Sample records for manganese 45
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 4 shown.



1

Caracterização físico-química e microbiológica da farinha de algaroba (Prosopis juliflora (Sw.) DC)/ Physicochemical and microbiological characterization of mesquite flour (Prosopis juliflora (Sw.) DC)

Silva, Celiane Gomes Maia da; Melo Filho, Artur Bibiano de; Pires, Edleide Freitas; Stamford, Tânia Lúcia Montenegro
2007-12-01

Resumo em português Algaroba (Prosopis juliflora (Sw.) D.C.) é uma leguminosa arbórea tropical comum no semi-árido brasileiro e desenvolve-se em lugares secos, onde dificilmente outras plantas poderiam sobreviver. Suas vagens produzem uma farinha que pode ser usada na alimentação humana, além de vários outros produtos como o mel, licor e um produto similar ao café. Este trabalho teve por objetivo caracterizar quanto à composição físico-química e microbiológica a farinha de alga (mais) roba potencialmente passível de introdução como matéria-prima de interesse comercial. A farinha de algaroba foi analisada quanto ao teor de umidade, cinzas, proteína, lipídios, açúcares totais, açúcares redutores, fibra alimentar total e tanino. Os minerais analisados foram cálcio, fósforo, magnésio, ferro, zinco, sódio, potássio, manganês, silício, alumínio e cobre. As análises microbiológicas foram: coliformes a 45 °C.g -1, Bacillus cereus.g -1, Salmonella sp..25 g -1, e bolores e leveduras.g -1. Verificou-se que a farinha de algaroba apresenta elevados níveis de açúcares (56,5 g.100 g -1), razoável teor de proteínas (9,0 g.100 g -1) e baixo teor em lipídios (2,1 g.100 g -1). Quanto aos minerais observou-se a predominância do fósforo (749 mg.100 g -1) e do cálcio (390 mg.100 g -1). As análises microbiológicas apresentaram resultados inferiores ao limite estabelecido pela legislação, sendo considerada apropriada quanto à qualidade higiênico-sanitária. Portanto, conclui-se que esta possui uma elevada concentração de açúcares além de outros nutrientes, como minerais, importantes para o desenvolvimento humano e animal. Resumo em inglês Mesquite (Prosopis juliflora (Sw.) D.C.) is a tropical tree legume fairly common in the semi-arid region of Brazil, which thrives in dry environments where other plants would hardly survive. Its seedpods can be made into flour, which is used in human food and other products such as honey, liqueur and a product similar to coffee. The major aim of this study was to characterize the physicochemical and microbiological composition of mesquite flour with a view to introducing (mais) it as a commercial raw material. The mesquite flour was analyzed to determine its water, ash, protein, lipids, total sugar, reducing sugar, total food fiber and tannin content. The minerals analyzed were calcium, phosphorous, magnesium, iron, zinc, sodium, potassium, manganese, silicon, aluminum and copper. The microbiological analysis focused on coliforms at 45 °C.g-1, Bacillus cereus.g -1, Salmonella sp..25 g-1 and molds and yeasts.g -1. The mesquite flour presented high levels of sugars (56.5 g.100 g -1), a moderate level of proteins (9.0 g.100 g -1) and low levels of lipids (2.1 g.100 g -1). As for mineral content, the results showed a prevalence of phosphorous (749 mg.100 g -1) and calcium (390 mg.100 g -1). The microbiological analysis showed results below the legal limits, allowing the product to be considered appropriate from a sanitary standpoint. It was therefore concluded that mesquite flour contains a high concentration of sugars as well as other nutrients such as minerals, which are important for human and animal development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Produtividade de cebola influenciada pela aplicação de micronutrientes/ Onion yield influenced by micronutrient application

Kurtz, Claudinei; Ernani, Paulo Roberto
2010-02-01

Resumo em português A aplicação excessiva de fertilizantes, o uso de corretivos da acidez sem critérios técnicos adequados e o monocultivo são práticas comuns na região cebolicultora catarinense, e isso tem contribuído para o aparecimento de sintomas visuais de deficiências nutricionais, principalmente de micronutrientes. O presente trabalho objetivou avaliar o efeito da aplicação de B, Zn e Mn na produtividade e na conservação de bulbos de cebola. Foram conduzidos três experim (mais) entos independentes, em campo, sendo um para cada nutriente, no município de Ituporanga, SC, de 2006 a 2009. Em cada experimento, os tratamentos consistiram de aplicações do micronutriente ao solo e de pulverizações foliares. As doses aplicadas ao solo variaram de 0 a 4 kg ha-1 para Zn, de 0 a 4,4 kg ha-1 para B e de 0 a 15,6 kg ha-1 para Mn. As pulverizações foliares, em número de seis a cada ano, foram realizadas a cada 14 dias, nas concentrações de 0,5 % de sulfato de zinco, de 0,25 % de ácido bórico e de 1,0 % de sulfato de manganês. A aplicação de Zn ao solo aumentou a produtividade de bulbos nas três safras, cujos incrementos variaram de 10 a 14,5 %. A dose de Zn que proporcionou a máxima produtividade de bulbos variou de 2,7 kg ha-1, na safra 2006/2007, para uma produtividade de 22,3 t ha-1, até a quantidade estimada de 4,5 kg ha-1, na safra 2008/2009, para produtividade de 35,6 t ha-1. A aplicação de Mn e de B, independentemente do modo de aplicação, e as pulverizações foliares com Zn não influenciaram a produtividade de cebola em nenhuma safra. A qualidade dos bulbos, avaliada por meio da ausência de deterioração durante 145 dias de armazenamento, não foi influenciada pela adição de Zn, B ou Mn. Assim, é importante aplicar Zn para a produção de bulbos de cebola em Cambissolos catarinenses, mesmo naqueles em que o teor desse nutriente no solo esteja acima do nível crítico considerado para os solos da região, provavelmente, em função da exigência da cultura. Resumo em inglês The excessive use of fertilizers and liming as well as monoculture is rather common in the onion-producing region of Santa Catarina State, Brazil. Such practices have resulted in visual symptoms of micronutrient deficiency, mainly of micronutrients. This study aimed to measure the effect of B, Zn and Mn fertilizers on yield and quality of onion bulbs. Three individual trials, one for each nutrient, were carried out in the field, in Ituporanga, southern Brazil, from 2006 u (mais) ntil 2009. In each experiment, treatments consisted of increasing rates of each micronutrient applied to the soil before planting and also of a single rate sprayed onto the leaves six times per season. Rates applied to the soil varied from 0 to 4 kg ha-1 for Zn, from 0 to 4.4 kg ha-1 for B, and from 0 to 15.6 kg ha-1 for Mn. The spray solutions contained zinc sulfate, boric acid and manganese sulfate, at concentrations of 0.5, 0.25 and 1.0 %, respectively. The application of Mn or B, regardless of the form, and Zn sprays, had no effect on onion yield in any growing season. The application of Zn to the soil increased onion yield in all three years, by 10-14.5 %. Maximum yield was obtained with Zn rates of 2.7 kg ha-1 in 2006/2007 (22.3 t ha-1), up to an estimated quantity of 4.5 kg ha-1 in 2008/2009 (35.6 t ha-1). The bulb quality was not affected by micronutrient application (Mn, B, or Zn), regardless of the form. It is therefore important to apply Zn to the soil for onion production in the State of Santa Catarina, even where Zn concentration exceeds the critical level established for the region, which is probably due to the requirement of this crop.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Severidade da mancha-marrom em trigo cultivado com diferentes formas de nitrogênio e doses de manganês/ Severity of spot blotch in wheat cultivated with different forms of nitrogen and manganese doses

Zanão Júnior, Luiz Antônio; Coelho, Paulo Henrique Moreira; Fontes, Renildes Lúcio Ferreira; Ávila, Vinícius Tavares de; Kawamura, Igor Ken
2009-10-01

Resumo em português A fonte de N fornecido às culturas influencia algumas propriedades do solo como o pH, causando efeitos indiretos na disponibilidade e, consequentemente na absorção de nutrientes pela planta. Em relação ao Mn, que pode influenciar na susceptibilidade de plantas a doenças, pode haver alterações até mesmo nas relações patógeno-hospedeiro. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de duas fontes de N e cinco doses de Mn na severidade da mancha-marrom em plant (mais) as de trigo, bem como na produção de matéria seca da parte aérea e raízes, a absorção desses nutrientes pelas plantas e a disponibilidade do Mn no solo. O experimento foi instalado em casa de vegetação e os tratamentos dispostos em um esquema fatorial (2 × 5), sendo duas fontes de N (amoniacal e nítrica) e cinco doses de Mn (0; 2,5; 5,0; 10,0 e 20,0 mg dm-3), em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Foram utilizadas amostras de um Latossolo Vermelho distrófico em vasos contendo 2,2 dm³, com três plantas de trigo. Aos 45 dias após emergência (DAE), as plantas foram inoculadas com uma suspensão de 10(5) mL-1 conídios de Bipolaris sorokiniana. Foram determinados o grau de severidade final da mancha-marrom, a produção de matéria seca da parte aérea e das raízes, e os teores foliares de N e Mn nas plantas de trigo, assim como a disponibilidade de Mn no solo. Verificou-se efeito das fontes de N e das doses de Mn apenas na severidade da mancha-marrom e nos teores de Mn no solo e nas folhas. Houve respostas quadráticas para os teores de Mn no solo e nas folhas e para a severidade da mancha-marrom no trigo. A fonte amoniacal [(NH4)2SO4] proporcionou maior disponibilidade do Mn no solo do que a fonte nítrica [Ca(NO3)2], que foi acompanhada de aumento do teor foliar de Mn na planta e de diminuição da severidade da mancha-marron em trigo. Resumo em inglês The nitrogen source applied to crops may alter some soil properties such as pH, resulting in changes in the soil nutrient availability and plant nutrient uptake. Manganese (Mn), which can influence the plant susceptibility to diseases, may even affect host-pathogen relationships. The objective of this study was to evaluate the effect of soil application of two N sources and five Mn doses on the severity of the wheat spot blotch disease. Additionally, shoot and root dry ma (mais) tter production, plant Mn uptake and soil Mn availability were evaluated. An experiment in a randomized block design was carried out in a greenhouse, in a 2 × 5 factorial scheme with two N sources [(NH4)2SO4 and Ca(NO3)2] and five Mn doses (0; 2.5; 5.0; 10.0 and 20.0 mg dm-3) with four replications. Plants were grown in a dystrophic Red Latosol (Oxisol), in 2.2 dm³ plastic pots, with three wheat plants per pot. Forty-five days after emergence (DAE) the plants were inoculated with a Bipolaris sorokiniana suspension containing 10(5) conidial fungi per mL. The disease severity degree, shoot and root dry matter production, and the N and Mn leaf contents in the wheat plants were determined, as well as the soil Mn availability. The N sources and Mn doses affected only the disease severity degree, soil available Mn and leaf Mn. Quadratic responses were found for the contents of soil Mn, leaf Mn and disease severity degree as a function of the increased Mn (MnCl2.4H2O) rates applied to soil. The ammonium-based source [(NH4)2SO4] resulted in a greater Mn availability than the nitric-based source [Ca(NO3)2], which was followed by an increase in foliar Mn and a drop in the severity degree of wheat spot blotch.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Química de elementos-traço nos sedimentos do Lago do Parú (Manacapuru - Amazonas), sob influência do pulso de inundação do baixo Rio Solimões/ Trace elements chemical in Lago do Parú (Manacapuru - Amazonas) sediments, under Lower Solimões River flood pulse influence

Koumrouyan, Adriana; Santana, Genilson Pereira
2008-01-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi determinar as concentrações totais e em frações geoquímicas de Fe, Mn, Co, Cu e Zn em sedimentos, coletados nos períodos de seca (2005) e cheia (2006) do Lago do Parú. Nas partículas de sedimento seco ao ar (SSA) (mais) am lidas em cada fração, por espectrometria de absorção atômica de chama, sendo que o Fe apresentou a maior concentração total e uma forte associação com óxidos. O Mn alcançou a maior fração trocável dentre os elementos, em ambas as estações analisadas. O Zn obteve uma fração trocável constante entre os dois períodos analisados. O Cu se caracterizou por apresentar forte ligação pela fração orgânica, não variando de uma estação para outra nesta fração. O Co apresentou comportamento similar ao do Cu, exceto pela fração orgânica que apresentou diferença de concentração entre os períodos, sendo maior na cheia. As análises multivariadas confirmaram que os metais foram movimentados entre as frações geoquímicas do período seco para o de cheia. Resumo em inglês The aim of this work was to determine whole and geochemical fractions of Fe, Mn, Co, Cu and Zn concentrations from sediments collected at low (2005) and high (2006) water seasons in Lago do Parú. From (mais) ples were read in each fraction, by flame atomic absorption spectrometry, where Fe showed the highest whole concentration and strong association with oxides. Mn reached the biggest exchangeable fraction among elements in both analyzed periods. Cu showed strong association by organic fraction and don't presented difference of concentration between periods. Co presented similar behavior of Cu, except for organic fraction, in which showed difference between periods, where was bigger in high water level period. Multivariate statistical analyses confirmed that metals were displaced in sediments geochemical fractions at low and high water seasons.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)