Sample records for magnetic susceptibility
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 16 shown.



1

Avaliação da susceptibilidade magnética usando uma balança analítica/ Evaluation of the magnetic susceptibility using an analytical scale

Carneiro, Antonio Adilton O.; Touso, Alessandro Tadeu; Baffa, Oswaldo
2003-12-01

Resumo em inglês A simple system to measure the magnetic susceptibility of different materials is presented. The system uses an analytical scale with sensitivity on the order of micrograms and a permanent NdBFe magnet, based in the Rankine method. In this apparatus, the sample is placed near to the magnet that is fixed on the scale. Depending on the magnetic properties of the sample, an attractive or repulsive force will appear between the magnet and the magnetizing sample. Measuring this (mais) force, registered by the scale as a mass, the magnetic parameters such as: permeability and susceptibility of the sample can be determined. Despite it is simplicity the method is quantitative, precise and easily reproducible in many laboratories, what makes it attractive for teaching experiments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Mineralogia e susceptibilidade magnética dos óxidos de ferro do horizonte B de solos do Estado do Paraná/ Mineralogy and magnetic susceptibility of iron oxides of B horizon of Paraná state soils

Souza Junior, Ivan Granemann de; Costa, Antonio Carlos Saraiva da; Vilar, Cesar Crispim; Hoepers, Allan
2010-03-01

Resumo em português Os solos tropicais altamente intemperizados tendem a acumular residualmente óxidos de ferro e alumínio. Entre os óxidos e hidróxidos de ferro presentes na fração argila, a goethita (Gt) e a hematita (Hm) são os mais abundantes e estudados. No entanto, há poucos estudos acerca da identificação e quantificação da maghemita (Mh), um mineral ferrimagnético que está na fração argila dos solos, principalmente naqueles desenvolvidos de rochas máficas. A Mh e a m (mais) agnetita (Mt) são responsáveis pela magnetização espontânea dos solos. Esse atributo mineralógico pode ser medido nos solos e sedimentos pela susceptibilidade magnética por unidade de massa (χBF), cuja magnitude é proporcional à concentração dos minerais ferrimagnéticos e é objeto de estudos em todo mundo. O objetivo deste trabalho foi identificar e quantificar, por χBF, os minerais ferrimagnéticos de 32 amostras do horizonte B de solos do Estado do Paraná. As formas minerais presentes na fração argila concentrada de óxidos de ferro foram identificadas e semiquantificadas por difratometria de raios-X (DRX). Nessa fração, os minerais mais abundantes são a Gt e a Hm. A Mh foi detectada em 31 amostras por χBF e em apenas 17 por DRX. Os valores de χBF variaram de 16 a 8.077 na TFSA, de 12 a 7.953 na fração argila e de 0 a 18.737x10-8 m³ kg-1 na fração argila, após concentração dos óxidos de ferro. A Mh dos solos estudados apresentou valor médio de χBF em 62.728x10-8m³ kg-1 e sua presença nos difratogramas de raios-X só foi verificada em amostras com valores de χBF acima de 1.000x10-8m³ kg-1. Resumo em inglês Highly weathered tropical soils tend to accumulate iron and aluminum oxy-hydroxides. Among the iron oxy-hydroxides found in the clay fraction, goethite (Gt) and hematite (Hm) are the most abundant and studied. A smaller number of investigations have been publish to identify and to quantify maghemite (Mh), a ferrimagnetic mineral present in the clay size fraction of the soils, mainly in those developed from mafic rocks. Maghemite, along with magnetite (Mt) is responsible f (mais) or the spontaneous magnetic behavior of the soils. This mineralogical attribute can be easy measured, in soils and sediments by mass magnetic susceptibility (χLF), which magnitude is proportional to the concentration of ferrimagnetic minerals and it has been object of studies worldwide. The purpose of this research was to identify and quantify, by χLF, the ferrimagnetic minerals of 32 samples from B-horizons of Paraná state soils. The mineral species present in the iron oxides concentrated clay size fractions were identified and semiquantified by x-rays diffraction (XRD). In this fraction the most abundant minerals are Gt and Hm. Maghemite was detected in 31 samples by χLF and in only 17 samples by XRD. The χLF values ranged from 16 to 8.077x10-8m³ kg-1 in the fine earth; from 12 to 7.953x10-8m³ kg-1 in clay fraction and from 0 to 18.737x10-8m³ kg-1 in clay fraction, after concentration of the iron oxides. The Mh of the soils presented an average value of 62.728x10-8m³ kg-1 and their presence in the X-rays diffractograms was only observed in samples with χLF values above 1.000x10-8m³ kg-1.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Gamaespectrometria, resistividade elétrica e susceptibilidade magnética de solos agrícolas no noroeste do estado do Paraná

Becegato, Valter Antonio; Ferreira, Francisco José Fonseca
2005-12-01

Resumo em português Medições gamaespectrométricas, de resistividade elétrica e de susceptibilidade magnética foram tomadas em solos agrícolas situados próximos a cidade de Maringá, noroeste do estado do Paraná, sul do Brasil, objetivando caracterizar a distribuição espacial das concentrações de radionuclídeos (K, eU e eTh), da resistividade aparente e da susceptibilidade magnética. Na área agrícola ocorrem três tipos de solos: Nitossolo Vermelho Eutrófico, Latossolo Vermel (mais) ho Eutroférrico textura argilosa, ambos derivados da Formação Serra Geral (basaltos do Cretáceo Inferior) e Latossolo Vermelho Distrófico textura média, oriundo do retrabalhamento das formações Serra Geral e Goio-Erê, esta última composta por arenitos do Grupo Caiuá (Cretáceo Superior). Constatou-se que as concentrações de radionuclídeos e os valores de susceptibilidade magnética nos solos mais argilosos foram maiores do que nos solos mais arenosos, em função, principalmente, da maior adsorção dos primeiros e da maior disponibilidade de minerais magnéticos. Os teores médios em ppm e Bq Kg-1 de K, eU e eTh na área com atividade antrópica foram respectivamente de 1766-54,75; 0,83-10,22 e 1,78-7,27, significativamente maiores do que em áreas virgens sem aplicação de fertilizantes (1101-34,15 de K; 0,14-1,69 de eU e 1,31-5,36 de eTh, respectivamente em ppm e Bq Kg-1). Houve correlações entre os teores de urânio e argila, urânio e susceptibilidade magnética, urânio e matéria orgânica e entre resistividade elétrica e argila. Foram também observadas variações nas concentrações de radionuclídeos em diferentes formulações de adubos utilizados nas culturas de soja e trigo. A resistividade elétrica aparente, cuja magnitude variou de 25 a 647 Ohm.m, e a susceptibilidade magnética, com oscilações entre 0,28 e 1,10 × 10-3 SI, decorrentes dos teores de argila e de minerais magnéticos, respectivamente, se mostraram importantes na discriminação dos solos na área de estudo, podendo ser incorporadas como ferramentas rápidas e de baixos custos no mapeamento sistemático de solos. Resumo em inglês Gamma-ray spectrometry, electrical resistivity, and magnetic susceptibility measurements were taken from agricultural areas near the City of Maringá, in the Northwest region of the Paraná state, south Brazil, in order to characterize the spatial distribution of radionuclides (K, eU, and eTh), the apparent resistivity, and the magnetic susceptibility determined for soils. Three different types of soils are present in this agricultural area: Alfisoil, clayey texture Oxiso (mais) il, both deriving from Lower Cretaceous basalts of the Serra Geral Formation; and medium texture Oxisoil from reworked Serra Geral and Goio-Erê formations, the latter deriving from sandstones of the Upper Cretaceous Caiuá Group. It could be observed that in more clayey soils both concentration of radionuclides and susceptibility values are higher than in more sandy soils, especially due to the higher adsorption in the former and to the higher availability of magnetic minerals in the latter. The average ppm and Bq Kg-1 grades for K, eU, and eTh in the areas under anthropic activity are of 1766-54.75, 0.83-10.22, and 1.78-7.27, respectively. These grades are significantly higher than those of non-occupied or non-fertilized areas (1101-34.15 K, 0.14-1.69 eU, and 1.31-5.36 eTh in ppm and Bq Kg-1, respectively.) Correlations were observed between uranium and clay, uranium and magnetic susceptibility, uranium and organic matter, and between electric resistivity and clay grades. Varied concentrations of radionuclides were also observed in different fertilizer formulations applied to soy and wheat cultures. Apparent electric resistivity values between 25 and 647 Ohm.m and magnectic susceptibility values between 0.28 e 1.10 × 10-3 SI due to clay and magnetic minerals represented important soil discrimination factors in the study area that can be incorporated as easy, low-cost soil mapping tools.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Petrografia do minério hematita compacta da Mina do Tamanduá (Quadrilátero Ferrífero, MG)

Vilela, Renata Alvarenga; Melo, Rogério Junqueira de; Costa, Teófilo Aquino Vieira da; Lagoeiro, Leonardo Evangelista; Varajão, César Augusto Chicarino
2004-09-01

Resumo em português O estudo da mineralogia, macro e microestruturas e anisotropia da susceptibilidade magnética do minério de hematita compacta da Mina do Tamanduá permitiu a identificação de três domínios litoestruturais. A investigação foi baseada em trabalhos de campo, amostragem (in situ e testemunhos de furo de sonda) e estudo de seções polidas por microscópio óptico. Foram selecionadas amostras de minério para estudo em microscópio eletrônico de varredura e para a medi (mais) da da anisotropia da susceptibilidade magnética. O conhecimento das fácies do minério é de grande importância para a otimização dos trabalhos de lavra. Resumo em inglês The study of the mineralogy, macro and microstructures and anisotropy of magnetic susceptibility of hard hematite ore type of the Tamanduá Mine enabled to identify three litostructural domains. The investigation was based on fieldwork, sampling (in situ and boreholes) and on the study of polished sections using optic microscope. Ore samples were examined by electronic microscopy and selected specimens were prepared for measuring the anisotropy of magnetic susceptibility. The knowledge of the ore facies domains is of great importance for optimization of the mining works.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Separação de epídoto pelo fracionamento de estéreis da lavra de scheelita da Província da Borborema (RN)/ Epidote separation from country rocks of the scheelite mineralization in the Borborema Province (RN, Brazil)

Silva Junior, Eraldo Florêncio da; Guzzo, Pedro Luiz; Neumann, Reiner; Oliveira, José Carlos da Silva; Sampaio, João Alves
2008-12-01

Resumo em português Esse trabalho apresenta uma proposta para efetuar, em escala de laboratório, a separação do epídoto presente em estéreis da lavra de scheelita da Província da Borborema. Para tanto, um fragmento de rocha foi britado e classificado em três faixas granulométricas, entre 150 µm e 600 µm. A concentração do epídoto foi realizada em mesa vibratória, seguida de separação magnética usando o separador isodinâmico Franz. As frações magnética e não-magnética f (mais) oram analisadas por difratometria e espectrometria por fluorescência de raios X. Para a faixa de 150 a 300 µm, foi possível efetuar a concentração do epídoto com um teor de 75% após quatro passagens pelo separador magnético usando correntes de 0,5 e 0,6 A, correspondendo a 0,5 e 0,6 T, respectivamente. Constatou-se que a fração de maior susceptibilidade magnética é constituída de andradita e que os principais contaminantes do concentrado de epídoto são a calcita, a andradita e o quartzo. Resumo em inglês This paper presents a laboratory procedure to concentrate epidote from fragments associated with country rocks of the scheelite mineralization in the Borborema Province (Rio Grande do Norte, Brazil). A block weighting 17.5 kg was crushed and classified in grain sizes ranging from 150 to 600 µm. The concentration was carried out in a shaking table followed by four cycles of magnetic separation using a Frantz isodynamic separator with currents ranging from 0.5 and 0.6 A (0 (mais) .5 to 0.6 T). The mineralogical characterization of the pre-concentrate and the fractions resultant from magnetic separation were carried out by X-ray powder diffractometry and X-ray fluorescence spectrometry. The separation of the epidote allowed close to 75% epidote for the 150x300 µm size class. The fraction with the highest magnetic susceptibility in the mineral assemblage was mainly composed of andradite. Calcite, andradite and quartz were found to be the contaminants within the concentrate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Estruturação da seqüência vulcano-sedimentar Rio Mata Cavalo (Morro do Pilar, MG, Brasil) baseada na análise qualitativa de dados geofísicos/ Structure of the Rio Mata Cavalo volcano-sedimentary sequence (Morro do Pilar, MG, Brazil) based on qualitative analysis of geophysical data

Machado, Sérgio Augusto Morais; Penha, Ulisses Cyrino
1997-07-01

Resumo em português Geofísica terrestre (magnetometria e radiometria) foi utilizada como ferramenta de apoio ao mapeamento geológico em uma área de pesquisa mineral da Companhia Mineradora de Minas Gerais (COMIG), denominada Alvo Bueiro, localizada a sudeste da cidade de Morro do Pilar, na Serra do Espinhaço, Estado de Minas Gerais. A integração de informações de geologia de superfície com os dados geofísicos correspondentes permitiu definir quatro zonas: A, B, C e D. A Zona A, car (mais) acterizada por altos valores de susceptibilidade magnética e baixos valores de radiometria, é composta por itabiritos do Grupo Serra da Serpentina. A Zona B, pertencente ao mesmo grupo, é constituída por filitos cinza e metassiltitos e mostra baixa susceptibilidade magnética; interrupções nas linhas de contorno foram interpretadas como decorrentes de falhas de empurrão. A Zona C, relacionada à Seqüência Vulcano-Sedimentar Rio Mata Cavalo, é caracterizada por uma expressiva anomalia do campo magnético total em xistos máficos e ultramáficos com lentes de formações ferríferas e filitos carbonosos negros; esta zona hospeda as mais importantes anomalias geoquímicas de ouro conhecidas na área em estudo. A Zona D, correspondente a ortognaisses cisalhados do Complexo Dona Rita, mostra os mais elevados valores de radiometria do Alvo Bueiro e baixas respostas magnéticas. Resumo em inglês Ground geophysics, magnetometry and radiometry have been used to support geological survey of the prospecting area named Bueiro Target, of the Companhia Mineradora de Minas Gerais (COMIG), located southeast from Morro do Pilar, Serra do Espinhaço, Minas Gerais State. The integration of surface geological information and corresponding geophysical data defined four zones, named A, B, C and D. The A Zone, characterized by high magnetic susceptibility and low radiometric val (mais) ues, is composed by itabirites belonging to the Serra da Serpentina Group. The B Zone, part of this Group, is constituted by gray phyllites and meta-siltites, showing low magnetic susceptibility with interruptions in the contour lines, which are interpreted as due to the presence of thrust faults. The C Zone, related to the Rio Mata Cavalo Volcano-Sedimentary Sequence, is characterized by an expressive anomaly of total magnetic field, associated with mafic and ultramafic schists containing several lenses of iron formation and black carbonaceous phyllites; this zone hosts the most important gold geochemical anomalies in the studied area. The D Zone, which corresponds to sheared orthogneisses of the Dona Rita Complex, shows the highest radiometric values of Bueiro Target but has a very low magnetic response.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Parâmetros físicos de sedimentos marinhos superficiais da região costeira de Caravelas, Sul da Bahia

Falcão, Lívia Carvalho; Ayres Neto, Arthur
2010-06-01

Resumo em português Este trabalho combina informações obtidas por testemunhos de sondagem com dados adquiridos por perfilagem geofísica a fim de verificar a influência dos parâmetros geológicos e sedimentológicos na velocidade de ondas P em sedimentos marinhos superficiais. Dados de velocidade da onda compressional (Vp), densidade gama, impedância acústica e susceptibilidade magnética foram correlacionados com dados geológicos de quatro testemunhos coletados na zona costeira da ci (mais) dade de Caravelas, estado da Bahia. As propriedades geofísicas foram obtidas utilizando como sistema de medição o perfilador multisensor de testemunhos (MultiSensor Core Logger - MSCL). Os testemunhos foram descritos segundo a geologia, cor e grau de compactação. Oito tipos distintos de sedimentos foram observados: conchas, areia grossa a muito grossa, areia média, areia muito fina a fina, lama arenosa, lama compacta, lama fluida e lama muito fluida. Os resultados mostram que, de maneira geral, os maiores valores de velocidade e densidade, inversamente proporcionais aos de susceptibilidade magnífica, estão associados aos sedimentos de maior granulometria. Os valores de Vp para areia muito grossa e conchas mostrou-se errático devido a falta de compactação desses materiais. Os gráficos de impedância acústica e do coeficiente de reflexão facilitaram a identificação de interfaces e apresentaram coerência em relação aos perfis de velocidade e de densidade. Medições de granulometria foram realizadas na seção de lama arenosa do testemunho JP-112, para ratificar a relação da variabilidade dos parâmetros físicos com a classificação granulométrica utilizada para a caracterização dos quatro testemunhos. Resumo em inglês This research combines geological data obtained from core samples and geophysical properties in order to investigate how geological and sedimentological parameters affect the velocity of P-waves in near surface marine sediments, The velocity of P-waves (Vp), gamma density, acoustic impedance and magnetic susceptibility were correlated with core geology of four core of the coastal region of Caravelas, Bahia State. Geophysical properties were acquired using the MSCL (MultiS (mais) ensor Core Logger). Core were opened and described according to grain size, color, compaction degree. Eight different kinds of sediments were recognized: shell, coarse to very coarse sand, medium sand, fine to very fine sand, sandy mud, compact mud, fluid mud, and very fluid mud. The results showed that, in general, the highest values of Vp and density and the lowest values of magnetic susceptibility are related to the coarser sediments. Very coarse sediments and shells showed erratic values basically due to the low compaction of these materials. The acoustic impedance and reflection coefficient profiles were useful to detect sediments interface. More detailed grain size analysis were conducted at the sandy mud section of core JP-112 and corroborated the relationship between Vp and grain size.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Caracterização física, química, mineralógica e micromorfológica de horizontes coesos e fragipãs de solos vermelhos e amarelos do ambiente Tabuleiros Costeiros/ Physical, chemical, mineralogical and micromorphological characterization of cohesive horizons and fragipans of red and yellow soils of Coastal Tablelands

Corrêa, Marcelo Metri; Ker, João Carlos; Barrón, Vidal; Torrent, José; Curi, Nilton; Torres, Thiago C. Pereira
2008-02-01

Resumo em português O objetivo do presente trabalho foi avaliar física, química, mineralógica e micromorfologicamente solos vermelhos, amarelos e acinzentados coesos em três toposseqüências na região dos Tabuleiros Costeiros do sul da Bahia e norte do Espírito Santo, desenvolvidos a partir de sedimentos do Grupo Barreiras ou de rochas gnáissicas do Pré-Cambriano, assim como os possíveis mecanismos físicos e, ou, mineralógicos que promovem a coesão dos solos e formação de frag (mais) ipãs. Para isso, foram realizadas análises físicas; determinadas a relação argila fina/argila grossa, superfícies específicas por BET-N2 e adsorção de vapor de água, susceptibilidade magnética; e analisados os constituintes por microscopia eletrônica de varredura e micromorfologia em lâminas delgadas. As análises físicas e micromorfológica indicam que a gênese dos horizontes coesos deve-se ao maior conteúdo de argilas muito finas, principalmente menores que 0,2 µm, translocadas entre horizontes ou dentro do mesmo horizonte como argila dispersa. A maior coesão observada para o Argissolo Amarelo localizado em clima mais seco, em relação àqueles em clima mais úmido, pode ser devido à sua granulometria menos argilosa e maior quantidade de feições de iluviação de argila. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the physical, chemical, mineralogical and micromorphological characteristics of cohesive red, yellow and grayish soils in a toposequence of the Coastal Tablelands region in southern Bahia and northern Espirito Santo states. It was also sought to understand the mechanisms promoting their cohesion and fragipan formation. Therefore, the routine physical analyses, determination of the coarse clay/fine clay ratio, specific surface by (mais) BET-N2 and water vapor adsorption, magnetic susceptibility, scanning-electron microscopy analyses and the micromorphology of thin plates were carried out. Physical and micromorphological analyses indicated that the high content of very fine clays, especially those smaller than 0.2 µm, translocated among horizons or within a same horizon as dispersed clay, were responsible for the genesis of the cohesive horizons. The higher cohesion observed in the Yellow Argisol (Ultisol) found in a drier climate, compared to those in a more humid climate could be due to the less clayey granulometry and a larger amount of clay illuviation features.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Uso do campo potencial na exploração dos recursos minerais marinhos/ Gravity and magnetics in marine mineral exploration

Dias, Marcelo S.; Braga, Luiz F. S.
2000-01-01

Resumo em português Os métodos potenciais têm sido amplamente utilizados para geofísica de exploração desde o início do último século. Suas aplicações, em geral, foram empregadas no mapeamento regional de grandes estruturas relacionadas a recursos minerais como: falhas de borda da bacia, grabens e horsts, diápiros de sal, profundidade do embasamento e estimativa de fluxo de calor. No entanto, durante a última década, equipamentos de alta resolução (altimetria de satélite, gra (mais) diômetros gravimétricos e magnetométricos, magnetômetro de césio, DGPS e computadores potentes) tornaram disponíveis um enorme volume de dados para exploração de recursos minerais marinhos. Atualmente, estes dados têm sido usados para calibração de pequenos contrates de densidade e de susceptibilidade magnética, fundamentais para várias pesquisas em exploração, tais quais: i) correção de velocidade para a sísmica de reflexão 3D e 4D; ii) micro-gravimetria e micro-magnetometria para a geofísica de poço; iii) mapeamento de densidade e porosidade em alta resolução para fluído em poros; iv) mapeamento de estruturas de riscos geotécnicos e v) sulfetos e nódulos polimetálicos em crosta oceânica. Atualmente, uma nova visão dessas aplicações esta sendo utilizada pela indústria de exploração mineral. O objetivo principal deste artigo é o de fazer uma breve revisão sobre o tema e também dar algum suporte teórico para essas aplicações. Resumo em inglês The potential field methods have been widely used for exploration geophysics since the beginning of the last century. In general, their applications were for preliminary regional mapping of large geological structures related to mineral resources such as: basin boundary faults, grabens and horsts, salt diapirs, basement geometry and heat flow estimates. However, during the last decade, a new branch of equipment (satellite altimeter, gravity and magnetic gradiometers, cesi (mais) um magnetometers, DGPS and powerful computers) made available an enormous volume of high-resolution data for marine mineral resources exploration. Nowadays, these data are being used for calibrating small density and magnetic susceptibility contrasts that are fundamental for investigating a number of exploration issues: i) velocity correction for 3D and 4D seismic reflection; ii) micro-gravity and micro-magnetic for core geophysics, iii) high resolution density and porosity for pore fluids; iv) potential hazards structures and v) sulfides and polimetallic nodules in oceanic crust. A new vision of these applications is already in use by the mineral exploration industry. The main goal of this paper is to make a brief review and also give some background on those applications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Compartimentação estrutural e conectividade dos sistemas aqüíferos Caiuá e Serra Geral no Noroeste do Paraná - Brasil

Bettú, Daniel Fabian; Ferreira, Francisco José Fonseca; Salamuni, Eduardo; Fernandes, Luiz Alberto
2006-09-01

Resumo em português No noroeste do estado do Paraná os arenitos eólicos do Grupo Caiuá (Bacia Bauru - Cretáceo Superior) estão dispostos sobre basaltos da Formação Serra Geral (Grupo São Bento - Cretáceo Inferior da Bacia do Paraná). Ambos constituem importantes sistemas aqüíferos. Apesar da permo-porosidade dos basaltos ser do tipo fissural, diferente dos arenitos onde é granular, a porção superior do Sistema Aqüífero Serra Geral (SASG) apresenta-se livre, em conjunto com o (mais) Sistema Aqüífero Caiuá (SAC). O contraste de susceptibilidade magnética entre os basaltos e os arenitos possibilitou o emprego de dados aeromagnéticos para delinear as estruturas mais proeminentes do embasamento dos arenitos. A análise de superfície dos arenitos consistiu na interpretação morfoestrutural a partir da rede de drenagem, modelo digital de elevação (MDE) e imagens Landsat 7/ETM+. A comparação entre os dois níveis de investigação revelou a coincidência de algumas estruturas mapeadas, resultando em um arcabouço estrutural comum ao SAC e ao SASG. Mapas de sólidos totais dissolvidos (STD) e do conteúdo catiônico das águas de poços produtores completados no SAC, indicaram zonas com características hidroquímicas do SASG em seu interior, denotando a conectividade hidráulica dos dois sistemas aqüíferos. A superposição do arcabouço estrutural integrado aos mapas hidrogeológicos (vazão, capacidade específica e hidroquímicos), revelou que grandes estruturas, freqüentemente, exercem influência na compartimentação hidrogeológica da região. Resumo em inglês The aeolian sandstones of Caiuá Group (Bauru Basin - Upper Cretaceous - Paraná, northwest of Brazil) are lying on basalts of Serra Geral Formation (São Bento Group - Mesozoic of Paraná Basin) and both form significant aquifers. Although permo-porosity of sandstone is granular, unlike basalts that is crystalline, upper slice of Serra Geral Aquifer System - SGAS - is classified as free, close as Caiuá Aquifer System - CAS. Magnetic susceptibility contrast between rocks (mais) allows applying aeromagnetic data to model most prominent structures that form the basement of sandstones. Analysis of sandstones surface was based in morphological/structural interpretation from drainage net, digital elevation model (DEM) and Landsat 7/ETM+ image. Comparison between two levels of investigation reveal coexistence of some mapped structures and results in a common structural framework. Maps of water discharge, specific capacity, total dissolved solids and cation of water pumped from CAS wells indicate zones with characteristic water from SGAS into CAS, indicate hydraulic connection of refer aquifer systems. Superimpose of hydrogeological maps by common structural framework indicate that presence of larger mapped structures often act on hydrogeological compartments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Anomalias aerogamaespectrométricas (K, eU e eTh) da quadrícula de Araras (SP) e suas relações com processos pedogenéticos e fertilizantes fosfatos

Souza, Jocelyn Lopes de; Ferreira, Francisco José Fonseca
2005-09-01

Resumo em português Radionuclídeos estão presentes nas matérias-primas utilizadas para a fabricação de alguns fertilizantes e, conseqüentemente, a redistribuição de urânio, tório e potássio pela atividade agrícola pode levar a contaminação dos solos intensivamente fertilizados. Dados aerogamaespectrométricos de K, eU e eTh mostraram, na Quadrícula de Araras (SP), a coincidência entre valores radiométricos anômalos e sills de diabásio. Esta área está localizada no estado (mais) de São Paulo, situada entre as coordenadas 22º 00'/22º 30' de latitude sul e 47º 00' e 47º 30' de longitude oeste. O processamento e a integração dos dados de geologia, de solos, de formações superficiais, de drenagem, topográficos, de sensoriamento remoto e geofísicos, em ambiente de Sistemas de Informações Geográficas (SIG), através das geotecnologias, revelaram que: (i) as anomalias de eU e eTh ocorrem sobre Latossolos Roxos massivamente fertilizados com fosfatos, nas porções planas e elevadas do terreno; (ii) os níveis elevados de urânio estão associados a granulometria argilosa em regolitos sobre soleiras diabásicas; (iii) anomalias de potássio e tório acompanham os aluviões do Quaternário que percorrem as margens do Rio Moji, atribuindo-se às ocorrências de K anômalo a presença de feldspatos nos solos inseridos, e a ocorrência de eTh associada à fertilização local e ao transporte por argilas e óxidos de ferro provenientes das porções mais elevadas do terreno, onde situam-se os Latossolos Roxos sob a cultura de cana-de-açúcar. Das análises radioquímicas de U e Th em fertilizantes, observou-se a influência da origem geológica da fonte da matéria-prima utilizada para o seu fabrico, bem como o aumento nas concentrações de urânio com o teor de P2O5 do fertilizante. Medidas gamaespectrométricas terrestres mostraram boas relações com as detecções aerogamaespectrométricas. As informações gamaespectrométricas aliadas a detecções de susceptibilidade magnética (k) mostraram que o urânio e o tório tendem a se concentrar em solos oriundos do intemperismo de rochas básicas, mais desenvolvidos, argilosos e com k elevados. A retenção de urânio e tório em solos argilosos, aliada a informações de topografia, denotaram contagens gamaespectrométricas destes radionuclídeos maiores do que as encontradas na rocha fonte (sills de diabásio). Resumo em inglês Radionuclides are present in the raw materials utilized in the manufacturing of some fertilizers and, consequently, the redistribution of uranium, thorium and potassium by agricultural activities may lead to the contamination of intensively fertilized soils. Airborne gamma-ray data on K, eU and eTh have shown the coincidence of aerogammaspectrometric anomalies and diabase sills in the Araras region (SP). This area is situated between the coordinates latitude 22º 00'/22º (mais) 30' south and longitude 47º 00' and 47º 30' west. As the contents of radionuclides in basic rocks are low and aerial gamma-ray surveys reveal gamma radiation from the 30 cm of the soil profile (coinciding with topsoil), interest has been raised to investigate which soils are included in the anomalies reported, as well as what sort of agricultural activity is carried out, in order to attest whether the source of radioactivity originated from the chemical fertilizers applied, thus establishing the main purpose of the present research. Integration by GIS has revealed that (i) eU and eTh anomalies occur on Latossolos Roxos massively fertilized with phosphates, on the level and elevated parts of the terrain; (ii) high levels of uranium are associated with clay particle size in regoliths developed on diabase sills; (iii) potassium and thorium anomalies follow Quaternary alluviums which extend along the banks of the Moji river, the occurrence of anomalous K accounting for the presence of feldspars in the included soils, and the occurrence of eTh related to local fertilization and to the transport of clays and iron oxides from the uppermost parts of the terrain, where the Latossolos Roxos under sugarcane are located. Radiochemical analyses of U and Th in fertilizers were in agreement with the literature, and it has been observed the influence of the geological genesis of the source of the raw material utilized in the production of the fertilizer, as well as the increase in uranium concentrations along with the P2O5 content. Ground gamma-ray spectrometric measurements have shown good correlation with the airborne gamma-ray detections. In conjunction with magnetic susceptibility (k) readings have shown that uranium and thorium tend to concentrate in soils originated from the weathering of basic rocks, more developed, of clay texture, and predominance iron oxides. The retention higher than the ones found in diabase quarry.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Suscetibilidade magnética do horizonte B de solos do Estado do Paraná/ Magnetic susceptibility of B horizon of soils in the State of Paraná

Silva, Alceu Rodrigues da; Souza Junior, Ivan Granemann de; Costa, Antonio Carlos Saraiva da
2010-04-01

Resumo em português Os minerais ferrimagnéticos maghemita (γFe2O3) e magnetita (Fe3O4) possuem alta relação com a disponibilidade de cátions metálicos e com a capacidade do solo em adsorver ânions como o fosfato. Uma percentagem expressiva dos solos brasileiros apresenta magnetização espontânea. No Estado do Paraná essa área corresponde a aproximadamente 50 %. A determinação da suscetibilidade magnética por unidade de massa (ΧBF) é o método mais simples de identific (mais) ar a presença e quantificar esses minerais nos solos. A BF é uma técnica rápida, barata, não destrutiva e de boa reprodutibilidade, que pode ser utilizada como critério nos estudos pedogenéticos em que os minerais ferrimagnéticos estão presentes. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência do material de origem nos valores de ΧBF da terra fina seca ao ar (TFSA) de amostras do horizonte B de solos do Paraná. As amostras foram coletadas em todo o Estado, num total de 45 pontos. Na TFSA foram determinados os valores de BF e da porcentagem da frequência dependente da suscetibilidade magnética (ΧFD). Os valores de suscetibilidade magnética dos solos formados sobre rochas eruptivas básicas foram significativamente maiores (1.000 a 7.800 x 10-8 m³ kg-1) que os encontrados em solos formados sobre rochas metamórficas e sedimentares (menores do que 500 x 10-8 m³ kg-1), demonstrando a influência do material de origem na presença de minerais ferrimagnéticos. Os valores de ΧFD indicaram a presenca de partículas superparamagnéticas (maghemita) na maioria dos solos paranaenses. Resumo em inglês The ferrimagnetic minerals maghemite (γFe2O3) are closely related with metal availability and P adsorption capacity. Magnetization is spontaneous in a significant percentage of Brazilian soils. In the State of Paraná (Brazil) this area represents up to 50 %. The determination of the mass-specific magnetic susceptibility (ΧBF) is the simplest method of identification and quantification of ferrimagnetic minerals in soils. The ΧLF is a quick, cheap, non-destr (mais) uctive technique, with satisfactory reproducibility, and can be used as a criterion in pedogenetic studies involving ferrimagnetic minerals. The aim of this paper was to verify the influence of parent rock material on ΧLF values of air-dried fine earth of B horizon of soil samples from Paraná. The samples were collected at 45 sites across the entire State to determine the ΧLF values and percentage of frequency-dependent magnetic susceptibility (ΧFD). The values of mass-specific magnetic susceptibility of soils formed from basic eruptive rocks were significantly higher (1,000 to 7,800 x 10-8 m³ kg-1) than of those from sedimentary and metamorphic rocks (lower than 500 x 10-8 m³ kg-1). The data show the strong influence of the parent rock material on the presence of ferrimagnetic minerals. The ΧFD values indicate the presence of superparamagnetic particles (maghemite) in the majority of the Paraná State soils.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Mapeamento litológico por correlação entre dados de aeromagnetometria e aerogradiometria gravimétrica 3D-FTG no quadrilátero ferrífero, Minas Gerais, Brasil

Braga, Marco Antonio; Carlos, Dionísio Uendro; Almeida, Tiago de; Dayan, Henrique; Sousa, Rodrigo Rocha; Braga, Carlos A.
2009-06-01

Resumo em português O presente trabalho de pesquisa apresenta uma aplicação da relação de Poisson que pode ser utilizada em dados de magnetometria e gradiometria gravimétrica utilizando o exemplo na mesma região. A razão entre o contraste de suscetibilidade e o contraste de densidade (mapa litogeofísico) pode ser calculada. Como um teste destas técnicas, aplicamos esta relação nos dados de magnetometria e gradiometria gravimétrica 3D-FTG coletados na área do Baú-Gandarela no Qu (mais) adrilátero Ferrífero, Minas Gerais, Brasil. A idéia principal foi estabelecer prioridades para prospecção de hematita na região supracitada. O mapa litogeofísico produzido mostra as regiões onde já existe uma mina de hematita e estabelece áreas para prospecção do minério. Resumo em inglês We report here an application of the Poisson relation useful when a joint magnetic and gravity gradient survey has been made. Susceptibility contrast to density contrast ratio map (which we call the "pseudolithologic" map) can be estimated. As a test of these techniques we have applied to gravity gradiometry and magnetic airborne surveys collected over Baú-Gandarela area in Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais State, Brazil. The main idea here is to highlight the prosp (mais) ecting of hematites bodies in the area. The computed pseudolithologic map clearly distinguishes the regions of the map that we already have a hematite mine and hematites bodies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Avaliação diagnóstica da cardiomiopatia hipertrófica em fase clínica e pré-clínica/ Diagnostic evaluation of hipertrophic cardiomyopathy in its clinical and preclinical phases

Mattos, Beatriz Piva e; Torres, Marco Antonio Rodrigues; Freitas, Valéria Centeno de
2008-07-01

Resumo em português A cardiomiopatia hipertrófica é uma doença de origem genética e caráter familiar, causada por mutações em genes codificantes de proteínas do sarcômero. Determina hipertrofia ventricular esquerda de grau variável, geralmente difusa, com predominante acometimento do septo interventricular. A ocorrência de formas assintomáticas com hipertrofia segmentar, de grau leve ou ausente, dificulta o diagnóstico e o rastreamento de formas familiares. A penetrância elevad (mais) a costuma ser incompleta, o que faz com que 20% a 30% dos adultos carreadores de mutações gênicas não expressem o fenótipo. A suscetibilidade à morte súbita e a possibilidade de expressão tardia tornam relevante o diagnóstico em fase pré-clínica. A investigação por meio do ecocardiograma Doppler e da ressonância magnética adicionada à análise detalhada do eletrocardiograma pode contribuir nesse processo. O diagnóstico genético-molecular identifica mutações em 60% a 80% dos casos. A complexidade, a demora e o elevado custo, aliados à insuficiente avaliação das relações genótipo/fenótipo restringem sua aplicação de rotina. O aprimoramento dos métodos de imagem e a introdução de técnicas moleculares mais simplificadas devem favorecer o diagnóstico clínico e pré-clínico da cardiomiopatia hipertrófica e possibilitar a futura introdução de medidas terapêuticas que possam impedir ou retardar o desenvolvimento da doença. Resumo em inglês Hypertrophic cardiomyopathy is a familial, genetic disease caused by mutations in genes encoding sarcomeric proteins. It is characterized by various deGrees of left ventricular hypertrophy, usually diffuse, predominantly involving the interventricular septum. The asymptomatic forms with mild or no segmental hypertrophy makes it difficult to establish the diagnosis and screening for familial forms. Its high penetrance is often incomplete and, as a result, 20% to 30% of adu (mais) lts who carry disease-causing gene mutations do not express the phenotype. The susceptibility to sudden death and likelihood of late expression makes establishing a preclinical diagnosis all the more important. The use of Doppler echocardiography and magnetic resonance imaging, in conjunction with a detailed ECG analysis, may be useful in this process. Molecular genetic studies can identify mutations in 60% to 80% of the cases. However, its complex, time-consuming and costly nature, coupled with an inadequate assessment of genotype-phenotype relationships, limits its routine application. Major advances in imaging methods and the introduction of more simplified molecular techniques may contribute to clinical and preclinical diagnosis of hypertrophic cardiomyopathy, in addition to allowing implementation of therapeutic strategies to prevent or delay the development of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Aplicações da tomografia de ressonância magnética nuclear como método não-destrutivo para avaliar os efeitos de injúrias mecânicas em goiabas 'Paluma' e 'Pedro Sato'/ Applications of the nuclear magnetic resonance tomography as a non-destructive method to evaluate the effects of mechanical injuries in 'Paluma' and 'Pedro Sato' guavas

Mattiuz, Ben-Hur; Biscegli, Clovis Isberto; Durigan, José Fernando
2002-12-01

Resumo em português Objetivou-se determinar o potencial do uso da tomografia de ressonância magnética, como método não-destrutivo, para avaliar os efeitos das injúrias mecânicas em goiabas. Foram utilizados frutos no estádio de maturação "de vez" das cultivares Paluma e Pedro Sato. Na injúria por impacto, os frutos foram deixados cair, em queda livre, de uma altura de 1,20 m, sofrendo dois impactos, em lados opostos de sua porção equatorial. Na injúria por compressão, os frutos (mais) foram submetidos a um peso de 29,4 N, por 15 minutos. Para a injúria por corte, foram efetuados dois cortes, no sentido longitudinal dos frutos, de exatamente 30 mm de comprimento por 2 mm de profundidade. Os frutos injuriados foram armazenados sob condições de ambiente (22 ± 2 °C e 40 %UR). Foram realizadas análises com tomógrafo de ressonância magnética Varian Inova de 2 Tesla. As imagens foram obtidas a partir da detecção dos prótons de hidrogênio (¹H). Para cada fruto, foram obtidos tomogramas simétricos a partir do centro do fruto. A tomografia de ressonância magnética nuclear mostrou-se uma ferramenta eficaz na detecção de injúrias internas de frutos. O estresse físico causado pelo impacto produziu um colapso interno nos lóculos desses frutos (internal bruising), levando à perda da integridade celular e a conseqüente liquefação dos tecidos placentários. A cultivar Pedro Sato mostrou uma suscetibilidade maior à injúria por impacto que a 'Paluma'. A injúria por compressão tornou-se mais evidente no pericarpo externo do fruto, de ambas as cultivares. A injúria por corte levou a lignificação dos tecidos no local injuriado e deformações superficiais devido à perda acentuada de matéria fresca no local da lesão, evidentes no sexto dia de avaliação. Resumo em inglês The present study reports on the potential of the use of the tomography of magnetic resonance, as a non-destructive method, to evaluate the effects of the mechanical injuries in guava fruits. Fruits were harvested at mature stage of Paluma and Pedro Sato cultivars. In impact injury, fruits were allowed to fall freely from a height of 1.2 m, subjecting them to two impacts on opposites sides of the equatorial portion of the fruit. In compression injury, fruits were submitte (mais) d to a weight of 29.4 N for 15 min. For the cut injury, two longitudinal cuts were made, 30 mm in length and 2 mm deep. Fruits were stored under ambient conditions (22±2 °C, 40 % RH). Magnetic resonance images (MRI) of intact guava were acquired using the Varian 2 Tesla tomography. Images were obtained from the hydrogen (H¹) of the water content and in each fruit was obtained symmetrical image from the center of the fruit. The magnetic resonance image ( MRI) technique was shown to be an effective tool in the detection of internal injuries of fruits. The physical stress caused by the impact produced an internal collapse of fruit locules (internal bruising), taking to the loss of the cellular integrity and the consequent liquefaction of the placentary tissues. The Pedro Sato cultivar showed a larger susceptibility to impact injury that the 'Paluma'. The compression injury became more evident in the external pericarpo of the fruit, for both cultivars. The cut injury took the lignification of the tissues in the injured place and superficial deformations due to the accentuated loss of fresh matter in the place of the lesion, evident in the sixth day of evaluation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)