Sample records for magnesium silicates
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 1 shown.



1

Reatividade de corretivos da acidez e condicionadores de solo em colunas de lixiviação/ Reactivity of soil acidity correctives and conditioners in lysimeters

Ramos, Lucélia Alves; Nolla, Antonio; Korndörfer, Gaspar Henrique; Pereira, Hamilton Seron; Camargo, Monica Sartori de
2006-10-01

Resumo em português A acidez do solo é um dos principais fatores limitantes na produção agrícola. O calcário é o corretivo mais utilizado, porém tem lenta mobilidade no perfil do solo, sendo lenta a correção além da camada de incorporação. Por isso, outros produtos têm sido testados para a correção da acidez, como os silicatos, ou para a amenização de seus efeitos em camadas de solo mais profundas, como o gesso. Este trabalho teve como objetivo comparar o efeito do calcário (mais) , gesso e silicatos quanto à sua capacidade de fornecer Ca, Mg, Si e corrigir o pH do solo em profundidade. Foram utilizadas amostras de um Neossolo Quartzarênico Órtico típico coletado sob mata natural com baixos teores de Ca e Mg trocáveis e acidez elevada. Foram montados lisímetros, divididos em 12 anéis de 5 cm, que foram preenchidos pelo solo amostrado, incorporando-se, no primeiro anel (0-5 cm), o equivalente a 500 e 1.000 kg ha-1 de Ca, na forma de silicato de cálcio (Wollastonita), silicato de Ca e Mg, termofosfato, calcário comercial (calcítico) e gesso agrícola, num delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. As colunas de solo foram incubadas por quarenta dias, aplicando-se o equivalente a 2.000 mm de água destilada (cinco vezes/semana) durante os quarenta dias de incubação. Determinaram-se o pH CaCl2, Ca e Mg trocáveis e Si disponível. O gesso aumentou os teores de Ca em todo o perfil do solo, mas não corrigiu a acidez. Os silicatos corrigiram a acidez do solo e aumentaram os teores de Ca trocável com maior eficiência que o calcário. A aplicação de silicato de Ca e Mg e de termofosfato aumentou a concentração de Mg no solo até à profundidade de 25 cm. O Si foi carreado até às camadas mais profundas dos lisímetros (55 cm), independentemente da fonte de Si utilizada. Resumo em inglês Soil acidity is one of the chief factors of constraint on agricultural production. Lime is the most used corrective, but, apart from the incorporation layer, of slow mobility and slow correction in the soil profile. Other products have been tested for acidity correction such as silicates or the reduction of acidity effects in deeper soil layers with gypsum. This study compared the effect of lime, gypsum and silicates to supply calcium, magnesium, silicate and to correct s (mais) oil pH in deeper soil layers. Soil samples of an Ustoxic Quartzipsamment were used, collected under native forest, with low levels of exchangeable Ca and Mg and high acidity. Lysimeters were prepared, divided into 12 rings of 5cm and filled with the collected soil. In the top ring (0-5 cm) the equivalent to 500 or 1.000 kg ha-1 calcium silicate (Wollastonite), Ca and Mg silicate, thermophosphate, commercial (calcitic) lime, and agricultural gypsum were incorporated, in a randomized block design with 4 replications. The soil columns were incubated (moisture near field capacity) for 40 days, irrigated with 2.000 mm distilled water (five times/week) during the incubation period. Available silicon, exchangeable Ca and Mg and pH (CaCl2) were determined. Gypsum increased Ca levels throughout the soil profile, but did not correct the acidity. Silicates did correct soil acidity and were more effective than lime for soil pH correction and to increase exchangeable Ca levels. Use of calcium and magnesium silicate or of thermophosphate increased the soil magnesium concentration to a depth of 25 cm. The measured Silicon was transported to the deepest soil layer in the lysimeters (55 cm), independently of the tested Si source.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)