um dos micronutrientes B, Cu, Fe, Mn, Mo e Zn. Osmicronutrientes e a calagem foram aplicados somente antes do primeiro cultivo. A primeira colheita foi realizada aos 58 dias, a segunda aos 68 e a terceira aos 70 dias após a emergência das plântulas. A solução extratora Mehlich 3 apresentou a maior correlação com o teor de micronutrientes na planta. O melhor coeficiente de determinação foi observado entre as soluções Mehlich 1 e Mehlich 3 quanto aos teores de Fe extraídos dos solos Podzol, Aluvial e Podzólico Vermelho-Amarelo. Com relação ao Mn trocável, os três extratores mostraram-se eficientes na determinação do elemento nos diferentes solos, apresentando coeficientes de determinação significativos entre si. Resumo em inglês The aim of this work was to compare extracting solutions (Mehlich 1, Mehlich 3, DTPA-TEA) for iron and manganese in soils of the Amazon Region. The correlations between Fe and Mn in soils and their contents in the rice plants were determined. The technique of diagnosis by subtractions was used, in a randomized block design with split plots. The soil types were Podzols, Yellow Podzolic, Red-Yellow Podzolic, Yellow Latosol, Humic Latosol, and Alluvial under eight treatments (mais) : control, complete with all micronutrients, and omitting one by one of the following micronutrients B, Cu, Fe, Mn, Mo and Zn. Micronutrients and lime were applied before the first crop. Plants were harvested at 58, 68 and 70 days after emergence. Considering all soils, Mehlich 3 provided the highest correlation coefficients with the content of micronutrients in the plants. The best coefficients of determination were observed with Mehlich 1 and 3 solutions with respect to available Fe in the Podzols, Alluvial and Red-Yellow Podzolic soils. The several extracting solutions were equally efficient for exchangeable Mn determination, and presented significant determination among each other.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Desenvolvimento de um micro-aquecedor para sistemas de análise química em fluxo: determinação espectrofotométrica de manganês em plantas/ Development of a micro-heater for flow analysis systems: spectrophotometric determination of manganese in plant digest

Smiderle, Marisa; Tomazzini, Maria Cristina; Reis, Boaventura F.
2004-02-01

Resumo em inglês In this work a micro-heater device to be used as an integral part of the flow analysis manifold is described. The usefulness of the device was demonstrated using it in the development of a multicommutated flow analysis procedure for the spectrophotometric determination of manganese in plant digest. The method was based on the manganese oxidation by periodate in phosphoric acid medium to form the permanganate anion. The reaction development is dependent on the temperature (mais) and it was observed that at 25 °C a time interval of ca. 15 min was necessary for the reaction to attain equilibrium. Setting the temperature to 70 ºC, this time interval could be decreased to ca. 30 s. This condition was easily attained employing the proposed micro-heater device coupled to the manifold. The procedure was applied to manganese determination in soybean digests and results compared with those obtained by inductively coupled argon plasma optical emission spectrometry (ICP-OES). No significant difference at 90% confidence level was observed. A linear response for sample concentrations ranging from 5.0 to 30.00 mg L-1 Mn2+; a relative standard deviation of 1.3% (n = 6) for a typical sample containing 6.3 mg L-1 Mn2+; a sampling rate of 22 determinations per hour; a low reagent consumption, of 12.0 mg NaIO4 per determination; and a detection limit of 1.2 mg L-1 were achieved.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Características químicas dos mingaus desidratados de arroz e soja/ Chemical characteristics of dehydrated rice-soybean porridges

MAIA, Luciana H.; WANG, Sin H.; FERNANDES, Marilene S.; CABRAL, Lair C.
2000-12-01

Resumo em português O presente trabalho teve por objetivo caracterizar quimicamente os mingaus desidratados de arroz e soja nas respectivas proporções 100:0, 90:10, 80:20, 70:30, 60:40 e 50:50% e verificar a possibilidade do uso de alguns destes mingaus como ingredientes na formulação de alimentos infantis com base nos resultados discutidos. O processo utilizado para sua obtenção foi decorticagem dos grãos de soja, branqueamento, desintegração e homogeneização do arroz e soja, ass (mais) im como secagem por atomização. A caracterização química foi realizada através das seguintes determinações: composição centesimal, composição de minerais e de aminoácidos, e atividade do inibidor de tripsina. Com o aumento das proporções de soja (de 0 a 50%), os mingaus desidratados tiveram aumento nos teores de proteína, extrato etéreo, cinzas, fibra bruta, fósforo, cálcio, potássio, magnésio, ferro, cobre, zinco, selênio, manganês e molibdênio, porém diminuição nos teores de carboidrato, sódio e cromo. Contudo, os valores de cobalto não foram alterados. Os teores de potássio, magnésio, ferro e cobre foram altos e os teores de cromo, selênio, manganês e molibdênio foram suficientes em 100g de mingaus desidratados de arroz e soja com 40 e 50% de soja, atendendo 100% das recomendações da RDA para lactentes, podendo estes formulados para alimentos infantis. Houve uma melhoria nos escores de aminoácidos essenciais com as crescentes proporções de soja, exceto para os aminoácidos sulfurados. A composição em aminoácidos foi adequada e comparável ao padrão da FAO/WHO para lactentes, exceto para lisina e metionina. Em relação a lisina, os mingaus desidratados com 30, 40 e 50% de soja mostraram os maiores escores para pré-escolares, não havendo deficiência para escolares. Por outro lado, a metionina não foi deficiente para pré-escolares e escolares. A atividade residual do inibidor de tripsina não foi observada nos mingaus desidratados estudados. Resumo em inglês The objective of the present work was the chemical characterization of dehydrated porridges of rice and soybean at different proportions, 100:0, 90:10, 80:20, 70:30, 60:40 and 50:50%, respectively. Steps for their manufacture included: soybean seed dehulling, blanching, disintegration of blanched rice and soybean, homogenization and spray drying. Chemical characterization was undertaken through proximate composition, mineral and amino acid contents, and trypsin inhibitor (mais) activity. An increase in the soybean proportions (0 to 50%) resulted in an increase in the content of protein, oil, ash, crude fiber, phosphorus, calcium, potassium, magnesium, iron, copper, zinc, selenium, manganese and molybdenum, but a decrease in the percentage of carbohydrate, sodium and chromium. Cobalt content did not change. The contents of potassium, magnesium, iron and cooper in the dehydrated rice-soybean porridges with 40 and 50% soybean, were high and were comparable with those met in the RDA for infants. With the exception of the sulfur-amino acids, better essential amino acids (EAA) profiles were obtained as the proportion of soybean increased. EAA composition was comparable to the EAA patterns from FAO/WHO for infants, except for lysine and methionine contents. Dehydrated rice-soybean porridges with 30, 40 and 50% soybean presented the highest lysine contents for preschool children, satisfying the requirement for school children. On the other hand, methionine was not limitant for both preschool and school children. No activity of trypsin inhibitor was detected.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Atributos químicos do solo e produção do feijoeiro com a aplicação de calcário e manganês/ Soil chemical atributes and common bean yield as affected by lime and manganese rates

Heinrichs, Reges; Moreira, Adônis; Figueiredo, Paulo Alexandre Monteiro de; Malavolta, Eurípedes
2008-06-01

Resumo em português O feijão (Phaseolus vulgaris L.) constitui a base alimentar da população brasileira. Muitos fatores determinam a baixa produtividade do feijoeiro, desde problemas políticos até fatores técnicos, dentre eles a adubação e nutrição. O objetivo foi avaliar os atributos químicos do solo e produção do feijoeiro (cv. Pérola) de acordo com a aplicação de calagem e Mn. O experimento foi realizado em vasos com Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico típico fase cerr (mais) ado, em delineamento inteiramente casualizado com três repetições, em esquema fatorial 2 x 6, envolvendo duas doses de uma mistura de CaCO3 e MgCO3, na relação molar 3:1 (de calcário, calculadas) para elevar a saturação por base para 50 % e para 70 % e seis doses de Mn (0, 20, 40, 60, 80 e 100 mg dm-3). Na análise dos resultados, verificou-se decréscimo no teor foliar de Mn de acordo com o aumento da saturação por base, não sendo observado o mesmo efeito no solo após o cultivo. O teor de Mn no solo para produção máxima de grãos mostrou-se semelhante para saturação por base de 50 e 70 %; no entanto, a dose do micronutriente aplicada para essa produção foi de 28 mg dm-3 e 57 mg dm-3, respectivamente. Resumo em inglês Common bean is one of the most important staples in Brazil. The objective of this study was to evaluate the common bean cv. Pérola yield and changes in soil chemical attributes as influenced by liming and manganese rates. The experiment was carried out in pots containing dystrophic Red Yellow Latosol (Oxisol). Treatments consisted of a 2 x 6 factorial combination of two limestone (CO3 and MgCO3 in a 3:1 molar ratio) rates, calculated to increase base saturation to 50 and (mais) 70 %, respectively, and six Mn rates (0, 20, 40, 60, 80 and 100 mg kg-1), using MnSO4.H2O as source. There were three repetitions. Results showed that a higher base saturation reduced leaf Mn concentration, but soil Mn concentration after harvest was not altered. The soil Mn concentration sufficient to reach the maximum grain yield was similar for both 50 and 70 % base saturation, but the doses to reach such critical soil concentration were 28 and 57 mg dm-3, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Composição química do feijão caupi (Vigna unguiculata L. Walp), cultivar BRS-Milênio/ Chemical composition of cowpea (Vigna unguiculata L. Walp), BRS-Milênio cultivar

Frota, Karoline de Macêdo Gonçalves; Soares, Rosana Aparecida Manólio; Arêas, José Alfredo Gomes
2008-06-01

Resumo em português O feijão caupi é uma das principais culturas alimentares do Nordeste brasileiro. Para melhorar sua resistência contra pragas e produtividade, a nova cultivar (BRS-Milênio) foi obtida por melhoramento genético. Este trabalho objetivou caracterizar o potencial nutricional desta variedade, determinando-se a composição centesimal, o perfil de aminoácidos e ácidos graxos, o conteúdo de minerais e a atividade inibitória de tripsina. A semente contém (g.100 g-1): 24, (mais) 5 de proteínas; 51,4 de carboidratos; 16,6 de fibra insolúvel e 2,7 de fibra solúvel; 2,6 de cinzas, tendo como principais minerais (mg.100 g-1): ferro - 6,8; zinco - 4,1; manganês - 1,5; fósforo - 510,0 e potássio - 1430,0. O teor de lipídios foi de 2,2%, e seu perfil de ácidos graxos apresenta 29,4% de saturados e 70,7% de insaturados. Foi estimado valor calórico de 323,4 kcal.100 g-1 de semente. Encontrou-se baixa atividade inibitória de tripsina (8,0 UIT.mg-1 de amostra). O perfil de aminoácidos foi favorável ao padrão de referência, exceto pela deficiência de sulfurados, sugerindo a necessidade da combinação desta leguminosa com outras fontes alimentares. Os resultados indicam que o feijão caupi possui atributos desejáveis como altos teores de energia, proteínas, fibras e minerais, baixa atividade inibitória de tripsina e, apesar de reduzido conteúdo lipídico, contém alta proporção de ácidos graxos insaturados. Resumo em inglês Cowpea is one of the major food cultures of the northeastern region of Brazil. To improve its resistance against plagues and to increase its productivity, a new cultivar (BRS-Milênio) was obtained by genetic improvement. This study aimed at determining the proximate composition, amino acid and fatty acid profiles, mineral constituents and trypsin inhibitory activity of this cultivar. The seed presents (g.100 g-1): 24.5 protein, 51.4 carbohydrates, 16.6 insoluble fiber an (mais) d 2.7 soluble fiber, 2.6 ash; major mineral constituents (mg.100 g-1) were: iron - 6.8, zinc - 4.1, manganese - 1.5, phosphorus - 510.0 and potassium - 1430.0. Lipid content was 2.2%, and its fatty acids profile: 29.4% saturated and 70.7% unsaturated. The caloric value was estimated as 323.4 kcal.100 g-1 of seeds. A low trypsin inhibitory activity was found (8.0 TIU.mg-1 of sample). The amino acid profile is in accordance with the reference amino acid standard, except for the sulfur amino acid deficiency, suggesting the need to encourage the combination of this bean with other food sources. Results suggest that cowpea presents high contents of energy, protein, dietary fiber, minerals and a low trypsin inhibitory activity. Although it contains low amounts of lipids, its composition presents a high unsaturated fatty acid profile.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Efeitos do processamento térmico e da radiação gama na conservação de caldo de cana puro e adicionado de suco de frutas/ Effects of heat treatment and gamma radiation on the characteristics of pure sugarcane juice and mixed with fruit juices

Oliveira, Aline Cristine Garcia de; Spoto, Marta Helena Fillet; Canniatti-Brazaca, Solange Guidolin; Sousa, Cristina Paiva de; Gallo, Claudio Rosa
2007-12-01

Resumo em português O caldo de cana apresenta grande aceitação popular e, se devidamente explorado, é um produto com elevado potencial mercadológico. O presente trabalho teve como objetivos realizar a caracterização físico-química, microbiológica e sensorial do caldo de cana puro e adicionado de suco de limão e de suco de abacaxi submetido ao tratamento térmico (70 °C/25 minutos) e/ou à radiação gama (2,5 kGy), acondicionado em garrafas de polietileno de alta densidade. Os (mais) resultados foram avaliados através da análise de variância e comparação das médias pelo teste de Tukey. Os processamentos aplicados reduziram as quantificações microbianas e não alteraram significativamente o aroma e sabor das bebidas em relação ao controle. A luminosidade foi maior no produto submetido ao tratamento térmico combinado com a radiação gama do que nos demais tratamentos. A atividade da polifenoloxidase nas bebidas processadas foi significativamente menor em relação ao controle. A adição de suco de frutas ao caldo de cana não alterou sua composição físico-química. No entanto, a adição de suco de abacaxi ao caldo de cana incrementou significativamente o teor de manganês e o de açúcares redutores quando comparado ao caldo de cana puro e adicionado de suco de limão. Resumo em inglês Sugarcane juice is a very well-known and popular beverage in Brazil, and provided it is properly exploited, it has a high market potential. The aim of this research was to evaluate the physicochemical, microbiological and sensory stability of pure sugarcane juice and mixed with fresh lemon and pineapple juice, subjected to a heat treatment (70 °C/25 min) and/or gamma radiation (2.5 kGy) and stored in high density polyethylene bottles. The data were evaluated by varian (mais) ce analysis and their mean values compared by Tukey's test. Processing of the sugarcane juice reduced the microorganism load without significantly altering the physicochemical composition, aroma and flavor of the beverages in comparison with the control. Luminosity was higher in the product subjected to the heat treatment combined with gamma radiation than that resulting from the other treatments. The polyphenol oxidase activity in the processed beverages was significantly lower than in the control. The addition of fruit juice to the sugarcane juice did not modify the latter's physicochemical composition. However, the addition of 10% pineapple juice to the sugarcane juice increased the manganese and reduced sugars content when compared with pure sugarcane juice and with sugarcane juice mixed with 4% lemon juice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Matéria seca, digestibilidade in vitro e composição químico-bromatológica do capim (Paspalum notatum ) cv. 'tifton 9' com diferentes idades/ Dry matter yield, in vitro digestibility, and chemical composition of 'Tifton 9' bahiagrass (Paspalum notatum) at six ages

Vendramini, João Maurício Bueno; Haddad, Cláudio Maluf; Castro, Flávio Geraldo Ferreira; Vieira, Andrea Campmany; Heisecke, Osvaldo Ruben Peralta; Tamassia, Luis Fernando Monteiro
1999-07-01

Resumo em português Esse trabalho teve como objetivo avaliar a produção de matéria seca, digestibilidade in vitro, teores de proteína bruta e de fibras, bem como a composição mineral do capim espécie `Tifton 9', em diferentes idades de crescimento. As avaliações foram realizadas aos 20, 27, 34, 41, 48 e 55 dias após o corte de uniformização. O delineamento estatístico adotado foi o de blocos completos casualizados com seis tratamentos e quatro repetições. A produção de maté (mais) ria seca variou de 188 a 593 g m-2, sendo o modelo cúbico de regressão o que melhor se ajustou (P<0,05). Os teores de fibra em detergente ácido, lignina e proteína bruta, tiveram seus valores entre 387,73 a 370,04 g kg-1, 37,56 a 26,67 e 121,33 g kg-1 a 68,88 g kg-1 respectivamente, apresentando diminuição linear (P<0,01), (P<0,10), (P<0,05) durante o período, assim como as concentrações de fósforo, que aos 55 dias atingiram 1,92 g kg-1. A digestibilidade in vitro da matéria seca e os teores de fibra em detergente neutro, potássio, cálcio, magnésio e enxofre não diferiram (P>0,05) em função das idades de crescimento da planta. As concentrações de fósforo, decresceram de forma linear, enquanto o potássio, cálcio, magnésio e enxofre não sofreram alterações em função da idade de corte (P>0,05). Dentre os micronutrientes, o ferro e o manganês não variaram (P>0,05) durante o período, enquanto os teores de cobre apresentaram diminuição linear (P<0,01) e o zinco um decréscimo quadrático (P<0,01). A produção de matéria seca, a digestibilidade e os teores de fibras e minerais apresentaram valores próximos das médias encontradas em gramíneas tropicais, enquanto o teor de proteína bruta permaneceu acima de 70 g kg-1, somente até os 48 dias, segundo o modelo de regressão. Resumo em inglês The objective of this research was to evaluate dry matter yield, in vitro digestibility, fiber protein and mineral composition of bahiagrass (paspalum notatum) `Tifton 9' clipped at six regrowth stages (20, 27, 34, 41, 48 and 55 days after staging). The experimental design consisted of randomized complete blocks with six trataments (ages) and four replications. Dry matter yield ranged from 188 to 593 g m-2, with the cubic regression having the best fit (P< 0.05). Conce (mais) ntration of acid detergent fiber, lignin, and crude protein decreased linearly (P<0.01), (P<0.10), (P<0.05) respectively from 387.73 to 370.04, 37.56 to 26.67, 121.33 to 68.88 g kg-1, as well as phosphorus concentration that attained, 1.92 g kg-1 55 days. Neutral detergent fiber concentration, in vitro digestibility at potassium, calcium, magnesium and sulphur were not affected (P>0.05) by regrowth age. Among the micronutrients, concentration of iron and manganese remained unchanged (P>0.05) during the period, whereas copper levels declined linearly and zinc levels decreased quadratically (P<0.01). Dry matter yield, digestibility and concentration of fiber components and minerals presented values similar to other tropical forages, wereas crude protein remained above 70 g kg-1, only up to the 48th day, according to the regression model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Solução nutritiva e composição mineral de três espécies de menta cultivadas no sistema hidropônico/ Nutrient solution and mineral composition of three mint species grown in hydroponic system

Garlet, Tânea Maria Bisognin; Santos, Osmar Souza dos
2008-08-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi determinar o teor e a acumulação de nutrientes em três espécies de Mentha e testar o desempenho de solução nutritiva calculada para o cultivo de menta, a partir de dados anteriores de produção de matéria seca e de quantidade de nutrientes extraídos por M. arvensis, no sistema hidropônico NFT Técnica do Fluxo Laminar de Nutrientes (NFT). O trabalho foi conduzido em casa de vegetação de 250m² do Departamento de Fitotecnia da UFSM, RS, (mais) Brasil, no período de outubro a dezembro de 2004. Empregou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, com três tratamentos (órgãos da planta) e cinco repetições. Estacas de plantas matrizes foram enraizadas em espuma fenólica por 20 dias em berçário e após foram transferidas para bancadas de produção final. As plantas foram colhidas aos 62 (M. arvensis), 69 (M. x gracilis) e 76 (M. x piperita var. citrata) dias após o plantio, separadas em partes (raízes, hastes, folhas) e secas em estufa a 70°C para determinação de matéria seca e análise de tecidos. Nitrogênio, cálcio e potássio foram os macronutrientes com maior concentração em todas as partes das plantas, já os micronutrientes foram ferro, manganês e zinco. Houve maior acúmulo de macronutrientes nas folhas, seguidas pelas hastes e raízes. Constatou-se que a solução nutritiva elaborada garantiu elevada produção de fitomassa, sem que as plantas apresentassem sintomas visuais de deficiência ou toxicidade de macro e micronutrientes. Resumo em inglês The intention of this study was to determine the levels and accumulation of nutrients in three Mentha species and to test the performance of the nutrient solution for the growth of mint, obtained from previous data of dry matter production and quantity of nutrients extracted by M. arvensis, in NFT (Nutrient Film Technique) hydroponic system. The research was carried out at the Departament of Fitotecny, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), RS, Brazil, from October t (mais) o December. A completely randomized design was used with three treatments (plant organs) and five replications. Stakes of matrix plants rooted in phenolic foam for 20 days in a nursery, being then transferred to final production gullies. The plants were harvested at 62 (M. arvensis), 69 (M. x gracilis) and 76 (M. x piperita var. citrata) days after planting, separeted in parts (roots, stems, leaves) and dried at 70°C for the determination of dry matter and tissue analysis. Nitrogen, calcium and potassium were the macronutrients with larger concentration in all plant parts; the micronutrients were iron, manganese and zinc. There was a higher accumulation of macronutrients in the leaves, followed by stems and roots. It was verified that the nutrient solution elaborated guaranteed a high phytomass production without the plants showing visual symptons of deficiency or toxicity of macro and micronutrients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

ÉPOCA DE CORTE, PRODUÇÃO, COMPOSIÇÃO QUÍMICO-BROMATOLÓGICA E DIGESTIBILIDADE DA MATÉRIA SECA DA GRAMA-ESTRELA FLORICO/ AGE AT CUTTING, YIELD, CHEMICAL COMPOSITION AND DRY MATTER DIGESTIBILITY OF FLORICO STARGRASS

Castro, Flávio Geraldo Ferreira; Haddad, Cláudio Maluf; Vieira, Andrea Campmany; Vendramini, João Maurício Bueno; Heisecke, Osvaldo Ruben Peralta
1999-01-01

Resumo em português Com objetivo de avaliar a produção de matéria seca da grama-estrela "Florico" estudou-se a composição químico-bromatológica, a variação no conteúdo de macro e micronutrientes e a extração destes minerais em função da idade da planta no corte. O delineamento estatístico adotado foi o de blocos completos casualizados, com seis tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos constaram de seis idades de corte, com intervalo de 10 dias entre cada corte, sendo (mais) que o primeiro corte foi realizado 20 dias após o rebaixamento. Os dados, todos analisados a um nível de probabilidade P < 0,05, mostraram que a produção de matéria seca aumentou de forma quadrática entre 20 e 70 dias de crescimento, enquanto o teor de matéria seca sofreu acréscimo cúbico. A digestibilidade verdadeira "in vitro" da matéria seca e o teor de proteína bruta decresceram quadraticamente com o aumento da idade. Inversamente, os teores de fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido aumentaram de forma quadrática. As concentrações dos macronutrientes potássio, cálcio, magnésio e enxofre sofreram decréscimo linear, enquanto os teores de nitrogênio e fósforo diminuíram de forma quadrática. A concentração de cobre não sofreu efeito da idade. Já a concentração de boro decresceu cubicamente. As concentrações de ferro e zinco decresceram de forma quadrática, enquanto a concentração de manganês diminuiu linearmente. Em termos de composição química e digestibilidade, a `Florico' mostrou-se adequada até por volta de 35 dias de crescimento, com exceção dos teores de zinco e cobre, entretanto estes parâmetros de valor nutritivo apresentaram valores razoáveis mesmo em idade de corte avançada, o que permite o aproveitamento desta forrageira na forma de pastejo diferido. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate dry matter production, chemical composition, variation in macro and micro mineral content and mineral uptake by `Florico' stargrass, as related to plant age at cutting. The experiment was a randomized complete block design with six treatments replicated four times. Treatments consisted of six cutting periods every 10 days, with the first cut 20 days after staging. Data, analysed at a probability level of P < 0.05, showed that (mais) dry matter production incresed quadratically between 20 and 70 days of regrowth, whereas dry matter concentration increased cubically . True "in vitro" dry matter digestibility and crude protein concentration decresead quadratically with increasing age. Conversely, neutral detergent fiber and acid detergent fiber concentrations increased quadratically. Concentrations of the macroelements potassium, calcium, magnesium, and sulfur decresead linearly, whereas nitrogen and phosphorus concentrations decreased quadratically. Copper concentration was not affected by age, but boron concentration declined cubically. Concentrations of iron and zinc decreased quadratically, whereas manganese decreased linearly. Chemical composition and digestibility were considered adequate up to 35 days after cutting, except for zinc and cooper concentrations. With advanced maturity, the nutritive value parameters remained at reasonable high levels, turning make stargrass an option for stockpiled forage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Migração de minerais de panelas brasileiras de aço inoxidável, ferro fundido e pedra-sabão (esteatito) para preparações culinárias

Quintaes, Késia Diego; Farfan, Jaime Amaya; Tomazini, Fernanda Mariana; Morgano, Marcelo Antônio
2006-09-01

Resumo em português Os utensílios culinários podem liberar alguns elementos inorgânicos durante a cocção de alimentos. A migração destes pode ser interessante desde que ocorra em quantidades adequadas às necessidades nutricionais do usuário ou não tenham implicações toxicológicas. O presente estudo avaliou a migração de minerais (Fe, Mg, Mn, Cr, Ni e Ca) durante sete cocções seqüenciais para duas preparações alimentares (arroz polido e molho de tomate comercial, este últ (mais) imo como alimento ácido) efetuadas em panelas brasileiras de vários materiais novas de aço inoxidável, ferro fundido e pedra-sabão, utilizando o vidro refratário como branco. O teor dos minerais foi quantificado por espectrometria de emissão óptica por plasma indutivamente acoplado (ICP OES). Os utensílios estudados apresentaram quantidades e comportamento de migração distintos e susceptíveis à variação, conforme o tipo de alimento a ser cozido. Análise de regressão dos dados revelou que, em função do uso, as panelas de ferro apresentam acréscimo da migração de ferro quando cozido o molho de tomate (y = 70,763x + 276,75; R² = 0,77). As panelas de pedra-sabão liberaram concentrações médias de cálcio (35 e 26mg/kg), magnésio (25 e 15mg/kg) e para o molho de tomate comercial e arroz polido cozidos, respectivamente. O molho de tomate comercial cozido em panelas de pedra-sabão apresentou migração de manganês (3,9 mg/kg) e níquel (1,0mg/kg), este último indesejavelmente por ser tóxico. As panelas de inox apresentaram migração menor de níquel, com tendência decrescente em função do número de cocções do molho de tomate, liberando ainda ferro e cromo para as preparações. Os utensílios de materiais distintos devem ter seu uso selecionado em função da preparação a ser realizada, visando à saúde do consumidor. Conclui-se que apesar de os utensílios de ferro fundido e vidro serem os mais adequados para a saúde nutricional do consumidor, as panelas de aço inox e esteatito podem ser utilizadas com risco relativamente baixo, desde que o preparo rotineiro de alimentos ácidos seja evitado. Resumo em inglês Culinary utensils may release some inorganic elements during food preparation. Mineral migration can be beneficial for as long as it occurs in amounts adequate to the needs of the consumer or no toxicological implications are involved. In this study, the migrations of Fe, Mg, Mn, Cr, Ni and Ca, along seven cooking cycles were evaluated for two food preparations (polished rice and commercial tomato sauce, the latter as an acid food), performed in unused stainless steel, ca (mais) st iron and soapstone pans, taking refractory glass as a blank. Minerals were determined by inductively coupled plasma optical emission spectrometry (ICP OES). The utensils studied exhibited different rates, patterns and variability of migration depending on the type of food. Regression analysis of the data revealed that, as a function of the number of cycles, the iron pans released increasing amounts of iron when tomato sauce was cooked (y = 70.76x + 276.75; R² = 0.77). The soapstone pans released calcium (35 and 26mg/kg), magnesium (25 and 15mg/kg) into the tomato sauce and rice preparations, respectively. Additionally, the commercial tomato sauce drew manganese (3.9 and 0.6mg/kg) and some undesirable nickel (1.0mg/kg) from the soapstone material, whereas the stainless steel pans released nickel at a lower rate than steatite and in a diminishing fashion with the number o cooking cycles, while still transferring some iron and chromium to the food. We conclude that while cast iron and glass could be best for the consumer’s nutritional health, stainless steel and steatite can be used with relatively low risk, provided acid foods are not routinely prepared in those materials.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Segurança das condições de aplicação de herbicidas com aerobarco em plantas daninhas aquáticas no lago da Hidrelétrica de Jupiá/ Safety of aquatic herbicide application using an airboat

Machado Neto, J.G.; Velini, E.D.; Antuniassi, U.R.; Bravin, L.F.; Nery, M.S.
2006-06-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram quantificar as exposições dérmicas (EDs) e respiratórias (ERs) proporcionadas ao piloto e ao seu ajudante nas aplicações de herbicidas para o controle de plantas daninhas aquáticas com aerobarco; classificar essas condições de trabalho em seguras ou inseguras; e calcular a necessidade de controle das exposições (NCE) e o tempo de trabalho seguro (TTS). O aerobarco utilizado tinha casco de alumínio (4,85 x 2,42 m) e acionamento (mais) por hélice acoplada a motor a gasolina de 350 HP. O equipamento de pulverização era composto por bomba de diafragma com fluxo máximo de 49,69 L min-1, pressão máxima de 25 kg cm-2, acionada por motor a gasolina de 4 HP, e tanque de calda de 189 L. A barra de pulverização de alumínio era composta de duas seções laterais de 3 m, posicionadas na linha entre o encosto do banco do piloto e o início da estrutura protetora da hélice. Cada seção da barra tinha seis bicos com pontas de jato plano com indução de ar AI 100 03, espaçados de 0,5 m, e uma ponta OC 20 fixada em cada extremidade. O conjunto de pontas pulverizava faixas de 6 m de largura e aplicava o volume de calda de 200 L ha-1. O sistema tinha gerenciador de fluxo, controlado por central eletrônica acoplada a DGPS (com precisão submétrica), para corrigir automaticamente a vazão em função de alterações na velocidade real da embarcação. As EDs e ERs aos herbicidas foram calculadas com os dados substitutos das exposições às caldas, avaliadas com os traçadores cobre e manganês adicionados às caldas. As exposições foram extrapoladas para uma jornada de trabalho de seis horas. A segurança das condições de trabalho foi determinada com o cálculo da margem de segurança (MS), utilizando-se a fórmula MS = (NOEL x 70)/(QAE x 10), em que QAE = quantidade absorvível da exposição. As condições de trabalho foram classificadas em seguras, se MS>1, ou inseguras, se MS Resumo em inglês The objectives of the present study were to quantify the dermal exposure (DE) and respiratory exposures (RE) of the driver and driver's assistant of an airboat during herbicide application for aquatic weed management, to classify these working conditions as safe or unsafe, and to calculate the need for exposure control and the time of safe working. The airboat had an aluminum hull (4.85 x 2.42 m) with a propeller coupled to a 350 HP gasoline engine. The spraying equipment (mais) consisted of a diaphragm pump with a maximum flow rate of 49.69 L min-1 and a maximum pressure of 25 kg cm-2 driven by a 4 HP gasoline engine, a 189 L spraying tank, and an aluminum spray boom divided into two 3 m lateral sections positioned between the back of the driver's seat and the extremity of the protective structure of the propeller. Each boom section contained six AI 100 03 air induction flat spray nozzles spaced 0.5 m apart and an OC 20 nozzle fixed to each end of the boom. The set of nozzles was adjusted to cover a width of 6 m, and application volume of 200 L spray ha-1. An electronic flow control system coupled to a DGPS (with submetric precision) was used to automatically correct the flow rate as a function of alterations of the true speed of the boat. Herbicide exposure had been calculated with the substitute data of the exposures to sprays, evaluated with the tracers copper (DE) and manganese (RE) added to the sprays. Exposure was extrapolated to a work day of 6 hours. Working condition safety was determined by calculating the margin of safety (MOS) using the formula MOS = (NOEL x 70) / AEQ x 10, where AEQ= absorved exposure quantity. The working conditions exposed the driver to 10.65 mL spray day-1 and the driver's assistant, who sits on a chair 2.0 m in front of the driver and the spray boom, to 16.80 mL day-1. Application of glyphosate (Rodeo, 6 L ha-1), 2,4-D (DMA 806 BR, 8 L ha-1) and fluridone (Sonar AQ, 0.4 L ha-1) was classified as safe (MS > 1) for the driver and driver's assistant. The application of diquat (Reward, 4.0 L ha¹) was classified as unsafe (MS

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Variabilidade espacial da fertilidade do solo em área cultivada e manejada homogeneamente/ Spatial soil fertility variability in a homogeneously managed corn field

Montezano, Zaqueu Fernando; Corazza, Edemar Joaquim; Muraoka, Takashi
2006-10-01

Resumo em português O conhecimento da variabilidade da fertilidade do solo em áreas cultivadas pode trazer importantes subsídios para a racionalização de uso dos corretivos e fertilizantes do solo. O objetivo deste estudo foi determinar a variabilidade da fertilidade do solo por meio do fracionamento de um talhão comercial em pequenas células de manejo. O experimento foi realizado na Fazenda Alto Alegre em Planaltina - GO, numa área de 373 ha de um Latossolo cultivada com milho na saf (mais) ra 2003/04. Traçado um polígono da área, procedeu-se à divisão em 80 células de manejo de quatro hectares cada. A amostragem do solo seguiu uma diagonal com doze pontos para formar a amostra composta representativa dentro de cada célula. As coordenadas desses pontos foram obtidas e arquivadas. Realizou-se a análise da textura do solo e da fertilidade do solo. A produtividade de cada célula foi obtida por meio da colhedora equipada com Sistema de Posicionamento Geográfico (GPS) e monitor de rendimento de grãos. Na análise da variabilidade espacial dos dados, foram considerados parâmetros estatísticos descritivos. A medida de correlação linear de Pearson a 5 e 1 % dos atributos de fertilidade com a produtividade do milho e altitude foi realizada. A variabilidade foi considerada alta para o P disponível, Cu e Zn; média, para matéria orgânica, S, Ca, Mg, acidez potencial, soma de bases, capacidade de troca de cátions a pH 7,0, saturação por bases, B, Fe e Mn, e baixa, para pH e K. Os coeficientes de correlação linear foram significativos e positivos para a matéria orgânica e boro versus produtividade do milho. Contudo, para Cu, manganês e Zn foram significativos e negativos. Em estudos de escala de campo, normalmente não é possível isolar ou medir todos os fatores bióticos e abióticos que influenciam a produção da cultura. Entretanto, verificou-se que o conhecimento da variabilidade da fertilidade e produtividade pode fornecer importantes subsídios para a racionalização do uso de insumos. Resumo em inglês Insights on the variability of soil fertility in cultivated areas can contribute significantly to a rationalized use of fertilizers and soil amendments. The objective of this study was to determine the soil fertility variability through the fractionation of a commercial corn field into small management cells. The study was carried out on the farm Alto Alegre, Planaltina, GO, Brazil, on an Oxisol previously under Cerrado (savannah) in an area of 373 ha under corn in the 20 (mais) 03/2004 growing season. A polygon was outlined and divided into 80 management cells of 4 ha each. The soil was sampled at twelve points along the plot diagonal to constitute a representative composite sample within each cell. The coordinates of these points were obtained and recorded. The soil samples were analyzed for texture and soil fertility. The yield for each cell was obtained with a harvester equipped with a Global Positioning System (GPS) and grain yield monitor. Descriptive statistics parameters were considered in the analysis of data variability. It was carried out Pearson's simple linear correlation analysis at 5 and 1% significance level for soil fertility versus corn grain yield and altitude data. The variability was considered high for soil available phosphorus, copper and zinc concentrations; medium for soil organic matter, sulphur, calcium, and magnesium concentrations, potential acidity, sum of bases, CEC, base saturation, boron, iron as well as manganese concentration, but low for soil pH and potassium concentration. Linear correlation coefficients (LCC) were significant and positive for soil organic matter and boron content versus corn yield. However, the LCC for copper, manganese and zinc content were significant and negative. Although it is normally not possible to isolate or measure all biotic and abiotic factors that affect the yield in field scale studies, knowledge on soil fertility variability and grain yield can contribute to a rationalization of agricultural investments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Uso de microminerais sob a forma de complexo orgânico em rações para frangas de reposição no período de 7 a 12 semanas de idade/ Effects of feeding trace minerals as organic complex for replacement pullets in the period from 7 to 12 weeks old

Brito, Jerônimo Ávito Gonçalves de; Bertechini, Antônio Gilberto; Fassani, Édison José; Rodrigues, Paulo Borges; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
2006-08-01

Resumo em português O experimento foi realizado objetivando-se estudar a utilização dos microminerais na forma de complexo orgânico em rações para frangas no período de 7 a 12 semanas de idade e sua influência no desempenho e nas características ósseas. Os tratamentos consistiram da suplementação dos microminerais nas formas inorgânica (tratamento controle) e orgânica com inclusão de 0,4% na ração, que corresponde aos níveis suplementares de 60, 80, 70, 10, 1 e 0,3 ppm de Zn (mais) , Fe, Mg, Cu, I e Se, respectivamente, e na redução dos níveis de inclusão da fonte orgânica nas rações (0,35; 0,3; 0,25 e 0,2%). Seiscentos e quarenta e oito frangas Lohmann - LSL, iniciando a 7ª semana de idade, foram utilizadas em um delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos, seis repetições e 18 aves por parcela. Não houve diferenças significativas entre os tratamentos para características de desempenho e uniformidade até a 12ª semana. Com a redução nos níveis de inclusão do suplemento orgânico, houve redução linear do teor de cinzas na tíbia das frangas na 12ª semana, porém, não houve diferenças entre a fonte inorgânica (tratamento controle) e os demais tratamentos (fonte orgânica). O teor de Zn em tíbias, assim como o peso, o comprimento, a espessura da tíbia e do fêmur e o comprimento do metatarso, não foi influenciado pelos tratamentos na 12ª semana. A fonte orgânica dos microminerais apresentou vantagem comparativa, possibilitando a redução no nível de inclusão da fonte orgânica para 0,2% na ração, sem afetar negativamente as características estudadas no período de 7 a 12 semanas de idade das frangas. Resumo em inglês This experiment was carried out to study the effects of feeding trace minerals as organic complex on the performance and bone characteristics for pullets in the period from 7-12 weeks old. The treatments consisted of the supplementation of trace minerals in the inorganic form (control) and organic form with inclusion of 0.4% in the diet, that corresponds to the supplement levels of 60, 80, 70, 10, 1, and 0.3 ppm of zinc, iron, manganese, copper, iodine and selenium, respe (mais) ctively, and the decreasing dietary levels of organic source (0.35, 0.3, 0.25, and 0.2%). A total of 648 Lohmann - LSL pullets from the 7th week old were allotted to a completely randomized design with six treatments and six replicates of 18 birds. No significant treatment effect on performance characteristics and uniformity up to the 12th week was observed. There was a linear reduction of ash porcentage in the tibia of pullets in the 12th week as the dietary organic supplement decreased. However there were no significant differences among the inorganic source (control) and the other treatments (organic source). The zinc content in the tibia as well as the weight, length and thickness of tibia and femur and metatarsus length were not affected by the treatments, in the 12th week. The trace mineral organic source showed relative comparative advantage and resulted in 0.2% reduction of the dietary supplement level of organic source with no effect on the performance and bone characteristics of pullets from 7 to12 weeks old.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Frações de zinco em solo arenoso e suas relações com disponibilidade para Cynodon spp cv. Tifton-85/ Zinc fractions in a sandy soil and its relations with availability to Cynodon spp cv. Tifton-85

André, E. M.; Cruz, M. C. P.; Ferreira, M. E.; Palma, L. A. S.
2003-06-01

Resumo em português Para avaliar um esquema de fracionamento de zinco em Argissolo arenoso e suas relações com a disponibilidade de Zn para Cynodon spp cv. Tifton-85, realizou-se um experimento em casa de vegetação, em esquema fatorial 5 x 2 x 2 (5 doses de Zn, 2 doses de calcário e 2 épocas de amostragem), em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. As doses de Zn foram de 0; 2,5; 5,0; 7,5 e 10 mg dm-3; metade dos vasos não recebeu calagem (V = 42 %) e metade re (mais) cebeu a calagem com vistas em elevar o índice de saturação por bases a 70 %. As épocas de amostragem foram 30 e 150 dias após aplicação de Zn, respectivamente, antes do plantio e depois do 3º corte de Tifton-85. A aplicação de Zn resultou em aumento significativo do elemento nas frações: trocável, óxidos de Mn, matéria orgânica e óxidos de Fe. O Zn ligado aos óxidos de Mn aumentou significativamente com a calagem. Após 150 dias de experimentação, houve diminuição do Zn trocável, ligado aos óxidos de Mn, à matéria orgânica e aos óxidos de Fe, e aumento na fração residual. A distribuição de Zn nas frações do solo foi: residual > óxidos de Fe > óxidos de Mn > trocável > matéria orgânica. As relações entre as características estudadas mostraram que tanto o Zn-DTPA quanto o Zn trocável, ligado à M.O. e aos óxidos de Mn, foram eficientes para representar o Zn absorvido pela planta. Resumo em inglês To evaluate a fractionation scheme for Zn in a sandy soil (Ultisol) and its relation with Zn availability for Cynodon spp cv. Tifton-85, an experiment was carried out in greenhouse, with a factorial scheme (5 doses of zinc, 2 doses of lime and 2 times of sampling), in a completely randomized block design, with three replications. The doses of Zn were: 0; 2.5; 5.0; 7.5 and 10 mg dm-3; half of the pots did not received liming (V = 42%) and, in the other half, liming was don (mais) e to increase the base saturation index to 70%. The sampling times were 30 and 150 days after Zn application, before planting and after cut of Tifton-85, respectively. Zinc application increased Zn in the exchangeable, associated to manganese oxides, associated to organic matter and associated to iron oxide fractions. Zinc associated with manganese oxides increased with liming. After 150 days of experimentation exchangeable zinc, Zn associated with manganese oxides, with organic matter and with iron oxides decreased, while residual Zn increased with the time. Zinc distribution was: residual > iron oxides > manganese oxides > exchangeable > organic matter. The relations among the characteristics showed that DTPA-Zn and exchangeable zinc, Zn associated with organic matter, and Zn associated with manganese oxides were efficient to represent the zinc uptake by plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Desenvolvimento de normas DRIS e CND e avaliação do estado nutricional da cultura do algodoeiro/ Development of dris and CND norms and evaluation of nutritional status of cotton

Serra, Ademar Pereira; Marchetti, Marlene Estevão; Vitorino, Antonio Carlos Tadeu; Novelino, José Oscar; Camacho, Marcos Antonio
2010-02-01

Resumo em português Entre os vários métodos de avaliação do estado nutricional das plantas, encontram-se o DRIS e o CND, os quais têm como objetivo, entre outros, ordenar a limitação dos nutrientes na planta. Este trabalho teve como finalidade o desenvolvimento de normas DRIS e CND e a comparação dos diagnósticos realizados por esses métodos, ao avaliar lavouras comerciais de algodão, no município de São Desidério (BA). A base de dados foi constituída pelos teores totais de n (mais) utrientes de 65 amostras de folha completa e pela produtividade de algodão em caroço oriundo de talhões com média de 120 ha. Para ajuste do método, a população foi dividida em duas classes: uma com produtividade acima de 4.250 kg ha-1 e outra com produtividade abaixo desta. As melhores respostas em termos de produtividade foram proporcionadas pelo K, Ca e Mn, tanto pelo método DRIS quanto pelo CND. Avaliando a frequência de diagnoses concordantes quanto ao potencial de resposta positivo à adubação, constatou-se que o N (70,8 %) foi o nutriente em que se observou a menor concordância entre os dois métodos (DRIS e CND), no entanto, o método DRIS diagnosticou maior deficiência relativa para o N do que o CND. Quanto aos demais nutrientes avaliados, a frequência de diagnoses concordantes pelo potencial de resposta à adubação esteve em torno de 73,8 % para o Zn a 87,7 % para o P. Com o ajuste dos métodos DRIS e CND, chegou-se a diagnósticos semelhantes em relação ao estado nutricional da cultura do algodoeiro no oeste da Bahia. Resumo em inglês Among the different methods of assessing the nutritional status of plants, DRIS and CND have the main purpose of ranking the limiting nutrients. This study aimed to develop DRIS and CND norms and compare the diagnoses of these methods in evaluations of cotton cash crops in the region of São Desidério, state of Bahia, Brazil. The database consisted of the total nutrient content of 65 whole leaf samples and seed cotton yield of plots with an average size of 120 ha. To adj (mais) ust the method the population was divided into two production classes, one with yield above and the other below 4,250 kg ha-1. The best response in terms of yield was observed for potassium, calcium and manganese by DRIS as well as CND. In the assessment of the frequency of concordant diagnoses for the potential of positive response to fertilization, it was found that N (70.8 %) was the nutrient with best agreement between the two methods (DRIS and CND) whereas DRIS diagnosed greater relative deficiency for N than CND. For the other nutrients, the frequency of concordant diagnoses based on the potential response to fertilization was from around 73.8 % for Zn to 87.7 % for P. With the adjustment of the methods DRIS and CND, the diagnoses of the nutritional status of cotton in western Bahia were similar.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Adubação foliar com micronutrientes em arroz irrigado, em área sistematizada/ Spray application of micronutrients on irrigated rice cultivated in leveled soil

Marchezan, Enio; Santos, Osmar Santos dos; Avila, Luis Antonio de; Silva, Ricardo Posser da
2001-12-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de micronutrientes em arroz irrigado, em área de várzea após a sistematização. Foi realizado durante três anos agrícolas em PLANOSSOLO Hidromórfico eutrófico arênico, instalado em local de onde foi retirada uma camada de solo de cerca de 30cm de profundidade. A adubação com N, P e K foi realizada de acordo com a recomendação técnica para a cultura. O delineamento experimental foi de blocos ao aca (mais) so com quatro repetições, constituído de um tratamento denominado "completo", contendo os micronutrientes boro (H3BO3), cobre (CuSO4), ferro (FeSO4), manganês (MnCl2), molibdênio (Na2MoO4) e zinco (ZnSO4) e de seis outros formados pela omissão de um micronutriente de cada vez, além de testemunha sem micronutrientes. Em 1996/97, foram aplicados 70g ha-1 Zn, 70g ha-1 Mn, 40g ha-1 Fe, 50g ha-1 B, 12,5g ha-1 Cu e 4g ha-1 Mo, via foliar, no perfilhamento e no início da formação do primórdio floral das plantas de arroz. Em 1997/98, foram utilizadas as mesmas soluções, porém com aplicação apenas no perfilhamento. Em 1998/99, as doses dos micronutrientes foram alteradas para 35g ha-1 Zn, 35g ha-1 Mn, 100g ha-1 B, 20g ha-1 Cu e 12g ha-1 Mo, aplicados no perfilhamento, não sendo utilizado o ferro no tratamento completo nem na composição dos demais tratamentos. A sistematização da área causou redução no teor de matéria orgânica, macro e micronutrientes, exceto o boro e aumento de alumínio no solo. Verificou-se que não houve efeito da aplicação foliar de micronutrientes no rendimento de grãos de arroz irrigado. Resumo em inglês The objective of this experiment was to evaluate the effect of micronutrient application on irrigated rice in an area previously leveled. The experiment was carried out during three years on a Albalqualf soil in which the soil surface layer of about 30cm had been removed. NPK fertilization was applied according to soil analysis. The experiment design was a randomized block with four replications. The "complete" treatment had the micronutrients boron (H3BO3), copper (CuSO4 (mais) ), iron (FeSO4), manganese (MnCl2), molybdenum (Na2MoO4) and zinc (ZnSO4) and treatments in which each one of the micronutrients was omitted besides a check without micronutrients. In the 1996/97 growing season the following rates were applied as leaf spraying at tillering and begining of flowering differentiation stage: Zn 70g ha-1, Mn 70g ha-1, Fe 40g ha-1, B 50g ha-1, Cu 12,5g ha-1 and Mo 4g ha-1. In the 1997/98 growing season the same solutions were used but only at tillering. In 1998/99 the micronutrients doses were altered to Zn 35g ha-1, Mn 35g ha-1, B 100g ha-1, Cu 20g ha-1 and Mo12g ha-1 at tillering growth stage and Fe no longer was used. Soil leveling decreased soil organic matter, macro and micronutrients except boron and increased aluminum levels in the soil. It was observed that leaf spraying application of micronutrients on leaves did not affect seed yield in any of the years in which the experiments were conducted

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)