Sample records for malignancies
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

A hipercalcemia nas malignidades: aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos/ Hypercalcemia of malignancy: clinical features, diagnosis and treatment

Farias, Maria Lucia F. de
2005-10-01

Resumo em português A hipercalcemia associada à malignidade é descrita em 20 a 30% dos pacientes com câncer em alguma etapa da doença, e significa mau prognóstico. Os sintomas relacionados ao sistema nervoso central predominam, tais como progressivo declínio da capacidade cognitiva, estupor e coma. As alterações na função renal (incapacidade de concentrar a urina acarretando poliúria) e no trato gastrointestinal (anorexia, náuseas e vômitos) corroboram para a desidratação e ag (mais) ravam a hipercalcemia. A hipercalcemia causada pelo câncer é comumente classificada em: 1) hipercalcemia osteolítica local, decorrente da intensa reabsorção óssea osteoclástica nas áreas em torno das células malignas na medula óssea; 2) hipercalcemia humoral maligna, causada pela secreção do peptídeo relacionado ao paratormônio (PTHrP) pela neoplasia maligna; 3) hiperparatireoidismo ectópico; 4) produção de 1,25 (OH)2 D pelo tumor. O controle adequado da hipercalcemia é necessário para dar tempo de o paciente responder ao tratamento antineoplásico. A expansão de volume com solução salina corrige a desidratação, melhora a filtração glomerular e aumenta a excreção urinária de cálcio, que pode ser ampliada por diuréticos de alça. Os bisfosfonatos intravenosos são os medicamentos mais eficientes em controlar a hipercalcemia, uma vez que bloqueiam a osteólise osteoclástica e também possuem efeito anti-tumoral, diminuindo as metástases ósseas. Novas alternativas de tratamento das manifestações ósseas das malignidades são os anticorpos anti-PTHrP, anticorpos anti-RANKL e a osteoprotegerina, além de inibidores de proteossomo no caso do mieloma múltiplo. Resumo em inglês Hypercalcemia associated with malignancies is reported in up to 20 to 30% of patients with cancer during the course of the disease, and points to a poor prognosis. Symptoms related to the central nervous system, as progressive mental impairment, stupor and coma, predominate. Alterations in kidney function (water-concentrating defect leading to polyuria) and gastrointestinal tract (anorexia, nausea, vomiting) corroborate to dehydration and a further increase in serum calci (mais) um. Cancer-induced hypercalcemia may be classified as: 1) local osteolytic hypercalcemia (LOH), due to marked increase in osteoclastic bone resorption in areas surrounding the malignant cells within the marrow space; 2) humoral hypercalcemia of malignancy, caused by the secretion of parathyroid hormone-related protein (PTHrP) by the malignant tumor; 3) ectopic hyperparathyroidism; 4) 1,25(OH)2 D-secreting tumors. Adequate control of hypercalcemia is necessary to give the patient time to respond to anti-cancer therapy. Volume expansion with saline will correct dehydration, improve glomerular filtration and increase urinary calcium excretion, which may be further stimulated by loop diuretics. Intravenous bisphosphonates are the most effective agents to control hypercalcemia, as they block osteoclastic osteolysis and also have antitumoral effects, decreasing bone metastases. New approaches to control the skeletal manifestations of malignancies are anti-PTHrP and anti-RANKL antibodies, osteoprotegerin, and also proteasome inhibitors in the case of multiple myeloma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Síndrome de Sweet associada à policitemia vera/ Sweet’s syndrome associated withpolycythemiavera

Moreira, Ângela Puccini; Souza, Flávia Feijó de; Gaspar, Neide Kalil; Quattrino, Ada Lobato; Vilar, Enoi Aparecida Guedes
2009-12-01

Resumo em português A síndrome de Sweet pode estar associada a malignidades hematológicas, principalmente, à leucemia mieloide aguda, porém existem poucos relatos demonstrando a associação com a policitemia vera. Relata-se o caso de doente do sexo masculino, de 65 anos, portador de policitemia vera,que evoluiu com aparecimento de síndrome de Sweet na sua forma paraneoplásica. Resumo em inglês Sweet’s syndrome may be associated with hematological malignancies, particularly with acute myelogenous leukemia, but there are few reports of its association with polycythemiavera. We describethe case of a 65-year-old male patient, diagnosed with polycythemiavera, which developedinto paraneoplastic Sweet's syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Síndrome da unha amarela: relato de caso/ Yellow nail syndrome: case report

Machado, Ronaldo Figueredo; Rosa, Dário Júnior de Freitas; Leite, Christiane Chaves Augusto; Martins Neto, Marcelino Pereira; GamonaI, Aloísio
2009-12-01

Resumo em português A síndrome da unha amarela é uma doença rara, caracterizada pela tríade de linfedema, derrame pleural e unhas Distróficas de crescimento lento e coloração amarelada. Várias associações já foram descritas, entre elas, afecções crônicas do aparelho respiratório, doenças autoimunes, malignidades e estados de imunodeficiência. Entre os casos citados na literatura, apenas cerca de um terço se apresenta com todos os achados e o caso relatado a seguir é um exemplo da tríade clássica. Resumo em inglês The yellow nail syndrome is a rare disease, in which there is a triad of lymphedema, pleural effusion and slow-growing dystrophic yellow nails. Many associations have already been described; among them, chronic respiratory tract diseases, autoimmune disorders, malignancies and immunodeficiency conditions. Only one third of cases in the literature show all findings. The case reported next is an example of the classical triad.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Xantogranuloma necrobiótico solitário sem paraproteinemia/ Necrobiotic xanthogranuloma without paraproteinemia

Macedo, Danielle Mazziero; Hirata, Sérgio Henrique; Michalany, Nílceo S.; Simões, Mílvia Maria; Enokihara, Silva; Enokihara, Mauro Y.
2008-06-01

Resumo em português O xantogranuloma necrobiótico é doença crônica granulomatosa e xantomatosa, caracterizada por pápulas e placas infiltradas, eritematosas e amareladas, preferencialmente localizadas na região periorbital. É comum associar-se com paraproteinemia e risco aumentado para malignidades hematológicas e linfoproliferativas. Sua patogênese permanece desconhecida. Agentes alquilantes, como clorambucil e melfalan, podem ser utilizados no tratamento com sucesso variável. Relata-se um exemplo dessa rara doença em paciente com lesão única e sem paraproteinemia. Resumo em inglês Necrobiotic xanthogranuloma is a chronic granulomatous and xantomathous disease, characterized by indurated, nontender, yellowish and erythematous nodules and plaques especially located on the periorbital region. It is commonly associated with paraproteinemia and an increased risk for hematological and lymphoproliferative malignancies. Its pathogenesis remains unclear. Alkylating agents, such as chlorambucil and melphalan may be used to treat the disease with variable suc (mais) cess. We report a case of this rare disease in a patient with a solitary tumor and without paraproteinemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Efeitos da radioiodoterapia nas gerações futuras de mulheres com carcinoma diferenciado de tireóide/ Radioiodine therapy effects on offspring of patients with differentiated thyroid carcinoma

Brandão, Carmen Dolores Gonçalves; Antonucci, Jane; Correa, Nilson Duarte; Corbo, Rossana; Vaisman, Mario
2004-02-01

Resumo em português A radioiodoterapia tem conseguido desempenhar um papel significante no tratamento do carcinoma diferenciado de tireóide. A literatura é limitada em relação a possíveis efeitos secundários do 131I, embora o interesse tenha aumentado nesse campo. A importância de se saber mais sobre os efeitos mutagênicos da radiação em filhos de mães expostas ao 131I para tratamento do carcinoma diferenciado de tireóide é devida à possibilidade de ocorrência de abortos, anor (mais) malidades genéticas e aparecimento de malignidades nas crianças. Nesta revisão da literatura vários estudos têm demonstrado a segurança desse tipo de tratamento em mulheres na idade fértil, sendo apenas aconselhadas a evitar gravidez pelo período de, pelo menos, um ano após a administração da radioiodoterapia. Resumo em inglês Radioiodine therapy has attained a significant role in the treatment of differentiated thyroid cancer. The literature addressing possible secondary effects of 131I is limited, although there has been increasingly interest in this field. A more comprehensive understanding of the mutagenic effects of radiation on the offspring of women exposed to 131I is mandatory in view of the possibility of occurrence of miscarriages, congenital abnormalities and malignancies in these ch (mais) ildren. In this review, we found that many reports on safety of this type of treatment in female patients in reproductive age recommend that pregnancy should be avoided for at least one year after therapeutic administration of radioiodine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Síndrome de Cowden: relato de um caso/ Cowden's Syndrome: a new case report

Guimarães, Patrícia de Barros; Branco, Adeíza de Alencar; Carvalho, Elaine; Lima, Francisco Eduardo; Almeida, José Roberto; Santos, Josemir Belo dos; Villa, Luisa; Rodrigues, Sílvia Helena; Siqueira, Roberta; De Perreli, Tatiana
2002-12-01

Resumo em português A síndrome de Cowden (SC) ou síndrome de múltiplos hamartomas (SMH) é genodermatose rara de herança autossômica dominante e expressividade variável. É caracterizada por múltiplas lesões hamartomatosas de origem ectodérmica , mesodérmica e endodérmica. O órgão mais acometido é a pele, e as lesões mucocutâneas estão presentes em proporção que varia de 99 a 100% dos casos. Esses sinais precedem o desenvolvimento do câncer em vários anos, servindo como (mais) importantes marcadores clínicos na identificação de pacientes com alto rico para desenvolver câncer da mama e tireóide. Devido a associações com malignidades internas o diagnóstico precoce é essencial. O locus gênico para SC foi identificado no cromossomo 10q22-23. As mutações no gene supressor tumoral, PTEN/MMAC1, localizado no cromossomo 10q23, têm sido implicadas no desenvolvimento do câncer mamário. Os autores relatam um caso dessa rara entidade. Trata-se de paciente do sexo masculino com quadro clínico característico dessa síndrome. Resumo em inglês Cowden's Syndrome (CS) or Multiple Hamartoma Syndrome (MHS) is a rare genodermatosis of autossomal-dominant inheritance with variable expressivity. It is characterized by multiple hamartomatous lesions of ectodermal, mesodermal and endodermal origins. The organ system that most consistently manifests this syndrome is the skin. Mucocutaneous lesions are present in 99 to 100% of cases. These signs precede the development of cancer by several years, and they serve as importa (mais) nt clinical markers for identification of patients at high risk for malignancies of the breast or thyroid. Because of its potentially serious associations with internal malignancy, early and accurate diagnosis is essential. The gene locus for CS has been identified as chromosome 10 q22-23. Mutations in the human tumor suppressor gene, PTEN/MMAC1, located on the 10q23 chromosome, have been implicated in the development of breast cancer. The authors report a case of this rare entity, dealing with a male patient with the clinical characteristics of this syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Pioderma gangrenoso: um desafio para o reumatologista/ Pyoderma gangrenosum: a challenge to the rheumatologist

Coelho, Luciano Ferreira; Correia, Francine Guilherme; Ottoni, Fernanda Assis; Santos, Flávia Patrícia Sena Teixeira; Pereira, Luciana Baptista; Lanna, Cristina Costa Duarte
2009-06-01

Resumo em português O pioderma gangrenoso (PG) faz parte do espectro das dermatoses neutrofílicas, processos que têm em comum um padrão histológico similar, formado por infiltrado de leucócitos polimorfonucleares, de caráter não infeccioso e não neoplásico e sem vasculite primária. Caracteriza-se por úlceras dolorosas, com bordas imprecisas, de variados tamanhos e profundidade, localizadas principalmente nos membros inferiores, mas outras partes da pele, mucosas e outros órgãos (mais) podem estar envolvidos. A doença tem grande morbidade e seu curso pode ser crônico ou recidivante. A patogênese não é bem conhecida. Em 50 a 70% dos pacientes, está associado a uma doença de base, como doença inflamatória intestinal, doenças reumáticas, hematológicas ou malignidades; pode apresentar-se de forma isolada. São analisados dois pacientes com o diagnóstico de pioderma gangrenoso e artrite associada, para ressaltar a importância do conhecimento dessa dermatose pelo reumatologista, já que o acometimento articular ocorre em cerca de 37% dos pacientes que apresentam essa síndrome neutrofílica. Resumo em inglês Pyoderma gangrenosum (PG) is a necrotizing neutrophilic dermatosis, a condition with polymorphonuclear infiltrates, which is non-infective, non neoplastic and has no primary vasculitis. It may be idiopathic or associated with a systemic disorder. It is characterized by painful ulcers with undermined edge, of variable depth and size. The legs are most commonly affected but other parts of the skin and mucous membranes may also be involved. The course can be mild or malignan (mais) t, chronic or relapsing, and has a remarkable morbidity. The pathogenesis is unknown. In 50 to 70% of the patients, PG is associated with underlying systemic diseases such as inflammatory bowel disease, myeloproliferative disorders, hematological or malignancies; it can appear in isolated form. This is a report of two patients with PG and arthritis which intends to show the importance, for rheumatologists, of considering this dermatosis, since articular complaints are present in 37% of the PG patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Reconstituição imunológica após o transplante de medula óssea alogênico/ Immunology reconstitution after allogeneic bone marrow transplantation

Reis, Maria A. L.; Visentainer, Jeane E. L.
2004-01-01

Resumo em português Após a transplantação de células progenitoras hematopoiéticas, todos os receptores desenvolvem um período de profunda neutropenia e imunodeficiência que é significativamente responsável pelas graves complicações infecciosas que ocorrem após o transplante. Devido ao intensivo regime de condicionamento pré-transplante, tanto a resposta celular quanto a humoral estão severamente comprometidas. A reconstituição imunológica é um importante componente para o s (mais) ucesso do transplante, não somente porque os defeitos imunes estão relacionados à morbidade pós-transplante, mas também porque eles podem influenciar o risco de recaída e o desenvolvimento de malignidades secundárias após o transplante. Este estudo apresenta uma revisão sobre as principais variáveis envolvidas na reconstituição imunológica, após o transplante de medula óssea alogênico: uma falta de manutenção da imunidade antígeno-específica do doador, uma deficiência na reconstituição da ontogenia linfóide, as diferenças de histocompatibilidade entre doador e receptor, o efeito da GVHD e suas terapias e, a redução na função tímica do receptor. Resumo em inglês After the hematopoietic progenitor cell transplantation, all receptors experience a period of profound neutropenia and immunodeficiency that is responsible for a significant number of the serious infectious complications that can occur after a transplant. Due to the intensive regimen of pre-transplant conditioning, both cellular and humoral responses are greatly affected. Immune reconstitution is an important component of successful bone marrow transplantation, not only b (mais) ecause immune defects are related to infectious post-transplant morbidity, but also because they may influence the risk of relapse and the development of secondary malignancies after transplantation. This study gives a revision about the primary variables involved in immunologic reconstitution, after allogeneic bone marrow transplantation: a lack of sustained transference of donor antigen-specific immunity, a deficiency in the lymphoid ontogeny reconstitution, histocompatibility differences between donor and receptor, the effect of GVHD and its therapy, and decreased thymic function of the receptor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Carcinoma de células escamosas em língua pós-transplante de medula óssea por Anemia de Fanconi/ Squamous cell carcinoma of the tongue due to Fanconi's Anemia after bone marrow transplantation

Pasquini, Ricardo; Neto, José Z.; Medeiros, Carlos R.; Bitencourt, Marco A.; Bonfim, Carmem M. S.; Moreira, Vaneuza A.; Setúbal, Daniela C.; Flowers, Mary E. D.; Kupka, Elcio; Araújo, Marcos V.
2003-01-01

Resumo em português Anemia Fanconi (AF) é uma síndrome autossômica recessiva, caracterizada por pancitopenia progressiva com hipoplasia de MO, em associação com várias anormalidades constitucionais, tendo como único recurso terapêutico com possibilidade potencial de cura o transplante de medula óssea, e sendo tais pacientes propensos ao desenvolvimento de malignidades hematológicas e carcinoma de células escamosas (CEC) em diversos locais: reto, vagina, cérvice, esôfago, cavidad (mais) e bucal, faringe ou pele, mas especialmente em cabeça e pescoço. Relatamos aqui três casos de pacientes portadores de AF, que após TMO desenvolveram CEC em língua. Além disso, mencionamos fatores de risco relatados para tal evento, como diagnóstico de AF, condicionamento pré-transplante (quimioterápicos e irradiação), terapia com drogas imunossupressoras para tratamento de doença enxerto contra hospedeiro (DECH) aguda ou crônica, sexo e idade avançada. Além do que, discorremos sobre a existência de três mecanismos postulados que predispõem indivíduos com AF ao desenvolvimento de neoplasia: (1) defeito na reparação do DNA; (2) defeito na detoxificação de radicais de oxigênio; e (3) imunodeficiência. Resumo em inglês Fanconi's Anemia, first described in 1927, is a rare autonomic recessive disease characterized by progressive pancytopenia, congenital malformations, spontaneous or chemically induced chromosome breakage and increased incidence of leukemia and other cancers. The onset of bone marrow hypoplasia and its hematological manifestations is usually in the 3 - 7 year age range. The disease has traditionally been managed clinically through administration of blood products, treatmen (mais) t of infections and prolonged administration of androgens, growth factors and more recently with gene therapy. The value of bone marrow transplantation in correcting the hematological manifestations of Fanconi's anemia has been established. Alkilanting agents and radiation have been utilized as a conditioning regimen in bone marrow transplantation for Fanconi's anemia, but these patients are particularly hypersensitive to these agents and its toxicity is the main cause of mortality and morbidity. Bone marrow transplantation is at the moment the only therapeutic modality able to bring hematological cure. Fanconi's anemia patients are particularly susceptible to the development of hematological malignancies and squamous cell carcinoma in the epithelium of the rectum, vagina, cervix, esophagus, oral cavity, pharynx or skin in general but more frequently on the head and neck; probably not only because the basic cellular defect but also because of the conditioning regimen. We report on three cases of Fanconi's anemia patients developing squamous cell carcinoma of the tongue after bone marrow transplantation. Furthermore, there is mention of the risk factors linked in an event, such as the diagnosis of Fanconi's anemia, pre-transplant conditioning regimen that usually includes alkylating agents and irradiation; immunosuppressive prophylactic therapy for acute and chronic graft-versus-host-disease, gender and age. Additionally, we discussed the existence of three postulated mechanisms that make individuals with Fanconi's anemia susceptible to the development of neoplasias: (1) deficiency in the DNA repair system, (2) deficiency in oxygen radical detoxification; and (3) immunodeficiency.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Adenocarcinoma do pulmão em doente com esclerodermia: Um caso clínico/ Lung adenocarcinoma associated with systemic sclerosis: A case report

Bento, João; Fernandes, Gabriela; Barbosa, Maria Alice; Magalhães, Adriana; Santos, Ana Rosa; Hespanhol, Venceslau
2009-01-01

Resumo em português A esclerodermia é uma doença do tecido conjuntivo de etiologia desconhecida, que tem sido associada a um risco acrescido de malignidade. O cancro do pulmão é a neoplasia mais frequente, nestes doentes. Apresenta-se o caso clínico de uma mulher de 42 anos, não fumadora, com esclerodermia, que desenvolveu agravamento progressivo do seu estado geral e derrame pleural com características de exsudado, sem evidência de infecção ou malignidade. A TAC torácica mostrou (mais) zonas de fibrose, a broncofibroscopia, os lavados brônquico e broncoalveolar foram normais. Foi excluída neoplasia extrapulmonar. Na pleuroscopia, observaram-se formações nodulares, cujas biópsias revelaram tratar-se de adenocarcinoma pulmonar. Iniciou quimioterapia, desenvolvendo ao 48.º dia neutropenia febril e sépsis, vindo a morrer 12 dias depois. Salientamos este caso pela relação, apesar de rara, entre a esclerodermia e o cancro do pulmão e pela importância de uma vigilância pulmonar cuidadosa, em indivíduos com esta doença reumatológica, pelo risco acrescido de neoplasia. Resumo em inglês Systemic sclerosis (scleroderma) is a connective tissue disorder of unknown aetiology characterised by immune abnormalities, which has been related to an increased risk of malignancy. Lung cancer is the most prevalent among these patients. We present a clinical case of a 42 years old non smoker female with systemic sclerosis. She presented progressive general health status worsening and an exudative pleural effusion, with no evidence of infection or malignancy. Chest high (mais) resolution computed tomography revealed pulmonary fibrosis. Bronchoscopy, bronchial and bronchoalveolar lavage were normal. Extra-pulmonary malignancies were excluded. Pleural nodularities were found on pleuroscopy and the biopsy was compatible with lung adenocarcinoma. Chemotherapy was then started, which complicated with febrile neutropenia, sepsis and patient death 12 days after. The purpose of this case report is to bring attention to the relationship, although rare, between systemic sclerosis and lung cancer, stressing the importance of adequate pulmonary surveillance in these patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Remissão de retículo-histiocitose multicêntrica com terapia combinada com infliximabe/ Remission of multicentric reticulohistiocytosis with combined terapy witb infliximab

Rstom, Sílvia Arroyo; Menezes, Bruna Fernandes Padilha de; Maitto, Juliana Britta; Cabrera, Rafael Alberto Aragon; Machado Filho, Carlos D’ App Santos
2008-12-01

Resumo em português A retículo-histiocitose multicêntrica é doença sistêmica rara e de etiologia desconhecida. Caracterizase por poliartrite simétrica, que pode evoluir para artrite mutilante, e por lesões papulonodulares na pele e nas mucosas. O diagnóstico definitivo é histopatológico. Em aproximadamente um terço dos casos de retículo-histiocitose multicêntrica em adultos, observa-se associação com malignidade. Ainda não foi estabelecida uma terapia-padrão. Descreve-se o c (mais) aso de mulher de 46 anos com quadro clínico característico de retículo-histiocitose multicêntrica. Realizou-se tratamento inovador à base de infliximabe, obtendo-se ótimos resultados. Resumo em inglês Multicentric reticulohistiocytosis is an extremely rare systemic disorder of unknown etiology. It is characterized by a severe symmetric polyarthritis which can progresses to a mutilant arthritis and papulonodular skin and mucosal lesions. The diagnostic of multicentric reticulo histiocytosis is histopathologic. Approximately one-third of the adults patients have association with malignancies. There is no uniform treatment regimen for multicentric reticulohistiocytosis. W (mais) e present a case of a 46-year woman with a classical clinical picture of multicentric reticulohistiocytosis. The patient received treatment with biological immunemodulators with marked results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Tumores pélvicos em mulheres na pós-menopausa/ Pelvic tumors in postmenopausal women

Prado Filho, Francisco Cyro Reis de Campos; Andrade, Jurandyr Moreira de; Silva, Cláudia Lemos da; Reis, Francisco José Cândido dos; Nogueira, Antônio Alberto; Sala, Maria Matheus de; Bighetti, Sérgio
1999-01-01

Resumo em português Objetivos: avaliar aspectos clínicos e ultra-sonográficos de tumores pélvicos na pós-menopausa e correlacioná-los com o diagnóstico final. Pacientes e Métodos: foram seguidas prospectivamente 36 mulheres menopausadas com diagnóstico de tumor pélvico com avaliação clínica e ultra-sonografia endovaginal. Foi definida conduta de observação em tumores císticos anecóicos e/ou com septo fino único e volume inferior a 50 cm³. Foi realizada punção em tumores c (mais) om as mesmas características e volume entre 50 e 100 cm³ e laparotomia exploradora para os demais casos. O diagnóstico final definiu dois grupos de pacientes: patologia benigna (28) e maligna (8). Resultados: tumores císticos anecóicos com septo fino único são indicativos de benignidade (p = 0,0091), ao passo que a presença de tumor com áreas sólidas (mistos) é indicativa de malignidade (p = 0,0024). Ascite correlacionou-se com tumores malignos (p = 0,0278). Heterogeneidade do tumor, espessamento de cápsula, septação grosseira e vegetação prevalecem nos casos malignos mas sem significância (p > 0,05). O volume tumoral é parâmetro indicativo de malignidade com mediana de 85,2 cm³ em benignos e 452,5 cm³ em malignos (p = 0,0048), estabelecendo-se corte em 295 cm³ (sensibilidade = 83,3% e especificidade = 85,2%). Com estes critérios todas pacientes com tumores malignos foram submetidas à laparotomia e 11 pacientes com tumores benignos foram tratadas de forma conservadora (39,3% dos casos benignos). Conclusão: a conduta conservadora é adequada a mulheres com tumores pélvicos de pequeno volume, anecóicos ou com septo fino, sem ascite. A diferenciação de tumores complexos e/ou volumosos benignos e malignos necessita de investigação complementar. Resumo em inglês Purpose: to evaluate clinical and ultrasonic findings in patients with pelvic tumors at postmenopause and to correlate them with the final diagnosis. Patients and Methods: thirty-six postmenopausal women with pelvic tumor diagnosis were prospectively evaluated through clinical examination and endovaginal ultrasonography. Clinical follow-up with no surgical procedures was indicated for anechoic cystic tumors with or without thin unique septation and volume under 50 cm³. N (mais) eedle aspiration was indicated for tumors with the same aspect, and volume of 50 to 100 cm³, whereas exploratory laparotomy was performed in the remaining patients. Diagnosis defined two groups of patients: benign (28) and malignant (8) pathologies. Results: anechoic cystic tumor with or without a thin septum indicates benignity (p = 0.0091). Tumors with solid areas indicate malignancy (p = 0.0024). Ascites correlates with malignancy (p = 0.0278). Heterogeneity, thick capsule, thick septa, and papillary projections predominated in malignancies but without no statistical significance (p > 0,05). Tumor volume indicates malignancy, with a median of 85.2 cm³ in benign tumors and 452.5 cm³ in malignancies (p = 0.0048), with a cutoff at 295 cm³ (sensitivity = 83.3% and specificity = 85.2%). Following this protocol, all malignancies were submitted to surgery and 11 benign tumor patients were treated with a conservative protocol (39.3% of all benign patients). Conclusion: conservative management is an adequate protocol for women with anechoic pelvic tumors with low volume, with or without single thin septum and without ascites. Differentiation between benign and malignant of complex and/or high volume tumors requires complementary investigation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Entendendo o papel de marcadores biológicos no câncer de pulmão/ Understanding the role of biological markers in lung cancer

CAPELOZZI, VERA LUIZA
2001-11-01

Resumo em português Marcadores biológicos são componentes celulares, estruturais e bioquímicos, que podem definir alterações celulares e moleculares tanto em células normais quanto aquelas associadas a transformação maligna. Podem ser de dois tipos: 1) marcadores intermediários, que medem alterações celulares e moleculares antes do aparecimento da malignidade; 2) marcadores diagnósticos, presentes em associação com a malignidade. O processo de identificação e validação para (mais) uso clínico do marcador tem diversas etapas: identificação inicial feita em linhagens celulares do tumor em questão; teste do marcador em tecido proveniente de biópsias de pacientes com diagnóstico estabelecido do tumor em questão; teste em biópsias de tecidos normais e com processo inflamatório; teste em escarro, sangue ou urina para validação como teste não-invasivo que possa ser usado em população de alto risco. Marcadores biológicos diagnósticos sorológicos e histológicos são componentes celulares, estruturais e bioquímicos, presentes não só em células tumorais como também em células normais, que podem ser medidos quantitativamente por métodos bioquímicos, imunológicos e moleculares nos fluidos ou nos tecidos corporais, respectivamente, associados a neoplasias e possivelmente ao órgão de origem da neoplasia. Marcadores biológicos são estudados em diferentes neoplasias primárias, porém poucos tiveram seu valor clínico definido. O papel dos marcadores biológicos em câncer de pulmão ainda é incerto, pois apenas um pequeno número de marcadores foi avaliado de maneira adequada. O objetivo deste trabalho é entender o papel dos marcadores biológicos sorológicos e diagnósticos no prognóstico e sobrevida de pacientes com câncer de pulmão baseado em uma coletânea de trabalhos realizada pela autora. Apresenta-se também uma perspectiva futura para a detecção precoce do câncer de pulmão baseada no papel dos marcadores biológicos intermediários. Resumo em inglês Biological markers are cellular, structural and biochemical components that can define cellular as well as molecular changes in both normal and neoplastic cells. There are two types of biological markers: 1) intermediate markers that evaluate cellular and molecular alterations before malignancy occurs; and 2) diagnostic markers, present in association with malignancy. The identification and validation of biological markers for clinical use are performed in stages: (mais) ACE=Symbol>¨ initial identification in cell cultures of the tumor; ¨ testing of the marker in tissues obtained in biopsies of patients with an established diagnosis of the tumor; ¨ testing of biopsies of normal tissues and tissues with an inflammatory process; ¨ sputum, blood or urine tests for validation as a non-invasive test that can be used in high-risk populations. Sorologic and histopathologic biological markers are cellular, structural and biochemical components found in both normal and neoplastic cells that can be quantitatively assessed by biochemical, immunological and molecular methods in the body fluids or tissues, respectively, and may be associated with malignancies and, possibly, with the neoplastic organ. Biological markers are studied in diverse primary neoplasms. However, few of them proved to be clinically valuable. The role of biological markers in lung cancer patients remains unclear because only a small number of markers has been properly assessed. The aim of this paper is to understand the role of sorologic and histologic biological markers in the prognosis and survival of lung cancer patients based on our previous works. Furthermore, we present a future perspective of the early detection of lung cancer on the basis of the role of intermediate biological markers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Abordagem clínico-laboratorial no diagnóstico diferencial de hipercalcemia

Martin, Luciana N. C.; Kayath, Marcia J.
1999-12-01

Resumo em português A hipercalcemia é anormalidade metabólica comum, porém pouco diagnosticada por ser freqüentemente assintomática. Aproximadamente 90% dos casos são decorrentes de hiperparatireoidismo primário (HPT) ou doença maligna complicada por hipercalcemia, estando prevalentes em pacientes ambulatoriais e hospitalizados, respectivamente. Laboratorialmente, o HPT e hipercalcemia humoral maligna apresentam algumas semelhanças, tais como: aumento do AMPc nefrogênico, hipofosfa (mais) temia e hipercalciúria. Porém, o quadro clínico da hipercalcemia associada à malignidade é mais severo e, geralmente, o paciente apresenta-se clinicamente debilitado pela doença, com múltiplas metástases. A dosagem sérica de PTH intacto (PTHi) é fundamental para o diagnóstico definitivo, estando o PTHi elevado ou normal no HPT primário, e suprimido na malignidade. Os mecanismos de hipercalcemia da doença maligna são: secreção de fatores humorais que alteram a homeostase do cálcio e fatores locais produzidos pelos tumores metastáticos ou hematológicos no osso, causando aumento da reabsorção osteoclástica. A proteína relacionada ao hormônio da paratireóide (PTHrP) tem sido implicada na maioria dos casos de hipercalcemia devido a tumores sólidos. Outros fatores como interleucina-6, fator de crescimento tumoral, fator de necrose tumoral e interleucina-1 podem modular os efeitos do PTHrP nos órgãos-alvo, e em alguns tumores, ativam diretamente o osteoctastos como por exemplo no mieloma múltiplo. A hipercalcemia pode estar menos freqüentemente associada a algumas doenças endócrinas como tireotoxicose, feocromocitoma, doença de Addison e neoplasia endócrino múltipla tipos I e IIA. Algumas drogas podem causar esse distúrbio metabólica, merecendo destaque a vitamina D, os diuréticos tiazídicos e o lítio. A sarcoidose é exemplo de doença granulomatosa que pode associar-se à hipercalcemia em 10% dos casos e hipercalciúria em 50%. O diagnóstico diferencial das hipercalcemias é essencial para que haja uma abordagem terapêutica eficaz dessa anormalidade metabólica. Resumo em inglês Hypercalcemia is a common underdiagnosed metabolic abnormality, since it is frequently asymptomatic. Approximately 90% of the cases are due to primary hyperparathyroidism (HPT) or malignancies, and it is more prevalent in outpatients or inpatients, respectively. HPT and malignant humoral hypercalcemia share some similarities such as: increase of nephrogenic cAMP, hypophosphatemia and hypercalciuria. However, patients with hypercalcemia associated with malignancy are usual (mais) ly clinically very ill with mestatasis in multiple organs. The intact PTH (iPTH) serum measurement is very important for definitive diagnosis, since iPTH is elevated or normal in primary hyperparathyroidism and supressed in malignancies. Hypercalcemia in malignancies may be due to humoral factors secreted by tumors that act on target organs and change normal calcium homeostasis. Also, local factors secreted by tumors in bone, either metastatic or hematological, may stimulate osteoclastic bone resorption. The parathyroid hormone-related protein (PTHrP) is responsible for the majority cases of hypercalcemia associated to solid tumors. Other factors like interleukin-6, tumoral growth factor, tumoral necrosis factor and interleukin-1 can modulate the end-organ effects of PTHrP and in some tumors they can directly stimulate the osteoclasts such as in the case of multiple myeloma. Hypercalcemia can less frequently be associated with some endocrine diseases like thyrotoxicosis, pheochromocytoma, Addison's disease and multiple endocrine neoplasia types I and IIA. Some drugs may cause this metabolic abnormality, mainly vitamin D, thiazide diuretics, and lithium. Sarcoidosis is a granulomatous-forming disease that may present with hypercalcemia in 10% of the patients and with hypercalciuria in 50% of the cases. The differential diagnosis of hypercalcemias is essencial for the appropriate treatment of this metabolic abnormality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Estudo Prospectivo das Características Sonográficas no Diagnóstico de Nódulos Sólidos da Mama/ Prospective Study of The Ultrasound Features in the Diagnosis of Solid Breast Lesions

Paulinelli, Régis Resende; Vidal, Célio da Silva Rocha; Ruiz, Alessandro Naldi; Moraes, Vardeli Alves de; Bernardes Júnior, Júlio Roberto Macedo; Freitas Júnior, Ruffo de
2002-01-01

Resumo em português Objetivo: avaliar, por meio de estudo prospectivo, o valor de diferentes características ultra-sonográficas dos nódulos sólidos, na diferenciação de lesões malignas e benignas da mama. Métodos: foram incluídas 142 pacientes do Programa de Mastologia do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Federal de Goiás com nódulos sólidos da mama. A ultra-sonografia mamária foi realizada pelo médico estagiário de mastologia, acompanhado do preceptor (mais) . As seis características estudadas foram: contornos, ecos internos, ecos posteriores, diferença dos diâmetros, ligamentos de Cooper e halo ecogênico. Cada descrição característica ultra-sonográfica foi analisada estatisticamente e comparada, após a exérese da lesão, com o resultado do exame anatomopatológico. Resultados: dentre as 142 pacientes incluídas no estudo, 90 (63%) tiveram suas lesões ressecadas, com diagnóstico de 77 tumores benignos (86%) e 13 de malignos (14%). Foram significantes no diagnóstico de malignidade as seguintes características ultra-sonográficas: presença de sombra acústica posterior (p=0,0001), contornos irregulares (p=0,0007), ecos internos heterogêneos (p=0,0015) e diâmetro ântero-posterior (AP) maior que o látero-lateral (LL) (p Resumo em inglês Purpose: to evaluate, in a prospective way, the importance of ultrasound features of solid breast lesions in the differentiation between benign and malignant lumps. Methods: one hundred and forty-two patients with solid breast lesions, from the Department of Gynecology and Obstetrics of the Federal University of Goias (Brazil), were included in the trial. All ultrasound examinations were performed by a training doctor, always supervised by an experienced professional. The (mais) characteristics of the lesions studied were: shape, retrotumoral echoes, internal echoes, oriented diameter, halo of bright echoes and Cooper ligaments. Each of the ultrasound features was compared to the results of the histological examination. Results: among the 142 patients included in the trial, 90 (63%) had their lesions excised, and 77 (86%) had pathologic diagnoses of benign tumors and 13 (14%) of malignant tumors. The following characteristics were statistically significant in the diagnosis of the breast cancer (c²): masses with retrotumoral shadowing (p=0.0001), irregular shape (p=0.0007), heterogeneous internal echoes (p=0.0015) and vertically oriented - taller than wide (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Resultados do transplante hepático em portadores de hepatocarcinoma/ Results of orthotopic liver transplantation for hepatocellular carcinoma

PAROLIN, Mônica Beatriz; COELHO, Júlio Cézar Uili; MATIAS, Jorge E. Fouto; PUCCINELLI, Vanessa; JARABIZA, Rossano; IOSHII, Sérgio O.
2001-10-01

Resumo em português Racional - O hepatocarcinoma é uma das doenças malignas mais comuns em todo o mundo. O transplante hepático é boa opção terapêutica para os pacientes com hepatocarcinoma em fase inicial, alcançando índices de sobrevida semelhantes aos encontrados nos pacientes cirróticos transplantados sem malignidade hepática. Objetivo - Avaliar a evolução de pacientes cirróticos com hepatocarcinoma submetidos a transplante hepático no Serviço de Transplante Hepático do (mais) Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR. Métodos - Estudo retrospectivo dos pacientes cirróticos com hepatocarcinoma submetidos a transplante ortotópico de fígado no período de setembro de 1991 a setembro de 2000. O diagnóstico do tumor foi estabelecido durante os exames pré-transplante em cinco doentes e foi achado incidental no fígado nativo em três. Nos pacientes com diagnóstico pré-operatório de hepatocarcinoma adotou-se como critério de elegibilidade para o transplante, a presença de tumor único de diâmetro £ 5 cm ou até três lesões com diâmetro £ 3 cm cada, ausência de invasão tumoral da veia porta ou de metástases extra-hepática. Foram avaliados como parâmetros principais a sobrevida do paciente e a ocorrência de recidiva tumoral após o transplante. Resultados - A principal causa de doença hepática pré-transplante foi a hepatite por vírus C (50%). No exame do fígado explantado, a maioria dos pacientes (6/8, 75%) tinha lesão única; um paciente tinha dois nódulos e em outro detectou-se hepatocarcinoma multifocal incidentalmente no fígado nativo. O tamanho do tumor variou de 0,2 a 5,0 cm. Nenhum dos casos apresentou invasão vascular ou linfonodal. Todos os pacientes permaneceram vivos e livres de recurrência tumoral durante o tempo do estudo, sendo a mediana de seguimento de 18,5 meses (variando de 5-29 meses). Conclusão - O transplante hepático é boa opção terapêutica nos pacientes cirróticos com hepatocarcinoma em fase inicial. Com seleção adequada, o transplante hepático oferece excelentes índices de sobrevida livre de recurrência tumoral. Resumo em inglês Background - Hepatocellular carcinoma is one of the most common malignancies worldwide. Liver transplantation has emerged as a good option for early-stage hepatocellular carcinoma yielding survival rates as good as for recipients without this type of tumor. Objective - To assess the outcome of cirrhotic patients with hepatocellular carcinoma undergoing liver transplantation at the Liver Transplantation Service of the "Hospital de Clínicas", Federal University of Paraná, (mais) Curitiba, PR, Brazil. Methods - Retrospective study of cirrhotic patients with hepatocellular carcinoma undergoing orthotopic liver transplantation at the mentioned Institution between September 1991 and September 2000. The diagnosis of hepatocellular carcinoma was established during the pretransplant workup in five patients and the tumor was an incidental finding in the native liver in three. The indication for liver transplantation was restricted to solitary tumor equal to or less than 5 cm or up to 3 nodules, with each nodule measuring less than 3 cm, and no evidence of vascular invasion or extrahepatic spread. Patient survival and evidence of tumoral recurrence posttransplant were evaluated. Results - The most common cause for pretransplantation liver disease was hepatitis C virus (50%). On examination of the explanted liver, the majority of patients (6/8, 75%) had a single lesion; one patient had two nodules and one had a multifocal hepatocellular carcinoma found incidentally in the native liver. Tumor size ranged from 0,2 to 5,0 cm. All cases had neither vascular invasion nor linfonodal envolvement. All patients remained alive and free of tumor recurrence at the time of the study with a mean follow-up of 18,5 months (range, 5-29 months). Conclusion - Liver transplantation is a good therapeutic option for early stage hepatocellular carcinoma arising in cirrhotic patients. With proper selection, liver transplantation can offer excelent survival rates free of tumor recurrence.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Ácido retinóico: uma terapia promissora para carcinoma treoideano desdiferenciado?/ Retinoic acid: a promissing therapy for the de-differentiated thyroid carcinoma?

Coelho, Sabrina M.; Corbo, Rossana; Buescu, Alexandru; Carvalho, Denise P. de; Vaisman, Mário
2003-04-01

Resumo em português Carcinoma tireoideano é a neoplasia endócrina maligna mais freqüente. Aproximadamente 90% dos cânceres não-medulares da tireóide são classificados como diferenciados e apresentam em geral bom prognóstico após tratamento adequado. Entretanto, recidiva tumoral ocorre em cerca de 20 a 40% e perda da diferenciação celular em até 30%. O carcinoma desdiferenciado é caracterizado pela perda da função e propriedades tireóide-específicas e as opções terapêutica (mais) s são limitadas e pouco eficazes. Em estudos recentes in vitro, tem sido mostrado que o acido retinóico (AR) pode ser útil em induzir rediferenciação da célula tireoideana, como evidenciado pela maior expressão de tireoglobulina, 5' desiodase tipo I e co-transportador sódio-iodeto, além do incremento da captação de iodo pela célula tumoral. Além dos estudos experimentais, estudos clínicos demonstram efeito benéfico do AR, com aumento da captação de iodo em 40% e regressão tumoral em 20% dos pacientes com carcinoma não captante de iodo submetidos ao tratamento. Resumo em inglês Thyroid carcinoma is the most common endocrine malignancy. Approximately 90% of non-medullary thyroid malignancies are classified as well-differentiated thyroid carcinomas. Even though this type of tumor is not aggressive and usually curable after therapy, recurrence develops in 20-40% and progression to cellular de-differentiation occurs in up to 30% of patients. Poorly differentiated cancers are characterized by loss of thyroid-specific functions and properties, such as (mais) the capacity to concentrate radioiodide. Therapeutic options for de-differentiated thyroid cancer are limited and generally not efficient. Recent studies with retinoic acid (RA) have shown that this drug can induce re-differentiation of the thyrocyte in vitro, as suggested by increased expression of thyroglobulin, type I iodothyronine 5'-deiodinase and the sodium/iodide symporter, and by the increment of cellular iodide uptake. Clinical research demonstrated beneficial effects of RA, with 40% of patients with radioiodine non-responsive tumor showing increase of iodide uptake and 20% tumor regression, after RA treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Xantogranuloma órbito-palpebral: relato de caso/ Xantogranuloma of the eyelid and orbit: case report

Schellini, Silvana Artioli; Sampaio Junior, Amilton de Almeida; Marques, Mariângela Esther Alencar; Corpa, Marcus Vinicius de Nigro
2004-06-01

Resumo em português Xantogranuloma é doença histiocítica, caracterizada por lesões amareladas na pele ou na derme, acompanhadas ou não de alterações hematológicas ou neoplasias. O objetivo deste é relatar o caso de uma mulher de 39 anos, com queixa de "inchaço" progressivo nas pálpebras superiores, há 6 anos, indolor, sem alterações sistêmicas. O exame histológico mostrou infiltração maciça da pele, tecido muscular e gordura orbitária por histiócitos xantomatosos e abund (mais) antes células gigantes do tipo Touton. O diagnóstico foi de xantogranuloma do adulto. Os autores comentam os diagnósticos diferenciais, assim como a necessidade de exames periódicos, devido ao risco de associação com doenças sistêmicas malignas. Resumo em inglês Xantogranuloma is a histiocytic disease, characterized by yellowish lesions affecting the epidermis or the dermis, with or without hematological abnormalities and malignancy. The purpose of this paper is to report a 39-year-old woman with bilateral, progressive, painless swelling in both eyelids and anterior orbit, onset 6 years ago, with no systemic alterations. Histology of the excised tissue showed dermis, muscles and orbital fat with xantomatous histiocytes and "Touto (mais) n" giant cells. The diagnosis was xantogranuloma of the adult. The authors call attention to other differential diagnosis and the necessity of periodical examinations because of the possibility of associated malignancies and systemic diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Tumores do mediastino em crianças/ Mediastinal tumors in children

Fraga, José Carlos; Komlós, Marcia; Takamatu, Eliziane; Camargo, Luciano; Contelli, Fábio; Brunetto, Algemir; Antunes, Carlos
2003-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Os tumores mediastinais na criança compreendem um grupo heterogêneo de lesões com origem embrionária distinta. Podem apresentar-se como cistos benignos ou lesões malignas. OBJETIVO: Descrever os procedimentos diagnósticos, tratamento e evolução de uma série de crianças e adolescentes com tumores do mediastino. MÉTODO: Análise retrospectiva de vinte crianças com tumores de mediastino, no período de julho de 1996 a julho de 2002 no Hospital de Cl (mais) ínicas de Porto Alegre. Todos os pacientes foram submetidos a algum procedimento cirúrgico, seja diagnóstico, terapêutico ou ambos. RESULTADOS: Doze meninos e oito meninas foram estudados. A idade média no momento do diagnóstico foi de seis anos e oito meses, variando entre três meses e 16 anos. Quatorze tumores (70%) ocorreram no mediastino anterior, sendo os mais comuns os linfomas de Hodgkin e não-Hodgkin; seis tumores (30%) ocorreram no mediastino posterior, sendo o neuroblastoma o mais freqüente. Nos tumores anteriores, a abordagem cirúrgica mais comum foi a toracotomia anterior de Chamberlain; nos posteriores, a toracotomia póstero-lateral. No período de seguimento ocorreram seis óbitos, todos sem nenhuma relação com o procedimento cirúrgico. CONCLUSÃO: Os tumores mediastinais em crianças são responsáveis por morbimortalidade. No mediastino anterior foram mais comuns os linfomas; no posterior, os tumores de origem neural. A cirurgia é um passo importante no diagnóstico e tratamento dessas lesões Resumo em inglês BACKGROUND: Mediastinal tumors in children comprise a heterogeneous group of lesions that have a range of embryonic origins. They may present as benign cysts, as well as malignant lesions. OBJECTIVE: To describe the diagnostic procedures, the treatments and outcomes of a group of children and adolescents with mediastinal tumors. METHOD: A retrospective analysis of twenty children and adolescents with mediastinal tumors who were treated at the Hospital de Clínicas de Port (mais) o Alegre from July, 1996 to July, 2002. All patients were submitted to some kind of surgical procedure: diagnostic, therapeutic, or both. RESULTS: Twelve boys and eight girls were studied. Mean age at diagnosis was 6 years and 8 months (ranging from 3 months to 16 years). Fourteen tumors (70%) were located at the anterior, and six (30%) at the posterior mediastinum. Hodgkin and non-Hodgkin lymphomas were the most common tumors found in anterior mediastinum, whereas neuroblastoma was the most common among posterior malignancies. The most used surgical procedure for anterior tumors was Chamberlain anterior thoracotomy; posterolateral thoracotomy was usually performed for posterior tumors. Six patients died during the follow-up period but none of the deaths was considered related to the surgical procedure. CONCLUSION: Mediastinal tumors in children and adolescents represent an important cause of morbidity/mortality. The most common tumors at the anterior mediastinum were lymphomas, whereas at the posterior mediastinum the most common were neurogenic tumors. Surgery is an important step for the diagnosis and treatment of such lesions

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Tomografia por emissão de pósitrons (PET) no tórax: resultados preliminares de uma experiência brasileira/ Thoracic positron emission tomography: preliminary results of a Brazilian experiment

TERRA FILHO, MÁRIO; BOMBARDA, SIDNEY; SOARES JÚNIOR, JOSÉ; MENEGHETTI, JOSÉ CLÁUDIO
2000-08-01

Resumo em português Novos métodos não invasivos estão sendo desenvolvidos para a detecção de neoplasias malignas pulmonares. Dentre estes destaca-se a tomografia por emissão de pósitrons (PET), que utiliza como radiotraçador a deoxi-2-D glicose marcada com fluor-18 (FDG). Objetivo: Avaliar os resultados do FDG-PET, realizado em câmara híbrida com circuito de coincidência em pacientes portadores de doenças pleuropulmonares infecciosas ou tumorais. Material e Métodos: Foram avalia (mais) dos 15 pacientes divididos em: grupo I – 5 portadores de tuberculose pulmonar, e grupo II – 10 pacientes com possíveis neoplasias pleuropulmonares. Após a administração endovenosa de 185MBq de FDG as aquisições foram feitas em câmara de cintilação ADAC Vertex Plus de duas cabeças. Resultados: No grupo I todos os exames foram positivos. No grupo II, após o estabelecimento diagnóstico por toracotomia em nove e mediastinoscopia em um, observaram-se: dois adenocarcinomas, dois granulomas, um hamartoma, um mesotelioma, uma atelectasia redonda, um carcinoma indiferenciado de pequenas células, um carcinoma indiferenciado de grandes células, uma antracose. Os exames foram positivos em seis pacientes (cinco neoplasias malignas e em um caso de granuloma) e negativos nos outros quatro. Conclusão: O FDG-PET realizado através de câmara híbrida produz imagens de boa qualidade que permitem a identificação de processos infecciosos em atividade. O FDG-PET associado ao quadro clínico/radiológico pode diferenciar as neoplasias pulmonares malignas das benignas. Resumo em inglês New non-invasive methods have been developed to detect lung malignancies. One of them is positron emission tomography (PET) using 18F 2-deoxy-D-glucose (FDG) as a radiotracer. Objective: Evaluate the FDG-PET results performed through a hybrid coincidence–gamma camera in patients with pleuropulmonary infectious diseases or lung tumors. Material and methods: Fifteen patients were evaluated, and divided into: group I – five patients with active lung tuberculosis, a (mais) nd group II – ten patients with possible pleuropulmonary neoplasia. Doses of 185 MBq of FDG were given intravenously, and scans were performed with a two-headed ADAC Vertex Plus camera. Results: In group I all scans were positive. In group II after thoracotomy in nine patients and mediastinoscopy in one, the following diagnoses were observed: two adenocarcinomas, two granulomas, one small cell carcinoma, one large cell carcinoma, one hamartoma, one rounded atelectasis, one mesothelioma, and one antracosis. The scans were positive in six patients (five malignant neoplasias and one granuloma) and negative in the other four cases. Conclusion: The FDG-PET performed through a hybrid camera produces images of quality that permit identification of active infectious process. FDG-PET in association with clinical and radiological exams can differentiate malignant from benign lung neoplasias.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Síndrome mielodisplásica secundária à quimio ou radioterapia: SMD relacionada a tratamento/ Myelodysplastic syndrome secondary to chemo: and radiotherapy MDS related to the treatment

Pinheiro, Ronald F.; Chauffaille, Maria de Lourdes L. F.
2006-09-01

Resumo em português O efeito leucemogênico dos agentes quimioterápicos após o tratamento para neoplasias é bem conhecido. Síndrome mielodisplásica secundária a quimio ou radioterapia, também denominada relacionada à terapia (SMD-t), geralmente ocorre quatro a sete anos após a exposição inicial ao agente quimio ou radioterápico, acomete habitualmente pacientes jovens, apresenta alta incidência de transformação para leucemia mielóide aguda (LMA), está associada a citopenias s (mais) everas, displasia das três linhagens, celularidade medular reduzida e fibrose, e anormalidades citogenéticas em até 80% dos casos. As anormalidades mais freqüentes envolvem os cromossomos 5 e 7. No tocante à quimioterapia, os agentes alquilantes são as drogas mais comumente associadas com SMD-t. Quimioterápicos em altas doses usados como parte de regimes de condicionamento para transplantes de medula óssea e radioterapia, além dos esquemas COPP/ABV e BEACOPP, estão associados com SMD-t. Recentemente, drogas como azatioprina, cladribina e rituximab também foram relacionadas à SMD-t. Devido ao aumento da sobrevida de pacientes acometidos por neoplasias malignas, a SMD-t surge como efeito mutagênico desses tratamentos e confere prognóstico desfavorável. Resumo em inglês The leukaemogenic effect of chemotherapeutic agents after treatment for other malignancies have been well described. Myelodysplastic syndrome secondary to chemo- and radiotherapy (MDS-t) usually develops four to seven years after the initial exposure to chemotherapy frequently involving young patients, shows a high incidence of transformation to AML, is associated with severe cytopenias, trilineage dysplasia, reduced marrow cellularity and fibrosis, and presents an incide (mais) nce of chromosomal abnormalities of up to 80% of the cases. The most common abnormalities are related to chromosomes 5 and 7. Alkylating agents have been considered the most common drugs associated with MDS-t. High dose chemotherapy used as part of the conditioning regimen prior to bone marrow transplantation as well as traditional regimens such as COPP/ABV and BEACOPP have also been associated with MDS-t. Recently, drugs such as azathioprine, rituximab and cladribine have been reported as causes too. Due to the increasing survival of patients suffering from other malignancies, MDS-t results as a mutagenic effect of these therapies and is related to poor prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Síndrome de lise tumoral: uma revisão abrangente da literatura/ Acute tumor lysis syndrome: a comprehensive review

Darmon, Michael; Malak, Sandra; Guichard, Isabelle; Schlemmer, Benoit
2008-09-01

Resumo em português A síndrome de lise tumoral é caracterizada pela destruição maciça de células malignas e conseqüente liberação do seu conteúdo no espaço extracelular. Embora possa ocorrer de modo espontâneo, a síndrome de lise tumoral aparece em geral, logo após o início do tratamento com agentes quimioterápicos citotóxicos. Uma vez liberados, estes metabólitos podem subjugar os mecanismos homeostáticos resultando em hiperuricemia, hipercalemia, hiperfosfatemia, e hipoc (mais) alcemia. Estas alterações biológicas podem levar à ocorrência de diversas manifestações clínicas, incluindo lesão renal aguda, convulsões e morte súbita, que podem requerer cuidados intensivos. Como a síndrome de lise tumoral está associada a um prognóstico reservado, prevenção de sua ocorrência per se e também de suas conseqüências é obrigatória. O objetivo desta revisão foi descrever os mecanismos fisiopatológicos, e as manifestações clínicas e biológicas da síndrome de lise tumoral aguda, e fornecer recomendações atualizadas para sua prevenção. Foram selecionados artigos sobre síndrome de lise tumoral publicados nos últimos 20 anos no PubMed www.pubmed.gov. Estudos referenciados nos artigos selecionados na busca, também foram utilizados. Resultados: A síndrome de lise tumoral é uma complicação grave e freqüente em pacientes com neoplasias de diagnóstico recente. Estratégias de prevenção incluem hidratação vigorosa, agentes uricolíticos, identificação dos fatores que predispõem à lesão renal aguda e, nos pacientes críticos, a indicação profilática de métodos de substituição da função renal necessários para prevenir ou limitar suas conseqüências. Entretanto, o momento adequado assim como as modalidades de prevenção a serem oferecidas ainda são desconhecidos e podem ser inclusive modificadas por alterações no espectro de pacientes em risco de desenvolvê-la. O desenvolvimento e a validação de estratégias baseadas no risco dos pacientes são necessários para limitar a alta morbidade e mortalidade desta complicação. Resumo em inglês Tumor lysis syndrome is characterized by the massive destruction of malignant cells and the release in the extra-cellular space of their content. While Tumor lysis syndrome may occur spontaneously before treatment, it usually develops shortly after the initiation of cytotoxic chemotherapy. These metabolites can overwhelm the homeostatic mechanisms with development of hyperuricaemia, hyperkalaemia, hyperphosphataemia, and hypocalcaemia. These biological manifestations may (mais) lead to clinical manifestations including, acute kidney injury, seizure, or sudden death that require intensive care. Since clinical tumor lysis syndrome is associated with a poor prognosis both prevention of tumor lysis syndrome and prevention of clinical consequences of tumor lysis syndrome are mandatory. The objective of this review is to describe pathophysiological mechanisms, biological and clinical manifestations of tumor Lysis syndrome, and to provide upto-date guidelines to ensure prevention of tumor lysis syndrome. Review of selected studies on tumor lysis syndrome published at the PubMed database www.pubmed.gov during the last 20 years. Additional references were retrieved from the studies initially selected. Tumor lysis syndrome is a frequent and life-threatening complication of the newly diagnosed malignancies. Preventive measures, including hydration, uricolytic agents, eviction of factors predisposing to acute kidney injury and, in the more severe patients, on prophylactic renal replacement therapy, are required to prevent or limit clinical consequences of Tumor lysis syndrome. However optimal timing and modalities of prevention remains unknown and may be modified by the changing spectrum of patients at risk of tumor lysis syndrome. Development and validation of risk based strategies is required to limit the high morbidity and mortality of this complication.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Seleção de genótipos de cana-de-açúcar para acúmulo de protoporfirina ix com uso de herbicidas inibidores da protox/ Selection of Sugarcane Genotypes for Protoporphyrin IX Accumulation using Protox-Inhibiting Herbicides

Barberis, L.R.M.; Trindade, M.L.B.; Velini, E.D.
2009-01-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi selecionar genótipos de cana-de-açúcar por meio de inibidores da PROTOX e antioxidantes para indução do acúmulo de protoporfirina IX (PROTO IX) e/ou de seus precursores em plantas. Esses compostos podem ser utilizados como agentes sensibilizantes em terapia fotodinâmica (TFD), os quais possibilitam uma fonte de baixo custo para o tratamento de neoplasias e carcinomas. O experimento foi montado em câmara climatizada, com aplicaç (mais) ão de nove tratamentos (1. oxyfluorfen + glutamato monossódico + vitaminas C e E; 2. oxyfluorfen + glutamato monossódico + vitaminas C e E + ácido levulênico; 3. oxyfluorfen; 4. carfentrazone + glutamato monossódico + vitaminas C e E; 5. carfentrazone + glutamato monossódico + vitaminas C e E + ácido levulênico; 6. carfentrazone; 7. testemunha + vitaminas C e E; 8. testemunha + vitaminas C e E + ácido levulênico; e 9. testemunha) em oito genótipos de cana-de-açúcar (PO933499, RB806043, RB470355, PO830698, SP701143, PO901387, PO894414 e SP903414), dispostos em esquema fatorial 9 x 8, com quatro repetições. As repetições constituíram-se de folhas (20 cm) destacadas de cada genótipo, sendo estas pulverizadas com os tratamentos mencionados, em simulador estacionário. Foram realizadas avaliações visuais de controle aos 2 DAA (dias após aplicação) e, no fim do estudo, determinações analíticas via extração da biomassa fresca, verificando os teores de protoporfirina IX por cromatografia líquida de alta eficiência. Os resultados mostraram que em curto prazo foram detectados aumentos significativos nas concentrações de PROTO IX para os genótipos RB470355 e SP903414 submetidos ao tratamento 2 e para o genótipo SP701143 submetido ao tratamento 8, indicando que eles podem ser utilizados como fontes acumuladoras de protoporfirina IX. Resumo em inglês The objective of this study was to select sugarcane genotypes through PROTOX inhibitors and antioxidants to induce the accumulation of protoporphyrin IX (PROTO IX), or its precursors in plants. Such compounds can be used as sensitizing agents in photodynamic therapy (PDT), being considered a low cost source for the treatment of malignancies. The experiment was set up on a temperature-controlled chamber, with 9 treatments being applied: (1. oxyfluorfen + monosodium glutama (mais) te + vitamin C and E; 2. oxyfluorfen + monosodium glutamate + vitamin C and E + levulenic acid; 3. oxyfluorfen; 4. carfentrazone + monosodium glutamate + vitamin C and E; 5. carfentrazone + monosodium glutamate + vitamin C and E + levulenic acid; 6. carfentrazone; 7. control + vitamin C and E; 8. control + vitamin C and E + levulenic acid; 9. control without spraying in 8 sugarcane genotypes (PO933499, RB806043, RB470355, PO830698, SP701143, PO901387, PO894414 and 8.SP903414); arranged in a factorial 9 x 8, with 4 repetitions. The repetitions were constituted by specific leaves (20 cm) from each genotype, which were sprayed with the appropriate treatments in a stationary simulator. Visual evaluations of the control were carried out at 2 DAA (Days After Application), and at the end of the study, analytical determinations were conducted via fresh biomass extraction to verify the protoporphyrin IX contents by high performance liquid chromatography. The results showed that significant short-term increases were observed in the PROTO IX concentrations for the genotypes RB470355, SP903414 submitted to treatment 2 and for genotype SP701143 submitted to treatment 8, indicating that they can be used as accumulating sources of protoporphyrin IX.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Sarcoma pleomórfico primário do pulmão/ Primary pleomorphic sarcoma of the lung

Abreu, Marcus da Matta; Kozlowski, Bruno Marcondes; Cordeiro, Paulo de Biasi; Sousa, Aureliano de; Nascimento, Marilene F; Zamboni, Mauro
2008-07-01

Resumo em português A classificação recente da Organização Mundial da Saúde (OMS) para os tumores pulmonares unificou o heterogéneo grupo do carcinoma de não pequenas células (CPNPC), que engloba os sarcomas e os tumores com componentes sarcomatosos, sob a denominação “carcinoma com elementos pleomórficos, sarcomatóides ou sarcomatosos”. Este grupo inclui diferentes entidades, como o carcinoma pleomórfico (CP), o carcinoma de células fusiformes (CCF), carcinoma de células gi (mais) gantes (CCG), os carcinossarcomas (CS) e o blastoma pulmonar (BP). De uma forma geral, estes tumores são raros e representam 0,1% a 0,4% de todas as neoplasias pulmonares. Ocorrem mais comummente em homens fumadores, com alta carga tabágica, e acomete-os em torno dos 60 anos e comummente tem evolução clínica muito agressiva. Os autores relatam o caso de um doente portador de sarcoma pleomórfico primário pulmonar e revêem a literatura sobre o assunto. Resumo em inglês The World Health Organization (WHO) classification of lung cancers ranks the heterogeneous nonsmall cell lung cancer (N-SCLC) group, encompassing sarcoma or sarcoma-containing tumours under one heading: “carcinomas with pleomorphic, sarcomatoid or sarcomatous elements”. This group contains entities such as pleomorphic carcinoma (PC), spindle cell carcinoma (SCC), giant cell carcinoma (GCC), carcinosarcoma (CS) and pulmonary blastoma (PB). These tumors are rare overall, (mais) making up approx. 0.1-0.4% of all lung malignancies. They are more commonly found in males who are heavy smokers, diagnosed at the age of 60 on average and follow an aggressive clinical course. The authors describe the case of a male patient with primary pleomorphic lung sarcoma and also include a review of the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Rendimento de variáveis clínicas, radiológicas e laboratoriais para o diagnóstico da tuberculose pleural/ Efficiency of clinical, radiological and laboratory testing in the diagnosis of pleural tuberculosis

Neves, Denise Duprat; Dias, Ricardo Marques; Cunha, Antônio José Ledo Alves da; Chibante, Antonio Monteiro da Silva
2004-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A tuberculose é a causa mais freqüente de derrame pleural no Brasil. Em mais de 50% dos casos o tratamento tem sido instituído sem a confirmação do diagnóstico. Nosso objetivo é identificar variáveis que possam contribuir para este diagnóstico. MÉTODO: Estudamos 215 pacientes subseqüentes com derrame pleural, 104 com tuberculose (TB) e 111 com outras causas (NTB): 41 neoplasias, 29 transudatos, 28 parapneumômicos e 13 de outras etiologias. Variá (mais) veis clínicas, radiológicas e laboratoriais foram avaliadas quanto ao poder em discriminar os dois grupos de modo isolado ou em associação. RESULTADOS: O sexo masculino e a reação ao PPD maior do que 10mm foram significantemente mais freqüentes no grupo da tuberculose. Dentre as variáveis contínuas, a adenosina desaminase (ADA), o percentual de células, a proteína e a idade mostraram melhor desempenho isolado para o diagnóstico, com uma área abaixo da curva ROC maior do que 0,7 e razão de chance superior a 5. As características radiológicas, a desidrogenase lática, os leucócitos e o tempo de doença não foram capazes, isoladamente, de diferenciar o grupo TB do NTB. A associação da ADA com qualquer uma das demais variáveis contínuas, de melhor desempenho isolado, possui uma LR+ maior do que 10 e uma LR- menor do que 0,1, o que praticamente confirma a presença ou ausência da tuberculose pleural. CONCLUSÕES: Em pacientes com ADA maior do que 39U/L, a sensibilidade foi de 95%. A especificidade pode ser aumentada, para mais de 90%, se considerarmos os derrames não purulentos ou com predomínio de linfócitos (>50%). Resumo em inglês BACKGROUND: In Brazil, tuberculosis is the major cause of pleural effusion. In more than 50% of cases, treatment has been initiated prior to confirmation of the diagnosis. Our objective was to identify factors that can contribute to the diagnosis. METHOD: We studied 215 consecutive patients with pleural effusion: 104 from tuberculosis (TB) and 111 from other causes (41 were from malignancies, 29 involved transudation, 28 were parapneumonic and 13 were from other etiologie (mais) s). Clinical, radiological and laboratorial variables were evaluated for differences between the two groups, individually or in combination. RESULTS: Male gender and PPD > 10 mm were significantly more frequent in the tuberculosis group. Radiological features were similar in both groups. Among the continuous variables, adenosine deaminase (ADA), percentile of cells, protein and age performed better as isolated diagnostic criteria. Between the group with tuberculosis and that with pleural effusion from other causes, no significant differences were found in Lactate dehydrogenase, total leukocytes or duration of disease. The correlation of ADA with any other well-developed continuous variable showed an LR+ > 10 and an LR- 39 at 95% sensitivity, the specificity can be improved to more than 90% if we consider non purulent effusion or effusion with a predominance of lymphocytes (> 50%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Qualidade de vida e perfil nutricional de pacientes com câncer colorretal colostomizados/ Life quality and nutritional profile of colostomized colorectal cancer patients

Attolini, Raquel Cozer; Gallon, Carin Weirich
2010-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O câncer colorretal, uma das neoplasias malignas mais frequentes no ocidente, é considerado a quarta causa mais comum de câncer no mundo. OBJETIVO: O estudo teve como objetivo relacionar a qualidade de vida e o perfil nutricional em pacientes com câncer colorretal colostomizados. METODOLOGIA: Os pacientes com idade entre 31 e 70 anos, atendidos no Ambulatório Central da Universidade de Caxias do Sul-RS, foram avaliados através do Índice de Massa Corpo (mais) ral (IMC), Percentual de Perda de Peso (%PP) e Prega Cutânea Tricipital (PCT), e responderam a questões sobre fatores biológicos, familiares, sócioeconômicos, de saúde e atividade física, e para avaliação da qualidade de vida, foi utilizada a escala WHOQOL-bref. RESULTADOS: Observou-se que a média de idade foi de 57,9 anos, 55% dos pacientes eram do sexo feminino e quanto ao IMC 65% eram eutróficos. Quanto às relações sociais, foi o domínio que apresentou pior qualidade de vida, com 63,8%. Tratando-se da correlação IMC x domínio físico, também foi observado pior qualidade de vida (p=0,014). CONCLUSÃO: Os resultados sugerem a necessidade de realizar educação nutricional, com o intuito de orientar os pacientes na melhora da qualidade de vida, relativo aos hábitos alimentares e as relações sociais. Resumo em inglês INTRODUCTION: Colorectal cancer, one of the most frequent malignancies in the West is considered the fourth most common cause of cancer worldwide. OBJECTIVE: The study had as purpose to relate the life quality and nutritional profile in colorectal cancer colostomized patients. METHODOLOGY: The patients with ages ranging from 31 to 70, who were attended at the Central Ambulatory from Caxias do Sul University - Rio Grande do Sul, were evaluated through BMI (Body Mass Index) (mais) , % PP (percentage of weigh loss) and PCT (tricipital skinfold), and answered questions about biological, familiar, socioeconomic, health and physical activity factors, and for life quality evaluation the scale WHOQOL-bref was used. RESULTS: It was possible to see that the average age was 57,9 years, 55% of the patients were females and with regards to BMI 65% were eutrophic. As to social relations, this was the area that showed worse life quality, with 63,8%. Regarding the correlation physical BMI x physical domain, worse life quality was also observed (p=0,014). CONCLUSION: The results suggest the need to perform nutritional education, with the purpose of advising the patients for improvement of life quality, regarding to eating habits and to social relations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Qualidade de vida de mulheres com câncer de mama/ Quality of life in breast cancer survivors

Conde, Délio Marques; Pinto-Neto, Aarão Mendes; Freitas Júnior, Ruffo de; Aldrighi, José Mendes
2006-03-01

Resumo em português O câncer de mama é uma das neoplasias mais comuns entre mulheres. O diagnóstico e a terapia antineoplásica determinam repercussões sociais, econômicas, físicas, emocionais/psicológicas e sexuais. Os principais parâmetros empregados na avaliação dos resultados da terapia antineoplásica são a sobrevida livre de doença e a sobrevida global. Mais recentemente, a qualidade de vida (QV) tem sido considerada mais um desses parâmetros. Não existe consenso quanto � (mais) � definição de QV. Porém, a maioria das definições contempla os aspectos multidimensional e subjetivo da QV. A identificação dos fatores relacionados à QV e a compreensão da forma como esses fatores contribuem para a percepção da QV são motivos de discussão, uma vez que o conceito de QV está diretamente relacionado ao contexto sociocultural em que o indivíduo está inserido. A idade ao diagnóstico, uso de quimioterapia, tipo de cirurgia, sintomas climatéricos, relacionamento conjugal e sexualidade são alguns fatores associados à QV de mulheres com câncer de mama. A QV associada a diferentes terapias antineoplásicas pode auxiliar pacientes e médicos na escolha da melhor modalidade terapêutica. Nesse sentido, o presente artigo revisa diversos aspectos da QV de mulheres com câncer de mama, apresentando e discutindo o estado atual do conhecimento sobre o tema. Resumo em inglês Breast cancer is one of the most common malignancies among women. Its diagnosis and treatment have social, economic, physical, emotional/psychological and sexual repercussions. The main parameters used to assess the results of anticancer therapy are disease-free survival and overall survival. More recently, quality of life (QOL) has been considered an additional parameter. No consensus exists about the definition of QOL. However, most definitions take into account multidi (mais) mensional and subjective aspects of QOL. The identification of factors related to QOL and comprehension of how these factors contribute to the perception of QOL are reasons for debate, since the concept of QOL is directly related to the social and cultural context in which the individual is inserted. Age at diagnosis, chemotherapy, type of surgery, climacteric symptoms, relationship between the couple, and sexuality are several factors associated with QOL in women with breast cancer. QOL associated with different antineoplastic therapies may help patients and physicians choose the best therapeutic modality. Towards this end, the current article addresses various aspects of QOL of breast cancer women, and presents the state-of-the-art knowledge on the topic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Prevalência de lesão adrenal incidental em pacientes submetidos a tomografia computadorizada de tórax e abdome em um hospital geral brasileiro/ Prevalence of adrenal incidentaloma at computed tomography (chest and abdominal) in a general hospital in Brazil

Ferreira, Eleci V.; Czepielewski, Mauro A.; Faccin, Carlos Sasso; Accordi, Melissa Coral; Furtado, Álvaro Porto Alegre
2005-10-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Determinar prospectivamente a prevalência de lesão adrenal incidental a tomografia computadorizada (TC) em um hospital geral universitário brasileiro. PACIENTES E MÉTODO: Estudo transversal, prospectivo, avaliando pacientes consecutivos sem doença adrenal conhecida, submetidos a TC de tórax e abdome no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, em um período de 10 meses. Incidentalomas adrenais foram definidos pela presença de alteração no contorno, ta (mais) manho ou densidade da glândula. Valores de kappa foram calculados, avaliando a concordância intra e inter-observador. RESULTADOS: Identificaram-se 101 lesões adrenais incidentais em 83 de 3.382 pacientes, correspondendo a uma prevalência de 2,5% (IC 95%: 1,0%-3,2%). A prevalência de lesões adrenais aumentou com a idade e foi significativamente mais alta em pacientes do sexo masculino (3,3% vs. 1,5%; p= 0,01). Na avaliação das concordâncias intra e inter-observador, obteve-se um kappa de 0,76 (boa concordância) e 0,83 (excelente concordância) respectivamente. CONCLUSÕES: A prevalência de incidentaloma adrenal detectada por TC foi semelhante à de diversas séries clínicas retrospectivas publicadas. Os dois fatores que influenciaram de forma independente a distribuição dos incidentalomas foram aumento na idade e sexo masculino. Resumo em inglês OBJECTIVE: To prospectively determine the prevalence of incidental adrenal lesions at computed tomography (CT) at an University Hospital in Brazil. PATIENTS AND METHOD: A cross-sectional prospective study was performed to evaluate 3,382 consecutive patients with no known adrenal disease or malignancies who underwent chest and abdominal CT scans over a ten-month period. The cases of adrenal incidentaloma were defined by the presence of any change in gland contour, size or (mais) density. Kappa values were calculated, evaluating the intra and inter-observer agreement. RESULTS: One hundred and one incidental adrenal masses were identified, corresponding to 83 cases and a prevalence of 2.5% (CI 95%: 1.0%-3.2%). Male patients presented a higher prevalence of incidentaloma than female (3.3% vs. 1.5%; p= 0.01). There was a significant association between older age and higher frequency of incidentaloma. Kappa of 0.76 and 0.83 (good and excellent agreement, respectively), were obtained in evaluating the intra and inter-observer agreements. CONCLUSIONS: The prevalence of adrenal incidentaloma detected by CT was similar to that of various published retrospective clinical series. The two factors that independently influenced the distribution of incidentalomas were older age and being male.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Presença de anticorpo anti-Lutheran B em paciente com leucemia linfóide aguda/ Anti-Lutheran B in a patient with acute lymphoblastic leukemia

Roberti, Maria do Rosário F.; Tuma, Cristiane A.; Maciel, Janeslane F.
2007-06-01

Resumo em português Leucemias agudas necessitam de suporte hemoterápico para serem tratadas adequadamente. A presença do anticorpo anti-Lutheran B e a alta freqüência do antígeno em nossa população dificulta o tratamento de doenças hematológicas que necessitam de suporte transfusional, tais como a leucemia linfóide aguda (LLA). Alternativas de tratamento hemoterápico são abordadas neste artigo. Descreve-se o caso de uma paciente com LLA e anticorpo anti-Lutheran B. A dificuldade (mais) em encontrar sangue compatível levou os autores a adotarem estratégia conservadora no tratamento hemoterápico. O uso de eritropoetina e a adoção de protocolo quimioterápico individualizado viabilizaram os resultados obtidos. Resumo em inglês Acute leukemia needs hemotherapeutic support to be successfully treated. The Lutheran B antibody, specifically the high frequency of this antigen in our population, has made it difficult to treat hematological malignancies that need transfusional support, including acute lymphoblastic leukemia. Finding compatible blood is complex and so the authors adopted a conservative treatment strategy. The prescription of epoetin and an individualized chemotherapy protocol may improv (mais) e results. We describe a case report of a patient with anti-Lutheran B antibody and how difficulties to find compatible blood were solved.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Poroceratose superficial disseminada num doente com colangiocarcinoma: manifestação paraneoplásica?/ Disseminated superficial porokeratosis in a patient with cholangiocarcinoma: a paraneoplastic manifestation?

Torres, Tiago; Velho, Glória Cunha; Selores, Manuela
2010-04-01

Resumo em português As poroceratoses compreendem um grupo de doenças da queratinização epidérmica, hereditárias ou adquiridas, caracterizadas histologicamente pela presença de lamela cornoide. A variante clínica designada por poroceratose superficial disseminada tem sido descrita na literatura, associada a estados de imunossupressão, como transplantação de órgãos, terapêuticas imunossupressoras e infecções. A sua associação a neoplasias sólidas foi raramente descrita na lit (mais) eratura, estando publicados apenas 5 casos. Descrevemos o caso clínico de um paciente que desenvolveu, subitamente, lesões de poroceratose superficial disseminada, concomitantemente ao diagnóstico de um colangiocarcinoma. Resumo em inglês Porokeratosis refers to a group of hereditary or acquired disorders of epidermal keratinization and is characterized histologically by the presence of a cornoid lamella. The clinical variant referred to as disseminated superficial porokeratosis has been described in the literature in association with immunosuppressive conditions that include organ transplant, infections and immunosuppressive treatments. The association of disseminated superficial porokeratosis with solid (mais) organ malignancies has seldom been described, only 5 such cases having been published. The present report refers to a patient with lesions of disseminated superficial porokeratosis of sudden onset shortly before diagnosis of a cholangiocarcinoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Polimiosite associada à síndrome nefrótica/ Polymyositis associated with nephrotic syndrome

Freire, Renato Oliveira; Macieira, José Caetano; Brito, Hugo Leite de Farias
2010-08-01

Resumo em português A polimiosite (PM) é uma doença sistêmica do grupo das miopatias inflamatórias idiopáticas, clinicamente caracterizada por fraqueza muscular proximal e simétrica. Há relatos na literatura de PM associada a neoplasias, doenças autoimunes e infecções virais. Entretanto, a associação entre PM e nefropatia não é frequente. Descrevemos o caso de um paciente com polimiosite que evoluiu com síndrome nefrótica devido à presença de glomerulonefrite mesangial Resumo em inglês Polymyositis (PM) is a systemic disease of the idiopathic inflammatory myopathy group, clinically characterized by symmetric and proximal muscle weakness. There are reports in literature of PM associated with malignancies, autoimmune diseases, and viral infections. However, the association between PM and nephropathy is not common. We describe a case report of a patient with polymyositis who developed nephrotic syndrome due to mesangial glomerulonephritis

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Pioderma Gangrenoso: apresentação clínica de difícil diagnóstico/ Pyoderma gangrenosum: a clinical manifestation of difficult diagnosis

Santos, Mônica; Talhari, Carolina; Rabelo, Renata Fernandes; Schettini, Antonio Pedro Mendes; Chirano, Carlos Alberto; Talhari, Sinésio
2011-02-01

Resumo em português Pioderma gangrenoso é uma dermatose cutânea ulcerativa incomum, associada a uma variedade de doenças sistêmicas, incluindo doença inflamatória intestinal, artrites, neoplasias hematológicas, hepatites e aids. A sua patogênese é desconhecida. O diagnóstico geralmente é baseado em evidências clínicas e confirmado com a exclusão das outras etiologias de lesões ulceradas cutâneas. Relatamos um caso de PG com ulcerações extensas com boa resposta ao tratamento. Resumo em inglês Pyoderma gangrenosum is an uncommon ulcerative cutaneous dermatosis associated with a variety of systemic diseases including inflammatory bowel disease, arthritis, hematological malignancies, hepatitis and acquired immunodeficiency syndrome (AIDS). The pathogenesis of pyoderma gangrenosum remains unknown. Its diagnosis is usually based on clinical evidence and confirmed through a process of elimination of the other possible causes of cutaneous ulcers. This report describes a case of pyoderma gangrenosum with extensive ulceration that responded well to treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Peculiaridades da radioterapia em idosos/ Peculiarities of radiotherapy in the elderly

Chen, Michael Jenwei; Nadalin, Wladimir
2010-10-01

Resumo em português É sabido que o envelhecimento da população do mundo durante o século XX e no início deste novo século constitui um desafio de primeira ordem para as nações, especialmente no campo socioeconômico. Um aspecto importante do envelhecimento populacional global é que, para grupos de idade mais avançada, a prevalência das doenças degenerativas também é maior, incluindo as doenças malignas. No universo de pacientes portadores de câncer, por outro lado, metade des (mais) tes receberá radioterapia em algum momento de sua doença e suas características individuais podem influenciar, de alguma forma, o prognóstico, a indicação e as doses diárias de prescrição dos tratamentos. Neste contexto, a assistência à saúde do idoso portador de câncer deve ser vista como um importante desafio, principalmente devido a dois fatores: uma maior procura de tratamentos, em termos quantitativos, e características fisiológicas peculiares a esta população, que podem influenciar na tomada de decisões terapêuticas. Esta revisão propõe uma discussão sobre alguns aspectos relevantes tanto da fisiologia dos idosos, que pode influenciar o curso do tratamento irradiante, quanto de alguns avanços técnicos da radioterapia, que podem, por sua vez, beneficiar estes pacientes, oferecendo menor toxicidade e maior eficiência e rapidez, por exemplo. Resumo em inglês It is known that the aging of the world population during the twentieth century and the beginning of this new century is a first-order challenge for nations, especially in the socio-economic field. An important aspect of the aging of global population is that, for older age groups, the prevalence of degenerative diseases is also higher, including malignancies. On the other hand, among the population of patients with cancer, half of these patients will receive radiation th (mais) erapy at some point in their illness and their individual characteristics can somehow influence the prognosis, the indication and daily doses of treatment prescriptions. In this context, the health assistance for the elderly patient with cancer should be seen as an important challenge, mainly due to two factors: an increased demand for treatments, in quantitative terms, and physiological characteristics unique to this population, which can influence the therapeutic decision-making. This review proposes a discussion of some relevant aspects of both the physiology of the elderly, which may influence the course of radiation therapy, as well as of some technical advances in radiotherapy, which can in turn benefit these patients by offering, for example, lower toxicity, greater effectiveness and speed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Papel da imunofenotipagem por citometria de fluxo no diagnóstico diferencial das pancitopenias e das linfocitoses/ The role of flow cytometer-based immunophenotyping in the differential diagnosis of pancytopenia and of lymphocytosis

Rego, Eduardo M.; Santos, Guilherme A. S.
2009-01-01

Resumo em português A imunofenotipagem por citometria de fluxo (CMF) é atualmente uma ferramenta indispensável para o diagnóstico hematopatológico. Nos últimos anos muitos progressos foram alcançados em instrumentação, novos anticorpos e fluorocromos e programas de análise. Consequentemente, houve um grande avanço no conhecimento da patogênese das neoplasias hematológicas e novos marcadores diagnósticos e prognósticos foram descritos. Revisamos aqui a contribuição destas nova (mais) s técnicas no diagnóstico diferencial de pacientes com bi- ou pancitopenia e linfocitose. São apresentados os achados mais frequentes e as dificuldades na interpretação dos resultados. Além disto, a importância do uso concomitante de um conjunto de outras técnicas diagnósticas é demonstrada. Resumo em inglês The use of flow cytometry for immunophenotyping is currently an essential tool in the diagnosis of hematological abnormalities. In recent years, new equipment, antibodies, fluorochromes and computer programs have become available. As a result, a better understanding of the pathogeneses of hematological malignancies has emerged and new markers with diagnostic and prognostic relevance have been described. Here we review how this new technology may contribute to the differen (mais) tial diagnosis of patients with bi- or pancytopenia and of lymphocytosis. The common findings as well as the difficulties in interpreting the results obtained by flow cytometry will be discussed. The importance of the concomitant analyses by different methods is also demonstrated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Papel da célula endotelial em neoplasias malignas hematológicas/ The role of endothelial cells in hematologic malignancies

Pereira, Juliana; Pedroso-Meireles, Ana Luísa L.; Godoy, Carla R. T.; Chamone, Dalton A. F.
2008-01-01

Resumo em português A neoformação vascular constitui evento essencial para que ocorra o desenvolvimento humano. Nesta fase, o sistema vascular sofre expansão. Células endoteliais maduras (ECs) irão compor a parede dos vasos, enquanto células endoteliais oriundas da medula óssea (MO) migram para locais de neoformação vascular com subseqüente diferenciação em células endoteliais maduras. Processos fisiológicos e patológicos como câncer têm a angiogênese como importante compon (mais) ente. Estudos correlacionam a angiogênese com a agressividade tumoral em alguns tipos de tumores incluindo hematológicos, o que ressalta a importância da terapia antiangiogênica como alvo de pesquisas cada vez mais profundas. Neste artigo de revisão enfocamos o papel da angiogênese nas neoplasias hematológicas com ênfase em possíveis alvos terapêuticos. Resumo em inglês Vascular neoformation is an essential event in the development of the human body. In this phase vascular networks undergo expansion. Mature endothelial cells constitute the structure of vessel walls so endothelial cells from bone marrow migrate to sites of vascular neoformation with subsequent differentiation as mature endothelial cells (endothelial progenitor cells). Physiopathological and pathological processes such as cancer use angiogenesis as an important component f (mais) or growth. Studies correlate angiogenesis with aggressive tumors for some types of tumors, including hematological malignancies, thereby highlighting the importance of anti-angiogenic therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Osteomielite criptocócica em paciente com mieloma múltiplo/ Cryptococcal osteomyelitis in a patient with multiple myeloma

Nocera, Vanessa B.; Ronchi Jr, Ivo; Pietrovicz, Joelma; Krebs, Cecília N. V.; Lopes, Gabriel L.
2010-01-01

Resumo em português A criptococose é uma infecção fúngica sistêmica que pode acometer vários órgãos, entre eles sistema nervoso central, pulmões e ossos. A apresentação clínica mais comum deste microorganismo é a meningite, mas acometimento ósseo tem sido relatado em 5% a 10 % dos casos como parte de uma infecção sistêmica. O envolvimento ósseo isolado com Cryptococcus neoformans é extremamente raro. A incidência é mais comum em pacientes imunocomprometidos, como naquele (mais) s em uso crônico de corticoterapia ou outros imunossupressores, portadores de sarcoidose, tuberculose e neoplasias. Relatamos o caso de uma paciente com mieloma múltiplo e que apresentou osteomielite por C. neoformans, sendo que não encontramos nenhum caso semelhante na literatura. O objetivo desse relato é discutir sobre a associação de criptococose em pacientes imunocomprometidos. Resumo em inglês Cryptococcosis is a systemic fungal infection that can involve several organs, including the central nervous system, lungs and bones. The most common clinical presentation of this microorganism is meningitis however bone involvement has been reported in 5 to 10% of cases of systemic infections. Bone infections caused by Cryptococcus neoformans without other associated infections are extremely rare. The incidence is more common in immunocompromised patients, for example in (mais) dividuals on immunotherapy using corticosteroids or other immunosuppressants and those with sarcoidosis, tuberculosis and other malignancies. Here we report the case of a patient with multiple myeloma who presented with osteomyelitis due to C. neoformans: no other similar cases were found in the literature. The purpose of this report is to discuss the association of cryptococcosis in immunocompromised patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Nova modalidade no tratamento do carcinoma basocelular periocular: imiquimode/ New aproach to periocular basal cell carcinoma treatment: imiquimod

Macedo, Erick Marcet Santiago de; Carneiro, Rachel Camargo; Matayoshi, Suzana
2007-12-01

Resumo em português O carcinoma basocelular é a neoplasia mais comum da região periocular, sendo responsável por 90% dos tumores palpebrais. Sua incidência vem aumentando significativamente nos últimos anos. Embora de crescimento lento e raramente resultando em metástases, sua extensão e localização oferecem grandes dificuldades terapêuticas, quando envolve a região periocular. O tratamento cirúrgico é o de escolha para a região periocular, entretanto, novas modalidades de tera (mais) pia têm sido propostas. As técnicas cirúrgicas reparadoras podem comprometer tanto a função palpebral (proteção ocular) como a estética da região. Atualmente, se destaca uma nova forma de abordagem clínica, os imunomoduladores tópicos. O Imiquimode creme 5% é o principal representante dessa nova classe de medicamentos, tendo sido amplamente estudado recentemente e tendo apresentado alto índice de eficácia no tratamento do carcinoma basocelular. A presente revisão tem, portanto a finalidade de realizar uma análise sistemática da literatura relevante em busca de artigos e trabalhos que comprovem a eficácia da utilização do imiquimode 5% creme no tratamento do carcinoma basocelular periocular. Resumo em inglês The basal cell carcinoma is the most common neoplasia of the periocular region, being responsible for 90% of the eyelid malignancies. There has been a significant rate of increase of the neoplasia during the last few years. Although of slow growth and rarely enticing metastases, its extension and location offer great therapeutic difficulties when it involves the periocular region.The surgical treatment is the one currently used for the periocular region, however, new ther (mais) apeutic methods have been proposed. The reparative surgical techniques might jeopardize so much the eyelid function (ocular protection) as well as the region aesthetic balance. Recently a new approach involving a clinical treatment using topics immune response modifier has been tried. Imiquimod cream 5% is the main representative of this new class of medications, it has been widely studied in the recent past and it has shown great effectiveness in the treatment of the basal cell carcinoma.he purpose of this current work is accomplishing a systematic analysis of the relevant literature that supports the use of imiquimod cream 5% in the periocular basal cell carcinoma treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Método laparoscópico no diagnóstico e extensão da carcinomatose peritoneal/ Laparoscopy in diagnosis and extension of peritoneal carcinomatosis

Ribeiro-Júnior, Ulysses; Leonardi, Paulo C.; Melo, Guilherme Ragol de; Pollara, Wilson Modesto; Cecconello, Ivan
2010-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O método laparoscópico é efetivo no diagnóstico e verificação do estádio das neoplasias malignas intra-abdominais e permite a exploração do comprometimento da serosa gástrica, folhetos peritoneais parietal e visceral, fígado, epíplons, cavidade pélvica e outros órgãos da cavidade abdominal, e coleta de líquido ascítico. OBJETIVO: Relatar a técnica do método videolaparoscópico e como realizá-lo com vistas à carcinomatose peritoneal. MÉT (mais) ODO: Após a introdução sob visão direta do trocarte na região da cicatriz umbilical, esvazia-se a ascite ao máximo. Coleta-se fluido peritoneal para realização de exame citológico, evitando-se contaminação com sangue para não diminuir a sensibilidade do método. Se não houver ascite, pode-se realizar o lavado peritoneal. As liberações de bridas e aderências podem ser realizadas previamente à exploração da cavidade e também várias biópsias do peritônio parietal, diafragma, omento e cavidade pélvica para confirmação. Para se determinar se o paciente é candidato à peritoniectomia e/ou quimioterapia hipertérmica intra-abdominal, realiza-se o índice de carcinomatose peritoneal, tendo-se por base a distribuição e o tamanho dos nódulos. Para que isto ocorra é essencial a utilização de mesa operatória com capacidade de se mover para as posições de Trendelenburg, proclive e laterais. CONCLUSÃO: O método laparoscópico apresenta-se bom para se avaliar ascite, metástases hepática e peritoneal, podendo atingir eficiência, sensibilidade e especificidade de até 100% para os referidos atributos. Ele deve ser realizado quando existir suspeita clínica de difusão intraperitoneal da neoplasia não confirmada pelos métodos diagnósticos por imagem. Resumo em inglês INTRODUCTION: The laparoscopic procedure is effective in the diagnosis and verification of level of intra-abdominal malignancies and allows exploration of commitment of the serosa, parietal and visceral peritoneum, liver, epiíplon, pelvic cavity and other organs of the abdominal cavity, and permit to deal with ascites. AIM: To describe laparoscopic technique and method to accomplish the peritoneal carcinomatosis status and indications for peritoniectomies. METHODS: After (mais) the introduction of the trocar under direct vision in the region of the umbilicus it is possible to empty ascites to the fullest, and collect material for cytological examination, avoiding contamination with blood. If there is no ascites, peritoneal lavage can be performed. Releases adhesions and adhesions can be also done prior to the operation of the cavity and also several biopsies of parietal peritoneum, diaphragm, omentum and pelvic cavity for confirmation. To determine whether the patient is a candidate for peritoniectomy and / or intra-abdominal hyperthermic chemotherapy, it can permit the realization of index of peritoneal carcinomatosis. For this to occur is essential to use the operating table with the ability to move the positions of Trendelemburg, proclivity and sides. CONCLUSION: The laparoscopic method is good to evaluate ascites, hepatic and peritoneal metastases, and may achieve efficiency, sensitivity and specificity of 100% for these attributes. It should be performed when there is clinical suspicion of intraperitoneal dissemination, but no diagnostic imaging confirmation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Mieloma Múltiplo e distúrbios da hemostasia/ Hemostatic abnormalities in Multiple Myeloma

D'Amico, Elbio A.; Villaça, Paula R.
2007-03-01

Resumo em português O mieloma múltiplo (MM) é o tumor de células plasmocitárias que corresponde a aproximadamente 10% das neoplasias hematológicas. Durante o seu curso clínico, relata-se que 15-30% dos pacientes podem apresentar manifestações hemorrágicas, decorrentes de vários mecanismos fisiopatológicos. Até 1999, era descrito que os pacientes com MM ativo apresentavam incidência de até 10% de tromboembolismo. Porém, com a introdução da talidomida no arsenal terapêutico d (mais) o MM, foi demonstrado aumento importante da freqüência dos eventos trombóticos venosos e arteriais, especialmente quando associada com outros medicamentos, alcançando a taxa de 35%. Várias medidas tromboprofiláticas farmacológicas foram empregadas visando reduzir essas intercorrências, com resultados variáveis. Até o presente momento ainda não se demonstrou qual o regime antitrombótico mais adequado. Recentemente, uma pesquisa entre membros do Grupo Internacional de Trabalho sobre Mieloma (IMWG) resultou em algumas recomendações terapêuticas. Esta revisão sobre as alterações hemostáticas observadas no mieloma múltiplo procurou abordar os diferentes mecanismos responsáveis pelas hemorragias e tromboses observados no MM, as medidas tromboprofiláticas farmacológicas descritas e seus resultados, e as recentes recomendações do IMWG. Resumo em inglês Multiple myeloma (MM) is the tumor of plasma cells that accounts for approximately 10% of hematological malignancies. During the clinical course of MM, hemorrhagic symptoms are described in 15- 30% of patients, due to several causes. Until 1999, it was reported that up 10% of patients with active MM had venous thromboembolic events. Nevertheless, since the introduction of thalidomide in the therapeutic arsenal of MM, an important increase of the incidence of arterial and (mais) venous thrombotic events were described (up 35%), especially when used in association with other drugs. Several pharmacological thromboprophylactic measures have been introduced in order to decrease these events, but with variable results. The most adequate antithrombotic regimen has not yet been demonstrated. Recently the International Myeloma Working Group (IMWG) developed a survey among its members, resulting in some therapeutic recommendations. This review about hemostatic abnormalities in multiple myeloma had the intention of discussing the different mechanisms responsible for hemorrhagic and thrombotic events in MM, the pharmacological thrombophophylactic measures reported, their results and the recent recommendations of the IMWG.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Matriz extracelular e enzimas degradatórias na hematopoese e doenças onco-hematológicas/ Extracellular matrix in hematopoiesis and hematologic malignancies

Dreyfuss, Juliana L.; Oliveira, José S. R.
2008-10-01

Resumo em português A matriz extracelular (MEC) é uma rede complexa composta por quatro grandes classes de macromoléculas: colágenos, proteoglicanos (PGs), glicosaminoglicanos (GAGs) e glicoproteínas adesivas. As interações entre as células e a MEC são cruciais para determinar os padrões de comportamento celular, tais como crescimento, morte, diferenciação e motilidade. A hematopoese é o sistema responsável pela produção das células sangüíneas. O controle da proliferação (mais) e diferenciação destas células é feito através da interação das células com o microambiente da medula óssea (matriz extracelular). A adesão de progenitores hematopoéticos a moléculas da MEC e a ativação das integrinas são modulados por uma variedade de citocinas e fatores de crescimento, e esta modulação parece ser o mecanismo de regulação que influencia a proliferação de células-tronco e progenitores hematopoéticos, migração transendotelial ou transestromal e homing. Tanto no processo de migração, homing e invasão tumoral, as células seguem os seguintes passos: 1 - Degradação da MEC por enzimas secretadas pelas células: metaloproteinases, colagenases, plasmina, catepsinas, glicosidases e heparanases; 2 - Locomoção das células na região da MEC previamente degradada pelas enzimas; 3 - Adesão das células via receptores específicos da superfície celular, que geralmente interagem com componentes da MEC. Nas doenças onco-hematológicas, a interação das células neoplásicas com a matriz extracelular também influencia na agressividade e prognóstico da doença. Resumo em inglês The extracellular matrix (ECM) is a complex structure composed of collagens, proteoglycans, glycosaminoglycans and adhesive glycoproteins. Interactions between the cells and the ECM are crucial to determine cell behavior, such as growth, death, differentiation and motility. Hematopoiesis is the system responsible for the production of blood cells. The control of proliferation and differentiation of these cells is attained through the interaction of the cells with the bone (mais) marrow microenvironment. The adhesion of hematopoietic progenitors to ECM molecules and the integrin activation are modulated by a variety of cytokines and growth factors, and this modulation seems to be the mechanism of regulation that influences proliferation of hematopoietic cells, transendothelial/transstromal migration and homing. Both in the migration and homing process, and in tumoral invasion the cells undergo the following steps: 1 - Degradation of the ECM by enzymes, including metalloproteinase, collagenase, plasmin, cathepsin, glycosidase and heparanase, secreted by the cells; 2 - Cell migration through the region previously degraded by enzymes; and 3 - Cell adhesion to specific receptors located on the cellular surface, that generally interact with ECM components. In onco-hematologic diseases, the interaction of neoplastic cells with the extracellular matrix also influences aggressiveness and prognosis of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Marcadores e fatores de risco para queratoses actínicas e carcinomas basocelulares: um estudo de caso-controle/ Risk markers and risk factors for actinic keratosis and basal cell carcinoma: a case-control study

Rocha, Fernando Passos da; Menezes, Ana M. B.; Almeida Junior, Hiram Larangeira de; Tomasi, Elaine
2004-08-01

Resumo em português FUNDAMENTOS: A incidência das neoplasias malignas cutâneas vem aumentando em todo o mundo, havendo pouca informação no Brasil sobre seus marcadores e suas lesões precursoras. OBJETIVOS: Identificar fatores de risco e marcadores cutâneos para essas lesões MÉTODOS: Caso-controle aninhado num estudo de prevalência de base populacional com adultos com idade igual ou superior a 50 anos, moradores da zona urbana de Pelotas. No estudo de prevalência aplicou-se um quest (mais) ionário com questões específicas para rastreamento de possíveis lesões cutâneas malignas ou pré-malignas recentes. As pessoas que responderam afirmativamente foram examinadas por dois médicos especialistas (padrão ouro). Uma subamostra daqueles que responderam não às perguntas já mencionadas foi sorteada e também foi examinada. A amostra total ficou constituída por 288 pessoas: 74 casos positivos, conforme o padrão ouro, e 214 controles sem lesões. O número e o tipo de lesão foram avaliados no momento da consulta com os especialistas. O protocolo continha variáveis sociodemográficas, comportamentais e exame dermatológico. A medida de efeito utilizada foi o Odds Ratio (OR), e para o controle dos fatores de confusão utilizou-se a regressão logística, com modelo hierarquizado RESULTADOS: Na análise multivariada permaneceram significativas as seguintes variáveis: idade 80 anos OR=10,21, pele branca OR=4,85, cabelos loiros/vermelhos OR= 3,69; como marcadores de risco: elastose solar OR=4,35, cutis rhomboidalis nuchae OR= 2,88 e mais de 10 melanoses solares no dorso das mãos OR= 6. CONCLUSÃO: Pessoas idosas, com pele clara, cabelos claros, com elastose solar, cutis rhomboidalis nuchae e grande número de melanoses solares nas mãos têm maior risco de apresentar queratoses actínicas e carcinomas basocelulares. Resumo em inglês BACKGROUND: Incidence of cutaneous neoplasms is increasing worldwide and there is little information from South Brazil about its markers and premalignant lesions. OBJECTIVES: To identify the risk factors and dermatological risk markers for cutaneous malignancies. METHODS: A case-control study nested in a population-based prevalence survey was performed in adults aged 50 living in the urban area of Pelotas. In the prevalence study, a questionnaire was applied to identify p (mais) ossible malignant or premalignant lesions and these subjects were examined by two doctors (gold standard). A sub-sample of the persons who answered No to the questions was also sent to the Ambulatory for the same procedure. The sample was constituted of 288 persons: 74 cases and 214 controls. The number and the type of efflorescence was evaluated at the interview with the doctors. The questionnaire also investigated socioeconomic level, behavioral variables and skin examination. The measure of effect used was the Odds Ratio (OR); and to control confounding factors, logistic regression, with hierarchical pattern, was utilized. RESULTS: In the multivariate analysis, the following variables remained significant: age 80 years (OR = 10.21), white skin (OR = 4.85), blond or red hair (OR = 3.69) and risk markers: solar elastosis (OR = 4.35), cutis rhomboidalis nuchae (OR = 2.88) and more than 10 melanoses on the back of the hands (OR = 6.0). CONCLUSION: Elderly individuals, with fair skin and hair, solar elastosis, cutis rhomboidalis nuchae and a great number of melanoses on the hands, are at high risk for actinic keratosis and basal cell carcinoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Linfoma não-Hodgkin endobrônquico/ Endobronchial involvement in non-Hodgkin’s lymphoma

Zamboni, Mauro; Sousa, Aureliano Mota Cavalcanti de; Lannes, Deborah Cordeiro; Gonçalves, Cristina Maria Cantarino; Cunha, Edson Toscano; Cordeiro, Samuel Zwinglio de Biasi; Cordeiro, Paulo de Biasi
2004-02-01

Resumo em português Os linfomas não-Hodgkin fazem parte de um grupo de doenças malignas linfoproliferativas com diferentes padrões de comportamento, de tratamento e de prognóstico. Eles podem comprometer as estruturas intratorácicas, particularmente o mediastino e o parênquima pulmonar, em alguma fase do curso da doença. Entretanto, o envolvimento endobrônquico é extremamente raro, mesmo na presença de doença avançada. Os autores relatam um caso de linfoma não-Hodgkin endobrônquico e fazem revisão da literatura. Resumo em inglês Non-Hodgkin’s lymphomas belong to a group of lymphoproliferative malignancies with different behavior, treatment and prognostic patterns. During the course of the disease, they may affect the thoracic structures - especially the mediastinum and the pulmonary parenchyma. However endobronchial involvement is extremely uncommon, even in presence of advanced disease. Here, we report a case of non-Hodgkin’s endobronchial lymphoma and make a review of the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Infecção pelo vírus da hepatite B em doentes sujeitos a terapêutica imunossupressora ou quimioterapia citotóxica - a propósito de um caso clinico/ Hepatitis B virus infection in patients submitted to immunosupressive therapy or cytotoxic chemotherapy - a case report

Redondo, Isabel; Sousa, Maria Isabel; Ramos, Gonçalo; Fernandes, Ana Teresa; Côrte-Real, Rita; Botelho, Aida; Neves, Manuel Martins
2010-08-01

Resumo em português A reactivação do vírus da hepatite B em doentes com neoplasias hematológicas é uma complicação frequente da quimioterapia ou da terapêutica imunomoduladora. Os autores descrevem o caso dum doente com linfoma não-Hodgkin e história de infecção passada pelo VHB que desenvolveu hepatite fulminante após quimioterapia. Os mecanismos de reactivação do VHB são discutidos e as recomendações sobre profilaxia são apresentadas. Resumo em inglês Reactivation of hepatitis B virus in patients diagnosed with hematological malignancies is a frequent complication of chemotherapy or immunomodulatory therapy. The authors describe the case of a non-Hogkin’s lymphoma patient who had a past history of hepatitis B and developed fulminant hepatitis after chemotherapy. Mechanisms of HBV reactivation are discussed and recommendations are reviewed concerning prophylaxis and preemptive therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Importância da detecção das mutações no gene FLT3 e no gene NPM1 na leucemia mieloide aguda - Classificação da Organização Mundial de Saúde 2008/ Importance of detecting FLT3 and NPM1 gene mutations in acute myeloid leukemia -World Health Organization Classification 2008

Licínio, Marley Aparecida; Silva, Maria Cláudia Santos da
2010-01-01

Resumo em português As leucemias mieloides agudas (LMA) constituem um grupo de neoplasias malignas caracterizadas pela proliferação descontrolada de células hematopoéticas, decorrente de mutações que podem ocorrer em diferentes fases da diferenciação de células precursoras mieloides. Em 2008, a Organização Mundial da Saúde (OMS-2008) publicou uma nova classificação para neoplasias do sistema hematopoético e linfoide. De acordo com essa classificação, para um diagnóstico mai (mais) s preciso e estratificação de prognóstico de pacientes com leucemias mieloides agudas, devem-se pesquisar mutações nos genes FLT3 e NPM1. Sabe-se que a presença de mutações no gene FLT3 é de prognóstico desfavorável e que as mutações no gene NPM1 do tipo A são de prognóstico favorável. Assim, nos países desenvolvidos, a análise das mutações no gene FLT3 e NPM1 tem sido considerada como um fator de prognóstico importante na decisão terapêutica em pacientes com diagnóstico de leucemias mieloides agudas. Considerando essas informações, é de extrema importância a análise das mutações no gene FLT3 (duplicação interna em tandem - DIT - e mutação pontual D835) e no gene NPM1 como marcadores moleculares para o diagnóstico, o prognóstico e a monitoração de doença residual mínima em pacientes com leucemias mieloides agudas. Resumo em inglês Acute myeloid leukemia (AML) is a group of malignancies characterized by uncontrolled proliferation of hematopoietic cells resulting from mutations that occur at different stages in the differentiation of myeloid precursor cells. In 2008, the World Health Organization (WHO-2008) published a new classification for cancers of the hematopoietic and lymphoid system. According to this classification, FLT3 and NPM1 gene mutations should be investigated for a more precise diagno (mais) sis and prognostic stratification of AML patients. It is well known that the presence of FLT3 gene mutations is considered an unfavorable prognostic factor and type-A NPM1 gene mutations are considered to be favorable. In developed countries, an analysis of FLT3 and NPM1 mutations is considered important for therapeutic decisions in AML patients. Hence, an analysis of FLT3 (internal tandem duplication - ITD- and D835 point mutation) and NPM1 gene mutations is extremely important as molecular markers for diagnosis, prognosis and monitoring of minimal residual disease in LMA patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Histoplasmose/ Histoplasmosis

Ferreira, Marcelo Simão; Borges, Aércio Sebastião
2009-04-01

Resumo em português A histoplasmose é uma micose causada por fungo dimórfico, o Histoplasma capsulatum. É considerada classicamente uma micose endêmica, embora o fungo tenha um comportamento oportunístico em pacientes com depressão da imunidade celular. O homem adquire a infecção através da inalação de conídeos presentes na natureza (cavernas com morcegos, galinheiros, etc). O quadro clínico pode variar, desde infecções assintomáticas até quadros graves disseminados, que aco (mais) metem pacientes com Aids, transplantados ou com neoplasias hematológicas. O diagnóstico baseia-se no encontro do fungo em fluidos orgânicos (escarro, sangue, líquor) ou tecidos (histopatologia), na cultura de materiais biológicos e na sorologia. O tratamento das formas agudas graves, respiratória crônica ou de formas localizadas pode ser feito com azólicos orais (itraconazol) e nas disseminadas, a Anfotericina B (preferencialmente as formulações lipídicas) constitui a droga da eleição para iniciar a terapia. A histoplasmose representa, hoje uma das micoses sistêmicas mais importantes nas Américas, com ampla distribuição em todas as regiões do Brasil. Resumo em inglês Histoplasmosis is a fungal infection caused by the dimorphic fungus Histoplasma capsulatum. It is classically considered an endemic mycosis, even though the fungus has an opportunistic behavior in immunocompromised patients. People acquired the infection through the inhalation of conidial forms present in the environmental, such as caves dwelling bats and soils inhabited by chickens. The clinical features may vary from asymptomatic infections to disseminated severe forms (mais) that affect patients with acquired immunodeficiency syndrome or hematological malignancies and allograft recipients. The diagnosis is based on the detection of the fungus in organic fluids (sputum, blood, liquor) or tissues (histopathological assays), in the culture of biological samples and serological assays. The treatment of severe chronic respiratory acute or localized forms can be performed with oral azolic (itraconazol) and in the disseminated forms, the amphotericin B (preferentially the lipidic formulations) consists in the elected drug to initiate the therapy. Nowadays, histoplasmosis represents one of the most important systemic mycosis in the Americas, with broad distribution in all regions of Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

GH/IGF e neoplasia: o que há de novo nesta associação/ GH/IGF-1 and cancer: what's new in this association

Castro, Angela M. Spinola e; Guerra-Júnior, Gil
2005-10-01

Resumo em português Estudos in vitro e em animais sugerem que os membros do sistema insulin-like growth factors (IGFs), incluindo IGF-I, IGF-II, receptores de IGF-I e IGF-II (IGF-IR e IGF-IIR), e as IGF-binding proteins (IGFBPs) podem ter um importante envolvimento no desenvolvimento e na progressão de neoplasias. Mais especificamente, as IGFs promovem a progressão do ciclo celular e inibem a apoptose tanto por ação direta com outros fatores de crescimento como por ação indireta intera (mais) gindo com outros sistemas moleculares intracelulares envolvidos na promoção e/ou progressão do câncer. Além disso, inúmeros estudos epidemiológicos têm sugerido que concentrações elevadas das IGFs, independente das alterações nas IGFBPs, podem estar associadas a um aumento no risco de desenvolver determinadas neoplasias. Esta revisão tem como objetivo apresentar o envolvimento do sistema IGF na regulação tumoral, os principais estudos epidemiológicos realizados e o risco de desenvolvimento de neoplasia em pacientes (com ou sem história pessoal de neoplasia prévia) que receberam hormônio de crescimento (rhGH). É importante salientar que o uso clínico de rhGH, nas indicações aprovadas internacionalmente, é seguro e não existem evidências, até o momento, da associação com o desenvolvimento de neoplasias. Resumo em inglês Evidence from in vitro and animal studies suggests that members of the insulin-like growth factors (IGFs) system, including IGF-I, IGF-II, the IGF-I receptor (IGF-IR), and the IGF-binding proteins (IGFBPs) play a central role in the development and progression of cancer. More specifically, IGFs may promote cell cycle progression and inhibition of apoptosis either by directly associating with other growth factors or indirectly by interacting with other molecular systems, w (mais) hich have an established role in carcinogenesis and cancer promotion. In addition, a growing number of epidemiologic studies suggest that increased serum levels of IGFs and/or altered levels of their binding proteins are associated with increased risk for developing several malignancies. This review aims to summarize and to show the role of IGF system in tumor regulation, a revision of epidemiologic studies and the risk of neoplasia in patients (with or without personal history of previous neoplasia) who received growth hormone (rhGH). It is important to emphasize that the clinical use of rhGH, in the indications internationally approved, is secure, and there are not evidences, at this moment, of the association with neoplasias development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Fusariose em paciente imunocomprometido: sucesso terapêutico com voriconazol/ Fusariosis in an immunocompromised patient: therapeutic success with voriconazole

Pincelli, Thaís Prota Hussein; Brandt, Hebert Roberto Clivati; Motta, Adriana Lopes; Maciel, Felipe Vieira Rodrigues; Criado, Paulo Ricardo
2008-08-01

Resumo em português A infecção por Fusarium solani é afecção fúngica potencialmente grave em pacientes imunocomprometidos, sobretudo naqueles portadores de neoplasias hematológicas. A mortalidade é alta,sendo limitadas as opções terapêuticas devido às condições da imunidade do doente e à relativa resistência do fungo aos antifúngicos utilizados de rotina. O voriconazol tem-se mostrado boa alternativa terapêutica em pacientes neutropênicos que apresentam fusariose refratár (mais) ia ou pouco responsiva à anfotericina B. Neste artigo relata-se caso de fusariose em doente imunocomprometido tratado com sucesso com voriconazol. Resumo em inglês Fusarium infection is known to be potentially severe in immunocompromised patients, especially those with hematologic malignancies. Mortality rates are high and there are few therapeutic options, due to the severe underlying condition of this group of patients and the relative resistance of Fusarium to conventional antifungal therapy. Voriconazole has been shown to be an effective antifungal agent for neutropenic patients with fusariosis that are refractory or unresponsiv (mais) e to amphotericin B. We report the successful treatment of disseminated Fusarium infection in an immunocompromised host.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Estudo da prevalência das doenças tireoidianas em pacientes tireoidectomizados no Hospital da Santa Casa de Goiânia/ Prevalence of thyroid diseases in patients submitted to thyroidectomy at the Santa Casa de Goiânia Hospital

Roberti, Alexandre; Rapoport, Abrão
2005-10-01

Resumo em português OBJETIVO: O Estado de Goiás deixou de ser oficialmente considerado como região endêmica de bócio em 1995. O objetivo deste estudo é verificar a correspondência entre os diagnósticos das doenças tireoidianas (bócio endêmico, tireoidites e câncer), observados nos laudos anátomo-patológicos e nas observações dos inquéritos epidemiológicos. MÉTODO: Estudo retrospectivo de 1399 pacientes submetidos a tireoidectomias na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia (mais) de 1993 a 2003, e que resultaram em 1610 diagnósticos anátomo-patológicos. RESULTADOS: Os resultados dos exames anátomo-patológicos dos pacientes revelaram: a) adenoma folicular 155 (9,63%); b) outros adenomas 29 (1,8%); c) bócio adenomatoso 87 (5,4%); d) bócio colóide 981 (60,9%); e) carcinoma folicular 36 (2,24%); f) carcinoma indiferenciado 3 (0,19%); g) carcinoma papilífero 93 (5,78%); h) cistos 9 (0,56%); i) bócio difuso tóxico 75 (4,66%); j) outras tireoidites 12 (0,75%); l) outras neoplasias malignas 6 (0,38%) e m) tireoidite linfocítica 124 (7,71%). CONCLUSÕES: O perfil observado com uma prevalência alta de tireoidite linfocítica e carcinoma papilífero se correlaciona realmente com região não endêmica. Resumo em inglês BACKGROUND: The State of Goiás has left the position of an endemic goiter region in 1995. Our objective is to study the correlation between histological diagnosis of thyroid diseases (endemic goiter, thyroiditis and cancer) and results of epidemiological enquiries. METHODS: Retrospective analysis of 1399 patient files, who underwent thyroid surgery from 1993 to 2003 at the Santa Casa de Misericórdia de Goiânia. RESULTS: We detected 1610 histological diagnosis: follicul (mais) ar adenoma in 155 (9.63%), others adenomas in 29 (1.80%), adenomatous goiter in 87 (5.40%), colloid goiter in 981 (60.9%), follicular carcinoma in 36 (2.24%), anaplastic carcinoma in 3 (0.19%), papillary carcinoma in 93 (5.78%), cysts in 9 (0.56%), toxic diffuse goiter in 75 (4.66%), others thyroiditis in 12 (0.75%), others malignancies in 6 (0.38%) and lymphocytic thyroiditis in 124 (7.71%). CONCLUSIONS: There was a high prevalence of lymphocytic thyroiditis and papillary carcinoma, the same as usually observed in non endemic regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Estrongiloidíase disseminada: diagnóstico e tratamento/ Disseminated strongyloidiasis: diagnosis and treatment

Luna, Olívia Barberi; Grasselli, Rossana; Ananias, Marcio; Pinto, Tatiana Soares; Bozza, Fernando Augusto; Soares, Márcio; Salluh, Jorge I. F.
2007-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A estrongiloidíase disseminada é uma entidade clínica relacionada a estados de imunossupressão como os que ocorrem na síndrome da imunodeficiência aguda (SIDA), nas neoplasias hematológicas e nos tratamentos imunossupressores. Sua ocorrência e gravidade são mais freqüentes em pacientes usando elevadas doses de corticosteróides. A estrongiloidíase disseminada se apresenta habitualmente sob a forma de sepse grave. Essa apresentação c (mais) línica inespecífica representa grandes desafios relacionados ao diagnóstico e tratamento, resultando em elevada taxa de mortalidade. O diagnóstico depende de elevada suspeição clínica e da identificação da larva em amostras de fluidos ou tecidos. O envolvimento cutâneo é raro, entretanto por ser característico pode incrementar a possibilidade da hipótese diagnóstica. O objetivo deste estudo foi rever na literatura os aspectos clínicos da estrongiloidíase disseminada, destacando os métodos de diagnóstico e tratamento e ressaltar a importância da suspeição clínica para a profilaxia e tratamento adequados. CONTEÚDO: Foi realizada uma busca sistemática nos últimos 30 anos através da PubMed utilizando os termos disseminated strongyloidiasis, strongyloides and hyperinfection e ivermectin. CONCLUSÕES: Recentes avanços ocorreram na área terapêutica e dentre eles destaca-se o uso da ivermectina. O seu surgimento mudou significativamente o tratamento para estrongiloidíase, no entanto a administração por via oral ou enteral desse fármaco representou importante limitação para sua utilização em pacientes com íleo ou estado de hipoperfusão tecidual. Relatos de resultados positivos com o uso de ivermectina parenteral levantaram a possibilidade de essa modalidade terapêutica ser mais eficaz nas formas graves. No entanto questões relativas à posologia e segurança ainda precisam ser elucidadas. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Disseminated strongyloidiasis is a clinical form of presentation associated with states of severe immunosuppression, as in AIDS, hematological malignancies and in treatment for immunosuppression (especially with high doses of corticosteroids). It usually mimics severe sepsis and still brings a significant challenge related to the diagnosis and treatment. Therefore exceedingly high mortality rates remain unchanged in the past decades. Initially, (mais) the diagnosis depends on the clinical suspicion and on the identification of the larva in an organic fluids or tissues. The cutaneous involvement, albeit rare, is typical and can provide an important clue for the diagnostic hypothesis. The emergence of ivermectin for oral use changed significantly the treatment for strongyloidiasis; however, there are still shortcomings for the utilization in critically ill patients. Shock, ileus and hypoperfusion states are associated with difficulties in the absorption that result in erratic systemic levels. Reports of good results with parenteral administration of ivermectin raised the prospect that this therapeutic modality be more effective. However, questions about dosage and safety remain unanswered. The aim of the present article is to review the medical literature on the clinical aspects of disseminated strongyloidiasis. CONTENTS: A systematic review of the literature was performed by searching the PubMed database within the last 30 years. Search terms were: disseminated strongyloidiasis, strongyloides and hyperinfection e ivermectin. CONCLUSIONS: The article highlights the diagnostic and therapeutic aspects emphasizing the importance of the clinical suspicion for the institution of appropriated therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Eosinofilia reacional, leucemia eosinofílica crônica e síndrome hipereosinofílica idiopática/ Reactive eosinophilia, chronic eosinophilic leukemia and idiopathic hypereosinophilic syndrome

Chauffaille, Maria de Lourdes Lopes Ferrari
2010-01-01

Resumo em português A eosinofilia é freqüente na prática clínica, principalmente quando os valores estão entre 500 e 1000 eosinófilos/uL e indica a presença de doença parasitária, alérgica ou reação a medicamentos. Afora essas situações, a eosinofilia pode ser devida a doenças do tecido conjuntivo, infecções e, mais raramente, a doença hematológica maligna ou a tumores sólidos. Os critérios estabelecidos na década de 70 para a definição para a definição da síndrome (mais) hipereosinofílica idiopática se tornaram insuficientes para caracterizar todas as entidades albergadas sob o termo eosinofilia e, hoje, melhor compreendidas graças aos avanços na biologia celular e molecular, que proporcionaram a caracterização de doenças distintas e que envolvem células das linhagens mieloide e linfoide. Nesse contexto, as eosinofilias sanguíneas são categorizadas como reacionais, clonais e idiopáticas (SHE). O advento de terapia antitirosinoquinase (a exemplo do mesilato de imatinibe), eficaz para os casos com o rearranjo gênico FIP1L1/PDGFR, também abriu novas perspectivas para o controle ideal da leucemia eosinofílica crônica. Daí a importância do diagnóstico preciso e rápido para a indicação terapêutica ideal, antes que se instalem as complicações orgânicas, em especial cardíacas, que são irreversíveis. O presente manuscrito objetiva rever as situações de eosinofilia sanguínea e oferecer uma atualização da investigação diagnóstica e terapêutica. Resumo em inglês Mild eosinophilia with values of less than 1000 eosinophils/µL is commonly seen in the clinical practice and can be secondary to parasitic, inflammatory or allergic diseases or to drug reactions. Additionally, eosinophilia may be due to connective tissue disorders, infections and occasionally to hematopoietic malignancies or solid tumors. The criteria established in the 1970s, for the definition of idiopathic hypereosinophilic syndrome is today unsatisfactory to characte (mais) rize all conditions described as eosinophilia. Now these conditions are better understood due to the evolution of cellular and molecular biology. This knowledge has helped to characterize distinct disorders involving myeloid and lymphoid lineages. Hence, eosinophilia is categorized as reactive, clonal or idiopathic. With the introduction of anti-tyrosine kinase (imatinib mesylate) therapy, which is effective for the FIP1L1/PDGFRa rearrangement, there is a possibility to control or cure chronic eosinophilic leukemia. For this reason, precise and fast diagnosis is necessary for ideal therapeutic decisions before organic lesions that are irreversible, such as heart injury, become established. The aim of this manuscript is to review eosinophilia and offer an update on diagnostic and therapeutic investigations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Doença óssea em Mieloma Múltiplo/ Bone disease in Multiple Myeloma

Hungria, Vania T. M.
2007-03-01

Resumo em português As principais manifestações clínicas do mieloma múltiplo estão relacionadas à destruição óssea. Esta doença óssea pode levar a fraturas patológicas, compressão da medula espinhal, hipercalcemia e dor, sendo uma das principais causas de morbidade e mortalidade. Estas complicações resultam do desequilíbrio da reabsorção e formação óssea, decorrente do aumento da atividade osteoclástica. Este aumento é mediado pela liberação de fatores ativadores dos (mais) osteoclastos, que são produzidos no microambiente da medula óssea por células tumorais e não tumorais. Os bisfosfonatos são inibidores específicos da atividade osteoclástica e são eficazes no tratamento da hipercalcemia associada às neoplasias malignas e podem reduzir o aparecimento de complicações esqueléticas. Estudos recentes identificaram novas moléculas como o receptor de ativação nuclear kappa B (RANK), seu ligante (RANKL), osteoprotegerina (OPG), e a proteína inflamatória dos macrófagos-1alfa, que estão envolvidas na ativação e diferenciação dos osteoclastos, enquanto que a proteína dikkopf-1 inibe a formação óssea osteoblástica. Estas novas moléculas parecem não só interferir na biologia da destruição óssea do mieloma, mas também com a sobrevida e crescimento tumoral, sendo novos alvos para o desenvolvimento de drogas antimieloma. Estudos recentes com anticorpo monoclonal anti-RANKL são promissores. O tratamento da doença óssea do mieloma múltiplo inclui principalmente o uso de bisfosfonatos, radioterapia e procedimentos cirúrgicos. Resumo em inglês The major clinical manifestation of multiple myeloma is related to osteolytic bone destruction. Bone disease can lead to pathologic fractures, spinal cord compression, hypercalcemia, and pain, and is a major cause of morbidity and mortality. These complications result from asynchronous bone turnover wherein increased osteoclastic bone resorption is not accompanied by a comparable increase in bone formation. The increase in osteoclast activity in myeloma is mediated by the (mais) release of osteoclast-stimulating factors. These factors are produced locally in the bone marrow microenvironment by cells of tumor and non-tumor origin. Bisphosphonates are specific inhibitors of osteoclastic activity and are effective in the treatment of hypercalcemia associated with malignancies and may reduce the development of skeletal complications. Recent studies have revealed that new molecules such as the receptor activator of nuclear factor-kappa B (RANK), its ligand (RANKL), osteoprotegerin (OPG), and macrophage inflammatory protein-1a are implicated in osteoclast activation and differentiation, while proteins such as dikkopf-1 inhibit osteoblastic bone formation. These new molecules seem to interfere not only with the biology of myeloma bone destruction but also with tumour growth and survival, creating novel targets for the development of new antimyeloma treatment. Recent studies with monoclonal antibodies to RANKL appear promising. The management of the bone disease in multiple myeloma include the bisphosphonates, radiotherapy and surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Disfunção do eixo gonadotrófico em homens com infecção pelo HIV/Aids/ Gonadotrophic axis dysfunction in men with HIV-infection/Aids

Ponte, Clarisse Mourão Melo; Gurgel, Maria Helane Costa; Montenegro Jr., Renan Magalhães
2009-11-01

Resumo em português A disfunção do eixo gonadotrófico é frequentemente observada em pacientes infectados pelo HIV. A patogênese é multifatorial e está relacionada à duração da infecção pelo HIV, aos efeitos citopáticos diretos do vírus, ao uso de drogas gonadotóxicas, às infecções oportunistas, às neoplasias, à desnutrição, entre outros fatores. Em homens, a redução dos níveis de testosterona está associada à perda de massa e de força muscular, à redução da den (mais) sidade mineral óssea, à lipodistrofia, à depressão, à astenia, à fadiga e à disfunção sexual. Em pacientes infectados pelo HIV com hipogonadismo, inúmeros estudos têm comprovado os efeitos benéficos da reposição de testosterona sobre o perfil metabólico e a distribuição da gordura corporal, com aumento da massa corporal magra, além de promover melhora da qualidade de vida, reduzir a perda de massa óssea e reduzir os índices de depressão. Assim, esta revisão teve como objetivo trazer uma breve atualização sobre o presente tema, abordando dados epidemiológicos, mecanismos fisiopatológicos e estratégias terapêuticas para as principais anormalidades do eixo gonadotrófico masculino associadas à infecção pelo HIV e ao seu tratamento. Resumo em inglês Gonadotrophic axis dysfunction is commonly observed in HIV-infected patients. The pathogenesis is multifactorial and related to duration of HIV infection, direct cytopathic effects of viruses, use of drugs, opportunistic infections, malignancies, and malnutrition, among other factors. In men, reduced levels of testosterone is associated with loss of muscle mass and strength, decreased bone mineral density, lipodystrophy, depression, asthenia, fatigue and sexual dysfunctio (mais) n. In HIV-infected patients with hypogonadism, numerous studies have shown the beneficial effects of testosterone replacement on the metabolic profile and distribution of body fat, with increased body mass weight, and promote better quality of life, reduce the bone mass loss and the rates of depression. Thus, this review aimed to present a brief update of epidemiologic data, pathophysiology aspects and treatment strategies for the major abnormalities of male gonadotrophic axis associated with HIV infection and its treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Diagnóstico de doença celíaca em adultos/ Diagnosis of celiac disease in adults

Silva, Tatiana Sudbrack da Gama e; Furlanetto, Tania Weber
2010-01-01

Resumo em português Doença celíaca (DC) é uma doença caracterizada por intolerância à ingestão de glúten, contido em cereais como cevada, centeio, trigo e malte, em indivíduos geneticamente predispostos. As manifestações clínicas da DC variam desde pacientes assintomáticos até formas graves de síndromes má absortivas, podendo envolver múltiplos sistemas e aumentar o risco de algumas neoplasias. O diagnóstico da DC, muitas vezes, exige alto grau de suspeita. Não há um úni (mais) co teste para esse diagnóstico, que é firmado após a associação de dados clínicos e laboratoriais. O primeiro passo no diagnóstico pode ser um teste sorológico como os anticorpos antitransglutaminase tecidual ou antiendomísio. Se a sorologia for positiva, faz-se necessária biópsia duodenal para confirmação diagnóstica. A deficiência de IgA, que ocorre em 3% dos pacientes com DC, pode ser causa de falso-negativos, já que a sorologia é baseada em anticorpos IgA. Outra causa de exames falso-negativos é a restrição de glúten na dieta, por isso, a investigação diagnóstica deve ser realizada na vigência de dieta com glúten. O rastreamento de DC em indivíduos assintomáticos não está indicado. Resumo em inglês Celiac disease (CD) is found in genetically predisposed individuals, and charaterized by an intolerance to ingestion of gluten, contained in cereals such as barley, rye, wheat and malt. Clinical manifestations of CD vary from asymptomatic patients to severe forms of malabsorption syndromes, which may involve multiple systems and increase the risk of some malignancies. Diagnosis of CD requires a high degree of suspicion. There is no single test for the diagnosis, which is (mais) reached after a combination of clinical and laboratory data. The first step for diagnosis is a serum test such as tissue antitransglutaminase, antibodies or antiendomisio. If serum result is positive, prompt duodenal biopsy is necessary for diagnostic confirmation. An IgA deficiency, which occurs in 3% of patients with DC, may lead to false-negatives because serology is based on IgA. Another situation of false-negative tests is diet restriction of gluten; therefore diagnostic investigation must be carried out during a diet containing gluten. The screening for CD in asymptomatic individuals is not indicated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Diabetes melito transitório relacionado à terapia com L-asparaginase/ Transient diabetes mellitus related to L-asparaginase therapy

Alves, Crésio; Chaves, Carina; Souza, Mabel
2007-06-01

Resumo em português O tratamento de neoplasias hematológicas malignas com L-asparaginase tem sido associado com o desenvolvimento de diabetes melito (DM) em cerca de 1-2% dos casos. A associação com corticosteróides tem efeito sinérgico na ocorrência dessa complicação. Este artigo relata o desenvolvimento de DM transitório em uma adolescente de 13 anos, tratada com L-asparaginase e dexametasona devido a leucemia linfoblástica aguda. O DM foi diagnosticado 120 dias após o início d (mais) a terapia com L-asparaginase, requerendo o uso de insulina por 12 meses. Investigação para auto-imunidade contra células beta pancreáticas foi negativa. Também não foram encontradas alterações laboratoriais sugestivas de pancreatite. O DM associado à L-asparaginase é insulinopênico e de caráter transitório, desaparecendo após a suspensão do medicamento. O diagnóstico do DM associado à L-asparaginase é baseado na associação temporal com o uso da droga e na exclusão de outras causas. Não existe um teste laboratorial capaz de diagnosticá-lo. Portanto, a investigação para DM tipo 1A, DM tipo 1B, DM induzido por corticoterapia e DM secundário a pancreatite tóxica é fundamental. O tratamento com insulinoterapia deve ser acompanhado de perto, uma vez que este tipo de diabetes tem um curso transitório. Resumo em inglês Treatment of hematological malignancies with L-asparaginase has been associated with diabetes mellitus in about 1-2% of patients. The concomitant use of steroids has an additional deleterious effect. In this article, we report the occurrence of diabetes in a 13 year-old girl treated with L-asparaginase and dexamethasone for acute lymphoblastic leukemia. The diabetes developed 120 days after the drug was started, requiring insulin therapy for 12 months. Anti-islet autoanti (mais) body was negative, and there were no laboratory findings suggestive of pancreatitis. The DM related do L-asparaginase therapy is insulinopenic and transient, resolving with suspension of the drug. The diagnosis of this type of diabetes is based on its temporal relationship with the L-asparaginase and in the exclusion of other known causes. There is no laboratory test capable of elucidating the diagnosis. Therefore, investigation to rule out type 1A DM, type 1B DM, insulin-resistant DM induced by corticotherapy and DM secondary to toxic pancreatitis is of utmost importance. The insulin therapy must be followed closely, since this is a transient form of diabetes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Desfecho de pacientes com câncer internados em unidades de terapia intensiva brasileiras com lesão renal aguda/ Outcomes of cancer patients admitted to Brazilian intensive care units with severe acute kidney injury

Soares, Márcio; Lobo, Suzana Margarete Ajeje; Torelly, André Peretti; Mello, Patricia Veiga de Carvalho; Silva, Ulisses; Teles, José Mário Meira; Silva, Eliézer; Caruso, Pedro; Friedman, Gilberto; Souza, Paulo César Pereira de; Réa-Neto, Álvaro; Vianna, Arthur Oswaldo; Azevedo, José Raimundo; Vale, Érico; Rezegue, Leila; Godoy, Michele; Maia, Marcelo Oliveira; Salluh, Jorge Ibrain Figueira; Rede Brasileira de Pesquisa em Terapia Intensiva
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Pacientes com câncer criticamente enfermos têm maior risco de lesão renal aguda, mas estudos envolvendo estes pacientes são escassos, e todos em centros únicos e realizados em unidades de terapia intensiva especializadas. O objetivo deste estudo foi avaliar as características e desfechos em uma coorte prospectiva de pacientes de câncer internados em diversas unidades de terapia intensiva com lesão renal aguda. MÉTODOS: Estudo prospectivo multicêntrico (mais) de coorte realizado em unidades de terapia intensiva de 28 hospitais brasileiros em um período de dois meses. Foram utilizadas regressões logísticas univariada e multivariada para identificar os fatores associados a mortalidade hospitalar. RESULTADOS: Dentre todas as 717 internações a unidades de terapia intensiva, 87 (12%) tiveram lesão renal aguda e 36% deles receberam terapia de substituição renal. A lesão renal se desenvolveu mais frequentemente em pacientes com neoplasias hematológicas do que em pacientes com tumores sólidos (26% x 11%; p=0,003). Isquemia/choque (76%) e sepse (67%) foram os principais fatores associados à lesão renal, e esta foi multifatorial em 79% dos pacientes. A letalidade hospitalar foi de 71%. Os escores de gravidade gerais e específicos para pacientes com lesão renal, foram imprecisos para predizer o prognóstico nestes pacientes. Na análise multivariada, a duração da internação hospitalar antes da unidade de terapia intensiva, disfunções orgânicas agudas, necessidade de ventilação mecânica e um performance status comprometido associaram-se à maior letalidade. Mais ainda, características relacionadas ao câncer não se associaram com os desfechos. CONCLUSÕES: O presente estudo demonstra que internação na unidade de terapia intensiva e suporte avançado à vida devem ser considerados em pacientes selecionados de câncer criticamente enfermos com lesão renal. Resumo em inglês OBJECTIVES: Critically ill cancer patients are at increased risk for acute kidney injury, but studies on these patients are scarce and were all single centered conducted in specialized intensive care units. The objective was to evaluate the characteristics and outcomes in a prospective cohort of cancer patients admitted to several intensive care units with acute kidney injury. METHODS: Prospective multicenter cohort study conducted in intensive care units from 28 hospital (mais) s in Brazil over a two-month period. Univariate and multivariate logistic regression were used to identify factors associated with hospital mortality. RESULTS: Out of all 717 intensive care unit admissions, 87 (12%) had acute kidney injury and 36% of them received renal replacement therapy. Kidney injury developed more frequently in patients with hematological malignancies than in patients with solid tumors (26% vs. 11%, P=0.003). Ischemia/shock (76%) and sepsis (67%) were the main contributing factor for and kidney injury was multifactorial in 79% of the patients. Hospital mortality was 71%. General and renal-specific severity-of-illness scores were inaccurate in predicting outcomes for these patients. In a multivariate analysis, length of hospital stay prior to intensive care unit, acute organ dysfunctions, need for mechanical ventilation and a poor performance status were associated with increased mortality. Moreover, cancer-related characteristics were not associated with outcomes. CONCLUSIONS: The present study demonstrates that intensive care units admission and advanced life-support should be considered in selected critically ill cancer patients with kidney injury.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Dermatomiosite/ Dermatomyositis

Ortigosa, Luciena Cegatto Martins; Reis, Vitor Manoel Silva dos
2008-06-01

Resumo em português Dermatomiosite é doença idiopática inflamatória crônica que afeta a musculatura estriada, a pele e outros órgãos. Apresenta critérios diagnósticos definidos por Bohan & Peter, podendo os pacientes ser classificados em cinco grupos: dermatomiosite juvenil, dermatomiosite primária idiopática, dermatomiosites amiopáticas, dermatomiosite associada a neoplasias e dermatomiosite associada a outras doenças do tecido conectivo. O sexo feminino é mais afetado, e a id (mais) ade média do diagnóstico é 40 anos. Manifestações cutâneas são observadas em todos os pacientes. Das alterações sistêmicas, a manifestação muscular mais freqüente é a perda de força proximal, e a manifestação pulmonar mais comum é a pneumopatia intersticial. Podem ser observadas neoplasias durante o seguimento da doença, sendo mais freqüentes nos pacientes acima de 60 anos. A desidrogenase lática é a enzima muscular alterada na maioria dos casos. Para diagnóstico da dermatomiosite, pode ser realizado exame anatomopatológico de biópsia cutânea e biópsia muscular, além de eletroneuromiografia. Os corticóides são a terapia mais utilizada. As causas de óbito mais freqüentes são a neoplasia maligna, a septicemia e a infecção pulmonar. Resumo em inglês Dermatomyositis is a chronic idiopathic inflammatory disorder that affects striated skeletal muscles, the skin, and other organs. Diagnostic criteria were established by Bohan & Peter and patients may be classified into five groups: juvenile dermatomyositis, primary dermatomyositis, amyopatic dermatomyositis, dermatomyositis associated with malignancies and dermatomyositis associated with other connective tissue disorders. Females are more affected and the mean age of dia (mais) gnosis is 40 years. Skin manifestations are observed in all patients. Loss of proximal strength is the most common systemic alteration and lung involvement is most often manifested as interstitial pneumopathy. Neoplasms may be detected during the course of the disease specially in patients over 60. Lactic dehydrogenase serum levels are altered in the majority of cases and diagnosis can be established or the basis of skin and muscle biopsies and electroneuromiography. Corticosteroids are the first line drugs. The most common causes of death are malignant neoplasms, sepsis and pulmonary infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Depressão e ansiedade nos cuidadores de mulheres em fase terminal de câncer de mama e ginecológico/ Depression and anxiety in caregivers of terminally-ill breast and gynecological cancer patients

Rezende, Vera Lucia; Derchain, Sophie Françoise Mauricette; Botega, Neury José; Sarian, Luis Otávio; Vial, Daniela Landulfo; Morais, Sirlei Siani
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar a freqüencia de ansiedade e depressão em cuidadores principais de mulheres em fase terminal de câncer de mama ou genital. MÉTODOS: para este estudo de corte transversal foram incluídos 133 cuidadores de pacientes sem possibilidades curativas, internadas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher, entre agosto de 2002 e maio de 2004. Das pacientes incluídas, 71 apresentavam câncer de mama e 62, câncer ginecológico. Foi aplicada a Escala (mais) Hospitalar de Ansiedade e Depressão e realizada entrevista para obter outras informações como idade, sexo, religião, parentesco com a paciente, profissão, se cuidava de outras pessoas, se a rotina dele mudou e se outras pessoas ajudavam a cuidar da paciente. Utilizou-se a regressão logística para cálculo do odds ratio (OR) e seus respectivos intervalos de confiança (IC), para avaliar a relação entre os diagnósticos de ansiedade e depressão entre os cuidadores informais. Para a análise múltipla foi considerado o critério de seleção de variáveis passo a passo. RESULTADOS: observou-se que 43% das pacientes indicaram como cuidador principal a filha e 24% o marido. A maioria dos cuidadores tinha idade superior a 35 anos (63%), 68% eram do sexo feminino, 59% estavam desempregados ou aposentados, 47% cuidavam de outra pessoa e 84% referiram mudança na rotina pelo fato de cuidar. A ansiedade foi detectada em 99 cuidadores principais (74,4%) e a depressão em 71 (53,4%), sendo estes estados fortemente relacionados entre si (OR=5,6; IC 95%: 2,2 a 15,9). Na análise bivariada, o marido apresentou menos ansiedade e, após regressão logística, apenas o fato de ser homem esteve relacionado com menor ansiedade. CONCLUSÃO: o processo de cuidar de paciente na fase terminal levou a altas taxas de ansiedade e depressão. Os homens e maridos despontaram neste estudo como cuidadores menos ansiosos. Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate the frequency of anxiety and depression in main caretakers of patients with terminal breast or gynecological cancer. METHODS: for this cross-sectional study, 133 informal caretakers of terminally-ill breast and gynecologic cancer patients were included. Patients were hospitalized for palliative care in the Oncology Clinic of the "Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Campinas, Brasil) from August 2002 to May 2004. Seventy-one of the patien (mais) ts had breast cancer and 62 had gynecological malignancies. Hospital Anxiety and Depression Scale (HAD) was applied to these informal caretakers, in order to detect anxiety and depression, and they were also interviewed to provide additional information regarding their age, gender, religion, relation to patient, current occupation, if they cared for other people, whether their routine had changed and whether other people helped them to care for the patient. Logistic regression was used to calculate the odds ratio (OR) and its confidence interval (CI), used to assess the relationship between the diagnoses of anxiety and depression among the informal caretakers. For multiple analyses, the stepwise criterion for variable selection was used. RESULTS: 43% percent of the patients identified their daughters as their main caretaker, and 24%, their husbands. Most of the caretakers were over 35 years old (63%), 68% were female, 59% were unemployed, 47% cared for another person and 84% referred that his/her routine had changed because of caring. Anxiety was detected in 99 caretakers (74.4%) and depression in 71 (53.4%). Anxiety and depression were strongly correlated (odds ratio 5.6; 95% confidence interval 2.2 to 15.9). Bivariate analysis disclosed that the patients' husbands were less affected by depression, but multivariate analysis revealed that only the fact of being male was related to a lower prevalence of anxiety. CONCLUSION: caring for terminally-ill cancer patients led to high prevalence of anxiety and depression. Only men and the patients' husbands were found to have a lower prevalence of anxiety.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Células-tronco do líquido amniótico/ Amniotic fluid stem cells

Bydlowski, Sergio P.; Debes, Adriana A.; Duarte, Sergio A.; Janz, Felipe L.; Cavaglieri, Rita de Cássia; Maselli, Luciana M. F.
2009-05-01

Resumo em português Desde o primeiro isolamento e cultivo de células-tronco embrionárias humanas, há mais de 10 anos, seu uso na pesquisa e terapia foi inibida por considerações éticas complexas e pelo risco de transformação maligna destas células indiferenciadas após transplante no paciente. As células-tronco adultas são eticamente aceitas e o risco de transformação maligna é muito baixo. Entretanto, seu potencial de diferenciação e sua capacidade proliferativa são limitad (mais) os. Cerca de 6 anos atrás, a descoberta de célulastronco no líquido amniótico que expressavam Oct-4, um marcador específico de pluripotencialidade, com alta capacidade de proliferação e diferenciação, iniciou um novo campo promissor na área das células-tronco. Estas células têm potencial de se diferenciar em células dos três folhetos germinativos. Não formam tumores in vivo e não levantam os questionamentos éticos associados com as células-tronco embrionárias humanas. Futuras investigações revelarão se as células-tronco do líquido amniótico realmente irão representar um tipo intermediário com vantagens em relação tanto às células-tronco embrionárias quanto às adultas. Este artigo faz uma revisão acerca destes tópicos e das características biológicas das células-tronco do líquido amniótico. Resumo em inglês Since the first successful isolation and cultivation of human embryonic stem cells about 10 years ago, their use for research and therapy has been constrained by complex ethical considerations as well as by the risk of development of malignancies of undifferentiated embryonic stem cells after transplantation into the patient. Adult stem cells are ethically acceptable and the risk of tumor development is low. However, their differentiation potential and proliferative capac (mais) ity are limited. About 6 years ago, the discovery of Oct-4 expressing amniotic fluid stem cells, a specific marker of pluripotency, with a high proliferative capacity, and multilineage differentiation potential, initiated a promising field of research. These cells, indeed, have the potential to differentiate into cells of all three embryonic germ layers. They do not form tumors in vivo and do not raise ethical concerns. Further investigation will reveal whether these cells really are an intermediate cell type with advantages over both embryonic and adult stem cells. This article reviews the biological characteristics of amniotic fluid stem cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Composição corporal na desnutrição causada por câncer e doenças benignas do aparelho digestivo/ Body composition in malnutrition due to cancer and benign digestive diseases

Pereira, Shirley Ferreira; Aguilar-Nascimento, José Eduardo de
1999-02-01

Resumo em português A perda de peso é comum em uma grande variedade de doenças, particularmente entre as neoplasias. O objetivo deste estudo foi o de comparar a composição corporal de pacientes desnutridos portadores de câncer ou doenças benignas do aparelho digestivo, através da impedância bioelétrica. Foram avaliados 35 pacientes desnutridos (Indice de massa corporal (mais) de neoplasias e 18 (51,4%) com doenças benignas. O grupo com neoplasia apresentou idade superior ao de doenças benignas (55,5±10,4 vs 39,8±9,9; p Resumo em inglês The loss of weight is a common feature in a large number of diseases, particularly in malignancies. There are some controverses in the literature concerning body composition in malnourished patients with cancer that may differ from patients without cancel: The aim of this study was to compare the body composition of malnourished patients with benign and malignant diseases of the digestive system by bioelectric impedance. Thirty five malnourished patients (body mass index (mais) 0.05) and the percentual of loss of weight (benign 24.0±9.8 vs cancer 24.1± I4.7) were similar in both groups. It was concluded that the body composition in malnourished patients is similar in benign and malignant conditions of the digestive tract provided that interferencies due to different degrees of loss of weight are eliminated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Complicações bucais da radioterapia em cabeça e pescoço/ Oral complications of radiotherapy in the head and neck

Jham, Bruno Correia; Freire, Addah Regina da Silva
2006-10-01

Resumo em português A radioterapia é uma forma terapêutica amplamente utilizada para o tratamento das neoplasias malignas da cabeça e pescoço. Porém, altas doses de radiação em extensos campos que irão incluir a cavidade bucal, maxila, mandíbula e glândulas salivares freqüentemente resultam em diversas reações indesejadas. Dentre as complicações da radioterapia estão a mucosite, candidose, disgeusia, cárie por radiação, osteorradionecrose, necrose do tecido mole e xerostom (mais) ia. OBJETIVO: O objetivo deste artigo é fazer uma breve revisão das reações adversas que podem ser detectadas durante o tratamento radioterápico em região de cabeça e pescoço. MÉTODO: A literatura pertinente que trata do assunto foi revisada. FORMA DE ESTUDO: Revisão de literatura. RESULTADOS: A radioterapia ainda está associada a diversas reações adversas, que afetam de forma significativa a qualidade de vida dos pacientes. CONCLUSÕES: O tratamento multidisciplinar, incluindo a equipe médica, o cirurgião-dentista, o fonoaudiólogo, o nutricionista e o psicólogo é a melhor alternativa para minimizar ou mesmo prevenir tais complicações. Resumo em inglês Radiotherapy is a treatment modality largely used for head and neck malignancies. However, high doses of radiation in large areas, including the oral cavity, maxilla, mandible and salivary glands may result in several undesired reactions. Mucositis, candidosis, disgeusia, radiation caries, osteoradionecrosis, soft tissue necrosis and xerostomia are some of radiotherapy’s complications. AIM: The aim of this study is to briefly review the side effects that may be seen in t (mais) he oral cavity during or after radiotherapy treatment in the head and neck region. BASIC METHOD USED: Review of relevant literature. STUDY DESING: Literature review. RESULTS: Radiotherapy is still associated with several side effects, significantly affecting patients’ quality of life. CONCLUSIONS: A multidisciplinary treatment, including physicians, dentists, speech therapits, nutritionists, and psychologists, is the best alternative to minimize, or even prevent such reactions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Colite cística profunda: relato de caso/ Colitis cystica profunda: case reporte

Felício, Felipe; Santos, José Mauro dos; Oliveira, João Carlos Costa de; Lyra Junior, Humberto Fenner; Froehner Junior, Ilario; Mello Jr, Sergio Campos
2009-09-01

Resumo em português A colite cística profunda consiste na presença de cistos submucosos, contendo muco, principalmente no reto e no cólon esquerdo. De etiologia controversa, com pouco mais de 200 casos relatados na literatura mundial. Tem importância pela capacidade de mimetizar neoplasia maligna colorretal. Descreveremos um caso de colite cística profunda localizada no reto e submetida a tratamento cirúrgico, seu acompanhamento pós-operatório e revisão da literatura. Resumo em inglês Colitis cystica profunda comprises submucous mucus-filled cysts, located mainly in rectum and left colon. Its etiology is controversial, with about 200 cases reported in the literature. This disease is important clinically in that mimics colorectal malignancies. We report a case of colitis cystica profunda localized in rectum treated surgically, its follow-up and review of the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Colheita de células progenitoras hematopoiéticas periféricas em doentes pediátricos/ Peripheral blood progenitor cells collection in paediatric patients

Bini-Antunes, Marika; Roncon, Susana; Campilho, Fernando; Barbosa, Isabel; Leal, Helena; Ávila, Alcina; Ferreira, Sara; Campos, António; Vaz, Carlos Pinho; Ferreira, Rosa Branca; Pimentel, Pedro; Norton, Lucília; Carvalhais, Alzira
2006-02-01

Resumo em português A evolução das técnicas de aférese tem permitido a colheita de células progenitoras hematopoiéticas periféricas (CPHP) em crianças candidatas a autotransplante. Neste trabalho analisamos retrospectivamente 71 crianças (37 de sexo masculino e 34 de sexo feminino) propostas para autotransplante no IPO-Porto entre Dezembro 1995 e Setembro 2005. Os doentes tinham uma mediana de 10 anos de idade e um peso mediano de 29 kg. Apresentavam os seguintes diagnósticos: neur (mais) oblastoma 20, doença de Hodgkin 13, leucemia mielóide aguda 9, leucemia linfoblastica aguda 8, linfoma não Hodgkin 6, sarcoma de Ewing 5, outros diagnósticos 10. Todos os doentes foram tratados com quimioterapia antes da primeira mobilização (mediana de 2 protocolos) e em 9 deles também foi efectuada radioterapia. As crianças foram mobilizadas com G-CSF com uma dose diária mediana de 11,1 µg/kg (mínimo 5-máximo 20) na primeira mobilização e 18.1 µg/kg (mínimo 6, máximo 25-21) na segunda mobilização. Iniciamos as colheitas ao 5º dia de mobilização e uma hora após a injecção de G-CSF. Foram realizadas, no máximo, três aféreses por mobilização. Em 22 crianças (28,2%) foi necessária uma segunda mobilização e em 4 (5,6%) uma terceira para atingir uma dose alvo de 2x10(6)/kg células CD34+. Foi efectuado priming com eritrócitos em 32 doentes (45%). Em cada aférese foram processadas uma mediana de 4 volemias, sendo o tempo mediano de duração de cada procedimento de 141 minutos. A mediana do débito sanguíneo mantido foi de 59 ml/min. Uma mediana de 0,94x10(6)/kg e 0,80x10(6)/kg células CD34+ foi colhida por aférese, na primeira e na segunda mobilização, respectivamente. Encontramos uma correlação estatisticamente significativa entre o número de células CD34+ no sangue periférico pré aférese e na colheita (coeficiente de Pearson 0,834, p Resumo em inglês Advances in aphaeresis technology allowed the collection of peripheral blood progenitor cell (PBPC) in children candidates to autologous transplantation. We retrospectively analysed clinical and analytical data from 71 children (37 males; 34 females) proposed for autologous PBPC transplantation between 1995 and September 2005. Patients (median age 10 years, range 2-16; median weight 29 kg, range 10-72) presented the following malignancies: neuroblastoma 20, Hodgkin diseas (mais) e 13, acute myeloid leukaemia 9, acute lymphoid leukaemia 8, non-Hodgkin lymphoma 6, Ewing sarcoma 5, others 10. Prior to mobilization, all patients received chemotherapy (median number of 2 protocols, range 1-5) and 9 patients also received radiotherapy. All children were mobilized with G-CSF with a median daily dose of 11,1 µg/kg (range 5-20) in the first mobilization and 18.1 µg/kg (range 6,25-21) in the second mobilization. Collections started on day 5 and a maximum of three aphaeresis per mobilization was performed to obtain at least 2x10(6)/kg CD34+ cells. Twenty children (28,2%) needed a second mobilization and 4 children (5.6%) a third one to achieve the CD34+ cell target. For the aphaeresis collections, red blood cell priming was performed in 32 patients (45%). The median procedure time was 141 minutes and the rate of inlet flow 59 ml/min. We processed a median of 4 blood volumes (range 1.7-4.2) in a single session. A median number of 0,94x10(6)/kg and 0.80x106/kg CD34+ cells was collected per aphaeresis in the first and second mobilization, respectively. The highest CD34+ cell number was obtained in the first day of collection. By linear regression analysis, a significant correlation was observed between peripheral blood CD34+ cell count and CD34+ cells/kg patient body weight collected (Pearson coefficient 0.834, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Caso para diagnóstico/ Case for diagnosis

Hohmann, Clarissa Barlem; Köche, Bruna; Bonamigo, Renan Rangel; Dornelles, Sérgio Torres; Cattani, Cristiane Almeida Soares
2010-04-01

Resumo em português A doença de Dowling-Degos é uma genodermatose rara, caracterizada principalmente por hiperpigmentação reticular progressiva de áreas flexurais. Apesar de apresentar evolução benigna, pode estar associada a neoplasias da pele. Além disso, as alterações cutâneas características potencialmente ocasionam prejuízo psicossocial, devido aos danos estéticos significativos. Os autores descrevem um caso dessa doença associado a ceratoacantoma e sintetizam os conceitos atuais sobre ela. Resumo em inglês Dowling-Degos disease is a rare genodermatosis characterized principally by progressive reticulate hyperpigmentation of the flexures. Although the condition is benign, it may be associated with skin malignancies. Furthermore, the characteristic skin changes may be psychologically and socially detrimental to the patient as a result of the unsightliness of the condition. The present report describes a case in which this disease was associated with a keratoacanthoma, and summarizes current concepts on this skin disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Carcinomas epidermóides do pulmão na doença vibroacústica/ Respiratory squamous cell carcinomas in vibroacoustic disease

Ferreira, José Reis; Mendes, Carla P; Alves-Pereira, Mariana; Castelo Branco, Nuno A A
2006-09-01

Resumo em português Enquadramento: Em 1987, observou-se durante a autópsia de um doente com doença vibroacústica (VAD) dois tumores: Um carcinoma de células renais e um glioma maligno cerebral. Desde 1987, tem-se vigiado o aparecimento de tumores em doentes com a VAD. Até à data, num universo de 945 indivíduos, há 46 casos de tumores malignos, dos quais 11 são múltiplos. Dos 11 casos de tumores do aparelho respiratório, todos eram carcinomas epidermóides (CE). O presente estudo a (mais) borda as características morfológicas destes tumores. Métodos: Foram recolhidos fragmentos destes tumores (biópsia endoscópica ou cirúrgica) de 11 doentes do sexo masculino (idade média: 58±9 anos, 3 não fumadores): 2 na glote e 9 no pulmão. Dos 3 não fumadores, 2 tinham tumores do pulmão e 1 tinha tumor da glote. Todos eram trabalhadores ou reformados da indústria aeronáutica, pilotos militares ou de linhas comerciais. Foram fixados fragmentos para microscopia óptica e electrónica. Para os estudos imuno-histoquímicos usou-se coloração com cromagranina e sinaptofisina. Resultados: Todos os tumores pulmonares se localizaram no brônquio do lobo superior direito, e a sua histologia era de tumores epidermóides pouco diferenciados. A pesquisa com marcadores neuroendócrinos foi negativa. Nove doentes faleceram. Os 2 sobreviventes são grandes fumadores (> 2 maços/dia). A média de idade de aparecimento do tumor em pilotos de helicóptero estava abaixo dos 50 anos, enquanto para os outros dois grupos profissionais era superior a 50. Os hábitos tabágicos não tiveram influência na progressão e desfecho dos casos. Conclusões: O CE constitui aproximadamente 40% dos tumores pulmonares na população em geral. Face aos actuais resultados, torna-se muito importante especificar o tipo histológico exacto do tumor em todos os estudos estatísticos. Não surpreende a idade mais jovem de início dos tumores em pilotos de helicóptero, atendendo aos resultados dos estudos de mutagénese em modelos animais e em trabalhadores expostos a RBF: a frequência de trocas de cromátides irmãs em pilotos de helicóptero está aumentada, bem como em modelos animais expostos a ruído e vibrações simultâneos, simulando o ambiente no cockpit de helicópteros. Resumo em inglês Background: In 1987, the autopsy of a vibroacoustic disease (VAD) patient disclosed two tumours: a renal cell carcinoma and a malignant glioma in the brain. Since 1987, malignancy in VAD patients has been under close surveillance. To date, in a universe of 945 individuals, there are 46 cases of malignancies, of which 11 are multiple. Of the 11 cases of respiratory tract tumours, all were squamous cell carcinomas (SqCC). This report focuses on the morphological features of (mais) these tumours. Methods: Tumour fragments were collected (endoscopic biopsy or surgery) from 11 male VAD patients (ave. age: 58±9 years, 3 non-smokers): 2 in glottis and 9 in the lung. In the 3 non-smokers, 2 had lung tumours and 1 had a glottis tumour. All were employed as or retired aircraft technicians, military or commercial pilots. Fragments were fixed either for light and electron microscopy. Immunohistochemistry studies used chromagranine and synaptophysine staining. Results: All lung tumours were located in the upper right lobe bronchi and were histologically poorly differentiated SqCC (Figs. 1, 2). The search with neuroendocrine markers was negative. The average age of tumour onset in helicopter pilots was below 50 years old while for the other professional groups it was above 50. Nine patients are deceased. The 2 surviving patients are heavy smokers (> 2 packs/day). Smoking habits had no i nfluence on tumour outcome and progression. Discussion: Epidemiological studies indicate that squamous cell carcinomas account for approximately 40% of all lung tumours in men. It seems to be highly relevant that all VAD patient respiratory tract tumours are squamous cell carcinomas. It is not surprising that helicopter pilots are the ones who are affected the earliest because previous studies have shown that helicopter pilots exhibited the highest values for the frequency of sister chromatid exchanges. Generally, epidemiological tumor studies do not take histological tumor type into account, but given the results herein, it would seem of the utmost importance to begin specifiying the exact histological type of tumor in all statistical studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Carcinoma renal dos ductos de Bellini/ Bellini duct carcinoma of the Kidney

Begliomini, Helio
2002-06-01

Resumo em inglês Two types primary epithelial tumours of the kidney have been distinguished, such as renal cell carcinoma (hypernephroma or Grawitz) deriving from proximal tubules and carcinoma arising in the urothelium of the kidney's collecting system. Mancilla-Jimenez e cols were the first to describe in 1976 an atypical papillary carcinoma of the kidney deriving from collecting duct system-Bellini duct carcinoma (BDC). In the World Healthy Organization classification it is listed as a (mais) rare carcinoma ( 1 % of the renal malignancies) originating in the renal medulla. Histologic examination shows both tubular and papillary architeture, which can lead to misinterpretation as renal cell or transitional cell carcinoma. Renal cell carcinoma originates from the metanephrogenic blastema and collecting duct carcinoma derived embryologicaly from the mesonephron Wolff duct. Renal cell carcinoma has been shown to express both cytokeratins and vimetin, whereas the distal convoluted tubule expresses only cytokeratins. BDC can be considered as a renal malignancy with a very bad prognosis compared to the other renal cell carcinoma. The best treatment is radical nephrectomy. A case of BDC is reported in a young black man, 27 year old with only history of light left back pain. Ultrasound and other image examinations showed a tumour about 6 cm in the middle and low left kidney. Patient was submitted to extraperitoneal radical nephectomy. Microscopic evaluation revealed kidney's collecting duct carcinoma with metastasis on two retroperitoneal lymphy nodes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Carcinoma indiferenciado de tireóide/ Anaplastic thyroid carcinoma

Carvalho, Gisah A. de; Graf, Hans
2005-10-01

Resumo em português O carcinoma diferenciado de tireóide, papilífero ou folicular, usualmente tem um curso relativo benigno após a tireoidectomia total e ablação de remanescentes tireoideanos com 131I. Em contraste, o carcinoma anaplásico de tireóide ou carcinoma indiferenciado de tireóide, também derivado do epitélio folicular tireoideano, é uma das neoplasias humanas mais agressivas, que perdeu a maioria ou todas as características do tecido de origem. Crescimento tumoral rápi (mais) do é um presságio de mortalidade precoce a menos que se institua tratamento combinado agressivo. Não dispomos ainda de um tratamento que leva à cura definitiva para a maioria dos pacientes. A melhor conduta se constitui de um tratamento cirúrgico agressivo associado com a combinação de novos agentes quimioterápicos e radioterapia externa. Resumo em inglês Well-differentiated thyroid carcinoma (TC), as papillary and follicular carcinoma, usually follows a relatively benign course after total thyroidectomy and thyroid remnant ablation with 131I. In contrast, anaplastic TC or undiferentiated TC, also derived from the thyroid follicular epithelium, refers to one of the more aggressive human malignancies, which have lost most or all characteristics of the tissue from which it originated. Rapid tumor growth presages early mortal (mais) ity unless combined therapy is aggressively pursued. Definitive curative approach does not exist for most patients. The best approach is still aggressive surgery combined with the associated use of new chemotherapies associated with local external beam radiotherapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Carcinoma epidermoide como complicação letal de lesões crônicas de cromoblastomicose/ Chromoblastomycosis associated with a lethal squamous cell carcinoma

Torres, Edoardo; Beristain, Javier Gil; Lievanos, Zahide; Arenas, Roberto
2010-04-01

Resumo em português A cromoblastomicose é uma micose subcutânea, ocasionada por fungos dermatófitos, dos gêneros: Fonsecaea, Phialophora e Cladophialophora. As complicações habituais são: infecções secundárias, linfedema e elefantíase. Em lesões crônicas, tem-se documentado malignização. Relatamos um caso de um homem de 72 anos de idade, com cromoblastomicose de 30 anos de evolução, em região glútea, com desenvolvimento de carcinoma epidermoide. Resumo em inglês Chromoblastomycosis is a subcutaneous mycosis caused by the dermatophytic fungi Fonsecaea, Phialophora and Cladophialophora. Usual complications include secondary infection, lymphedema and elephantiasis. Associated malignancies have been found in chronic cases. This case report describes a 72 year-old male with a 30 year history of chromoblastomycosis in the gluteal region, who went on to develop a squamous cell carcinoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Carcinoma de células escamosas da hipofaringe em mulher jovem com anemia de Fanconi/ Squamous cell carcinoma of the hypopharynx in a young woman with Fanconi’s anemia

Horta, Henrique de Lins e; Guimarães, Fernando Fernandes; Rocha, Luiz Otávio Savassi; Guimarães, Roberto Eustáquio Santos; Valadares, Eugênia Ribeiro
2006-12-01

Resumo em português A anemia de Fanconi é um raro distúrbio autossômico recessivo caracterizado por malformações congênitas, aplasia da medula óssea e instabilidade genômica, com predisposição ao desenvolvimento de neoplasias malignas, em especial as leucemias e os tumores do trato aerodigestivo alto. Em razão de características inerentes à síndrome em questão, o tratamento de tais neoplasias é particularmente difícil. Relata-se o caso de anemia de Fanconi uma jovem de 24 an (mais) os, que desenvolveu carcinoma de células escamosas da hipofaringe, na ausência de fatores de risco como o tabagismo e o alcoolismo, e faz-se uma revisão sumária da literatura a respeito do tema. Resumo em inglês Fanconi’s anemia is a rare autosomal recessive disorder characterized by congenital malformation, bone marrow failure and genomic instability, with a predisposition to develop malignancies, especially the leukemias and upper aerodigestive tract tumors. Due to inherent characteristics to this syndrome, the treatment of such neoplasms is particularly difficult. In this paper we report the case of a 24-year-old woman with Fanconi’s anemia who developed a squamous cell carc (mais) inoma of the hypopharynx; she had none of the traditional risk factors, such as smoking and alcohol abuse. We also briefly review the literature about this topic

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Braquiterapia endoluminal HDR no tratamento de tumores primários ou recidivas na árvore traqueobrônquica/ Endoluminal high dose rate brachytherapy in the treatment of primary and recurrent bronchogenic tree malignancies

Fortunato, Maria; Feijó, Salvato; Almeida, Telma; Mendonça, Vera; Aguiar, Margarida; Jorge, Marília; Grillo, Isabel Monteiro
2009-03-01

Resumo em português Introdução: Tumores localmente avançados como forma de apresentação inicial dos tumores localizados na árvore traqueobrônquica não são um fenómeno raro. A recidiva brônquica é um acontecimento frequente na história natural de algumas neoplasias. As opções terapêuticas são múltiplas, sendo no entanto dependentes de variáveis, como a terapêutica inicial utilizada, o local da recorrência, a sintomatologia e as condições físicas do doente. Objectivos: (mais) Demonstrar as principais vantagens terapêuticas da braquiterapia endoluminal (BTE) com alta taxa de dose (HDR) em tumores primários e na recidiva tumoral localizada na árvore traqueobrônquica. Material e métodos: Avaliámos retrospectivamente sete doentes (dts) com tumor primário do cólon, traqueia e pulmão. A recidiva traqueobrônquica (dois dts na traqueia e cinco dts no brônquio) ocorreu entre Março de 2003 e Setembro de 2004, os dts foram submetidos a BT HDR como terapêutica primária ou na recidiva, em associação com RTE, laserterapia e quimioterapia (QT), com intuito paliativo/ curativo. Na BTE HDR foram utilizadas doses de 5 a 7 Gy em duas a quatro fracções, prescritas a 1 cm do eixo da fonte. O tratamento consistiu na aplicação endoluminal de Ir192, utilizando um cateter 6 French. Resultados: Verificámos o rápido alívio sintomático associado à redução da massa tumoral em seis dos sete doentes submetidos a esta técnica. Em um dos seis doentes estudados observou-se uma progressão da doença local entre a 2.ª e a 3.ª fracções de tratamento (obstrução da traqueia). Com um follow-up mediano entre a terapêutica com BT e a avaliação do presente estudo de 17 meses (2 -40), três doentes estão vivos, um sem evidência de doença e dois apresentam uma recidiva brônquica; quatro faleceram, um após hemoptise maciça e três por progressão da doença. Discussão e conclusões Os dts submetidos a BT após recidiva tumoral endobrônquica ou com tumores primários sintomáticos apresentam uma boa tolerância e um alívio sintomático associado a uma boa qualidade de vida. Apesar da reduzida amostra, os resultados demonstram as eventuais vantagens da BTE de HDR no tratamento paliativo/ curativo destes doentes Resumo em inglês Introduction: Locally advanced tumours as the initial form of presentation of tumours in the bronchial tree are not a rare event. Bronchogenic recurrence is frequent in the natural history of some tumours. The choice of therapeutic options from the raft available depends on such variables as initial therapy, place of recurrence, symptoms and patient’s physical status. Aim: To demonstrate the advantages of endoluminal brachytherapy (EBT) with high dose rate (HDR) in prima (mais) ry and recurrent tumour of the bronchial tree. Material and methods: A retrospective study of seven patients (pts) with primary tumours of the colon, trachea and lung. Tracheobronchial recurrence (trachea, two pts, bronchus, five pts) occurred between March 2003 and September 2004. Patients under-went EBT with HDR for primary or recurrent therapy in association with external radiotherapy, laser therapy and chemotherapy with palliative or curative intention. EBT with HDR doses of 5 to 7 Gy in 2 to 4 fractions at 1 cm from the source axis were given. Treatment included endoluminal application of Ir192 with a French 6 catheter. Results: There was symptomatic relief related to reduction of tumour in six of the seven patients treated. In one of the six patients studied, there was progression of the local disease between the second and third fractions of the treatment (obstruction of the trachea). In a mean follow up of 17 (2-40) months between EBT and this study, three patients are alive, one has no evidence of disease while two have had bronchial recurrence, four patients have died, one after massive haemoptysis and three due to disease progression. Discussion and conclusions: Patients undergoing brachytherapy for symptomatic primary tumours or endobronchial recurrence show good tolerance, important symptom relief and improved quality of life. Despite the small size of our sample, it is clear that EBT with HDR plays an important role in the palliative/curative treatment of these patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Avaliação dos principais efeitos endócrinos tardios em crianças e adolescentes sobreviventes ao tratamento de neoplasias malignas/ Evaluation of the main late endocrine effects in children and adolescents after treatment of malignancies

Kuperman, Hilton; Battistin, Claudilene; Moreira, Ana Cristina Fraga; Cornacchioni, Ana Lucia; Odone Filho, Vicente; Setian, Nuvarte; Damiani, Durval
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar os efeitos endócrinos tardios em crianças e adolescentes após tratamento oncológico e associá-los à doença de base e ao tratamento. SUJEITOS E MÉTODOS: Foram realizadas avaliações clínicas e laboratoriais visando à detecção de distúrbios endócrinos em 320 pacientes após terapia oncológica, seguidos por seis anos. RESULTADOS: Em 94 pacientes, detectaram-se: 32 pacientes apresentaram baixa estatura (nove em tratamento com hormônio de cre (mais) scimento), 14 tiveram puberdade precoce (10 em uso de análogo de GnRH) e 19 revelaram ser portadores de distúrbios de tireoide (12 com hipotireoidismo, seis com nódulos de tireoide e um com tireoidite linfocitária crônica). Obesidade foi encontrada em 18 deles. Seis com diabetes insípido e cinco com puberdade atrasada, três com pan-hipopituitarismo. Houve associação entre a radioterapia e a presença de endocrinopatias. CONCLUSÃO: Noventa e quatro de 320 (30%) dos pacientes fora de terapia apresentaram alteração endócrina, o que enfatiza a importância do seguimento precoce e regular, possibilitando-lhes, com tratamento, melhor qualidade de vida. Resumo em inglês OBJECTIVE: To report the main endocrine effects after cancer treatment in children and adolescents and associate them to the disease and its treatment. SUBJECTS AND METHODS: Clinical and lab evaluation for endocrinopathy was performed in 320 patients after cancer therapy have been followed for six years. RESULTS: The most prevalent endocrine late effects in patients were: 32 patients had short stature, nine of them were under growth hormone therapy. Precocious puberty was (mais) found in 14 patients, 10 of them received GnRH analog. Thyroid diseases were present in 19 patients (12 with hypothyroidism; six with thyroid nodules/cysts; one with chronic lymphocytic thyroidytis). Obesity was found in 18 patients. Six presented insipidus diabetes, five delayed puberty and three panhypopituitarism. Radiation was associated with the appearance of the aforementioned endocrinopathies. CONCLUSION: Ninety four of 320 (30%) patients presented endocrine late effects which emphasize the importance for these patients to be regularly followed-up in order to precociously diagnose endocrine late effects and provide them a better quality of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Avaliação dos métodos de detecção das alterações do gene e proteína P53 nas neoplasias linfóides/ Evaluation of detection methods of alterations of the P53 gene and protein in lymphoid neoplasms

Klumb, Claudete E.; Cavalcanti Júnior, Geraldo B.
2002-04-01

Resumo em português A proteína p53 desempenha um papel central na resposta celular que inclui a parada do ciclo celular permitindo o reparo do dano no DNA, ou indução da morte celular. A perda da função dessa proteína pode levar à proliferação celular desordenada, aumento da sobrevida da célula e resistência às drogas quimioterápicas. O gene supressor de tumor p53 é alterado em diversas neoplasias, entre as quais se incluem as neoplasias hematológicas. Estas alterações são, (mais) em sua maioria, mutações que levam à perda da capacidade da proteína p53 de regular a transcrição de diversos genes envolvidos em importantes processos da célula. Ao contrário da proteína selvagem, cuja degradação ocorre rapidamente depois da síntese, as formas mutadas da proteína têm a meia vida aumentada e se acumulam dentro da célula possibilitando a detecção por imunohistoquímica. As mutações do gene p53 ocorrem com uma freqüência em torno de 12.5% nas neoplasias hematológicas, no entanto, em alguns tipos de linfomas não Hodgkin (LNH), particularmente, nos linfomas de Burkitt, freqüências superiores têm sido observadas. A maior parte das mutações do gene p53 são mutações do tipo missense e ocasionam perda da função e estabilização da proteína. Entretanto, alta expressão da proteína selvagem também tem sido detectada por imunohistoquímica, o que indica uma discrepância entre mutações do gene e detecção da proteína. O objetivo deste trabalho é realizar uma revisão dos métodos usados para identificar as alterações do gene e da proteína p53 com ênfase nas neoplasias linfóides, visando determinar o seu envolvimento nessas neoplasias. Resumo em inglês The p53 protein plays a central role in cellular responses, including cycle arrest and cell death in response to DNA damage. Dysfunction of this protein can induce abnormal cell growth, increased cell survival, and drug resistance. The p53 tumor suppressor gene is altered in many types of human cancer including hematological malignancies. Most of the p53 biologically significant mutations impair the ability of protein to act as a transcriptional regulator. Unlike function (mais) al p53, which is rapidly degraded after its synthesis, mutated forms tend to accumulate in the cells, thus becoming detectable by immunohistochemistry. Its has been reported that mutations of p53 gene occur with a frequency of approximately 12.5% in lymphoid malignancies. However, aggressive non-Hodgkin's lymphomas (NHL), especially Burkitt's lymphoma, show higher frequencies. Most p53 gene mutations in NHL are missense mutations, stabilising the functionally defective protein, but wild-type form of p53 protein also has a high p53 expression detected by immunohistochemistry indicating a discrepancy between gene mutation and protein detection. The aim of this work is to perform a comprehensive review of the methods used to identify gene alterations and p53 protein expression in lymphoid neoplasias in order to investigate its involvement in these neoplasias.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Anticorpos séricos na doença celíaca/ Celiac disease serum antibodies

ROMALDINI, Ceres Concilio; BARBIERI, Dorina
1999-12-01

Resumo em português O diagnóstico acurado da doença celíaca é muito importante porque os pacientes devem aderir a uma dieta sem glúten por toda a vida e diante do maior risco de complicações, como as neoplasias intestinais, que poderá advir do não cumprimento rigoroso da dieta. Nesta revisão são apresentados os novos conceitos referentes às formas de apresentação da doença (ativa, silenciosa, latente e potencial) e sua associação com outras enfermidades e são focalizados pr (mais) incipalmente o valor e a eficácia da determinação dos anticorpos séricos antigliadina e dos autoanticorpos anti-reticulina, antiendomísio e antitransglutaminase tecidual, no auxílio ao diagnóstico e seguimento da doença celíaca. Resumo em inglês Accurate diagnosis of celiac disease is important because patients are advised to adhere to a strict gluten-free diet for life. This management is critical to avoid disease complications such as malignancies. In this review the new terminology for the disease clinical features (active, silent, latent and potential celiac disease) and the disease association with other conditions are commented. The value and efficacy of the assessment of serum antigliadin antibodies and of (mais) antireticulin, antiendomysial and tissue transglutaminase autoantibodies in the diagnosis and follow-up of the celiac disease are particularly evaluated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Adenocarcinoma primário de duodeno/ Adenocarcinoma of duodenum

Nunes, Fernando Costa; Silva, Alcino Lázaro da
2002-06-01

Resumo em inglês Primary adenocarcinoma of the duodenum is an extremely rare disease, and represents only 0.35% of all gastrointestinal malignancies. Early detection of the disease may be difficult because of the absence of pathognomonic symptoms. The authors relate one case of a adenocarcinoma of the duodenum in a 61-year-old white man with a history of abdominal pain for a six-month period, associated with postprandial fullness, vomiting and weight loss. Contrasted x-ray and computerize (mais) d tomography showed a tumor in the fourth segment of the duodenum, with partial obstruction of the lumen. Histological study revealed a moderate differentiated adenocarcinoma. Treatment consisted of resection of the fourth portion of duodenum. The authors comment on the most important aspects of this pathology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Actinomicose da Mama em Gestante/ Actinomycosis of the Breast in Pregnancy

Mottola Jr, Juvenal; Castanheira, Cristina Paula; Ribeiro, Helder; Laginha, Fábio Martins; Marques, José Antônio
2001-10-01

Resumo em português A actinomicose mamária é doença inflamatória rara, com poucos casos descritos na literatura. Pode ser primária da mama quando resultante de traumas na pele e papila mamária, e, secundária, quando de origem toracopleural. Sua apresentação clínica é variável, devendo ser diferenciada das doenças mais comuns, dentre elas as mastites e também as neoplasias, como o carcinoma inflamatório. Seu diagnóstico é realizado pela cultura da secreção, com a identifica (mais) ção das colônias de Actinomyces sp. Seu tratamento é a drenagem, quando indicada, a antibioticoterapia endovenosa e manutenção oral por tempo prolongado. Os autores relatam caso de abscesso retromamário por Actinomyces sp. em gestante de 12 semanas que apresentava tumoração mamária expansiva na mama esquerda. Resumo em inglês Actinomycosis of the breast is a rare inflammatory disease that has been infrequently reported. It can be primary actinomycosis of the breast, when caused by lesions of the mammary skin and secondary, when there is thoracic or pleural infection; it has extremely variable clinical presentations and may simulate mastitis and malignancies such as inflammatory carcinoma. The diagnosis is confirmed by culture and by finding typical actinomycotic colonies. The usual treatment i (mais) s surgical drainage and intravenous and oral long-term administration of antibiotics. The authors present a case of actinomycosis of the breast in a 12-week pregnant woman who presented a tumor in the left breast.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Abordagem clínica e laboratorial do bócio uninodular sólido: vantagens da determinação da calcitonina sérica por métodos distintos no rastreamento do carcinoma medular de tireóide, forma esporádica

Abelin, Neusa M.A.; Gomes, Susimeire; Ivanoff, Maria Tereza; Ezabella, Marilza C.L.; Hayashida, Cesar Y.; Toledo, Sergio P.A.
1999-03-01

Resumo em português A apresentação clínica mais freqüente da forma esporádica do carcinoma medular da tireóide (CMT) é o bócio uninodular sólido (BUS), apresentação esta semelhante aos demais tumores que afetam a glândula. O estabelecimento da freqüência de CMT em BUS apresenta implicações importantes não só diagnosticas, como também terapêuticas, visto a abordagem cirúrgica do CMT diferir de outros tumores tireoideanos. Para investigar a prevalência de CMT em BUS, dosa (mais) mos calcitonina (CT) sérica, marcador bioquímico do CMT, por métodos distntos (RIA e IRMA) em 60 casos (55 mulheres; com idades entre 22 e 75 anos). A análise citológica obtida através de punção biópsia (PAAF) revelou 100% de especificidade e 67% de sensibilidade na detecção de carcinoma de tireóide. Considerando-se o grau de suspeita clínica para neoplasia tireoideana e os achados anatomopatológicos, houve 60% de correlação positiva. CMT foi diagnosticado através da elevação da CT sérica em um dos 59 casos (1,69%) e confirmado posteriormente pela PAAF e anatomopatológico. A incidência de CMT entre os casos de neoplasias tireoideanas nesta amostra foi de 12,5% (1/8). Concluímos que a dosagem rotineira da CT sérica em casos com BUS não só complementa o estudo desta doença, como auxilia fortemente no diagnóstico do CMT. Tanto o IRMA como o RIA mostraram-se métodos úteis no rastreamento do CMT. Entretanto, o RIA pode provavelmente detectar ainda mais precocemente a elevação de formas não monoméricas da molécula de CT, as quais nos casos de CMT são usualmente mais abundantes que as formas monoméricas. Resumo em inglês Sporadic medullary thyroid carcinoma (MTC) usually presents as a single nodule (SNT), a presentation common to other thyroid tumors. The establishment of its frequency in SNT has diagnostic and therapeutic implications, since surgery for MTC differs from other tumors. Serum calcitonin (CT), the standard marker for MTC, were measured in 60 cases of SNT (55 females, 22-75 years of age). Fine needle aspiration biopsy (FNAB) of the nodules was also performed, being 100% speci (mais) fic and 67% sensitive for detecting thyroid carcinomas. Sixty percent of clinically suspected malignancies were confirmed post-surgically. MTC was diagnosed by serum CT in 1 of 59 cases (1.69%), confirmed by FNAB and submitted to appropriate surgery. It accounted for 12.5% of thyroid malignancies of this group, since 6 papillary and 1 undifferentiated cases were also diagnosed. Therefore, routine serum CT measurement in SNT is a strong tool in the diagnosis and adequate surgery of MTC. Both IRMA and RIA were useful in this screening. The latter, however, can detect MTC earlier, due to its ability to measure non-monomeric forms of CT, abundant in this condition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

AIDS na infância: acometimento cardíaco com e sem a terapia anti-retroviral tríplice combinada/ AIDS in childhood: cardiac involvement with and without triple combination antiretroviral therapy

Cunha, Maria do Carmo Soares Alves; Siqueira Filho, Aristarco Gonçalves de; Santos, Silvia Reis dos; Abreu, Thalita Fernandes de; Oliveira, Ricardo Hugo S. de; Baptista, Denise Marcelino; Dantas, Marylane Christian Feitosa; Carvalho, Márcia Fernanda; Guedes, Luciane Gaspar
2008-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever a prevalência de alterações cardíacas ao ecocardiograma em crianças com AIDS acompanhadas em serviço de referência aos 18±6 meses do diagnóstico confirmado de AIDS. MÉTODOS: Estudo transversal, com corte aos 18±6 meses do diagnóstico de AIDS. Incluídas 93 crianças com diagnóstico confirmado de AIDS por transmissão vertical, sem doença maligna, que, na avaliação cardiológica, realizaram ecocardiograma (eco). De forma expl (mais) oratória avaliaram-se as alterações cardíacas nos pacientes sem uso (G1) e com uso (G2) de terapia combinada anti-retroviral. RESULTADOS: Quando do diagnóstico de AIDS, as crianças tinham em média 3,07 anos e 50,50% eram do sexo feminino. Esquema de terapia combinado com anti-retrovirais foi utilizado por 47 pacientes (G2). O acometimento cardíaco esteve presente em 40 crianças (43,00%). A presença de disfunção ventricular esquerda (G1:39,10%;G2:10,60%) e o aumento isolado de ventrículo esquerdo (G1:6,60%;G2:14,90%) foram os achados mais freqüentes. Observou-se associação significativa entre os grupos sem e com terapia anti-retroviral combinada quanto à presença de disfunção ventricular esquerda (RP=3,42; [1,41-8,26]; p =0,02) e de desnutrição (RP=1,79; [1,00-3,20]; p=0,04). CONCLUSÃO: O acometimento cardíaco foi freqüente nas crianças com AIDS, sendo a disfunção ventricular esquerda a alteração mais observada ao ecocardiograma. Houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos com e sem tratamento tríplice combinado quanto à presença de disfunção ventricular esquerda e de desnutrição. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe the prevalence of cardiac abnormalities in the echocardiogram of children with AIDS followed up in a reference service at 18±6 months of AIDS confirmed diagnosis. METHODS: A cross-section study with a cohort after 18±6 months of AIDS diagnosis. The study included a total of 93 children with a confirmed diagnosis of AIDS with vertical transmission, with no malignancies and who underwent echocardiogram (echo) during cardiologic evaluatio (mais) n. Cardiac abnormalities were assessed in patients who were not treated (G1) and patients who were treated (G2) with combination antiretroviral therapy. RESULTS: When diagnosed with AIDS, the children were on average 3.07 years old and 50.50% were female. The combination regimen with antiretroviral agents was used by 47 patients (G2). Cardiac involvement was present in 40 children (43.00%). The presence of left ventricular dysfunction (G1: 39.10%; G2: 10.60%) and the isolated enlargement of left ventricle (G1: 6.60%; G2: 14.90%) were the most frequent findings. We observed a significant association between the groups without and with combination antiretroviral therapy asregards the presence of left ventricular dysfunction (PR= 3.42; [1.41-8.26]; p = 0.02) and malnutrition (PR = 1.79; [1.00-3.20]; p = 0.04). CONCLUSION: Cardiac involvement was frequent in children with AIDS and left ventricular dysfunction was the most common abnormality on echocardiogram. There was a statistically significant difference between the groups with and without triple combination treatment as regards the presence of left ventricular dysfunction and malnutrition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

A importância da integração de dados do diagnóstico das hemopatias/ The importance of integrating results of several techniques in the diagnosis of hematological diseases

Lorand- Metze, Irene
2009-01-01

Resumo em português A análise diagnóstica da medula óssea compreende classicamente a citologia. Mais recentemente, tornou- se rotina o estudo histológico. Desde o início, tentou- se integrar estes dados, pois, enquanto a citologia fornece uma análise mais detalhada das características das células e permite quantificá- las, a biópsia, por analisar o tecido como um todo, permite o estudo da estrutura do tecido hemopoético, seu estroma e a ocorrência de estruturas estranhas à medul (mais) a, como granulomas, fibrose e metástases de neoplasias. Com o desenvolvimento de novas tecnologias e o melhor conhecimento das diversas entidades, principalmente em onco- hematologia, além do desenvolvimento de terapias alvo- específicas, tornou- se importante o estudo citogenético/molecular em algumas patologias. Nas leucemias agudas e síndromes linfoproliferativas, a imunofenotipagem tem contribuído de modo decisivo para a classificação correta das diversas neoplasias pelos critérios da OMS. Assim, o diagnóstico hematológico se tornou uma atividade multidisciplinar que integra profissionais de diversas especialidades. Assim se consegue tratar os pacientes de modo mais adequado, além de poder rastrear a doença residual após o tratamento. Isto levou a novas definições de remissão: hematológica, fenotípica, citogenética e molecular. O estudo da medula óssea é importante em algumas hemopatias benignas, como anemias carenciais, que podem se manifestar como pancitopenias. Este estudo deve ser complementado com exames sorológicos e bioquímicos. A mielocultura tem permitido o diagnóstico de infecções, especialmente nos indivíduos imunossuprimidos. Resumo em inglês The diagnosis of hematologic diseases has traditionally been based on features of peripheral blood and bone marrow (BM) cytology. Histologic examination of the BM has been used for the staging of neoplasias when aspiration is not possible due to fibrosis. Cytology permits a better evaluation of cell morphology and a quantitative analysis of the different BM lineages. Histology shows the BM structure, topology of cells and the microenvironment, besides identifying patholog (mais) ic structures such as granulomas, fibrosis, and metastases. More recently, several new technologies have been developed, and the pathophysiology of diseases has been better elucidated. The WHO classification of hematologic malignancies describes entities based on morphology, phenotype, and in many cases, cytogenetic and molecular features. This has made targeted therapy feasible. Therefore, there is need to confirm the diagnosis using data from different techniques. Some methods are also useful to quantify residual disease after treatment, and confirm cure. Thus, several kinds of remission have been defined, such as " hematologic" , " phenotypic" , " cytogenetic" and " molecular" remission. In benign diseases, presenting with cytopenias other than anemia, BM examination is useful together with biochemical and serological tests.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)