Sample records for manganese 67
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 5 shown.



1

Composição química de macrófitas aquáticas flutuantes utilizadas no tratamento de efluentes de aqüicultura/ Chemical composition of floating aquatic macrophytes used to treat of aquaculture wastewater

Henry-Silva, G.G.; Camargo, A.F.M.
2006-01-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram avaliar a composição química de duas espécies de macrófitas aquáticas flutuantes (Eichhornia crassipes e Pistia stratiotes), utilizadas no tratamento de efluentes de aqüicultura, e inferir as possibilidades de aproveitamento desses vegetais. E. crassipes apresentou os maiores conteúdos de cálcio (1,51%), magnésio (3.916,67 mg kg-1), manganês (1.233,33 mg kg-1), zinco (81,83 mg kg-1), ferro (5.425,00 mg kg¹) e cobre (25,83 mg k (mais) g-1). Na biomassa de P. stratiotes foram obtidos os maiores valores de matéria mineral (18,95%), fósforo (0,38%), nitrogênio (2,40%), proteína bruta (15,02%) e aminoácidos, à exceção de ácido aspártico e triptofano. Resumo em inglês The purpose of this work was to evaluate the chemical composition of two floating aquatic macrophytes (Eichhornia crassipes and Pistia stratiotes) used in the treatment of aquaculture wastewater and to infer their potential use as biomass. E. crassipes showed the highest contents of calcium (1.51%), magnesium (3,916.67 mg kg-1), manganese (1,233.33 mg kg¹), zinc (81.83 mg kg-1), iron (5,425.00 mg kg-1) and copper (25.83 mg kg-1). P. stratiotes showed the highest contents (mais) of ash (18.95%), phosphorus (0.38%), nitrogen (2.40%), crude protein (15.02%) and amino acids, except for aspartic acid and tryptophan.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Níveis de cálcio em rações de frangos de corte na fase inicial suplementadas com fitase/ Levels of calcium in broiler diets supplemented with phytase in the initial phase

Schoulten, Neudi Artemio; Teixeira, Antônio Soares; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de; Bertechini, Antônio Gilberto; Conte, Ademir José; Silva, Hunaldo Oliveira
2003-10-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar níveis de cálcio em rações suplementados com enzima fitase para frangos de 1 a 21 dias de idade, foi conduzido um experimento com 600 pintos de um dia da linhagem Hubbard-MPK. As aves foram distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, arranjo fatorial cinco x dois (níveis de cálcio x sexos), com três repetições e 20 aves por parcela. A ração basal, com 0,54% de fósforo total e 600 unidades de fitase/kg, foi balanceada pa (mais) ra atender às exigências nutricionais das aves conforme o NRC (1994), exceto para o cálcio, cujos níveis foram 0,46; 0,67; 0,88; 1,09 e 1,30%. Aos 14 dias, duas aves de cada tratamento foram transferidas para gaiolas de metabolismo para coleta total das excretas e aos 21 dias, duas aves de cada tratamento foram abatidas para retirada da tíbia esquerda para análises posteriores. Os machos apresentaram maior consumo e ganho de peso, sendo que este apresentou redução linear conforme o nível de cálcio foi elevado. Os níveis de 0,67 e 0,71% resultaram em melhor digestibilidade da matéria seca e maior retenção de nitrogênio, respectivamente. As fêmeas apresentaram teores de cinzas e cálcio, na tíbia, superiores aos dos machos (1,68 e 2,34%, respectivamente). O nível de 0,55% de cálcio proporcionou a máxima deposição de cinzas (51,5%), enquanto o nível de 0,59%, a máxima calcificação (17,8%). A deposição de fósforo apresentou efeito quadrático, em função dos níveis de cálcio, sendo que o nível de 0,75% proporcionou a maior deposição (10,8%), e a deposição de manganês foi reduzida linearmente com a elevação do nível de cálcio na ração. Conclui-se que níveis elevados de cálcio em rações suplementadas com fitase afetaram negativamente o ganho de peso, a deposição de fósforo e manganês na tíbia e que os baixos níveis prejudicaram a digestibilidade da matéria seca e a retenção de nitrogênio. Resumo em inglês With the objective of evaluating increasing levels of calcium in diets supplemented with the enzyme phytase for chickens from 1 to 21 days of age, an experiment was conducted using 600 1-d old Hubbard-MPK strain chicks. The broilers were allotted to a completely randomized design, factorial arrangement five x two (levels of calcium x sexes), three replicates and 20 birds per plot. The basal ration with 0.54% total phosphorus and 600 units of phytase/kg, was formulated to (mais) meet the nutritional requirements of the broilers, according to NRC (1994), except for calcium, whose levels were 0.46; 0.67; 0.88; 1.09 and 1.30%. At 14 days, two chicks of each treatment were transferred to metabolism cages for total collection of the excreta during four consecutive days. At 21 days of age, two broilers from each treatment were slaughtered for removal of the left tibia for subsequent analyses. The males presented higher fed intake and weight gain, and shown a linear reduction as the level of calcium was increased. The levels of 0.67 and 0.71% presented better digestibility of dry matter and higher nitrogen retention, respectively. The females presented content of ashes and calcium in the tibia higher than those of males (1.68 and 2.34% respectively). The level of 0.55% of calcium in the diets provided the maximum deposition of ashes (51.5%) while the level of 0.59% was enabled to reach the maximum calcification (17.8%). Phosphorus deposition showed quadratic effect in relation to increasing levels of calcium in the diets, and 0.75% of calcium provided to reach the largest deposition (10.8%), while deposition of manganese was reduced linearly with the increasing levels of calcium in the diets. It was concluded that high levels of calcium in the diets supplemented with phytase decreased weight gain and shown negative effect on the phosphorus and manganese deposition in the broilers tibia from one to 21 days of age. Low levels of calcium impaired the digestibility of dry matter and nitrogen retention of diets of broilers one to 21 day old broilers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Trigo duro: tolerância à toxicidade de alumínio, manganês e ferro em soluções nutritivas/ Durum wheat: tolerance to aluminum, manganese and iron toxicities in nutrient solutions

Camargo, Carlos Eduardo de Oliveira; Felício, João Carlos; Freitas, José Guilherme de; Ferreira Filho, Antonio Wilson Penteado
1995-01-01

Resumo em português Avaliou-se o comportamento diferencial de 23 linhagens de trigo duro (Triticum durum L.) em compraração com os seguintes cultivares de trigo (T. aestivum L.): IAC-24, BH-1146, Siete Cerros e IAC-60, quanto aos níveis de Al3+ (0;0,2;0,4; 0,6; 0,8 e 1,0 mg/L), de Mn2+ (0,11; 300; 600 c 1.200 mg/L) e de Fe2+ (0,56; 5; 10 e 20 mg/L) em solução nutritiva. Os cultivares de trigo Siete Cerros (sensível à toxicidade de Al3+), BH-1146, IAC-60 e IAC-24 (tolerantes à toxicid (mais) ade de Al3+), exibiram crescimento das raízes na presença de 1 mg/L de Al3+, e todas as linhagens de trigo duro avaliadas foram totalmente sensíveis a 0,4 mg/L de Al3+, com paralisação irreversível do crescimento das raízes. O aumento das concentrações de Mn2+(0,11 a 1.200 mg/L) e de Fe2+ (0,56 a 20 mg/L) nas soluções causou uma redução significativa no comprimento das raízes dos genótipos em estudo. As linhagens de trigo duro I (Avetoro "S" x Anhinga "S" - Purcell "S"/D.67.2), 2 (Cando - Yavaros "S"), 6 (Chen "S") e 8 (Carcomum "S") apresentaram-se muito tolerantes à toxicidade de Mn2+ em relação ao controle 'Siete Cerros'. O 'Siete Cerros' e as linhagens de trigo duro 1, 6, 12 (CI 14955 x Yavaros "S"- Gediz "S"/Tropic Bird), 16 e 21 (Swan "S") c 20 (Boyeros "S"/Cocorit-71/5/Crane/Ganso//Marte "S"/3/Tildillo "S"/4/ Memo "S") exibiram tolerância à presença de elevadas quantidades de Fe2+ nas soluções nutritivas. Resumo em inglês Twenty three durum wheat inbred lines were evaluated with four bread wheat cultivars (IAC-24, BH-1146, Siete Cerros and IAC-60) in three experiments, using nutrient solutions. In the first experiment, the following levels of Al3+ were used: 0; 0.2; 0.4; 0.6; 0.8 and 1.0 mg/L; in the second experiment, the following levels of Mn2+ were used: 0.11; 300; 600 and 1.200 mg/L; and in the third experiment, Fe2+ was used at: 0.56; 5; 10 and 1.200 mg/L. The wheat cultivars Siete C (mais) erros (sensitive to Al3+ toxicity) and BH-1146, IAC-24 and IAC-60 (tolerant to Al3+ toxicity) exhibited root growth in the presence of 1 mg/L of Al3+, and all evaluated durum wheat inbred lines were sensitive to 0.4 mg/L of Al3+, showing an irreversible root growth. As the Mn2+ and Fe2+ concentrations were increasead into the solutions, the root length of all studied genotypes presented a significant reduction. The durum wheat inbred lines 1 (Avetoro "S" x Anhinga "S" - Purcell "S"/ D.67.2), 2 (Cando - Yavaros "S"), 6 (Chen "S") e 8 (Carcomum "S") showed high level of tolerance to manganese toxicity in relation to 'Siete Cerros' and the durum wheat inbred lines 1, 6, 12 (CI 14955 x Yavaros "S"- Gediz"S"/Tropic Bird), 16 and 21 (Swan 'S") and 20 (Boyeros "S"/Cocorit-71/5/Crane/Ganso//Marte"S"/3/TiIdillo"S"/4/Memo "S") exhibited tolerance to the presence of high levels of Fe2+ into the nutrient solutions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Matéria seca, digestibilidade in vitro e composição químico-bromatológica do capim (Paspalum notatum ) cv. 'tifton 9' com diferentes idades/ Dry matter yield, in vitro digestibility, and chemical composition of 'Tifton 9' bahiagrass (Paspalum notatum) at six ages

Vendramini, João Maurício Bueno; Haddad, Cláudio Maluf; Castro, Flávio Geraldo Ferreira; Vieira, Andrea Campmany; Heisecke, Osvaldo Ruben Peralta; Tamassia, Luis Fernando Monteiro
1999-07-01

Resumo em português Esse trabalho teve como objetivo avaliar a produção de matéria seca, digestibilidade in vitro, teores de proteína bruta e de fibras, bem como a composição mineral do capim espécie `Tifton 9', em diferentes idades de crescimento. As avaliações foram realizadas aos 20, 27, 34, 41, 48 e 55 dias após o corte de uniformização. O delineamento estatístico adotado foi o de blocos completos casualizados com seis tratamentos e quatro repetições. A produção de maté (mais) ria seca variou de 188 a 593 g m-2, sendo o modelo cúbico de regressão o que melhor se ajustou (P<0,05). Os teores de fibra em detergente ácido, lignina e proteína bruta, tiveram seus valores entre 387,73 a 370,04 g kg-1, 37,56 a 26,67 e 121,33 g kg-1 a 68,88 g kg-1 respectivamente, apresentando diminuição linear (P<0,01), (P<0,10), (P<0,05) durante o período, assim como as concentrações de fósforo, que aos 55 dias atingiram 1,92 g kg-1. A digestibilidade in vitro da matéria seca e os teores de fibra em detergente neutro, potássio, cálcio, magnésio e enxofre não diferiram (P>0,05) em função das idades de crescimento da planta. As concentrações de fósforo, decresceram de forma linear, enquanto o potássio, cálcio, magnésio e enxofre não sofreram alterações em função da idade de corte (P>0,05). Dentre os micronutrientes, o ferro e o manganês não variaram (P>0,05) durante o período, enquanto os teores de cobre apresentaram diminuição linear (P<0,01) e o zinco um decréscimo quadrático (P<0,01). A produção de matéria seca, a digestibilidade e os teores de fibras e minerais apresentaram valores próximos das médias encontradas em gramíneas tropicais, enquanto o teor de proteína bruta permaneceu acima de 70 g kg-1, somente até os 48 dias, segundo o modelo de regressão. Resumo em inglês The objective of this research was to evaluate dry matter yield, in vitro digestibility, fiber protein and mineral composition of bahiagrass (paspalum notatum) `Tifton 9' clipped at six regrowth stages (20, 27, 34, 41, 48 and 55 days after staging). The experimental design consisted of randomized complete blocks with six trataments (ages) and four replications. Dry matter yield ranged from 188 to 593 g m-2, with the cubic regression having the best fit (P< 0.05). Conce (mais) ntration of acid detergent fiber, lignin, and crude protein decreased linearly (P<0.01), (P<0.10), (P<0.05) respectively from 387.73 to 370.04, 37.56 to 26.67, 121.33 to 68.88 g kg-1, as well as phosphorus concentration that attained, 1.92 g kg-1 55 days. Neutral detergent fiber concentration, in vitro digestibility at potassium, calcium, magnesium and sulphur were not affected (P>0.05) by regrowth age. Among the micronutrients, concentration of iron and manganese remained unchanged (P>0.05) during the period, whereas copper levels declined linearly and zinc levels decreased quadratically (P<0.01). Dry matter yield, digestibility and concentration of fiber components and minerals presented values similar to other tropical forages, wereas crude protein remained above 70 g kg-1, only up to the 48th day, according to the regression model.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação físico-química de águas minerais comercializadas na região de Campinas, SP/ Physical-chemical evaluation of mineral waters marketed in Campinas, SP

Morgano, Marcelo A.; Schatti, Ana Cláudia; Enriques, Hercília A.; Mantovani, Dilza M.B.
2002-12-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a qualidade de águas minerais, foram analisadas amostras, adquiridas em supermercados, de oito fontes localizadas no Estado de São Paulo entre agosto de 1999 e maio de 2000, com coletas trimestrais. Os resultados das análises físico-químicas mostraram que as amostras possuíam, em sua maioria, composição química dentro dos limites permitidos pela legislação brasileira, exceto quatro amostras, que apresentaram resultados na análise de c (mais) or acima de 5 unidades PtCo, uma amostra com pH fora da faixa recomendada de 4,0 a 9,0 e uma amostra com alcalinidade em hidróxidos em duas épocas de análise. Os resultados obtidos para as diferentes amostras variaram de acordo com as seguintes faixas: pH de 6,39 a 9,92, alcalinidade de 0,0 a 189,1mg L-1 de bicarbonato, dureza de 0,00 a 136,00mg L-1 de carbonato de cálcio, cor de 0,0 a 9,0 unidades de PtCo, turbidez de 0,00 a 2,00 FTU de turvação, sulfato de 0,00 a 55,67mg L-1, sulfeto de 0,00 a 0,002mg L-1, cloreto de 0,00 a 23,53mg L-1, fluoreto de 0,02 a 0,8mg L-1, alumínio de 0,01 a 0,09mg L-1, bário de 0,00 a 0,26mg L-1, cálcio de 0,53 a 28,35mg L-1, crômio de 0,00 a 0,01mg L-1, ferro de 0,00 a 0,03mg L-1, potássio de 0,39 a 3,27mg L-1, sódio de 0,53 a 97,29mg L-1, magnésio de 0,00 a 9,10mg L-1, manganês de 0,00 a 0,05mg L-1, zinco de 0,00 a 0,03mg L-1, chumbo de 0,00 a 0,01mg L-1 e lítio de 0,00 a 0,02mg L-1. Os elementos cádmio, cobre e cobalto apresentaram-se abaixo dos limites de detecção dos métodos. Resumo em inglês Samples from eight different sources of mineral water from São Paulo State were purchased from August 1999 to May 2000 in order to evaluate the physical-chemical quality. In general, most samples were within the limits permited by the Brazilian legislation, except for four samples which showed color results above 5 PtCo units, one sample with pH outside the recommended range (pH 4 to 9) and one sample which presented hydroxide alkalinity in two different periods of sampl (mais) ing. The results varied according to the following ranges: pH from 6.39 to 9.92, alkalinity from 0.00 to 189.10mg L-1 de HCO3-1, hardness from 0.00 to 136.00mg L-1 carbonate of calcium, color from 0.0 to 9.0 units PtCo, turbidity from 0.00 to 2.00 FTU of turbidity, sulphate from 0.00 to 55.67mg L-1, sulfide from 0.00 to 0.002mg L-1, chloride from 0.00 to 23.53mg L-1, fluoride de 0.02 a 0.8mg L-1 aluminum from 0.01 to 0.09mg L-1, barium from 0.00 to 0.26mg L-1, calcium from 0.53 to 28.35mg L-1, chromium from 0.00 to 0.01mg L-1, iron from 0.00 to 0.03mg L-1, potassium from 0.39 to 3.27mg L-1, sodium from 0.53 to 97.29mg L-1, magnesium from 0.00 to 9.10mg L-1, manganese from 0.00 to 0.05mg L-1, zinc from 0.00 to 0.03mg L-1, lead from 0.00 to 0.01mg L-1 and lithium from 0.00 to 0.02mg L-1. The elements cadmium, copper and cobalt were below the limits of detection for the analytical methods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)