Sample records for malic acid
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Ácidos tartárico e málico no mosto de uva em Bento Gonçalves-RS/ Tartaric and malic acids in the must grapes of Bento Gonçalves-RS, Brazil

Rizzon, Luiz Antenor; Sganzerla, Vânia Maria Ambrosi
2007-06-01

Resumo em português Os ácidos tartárico e málico são os principais componentes responsáveis pela acidez do mosto da uva. Suas concentrações no mosto estão relacionadas com aspectos fisiológicos da maturação da uva, com os fatores naturais de clima e solo da região vitícola e com as práticas agronômicas da produção. A razão tartárico/málico é importante para definir a colheita da uva e direcionar o sistema de vinificação. O objetivo do presente trabalho foi determinar o (mais) s teores dos ácidos tartárico e málico e calcular a razão tartárico/málico dos mostos de cultivares de videira usadas na vinificação em Bento Gonçalves-RS, na safra de 2004. Foram analisados 81 mostos de uvas tintas: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot e Isabel, e 56 mostos de uvas brancas: Chardonnay, Riesling Itálico, Moscato e Niágara. As determinações foram efetuadas por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Os valores obtidos foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey para comparação das médias. Os resultados evidenciaram predominância do ácido tartárico em relação ao málico, em todos os mostos, e teores mais baixos de ácido tartárico e málico nas uvas do grupo das americanas - Isabel e Niágara - em comparação com as cultivares de Vitis vinifera. Resumo em inglês Tartaric and malic acids are the main components responsible for the ocidity of the grape must. The level is normally correlated with the physiological aspects of ripening grapes, with the preceding climate conditions, soil aspects and agronomic practice production. The tartaric / malic ratio is very important to determine the moment to harvest and to conduct the winemaking. The purpose of this work was to determine the concentration of tartaric and malic acids, and the t (mais) artaric/malic ratio in musts of principal grapes varieties used in the vinification in Bento Gonçalves-RS, Brazil. Eight one red grape musts were analysed: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot and Isabel and 56 musts of white grapes: Chardonnay, Italic Riesling, Muscat and Niagara. Quantitative analysis was carried out by using HPLC. The values were submitted to analysis of mean comparison through the Tukey test. The results showed predominance of the tartaric acid in all musts analysed and lower level of two both acids in the american grape musts - Isabel and Niagara - compared with Vitis vinifera varieties.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Aplicação dos Ácidos L-Tartárico, L-Láctico e DL-Málico na Acidificação de Mostos e Vinhos/ Application des acides L-tartrique, L-lactique et DL-malique dans l’acidification des moûts et des vins/ Application of L-tartaric acid, L-lactic acid and DL-malic acid to acidify musts and wines

Carvalho, Estrela C.P.; Curvelo-Garcia, A.S.
2000-01-01

Resumo em português Na 79ª Assembleia Geral (1999), o OIV adoptou duas resoluções referentes à utilização de diversos agentes para a acidificação dos mostos e dos vinhos, com a condição que os níveis desta acidificação fossem fixados e aprovados pela Assembleia Geral até 2001. A possibilidade de utilização dos diferentes ácidos é ainda polémica, no que se refere sobretudo à sua eficácia no aumento da acidez total e na diminuição do pH, e na sua eventual influência nas (mais) características de tipicidade dos vinhos. Em continuação dos primeiros resultados obtidos, e já publicados, comparou-se a utilização dos ácidos L-tartárico, L-láctico e DL-málico, com 3 níveis de acidificação (1; 2 e 3 g/L). Verificou-se sempre a ocorrência de precipitações de hidrogenotartarato de potássio, na acidificação com ácido L-tartárico, o que se traduz por uma efectiva redução do esperado poder acidificante deste ácido, tendo em conta os valores dos pK dos três ácidos: em alguns casos, a eficácia de acidificação dos ácidos L-láctico e DL-málico é mesmo superior à do ácido Ltartárico. Nenhum dos agentes acidificantes originou precipitações de tartarato de cálcio imediatamente, o que era de esperar tendo em consideração a bem conhecida cinética associada a estas precipitações. Resumo em inglês In the 79th General Assembly (1999), OIV accepted two resolutions concerning the application of some acids to acidify musts and wines in the condition that acidification levels will be set up and approved by the General Assembly until 2001. The actual possibility to use different acids is still controversy, owing to their efficiencies, especially their increasing the total acidity and the actual acidity (decreasing pH) and their eventual influence on the wine characterist (mais) ics. Thus, after the first results published, a comparative study of the musts and wines acidification using L-tartaric, L-lactic and DL-malic acids, with three levels (1; 2 and 3 g/L) was realised. In the acidification with L-tartaric acid, the occurence of potassium hydrogenotartrate precipitation was verified, with an effective reduction of the expected acidifying strength of this acid, considering the pK values of the different acids. In some cases, L-lactic and DL-malic acids even presented a better efficacy than L-tartaric acid. According to the results obtained, none of these acidifying agents caused immediately calcium tartrate precipitation, as expected considering the known kinetics of these precipitations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Determinação simultânea dos ácidos orgânicos tartárico, málico, ascórbico e cítrico em polpas de acerola, açaí e caju e avaliação da estabilidade em sucos de caju/ Simulataneous determination of tartaric, malic, ascorbic and citric acids in acerola, açai and cashew pulps, and stability evaluation in cashew juices

Scherer, Rodrigo; Rybka, Ana Cecília Poloni; Godoy, Helena Teixeira
2008-01-01

Resumo em inglês The aim of the present study was determining the main organic acids in pulp and juices, as well as evaluating their stability, after opening the package, by liquid chromatography in a C18 column with isocratic elution and UV detection. In açaí pulp tartaric, malic and citric acids were found. Cashew samples presented all of the organic acids evaluated, besides high concentrations of ascorbic and malic acids. Acerola pulp had the highest ascorbic acid concentration. A sm (mais) all decrease in organic acid content during storage was observed. Malic and citric acids seem to be more stable than tartaric and ascorbic acids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Ácidos orgânicos de caldo de três variedades de cana-de-açúcar (Saccharum spp) em quatro estádios de maturidade/ Organic acid content of sugarcane juice as affected by plant maturity

Gutierrez, L.E.; Ferrari, S.E.; Orelli Jr, A.A.
1989-01-01

Resumo em português Os teores dos ácidos trans-aconítico, málico, malônico e succínico foram determinados no caldo de cana das variedades IAC 58-480, RB 73-5275 e NA 56-79, em quatro estádios de maturidade (11, 12, 13 e 14 meses). O ácido trans-aconítico constituiu cerca de 84% do total dos ácidos orgânicos seguido pelo ácido málico com 14%. Os ácidos oxálico, glutárico, alfa-cetoglutárico e cítrico foram encontrados em níveis inferiores a 1%. Os níveis dos ácidos succín (mais) ico, málico e trans-aconítico diminuíram com a maturidade da planta enquanto os de malônico aumentaram. Não foram encontradas diferenças significativas entre as variedades estudadas em relação aos teores de ácido trans-aconítico. Resumo em inglês Levels of trans-aconitic, malic, malonic and succinic acids were measured in sugarcane juice from three varieties in four maturity stages. Trans-aconitic acid represented about 84% of the total organic acids analysed in sugarcane juice followed by malic acid with 14%. Oxalic, glutaric, alpha-ketoglutaric and citric acids were found in levels lower than 1% of total organic acids. The content of trans-aconitic, malic and succinic acids decreased with the stage of maturity w (mais) hile malonic acid increased. No significant differences were observed among the varieties studied in relation to trans-aconitic acid content.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Características físico-químicas de acerola do banco ativo de germoplasma em Pernambuco/ The physicochemical characteristics of acerola fruits from germoplasm active bank in Pernambuco

Musser, Rosimar dos Santos; Lemos, Margarida Agostinho; Lima, Vera Lúcia Arroxelas Galvão de; Mélo, Enayde de Almeida; Lederman, Ildo Eliezer; Santos, Venézio Felipe dos
2004-12-01

Resumo em português As características físico-químicas de acerolas maduras, provenientes de 12 genótipos, cultivados no Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), colhidas no inverno/1999, verão/2000 e verão/2001 foram avaliadas. A análise conjunta das três safras revelou as seguintes variações médias: ácido ascórbico de 1067 a 1846mg/100g de polpa; antocianinas totais de 3,8 a 47,4mg/100g de polpa; flavonóis totais de 7,0 a 18,5mg de querce (mais) tina/100g de polpa; acidez total titulável (ATT) de 1,04 a 1,87g de ácido málico/100g de polpa; sólidos solúveis totais (SST) de 7,0 e 8,4ºBrix; relação SST/ATT de 4,4 a 6,9 e pH de 3,11 e 3,41. Levando em consideração as características avaliadas, todos os genótipos, exceto o 015-CPA que apresentou teor de ácido ascórbico inferior ao exigido pelas indústrias de transformação, são potencialmente promissores. Resumo em inglês Physicochemical characteristics of mature acerola fruits from 12 genotypes cultivated at Active Germoplasm Bank of Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), harvested at winter/1999, summer/2000 and summer/2001, were analyzed. The joint analysis of these fruits showed the following average variation: ascorbic acid 1067 to 1846mg/100g of fruit pulp; total anthocyanins 3.8 to 47.4mg/100g of fruit pulp; total flavonols 7.0 to 18.5 quercetin mg/100g of fruit pulp; tit (mais) ratable acidity (TA) 1.04 to 1.87g of malic acid/100g of fruit pulp; total soluble solids (TSS) 7.0 to 8.4ºBrix; TSS/TA ratio 4.4 to 6.9 and pH 3.11 to 3.41. Considering the characteristics analyzed, all genotypes, except 015-CPA, which showed ascorbic acid level lower than the transformation industry standard, are potentially promising.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Composição química do mosto da uva 'cabernet franc' conduzida no sistema lira aberta/ Chemical composition of the must of Cabernet Franc grape conducted in the lyre system

Manfroi, Luciano; Miele, Alberto; Rizzon, Luiz A.; Barradas, Carlos I. N.
2006-08-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar a composição físico-química do mosto da uva 'Cabernet Franc' conduzida no sistema lira aberta, foi realizado o presente trabalho em oito vinhedos durante o ciclo vegetativo de 1995/1996 nos municípios de Bento Gonçalves e Monte Belo do Sul, RS. Os valores médios das variáveis avaliadas foram similares aos obtidos na região com outros sistemas de condução, ou seja: ºBrix - 17,0; acidez total - 113 meq L-1; pH - 3,17; nitrogênio total (mais) - 246,1 mg L-1; polifenóis totais (I 280) - 11,8; prolina - 182,2 mg L-1; ácido tartárico - 88 meq L-1; ácido málico - 56 meq L-1; K - 951 mg L-1; P - 71,3 mg L-1; Ca - 34,4 mg L-1; e Mg - 50,2 mg L-1. Esses resultados mostram que o sistema de condução da videira em lira aberta pode ser recomendado para a produção de uva 'Cabernet Franc' nas condições de solo e de clima da Serra Gaúcha. Resumo em inglês The present work was carried out in order to evaluate the physicochemical composition of the must of cv. Cabernet Franc. It was carried out during the 1995/1996 vegetative cycle, in eight vineyards conducted in the lyre system and located in the communes of Bento Gonçalves and Monte Belo do Sul, Rio Grande do Sul-State, Brazil. The average values of the variables showed similar results to those previously determined in the same region with other trellising systems: ºBri (mais) x - 17.0; total acidity - 113 meq L-1; pH - 3.17; total nitrogen - 246.1 mg L-1; total polyphenols (I 280) - 11.8; proline - 182.2 mg L-1; tartaric acid - 88 meq L-1; malic acid - 56 meq L-1; K - 951 mg L-1; P - 71.3 mg L-1; Ca - 34.4 mg L-1; and Mg - 50.2 mg L-1. These results show that grapevines trellised in the lyre system may be recommended to produce 'Cabernet Franc' grapes regarding soil and climatic conditions of the Serra Gaúcha region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Indução da fermentação maloláctica em vinho Gewürztraminer/ Induction of malolactic fermentation in Gewürztraminer wine

Avila, Larissa Dias de; Daudt, Carlos Eugênio
1997-06-01

Resumo em português Fermentação maloláctica é o processo metabólico de degradação do ácido L-málico em ácido L-láctico e CO2. É responsável pela redução da acidez total, além de contribuir para a estabilidade biológica e modificação de flavor nos vinhos. Em operações normais de vinificação a fermentação maloláctica normalmente ocorre em vinhos tintos, mas recentemente seu uso vem aumentando em alguns vinhos brancos, tal como Chardonnay. O objetivo principal deste tr (mais) abalho foi avaliar o comportamento de duas culturas comerciais de Leuconostoc oenos na indução da fermentação maloláctica. Uvas da cv. Gewürztraminer foram vinificadas e inoculadas com duas culturas lácticas, Viniflora Oenos e Vino, em diferentes níveis de açúcar residual: 55; 21,9; 1,1 e 0,9g/l. Os níveis de açúcares, em duas repetições, foram comparados com a ocorrência espontânea da fermentação maloláctica (controle). A degradação do ácido málico foi acompanhada através de cromatografia em papel. As determinações dos ácidos orgânicos foram realizadas através de cromatografia líquida de alta eficiência. Foram avaliados os açúcares redutores, °Brix, pH, acidez total e álcool. Foi observada uma baixa incidência (22,7 %) de fermentação maloláctica nos vinhos. Naqueles em que ocorreu, foi necessário longo tempo para o término, entre 56 e 92 dias. Nos estágios com 1,1 e 0,9g/l de açúcares redutores, os vinhos inoculados e os controles não realizaram a fermentação maloláctica. Os isolados de bactérias nativas foram identificados como pertencentes ao gênero Leuconostoc e devido algumas características fisiológicas encontradas nos isolados do vinho inoculado suspeitou-se da perda de viabilidade das culturas puras. O comportamento dos ácidos málico, acético, láctico, pirúvico e tartárico foi demonstrado pelos resultados. Resumo em inglês Malolactic fermentation is the metabolic process of L-malic acid degradation in L-lactic acid and CO2. It is responsible by the reduction in total acidity and also contributes to the biological stability and a flavor modification of the wines. In normal winery operation it occurs commonly in red wines. However, recently malolactic fermentation had been also used in some white wines, such as Chardonnay. The main aim of this work was to evaluate the behavior of two commerci (mais) al strains of Leuconostoc oenos in the induction of malolactic fermentation. Gewürztraminer grapes were fermented and inoculated with two lactic cultures, Viniflora Oenos and Vino, in several residual sugar levels: 55.0 - 21.9 - 1.1 e 0.9g/l. The sugar levels were compared with spontaneous malolactic fermentation (control), with two repetitions. Degradation of malic acid was followed by paper chromatography. Organic acids determinations were performed using eficiency high liquid chromatography. Reducing sugars, °Brix, pH, total acidity and alcohol values were evaluated. A low incidence (22.7%) of the malolactic fermentation in wines was observed. However, in those wines in which malolactic fermentation occurred it took a long time to reach the end, between 56 and 92 days. Using 1.1 and 0.9g/l of residual sugar the inoculated wines and the control did not undergo the malolactic fermentation. The wild lactic acid bacterias were identified as being as Leuconostoc genus and, due to some physiologic characteristics observed in the inoculated wine isolated, there was a raised suspicius that the cultures had lost the viability. The behaviour of the malic, acetic, lactic, piruvic and tartaric acids were demonstrates by the results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Uso do 1-metilciclopropeno no controle da maturação de maçãs cv. 'Royal Gala'/ 1-Methylcyclopropene in the control of the ripening and in maintenance of quality of 'Royal Gala'apples

Corrent, Adriana Regina; Parussolo, Aguinaldo; Girardi, César Luiz; Rombaldi, Cesar Valmor
2005-08-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito do 1-metilciclopropeno (1-MCP) no controle da maturação de maçãs 'Royal Gala'. As frutas foram colhidas em dois estádios de maturação caracterizados como: estádio de maturação 1, com frutas apresentando firmeza de polpa de 82,14 N, acidez total titulável de 0,36 % de ácido málico, teor de sólidos solúveis totais de 14,10 ºBrix e produção de etileno de 2,00 nL.g-1.h-1, e estádio de maturação 2, com maçãs apresentando firmeza de po (mais) lpa de 79,96 N, acidez total titulável de 0,33 % de ácido málico, teor de sólidos solúveis totais de 13,74 ºBrix e produção de etileno de 17,11 nL.g-1.h-1. Foram testadas quatro concentrações de 1-MCP: 0; 312; 625 e 1250 nL.L-1. A aplicação foi efetuada durante 48 horas, à temperatura de 20 ± 2 ºC, em câmaras com capacidade para 300 L. Após a aplicação, as frutas foram armazenadas a 20 ± 2 ºC, por 60 dias. A cada 10 dias, avaliaram-se a firmeza de polpa, a acidez total titulável, o teor de sólidos solúveis totais e a produção de etileno. O 1-MCP reduziu a produção de etileno nas maçãs e retardou a ocorrência do pico climatérico, independentemente do estádio de maturação e da concentração do produto. Em conseqüência, preservou maiores valores de firmeza de polpa e acidez total titulável. Resumo em inglês In the present work were evaluated the effects of 1-MCP on 'Royal Gala' apples ripening. The apples were harvested at two ripeness stages: Ripeness stage at harvest one apples were with 82, 4 N flesh firmness, 0,36 % malic acid and 14,10 ºBrix. Ethylene prodution of these apples was about 2,0 nL.g-1.h-1. Apples of ripeness stage 2 produced about 17,0 nL.g-1.h-1 ethylene and had flesh firmness values 79,96 N, 0,33 % malic acid and 13,74 ºBrix. The apples were treated wit (mais) h 1-methylcyclopropene (1-MCP) using three concentrations and one control, 0, 325, 625 and 1250 nL.L-1 which were applied during 48 hours at temperature of 20 ± 2 ºC. After this time the fruits were stored during 60 days at the same temperature. Flesh firmness, titratable acidity, soluble solids and ethylene production were evaluated at every 10 days. All concentrations of the 1-MCP product have reduced the fruit's ethylene production and delayed the occurrence of the climacteric peak independently of the ripening stage. The treatments with 1-MCP also gave the bigger values of pulp firmness and titratable acidity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Resíduos de plantas de cobertura e mobilidade dos produtos da dissolução do calcário aplicado na superfície do solo/ Cover plant residues and mobility of dissolution products of surface applied lime

Amaral, A. S.; Anghinoni, I.; Deschamps, F. C.
2004-02-01

Resumo em português As plantas de cobertura têm recebido atenção adicional em função da liberação de ácidos orgânicos de baixo peso molecular capazes de formar complexos orgânicos com alumínio, cálcio e magnésio. Dessa forma, além de neutralizarem o alumínio tóxico, esses ácidos podem aumentar a mobilidade, no perfil do solo, dos produtos originados da dissolução do calcário aplicado na superfície. Os objetivos deste trabalho foram (a) identificar os ácidos orgânicos d (mais) e baixo peso molecular presentes nos resíduos de plantas de cobertura e na solução do solo; (b) avaliar o efeito desses resíduos, juntamente com a aplicação superficial de calcário, na correção da acidez das camadas subsuperficiais do solo no sistema plantio direto, e (c) verificar a relação dos ácidos orgânicos de baixo peso molecular, liberados na decomposição de resíduos vegetais, com os efeitos, na profundidade do solo, da aplicação superficial de calcário. O experimento foi realizado em casa de vegetação em colunas de PVC com amostras indeformadas de um Cambissolo Húmico Alumínico Léptico argiloso há cinco anos no sistema plantio direto. Os tratamentos constaram da aplicação de resíduos (10 Mg ha-1) de aveia preta (1), ervilhaca (2) e nabo forrageiro (3), calcário (13 Mg ha-1) (4), calcário mais resíduo de aveia preta (5), de ervilhaca (6) e de nabo forrageiro (7) calcário mais ácido cítrico (0,91 Mg ha-1) (8) e uma testemunha (9), dispostos em blocos ao acaso. O uso da cromatografia líquida permitiu identificar os ácidos orgânicos de baixo peso molecular nos resíduos vegetais utilizados. Na aveia preta, houve predomínio do ácido transaconítico, na ervilhaca predominou o ácido málico e no nabo forrageiro os ácidos cítrico e málico. Não foi possível detectar nenhum tipo de ácido orgânico de baixo peso molecular tanto na solução percolada como na solução do solo. Os resíduos vegetais não tiveram efeito na correção da acidez do solo em profundidade. Seus efeitos restringiram-se na camada de 0-2,5 cm, tanto isoladamente como junto com o calcário. Resumo em inglês Cover plants have received extra attention due to their release of low molecular weight organic acids that form organic complexes with aluminum, calcium and magnesium. Besides neutralizing toxic aluminum, such compounds can increase the mobility in the soil profile of the dissolution products of lime applied on the soil surface. Objectives of this research were (a) to identify the low molecular weight organic acids found in different cover plant species and in soil soluti (mais) on, (b) to evaluate the effects of the residues, alone or together with surface lime application, in relation to acidity neutralization of subsoil layers in no-tillage systems, and (c) to verify the relation between organic acids of low molecular weight, released during the decomposition of plant residues, with the effect on soil acidity properties in the soil profile due to surface lime application. The experiment was carried out in a greenhouse in undisturbed Inceptisol (Haplumbrept) soil samples in columns, collected in a field experiment under no-tillage for five years. Nine treatments were applied: residue (10 Mg ha-1) of black oat (1), common vetch (2), oil seed radish (3), lime (13 Mg ha-1) (4), lime plus residue of black oat (5), of common vetch (6), of oil seed radish (7), and lime plus citric acid (0.91 Mg ha-1), (8) and no treatment (9), arranged in randomized blocks. The liquid chromatography method (HPLC) allowed an identification of the main low molecular weight organic acids in the plant residues. Trans-aconitic acid was the most important in black oat, malic acid in common vetch, and citric and malic acids in oil seed radish. It was not possible to detect organic acids in the percolate or soil solution. Plant residues had no effect on acidity neutralization in the deeper soil since the effects, alone or with lime application on the soil surface, were restricted to the soil surface layer (0-2.5 cm).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Indução da fermentação maloláctica em vinho tinto com a cultura láctica viniflora oenos/ Induction of malolactic fermentation in red wine with the starter culture viniflora oenos

Avila, Larissa Dias de; Daudt, Carlos Eugenio
1997-06-01

Resumo em português A fermentação maloláctica é responsável pela redução da acidez total, muitas vezes elevada em vinhos tintos jovens, ao mesmo tempo que proporciona maior estabilidade biológica e complexidade de aroma e sabor. No Estado do Rio Grande do Sul, a fermentação maloláctica se torna uma necessidade devido a freqüente elevada acidez das uvas, no entanto a indução por inoculação bacteriana não tem sido prática comum. Este trabalho teve como objetivo principal aval (mais) iar o comportamento de uma cultura láctica na indução da fermentação maloláctica, em relação as bactérias nativas. Um mosto da Vitis vinífera Cabernet Sauvignon foi vinificado e inoculado com a cultura comercial de Leuconostoc oenos, Viniflora Oenos, em diferentes níveis de açúcar residual: 34,1 - 13,8 - 1,7 e 1,5g/l. As inoculações, com duas repetições, foram comparadas com a fermentação maloláctica espontânea (controle). A degradação do ácido málico foi acompanhada através de cromatografia em papel. Os ácidos orgânicos foram determinados através de cromatografia líquida de alta eficiência. Foram também analisados os açúcares redutores (AR), °Brix, pH, acidez total e álcool. Os vinhos inoculados no estádio 34,1 g/l AR fermentaram em 14 dias,enquanto os controles levaram em média 28,5 dias. Nos estádios com 13,8 e 1,7g/l AR, Viniflora Oenos completou a degradação do ácido málico em torno de 13 e 11 dias, enquanto os controles levaram 20,5 e 16,5 dias, respectivamente. No estádio 1,5g/l AR, os vinhos inoculados e os controles não demonstraram diferença significativa e fermentaram entre 8 e 10 dias. Viniflora Oenos completou a fermentação maloláctica em menos tempo que o controle, demostrando que a inoculação pode ser realizada antes do término da fermentação alcoólica com bons resultados. Na maioria dos tratamentos, não houve diferença significativa na produção de ácido acético entre a cultura e o controle. O comportamento dos ácidos málico, acético, láctico, pirúvico e tartárico foi demonstrado. Resumo em inglês Malolactic fermentation is responsible for the reduction of the total acidity, which usually is too high in young red wines. This fermentation provides a higher biological stability and higher complexity of aroma and flavor. In the State of Rio Grande do Sul, malolactic fermentation becomes a necessity because frequently grapes have high acidity and the induction by bacterial inoculation has not been a common practice. This work had as a main aim to evaluate the lactic cu (mais) lture behavior in the induction of malolactic fermentation in relation to the wild bacteria. A must of Cabernet Sauvignon Vitis vinífera was fermented and inoculated with the commercial culture of Leuconostoc oenos, Viniflora Oenos in several residual sugar levels: 34.1 - 13.8 - 1.7 and 1.5g/l. The inoculations, in duplicate, were compared with spontaneous malolactic fermentation (control). Degradation of malic acid was monitored through paper chromatography. Organic acids were determinated by high performance liquid chromatography (HPLC). Reducing sugars (RS), °Brix, pH, total acidity and alcohol were also analysed. The inoculated wine in the 34.1g/l RS stage fermented in 14 days, while the control took 28.5 days in average. In the 13.8 and 1.7g/l RS stages, Viniflora Oenos completed the malic acid degradation around 13 and 11 days, while the controls took 20.5 and 16.5 days, respectively. In the 1.5g/l RS stage, the inoculated wines and the controls did not demonstrate significative difference and fermented between 8 and 10 days. Viniflora Oenos completed the malolactic fermentation in less time. This demonstrates that the inoculation can be made before the end of alcoholic fermentation with good results. In the majority of the treatments there was not significative difference in the acetic acid production between the culture and the control. The behavior of the malic, acetic, lactic, piruvic and tartaric acids were showed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Efeito da fermentação maloláctica na composição do vinho tinto/ Effect of malolactic fermentation on the composition of red wine

Rizzon, Luiz Antenor; Zanuz, Mauro Celso; Miele, Alberto
1997-08-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da fermentação maloláctica (FML) na composição dos vinhos Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Isabel, elaborados em pequena escala na safra de 1995. Dezoito variáveis foram avaliadas antes e após a FML. Os resultados mostraram que houve degradação do ácido málico; diminuição da acidez total, do extrato seco, do extrato seco reduzido e da intensidade de cor; e aumento do pH, da acidez volátil, da relação álcool (mais) em peso/extrato seco reduzido e da relação I420/I520. Entre os compostos voláteis, verificou-se a formação de lactato de etila e da acetoína. Resumo em inglês The objective of the work was to evaluate the effect of malolactic fermentation (MLF) on the composition of Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon and Isabella wines, elaborated on a small scale during the 1995 vintage. Eighteen variables were evaluated before and after MLF. The results showed that MLF degraded the malic acid, decreased the total acidity, the dry extract, the reduced dry extract and color intensity and increased the pH, the volatile acidity, the alcohol in we (mais) ight/reduced dry extract ratio and the A420/A520 ratio. Among the volatile compounds it was observed the formation of ethyl lactate and acetoin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Ácidos orgânicos de folhas de três variedades de cana-de-açúcar (Saccharum spp) em quatro estádios de maturidade/ Organic acids from leaves of three varieties of sugarcane (Saccharum spp) at four maturity stages

Gutierrez, L.E.; Ferrari, S.E.
1988-01-01

Resumo em português Folhas de cana-de-açúcar (Saccharum spp) de três variedades (NA 56-79, IAC 58-480 e RB 73-5275)em quatro estádios de maturidade (11, 12, 13 e 14 meses) foram analisadas para a determinação de ácidos orgânicos e potássio. O ácido trans-aconítico constituiu cerca de 60% do total de ácidos orgânicos seguido pelos ácidos málico, glutárico, succinics, alfa cetoglutárico, malônico e fumárico. Foram observadas diferenças significativas entre as variedades e e (mais) ntre os estádios de maturidade para todos os ácidos orgânicos identificados. Não foram observados coeficientes de correlação significativos entre os teores de potássio e de ácidos orgânicos. Resumo em inglês Leaves of sugarcane (Saccharum spp) from three different varieties (NA-56-79, RB 73-5275 and IAC 58-480) at four maturity stages (11, 12, 13 and 14 months) were analysed for organic acids and potassium content. Trans-aconitic acid represented about 60% of total organic acids followed by malic, glutaric, succinic, alpha-ketoglutaric, malonic and fumaric acids. There were significant differences among varieties and maturity stages for all acids studied. There were no significant correlations between potassium and organic acids content.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Caracterização físico-química do mosto e do vinho Moscato Giallo em videiras cultivadas sob cobertura de plástico/ Physicochemical characterization of must and wine Moscato Giallo from grapevines grown under plastic overhead cover

Chavarria, Geraldo; Santos, Henrique Pessoa dos; Zanus, Mauro Celso; Zorzan, Cristiano; Marodin, Gilmar Arduino Bettio
2008-07-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da cobertura de plástico sobre as características físico-químicas do mosto e do vinho da cultivar Moscato Giallo. Na safra 2006, um experimento em delineamento completamente casualizado foi realizado em vinhedo com cobertura de plástico impermeável, e sem cobertura como controle. De cada vinhedo, três microvinificações (20 L) foram elaboradas. Foram realizadas avaliações físico-químicas quanto ao: mosto - º (mais) Brix, açúcares redutores, densidade, acidez total, ácido tartárico, ácido málico e pH; e vinho - densidade, graduação alcoólica, acidez total, acidez volátil, pH, extrato seco, açúcares redutores, cinzas, I 420, compostos voláteis e minerais. O mosto das videiras cobertas apresentou maior rendimento, porém, menor concentração de açúcares pelo fato de a maturação das uvas ter-se atrasado. Como conseqüência, os vinhos do cultivo protegido tiveram menor graduação alcoólica, embora tenham sido beneficiados pela sanidade das uvas, com a redução de acetato de etila e acidez volátil. O microclima da cobertura também restringiu a concentração de alguns minerais no vinho, principalmente P e K. A cobertura beneficiou a qualidade enológica, porém requer atraso na data de colheita, para as uvas atingirem adequada maturação fisiológica e tecnológica. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the plastic overhead cover (POC) effect on must and wine composition of the cultivar Moscato Giallo. In 2006 vintage, it was performed a completely randomly designed experiment, in a vineyard covered with an impermeable plastic cloth, and without covering as control. From each vineyard, three microvinification (20 L) were elaborated. Physico-chemical analysis were performed for: musts - ºBrix, reducer sugar contents, density, to (mais) tal acidity, tartaric acid, malic acid and pH; and wines - density, alcohol degree, acidity, volatile acidity, pH, dry extract, reducer sugar contents, ashes, I 420, volatile compounds and minerals. The must of the covered vineyard presented higher yield, but lower sugar content, due to delay on ripening. As consequence, the POC wines showed lower alcohol degree, but with the benefit of a lower ethyl-acetate and volatile acidity levels. The POC microclimate also caused a decrease of some minerals (mainly P and K) in the wines. POC improved the enological quality, however, this demands delay in the harvest date to achieve the adequate physiological and technological maturation of grapes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Crescimento radicular e produção de ácidos orgânicos em cultivares de soja com diferentes tolerâncias ao alumínio/ Root growth and production of organic acids by soybean cultivars with different tolerance to aluminum

Menosso, Orival Gastão; Costa, José Antonio; Anghinoni, Ibanor; Bohnen, Humberto
2001-11-01

Resumo em português A elucidação dos mecanismos que definem o comportamento diferencial entre genótipos de soja quanto à toxidez de Al facilita a utilização da variabilidade genética existente ou produzida. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do Al no crescimento radicular, na modificação do pH da solução e no conteúdo de ácidos orgânicos em extratos de raízes de cultivares de soja tolerantes ao Al, FT-1 e FT-6 (Veneza) e sensíveis, IAC-13 e Paraná. As planta (mais) s cresceram por nove dias em solução contendo 50 mg L-1 de Ca e 0,0 e 0,2 mg L-1 de Al, com pH inicial de 4,76. Houve maior crescimento de raízes nas cultivares tolerantes e não houve alterações do pH da solução relacionadas à tolerância das cultivares ao alumínio. A presença do Al reduziu o conteúdo dos ácidos cítrico, lático, succínico, oxálico e málico, em ambos os grupos de cultivares avaliados, porém com maior redução no grupo das cultivares sensíveis. O ácido cítrico foi encontrado em maior quantidade nas cultivares tolerantes. A capacidade das cultivares de soja FT-1 e FT-6 (Veneza) de alterar o conteúdo de ácidos orgânicos não-voláteis, principalmente o ácido cítrico, que pode complexar o Al, indica que este mecanismo pode ser muito importante para a tolerância a esse elemento. Resumo em inglês The understanding of the mechanisms for the differential performance of soybean genotypes in relation to Al toxicity is important to explore the existing or produced genetic variability. The objective of this study was to determine the Al influence on root growth, solution pH modifications and organic acid content in root extracts of Al tolerant, FT-1 and FT-6 (Veneza) and sensitive, IAC-13 and Paraná, soybean cultivars. Plants were grown during nine days in a solution c (mais) ontaining 50 mg L-1 of calcium and 0.0 and 0.2 mg L-1 of aluminum. The solution pH at the beginning was 4.76. Root growth in Al solutions of the tolerant soybean cultivars was higher than that of the sensitive ones. There was no solution pH modification related to the tolerance of soybean cultivars to aluminum. The content of citric, lactic, succinic, oxalic and malic acids was reduced in all cultivars in the presence of aluminum. The highest reduction was observed in the Al sensitive cultivars. The largest amount of citric acid was found in the tolerant cultivars. Tolerance of soybean cultivars can be expressed by the content of non-volatile organic acids, particularly of the citric acid. These characteristics, expressed by the FT-1 and FT-6 (Veneza), suggest that it can be a very important mechanism for Al tolerance in soybean.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Aplicação de nitrogênio em videiras na Campanha Gaúcha: produtividade e características químicas do mosto da uva/ Application of nitrogen in grapevines in the campaign of the Rio Grande do Sul: productivity and chemical characteristics of the grape must

Brunetto, Gustavo; Ceretta, Carlos Alberto; Kaminski, João; Melo, George Wellington Bastos de; Lourenzi, Cledimar Rogério; Furlanetto, Vaneila; Moraes, Afrânio
2007-04-01

Resumo em português A aplicação de N na videira, em geral, causa grande impacto na produção e nas características químicas da uva e do seu mosto e, conseqüentemente, no vinho. Este trabalho objetivou avaliar o efeito da aplicação de N na produção de uva e nas características químicas desejáveis do mosto. O experimento foi conduzido na safra 2004/05 em vinhedo comercial de viníferas Cabernet Sauvignon, na Empresa Pernod Ricard Brasil/Almadén, em Santana do Livramento, RS, sobr (mais) e Argissolo Vermelho distrófico arênico. Os tratamentos constaram da aplicação de 0, 15, 30, 45, 60 e 85kg ha-1 de N. Na maturação, a uva foi colhida e avaliada a produção por planta, por hectare, o comprimento e a largura de cachos, e o peso de 100 bagas. Foram coletadas bagas de uva, sendo uma parte amassada e, no mosto, foram determinados os sólidos solúveis totais, o pH, a acidez total, o ácido tartárico, o ácido málico, os polifenóis totais, as antocianas e o N amoniacal. As bagas restantes foram trituradas e analisado o total de N, P, K, Ca e Mg. Os resultados mostraram que a aplicação de N em viníferas Cabernet Sauvignon não afetou a produção de uva e os componentes de rendimento. Além disso, a aplicação de doses crescentes de N em viníferas Cabernet Sauvignon, de forma destacada, aumentou, no mosto, os valores de acidez total e N amoniacal e diminuiu os valores de antocianas e, na baga de uva, aumentou a porcentagem do total de N e K. Resumo em inglês The N fertilization in vines, in general, causes great impact in the yield and in chemistries characteristics of the grape and your must, consequently of the wine. The experiment was carried out in 2004/05, to evaluate the effect of the N fertilization in the grape yield and in chemistries characteristics of the must of Cabernet Sauvignon vines, at Sandy Typic Hapludalf soil in Southern Brazil, Santana do Livramento. The treatments were 0, 15, 30, 45, 60 and 85kg ha-1 N. (mais) In the maturation, the grape was collection and evaluate yield vine, yield hectare, length and width of bunches, and weight 100 berry. Berries were collected, a part mass the evaluate in the must soluble solids, pH, total acidity, tartaric acid, malic acid, total phenols, anthocyanins and N ammonia. The remaining berries were triturated and evaluate total N, P, K, Ca and Mg. The results showed that the N fertilization did not affect the grape yield and yield components. The application of N rates increased in the must the total acidity and N ammonia, and decreased anthocyanins, and in berry increased the percentage total N and K.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Influência da altitude na qualidade das uvas 'Chardonnay' e 'Pinot Noir' em Minas Gerais/ Altitude influence on the quality of 'Chardonnay' and 'Pinot Noir' grapes in the state of Minas Gerais

Regina, Murillo de Albuquerque; Carmo, Ezequiel Lopes do; Fonseca, Anderson Ridolfi; Purgatto, Eduardo; Shiga, Tânia Misuzu; Lajolo, Franco Maria; Ribeiro, Ana Paula; Mota, Renata Vieira da
2010-03-01

Resumo em português No Sul e Sudeste brasileiros, o excesso de chuvas durante o período de maturação afeta negativamente a qualidade dos vinhos tintos. Por outro lado, estas regiões possuem potencial para a elaboração de espumantes, uma vez que, para a elaboração desta bebida, a uva é colhida antes de completar o amadurecimento. No Estado de Minas Gerais, as condições de verão chuvoso estão presentes em todas as regiões de potencial vitícola, e a variação de altitude entre e (mais) las pode exercer influência na composição das uvas. Desta forma, este estudo buscou avaliar o potencial de maturação de uvas 'Chardonnay' e 'Pinot Noir' destinadas à elaboração de espumantes em dois locais de Minas Gerais: Cordislândia (873m) e Caldas (1.150m). As plantas foram enxertadas sobre 1.103 Paulsen e conduzidas em espaldeira. Foram avaliados os teores de sólidos solúveis totais, acidez total, ácidos málico e tartárico, e pH do mosto, tamanho e massa das bagas, compostos fenólicos nas cascas e sementes, antocianinas na casca e açúcares solúveis nas bagas, em duas safras consecutivas. As bagas apresentaram maior tamanho e massa quando cultivadas em Caldas. As uvas colhidas em Cordislândia apresentaram maior grau de maturação, sendo observados maior pH, maiores teores de glicose e frutose, e quantidade inferior de acidez e fenólicos totais nas sementes. Os maiores teores de ácido málico presentes nas uvas provenientes de Caldas sugerem que esta região pode ser mais indicada à produção de uvas para elaboração de vinhos espumantes. Resumo em inglês In the southern and southeastern of Brazil, the excessive rainfall during the maturation period negatively affects the quality of red wines. On the other hand, these regions have great potential for the development of sparklings since that for the elaboration of this drink, the grape is harvested before complete its maturation. In the state of Minas Gerais, the conditions of rainy summer season are present in all regions of grape production potential, and the altitude var (mais) iation between them influence on the grapes composition. Therefore, this study sought to evaluate the potential for maturing of the grapes 'Chardonnay' and 'Pinot Noir' which are designated for the preparation of sparklings in two locations of Minas Gerais: Cordislândia (873m) and Caldas (1150m). The plants were grafted on 1103 Paulsen and conducted in trellis. It was evaluated the contents of total soluble solids, total acidity, malic and tartaric acid, and pH of the wort, size and mass of the berries, phenolic compounds in the peels and in the seeds, anthocyanins in the peels and soluble sugars in the berries in two seasons in a row. The berries had higher size and mass when grown in Caldas. The grapes harvested in Cordislândia presented a higher maturity degree, and it was observed a higher pH, higher levels of glucose and fructose, and a lower amount of acidity and total phenolic content in the seeds. The highest levels of malic acid present in the grapes of Caldas suggest that this region may be more appropriate for the production of grapes which are used for making sparklings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Caracterização física e química de acerolas provenientes de diferentes regiões de cultivo/ Physico chemical characteristics of West Indian cherry provenients of differents regions of cultivation

Brunini, Maria Amalia; Macedo, Naiara Barbosa; Coelho, Cristina Vieira; Siqueira, Gabriela Ferraz de
2004-12-01

Resumo em português Este trabalho teve por objetivo avaliar características físicas e químicas em acerolas provenientes de oito regiões do Estado de São Paulo. Os frutos foram colhidos de março a abril de 2003. Os dados foram avaliados em delineamento experimental inteiramente casualizado. Os resultados médios de peso por fruto variaram de 6,92g a 9,60g, e os oriundos de pomar situados em Guariba, Pioneiros e Guará foram os que apresentaram os maiores valores. As médias do índice d (mais) e formato do fruto e do diâmetro transversal oscilaram de 0,86 a 1,24 e 2,02 a 2,37cm, respectivamente, e a coloração da casca foi mais vermelha nas acerolas oriundas de pomar de Bonfim Paulista e Aparecida do Salto. A textura dos frutos variou de 144,73 a 246,00 N.cm-2, e as acerolas colhidas em pomares de Bonfim Paulista, Aparecida do Salto e Guará apresentaram-se menos firmes. Os teores de sólidos solúveis totais variaram de 5,67 a 8,22ºBrix, sendo maiores em acerolas colhidas em pomar situado em Porto Ferreira e Guará. O pH variou de 2,39 a 4,00, a acidez total titulável de 0,504 a 1,112g de ácido málico por 100g de polpa e os de açúcares solúveis totais de 3,06 a 8,42g de glicose por 100g de polpa. As acerolas oriundas de pomares situados em Aparecida do Salto e Ituverava foram as que apresentaram os maiores valores de ácido ascórbico. Resumo em inglês The physical and chemical characteristics of West Indian cherry from 8 regions of cultivation in São Paulo state were evaluated by this paper. The fruits were harvested from March to April 2003. The results were evaluated in an experimental delineation totally randomized. The average results of weight varied from 3.56 to 7.29g and it was highest in West Indian cherry fruits harvested in orchards from Guariba, Guará and Pioneiros region. The average sharp index and diame (mais) ter oscillated from 0.86 to 1.24 and 2.02 to 2.37cm, respectively. The West Indian cherry fruits from orchards situated in Bonfim Paulista and Aparecida do Salto presented the highest red color. The fruit firmness varied from 144.73 to 246.00 N.cm-2, and the fruits harvested in orchards situated in Bonfim Paulista, Aparecida do Salto and Guará region presented the smallest fruits firmness. The ºBrix ranged from 5.67 to 8.22, and it was highest in West Indian cherry fruits harvested in orchards from Porto Ferreira and Guará region suggesting a small potential for postharvest conservation. The pH varied from 2.39 to 4.00, the titrable acidity, expressed as g of malic acid per 100g, ranged from 0.504 to 1.112 and the soluble sugar content ranged from 3.06 to 8.42g of glicose per 100g. The West Indian cherry fruits harvested in orchards situated in Bonfim Paulista, Aparecida do Salto and Ituverava region showed the highest ascorbic acid value.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Avaliação da uva cv. Isabel para a elaboração de vinho tinto/ Evaluation of cv. Isabel to elaborate red table wine

RIZZON, Luiz Antenor; MIELE, Alberto; MENEGUZZO, Júlio
2000-04-01

Resumo em português A uva Isabel, originária do Sul dos Estados Unidos, é uma das principais cultivares de Vitis labrusca. Atualmente é a cultivar mais difundida na Serra Gaúcha, representando aproximadamente 45% de toda a uva produzida nessa região. Além da elaboração de vinho tinto comum, a Isabel é utilizada para elaboração de vinho rosado e suco e comercializada como uva de mesa. O objetivo do presente trabalho foi determinar as características agronômicas e enológicas da u (mais) va Isabel, para elaboração de vinho tinto comum. Para isso, avaliou-se a maturação da uva e realizaram-se estudos para caracterizar o cacho, o mosto e o vinho tinto, nas safras de 1988 a 1994. Os resultados obtidos evidenciaram que a uva Isabel tem cacho pequeno, solto, formado por bagas e sementes grandes. O mosto apresenta cor rosada pouco intensa, tem bom teor de açúcar e baixo nível de ácido málico e acidez total. O vinho tem cor vermelha viva; o aroma é intenso e com acentuada tipicidade varietal; a análise sensorial evidencia que geralmente falta ao vinho equilíbrio e maciez. Resumo em inglês Isabella grape, originated from the South of the United States, is one of the most important varieties of Vitis labrusca. Today it is the most diffused variety in the Serra Gaúcha, the southern viticultural region of Brazil, where it represents near 45% of the total production. Isabella grape is used to make red table wine and juice and it is commercialized as table grape too. Due to its importance, this work was carried out from 1988 to 1994 to study grape maturation, c (mais) luster characteristic, must composition and chemical and sensory attributes of its red table wine. The results showed that Isabella grapes had small and loose clusters, with large berries and seeds. The must showed a light pink color, good level of sugar, low malic acid and low titratable acidity. The wine has an attractive red color; the aroma is intense and shows a good varietal characteristic; finally, sensory analysis shows the wine needs a better balance and softness.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Características de qualidade de cultivares de maçã: avaliação físico-química e sensorial de quinze cultivares/ Quality profile of 15 apple cultivars

Wosiacki, Gilvan; Pholman, Betânia Cristine; Nogueira, Alessandro
2004-09-01

Resumo em português Neste trabalho são apresentados aspectos de qualidade de interesse industrial de 15 cultivares de maçãs. A análise sensorial das frutas in natura discriminou as amostras de Melrose, Fred Housh, M 51/90 e Malus 71/90 como capazes de promover o processo de compra e de instalação do hábito de consumo. A análise sensorial dos sucos de frutas discrimina apenas a cultivar comercial Belgolden como interessante. Os sucos feitos com as amostras de maçãs apresentaram uma (mais) variação de 12 a 16ºBRIX e o valor médio de ácido málico foi de 0,362g/100mL. Os teores de compostos fenólicos apresentaram uma média de 316mg/L e um desvio padrão de 70mg/L (C.V.= 22%). Os indicadores industriais são elevados demais para serem comparados com aqueles necessários, abaixo de 20/25; os valores médios encontrados neste conjunto de maçãs foram de 45 (índice BRIX/acidez) e 40,2 (índice ART/acidez). As amostras codificadas foram categorizadas como amargas, com um grupo de doces-amargas (as comerciais Fred Housh, Marquesa, Sansa e Romu, e as experimentais M 51/90 e todas as Malus) e outro de ácidas-amargas (as demais cultivares estudadas). As amostras mais interessantes para o processamento industrial de suco clarificado são a Belgolden, as Coop 25 e 26, a Melrose e a Malus 67/90). A Sansa desponta como portadora de maior teor de frutose e potencialmente como matéria-prima para a elaboração de bebidas com apelo funcional. Resumo em inglês The article shows some figures concerning industrial aplications of samples from apple cultivars. Sensorial evaluation of the apples in natura indicated Melrose, Fred Housh, M 51/90 and Malus 71/90 as able to satisfy the consumer. Sensorial evaluation of the apple juice shows only one interesting variety, Belgolden. The juices showed 12 to 16ºBRX and a mean value of malic acid of 0,362g/100mL. Total phenol compounds showed a mean of 316mg/l (C.V.= 22%). Ratios concerning (mais) total sugar or total soluble solids: malic acid were too high as compared with the value 20/25 necessary to industrial process. The apple samples were all characterized as bitter, with a set of bitter sweet (Fred Housh, Marquesa, Sansa, Romu, M 51/90 and all Malus) and another of bitter sharp (the others). The most interesting samples for industrial utilization are Belgolden, Coop 25 and 26, Melrose and Malus 67/90). The variety Sansa shows the highest level of fructose and it is an interesting raw material for functional drinks.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Características analíticas dos sucos de maçã Gala, Golden Delicious e Fuji/ Analytical characteristics of Gala, Golden Delicious and Fuji apple juice from south of Brazil

Rizzon, Luiz Antenor; Bernardi, João; Miele, Alberto
2005-12-01

Resumo em português Dentre as frutas de clima temperado cultivadas no Brasil, a maçã apresentou maior expansão de produção nos últimos anos. Ela se destina principalmente ao consumo in natura, mas o suco se constitui em subproduto a ser considerado. Portanto, a elaboração de suco de maçã é uma alternativa para aproveitar as frutas consideradas como descarte. Com o objetivo de aproveitar o descarte das maçãs Gala, Golden Delicious e Fuji, foi estudada a composição de seus sucos (mais) . Nas safras de 1995 a 1997 foram analisados os sucos dessas cultivares de maçã colhidas de pomares comerciais dos municípios de Fraiburgo e São Joaquim - SC e de Vacaria e Caxias do Sul - RS. Além das análises básicas dos sucos, realizadas por métodos físico-químicos, foram determinados também os elementos minerais por absorção atômica. Os resultados foram submetidos à análise de componentes principais (ACP), sendo que os três primeiros eixos explicaram 81,3% da variação total. Através da ACP, foi possível separar os sucos das três cultivares de maçã. As variáveis que apresentaram maior efeito na diferenciação do suco de maçã foram sólidos solúveis totais (ºBrix), densidade (DEN), açúcares redutores (AR), relação ºBrix/acidez total (B/A), acidez total (ACT), ácido málico (ACM) e os minerais Mg, Cu, Zn, Rb, P e K. Quanto à origem geográfica, os sucos de maçã de São Joaquim - SC e de Vacaria - RS mostraram maiores semelhanças em sua composição, principalmente nas cultivares Fuji e Golden Delicious. Resumo em inglês Among temperate fruits cultivated in Brazil, the production of apple increased the most in the last years. It is mainly addressed to the consumption in natura, but juice is becoming an important by-product. For this reason, it is an alternative to utilize rejected fruits to make juice. With the objective to reach this goal, the composition of Gala, Golden Delicious, and Fuji juices was studied. This experiment was conducted from 1995 to 1997, analyzing apple juices from c (mais) ommercial orchards of Fraiburgo and São Joaquim, in the State of Santa Catarina, and Vacaria and Caxias do Sul, in the State of Rio Grande do Sul. Besides the juice analysis, performed by physicochemical methods, mineral composition was determined by atomic absorption. Data were submitted to principal component analysis (PCA) where the three first axes explained 81.3% of the total variation. The PCA permitted to separate the juices according to cultivars. The variables presenting the highest effect in apple juice differentiation were total soluble solids (ºBrix), density (DEN), reducing sugars (AR), ºBrix/Total acidity (ACT) ratio, malic acid (ACM), and the minerals Mg, Cu, Zn, Rb, P and K. Regarding the geographical origin, juices from São Joaquim - SC and Vacaria - RS showed more similarities in their composition, mainly due to Fuji and Golden Delicious cultivars.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Raleio de frutos em lichieira 'Bengal'/ Thinning fruit in 'Bengal' litchi

Santos, Carlos Eduardo Magalhães dos; Silva, José Osmar da Costa e; Cavatte, Rithiely da Paschoa Queiroz; Salomão, Luiz Carlos Chamhum; Bruckner, Claudio Horst
2009-06-01

Resumo em português Originária da região sudeste da China, a lichieira tem apresentado significativo crescimento em área cultivada nos últimos anos devido aos excelentes sabor e aroma dos frutos. Porém, alternâncias de produção, associadas ao baixo vingamento de frutos, são problemas importantes da cultura. O raleio de frutos pode contribuir para a redução da alternância de produção e aumentar o percentual de frutos comercializáveis e de melhor qualidade, através do ganho em (mais) tamanho. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o efeito do raleio de frutos em lichieira 'Bengal' para as condições de cultivo em Viçosa, Minas Gerais. O experimento foi conduzido no delineamento experimental em blocos casualizados, com 5 tratamentos e 7 repetições, sendo cada planta uma repetição. Os tratamentos consistiram em diferentes intensidades de raleio manual representados pelo número de frutos deixados nas panículas do ramo terminal, sendo: T1: 3 frutos/ramo; T2: 6 frutos/ramo; T3: 9 frutos/ramo; T4: 12 frutos/ramo; T5: sem raleio (controle). Analisaramse o comprimento longitudinal e equatorial dos frutos (cm), a massa de fruto (g); a massa da casca, polpa e semente (g); o teor de sólidos solúveis totais (ºBrix); a acidez titulável da polpa (% ácido málico); a percentagem de matéria seca da polpa, casca e semente (%) e a percentagem de queda natural (%). Observou-se efeito do raleio somente para as variáveis teor de sólidos solúveis totais, percentagem de queda natural e massa de matéria seca da casca, não se justificando o raleio em frutos de lichieira. Resumo em inglês Original from the southeast of China, the litchi has been presenting significant growth in the areas cultivated in the last years due to the excellent flavor and aroma of the fruits. However, production alternations, associated to the low setting of fruits, are important problems of the culture. The thinning of fruits can contribute to the reduction of the production alternation and increase both the percentile of marketable fruits and the ones of better quality by the ga (mais) ins in relation to size. It was aimed at this work to evaluate the effect of the thinning of fruits in litchi 'Bengal' for the cultivation conditions in Viçosa, Minas Gerais, and Brazil. The experiment was designed in complete randomized blocks, with 5 treatments and 7 repetitions, and each plant was a repetition. The treatments consisted of different intensities of thinning acted by the number of fruits left in the panicles of the terminal twigs, as T1: 3 fruit/twigs; T2: 6 fruit/twigs; T3: 9 fruit/twigs; T4: 12 fruit/twigs; T5: not thinning (controls). It was analyzed the longitudinal and the equatorial length of the fruits (cm), the fruit mass (g); the mass of the skin, pulp and seed (g); total soluble solids content (ºBrix); total titratable acidity (% malic acid); the percentage of dry matter of the pulp, skin and seed (%) and the percentage of natural fall (%). Effect of the thinnig was only observed for the variable total soluble solid contents, percentage of natural fall and mass of dry matter of the skin, and it was impossible to justify the thinning in litchi fruits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Produção e composição química da uva de videiras Cabernet Sauvignon submetidas à adubação nitrogenada/ Grapes yield and chemistry composition in Cabernet Sauvignon grapevine with nitrogen fertilization

Brunetto, Gustavo; Ceretta, Carlos Alberto; Kaminski, João; Melo, George Wellington de; Girotto, Eduardo; Trentin, Eder Efrain; Lourenzi, Cledimar Rogério; Vieira, Renan Costa Beber; Gatiboni, Luciano Colpo
2009-10-01

Resumo em português A adubação nitrogenada em videiras é realizada para suprir a demanda da planta pelo nutriente. Porém, o nitrogênio (N) deve ser usado com prudência porque afeta a produção e a composição química da uva e do seu mosto, nem sempre na mesma direção. O trabalho objetivou avaliar o efeito da aplicação de N na produção de uva, em seus componentes e na composição química do seu mosto. O experimento foi desenvolvido na safra 2004/05, em vinhedo de viníferas C (mais) abernet Sauvignon, na área experimental da Embrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul (RS), sobre NEOSSOLO LITÓLICO. Os tratamentos foram testemunha, 15, 30, 45 e 60kg ha-1 de N aplicados durante o ciclo vegetativo e produtivo. Na maturação, a uva foi colhida, e o seguintes variáveis foram avaliadas: a produção por planta e por hectare, o comprimento e a largura de cachos e a massa de 100 bagas. Foram coletadas bagas de uva, sendo uma parte amassada, e no mosto foram determinados os sólidos solúveis totais, o pH, a acidez total, o ácido tartárico e málico, os polifenóis totais, as antocianinas e o N amoniacal. As bagas restantes foram trituradas, e foi analisado o total de N, P, K, Ca e Mg. Os resultados mostraram que a produção de uva de viníferas Cabernet Sauvignon em solos com teores médios de matéria orgânica é máxima com a aplicação de doses de 15 e 30kg ha-1 de N. A aplicação de N aumenta os teores de N amoniacal no mosto, mas diminui as antocianinas, e aumenta a porcentagem de K nas bagas, o que interfere na cor dos vinhos tintos e na formação de precipitados. Resumo em inglês Fertilization of grapevines with N is generally accomplished to supply the demand for N. However N should be used with prudence because affect the yield and chemical composition of the grape and your must. The experiment was carried out in 2004/05, to evaluate the effect of N fertilization on the grape yield and on the chemical composition of the grape and must of Cabernet Sauvignon grapevines, at Udorthent soil at Southern Brazil, Bento Gonçalves city. The treatments we (mais) re control, 15, 30, 45 and 60kg ha-1 N, added during the vegetative and productive period. In the maturation, the grape was collected. Grape yield by plant and by hectare, length and width of bunches were evaluated and 100 berries were weighted. Berries were collected and a part of them was used to evaluate soluble solids in the must, pH, total acidity, tartaric acid, malic acid, total phenols, anthocyanins and N ammonia. The remaining berries were triturated and used to evaluated total N, P, K, Ca and Mg. The results showed that the yield of Cabernet Sauvignon grapevines in soils with medium content of organic matter is maximum with the fertilization of 15 and 30kg ha-1 N. The N fertilization increased the values of ammonia in the must and potassium percentage in the berry, but decreased the values of anthocyanins, what interferes the color of red wines and the formation of precipitate

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Avaliação físico-química de frutos de bananeiras/ Physiochemical evaluation of resistant banana fruits

Bezerra, Valéria Saldanha; Dias, Jurema do Socorro Azevedo
2009-01-01

Resumo em português A produção nacional de banana está comprometida pela atuação da sigatoka-negra (Mycosphaerella fijiensis Morelet) por todo o país, e particularmente no Amapá. Os cultivares Caipira, Thap Maeo, PV03-44, FHIA-01 e FHIA-18, altamente resistentes à doença, e o cultivar suscetível FHIA-21 foram avaliados quanto às características físico-químicas dos frutos, no período de 2003-2004, nas condições edafoclimáticas do Estado do Amapá. O teor médio de umidade do (mais) s frutos de banana foi de 74,61% onde FHIA-18 (75,91%) diferiu estatisticamente de Thap Maeo (74,01%), FHIA-21 (73,96%) e de PV03-44 (73,68%). Em relação à matéria seca dos frutos (média de 25,39%), FHIA-18 (24,09%) apresentou valores significativamente menores que PV03-44 (26,32%), FHIA-21 (26,04%) e Thap Maeo (25,99%). Foi observado que as polpas dos cultivares apresentaram natureza ácida (pH 4,8), sendo que PV03-44 (5,1) diferiu estatisticamente de FHIA-18 (4,6). No teor de sólidos solúveis (média de 21,51ºBrix), o cultivar FHIA 21 (24,82ºBrix) diferiu significativamente dos demais. A relação SS/AT (média de 82,90) do cultivar FHIA-21 (99,23) diferiu estatisticamente de Thap Maeo (78,95), FHIA-18 e PV03-44 (77,48). Em relação à acidez titulável (0,27% ácido málico) e ao teor de lipídeos (0,17%), não houve diferenciação entre os cultivares. Quanto ao teor protéico dos materiais resistentes à sigatoka-negra, a média do ensaio foi de 4,59%, tendo o genótipo PV03-44 (4,08%) diferido estatisticamente dos demais. Os cultivares resistentes estudados apresentaram aspectos positivos de qualidade, principalmente na relação SS/AT, um dos principais parâmetros de atributo qualitativo de sabor da fruta. Resumo em inglês Banana's national production is committed by the performance of the black sigatoka (Mycosphaerella fijiensis Morelet) for the whole country, and particularly in Amapá, Brazil. This work aimed at evaluating cultivars highly resistant to the disease, Caipira, Thap Maeo, PV03-44, FHIA-01, FHIA-18, and to susceptible cultivar FHIA-21, with relationship to the physical and chemical characteristics of the fruits, in the period of 2003-2004, under the edafoclimatic conditions o (mais) f the state of Amapá. The medium moisture content of banana fruits was 74,61%, and FHIA-18 (75,91%) differed statistically of Thap Maeo (74,01%), FHIA-21 (73,96%) and PV03-44 (73,68%). In relation to the dry matter of fruits (25,39%), FHIA-18 (24,09%) presented values significantly smaller than PV03-44 (26,32%), FHIA-21 (26,04%) and Thap Maeo (25,99%). It was observed that the pulps of the cultivars presented acid nature (pH 4,8), and PV03-44 (5,1) differed statistically of FHIA-18 (4,6). In the soluble solids content (average of 21,51ºBrix), the cultivar FHIA-21 (24,82ºBrix) differed significantly of the others. The ratio SS/TA (average of 82,90) of the cultivar FHIA-21 (99,23) differed statistically of Thap Maeo (78,95), FHIA-18 and PV03-44 (77,48). In relation to the titratable acidity (0,27% malic acid) and to lipids content (0,17%), there was not difference among the cultivars. Regarding to the protein content of the resistant materials to the black sigatoka, the average of the experiment was of 4,59%, and the genotype PV03-44 (4,08%) differed statistically of the others. The resistant cultivars presented positive aspects of quality, mainly in the ratio TSS/TTA, one of the main parameters of qualitative attribute of fruit flavor.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Caracterização fenotípica e diversidade de bactérias diazotróficas associativas isoladas de solos em reabilitação após a mineração de bauxita/ Phenotypic characterization and diversity of diazotrophic associative bacteria isolated from soils rehabilitated after bauxite mining

Nóbrega, R. S. A.; Moreira, F. M. S.; Siqueira, J. O.; Lima, A. S.
2004-04-01

Resumo em português As gramíneas, usadas comumente para reabilitação de áreas degradadas, podem formar associações em suas raízes com bactérias fixadoras de nitrogênio e, assim, contribuir para a sustentabilidade do ecossistema. Por outro lado, a diversidade microbiana exerce papel relevante na resiliência dos processos biológicos do solo, que incluem a fixação biológica de N2. O presente estudo teve como objetivo a caracterização fenotípica de 72 isolados de bactérias diaz (mais) otróficas associativas Gram-negativas, oriundos de áreas sob diferentes estratégias de reabilitação, após a mineração da bauxita em Poços de Caldas (MG), por meio da inoculação de amostras de solo nos meios de cultivo NFb, Fam e JNFb. Estirpes tipo e referência de espécies de Azospirillum, Herbaspirillum e Burkholderia foram usadas para comparação, uma vez que são capazes de crescer nestes meios. O dendrograma de similaridade baseado em sete características culturais dos isolados em meio de cultivo GNA revelou grande diversidade, sendo obtidos 50 grupos a 81 % de similaridade. A tolerância a NaCl em meio de cultivo batata/sacarose/ácido málico variou de 0 a 50 g L-1, permitindo separar os isolados e estirpes tipo em cinco grupos. O diâmetro celular variou de 0,61 a 1,21 µm, e 13 isolados diferiram das estirpes tipo e referência. Os padrões de proteína total, obtidos por eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE), foram bastante diversos, possibilitando a formação de 15 grupos com similaridade a 75 %. Não houve relação entre os grupos formados pelas várias características estudadas, tampouco destes com as áreas de origem dos isolados. Os meios de cultivo Fam e JNFb detectaram, além das espécies-alvo, outras não identificadas. A alta dissimilaridade da maioria dos isolados em relação a estirpes tipo, principalmente com relação aos padrões eletroforéticos de proteína total, admite a possibilidade da presença de novas espécies entre eles. Resumo em inglês Grass species, which are frequently used for rehabilitation of degraded areas, can establish root associations with nitrogen fixing bacteria thus contributing to the ecosystem's sustainability. On the other hand, microbial diversity plays an important role in the resilience of biological processes, including N2 fixation. This study aimed at the phenotypic characterization of 72 diazotrophic Gram-negative bacteria. Samples were isolated from areas under different rehabilit (mais) ation strategies after bauxite mining in Poços de Caldas, Minas Gerais, Brazil, and inoculated in NFb, Fam, and JNFb media. Type and reference strains of Herbaspirillum, Azospirillum and Burkholderia species were used for comparison as they are able to grow in such media. The similarity dendrogram based on seven cultural characteristics of the isolates in GNA medium presented a great diversity, as 50 groups were formed with 81 % similarity. NaCl tolerance in the potato/sucrose/acid malic medium varied from 0 to 50 g L-1 and allowed a separation of isolates and type strains into five groups. Cell diameters varied from 0.61 to 1.21 µm, and 13 isolates were not similar to the type strains. Fifteen groups with 75 % similarity were formed based on total proteins patterns obtained by polyacrylamide gel electrophoresis (SDS-PAGE). Neither was there any relationship among groups based on the different characteristics, nor between these and the areas of bacteria isolation. Fam and JNFb media detected the target species as well as other unidentified ones. The high phenotypic dissimilarity among isolates and type strains, mainly regarding total protein eletrophoresis profiles suggests that new species could be present within these populations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Qualidade de mandioquinha-salsa minimamente processada e armazenada sob atmosfera modificada/ Quality of fresh-cut peruvian carrot: use of modified atmosphere

Nunes, Elisângela Elena; Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros; Xisto, Andréa Luiza Ramos Pereira; Vilas Boas, Brígida Monteiro
2009-10-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito da atmosfera modificada, passiva e ativa, sobre a conservação de mandioquinha-salsa minimamente processada da cultivar 'Amarela de Senador Amaral', adquirida de lavoura comercial do Município de Lavras, Minas Gerais (MG). As raízes foram selecionadas, lavadas com detergente neutro e enxaguadas em água corrente. Em seguida, foram imersas em solução de hipoclorito de sódio 300mg L-1, por 15 minutos, e secas em tempera (mais) tura ambiente. As raízes foram descascadas e cortadas em fatias de aproximadamente 1cm de espessura, imersas em solução de hipoclorito de sódio 50mg L-1, por 10 minutos, drenadas em peneiras plásticas e embaladas. As bandejas contendo as fatias de mandioquinha-salsa foram armazenadas em câmara fria (5±1°C e 98% UR) por 15 dias. As seguintes análises foram realizadas a cada três dias: pH, acidez titulável, sólidos solúveis totais, firmeza, valores L* e b*, amido e avaliação sensorial (aparência e cor). O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso (DIC), em esquema fatorial 3 x 6, sendo três tipos de atmosferas (passiva; ativa com injeção inicial das misturas: 2% O2 + 10% CO2 e 5% O2 + 5% CO2) e seis tempos de armazenamento (0, 3, 6, 9, 12 e 15 dias), com três repetições. Os valores médios de pH, acidez titulável, sólidos solúveis e firmeza encontrados neste trabalho foram 6,79, 0,13% de ácido málico, 4,04°Brix e 5,17N, respectivamente. A atmosfera modificada ativa (5% de O2 + 5% CO2) determinou maior valor L* às mandioquinhas-salsa minimamente processadas no sexto e no décimo segundo dia de armazenamento, quando comparada com a atmosfera (2% de O2 e 10% CO2). A atmosfera modificada ativa com 5% O2 + 5% CO2 determinou maiores valor b* e teores de amido às fatias de mandioquinha-salsa em comparação com as outras atmosferas. Conclui-se que a atmosfera modificada passiva, aliada à refrigeração e a boas práticas de fabricação, é suficiente para prolongar a vida útil de mandioquinhas-salsa minimamente processadas, preservando seus atributos de qualidade. Diante da avaliação sensorial realizada, a aparência e a cor das fatias de mandioquinha-salsa mantiveram-se aceitáveis para o consumo até o final do período de armazenamento. Resumo em inglês The aim of this research was to verify the effect of the passive and active modified atmosphere on the conservation of fresh-cut peruvian carrot, cv. Amarela de Senador Amaral, purchased from a commercial crop of Lavras, MG, Brazil. The roots were screened, washed with neutral detergent and rinsed in running water. Afterwards, they were immersed into a solution of 300mg L-1 sodium hypochlorite for 15 minutes and dried at room temperature. The roots were peeled and cut in (mais) slices of about 1cm of thickness and immersed into a solution of 50mg L-1 sodium hypochlorite for 10 minutes, drained in plastic sieves and packed. The trays containing the slices of Peruvian carrot were stored in a cold room (5±1°C and 98% RH) for 15 days. The following analyses were performed every 3 days: : pH, titrable acidity, total soluble solids, firmness, L* and b* values, starch and sensorial evaluation (appearance and color). The experimental design was completely randomized (CRD) in a 3 x 6 factorial scheme, with 3 sorts of atmospheres (passive; active with initial injection of the mixtures: 2% O2 + 10% CO2 e 5% O2 + 5% CO2) and 6 times of storage (0, 3, 6, 9, 12 and 15 days) with 3 replicates. The average values of pH, titrable acidity, soluble solids and firmness found in this work were 6.79, 0.13% of malic acid, 4.04°Brix and 5.17 N, respectively. The active modified atmosphere (5% de O2 + 5% CO2) determined higher L* value to the fresh cut Peruvian carrots at the sixth and twelfth day of storage as compared with the active (2% of O2 + 10% CO2). The active modified atmosphere with 5% O2 + 5% CO2 determined higher b* values and starch contents to the slices of Peruvian carrots as compared with the other atmospheres. It can be concluded that the passive modified atmosphere associated with refrigeration and good practices of manufacture is enough to extend the shelf life of fresh cut Peruvian carrots, keeping their quality attributes. In accord to the sensorial evaluation, both appearance and color of the slices of Peruvian carrots are kept acceptable for consumption until the end of the storage period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Lixiviação de cátions favorecida pela presença de ânions inorgânicos e ácidos orgânicos de baixa massa molecular em solos adubados com camas de aviário/ Cation leaching favored by inorganic anions and low molecular mass organic acids in soils fertilized with different poultry litters

Gebrim, Fabrício de Oliveira; Silva, Ivo Ribeiro; Novais, Roberto Ferreira; Vergütz, Leonardus; Procópio, Lorena Costa; Nunes, Tiago Novais; Jesus, Guilherme Luiz de
2008-12-01

Resumo em português Com o incremento exponencial da avicultura no Brasil, a disponibilidade de dejetos de aves e de cama de aviário tem aumentado de maneira semelhante. A proibição de uso desses produtos na ração animal tem feito com que eles sejam direcionados para a produção agrícola como fertilizantes. Ainda há na literatura carência de informação sobre lixiviação de bases no perfil do solo em conseqüência do efeito de ânions inorgânicos acompanhantes, como cloreto, nitr (mais) ato e sulfato, e do efeito complexante de ácidos orgânicos de baixa massa molecular. O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito da aplicação de cama de aviário na lixiviação de Ca, Mg, K e Na em solos e sua associação com ânions inorgânicos e ácidos orgânicos de baixa molecular. Amostras de dois Latossolos Vermelho-Amarelos, um de textura média e outro de textura argilosa, foram colocadas em colunas de PVC constituídas de cinco anéis, cada um com 10 cm de altura e 5 cm de diâmetro, ligados entre si com fita adesiva. O solo colocado no anel superior recebeu, homogeneamente, cinco tipos de camas de aviário: casca de café, casca de arroz, sabugo de milho, capim-napier e maravalha, totalizando 160 t ha-1 de material seco, comparado à testemunha (sem a cama de aviário). O experimento constituiu um fatorial 5 x 2, com cinco camas e dois solos, dispostos em blocos casualizados com três repetições. As colunas foram submetidas a 10 percolações com água deionizada, duas vezes por semana, até atingirem o volume de 1.200 mm de chuvas. Nos 10 percolados, foram analisadas as concentrações de Ca, Mg, K e Na, dos ânions Cl-, NO3-e SO4(2-) e de ácidos orgânicos de baixa massa molecular. Houve grande lixiviação de bases nas colunas, principalmente até a terceira percolação. Esse fato foi causado pela adição dessas bases, em doses elevadas, pelas camas de aviário e, aparentemente, também pelo efeito dos ânions acompanhantes Cl-, NO3-e SO4(2-)no solo de textura média, Cl-e NO3-no solo de textura argilosa e, de maneira menos expressiva, pelo efeito acompanhante/complexante dos ácidos orgânicos de baixa massa molecular. No solo argiloso, a percolação de Ca esteve positivamente correlacionada com a concentração dos ácidos málico e oxálico. A concomitante elevada concentração de ácido acético nos percolados de solos tratados com todas as camas sugere que este pode estar favorecendo a lixiviação de bases no solo, provavelmente como ânion acompanhante. Resumo em inglês The exponential growth in poultry farming in Brazil has led to a parallel increase in the production of manure and poultry litter. The litter generated in this activity used to be largely employed as cattle feed. However, the enactment of a law that bans the use of poultry litter as animal feed intensified its use as organic fertilizer in agriculture. Despite its importance, there are gaps in our knowledge on an adequate use to obtain high plant yields without threatening (mais) the environment. One of these gaps is base-leaching in the soil profile as a result of the presence of accompanying anions such as chloride, nitrate and sulphate, and the complexing effect of low molecular mass organic acids. Samples of two Oxisols (a clayey and a sandy loam Red-Yellow Latosol) were placed in PVC columns. Each column consisted of five PVC rings (5 cm diameter, 10 cm height) fixed to each other with scotch tape. Five types of poultry litter (coffee husks, ground corn cob, rice husk, napier grass and wood shavings) were homogenously applied to the soil in the top ring in a dose equivalent to 160 t ha-1 (dry weight basis). The treatments consisted of a 5 x 2 + 1 factorial combination, corresponding to five poultry litter types, two soils with distinct textures, and a control treatment with no poultry litter application, with five repetitions, arranged in a complete randomized block design. Deionized water was applied on top of the columns twice a week, in a total volume corresponding to 1.200 mm, totaling 10 applications. Leachates were analyzed for cations (Ca, Mg, K and Na), anions (Cl-, NO3-and SO4(2-)) and low molecular mass organic acids by ion chromatography. Results indicate substantial base-leaching through the soil columns, particularly up to the third percolation. This was most likely a result of the presence of bases contained in the high poultry litter doses and the presence of accompanying anions (Cl-, NO3-and SO4(2-)in the sandy loam soil and Cl-and NO3-in the clayey soil). Ca leaching was positively correlated with the malic and oxalic acid concentrations in the clayey soil. High acetic acid concentration in leachates of poultry litter-treated soils suggest that it may have favored base-leaching in the soil profile as a result of its action as an ion pair.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Qualidade pós-colheita da pêra (Pyrus communis L.) cultivar Carrick submetida a diferentes condições de armazenamento/ Postharvest quality of pear (Pyrus communis L.) cv. Carrick submitted to diferents storage conditions

Coutinho, Enilton Fick; Malgarim, Marcelo Barbosa; Souza, Edson Luiz de; Treptow, Rosa de Oliveira
2003-12-01

Resumo em português As pêras européias não alcançam a maturidade de consumo na planta, sendo amadurecidas após a colheita, mediante armazenamento. O presente trabalho objetivou avaliar a qualidade pós-colheita de pêras cv. Carrick sob diferentes condições de armazenamento. As frutas foram armazenadas à temperatura de 0±0,5ºC e umidade relativa (UR) de 90-95% e, para simulação da comercialização, temperatura de 20º±1ºC e UR de 75-80%. As frutas foram submetidas aos tratamen (mais) tos: T1) 30 dias a 0 ºC; T2) 28 dias a 0ºC + 2 dias a 20ºC; T3) 26 dias a 0ºC + 4 dias a 20ºC; T4) 24 dias a 0ºC + 6 dias a 20ºC. Após 30 dias, foram analisadas as seguintes variáveis: sólidos solúveis totais (SST); acidez titulável (AT); relação SST/AT; cor; firmeza de polpa e ocorrência de podridão. Foram avaliadas, ainda, as características sensoriais de sabor e textura, com equipe treinada. Os valores de firmeza da polpa variaram de 15,51 a 3,70 libras. As cores amarelo e vermelho da epiderme tornaram-se mais intensas nos tratamentos T3 e T4; a AT e os SST variaram de 0,39 a 0,32% e 13,4 a 13,87°Brix, respectivamente. Os tratamentos T3 e T4 apresentaram melhores características de sabor e qualidade geral, sendo as frutas classificadas de boa a ótima qualidade. As frutas armazenadas sob refrigeração por 24 e 26 dias, e transferidas por 4 a 6 dias para temperatura de 20°C apresentaram melhor qualidade na comercialização e consumo. Resumo em inglês The European pears don't reach the consumption maturity in the plant, being ripened before the consumption, through the storage. The present work aimed to evaluate the post harvest quality of pears cv. Carrick in different periods of cold storage. The fruits were stored at 0º±0,5ºC temperature and relative humidity (RH) of 90-95%, and for simulation of the commercialization in temperature of 20º±1ºC and RH of 75-80%. The fruits were submitted to the treatments: T1) (mais) 30 days of 0 ºC; T2) 28 days of 0ºC + 2 days to 20ºC; T3) 26 days of 0ºC + 4 days at 20ºC; T4) 24 days at 0ºC + 6 days at 20ºC. After 30 days the following variables were analyzed: total soluble solids (TSS); titratable acidity (TA); TSS/TA ratio; color; flesh firmness and rottenness. It was evaluated the sensorial characteristics of flavor and texture, with trained team. In the flesh firmness the values varied from 15,51 to 3,70 pounds. Coloration of the epidermis, became more intense in the colors yellow and red in the treatments T3 and T4; the values of TA and TSS varied from 0,39 to 0,32% of malic acid, and 13,4 to 13,87°Brix respectively. The treatments T3 and T4 presented better characteristic sensorial of flavor, texture and general quality, being classified the fruits from good to great quality. The fruits, stored under refrigeration for 24 and 26 days and then transferred to an ambient temperature, for 4 to 6 days, showed better quality of the commercialization and consumption.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Otimização e validação de método para determinação de ácidos orgânicos em vinhos por cromatografia líquida de alta eficiência/ Optimization and validation method for organic acid determination in wines by high performance liquid cromatography

Lima, Luciana L. de Andrade; Schuler, Alexandre; Guerra, Nonete Barbosa; Pereira, Giuliano Elias; Lima, Taciana L. de Andrade; Rocha, Helena
2010-01-01

Resumo em inglês The organic acids (tartaric, malic, citric, lactic and succinic) are de main components responsible for the acidity in the wine. This method for simultaneous determination of organic acids and interfering peaks in wines can be achieved in 16 min. The sample preceded by a dilution and filtration step. The chromatographic separation required one reversed phase column, isocratic mobile phase (acetonitrila, formic acid in water) and detection wavelength was set at 212 nm. The validation confirmed good repeatability, recovery and application in red and white wines.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Isoenzimas na identificação precoce de híbridos e clones nucelares no melhoramento de citros/ Isozymes in the early identification of hybrids and nucellar clones in citrus breeding

Ballve, Rosa Maria Lizana; Bordignon, Rita; Medina Filho, Herculano Penna; Siqueira, Walter Jose; Teófilo Sobrinho, Joaquim; Rompeu Júnior, Jorgino
1991-01-01

Resumo em português Um dos problemas relacionados ao melhoramento de citros é a poliembrionia e a conseqüente dificuldade, após cruzamentos controlados, de distinguir clones nucelares dos híbridos. Estudou-se um método para eletroforese de isoenzimas em gel de amido para doze sistemas isoenzímicos, desenvolvendo-se procedimento apropriado para a resolução simultânea dos sistemas fosfatase ácida, peroxidase anódica e catódica, glutamato oxaloacético transaminase, fosfoglucoisomer (mais) ase, fosfoglucomutase e enzima málica. Caracterizaram-se por esses sistemas 31 clones de citros com possível interesse para o programa de melhoramento do IAC. Estão envolvidos 7 locos e 25 alelos, permitindo uma identificação precoce de híbridos antes do plantio no campo para avaliações agronômicas. Implicações desses estudos básicos no melhoramento e na determinação da taxa de seedlings nucelares de porta-enxertos comerciais são discutidas. Resumo em inglês One of the problems related to citrus breeding is the polyembryony and the ensuing difficulty in distinguishing nucellar clones from hybrids obtained from controlled crosses. Twelve isozyme systems using starch gel electrophoresis were studied. A procedure for simultaneous resolution of acid phosphatase, anodic and cathodic peroxidase, glutamate oxaloacetate transaminase, phosphoglucoisomerase, phosphoglucomutase and malic enzyme was developed. Thirty one clones with poss (mais) ible use in the Instituto Agronômico de Campinas, State of São Paulo, Brazil breeding program were characterized. Seven loci and twenty five alleles are involved allowing for an early identification of hybrids before transplanting them into the field for agronomic evaluations. Implications in breeding strategies and in the determination of the degree of nucellar embryony of commercial rootstocks are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Efeito do uso de óleo na dieta sobre a lipogênese e o perfil lipídico de tilápias-do-nilo/ Effect of different oils in the diet on lipogenesis and the lipid profile of nile tilapias

Ribeiro, Paula Adriane Perez; Logato, Priscila Vieira Rosa; Paula, Daniella Aparecida de Jesús; Costa, Adriano Carvalho; Murgas, Luis David Solis; Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
2008-08-01

Resumo em português Trinta e cinco machos de tilápia com peso médio de 205 g foram mantidos em caixas de 250 litros para avaliar o metabolismo lipídico de tilápias-do-nilo (Oreochromis niloticus). O experimento foi conduzido durante 30 dias, entre os meses de outubro e novembro de 2006. Foram avaliadas cinco dietas, cada uma contendo óleo de oliva, óleo de milho, óleo de soja, óleo de linhaça ou óleo de peixe. Utilizou-se delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (mais) e sete repetições. Avaliaram-se a composição química, o perfil lipídico muscular e a atividade hepática de glicose-6-P desidrogenase (G6PD) e enzima málica. Os dados foram submetidos à análise de variância com médias comparadas pelo teste de Scott-Knott (5%). Não houve diferenças significativas para os teores de umidade e cinzas, porém, foram observadas alterações nos teores de lipídios e proteína nos peixes alimentados com as rações contendo óleo de oliva, milho ou soja. O fornecimento de dietas ricas em ácidos graxos poliinsaturados aumentou a composição desses ácidos graxos nos peixes. A atividade da G6PD foi superior à da enzima málica e foi mais alta nos animais alimentados com rações contendo óleos de oliva, milho ou soja, o que evidencia maior deposição lipídica muscular nesses peixes. Resumo em inglês A total of 35 males of Nile tilapia, averaging initial weight of 205 g, were maintained in five 250 L metabolism boxes to evaluate the lipid metabolism of Nile tilapias (Oreochromis niloticus). The experiment lasted 30 days, from October to November 2006. The treatments were: control diet plus olive oil; control diet plus corn oil; control diet plus soybean oil; control diet plus linseed oil; control diet plus fish oil. The experiment was in a completely randomized design (mais) with five treatments and seven replicates. The evaluated parameters were: fatty acid profile of the muscle tissue and hepatic activity of glucose-6-phosphate dehydrogenase (G6PD) and malic enzyme (ME). The data were submitted to variance analysis and the means of the treatments were compared by Scott-Knott's test (5% of significance). The fish fed on a diet rich in polyunsaturated fatty acids presented increased contents of such fat acids in their lipid muscle composition. The hepatic activity of G6PD was superior to that of ME, being higher in the specimen fed rations containing olive, corn and soybean oil, thus, evidencing the highest lipid muscle deposition of these fish.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Caracterização isoenzimática de espécies de Oidium/ Isozyme characterization of Oidium species

SILVA, MARIA D. D.; ALFENAS, ACELINO C.; MAFFIA, LUIZ A.; ZAUZA, EDIVAL A. V.
2002-06-01

Resumo em português Isolados de Oidium oriundos de eucalipto (Eucalyptus urophylla) roseira (Rosa sp), dália (Dhalia sp.), feijoeiro (Phaseolus vulgaris) e urucunzeiro (Bixa orellana) foram comparados mediante écnicas de extração e eletroforese de isoenzimas, em gel de amido. Dentre 19 enzimas testadas, fosfatase ácida, enzima málica, alfa-esterase, 6-fosfoglucanato desidrogenase, fosfoglucose isomerase, hexoquinase e malato desidrogenase ofereceram atividade e resolução satisfatóri (mais) as. Os isolados do patógeno oriundos de eucalipto e de roseira apresentaram um mesmo padrão de bandas com coeficiente de similaridade igual a 100%. Os demais isolados diferiram entre si e exibiram coeficiente de similaridade inferior a 43%. Os isolados obtidos de eucalipto e de roseira, além de morfologicamente similares, apresentaram um mesmo padrão isoenzimático sendo, portanto, anamorfos de Sphaerotheca pannosa. Resumo em inglês Isolates of Oidium spp. obtained from eucalyptus (Eucalyptus urophylla), Rosa sp, Dhalia sp., common bean (Phaseolus vulgaris) and Bixa orellana were compared by isozyme analysis on starch gel electrophoresis. Among 19 enzymes tested, acid phosphatase, malic enzyme, alpha-esterase, 6-phosphogluconate dehydrogenase, phosphoglucose isomerase, hexokinase, and malate dehydrogenase showed reproducible and distinct isozyme banding patterns. Based on isozyme analysis, the Oidium (mais) isolate from eucalypt showed identical profiles to that of rose and, therefore, was identified as anamorphs of Sphaerotheca pannosa.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Caracterização de isolados de Colletotrichum lagenarium de pepino com base em marcadores isoenzimáticos/ Characterization of Colletotrichum lagenarium isolates of cucumber based on isoenzimatic markers

Rios, Patrícia R.P.; Silveira, Elineide B.; Martins, Luíza S.S.; Silva Neto, Edson B.; Gomes, Andréa M.A.
2004-12-01

Resumo em português O conhecimento da variabilidade genética de isolados de Colletotrichum lagenarium é de grande importância para o sucesso de programas de melhoramento genético visando resistência à antracnose do pepino. Dezenove isolados de C. lagenarium oriundos de plantios comerciais de pepino da Zona da Mata e do Agreste de Pernambuco foram comparados por análise eletroforética de isoenzimas em gel de poliacrilamida a 7%, utilizando os sistemas esterase, fosfatase ácida, fosfa (mais) tase alcalina e malato desidrogenase. A avaliação foi realizada pelo número e pela posição das bandas reveladas nos géis, calculando-se a mobilidade relativa. As distâncias genéticas e similaridades foram sumarizadas em análises de agrupamento, utilizando-se o software NTSYS. A análise mostrou variação no número e posição das bandas no gel, dentro de cada sistema estudado, revelando diferenças fenotípicas dentro da população. As enzimas malato desidrogenase e fosfatase alcalina mostraram menor polimorfismo, enquanto, a esterase e fosfatase ácida apresentaram-se mais polimórficas. A análise de agrupamento permitiu separar os genótipos em cinco grupos distintos: 1 (CL1, CL3 e CL22), 2 (CL14), 3 (CL4, CL38, CL15, CLl7, CL5, CL8, e CL10), 4 (CL28) e 5 (CL23, CL20, CL34, CL36, CL35, CL37, e CL16). O menor índice de similaridade genética (27,3%) foi observado entre o isolado CL1 e os isolados CL20, CL35, CL37 e CL16. O maior índice de similaridade (100%) foi observado entre os isolados CL5 e CL8; CL5 e CL10; CL8 e CL10; CL35 e CL37; CL35 e CL16; e entre CL37 e CL16. Resumo em inglês The knowledge of genetic variability of Colletotrichum lagenarium isolates is highly important for the success of the breeding programs for resistance to cucumber anthracnosis. Nineteen isolates of C. lagenarium obtained from commercial fields of cucumber in Zona da Mata and Agreste of Pernambuco State, Brazil, were compared by isoenzyme electrophorectic analysis in polyacrylamide gel at 7%, using the systems esterase, acid phososphatase, alkaline phosphatase and malic de (mais) hydrogenase. The evaluation was based on the number and position of observed bands, calculating the relative motility. The genetic distances and similarities were summarized by grouping analysis, using the software NTSYS. The analysis showed variation in number and position of the bands on gel, for each studied system, revealing phenotypic differences in the population. The enzymes malic dehydrogenase and alkaline phosphatase showed lower polymorphism, while sterase and acid phosphatase were more polymorphic. The grouping analysis allowed to separate the genotypes in five different groups: 1 (CL1, CL3 and CL22), 2 (CL14), 3 (CL4, CL38, CL15, CLl7, CL5, CL8, and CL10), 4 (CL28) and 5 (CL23, CL20, CL34, CL36, CL35, CL37, and CL16). The lower genetic similarity index (27.3%) was observed among isolates CL1 and CL20, CL35, CL37 and CL16 and the higher (100%), was observed among isolates CL5 and CL8; CL5 and CL10; CL8 and CL10; CL35 and CL37; CL35 and CL16 and, CL37 and CL16.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Caracterização de germoplasma de soja e de feijão através de eletroforese de isoenzimas da semente/ Soybean and bean germoplasm characterization by electrophoresis of seed isoenzymes

ANTI, ANA BEATRIZ
2000-01-01

Resumo em português Foram estudadas, através de eletroforese em gel de poliacrilamida, isoenzimas de sementes de plantas de dois cultivares de soja, IAC 6 e IAC 9, e de duas linhagens de feijão da variedade Goiano Precoce, uma com folha lisa e outra com folha rugosa, tendo em vista sua caracterização. Apesar de possuírem um parental em comum, os dois cultivares de soja diferiram entre si com relação aos perfis eletroforéticos de urease, fosfatase ácida, malato desidrogenase e leucin (mais) a aminopeptidase evidenciando que essa técnica pode ser usada para discriminar outros cultivares de soja; entretanto as duas linhagens de feijão não diferiram entre si nos zimogramas estudados, indicando um grande parentesco e reforçando a hipótese de que a linhagem de folha rugosa poderia ter-se originado da linhagem de folha lisa por mutação de ponto. Resumo em inglês Seed isoenzymes of two soybean cultivars, IAC 6 and IAC 9, and two lines of the bean cultivar Goiano Precoce, one with smooth leaves and the other with wrinkled leaves, were studied through electrophoresis. The plants of soybean cultivars differed for the isoenzymes urease, acid phosphatase, malic dehydrogenase and leucine aminopeptidase. The results indicate that the two cultivars of soybean are very different genetically, despite their origin from a single, older variet (mais) y. The eletrophoretic characters which differed between the two soybean cultivars may have potentiality for discriminating them among other cultivars. On the other hand, the lines of these bean cultivars did not differ in any of the analysed characters that would indicate a very close relationship between them. These results are consistent with the hypothesis, from morphological data, that wrinkled leaves Goiano Precoce could be originated from the other line with smooth leaves through a point mutation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)